Issuu on Google+

Produção e Edição: Luiz Carlos Dias - email: lcdias@lcdias.com.br

Ano I - Nº 18 - 15 Fevereiro 2012

Kit de Monitoramento e Avaliação para Subsídios Globais

INFORMATIVOS ANTERIORES Para ler os Informativos A decisão de solicitar um Subsídio Global da Fundação Rotária acarreta uma série de compromissos assumidos anteriores, acesse por Distritos e Clubes. Os elementos mais importantes para o sucesso de um projeto são monitoramento e aqui. avaliação, pois, além de fortalecerem o projeto, contribuem para que o Rotary conte sua história ao mundo. Para colaborar com o bom desenvolvimento dos Projetos Globais a Fundação Rotária desenvolveu o Kit de DÓLAR ROTÁRIO Valor do Dólar Rotário Monitoramento e avaliação para Subsídios Globais, o qual será abordado, de forma resumida, a seguir. para Fevereiro: R$1,76 Os aspectos de monitoramento e avaliação trazem muitos benefícios aos parceiros do projeto e à Fundação SITES DE INTERESSE Rotária, pois: • Os parceiros conseguem acompanhar todas as atividades e fazer os ajustes necessários ao projeto. Rotary International • Os parceiros podem avaliar a dimensão e o impacto do projeto. Fundação Rotária • A Fundação Rotária fica a par das iniciativas e realizações dos rotarianos em todo o mundo. Plano Visão de Futuro • A Fundação e os parceiros do projeto podem divulgar e descrever suas realizações com exatidão. Para tanto, a utilização de terminologia e metodologia padronizadas é muito importante. A existência de Programas da FR padrões assegura que, ao contarem o número de pessoas que receberam treinamento sobre criação de Sobre o PolioPlus empresas, por exemplo, rotarianos da Guatemala, Indonésia e Etiópia usem as mesmas definições e métodos. Fundos da FR Esta padronização também permite à Fundação Rotária divulgar artigos sobre o número de pessoas com acesso Formas de Doar a melhores condições de saneamento como resultado do trabalho de rotarianos, usando as mesmas definições Reconhecimentos da FR que outras organizações utilizam para esta melhoria na vida dessas pessoas. Acesso ao Portal de RI COMO USAR O KIT Projetos de Subsídios Globais devem estar relacionados a pelo menos uma das áreas de enfoque e precisam ter Distrito 4570 resultados mensuráveis e sustentáveis. Este kit foi criado para auxiliar os parceiros de projetos financiados por Revista Brasil Rotário Subsídios Globais na criação de um plano de monitoramento e avaliação para suas iniciativas. Com ele fica mais fácil: • Aprender conceitos básicos de monitoramento e avaliação MUDANÇAS NOS • Identificar recursos que contribuam ao estabelecimento de metas PONTOS DE • Entender o processo de criação do plano de monitoramento e avaliação, incluindo: RECONHECIMENTO - Seleção de métodos para coleta de dados O doador não precisa - Dicas para evitar contagens duplicadas mais ser Companheiro - Incorporação de atividades sustentáveis no projeto - Determinação de quando ampliar ou reproduzir atividades Paul Harris para receber os pontos de - Seleção de critérios padrão da Fundação Rotária reconhecimento da - Criação de critérios adicionais que se encaixem às necessidades específicas do projeto Fundação. Os pontos de - Identificação de outros recursos Fonte: Fundação Rotária de Rotary International – Setembro de 2011 reconhecimento são outorgados a doadores que contribuem ao Fundo Anual, Pólio Os rotarianos já começaram a abraçar o conceito de sustentabilidade por meio da nova estrutura de subsídios do Plus ou como parceiro Plano Visão de Futuro da Fundação Rotária. Ao trabalhar com objetivos claros e mensuráveis, e estratégias de projeto financiado integradas, os seguintes projetos estão criando resultados duradouros para comunidades carentes. por um subsídio da Área de Enfoque: Recursos hídricos e saneamento - Gana Para melhorar a saúde e o saneamento de uma escola do ensino básico, rotarianos estão fornecendo uma Fundação. Receba um ponto de estrutura com 12 sanitários. reconhecimento para Componentes sustentáveis cada dólar americano • Apoio a treinamentos sobre higiene e saneamento dados por autoridades locais contribuído. Saiba mais. • Envolvimento de comissões de pais e mestres na supervisão do projeto, e manutenção dos sanitários • Estabelecimento de um fundo para cobrir manutenção e limpeza de rotina Área de Enfoque: Paz e prevenção/resolução de conflitos - Benin Para informar comunidades sobre leis de proteção infantil e melhorar a assistência a crianças, rotarianos estão desenvolvendo uma campanha de conscíentização com ênfase em meninas e soldados mirins. Componentes sustentáveis • Treinamento de educadores em pré-escolas e creches • Envolvimento de crianças da comunidade na criação de uma história em quadrinhos sobre os direitos das crianças • Ensino sobre leis de proteção infantil a membros da comunidade Área de Enfoque: Educação básica e alfabetização - Equador

Sustentabilidade e Visão de Futuro - Casos


RELATÓRIO ANUAL DA FUNDAÇÃO ROTÁRIA O relatório anual da Fundação Rotária para o período 2009-2010 pode ser lido e baixado aqui, em PDF, e em português. Não perca esta oportunidade de saber o quê a Fundação Rotária fez no período e como sua contribuição foi aplicada.

PORTAL DE RI Atualize suas informações de contato no Portal A partir de 26 de junho, os rotarianos já podem atualizar suas informações de contato na seção Minha Conta, antigo Meu Perfil. Além disso, será possível alterar senhas e gerenciar assinaturas de newsletters.

CADASTRE-SE NO ROTARY DIRECT Agora ficou mais fácil fazer o bem. Cadastrese no Rotary Direct, o programa de doações periódicas da Fundação e selecione o valor, frequência (mensal, trimestral ou anual) e método de contribuição. O cadastro é feito através do sistema de contribuições on-line da Fundação, que atualmente aceita doações em 12 moedas.

Para aumentar as taxas de alfabetização entre estudantes do ensino básico, rotarianos estão fornecendo materiais educativos e patrocinando o treinamento de professores. Componentes sustentáveis • Compra local de materiais adequados à cultura da comunidade • Assistência contínua a professores por meio de grupos de mentores • Parceria com o Ministério da Educação para promover a participação Área de Enfoque: Saúde materno-infantil - Quênia Para reduzir os efeitos da desnutrição e aumentar o acesso à assistência médica infantil, rotarianos estão equipando agentes de saúde locais para atender crianças em áreas rurais. Componentes sustentáveis • Recrutamento e treinamento de pessoas da comunidade • Uso de redes e clínicas de saúde locais • Compra de celulares e carregadores solares para aumentar a comunicação entre os agentes de saúde, e geração de renda para a manutenção dos equipamentos Área de Enfoque: Prevenção e tratamento de doenças - Belize Para reduzir a transmissão da dengue, rotarianos estão construindo um sistema de drenagem em um campus universitário para evitar enchentes durante a estação das chuvas. Componentes sustentáveis • Uso de mão de obra e recursos locais • Criação de uma campanha educativa sobre saúde, com anúncios impressos, para TV e internet, além de reuniões comunitárias • Parceria com autoridades de saúde locais para monitorar e avaliar o projeto Área de Enfoque: Desenvolvimento econômico e comunitário - Tailândia Para aumentar a autonomia e mobilidade de trabalhadores com deficiências, rotarianos estão organizando treinamentos profissionalizantes e serviços de colocação profissional, além de atender a questões relativas a transporte. Componentes sustentáveis • Parceria com autoridades de saúde locais para ajudar na identificação de empregos • Contratação de empresas locais para construir veículos motorizados para participantes com deficiências • Apoio a uma campanha de conscientização pública para educar a comunidade no que diz respeito a dirigir com segurança Fonte: Global Outlook – Brasil Rotário - FEV 2012

Rotary recebe 2,5 milhões de milhas da United Airlines para projetos humanitários Obrigado a todos da United, incluindo seu presidente e CEO Jeff Smisek, pela generosidade e oportunidade de participarmos do programa de doação de milhas United's 10 Million Charity Miles Giveaway. Obrigado também a todos que votaram por nós, pois não teríamos conquistado isto sozinhos. Ficamos em segundo lugar e receberemos exatamente 2.488.070 milhas para viagens de fins humanitários, como missões de rotarianos ou transporte de crianças doentes a hospitais. Embora o programa de doação não tenha sido anunciado com antecedência, rotarianos e amigos do Rotary espalharam rapidamente a notícia através das redes sociais, e passamos de 18° lugar para 2°. Isso nos permitiu receber uma boa parte das 10 milhões de milhas que a United estava doando. Parabéns ao Shriners, que ficou em primeiro lugar. Fonte: Notícias do Rotary International — 30 de janeiro de 2012

Cientista receberá prêmio da Fundação Rotária O cientista, pesquisador e secretário-adjunto do Departamento de Indústrias do Estado de Victoria, Austrália, John Skerritt, foi escolhido pelos curadores da Fundação Rotária como o vencedor do Prêmio da Fundação Rotária por Serviços à Humanidade de 2010-12. Skerritt prestou assistência nas áreas de ciências médicas, biotecnologia, agricultura e administração pública na Índia, Indonésia e outros países do sudeste asiático. Ele foi bolsista Rotary pela Paz na University of Michigan, em Ann Arbor, Michigan, EUA e é associado do Rotary Club de Hampton. Skerritt receberá o prêmio durante a Convenção do RI de 2012 em Bangcoc, no dia 8 de maio. Fonte: Notícias do Rotary International; Blog do Distrito 4750 – Comissão da Fundação Rotária – 27/01/2012

Ministério da Saúde inclui duas novas vacinas no calendário infantil O Brasil participa ativamente do avanço da erradicação da poliomielite no mundo. O Ministério da Saúde anunciou que ampliará o Calendário Básico de Vacinação da Criança com a introdução da vacina injetável contra pólio, feita com vírus inativado. A nova vacina será utilizada no calendário de rotina, em paralelo com a campanha nacional de imunização, essa realizada com as tradicionais duas gotinhas da vacina oral. A injetável, no entanto, só será aplicada para as crianças que estão iniciando o calendário de vacinação. Outra novidade anunciada para 2012 é a vacina pentavalente, que reúne em uma só dose a proteção contra cinco doenças: difteria, tétano, coqueluche, Haemophilus influenza tipo b e hepatite B. Até 2011, a imunização


RECEBA EM SEU EMAIL O BOLETIM PLANO VISÃO DE FUTURO Fique em dia com as últimas notícias da fase experimental do Plano Visão de Futuro inscrevendo-se para receber o Boletim Plano Visão de Futuro, gratuitamente. O boletim está disponível em inglês, francês, alemão, italiano, japonês, português, espanhol e sueco. Inscreva-se no link Boletim Plano Visão de Futuro.

O INFORMATIVO NO SEU EMAIL Tendo interesse em receber este Informativo por email, inscreva-se clicando aqui.

SUSTENTABILIDADE DE PROJETOS E ATIVIDADES O módulo de e-learning Sustentabilidade de Projetos e Atividades ressalta a importância da sustentabilidade em projetos, inclusive como garantir que isto ocorra. Consulte! APRESENTAÇÃO ATUALIZADA SOBRE O PLANO VISÃO DE FUTURO Utilize a apresentação atualizada em reuniões de clube, treinamentos do distrito ou para seu próprio conhecimento.

para estas doenças era oferecida em duas vacinas separadas. A Vacina Inativada Poliomielite, VIP, será introduzida no calendário básico a partir do segundo semestre desse ano. As campanhas anuais contra poliomielite também serão alteradas a partir de 2012. Na primeira etapa, programada para 16 de junho, tudo continua como antes, onde todas as crianças menores de cinco anos receberão uma dose da vacina oral, independente de terem sido vacinadas anteriormente. Na segunda etapa, programada para agosto, todas as crianças menores de cinco anos devem comparecer aos postos de saúde, levando o Cartão de Vacinação. A caderneta será avaliada para a atualização das vacinas que estiverem em atraso. Essa segunda etapa será chamada de Campanha Nacional de Multivacinação, possibilitando que o país aumente as coberturas vacinais, atingindo as crianças de forma homogênea, em to dos os municípios brasileiros. Confira o novo calendário completo aqui Há 22 anos, o Brasil está livre da circulação do Poliovirus Selvagem. Em 1994 o país obteve o Certificado Internacional de Erradicação da Transmissão Autóctone e, desde então, comprometeu-se a manter altas coberturas vacinais – maiores ou igual a 90%. A partir de 2005, essa meta foi alterada para 95% do público alvo. O último caso de poliomielite no Brasil foi registrado em 1989, na Paraíba. O Rotary é um dos responsáveis diretos pela erradicação da doença no país. Fonte: Brasil Rotário – 19/12/2011

Luta do Rotary contra a pólio repercute na revista inglesa The Economist A revista semanal inglesa The Economist abordou a batalha do Rotary contra a poliomielite como tema em um artigo intitulado "A engrenagem do Rotary: um clube de empresários pode erradicar a poliomielite do mundo?", que destaca o grande avanço do trabalho contra a pólio na índia, que não registrou casos da doença em 2011. O texto também aborda o Desafio de 200 Milhões de Dólares do Rotary e o combate nos três últimos países onde a doença ainda é endêmica: Afeganistão, Nigéria e Paquistão. A matéria está disponível, em inglês, no website da publicação: http://www.economist.com/node/21543126?fsrc=scn/tw/te/ar/arotary engine Fonte: Brasil Rotário – 24/01/2012

Rotary Club do Brasil está entre os dez clubes com as maiores doações per capita As contribuições ao Fundo Anual através da iniciativa Todos os Rotarianos, Todos os Anos (EREY) são a principal fonte de financiamento dos programas da Fundação Rotária. Os rotarianos dedicam muito de seu tempo e talentos, seja abrindo poços d'água na África ou alfabetizando crianças na América Latina, e as contribuições recebidas são sempre empregadas de maneira eficiente. Veja abaixo a lista dos 10 Rotary Clubs com as maiores doações per capita ao Fundo Anual entre 1° de julho de 2010 e 30 de junho de 2011: - The Peak, Hong Kong - US$ 4.685,00 - Peoria North , EUA - US$ 4.043,00 - Yangmei, Taiwan - US$ 3.991,00 - Yuanlin, Taiwan - US$ 3.771,00 - San Nicolás de los Garza, México - US$ 3.187,00 - Senri, Osaka, Japão - US$ 3.054,00 - Panchiao, Taiwan - US$ 2.759,00 - San Pedro, Costa do Marfim - US$ 2.404,00 - São Paulo-Butantã, Brasil - US$ 2.143,12 - Gwangju-Youmju, Gwangju, Coreia do Sul - US$ 2.015,00 Veja abaixo a lista dos Rotary Clubs com a maior doação ao Fundo Anual por zona em 2010-11: - Zona 1: Koshigaya, Japão - US$ 25.591,82 - Zona 2: Gifu South, Japão - US$ 95.150,34 - Zona 3: Senri, Japão - US$ 131.317,00 - Zona 4: Bombay Queen City, Índia - US$ 52.515,06 - Zona 5: Bangalore Midtown, Índia - US$ 95.799,99 - Zona 6: Calcutta New Alipore, Índia - US$ 47.088,74 - Zona 7: Makati, Filipinas - US$ 91.000,00 - Zona 8: Caringbah, Austrália - US$ 62.127,87 - Zona 9: Seoul Joongang, Coreia do Sul - US$ 125.803,48


- Zona 10: Yuanlin, Taiwan - US$ 215.000,00 - Zona 11: Paris, França - US$ 31.603,74 - Zona 12: Lecce, Itália - US$ 39.801,68 - Zona 13: Pombal, Portugal - US$ 26.989,13 - Zona 14: Düsseldorf, Alemanha - US$ 33.267,86 - Zona 15: Karlskrona Aurora, Suécia - US$ 17.773,44d- Zona 16: Roskilde, Dinamarca - US$ 14.404,74 - Zona 17: Macclesfield Castle, Inglaterra - US$ 18.634,38 - Zona 18: Winchester, Inglaterra - US$ 10.366,29 - Zona 19: Reutlingen-Tübingen-Nord, Alemanha - US$ 13.973,30 - Zona 20: Port Harcourt, Nigéria - US$ 74.513,12 - Zona 21: San Nicolás de los Garza, México - US$ 156.200,00 - Zona 22: Santos-José Bonifácio, Brasil - US$ 90.638,77 - Zona 23: San Telmo – Constitucion, Argentina - US$ 31.549,79 - Zona 24: Anchorage, EUA - US$ 91.544,00 - Zona 25: Mercer Island, EUA - US$ 95.367,46 - Zona 26: Peoria North, EUA - US$ 80.875,00 - Zona 27: Oklahoma City, EUA - US$ 60.700,00 - Zona 28: Edina, EUA - US$ 82.154,00 - Zona 29: Grand Rapids, EUA - US$ 33.531,25 - Zona 30: Birmingham, EUA - US$ 100.208,41 - Zona 31: Alexandria, EUA - US$ 70.680,00 - Zona 32: York, EUA - US$ 41.751,08 - Zona 33: Charlotte, EUA - US$ 53.937,00 - Zona 34: Jacksonville, EUA - US$ 60.150,00 Suas contribuições asseguram que rotarianos continuem promovendo a paz, combatendo doenças, fornecendo água potável, salvando mães e filhos, fomentando a educação e desenvolvendo economias locais. Obrigado! Contribua agora mesmo. Fonte: Rotary International; Brasil Rotário – 25/01/2012

Rotary supera desafio de Bill Gates; Índia torna-se o terceiro contribuinte aos fundos de serviços do Rotary Fonte: Modern Medicine

O Rotary International, um dos maiores parceiros na luta contra a pólio em todo o mundo, conseguiu arrecadar mais de 202,6 milhões dólares americanos, ultrapassando a meta da Bill & Melinda Gates Foundation, de US$200 milhões em financiamento para a erradicação da pólio. O marco foi alcançado com a captação de recursos em resposta aos US$355 milhões em subsídios concedidos à Fundação Rotária pela Fundação Gate,s para apoiar atividades de imunização em países afetados, onde as doenças imunopreveníveis continuam a paralisar as crianças. "É um marco de boas-vindas, uma vez que o financiamento para a fase final da pólio será crucial para assegurar que a luta contra a temida doença continua com a mesma intensidade e compromisso. Isto foi conseguido através da generosidade e maior esforço por parte dos países para contribuir para a causa. Nos últimos 2 a 3 anos, a Índia passou de beneficiário a doador e se tornou o terceiro contribuinte principal aos fundos do Rotary de serviços", disse Deepak Kapur, Chairman do Comitê Indano de Rotary International para a Campanha Pólio Plus. A Iniciativa Global pela Erradicação da Polio foi lançada para erradicar a poliomielite do mundo e, ao mesmo tempo, fortalecer a infra estrutura de saúde. A iniciativa obteve um progresso significativo em direção a esses dois objetivos e, hoje, com apenas alguns países ainda com transmissão da Poliomielite, 99,9 por cento do mundo continua livre da poliomielite. A Índia, um dos países endêmicos, juntamente com Paquistão, Afeganistão e Nigéria, completou um ano inteiro sem um caso de poliomielite - o último caso relatado foi em 13 de Janeiro de 2011, em Bengala Ocidental. A Índia precisa registrar mais dois anos sem um caso de poliomielite para obter a certificação de país livre de pólio, pela OMS. "A parceria Pólio - Rotary, OMS, UNICEF e do Governo. da Índia em particular - tem renovado o seu compromisso e os recursos para atingir esta meta ", acrescentou Kapur. "O Visão de Futuro está dando nova energia aos clubes, para que abandonem o ciclo vicioso de ficar repetindo os projetos do ano anterior." Boyde comentou que os governadores podem começar a se preparar para o lançamento do Plano encerrando todos os Subsídios Equivalentes, para que possam se concentrar no futuro, e utilizando recursos como os coordenadores regionais da Fundação Rotária. Ele também os incentivou a sonhar alto, e continuar ultrapassando seus limites; e a não tentar enquadrar os procedimentos antigos no novo modelo. "Estamos aqui para ser úteis, e escolhemos ser rotarianos por saber que nossas vidas são medidas com base no que fazemos pelo próximo, e não pelo que fazemos por nós mesmos." Durante a terceira sessão plenária da Assembleia o chair eleito do Conselho de Curadores da Fundação, Wilfrid J. Wilkinson, também estabeleceu as metas da Fundação para 2012-13, que serão erradicar a poliomielite, alcançar a Paz Através do Servir e fortalecer a Fundação através do Fundo Anual e proporcionar uma boa gestão de fundos da Fundação em nível distrital. Fonte: Megan Ferringer - Notícias do Rotary International - 18 de janeiro de 2012

Ajude a Fundação Rotária cumprir sua missão

Tome a decisão de doar ao Fundo Anual da Fundação em 2012. Contribua com US$100, ou mais, para a campanha Todos os Rotarianos, Todos os Anos e estará contribuindo para a Fundação Rotária alcançar sua meta de arrecadação em 2012. Você pode fazer uma contribuição única ou contribuições recorrentes. Saiba como seu clube ou distrito pode fazer a diferença em uma das Seis Áreas de Foco da Fundação Rotária com um Subsídio da Fundação...


Fundação Rotária caminha a passos largos Os rotarianos contribuem aos programas da Fundação Rotária, pois o Rotary já provou que consegue atender a necessidades humanas básicas. As doações ao Fundo Anual para Programas em 2010-11 totalizaram US$107,7 milhões, o segundo valor mais alto da história da Fundação. Entre nossos leais doadores estão os membros da Sociedade Arch C. Klumph, formada por pessoas que doam US$250.000 ou mais. Em 2010-11 tivemos um número recorde de novos membros: 44. Os rotarianos também bateram um recorde ao contribuírem US$4,1 milhões em uma promoção de dois dias. Doações on-line de pelo menos US$100 ao Fundo Anual para Programas tiveram reconhecimento de Companheiro Paul Harris em dobro em comemoração ao aniversário do Rotary, em 23 de fevereiro. A iniciativa de Doações Extraordinárias aos Centros Rotary pela Paz arrecadou mais de US$58 milhões, superando a meta de US$55 milhões até 30 de junho de 2011. O objetivo dessa iniciativa, lançada em 2005, é criar um fundo de dotações de US$95 milhões até 2015, para assegurar verbas em prol dos Centros Rotary pela Paz. A generosidade de rotarianos no mundo todo ajuda a atender a necessidades básicas. Rajashree Birla, de Mumbai, Índia, doou mais US$1,12 milhão à Fundação em prol do Desafio 200 Milhões de Dólares do Rotary. Com essa contribuição, esta rotariana honorária totaliza mais de US$4,2 milhões à Fundação, em apoio ao combate à pólio. “A Sra. Rajashree Birla acredita que o que fazemos para nós mesmos morre conosco, mas o que fazemos para o próximo, permanece para sempre”, afirma o curador Ashok M. Mahajan. “A caridade começa em nossos lares, mas não deve terminar lá.” Os doadores de 2010-11 incluem: 44 Membros da Sociedade Arch C. Klumph (doações de US $250.000 ou mais); 1.348 Major Donors (Doadores Extraordinários) (doações de US$10.000 ou mais); 609 Membros da Sociedade de Doadores Testamentários (doações em testamento de US$10.000 ou mais); 2.978 Benfeitores (doações em testamento de US$1.000 ou mais); 61.501 Companheiros Paul Harris (doações de US$1.000 ou mais).

Finanças da Fundação Rotária em 2010-2011 Recebido pela Fundação Rotária - Contribuições Os rotarianos continuaram apoiando a Fundação Rotária com mais contribuições do que no ano anterior. O Fundo Anual para Programas recebeu doações de US$107,7 milhões em mais um ano de forte apoio ao Desafio 200 Milhões de Dólares do Rotary. Dez países e regiões geográficas (Austrália, Canadá, Coreia, Estados Unidos, Hong Kong, Japão, México, Nigéria, Tailândia e Taiwan) excederam a meta per capita de US$100 da iniciativa Todos os Rotarianos, Todos os Anos. As contribuições de US$16,3 milhões ao Fundo Permanente aumentaram em 55%, comparadas aos US$10,5 milhões recebidos em 2009-10. O Pólio Plus recebeu US$78,9 milhões em prol da Iniciativa Global de Erradicação da Pólio, incluindoUS$40 milhões recebidos da Fundação Gates. O total de US$208,5 milhões não incluem os US$13,3 milhões em fundos recebidos e repassados (flow-through). Desembolsado pela Fundação Rotária - Custeio de programas Essas despesas diminuíram em US$36,3 milhões no último ano, devido principalmente a diminuição em financiamento do Programa Pólio Plus de US$42,5 milhões. O desembolso em subsídios distritais e globais totalizou US$19,1 milhões no primeiro ano da fase piloto do Visão de Futuro. O valor total para custear programas foi de US$168,6 milhões, que inclui US$77,9 milhões com outorga de subsídios e operações do programa Pólio Plus. Um total de US$150,2 milhões financiou projetos humanitários, atividades de erradicação da pólio, programas educacionais, entre outros. As despesas com captação de fundos ficaram em US$17,5 milhões em 2010-11, as quais incluem pagamento de funcionários, serviços, comunicações, publicações, relações públicas, materiais, informática, consultoria jurídica e reconhecimento a doadores. As despesas administrativas somaram US$5,7 milhões em 2010-11, incluindo pagamento de funcionários, serviços, comunicações, informática, materiais, consultoria jurídica, auditoria e serviços aos curadores (suporte administrativo, reuniões e viagens), necessários ao gerenciamento do patrimônio da Fundação. As despesas gerais administrativas consideram gastos com viagens (passagem aérea, hotel e refeições) de US$1,1 milhão para os curadores. Essas despesas são necessárias para que eles promovam os programas da Fundação Rotária, divulguem o trabalho da entidade e a importância de apoiá-la financeiramente, e também para que compareçam à Assembleia Internacional, Convenção Anual, reuniões do Conselho de Curadores e Institutos Rotary. Nos últimos 10 anos, 88% dos desembolsos da Fundação foram com programas, o que está acima da média de 65% de outras organizações do gênero. Ativo líquido da Fundação O ativo líquido da Fundação aumentou em US$137,5 milhões ante ao ano anterior, decido principalmente a ganhos de investimentos e


contínua generosidade dos rotarianos.

Fonte: Relatório 2010-2011 de Rotary International e Fundação Rotária

Projeto de formação profissional canadense procura oportunidades de emprego para deficientes Vários distritos de Ontário, Canadá, estão ajudando a expandir as oportunidades de emprego a pessoas com deficiências físicas ou mentais, educando os líderes empresariais sobre os benefícios de contratá-las. Os Distritos 6290, 6400, 7070 e 7090 estão trabalhando com a Community Living Ontario (associação sem fins lucrativos que trabalha a favor de pessoas com deficiências) em um projeto de formação profissional, que oferece recursos e treinamento para empresários interessados em contratar essas pessoas. Desde sua fundação em 2009, o programa já ajudou mais de 130 deficientes. O gerente do projeto, Joe Dale, do Rotary Club de Whitby, disse que cerca de 16% da população da província possui algum tipo de deficiência física ou mental; e dessas pessoas, 49% está desempregada. "Se trata de uma das grandes minorias do país e um grupo de pessoas significativo que as empresas deveriam utilizar", diz ele. O rotariano Mark Wafer (à direita) "Este projeto ajudou a quebrar o mito sobre os deficientes, criando vínculos entre eles e as premiando a Funcionária do Ano em um empresas", disse Dale, diretor executivo da Rede de Empregos para Deficientes em Ontário. "Nós dos seus seis Tim Hortons em Ontário, Canadá. Foto cedida por Mark Wafer incentivamos rotarianos e empresários a contratar pessoas com deficiências e os informamos sobre as vantagens de contratá-las". Estudos realizados pela Community Living Ontario e pesquisas com empregadores demonstram que os empregados que possuem alguma deficiência, possuem desempenho normal ou superior, são dispostos e capazes de trabalhar em diversos cargos e aumentam o moral dos funcionários.O associado do Rotary Club de Whitby, Mark Wafer, que ajudou a fundar o projeto, indica que contratar pessoas com deficiências lhe trouxe vários benefícios. Ele é proprietário de seis Tim Hortons, uma rede de cafeterias canadense, e já contratou mais de 80 deficientes nos últimos 16 anos para trabalhar em todo tipo de função. Segundo Wafer, esses funcionários ficam mais tempo na empresa, reduzindo os custos com entrevistas, novas contratações, treinamentos, etc. Ele diz que "se sentir bem em uma empresaonde eles não são discriminados melhora a qualidade da força de trabalho em geral, e que a vantagem é significativa." Expandindo o projeto Dale espera que todos os clubes e distritos do Canadá façam parte desse projeto. Os rotarianos podem aproveitar sua influência local para dar exemplo e "mostrar aos empresários que contratar pessoas com deficiências é rentável", diz ele. Os clubes participantes podem utilizar seus contatos para organizar sessões informativas destinadas a empresários, câmeras de comércio e associações comerciais e industriais. O vice-governador de Ontário, David Onley, que contraiu pólio quando criança, ficando parcialmente paralisado, afirma que o projeto "constitui uma importante parceria entre a Community Living Ontario e rotarianos para ajudar as pessoas com deficiência a encontrar o emprego apropriado através de seus contatos empresariais.” A contratação de deficientes é uma das últimas formas de discriminação, e "a intervenção dos rotarianos nessa causa é importantíssima." Fonte: Por Ryan Hyland - Notícias do Rotary International – 13 de janeiro de 2012

O Progresso do Pólio Plus


Este foi um ano extraordinário para o Polio Plus. O anúncio foi feito na reunião do The Durham Rotary Clube, no dia 23 de janeiro último, pelo Dr. Andy Barada, Co-Chair da Fundação Rotária, no Clube. O The Durham Rotary Club é o mais antigo e o maior Rotary Club da Carolina do Norte, USA. As razões: 1 - O Rotary International anunciou que ATINGIMOS a meta de 200 milhões. 2 – A Fundação Gates equiparou US$400 milhões para o combate à pólio, o que significa mais US$50 milhões extra. 3 – A Índia, um dos quatro países endêmicos (Paquistão, Afeganistão, Índia e Nigéria) relatou a não ocorrência de casos de PÓLIO no último ano. 4 - O Talibã no Afeganistão e o Paquistão decidiram parar temporariamente a luta armada por tempo suficiente para que as suas crianças fossem vacinadas. Em seu comunicado sobre a poliomielite, que é uma doença viral, Andy propôs a oferta de um pin de Companheiro Paul Harris para um dos virólogos mais eminentes do mundo, o rotariano do The Durham Rotary Club, Bill Joklik. Fonte: Blog do The Durham Rotary Club, postado em 25 de Janeiro de 2012

ADR - Associação Distrital de Rotary - Distrito 4570 de Rotary International Rua do Mercado, 34 - Sala 1601- CEP 20010-120 Tel.: 21-2233-1305 / 2203-2823 / 2203-2824 Site: http://www.rotary4570.org.br - Email: adr@rotary4570.org.br Produção e Edição: Luiz Carlos Dias - lcdias@lcdias.com.br


Informativo Sobre a Fundação Rotária N° 18