__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1

Sr. Agricultor A maior rentabilidade da sua exploração passa pela utilização racional dos fatores de produção.

“Sine aqua arida ac misera agri cultura” Varro

A água é um fator de produção essencial que todos devemos preservar.

ARBCAS

60 Anos ao Serviço da Agricultura

Saber regar com pouca água, sem afetar a rentabilidade das culturas, é uma arte essencial para o sucesso do setor agrícola. Nas culturas de regadio utilize técnicas e tecnologias de poupança de água.

ASSOCIAÇÃO DE REGANTES E BENEFICIÁRIOS DE CAMPILHAS E ALTO * Pessoa Coletiva de Direito Público nº 500 032 165

A utilização racional dos agro-quimicos é essencial numa agricultura moderna. Ao utilizar os fertilizantes e os pesticidas na altura certa, de acordo com as dosagens e recomendações dos técnicos, está a poupar

Lembre-se, a abundância de hoje pode significar a escassez de amanhã.

* Fundada em 13 de abril de 1954 * Alvarás de 15 de junho de 1954 e de 20 de fevereiro de 1971 * Reconhecida formalmente pela Portaria nº386 de 17/11/1995 * Contrato de Concessão de 15/04/2013 emitido pela DGADR, com minuta aprova por Despacho n.º 5000/2013 de 04/04/2013 do Secretário de Estado das Florestas e Desenvolvimento Rural (DR nº72/2ªSérie de 12/04/2013) * Contrato de Concessão/Titulo de Recurso Hídricos nº 3/CSB/SD/2011 emitido em 30/09/2011 pela APA/ARH Alentejo

Estrada Nacional 261 7565-014 Alvalade Tel. 269 595 127 - 269 590 034 Fax. 269 590 035 arbcas@sapo.pt

www.arbcas.pt

Associação de Regantes e Beneficiários de Campilhas e Alto Sado


A Associação

Saber Gerir a Água, Servindo o Mundo Rural e a Economia Regional, em Harmonia com o Ambiente Principal Atividade: Exploração e Conservação de Aproveitamentos Hidroagrícolas: » Aproveitamento Hidroagrícola de Campilhas » Aproveitamento Hidroagrícola da Fonte Serne » Aproveitamento Hidroagrícola do Alto Sado » Aproveitamento Hidroagrícola de Migueis e Monte Gato

Localização (área de actuação): Distritos de Setúbal e de Beja; Concelhos de Santiago do Cacém, Odemira e Ourique; Freguesias de Alvalade, Cercal; Conceição, Ermidas-Sado, Panóias, S. Domingos e Vale Santiago.

Número de Funcionários: 30

Número de Beneficiários: 400 Principais culturas regadas: Arroz, Milho, Olival, Tomate, Girassol; Prados, Hortícolas...

Barragens geridas pela ARBCAS Campilhas

27 156 000 m3

Fonte Serne

5 150 000 m3

Monte da Rocha

102 500 000 m3

Monte Gato

653 274 m3

Miguéis

938 608 m3

Capacidade máx. Armaz.

136 397 882 m3

Capacidade morta (total)

7 671 120 m3

Capacidade útil (total)

128 726 762m3

A Associação de Regantes e Beneficiários de Campilhas e Alto Sado (ARBCAS) é uma Associação sem fins lucrativos, constituída em 13 de abril de 1954, com Alvarás de 15 de junho de 1954 e de 20 de fevereiro de 1971, reconhecida como Pessoa Coletiva de Direito Público (Portaria nº 386 de 07/12/95). Em 15/04/2013 foi assinado Contrato de Concessão com a DGADR, conforme minuta aprovada por Despacho nº 5000/2013 de 04/04/2013 do Secretário de Estado das Florestas e Desenvolvimento Rural (DR nº72/2ª Série de 12/04/2013). Apenso a este compromisso está o Contrato de Concessão/Título de Recursos Hídricos nº 3/CSB/SD/2011 emitido em 30/09/2011 pela APA/ARH Alentejo. Inicialmente foi constituída para gerir um aproveitamento hidroagrícola (Campilhas, com 1842 ha beneficiados e 21.000.000 m3 de armazenamento). Hoje a ARBCAS é gestora de quatro aproveitamentos hidroagrícolas, os quais são abastecidos por cinco barragens, com uma capacidade de 136.397.877 m3, regando uma área equipada de 6.063,92 ha.

Missão A) Assegurar a exploração, conservação e manutenção das obras de fomento hidroagrícola ou das partes desta que lhe forem entregues; B) Realizar trabalhos complementares destinados a aumentar a utilidade das obras, de acordo com os projetos aprovados pela Tutela; C) Colaborar com todos os serviços do Estado no estudo e execução das medidas relativas ao desenvolvimento técnico, económico e social da zona beneficiada; D) Promover as acções de melhoramento que conduzam a uma utilização racional da terra e da água e fomentar o uso das tecnologias de manejo da água e do solo mais apropriados.

Valores Gerir a água com racionalidade, servindo a região e os beneficiários com este recurso escasso; Atuar com rapidez e eficiência, garantindo a fiabilidade dos sistemas de distribuição; Acautelar e valorizar os bens naturais e ambientais dos sistemas aquíferos envolventes dos sistemas de rega.

Áreas beneficiadas pela rega Campilhas e S. Domingos

1 838,0600 ha 408,4000 ha

Fonte Serne Alto Sado

3 683,1200 ha

Monte Gato e Migueis

134,3400 ha 6 063,9200 ha

Área regada a titulo precário (2013):

2 260,0000 ha

Tipo de Rede de rega Rega por gravidade com controle por montante, constituído maioritariamente por um sistema misto de canais a “ceu aberto” com secção trapeizoidal e retangular, associado a redes secundárias de rega subterrâneas ou regadeiras superficiais. Canais Principais

Canais Secundários

Campilhas e S. Domingos

44 320 m

22 400 m

Fonte Serne

5 100 m

6 600 m

Alto Sado

59 952 m

123 517 m

Monte Gato e Migueis

2 683 m

9 624 m

112 055 m

162 141 m

Outras atividades Apoio técnico aos agricultores (elaboração de cartas de solos e aptidão ao regadio, marcação de culturas, apoio na elaboração de processos de candidatura a subsídios, acompanhamento técnico e apoio na elaboração de projetos, análises de solos, etc); Venda de gasóleo a preço reduzido; Serviço de aluguer de máquinas; Representação da agricultura regional junto de entidades governamentais e organizações da lavoura; Recolha de elementos estatísticos, etc.

Profile for ijsgm

ARBCAS - Folheto 2014  

Folheto institucional da Associação de Regantes e Beneficiários de Campilhas e Alto Sado (ARBCAS)

ARBCAS - Folheto 2014  

Folheto institucional da Associação de Regantes e Beneficiários de Campilhas e Alto Sado (ARBCAS)

Profile for ijsgm
Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded