Page 1

V Ranking das S.A. Curitiba, terça-feira, 31 de agosto de 2010 | C1 | Indústria&Comércio

CMYK


V Ranking das S.A. Indústria&Comércio | Curitiba, terça-feira, 31 de agosto de 2010 | C2

100 MELHORES EMPRES AS EMPRESA POR QUALID ADE ALIDADE DE GES TÃO GEST PONTUAÇÃO (Média Ponderada)

EMPRESA 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100

Novafrota Equipamentos S.A Sociedade Rádio Emissora Paranaense S/A Agro Pastoril Novo Horizonte S/A Unifrango Agroindustrial S/A Jjgc Ind. e Com. de Mat. Dentários S/A Augusto Thomaz S/A Dynea Brasil S/A Higi Serv Limpeza e Conservação S/A Pesqueiro Energia S/A Vinícola Campo Largo S/A Bom Pastor S/A - Hotéis e Turismo Aguia Sistemas de Armazenagem S/A Comercial Oeste S/A Furukawa Industrial S/A Prod. Elétricos Hélix Brasil S/A Sbaraini Agropecuária S/A Ind.Com Bematech S/A Forcecar Auto Peças S/A Hospital São Lucas S/A Nórdica Veículos S/A Copel Telecomunicações S.A. EADI Sul Terminal de Cargas Ltda Ivaí Engenharia de Obras S/A Romani S/A Ind. e Com. de Sal Aeroimagem Aerofotogrametria S/A Aeromapa S/A Cartografia, Informática e Cia de Cimento Itambé Imaribo S/A Ind.Comércio Metropolitana Vigilância Com. e Ind. S/A Moinho Itaipu S/A Paraná Clínicas Planos de Saúde S/A Seccional Brasil S/A Servopa S/A Comércio e Indústria Viação Ouro Branco S/A Big Rick Empreend. Imobiliários S/A CN Energia S/A Rocha S.A Compagás Companhia Paranaense de Gás S/A F. Slaviero & Filhos S/A Ind.e Com.Mad. Impressora Paranaense S/A CCV - Comercial Curitibana Veículos S/A Granotec do Brasil S/A Ribemar Empreend. Agrop. e Imob.S/A Taisa S/A-Comercio de Máquinas Agricolas Viação Campos Gerais S/A Granolab do Brasil S/A Internet By Sercomtel S/A Cia Melhoramentos de Apucarana Cia Providência Ind. e Comércio Comercial Sul Paraná S/A Agro Pecuária Fosforeira Brasileira S/A Hotel Curitiba Capital S/A Ingrax Indústria e Comércio de Graxas S. Itambé Energética S.A Mili S/A Pesa - Paraná Equipamentos S/A Romagnole Produtos Elétricos S/A Somaco S/A Comércio de Automóveis Arauco Forest Brasil S/A Casa Rosa Combustíveis S/A Companhia Cacique de Café Solúvel S/A Ind.João Nascimento S/A Locofer Com. Serv. Equip.Ferrov. S/A Norpave Veículos S/A TCP- Terminal Conteineres Paranaguá S/A Brafer Construçóes Metálicas S/A Moinhos Unidos Brasil - Mate S.A Porto Shop S/A Hotel Parque Balneário Caiobá S/A Ireks do Brasil S/A Marimed Serviços Médicos S/A Vivo S/A Berneck S/A Painéis e Serrados Comercial Elétrica DW S/A Dacar Química do Brasil S/A Distrib. Curitiba de Papéis, Livros S/A Manuli Fitasa do Brasil S/A Arcelomittal Gonvarri Brasil S/A Clube Atlético Paranaense Empresa Pioneira de Transportes S/A Engefoto Eng. de Aerolevantamento S/A Esteio Eng. e Aerolevantamentos S/A Ferrolease Loc.Venda Equip.Ferrov. S/A Invest Alimentos S/A Rodovias Integradas do Paraná S.A Sanepar Cia de Saneamento do Paraná S/A Selectas S.A. - Indústria E Comércio de Sita Transportes de Carga S/A Spaipa Ind. Brasileira de Bebidas S/A Expresso Princesa dos Campos S.A Whb Fundição S/A Copel Cia Paranaense de Energia S/A Guará- Auto Peças S/A Madeireira Varaschin S/A Merisa S/A Eng e Planejamento Protisa Ind.de Produtos Alimentícios S/A Rextel Telecomunicações S/A Pasa - Paraná Operações Portuárias S/A Cocel - Cia Campolarguense de Energia Dissenha S/A Indústria e Comércio

2008

2009

82 78 77 75 74 73 73 73 73 73 72 71 71 71 71 71 70 70 70 70 69 69 69 69 68 68 68 68 68 68 68 68 68 68 67 67 67 66 66 66 65 65 65 65 65 64 64 63 63 63 63 63 63 63 63 63 63 63 62 62 62 62 62 62 62 61 61 61 60 60 60 60 59 59 59 59 59 58 58 58 58 58 58 58 58 58 58 58 58 57 57 56 56 56 56 56 56 55 54 54

71 66 81 90 58 32 68 61 82 56 71 59 71 23 77 78 61 73 63 71 70 37 51 63 63 66 66 38 59 65 49 62 62 58 71 72 35 60 79 58 60 78 52 63 57 73 65 69 48 53 64 66 55 65 50 88 62 68 42 68 42 65 44 70 43 75 59 58 34 48 48 37 58 71 64 51 47 76 37 58 57 72 54 46 38 45 47 58 68 61 41 63 69 74 48 42 54 56 59 48

Uma estranha no ninho

Maria Clara se destaca num meio tra contribuindo decisivamente pelo des

A

contadora Maria Clara Cavalcante Bugarim foi es colhida Personalidade Contábil Nacional de 2010, pelo Jornal Indústria & Comércio, dentro da promoção V Ranking das Sociedades Anônimas, sendo homenageada nesta terça-feira (31/08). Ela é Técnica de Controle Externo do Tribunal de Contas do Estado de Alagoas, Assessora Pedagógica e Professora da Universidade de Fortaleza (UNIFOR), empresária contábil, vicepresidente do Desenvolvimento Profissional e Institucional do Conselho Federal de Contabilidade e Presidente da Academia Brasileira de Ciências Contábeis. Para essa escolha o I&C contou com apoio de parceiros como a FENACON – Federação Nacional das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícia,Informações e Pesquisa, o SESCAP/ PR - Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas no Estado do Paraná, o Instituto Indicare – Análises e Planos Empresariais, entre outros. Uma escolha baseada nas realizações em favor dos profissionais e das empresas de contabilidade, representação corporativa, setorial e política, influenciando decisivamente no desenvolvimento do setor no Brasil. Outro fator de destaque foi o pioneirismo de ser uma mulher que atuou e continua atuando em áreas antes ocupadas por homens. Maria Clara Cavalcante Bugarim nasceu em União dos

Palmares (AL), em 1963. Contadora de profissão é também graduada em Administração de Empresas e em Direito, e pós-graduada em Auditoria e em Administração de Recursos Humanos. É Mestre em Controladoria e Contabilidade pela Universidade de São Paulo (USP) e Doutoranda em Engenharia e Gestão do Conhecimento pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Ao longo de sua vida profissional, exerceu com excelência e brilhantismo cargos, até então, nunca exercidos por mulheres. Foi Auditora Geral do Estado de Alagoas, Diretora Financeira do Instituto de Previdência do Estado de Alagoas (IPASEAL), Secretária de Assistência Social do Município de Santana do Mundaú (AL), Presidente da Associação dos Servidores do IPASEAL – ASSIPASEAL, Conselheira Fiscal do Banco do Estado de Alagoas, Conselheira Fiscal da Algás, Conselheira Fiscal da Sergasa, Vice-presidente de Assuntos Institucionais e de Alianças do Instituto da Cidadania Fiscal (ICF). Devido a sua formação, teve sua carreira marcada pela articulação junto às entidades de classe, presidiu o Conselho Regional de Contabilidade de Alagoas (CRCAL/1998 – 2001), a Fundação Brasileira de Contabilidade (FBC/2002 – 2005) e ocupou a cadeira de Conselheira do Conselho Federal de Contabilidade (CFC). Nessa última entidade iniciou-se o grande marco da história da profissão contábil e em 60 anos de criação da profissão, foi a primeira mulher a ocupar a presidência do órgão maior da Classe Contábil brasileira.

Instituto Indicare: Metodologia de Leôncio Saraiva Madruga

A análise das 228 empresas que compõem o V Ranking das melhores e maiores empresas de sociedade anônima do Paraná em 2009 se baseou nos critérios abaixo descritos. “O fornecimento de demonstrações contábeis corretas, relevantes e reveladoras (disclosure) é uma necessidade fundamental para qualquer sociedade que queira crescer em direção ao um mercado produtivo, próspero e gerador de empregos.” O Instituto Indicare analisou os balanços publicados no Diário Oficial durante os meses de Janeiro a Julho dos anos de 2005 a 2009 para obter todos os dados das empresas. O Instituto não entrou em contato com nenhuma a empresa visando aprimorar os dados divulgados. Do total de balanços disponíveis percebemos que a qualidade dos dados, assim como a qualidade da administração como um todo, piorou de maneira significativa a partir de 2008, nos forçando a excluir deste V Ranking uma grande quantidade dos balanços publicados. Ainda é freqüente encontrar balanços onde o ativo não fecha com o passivo. Com os dados obtidos dos balanços aceitáveis o Instituto processou 46 itens (Receita, Estoques, Disponível, Lucro, Custo de Mercadoria, Custo Financeiro, etc.) de cada balanço de forma a obter uma visão abrangente e profunda. Apenas dois itens adicionais foram estimados (por não constarem dos balanços) em função das técnicas contábeis mais modernas: os totais de compras a vista e de compras a prazo. As informações geradas pelo Instituto Indicare a partir desses cinco balanços atendem as necessidades técnicas dos controladores e contadores das empresas, assim como atendem as necessidades muito menos técnicas, mas muito mais importantes, dos gestores e empresários que realmente decidem os rumos das empresas. Quando o Imperador do Japão decidiu colocar em prática esse ensinamento de Deming, este estava implantando o sistema de qualidade no Japão de pósguerra (que era como o Haiti de hoje, um pais arrasado). Essa inteligente decisão transformou aquele minúsculo país na segunda maior potência mundial em termos de produção econômica. Somente agora a China, dez vezes mais populosa, está alcançando o Japão em termos de PIB. Esse ensinamento, sempre citado e quase nunca praticado, contém o segredo de toda empresa de sucesso. Todas as empresas medem seus dados, mas a grande maioria tem baixo desempenho por acreditar que apenas ver o funcionário trabalhando já é suficiente para gerenciar, ou não define o que é importante medir, ou não entende o que tenta gerenciar. A conseqüência dessa atitude atroz de não medir apenas o importante é o acúmulo diário de dados e relatórios totalmente inúteis nas mesas dos dirigentes. Uma empresa de engenharia paranaense chegou a medir a quantidade diária de sal na comida fornecida aos seus operários, para descobrir tempos mais tarde que isso não tinha a menor importância. Portanto é comum um empresário ignorar as análises fornecidas pela sua contabilidade, e o contador desistir de fornecê-las. O que ambos normalmente não sabem é que todas as conseqüências das decisões do corpo diretivo da empresa estão registradas na contabilidade. Portanto ao analisar os balanços, o Instituto está analisando a qualidade das decisões tomadas pela empresa. É dali que o Instituto retira os indicadores mais importantes para os empresários decidirem com segurança o rumo de suas empresas. Aqueles que se indignaram com a pobreza dos dados de suas empre-

sas e começaram trabalhar com dados mais sofisticados fornecidos pela análise do Instituto Indicare passaram a decidir melhor, sendo que alguns decidiram fazer MBA com ênfase em finanças para poder ir mais fundo nos seus significados mais técnicos.

“Empresas que mais inovaram em Qualidade de Gestão” Atualmente muito se tem falado em inovação empresarial e em aumento de produtividade. A busca pela redução dos preços e pelo aumento do valor agregado precisa de fato ser intensificada. Cada vez mais empresas estão colocando produtos com maior valor agregado e com preços ainda menores. Não se vê produto aumentando de preço no mercado ao longo dos tempos, exceto em três situações distintas: (a) nos mercados não livres, como em Cuba, (b) nos mercados com mono ou oligopólio, como é o caso da Energia Elétrica brasileira, e (c) nos governos, onde os preços dos serviços do governo (os impostos) sempre sobem. Nos demais casos aquele que não reduz seus preços acaba sendo engolido pela concorrência. Sabendo que a redução dos preços unitários é uma tendência antiga, pois ocorre desde tempos imemoriais, a busca pelo aumento de produtividade é uma necessidade absoluta para a sobrevivência das empresas, e a inovação é o que tem gerado as evoluções de produtividade das empresas. Existem três tipos de Inovação: (1) Inovação no Produto, (2) Inovação no Processo Operacional, e (3) Inovação no Processo de Gestão. O foco do Instituto Indicare é a ‘concepção’ de Inovações no Processo de Gestão. Quando o empresário entende claramente o significado de uma nota baixa em um indicador de Risco Financeiro, por exemplo, ele consegue conceber com extrema facilidade o que precisa ser alterado em sua empresa para melhorar o seu desempenho nesse foco. Portanto quando ele percebe realmente os desvios de qualidade de sua gestão, ele muda e passa a gerir melhor. E uma empresa melhor gerida obrigatoriamente aumenta a rentabilidade dos seus ativos, numa proporção comprovada pelas análises do Instituto Indicare através da Qualidade de Gestão.

“Empresas com melhor Qualidade de Gestão” Quando o Instituto avalia a Qualidade de Gestão de uma empresa, ele leva em conta os 30 focos mais importantes para qualquer gestão, independentemente do setor, faturamento, mercado que ela atua ou tipo de produto que produz. Cada um desses focos tem uma nota de zero a cem, onde zero é um péssimo indicador e cem é o melhor valor do índice, indicando que a empresa está em adequado equilíbrio nesse foco. A Qualidade de Gestão é definida como a média de todos esses trinta indicadores. Cada vez que a empresa melhora a sua produtividade, um ou mais indicadores focais (grau de endividamento, retorno sobre investimentos, etc.) obrigatoriamente refletem essa melhoria de Qualidade de Gestão. Ao analisar os dados deste Ranking nós temos a lista das maiores empresas de cada setor, mas isto não significa que elas sejam as melhores. Mais importantes, em nosso ponto de vista, são as empresas com Qualidade de Gestão superior, pois continuarão com sua alta rentabilidade ao longo dos anos vindouros, enquanto as grandes empresas com Qualidade de Gestão sofrível fatalmente cairão se nada fizerem. Num mercado competitivo como o nosso, com pressões governamentais extremas, só sobrevive quem tem competência e disciplina. Dentre as empresas lis-

tadas neste Ranking estão se ramos a elite dentre essas lulose, Hospital São Luca Operações Portuárias, V e WHB Fundição. Essas em todos os saltos em termos de longo dos últimos cinco anos: te algo em torno de 20% a su cada novo ano. Mais do que para ter grande quedas logo e presas galgaram novos pata sem recuar. Essa disciplina ge conjunto dos seus trinta indic tematicamente ao longo dos caíram, mas as suas quedas subida maior de outros) mo mum no universo das em contínua melhora na Qualida dos apresentados por essas e do ao longo dos anos. Alguma alcançaram uma nota de Qua a 67, indicando que não ma prejuízos nos seus balanços, e nota 80 terão uma rentabilid superior a 20% ao ano. Essa meço da jornada em direção presarial. Portanto essa elite DNA comum a capacidade de te a sua Qualidade de Gestão, ção. Como qualquer aumento só é possível através da inov tão, então podemos dizer qu Gestão que gerou esses resul

“A importância da de Avaliação de Ge

A ciência da contabilidade ver ainda nos tempos das c do local estocava os animais que ninguém os levasse dali. evoluiu no sentido de apoiar sões melhores. Com esse foco niu o que há de melhor e ma os balanços de seus clientes balanço mensal identificand um dos 30 indicadores, send cadores patrimoniais que ava tão Patrimonial (o cuidado e da empresa), 9 deles avaliam Financeira (o cuidado com o e o restantes 10 avaliam a Q nômica (a capacidade de ge característica mais important metodologia científica tem o mês o orçamento feito pela e detecta qual a Qualidade de G para aquele orçamento espec Qualidade em cada um dos çamento. Como a Qualidade de Ges sociada à Rentabilidade sob poderemos avaliar com exce cros previstos no orçamento alidade de mercado. E essa início de validade do orçam empresa demore todo um e que o seu orçamento era ma tenções em vez de uma verd mento Orçamentário, geran mente maiores a cada mês. O empresas que demoram a re deveria se antecipar ao mer mente melhorando a qualida


V Ranking das S.A. Curitiba, terça-feira, 31 de agosto de 2010 | C3 | Indústria&Comércio

adicionalmente masculino, senvolvimento profissional no país Em busca da perfeição Sua gestão (2006/2007 – 2008/2009) é marcada por sua habilidade interlocutória em abrir espaços, tanto no âmbito nacional quanto no âmbito internacional, para as discussões que envolvem a profissão contábil. Na área acadêmica destaca-se pelo acompanhamento sistemático, marcando o posicionamento da gestão (CFC) quanto às discussões sobre os novos rumos da Educação Superior no Brasil, especificamente na área do curso de Ciências Contábeis, bem como centrando esforços no sentido de privilegiar a Educação Continuada, instrumento eficaz na formação do profissional da contabilidade. No decorrer da sua trajetória como profissional e lutadora pelos direitos e garantias da Classe Contábil, foi merecedora dos principais títulos: Detentora da Comenda CRCPI – medalha de Honra ao Mérito Contador Pedro Tobias Duarte, Detentora da Comenda CRCRN – Professor Ulisses Celestino de Góes, Detentora da Comenda CRCTO – Medalha de ao Mérito Contábil Tocantinense, honraria máxima, Contador Ivan Carlos

Gatti, Detentora da Comenda CRCSP – Medalha Professor Hilário Franco, Detentora da Comenda CRCPA – Ordem Paraense do Mérito Contábil, Detentora do Prêmio de Personalidade do Ano “Diana Cury” – Associação dos Contabilistas de São Carlos (SP), Detentora do Título de Cidadã Honorária de Maceió (AL), Detentora do Título de Cidadã Honorária de São Luís(MA), Detentora do Título de Cidadã Honorária de Fortaleza (CE), Detentora do Título de Cidadã Honorária do Estado da Paraíba, Detentora da Comenda da Assembléia Legislativa de Goiás – Medalha do Mérito Legislativo Pedro Ludovico Teixeira, Detentora do Título Acadêmico de Imortal da Academia Brasileira de Ciências Econômicas, Políticas e Sociais (cátedra n.º 194), Título de Cidadã Norte Rio-Grandense, Título de Cidadã Teresinense, Prêmio Personalidade do Ano de 2007, concedido pela Federação dos Contabilistas do Estado de São Paulo, Detentora da Comenda CRC/TO - Medalha de Honra ao Mérito Contábil Tocantinense, honraria máxima, Contador Ivan Carlos Gatti.

e Avaliação do V Ranking das SAs

eis empresas que consideempresas: Iguaçú Ces, Martini Meat, PASA Viação Campos Gerais mpresas deram o maior de e Qualidade de Gestão ao subiram sistematicamenua Qualidade de Gestão a e galgar grandes valores em seguida, essas seis emamares a cada novo ano, erencial que fez com que o cadores melhorassem sisanos (alguns indicadores foram compensadas pela ostra uma garra incompresas listadas. Com a ade de Gestão, os resultaempresas foram crescenas dessas seis empresas já alidade de Gestão superior ais correm o risco de ter e quando ultrapassarem a dade sobre os seus ativos rentabilidade indica o codo Alto Desempenho eme de empresas tem como e melhorar continuamen, ano após ano, sem exceo de qualidade em gestão vação de processo de gesue foi a Inovação em sua ltados ímpares.

Tecnologia stão”

e começou a se desenvolavernas, quando o dono s caçados e cuidava para De lá para cá muita coisa o dirigente a tomar decio o Instituto Indicare reuais sintético para analisar . A análise esmiúça cada do as tendências de cada do que 11 deles são indialiam a Qualidade da Gese o tratamento dos ativos m a Qualidade da Gestão dinheiro que entra e sai) Qualidade da Gestão Ecoeração de lucros). Como te para o empresário essa o poder de avaliar mês a empresa. Nessa avaliação Gestão que serviu de base cífico, e a variação dessa meses cobertos pelo Or-

stão está intimamente asre o Investimento Total, elente precisão se os lusão coerentes com a reavaliação ocorrendo no mento permite evitar que exercício para descobrir ais uma declaração de indadeira peça de Planejando desvios significativaO mercado não perdoa as esponder. Portanto você rcado e agir preventivaade de seu orçamento.

“A inovação é a grande arma para o aumento da rentabilidade e da produtividade das empresas”

PATRIMÔNIO LÍQUIDO REAL Aqui um pequeno diferencial: É representado não pelo grupo denominado PATRIMÔNIO LÍQUIDO que consta nos Balanços, mas pelo Ativo Real (onde estão deduzidas as despesas diferidas) do qual se subtrai o Passivo Real (todas as dívidas de curto e longo prazos). TAXA DE RETORNO SOBRE INVESTIMENTO TOTAL Corresponde ao valor do Lucro Após o Imposto de Renda dividido pelo Ativo Total REAL e se refere à percentagem anual que retorna em relação ao total investido pela empresa.

“A importância da Inovação na Gestão da Empresa”

“LEVERAGE” – Grau de Endividamento - Alavancagem

A humanidade vem inovando desde os tempos de Adão e Eva. E vem obtendo sucessivos ganhos de produtividade desde então. Quando o macaco descobriu que enfiar um pedaço de madeira em um cupinzeiro traria um lote de formigas direto para sua boca, ele inovou e passou a se alimentar melhor que os macacos menos espertos. Portanto Inovação, como diz Steve Jobs da Apple, nada mais é do que fazer algo com mais qualidade. Muitos acham que inovação tem a ver apenas com laboratórios de pesquisa, com Universidade, com Doutores, mas estão enganados. Inovação é apenas a aplicação de uma boa idéia em sua prática diária. Quem inova não necessariamente inventa um novo método de fazer alguma coisa, e na maioria das vezes copia. Em alguns clientes nossos que buscam a melhoria da carreira de seus colaboradores através de tecnologia para aumento do desempenho individual, nosso produto (produzza) incentiva a geração de inovação diretamente do chão de fábrica. Nesses casos quem mais inova é o próprio trabalhador da fábrica ou do escritório, visando aumentar a sua produtividade em valores que normalmente alcançam, em curto espaço de tempo, reduções radicais nos tempos de produção de seus serviços ou produtos. Outros clientes de nosso produto de ERP (XADM) conseguem fechar a contabilidade diariamente, e forma que na manhã de cada dia os dados de balanço, já revisados pelo contador, estão íntegros e disponíveis para a tomada de decisão. Para eles qualquer mudança drástica nos dados é o sinal para uma análise mais apurada do mercado ou da empresa. Para os clientes de análises contábeis do Instituto (Indicare) o fechamento mensal dos balanços no último dia de cada mês adiciona uma reposta muito mais rápida da direção a cada desvio encontrado no orçamento.

A experiência demonstrou ao longo de décadas que existe um valor máximo, de um indicador especial, que uma vez atingido têm levado mais de 90% das empresas ao fracasso. Esse percentual é de 70% de capitais de terceiros numa empresa. Ou seja: em uma última hipótese de ousadia do empresário, este deve ter no mínimo 30% de todo o valor investido na empresa, ou até não estará “trading on the equity” que tem dois significados: o primeiro que significa “tomar crédito a uma determinada taxa e aplicá-lo num negócio que renda taxa mais alta (endividamento ou alavancagem)”. Utiliza capitais de terceiros como alavanca para fazer com que o seu capital próprio cresça. E o segundo significado é: “negociando com eqüidade ou ética”. Não é ético levar terceiros a correr riscos duas vezes maiores do que ele próprio já está correndo. Assim, a fórmula do “Leverage”, é a divisão do Investimento Total dividido pelo Patrimônio Líquido Real (dinheiro que pertence aos sócios em todo o investimento). O valor 1,00 significa que todo o investimento é apenas do proprietário. O valor de 3,33 significa que um terço do investimento é do proprietário, dois terços são investimentos de terceiros e a empresa está com sério risco de falência.

“Os significados das demais colunas do V Ranking” ATIVO TOTAL São os bens da empresa. É composto pelo Ativo Circulante (Conjunto de Numerários Disponíveis, Valores a Receber, Estoques e demais Valores Circulantes), pelo Ativo Realizável a Longo Prazo e Ativo Permanente subdividido em Investimentos e Imobilizado. RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA Representa as vendas líquidas (deduzidos os impostos e devoluções) de produtos e subprodutos na indústria, mercadorias no comércio e serviços prestados pelas prestadoras de serviços. LUCRO O valor se refere ao resultado do exercício, que sendo positivo corresponde ao LUCRO LÍQUIDO após a dedução do Imposto de Renda e Contribuição Social, ou, se negativo, ao PREJUÍZO ocorrido.

“Não se gerencia o que não se mede, não se mede o que não se define, não se define o que não se entende, não há sucesso no que não se gerencia”

RESUMO DAS EMPRESAS PESQUISADAS ATIVIDADES ECONÔMICAS

N° DE EMPRESAS

TOTAL GERAL Setor Primário Agricultura, Pecuária e Reflorestamento

228 12 12

Setor Secundário Indústria Alimentícia e Serviços Derivados Indústria de Açúcar e Álcool e derivados Indústria de Construção e derivados Indústria de Energia e derivados Indústria de Máquinas e Equipamentos Indústria Madeireira e Serviços Derivados Indústria Metalúrgica e Serviços Derivados Indústria Química e Serviços Derivados Indústria de Informática e Serviços derivados

104 23 5 8 9 13 18 11 12 5

Fundado em 2 de setembro de 1976.

Setor Terciário Comércio e Locação de Veículos e derivados Setor de Serviços Médico-Hospitalares Setor de Comunicações e Telecomunicações Setor de Informação e Educação Setor de Saneamento e Habitação Setor de Saúde e Bem Estar Setor de Transporte e Serviços derivados Setor de Transporte Pedagiado

99 23 8 5 12 5 14 18 3

Setor Outros Outros

13 13

Fundador Odone Fortes Martins ofm@induscom.com.br Edição Eliseu Tisato e Odailson Spada

GRUPO EDITORIAL INDÚSTRIA & COMÉRCIO - PARANÁ

reportagem@induscom.com.br

Comercial: Edições Especiais Janete Machado de Lima comercial@induscom.com.br Rua Imaculada Conçeição, 205 Rebouças - Curitiba Fone: 41 333.9800


V Ranking das S.A. Indústria&Comércio | Curitiba, terça-feira, 31 de agosto de 2010 | C4

Expedito Barbosa Martins

Um contabilista de visão Expedito Barbosa Martins (foto) é a figura do contabilista tradicional, o antigo “guarda-livros”, mas com um sonho mais alto, de modernidade, de transformação, da nova visão da profissão contábil. Técnico em contabilidade e advogado, com habilitação específica em Direito do Trabalho, se notabilizou pelo idealismo na valorização e modernização da atividade contábil. Começando como simples associado do Sindicato dos Contabilistas do Paraná, logo se envolveu na política sindical, galgando postos da diretoria, até chegar a vice-presidente (19851988). Participou, também, ativamente no movimento que resultou na criação do SESCAP/ PR - Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas no Estado do Paraná, dando início ao sistema FENACON. Hoje, indiretamente, através dessas entidades, exerce influência na política de modernização da legislação e prática contábil não só no Paraná, mas no país. Seu nome foi escolhido para receber a homenagem Personalidade Contábil do Paraná em 2010, por esses e outros serviços prestados à comunidade contábil do estado e pela luta em favor de uma prática contábil menos burocrática e mais eficiente, voltada ao desenvolvimento. O Jornal Indústria & Comércio elegeu o seu nome depois de consultar seus parceiros no V Ranking das Sociedade Anônimas, evento que ocorre na terça

(31 de agosto). Participaram desta escolha a FACIAP - Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado do Paraná, ACP – Associação Comercial do Paraná, FENACON – Federação Nacional das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícia, Informações e Pesquisa, o SESCAP/PR - Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas no Estado do Paraná, e o Instituto Indicare – Análises e Planos Empresariais.

Compromisso Nascido em Jandaia do SulPr, começou a trabalhar em 1973, já em Curitiba, onde cursou o técnico em contabilidade. Em 1978, já formado em Direito, passou a exercer também essa profissão. Em 1974 já participava do SICONTIBA - Sindicado dos Contabilistas do Paraná e em 1982 exerceu seu primeiro cargo eletivo na diretoria do sindicato. Entre 1991 e 1994 foi presidente da Federação dos Contabilistas do Paraná. Em 1975 passa a integrar o grupo que criou o SESCAP, fazendo parte da primeira diretoria, como diretor de assuntos jurídicos. Dali em diante sempre esteve ativo nos dois segmentos sindicais: o profissional e o das empresas. Em 2004, foi eleito para o cargo de Diretor 1º. Vice Presidente do SESCAP-PR., para o mandato de 2004 a 2007, e reeleito para o mandato de 2007 a 2010. Hoje, para o mandato

2010 a 2013, foi eleito como diretor 2º. Vice Presidente. De 01 de janeiro de 1.996 a 31 de dezembro de 1.998, participou da Administração do Sindicato dos Contabilistas de Curitiba no cargo de 2º.Vice-Presidente; reeleito para mais um mandato de 01 de janeiro de 1.999 a 31 de dezembro de 2.001. No SICONTIBA, foi eleito no período de janeiro de 2002 a dezembro de 2004, o cargo de 1º. Vice Presidente e em 2005, eleito para o Conselho Consultivo, Reeleito em 2008. Além dessas atuações específicas, de 1993 a 1996, foi eleito para o cargo de conselheiro fiscal da Confederação Nacional das Profissões Liberais. Em resumo, conforme informações de seu currículo, “desde 1.978, estamos participando ativamente dos eventos realizados pelas entidades representativas da Classe Contábil: ENERCON – Encontro Nacional de Entidades Representativas de Contabilistas, promovida pela Federação dos Contabilistas do Estado de São Paulo; convenções estaduais e nacionais, e o Congresso Brasileiro de Contabilidade. Mas sua atuação não é só profissional e representativa, mas também social. Em 1989 integrou-se à diretoria da Obra Social Menino Jesus de Praga, como vice-presidente. Em 1994 e 1995 foi presidente. De 2002 até o momento continua como diretor. Essa é a atividade que lhe dá o prazer de ver crianças carentes amparadas e se desenvolvendo para uma vida digna.

Para avançar, é preciso apenas inovar e recriar Narciso Doro Estamos vivendo um momento revolucionário nas tecnologias, informações, comunicações e também nas áreas econômica, social, cultural, política e religiosa. Percebemos, por exemplo, no âmbito empresarial, que não é mais tão importante o potencial da organização pelo seu patrimônio, número de empregados, capacidade de produção, mas sim pelo conhecimento que ela possui, e como sua atividade contribui para o equilíbrio social. Descobrimos que para avançar, precisamos apenas inovar e recriar. Exemplo de iniciativa que rende ganhos sociais em uma região crítica de Curitiba é a adoção do regime integral na escola pública Vila Torres. Retira as crianças da rua e abre novas perspectivas para suas vidas. Muitas outras áreas, em nosso país, estão igualmente carentes de soluções inovadoras. É o caso da abertura de empresas, processo ainda lento, burocrático, quando, por sua importância econômica, deveria ser rápido, com um mínimo de inovação. Alvin Toffler, em seu livro A Terceira Onda, afirma: “A rapidez é um componente crítico do sucesso, uma infraestrutura eletrônica é indispensável para acelerar as mudanças”. É importante esclarecer que a abertura de uma empresa, com exceção do registro do contrato social, é algo simplesmente cadastral, consistindo no preenchimento de sete a 10 itens, tarefa que leva minutos. O que propõem as entidades contábeis? Projeto Abertura de Empresa em 8 horas. A abertura de micro e pequenas empresas que dispensem laudo liberatório referente a impacto ambiental, sanitário e de risco de incêndio, seja totalmente eletrônica, despapelizada. O tempo perdido pelo contribuinte para ir pessoalmente a todos os órgãos envolvidos no processo seja substituído pelo compartilhamento das informações entre a Junta Comercial, a prefeitura, a Receita Federal e a Receita Estadual. As maiores dificuldades, no momento, são

CMYK

a consulta na prefeitura para liberação do endereço para a atividade pretendida e a papelada que se precisa juntar, com cópias autenticadas e firmas reconhecidas, para apresentar nos demais órgãos. Com as tecnologias que temos hoje, essas burocracias são perfeitamente dispensáveis. Tudo pode ser feito online, sem custo para o contribuinte e para o erário público, em, no máximo, 8 horas. Em 1998, quando a Receita Federal lançou a certidão negativa online, houve muitas críticas, por ser um documento de grande responsabilidade, com poder de credenciar empresas para licitações públicas, por exemplo. A certidão hoje é uma prática assimilada e elogiada. Falta aos gestores públicos a visão do futuro, o desejo de avançar e a abertura para inovar. Ficamos então à mercê de exigências desnecessárias, quando não absurdas, como fez recentemente o INSS que baixou uma portaria com data retroativa, causando transtornos incalculáveis. A verdade é que burocracias inúteis, no conjunto, emperram a economia, a vida social, atrapalham o crescimento do país. Se temos recursos para fazer as coisas funcionarem melhor, por que não utilizá-los? Narciso Doro – presidente do Sindicato dos Contabilistas de Curitiba e-mail: narcisodoro@bighost.com.br

Cesar Abicalaffe é homenageado pelos 50 anos de carreira Ele é conhecido por sua forma pitoresca de abordagem dos assuntos econômicos, principalmente ao transmitir a seus alunos fórmulas eficientes de arrancar de um balanço dados que formam um diagnóstico preciso da saúde econômico/financeira de uma empresa. O professor Cesar Abicalaffe, completa em novembro 50 anos de profissão e 40 anos (comemorados em 03 de agosto) como professor universitário, de pós-graduação e em ensino à distância. E o Jornal Indústria & Comércio não poderia deixar a comemoração no esquecimento. Uma lembrança especial ocorre no V Ranking das Sociedades Anônimas, cuja solenidade reúne empresários, executivos e profissionais de economia e finanças, no dia 31 de agosto, às 19h30 horas, no salão nobre da ACP – Associação Comercial do Paraná. Mas a informação vazou e o professor, tomado inicialmente de surpresa, logo respondeu com bom humor: “Só para saber: Próximo ano completo 70 anos de idade e 50 anos de casamento (Bodas-de-ouro)...”. Anexou uma cópia do primeiro contrato de trabalho em sua carteira profissional, comprovando da data em que iniciou a lecionar na FAE e do certificado que registra os 30 anos do curso de Ciência Contábeis da FAE e de sua atuação como professor. (Ver figuras anexas) Sócio fundador da RENACCON – Rede Nacional de Consultores, Controlers ContábilFinanceiro, Abicalaffe e um dos mais antigos professores da FAE Business School, possui uma grande número de ex-alunos que hoje ocupam posição de destaque no mundo profissional contábil, muitos deles admiradores incondicionais. A reportagem do I&C ouviu alguns desses ex-alunos, como segue: Salomão Pamplona, sócio e amigo do professor deu o seguinte recado: “O César assemelha-se às figuras citadas por Augusto Cury, pois também nunca desiste dos seus sonhos. Espero que obtenha o êxito esperado que é disseminar a verdadeira cultura contábil no meio de uma classe focada mais para uma de suas facetas. É um homem de ideal e desprovido de malícia ou maldade. Diria, puro e espiri-

tualizado, por isso mesmo, isolado e às vezes, incompreendido. Mas acima de tudo, é um exemplo pela fé que vivencia a toda prova.” Jorge Miguel, ex-aluno de Abicalaffe, hoje em Nova Iguaçu – RJ, enviou sua homenagem: “Fazer um comentário sobre o Prof Cesar Abicalaffe é uma tarefa muito difícil, pois trata-se de um homem com um ideal definido, o qual se renova a cada dia e irradia aqueles que estão a sua volta, o conheci no ano de 2004 e de lá para cá não parei mais de crescer em todos os aspectos de minha vida familiar e profissional.” Paulo Esteves, outro ex-aluno que reside no Rio de Janeiro, homenageia o professor Abicalaffe com essas palavras: “Ao mestre, com carinho e respeito pela perseverança que tem em disseminar a Ciência da Riqueza através de sua incansável luta em busca de um Brasil melhor: ‘E o Brasil, por seus filhos amado, poderoso e feliz há de ser...’”. Sônia Lucia N. da Silva, da Triesse Consultoria e Perícias Ltda., de Salvador, BA, fez questão também de enviar o seu recado ao professor: “Admiro muito o Prof. Cesar, uma personalidade marcante, persistente, com um jeito muito especial, transparente e simples de viver, de ensinar, de compartilhar, de dividir, de ajudar. Sua incansável luta pela projeção e valoração de toda uma classe e dos segredos que abrem as portas na Ciência da Riqueza e Prosperidade são marcos da nobreza de seu caráter e de sua indiscutível capacidade profissional. Que Deus o recompense!”. Já Alceu Pickler, de Curitiba, disse o seguinte: “Conheci em 1970 o então Prof Cesar, a quem o chamo de Mestre Abicalaffe. Sua paixão pelo que faz, é um sacerdócio e o sorriso do aluno ao final do ano, é o pulo do gato (este é o termo que ele usa no inicio de cada ano)”.


V Ranking das S.A. Curitiba, terça-feira, 31 de agosto de 2010 | C5 | Indústria&Comércio

Opinião: Nova Era Econômica Contábil (I) Prof. César Abicalaffe

Vivemos um tempo de novidades e talvez da maior revolução econômica-contábil que está - queiramos ou não – nos colocando diante de uma nova era. Vejamos: 1) NOVA CÉDULA – “Casa da Moeda lança nota de R$ 50 de alta tecnologia. Tintas invi-

síveis, efeitos óticos, leitura tátil , selos de última geração e começou a ser produzida pela Casa da Moeda, após o ministro da Fazenda, Guido Mantega, acionar pela primeira vez o novo maquinário importado da Suíça...”MSN 2) CONVERGÊNCIA IN-

TERNACIONAL que além das naturais reações contra o novo, traz algumas DIVERGÊNCIAS: Leasing financeiro; Títulos e valores mobiliários; Instrumentos financeiros derivativos; Pesquisa e desenvolvimento de novos produtos; Encargos com planos de benefícios de aposentadoria; “Goodwill”... 3) SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL (SPED) e NOTA FISCAL ELETRÓNICA (NF-e) que certamente causará enorme impacto na economia nacional, traz um perigo, como o de uma bomba de efeito retardado que explodirá num futuro bem próximo. É a maior transformação empresarial – nunca vista antes neste País -, na qual até as micros, pequenas e médias empresas terão de aderir a padrões de gestão e tecnologia tão eficientes quanto as de grandes corporações. Eis alguns dos grandes desafios das empresas e contabilistas que entraram no século 21, em sua grande maioria, ainda com a mentalidade de Era Industrial, mas já participando da Era do Conhecimento., o que implica, no mínimo uma primeira atitude: “sair da zona de conforto”, uma vez que atender esse mercado tão grande e diferente do usual não é uma tarefa nada fácil, convenhamos. Ainda mais que agora a Receita Federal está super-equipada, o maior computador do mundo já alimentado com dados de todos os brasileiros e que começam a ser todos interligados, utilizando um dos melhores softwares e sistema Operacional, apelidados de HAL, Tiranossauro-Rex e Harpia, respectivamente.

“sair da zona de conforto”, uma vez que atender esse mercado tão grande e diferente do usual não é uma tarefa nada fácil” Diz meu amigo Roberto Duarte em recente entrevista: “Em minhas andanças pelo país, descobri que empresas não estão emitindo NF-e por que: (1) Muitas não sabem que estão obrigadas; (2) Algumas sabem e fingem que não sabem; e (3) Outras tantas, sabem, fingem que não sabem e têm raiva de quem sabe. Fica evidente que falta divulgação sobre benefícios e ameaças. Os empresários (e seus contadores), não têm noção do tamanho do passivo fiscal que estão gerando, conclui. Eu faço uma sugestão: Além de sair da zona de conforto, uma segunda atitude extremamente inteligente para o momento será: deixar de olhar a contabilidade apenas em seu aspecto fiscal (masculino) enfrentando a “guerra” em andamento e passar a focar sua outra face, a científica (feminina), no mínimo para enxergar o que há de belo nela e gerar lucros tão maiores que ajudarão “os melhores empresários e profissionais do mundo” a enfrentar e vencer a guerra. Será um sonho? Isto é assunto para o próximo artigo... CMYK


V Ranking das S.A. Indústria&Comércio | Curitiba, terça-feira, 31 de agosto de 2010 | C6

CLASSIFICAÇÃO DE EMPRESAS POR SETOR [EM R$ MIL - VALORES CORRENTES]

Ordem

EMPRESA

Receita Operacional Líquida 2009 2008

Lucro Líquido/Prejuizo 2009 2008

Patrimônio Líquido Real 2009 2008

Ativos Totais Reais 2009 2008

Qualidade da Gestão 2009 2008

Receita Operacional Líquida Ordem

EMPRESA

Lucro Líquido/Prejuizo

Patrimônio Líquido Real

Ativos Totais Reais

Qualidade da Gestão

2009

2008

2009

2008

2009

2008

2009

2008

2009 2008

36.294 31.962 30.271 17.939 12.596 11.281 7.442 4.100 2.174 889 253 131

45.167 39.096 35.290 22.909 13.869 11.843 6.855 5.383 3.590 792 237 297

371 1.325 75.510 (3.534) 1.521 9.701 (2.559) (2.294) 272 375 487 31

225 (489) 7.165 (2.348) 1.568 10.373 487 (41) 1.281 358 (73) 75

6.369 60.809 20.024 23.653 94.438 14.716 1.213 22.363 2.794 10.163 650 1.174

6.312 60.375 (40.319) 27.180 93.322 13.314 3.771 25.510 2.426 9.999 168 1.143

28.654 78.241 292.778 28.207 145.328 20.293 8.100 26.456 2.916 10.816 910 1.668

30.757 86.383 255.273 35.211 143.177 16.556 7.560 30.223 2.777 10.498 543 1.676

41 58 68 52 54 66 24 47 56 53 73 62

38 47 38 49 48 79 58 39 74 51 32 65

364.785 29.406 126.088 39.042 856 10.907 3.817 14.254 10.859 7.195 (665)

342.431 19.564 108.334 41.796 4.820 12.315 4.259 3.994 9.591 7.211 1.649

462.327 340.822 156.776 69.158 36.556 35.930 38.362 26.555 31.993 10.753 13.538

449.079 257.402 159.283 72.508 31.449 30.551 37.646 25.053 30.654 12.043 12.403

58 57 61 50 23 42 33 68 27 53 39

76 41 75 54 56 59 40 62 43 61 35

162.075 413.798 21.244 33.555 20.637 2.795 8.917 79.845 447 18.246 3.966 2.699

331.231 420.047 21.389 38.095 15.540 4.111 56.256 76.412 1.386 18.717 3.476 15.819

1.203.683 1.383.114 505.788 468.065 93.836 104.223 44.483 51.364 29.743 28.264 65.384 60.715 88.909 78.245 95.051 90.377 24.355 28.820 23.208 24.100 11.584 11.973 31.734 30.223

17 42 50 73 63 22 59 54 27 63 59 42

44 64 37 68 55 33 64 73 32 64 47 53

994.174 7.152.156 5.208.632 16.158.682 18.425.568 7.723 220.228 241.507 314.412 319.080 5.373 (9.282) (8.343) 18.400 18.788 5.474 (5.122) (4.669) 10.866 10.455 214 6.599 4.487 8.090 5.237

60 37 14 15 64

37 49 45 44 65

(12.979) 64.402 1.927 1.541 4.910 (2.490) 369 (4) (1.394) (25) (69) (2.293)

292.917 130.893 100.424 74.790 38.505 39.649 12.815 14 3.382 4.403 7.447 1.489

51 78 59 66 49 53 50 20 20 54 21 41

41 66 51 58 61 36 57 41 37 32 34 22

4.858.229 4.521.887 603.725 564.058 1.342.518 1.339.817 17.356 10.844 2.386 2.416

58 48 43 51 67

45 52 47 60 71

AGRICULTURA, PECUÁRIA E REFLORESTAMENTO 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12

Globosuínos Agropecuária S/A Arauco Forest Brasil S/A Fujimura do Brasil S/A-Ind. de Seda Comercial Sul Paraná S/A Agro Pecuária Agropecuária Rossato S/A Sbaraini Agropecuária S/A Ind.Com Unifrango Agroindustrial S/A Ribemar Empreend. Agrop. e Imob.S/A Ambiental Paraná Florestas S.A Vergilio Castagnoli S/A Agropecuária Linea Florestal S/A Agro Pastoril Novo Horizonte S/A

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23

BattiStella Adm Participações S/A Servopa S/A Comércio e Indústria Florença Veículos S/A Nórdica Veículos S/A CCV - Comercial Curitibana Veículos S/A Pneumar - Ribeiro S.A Ribeiro Veículos S/A Companhia de Automóveis Slaviero S/A Norpave Veículos S/A Taisa S/A-Comercio de Máquinas Agricolas Dimasa S/A Guará- Auto Peças S/A Idisa - Iguaçú Diesel Veículos S/A Somaco S/A Comércio de Automóveis Comercial Oeste S/A Pesa - Paraná Equipamentos S/A Rentauto Locadora de Veículos S/A Novafrota Equipamentos S.A Forcecar Auto Peças S/A Vecal- Veículos Campos Gerais S/A Igasa S/A Ind. e Com. de Auto Peças Casa Rosa Combustíveis S/A Udo Heuer S/A Ind. e Comércio

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11

Urbs Urbanização de Curitiba S/A Lactec Instituto de Tec. para o Des. S/A Esteio Eng. e Aerolevantamentos S/A Engefoto Eng. de Aerolevantamento S/A Aeroimagem Aerofotogrametria S/A Minerais do Paraná S.A - Mineropar Aeromapa S/A Cartografia, Informática e Codar - Cia de Desenv. de Arapongas S/A Merisa S/A Eng e Planejamento Urbanização de Maringá S/A Cia Melhoramentos de Apucarana

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23

Kraft Foods Brasil S/A Spaipa Ind. Brasileira de Bebidas S/A Cia Iguaçu de Café Solúvel S/A Companhia Cacique de Café Solúvel S/A Cia Beal de Alimentos S/A Nutrimental S/A Itamaraty Ind.e Com. S/A Moinho Globo Alimentos S/A Café Damasco S/A Romani S/A Ind. e Com. de Sal Moinho Itaipu S/A S.A Moageira e Agricola Vinícola Campo Largo S/A Hugo Cini S/A Ind. de Bebidas e Conexos Vapza Alimentos S/A Granotec do Brasil S/A Granolab do Brasil S/A Moinhos Unidos Brasil - Mate S.A Cotam Cic Industrial de Alimentos S/A Ireks do Brasil S/A Biotecnologia do Paraná S/A Invest Alimentos S/A Protisa Ind.de Produtos Alimentícios S/A

1 2 3 4 5

Usina São Tomé S/A Usaciga-Açucar Álcool e Energia Eletrica Açucar e Álcool Bandeirantes S/A Vale do Ivai S.A - Açucar e Alcool CPA Trading S.A

1 2 3 4 5 6 7 8

CR Almeida S/A Cia de Cimento Itambé Triunfo Construtora S/A J. Malucelli Construtora de Obras S/A Cesbe S/A Engenharia e Empreendimentos Ivaí Engenharia de Obras S/A Construtora Castilho S/A Construtora Vale Azul S/A

95.793 40.321 18.867 16.687 16.106 5.633 4.749 3.619 1.759 980 363 14

46.239 33.614 16.191 21.359 10.916 5.693 3.751 3.318 2.433 1.124 5 267.431

377 17.691 (4.397) 2.716 1.025 4.106 2.461 1.232 91 337 (424) 2.665

6.509 (28.371) (840) 3.928 3.353 4.609 2.361 965 23 872 (4.142) 237.359

22.549 246.380 14.560 32.433 12.769 37.038 8.495 15.006 46.547 4.614 12.235 140.983

20.678 235.839 18.958 32.861 18.708 34.991 5.937 12.877 46.456 4.376 12.655 138.845

50.247 338.573 22.691 47.153 20.879 38.340 8.887 17.567 63.255 4.944 22.220 142.384

45.127 352.493 28.458 45.599 21.354 36.202 6.292 12.961 62.961 4.539 22.549 143.064

45 62 51 63 44 71 75 65 52 54 30 77

63 42 49 53 70 78 90 52 61 63 50 81

(1.461) 40.221 3.104 55.780 75.733 28.377 35.157 23.477 8.009 7.979 37.468 6.610 4.780 4.599 3.370 3.623 11.701 9.004 8.557 2.633 5.338 2.469 91

578.238 93.713 100.970 133.672 127.503 80.797 70.758 48.803 16.440 23.092 57.955 7.387 14.165 11.460 5.430 17.538 40.437 19.880 14.438 12.284 13.990 2.577 2.626

472.196 91.885 85.577 116.398 105.798 80.797 57.069 39.011 13.084 20.634 61.718 8.802 8.768 10.827 4.991 4.889 37.093 12.751 12.689 16.119 11.295 2.611 3.932

22 68 35 70 65 32 53 53 62 65 44 56 42 63 71 63 49 82 70 35 47 62 22

26 62 33 71 60 34 58 63 70 63 42 69 50 68 71 88 31 71 73 43 31 68 24

21.324 26.009 28.035 11.345 5.366 1.964 1.926 (422) 47.175 23.678 1.267

76.780 68.595 46.117 20.539 15.719 3.292 2.402 725 47.605 42.608 1.362

73.742 75.475 41.745 17.917 9.324 3.099 2.221 981 47.426 47.733 1.318

23 46 58 58 68 53 68 31 56 53 63

23 40 72 57 63 58 66 41 48 55 69

1.529.561 1.448.909 945.817 783.808 480.055 514.961 386.607 449.968 73.158 62.909 201.861 193.646 38.201 42.040 56.024 49.034 110.059 104.605 40.759 30.691 20.398 20.368 32.799 29.729 31.978 29.325 27.428 28.104 27.216 26.276 14.168 11.973 7.821 7.192 11.188 10.234 19.711 22.067 13.310 12.831 40.614 45.556 6.144 4.783 19.386 13.615

47 58 44 62 42 43 34 47 18 69 68 54 73 47 36 65 64 61 37 60 32 58 56

48 68 30 42 42 36 38 53 28 63 65 58 56 26 44 78 73 59 53 48 22 46 42

COMÉRCIO E LOCAÇÃO DE VEÍCULOS E DERIVADOS 761.992 552.071 489.868 325.337 276.501 166.945 156.366 150.260 82.654 43.382 34.392 34.341 31.723 29.864 29.540 27.980 21.753 18.020 15.105 9.757 9.355 5.417 1.315

779.320 442.861 454.271 339.124 271.268 174.851 137.466 120.956 62.409 37.181 53.936 36.398 22.345 28.390 25.620 33.619 21.208 15.554 11.371 34.236 11.848 6.046 1.848

(39.864) (130.389) 9.160 10.885 9.662 (474) 17.956 18.291 11.859 4.333 (4.381) (1.300) 6.109 7.745 2.145 3.184 2.009 1.479 2.864 2.597 (217) (519) 211 372 (167) 190 1.431 1.032 680 556 13.282 13.194 1.209 2.888 5.740 3.699 1.238 2.072 (113) 1.419 (1.201) (936) 138 173 (1.491) (4.037)

(12.118) 44.900 3.728 70.691 93.180 24.381 40.973 23.790 9.664 10.799 35.281 5.592 4.628 4.889 3.952 3.623 20.416 14.886 10.145 2.805 7.848 2.487 (1.401)

ENGENHARIA, CONSULTORIA E PLANEJAMENTO 57.017 53.762 49.241 29.568 12.417 7.423 3.834 3.100 2.658 1.315 663

53.050 49.904 39.873 28.269 8.854 7.714 2.355 2.735 2.884 487 663

(3.761) 1.484 4.013 2.002 3.300 197 302 301 (3.040) 37 231

(224) 699 5.367 1.723 901 835 462 (358) (2.643) 57 239

18.752 27.494 30.251 12.066 9.710 2.158 1.904 (462) 47.355 23.714 1.294

INDÚSTRIA ALIMENTÍCIA E SERVIÇOS DERIVADOS 2.479.112 2.219.909 1.400.112 1.254.970 586.487 610.715 429.934 476.644 231.312 200.372 189.435 202.702 99.465 109.145 94.949 101.734 94.219 116.365 68.456 51.441 50.633 57.181 47.293 46.250 38.145 36.802 19.536 13.113 19.431 16.593 17.434 16.653 16.249 14.861 15.180 15.260 14.262 29.305 10.399 8.786 10.131 10.613 7.626 6.033 6.139 5.538

183.792 159.919 10.740 8.892 3.119 5.635 (2.687) 3.258 (9.732) 6.637 3.375 2.042 2.596 (276) (1.076) 4.260 325 1.026 (1.510) 396 818 (140) (1.307)

273.424 156.987 7.477 4.164 712 3.468 (2.400) 7.124 (13.867) 2.558 2.423 3.275 1.531 61 515 3.740 878 80 (590) (399) (5.915) (93) (233)

7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18

Kapersul Ind. e Com. de Papéis S/A Selectas S.A. - Indústria E Comércio de Imaribo S/A Ind.Comércio Lavrama - Lavradora Rac. de Madeiras S/A Dissenha S/A Indústria e Comércio F. Slaviero & Filhos S/A Ind.e Com.Mad. Indústria J. Bettega S/A Camifra S/A Madeireira Varaschin S/A Emílio B. Gomes & Fillhos S/A Augusto Thomaz S/A Ind.João Nascimento S/A

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11

Arcelomittal Gonvarri Brasil S/A Whb Fundição S/A Brafer Construçóes Metálicas S/A Metalgráfica Iguaçú S/A Sonaex S.A. Industria e Com. de Aço Metalkraft S/A Injeção e Usinagem Metalúrgica Schwarz S/A Seccional Brasil S/A Metalúrgica Schiffer S/A Maringá Soldas S/A Metalurgica Santa Cecilia S.A

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12

Milênia Agrociências S/A Nortox S/A Siderquímica Ind. & Com. Prod. Quím. S/A Dynea Brasil S/A Ingrax Indústria e Comércio de Graxas S. Rochesa S/A Tintas e Vernizes Dacar Química do Brasil S/A Fospar S/A PLM - Soluções em Plástico S/A Fosforeira Brasileira S/A Manuli Fitasa do Brasil S/A Plásticos Novel do Paraná S/A

INDÚSTRIA METALÚRGICA E SERVIÇOS DERIVADOS

117.382 (44.692) 105.506 12.014 28.422

458.383 434.320 342.611 16.632 34.151

286.795 391.667 309.368 19.506 29.528

54 24 20 37 45

30 45 23 0 59

339.908 301.804 142.380 248.294 74.752 169.016 71.958 11.789

346.482 204.612 220.300 236.802 73.026 153.188 71.907 11.775

462.581 393.048 325.933 342.136 119.978 215.975 107.420 12.574

436.674 353.664 357.010 301.130 116.657 203.531 99.712 12.636

51 68 34 53 48 69 35 52

63 66 42 66 47 51 38 73

1 2 3 4 5 6 7 8

1 2 3 4 5 6 7 8 9

Copel Cia Paranaense de Energia S/A 5.617.311 5.458.778 1.026.433 1.078.744 9.083.598 8.348.938 13.833.496 13.253.626 Compagás Companhia Paranaense de Gás S/A 210.195 231.323 34.645 32.525 188.513 169.768 269.818 268.073 Elejor-Centrais Elétricas do Rio Jordão 172.968 163.524 30.106 6.476 101.087 87.244 624.190 623.308 Companhia Força e Luz do Oeste S/A 46.396 44.531 1.638 (1.297) 20.953 21.495 61.125 57.656 Cocel - Cia Campolarguense de Energia 43.574 42.919 5.151 4.653 32.885 32.748 47.965 45.246 Inepar Energia S.A 29.547 26.354 (199.217) 146.397 110.122 311.604 395.780 524.815 Pesqueiro Energia S/A 15.961 17.837 14.621 15.643 37.047 38.039 37.677 38.977 CN Energia S/A 7.145 6.644 4.433 3.901 13.620 12.268 23.635 23.629 Itambé Energética S.A 1.080 1.180 839 1.516 21.758 21.118 22.085 22.418

56 66 48 40 54 17 73 67 63

63 60 36 35 59 65 82 72 65

1 2 3 4 5

Positivo Informática S/A Bematech S/A Copel Telecomunicações S.A. Sigma Dataserv Informática S/A Daiken Indústria Eletrônica S/A

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13

Renault do Brasil S/A Eletrolux do Brasil S/A Furukawa Industrial S/A Prod. Elétricos Romagnole Produtos Elétricos S/A Whb Componentes Automotivos S/A Noma do Brasil S/A Aguia Sistemas de Armazenagem S/A Perkons S/A Maclínea S/A Máq. e Eng. para Madeiras Hélix Brasil S/A Lufer Indústria Mecânica S/A Rextel Telecomunicações S/A Industrial de Máquinas S/A Ind. e Com.

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18

1 2 3 4 5 6

Berneck S/A Painéis e Serrados Placas do Paraná S/A Santa Maria Cia de Papel e Celulose S/A Iguaçu Celulose Papel S/A Marel Indústria de Móveis S/A Compensados e Laminados Lavrasul S/A

(22.556) (70.599) (37.650) (9.427) 84

INDÚSTRIA DE CONSTRUÇÃO E DERIVADOS 491.008 362.030 273.702 222.669 204.730 143.166 64.753 7.375

564.595 302.764 289.738 116.220 218.071 98.290 56.197 5.649

11.028 153.192 (25.356) 24.262 1.441 68.534 1.246 304

28.678 123.065 1.315 26.548 5.397 15.670 2.640 1.963

INDÚSTRIA DE ENERGIA E DERIVADOS

INDÚSTRIA DE INFORMÁTICA E SERVIÇOS DERIVADOS 2.154.889 1.921.738 330.391 317.863 117.784 94.299 17.250 16.620 13.920 19.896

118.717 27.922 24.892 (860) (568)

136.075 51.716 13.844 165 2.833

572.412 355.619 219.456 2.199 4.250

541.752 366.871 203.924 3.060 8.319

1.348.344 1.158.496 491.591 485.694 256.770 243.934 6.439 6.842 14.464 17.739

47 70 69 53 36

54 61 70 48 62

35.867 1.006.014 1.294.854 83.558 474.055 367.948 (25.951) 130.853 31.744 14.175 89.408 66.007 14.771 95.664 103.013 4.403 21.595 50.070 2.832 88.075 80.021 6.129 63.336 64.727 809 11.276 16.154 21.728 48.775 42.962 486 3.682 3.347 11 1.972 2.462 29 379 560

3.448.718 3.193.690 1.815.616 1.216.800 189.740 186.795 171.785 132.694 281.609 365.761 107.646 112.604 134.266 140.740 126.651 126.345 29.302 31.025 56.188 44.594 8.328 7.744 2.551 3.925 934 1.054

36 51 71 63 52 32 71 43 38 71 53 56 36

54 45 23 62 48 49 59 53 59 77 57 54 55

1.223.068 1.256.392 1.046.445 508.840 410.463 380.037 479.273 546.916 27.554 25.388 52.493 71.240

59 44 47 43 43 29

58 34 17 28 46 35

INDÚSTRIA DE MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS 4.794.981 4.580.197 (262.267) 3.238.434 2.455.460 204.350 267.242 309.611 45.883 230.695 275.723 4.990 191.317 215.882 13.866 160.709 187.683 (2.362) 124.019 133.441 10.568 86.272 124.739 7.308 32.908 30.918 656 14.686 24.850 9.420 11.455 15.110 468 1.042 2.889 (381) 883 1.396 (277)

INDÚSTRIA MADEIREIRA E SERVIÇOS DERIVADOS 369.132 360.000 202.149 197.280 50.590 50.039

337.079 455.321 218.917 194.145 45.797 61.958

38.314 28.099 73.500 25.977 1.563 (12.474)

53.328 (21.380) (15.451) (3.027) 239 (11.676)

799.769 498.899 109.362 52.266 5.512 2.894

781.202 152.991 85.940 1.084 4.233 15.480

50 MAIORES PRE JUIZ OS PREJUIZ JUIZO Classificação

EMPRESA RESULTADO

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25

Renault do Brasil S/A Inepar Energia S.A Milênia Agrociências S/A Usaciga-Açucar Álcool e Energia Eletrica Cohapar Cia de Habitação do Paraná S/A BattiStella Adm Participações S/A Açucar e Álcool Bandeirantes S/A Triunfo Construtora S/A Sercomtel S/A Compensados e Laminados Lavrasul S/A Terminais Portuários Ponta do Félix S/A Coritiba Foot Ball Club S/A Café Damasco S/A CPA Trading S.A Nortox S/A Vale do Ivai S.A - Açucar e Alcool Sonaex S.A. Industria e Com. de Aço ALL - América Latina Logística S/A Fujimura do Brasil S/A-Ind. de Seda Pneumar - Ribeiro S.A Urbs Urbanização de Curitiba S/A Lavrama - Lavradora Rac. de Madeiras S/A Metalgráfica Iguaçú S/A Merisa S/A Eng e Planejamento Editora Jornal de Londrina S/A

2009 (262.267) (199.217) (132.948) (111.272) (47.905) (39.864) (33.040) (25.356) (20.680) (12.474) (10.296) (9.791) (9.732) (7.775) (6.311) (6.253) (5.005) (4.960) (4.397) (4.381) (3.761) (3.534) (3.047) (3.040) (2.790)

2008 35.867 146.397 63.611 (70.599) (62.418) (130.389) (37.650) 1.315 7.723 (11.676) (8.673) 1.029 (13.867) 84 21.406 (9.427) 2.744 67.112 (840) (1.300) (224) (2.348) (3.151) (2.643) (2.293)

Qualidade deGestão 2009 36 17 17 24 43 22 20 34 37 29 47 17 18 45 42 37 23 45 51 32 23 52 50 56 41

Classificação

26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50

63.611 21.406 2.508 11.351 (139) 944 14.260 18.904 (3.564) 8.446 1.073 206

145.751 67.319 58.093 38.451 19.433 8.478 7.861 (4.041) (18.467) 2.576 2.340 (1.107)

164.166 60.119 52.108 34.398 12.162 5.909 7.831 (6) (16.155) 1.114 3.025 (9.256)

253.503 121.566 107.811 79.484 53.776 39.318 21.905 11.594 2.570 6.875 8.154 1.542

1.389.402 1.392.518 58.190 43.381 52.636 53.944 1.163 871 432 460 718.971 128.521 117.207 81.171 57.580 56.053 24.292 23.740 23.441 15.417 12.238 1.373 433 100

631.147 116.233 95.833 77.843 50.768 73.954 20.763 23.644 24.741 13.495 17.582 1.455 476 81

137.871 885 (47.905) (559) 169 19.793 1.359 41.732 3.060 2.813 1.814 603 2.821 508 365 209 (91) 1.136 93

141.880 2.692.096 2.481.661 15.774 172.330 118.868 (62.418) 790.300 735.784 (396) 11.467 9.116 297 2.354 2.374 16.744 3.602 39.839 3.014 2.786 4.944 1.092 1.856 848 144 677 (8) (409) 81

100.603 29.093 69.635 32.096 8.034 19.988 5.637 10.846 33.987 4.283 2.312 1.129 (3.688) 716

60.674 30.898 40.319 26.822 6.613 19.078 5.110 9.446 33.370 3.559 2.317 1.221 (4.826) 623

496.796 45.710 146.975 50.697 14.815 31.899 16.000 31.063 36.953 8.399 5.136 1.250 17 723

767.874 50.525 123.256 47.075 12.565 30.227 13.645 28.271 36.236 8.111 4.165 1.331 98 632

47 51 74 68 68 52 46 51 63 60 47 37 60 72

42 71 58 49 59 59 52 47 66 48 72 51 34 71

7.485 16.272 7.548 3.377 724 (1.464) 2.304 1.709

7.743 11.694 5.897 2.929 368 (1.265) 2.377 1.746

212.444 30.377 22.134 4.851 5.926 3.447 3.346 1.883

181.165 27.220 20.566 4.590 5.750 3.353 3.445 1.840

27 51 42 47 53 27 70 52

37 55 46 43 27 25 63 63

SETOR DE SERVIÇOS MÉDICO-HOSPITALARES Sociedade Evangélica Benef. de Ctba-SEB Hospital Santa Cruz S/A Sta Casa de Misericórdia de Maringá S/A Hospital e Maternidade Santa Brígida S/A Hospital e Maternidade Maringá S.A. Hospital Paranaguá S/A Hospital São Lucas S/A Centro de Hemod.Policlínica Pato Branco

148.360 75.186 40.755 11.667 11.257 6.271 5.861 1.528

169.196 67.814 42.660 10.217 9.271 5.254 7.763 1.417

40 3.739 566 553 397 (216) 379 329

724 657 1.023 326 18 (731) 721 449

SETOR DE TRANSPORTE E SERVIÇOS DERIVADOS TCP- Terminal Conteineres Paranaguá S/A Expresso Princesa dos Campos S.A Catlog Logística de Transportes S/A Total Linhas Aereas Ltda ALL - América Latina Logística S/A CSI Cargo Logística Integral S/A EADI Sul Terminal de Cargas Ltda Viação Campos Gerais S/A Martini Meat S/A Armazéns Gerais Pasa - Paraná Operações Portuárias S/A Viação Ouro Branco S/A Empresa Pioneira de Transportes S/A Sita Transportes de Carga S/A Sulista S/A Terminais Portuários Ponta do Félix S/A Cattani S/A Transportes e Turismo Ferrolease Loc.Venda Equip.Ferrov. S/A Locofer Com. Serv. Equip.Ferrov. S/A Setor de Transporte Pedagiado 1 Rodovias Integradas do Paraná S.A 2 Rodovia das Cataratas S.A. 3 Concessionária Ecovia Caminho do Mar S/A

264.450 147.837 128.943 122.522 120.905 63.802 54.201 51.325 36.783 21.746 18.849 18.654 17.632 14.430 14.190 11.288 4.835 3.094

253.094 148.571 116.217 138.115 279.743 54.861 29.081 49.818 25.893 27.817 19.146 17.718 48.668 16.473 16.844 12.457 4.404 1.985

115.824 (438) 3.360 2.237 (4.960) 2.793 7.937 8.538 2.755 2.314 849 3.512 393 (914) (10.296) (63) 1.249 206

74.432 2.998 1.117 1.558 67.112 3.100 1.195 2.311 2.591 7.935 2.047 947 1.951 (583) (8.673) (47) 645 (255)

57.983 78.907 5.211 26.206 123.706 5.498 14.119 36.323 24.190 50.428 8.942 12.907 3.143 5.452 135.365 (5.508) 10.048 9.251

(61.756) 78.637 3.483 7.078 129.124 2.849 10.931 27.279 16.333 46.823 8.126 15.624 2.844 7.616 142.797 (5.973) 9.320 9.044

444.036 115.391 31.316 120.017 237.386 14.767 24.445 65.050 72.643 59.415 15.371 18.408 8.536 19.791 147.282 21.052 16.127 9.361

468.675 111.433 21.844 121.520 240.883 11.750 19.218 54.836 46.611 63.498 17.267 25.395 10.562 22.682 156.895 23.338 15.577 9.350

62 57 50 47 45 52 69 65 34 55 68 58 58 37 47 29 58 62

43 61 47 48 0 63 37 57 32 56 58 58 58 47 42 27 54 44

148.981 135.328 111.791

135.600 119.004 99.452

39.108 31.094 22.011

22.710 32.951 21.057

42.344 47.107 18.329

38.538 44.711 18.323

162.322 115.477 93.313

155.128 103.116 70.161

58 39 50

38 49 41

412.837 405.641 223.257 94.021 68.548 47.904 41.725 39.859 38.924 30.284 22.404 2.291 1.699

500.369 338.974 192.543 97.170 82.929 48.212 45.954 30.302 35.392 25.961 21.968 2.702 1.954

50.986 24.873 3.974 450 2.647 3.822 (2.018) 10.571 (9.791) 1.449 711 (111) 1.096

40.282 12.794 2.068 1.940 5.981 5.017 (4.245) (18.000) 1.029 (70) 1.168 (169) 2.405

499.381 98.934 4.197 1.931 26.050 18.987 32.855 138.003 (259) 7.702 (14.953) (11.445) 4.500

471.266 92.166 2.042 1.488 27.646 16.367 34.992 125.844 6.143 11.512 (14.937) (11.333) 3.403

986.609 1.044.773 299.483 263.207 68.418 68.101 53.053 52.827 37.426 36.211 29.441 25.835 47.257 56.710 169.126 162.871 53.938 59.536 13.116 16.705 31.090 28.015 3.192 2.722 7.093 8.437

63 63 42 53 59 73 53 58 17 61 35 14 67

48 50 48 38 71 61 49 37 28 58 38 14 35

OUTROS 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13

Cia Providência Ind. e Comércio Mili S/A Balaroti Com.de Mat. de Construção S/A Editora Gazeta do Povo S/A Comercial Elétrica DW S/A Higi Serv Limpeza e Conservação S/A Cotonifício de Andirá S/A - Cotan Clube Atlético Paranaense Coritiba Foot Ball Club S/A Porto Shop S/A Germer Porcelanas Finas S/A Ponderosa Adm., Ind., e Comércio S/A Rocha S.A

[EM R$ MIL - VALORES CORRENTES)

EMPRESA

Itamaraty Ind.e Com. S/A Indústria J. Bettega S/A Noma do Brasil S/A Cia. Nacional de Call Center Camifra S/A Cotonifício de Andirá S/A - Cotan Cotam Cic Industrial de Alimentos S/A Udo Heuer S/A Ind. e Comércio Dtcom - Direct To Company S/A Adatel TV e Comunicações Osasco S/A Protisa Ind.de Produtos Alimentícios S/A Rochesa S/A Tintas e Vernizes Igasa S/A Ind. e Com. de Auto Peças Vapza Alimentos S/A Sulista S/A Sigma Dataserv Informática S/A Metalúrgica Schiffer S/A Ingra Indústria Gráfica S/A Metalurgica Santa Cecilia S.A Daiken Indústria Eletrônica S/A Prolar Cia de Habit. de Ponta Grossa S/A PLM - Soluções em Plástico S/A Rádio e Televisão Iguaçú S/A Expresso Princesa dos Campos S.A Línea Florestasl SA

923.130 (132.948) 415.393 (6.311) 163.815 1.062 150.981 8.758 114.402 5.822 99.157 (1.227) 73.616 15.080 83.305 6.500 37.658 (513) 30.474 5.293 29.353 106 29.390 2.306

SETOR DE SANEAMENTO E HABITAÇÃO 1 2 3 4 5

RESULTADO 2008 54 65 44 45 47 26 23 42 49 35 42 28 28 59 64 0 56 0 49 34 23 49 54 48 22

51.612 6.745 26.113 (3.151) 2.744 3.006 178 16.392 136 336 (405)

SETOR DE COMUNICAÇÕES E TELECOMUNICAÇÕES

130.457 23.327 59.125 6.289 33.347

50.292 (111.272) (33.040) (6.253) (7.775)

846.717 405.617 168.982 111.480 97.548 96.954 78.138 59.249 31.867 27.981 25.553 20.738

Vivo S/A 14.653.824 14.249.228 1.066.882 Sercomtel S/A 146.315 148.724 (20.680) Adatel TV e Comunicações Osasco S/A 12.390 10.963 (1.411) Adatel, TV e Comunicações São José S/A 8.258 6.722 (416) Internet By Sercomtel S/A 8.221 5.504 1.285 Setor de Informação e Educação 1 Gráfica e Editora Posigraf S/A 284.283 270.812 25.455 2 Sociedade Rádio Emissora Paranaense S/A 194.320 185.831 73.580 3 Distrib. Curitiba de Papéis, Livros S/A 156.648 123.854 3.402 4 Impressora Paranaense S/A 134.406 126.026 5.450 5 Master Publicidade S/A 35.538 30.604 5.570 6 TVA Sul Paraná S/A 26.630 28.310 3.277 7 Rádio e Televisão Iguaçú S/A 20.227 18.453 (475) 8 Dtcom - Direct To Company S/A 15.092 13 (1.477) 9 Cia. Nacional de Call Center 14.228 13.068 (2.314) 10 Opus Múltipla Comunicação Integrada S.A 12.404 9.784 1.260 11 Ingra Indústria Gráfica S/A 10.545 12.130 (683) 12 Editora Jornal de Londrina S/A 3.809 3.898 (2.790) Sanepar Cia de Saneamento do Paraná S/A Cohab Cia Hab. Popular de Curitiba S/A Cohapar Cia de Habitação do Paraná S/A Prolar Cia de Habit. de Ponta Grossa S/A Big Rick Empreend. Imobiliários S/A Setor de Saúde e Bem Estar 1 Unimed Curitiba - Soc. Cooperativa 2 Unimed do Estado do Paraná 3 Jjgc Ind. e Com. de Mat. Dentários S/A 4 Paraná Clínicas Planos de Saúde S/A 5 Metropolitana Vigilância Com. e Ind. S/A 6 Stival Alimentos Indústria e Com. S/A 7 Uniodonto de Curiiba Coop. Odontológica 8 Cataratas do Iguaçu S/A 9 Hotel Curitiba Capital S/A 10 Marimed Serviços Médicos S/A 11 Laboratório Prado S/A 12 Vila Velha Hotéis e Turismo S/A 13 Hotel Parque Balneário Caiobá S/A 14 Bom Pastor S/A - Hotéis e Turismo

103.495 113.491 113.513 32.639 5.386

39.644 8.776 26.906 (3.047) (5.005) 2.657 1.834 15.796 (837) (36) (570)

1 2 3 4 5

397.409 500.550 120.871 188.350 20.286 51.350 12.710 31.907 15.845 20.132 14.067 10.741 21.658 2.078 8.488 10.579 4.473 7.202 9.054 11.633 (1.238) 2.787 12.422

226.392 158.869 99.652 34.864 4.279

767.809 286.289 214.736 71.649 78.822 56.483 61.769 38.546 47.365 15.562 6.643

INDÚSTRIA QUÍMICA E SERVIÇOS DERIVADOS

406.598 595.716 167.932 206.860 23.525 49.968 10.023 34.419 5.937 26.449 16.102 12.781 24.259 11.883 8.919 11.848 4.736 8.204 7.462 12.029 (660) 3.782 17.663

INDÚSTRIA DE AÇÚCAR E ÁLCOOL E DERIVADOS

612.545 359.096 178.614 72.907 62.027 54.289 46.069 32.272 25.943 9.723 5.210

2009 (2.687) (2.559) (2.362) (2.314) (2.294) (2.018) (1.510) (1.491) (1.477) (1.411) (1.307) (1.227) (1.201) (1.076) (914) (860) (837) (683) (570) (568) (559) (513) (475) (438) (424)

2008 (2.400) 487 4.403 (1.394) (41) (4.245) (590) (4.037) (4) 5.373 (233) 944 (936) 515 (583) 165 136 (69) (405) 2.833 (396) (3.564) 369 2.998 (4.142)

Qualidade deGestão 2009 2008 34 38 24 58 32 49 20 37 47 39 53 49 37 53 22 24 20 41 14 45 56 42 22 33 47 31 36 44 37 47 53 48 27 43 21 34 39 35 36 62 51 60 27 32 50 57 57 61 30 50

20 MELHORES EMPRESAS POR GRAU DE ENDIVIDAMENTO [EM R$ MIL - VALORES CORRENTES) Classificação

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20

EMPRESA

Merisa S/A Eng e Planejamento Agro Pastoril Novo Horizonte S/A Bom Pastor S/A - Hotéis e Turismo Locofer Com. Serv. Equip.Ferrov. S/A Big Rick Empreend. Imobiliários S/A Itambé Energética S.A Pesqueiro Energia S/A CPA Trading S.A Casa Rosa Combustíveis S/A Sbaraini Agropecuária S/A Ind.Com Madeireira Varaschin S/A Terminais Portuários Ponta do Félix S/A Unifrango Agroindustrial S/A Cia Melhoramentos de Apucarana Emílio B. Gomes & Fillhos S/A Construtora Vale Azul S/A Vergilio Castagnoli S/A Agropecuária Hotel Curitiba Capital S/A Protisa Ind.de Produtos Alimentícios S/A Centro de Hemod.Policlínica Pato Branco

2009 0,22% 0,42% 0,46% 0,51% 0,59% 0,65% 0,65% 1,03% 1,43% 1,51% 1,88% 1,94% 1,94% 2,16% 2,76% 2,86% 3,08% 3,31% 4,19% 4,31%

2008 0,23% 1,28% 0,67% 1,45% 0,76% 2,64% 1,00% 1,67% 2,48% 1,49% 6,22% 1,63% 2,57% 1,76% 2,14% 3,14% 1,60% 3,10% 4,12% 2,21%

VARIAÇÃO 0,00% -0,87% -0,21% -0,94% -0,17% -2,00% -0,35% -0,64% -1,06% 0,02% -4,34% 0,31% -0,63% 0,41% 0,62% -0,28% 1,47% 0,21% 0,06% 2,09%

Qualidade de Gestão 2009 2008 56 48 77 81 72 71 62 44 67 71 63 65 73 82 45 59 62 68 71 78 56 74 47 42 75 90 63 69 53 51 52 73 54 63 63 66 56 42 52 63


V Ranking das S.A. Curitiba, terça-feira, 31 de agosto de 2010 | C7 | Indústria&Comércio

20 MELHORES POR 100 MAIORES POR RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA TAXA DE RETORNO DO ATIVO REAL [EM R$ MIL - VALORES CORRENTES)

Classificação EMPRESA

RECEITA Qualidade OPERACIONAL LÍQUIDA de Gestão VARIAÇÃOVARIAÇÃO 2009 2008 NOMINAL- % REAL - % 2009 2008 Vivo S/A 14.653.824 14.249.228 2,84% -1,40% 60 37 Copel Cia Paranaense de Energia S/A 5.617.311 5.458.778 2,90% -1,34% 56 63 Renault do Brasil S/A 4.794.981 4.580.197 4,69% 0,37% 36 54 Eletrolux do Brasil S/A 3.238.434 2.455.460 31,89% 26,45% 51 45 Kraft Foods Brasil S/A 2.479.112 2.219.909 11,68% 7,07% 47 48 Positivo Informática S/A 2.154.889 1.921.738 12,13% 7,51% 47 54 Spaipa Ind. Brasileira de Bebidas S/A 1.400.112 1.254.970 11,57% 6,97% 58 68 Sanepar Cia de Saneamento do Paraná S/A 1.389.402 1.392.518 -0,22% -4,34% 58 45 Milênia Agrociências S/A 846.717 923.130 -8,28% -12,06% 17 44 BattiStella Adm Participações S/A 761.992 779.320 -2,22% -6,25% 22 26 Unimed Curitiba - Soc. Cooperativa 718.971 631.147 13,91% 9,22% 47 42 Arcelomittal Gonvarri Brasil S/A 612.545 767.809 -20,22% -23,51% 58 76 Cia Iguaçu de Café Solúvel S/A 586.487 610.715 -3,97% -7,93% 44 30 Servopa S/A Comércio e Indústria 552.071 442.861 24,66% 19,52% 68 62 CR Almeida S/A 491.008 564.595 -13,03% -16,62% 51 63 Florença Veículos S/A 489.868 454.271 7,84% 3,39% 35 33 Companhia Cacique de Café Solúvel S/A 429.934 476.644 -9,80% -13,52% 62 42 Cia Providência Ind. e Comércio 412.837 500.369 -17,49% -20,90% 63 48 Mili S/A 405.641 338.974 19,67% 14,73% 63 50 Nortox S/A 405.617 415.393 -2,35% -6,38% 42 64 Berneck S/A Painéis e Serrados 369.132 337.079 9,51% 4,99% 59 58 Cia de Cimento Itambé 362.030 302.764 19,57% 14,65% 68 66 Placas do Paraná S/A 360.000 455.321 -20,93% -24,19% 44 34 Whb Fundição S/A 359.096 286.289 25,43% 20,26% 57 41 Bematech S/A 330.391 317.863 3,94% -0,34% 70 61 Nórdica Veículos S/A 325.337 339.124 -4,07% -8,02% 70 71 Gráfica e Editora Posigraf S/A 284.283 270.812 4,97% 0,65% 51 41 CCV - Comercial Curitibana Veículos S/A 276.501 271.268 1,93% -2,27% 65 60 Triunfo Construtora S/A 273.702 289.738 -5,53% -9,43% 34 42 Furukawa Industrial S/A Prod. Elétricos 267.242 309.611 -13,68% -17,24% 71 23 TCP- Terminal Conteineres Paranaguá S/A 264.450 253.094 4,49% 0,18% 62 43 Cia Beal de Alimentos S/A 231.312 200.372 15,44% 10,68% 42 42 Romagnole Produtos Elétricos S/A 230.695 275.723 -16,33% -19,78% 63 62 Usina São Tomé S/A 226.392 103.495 118,75% 109,73% 54 30 Balaroti Com.de Mat. de Construção S/A 223.257 192.543 15,95% 11,17% 42 48 J. Malucelli Construtora de Obras S/A 222.669 116.220 91,59% 83,69% 53 66 Compagás Companhia Paranaense de Gás S/A 210.195 231.323 -9,13% -12,88% 66 60 Cesbe S/A Engenharia e Empreendimentos 204.730 218.071 -6,12% -9,99% 48 47 Santa Maria Cia de Papel e Celulose S/A 202.149 218.917 -7,66% -11,47% 47 17 Iguaçu Celulose Papel S/A 197.280 194.145 1,61% -2,57% 43 28 Sociedade Rádio Emissora Paranaense S/A 194.320 185.831 4,57% 0,26% 78 66 Whb Componentes Automotivos S/A 191.317 215.882 -11,38% -15,03% 52 48 Nutrimental S/A 189.435 202.702 -6,55% -10,40% 43 36 Brafer Construçóes Metálicas S/A 178.614 214.736 -16,82% -20,25% 61 75 Elejor-Centrais Elétricas do Rio Jordão 172.968 163.524 5,78% 1,41% 48 36 Siderquímica Ind. & Com. Prod. Quím. S/A 168.982 163.815 3,15% -1,10% 50 37 Pneumar - Ribeiro S.A 166.945 174.851 -4,52% -8,46% 32 34 Noma do Brasil S/A 160.709 187.683 -14,37% -17,90% 32 49 Usaciga-Açucar Álcool e Energia Eletrica 158.869 113.491 39,98% 34,21% 24 45 Distrib. Curitiba de Papéis, Livros S/A 156.648 123.854 26,48% 21,26% 59 51

Classificação EMPRESA

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50

51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100

Ribeiro Veículos S/A Companhia de Automóveis Slaviero S/A Rodovias Integradas do Paraná S.A Sociedade Evangélica Benef. de Ctba-SEB Expresso Princesa dos Campos S.A Sercomtel S/A Ivaí Engenharia de Obras S/A Rodovia das Cataratas S.A. Impressora Paranaense S/A Catlog Logística de Transportes S/A Unimed do Estado do Paraná Aguia Sistemas de Armazenagem S/A Total Linhas Aereas Ltda ALL - América Latina Logística S/A Copel Telecomunicações S.A. Jjgc Ind. e Com. de Mat. Dentários S/A Concessionária Ecovia Caminho do Mar S/A Dynea Brasil S/A Açucar e Álcool Bandeirantes S/A Itamaraty Ind.e Com. S/A Ingrax Indústria e Comércio de Graxas S. Rochesa S/A Tintas e Vernizes Globosuínos Agropecuária S/A Moinho Globo Alimentos S/A Café Damasco S/A Editora Gazeta do Povo S/A Perkons S/A Norpave Veículos S/A Paraná Clínicas Planos de Saúde S/A Dacar Química do Brasil S/A Hospital Santa Cruz S/A Metalgráfica Iguaçú S/A Comercial Elétrica DW S/A Romani S/A Ind. e Com. de Sal Construtora Castilho S/A CSI Cargo Logística Integral S/A Sonaex S.A. Industria e Com. de Aço Fospar S/A Cohab Cia Hab. Popular de Curitiba S/A Metropolitana Vigilância Com. e Ind. S/A Urbs Urbanização de Curitiba S/A Stival Alimentos Indústria e Com. S/A Metalkraft S/A Injeção e Usinagem EADI Sul Terminal de Cargas Ltda Lactec Instituto de Tec. para o Des. S/A Cohapar Cia de Habitação do Paraná S/A Viação Campos Gerais S/A Moinho Itaipu S/A Marel Indústria de Móveis S/A Compensados e Laminados Lavrasul S/A

RECEITA Qualidade OPERACIONAL LÍQUIDA de Gestão VARIAÇÃOVARIAÇÃO 2009 2008 NOMINAL- % REAL - % 2009 2008 156.366 137.466 13,75% 9,06% 53 58 150.260 120.956 24,23% 19,11% 53 63 148.981 135.600 9,87% 5,34% 58 38 148.360 169.196 -12,31% -15,93% 27 37 147.837 148.571 -0,49% -4,60% 57 61 146.315 148.724 -1,62% -5,68% 37 49 143.166 98.290 45,66% 39,65% 69 51 135.328 119.004 13,72% 9,03% 39 49 134.406 126.026 6,65% 2,25% 66 58 128.943 116.217 10,95% 6,38% 50 47 128.521 116.233 10,57% 6,01% 51 71 124.019 133.441 -7,06% -10,89% 71 59 122.522 138.115 -11,29% -14,95% 47 48 120.905 279.743 -56,78% -58,56% 45 0 117.784 94.299 24,90% 19,76% 69 70 117.207 95.833 22,30% 17,26% 74 58 111.791 99.452 12,41% 7,77% 50 41 111.480 150.981 -26,16% -29,21% 73 68 99.652 113.513 -12,21% -15,83% 20 23 99.465 109.145 -8,87% -12,63% 34 38 97.548 114.402 -14,73% -18,25% 63 55 96.954 99.157 -2,22% -6,25% 22 33 95.793 46.239 107,17% 98,63% 45 63 94.949 101.734 -6,67% -10,52% 47 53 94.219 116.365 -19,03% -22,37% 18 28 94.021 97.170 -3,24% -7,23% 53 38 86.272 124.739 -30,84% -33,69% 43 53 82.654 62.409 32,44% 26,98% 62 70 81.171 77.843 4,28% -0,02% 68 49 78.138 73.616 6,14% 1,77% 59 64 75.186 67.814 10,87% 6,30% 51 55 72.907 71.649 1,76% -2,44% 50 54 68.548 82.929 -17,34% -20,75% 59 71 68.456 51.441 33,08% 27,59% 69 63 64.753 56.197 15,23% 10,47% 35 38 63.802 54.861 16,30% 11,50% 52 63 62.027 78.822 -21,31% -24,55% 23 56 59.249 83.305 -28,88% -31,81% 54 73 58.190 43.381 34,14% 28,61% 48 52 57.580 50.768 13,42% 8,74% 68 59 57.017 53.050 7,48% 3,05% 23 23 56.053 73.954 -24,21% -27,33% 52 59 54.289 56.483 -3,88% -7,85% 42 59 54.201 29.081 86,38% 78,70% 69 37 53.762 49.904 7,73% 3,29% 46 40 52.636 53.944 -2,42% -6,45% 43 47 51.325 49.818 3,03% -1,22% 65 57 50.633 57.181 -11,45% -15,10% 68 65 50.590 45.797 10,47% 5,91% 43 46 50.039 61.958 -19,24% -22,57% 29 35

100 MAIORES EMPRESAS POR ATIVOS TOTAIS REAIS

[EM R$ MIL - VALORES CORRENTES)

Clas. 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50

EMPRESA ATIVOS TOTAIS

Qualidade de Gestão 2009 2008 2009 Vivo S/A 16.158.682 18.425.568 60 Copel Cia Paranaense de Energia S/A 13.833.496 13.253.626 56 Sanepar Cia de Saneamento do Paraná S/A 4.858.229 4.521.887 58 Renault do Brasil S/A 3.448.718 3.193.690 36 Eletrolux do Brasil S/A 1.815.616 1.216.800 51 Kraft Foods Brasil S/A 1.529.561 1.448.909 47 Positivo Informática S/A 1.348.344 1.158.496 47 Cohapar Cia de Habitação do Paraná S/A 1.342.518 1.339.817 43 Berneck S/A Painéis e Serrados 1.223.068 1.256.392 59 Milênia Agrociências S/A 1.203.683 1.383.114 17 Placas do Paraná S/A 1.046.445 508.840 44 Cia Providência Ind. e Comércio 986.609 1.044.773 63 Spaipa Ind. Brasileira de Bebidas S/A 945.817 783.808 58 Elejor-Centrais Elétricas do Rio Jordão 624.190 623.308 48 Cohab Cia Hab. Popular de Curitiba S/A 603.725 564.058 48 BattiStella Adm Participações S/A 578.238 472.196 22 Nortox S/A 505.788 468.065 42 Unimed Curitiba - Soc. Cooperativa 496.796 767.874 47 Bematech S/A 491.591 485.694 70 Cia Iguaçu de Café Solúvel S/A 480.055 514.961 44 Iguaçu Celulose Papel S/A 479.273 546.916 43 CR Almeida S/A 462.581 436.674 51 Arcelomittal Gonvarri Brasil S/A 462.327 449.079 58 Usina São Tomé S/A 458.383 286.795 54 TCP- Terminal Conteineres Paranaguá S/A 444.036 468.675 62 Usaciga-Açucar Álcool e Energia Eletrica 434.320 391.667 24 Santa Maria Cia de Papel e Celulose S/A 410.463 380.037 47 Inepar Energia S.A 395.780 524.815 17 Cia de Cimento Itambé 393.048 353.664 68 Companhia Cacique de Café Solúvel S/A 386.607 449.968 62 Açucar e Álcool Bandeirantes S/A 342.611 309.368 20 J. Malucelli Construtora de Obras S/A 342.136 301.130 53 Whb Fundição S/A 340.822 257.402 57 Arauco Forest Brasil S/A 338.573 352.493 62 Triunfo Construtora S/A 325.933 357.010 34 Sercomtel S/A 314.412 319.080 37 Mili S/A 299.483 263.207 63 Imaribo S/A Ind.Comércio 292.778 255.273 68 Whb Componentes Automotivos S/A 281.609 365.761 52 Compagás Companhia Paranaense de Gás S/A 269.818 268.073 66 Copel Telecomunicações S.A. 256.770 243.934 69 Gráfica e Editora Posigraf S/A 253.503 292.917 51 ALL - América Latina Logística S/A 237.386 240.883 45 Ivaí Engenharia de Obras S/A 215.975 203.531 69 Sociedade Evangélica Benef. de Ctba-SEB 212.444 181.165 27 Nutrimental S/A 201.861 193.646 43 Furukawa Industrial S/A Prod. Elétricos 189.740 186.795 71 Romagnole Produtos Elétricos S/A 171.785 132.694 63 Clube Atlético Paranaense 169.126 162.871 58 Rodovias Integradas do Paraná S.A 162.322 155.128 58

Clas. 2008 37 63 45 54 45 48 54 47 58 44 34 48 68 36 52 26 64 42 61 30 28 63 76 30 43 45 17 65 66 42 23 66 41 42 42 49 50 38 48 60 70 41 0 51 37 36 23 62 37 38

51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100

EMPRESA ATIVOS TOTAIS

Brafer Construçóes Metálicas S/A Terminais Portuários Ponta do Félix S/A Jjgc Ind. e Com. de Mat. Dentários S/A Dissenha S/A Indústria e Comércio Agro Pastoril Novo Horizonte S/A Aguia Sistemas de Armazenagem S/A Nórdica Veículos S/A CCV - Comercial Curitibana Veículos S/A Perkons S/A Sociedade Rádio Emissora Paranaense S/A Total Linhas Aereas Ltda Cesbe S/A Engenharia e Empreendimentos Rodovia das Cataratas S.A. Expresso Princesa dos Campos S.A Café Damasco S/A Distrib. Curitiba de Papéis, Livros S/A Noma do Brasil S/A Construtora Castilho S/A Florença Veículos S/A Fospar S/A Siderquímica Ind. & Com. Prod. Quím. S/A Servopa S/A Comércio e Indústria Concessionária Ecovia Caminho do Mar S/A Dacar Química do Brasil S/A Pneumar - Ribeiro S.A Impressora Paranaense S/A Selectas S.A. - Indústria E Comércio de Urbs Urbanização de Curitiba S/A Cia Beal de Alimentos S/A Martini Meat S/A Armazéns Gerais Ribeiro Veículos S/A Metalgráfica Iguaçú S/A Lactec Instituto de Tec. para o Des. S/A Balaroti Com.de Mat. de Construção S/A Rochesa S/A Tintas e Vernizes Viação Campos Gerais S/A Ambiental Paraná Florestas S.A Companhia Força e Luz do Oeste S/A Pasa - Paraná Operações Portuárias S/A Dimasa S/A Hélix Brasil S/A Moinho Globo Alimentos S/A Coritiba Foot Ball Club S/A Master Publicidade S/A Editora Gazeta do Povo S/A Compensados e Laminados Lavrasul S/A Paraná Clínicas Planos de Saúde S/A Globosuínos Agropecuária S/A Companhia de Automóveis Slaviero S/A Cocel - Cia Campolarguense de Energia

Qualidade de Gestão 2009 2008 2009 156.776 159.283 61 147.282 156.895 47 146.975 123.256 74 145.328 143.177 54 142.384 143.064 77 134.266 140.740 71 133.672 116.398 70 127.503 105.798 65 126.651 126.345 43 121.566 130.893 78 120.017 121.520 47 119.978 116.657 48 115.477 103.116 39 115.391 111.433 57 110.059 104.605 18 107.811 100.424 59 107.646 112.604 32 107.420 99.712 35 100.970 85.577 35 95.051 90.377 54 93.836 104.223 50 93.713 91.885 68 93.313 70.161 50 88.909 78.245 59 80.797 80.797 32 79.484 74.790 66 78.241 86.383 58 76.780 73.742 23 73.158 62.909 42 72.643 46.611 34 70.758 57.069 53 69.158 72.508 50 68.595 75.475 46 68.418 68.101 42 65.384 60.715 22 65.050 54.836 65 63.255 62.961 52 61.125 57.656 40 59.415 63.498 55 57.955 61.718 44 56.188 44.594 71 56.024 49.034 47 53.938 59.536 17 53.776 38.505 49 53.053 52.827 53 52.493 71.240 29 50.697 47.075 68 50.247 45.127 45 48.803 39.011 53 47.965 45.246 54

2008 75 42 58 48 81 59 71 60 53 66 48 47 49 61 28 51 49 38 33 73 37 62 41 64 34 58 47 23 42 32 58 54 40 48 33 57 61 35 56 42 77 53 28 61 38 35 49 63 63 59

100 MAIORES EMPRESAS POR ATIVOS TOTAIS REAIS

[EM R$ MIL - VALORES CORRENTES)

Classificação EMPRESA 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50

Vivo S/A Copel Cia Paranaense de Energia S/A Sanepar Cia de Saneamento do Paraná S/A Renault do Brasil S/A Eletrolux do Brasil S/A Kraft Foods Brasil S/A Positivo Informática S/A Cohapar Cia de Habitação do Paraná S/A Berneck S/A Painéis e Serrados Milênia Agrociências S/A Placas do Paraná S/A Cia Providência Ind. e Comércio Spaipa Ind. Brasileira de Bebidas S/A Elejor-Centrais Elétricas do Rio Jordão Cohab Cia Hab. Popular de Curitiba S/A BattiStella Adm Participações S/A Nortox S/A Unimed Curitiba - Soc. Cooperativa Bematech S/A Cia Iguaçu de Café Solúvel S/A Iguaçu Celulose Papel S/A CR Almeida S/A Arcelomittal Gonvarri Brasil S/A Usina São Tomé S/A TCP- Terminal Conteineres Paranaguá S/A Usaciga-Açucar Álcool e Energia Eletrica Santa Maria Cia de Papel e Celulose S/A Inepar Energia S.A Cia de Cimento Itambé Companhia Cacique de Café Solúvel S/A Açucar e Álcool Bandeirantes S/A J. Malucelli Construtora de Obras S/A Whb Fundição S/A Arauco Forest Brasil S/A Triunfo Construtora S/A Sercomtel S/A Mili S/A Imaribo S/A Ind.Comércio Whb Componentes Automotivos S/A Compagás Companhia Paranaense de Gás S/A Copel Telecomunicações S.A. Gráfica e Editora Posigraf S/A ALL - América Latina Logística S/A Ivaí Engenharia de Obras S/A Sociedade Evangélica Benef. de Ctba-SEB Nutrimental S/A Furukawa Industrial S/A Prod. Elétricos Romagnole Produtos Elétricos S/A Clube Atlético Paranaense Rodovias Integradas do Paraná S.A

ATIVOS TOTAIS 2009 2008 16.158.682 18.425.568 13.833.496 13.253.626 4.858.229 4.521.887 3.448.718 3.193.690 1.815.616 1.216.800 1.529.561 1.448.909 1.348.344 1.158.496 1.342.518 1.339.817 1.223.068 1.256.392 1.203.683 1.383.114 1.046.445 508.840 986.609 1.044.773 945.817 783.808 624.190 623.308 603.725 564.058 578.238 472.196 505.788 468.065 496.796 767.874 491.591 485.694 480.055 514.961 479.273 546.916 462.581 436.674 462.327 449.079 458.383 286.795 444.036 468.675 434.320 391.667 410.463 380.037 395.780 524.815 393.048 353.664 386.607 449.968 342.611 309.368 342.136 301.130 340.822 257.402 338.573 352.493 325.933 357.010 314.412 319.080 299.483 263.207 292.778 255.273 281.609 365.761 269.818 268.073 256.770 243.934 253.503 292.917 237.386 240.883 215.975 203.531 212.444 181.165 201.861 193.646 189.740 186.795 171.785 132.694 169.126 162.871 162.322 155.128

Qualidade de Gestão 2009 2008 60 37 56 63 58 45 36 54 51 45 47 48 47 54 43 47 59 58 17 44 44 34 63 48 58 68 48 36 48 52 22 26 42 64 47 42 70 61 44 30 43 28 51 63 58 76 54 30 62 43 24 45 47 17 17 65 68 66 62 42 20 23 53 66 57 41 62 42 34 42 37 49 63 50 68 38 52 48 66 60 69 70 51 41 45 0 69 51 27 37 43 36 71 23 63 62 58 37 58 38

Clas. 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100

EMPRESA ATIVOS TOTAIS

Brafer Construçóes Metálicas S/A Terminais Portuários Ponta do Félix S/A Jjgc Ind. e Com. de Mat. Dentários S/A Dissenha S/A Indústria e Comércio Agro Pastoril Novo Horizonte S/A Aguia Sistemas de Armazenagem S/A Nórdica Veículos S/A CCV - Comercial Curitibana Veículos S/A Perkons S/A Sociedade Rádio Emissora Paranaense S/A Total Linhas Aereas Ltda Cesbe S/A Engenharia e Empreendimentos Rodovia das Cataratas S.A. Expresso Princesa dos Campos S.A Café Damasco S/A Distrib. Curitiba de Papéis, Livros S/A Noma do Brasil S/A Construtora Castilho S/A Florença Veículos S/A Fospar S/A Siderquímica Ind. & Com. Prod. Quím. S/A Servopa S/A Comércio e Indústria Concessionária Ecovia Caminho do Mar S/A Dacar Química do Brasil S/A Pneumar - Ribeiro S.A Impressora Paranaense S/A Selectas S.A. - Indústria E Comércio de Urbs Urbanização de Curitiba S/A Cia Beal de Alimentos S/A Martini Meat S/A Armazéns Gerais Ribeiro Veículos S/A Metalgráfica Iguaçú S/A Lactec Instituto de Tec. para o Des. S/A Balaroti Com.de Mat. de Construção S/A Rochesa S/A Tintas e Vernizes Viação Campos Gerais S/A Ambiental Paraná Florestas S.A Companhia Força e Luz do Oeste S/A Pasa - Paraná Operações Portuárias S/A Dimasa S/A Hélix Brasil S/A Moinho Globo Alimentos S/A Coritiba Foot Ball Club S/A Master Publicidade S/A Editora Gazeta do Povo S/A Compensados e Laminados Lavrasul S/A Paraná Clínicas Planos de Saúde S/A Globosuínos Agropecuária S/A Companhia de Automóveis Slaviero S/A Cocel - Cia Campolarguense de Energia

Qualidade de Gestão 2009 2008

156.776 147.282 146.975 145.328 142.384 134.266 133.672 127.503 126.651 121.566 120.017 119.978 115.477 115.391 110.059 107.811 107.646 107.420 100.970 95.051 93.836 93.713 93.313 88.909 80.797 79.484 78.241 76.780 73.158 72.643 70.758 69.158 68.595 68.418 65.384 65.050 63.255 61.125 59.415 57.955 56.188 56.024 53.938 53.776 53.053 52.493 50.697 50.247 48.803 47.965

159.283 156.895 123.256 143.177 143.064 140.740 116.398 105.798 126.345 130.893 121.520 116.657 103.116 111.433 104.605 100.424 112.604 99.712 85.577 90.377 104.223 91.885 70.161 78.245 80.797 74.790 86.383 73.742 62.909 46.611 57.069 72.508 75.475 68.101 60.715 54.836 62.961 57.656 63.498 61.718 44.594 49.034 59.536 38.505 52.827 71.240 47.075 45.127 39.011 45.246

2009 61 47 74 54 77 71 70 65 43 78 47 48 39 57 18 59 32 35 35 54 50 68 50 59 32 66 58 23 42 34 53 50 46 42 22 65 52 40 55 44 71 47 17 49 53 29 68 45 53 54

2008 75 42 58 48 81 59 71 60 53 66 48 47 49 61 28 51 49 38 33 73 37 62 41 64 34 58 47 23 42 32 58 54 40 48 33 57 61 35 56 42 77 53 28 61 38 35 49 63 63 59

[EM R$ MIL - VALORES CORRENTES) Classificação

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20

EMPRESA

Hotel Parque Balneário Caiobá S/A Pesa - Paraná Equipamentos S/A Sociedade Rádio Emissora Paranaense S/A Seccional Brasil S/A Augusto Thomaz S/A F. Slaviero & Filhos S/A Ind.e Com.Mad. Codar - Cia de Desenv. de Arapongas S/A Cia de Cimento Itambé Pesqueiro Energia S/A EADI Sul Terminal de Cargas Ltda Ivaí Engenharia de Obras S/A Granotec do Brasil S/A Novafrota Equipamentos S.A Jjgc Ind. e Com. de Mat. Dentários S/A Unifrango Agroindustrial S/A Rodovia das Cataratas S.A. TCP- Terminal Conteineres Paranaguá S/A Imaribo S/A Ind.Comércio Rodovias Integradas do Paraná S.A Furukawa Industrial S/A Prod. Elétricos

2009 6661,6% 75,7% 62,2% 59,5% 53,9% 47,8% 41,5% 39,0% 38,9% 32,5% 31,7% 30,1% 28,9% 28,4% 27,7% 26,9% 26,1% 25,8% 24,3% 24,2%

2008 -415,2% 269,9% 49,2% 65,4% -13,6% 62,7% -36,5% 34,8% 40,2% 6,5% 7,7% 31,3% 29,0% 32,3% 37,5% 32,2% 20,9% 2,8% 14,8% -13,9%

VARIAÇÃO 7076,80% -194,20% 13,00% -5,90% 67,50% -14,90% 78,00% 4,20% -1,30% 26,00% 24,00% -1,20% -0,10% -3,90% -9,80% -5,30% 5,20% 23,00% 9,50% 38,10%

Qualidade de Gestão 2009 2008 60 34 63 88 78 66 68 62 73 32 66 79 31 41 68 66 73 82 69 37 69 51 65 78 82 71 74 58 75 90 39 49 62 43 68 38 58 38 71 23

100 MAIORES Empresas por Patrimônio Líquido [EM R$ MIL - VALORES CORRENTES) Classificação EMPRESA

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100

Copel Cia Paranaense de Energia S/A Vivo S/A Sanepar Cia de Saneamento do Paraná S/A Renault do Brasil S/A Berneck S/A Painéis e Serrados Cohapar Cia de Habitação do Paraná S/A Spaipa Ind. Brasileira de Bebidas S/A Positivo Informática S/A Cia Providência Ind. e Comércio Placas do Paraná S/A Eletrolux do Brasil S/A Nortox S/A Kraft Foods Brasil S/A Arcelomittal Gonvarri Brasil S/A Bematech S/A CR Almeida S/A Cia de Cimento Itambé J. Malucelli Construtora de Obras S/A Arauco Forest Brasil S/A Sercomtel S/A Copel Telecomunicações S.A. Companhia Cacique de Café Solúvel S/A Compagás Companhia Paranaense de Gás S/A Cohab Cia Hab. Popular de Curitiba S/A Ivaí Engenharia de Obras S/A Cia Iguaçu de Café Solúvel S/A Milênia Agrociências S/A Gráfica e Editora Posigraf S/A Triunfo Construtora S/A Agro Pastoril Novo Horizonte S/A Clube Atlético Paranaense Terminais Portuários Ponta do Félix S/A Furukawa Industrial S/A Prod. Elétricos Usina São Tomé S/A Brafer Construçóes Metálicas S/A ALL - América Latina Logística S/A Inepar Energia S.A Santa Maria Cia de Papel e Celulose S/A Elejor-Centrais Elétricas do Rio Jordão Unimed Curitiba - Soc. Cooperativa Mili S/A Whb Componentes Automotivos S/A Dissenha S/A Indústria e Comércio CCV - Comercial Curitibana Veículos S/A Romagnole Produtos Elétricos S/A Aguia Sistemas de Armazenagem S/A Fospar S/A Expresso Princesa dos Campos S.A Cesbe S/A Engenharia e Empreendimentos Construtora Castilho S/A Nórdica Veículos S/A Jjgc Ind. e Com. de Mat. Dentários S/A Sociedade Rádio Emissora Paranaense S/A Perkons S/A Selectas S.A. - Indústria E Comércio de Açucar e Álcool Bandeirantes S/A Distrib. Curitiba de Papéis, Livros S/A TCP- Terminal Conteineres Paranaguá S/A Iguaçu Celulose Papel S/A Pasa - Paraná Operações Portuárias S/A Nutrimental S/A Hélix Brasil S/A Merisa S/A Eng e Planejamento Rodovia das Cataratas S.A. Ambiental Paraná Florestas S.A Servopa S/A Comércio e Indústria Rodovias Integradas do Paraná S.A Ribeiro Veículos S/A Metalgráfica Iguaçú S/A Impressora Paranaense S/A Pesqueiro Energia S/A Sbaraini Agropecuária S/A Ind.Com Viação Campos Gerais S/A Dimasa S/A Moinho Globo Alimentos S/A Hotel Curitiba Capital S/A Dynea Brasil S/A CPA Trading S.A Cocel - Cia Campolarguense de Energia Cotonifício de Andirá S/A - Cotan Comercial Sul Paraná S/A Agro Pecuária Paraná Clínicas Planos de Saúde S/A Esteio Eng. e Aerolevantamentos S/A Whb Fundição S/A Unimed do Estado do Paraná Lactec Instituto de Tec. para o Des. S/A Romani S/A Ind. e Com. de Sal Total Linhas Aereas Ltda Comercial Elétrica DW S/A Pneumar - Ribeiro S.A Vinícola Campo Largo S/A Martini Meat S/A Armazéns Gerais Companhia de Automóveis Slaviero S/A Urbanização de Maringá S/A Lavrama - Lavradora Rac. de Madeiras S/A Cia Beal de Alimentos S/A Usaciga-Açucar Álcool e Energia Eletrica Globosuínos Agropecuária S/A Camifra S/A Itambé Energética S.A

2009 9.083.598 7.152.156 2.692.096 1.006.014 799.769 790.300 595.716 572.412 499.381 498.899 474.055 413.798 406.598 364.785 355.619 339.908 301.804 248.294 246.380 220.228 219.456 206.860 188.513 172.330 169.016 167.932 162.075 145.751 142.380 140.983 138.003 135.365 130.853 130.457 126.088 123.706 110.122 109.362 101.087 100.603 98.934 95.664 94.438 93.180 89.408 88.075 79.845 78.907 74.752 71.958 70.691 69.635 67.319 63.336 60.809 59.125 58.093 57.983 52.266 50.428 49.968 48.775 47.355 47.107 46.547 44.900 42.344 40.973 39.042 38.451 37.047 37.038 36.323 35.281 34.419 33.987 33.555 33.347 32.885 32.855 32.433 32.096 30.251 29.406 29.093 27.494 26.449 26.206 26.050 24.381 24.259 24.190 23.790 23.714 23.653 23.525 23.327 22.549 22.363 21.758

PATRIMÔNIO LÍQUIDO 2008 8.348.938 5.208.632 2.481.661 1.294.854 781.202 735.784 500.550 541.752 471.266 152.991 367.948 420.047 397.409 342.431 366.871 346.482 204.612 236.802 235.839 241.507 203.924 188.350 169.768 118.868 153.188 120.871 331.231 164.166 220.300 138.845 125.844 142.797 31.744 117.382 108.334 129.124 311.604 85.940 87.244 60.674 92.166 103.013 93.322 75.733 66.007 80.021 76.412 78.637 73.026 71.907 55.780 40.319 60.119 64.727 60.375 105.506 52.108 (61.756) 1.084 46.823 51.350 42.962 47.175 44.711 46.456 40.221 38.538 35.157 41.796 34.398 38.039 34.991 27.279 37.468 31.907 33.370 38.095 28.422 32.748 34.992 32.861 26.822 28.035 19.564 30.898 26.009 20.132 7.078 27.646 28.377 21.658 16.333 23.477 23.678 27.180 20.286 (44.692) 20.678 25.510 21.118

Qualidade de Gestão 2009 2008 56 63 60 37 58 45 36 54 59 58 43 47 58 68 47 54 63 48 44 34 51 45 42 64 47 48 58 76 70 61 51 63 68 66 53 66 62 42 37 49 69 70 62 42 66 60 48 52 69 51 44 30 17 44 51 41 34 42 77 81 58 37 47 42 71 23 54 30 61 75 45 0 17 65 47 17 48 36 47 42 63 50 52 48 54 48 65 60 63 62 71 59 54 73 57 61 48 47 35 38 70 71 74 58 78 66 43 53 58 47 20 23 59 51 62 43 43 28 55 56 43 36 71 77 56 48 39 49 52 61 68 62 58 38 53 58 50 54 66 58 73 82 71 78 65 57 44 42 47 53 63 66 73 68 45 59 54 59 53 49 63 53 68 49 58 72 57 41 51 71 46 40 69 63 47 48 59 71 32 34 73 56 34 32 53 63 53 55 52 49 42 42 24 45 45 63 47 39 63 65


V Ranking das S.A. Indústria&Comércio | Curitiba, terça-feira, 31 de agosto de 2010 | C8

A Viação Campos Gerais alega que satisfação do cliente gera em bons resultados

Investimento e gestão austera coloca a Iguaçu Celulose entre as maiores do País

Melhor gestão é fruto de integração de gestores e atenção por um serviço de qualidade

Grupo reuniu cinco fábricas de papel e desponta como a maior produtora de celulose fibra longa não branqueada e de papel base para carbono do Brasil

Envolvimento dos gestores com as mais diversas áreas operacionais, avaliação permanente de indicadores, gestão eficiente de custos e investimentos em modernização e tecnologia são alguns dos argumentos apresentados pela diretoria da Viação Campos Gerais, como cruciais para o bom resultado que vem apresentando. O crescimento de 22% ao ano, avaliado pelo Instituto Indicare para o Jornal Indústria & Comércio, com base nos balanços dos últimos cinco anos, aponta a empresa como a melhor administrada entre 238 SAs do Paraná analisadas. Na análise, constatou-se que a empresa vem reduzindo custos desde 2005, também as despesas administrativas e aumentou a receita. Reduzindo temporariamente seu giro, gradativamente aumentou a rentabilidade e cul-

minou com uma excelente Taxa de Retorno Sobre Investimento Total (13,28%) em 2009. Para Luiz Norberto Gulin, Diretor Administrativo e Financeiro, essa qualidade de gestão baseou-se nas seguintes estratégias: 1. O envolvimento dos gestores das diversas áreas administrativas e operacionais num processo de co-participação; 2. A avaliação permanente de indicadores; 3. A implantação da bilhetagem eletrônica, provocando a recuperação e inclusão de novos usuários; 4. A gestão eficiente dos custos; 5. Os investimentos governa-

mentais em pavimentação, diminuindo quebras e perdas de viagens com um melhor atendimento ao usuário, aliados a padronização de frota; 6. Investimento em projetos de Responsabilidade Social. O objetivo é fortalecer sua imagem corporativa, reputação, credibilidade, ampliando a sua presença na sociedade e aumentando gradativamente a utilização dos serviços. A Viação Campo Gerais é concessionária do transporte coletivo de Ponta Grossa. Tem como meta principal transportar passageiros com pontualidade, confiabilidade, segurança, higiene e urbanidade.

A aquisição e incorporação de diversas fábricas de papel no Paraná e Santa Catarina, pelo Grupo Imaribo, num período de mais de vinte anos, tornou difícil o trabalho de unificação administrativa. O grupo era forte na extração, produção e industrialização de madeiras, mas tinha pouca experiência na produção de papel. Hoje reunidas sob a denominação Iguaçu Celulose, Papéis S.A., começa a produzir resultados satisfatórios. Nos últimos cinco anos, a Iguaçu apresentou um crescimento médio de 17% ao ano. Na avaliação feita pelo Instituto Indicare para o Jornal Indústria & Comércio, com base nos balanços dos últimos cinco anos, a empresa aparece entre as seis que mais evoluíram em qualidade de gestão das 238 SAs do Paraná analisadas. Para Gelci F. B. Cardoso, Analista Administrativo Sêni-

or da Iguaçu Celulose, a evolução é resultado do desenvolvimento de projetos de investimento. “O crescimento das vendas, veio da maturação dos importantes projetos de investimentos no aumento de produção de celulose e de produtos com maior valor agregado, como papéis especiais e sacos industriais que têm preços mais elevados. Isto conjugado com uma gestão austera de contenção de gastos, permitiu uma melhora na margem e por consequência na geração de caixa, onde privilegiamos a redução do passivo financeiro e tributário, que permitiu uma melhora importante na estrutura de balanço da companhia. Este fortalecimento dos nossos índices, está

permitindo que a empresa volte a investir e com isto retomar o seu crescimento nos próximos anos”. Tendo como base os balanços publicados nos últimos cinco anos, os técnicos do Instituto Indicare analisaram dados patrimoniais, econômicos e financeiros. Eles confirmam a declaração de Gelci. Nos três primeiros anos, houve um esforço anual e constante para reversão gradativa das margens e consequentes retornos negativos. Em 2009, no entanto, a empresa apresentou uma pontuação bem superior à dos anos anteriores, mostrando que o caminho administrativo anterior foi acertado.

Qualidade como diferencial

Em busca de competitividade

A WHB se destaca pela qualidade de seus produtos, que encontram mercado não só no Brasil

Associação de usinas paranaenses cria a PASA e reduz custos de exportação de açúcar

A WHB Fundição é uma empresa relativamente nova no Paraná. Criada em 2005, desponta como uma das mais avançadas no ramo e veio para completar o ciclo e atendimento à indústria automotiva, onde atua desde 1993, como fornecedora de peças usinadas. Nos últimos cinco anos, a WHB Fundição apresentou um crescimento médio de 15% ao ano. Na avaliação feita pelo Instituto Indicare para o Jornal Indústria & Comércio, com base nos balanços dos últimos cinco anos, a empresa aparece entre as seis que mais evoluíram em qualidade de gestão das 238 SAs do Paraná analisadas. De acordo com a análise, a empresa vem apresentando uma lenta, mas firmemente, evolução na sua garantia aos capitais de terceiros. Entre 2005 e 2007 o grau de endividamento de curto prazo foi alto, mas no biêmio 2008/ 2009 medidas foram tomadas que resultaram numa dimi-

nuição significativa desse envididamento. Assim, embora a empresa permaneça com elevado grau de endividamento, devido ao investimento feito na construção da nova fábrica, este vem gradativamente caindo. Ao mesmo tempo medidas levaram sua empresa a sair de uma faixa reduzida de liquidez crescendo gradativamente até chegar a uma bela situação financeira em 2009. O resultado foi chegar com um ponto de equilíbrio invejável em 2009. A diretoria da WHB afirma que o sucesso está vinculado principalmente no foco aos clientes. “Buscamos encantá-los, superando suas expectativas através do emprego de tecnologia inovadora e melhoria contínua da qualidade. Isso pode ser constatado no alinhamento estratégico de toda a empresa.

Para isso, contamos com uma equipe de profissionais de primeira linha, que compartilham com os objetivos da empresa e se aprimoram constantemente para acompanhar o crescimento sustentável da WHB.” A Fundição possui 2 linhas de moldagem vertical Disamatic 240c, com capacidade de produção anual de 110.000 toneladas (dois primeiros módulos). e atualmente está adquirindo o 3º módulo, com a linha de moldagem horizontal, o qual entrará em operação em 2009. Com um equipamento avançado, aliado a uma gestão eficiente, a WHB vem sendo reconhecida não só como fornecedora de peças, também pela qualidade que resultou na certificação ISO TS 16949.

Criada a partir da associação de nove usinas (empresas e cooperativas) produtoras de açúcar e álcool, a PASA – Paraná Operações Portuárias é o primeiro terminal especializado de açúcar a granel da Região Sul do Brasil. Tendo uma clientela exclusiva e um objetivo definido por formação, ela se destaca pelo crescimento de 15% ao ano em média. Na avaliação feita pelo Instituto Indicare para o Jornal Indústria & Comércio, com base nos balanços dos últimos cinco anos, a empresa aparece entre as seis que mais evoluíram em qualidade de gestão das 238 SAs do Paraná analisadas. Na análise dos últimos balanços chama a atenção o crescimento espetacular, em 2008 e 2009, na garantia aos capitais de terceiros aplicados na empresa (fornecedores e outros credores). Já o endividamento de longo prazo apresentou uma significativa e constante redução.

Mais excelente foi a redução geral do endividamento e o crescimento dos Capitais Próprios. Para o presidente da PASA, Paulo Meneguetti, “o terminal de embarque de açúcar é um antigo sonho do setor, a redução dos atuais custos portuários de exportação, proporcionarão maior competitividade ao produto. As usinas sócias da PASA são: Cooperval (Jandaia do Sul), Copagra (Nova Londrina), Corol (Rolândia), Coopcana (Paraíso do Norte), Goioerê (Goioerê), Santa Terezinha (Maringá), Sabaraálcool (Engenheiro Beltrão), Usaciga (Cidade Gaúcha) e Vale do Ivaí (São Pedro do Ivaí). A PASA começou a operar em 2002. Mas não se ateve ao

atendimento das necessidades dos sócios. Hoje vem alargando o atendimento a terceiros. Alguns são de fora do Paraná. Na realidade, a empresa trabalha na logística integral do açúcar, desde a usina até o navio. O diferencial que levou as usinas a investirem no terminal não foi só comodidade, mas a possibilidade de colocar o produto em bases competitivas no mercado exterior e em outros estados. O custo menor das ações portuárias significa um trunfo no mercado consumidor. Esse, inclusive, é um dos fatores do desenvolvimento da produção de açúcar no Paraná. Em Paranaguá a PASA conta com concessão para 25 anos, renováveis, do uso de um berço do cais, com capacidade de embarque de 1.500 toneladas por hora. E pode receber navios com até 37 pés de profundidade. Isto significa operação com navios de até 60 mil toneladas de capacidade.

Hospital São Lucas

Quando a solução é crescer

Para um hospital a missão de dar o melhor atendimento numa área crucial, que é a saúde, tem como básico a qualidade de gestão, pois é fundamental que a administração proporcione estrutura para que o corpo clínico possa apresentar o melhor desempenho. É o caso do Hospital São Lucas, em Curitiba. No plano administrativo, não se destaca pelo gigantismo ou pela massificação no atendimento. Não dá ênfase à inovação mercadológica, mas clínica, com profissionais eficientes e equipamentos de tecnologia avançada. Nos últimos cinco anos, o Hospital São Lucas apresentou um crescimento médio de 10% ao ano. Na avaliação feita pelo Instituto Indicare para o Jornal Indústria & Comércio, com base nos balanços publicados em Diário Oficial, a empresa aparece entre as seis que mais evoluíram e inovaram em qualidade de gestão das 238 SAs do Paraná analisadas. Na análise dos últimos balanços notou-se que em 2008 aumentou significativamen-

A Martini Meat encontrou seu espaço é quer ocupar o mais rápido possível

te a garantia do capital de terceiros. No mesmo período houve uma redução significativa nas dívidas de curto prazo. Medidas que não aparecem nos anos de 2005 a 2007. Ainda em 2008 houve redução significativa no endividamento global e aumento na liquidez corrente, mostrando que este ano foi um marco na administração do Hospital. Em 2009 a administração do hospital continua neste caminho da qualidade de gestão. Inaugurado em 1948, o Hospital São Lucas está situado numa região nobre de Curitiba e conta com especialistas nas diversas áreas da medicina, procurando sempre manter-se capacitado e atualizado para oferecer conforto e segurança aos seus pacientes e aos profissionais da saúde. O Hospital dispõe de leitos distribuídos entre enfermarias, apartamentos, suítes e UTI. O Centro Cirúrgico foi totalmen-

te reformado e ampliado, dispondo de uma área de aproximadamente 600 m2, contendo 7 amplas salas cirúrgicas, inclusive uma delas com fluxo laminar. Possui uma Comissão de Controle de Infecção Hospitalar atuante e reconhecida pelas autoridades sanitárias. No Pronto Atendimento, são atendidas emergências de adultos, 24 h por dia. Além do centro cirúrgico de alto nível o hospital mantém o Centro de Imagens São Lucas, Clínica de Cirurgia Plástica Leila Righi, Clínica do Sono de Curitiba, Clini-Rim, CODHINUTRO - Centro de Obesidade, Dislipidemia, Diabetes, Hipertensão e Nutrologia, Laboratório São Lucas – Análises Clinícas e Hormonais, NICEP - Núcleo Integrado de Cirurgia Endovascular, Pronto atendimento 24 Horas, U.T.I. Curitiba e Videoendoscopia Digestiva.

Fundada em 1973 no município de Apucarana, a Matini Meat iniciou suas atividades como frigorífico de abate de equinos. Adotando uma política agressiva para solucionar dificuldades no percurso de suas atividades fins, criou o primeiro armazém frigorífico do Porto de Paranaguá, PR. Logo estava também operando na industrialização de pescados. Mas encontrou a sua vocação na armazenagem e despacho de cargas frigorificadas. Foi nessa área que se firmou, cresceu e agora desponta como uma das gigantes do setor. Este ano, além do aumento da capacidade de armazenagem em Paranaguá, chega ao porto de Itajaí e Navegantes (SC), através da compra da Refribrás, e ao Porto de Rio Grande (RS), com a construção de um terminal para exportação de carnes. Nos últimos cinco anos, a Martini Meat apresentou um crescimento médio de 10% ao

ano. Na avaliação feita pelo Instituto Indicare para o Jornal Indústria & Comércio, com base nos balanços publicados em Diário Oficial, a empresa aparece entre as seis que mais evoluíram e inovaram em qualidade de gestão das 238 SAs do Paraná analisadas. Na análise notou-se que em 2007 a empresa passou por alguma dificuldade. Em 2005/ 2006 houve um crescimento acentuado, levando-se em conta dados patrimoniais, garantia de capitais de terceiros, endividamento de longo e curto prazo, grau de endividamento e liquidez. Mas chamou atenção a forte recuperação e superação nos anos 2008/2009, justamente os anos mais difíceis, devido a crise internacional, em que houve queda nas exportações. Segundo o diretor Luiz Ro-

berto Braga Silva Pinto, nesse período houve forte investimento no aumento da capacidade estática dos armazéns frigoríficos em Paranaguá, que de 13.300 toneladas pode chegar, no fim do ano, a 31.300 toneladas. Em um ano, por exemplo, o número de funcionários já dobrou. A própria empresa se define assim: “A Martini Meat desenvolve, com qualidade e criatividade, soluções para atender às necessidades dos clientes e as exigências do mercado, é uma organização certificada no Sistema da Qualidade ISO 9001:2000, onde seus constantes investimentos em tecnologia, treinamento e capacitação profissional, resultam em melhoria contínua da qualidade dos serviços.”


V Ranking das S.A. Curitiba, terça-feira, 31 de agosto de 2010 | C9 | Indústria&Comércio

Relação de empresas analisadas (ORDEM ALFABÉTICA)

[EM R$ MIL - VALORES CORRENTES]

Receita Operacional Líquida EMPRESA 2009 2008 Açucar e Álcool Bandeirantes S/A 99.652 113.513 Adatel TV e Comunicações Osasco S/A 12.390 10.963 Adatel, TV e Comunicações São José S/A 8.258 6.722 Aeroimagem Aerofotogrametria S/A 12.417 8.854 Aeromapa S/A Cartografia, Informática e 3.834 2.355 Agro Pastoril Novo Horizonte S/A 14 267.431 Agropecuária Rossato S/A 16.106 10.916 Aguia Sistemas de Armazenagem S/A 124.019 133.441 ALL - América Latina Logística S/A 120.905 279.743 Ambiental Paraná Florestas S.A 1.759 2.433 Arauco Forest Brasil S/A 40.321 33.614 Arcelomittal Gonvarri Brasil S/A 612.545 767.809 Augusto Thomaz S/A 253 237 Balaroti Com.de Mat. de Construção S/A 223.257 192.543 BattiStella Adm Participações S/A 761.992 779.320 Bematech S/A 330.391 317.863 Berneck S/A Painéis e Serrados 369.132 337.079 Big Rick Empreend. Imobiliários S/A 432 460 Biotecnologia do Paraná S/A 10.131 10.613 Bom Pastor S/A - Hotéis e Turismo 100 81 Brafer Construçóes Metálicas S/A 178.614 214.736 Café Damasco S/A 94.219 116.365 Camifra S/A 4.100 5.383 Casa Rosa Combustíveis S/A 5.417 6.046 Cataratas do Iguaçu S/A 23.740 23.644 Catlog Logística de Transportes S/A 128.943 116.217 Cattani S/A Transportes e Turismo 11.288 12.457 CCV - Comercial Curitibana Veículos S/A 276.501 271.268 Centro de Hemod.Policlínica Pato Branco 1.528 1.417 Cesbe S/A Engenharia e Empreendimentos 204.730 218.071 Cia Beal de Alimentos S/A 231.312 200.372 Cia de Cimento Itambé 362.030 302.764 Cia Iguaçu de Café Solúvel S/A 586.487 610.715 Cia Melhoramentos de Apucarana 663 663 Cia Providência Ind. e Comércio 412.837 500.369 Cia. Nacional de Call Center 14.228 13.068 Clube Atlético Paranaense 39.859 30.302 CN Energia S/A 7.145 6.644 Cocel - Cia Campolarguense de Energia 43.574 42.919 Codar - Cia de Desenv. de Arapongas S/A 3.100 2.735 Cohab Cia Hab. Popular de Curitiba S/A 58.190 43.381 Cohapar Cia de Habitação do Paraná S/A 52.636 53.944 Comercial Elétrica DW S/A 68.548 82.929 Comercial Oeste S/A 29.540 25.620 Comercial Sul Paraná S/A Agro Pecuária 16.687 21.359 Compagás Companhia Paranaense de Gás S/A 210.195 231.323 Companhia Cacique de Café Solúvel S/A 429.934 476.644 Companhia de Automóveis Slaviero S/A 150.260 120.956 Companhia Força e Luz do Oeste S/A 46.396 44.531 Compensados e Laminados Lavrasul S/A 50.039 61.958 Concessionária Ecovia Caminho do Mar S/A 111.791 99.452 Construtora Castilho S/A 64.753 56.197 Construtora Vale Azul S/A 7.375 5.649 Copel Cia Paranaense de Energia S/A 5.617.311 5.458.778 Copel Telecomunicações S.A. 117.784 94.299 Coritiba Foot Ball Club S/A 38.924 35.392 Cotam Cic Industrial de Alimentos S/A 14.262 29.305 Cotonifício de Andirá S/A - Cotan 41.725 45.954 CPA Trading S.A 4.279 5.386 CR Almeida S/A 491.008 564.595 CSI Cargo Logística Integral S/A 63.802 54.861 Dacar Química do Brasil S/A 78.138 73.616 Daiken Indústria Eletrônica S/A 13.920 19.896 Dimasa S/A 34.392 53.936 Dissenha S/A Indústria e Comércio 12.596 13.869 Distrib. Curitiba de Papéis, Livros S/A 156.648 123.854 Dtcom - Direct To Company S/A 15.092 13 Dynea Brasil S/A 111.480 150.981 EADI Sul Terminal de Cargas Ltda 54.201 29.081 Editora Gazeta do Povo S/A 94.021 97.170 Editora Jornal de Londrina S/A 3.809 3.898 Elejor-Centrais Elétricas do Rio Jordão 172.968 163.524 Eletrolux do Brasil S/A 3.238.434 2.455.460 Emílio B. Gomes & Fillhos S/A 889 792 Empresa Pioneira de Transportes S/A 18.654 17.718 Engefoto Eng. de Aerolevantamento S/A 29.568 28.269 Esteio Eng. e Aerolevantamentos S/A 49.241 39.873 Expresso Princesa dos Campos S.A 147.837 148.571 F. Slaviero & Filhos S/A Ind.e Com.Mad. 11.281 11.843 Ferrolease Loc.Venda Equip.Ferrov. S/A 4.835 4.404 Florença Veículos S/A 489.868 454.271 Forcecar Auto Peças S/A 15.105 11.371 Fosforeira Brasileira S/A 27.981 30.474 Fospar S/A 59.249 83.305 Fujimura do Brasil S/A-Ind. de Seda 18.867 16.191 Furukawa Industrial S/A Prod. Elétricos 267.242 309.611 Germer Porcelanas Finas S/A 22.404 21.968 Globosuínos Agropecuária S/A 95.793 46.239 Gráfica e Editora Posigraf S/A 284.283 270.812 Granolab do Brasil S/A 16.249 14.861 Granotec do Brasil S/A 17.434 16.653 Guará- Auto Peças S/A 34.341 36.398 Hélix Brasil S/A 14.686 24.850 Higi Serv Limpeza e Conservação S/A 47.904 48.212 Hospital e Maternidade Maringá S.A. 11.257 9.271 Hospital e Maternidade Santa Brígida S/A 11.667 10.217 Hospital Paranaguá S/A 6.271 5.254 Hospital Santa Cruz S/A 75.186 67.814 Hospital São Lucas S/A 5.861 7.763 Hotel Curitiba Capital S/A 23.441 24.741 Hotel Parque Balneário Caiobá S/A 433 476 Hugo Cini S/A Ind. de Bebidas e Conexos 19.536 13.113 Idisa - Iguaçú Diesel Veículos S/A 31.723 22.345 Igasa S/A Ind. e Com. de Auto Peças 9.355 11.848 Iguaçu Celulose Papel S/A 197.280 194.145 Imaribo S/A Ind.Comércio 30.271 35.290 Impressora Paranaense S/A 134.406 126.026 Ind.João Nascimento S/A 131 297 Indústria J. Bettega S/A 7.442 6.855 Industrial de Máquinas S/A Ind. e Com. 883 1.396 Inepar Energia S.A 29.547 26.354 Ingra Indústria Gráfica S/A 10.545 12.130 Ingrax Indústria e Comércio de Graxas S. 97.548 114.402 Internet By Sercomtel S/A 8.221 5.504

Lucro Patrimônio Ativos Qualidade Líquido/Prejuizo Líquido Real Totais Reais da Gestão 2009 2008 2009 2008 2009 2008 2009 2008 (33.040) (37.650) 59.125 105.506 342.611 309.368 2 0 2 3 (1.411) 5.373 (9.282) (8.343) 18.400 18.788 14 45 (416) 5.474 (5.122) (4.669) 10.866 10.455 15 44 3.300 901 9.710 5.366 15.719 9.324 68 63 302 462 1.904 1.926 2.402 2.221 68 66 2.665 237.359 140.983 138.845 142.384 143.064 7 7 8 1 1.025 3.353 12.769 18.708 20.879 21.354 44 70 10.568 2.832 88.075 80.021 134.266 140.740 7 1 5 9 (4.960) 67.112 123.706 129.124 237.386 240.883 4 5 0 91 23 46.547 46.456 63.255 62.961 52 61 17.691 (28.371) 246.380 235.839 338.573 352.493 6 2 4 2 39.644 51.612 364.785 342.431 462.327 449.079 5 8 7 6 487 (73) 650 168 910 543 73 32 3.974 2.068 4.197 2.042 68.418 68.101 42 48 (39.864) (130.389) (12.118) (1.461) 578.238 472.196 2 2 2 6 27.922 51.716 355.619 366.871 491.591 485.694 7 0 6 1 38.314 53.328 799.769 781.202 1.223.068 1.256.392 5 9 5 8 169 297 2.354 2.374 2.386 2.416 67 71 818 (5.915) (660) (1.238) 40.614 45.556 32 22 93 81 716 623 723 632 72 71 26.906 26.113 126.088 108.334 156.776 159.283 6 1 7 5 (9.732) (13.867) 5.937 15.845 110.059 104.605 1 8 2 8 (2.294) (41) 22.363 25.510 26.456 30.223 47 39 138 173 2.487 2.469 2.577 2.611 62 68 2.821 1.856 10.846 9.446 31.063 28.271 51 47 3.360 1.117 5.211 3.483 31.316 21.844 50 47 (63) (47) (5.508) (5.973) 21.052 23.338 29 27 11.859 4.333 93.180 75.733 127.503 105.798 6 5 6 0 329 449 1.709 1.746 1.883 1.840 52 63 1.441 5.397 74.752 73.026 119.978 116.657 48 47 3.119 712 23.525 20.286 73.158 62.909 42 42 153.192 123.065 301.804 204.612 393.048 353.664 6 8 6 6 10.740 7.477 167.932 120.871 480.055 514.961 4 4 3 0 231 239 1.294 1.267 1.362 1.318 63 69 50.986 40.282 499.381 471.266 986.609 1.044.773 6 3 4 8 (2.314) (1.394) (18.467) (16.155) 2.570 3.382 20 37 10.571 (18.000) 138.003 125.844 169.126 162.871 5 8 3 7 4.433 3.901 13.620 12.268 23.635 23.629 67 72 5.151 4.653 32.885 32.748 47.965 45.246 54 59 301 (358) (462) (422) 725 981 31 41 885 15.774 172.330 118.868 603.725 564.058 4 8 5 2 (47.905) (62.418) 790.300 735.784 1.342.518 1.339.817 4 3 4 7 2.647 5.981 26.050 27.646 37.426 36.211 59 71 680 556 3.952 3.370 5.430 4.991 71 71 2.716 3.928 32.433 32.861 47.153 45.599 63 53 34.645 32.525 188.513 169.768 269.818 268.073 6 6 6 0 8.892 4.164 206.860 188.350 386.607 449.968 6 2 4 2 2.145 3.184 23.790 23.477 48.803 39.011 53 63 1.638 (1.297) 20.953 21.495 61.125 57.656 40 35 (12.474) (11.676) 2.894 15.480 52.493 71.240 29 35 22.011 21.057 18.329 18.323 93.313 70.161 50 41 1.246 2.640 71.958 71.907 107.420 99.712 35 38 304 1.963 11.789 11.775 12.574 12.636 52 73 1.026.433 1.078.744 9.083.598 8.348.938 13.833.496 13.253.626 5 6 6 3 24.892 13.844 219.456 203.924 256.770 243.934 6 9 7 0 (9.791) 1.029 (259) 6.143 53.938 59.536 17 28 (1.510) (590) 7.462 9.054 19.711 22.067 37 53 (2.018) (4.245) 32.855 34.992 47.257 56.710 53 49 (7.775) 84 33.347 28.422 34.151 29.528 45 59 11.028 28.678 339.908 346.482 462.581 436.674 5 1 6 3 2.793 3.100 5.498 2.849 14.767 11.750 52 63 15.080 14.260 8.917 56.256 88.909 78.245 59 64 (568) 2.833 4.250 8.319 14.464 17.739 36 62 (217) (519) 35.281 37.468 57.955 61.718 44 42 1.521 1.568 94.438 93.322 145.328 143.177 5 4 4 8 3.402 1.927 58.093 52.108 107.811 100.424 5 9 5 1 (1.477) (4) (4.041) (6) 11.594 14 20 41 8.758 11.351 33.555 38.095 44.483 51.364 73 68 7.937 1.195 14.119 10.931 24.445 19.218 69 37 450 1.940 1.931 1.488 53.053 52.827 53 38 (2.790) (2.293) (1.107) (9.256) 1.542 1.489 41 22 30.106 6.476 101.087 87.244 624.190 623.308 4 8 3 6 204.350 83.558 474.055 367.948 1.815.616 1.216.800 5 1 4 5 375 358 10.163 9.999 10.816 10.498 53 51 3.512 947 12.907 15.624 18.408 25.395 58 58 2.002 1.723 12.066 11.345 20.539 17.917 58 57 4.013 5.367 30.251 28.035 46.117 41.745 58 72 (438) 2.998 78.907 78.637 115.391 111.433 57 61 9.701 10.373 14.716 13.314 20.293 16.556 66 79 1.249 645 10.048 9.320 16.127 15.577 58 54 9.662 (474) 3.728 3.104 100.970 85.577 35 33 1.238 2.072 10.145 8.557 14.438 12.689 70 73 5.293 8.446 18.246 18.717 23.208 24.100 63 64 6.500 18.904 79.845 76.412 95.051 90.377 54 73 (4.397) (840) 14.560 18.958 22.691 28.458 51 49 45.883 (25.951) 130.853 31.744 189.740 186.795 7 1 2 3 711 1.168 (14.953) (14.937) 31.090 28.015 35 38 377 6.509 22.549 20.678 50.247 45.127 45 63 25.455 (12.979) 145.751 164.166 253.503 292.917 5 1 4 1 325 878 4.736 4.473 7.821 7.192 64 73 4.260 3.740 11.848 10.579 14.168 11.973 65 78 211 372 5.592 6.610 7.387 8.802 56 69 9.420 21.728 48.775 42.962 56.188 44.594 71 77 3.822 5.017 18.987 16.367 29.441 25.835 73 61 397 18 724 368 5.926 5.750 53 27 553 326 3.377 2.929 4.851 4.590 47 43 (216) (731) (1.464) (1.265) 3.447 3.353 27 25 3.739 657 16.272 11.694 30.377 27.220 51 55 379 721 2.304 2.377 3.346 3.445 70 63 508 848 33.987 33.370 36.953 36.236 63 66 1.136 (409) (3.688) (4.826) 17 98 60 34 (276) 61 11.883 2.078 27.428 28.104 47 26 (167) 190 4.628 4.780 14.165 8.768 42 50 (1.201) (936) 7.848 5.338 13.990 11.295 47 31 25.977 (3.027) 52.266 1.084 479.273 546.916 4 3 2 8 75.510 7.165 20.024 (40.319) 292.778 255.273 6 8 3 8 5.450 1.541 38.451 34.398 79.484 74.790 66 58 31 75 1.174 1.143 1.668 1.676 62 65 (2.559) 487 1.213 3.771 8.100 7.560 24 58 (277) 29 379 560 934 1.054 36 55 (199.217) 146.397 110.122 311.604 395.780 524.815 1 7 6 5 (683) (69) 2.340 3.025 8.154 7.447 21 34 5.822 (139) 20.637 15.540 29.743 28.264 63 55 1.285 214 6.599 4.487 8.090 5.237 64 65

Receita Operacional Líquida EMPRESA 2009 2008 Invest Alimentos S/A 7.626 6.033 Ireks do Brasil S/A 10.399 8.786 Itamaraty Ind.e Com. S/A 99.465 109.145 Itambé Energética S.A 1.080 1.180 Ivaí Engenharia de Obras S/A 143.166 98.290 J. Malucelli Construtora de Obras S/A 222.669 116.220 Jjgc Ind. e Com. de Mat. Dentários S/A 117.207 95.833 Kapersul Ind. e Com. de Papéis S/A 36.294 45.167 Kraft Foods Brasil S/A 2.479.112 2.219.909 Laboratório Prado S/A 12.238 17.582 Lactec Instituto de Tec. para o Des. S/A 53.762 49.904 Lavrama - Lavradora Rac. de Madeiras S/A 17.939 22.909 Linea Florestal S/A 363 5 Locofer Com. Serv. Equip.Ferrov. S/A 3.094 1.985 Lufer Indústria Mecânica S/A 11.455 15.110 Maclínea S/A Máq. e Eng. para Madeiras 32.908 30.918 Madeireira Varaschin S/A 2.174 3.590 Manuli Fitasa do Brasil S/A 25.553 29.353 Marel Indústria de Móveis S/A 50.590 45.797 Marimed Serviços Médicos S/A 15.417 13.495 Maringá Soldas S/A 9.723 15.562 Martini Meat S/A Armazéns Gerais 36.783 25.893 Master Publicidade S/A 35.538 30.604 Merisa S/A Eng e Planejamento 2.658 2.884 Metalgráfica Iguaçú S/A 72.907 71.649 Metalkraft S/A Injeção e Usinagem 54.289 56.483 Metalurgica Santa Cecilia S.A 5.210 6.643 Metalúrgica Schiffer S/A 25.943 47.365 Metalúrgica Schwarz S/A 46.069 61.769 Metropolitana Vigilância Com. e Ind. S/A 57.580 50.768 Milênia Agrociências S/A 846.717 923.130 Mili S/A 405.641 338.974 Minerais do Paraná S.A - Mineropar 7.423 7.714 Moinho Globo Alimentos S/A 94.949 101.734 Moinho Itaipu S/A 50.633 57.181 Moinhos Unidos Brasil - Mate S.A 15.180 15.260 Noma do Brasil S/A 160.709 187.683 Nórdica Veículos S/A 325.337 339.124 Norpave Veículos S/A 82.654 62.409 Nortox S/A 405.617 415.393 Novafrota Equipamentos S.A 18.020 15.554 Nutrimental S/A 189.435 202.702 Opus Múltipla Comunicação Integrada S.A 12.404 9.784 Paraná Clínicas Planos de Saúde S/A 81.171 77.843 Pasa - Paraná Operações Portuárias S/A 21.746 27.817 Perkons S/A 86.272 124.739 Pesa - Paraná Equipamentos S/A 27.980 33.619 Pesqueiro Energia S/A 15.961 17.837 Placas do Paraná S/A 360.000 455.321 Plásticos Novel do Paraná S/A 20.738 29.390 PLM - Soluções em Plástico S/A 31.867 37.658 Pneumar - Ribeiro S.A 166.945 174.851 Ponderosa Adm., Ind., e Comércio S/A 2.291 2.702 Porto Shop S/A 30.284 25.961 Positivo Informática S/A 2.154.889 1.921.738 Prolar Cia de Habit. de Ponta Grossa S/A 1.163 871 Protisa Ind.de Produtos Alimentícios S/A 6.139 5.538 Rádio e Televisão Iguaçú S/A 20.227 18.453 Renault do Brasil S/A 4.794.981 4.580.197 Rentauto Locadora de Veículos S/A 21.753 21.208 Rextel Telecomunicações S/A 1.042 2.889 Ribeiro Veículos S/A 156.366 137.466 Ribemar Empreend. Agrop. e Imob.S/A 3.619 3.318 Rocha S.A 1.699 1.954 Rochesa S/A Tintas e Vernizes 96.954 99.157 Rodovia das Cataratas S.A. 135.328 119.004 Rodovias Integradas do Paraná S.A 148.981 135.600 Romagnole Produtos Elétricos S/A 230.695 275.723 Romani S/A Ind. e Com. de Sal 68.456 51.441 S.A Moageira e Agricola 47.293 46.250 Sanepar Cia de Saneamento do Paraná S/A 1.389.402 1.392.518 Santa Maria Cia de Papel e Celulose S/A 202.149 218.917 Sbaraini Agropecuária S/A Ind.Com 5.633 5.693 Seccional Brasil S/A 32.272 38.546 Selectas S.A. - Indústria E Comércio de 31.962 39.096 Sercomtel S/A 146.315 148.724 Servopa S/A Comércio e Indústria 552.071 442.861 Siderquímica Ind. & Com. Prod. Quím. S/A 168.982 163.815 Sigma Dataserv Informática S/A 17.250 16.620 Sita Transportes de Carga S/A 17.632 48.668 Sociedade Evangélica Benef. de Ctba-SEB 148.360 169.196 Sociedade Rádio Emissora Paranaense S/A 194.320 185.831 Somaco S/A Comércio de Automóveis 29.864 28.390 Sonaex S.A. Industria e Com. de Aço 62.027 78.822 Spaipa Ind. Brasileira de Bebidas S/A 1.400.112 1.254.970 Sta Casa de Misericórdia de Maringá S/A 40.755 42.660 Stival Alimentos Indústria e Com. S/A 56.053 73.954 Sulista S/A 14.430 16.473 Taisa S/A-Comercio de Máquinas Agricolas 43.382 37.181 TCP- Terminal Conteineres Paranaguá S/A 264.450 253.094 Terminais Portuários Ponta do Félix S/A 14.190 16.844 Total Linhas Aereas Ltda 122.522 138.115 Triunfo Construtora S/A 273.702 289.738 TVA Sul Paraná S/A 26.630 28.310 Udo Heuer S/A Ind. e Comércio 1.315 1.848 Unifrango Agroindustrial S/A 4.749 3.751 Unimed Curitiba - Soc. Cooperativa 718.971 631.147 Unimed do Estado do Paraná 128.521 116.233 Uniodonto de Curiiba Coop. Odontológica 24.292 20.763 Urbanização de Maringá S/A 1.315 487 Urbs Urbanização de Curitiba S/A 57.017 53.050 Usaciga-Açucar Álcool e Energia Eletrica 158.869 113.491 Usina São Tomé S/A 226.392 103.495 Vale do Ivai S.A - Açucar e Alcool 34.864 32.639 Vapza Alimentos S/A 19.431 16.593 Vecal- Veículos Campos Gerais S/A 9.757 34.236 Vergilio Castagnoli S/A Agropecuária 980 1.124 Viação Campos Gerais S/A 51.325 49.818 Viação Ouro Branco S/A 18.849 19.146 Vila Velha Hotéis e Turismo S/A 1.373 1.455 Vinícola Campo Largo S/A 38.145 36.802 Vivo S/A 14.653.824 14.249.228 Whb Componentes Automotivos S/A 191.317 215.882 Whb Fundição S/A 359.096 286.289

Lucro Patrimônio Líquido/Prejuizo Líquido Real 2009 2008 2009 2008 (140) (93) 3.782 2.787 396 (399) 12.029 11.633 (2.687) (2.400) 10.023 12.710 839 1.516 21.758 21.118 68.534 15.670 169.016 153.188 24.262 26.548 248.294 236.802 41.732 39.839 69.635 40.319 371 225 6.369 6.312 183.792 273.424 406.598 397.409 209 677 2.312 2.317 1.484 699 27.494 26.009 (3.534) (2.348) 23.653 27.180 (424) (4.142) 12.235 12.655 206 (255) 9.251 9.044 468 486 3.682 3.347 656 809 11.276 16.154 272 1.281 2.794 2.426 106 1.073 3.966 3.476 1.563 239 5.512 4.233 365 144 4.283 3.559 (36) 336 7.195 7.211 2.755 2.591 24.190 16.333 5.570 4.910 19.433 12.162 (3.040) (2.643) 47.355 47.175 (3.047) (3.151) 39.042 41.796 2.657 3.006 10.907 12.315 (570) (405) (665) 1.649 (837) 136 10.859 9.591 1.834 178 3.817 4.259 2.813 2.786 8.034 6.613 (132.948) 63.611 162.075 331.231 24.873 12.794 98.934 92.166 197 835 2.158 1.964 3.258 7.124 34.419 31.907 3.375 2.423 16.102 14.067 1.026 80 8.204 7.202 (2.362) 4.403 21.595 50.070 17.956 18.291 70.691 55.780 2.009 1.479 9.664 8.009 (6.311) 21.406 413.798 420.047 5.740 3.699 14.886 9.004 5.635 3.468 49.968 51.350 1.260 (25) 2.576 1.114 3.060 3.014 32.096 26.822 2.314 7.935 50.428 46.823 7.308 6.129 63.336 64.727 13.282 13.194 3.623 3.623 14.621 15.643 37.047 38.039 28.099 (21.380) 498.899 152.991 2.306 206 2.699 15.819 (513) (3.564) 447 1.386 (4.381) (1.300) 24.381 28.377 (111) (169) (11.445) (11.333) 1.449 (70) 7.702 11.512 118.717 136.075 572.412 541.752 (559) (396) 11.467 9.116 (1.307) (233) 17.663 12.422 (475) 369 7.861 7.831 (262.267) 35.867 1.006.014 1.294.854 1.209 2.888 20.416 11.701 (381) 11 1.972 2.462 6.109 7.745 40.973 35.157 1.232 965 15.006 12.877 1.096 2.405 4.500 3.403 (1.227) 944 2.795 4.111 31.094 32.951 47.107 44.711 39.108 22.710 42.344 38.538 4.990 14.175 89.408 66.007 6.637 2.558 26.449 20.132 2.042 3.275 12.781 10.741 137.871 141.880 2.692.096 2.481.661 73.500 (15.451) 109.362 85.940 4.106 4.609 37.038 34.991 15.796 16.392 14.254 3.994 1.325 (489) 60.809 60.375 (20.680) 7.723 220.228 241.507 9.160 10.885 44.900 40.221 1.062 2.508 21.244 21.389 (860) 165 2.199 3.060 393 1.951 3.143 2.844 40 724 7.485 7.743 73.580 64.402 67.319 60.119 1.431 1.032 4.889 4.599 (5.005) 2.744 856 4.820 159.919 156.987 595.716 500.550 566 1.023 7.548 5.897 1.814 4.944 19.988 19.078 (914) (583) 5.452 7.616 2.864 2.597 10.799 7.979 115.824 74.432 57.983 (61.756) (10.296) (8.673) 135.365 142.797 2.237 1.558 26.206 7.078 (25.356) 1.315 142.380 220.300 3.277 (2.490) 8.478 5.909 (1.491) (4.037) (1.401) 91 2.461 2.361 8.495 5.937 19.793 16.744 100.603 60.674 1.359 3.602 29.093 30.898 603 1.092 5.637 5.110 37 57 23.714 23.678 (3.761) (224) 18.752 21.324 (111.272) (70.599) 23.327 (44.692) 50.292 (22.556) 130.457 117.382 (6.253) (9.427) 6.289 12.014 (1.076) 515 8.919 8.488 (113) 1.419 2.805 2.633 337 872 4.614 4.376 8.538 2.311 36.323 27.279 849 2.047 8.942 8.126 (91) (8) 1.129 1.221 2.596 1.531 24.259 21.658 1.066.882 994.174 7.152.156 5.208.632 13.866 14.771 95.664 103.013 8.776 6.745 29.406 19.564

Ativos Qualidade Totais Reais da Gestão 2009 2008 2009 2008 6.144 4.783 58 46 13.310 12.831 60 48 38.201 42.040 34 38 22.085 22.418 63 65 215.975 203.531 6 9 5 1 342.136 301.130 5 3 6 6 146.975 123.256 7 4 5 8 28.654 30.757 41 38 1.529.561 1.448.909 4 7 4 8 5.136 4.165 47 72 68.595 75.475 46 40 28.207 35.211 52 49 22.220 22.549 30 50 9.361 9.350 62 44 8.328 7.744 53 57 29.302 31.025 38 59 2.916 2.777 56 74 11.584 11.973 59 47 27.554 25.388 43 46 8.399 8.111 60 48 10.753 12.043 53 61 72.643 46.611 34 32 53.776 38.505 49 61 47.605 47.426 56 48 69.158 72.508 50 54 35.930 30.551 42 59 13.538 12.403 39 35 31.993 30.654 27 43 38.362 37.646 33 40 14.815 12.565 68 59 1.203.683 1.383.114 17 44 299.483 263.207 6 3 5 0 3.292 3.099 53 58 56.024 49.034 47 53 20.398 20.368 68 65 11.188 10.234 61 59 107.646 112.604 32 49 133.672 116.398 70 71 16.440 13.084 62 70 505.788 468.065 4 2 6 4 19.880 12.751 82 71 201.861 193.646 4 3 3 6 6.875 4.403 54 32 50.697 47.075 68 49 59.415 63.498 55 56 126.651 126.345 4 3 5 3 17.538 4.889 63 88 37.677 38.977 73 82 1.046.445 508.840 4 4 3 4 31.734 30.223 42 53 24.355 28.820 27 32 80.797 80.797 32 34 3.192 2.722 14 14 13.116 16.705 61 58 1.348.344 1.158.496 4 7 5 4 17.356 10.844 51 60 19.386 13.615 56 42 21.905 12.815 50 57 3.448.718 3.193.690 3 6 5 4 40.437 37.093 49 31 2.551 3.925 56 54 70.758 57.069 53 58 17.567 12.961 65 52 7.093 8.437 67 35 65.384 60.715 22 33 115.477 103.116 39 49 162.322 155.128 5 8 3 8 171.785 132.694 6 3 6 2 40.759 30.691 69 63 32.799 29.729 54 58 4.858.229 4.521.887 5 8 4 5 410.463 380.037 4 7 1 7 38.340 36.202 71 78 26.555 25.053 68 62 78.241 86.383 58 47 314.412 319.080 3 7 4 9 93.713 91.885 68 62 93.836 104.223 5 0 3 7 6.439 6.842 53 48 8.536 10.562 58 58 212.444 181.165 2 7 3 7 121.566 130.893 7 8 6 6 11.460 10.827 63 68 36.556 31.449 23 56 945.817 783.808 5 8 6 8 22.134 20.566 42 46 31.899 30.227 52 59 19.791 22.682 37 47 23.092 20.634 65 63 444.036 468.675 6 2 4 3 147.282 156.895 4 7 4 2 120.017 121.520 4 7 4 8 325.933 357.010 3 4 4 2 39.318 39.649 53 36 2.626 3.932 22 24 8.887 6.292 75 90 496.796 767.874 4 7 4 2 45.710 50.525 51 71 16.000 13.645 46 52 42.608 47.733 53 55 76.780 73.742 23 23 434.320 391.667 2 4 4 5 458.383 286.795 5 4 3 0 16.632 19.506 37 0 27.216 26.276 36 44 12.284 16.119 35 43 4.944 4.539 54 63 65.050 54.836 65 57 15.371 17.267 68 58 1.250 1.331 37 51 31.978 29.325 73 56 16.158.682 18.425.568 6 0 3 7 281.609 365.761 5 2 4 8 340.822 257.402 5 7 4 1

100 MAIORES EMPRESAS POR LUCRO LÍQUIDO EMPRESA

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34

Vivo S/A Copel Cia Paranaense de Energia S/A Eletrolux do Brasil S/A Kraft Foods Brasil S/A Spaipa Ind. Brasileira de Bebidas S/A Cia de Cimento Itambé Sanepar Cia de Saneamento do Paraná S/A Positivo Informática S/A TCP- Terminal Conteineres Paranaguá S/A Imaribo S/A Ind.Comércio Sociedade Rádio Emissora Paranaense S/A Santa Maria Cia de Papel e Celulose S/A Ivaí Engenharia de Obras S/A Cia Providência Ind. e Comércio Usina São Tomé S/A Furukawa Industrial S/A Prod. Elétricos Jjgc Ind. e Com. de Mat. Dentários S/A Arcelomittal Gonvarri Brasil S/A Rodovias Integradas do Paraná S.A Berneck S/A Painéis e Serrados Compagás Companhia Paranaense de Gás S/A Rodovia das Cataratas S.A. Elejor-Centrais Elétricas do Rio Jordão Placas do Paraná S/A Bematech S/A Brafer Construçóes Metálicas S/A Iguaçu Celulose Papel S/A Gráfica e Editora Posigraf S/A Copel Telecomunicações S.A. Mili S/A J. Malucelli Construtora de Obras S/A Concessionária Ecovia Caminho do Mar S/A Unimed Curitiba - Soc. Cooperativa Nórdica Veículos S/A

LUCRO 2009 1.066.882 1.026.433 204.350 183.792 159.919 153.192 137.871 118.717 115.824 75.510 73.580 73.500 68.534 50.986 50.292 45.883 41.732 39.644 39.108 38.314 34.645 31.094 30.106 28.099 27.922 26.906 25.977 25.455 24.892 24.873 24.262 22.011 19.793 17.956

RESULTADO 2008 994.174 1.078.744 83.558 273.424 156.987 123.065 141.880 136.075 74.432 7.165 64.402 (15.451) 15.670 40.282 (22.556) (25.951) 39.839 51.612 22.710 53.328 32.525 32.951 6.476 (21.380) 51.716 26.113 (3.027) (12.979) 13.844 12.794 26.548 21.057 16.744 18.291

Qualidade de Gestão 2009 2008 60 37 56 63 51 45 47 48 58 68 68 66 58 45 47 54 62 43 68 38 78 66 47 17 69 51 63 48 54 30 71 23 74 58 58 76 58 38 59 58 66 60 39 49 48 36 44 34 70 61 61 75 43 28 51 41 69 70 63 50 53 66 50 41 47 42 70 71

EMPRESA

35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68

Arauco Forest Brasil S/A Seccional Brasil S/A Dacar Química do Brasil S/A Pesqueiro Energia S/A Whb Componentes Automotivos S/A Pesa - Paraná Equipamentos S/A CCV - Comercial Curitibana Veículos S/A CR Almeida S/A Cia Iguaçu de Café Solúvel S/A Clube Atlético Paranaense Aguia Sistemas de Armazenagem S/A F. Slaviero & Filhos S/A Ind.e Com.Mad. Florença Veículos S/A Hélix Brasil S/A Servopa S/A Comércio e Indústria Companhia Cacique de Café Solúvel S/A Whb Fundição S/A Dynea Brasil S/A Viação Campos Gerais S/A EADI Sul Terminal de Cargas Ltda Perkons S/A Romani S/A Ind. e Com. de Sal Fospar S/A Ribeiro Veículos S/A Ingrax Indústria e Comércio de Graxas S. Novafrota Equipamentos S.A Nutrimental S/A Master Publicidade S/A Impressora Paranaense S/A Fosforeira Brasileira S/A Cocel - Cia Campolarguense de Energia Romagnole Produtos Elétricos S/A CN Energia S/A Granotec do Brasil S/A

LUCRO 2009 17.691 15.796 15.080 14.621 13.866 13.282 11.859 11.028 10.740 10.571 10.568 9.701 9.662 9.420 9.160 8.892 8.776 8.758 8.538 7.937 7.308 6.637 6.500 6.109 5.822 5.740 5.635 5.570 5.450 5.293 5.151 4.990 4.433 4.260

RESULTADO 2008 (28.371) 16.392 14.260 15.643 14.771 13.194 4.333 28.678 7.477 (18.000) 2.832 10.373 (474) 21.728 10.885 4.164 6.745 11.351 2.311 1.195 6.129 2.558 18.904 7.745 (139) 3.699 3.468 4.910 1.541 8.446 4.653 14.175 3.901 3.740

Qualidade de Gestão 2009 2008 62 42 68 62 59 64 73 82 52 48 63 88 65 60 51 63 44 30 58 37 71 59 66 79 35 33 71 77 68 62 62 42 57 41 73 68 65 57 69 37 43 53 69 63 54 73 53 58 63 55 82 71 43 36 49 61 66 58 63 64 54 59 63 62 67 72 65 78

EMPRESA

69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100

Sbaraini Agropecuária S/A Ind.Com Esteio Eng. e Aerolevantamentos S/A Balaroti Com.de Mat. de Construção S/A Higi Serv Limpeza e Conservação S/A Hospital Santa Cruz S/A Empresa Pioneira de Transportes S/A Distrib. Curitiba de Papéis, Livros S/A Moinho Itaipu S/A Catlog Logística de Transportes S/A Aeroimagem Aerofotogrametria S/A TVA Sul Paraná S/A Moinho Globo Alimentos S/A Cia Beal de Alimentos S/A Paraná Clínicas Planos de Saúde S/A Taisa S/A-Comercio de Máquinas Agricolas Cataratas do Iguaçu S/A Metropolitana Vigilância Com. e Ind. S/A CSI Cargo Logística Integral S/A Martini Meat S/A Armazéns Gerais Comercial Sul Paraná S/A Agro Pecuária Agro Pastoril Novo Horizonte S/A Metalkraft S/A Injeção e Usinagem Comercial Elétrica DW S/A Vinícola Campo Largo S/A Unifrango Agroindustrial S/A Pasa - Paraná Operações Portuárias S/A Plásticos Novel do Paraná S/A Total Linhas Aereas Ltda Companhia de Automóveis Slaviero S/A S.A Moageira e Agricola Norpave Veículos S/A Engefoto Eng. de Aerolevantamento S/A

LUCRO 2009 4.106 4.013 3.974 3.822 3.739 3.512 3.402 3.375 3.360 3.300 3.277 3.258 3.119 3.060 2.864 2.821 2.813 2.793 2.755 2.716 2.665 2.657 2.647 2.596 2.461 2.314 2.306 2.237 2.145 2.042 2.009 2.002

RESULTADO 2008 4.609 5.367 2.068 5.017 657 947 1.927 2.423 1.117 901 (2.490) 7.124 712 3.014 2.597 1.856 2.786 3.100 2.591 3.928 237.359 3.006 5.981 1.531 2.361 7.935 206 1.558 3.184 3.275 1.479 1.723

Qualidade de Gestão 2009 2008 71 78 58 72 42 48 73 61 51 55 58 58 59 51 68 65 50 47 68 63 53 36 47 53 42 42 68 49 65 63 51 47 68 59 52 63 34 32 63 53 77 81 42 59 59 71 73 56 75 90 55 56 42 53 47 48 53 63 54 58 62 70 58 57

[EM R$ MIL - VALORES CORRENTES)


V Ranking das S.A. Indústria&Comércio | Curitiba, terça-feira, 31 de agosto de 2010 | C10

ALL e Usiminas investem R$ 235 mi para transportar bobinas de aço Projeto logístico de outbound siderúrgico pode chegar a 95 mil ton/mês até o fim de 2011, envolvendo investimentos em vagões, locomotivas, terminais e via permanente Reconhecida como a maior operadora logística com base ferroviária da América Latina, a ALL – América Latina Logística fechou contrato com a Usiminas, líder no segmento siderúrgico, para transportar até 95 mil toneladas de bobinas de aço por mês, em fluxos diferentes que compreendem os estados de São Paulo, Paraná e Rio Grande do Sul. Para viabilizar a operação, as duas empresas investiram em conjunto R$ 235 milhões em material rodante – 41 novas locomotivas e 1.107 vagões plataforma, entre novos e reformados – infraestrutura de carga e descarga, nos terminais de Porto Alegre (RS), Tatuí (SP) e Araucária (PR), e via permanente, com a construção de linha ferroviária entre Pátio Leste e Pátio de Piaçaguera, na unidade da Usiminas em Cubatão. Dividido em quatro fases, o

Bematech busca negócios na área de cartões A Bematech, empresa provedora de soluções de tecnologia para o varejo, quer aproveitar a unificação das máquinas leitoras de cartão de crédito e de débito e reforçar a oferta de opções de equipamentos e serviços para pagamentos eletrônicos aos clientes. “É uma aposta, uma oportunidade. O mercado está em ebulição”, diz o presidente, Carlos Costa Pinto, sobre a estratégia para o segundo semestre. A empresa fechou o segundo trimestre com crescimento de 2% na receita líquida, que chegou a R$ 82 milhões, e o lucro passou dos R$ 400 mil registrados em igual período de 2009 para R$ 8,2 milhões. A margem bruta aumentou de 39,7% para 41,4%. A Bematech apresentou crescimento de 5,5% no segmento de hardware, que responde por 68% de suas receitas, mas teve queda de 4% em software e serviços. Ela fechou o trimestre com caixa líquido de R$ 37,5 milhões e voltou a analisar a possibilidade de fazer aquisições. Um grupo formado por três executivos analisa oportunidades de negócios. No período, a empresa investiu R$ 4,1 milhões em pesquisa e desenvolvimento de produtos e melhoria dos existentes. O resultado do segundo trimestre ficou abaixo do previsto porque, segundo Costa Pinto, houve uma desaceleração em junho, “talvez por causa da Copa do Mundo” e menor tempo de vendas. Mas ele acredita que, como grandes clientes do varejo tiveram bom desempenho no período, isso serve como sinal para as perspectivas de resultados para os próximos meses.

projeto compreende operações de escoamento da unidade em Cubatão (SP) para Porto Alegre (RS) e Araucária (PR), em transporte 100% ferroviário, e operação intermodal de outbound da fábrica em Ipatinga (MG) a Porto Alegre (RS), passando pelo Terminal da ALL em Tatuí.

“Iniciamos em junho com um volume de 30 mil ton/mês, o triplo do que movimentamos para o cliente no último ano. A operação é um projeto logístico completo, contemplando transporte, armazenagem e investimento em ativos. Além disso, viabilizamos três fluxos

de outbound, contribuindo para uma melhoria significativa na logística de escoamento da Usiminas”, afirma Sergio Nahuz, Diretor de Industrializados da ALL. “Este foi o maior investimento em parceria da ALL no segmento de industrializados. São 41 locomotivas e mais de 1 mil vagões, além de todos os recursos aplicados na infraestrutura de carga e descarga”, completa Nahuz. Além do investimento na construção da linha ferroviária na unidade da Usiminas em Cubatão (SP), as duas empresas viabilizarão adaptações nos terminais de Araucária (PR), Porto Alegre (RS) e Tatuí (SP).

Perfil ALL Maior empresa de logística da América Latina e maior companhia ferroviária do Brasil, a ALL – América Latina Lo-

gística possui uma malha de 21.300 mil quilômetros de extensão, que abrange os estados do Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, no Brasil, e na regiões de Paso de los Libres, Buenos Aires e Mendoza, na Argentina. Opera uma frota de 1.095 locomotivas, 31.650 vagões e 1.000 caminhões, entre próprios e agregados, e conta com unidades localizadas em pontos estratégicos para embarque e desembarque de carga. Atua como operadora logística para clientes dos segmentos agrícola e industrial em operações ferroviárias, rodoviárias dedicadas e intermodais. Entre seus principais clientes estão empresas como Cargill, Bunge, AmBev, Unilever, Votorantim, Scania, Petrobrás e Gerdau. Fundada em 1997, com a concessão da Rede Ferroviária

INVERNO

Vinícola Campo Largo lança produtos voltados à época mais fria do ano Atenta às demandas específicas dos consumidores e do setor supermercadista para o inverno, a Vinícola Serra Gaúcha (divisão de produtos finos da Vinícola Campo Largo – www. vinicolacampolargo.com.br) lança o suco superpremium Casa da Uva e reformula dois produtos, os tradicionais Vinho do Avô e o Quentão. Inserido na linha wellness, o suco superpremium Casa da

Uva é produzido com uvas selecionadas a mão, utilizando um processo de filtragem diferenciado, mais encorpado, 100% natural, livre de conservantes, corantes, sem adição de açucar e água.Encontrado na versão tinto, está sendo testado inicialmente no segmento de food service.Com embalagem de vidro e tampa de metal, o Casa da Uva utiliza as variedades Bordeaux e Isabel e é comercializa-

do em embalagens de 500 ml e 1 litro. O suco tinto possui coloração violácea intensa e é ideal para consumo em lanches, refeições, reposição energética e hidratação. Feito à base de vinho, o Quentão já está pronto para o consumo, bastando apenas esquentar. Lançado há três anos, passou por uma remodelação de embalagem, de rótulo e de composição. O Vinho do Avô,

por sua vez, também teve o rótulo reformulado de forma que a sua garrafa ganhasse mais presença e destaque à mesa, concedendo maior nobreza ao produto. Comercializado em quatro versões – tinto seco, tinto suave, branco seco e branco suave -, o Vinho do Avô possui embalagem bag in box de 3 litros, direcionada a bares e restaurantes, que permite servir taça única aos clientes.

INVERNO

Projetos da Cohab são pré-aprovados para o Programa de Aceleração do Crescimento-2 A Prefeitura de Curitiba obteve do governo federal aprovação prévia para seis projetos para receber recursos da segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento - o PAC 2. Cinco propostas são da área de habitação e beneficiam 3,1 mil famílias, e uma proposta é da área de saneamento, para desassoreamento do rio Barigui e construção de reservatórios para contenção de cheias.” A conquista destes recursos vai garantir a continuidade do programa de urbanização de ocupações irregulares e de recuperação das margens de rios. Com isso, estaremos combinando atuação social com proteção e recuperação

ambiental”, afirma o prefeito Luciano Ducci. Seis projetos encaminhados pela Prefeitura ao Ministério das Cidades receberam a préaprovação. Os técnicos envolvidos com os projetos de Curitiba, da Companhia de Habitação Popular (Cohab) e da Secretaria Municipal de Obras Públicas (Smop), participaram de reunião com o comitê gestor do PAC em Brasília. Foram credenciados três projetos de reassentamento. O primeiro deles refere-se a ocupações na margem da rodovia do Xisto e do rio Barigui, e também a vilas próximas ao ribeirão dos Padilha. O outro projeto abrange as ocupações Vilas

Nossa Senhora da Paz, Santos Andrade e José Baggio, e o terceiro beneficia as Vilas Nova Aurora, Americana e Coqueiros. Dois projetos são de melhorias e recuperação habitacional na Vila Torres e no conjunto Moradias Monteiro Lobato, coordenados pela Cohab. A última proposta pré-aprovada é da Secretaria de Obras e prevê o desassoreamento de 42 quilômetros da calha do Rio Barigui e a construção de 10 quilômetros de diques e três reservatórios de amortecimento de cheias. Investimentos Os cinco projetos da Cohab pré-aprovados pelo comitê gestor do PAC 2 envolvem investimentos de R$ 13,6 milhões, que

irão atender 3.131 famílias. Destas, 2.200 receberão casas novas e 961 serão contempladas com obras de urbanização e melhorias habitacionais no próprio local onde vivem. Entre os 2,2 mil reassentamentos, estão incluídas 1.461 famílias que vivem hoje na beira de rios. Para complementar os recursos necessários ao atendimento das famílias, serão utilizados também mais R$ 99 milhões do programa Minha Casa Minha Vida, o que eleva o total de recursos aplicados nos cinco projetos de habitação a R$ 112,6 milhões. Já os investimentos em saneamentos propostos pela Smop chegam a R$ 164,5 milhões.

ENERGIA

Copel vai investir R$ 120 milhões na construção da PCH Cavernoso 2 A Copel deve iniciar em breve as obras de construção da pequena central hidrelétrica (PCH) Cavernoso 2, na região Central do Estado, entre os municípios de Candói e Virmond. O empreendimento, com 19 megawatts de potência e capacidade para suprir o consumo de uma comunidade com 50 mil habitantes, deverá demandar investimentos estimados em R$ 120 milhões. O início de produção de eletricidade está previsto para o início de 2013. A viabilização do empreendimento foi decorrência da bem sucedida participação da Copel

no leilão de fontes renováveis de energia realizado pela Aneel — Agência Nacional de Energia Elétrica, onde a Companhia negociou a eletricidade a ser produzida na futura PCH em contratos de longo prazo, com 30 anos de duração. Cada megawatt-hora da PCH Cavernoso 2 foi comercializado ao preço de R$ 146,99 e os contratos assegurarão à Copel uma receita total no ambiente regulado de R$ 293 milhões. “A construção da PCH Cavernoso 2 demonstra que a preocupação fundamental da Copel é promover o desenvolvimen-

to do Paraná e a melhoria nas condições de vida de sua população, exatamente como nos orientou o governador Orlando Pessuti”, informa o diretor de engenharia da estatal, Edson Sardeto. “Investir na construção de PCHs, algo que a Copel fez durante boa parte da sua existência e está retomando agora, é um mecanismo bastante eficaz para gerar novas oportunidades de crescimento social e econômico às diferentes regiões”, complementa. O empreendimento PCH Cavernoso 2 pertencerá integralmente à Copel e vai se situar nas

imediações de onde opera desde a década de 50 a PCH Cavernoso, construída na década de 50 e que opera com 1,3 megawatt de potência. Esta antiga central, que será preservada como patrimônio histórico e cultural da região, ficará exatamente entre a barragem e a casa de força da nova PCH, devendo prosseguir operando com a vazão sanitária que será mantida entre as duas estruturas. A usina terá uma barragem com comprimento aproximado de 450 metros e altura máxima de 20 metros de altura.

Federal (RFFSA), para atuar na malha sul do país, vem ampliando sua atuação em um histórico sem precedentes de expansão e aquisições no setor de logística brasileiro. Em 1999, adquiriu as ferrovias argentinas MESO e BAP e em 2001 integrou os ativos da operadora rodoviária Delara. Com a incorporação da Brasil Ferrovias (concessões Ferroban, Ferronorte e Novoeste) em 2006, incluiu em suas operações o Porto de Santos passando a atuar nos maiores corredores de exportação de commodities e nas mais importantes regiões industriais do país. Desde 2004, a ALL participa do Nível 2 de Governança Corporativa da Bovespa. Em 2007, a empresa registrou receita bruta de R$ 2,38 bilhões e EBITDAR de R$ 1 bilhão e segue com o firme propósito de ser a melhor empresa de logística da América Latina.

Revista aponta Copel como vencedora no setor elétrico A Copel foi apontada como a melhor empresa brasileira do setor de energia elétrica pelo levantamento “As Melhores da Dinheiro”, feito pela revista IstoÉ Dinheiro, tomando por base critérios como desempenho financeiro, responsabilidade social e ambiental, inovação e governança corporativa. A cerimônia de premiação aconteceu na noite de quinta-feira, 12 de agosto, em São Paulo, reunindo dirigentes e representantes das maiores empresas do país e autoridades como o ministro da Fazenda, Guido Mantega, o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, a ministra-chefe da Casa Civil, Erenice Guerra, o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Miguel Jorge e o governador de São Paulo, Alberto Goldman. O presidente da Copel, Ronald Ravedutti, recebeu o prêmio em nome da Companhia e, ao agradecer, lembrou que a população paranaense indicou recentemente a Copel como a empresa que presta a seus clientes o melhor atendimento no país, segundo pesquisa de opinião feita pela Associação Brasileira das Distribuidoras de Energia Elétrica — Abradee. “Ser apontada como a melhor empresa do setor elétrico pela revista Istoé Dinheiro e ser consagrada pelo atendimento prestado ao cliente na Pesquisa Abradee são duas vitórias que devem ser creditadas à qualidade do trabalho, à dedicação e à competência dos nossos quase 9 mil empregados”, disse o presidente. “Hoje, todos eles estão muito motivados com o compromisso e o desafio de consolidar a Copel como uma grande empresa no setor elétrico brasileiro”. A sétima edição do anuário da Istoé Dinheiro elegeu as 500 melhores empresas do país e, além da Copel, apontou a também paranaense Coamo como a vencedora no segmento de Agronegócios.


V Ranking das S.A. Curitiba, terça-feira, 31 de agosto de 2010 | C11 | Indústria&Comércio

Furukawa lança cabo GO!BLUE e amplia a experiência de áudio e vídeo digital A Furukawa lança no mercado a sua mais avançada tecnologia para áudio e vídeo digitais. O novo cabo HDMI GO!BLUE do fabricante transmite vários formatos de áudio e vídeo através de um único canal digital, eliminando o emaranhado de cabos atrás dos equipamentos nas residências. Com o novo cabo HDMI GO!BLUE, totalmente Plug and Play, é muito simples conectar TVs (plasma, LCD e LED) com DVD players, BluRay players, set-top boxes, decodificadores digitais de TV, vídeo games, câmeras digitais e computadores multimídia, tudo em apenas um cabo. Segundo Hans Geise, Gerente de Pesquisa e Desenvolvimento da Furukawa, esta é a tecnologia mais avançada existente no mercado, suportando o formato de altíssima definição FullHD. O padrão HDMI (High-Definition Multimedia Interface), uma interface totalmente digital de áudio e vídeo capaz de transmitir dados sem compactação é superior aos padrões analógicos. “Além de simplificar a conexão entre aparelhos, o cabo GO!BLUE enriquece a experiência dos usuários com jogos, filmes, televisão e música gerando um som cristali-

no e imagens de alta definição, perfeitamente nítidas e totalmente digitais, sem conversão ou compressão”, diz o executivo. O novo cabo da Furukawa funciona também com versões anteriores ao HDMI, acabando com problemas de compatibilidade. Ele suporta qualquer formato de vídeo TV ou PC, incluindo os modos Standard, Enhanced e Alta Definição, além de até 8 canais de áudio digital em alta definição. Tudo isso em grande largura de banda - até 10.2 Gbps -, mais que o dobro necessário para transmitir o formato FullHD 1080p. Preparado para o futuro, o cabo GO!BLUE suporta resoluções mais altas (1440p), taxas de atualização mais rápidas (120Hz) e novos padrões de cores, como o efeito “Deep Color”, que eleva a palheta HDTV para a ordem de trilhões de cores. “Um cabo HDMI GO!BLUE pode substituir até 11 cabos analógicos de áudio e vídeo de uma só vez. É o cabo mais indicado para os ambientes residenciais, com qualidade muito superior aos cabos vídeo-componente, s-vídeo, vídeo composto e coaxial”, finaliza Geise.

Iguaçu Celulose tem compromisso com o meio ambiente O Brasil possui cerca de 550 milhões de hectares de florestas. Trata-se da segunda maior área florestal do planeta, ficando atrás apenas da Rússia. Isso faz da indústria de papel e celulose um dos mais expressivos setores da economia do país. A atividade florestal, no entanto, exige um desenvolvimento de forma sustentável e em áreas apropriadas, a fim de preservar o meio ambiente. Atualmente, a produção nacional do setor é de aproximadamente 6 milhões de toneladas de polpa de eucalyptus grandis, por ano. Isso representa metade da produção mundial desse tipo de fibra. O processo, essencial para as atividades da indústria madeireira, gera resíduos da extração de celulose que contêm agentes poluentes extremamente danosos para rios e mata nativa. Preocupado com esse processo, a Iguaçu Celulose não poupou recursos para desenvolver uma política de equilíbrio ambiental em todas as

áreas em que atua. Toda a matéria prima usada pelas fábricas da Iguaçu Celulose tem origem nas áreas de reflorestamento. Anualmente, são replantados 1.200 ha para atender o consumo anual de floresta de 850 ha. Além da preocupação com a origem da matéria prima, a Iguaçu é reconhecida pelo seu trabalho na recuperação de áreas degradadas pelos resíduos da extração da celulose. O investimento em pesquisa, para encontrar soluções não-poluentes para o processo de fabricação da celulose na fábrica da Iguaçu em Piraí do Sul (PR), resultou em um produto que traz benefícios à agricultura. Foi desenvolvida uma tecnologia na qual a lama de cal, antes resíduo inutilizado, se transforma em corretivo de solos. O projeto, feito em parceria com o Instituto Ambiental do Paraná (IAP), em 1997, já ajudou a recuperar boa parte da mata nativa da região.

JMalucelli Construtora será a única do Estado na obra da Usina de Belo Monte Com patrimônio líquido de R$ 225 milhões, a J. Malucelli Construtora de Obras é hoje uma das 12 maiores do Brasil na construção pesada. A construtora foi a primeira das 45 empresas do grupo J. Malucelli. Atualmente, emprega 42 profissionais da engenharia civil, elétrica e mecânica. Apenas na obra da Usina Hidrelétrica Mauá, na região dos Campos Gerais, nos municípios de Telêmaco Borba e Ortigueira, são 25 engenheiros em atividade. “A construtora ainda é o meu xodó. Todos os dias faço expediente aqui”, afirma o fundador Joel Malucelli.Para ele, a obra da Usina Mauá, maior em execução no Paraná hoje, foi o que credenciou a construtora para a obra da Usina Hidrelétrica de Belo Monte, no rio Xingu, em Altamira (PA). “Além de estar de acordo com o cronograma, se constituiu em uma obra limpa, muito moderna de ser executada. O

que deixou as autoridades que estiveram lá impressionadas”, afirma o empresário. A J. Malucelli será a única construtora paranaense a participar da obra de Belo Monte. “Isso certamente dará à construtora e ao Paraná um grande destaque no cenário nacional de grandes empresas da construção pesada”, comemora o presidente do grupo J. Malucelli. Na Usina Hidrelétrica Mauá, a construtora está executando 4.750 m3 de concreto por dia. A obra teve início em 2008 e deve ser concluída em dezembro de 2011. O valor total estimado é de R$ 1 bilhão. Na Usina de Belo Monte, a J. Malucelli será responsável por R$ 3,5 bilhões em construção. O custo total da obra, segundo estimativas do Ministério de Minas e Energia, será de R$ 19,6 bilhões. O grupo J. Malucelli também participará como investidor.

TERMINAL CONTEINERES PARANAGUÁ S/A

Paraná lidera exportação de congelados O porto paranaense responde por 37% de todo o frango congelado exportado pelo Brasil, em 2010 O fortalecimento na logística e a ampliação do perfil econômico do porto fizeram com que Paranaguá passasse de 4º maior exportador de carnes congeladas (frango, bovino e suíno), em 2003, para a liderança no ranking nacional, este ano. “Somos responsáveis por 31% da exportação nacional de congelados, enquanto as movimentações em Itajaí representam 28% do total e as de Santos, 23%”, compara o diretor empresarial da APPA, João Batista Lopes. O porto paranaense responde por 37% de todo o frango congelado exportado pelo Brasil, em 2010. No primeiro semestre do ano, foram movimentadas 606.778 toneladas do produto pelo terminal de Paranaguá. Em todo o País, foram comercializados cerca de 1,6 milhões de toneladas de carne de frango, no período. Os números são do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) e fazem parte do levantamento da divisão empresarial da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (APPA). Paranaguá lidera o ranking nacional de exportação da carne de frango congelada, a frente do porto de Itajaí, em Santa Catarina, que movimentou pouco mais de 523 mil toneladas de carne de frango, no período. O terminal de Rio Grande, no Rio Grande do Sul, participou com 217 mil toneladas, o de Santos, em São Paulo, com 207 mil toneladas; e o porto catarinense de São Francisco do Sul atendeu 41 mil toneladas. Segundo o MDIC, o comércio internacional de frango congelado gerou, neste primeiro semestre, receita cambial de mais de US$ 2,6 bilhões para o Brasil. O Paraná registrou receita de US$ 986 milhões. Os principais destinos da carga movimentada pelo Estado foram Arábia

Saudita, Hong Kong, Japão, Emirados Árabes e Kuwait. Para Linda Machado, diretora comercial da empresa Standard Logística, maior operadora logística frigorificada do Brasil, as maiores vantagens do porto de Paranaguá, são a localização próxima ao polo produtor da Região Sul e o acesso via diferentes modais de transporte. “Juntos, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul respondem por mais de 40% das carnes de frango, suíno e bovino exportadas pelo País. Como Paranaguá tem conexões diretas com a ferrovia e também vias de acesso rodoviário, os custos para os exportadores são bem menores”, explica ela. A expectativa da empresa é ampliar os negócios e crescer 49% até o final do ano. “Entre janeiro e julho, investimos cerca de R$ 42 milhões, sendo a maior parte destinada à construção de uma Unidade de Armazenagem, na cidade de Cambé, no Norte do Paraná. Nosso objetivo é aten-

der, não só a demanda da Região Sul, mas também de São Paulo, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul”, conta Linda.

CORREDOR Entre os principais diferenciais para o aumento na exportação de frango congelado via Paraná, está o modelo adotado pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (APPA), em 2008. O Corredor de Congelados de Paranaguá é uma parceria entre APPA, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e iniciativa privada. O complexo conta com seis berços de atracação dedicados à operação de congelados (quatro em Paranaguá e dois em Antonina), pátio de armazenagem de contêineres em zona primária, com 370 mil metros quadrados, capacidade de armazenagem frigorífica para 58 mil toneladas e ramal ferroviário em zona primária, com operações diárias.

Paraná Clínicas conta com centro integrado de medicina específico para atendimento pediátrico A Paraná Clínicas Planos de Saúde Empresariais é reconhecida por diversas ações que a colocam como referência na área da saúde. Uma delas é o CIM – Unidade Infantil, um centro integrado de medicina feito especialmente para atendimento pediátrico, sendo um dos poucos a oferecer este tipo de atendimento completo na cidade de Curitiba e Região Metropolitana.

ESTRUTURA Em sua estrutura, a Paraná Clínicas conta com CIM – Água Verde, CIM – São José dos Pinhais, CIM – Araucária e o CIM – Cidade Industrial de Curitiba,

e de um Laboratório de Análises Clínicas, além de uma estrutura ampla, moderna e específica para o atendimento pediátrico. Situado à Av. Batel, 1889 (ao lado do Hospital Santa Cruz), o CIM – Unidade Infantil (antigo Hospital Infantil Branca de Neve) é uma unidade de atendimento de emergências e urgências 24 horas, com setor próprio de internamento. Conta com profissionais das diversas especialidades pediátricas como cirurgia infantil, neuropediatra, endocrinologista, pneumologista e ortopedistas, entre outros. Uma estrutura completa que

se soma a uma ampla rede credenciada com outros inúmeros especialistas. Em todos os Centros Integrados de Medicina da Paraná Clínicas são realizados atendimento ambulatorial pediátrico, onde é possível também o atendimento de puericultura, com a detecção precoce de alterações, acompanhamento do crescimento e desenvolvimento das crianças e orientações aos pais, que incluiu hábitos saudáveis desde a primeira idade. A Parana Clínicas Planos de Saúde Empresariais oferece mensalmente cerca de 4200 consultas agendadas em pediatria geral.

Sanepar alerta população no Norte Pioneiro a fazer uso racional da água A Sanepar alerta a população para fazer uso racional da água para que não haja desabastecimento, uma vez que existe esse risco em três cidades no Norte Pioneiro, se a estiagem se prolongar. “É importante que a população consuma água de maneira bastante racional, evitando desperdício para que não falte água”, afirma o gerente da Regional de Santo Antônio da Platina, Gladiston Cotelo. Segundo ele, a Sanepar tem acompanhado a evolução do nível de cada manancial de abastecimento.

1) Conselheiro Mairinck: há queda de vazão do Ribeirão Vermelho, sendo que o manancial superficial não está atendendo a demanda. A situação está sob controle porque a empresa conta com boa estrutura de reservação, que é recarregada à noite, porém há risco de desabastecimento nos próximos dias, caso a estiagem persista; 2) Ibaiti: o Ribeirão Grande está abaixo da vazão necessária. A demanda está sendo atendida porque a empresa passou a ope-

rar a captação emergencial. Também nesta cidade a situação está sob controle, mas há risco de desabastecimento nos próximos dias caso não haja recuperação do manancial superficial; 3) Siqueira Campos: neste momento a altura da lâmina d’água está abaixo da crista da barragem. Está sendo captada toda a vazão que o manancial oferece. Não está faltando água para os moradores, mas também há risco de desabastecimento nos próximos dias, caso a estiagem continue.

“O corredor oferece logística e armazenagem aos exportadores e, assim, garante volume de carga e interesse dos armadores em fazer escalas nos portos paranaenses”, destaca o superintendente da autarquia, Mario Lobo Filho. “As janelas públicas de atracação também são apontadas como grandes vantagens, pois apresentam índices de cumprimento de quase 80%, resultando em baixo índice de cancelamentos de navios e redução no tempo de espera para atracação. Em junho deste ano, disponibilizamos mais duas janelas extras para a movimentação de contêineres”, completa ele. Seis das principais empresas do ramo de congelados no Paraná atuam em parceria com o Corredor de Exportação, são eles: Terminal Ponta do Félix, Martini Meat, Standard Logística, América Latina Logística (ALL), Terminal de Contêineres de Paranaguá (TCP) e Wilson, Sons Site da APPA - 05/08/2010.

COCEL mantém equipe para atendimento à emergências no interior Desde fevereiro deste ano a Cocel contratou os serviços de uma empresa terceirizada que mantém seus técnicos morando na região de Três Córregos. A contratação foi feita com o objetivo de proporcionar um atendimento mais rápido aos moradores do interior. Como já estão na região, quando um consumidor entra em contato para solicitar algum serviço ou informar sobre falta de energia o tempo de deslocamento da equipe é bastante reduzido. “Como Campo Largo tem uma grande extensão territorial, quando há algum problema na rede de distribuição o tempo de deslocamento das equipes pode chegar a até 3 horas, dependendo das condições das estradas. Com a equipe já instalada em um ponto estratégico, o tempo de deslocamento diminui consideravelmente – o que proporciona um atendimento mais rápido e de melhor qualidade aos moradores do interior” – afirma Gerson Gabardo, diretor técnico da Cocel.


V Ranking das S.A. Indústria&Comércio | Curitiba, terça-feira, 31 de agosto de 2010 | C12

CMYK

Ranking das SAs - Indústria&Comércio  

especial, jornal, ranking, parana, sociedades anonimas, empresas, contador