Issuu on Google+

Betacrin-A® é um extrato padronizado em 1% de βcriptoxantina, o qual pertence a subclasse dos carotenóides. É um dos carotenóides que converte vitamina A em retinol, dessa forma promove a saúde ocular e óssea prevenindo a osteoporose e reduzindo o risco ao câncer por reparar a molécula de DNA.

Ação terapêutica: - Auxilia a saúde dos ossos; - Beneficia a saúde dos olhos; - Estimula reparo da molécula de DNA.

Propriedades: ®

Betacrin-A é extraído de cascas cítricas de Satsuma Mandarin (Citrus unshiu Markovich) cultivados sob excelentes condições. Processo único na extração em baixa temperatura, a fim de manter a estrutura molecular intacta. Produzido pela Yigeda Bio-Technology Co; uma empresa reconhecida por suas pesquisas na área de biotecnologia. Testes clínicos comprovam a melhora de diversas funções no organismo como promover a saúde dos ossos, auxiliar na saúde dos olhos e ajudar na diminuição dos riscos de câncer. Mecanismo de ação: A β-criptoxantina é uma substância que promove diversas reações no organismo com intuito de melhorar a saúde do indivíduo. Beneficia a saúde dos olhos β-criptoxantina é a pró vitamina A, um dos 50 carotenoides capazes de converter em retinol a forma ativa de vitamina A. Apenas mamíferos possuem uma enzima que converte os carotenóides beta-ionicos em retinol. Auxilia a saúde dos ossos O metabolismo dos ossos se baseia no equilíbrio entre osteoclastos e osteoblastos, responsáveis pela reabsorção e formação óssea respectivamente, células marjoritarias no tecido ósseo. A reabsorção óssea pelos osteoclastos resultam em liberação de cálcio e os osteoblastos apresentam um efeito na calcificação óssea.

Fig. 1 Mecanismo regulatório na remodulação óssea.

A perda de massa óssea aumenta com a idade, aumentando a reabsorção e diminui a formação óssea, fator que induz a osteoporose. Assim β-criptoxantina previne os efeitos da osteoporose em dois aspectos: - β-criptoxantina inibe a reabsorção óssea pelo osteoclastos e estimula o osteoblasto a formação óssea. - Carotenóides induz a apoptose de osteoclasto maduro e estimula a expressão gênica que involve a diferenciação e a mineralização em osteoblasto.

Fig. 2 β-criptoxantina estimula os osteoclastos na formação óssea.


Auxilio contra carcinogênese β-criptoxantina estimula o reparo da molécula de DNA que sofreram danos oxidativos, agindo também como um antioxidante nas células humanas. Pesquisadores acerditam que o beneficio contra ao câncer está relacionado a expressão do gene RB , o qual apresenta funções anti-oncogênicas que protegem as células de se tronarem cancerosas. A ingestão inadequada de carotenóides por longos períodos é associado a doenças crônicas, como doenças cardíacas, câncer entre outros. Pesquisadores indicam que dietas pobres em carotenóides aumentam a sucetibilidade dos danos causados por radicais livres. Testes clínicos: Estudos in vitro com células do fêmur demonstraram que β-criptoxantina previne a perda óssea devido o aumento de cálcio e da atividade da fosfatase alcalina tanto em diáfase quanto em metáfase apresentados no gráfico abaixo. Fig. 3 Efeito da administração de β-criptoxantina na concentração de cálcio na diáfase e metáfase do tecido femural. Fig. 4 Efeito da administração de β-criptoxantina na concentração de fosfato alcalino na diáfase e metáfase do tecido

Estudos realizados in vivo com dois grupos administrou 400 mg/kg/dia de óleo de oliva ao grupo controle, enquanto no outro grupo foi administrado 0,8 mg/km/dia de β-criptoxantina, a dieta foi monitorada durante 8 semanas. Após a segunda semana observou que a β-criptoxantina diminui peso apenas em indivíduos obesos. Para as análises de lipídeos observou que a administração de β-criptoxantina auxiliou a normalizar as concentrações de lipídeos e impediu seu aumento. Observou que houve a prevenção da hipertrofia das células adiposas. Indicações: Indicado à melhorar as funções da saúde óssea, a saúde ocular e prevenção ao câncer por reparar a molécula de DNA.

Contra-indicações:

Reações adversas, Posologia: Estudos sugerem a Compatibilidades e Não há contra indicações até o dose de 400-600 mg/ farmacotécnica, momento nas literaturas dia. Incompatibilidades, pesquisadas, mas é sempre *Dosagem sugestiva, Toxicidade e aconselhável consultar um pode ser alterada e mutagenicidade: profissional especializado à deve ser avaliada por Não há relatos até o prescrição. u m p r o f i s s i o n a l momento, nas literaturas pesquisadas. habilitado.

Ficha técnica

Conservação: Armazenar produto Nome Científico: fechado em temperatura Citrus unshiu até 5º C, protegido de luz Aspecto: pó e umidade. Cor: laranja Após aberto remover o Odor: ar ou encher de nitrogênio e usar o mais rápido possível.

Referências: 1. Specification of β-cryptoxanthin. Material fornicido pelo fabricante. 2. Takayanagi k. Prevention of adiposity by the oral administration of β-Cryptoxanthin. Frontiers in Neurology, vol. 2. November 2011. 3. Uchiyama S, Sumida T, Yamaguchi M. Anabolic effect of β-cryptoxanthin on bone components in the femoral tissues of aged rats in vivo and in vitro. Journal of Health Science, 50(5) 491-496. June 2004. 4. Yamaguchi M. β-cryptoxanthin and boen metabolism: The preventive role in osteoporosis. Journal of Health Science, 54(4) 356-369. May2008. 5. Lorenzo Y, Azqueta A, Luna L, Bonilla F, Dominguez G, Collins A R. The carotenoid β-cryptoxanthin stimulates the repair of DNA oxidation damage in addition to acting as na antioxidant in human cells.Carcinogenesis vol.30no.2pp 308-314. December 2008. Restou alguma dúvida? Deseja mais informações? Então entre em contato com o CPDT (Centro de Pesquisa e Desenvolvimento Técnico). Nosso email é priscila.cpdt@idealfarma.com.br. Visite o nosso site: www.idealfarma.com.br Ligue para o CPDT! Tel.: 11 5592 6400 A literatura apresentada foi elaborada dentro do critério da boa fé e fundamentada em bibliografia conceituada. Estas informações têm como objetivo orientar o profissional de saúde e é sempre recomendável a pesquisa em outras bibliografias. Elaborado por: Centro de Pesquisa e Desenvolvimento Técnico (CPDT) Revisado por: Diretoria Aprovado por: Centro de Pesquisa e Desenvolvimento Técnico (CPDT)


Betacrin-A