Page 16

14. Maria Tereza de FREITAS. op. cit. 50.

Beco da Quitanda em Candeias em Espelho D' Água ou dos saltimbancos no porto de Araritaguaba em Ypié - Maria dos Anjos. Têm componentes de comédia, enquanto o épico e o trágico se revelam na fundação de Piracicaba em Ypié­ Maria dos Anjos e na epidemia de febre amarela de São Paulo, em 1837, em Candeias em Espelho D' Água.

3. Aos Questionamentos Pertinentes A questão de combinação dos principios estruturais no interior da trama do Romance Histórico traz á oportuni­ dade diversas questões de natureza polêmica.

1. A apropriação do cientifico (a História) pela ficcionalízação acompanhada de estilização (transfiguração artistica) não levaria a uma produção literária de 2" categoria, sem va­ lor científico? 2. Falando do Romance Histórico qual seria o personagem principal numa trama desta natureza? 3. Até que ponto se pode tolerar a parceria do real com o irreal quando se pretende tentar mostrar como as coisas se pas­ saram? O produto resultante não haveria de conferir ao Romance Histórico o estatuto de aventura romanesca? 4. A recOnhecer a importância literária desta produção, como classificá-Ia? Um Romance hibrido ou uma nova forma de comunicar o conhecimento científico e seu subproduto, o saber histórico? Considerações Propedêuticas O jogo do Verídico e do Inverídico sustenta a dinâmi­ ca do processo criativo no Romance Histórico - ele se cons­ titui na chave para se chegar à intimidade da estrutura nar­ rativa e desvendar a sua verdadeira natureza", A primeira e a segunda questões poderiam sinteti­ zar-se noutro questionamento de igual força: - Ocorre de fato a ficcionalização da História nos romances desse gê­ nero? Os casos particulares de Ypié - Maria dos Anjos, Candeias em Espelho D' Água e As Águas do Adeus seriam exemplos dessa distorção? Reconhecemos que o componente ficcional da trama do Romance Histórico dá o tom e a cor à ação, infundindo­ lhe caracteristicas originais. Daremos a resposta em partes:

Revista do IHGP - Vol. 10  

Revista do Instituto Histórico e Geográfico de Piracicaba.

Advertisement