Page 1

Produção e Edição: Luiz Carlos Dias - email: lcdias@lcdias.com.br

Ano I - Nº 26 - 20 junho 2012

DÓLAR ROTÁRIO para o mês de junho de 2012: R$2,00 INFORMATIVOS ANTERIORES Para ler os Informativos anteriores, acesse aqui. SITES DE INTERESSE Rotary International Fundação Rotária Plano Visão de Futuro Programas da FR Sobre o PolioPlus Fundos da FR Formas de Doar Reconhecimentos da FR Acesso ao Portal de RI Distrito 4570 Revista Brasil Rotário MUDANÇAS NOS PONTOS DE RECONHECIMENTO O doador não precisa mais ser Companheiro Paul Harris para receber os pontos de reconhecimento da Fundação. Os pontos de reconhecimento são outorgados a doadores que contribuem ao Fundo Anual, Pólio Plus ou como parceiro de projeto financiado por um subsídio da Fundação. Receba um ponto de reconhecimento para cada dólar americano contribuído. Saiba mais. PORTAL DE RI Atualize suas informações de contato no Portal A partir de 26 de junho, os rotarianos já podem atualizar suas informações de contato na seção Minha Conta, antigo Meu Perfil. Além disso, será possível alterar senhas e gerenciar assinaturas de newsletters.

Bolsas de Estudo e o Visão de Futuro Prezados Presidentes de Subcomissão Distrital de Bolsas de Estudos de 2011-12 e 2012-13: Recentemente, enviei-lhes duas cartas sobre oportunidades para bolsas de estudos sob o Plano Visão de Futuro. Seguem informações adicionais sobre o assunto. Este é o momento para os distritos começarem a pensar em como lidarão com as bolsas de estudos sob o novo modelo de subsídios. Ao estabelecer as metas anuais para seu distrito, considerem como poderão apoiar as bolsas de estudos, lembrando que sob o novo modelo, elas podem ser financiadas por Subsídios Distritais e Globais. Para mais informações, consultem a comparação entre bolsas financiadas pela Fundação. Para assegurar que tenham fundos suficientes para patrocinar bolsistas, é possível que seu distrito tenha que distribuir fundos de Subsídio Distrital, que oferecem maior apoio do que os Subsídios Distritais Simplificados. Não deixem seu distrito perder esta excelente oportunidade! Mais alguns lembretes: Subsídios Globais  Tanto clubes como distritos podem patrocinar bolsistas usando os Subsídios Globais. (Somente distritos podiam patrocinar bolsistas sob o antigo sistema de Bolsas Educacionais.)  Cada bolsa financiada por Subsídio Global deve estar alinhada com uma das seis áreas de enfoque. Em março, o Conselho de Curadores da Fundação Rotária aprovou as Declarações de Propósito e Metas das Áreas de Enfoque, documento que estipula o propósito e as metas de cada área, determina critérios de elegibilidade e destaca elementos que indicam projetos bem-sucedidos. Estas declarações os ajudarão a determinar se um candidato é elegível a uma bolsa financiada por Subsídio Global.  Contribuições do Fundo Distrital de Utilização Controlada (FDUC) usadas para apoiar uma bolsa financiada por Subsídio Global são debitadas no ano em que o pedido é aprovado, podendo ou não corresponder ao ano letivo do bolsista. Subsídios Distritais  O distrito patrocinador, e não a Fundação Rotária, é responsável pela administração de bolsas financiadas por Subsídio Distrital. Continuem aprendendo o máximo possível sobre o novo modelo de subsídios e lembrem-se de consultar o documento Transição ao Visão de Futuro, que inclui cronograma de eventos e prazos referentes à transição, e informações sobre o novo sistema on-line para pedidos de subsídios. Se tiverem alguma pergunta, enviem e-mail para mailto:contact.center@rotary.org. Obrigado por sua dedicação à Fundação Rotária. Atenciosamente, Bill Boyd Chairman Conselho dos Curadores da Fundação Rotária de 2011-12

Clubes brasileiros realizam projetos de educação e incentivo à cultura Fonte: Brasil Rotário

A edição de junho da Brasil Rotário aborda, em sua matéria de capa, a utilização das salas de leitura como espaços de diversão e conhecimento e destaca também algumas iniciativas de Rotary Clubs no sentido de criar alternativas locais, sejam em bibliotecas ou ações de expansão da leitura aos espaços públicos, fortalecendo o acesso de jovens e adultos aos livros.


Learn.rotary.org Aprenda mais sobre RI e Fundação Rotária em learn.rotary.org, site com cursos interativos sobre o Plano Estratégico e as áreas de enfoque. O aluno pode customizar seu perfil, acompanhar o progresso e imprimir certificados após conclusão de cursos. Cada curso tem sua própria comunidade online para os alunos interagirem entre si e com os moderadores. Para se inscrever nos cursos, faça o login pelo Acesso ao Portal e clique em "Recursos Didáticos". CADASTRE-SE NO ROTARY DIRECT Agora ficou mais fácil fazer o bem. Cadastrese no Rotary Direct, o programa de doações periódicas da Fundação e selecione o valor, frequência (mensal, trimestral ou anual) e método de contribuição. O cadastro é feito através do sistema de contribuições on-line da Fundação, que atualmente aceita doações em 12 moedas.

RECEBA EM SEU EMAIL O BOLETIM PLANO VISÃO DE FUTURO Fique em dia com as últimas notícias da fase experimental do Plano Visão de Futuro inscrevendo-se para receber o Boletim Plano Visão de Futuro, gratuitamente. O boletim está disponível em inglês,

Dando prosseguimento ao assunto, selecionamos mais algumas ações de clubes brasileiros voltados à criação de espaços de convivência e incentivo à leitura. Com a intenção de motivar a transformação social por meio da leitura, o Rotary Club de Rio Negrinho, SC (D.4650), organizou o Incentivar à Leitura é Investir em Oportunidades, projeto de Subsídios Equivalentes da Fundação Rotária que doou 70 livros à biblioteca da Escola Básica Municipal Professor Ricardo Hoffmann. O Rotary Club de Rio Grande-Litoral, RS (D.4680), resolveu inovar na iniciativa de incentivo. Influenciado por ações semelhantes realizadas em Nova York e Brasília, o clube criou o projeto Livro para Todos, ação que espalhou caixas de livros nos pontos de transporte coletivo do município, onde os usuários de transporte público podem levar o livro para a casa, ler e devolver no mesmo local, sem apresentar documentos ou preencher qualquer tipo de cadastro. Em 2011, o Rotary International destacou o trabalho dos Rotary Clubs da cidade de Contagem, MG, nas áreas de educação, alfabetização e incentivo à leitura, elaborando um vídeo institucional sobre estas ações. Apoiando uma iniciativa de criação de biblioteca e alfabetização de idosos, o Rotary Club de Pato Branco, PR (D.4640), consolidou o projeto já existente como um Núcleo Rotary de Desenvolvimento Comunitário, podendo assim ampliar o número de pessoas beneficiadas. A iniciativa conta também com o apoio do Interact. O Rotary Club de Marília-Pioneiro, SP (D.4510), em parceria com Unesp e Ceagesp, criou duas salas de alfabetização no município e pretende chegar, em breve, a quatro salas. “Este programa de alfabetização foi uma das prioridades de nossa gestão”, afirmou a presidente 2011-12 do clube, Angela Cecília Giovanetti Texeira.

Clube eleva contribuição para a Fundação Rotária Fonte: RC de Marília

O Rotary Club de Marília Pioneiro, do Distrito 4510 do Rotary International, na região centro-oeste do interior do Estado de São Paulo, entregou na última reunião ordinária do clube, nas dependências do Quality Hotel Sun Valley, o cheque simbólico de R$ 8 mil para a Fundação Rotária, através de uma atividade desenvolvida pelo clube denominada de “Costelada Solidária”, realizada em conjunto com o Supermercado Tauste, principal parceiro nesta ação. “Nosso clube se mobilizou neste trabalho e conseguimos recursos importantes para a Fundação Rotária”, disse a presidente do RC de Marília Pioneiro, a advogada Angela Cecília Giovanetti Teixeira ao promover a entrega ao lado do representante do Supermercado Tauste, Guilherme Cunha, ao Governador do D4510 de RI, jornalista Márcio Medeiros. A atividade realizada foi a organização de um evento alimentício, com a venda de costelas de boi, em que a infra estrutura foi toda articulada pelo clube rotário mariliense, cabendo a entidades parceiras, a venda dos convites. “O clube e o Supermercado Tauste prepararam tudo”, recordou a presidente. “Convidamos outras instituições que tinham o único trabalho em vender os convites, e o valor conseguido é livre para cada instituição”, comentou a dirigente rotária que entregou na mesma cerimônia cheques simbólicos para entidades como: Daow entre Amigos, com o valor de R$ 1.650,00; Amar com o valor de R$ 1.300,00; Restaurante Infantil com o valor de R$ 2.610,00; Nikkey Clube de Marília com o valor de R$ 6.600,00 e para a Fundação Rotária o valor de R$ 8.000,00. Para o Governador do Distrito 4510 do Rotary International este tipo de iniciativa demonstra a preocupação dos rotarianos com a própria instituição. “O clube trabalhou para todas as entidades, mas o resultado financeiro foi específico para a Fundação Rotária que é a instituição do rotariano”, comentou o jornalista Márcio Medeiros. “O rotariano participa de muitas ações na comunidade, mas não pode se esquecer de trabalhar para a entidade dele, que é a Fundação Rotária”, comentou ao agradecer os rotarianos do RC de Marília Pioneiro que nesta gestão colaborou com a Fundação Rotária em aproximadamente US$ 10 mil durantes os últimos 12 meses. O representante do Supermercado Tauste também parabenizou todos os envolvidos, dizendo que o Programa Ação Solidária, desenvolvido pela empresa, visa exatamente o envolvimento de muitos para colaborarem com ações rentáveis nas diversas


francês, alemão, italiano, japonês, português, espanhol e sueco. Inscreva-se no link Boletim Plano Visão de Futuro.

entidades da cidade. “O Rotary International sintetiza este tipo de trabalho, pois, sabe e conhece bem a realidade das instituições”, falou Guilherme Cunha ao citar que uma única ação do RC de Marília Pioneiro beneficiou diversas entidades com valores substanciais. “O Supermercado Tauste admira o Rotary e sabe que onde tem rotariano o trabalho é sério e os resultados são positivos”, disse Guilherme Cunha.

Curadores aprovam piloto do Processo de Aprimoramento de Projetos Fonte: Notícias do Rotary International

O INFORMATIVO NO SEU EMAIL Tendo interesse em receber este Informativo por email, inscreva-se clicando aqui.

SUSTENTABILIDADE DE PROJETOS E ATIVIDADES O módulo de e-learning Sustentabilidade de Projetos e Atividades ressalta a importância da sustentabilidade em projetos, inclusive como garantir que isto ocorra. Consulte! APRESENTAÇÃO ATUALIZADA SOBRE O PLANO VISÃO DE FUTURO Utilize a apresentação atualizada em reuniões de clube, treinamentos do distrito ou para seu próprio conhecimento. POR QUE SE ASSOCIAR AO ROTARY? Talvez você tenha identificado uma necessidade em sua comunidade e esteja se perguntando como pode ajudar, ou queira transmitir seus conhecimentos a outras pessoas e fazer contatos com profissionais de sua área. Seja qual for a razão, associar-se ao Rotary pode ajudá-lo a alcançar seu objetivo. Veja o que estes rotarianos têm a dizer sobre a organização e como você pode se envolver e participar.

Em abril, o Conselho de Curadores da Fundação Rotária aprovou a fase piloto do Processo de Aprimoramento de Projetos (PAP), que terá duração de um ano a partir de 1° de julho de 2012. Através deste processo, a Fundação e o Grupo Rotarianos em Ação pela Água e Saneamento trabalharão juntos para oferecer recursos e apoio técnico a projetos de recursos hídricos e saneamento dos seguintes distritos: 2430, 3140, 3360, 3810, 4250, 4651, 4915, 9200 e 9600. Os recursos e apoio oferecidos incluem  Orientação técnica sobre atividades e tecnologias relacionadas a recursos hídricos e saneamento  Ajuda para formar equipes distritais de suporte a atividades ligadas a recursos hídricos e saneamento  Financiamento para ajudar parceiros de projetos na avaliação das necessidades e planejamento de Subsídio Global de US$100.000 ou mais Para mais informações, leia as perguntas mais frequentes.

Erradicação da pólio passa a ter caráter emergencial Fonte: Notícias do Rotary International – 1° de junho de 2012

Apesar da grande queda no número de novos casos de pólio no ano passado, a falta de fundos e de imunização suficiente contra o poliovírus continua ameaçando o progresso, levando a Iniciativa Global de Erradicação da Pólio (GPEI) a lançar um plano global de ação de emergência para 2012-13. O plano visa aumentar a cobertura de vacinação para interromper a transmissão do vírus na Nigéria, Paquistão e Afeganistão, os três últimos países onde a pólio continua endêmica. Além disso, ministros da saúde reunidos na Assembleia Mundial da Saúde em Genebra adotaram em 25 de maio a resolução que declara que "completar a erradicação da pólio constitui uma emergência programática para a saúde pública mundial". As atividades de erradicação da pólio levaram a vários resultados de sucesso desde 2010. Em fevereiro, a Índia, que por muito tempo foi considerada um dos maiores desafios à erradicação da pólio, foi retirada da lista de países endêmicos da doença. Praticamente todos os surtos em países anteriormente considerados como livres da pólio foram interrompidos. No entanto, os recentes surtos na China e no oeste da África, resultantes da importação do vírus do Paquistão e Nigéria, respectivamente, destacam a contínua ameaça do ressurgimento da doença. Estimativas indicam que se a iniciativa de erradicação da pólio fracassar, dentro de uma década aproximadamente 200.000 crianças poderão ficar paralisadas anualmente. “A erradicação da pólio está no ponto crucial entre o sucesso e o fracasso”, disse a Dra. Margaret Chan, diretora-geral da Organização Mundial da Saúde. “Temos que adotar um caráter emergencial para ter sucesso, trabalhando de forma mais rápida e eficiente para dar enfoque às áreas onde as crianças estão mais vulneráveis à doença.” Uma vez alcançada a erradicação da pólio, o mundo economizará de US$40 a US$50 bilhões até 2035, em grande parte graças ao dinheiro economizado nos países mais pobres. Tal valor é calculado com base nos investimentos feitos desde o lançamento da Iniciativa Global de Erradicação da Pólio (GPEI) e na economia com a redução dos custos de tratamento. “Sabemos que a pólio pode ser erradicada e o sucesso na Índia é prova disto”, disse o presidente do RI, Kalyan Banerjee. “Trata-se agora de uma questão de vontade política e social. Temos duas opções: dar às gerações futuras um mundo livre da pólio ou deixar que 55 casos este ano se transformem em 200.000 crianças permanentemente paralisadas todos os anos.” Plano global de ação de emergência O plano global de ação de emergência foi desenvolvido em coordenação com os novos planos nacionais de emergência. Com base no sucesso alcançado na Índia, o plano oferece várias estratégias e iniciativas novas, como:


 Intensificar o enfoque nas áreas mais problemáticas da Nigéria, Paquistão e Afeganistão, visando aumentar a cobertura de vacinação até o final de 2012 e alcançar os níveis necessários para interromper a transmissão.  Criar abordagens específicas a cada país para enfrentar os desafios persistentes e melhorar o desempenho da campanha de vacinação contra a pólio.  Fortalecer o senso de responsabilidade, a coordenação e a supervisão para assegurar o sucesso em todos os níveis governamentais e em todas as agências e organizações parceiras.  Aumentar a assistência técnica e capacidade de mobilização social. Financiamento do novo plano A falta de fundos já está forçando a GPEI a cancelar ou diminuir atividades de vacinação em 24 países de alto risco. Como consequência, mais crianças ficam vulneráveis ao vírus e países livres da pólio correm o risco de ver o ressurgimento da doença. “Até que todas as crianças sejam completamente imunizadas contra a pólio, o nosso trabalho corre o risco de ter sido em vão. Precisamos financiar completamente os esforços globais de erradicação para chegarmos às crianças que ainda não receberam a vacina”, disse Anthony Lake, diretor executivo do Unicef. “Já progredimos muito na batalha contra esta doença terrível e estamos agora em um momento histórico – que um dia poderá ser lembrado como a vitória ou derrota em relação à pólio.” A implementação completa do plano de ação de emergência está ameaçada pelo déficit de fundos de cerca de US$1 bilhão até 2013. “Todos nós temos a responsabilidade de livrar o mundo da pólio enquanto é tempo”, disse Chris Elias, presidente de desenvolvimento global da Fundação Bill e Melinda Gates. “Alcançar esta meta é crucial para proteger todas as crianças contra doenças que podem ser evitadas através de vacinas.” Trabalhando em caráter emergencial A GPEI já está operando em caráter emergencial desde o início deste ano. O Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) ativou seu centro para operações de emergência; o Unicef formou uma comissão de coordenação de emergência que opera sob supervisão direta do vice-diretor executivo; e a OMS passou suas operações de combate à pólio para o Centro de Operações Estratégicas em Saúde (SHOC). Tais medidas são tomadas mediante emergências de saúde globais – como a pandemia H1N1 ou o tsunami de 2004 no sudeste da Ásia – e resultam no aumento maciço da capacidade técnica, monitoramento do desempenho do programa em tempo real e implementação imediata de planos corretivos. Em março, o Conselho de Curadores da Fundação Rotária reafirmou que a erradicação da pólio é a prioridade mais urgente da organização, e que os líderes seniores do Rotary estão se reunindo com chefes de estado de países endêmicos da pólio. “Precisamos que todos assumam o compromisso de trabalhar arduamente para erradicar a pólio e cruzar a linha de chegada”, disse Dr. Thomas Frieden, diretor do CDC. “Não será fácil, mas juntos podemos erradicar a pólio.”  Leia a declaração de apoio do Dr. Robert Scott, presidente da Comissão Internacional Pólio Plus, que pede para a Assembleia Mundial da Saúde adotar a resolução que declara a erradicação da pólio uma emergência da saúde pública mundial.  Veja um infográfico que ilustra quão próximos estamos de erradicar a pólio e o que precisa ser feito para completar o trabalho.  Leia mais sobre a erradicação da pólio no blog Rotary Voices.

Por que o Rotary está mudando seu modelo de subsídios? Fonte: Rotary Leader – Maio 2012 – Vol. 2 – Edição 6

Howard Tong, coordenador da imagem pública do Rotary e ex-governador de distrito, fala sobre os benefícios do novo modelo de subsídios O novo modelo de subsídios tem muitas vantagens. Subsídios Distritais oferecem aos clubes flexibilidade para usar verbas da Fundação em atividades que beneficiem diretamente suas comunidades e apoiem a missão da entidade. Subsídios Globais contribuem às parcerias entre clubes e distritos em projetos de grande porte, enquanto que os Subsídios Pré-definidos permitem aos rotarianos trabalhar com parceiros estratégicos da Fundação. O novo modelo também oferece: Simplificação do processo. Será possível fazer on-line todas as etapas para obtenção de subsídio, inclusive enviar o pedido, completar os requerimentos e acompanhar o processamento. Mais colaboração. Distritos e clubes são incentivados a compartilhar seus conhecimentos e trabalhar juntos em assuntos críticos. Por exemplo, um projeto piloto realizado pelo Distrito 9940 (Nova Zelândia) e Distrito 9550 (partes da Austrália e Timor-Leste) aperfeiçoará a qualidade de vida de pessoas com doenças graves no TimorLeste. Melhor gerenciamento de fundos. Um Memorando de Entendimento para projetos de subsídios pode ser usado para confirmar que os devidos procedimentos e relatórios estão sendo usados de modo a garantir a implementação das melhores práticas. Mais contribuições. Doadores que veem o retorno de seus investimentos são mais propensos a fazer novas contribuições. O Distrito 9940 teve aumento de 40% de doações à Fundação Rotária desde que começou a participar da fase piloto do Plano Visão de Futuro. Maior impacto. Rotarianos podem localizar projetos internacionais sustentáveis centrados nas áreas de enfoque. Os rotarianos podem enviar e receber equipes de aperfeiçoamento profissional. O novo modelo de subsídios do Plano Visão de Futuro se encontra em fase experimental e será disponibilizado para todos os distritos em julho de 2013.


APAE de Itaúna recebe verba da Fundação Rotária Fonte: Notícias de Itaúna

O Rotary de Itaúna Cidade Educativa recebeu da Fundação Rotária – Rotary International, um subsídio equivalente no valor de US$10.000 em apoio ao projeto de Reestruturação Administrativa / Educacional da APAE de Itaúna. O distrito contribuirá com US$2.500 para o mesmo projeto e o coordenará internacionalmente através de parceria com o Rotary Club de Brooke County, em Lexington, nos EUA. A parceria internacional foi fator-chave para a decisão da Fundação Rotária de outorgar o subsídio ao clube de Itaúna Cidade Educativa. “Este projeto vai melhorar as condições de trabalho das pessoas da APAE e quiçá, ajudar a promover relações de boa vontade entre as mesmas”, conta Wellington, presidente do Rotary de Itaúna Cidade Educativa. “Nosso clube procura concentrar seus esforços não apenas em obras de caridades, mas, também, em entidades assistenciais que promovem o bem a comunidade.” “Em visita aos EUA, nosso companheiro Leonardo Falcão, divulgou e intermediou junto a vários clubes do distrito 4625 o projeto ora mencionado, devemos a ele esta união tão bem sucedida.” “O Rotary tem sido um parceiro da entidade APAE por mais de 10 anos. Temos orgulho dessa relação em nossa cidade”, afirma Wellington presidente do Rotary de Itaúna Cidade Educativa. O Rotary International é uma organização de líderes profissionais, empresariais e comunitários que prestam serviços humanitários e ajudam a promover a paz e a boa vontade no mundo. Mais de 33.000 Rotary Clubs congregam aproximadamente 1,2 milhão de rotarianos em cerca de 200 países e regiões geográficas. Aprenda mais em www.rotary.org.

Ajudando a construir um futuro melhor Fonte: Brasil Rotário

Nós, rotarianos, sabemos de nossa real importância no contexto da humanidade? Temos consciência de que a Fundação Rotária pode nos proporcionar soluções financeiras para viabilizar projetos relevantes e necessários às nossas comunidades? Temos certeza de que a Fundação Rotária pertence a todos nós, rotarianos? Nós fazemos parte de uma das fundações mais respeitadas e com maior credibilidade em todo o planeta, e levamos esperança a quem precisa. Se contribuirmos para o programa Todos os Rotarianos, Todos os Anos – ou seja, com uma contribuição anual de 100 dólares por rotariano –, estaremos prestando direta ou indiretamente uma ajuda fantástica para a humanidade, sem necessariamente onerar nossas finanças pessoais. Usando nossas reservas e nossa criatividade, poderemos viabilizar tudo para o bem das pessoas que mais precisam, preparando projetos locais e participando de projetos internacionais – basta parar para pensar e colocar o servir em prática. Onde atuamos Façamos uma reflexão sobre nossa vida rotária e o que já fizemos e poderemos fazer pela humanidade: - Combate à poliomielite: em nossa luta contra a doença, um exército de rotarianos está imunizando crianças, arrecadando fundos e conscientizando as pessoas. O número de casos caiu 99% desde o início da Iniciativa Global de Erradicação da Pólio. Hoje, apenas três países permanecem endêmicos: Afeganistão, Paquistão e Nigéria. E que belo exemplo nos deu a Índia, contando com a perseverança e o trabalho contínuo dos rotarianos. A liderança rotária é fundamental. Formadores de opinião que são, nossos líderes é que fazem a diferença. “Solicitamos aos governos de todo o mundo que também façam suas doações, unindo-se à Fundação Gates e ao 1,2 milhão de rotarianos para conseguirmos os recursos necessários para a implementação de todas as atividades de erradicação”, afirmou Carl-Wilhelm Stenhammar, ex-chair do Conselho de Curadores da Fundação Rotária. - Promoção da paz e prevenção/resolução de conflitos: milhões de pessoas foram deslocadas por conflitos armados ou perseguição em todo o mundo. Outros sofrem em Estados sem leis, vítimas de desastres naturais ou crises políticas. Os Centros Rotary são o coração das iniciativas do Rotary em prol da paz, preparando bolsistas para causar um impacto positivo em áreas de conflito e pós-conflito. Cerca de 62% dos ex-bolsistas do programa trabalham em agências governamentais ou organizações multilaterais como a ONU e o Banco Mundial. Não é um grande exemplo da nossa grandeza? - Prevenção e tratamento de doenças: a Organização Mundial da Saúde estima que 1 bilhão de pessoas sofrem de doenças tropicais. Uma em cada seis não pode pagar por seu próprio tratamento médico. O trabalho do Rotary na área de saúde aborda essas carências críticas, levando vacinação e cuidados médicos a pacientes e treinamento a profissionais da área. No ano passado, a malária tirou a vida de 750 mil pessoas na África Subsaariana, 85% delas crianças. Mas agora, alguns dos moradores mais carentes de Yirimadjo, no Mali, estão recebendo proteção contra essa doença por meio de um projeto financiado por um Subsídio Global da Fundação Rotária, apoiado por rotarianos de quatro países. Em apenas três meses, mais de 3.000 pacientes receberam tratamento por meio da iniciativa. Funcionários da saúde visitaram 12.700 casas e trataram de 900 crianças. Mais de 80% delas receberam intervenção médica dentro de 48 horas depois que apresentaram os primeiros sintomas. “É inaceitável que cerca de 1 milhão de crianças morram todos os anos por causa de uma doença como a malária, que pode ser tratada com remédios de baixo custo, se distribuídos de maneira eficiente”, afirmou Maria Nelly Pavisich, do Rotary Club de Capitol Hill, dos EUA. - Recursos hídricos: apesar de ser uma fonte de vida, a água também pode levar doenças e morte a muitos países em desenvolvimento. Uma em cada seis pessoas no mundo não tem acesso à água potável. Com seus projetos, os rotarianos têm ajudado milhares de comunidades globalmente a resolver esse problema. - Saúde materno-infantil: nove milhões de crianças com menos de cinco anos morrem todos os anos por causas relacionadas a má nutrição, sistemas de saúde precários e saneamento inadequado. Com os serviços corretos e profissionais treinados, o índice de morte de mulheres no parto pode ser reduzido em 80%. Diversos projetos do Rotary ajudam a educar as mães, fornecer cuidados de saúde, tais como vacinações, e dar aos bebês


um começo de vida melhor. - Educação básica e alfabetização: estas são a porta de acesso a um futuro melhor. No Brasil, temos projetos fantásticos nessa área, utilizando os recursos rotários para diminuir o índice de analfabetismo em várias de nossas comunidades. Vamos trabalhar juntos e olhando para as seis áreas de foco da Fundação Rotária. No futuro, teremos orgulho de voltar nossos olhos ao passado e constatar que nosso trabalho teve resultados extraordinários. *Os autores são Henrique Vasconcelos e José Carlos Carvalho, coordenadores regionais da Fundação Rotária para a Zona 22B, e para as Zonas 22A e 23A, respectivamente.

Torneio de hóquei no Paquistão pela pólio Fonte: Rotary Voices - Por Shehzad Ahmed, ex-governador do Distrito 3272 (Afeganistão, Paquistão)

Um torneio de hóquei envolvendo 28 equipes em Faisalabad, no Paquistão, proporcionou uma oportunidade ideal para alcançar os fãs de hóquei e incentivá-los a fazer parte do processo de erradicação da pólio no Paquistão, ainda um dos três países restantes onde a transmissão do vírus nunca foi interrompido. O Rotary Club de Lahore Garrison, Punjab, em parceria com o Hockey Paradise Club organizou o Fátima-Shah Muhammad Memorial Hockey Tournament, em março. O tema do torneio foi "End Polio Now / Faça o Paquistão livre da pólio." A mensagem End Polio Now foi compartilhada com o público entre cada jogo. Uma caminhada de conscientização da poliomielite foi realizada antes do início da partida final entre a equipe Kanga e o Paradise Hockey Club. Muitas crianças participaram da caminhada, e aprenderam sobre a importância da erradicação da poliomielite. Os pais, e todos os adultos presentes, foram lembrados de que todas as crianças menores de cinco anos de idade devem receber as gotas de pólio em cada campanha Nacional de Imunização dia. Badges e lápis com uma mensagem de erradicação foram dadas a todas as crianças. Relógios de parede e camisetas de conscientização da pólio com uma mensagem de erradicação da poliomielite foram presenteados aos oito melhores times do torneio. O torneio teve a participação de convidados especiais. Foi um evento maravilhoso, que recebeu boa cobertura da mídia, tanto em publicações impressas como on-line. Os rotarianos foram capazes de ajudar a motivar os presentes a trabalhar para livrar o Paquistão da horrível doença.

Endosso do Chairman da Fundação Rotária para o Projeto Rotary Corrida Mundial para a Água Fonte: Distrito 4480

Prezados Companheiros

Rotary: Corrida Global para Agua US1.000.000 URGENTE Como informado em e-mail anterior o nosso Companheiro George Lewis “The Water Man”, O Homem da Água me solicitou engajar o Distrito 4480 e ajudar mais líderes Rotários do Brasil neste tão importante projeto: ROTARY GLOBAL RUN 4 WATER – ROTARY CORRIDA GLOBAL PARA AGUA. O objetivo é arrecadar já, US1.000.000,00 para colocar água pura em diversas comunidades do mundo e beneficiar já 600.000 pessoas desafortunadas que vivem sem água. A estratégia é você, presidente atual, se reunir com o Conselho Diretor do seu clube e colocar este projeto como meta do próximo ano rotário: verificar o valor que seu clube vai participar: US500,00, US1.000,00 ou outros valores. Meu clube já se comprometeu com US1.000.00. Com a erradicação da pólio este será o grande projeto global do Rotary, pode ter certeza. Então vamos entrar nele já. Vejam abaixo o endosso do chairman da Fundação Rotária EPRI Bill Boyd http://www.rotaryglobalrun4water.org/william-b-boyd/ "A Fundação Rotária tem água e saneamento básico como uma das suas principais áreas de foco. Estou ciente da e bom grado endossar o projeto RotaryGlobalRun4Water. Não só ele está levantando o fundos tão necessário para vários projetos de água, mas também sensibilização na nossa Comunidade. A participação em um evento como esse também vai dinamizar e revitalizar clubes buscando um novo foco de projeto. Vi em primeira mão o sofrimento e perdas causadas pelo consumo de água contaminada. Seu apoio a este projeto avançaram ainda mais o trabalho da Fundação em fazer o bem no mundo." Sinto que é bom para mim, então corra para ele! Bill William B. Boyd Rotary International President 2006-2007 ADR - Associação Distrital de Rotary - Distrito 4570 de Rotary International Rua do Mercado, 34 - Sala 1601- CEP 20010-120 Tel.: 21-2233-1305 / 2203-2823 / 2203-2824 Site: http://www.rotary4570.org.br - Email: adr@rotary4570.org.br Produção e Edição: Luiz Carlos Dias - lcdias@lcdias.com.br

Informativo sobre a Fundação Rotária N° 26  

Informativo sobre a Fundação Rotária N° 26 do Distrito 4570 de Rotary International, apresentando notícias sobre atividades e projetos da Fu...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you