Issuu on Google+

Curitiba, segunda-feira, 27 DE janeiro de 2014 | Ano XXXViI | Edição nº 9041 | R$ 1,50

Indústria& Comércio DIÁRIO

INFORMAÇÃO. conhecimento. inteligência. DESDE 1976.

Aroldo Murá CURITIBANO ESCREVE NO BRASIL POST

Esta é uma notícia importante para o mundo publicitário: O jornalista e publicitário João José Werzbitzki, o JJ, passa a escrever, a partir da semana, no Brasil Post, iniciativa do Grupo Abril em sociedade com o The Huffington Post (maior jornal online do planeta).

Déficit em contas externas é recorde e chega a US$ 81,374 bi Resultado do ano passado é o maior da série histórica do Banco Central (BC), iniciada em 1947 Renato Araújo/ABr

| A3

página

Pedro Washington Revolta no campo

Negociação com governo, num país que não respeita contratos, nunca é confiável, aprendem agora os agricultores familiares vinculados a cooperativas do setor, que têm contratos com o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). página

| a2

Joaquim Severino AGUA INFILTRADA E AGUA DE ENXURRADA

Em termos de manejo de recursos naturais renováveis, nenhum indicador é mais revelador do seu grau de eficácia que a qualidade e quantidade de água nos fundos de vales que é para onde ela converge. Página | A5

INDICADORES FINANCEIROS MERCADO À VISTA Maiores altas

COTAÇÃO

FII MTGESTAO CI MB 108,99 SANTANDER BR PN ER N2 0,12 HRT PETROLEO ON NM 1,30 UNIPAR ON 0,57 FII S F LIMA CI ER 1,93

Maiores QUEDAS

COTAÇÃO

VIAVAREJO ON N2 SULTEPA PN MINUPAR ON FII PANAMBY CI OGX PETROLEO ON NM

O aumento das despesas de brasileiros em viagens internacionais contribuiu com o resultado. Na foto, passageiros no Aeroporto Juscelino Kubitschek, em Brasília economia a5

Autuações da Receita federal atingem R$ 190,2 bi e batem recorde em 2013

Economia A5

Prefeitura investe R$ 1,5 mi em obras em escolas e creches para o início das aulas

Cesar Brustolin/SMCS

6,26 1,10 0,07 72,60 0,31

O Shopping São José comemora o resultado das vendas realizadas no estabelecimento no último Natal. Em dezembro, o Shopping apresentou crescimento de vendas de 10,46%, ou seja, mais que o dobro do crescimento da média nacional, que foi de 5%, segundo a Associação Brasileira de Lojistas de Shoppings (Alshop).

IBOVESPA Maiores altas*

COTAÇÃO

SUZANO PAPEL PNA N1 JBS ON NM FIBRIA ON NM VALE PNA N1 BRADESPAR PN N1

Maiores QUEDAS BROOKFIELD ON NM GOL PN N2 MARFRIG ON NM SABESP ON NM SID NACIONAL ON

9,14 8,27 25,40 28,62 21,17

COTAÇÃO 1,23 10,41 4,60 23,42 11,70

CÂMBIO Moeda

Compra

Venda

Dólar turismo 2,3200

2,4900

Dólar comercial 2,3973

2,3980

Dólar paralelo 2,2973

2,2979

Euro

3,2817

3,2798

negócios a4

Ouro (Grama/R$): 97,00

Acesse a edição digital

Prefeitura está investindo R$ 1,5 milhão em obras nas unidades da rede municipal. Na foto, Escola Municipal Itacelina Bittencourt

www.icnews.com.br

geral a2

Editorial

O alto preço do consumo desequilibrado

O

Editais na página b3

CMYK

Natal do Shopping São José supera a média nacional

consumo desenfreado e desequilibrado de alimentos vem provocando uma degradação mundial no meio ambiente. O aumento da renda e a alta urbanização estão mudando a forma com que as pessoas consomem alimentos. As dietas mais ricas em carne estão exigindo mais terra para a pecuária. A necessidade de mais áreas cultiváveis também ocorre devido à crescente demanda por biocombustíveis. Como se vê, o mundo hoje consome cada vez mais, fazendo com que o meio ambiente sofra as consequências.

A

utoridades precisam adotar políticas públicas que possam desenvolver uma produção sustentável, que deve estar equilibrada com o consumo. Segundo o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma), será possível preservar 319 milhões de hectares até 2050 se houver investimento na recuperação de solos degradados, melhoria nas técnicas de manejo e planejamento do uso da terra e redução do desperdício de alimentos e de subsídios para plantações para produção de combustíveis.

Central de Atendimento: 41 3333.9800

Profissionais qualificados são cada vez mais raros

Uma pesquisa realizada, em 2013, pela Fundação Dom Cabral mostra que 91% das companhias têm dificuldade na contratação de profissionais qualificados.

ALL realiza a contratação de mais de 200 novos funcionários Após as inscrições de mais de 26 mil candidatos ao Programa de Trainee e Programa de Engenheiros, a ALL inicia as contratações dos jovens. Nos dias 8 e 15 de janeiro, respectivamente, os selecionados iniciaram as formações nos programas nas unidades da empresa. Com 16 anos de existência, o programa Trainee ALL atrai jovens talentos ao oferecer aprendizado de forma estruturada.

negócios a4

e-mail: pauta@induscom.com.br

negócios a4


Geral/Curitiba

Diário Indústria&Comércio

Curitiba, segunda-feira, 27 de janeiro de 2014 | Pág. A2 Mín.: 18° | Máx.: 29°

Na segunda-feira as chuvas previstas para o Paraná continuam sob a forma de pancadas, ou seja, são de curta duração e não cobrem grandes áreas no entanto podem apresentar volumes significativos em curto intervalo de tempo. Estas ocorrências são previstas para todas as regiões paranaenses com predomínio ainda do forte calor. fonte: www.simepar.br

prpress@terra.com.br

PanoramaPolítico Revolta no campo

Negociação com governo, num país que não respeita contratos, nunca é confiável, aprendem agora os agricultores familiares vinculados a cooperativas do setor, que têm contratos com o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). Desde janeiro os Fundos Municipais de Assistência Social assumiram a coordenação de recepção e distribuição dos produtos agrícolas produzidos pela Agricultura Familiar. Isso em função de 51 dos 126 contratos, administrados pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), apresentarem alguma irregularidade. Mas, desde setembro, quando a Operação Agrofantasma da Polícia Federal prendeu 12 envolvidos em desvios, recursos não são repassados a algumas cooperativas e automaticamente, pagamentos não são feitos aos fornecedores. O PAA atende 4.5 mil pequenos agricultores no Estado. Cada um pode receber, trabalhando muito, até R$ 4,5 mil por ano –exatamente o que Delúbio vai receber por mês da CUT sem que se saiba exatamente o que irá fazer - o que equivale a R$ 375 reais/mês. Um dinheiro duro de ganhar e que faz muita falta. Desconhece-se maiores detalhes, pois o processo corre em “segredo de justiça”. O que se sabe é que a burocracia da Conab realizou uma varredura nos 126 contratos. As cooperativas colocadas sob suspeita têm 30 dias para apresentar defesa. À partir daí os contratos são enviados a uma comissão de Brasília para análise. Enquanto isso, os agricultores ficarão fornecendo seus produtos, sem pagamento. Alguns, ainda continuam entregando a escolas, hospitais, creches, suas cotas de beterraba, cebola, brócolis, couve-flor e repolho, mas um deles já anuncia: “Não sou palhaço para trabalhar de graça. O que já plantei vou jogar fora e não planto mais.”

Contra-mão

Uma frase do Ministro do Trabalho, Manoel Dias ( PDT) bem que mereceria entrar para o folclore político . Diz ele: “Aí está o milagre brasileiro. O mundo todo está querendo saber como nós conseguimos, em paralelo a toda essa crise, gerar empregos.” Isso no momento em que o Caged anuncia que em 2013, foram criados 1.117 milhão de vagas. O pior resultado dos últimos dez anos, um momento em que países do mundo começam a se recuperar e automaticamente gerar mais. O Paraná ficou em terceiro lugar nessa pesquisa, em função do bom desempenho do interior do estado.

Mais dificuldades

O otimismo do ministro Dias, não encontra ressonância junto ao empresariado, Especialmente pelo fato de vários longos feriados ocorrerem neste 2014, além dos que serão implantados pelos jogos do Brasil na Copa e pelo período eleitoral, que pelo menos em relação aos serviços públicos sofrerão enormes restrições legais. Obras que não estiverem em execução não poderão ser iniciadas.

“Vão plantar batatas”

O bicho vai pegar. Com a arrogância que lhe é peculiar, o presidente do Atlético paranaense, que criara até uma Rádio oficial do clube para não dar satisfações à imprensa – uma espécie de Voz do Atlético – descarregou seu mau humor contra torcedores atleticanos que cobraram a “saia justa” em que a conceituada agremiação ficou, depois de ser exposta nacionalmente a incompetência registrada na construção do estádio para a Copa. Apontado inicialmente como o mais barato e mais rápido a ser ultimado.

Irritação injustificada

Embora ainda mais barato, do custo inicial de R$ 135 milhões, já vai para R$ 319 milhões. A irritação do mandatário que ao início, praticamente deu “um chega pra lá” nos demais parceiros, para ficar sozinho com os méritos, agora acusa a prefeitura curitibana e o governo, de não terem feito suas partes. De fato ambos se limitaram a indicar representantes que nada fizeram, acomodados na responsabilidade assumida por Petraglia

Em choque

Da força-tarefa de emergência agora formada para tentar salvar Curitiba do vexame total, com representantes da Prefeitura, do Governo, da FIFA, do Sinduscom, um que faltou desde o início das obras: representante do Ministério Público para acompanhar os gastos cada vez mais altos.

PR é pioneiro no uso da biometria integrada entre órgãos públicos O Paraná é o primeiro estado brasileiro a utilizar o sistema biométrico de forma unificada e integrada entre órgãos públicos. O sistema foi desenvolvido pelo Instituto de Identificação do Paraná (IIPR) em parceria com a Celepar e integra, inicialmente, os dados registrados no Instituto com informações do Departamento de Trânsito do Paraná (Detran). Para o diretor do IIPR, Newton Tadeu Rocha, o serviço é um sucesso e serve de referência para outros estados do País, conforme

afirmaram técnicos do Ministério da Justiça, quando vieram ao Paraná conhecer o funcionamento do instituto, em 2013. Segundo ele, a biometria garante segurança total dos dados da população, com informações confiáveis e ágeis. “A expectativa é que o banco de dados do Instituto de Identificação, ou seja, que o controle de biografia e biometria, possa servir de auxílio para que outras secretarias estaduais utilizem essa ferramenta, baseados dos números de RG da população paranaense”, explica o diretor.

EXPEDIENTE

Diário

Indústria&Comércio Fundado em 2 de setembro de 1976 Fundador e Presidente Odone Fortes Martins Reg.Prof. DRT/PR: 6993 (ofm@induscom.com.br) Diretor de Redação Eliseu Tisato Reg.Prof. DRT/PR: 7568 (editor@induscom.com.br) Redação: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fone: (41) 3333.9800 E-mail: pauta@induscom.com.br Publicidade Legal e Assinaturas: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fones: (41) 3333.9800 | 3334.4665 e-mail: publegal@induscom.com.br

Parque Gráfico e Circulação: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fones: (41) 3333.9800 | 3322.1012 Direção e Comercial: Rua Presidente Faria, 533 Centro - Curitiba - CEP: 80020-290 Fone: (41) 3322.1012 e-mail: diretoria@induscom.com.br comercial@induscom.com.br

NEW CAST PUBLICIDADE & MARKETING BRASÍLIA E RIO DE JANEIRO Atendimento : Flávio Trombieri Moreira – Cel.: (61) 8155 2020 Endereço: SRTVS Quadra 701 Bloco K Sala 624 – Edifício Embassy Tower – Brasília DF - Cep.: 70.340 – 908 Fone/Fax: (61) 3223 4081 E-mail: new.cast@uol.com.br / new.cast@hotmail.com

Os artigos assinados que publicamos não representam necessariamente a opinião do jornal.

Educação

Prefeitura investe R$ 1,5 milhão em obras em escolas e creches Há previsão de novos investimentos, na ordem de R$ 20 mi, que deverão ser aplicados ao longo do ano

A

Prefeitura de Curitiba está investindo R$ 1,5 milhão em obras nas unidades da rede municipal de ensino. Neste período de férias escolares, os prédios estão recebendo pintura, manutenção de rede elétrica, esgoto, encanamento, substituição de piso, telhados, calhas e forros. “São intervenções que vão garantir a qualidade de acesso aos espaços no início das atividades letivas, em fevereiro”, diz o coordenador Obras e Projetos do Programa de Descentralização da Secretaria Municipal da Educação, Antonio Ulisses Carvalho. As obras começaram em dezembro passado e atendem ao plano de expansão e revitalização dos equipamentos da Secretaria Municipal da Educação, previsto pela gestão para construir, reformar e transformar 40 unidades. A conclusão dos trabalhos será em fevereiro, data de início das atividades escolares. Este é o primeiro lote de projetos de intervenção nas unidades escolares. Há previsão de novos investimentos, na ordem de R$ 20 milhões, que deverão ser aplicados ao longo do ano em novas obras de adequação, reforma e ampliação, todas por meio do contrato de manutenção da Secretaria Municipal da Educação. “São intervenções necessárias para garantir qualidade e conforto no processo de ensino e aprendizagem na rede de ensino”, diz

Cesar Brustolin/SMCS

Previsão do tempo

As obras começaram em dezembro passado e atendem ao plano de expansão e revitalização dos equipamentos da Secretaria Municipal da Educação, previsto pela gestão para construir, reformar e transformar 40 unidades

a secretária municipal da Educação, Roberlayne Borges Roballo. “Somados a compra de novos materiais, lançamento de projetos, programas e formação continuada dos profissionais, esses investimentosasseguram avanços necessários ao ensino municipal de Curitiba”, diz Roberlayne. No Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Portão, no bairro de mesmo nome, as obras

estão a todo vapor. Conhecido como antiga creche conveniada Tia Nahir, o prédio foi construído na década de 80, por meio de um extinto programa chamado Vale Creche. De lá para cá, não passou por reformas e a comunidade escolar há anos reivindicava manutenção geral do espaço. Incluída no primeiro pacote de unidades que passará por intervenções, o CMEI ficará como novo.

A manutenção será geral no prédio, desde a estrutura do telhado, piso, rede elétrica, além da construção de muro. As obras darão fim aos alagamentos que estavam cada vez mais frequentes nos dias de chuva. Era comum que nos dias chuvosos as crianças ficassem impedidas de usar espaços destinados às brincadeiras, jogo, trabalhos com movimento e artes, entre outras atividades.

Richa autoriza obras para ampliar vagas no sistema prisional do Paraná O governador Beto Richa assinou, em Curitiba, contratos com quatro empresas para as obras de construção de novas cadeias públicas em Campo Mourão, Guaíra e Piraquara, de Centros de Integração Social de Piraquara e Foz do Iguaçu I e de ampliação da Penitenciária Estadual de Ponta Grossa. São as seis primeiras obras de um conjunto de 20 unidades prisionais a serem construídas ou ampliadas no Estado. Os contratos para as demais obras serão assinados nos próximos dias. No total serão abertas mais 6.670 vagas no sistema prisional. Serão construídas seis cadeias públicas (2.292 vagas para presos provisórios), seis novos Centros de Integração Social (1.296 vagas para presos de regime semiaberto) e ampliação de oito unidades (3.082 vagas para regime fechado). “Estamos resolvendo um problema que se acumula há décadas no Paraná. Outros governos não fizeram a sua parte, mas agora temos avançado muito”, afirmou Beto Richa, junto com a secretária estadual da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, Maria Tereza Uille Gomes, no encontro, realizado no Palácio Iguaçu. Richa afirmou que a meta inicial da sua gestão,

São as seis primeiras obras de um conjunto de 20 unidades prisionais a serem construídas ou ampliadas no Estado. Os contratos para as demais obras serão assinados nos próximos dias

contida no Plano de Governo, era a transferência de 6.000 detentos custodiados de forma irregular em delegacias para o sistema prisional. “Estamos trabalhando além deste compromisso, em três anos já transferimos mais de 7.000 presos para as penitenciárias e, com a execução destas obras, vamos abrir mais 6.670 novas vagas no sistema penitenciário do Paraná”, declarou Richa. Ele ressaltou que a gestão do sistema prisional do Paraná é reconhecido nacionalmente por órgãos como Ministério da Justiça, Supremo Tribunal Federal, Superior Tribunal de Justiça, Conselho Nacional

de Justiça, Procuradoria Geral da União e pela Organização das Nações Unidas (ONU).

INVESTIMENTO

A secretária de Estado da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, Maria Tereza Uille Gomes, explicou que o investimento nas 20 novas unidades prisionais estava previsto em R$ 161,8 milhões, mas que durante os processos de licitações houve um deságio de 17% no valor, o que representa uma economia de R$ 27 milhões. No total serão investidos R$ 132 milhões. O investimento é feito em parceria pelo governo estadual e Governo

Federal, dentro do Programa de Apoio ao Sistema Prisional do Ministério da Justiça. O Paraná é um dos Estados que está com o cronograma mais adiantado, em razão dos projetos apresentados pelo governo estadual estarem prontos e completos. “Com esse investimento conseguiremos uma melhora significativa no sistema prisional do Estado”, disse a secretária. Ela destacou também que com as melhorias que serão realizadas no complexo penal de Piraquara, com a abertura de mais 2.500 vagas, será possível retirar todos os presos das delegacias de Curitiba, Região Metropolitana de Curitiba e Paranaguá.

Governo vistoria obra da duplicação da BR 376 O secretário estadual de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho, vistoriou o início das obras de duplicação dos 11 quilômetros da rodovia BR-376, em Ponta Grossa. É a primeira etapa de toda a duplicação que será feita entre Ponta Grossa e Apucarana, ligando os Campos Gerais ao Norte do Estado, somando 231 quilômetros. A obra é feita pelo Governo do Paraná em parceria com a concessionária RodoNorte, que investirá até o final da obra cerca de R$ 1 bilhão. Durante a vistoria, realizada nesta quinta-feira (23), o secretário destacou a importante obra. “É uma satisfação ver o início dessa duplicação, que é uma das grandes obras de infraestrutura do momento. Esse

tipo de obra impulsiona o desenvolvimento e a competitividade da região e de todo o Estado e ampliam a segurança dos usuários”, afirmou o secretário, que esteve acompanhado do diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem (DER-PR), Nelson Leal Junior; do presidente da RodoNorte, José Alberto Moita, e do prefeito de Ponta Grossa, Marcelo Rangel. Para o prefeito Marcelo Rangel, o início da duplicação se constitui em momento histórico para Ponta Grossa. “Aguárdavamos essa duplicação há muito tempo. Fico feliz por contarmos com um governo próximo aos municípios. A obra vai desenvolver ainda mais a nossa região e vai melhorar a nossa economia”, afirmou.


geral

Diário Indústria&Comércio

Curitiba, segunda-feira, 27 de janeiro de 2014 | Pág. A3

Infraestrutura e Logistica

Portos do Paraná implantam sistema integrado de gestão ambiental Com sistema, a Appa será capaz de identificar oportunidades de melhorias

O Sistema de Gestão Ambiental corresponde a um conjunto inter-relacionado de políticas, práticas e procedimentos organizacionais, técnicos e administrativos, com o objetivo de obter melhor desempenho ambiental

A

Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) irá implantar o Sistema Integrado de Gestão Ambiental (SGA). Com sistema, a Administração será capaz de identificar oportunidades de melhorias que possam auxiliar na redução ou eliminação de eventuais impactos das atividades portuárias, permitindo adequações e aprimoramentos contínuos de seus procedimentos de gestão ambiental e de segurança do trabalho. A Appa começou o ano com mais um passo rumo à excelência nesta área, com a contratação de empresas especializadas em consultoria e defesa ambiental já foram contratadas para implantar o sistema, sob a coordenação do núcleo ambiental da Appa. “O

governo estadual tem cuidado permanente com o meio ambiente no desenvolvimento das atividades portuárias no Paraná”, afirma o secretário estadual da Infraestrutura e Logística, José Richa Filho. “Sabemos da nossa responsabilidade e da necessidade de manter o equilíbrio entre porto, cidade e meio ambiente. A preocupação é cuidar hoje do porto e da Baía de Paranaguá, uma das mais importantes do país, para que amanhã continue existindo em sua diversidade e riqueza de espécies”, afirma diz ele.

CONJUNTO DE POLÍTICA

O Sistema de Gestão Ambiental corresponde a um conjunto interrelacionado de políticas, práticas e procedimentos organizacionais,

técnicos e administrativos, com o objetivo de obter melhor desempenho ambiental. Isso é alcançado com o uso de monitoramentos, controles e ações de redução dos impactos ambientais provocados pelas operações típicas do setor portuário. “Pelo sistema, teremos condições de coletar mais dados, e quanto mais dados coletarmos sobre os impactos da nossa atividade na baía de Paranaguá, melhor controle teremos e mais rápido poderemos responder e agir em caso de um acidente”, afirma o superintendente da Appa, Luiz Henrique Dividino. “Não basta a Licença de Operação, obtida em 2013, precisamos cuidar continuamente, seguir trabalhando de acordo com a legislação ambiental, como deve ser”, diz ele.

Com instalação de cabos, obra do viaduto estaiado entra em fase final

Aroldo Murá G. Haygert Contato com o jornalista: aroldo@cienciaefe.org.br

CURITIBANO ESCREVE NO BRASIL POST Esta é uma notícia importante para o mundo publicitário: O jornalista e publicitário João José Werzbitzki, o JJ, passa a escrever, a partir da semana, no Brasil Post, iniciativa do Grupo Abril em sociedade com o The Huffington Post (maior jornal online do planeta). O JJ vai escrever sobre Publicidade e Marketing, principalmente, uma ou duas vezes por semana. A propósito do JJ: seu livro Publicitar aparece entre os mais vendidos da Saraiva em todo o Brasil, segundo revelações da própria

propaganda e marketing, Publicitar, do JJ, aparece como a 14 mais vendida. O lançamento oficial da obra, em grande estilo, será em Curitiba, em março. Logo e data a serem ainda definidos.

João José Werzbitzki (JJ)

editora e livraria. Dos quase 700 títulos de obras sobre publicidade,

DE ROMA PARA O STUDIUM Padre Ricardo Hoepers, o mais novo brasileiro doutor em Teologia Moral e Bioética pela acatadíssima Accademia Alfonsina, de Roma, marcou para o próximo dia 2 sua volta a Curitiba. E já em março assume cátedra no Studium Theologicum de Curitiba, conhecido por ter formado pelo menos dois cardeais brasileiros em plena atividade: Dom Odilo Scherer, de São Paulo, e Dom João de Aviz, que atua no Vaticano.

Banca Examinadora da Accademia Alfonsina

Padre Ricardo defendendo tese na Alfonsiana

Auditório na defesa de tese do Padre Ricardo

ESTAGIÁRIOS DE URBAN Não apenas do chamado Primeiro Mundo, como dos Estados Unidos e Canadá, têm vindo cirurgiões para estagiar em Curitiba com o oncologista Cícero Urban. Dias atrás começou amplo programa de estágios com ele e equipe um cirurgião jordaniano. A projeção de Urban é ampliada, cada vez mais, como resultado das muitas conferências que o curitibano tem feito nos Estados Unidos, Europa e América Latina. Cícero é vice-presidente do Insti-

Cícero Urban

tuto Ciência e Fé de Curitiba (fundado em 1995) que, este ano, vai debater um tema instigante: experiências de Quase Morte (EQM).

MORREU MILTON CAVALCANTI

O viaduto faz parte das obras do corredor Aeroporto-Rodoferroviária, que estão sendo realizadas com recursos do PAC da Copa

A obra do viaduto estaiado de Curitiba entrou na fase final, com a colocação da torre e dos estais (cabos) de sustentação. Nos últimos dias foram erguidos dois dos 21 estais previstos na construção, que passa sobre a Avenida Comendador Franco (Avenida das Torres), no cruzamento com Rua Coronel Francisco H. dos Santos, no bairro Jardim das Américas. O viaduto faz parte das obras do corredor Aeroporto-Rodoferroviária, que estão sendo realizadas com recursos do PAC da Copa. Segundo o consórcio responsável pela construção do viaduto,

são necessários de dois a três dias para o erguimento de cada estal, estrutura que contém de 50 a 80 cabos embutidos, dependendo do seu comprimento. Em paralelo aos trabalhos na torre, nos próximos dias serão iniciadas a pavimentação das pistas do viaduto e das ciclovias e a construção das calçadas para pedestres. Os acessos de ambos os lados do viaduto foram concluídos e a obra já tem 82% dos trabalhos executados. A previsão de término é para o final de março. O viaduto estaiado tem 225 metros de extensão, com três pistas em cada sentido, além de ciclovias

e calçadas laterais para pedestres em ambos os lados. A estrutura é metálica, com laje de concreto pré-fabricado. O mastro tem 74 metros de altura, com 21 estais de sustentação. As demais obras do corredor Aeroporto-Rodoviária seguem sendo realizadas, com previsão de término para maio próximo. Os trabalhos de pavimentação de quatro trechos da via foram relicitados e iniciados neste mês. Também estão sendo realizadas a revitalização de calçadas, a implantação de ciclovias e pequenas correções na geometria do pavimento (acessos e retornos)

Balanço da Operação Verão mostra praias mais limpas e seguras A redução de 10% nos índices de roubo e de 34% nas ocorrências de perturbação do sono, a coleta e retirada de 250 toneladas de lixo das praias, índices históricos de qualidade da água, mais de 38.500 consultas e 30 mil exames médicos feitos nas unidades de saúde do Litoral, 15 atendimentos no centro de afogados. Estes são alguns destaques do primeiro balanço da Operação Verão 2013/2014, apresentado nesta quinta-feira (23) pelo governador Beto Richa, em Matinhos. Iniciada no dia 20 de dezembro de 2013, a Operação Verão reúne

uma série de ações do governo estadual nas áreas de segurança, saúde, meio ambiente, energia, saneamento e turismo para apoiar os municípios do Litoral e da Costa oeste e atender aos moradores e os veranistas durante toda a temporada. “A Operação Verão deste ano está sendo reconhecida por todos”, afirmou o governador Beto Richa. “Sou frequentador do Litoral do Paraná, converso com as pessoas e todas me dizem que percebem a mudança, com praias limpas, segurança, atendimento à saúde. Esses resultados são obtidos em uma temporada de muito movimento,

o que aumenta as demandas pelos serviços público”, disse Richa. O governador ressaltou que a atenção comprova o compromisso do governo com a região, que tem recebido investimentos são só durante a temporada, mas o ano inteiro. “O exemplo são os R$ 250 milhões em saneamento”, disse o governador. Os prefeitos de Guaratuba e de Matinhos consideram que esta é a melhor Operação Verão já realizada no Paraná. “É a melhor temporada no Litoral e a melhor Operação Verão da história, afirmou a prefeita de Guaratuba, Evani Justus.

Na semana, as notas de obituários de jornais registraram a morte de “Milton Cavalcanti, 88 anos, jornalista”. E só. O que não chega a surpreender, pois as novas gerações que atuam com papel decisivo na mídia poucas vezes têm interesse em ir a fundo em torno de quem, como no caso de Cavalcanti, foi importante para o país. Cavalcanti, um baiano que aportou em Curitiba no final dos 1950, teve papel capital no período que antecedeu ao movimento militar de 1964. Foi líder estudantil, do grupo de estudantes de engenharia (mas nunca se formou) da UFPR, de que fazia parte, por exemplo, Karlos Rischbieter. Vivaz, loquaz, inteligência fértil, Milton Cavalcanti tinha sido um homem de esquerda, mas com o pensamento aberto a examinar e aprofundar muitas linhas da Economia, sua paixão.

MORREU MILTON CAVALCANTI (2) Atuando em Curitiba em veí-

culos como Última Hora, ganhou também visibilidade nacional e por anos foi correspondente no PR da revista Visão, então a maior publicação brasileira de assuntos econômicos. Ao lado da imprensa, tornou-se técnico do ex-Banco de Desenvolvimento Econômico do Paraná, e depois foi, com Ney Braga, um dos assessores da diretoria geral de Itaipu. Cavalcanti notabilizou-se pela produção de análises sobre a economia e apolítica econômica paranaenses, em documentos que assinava ou atuava como ‘ghost writer’ para autoridades de primeiro escalão.

JANEIRO DE TORMENTOS Ontem, em contato com gabinete do prefeito Gustavo Fruet, ouvi de um de seus principais assessores, em tom eloqüente, esta expressão/desabafo: “Nunca imaginávamos que um janeiro poderia ser tão tumultuado como este que nos surpreende”. A Copa, claro, no epicentro da “crise”.

Bom Aluno repete bom desempenho Com um índice de aprovação de 93%, estudantes do Programa Bom Aluno se destacam nos vestibulares das universidades paranaenses. O resultado já era esperado, mas sempre surpreende. Dos 14 jovens vestibulandos assistidos pelo Programa Bom Aluno 13 foram aprovados; sendo que seis deles obtiveram os primeiros lugares nos cursos a que se habilitaram. Nos cursos de Engenharia da Universidade Federal do Paraná foram cinco os classificados. Cristian Teixeira dos Santos e Lucas Deda, por exemplo, passaram em Engenharia Mecânica na Federal, na PUCPR, na Positivo e na Tecnológica. Engenharia Civil, Química e Ambiental, por sinal, são as habilitações da Federal mais procuradas pelos estudantes. Administrado pelo Instituto Bom Aluno, o Programa é mantido por empresas e também pessoas físicas, e objetiva ajudar estudantes provenientes de famílias de baixa renda, matriculados em escolas públicas, a freqüentar escolas particulares, visando uma melhor qualidade de ensino. O Bom Aluno já beneficiou mais de mil jovens, que sem esse apoio, não teriam condições de cursar uma universidade. Maiores informações no site: www. bomaluno.com.br

Karlos Rischbieter

CLEMENTE JULIATTO EM NOVAS MISSÕES Não se imagine que o professor (e doutor) Clemente Ivo Juliatto, até recentemente reitor da PUCPR, vá simplesmente ficar em recesso. Vigoroso e produtivo intelectualmente, Juliatto, depois de 16 anos como reitor, está gozando de alguns dias de folga, “para colocar meu quarto e minhas coisas em dia”, diz. O que se sabe é que este ano já o aguarda uma missão importante, dada pela Congregação dos Irmão Maristas, à qual ele pertence: vai assessorar, em Nairóbi, Quênia, o encontro internacional da instituição. Isso em decorrência de sua ampla experiência como educador, acadêmico e poliglota (auxiliará nas traduções do evento, especialmente com vistas à elaboração de documentos).

Clemente Ivo Juliatto

Bons Alunos aprovados na UFPR


Negócios

Diário Indústria&Comércio

Curitiba, segunda-feira, 27 de janeiro de 2014 | Pág. A4

Empresas&Produtos Belsul expande operações em Curitiba A Belsul começa 2014 ampliando sua atuação no Paraná. Por conta do crescimento, a empresa de importação e distribuição de matérias primas, resolveu desmembrar a área de logística do setor comercial para que os dois departamentos possam se expandir. A equipe de vendas foi realocada para Curitiba e deverá aumentar em 25% o seu quadro de colaboradores até abril. Enquanto o centro de armazenamento - Centro de distribuição e logística ( BSlog – Belsul Logística) - nova empresa do grupo segue no município de Quatro Barras, na Região Metropolitana. Atualmente, o Paraná é o segundo maior mercado da Belsul no país, ficando apenas atrás de São Paulo. A empresa fechou 2013 com um faturamento de R$ 245 milhões.

Shopping Curitiba na volta às aulas O Shopping Curitiba separou diversas opções de materiais escolares e acessórios para a volta às aulas: estojos, cadernos e mochilas estão entre os mais procurados. Na Livrarias Curitiba sobram opções: a mochila com alça Angry Birds rosa (R$ 89,50), o estojo quadrado Simpsons (R$ 18,20) e o caderno universitário com 200 folhas (R$ 24,00) tem valores atrativos e qualidade de primeira, qualidades mais cobiçadas pelos pais. Na Tok&Stok, os acessórios variam: tem agenda permanente Turma da Mônica (R$45,50) para ajudar na organização dos afazeres, kit de acessórios de mesa (R$99,90) e até escrivaninha teen em madeira (R$ 475,00), ideal para estimular o estudo em casa.

Colônia de Férias do MON A segunda semana da Colônia de Férias do Museu Oscar Niemeyer (MON) ainda tem vagas. As inscrições podem ser feitas na bilheteria do MON, de terça a domingo, das 10h às 18 horas. As atividades têm início dia 28/01 e vão até dia 31/01 (terça a sexta), das 14h às 17 horas. O evento é direcionado para crianças de 06 a 11 anos e o valor da taxa diária é de R$ 40 por dia ou R$ 130 por semana. A capacidade máxima é de 60 crianças por dia. As atividades são diferenciadas todos dos dias, sendo que a temática desta sexta edição é a etnia, onde serão trabalhadas as culturas de países como a Espanha, Japão e Ucrânia no contexto das exposições em cartaz do MON. Apresentações de grupos folclóricos, oficinas de arte, visitas às exposições e apresentações de teatro estão na lista de atividades, além de lanche fornecido pelo museu. A coordenadora da Ação Educativa do MON, Rosemeri Franceschi, reforça que as atividades são elaboradas para que as crianças desenvolvam a parte lúdica e o gosto pela arte. “As crianças aprendem brincando, esta é a melhor forma de aproximação com a arte”, afirma. A programação pode ser acessada no link: http://www.museuoscarniemeyer.org.br/ noticias/2014/01/22/mon_coloniadeferias_programacao

Lupo lança cuecas da sorte A Lupo inovou mais uma vez e lançou as cuecas da sorte. O lançamento foi realizado na Fenim – Feira Nacional da Indústria da Moda– que acontece anualmente m Gramado, no rio Grande do Sul e que este ano ocorreu de 21 a 24 de janeiro. Batizadas pela Lupo como Cuecas da Sorte, todos os produtos da linha de cuecas 2014 da Lupo levará na parte interna os ícones da sorte: um trevo de quatro folhas e uma ferradura. Quem vai divulgar as cuecas da sorte é o jogador Neymar, garoto propaganda da Lupo, que estrela a capa do novo catálogo de cuecas da marca. Entre todas as Cuecas da sorte Lupo alguns modelos estão sendo lançados na linha sem costura. São três modelos boxer e um sunga, todos, sem costura, em microfibra de poliamida com elastano, que garante elasticidade ao produto e total conforto. Ideais para a prática esportiva e para o clima tropical, o tecido destas cuecas é areado permitindo não só uma melhor respiração da pele como também o transporte do suor para fora, mantendo a cueca sempre seca. A cintura é feita com elastano soft, que garante sustentação sem apertar. O detalhe mais sofisticado do design fica por conta das riscas em marca d’água que todas levam no corpo da cueca. Um dos modelos boxer tem as cores da bandeira brasileira – amarelo, azul e branco, com detalhes em verde, na cintura tem o número 10 na parte de trás. O segundo modelo boxer também tem as cores– branco, amarelo e azul, mas acrescida do básico preto. A diferença em relação ao modelo anterior é o elástico na cintura, com desenhos estilizados. E para os que preferem outras cores além do verde e amarelo, a Lupo também lançou a cueca da sorte nos modelos boxer e na sunga que tem as opções vermelho, preto, branco e azul náutico. O detalhe destes modelos também é o elástico na cintura, com grafismos estilizados.

Volta às aulas com tablet da TIM A TIM preparou uma oferta especial para a volta às aulas, principalmente para quem quer ter um tablet como ferramenta de apoio. Neste período de volta às aulas a operadora oferece o Alcatel Evo 7 a partir de R$ 399,00, conforme o plano de internet adquirido pelo cliente. O Alcatel Evo 7 é o tablet 3G mais barato do mercado e dispõe de processador de 1.0 GHZ, display de 7.0” e sistema Android 4.0, além de acesso wi-fi, bluetooth, internet, MP3Player, e-mail e GPS, sendo uma boa opção para a família toda que gosta de reforçar o conteúdo da escola com pesquisas e atividades via internet. A TIM oferece planos de internet como o Liberty Web Light Express por R$ 35,00 por mês, diretamente no cartão de crédito.

VENDAS

Natal do Shopping São José supera a média nacional Crescimento de vendas foi de 10,46% em relação ao período no ano passado

O

Shopping São José comemora o resultado das vendas realizadas no estabelecimento no último Natal. Em dezembro, o Shopping apresentou crescimento de vendas de 10,46%, ou seja, mais que o dobro do crescimento da média nacional, que foi de 5%, segundo a Associação Brasileira de Lojistas de Shoppings (Alshop). No resultado acumulado do ano de 2013 a alta foi de 12,31%, enquanto a média revelada pela Alshop foi de 8%. Analisando o Same Store Sale (SSS), ou seja, apenas as lojas que estão a mais de um ano no Shopping o crescimento foi de 9,4%. No acumulado do ano o SSS foi de 11,11%. A gerente de Marketing do São José, Talita Dallmann, parabeniza todos os lojistas, vendedores e colaboradores do Shopping que contribuíram para este desempenho. “Sabemos que 2013 foi

O Shopping apresentou crescimento de vendas de 10,46%, mais que o dobro da média nacional, que foi de 5%

um ano desafiador para o varejo, mas conseguimos surpreender e estar acima das expectativas. Em

2014, contamos novamente com a colaboração de todos e desejamos muito sucesso”, afirma.

ALL realiza a contratação de mais de 200 novos funcionários Após as inscrições de mais de 26 mil candidatos ao Programa de Trainee e Programa de Engenheiros, a ALL inicia as contratações dos jovens que agregarão conhecimento ao time da companhia. Nos dias 8 e 15 de janeiro, respectivamente, os selecionados iniciaram as formações nos programas nas unidades da empresa. Considerado um dos mais tradicionais e bem estruturados programas do país, com 16 anos de existência, o programa Trainee ALL atrai jovens talentos ao oferecer aprendizado de forma estruturada, oportunidade de rápida ascensão na carreira com foco na formação de lideranças.

“O novo time chega para reforçar o espírito jovem e inovador da companhia. Anualmente trazemos esses jovens talentos que, assim como a companhia, tem muito a crescer e se desenvolver, em uma empresa que dá oportunidades e que muito impacta na infraestrutura e na malha ferroviária do país”, afirma a superintendente de gente da ALL, Melissa Loqueta. Já o Programa de Engenheiros, criado em 2005 para suprir a falta de cursos específicos para o setor de ferrovia, oferece a oportunidade de realizar a Pós-Graduação em Engenharia Ferroviária, oferecido pela UNIALL - Universidade Corporativa da ALL em parceria

com uma instituição de ensino, reconhecida pelo MEC. Durantes os três primeiros meses do programa os engenheiros permanecem em Curitiba, nas instalações da universidade corporativa em curso e depois são posicionados em uma das 12 unidades de produção onde a ALL atua nos estados RS, SC, PR, SP, MS ou MT. Além de jovens vindos do mercado, a ALL estima os colaboradores da empresa praticando um dos principais valores da empresa que é a meritocracia. Desta forma, no início de 2014 a empresa formará mais de 170 novos maquinistas a partir de operadores que já trabalham nos pátios da companhia.

Profissionais qualificados são cada vez mais raros no mercado Uma pesquisa realizada, em 2013, pela Fundação Dom Cabral mostra que 91% das companhias têm dificuldade na contratação de profissionais qualificados. A maioria das entrevistadas reclamou da escassez de profissionais capacitados para funções específicas, falta de visão global dos candidatos e deficiência na formação básica. A criação de cargos cada vez mais específicos, o uso de equipamentos ultramodernos e a globalização dos negócios intensificaram o problema de mão de obra nas empresas. Hoje, independente da área de atuação profissional as companhias buscam constantemente profissionais capacitados e com formação específica.

“Não existe mais espaço para amadorismo em nenhum segmento profissional”, afirma Cássia Almeida, Superintendente Executiva da Facop, Fundação paranaense sem fins lucrativos que capacita, gratuitamente, mais de cinco mil pessoas anualmente. Segundo ela, o mercado está cada vez mais exigente e competitivo e a necessidade de especialização e reciclagem é constante. Com o avanço da tecnologia, hoje, não basta ter conhecimento apenas na área de atuação profissional, é necessário também ter o domínio de outras ferramentas, em especial daquelas que são necessárias para a realização das atividades diárias. Nos últimos anos,

o mercado de trabalho brasileiro cresceu e se sofisticou. Mesmo em atividades que não exigiam muito estudo, agora é preciso saber usar no mínimo um computador, por exemplo. Segundo o presidente da Higi Serv, um dos maiores grupos empresariais de terceirização de serviços do asseio e conservação do Paraná, Adonai Arruda, é necessário elevar o padrão de qualificação profissional. “O mercado vem crescendo gradualmente e exigindo profissionais cada vez mais instruídos. Hoje, não basta mais apenas ter conhecimento na atividade que desenvolve, o mercado exige conhecimentos cada vez mais amplos”, afirma.

O Shopping São José fica na Rua Izabel A Redentora, 1434, Centro - São José dos Pinhais.

Sawary Jeans participou da Fenim Gramado A marca mais querida e lembrada entre o público brasileiro quando o assunto é jeans, a Sawary, participou da Fenim 2014, que aconteceu entre os dias 21 a 24 de janeiro de 2014, no Serra Park, em Gramado, RS. Nessa temporada a marca está trazendo na coleção feminina uma nova exclusividade: a calça “Valoriza Quadril”, que aumenta as curvas do quadril de forma harmoniosa, dando mais “corpo” à silhueta. Outra novidade é a Linha Fitness com mais de 45 modelos, entre tops, camisetas, shorts, bermudas, saias-shorts e calças compridas. Todas elas com estampas exclusivas e tecidos tecnológicos. Além disso, a grife apresentou jeans com várias lavagens, escuras e com rasgos localizados. Entre as peças femininas o destaque é para as calças flaire enquanto nas masculinas o tom maior é dado pelas camisas jeans e em tecidos xadrez. No infantojuvenil as calças e jaquetas, saias e bermudas estão em evidência. Os acessórios como cintos, bolsas, carteiras e meias também vêm em novos modelos. “A participação nessa feira é muito importante, uma vez que ampliamos ainda mais nossa carteira de clientes e, ao mesmo tempo, reforçamos nosso lado institucional”, diz Laís Lettieri Ranzi, Gerente de Marketing e Eventos da empresa.

Parceria com contador é fundamental para crescimento sustentável de empresas O contador possui um papel fundamental nas empresas. É através de suas orientações que o empresário consegue se programar para fazer futuros investimentos, aquisições de bens e admissões de empregados. Porém, o bom desempenho do contador não depende somente de seus conhecimentos técnicos e tributários, mas do relacionamento com a empresa que o contrata. Fabio Barretta, diretor geral da Coan Contabilidade, escritório que atua há 33 anos atendendo empresas de pequeno, médio e grande porte, explica que a parceria ideal ocorre quando o empresário passa a enxergar o contador como mais

um colaborador do quadro de funcionários, requisitando reuniões e solicitando apoio sempre que necessário. “Porém, vale lembrar que o contador deve estar munido de toda informação que envolve a atividade. Com isto, é possível produzir relatórios mais precisos e claros que irão servir como base para momentos em que será preciso tomar decisões estratégicas”, explica. Por intermédio da contabilidade, o empresário terá mais controle de todos os departamentos de sua empresa. “Tanto do ponto de vista de lucro ou prejuízo, como do entendimento de pagar mais ou menos impostos

e também saber o impacto das despesas em cada área. Por isso, o contador também pode ajudar no dia a dia da empresa, prestando consultoria na área de faturamento, financeiro e trabalhista”, destaca Barretta. O relacionamento da empresa com o contador, ou com o profissional prestador de serviço, deve ter como base a confiança. “O empresário não pode ter receio de passar informação. Deve abrir as portas e ajudar para que esse profissional possa trabalhar da melhor forma possível. Assim, ele pode orientar de forma mais eficaz em diversas situações, por exemplo, como pagar menos impostos,

prevenção de futuras ações trabalhista, maximização de lucros, e controle de gasto também”, alerta o especialista. Outro ponto que deve ser levado em consideração é o papel do contador no planejamento tributário. “Trata-se de um dos principais motivos de uma empresa falir no Brasil, graças à alta carga tributária. Geralmente, em boa parte dos casos, quando chega a este ponto significa que essas instituições não tinham uma orientação ou uma assessoria de um bom contador , muitas vezes por que o próprio empresário não sabia como cobrar e incluir o contador no dia a dia da empresa”, conclui Fabio.


economia

Diário Indústria&Comércio

Curitiba, segunda-feira, 27 de janeiro de 2014 | Pág. A5

cofres públicos

joca.sev@hotmail.com

Déficit em contas externas é recorde e soma R$ 81,3 bi Resultado é o maior da série histórica do Banco Central (BC), iniciada em 1947 O saldo negativo das transações correntes (compras e as vendas de mercadorias e serviços do país com o resto do mundo) de US$ 81,374 bilhões em 2013 é o maior da série histórica do Banco Central (BC), iniciada em 1947. Em relação a tudo o que o país produz – Produto Interno Bruto (PIB), esse déficit correspondeu a 3,66%, o pior resultado desde 2001 (4,19%). Segundo o chefe adjunto do Departamento Econômico do BC, Fernando Rocha o resultado das

transações foi influenciado pela redução no saldo da balança comercial (exportações menos importações). Em 2013, o superávit comercial ficou em US$ 2,558 bilhões, saldo bem menor do que o de 2012 (US$ 19,395 bilhões). Rocha também citou o aumento das despesas de brasileiros em viagens internacionais, que chegaram ao recorde de US$ 25,342 bilhões, em 2013. Para Rocha, o aumento da renda dos brasileiros contribui para o crescimento das

Gastos em viagens ao exterior chegaram a US$ 25,342 bi

Produção industrial tem maior queda para dezembro desde 2010

Os gastos de brasileiros em viagens ao exterior chegaram ao recorde de US$ 25,342 bilhões em 2013, de acordo com dados do Banco Central, divulgados na sextafeira (24/01). Em 2012, os gastos com viagens internacionais ficaram em US$ 22,233 bilhões. Somente em dezembro, essas despesas totalizaram US$ 2,217 bilhões, contra US$ 1,989 bilhão no mesmo mês do ano passado. As receitas de estrangeiros em viagem ao Brasil chegaram a US$ 579 milhões em dezembro e a US$ 6,710 bilhões em todo o ano passado, contra US$ 562 milhões e US$ 6,645 bilhões em iguais períodos de 2012, respectivamente. Com esses resultados, a conta de viagens internacionais fechou o ano com déficit de US$ 18,632 bilhões, contra US$ 15,588 bilhões em 2012. Em dezembro, o saldo negativo ficou em US$ 1,638 bilhão. A projeção do BC para 2013 era um déficit em viagens internacionais de US$ 18,6 bilhões. Para 2014, a estimativa é US$ 19 bilhões.

Autuações da Receita atingem R$ 190,2 bi

Incentivada por ações de planejamento que concentram a fiscalização em grandes empresas, a Receita Federal bateu recorde nas autuações em 2013. Segundo dados divulgados na sexta-feira (24/01) pelo órgão, as autuações somaram R$ 190,2 bilhões no ano passado, crescimento de 63,5% em relação aos R$ 116,3 bilhões registrados em 2012. De acordo com o Fisco, o valor foi resultado de 20,4 mil procedimentos de auditorias externas e de 308,6 mil revisões de declarações de pessoas físicas, jurídicas e de proprietários rurais nas quais foram identificadas irregularidades. O número de auditorias externas subiu 13,5%, e o total de declarações revisadas aumentou 9,5% no ano passado. Para o coordenador-geral de Fiscalização da Receita, Iágaro Jung Martins, a concentração da fiscalização de grandes contribuintes, em vigor desde 2010, foi o principal fator que contribuiu para o aumento nas autuações. “O grande responsável foi a qualidade da seleção dos contribuintes a serem fiscalizados antes de iniciarmos a auditoria. Isso resulta numa fiscalização mais efetiva e num volume maior de autuações”, disse. O maior volume de autuações no ano passado concentrou-se na indústria, cujo crédito tributário atingiu R$ 74,4 bilhões. O maior crescimento, no entanto, foi registrado entre os bancos, cujas autuações somaram R$ 42,1 bilhões, com alta de 167,5% em relação ao valor registrado em 2012. A mudança na estratégia do Fisco, ressaltou Martins, resultou no índice de 91,14% de fiscalizações encerradas com resultado em 2013, contra 89,53% em 2012.

despesas em viagens no exterior, mesmo com a alta do dólar. Os gastos de empresas com aluguel de equipamentos também contribuíram para o aumento do déficit em transações correntes. Esses gastos somaram US$ 19,060 bilhões, no ano passado. Rocha citou que esse gasto está “vinculado ao crescimento dos investimentos na economia brasileira”. Neste ano, Rocha disse que o déficit em transações correntes

deve ser menor. Segundo ele, isso será possível devido ao maior crescimento da economia global, o que leva ao aumento da demanda por produtos brasileiros. Além disso, com o dólar em alta, o resultado das exportações ficou maior. E com o aumento das exportações, há redução no déficit em transações correntes. A projeção do BC para o déficit em transações correntes em 2014 é US$ 78 bilhões, o que deve corresponder a 3,53% do PIB.

JoaquimSeverino AGUA INFILTRADA E AGUA DE ENXURRADA

Em termos de manejo de recursos naturais renováveis, nenhum indicador é mais revelador do seu grau de eficácia que a qualidade e quantidade de água nos fundos de vales que é para onde ela converge. Água limpa, saudável e farta é sinal de manejo adequado de solo, água, floresta, lavouras e criações, plantas e animais, enfim, da boa gestão humana. As águas que se acumulam nos reservatórios, sejam para que fim for, são águas convergentes de bacias hidrográficas, desde as menores de um só córrego até as gigantescas como a do rio Paraná, por exemplo. Até acumularem-se, portanto, podem percorrer longas distâncias e, nesses trajetos, vai se juntando de tudo. A expressão “pau de enchente” retrata bem o quadro das curvas dos rios, entulhadas de tudo que ali não devia estar. Embora se queira fazer crer que a melhor água para quem nela vivem especialmente os peixes, seja a cristalina, a verdade é que como ativo meio de vida há que transportar em seu bojo os ingredientes indispensáveis da cadeia. Ou seja, o que para muitos possa parecer sujeira ou impureza, para os viventes aquáticos pode representar elos importantes do ciclo. É como dizem os “pirangueiros”, nada como uma enxurradinha de chuva para a pesca do bagre na água barrenta e suja. Independentemente dos múltiplos usos a que a água se destine é fundamental que ela seja saudável, e é inadmissível que a água para o consumo humano, especialmente para a dessedentação, assim não seja. Só que infelizmente o quadro reinante indica para o descaso em inúmeros municípios brasileiros. Quando as autoridades municipais, primeiro nível de administração de adensamentos, pouco importam com o tema, fica evidente o grau de consciência. É claro que se essa água percorresse caminhos adequados, livres do assoreamento das erosões e das cargas agroquímicas, elas se acumulariam livres de muitos males. Seriam águas infiltradas e não águas resultantes de descarga de enxurradas. No primeiro caso seriam águas que encontrando solos com superfície adequadamente manejados, nele se infiltrariam e através dele se filtrariam. Sempre se está cobrando dos produtores rurais o adequado manejo dos recursos naturais, quase sempre se lhes está imputando como algozes do meio ambiente. É bem verdade que terão que fazer sua parte e muitos já estão fazendo, mas é inadmissível que autoridades com a responsabilidade de administrar água para a população, seja em que nível for, não dediquem o melhor dos esforços para assegurar que seus reservatórios contenham a melhor água possível.

O maior problema foi registrado nas grandes empresas, onde o índice chegou a 38,3 pontos

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) informou na sextafeira (24/01) que o setor industrial registrou em dezembro passado a maior queda de produção mensal desde 2010, para meses de dezembro. Os números estão no informativo Sondagem Industrial, divulgada na manhã de sexta, e indicam que o índice caiu para 40,2 pontos. “É o menor da série história que começou em 2010. Esse índice, mais distante, mostra que a comparação mensal foi a mais intensa (atingiu um número maior de empresas) da série. É comum essa queda em dezembro, mas foi mais intensa”, disse Marcelo Azevedo, economista da CNI. O maior problema foi registrado nas grandes empresas, onde o índice chegou a 38,3 pontos. Os indicadores variam de 0 a 100 e abaixo de 50 indicam queda na produção e no número de empregados. A CNI informou ainda que as empresas de grande porte foram as que mais demitiram. O índice de evolução do número de empregados caiu para 46,4 pontos no mês passado, acima dos 45,9 pontos registrados

nas grandes indústrias. A CNI indica também que, com uma produção menor, houve um recuo na capacidade instalada em relação ao usual. O indicador caiu para 41,7 pontos em dezembro. Como ficou abaixo de 50 pontos, mostra que esteve abaixo do usual para o mês. Além disso, conforme critérios da CNI, quanto mais distante do referencial de 50 pontos, maior o desaquecimento da economia. A média de utilização da capacidade instalada (UCI) da indústria recuou 4 pontos percentuais entre novembro e dezembro, para 70%. Nas grandes empresas, porém, a queda alcançou 5 pontos percentuais. A variação é maior do que os 2 pontos percentuais das pequenas empresas e dos 4 pontos percentuais das médias empresas. “A boa notícia é que os estoques continuam ajustados em níveis aceitáveis. Em dezembro, logicamente, tivemos uma queda nos estoque, mas uma variação esperada, porque a indústria se prepara para atender à demanda do período”, disse Azevedo.

A CNI continua a reclamar do alto custo de insumos e matériasprimas, mas também insiste na alta carga tributária. Esses fatores teriam influenciado na queda da produção industrial, na análise da entidade, que detectou uma retração no setor. “Isso é um sinal de alerta, porque as grandes indústria compram das médias e pequenas empresas. Essa retração pode criar um efeito, repassando para as demais indústrias esse mau desempenho, o que vai dificultar, certamente, a recuperação do setor no primeiro trimestre”, avalia Renato Fonseca, gerente executivo de Pesquisa e Competitividade da CNI. Segundo ele, desde 2000, a principal reclamação da indústria é a elevada tributação, mas, agora, existe a questão da matéria-prima também. Renato Fonseca destaca que a indústria tem problemas de demanda e de competição com produtos importados. “O principal problema da indústria continua sendo o de custos. Isso vem gerando um problema na lucratividade e de investimento, principalmente”, enfatizou.

Uma olhada nas margens dos reservatórios pode bem dar a mostra da seriedade com que o tema é tratado. O novo indicador que está vindo à tona refere-se ao índice “água filtrada versus água de enxurrada”. Joaquim Severino – Diretor Presidente da empresa Agrária Engenharia e Consultoria S/A e Professor de Política Agrícola da Universidade Federal do Paraná (1973/2010) - escreve nesta coluna desde 1992.

Dilma defende potencial de economias emergentes ao falar no fórum de Davos

Elza Fiúza/ABr

Confiança do Consumidor recua 2,1% em janeiro, diz FGV

“Estamos falando dos países com as maiores oportunidades de investimentos e de ampliação do consumo”, destacou a presidente

O Índice de Confiança do Consumidor, da Fundação Getulio Vargas, caiu 2,1% entre dezembro de 2013 e janeiro de 2014. O indicador atingiu o patamar de 108,9 pontos, o mais baixo desde junho de 2009 (108,7 pontos), e manteve-se abaixo da média histórica de 115,9 pontos, pelo décimo primeiro mês. A confiança dos consumidores caiu tanto em relação ao futuro quanto em relação ao momento presente. O Índice de Expectativas recuou 2,6%, principalmente devido ao menor otimismo em relação à recuperação da economia nos próximos meses. A parcela de consumidores que projeta melhora da economia no futuro caiu de 26,6% para 26,5%, enquanto a dos que preveem piora aumentou de 20% para 23,1%. O Índice da Situação Atual recuou 2,1%, principalmente devido à avaliação dos consumidores em relação à situação geral da economia. A proporção de consumidores que avalia a situação como boa diminuiu de 15,6% para 14,2%, enquanto a dos que a julgam ruim subiram de 33,8% para 35,7%.

Na estreia da presidenta Dilma Rousseff na reunião anual do Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça, a dirigente enfatizou a empresários e chefes de Estado que participam do encontro que as economias emergentes, como o Brasil, são fundamentais na recuperação da economia global. Ela ressaltou que é apressada a tese de que esses países vão perder dinamismo com o fim da crise financeira mundial. “Estamos falando dos países com as maiores oportunidades de investimentos e de ampliação do consumo. Somos países que demandam infraestrutura logística diversificada, infraestrutura social, urbana, energia, petróleo, gás, minérios, investimentos industriais e agrícolas. Somos sociedades em processo de forte mobilidade social, nas quais se constituem novos e dinâmicos mercados, mercados internos integrados por centenas de milhões e em alguns casos, por bilhões de consumidores”, afirmou.

A confiança dos consumidores caiu tanto em relação ao futuro quanto em relação ao momento presente

Ao falar especificamente do caso brasileiro, Dilma destacou que o país vem experimentando profunda transformação social nos últimos ano, tendo se tornado, por meio de um processo acelerado de ascensão social, em um país predominantemente de classe média. A presidenta ressaltou que, a partir de 2003, mais de 36 milhões de homens e mulheres foram tirados da situação de extrema pobreza. Além disso, a renda per capita média da população cresceu 78%. “Criamos (no Brasil) um grande mercado interno de consumo de massa. Somos hoje um dos maiores mercados para automóveis, computadores, celulares, fármacos e cosméticos, mas apenas 47% dos domicílios têm computador, apenas 55% dos domicílios possuem máquina de lavar roupa automática, 17% têm freezeres e 8% TV plana, evidenciando o tamanho da demanda ainda a ser atendida e as oportunidades de negócio a ela associadas”, disse.


Diário Indústria&Comércio

Publicidade Legal Curitiba, segunda-feira, 27 de janeiro de 2014 | Pág. A7

SÚMULA DO PEDIDO DE RENOVAÇÃO DA LICENÇA DE OPERAÇÃO Quimagraf Indústria e Comércio de Material Gráfico Ltda torna público que requereu à Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Curitiba - SMMA a Renovação da Licença de Operação, para fabricação de produtos químicos orgânicos situada à Rua Professor José Maurício Higgins, 644\656, bairro Boqueirão, município de Curitiba-PR. 3º OFÍCIO DE REGISTRO CIVIL E 15º TABELIONATO DE PESSOAS NATURAIS Município e Comarca de CURITIBA, Estado PARANÁ Bel. Mônica Maria Guimarães de Macedo Dalla Vecchia Registradora Designada

  Faço saber que pretendem se casar:   01- ISMAEL GUSTAVO PANELLI FERREIRA ZANARDINI e THATIANE BOTTO DE BARROS.   Se alguém souber de algum impedimento, oponha-o na forma da lei no prazo de 15 (quinze) dias. CURITIba, 24 DE JANEIRO de 2014 Á PREFEITURA MUNICIPAL DE COLOMBO SETOR DE FISCALIZAÇÃO DECLARAÇÃO DE EXTRAVIO DE BLOCOS DE NOTAS FISCAIS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS SEBASTIÃO JOSÉ BARBOSA,sócio-proprietário da empresa SJB ASSESSORIA CONTÁBIL LTDA, situada à Rua Abel Scuissiato, nº. 1.043, Vila Yara, com inscrição no CMC sob código nº. 23601 e CNPJ sob nº. 09.144.523/0001-86, no sentido de regularizar a situação da empresa perante o órgão Fazendário Municipal de Colombo, vem através do presente, declarar o extravio das notas fiscais de prestação de serviços Série “F”, (em branco ou preenchidos). Declaro ainda, que se por ventura surgir qualquer uma das notas fiscais de prestação de serviços acima citadas, a empresa se responsabilizará pelo imposto devido das mesmas.O presente é a expressão da verdade. Colombo, 24 de Janeiro de 2014. SEBASTIÃO JOSÉ BARBOSA CPF: 359.604.189-91 EDITAL DE INTIMAÇÃO COM PRAZO DE 15 DIAS ANA CHRISTINA FREITAS QUEIROZ BRANDÃO, Escrevente Substituta do Registro de Imóveis desta Comarca de Fazenda Rio Grande, no uso de suas atribuições, etc... FAZ SABER a ALESSANDRA MARIA DA SILVA do lar, portadora da Cl n° 3.514.194-SSP-SC e do CPF/ MF n° 016.330.199-93, casada com LUIZ CARLOS DA SILVA pelo regime de comunhão parcial de bens na vigência da lei 6.515/77 em 22/04/2000, metalúrgico, portador da CI n° 5.669.485-4-SSP-PR e do CPF/ MF n° 856.942.749-20, ambos brasileiros, residentes e domiciliados na Rua São Romão, n° 173 no Bairro Santa Terezinha, nesta Cidade de Fazenda Rio Grande/PR, fica pelo presente Edital, INTIMADOS para fins de pagamento de encargos, posicionado em 13/11/2013 correspondente a R$ 2.995,13 (dois mil novecentos e noventa e cinco reais e treze centavos) sujeito a atualização monetária, aos juros de mora até a data do efetivo pagamento e as despesas de cobrança, somando-se também, os encargos que se vencerem neste período, decorrentes do Contrato de financiamento imobiliário n° 2013062339, garantido por Alienação Fiduciária, firmado em 12/06/2013 e registrado sob o n° R-5, na matrícula n°20.629 desta Serventia, CASA 64, integrante do CONDOMÍNIO RESIDENCIAL PANTHEON, situado nesta Cidade de Fazenda Rio Grande, da Comarca da Região Metropolitana de Curitiba - Foro Regional de Fazenda Rio Grande/PR, com a área total construída de 64,00 metros quadrados que figura como credora fiduciária a Caixa Econômica Federal-CEF. Assim tendo expirado o prazo de carência, convencionado ao contrato, para o procedimento de cobrança, fica INTIMADO V.S. para que se dirija a este Serviço de Registro de Imóveis, desta Comarca, a meu cargo, situado a Rua César Carelli, n° 90, sala 503 - Pioneiros na cidade de Fazenda Rio Grande-PR, no horário das 08h30min as 11hOOmin e das 13h00min as 17h00min, onde deverá efetuar a purga do débito acima discriminado no prazo improrrogável de 15 (quinze) dias, contados da data da terceira e última publicação deste Edital. Fica ainda, CIENTIFICADO V. S. de que o não cumprimento da referida obrigação no prazo estipulado, garante o direito de consolidação da propriedade do imóvel em favor da credora fiduciária, Caixa Econômica Federal-CEF, nos termos do artigo 26, parágrafo 7o, da Lei 9.514, de 20.11.1997. Fazenda Rio Grande, 22 de novembro de 2013 - ANA CHRISTINA FREITAS QUEIROZ BRANDÃO - Escrevente Substituta do Registro Imobiliário.

3 MARIAS CLUBE DE CAMPO ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA EDITAL DE CONVOCAÇÃO MAURICIO TEBET, Presidente do Conselho Deliberativo, no uso de suas atribuições e de conformidade com as disposições estatutárias, vem convocar os associados quites com a tesouraria do Clube, para a ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA, à ser realizada no dia 11 de fevereiro de de 2.014, às 19:00 horas, em primeira convocação e às 20:00 em segunda convocação, na sede social do Clube, localizada Na Av. 3 Marias, 274, nesta capital, para tratar da seguinte ordem do dia: - Alienação do imóvel nº 3-B-2, com área de 873 m2., localizado à Rua Antonio Escorsin, nesta cidade; - Alienação do imóvel nº 3-B-1, com área de 1.035,00 m2., localizado à Rua Antônio Escorsin, nesta cidade. Curitiba-Pr., 21 de janeiro de 2014. MAURICIO TEBET Presidente Conselho Deliberativo

BATTISTELLA ADMINISTRAÇÃO E PARTICIPAÇÕES S.A. Companhia Aberta - CVM nº 01545-8 CNPJ nº 42.331.462/0001-31 - NIRE 4130001526-1

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DA 32ª ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA

A Battistella Administração e Participações S.A. (“Companhia”), comunica aos seus acionistas e ao mercado em geral que fica cancelada a Assembleia Geral Extraordinária marcada para o próximo dia 31 de Janeiro de 2014, para às 10h00, em virtude de falha na publicação do edital de convocação junto ao Diário Oficial do Estado do Paraná. Via de consequência, ficam os senhores acionistas da Battistella Administração e Participações S.A. (“Companhia”), nos termos do artigo 10º, §2º do Estatuto Social da Companhia, convocados a se reunirem em Assembleia Geral Extraordinária (“AGE”), a ser realizada no dia 11 de Fevereiro de 2014, às 10:00h (dez horas), na Alameda Bom Pastor, 3.700, Lote A, sala 06, Bairro Barro Preto, São José dos Pinhais, Paraná, para deliberar sobre a seguinte ordem do dia: i. Examinar, discutir e aprovar retirada da relação de filiais e suas respectivas atividades do Estatuto da Companhia, com consequente alteração do seu artigo 2º, que passam a constar em Ata de Reunião de Diretoria; ii. Examinar, discutir e aprovar a inclusão da atividade de “correspondente bancário” ao objeto social da Companhia, com conseqüente alteração do artigo 3º, iii, do Estatuto; iii. Examinar, discutir e aprovar a exclusão da divisão da Companhia em segmentos específicos, bem como a composição da Diretoria; com consequente alteração do artigo 13; iv. Examinar, discutir e aprovar a reestruturação e organização dos artigos do Estatuto, para assegurar clareza e objetividade ao Estatuto; v. Aprovar a consolidação do Estatuto Social. Esclarecimentos: Os senhores acionistas interessados em se fazer representar na AGE mediante procuração, poderão indicar um representante para tal fim, cujo mandato tenha sido constituído há menos de um ano, seja acionista, administrador da Companhia, advogado ou instituição financeira, devendo a qualidade de representante ser comprovada mediante a apresentação da respectiva procuração com poderes especiais para representação na AGE. As procurações deverão ser apresentadas na sede da Companhia em até 2 (dois) dias úteis de antecedência da AGE. As procurações apresentadas e documentos correlatos apresentados ficarão arquivados na sede social da Companhia. Somente poderão tomar parte na AGE os senhores acionistas cujas ações estejam registradas no livro de registro competente ou mediante extrato fornecido pela instituição financeira depositária das ações da Companhia (Banco Bradesco S.A.) - em evidência da respectiva titularidade das ações da Companhia - até 05 (cinco) dias antes da realização da AGE. Os documentos e propostas relativos aos itens da ordem do dia estão à disposição dos senhores acionistas na sede social da Companhia, na página de Relações com Investidores da Companhia (http://www.battistella.com.br) e na página da CVM (http://www.cvm.gov.br). São José dos Pinhais, 27 de Janeiro de 2014. Ernesto Heinzelmann Presidente do Conselho de Administração

Empresas&Produtos O Presidente da Associação Profissional dos Geólogos do Paraná - AGEPAR, no uso das atribuições que lhe confere o Estatuto, convoca os associados para Assembleia Geral Ordinária a ser realizada no Instituto de Engenharia do Paraná – IEP, sito a Rua Emiliano Perneta nº 174, Centro, Curitiba – Pr, no dia 06 de fevereiro de 2014, com primeira convocação às 18 horas e segunda convocação às 19 horas, para deliberar sobre a seguinte pauta: 1) Dar continuidade ao Processo Eleitoral, para eleição de nova diretoria (inconcluso, conforme registrado na Ata da AGO anterior); 2) Principais ações de 2013, prestação de contas e definição da anuidade para 2014; 3) Assuntos Gerais. Geólogo ANTONIO MANUEL DE ALMEIDA REBELO PRESIDENTE AGEPAR 2º Serviço de Registro Civil e 14º Tabelionato de Notas Otávio Augusto de Albuquerque Rauen Oficial Rua Presidente Faria, 421, loja 02, Centro - Curitiba/PR TEL/FAX: 41-3222-0933/3233-5451- cartoriorauen@terra.com.br EDITAL DE PROCLAMAS ===================== Cartório do 2º Serviço de Registro Civil e 14º Tabelionato da Comarca de Curitiba - PR Faz saber que pretendem casar-se neste Cartório os contraentes: 1 - JAMES BILL DANTAS com CAMILA LETICIA LEINER - autos nº 12/2014; 2 - ADALBERTO GOLEMBIEWSKI com ADRIANA CALDAS - autos nº 13/2014; 3 - JAIRO PAULO CISZ com PAULO CESAR MACHADO - autos nº 14/2014; 4 - MAICON PRUDENCIO com JOCÉLIA ABIGAIL REIS DE OLIVEIRA - autos nº 15/2014; 5 - LEONARDO ZAGO DEQUECH com ISIS WENDPAP CECCATTO - autos nº 16/2014; 6 - DANIEL ADRIANO SOBERAY com GISELI CHOINATZKI - autos nº 17/2014; 7 - RODRIGO OTAVIO KOST com ROSALY BUSTELO SAAB - autos nº 38.330 (4º Serviço de Registro Civil e 16º Tabelionato de Notas, Curitiba, PR); Caso alguém saiba de algum impedimento, oponha-o, na forma da lei no prazo de 15 (quinze) dias a contar deste Edital. Curitiba, 24 de Janeiro de 2014 Otávio Augusto de Albuquerque Rauen Oficial COMPANHIA PROVIDÊNCIA INDÚSTRIA E COMÉRCIO Companhia Aberta CNPJ n.° 76.500.180/0001-32 NIRE 41.3.000.5081-3 ATA DA REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA EM 19 DE DEZEMBRO DE 2013 LOCAL E HORA: Rua Funchal, 551 – 10º andar, realizada na Cidade de São Paulo, às 10:00h. CONVOCAÇÃO: Os Conselheiros foram previamente convocados na forma do parágrafo 1º do artigo 15 do Estatuto Social. PRESENÇA: Renan Bergmann, Sung-Shim Kim, Manuel Maria Pulido Garcia Ferrão de Sousa, Antonio Kandir e Ricardo Dória Durazzo e, a convite do Conselho de Administração, o Diretor Presidente, Financeiro e de Relações com Investidores e o Diretor Comercial. MESA: Renan Bergmann, Presidente; Gabriela Las Casas, Secretária. ORDEM DO DIA: 1) Apreciar os dados de mercado, setoriais, operacionais e informações financeiras da Companhia referentes ao mês de novembro/2013 e acumulado de janeiro a novembro/2013; 2) Apreciar o andamento dos investimentos em segurança do trabalho. DELIBERAÇÃO: Os membros do Conselho de Administração, por unanimidade dos presentes e sem reservas: 1) Apreciaram os dados de mercado, setoriais, operacionais e informações financeiras da Companhia referentes ao mês de novembro/2013 e acumulado de janeiro a novembro/2013; 2) Apreciaram o andamento dos investimentos em segurança do trabalho. ENCERRAMENTO: Esgotada a ordem do dia, os trabalhos foram suspensos para a lavratura desta ata, a qual, reaberta a sessão, foi lida, considerada conforme e aprovada pelos conselheiros, que em seguida a assinam. São Paulo, 19 de dezembro de 2013. (a.a.) Renan Bergmann – Presidente. Gabriela Las Casas – Secretária. Conselheiros: Sung-Shim Kim, Antonio Kandir, Manuel Maria Pulido Garcia Ferrão de Sousa, Ricardo Dória Durazzo e Renan Bergmann. Confere com a original. São Paulo, 19 de dezembro de 2013. Gabriela Las Casas Secretária Registrada na Junta Comercial do Estado do Paraná sob o nº 20137370563 em 08/01/2014. EDITAL DE 1ª e 2ª PRAÇA E INTIMAÇÃO DE ALIENAÇÃO JUDICIAL DE BEM NOS TERMOS DA LEI Nº. 5.741/1971 O EXMO. SR. DR. JUIZ DE DIREITO DA 21ª VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA/PR, nomeando o leiloeiro público ADALBERTO SCHERER FILHO, JUCEPAR 592 (podendo o leilão, na eventual impossibilidade do leiloeiro nomeado, ser realizado pelo leiloeiro Hélcio Kronberg),, JUCEPAR 653, faz ciência aos interessados e, principalmente, aos executados/devedores, que nos respectivos autos de processo abaixo indicado, venderá o bem imóvel adiante discriminado, pelo maior lance, em LEILÃO PÚBLICO a ser realizado, em praça única no dia 18/02/2014 às 15h, ambas a serem realizadas à Av. Marechal Floriano Peixoto, 886/896, Centro, Curitiba/PR.. O valor mínimo para venda do bem apregoado será o valor do saldo devedor que corresponde ao montante de R$ 599.776,27 (quinhentos e noventa e nove mil setecentos e setenta e seis reais e vinte e sete centavos), atualizada até 28/07/2013, conforme artigo 06º da Lei nº. 5.741/1971. CONDIÇÕES DE PAGAMENTO: O arrematante, no ato da arrematação, deverá efetuar, à vista, o pagamento imediato do preço, nos termos do art. 690 do CPC. O pagamento deverá ser feito em moeda nacional, ficando a quitação do valor condicionada a compensação de eventual cheque emitido para pagamento. TAXA DE LEILÃO: 5% (cinco por cento) sobre o valor da arrematação. Em casos de adjudicação, remição ou acordo, a comissão devida será de 2% sobre o valor da dívida atualizada até a data da arrematação ou sobre o valor atualizado do bem, o que for menor. A comissão deverá ser integralmente paga no ato da arrematação, adjudicação, remição ou acordo. INFORMAÇÕES: pelo site www.kronberg.com.br ou pelo telefone (41) 3233-1077. CONDIÇÕES GERAIS: Os bens serão entregues livres de quaisquer dívidas e/ou ônus, observadas as disposições e exceções constantes nos editais de leilão. As partes ficam cientes de que a presente publicação representa um extrato/resumo dos editais de leilão, os quais deverão ser observados em sua íntegra que se encontra disponível no site www.kronberg.com.brFicam, desde já, intimadas as partes e, principalmente, os executados, credores hipotecários ou credores fiduciários: BANCO ITAÚ S.A, FRANCISCO LUIZ KLIMOVICZ (e cônjuge se casado for), MIRIAM DO ROCIO TEIXEIRA DE FREITAS KLIMIVICZ (e cônjuge se casado for), CONDOMÍNIO EDIFÍCIO ILHA DO BOM ABRIGO. Execução Especial Hipotecária nº 0585/2007 – Exequente: Banco Itaú S.A Executados: Francisco Luiz Klimovicz e outros. Bem (Lote único): Apartamento Duplex nº. 93 (noventa e três), localizado no 10º pavimento e ático do “Edifício Ilha de Bom Abrigo”, situado na Rua Jaguariaiva, 532, Matinhos/PR - CEP: 83.260000, área coberta de 95,5500m² de área privativa, 67,0582m² de área comum e garagem com área de 84,1108m², totalizando a área coberta de 246,7190m², área descoberta 102,8200m², com as demais características constantes na Matrícula nº. 31.242 do Registro de Imóveis de Matinhos/PR. Ônus: Hipoteca registrada no Av. 1/31.242, em favor de Banco Itaú S/A. Penhora nos autos nº. 1373/2005, em trâmite perante a 22ª Vara Cível de Curitiba/PR, registrada no R.2/31.242. Penhora nos autos nº, 004916/2006, em trâmite perante a Vara Cível e Anexos da Comarca de Matinhos/PR, registrado no R-3/31.242. Há débitos de IPTU junto ao Município de Matinhos/PR. Valor da Avaliação: R$ 890.301,39 (oitocentos e noventa mil trezentos e um reais e trinta e nove centavos). Recursos Pendentes: Não há. Valor da Dívida: R$ 599.776,27 (quinhentos e noventa e nove mil setecentos e setenta e seis reais e vinte e sete centavos), atualizada até 28/07/2013. Curitiba, 13 de janeiro de 2014. DR. ROGÉRIO DE ASSIS JUIZ DE DIREITO

Foz do Iguaçu ganha primeira franquia de paletas mexicanas da Los Paleteros A Los Paleteros, primeira franquia de paletas mexicanas do país, chega a Foz do Iguaçu na próxima semana e, a exemplo do que vem acontecendo em outras cidades, promete encantar os consumidores com seus sabores irresistíveis. A nova franquia será inaugurada dia 25 de janeiro, um sábado, ao meio dia, no Cataratas JL Shopping, o mais tradicional da cidade. Por tratar-se de uma região frequentada por turistas de várias cidades brasileiras e de outros países, Foz do Iguaçu é considerada estratégica no projeto de expansão da Los Paleteros. A franquia de Foz do Iguaçu é um investimento dos empresários Edson Lima e Claudio Batista Junior, que já são franqueados da marca. Eles são proprietários de um quiosque no Shopping Palladium e de uma loja no Shopping Jardim das Américas, ambas em Curitiba.

Animados com a grande aceitação dos consumidores, principalmente após a alta nos termômetros que tem resultado em filas em todas as lojas da Los Paleteros, os franqueados apostam que as paletas também farão sucesso em Foz do Iguaçu. "Desde que conhecemos o diferencial da Los Paleteros, no carnaval em Balneário Camboriú, decidimos apostar na empresa, com a abertura de pelo menos três franquias", conta Claudio Batista Junior. "Temos demonstrado nosso interesse em crescer junto com a marca e apostamos nas paletas, porque é um produto de grande qualidade e que caiu no gosto do consumidor", reforça o empresário Edson Lima.

Saudável

Mas afinal, qual a diferença entre um picolé nacional e as paletas mexicanas? Além de muito

mais saborosos, os produtos da Los Paleteros são totalmente naturais, isentos de conservantes ou corantes químicos. O carro chefe de vendas da marca é o sabor Morango com Leite Condensado, da categoria de paletas Recheadas. Mas há outras opções como as Frutadas, Cremosas e Premium. Sabores conhecidos do consumidor brasileiro como Abacaxi, Banana, Coco e Limão dividem cena com outros mais exóticos como Paçoca, Hibisco com Framboesa, Abacaxi com Pimenta e Banana Caramelizada. Além do diferencial do sabor e dos ingredientes, a surpresa fica por conta do tamanho: as paletas têm peso médio de 120g, praticamente o dobro dos picolés tradicionais. Primeira franquia de paletas mexicanas do país, a Los Paleteros é uma marca que nasceu em Curitiba em 2012, e se consolida como um

case de sucesso em pouco mais de um ano. O segredo foi a decisão de apostar em um produto inovador, exclusivo e de alta aceitação no país. "O mercado de sorvetes cresceu 70% nos últimos cinco anos e há uma aposta de aumento de 24% nos próximos quatro anos. Hoje já contamos com uma aceitação de 95% dos nossos consumidores, o que reforça nossa expectativa em relação à expansão dos negócios", dizem os sócios Gilberto José Verona Filho e Gean Francesco Derosso Chu, que estão à frente da marca. Focada na fabricação e comercialização de picolés inspirados na gastronomia mexicana, a Los Paleteros teve rápida ascensão após o lançamento da primeira loja em Balneário Camboriú. Logo no primeiro dia, longas filas de consumidores loucos para conhecerem a novidade se formaram em frente à loja.

Serra Verde Express em 2014 A Serra Verde Express está com tarifário diferenciado para 2014. Para quem quer curtir os momentos de lazer a bordo do Trem da Serra do Mar, a empresa lança preços exclusivos para o ano. Pacotes de ida de trem e volta de van, com almoço típico em Morretes, custam a partir de R$212,00. Os valores são válidos para todo o ano, exceto o período de Copa do Mundo. Considerada como uma das cem grandes obras de engenharia no Brasil, a estrada de ferro, que liga Curitiba à região litorânea do Paraná, encanta o olhar de turistas há mais de um século. A ferrovia está localizada em uma das porções mais preservadas de Mata Atlântica do país. Entre túneis, pontes, picos e montanhas, a viagem com o Trem da Serra do Mar é o segundo passeio mais procurado no Paraná, perdendo apenas para as Cataratas do Iguaçu.

JANTAR NO DOM PARMA TRATTORIA Os sabores inconfundíveis da Itália são oferecidos em pratos que agradam o paladar de todos os tipos de clientes. Com a utilização de produtos frescos e de alta qualidade, além da massa de fabricação própria da casa, o Dom Parma traz uma profusão única de sabores que só a culinária italiana pode proporcionar. O Dom Parma oferece em seu jantar, serviço a la carte com mais de 50 opções de pratos, entre entradas, saladas, risottos, massas, carnes vermelhas, peixes e frutos do mar, além das irresistíveis sobremesas do Dom Parma Trattoria. Jantar funciona em um horário de segunda a sábado das 18h00 às 23h00, com os pratos a partir de R$ 45,00, para 2 pessoas, até R$ 78,00 para também 2 pessoas. Com a exceção do prato especial, Paleta de Cordeiro que serve para 3 pessoas com um valor de R$ 108.00. Como geralmente o Dom Parma fornece o restaurante para eventos pela noite, ligue para fazer as reservas para o jantar a lá carte que o restaurante oferece.

LE SFILATE APRESENTA COLEÇÃO “Atitude, Entusiasmo, Movimento e Vibração”, essas palavras definem a Coleção de Alto Verão 2014 da Le Sfilate – marca paranaense de sportwear e beachwear. Compondo praticidade e qualidade, conforto e elegância, inovação e versatilidade, a nova coleção, criada e produzida pela estilista Cindi Carmello, proprietária da marca, traz, em suas linhas criativas e ousadas, modelagens que se adaptam a diferentes práticas esportivas, utilizando tecidos de avançada tecnologia, desenvolvidos com a finalidade de otimizar a performance. Perfeito tanto para a academia como para o dia a dia. Tecnologia têxtil e estilo diferenciado na modelagem, a Le Sfilate se inspirou no charme da mulher do Sul do Brasil para esta coleção. Os modelos variam de tops, corsários básicas e estampadas, shorts, saia shorts, macacões e regatas.

Bate-papo sobre futuro e inovação Especialista em gestão estratégica de empresas, o consultor Regis Souza promove nesta segunda-feira (27), das 19h às 20h, um bate-papo sobre as empresas do futuro, apresentando cases da Kodak, Olivetti, Coca-Cola e Apple para exemplificar o poder e a importância da inovação como diferencial competitivo e estratégico no mercado. O encontro acontece no centro cultural Encontro da Amazônia, no bairro Bom Retiro, em Curitiba e é dirigido a empresários, executivos, gerentes e profissionais de recursos humanos, bem como estudantes de administração, economia, ciências contábeis, marketing e publicidade. As inscrições são gratuitas e limitadas e podem ser efetuadas pelo site www. regissouza.com, pelo email aline@regissouza.com ou pelo telefone (41) 3153-2521.

Apostas da moda em 2014 Rendas, transparências, estampas em azulejo português, cropped. O Shopping Curitiba selecionou diversas peças de roupa que são apostas em 2014. Na John John os artigos de renda variam, tem short (R$238,00) e blusa (R$ 298,00) para formar um conjunto ou usar separadamente. O body em animal print (R$288,00) compõe looks mais ousados. Na Frau Store, o querido das it girls, o cropped (R$209,90) e o maiô preto (R$349,90) que pode ser usado como body, são peças que não podem faltar no armário. A blusa em malha flamê e detalhe em tule (R$169,90) também segue uma das fortes tendências de 2014, a cor amarela.

Salton planeja colheita Um final de primavera chuvoso – que cobriu de água o solo serrano – e um verão seco, de tempo quente. Assim se apresentou o clima que favoreceu a qualidade das uvas recebidas pela Vinícola Salton para a safra 2014. Na vindima deste ano, que ocorre de janeiro a março, são esperados 16 milhões de quilos de uva, destinados à produção de espumantes, vinhos tintos, frisantes e sucos de uva com o padrão de qualidade mantido pela Salton há mais de cem anos. “O clima seco e quente no período de maturação da uva garante uma produção maior de açúcar na fruta, elevando o grau alcoólico e gerando vinhos harmônicos e espumantes frescos e sofisticados“, explica o agrônomo da Salton, Maurício Copat e completa: “A intempérie que aconteceu logo no início do desenvolvimento dos frutos, não prejudicou a qualidade ou a formação dos grãos. Assim, manteremos as propriedades esperadas e garantiremos a quantidade de uvas a serem recebidas”.

E-commerce vira aposta dos lojistas As empresas estão tendo de se adaptar as possibilidades de interação e acesso a informação que a internet possibilita com a constante evolução das tecnologias. Um grande exemplo são as lojas virtuais que possibilitam o ato de fazer compras com a comodidade de não sair de cada e sem preocupação com o horário. A Modene, loja de roupas femininas localizada no Itaim Bibi em São Paulo, investiu na ferramenta e faturou cerca de R$945.000,00 em 2013. Com um ano e meio de mercado, o diretor da marca, Giovani Sousa, acredita que o faturamento foi considerado satisfatório. “Com o tempo que temos de mercado, os números são bons. Começamos com um site pequeno, atualmente já estamos com um site profissional com alta capacidade de acessos”. Por isso, em 2014, a marca pretende continuar investindo no e-commerce. Além disso, planeja duplicar as ações de marketing e apostar em novas ofertas de produtos de grandes marcas nacionais de moda e acessórios femininos. Com isso, a Modene espera um crescimento de 30% no faturamento de 2014.


judiciário

Diário Indústria&Comércio

Curitiba, segunda-feira, 27 de janeiro de 2014 | Pág. A8

Dr.FranciscoCunha CONSUMIDOR: PLANOS DE SAÚDE NÃO PODEM LIMITAR ALTERNATIVAS DE TRATAMENTO É certo que planos de saúde podem estabelecer quais doenças serão cobertas; não podem, todavia, estabelecer o tipo de tratamento que será utilizado. A jurisprudência vem sendo firmada no sentido de que, embora presente cláusula contratual limitativa, não pode o paciente ser impedido de receber determinado tratamento, ainda que, por exemplo, com método mais moderno. Recente decisão da Quarta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) favoreceu paciente que teve desautorizado pelo plano de saúde procedimento com técnica robótica para tratamento de câncer (REsp 1320805). O caso aconteceu em São Paulo e envolveu cirurgia de prostatectomia radical laparoscópica. O procedimento, inicialmente autorizado pelo plano, teve após realizado o ato cirúrgico sua cobertura negada; a alegação é que a cirurgia fora executada com o auxílio de robô. referido, foi de que a utilização de técnica robótica seria de natureza experimental e, portanto, excluída da cobertura. Argumentou ainda a operadora que o hospital onde foi realizada a cirurgia havia recebido o novo equipamento pouco tempo antes e que a técnica convencional poderia ter sido adotada com êxito. A argumentação, entretanto, não convenceu os ministros do STJ. Segundo a relatora do processo, ministra Isabel Gallotti, tratamento experimental não se confunde com a modernidade da técnica cirúrgica. “Tratamento experimental é aquele em que não há comprovação médico-científica de sua eficácia, e não o procedimento que, a despeito de efetivado com a utilização de equipamentos modernos, é reconhecido pela ciência e escolhido pelo médico como o método mais adequado à preservação da integridade física e ao completo restabelecimento do paciente”, disse. Segundo a decisão, portanto, sendo certo que o contrato celebrado entre as partes previa a cobertura para a doença que acometia o autor da ação, se verifica abusiva a recusa da operadora do plano de saúde de permitir a utilização da técnica mais moderna disponível no hospital credenciado pelo convênio e indicado pelo médico que assiste o paciente. *FRANCISCO CUNHA SOUZA FILHO

Piso salarial dos professores terá reajuste de 8,32% em 2014 O piso nacional dos professores de educação básica deverá ser fixado este ano em R$ 1.697,39, para uma jornada de 40 horas. O valor é calculado com base na comparação da previsão de custo por aluno anunciada em dezembro de 2012 (R$ 1.867,15) com a de dezembro do ano passado (R$ 2.022,51). A portaria com o novo valor ainda não foi publicada, mas, segundo o Ministério da Educação (MEC), isso deve acontecer ainda neste mês. A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) diz que o reajuste

ficou aquém do esperado – a entidade estimava o aumento em 15%. Em nota, a CNTE argumenou que “dados já consolidados do Fundeb [Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação], até novembro de 2013, apontam crescimento do valor mínimo de aproximadamente 15%”. Mesmo com o percentual inferior ao esperado, a Confederação Nacional de Municípios estima que, para o reajuste de 8,32%, haverá aumento de R$ 4,151 bilhões no pagamento do magistério.

Anvisa suspende comércio e uso de antibiótico Resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicada no dia 24 no Diário Oficial da União determina a suspensão da distribuição, do comércio e do uso, em todo o território nacional, do lote 438569 do antibiótico Claritromicina 250mg/5ml grânulos para suspensão oral, fabricado pela empresa EMS S/A. De acordo com o texto, laudo da Fundação Ezequiel Dias apresentou resultado

insatisfatório em análise de teor de princípio ativo no medicamento. A Anvisa determinou ainda que a empresa promova o recolhimento do estoque existente no mercado relativo ao lote em questão. A resolução já está em vigor a partir de hoje. Em nota, a EMS informa que já havia iniciado o recolhimento de forma voluntária do lote do produto em 24 de outubro de 2013.

Varas do trabalho

Adiada a implantação do PJe-JT no estado do Paraná Para a direção paranaense o adiantamento do prazo permitirá viabilizar a estratégia regional Atendendo pedido do TRT-PR, o ministro Carlos Alberto Reis de Paula, presidente do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT), dilatou o prazo para a retomada da implantação do PJe-JT nas Varas do Trabalho do Paraná. A prorrogação havia sido solicitada em visita ao TST, pela Presidência do TRT-PR, sensível aos relatos de magistrados, servidores e advogados quanto aos embaraços enfrentados no uso do Processo Judicial Eletrônico da Justiça do Trabalho (PJe-JT), no seu atual estágio de desenvolvimento. Para a direção do Tribunal paranaense, o adiamento do prazo permitirá viabilizar a estratégia regional de assegurar maior efetividade com menor impacto na migração para o PJe-JT. O prazo de implantação que terminaria em 3 de fevereiro será agora de até 60 dias após a disponibilização da versão 1.4.9, atualmente em desenvolvimento.

Divulgação CNJ

www.macedocunha.com.br

O presidente do Conselho Superior de Justiça do Trabalho, Carlos Alberto Reis de Paula adiou para 60 dias após a disponibilização da versão 1.4.9 a implantação do PJe-JT

Suspensa decisão do TJ-SC que impedia reajuste de IPTU em Florianópolis O presidente em exercício do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski, suspendeu liminar concedida pelo Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ-SC) que impedia o lançamento e cobrança do Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU) na cidade de Florianópolis, com valores atualizados. A liminar concedida pelo TJ-SC suspendia a eficácia de dispositivos da Lei Complementar Municipal 480, de 20 de

dezembro de 2013, que atualizava o valor dos imóveis localizados no município para cálculo do IPTU e do Imposto sobre Transmissão de Bens Móveis (ITBI). A decisão do TJ-SC foi tomada em Ação Direta de Inconstitucionalidade ajuizada pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil da Grande Florianópolis (Sinduscon). O município questionou a decisão no STF por meio da Suspensão de Liminar (SL) 753, alegando

que a permanência da liminar da Justiça local causaria grave lesão à economia e à ordem pública, com prejuízo direto de R$ 90 milhões à administração municipal, bem como impediria a efetivação do IPTU Social. Esse programa garante tributação reduzida para pequenos contribuintes e isenções em casos de doenças graves. O município alegou urgência no pedido, uma vez que o prazo para

Segmentos da Justiça terão metas específicas a cumprir em 2014 Além das metas nacionais a serem perseguidas pelos tribunais ao longo deste ano, a Justiça estadual, eleitoral, militar e trabalhista terão, cada uma, metas específicas a serem cumpridas até o fim do ano. Para a Justiça estadual, trabalhista e eleitoral foram definidas metas voltadas para a área de gestão e capacitação. Já a meta da Justiça Militar está relacionada ao aumento da produtividade. Até o final do ano, os Tribunais de Justiça dos estados precisarão mapear pelo menos 60% das competências dos tribunais para subsidiar a implantação da gestão por competências. O mapeamento de competências é a identificação dos saberes, conhecimentos ou habilidades necessárias ao cumprimento

Divulgação CNJ

de uma estratégia. Feito o mapeamento, são identificadas as competências que a organização possui e aquelas que lhe faltam e que devem ser preenchidas por meio de um plano para desenvolver estas habilidades. Para a Justiça do trabalho a

primeira meta é a realização de oficinas de administração judiciária, com a participação de pelo menos 25% dos magistrados. A segunda é implantar um programa de desenvolvimento gerencial em todos os tribunais, com base no modelo de gestão por competências.

TRE-PR inaugura os fóruns eleitorais de Altônia, Catanduvas e Guaraniaçu O Des. Rogério Coelho, Presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná inaugurou três novos fóruns eleitorais esta semana. Dia 22 foi inaugurado o Fórum Eleitoral de Altônia, localizado na Rua Manoel Ribas, 1265. No dia 23 foram inaugurados mais dois, o Fórum Eleitoral de Catanduvas, que fica na Rua 25 de Julho, s/n, e o Fórum Eleitoral de Guaraniaçu, situado na Avenida Manoel Ribas, s/n. Os novos fóruns possuem a mesma

metragem, 250 m², e custaram, respectivamente, R$ 362.815,81, R$ 363.257,15 e R$ 385.787,11. Com isso, o TRE do Paraná atingiu a marca de 133 fóruns eleitorais inaugurados, parte de um projeto pioneiro em todo o Brasil que vem sendo implantando no Paraná: a construção de Fóruns Eleitorais no Interior do Estado. Os Fóruns Eleitorais proporcionam um atendimento mais ágil e eficaz ao eleitor, que aguarda a

emissão do seu título com conforto e por poucos minutos. Mais de 90% do eleitorado paranaense é atendido em uma Central de Atendimento ao Eleitor, semelhante à de Curitiba, que conta com o Certificado ISO 9001/2008. Os terrenos dos Fóruns Eleitorais foram doados pelas prefeituras e as obras, realizadas com recursos do orçamento da União, são concluídas em tempo médio de cinco meses.

o lançamento tributário deste ano expira no próximo dia 31 de janeiro. Ressaltou, ainda, que inexiste o alegado aumento exagerado do imposto, uma vez que a Planta Genérica de Valores (PGV) de Florianópolis data de 1997, o que significa uma defasagem de 16 anos no valor dos imóveis, o que leva a distorções nas receitas municipais. Segundo o pedido, determinados imóveis valorizaram-se em até 2.000% na última década.

TRF4 nega pedido de inscrição a estudante de Administração A 4ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) negou, por unanimidade, na última terça-feira (21/1), recurso de uma aluna do curso de Administração da Universidade de Caxias do Sul (UCS) que pretendia concorrer a uma bolsa do programa “Ciência sem Fronteiras”, do Ministério da Educação (MEC). A estudante teve a sua inscrição negada na etapa de concessão de bolsas do programa pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) porque o seu curso não estaria incluído entre as áreas de ensino contempladas pelo programa. A aluna, ingressou com uma ação na Justiça Federal gaúcha, pedindo que fosse reincluída no processo de seleção. Ela alegou que a temática por ela escolhida guarda afinidade com o curso de ADM. Também argumentou falta de isonomia por parte da Capes. Após ter o seu pedido negado pela 3ª Vara Federal de Caxias do Sul (RS), a autora da ação recorreu ao TRF4, que manteve a decisão da primeira instância. De acordo com o relator do processo na corte, desembargador federal Luís Alberto d’Azevedo Aurvalle, as provas documentais apresentadas não são, em caráter liminar, suficientes para justificar a concessão da medida.

Conciliação Itinerante do TRF4 negocia quase R$ 2 milhões no Cejuscon de Londrina O projeto de Conciliação Itinerante do Sistema de Conciliação (Sistcon) do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) iniciou, nesta semana, as suas atividades

em 2014. Sendo realizadas pela primeira vez no Paraná, as audiências itinerantes do tribunal aconteceram no Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejuscon) de

Londrina (PR). De segunda-feira (20/1) até a última quarta-feira (23/1), foram fechados 50 acordos em 51 processos de matéria previdenciária anali-

sados no mutirão, gerando um valor negociado de R$ 1.950.693,38. As ações previdenciárias tramitavam em fase recursal na Justiça Federal da 4ª Região.


LeiLões & LICITAÇÕES PARANÁ www.justicaedireito.com SUPLEMENTO ESPECIAL | 16 | CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 27 DE JANEIRO DE 2014

Diário indústria&Comércio

SEGUNDO PREGÃO

iNss leiloa dois imóveis de edifício localizado em área nobre de Curitiba Bens pertenciam a quadrilha de fraudadores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) O primeiro leilão online aprovado pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ), a pedido da AdvocaciaGeral da União (AGU), para alienação de imóveis da quadrilha da fraudadora do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Jorgina de Freitas, terminou no último dia 17 de janeiro sem compradores. O pregão ocorreu na capital fluminense e foi comandado pelo leiloeiro Leandro Dias Brame. Foram aceitos lances online e presenciais, mas os dois apartamentos da quadrilha, localizados em Curitiba (PR), apresentavam avaliação acima do valor de mercado, afirmou o leiloeiro Leandro Brame. “A avaliação ficou um pouco acima do mercado de Curitiba”. Os imóveis voltarão a ser ofertados no próximo dia 31 e serão apregoados pela melhor oferta, a partir de 50% da avaliação inicial. Os apartamentos colocados em leilão são os de número 231 e 232, situados no Edifício Excelsior, à Rua Francisco Rocha, número 1.777, no bairro Bigorrilho, na capital paranaense. O primeiro tem área total construída de 231 metros quadrados, com duas vagas de garagem no pavimento térreo. Foi avaliado em R$ 679 mil. O segundo, com 253,9 metros quadrados, tem direito de uso de três vagas de garagem no subsolo do prédio. O valor para o leilão foi fixado em R$ 746 mil. Leandro Brame informou que quem estiver interessado em participar, pela internet, do segundo leilão dos imóveis de Curitiba da fraudadora do INSS deve, primeiramente, se cadastrar no site

(www.brameleiloes.com.br), solicitar a habilitação e enviar a documentação necessária, que engloba Cadastro de Pessoa Física (CPF), registro de identidade, comprovante de residência, “para evitar fraudes”, explicou o leiloeiro. A ex-advogada e procuradora previdenciária Jorgina Maria de Freitas Fernandes organizou, entre as décadas de 1980 e 1990 um esquema de desvio de verbas de aposentadorias que, depois de descoberto, ficou conhecido como a Máfia da Previdência. O total da fraude foi estimado em torno de R$ 310 milhões, o que equivalia a mais de 50% de toda a arrecadação do INSS à época. Jorgina fugiu para o exterior mas foi presa em 1997, na Costa Rica, sendo posteriormente repatriada. Condenada a 14 anos de prisão em 1992, ela teve o registro profissional cassado pela Ordem dos Advogados do Brasil, em 2001. Acabou solta em 2010. A AGU informou, por meio da assessoria de imprensa, que a atuação dos procuradores federais, com relação aos valores desviados do INSS pela quadrilha de Jorgina de Freitas, já conseguiu recuperar um total de R$ 145 milhões com a realização de 171 leilões, repatriação de valores no exterior da ex-procuradora e do juiz Nestor do Nascimento, além da alienação de 500 quilos de ouro em nome do advogado Ilson Escóssia da Veiga. Informações da Procuradoria Regional Federal da 2ª Região (PRF2) dão conta que existem mais 82 imóveis que esperam autorização da Justiça para ir a leilão. A dívida atualizada somava, no ano passado, cerca de R$ 1 bilhão.


Leilões&LICITAÇÕES

Diário Indústria&Comércio

Curitiba, segunda-feira, 27 de janeiro de 2014 | Pág. C2

P.B. CASTRO LEILÕES Plínio Barroso de Castro Filho Leiloeiro Judicial e Depositário Judicial Particular - Mat. JUCEPAR 668 Rua Jacarezinho, 1257 - 1o. andar CEP 80.810-130 - Curitiba - Paraná Fone (41) 3029-8555 - Fax (41) 3029-8555 www.pbcastro.com.br - leiloes@pbcastro.com.br

PLÍNIO BARROSO DE CASTRO FILHO, Leiloeiro Judicial, registrado na JUCEPAR sob o número 668 e devidamente autorizado e designado pelos Srs. Drs. Juízes do Trabalho, em exercício nas, 1ª, 4ª, 5ª, 6ª, 8ª, 10ª, 11ª, 12ª, 13ª, 14ª, 16ª, 18ª, 19ª, 20ª, 23ª e P.A. Campo Largo, Varas da Justiça do Trabalho, do Tribunal Regional do Trabalho, 9ª Região, para realizar os atos expropriatórios através de hasta pública, venderá em Público Praça/ Leilão, conforme art. 888 da CLT, nos dias e hora local supracitados, os bens objeto de penhora das ações trabalhistas, no estado de conservação em que se encontram, sendo que na primeira data, os bens serão oferecidos pelo valor da avaliação, não havendo licitantes, os bens serão oferecidos pela melhor oferta e, os bens não vendidos na primeira data, serão novamente oferecidos nas mesmas condições da primeira data. Sendo os processos e os bens a seguir descritos: 1ª Vara: 30859-2009-001-09-00-7 (RTOrd), ELIANE SIMIONI DOS SANTOS X AGUA MINERAL PEDRA BRANCA LTDA.: Imóvel de Matricula nº 3602 do CRI de Bocaiuva do Sul-PR., sito a BR 476, Km 94, S/Nº. O Imóvel está localizado em área rural, próximo á entrada do Municipio de Bocaiuva do Sul, de frente para a BR 476, com entrada aproximadamente nas coordenadas de GPS 25º13’22,1”S e 49º06’54,4”0, conforme foto aérea obtida no site do Google maps . Sobre o imóvel está edificada uma pequena casa em alvenaria de aproximadamente 70m², que serve de moradia para o caseiro, e um barracão industrial pré-fabricado, com fechamento lateral em concreto armado, pé direito livre em 7m de altura, com área térrea de 1.561,38m2 e mezanino de 183,18m², totalizando área de 1.744,56m². Barracão era utilizado como unidade de produção da ré Água Mineral Pedra Branca Ltda., equipado com maquinários especialmente destinados o envasamento de água mineral. São equipamentos em sua maioria pesados, de difícil remoção e presos á própria estrutura do barracão. Segundo declaração do Sr. Quadrado, o equipamento possui alto valor, mas a retirada é difícil e onerosa, pois trata-se de toda uma linha de produção montada e presa ao barracão. Segundo declaração do Sr. Wilson Quadrado, sobre a área da Matricula 3602 não está a fonte da água mineral, matéria prima para a industria em questão. A fonte lhe pertence e se localiza na área de sua propriedade, vizinha de fundos com o terreno ora reavaliado. Considerando que a fonte de água não está localizada na área da Matricula penhorada, não foi considerada na avaliação. Considerando ainda que o maquinário agregado á construção, em tese, não possui utilidade sem a fonte de água mineral e, ainda que de difícil remoção, pode ser destacado do imóvel, não tendo sido objeto da penhora sobre a qual se baseia a reavaliação, não foram considerados para tal finalidades. Avaliado o Terreno Rural situado nos lugares denominados “Pedra Branca, Portão, Pavão e Campininha”, no Municipio de Bocaiuva do Sul-PR, com área de 2Ha (dois hectares) ou 20.000m² e demais divisas e confrontações constantes da Matricula nº 3602 do CRI de Campina Grande do Sul., avaliado em R$2.660.000,00, 18454-2003001-09-00-5 (RTOrd), DALTON DOMINGOS DE LIMA X INKAFARMA COMERCIO DE FARMACEUTICOS S.A (MASSA FALIDA).: Apartamento sob nº 301 do Edifício Saint Peters comárea total de 150,17390m², demais medidas e confrontações constantes na matrícula nº 40897 do 2º CRI de Curitiba-PR, avaliado em R$550.000,00, 06778-2009001-09-00-6 (RTOrd), ADELAIDE SEBASTIANA DE BRITO X AUTOMAT ENGENHARIA DE AUTOMAÇÃO LTDA.: 01 veiculo Renault Clio RL 1.0, ano/modelo 2000, cor branca, quatro portas, gasolina, placa AJI-7408, RENAVAM 74.317.112-8, em bom estado de conservação, (DÉBITOS DE MULTA/IPVA R$ 2.926,89), avaliado em R$8.500,00, 01 veiculo Renault Clio RL 1.0, ano/modelo 2000, cor branca, quatro portas, gasolina, placa AJL-7404, RENAVAM 74.317.190-0, em bom estado de conservação, (DÉBITOS DE MULTA/IPVA R$ 3.385,17), avaliado em R$8.500,00, 01 veiculo Fiat Uno Mille Fire, ano/ modelo 2002/2003, gasolina, cor azul, placa AUT-0198, RENAVAM 79.222.123-0, em bom estado de conservação, (DÉBITOS DE MULTA/IPVA R$ 6.079,56), avaliado em R$9.000,00, 01 veiculo Fiat Uno Mille Fire, ano/modelo 2002/2003, gasolina, cor azul, placa AUT-0218, RENAVAM 79.222.126-5, em bom estado de conservação, (DÉBITOS DE MULTA/IPVA R$ 5.909,32), avaliado em R$9.000,00, 22473-2010-001-09-00-5 (RTOrd), GRACIELLE APARECIDA MONTEIRO X LEMOS DANOVA ENGENHARIA E EMPREENDIMENTOS LTDA.: 01 caminhão marca Mercedez Benz, modelo L 1214, ano 1994/1995, Placa AFK - 9017, estado de conservação regular. Avaliação realizada sem vistoria do veículo, baseada na tabela FIPE. Renavam 63.897038-5, (DÉBITOS DE IPVA/ MULTA R$ 2.225,88 ), avaliado em R$60.520,00, 22371-2010-001-09-00-0 (CartPrec), LUCIANA CALIARI X ETHICOMPANY PROMOÇÕES E EVENTOS LTDA E OUTROS.: Apartamento n° 603, tipo “F” localizado no 6º pavimento ou 5º andar, parte integrante do Edifício “Saint Patrick”, situado na Rua Costa Rica, n° 770, nesta Capital, com medidas e confrontações descritas na matrícula n° 39.168 do 2º CRI de Cutitiba-PR. Onus: R2 Hipoteca de 1º grau em favor do Banco do Estado do Paraná; R3 - penhora nos autos 14949-2012-015-09-00-9 (CartPrec), avaliado em R$750.000,00, 18780-2000-001-0900-0 (RTOrd), GENÉSIO CARDOSO JUNIOR X CASA DA CERVEJA RESTAURANTE E CHOPERIA LTDA E OUTROS (7).: 20% de um prédio de alvenaria, comárea total de 1.320,00m² construido no lote de terreno sob nº 30/31, conforme descrição constante na matrícula nº 40.836, do 1º CRI de Curitiba - PR, o qual está dividido em 12 apartamento, avaliado em R$640.000,00, 12953-2003-001-09-00-9 (RTOrd), ANDERSON ORTIZ DE LIMA X PETROCARAVELLE COMÉRCIO DE DERIVADOS DE PETRÓLEO LTDA E OUTROS (6).: Lote I subdivisão dos lotes 1.000 e 11.000, quadra G1, setor 76 lote 001.000 da planta Vila Edith, no Bairro Bacacheri, de frente para a Rua Roberto Lambach, 202 (atual nº 214), com medidas e confrontações descritas na matrícula nº 97 do 2º CRI de Curitiba - PR. Obs: No imóvel objeto da presente matrícula encontra-se edificada uma casa de alvenaria com dois pavimentos de 380m², avaliado em R$450.000,00, 366942011-001-09-00-1 (RTOrd), GLAUCIMERE RIBEIRO SOUZA X BORGES COMÉRCIO DE SACARIAS LTDA.: 50% do imóvel, construção em alvenaria, onde funciona uma oficina mecânica, Km 2, número 1940, sobre o lote de terreno que mede 18,00 m de frente para a Rodovia BR 277 - Rodovia do Café, por 31,40m nas laterais, por 18,00 na linha dos fundos, área total de terreno 565,20m², no bairro Santo Inácio, matrícula 44.756 do 8º CRI de Curitiba, avaliado em R$250.000,00, 01736-2006-001-09-00-6 (RTOrd), ALMIR CESAR DE MERLO X CENTRIVALE LAVANDERIAS LTDA E OUTROS (2).: Uma lavadora indústrial, com etiqueta, plaqueta indicado 20KG, 220v, marca Bracom Lavec, conforme declaração ( marca de difícil visulização). Com o motor WEG de 0.5 CV. Em funcionamento normal. O cesto é em inox, medindo com os suportes laterais, 1.15m de ltura, 1,40m de comprimentio aproximadamente. A estrutura (ba´e laterais) está bem enferrujada. Nùmero de série: J0561. O cesto em inox está levemente amassado ns fundos ( nº de série de difícil visualização). Equipamento antigo, avaliado em R$2.700,00, 39761-2008-001-09-00-4 (RTOrd), NILSON PEREIRA RODRIGUES X RINÇÃO FERTILIZANTES LTDA E OUTROS (5).: Um veículo marca/modelo M. Benz L 1113, ano de fabricação/modelo 1973/1973, espécie carga/caminhão, cor azul, diesel, placa IDU 2825, chassi 34404117044074, Renavam 57.060525-3,(DÉBITOS DE IPVA/MULTA R$ 583,63) avaliado em R$25.000,00, Um veículo marca/modelo GM/Chevrolet, ano de fabricação/modelo 1972/1972, espécie carga/caminhão, cor azul, diesel, placa ABU 9628,chassi C683BBR25278R, Renavam 51.635368-3, (DÉBITOS DE IPVA/MULTA R$ 413,39), avaliado em R$22.000,00, 4ª Vara: 51818-2001-004-09-00-6 (RTSum), ODAIR JOSE MONTIRO X ITALCHAP IND E COM DE TELHAS ASFALTICAS E IMPERM LTDA E OUTROS (2).: Bomba d`água de 3” com motor eletrico de 7,5 cv, avaliado em R$400,00, Transformador de solda Bambozzi 375 amperes, avaliado em R$800,00, Bomba d`água de 3” sem motor, avaliado em R$100,00, Doisbalcões em fórmica medindo aproximadamente 4m de comprimento por 1m de altura e 0,60m de profundidade, avaliado em R$200,00, 39965-2013-004-09-00-1 (CartPrec), NEUSA MARIA DE SOUZA LIMA X ENGESUL CONSTRUÇÃO CIVIL LTDA E OUTROS (2).: Apartamento residencial nº 401 do Edificio Regente Garden sito á Rua Monsenhor Ivo Zanlorenzi, nº 2400 Bairro Mossunguê, nesta Cidade de Curitiba, com área total de 240,8220m², imóvel de propriedade nesta data da Sra. Marisa Nunes Ribas, conforme R-18 do Registro Geral Matricula nº 91.169 do 8º CRI de Curitiba-PR., e suas averbações, tendo como última delas o R-18 (03.06.2013) e certidão do Senhor Cartorário datada de 22/10/2013, avaliado em R$1.083.699,00, 6960-2011-004-09-00-0 (RTOrd), SERGIO RODRIGUES PINTO X AUTO AVIAÇÃO ÁGUA VERDE LTDA..: Um ônibus marca Scania/Busscar Urbanus, ano 1999/2000, tipo articulado, cor verde, placa AJD 6197, avaliado em R$35.000,00, Um ônibus marca Scania/Busscar Urbanus, ano 1999/2000, tipo articulado,

EDITAL DE PRAÇA E LEILÃO: Dia 06 de fevereiro de 2014, às 10:00 horas Será oferecido o bem pelo valor de avaliação, não havendo interessados, será oferecida pela melhor oferta. Dia 27 de fevereiro de 2014, às 10:00 horas Haverá um novo Leilão, no mesmo endereço e nas mesmas condições, caso o bem não tenha sido vendido na data anterior. NÃO HAVENDO EXPEDIENTE NAS DATAS ACIMA OS LEILÕES SERÃO EFETUADOS NO PRIMEIRO DIA ÚTIL SUBSEQÜENTE. Local: Rua Jacarezinho 1257 1º andar - Curitiba – Paraná – Fone (41) 3029-8555 cor verde, placa AJD 6221, avaliado em R$35.000,00, Um ônibus Mercedes Benz/CF 1318, ano 1999, modelo 1999, cor amarelo, placa ACC 6828, chassi 9BM384088MB914657. Transformado para veículo socorro, avaliado em R$30.000,00, 26167-2010-004-09-007(RTOrd), GILSINEI DA SILVA CORREA X EQUITRAN TRANSPORTES RODOVIÁRIOS LTDA. E OUTRO.: Um veículo placa ARV 5542, carga/semi-reboque/carroceria aberta, marca/modelo: SR/Equitran F. Própria, ano/modelo 2008/2008, categoria: aluguel, cor azul, Chassi 9EZPR11GC80018846, três eixos, conforme consulta no DETRAN é sem alienação fiduciária, Renavam 17.075697-1. Dimensões aproximadas: 12,40m serve para carroceria aberta, sem estruturas laterais, apenas com a estrutura da frente é bobineira, com 2 pneus em péssimo estado, faltando 2 lentes das laternas traseiras, (DÉBITOS DE IPVA/MULTA R$ 2.086,63), avaliado em R$28.000,00, 07887-2011-004-09-00-4 (RTOrd), MARIA DA CONCEIÇÃO ANDRADE X BAGATELLA COM COMÉRCIO DE ROUPAS LTDA..: 3 bermudas, marca INSTINTO, feminina, tamanhos variados, avaliado em R$599,70, 4 bermudas jeans, marca SPCIFIC, feminina, tamanhos variados, avaliado em R$799,60, 3 bermudas xadrez, marca NEWCOLECTION, feminina, tamanhos variados, avaliado em R$419,70, 10 bermudas xique, marca JUS DORANGE, feminina, tamanhos variados, avaliado em R$1.499,00, 1 vestido (tecido chamoa), marca PASSOS DE TIGRE, feminina, tamanho único, avaliado em R$399,90, 5 vestidos anjo, marca ROSA E DORIVAN, feminina, tamanhos variados, avaliado em R$1.499,50, 5 vestidos, marca ZIGMA FASCHION, feminina, tamanhos variados, avaliado em R$1.499,50, 9 vestidos com listras coloridas, marca HERING, feminina, tamanhos variados, avaliado em R$1.799,10, 2 vestidos, marca VOGA, feminina, tamanhos variado, avaliado em R$599,80, 23 vestidos estilo xique balada, marca CHRISTIAN AUDIGIER, feminina, tamanhos variados, avaliado em R$9.197,70, 11 vestidos, marca PIETA, feminina, tamanhos variados, avaliado em R$2.198,90, 4 vestidos, marca DORIVAN, feminina, tamanhos variados, avaliado em R$1.199,60, 1 casaco, marca LUNENDER, feminina, tamanho único, avaliado em R$199,90, 12 blusas, marca LU SCHOBINER, feminina, tamanhos variados, avaliado em R$958,50, 20 blusas, marca HERING, feminina, tamanhos variados, avaliado em R$1.998,00, 5 calças jeans, marca BIZANCE/UMEM, masculina, tamanhos variados, avaliado em R$1.249,50, 22 calças jeans, marca LA ROSSI, feminina, tamanhos variados, avaliado em R$6.597,80, 15 calças legg, marca ZAARI, feminina, tamanhos variados, avaliado em R$1.948,90, 10 camisetas regata, marca LUNENDER, masculina, tamanhos variados, avaliado em R$1.099,00, 25 camisetas, marca HERING, masculina, tamanhos variados, avaliado em R$3.247,50, 7 saias (tecido bandagem), marca BLACK, feminina, tamanhos variados, avaliado em R$699,30, 8 casacos de lã, marca BLUISDAE, feminina, tamanhos variados, avaliado em R$2.399,20, 2 balcões de madeira mdf para loja (50cm de profundidade x 2,35m de largura x 1m de altura com 3 divisórias internas, avaliado em R$9.000,00, 1 balcão de madeira mdf (50cm de profundidade x 2m de largura x 1m de altura, avaliado em R$4.000,00, 15465-2013-004-09-00-4 (CartPrec), MARIA SUZANA RIBEIRO X ARILDO NICOLAU THOMAZ.: Apartamento nº 107-A, do tipo 3, do Bloco A, sito no 1º andar ou 4º pavimento do Residencial Westphalen, loclizado na Rua Desembargador Westphalen, 824, com áreas exclusivas de 44,24m², área total de 56,64m², demais características e confrontações constantes da matrículanº 36.790 do 5º CRI de Curitiba-PR, Ônus: R-4: Hipotecado em 1º grau em favor da Caixa Econômica Federal, R-8: Penhorado nos autos nº 06309-2013-084-09-00-0 (CartPrec), (DÉBITOS DE IPTU R$ 296,47 ATÉ 16/12/2013, SEM DÉBITOS DE CONDOMÍNIO) avaliado em R$150.000,00, 16328-2013-004-09-00-7 (CartPrec), MARIA SALTETE MILA X JOSÉ VICENTE DE OLIVEIRA KARAM.: Um imóvel - Apartamento 904, situado na Avenida República Argentina, 965 objeto da matrícula 42.135 do 5º CRI de Curitiba - PR, Ônus: R-2: Hipotecado em primeiro grau em favor do Banco do Estado do Paraná S/A, R-3: Penhorado nos autos nº 1286/2001 de Execução de Título Extrajudicial da 16ª Vara Cível de Curitiba, (DÉBITOS DE IPTU R$ 5.064,85 até 16/12/2013, DÉBITOS DE CONDOMÍNIO R$ 62.000,00 ATÉ MAIO DE 2013), avaliado em R$400.000,00, 24148-2012-004-09-00-08 (RTSum), MAGDA DE ALMEIDA X IPACK COSMETICOS INDUSTRIA E COMERCIO LTDA.: 15 caixas contendo 24 potes cada caixa, cada pote com 50 unidades de lenços umedecidos marca Pet Solution, limpa patas, para uso em animais domésticos, fabricados pela executada, com data de validade para outubro de 2014, avaliado em R$2.655,00, 13903-2011-004-09-00-8 (RTOrd), HELENA DA SILVA GOMES X FUNDAÇÃO DE EDUCAÇÃO E CULTURA ESPÍRITA DO PARANÁ.: Lote de terreno sob nº 20 da quadra 18, Planta Vila Ana Maria - Piraquara - PR, sem benfeitorias, com área total de 385,00m², com divisas e confrontações constantes na matrícula nº 46.153 do 9º CRI de Curitiba, avaliado em R$2.992,00, 13406-2005-004-09-00-1 (RTOrd), RONALDO BATISTA BOIKO X MERCEARIA ADEGA PARANAENSE LTDA.: Uma máquina para fabricar gelo, marca Eufrigor - Ice Makers, inox tampa em madeira cor azul, e bom estdo e funcionando, avaliado em R$5.000,00, Duas geladeiras, marca Geloar, capacidade 578 litros, uma com estampa azul na porta e outra cor branca, em bom estado e funcionando, avaliado em R$3.600,00, 29939-2011-004-09-00-3 (RTOrd), DIEGO ANDRADE X ANJO DA GUARDA PRESTADORA DE SERIÇOS LTDA.: Uma impressora Epson -120v, modelo B421-B, Stylus Office T33, ref. KMT12006977, “impressora para Off –Jet”, avaliado em R$470,00, Uma impressora HP Office Jet, PRO K 8600, ref. TH89H22030, CB015A, cor preta, usada, em condições de uso, avaliado em R$500,00, Uma impressora Canon-Spixma – 181300, cinza, nova (sem uso) “de cartucho”, avaliado em R$230,00, 01691-2008-004-09-00-0 (ExFis), UNIAO X HIDELICA INST. ELETRICAS E HIDRAULICAS LTDA.: 01 máquina compressor de ar com Pistão, marca Worthington, modelo Wanzel, nº de série 94V7983A7R, cor verde, usada, em bom estado de uso e conservação, avaliado em R$36.000,00, 109302003-004-09-00-9 (RTOrd), ROHANITO NAVARRO DE GOES X ENOTECA PERBACCO LTDA – FULVIO RISTORAN E OUTROS (2).: 50 garrafas de vinho tinto seco, Barbaresco Bricco de Nevis, produtor Dante Rivetti, avaliado em R$10.000,00, 07408-2006-004-0900-2 (RTOrd, SOLANGE MISGA STEVANATO X CELIO DRIESSEN E OUTROS (2).: Um imóvel representado pelo apartamento nº 502, do Edificio Park Lane Residence, localizado á Rua Tabajaras, 245, Vila Izabel, Curitiba-PR, com área total de 142,293m², incluindo uma vaga de garagem com 29,24448m² para guarda de um veículo. Imóvel registrado sob matrícula nº 48.750 do 6º CRI de Curtiba-PR, avaliado em R$430.000,00, 12002-2005004-09-00-0 (RTOrd), JOAQUIM ARES ATANAZIO X ECORA S.A EMPRESA DE CONSTRUÇÃO E RECUPERAÇÃO DE ATIVOS.: Motoneta marca IMP/PGO, cor vermelha, placa AGQ-1615, chassi LELPGOE11S1000287, renavam 66.554748-0, ano 1995, modelo 1996, em nome do executado Claudionor Carvalho, em estado regular, (DÉBITOS DE IPVA/MULTA R$ 1.386,05), avaliado em R$1.700,00, 13133-2013-004-0900-5 (CartPrec), FRANCISCO RODRIGUES GODOY X TRANSPESCA S.A TRANSPORTE E DISTRIBUIÇÃO DE PESCADOS NACIONAIS E OUTROS.: 467 pedras brutas de esmeralda, conforme nota fscal nº 202, acopladas em envelpes lacrado sob nº 3976, avaliado em R$28.954,00, 06715-2012-004-09-00-4 (RTOrd), MARCELO RODRIGO FERNANDES X WEB CENTER INFORMÁTICA LTDA.: 22 aprelhos celulares marca Motorola, modelo EX115, na caixa, com bateria, carregador fone de ouvido e acbo usb, com manual e sem uso, avaliado em R$9.900,00, 10 aparelhos celulares marca Kaiomy, modelo AEGIS 1146, na caixa, sem uso, com bateria, carregador, cabo USB, fone de ouvido e manual, avaliado em R$4.000,00, 07 aparelhos celulares masrca Kaiomy, modelo 821, na caixa, sem uso, com bateria, cabo USB, fone de ouvido, carregador e manual, avaliado em R$2.800,00, 02385-2012-004-09-00-8(RTOrd), MAURICIO MURAD X FUNDAÇÃO DE EDUCAÇÃO E CULTURA ESPÍRITA DO PARANÁ SANTA CATARINA.: Lote de terreno nº 8, da quadra nº 25, da Planta Ana Maria, município de Piraquara, medindo 12,00m de frente para a travessa A, por 35,00m de fundos em ambos os lados, sem benfeitorias, com divisas e confrontações constantes na matrícula nº 45.269 do CRI de Piraquara, avaliado em R$3.264,00, Lote de terreno nº 9, da quadra nº 25, da Planta Ana Maria, município de Piraquara, medindo 12,00m de frente para a travessa A, por 35,00m de extensão da frente aos fundos em ambos os lados, sem benfeitorias, com divisas e confrontações constantes na matrícula nº 45.270 do CRI de Piraquara, avaliado em R$3.264,00, Lote de terreno nº 10, da quadra nº 25, da Planta Ana Maria, município de Piraquara, medindo 12,00m de frente para a travessa A, por 35,00m de extensão da frente aos fundos em ambos os lados, sem benfeitorias, com divisas e confrontações constantes na matrícula nº 45.271 do CRI de Piraquara, avaliado em R$3.264,00, Lote de terreno nº 11, da quadra nº 25, da Planta Ana Maria, município de Piraquara, medindo 12,00m de

frente para a travessa A, por 35,00m de extensão da frente aos fundos pelo lado esquerdo de quem do terreno olha para a rua, sem benfeitorias, com divisas e confrontações constantes na matrícula nº 45.272 do CRI de Piraquara, avaliado em R$6.117,00, Lote de terreno nº 12, da quadra nº 25, da Planta Ana Maria, município de Piraquara, medindo 17,50m de frente para a Rua J, por 35,00m de extensão da frente aos fundos pelo lado direito de quem do terreno olha para a rua onde confronta com o lote nº 13, sem benfeitorias, com divisas e confrontações constantes na matrícula nº 45.273 do CRI de Piraquara, avaliado em R$5.233,00, Lote de terreno nº 13, da quadra nº 25, da Planta Ana Maria, município de Piraquara, medindo 15,35m de frente para a Rua J, por 35,00m de extensão da frente aos fundos em ambos os lados, sem benfeitorias, com divisas e confrontações constantes na matrícula nº 45.274 do CRI de Piraquara, avaliado em R$4.081,00, Lote de terreno nº 14, da quadra nº 25, da Planta Ana Maria, município de Piraquara, medindo 12,00m de frente para a Rua J, por 35,00m de extensão da frente aos fundos em ambos os lados, sem benfeitorias, com divisas e confrontações constantes na matrícula nº 45.275 do CRI de Piraquara, avaliado em R$3.264,00, Lote de terreno nº 15, da quadra nº 25, da Planta Ana Maria, município de Piraquara, medindo 12,00m de frente para a Rua J, por 35,00m de extensão da frente aos fundos em ambos os lados, sem benfeitorias, com divisas e confrontações constantes na matrícula nº 45.276 do CRI de Piraquara, avaliado em R$3.264,00, Lote de terreno nº 16 da quadra nº 25, da Planta Ana Maria, município de Piraquara, medindo 12,00m de frente para a Rua J, por 35,00m de extensão da frente aos fundos em ambos os lados, sem benfeitorias, com divisas e confrontações constantes na matrícula nº 45.277 do CRI de Piraquara., avaliado em R$3.624,00, Lote de terreno nº 17, da quadra nº 25, da Planta Ana Maria, município de Piraquara, medindo 12,00m de frente para a Rua J, por 35,00m de extensão da frente aos fundos em ambos os lados, sem benfeitorias, com divisas e confrontações constantes na matrícula nº 45.278 do CRI de Piraquara, avaliado em R$3.624,00, Lote de terreno nº 20, da quadra nº 18, da Planta Vila Ana Maria, município de Piraquara, medindo 11,00m de frente para a Rua 3, por 35,00m de extensão da frente aos fundos em ambos os lados, perfazendo área total de 385,00m², sem benfeitorias, com divisas e confrontações constantes na matrícula nº 39.309 do CRI de Piraquara, avaliado em R$2.992,00, Lote de terreno nº 22, da quadra nº 18, da Planta Vila Ana Maria, município de Piraquara, com área total de 455,00m², sem benfeitorias, com divisas e confrontações constantes na matrícula nº 39.311 do CRI de Piraquara, avaliado em R$3.890,00, Lote de terreno nº 19, da quadra nº 18, da Planta Vila Ana Maria, município de Piraquara, medindo 11,00m de frente para a Rua 3, perfazendo área total de 385,00m², sem benfeitorias, com divisas e confrontações constantes na matrícula nº 46.509 do CRI de Piraquara, avaliado em R$2.992,00, 5ª 02385-2012-004-09-00-8(RTOrd), MAURICIO MURAD X FUNDAÇÃO DE EDUCAÇÃO E CULTURA ESPÍRITA DO PARANÁ SANTA CATARINA.: Lote de terreno nº 8, da quadra nº 25, da Planta Ana Maria, município de Piraquara, medindo 12,00m de frente para a travessa A, por 35,00m de fundos em ambos os lados, sem benfeitorias, com divisas e confrontações constantes na matrícula nº 45.269 do CRI de Piraquara, avaliado em R$3.264,00, Lote de terreno nº 9, da quadra nº 25, da Planta Ana Maria, município de Piraquara, medindo 12,00m de frente para a travessa A, por 35,00m de extensão da frente aos fundos em ambos os lados, sem benfeitorias, com divisas e confrontações constantes na matrícula nº 45.270 do CRI de Piraquara, avaliado em R$3.264,00, Lote de terreno nº 10, da quadra nº 25, da Planta Ana Maria, município de Piraquara, medindo 12,00m de frente para a travessa A, por 35,00m de extensão da frente aos fundos em ambos os lados, sem benfeitorias, com divisas e confrontações constantes na matrícula nº 45.271 do CRI de Piraquara, avaliado em R$3.264,00, Lote de terreno nº 11, da quadra nº 25, da Planta Ana Maria, município de Piraquara, medindo 12,00m de frente para a travessa A, por 35,00m de extensão da frente aos fundos pelo lado esquerdo de quem do terreno olha para a rua, sem benfeitorias, com divisas e confrontações constantes na matrícula nº 45.272 do CRI de Piraquara, avaliado em R$6.117,00, Lote de terreno nº 12, da quadra nº 25, da Planta Ana Maria, município de Piraquara, medindo 17,50m de frente para a Rua J, por 35,00m de extensão da frente aos fundos pelo lado direito de quem do terreno olha para a rua onde confronta com o lote nº 13, sem benfeitorias, com divisas e confrontações constantes na matrícula nº 45.273 do CRI de Piraquara, avaliado em R$5.233,00, Lote de terreno nº 13, da quadra nº 25, da Planta Ana Maria, município de Piraquara, medindo 15,35m de frente para a Rua J, por 35,00m de extensão da frente aos fundos em ambos os lados, sem benfeitorias, com divisas e confrontações constantes na matrícula nº 45.274 do CRI de Piraquara, avaliado em R$4.081,00, Lote de terreno nº 14, da quadra nº 25, da Planta Ana Maria, município de Piraquara, medindo 12,00m de frente para a Rua J, por 35,00m de extensão da frente aos fundos em ambos os lados, sem benfeitorias, com divisas e confrontações constantes na matrícula nº 45.275 do CRI de Piraquara, avaliado em R$3.264,00, Lote de terreno nº 15, da quadra nº 25, da Planta Ana Maria, município de Piraquara, medindo 12,00m de frente para a Rua J, por 35,00m de extensão da frente aos fundos em ambos os lados, sem benfeitorias, com divisas e confrontações constantes na matrícula nº 45.276 do CRI de Piraquara, avaliado em R$3.264,00, Lote de terreno nº 16 da quadra nº 25, da Planta Ana Maria, município de Piraquara, medindo 12,00m de frente para a Rua J, por 35,00m de extensão da frente aos fundos em ambos os lados, sem benfeitorias, com divisas e confrontações constantes na matrícula nº 45.277 do CRI de Piraquara., avaliado em R$3.624,00, Lote de terreno nº 17, da quadra nº 25, da Planta Ana Maria, município de Piraquara, medindo 12,00m de frente para a Rua J, por 35,00m de extensão da frente aos fundos em ambos os lados, sem benfeitorias, com divisas e confrontações constantes na matrícula nº 45.278 do CRI de Piraquara, avaliado em R$3.624,00, Lote de terreno nº 20, da quadra nº 18, da Planta Vila Ana Maria, município de Piraquara, medindo 11,00m de frente para a Rua 3, por 35,00m de extensão da frente aos fundos em ambos os lados, perfazendo área total de 385,00m², sem benfeitorias, com divisas e confrontações constantes na matrícula nº 39.309 do CRI de Piraquara, avaliado em R$2.992,00, Lote de terreno nº 22, da quadra nº 18, da Planta Vila Ana Maria, município de Piraquara, com área total de 455,00m², sem benfeitorias, com divisas e confrontações constantes na matrícula nº 39.311 do CRI de Piraquara, avaliado em R$3.890,00, Lote de terreno nº 19, da quadra nº 18, da Planta Vila Ana Maria, município de Piraquara, medindo 11,00m de frente para a Rua 3, perfazendo área total de 385,00m², sem benfeitorias, com divisas e confrontações constantes na matrícula nº 46.509 do CRI de Piraquara, avaliado em R$2.992,00, 5ª Vara: 06575-2005-005.09.00.1 (RTOrd), EUNICE MARIA NASCIMENTO X SET SOCIEDADE CIVIL EDUCACIONAL TUIUTI LIMITADA.: Barracão em alvenaria, contendo cinco pavimentos e aproximadamente 3.240,00m², correspondente ao Bloco “D” das instalações da executada, sobre o lote de terreno número 10 da Planta Grochevicz, no Santo Inácio, Bairro de Curitiba, medindo 96,00m de frente, e da frente aos fundos 37,30m, onde confronta com o lote número 11, do lado esquerdo mede 39,65m, onde confronta com o lote fiscal 17-043-1.000, tendo na linha de fundos 96,00m, onde confronta com o lote fiscal 17-043-1.000, tendo na linha de fundos 96,00m, onde confronta com o lote fiscal 17-048-2.000, com a área de 3.664,50m², Matricula 61.394 do 8º CRI de Curitiba-P, avaliado em R$2.700.000,00, 14989-2003-005-09-00-2 (RTOrd), PRISCILLA THERESA DE ARAUJO X TECHNOGAMES COMERCIAL LTDA.: Imóvel: Loja nº 08, localizada no piso 02 ou térreo do Edificio Galeria Heisler, situado na Rua Riachuelo, N/C. com área construída privativa de 27,7500m², área construída comum de 28,6300m², área construída de 56,3800m², fração ideal do solo de 0,0101178 e quota do terreno de 6,8872m², com demais dados constantes da Matricula nº 38.275 do 3º CRI de Curitiba-PR., Indicação Fiscal: 12.023.025.007-1, Ônus: Penhorado nos autos nº 075022005-015-09-00-4 da 15ª Vara do Trabalho de Curitiba, (DÉBITOS DE IPTU R$ 2.840,14 ATÉ 18/10/2013, DÉBITOS DE CONDOMÍNIO 20.684,10) avaliado em R$175.000,00, 17990-2002-005-00-8 (RTOrd), ANEORI REDERDE X SOCIEDADE EDUCACIONAL MODELO S/C LTDA.: 01 lote de terreno F-2/G, oriundo da subdivisão e unificação dos lotes F e G, da Planta de subdivisão do terreno de propriedade de Jan Szyper, sito no Bairro de Uberaba, perfazendo uma área total de 3.216,25m², com limites e confrontações constantes na Matricula 36.740 do 4º CRI de Curitiba-PR. Benfeitorias: No local há uma edificação, tipo comercial, em alvenaria, com cobertura de telhas de cerâmica, piso de concreto, totalizando, aproximadamente 3.000m² de área construída, em bom estado de conservação, (SEM DÉBITOS) avaliado em R$4.568.000,00, 25089-2010-005-09-00-0


Diário Indústria&Comércio

Leilões&LICITAÇÕES Curitiba, segunda-feira, 27 de janeiro de 2014 | Pág. C3

Continuação (RTOrd), MAURO JOSE SHAIKOSKI X SCHMIDT INDUSTRIA COMERCIO IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO LTDA E OUTROS (4).: 1.139 pratos fundos novos – Código 0018-03, tamanho 021 modelo 220, classe 058, avaliado em R$12.380,93, 03924-2007-005-09-00-5 (RTOrd), ADAUTO JOSÉ DOS SANTOS X EDUARDO BREMM DE CASTRO (ME) (MASSA FALIDA).: Vaga de Garagem n°21, com capacidade para estacionar um automóvel de passeio, porte médio, localizada no 1° Pavimento ou andar térreo, do “ Edifício Via Augusta”, situado na Rua Campos Sales, n° 494, Bairro Juvevê, nesta cidade, com área privativa de 12,00 m2, área comum de 3,6808 m2, área de 18,1355 m2 destinada a circulação e manobra de veículos, perfazendo a área construída correspondente ou global de 33,8163 m2 . Demais características como medidas, confrontações, constantes na Matricula n° 50852 do 2° CRI da Comarca de Curitiba – PR, avaliado em R$58.000,00, Vaga de Garagem n°22, com capacidade para estacionar um automóvel de passeio, porte médio, localizada no 1° Pavimento ou andar térreo, do “Edifício Via Augusta”, situada na Rua Campos Sales, n° 494, Bairro Juvevê, nesta cidade, com área privativa de 12,00m2 , área de comum de 3,6808 m2 , área de 18,1355 m2 , destinada a circulação e manobra de veículos, perfazendo a área construída correspondente ou global de 33,8163 m2 . Demais características como medidas, confrontações, constantes na Matrícula n° 50853 do 2° CRI da Comarca de Curitiba – PR, avaliado em R$58.000,00, 19709-2005-005-09-00-4 (RTOrd), ADRIANO LUIZ DO NASCIMENTO X ALFACAR RECUPERADORA DE VEÍCULOS LTDA E OUTROS (2).: Uma motocicleta Dafra, modelo Speed 150, cor vermelha, ano 2008/2009, Placa AQT5356, Código Renavam 11.80336-5, chassi 95VCA1K889M042161, pneus em ótimo estado, lataria em ótimo estado e assentos em ótimo estado, hidrômetro marcando 2.384 Km, avaliado em R$3.450,00, 08641-2008-005-09-000 (RTOrd), REGIANE MATOSO X RITA DE CASSIA SUZIN.: 01 VeiculoVW Kombi-Furgão Placa ADR-4151, cor branca, documento não apresentado (em falta), dados depende de consulta Detran, declarado provável ano 90/91, que encontrado em estado regular de conservação ou seja: pneus bem gastos, um único banco (necessita reparos), lataria com amassados (parte frontal lateral direita), em funcionamento regular, avaliado em R$4.000,00, 05139-2005-005-0900-5 (RTOrd), WANDERLEI BATISTA X LUTONDA CONSTRUÇÃO CIVIL LTDA.: Veiculo Imp/Mazda ano 1993/1993, Placa BEC 0105, em péssimo estado, sem motor, carroceria amassada, pintura desgastada, muita ferrugem, sem funcionamento, interior muito deteriorado, em estado geral de SUCATA, avaliado em R$1.500,00, 14325-2009005-09-00-9 (RTOrd), NELSON ROSA X METROPOLE SERVIÇOS DE PORTARIA LTDA.: Um veiculo marca Renault/tipo Clio Exp16-16vh, ano 2005/2006, cor vermelha, álcool/gasolina, Placa ANQ-0388, chassi 93YB88E156J678420, renavam 88.019840-0, usado, bom estado de conservação e uso, (DÉBITOS DE IPVA/MULTA R$ 547,48), avaliado em R$19.000,00, 15822-2011-005-09-00-9 (CartPrec), MARCIO ANDRE DA SILVA X JOAQUIM BITTENCOURT RIBAS.: Lote de terreno sob nº 4, da quadra 96, da Planta Fazenda Boqueirão, medindo 14,00m de frente para a Rua Padre Dehon, demais confrontantes, constantes da Matricula nº 3336 do 7º CRI de Curitiba-PR., com área total de 735m², Indicação Fiscal 84-172.004.000-1, endereço atual Rua Padre Dehon, 2396, 2392, 2376, 2410. Benfeitorias: sem construções, muro frontal, sem ocupantes, avaliado em R$417.000,00, 05378-1996-005-09-00-3 (RTOrd), LUZINETE DA SILVA GIROTTO X FABRICA DOWAL S.A CALÇADOS E ARTIGOS PARA ESPORTES.: Motocicleta Honda/ CG 150, Titan KS 2004/2004, Placas ALY-4517, chassi 9CLKC08104K057778, á gasolina, renavam 83.324517-1, cor preta, em nome do executado supra, em bom estado, (DÉBITOS DE IPVA/MULTA R$ 946,75), avaliado em R$4.400,00, 6ª Vara: 29716-2011006-09-00-9 (RTOrd), LUCIMARA DOS SANTOS X AHMED ABDUL RAHMAN HAJAR.: 55 pares de calçados Society e tenis para futebol de salão, diversas cores e tamanhos, todos em estado de novo, t~enis Dalponte e um par de tenis marca Winipeg, cor preta com detalhes em cinza, tamanho39, e estado de novo, avaliado em R$4.205,00, 026782013-006-09-00-9 (Arrest), SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDUSTRIAS DE PANIFICAÇÃO E OUTROS X ITSA INDUSTRIA S.A E OUTROS (3).: Uma linha de produção industrial para massa, marca Braibanti, nº patrimonial “Linha 4”, composta por extrusora e secadora, capacidade para preparação de 350/Kg hora de massa, máquina de grande porte, em estado razoável de conservação, avaliado em R$150.000,00, Uma linha de produção industrial para massa cortada, identificada como “Linha Santa Terezinha”, composta por extrusora e secadora, capacidade para preparação de 1500 Kg/ hora, máquina de grande porte, em estado razoável de conservação, avaliado em R$250.000,00, Uma linha de produção industrial para massa longa, identificada como “Linha São José”, composta por extrusora e secadora, capacidade para preparação de 2.500Kg/hora de massa, máquina de grande porte, em estado razoável de conservação, avaliado em R$300.000,00,Uma linha de produção industrial para macarrão espaguete/ massa longa, marca BRAIBANTI, identificada como “Linha 6” (localizada do lado esquerdo da linha Santa Terezinha), composta por extrusora e secadora, máquina de médio porte, capacidade 600kg/h, em estado razoável de conservação, avaliado em R$200.000,00, Uma linha de produção industrial para macarrão “ninho” marca Brazninhos, número patrimonial “Linha 3”, composta por extrusora e secadora, capacidade para preparação de 350kg/hora de massa, máquina de médio porte, funciona lado a lado com a linha 4, mas são linhas independentes, em estado razoável de conservação, avaliado em R$150.000,00, 10271-2013-006-09-00-5 (Cart Prec), DANIEL ROGERIO ABADIE RODRIGUES X MJ MEDEIROS MONTAGEM E ELETROTECNICA LTDA.: Uma máquina fotocopiadora multifuncional Samsung SCX4521, cor cinza, em bom estado, 110v, avaliado em R$450,00, Dois guinchos tipo Tirfor com catracas em ferro, cor cinza, importados, em bom estado, avaliado em R$1.600,00, 8ª Vara: 03921-2010-008-09-00-6 (CartPrec), MIRIAN ARCOVERDE NASCIMENTO X RAFAEL VARGHA POLO E OUTROS (3).: Imóvel: Fração de 50% do lote de terreno sob nº 04, da quadra nº B, Planta Geronasso, contendo uma casa de construção mista, coberta com telhas de barro, sob nº 145 da Rua João Schleder Sobrinho, com área total de 600,00 metros quadrados. Tudo de acordo com medidas e confrontações descritos na Matricula nº 16.791 do 9º CRI de Curitiba-PR, Ônus: AV-6: Usufruto reservado a Maria de Lourdes Wargha Polo e seu marido Rafael Polo Ferrer, R-7: Penhorado 50% do imóvel desta matrícula nos autos nº 05462-2004-018-09-00-4 RTOrd da 1ª Vara do Trabalho de Curitiba, (SEM DÉBITOS ATÉ 18/12/2013) avaliado em R$225.000,00, 21277-1998-00809-00-0(RTOrd), FRANCISCO ASSIS ALVES X MATO GROSSO VIGILÂNCIA E SEGURANÇA S/C LTDA. E OUTROS (2).: Casa nº 1, integrante do Conjunto Residencial Barcelona, situado na Rua Osni Silveira, 145, com dois pavimentos, ou seja, o pavimento térreo com área exclusiva de 46,90m², área comum de 0,70m², e área total de 47,60m², e o pavimento superior com área exclusiva de 55,12m², área comum de 0,70m², e área total de 55,82m², perfazendo em ambos os pavimentos a área exclusiva de 102,02m², área comum de 1,40m², área construída total de 103,42m², cabendo-lhe a fração ideal do solo de 149,7981m², equivalente a quota de 0,2777124 no solo e nas partes comuns, conjunto

este construído sobre o lote de terreno número 1, da quadra E, da Planta Carlos Adolfo Scheffer e Paulo Esquelbek, medindo 17,40m de frente para a Rua General Theodorico G. Guimarães, fazendo esquina com a Rua Osni Silveira, onde mede 31,00m, tendo o lado direito de quem da rua olha o imóvel 17,40, onde confronta com o lote 4, e pelo lado esquerdo de quem da Rua General Theodorico G. Guimarães olha o imóvel mede 31,00, onde confronta com o lote n. 2, de forma regular, perfazendo a área total de 539,40m² conforme matrícula 14.201 do 7º CRI de Curitiba – Pr, avaliado em R$246.165,00, 314982012-008-09-00-6 (CartPrec), MARGARETE CERQUEIRA DE OLIVEIRA X INFORMANET EDITORA DE PUBLICAÇÕES PERIÓDITAS.: 37 E-books do produto boletim informare, atualizáveis por 12 meses, avaliado em R$33.300,00, 09961-2010-008-09-001- (RTOrd), JOSIANE RECH DA LUZ X SULBETON SERVIÇOS DE CONCRETO E ARGAMASSAS.: 23m² de pedra brita, avaliado em R$897,00, 00725-2006-008-09-00-3 (RTOrd), JOAQUIM GILBERTO HEGLER X ELETRO IMPORT INDUSTRIA E COMERCIO DE ELETRODOMESTICOS LTDA E OUTROS (2).: Imóvel representado por prédio em alvenaria de três andares localizado na esquina das ruas Castro Alves (numeral indicativo 505) e Acyr Guimarães (numeral indicativo 506) com área total construída de 357,66m², Matricula do Registro de imóveis nº 950 do 6º CRI de Curitiba-PR., e demais averbações, Ônus: R-5: Usufruto em favor de Carlos Manuel Branco da Costa Pegado e Maria do Sameiro da Silva Carvalho da Costa Pegado, Curitiba 03 de novembro de 1999, R-6: Penhorado nos autos nº 922/2003 da 5ª Vara Cível da Comarca de Curitiba, (DÉBITOS DE IPTU R$ 74.836,53 ATÉ 18/12/2013), avaliado em R$1.430.640,00, 10ª Vara: 18240-2013010-09-00-1 (CartPrec), PROCURADORIA DA FAZENDA NACIONAL X FUNDAÇÃO BARDAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA.: Descriçõ da matrícula nº 19.946 do 7º CRI de Curitiba-PR: Parte ideal correspondente a 50% (cinquenta por cento), do seguinte imóvel: “Loe de terreno “A”, medindo 20,30m de frente para a rua Pedro Ivo, por 75,00m de extensão da frente aos fundos em ambos os lados, confrontando pelo lado direito de quem da rua olha o imóvel, com lotes fiscais nºs 004.000 e 034.000: pelo lado esquerdo confronta com o lote fiscal nº 041.000; tendo de largura na linha dos fundos 20,30m, onde confronta com os lotes fiscais nº 031.000 e 034.000, perfazendo a área tota de 1.522,20m² distante 48,74m da esquina com a Rua Lourenço Pinto, contendo uma casa com duas moradias sob nºs 504 e 505 e duas casas em alvenária sob nºs 5012 e 520 da Rua Pedro Ivo, com a Indicação Fiscal 12-071-047.000, do Cadastro Municipal. Conforme informa o talão de IPTU, existem 3 áreas construídas de 1024,00m² 134,00m² e 107,00m², totalizando 1.265,00m² de área construída, avaliado em R$3.200.000,00, 27037-2013-010-09-00-6 (CartPrec), GENE OLIVEIRA DA SILVA X JOSÉ JUCIMAR COLASSO.: Apartamento sobr nº 22, localizado no segundo pavimento (andar) so Bloco 03 do Conjunto Residencial Moradias Santa Candida II, Condomínio II, situado na Estrada das Otárias, nesta capital, com medidas e confrontações desritas na matrícula nº 52.064 do 2º CRI de Curitiba - PR, avaliado em R$120.000,00, 34631-2012-010-09-00-2(RTOrd), ANA PAULA ARGENTA X SOCIEDADE EVANGÉLICA BENEFICIENTE DE CURITIBA – PR E OUTRO.: 12 cardioscópios de SI VI M: DX 2010 LCD Ertsn em bom estado, avaliado em R$90.000,00, 53250-2004-010-09-00-2 (RTSum), EUNICE APARECIDA DE OLIVEIRA X UNILOOP SISTEMAS ELETRONICOS LTDA.: 1.750 reles automotivo identificados sob nº V23079A101, avaliado em R$8.750,00, 13066-2004-010-09-00-0 (RTOrd), VANETE ALVES SANTOS X EVALDO MARTINS DE OLIVEIRA – BAR E RESTAURANTE.: Lote de terreno sob nº 18, da quadra 39, da Planta 4, das Plantas a Cia. Cajuru, com área total de 315,00m². Demais divisas e confrontações constantes na Matricula nº 31.396 do 4º CRI de Curitiba-PR. Indicação Fiscal 28.042.018.000-8. Benfeitorias: Edificação em alvenaria com área de 182,40m², Ônus: R-11: Penhorado nos autos nº 55928-2003-006-09-00-1 da 6ª Vara do Trabalho de Curitiba, (DÉBITOS DE IPTU R$ 10.866,54 ATÉ 18/12/2013) avaliado em R$300.000,00, 40583-1996-010-09-00-0 (RTOrd), TEREZA CRISTINA MEDINA C CUNHA MARQUES X MAURO FORTES CARNEIRO E OUTRO.: Vaga de garagem dupla sob nº 17/18, com capacidade para estacionamento de 02 automóveis de porte médio, com área real privativa de 20,00m², área real de uso comum de 28,11220m², área real total de 48,11220m², localizada no 2º subsolo do Edifício Twin Towers, sito na Rua Padre Agostinho, 246, matrícula nº 31.797 do 1º CRI de Curitiba, avaliado em R$81.790,74, Apartamento sob nº 501, com área construída privativa de 306,3800m², área de uso comum de 69,49890m², área total de 375,87890m², localizado no 5º pavimento tipo da torre oeste do Edifício Twin Towers, sito à Rua Padre Agostinho, 246, matrícula nº 31.795 do 1º Cri de Curitiba. OBS: Não foi possível verificar as condições internas do imóvel, pelo fato do apartamento encontrar-se desocupado e o zelador do edifício não possuir a chave., avaliado em R$1.127.636,70, 24150-2009-010-09-00-3 (RTOrd), ANGELINA VIEIRA ROSA X PRIMOS AGROINDUSTRIAL LTDA E OUTROS (3).: Imóvel objeto da matrícula nº 2.732 do CRI de Bocaiúva do Sul, sendo o terreno rural, situado no lugar denominado “Papanduvas”, no município de Bocaiúva do Sul, resultante da subdivisão, denominado lote nº 01, com área total de 24.200,00m² ou seja 2,42 há, com as divisas e confrontações descritas na matrícula retro mencionada. Benfeitorias; edificação comercial destinada a abate com 698,29m² de área construida, assim distribuídos: abatedouro: 355,18m²; administração 54,82m²; caldeira 20,79m²; refeitório 33,66m²; depósitos 45,56m²; balança 7,82m²; currais 180,46m². Idade aparente de 10 anos, em bom estado de conservação e uso, avaliado em R$3.500.000,00, 16246-2008-010-09-00-7 (RTOrd), JEFERSON DO ROSÁRIO X ELENILTON NEGRÃO E OUTROS (4).: Parte ideal correspnde a 70% do imóvel: fração ideal do solo de 0,304700 que corresponde ao sobrado nº 03, do Residencial TrEs Ilhas, localizado na Rua Capistrano de Abreu, 236-B, comárea total construída exclusivamente de 195,58m². com os limites e confrontações constantes na matrícula nº 75.227, do 9º CRI de Curitba-PR, Ônus: R-6: Penhorado nos autos nº 15074-2010-016-09-00-7 (RTOrd) da 6ª Vara do Trabalho de Curitiba, (DÉBITOS DE IPTU R$ 85,84 ATÉ 18/12/2013) avaliado em R$252.000,00, 24022-2013-010-09-00-6 (CartPrec), RAFAEL GONÇALVES X CARLOS GEORGE MICHAEL.: Um veículo Fiat/Wekkend ELZ, placa GZT 1933, CHASSI 9BD18573027057025, veículo em funcionamento suspensão rebaixada, peqyunas avarias pela carroceria, pintura desgastada devido a exposição ao tempo, contanto com 125.455km rodados, avaliado em R$12.000,00, 11ª Vara: 28891-2013-011-09-0-6 (CartPrec), CÍCERA KEILIANE CARLOS DE FREITAS X SHANGHAI VEÍCULOS LTDA.: 01 veículo marca EFFA, modelo ULC Van 1.0 8V. P, zero Km, á gasolina, código Fipe 066003-5, chassi BHFJ5Z0610101DAM (Z), ano de fabricação/modelo 2011/2012, cor prata, sem placas, avaliado em R$30.000,00, 232612011-011-09-00-3 (RTOrd), JOSÉ ANTONIO DOMINGUES DE FREITAS X CLEIDE DA SILVA GIACOMITTI.: Um bloco de motor, marca Mercedez Benz, para motor Sprinter, 4 cilindros, cdi, retificado e em estado, nº de série 611981700668611, avaliado em R$3.000,00, Uma bomba injetora para motor 35516, marca Bosch, avaliado em R$7.000,00, 021132002-011-09-00-4 (RTOrd), ELIZEU FERREIRA LIMA X ARAUTUR TRANSPORTADORA TURISTICA LTDA. (MASSA FALIDA) E OUTROS (7).: Garagem simples nº 43, sem autonomia, localizada n1º subsolo ou 2º pavimento do Edifício Bouganville, sito à Avenida Silva Jardim, 1856, Curitiba – PR, com capacidade para estacionamento de 01 automóvel de passeio, com área construída de utilização exclusiva de 12,00m², área de uso comum de 17,73m², área correspondente ou global construída de 29,73m² e fração ideal do solo e

partes comuns de 0,001281%, com as demais características e confrontações descritas na matrícula nº 41.698 do Registro do Cartório de Registro de Imóveis 5ª CRI de Curitiba – PR. Onus: Hipoteca de 1º Grau em favor do Banco Bradesco S/A. OBS: 2.1 - Deverá o Leiloeiro divulgar que os bens só poderão ser arrematados pelo Condôminos do próprio Edifício.3 - Deverá o Leiloeiro informar previamente nos autos eventuais débitos de IPTU e Condomínio, cujos ônus serão de responsabilidade do Arrematante, assim devendo constar expressamente no edital de leilão. 3.1 – Despesas alusivas ao registro do imóvel, a exemplo do ITBI e o Funrejus, igualmente ficarão a cargo do arrematante (artigos 703, III, e 730 do CPC), avaliado em R$25.000,00, Garagem simples nº 44, sem autonomia, localizada no 1º subsolo ou 2º pavimento do Edifício Bouganville, sito à Avenida Silva Jardim, 1856, Curitiba – PR, com capacidade para estacionamento de 01 automóvel de passeio, com área construída de utilização exclusiva de 12,00m², área de uso comum de 17,73m², área correspondente ou global construída de 29,73m² e fração ideal do solo e partes comuns de 0,001281%, com as demais características e confrontações descritas na matrícula 41.699 do Registro Geral do 5ª CRI de Curitiba – PR. Onus: Hipoteca de 1º Grau em favor do Banco Bradesco S/A. OBS: 2.1 - Deverá o Leiloeiro divulgar que os bens só poderão ser arrematados pelo Condôminos do próprio Edifício. 3 - Deverá o Leiloeiro informar previamente nos autos eventuais débitos de IPTU e Condomínio, cujos ônus serão de responsabilidade do Arrematante, assim devendo constar expressamente no edital de leilão. 3.1 – Despesas alusivas ao registro do imóvel, a exemplo do ITBI e o Funrejus, igualmente ficarão a cargo do arrematante (artigos 703, III, e 730 do CPC), avaliado em R$25.000,00, Garagem simples nº 45, sem autonomia, localizada n1º subsolo ou 2º pavimento do Edifício Bouganville, sito à Avenida Silva Jardim, 1856, Curitiba – PR, com capacidade para estacionamento de 01 automóvel de passeio, com área construída de utilização exclusiva de 12,00m², área de uso comum de 17,73m², área correspondente ou global construída de 29,73m² e fração ideal do solo e partes comuns de 0,001281%, com as demais características e confrontações descritas na matrícula nº 41.700 do Registro do Cartório de Registro de Imóveis 5ª CRI de Curitiba – PR.Onus: Hipoteca de 1º Grau em favor do Banco Bradesco S/A. OBS: 2.1 - Deverá o Leiloeiro divulgar que os bens só poderão ser arrematados pelo Condôminos do próprio Edifício. 3 - Deverá o Leiloeiro informar previamente nos autos eventuais débitos de IPTU e Condomínio, cujos ônus serão de responsabilidade do Arrematante, assim devendo constar expressamente no edital de leilão. 3.1 – Despesas alusivas ao registro do imóvel, a exemplo do ITBI e o Funrejus, igualmente ficarão a cargo do arrematante (artigos 703, III, e 730 do CPC), avaliado em R$25.000,00, Garagem simples nº 46, sem autonomia, localizada n1º subsolo ou 2º pavimento do Edifício Bouganville, sito à Avenida Silva Jardim, 1856, Curitiba – PR, com capacidade para estacionamento de 01 automóvel de passeio, com área construída de utilização exclusiva de 12,00m², área de uso comum de 17,73m², área correspondente ou global construída de 29,73m² e fração ideal do solo e partes comuns de 0,001281%, com as demais características e confrontações descritas na matrícula nº 41.701 do Registro do Cartório de Registro de Imóveis 5ª CRI de Curitiba – PR. Onus: Hipoteca de 1º Grau em favor do Banco Bradesco S/A. OBS: 2.1 - Deverá o Leiloeiro divulgar que os bens só poderão ser arrematados pelo Condôminos do próprio Edifício. 3 - Deverá o Leiloeiro informar previamente nos autos eventuais débitos de IPTU e Condomínio, cujos ônus serão de responsabilidade do Arrematante, assim devendo constar expressamente no edital de leilão. 3.1 – Despesas alusivas ao registro do imóvel, a exemplo do ITBI e o Funrejus, igualmente ficarão a cargo do arrematante (artigos 703, III, e 730 do CPC), avaliado em R$25.000,00, 01704-2010-011-09-00-4 (RTOrd), PAULO ALAN DA SILVA X RESTAURANTE OTANA LTDA E OUTROS (3).: 01 coifa industrial para restaurante em aço inox, medindo 8,00 metros por 2,00 metros contendo três ductos de exaustores, em bom estado de conservação, avaliado em R$25.000,00, 23581-2010011-09-00-2 (RTOrd), ANGELICA APARECIDA POCOLUYCO X FLAMBE – RESTAURANTE E PETISCOS LTDA (ME).: Parte ideal da – Nua Propriedade – do imóvel pertencente ao executado Flávio José Ramalho, sendo: 50% ( cinquenta por cento) do apartamento localizado na Rua Manoel Eufrásio, 293 nº 701, Juvevê – CuritibaPR, com 219,7950m² de área construída de uso comum e de uso privativo somados. Indicação Fiscal: 32.013.024.012-2. Ocupação: desocupado há mais de 04 anos. Idade aparente do imóvel: 35 anos. Conservação do Imóvel: Boa. Demais dados constantes da Matricula 4.379 do 2º CRI de Curitiba-PR.Obs: Eventuais débitos de IPTU e Condominio, cujos Ônus serão de responsabilidade do arrematante, Ônus: R-15: Editora A Folha da Imprensa LTDA vendeu a NUA PROPRIEDADE do imóvel objeto desta matrícula para Alcy Joaquim Ramalho Filho e Flávio José Ramalho em 23 de outubro de 1996, R-16: A Editora A Folha da Imprensa LTDA vendeu o USUFRUTO VITALÍCIO do imóvel objeto desta matrícula para Miriam Chueiri Ramalho em 23 de outubro de 1996, R-17: Arresto nos autos nº 79.169/2008 de Execução de Título Extrajudicial da 2ª Vara da Fazenda Pública, Falências e Concordatas, R-18: Arresto nos autos nº 83.590/2009 de Execução de Título Extrajudicial da 2ª Vara da Fazenda Pública, Falências e Concordatas, (DÉBITOS DE IPTU R$ 9.758,75 ATÉ 01/10/2013 E DÉBITOS DE CONDOMÍNIO DE 120.000,00 ATÉ 18/10/2013) avaliado em R$320.000,00, 07716-2010-011-09-00-2 (RTOrd), LEO BURGEL X CONSTRUTORA PARATI LTDA.: Vaga de garagem nº 07, Edifício Belém, imóvel situado a Rua Alberto Kosop, 157, nesta cidade, cm área construída de 25,873 metros quadrados, medidas e confrontações no Registro Geral, em anexo, matrícula nº 24.610 do 8º CRI de Curitiba-PR.Obs: No tocante ao IPTU e Condomínio, eventuais débitos serão de responsabilidade do arrematante., avaliado em R$20.696,00, Vaga de garagem nº 08, Edifício Belém, imóvel situado a Rua Alberto Kosop, 157, nesta cidade, cm área construída de 25,873 metros quadrados, medidas e confrontações no Registro Geral, em anexo, matrícula nº 24.610 do 8º CRI de Curitiba-PR. Obs: No tocante ao IPTU e Condomínio, eventuais débitos serão de responsabilidade do arrematante., avaliado em R$20.696,00, 26415-2012-011-09-00-0 (CartPrec), ELAINE CRISTIANE FERREIRA X JANIRA BRUN SERVIÇOS ODONTOLOGICOS.: Uma cadeira odontológica “Gnatus”, cor verde, nº 42809761104, avaliado em R$8.500,00, Uma unidade auxiliar com três pontas, marca “Gnatus”, acoplada com 2 sugadores, nº 4288938046, avaliado em R$3.800,00, Um ultra son Jet sonic gnatus, marca “Gnatus”, nº 4387216046, avaliado em R$2.500,00, Um equipo com 4 pontas mais foto polimirizador, nº 42788168017, avaliado em R$4.950,00, 26982-2013-011-09-00-7 (CartPrec), BENTO SOUZA BARRAL X PALMYRA LOURDES.: Parte ideal de 50% do apartamento nº 01, tipo A, localizado no térreo ou 2º pavimeno do Edificio Evelise, sito na Rua Santa Catarina, 612, nets Capital, com área exclusiva de 54,0506m², área de estacionamento de 19,9087m², área global de 97,7197m². Demais caracteristicas constantes na metricula nº 13.626 do 5º CRI de Curitiba, Ônus: R-2: Hipotecado em primeiro grau a favor de Império Construtora de Obras Ltda., R-3: Cédula Hipotecaria Integral nº 4451/81 emitida em 01/09/1981 pela credora em favor da Apepar - Associação de Poupança e Empréstimo Paranaense, (DÉBITOS DE IPTU R$ 361,15 ATÉ 16/12/2013), avaliado em R$100.000,00.

RESUMO


Leilões&LICITAÇÕES

Diário Indústria&Comércio

Curitiba, segunda-feira, 27 de janeiro de 2014 | Pág. C4 EDITAL DE 1ª e 2ª PRAÇA E INTIMAÇÃO DE ALIENAÇÃO JUDICIAL DE BEM OS EXMOS. SRS. DRS. JUIZES DE DIREITO DA 21ª E 22ª VARAS CÍVEIS DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA/PR, nomeando os leiloeiros públicos HÉLCIO KRONBERG, JUCEPAR 653, e ADALBERTO SCHERER FILHO, JUCEPAR 592, fazem ciência aos interessados e, principalmente, aos executados/devedores, que nos respectivos autos de processos abaixo indicados, venderão os bens adiante discriminados, pelo maior lance, em LEILÃO PÚBLICO a ser realizado, em primeira praça/leilão, no dia 03/02/2014 às 15h e, em segunda praça/leilão, no dia 18/02/2014 às 15h, ambas a serem realizadas à Av. Marechal Floriano Peixoto, 886/896, Centro, Curitiba/PR. Em primeira praça/leilão os bens não poderão ser vendidos por valor inferior ao da avaliação, indicado no presente edital. Caso o bem não seja arrematado, em primeira praça/leilão, por valor igual ou superior ao valor da avaliação, será realizada segunda praça/leilão, na data indicada neste edital, quando serão aceitos lances em valor inferior ao da avaliação, desprezando-se o preço vil, este representado por valor inferior a 60% da avaliação. FORMAS E CONDIÇÕES DE PAGAMENTO: Será sempre considerado vencedor o maior lance ofertado, independente da forma ou condição de pagamento que o arrematante venha a optar. a) À VISTA: Ao optar pelo pagamento à vista do valor do lance, o arrematante, no ato da arrematação, deverá efetuar, diretamente ao leiloeiro, o pagamento da integralidade do valor do lance. Alternativamente, poderá o arrematante pagar, ao leiloeiro, o valor mínimo equivalente a 30% da arrematação, devendo pagar o valor remanescente no prazo máximo de 15 dias, cujo montante deverá ser garantido, no ato do leilão, por fiança/ caução bancária em valor equivalente ou maior que o montante a ser garantido. b) PARCELADO: Ao optar pelo pagamento parcelado, o arrematante, no ato da arrematação, deverá efetuar, diretamente ao leiloeiro, o pagamento do valor mínimo correspondente a 30% (trinta por cento) do valor da arrematação, quitando o valor remanescente em, no máximo, 12 (doze) parcelas iguais, mensais e sucessivas, vencíveis a cada 30 (trinta) dias e atualizadas mensalmente (prorata die) pela média do INPC+IGP-DI, parcelas estas que deverão ser depositados até o dia 30 (trinta) de cada mês (tendo como primeiro vencimento o dia 30 do mês seguinte a expedição da carta de arrematação ou documento equivalente), mediante guia de depósito judicial vinculada aos autos a que se refere o bem arrematado. c) MEDIANTE A UTILIZAÇÃO DO FGTS, CARTA DE CRÉDITO OU FINANCIAMENTO BANCÁRIO: Ao optar por esta modalidade de pagamento, o arrematante, no ato do leilão, deverá pagar, ao leiloeiro, o valor equivalente a, no mínimo, 30% (trinta por cento) do valor do lance, podendo pagar o valor remanescente mediante utilização do saldo em conta vinculada ao FGTS, Carta de Crédito concedida por Instituição Bancária ou Empresa de Consórcio, ou mediante financiamento bancário. TRANSMISSÃO ON LINE: O leilão/praça será transmitido, em tempo real, por intermédio do site www.kronberg.com.br, podendo, contudo, em razão de problemas técnicos, a transmissão não ser possível ou sofrer interrupções totais ou parciais, o que, em nenhuma hipótese, invalidará e/ou postergará o ato. LANCES PRESENCIAIS E PELA INTERNET: Os interessados em participar do leilão/praça poderão dar lances, presencialmente, no dia e hora marcados para a realização do leilão/praça, ou pela internet, por intermédio do site www.kronberg.com.br, para tanto deverão ser observadas e cumpridas as regras indicadas no referido site. TAXA DE LEILÃO: 5% (cinco por cento) sobre o valor da arrematação. Em casos de adjudicação, remição ou acordo, a comissão devida será de 1% ou 2% sobre o valor da dívida atualizada até a data da arrematação ou sobre o valor atualizado do bem, o que for menor. A comissão deverá ser integralmente paga no ato da arrematação, adjudicação, remição ou acordo. INFORMAÇÕES: pelo site www.kronberg. com.br ou pelo telefone (41) 3233-1077. CONDIÇÕES GERAIS: Os bens serão entregues livres de quaisquer dívidas e/ou ônus, observadas as disposições e exceções constantes nos editais de leilão. As partes ficam cientes de que a presente publicação representa um extrato/resumo dos editais de leilão, os quais deverão ser observados em sua íntegra que se encontra disponível no site www.kronberg.com.br. Ficam, desde já, intimadas as partes e, principalmente, os executados, credores hipotecários ou credores fiduciários: CONDOMÍNIO COJUNTO RESIDENCIAL PARQUE VERDE, WILSON DA SILVA FARIAS (e cônjuge se casado for), SALETE MASSON FARIAS (e cônjuge se casado for), DR. FLAVIO DIONÍSIO BERNARTT (e cônjuge se casado for) e HABITASUL CRÉDITO IMOBILIÁRIO S/A, CAIXA ECONÔMICA FEDERAL (autos nº. 0630/2008). CONDOMÍNIO CONJUNTO RESIDENCIAL CURITIBA, LAZARA VICENTINA SANTOS (e cônjuge se casado for) BANCO ITAÚ UNIBANCO S/A (Banco do Estado do Paraná S/A) (0348/1991), REDSKIN - COMÉRCIO DE ARTIGOS DE VESTUÁRIO (DECATHLON), VICTOR A. A. BOMFIM MARINS, CHIU CHENG YEN (e cônjuge se casado for), FAST CONSTRUÇÕES CIVIS LTDA, SILVANA BONILAURI (e cônjuge se casado for), CHUI WU YU Hu (e cônjuge se casado for), HOT MÍDIA DIVULGAÇÃO LTDA, JOSÉ ROBERTO BOLINARI (e cônjuge se casado for), (autos 0407/1995). CONDOMÍNIO EDIFÍCIO TIJUCAS, MIECESLAU BELNIAK (e cônjuge se casado for), LAIS BASTOS BELNIAK (e cônjuge se casado for) (autos nº. 002525179.2012.8.16.0001) e VALDEMIR GOMES DA SILVA (e cônjuge se casado for), CARLOS EDUARDO FERREIRA (e cônjuge se casado for), COMPANHIA DE HABITAÇÃO POPULAR DE CURITIBA/PR, CAIXA ECONÔMICA FEDERAL –CEF (autos nº. 0495/2005). CONDOMÍNIO EDIFÍCIO MILENA, HELENA CRIVELLARO VALLADÃO (e cônjuge, se casado for), CAIXA ECONÔMICA FEDERAL – CEF, (autos nº. 1419/2009), CONDOMÍNIO CONJUNTO RESIDENCIAL VALE VERDE II, GILMAR DOS SANTOS (e cônjuge, se casado for) e CAIXA ECONÔMICA FEDERAL – CEF (autos nº. 60.237/2010), NANCI BRUNOR BASSI (e cônjuge, se casado for), GEDEON CERVILHO CORAIOLA (e cônjuge, se casado for), JACIRA LOURDES CORAIOLA (e cônjuge, se casado for) DALTON LUIZ DALLAZEM (e cônjuge, se casado for) e LARIESDA SFAIR (e cônjuge, se casado for) (autos nº. 1300/2008). Sumária de Cobrança nº 0630/2008 – Requerente: Condomínio Conjunto Residencial Parque Verde Requeridos: Wilson da Silva Farias e outros. Bem (Lote único): Apartamento nº. 44 no 4º pavimento do bloco 14 do Conjunto Residencial Parque Verde, localizado na Rua Pedro Gusso, 4.300, Cidade Industrial, Curitiba/PR - CEP: 81.315000, com área construída privativa de 56,8800m², área comum de 5,6263 m², área construída global de 62,5063 m², com as demais características constantes na Matrícula nº. 24.679 da 05ª Circunscrição Imobiliária de Curitiba/PR - Indicação Fiscal nº. 87.052.002.223-4. Ônus: Hipoteca registrada no R-4/24.679, em favor de Habitasul Créditos Imobiliários S/A (Caixa Econômica Federal). Hipoteca registrada no Av.5/24.679, em favor de Banco Nacional de Habitação. Penhora nos autos nº. 12.474/2008, em trâmite perante a 21ª Vara Cível de Curitiba/PR, registrada no R.7/24.679. Há débitos de IPT dos exercícios fiscais de 1989, 1990 e 1991, autos nº. 0000499-06.1994.8.0185, em trâmite perante a 01ª Vara de Execuções Fiscais Municipais de Curitiba/PR, no importe de 522,00, junto ao Município de Curitiba/PR (data-base 20/01/2014). Valor da Avaliação: R$ 152.827,26 (cento e cinquenta e dois mil oitocentos e vinte e sete reais e vinte e seis centavos). Recursos Pendentes: Não há. Valor da Dívida: R$ 13.409,04 (treze mil quatrocentos e nove reais e quatro centavos), em 11/04/2011. Execução de Titulo Extrajudicial nº. 0348/1991 – Requerente: Condomínio Conjunto Residencial Curitiba. Requerido: Lazara Vicentina Santos. Bem (Lote único): Apartamento nº. 22 no 1º andar do bloco F do Condomínio Residencial Curitiba, localizado na Rua Engenheiro Costa Barros, 1230, Cajuru, Curitiba/PR - CEP: 82.940-010, com área construída privativa de 50,60

m², área comum de 11,470375 m², área construída global de 62,00375 m², com as demais características constantes na Matrícula nº. 38.407 da 04ª Circunscrição Imobiliária de Curitiba/PR - Indicação Fiscal nº. Ônus: Hipoteca registrada no R-2/38.407, em favor de Banestado S.A. Há débitos de IPTU junto ao Município de Curitiba/PR. Valor da Avaliação: R$ 143.029,39 (cento e quarenta e três mil vinte e nove reais e trinta e nove centavos). Recursos Pendentes: Não há. Valor da Dívida: R$ 109.701,22 (cento e nove mil setecentos e um reais e vinte e dois centavos), em 27/09/2013. Rescisão de Contrato nº 0407/1995 – Requerente: Redskin - Comércio de Artigos de Vestuário (Decathlon) Requeridos: Chiu Cheng Yen e outros. Bem (Lote único): Fração ideal do solo de 0,0106865 que corresponderá unidade nº. 112 do Edifício “Studios do Bosque”, localizado na Rua Deputado Mario de Barros, 1716, Juveve, Curitiba/PR - CEP: 80.530-280, com área construída total de 43,2804m², com as demais características constantes na Matrícula nº. 51.765 da 02ª Circunscrição Imobiliária de Curitiba/PR - Indicação Fiscal nº. 32.001.048.000-2. Ônus: Penhora nos autos nº. 16.027 da 13ª Vara Cível de Curitiba/PR, registrada no R-01/M-51.765. Há débitos de IPT dos exercícios fiscais de 2002, 2004, 2005, 2006, 2007, 2008, 2009, 2010, 2011, 2012 e 2013 (autos nº. 0009041-61.2004.8.0185, 000107865.2005.8.0185, 0005489-20.2006.8.0185, 0001171-47.2013.8.0185, 000627365.2004.8.0185, 0016050-59.2013.8.0185, 0009030-27.2007.8.0185, 000896765.2008.8.0185, ambos em trâmite perante a 01ª Vara de Execuções Municipais de Curitiba/PR e autos nº. 0005628-54.2011.8.0004, em trâmite perante a 02ª Vara de Execuções fiscais Municipais de Curitiba/PR, no importe de R$ 1.581.295,40 (um milhão quinhentos e oitenta e um mil duzentos e noventa e cinco reais e quarenta centavos) (20/01/2014). Valor da Avaliação: R$ 123.026,43 (cento e vinte e três mil vinte e seis reais e quarenta centavos) Recursos Pendentes: Não há. Valor da Dívida: R$ 60.554,48 (sessenta mil quinhentos e cinquenta e quatro reais e quarenta e oito centavos) em 24/10/2013 Restauração – Ação de Cobrança nº 0025251-79.2012.8.16.0001 – Requerente: Condomínio Edifício Tijucas Requeridos: Mieceslau Belniak e outros. Bem (Lote único): Conjunto nº. 1.413 do Edifício Tijucas, localizado na Avenida Luis Xavier, 68, Centro, Curitiba/PR - CEP: 80.020-020, com fração ideal do solo de 1,40m², com as demais características constantes na Matricula nº. 20.876 da 06ª Circunscrição Imobiliária de Curitiba/PR - Indicação Fiscal: 11-143.001.203-2. Ônus: Arresto nos autos nº. 27.292/1998 e 50633/2005, em trâmite perante a 01ª Vara da Fazenda Pública de Curitiba/PR, registrada no R-3/10.876 e R-4 /10.876, respectivamente. Há débitos de IPTU junto ao Município de Curitiba/ PR, dos exercícios fiscais de 1995 a 1997, 2001 a 2004 e 2005 a 2008, autos nº. 27292/1998, 58633/2005 e 82961/2009, no importe de R$ 3.003,33 (três mil e três reais e trinta e três centavos) (data-base 20/01/2014). Valor da Avaliação: R$ 97.962,65(noventa e sete mil novecentos e sessenta e dois reais e sessenta e cinco centavos) Recursos Pendentes: Não há. Valor da Dívida: R$ 17.237,45 (dezessete mil duzentos e trinta e sete reais e quarenta e cinco centavos) em 10/09/2013. Alienação nº 0495/2005 – Requerente: Valdemir Gomes da Silva Requerido: Carlos Eduardo Ferreira. Bem (Lote único): Imóvel lote 01 da quadra 02 da planta ITAPEMA localizado na Rua Desembargador Cid Campelo, 7633, Cidade Industrial, Curitiba/PR - CEP: 81.250-510, medindo 10,36 metros de frente, 26,87 metros de lado direito, 30,06 metros de lado esquerdo, e 6,06 metros de fundos, com área total de 223,64 metros quadrados, com as demais características constantes na Matrícula nº. 45.027 da 08ª Circunscrição Imobiliária de Curitiba/PR - Indicação Fiscal nº. 89-254-001-000-5. Ônus: Hipoteca registrada no R-2/45.027, em favor de Companhia de Habitação Popular de Curitiba/PR. Há débitos de IPTU junto a prefeitura Municipal de Curitiba/PR. Valor da Avaliação: R$ 199.398,72 (cento e noventa e nove mil trezentos e noventa e oito reais e setenta e dois centavos) Recursos Pendentes: Não há. Valor da Dívida: R$ 1.248,69 (mil duzentos e quarenta e oito reais e sessenta e nove centavos) em 14/10/2011. Cobrança nº 1419/2009 – Requerente: Condomínio Edifício Milena. Requerido: Helena Crivellaro Valladão Bem (lote único): Apartamento nº. 152, no 17º andar, do Edifício Milena, localizado na Rua Padre Agostinho, 2715, Ap. 152, Bigorrilho, Curitiba/PR - CEP: 80.710-000, com a área construída exclusiva de 55,7700m², área comum de 27,5496m², totalizando a área de 83,3196m². Na área comum do imóvel, está incluido o direito de estacionamento de um automóvel de passeio na garagem coletiva do Edifício, localizada no 1º andar, com as demais características constantes na Matrícula nº. 19.360 da 01ª Circunscrição Imobiliária de Curitiba/PR. Indicação Fiscal nº. 15.011.065.085-5. Ônus: Hipoteca registrada no R-02 /19.360, em favor de Caixa Ecnômica Federal – CEF. Arresto nos autos nº. 78.936, em trâmite perante a 03ª Vra da Fazenda Pública, Falências e Recuperação Judicial de Curitiba, registrada no R-4/19.360. Há debítos de IPTU junto ao Município de Curitiba/PR, referente aos exercícios fiscais de 2004, 2005, 2006, 2008, 2009, 2010, 2011 e 2012 (processos nº. 0008041-84.2008.8.0185 e 0008548.69.2012.8.0185, em trâmite perante a 02ª Vara de Execuções Fiscais Municipal de Curitiba/PR, no importe de R$ 3.198,43 (três mil cento e noventa e oito reais e quarenta e três centavos) (data-base 14/01/2014).. Há débitos de IPTU junto ao Município de Curitiba referente ao exercício fiscal de 2013 e 2014. Valor da Avaliação: R$ 222.260,52 (duzentos e vinte e dois mil duzentos e sessenta reais e cinquenta e dois centavos). Recursos Pendentes: Não há. Valor da Dívida: R$ 36.382,47 (trinta e seis mil trezentos e oitenta e dois reais e quarenta e sete centavos), em 15/10/2012. Sumária de Cobrança nº 60.237/2010 – Requerente: Condomínio Conjunto Residencial Vale Varde II. Requerido: Gilmar dos Santos. Bem (lote único): Apartamento nº. 401 do Bloco B-22 do Conjunto Residencial Vale Verde II, localizado na Rua Leonor Cardoso, 331, Campo Comprido, Curitiba/PR - CEP: 81.240-380, com área construída exclusiva de 53,550 m², área construída comum de 4,983 m², área construída total de 58,533m², com as demais caracteristicas constantes na Matrícula nº. 78.917 da 08ª Circunscrição Imobiliária de Curitiba/PR Indicação Fiscal nº. 69.012.011. Ônus: Hipoteca registrada no R-04/78.917, em favor de Caixa Ecnômica Federal – CEF. Há debítos de IPTU junto ao Município de Curitiba/PR. Valor da Avaliação: R$ 141.209,21 (cento e quarenta e um mil duzentos e nove reais e vinte e um centavos). Recursos Pendentes: Não há. Valor da Dívida: R$ 19.775,05 (dezenove mil setecentos e setenta e cinco reais e cinco centavos), em 25/06/2013. Execução de Titulo Extrajudicial nº 1300/2008 – Requerente: Nanci Brunor Bassi. Requerido: Gedeon Cervilho Coraiola e outro Bem (lote único): Lote de Terreno nº. 04 da quadra nº. 03 da planta Jardim Santa Izabel, localizado na Rua Paulo de Deus Bessa, 630, São Braz, Curitiba/PR - CEP: 82.300-210, medindo 12,00 m. de frente, por 31,00 m. de fundos em ambos os lados, com área total de 372,00 m², constendo uma resistência mista, coberta com telha de fibrocimento, esquadrias de ferro, em regular estado de conservação, com as demais caracteristicas constantes na Matrícula nº. 44.748 da 08ª Circunscrição Imobiliária de Curitiba/PR - Indicação Fiscal nº. 19.130.004.000-8. Ônus: Penhora nos autos nº. 1462/2006, em trâmite perante a 21ª Vara Cível de Curitiba/PR, registrada no R-7/44.748. Há debítos de IPTU junto ao Município de Curitiba/PR, referente aos exercícios fiscais de 2013 e 2014. Valor da Avaliação: R$ 230.143,86 (duzentos e trinta mil cento e quarenta e três reais e oitenta e seis centavos) Recursos Pendentes: Não há. Valor da Dívida: R$ 129.449,21 (cento e vinte e nove quatrocentos e quarenta e nove reais e vinte e um centavos), em 30/07/2013.

EDITAL DE 1ª e 2ª PRAÇA E INTIMAÇÃO DE ALIENAÇÃO JUDICIAL DE BEM O EXMO. SR. DR. JUIZ DE DIREITO DA 07ª VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA/PR, DRA. CARLA MELISSA MARTINS TRIA, nomeando o leiloeiro público HÉLCIO KRONBERG, JUCEPAR 653, faz ciência aos interessados e, principalmente, aos executados/devedores, que nos respectivos autos de processos abaixo indicado, venderá o bem adiante discriminado, pelo maior lance, em LEILÃO PÚBLICO a ser realizado, em primeira praça/ leilão, no dia 03/02/2014 às 15h e, em segunda praça/leilão, no dia 18/02/2014 às 15h, ambas a serem realizadas à Av. Marechal Floriano Peixoto, 886/896, Centro, Curitiba/PR. Em primeira praça/leilão o bem não poderá ser vendido por valor inferior ao da avaliação, indicado no presente edital. Caso o bem não seja arrematado, em primeira praça/leilão, por valor igual ou superior ao valor da avaliação, será realizada segunda praça/leilão, na data indicada neste edital, quando serão aceitos lances em valor inferior ao da avaliação, desprezando-se o preço vil, este representado por valor inferior a 60% da avaliação. CONDIÇÕES DE PAGAMENTO: O arrematante, no ato da arrematação, deverá efetuar, à vista, o pagamento imediato do preço, nos termos do art. 690 do CPC. O pagamento deverá ser feito em moeda nacional, ficando a quitação do valor condicionada a compensação de eventual cheque emitido para pagamento. TAXA DE LEILÃO: 5% (cinco por cento) sobre o valor da arrematação. Em casos de adjudicação, remição ou acordo, a comissão devida será de 2% sobre o valor da dívida atualizada até a data da arrematação ou sobre o valor atualizado do bem, o que for menor. A comissão deverá ser integralmente paga no ato da arrematação, adjudicação, remição ou acordo. INFORMAÇÕES: pelo site www. kronberg.com.br ou pelo telefone (41) 3233-1077. CONDIÇÕES GERAIS: Os bens serão entregues livres de quaisquer dívidas e/ou ônus, observadas as disposições e exceções constantes nos editais de leilão. As partes ficam cientes de que a presente publicação representa um extrato/resumo dos editais de leilão, os quais deverão ser observados em sua íntegra que se encontra disponível no site www.kronberg.com.br. Ficam, desde já, intimadas as partes e, principalmente, os executados, credores hipotecários ou credores fiduciários: CONDOMÍNIO DO EDIFÍCIO ALABASTRO, CARLOS AUGUSTO FERNANDES (e cônjuge, se casado for), MARISSE GUSSO FERNANDES (e cônjuge, se casado for), CAIXA ECONÔMICA FEDERAL - CEF (autos nº. 0457/2007). Sumária de Cobrança nº 0457/2007 – Requerente: Condomínio do Edifício Alabastro. Requerido: Carlos Augusto Fernandes e outro. Bem (lote único): Apartamento, 14, no andar térreo, do bloco “A” do Edifício Alabastro, localizado na Rua Guilherme Pugsley, 2627, Portão, Curitiba/PR - CEP: 80.610-300, com área privativa de 76,460 m², área comum de 15.695 m², área total construída de 92,155 m², correspondendo a fração ideal do solo de 0,01526 ou 35,922 m², com as demais caracteristicas constantes na Matrícula nº. 28.388 da 05ª Circunscrição Imobiliária de Curitiba/PR - Indicação Fiscal nº. 63.034.027.000. Ônus: Hipoteca registrada no R-8/28.388, em favor de Caixa Econômica Federal – CEF. Penhora nos autos nº. 2000.70.00.025575-2, em trâmite perante a Vara Federal do Sistema Financeiro de Habitação de Curitiba/PR, registrada no R-9/28.388. Há debítos de IPTU junto ao Município de Curitiba/PR Valor da Avaliação: R$ 215.409,85 (duzentos e quinze mil quatrocentos e nove reais e oitenta e cinco centavos). Recursos Pendentes: Não há. Valor da Dívida: R$ 16.840,29 (dezesseis mil oitocentos e quarenta reais e vinte e nove centavos), em 12/02/2009. Curitiba, 13 de janeiro de 2014. CARLA MELISSA MARTINS TRIA JUIZA DE DIREITO

EDITAL DE 1ª e 2ª PRAÇA E INTIMAÇÃO DE ALIENAÇÃO JUDICIAL DE BEM NOS TERMOS DA LEI Nº. 5.741/1971 O EXMO. SR. DR. JUIZ DE DIREITO DA 21ª VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA/PR, nomeando o leiloeiro público ADALBERTO SCHERER FILHO, JUCEPAR 592 (podendo o leilão, na eventual impossibilidade do leiloeiro nomeado, ser realizado pelo leiloeiro Hélcio Kronberg),, JUCEPAR 653, faz ciência aos interessados e, principalmente, aos executados/devedores, que nos respectivos autos de processo abaixo indicado, venderá o bem imóvel adiante discriminado, pelo maior lance, em LEILÃO PÚBLICO a ser realizado, em praça única no dia 18/02/2014 às 15h, ambas a serem realizadas à Av. Marechal Floriano Peixoto, 886/896, Centro, Curitiba/ PR.. O valor mínimo para venda do bem apregoado será o valor do saldo devedor que corresponde ao montante de R$ 599.776,27 (quinhentos e noventa e nove mil setecentos e setenta e seis reais e vinte e sete centavos), atualizada até 28/07/2013, conforme artigo 06º da Lei nº. 5.741/1971. CONDIÇÕES DE PAGAMENTO: O arrematante, no ato da arrematação, deverá efetuar, à vista, o pagamento imediato do preço, nos termos do art. 690 do CPC. O pagamento deverá ser feito em moeda nacional, ficando a quitação do valor condicionada a compensação de eventual cheque emitido para pagamento. TAXA DE LEILÃO: 5% (cinco por cento) sobre o valor da arrematação. Em casos de adjudicação, remição ou acordo, a comissão devida será de 2% sobre o valor da dívida atualizada até a data da arrematação ou sobre o valor atualizado do bem, o que for menor. A comissão deverá ser integralmente paga no ato da arrematação, adjudicação, remição ou acordo. INFORMAÇÕES: pelo site www.kronberg.com.br ou pelo telefone (41) 3233-1077. CONDIÇÕES GERAIS: Os bens serão entregues livres de quaisquer dívidas e/ou ônus, observadas as disposições e exceções constantes nos editais de leilão. As partes ficam cientes de que a presente publicação representa um extrato/resumo dos editais de leilão, os quais deverão ser observados em sua íntegra que se encontra disponível no site www.kronberg.com. brFicam, desde já, intimadas as partes e, principalmente, os executados, credores hipotecários ou credores fiduciários: BANCO ITAÚ S.A, FRANCISCO LUIZ KLIMOVICZ (e cônjuge se casado for), MIRIAM DO ROCIO TEIXEIRA DE FREITAS KLIMIVICZ (e cônjuge se casado for), CONDOMÍNIO EDIFÍCIO ILHA DO BOM ABRIGO. Execução Especial Hipotecária nº 0585/2007 – Exequente: Banco Itaú S.A Executados: Francisco Luiz Klimovicz e outros. Bem (Lote único): Apartamento Duplex nº. 93 (noventa e três), localizado no 10º pavimento e ático do “Edifício Ilha de Bom Abrigo”, situado na Rua Jaguariaiva, 532, Matinhos/ PR - CEP: 83.260-000, área coberta de 95,5500m² de área privativa, 67,0582m² de área comum e garagem com área de 84,1108m², totalizando a área coberta de 246,7190m², área descoberta 102,8200m², com as demais características constantes na Matrícula nº. 31.242 do Registro de Imóveis de Matinhos/PR. Ônus: Hipoteca registrada no Av. 1/31.242, em favor de Banco Itaú S/A. Penhora nos autos nº. 1373/2005, em trâmite perante a 22ª Vara Cível de Curitiba/PR, registrada no R.2/31.242. Penhora nos autos nº, 004916/2006, em trâmite perante a Vara Cível e Anexos da Comarca de Matinhos/PR, registrado no R-3/31.242. Há débitos de IPTU junto ao Município de Matinhos/PR. Valor da Avaliação: R$ 890.301,39 (oitocentos e noventa mil trezentos e um reais e trinta e nove centavos). Recursos Pendentes: Não há. Valor da Dívida: R$ 599.776,27 (quinhentos e noventa e nove mil setecentos e setenta e seis reais e vinte e sete centavos), atualizada até 28/07/2013. Curitiba, 13 de janeiro de 2014. DR. ROGÉRIO DE ASSIS JUIZ DE DIREITO


Leilões&LICITAÇÕES

Diário Indústria&Comércio

Curitiba, segunda-feira, 27 de janeiro de 2014 | Pág. C5

P.B. CASTRO LEILÕES

Plínio Barroso de Castro Filho Leiloeiro Judicial e Depositário Judicial Particular - Mat. JUCEPAR 668 Rua Jacarezinho, 1257 - 1o. andar CEP 80.810-130 - Curitiba - Paraná Fone (41) 3029-8555 - Fax (41) 3029-8555 www.pbcastro.com.br - leiloes@pbcastro.com.br

EDITAL DE PRAÇA E LEILÃO: Dia 06 de fevereiro de 2014, às 10:00 horas Será oferecido o bem pelo valor de avaliação, não havendo interessados, será oferecido pela melhor oferta. Dia 27 de fevereiro de 2014, às 10:00 horas Haverá um novo Leilão, no mesmo endereço e nas mesmas condições, caso o bem não tenha sido vendido na data anterior. NÃO HAVENDO EXPEDIENTE NAS DATAS ACIMA OS LEILÕES SERÃO EFETUADOS NO PRIMEIRO DIA ÚTIL SUBSEQÜENTE. Local: Rua Jacarezinho 1257 1º andar - Curitiba – Paraná – Fone (41) 3029-8555 PLÍNIO BARROSO DE CASTRO FILHO, Leiloeiro Judicial, registrado na JUCEPAR sob o número 668 e devidamente autorizado e designado pelos Sr(a). Dr(a). Juiz(a) da 7ª Vara da Justiça do Trabalho de Curitiba, do Tribunal Regional do Trabalho, 9a Região, para realizar os atos expropriatórios através de hasta pública, venderá em Público Praça/Leilão, conforme art 888 da CLT, nos dias e hora local supracitados, os bens objeto de penhora das ações trabalhistas, no estado de conservação em que se encontram, sendo que na primeira data, os bens serão oferecidos pelo valor da avaliação, não havendo licitantes, os bens serão oferecidos pela melhor oferta e, os bens não vendidos na primeira data, serão novamente oferecidos nas mesmas condições da primeira data. Sendo os processos e os bens a seguir descritos.: 7ª Vara: 25912-2008-007-09-00-5 (RTOrd), LEILA CRISTINA DE GOUVEIA X RECICLE COMERCIO DE SUPRIMENTOS PARA ESCRITÓRIO LTDA (MASSA FALIDA) E OUTROS (2).: Veículo Chevrolet Bel-Air, importado, placa AXW- 1953, de propriedade de Joel Milton Rodrigues Vieira, cor predominante arrom (dourado com creme), estofamento claro, quatro portas, 100cv, renavam 53.951.401-2, movido a gasolina, pneus em bom estado de conservação, estado geral e excelente estado de conservação, (SEM DÉBITOS),avaliado em R$40.000,00, 12786-2012-007-09-00-5 (RTOrd), ANTENOR CUSTÓDIO DA SILVA X SERINO GRIGOLI.: Um relógio marca Orient, modelo quartz á pilha, multifuncional, referência MB55M005515X, aço inox, cor preta, avaliado em R$540,00, Um relógio marca Orient, mostardor preto, modelo quartz, á pilha, analógico e digital aço escovado, referência LB550035925X, avaliado em R$585,00, Um relógio marca Timex, mostrador preto modelo quartz, á pilha, multinacional, pulseira de borracha, cor preta, referência TI5G66IT, avaliado em R$430,00, 10819-2011-007-09-00-1 (RTSum), PAULO CESAR DE SOUZA X KANZEN INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE MÓVEIS PLANEJADOS LTDA..: Coletor de pó, marca MaKmiva CPD – 3, com motor Weg, composta por carrinho e dois tambores 220v. Em funcionamento normal e bom estado, com duas magueiras com aproximadamente 6 metros, avaliado em R$2.700,00, Furadeira Hettich, cor azul, tipo YSL7112B, nº de série 07336 para 6 cabeçotes, fixada sobre mesa em madeira. Em funcionamento normal. Mesa de 80cm x 65cm aproximadamente, avaliado em R$1.800,00, Serra de esquadria 10 (254mm) DW713BR, tipo 1 série 15439, 127v, 50-60hz, 1600w, cor amarela, com inclinação 45’.Em funcionamento normal, avaliado em R$1.000,00, Tupia TU 1000, 4 velocidades, série 05-09 nº 3341, máquina omil, com mesa em ferro de 0,80m x 1,00m aproximadamente. Em funcionamento, avaliado em R$4.000,00, 30008-2007-007-09-00-0 (RTOrd), ORILES DE JESUS SILVA DA ROZA X PRIMOS AGROINDUSTRIAL LTDA.: 01 veiculo VW/Saveiro Supersurf, Placa AOR-9979, Car/camionete/C.Aberta 1.6, ano/modelo 2007, cor prata, renavam nº 91.772246-9, chassi nº 9BWE805W47P094114, pneus dianteiros e trasseiros em bom estado, (DÉBITOS DE IPVA/MULTA R$ 5.988,32), avaliado em R$22.000,00, 03420-2000-007-09-00-00-1 (RTOrd), JOSÉAUGUSTO TEIXEIRA X PINTURAS TRIANGULO S/C LTDA, ADMIR DOS SANTOS PADILHA E OUTROS (3).: Imóvel de Matricula nº 47.564, do 8º CRI de Curitiba-PR, compondo-se do Apartamento nº 11 do tipo 2, do 2º pavimento ou 1º andar, de frente e á direita da entrada, do Bloco D-11, tipo EPL-2, parte integrante do “Conjunto Moradias Cotolengo II”, localizado entre a Av. Conectora 4 (Via norte), e Rua sem denominação(situada á esquerda de quem da referida avenida olha) e Rua 1ª paralela ao Norte da já mencionada avenida, no distrito de Campo Comprido, n/Capital, estando o bloco situado de frente e com acesso pela Rua sem denominação, sendo que a unidade especifica possui a área construida útil de 51,71m², área construída exclusiva de 56,70m², área comum de 6,12m², perfazendo a área construída total de 62,82m², correspondendo-lhe a fração ideal do solo de 0,895362 ou quota ideal de 86,5874m², do terreno, cujos demais dados constam da Matricula, com área total de 9.670,65m². Indicação Fiscal: Setor 47, quadra 028, lote 054.000-9. Conforme registro R-3 (datado de 09/10/1985), em cópia de Matricula atualizada em 28/02/2011, o apartamento consta como de propriedade do Sr. Admir dos Santos Padilha, C.I. 2.052.975-PR, CPF 584.688.388-53, casado com a Sra. Rosana Ribeiro Padilha, CPF 499.967.899-34, com separação obrigatória de bens. Constatação: Reside no apartamento o Sr. Antonio Cesar Maluche e família, que reclama a posse do imóvel mediante instrumento de Compra e Venda, cujo financiamento foi devidamente quitado (contrato de gaveta), contrato de compra datado em 04/01/1994, avaliado em R$125.000,00, 34450-2010-007-09-00-1 (RTOrd), MARYANE STROPARO X RCW INDUSTRIA E COMERCIO DE EQUIPAMENTOS ELETRO ELETRONICOS LTDA.: Um relógio Ponto marca Ponto SysTen, modelo 2500, nº de série 0004172, novo, na produção, avaliado em R$2.350,00. Os leilões serão regidos de acordo a Lei 21.981/32, pela CLT e subsidiariamente pelo CPC. Os bens móveis estarão na semana que antecede ao leilão, a disposição para a vistoria dos senhores interessada no endereço do leiloeiro e ou no endereço dos seus atuais depositários, sendo que os endereços estão nos escritórios do leiloeiro a disposição dos interessados. Já os bens imóveis estarão a disposição dos interessados para vistoria, desde que anteriormente agendados o dia e a hora junto ao leiloeiro. Todas as despesas propter-rem que oneram os bens, as despesas publicação de edital, bem como as de transferência dos bens, bem como as despesas de IPTU e condomínios existentes, serão por conta dos arrematantes. Ficam cientes os interessados de que deverão verificar por conta própria a existência de todos os eventuais ônus reais existentes (penhoras, hipotecas, locações, impostos, taxas, etc.) junto aos competentes cartórios de registros e aos órgãos competentes, sendo que receberão tais bens no estado em que se encontram e arcarão com os impostos, encargos e taxas para os devidos registros. Eventuais ônus e despesas que não puderam ser constatados antes da publicação deste edital, serão informados quando da realização das hastas públicas. Alguns bens poderão ter a sua venda parcelada, conforme o Provimento 01/2005 e Provimento Geral da Corregedoria Regional do TRT 9ª Região. Ficam através deste edital intimadas as partes (C.P.C. Artigo 687 e Art. 3º da Lei de Introdução do Código Civil Brasileiro), os cônjuges (art. 669 § 1º do CPC), os credores concorrentes (artigo 698 do CPC), os credores hipotecários (artigo 1501 do Código Civil Brasileiro), os arrematantes e terceiros interessados. Cientes, também, que no ato da adjudicação, ou remição ou acordo entre as partes, serão cobrados os serviços do Leiloeiro, de armazenagem, do depositário judicial e as remunerações conforme Ordem de Serviços emitida pela Justiça do Trabalho TRT 9ª Região, das despesas informadas na Comunicação de Leilão e o Decreto Federal nº 21.981/1932, no Art. 22, alínea f. A comissão de Leilão, cujo resultado for positivo, sempre será devida ao Leiloeiro Oficial, pelo ATO PRATICADO (Decreto Federal N° 21.981/32), assumindo, conforme o caso, o arrematante, o adjudicante ou o remitente, o ônus desta despesa. No caso de indeferimento da arrematação pelo Juízo, a comissão será sempre devolvida ao arrematante. Caso os Exeqüentes, Executados, Credores hipotecários, cônjuges e terceiros interessados não sejam encontrados, notificados ou certificados por qualquer razão, da data de Praça e Leilão, quando da expedição das notificações respectivas, valerá o presente Edital de INTIMAÇÃO DE PRAÇA E LEILÃO. Fulcrado com o Artigo 238 da Lei 11.382 de 06 de dezembro de 2.006, Presumem-se válidas as comunicações e intimações dirigidas ao endereço residencial ou profissional declinado na inicial. O prazo para a apresentação de quaisquer medidas processuais contra os atos de expropriação, como embargos ou recursos, começará a contar após a Hasta Pública, independentemente de intimação. Curitiba, 13 de janeiro de 2014 – Plínio Barroso de Castro Filho – Leiloeiro Judicial.

P.B. CASTRO LEILÕES

Plínio Barroso de Castro Filho Leiloeiro Judicial e Depositário Judicial Particular - Mat. JUCEPAR 668 Rua Jacarezinho, 1257 - 1o. andar CEP 80.810-130 - Curitiba - Paraná Fone (41) 3029-8555 - Fax (41) 3029-8555 www.pbcastro.com.br - leiloes@pbcastro.com.br

EDITAL DE PRAÇA E LEILÃO: Dia 06 de fevereiro de 2014, às 10:00 horas Será oferecido o bem pelo valor de avaliação, não havendo interessados, será oferecido pela melhor oferta. Dia 27 de fevereiro de 2014, às 10:00 horas Haverá um novo Leilão, no mesmo endereço e nas mesmas condições, caso o bem não tenha sido vendido na data anterior. Dia 13 de março de 2014, às 10:00 horas Será oferecido o bem pelo valor de avaliação, não havendo interessados, será oferecido pela melhor oferta. Dia 27 de março de 2014, às 10:00 horas Haverá um novo Leilão, no mesmo endereço e nas mesmas condições, caso o bem não tenha sido vendido na data anterior. NÃO HAVENDO EXPEDIENTE NAS DATAS ACIMA OS LEILÕES SERÃO EFETUADOS NO PRIMEIRO DIA ÚTIL SUBSEQÜENTE. Local: Rua Jacarezinho 1257 1º andar - Curitiba – Paraná – Fone (41) 3029-8555 PLÍNIO BARROSO DE CASTRO FILHO, Leiloeiro Judicial, registrado na JUCEPAR sob o número 668 e devidamente autorizado e designado pelos Sr. Dr. Juiz do Trabalho, em exercício nas, 9ª Vara da Justiça do Trabalho, do Tribunal Regional do Trabalho, 9ª Região, para realizar os atos expropriatórios através de hasta pública, venderá em Público Praça/Leilão, conforme art 888 da CLT, nos dias e hora local supracitados, os bens objeto de penhora das ações trabalhistas, no estado de conservação em que se encontram, sendo que na primeira data, os bens serão oferecidos pelo valor da avaliação, não havendo licitantes, os bens serão oferecidos pela melhor oferta e, os bens não vendidos na primeira data, serão novamente oferecidos nas mesmas condições da primeira data. Sendo os processos e os bens a seguir descritos.: 9ª Vara: 17105-1995-009-09-00-6 (RTOrd), ESPOLIO JOÃO SANTOS RIBEIRO X RS EMPREENDIMENTOS LTDA.: Apartamento nº 14, do tipo AP-1-44, localizado no primeiro andar do bloco nº 04 do Conjunto Residencial Moradias Caiuá I, Condomínio X, situado á Rua Raul Pompéia, nesta Cidade de Curitiba, com área constrída exclusiva de 40,71m², área construida comum de 3,20250m², perfazendo a área total construída de 43,91250m², correspondendo-lhe a fração ideal dosolo de 0,0078441 do terreno onde esta construído o conjunto, constituído pelo lote nº 01, da quadra nº 35, da Planta Moradias Caiuá I, situado nesta Capital, de forma irregular, com área de 6.424,00m², medindo 92,00 metros de frente para a Rua Raul Pompéia, pelo lado direito de quem da frente do imóvel observa 92,00 metros, 42,00 metros e 20,00 metros, confrontadno com a Rua nº 09 e os lotes 02 a06 e 08 a 13 e na linha de fundos, onde mede 30,00 metros, confrontando com a Rua nº 16. Indicação Fiscal; Setor 89, quadra 300, lote 002.021. Matrícula 103800 do 8º CRI de Curitiba - PR, Ônus: R-1: Hipotecado e primeiro, segundo e terceiro graus, em favor da Caixa Econômica Federal, ( SEM DÉBITOS), avaliado em R$130.000,00, 06061-2001-009-09-00-8 (RTOrd), RICARDO IVANKO X DISTRIBUIDORA CURITIBA LTDA E OUTROS (14).: Quotas integralizadas pelo réu Cesar Antonio Mascarello, na sociedade Transvalter Ltda, CNPJ 77.039.006/0001-05, no montante de 40.800 (quarenta mil e oitocentas quotas), avaliado em R$40.800,00, 28449-2000-009-09-00-9 ( RTOrd), MICHELE CRISTINA CARDOSO X ABACEC ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ASSISTÊNCIA A CRIANÇA EXCEPCIONAL CARENTE. E OUTRO.: Uma motocicleta Honda NXR 125 Bros ES, placa ADL – 5606, cor predominante vermelha, em regular estado, avaliado em R$3.000,00, 19178-2012-009-09-00-4 (RTOrd), ADOLFO ACHAR JUNIOR X SOCIEDADE EVANGÉLICA BENEFICIENTE DE CURITIBA.: Dois cardioversores com carrinho de emergência, instramed, modelo HS-03, em bom estado de conservação, avaliado em R$16.000,00.Os leilões serão regidos de acordo a Lei 21.981/32, pela CLT e subsidiariamente pelo CPC. Os bens móveis estarão na semana que antecede ao leilão, a disposição para a vistoria dos senhores interessados no endereço do leiloeiro e ou no endereço dos seus atuais depositários, sendo que os endereços estão nos escritórios do leiloeiro a disposição dos interessados. Já os bens imóveis estarão a disposição dos interessados para vistoria, desde que anteriormente agendados o dia e a hora junto ao leiloeiro. Todas as despesas propter-rem que oneram os bens, as despesas publicação de edital, bem como as de transferência dos bens, serão por conta dos arrematantes. Ficam cientes os interessados de que deverão verificar por conta própria a existência de todos os eventuais ônus reais existentes (penhoras, hipotecas, locações, impostos, taxas, etc.) junto aos competentes cartórios de registros e aos órgãos competentes, sendo que receberão tais bens no estado em que se encontram e arcarão com os impostos, encargos e taxas para os devidos registros. Eventuais ônus e despesas que não puderam ser constatados antes da publicação deste edital, serão informados quando da realização das hastas públicas. Alguns bens poderão ter a sua venda parcelada, conforme o Provimento 01/2005 e Provimento Geral da Corregedoria Regional do TRT 9ª Região. Ficam através deste edital intimadas as partes (C.P.C. Artigo 687 e Art. 3º da Lei de Introdução do Código Civil Brasileiro), os cônjuges (art. 669 § 1º do CPC), os credores concorrentes (artigo 698 do CPC), os credores hipotecários (artigo 1501 do Código Civil Brasileiro), os arrematantes e terceiros interessados. Cientes, também, que no ato da adjudicação, ou remição ou acordo entre as partes, serão cobrados os serviços do Leiloeiro, de armazenagem, do depositário judicial e as remunerações conforme Ordem de Serviços emitida pela Justiça do Trabalho TRT 9ª Região, das despesas informadas na Comunicação de Leilão e o Decreto Federal nº 21.981/1932, no Art. 22, alínea f. A comissão de Leilão, cujo resultado for positivo, sempre será devida ao Leiloeiro Oficial, pelo ATO PRATICADO (Decreto Federal N° 21.981/32), assumindo, conforme o caso, o arrematante, o adjudicante ou o remitente, o ônus desta despesa. No caso de indeferimento da arrematação pelo Juízo, a comissão será sempre devolvida ao arrematante. Caso os Exeqüentes, Executados, Credores hipotecários, cônjuges e terceiros interessados não sejam encontrados, notificados ou certificados por qualquer razão, da data de Praça e Leilão, quando da expedição das notificações respectivas, valerá o presente Edital de INTIMAÇÃO DE PRAÇA E LEILÃO. Fulcrado com o Artigo 238 da Lei 11.382 de 06 de dezembro de 2.006, Presumem-se válidas as comunicações e intimações dirigidas ao endereço residencial ou profissional declinado na inicial. O prazo para a apresentação de quaisquer medidas processuais contra os atos de expropriação, como embargos ou recursos, começará a contar após a Hasta Pública, independentemente de intimação. Curitiba, 13 de janeiro de 2014 – Plínio Barroso de Castro Filho – Leiloeiro Judicial.


LeiLões&LICITAÇÕES

Diário indústria&Comércio

Curitiba, segunda-feira, 27 de janeiro de 2014 | Pág. C6

OPORTUNIDADES CONFiRA ABAiXO ALGUNs TiPOs De LeiLões e ONDe COMPRAR: Leilão da Receita Federal itens: videogames, notebooks, bebidas alcoólicas, aparelhos de telefone fixo e celular, automóveis novos, veículos antigos, caminhões, utensílios domésticos e até joias. Participantes: pessoa física ou jurídica Onde participar: endereços no site da Receita Federal. Como participar: é preciso um documento com foto e CPF. O pagamento é feito à vista e até o dia do vencimento do Darf (Documento de Arrecadação de Receitas Federais) que será entregue ao consumidor no ato da arrematação. Leilão de Carros do Detran itens: veículos em todos os estados de conservação. Participantes: pessoa física ou jurídica. Onde participar: Pátios de leilões e Detran Como participar: alguns leiloeiros não costumam exigir pré-cadastro. O pagamento deve ser à vista, em alguns casos com cheque administrativo ou depósito bancário. imóveis da Caixa econômica Federal itens: casas, apartamentos e outros imóveis de diversos valores, vazios ou ocupados. Participantes: pessoa física ou jurídica que não estiver movendo ação judicial contra a Caixa, não tenha restrições cadastrais, não esteja inadimplente com a CEF, tenha renda compatível com o valor do imóvel em caso de financiamento e estar enquadrados nas regras do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) no caso de precisar dos recursos. Onde participar: é preciso ter um cadastro de interesse para que a CEF realize o contato. Na concorrência pública os lances são feitos em envelope lacrado. Como participar: concorrência pública quando o imóvel é vendido para o interessado que apresentar em sua proposta a melhor oferta - ou venda direta - quando o imóvel é vendido ao primeiro interessado que apresentar proposta. Depósito caução de 5% do valor do imóvel para validar a proposta. Nos leilões os imóveis podem ser financiados. Joias penhoradas da Caixa econômica Federal itens: colares, anéis, brincos e outras joias. Participantes: pessoas físicas e jurídicas, que não precisam ser clientes do banco, desde que estejam em situação regular na Receita Federal. Onde participar: é preciso se cadastrar nas agências da CEF indicadas, obter uma senha que permitirá efetuar os lances em qualquer terminal de autoatendimento. Como participar: entrar em contato com um agente de penhor da CEF, apresentando original e cópia do documento de identidade, CPF e comprovante de residência. Você pode optar por fazer o pagamento integral ou o pagamento de sinal, correspondente ao valor mínimo de 20% (vinte por cento) do valor total dos lotes vencedores, acrescido dos 5% referentes à Tarifa de Licitação.

Edital de Praça e Leilão: dia 07/02/2014, às 09:30h = Local: Rua Senador Acciolly Filho, 1625-Cic-Curitiba-PR: Paulo Setsuo Nakakogue, Leiloeiro Público Oficial, matricula nº 625, devidamente autorizado pelos Srs. Drs. Juízes do Trabalho, no exercício da Titularidade da Vara Trabalhista, venderá, em público Leilão, conforme Art. 888 da CLT, no dia, hora e local supracitados,os bens objetivo de penhora das ações trabalhistas, nas condições indicadas neste Edital, a seguir descritos: Juíza do Trabalho, Dra. Odete Grasselli, da Vara do Trabalho de Pinhais Autos nº 03453-2007-245-09-00-0: Angela Cristina Bilyk x Prosen Projetos Serviços Ltda x Ademir Rodrigues da Silva; Imóvel de matrícula nº82.528 da 8ª Circunscrição do Registro de Imóveis de Curitiba/PR que corresponde ao lote de terreno nº05, da Planta Nossa Senhora de Lourdes,situado no Campo Comprido,Curitiba,de forma regular, medindo 15,00 metros de frente para a Rua Angelo Piotto (antiga Rua A), pelo lado direito de quem da referida rua olha o imóvel mede 30,00m;pelo lado esquerdo mede 30,00m e na linha de fundos mede 15,00m,perfazendo área total de 450,00m2. Indicação Fiscal: Setor 29, quadra 065, lote 045.000-6,confrontantes descrito na matrícula anexa ao mandado. OBS: No local há uma casa em madeira, bem simples com aproximadamente 90m2 na lateral uma parte coberta (garagem) com aproximadamente 50m2 e aos fundos em madeira bem simples uma edícula com aproximadamente 60m2. Venda Ad corpus Total R$ 400.000,00;(3*) VFC; Ônus na Prefeitura R$ 756,53 até 09/01/2014 mais custas e honorários judiciais;Autos nº 005322007-245-09-00-0: Giovana Braganholo x Odonto Stevanni S/C Ltda x José Claudio Stevane x Gillian Dolinski; 01 Apartamento nº 21 do bloco 06 do Edificio Residencial Ilha do Sol, situado a Rua José Fernandes Maldonado,900 Curitiba, com área exclusiva privativa de 57,560m2,área comum de 5,4700m2, perfazendo a área total 63,0300m2.Tudo de acordo com medidas e confrontações descritas na Matrícula nº 69774 do CRI-Venda Ad. Corpus. R$ 165.000,00; (4*) HBEP; (5*) VEF; (6*) VFPFC; Ônus na Prefeitura R$ 3.856,72 até 09/01/2014 mais custas e honorários judiciais;Condomínio será informado no dia do Leilão;PRÉ-REQUISITOS: Ficam cientes as partes litigantes e seus procuradores, bem como terceiros interessados em participar na Hasta Pública designada, de que a Praça e Leilão serão realizados em um único pregão, sendo que, apregoados os Bens e não havendo licitantes pelo valor equivalente a avaliação constante no Edital,os referidos Bens serão imediatamente Vendidos Pelo Maior Lance Ofertado, submetido a aprovação do Juízo, observado as CONDIÇÕES e REGRAS GERAIS DO LEILÃO, deste Edital: Os Bens Móveis e Imóveis serão Leiloados no Estado de Conservação em que se encontram, nos Imóveis a venda é “ad-corpus”; no ato da compra, o Arrematante está ciente e de acordo que os BENS são vendidos no Estado de Conservação que se encontram; declara irretratável e irrevogavelmente ter vistoriado os Bens e Não cabendo reclamações, desistências, cancelamento ou devoluções; em caso de dúvida NÃO COMPRE; As IMAGENS no SITE e INFORMES PUBLICITÁRIO são de caráter secundário e efeito estritamente ilustrativo;É de total responsabilidade dos Arrematantes:TODOS ÔNUS,IMPOSTOS,DÍVIDAS, MULTAS em especial de IPTU e CONDOMINIAIS (obrigações denominadas “propterrem”) constantes no Edital e/ou informadas antes da hasta publica, são assumidas de forma Clara e Inequívoca pelos interessados em oferecer o Lanço em Hasta Pública,estando plenamente cientes de que os ônus seguirão o imóvel e serão de total e exclusiva responsabilidade do Arrematante ou Adjudicatário,não se admitindo sub-rogações ou deduções dessas dívidas/multas no preço de Arrematação, conforme artigo 686,inciso V,do CPC;São igualmente de responsabilidade do Arrematante adjudicante TRANSFERÊNCIA, OUTRAS DESPESAS: incidentes sobre a Arrematação, tais como:Funrejus=0,2% sobre valor do ônus existentes ou valor arrematado, limitado ao valor teto,Lei Estadual 11.960/97;ITBI,Laudêmios,taxas, alvarás,emolumentos de cartório,escrituras,registros, Averbações, hipotecas,penhoras,dividas,Ônus Gravado declarados,Gravames Alienações, Impostos,carregamento, frete,seguro; Despesas do Leilão: Publicação dos Editais, honorários do Leiloeiro, despesas acessórias pendentes sobre o bem demais despesas informadas por erratas no Edital e/ou na Praça e Leilão; Venda a Prazo:a critério do Juízo da execução, com a anuência do Credor,o interessado poderá consignar proposta a prazo, em Leilão, Não havendo venda a vista, observado o imediato depósito do sinal de, no mínimo de 40% do lanço imediato e saldo em parcelas mensais, iguais, acrescidos Juros, Correções e demais garantias a critério do Juízo, a parcela inicial vencerá 30 dias do Leilão.O arrematante ficará como Fiel Depositário sempre observado Art.215 ao Art.221 do provimento Geral da Corregedoria Regional do Trabalho 9º região.Para ofertar propostas a prazo, deverá o licitante anunciar expressamente, tal condição de pagamento ao ofertar o seu lance. Exceto, nos AUTOS levados a Hasta Pública pela 17ª Vara do Trabalho de Curitiba, que, quem tiver interesse em adquirir o IMÓVEL em prestações, deverá: a) APRESENTAR a respectiva proposta por escrito até a véspera do leilão, observadas as condições impostas pelo art. 690 do CPC; b) DEPOSITAR previamente em juízo 30%(trinta por cento) do valor de avaliação do imóvel;c) COMPROVAR nos autos o respectivo depósito, sob pena de rejeição liminar da proposta. Se deferida a proposta,o restante da dívida ficará garantido por hipoteca sobre o próprio imóvel. Sobrevindo dúvida razoável do leiloeiro sobre quem seja o vencedor, deverá o leiloeiro receber o pagamento de quem ofertou o melhor lance em leilão e submeter o caso à deliberação do juiz, que decidirá a questão, dando o bem por arrematado pelo apresentante do melhor lanço ou da proposta prévia mais conveniente, conforme o caso (CPC, art. 690); Comissão de Leilão, sempre será devida ao Leiloeiro Oficial, pelo simples ATO PRATICADO(Decreto Federal nº 21.981/32), assumindo,o arrematante ou, o adjudicante ou o remitente, o ônus desta despesa; não sendo devolvido em nenhuma hipótese; Lançador:Poderá ser registrado na Certidão de Praça e Leilão, o último e o penúltimo Lançador do Leilão;se o último não cumprir as formalidades legais, o penúltimo poderá ser chamado, a critério do Juízo, desde que,o mesmo cumpra as condições do último lançador; Erratas,Ônus, Despesas informadas e anunciadas antes da Hasta Pública integram o Edital de Leilão, como pré condição Irretratável/irrevogável aceita e anuída pelos participantes do LEILÃO; No ato da retirada dos Bens arrematados, os mesmos deverão ser CONFERIDOS rigorosamente, só retirando se estiver plenamente satisfeito,NÃO acatando reclamações, desistências,cancelamento ou devoluções; Os pagamentos efetuados em cheques,serão considerados pagos, após a compensação dos mesmos; Os participantes do Leilão estarão sujeitos ao Artigo 335 do CPC, contra aqueles que impedirem, perturbarem, fraudarem,afastarem ou procurarem afastar licitantes por meios ilícitos, com os agravantes dos crimes praticados contra a ordem pública e violência;O Leiloeiro Oficial poderá Separar, Reunir ou Suspender Lotes;Ficam intimada(os) as(os) executada(os) de que o prazo para apresentação de quaisquer medidas processuais contra os atos de expropriação como embargos ou recursos começará a fluir no 5º(Quinto) dia após a realização da Hasta Pública, Independentemente de nova Intimação;Caso os Exeqüentes, Executados, Sócios/ Equiparados e Cônjuges não sejam encontrados ou cientificados, por qualquer razão, da data de Praça e Leilão, valerá o presente Edital de Intimação de Praça e Leilão; Para Participação no Leilão é pré-requisito que os Interessados reconheçam e concordem com o Edital e Condições informadas na Praça e Leilão; Legenda;(3*) VFC; Vara Federal de Curitiba; (4*) HBEP; Hipoteca do Banco do Estado do Paraná;(5*) VEF; Vara Execução Fiscal (6*) VFPFC; Vara da Fazenda Pública Falência e Concordata

PODER JUDICIÁRIO JUÍZO DE DIREITO DA PRIMEIRA VARA DA FAZENDA PÚBLICA DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE LONDRINA - ESTADO DO PARANÁ. Edital de leilão do bem penhorado e possibilidade de arrematação, COM PRAZO DE 10 (DEZ) DIAS, da seguinte forma: PRIMEIRO(A) LEILÃO/PRAÇA: Dia 04 de fevereiro de 2014 às 09h15min, que se realizará na Rua Minas Gerais, 297, 1º Andar – Ed. Palácio do Comércio , nesta cidade, para a venda a quem mais der, desde que por preço não inferior ao valor do saldo devedor. SEGUNDO(A) LEILÃO/PRAÇA: Dia 14 de fevereiro de 2014 às 09h15min, que se realizará na Rua Minas Gerais, 297, 1º Andar – Ed. Palácio do Comércio , nesta cidade, para a venda a quem mais der, desde que por preço não inferior ao valor do saldo devedor. Não havendo licitantes na praça a ser realizada, o imovel será adjudicado ao exequente, nas 48 horas seguintes, ficando o devedor exonerado da obrigação de pagar o restante da dívida. DADOS DO PROCESSO: Autos nº 0079785-02.2010.8.16.0014(001EL)Ação [de Execução Hipotecária Exequente (CPF/CNPJ) Companhia de Habitação de Londrina–COHAB-LD (78.616.760/0001-15) Executado(a) (CPF/CNPJ) (1) Claudenice Braga de Araujo (CPF/MF 879.692.38904) fls. 02 Qualificação do(s) Bem(ns) 01: Apartamento nº 101,(cento e um), tipo “B”, situado no pavimento térreo, do bloco B-2, do Conjunto Residencial Vale dos Tucanos, Londrina/PR, na Rua Carlos Baggio, nº 50, aptº 101, B-2 com as divisas e confrontações e demais medidas constantes da matrícula nº 39.734 do 1º Ofício de Registro de Imóveis da Comarca de Londrina, Estado do Paraná. Avaliação Primitiva R$ 65.000,00 - fls 120 em 26/03/2013 Avaliação Atualizada R$ 66.237,69 - fls 147 em 30/09/2013 Débito Primitivo – data/fls R$ 126.072,29 - fls 04 19/11/2010 Débito Atualizado - data/fls R$ 162.288,31 - 04/07/2013 – fls 132 a 136 Depositário Fiel Depositário Público fls 118 ÔNUS: AV.6-B- Caução de Crédito em favor da Caixa Econômica Federal; Ônus na Prefeitura R$ 2.766,25 até 26/12/2014 mais custas e honorários judiciais; Onus de Condominio R$ 35.084,91 até 01/01/2014; LEILOEIROS: BRASIL LEILÕES, através de seus leiloeiros PAULO SETSUO NAKAKOGUE, leiloeiro oficial, matr. JUCEPAR 625 ou PAULO ROBERTO NAKAKOGUE, matr. JUCEPAR 12/048L, arbitrando seus honorários na seguinte forma: em caso de arrematação: 5% sobre o valor de arrematação dos bens a ser pago pelo arrematante; na hipótese de adjudicação, remição, acordo ou pagamento/parcelamento da divida, ou pedido de adiamento da hasta pública por qualquer causa, antes das hastas públicas mas depois de realizadas as despesas visando à sua realização, o adjudicante, o devedor e a pessoa que deu causa ao adiamento, respectivamente, deverão ressarcir os valores comprovadamente desembolsados pelo leiloeiro, sendo, nesses casos, indevida a comissão. AD-CAUTELAM: fica(m) o(s) devedor(es) e seu(s) cônjuge(s) se casado(s) for(em), devidamente intimado(a)(s) das designações para a realização dos leilões/praça no caso de não ser(em) encontrado(a)(s) pessoalmente para a intimação. OBSERVAÇÕES: O arrematante deverá pagar o preço no ato, ou no prazo de 15 dias, mediante caução de 30% (trinta por cento), em observância ao Art. 690 do CPC; O interessado poderá apresentar proposta escrita pelo imóvel na forma do Art. 690, §§ 1º, 2º, 3º e 4º do CPC; Ainda que os embargos do executado sejam julgados procedentes, a arrematação não será desfeita (Art. 694 CPC), mas poderá o arrematante desistir da aquisição com a restituição da quantia paga (Art. 694, § 1º IV e 746, § 2º do CPC); Na hipótese da não realização dos leilões nas datas designadas pôr motivo superveniente, fica desde já designado o primeiro dia útil subsequente para sua realização. Os bens móveis e imóveis serão leiloados no estado de conservação em que se encontram, não cabendo reclamações, desistências, cancelamento ou devoluções. Nos imóveis a venda é "ad-corpus"; As IMAGENS no SITE e INFORMES PUBLICITÁRIO são de caráter secundário e efeito estritamente ilustrativo; Ainda, é de total responsabilidade dos Arrematantes o pagamento de TODOS os ônus e impostos, tais como ICMS, ITBI e outros que incidam sobre a venda; Poderá ser registrado na Certidão de Praça e Leilão, o último e o penúltimo Lançador do Leilão; se o último não cumprir as formalidades legais, o penúltimo poderá ser chamado, a critério do Juízo, desde que o mesmo cumpra as condições do último lançador; Erratas, ônus, Despesas informadas e anunciadas antes da Hasta Pública integram o Edital de Leilão, Os participantes do Leilão estarão sujeitos ao Artigo 335 do CPC, contra aqueles que impedirem, perturbarem, fraudarem,afastarem ou procurarem afastar licitantes por meios ilícitos, com os agravantes dos crimes praticados contra a ordem pública e violência; Ficam intimada(os) as(os) executada(os) de que o prazo para apresentação de quaisquer medidas processuais contra os atos de expropriação como embargos ou recursos começará a fluir após a realização da Hasta Pública, Independentemente de nova Intimação. Poderá o executado remir o imóvel penhorado, desde que deposite em juízo, até a assinatura do auto de arrematação, o valor integral da dívida, a comissão do leiloeiro, as custas e despesas do processo e os honorários advocatícios. Caso tenha se frustrado a intimação pessoal do(s) devedor(es), fica(m) este(s) ou seus sucessores desde já cientificado(s) para todos os efeitos legais das hastas designadas; Caso os Cônjuges dos devedor(es), bem assim os credores hipotecários não sejam encontrados ou cientificados, por qualquer razão, da data de Praça e Leilão, valerá o presente Edital de Intimação de Praça e Leilão. Londrina, 13/01/2014. Eu_____________, Funcionário Juramentado, subscrevi. MARCOS JOSÉ VIEIRA JUIZ DE DIREITO G:\Vara Civel\CÍVEIS\LE0014EF0015401 - cohab duas hastas


DiĂĄrio IndĂşstria&ComĂŠrcio

Leilþes&LICITAÇÕES Curitiba, segunda-feira, 27 de janeiro de 2014 | Påg. C7

       

                     !" #               !   $

            ! " #    $ %  

 !  & '(    ( ($  


Leilões&LICITAÇÕES

Diário Indústria&Comércio

Curitiba, segunda-feira, 27 de janeiro de 2014 | Pág. C8

CONFIRA A RELAÇÃO DE LEILOEIROS HABILITADOS PELA JUCEPAR ADRIANO MELNISKI – MATRÍCULA: 07/010-L Rua Amazonas, 677 – Apto. 52 – Bairro: Água Verde - CEP: 80.610-030 - Curitiba – Pr. Fone: (41) 3524-2216 – (41) 9601-3495 - e-mail: adriano@leiloesjudiciais.com.br AFONSO MARANGONI – MATRÍCULA: 12/046-L Avenida Sete de Setembro, 4753 – Apto. 1402 - Batel. - CEP: 80.240-000 – Curitiba – Pr. Fone: (41) 9602-1632 - e-mail: afonso.marangoni@gmail.com ALEXANDRE AUGUSTO DOS SANTOS SABBAG – MATRÍCULA: 628 Rua Herculano Carlos Franco de Souza, 550 - Apto.403-A – Água Verde - CEP: 80.240-290 - Curitiba – Pr. Fone: (41) 2105-0813 - (41) 9973-1549 - e-mail: asabbag@ibest.com.br AIRTON QUEIROZ SILVA – MATRÍCULA: 590 Rua Capistrano de Abreu, 38 – Casa - Boa Vista - CEP: 82.540-320 - Curitiba – Pr. Fone: (41) 3354-5608 – (41) 9991-9477 - e-mail: airton@leilopar.com.br ANDERSON QUEIROZ SILVA – MATRÍCULA: 657 Rua Capistrano de Abreu, 38 – casa – Bairro: Boa Vista - CEP: 82.540-320 - Curitiba – Pr. Fone: (41) 3354-5608 – (41) 9694-5416 - e-mail: leilopar@leilopar.com.br ANDRE DE OLIVEIRA KUSS – MATRÍCULA: 08/014-L Rua João Lunardelli, Nº 2095 - Cidade Industrial - CEP: 81.460-100 - Curitiba – Pr. Fone: (41) 3012-4800 - (41) 9911-0770 - e-mail: andre@paranaleiloes.com.br ANTONIO CARLOS DA SILVA PEREIRA – MATRÍCULA: 08/016-L Rodovia 476, KM 107 - nº 18.684 - Linha Verde, Bairro: Xaxim - CEP: 81.690-300 - Curitiba – Pr. Fone 1: (41) 3227.7000 - Fone 2: (41) 3268.0418 – Cel: (41) 9679-2344 - e-mail: sac.pereira@yahoo.com.br ANTONIO COSTA – MATRÍCULA 491 Rua Pará, nº 1531, Conj. 703 – Bairro: Centro - CEP: 86020-400 - Londrina – Pr. Fones1: (43) 3323-0015 Fone 2: (43) 3323-0674 – Cel: (43) 9155-0015 - e-mail: costa@acleiloes.com.br ANTONIO MAGNO JACOB DA ROCHA – MATRÍCULA: 08/020-L Rua Alferes Poli, 311 Compl. Cj. 4-B – Bairro: Centro - CEP: 80.230-090 - Curitiba – Pr. Fone/Fax: (41) 3077-8880 - e-mail: magno@rochaleiloes.com.br Preposto: FERNANDO KLUPPEL BATISTA – MATRÍCULA: 13/244-P CARLO MARUCCO NETO – MATRICULA: 677 Rua Alfredo Bufren, 86 – Apto.16 - Centro - CEP: 80.020-240 - Curitiba – Pr. Fone: (41) 3296-2926 – (41) 9962-6639 - e-mail: cacomarucco@gmail.com CELIA MARIA MAZZO – MATRÍCULA: 594 Rua XV De Novembro, nº 2535 – Bairro: Centro - CEP: 83.601-030 – Campo Largo – Paraná. Fone: (41) 3292-2482 – Cel. (41) 9991-9139 - e-mail: célia-mazzo@uol.com.br CELSO LEPKA SCHOBER – MATRÍCULA: 620 Rua Engenheiro Niépce da Silva, 510 – Apto. 102 – Bloco A. - CEP: 80.610-280 – Portão - Curitiba – Pr. Fone: (41) 3345-6386 – Cel. (41) 8433-0232 e 9988-6001 - e-mail: celso_leiloes@yahoo.com.br CLAUDIO CESAR KUSS – MATRÍCULA: 507 Rua João Lunardeli, 2095 - Cidade Industrial - CEP: 81.460-100 - Curitiba – Pr. Fone: (41) 3012-4800 - (41) 8472-5316 - e-mail: leiloeiro@claudioleilao.com.br DANIEL OLIVEIRA JUNIOR – MATRÍCULA: 12/243-L Avenida Antonio Henrique Phillip, nº 75 – Sobre Loja – Bairro: Centro. - CEP: 87.670-000 – Inajá – Pr. Fone: (44) 3440-1390 – Cel: (44) 9148-5888 - e-mail: daniel@libraswifi.com.br DANIEL VICENTE MENON – MATRÍCULA: 10/032-L Rua Minas Gerais, nº 803 Compl. DVM Leilões - Bairro: Nossa Sra. Aparecida CEP 85.601-060 - Francisco Beltrão – Pr. - Fone: (46)3524-3444 – Cel: (46) 9680-7000 e-mail: daniel@dvmleiloes.com.br DIRCE MANDUCA SILVA – MATRÍCULA: 659 Rua Capistrano de Abreu, 38 – casa – Bairro: Boa Vista - CEP: 82.540-320 - Curitiba – Pr. Fone: (41) 3354-5608 – Cel: (41) 9977-1941 - e-mail: leilopar@leilopar.com.br DIVALDO NATALICIO DA SILVA – MATRÍCULA: 12/236-L Avenida República Argentina, 211 – Bairro Centro - CEP: 87.270-000 – Engenheiro Beltrão – Pr. Fone: (44) 3537-2685 – Cel: (44) 9995-0358 e 9958-8505 - e-mail: contato@divelli.com.br ou divelli@hotmail.com EDUARDO EUGENIO SCREMIN – MATRÍCULA: 10/034-L Rua Ipê Roxo, 102 - Quadra G Lote 6 - Alfhaville Graciosa - CEP: 83.327-210 - Pinhais – Pr. Fone: (41) 3551-1584 - (41) 8412-3787 - e-mail: eduardoleiloeiro@gmail.com ELTON LUIZ SIMON – MATRÍCULA: 09/023-L Rua Osvaldo Aranha, 659 - Centro - CEP: 85.504-350 - Pato Branco – Pr. Fone: (46) 3225-2268 – (46) 8419-2166 - e-mail: simonleiloes@simonleiloes.com.br FÁBIO GONÇALVES BARBOSA – MATRÍCULA: 12/042-L Praça Francisco Kanô, nº 178 – Bairro Zona 02. - CEP. 87.200-000 – Cianorte – Pr. Fone: (44) 2101-9272 – Cel: (44) 9988-5041 - e-mail: leiloes@leiloesjudiciais.com.br FERNANDO DE OLIVEIRA KUSS – MATRÍCULA: 671 Rua João Lunardeli, 2095 - Cidade Industrial - CEP: 81.460-100 - Curitiba – Pr. Fone (41) 3012-4800 - (41) 9911-0770 - e-mail: fernando@paranaleiloes.com.br GABRIEL BARON JUNIOR – MATRÍCULA: 585 Rua Pedro Zanetti, nº 142 – Jardim Canguiri - CEP: 83.412-585 - Colombo – Pr. Fone: (41) 2109-1300 - (41) 9946-8877 - e-mail: baron@colomboleiloes.com.br GUILHERME DE ARAUJO DOMINGOS – MATRÍCULA: 13/245-L Rua Jesuíno Lopes, nº 215 – casa – Bairro: Seminário. - CEP: 80.310-610 – Curitiba – Pr. Fone: (42) 3228-2867 – Cel: (41) 9111-1119 - e-mail: guidomingos@hotmail.com GUILHERME EDUARDO STUTZ TOPOROSKI – MATRÍCULA: 12/049-L Travessa da Lapa, 96 – sala 174 – Centro. - CEP: 80.010-190 – Curitiba – Pr. Fones: (41) 3015-3544 e 3019-3544 – Cel: 9622-0177 - e-mail – topolance@topolance.com.br HAMILCAR PIZZATTO NETO – MATRÍCULA: 07/008-L Rua Francisco Zanicotti Sobrinho, nº 234 – Apto. 202, Bloco B - CEP: 82.640-220 – Santa Cândida - Curitiba - Pr. Fones: (41) 7813-6363 - (41) 8402-2757 - e-mail: hamilcarpizzatto@hotmail.com HELCIO KRONBERG – MATRÍCULA: 653 Rua Emiliano Perneta, 736 – Compl. Casa - Centro - CEP: 80.420-080 - Curitiba – Pr. Fone: (41) 3233-1077 - Cel: 9886-1400 - e-mail: helcio@kronberg.com.br Preposto: PAULO MARIO LOPES MACHADO JAIR VICENTE MARTINS – MATRÍCULA: 609 Rua Joinville, nº 3555 – Térreo - Bairro São Pedro - CEP: 83.020-000 - São José dos Pinhais - Pr. Fone: (41) 3385-4656 – Cel: (41) 9969-9934 - e-mail: atendimento@vmleiloes.com.br JAQUELINE CHRISTIANNI STRYK VARDANA – MATRÍCULA: 684 Rua Cyro Correia Pereira, 1.223 – Cidade Industrial - CEP: 81.460-050 - Curitiba – Pr. Fone: (41) 3347-0770 - e-mail: vardanaleiloes@vardanaleiloes.com.br JOÃO LUIZ DE OLIVEIRA – MATRICULA: 11/041-L Rua Carmelina Cavassin 1525 – Sob. 01 - Abranches - CEP: 82.220-170 - Curitiba – Pr. Fone: (41) 3255-5011 (41) 8442-1297 - e-mail: joaoluiz@leiloesecia.com.br Preposto: SOELI ZANELLA DE OLIVEIRA – MATR. 12/045-P JORGE FERLIN DALE NOGARI DOS SANTOS – MATRÍCULA: 606 Rua Chanceler Lauro Muller, 35 – Bairro: Parolin - CEP: 80.220-330 - Curitiba – Pr. Fone: (41) 3333-1515 – Cel: (41) 9911-4591 - e-mail: jorge@nogari.com.br JORGE VITORIO ESPOLADOR – MATRÍCULA: 13/246-L Alameda Angelin, nº 123 – Bairro: Alphaville II. - CEP: 86.055-778 – Londrina – Pr. Fone: (43) 3376-0676 – (43) 9101-2288 - e-mail: jorgeespolador@hotmail.com JULIO CESAR ALVES RIBEIRO – MATRÍCULA: 635. Rua Vanderlei Moreno, 9750 - São Sebastião - CEP: 83.070-245 - São José dos Pinhais – Pr. Fone/Fax: (41) 3302-4642 (41)7811-4642 - e-mail: juliocleilao@onda.com.br Preposto: MARIA CONCEIÇÃO G. ALVES RIBEIRO - MATR. 05/002-P

LELIA MARIA DE PAULA LENZ CESAR – MATRÍCULA: 630 Av. Vicente Machado, 1187 - Apto – 31 - Batel - CEP: 80.420-011 - Curitiba – Pr. Fone: (41) 3232-6577 - (41) 3209-7259 – (41) 9972-8211 - e-mail: leliacesar@yahoo.com.br LIGIA SEIXAS MAURO – MATRÍCULA: 652 Rodovia PR 218, km 01 – Distrito Industrial - CEP: 86.730-000 – Astorga – Pr. Fone: (44) 3234-3434 - e-mail: ligia@mauroleiloes.com.br Preposto: ROBERTO MAURO – MATR. 12/044-P LUIZ BARBOSA DE LIMA JUNIOR – MATRÍCULA: 10/030-L Av. Garibaldi Deliberador, 99 – ap. 28 – Bl. D.Duarte – Jardim Claudia - CEP: 86.050-280 – Londrina – Pr. Fone: (43) 3351-6263 – Cel: (43) 9984-3739 e 9897-0127 - e-mail: luizb.lima@ymail.com LUIZ CARLOS DALE NOGARI DOS SANTOS – MATRÍCULA: 508 End: Rua Chanceler Lauro Muller, 35 – Bairro: Parolin - CEP: 80.220-330 - Curitiba – Pr. Fone: (41) 3333-1515 – Cel: (41) 9911-4591 - e-mail: jorge@nogari.com.br LUIZ CARLOS DALL’GNOL – MATRÍCULA 639 Rua Rafael Picolly, nº 2675 – Apto.14 - Bloco II – Bairro: Country - CEP: 85.813-220 - Cascavel – Pr. Fone: (45) 3037-3374 – Cel: (45) 8414-5555 - (45) 9982-0971 - e-mail: lucadallagnol@hotmail.com LUIZ EGIDIO CRUZ MEDEIROS – MATRÍCULA: 13/249-L Rua Marechal Candido Rondon, nº 690 - Edifício Barão do Rio Branco, 6º Andar, Sala 603 - CEP: 87.704-900 – Centro – Paranavaí – Pr. Fones: (44) 3045-7810 / 3422-7810 – Cel: (44) 9929-9382 - e-mail: luizegidioadvogado@hotmail.com LUIZ FERNANDO FAVARETO - MATRÍCULA: 05/002-L Rua Eduardo Pinto da Rocha, nº 4545 - Térreo - CEP: 81.935-000 – Bairro: Sítio Cercado - Curitiba – Pr. Fone: (41) 3111-9100/ 3111-9111 – Cel: 41) 9968-5264 - e-mail: banseg@banseg.com.br LUIZ HENRIQUE VIEIRA – MATRÍCULA: 11/040-L Rua Mato Grosso, nº 1493 – casa – Bairro: Centro - CEP: 86.010-180 - Londrina – Pr. Fone: (43) 3345-0903 – Cel: (43) 9929-0515 - e-mail: vieiraleiloes@sercomtel.com.br LUIZ ODAIR FAVARETO - MATRÍCULA: 624 Rua Eduardo Pinto da Rocha, 4545 – Térreo - Bairro: Sítio Cercado. - CEP: 81.935-000 - Curitiba – Pr. Fone: (41) 3111-9111 - (41) 3111-9100 – (41) 9973-7908 - e-mail: favareto@banseg.com.br MARCELO SOARES DE OLIVEIRA – MATRÍCULA: 08/011-L Rua Marechal Deodoro, nº 235 – Sala 102 - Centro - CEP: 80020-320 - Curitiba – Paraná. Fone: 0800-0524520 – Cel: (41) 9984-0825 - e-mail: marcelo@leilocon.com.br MARCOS TULESKI – MATRÍCULA:596 Rua João Bettega, 31 - Apto. 01 - Portão - CEP: 81.070-000 - Curitiba – Pr. Fone: (41) 3345-1046 – Cel: (41)9977-0879 - e-mail: marcostuleski@mtleiloes.com.br MARCUS AURELIO MALINOSKI – MATRÍCULA: 666 Av. Cândido de Abreu, 469, Conj. 801 - Centro Cívico - CEP: 80.530-000 - Curitiba – Pr. Fone: (41) 3027-7715 (41) 8407-8510 - e-mail: smleiloes@gmail.com MARIA CLARICE DE OLIVEIRA – MATRÍCULA: 680 Rua Fortaleza, nº 2622 – Bairro: Recanto Tropical - CEP: 85.807-090 - Cascavel – Pr. Fone: (45) 3037-7555 – Cel: (45) 9953-7218 - e-mail: leiloesecia@leiloesecia.com.br Preposto: MARCO ANTONIO DOMINGUES CID MARIANA LANG – MATRÍCULA: 12/047-L Rua Fortaleza, 2622 – Bairro: Recanto Tropical. - CEP: 85.807-090 – Cascavel – Pr. Fone: (45) 3037-7555 - Cel (45) 9988-4978 - e-mail – marianalang@leiloesecia.com.br MARIA REGINA DE OLIVEIRA KUSS – MATRÍCULA: 626 Rua João Lunardelli, 2095 - Cidade Industrial - CEP: 81.460-100 - Curitiba – Pr. Fone: (41) 3012-4800 - (41) 9911-0770 - e-mail leiloeiro@paranaleiloes.com.br MARILDA DA SILVA FERREIRA – MATRÍCULA; 513 Rua Mamore, nº 373 – Bairro: São Francisco - CEP: 80.510-160 - Curitiba – Pr. Fones: (41) 2102-0058 – (41) 3338-0058 - e-mail: marilda@marildaferreira.com.br NIVALDO BOLONHEZ – MATRÍCULA: 616 Avenida Munhoz da Rocha, 159 - Apto. 201 –Bairro: Cabral - CEP: 80.035-000 - Curitiba – Pr. Fone: (41) 3352-2826 - (41) 9976-2895 - e-mail: nbolonhez@hotmail.com Preposto : GISELE BOLONHEZ KUCEK PATRICIA OSTERNACK DE CASTRO PETRYK – MATRÍCULA: 08/021-L Rua Jacarezinho, nº 1257 - CJ – 104 - 1º Andar – Bairro: Mercês - CEP: 80.810-130 - Curitiba – Pr. Fone/Fax: (41) 3029-8555 - (41) 8405-9394 - e-mail: patriciaosternack@hotmail.com PAULO ROBERTO LEAL VARDANA – MATRÍCULA: 522 Rua Cyro Correia Pereira, 1.223 – Bairro: Cidade Industrial - CEP: 80240-190 - Curitiba – Pr. Fone: (41) 3347-0770 - e-mail: vardanaleiloes@vardanaleiloes.com.br PAULO ROBERTO NAKAKOGUE – MATRÍCULA: 12/048-L Rua Nunes Machado, 611 - Centro - CEP: 80.250-000 - Curitiba – Pr. Fone: (41) 3323-3030 - (41) 8417-9400 - e-mail: brleiloes@brleiloes.com.br PAULO SETSUO NAKAKOGUE – MATRÍCULA: 625 Rua Nunes Machado, 611 - Centro - CEP: 80250-000 - Curitiba – Pr. Fone: (41) 3323-3030 – Cel: (41) 8417-6000 - e-mail: brleiloes@brleiloes.com.br PLINIO BARROSO DE CASTRO – MATRÍCULA: 668 Rua Jacarezinho, nº 1257 – CJ. 104 – Bairro: Mercês - CEP: 80.810-130 - Curitiba – Pr. Fone/Fax: (41) 3029-8555 - (41) 8402-6565 - e-mail: leiloes@pbcastro.com.br RAIMUNDO MAGALHAES DE MORAES – MATRÍCULA: 678 Rua Desembargador Otávio do Amaral – 1890 – Bairro: Mercês - CEP: 80.710-620 - Curitiba – Pr. Fone: (41) 3027-5252 – Cel: 8415-6982 - e-mail: leiloeiro@netpar.com.br RICARDO HIDEKI GONDO – MATRÍCULA: 09/024-L Av. Vereador Dr. João Batista Sanches, 1174 - Sala 25 - Parque Industrial Bandeirante 2 - CEP: 87.065-130 - Maringá – Pr. Fone: (44) 3026-8008 – Cel: (44) 9906-8008 - e-mail: ricardo@kleiloes.com.br RODRIGO ZABULIONIS DO NASCIMENTO – MATRÍCULA: 12/050-L Rodovia Br 476, nº 18.684 – km 107 – Bairro: Xaxim - CEP. 81.690-300 – Curitiba – Pr Fones: (41) 3227-7000 e 3268-0418 – Cel: (41) 9941-0309 - e-mail: digaum_01@hotmail.com RUBENS HENRIQUE DE CASTRO – MATRÍCULA: 10/035-L Rua Engenheiro Alberto Monteiro de Carvalho, nº 886 – 04-Térreo - CEP: 82810-280 – Bairro: Capão da Imbuia - Curitiba – Pr. Fone/Fax: (41) 3044-3368 – Cel: (41) 9912-1773 - e-mail: rhc.leiloes@gmail.com SADI LUIZ SIMON – MATRÍCULA: 514 Rua Osvaldo Aranha, 659 - Centro - CEP: 85.504-350 - Pato Branco – Pr. Fone: (46) 3225-2268 – Cel: (41) 9972-2243 - e-mail: simonleiloes@simonleiloes.com.br SERGIO KIRCHNER BRAGA – MATRÍCULA: 11/038-L Rua São Bartolomeu, nº 386 – Bairro: Cajuru - CEP: 82900-330 - Curitiba – Pr. Fone: (41) 3224-3695 Cel: (41) 9973-4823 - E-mail: sergiobragaouvidor@yahoo.com.br SERGIO LEMOS TORRES – MATRÍCULA: 527 Estrada Da Graciosa, nº 4000 – Bairro: Jardim Boa Vista - CEP: 83.327-000 - Pinhais – Pr. Fones: (41) 3665-6061/3551-1414 Cel: (41) 9859-2222 - e-mail: sergio@casadosleiloes.com SPENCER D’AVILA FOGAGNOLI – MATRÍCULA: 12/235-L Praça Pedro Álvares Cabral, nº 94 – Sobreloja, Sala 01. - CEP: 87010-310 – Zona 02 - Maringá – Pr. Fone: (44) 3026-4950 – Cel: (44) 9711-4950 - e-mail: Spencer@spencerleiloes.com.br UELTON MARCELO ZITEI – MATRÍCULA: 12/043-L Rua Padre Boleslau Lucas Bayer, 111 – Bairro: Orleans - CEP – 81.280-050 – Curitiba – Pr. Fone - Cel: (41) 8844-7736 - e-mail: ueltonmazitei@gmail.com WERNO KLOCKNER JÚNIOR – MATRÍCULA: 660 Av. Vereador Dr. João Batista Sanches, nº 1174 – Sala 25 - Parque Industrial II - CEP: 87.065-130 - Maringá – Pr. Fone/Fax: (44) 3026-8008 – Cel: (44) 9973-8008 - e-mail: werno@kleiloes.com.br Preposto: JULIO CESAR KLOCKNER – Matricula: 10/031-P


Diário Indústria&Comércio