Page 1

Dia 3 APRENDENDO A SER SERVO DE DEUS Para ser servo de Deus, é preciso ser moldável e permanecer nas mãos do Mestre Muitas passagens da Bíblia descrevem Jesus como servo de Deus. Ele veio como servo a fim de cumprir a vontade de Deus na redenção da humanidade. Eis o que Paulo disse a respeito de Jesus. Tende em vós aquele sentimento que houve também em Cristo Jesus, o qual, subsistindo em forma de Deus, não considerou o ser igual a Deus coisa a que se devia aferrar, mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, tornando-se semelhante aos homens, e, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, tornando-se obediente até a morte, e morte de cruz (Fp 2.5-8). Nas instruções que deu aos discípulos sobre como servir, Jesus (o Filho do Homem) descreve-se sua própria função de serviço. Não será assim entre vós; antes, qualquer que entre vós quiser tornar-se grande, será esse o que vos sirva; e qualquer que entre vós quiser ser o primeiro, será vosso servo; assim como o Filho do homem não veio para ser servido, mas para servir, e para dar a sua vida em resgate de muitos (Mt 20 26-28). Jesus também falou sobre nosso relacionamento com ele: “(...) assim como o Pai me enviou, também eu vos envio a vós” (Jo 20.21).  Com base nesses versículos e em outros que você conhece, você crê que deva ser servo de Deus? Sim ____ Não ____  Você alguma vez esforçou-se ao máximo para servir a Deus e sentiu-se frustrado quando nada de duradouro resultou do seu esforço? Sim ____ Não ____  O que é um servo? Escreva, com suas próprias palavras, uma definição de servo

O Que É Um Servo? Talvez sua definição tenha sido parecida com esta: “Servo é aquele que descobre aquilo que seu mestre quer que seja feito, e depois o faz”. O conceito que o mundo faz de servo é o de alguém que vai ao mestre e diz: “Mestre, que quer que eu faça?” O Mestre manda, e o servo vai sozinho e realiza a vontade do Mestre. Este não é o conceito bíblico de servo. Não se pode tomar esta definição mundana como uma verdade bíblica. É necessário basear a definição em termos bíblicos.

Como O Vaso E O Oleiro “A palavra que veio do Senhor a Jeremia dizendo: Levanta-te e desce à casa do oleiro, e lá te farei ouvir as minhas palavras. Desci, pois, à casa do oleiro, e eis que ele estava ocupado com a sua obra sobre as rodas. Como o vaso, que ele fazia de barro, se estragou na mão do oleiro, tomou a fazer dele outro vaso, conforme pareceu bem aos seus olhos fazer. Então veio a mim a palavra do Senhor, dizendo: Não poderei eu fazer de vós como fez este oleiro, ó casa de Israel? Diz o Senhor. Eis que, como barro na mão do oleiro, assim sois vós, na minha mão ó casa de Israel” - Jeremias 18.1-6 A minha definição de servo é mais parecida como o vaso e o oleiro (vide Jeremias 18.1-6. O barro deve fazer duas coisas. Em primeiro lugar, ser moldado. O barro deve responder ao oleiro, para que o oleiro faça dele o instrumento que desejar. Depois o barro deve fazer outra coisa – permanecer nas mãos do oleiro. Quando o oleiro tiver terminado de fazer o instrumento desejado, este mesmo instrumento não terá habilidade para realizar coisa alguma. É preciso permanecer nas mãos do oleiro. Suponhamos que o oleiro tenha moldado o barro em forma de copo. O copo deve permanecer nas mãos do oleiro, para ser usado da maneira como ele achar melhor. Isso difere da visão que o mundo tem de um servo. Quando você se coloca diante de Deus como servo, ele quer, primeiramente, que você permita que ele molde a sua vida, para fazer dela o instrumento que ele desejar. Então ele poderá tomar a sua vida e coloca-la no lugar que ele designou e trabalhar através dela para realizar os Seus propósitos. Assim como


um copo não pode fazer coisa alguma por conta própria, você também não tem a capacidade de cumprir a ordem de Deus, a não ser que você esteja onde ele quer que esteja.  Responda às perguntas:  O que pode o servo fazer por conta própria?  Quando Jesus opera através de um servo, o que pode esse servo fazer?  Quais são as duas coisas que o servo precisa fazer para ser usado por Deus?

O servo é uma pessoa que deve fazer duas coisas: 1) ser moldável; 2) permanecer nas mãos do Mestre (oleiro). Assim, apenas o Mestre poderá utilizar tal instrumento da maneira como ele desejar. O servo não poderá fazer coisa alguma de valor para o Reino por conta própria. Jesus disse “(...) o Filho de si mesmo nada pode fazer” (Jo 15.19) e “(...) sem mim nada podeis fazer” (Jo 15.5). Se Deus estiver operando através da vida de um servo, este servo poderá fazer qualquer coisa que Deus pode fazer. Que maravilha! Potencial ilimitado! Ser servo exige obediência. Ele precisa seguir as ordens do Mestre, mas o servo deve lembrar-se de quem está realizando a obra – Deus. Se você tem seguido a definição mundana de servo, este conceito agora deverá mudar a sua maneira de servir a Deus. Você não simplesmente recebe ordens e as cumpre. Você tem um relacionamento com Deus, responde a ele, e ajusta a sua vida a ele, para que ele faça, através de você tudo, que ele desejar.

Elias Quando Elias desafiou os profetas de Baal (um deus cananeu da fertilidade) a fim de provar de uma vez por todas quem era o verdadeiro Deus, ele correu grande risco ao ser servo de Deus.  Leia 1Reis 18.16-39 e responda às perguntas a seguir. 

Elias era servo de Deus. Quantos profetas de outros deuses ele enfrentou neste desafio no Monte Carmelo?

Qual foi o teste que Elias propôs a fim de provar quem era o único e verdadeiro Deus?

O que fez Elias ao altar do Senhor?

Por iniciativa de quem ofereceu Elias este desafio: sua própria ou de Deus?

O que planejava ele provar com essa experiência?

Como reagiu o povo?

Qual foi a atuação de Deus neste evento?

Elias Elias estava em desvantagem numérica de 850 contra 1. Se Deus não estivesse demonstrado Seu poder, fazendo descer fogo do céu e consumindo o sacrifício (bem como o altar), como havia proposto Elias, então Elias teria falhado totalmente. Isso provavelmente teria custado a vida do profeta. Elias reparou o altar do Senhor. Ele precisava ficar com Deus e fazer tudo quanto Deus ordenara. Estava agindo em obediência à ordem de Deus, e não com base em sua própria iniciativa. Ele foi para o lugar aonde Deus o enviou, na hora em que Deus mandou, e fez exatamente o que Deus ordenou. Então Deus realizou os seus propósitos através de Elias. Elias queria que o povo identificasse o Senhor com o verdadeiro Deus. E foi exatamente dessa maneira que o povo reagiu. Foi Elias ou foi Deus que fez descer fogo dos céus? Foi Deus. O que Elias estava fazendo? Sendo obediente. Elias não era capaz de fazer o que Deus fez. Quando Deus realizou algo que só ele mesmo poderia fazer, todo o povo viu que ele era o verdadeiro Deus. E Deus fez isso através de um servo obediente.

Hora de Reflexão Reserve um tempo para ler a perguntas a seguir e pense a respeito de cada uma delas. Procure responder a cada uma mentalmente antes de passar para a seguinte. Você talvez queira fazer algumas anotações pessoais nos espaços destinados às respostas.


 Haverá alguma diferença entre qualidade do serviço e quantidade de resultados duradouros quando Deus estiver atuando e quando você estiver atuando?  O que está fazendo na sua vida pessoal e na igreja que você sabe que não poderá ser realizado sem a intervenção de Deus? Será que muito do que estamos fazendo em nossas vidas e igrejas pode ser realizado sem qualquer referência a Deus?  Quando completamos uma tarefa e sentimo-nos frustrados porque não vemos frutos espirituais duradouros, será que o motivo é porque estamos deixando de realizar aquelas coisas que só Deus pode fazer? “Não Faça Apenas Alguma Coisa” Somos um povo ativo. Queremos sempre estar fazendo alguma coisa. De vez em quando alguém dirá: “Não fique parado, faça alguma coisa!”. Penso que Deus estará gritando para nós e dizendo: “Não faça apenas alguma coisa. Fique aí parado! Inicie um relacionamento de amor comigo. Passe a conhecer-me. Ajuste a sua vida a mim. Permita que eu o ame e lhe revele a minha vontade, à medida que eu estiver atuando na sua vida”. Virá a hora em que é necessário agir, mas não podemos esquecer o relacionamento. O relacionamento com Deus deve vir primeiro. Jesus disse: “Eu sou a videira, vós sois as varas. Quem permanece em mim e eu nele, esse dá muito fruto, porque em mim nada podeis fazer” (Jo 15.5). Você acredita nele? Sem ele, você nada poderá fazer. Ele está falando sério.  Veja o diagrama da lição anterior. Leia novamente as sete verdades mencionadas nele. Escreva, com suas próprias palavras, a sétima afirmação, utilizando a primeira pessoa do singular. Deus quer que você o conheça melhor através da experiência pessoal. Ele deseja ter um relacionamento de amor com você. Ele quer envolve-lo nos propósitos do Reino. Ele quer realizar a obra dele através de você. Você quer ser servo de Deus? Descubra aonde está o Mestre, pois é lá que você deve estar. Descubra o que o Mestre está fazendo, pois é isso o que você deve fazer. Jesus disse: “Se alguém me quiser servir, o Pai o honrará” (Jo 12.26).

Descubra aonde está o Mestre, pois é lá que você deve estar  Faça uma revisão do estudo de hoje. Ore, pedindo a Deus para identificar as afirmações ou os versículos que ele quer que você compreenda, aprenda ou pratique. Sublinhe-os. Depois responda às perguntas.

Qual foi a afirmação ou o versículo mais importante que você leu hoje?

Escreva a afirmação ou o versículo, com suas próprias palavras, como uma oração de resposta a Deus.

O que Deus quer que você faça em resposta ao estudo de hoje?

Procure recitar de cor o versículo escolhido e/ou escreva-o numa outra folha de papel.

RESUMO 

Para ser servo de Deus, preciso ser moldável e permanecer nas mãos do Mestre

Sem Deus nada posso fazer

Com a atuação de Deus em minha vida, posso realizar tudo o que ele pode realizar

Quando eu descobrir onde o Mestre está, então saberei que é lá aonde devo estar

Passo a conhecer Deus pela experiência à medida que obedeço a ele e ele realiza Sua obra através de mim.

Unidade 1 dia 3 aprendendo a ser servo de deus  
Unidade 1 dia 3 aprendendo a ser servo de deus  
Advertisement