Page 1

C

Zoom // Finanças pessoais

Retorno absoluto. Rendimentos acima de 3% só a longo prazo Os bancos nacionais só garantem retorno nos depósitos a prazo, contas poupança e seguros de capitalização muito conservadores DAVID ALMAS

O caso dos produtos de retorno absoluto do Banco Privado Português (BPP) abriu os olhos aos investidores portugueses, que perceberam que afinal é possível perder dinheiro em aplicações garantidas. “Este crédito estruturado [que representa um terço dos produtos de retorno absoluto] encontra-se actualmente avaliado em cerca de 10% do seu valor nominal”, indicou a actual administração do BPP, liderada por Adão da Fonseca. O pânico provocado pela crise no BPP impede agora os restantes bancos de emitirem instrumentos de aforro mais complexo, mesmo que ofereçam garantia de capital e rendimento. Há poucas novas emissões de produtos estruturados – mercado que chegou a valer 2500 milhões por ano antes de 2008. Hoje os maiores bancos apenas garantem rendimentos nos depósitos a prazo, nas contas de poupança e em alguns seguros de capitalização mais conservadores. Porém, como as taxas de juro estão em mínimos históricos, as promessas de ganhos são escassas. Para poder ganhar mais de 3% por ano tem de fazer uma aplicação de, pelo menos, oito anos. O i foi aos principais bancos à procura das melhores soluções garantidas. ALÉM DOS CERTIFICADOS DE AFORRO Até

ao final do mês, pode subscrever junto da Caixa Geral de Depósitos os produtos Caixa Aforro Mais e Caixa Woman Mais. São exactamente iguais e copiam os certificados de aforro: são depósitos que pagam semestralmente juros indexados à Euribor a seis meses com prémios de permanência que aumentam até chegar ao vencimento – no final de cinco anos. Porém, são melhores que os certificados de aforro, porque a Euribor a seis meses tende a ser superior à taxa dos títulos de dívida pública e porque há prémios de permanência logo desde o início. Além disso, no último ano, a taxa de referência do Caixa Aforro Mais e do Caixa Woman Mais não pode ser inferior a 4,75%. Para incentivar os aforradores, a CGD sorteará uma casa no valor de 250 mil euros entre os clientes que aplicarem pelo menos 5 mil euros.

26

—29 Junho 2009

GRÃO A GRÃO NO MILLENNIUM BCP É um grande incentivo que o Millennium bcp dá aos seus clientes: se poupar todos os meses pelo menos 25 euros na Poupança Amanhã, consegue uma taxa anual bruta de 3%. Porém, se em algum mês falhar a poupança, não ganha juro durante esse período. Assim, se alinhar no Poupança Amanhã, opte por fazer entregas automáticas. Se nunca falhar, no fim do ano – prazo máximo da aplicação – tem um ganho líquido de 2,4%. Há um limite de 12 mil euros para a aplicação. Se quiser investir durante mais tempo ou se quiser aplicar mais dinheiro, escolha o produto Poupança 115-2009: tratase de um seguro de capitalização da Ocidental Vida, a seguradora parceira do Millennium bcp, que garante uma valorização mínima de 15% no final dos cinco anos – o que, depois de retirar o IRS, resulta numa rendibilidade anual de 2,4%. Embora possa fazê-lo, é importante que não mexa no dinheiro durante os cinco anos, porque só assim tem garantia de rendimento e beneficia da taxa reduzida de IRS. Além disso, existe uma comissão de resgate antecipado de 2% sobre o capital se o retirar nos dois primeiros anos. GARANTIA DE RENDIBILIDADE NULA O Capi-

tal Garantido BES é um seguro de capitalização a oito anos que, além de garantir o montante aplicado no produto, dá uma taxa mínima garantida, anunciada no início de cada ano para ser vigente durante esse período. Em 2008, por exemplo, o Capital Garantido BES ofereceu uma taxa garantida de 3%. Porém, quando chegou 2009, a taxa garantida definida pela seguradora BES Vida foi zero. Em alternativa ao Capital Garantido, os clientes do BES têm o Top, poupança a quatro anos com garantia de capital e rendimentos. As taxas semestrais crescentes são fixas, logo o aforrador sabe à partida que tem ganhos equivalentes a uma taxa anual líquida de cerca de 1,4%. SEJA PREMIADO PELO SANTANDER TOTTA

O Santander Totta tem vários produtos com capital e rendimento garantido, mas as taxas anuais líquidas não ultrapassam 1,5% para a maioria das pessoas. Sendo assim, fica mais bem servido com o Pou-

pança Mais Prémio. Aplicando o seu dinheiro nesta conta de poupança, ganha mensalmente um juro à taxa anual bruta de 1,75%. A surpresa vem se aguentar o dinheiro no Poupança Mais Prémio durante cinco anos: na maturidade, o Santander Totta dá-lhe um prémio equivalente a 5% do saldo médio que teve no produto. Por exemplo, se aplicar 8500 euros, irá receber todos os meses cerca de dez euros e, no final dos cinco anos, o

banco devolve-lhe o capital “premiado” de cerca de 8850 euros – o que é equivalente a ganhar 2,2% por ano. BOA TAXA DE LONGO PRAZO É uma das

regras mais elementares no negócio bancário: se quer ganhar mais tem de ficar no banco mais tempo. É por isso que o Banco BPI lhe dá uma taxa anual bruta de 3,5% se aplicar o seu dinheiro durante oito anos e um dia. Graças a esse pra-

MiJL09062901A026C  

pança Mais Prémio. Aplicando o seu dinheiro nesta conta de poupança, ganha mensalmente um juro à taxa anual bru- ta de 1,75%. A surpresa vem...

Advertisement