Page 1


SHOPPING METRO ONDE AS ATRAÇÕ

Beleza e modernidade em um shopping feito para você. Mais do que um local de compras e diversão, ele é uma homenagem ao charme do bairro que respira transformação. Venha conhecer esta novidade que está esperando para te conquistar e fazer parte da sua vida. Você merece um shopping assim.

Av. Abelardo Bueno, 1.300 Barra da Tijuca* (*) ENDEREÇO DE REFERÊNCIA


POLITANO BARRA. ES VÃO MUITO ALÉM DAS VITRINES.

C&A, MARISA, RENNER, RIACHUELO, LOJAS AMERICANAS, CENTAURO, CASAS BAHIA, FAST SHOP, KALUNGA, BENKEI ASIÁTICO, DELÍRIO TROPICAL, GULA GULA, OUTBACK, LEITURA, BIO RITMO, RI HAPPY, GAME STATION, CINEMARK E MAIS 200 LOJAS PARA VOCÊ.

www.shoppingmetropolitanobarra.com.br


4


5


l a i r i u o q t i a a ed r t ncon

e e s e t n e g A

ASCIJA deseja feliz natal e próspero ano novo

A

Revista Cidade Jardim vem com você: correndo, caminhando, passeando, jogando tênis... enfim, circulando por este novo bairro, que respira qualidade de vida e proporciona lazer de qualidade no “quintal” de casa. Muito bom perceber famílias inteiras desfrutando cada metro quadrado. Gente que vive com aquele ar de cidade do interior, de cadeira na calçada para papear, mas com a infraestrutura moderna, cercada de segurança e conforto. Crianças brincando, casais namorando, adultos praticando atividades físicas, observando os filhos ou conhecendo novos vizinhos. Você vai ver ainda uma turma que passeia com seus animais de estimação, os aficionados pelo tênis, os que tomam banho de sol enquanto aproveitam uma boa leitura, senhoras curtindo o artesanato local. Um Cidade Jardim vibrante, célula viva, um bairro com jeito de cidade. A ASCIJA trabalha para você na manutenção de cada equipamento, na execução de serviços e na admi-

6

nistração local, buscando suprir a comunidade com eficiência e qualidade. Afinal, a Associação existe para servir você, associado. E é com você que ela conta, com seu apoio, sugestão, parceria. Fechamos a última edição do ano reafirmando o nosso compromisso com cada morador do Cidade Jardim. Compromisso de trabalhar com sensibilidade, seriedade e

competência. Aproveitamos também para desejar um Natal feliz, abençoado e fraterno. O ano novo vem aí, e que ele traga prosperidade, saúde e paz. Obrigada pela companhia, pelo apoio e por fazer parte da família Cidade Jardim. ASCIJA www.ascija.com.br


EXPEDIENTE

CIDADE JARDIM


o i r á m u s

09

1ª caminhada do Cidade Jardim

16 Família

Cidade Jardim

25

Festa de Natal


a d a h n i m 1ª Ca

m i d r a J e dad

i C o d

“Tem que correr, tem que suar, tem que malhar (vamos lá!) Musculação, respiração, ar no pulmão (vamos lá!) Tem que esticar, tem que dobrar, tem que encaixar (vamos lá!) Um, dois e três; é sem parar, mais uma vez” Marcos Valle

9


Momento saúde

H

ora de se exercitar. Essa é ordem no Cidade Jardim. Em um domingo em que o sol marcou sua presença durante toda a manhã, cerca de 200 moradores participaram da 1ª Caminhada do Cidade Jardim. Com o percurso de cinco quilômetros, montado pelos professores da equipe Rio Sport Center, Flávio Correa e Márcio França, os moradores puderam mostrar o resultado de seus treinos e confraternizar com seus vizinhos. O trajeto foi montado na área do bairro e contou com uma grande equipe de profissionais incumbidos de cuidar de todos os participantes. Para a alimentação dos atletas, um belo café da manhã balanceado foi servido na área de corrida. Para o momento do exercício, água e isotônicos, para que todos concluíssem a prova com energia. Ao final, houve sorteio de brindes e muita música para a festa dos campeões. O destaque ficou com a pequena Bruna (6 anos), ao sortear o próprio pai, Anderson Sales, para ganhar um dos diversos brindes. Acompanhe alguns desses atletas.

Alex Nunes, morador do Reserva Jardim, percorreu 2,5 km e ainda foi sorteado, tendo sido premiado com um belo kit para exercícios. Ele conta que adorou a interação de todos os participantes e pretende frequentar muitas outras corridas.

10

Moradores do Reserva Jardim, Sônia Maria Uliana e Antônio Uliana marcaram presença na corrida. O casal adorou a iniciativa estimulante. “É muito bom, porque a corrida ajuda a nos manter em forma”, contou Antônio.

José Pereira trouxe a família para correr – a esposa, Jussara Pereira, e os filhos, Fernanda Pereira e Rafael Pereira. Moradores do Reserva do Parque, eles contaram que costumam fazer exercícios e aproveitaram o evento para melhorar o preparo físico. “Toda confraternização é positiva para conhecer pessoas”, contou José, sobre a iniciativa da corrida.


O momento em que Bruna (6 anos) sorteia o pai, Anderson Sales, que fica surpreso com a cena.

Wagner Guimarães e Simone Dias, moradores do Reserva Jardim, completaram 2,5 km do total da prova. Os vizinhos adoraram a iniciativa e disseram que têm costume de caminhar e se exercitar diariamente.

Vinícius Andrade, morador do Reserva do Parque, contou que tem o costume de praticar caminhada e corrida no bairro. Ele achou a iniciativa fantástica e contou que pretende aproveitar todas as corridas que acontecerem no futuro.

Fernanda Rodrigues e Deane Yakoub, que são noivos e moram no Reserva do Parque, elogiaram a iniciativa e a organização do evento. Eles costumam fazer academia pelo menos três vezes na semana e, nesse evento, percorreram 2,5 km. O casal pretende participar de outras provas que forem organizadas no bairro.

11


A turma de vizinhos do Reserva do Parque – Kátia Tavares, Daniel Degasi, Patrícia Freitas, Myrella Soares, Eduardo Berenger e Simone Silva – fez bonito ao completar a prova. Eles elogiaram a iniciativa e contaram que pretendem voltar e trazer mais gente, caso haja outras provas.

Glauter Jannuzzi é experiente na corrida. Morador do Reserva Jardim, ele conta que tem costume de correr e que já participou de duas meias maratonas. Com os 5 km percorridos, Glauter contou que a experiência de poder correr dentro do bairro foi o que mais lhe chamou atenção: “É excelente poder se exercitar dessa forma aqui dentro”.


A J I C S A

a t i e l E A

ASCIJA foi eleita membro do Subcomitê Lagunar de Jacarepaguá. A votação aconteceu no dia 22 de novembro e reuniu diversos representantes do poder público, sociedade civil e usuários. A Associação foi representada pelo diretor Fernando Milanez, e cerca de 40 pessoas foram escolhidas para lutar pela recuperação do Complexo Lagunar de Jacarepaguá e mobilizar a comunidade do entorno a também participar da revitalização da bacia. Para Fernando, é importante estar envolvido nas decisões sobre os investimentos nas lagoas. “Vamos participar das Câmaras Técnicas para opinar sobre as necessidades de nossa região, que vai ser muito afetada pelas obras que serão realizadas visando os Jogos Olímpicos de 2016. Além disso, estaremos representando o morador do Cidade Jardim nas tomadas de decisão sobre os recursos públicos e privados a serem despendidos para a despoluição e dragagem dos rios e lagoas da Baixada de Jacarepaguá e da Barra”, afirma. A diretoria conta com Marcos Sant’Anna (Instituto Terrazul) como coordendor, Gustavo Gorayeb (Acibarrinha) como vice-coordenador e Susana Barros (Secretaria do Meio Ambiente) como secretária-geral. Para Marcos, essa nova gestão precisa capacitar os membros do Subcomitê e torná-los atuantes.

14

“Outro foco é participarmos ativamente do Comitê da Bacia da Baía de Guanabara. A nossa região vai sofrer muitas intervenções. Por isso, temos que acompanhar essas mudanças de perto, para que ocorram da forma mais sustentável possível, preservando o nosso meio ambiente”, completa o coordenador. Formado por três lagoas principais – Tijuca, Jacarepaguá e Marapendi –, o Complexo Lagunar de Jacarepaguá cerca os grandes condomínios, e também comunidades

carentes da Barra da Tijuca. Com isso, ao longo dos anos, a região foi se desenvolvendo, ao passo que a vida útil da bacia foi diminuindo. Para lutar contra essa degradação, surge o Subcomitê. Até fevereiro do ano que vem, o Subcomitê contará também com uma sede entre o BarraShopping e a Península. Além de garantir mais visibilidade, o espaço será usado para reuniões e vai servir como base para ações ambientais.

Na foto: Fernando Milanez (diretor-geral), Gustavo Gorayeb (vice-coordenador), Susana Barros (secretária-geral) e Marcos Sant’Anna (coordenador).


Cantoria de Natal

A beleza e a magia das canções de Natal no Cidade Jardim. O maestro Vito, acompanhado por três músicos e com um coral com mais de 20 integrantes, fez apresentação, marcando a abertura oficial do Natal no Cidade Jardim. No gramado da entrada do bairro, ao lado da Árvore de Natal no chafariz, os moradores se emocionaram com doces canções natalinas.

LCC aprovação 15


a i l í m Fa

m i d r a J ade

Cid

16

E

ventos, esporte, lazer, praça, família, criança brincando... Na última edição de 2013, mais uma vez, o que registramos é uma forma de viver com mais tranquilidade, conforto e segurança. Um novo bairro, um jeito leve e gostoso de aproveitar cada fim de semana com muita qualidade e praticamente dentro de casa.


A sua Honda da Barra

Natal é tempo de pensar no próximo. No próximo Civic, City, CR-V ou Fit.

Narita. A sua Honda da Barra. Venha conferir nossas condições especiais.

Recorte o rodapé deste anúncio e leve até a Narita para ganhar um brinde especial após a compra do seu Honda.

BARRA DA TIJUCA A sua Honda da Barra

Av. das Américas, 2.001

3987-8888 hondanarita.com.br


m e b e D

a d i v a m co

Uma das atividades preferidas de Adriana Laguna nas ruas do Cidade Jardim é caminhar e ainda levar a pequena Pandora para dar umas voltinhas e se relacionar com outros cães. Para ela, a segurança é excelente, o que lhe permite caminhar à noite sem medo.

18

Leandro Vieira é morador do Reserva do Parque e pratica tênis com frequência no Cidade Jardim. Para ele, as quadras são boas e têm o diferencial de serem de cimento – e não de saibro, como de costume. E como são três quadras, sempre há disponibilidade.

Keila Motta e o filho, Ian (10 anos), jogam tênis há pouco tempo e, pela primeira vez, bateram uma bolinha na quadra do Cidade Jardim. Para ela, comparada a outras quadras onde já jogou, a do bairro planejado atende perfeitamente os aspirantes a atletas, como ela e o filho.

João Marcos Di Biasi (à direita) mora no Reserva do Parque e aproveitou o dia ensolarado para treinar um pouco de tênis com o irmão, Antonio. “As pessoas que jogam no Cidade Jardim ajudam muito na sua evolução. Aqui ninguém te exclui, mesmo se você não conhecer ninguém. Além disso, te chamam pra jogar e ainda dão dicas de como melhorar”, diz ele, que é iniciante no esporte.


Para Oliver Möck, passear com o seu animal de estimação pelas ruas do Cidade Jardim é excelente para os dois. “É bom para a Doris se exercitar e interagir com outros animais”, afirma.

Vania Monteiro e a neta, Manuela, aproveitaram o lindo dia para passearem juntas, e levaram a pequena Luna para dar uma voltinha. A vovó coruja diz que gosta muito de caminhar pelas ruas do Cidade Jardim, já a pequena Manuela gosta de brincar na praça.

Christiane e Leonardo Carvalho contam que suas atividades preferidas são a caminhada, por esporte e também para manter a saúde em dia, e os passeios com a cadelinha que faz parte da família, a pequena Mel.

O que mais agrada Luiz Sérgio no Cidade Jardim são as áreas verdes, diferente de outros condomínios, onde há prédios por todos os lados. Ele gosta tanto da área fresca e arejada que ainda aproveita seus momentos pelas ruas do bairro na companhia do seu cão, Boris. “Ele também merece ter contato com esse verde maravilhoso daqui”, conta.

Joana Maria e o marido, Thiago, são de Fortaleza, e o pequeno Davi (1 ano e 2 meses) nasceu no Rio. A família mora na Cidade Maravilhosa há seis anos e está de malas prontas para se mudar para o Cidade Jardim. Os diferenciais na hora da escolha foram a tranquilidade do local, a ideia de uma pequena cidade, a vantagem de ter tudo em um só lugar e as belezas de parques e jardins.


s a d e m a l A

O

Cidade Jardim está literalmente abrindo os caminhos para os moradores. Pensando no bem-estar e conforto das famílias, o bairro mais uma vez inovou e trouxe mais uma alameda, ligando o bairro ao Parque Linear (onde fica o Pet Place – área específica para os animais). Em uma tarde ensolarada, nossa equipe foi a campo registrar o ir e vir de tantos nas duas vielas ao lado dos residenciais. Confira.

Morador do Reserva do Parque, Paulo Santiago costuma usar a alameda com frequência para caminhar e ir até o supermercado no condomínio vizinho. Ele elogiou o cuidado do bairro com o local e disse que a iluminação do ambiente é ótima nos períodos noturnos.

20

Passando pela primeira vez pela alameda, Vitor Macedo e Mariane Tauile levaram o pequeno Pedro (2 anos) para passear. O casal, que mora no Reserva do Parque, gostou da nova forma de cortar caminho no bairro.


Belkyss Takahashi e José Martins passavam pela primeira vez na alameda. O casal, morador do Reserva Jardim, estava levando a cachorra, Sandy, de 11 anos para o Pet Place. Belkyss achou a alameda linda e afirmou que agora poderá cortar um grande pedaço do caminho para levar sua melhor amiga para brincar.

As

Sandra Ribeiro gosta de passear com seus três cães pela alameda em direção ao Pet Place. A moradora do Reserva Jardim contou que achou a nova alameda bonita e segura e afirmou que, com ela, pode cortar caminho para chegar até o parque.

!

melhores marcas

de pisos laminados e de madeira com os

melhores preços Mude sua casa em pouco tempo

gastando menos

do que você imagina

(21)

2494-9035 4106-7825

www.shoppingdospisos.com shoppingdospisos@live.com

Solicite um orçamento,

21

no local sem compromisso, levamos as amostras até você.


s o ã M

m a h l i r b que O

Cidade Jardim prestigia o artesão local e abre espaço para a primeira feira de artesanato do bairro (Feirarte). Idealizada por Carla Lyra, a feira trouxe aos moradores diversos produtos artesanais, que iam desde os brincos, pulseiras e enfeites, feitos pela artesã Chris Mell, até os diversos chocolates e trufas da doceira Viviani Reis. Carla contou para nossa equipe que 5% dos lucros da feira são revertidos para a Associação Brasileira Beneficente de Reabilitação(ABBR). Com 15 barracas ao todo, a Feirarte reuniu os moradores do Cidade Jardim para mais um evento que contou com a alegria das crianças, a beleza do bairro e o sol brilhante no céu.

Cristina Costa e sua mãe, Helenice Costa, moradoras do Reserva Jardim, marcaram presença na feira. Cristina adorou a diversidade de produtos, enquanto sua mãe destacou os arcos infantis e os enfeites de Natal como os mais bonitos.

A charmosa Maria Luiza (1 ano) levou o papai, Álvaro Barbosa, e a mamãe, Francine Vieira, para a Feirarte. O casal, morador do Reserva do Parque, adorou a feira. Francine destacou o que mais achou positivo na iniciativa: “É gostoso, adoramos feiras artesanais como esta ao lado de casa. Temos mais uma atividade de qualidade para fazer”.

22


Vivian Portella, moradora do Reserva Jardim, estava acompanhada das filhas, Letícia (3 anos) e Lívia (11 meses). Vivian alertou sobre a importância de prestigiar e incentivar a feira. Quanto ao que mais chamou a atenção das crianças, a mãe é categórica: “Os brinquedos, sem dúvida”.

Moradora do Reserva do Parque, Élida Barbosa é fã de artesanato. Acompanhada do filho, Pedro (5 anos), e de seu cachorro, Demi, ela aproveitou as diversas barracas da feira e, no final, deu sua sugestão: “Está ótimo, tudo lindo, mas podia haver mais barracas”.

Moradores do Reserva Jardim, Maria Aparecida e Amarildo de Oliveira também foram conferir a Feirarte. Maria gostou da variedade de produtos e peças, que, segundo ela, são “de bom gosto e qualidade”. Já o maridão destacou o preço dos produtos, que, para ele, “estavam muito em conta”.

Danielle e Hugo Elsenbusch levaram a filha, Carolina (2 anos), a cachorrinha Fifi, e a pequena Letícia, ainda na barriga da mamãe, para conhecer a feira. Enquanto Carolina se divertia nos brinquedos sob o olhar do pai, Danielle pôde aproveitar os quitutes das barracas e alimentar Letícia, que já está com nove meses e pronta para nascer.

23


finger.ind.br

//NOVA LOJA RECREIO AV. DAS AMÉRICAS, 13561 | 21 3388.5310 //RIO DECOR BARRA DA TIJUCA AV. DAS AMÉRICAS, 2000 LOJA 33| 21 2429.2329 //TIJUCA RUA CONDE DE BONFIM, 86 A | 21 2204.1442 //NORTE SHOPPING AV. DOM HÉLDER CÂMARA, 5080 LOJA 4203B | 21 3315.2789

24

designprecisão

// você acorda mas continua vivendo num sonho.


O Natal Cidade Jardim

O Natal Cidade Jardim foi pura emoção: da leitura das cartinhas para o Papai Noel à chegada do próprio, a criançada mergulhou nesse mundo de muita cor, magia e carinho. A ASCIJA não mediu esforços, pensou nos detalhes, levou diversão e conforto. E a família Cidade Jardim prestigiou cada pedacinho dessa festa: brinquedos, brincadeiras, animação do Tio Salsicha, mesas para os mais velhos se acomodarem, lanches variados... enfim, alegria, celebração e muita tranquilidade. A chegada do bom velhinho, de helicóptero, foi o momento mais aguardado. Rostinhos em êxtase, olhos vidrados na aeronave. E ele pousou, feliz, trazendo muita alegria, sonhos e fantasias. Confira alguns momentos desse domingo mágico.

25


Qualidade de vida é o norte de Renata Brasil, e foi por isso que ela trocou a Gávea pelo Cidade Jardim. Renata ainda trabalha no antigo bairro, e sua filha, Maria (4 anos), estuda lá. “Vale a pena morar aqui, pois eu raramente preciso sair para me divertir nos fins de semana. Aqui tem tudo. Esta é minha primeira vez na festa de Natal, e adorei”, afirmou Renata.

União, família e solidariedade. Essas são três palavras que representam o Natal para Ana Carolina Viegas, mãe de Mariana (4 anos). “É maravilhoso participar da festa e dividir essa magia que o Natal proporciona a todos, principalmente às crianças”, declarou Ana.

Há sete meses, Rodrigo e Patrícia Veras vieram morar na Cidade Jardim com os filhos, Lucas (1 ano) e Guilherme (6 anos). Eles disseram que a escolha foi excelente, e estão muito felizes com a nova morada e com tudo que o bairro oferece.

26


Desde que se mudaram para o Cidade Jardim, há quatro meses, Juliano Emerika e sua filha, Flávia (4 anos), têm aproveitado cada momento. Para Juliano, o bairro é excelente, e o cuidado com o meio ambiente chama sua atenção. “Eventos como este são muito importantes e ajudam na educação não só das crianças, mas dos adultos também”, comentou.

Esta já é a terceira festa de Natal do Cidade Jardim a que Charlene Bertol e suas filhas, Maria Eduarda (9 anos) e Alicia (3 anos), comparecem. Na opinião de Charlene, o evento deste ano foi mais organizado, ofereceu mais conforto, com muitas mesas e cadeiras. “A festa está linda”, completou.

27


A celebração natalina foi a oportunidade que Ana Maria Milhas teve para rever os amigos Felipe e Verônica Pessoa, que trouxeram a filha, Sofia (1 ano). “Receber meus amigos nesta festa é um privilégio. Está tudo maravilhoso”, afirmou Ana.

O ator Carlos Bonow aproveitou a festa para visitar o irmão, que mora no Cidade Jardim, e levou o filho, Conrado (4 anos), para visitar o tio e se divertir no evento. “Estou adorando a festa. O Conrado está ansioso para ver o Papai Noel”, afirmou Carlos.

28

Vera Lucia Ribeiro se divertia ao ver as netas, Julia (3 anos) e Gabriela (2 anos), brincarem no pula-pula. “Os eventos sempre são bons. As crianças podem ficar soltas, e eu me sinto muito segura”, declarou.

Barbara (11 anos) dividiu a mesa com os avós, Dirce Fonseca e Fernando Soares, que se divertiam com muito conforto. Para eles, a festa é bastante tranquila. “Um Natal com muita paz, amor e saúde”, desejou Dirce para os vizinhos do bairro.


Leonardo Vieira e Patrícia Tafuri se divertiam na celebração com a filha, Giovana (6 meses), e a amiga, Daniela Moreira, que estava com o filho, Guilherme (8 meses). “Estamos ansiosos para ver o Papai Noel. Acho que é importante que as crianças vivenciem o Natal, mesmo tão novinhas”, declarou Patrícia.

Artur Emílio e o filho, Artur Henrique (4 anos), são de Vitória e moram há seis meses no Cidade Jardim. Eles definem o bairro como um local excelente para se morar. “Aqui há muito programa para a família, e isso me atraiu”, relatou Artur Emílio.

Diana Endringer e sua filha, Valentina (4 anos), eram só elogios à chegada do Papai Noel, que veio de helicóptero para a festa. “Minha filha adorou. É muito importante sempre lembrar o que o Natal representa”, declarou Diana.

Camila Andrade foi ao evento com os filhos, Cauã (6 anos) e Maria Eduarda (10 anos). Ela elogiou a capacidade do bairro em conseguir fazer eventos de família. “Desejo paz, harmonia e prosperidade para todos os moradores”, disse.

29


Fernanda Tenório, Motta Silva e o filho deles, Hiauã (6 anos), elogiaram a segurança e a limpeza do bairro. “Antes, morávamos em uma casa, e hoje estamos muito felizes morando aqui”, declarou Fernanda.

Carla Barbato compareceu à festa com seu filho, Pedro (3 anos), que fez uma cartinha para o Papai Noel. “O bom do Natal são os amigos e familiares juntos pelo menos uma vez no ano”, declarou Carla.

30

Dirce Fonseca era só alegria em ver a neta, Giovanna (6 anos), vestida com uma fantasia natalina. “Ela usou essa roupa de ‘Mamãe Noel’ na escola e decidiu vir assim para a festa também. E está linda”, elogiou Dirce.

Para Thais Simonine, mãe de Edmilson (4 anos), o Natal perfeito é com a família reunida. Na cartinha para o Papai Noel, Edmilson revelou ter pedido um videogame e um castelo do Batman.


Escrever a cartinha para o Papai Noel foi muito importante para muitas crianças. A nossa reportagem flagrou as irmãs Maria Eduarda (8 anos) e Ana Luiza (5 anos) nesse momento especial. As meninas deram uma pausa na cartinha e posaram para a foto.

A atmosfera da amizade era visível na mesa em que estavam sentados Iraci Ramiro, Sergio Cardoso e a filha, Jéssica (14 anos). Eles dividiram a mesa com os amigos Elson Duarte e Tania Matias. Para eles, a festa estava muito agradável e rendeu bons momentos.

Luciane Pinho disse que a festa foi bastante organizada e que se divertiu muito com a filha, Ana Luiza (3 anos). “Desejo um Natal cheio de paz e alegria”, afirmou.

31


m u a d a c Se

a r e fiz

...a convivência será sempre leve e tranquila. A ASCIJA tem recebido muitas reclamações de moradores sobre a questão de higiene, saúde e também de segurança: fezes de cachorro largadas nas áreas comuns pelo dono do animal. De cães de grande porte soltos e correndo no meio das crianças. Enfim, o fato tem se tornado um transtorno para muita gente. A Associação sabe que o animal de estimação é um direito também do morador, mas é preciso entender quais são os direitos e deveres de cada um. O assunto é tão importante para a ASCIJA que há áreas específicas para os bichos. Bem atrás do Reserva do Parque está localizado o Pet Place, no Parque Linear. Essa é a área específica para os cachorros. O ambiente foi construído para que o dono possa soltar o seu cão tranquilamente, para ele correr e brincar à vontade no espaço. A cerca colocada em volta do parque serve para que o animal não fuja do controle de seu dono e não ameace qualquer pessoa. É preciso seguir os bons exemplos, como da moradora do Reserva do Parque e dona do pequeno Marley (11 meses), Patrícia Vasconcelos.

32

. . . e t r a p sua Ela conta que costuma descer com seu bicho de estimação e sempre o deixa no espaço destinado ao animal: “Eu passeio com o Marley e só o solto aqui dentro do Pet Place. Eu faço isso não só pelo fato de ser aqui o ambiente certo, mas também porque ele é muito pequeno, tenho medo que saia correndo e seja atropelado ou coisa do gênero”. Porém, ao contrário de Patrícia, muitos frequentadores não respeitam essa regra e acabam soltando seus cães, muitas vezes de grande porte, para correr pelo parque, na área voltada para as pessoas. O caso tem assustado pais e mães que descem para brincar com seus filhos. Outra reclamação constante dos moradores e frequentadores do Pet Place (no Parque Linear) é o caso de donos que não limpam as fezes de seus cães ao longo do parque, transformando o local em um verdadeiro “campo minado”. Logo à frente do parque estão localizadas as sacolas para que o dono possa recolher as fezes de seu cão, tudo para manter o ambiente limpo e livre das sujeiras e doenças. “Vejo com frequência o cocô dos cães pelo parque, acho

uma falta de respeito. Sempre recolho o cocô do Marley. Isso é obrigação do dono”, comentou. Concluindo, o local certo para os cães é o Pet Place. É proibido o trânsito de animais soltos no Parque Linear, e eles não podem entrar nos chafarizes. As regras de boa convivência devem ser respeitadas, e os cachorros grandes têm que andar com coleira e focinheira. É o que diz a lei. E se formos ao pé da letra, fezes deixadas ao ar livre são consideradas lixo. E no Rio, lixo jogado no chão é passível de multa. Atenção: cumpra a lei e exerça a boa cidadania.


Área proibida a animais Pet Place

Faça como Patrícia Vasconcelos, que respeita as áreas do Cidade Jardim

É obrigação do dono recolher as fezes do seu animal de estimação. É uma questão de saúde e de cidadania.

33


O que diz a Lei? Lei 3283/99 | DISPÕE SOBRE A OBRIGATORIEDADE DE USO DE COLEIRA E MORDAÇA EM CÃES DE MÉDIO E GRANDE PORTE, NO ÂMBITO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS:

Art. 4º - Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. Rio de Janeiro, 08 de novembro de 1999. Lei Nº 4.808/06 | DISPÕE SOBRE A CRIAÇÃO, A PROPRIEDADE, A POSSE, A GUARDA, O USO, O TRANSPORTE E A PRESENÇA TEMPORÁRIA OU PERMANENTE DE CÃES E GATOS NO ÂMBITO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO.

Art. 1º - Ficam os proprietários e possuidores de cães de médio e grande porte obrigados a fazer uso de coleira e mordaça, quando em trânsito com estes animais nas vias públicas, no território do Estado do Rio de Janeiro.

DO TRÂNSITO EM ÁREAS PÚBLICAS Art. 13 – O condutor é o responsável pelo recolhimento dos dejetos do animal.

Art. 2º - O descumprimento desta Lei acarretará ao seu infrator a pena pecuniária equivalente a 177 (cento e setenta e sete) UFIR’s.

Art. 25 - Fica vedada, em vias e logradouros públicos ou em locais de livre acesso ao público, a prática de adestramento de cães para defesa.

Art. 3º - A pena de que trata o artigo anterior será cobrada na forma da lei, cabendo ao Executivo Estadual determinar o órgão público aplicador da multa.

DOS ACIDENTES POR MORDEDURAS Art. 26 – Em caso de ataque a terceiros, pessoas ou animais, o cão será submetido a uma avaliação comportamental, preferencialmente em seu próprio ambiente.

34


Art. 27 – O cão de qualquer raça que for considerado agressivo na avaliação comportamental estará sujeito às seguintes medidas, ressalvado o direito do proprietário ou do possuidor do animal, que discordar dessa avaliação, de adotar as medidas legais cabíveis: II – condução em locais públicos com uso de coleira, guia e focinheira que permita total abertura da boca do cão, possibilitando a perda de calor pela via respiratória, independente de raça e tamanho, ou em veículos, com utilização dos equipamentos de contenção necessários a tornar impossível a evasão. Parágrafo único – Havendo reincidência na agressão, o animal sofrerá restrições na sua circulação em áreas públicas nos termos do regulamento. Art. 32 - O descumprimento do disposto nesta Lei importará na aplicação das seguintes penalidades: I - Referentes aos Artigos 4º, 7º, 8º, 12, 13, 15, 17, 18 e seu parágrafo único e 20 - multa de 20 UFIR’s (vinte Unidades de Referência).

II - Referentes aos Artigos 9º e seu parágrafo 3º, 28 e 31 - multa de 50 UFIR’s (cinquenta Unidades de Referência). III - Referentes aos Artigos 5º e seu inciso I, 16, 23, 25, 27 e 29 - multa de 100 UFIR’s (cem Unidades de Referência). Parágrafo único - A multa será acrescida de 20% (vinte por cento) a cada reincidência. Art. 36 - Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação, revogando-se as disposições em contrário. Rio de Janeiro, 04 de julho de 2006.


o ã ç p o a m Mais u

a r a p O

r o d a r o om

Cidade Jardim se localiza na região que mais cresce no Rio de Janeiro. Ao longo da Abelardo Bueno, serão realizados diversos lançamentos nos próximos anos, sem contar os investimentos para a Olimpíada de 2016 e os empreendimentos já existentes, como, por exemplo, o HSBC Arena. É uma área em franca evolução e ganhou mais um atrativo no início de dezembro: o Shopping Metropolitano Barra. São 210 lojas, sendo 15 âncoras e megalojas, além de restaurantes com varanda, serviços para clientes e área infantil. Visite o site

36

e veja todas as opções para você e sua família: www.shoppingmetropolitanobarra.com.br. Presente na inauguração, o diretor da ASCIJA, Fernando Milanez, analisa que o shopping valorizará ainda mais toda a região. Ele também revelou que já está em discussão a possibilidade de haver transporte entre o Metropolitano e o Cidade Jardim, e acredita que, para o próximo semestre, isso seja uma realidade. “Eu mesmo serei um usuário do shopping”, afirma. De acordo com o superintendente do shopping, Paulo Renato Rey, o crescimento populacional e os investi-


mentos aplicados na região nos últimos anos justificam a adesão de grandes marcas ao Shopping Metropolitano Barra. “O empreendimento, um dos mais belos shoppings do Brasil, está no coração da área que mais cresce e recebe investimentos no Rio de Janeiro, e que concentrará diversas competições esportivas nos próximos anos. Esperamos nos tornar referência para os cariocas e também para os turistas”, diz. Cerca de um milhão de moradores do entorno vão se beneficiar com as opções de compras, lazer e serviços de qualidade para toda a família. O empreendimento terá 45.500 m2 de área bruta locável (ABL) e estacionamento com capacidade para 2.600 veículos, com 1.900 vagas cobertas. O projeto de arquitetura do novo shopping é de autoria de Paulo Baruki e alia modernidade à integração com a natureza.

Tiago Mohamed, subprefeito da Barra e Jacarepaguá, e Fernando Milanez, diretor da ASCIJA

“O empreendimento, um dos mais belos shoppings do Brasil, está no coração da área que mais cresce e recebe investimentos no Rio de Janeiro, e que concentrará diversas competições esportivas nos próximos anos. Esperamos nos tornar referência para os cariocas e também para os turistas.” (Paulo Rey, superintendente do Shopping Metropolitano)

37


CENTRALras

p m o c de

3471 6799

Anuncie aqui www.idesigncom.com.br


CIDADE JARDIM  

REVISTA CIDADE JARDIM - EDIÇÃO 12

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you