Page 97

gres. Mesmo em Canudos, destruída por tropas federais durante a República Velha, ainda a memória de Antonio Conselheiro leva romeiros à região. Em muitas cidades do Interior do Brasil, há locais de peregrinação a túmulos de pessoas carismáticas, como antigos escravos, crianças, religiosos e jovens que durante a vida passaram por provações e dificuldades, e ás quais se atribuem milagres e curas. São conhecidos por santos populares. Podemos citar: a Moça de Branco, em Rio Cla­ ro, SP, ou Menina Izíldinha, em Monte Alto; no Vale do Paraíba, podemos citar Santa Perna, Maria Peregrina (São José dos Campos ), Santa Cabeça ( Cachoeira Paulista ), Menina Janaína ( Jacareí ), Menina Oanielle ( Taubaté ), Menina Santa ( Caçapava ), Padre Vitor (Aparecida) e Sá Mariinha ( Cunha), porém, esse tipo de peregrinação é mais regionalizado ( Folha de S. Paulo, 2002 ). As peregrinações exercem grande influencia sobre as comunidade que alojam os locais sagrados, que se es­ forçam para acomodar grande número de visitantes, sendo que nem sempre a acomodação, alimentação, transporte e segurança são oferecidos de maneira satisfatória para a grande multidão de peregrinos. Atualmente, em alguns lugares, os serviços disponí­ veís aos peregrinos estão se sofisticando. Em Aparecida, onde se localiza o Santuário Nacional, já funcionam shopping-center, parques temáticos, estacionamentos, além da expansão da rede hoteleira. As religiões originárias do sincretismo religioso bra­ sileiro também possuem as suas peregrinações; uma das mais conhecidas é a lavagem da escadaria da Igreja do Senhor do Bonfim, em Salvador, e as oferendas a lemanjá, que ocorrem no litoral brasileiro, em muitol> pontos. Há também as peregrinações ligadas a grupos misti­ cos e esotéricos que têm na possibilidade de contato com seres de outros mundos ou dimensões, locais específicos de visitação como Machu Picchu (Peru), Slonehenge (Rei­ no Unido), Mnajdra (Malta), São Tomé das Letras e algu­ mas comunidades do planalto central, no Brasil. A topofilia - o amor e o sentimento pelos lugares, particularmente aqueles originários de nossa terra natal, também se refletem nesses lugares sagrados, exercendo

Revista do IHGP - Vol. 10  
Revista do IHGP - Vol. 10  

Revista do Instituto Histórico e Geográfico de Piracicaba.

Advertisement