Issuu on Google+

O ANÚNCIO Folha Paroquial nº 198

De 23 de Junho a 01 de Julho Nesta solenidade, a Palavra de Deus apresenta-nos a figura profética de João Baptista. Escolhido por Deus para ser profeta, ainda antes de nascer, ele é um “dom de Deus” ao seu Povo. Sublinhando a X I I DOMINGO DO TEMPO COMUM importância de João na história da salvação, a liturgia não deixa, contudo, de mostrar que João não é “a salvação”; ele veio, apenas, “(...) «Não, Ele vai dirigir o olhar dos homens para Cristo e preparar o coração dos chamar-se João». homens para acolher “a salvação” que estava para chegar. Disseram-lhe: «Não há ninguém da tua família que tenha esse nome». Perguntaram então ao pai, por meio de sinais, como queria que o menino se chamasse. O pai pediu uma tábua e escreveu: «O seu nome é João». Todos ficaram admirados. Imediatamente se lhe abriu a boca e se lhe soltou a língua e começou a falar, bendizendo a Deus.” Lc 1,57-66.80

A primeira leitura apresenta-nos uma misteriosa figura profética, eleita por Deus desde o seio materno, a fim de ser a “luz das nações” e levar a Palavra ao coração e à vida de todos os homens. Impressiona especialmente a centralidade que Deus assume na vida do profeta: toda a missão profética brota de Deus e sustenta-se de Deus. Na segunda leitura, Paulo fala aos judeus de Antioquia do profeta João. Na perspectiva de Paulo, a missão de João consistiu em convidar os homens a uma mudança de vida e de mentalidade, numa espécie de primeiro passo para acolher o “Reino” que Jesus veio, depois, propor. Paulo deixa claro que João não é o Messias libertador, mas sim aquele que vem preparar o coração dos homens para acolher o Messias. O Evangelho relata o nascimento de João. Na perspectiva de Lucas, os acontecimentos ligados ao seu nascimento mostram como o profeta João é um “dom de Deus”. Começa, nessa altura, a tornar-se claro para todos que Deus está por detrás da existência de João, e que a sua missão é ser um sinal de Deus no meio dos homens. Pe Joaquim G., Pe Manuel B., Pe. José Ornelas C.


Informações da Paróquia www.igrejadanazare.com

Paróquia da Nazaré Avenida Colégio Militar Apartado 2909, 9001-601 Funchal Telf: 291 775 109 Fax: 291 764 005 Email: geral@igrejadanazare.com paroco@igrejadanazare.com Facebook: http://facebook.com/igrejanazare.funchal 23 de Junho | Festa da Vida às 19H

Missas Igreja da Nazaré 2ª feira (não há missa) De 3ª a Sábado às 19H Domingos às 09H30 1º Domingo do mês às 09H30 e às 11H Cartório | 4ª das 17H às 18H45 6ª das 17H30 às 18H45 Capela do Pilar De 2ª a Sábado às 08H15 Domingos às 12H

24 de Junho | Primeira Comunhão (Grupo V) às 09H30 24 de Junho | Festa do Envio às 11H30 Encerramento da Catequese

28 de Junho | Inauguração da exposição colectiva “Anjos e Demónios”, na Galeria de Arte JoãoPaulo II às 18H 28 de Junho | Jantar DPES no bar às 20H

Fundação Cecília Zino 3ª,5ª,6ª às 08H30 Sábados às 18H Domingos às 11H Confissões | 5ª feira às 18H Adoração ao S.S.S. | 5ª Feira - 19H30 - 22H 4ª feira | Grupo Biblíco às 20H Primeira 5ª feira de cada mês | Preparação para o Baptismo às 20H Segunda 5ª feira de cada mês | Grupo dos recasados às 21H

01 de Julho | Primeira Comunhão (Grupo VI) às 09H30

Recitação do Terço (Semanal) às 18H30 6ª feira | Recitação dos Terços às 19H30

Oração ao Sagrado Coração de Jesus Ó Senhor Jesus Cristo, confio esta intenção ao Vosso santíssimo coração: (dizer qual a intenção que se recomenda.) Olhai, apenas, para mim e fazei aquilo que o Vosso coração Vos inspirar ... Que o Vosso coração decida ... Eu conto com ele ... Tenho confiança nele ... Lanço-me na sua misericórdia. Senhor Jesus, Vós não me deixareis desiludido. Sagrado Coração de Jesus, confio em Vós. Sagrado Coração de Jesus, creio no Vosso amor por mim. Sagrado Coração de Jesus, venha a nós ao Vosso reino. Ó Sagrado Coração de Jesus, tenho-Vos pedido muitas graças, mas imploro-Vos ardentemente esta (dizer a intenção). Tomai-a, metei-a no Vosso Sagrado Coração; quando o eterno Pai a vir, coberto do Vosso precioso Sangue, não a recusará. Esta não mais será a minha oração, mas sim a Vossa, Jesus. Ó Sagrado Coração de Jesus, eu ponho a minha confiança em Vós; que nunca seja confundido. Amém


Folha Paroquial 198