Page 1

Newsletter – Setembro 2011

Ratio (PU/CU) – relação Proteínas Urinárias/Creatinina Urinária

Mais do que 75% da função renal pode estar perdida antes de haver aumento de ureia e creatinina.

Diagnóstico precoce da doença renal; Permite quantificar a proteinúria para controlo e diagnóstico de doenças renais; Avaliar o curso da doença renal e aumentar a expectativa de vida do animal; Avaliar o tratamento da doença renal.

Os sinais de doença renal são vagos, inespecíficos e podem ser difíceis de identificar antes que o animal manifeste azotemia. Pode-se detectar uma doença renal previamente à sintomatologia usando a relação PU/CU e, por ser um teste quantitativo, permite monitorizar o decurso da doença e avaliar a resposta do animal ao tratamento.

Um diagnóstico precoce de doença renal garante uma melhor qualidade de vida e um melhor prognóstico para seu paciente

Interpretação da proteinúria: A tira urinária pode ser pouco sensível e pouco específica para proteínas renais, podendo ser influenciado pelo pH, volume, concentração e cor da urina, apresentando frequentemente resultados falso positivo e falso negativo. Na ausência de hemorragia ou inflamação, uma relação PU/CU < 0,5 é considerado normal; PU/CU entre 0,5 e 1,0 com azotemia e baixa densidade urinária é considerado proteinúria renal e sem azotemia deve-se repetir o teste em duas semanas; PU/CU > 1,0 é considerado proteinúria renal.

Proteinúria renal:

. Ausência de sangue oculto e poucas células no sedimento são achados comuns. . Podem ou não estar presentes cilindros . Glomerulopatia primária pode causar intensa proteinúria, geralmente com PU/CU > 3,0. . Doenças tubulares primária causam pouca a moderada proteinúria, geralmente com PU/CU < 3,0.

Proteinúria pré-renal:

.Certos fatores extra-renais podem causar uma proteinúria transitória por aumento na permeabilidade glomerular (ex: febre, doença cardíaca, choque e exercícios), por isso uma relação PU/CU entre 0,5 – 1,0 deve ser repetida em duas semanas. . Altas concentrações de proteínas de baixo peso molecular no sangue podem passar através dos glomérulos e causar proteinúria, como a proteína de Bence-Jones (mieloma).

IDV- Investigação e Serviços Especializados, Lda. Avepark - Parque Ciência e Tecnologia, S. Cláudio do Barco, 4805-017 Barco-Guimarães Contactos: 253421038; 960458864; geral@idv.pt

Newsletter - Setembro  

Ratio PU/CU - relação proteínas urinárias e creatinina urinária

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you