Page 1

E-mail: idenorsoares@top.com.br - Home page: www.idenorsoares.com.br Escritório: Rua Joaquim Teixeira Alves, 1540, 9º andar, sala 95, cep: 79801-015 Centro Empresarial Dourados - Dourados/MS. PROGRAMA DE TV IDENOR SOARES: TV RIT CANAL 5 - DOURADOS, CANAL 7 - PONTA PORÃ, CANAL 11 - GLÓRIA DE DOURADOS E MARACAJU, VIA CABO CANAL 21, AO SÁBADOS ÀS 11H E 23H, E CANAL 9 - VIA CABO TV GRANN DOURADOS E PELA INTERNET: tvgranndourados.blogspot.com aos sábados às 14:30hs

Ano 01 - Nº. 02 – Abril/2012 - Veiculação: Mensal - Dourados/MS A. FROTA

Em evidência

RELIGIÃO

R.R. Soares em Dourados Página - 4

Clicados pelas lentes do fotógrafo Aparecido Frota, os noivos Danielli e Emílio. O enlace foi realizado no dia 7 de abril de 2012 no Clube Nipônico de Glória de Dourados.

Surpreenda-se “Higiene e qualidade acima de tudo” FONE (67) 3421-9781 AV. WEIMAR GONÇALVES TORRES 2027 - CENTRO CEP: 79800-011 - DOURADOS - MS e-mail: maximosdourados@hotmail.com

Encanto Modas Página - 7

POLÍTICA Conheça os trabalhos do Deputado Federal Reinaldo Azambuja em Brasília Página - 5 PLANO DE SAÚDE Cassems estende Programas de prevenção à população de Dourados Página - 6


2

Editorial

ARTIGOS

Já estamos na edição nº. 02 de um jornal que chegou para brindar os amigos e parceiros com uma nova modalidade de mídia que contempla os avanços tecnológicos contemporâneos. Na primeira edição foram impressos 6.000 exemplares, e, hoje estamos colocando em circulação 7.000 exemplares,(todo colorido) e mesmo assim, não conseguimos atingir a demanda tão exigente de nossos leitores e do Jornal Diário MS, onde veiculamos como encarte desse grande veículo de comunicação, atingindo os mais distantes rincões de nosso Estado. O jornal também é distribuído nas principais ruas de Dourados, bem como hotéis, hospitais, lojas, clínicas,restaurantes, bancas, etc.

E “Idenor Soares” não é só mídia impressa, e, sim um complexo de informações do mais alto nível onde você pode ler o jornal em seu todo no portal: WWW.idenorsoares.com.br , assistir ao programa do mesmo nome pela TV RIT,na via cabo, na TV gran dourados, na tvgrandourados.blogspot.com e no youtube. Com certeza estamos colaborando para o reconhecimento, entretenimento e divulgação de seus projetos e sonhos. Agradecemos a Deus e a todos pela acolhida e elogios da edição nº. 01 deste grande veículo de comunicação. A próxima edição está prevista para o dia 21 de maio. Boa leitura a todos.

NOSSAS RÁDIOS

Meus agradecimentos aos diretores e apresentadores de programas das nossas rádios, pelo carinho e entusiasmo de boas-vindas e divulgação da primeira edição deste jornal. Obrigado amigos!!!

PRESTIGIEM, A EDIÇÃO Nº 02, NO PRÓXIMO DIA 21 DE MAIO 2012.

EXPEDIENTE Idenor Soares da Silva & Kleber F. Soares Publicidade e Sonorização Ltda. Avenida Joaquim Teixeira Alves, 1540 – 9º andar – sala 95 – Centro Centro Empresarial Dourados – Dourados (MS) CEP: 79801-015 Inscrição Municipal: 100095983 CNPJ: 05.982.073/0001-40 CIRCULAÇÃO: Encarte no Diário MS Tiragem: 7.000 exemplares Veiculação: Mensal Site: www.idenorsoares.com.br E-mail: idenorsoares@top.com.br Tel. (067) 8407-0616 Ano 01 - No. 01 –Março/2012 Diagramação e Arte: Rodrigo Vieira (67) 9214-8234 Impressão –Marindress – Editora Gráfica

O suposto lugar ocupado pelo filho especial no grupo familiar Josélia Ferraz Soares*

A família é a unidade social básica e a origem dos primeiros contatos do bebê. Essa organização é um todo orgânico que se desenvolve por um processo de vida, com diferentes influências externas e internas. Por isso, ter um filho, representa a satisfação das necessidades e desejos da pessoa, mas pode constituir a representação do ego-ideal, incapaz de alcançar. Para a mãe o nascimento de um filho, pode trazer acalentamento durante o período de gravidez, como a recompensa ou a repetição de sua infância, o nascimento de um filho vai ocupar um lugar entre seus sonhos perdidos: um sonho encarregado de preencher o que ficou vazio no seu passado, uma imagem fantasmática que se sobrepõe à pessoa “real” do filho. Assim, “esse filho de sonho tem por missão restabelecer, reparar o que na história da mãe foi julgado deficiente, sentido como falta, ou de prolongar aquilo a que ela teve de renunciar”( MANNONI,1999, p.15). A criança concretizará os sonhos dourados que os pais jamais realizaram, o menino se tornará um grande homem e um herói em lugar do pai e a menina se casará com um príncipe como compensação para sua mãe, ocupando assim o lugar de “Sua Majestade o Bebê”. (FREUD, 1996, p.97-98, v.14 ). Toda perfeição idealizada que os pais colocam nos filhos, com o tempo vai cedendo perante o desenvolvimento da criança no curso normal da vida. Só que com a criança que nasce com deficiência ela cai muito cedo desse lugar de idealização dos pais e fica muito desprovida de desejos em direção a ela. A dinâmica familiar e os processos de inter-relações, irão interferir como irá se elaborar o luto, além de todas as reações que são advindas disso. Os pais vivenciam com tanta intensidade a perda de seus ideais, porque foram atingidos no seu narcisismo. Por isso, é comum nos depararmos com diferentes mecanismos psicológicos de defesa frente à deficiência. Os mecanismos de defesa são dados pela psicanálise, a partir dos estudos que Freud realizou em 1926, explicando como a psiquê humana reage à ansiedade frente a uma situação de cunho emocional específico, que se configura como uma ameaça, podendo ser sentida como perda do que foi idealizado. Nesse sentido, para buscar a manutenção da saúde psíquica, há uma forma de reação, para o manejo desse sentimento, através da aceitação da realidade ou então pelo uso de mecanismos de defesa. Esses mecanismos visam proteger o ego, frente a situações das quais o mesmo se sente em perigo: tendo medo e necessidade de defesa. As reações manifestadas quando se busca fugir à questão deficiência, podem ser manifestadas pela rejeição, que está sempre presente através do abandono ou da superproteção. O abandono pode ser total, mas pode também ser indireto, quando não há um investimento, seja de amor, de dedicação, de tempo com relação ao filho deficiente. Na superproteção funciona o mecanismo de formação reativa, transforma o ódio / raiva ou decepção em cuidados. O que evidencia uma forma de mostrar a deficiência e a incapacidade no outro, mas não o ódio que o sujeito não pode tolerar livremente que sinta. O ódio se transforma em cuidados: não sou uma mãe que odeia, pelo contrário, me preocupo demais com meu filho. É comum os pais, frente a deficiência do filho, ficarem cegos, para não se depararem, com a falta, que para eles pode se tornar insuportável, preferindo muitas vezes, não querer saber a verdade, pois a constatação daquilo que é faltoso no filho, irá atingir as suas dificuldades infantis, não solucionadas.

Segundo Mannoni(1999), muitas vezes a criança com deficiência mental e sua mãe formam em certos momentos, um só corpo, o desejo de um confundindo-se tanto com o desejo do outro, que os dois parecem viver uma única e mesma história. No plano fantasmático, esse corpo atingido, por ferimentos que são idênticos, adquiriu uma marca significante. O que não foi resolvido na mãe, será vivido como eco, pelo filho, nos seus sintomas, fazendo “falar a angústia materna” (MANNONI, 1999,p.49). Com isso, o filho deficiente pode ocupar o lugar do depositário de todos os infortúnios do grupo familiar. Passando a ser também na sociedade o “bode expiatório”, das mazelas sociais. Na relação de negação neurótica frente à deficiência, os pais, deixam de investir, com relação a esse filho, e passam a tratá-lo, como um objeto desprovido de vontade. Os pais passam a ocupar e a se colocar sempre no lugar desse filho, desejando por ele. Segundo Aubry(2004), a rejeição inconsciente da mãe quase sempre provoca no filho uma angústia de abandono, que se manifesta por um apego excessivo deste à mãe. A relação de angústia sentida pela mãe, será sentida e vivida pela criança, expressando através de distúrbios característicos, que são manifestações para atingir a angústia no outro, como condição única de acesso. Para Lacan, o filho é a falta da mãe, mas quando o filho se apresenta com deficiência, ele se apresenta como sendo a falta. Nesse sentido a angústia materna, é para encobrir, o lugar do vazio, que necessitava “ por alguma coisa onde não há nada” (Mannoni, 1999,p.74). Nos casos em que a falta do filho, serve para encobrir e mascarar o problema de castração dos pais, a evolução do filho pode atingir e desnortear a mãe ou o pai , que terão de se confrontar com suas próprias dificuldades. Por isso o filho que não é desejado, torna-se aquele que depois suporta amor demais ou ódio demais. Nos dois aspectos aparece uma relação masoquista, sendo que a criança é usada para sustentar a angústia dos pais. Ao se tirar isso do filho, em casos extremos um dos pais pode não suportar. No atendimento psicológico, ao tocarmos a criança, estaremos de uma certa forma, tocando o equilíbrio existente entre pais e filhos, com suas formas estabelecidas dentro do grupo familiar. A deficiência mental, qualquer que seja a sua origem de atribuição, é concebida geralmente como um déficit de capacidade do indivíduo. E nesse sentido pelo peso social de valoração, o sujeito é isolado na sua deficiência. A educação da criança com deficiência mental, esbarra nas dificuldades impeditivas que são colocadas pelos vínculos parentais, que muitas vezes freiam o desenvolvimento desse sujeito. Isso ocorre porque junto à deficiência da criança, está a história do grupo familiar, e a partir do estado da criança, ela pode ter um sentido, que reflete o não dito. Se o luto, pelo filho idealizado, não é superado, poderá surgir problemas de identificação, onde o filho, pela ausência da palavra do adulto e do olhar que o nomeie, como ser envolvido no desejo, pode não atingir o nível de sujeito autônomo, ficando reduzido a condição de objeto a ser apenas cuidado.

*Psicóloga Mestre em Psicologia da Saúde, Docente Universitária Especialista em Psicologia Escolar e Educacional Pedagoga-Especialização em Educação Especial com mais de 20 anos de Atuação.

TERAPIA DE ADULTOS E CRIANÇAS - ENDEREÇO: AV. JOAQUIM TEIXEIRA ALVES Nº 1540, EDIFICIO CED . 9º ANDAR SALA 92 - DOURADOS/MS - FONE: 3422-8752

COMUNICADO Comunicamos que na próxima edição estaremos divulgando matéria sobre a 11ª. Assembléia Geral Ordinária (AGO), da Caixa de Assistência dos Servidores do Estado de Mato Grosso do Sul (CASSEMS) realizada no dia 20 de abril no Palácio Popular da Cultura – Centro de Convenção Arquiteto Rubens Gil de Camilo em Campo Grande (MS)..


ANIVERSARIANTES

Aniversariantes do meses de abril e maio

Completou idade nova no último dia 12 de abril, o Bispo Dom Redovino Rizzardo. Parabéns!!!

3

Nossos parabéns ao Luiz Carlos Azambuja (Sanesul) pelo seu aniversário no último dia 20 de abril.

Katrylin Albuquerque Moretto, Secretária da Presidência da CASSEMS, comemora aniversário no próximo dia 25 de abril. Aqui ao lado do seu noivo Adriano Montanher, funcionário da Quem trocou de idade, na sexta feira dia 20/04, foi a linda Letícia Tavares Rangel, filha de Cumprimentamos os diretores, funcionários Assembléia Legislativa, que também completar;á Leda e Leandro, proprietários da Clínica Odon- e colaboradores da Radio Coração fm 95,7 que idade nova no próximo dia 02 de maio. Aos aniversariantes, parabéns!!! tológica ClinicalOdonto. completou 13 anos no ar no dia 16 de abril.

A Escola Sonhos & Mimos atuando há 17 anos na educação infantil, pioneira no atendimento aos bebês . Atualmente atende crianças de 0 a 5 anos nos períodos matutino, vespertino e integral. Com nova sede e modernas instalações é ponto de referência para Dourados e região. Uma grande novidade e conquista de 2.012: Convênio entre UNIGRAN e Sonhos & Mimos.O Convênio tem por objetivo proporcionar a realização do estágio curricular e/ou extracurricular aos acadêmicos da UNIGRAN exercendo atividades de estagiários no Sonhos & Mimos.Segundo a diretora Marcia Suzuki será um trabalho de cooperação mútua, onde o estudante regularmente matriculado em cursos vigentes na Unigran poderá estagiar visando o aprendizado e a vivência profissional dentro da educação infantil e o Sonhos & Mimos proporcionará ao estagiário, condições adequadas à execução. Um fator positivo é a localização da nova sede do Sonhos & Mimos (próxima a Unigran).Agende uma visita e conheça as novas instalações.Rua General Osório, Dourados/MS 3276.Fone: 3421 0106 / 9972 7063.


4

RELIGIÃO UMA NOVA HISTÓRIA PARA DOURADOS

Com estas palavras o pastor regional da Igreja Internacional da Graça de Deus, Celes Otone, definiu um novo capítulo para os seus fiéis, com a vinda do líder, o Missionário R. R. Soares, o qual esteve em Dourados, na Praça Antonio João, para a apresentação do “Show da Fé”, para um público estimado de 8.000 pessoas. Segundo o pastor Celes Otone, o Missionário R.R. Soares voltou a Dourados depois de quase dois anos. Também os presentes puderam assistir apresentações musicais de Bruna Olly e a Banda Discopraise, que são artistas da Graça Music, gravadora sob o comando de R.R.Soares. Segundo o pastor Celes Otone o Missionário R.R.Soares é um empresário de vários empreendimentos da área de comunicação, mas o seu objetivo principal é difundir a palavra de Deus para o Brasil e para o mundo. Ele também ministra cultos veiculados em horários noturnos pela Bandeirante e Rede TV para todo o Brasil e também SBT MS e TV RIT (Rede Internacional de Televisão) de sua propriedade, a qual exibiu todo o “Show da Fé”, realizado em Dourados, ao vivo, para todo o país. Além da TV RIT, o Missionário R.R.Soares é um grande empresário do ramo da comunicação voltado aos produtos evangélicos como editoras de livros, emissoras de rádios, e a Nossa TV, canais de TV por assinatura selecionados para atender as famílias. E o pastor Celes Otone finaliza dizendo que o Missionário R.R.Soares é um homem guiado por Deus.

Pastor Celes Otone,entre sua esposa, Sra. Joana dos Santos, o Mis- Pastor Celes Otone durante entrevista a nivel nacional ao reporter sionário R.R.Soares e Salvador Sandim, Diretor do Grupo RIT MS. João Rocha.

Horários das reuniões

Segunda-feira (Causas Impossíveis) 14hs e 19hs Quarta-feira (Sagrada família) 8hs, 14hs e 19hs Sexta-feira (Cura e libertação) 8hs, 14hs e 19hs O Missionário R.R.Soares durante apresentação do Show da Fé em Dourados ENDEREÇO: AV. JOAQUIM TEIXEIRA ALVES Nº 2446 - CENTRO - DISK ORAÇÃO: (67) 3422-3720 - DOURADOS/MS

Domingo (Encontro com Deus) 8hs e 18hs


5

política

No MEC, Azambuja e reitora da UFMS agilizam processo para instalação do curso de medicina em Três Lagoas e 20 novas vagas para Campo Grande Em Brasília, a Reitora Célia Maria e os deputados pediram ao diretor do MEC agilidade ao processo de instalação do curso de medicina em Três Lagoas A convite da reitora da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Célia Maria da Silva Correa Oliveira, os deputados Federais Reinaldo Azambuja (PSDB) e Henrique Mandetta (DEM), estiveram juntos da prefeita de Três Lagoas entregando ao secretário de Educação Superior do MEC (Ministério da Educação), Amaro Henrique Pessoa Lins, um estudo completo com informações sobre o município. A ideia é dar subsídios ao MEC e assim assegurar todas as condições para a rápida tramitação do processo de implantação da Faculdade de Medicina em Três Lagoas. Na oportunidade

Azambuja e Mandetta também conversaram com o Secretário sobre a ampliação das vagas do curso de Medicina oferecido pela Universidade Federal em Campo Grande. Na avaliação do Deputado Reinaldo a instalação do curso em Três Lagoas e a ampliação das vagas em Campo Grande pode ajudar a suprir a demanda por profissionais do Estado. Ele acredita que no estágio avançado em que se encontra o processo, em breve o curso estará instalado. “Conversamos com o Dr. Amaro e ele nos assegurou empenho para dar agilidade ao processo. Ficamos muito contentes por que a Prefeita Marcia já vinha há muito

tempo lutando por esse projeto. Ganha o município, ganha o Estado, ganham os sessenta estudantes e suas famílias, por que não precisarão sair da cidade para fazer um curso superior de medicina”. Completou. De acordo com o secretário de Ensino Superior, o andamento do projeto e as perspectivas do MEC em relação à implantação do curso de Medicina em Três Lagoas. “Quero dizer que o MEC está muito empenhado na criação desses novos cursos para atender as diversas demandas regionais. Estamos num estágio bastante avançado nas discussões e avaliações pela Comissão de Especialistas de Medicina e espero, muito

Azambuja e reitora da UFMS agilizam processo para instalação curso de medicina em breve, poder mandar uma equipe lá para fazer uma avaliação da infraestrutura para podermos fazer um planejamento da criação do curso”, disse o secretário.

Acompanharam a reunião o pró reitor Dercir Pedro de Oliveira, e o vice-reitor, João Ricardo Filgueiras Tognini; a secretária-adjunta da Secretaria Estadual de Educação, Sheila Cristina

Vendrami, além de técnicos do MEC. Kelly Venturini com informações da Assessoria de Comunicação de Três Lagoas

Azambuja defende produtores e Reinaldo Azambuja foi escolhido quer debate com Ministra Izabella para a função de 2º vice-presidente na Comissão de Agricultura Ao defender a necessidade da presença da Ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, na Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural, para um debate, o deputado Sul Matogrossense, Reinaldo Azambuja, teceu duras criticas a inversão de papeis que acontece quando se tratam os temas que envolvem o produtor rural, no Brasil. Azambuja observou que no momento em que o Código Florestal está as vésperas de ser aprovado, entidades internacionais se envolvem na discussão impondo um status conservacionista que não tem e cobra do Governo brasileiro uma postura mais agressiva “Eu vejo essas entidades discutindo as questões ambientais aqui no nosso País, mas eu não vejo ninguém cobrando nada dos países da União Europeia, dos países da América do Norte, que não tem uma legislação ambiental nem parecida com a que nós temos aqui no Brasil, mas colocam cada vez mais barreiras ao produtor brasileiro (...). Como se o produtor Brasileiro fosse um bandido, não estivesse contribuindo”. Disparou. Azambuja reclamou dos que desconhecem a contribuição que a produção rural dá a balança comercial e nas

Azambuja reclamou dos que desconhecem a contribuição que a produção rural dá a balança comercial discussões sobre preservação classificam os produtores como bandidos. “O que esses países do Mundo todo, que estão querendo ditar regras aqui no Brasil, estão fazendo na sua questão ambiental? (..l) Lá eles não protegeram nada, e agora querem ensinar sobre biodiversidade pra nós aqui?”. Criticou o parlamentar. “Eles vem para criar barreiras, querendo nos ensinar questões de biodiversidade (...). Nós é que temos que dar lição a esses que querem nos ensinar, por que se tem alguém que fez a sua parte fomos nós os brasileiros, que preservamos, temos área de proteção permanente, que temos reserva legal, coisa que País nenhum do mundo tem”. Destacou Azambuja lembrando a importância de o Governo Federal fazer esse questionamento quando das discussões com outros países,

sobre biodiversidade. O Sul Matogrossense criticou também o comportamento do Governo que pouco agradece aos produtores pela contribuição expressiva que dão a seus cofres e muito os agride ajudando a criar barreiras. “O que nós devíamos estar discutindo aqui é um seguro agrícola para o produtor brasileiro, que não tem, é o crédito na hora certa, que não chega (...) e nós não vemos nada disso acontecendo”. O requerimento que pede a presença da Ministra do Meio Ambiente Izabella Mônica Vieira Teixeira na Comissão de Agricultura é de autoria do deputado Homero Alves Pereira, (PSD/MT). Deputado Reinaldo Azambuja é eleito 2º vice-presidente da Comissão Mista de Orçamento Kelly Venturini

Durante reunião de instalação e eleição da nova Mesa Diretora da Comissão Mista de Orçamento, o deputado Sul Matogrossense Reinaldo Azambuja (PSDB) foi escolhido para a função de 2º vice-presidente. Além de analisar a LDO e a proposta de Orçamento Geral da União, a comissão, também, analisa projetos de lei de crédito extraordinário e adicional ao Orçamento da União. “ Teremos a missão de fiscalizar a aplicação eficiente dos recursos públicos a também avaliar a urgência e relevância das MPs (Medidas Provisórias) que abrem crédito extraordinário no Orçamento”. Garantiu Azambuja. “Sinto-me extremamente honrado com a indicação de meu partido, e consciente da responsabilidade que terei ao integrar a Mesa diretora da comissão mais importante da Câmara”. Ressaltou. Entre os titulares,

estão na lista quatro ex-governadores, sete ex-prefeitos, um ex-ministro e 10 ex-secretários estaduais e municipais. Os outros dois vice-presidentes eleitos são os senadores Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) e Vicentinho Alves (PR-TO). A CMO é composta por quarenta membros titulares, sendo trinta deputados e dez senadores, c o m i g u a l n ú m e ro d e suplentes. As funções de presidente e vice-presidente são exercidas a cada ano, alternadamente, por representantes do Senado e da Câmara. Conta ainda com quatro comitês permanentes: de Avaliação, Fiscalização e Controle da Execução Orçamentária; de Avaliação da Receita; de Avaliação das Informações sobre Obras e Serviços com Indícios de Irregularidades Graves; e de Exame de Admissibilidade das Emendas. A CMO voltará a se

reunir ordinariamente na próxima terça-feira (3). Avaliação de MPs Este ano a Comissão de Orçamento ganha um peso político a mais, já que terá de fazer a avaliação da urgência e da relevância de medidas provisórias que abrem crédito extraordinário ao Orçamento. A avaliação está prevista na Constituição, mas vinha sendo feita diretamente no Plenário da Câmara. Isso mudou com a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), de três semanas atrás, de obrigar o Congresso a criar as comissões mistas para exame prévio das MPs. No caso de crédito extraordinário, a análise é exclusividade da Comissão de Orçamento. Em 2011 o Executivo enviou cinco dessas MPs ao Congresso, que, somadas, chegaram a R$ 2,3 bilhões. Com informações da Agência Câmara de Notícias


6

PLANO DE SAÚDE

Cassems estende Programas de prevenção à população de Dourados O foco dos programas de prevenção da Caixa dos Servidores é melhorar a qualidade de vida, e diminuir riscos de doenças crônicas nos seus beneficiários. Dando continuidade à sua política de saúde preventiva e conscientização acerca da importância de minimizar fatores de risco, a Caixa dos Servidores esteve no dia (24), em Dourados lançando seus programas de prevenção já conhecidos dos beneficiários da Capital. “Estamos aqui hoje pra comemorar o futuro da saúde, que é investir na prevenção” disse o presidente Ricardo Ayache. A Cassems conta hoje com diversos programas de prevenção em várias frentes. O ‘Viva Saúde’, que trata da prevenção de doenças cardiovasculares, o ‘Casal Grávido’, que cobre vários

aspectos da gestação incluindo aulas práticas sobre cuidados com os bebês e o programa ‘Odontologia Para Bebês’, que visa orientar as mães sobre a dentição das crianças desde o útero materno, agora também estarão disponíveis aos associados da cidade de Dourados. A proposta é estender as políticas de manutenção da saúde para outras cidades do estado onde a Cassems atua. Em seu discurso, o presidente da Cassems frisou, ainda, a importância destas ações para todo o Mato Grosso do Sul: “O interior enfrenta muitas dificuldades com a falta de especialistas e pouca tecnologia, mas já evoluímos muito nesse sentido. As pessoas não cuidam da saúde como deveriam muitas vezes,

não por falta de informação, mas por falta de acesso” explica. Dentre as ações da Cassems para reverter esse quadro está o investimento em uma rede própria de hospitais e convênios de reciprocidade com outros planos de saúde a fim de estender a cobertura. “Já temos sete hospitais regionais e mais um sendo construído em Coxim e recentemente também assinamos um contrato de reciprocidade com a Cassi” comemora Ayache. Após a cerimônia de abertura, a diretora de assistência à Saúde Maria Auxiliadora Budib ministrou a primeira edição do programa Casal Grávido: “É uma grande satisfação estar aqui, e também um desafio estrutural que tínhamos. Esse tipo de medida é importante para a familia Casse-

ms se sentir acolhida também no interior explica ela, que falou às beneficiárias sobre a importância de manter seus exames em dia. “Cerca de 60% das mulheres em Dourados não fazem mamografia”, lamenta. Entre as que não participam dessa estatística está a beneficiária Luzia Araújo Figueiredo, 43 anos: “Prevenção é tudo na saúde do trabalhador. Nunca fiquei internada justamente porque faço exames e me cuido. Todo mundo me conhece aqui na Cassems”, diz. A solenidade contou, ainda, com a presença de diversas autoridades como o deputado estadual Lauro Davi, Lourdes Struziate presidente do Simted de Itaporã representando as lideranças sindicais, Ataulfo Stein, conselheiro fiscal do Simted de Dourados,

Gleice Jane, vice presidente do Simted de Dourados e coordenadora da marcha mundial das mulheres, Vera Lúcia de Lima, gerente regional da Cassems de Dourados, Alexandre Costa, presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Seguridade Social. Serviço: Para participar dos programas da Cassems em Dourados, os beneficiários poderão se dirigir até a sede regional da Caixa dos Servidores, que fica na Av. Mato Grosso, 1470 – Dourados. Para mais informações sobre os programas, o telefone é 33141010.

Elusa Prado Assessoria de Comunicação Cassems via Contem Comunicação e Marketing, www.cassems.com.br. 67 3314-1065

Fala do Presidente da Cassems Dr. Ricardo Ayache.

Fala do Deputado Estadual Dr. Lauro Davi.

Presidente da Cassems Dr. Ricardo Ayache e o Deputado Estadual Lauro Davi.

Dep. Estadual Lauro Davi, Sônia Cintas, Deputado Federal Biffi, Vera Lúcia de Lima e Dr. Ricardo Ayache.

Participantes do programa casal grávido, durante a palestra de prevenção a Saúde em Dourados.

Participantes da palestra da Diretora de Assistência à Saúde, Maria Auxiliadora Budib, sobre o casal grávido.

A fala da Dra. Maria Auxiliadora Budib, Diretora de Assistência à Saúde.

Parcial dos presente no evento.


“CORAÇÃO QUE SANGRA”

SOCIAL

7

O professor Benê Cantelli lançou, no dia 23de março, no Teatro Municipal, em Dourados, o livro “Coração que Sangra. Ele recebeu amigos e familiares para a noite de autógrafos com um fino coquetel.O evento, que contou com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura, teve, ainda, como atrativos culturais a apresentação do cantor Carlos Fábio, da dupla Kleber e Kleberson, do Studio Blanche Torres e do saxofonista Sandro Nunes.O evento foi um sucesso. Parabéns prof. Benê!!!.

O momento da entrevista, para apresentadora Girlene da TV Grann Dourados - canal 9 da via cabo.

Em primeiro plano, o prof. Benê, ladeado pelo irmão José Cantelli, sua filha Sirlei Faqquinelli e parcial dos presentes no evento.

‘’ARRAIAL DE GALHOFA” Foi realizado, na noite de 13 de abril deste, o lançamento do livro de poesias “Arraial de Galhofa” do escritor José Enedilton Barros. A noite de autógrafos foi realizada no Salão de Eventos do Hotel Bahamas, seguido de fino coquetel. Vários amigos e amantes da literatura se fizeram presentes ao evento.

O escritor José Enedilton, Lori Alice O escritor José Enedilton durante Gressler, Zélia Nolasko e Jane Mari preParcial dos presentes no lançamento do noite de autógrafos. livro “Arraial de Galhofa”. sentes no evento.

ONDE OS NOSSOS DOURADENSES PASSAM SUAS FÉRIAS

Momento em que este colunista Wagner Almeida, gerente comercial entrevistava o proprietário da TV RIT, da TV RIT Dourados e Salvador Sandim, o Missionário R.R.Soares, para o ProSalvador Sandim, diretor do Grupo RIT diretor do Grupo RIT MS, durante a presengrama de TV Idenor Soares. ça do Missionário R.R.Soaresem Dourados. MS e o Missionário R.R.Soares.

O advogado Dr. João Tiago da Maia curtindo suas merecidas férias em Buenos Aires, Argentina.

Dr. Eldecastrol Sevilha e sua esposa Rita curtindo merecidas férias em “Fin del mundo”.

Em evidência, Idenor Machado, presidente da Câmara Municipal de Dourados e sua esposa Alaís.

Em evidência Bruno Girotto, ele que se formou em Engenharia Elétrica, na Universidade Federal de Santa Catarina. Parabéns de seus familiares e amigos.

PUBLIQUE SEU EVENTO AQUI COLUNA SOCIAL IDENOR SOARES LIGUE PARA (67) 8407-0616


8

Surpr

MODA

nda-s !

encanto modas

Acreditando no potencial da região a Encanto Modas, ao completar 24 anos, presenteia seus clientes, com uma nova loja, ...

..onde bom gosto e funcionalidade se aliam para oferecer um atendimento de qualidade e excelência

Visite as instalações da Encanto Modas e surpreenda-se A Encanto Modas, hoje com 350 m2 de área, atende o público masculino e feminino, do Teem (N. 32) ao Plus (N. 56).

Rua: D. Nelson de Araújo, 340, Centro Dourados/MS - Fone: (67) 3422-1614

JORNAL IDENOR SOARES - EDIÇÃO 002  

JORNAL IDENOR SOARES - EDIÇÃO 002

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you