Issuu on Google+

Produção e Edição: Luiz Carlos Dias - email: lcdias@lcdias.com.br

INFORMATIVOS ANTERIORES Para ler os Informativos anteriores, acesse aqui. DÓLAR ROTÁRIO Valor do Dólar Rotário para Março: R$1,76 SITES DE INTERESSE Rotary International Fundação Rotária Plano Visão de Futuro Programas da FR Sobre o PolioPlus Fundos da FR Formas de Doar Reconhecimentos da FR Acesso ao Portal de RI Distrito 4570 Revista Brasil Rotário MUDANÇAS NOS PONTOS DE RECONHECIMENTO O doador não precisa mais ser Companheiro Paul Harris para receber os pontos de reconhecimento da Fundação. Os pontos de reconhecimento são outorgados a doadores que contribuem ao Fundo Anual, Pólio Plus ou como parceiro de projeto financiado por um subsídio da Fundação. Receba um ponto de reconhecimento para cada dólar americano contribuído. Saiba mais.

RELATÓRIO ANUAL DA FUNDAÇÃO ROTÁRIA O relatório anual da Fundação Rotária para o período 2009-2010 pode ser lido e baixado aqui, em PDF, e em português. Não perca esta oportunidade de saber o

Ano I - Nº 20 - 15 Março 2012

Ecos do III Seminário de Gerenciamento de Subsídios da Fundação Rotária - D 4570 Com pleno sucesso, no último dia 10 de março de 08:30 horas às 13:00 horas foi realizado na sede do Banco de Cadeira de Rodas, do RC RJ Penha, cujas instalações foram gentilmente cedidas pelo Presidente do RCRJ Penha, companheiro Francisco Carlos S. de Jesus, o III Seminário de Gerenciamento de Subsídios, correspondente ao período 2012-2013, exigência da Fundação Rotária para qualificação dos Clubes, como condição indispensável ao pleito de Projetos de Subsídios para o período rotário que se iniciará. Na ocasião foi distribuída documentação relacionada com as exigências da Fundação Rotária para Projetos de Subsídios e CD contendo farto material de consulta. Dentro da programação do Seminário a abertura coube ao Governador do Distrito 4570 Wanderley Chiesa que ressaltou a importância do evento, seguindo-se palavras do EGD José Nelson Carrozzino Filho, Coordenador Distrital da Fundação Rotária e Coordenador da Fundação Rotária para a Zona 22B, ocasião em que agradeceu a presença dos 60 Rotarianos presentes e 01 Rotaractiano, representando 34 Clubes e 01 Rotaract do Distrito 4570. O EGD Carrozzino explicou aos presentes a razão da necessidade de realização do Seminário como parte fundamental do processo de qualificação dos Clubes do Distrito 4570 para o credenciamento a subsídios da Fundação Rotária para o período 2012-2013. Em sequência o EGD Carrozzino comunicou que o EGD Yutaka Okumura estava deixando a coordenação da Sub-Comissão de Subsídios do Distrito 4570, por motivos de saúde e que seria substituído pela companheira Christa Bonhof Grunh, do Rotary Rio de Janeiro e pelo companheiro Luiz Carlos Dias, do Rotary RJ Ilha do Governador, até o final do período rotário 2011-2012. Como reconhecimento pelos relevantes serviços prestados à Fundação Rotária, o Govenador Wanderley Chiesa prestou significativa homenagem ao EGD Yutaka, agraciando-o com linda placa comemorativa, o que muito emocionou o EGD Yutaka. Também como homenagem ao EGD Yutaka o Rotary Rio de Janeiro, ofereceu medalha pelas mãos das companheiras Christa e Brigitte. Dentro da programação seguiu-se palavras do EGD Yutaka sobre o processo de qualificação dos Clubes e o companheiro Luiz Carlos Dias apresentou palestra sobre Gerenciamento de Subsídios, sustentabilidade e Mensurabilidade para Projetos da Fundação Rotária. A companheira Christa apresentou palestra sobre exemplo prático de Projeto de Subsídio Global bem sucedido no Distrito 4570, tendo como tema o Projeto Uerê, na comunidade da Maré. Após as palestras foram iniciadas as considerações dos presentes, quando foi apresentada proposição de Projeto pelo companheiro Renato Cursino, do RC RJ São Conrado, seguido de debates sobre o tema das palestras apresentadas. Seguem fotos do evento.

Fundação Rotária - Kit de Monitoramento e Avaliação para Subsídios Globais Prezados Presidentes de Comissão Distrital da Fundação Rotária e Governadores de Distrito, Quero lembrá-los sobre um recurso muito importante para clubes e distritos participantes do piloto do Plano Visão de Futuro. Como sabem, monitoramento e avaliação são peças-chaves para o sucesso de um projeto e requisitos para projetos financiados por Subsídios Globais. O Kit de Monitoramento e Avaliação para Subsídios Globais ajuda os parceiros de projetos a criar um plano de monitoramento e avaliação, e inclui ferramentas padronizadas que vão facilitar o planejamento de projetos.


quê a Fundação Rotária fez no período e como sua contribuição foi aplicada.

PORTAL DE RI Atualize suas informações de contato no Portal A partir de 26 de junho, os rotarianos já podem atualizar suas informações de contato na seção Minha Conta, antigo Meu Perfil. Além disso, será possível alterar senhas e gerenciar assinaturas de newsletters.

CADASTRE-SE NO ROTARY DIRECT Agora ficou mais fácil fazer o bem. Cadastrese no Rotary Direct, o programa de doações periódicas da Fundação e selecione o valor, frequência (mensal, trimestral ou anual) e método de contribuição. O cadastro é feito através do sistema de contribuições on-line da Fundação, que atualmente aceita doações em 12 moedas.

RECEBA EM SEU EMAIL O BOLETIM PLANO VISÃO DE FUTURO Fique em dia com as últimas notícias da fase experimental do Plano Visão de Futuro inscrevendo-se para

Divulguem esse recurso a todos os clubes, principalmente àqueles que têm interesse em solicitar Subsídios Globais. Agradeço mais uma vez toda sua dedicação à Fundação Rotária. Atenciosamente, Abby McNear Gerente do Departamento Operacional do Plano Visão de Futuro Dirigente de Programas - Subsídios Globais e Distritais Fundação Rotária Tel: +1 847-425-5656 Fax: +1 847-556-2177 E-mail: abby.mcnear@rotary.org Saiba mais sobre o Plano Visão de Futuro http://www.rotary.org/pt/FutureVision

Índia deixou de ser país endêmico da pólio - Fonte: Dan Nixon - Notícias do Rotary International — 29 de fevereiro de 2012 -

A Organização Mundial de Saúde removeu oficialmente a Índia da lista de países endêmicos da pólio. O Ministro da Saúde e do Bem-Estar da Família da Índia, Ghulam Nabi Azad, fez o anúncio no evento sobre a pólio ocorrido no dia 25 de fevereiro em Nova Delhi. Azad disse que foi informado da boa notícia diretamente pela diretora-geral da OMS, Dra. Margaret Chan. "É satisfatório saber que completamos um ano sem registrar nenhum caso da doença no país", disse o primeiro-ministro Manmohan Singh durante o evento, organizado pelo governo da Índia e pelo Rotary International. "Isso nos dá a certeza de que podemos finalmente erradicar a pólio não só na Índia, mas no mundo inteiro." O último caso registrado na Índia foi o de uma menina de 2 anos, no dia 13 de janeiro de 2011, em West Bengal. Antes do país ser certificado como livre da pólio, deve primeiro passar mais dois anos sem registrar nenhum caso da doença, que continua endêmica em três países: Afeganistão, Nigéria e Paquistão. A foto acima, cedida pelo Distrito 3201, mostra momento do evento All India End Polio Now Road Show, organizado pelo Distrito 3201 (partes de Kerala e Tamil Nadu), que inspirou o apoio pela erradicação da pólio na Índia, Nepal e Butão. Vacina oral bivalente Até 2009, a Índia respondia por quase metade do número de casos de pólio no mundo. Um dos fatores mais importantes desse sucesso tem sido o uso da vacina oral antipólio bivalente, que é eficaz contra ambos os tipos remanescentes do vírus. Outro fator tem sido o rigoroso monitoramento, que ajudou a reduzir para menos de 1% o número de crianças que deixam de ser vacinadas durante os Dias Nacionais de Imunização, de acordo com a Organização Mundial da Saúde. Desde 1988 o Rotary tem sido um dos líderes na Iniciativa Global de Erradicação da Pólio ao lado da OMS, Unicef e Centro Norte-Americano de Controle e Prevenção de Doenças. A Fundação Bill e Melinda Gates também é chave nessa iniciativa. Vestindo seus coletes e bonés amarelos, os cerca de 119.000 rotarianos da Índia têm ajudado a vacinar crianças, organizar acampamentos pró-saúde e conscientizar a população sobre a pólio, com a distribuição de banners, bonés, gibis e outros itens. Apoio global de rotarianos "Com o apoio de nossos irmãos e irmãs em Rotary no mundo todo, os rotarianos indianos trabalharam mês a mês na realização de Dias Nacionais de Imunização, levando a vacina oral antipólio a milhões de crianças", afirmou o presidente do Rotary International, Kalyan Banerjee, do Rotary Club de Vapi, Índia. "Como indiano, estou muito orgulhoso do que o Rotary conquistou, porém, sabemos que esse não é o fim de nosso trabalho. O Rotary e seus parceiros devem continuar a imunizar crianças na Índia e em outros países até que o objetivo final de um mundo livre da pólio seja alcançado". "Um ano inteiro sem um caso da pólio na Índia é um passo significativo rumo a um mundo livre da doença; um exemplo do que pode ser feito não importa qual seja o problema a ser enfrentado", disse Robert S. Scott, presidente da Comissão Internacional Pólio Plus do Rotary. "Os rotarianos da Índia estão e devem estar orgulhosos de seu empenho em todos os sentidos, pois sem eles, o mundo não teria alcançando esse marco."


receber o Boletim Plano Visão de Futuro, gratuitamente. O boletim está disponível em inglês, francês, alemão, italiano, japonês, português, espanhol e sueco. Inscreva-se no link Boletim Plano Visão de Futuro.

O INFORMATIVO NO SEU EMAIL Tendo interesse em receber este Informativo por email, inscreva-se clicando aqui.

SUSTENTABILIDADE DE PROJETOS E ATIVIDADES O módulo de e-learning Sustentabilidade de Projetos e Atividades ressalta a importância da sustentabilidade em projetos, inclusive como garantir que isto ocorra. Consulte! APRESENTAÇÃO ATUALIZADA SOBRE O PLANO VISÃO DE FUTURO Utilize a apresentação atualizada em reuniões de clube, treinamentos do distrito ou para seu próprio conhecimento.

O DESAFIO US$200 MILHÕES

Deepak Kapur, de Nova Delhi, é responsável pelo programa de erradicação da pólio do Rotary na Índia e reconhece o empenho do Ministério da Saúde do país nesta batalha. Até então, o governo indiano gastou mais de US$1,2 milhão em atividades em prol da erradicação da doença. "O apoio governamental para derrotarmos a pólio, e temos a sorte de ters um governo que é nosso maior promotor nessa empreitada", afirma Deepak.

Investindo semanalmente menos de US$2, mude vidas Fonte: Antoinette Tuscano - Notícias do Rotary International

Os Subsídios Equivalentes da Fundação Rotária vêm salvando e mudando vidas no mundo inteiro. Desde a outorga do primeiro Subsídio Equivalente em 1965, mais de US$335 milhões em 30.000 subsídios foram distribuídos. Os rotarianos tornaram isto possível através de generosas doações feitas ao Fundo Anual para Programas e do oferecimento de seu tempo e aptidões em benefício de projetos que exemplificam a máxima Dar de Si Antes de Pensar em Si. Doando US$100 por ano - menos de US$2 por semana - ao Fundo Anual para Programas, através da iniciativa Todos os Rotarianos, Todos os Anos (EREY), os rotarianos colaboram com a missão da Fundação de promover compreensão, boa vontade e paz mundial com a melhoria das condições de saúde, apoio à educação e combate à pobreza. Seguem alguns exemplos de projetos possibilitados por Subsídios Equivalentes. Cirurgia reparadora de lábio leporino Rotarianos da Austrália, Holanda e Indonésia vêm ajudando a proporcionar cirurgia reparadora de lábio leporino e fenda palatina a mais de 2.000 crianças. Estes defeitos congênitos, bastante comuns, podem interferir com a habilidade de a criança se alimentar, falar e respirar. Thalca Hamid, uma ortodontista do Rotary Club de Surabaya Central, Indonésia, e os associados de dois outros clubes deram início ao projeto em 2001, providenciando o transporte de pacientes, orientando pais quanto aos cuidados pós-operatórios, e oferecendo livros e brinquedos às crianças. Os rotarianos também recrutaram moradores da comunidade local para explicar a famílias rurais os benefícios da cirurgia. "Algumas crianças e suas famílias sofrem por acreditar que a malformação é uma maldição", conta Hamid. "Antes do projeto, poucas pessoas na nossa comunidade compreendiam o quanto estes defeitos são complicados." Leia mais. Esperança e autoestima renovadas O Bitone Center for Disadvantaged Children, em Kampala, Uganda, é lar de duas dúzias de crianças entre 8 e 18 anos. Muitas são órfãs, outras perderam seus lares ou foram rejeitadas por suas famílias devido a doenças, guerras ou pobreza. Os Rotary Clubs de Kampala-East e Traverse Bay Sunrise, nos EUA, vêm apoiando a iniciativa com a ajuda de um Subsídio Equivalente da Fundação Rotária. Levando às crianças dança, música e teatro ugandenses, além de abrigo, alimentação e educação, o centro procura oferecer-lhes esperança e aumentar sua autoestima. Leia mais e veja algumas das crianças demonstrando uma tradicional dança ugandense. Sem água não há vida Em diversas partes do mundo as pessoas não têm acesso a água potável, o que causa doenças e morte. Mais de 3,5 milhões de pessoas morrem de doenças causadas pela água, sendo que 40% destas mortes são ligadas à diarreia, segundo o Unicef a segunda principal causa de morte infantil. A pólio também se alastra pela água contaminada. Rotarianos ajudaram a instalar 19.000 filtros bioareia que tornam a água adequada ao consumo através da iniciativa rotária Aliança de Água Potável para Crianças na República Dominicana. Estima-se que já foram beneficiadas 100.000 pessoas em 300 comunidades. Há sete anos mais de 200 clubes em 18 distritos no Canadá, República Dominicana, Estados Unidos e outros países na região do Caribe vêm apoiando a iniciativa, assim como a Fundação, com 30 Subsídios Equivalentes. Leia mais e veja uma galeria de fotos de famílias beneficiadas por filtros bioareia. Leia sobre como Rotary Club de Carpinteria Morning, EUA, proporciona água potável a comunidades no México e Malauí. Por que você faz doações à iniciativa Todos os Rotarianos, Todos os Anos? Envie sua história ao e-mail mailto:my.erey.story@rotary.org e ela pode ser escolhida para aparecer no próximo anúncio do EREY na revista The Rotarian.


Pedalando pelo fim da pólio Fonte: Elimine a pólio agora (Boletim da Fundação Rotária) – Março 2012

Mais de 80 rotarianos, familiares e amigos do Rotary vindos de dez estados americanos e quatro países participaram do El Tour de Tucson, evento realizado em novembro que arrecadou mais de US$100.000 para o Desafio do Rotary. O grupo estava entre os mais de 8.500 ciclistas que pedalaram em apoio a 20 organizações sem fins lucrativos. O evento, realizado anualmente, é patrocinado pelo Centro Médico da Universidade do Arizona. Os participantes percorreram distâncias de 42, 60, 85 e 111 milhas, enquanto rotarianos e amigos do Rotary ficaram responsáveis pela distribuição de água aos ciclistas. Dois membros de uma equipe de IGE do Distrito 2450 participaram do evento e os outros integrantes ajudaram naos pontos de apoio. "Os rotarianos garantiram que cada ciclista fosse recebido com um sorriso, água e ajuda", disse Gary Hirsch, do Rotary Club de Tucson. "Pela primeira vez colocamos um estande na linha de chegada para os ciclistas pararem e aprenderem mais sobre o Rotary.” Na foto acima o ex-governador Ernie Montagne e sua esposa, Sally, comemoram na linha de chegada.

Mais simples, mais poderosa e com Visão de Futuro Fonte: Brasil Rotário

Ocasionalmente, ainda me perguntam por que decidimos desenvolver o Plano Visão de Futuro. A questão é: se a Fundação Rotária não estava quebrada, por que corrigi-la? A verdade é que a nossa Fundação, que serviu tão bem ao Rotary e ao mundo por mais de 90 anos, estava se tornando ultrapassada. Estávamos reagindo às mudanças do mundo e adicionando mais programas, ou alterando nossas regras, o que fez com que a Fundação ficasse cada vez mais complicada, e de administração mais custosa. Já estava na hora de enfrentar a realidade: ou mudávamos, ou veríamos nosso impacto sobre o mundo diminuir. Depois de perguntar a mais de 10.000 rotarianos que mudanças deveríamos fazer, começamos a trabalhar para ter uma Fundação mais simples e mais fácil de entender, capaz de envolver mais os clubes e os distritos nos gastos e na gestão, fatores que aumentam mais a sustentabilidade em nossas atividades. Assim como nos últimos anos a erradicação da pólio definiu o Rotary perante a comunidade internacional, no futuro nossas seis áreas de foco nos definirão. Teremos então ido além de uma realidade de pequenos projetos que pareciam bons até o momento, mas que abordam os sintomas, e não as causas dos problemas – e com muita frequência têm um impacto breve. Por meio de nossos esforços contra a poliomielite, demonstramos o que somos capazes de fazer e vamos mostrar ao mundo que há respostas para outras questões importantes, e que o Rotary está preparado para liderar o caminho. Não podemos fazer isso sozinhos, mas podemos e vamos fazer a diferença. Os distritos pilotos estão nos dizendo que a Visão de Futuro é empolgante, resulta em maior engajamento e entusiasmo, é mais eficiente, cria maior interação entre os clubes, faz com que os rotarianos conheçam mais oportunidades, já aumentou o tamanho dos projetos e está resultando em grandes ganhos para a Fundação. Como presidente do Conselho de Curadores da Fundação Rotária, eu só posso concordar com eles! * O autor é William B. Boyd, presidente do Conselho de Curadores da Fundação Rotária.

Rally promove conscientização Fonte: Elimine a pólio agora (Boletim da Fundação Rotária) – Março 2012

Em dezembro, rotarianos organizaram um rally em Fortaleza, Brasil, arrecadando US$10.000 para a erradicação da pólio. Uma caravana de 68 carros percorreu cerca de 72 km, indo de Fortaleza à Praia das Fontes. Segundo Henrique Vasconcelos, coordenador regional da Fundação Rotária, os carros, com adesivos promocionais End Polio Now, pareciam outdoors ambulantes. No dia seguinte ao rally, houve doação de cadeiras de rodas, alimentos e redes que servem de camas às pessoas carentes da região. Além disso, os rotarianos providenciaram assistência médica e dentária gratuita.

Captação de recursos ao Desafio Fonte: Elimine a pólio agora (Boletim da Fundação Rotária) – Março 2012

• O Distrito 5050 (partes do Canadá e dos EUA) patrocinou o evento “Music in the Man Cave,” arrecadando US$27.000 para o Desafio do Rotary. O evento, realizado em Arlington, Washington, contou com uma apresentação do músico de jazz Bronn Journey e sua esposa, a cantora Katherine Journey. Bronn dedicou o evento a seu pai, um sobrevivente da pólio. • Em vez de enviar presentes de aniversário ao ex-diretor do RI Rudolf Hörndler, da Alemanha, seus amigos fizeram doações ao Pólio Plus, a pedido do aniversariante, totalizando mais de US$7.000. • O Rotary Club de Elyria, EUA, arrecadou US$5.900 em resposta a uma apresentação emocionante sobre a erradicação da pólio feita pelo ex-governador James Hunt, na qual ele falou sobre um amigo de infância que tinha a doença.


• O Rotary Club de El Segundo, EUA, patrocinou um jantar, um leilão e uma apresentação feita por um sobrevivente da pólio durante um evento que arrecadou US$5.700. • Associados de 169 Rotary Clubs no Reino Unido compraram guarda-chuvas com o logo do Rotary para poderem participar de um sorteio que daria prêmios aos ganhadores. O evento, organizado pelo Rotary Club de Salisbury, Inglaterra, arrecadou cerca de US$3.400.

Workshop sobre Fundação Rotária Fonte: Blog do RC de Tupã

Acontece na cidade de Santo Anastácio, na região oeste do Estado de São Paulo, no Distrito 4510 do Rotary International, mais um workshop sobre elaboração de projetos para a Fundação Rotária. O evento será na sede do Rotary Club de Santo Anastácio, no sábado, dia 10, a partir das oito horas, visando atrair rotarianos de cidades próximas como Presidente Epitácio, Alvares Machado, Mirante do Paranapanema, Presidente Venceslau, Presidente Prudente, Regente Feijó e Martinópolis, dentre outras. “A proposta é fazer com que mais pessoas entendam que é simples fazer um projeto para a Fundação Rotária”, disse o Governador do Distrito 4510 do Rotary International, o jornalista Márcio Medeiros, associado do Rotary Club de Marília Pioneiro. Depois de serem realizados nas cidades de Osvaldo Cruz, Marília, Candido Mota e Presidente Prudente, agora será a vez dos clubes daquela região do distrito rotário. A intenção da Comissão Distrital da Fundação Rotária é promover encontros neste sentido como forma de reunir rotarianos que desejam conhecer como escrever um projeto para a Fundação Rotária. “Muita gente pensa que é difícil. Outros pensam que é complicado e existem aqueles que imaginam ser impossível elaborar um projeto”, desabafou o empresário Alonso Campoi Padilha Júnior, associado do Rotary Club de Bauru Norte, coordenador distrital da Comissão da Fundação Rotária na região. Para participar do evento o rotariano necessita levar o laptop e ter ideia de um projeto para ser investido na comunidade. “Todo rotariano sabe o que a comunidade necessita”, disse educador Luis Ricardo Begosso, integrante da comissão distrital, associado do Rotary Club de Candido Mota, que também colabora em orientar os rotarianos a desenvolverem um projeto. “É mais fácil do que possam imaginar”, desafia o rotariano que vem assessorando rotarianos do distrito na confecção de um projeto para a Fundação Rotária. “Os encontros são esclarecedores”, admite. Depois da realização de dois seminários sobre Fundação Rotária, e quatro encontros individualizados, são muitos os projetos que foram elaborados pelos rotarianos que participaram do workshop criado. “Todos estão disponíveis no site do distrito”, disse Márcio Medeiros. “Depois de elaborar um projeto, é preciso investir na procura por um parceiro internacional”, acrescentou Alonso Campoi Padilha Junior. “Ter a ideia, saber o que a comunidade precisa, elaborar um projeto e buscar um parceiro, são necessários”, disse Luis Ricardo Begosso. “Quem ganha com esta dedicação é a comunidade”, resumiu o Governador Distrital de Rotary International.

Esforço de imunização contra a Pólio Moradabad Fonte: Rotary Voices * O autor Richard Rivkin é governador assistente do Distrito 6440 e ex-presidente do Rotary Club de Northbrook, Illinois, EUA.

Após percorrer nosso caminho através das ruas estreitas de Moradabad, uma pequena cidade em Uttar Pradesh, na Índia, um médico local nos levou, a pé, para o rali End Polio Now que já tinha começado. Como parte de uma equipe de 20 rotarianos dos distritos 6440 (Illinois, EUA), 6270 (Wisconsin, EUA), 5650 (Nebraska, EUA) e 1070 (Inglaterra), estamos na Índia esta semana para imunizar centenas de crianças na área denominada Moradabad e participar de uma Cúpula da Conferência pela Pólio, de 25 a 26 fevereiro, envolvendo lideranças de Rotary, governo e líderes de ministérios de saúde da Índia, Paquistão, Afeganistão, Nigéria e países circunvizinhos. As palavras são inadequadas para descrever o que passa. Caminhamos milhas com as pessoas gritando, berrando em microfones e acenando. Isso tudo foi para aumentar a consciência do domingo, quando estaremos fazendo a vacinação. Havia centenas de pessoas neste esforço conjunto. Depois da marcha, houve uma cerimônia no parque. Em seguida fomos levados para uma das muitas áreas de favelas na cidade. Os posseiros "sobrevivem" através da coleta de trapos e sacos plásticos que são comprados por uma empresa local que os recicla. Mais uma vez o Rotary tem atuado intensamente nos fornecendo um posto de saúde duas vezes por semana para vacinar e cuidar da saúde dessas pessoas incrivelmente pobres. Regresso ao hotel para uma rápida mudança de roupa e cerimônia, em seguida, mais na reunião de Rotary em dois dos 15 clubes em Moradabad. Dizem que estão honrados e louvados por termos vindo de tão longe para ajudar essas pessoas a lutar contra a pólio. O estado de Uttar Pradesh costumava ter o maior número de casos de poliomielite, e agora não tem havido um caso ativo da doença incapacitante em Moradabad por dois anos e três meses. ADR - Associação Distrital de Rotary - Distrito 4570 de Rotary International Rua do Mercado, 34 - Sala 1601- CEP 20010-120 Tel.: 21-2233-1305 / 2203-2823 / 2203-2824 Site: http://www.rotary4570.org.br - Email: adr@rotary4570.org.br Produção e Edição: Luiz Carlos Dias - lcdias@lcdias.com.br


Informativo sobre a Fundação Rotária N° 20