Page 1

Revista exclusiva da Idealfarma Ano 1 • Edição no 1 • Nov/Dez 2011

Distribuição Gratuita exclusiva para profissionais de saúde

Indisteem Lançamento

Inibe a deposição de gordura a nível intracelular (adipogênese) e promove a quebra de gordura (lipólise)

Destaque

Insea

2

Dupla ação enzimática que atua como bloqueador da absorção de açúcar e carboidrato para gerenciamento de peso e combate ao diabetes

Lançamento

VACCYN Extrato padronizado em 20% de antocianidinas, adjuvante no rejuvenescimento, tratamento e prevenção da memória, visão e saúde da pele


A IDEALFARMA

DISTRIBUI COM EXCLUSIVIDADE A LINHA DE ENCAPSULADOS DA

NUTRALIMENTAR. A LINHA DE PRODUTOS DA NUTRALIMENTAR FOI ESPECIALMENTE DESENVOLVIDA LEVANDO-SE EM CONTA O PERFIL DO CONSUMIDOR MAGISTRAL E PODERÁ SOMENTE SER ENCONTRADA EM FARMÁCIAS MAGISTRAIS.

ÓLEO DE ALHO 250 MG ÓLEO DE FÍGADO DE BACALHAU 250 MG ÓLEO DE CÁRTAMO 1G ÓLEO DE GÉRMEN DE TRIGO 250 MG ÓLEO DE LINHAÇA 500 MG ÓLEO DE PEIXE 500 MG ÓLEO DE PRÍMULA 500 MG LECITINA DE SOJA 500 MG Para mais informações ligue: Distribuição

0800 701 4424 0800 777 4224 0800 642 1288

Sul e Sudeste Atendimento em São Paulo

Norte, Nordeste e Centro-oeste Atendimento em Anápolis - GO

e-mail: idealfarma@idealfarma.com.br

www.nutralimentar.com.br


EDITORIAL

Você está recebendo a primeira edição da nova revista Canal Ideal. Com nova identidade visual, está recheada de informações sobre saúde e últimas novidades lançadas aqui e no exterior. Na área da Saúde não temos boas notícias, os últimos números divulgados no 47th EASD Annual Meeting, em Setembro, em Lisboa, Portugal, indicam que o diabetes já é considerado epidemia mundial com 366 milhões de pessoas. No Brasil a situação também é crítica. Para tratar desta e outras patologias como obesidade, trouxemos mais uma aposta que vai conquistar o receituário médico. Trata-se do revolucionário Indisteem, combinação sinérgica do extrato da planta Sphaeranthus indicus e do fruto Garcinia mangostana. que inibe a gordura a nível intracelular, impedindo o depósito de gordura (adipogênese) e promovendo a quebra de gordura (lipólise). Em ensaios clínicos controlados com placebo Indisteem demonstrou induzir a perda de peso total de 11,4 quilos, uma queda de 2,05 no índice de massa corporal (IMC) e uma redução de 4,05 centímetros de gordura visceral em oito semanas.

EXPEDIENTE A revista Canal Ideal é uma publicação gratuita da Idealfarma, destinada a farmacêuticos magistrais e profissionais da saúde. Ano 1 • Edição 1 • Nov/Dez 2011 Tiragem: 10 mil exemplares Idealfarma Rua R9, Quadra 13C - Módulos 7 e 8 - Daia – Anápolis - GO - CEP 75113-600 Vendas: Sul e Sudeste - Atendido por São Paulo - SP 0800 701 4424 - 0800 777 4224 Norte, Nordeste e Centro Oeste - Atendido por Anápolis - GO 0800 642 1288

Veja também nesta edição, o recém-lançado Vaccyn, um extrato padronizado em 20% de antocianidinas, o qual fornece um índice ORAC no valor de 10.000 por grama. Relembramos alguns produtos consagrados como o Insea2, lançado em 2010, ganhou o prêmio NutrAward 2011, um dos maiores eventos do mundo na área de nutracêuticos é considerado um “Oscar” do ramo, onde faturou duas categorias: melhor novo ingrediente, onde também foi finalista, e gerenciador do açúcar no sangue, na qual o produto foi o único indicado dentre os produtos que regem o mercado americano, canadense e mundial. Confira os múltiplos benefícios do Azeite de Oliva extra virgem que possui diversas propriedades benéficas para o organismo. Boa Leitura! A diretoria

ÍNDICE

3

Editorial

4

Panorama

Brasil avança no ranking internacional do Diabetes

5

Saúde

Azeite de Oliva

6

Destaque

Insea2

8

Lançamento

Indisteem

10

Lançamento

Vaccyn

12

Entrevista

ThermoSlim - diferenciais e cuidados na manipulação

14

Na rede

Idealfarma nas Redes Sociais

Para assinatura gratuita: mkt@idealfarma.com.br - Sylvia Ferreira Coordenação Técnica Editorial Tatiane Botelho

3


PANORAMA

BRASIL avança no ranking Internacional do DIABETES Em 20 anos, projeção é aumento de 67% nos casos brasileiros

U

ma mistura de envelhecimento da população, sedentarismo, obesidade e alimentação nada saudável tem feito com que o Brasil avance no ranking internacional do diabetes. Os relatórios da International Diabetes Federation (IDF) colocam luz neste problema. Os dados divulgados para as sociedades médicas de todo mundo mostram que o País ocupa, atualmente, o 5º lugar na lista mundial de nações com o maior número de portadores da doença. Ainda que a própria IDF reconheça que a metodologia para contabilizar os casos foi aperfeiçoada (o que comprometeria a comparação de resultados), os autores do trabalho afirmam que o avanço mundial em proporções da epidemia do diabetes é consolidado, saindo de 135 milhões em 1995 para os atuais 366 milhões, último número divulgado na 47th EASD Annual Meeting, em Setembro de 2011, em Lisboa, Portugal. No Brasil, de acordo com o Vigitel 2007 (Sistema de Monitoramento de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas Não Transmissíveis), a ocorrência média de diabetes na população adulta (acima de 18 anos) é de 5,2%, o que representa 6.399.187 de pessoas que confirmaram ser portadoras da doença. A prevalência aumenta com a

4

idade: o diabetes atinge 18,6% da população com idade superior a 65 anos.

Ranking Internacional do Diabetes Estão à frente do Brasil no grupo de maior aumento expressivo de diabetes, o Paquistão (94,3% de aumento), a Indonésia (81,4%), México (75%) e Índia (71,2%). Não por coincidência, define Harvey Katzeff – professor adjunto de Medicina do Albert Einstein College of Medicine e médico do Ambulatório de Diabetes do Montefiore Medical Center – são países em desenvolvimento, que passam por uma transformação

cultural na questão da alimentação (mais fast food) e dedicam cada vez menos tempo para atividades físicas. No Atlas, o grupo de pesquisadores do IDF alertam para as diferenças de incidência de diabetes na população mundial. Segundo eles, nos países desenvolvidos, a maior parte dos portadores de diabetes tem mais de 60 anos. Já nos países em desenvolvimento, o grande aumento de casos é na chamada população economicamente ativa, entre 40 e 60 anos. Fonte: http://www.diabetes.org.br/ http://www.odiabetes.net/estatistica-do-diabetes/ http://saude.ig.com.br/brasil+avanca+no+ranking+internacional+d o+diabetes/n1237653069583.html www.idf.org/diabetesatlas/downloads http://portal.saude.gov.br/portal/saude/visualizar_texto.cfm?idtxt= 29793&janela=1

DIA MUNDIAL DO DIABETES Em 14 de novembro é comemorado o Dia Mundial do Diabetes. Em 2007, a Assembléia-Geral da ONU aprovou a Resolução nº 61/225, considerando o diabetes um problema de saúde pública e conclamando os países a divulgarem esse dia como forma de alerta e os governos a definirem políticas e suporte adequados para os portadores da doença. Em 21 de setembro de 2011, a presidenta Dilma Rousseff abriu a 66ª Assembléia Geral das Nações Unidas em Nova Iorque, na ocasião assumiu o compromisso de integrar o Brasil ao Plano Global de DCNTs (Doenças Crônicas Não-Transmissíveis), responsáveis por 70% das mortes no nosso País. A IDF abraça a causa da Global Action on Non-Transmissible Disease, que inclui Diabetes, Câncer, Doenças Cardiovasculares (cardíacas, cerebrais e periféricas) e Doenças Respiratórias, a ser alvo de comprometimento pelos países membros da ONU, a exemplo do que ocorreu com a AIDS, 10 anos atrás.


SAÚDE

Azeite

de OLIVA Confira os múltiplos benefícios deste azeite apelidado pelo povo mediterrâneo de «Ouro Líquido»

O

uso do azeite de oliva é milenar e não se sabe com exatidão sua origem. Ao lado da videira, a oliveira (Olea europaea), que pertence à família Oleaceae foi uma das primeiras árvores a ser cultivada há mais de 5.000 anos, no Mediterrâneo Oriental e Ásia Menor. Os fenícios, sírios e armênios foram os primeiros povos a utilizar o azeite. Nesta época, eles utilizavam o azeite para untar o corpo e se proteger do frio. Mais tarde, os gregos e romanos espalharam o seu uso para a Europa e o Ocidente. Durante o Império Romano, o azeite foi muito utilizado para amaciar a pele e os cabelos. A importância do azeite foi aumentando, ao longo dos tempos, devido às múltiplas utilizações que lhe foram dadas. Ele foi utilizado na 1 alimentação, medicina e beleza.

Por que o azeite faz tão bem? Muitos estudos comprovaram os efeitos benéficos do consumo de azeite de oliva, atribuído ao seu conteúdo de ácido oléico. O ácido oléico é um ácido

graxo monoinsaturado, que foi por muito tempo, considerado fundamental pelas propriedades benéficas na redução da oxidação do LDL colesterol, a forma aterogênica. O azeite extra virgem é o único que não é extraído por solventes, mas é obtido por compressão da oliva a frio, o que não altera a natureza da semente2. Devido ao alto teor de ácidos monoinsaturados do azeite de oliva, ele reduz o colesterol e ajuda a prevenir doenças cardiovasculares. O azeite de oliva é também uma fonte rica em vitamina E, que protege contra o câncer e as doenças cardíacas. Por ser especialmente rico em antioxidantes, retarda o processo de envelhecimento celular.3 As pesquisas sobre a eficácia do azeite de oliva em eliminar os coágulos das artérias revelam que as gorduras monoinsaturadas das azeitonas previnem a oxidação do colesterol e portanto, evitam sua fixação nas paredes das artérias, o que pode provocar ataques cardíacos. Outros estudos apontam que o azeite de oliva, generosa fonte de vitamina E, contém forte concentração de antioxidantes, inclusive a clorofila, carotenóides e polifenóis. Todos esses elementos combatem os radicais livres. Também se acredita que o alto teor de polifenóis, conhecidos por sua ação anti-inflamatória e anticoagulante, contribua para evitar doenças como 5 osteoporose e artrite.

Efeitos sobre a obesidade Segundo a agência Unipress Internacional, uma pesquisa realizada por cientistas europeus aponta que o azeite de oliva extra virgem também impede acúmulo de gordura na região abdominal, ou seja, a formação da indesejada barriga. O estudo que foi publicado pela revista "Diabetes Care" da Associação Americana de Diabetes, que acompanhou pacientes voluntários com barriga saliente. Eles receberam durante 28 dias, três tipos de dieta: uma baseada em gordura saturada, a segunda em gorduras monoinsaturadas, (que podem ajudar a diminuir os níveis de colesterol no sangue) e a última em carboidratos. A conclusão da pesquisa apontou a dieta rica em monoinsaturados (da qual o azeite de oliva extra virgem faz parte) como sendo a que retrai a distribuição de gordura na região abdominal.4 Fonte: 1.www.vidaalimentos.com.br/hotsites/azeitesdeoliva/site/produtos/ sobreoazeitedeoliva.php?id=55 2. ANGELIS, R.C. Novos Conceitos em Nutrição. Reflexões a respeito do elo dieta e saúde. Arq Gastroenterol. V.38 – no. 4 – out / dez. 2001. São Paulo, SP. 3. http://belezaesaude.dae.com.br/azeite-de-oliva/ Acesso 12/08/11. 4 . C É L I A , h t t p : / / s a u d e. a b r i l . c o m . b r / e d i c o e s / 0 2 8 9 / nutricao/conteudo_250539.shtml?pag=2 Acesso 15/08/11. 5. Merson, S. 100 Receitas de Saúde, Alimentos para Rejuvenescer. Publifolha. São Paulo, 2007.

PROPRIEDADES DO AZEITE DE OLIVA • Auxílio no emagrecimento, reduzindo a gordura corporal; • Redutor do LDL colesterol “mau colesterol”; • Auxílio no combate à osteoporose; • Redução no processo de envelhecimento; • Previne doenças cardiovasculares; • Auxílio no efeito anti-inflamatório.

5


DESTAQUE

Dupla ação enzimática que atua como bloqueador da absorção de AÇÚCAR e CARBOIDRATO para gerenciamento de peso e combate ao diabetes Saiba mais sobre este produto único e inovador, que apresenta ação dupla, porque age nas duas principais etapas de absorção de açúcar e carboidrato presentes no organismo. 2 Derivado de algas marrons, totalmente natural e seguro, InSea ajuda a reduzir o pico hiperglicêmico de uma refeição com alto índice glicêmico, contribuindo assim, para manter saudáveis os níveis de açúcar no sangue, que são freqüentemente desafiados pela ingestão de nossa carga diária de açúcar e carboidrato, contidos nos alimentos.

6


O excesso de consumo de açúcar e carboidrato está preocupando cientistas e médicos do mundo todo. O consumo atingiu níveis de alerta e se tornou um desafio para a Associação Americana de Cardiologia. Segundo uma pesquisa divulgada recentemente pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o aumento da obesidade e do sobrepeso na população brasileira está mais relacionado ao consumo excessivo de carboidratos, do que a ingestão inadequada de gordura.¹ Médicos afirmam que a redução do consumo de açúcar e carboidrato é essencial para evitar os problemas cardiovasculares. Uma pessoa obesa está propensa a ter colesterol alto, arritmias cardíacas, hipertensão, mudanças no metabolismo, entre outras doenças, por isso, controlar a quantidade de açúcar e carboidrato é importante.1

Consequências do excesso de açúcar e carboidrato A principal consequência do consumo excessivo de açúcar e carboidrato, além da obesidade é o surgimento do diabetes. A glicose é convertida em energia através da atuação da insulina, hormônio produzido no pâncreas. O consumo excessivo de açúcar e carboidrato pode levar à sobrecarga do pâncreas e mau funcionamento na produção de insulina, favorecendo a resistência insulínica e o diabetes. 1

A solução para o problema A Idealfarma lançou, recen2 temente, o Insea : inovador e único produto no mercado que apresenta um duplo mecanismo de ação às duas enzimas digestivas envolvidas na digestão e assimilação de açúcar e carboidrato ingeridos durante uma refeição. Totalmente natural e seguro, pois é derivado de duas espécies de 2 algas marrons, InSea ajuda a reduzir o pico hiperglicêmico de uma refeição com alto índice glicêmico, e agindo nas duas etapas de absorção de carboidrato, contribuindo assim, para manter saudáveis os níveis de açúcar no sangue, que são frequentemente desafiados pela ingestão de nossa carga diária de açúcar e carboidrato, contido nos alimentos.

O InSea2 age nas duas principais etapas de absorção de açúcar e carboidrato presentes no organismo, o que lhe garante ainda mais sucesso em sua função desejada.

Mecanismo de Ação O InSea2 age inibindo duas enzimas: a alfa-glucosidase e a alfaamilase, o que o torna superior a bloqueadores simples de amido que agem inibindo somente a alfa-amilase. Uma vez inibidas ambas enzimas, não haverá degradação dos carboidratos, fazendo que os mesmos não sejam absorvidos em sua maioria. Portanto, os carboidratos não conseguem ser digeridos e são enviados diretamente ao intestino para sua eliminação através das fezes. Esse mecanismo apresenta uma alternativa segura para auxiliar as dietas de emagrecimento e para diabéticos que precisam diminuir a quantidade de açúcar circulante.2

Eficácia de Insea

2

Uma triagem de estudos randomizados, duplo-cegos, placebocontrolado, foi realizada em voluntários saudáveis cuja alimentação foi padronizada (pão branco) 30 minutos antes da ingestão de 500mg de InSea2 ou placebo. Os níveis de glicose e insulina foram avaliados em períodos de 3 2 horas e também o efeito do InSea nas respostas glicêmicas. Após uma semana de testes, utilizaram a mesma metodologia. Após a ingestão alternada do produto, o sucesso do estudo foi garantido. Após o uso de 500mg de 2 InSea foi reduzido estatisticamente 48,3% de glicose no sangue. Inicialmente a secreção de insulina foi reduzida em 22% nos primeiros 30 minutos após o teste de ingestão de alimentos, combinados com 5,9% de redução de secreção de insulina e 7,9% de aumento no índice Cederholm de sensibilidade de insulina. Os voluntários tiveram perda de peso, seguido de controle glicêmico da refeição padronizada, bem como manutenção do peso por mais 3 meses. Alguns voluntários após a ingestão de InSea2 puderam voltar a comer de tudo para poder avaliar o efeito de saciedade e do desejo sobre a alimentação, comprovando ser o

InSea2 capaz de reduzir o índice glicêmico.2 Digestão de pão branco (50mg)

8,0 7,5 7,0 6,5

InSea2 Placebo

2

InSea Digestão

6,0

P=0,04 (AUC)

5,5 5,0 -45 -30 -15

0

15 30 45 60 75 90 105 120 135 150 165 180

Tempo (minutos) 2

InSea reduziu o açúcar sangüíneo em 48,3% após a refeição. 50000

P = 0.031

21

P = 0.047

20 45000 19 40000 18 35000

30000

17

Insea2

16 Placebo

Insea2

Placebo

2

InSea reduziu a secreção de insulina em 12,1% e de melhorou a sensibilidade à insulina em 7,9%.

Indicações Insea2 é indicado para auxílio no gerenciamento de peso, pois bloqueia as enzimas alfa-amilase e alfa-glucosidase, como redutor do nível de glicose no sangue e de secreção de insulina e aperfeiçoa a sensibilidade à insulina.

Dosagem Ingerir de 250mg à 500mg por dia, 30 minutos antes das refeições. Fonte: 1-http://www.medicsupply.com.br/pacientes/blog/a-necessidadede-reduzir-o-consumo-de-acucar/ 2- innovactiv – canadá – www. Innovactiv.com

INSEA2– VENCEDOR DO NUTRAWARD 2011 A NutrAward 2011, um dos maiores eventos do mundo na área de nutracêuticos e considerado um “Oscar” do ramo, premiou o InSea² em duas categorias: Melhor Novo Ingrediente, com o qual concorreu com empresas renomadas no mercado de nutracêuticos como a DSM, Dupont e Indena. O segundo prêmio foi o de Gerenciador do Açúcar no Sangue.

7


LANÇAMENTO

Inibe a deposição de gordura a nível intracelular (adipogênese) e promove a quebra de gordura (lipólise) Imagem: Life Extension Magazine Disponível em: http://www.lef.org

A

s autoridades de saúde estão alertando sobre as conseqüências devastadoras da obesidade, por isso os médicos continuam em busca de novos medicamentos capazes de reduzir a gordura acumulada da forma mais natural possível, ou seja, sem causar nenhum efeito colateral. Através de uma série de estudos bem desenhados, os cientistas investigaram determinados extratos de plantas que podem bloquear o armazenamento de gordura a nível intracelular. É um avanço científico significativo, uma potente nova arma que ajuda a induzir a perda de peso. Esta matéria descreve o revolucionário lançamento da Idealfarma: o Indisteem, que é uma combinação sinérgica do extrato da planta Sphaeranthus indicus e do fruto Garcinia mangostana. Essa combinação de extratos resulta em uma alta capacidade de inibir a adipogênese e promover a lipólise, proporcionando assim, uma alta capacidade de redução da gordura visceral, corporal e na prevenção e

8

tratamento de doenças como obesidade, problemas cardiovasculares e diabetes.

Inibição dos estoques de adipócitos a nível intracelular Indisteem é reconhecido por influenciar favoravelmente as seis vias genômicas envolvidas na formação de adipócitos. Em ensaios clínicos controlados com placebo envolvendo indivíduos obesos, o extrato de Sphaeranthus indicus e Garcinia mangostana induziu a perda de peso total de 11,4 quilos, uma queda de 2,05 no índice de massa corporal (IMC) e uma redução de 4,05 centímetros de gordura visceral em oito semanas. Pesquisas demonstram que o extrato de Garcinia mangostana e Sphaeranthus indicus resulta em perda de peso significativo através de três mecanismos distintos: 1. Prevenção de pré-adipócitos para o desenvolvimento em adipócitos; 2. Reduzindo a quantidade de ácidos graxos dos adipócitos por absorção;

3. Quebra do excesso de velocidade no depósito gordura nas células. A mistura de S. indicus e G. mangostana inibe a expansão de novas células de gordura, promovendo a quebra de lipídios nos adipócitos existentes. Estudos demonstram os seguintes mecanismos moleculares que permite que a mistura do extrato seja eficaz no combate a sobrecarga dos adipócitos:

1

Proteína relacionada com a diferenciação do adipócito (PNDR): Estimula o acúmulo de lipídios e formação de gotículas de lipídios nas células de gordura. Reduzir os níveis de ADPR é considerado uma nova estratégia para prevenir ou reduzir o acúmulo de gordura, especialmente no fígado.

2

Ácidos graxos, adipócitos ligados à pr oteína 4: Também conhecida como aP2, transporta os ácidos graxos em células de gordura armazenando-as.


Perilipin: Uma proteína que envolve as gotículas lipídicas nos adipócitos, controlando o conteúdo de gordura a ser eliminado. Perilipin, promove a lipólise contribuindo para uma redução de gordura dos adipócitos.

4

Ativador do plasminogênico-1 (PAI-1): Produzido principalmente pelo endotélio (revestimento das artérias) células. PAI-1 desempenha um papel fundamental na formação de coágulos sangüíneos. Também é secretado pelo tecido adiposo níveis altos de PAI-1, assim se correlacionam diretamente com a obesidade abdominal, peso corporal e índice de massa corporal. Com o extrato de S. indicus e G. Mangostana, os níveis de PAI-1 diminuiram significativamente.

5

Proliferador ativado de peroxissoma gamareceptor (PPAR-gamma): A principal atividade metabólica que desencadeia adipogênese na presença do excesso de calorias.

6

Receptor Beta-3adr enérgico (3AR): A expressão gênica para este receptor foi descoberta recentemente através do extrato de S. indicus e G. Mangostana, que regulamenta a lipólise quando o impulso da energia é necessária. O receptor beta-3 aumenta o gasto de células de gordura.

Pesquisadores demonstraram que os seis caminhos do genoma envolvidos na formação de células de gordura e desagregação, são modulados positivamente quando exposto ao S. indicus e G. mangostana ).

Para avaliar o efeito do extrato de S. indicus e G. mangostana, foram selecionados 60 pacientes adultos obesos e divididos em dois grupos. No primeiro grupo de 30 pacientes, foi administrado o placebo e os outros 30 pacientes restantes selecionados como segundo grupo, foi administrado 800 mg por dia da combinação dos dois extratos. Ambos os grupos seguiram uma dieta de 2.000 calorias por dia e praticavam uma atividade física de caminhada 30 minutos por dia, durante 5 dias por semana, durante um período de 8 semanas. No final do estudo, o grupo que recebeu o extrato de S. indicus e G. mangostana, demonstrou: 1. Redução no peso corporal total de 11,4 quilos, sendo 3,7 vezes maior que o grupo placebo. 2. Redução de 4,05 centímetros no abdômen, sendo 2 vezes maior do que o grupo placebo. 3. Redução no índice de massa corporal (IMC) de 2,05, sendo a redução de 3,9 vezes maior que o grupo placebo. 4. Redução na relação cintura – quadril, sendo 2,2 vezes maior que o grupo placebo. Os gráficos abaixo, demonstram a perda de peso e redução de gordura da região abdominal que ocorreram no grupo que recebeu o extrato em comparação com o placebo. Tempo 0

Mudança de Peso (kg)

3

Efeito na perda de peso em humanos:

2 semanas

4 semanas

8 semanas

-2 -4 -6

** **

-8 -10 -12

**

-14 Placebo

** p<0,01

Indisteem

Propriedades antidiabéticas: Em um estudo desenvolvido, animais diabéticos foram tratados com o extrato de S . indicus, onde apresentaram reduções substanciais de glicose no sangue, melhora da função pancreática, níveis significativos menores de oxidação nos tecidos, um fator subjacente importante na maioria das complicações com risco de vida do paciente diabético. Em ratos resistentes à insulina, o extrato de S. indicus reduziu o nível de açúcar no sangue e níveis de triglicérides, facilitando a absorção mais eficiente de glicose no tecido muscular. A Garcinia mangostana é um fruto comestível que cresce em todo o sul Asiático. Como o S. indicus, parte do fruto e seu suco tem sido usado para combater diabetes e obesidade. G. mangostana possui a capacidade de bloquear a enzima metabólica alfaamilase que degrada o amido em açúcar. A alfa-amilase limita o aumento dos níveis de glicose no sangue, que normalmente ocorre em uma refeição rica em carboidrato, o extrato de G. mangostana também inibe enzimas envolvidas na síntese de moléculas de gordura. O bloqueamento da absorção de açúcar e produção de gordura resulta na perda de peso. O extrato de G. mangostana apresenta também propriedades efetivas ao limitar a inflamação que normalmente acompanha o acúmulo de células de gordura, contribuindo diretamente para resistência à insulina. Em um estudo o extrato de G. mangostana diminui significativamente os níveis do marcador inflamatório proteína-c-reativa, em indivíduos obesos, após o consumo em 8 semanas.

8 semanas Mudança na circunferência da Cintura e Quadril (cm)

Aumento dos níveis de aP2 estão associados com anormalidades do perfil lipídico que levam à aterosclerose, podendo também ser um fator de risco independente para síndrome metabólica e doenças cardiovasculares.

Cintura

Quadril

-1 -2 *

-3 -4

Dosagem Ingerir 800 mg, para complementação alimentar diária. Recomenda-se a ingestão de bastante líquido.

**

Fonte:

-5 Placebo

Indisteem

* p<0,05 ** p<0,01

Stokel K. Shed pounds by inhibiting cellular fat storage. Life Extension magazine. July 2011.

9


LANÇAMENTO

Extrato padronizado em 20% de antocianidinas, adjuvante no rejuvenescimento, tratamento e prevenção da memória, visão e saúde da pele, é o mais novo lançamento da Idealfarma!

L

ançamento inovador para um mercado que cada vez mais investe em saúde e qualidade de vida, trata-se do Vaccyn® um extrato padronizado de uma combinação sinérgica, obtido de três espécies do gênero Vaccinium sendo os frutos bilberry (Vaccinium myrtillus), blueberry (Vaccinium corymbosium) e cranberry (Vaccinium macrocarpon) que são ricos em antocianinas, resveratrol, ácido elágico e vitamina C, que proporcionam efeitos benéficos para pele, visão, trato urinário, além de ser um potente antioxidante. Um dos principais constituintes do Vaccyn® são as antocianidinas, que são componentes do grupo dos flavonóides e estão amplamente distribuídos na natureza. Constituem uma fração não energética da dieta do ser humano e estão

10

relacionadas com importantes atividades biológicas. Seus efeitos benéficos em relação à nutrição e saúde estão relacionados às suas propriedades antioxidantes, pois são carreadores diretos de radicais livres e, desta forma, desempenham um papel importante na prevenção de diversas doenças, protege contra o envelhecimento e melhora a circulação. As antocianinas também potencializam a vitamina C, fortalecendo o colágeno e melhorando a pele.³ As quantidades significativas de compostos polifenólicos, comprovadamente inibem a oxidação da lipoproteína de baixa densidade (LDL) ou “colesterol ruim”.³ Contém ácido elágico, que também é um composto antioxidante e anticancerígeno. Dois poderosos flavonóides, quercetina e mircetina que atuam na prevenção contra doenças cardiovasculares.4 As proantocianidinas inibem a adesão das bactérias, incluindo a Escherichia coli, ao epitélio do trato urinário e subseqüentemente ocorre a diminuição da reprodução bacteriana que causa a infecção no trato urinário.³ Vaccyn® também auxilia a função cerebral, combate as doenças

da visão, e promove o aumento da imunidade. 4

Padronização garante a eficácia de Vaccyn® ®

Vaccyn é padronizado em 20% de antocianidinas que é responsável pelas principais ações no organismo. O índice de ORAC (Capacidade de Absorbância do Radical Oxigênio), é utilizado para determinar a capacidade antioxidante total da matériaprima. Vaccyn® fornece um índice ORAC no valor de 10.000 por grama. Segundo o The New England Journal of Medicine, mais da metade da população feminina sofre de infecção do trato urinário, pelo menos uma vez durante a sua vida.² Vaccyn® ajuda a manter a saúde de maneira natural e reduzir número de infecções, evitando assim que seja ingerido altas doses de antibióticos, reduzindo a probabilidade de aparecimento de bactérias resistentes.³ Va c c y n ® é i n d i c a d o n a dosagem de 1g ao dia.


Testes Clínicos Cranber ry -

Va c c i n i u m

macrocarpon De acordo com um estudo publicado em novembro de 2001, na edição do Journal of Agriculture and Food Chemistry, o cranberry contém mais antioxidantes fenólicos quando comparado a 19 frutas geralmente consumidas.³ Um estudo in vitro, publicado no Journal of the Americam Dental Association, relatou que o cranberry tem a habilidade de reverter e inibir a agregação de deter minadas bactérias orais responsáveis pela cárie, placa dental e doença periodontal.³ Em um estudo conduzido por Wing et. al, na Califórnia em 188 mulheres abaixo da décima sexta semana de gravidez demonstraram que pode haver um efeito protetor na hipótese de cranberry contra bactérias assintomáticas e infecção no trato urinário na gravidez. Como dizem respeito a

custos, estes foram analisados em um estudo clínico controlado que avaliou os efeitos de preparações com cranberry em mulheres com infecções no trato urinário. Cento e cinqüenta mulheres sexualmente ativas entre as idades de 21 e 72 estavam matriculados. Durante o estudo foram administrados 150 mg do extrato de cranberry seca ou 250 ml de suco de cranberry, ou placebo durante um ano. A avaliação foi feita com base no número de episódios de cistite e no consumo de antibióticos durante o ano de estudo. No final do estudo verificou-se que tanto o extrato seco e o suco reduziu o número de infecções em 20 e 18% respectiva7 mente. O consumo de antibióticos foi significativamente menor nos dois grupos em comparação ao grupo placebo. O estudo indica que tanto o extrato seco e o suco de cranberry são eficazes na infecção 7 do trato urinário.

Bilberry - Vaccinium myrtillus A utilização do bilberry para melhora da visão, surgiu a partir de relatos da British Royal Air Force (RAF) em aviadores World War II, que consumiam geléias de bilberry para melhorar sua visão noturna. Relatos dos aviadores da RAF indicaram uma melhora na visão em menos de 24 horas após a ingestão da geléia de 5 bilberry. Um estudo desenvolvido com a introdução de 36% de antocianidinas do bilberry para tratamento de hamsters, durante 2 a 4 semanas, resultou em melhor perfusão e uma diminuição da adesão de leucócitos nos capilares onde a isquemia havia sido induzida.7

Blueberry - Vaccinium corymbosium Foi desenvolvido um estudo com idosos (idade média de 76 anos), 12 semanas de consumo diário de blueberry, onde foi demonstrado uma melhora na pontuação em teste de função cognitiva, incluindo memória. Os participantes do estudo consumiam blueberry na forma de suco, onde foram utilizados 3/4 de um quilo para fazer o suco em cada copo. Os participantes consumiam entre 2 a 2 ½ copos por dia e efetivamente recebiam uma quantidade abundante de frutas. Os autores deste estudo ficaram encorajados pelo resultado e sugeriram que blueberry pode vir a ser um benefício não só pela melhora da memória, mas para abrandar ou adiar o aparecimento de outros problemas cognitivos associados ao envelhecimento. 6 Em outro estudo com participantes homens e mulheres com idades diferentes, foram ingeridos blueberry diariamente, onde demonstrou uma pressão sanguínea saudável. Em pacientes com pressão arterial elevada, a ingestão de blueberry reduziu significativamente tanto a pressão sistólica quanto a diastólica. Em pacientes que já estavam com a 6 pressão normal, a ingestão de blueberry demonstrou um auxílio para manter a pressão saudável. Fonte: 1-Barreto, F. A planta de mirtilo. Divulgação Agro 556. Novembro, 2007. 2. Euromonitor. Cranberries, a superfruta do século 21. Revista Aditivos Ingredientes. Editora Insumos. N° 64, Setembro / Outubro, 2009. P.37. 3. Reis, D.R; Pimenta, L.A; Bessa, M.F. Cranberry, extrato protetor do trato urinário. Revista Planeta Água. Ano VII – N° 84. Fevereiro, 2011. P.40. 4. Merson, S. 100 receitas de saúde. Alimentos para rejuvenescer. Editora Publifolha. São Paulo, SP. P.14,17. 5. Muth, E.R; John, PhD, Laurent, J.M; OD, Jasper, P. The effects of Bilberry Nutritional Supplementation on Night Visual Acuity and Contrast Sensitivity. Alternative Medicine Review. Volume 5, number 2, 2000. 6. Brett, J. Bilberry: Herbal Remedies. Disponível em: http://health.howstuffworks.com . Acesso: 14/10/11. 7. Lockwood, B; Olcina, M. Berries, the health benefits. Nutra Foods. Volume 8. CEC Editore. Milano, 2009. Pg 11. 8. The world's healthiest foods. Blueberries. Disponível em www.whfoods.org. Data: 26/09/11. 9. Dessil, A.; Atzeil, A.; Fanost, V. Cranberry in children: prevention of recurrent urinary tract infections and review of the literature. Revista Brasileira de Farmacognosia. 2011.wave and dysrhythmias induced by circular vection. Am. J. Physiol Gastointest Liver Physiol. 2003. 284, G481-G489.

11


ENTREVISTA

THERMOSLIM Diferenciais e cuidados na manipulação Entrevistamos a farmacêutica Camila Monção, da empresa Science Solution, que nos falou dos diferenciais do ThermoSlim® e cuidados na manipulação para manter a já consagrada eficácia termogênica e sacietogênica do produto. Canal Ideal - Quais os diferenciais do ThermoSlim®? Camila Monção – Um dos diferenciais do ThermoSlim® é o processo de microencapsulação, que proporciona maior eficácia terapêutica com a liberação progressiva do ativo, diminuição da toxicidade e maior tempo de permanência na circulação, e a ação de mascarar sabores indese® jáveis. Além disso, o ThermoSlim diminui a secreção de ácido clorídrico no estômago, facilitando a digestão.

Canal Ideal - Que forma farmacêutica deve ser utilizada para a manipulação do ThermoSlim®? Camila Monção - Somente em cápsulas. O ThermoSlim® não tem como ser incorporado a gomas e chocolates, pois foi elaborado para encapsulação em cápsulas gelatinosas duras, não devendo ser macerado e, dependendo do aquecimento, pode perder suas propriedades. Ele é compatível como termogênico ou em fórmulas para emagrecer.

Canal Ideal - Qual o mecanismo de ação da Capsaicina? Camila Monção - A capsaicina atua na obesidade diminuindo a ingestão de energia, também causa mobilização de lipídios no tecido adiposo e plasma dos indivíduos. Ela se liga a receptores TRP (receptor potencial transitório do inglês transient receptor potential), uma família de receptores de canais de cátions responsável por medir a sensação de temperatura por uma variedade fisiológica, o que ativa os neurônios sensoriais com um transdutor de estímulo térmico doloroso. Além de ter importante papel na termogênese a capsaicina previne a adipogênese e a obesidade pela ativação dos canais TRPV1, um subtipo de canal TRP.

Canal Ideal - Quais cuidados devem ser ® tomados ao manipular o ThermoSlim ? Camila Monção - O ThermoSlim®, quando adicionado ao excipiente, não deve ser agitado e nem aberto. O produto não deve ser macerado, para que não se disperse no ambiente. Deve ser manipulado em um saco fechado. O manipulador não deve manipulá-lo perto do fluxo de ar e, ao iniciar a manipulação, não se deve interrompêla para que não ocorra irritação. A manipulação deve ser realizada com todos os EPI's (Equipamento de proteção individual), ou seja, jaleco, luvas, máscara (recomendamos a utilização de duas máscaras, ou uma máscara com filtro) e óculos de proteção.

E ARD A PAR TO N E M ! 1 A 1 Ç 20 LAN RO EMB DEZ

AGU

Após a manipulação, retirar a luva e lavar as mãos com bastante água até os cotovelos, e só após retirar o óculos, máscara e jaleco. O rosto também deve ser lavado. O jaleco utilizado, não deve ser usado novamente antes de ser lavado. Canal Ideal – ThermoSlim® precisa de fator de correção? Camila Monção - Em relação ao fator de correção, devido a maioria das prescrições serem de capsaicinóides, deve ser aplicado um fator de correção no valor de 20, para obter o valor em ThermoSlim®. Se a prescrição for em ThermoSlim® não é necessário a aplicação do fator de correção. Canal Ideal – Qual a indicação de dosagem para o ThermoSlim®? Camila Monção - A dose indicada é 100 a 200 mg de ThermoSlim® que corresponde a 5 a 10 mg de capsaicinóides. Canal Ideal - Devido o produto ser a base de pimenta e ter uma certa pungência, quais as recomendações no ato de ingerí-lo? Camila Monção - O produto deve ser ingerido antes das refeições, ou seja, ingerir com água suficiente somente para ingerir a cápsula e logo em seguida já fazer a refeição.

Repelente Natural com Microcápsulas de Óleo de Neem. Inovação tecnológica que garante baixa toxidade para a pele e ao meio ambiente. Garante mínimo de 12 horas de proteção contra insetos voadores, inclusive o Aedes aegypti (mosquito transmissor da dengue). Maiores informações, dosagem e estudos, acesse o nosso site ou contate o CPDT (Centro de Pesquisa e Desenvolvimento Técnico) da Idealfarma - «Qualidade de vida é o nosso negócio».

12


NA REDE

IDEALFARMA na REDE As redes sociais interligam pessoas, propõem interação pessoal e empresarial e ainda formam laços virtuais de amizades ou negócios. Essas redes têm crescido consideravelmente nos últimos anos. São sinônimos de sociabilidade em um mundo em que são inegáveis as facilidades que a rede mundial de computadores proporciona. A idealfarma também está na rede! Você pode nos encontrar no Facebook, Twitter, Wordpress e Google +. Compartilhe informações, conheça outros profissionais e desfrute de um conteúdo relevante para o mercado magistral voltado para profissionais atualizados como você! Siga-nos! Facebook: https://www.facebook.com/pages/Idealfarma/155745944521302 Twitter: http://twitter.com/#!/idealfarmadistr Blog: http://idealfarma.wordpress.com/ Google +: https://plus.google.com/114758464450798437932/posts?hl=pt-BR

14


A Idealfarma tem se destacado como uma empresa líder e pioneira em nutracêuticos. Na categoria de Gerenciamento e Manutenção do Peso e Antioxidantes, distribuímos as melhores marcas presentes no mercado mundial, confira abaixo: EXP XPur

TM

ThinOgen

Slim

Extrato da maçã cidra (Malus domestica)

Distribuição

Ajuda a pele a reforçar suas defesas contra os malefícios do Sol

Ligue para nossos consultores de vendas e peça mais informações:

0800 701 4424 0800 777 4224

Sul e Sudeste Atendimento em São Paulo

0800 642 1288

Norte, Nordeste e Centro-oeste Atendimento em Anápolis - GO

www.idealfarma.com.br - idealfarma@idealfarma.com.br


Revista Canal IdeaL  

Revista Canal Ideal - teste de link e upload

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you