Page 1

ANO 01 | EDIÇÃO 05

Mobilidade urbana As mudanças no trânsito da região.

Dia Internacional da Mulher Três moradoras da Abelardo Bueno. Três histórias. Três guerreiras.

Seja bem-vindo

Meio ambiente Recuperação da Lagoa de Jacarepaguá.

Barra verde

O trabalho de quem cuida da nossa fauna.


2


Editorial

Celebrar

33

A

Revista Abelardo Bueno chega a sua quinta edição e supera todas as previsões da nossa equipe de reportagem. Por alguns meses, observamos a Avenida, fomos visitar muitas vezes, conversamos com as pessoas, caímos em campo. O desenvolvimento vertiginoso da região chamou a nossa atenção, não apenas pelo crescimento imobiliário, mas pelo perfil das pessoas que chegam aqui para morar. Profissionais liberais, grandes empresários, universitários, gente antenada e conectada com a qualidade de vida. Gente vinda de outros bairros e que queria conhecer um pouco mais da região. Assim, chegamos, para levar a informação até você. Em janeiro recebemos mais de 200 e-mails falando da revista.

Cerca de 20 dando dicas de entrevistas e sugerindo pautas. Nesse pacote, pinçamos três moradoras da Abelardo Bueno, que nos contaram a sua história de vida e que estão na seção “Eu Moro Aqui”. Essas três personagens representam cada mulher da região. Essas três entrevistas, histórias de vidas, são a nossa forma de celebrar o Dia Internacional da Mulher, que é comemorado no dia 8 de março. Ana, Mônica e Fran, mulheres fortes, guerreiras, que fazem acontecer. Agradecemos a vocês o contato, a forma de se colocar e a partilha. Agradecemos também cada e-mail recebido, e estamos aqui abertos a mais sugestões. Obrigada pela colaboração, pela parceria e voto de confiança.

E que cada lar da Abelardo Bueno vibre e festeje a mulher que existe na vida de cada um. Parabéns para todas nós. Obrigada pela companhia. Tereza Dalmacio Editora-Chefe


Sumário Fev. 2014 | ANO 01 | EDIÇÃO 05

06

Especial Mulher:

escritora, terapeuta e estilista

28

16

Segurança doméstica

Barra verde

32

Moto Show

4

Sumário 19 Carnaval dos pequenos 22 Ponte estaiada 26 Preservação: Lagoa de Jacarépaguá 34 Para Raios

Diretor Executivo

Produção

Diretora Administrativa

Fotografia

Diretor Comercial

Foto Capa

Editora-Chefe

Revisão

Paulo Roberto Mesquita Rebeca Maia

Victor Bakker

Tereza Dalmacio terezadalmacio@globo.com

Comercial

(21) 3471-6799 | 7898-7623 contato@idesigncom.com.br

Repórteres

Aldilene Mafra | Cristiano Kubis Guilherme Cosenza | Ricardo Oliveira

Fabiane Motta

Hilton Ribeiro e Natalia Moraes Hilton Ribeiro Tatiana Lopes

Direção de Arte Alessandra Costa

Design/Diagramação Charles Pereira

Design

Rachel Sartori Renato Passos

www.idesigncom.com.br contato@idesigncom.com.br Avenida Armando Lombardi, 800 | 238 Barra da Tijuca – Rio de Janeiro RJ – CEP 22640-906


o

5

BAIXO CONSUMO DE ENERGIA PAGAMENTO FACILITADO INSTALAÇÃO GRÁTIS ENTREGA RÁPIDA

BARRA SQUARE (21) (21)

3476-9606 3148-0920

LIGUE E COMPRE SEM SAIR DE CASA!


Eu moro aqui

6

Este é espaço é para quem escolheu a Abelardo Bueno e região como morada. O seu espaço. Conte pra gente se você realiza um trabalho importante para a comunidade, se escolheu esse pedacinho da Barra para viver. Escreva pra gente, dê o seu recado, sugira sempre. O nosso e-mail é jornalismo@idesigncom.com.br. E nesta edição, a seção vem vitaminada: três moradoras da região, que escreveram pra gente e agora contam um pouco da sua história. É a nossa forma de celebrar o Dia Internacional da Mulher, com exemplos de mulheres que não fogem a luta. Começamos com Celi Luz, moradora do Bora Bora, professora, escritora e poeta.

Eu moro aqui

Veia artística C

eli , que recebe nossa Revista em casa e entrou em contato com a redação para contar um pouco da sua história, diz que adorou a publicação e quem vem preencher um espaço importante. Muito bom saber o que acontece aqui perto, em nosso entorno. Ela ministra aula de português na Rede Municipal do Rio de Janeiro, é uma apaixonada pelas palavras e aproveita cada momento de folga pra escrever. “Escrevo muito, adoro. Aproveito mesmo a sala de aula para ensinar aos meus alunos a gostarem de poesia e nas horas vagas frequento rodas e saraus de poesia”. Essa é a veia artística da professora, que acrescenta: “poesia é um trabalho de arte através da linguagem. Pode ser lida e interpretada de diversas formas, dependendo apenas do estado de espírito de cada um’. Entre as diversas rodas e saraus que Celi foi convidada para participar, ela destaca o ‘Poesia Você Está Na Barra’ (POVEB) que acontece toda primeira sexta-feira do mês, no condomínio Novo Leblon. Ela aproveita para convidar os amantes da literatura poética: ‘No dia 7 de março haverá um grande evento com música, poesia e teatro. Quem quiser é só aparecer, à entrada é totalmente gratuita’. Celi também é autora de diversos livros de contos e poesia. Entre eles estão ‘O Sol da Palavra’, ‘Na Morada do Tempo’, que lhe rendeu o segundo lugar no ‘Concurso Internacional de Literatura da União Brasileira dos Escritores’ no ano passado e também a série de livro sobre as aventuras de ‘Bruno Berdistroki’. Para sua série ela conta que esta trabalhando atrás de patrocínio para contar as aventuras do protagonista: ‘É muito difícil se conseguir apoio financeiro. Consegui lançar o primeiro da série na Bienal do Livro do ano passado e estou na luta para conseguir apoio para o próximo’ conta ela que tem a ideia de fazer uma trilogia. Mas não é apenas pelos livros que nossa personagem se transformou em uma premiada autora. Seu trabalho acadêmico dentro das escolas lhe rendeu o troféu de destaques de 2005, pela Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro: ‘Recebi o prêmio pelas oficinas e mostras de poesia com a participação dos alunos e de poetas’. Entre os trabalhos pessoais os prêmios em prosa e verso da União Brasileira de Escritores, da Academia Brasileira de Médicos e Escritores, o Prêmio Cultural de Las Américas em 2013, Prêmio Lions 2009 estão em sua bagagem. Celi contou que sempre gos-


tou de literatura, ainda menina já arriscava algumas linhas: ‘Desde pequena sempre fui muito ligada à literatura. Gostava de ler muito, já sabia qual carreira queria seguir, por isso, fiz a faculdade de Letras para me especializar na minha paixão’. Atualmente nossa personagem conta com as inspirações dos poemas das brasileiras, Olga Savary, Astrid Cabral e dos poetas Alfonso Romano de Sant’Anna, Alfonso Henrique Neto e Tanuci Cardoso. Com poemas que sugerem o erotismo, Celi conta que procura não ser óbvia e deixar que o leitor entenda a sua maneira as poesias: ‘Não gosto que minhas poesias sejam objetivas. Procuro também ter o tom erótico sem vulgarizar e banalizar nada. Minha ideia é a de que o leitor interprete do seu jeito cada linha’. A poetisa ainda destaca a importância para a comunidade de se consumir poesia:‘Ela ajuda na humanização dos seres humanos. Sensibiliza e desperta as pessoas para a visão que se tem do mundo’. A poesia, no entanto, parece correr nas veias da família Luz. A filha mais velha de Celi, Viviane Luz, também é poeta além de ser atriz: ‘Ela é formada em medicina, mas a veia artística acabou falando mais alto’ conta a mãe orgulhosa. Além de Viviane, Celi ainda é mãe de Vanessa Luz e Geolson Jr. e é avó de Bruno (5 anos), Beatriz (2 anos) e da recém nascida Ana Luiza.

Veia artística

Tenho orgulho de ser moradora da avenida Abelardo Bueno, uma das mais belas do Rio de Janeiro. Gosto de compará-la a um jovem estudante em sua formação, pois está se preparando para servir a comunidade.

7


8

Tudo na vida de nossa personagem parece ser poesia. Quando perguntada sobre o que ela achava da Avenida Embaixador Abelardo Bueno, ela disse quase que declamando: “Tenho orgulho de ser moradora da avenida, uma das mais belas do Rio de Janeiro. Gosto de compará-

-la a um jovem estudante em sua formação, pois está se preparando para servir a comunidade” outro ponto de destaque que ela da à avenida é a forte presença da natureza: ‘Convivemos com uma vista privilegiada da Lagoa de Jacarepaguá e ainda podemos ver o mar.

Somos agraciados com a presença dos ventos, dos pássaros que sobrevoam constantemente a área e dos animais que habitam a lagoa”. Para finalizar a entrevista, Celi deixou sua contribuição para quem quiser seguir a profissão de poeta, dando algumas dicas valiosas para os iniciantes: ‘Primeiro precisamos acreditar no nosso talento, ter fé em nós mesmos e no que escrevemos. Segundo é se dedicar e trabalhar pesado, lendo e escrevendo poesias. Frequentar os Saraus Literários pode ser também um começo para os iniciantes’. A Avenida Embaixador Abelardo Bueno é assim, entre um prédio e outro, estão escondidos poetas, cineastas, atletas, etc. Para ficar por dentro de seus moradores acompanhe-nos nessa aventura de desvendar os nossos vizinhos, quem sabe, da próxima vez pode ser você.


9


Eu moro aqui Franciele Rorato, a Fran, é a nossa segunda personagem. Representante também do sexo frágil que não foge à luta. Moradora do Villas da Barra, é uma garota ativa, criativa e com muita história pra contar. Vamos a ela.

Moda das ruas

para a web

L

eitora da Revista Abelardo Bueno, a gaúcha Franciele Rorato tem se destacado na internet por meio da página de moda Blog by Fran. A blogueira, que é formada em Relações Internacionais, veio para o Rio estudar Artes Cênicas, mas decidiu cursar Jornalismo de Moda no Instituto Rio Moda, para aperfeiçoar seus textos. Assuntos como beleza, esporte, alimentação saudável, dança, lifestyle e maquiagem são alguns dos abordados na sua página, com uma linguagem bastante informal.

10 CRAQUES DE

ESTIMA

CONFORTO PARA OS MOMENTOS DE EMOÇÃO. Sofá Facile, 4 lugares, módulos reclináveis. de R$ 4.770,00 por R$

3.816,00

IMAGEM MERAMENTE ILUSTRATIVA

à vista ou 1 + 4 de R$ 954,00

Av. Ayrton Senna, 3000 | Lj. P236 - 2º Piso | Shopping Via Parque Rio de Janeiro | RJ | (21) 2421.1225 | www.masotti.com.br


A ideia de fazer o blog surgiu após Franciele ter tido a experiência de montar uma loja de roupas on-line. “Eu percebi que o blog seria um canal interessante para divulgar o site de vendas. Mas acabou que o blog se destacou mais e me dá muito mais retorno”, afirma. Mesmo procurada por empresas para divulgar seus produtos, a blogueira conta que não posta nada que não tenha testado, pois quer passar credibilidade. Em seis meses de existência, o perfil do Instagram @blogdaFran já tem mais de 9 mil seguidores, que acompanham diariamente todas as dicas postadas pela gaúcha. Para ela, a moda expressa muito da personalidade de cada pessoa. “Desde pequena, eu já era apaixonada por esse mundo. Até como atriz, para a composição das minhas personagens, o que eu visto influencia o meu trabalho”, declara.

11

Revitalize seu espaço com o que há de mais moderno em decoração com gesso Rebaixamento de teto • Luz indireta • Divisórias Gesso acartonado (drywall) e muito mais

Serviços e vendas de material www.gessorio.com.br Estr. dos Bandeirantes, 4059, Jacarepaguá - RJ

Id.: 83*28467 (21) 2227-3563 | 2421-1071 | 7855-5277


Apesar de ter nascido no Rio Grande do Sul, ela adora o jeito carioca de se vestir. Ela acrescenta que há um estilo casual e chic que só existe aqui. “Você pode usar um vestido leve com uma estampa floral e uma rasteirinha e ir ao shopping que as pessoas não vão te olhar com maus olhos”, relata. Com relação aos temas publicados no blog, Franciele diz que eles sempre são bem atuais, pois ela tira do seu próprio dia a dia. “Falo tanto da semana de moda de Nova York até sobre a onda fitness ou a barra de cereal nova que descobri”, conta. Sobre o que a diferencia das outras blogueiras, Franciele afirma que muitas delas apresentam um mundo surreal com bolsas que custam de 20 a 30 mil reais, mas, no seu caso, as dicas são mais acessíveis e atingem um público maior.

Eu moro aqui


A sua Honda da Barra

Realizamos o sonho de todo ser humano. Ser bonito por dentro, por fora e ainda ser ecologicamente correto. Botão Econ. Conheça nosso sistema ecológico que reduz na hora o consumo de gasolina.

13

Honda Narita. O melhor da Honda você encontra aqui. Recorte este cupom e leve até a Narita para ganhar um brinde especial na compra do seu Honda.

BARRA DA TIJUCA A sua Honda da Barra

Av. das Américas, 2.001

3987-8888 hondanarita.com.br


Eu moro aqui A terceira moradora que nos procurou para contar um pouco da sua história foi a Mônica Christina Azevedo, do Villas da Barra. Ela também recebeu a nossa Revista em casa e quis deixar o seu recado. Mônica ficou feliz em conhecer a publicação e saber que hoje existe uma mídia segmentada para a região.

Mudança e

transformação

A 14

Mônica é dessas pessoas que transformam problema em solução. Quando enfrentava uma questão de saúde, a síndrome do pânico, acabou encontrando um novo caminho, que passou a ser o norte de sua vida. Mas vamos deixá-la contar essa bela história de superação. “Passei por uma difícil fase em minha vida, aos 41 anos. Na época, eu trabalhava como secretária executiva em uma empresa de aviação. Vivia o estresse do dia a dia, as preocupações, os medos e definitivamente não gostava da rotina”, relata. Com um nível altíssimo de estresse, adoeceu e procurou ajuda na terapia holística do reiki. “Na verdade, o reiki tem como objetivo tratar o espírito de cada ser. Se você está doente, na realidade essa doença já estava na sua alma e agora está aflorando. O reiki fez com que eu recuperasse não só a minha autoestima, como me abriu novos caminhos”. Curada, Mônica retomou suas atividades profissionais, mas percebeu que não se encaixava mais naquela função. Ela havia descoberto uma nova porta e entrou. Foi à luta. Estudou. Mergulhou na medicina holística e descobriu, nessa formação, também a força e o poder dos florais.

“Na minha busca por fugir dos remédios convencionais por uma coisa mais leve que não agredisse tanto o organismo, encontrei os trabalhos com florais. Esse processo é todo feito através de maneira mais natural, usando os elixires das flores. Os florais são obtidos através das composições das flores e têm o intuito de tratar a necessidade das pessoas de acordo com a personalidade do paciente. Para esse tratamento, fazemos um estudo sobre a pessoa, as maneiras como ela se porta, para conhecer um pouco mais de sua personalidade e montar o tratamento adequado”. Uma vez conhecida a personalidade do paciente, a fórmula do floral é aplicada:“Cada floral é feito para uma pessoa específica. Por isso, o tratamento de uma pessoa não serve para outra”.

Eu moro aqui

De paciente a especialista. Mônica curou-se, ganhou mais qualidade de vida, investiu em estudos e hoje é uma terapeuta holística reconhecida no mercado. Ele usou a gentileza com o seu próprio ser, sentiu os resultados e hoje aplica todos os seus conhecimentos em prol de uma cura mais natural e energética. Em seu trabalho, utiliza também a cristalterapia. Uma técnica de energização dos chacras. A palavra vem do sânscrito e significa “roda”, “disco”, “centro” ou “plexo”, que são centros energéticos no corpo humano. Muitos dos vizinhos do condomínio de Mônica já conhecem os tratamentos da terapeuta. “Sempre aparece alguém aqui em casa com dor em algum canto me pedindo ajuda. Cansei de fazer


alguma das minhas terapias nos vizinhos” [risos]. Mônica utiliza as duas técnicas em suas seções de terapia: trabalha o reiki e a cristalterapia. “Eu utilizo os dois ao mesmo tempo, pois eles se completam. Dessa maneira, eu potencializo os efeitos do tratamento. Quem faz adora”. Atualmente, além de atender seus pacientes em domicílio, Mônica, junto com sua sócia, Cláudia Lulianelli, também terapeuta, faz palestras e trabalhos para escolas. “Fazemos trabalhos de meditação e concentração com os alunos. Já para o corpo docente do colégio, trabalhamos com a ‘experiência do saber’, para que eles possam pensar um pouco nas vertentes da educação”. Mônica já trabalha há quatro anos com a terapia holística e conta que não pensa em mudar de ramo. “Eu me descobri nessa nova jornada e não pretendo voltar de jeito nenhum para a vida que levava antigamente”.

Fazemos trabalhos de meditação e concentração com os alunos. Já para o corpo docente do colégio, trabalhamos com a ‘experiência do saber’, para que eles possam pensar um pouco nas vertentes da educação.

15


Rede de proteção

Segurança

doméstica

16

M

uito além do conforto e do aconchego, a casa precisa ser porto seguro, protegida, principalmente quando se tem crianças em casa. E como todo mundo sabe, criança é arteira e quando se vê, o acidente já aconteceu. Segundo relatório do Instituto Nacional de Saúde (INSA), as crianças até 14 anos foram as maiores vítimas de acidentes domésticos e de lazer em 2012, representando 41,5% do total dos acidentados. A maior parte dos acidentes (36,4%) ocorreu em casa, 22,7% na escola e 11,5% em atividades ao ar livre. É preciso deixar remédio fora do alcance das crianças, objetos e cortantes e varandas e janelas protegidas. Gabrielle Abreu, moradora da Barra e mãe de Olívia (1 ano e meio), reside no oitavo andar de um prédio da Península e já colocou rede de proteção em sua casa. “A Olívia ainda não está na fase de se pendurar em tudo, mas daqui a pouco ela pode começar com isso. Esse foi um dos motivos pelos quais coloquei a rede, assim

Marta Marinho e Leonardo Sanelli - Empresários www.sarnelli.com.br

Muitos não sabem, mas existe um cálculo certo a ser feito na instalação e há também a marca certa e de confiança para se usar. Nem sempre a rede mais grossa é melhor que a mais fina posso me sentir mais segura”. Gabrielle conta também que no começo não pensava em botar as redes, mas por insistência da família e de amigos, ela resolveu instalar. Quando perguntamos se ela faria a revisão das redes, ela foi taxativa: “Com certeza, preciso da minha casa totalmente segura para a minha filha”. Segundo Marta Marinho, a rede pode ser colocada a partir do nascimento: “A rede de segurança deve ser instalada na residência independente da idade da criança. Há relatos, inclusive, de recém-nascidos que caíram do colo dos pais. O ideal, portanto, é fazer a instalação o mais cedo possível”. A empresa da Marta e do seu marido e sócio, Leonardo Sanelli, é a primeira no Rio de Janeiro a instalar redes de segu-

rança nos apartamentos: “Antigamente, era normal que se colocassem as grades de ferro. Porém visualmente era muito feio, e as pessoas não gostavam de como ficava. Então surgiram as redes, que além de trazer uma estética melhor para casa, são

“Preciso da minha casa totalmente segura para a minha filha.” Gabriela com a filha Olívia


20% mais baratas”, conta ela. Segundo Sanelli, colocar uma rede de proteção exige muito mais cuidados do que as pessoas pensam, e isso vai desde a sua compra até a instalação: “Muitos não sabem, mas existe um calculo certo a ser feito na instalação e há também a marca certa e de confiança para se usar. Nem sempre a rede mais grossa é melhor que a mais fina”. O fator da instalação, é um dos pontos mais importantes para se colocar a rede: “A instalação tem um fator de 50% de importância para que a rede seja colocada de maneira certa. Há um problema muito comum nesse cenário, a falta de vistoria nas redes. “Já aconteceram diversos acidentes em que a casa tinha a tela de proteção, mas ela não estava adequada. Toda tela de proteção tem o tempo útil de três anos. É necessário que se faça uma vistoria para saber se a rede

Shopping Metropolitano | 2º Piso Shopping Recreio | 1º Piso

17


18

ainda está com qualidade”, conta o proprietário. Ele ainda alerta para as diferenças de situações, como a chuva, o sol e os agentes naturais: “Muitas vezes a rede ainda está nova após três anos, mas às vezes as ações desses agentes naturais podem ser o fator dominante para que se faça necessária a troca da rede”. Outro alerta importante é que se procurem sempre empresas qualificadas pelo CREA-RJ: “O ideal não é que a pessoa pegue qualquer empresa e sim as empresas certificadas, para ter qualidade no serviço”. E não precisa ter medo de interferir na estética da casa: hoje em dia, as redes são produzidas em diversas cores. “Existe hoje um número grande de tonalidades que podem combinar mais com o design da casa. Além do convencional branca, há também o cinza, marrom, bege, preto, cinza, grafite, azul e verde. Uma orientação que eu dou aos meus clientes é botar a cor de acordo com a fachada do prédio”, explica Marta. Cuidar de seus dependentes é obrigação do dono da casa. Cuide bem do seu lar para não ter problemas e dores de cabeça por um erro que poderia ter sido evitado.


C

arnaval chegando, e, junto com ele, muita diversão. E os shoppings da Barra vêm bombando com programação infantil. Brinquedos, brincadeiras monitoradas, pequenos parques temáticos, personagens dos desenhos animados e bloquinhos de Carnaval. Escolha a programação e se divirta com os seus filhos, bem pertinho de casa. Caçula dos shoppings na Barra da Tijuca, o recém-inaugurado Shopping Metropolitano, aqui na Avenida Embaixador Abelardo Bueno, trouxe para o seu piso L1 uma personagem muito querida pelas crianças: a Galinha Pintadinha. Entre as atividades do “galinheiro”, estão a escalada, o miniboliche, o escorregador, a oficina de arte e o cineminha, com as músicas mais famosas da perso-

nagem. A brincadeira é totalmente gratuita, sendo necessário apenas fazer o cadastro da criança e pegar uma senha, onde constará a hora de entrada no circuito, que tem duração de 30 minutos. É preciso ficar alerta ao horário da senha: em caso de perda, a criança terá de entrar na fila e pegar outra. As senhas são sempre entregues 15 minutos antes da abertura oficial do circuito e valem apenas para o mesmo dia em que forem distribuídas. O horário de funcionamento é das 14h às 20h, sendo o último circuito marcado para as 19h30min. Se você tiver um pré-adolescente em casa, a pedida é o espaço do BarraShopping, com o Ice Jump. O brinquedo promete ajudar as crianças que gostam de adrenalina a desafiar a gravidade. Composto por um trampolim e diversos elás-

Foto: Miguel Sá

Feriadão com a garotada

19


ticos, o Ice Jump promete levar as crianças a alturas inimagináveis. O brinquedo não possui restrições de idade e pode ser usado por qualquer um que pese de 10 a 50 kg. O horário de funcionamento é de segunda a sábado, das 10h às 22h, e nos domingos e feriados, das 13h às 21h. O ingresso custa R$ 15, e o tempo da brincadeira é de cinco minutos. Para quem está procurando um lugar para levar os filhos para brincar o Carnaval, o Shopping Barra World trará diversão todos os dias, com os bailes de personagens. No dia 1º de março, o baile infantil será com Cinderela e Homem-Aranha; no segundo dia, com Branca de Neve e Super-Homem; e no terceiro dia de folia, com Bela e Batman. Nos dias 8 e 9, a folia para os pequenos continua por lá, com

Rapunzel, Capitão América, Bela Adormecida e Thor. Outro ponto que não deixará de comemorar nenhum dia de folia é o Shopping Rio Design Barra, que trará diversão todos os dias com o Baile de Carnaval do Pimentinha. O destaque da festa fica para o primeiro dia de março, com a bateria da escola de samba Mirim da Vila Isabel – Os Herdeiros da Vila. O evento acontecerá das 15h às 19h, e durante todo o Carnaval, o personagem Pimentinha vai animar a criançada junto com a Banda da Folia, ao som de marchinhas, sambas-enredo e cantigas de roda. Haverá também diversão no Shopping Via Parque, na Avenida Ayrton Senna, que trará nos dois primeiros dias de março os tradicionais blocos infantis do Rio de Janeiro: Largo do Suquinho, Mas

Feriadão com a garotada 20


não Largo do Machadinho e Gigantes do Lira. As apresentações ocorrerão a partir das 15h. Já o Barra Garden Shopping, na Avenida das Américas, promete não ficar para trás na folia, com o desfile de fantasias, batalha de confetes e serpentinas, entre muitas outras atrações, que ocorrerão nos dias 28 de fevereiro e 1º de março, das 17h às 21h. Ao lado da Barra, está também o Recreio Shopping, que terá a presença da bateria de escola mirim e irá fazer a folia no dia 1º de março, das 16h até 20h. Como mostramos, agenda cheia. Agora é escolher o que mais se encaixa para a sua turminha, e boa diversão.

21


22

Mobilidade urbana A s obras para a Olimpíada de 2016 dão nova cara ao Rio. Aqui na Barra, basta uma rápida circulada pelo bairro para perceber as mudanças. Terminal Alvorada inaugurado, quase em pleno funcionamento. BRTs, Transcarioca, ponte estaiada, a preocupação com a mobilidade urbana é visível. A ponte batizada de Cardeal Dom Eugênio de Araújo Sales, com 900 metros de extensão, erguida sobre a ligação das lagoas de Jacarepaguá e da Tijuca, em trecho da Avenida Ayrton Senna, próximo à Avenida Abelardo Bueno, representa importante estrutura do traçcado do BRT e da Transcarioca. A obra custou 120 milhões de reais dentro do orçamento do corredor expresso Transcarioca, totalizando 1 bilhão e 700 milhões de reais. De acordo com o secretário municipal de obras, Alexandre

Pinto, cada um de seus mastros mede 48 metros de altura, além de possuir 56 cabos que sustentam o vão central. Ela nada mais é do que uma via que permite que se tenha um vão maior, com menos pilares. Isso significa maior fluidez e melhora na dinâmica das águas que passam sob a ponte, causando menor impacto ambiental. A ponte estaiada foi construída em pouco mais de dois anos e conta com quatro faixas de trânsito, sendo duas para o trânsito normal e duas exclusivas para o

BRT Transcarioca no futuro, todas no sentido Linha Amarela para Avenida das Américas. Com isso, elimina-se o cruzamento entre as avenidas Ayrton Senna e Abelardo Bueno, extinguindo o sinal no local. Além disso, o trecho inaugurado no final do ano passado possui sinalização vertical e horizontal. Para orientação dos motoristas, foram instalados três painéis de mensagens variáveis. Debaixo da ponte, foi construída uma alça de aproximadamente 700 metros, que vai permitir


23

que os motoristas que trafegam no sentido Linha Amarela-Barra cheguem aos fundos do Via Parque Shopping e no condomínio Península sem necessidade de retornarem em frente ao Hospital Barra D’Or. A obra vai resolver um dos grandes gargalos do trânsito na região. Além da nova alça, a construção de três passarelas metálicas para pedestres ao longo da Ayrton Senna - em frente ao Hospital Municipal Lourenço Jorge, já concluída, ao Makro e ao Via Parque Shopping- vai permitir que a

via fique sem sinais para operação da Transcarioca. O retorno em frente ao Hospital Lourenço Jorge já foi substituído por dois mergulhões construídos ao longo das obras de implantação do corredor expresso. A Transcarioca está com 85% de suas obras concluídas e entrará em operação neste primeiro semestre, ligando a Barra da Tijuca ao Aeroporto Internacional, na Ilha do Governador, numa faixa segregada de 39 km. O BRT passará ainda pelos bairros de Curicica, Taqua-

ra, Tanque, Praça Seca, Campinho, Madureira, Vaz Lobo, Vicente de Carvalho, Vila da Penha, Penha, Olaria e Ramos. O sistema vai reduzir em mais de 60% o tempo gasto no trajeto entre a Barra e a Ilha do Governador, permitindo também a integração aos outros modais (trem, metrô e ciclovias) ao longo da via. Estima-se que 320 mil pessoas passem a usar o BRT Transcarioca diariamente.


Olhar

sobre a Barra

A partir da próxima edição, vamos divulgar as mudanças no trânsito da Barra. É o seu olhar que queremos, morador da região. Você que está nas ruas e percebe se há melhorias ou não. Mande o seu registro para a nossa redação. O e-mail é jornalismo@idesigncom. com.br, com o seu nome e autorizando a divulgação da fotografia.

24

Foto: www.familytravelart.com

Participe!


Venha comemorar o aniversário de seu filho em nosso parquinho

25

Festa Infantil Basic Buffet salgado: 04 variedades a escolher. Buffet doce: 04 variedades a escolher. Buffet Infantil: Mini cachorro quente, pipoca, mini pizza, pão de queijo, refrigerante, suco, mate, água mineral. Decoração mesa do bolo: tema escolhido previamente. Bolas da área do bolo. Garçons

valores a partir de R$ 2.920

Festa Infantil Vip Buffet salgado: 05 variedades a escolher. Buffet doce: 05 variedades a escolher. Buffet Infantil: Mini cachorro quente, pipoca, mini pizza, pão de queijo, refrigerante, suco, mate, água mineral, picolé e sorvete. Decoração mesa do bolo: tema escolhido previamente. Bolas da área do bolo. Garçons

Festa Infantil Vip II Buffet salgado: 06 variedades a escolher. Buffet doce: 06 variedades a escolher. Buffet Infantil: Mini cachorro quente, pipoca, mini pizza, pão de queijo, espetinho de frutas com cascata de chocolate e crepes, refrigerante, suco, mate, água mineral. Decoração mesa do bolo: tema escolhido previamente. Bolas da área do bolo. Garçons

Venha nos conhecer! Telefone � 3095-9175 Shopping Metropolitano Barra Av Embaixador Abelardo Bueno, 1300, 1 piso - loja 1.033


Meio ambiente

Área de vegetação

O 26

será restaurada para Olimpíada

Parque Olímpico do Rio de Janeiro desenvolve um trabalho de recuperação vegetal às margens de mangue e restinga da Lagoa de Jacarepaguá que revitalizará um espaço de 73.616 metros quadrados, e, destes, 30 mil serão ocupados com novos manguezais. Toda a área será protegida para que o lixo não coloque em risco o plantio das

mudas. Além disso, o espaço já está passando por nivelamento para que possa receber as novas moradoras. A largada já foi dada com o cultivo de 30 mil mudas de mangue-vermelho às margens da Lagoa de Jacarepaguá. A ideia é que o espaço seja bem utilizado pela população, que poderá desfrutá-lo após os Jogos Olím-

picos. Durante a competição, o parque, que ocupa 1,18 milhões de metros quadrados da Avenida Abelardo Bueno, receberá 26 modalidades, sendo 16 delas olímpicas e 10 paralímpicas. O projeto de recuperação foi apresentado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente, que está cumprindo o contrato de


Foto: Wikipédia

uma parceria público-privada e tirando projetos do papel. Para que tudo dê certo, todas as famílias da Vila Autódromo precisam ser reassentadas. Entretanto, estão sendo feitas negociações com os interessados, que poderão ser os novos moradores do Condomínio Parque Carioca, com inauguração prevista para março.

A ideia é que o espaço seja bem utilizado pela população, que poderá desfrutá-lo após os Jogos Olímpicos.

27


Meio ambiente

Alerta verde A

28

equipe da Patrulha Ambiental, formada por guardas municipais e fiscais da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMAC), resgatou um filhote de gavião que caiu em uma residência no Itanhangá e um jacaré no Recreio. Os proprietários da casa, localizada na rua Itália, acionaram os agentes por meio da Central 1746, da Prefeitura do Rio. A ave silvestre foi encontrada caída perto de uma árvore no terreno da casa. Ela não apresentava ferimentos aparentes, mas seu ninho não foi encontrado. Após avaliação inicial, os guardas municipais e os fiscais encaminharam o filhote para o Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS), da Universidade Estácio de Sá, em Vargem Pequena, onde passará por avaliação veterinária. Já o réptil é um filhote de jacaré-de-papo-amarelo. O animal resgatado media aproximadamente 90 cm e estava dentro de um chafariz. Na idade adulta, um jacaré dessa espécie pode chegar a 2,5 m de comprimento. De acordo com os guardas municipais, o fato de o animal estar no chafariz, que é um espaço pequeno, facilitou o resgate. Se ele estivesse em uma piscina, por exem-

plo, teria uma área maior para se locomover, e seria mais complicado o resgate, já que filhotes de jacaré são muito ágeis. Ainda de acordo com os agentes, as chuvas recentes podem ter trazido o animal, pois a região conta com várias áreas alagadas. Esse é o quarto resgate realizado pela equipe da Patrulha Ambiental este ano na região. Uma garça com a asa quebrada e uma tartaruga marinha, da espécie Lora, também feri-

Alerta Verde

da, foram resgatadas na praia de São Bento, na Ilha do Governador, e na praia da Macumba, na Zona Oeste. Os bichos também foram encaminhados para o CRAS. Ao flagrar animais silvestres em área urbana ou em qualquer situação de risco fora do seu habitat, a população pode acionar a equipe da Patrulha Ambiental, por meio do telefone 1746, que funciona 24h.


finger.ind.br

INFORME COMERCIAL

// A FÁBRICA QUE VAI DEIXAR SUA CASA COMO A CIDADE MARAVILHOSA. BEM-VINDO À FINGER MÓVEIS PLANEJADOS CONHEÇA E COMPROVE. Com mais de 70 lojas espalhadas pelo Brasil, a Finger chega ao Rio de Janeiro para mudar o conceito sobre design. Apoiada à experiência do Grupo Onda Móveis, a precisão alemã e o design europeu vão invadir os lares cariocas.

// A Finger tem 8 anos de garantia, pesquisa constante e exclusiva linha Extrem: Extremo Brilho, Estrema qualidade.

// Ambientes aconchegantes Oferecer um serviço qualificado e projetos que se adaptem ao estilo de cada cliente. São estes os valores que a Finger busca atingir a cada trabalho desenvolvido. O equilíbrio entre o funcional e o requinte, bem-estar e segurança fazem parte dos ambientes planejados. PASSE EM UMA LOJA E CONFIRA DE PERTO TODA A QUALIDADE, PRECISÃO E O DESIGN EUROPEU QUE SÓ A FINGER OFERECE. // TIJUCA | RUA CONDE DE BONFIM, 86 A | 21 2204.1442 // RIO DECOR BARRA DA TIJUCA | AV. DAS AMÉRICAS, 2000, LOJA 33 | 21 2429.2329

Idealizada e criada por uma família de origem alemã, a Finger tem como marca a paixão pelo design, a ousadia e o foco em ambientes personalizados. Com uma história de 36 anos no mercado é a marca que mais cresce no Brasil.

// RECREIO | AV. DAS AMÉRICAS, 13561 | 21 3388.5310 // NORTE SHOPPING | AV. DOM HÉLDER CÂMARA, 5080 LOJA 4203B | 21 3315.2789

O design europeu com a precisão alemã

29


Ronco dos motores:

é paixão mundial

O

30

maior acontecimento de moto do Rio de Janeiro e um dos principais do país: o Salão Bike Show proporcionou muitos roncos de motores em sua 4ª edição. Além de ponto de encontro de apaixonados por moto de todo o Brasil, muitos visitantes também passaram pelo Riocentro para curtir as melhores motocicletas do mundo, fechar negócios, aproveitar muitas atrações radicais e ainda assistir a palestras sobre pilotagem segura e comportamento no trânsito. Grandes marcas dos principais fabricantes de motocicletas e produtos destinados ao setor deram uma amostra das ações para o decorrer do ano. Equipamentos de proteção, peças e serviços, combustíveis e muitas novidades do segmento. Foram quatro dias de atividade intensa, proporcionando relação direta entre empresas e consumidores. “A cada ano, enriquecemos o evento com novidades e conteúdo, para atrair e divertir ainda mais o público. Nesta edição, a expectativa é de 80 mil visitantes”, diz Gustavo Lorenzo, idealizador e organizador do evento. Membro fundador da Federação de Motoclubes do Estado do Rio de Janeiro (FMCRJ), Marcílio Santos participa do Bike Show desde a primeira edição. Para ele, o evento é a valorização do moto-

ciclista do Rio de Janeiro. “É uma forma de manter o motociclismo brasileiro e crescer o mercado”, diz. Marcílio ainda opinou sobre as melhores motos da feira. “Vejo a Harley como uma moto de vanguarda, que tem boa reposição de peças, mas que não faz meu estilo. Gosto de motos para todos os terrenos e, pensando nisso, acho que a melhor moto do Bike Show é a Crosstourer, da Honda. Ela me agrada pelo custo-benefício, por ser automática e ainda ter porte. Nas nossas estra-

das e avenidas, o ideal é ter uma moto que aguente o tranco e apresente facilidade na reposição de peças”, explica o motociclista. Além das magníficas motos e atrações de tirar o fôlego, o Bike Show marcou com a presença do motociclista mais rodado do Brasil. Com 76 anos, sendo 57 de motociclismo, Augusto Br já foi ao Alasca e voltou, pilotou entre a Europa, África, Ásia e mais de 40 países. Conhecedor de moto e estradeiro admitido, Augusto afirma que esses eventos facilitam a evolução do segmento. “Hoje em dia está muito melhor para se comprar

A cada ano, enriquecemos o evento com novidades e conteúdo, para atrair e divertir ainda mais o público. Nesta edição, a expectativa é de 80 mil visitantes.


mil. Passados apenas dois anos de seu lançamento, o evento quase que dobrou sua receita: 112 expositores, de diversos países, e mais de 57.000 visitantes. Na edição de 2013, foram mais de R$ 1 milhão e meio investidos, e mais de R$ 3 milhões em negócios.

Megatriciclo – rumo ao Guinness Book Marcílio Santos, Membro fundador da Ferderação de Motoclubes do Estado do Rio de Janeiro (FMCRJ)

uma moto. Antes não havia todos esses modelos. Com 15 anos, o que eu tinha era uma lambreta. De lá pra cá, sou um apaixonado pela estrada. Faço essas viagens porque amo motocicletas e fazer marcas”. Maior evento carioca com temática na cultura motociclística desde 2011, primeira edição do Salão Bike Show contou com a participação de 66 expositores e recebeu mais de 28 mil visitantes. Em 2012, houve um crescimento significativo, e nos quatro dias de evento, o número de expositores saltou para 93, já o de visitante alcançou os 48

Sozinho, ele já seria uma paisagem de cartão-postal, daquelas com a qual todo mundo quer tirar uma foto e guardar de recordação. Fabricado em Araxá, Minas Gerais, o maior triciclo do mundo roubou a cena no Salão Bike Show, na primeira vez em que o veículo vai ao Rio de Janeiro. Com uma base de um antigo chassi de ônibus, o megatriciclo tem 9,2 m de comprimento e 3,8 m de altura, e atrai olhares com o ronco do seu motor. Na entrada do evento, o veículo impressionou a todos pela monstruosidade. Como qualquer outro

veículo normal, acabou de receber a documentação do Detran. Com câmbio de caminhão de 6 velocidades, motor de caminhonete 6 cilindros a diesel, a moto gigante chega a incríveis 140 km/h. Além disso, os comandos de seta, farol e o guidão são como os de uma moto convencional. Já reconhecido pelo Guinness Book (Livro dos Recordes), agora só falta a visita dos avaliadores para oficializar o feito brasileiro. Perfeito para longas viagens, o tanque de combustível carrega 300 litros de diesel e, de acordo com o inventor, pode percorrer até 3.000 km sem reabastecer. O veículo leva sete passageiros, e a pintura em preto e dourado carrega detalhes em chamas e caveiras. No melhor do estilo visto em encontros de motos, as rodas e pneus são de caminhão, reluzentes e cromadas, e as suspensões, preparadas para suportar todo o peso, conferindo funcionalidade e conforto.

Ronco dos motor

é paixão mun 31


Para-raios

Salvando vidas A

32

tempestade que caiu no Rio de Janeiro na primeira quinzena de janeiro mostrou a fragilidade diante de tantos raios. O Cristo Redentor, símbolo maior da capital, teve o dedo médio da mão direita atingido por um raio e passa por restauração. Esse dano é bem menor diante de vidas que se perdem, como da turista que foi atingida recentemente por um raio na praia do Guarujá. Morreu na hora. O Brasil é o maior país da região tropical, localizado em área central e quente da Terra, o que propicia uma grande incidência de raios. Segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), são cerca de 60 milhões de ocorrências ao ano, causando prejuízos e fatalidades. A região Sudeste foi a área onde houve maiores registros de raios no país. Por isso a importância da instalação do Sistema de Proteção contra Descargas Atmosféricas (SPDA), o para-raios. O equipamento tem como finalidade captar a descarga elétrica, conduzi-la, de maneira segura até o solo e proteger a estrutura do edifício, bem como as pessoas que circulam pela área. A má conservação, má instalação ou até mesmo a ausência do equipamento pode provocar danos à estrutura do prédio, às instalações elétricas e aparelhos eletrônicos. A instalação e a manutenção do equipamento devem seguir a norma NBR 5419/01, da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Segundo essas normas, a inspeção assegura a conformidade do SPDA com o projeto e o bom estado de conservação dos componentes do SPDA e verifica se as conexões e fixações estão estáveis e livres de corrosão. Além disso, assegura a compatibilidade da resistência de aterramento com o arranjo e com as dimensões do subsistema de aterramento, e também com a resistividade do solo. Caso haja acréscimo de outras construções à estrutura após a instalação original, tal inspeção verificará se elas estão integradas ao SDPA, por exemplo, a instalação de antenas de TV por assinatura. O para-raios deve ser vistoriado anualmente por uma empresa especializada, e as inspeções completas, destinadas a residências, devem ser realizadas em intervalos de cinco anos.

Salvand


É importante que o profissional especializado avalie durante a vistoria técnica: • as condições das hastes: se estão esticadas ou não; • se os isoladores estão bem fixados à estrutura; • se a luz-piloto, que identifica a altura do prédio no mastro do para-raios, está queimada; • se a caixa d’água também precisa estar aterrada, pois pode atrair raios Durante a manutenção, faz-se também a limpeza no cabeamento e nos captores e, se for preciso, a troca de captores. Como se proteger numa tempestade de raios? • Evite ficar perto de cercas de arame, grades, tubos metálicos, linha telefônicas e de energia elétrica, bem como de estruturas metálicas. • Fique longe de tratores, motocicletas e bicicletas; e se estiver no automóvel, fique dentro dele com as janelas fechadas. • Não fique em campos abertos, pastos, campos de futebol, lagos, praias, descampados. • Proteja-se dentro de casa, do automóvel, ou de um prédio que tenha para-raios. • Jamais procure abrigo sob árvores, principalmente se elas estiverem isoladas ou em campo aberto. • Fuja do topo de morros e locais altos. • Se estiver na praia ou na piscina, saia imediatamente e procure um lugar seguro. • Estando em uma casa sem um bom sistema de para-raios, evite ficar próximo de janelas metálicas, geladeiras, televisores e de uma maneira geral próximo de tomadas elétricas. • Deixe para tomar banho depois que a tempestade tiver passado. Fonte: www.paraklin.com.br

Tudo para a sua festa! • VENDAS DE FANTASIAS • DESCARTÁVEIS EM GERAL • DECORAÇÕES TEMÁTICAS • GULOSEIMAS, BALAS E DOCES • COBERTURAS E CHOCOLATES • TNT LISO/ESTAMPADO • TÁBUAS E PRODUTOS PARA BOLO/CONFEITARIA • ARTIGOS PARA FESTA DE ÉPOCA 33 • ENCHEMOS BOLAS COM GÁS HÉLIO

CARNAVAL É NA

VITARE FESTAS

do vidas

3649-9795 | 7895-3905 | ID: 24*46790 Estr. dos Bandeirantes, 1430 – Sobreloja (Mercadão de Jacarepaguá)


Brincadeira

é coisa séria

34

E

spaço de diversão, animação e alegria para as crianças. Essa é a proposta do Bambini Park. Situado no Shopping Centro Metropolitano, o espaço é ideal para os mais novinhos se divertirem com brinquedos, atividades em um ambiente colorido, animado e seguro, enquanto os pais fazem compras. Todas as recreações são acompanhadas de perto por supervisores experientes e com treinamento especializado. De atrativos para a criançada, há o Circuito Aventura, a Casinha Encantada, o Espaço Faz de Conta, Espaço Pintando o Sete, games, cineminha e área baby. O espaço também promove festas de aniversários, e quem experimentou gosta. É o caso da moradora da Barra da Tijuca Ana Paula Santos, que realizou o aniversário do filho, André (5 anos). Ela e o marido, João Gama, mostraram-se satisfeitos com toda a organização.

“Está tudo muito bem feito e organizado. Adorei os detalhes, me surpreendeu muito, com certeza estou muito satisfeita com o espaço”, conta Ana.

Entre os convidados, Andrea Rebello e o filho, Rodrigo (4 anos). Também moradora da Barra, Andrea foi só elogios: “O bom daqui é que podemos ficar do andar de cima olhando os pequenos brincarem lá embaixo, o serviço também está maravilhoso. Não precisamos ficar de olho nas crianças, pois estão sendo bem cuidadas. Não só gostei como recomendo o espaço para quem tem filho pequeno”.


Informe Publicitário

Já Carla Oliveira, que levou a filha, Maria (1 ano), não conhecia o espaço e se surpreendeu. “Aqui está perfeito. As pessoas que trabalham são muito atenciosas, e os brinquedos são ótimos, todos lindos e bem cuidados. Adorei!”, elogiou.

Todos os fins de semana, o morador do Recreio Glaucio Cuputo traz sua filha, a pequena Mariana (6 anos), para brincar no parque. Ele nos disse que está muito satisfeito com o serviço prestado, mas foi a pequena Mariana que destacou o que mais a agradou: “O que eu mais gosto é de brincar no ‘Brinquedão’”.

35


ANUNCIE AQUI

3471-6799


Varandas • Terraços • Janelas • Piscinas • Telas mosquiteiras • Quadras esportivas • Toldos • Pagamento Facilitado • Instalação Imediata • Orçamento sem compromisso

3684-7551 | 7897-5805 ID: 81*90566

(21)

artredes@hotmail.com

Pink Festas Tudo o que a sua festa precisa, nós alugamos para você! Mesas para até 10 pessoas | Mesas de vidro ou pranchão | Toalhas | Rechauds | Tinas Móveis provençais | Isopor | Louças | Cx. térmica | Lonas | Tendas | Churrasqueira | Puff Espaço lounge | Garçom / Copeiro e fritadeira | Brinquedos Fornecemos Bebidas | Gelo | Carvão | Água www.pppinkfest.com.br | contato@pppinkfest.com.br

(21)

2440-9017 | 2440-9226 | 7809-3650 | 99331-8417

Segurança, tranquilidade e lazer... essa é a nossa filosofia Manutenção e limpeza de piscinas (técnicos qualificados pela FEEMA) Guardião (formados pelo GMAP) | Instalação | Aquecimento | Banheiras de hidromassagem Consertos de bombas e equipamentos | Produtos químicos Venda de equipamentos | Construção e reformas

Atendemos no Rio e Grande Rio Orçamento sem compromisso

julisbellapiscina@hotmail.com

Tel.: 7875-9213

/ 97616-5639

Jecrisen reformas e serviços

CNPJ: 08.057.067/0001-74

Roberto Contatos:

(21) id:

2427-4162 7827-0431 969*21745

www.jrsreformas.com.br jecrisenreformas@hotmail.com

Gesso Pintura / Textura Elétrica Hidráulica Verniz

Marcenaria Carpintaria Alvenaria Revestimentos Sinteco


38


39


40

Abelardo Bueno  

Revista Abelardo Bueno - Edição 5

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you