Page 1

Boletim

Maio

2013

Aqui você pode compartilhar anseios e alegrias

Ser, Participar, Testemunhar

As Valiosas Boas Notícias pg. 6 e 7

Dificuldade, isso é de Deus?

pg. 9


Nossos Membros Aniversariantes Ana Luiza B Dietrich

8129-5588

3472-7084

Julia Bergmann Santos

3466-3377

Marcelo Dietrich

8129-5588

Viviane Carvalho Brenner

3475-8605

Rafael Rosso de Albuquerque

3478-1484

Ilce Ivone S. Kuklenski

3463-9193

Ida Neugerger Würth

3472-2132

Jirgen Scherer

3468-3447

Lauro Renato Hein

8472-8164

20

Gustavo Strassburger Aggens

3477-4133

5

Elvis da Silva Scherer

3468-3447

21

Vinicius Meinhardt Zorn

9836-0165

6

Aline Seibt

3465-4624

22

Alisson Airton Becker

9947-3764

André Luis Schneider

3466-3339

William Meyer

3032-6033

Luiz Antônio dos Santos Mendes

3472-0473

23

Marlene Krützmann Rex

3077-3116

Wilma These de Albuquerque

3477-2146

24

Paola Lucas Schneider

3466-3339

João Prodanow

3472-7734

25

Lúcia Barcelos

3472-8883

11

Régis Lipthal Rodrigues

3466-7051

26

Miguel Martins Pinto Martins

8142-0900

12

Mara Pfeifer Schott

3032-4810

27

Darci Menegussi

3465-4624

13

Marina Flores da S Wulfrost

3428-6111

28

Edson Eickhoff

3476-6736

14

Anne Carolione Schieck

3477-0679

Eliana Mielzarski dos Santos

9828-1825

15

Loreni Reisner

3472-2308

Emilio Schieck

3477-0679

Senara Clementina Meinhardt

9821-1472

Yedda Forell Arnold

3476-1553

16

Lili Reuter Soares

9720-5596

29

Leandro Aggens

3465-8992

17

August Arnold

3476-1553

30

Nicanor Rodrigues de Camargo

3477-2178

1

Cristiano Rogério Sell

3463-7061

3

Clara Beatriz G. de Albuquerque

4

8

18

19

Parabéns a todos os aniversariantes!

pag. 2


Mensagem Mãe

São três letras apenas As desse nome bendito Também o céu tem três letras E nelas cabe o infinito Para louvar a nossa mãe, Todo bem que se disser Nunca há de ser tão grande Como o bem que ela nos quer Palavra tão pequenina, Bem sabem os lábios meus Que és do tamanho do CÉU E apenas menor que Deus! Mario Quintana

Desejamos a todas as mães da Comunidade, um FELIZ DIA DAS MÃES !

pag. 3


Acontecendo Carregar e ser carregado

Em uma das últimas reuniões da JECA

- É mais fácil carregar do que ser car-

os jovens participaram de uma dinâ-

regado;

mica chamada “ponte humana”. Deitados no chão e com as mãos erguidas, eles formaram uma ponte sobre a qual todos os jovens, um a um, foram carregados de uma extremidade até a outra. Depois da dinâmica, sentados numa roda refletiram que o grupo de jovens é muito parecido com esta ponte. Algumas conclusões a que chegaram:

pag. 4

- Para ser carregado é preciso confiar nos outros; - Quanto mais unidos estivermos, mais fácil de suportar o peso e enfrentar os problemas. Importante: Todos passaram a ponte, dos mais leves aos mais pesados. A diversão trouxe profundas reflexões.


Acontecendo Combine uma conversa com o pastor Uma das tarefas do pastor é ouvir e

É simples: basta ligar para a Comuni-

aconselhar os membros da Comuni-

dade (3472-2308) e combinar com o

dade. Muitos sabem disso, mas talvez

pastor o dia e hora para esta conversa.

alguns tem esta necessidade ou von-

Assim você não “perde a viagem” e o

tade e não sabem como fazê-lo.

pastor estará lhe esperando.

Chá do Dia das Mães A OASE convida a Comunidade em geral, para o seu Chá do Dia das Mães que ocorre no dia 16 de maio, a partir das 15:00 hs. Não perca esta oportunidade, além de você saborear as delícias preparadas Pelas senhoras, poderá ter um convívio agradável entre famílias. Convites: R$ 12, 00. Reserve esta data

pag. 5


Pastoral

Ser, Participar, Testemunhar

As Valiosas Boas Notícias “mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas...” Atos 1.8

Enfocamos neste boletim a terceira

Não é diferente quando usamos a pala-

palavra que faz parte do tema da IECLB

vra “testemunhar” no contexto bíblico

para este ano de 2013: TESTEMUNHAR.

e eclesiástico. A tarefa dada por Jesus

Antes de descrevermos o conteúdo que a testemunha apresenta, é importante lembrarmos que esta palavra tem origem no ambiente jurídico. A testemunha é uma pessoa que tem conhecimento direto de certos fatos, e que declara diante de uma corte de justiça o que viu e ouviu, “testemunha” aquilo que sabe. Além disso é importante ressaltar que os fatos apresentados pela testemunha podem ajudar o júri

a seus discípulos (“e sereis minhas testemunhas”) e, consequentemente, para toda a igreja, é muito importante porque pode absolver ou condenar pessoas por toda a eternidade. O nosso testemunho pode ser levado em consideração e ter efeitos diante do juízo final, quando a pessoa, a quem testemunhamos o Evangelho, for julgada diante de Deus. Alguma vez você pensou nisso?

a absolver ou condenar o réu. Portanto,

Evidente que esta condenação ou absol-

o ato de testemunhar é muito impor-

vição não depende exclusivamente do

tante.

nosso testemunhar. Depende primeira-

pag. 6


Pastoral

mente do fato de Jesus ter morrido na

dar, uma daquelas que, de tão mara-

cruz por toda a humanidade. Depende

vilhosa que é, a gente não consegue

também do poder do Espírito Santo

ficar calado (por exemplo: nascimento

que nos capacita e encoraja.

de um/a filho/a; aprovação num con-

Agora pensemos um pouco no conteúdo do testemunho. Antes de tudo, aquilo que testemunhamos do Evangelho precisa ser comunicado com muita alegria, como uma boa notícia. Assim como ela foi anunciada pela primeira vez neste mundo pelo anjo aos pastores: “Eis aqui voz trago boa-nova de grande alegria, que será para todo o povo: é que hoje vos nasceu, na cidade de Davi, o Salvador, que é Cristo, o Senhor.” Lc 2.10-11.

curso dificílimo, a cura de uma doença grave, um presente valioso, etc...) geralmente fazemos isso com muita alegria e empolgação. Da mesma forma deveríamos comunicar o Evangelho, sobretudo porque esta é, sem dúvida, a melhor notícia que a humanidade já ouviu e precisa continuar ouvindo. Você quer ajudar nesta importante tarefa de TESTEMUNHAR? Grande abraço, Pastor Carlos

Quando temos uma boa notícia para pag. 7


Espaço Aberto Mães e Mulheres Hoje pensei numa música que eu cantava na minha infância: “Quando eu era pequenina eu perguntava quando crescer: Serei eu pobre ou muito rica e eu ou assim: Que será, será, Aquilo que for será. O futuro não sê vê, Que será, será.”..... Hoje, já chegada a hora de dizer aos pequenos o que serão quando crescer, gostaria de dizer, neste mês de maio - mês das noivas, mês das mães - que uma coisa é certo para o nosso futuro; ser mulher é uma aventura maravilhosa. Pensem comigo: podemos muitas coisas, como chorar, rir, pintar, usar batom, fazer as unhas, vestir saia ou calça comprida. Podemos ainda trabalhar no mundo dos negócios ou fazer tricô calmamente em casa. Do outro lado, qual é o homem que tem grupo de “kränzien”? Lembro ainda que fomos nós as escolhidas para carregar no ventre uma criança. Que maravilha! Com tudo isto e ainda tantas outras coisas que poderiam ser listadas “que será, será?” não sei, mas uma coisa sei que é: ser mulher é um grande privilégio, e nós deveríamos dizer que é muito bom que Deus nos tenha feito mulheres. Quantas de nós serão lembradas pelos familiares, como mulher que gostou de ser mulher? Fica, portanto, o desafio neste mês da mulher, agradecemos pelo privilégio de termos sido feitas assim. E que o nosso Deus nos abençoe e capacite para seguir sendo aquelas para que fomos criadas: MULHERES. Em Cristo; Elaine Brust

pag. 8


Presbitério Dificuldade, isso é de Deus? O justo é também afligido não por ter pecado, mas por causa do pecado no mundo (Romanos 8.19-23). O próprio Jesus, quando clamou ao Pai pelos discípulos e por cada um dos que seriam seus filhos – incluindo você e eu – para que não fôssemos tirados do mundo, mas para que nos livrasse do mal. O “Estas coisas vos tenho dito para que

fato de estarmos passando por dificul-

tenhais paz em mim. No mundo passais

dades não nos torna mais ou menos

por aflições; mas tende bom ânimo, eu

justos. Estamos no mundo. “Muitas são

venci o mundo.” (João 16.33)

as aflições do justo, mas o Senhor de

O novo nascimento (em Cristo) não nos

todas o livra.” (Sl 34.19)

isenta das dificuldades como alguns

Alguns tendem a fazer das dificuldades

acreditam, mas também não nos insere

o “termômetro divino da vontade de

num mar de adversidades como mui-

Deus”, ou seja, se tudo estiver bem, “é

tos creem. Na verdade, a questão de

de Deus!”, mas se há problemas e difi-

nos tornarmos filhos de Deus simples-

culdades, “não é de Deus”! Esse é outro

mente nos faz grandes, o suficiente,

extremo terrível.

em Cristo para derrotá-las. É por isso que o apóstolo Paulo disse com grande convicção: “Tudo posso naquele que me fortalece.” (Filipenses 4.13) No versículo anterior do mesmo capítulo, ele também afirmou, e convicto: “Tanto sei estar humilhado com também ser honrado; de tudo e em todas as circunstâncias, já tenho experiência, tanto de

Acredito que poderemos viver melhor a vida cristã se entendermos que as circunstâncias não ditam a nossa vida, não guiam os nossos passos e não determinam o nosso futuro.O que determina tudo na nossa vida é a Palavra de Deus e como fazemos uso dela.Talvez esta seja a nossa maior dificuldade.

fartura como de fome; assim de abun-

Descansemos na fidelidade de Deus!

dância como de escassez.” Paulo apren-

Tenhamos bom ânimo!

deu a ser mais que vencedor em todas as situações. O justo também passa por dificuldades.

Fraterno abraço. André Driemeyer pag. 9


Tesouraria Balancete de Março/2013 Movimentação Comunidade Contribuições Membros

Entrada R$

Saída R$

19.121,35

-

737,03

-

1.082,00

-

Receitas patrimoniais (cemiterio/aluguel)

255,00

-

Receitas diversas (ofertas/doações)

560,00

-

Reembolso (livros, Bíblias, Devocionários, outros) Receitas de promoções

7,55

-

Salários

-

8.216,32

Encargos sobre salários

-

2.477,47

Água, luz, telefone, combustível e gás

-

940,86

Taxas, impostos, seguros e honorários

-

869,65

Diversos (Xerox, Mat. Exped., Mat. Limp., Informática)

-

874,71

Despesa c/Literatura Biblica

-

359,45

Despesas c/segurança

-

-

Manutenção patrimonial e serviços de terceiros

-

731,52

Repasse IECLB/Sínodo (Jan e Fev/2013)

-

Receitas financeiras

Saldo

1.996,55

R$ 5.296,40

Ofertas

Entrada R$

Dia 03/03 - Comunidade Evang. de Cachoeirinha

837,00

Dia 10/03 - Fundo de Missão do Sínodo

592,00

Dia 17/03- Projeto Missão Sínodo B.Central

169,85

Dia 24/03 - Comunidade Evang.de Niterói

364,20

Dia 29/03 - Trabalho c/Jovens na IECLB

367,00

Dia 31/03 - Fundo de Missão do Sínodo

592,85

Total repassado

R$ 2.922,90

Tesoureiro: André Santos Sousa; Vice-Tesoureiro: Hélvecio Nuñez Lima Conta Corrente da Comunidade no Banco do Brasil S/A. Ag. 1701-9 - CC 1166-5

“Adore a Deus, oferecendo-lhe o que a sua terra produz de melhor; faça isso, e os seus depósitos ficarão cheios de cereais, e você terá tanto vinho, que não será capaz de armazenar” LH -Provérbios 3.9-10

pag. 10


Calendário Atividades Dia

Hora

Descrição

Dia 05

Dom

9:00 h

Culto c/Santa Ceia

Dia 12

Dom

9:00 h

Culto Alemão c/Sta Ceia

Dia 14

Ter

19:30 h

Reunião do Presbitério

Dia 16

Qui

15:00 h

Chá Dia das Mães - OASE

Dia 19

Dom

9:00 h

Culto de Confirmação

Dia 19

Dom

19:00 h

Culto da Noite

-

Retiro de Integração dos jovens JECA, JEMAVE e JENI

Dias 24 - 26

Atividades Fixas Dia Domingos Quartas

Hora

Descrição

9:00h

Culto

9:00h

Culto Infantil

15:00h

Estudo Bíblico

15:00h

OASE

20:00h

Coro

19:00h

Vigilantes do Peso

20:00h

Esportes

14:00h

Ensino Confirmatório

18:00h

Jeca

Calendário 05/2013

Quintas

Sextas

Sábados

Ofertas Cultos

Oferta

Dia 05

Missão c/Literatura Evangelistica

Dia 12

Casa Matriz de Diaconisas

Dia 19

Fundo “P. Homero Severo Pinto”, p/ Missão IECLB no país

Dia 26

AEVAS - Novo hamburgo

pag. 11


Lema do mês - Maio

“Tudo o que Deus criou é bom, e, recebido com ações de graças, fostes instruídos, crescendo em ações de graças, nada é recusável.” 1 Timóteo 4.4

Comunidade Evangélica de Confissão Luterana de Canoas www.ieclbcanoas.org Rua Monte Castelo, 470 N. Sª. das Graças – Canoas/RS (51) 3472 2308 - cec@ieclbcanoas.org Pastor: Carlos Heinz Eberle Zeladora: Loreni Reisner Secretário: Luiz Martim Bobsin Tiragem desta edição: 150 Exemplares

Boletim - Maio 2013  

Boletim - Maio 2013

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you