Page 73

PIRACICABA NOS ANAIS DA CIÊNCIA

Theo Germano Perecin \

Foi realizado em nossa cidade o 3° Congresso Paulista de Infectologia neste mês de agosto. O evento incluiu o 7° Congresso Médico de Piracicaba, sendo apoiado pelas principais entidades médicas, Prefeitura e empresas parti­ culares. O Congresso constituiu uma atividade inédita em Piraci­ caba, considerando a importância a nivel estadual e nacional. Reuniram-se importantes autoridades da área médi­ ca representando as principais universidades do Pais. Temas atuais foram debatidos e trabalhos expostos. Cerca de mil congressistas compareceram, quase duzen­ tos eram infectologistas, Todos os cursos, conferências, mesas redondas e simpósios satélites foram realizados no Engenho Central. Foram abordados diversos temas relacionados à AIDS, hepatites, infecções fúngicas e bacterianas. Também houve destaques para doenças parasitárias e tuberculose. O Congresso alertou ainda para as doenças emergentes e reemergentes como Leishmaniose, febre maculosa e doen­ ças facilitadas pela maior capacidade de locomoção de po­ pulações de diferentes regiões do País e do mundo. Assuntos como infecções hospitalares, resistência a antibióticos, imunizações, perspectivas para novos tratamen­ tos estenderam-se por vários cursos. Também outras especialidades participaram, como a terapia intensiva, ginecologia, cardiologia, neurologia, nutri­ ção, farmacologia, fisioterapia e enfermagem. Portanto, é digno de se registrar na história científica em Piracicaba este Congresso que se caracterizou como o

1. Medico neurologista,

Revista do IHGP - Vol. 10  
Revista do IHGP - Vol. 10  

Revista do Instituto Histórico e Geográfico de Piracicaba.

Advertisement