Issuu on Google+

Edição Nº 3

IFRS - Câmpus Restinga

Porto Alegre, 08 de agosto de 2013

Gazeta IFRS Restinga o s s re

exp

Programa Mulheres Mil está chegando à Restinga R estinga receberá o Programa Mulheres Mil que será executado pelo Câmpus a partir de agosto. A demanda surgiu do Programa do Governo do Estado RS na Paz devido ao bairro ser um Territórios da Paz e possuir elevado índice de moradores em situação de vulnerabilidade social. O Programa possui um histórico de sucesso em capacitar mulheres e ajudar na prevenção e combate à violência em outras regiões do país e está sendo oferecido pelo IFRS em parceria com o Movimento Mulheres da Paz. A previsão para o lançamento do edital é para agosto e serão ofertadas inicialmente 50 vagas neste ano. As primeiras turmas visam formar mulheres em cursos para atender à demanda do Hospital Moinhos de Vento, localizado no bairro, que en-

trará em operação até o final de 2013, e uma cooperativa de reciclagem. Ação do Plano Brasil sem Miséria, o Mulheres Mil integra um conjunto de ações que consolidam as políticas públicas e diretrizes do governo de inclusão educacional, social e produtiva das mulheres em situação vulnerável, possibilitando assim elevação de escolaridade, emancipação e acesso ao mundo do trabalho. Visa atingir 100 mil mulheres até 2014. O projeto Mulheres da Paz foi desenvolvido pelo Programa Nacional de Segurança Pública (Pronasci) em conjunto com a Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Segurança Urbana (SMDHSU) e começou a ser executado na Restinga, Lomba do Pinheiro, Bom Jesus

e Vila Cruzeiro, com o intuito de recuperar jovens de 15 a 24 anos da vulnerabilidade social.

Agenda 01 e 02 - Rematrícula dos alunos. 05 - Recomeço das aulas. 07 - Publicação do edital de transferência. 12 - Publicação do edital de aproveitamento de estudos e do edital de certificação de conhecimentos. 14 - Publicação do edital de ingresso de diplomado. 17 - Sábado letivo: EM integrado, PROEJA e Superior (horário de segunda). 31 - Sábado letivo: EM integrado, PROEJA e Superior (horário de terça) e solenidade de formatura para os cursos Subsequente e Concomitante

Notas

▪ Estão disponíveis no site e no mural eletrônico do Câmpus os novos horários das disciplinas das turmas dos três turnos. ▪ Teremos 46 alunos novos. 27 alunos matriculados no curso Superior de Tecnologia em Gestão Desportiva e Lazer e 19 alunos matriculados no curso Técnico Subsequente em Guia de Turismo. Sejam bem-vindos! ▪ Desejamos boas aulas para todos!

Siga-nos! ▪ facebook.com/ifrsrestinga ▪ twitter.com/IFRS_Restinga ▪ www.restinga.ifrs.edu.br


Edição Nº 3

IFRS - Câmpus Restinga

Porto Alegre, 08 de agosto de 2013

Pronatec Iniciaram-se no dia 15 de julho as aulas do Pronatec do IFRS - Câmpus Restinga para servidores da Brigada Militar da região do extremo sul de Porto Alegre. São cursos com duração de 160 horas e 180 horas, com o objetivo de capacitar o efetivo para a Copa do Mundo de 2014, quando a capital deverá receber milhares de turistas. As aulas ocorrem três dias por semana, tendo duração de quatro horas, com previsão de término em outubro. As turmas de Inglês e Espanhol Aplicado ao Turismo estão ocorrendo na sede do 21º Batalhão de Polícia Militar (21º BPM), na Restinga, e na 2ª Companhia do 21º BPM, no Belém Novo. No 4º RPMon, são realizadas as aulas de Inglês Aplicado e Francês Básico.

Aluno apresenta artigo O aluno Matheus Coelho, que integra a equipe do projeto ROBOCETI no Câmpus, do curso Técnico de Eletrônica Integrado ao Ensino Médio, apresentou um artigo “Avaliação de Sensores para Medição de Distância de Kits de Robótica Educacional: Influência do Ambiente”, no dia 26 de julho, durante a 33ª edição do Congresso da Sociedade Brasileira de Computação, em Alagoas. Além dele e do colega Abner Aguiar, são autores do artigo os professores Alexsandro Bonatto, Jean Hamerski e Roben Lunardi. Fizemos uma pequena entrevista com o aluno, confira: Gazeta: Um pequeno resumo sobre o que tu foste apresentar. Matheus: A apresentação foi sobre como o ambiente influencia (ex: iluminação, cor do objetos etc) nos resultados captados por sensores de detecção de objetos e medição de distância, e como lidar com essa influência. Também falamos um pouco sobre os objetivos e andamento do projeto ROBOCETI. Gazeta: O que é o projeto e qual teu ponto de vista sobre ele? Matheus: O projeto ROBOCETI tem o objetivo de incentivar o estudo de ciências, engenharia, tecnologia e matemática através da robótica. O projeto no IFRS realiza oficinas de robótica para incentivar o aprendizado dos alunos. No ano de 2012, quando começamos a fazer as oficinas e os alunos, além dos bolsistas, tiveram acesso aos robôs percebemos que estes alunos que participaram tiveram uma melhora em seu desemprenho escolar. Na minha opinião o

projeto é muito importante, pois dá a oportunidade de mostrar na prática o que os alunos veem nas aulas técnicas e isso desperta a curiosidade de saber o que acontece por traz daquilo, fazendo os alunos se interessam na parte teórica das matérias. Gazeta: Como foi a experiência? Foi a primeira? Matheus: Foi uma experiência muito boa. Foi a primeira vez que apresentei um artigo. É muito bom poder mostrar para as pessoas os resultados das pesquisas e testes, sabendo que isto poderá contribuir de alguma forma. Além disso, fizemos contato com outros grupos de pesquisa e talvez iremos iniciar mais uma parceria junto ao projeto. Gazeta: Uma mensagem pra gurizada aí. Matheus: Bom, pra quem gosta de eletrônica e informatica, acho que a robótica é um bom caminho, pois envolve tanto a parte de montagem de circuitos (eletrônica) quanto programação (informática). E estudem, pois é isso que vai fazer vocês avançarem.

Comunique-se! ▪ http://comuniquese.ifrs.edu.br Expediente ▪ Coordenação: Andreza Cunha e Thaís Silva ▪ Edição: Matheus Gomes ▪ Bolsistas: Nathália Brião e Luan Tavares


Gazeta IFRS - Restinga Expresso 03 - 8 agosto 2013