Page 1

Um homem, um povo ou uma nação só terá razão de existir se tiver orgulho de contar a sua História.

Memorial Theodoro Cassins Ao inaugurar em 07/01/2004 o “ MEMORIAL THEODORO CASSINS”, o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas, de Material Elétrico, de Veículos Automotores, de Autopeças e de Componentes e Partes para Veículos Automotores da Grande Curitiba rende homenagens ao 1º Líder que, há mais de 80 anos, deu início à longa trajetória de Lutas e Conquistas deste Sindicato.

Como tudo começou... Em 1917, acontece a Revolução Russa. Lênin assume o poder. Na Itália, o anarquismo ganha força. Eclodem vários movimentos operários em todo mundo, em protesto contra os baixos salários e as péssimas condições de trabalho. Tudo isso acontece em meio a Primeira Guerra Mundial. O sonho libertário toma forma e ganha força em todo mundo. Imigrantes de vários cantos do planeta chegam ao Brasil. Italianos, alemães, poloneses, japoneses, ucranianos e povos de todos os lugares vêm ao País, fugindo da Guerra. Além das experiências de vida, trazem consigo um sonho: construir uma vida digna na nova terra. É nesse contexto que nossa história começa.

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Entidade é fundada Em assembléia ordinária realizada em 28 de janeiro de 1920, foi criada a Liga Internacional dos Fundidores do Paraná, filiada à Liga de Trabalhadores Europeus da época. Esta é uma data histórica para todos os trabalhadores Metalúrgicos do Paraná. Essa instituição deu origem ao atual Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba.

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

A primeira reunião Em 19 de janeiro de 1920, um grupo de fundidores que trabalhavam na Indústria Müller Irmãos faz sua primeira reunião para organizar a categoria.


Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Liga é extinta Em 06 de dezembro de 1923, ocorre a última assembléia ordinária. A Liga é extinta devido ao abandono dos sócios.

Reativação da Liga Em 21 de janeiro de 1931, foi reativada a Liga. Em assembléia realizada em fevereiro do mesmo ano, foi eleita a nova diretoria que iria dirigir o destino dos Fundidores do PR. Gestão: Presidente Jorge Ricetti

Mudança de nome Em assembléia realizada em 22 de junho de 1931, a Liga passa pela primeira alteração de denominação. Passa a se chamar Sindicato dos Fundidores do Paraná. Gestão: Presidente Carlos Shuweiss

Alteração de base territorial Em assembléia realizada em 10 de outubro de 1931, o Sindicato dos Fundidores do Paraná recebe a denominação de Sindicato dos Fundidores de Curityba. Gestão presidente: Carlos Shuweiss Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Müller cria sindicato próprio Em 31 de outubro de 1931, os Trabalhadores Metalúrgicos da Müller Irmãos criaram o Sindicato dos Metalúrgicos de Curityba, em decorrência do desmembramento do Sindicato dos Fundidores de Curityba.


A primeira sede oficial 1932 - Neste ano, aparece pela primeira vez mencionado em atas a existência de uma sede oficial, onde a diretoria do Sindicato dos Fundidores e Metalúrgicos de Curityba se reunia. A sede era situada na Alameda Lourenço Pinto, 497, Centro Gestão: Presidente Oscar Almeida Sebrão

Filiação à Federação em busca de mais força 01/08/1933 - O Sindicato dos Metalúrgicos e dos Fundidores de Curitiba se filia à Federação Operária do Paraná. A filiação foi feita com objetivo de receber apoio material e financeiro para melhor organizar as lutas da Entidade.

Müller Irmãos volta para a categoria Em 5 de janeiro de 1932, acontece a unificação entre os Sindicatos de Metalúrgicos e Fundidores. Com a unificação o Sindicato passa a denominar-se Sindicato dos Fundidores e Metalúrgicos de Curityba, tendo Oscar Sebrão como novo líder e presidente.

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Sede provisória 1942 - Por meio de pesquisa, concluímos que o Sindicato atuava em salas cedidas pela Federação Operária do Paraná, entidade a qual era filiado na época. Ela funcionava no último andar do Edifício Ruy Barbosa, na Praça Santos Andrade.

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Reconhecimento oficial 11/05/1942 - Esta é a data oficial em que o Sindicato recebe a Carta Sindical, documento exigido por Lei a partir de 1931 para que entidades do gênero pudessem atuar e exercer representatividade. A partir daí, o SINDICATO DOS METALÚRGICOS DE CURITIBA sofreria várias modificações (como veremos adiante), tanto de base territorial como de categorias abrangidas, até chegar à denominação que temos hoje.

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).


Atuação passa a ser estadual Extensão também vale para outras categorias

13/07/1949 - Foi concedido, por despacho Ministerial, a extensão da base territorial para todo o Estado do Paraná. A entidade passa a denominar-se “SINDICATO DOS TRABALHADORES METALÚRGICOS NO ESTADO DO PARANÁ”.

07/06/1950 - A mesma extensão de representação do Sindicato passou a valer para as demais categorias constantes respectivo grupo. A denominação passa a ser “SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS METALÚRGICAS, MECÂNICAS E DE MATERIAL ELÉTRICO NO ESTADO DO PARANÁ”.

Enfim, a “sede própria”!

Compra de terreno no litoral

1963 - É adquirida a primeira sede própria do Sindicato dos Metalúrgicos de Curitiba (denominação da época), situada na Praça Santos Andrade 39, 5º andar - Edifício Rui Barbosa. A Sede foi escriturada no dia 07 de outubro de 1968 e faz parte do patrimônio da entidade.

28/09/1970 - Foi adquirido um terreno de 1.669,75 m², com uma pequena casa, no Município de Matinhos/PR. O terreno pertencia ao Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Químicas e Farmacêuticas do Paraná. Neste local, seria construída futuramente a Colônia de Férias dos Metalúrgicos do Paraná.

Gestão: Presidente Ladislau Leão Bucenco, Tesoureiro Carlos Tauchmann.

Aquisição da sede atual

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Gestão: Presidente Ladislau Leão Bucenco - Tesoureiro: Carlos Tauchmann

Construção de prédio na Sede Central 11/08/1976 - Iniciada construção do prédio de trás da Sede Central. Ele recebeu o nome do ex-presidente Ladislau Leão Bucenco, que iniciou a obra, mas faleceu antes do seu término. O prédio foi constituído com três pavimentos. No térreo, funcionava o Salão Social dos Metalúrgicos, espaço cedido para festas, aniversários, casamentos e outros eventos. No 2º andar, ficava o ambulatório médico/dentário e, no 3º, o Salão de Reuniões e Assembléias da Categoria. O prédio foi inaugurado no dia 23 de abril de 1977, conforme placa no local. A obra foi iniciada na gestão do Presidente Ladislau Leão Bucenco e terminada na gestão do Presidente Eduardo Kalinoski. Começa construção da Colônia de Férias

33/09/1972 - Foi adquirida a Sede Central do Sindicato, na Rua Lamenha Lins, 981, Rebouças. A aquisição significou um grande avanço. Uma conquista importantíssima para a categoria Metalúrgica do Paraná, que inicia seu processo de estruturação em num espaço maior, proporcionando melhores condições para a organização das lutas em todo Estado. Devemos levar em conta que essa aquisição se deu em um período de ditadura militar. Mesmo com dificuldades, o Sindicato foi se estruturando e começou a oferecer alguns serviços como informações trabalhistas e homologações. Mais tarde, foram disponibilizados, ainda em condições precárias, os serviços de atendimentos jurídico civil e trabalhista, médico, dentário e ambulatorial.

13/11/1978 - Foi construída a primeira etapa da Colônia de Férias dos Metalúrgicos, com 12 apartamentos em dois pavimentos. A obra foi inaugurada e colocada à disposição dos trabalhadores em junho de 1979. Trabalho iniciado na gestão do Presidente Eduardo Kalinoski e concluído na de Orlei Lopes da Silva.

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Aquisição do terreno da Sede Campestre

Gestão: Presidente Ladislau Leão Bucenco

02/04/1981 - Foi adquirida um terreno de 100.895 m² e um pequeno casebre, em Cidade de São José dos Pinhais, na Estrada Velha de Joinville. Neste local, foi construída a Sede Campestre dos Metalúrgicos. Gestão Presidente: Orlei Lopes da Silva

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Construção de Sede Campestre 1982 - Começa a construção da Sede Campestre dos Metalúrgicos. Nesta época, são construídos a piscina, a churrasqueira (hoje Escola Sindical - 1º de Maio) e um campo de futebol provisório. Gestão Presidente: Orlei Lopes da Silva

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Inauguração da Sede Campestre 1º de Maio de 1983 Foi inaugurada Sede Campestre e entregue aos associados Gestão Presidente: Orlei Lopes da Silva.


Sede Campestre é ampliada 1986 - A Sede Campestre é ampliada. São construídas 17 churrasqueiras pequenas, uma churrasqueira média e uma grande, cancha de bocha e um bar. Gestão: Presidente Francisco Gorges

INSTRUMENTOS DE MOBILIZAÇÃO E LUTA “Um Sindicato sem imprensa é um grito que ninguém ouve” Sérgio Gomes - jornalista ASSESSORIA DE IMPRENSA E COMUNICAÇÃO É IMPLANTADA 21/08/1986 - É constituído o setor de Imprensa e Comunicação do Sindicato. Até esta data, as ações da Entidade eram comunicadas por meio de boletins feitos pelos próprios diretores. Nesta época, o Sindicato se fortalece com um trabalho que começa a repercutir tanto em nível local como nacional. A diretoria, então, sente a necessidade de profissionalizar o serviço de comunicação. Foi contratada a Oboré Editorial, empresa que assessorava vários sindicatos no Brasil, dirigida pelo jornalista Sérgio Gomes. Ele recebe a incumbência de montar a Assessoria de Imprensa e Comunicação do Sindicato. Foram contratados alguns alunos do Curso de Comunicação Social da Universidade Federal do Paraná para estagiarem na Entidade. A assessoria foi montada com os então estudantes de Jornalismo Paulo Cezar Pedron e Thomaz Timoty Traumann e a estudante de Relações Públicas Gilce Martins. Esse setor é, até os dias de hoje, um instrumento fundamental na organização e mobilização das lutas da categoria.

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

GRÁFICA Até 1986, a gráfica é composta por uma impressora offset Gastetner, que imprimia em papel tamanho ofício. Gestão: Francisco Gorges

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Greve na Equitel

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

09/86 - Os trabalhadores da empresa, a maioria mulheres, lutaram com o Sindicato e receberam 6% de aumento salarial.

Greve na Müller Irmãos 08/86 Essa foi a primeira greve ocorrida empresa por empresa, realizada pela diretoria do Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba. Era o período do gatilho salarial. O Sindicato lutava por 15% de reposição salarial. A greve paralisou toda a fábrica. Os trabalhadores conquistaram a reposição de 15%.

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Eleições no Sindicato 10/11/1986 - A Chapa Força Total concorreu com outras duas chapas e venceu com 40% dos votos. Total de votos Chapa 1: 2.550 Chapa 2: 1.087 Chapa 3: 649

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

A Chapa Força Total venceu com 40% dos votos.


Dezembro de 1986 - Assembléia: mobilização para Campanha Salarial em 1986.

Criação de Subsedes A criação das Subsedes foi uma das grandes provas da sensibilidade política e administrativa destes homens que dirigiram as lutas dos metalúrgicos durante todos estes anos. O fortalecimento nas bases, a aproximação com os trabalhadores e a atuação direta em porta de fábrica, foram fundamentais para a construção de uma categoria forte que sabe pelo que está lutando.

01/87 Posse da Diretoria eleita em 1986.

SUBSEDE DE SÃO JOSÉ DOS PINHAIS 1986 - Foi criada a Subsede de São José dos Pinhais, lem uma sala locada, na Rua XV de Novembro. Assembléias

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Catálogo Sindical 07/09/87 - O Sindicato, em parceria com a Secretaria Estadual do Trabalho e Ação Social, elabora o primeiro Catálogo de Entidades Sindicais do Paraná.

01/88 - Começam as assembléias com a base para discutir a representação dos trabalhadores das concessionárias pelo Sindicato do Comércio.

SUBSEDE DE SÃO JOSÉ DOS PINHAIS: 20/09/1988 - Foi comprada a primeira subsede do Sindicato, situada na Rua Padre Bittencourt, n.º 343, Centro.

Criada a Escola Sindical 01/05/1988 - É criada a “Escola Sindical - 1º de Maio”. Em 09 de julho daquele ano, foi promovido o primeiro evento na Escola: um Seminário sobre “Comunicação Sindical”, organizado pela Confederação Nacional dos Metalúrgicos. Gestão: Presidente Francisco Gorges

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Participação na Constituição Federal Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Março de 1988 - Neste ano, o Congresso Nacional está escrevendo a nova Constituição Federal do Brasil. O Sindicato e sua diretoria participam ativamente destes trabalhos. Comissões vão até Brasília defender o interesse dos trabalhadores. A entidade participa das reuniões da Intersindical Pró-Constituinte do Paraná, movimento organizado pelos sindicatos independentes do Paraná para fazer pressão em Brasília e trazer informações sobre as datas de votação de matérias de maior interesse para a classe trabalhadora. Evento sobre Saúde do Trabalhador

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

11/1988 - Foi realizado o 1º Encontro de Segurança e Saúde dos Metalúrgicos do Paraná (Ensesame). O evento contou com a presença de várias autoridades da medicina do trabalho de todo o Brasil. O coordenador do setor de Saúde dos Metalúrgicos na época era Sérgio Butka, então secretário geral do Sindicato.

Criado o Departamento da Mulher 22/04/1988 - Foi criado o Departamento Feminino do Sindicato dos Metalúrgicos, sob responsabilidade da companheira Diva Lima da Silva Florindo, então diretora da entidade. O setor vem para organizar as lutas e reivindicações das mulheres da categoria, que na época eram 18% do total. Neste ano foi criado a Programação Mulher 88, que realizava reuniões mensais com apresentação de filmes e debates sobre temas de interesse das trabalhadoras.


Greve geral contra governo Sarney - 14 e 15/03/1989 ALPS

SID INFORMÁTICA

É realizada uma greve geral em protesto contra o Plano Verão, do governo José Sarney. Foi a maior paralisação da história do Paraná, a primeira após o fim da ditadura militar. Segundo o governo do Estado, 1,5 milhões de trabalhadores cruzaram os braços. No setor metalúrgico, a greve se concentrou nas grandes empresas: Bosch, New Holland, Langer e SID Informática. Cerca de 12 mil metalúrgicos aderiram ao movimento.

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Debates nacionais Inaugurada Subsede em São José dos Pinhais

03/89 - O Sindicato promove ciclo de debates com os candidatos à Presidência da República para que eles demonstrassem seus planos de governo.

31/03/89 - O objetivo era levar o Sindicato para mais perto dos trabalhadores. O município, nesta época, começa a despontar como um importante centro industrial. A subsede oferecia serviços de atendimento geral aos sócios e trabalhadores, tendo como coordenador local Salvador Antonio Vatrim.

Greve na Sid Informática Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Greve na New Holland Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

31/03/89 - Greve na New Holand. O movimento ocorreu porque a empresa se negou a pagar o reajuste trimestral que havia sido acordado na última data-base, em dezembro de 88.

27/04/89 - Greve na Sid Informática. A reivindicação era o pagamento das perdas trimestrais, conforme acordo firmado naquela época.

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Acidente de trabalho mata metalúrgico 06/07/89 - O metalúrgico Miguel Laudecir de Oliveira, com apenas 19 anos, perde a vida brutalmente no interior da Metalpi - Metalúrgica Pinheirinho. Mais tarde, o laudo comprovou que a morte ocorreu por falta de condições de trabalho. Cresce a luta por mais segurança no ambiente de trabalho.

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Reivindicações para Lula 18/06/89 - O departamento Feminino do Sindicato dos Metalúrgicos entrega uma pauta de reivindicações ao candidato Luiz Inácio Lula da Silva.


Aprovado novo estatuto 10/08/89 - Foi aprovado por unanimidade o novo estatuto da entidade. As mudanças mais importantes foram a criação dos Conselhos de Delegados de Base e a redução do prazo para ter direito a voto nas eleições do Sindicato, que passou de dois anos para seis meses de associado.

Conferência Nacional 19 e 20/10/1989 - Ocorreu em Curitiba a 3ª Conferência Nacional dos Metalúrgicos, na Universidade Popular do Trabalho.

1989 Eleições do Sindicato Chapa 1 Chapa 2

A Chapa 1 venceu com 58% dos votos.

3.119 2.254

Jan/1990 Posse da Diretoria do Sindicato

Gráfica é ampliada

CAMINHÃO DE SOM

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Até 1990, eram usados sistemas de altofalantes adaptados em carros. Era a forma que a diretoria utilizava para fazer assembléias e mobilizações em geral. Em 90, foi montado o primeiro caminhão de som com trio elétrico. Era um Volkswagen modelo 690 com som de 12.000 watts de potência.

1990 - Foi ampliada a gráfica com a compra de uma impressora off-set Hamada-star, formato 4 tablóide. Essa máquina fazia em torno de 5.000 jornais por hora. A gráfica tinha também uma Guilhotina da marca Katu e uma máquina de gravação de chapa Ultra - 2000.

Greve na Wafy 14/02/90 - Greve na Wafy, uma fábrica de baterias. Os funcionários param por falta de condições de trabalho

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Criada Subsede da CIC Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

09/11/1990 - Foi criada a primeira Subsede da Cidade Industrial de Curitiba (CIC), na Rua Padre Gastão 583. A inauguração reafirma a filosofia de descentralização do atendimento e consolida a política de maior aproximação com os trabalhadores. Esta região da Grande Curitiba concentra o maior número de empresas do setor metalúrgico e 50% dos associados da entidade. Coordenação local: Cláudio Gramm Gestão: Presidente Sérgio Butka

Grande greve na Bosch 09/11/90 - Greve na Bosch. A produção parou por 16 dias. Os trabalhadores reivindicavam 166% de reposição salarial. Essa greve marcou a memória daqueles que dela participaram. Cansados de serem explorados pela empresa, os trabalhadores se uniram. Pararam a produção. Foi uma demonstração de força, coragem e dignidade, uma surpresa aos patrões, que não acreditavam na capacidade de luta dos trabalhadores.

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Seminário histórico de Saúde 02/03/91 - Seminário histórico na Escola Sindical 1º de Maio sobre tenossinovite, com a participação das maiores autoridades do Brasil nesse assunto.

Campanha contra Periculosidade 25/03/91 - Começam as discussões com os trabalhadores da Bosch sobre o perigo do contato direto da pele com os óleos lubrificantes.


Greve na Refripar 15/04/91 - Esta foi a primeira greve da história da empresa, que nesta data completava 45 anos de existência. Os trabalhadores pararam a produção por dois dias. Conquistaram 62,84% de reajuste, entre outros benefícios. Esta greve teve conseqüência importante para o destino da categoria Metalúrgica. A partir daí, os patrões do setor eletroeletrônico começam uma campanha para dividir a categoria.

Protesto na Fiep 16/04/1991 - Manifestação na Fiep conta com a participação de 800 metalúrgicos. Eles lutam contra a política dos patrões de conceder abonos, e não aumentos.

Sindicato “fantasma” divide categoria 05/1991 - Neste ano, o Sindicato sofre um grande golpe. É criado um sindicato “fantasma”, assim denominado na época pelos trabalhadores, no setor eletroeletrônico. Esta entidade teria sido articulada pelos patrões desse segmento em represália à greve da Refripar, que havia ocorrido recentemente, e também pelo fato de temerem a ação do Sindicato dos Metalúrgicos, que historicamente representa este setor em todo o Brasil.

Colônia de Férias é ampliada 14/07/1991 - São construídos mais 20 apartamentos na Colônia de Férias, totalizando 32. A reforma foi realizada com o objetivo de oferecer lazer para um número maior de famílias metalúrgicas, já que o acesso a espaços de veraneio é limitado devido aos custos. Esta diretoria entende que, além de lutar por melhores salários, é também dever do Sindicato investir em qualidade de vida para os trabalhadores.

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Gestão: Presidente Sérgio Butka

Criada subsede em Pinhais

Nova mudança de denominação 31/10/91 É realizada uma assembléia para alteração de estatuto. A denominação passa a ser Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico da Grande Curitiba. Assim, algumas cidades passam a ser representadas pela Federação dos Trabalhadores Metalúrgicos do Paraná. Esta assembléia contou com a presença do então governador do Estado, Roberto Requião. Ele veio dar o seu apoio pelo fato do Sindicato estar sofrendo a quebra de base no setor eletro-eletrônico.

03/1992 - Foi criada a subsede de Pinhais, situada na Rua Victor Ferreira do Amaral. Ela oferecia serviços de atendimento geral aos trabalhadores e atendimento odontológico. A Subsede foi fechada em 1995. Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Coordenação Local: Dinizar Airton Pan (in memoriam) Gestão: Presidente Sérgio Butka

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

50 anos de Carta Sindical

Criado Centro de Pesquisa de Saúde

01/05/1992 - Foram comemorados os 50 anos de recebimento da Carta Sindical. Também foi realizado um ato em protesto contra a política recessiva do então Presidente Fernando Collor, na Boca Maldita.

08/05/92 - É criado o Centro de Estudos e Pesquisa de Saúde do Trabalhador Metalúrgico (Cepesam). Ele foi composto por cipeiros e autoridades médicas. As atribuições do Cepesam eram desenvolver pesquisas na área de saúde do trabalho, conseqüências da poluição dentro e fora das fábricas, problemas relativos à assistência médica e previdenciária que afetam os trabalhadores, entre outros temas.


Representação na base 06/92 - Assembléia no Ginásio do Atlético aprova mudança no estatuto e aumenta a representação do Sindicato na base (delegados de base).

Aposentados ganham espaço 10/05/92 - Foi criado o Departamento dos Aposentados do Sindicato. Ele veio para para organizar a luta pelos direitos dos metalúrgicos aposentados, que na época lutavam por 147% de reposição nas pensões previdenciárias. O coordenador do Departamento era o então diretor Dinizar Airton Pan.

25/07/1992 - 1º Encontro dos Aposentados Metalúrgicos da Grande Curitiba. Debate com candidatos Greve histórica na Producta 22/07/92 - Ocorre a greve na Producta. Cansados de ter seus direitos desrespeitados, os trabalhadores cruzam os braços por 13 dias. Nesta greve, ocorreu o mais violento confronto com a Polícia Militar já registrado na história da categoria. A empresa chamou o Pelotão de Choque para reprimir o movimento. Na tentativa de proteger os trabalhadores, vários diretores da entidade foram violentamente agredidos. O diretor Núncio Mannala teve um profundo corte na testa. O assessor conhecido como “Bozo” quase perdeu a visão e o diretor Clementino Tomás Vieira teve três dedos quebrados e várias escoriações pelo corpo. Em razão deste episódio, o então governador Roberto Requião criou uma Lei determinando que, a partir daquele momento, a PM só poderia acompanhar as greves a distância para manter a ordem, não podendo mais interferir fisicamente no movimento. Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Eleição consolida atuação da diretoria

08/92 - O Sindicato promove ciclo de debates com os candidatos à prefeitura de Curitiba para que os trabalhadores conhecessem suas propostas. Fora Collor! 09/92 - O Sindicato participa do Movimento “Fora Collor”. A sociedade repudia o arrocho, a recessão e o desemprego e dá a resposta ao governo nas ruas.

07/03/93 Posse da Diretoria

09/1992 - Vitória da Chapa 1 (Força Total), que representava a diretoria do Sindicato, com 68% dos votos válidos. Esta eleição foi uma das mais importantes, pois consolidou o trabalho desta diretoria. Nesta eleição, a oposição contou com o apoio maciço do Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo (CUT). Chapa 1 4.833 Chapa 2 2.031 A Chapa 1 venceu com 68% dos votos. Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Metalúrgicos na TV

Foto do evento de comemoração de um ano de programa, com a presença de autoridades.

03/1993 - Foi criado o programa de televisão “Metalúrgico Repórter”, veiculado em espaço na Rede Pública de Televisão. O programa ia ao ar todos os domingos pela manhã, na TV Educativa. Cobria todas as manifestações e lutas do Sindicato e de todos os outros segmentos de trabalhadores da Grande Curitiba.

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Mais saúde ao trabalhador 05/02/1994 - São criados o Metal Saúde e o Metal Odonto. As Cooperativas vêm com o propósito de oferecer qualidade e praticidade em serviços nas áreas médica e odontológica.

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Primeiro Acordo Coletivo no Setor de Saúde Abril de 1994 É assinado o primeiro Acordo Coletivo de Saúde do Trabalhador, entre o Sindicato, a Secretaria Estadual de Saúde e a Fábrica de Baterias Guairão.

1ª Metalfest 01/05/1994 - É realizada a 1ª Metalfest. O evento começa a ser idealizado com um novo conceito. São oferecidos mais atrações para os trabalhadores, como o grande bingo e a praça de alimentação, viabilizada por meio de parceria com os trabalhadores, que administravam as barracas com a coordenação do Sindicato.

Conquista na saúde 18/07/94 - O INSS reconhece a Surdez Ocupacional, graças a trabalhos realizados pelo Departamento de Saúde do Sindicato.


Ampliação na Sede Campestre 1995 - As instalações da Chácara foram ampliadas. Toda a estrutura foi preparada para atender as necessidades de uma categoria em franco crescimento. Nesta época começam as negociações com o governo para a vinda das montadoras a São José dos Pinhais. Na sede campestre foram construídos salão para eventos, salas de reuniões, 6 suítes, bar com pebolim, sinuca, sala de televisão, sala de estar, campo de futebol profissional com alambrado e quadra poliesportiva. A Chácara do Sindicato integra hoje o complexo Metal Clube

Aposentados metalúrgicos protestam em Brasília 03/1995 - Centenas de aposentados metalúrgicos viajaram a Brasília para participar de protesto. O movimento era contra a decisão do governo Fernando Henrique Cardoso de alterar a Previdência Social.

Assembléia altera estatuto 25/05/1995 - Mudanças no estatuto redefinem as atribuições dos membros da diretoria, do presidente até o delegado de base.

Gestão Presidente: Sérgio Butka Metalúrgicos ganham programa de rádio 12/06/1995 - Metalúrgicos iniciam programa de rádio que vai ao ar todos os dias das 18h às 19h, na

Trabalhadores da Britânia entram em greve 05/1995 - Foram 14 dias de paralisação. Nesse período, os trabalhadores tiveram que enfrentar pressão da Polícia Militar e Civil, juízes e até do então governador Jaime Lerner. Em represália à greve, perdemos o programa “Metalúrgico Repórter”, que era transmitido todos os domingos pela TV Educativa. Mesmo com todas as dificuldades, arrancamos 18% de antecipação salarial e os dias parados não foram descontados.

Patrão tenta enganar trabalhadores 14/07/1995 - Tentativa de criação do Sindicato no setor de reparação de veículos por Edvino Rosa, patrão do setor de oficinas mecânicas.

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Assessor metalúrgico assume cargo no Ministério do Trabalho 08/1995 - Dr. Zuher Handar, especialista em doença do trabalho, que atuou durante vários anos como assessor técnico do Departamento de Saúde, assume o importante cargo de Secretário Nacional de Segurança e Saúde no Trabalho do Ministério do Trabalho, em Brasília/DF. Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Nova Gestão 09/95 - As eleições Sindicais deste período tiveram a inscrição de Chapa única. A diretoria foi eleita com 5.648 votos para a Chapa 1, 187 votos nulos e 88 em branco.

SUBSEDE SíTIO CERCADO 18/08/1995 - Foi inaugurada na Rua Isaac Ferreira da Cruz, 275, a nova casa dos Metalúrgicos. Na época a Subsede contava com estrutura para atendimento odontológico, cabeleireiro, homologações e todo tipo de orientação e informação sindical e trabalhista. A Subsede era coordenada pelo diretor Wilson Tataren. Gestão: Presidente Sérgio Butka

A Chapa 1 venceu com 95% dos votos.

SUBSEDE ARAUCÁRIA 05/07/1995 - Foi adquirido o imóvel para instalação da Subsede de Araucária. Gestão: Presidente Sérgio Butka, Tesoureiro Roberto Eduardo Eltermann

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

07/01/1996 Posse da diretoria em Jan/96.

Greve Geral 21/06/1996 - Os metalúrgicos participam de protesto contra a política econômica do governo Fernando Henrique Cardoso. A luta era por mais emprego, reforma agrária, salários justos e aposentadoria decente.

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

15/09/1995 - Foi inaugurada a Subsede Araucária, que oferecia, além dos serviços básicos aos associados, também atendimento odontológico. A Subsede funcionou por um período e foi fechada por avaliação da Diretoria. Coordenador Local: Clementino Tomaz Vieira


Candidatos à prefeitura debatem com metalúrgicos 13/08/1996 Sindicato organiza ciclo de debates com os candidatos à prefeitura de Curitiba.

Categoria protesta contra repressão política 11/1996 - O Sindicato participa de manifestação contra repressão política. Na ocasião, o senador Roberto Requião estava sendo ameaçado de perder seu mandato.

Câmara homenagea presidente do Sindicato

Sindicato oferece curso aos trabalhadores 07/1996 - O Sindicato realiza curso de qualificação profissional básico de mecânica industrial, na Subsede da CIC.

Subsede CIC em novo endereço 1997 - Foi transferida a Subsede da CIC para a Rua Santa Fé, nº 76, Jardim Terra Nossa. Essa foi uma grande conquista para os trabalhadores da região, que passaram a utilizar um espaço maior e melhor estruturado, digno da localidade que concentra mais da metade dos metalúrgicos da Grande Curitiba. Coordenação local no período de 1990 até 2000: Cláudio Gramm. A partir do ano de 2001: Clementino Tomaz Vieira. Gestão: Presidente Sérgio Butka

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

30/04/1997- Sérgio Butka presidente do Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba, foi homenageado pela Câmara Municipal de Curitiba, por ocasião do Dia do Sindicalista.

Trabalhadores da Volvo entram em greve 05/1997 - A paralisação na Volvo ocorreu porque a empresa se negou a pagar as perdas salariais do período. Houve uma importante manifestação dos trabalhadores em apoio ao Sindicato.

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Sindicato se filia à Força Sindical 1997 - O Sindicato se filia à Força Sindical e em setembro participa ativamente da fundação da Central no Estado. Sérgio Butka, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos, assume a presidência da Força Sindical no Paraná. A partir daí, a Força Sindical passa a organizar os trabalhadores no Estado junto com os sindicatos filiados. A entidade passa a atuar em todos os movimentos locais e nacionais de relevância para os trabalhadores.

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Sindicato inaugura novas salas de aula em São José 1998 - O salão de recreação da Subsede de São José dos Pinhais foi transformado em salas de aula. A vinda das montadoras tornou necessário qualificar os trabalhadores e especializar cada vez mais a mão-de-obra. O mercado competitivo exige trabalhadores preparados e um sindicato adequado às necessidades de seu tempo. Gestão: Presidente Sérgio Butka Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Ampliação da Sede Central 1998 - Aquisição do terreno ao lado da Sede Central do Sindicato, na Rua Lamenha Lins, 961. A área foi comprada com planos futuros de ampliação da Sede administrativa e construição de um local apropriado para eventos. Atualmente no local funcionam a gráfica, sala de reuniões dos metalúrgicos, sala de aulas e um espaço coberto para grandes assembléias. Gestão: Presidente Sérgio Butka


Sindicato investe em Qualificação Profissional 03/1998 - Inaugurada a Escola Mathias Alenor Martins,da Força Sindical, localizada no mesmo prédio da Subsede da CIC. Neste local passaram a ser realizados os cursos ofertados pela central. A fundação da escola foi um passo importante para a qualificação dos trabalhadores metalúrgicos. Entre os anos de 1998 a 2002, participaram dos cursos cerca de 10 mil metalúrgicos.

Metalúrgicos contra o trabalho infantil 03/1998 - O Sindicato participa da marcha contra o trabalho infantil organizada pela Força Sindical do Paraná.

Ampliação da estrutura 24/07/1998 - Foi comprado um terreno de 24.200 metros quadrados, na praia de Matinhos. O objetivo é construir no local um grande Centro de Lazer, realizando um antigo sonho dos Metalúrgicos, que além da Colônia de férias poderão desfrutar futuramente de: piscinas, play-grounds, quadras poliesportivas, campo para futebol de areia e vôlei. Gestão: Presidente Sérgio Butka, Tesoureiro Roberto E. Eltermann

Renault se instala no Paraná 12/1998 - Inaugurada em São José dos Pinhais a primeira fábrica do Complexo Ayrton Senna, da montadora de carros Francesa Renault. É o início de uma nova fase para a indústria automotiva do Paraná, que em pouco tempo tornaria-se o 2.º pólo automotivo do Brasil.

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Metalúrgicos conquistam acordo na área de saúde 31/08/1998 - Foi assinado acordo histórico no setor de galvanoplastia. Depois de muitos anos lutando pela saúde e segurança dos metalúrgicos que trabalham nas empresas desta área, foi firmado acordo entre o Sindicato, 24 empresas do setor e a Delegacia Regional do Trabalho (DRT). O acordo previa diversas medidas para reduzir drasticamente os riscos nos ambientes de trabalho destas empresas.

01/1999 Inauguração da Audi, em São José dos Pinhais

Subsede de São José é reestruturada 1999 - Foi reformada a Subsede de São José dos Pinhais, sendo remodelada a fachada e feita nova divisão interna. Esta região atende cerca de 8 mil trabalhadores e teve seu crescimento acelerado com a chegada das montadoras de veículos e auto-peças.

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Gestão: Presidente Sérgio Butka

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Sindicato reinaugura subsede em Pinhais 14/06/1999 - Foi reinaugurada a subsede de Pinhais, na Rua Victor Ferreira do Amaral, 1608. Nesta época a Subsede oferecia serviços de atendimento geral ao trabalhador, informações, reclamações trabalhistas e homologações. Os municípios atendidos pela Subsede eram Pinhais, Piraquara, Colombo e Campina Grande do Sul. Atualmente essas áreas são abrangidas pela subsede de Pinhais. Coordenador Local: José Roberto Athayde (Coca) Gestão: Presidente Sérgio Butka Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Mudança no Estatuto 30/03/1999 - Acontece a assembléia para alteração do estatuto. Nesta reunião os metalúrgicos mudaram a denominação e reformaram regras eleitorais. O Sindicato passa a denominar-se Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas, de Material Elétrico, de Veículos Automotores, de Autopeças e de Componentes e Partes para Veículos Automotores da Grande Curitiba.

Sindicato “Fantasma” 06/1999 - A empresa Chrysler, situada em Campo Largo, cria um sindicato com alguns funcionários, para representar os trabalhadores da empresa e poder praticar todo tipo de arbitrariedades contra os funcionários sem sofrer a ação dos Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba.


Eleições Sindicais 07/1999 - Com Chapa Única, a diretoria foi eleita com 6.465 votos, 345 trabalhadores votaram em branco e foram registrados 70 votos nulos. A Chapa 1 foi eleita com 96,96% dos votos.

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Montadoras realizam 1.ª greve no PR 20/10/1999 - Primeira grande paralisação das montadoras em nosso Estado. No dia 20 de outubro os trabalhadores das Montadoras do Paraná, dirigidos pelo Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba, deram um exemplo de luta para o País. Os 8 mil trabalhadores da VW-Audi, Volvo e Renault, cruzaram os braços e paralisaram totalmente a produção. O presidente Nacional da Força Sindical, Paulo Pereira da Silva, veio ao nosso Estado dar seu apoio.

Paralisação na Renault 06/10/1999 - Trabalhadores da Renault paralisaram as atividades por uma hora, fechando a BR-277. O movimento aconteceu em protesto contra a jornada semanal de 44 horas e o trabalho aos sábados.

Sede campestre é pavimentada 2000 - Foi colocado asfalto na Chácara, dando acesso da portaria ao setor de eventos, suítes e piscinas e descendo por toda a extensão das churrasqueiras. Gestão Presidente: Sérgio Butka

Greve no PIC 01/2000 - Cerca de 1,2 mil companheiros do Condomínio da VW-Audi, em São José dos Pinhais, cruzaram os braços durante quatro dias. O movimento ocorreu para melhorar o acordo coletivo negociado naquele ano.

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

04/2000 - Representação interna É formada a Comissão de fábrica dos trabalhadores da Volkswagen-Audi.

Greve na Audi 10/2000 - Os trabalhadores reivindicavam 6,96% de reajuste, mais aumento real de 10% e redução de jornada para 40 horas semanais.

Greve na Renault 05/2000 - Os companheiros da Renault cruzaram os braços por dois dias, reivindicando redução de jornada de 44 para 40 horas, tratamento médico aos trabalhadores com LER e aumento na Participação nos Lucros ou Resultados.

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Nova aquisição no Litoral 12/12/2000 - O Sindicato adquire um espaço de 288 metros quadrados em Matinhos, litoral do Paraná. Gestão: Presidente Sérgio Butka Tesoureiro Roberto Eduardo Eltermann Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Colônia de Férias é remodelada 2000 - Houve uma remodelação da Colônia de Férias, sendo alterada toda a fachada e construído o estacionamento de asfalto. As obras foram executadas sempre visando dar maior conforto e segurança aos associados. Neste período, toda a estrutura de lazer do Sindicato passa a integrar o complexo “Metal Clube”. Gestão: Presidente Sérgio Butka


Manifestações 02/2001- O Sindicato organiza protestos e manifestações contra o fechamento da Chrsyler, em Campo Largo.

Novo caminhão de som 2001 - O Sindicato adquire um caminhão mais novo e mais potente substituindo o antigo. O veículo é da marca Volkswagen, modelo 8.150, com som 20.000 watts de potência.

Teleconferência 03/10/2001 O Departamento de Saúde do Sindicato, participa da Primeira Teleconferência do País para discutir a segurança no trabalho.

Metalúrgicos protestam contra a venda da Copel 04/2001 - O Sindicato entrou na luta contra a venda da COPEL, abrindo espaço nas comemorações do 1.º de Maio daquele ano para coleta de assinaturas do abaixo assinado. No dia 11 junho do mesmo ano, o Sindicato participou da Marcha em Defesa do Paraná, organizada pelo Fórum Popular contra a venda da Copel.

Ampliação da Gráfica 2002 - A estrutura gráfica do Sindicato foi ampliada com a compra de mais equipamentos. A entidade adquiriu uma máquina rotativa - Roland 200, bicolor, que roda 13.000 jornais por hora no formato A2. Também foi comprada uma guilhotina Katu h-120 com formato maior.

SEMANA DA MULHER

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Sindicato dos Metalúrgicos na luta contra a LER 28/02/2002 - Para marcar o Dia Internacional de Conscientização à LER, o Sindicato dos Metalúrgicos participou de uma grande manifestação na Rua XV. O evento foi uma parceria entre Força Sindical do Paraná, Cemast (Centro Metropolitano de Apoio à Saúde do Trabalhador), Uniandrade, Associação de Defesa dos Vitimados Pelo Trabalho no Estado do Paraná (ADVT), Sindimetro/PR/SC e Associação de Portadores de LER (APLER). SUBSEDE DE PINHAIS

04 a 08/03/2002 - Junto com a Força Sindical do Paraná, o Sindicato dos Metalúrgicos preparou uma semana de eventos em comemoração ao Dia Internacional da Mulher. Foram cinco dias de palestras e discussões abordando a situação da mulher no mercado de trabalho, discriminaçã e questões de gênero, etc. Também foram realizadas palestras sobre saúde promovidas pela Rede Feminina de Combate ao Câncer. Durante toda a programação, barracas montadas na Boca Maldita e em São José dos Pinhais organizaram atividades e distribuíram milhares de materiais informativos. No dia 8 de março, uma comemoração especial com shows e sorteios de prêmios reuniu mais de 1.500 pessoas em frente à praça Santos Andrade.

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Subsede Pinhais 13/05/2002 - É reinaugurada a subsede na Rua Jacob Macanhan, n.º 323. Ela oferece serviços de atendimento geral aos trabalhadores e mantém convênio com consultório odontológico. A subsede abrange mais de 650 metalúrgicas nas regiões de Pinhais, Piraquara, Colombo, Almirante Tamandaré, Quatro Barras, Campina Grande do Sul e Bocaiúva do Sul.

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Coordenação Local: José Roberto Athayde (Coca) Gestão: Presidente Sérgio Butka

Primeiro de Maio Solidário - 1ª Edição 01/05/2002 - A Força Sindical, central a qual o Sindicato é filiado, em parceria com a Prefeitura Municipal de São José dos Pinhais realizam a primeira edição do Primeiro de Maio Solidário. Mais de 80 mil pessoas compareceram à Praça do Verbo Divino, doando cerca de 50 toneladas de alimentos. O evento foi um marco na história do Paraná. Nunca uma central sindical havia conseguido tamanha mobilização em nosso Estado.

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Metalúrgicos do PR conquistam a produção do Fox 25/03/2002 - Trabalhadores da Volkswagen-Audi aprovam um protocolo de intenções para a vinda do Fox à planta de São José dos Pinhais. O Paraná venceu a concorrência com outros estados e a produção nacional do novo carro ficou com os metalúrgicos paranaenses.


Metalúrgicos na era digital 03/12/2002 - O Sindicato cria o Metal.com e oferece aos associados e dependentes salas de computadores com acesso grátis à Internet, bibliotecas virtuais, programa de treinamento de digitação, e-mail grátis, entre outros. Os computadores podem ser utilizados na sede do Sindicato, no Centro de Curitiba, e na subsede de São José dos Pinhais.

Campanha Salarial Emergencial é referência no país 04/2003 Os metalúrgicos foram a única categoria do Brasil a conquistar antecipação da inflação fora da data-base

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

RENAULT

KROMBERG & SCHUBERT

Diferente dos anos que vieram depois do Plano Real, em 2003 a alta inflação derrubou a idéia de se esperar a data-base para negociar as perdas salariais. Em abril, a defasagem já passava os 10%. Os metalúrgicos da Grande Curitiba reagiram. Em uma iniciativa ousada, o Sindicato lançou a Campanha Salarial Emergencial. A mobilização deflagrou greve em empresas importantes como a Renault, a Volvo, a New Hübner e a Perfecta. A imprensa do Brasil e do mundo deram cobertura à mobilização no Paraná. Milhares de trabalhadores conquistaram a garantia do repasse da inflação na data-base, além de outros benefícios como redução de jornada, estabilidade para dirigente sindical, implantação de Participação nos Lucros ou Resultados, entre outros. Foi a única mobilização deste gênero no Paraná. Os acordos conquistados se tornaram referência para o movimento sindical de todo o Brasil. Ao todo, a Campanha Salarial Emergencial injetou R$ 24.556.100,00 na economia paranaense, tudo pela mão dos trabalhadores (fonte: Dieese). Deste valor, R$ 18.480.000,00 foram referentes a reajustes salariais antecipados.

VOLKSWAGEN-AUDI

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

VOLVO

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

NEW HUBNER

PIC / VOLKSWAGEN-AUDI

METAPAR

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

PERFECTA CASE NEW HOLLAND


2ª Edição do Primeiro de Maio Solidário reúne mais de 100 mil trabalhadores 05/2003 - O Sindicato dos Metalúrgicos, junto com a Força Sindical, participou da realização da segunda edição do Primeiro de Maio Solidário. O mega evento em homenagem ao trabalhador reuniu mais de 100 mil pessoas. Foram coletadas mais de 35 toneladas de alimentos para doação.

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Campo Largo ganha Subsede 29/09/2003 - É inaugurada a Subsede de Campo Largo, situada na rua Gonçalves Dias,1189, Centro Comercial Itália, sala 24. Ela vem com o objetivo de fortalecer a representação dos trabalhadores no município. Nesta data, Campo Largo tem 199 empresas na área metalúrgica e mecânica. São cerca de três mil trabalhadores diretamente ligados ao Sindicato dos Metalúrgicos. Coordenador local: Nelson Silva de Souza (Nelsão) Gestão: Presidente Sérgio Butka

Chapa 1 conquista 93,22% de votos válidos 10/2003 - As eleições sindicais de 2003 tiveram registro de chapa única. Foram 8442 para Chapa 1, 488 votos em branco e 126 nulos. A Chapa eleita valorizava a competência da antiga diretoria e a renovação de novos representantes.

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).


Campanhas de 2003 colocam o Sindicato em posiçn o de destaque no cenário nacional 11/2003 - As conquistas da Campanha Salarial Emergencial foram importantes, mas nn oo suficiente para que os metalúrgicos nn o se mobilizassem em busca de mais garantias nas datas-base de setembro, outubro e dezembro. O Sindicato lançou a Campanha Salarial 2003. Novamente ocorreram mobilizaçt es intensas e greves em grandes multinacionais como a Robert Bosch e Case New Holland. Após quatro semanas de Campanha, foram fechados inúmeros acordos individuais. Milhares de trabalhadores conquistaram a incorporaçn o integral do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), 2% de aumento real e outros benefícios. Os resultados das campanhas salariais realizadas em 2003 colocaram o Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba em posiçn o de destaque dentro do cenário nacional. Mobilização histórica na CNH

Mobilizações na Bosch Durante uma semana, cerca de três mil trabalhadores se mobilizaram na Robert Bosch. Após várias paralisações, o movimento deflagrou greve. Conquistas: reposição das perdas salariais, aumento real, abono e redução da jornada de trabalho.

Com muita luta, união e mobilização, os trabalhadores da Case New Holland, também conquistaram acordo individual. Foi preciso parar a fábrica por dois dias.

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

TROX

MOLINS

HUBNER

NEW HUBNER

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

MEMORIAL THEODORO CASSINS Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

FICHA TÉCNICA:

AGRADECIMENTOS ESPECIAIS PARA: Gilce Martins

Roberto Eduardo Eltermann – Tesoureiro da atual diretoria. Sem ele, o relato da história entre os anos de 1920 e 1936 nn o seria possível. Eltermann teve o cuidado de guardar o Livro Ata deste período.

Organização de dados e digitalização de imagens:

Grazielle Morais

Francisco Gorges – Ex-presidente do Sindicato, deu importante contribuiçn o com depoimentos que ajudaram a reconstituir a história entre as décadas de 50 e 90.

Projeto Gráfico e design:

Eliseu Tisato

Pesquisa:

Redação: Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Revisão de textos:

Revisão geral:

ENTREVISTAS: Francisco Gorges – Ex-presidente Roberto Eduardo Eltermann – Tesoureiro Gilce Martins (até 2001) Orlei Lopes da Silva – Ex-presidente Lizandra Tadaieski (2002) Diamiro Cordeiro da Fonseca - Diretor Gláucio Dias (2003) Teodoro Freitag – Sócio antigo Guarino Fabri – Sócio antigo Gláucio Dias Ladislau Klimavicius – Sócio antigo Pedro Kalinowski – Filho de Eduardo Kalinowski Lizandra Tadaieski Denilsom - Neto de Ladislau Len o Bucenco Paulo José Zanetti Sérgio Butka

FONTES DE PESQUISA: Entrevistas, livros de atas, Carta Sindical, estatutos, jornais da categoria e grande imprensa.

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Clementino Tomaz Vieira – Secretário geral Cláudio Gramm – Vice-presidente José da Silva (Negn o) – Diretor Nelson Silva de Souza – Diretor Salvador Antônio Vatrim – Diretor José Roberto Athayde (Coca) – Diretor Nuncio Mannala – Diretor Lourival Wismeck Costa – Funcionário Floriano Otto (Keko) – Funcionário antigo

AGRADECIMENTOS GERAIS: A toda Diretoria da entidade, que teve a consciL ncia da importância deste resgate histórico para toda categoria Metalúrgica. Pessoas que escrevem a história de uma entidade que, com certeza, “tem razn o de existir”. Agradecemos também a todos os funcionários que colaboraram de alguma forma para a realização deste trabalho.


Memorial Theodoro Cassins é inaugurado 07/01/2004 - O Sindicato mostra sua história com a inauguração do Memorial Theodoro Cassins. A trajetória de luta do Sindicato dos Metalúrgicos está registrada com fotos e documentos na sede do SMC.

Núncio Mannala, diretor do departamento de Saúde, assina acordo para diminuir acidentes 01/03/2004 - A Federação dos Metalúrgicos e mais cinco entidades de trabalhadores se uniram ao governo municipal e a sindicatos patronais para promover ações de melhorias nas condições de trabalho em máquinas. O acordo é tripartite. O esforço conjunto dos trabalhadores, empresários e poder público pretende prevenir acidentes e promover a melhora de qualidade de vida.

Chapa 1 Toma posse 07/01/2004 - Lideranças políticas e sindicais do estado prestigiaram a posse da diretoria metalúrgica Gestão: Sérgio Butka, Presidente

Metalúrgicos fortalecem luta pela redução de jornada 06/04/2004 - A luta pela jornada semanal de 40 horas é uma bandeira antiga do movimento sindical brasileiro. Este ano os metalúrgicos aliados a centenas de trabalhadores participaram de uma manifestação no Plenarinho da Assembléia Legislativa do Paraná. A redução de 44 para 40 horas semanais e o fim das horas extras podem favorecer a criação de 2,84 milhões novos postos de trabalho.

Sérgio Butka e José da Silva inauguram subsede de Fazenda Rio Grande 05/2004 - O Sindicato dos Metalúrgicos inaugura nova subsede para atendimento aos trabalhadores de Fazenda Rio Grande. Coordenador Local: José da Silva Gestão: Sérgio Butka - Presidente

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

MAIO

PARANÁ

2004

SOLIDÁRIO aná Par

Primeiro de Maio Solidário reúne 1,5 milhão de espectadores

Sérgio Butka - Presidente

01/05/2004 - O Sindicato dos Metalúrgicos e a Força Sindical do Paraná foram exemplos de solidariedade para o país. A central e seus sindicatos filiados arrecadaram mais de 100 toneladas de alimentos não perecíveis para instituições assistenciais beneficentes. O evento foi transmitido pela CNT e reuniu mais de 250 mil pessoas nos 15 municípios em que foi realizado simultaneamente.

Trabalhadores da Volkswagen-Audi fazem greve histórica 05/2004 - Pela primeira vez no Brasil, trabalhadores entraram em greve por redução de jornada e aumento na PLR. Depois de sete dias de paralisação cerca de três mil trabalhadores da Volks-Audi conquistaram Participação de Lucros de R$ 2.950,00 e fim do banco de horas.

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Trabalhadores das Montadoras conquistam o melhor acordo salarial do setor no Brasil Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Qualificação Profissional 31/08/2004 - Ao todo 1.068 associados e dependentes foram qualificados gratuitamente pelo Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba nos primeiros 8 meses de 2004, com recursos próprios da entidade.

09/2004 - Além da correção do INPC os metalúrgicos conquistaram 3,99% de aumento real. O piso mínimo nas montadoras do Paraná é de R$ 950,00.

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

10/2004 - Acordo com o Sindipeças garante 4% de aumento salarial para 1.500 trabalhadores

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Reforma na Colônia de Férias 11/2004 - É dado início à reformulação da Colônia de Férias em Matinhos.

12/2004 - Metalúrgicos protestam em Brasília Manifestantes percorrem marcha de 30 km em protesto por um salário mínimo mais justo e correção da tabela de Imposto de Renda.


Assinado acordo para proteger saúde do trabalhador 26/01/2005 - Sérgio Butka assina convênio que reúne trabalhadores, empresários, universidades e governo estadual. O objetivo é prevenir e reduzir acidentes com máquinas. Metalúrgicos vão a Brasília exigir reformas 02/03/2005 - Militantes do Sindicato vão a Brasília em defesa da reforma sindical e em protesto contra a alta dos juros pelo Banco Central. As manifestações abrem caminho para debate com o governo federal.

Semana da Mulher

Mulheres lutam por seus direitos 14/03/2005 - Mais de 700 pessoas participam de evento em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, na sede campestre do Sindicato. As trabalhadoras defendem bandeiras de luta como melhores condições de trabalho e igualdade de oportunidades. Trabalhadores da CNH protestam contra demissões 16/03/2005 - Metalúrgicos da CNH usam sacas de milho e tratores para protestar contra demissões na empresa. Conseguem fortalecer canal de negociação com empresa.

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Campanha beneficia 10 mil trabalhadores 30/04/2005 - SMC realiza campanha por Tarifa Zero para conta-salário e conquista benefício para mais de 10 mil trabalhadores da categoria.

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Categoria avança na conquista de jornada de 40 horas 28/04/2005 Trabalhadores da Volkswagen-Audi e das empresas do PIC conquistam redução da jornada para 40 horas semanais em campanha liderada pelo Sindicato. Acordos abriram as portas para que outras metalúrgicas também negociassem o benefício. A redução de jornada sem redução salarial é uma das principais bandeiras de luta do Sindicato.

Força Paraná reúne milhares de trabalhadores no 1º de Maio Solidário 01/05/2005 - Primeiro de Maio Solidário reúne milhares de pessoas em cinco cidades da região metropolitana. Evento realizado pela Força Sindical e sindicatos filiados marca o Dia do Trabalhador com ações de cidadania e solidariedade. O Primeiro de Maio é uma homenagem à luta de todas as categorias de trabalhadores por melhores benefícios no ambiente de trabalho.

SMC promove a 10ª Metalfest 30/04/2005 - 10ª Metalfest reúne mais de cinco mil pessoas na sede campestre do Sindicato. Evento marca a união e luta dos metalúrgicos pelos seus direitos. Foi arrecadada uma tonelada de alimento para entidades assistenciais.


Greve na CSN de Araucária

Mobilização garante participação nos lucros 11/05/2005 - Mobilizações lideradas pelo Sindicato conquistam PLR para mais de 25 mil metalúrgicos. No total, são injetados R$ 57,4 milhões na economia do Paraná.

06/05/2005 - Greve paralisa produção na Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) por 20 dias. Trabalhadores estavam sendo desrespeitados pela empresa, que aceitou negociar os itens reivindicados. A greve abordou questões de periculosidade e insalubridade, diferenças salariais e PLR.

SMC forma alunos dos cursos profissionalizantes 11/07/2005 - SMC forma 2.477 alunos nos cursos de qualificação profissional em injeção eletrônica, mecânica básica industrial, informática, Inglês e curso de secretária. Os cursos são gratuitos para associados e dependentes.

Inaugurada nova estrutura da colônia de férias Metalúrgicos são destaque no 5º Congresso Nacional da Força Sindical

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

12/09/2005 - Inaugurada reestruturação da Colônia de Férias em Matinhos. Aumenta o conforto e as opções de lazer para associados. Nova estrutura contém duas piscinas, hidromassagem, sauna, churrasqueiras, computadores com acesso à Internet, lanchonete, recepção e sala com TV.

02/08/2005 - O SMC e Força PR vão a Praia Grande (SP) e se destacam no 5º Congresso Nacional da Força Sindical. O Congresso definiu importantes decisões políticas e sociais com a participação ativa da delegação paranaense na formulação de um documento oficial da central.

Gestão: Sérgio Butka

Inaugurada nova subsede em Araucária 26/08/2005 - Sindicato inaugura nova subsede em Araucária e amplia área de atendimento nas regionais do SMC. A subsede fica na rua Coronel João Xavier, 965.

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Butka é reeleito presidente da Força PR 30/09/2005 - Sérgio Butka é reeleito presidente da Força Sindical do Paraná. Eleição ocorreu em Congresso Estadual com participação de mais de 500 delegados sindicais de dezenas de categorias em todo o Estado.

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Metalúrgicos estruturam Programa de Rádio e TVWeb 21/10/2005 - SMC e Força PR lançam o Programa Falando com o Trabalhador, nas rádios Curitiba FM e Capital FM, exibido também em vídeo no site do Sindicato. Traz assuntos de interesse da classe trabalhadora, como economia, política, serviços e empregos. Vai ao ar de segunda a sexta-feira, com uma hora por dia.

Trabalhadores conquistam 100% do INPC e aumento real Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

CAMPANHAS SALARIAIS 2005 Os resultados das campanhas salariais de 2005 dos metalúrgicos foram destaque em todo o Brasil. Além de zerar a inflação, os acordos fechados com os sindicatos patronais garantiram aumento real e outros benefícios. Desta forma, os metalúrgicos da Grande Curitiba continuam se firmando como referência de ponta no movimento sindical brasileiro.

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Coordenador Local: Pedro Celso Rosa Presidente: Sérgio Butka

Cipão reúne mais de 600 cipeiros metalúrgicos 28/10/2005 - O Departamento de Saúde do SMC realiza o 1º Encontro Tripartite de Saúde e Segurança no Trabalho do Setor Metalúrgico. A iniciativa foi inédita no Brasil e teve como objetivo o treinamento de cipeiros para melhorar as condições de trabalho e segurança nas empresas. Criada Comissão para investigar saúde nas montadoras

25/10/2005 - Após denúncia do Sindicato, é formada comissão para investigar a saúde dos trabalhadores na Volks-Audi, Renault e Volvo. Muitos trabalhadores vinham sendo afastados por doenças ocupacionais. A comissão reúne Sindicato, INSS, DRT e governo estadual.


Trabalhadores da Volks do PR abrem protestos no Brasil contra demissão em massa e precarização MOBILIZAÇÃO FOI NOTÍCIA NO BRASIL E NO MUNDO.

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Mais de 200 rádios de todo o Brasil noticiaram a mobilização de Sindicato e trabalhadores da Volks-Audi contra demissão em massa e precarização

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Em maio de 2006, os trabalhadores da planta da Volkswagen-Audi de São José dos Pinhais abriram uma série de protestos em todo o Brasil contra a intenção da empresa de demitir em massa e precarizar direitos. Os trabalhadores cruzaram os braços por quatro horas. Depois disso, outras plantas da montadora também paralisaram. Mais uma vez, trabalhador e Sindicato deram um exemplo de mobilização para o Brasil. Em maio de 2004, apenas dois anos antes, os funcionários da empresa realizaram a primeira greve por PLR da história do país.

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Metalúrgicos da Volks do PR foram os primeiros a protestar contra precarização

Redação e Edição: Gláucio Dias Fotografias: Felipe Rosa Design Gráfico: Eliseu Tisato

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Sérgio Butka, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba, defende interesse dos trabalhadores em entrevista à imprensa durante a paralisação

Notícias da grande imprensa levaram mobilização para mais de 19 milhões de brasileiros. Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).


21/04/2006 – SMC defende bandeiras de luta na Metalfest No Dia do Metalúrgico, o Sindicato realizou a 11ª edição da Metalfest. O SMC defendeu a redução da jornada de trabalho, melhores salários e condições de trabalho. Mais de cinco mil pessoas compareceram ao evento, que contou com sorteio de prêmios.

08/06/2006 – Metalúrgicos do PR mostram sua força no Congresso da CNTM A delegação do Paraná deu exemplo de organização e mobilização no 1º Congresso da Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos (CNTM). O evento, realizado em Praia Grande (SP), teve a presença de milhares de metalúrgicos de todo o País e discutiu temas como terceirização, redução da jornada de trabalho e formação de dirigentes sindicais.

08/05/2006 – Metalúrgicos apóiam criação do mínimo regional do Paraná O SMC e a Força PR participaram ativamente da luta pela aprovação do salário mínimo regional do Paraná. O projeto, aprovado por unanimidade, gerou empregos, ajudou a aquecer a economia e beneficiou mais de 400 mil trabalhadores.

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

01/05/2006 – Força defende melhores salários no 1º de Maio Solidário A quinta edição do 1º de Maio Solidário, realizado simultaneamente em São José dos Pinhais, Matinhos e Campo Largo, defendeu melhores salários, redução da jornada de trabalho, mais saúde e segurança nas fábricas. O evento arrecadou toneladas de alimentos.

26/09/2006 – Greve de uma semana rende conquista histórica a metalúrgicos das montadoras Depois de uma semana em greve, os metalúrgicos da Volks-Audi, Renault e Volvo conquistaram 100% de reposição da inflação, 2,11% de aumento real, totalizando 5% de elevação salarial, além de abono. O acordo tornou-se referência nacional.

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

24/11/2006 – Greve no PIC garante aumento salarial e adicional na PLR para metalúrgicos Greve de seis dias garantiu aos metalúrgicos dos PICs da Volks-Audi e da Renault 4,91% de elevação salarial (100% de correção da inflação + 1,99% de aumento real), juntamente com adicional na PLR.

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

16/12/2006 – Sindicato bate recorde e fecha 101 acordos na campanha salarial

Edição: Gláucio Dias Redação: Gulherme Ochika Design Gráfico: Eliseu Tisato

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

13/12/2006 – SMC fecha 33% dos acordos de PLR do Paraná Conforme o Dieese, o SMC foi o sindicato que mais assinou acordos de PLR no Paraná em 2006. Foram 73, o que equivale a 33% do total fechado em todo o Estado. Mais de 25 mil metalúrgicos foram beneficiados.

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Em 2006, o Sindicato fechou 101 acordos na campanha salarial em máquinas e metalurgia, em melhores condições do que as da convenção coletiva. De acordo com o Ministério do Trabalho, o SMC foi o sindicato que mais fechou acordos coletivos no ano no Paraná.


14/03/2007 – Metalúrgicos lutam contra Emenda que acaba com direitos trabalhistas Os metalúrgicos da Grande Curitiba abriram a série de protestos nacionais contra a Emenda 3. Foram feitos atos públicos e paralisações em diversas empresas do setor. A medida, se concretizada, impediria a atuação dos fiscais do trabalho e abriria espaço para o fim dos direitos dos trabalhadores. Após mobilização do movimento sindical, o presidente Lula vetou o projeto.

01/05/2007 – Força e Governo do PR juntos no 1º de Maio Solidário Em parceria com o Governo do Paraná, o 1º de Maio Solidário da Força, em sua 6ª edição, foi realizado pela primeira vez em Curitiba, em frente ao Palácio Iguaçu. Mais de 100 mil pessoas compareceram ao evento, transmitido ao vivo pela TV Paraná Educativa. Mais de 20 toneladas de alimentos foram arrecadas.

09/08/2007 – Diretoria é reeleita com mais de 90% dos votos Com 92,52% dos votos dos metalúrgicos, a Chapa 1 se reelege para mais quatro anos de mandato à frente do Sindicato.

25/08/2007 – SMC qualifica cipeiros O Sindicato promoveu, em 2007, uma série de cursos para qualificar os cipeiros metalúrgicos. Mais de 200 cipeiros participaram da iniciativa.

21/04/2007 – 12ª Metalfest defende lutas da categoria Mais de 3 mil pessoas foram à sede campestre do SMC para a 12ª edição da Metalfest. Os metalúrgicos defenderam bandeiras de luta como mais empregos, melhores salários e redução da jornada de trabalho.

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

30/07/2007 – Nasce a Força Sul Dirigentes das estaduais do PR, SC e RS da Força Sindical criam a interestadual Sul da central. O objetivo é fortalecer as lutas dos trabalhadores da região.

25/08/2007 – Aposentados ganham novo espaço

05/10/2007 – Sindicato inaugura sede própria em Pinhais Por conta da grande expansão do setor metalúrgico em Pinhais, o Sindicato adquire nova subsede na região. No local, são prestados serviços de homologações, orientação jurídica e trabalhista, havendo também sala para cursos e consultório odontológico. Pinhais tem cerca de 750 empresas do setor e 12 mil metalúrgicos. Coordenação Local: Gerson Luiz Vuicik Gestão: Sérgio Bukta

10/02/2007 – Inaugurado o Centro de Formação e Qualificação Metalúrgico em Guaraqueçaba Com foco na formação e qualificação dos sindicalistas, cipeiros e trabalhadores, a Federação dos Metalúrgicos do Paraná inaugura o Formar, em Guaraqueçaba. A estrutura conta com restaurante, sala de convenções, nove apartamentos equipados com TV, banheiro e frigobar.

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

13/12/2007 – Em metalurgia e máquinas, aumento real acima da média nacional O aumento real de 2,75% conquistado nos setores de metalurgia e máquinas ficou acima da média nacional de 1,5%, conforme cálculos do Dieese. Somando os 100% do INPC, os trabalhadores tiveram seus salários elevados em 7,44%. O Sindicato conquistou também vários outros acordos individuais, com avanços mais significativos do que os da convenção.

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

25/09/2007 – Greve rende conquistas a metalúrgicos das montadoras Os quatro dias em greve renderam 7,44% de aumento (100% do INPC + 2,5% de aumento real), além de abono, para os metalúrgicos da Volks-Audi e Renault. O acordo foi superior ao fechado em São Paulo. Na seqüência, veio a conquista no setor de autopeças: 7,54% de aumento (100% do INPC + 2,5% de aumento real), e mais 10% de aumento no piso. 06/11/2007 – Luta contra Emenda que enfraquece organização dos trabalhadores Os metalúrgicos da Grande Curitiba realizaram diversas mobilizações contra a Emenda 21, que enfraqueceria o poder de organização dos trabalhadores. Foram feitos protestos nas fábricas e distribuído um jornal com a posição dos deputados do PR sobre o assunto. Após pressão do movimento sindical, a medida foi reprovada.

Edição: Gláucio Dias Redação: Gulherme Ochika Design Gráfico: Eliseu Tisato

É inaugurado o “Espaço do Aposentado”, na sede central do Sindicato. O local funciona também como subsede Curitiba do Sindicato Nacional dos Aposentados, Pensionistas e Idosos da Força Sindical.

07/12/2007 – Novo site entra no ar Seguindo a nova tendência mundial de popularização da internet, o Sindicato inaugura seu novo site. O portal dos metalúrgicos da Grande Curitiba é uma importante ferramenta de comunicação entre o SMC e os trabalhadores.


Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).


Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).


Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Changed with the DEMO VERSION of CAD-KAS PDF-Editor (http://www.cadkas.com).

Memorial Theodoro Cassins  

Memorial do Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you