Page 1

Curitiba, quarta-feira, 30 DE outubro de 2013 | Ano XXXViI | Edição nº 8986 | R$ 1,50

Indústria&Comércio DIÁRIO

INFORMAÇÃO. conhecimento. inteligência. DESDE 1976.

R$ 5 bilhões

Aroldo Murá FINALMENTE, A ABCR ADMITE REVER PEDÁGIO

Pela primeira vez, a Associação de Empresas Concessionárias de Rodovias admite a possibilidade de rever as tarifas das rodovias pedagiadas no Paraná. Esta nova disposição tem um pouco a ver com a CPI do Pedágio, com a pressão da comunidade (ACP e FIEPR, especialmente), meios de comunicação (como este I&C), tudo isso acompanhado, finalmentre, de uma comunicação adequada. João Chiminazzo, o “boss” do pedágio, está falando claro e direto sobre o assunto. página

Mobilidade de Curitiba terá o maior investimento da história

Cesar Brustolin/SMCS

| a3

Pedro Washington Alívio afinal

Assim como Deus, escreve certo por linhas que nos parecem tortas, a política por vezes chega a objetivos por caminhos estranhos. página

| a2

Roseli Abrão Sem discriminação

Antes de viajar a Curitiba, a presidente Dilma postou mensagens no Twitter antecipando o que iria liberar de recursos para modalidade urbana para a Capital e Região. página

| a5

Os recursos vão custear a implantação do metrô e de mais três projetos O investimento foi anunciado ontem, em Curitiba, pela presidenta Dilma Roussef e pelo prefeito Gustavo Fruet

geral a2

INDICADORES FINANCEIROS

geral a2

MERCADO À VISTA Maiores altas

COTAÇÃO

TECTOY ON * MERC FINANC ON CEB ON AZEVEDO PN PET MANGUINH DO 0,25

Maiores QUEDAS

0,03 6,58 14,94 1,60 0,08

COTAÇÃO

RJCP EQUITY ON LLX LOG DO 1,20 REDE ENERGIA ON CELPA PNC CCX CARVAO ON NM

0,01 0,02 1,20 0,50 1,13

IBOVESPA Maiores altas*

COTAÇÃO

ITAUSA PN N1 ITAUUNIBANCO PN N1 FIBRIA ON NM BRADESCO ON N1 SABESP ON NM

Maiores QUEDAS OGX PETROLEO ON NM MMX MINER ON NM EMBRAER ON NM TRAN PAULIST PN N1 BRF SA ON NM

9,59 34,58 28,68 36,00 24,30

Juros do cheque especial chegam a 144,2% ao ano segundo o Banco Central

Economia A5

Vendas reais nos supermercados do país acumulam alta de 4,94%

Café das Nações presta homenagem à Áustria e Turquia

COTAÇÃO 0,23 0,67 16,58 31,76 51,86

CÂMBIO Moeda

Compra

Venda

Dólar turismo 2,1500

2,2600

Dólar comercial 2,1812

2,1819

Dólar paralelo 2,2973

2,2979

Euro

3,0047

3,0015

Ouro (Grama/R$): 94,00

Acesse a edição digital

Com relação ao preço da cesta com os 35 produtos mais consumidos, houve queda de 0,92% sobre agosto, passando de R$ 355,85 para R$ 352,57

www.icnews.com.br

economia a5

Editorial

Brasileiro endividado, mas nem tanto

O

endividamento do cidadão brasileiro é alto. De acordo com informações do Banco Central (BC), os brasileiros tinham 45,36% dos rendimentos comprometidos com dívidas, no maior nível registrado desde o início da série, em janeiro de 2005. No entanto, o endividamento das famílias brasileiras é baixo em relação a outros países. Na Europa, as dívidas superam 100% da renda na Estônia, na Espanha, na França, em Portugal, na Finlândia, na Suécia e no Reino Unido, conforme o Eurostat – órgão de estatísticas da União Europeia.

O

fato mostra que o brasileiro ainda possui uma tendência positiva na hora de lidar com o orçamento. E isso precisa ser uma realidade cada vez mais nítida na população. Dessa forma, as famílias não sofrerão a desestrutura que um colapso financeiro provoca. Segundo o BC, as famílias brasileiras comprometem, em média, 21,4% da renda mensal com prestações. Desse total, 12,74% referem-se a juros e somente 8,66% dizem respeito à amortizações, pagamento do principal da dívida que reduz o saldo devedor.

Editais na página b3

CMYK

Central de Atendimento: 41 3333.9800

O Café das Nações foi realizado ontem no Hotel do Centro Europeu. A realização foi do Diário Indústria & Comércio, reunindo o corpo consular do Paraná. A Áustria, que comemorou sua data nacional em 26 de outubro, e a Turquia, que teve sua data nacional lembrada nesta terça. A Áustria foi representada pela vice-cônsul, Anelise Gropp,

que falou sobre a origem da data, marco da desocupação estrangeira após a II Guerra Mundial. Já o cônsul Luiz Alberto de Paula Cesar preferiu mostrar o que seu país tem a oferecer em negócios e turismo, dando destaque à Capadócia. O encontro favoreceu a interação entre os representantes consulares. página a4

Comitiva francesa prospecta parceria com Senai no Paraná O Senai no Paraná recebeu, neste mês, uma missão de prospecção da região da Picardia, no norte da França. Os membros do governo francês vieram ao Paraná alinhar com instituições, entre elas o Instituto Senai

de Inovação, parcerias nas áreas de biotecnologia, eletroquímica, bioprocessos, inovação tecnológica, nanotecnologia e intercâmbio de doutores para pesquisa aplicada.

e-mail: pauta@induscom.com.br

negócios b1


Geral/Curitiba

Diário Indústria&Comércio

Curitiba, quarta-feira, 30 de outubro de 2013 | Pág. A2

Previsão do tempo

Mín.: 9° | Máx.: 23°

Nesta quarta feira o calor volta a predominar sobre o Paraná e as chuvas rápidas são previstas para o interior do estado. fonte: www.simepar.br

Cidade Multimodal

Curitiba terá R$ 5,2 bilhões para mobilidade urbana Cesar Brustolin/SMCS

Os recursos vão custear a implantação do metrô e de mais três projetos

prpress@terra.com.br

PanoramaPolítico Alívio afinal

Assim como Deus, escreve certo por linhas que nos parecem tortas, a política por vezes chega a objetivos por caminhos estranhos. De há muito o governo do Paraná tenta obter recursos que lhe permitam realizar projetos importantes, prometidos em campanha. Idas e vindas, empréstimos nacionais e internacionais aprovados e desculpas oficiais para que não fossem integralizados. A cada momento, uma nova exigência e o governo correndo contra o tempo. Acontece que os prejuízos causados ao estado, seriam depois cobrados em campanha, na medida em que forças divergentes nos cenários nacional e estadual, iriam se defrontar logo adiante. Para complicar, o grupo que mandava no estado perdeu o comando da capital que, com sua região metropolitana representa um terço do eleitorado do estado. Porém, se a nova liderança agregada ao grupo situacionista nacional não tivesse bom desempenho aqui, comprometeria os objetivos estaduais da oposição e também os nacionais, na medida em que esse grupo nunca venceu no Paraná. Nesta altura o bem informado leitor já entendeu que se está falando de Beto Richa, Gleisi Hoffmann, Gustavo Fruet e Dilma Rousseff. Percebe também que um benefício anunciado pela presidente Dilma, ontem aqui, a construção do metrô, vai ter a paternidade disputada por governos federal, estadual e municipal. O governador Beto Richa fica com mais um ônus e grandes benefícios: na negociação tripartite do novo modelo de metrô curitibano, Brasília aumenta sua participação para R$ 1,7 a 2 bilhões; o estado igualmente de R$ 300 para 700 milhões; a prefeitura de 600 para 900 e a iniciativa privada entra com 1,3 bi. Em compensação o Tesouro Nacional compromete-se a autorizar as operações de crédito solicitadas pelo estado. Com mais prováveis R$ 500 milhões de depósitos judiciais tributários, a fase de vacas magras vivida pelo governo estadual, tende a desaparecer, transformando o último ano de Beto, num festival de obras. Nada mal para quem pretende se reeleger.

Possibilidade...

Uma nova fase na economia do Paraná está prestes a ser iniciada. Com o leilão de áreas para prospecção de hidrocarboneto (gás natural ou petróleo leve) no Paraná, com três empresas interessadas, entre elas a Copel e sua subsidiária Compagás, uma perspectiva extraordinária se abre para o estado. Para a ANP (Agência Nacional do Petróleo) há “certeza da existência de gás, mas ainda não conseguimos viabilizar. Esse potencial está mais próximo agora”.

...entusiasmante

Com razão, um dos mais entusiasmados defensores da participação da Copel na 12ª. rodada de licitações da ANP, é o presidente da Compagas, empresário Luciano Pizzatto. “Gás natural não é só energia; é matéria prima e insumo para muitas indústrias”, afirma ele, já vislumbrando a revolução econômica que a descoberta de reservas comerciais de gás poderia provocar. Perspectivas animadoras para o Estado.

Prestação de contas incompleta

Numa segunda safra de “comerciais do PT” dirigidos ao Paraná (a primeira foi suspensa pelo TRE) a ministra Gleisi Hoffmann faz um apanhado dos investimentos do governo federal na saúde do Paraná. Não informou o que se pretende fazer para “salvar” o Hospital de Clínicas, que sem contratações suficientes fechou leitos de UTI. Logo ele que é referência em algumas especialidades e que tem um fluxo enorme de pacientes vindos de todos os cantos do sul do Brasil.

Em choque

Nas consultas que o TSE pretende promover inclusive junto à opinião pública através de audiências, uma boa sugestão a ser dada é a proibição na divulgação de pesquisas, pelo menos 20 dias antes das eleições. Instrumento caríssimo de aferição as pesquisas têm sido usadas para influenciar eleitores indecisos, aqueles que não querem “perder o voto”. Caso houve em eleição municipal curitibana, em que pesquisa apontou Carlos Simões como vencedor. Perdeu “de lavada” para o candidato de Lerner que na época elegia um “poste”. Numa eleição “apertada” poderia ter mudado o resultado. Nem punição o Instituto autor da façanha e o contratante, sofreram.

EXPEDIENTE

Diário

O investimento em mobilidade urbana foi anunciado ontem, em Curitiba, pela presidenta Dilma Roussef e pelo prefeito Gustavo Fruet

C

uritiba aplicará nos próximos anos R$ 5,2 bilhões em obras voltadas para a melhoria do transporte coletivo e da mobilidade. É o maior investimento da história da capital e faz parte do projeto de transformar Curitiba numa cidade efetivamente multimodal. Os recursos vão custear a implantação do metrô e de mais três projetos: a conclusão do corredor de transporte da Linha Verde, a revitalização da Linha Inter 2 e o aumento da capacidade das canaletas de ônibus. O investimento foi anunciado ontem em Curitiba, pela presidenta Dilma Roussef e pelo prefeito Gustavo Fruet, em solenidade que teve também a presença da vice-prefeita Mirian Gonçalves, do governador Beto Richa, além de ministros, secretários municipais e estaduais, senador, deputados, prefeitos de municípios da Região Metropolitana e vereadores, entre outras autoridades. O anúncio marca o início de um período de retomada do planejamento e da qualidade do sistema de transporte da capital. O valor anunciado inclui recursos do governo federal, do Município e do Estado. Além de finalmente ganhar sua primeira linha de metrô,

Curitiba ampliará de 80 para 148 quilômetros a rede de canaletas e faixas exclusivas para ônibus, reforçando a prioridade para o transporte coletivo. A presidenta Dilma Roussef destacou que a destinação dos recursos foi facilitada pelo fato de a Prefeitura de Curitiba ter um projeto encaminhado, por meio do Procedimento de Manifestação de Interesse aberto em maio. “Isso significa que o prefeito estava adiantado, que tinha elementos, que a obra não só é factível, como vai começar”, afirmou. “Uma cidade cresce, muda, é um organismo vivo, e exige do poder público novo planejamento. Isso requer esforços unificados das três esferas de governo, sem levar em conta questões partidárias, mas o interesse da população”, disse. “O futuro de Curitiba como cidade multimodal começa a ser escrito hoje”, disse o prefeito Gustavo Fruet, lembrando que os projetos aprovados integram o ônibus a outros modais, como o metrô e a bicicleta. “É o maior aporte de recursos que a cidade já recebeu. Um dia histórico para Curitiba, que graças à união de esforços realiza um sonho antigo.”

O governador Beto Richa estará aos Estados Unidos na próxima semana para divulgar as potencialidades do Paraná. Ele cumpre agenda oficial em Chicago e Nova Iorque, entre 4 e 8 de novembro, em universidades, na Organização das Nações Unidas (ONU) e participa de encontros empresariais. Na segunda-feira, o compromisso é na Universidade de Chicago. Richa fará palestra para alunos do curso de mestrado e doutorado em Políticas Públicas da instituição. O tema da apresentação é: “O Brasil

e o Paraná no atual contexto dos mercados emergentes”. Outro compromisso na cidade é na sede da Motorola Solutions. Em um encontro com o presidente de Assuntos Governamentais para a América Latina, George Spass, Richa assina um termo de colaboração técnica com a companhia, além de conhecer as instalações da empresa. A multinacional pode apoiar o Estado na elaboração de um programa para reforçar as redes municipais de acesso a internet.

Fundador e Presidente Odone Fortes Martins Reg.Prof. DRT/PR: 6993 (ofm@induscom.com.br) Diretor de Redação Eliseu Tisato Reg.Prof. DRT/PR: 7568 (editor@induscom.com.br) Parque Gráfico e Circulação: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fones: (41) 3333.9800 | 3322.1012 Direção e Comercial: Rua Presidente Faria, 533 Centro - Curitiba - CEP: 80020-290 Fone: (41) 3322.1012 e-mail: diretoria@induscom.com.br comercial@induscom.com.br

NEW CAST PUBLICIDADE & MARKETING BRASÍLIA E RIO DE JANEIRO Atendimento : Flávio Trombieri Moreira – Cel.: (61) 8155 2020 Endereço: SRTVS Quadra 701 Bloco K Sala 624 – Edifício Embassy Tower – Brasília DF - Cep.: 70.340 – 908 Fone/Fax: (61) 3223 4081 E-mail: new.cast@uol.com.br / new.cast@hotmail.com

Os artigos assinados que publicamos não representam necessariamente a opinião do jornal.

O prefeito Gustavo Fruet lembrou que a implantação do metrô em Curitiba é discutida desde 1969, quando a equipe do então prefeito Omar Sabbag realizou o primeiro estudo sobre o modal. “Foram décadas de sonho e planos frustrados, que agora temos a alegria de encerrar com a concretização desse projeto, numa parceria com o governo federal e o estadual”, disse Fruet. O prefeito agradeceu à presidente Dilma, à equipe técnica da Prefeitura e ao governador pela parceria. Ele lembrou que a revisão do projeto do metrô foi uma das primeiras medidas da sua gestão. A equipe encarregada do trabalho encontrou várias inconsistências no projeto anterior e terminou por recomendar a abertura de um Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) para selecionar propostas de aprimoramento do projeto, de forma a torná-lo viável do ponto de vista técnico e financeiro. Vencedora do PMI, a Triunfo Participações propôs uma série de adequações, entre as quais a extensão da primeira fase (prevista anteriormente para terminar na Rua das Flores) até o terminal do Cabral.

“Temos uma rede de fibra óptica da Copel que chega em 100% das nossas cidades. Agora, o objetivo é estimular as comunidades, através de incentivos para a melhoria dos serviços locais, a utilizar esta infraestrutura”, afirma Richa. No dia 5 de novembro, Richa inicia agenda em Nova Iorque. O primeiro compromisso é no banco JP Morgan, onde fará uma apresentação sobre as oportunidades de investimentos no Paraná. A agenda está sendo organizada pela Câmara de Comércio Brasil – Estados Uni-

dos (Amcham). Em seguida, o governador Beto Richa vai à sede da Organização das Nações Unidas (ONU). Ele tem encontro com Heraldo Munõz, secretário-geral adjunto e diretor do escritório regional para a América Latina e Caribe do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). Na sede da ONU, Richa também grava uma entrevista com a jornalista Monica Grayley, chefe da unidade de língua portuguesa da rádio das Nações Unidas.

Reforma recupera uma das maiores escolas da RMC

Fundado em 2 de setembro de 1976

Publicidade Legal e Assinaturas: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fones: (41) 3333.9800 | 3334.4665 e-mail: publegal@induscom.com.br

A maior parte dos recursos será aplicada na implantação da primeira fase do metrô curitibano, que terá 17,6 quilômetros, com 14 estações entre a Cidade Industrial e o Cabral (o projeto prevê mais 4,4 quilômetros até o terminal de Santa Cândida, com duas estações no trecho, numa segunda fase). O governo federal investirá R$ 1,8 bilhão na primeira fase do projeto, com recursos do Orçamento Geral da União. A Prefeitura entrará com R$ 700 milhões e o Estado com mais R$ 700 milhões – valores a serem financiados pela União, provavelmente via BNDES. A iniciativa privada deverá aportar R$ 1,365 bilhão. A presidenta destacou que, além de colocar recursos do Orçamento Geral da União, o governo federal vai financiar a parcela do Município e a do Estado no projeto do metrô, “em condições absolutamente diferenciadas”. Os recursos deverão ser pagos em 30 anos, com cinco anos de carência, e correção pela TJLP mais 2,5% ao ano. A meta da Prefeitura é lançar os editais – tanto do metrô quanto das outras obras – até o início do ano que vem.

Richa vai aos EUA apresentar potenciais do PR

Indústria&Comércio

Redação: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fone: (41) 3333.9800 E-mail: pauta@induscom.com.br

Metrô

Uma atitude de todos para o bem-estar da vida urbana.

O Colégio Estadual Júlio Szymanski, em Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba, passa por uma grande obra de reforma e modernização. Em 56 anos de história, essa é a primeira vez que o prédio recebe uma intervenção deste porte. O investimento do governo estadual é de aproximadamente R$ 770 mil para a revitalização de toda a estrutura da escola, uma das maiores da Região Metropolitana e que atende cerca de 2 mil alunos do ensino fundamental, médio e técnico. A previsão para o término da reforma é fevereiro de 2014. “Foi uma luta constante de toda a comunidade escolar para que essa reforma acontecesse. É uma conquista de todos. Hoje estamos vendo a realidade da escola mudar”,

conta Vilson Vilmar Hartmann, pai do aluno Daniel Wilson Hartmann, do 2° ano. A reforma inclui a renovação da instalação elétrica, com novas luminárias para o pátio e a quadra de esporte, que está desativada há quase 20 anos e agora será totalmente revitalizada. Também foi construído um banheiro adaptado para alunos com deficiência. O piso de toda a construção será renovado com a troca dos tacos de madeira por cerâmica. As salas de aula estão recebendo pintura e quadros novos. “Os banheiros não tinham portas e os vasos sanitários eram quebrados. A escola está ficando mais bonita e isso nos dá uma motivação a mais”, disse a aluna Jéssica Karolyne Braz, 17 anos, do 3° ano.


Aroldo Murá G. Haygert

Diário Indústria&Comércio

Contato com o jornalista: aroldo@cienciaefe.org.br

Curitiba, quarta-feira, 30 de outubro de 2013 | Pág. A3

CONCESSIONÁRIAS JÁ ADMITEM REVER TARIFAS DE PEDÁGIOS A maior parte da sociedade paranaense é fundamente contra o atual estado de coisas no sistema de pedágio de rodovias estaduais. Acho que bandeiras enfeixadas por entidades como a Associação Comercial do Paraná (ACP) e Federação das Indústrias (FIEPPR) fazem muito sentido, com mil e um argumentos especialmente contra as altas tarifas aplicadas no pedágio, apontando-as como danosas para o desenvolvimento do Estado, com reflexos negativos no dia a dia do cidadão.

OS GRANDES “PECADOS”

Acredito também que, ao longo desses anos todos – desde 1998 -, as concessionárias cometeram ‘pecados’ enormes, além daqueles apontados pelos usuários, tais como a falta de obras previstas em contratos. E o Estado, em certo momento, também falhou no cumprimento do que fora pactuado. Na minha opinião, tudo foi agravado ao longo dos anos, no entanto, pela deficiente comunicação da ABCR (Associação Brasileira de Concessionárias de RodoviasPR). A posição da entidade, até agora, vinha sendo de, ou negar sua omissão no cumprimento de

itens dos contratos; ou desenvolver uma constante e inútil beligerância verbal contra os opositores do sistema.

O CONFRONTO CONTINUADO

Os mais aguerridos desses opositores localizaram-se nos governos de Roberto Requião, até porque esse ex-governador se compraz sempre em apontar falhas ou supostas falhas geradas por seu arquirrival Jaime Lerner. Assim, registro – com satisfação – o recebimento do primeiro material informativo claro, definidor de posições, preciso, em que a ABCR, finalmente, assume uma certa “mea culpa”. E mais que isso: diz, nas palavras de seu diretor regional, João Chiminazzo Neto, que está disposta a também corrigir seus eventuais erros, desde que o poder público faça a sua parte: “Estamos dialogando com o governo estadual para melhorar a qualidade dos serviços prestados nesses 15 anos e, assim, defender o interesse dos usuários com a máxima transparência”. Segundo Chiminazzo, “a renegociação dos contratos é necessária porque o interesse público demanda novos investimentos no Anel de

Integração. Além disso, na época em que foi instalado o sistema privado de concessão rodoviária, a realidade econômica era ‘muito diferente’ da atual. Celebrou-se, num cenário de alta instabilidade econômica, um negócio jurídico de 24 anos entre empresas privadas e poder público”, argumenta.

O COMEÇO DO ABALO

O noticiário da ABCR diz ainda: “... a principal razão que reforça a importância da repactuação, defende Chiminazzo, é o ato unilateral do começo da segunda gestão Jaime Lerner e que abalou o Programa Estadual de Concessão de Rodovias. Foi em meados de 1998, quando o governo reduziu pela metade e congelou os valores das tarifas durante 18 meses. A arrecadação havia começado cerca de 20 dias antes da ruptura.” E prossegue a ABCR: “A seguir, por meio dos aditivos contratuais promovidos nos anos 2000 e 2002, o governo reequilibrou os contratos. Ou seja, para compensar as concessionárias pelo prejuízo acumulado no período, retirou obras inicialmente previstas – o que frustrou a opinião pública e

também as concessionárias.” Bem, sem otimismos exagerados, e, ao mesmo tempo, sem compactuar com o maniqueísmo das partes mais visivelmente envolvidas na questão, saudemos a nova postura da ABCR. Como reconheçamos caber a Edson Campagnolo (FIEPR) e Edson Ramon (ACP) e seus diretores parte da colheita que se avizinha, no universo do pedágio.

VOTO DE CONFIANÇA

Eu, de minha parte, confio muito em João Chiminazzo Neto, velho amigo, que conheço desde que ele, jovem ainda (mais moço que eu) compunha parte dos quadros da antiga Múltipla Publicidade, ao lado de notáveis como Desidério Pansera e Gilberto Ricardo dos Santos (in memoriam). Trabalhavam ainda na Rua Voluntários da Pátria. E depois acompanhei, com vivo interesse, a presença de Chiminazzo como secretário executivo da antiga ABINEE, a Associação Brasileira de Indústria Eletroeletrônica, em São Paulo, onde cumpriu papel importantíssimo, em tempos em que o Brasil vivia sobre a égide dos congelamentos de preços e inflação milionária.

João Chiminazzo Neto, Gilberto Ricardo dos Santos, Jaime Lerner e Edson Campagnolo.

PROJETO CÃO AMIGO NO EVANGÉLICO

O PRIMEIRO EM JORNALISMO ECONÔMICO

O Grupo de Trabalho Humanizado (GTH) do Hospital Universitário Evangélico de Curitiba lança, no Mês de Humanização, projeto Cão Amigo, que desenvolveu e implantou na própria instituição. A ação ocorre em parceria com a ONG Instituto Cão Amigo & Cia, e tem por objetivo estimular, através do contato com cães e gatos na Terapia Assistida por Animais (TAA), a socialização entre pacientes, familiares e profissionais da saúde, proporcionando experiência diferenciada no ambiente hospitalar. Há três meses o GTH iniciou o trabalho e desde então, todas as quartas-feiras à noite, são realizados encontros entre os animais e pacientes da Pediatria. O sucesso do projeto é descrito pelos pais das crianças internadas, psicólogas, enfermeiras e médicos, que relatam a repercussão de um dia como este na evolução dos tratamentos.

Rememorando a história contemporânea do jornalismo paranaense, não há como esquecer o pioneirismo de Almir Hoffmann de Lara. Ele foi o primeiro profissional especializado em temas econômicos num jornal paranaense, a Gazeta do Povo, para onde foi, em 1959, a convite de Francisco da Cunha Pereira Filho. Depois de Almir, registro a presença de Antonio Brunetti, escrevendo sobre economia e finanças

PROJETO CÃO AMIGO (2) “São muitos os benefícios que os animais proporcionam. É um momento de relaxamento que envolve pacientes internados, pais acompanhantes e equipe de saúde, fazendo com que interajam de maneira natural. O contato com o cão desvia atenção do processo de internamento, diminui a ansiedade e aumenta o alivio da dor”,

explica a psicóloga do hospital, Priscila Oliveira que acompanha o projeto. Carolina Pacholok Matsukura, mãe de uma paciente de quatro anos, conta que sabia do projeto e estava curiosa para ver como funcionava. “Fiquei muito feliz em ver a reação da minha filha. Ela estava agitada e chorando. Quando a cachorrinha entrou no quarto ela começou a fazer carinho na patinha dela e logo acalmou e adormeceu”, relata. O Projeto Cão Amigo baseia-se em Terapia Assistida por Animais aplicados em hospitais da Europa, Canadá e Estados Unidos, há poucos anos introduzido no Brasil com grande êxito. Antes de entrar no hospital os cães e gatos passam por uma rigorosa inspeção de higiene, conforme normas do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH). Os animais também realizam exames periódicos de saúde, além dos procedimentos normais de vermifugação.

Almir Hoffmann de Lara

no Diário do Paraná, em 1961,e de quem fui auxiliar. Antes do jornalismo, Brunetti fora diretor do Departamento Estadual do Café. E ao se desligar do DP, lá por 62, foi trabalhar na Última Hora, edição do Paraná, assumindo, mais adiante, no Governo Pimentel, o cargo de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, depois de ter sido secretário de Imprensa do Governo do Paraná. A primeira tarefa que Brunetti me confiou foi a de entrevistar o empresário industrial e agropecuário Ivo Leão Junior, que me recebeu no seu senhorial palacete no Alto da Gloria. Eu tremia e temia diante daquele monumento da vida paranaense que, no entanto, com simplicidade e elegância, atendeu o “bagrinho” que eu era (o termo bagrinho designava o estagiário, aprendiz de repórter). Coisas de um velho Paraná. Anotações para a história da imprensa local.

“Deus, uma possibilidade que a Ciência sugere?” Está disponível, no YouTube, a palestra realizada no sábado, 26/10/2013, pelo Mestre em Física, professor Paulo Eugênio Anunciação, no auditório da Escola de

A CASA DO ARTISTA - Quando é que a Prefeitura irá, finalmente, fazer os reparos na casa/museu do escultor Erbo Stenzel? Situada no parque São Lourenço, a casa está fechada para manutenção - é o que informa um cartazete afixado nos fun-

dos - há um bom tempo. Apesar disso, as peças antes passíveis de apreciação continuam nas paredes, sendo possível vê-las através dos vidros da porta dos fundos. Que cuidado é esse com a nossa memória?

CARTAS (correspondências para a coluna: aroldo@cienciaefe.org.br)

PRÊMIO JABUTI PARA LIVRO SOBRE MEDICINA DE FAMÍLIA Aroldo: Interessante observar que um livro com uma temática bem específica e enorme volume de informações tenha sido um dos vencedores do Prêmio Jabuti. O livro “Tratado de Medicina de Família e Comunidade - Princípios, Formação e Prática”, com mais de 400 autores, tendo Gustavo Gusso e José Mauro Ceratti Lopes como coordenadores, 2 volumes, 2.222 páginas, lançado em 2012, numa parceira da Editora e da SBMFC - Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade - foi o vencedor do Prêmio Jabuti 2013, com o 1º lugar na categoria Ciências da Saúde. A obra reúne especialistas de diferentes Estados brasileiros – alguns são paranaenses, além de importantes nomes estrangeiros, como os médicos de família Marc Jamulle, da Bélgica; Iona Hith, da Inglaterra; Juan Gérvas, da Espanha e a epidemiologista americana (já falecida) Barbara Starfield de Campos, dentre outros. O trabalho aborda os principais problemas clínicos que chegam para os médicos e profissionais de Atenção Primária (das Unidades de Saúde), como dor muscular, osteomuscular, como dor lombar, sintomas mais comuns como cefaleias, febre, dor abdominal, procedimentos, pequenas cirurgias, planejamento familiar, escolha de contracepção, dentre tantos... A abrangência dos temas é única, contemplando os princípios, a formação e a prática empregados na área. Ao longo do texto, diversos recursos didáticos foram implementados, com destaque especial para os casos clínicos e questões com respostas, para testagem do conhecimento.

Fico particularmente feliz com a notícia porque entre os autores, médicos dessa especialidade, estão a Marcela Dohms e o Paulo Poli, filha e genro que se dedicam de corpo e alma à Medicina de Família. Marcela Dohms, médica de família e comunidade, Coordenadora do Grupo de Comunicação e Saúde da SBMFC, Mestre em Saúde Coletiva pela UFSC, é autora dos capítulos “Utilização da filmagem de consultas para o aprendizado” em conjunto com os médicos de família da Catalunha, Francisco Borrelli e Giusepe Bosch e de “Relação clínica na prática do médico de família”, com Francisco Borrelli. Paulo Poli Neto, médico de família e comunidade, Mestre em Saúde Pública e Doutor em Ciências Humanas pela UFSC é autor, com Fernanda Lazzari Freitas, do capítulo “Tristeza, sensação de depressão e perturbações depressivas” e de “Gestão da Clínica”, com Gustavo Gusso. JUBAL S. DOHMS, publicitário, designer, criador, professor. Curitiba.

Marcela Dohms e Paulo Poli Filho são médicos da Família

Gustavo Gusso: um dos coordenadores

Juan Gervas: um dos autores

IKE NA E.EDUCATIVA Senhor Jornalista: Considero que um dos bons momentos da TV Educativa - E. Educativa – foi na quinta-feira passada, no programa de Mira Graçano, quando o jornalista Ike Weber, pela segunda vez lá, fez um bom apanhado de suas andanças Palacete onde morou Ivo Leão Junior.

COM O NARIZ NA PORTA

No Evangélico

Enfermagem Catarina Labouré (anexa ao Hospital NS das Graças), Curitiba, a convite do Instituto Ciência e Fé. O endereço é: http:// youtu.be/WaukBMjaMT0

- Não há dúvida de que o servidor público brasileiro tem o direito de usufruir, descansando, o dia que a lei consagra como seu (28 de outubro). Mas está certo a população que usa os serviços públicos de saúde literalmente bater o nariz na porta justamente no dia da

semana em que as Unidades 24 Horas estão mais lotadas? Nesses serviços nunca é feriado. E ao contrário dos colegas dos postinhos, que passaram o dia de folga, os plantonistas das emergências com certeza se desdobraram e, mesmo assim, muitos pacientes saíram de lá descontentes.

Mira Graçano e Ike Weber

jornalísticas de oito meses pelas Américas. E que terminaram no Canadá. Gostaria de saber se o material está no YouTube. AMARILDO GROCHOWSDKI, Curitiba. RESPOSTA: sim.


ESPECIAL

Diário Indústria&Comércio

Curitiba, quarta-feira, 30 de outubro de 2013 | Pág. A4

Café das Nações homenageia Áustria e Turquia D

ois foram os países homenageados no Café das Nações, realizado ontem, no Hotel do Centro Europeu, na Praça Osório, Curitiba. A realização foi do Diário Indústria & Comércio, reunindo o corpo consular do Paraná. A Áustria, que comemorou sua data nacional em 26 de outubro, e a Turquia, que teve sua data nacional lembrada nesta terça, 29. A Áustria foi representada pela vice-cônsul, Anelise Gropp, que falou sobre a origem da data, marco da desocupação estrangeira após a II Guerra Mundial. Por muitos anos a Áustria sofreu diversos tipos de ocupação. Com o fim da guerra, um acordo entre aliados acabou por devolver a liberdade ao país para que ele voltasse dirigir seus próprios

destinos. Já o cônsul da Turquia, Luiz Alberto de Paula Cesar, preferiu mostrar o que seu país tem a oferecer em negócios e no turismo. Na área econômica, a Turquia oferece muito em tecnologia de fabricação e veículos, bem como autopeças. No turismo, um vídeo apresentado mostrou muito das belezas naturais do país, principalmente a Capadócia. Não houve propriamente palestra, mas informações curtas que foram acompanhadas por sete cônsules e outros adidos, bem como representantes do governo paranaense e empresários. Encontro que favoreceu a interação entre os representantes consulares. Esses são alguns dos presentes:

Fotos de Mauro Campos

Ao final do evento, os cônsules foram convidados a cantar os hinos da Áustria, da Turkia e do Brasil

Mariano Czaikowski é presidente da Sociedade Consular do Paraná e cônsul da Ucrânia em Paranaguá

Anelise Gropp, vice-cônsul da Áustria no Paraná

Luiz Alberto de Paula Cesar, cônsul da Turquia no Paraná

O cônsul da Turquia, Luiz Alberto de Paula Cesar presenteia o presidente do Diário Indústria & Comércio com um livro de fatos turísticas de seu país

Ardisson Naim Akel, Presidente da Junta Comercial do Paraná e cônsul do Marrocos

Yoshio Uchiyama, cônsul do Japão no Paraná

Thomas Amaral Neves, cônsul da Albânia no Paraná

Larissa Myronenki, cônsul da Ucrânia em Curitiba

Ozeil Morera Santos, cônsul do Senegal

Carlos Nazareno Ayala, cônsul da Argentina

Amilton Burgo Brambila, Gerente da Schneider Eletric

Coronel Jorge Costa Filho, PM da reserva e consultor em segurança pública

Luis Mário Bordini, diretor da Andritz Brasil Ltda., empresa de origem austríaca especializada em tecnologia de fabricação e papel e celulose

Euclides Locateli, proprietário do escritório de contabilidade e consultoria EACO

Antonio Claret de Rezende, jornalista


Contexto Político Sem discriminação

Antes de viajar a Curitiba, a presidente Dilma Rousseff postou uma série de mensagens no Twitter, antecipando o que iria liberar de recursos para modalidade urbana para a Capital e Região Metropolitana. Segundo ela, “são investimentos acima de discordâncias partidárias e interesses regionais” porque, assim, afirma, “beneficiam quem mais precisa, a população”. -- É assim que se constrói um país mais justo, ensinou.

Recursos

Como exemplo, anunciou a liberação para o governo do Paraná de R$ 87 milhões para a construção do corredor de ônibus e projetos que permitirão novos 20 km de BRTs na Região Metropolitana de Curitiba. Segundo ela, somado ao que foi liberado para Curitiba, são R$5,3 bi em novos investimentos no transporte coletivo de Curitiba e região metropolitana.

Dossiês

A informação é do jornalista Giba Um: o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, pediu a Abin Agência Brasileira de Informação, que investigue origem de dossiês contra a ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, pré-candidata do PT ao go-

Roseli Abrão

Diário Indústria&Comércio

roseli@roseliabrao.com.br

verno do Estado. Segundo a nota, os dossiês, que “proliferam” no Paraná, “têm de tudo e para todos os gostos”.

Mudou o discurso

O governador Beto Richa surpreendeu ao discursar, ontem, na solenidade em que a presidente Dilma Rousseff anunciou recursos do PAC da Mobilidade Urbana, no Espaço Torres. Ao invés do tradicional discurso que o governo do PT discrimina o Paraná, Beto elogiou a “importante parceria” entre o governo de Dilma Rousseff com o governo do Paraná. Beto chegou a agradecer a presidente Dilma pelos investimentos que ela está direcionando ao Estado.

O pai do Ligeirinho

A presidente Dilma Rousseff deu ao ex-prefeito de Curitiba, atual secretário do Planejamento do Paraná, Cássio Taniguchi, a “paternidade” pelo Ligeirinho. Depois corrigiu, dando crédito a quem de direito: o ex-prefeito da cidade e ex-governador do Paraná, Jaime Lerner.

Qual a próxima parada?

O presidente da Abrabar, Fabio Aguayo, que foi o

Curitiba, quarta-feira, 30 de outubro de 2013 | Pág. A5

primeiro a protestar contra a extinção da Secretaria do Turismo, volta a carga e, pelo Twitter, critica a mudança proposta pelo governador Beto Richa, que retirou o Turismo da Cultura e o vinculou ao Esporte. -- Nossa pasta turismo tá literalmente viajando no governo Beto Richa, já pousou na Cultura e agora esta no Esporte e qual será próxima parada? questiona.

Municipal de Curitiba. A decisão foi confirmada na sessão desta terça-feira com a votação em segundo turno de projeto de emenda à Lei Orgânica, a Constituição Municipal. Até então o voto era secreto na análise de vetos do prefeito, bem como para cassação de mandato do prefeito ou de vereador.

Bela economia

Agora já se sabe o que o governador Beto Richa vai fazer nos 10 dias em que ficará fora do País. Segundo o Palácio Iguaçu, o governador vai aos Estados Unidos para “divulgar as potencialidades do Paraná”. Beto vai a Chicago e Nova Iorque e a agenda é corrida: faz palestra em Chicago, onde também visita a sede da Motorola; visita o banco JB Morgan, em Nova Iorque, onde também visitará a sede da ONU. O governador viaja nesta sexta-feira e retorna no dia 9 de novembro.

A crítica vem, também, do deputado Tadeu Veneri, do PT, que questiona a “economia” que será gerada coma união das secretarias de Esporte e Turismo. -- Governo Richa aprova projeto de união de secretarias (Turismo/Esporte) para ‘economizar’. Valor da ‘economia’-- R$ 1.687,94/mês, ironiza.

Emendas rejeitadas

A Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa rejeitou, nesta terça-feira, as seis emendas apresentadas pela bancada do PT ao projeto do governo do Estado que institui a EParaná Comunicação.

Não existe mais

O voto secreto não existe mais na Câmara

dinheiro

Juros do cheque especial chegam a 144,2% ao ano

Viagem

Entre aspas

“Divergências políticas não podem se sobrepor aos interesses públicos”. Do governador Beto Richa, ao discursar, ontem, na solenidade em que a presidente Dilma Rousseff anunciou novos investimentos para o Paraná.

Petrobras dará prioridade à produção de petróleo

Antonio Cruz/ABr

A taxa do crédito pessoal passou de 39,7% ao ano para 40,4% ao ano A taxa de juros do cheque especial subiu 4,4 pontos percentuais, de agosto para setembro, ao alcançar 143,3% ao ano, de acordo com dados divulgados ontem (29/10) pelo Banco Central (BC). Essa é a taxa mais alta desde julho do ano passado - 144,2% ao ano. Entre as modalidades do crédito com recursos livres para pessoas físicas divulgadas pelo BC, a taxa do cheque especial é a mais alta. A taxa do crédito pessoal, incluídas operações consignadas em folha de pagamento passou de 39,7% ao ano para 40,4% ao ano, aumento de 0,7 ponto percentual.

A taxa para a compra de carros, subiu 0,3 ponto percentual – de 20,9% para 21,2% ao ano. Para a compra de outros bens, o aumento ficou em 0,8 ponto percentual, passando de 67,6% para 68,4% ao ano. No caso das operações de arrendamento mercantil (leasing) de carros, houve queda de 1,1 ponto percentual para, variando de 12,1% para 11% ao ano.

TAXA DE JUROS

A taxa de juros cobrada das famílias subiu 0,7 ponto percentual, de agosto para setembro. A taxa ficou em 37,2% ao ano, no

mês passado, para o crédito com recursos livres. Para as empresas, a alta ficou em 0,1 ponto percentual, ao registrar 20,7% ao ano, em setembro. No crédito com recursos direcionados (empréstimos com regras definidas pelo governo, destinados basicamente aos setores habitacional, rural e de infraestrutura), a taxa para as empresas ficou estável em 7,4% ao ano, e subiu 0,1 ponto percentual para as famílias (7% ao ano). A inadimplência do crédito com recursos livres ficou estável tanto para as famílias (7%) quanto para as empresas (3,4%), de agos-

to para setembro. O BC considera inadimplência atrasos em pagamentos superiores a 90 dias. A taxa de inadimplência do crédito com recursos direcionados ficou estável em 0,5% para as empresas e subiu 0,1 ponto percentual para as pessoas físicas (1,9%). O saldo das operações de crédito do sistema financeiro chegou a R$ 2,598 trilhões, o que representa 55,5% de tudo o que o país produz – Produto Interno Bruto (PIB). Esse percentual ficou estável em relação a agosto. No mês, o saldo apresentou expansão de 0,8% e em 12 meses encerrados em setembro, 15,7%.

Vendas reais nos supermercados do país acumulam alta de 4,94% este ano

“Nos próximos cinco, seis anos, será mais importante para nós o “P” de produção do que o “E” de exploração”, disse a presidenta

A presidenta da Petrobras, Graça Foster, disse ontem (29/10) que nos próximos anos a empresa fará mais investimentos em produção de petróleo do que em exploração, a fase de pesquisas e testes. A informação foi dada em palestra para empresários do setor de petróleo e gás, durante a feira Offshore Technology Conference, no Rio de Janeiro. “Nos próximos cinco, seis anos, será mais importante para nós o “P” de produção do que o “E” de exploração”, disse a presidenta. A companhia tenta elevar suas reservas para diminuir o impacto da importação de combustível. Para não aumentar a inflação, a Petrobras vende mais barato no mercado interno o combustível comprado a preço superior no mercado externo. Graça Foster anunciou que a companhia deve dobrar de

tamanho nos próximos anos, com a entrada em operação de novos poços no pós-sal e no pré-sal. Ela aposta no aumento da produção e comercialização de gás para o mercado interno e externo. “São 171 milhões de metros cúbicos de gás por dia, e trabalhamos também para dobrar nossa capacidade de refino”, acrescentou. Além das incertezas do mercado externo, para a executiva, os desafios da companhia na próxima década são a construção de grandes unidades de produção, sondas e navios com conteúdo local e a redução do déficit de mão de obra de nível técnico. “Este é um grande gargalo”, afirmou. Também preocupa a demanda por combustíveis fósseis, em um cenário projetado para os próximos 20 anos, em que combustíveis renováveis ganham força.

Confiança da indústria na economia fica estável

Com relação ao preço da cesta com os 35 produtos mais consumidos, houve queda de 0,92% sobre agosto, passando de R$ 355,85 para R$ 352,57

As vendas reais do setor de supermercados alcançaram 4,94% de alta no período acumulado de janeiro a setembro. Houve também aumento em setembro sobre o mesmo mês do ano passado, com elevação de 4,81%. Já na comparação com agosto deste ano, as vendas caíram 5,12%.

Os dados foram divulgados ontem (29/10) pela Associação Brasileira de Supermercados (Abras). Com relação ao preço da cesta com os 35 produtos mais consumidos, houve queda de 0,92% sobre agosto, passando de R$ 355,85 para R$ 352,57. Na comparação com se-

tembro de 2012, o preço médio subiu 6,88%. Os produtos com as maiores elevações em setembro foram leite integral em pó (3,77%), farinha de trigo (3,41%), frango congelado (2,28%) e queijo mussarela (2,08%). De acordo com a entidade, o Índice Nacional de Vendas Abras

é uma pesquisa mensal sobre o desempenho do setor supermercadista, com dados de 130 empresas de supermercados de todo o território nacional, envolvendo mais de 2.800 lojas, o que representa aproximadamente 60% das vendas do setor.

O Índice de Confiança da Indústria (ICI) ficou em -0,2% no trimestre de agosto a outubro, ao passar de 98 pontos para 97,8 pontos. Esse foi o nível mais baixo desde 2009 quando foi registrado 95,7 pontos, mas indica estabilidade, segundo classifica o Instituto Brasileiro de Economia (Ibre), da Fundação Getulio Vargas (FGV). O órgão é responsável pelo ICI apurado na pesquisa Sondagem da Indústria de Transformação. Desde maio, as variações têm sido negativas e o pior momento foi em julho quando a taxa apontou um recuo de 4%. Naquele período, o nível de avaliação empresarial passou de 103,8 pontos para 99,6 pontos. Já no trimestre atual, a percepção dos empresários é a de que, nos próximos meses, o ambiente será mais favorável para fazer bons negócios. Segundo a pesquisa, houve um recuo de 0,8% no Índice da Situação Atual (ISA), com o nível em 98,1 pontos, enquanto nas consultas sobre o Índice de Expectativas (IE) ocorreu elevação de 0,4% com 97,5

pontos. O IBGE detectou, ainda, um recuo de 3,2% na satisfação com a situação atual dos negócios, o menor nível desde julho de 2009. Entre os consultados, 19,8% consideraram o atual momento como bom, parcela menor que na apuração passada (23,1%). A proporção dos que avaliaram como fraca ficou estável, ao passar de 18,2% para 18,3%. Mesmo diante dessa avaliação, os empresários consultados estão mais otimistas que no trimestre anterior sobre a melhora da economia. Entre os sinais de melhora está a intenção de ampliar o quadro de empregados nos próximos três meses. Esse plano foi apontado por 14,8% ante 13,9%, no trimestre encerrado em setembro. O número de empresários que acenam com corte de pessoal também caiu, segundo a pesquisa. Na última avaliação o percentual era de 11,7% e passou para 10,4%, nesta pesquisa. O Nível de Utilização da Capacidade Instalada (Nuci) também indicou estabilidade com 84,1% ante 84,1%.


NEGÓCIOS

Diário Indústria&Comércio

Curitiba, quarta-feira, 30 de outubro de 2013 | Pág. A6

Empresas&Produtos Sofhar participa de evento em Curitiba

5ª Alto Juvevê Gastronomia

Restaurantes, bares, cafés e confeitarias dos bairros Alto da Glória, Juvevê e Cabral reunidos no mesmo local e servindo iguarias deliciosas. Essa é a Alto Juvevê Gastronomia, que ganhará sua quinta edição neste final de semana, dias 02 e 03 de novembro. Além dos empreendimentos da região, o evento gastronômico contará com a participação de três chefs convidados: Beto Madalosso, Délio Canabrava e Fabiano Marcolini. Sucesso de público em todas as edições, a feira oferece preparos com valores especiais (entre R$ 10 e R$ 20), sempre trabalhando com sabores que agradam todos os paladares, fórmula de sucesso que colocou o evento gastronômico no calendário oficial da Prefeitura Municipal de Curitiba. Entre os destaques para a quinta edição da Alto Juvevê Gastronomia estão o delicioso Ceviche, do chef Beto Madalosso (Forneria Copacabana); o clássico Cannoli preparado pelo chef Fabiano Marcolini; e a tradicional e saborosa torta Banoffi, criação de Délio Canabrava (Bella Banoffi). A quinta edição da Alto Juvevê Gastronomia será realizada na Praça Brigadeiro Mário Eppinghauss, ao lado do Asilo São Vicente, entre as ruas Almirante Tamandaré e José de Alencar, das 11h às 19h. Mais informações na página do evento no Facebook (www.facebook.com/AltoJuveveGastronomia) ou no site www.altojuveve.com.br.

Markus T na Eric Gozlan Lunettes

Reconhecida pelo design minimalista e pelo conforto, a grife alemã Markus T voltou a ser comercializada com exclusividade no Brasil pelas boutiques Eric Gozlan Lunettes. Incrivelmente leves e ultrarresistentes, os óculos de grau criados pelo designer Markus Temming são repletos de proezas técnicas. Além de serem totalmente fabricados à mão na Alemanha, são analérgicos, utilizam apenas materiais de alta qualidade, como o titânio, e não usam nenhum parafuso, o que evita a necessidade de manutenção e reduz as chances de quebra. Assim, são extremamente duráveis. Premiada inúmeras vezes por inovação tecnológica e design, a Markus T é uma das marcas favoritas entre os amantes de óculos de design desde sua fundação, em 1999. A sensação de leveza e conforto é enorme – os chegam a pesar apenas incríveis três gramas.

Alphaville em Ponta Grossa

A Alphaville, maior urbanizadora do Brasil, reabre nesta quinta –feira (31), às 19h, o stand de vendas do Terras Alphaville Ponta Grossa. Localizado na região norte da cidade, na Rodovia Ponta Grossa Castro, próximo à sede campestre do Clube Verde, o empreendimento está com 40% das obras concluídas, com previsão de entrega para 2014. Na primeira fase de vendas, que aconteceu em maio, foram vendidos 480 lotes, 100% do que foi ofertado. O Terras Alphaville Ponta Grossa possui área total de 483.340,25 m², sendo 15% de áreas verdes com mais de 75 mil m². Os lotes possuem tamanhos a partir de 300 m² e a expectativa é que cerca de mais de 1,8 mil pessoas vivam em suas dependências. O empreendimento terá clube exclusivo entregue equipado com quadra poliesportiva, campo de futebol society, quadra de tênis, piscina adulto com raia, solarium e deck molhado, piscina infantil e playground, tudo isso em uma área de mais de 16 mil m². O club house terá salão de festas com espaço gourmet, churrasqueira e forno de pizza e Fitness Center.

Evonik na Argentina

Em 21 de outubro de 2013, a Evonik Industries, com sede em Essen (Alemanha), deu início às operações de uma nova planta de catalisadores para a produção de biodiesel na Argentina. Patrik Wohlhauser, membro da Diretoria Executiva da Evonik e responsável pela região sul-americana, destacou o significado estratégico do investimento na região: “Investimos na Argentina porque queremos nos beneficiar das chances de sucesso que o mercado sul-americano oferece no longo prazo. Como líderes mundiais no fornecimento de catalisadores para a produção de biodiesel, nosso objetivo é consolidar ainda mais e ampliar a nossa posição”, disse Wohlhauser na inauguração, e acrescentou: “O investimento constitui uma prova clara do nosso comprometimento com a América do Sul e um sinal da nossa estratégia de participar do crescimento da região”. A nova unidade dispõe de uma capacidade de produção anual superior a 60.000 toneladas e produzirá alcoolatos prontos para aplicação como catalisadores na produção de biodiesel, com base em matérias-primas renováveis. A partir desta planta, deveremos futuramente abastecer principalmente os mercados argentino e brasileiro. A nova fábrica da Evonik foi instalada dentro do complexo da empresa Terminal 6 S.A, que opera uma grande planta de biodiesel. De acordo com Jan Van den Bergh, Diretor da unidade de negócios Advanced Intermediates da Evonik: “A fábrica foi instalada em Puerto General San Martín, na região de Rosário – em pleno coração da indústria de biodiesel na Argentina - com o objetivo de abastecer os nossos clientes na América do Sul com os nossos catalisadores de alta qualidade produzidos localmente”. A Evonik possui longa experiência e comprovado know-how na produção de catalisadores para a produção de biodiesel. Em 2009, a empresa inaugurou uma unidade de produção em Mobile (Alabama, EUA), que dispõe de uma capacidade anual de 60.000 toneladas. Nessa unidade, a Evonik abastece a demanda do mercado norte-americano de biodiesel. Após o sucesso do emprego dessa nova tecnologia de produção nos EUA, as instalações da fábrica da Argentina seguiram o mesmo padrão. Nessa tecnologia, os alcoolatos são produzidos em uma reação direta entre álcool e soda cáustica. Já hoje a Evonik detém posição de liderança mundial no segmento de catalisadores para biodiesel – também na América do Sul. “Com a nova fábrica fortalecemos os nossos negócios mundiais e na região”, esclareceu Weber Porto, presidente regional para a América do Sul. “Queremos participar do desenvolvimento do mercado de biodiesel, para o qual se prevê um bom crescimento no médio prazo”. Na qualidade de líder mundial de mercado na produção de catalisadores especiais para a produção de biodiesel, a Evonik opera, além da fábrica de Mobile, uma unidade de produção no site alemão de NiederkasselLülsdorf, próximo a Colônia (Alemanha).

Desemprego é a principal causa para a inadimplência 34% dos inadimplentes aponta o desemprego como causa para o problema

A

umentou para 34% a parcela de inadimplentes entrevistados pela Boa Vista Serviços, administradora do SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito) que citam o desemprego como a maior causa da inadimplência. A declaração de que o desemprego foi o responsável pela inadimplência cresceu quatro pontos percentuais em relação à pesquisa do segundo trimestre de 2013. A tradicional pesquisa de balcão do SCPC observa a cada trimestre o perfil do consumidor inadimplente, e foi realizada de 9 a 17 setembro, ouvindo cerca de 1.116 consumidores. A menção ao descontrole financeiro como causa da inadimplência recuou, passando de 28% no segundo trimestre deste ano, para 23%. Em terceiro lugar, os entrevistados declaram o empréstimo do nome a terceiros (11%) como o motivo da inadimplência. O desemprego é a causa preponderante nas faixas de renda familiar de até 3 salários mínimos (42%) e para as faixas entre 3 e 10 salários mínimos (32%). Para as faixas acima de 10 salários mínimos, o motivo da incapacidade de pagamento continua sendo o descontrole financeiro (25%), segundo afirmação dos entrevistados. Dos consumidores entrevistados, 30% declararam ter alguma restrição gerada por uma compra realizada para pagamento com carnê/boleto, ultrapassando o cartão de crédito (28%). Após dois anos as restrições com carnê/boleto voltarem a ser as mais mencionadas. Em seguida temos restrições com cheque sem fundo (17%), empréstimo pessoal (12%), cartão de loja (8%) e cheque especial (6%). Nas faixas de renda familiar de até 3 salários mínimos, a porcentagem de consumidores que declararam o carnê/boleto como causador da restrição atinge 31% e 29% nas faixas entre 3 e 10 salários mínimos. Dois itens se mostraram igualmente importantes quando a pergunta se refere ao produto ou serviço que causou a inadimplên-

Foto: Felipe Rosa

A Sofhar Gestão&Tecnologia é uma das empresas que vai apresentar casos de sucesso, em parceria com a Microsoft, durante o evento “BI-day”, no dia 31 de outubro, promovido pela pelo GU CIO, da Sucesu-PR (Associação de Usuários de Informática e Telecomunicações do Paraná). O encontro vai reunir especialistas das áreas técnica e de negócios que utilizam ou tenham interesse em implantar ferramentas de Business Intelligence em suas organizações. A Sofhar vem realizando inúmeros projetos de Business Intelligence e irá apresentar no evento um de seus casos de sucesso com uso de tecnologia Microsoft. O objetivo é mostrar como a ferramenta foi fundamental para novos negócios, tomadas de decisão e análises de dados estratégicos para o cliente. O BI-day acontece no dia 31 de outubro, das 8h30 às 18h, no Bourbon Convention Hotel.

PESQUISA

Descontrole financeiro recua 5% e fica em segundo lugar; o “empréstimo do nome” permanece como a terceira principal causa

cia. Para 19% dos entrevistados as dívidas não pagas originaram-se da alimentação. Da mesma forma, 19% citaram a compra de vestuário e calçados como os causadores das dívidas; 17% mencionaram o não pagamento de contas com concessionárias públicas, e, para 16%, a origem foi a aquisição de móveis, eletrodomésticos e eletrônicos. Para a faixa de renda acima de 10 salários mínimos, os gastos com vestuário e alimentos foram o que ocasionaram a dívida (22%); para a faixa de até 3 salários mínimos foram os gastos com alimentação (21%) e compra de itens de vestuário e calçados (21%), enquanto na faixa entre 3 e 10 salários mínimos foi a alimentação (19%). 48% dos inadimplentes declaram possuir apenas uma conta em atraso que causou a restrição; 34% declaram possuir entre 2 ou 3 contas e 18% possuem 4 contas ou mais. A maioria (51%) das dívidas não pagas está abaixo de R$1.000; mas 17% possuem dívidas abertas acima de R$5.000,00, 17% entre R$1.000 e R$2.000 e 16% entre 2.000 e 5.000. Pela primeira vez desde 2011,

quando essa pergunta foi incluída na Pesquisa do Perfil do Inadimplente, 100% dos consumidores acreditam que terão condições de pagar suas dívidas, total ou parcialmente. 44% deles pretendem pagar à vista e 56% de maneira parcelada. Destes que esperam negociar as parcelas, 59% pretendem pagar dentro dos próximos 30 dias, 19% entre 30 e 90 dias, e 22% pretendem negociar prazos superiores a 90 dias. Quando perguntados sobre o nível de endividamento e o comprometimento da renda das famílias com o pagamento das dívidas, 22% dos consumidores inadimplentes se declaram muito endividados, 30% acreditam estar mais ou menos endividados e 32% se declaram pouco endividados. Enquanto isso a parcela de pessoas que não têm dividas aumentou de 13% para 16%. Quanto ao comprometimento de renda, 16% declaram que mais da metade da renda familiar mensal está comprometida com o pagamento de dívidas. Esse número era de 18% em junho de 2013. 47% declaram que até 25% da renda está comprometida com o pagamento de

dívidas e 37% declaram ter entre 25% e metade da renda familiar comprometida. 29% dos inadimplentes entrevistados declaram que as dívidas atuais aumentaram em relação ao ano passado. Para 35% permaneceram estáveis e para 36% diminuíram. Diminuiu a proporção de inadimplentes que julga que a sua situação financeira é melhor hoje do que no ano anterior. Em março de 2013 eram 56%, em junho esse número caiu para 49% e passou para 47% em setembro de 2013. A proporção dos que acreditam que a situação está pior recuou, passando de 18% para 13%. A porcentagem dos inadimplentes que acredita que a situação financeira estará melhor no próximo ano se manteve praticamente a mesma se comparado a junho de 2013, passando de 87% para 85% agora em setembro de 2013. A Pesquisa do Perfil do Inadimplente, administradora do SCPC, é uma pesquisa quantitativa, realizada com consumidores que buscaram orientação no balcão do SCPC em São Paulo, capital.

Sistema Fiep apresenta trabalhos de logística reversa para R20 Representantes de prefeituras municipais do Paraná que integram o R20 estiveram reunidos na terça-feira (29) no Campus da Indústria, unidade da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep) do Jardim Botânico, em Curitiba, para discutir sobre a destinação de resíduos sólidos. O grupo é composto por 86 municípios responsáveis por mais de 90% do lixo gerado no estado. O Sistema Fiep apresentou ao grupo algumas ações desenvolvidas - por meio de seus conselhos setoriais, gerência de Fomento e Desenvolvimento e Senai – para dar subsídios a planos de logística reversa, previstos pela legislação. Durante todo o dia, os integrantes do R20 conheceram cases de logística reversa de diferentes seto-

res produtivos, como embalagens, pneus e lâmpadas. O vice-presidente da Fiep, Rommel Barion, destacou os avanços na destinação de resíduos sólidos no Paraná. “É preciso trabalhar em conjunto para conseguirmos bons resultados. E é isso que temos feito neste estado, com a união dos setores público e produtivo”, avaliou. O secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Paraná, Luiz Eduardo Cheida, lembrou a missão de cada município, em apresentar soluções para o gerenciamento de descartes até agosto de 2014. “A nova legislação estabelece que as prefeituras que não acabarem com os lixões a céu aberto responderão por crime ambiental. É preciso entender que os resíduos sólidos têm seu valor social, cultural e – o

que muitos ainda não perceberam – econômico”, ressaltou. A Fiep apresentou sua estratégia de construção de planos de logística reversa para os segmentos industriais, que tem como ponto de partida pesquisas desenvolvidas pela Gerência de Fomento e Desenvolvimento. O Senai também apresentou seu trabalho de consultoria para empresas em busca de estratégias para o gerenciamento de descartes. A Termoplast, a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal e Cosméticos (Abihpec) e a Associação Brasileira das Indústrias de Produtos de Limpeza e Afins (Abipla) apresentaram para as prefeituras propostas de parceria. A Termoplast, de Arapongas, utiliza descartes de isopor em seu

processo produtivo. A partir do reaproveitamento do poliestireno expandido, a indústria produz sancas e rodapés, que podem substituir os tradicionais. As prefeituras foram convidadas a participar do processo produtivo, recolhendo e organizando este tipo de descarte em suas cidades. O coordenador de resíduos sólidos da secretaria de estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Paraná, Laerty Dudas, pediu urgência na construção de planos de ação. “Há muitos bons exemplos. Precisamos aproveitar estas soluções apresentadas em nossos encontros e partir para a ação”, pediu. Dos 399 municípios do Paraná, 214 ainda dispõem inadequadamente os resíduos gerados.

3R Studio Editora apresenta a revista Inesquecível Lua de Mel A viagem dos noivos após o casamento, conhecida como lua de mel, é algo de difícil escolha. Ela deve ser pesquisada em mínimos detalhes para que não haja estresse e falhas no momento que deveria ser apenas de diversão e lazer para o casal. Sendo assim a 3R Studio Editora desenvolve a publicação semestral Inesquecível Lua de Mel para ajudar a solucionar algumas dúvidas referentes a este momento. Neste segmento turístico, po-

dem existir problemas como a decisão do local mais apropriado em acordo com o gosto do casal e a época do enlace matrimonial, como também ser uma opção boa para a estação e as características do país ou região a ser visitado. Além disso, deve ser vistos com antecedência hotéis, passagens, passeios, gastos, bagagem, entre outros. Marcelo e Alessandra Siqueira se conheceram na academia em que trabalhavam juntos e em 2009

decidiram casar. Para a Lua de Mel o destino escolhido foi a Disney. Os dois contam que essa era uma viagem que desde novos desejavam ter realizado e que se tornou realidade apenas após o casamento. Falam também que pesquisaram muito antes de tomar a decisão e que a viagem foi cansativa, mas que apesar disso a viagem foi incrível repleta de aventuras e romantismo. Para que tudo aconteça como o planejado é bom ouvir vários depoi-

mentos sobre o local de viagem escolhido. Quanto mais informações forem coletadas a chance de ocorrerem problemas durante o trajeto é menor. A revista Inesquecível Lua de Mel apresenta os melhores destinos com variados e importantes dados, além de mostrar os principais prestadores de serviço na área. A publicação é formada por especialistas e profissionais do ramo jornalístico e de turismo e também por depoimentos de pessoas sobre suas viagens.


Publicidade Legal

Diário Indústria&Comércio

Curitiba, quarta-feira, 30 de outubro de 2013 | Pág. A7 SÚMULA DE RECEBIMENTO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO TRANSPORTADORA PLIMOR LTDA, CNPJ: 88.085.485/0046-06, torna público que recebeu do IAP, a Licença de Operação para serviço de abastecimento de veículos da própria empresa, transporte rodoviário de carga, exceto produtos perigosos e mudanças internacional, interestadual e internacional, instalada na Rua Rodolpho Hatschbach, N° 125, Cidade Industrial de Curitiba - PR.

SÚMULA DE RECEBIMENTO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO Itavel Serviços Rodoviários Ltda, CNPJ 78.106.754/0001-18, torna público que recebeu do IAP, a Licença de Operação para extração de basalto instalada na PR-317, Km 435, São Clemente, Santa Helena, PR. AUDITORIA AMBIENTAL COMPULSÓRIA Por meio deste, INTERALLI ADMINISTRAÇÃO E PARTICIPAÇOES S/A - INTERALLI torna público que realizou Auditoria Ambiental Compulsória para CNAE 5231-1/02: Operações de Terminais, localizada no município de Paranaguá. O relatório de auditoria entregue ao Instituto Ambiental do Paraná - IAP poderá ser consultado na unidade IAP-Paranaguá,localizada na Rua Benjamin Constant, 277,a partir das 08:30 às 17:30 hrs, em um prazo de 30 dias.

GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO Republicação de Licitação Pregão Eletrônico nº 86/13

Processo nº 115317601 OBJETO :Aquisição de Material Escolar para Atender a Ação de Alfabetização de Jovens , Adultos e Idosos da 10ª Edição do Programa Paraná Alfabetizado em Parceria com o Programa Brasil Alfabetizado/MEC. Data : 18/112013 HORAS : 09:30 HS VALOR MÁXIMO: R$ 2.932.221,70 (dois milhões , novecentos e trinta e dois mil, duzentos e vinte e um reais e setenta centavos) O edital encontra-se à disposição no portal ou www.licitacoes-e.com.br - PREGÃO ELETRÔNICO DO BANCO DO BRASIL, pesquisa avançada e o n.º da licitação Motivo : Adequação do Objeto Curitiba, 28 de outubro de 2013 Comissão Permanente de Licitação

SÚMULA DE RECEBIMENTO DE LICENÇA SIMPLIFICADA A REVALORE COPROCESSAMENTO E ENGENHARIA DO MEIO AMBIENTE LTDA torna público que recebeu do IAP, a Licença Simplificada para ATIV. DE PRÉCONDICIONAMENTO E VALORIZAÇÃO DE RESÍDUO PARA A PRODUÇÃO DE CDR – COMBUSTÍVEL DERIVADO D RESÍDUO, NO AMBITO DO GERADOR, ATRAVÉS DE PROCESSO DE VALORIZAÇÃO, CONSTITUÍDO DE OPERAÇÕES DE TRITURAÇÃO a ser implantada na RODOVIA DO CAFÉ, BR 376 km 67- MUNICÍPIO DE PALMEIRAS -PR.. SÚMULA DE RECEBIMENTO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO A REVALORE COPROCESSAMENTO E ENGENHARIA DO MEIO AMBIENTE LTDA torna público que recebeu do IAP, a Licença de Operação para PARA ATIVIDADE DE SOLUÇÕES TÉCNICAS AMBIENTAIS, GERENCIAMENTO, LOGÍSTICA, ARMAZENAMENTO, MANUSEIO E PREPARO DE RESÍDUO PARA COPROCESSAMENTO CIA DE CIMENTO ITAMBÉ EM BALSA NOVA- PR E NA VOTORANTIM CIMENTOS S/A instalada em Balsa Nova e Rio Branco do Sul-PR.

SÚMULA DE RECEBIMENTO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO A HIGIE PLUS CHEMICAL-CNPJ 84.806.462/0001-90, torna público que recebeu do IAP, a Licença de Operação para Indústria de Produtos de Limpeza - Ampliação instalada à Rua João Vicentini, n.99, Lote 2 - Quadra 01 - Contorno Norte II; Almirante Tamandaré/PR - Validade: 27/10/2013.

AVISO DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO N 1487.13 Objeto: Aquisição de equipamentos de manutenção. Limite de Acolhimento de Propostas: 12/11/13 às 09h. Data da Disputa de Preços: 12/11/13 às 14h por meio de sistema eletrônico no site http://www.licitacoes-e.com.br. Preço Máximo: R$ 96.637,89. Informações Complementares: Podem ser obtidas na Sanepar, à Rua Engenheiros Rebouças, 1376 – Curitiba/PR, Fones (41) 3330-3910 / 3330-3128 ou Fax (41) 3330-3901 / 3330-3200, ou no site acima mencionado.

EDITAL Milene Berthier Name, Titular do Segundo Serviço de Registro Imobiliário da Comarca de Curitiba, Estado do Paraná, INTIMA CIRO RENATO MIRANDA E MERCIA APARECIDA MARTINS MIRANDA, inscritos no CPF sob n.° 089.155.209-04 e 877.675.629-72, podendo ser localizado à Rua Fábio Fanuchi n° 179, casa 10 - Santa Cândida/PR ou Rua José Lino Rocha n° 158, meia praia, Navegantes/ SC, para que no prazo de quinze (15) dias, contados da última publicação do presente edital, compareça na sede da Serventia Extrajudicial do Segundo Registro Imobiliário desta Comarca, com endereço na Alameda Dr. Carlos de Carvalho, 603, 10° andar, Centro, Curitiba-PR, para efetuar o pagamento relativo às parcelas em atraso vencidas em desde 10/03/2013, e as que vencerão até a data do pagamento, sendo que o valor em atraso, atualizado até a data de 22/08/2013, corresponde a R$20.883,42, o qual está sujeito à atualização monetária e juros de mora até a data do efetivo pagamento, além das despesas de cobrança e demais encargos que se vencerem em referido período acima mencionado, deste Serviço Registral. O presente edital é publicado três vezes consecutivas, após a última publicação e transcorrido o prazo acima, e não tendo o intimado efetuado o pagamento do saldo devedor do financiamento, a requerimento do credor será promovido o registro da consolidação da propriedade e a consequente transferência do domínio em nome do mencionado credor. Curitiba, 23 de outubro de 2013. Milene Berthier Name - Agente Delegada.

AVISO DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO N 1488.13 Objeto: Aquisição de material de expediente. Limite de Acolhimento de Propostas: 12/11/13 às 09h. Data da Disputa de Preços: 12/11/13 às 14h30 por meio de sistema eletrônico no site http://www.licitacoes-e.com.br. Preço Máximo: R$ 42.219,68. Informações Complementares: Podem ser obtidas na Sanepar, à Rua Engenheiros Rebouças, 1376 – Curitiba/PR, Fones (41) 3330-3910 / 3330-3128 ou Fax (41) 3330-3901 / 3330-3200, ou no site acima mencionado. AVISO DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO N 1489.13 Objeto: Aquisição de paleteira mecânica com balança digital. Limite de Acolhimento de Propostas: 12/11/13 às 09h. Data da Disputa de Preços: 12/11/13 às 15h por meio de sistema eletrônico no site http://www.licitacoes-e.com.br. Preço Máximo: R$ 22.641,16. Informações Complementares: Podem ser obtidas na Sanepar, à Rua Engenheiros Rebouças, 1376 – Curitiba/PR, Fones (41) 3330-3910 / 3330-3128 ou Fax (41) 3330-3901 / 3330-3200, ou no site acima mencionado.

EDITAL DE PROCLAMAS Cartório Distrital da Barreirinha JOAQUIM VIEIRA MACIEL - Titular Av. Anita Garibaldi ,1250 – Ahú – Fone (41) 3352-3002/3254-8424/3252-3605

Flavio Luis Coutinho Slivinski Diretor Administrativo em Exercício

Faço saber que pretendem casar-se e apresentarem documentos exigidos pelo artigo 1525, incisos I, III e IV; I, III,IV e V do Código Civil Brasileiro em vigência, os contraentes: 1 - ELTON ADAM e FERNANDA TENFEN SOARES SILVA; 2 - RAFAEL DE MELLO RIBEIRO PINTO e ALEXANDRA SOUSA PAIVA; 3 - RODRIGO SIMÕES PALMA e ANA PAULA WENDHAUSEN BARRETO LIMA; 4 - GLAICO GUNDIM DOS SANTOS e KETERINE GUSSO MIRANDA; 5 - VANCLEDSON SERAFIM NUNES e ELAINE DOS SANTOS FERREIRA; 6 - JOÃO ROLOFF e DIRCE LOURENÇO; 7 - CHRYSTIAN ALGACYR MARTINS TOSTA e RAFAELA ZEM DEMARCH; 8 - ELSON LYRA LEAL e BEATRIZ REBECA FUCHS; Se alguém souber de algum impedimento, oponha-o na forma da Lei, no prazo de 15 dias. Lavro o presente Edital de Proclamas para ser publicado e afixado em lugar de costume.

Palestras explicam como lidar com fenômenos extrafísicos Nos dias 31/10 (quinta-feira) e 02/11 (sábado) o Instituto Internacional de Projeciologia e Conscienciologia (IIPC) realiza as palestras “É possível se comunicar com quem já morreu?” e “Morrer é mudar de dimensão”, que têm por objetivo esclarecer e desdramatizar vivências e receios das pessoas com relação ao pós vida. Cada vez mais difundida na sociedade, inclusive com exemplos nas novelas Joia Rara, que aborda a reencarnação, e Amor à Vida, que mostra o espírito que não aceita a própria morte, a discussão sobre fenômenos extrafísicos e os acontecimentos pós vida instigam e mexem com as pessoas. Esses são uns dos motivos pelos quais o Instituto realiza palestras permanentes, com entrada gratuita, na sua sede em Curitiba (PR), localizada à rua Visconde de Nacar, 1505 – 9° andar. De acordo com a Conscienciologia, o corpo físico tem um prazo de validade, ele envelhece e resulta na morte biológica. Mas, a consciência não morre, o processo evolutivo funciona a partir de várias vidas. E isto pode ser comprovado ao se aplicar técnicas para relembrar as existências anteriores. “Pela lógica, pessoas com as quais temos contato hoje, certamente fizeram parte de nossas vidas passadas. Este é um dos motivos pelo qual sentimos afinidade ou antipatia a certas pessoas, ocorre em virtude das vivências de outras vidas”, explica o coordenador do IIPC, Eduardo Bortoleto. Mas, se há outras vidas, por que as pessoas não se recordam? Bortoleto explica que o mecanismo de esqueci-

mento ocorre em virtude da imaturidade em lidar com informações e vivências mais complicadas ou traumas. “Mas, para as pessoas que já têm uma boa maturidade nessa vida, para um entendimento real de quem realmente somos, é uma condição importantíssima saber o nosso histórico de outras vidas. Isso nos dará embasamento para nos entender muito melhor e de nos superarmos em pontos que podem estar dificultando a nossa evolução”, complementa. Um dos fenômenos do cinema na década passada, o filme “Sexto Sentido” se notabilizou por abordar o tema da clarividência, no contexto de um personagem infantil, vivido por Haley Joel Osment, em que ele falava a célebre frase: I see dead people (Eu vejo pessoas mortas). No filme, o personagem de Bruce Willis havia morrido em um acidente e não se desligou do ambiente terreno. Este fenômeno, também na TV com a personagem de Marina Ruy Barbosa na novela “Amor à Vida”, da Globo, é, segundo o IIPC, mais comum do que se imagina. Há pessoas que passam pela morte biológica e não se dão conta disso. Para quem vai é preciso se desprender do corpo e, para quem fica, é importante se libertar da pessoa e entender o processo natural da vida. Para especialistas do Instituto, pequenas ações, como se desfazer dos bens pessoais, modificar o ambiente da casa, trocar elementos que recordam a pessoa, não evocar música, perfume ou comidas favoritas colaboram com o desapego e contribuem para o desligamento da pessoa do mundo terreno.

CURITIba, 29 DE OUTUBRO de 2013

COMUNICADO PÚBLICO A Vivo, Operadora do Serviço Móvel Pessoal (SMP) no Estado do Paraná, conforme o Termo de Autorização nº 005/2010, relativo à Região nº II do PGA-SMP, em atenção à Resolução Anatel nº 477/2007, comunica a seus clientes e ao público em geral, os novos valores aplicáveis aos seguintes Planos Pós-Pagos Alternativos de Serviço, nos termos que seguem:

Itens tarifários

Tráfego Mensal Contratado Obrigatório (2) Habilitação Assinatura Mensal Obrigatória Valor do Tráfego Contratado Obrigatório Assinatura Mensal do Acesso Adicional VC-1 (Móvel-Fixo), VC (Móvel-Móvel) e VC-IR (Móvel-Móvel Intra-Rede) VC-1-R (Móvel-Fixo) e VC-R (Móvel-Móvel) em Roaming AD (adicional por chamada)

Itens tarifários

Tráfego Mensal Contratado Obrigatório (2) Habilitação Assinatura Mensal Obrigatória Valor do Tráfego Contratado Obrigatório Assinatura Mensal do Acesso Adicional VC-1 (Móvel-Fixo), VC (Móvel-Móvel) e VC-IR (Móvel-Móvel Intra-Rede) VC-1-R (Móvel-Fixo) e VC-R (Móvel-Móvel) em Roaming AD (adicional por chamada)

Itens Tarifários

Tráfego Mensal Contratado Obrigatório (2) Habilitação Assinatura Mensal Obrigatória Valor do Tráfego Contratado Obrigatório Assinatura Mensal do Acesso Adicional VC (Móvel-Móvel), VC-1 (Móvel-Fixo) e VC-IR (Móvel-Móvel Intra Rede) VC-R (Móvel-Móvel), VC-1R (Móvel-Fixo) em Roaming AD (adicional por chamada)

Itens Tarifários

Tráfego Mensal Contratado Obrigatório (2) Habilitação Assinatura Mensal Obrigatória Valor do Tráfego Contratado Obrigatório Assinatura Mensal do Acesso Adicional VC (Móvel-Móvel), VC-1 (Móvel-Fixo) e VC-IR (Móvel-Móvel Intra Rede) VC-R (Móvel-Móvel), VC-1R (Móvel-Fixo) em Roaming AD (adicional por chamada)

Incidência

Vivo Você 45

Vivo Você 60

Vivo Você 100

Vivo Você 200

(086/PÓS/SMP)

(097/PÓS/SMP)

(098/PÓS/SMP)

(099/PÓS/SMP)

Valores máximos homologados pela Anatel (R$)

Valores promocionais a vigorar a partir de 01/11/2013 (R$) (1)

Valores máximos homologados pela Anatel (R$)

45

Valores promocionais a vigorar a partir de 01/11/2013 (R$) (1)

Valores máximos homologados pela Anatel (R$)

60

Valores promocionais a vigorar a partir de 01/11/2013 (R$) (1)

Valores máximos homologados pela Anatel (R$)

100

Valores promocionais a vigorar a partir de 01/11/2013 (R$) (1)

em minutos por acesso por acesso por mês por acesso adicional

89,41 71,52 71,52 71,52

0,00 0,00 51,35 21,90

96,60 38,64 100,46 38,64

0,00 0,00 66,02 21,90

96,52 38,61 144,78 38,61

0,00 0,00 85,93 21,90

96,52 38,61 231,64 38,61

200 0,00 0,00 132,04 21,90

por minuto

1,70

1,13

1,74

0,87

1,64

0,77

1,64

0,65

por minuto

1,79

1,13

1,93

0,87

1,93

0,77

1,93

0,65

por evento

1,79

0,00

1,93

0,00

1,93

0,00

1,93

0,00

Incidência

em minutos por acesso por acesso por mês por acesso adicional por minuto

Vivo Você 400

Vivo Você 650

Vivo Você 1000

Vivo Você Completo

(100/PÓS/SMP)

(101/PÓS/SMP)

(102/PÓS/SMP)

(103/PÓS/SMP)

Valores promocionais a vigorar a partir de 01/11/2013 (R$) (1)

Valores máximos homologados pela Anatel (R$)

96,52 38,61 347,47 38,61

0,00 0,00 207,50 21,90

1,54

0,56

Valores máximos homologados pela Anatel (R$)

Valores promocionais a vigorar a partir de 01/11/2013 (R$) (1)

Valores máximos homologados pela Anatel (R$)

96,52 38,61 463,29 38,61

0,00 0,00 306,01 21,90

1,54

0,55

400

Valores promocionais a vigorar a partir de 01/11/2013 (R$) (1)

Valores máximos homologados pela Anatel (R$)

96,52 38,61 694,93 38,61

0,00 0,00 403,48 21,90

96,52 38,61 1042,40 38,61

0,00 0,00 602,60 21,90

1,45

0,53

1,45

0,53

650

1000

Valores promocionais a vigorar a partir de 01/11/2013 (R$) (1)

1600

por minuto

1,93

0,56

1,93

0,55

1,93

0,53

1,93

0,53

por evento

1,93

0,00

1,93

0,00

1,93

0,00

1,93

0,00

Incidência

Vivo 45

Vivo 60

Vivo 100

Vivo 200

(089/PÓS/SMP)

(090/PÓS/SMP)

(091/PÓS/SMP)

(092/PÓS/SMP)

Valores máximos homologados pela Anatel (R$)

Valores promocionais a vigorar a partir de 01/11/2013 (R$) (1)

Valores máximos homologados pela Anatel (R$)

45

Valores promocionais a vigorar a partir de 01/11/2013 (R$) (1)

Valores máximos homologados pela Anatel (R$)

60

Valores promocionais a vigorar a partir de 01/11/2013 (R$) (1)

Valores máximos homologados pela Anatel (R$)

100

Valores promocionais a vigorar a partir de 01/11/2013 (R$) (1)

em minutos por acesso por acesso por mês por acesso adicional

83,06 66,45 66,45 -

0,00 0,00 40,00 -

83,06 66,45 91,36 66,45

0,00 0,00 51,00 39,00

83,06 66,45 124,59 66,45

0,00 0,00 75,00 39,00

83,06 66,45 199,34 66,45

200 0,00 0,00 119,00 39,00

por minuto

1,50

1,09

1,50

1,09

1,50

1,09

1,50

1,09

por minuto

1,66

1,09

1,66

1,09

1,66

1,09

1,66

1,09

por evento

1,66

0,00

1,66

0,00

1,66

0,00

1,66

0,00

Incidência

em minutos por acesso por acesso por mês por acesso adicional por minuto

Vivo 400

Vivo 650

Vivo 1200

(093/PÓS/SMP)

(094/PÓS/SMP)

(095/PÓS/SMP)

Valores promocionais a vigorar a partir de 01/11/2013 (R$) (1)

Valores máximos homologados pela Anatel (R$)

83,06 66,45 299,01 66,45

0,00 0,00 173,00 39,00

1,50

1,09

Valores máximos homologados pela Anatel (R$)

Valores promocionais a vigorar a partir de 01/11/2013 (R$) (1)

Valores máximos homologados pela Anatel (R$)

83,06 66,45 415,29 66,45

0,00 0,00 246,00 39,00

83,06 66,45 598,02 66,45

0,00 0,00 424,00 39,00

1,50

1,09

1,50

1,09

400

650

Valores promocionais a vigorar a partir de 01/11/2013 (R$) (1)

1200

por minuto

1,66

1,09

1,66

1,09

1,66

1,09

por evento

1,66

0,00

1,66

0,00

1,66

0,00

Obs.: Valores com tributos. (1) Os valores promocionais, aplicáveis aos usuários da Vivo, são válidos até 31/12/2013, podendo ser prorrogados até 31/10/2014, caso não haja publicação em contrário pela Vivo. (2) Inclui minutos de comunicação dos tipos VC-1 (Móvel-Fixo), VC (Móvel-Móvel), VC-IR (Móvel-Móvel Intra-Rede), VC-R (Móvel-Móvel) e VC-1R (Móvel-Fixo) que deverão ser utilizados dentro da Área de Mobilidade, não se acumulando para uso em períodos posteriores. Tráfego válido em qualquer horário, em todos os dias da semana. A Vivo informa ainda que as chamadas de longa distância (entre Áreas de Registro distintas) são de responsabilidade da operadora de longa distância escolhida pelo usuário. Para mais informações, consulte o site www.vivo.com.br/planos ou entre em contato com a Central de Relacionamento com o Cliente, via 1058 de qualquer telefone ou *8486 do seu Vivo. Pessoas com necessidades especiais devem ligar para 142.

TAM é a terceira empresa mais procurada por brasileiros no Linkedin A TAM Linhas Aéreas figura entre as empresas brasileiras onde as pessoas mais procuram oportunidades de emprego no LinkedIn. A informação foi divulgada pela própria rede social, no levantamento Most InDemand Employers, realizado anualmente. O estudo é feito a partir da análise de dados de movimentação dos profissionais na rede, considerando diversos aspectos da interação entre eles e as empresas que fazem parte do LinkedIn. A TAM ficou na terceira colocação, atrás de Vale e Natura (nessa ordem). “Para todos nós da TAM é um grande orgulho figurar entre as cinco empresas mais desejadas do Brasil. Aos que nos procuraram, seja no LinkedIn, seja por meio de nossos outros canais de recrutamento, digo que estamos realmente em busca de pessoas que sonhem grande e queiram juntar-se a um time vitorioso para participar do desafio de conectar pessoas do mundo inteiro, encurtando distâncias e realizando sonhos”, afirma Marcelo Nóbrega, vice-presidente de Gestão de Pessoas da TAM. O ranking foi apresentado durante o LinkedIn Media Day, evento que reuniu imprensa e agências de comunicação em São Paulo para fazer uma retrospectiva do ano e debater oportunidades. Na ocasião, representantes da rede social informaram ainda que atingiram a marca de 15 milhões de usuários no Brasil, 5 milhões a mais do que em outubro de 2012. Com esse número, o país mantém a terceira colocação em número de usuários, atrás apenas dos Estados Unidos e da Índia.


internacional

Diário Indústria&Comércio

Curitiba, quarta-feira, 30 de outubro de 2013 | Pág. A8

coluna@induscom.com.br

PREVENÇÃO A INCÊNDIOS EM PRÉDIOS RESIDENCIAIS Durante os últimos meses, os incêndios industriais têm se tornado assunto constante no noticiário brasileiro. Mas engana-se quem pensa que a prevenção tem de ocorrer apenas em indústrias, galpões e estabelecimentos comerciais. As residências e prédios residenciais também devem receber atenção de moradores e administradores, fato que é previsto, inclusive, nos decretos estaduais do Corpo de Bombeiros. Essas precauções têm de ser pensadas antes mesmo do início da construção da edificação. Ainda na planta, é obrigatório que o local tenha a aprovação dos bombeiros para que, assim, possa ser dado início às obras, pois seu protocolo é parte indispensável da documentação para liberação na prefeitura municipal. Embora a realidade da grande maioria dos brasileiros ainda seja bem distante disso, as normas do estado de São Paulo, por exemplo, têm como exigências mínimas para a construção de edifícios e condomínios residenciais: saídas de emergência, brigada de incêndio treinada, Iluminação de emergência, alarme de incêndio (pode ser substituído por interfone ligado a uma central de vigilância 24h), sinalização de emergência, extintores, e hidrantes. Fatores como acesso para viaturas e estruturas resistentes ao fogo, além de materiais de acabamento e compartimentação vertical, no caso de edificações com altura maior de 12m (medidos do piso de descarga ao piso do último pavimento), também são indicados. Claro que, além das ações preventivas, é preciso uma conscientização dos moradores. É imprescindível ter cuidados com o manuseio do gás, do fogão e de fritadeiras com óleo, fazer manutenção das instalações elétricas - que previamente devem ser realizadas de forma correta -, não utilizar benjamins ou muitos equipamentos na mesma tomada, e não fumar em locais fechados e próximos a fontes combustíveis. Mesmo com o Brasil não tendo a prevenção a incêndios em sua cultura, devemos saber que apenas com algumas atitudes simples podemos evitar grandes perdas materiais e, principalmente, deixar de colocar vidas em risco. *Felipe Melo é engenheiro eletricista com MBA em Gestão de Projetos e Diretor de Projetos da ICS Engenharia, empresa especializada em proteção contra Incêndio.

Frango foi o alimento que mais causou impacto na inflação da América Latina Os preços dos alimentos na América Latina e no Caribe apresentaram inflação de 0,6% em setembro, segundo a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO). Segundo a pesquisa, o frango foi o que mais influenciou as variações nesses países. Na Bolívia, no Chile e na República Dominicana, o preço do produto subiu 6,8%, 2,9% e 3,1%, respectivamente. Segundo o Informe Mensal de Preços, 14 dos 18 países monitorados pela FAO nas duas regiões informaram taxas mensais de inflação inferiores a 0,5%, enquanto que a inflação mensal geral da região subiu de

0,5% em agosto para 0,7% em setembro. Os países com as variações mais baixas nos índices de preços dos alimentos foram Costa Rica e Nicarágua, ambos com queda de 0,3%. Em El Salvador e no Panamá, também houve deflação, de 0,1%. Bolívia, Venezuela e Uruguai foram os países com maiores índices de inflação dos alimentos durante o mês de setembro, com taxas que chegaram a um pouco mais de 2%, no caso do Uruguai, e de aproximadamente 4%, na Bolívia e na Venezuela. No Brasil, a inflação geral cresceu 0,3% e a de alimentos, 0,1%.

espionagem

Procuradoria de Delitos Informáticos espanhola abre investigação A Procuradoria de Delitos Informáticos espanhola decretou hoje (29) a abertura de “diligências informativas” sobre as supostas escutas que a Agência Nacional de Segurança (NSA) norte-americana possa ter realizado na Espanha. Fontes judiciais citadas pela imprensa espanhola dizem que as “diligências informativas” são de “caráter mais geral e indeterminado do que seriam diligências de investigação”. Trata-se, segundo as mesmas

fontes, de averiguar inicialmente se há ou não matéria penal que deve ser investigada sobre esse assunto e se a Espanha tem ou não competência para levar a cabo essa investigação. Na segunda-feira (28), o embaixador dos Estados Unidos em Madri, James Custos, comprometeu-se, perante o secretário de Estado espanhol para a União Europeia, Iñigo Méndez de Vigo esclarecer quaisquer “dúvidas” sobre a suposta espionagem.

Internet mundial poderá ser influenciada pelo Brasil A importância brasileira no novo modelo de gestão ficou maior após o discurso feito por Dilma Com a apreciação do voto para a próxima semana pela Câmara dos Deputados, o Marco Civil da Internet será acompanhado de perto pela autoridade responsável pela coordenação mundial da rede – a Corporação da Internet para Atribuição de Nomes e Números (Icann, na sigla em inglês). Para a Icann, a experiência interna brasileira, em termos de legislação e de modelos de representatividade, poderá ajudar a entidade no desafio de democratizar a internet e de retomar a credibilidade perdida com as recentes denúncias de espionagem. Segundo o vice-presidente da Icann para a América Latina e o Caribe, Rodrigo de la Parra, a importância brasileira no novo modelo de gestão mundial da internet ficou ainda maior após o discurso feito pela presidenta Dilma Rousseff na abertura da Assembleia Geral das Nações Unidas. “O discurso feito pela presidenta Dilma foi muito bom,e nossa intenção, no recente encontro dela com o presidente [da Icann] Fadi Chehadé, foi lembrar o que foi proposto, a fim de encontrar um ponto médio, uma posição neutra em relação à discussão sobre governança da internet. Queremos evitar posições extremas, centralizadoras, como as adotadas pela Rússia, Síria ou China, ou, no outro extremo, posições extremamente liberais que não preveem formas de regulamentação ou de promoção”, disse. A Icann tem se manifestado

Valter Campanato/Agência Brasil

Opinião

Icann

Segundo o vice-presidente da Icann para a América Latina e o Caribe, Rodrigo de la Parra, a importância brasileira no novo modelo de gestão mundial da internet ficou ainda maior após o discurso feito pela presidenta Dilma Rousseff na abertura da Assembleia Geral das Nações Unidas.

favorável a um modelo mais democrático de gestão da internet, com a participação “de todos os governos e de todos os atores” da rede mundial de computadores. Para avançar nessas discussões, Parra avalia que será fundamental o papel da conferência mundial sobre governança da internet, prevista para abril de 2014 no Rio de Janeiro. A tendência, segundo ele, é que nessa nova forma de gestão haja a participação de “muitos stakeholder” [partes interessadas]. “Dessa forma, o Brasil tem muito a colabo-

rar, até por ter um modelo similar interno: o CGI [Comitê Gestor da Internet], que é um modelo com multiatores, prática que é boa e pode ajudar o resto do mundo”, acrescentou. O comitê é o órgão responsável por coordenar e integrar todas as iniciativas de serviços de internet no Brasil. Formado por representantes da sociedade civil e por membros do governo, o grupo participa de debates e deliberações sobre implantação, administração e uso da rede. “O Brasil tem muito o que apor-

Nações Unidas lançam campanha de prevenção à lavagem de dinheiro As práticas associadas à lavagem de dinheiro mundial movimentam anualmente entre US$ 800 bilhões e US$ 2 trilhões, volume que representa de 2% a 5% de todos os produtos e serviços produzidos no mundo, o denominado PIB Mundial. A estimativa é do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (Unodc). Na opinião de especialistas, boa parte da população desconhece o que está por trás do crime e os problemas gerados na sociedade. Para alertar as pessoas sobre a importância de identifi-

car as práticas, não se envolver e denunciá-las às autoridades, a entidade lançou nesta terça-feira (29) uma campanha no primeiro Dia Nacional de Prevenção à Lavagem de Dinheiro. De acordo com o representante do Unodc no Brasil, Rafael Franzini, o material da campanha está disponível na internet. O objetivo, segundo ele, é articular os setores público e privado e a sociedade civil para desenvolver uma cultura contra a lavagem de dinheiro, responsável por situações de insegurança,

ameaças, extorsão e corrupção. A campanha faz parte de uma iniciativa idealizada no escritório da Colômbia. "A lavagem de dinheiro aparece em filmes e na televisão, mas as pessoas não sabem, muitas vezes, que o crime acoberta outros muito graves. Aparentemente, ele não tem uma vítima clara, não tem como consequência direta a morte de uma pessoa por ter sido baleada, por exemplo. Por isso, é fundamental que as pessoas entendam que o dinheiro que se lava, para

Cientistas criam primeiro mapa de resistência humana ao vírus HIV Um grupo de pesquisadores suíços elaborou o primeiro mapa de resistência humana ao vírus da aids, que mostra a forma como o corpo luta naturalmente contra a doença, o que poderá permitir a criação de tratamentos personalizados. Cientistas da Escola Politécnica de Lausanne e do Hospital Universitário do Cantão de Vaud, na Suíça, publicaram ontem (29) os resultados do estudo conjunto sobre a doença na revista científica eLife.

Os cientistas verificaram mutações genéticas específicas e puderam reconhecer as variações registradas em algumas pessoas mais resistentes ao vírus e em outras mais vulneráveis, informação que poderá ser utilizada na criação de tratamentos individualizados. Com a ajuda de um computador potente, os investigadores cruzaram mais de 3 mil mutações no genoma humano do vírus com mais de 6 milhões de variações do genoma de 1.071 pessoas soropositivas.

Um dos investigadores, Jacques Fellay, disse que o corpo humano desenvolve sempre estratégias de defesa contra o HIV mas, infelizmente, o “genoma do vírus muda rapidamente devido a milhões de mutações por dia”, o que dificulta a tarefa de lutar contra ele. De acordo com os autores do estudo, o trabalho permitiu uma visão mais completa dos genes humanos e da resistência imunológica ao vírus, o que poderá gerar novas terapias inspiradas nas defesas.

Suprema Corte da Argentina declara constitucional Lei de Meios Audiovisuais

Aprovada resolução que pede fim do embargo a Cuba

A Suprema Corte da Argentina declarou constitucional ontem (29) a Lei de Meios Audiovisuais. Aprovada em 2009 pelo Congresso, de maioria governista, a legislação foi questionada na Justiça pelo Grupo Clarín – o maior conglomerado de comunicação do país e principal crítico ao governo da presidenta Cristina Kirchner. O governo argumenta que a lei democratiza a informação, porque limita os monopólios. Já os advogados do Grupo Clarín,

A Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU) aprovou ontem (29) uma resolução que solicita o fim do embargo dos Estados Unidos a Cuba. Com 188 votos favoráveis, dois contrários e três abstenções, o organismo multilateral renovou pelo 22º ano consecutivo o pedido para encerramento da sanção. A resolução sobre a “Necessidade de colocar fim ao bloqueio econômico, comercial e financeiro imposto pelos Estados Unidos a Cuba”, está acompanhada de um relatório do secretário-geral da

representantes de outros meios de comunicação e da oposição alegam que o governo quer usar a legislação para impedir as críticas. A Suprema Corte entendeu que a Lei 26.522 é constitucional, pois regula a multiplicidade de licenças de modo geral, o que é uma atribuição do Congresso e "cuja conveniência e oportunidade não se trata de matéria de análise dos juízes", informou a agência de notícias públicas Telam.

tar pela experiência interna, mas outros temas também devem ser discutidos na oportunidade. Entre eles, a neutralidade de rede, segurança e propriedade intelectual [a exemplo do que está sendo feito na tramitação do Marco Civil da Internet, no Legislativo brasileiro]. São temas que vão além da Icann, mas que precisam ser discutidos em um ambiente que inclua as diversas partes interessadas. Acreditamos que, nesse sentido, a discussão será muito ampliada no evento que ocorrerá no Brasil”, acrescentou.

ONU, Ban Ki-moon, que apresenta as respostas dos Estados-Membros do organismo. O embargo foi imposto em fevereiro de 1962. O fim do embargo é expressamente defendido pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud). “A situação em 2012 foi similar à dos anos anteriores. O bloqueio afeta as relações econômicas externas de Cuba e seus efeitos podem ser observados em todas as esferas das atividades sociais e econômicas do país”, indicou a agência da ONU.

A Comissão Econômica para a América Latina e Caribe (Cepal) acrescentou que Cuba vem se modernizando, mas que o bloqueio representa um entrave às mudanças que o governo de Raúl Castro começou a realizar. A Cepal considerou que o governo dos Estados Unidos não fez esforços para diminuir o impacto do bloqueio. “Os danos acumulados de 1962 até dezembro de 2011 representam mais de US$ 1 bilhão, segundo o último relatório disponível em Havana”, informou.

justificar sua entrada em circulação, é obtido a partir de crimes como o tráfico de pessoas, de armas e de drogas, a extorsão, a corrupção e o terrorismo", disse. De acordo com o escritório das nações unidas contra os crimes, esforços internacionais têm sido feitos, nos últimos anos, para combater o poder econômico de organizações criminosas, e impedir que ações provenientes de negócios ilícitos resultem em benefícios para os envolvidos e em prejuízos para a economia formal.

Tempestade faz 16 mortos na Europa O mau tempo na Europa na última segunda-feira (28) fez 16 mortos e provocou estragos que ainda afetam alguns países, com cortes de eletricidade e transportes interrompidos. Reino Unido, França, Alemanha, Holanda e Escandinávia foram as áreas mais afetadas pela chuva e pelo vento forte. Na Alemanha, onde a tempestade provocou sete mortos, a operadora ferroviária Deutsche Bahn avisou que os trens no Norte do país vão demorar algum tempo até voltar ao funcionamento normal. Cerca de 60 mil casas estão sem eletricidade no Reino Unido, onde morreram quatro pessoas devido ao mau tempo. Na Dinamarca, morreram duas pessoas e a circulação de trens ainda não foi normalizada. Quanto à Holanda, onde morreram duas pessoas, os estragos provocados pela tempestade foram estimados em 95 milhões de euros. Na França, uma pessoa morreu. O mau tempo vai seguir mais para o Norte do continente, mas já fez estragos na Suécia, onde cerca de 60 mil casas estão sem luz e 35 mil telefones fixos estão cortados.


NEGÓCIOS

Diário Indústria&Comércio

Curitiba, quarta-feira, 30 de outubro de 2013 | Pág. B1 abnoticias@abcom.com.br

ENCONTRO

AB Notícias

Comitiva francesa prospecta parceria com Senai no Paraná

CULTIVO DE SERINGUEIRA

A Secretaria da Agricultura do Paraná começa a implementar o Plano de Apoio ao Plantio da Seringueira no Noroeste. A partir do ano que vem, serão disponibilizados 800 mil reais para 13 municípios da região. O valor deve ser aplicado no subsídio de até 50% do valor da muda da seringueira para o pequeno produtor. O Paraná tem hoje um plantio de 2.000 hectares com borracha e o objetivo é ampliar a produção.

QUALIDADE DA ÁGUA

Representantes da região da Picardia estiveram em Curitiba para estreitar relações Foto: Mauro Frasson

O

Senai no Paraná recebeu, neste mês, uma missão de prospecção da região da Picardia, localizada no norte da França. Os membros do governo francês vieram ao Paraná alinhar com instituições, entre elas o Instituto Senai de Inovação, parcerias nas áreas de biotecnologia, eletroquímica, bioprocessos, inovação tecnológica, nanotecnologia e intercâmbio de doutores para pesquisa aplicada. O diretor regional do Senai no Paraná, Marco Secco, participou do encontro com a comitiva e ressaltou seu desejo de estabelecer essa nova parceria. “Espero que possamos progredir em mais esta iniciativa. O Senai tem a intenção de continuarmos as negociações, para que mais esta parceria seja firmada, o que vai, com certeza, agregar muito a ambos os lados envolvidos”, destacou o diretor. O Sistema Fiep é parceiro da região há mais de 20 anos, através de seu convênio com a Université de Technologie de Compiégne (UTC). Em abril deste ano, o presidente da Fiep, Edson Campagnolo, assinou um protocolo de intenções com a universidade, que garante o prosseguimento da parceria. Estão contemplados no protocolo o intercâmbio de tecnologia, informações e formação de profissionais, além de assessoria técnica e metodológica para desenvolvimento de estudos, pesquisas e atividades de vigilância tecnológica. Faz parte do

Coronel Vivida, no Sudoeste, recebe nesta semana o primeiro projeto piloto da região para tratamento do esgoto na área rural. Com recursos da Sanepar, por meio do Programa Fundo Azul, está em implantação o sistema conhecido como "Wetlands” ou Zona de Raízes. O processo utiliza plantas no tratamento do esgoto doméstico. Sete propriedades da comunidade Anita Garibaldi serão contempladas com o projeto.

VACINAÇÃO DE ANIMAIS

Produtores do Paraná devem estar atentos ao calendário de vacinação animal. De 1º a 30 de novembro será realizada a Campanha contra a Febre Aftosa em todo o território estadual. Conforme dados da Agência de Defesa Agropecuária do Paraná, deverão ser vacinados bovinos e bubalinos de todas as idades. A expectativa é vacinar 9,4 milhões de cabeças - 100% do rebanho do Estado. No Oeste, mais de um milhão de animais deverão ser imunizados.

CORAIS NA CIDADE

O 19º Festival Unicanto de Corais acontece em Londrina e 26 grupos locais, paranaenses e nacionais participam. O evento segue até sábado, 2, e a maioria dos shows ocorrerá no Teatro Marista, sempre a partir de 20 horas, com entrada gratuita. Estão previstas também apresentações em espaços públicos, hospitais, empresas e asilos. O objetivo é levar mais cultura para diversos pontos da cidade e chamar a atenção do público para as atrações. Marco Secco, diretor regional do Senai no Paraná, ressaltou seu desejo de estabelecer essa nova parceria

acordo também o desenvolvimento de projetos de educação e engenharia pedagógica, além de programas de saúde e segurança no trabalho desenvolvidos em parceria. Jacques Secret, coordenador regional, e Karl Tourais, encarregado das missões internacionais da região da Picardia, contam que o acordo entre o Sistema Fiep e a UTC está entre os principais pontos que tornam o Paraná um aliado em potencial. “As instituições de ensino e pesquisa localizadas em nossa região têm uma estreita relação com entidades

paranaenses, como o Senai, a UFPR e a PUC. E essas parcerias não se restringem ao campo acadêmico, estendem-se também às indústrias, como a Renault e Coca-Cola. O Paraná consegue unir muito bem a academia com o setor produtivo. A bem-sucedida união para a construção do Campus da Indústria é um belo exemplo”, conta Secret. A Picardia é uma das 26 regiões francesas e concentra 3,1% da população do país. Com um PIB anual de aproximadamente 44 bilhões de euros, é a sétima região em número

de trabalhadores empregados em empresas de capital estrangeiro. Destaca-se também na produção agrícola, sendo a maior produtora de beterraba do país. Tourias aponta essa similaridade com o Paraná também como um fator de aproximação. “Também nos destacamos na agricultura, sem deixar de ser uma área industrializada, principalmente no setor automotivo, assim como o Paraná. Mas acima de tudo, temos os mesmos objetivos, o mesmo desejo: inovar constantemente e fazer disso um diferencial”, diz.

MAIS DINHEIRO

O 13º salário dos trabalhadores deve injetar 260 milhões de reais na economia dos Campos Gerais. A expectativa é que cerca de 50 milhões sejam gastos no setor de comércio. A quantia deve ser paga aos empregados a partir da segunda quinzena do mês de novembro e as expectativas do comércio são positivas, segundo a Associação Comercial e Industrial de Ponta Grossa. O município sozinho será responsável por 100 milhões do total pago aos trabalhadores da região.

MAIS LENTO

O Homo sapiens evolui de forma mais lenta que os macacos segundo a comparação da atividade genética de humanos com a de chimpanzés. Analisando células embrionárias, a brasileira Carolina Marchetto, do Instituto Salk, EUA, descobriu mecanismos que freiam a taxa de transformação genética da espécie humana. Ela integra um grupo de cientistas que investigam por que o homem e seu primo mais próximo são tão diferentes, apesar de terem 98% do DNA idêntico.

EXPOVEL 2013

Previdência de Curiúva passa por reestruturação O Sistema Previdenciário do Município de Curiúva passará, a partir deste mês, por uma grande reestruturação. Herdada das gestões passadas, a Previdência da cidade já vinha sofrendo com a descentralização de suas informações há muito tempo, o que prejudicava o desempenho do Sistema. Com a nova estrutura, todas as informações serão centralizadas, possibilitando com que a Prefeitura da cidade tenha controle total sobre todas as informações do Sistema Previdenciário. A iniciativa tem como objetivo o desenvolvimento metodológico, bem como a centralização das informações previdenciárias, promovendo, as-

sim, os benefícios e soluções mais rápidas aos seus contribuintes. Para essa tarefa, o Município terá o apoio de uma empresa privada, especializada em prestar os serviços de assessoria em gestão empresarial e municipal, a Perfecto Assessoria. “O intuito é realmente contribuir para que a cidade e seus contribuintes possam usufruir da melhor maneiro dos benefícios gerados pela Previdência Pública. A centralização destas informações também irá otimizar os processos, diminuindo ruídos entre a comunicação dos dados”, declarou Tatyane Gomes, sóciaproprietária da Perfecto Assessoria em Gestão Empresarial. A assessoria prestada pela

empresa teve início no dia 29 de agosto de 2013 e tem sua conclusão prevista ainda para dezembro deste ano. O Fundo de Previdência Estadual (FPE) foi criado pela Lei Complementar nº 29/2000 e é integrado de bens, direitos e ativos, para operar e administrar os planos de benefícios e de custeio, observados os critérios estabelecidos na Constituição Federal e na correspondente legislação ordinária. A Perfecto Assessoria Gestão Empresarial está localizada na Av. Cândido de Abreu, n° 776 cj. 2202, Sala 07, Centro Cívico, CuritibaPR. Informações pelo telefone (41) 2105-5928.

Novo serviço cargueiro de Schiphol para o Brasil A Air France-KLM-Martinair Cargo começou na segunda-feira (28), um novo serviço cargueiro semanal partindo do aeroporto de Schiphol, em Amsterdã na Holanda, para Curitiba. O cargueiro, um

MD-11F, voará através do aeroporto de Viracopos, Campinas, para Curitiba, aonde a unidade chegou ontem. A chegada do primeiro avião da Martinair cargo no aeroporto

Afonso Pena foi uma oportunidade para estreitar os laços entre os Países Baixos e Curitiba. A tripulação foi recebida pelo Cônsul Honorário dos Países Baixos, Robert de Ruijter.

Oi lança oferta para crescer no pré-pago no Paraná Oi lança a oferta Tudo Por Dia e reforça posicionamento estratégico da companhia de manter o crescimento da base de pré-pago e a rentabilização do serviço, com progressão no volume de recargas. Com a oferta, a Oi inovou trazendo a cobrança por dia em que usar para os serviços de voz, dados e SMS. Para voz, por apenas R$0,10 por dia, o cliente tem uma quantidade de minutos para falar com qualquer Oi e Oi Fixo de todo o Brasil, que varia de acordo com o valor da recarga. Além disso, ele paga R$0,50 por dia para enviar torpedos e R$0,50 por dia para acessar o Facebook, Twitter, Google e muito mais.

Nova oferta reforça presença da companhia no pré-pago, que contou, recentemente, com o lançamento do Oi Galera, primeiro produto da nova estratégia da companhia para conquistar o público jovem, estabelecendo uma conexão com esse público a partir do reconhecimento e da valorização da rede de pessoas. Com esses dois lançamentos feitos em pouco mais de um mês pelo presidente da Oi, Zeinal Bava, a companhia reforça seu portfólio na telefonia móvel e alavanca potencial de escala no pré-pago. Para marcar a novidade, o ator Caio Castro estrela campanha

publicitária criada pela NBS, que conta com o filme “Decidida”, nos formatos de 30 e 15 segundos, anúncios em jornais, revistas e mídia exterior e um tutorial para web, feito pelo ator. A campanha reforça o novo conceito “Oi completa você”, que mostra que a companhia é capaz de completar a vida de qualquer pessoa, de acordo com as suas necessidades de telecom. Única operadora no Brasil com telefonia fixa e móvel, internet banda larga fixa e móvel, wi-fi e TV por assinatura, em escala nacional, a Oi é pioneira na oferta de serviços convergentes no Brasil.

Cemitério Vertical de Curitiba se prepara para o Dia de Finados Acontece, no próximo sábado (02), no Cemitério Vertical de Curitiba, uma celebração referente ao Dia de Finados. O evento, que será aberto a toda comunidade, tem início às 8h com a missa solene, celebrada pelo padre Marcelo, da Paróquia Nossa Senhora de Fátima. Às 13h acontece um culto evangélico celebrado pelo pastor Takayama. Serão celebradas três missas durante todo o dia, sendo intercaladas por apresentações musicais. As apresentações ocorrem no auditório central, que tem capacidade para 2.600 pessoas, sendo 370 sentadas. Para quem for de ônibus, com parada na Victor Ferreira do Amaral, o Cemitério Vertical oferece um serviço gratuito de leva e traz. O veículo, que faz o trajeto até o cemitério, ficará disponível entre às 7h30 e às 18h, na esquina da rua Konrad Adenauer com a Victor Ferreira do Amaral, e não é preciso agendar. Também pensando na comodidade dos visitantes, o cemitério disponibilizará o Espaço Criança Feliz, que mais em mais uma oportunidade contará com diversas atividades para as crianças enquanto os adultos prestam suas homenagens aos entes queridos. Uma equipe de recreação orientará as atividades como cama elástica, piscina de bolinhas, camarim de pintura, teatro com fantoches e contação de histórias. Serviço: Cemitério Vertical de Curitiba Rua Konrad Adenauer, 940 – Tarumã (41) 3360-6000

A Feira Agropecuária e Industrial de Cascavel, Expovel, está em sua edição de número 34 e acontece de 8 a 17 de novembro. Os preparativos estão a todo o vapor, incluindo obras no Parque de Exposições Celso Garcia Cid, onde ocorre o evento. Há diversas novidades para este ano, como a ampliação da exposição da indústria e do comércio, uma iniciativa da Associação Comercial e Sociedade Rural. A feira deve movimentar a economia local e atrair centenas de visitantes.

OBRAS INTERATIVAS

A Biblioteca Pública do Paraná realiza um a programação especial para comemorar a Semana do Livro em Curitiba. Até 1º de novembro, há um painel interativo com 24 livros aparentemente iguais entre si. Eles se diferenciam por um número dourado e devem ser ouvidos, não lidos. O som remete a trechos selecionados por 24 pessoas, que também são responsáveis por imprimir ali conteúdo e voz. Quem abre um desses livros, tem o rosto iluminado por um led enquanto o som é reproduzido.

INVESTIMENTO NO NORTE

Apucarana, Norte do Paraná, receberá a ABS-Indústria de Aeronaves. A previsão é de impactos positivos na economia local, com o investimento inicial de seis milhões de reais. Devem ser criados 60 empregos diretos, com expectativa de ampliação do número de vagas. Junto com a indústria de aeronaves virão uma escola de aviação (pilotagem) e uma oficina de manutenção. Três dos aviões fabricados já estão taxiados num hangar do aeroporto de Apucarana.

SOBRE O METABOLISMO

A diminuição do metabolismo pode ser explicada por uma mutação no DNA, segundo uma equipe da Universidade de Cambridge, na Grã-Bretanha. No entanto, a condição é rara. Menos de um por cento das pessoas são afetadas por essa condição e, quando são, costumam ser muito obesas desde a infância. Os estudos foram feitos com 2.101 pessoas muito obesas e algumas delas possuíam a versão mutante do DNA.

BOAS PRÁTICAS

O Paraná lança o programa voltado às boas práticas no campo. Com o tema Plante seu Futuro, a iniciativa tem como objetivo conscientizar os produtores rurais para que adotem técnicas mais sustentáveis de plantio. A campanha terá foco na adoção de práticas de manejos integrados de solos e águas, de pragas, de doenças e de plantas invasoras, além da aplicação de agrotóxicos. Essas medidas podem resolver de 80% a 90% os problemas de erosão e perda de solo fértil.


NACIONAL

Diário Indústria&Comércio

Curitiba, quarta-feira, 30 de outubro de 2013 | Pág. B3

Votação

Opinião

Marco Civil da Internet fica para a próxima terça-feira

SÓ FALTA O MARTELO

O principal ponto da pauta de ontem, o Marco Civil tranca as votações de outros projetos Valter Campanato/ABr

O

Marco Civil da Internet que era o principal ponto da pauta do plenário da Câmara esta semana, pois tranca as votações de outros projetos, não foi votado ontem (29) como estava previsto. O presidente da Casa, deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), disse há pouco que a matéria só deverá ser apreciada na próxima terça-feira (5). “Haverá proposta de uma comissão geral para discutir o marco civil na terça, em plenário. Depois os deputados poderão votar na terça à noite mesmo. É um tema muito polêmico e controverso”, explicou. Há menos de dez dias, Henrique Alves declarou que a Câmara não poderia ficar com a pauta trancada nem por mais um dia. Ainda assim, o parlamentar precisou ceder. O Marco Civil da Internet tramita há quase quatro anos no Congresso e, ainda divide posições de parlamentares em torno de pontos sensíveis. A matéria define direitos e deveres dos usuários e dos provedores de internet, proibindo, por exemplo, que as empresas responsáveis pela conexão repassem registros de acessos dos internautas para outras empresas, garantindo o sigilo das comunicações exceto em casos de ordem judicial. O texto ainda exige a manutenção da qualidade dos pacotes vendidos e proíbe qualquer monitoramento, análise

Segundo o presidente da Casa, Henrique Eduardo Alves, na próxima terça-feira, haverá uma comissão para discutir o marco civil

ou fiscalização do conteúdo dos pacotes de dados. O grande impasse gira em torno da garantia da neutralidade da rede, criticado pelas empresas que atuam no setor e que vêm pressionando alguns parlamentares para tentar travar a proposta. O princípio definido no texto impede que as operadoras

ou aplicativo. Com a nova data de votação, outros projetos que também aguardavam a apreciação em plenário terão que ficar mais tempo na fila, como o caso do Projeto de Lei 393/11, que prevê a publicação de biografias, independente da autorização do personagem ou da família.

Menos de 10% dos médicos são aprovados na primeira fase

Governo quer instalar unidade temporária de controle antidoping

Revalida

da etapa na internet. Segundo a autarquia, 155 dos 1.595 médicos com diploma estrangeiro foram aprovados, 9,7% do total. Os candidatos ainda terão que ser aprovados na segunda etapa do exame para ganhar o direito de atuar livremente no país. Eles devem pagar, até 4 de novembro, uma taxa de R$ 300. O Revalida é

aplicado anualmente desde 2011 e tem a participação 37 instituições de educação superior públicas. Este ano, o exame ganhou destaque com o Programa Mais Médicos. Até então, todo médico estrangeiro deveria ter o diploma revalidado. Pelo programa, no entanto, eles podem atuar apenas na atenção básica com registro provisório.

Gasto com estudantes que faltaram no Enem é R$ 58 milhões Dos cerca de 7,1 milhões de candidatos que se inscreveram no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2013, 5,05 milhões fizeram a prova nesse final de semana. O gasto com os cerca de 2 milhões que não compareceram à prova é aproximadamente R$ 58 milhões. O número corresponde a 58% do custo de R$ 49,86 por candidato. A porcentagem é estimada pelo presidente do Instituto Nacional de

Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Luiz Claudio Costa. Costa explica que custos com a correção da redação ou com o transporte são mantidos independentemente do número de candidatos que fazem o exame. Há desperdício com a impressão das provas e a contratação de pessoas para trabalhar. A taxa de abstenção tem se mantido ao longo dos últimos anos.

No ano passado, o percentual dos alunos que não fizeram a prova foi 27,9% – dos 5,6 milhões inscritos, 4,17 milhões compareceram. Com o aumento do número de candidatos, o número total de faltosos também aumenta, levando a mais gastos. Independente do número de pessoas, o que é arrecadado com o exame não é o suficiente para pagálo. Neste ano, mais de 65% foram isentos da taxa de R$ 35.

As análises para controle antidoping da Copa de 2014 poderão ser feitas em uma unidade de um laboratório estrangeiro a ser instalada no Rio de Janeiro em caráter temporário para atender à competição. A Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem, do Ministério do Esporte, prepara a proposta de instalação da unidade para apresentá-la à Federação Internacional de Futebol. “Um laboratório que esteja acreditado monta uma operação satélite no Rio de Janeiro para atender, especificamente, à Copa do Mundo. Essa operação precisa ser acertada com a Fifa e depois aprovada pela Agência Mundial Antidoping [AMA]”, esclareceu o diretor executivo da Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem, Marco Aurelio Klein, em entrevista à Agência Brasil. Essa é a opção para fazer, no Brasil, os exames de sangue e de urina do Mundial de Futebol que vai ocorrer no país.

Renan quer votar passe livre para estudantes no Senado ainda este ano A aprovação da proposta que cria o passe livre para estudantes foi defendida ontem (29) pelo presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), que pretende votar a matéria na Casa até o fim do ano. Em quase todo o país, os estudantes ainda pagam meia passagem nos transportes coletivos. “É um assunto inevitável. Não tem sentido que quem estuda pague [pelo transporte]. Todo país que está à frente do Brasil já resolveu o problema. Em janeiro haverá aumento das tarifas e o assunto vai engrossar as ruas novamente. O Poder Público tem que ter responsabilidade de resolver a questão”, avaliou Renan. De acordo com o presidente, o benefício tem custo estimado de R$ 7 bilhões. Questionado sobre

A ministra Gleisi Hoffmann entende ser cedo ainda para falar-se em eleição. Ela teme que se perca o foco nas ações do governo. Por isso, o martelo não está batido e definição só com o tempo. Ninguém deveria esperar que Gleisi saísse por aí, um ano antes das eleições, dizendo que vai para a disputa custe o que custar. Mas também ninguém duvida que ou ela vai para a luta ou pega uma luneta e procura um outro pretendente pelo PT na sucessão de Beto Richa. O partido não tem candidato à vista, senão Gleisi. Nos últimos três anos tudo foi feito nesse sentido. Só a presidente Dilma Rousseff pode alterar a ordem das coisas: se precisar dela para um hipotético segundo mandato. Até pode, mas o normal é liberar a paranaense para tentar impor a linha petista no Governo do Estado. Por isso tudo é de se esperar que as eleições no Paraná sejam disputadas por ela e o atual governador. Claro, fala-se e muito no senador Roberto Requião. Mas Requião é candidato sempre. Mesmo que seu nome só seja inserido no contexto para sondar o ambiente, ver no que vai dar. Ele com um trunfo: assim como Gleisi, tem mais quatro anos no Senado. Pode perder a eleição do Governo e sair de braços dados com Gleisi, na mesma situação, e telefonar para Beto Richa cumprimentando-o pela reeleição. Político que deixa uma eleição sem dela participar diretamente perde espaço, acaba permitindo o surgimento de outro e, então, é superado no partido. Gleisi pode deixar de ser. E quem disputaria em seu lugar? Seu marido Paulo Bernardo, ministro do Planejamento e nome já testado em diversas ocasiões. Mas tudo conduz para ela. Já Roberto Requião, nem pensar. Ou vai para o pleito ou passa o bastão, em definitivo, para o seu ex-amigo Orlando Pessuti, ambos em campos opostos. Hoje, Pessuti e Requião desviam-se, passam para o outro lado da calçada e desejam-se mutuamente um desastre eleitoral. Então, diante do ponto de vista do ex-governador três vezes, ou sai candidato ou, se necessário, até torce contra o seu PMDB – o velho de guerra. Pessuti, mais cordato, talvez não chegue a tanto, mas é bom não convidar os dois para a mesma reunião. Se for para não disputar, Orlando Pessuti tem dois caminhos: ou fica com a bancada que quer Beto Richa ou se garante com a situação federal e vai com Dilma, quer dizer, com Gleisi por aqui.

definam quais os tipos de acesso por parte do usuário teriam maior ou menor velocidade dentro dos pacotes oferecidos, fazendo com que o provedor de conexão fique obrigado a tratar da mesma forma qualquer tipo de acesso a dados, sem diferenciação por conteúdo, origem e destino, serviço, terminal

Menos de 10% dos candidatos foram aprovados na primeira fase do Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituições de Educação Superior Estrangeiras (Revalida). O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou na últiam segunda-feira (28), o resultado

coluna@induscom.com.br

como essa isenção seria financiada, Renan foi direto: “Esse dinheiro terá que vir do Orçamento”. O projeto que cria o passe livre para estudantes (PLS 248/13), de autoria do próprio Calheiros com outros senadores, está parado desde agosto na Comissão de Constituição e Justiça. Depois de aprovado no Senado, ainda precisará ser apreciado pela Câmara dos Deputados. Calheiros, que na semana passada recebeu representantes da Frente Nacional de Prefeitos de Capitais, disse que tem de haver uma grande mobilização para que os senadores possam aprovar esse projeto até o final do ano também. “Vamos ter que ter solução criativa que será construída aqui no Congresso Nacional”, disse.

Tânia Rêgo/ABr

De acordo com o presidente do Senado, o benefício tem custo estimado de R$ 7 bilhões e atinge 3,6 mihões de pessoas

As mulheres nas eleições, que os homens sempre clamaram a favor, quando lhes interessa, claro, estão iguaizinhas aos homens. E por que não, indagar-se-ia? Aprenderam em casa, cozinhando, isto é, conversando e discutindo os temas e nomes mais interessantes com seus próprios maridos. E quem não os tem, vai pelo que sabem, pelas reuniões familiares, onde muito se aprende. Daí entender-se porque a sra. Marina Silva tira o time de campo quando se fala em apoiar Beto Richa. Ocorre que ela tira o que seria o seu partido, a Rede Sustentabilidade. Seus integrantes não precisam se preocupar. Quem está com Beto pode ser o PSB de Eduardo Campos. Ela não. Ela está mais ligada aos programas para as eleições. Aí, então, volta-se à estaca zero: há algum político no país que não saiba desde cedo qual o problema de seu partido, do seu grupo, do aglomerado em que se encontra. Nenhum e nenhuma. Até porque, nem todos dão tanto valor ao programa. Se dessem, não estariam falando tanto nele. E se não sabem o caminho a seguir, estão tergiversando. Precisamos urgente voltar ao tempo do “fio do bigode”. As mulheres, felizmente, não têm a mesma arma, mas, convenhamos, merecem o crédito da palavra empenhada. *Ayrton Baptista é jornalista

Constituintes comemoram os 25 anos da Constituição O atendimento especial aos portadores de deficiência física, a demarcação de terras indígenas, a livre manifestação do pensamento, a igualdade, o direito de ir e vir, o voto universal, além de direitos trabalhistas, como seguro desemprego, salário mínimo, irredutibilidade de vencimentos, férias e décimo terceiro, foram algumas conquistas consolidadas em 1988, e lembradas pelo presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), ontema (29) durante sessão solene em homenagem aos 25 anos da Constituição. A cerimônia reuniu os expresidentes da República José

Sarney e Luiz Inácio Lula da Silva. Os ex-presidentes Fernando Collor e Fernando Henrique Cardoso não compareceram. Segundo o presidente do Senado, Fernando Henrique não foi por causa de uma diverticulite, uma inflamação no aparelho digestivo. Devido a agenda no Paraná, a presidenta Dilma Rousseff foi representada pelo vicepresidente da República, Michel Temer, que também foi homenageado. Na avaliação de Temer, o novo conjunto de leis fundamentais do país "permitiu uma estabilidade institucional, hoje, graças à boa aplicação do texto constitucional."

Estatuto social da Valec é publicado no Diário Oficial da União O decreto presidencial que define a estrutura e o estatuto social da Valec, empresa pública vinculada ao Ministério dos Transportes, foi publicado ontem (29) no Diário Oficial da União. A empresa tem por função social a construção e exploração de infraestrutura ferroviária, e o capital social dela (R$ 8,34 bilhões) virá da União. O valor será dividido em 8,09 milhões de ações ordinárias nominativas sem valor nominal. De acordo com o estatuto, esse capital social poderá ser modificado por deliberação da assembleia geral de acionistas, mediante proposta da diretoria executiva, aprovada pelo Conselho de Administração, após parecer do Conselho Fiscal. A contratação de pessoal efetivo será feita por meio de concurso

público, seguindo regime jurídico da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e legislação complementar. A Valec detém a concessão para a construção e operação da Ferrovia Norte-Sul, um traçado de 3,1 mil quilômetros (km) que começa em Belém, no Pará, e segue até o município de Panorama, em São Paulo. Com a publicação do decreto no Diário Oficial, começa o prazo de 180 dias para que a Valec firme compromisso de metas e desempenho com o Ministério dos Transportes. Nesse documento deverão constar objetivos e resultados a serem atingidos, com indicadores, metas e prazos a serem cumpridos; critérios de avaliação do desempenho da empresa, inclusive da diretoria e do conselho de administração.


3

Diário Indústria&Comércio Curitiba, quarta-feira, 30 de outubro de 2013 | Pág. B4

Nem te Conto Jorge $ Mateus

Adélia Maria Lopes

a

margem arte&atitude

moda&cia

adeliamarialopes@yahoo.com.br

O aveludado Guairão recebe pela primeira vez a dupla Jorge & Mateus, que faz o show da turnê do CD e DVD A Hora É Agora, dividindo o palco com nove músicos e vocais. Os goianos já fizeram shows nos EUA e na Europa, chegando, inclusive, a gravar seu quarto DVD da carreira no Royal Albert Hall, em Londres, constituindo-se o primeiro de um artista sertanejo gravado na Europa. Com realização da Seven e Full Show, a apresentação em Curitiba será às 22h30. Os ingressos custam de 306 a 1.006 reais. Nossa! E a plateia terá cerca de uma hora e 30 minutos de show.

Criando Moda

Com o tema inspirador Carnaval, a 13ª edição do concurso Paraná Criando Moda realizará o desfile, avaliação final e premiação dia 21 de novembro, às 20h, no Moinho Vermelho, em Maringá. A ação tem o objetivo de divulgar a importância do profissional de designer para o crescimento e consolidação do setor, assim como estimular a competitividade entre os estudantes de moda paranaense. Realização Sindvest-Maringá, prefeitura e patrocínio do Sistema FIEP e CNI, com o apoio do APL Cianorte/Maringá e shoppings Bandfashion, Pérola Park, Portal Atacadista e Vest Sul.

Comes&Bebes

Mulheres cantam as mulheres deChico Buarque

L 1-O Spoleto bate a marca de 300 restaurantes abertos no Brasil. Com investimento de 800 mil reais, a 300ª unidade encontra-se no Distrito Federal. No sul, a última franquia aberta foi em Curitiba, no Shopping Mueller, pelas franqueadas Gabriela Folador e Christine Jansen. Ousadas, elas assumiram a primeira franquia no ParkShoppingBarigüi, abriram mais uma no Shopping Estação e agendam mais duas inaugurações, no shopping Mueller e em novembro no Palladium. E vão abrir uma Spoleto no Jockey Plaza Curitiba, agendado para inaugurar em 2015. 2- Estão abertas as matrículas para o curso de Master Chef com bidiplomação, realizado pelo Espaço Gourmet, em parceria com o Instituto de Culinária da América (EUA). Serão 540 h/aula em Curitiba e 30h/aula na Califórnia, em 2014. Custa 14.490 reais, parcelados em até 12 vezes. Saiba mais em espacogourmet.com. vc ou pelo (41) 3019-0437. 3- A Pedreira Paulo Leminski, com alvará liberado há quatro meses mas ainda ociosa, vai ter espaço gourmet para os artistas nos sete camarins. A arquiteta Viviane Tabalipa é a responsável pelo projeto.

Dia das Bruxas

1- Uma das gostosuras criadas pela Miss Brigadeiro para o Dia das Bruxas é o Brigadeiro Aranha, feito com chocolate belga e (!) oito patinhas e olhos coloridos. Uma aranha de plástico serve de base para o doce. Kit personalizado ligue para (41) 8852-4369. 2- O tradicional Halloween dos EUA, Canadá, Irlanda e Reino Unido ainda não é popular no Brasil. Mas há esforços para tanto: até a Corpus Academia preparou o Aulão Especial de Halloween para os seus alunos, ao molejo da zumba, na quinta-feira 31. Haverá decoração temática toda especial com direito ao túnel do terror. 3-Nesta sexta dia 1º, o Layout 80 faz sua festa de Halloween, com os Djs Richard Weber, Gui Silvério e Ivan Moura. Os ingressos custam 35 (eles) e 20 reais (elas). Fone 3027-0550.

ucinha Lins, Tania Alves e Virgínia Rosa cantam a face feminina da obra monumental de Chico Buarque no show Palavra de Mulher, que ganha o fim de semana em Curitiba. Elas vão ao palco, ambientado como um cabaré, com Ogair Junior (piano e acordeom), Robertinho Carvalho (contrabaixo) e Ramon Montagner (bateria/ percussão), com direção de Fernando Cardoso. As três cantoras dão vida a algumas personagens femininas em canções como Tatuagem, O Meu Amor, Folhetim, Sob Medida, Terezinha, Tango de Nancy, À Flor da Pele e Pedaço de Mim.

O espetáculo já passou por cinco cidades, com ótima receptividade de público e crítica. Afinal, plateia, diretor e elenco sabem que Chico Buarque “soube traduzir a alma feminina com mulheres passionais, que não medem esforços quando objetivo é o amor”. E as três intérpretes, de alguma maneira, estão ligadas ao compositor. Lucinha Lins foi Vitória-Régia, a vilã de Ópera do Malandro, e a prostituta Nancy de O Corsário do Rei. No cinema, fez Os Saltimbancos Trapalhões, baseado na peça Os Saltimbancos, de Chico, Sergio Bardotti

e Luis Enríquez Bacalov (adaptação do conto Os Músicos de Bremen, dos Irmãos Grimm). Tania Alves foi Terezinha da montagem paulista de Ópera do Malandro, que na época veio para Curitiba, e foi Bárbara, de Calabar. E Virgínia Rosa interpretou várias canções de Chico Buarque em sua carreira nos palcos. Divirta-se: no Teatro da Caixa Cultural (Rua Conselheiro Laurindo, 280), nesta quinta dia 31 e sexta às 20h e no sábado e domingo às 19h. Ingressos a 20 e 10 reais. Não recomendado para menores de 12 anos

Hoje é dia de Elvis “Existem atualmente muitos fã clubes de Elvis Presley na América do Sul e Graceland tem recebido nos últimos anos um número cada vez mais crescente de visitantes desses países e do Brasil. Isso nos motivou a trazer de volta ao país, e a um número maior de cidades, esse show excepcional, uma emoção que agora poderá ser vista e compartilhada por um número maior de pessoas”, com essa assertiva Rafael Reisman, presidente da 2Share Entertainment, produtora responsável pela vinda dos shows e exposição ao país, traz, pela primeira vez em Curitiba, o megashow de Elvis Presley In Concert. O surpreendente espetáculo reúne no palco uma banda de 16 artistas, vários deles que trabalharam com Elvis originalmente.E projeções de alguns dos melhores shows do cantor em filmes e vídeos, que tiveram todo o som da filmagem excluídos, com exceção da voz de Elvis – que foi totalmente remasterizada, são feitas em

telões de alta definição. O recurso é tão fantástico que o show entrou para o Livro dos Recordes Guiness como a maior turnê já realizada no mundo de um artista não vivo. Em cartaz desde 1997, a sensação para o público é como estar em um show real de Elvis. A nova turnê nacional passou por Brasí-

lia, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Recife e São Paulo. Depois de Curitiba, segue a Porto Alegre. Imperdível:única apresentação nesta quarta dia 30, com produção da Prime e Hits. No Expo Unimed/campus Positivo, às 20h30. Ingressos de 131 a 906 reais, de acordo com o setor. Duração de duas horas.

TUT festeja sua história com Babel A nova montagem do Teatro da Universidade Tecnológica Federal é dedicada à memória de José Maria Santos (1933-1990), que fundou o grupo em 1972. O ator e diretor estaria completando 80 anos. A peça, que também comemora os 40 anos do TUT, é Babel, criação de 25 pessoas que trabalharam na produção durante oito meses. No elenco, ex-alunas da UTFPR e participação especial da atriz e cantora Patricia Goulart e da bailarina Caroline Pellegrini. Babel é encenada em espaço alternativo, um grande galpão, onde a escultural cenografia com seis metros de altura foi construída,

utilizando-se quase uma tonelada de metal. Na produção, 14 alunos do Grupo de Desenvolvimento Cenográfico, outro programa de extensão da UTFPR, contemplado pela Secretaria de Ensino Superior do Ministério da Educação A peça conta a história de cinco únicas sobreviventes da humanidade (mãe e filhas), que habitam uma torre-máquina chamada Babel. Dominadas pela vontade da Rainha-Mãe, as quatro filhas constroem a máquina sem questionamentos, até que uma “luz” irrompe e aflora as inquietações. Com esse enredo, o espetáculo

explora a percepção de um mundo automatizado e sem sentido. Agende-se: dias e 1,2 e 3 de

novembro, às 20h, na Av. Silva Jardim, 807. Rebouças. Entrada franca.

Leon & The Knopz, Made in CWB 4-O Fancy Nail Lounge (fone 3045 9806, no Batel) faz algumas unhas para aquelas que querem espantar a bruxa. São nos tons de preto, laranja, roxo e vermelho, e ainda, se e feitam com as caveiras.

Doctor Who em 3D

A rede de salas Cinemark no Brasil vai projetar em 3D o episódio especial de 50 anos da legendária série de ficção científica Doctor Who. A transmissão global simultânea será no sábado dia 23 de novembro, tanto pelo canal BBC HD como no cinema. O episódio especial de 75 minutos contará com a participação de Matt Smith e Jenna Coleman, respectivamente o 11º Doutor e sua acompanhante, além de outros membros com participação na série ao longo destes 50 anos, como David Tennant, Billie Pipper e John Hurt.

Batizado por Made in CWB, o primeiro DVD da banda curitibana Leon & The Knopz será gravado ao vivo nesta quarta dia 30, no Teatro Paiol, com dez músicas próprias. O grupo surgiu quando o poeta e escritor Leon Knopfholz resolveu dar uma nova leitura aos seus textos. E foi frequentar aulas de guitarra. Depois obteve adesão dos músicos Alan Marcolino (baixo), Paulo Ribeiro (guitarra) e Hugo Janu (bateria). “Trabalhamos buscando a essência dentro do trabalho, então demos alguns ajustes e o resultado ficou muito bom”, revela o produtor Rudy Grani, que musicalmente tem seu nome ligado à grandes nomes como Raul Seixas, Gal Costa, Gilberto Gil e Walter Franco. Confira: nesta quarta-feira 30, no Teatro Paiol, às 19h30. Ingresso a 15 reais, com toda a renda destinada à Fundação Iniciativa.

Diário Indústria&Comércio  

jornal, economia, curitiba, parana, brasil, negocios, bovespa, financas, aroldo mura, pedro washington, ayrton baptista, eliseu tisato, rol...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you