Issuu on Google+

PAR

I LHAR

PARÓQUIAS | PONTA DO PARGO | AMPARO | FAJÃ DA OVELHA | DIOCESE DO FUNCHAL

Folha Paroquial nº 11 de 06 a 12 de Fevereiro E tudo faço por causa do Evangelho, para me tornar participante dos seus bens … “Louvai o Senhor, que salva os corações atribulados.” Salmo 146 (147)

A liturgia do V Domingo do Tempo Comum reflecte sobre estas questões fundamentais. Garante-nos que o projecto de Deus para o homem não é um projecto de morte, mas é um projecto de vida verdadeira, de felicidade sem fim. Que sentido têm o sofrimento e a dor que acompanham a caminhada do homem pela terra? O Livro de Job é um clássico da literatura universal. Além de uma extraordinária beleza literária, este livro apresenta uma bem elaborada reflexão sobre algumas das grandes questões que o homem de todos os tempos coloca a si próprio: qual o sentido da vida? Qual a situação do homem diante de Deus? Qual o papel de Deus na vida e nos dramas do homem? Qual o sentido do sofrimento? Job, o herói desta história, é apresentado como um homem piedoso, bom, generoso e cheio de temor de Deus. Job comenta, com amargura e desilusão, o facto de a sua vida estar marcada por um sofrimento atroz e de Deus parecer ausente e indiferente face ao desespero em que a sua existência decorre… Apesar disso, é a Deus que Job se dirige, pois sabe que Deus é a sua única esperança e que fora d’Ele não há possibilidade de salvação. Na sua acção e no seu testemunho, os discípulos de Jesus não podem ser guiados por interesses pessoais, mas sim pelo amor a Deus, ao Evangelho e aos irmãos. Paulo começa, precisamente, por declarar que o anúncio do Evangelho não é, para ele, um título de glória, mas uma obrigação que lhe foi imposta. É uma afirmação surpreendente…Então Paulo não anuncia o Evangelho livremente, mas por obrigação? A partir do momento em que encontrou Cristo e escutou o seu desafio, Paulo foi convocado para evangelizar. Ele apaixonou-se por Cristo, pelo seu projecto de libertação em favor de todos os homens; e essa paixão obriga-o a dar testemunho da Boa Nova de Jesus. Mas é alguém que põe o amor aos irmãos e à comunidade acima de tudo, que está sempre disponível para servir, que é capaz de renunciar até aos seus tempos de descanso para acompanhar os irmãos, para os escutar, para os acolher. Para o discípulo de Jesus, o amor deve, sempre, estar acima dos próprios interesses e tornar-se dom, serviço, entrega total. No Evangelho manifesta-se a eterna preocupação de Deus com a felicidade dos seus filhos. O texto sugere, ainda, que a acção de Jesus tem de ser continuada pelos seus discípulos. O exemplo de Jesus mostra que o aparecimento do Reino de Deus está ligado a uma vida de comunhão e de diálogo com Deus. Rezar não é fugir do mundo ou alienar-se dos problemas do mundo e dos dramas dos homens…Mas é uma tomada de consciência dos projectos de Deus para o mundo e um ponto de partida para o compromisso com o Reino. Só na comunhão e no diálogo íntimo com Deus percebemos os seus projectos e recebemos a força de Deus para nos empenharmos na transformação do mundo. É preciso, portanto, que o discípulo encontre espaço, na sua V DOMINGO DO TEMPO COMUM vida, para a oração, para o diálogo com Deus. Pe. Roberto Sé Aguiar


INFORMAÇÕES

paroquiasppargoamparofovelha.blogspot.com Capela N. Srª da Boa Morte

Ponta do Pargo

Amparo

Capela Lombada Fajã da Ovelha Marinheiros

06-02

2ª feira

08H30 | Missa

São Paulo Miki e companheiros

07-02

08H30 | Missa

3ª feira

09H00 | Cartório

Cinco Chagas do Senhor

08-02

16H30 | Missa

17H15 | Cartório 17H30 | Missa (Bodas de Prata)

08H30 | Missa

4ª feira

09H00 | Cartório

São Jerónimo Emiliano

09-02

5ª feira Santa Apolónia

10-02

08H30 | Missa

17H15 | Cartório

09H00 | Cartório

17H30 | Missa

08H30 | Missa

6ª feira

09H00 | Cartório

Santa Escolástica

11-02

Sábado 12-02

Domingo

V I Tempo Comum

16H00 | Missa

17H30 | Missa 08H00 | Missa

09H30 | Missa

11H00 | Missa

Dia do Doente

Dia do Doente

Dia do Doente

18 de Fevereiro | continuação da formação para catequistas, Paróquia de São Francisco Xavier, Calheta, das 14H às 17H, transporte, hora e local já combinados. PONTA DO PARGO 11 de Fevereiro | Reunião com toda a equipa da limpeza e decoração de todos os sítios, às 19H nas salas da catequese. FAJÃ DA OVELHA 12 de Fevereiro | Reunião com todos os leitores e novos da paroquias, logo após a missa, no salão paroquial. Casa Paroquial da Ponta do Pargo, Rua do Fio, nº 1, 9385-261 PONTA DO PARGO Email: paroquiasgeral@gmail.com | Telf.: 291 882 115 Pároco: Padre Roberto Aguiar


Partilhar 11