Issuu on Google+

Novidades

Iniciativa

ECONOMIA | B1

Regras devem incentivar uso racional do cartão de crédito

NEGÓCIOS | B4

IBM lança Programa Global de Empreendedorismo no país

ESPECIAL - Dia da Indústria Resultados econômicos apontam para um ano próspero para o setor industrial do Estado PÁGINA C1

CURITIBA, QUARTA-FEIRA, 25 DE MAIO DE 2011 Ano XXXIV | Edição nº 8383 | R$ 1,50 | WWW.ICNEWS.COM.BR

Indústria&Comércio DIÁRIO. MAIS QUE NOTÍCIAS. INTELIGÊNCIA. CONHECIMENTO.

Fábio Campana Discurso Afinado Está marcado para hoje um encontro de toda bancada de senadores do PT com o expresidente Lula. A reunião será realizada na casa da senadora Gleisi Hoffmann em Brasília e ao que tudo indica servirá para que todos os petistas finalmente afinem seus discursos.

Pedro Washington Estilo repetido Se nenhuma manifestação ocorrer por parte da presidente Dilma em relação ao episódio Palocci (grave até explicação convincente), estará ela adotando o mesmo estilo do ex-presidente Lula, que, reconheça-se, deu certo.

Aroldo Murá NO PR, 40 MIL TÊM CIDADANIA ITALIANA

No Paraná, pelo menos 40 mil pessoas possuem a cidadania italiana. A maioria desses cidadãos é descendentes dos pioneiros italianos que chegaram ao Brasil há 150 anos. Gente que fugia da vida dificílima na Europa e esperava pelo Brasil Eldorado. E são esses 150 anos de imigração que motivam a série Os Paranaenses “Italianos” que a coluna de Aroldo Murá começa a publicar hoje. GERAL ESTADUAL | A3

André Molina Marcelo Rangel faz balanço da CPI das Espionagens

PR inicia uso do gás natural para geração de energia Intenção é proporcionar eletricidade com mais economia e sustentabilidade

Divulgação

A fábrica do Grupo Boticário é a primeira a utilizar em horário de ponta energia gerada a partir de gás natural fornecida pela Companhia Paranaense de Gás (Compagas). A indústria, instalada em São José dos Pinhais, adotou a Geração de Energia Elétrica para Consumidor Final que a Compagas oferece desde maio. “A intenção da Compagas é difundir o gás natural como um combustível vantajoso também na geração de energia em horário de ponta e implantar este processo em outras empresas do Paraná, proporcionando eletricidade com mais economia e sustentabilidade aos clientes”, diz o gerente do segmento industrial, grandes clientes e GNV da Compagas, Justino Pinho. NACIONAL | A5

A fábrica do Grupo Boticário (de perfumaria e cosméticos) é a primeira a utilizar em horário de ponta energia gerada a partir de gás natural fornecida pela Companhia Paranaense de Gás (Compagas).

Embaixador da Coreia do SUl participa do ACP das Nações O embaixador da República da Coreia do Sul, Kyonglim Choi, foi o convidado para o café da manhã de ontem, realizado na sede da Associação Comercial do Paraná (ACP), dentro do programa ACP das Nações. GERAL | A2

PÁGINA B1

Odone Fortes Martins, coordenador do Conselho de Comércio Exterior e Relações Internacionais (Concex-RI), durante café da manhã que recebeu o Embaixador da República da Coreia do Sul, Kyonglim Choi, na Associação Comercial do Paraná

EDITORIAL

A SEGURANÇA EM NOSSAS MÃOS Boa polícia é indispensável, mas a ajuda da população é necessária à segurança pública. Durante muito tempo a gigantesca Londres foi uma cidade perigosíssima, praticamente dominada pelos bandidos – ladrões, assassinos; a imensa população vivia acuada, cheia de medo. Até que o primeiro ministro Pitt, o novo, decidiu dar um basta durante a sua longa gestão, na passagem do século 18 para o 19. - O que fizeram os ingleses? - Recrutaram nos bairros londrinos jovens de bom físico e acima de qualquer suspeita moral; em seguida foram treinados duramente, além de transmitir a eles o indispensável “esprit de corp”. Para completar, foram encaminhados ao local de origem, onde tinham nascido ou onde mantinham fortes laços familiares ou de camaradagem. E assim, com a inestimável ajuda da população, com a inestimável ajuda das várias comunidades, a polícia londrina começou a limpar a metrópole, a torná-la segura, habitável.

Indicadores Econômicos MERCADO À VISTA MAIORES ALTAS BROOKFIELD TECTOY J B DUARTE ITAUSA MARAMBAIA

MAIORES QUEDAS SUZANO PAPEL CAF BRASILIA ITAUSA TECTOY J B DUARTE

COTAÇÃO

IBOVESPA MAIORES ALTAS

CÂMBIO COTAÇÃO

0,13 0,05 0,05 1,42 0,35

TELEMAR TELEMAR TELEMAR N L BRASIL TELEC ECODIESEL

29,80 35,63 60,70 16,77 0,69

COTAÇÃO

MAIORES QUEDAS

COTAÇÃO

0,08 2,00 1,40 0,03 0,04

P.ACUCAR-CBD EMBRAER COPEL TIM PART S/A ELETROBRAS

65,80 12,54 42,45 8,61 22,50

Moeda

Compra

Venda

1,5600

1,7500

Dólar comercial 1,6220

1,6240

Dólar turismo

Dólar paralelo Euro

1,5900

1,7300

2,2882

2,2904

Ouro (Grama/R$): 195,36

Demolição em S.J. dos Pinhais causa polêmica A agência de notícia “PautaSJP.com” fez uma enquete com os vereadores de São José dos Pinhais a respeito da lei de preservação do patrimônio histórico e cultural da cidade. A legislação

CENTRAL DE ATENDIMENTO: 41 3333.9800 CMYK

que trata especificamente do assunto foi aprovada na Câmara Municipal em 1996, via o Conselho do Patrimônio Cultural de São José dos Pinhais (Compac).

O Cônsul Geral do Senegal para os estados do Paraná e Santa Catarina, Dr. Ozeil Moura dos Santos, foi nomeado diretor da Federação Internacional de Corpos e Associações Consulares (FICAC).

PÁGINA A4

NACIONAL | A5

Governo reduz IOF que incide sobre dívida com cheque especial O governo anunciou medidas para reduzir a inadimplência no cheque especial rotativo e facilitar a negociação de débitos por pessoas físicas e jurídicas nessa modalidade de empréstimo. As novas regras, estabelecidas em portaria publicada ontem,

Ozeil Moura é nomeado diretor da FICAC

no Diário Oficial da União, passaram a ser igualadas às do crédito fixo. A partir de hoje, a cobrança do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) dos inadimplentes será suspensa após 365 dias. ECONOMIA | B1

Shopping Mueller presenteia namorados com viagem à França Está chegando a data mais romântica do ano. O Shopping Mueller vai presentear com todo o estilo e sofisticação que a data pede. A cada R$ 300,00 em compras o cliente ganha um cupom para concorrer a três viagens aos Castelos da França, com direito a acompanhante. NEGÓCIOS | B4

E-MAIL: PAUTA@INDUSCOM.COM.BR


Geral

“Qualquer idiota pode fazer uma regra e qualquer idiota a seguirá.” Henry David Thoreau Indústria&Comércio | Curitiba, quarta-feira, 25 de maio de 2011 | A2

Previsão do tempo

AB Notícias

fonte: www.simepar.br

Mín.: 07° Máx.: 18°

abnoticias@abcom.com.br

A instabilidade segue sendo registrada entre o Paraguai e oeste gaúcho, mas as chuvas não chegam ainda ao Paraná, que apresenta mais um dia de calor e tempo seco. As temperaturas ficam amenas no início do dia, mas faz calor à tarde em todas as regiões. Com o predomínio do sol e os consecutivos dias sem chuva, a umidade do ar atinge baixos índices à tarde, especialmente na metade norte.

PISCICULTURA EM ALTA

O Paraná vem se destacando na produção de pescados, especialmente as cidades da região Norte do Estado. O Instituto Emater tem 116 piscicultores da região cadastrados, que produzem cerca de quatro mil toneladas por ano. A tilápia representa 90% da produção local. O estado registra 30 mil toneladas de peixe por ano e o crescimento previsto para 2011 é de dez por cento. Entre as espécies mais visadas, pacu, tilápia e piau.

PARA O LITORAL

COMÉRCIO EXTERIOR

Embaixador da Coreia do SUl participa do ACP das Nações Choi: “vários empresários coreanos querem investir no Paraná” O embaixador da República da Coreia do Sul, Kyonglim Choi, foi o convidado para o café da manhã de ontem, realizado na sede da Associação Comercial do Paraná (ACP), dentro do programa ACP das Nações, organizado pelo Conselho de Comércio Exterior e Relações Internacionais (Concex-RI). Choi afirmou que vários empresários sul-coreanos têm demonstrado interesse em investir no Paraná. “Estou aqui para colher mais informações sobre o ambiente empresarial, saber quais são os incentivos do governo e conhecer os empresários”, disse em sua apresentação ao coordenador do Concex-RI, Odone Fortes Martins. Choi relatou que os investimentos coreanos no Brasil têm se concentrado em São Paulo e Rio de Janeiro, mas diante das possibilidades que se apresentam , há o interesse de expandir a atuação dos sul-coreanos para outras regiões brasileiras. “E pelo o que vi até o momento, principalmente com a disponibilidade de, logo nas primeiras horas da manhã, se realizar uma reunião de negócios como esta, que há esforços para atrair investimentos. Tenho a certeza de que se eu passar esse esforço dos empresários locais, isso será muito bem recebido pelos coreanos”, disse. O embaixador ressaltou que, em 2010, o comércio bi-lateral entre os dois países movimen-

MAIS NEGÓCIOS

Nos últimos 12 meses, Maringá recebeu importantes organizações empresariais com interesse em investir na cidade. Isso se reflete também na geração de empregos: foram geradas mais de 8,8 mil vagas em 2010, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Entre os atrativos para as empresas estão planejamento urbano, qualidade de vida e renda per capta.

ARTE NO OESTE

Toledo realiza sua primeira Virada Cultural nos dias 28 e 29 de maio. O evento conta com 300 artistas e mais de 60 artistas. O público pode acompanhar a programação no Parque Ecológico Diva Barth, Teatro Municipal e Biblioteca Municipal. A Virada Cultural envolve atrações para todos os gostos e tem entrada franca. O objetivo é incentivar a cultura e o lazer na cidade.

CARNE COM PROCEDÊNCIA

Turvo, no Centro-Sul do Estrado, conta agora com um Sistema de Inspeção Municipal para verificar a qualidade da carne produzida na região. A cidade tem um frigorífico e um técnico para avaliar a qualidade da carne. A taxa de abate atual é de aproximadamente 80 bovinos por mês e a intenção é ampliar para 300. Com o selo de qualidade, os produtores locais conseguem comercializar a carne mais facilmente.

MUITOS IMPOSTOS

“Os investimentos coreanos no Brasil têm se concentrado em São Paulo e Rio de Janeiro, mas diante das possibilidades que se apresentam, há o interesse de expandir a atuação dos sul-coreanos para outras regiões brasileiras como o Paraná”, afirmou o embaixador da República da Coreia do Sul, Kyonglim Choi. Na foto, a delegação coreana e os membros da ACP durante o café da Manhã

tou US$ 12,5 bilhões. “O número é expressivo, uma vez que supera os negócios entre o Brasil e o Japão, por exemplo, mas ainda representa menos de 2% do total de negócios envolvendo o comércio exterior da Coreia, que totalizaram US$ 900 bilhões, o que mostra que há um grande espaço de crescimento”, afirmou Choi. Durante o café da manhã, Odone Fortes Martins, fez uma breve apresentação das oportunidades de negócios do Pré-Sal, que devem absorver mais de R$ 200 bilhões em investimentos.

O coordenador do Concex-RI, falou ainda do programa ACP das Nações que tem como objetivo aproximar e fomentar o intercâmbio entre as mais diversas culturas. Participaram do café da manhã, Odone Fortes Martins, coordenador do Concex-RI, Kyonglim Choi, Embaixador da Coreia do Sul, Hee Chul Kim, Conselheiro, Regina Jeong, Assessora da Embaixada e Intérprete, Tenente Bortolini, da Casa Civil, Beatriz Fuchs, Cerimonial e Relações Internacionais do Governo do Estado,

Hong Soon Kang, presidente da Câmara de Indústria e Comércio Brasil e Coreia do Sul, Myong Soo Park, empresário da Sei Sei Modas, Jong Woo Sim, empresário Buheung Medical Importação e Exportação, Suk Chung, empresário Calla Fashion, João Camargo, ACP/Concex-RI, Leila Angelica Grachekoski, ACP/Concex-RI, Antoninho Caron, professor da FAE Centro Universitário, Antonio Claret, Osvaldo Nascimento, Massato Sato, da Satech, Roberto Mendonça, da Serdia e Cristiane Ribas, PEIEX.

Delegações internacionais visitam Curitiba O prefeito da cidade de Wonju, na Coreia do Sul, ChangMug Weon, prefeitos, vereadores e técnicos de 15 municípios da Venezuela foram recebidos na última segunda-feira (23) na Prefeitura de Curitiba, pelo secretário municipal de Relações Internacionais, Eduardo Guimarães O prefeito Chang-Mug Weon

As cidades de Antonina, Morretes e Guaratuba recebem 15 milhões de reais em recursos para recuperação emergencial dos estragos das chuvas de março deste ano. Segundo o Ministério da Integração Nacional, o prazo para a finalização das obras e serviços é de um ano. Os recursos serão utilizados na recuperação de estradas, canalização de rios, reconstrução de moradias e outras obras necessárias.

disse que a cidade de Wonju tem interesse em conhecer programas de Curitiba nas áreas de meio ambiente, planejamento urbano e transporte, para aproveitar as experiências da capital paranaense em ações para melhorar a qualidade de vida da população. “Para Curitiba é importante a troca de experiências com

outras cidades do Exterior, para eventuais parcerias bemsucedidas no futuro”, afirmou o secretário Eduardo Guimarães. A delegação da Venezuela que está na cidade é formada por prefeitos, vereadores e técnicos de várias cidades. O grupo veio conhecer a Sala de Situação, usada por diver-

sos órgãos da Prefeitura, e o governo eletrônico. A missão da Venezuela tem interesse também em programas ambientais, de destinação do lixo, transporte e habitação popular. A delegação tem como chefe o diretor-geral do Infopresco, César Dorta, que trabalha com a capacitação de funcionários públicos.

Informe da Câmara Municipal de Curitiba Câmara participa do Dia do Desafio Vereadores e servidores da Câmara Municipal de Curitiba também estarão integrados ao Dia do Desafio, nesta quarta-feira (25). A participação na campanha mundial de incentivo à prática de atividades físicas em benefício da saúde, que acontece anualmente na última quarta-feira do mês de maio, foi confirmada durante a sessão plenária desta segunda-feira (23). O chefe do setor de Medicina de Saúde Ocupacional da Casa, Élcio Porrua, e a fisioterapeuta Lilia Scandelari ressaltaram a importância da participação de todos no evento. Pelo sorteio deste ano, Curitiba estará disputando com a cidade de Región de Los Lagos, no Chile. Ganhará aquela em que mais pessoas participarem das atividades físicas. O engajamento do Legislativo será feito com diversas atividades laborais, em cada departamento da administração e nos gabinetes parlamentares. Lilia Scandelari falou na tribuna do plenário sobre as entidades do Sistema Fecomércio, que patrocinam a promoção na capital paranaense, exibindo vídeo e fazendo a distribuição de folders com dicas das

atividades físicas que beneficiam a saúde.

Desafio

O Dia do Desafio foi criado no Canadá e é difundido mundialmente pela The Association for International Sport for All (Tafisa), entidade de promoção do esporte para todos, sediada na Alemanha. A cada ano, desde 1995 no Brasil, pessoas de todas as idades se envolvem em uma competição amigável entre cidades do mesmo porte, na tentativa de mobilizar a maior porcentagem de participantes, tendo como base de cálculo o numero oficial de habitantes do município. A competição é apenas estímulo à participação, pois quem sai ganhando são os envolvidos, que exercitam a integração social, a criatividade, a liderança e o espírito comunitário. O convite à atividade física se estende a todos, envolvendo o poder público de cada cidade, instituições da sociedade civil, empresas e voluntários em diversos países, por meio de ações comunitárias.

Neste domingo, 26, os brasileiros terminam de pagar seus impostos para esse ano, segundo o Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário. Em 2011, foram necessários 149 dias de trabalho para acertar as contas com o fisco, um a mais que em 2010. Os brasileiros estão entre os que mais pagam tributos no mundo, atrás apenas dos suecos (185) e dos franceses (149 dias). Outros povos, como os chilenos, argentinos e norte americanos trabalham menos dias no ano do que aqui no Brasil para pagarem seus impostos.

TRANSAÇÕES COMERCIAIS

O Paraná tem agora um acordo com a Espanha para troca de experiências para o desenvolvimento nos portos. A Superintendência dos Portos de Paranaguá e Antonina assinou uma parceria com o Porto de Barcelona. O acordo prevê ainda agilidade das transações comerciais, além da intensificação de troca de mercadorias nos portos. O Paraná exporta para a Espanha milho, soja, papel e madeira, que no ano passado geraram um rendimento de mais de 204 milhões de dólares.

CORRIDA EM LONDRINA

Estão abertas as inscrições para a 1ª Maratona de Londrina. São três modalidades participantes: Maratona (aproximadamente 42 km), Meia Maratona (42.195m) e Prova dos cinco quilômetros. O objetivo é incentivar a prática de esportes, dando mais visibilidade para o município. O trajeto definido para a prova deve passar por pontos importantes da cidade, como a Universidade Estadual de Londrina (UEL), Shopping Catuaí, Unopar, Lagos Igapó, entre outros.

EM DEBATE

Começa hoje, 25, a Semana Nacional da Mata Atlântica em Curitiba. É a primeira vez que o evento acontece no Paraná e reúne técnicos e representantes de instituições que trabalham pela recuperação do bioma em todo o Brasil. Serão discutidas políticas públicas de conservação e recuperação do ecossistema. Também estão em pauta a regularização ambiental de atividades rurais, planos municipais de conservação e recuperação da Mata Atlântica e a implementação da Legislação para Conservação da Mata Atlântica.

EXPEDIENTE

Diário

Indústria&Comércio Fundado em 2 de setembro de 1976 Fundador e Presidente Odone Fortes Martins Reg.Prof. DRT/PR: 6993 (ofm@induscom.com.br) Administração Irene Morva Martins (diretoria@induscom.com.br) Diretor de Redação Eliseu Tisato Reg.Prof. DRT/PR: 7568 (editor@induscom.com.br) Redação: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fone: (41) 3333.9800 E-mail: pauta@induscom.com.br Publicidade Legal e Assinaturas: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fones: (41) 3333.9800 | 3334.4665 e-mail: publegal@induscom.com.br

Parque Gráfico e Circulação: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fones: (41) 3333.9800 | 3322.1012 Direção e Comercial: Rua Presidente Faria, 533 Centro - Curitiba - CEP: 80020-290 Fone: (41) 3322.1012 e-mail: diretoria@induscom.com.br comercial@induscom.com.br

NEW CAST PUBLICIDADE & MARKETING BRASÍLIA E RIO DE JANEIRO Atendimento : Flávio Trombieri Moreira – Cel.: (61) 8155 2020 Endereço: SRTVS Quadra 701 Bloco K Sala 624 – Edifício Embassy Tower – Brasília DF - Cep.: 70.340 – 908 Fone/Fax: (61) 3223 4081 E-mail: new.cast@uol.com.br / new.cast@hotmail.com

Os artigos assinados que publicamos não representam necessariamente a opinião do jornal.


GeralEstadual Curitiba, quarta-feira, 25 de maio de 2011 | A3 | Indústria&Comércio

aroldo@cienciaefe.org.br

Aroldo Murá G.Haygert OS PARANAENSES “ITALIANOS” – (I) Começa na sexta-feira, dia 27, e terminará em 2 de junho, uma celebração muito ligada a boa parte das origens paranaenses, a “Mia Cara Curitiba”, com que a cidade e o Paraná celebrarão os 150 anos de unificação da Itália. A festa será na Praça Generoso Marques e em outros endereços públicos. E por que temos tanto a ver com a data nacional italiana? No Paraná e Santa Catarina, tudo a ver. Afinal, somos pelo menos 40 mil paranaenses e catarinenses (a jurisdição do Consulado da Itália abrange também Santa Catarina) com cidadania italiana, portadores de passaporte da União Européia, com suas mil e uma utilidades. Uma delas, diz, em tom de blague, um amigo da coluna, “até para entrar nos Estados Unidos sem sofrer as humilhantes inquirições das filas de espera consulares”. Na verdade, só se entende bem como e por que os italianos vieram para o Brasil aos milhares, no século 19, se entendermos a história daquele final de século naquele país, até então dividido em reinos e estados diversos, alguns sob tutela de outras nacionalidades.

CONCURSO – CIA. BALLET

Miguel Riella: nefrologia

Quando se fala em ciências médicas no Paraná, dois “italianos” são imediatamente lembrados: Miguel Riella, nefrologista; e Ricardo Pasquini, transplante de medula óssea; o cardiologista Hélio Germiniani; a mestra em Veterinária, Clotilde Germiniani; Enfim, a lista não terá fim na associação de nomes italianos ao desenvolvimento da cidade e ao Estado, de modo geral. Como esquecer a sabedoria filosófica da psicóloga Sônia Lyra, paranaense-catarinense com passaporte da UE? É uma doutora pela PUCSP, junguiana acatada Brasil a fora. Quem conhece Nicolau de Cusa melhor que ela?

ITALIANOS – O DEPUTADO

ITALIANOS – OS NOMES Maça-se o peso do oriundos da Itália mirando-se, por exemplo, nos nomes dos nossos condutores: o atual prefeito de Curitiba é Luciano Ducci, o presidente da Câmara Municipal, Luiz Cláudio Derosso, o arcebispo metropolitano é Moacyr Vitti. O candidato mais explicitamente declarado (e muito popular) à sucessão de Ducci é Gustavo Fruet, que também tem outra raiz italiana no nome, Bonato. Na Assembléia Legislativa do Estado o presidente tem sangue italianíssimo correndo em suas artérias e o nome é todo itálico – Valdir Rossoni. E são vários os deputados estaduais com origem italiana. Dentre os federais, há, por exemplo, Cida Borghetti (cidadã também italiana). A propósito de Ducci: o prefeito é filho de italianos, seus pais mudaram-se para o Brasil no começo de 1950.

Renata Bueno: tesoureira do partido

Há os que são pelo menos 50 por cento de origem italiana, como a vereadora de Curitiba Renata Bueno. Ela tem cidadania italiana, conquistada pelo lado materno, e é tesoureira de um dos mais ativos partidos políticos da Itália em solo sulista, o Partido Democrático. O presidente do PD no Paraná é Vincenzo Cortesi, e o secretário geral, o advogadoAntonio Carlos Carnasciali, com larga folha de serviço público.

ITALIANOS – NA EDUCAÇÃO

Elvo Benito Damo: escultor

Na área educacional, então, nem dá para contar os que têm claramente o nome associados à imigração italiana. O presidente da mantenedora da PUCPR, e de outras várias obras maristas no Paraná, chama-se irmão Dario Bortolini, natural de Santa Catarina; o reitor da segunda mais importante universidade do Estado – a PUCPR – é o religioso e doutor em Educação Clemente Ivo Juliatto, neto de italianos de São José dos Pinhais. Lígia Pupatto foi reitora da Universidade Estadual de Londrina. Carlos Alberto Faraco foi reitor da UFPR e é acatado como autoridade inconteste em linguística no país. Nossos dois escritores com maior repercussão – pelo conjunto da obra – são Dalton Trevisan e Cristóvão Tezza. Nas artes plásticas, há pontos salientes, históricos, como DeBona, Poty Lazzaroto, Nilo Previde, além de gente em franca produção, como o escultor Elvo Benito Damo. Enfim, voltaremos a essas áreas e a citação de outros nomes.

Fábio Porta: deputado pela Itália

De sexta-feira, 27, a 2 de junho, o deputado federal Fábio Porta, com assento na Câmara dos Deputados da Itália, representando a América Latina (ao lado de dois senadores e dois deputados federais argentinos, com dupla cidadania, como Porta), estará em Curitiba. Vai receber cidadãos brasileiros com cidadania também italiana que queiram apresentar reivindicações. Porta é natural de São Paulo, trabalhava num patronato italiano, antes de se eleger com 20 mil votos para um mandato que se estenderá até 2012. Uma das reclamações que chegarão a Porta será certamente aquela dos pensionistas da previdência social italiana. Eles – na maioria idosos – reclamarão das constantes mudanças de bancos pagadores, das dificuldades de serem atendidos no Consulado (sala de espera apertada e atendimento através de uma portinhola, segundo me relatada um dos idosos). Mas mais que isso, Porta poderá transmitir interesse de italianos em investir no Paraná. (PROSSEGUE NA PRÓXIMA EDIÇÃO).

CONCURSO PARA ARTISTA? Mônica Rischbieter tem experiência na área, já foi secretária de Estado da Cultura, e faz cinema profissionalmente( e com bons resultados) há tempo. Por isso mesmo, conhece bem a realidade do aparelho estatal. Ontem, quando lhe indaguei sobre a situação funcional do pessoal da Orquestra Sinfônica do Paraná (OSP) e do Ballet Guaíra , ela deu resposta nua e crua: ”Não tenho ilusões, antes de fazer concursos para músicos e dançarinos, o Estado terá que realizá-los para professores, policiais, técnicos, médicos...” E completou:”Há outras prioridades...” Mônica vem de uma família com sólido conhecimento na vida administrativa do Paraná: o pai, o legendário Karlos Rischbieter; a mãe, a não menos antológica Fanchette Rischbieter, sob cujo olhar crítico se implantaram as mudanças urbanas com Jaime Lerner na Prefeitura.

A mesma peculiaridade rege o Ballet Guaíra, para o qual não há a mínima perspectiva de concurso público para preenchimento de cargos. A instituição, que já teve muita expressão nacional nos anos 1970/80, vive assim: a Companhia Ballet Guaíra é a presença constante da dança nos palcos do Paraná, garantida por seis dançarinos e dançarinas estatutários, e 23 comissionados (remunerados por meio de cargos em comissão); o segundo corpo de danças do Teatro Guaíra é o chamado “G2”, que congrega bailarinos sêniores, com idade entre 40 e 50 anos. São pessoas com larga experiência profissional e, naturalmente, com discretas limitações decorrentes dos anos trabalhados. O “G2” é composto por 12 estatutários. O grupo de sêniores está ativíssimo, e prepara espetáculo sob a direção de Gleide Piasecki, atriz, diretora e com formação em dança. Segundo Mônica, uma admiradora e estimuladora do “G2”, o grupo está “num processo de criação que indica terá maravilhoso resultado”.

CONCURSO – POUCO DINHEIRO Ao contrário da Orquestra Sinfônica Brasileira (OSB), sobre a qual ainda pesa clima de guerra entre o regente e a orquestra (decorrente dos exames de atualização obrigatórios decretados pelo maestro), na OSP reina paz, com novo regente e o grupo. Todas as inquietações parecem residir na questão financeira absurdamente limitada. O Ballet e a Orquestram só dispõem de R$ 900 mil para fazer seu trabalho de grande conteúdo pedagógico, lutando contra todas as marés que se abatem sobre a música clássica.

QUEM SE PREOCUPA COM A SAÚDE DAS DETENTAS? Quantas são as mulheres recolhidas aos chamados cadeiões – aguardando decisão da justiça sobre seu destino – e no sistema prisional? Os números disponíveis não são totalmente confiáveis. São dezenas de milhares, com certeza. O que se sabe que é que essas mulheres merecem uma política nacional de saúde. E por isso, a deputada federal Cida Borghetti propôs na Câmara dos Deputados a criação da Política Nacional da Saúde para a Mulher Detenta. Concretamente, a proposta de Cida quer promover ação integral à saúde da mulher que está presa.. No caso, o atendimento compreenderá aquelas que aguardam julgamento nos chamados cadeiões e as que já cumprem pena em presídios.

SAÚDE – pré-natal O projeto prevê aumento da cobertura e da qualidade de assistência pré- natal, acesso a métodos anticoncepcionais, e medidas para diminuir a mortalidade maternal e aumentar o aleitamento materno. Outro alvo será a detecção do câncer de colo de útero e de mama, dentre outros. As preocupações da deputada voltamse também para a realidade: as detentas um dia voltarão ao convívio social. É alto o índice, aponta Cida, de problemas ginecológicos e alta vulnerabilidade para a contaminação de doenças sexualmente transmissíveis.

SAÚDE – contaminação A deputada costuma citar o Núcleo de Pesquisas Epidemiológicas em AIDS da USP: esse organismo constatou que cerca de 20% da população carcerária do país está infectada por alguma patologia de natureza grave, com maior progressão entre as mulheres.

REVISTA EM PORTUGAL

CONCURSO – NA ORQUESTRA Nada mais oportuno do que se avaliar, hoje, a situação desse quadro único de profissionais da música no Paraná, o dos músicos da Orquestra Sinfônica do Estado. Nesta data, com espetáculo no Guaírão, a orquestra estará assinalando 26 anos de vida. Quem garante a existência da OSP são 80 músicos. Deles, 50 são regidos pelo regime estatutário, aprovados em concurso público, gozam de estabilidade e têm todos os benefícios da carreira pública. Os mais antigos, chegam a ganhar perto de R$ 9 mil mensais; os contratados são os demais, com cargos em comissão pouco expressivos. O mais alto deles garante não mais que R$ 3.500 mil ao titular.

Mário Frota: repercussão

Tendo como editor o advogado curitibano Luiz Fernando de Queiroz, a Revista Luso-Brasileira de Direito de Consumo foi lançada em cidades portuguesas: dia 17, em Trásos Montes, na Tramontana; em Tormes, no Douro, dia 21. A repercussão no mundo jurídico foi grande, fruto do infatigável trabalho, esta é a palavra certa , do professor Mario Frota, presidente da Associalção Portuguesa de Direito de Consumo e que, com Queiroz, capitanea a publicação.

prpress@terra.com.br

Panorama Político Pedro Washington

Estilo repetido Se nenhuma manifestação ocorrer por parte da presidente Dilma em relação ao episódio Palocci (grave até explicação convincente), estará ela adotando o mesmo estilo do ex-presidente Lula, que, reconheça-se, deu certo. Haja vista a excelente aprovação com que deixou o segundo mandato, coisa inédita até então, na medida em que segundos mandatos normalmente provocam grandes desgastes. Que o digam os governadores do Paraná, desde Lupion, Ney Braga, Lerner, Requião e no âmbito nacional, FHC. Esse por sinal, depois de ter adquirido grande notoriedade especialmente no combate a inflação – 2.477,6% em 1993, 1,66% ao final de seu primeiro mandato em 2008 – terminou em baixa o segundo. A técnica usada por Lula, tendo seu secretário Franklin Martins como um de seus gurus (agora chamado às pressas para conversa com a presidente), consistia em lançar um programa de impacto cada vez que uma situação delicada ameaçava seu prestígio. Assim como agora a presidente Dilma, ao invés de vir a público dar explicações, evidentemente desgastantes, chama seus ministros e manda acelerar programa como o Brasil Sem Miséria e exigir daqueles cuja presença no governo está vinculada a partidos, unidade na votação do Código Florestal, com a visão do governo. Neste caso estão Carlos Lupi – PDT, Mário Negromonte - (PP, Alfredo Nascimento – PR e Orlando Silva – PCdoB. Como se vê, se o Código atender mais aos ruralistas, cabeças poderão “rolar”. De qualquer maneira porém, inclusive confiando na incapacidade do brasileiro que desconectado da política tende a esquecer facilmente dos episódios, o tema Palocci, se não resolvido a contento, dará combustível à enfraquecida oposição por muito tempo.

Solução difícil A depender do governo federal a solução procurada pelo governo estadual para os preços altíssimos cobrados nos pedágios do Paraná, não chegarão a bom termo. Tudo por conta de uma tal TIR (taxa de retorno) que nos contratos vigentes por aqui chegam próximo a 20%.

Retorno Efetivamente um excesso. Verdade que quando da implantação (1997) a inflação era mais alta e as condições das estradas precárias, o que exigia maiores investimentos. Nada que estes quatorze anos, inclusive com o fantástico aumento de veículos passando pelas cancelas, já não tenha compensado.

Ajustes Perto dos valores cobrados nas estradas pedagiadas pelo governo federal com o TIR chegando a menos de 10%, os preços paranaenses são exorbitantes. Tanto que o acordo quase pronto do governo do estado, com aumento das concessões em 15 anos, se não sofrerem redução expressiva não serão referendados pelo dono das estradas: o próprio governo federal.

Homem forte... A informação do DNIT dando conta da licitação para duplicação do trecho entre Marechal Cândido Rondon até o acesso a Nova Santa Rosa, foi recebido com entusiasmo pelo deputado Elio Rusch (DEM). Pretende agora quebrar lanças para estender a duplicação até Quatro Pontes, outro trecho da movimentadíssima estrada Guaíra-Toledo.

...do oeste Entende Rusch que sendo o atual diretor geral do DNIT, Luiz Antônio Pagot, homem de fortes vínculos com a região oeste, já que morador durante muitos anos de São Miguel do Iguaçu, a reivindicação encontrará acolhida no hoje poderoso comandante do Departamento Nacional de Infra Estrutura.

Herança Um dos abacaxis deixados pelo ex-presidente Lula no último dia de seu mandato foi o caso da extradição do italiano César Battisti. Assunto que o STF terá que decidir agora, com o parecer do ministro Gilmar Mendes já entregue, com pedido de inclusão na pauta. Tudo indica que o STF lavará as mãos, já que Lula negou a extradição.

Em choque Se a presidente Dilma atender ao pedido de cinco governadores do PT e substituir o indexador da dívida dos estados, IGP-DI pelo IPCA, a economia ficará próxima a 4,30% ao ano. Substancial!

Procon alerta sobre novas regras para cartões de crédito A partir de 1º de junho passam a valer as novas regras para cartões de crédito. Entre elas estão a elevação do pagamento mínimo de 10% para 15% do total da dívida, a informação clara sobre o Custo Efetivo Total (CET), a redução da cobrança de tarifas e a oferta de apenas dois tipos de cartão ao consumidor. As medidas foram determinadas pelo CMN (Conselho Monetário Nacional), por meio da resolução 3.919/2010, e visam a redução no índice de endividamento e inadimplência. As normas vigorarão para os contratos de cartões de crédito firmados a partir de 1° de junho e, segundo o Procon-PR, atendem às demandas dos órgãos de defesa do consumidor

e permitirão a comparação de tarifas e vantagens oferecidas. Para os cartões que estão em circulação no mercado ou que serão emitidos até junho do ano que vem, as novas regras entram em vigor a partir de junho de 2012 . CARTÕES E TARIFAS Deverão ser ofertados dois tipos de cartões de crédito aos consumidores: o básico, que tem uma anuidade mais barata, e o diferenciado, que poderá ter programas de benefícios, resgate de passagens aéreas, descontos em hotéis e outras recompensas. O cartão internacional também terá a mesma padronização, porém o básico poderá ter a anuidade mais cara que a do cartão nacional.


Curitiba, quarta-feira, 25 de maio de 2011 | A4

Patrimônio

DESTAQUE Ivan Rodrigues representa prefeitos

Sílvio Ramos

Ivan Rodrigues na posse do novo Superintendente Regional do Trabalho e Emprego (D) O prefeito de São José dos Pinhais Ivan Rodrigues representou os prefeitos da Região Metropolitana de Curitiba na solenidade de posse do ex-deputado Neivo Beraldin para o cargo de superintendente regional do Trabalho e Emprego na sede da Fecomércio do Paraná. Também estiveram presentes o ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi, e o deputado Luiz Cláudio Romanelli, representante do governador do Estado, a vereadora de São José dos Pinhais Lucia Stoco, entre outras autoridades. “A população, na maioria das vezes, precisa só de um incentivo e de uma qualificação para ser inserida em uma boa oportunidade de trabalho”, destacou Neivo, durante o ato de posse.

Município de Marimbi

Governador Beto Richa Prefeito Adhemar Rejani e o Deputado Estadual Stephanes Junior, O Prefeito de Marumbi, Adhemar Rejani, esteve em Curitiba nesta quarta-quando foi bem recebido pelo Governador do Estado Beto Richa e pelo Deputado Estadual Stephanes Junior, para participar de uma audiência onde trataram de assuntos referentes ao município de Marumbi e do Consórcio Intermunicipal de Saúde. “Para nós é uma hora muito grande estar recebendo aqui Prefeitos como Rejani, de Marumbi, são homens públicos que eu me sinto honrado por ter recebido seu apoio, e com certeza vamos retribuir isso com muitas obras, com projetos importantes, enfim, com muito trabalho” disse o Governador.

“Cascavel Digital” é modelo de democratização Compromisso de governo do prefeito Edgar Bueno que investirá, em dois anos R$ 1,2 milhão no projeto – o Cascavel Digital ganhou destaque internacional quando foi apresentado pelo secretário de Administração, Alisson Ramos da Luz, durante a CICI 2011, a 2ª Conferência Internacional das Cidades Inovadoras, realizado em Curitiba sede do Sistema Fiep, no Jardim Botânico. O Cascavel Digital foi apresentado como um case de sucesso na democratização do acesso à informação, em um dos grandes oitos eixos que fizeramm parte da Conferência, dentro do tema Cidades Digitais, que enfatiza o papel das novas tecnologias nos grandes centros e de que maneira elas influenciam a gestão urbana. “Foi uma oportunidade ímpar de partilharmos nossa experiência e de termos acesso a novas ideias. O encontro confirma a importância de continuarmos investindo no projeto, pois a internet é um fator de sustentabilidade social. Esse é um conceito que veio para ficar entre os municípios que pretendem expandir seus índices de desenvolvimento”, garantiu o secretário Alisson.

CMYK

Demolição em S.J. dos Pinhais causa polêmica A agência de notícia “PautaSJP.com” fez uma enquete com os vereadores de São José dos Pinhais a respeito da lei de preservação do patrimônio histórico e cultural da cidade. A legislação que trata especificamente do assunto foi aprovada na Câmara Municipal em 1996, via o Conselho do Patrimônio Cultural de São José dos Pinhais (Compac). A grande maioria dos vereadores desconhece a lei 0496/20/03/1996 do Compac. No último dia 17, durante sessão na Câmara Municipal, membros do Compac, jornalistas, profissionais da área de engenharia e arquitetura protestaram contra a demolição do prédio de 120 anos, que ocorreu no último sábado ,dia 14. O presidente da Casa, o vereador Assis Pereira (PSDB), lembrou de outras leis referentes à preservação de patrimônio histórico. “Reconheço que temos a nossa parte neste caso, pois em uma gestão anterior na Prefeitura, nós vereadores aprovamos lei de tombamento do Centro Cultural João Senegaglia, que fica na Rua XV de Novembro. Na época, deveríamos ter ampliado o tombamento para

A ex-secretária de Cultura da gestão Ivan Rodrigues, Elisete Farias, fala que o prefeito agiu com tirania na decisão de derrubar o prédio

outras propriedades importantes da cidade, como o prédio sede da Prefeitura”, lamenta Assis, que encaminhou, em nome dos vereadores, um pedido de explicações para a Prefeitura.

Enquete

Além de perguntar sobre a legislação vigente, o “PautaSJP.

com” perguntou a 12, dos 14 vereadores, se eles são a favor ou contra a demolição da antiga casa e sede da Prefeitura. Alguns vereadores querem esperar a justificativa da Prefeitura para se manifestar. A enquete apurou que entre os vereadores um é a favor e sete são contra. Em três casos os vereadores querem a

resposta do Executivo para se pronunciar. Vereadores da base aliada, que são contra, destacaram que a posição contrária se deve principalmente ao fato de não terem tido conhecimento de que haveria a demolição, e também o fato das discussão de derrubada não ter passado pelo Legislativo.

defesa

Prefeitura comenta demolição em nota Em nota oficial, a Prefeitura de São José dos Pinhais informa que “a demolição da casa no pátio da Prefeitura Municipal obedeceu a todas as normas legais e administrativas. O evento faz parte do projeto de reforma, ampliação e completa revitalização do Paço Municipal, com objetivo de concentrar secretarias e outros órgãos e dotar o espaço de acessibilidade a pessoas com dificuldade de locomoção,

para desta forma proporcionar melhor atendimento ao cidadão, reduzir os custos do município com aluguel de imóveis e oferecer condições mais dignas às 2,5 mil pessoas que deverão trabalhar no novo complexo.” E prossegue a nota “A Prefeitura informa ainda que o processo de tombamento foi indeferido pela Divisão de Patrimônio Histórico e Artístico da Secretaria de Cultura, e que a parte requerente

não recorreu da decisão junto ao órgão competente, o Conselho Municipal do Patrimônio Cultural. Na esfera jurídica, a liminar que pedia o impedimento da demolição foi cassada pelo presidente do Tribunal de Justiça do Paraná, Miguel Kfouri Neto, por entender que a decisão anterior poderia causar “lesão à saúde pública e à segurança”. Além de comprometida estru-

turalmente, o que colocava em risco a segurança dos usuários, a edificação já estava descaracterizada por ter sido alterada diversas vezes ao longo das últimas décadas. Caso tivesse intenção de restaurar o imóvel para deixá-lo em condições seguras, a Prefeitura Municipal teria que arcar com o gasto de R$ 1,36 milhão. Ainda assim, o prédio não poderia ser utilizado para atendimento ao público. “

litoral

Fotógrafo Ivan Bueno lança livro sobre Ilha do Mel O livro fotográfico do jornalista Ivan Bueno “Ilha do Mel, Um Paraíso do Litoral Paranaense” foi lançado no último sábado (21), em Nova Brasília e em Encantadas. O evento teve participação do prefeito José Baka Filho, do próprio autor, do vereador Antonio Ricardo dos Santos, da administradora regional da localidade, Susi Albino, da primeira-dama e secretária municipal de Meio Ambiente, Jozaine Baka, além de outros secretários, diretores da Prefeitura, convidados, membros da comunidade local e turistas. O primeiro lançamento ocorreu em Nova Brasília, no receptivo do trapiche. Já o segundo foi em frente à Igreja Nossa Senhora de Fátima, em Encantadas. O prefeito disse que o livro é o “retrato do cotidiano da Ilha do Mel e de sua beleza, na visão de um artista que é o Ivan. É um orgulho fazer esse lançamento. É um ato de amor à ilha”. Isso, na opinião de Baka, desperta a vontade do turista em visitar a localidade. Há projeto ainda para que Ivan Bueno realize outros livros, um mostrando outras ilhas de Paranaguá e outro específico da Ilha dos Valadares “que é o berço do Fandango, que tem artesanato e culinária própria”. Para o vereador Ricardo, o

Sessão solene de autógrafo do livro de Ivan Bueno

resultado desse trabalho será visto em pouco tempo. “Hoje é uma sementinha que está sendo lançada. Daqui a pouco, pessoas do Paraná, do Brasil e do exterior vão ver e propagar essa linda ilha, mostrada muito bem pelo livro. Quem ler vai se apaixonar”, afirmouou. Já Ivan Bueno disse que a Ilha do Mel “é um patrimô-

nio maravilhoso”, que já passou bons momentos no lugar e que “um pouquinho da beleza da ilha está no livro”. O presidente da Associação de Moradores, Alcione Valentim, disse que “o livro é importante para desenvolver o turismo da Ilha do Mel”. Já Susi Albino falou que “com o olhar sensível

de Ivan Bueno foram feitos registros belos das paisagens e monumentos da ilha”, salientou. A primeira edição, que tem textos em português e inglês, teve 1.500 exemplares, cuja renda será destinada ao Provopar. O livro foi editado graças a uma parceria com a rádio Ilha do Mel FM.


Nacional Curitiba, quarta-feira, 25 de maio de 2011 | A5 | Indústria&Comércio

Contexto Político

Fábio Campana editor@fabiocampana.com.br

Discurso Afinado

Está marcado para hoje um encontro de toda bancada de senadores do PT com o ex-presidente Lula. A reunião será realizada na casa da senadora Gleisi Hoffmann em Brasília e ao que tudo indica servirá para que todos os petistas finalmente afinem seus discursos. Oficialmente, este não passa de um vago encontro político. Pois, pois. Na prática mesmo é mais uma manobra para a defesa contras as denúncias a respeito do ministro-chefe da Casa Civil, Antonio Palocci, e unificação da bancada em torno do Código Florestal e da mecânica de edição de medidas provisórias.

Portos

A Secretaria de Infraestrutura e Logística, o DNIT, a prefeitura de Paranaguá e a Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) vão elaborar um plano integrado para disciplinar o acesso de caminhões ao porto de Paranaguá. O objetivo é contribuir para a me-

lhoria da produtividade do setor de transporte, dar melhor condição de trabalho aos motoristas e garantir a segurança da população.

Sabatina

Iniciou ontem pela manhã a sabatina dos candidatos ao cargo de conselheiro do Tribunal de Contas. Hoje serão ouvidos mais dois candidatos. Eles lutam para conquistar a vaga que pertencia ao irmão de Requião, Maurício Requião.

Deportado

O paranaense que havia sido preso no Paquistão após gritar frases cristãs em uma mesquita de Islamabad chegou ontem em Curitiba. Rodrigo Cubek tem 30 anos e foi preso pelo crime de perturbação de ordem e ofensa religiosa.

Fumaça

Após a tentaiva da Marcha da Maconha que acabou virando protesto pela liberdade de expressão, um rapaz de 20 anos foi preso, dentro da Assembleia Legislativa, fumando um

cigarro de maconha.

Doação

Ontem, a Câmara de Vereadores de Curitiba discutiu um projeto de lei que permitiria a concessão de auxíliofunerário para doadores de órgãos. Se aprovado, o projeto será válido para quem declarar em vida que é doador, ou se a família autorizar após a morte.

Video game

Pelo visto o caso Palocci ainda vai render muito pano pra manga. As suspeitas sobre o ministro, que multiplicou seu patrimônio por 20 nos quatro anos em que atuou como deputado federal e consultor da iniciativa privada, já inspiraram até um game na internet. E pelo visto o jogo está fazendo sucesso. Todo mundo querendo aprender a multiplicar o dinheiro.

Apoio

Ratinho Junior já intensificou as negociações para construir a candidatura à prefeitura de Curitiba. O

parlamentar convidou o ex-deputado federal, Marcelo Almeida, do PMDB, para fazer parte da equipe de coordenação e para ajudar nas negociações que podem viabilizar a candidatura dele. Será que Marcelo aceita ser vice?

Juventude

A Juventude do PSDB, realizou uma reunião com os 33 delegados estaduais que participarão da XII Convenção e Congresso do Secretariado Nacional da Juventude, no próximo sábado (28), em Brasília. Marcello Richa – que nos últimos dois anos esteve à frente da JPSDB Curitiba e coordenou a JPSDB Paraná – é candidato à presidência nacional da Juventude Tucana.

Aposentadorias I

O Ministério Público Federal entregou seu parecer sobre o caso das aposentadorias de ex-governadores no Paraná. E o parecer foi mesmo pelo fim do benefício. A ação corre no STF a pedido da Ordem dos Advogados do Brasil, que moveu

processos do mesmo gênero contra vários estados que pagam proventos a ex-governantes.

Aposentadorias II

Mas de qualquer maneira as aposentadorias, neste mês, de Roberto Requião, Jaime Lerner, Orlando Pessuti e Mário Pereira estão garantidas. Tudo porque a secretaria da Fazenda ainda não havia recebido nenhuma notificação sobre o cancelamento até a última sexta-feira, quando a folha de pagamento foi fechada.

Estratégia

A opsição do governo federal que parecia firme no propósito de investigar o aumento no patrimônio do ministro Antonio Palocci voltou atrás. Hoje, a bancada decidiu retirar o requerimento que pedia a convocação do ministro na Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle do Senado. A ação ocorreu depois que a base aliada escalou seus principais líderes para derrubar a proposta, que já estava em votação.

SUSTENTABILIDADE

Paraná inicia uso do gás natural para geração de energia elétrica Fábrica do Grupo Boticário é a primeira a utilizar a tecnologia em horário de ponta A fábrica do Grupo Boticário (de perfumaria e cosméticos) é a primeira a utilizar em horário de ponta energia gerada a partir de gás natural fornecida pela Companhia Paranaense de Gás (Compagas). A indústria, instalada em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, adotou a Geração de Energia Elétrica para Consumidor Final que a Compagas passou a oferecer em maio. A empresa já é cliente do segmento industrial da Compagas, utilizando o gás natural há mais de um ano em suas caldeiras, para o processo de produção. Agora, depois de seis meses de testes e ajustes, os dois geradores a gás natural estão operando no período das 18h às 21h, gerando energia para toda a fábrica, em substituição à energia elétrica convencional. De acordo com o gerente do segmento industrial, grandes clientes e GNV da Compagas, Justino Pinho, a planta de Geração de Energia Elétrica para Uso no Horário de Ponta instalada pelo Grupo Boticário é de alta tecnologia e servirá de modelo para a implantação deste sistema em outros locais. “A intenção da Compagas é difundir o gás natural como um combustível vantajoso também na geração de energia em horário de ponta e implantar este

Engenharia de Infraestrutura do Grupo Boticário. “Os geradores também estão programados para assumir toda a carga em caso de queda ou falta de energia elétrica”, complementa Irie.

Investimento

A fábrica do Grupo Boticário (de perfumaria e cosméticos) é a primeira a utilizar em horário de ponta energia gerada a partir de gás natural fornecida pela Companhia Paranaense de Gás (Compagas).

processo em outras empresas do Paraná, proporcionando eletricidade com mais economia e sustentabilidade aos clientes”, afirma. Na Compagas, o engenheiro Gerson Armstrong foi o responsável pela viabilização do projeto.

Projeto

A implantação do sistema

Antonina promove debate público O Conselho de Autoridade Portuária (CAP) em parceria com a Prefeitura Municipal de Antonina, realiza o I Simpósio de Integração Municipal, onde será debatido o tema “O que nós queremos para o município de Antonina”, além se assuntos relacionados aos cinco portos existentes na cidade, com a coordenação do Dr. Ozeil Moura dos Santos, conselheiro do CAP. O evento acontece na próxima sexta-feira, 27 de maio, a partir das 18h30, no salão paroquial da Igreja Nossa Senhora do Pilar, localizada na rua Oscar Renauld, s/nº, em frente a Praça Cel. Macedo, Antonina-Pr. O convite é aberto a toda comunidade e a presença é fundamental, pois os assuntos debatidos são de extrema relevância para o futuro da cidade.

CMYK

representou um desafio para os engenheiros Otello Bentivoglio Junior e Edson Irie Junior, do Grupo Boticário. Com o apoio da Diretoria de Operações, representada pelo diretor executivo Giuseppe Musella, eles desenvolveram uma moderna infraestrutura e um projeto inovador, fundamentado em tecnologia, economia e sustentabilidade.

“Nosso objetivo era encontrar uma alternativa econômica, que possibilitasse a melhoria do consumo e menor impacto no meio ambiente. O gás natural foi a nossa escolha por diversos motivos, entre eles a menor emissão de gases poluentes e resíduos, a tarifa competitiva e as características técnicas de última geração”, afirma Bentivoglio, gestor da

Para a implantação deste sistema, o Grupo realizou um investimento de cerca de R$ 3,5 milhões, utilizando a engenharia interna para elaboração e execução do projeto. “A concepção por profissionais da empresa minimizou os custos. A negociação dos equipamentos com a economia e o dólar estável também colaboraram. A tarifa vantajosa do gás natural vai nos permitir consumir mais e, ainda assim, ter economia”, afirma Bentivoglio. O volume médio a ser utilizado na geração de ponta é de 1,5 mil metros cúbicos por dia de gás natural. Para os engenheiros, a parceria com a distribuidora de gás natural foi fundamental para o sucesso do projeto. “Tudo o que nos foi proposto sobre as políticas da companhia e sobre o combustível está sendo atendido: a pressão constante e a estabilidade no fornecimento do gás natural, fatores de extrema importância para o perfeito funcionamento do nosso sistema, estão de acordo com o que foi apresentado”, contam.

Ozeil Moura é nomeado diretor da FICAC O Cônsul Geral do Senegal para os estados do Paraná e Santa Catarina, Dr. Ozeil Moura dos Santos, foi nomeado diretor da Federação Internacional de Corpos e Associações Consulares (FICAC). A FICAC é uma rede Global de Associações Consulares criada para apoiar e melhorar, a legitimidade e a eficácia de todos os funcionários consulares em todos os Estados que recebem. A Federação tem como objetivo promover e reforçar a compreensão mútua entre os cônsules honorários e cônsules de carreira em todo o mundo, desenvolvendo um quadro e uma base para troca de informações atuais, as idéias e sugestões sobre assuntos relacionados com o cargo de cônsules honorários e cônsules de carreira, promover, a nível nacional e internacional para uma melhor compreensão

Dr. Ozeil Moura dos Santos - Cônsul Geral do Senegal

dos deveres e responsabilidades, direitos e privilégios dos cônsules honorários e cônsules de carreira. Criada em Copenhague em outubro de 1982, a FICAC é a mais antiga instituição servindo as relações internacionais

bilaterais. O Cônsul Ozeil é também delegado para o Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul e Diretor Geral Nacional de Comércio Exterior do Corpo Consular do Brasil -CCB.

Sesi inaugura Indústria do Conhecimento em Cambé O presidente da Fiep Rodrigo da Rocha Loures inaugurou na última segunda-feira (23) uma biblioteca Indústria do Conhecimento no município de Cambé, na região metropolitana de Londrina. A unidade foi instalada junto à Escola Municipal Lourdes Gobi Rodrigues e vai atender diretamente as 480 crianças da instituição, entre 6 e 10 anos, além de toda comunidade de jovens e adultos das imediações. Cada unidade da Indústria do Conhecimento possui uma biblioteca com mais de 1.200 títulos e dez computadores com acesso à internet. Esta é a vigésima biblioteca que o Sesi instala no Paraná, até o final do ano serão criadas mais 54 em todo Estado. Estes empreendimentos são feitos através de uma parceria em que o Sistema Fiep constrói e equipa toda a unidade e o município fornece o terreno e a manutenção do espaço. Segundo a diretora da escola, Ana Cláudia Kikumoto, a inauguração da biblioteca superou as expectativas, “O acervo é muito atual, são livros de qualidade que serão mais uma ferramenta para o projeto de leitura que nós já desenvolvemos aqui.”, afirmou. Segundo ela, além das crianças, a escola realiza aulas do EJA (Educação de Jovens e Adultos) durante o período noturno. Estes dois públicos participam de um projeto voltado ao fomento da leitura que utiliza contação de histórias. “Poderão agora contar com uma nova ferramenta de aprendizado.”, observa a diretora. Segundo o prefeito de Cambé, João Pavinato, além da indústria do conhecimento, em breve a cidade contará com uma unidade do colégio Sesi e também com cursos técnicos do Senai, formatados com a intenção de atender à demanda da indústria local. “É importante aproveitar o potencial para o empreendedorismo que Cambé tem.”, destacou. “Esta biblioteca é de vocês.”. Declarou o presidente da Fiep, Rodrigo da Rocha Loures aos alunos que participaram do evento de entrega da estrutura. “Usem este espaço para crescerem na vida através da leitura. Quando eu tinha a idade de vocês procurei uma biblioteca perto da minha casa e comecei a ler.”, aconselhou. Para o aluno Igor Pereira, 9, a biblioteca foi uma grata surpresa. “Pensei que fosse ser mais chata, mas não é, é uma biblioteca diferente.”, observou. Maria Aparecida da Silva, outra futura beneficiada, avó de dois alunos da Escola, também se interessou pelo equipamento. “Eu também vou aproveitar.”, disse.


3

a

margem

Indústria&Comércio | Curitiba, quarta-feira, 25 de maio de 2011 | A6

arte&atitude,

moda&cia

Adélia Maria Lopes | adelia@novacombrasil.com.br

Anos 70 vão navegando para o Rio Carlos Miele e Patrícia Viera, estilistas dos dois primeiros desfiles do Senac Rio Fashion Business, cuja 18ª edição acontece até sexta 27, sinalizam a década de 70 como inspiradora para a temporada de primavera-verão 2011-12. A abertura do evento aconteceu em clima de festa no hotel Copacabana Palace. Carlos Miele coloca a década de 70 em Búzios, território que depois de pisado por Brigitte Bardot viu o prêtà-porter brasileiro surgir influenciando o guarda-roupa feminino para sempre. E extrai o colorido, a silhueta sensual e a liberdade de estilo. O estilista paulistano enriquece sua coleção com bordados, crochê e trançados feitos por artesãs. A preocupação pela natureza é representada pelas estampas assinadas por Michel Roberts, imperando colibris, flores e folhagens. Primeiro estilista brasileiro a saudar o uso de fios de Pet, Miele fica à vontade ao usar o Jeans Pet e o Organic Denim. Daniella Sarahyba abriu o desfile envergando vestido longo de chiffon de seda estampada, depois vestiu uma pantalona com camisa de jeans bordada e, sempre de sandália trançada, compôs os anos 70 também com um macacão de cetim de seda estampado e um cinto de palha com camurça. Os longos bem trabalhados com volumes, bordados e assimetrias chegam com cores vibrantes e sensuais, homenageando a mulher carioca. Estampas e pantalonas denunciam os anos 70 na coleção da estilista Patricia Viera. Mas o que mais chama atenção é sua primorosa artesania ao trabalhar com o couro. E a sensualidade das peças reporta as mulheres de Espanha para se chegar às latino-americanas. Inspirada nos toureiros, as calças e jaquetas são justas e as franjas (couro cortado fininho em máquinas de última geração) surgem de várias maneiras. A artesania destaca-se de várias maneiras, co aconteceram no mítico hotel Copacabana Palace, mo no tear de fios de couro trançados com e ráfia de seda, bordados de

paetês e aplicações de rosas no couro, como também no rendilhado a laser e nos poás de couro. Patrícia Viera com a Kalimo fazem o couro virar tecido de alta nobreza e de grande versatilidade, vestindo a mulher tanto na intimidade, na praia, no trabalho, na viagem quanto na festa que exige maior requinte.

cmyk

Of course

Ia me esquecendo de contar: fui à entrevista coletiva do físico-escritor-guru Fritjof Capra, semana passada. Tinha eu dois interesses: ver de perto essa grande figura holística da ciência e tirar uma dúvida diante da profecia dos Maias que se avizinha. Estava ele rodeado de jornalistas bilíngües, cada um com uma pergunta que mais parecia um tratado ecofilosófico do que curiosidade, quando venci a timidez e lasquei, lacônica e em bom português: “O senhor acredita que o mundo vai acabar em 2012?” De imediato, ele respondeu: “Of course!”. Ao meio das risadas, falou que estava brincando. Só podia estar, logo ele um cientista que dá volta ao mundo levando na bagagem sua confiança em um planeta mais humano. Capra foi um dos 203 participantes da Conferência Internacional das Cidades Inovadoras, realizada pela Federação das Indústrias do Paraná, para 3.500 interessados pela sustentabilidade e desenvolvimento urbano.

Pois então

Enquanto jornalismo vira letra morta com o fim da exigência do diploma, arquitetos e urbanistas comemoram, após 52 anos de luta, a regulamentação da profissão, sancionada pelo Lula em dezembro de 2010. E agora, dias 26 e 27, no auditório do Museu Oscar Niemeyer, o Seminário Estadual do CAU inicia a implantação do Conselho de Arquitetura e Urbanismo, numa promoção do Colégio Brasileiro de Arquitetos-PR. E, nós, hein, colegas?

Urbanismo em Curitiba

Carlos Miele

Nenhum Dia sem uma Linha (Studio Nobel Studio Nobel, 428 pág.), de Irã Taborda Duduque, conta a história da transformação urbanística de Curitiba, que, por sinal, parou no tempo. “A tendência do arquiteto é assumir a defesa dos projetos urbanísticos; a obrigação do historiador é analisar com isenção as conjunturas passadas. O livro tenta se equilibrar em meio a esses dilemas”, diz Dudeque, professor nos cursos de Arquitetura e Urbanismo da PUCPR e da Positivo. E foi sua tese de doutorado defendida em 2005 na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP.

Lancôme

A loja Laffayette/Shopping Mueller, até 4 de junho, estará com o estande da Lancôme, um espaço personalizado, apresentando as inovações da marca de beleza. Clientes recebem dicas, brindes exclusivos e têm maquiadores à disposição mostrando a nova coleção, além de dermoespescialistas que realizam hidratação facial nos interessados.

Cordeiro em aula

No Espaço Gourmet Escola de Gastronomia, nesta quarta 25 às 19h, haverá aula-jantar de como preparar cordeiro, com o chef Jefferson Fonseca. O cardápio inclui da Paleta de carneiro assada com vinha d’alhos ao Risoto de cordeiro com ameixa preta. Custa 125 reais por pessoa. Detalhes no site www.espacogourmet.com.vc ou pelo fone 3019 0437.

Foto e humor

Patrícia Viera

Lançamentos de moda devem ser antecipados

Eloysa Simão, diretora do Senac Rio Fashion Business, que reúne 310 expositores e vinte mil lojistas na Marina da Glória, defende a antecipação do lançamento das coleções para competir internamente com os países emergentes. “A entrega da produção é fundamental nesse processo em que o custo erro é bastante reduzido nas marcas internacionais”, justifica. Para as coleções de inverno, ela coloca o mês de novembro como época ideal para os lançamentos. E o verão deve ser apresentado até 15 de maio. “Não sei ainda este ano o Fashion Business poderá acerta o calendário, mas temos que mudar, porque esse é o principal desafio, temos que organizar melhor a entrega das coleções, é fundamental para enfrentar a competitividade”, enfatiza, observando quem um dos entreves é a indústria têxtil: a nacional que ainda não está ágil para as entregas e a importação é demorada. A pressa na mudança do calendário justifica-se, segundo Eloysa Simão, devido ao desastre ocorrido no Japão. Era o país onde as grifes mais vendiam. Com a tragédia, as empresas de moda lançam seus olhares para os mercado emergentes, onde o Brasil se situa. O evento carioca coloca-se já nessa pauta do dia, observa Eloysa Simão, incluindo em sua 18ª edição também uma reflexão sobre a formação técnica e acadêmica dos profissionais.

Tropicalidade da Tabita A Tabita teve, no Minas Trend Preview, um estande bastante concorrido, lançando entre suas atrações calçados revestidos de cortiça - leves e bonitos. Palha, vime, corda e madeira também são materiais usados para conferir um toque retrô, ao lado de estampas e listras, reportando os anos 70. A coleção de verão 2012 resgata peças chaves da década, como maxi plataforma, saltos encorpados e anabelas. Destaque para os modelos em tressê, uma forte tendência da estação. Os oxfords, sapatilhas, sandálias e open toes surgem reinventados. Os calçados animal prints continuam em cena. Estampas de onça, leopardo e répteis aparecem coloridas ou em degradê.

Nem te Conto

Já os sapatos com efeitos gráficos, dominados por figuras geométricas, remetem aos anos 60. Tons: amarelo, azul turquesa, verde bandeira, vermelho e violeta. Aplicações de flores acentuam o romantismo, ao lado de laços nas mais variadas versões.

Centro Europeu abre no Comedy Club ( Mateus Leme, 2467), nesta quarta 25, às 20h, a exposição 318 Clicks, com 80 fotos de Curitiba. “Nesta segunda edição do concurso, buscamos um olhar diferenciado, muito mais do que uma qualidade técnica e profissional. O resultado foi extremamente satisfatório. Os participantes se aprofundaram no tema (Humor) e nos apresentaram trabalhos muito interessantes”, elogia Tânia Buchmann, supervisora do Curso de Fotografia do Centro Europeu.

Desafinados

O músico José Boldrini está preocupado com a desafinação das autoridades ao exigir, de forma violenta, o alvará de música ao vivo nos bares. Ele, em carta aberta, clama por atenção: “Será que ninguém percebe que enquanto o vizinho do Beto dorme com o ar de vencedor e a Prefeitura posa de bom menino, os músicos, cerca de uns 40, ficaram DESEMPREGADOS só no Beto Batata? Não me conformo que isso esteja acontecendo comigo e meus colegas. Acho que nenhuma dessas pessoas que cometeram esse ato sabem exatamente quantas e quais pessoas atingiram. Não somos só cidadãos, somos os seus artistas, aqueles únicos que eles podem pagar. Bem ou mal estamos aqui para fazer arte e cultura. Estou sem saber o que fazer para ser ouvido, não sei qual o direito que tenho de continuar vivo fazendo arte para esta cidade. Será que eles sabem o nível de artista que somos? Será que esta cidade merece menos do que podemos dar? O que eles querem ter como artistas nesta cidade? Gente tocando violão e gaita por esmola na XV, moleques rasgados, doentes e famintos fazendo malabarismo com pedrinha, limão ou bolinha de plástico nos faróis? Podem tomar essas medidas sem saber que estão desempregando um único musico que seja. E estamos falando de quase uma centena se contarmos todas as casas que foram autuadas. Fiquei burro. Fui enganado e descobri que não valho nada nesta cidade”.


PublicidadeLegal Curitiba, quarta-feira, 25 de maio de 2011 | A7 | Indústria&Comércio SÚMULA DE RECEBIMENTO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO A empresa abaixo torna público que recebeu do IAP, Licença de Operação para o empreendimento a seguir especificado: Empresa: DIXIE TOGA S/A; Atividade: Indústria de Transformação de Plásticos e Produção de Máquinas; Município: Pinhais; Validade: 18/05/2017.

Empresas&Produtos Bilanz tem bons resultados em 2011 A empresa curitibana Bilanz Gestão Contábil, que está no mercado há quase cinco anos, presta serviços diferenciados aos clientes para garantir uma melhor eficiência nas atividades gerais da empresa. Segundo o contador e sócio da Bilanz, Gilmar Rissardi, os serviços oferecidos tem como objetivo auxiliar os empresários nas tomadas de decisões para o sucesso da empresa. "Nosso objetivo é de transformar os dados contábeis em informações úteis ao empresariado. A gestão contábil é cada dia mais importante para a eficiência de uma empresa frente à globalização e concorrência do mercado", explica.A Bilanz - que atende clientes como a Perkons, Helix Brasil, Zelta Construções e Incorporações e Ouro Verde Participações, por exemplo - chega ao segundo semestre do ano com ótimos resultados. "É muito bom fazer o balanço desses anos de atividade e saber que conseguimos garantir aos clientes bons resultados, segurança empresarial e diferenciação competitiva", destaca Gilmar.

A empresa abaixo, torna público que recebeu junto ao IAP a Licença de Operação para o empreendimento a seguir especificado com validade 09/05/2015:EMPRESA : Zanini do Brasil;ATIVIDADE : Fabricação de Peças e Acessórios de metal para veículos automotores não classificados em outra classe; MUNICÍPIO : São José dos Pinhais - PR.

CCD TRANSPORTE COLETIVO S.A. SEDE SOCIAL - Rua Frei Orlando, 1.400, Bairro Cristo Rei, CEP 82530-040 Curitiba(PR) CNPJ/MF 76.097.062/0001-25 NIRE (JUCEPAR) 41 3 0007343 1 CONVOCAÇÃO Convidamos os senhores acionistas para se reunirem em Assembléia Geral Ordinária a ser realizada no dia 07 de junho de 2011, às 10:00 horas, na sede social, a fim de deliberarem sobre a seguinte ORDEM DO DIA: 1 - apreciar, discutir e votar as matérias de que trata o art. 132 da Lei 6.404/76, relativamente ao exercício social findo em 31.12.2010; e 2 - outros assuntos de interesse social. Curitiba (PR), 12 de maio de 2011. (ass) Eduardo José Chipon - Diretor.

T RAV . N ESTOR

Mulheres invadem as aulas de lutas

1º O FÍCIO DO REGISTRO C IVIL 13º T ABELIONATO L EÃO B EL . R ICARDO A UGUSTO DE L EÃO - O FICIAL DE C ASTRO , 271 - CEP 80.020-120 C ENTRO - C URITIBA - PR

Quem disse que luta não é um esporte feminino? Esportes como boxe, jiu-jitsu, muay thai e outros esportes de defesa pessoal e lutas atraem cada vez mais mulheres que buscam ficar em forma, competir ou até mesmo se defender.Mesmo sendo esportes que envolvem muitos socos, chutes e imobilizações as mulheres estão aderindo às aulas das academias e lutando de igual para igual com os homens. Segundo o professor de boxe e muay thai da Companhia Athletica de Curitiba, Diego Gasparetto, a procura das mulheres pelas aulas vem aumentando significativamente. "As aulas são enérgicas e dão a possibilidade de extravasar o estresse diário", avalia Diego.Outro fator que aumenta o número de mulheres que procuram aulas de luta, sejam nas academias ou aulas individuais de lutas é o alto gasto calórico, que pode chegar a 600 calorias por treino, trabalhando todos os músculos, principalmente a parte abdominal e pernas.

EDITAL DE PROCLAMAS F AÇO

SABER QUE PRETENDEM CASAR - SE :

1 - FERNANDO LEGNANI DE SOUZA E GISLAINE ADAMS. Se alguém souber de algum impedimento, oponha-o na forma da Lei, no prazo de 15 dias. Lavro o presente Edital de Proclamas para ser publicado e afixado em lugar de costume. CURITIBA, 24 DE MAIO DE 2011

REGISTRO DE IMÓVEIS COMARCA DE PINHAIS – PR LUIZ FERNANDO DE ARAÚJO COSTA OFICIAL DE REGISTRO

Smart Solutions tem novas vagas

EDITAL LUIZ FERNANDO DE ARAÚJO COSTA OFICIAL TITULAR DO SERVIÇO DO REGISTRO DE IMÓVEIS DA COMARCA DE PINHAIS – ESTADO DO PARANÁ FAZ SABER, aos que o presente Edital virem, ou dele conhecimento tiverem, que se acham depositados nesta Serventia, à Avenida Camilo Di Lellis nº. 200, na Cidade de Pinhais, Estado do Paraná, todos os documentos exigidos pelo Artigo 1º., do Decreto Lei nº. 58, de 10/12/1937 (regulamento pelo Decreto nº 3.079, de 15/09/1938), pelo Artigo 18, da Lei Federal nº. 6.766, de 19/12/1979, para o Registro do Loteamento “VERDESPAÇO”, situado neste Município e Comarca, de propriedade de AVA PARTICIPAÇÕES E EMPREENDIMENTOS LTDA., cujos documentos ficam franqueados ao exame dos interessados. Pinhais, 01 de Abril de 2011.

A Smart Solutions, provedora brasileira de soluções de Tecnologia da Informação, está selecionando profissionais para o atendimento de 10 vagas na área de tecnologia. A empresa deve contratar desde analistas a consultores especializados, para atuarem em sua sede no Rio de Janeiro e em São Paulo. As oportunidades referem-se aos diversos projetos em andamentos. Para concorrer às vagas é necessária formação superior em Tecnologia da Informação ou em cursos da área de informática, além de conhecimentos nas tecnologias: Business Intelligence; Data Warehousing; Extração, Transformação e Carga (ETL); linguagem PL/SQL Oracle; Hyperion Essbase; Hyperion Planning; Hyperion Financial Management; Hyperion Strategic Finance; Hyperion Interactive Reporting; Hyperion Web Analysis; Oracle Business Intelligence Enterprise Edition (OBIEE); e Modelagem de Dados Dimensional.

SMSA moderniza website Com layout agradável e fácil de ser compreendido, as novidades incluem uma área de Serviços com conteúdo rico de informações sobre os treinamentos, wokshops e palestras que a SMSA realiza. Para conhecer mais sobre a empresa e entrar em seu universo, basta clicar na guia SMSA, neste espaço é possível descobrir o que fazem, as áreas em que atuam e os principais clientes. Em Mídia, o usuário poderá conferir o que a imprensa tem falado sobre a SMSA e os resultados que ela proporciona. "Somos muito conhecidos dentro do ambiente corporativo de grandes empresas, porém, sentimos que era importante nos mostrarmos mais para o mercado e decidimos repaginar nosso site", explica Silvio Acherboim, sócio-fundador da empresa.

Technotronic e Denorex no Master Hall O grupo belgo de tecno-pop, Technotronic, , em turnê pelo Brasil, faz uma escala em Curitiba, no dia 27 de maio. Com produ&cce dil;ão local da Multi Eventos Promoções, o grupo se apresenta no Curitiba Master Hall, em noite que contará também com a apresentação da curitibana, que arranca muitos aplausos do público, a irreverente Denorex 80.

SENHORES ACIONISTAS:De acôrdo com as disposições legais e estatutárias, temos a satisfação de submeter a Vs.Sas. as Demonstrações Financeiras relativas ao Exercício Findo em 31.12.2009. ColocamoCURITIBA - PR. nos a disposição dos Senhores Acionistas para quaisquer outros esclaCNPJ Nº. 09.434.669/0001-66 recimentos que se fizerem necessários. "A DIRETORIA" - Curitiba, 16 BALANÇO PATRIMONIAL ENCERRADO EM 31 DE DEZEMBRO DE 2009. de maio de 2011.

VIDAJALE PARTICIPAÇÕES S/A

BALANÇO PATRIMONIAL ATIVO

31.12.2009 31.12.2008

CIRCULANTE DISPONIVEL Caixa

24.019 24.019 24.019

24.915 24.915 24.915

ATIVO NÃO CIRCULANTE 5.733.185 Investimentos 5.262.029 Imobilizado 471.156

5.433.185 5.262.029 171.156

TOTAL DO ATIVO

5.458.100

5.757.204

PASSIVO PATRIMÔNIO LIQUIDO Capital Social Adto para futuro aumento de Capital Lucros Acumulados

TOTAL DO PASSIVO

31.12.2009 31.12.2008 5.757.204 5.433.225 300.757 23.222

5.757.204

5.458.100 5.433.225

24.875

5.458.100

DEMONSTRAÇÃO DAS MUTAÇÕES PATRIMONIAIS

HISTORICO

CAPITAL SOCIAL

RESERVA RESERVA RESERVAS RESERVA LUCRO CORR.MON. CORR..MON. LEGAIS E AÇÕES DE SUBV. E/OU DO CAPITAL IPC/90 EM TESOURARIA INC.FISCAIS PREJUIZO

Saldo em 31.12.08 5.433.225 Adto para Futuro aum Distribuição de Lucros Resultado do Exercício Saldo em 31.12.09 5.433.225

PATRIMONIO LIQUIDO

24.875 5.458.100 300.757 300.757 0 0 (1.653) (1.653) 323.979 5.757.204 NOTAS EXPLICATIVAS

As Demonstrações Financeiras foram eleboradas conforme disposições contidas na Lei das Sociedades Anônimas e alterações posteriores; As Receitas e as Despesas foram escrituradas pelo regime de competência; O Capital Social está representado por 543.322.554 ações Ordinárias de valor nomimal de R$ 0,01 cada uma; Todos os valores aqui demonstrados estão expresso em R$ (Reais).

ARLINDO GULIN Diretor Presidente

CELIA REGINA HEITZWEBEL GULIN Diretora Vice- Presidente

ALEXANDRE GULIN Diretora Superintendente

LUIZ HENRIQUE VRIESMAN CONTADOR - CRC.-PR.- 32.386/O-7

DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO 31.12.2009 31.12.2008 Despesas Administrativas LUCRO OU PREJUÍZO OPERACIONAL Outras Receitas LUCRO OU PREJUÍZO DO EXERCÍCIO

BALANÇO PATRIMONIAL ATIVO

31.12.2010 31.12.2009

(1.653) (1.653) 24.875 (1.653)

24.875

DEMONSTRAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXA 31.12.2009 Fluxos de caixa das atividades operacionais Prejuízo Líquido do Exercício (1.653) Ajustes para a reconciliação do lucro líquido do exercício com a geração de caixa das atividades operacionais Redução (aumento) dos ativos Aumento do Ativo não Circulante Aumento (redução) dos passivos Caixa líquido gerado pelas atividades operacionais Fluxos de caixa das atividades de investimento Caixa líquido gerado pelas atividades de investimento Fluxos de caixa das atividades de financiamento Adto Para futuro aumento de capital Caixa líquido gerado pelas atividades de financiamento

SENHORES ACIONISTAS: De acôrdo com as disposições legais e estatutárias, temos a satisfação de submeter a Vs.Sas. as Demonstrações Financeiras relativas ao Exercício Findo em 31.12.2010. ColocamoCURITIBA - PR. nos a disposição dos Senhores Acionistas para quaisquer outros esclaCNPJ Nº. 09.434.669/0001-66 recimentos que se fizerem necessários. "A DIRETORIA" - Curitiba, 16 BALANÇO PATRIMONIAL ENCERRADO EM 31 DE DEZEMBRO DE 2010. de maio de 2011.

VIDAJALE PARTICIPAÇÕES S/A

(300.000) (300.000) (301.653) (301.653) 300.757

CIRCULANTE DISPONIVEL Caixa

24.019 24.019 24.019

24.019 24.019 24.019

ATIVO NÃO CIRCULANTE Investimentos Imobilizado

5.733.185 5.262.029 471.156

5.733.185 5.262.029 471.156

TOTAL DO ATIVO

5.757.204

5.757.204

PASSIVO PATRIMÔNIO LIQUIDO Capital Social Adto para futuro aumento de Capital Lucros Acumulados

31.12.2010 31.12.2009 5.757.204 5.433.225

5.757.204 5.433.225

300.757 23.222

300.757 23.222

Despesas Administrativas LUCRO OU PREJUÍZO OPERACIONAL Outras Receitas LUCRO OU PREJUÍZO DO EXERCÍCIO

(1.653) (1.653) 115.767 115.767

(1.653)

DEMONSTRAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXA 31.12.2010 TOTAL DO PASSIVO

5.757.204

5.757.204

DEMONSTRAÇÃO DAS MUTAÇÕES PATRIMONIAIS CAPITAL SOCIAL

RESERVA RESERVA RESERVAS RESERVA LUCRO CORR.MON. CORR..MON. LEGAIS E AÇÕES DE SUBV. E/OU DO CAPITAL IPC/90 EM TESOURARIA INC.FISCAIS PREJUIZO

Saldo em 31.12.09 5.433.225 Adto para Futuro aum Distribuição de Lucros Resultado do Exercício Saldo em 31.12.10 5.433.225

23.222 300.757 (115.767) 115.767 323.979

HISTORICO

PATRIMONIO LIQUIDO

5.456.447 300.757 (115.767) 115.767 5.757.204

NOTAS EXPLICATIVAS As Demonstrações Financeiras foram eleboradas conforme disposições contidas na Lei das Sociedades Anônimas e alterações posteriores; As Receitas e as Despesas foram escrituradas pelo regime de competência; O Capital Social está representado por 543.322.554 ações Ordinárias de valor nomimal de R$ 0,01 cada uma; Todos os valores aqui demonstrados estão expresso em R$ (Reais).

300.757

Total dos Efeitos no caixa e equivalentes a caixa (896) Saldo inicial de caixa e equivalentes a caixa 24.915 Saldo final de caixa e equivalentes a caixa 24.019 Variação no caixa e equivalentes a caixa (896)

DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO 31.12.2010 31.12.2009

ARLINDO GULIN Diretor Presidente

CELIA REGINA HEITZWEBEL GULIN Diretora Vice- Presidente

ALEXANDRE GULIN Diretora Superintendente

LUIZ HENRIQUE VRIESMAN CONTADOR - CRC.-PR.- 32.386/O-7

Fluxos de caixa das atividades operacionais Lucro Líquido do Exercício Ajustes para a reconciliação do lucro líquido do exercício com a geração de caixa das atividades operacionais

115.767

Redução (aumento) dos ativos

0

Aumento (redução) dos passivos

-

Caixa líquido gerado pelas atividades operacionais Lucros pagos Fluxos de caixa das atividades de investimento

115.767 (115.767) -

Caixa líquido gerado pelas atividades de investimento

-

Fluxos de caixa das atividades de financiamento

-

Caixa líquido gerado pelas atividades de financiamento

-

Total dos Efeitos no caixa e equivalentes a caixa Saldo inicial de caixa e equivalentes a caixa 24.019 Saldo final de caixa e equivalentes a caixa 24.019 Variação no caixa e equivalentes a caixa -


Não há filiação a partido eleitoralmente sem vida Amplamente consagrada no constitucionalismo anglo-saxônico, a liberdade de associação foi incorporada, ao longo do século XX, aos principais textos constitucionais do Ocidente, em especial àqueles que influenciaram diretamente a elaboração da Constituição brasileira de 1988, como a Constituição italiana de 1947, no artigo 18, a Lei Fundamental de Bonn de 1949, no artigo 9º, a Constituição portuguesa de 1976, no artigo 46, e a Constituição espanhola de 1978l, no artigo 22. Os incisos XVII a XXI do artigo 5º da Constituição brasileira contêm o regime jurídico básico da liberdade associativa no país, do qual exsurge que é pleno o direito de associação, desde que observadas as normas legais concernentes à criação das entidades associativas, as quais gozam de garantias contra intervenções estatais. A liberdade de associação permite à pessoa, no quadro do Estado Democrático de Di-

reito, buscar direitos e realizar aspirações que seriam inviáveis mediante ações individuais. Na busca de feitos que transcendem a individualidade, homens e mulheres se reúnem para concretizar objetivos comuns dos mais variados fins, religiosos, profissionais, econômicos e políticos. Nesse quadro, a liberdade de associação adquire, igualmente, um aspecto instrumental. É ela o meio para a realização de outros direitos, para o gozo de outras liberdades, cuja concretização depende da ação conjunta daqueles que se associam. Tal caráter instrumental ganha relevos ainda maiores quando se está diante do exercício de direitos políticos e da regra igualmente consagrada na Constituição segundo a qual a cidadania passiva somente pode ser exercida mediante a participação em associações peculiares, quais sejam, os partidos políticos, previstos pelo artigo 14, parágrafo 3º, inciso V, da CF.

Presidente Dilma assina duas ADIs no Supremo A presidente da República, Dilma Rousseff, entrou com Ação Direta de Inconstitucionalidade no Supremo Tribunal Federal questionando duas normas do estado da Bahia que disciplinam a fiscalização, arrecadação e o controle de receitas decorrentes da exploração de recursos hídricos e minerais em seu território. Na ação, a presidente alega que a lei estadual é formalmente inconstitucional, assim como o decreto do governador. Para ela, o artigo 22 da Constituição Federal reserva privativamente à União a competência para legislar sobre águas, energia e recursos minerais e ressalva que “a União detém a titularidade dos potenciais de energia hidráulica e dos recursos minerais, inclusive os do subsolo, estando a sua exploração indireta condicionada à autorização, permissão ou concessão pela autoridade federal”. Ainda segundo Rousseff, a

Federação tem direito a participação e a fiscalização das concessões para tal exploração, mas não a autorização para “a edição de lei estadual, distrital ou municipal sobre o tema, sob pena de invasão da competência legislativa atribuída, com exclusividade, à União”, sua tese é sustentada no artigo 20 da Constituição. A presidente pede liminar para que a lei seja suspensa, bem como o decreto do governador, até que a ação seja julgada e justifica tal urgência: “os exploradores das atividades mineradoras e dos potenciais energéticos credenciados a operar no estado da Bahia encontram-se sujeitos a obrigações e peculiaridades não instituídas pelas leis federais pertinentes ou pelos instrumentos de outorga, o que desequilibra a relação jurídica entabulada entre a administração e os particulares, mediante a alteração dos seus termos iniciais”.

Superior Tribunal afasta prescrição contra construtora A 3ª Turma do Superior Tribunal de Justiça negou o recurso de uma construtora que pretendia ter reconhecida a prescrição de uma ação pela fragilidade de uma obra feita em 1982. O colegiado manteve a decisão do Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe que, ao analisar a apelação do proprietário do imóvel, afastou a prescrição. O relator, ministro Paulo de Tarso Sanseverino, destacou precedentes da jurisprudência do STJ no sentido de que o prazo de cinco anos do artigo 1.245 do Código Civil de 1916 é de garantia, e não de prescrição ou decadência. E que, apresentados defeitos no referido período, o construtor poderá ser acionado no prazo de 20 anos. Na visão do ministro, a jurisprudência que estabelece a natureza do prazo de cinco anos do artigo 1.245 do CC de 1916, correspondente ao artigo 618 do atual Código Civil, como sendo de garantia, e fixa em 20

anos o prazo prescricional para a efetivação dessa garantia em face do construtor (conforme o enunciado da Súmula 194 do STJ) é adequada aos fatos ocorridos. No entanto, Sanseverino destacou outro caminho que pode ser adotado pelo proprietário do imóvel no intuito de responsabilizar o construtor pelos vícios e defeitos relativos à sua solidez e segurança. Para ele, há a possibilidade de, comprovada a prática de um ilícito contratual, consistente na má-execução da obra, demandar o construtor no prazo de 20 anos do conhecimento, ou de quando se tornou possível o conhecimento do defeito na construção, tendo-se como base o prazo prescricional de 20 anos estabelecido pelo artigo 177 do CC/1916, independentemente disso ter ocorrido nos primeiros cinco anos da entrega, de acordo com o texto do artigo 1.056 do CC/1916, que trata de perdas e danos.

Sentença baseada em prova falsa pode ser rescindida A sentença de mérito, transitada em julgado, pode ser rescindida quando estiver fundada em prova falsa — apurada em processo criminal ou seja provada na própria ação rescisória. Com esse entendimento, a 3ª Turma doSTJ negou recurso de dois comerciantes e manteve decisão do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, que anulou a posse de um imóvel. O ministro Sanseverino entendeu como correta a conclusão do TJ-MT “no sentido da possibilidade do reconhecimento da falsidade da perícia com base na prova produzida na instrução da própria ação rescisória”. Isso porque, o artigo 485, inciso VI, do Código de Processo Civil, prevê a possibilidade de rescindir a sentença de mérito, uma vez que, a prova falsa

tenha sido investigada no processo ou na Ação Rescisória. De acordo com os autos, um agropecuarista de Mato Grosso havia proposto Ação Rescisória contra dois comerciantes para suspender os efeitos do acórdão proferido em ação de manutenção de posse. Segundo ele, a decisão baseou-se em prova falsa, consubstanciada na “mentirosa afirmação do perito” de que teria se fundado em informações obtidas com moradores da região da área em litígio. O TJ-MT julgou a Ação Rescisória procedente, pois constatou que a decisão fundamentou-se principalmente em prova falsa – falsidade comprovada por declarações prestadas em juízo pelos moradores.

Justiça&Direito Indústria&Comércio | Curitiba, quarta-feira, 25 de maio de 2011 | A8

CONSELHO NACIONAL JUSTIÇA

Calúnia somente existe se há intenção de ofender STJ rejeitou denúncia do MP contra magistrados e advogados Por entender que não houve a intenção de ofender necessária para configurar a calúnia, a Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça rejeitou denúncia do Ministério Público Federal contra magistrados e advogados. Os nomes das partes não foram divulgados pelo STJ. O processo está sob sigilo. Suspeitos de praticar nepotismo e receber remuneração irregular, os investigados apresentaram defesa na qual alegaram serem

vítimas de perseguição política e vingança. De acordo com o STJ, os argumentos apresentados pela defesa foram amplamente divulgados pela imprensa e motivaram a denúncia por crimes contra a honra. O relator do caso, ministro João Otávio de Noronha, lembrou que as irregularidades investigadas foram analisadas pelo Conselho Nacional Justiça. O órgão determinou a aposentadoria

compulsória de dez magistrados que estariam participando de esquema de desvio de recursos superiores a R$ 1,4 milhão. Para o ministro, a narrativa feita pelos denunciados para tentar demonstrar o argumento de perseguição política e vontade de vingança, com o objetivo de se defenderem da acusação, não configura calúnia, já que não houve vontade consciente de ofender. Sobre a denúncia contra os

Sentença de mérito baseada em prova falsa pode ser rescindida A sentença de mérito, transitada em julgado, pode ser rescindida quando estiver fundada em prova falsa — apurada em processo criminal ou seja provada na própria ação rescisória. Com esse entendimento, a 3ª Turma do Superior Tribunal de Justiça negou recurso de dois comerciantes e manteve decisão do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, que anulou a posse de um imóvel. O ministro Sanseverino entendeu como correta a conclusão do TJ-MT “no sentido da possibilidade do reconhecimento da falsidade da perícia com base na prova produzida na instrução da própria ação rescisória”. Isso porque, o artigo 485, inciso VI, do Código

de Processo Civil, prevê a possibilidade de rescindir a sentença de mérito, uma vez que, a prova falsa tenha sido investigada no processo ou na Ação Rescisória. De acordo com os autos, um agropecuarista de Mato Grosso havia proposto Ação Rescisória contra dois comerciantes para suspender os efeitos do acórdão proferido em ação de manutenção de posse. Segundo ele, a decisão baseou-se em prova falsa, consubstanciada na “mentirosa afirmação do perito” de que teria se fundado em informações obtidas com moradores da região da área em litígio. O TJ-MT julgou a Ação Rescisória procedente, pois constatou

que a decisão fundamentou-se principalmente em prova falsa – falsidade comprovada por declarações prestadas em juízo pelos moradores, ratificando que nunca foram procurados pelo perito e desconhecem a presença dele na área em questão. No Recurso Especial, os comerciantes alegaram violação ao artigo 485, inciso VI, do CPC, pois o acórdão rescindendo não se baseou exclusivamente na perícia e, ainda que se admitisse que os vizinhos não tinham sido entrevistados pelo perito, tal fato não poderia afastar as outras provas constantes dos autos que levaram à confirmação da sentença pelo acórdão.

CNJ tem competência para anular promoção de juiz, decide Marco O Conselho Nacional de Justiça tem competência para anular promoção de juiz, por se tratar de uma decisão administrativa. Ao aplicar este entendimento, o ministro Marco Aurélio manteve a decisão do CNJ que anulou a promoção, por antiguidade, do juiz Fernando Miranda Rocha ao cargo de desembargador do Tribunal de Justiça de Mato Grosso. O ministro do Supremo Tribunal Federal negou a liminar em Mandado de Segurança apresentada pelo juiz. De acordo com a decisão do CNJ, a sessão em que foi aprovada a sua promoção não foi convocada com a antecedência mínima prevista no regimento interno do

tribunal. Para os conselheiros, houve prejuízo na votação, porque a situação funcional do juiz não pôde ser analisada em tempo hábil. A anulação da promoção foi pedida ao CNJ pelo corregedorgeral do TJ-MT. O ministro Marco Aurélio observou que a decisão do CNJ insere-se na esfera administrativa. “Assim há de ser definido o procedimento que implica reunião administrativa do tribunal para apreciar promoção de magistrado. No caso, deu-se a inobservância do interregno, previsto no Regimento Interno do Tribunal de Justiça, entre a convocação da sessão e a respectiva realização”,

considerou. O juiz alegou que o CNJ não tem competência para anular sua promoção, que foi aprovada por 18 votos contra dois, porque, de acordo com o artigo 103-B, parágrafo 4º, da Constituição, promoção e posse de magistrados não se enquadram no conceito de natureza administrativa e financeira, nem de fiscalização de cumprimento de deveres funcionais. Ele também disse que, de acordo com o inciso VIII do artigo 93 da Constituição e a Lei Orgânica da Magistratura (Loman), a remoção, disponibilidade e aposentadoria são baseadas na decisão do respectivo tribunal.

advogados, o ministro disse que, como esses profissionais precisam de ampla liberdade para emitir juízo de valor em defesa de seu cliente, eles têm imunidade. A imunidade para a classe só é excluída em caso de evidente abuso. O procedimento investigatório criminal resultou na instauração de sindicância no STJ, posteriormente convertida em inquérito, que se encontra em fase de conclusão.

170 mil pessoas podem ser excluídas do Refis da Crise A dois dias do fim do prazo para escolher os débitos que vão entrar no parcelamento das dívidas com a União, conhecido como Refis da Crise, 85,5% das pessoas físicas que aderiram ao programa não se manifestaram e podem ser excluídas. Até esta segunda-feira (23/5), 174.145 pessoas físicas não haviam consolidado os débitos, de um total de 203.716 que entraram na renegociação em 2009. Quem não fizer a consolidação será excluído do parcelamento. Na etapa atual, o contribuinte indica os débitos que deseja parcelar para que a Receita ou a ProcuradoriaGeral da Fazenda Nacional recalculem o valor das prestações, de acordo com o tamanho da dívida e o número de meses escolhido para o parcelamento. O processo é feito nos sites da Receita e da PGFN. Todas as pessoas físicas que aderiram à renegociação e as empresas com dívidas relativas a créditos do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) deverão fazer a renegociação até hoje. Nesse último caso, a dívida foi confirmada pelo Supremo Tribunal Federal, que, depois de 20 anos de disputa judicial.

AGU recorre para garantir posse de juiz no TRF A Advocacia-Geral da União entrou com Agravo no Supremo Tribunal Federal para tentar reverter a liminar que suspendeu a posse do juiz federal Marcelo Pereira da Silva no TRF-2. Na petição, a AGU garante que o ato da presidente Dilma Rousseff de nomea-lo não fere a Constituição. A partir da aprovação da Emenda Constitucional 45/2004, “a presidência da República deixou de estar vinculada à regra de promoção obrigatória daquele juiz que viesse a figurar por três vezes consecutivas na lista de merecimento, nos casos de acesso aos tribunais”. O ministro Ricardo Lewandowski suspendeu a posse, liminarmente, no dia 10 de maio. O recurso da AGU, assinado pela secretária-geral de contencioso do Ministério da Justiça, Grace Maria Fernandes Mendonça, e a advogada da União Fernanda Menezes Pereira, ao lado do advogado-geral da União, Luís Inácio Adams. Como noticiou a ConJur, a nomeação de Pereira da Silva foi contestada no Supremo Tribunal através de um Mandado de Segurança (MS 30.585), impetrado pelo escritório de Sérgio Bermudes, em nome das Associações dos Magistrados do Brasil (AMB), dos Juízes Federais (Ajufe) e dos

Juízes Federais do Rio de Janeiro e Espírito Santo (Ajuferjes). Elas alegam que o decreto presidencial não respeitou o preceito constitucional que determina a nomeação do juiz que aparecer três vezes consecutiva na lista encaminhada à presidência da República. Para estas entidades, o nomeado para a vaga aberta com a aposentadoria do juiz Alfredo França Neto deveria ser o juiz federal Aluísio Gonçalves de Castro Mendes (que também aderiu ao

MS) cujo nome foi escolhido três vezes consecutivas pelo plenário do TRF-2, na elaboração das listas encaminhadas ao Palácio do Planalto. Já o juiz Pereira da Silva apareceu na lista pela segunda vez. O terceiro nome foi da juíza Claudia Maria Pereira Bastos Neiva, indicada pela primeira vez. Tanto no Agravo como nas informações prestadas ao ministro Lewandowski pela presidente Dilma Rousseff, a AGU e a Consultoria-Geral da União alegam que a

modificação feita pela EC 45/2004 restituiu à presidência da República o direito de selecionar um dos três nomes da lista. No novo texto constitucional, segundo a tese que defende o decreto de nomeação do juiz Pereira da Silva, a obrigatoriedade de promover aquele que tem seu nome três vezes incluído na lista de merecimento vale apenas para as promoções de entrância para entrância, como previsto expressamente na alínea a do inciso II do artigo 93 da Carta Magna.


Economia Curitiba, quarta-feira, 25 de maio de 2011 | B1 | Indústria&Comércio politica@induscom.com.br

dívidas

Reduzido IOF que incide sobre cheque especial Objetivo é diminuir a inadimplência e facilitar a negociação de débitos Daniel Lima

O governo anunciou medidas para reduzir a inadimplência no cheque especial rotativo e facilitar a negociação de débitos por pessoas físicas e jurídicas nessa modalidade de empréstimo. As novas regras, estabelecidas na Portaria 7.487, publicada nesta terça-feira (24/05), no Diário Oficial da União, passaram a ser igualadas às do crédito fixo. A partir desta quarta-feira (25/05), a cobrança do Imposto sobre Operações Financeiras

Consumidores têm mais prazo para se enquadrar na tarifa social de energia elétrica Sabrina Craide

Os consumidores de baixa renda que ainda não se inscreveram no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal terão mais tempo para se cadastrar e, assim, garantir a manutenção dos descontos previstos na Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE). A decisão foi tomada nesta terça-feira (24/05) pela diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Quem consome mais que 65 quilowats-hora (kWh) por mês tem até o dia 1º de agosto para entrar no Cadastro Único. Para quem consome entre 40 kWh e 65 kWh, o prazo é 1º de setembro. Entre 30 kWh e 40 kWh, a inscrição deve ser feita até 1º de outubro. Para os usuários que consomem menos que 30 kWh, o prazo é 1º de novembro. Até o fim do ano, todas as famílias que têm direito ao benefício devem estar com a situação regularizada. No ano passado, a Aneel mudou as regras para conceder os descontos na tarifa de energia. Antes, o benefício era dado automaticamente para as unidades que consumiam menos de 80 kWh por mês, independentemente da renda familiar. Com as novas regras, a tarifa só será concedida às famílias inscritas no Cadastro Único, que inclui as famílias com renda mensal até meio salário mínimo por pessoa ou de três salários mínimos no total. Quem ainda não está inscrito no Cadastro Único deve procurar a secretaria de Assistência Social do município onde mora ou entrar em contato com o Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome pelo número 0800-7072003. Após a inscrição, o consumidor deve procurar a distribuidora de energia elétrica que atende ao município para comprovar o cadastramento e continuar a receber os descontos da tarifa social. A concessionária vai encaminhar as informações à Aneel, que terá dez dias úteis para decidir se o consumidor se enquadra ou não nas regras da tarifa diferenciada. Entre o pedido do benefício à distribuidora e o enquadramento como beneficiário, o consumidor deve esperar, no máximo, 25 dias úteis.

(IOF) dos inadimplentes será suspensa após 365 dias. Na prática, não significa o cancelamento, mas que o correntista só deverá um ano de IOF sobre a dívida, mesmo que ela continue ativa acima desse período. “O objetivo da medida é estimular que as pessoas renegociem as suas dívidas e melhorar o ambiente de negócios, porque elas poderão voltar ao mercado de crédito”, disse Sandro Vargas Serpa, subsecretário de Tributação e Contenciosos da Receita Federal. Pelas regras atuais, o

IOF era debitado do correntista enquanto durasse a dívida e, segundo Serpa, em alguns casos, a dívida com o imposto acabava maior do que a própria dívida. A contagem para a suspensão do IOF do cheque especial rotativo iniciará a partir do momento em que for declarada a inadimplência do correntista. Durante o período de 365 dias, o banco, que tem a obrigação de recolher o imposto para a Receita Federal no início de cada mês, fará o cálculo do imposto sem recolher à Recei-

ta, mas poderá apresentar ao correntista o valor devido caso ele queira negociar a dívida. Caso a dívida não seja paga, o banco deixa de ser obrigado a repassar o IOF para a Receita. Segundo a chefe da Divisão de Tributação do Mercado Financeiro, Maria da Consolação Silva, no caso das pessoas jurídicas, o IOF incidente sobre o cheque especial chega a 0,0041% ao dia ou 1,5% ao ano. Para as pessoas físicas, é 0,0082% ao dia ou 3% ao ano.

mudanças

“Novas regras devem incentivar uso racional do cartão de crédito” Kelly Oliveira

As novas regras de cartão de crédito têm o objetivo de incentivar o uso racional do instrumento e ajudar as famílias a reduzir o endividamento excessivo, afirmou nesta terçafeira (24/05) o presidente do Banco Central (BC), Alexandre Tombini, que participou da abertura de seminário para esclarecer as novas regras. Segundo Tombini, eram crescentes as reclamações de usuários contra as empresas de cartões de crédito. Por isso, foi necessário “aperfeiçoar” esse relacionamento. “Esse ambiente representava potencial risco operacional e reputacional”, disse. De acordo com Tombini, o BC continuará a acompanhar o desenvolvimento da indústria de cartão de crédito e débito e poderá, sempre que neces-

sário, adotar novas medidas. Segundo ele, as novas regras não representam o “fim de um processo”. A partir do dia 1º de junho, o valor mínimo a ser pago todos os meses não poderá ser inferior a 15% do total da fatura do cartão de crédito. Esse percentual sobe para 20% a partir de dezembro de 2011. A mudança é resultado de uma resolução do Conselho Monetário Nacional (CMN), definida em novembro do ano passado. Segundo o BC, o objetivo de definir um percentual mínimo de pagamentos é evitar o risco de superendividamento. Durante o seminário, também foi divulgada uma cartilha, disponível no site do BC, com orientações sobre as novas regras. Outra mudança do CMN é limitar a cinco o número de tarifas que podem ser cobra-

das dos clientes de cartões de crédito: anuidade; emissão de 2ª via do cartão; retirada em espécie na função saque; no uso do cartão para pagamento de contas; e no caso de pedido de avaliação emergencial do limite de crédito. Essa limitação no número de tarifas passa a valer para os cartões emitidos a partir de 1º de junho de 2011. Para quem já tem cartão de crédito ou adquirir um até 31 de maio deste ano, as cinco tarifas valem a partir de 1º de junho de 2012. Segundo o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, atualmente existem cerca de 80 tarifas diferentes cobradas pelo uso do cartão de crédito. Também ficou definido que só serão permitidos dois tipos de cartão: o básico e o diferenciado, associado a programas de benefícios e recompensas.

desaceleração

Após dois meses de crescimento, produção industrial volta a cair Luciene Cruz

A produção industrial de abril recuou quando comparada à do mês anterior. O índice caiu de 53,3 pontos para 47,6 pontos, interrompendo uma sequência de dois meses de crescimento, segundo dados divulgados nesta terça-feira (24/05) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). Na avaliação dos empresários, o ritmo da atividade industrial segue pelo quinto mês abaixo do usual. Em abril do ano passado, o índice registrado foi 51 pontos. Os indicadores variam entre 0 e 100 pontos e valores acima de 50 indicam evolução positiva. A utilização da capacidade de instalação (UCI) efetiva usual ficou em 46,2 pontos, em abril, valor menor do que o registrado em março (47,4 pontos). O percentual médio de utilização da capa­cidade instalada caiu um ponto percentual, saindo de 74% para 73% no mesmo período. Os números também apon-

As medidas de combate à inflação, adotadas pelo Banco Central e pelo governo federal, já estão surtindo efeito e a inflação começa a recuar, disse ontem a ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão, Miriam Belchior, ao partici-

André Molina

Marcelo Rangel faz balanço da CPI das Espionagens

O deputado estadual Marcelo Rangel (PPS) utilizou a tribuna da Assembleia Legislativa nesta terça-feira (24 de maio) para fazer um balanço da CPI das Espionagens. Segundo ele, o prazo termina no dia 19 de junho e o relatório será enviado para o Ministério Público, Polícia Federal e Polícia Civil. “Aconteceu algo muito grave na Assembleia. O relatório indicará os suspeitos. Percebemos a instalação de bloqueadores superfaturados, grampos clássicos e inúmeras irregularidades. A CPI ainda terá alguns depoimentos”, disse. O parlamentar afirmou ainda que a comissão deverá escutar nesta quarta-feira (25 de maio) o ex-diretor administrativo da Alep, Francisco Ricardo Neto. Em um próximo encontro deverá escutar novamente os peritos.

Presidente da Alep anuncia regulamentação de funcionários ociosos

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Valdir Rossoni (PSDB), anunciou nesta terça-feira (24 de maio) que foi apresentada proposta para regulamentar a situação dos funcionários efetivos da casa que estão ociosos. Segundo ele, os funcionários poderão ir para Secretária de Trabalho, Secretária de Justiça ou até mesmo admitido em gabinete parlamentar caso algum deputado necessite. “A decisão foi tomada após um acordo entre líderes. Foi a maneira que encontramos para concluir a reforma administrativa”, disse.

Comissão especial começa a ouvir candidatos ao TC

Nesta terça-feira (24), a Assembleia Legislativa começou a ouvir os candidatos a conselheiro do Tribunal de Contas (TC). A Comissão Especial encarregada da oitiva dos candidatos é presidida pelo deputado Elio Rusch (DEM) e composta por 05 membros. A vaga que deverá ser preenchida é a que foi deixada por Henrique Naigeboren e para a qual havia sido escolhido Maurício Requião, irmão do ex-governador Roberto Requião. Ações na Justiça foram impetradas pela Liderança da Oposição, desde 2008, para evitar a posse de Maurício Requião, já que ele tem parentesco direto com o ex-governador, o que o impediria de julgar a maior parte das contas e deixaria a corte com um acúmulo significativo de processos.

Minha Casa Civil. Minha Vida

A divulgação de um evento vem chamando a atenção nas redes sociais, principalmente no “Facebook”. É uma manifestação que acontecerá na Boca Maldita no próximo sábado que “defende” uma nova política de desenvolvimento social do Governo Dilma Rousseff. O movimento apoia o projeto “Minha Casa Civil. Minha Vida”.

Audiência sobre Reforma Política na Alep

Nesta sexta-feira (27), a Assembleia Legislativa vai sediar às 10 horas um debate sobre a Reforma Política. A iniciativa é do deputado federal Sandro Alex, que é representante do PPS na Comissão da Reforma Política da Câmara Federal. O parlamentar entende que é importante a população participar das discussões sobre o voto distrital misto, lista preordenada, financiamento púbico de campanha, dois turnos para cidades com mais de 50 mil eleitores, dentre outros. O parlamentar acrescentou que Curitiba será uma das últimas capitais onde serão realizadas audiências públicas. É que, segundo Sandro Alex, no dia 10 de junho a comissão encerra os trabalhos para dar tempo ao relator de entregar, até dia 14, as conclusões de seu relatório.

Oposição insiste na CPI do Palocci

Integrantes dos partidos que apoiam a instalação de uma CPI Mista para investigar o crescimento patrimonial da empresa Projeto, do ministro da Casa Civil, Antonio Palocci, se reuniram nesta terça-feira (24) na Liderança do PSDB no Senado. O objetivo foi definir estratégias para agilizar a coleta de assinaturas para a criação da comissão. A oposição quer esclarecer se houve a percepção de vantagens indevidas por meio da empresa ou o patrocínio de interesses privados perante órgãos do governo federal entre 2006 e 2011, e a relação desses fatos com a campanha presidencial de 2010. PSDB, DEM, PPS e Psol participam da iniciativa.

Inimigo da população

A utilização da capacidade de instalação (UCI) efetiva usual ficou em 46,2 pontos, em abril, valor menor do que o registrado em março

tam acúmulo indesejado de estoques. O chamado efetivo planejado subiu de 50,5 pontos para 51,8 pontos. Os valores mostram que os estoques estão acima do nível desejado. O acúmulo é maior entre as empresas de grande porte. Neste caso, o índice alcançou 53,4 pontos em abril, contra os 51,1 registrados

em março. Mesmo com a redução dos índices que medem a atividade, os empresários do segmento continuam otimistas para os próximos seis meses. A expectativa positiva está relacionada à confiança de aumento do consumo no mercado interno visando à queda no volume exportado nos próximos meses.

Inflação está recuando, diz Miriam Belchior Pedro Peduzzi

Acontece na Política

par do Fórum Interconselhos do Plano Plurianual (PPA). “Tanto o BC como o governo federal adotaram as medidas necessárias, como o corte de R$ 50 bilhões, para o combate à inflação. E elas já estão demonstrando o resultado que esperávamos”, disse Miriam. A ministra elogiou também as

iniciativas do governo em abrir espaço para as sugestões da sociedade civil e de entidades na definição de como os gastos do governo serão definidos no período entre 2012 e 2015. “O PPA é um instrumento de compromissos e prioridades do governo para os próximos quatro anos”, disse a ministra.

O secretário de Segurança Púbica do Paraná, Dr. Reinaldo de Almeida Cesar, respondeu o pedido de informações do deputado estadual Roberto Aciolli (PV) sobre os Institutos Médico Legais do Estado. O documento foi protocolado na Casa no dia 14 de fevereiro deste ano, questionando a real situação do órgão. Mais de três meses depois, a reposta chegou até o gabinete do parlamentar, segundo o mesmo “os dados são alarmantes”. “O raio X dos IMLs traz a tona uma discussão muito antiga. Com frota sucateada, falta de equipamentos e profissionais, o instituto que deveria ser um aliado da população, se torna um inimigo” afirma Aciolli.

Previdência registra déficit de R$ 5,7 bi A Previdência Social registrou déficit de R$ 5,72 bilhões no mês de abril – com uma arrecadação de R$ 18,54 bilhões e despesas de R$ 24,27 bilhões. Na comparação com o mês de março houve um aumento das despesas previdenciárias por causa do pagamento de precatórios que somaram R$ 3,22 bilhões. No mês de março, esse valor foi de R$ 283 milhões. Os dados foram divulgados nesta terça-feira (24/05) pelo Ministério da Previdência Social. O resultado da Previdência no setor urbano ficou negativo em R$ 910 milhões, por causa das ações judiciais que somaram, em abril, R$ 2,5 bilhões.

Apesar disso, a arrecadação teve o segundo melhor resultado da série histórica da Previdência que ficou em R$ 18,06 bilhões e as despesas somaram R$ 18,97 bilhões. A Previdência rural também apresentou um saldo negativo no mês de abril, R$ 4,8 bilhões. A arrecadação somou R$ 482 milhões e as despesas foram de R$ 5,3 bilhões no mês passado. Na comparação com março houve um aumento de 13,2% na necessidade de financiamento do setor rural. O ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho, disse que o saldo negativo já era previsto devido ao pagamento dos precatórios. CMYK


Diplomacia

Curitiba, quarta-feira, 25 de maio de 2011 | B3

Antônio Claret de Rezende claretrezende@gmail.com

Mia Cara Curitiba pelos 150 anos da Unidade Italiana expectativa é que dez mil pessoas assistam à abertura da programação.

que proferiu palestra no espaço A Fábrika, sobre o “Futuro Político da Europa”.

Corrida

Cinema

A celebração dos 150 Anos da Unificação Italiana terá, dia 29 próximo, uma corrida cujo percurso vai cruzar o Bairro Santa Felicidade, o mais tradicional italiano de Curitiba. A largada será às 7h20, defronte o Restaurante Madalosso (Avenida Manoel Ribas, 5.852, em Santa Felicidade) . Será uma corrida com 10 milhas e caminhada de 5 km. Essa atividade esportiva é certificada pelo CONI Brasile-Comite Olímpico Nacional Italiano.

Gastronomia italiana

Talharim do Armazém Italiano

De 27 deste mês a 5 de junho, a Capital paranaense vai viver em clima italiano. A cidade irá, então, sediar o evento “Mia Cara Curitiba”, semana em comemoração aos 150 anos da unificação da Itália. Serão dias de intensa movimentação cultural, começando na sexta-feira, 27, com a abertura da programação, às 20 horas, na Praça Generoso Marques, quando haverá apresentação de um espetáculo da companhia italiana de entretenimento Studio Festi. O evento Mia Cara Curitiba é uma manifestação pública para comemorar os 150 anos da Unificação Italiana, ocorrida em 1861. O período escolhido – 27 de maio a 5 de junho – visa também homenagear o Dia da República Italiana, que se comemora em 2 de junho. O evento contará com atividades culturais, esportivas, sociais, religiosas e gastronômicas, organizadas pelo Consulado Geral da Itália para o Paraná e Santa Catarina, em parceria com a Prefeitura de Curitiba/Instituto Municipal de Turismo.

Significado

Para os organizadores, a Semana simboliza o encontro entre as comunidades brasileira e italiana, tendo em vista a forte presença italiana e ítalo-brasileira em Curitiba. Além disso, a manifestação, no ano dedicado à Itália no Brasil (começa em outubro), representa a antecipação do momento “Brasil-Itália”, cujos principais objetivos são promover a relação cultural , social e comercial, entre os dois países, consolidando os sentimentos comuns. Manifestações nesse sentido foram feitas na abertura da Semana, dia19, quinta-feira, no Bourbon Resort Dario Paixão, Renata Bueno, Paulino Viapiana, Juçiana Vosnika, Salvatore Di Venezia e Marcos Vinicius Meyer, no lançamento do evento “Mia Cara Curitiba”, no Bourbon Hotel, pelo cônsul-geral da Itália, Salvatore Di Venezia, pelo secretário estadual de Cultura, Paulino Viapiana, e pela presidente do Instituto Municipal de Turismo, Juliana Vosnika, entre outros. Todos ressaltaram o significado do evento, face à forte presença italiana em Curitiba, onde, segundo o cônsul Di Venezia, 40% da população teria raízes italianas. Para ele, “essa é uma oportunidade para as pessoas que não têm a oportunidade de ir à Itália, conhecerem um pouco do País nas exposições de fotografias, na mostra de cinema, nos restaurantes, que oferecerão cardápio temático” Ô Cônsul relatou, ainda, que a festividade foi idealizada durante Salvatore Di Venezia, Juliana Vosnika e Celso Gusso conversa com Gianlucca Cantoni, presidente do Comitato Degli Italiani All` Estero, em outubro de 2010, e ganhou corpo com o apoio recebido de Paulino Viapiana, então presidente da Fundação Cultural de Curitiba. Por sua vez, Viapiana, agora Secretário da Cultura, destacou o apoio do Governo do Estado à iniciativa, e Juliana Vosnika ressaltou o empenho do prefeito Luciano Ducci em contribuir para o êxito da iniciativa, que, a seu ver, tem tudo para dar certo. “Uma da metas da Prefeitura é apoiar eventos como esse, que oferecem várias atrações gratuitas para a população, atraem visitantes e movimentam a economia da cidade”, afirmou Ela também falou sobre a participação do Studio Festi como garantia de uma festa para agradar a italianos, descendentes e brasileiros.

Gianluca Cantoni, Valerio Festi, Renata Bueno e Di Venezia

O lançamento oficial reuniu no Bourbon autoridades, representantes do trade e da imprensa e foi seguido de coquetel. Da Mesa, além de Venezia, Viapiana e Juliana, participaram ainda Marcos Vinicius Alves Meyer, presidente da Paranaturismo e representante do secretário Faisal Saleh, Dario Paixão, presidente do Curitiba Convention & Visitors Bureau, e vereadora Renata Bueno. Parte das atrações – inclusive a abertura, dia 27, - acontecerá na Praça Generoso Marques, defronte ao Paço da Liberdade, e parte no Memorial de Curitiba (Exposição Imigração Italiana e Artes Visuais e apresentação de dança folclórica italiana). Haverá ainda a exposição de fotografia “Omagio Alla Sicilia”, no Shopping Paladium, mostra de cinema de filmes italianos, na Cinemateca de Curitiba, Canti D´Italia, no Canal da Música, Missa Solene na Igreja do Rosário (Centro Histórico) e participação na Casa Cor.

Espetáculo

O italiano Valerio Festi comanda o Studio Festi, companhia de entretenimento internacional especializada em criar eventos culturais impactantes. Ele fez um projeto inédito para a abertura do Mia Cara Curitiba, no dia 27, na praça Generoso Marques. Na ocasião, o Paço da Liberdade se iluminará. As bandeiras da Itália, do Brasil, do Paraná e de Curitiba cobrirão a fachada do prédio. Uma bailarina presa em uma esfera colorida de seis metros de diâmetro voará acima do público ao longo da praça e acenderá, com um toque, a “Arquitetura de Luz”. O grupo também projetará um “Concerto de Imagens” nas fachadas do Paço da Liberdade e outros prédios da praça. A

Dentro da programação, de 28 deste mês a 5 de maio, acontecerá também a Semana de Gastronomia Italiana. Vários restaurantes terão um cardápio comemorativo, que consistirá de prato principal e sobremesa italianos, com preço fixo de R$ 39,00, tanto para almoço como para jantar, com a opção de harmonização com vinho. Os restaurantes participantes, já confirmados, são: Familia Calicetti di Bologna, Scavollo, Trattoria Boulevard, Vin Bistrô, Armazém Italiano, Bistrô do Victor, C la Vie, Cantina do Délio, DUO Cuisine, Famiglia Fadanelli, PaniOlio, Petiscaria do Victor, Restaurante Bar do Victor, Trovatta (Crystal), Villa Marcolini. Mais informações no site www.miacaracurityibha.vcom.

Programação

Abertura Oficial da Semana “Mia Cara Curitiba” Praça Generoso Marques, em frente ao Paço da Liberdade – Dia 27, às 20 horas Apresentações Artísticas – Diariamente Praça Generoso Marques, em frente ao Paço da Liberdade – 27/05 a 5/6, às 20 horas (“Concerto e Imagens” e “Arquitetura de Luz”, do Studio Festi) Exposição Fotográfica Omaggio Alla Sicilia Palladium Shopping Center (Avenida Presidente Kennedy, 4121) – 28/05 a 5/6, das 11 às 23 horas Exposição “Imigração Italiana e Artes Visuais” Memorial de Curitiba (Rua Claudino dos Santos, 79) – 28/05 a 3/6, das 9 às 18 horas Apresentação de Dança Folclórica Italiana Memorial de Curitiba (Rua Claudino dos Santos, 79) – 29/05, às 10 horas Semana da Gastronomia Italiana Confira, acima, a lista dos estabelecimentos participantes. Mostra de Cinema com Filmes Italianos Cinemateca de Curitiba (Avenida Carlos Cavalcanti, 1174) – 30/05 a 3/06, às 16h30 e às 20 horas. Exibição de filmes atuais, legendados especialmente para o evento. Entrada franca. Canti d’Italia Apresentação de corais no Canal da Música dia 04/06, às 20 horas. Entrada Franca. Igreja do Rosário Missa Solene Igreja do Rosário (Praça Garibaldi, Largo da Ordem) – 5/06, às 11 horas

Outra parte importante da Semana Europa foi a apresentação de uma série de filmes espanhóis, franceses, italianos e poloneses, exibido no Auditório do Instituto Goethe. Ao abrir as projeções, durante coquetel, a diretora do Goethe, Claudia Roemmelt, disse que o trabalho com filmes e cinema “faz parte integral da nossa atividade como instituição cultural”, o que também “ deve ser parecido com os demais parceiros do projeto”. Lembrou ela que já no ano passado foi feita uma semana de filmes europeus, mais ou menos na mesma época, justamente para lembrar o Dia da Europa. Frisou Claudia que “as celebrações na própria Europa tem sido modestas, tanto este ano como nos anos anteriores. Não podemos disfarçar que a União Européia, tanto como idéia quanto como instituição, está em crise”. E explica: “Zaki Laïdi o explanou muito bem na sua palestra de ontem: Sendo uma construção artificial e por não ter crescido organicamente, como por exemplo os Estados Unidos da América do Norte, a Europa tem sido confrontada com as consequências das contradições de sua existência nos âmbitos monetários, legais, de defesa nacional e de questões de soberania dos países”. A diretora do Goethe ainda assinalou que , “Especialmente nos últimos dois anos, a tal ‘crise’ que se iniciou devido a especulações imobiliárias nos EUA, em 2008, tem mostrado efeito na Europa. Mas, apesar de tudo isso, a Europa continua sendo um pólo de criatividade artística, detém um legado histórico único no mundo, tem riquezas naturais e demonstra, na sua unidade, uma pluralidade impressionante e desafiante”. Cláudia (foto) concluiu enfatizando que, “com nossa Semana de Filmes ‘Cine Anti Crise’ , queremos fazer jus a esse lado da Europa, que atualmente desaparece diante de discussões monetárias, orçamentárias e de ordem técnica. De fato, a Europa, apesar de tudo, ou melhor, justamente para contrapor burocratas e tecnocratas, continua na criação artística, continua fazendo arte e transforma seus atuais desafios em histórias interessantes, às vezes cômicas, às vezes sérias, mas em histórias que tocam porque poderiam ser a nossa, a sua, a minha história. Que essa semana sirva de inspiração e de lembrança para todos – é a arte que dá sabor a vida – em último caso, até a arte culinária....” No final, ela ainda anunciou “a idéia de uma pequena exposição fotográfica ‘Paisagens européias’, com fotógrafos jovens, de Escolas Superiores de Artes de países europeus”. Também agradeceu á Aliança Francesa, Instituto Cervantes, Consulado Geral da Itália e Consulado Geral da Polônia, bem como aos “aos meus queridos colegas do GoetheInstitut Curitiba”.

Em Blumenau, Festitália terá atração musical de Roma

Cantare, mangiare, volare... Esses são apenas alguns ingredientes que movem e fazem da Festitália, de Blumenau (SC), um sucesso. Este ano, a festa será realizada de 15 a 24 de julho, no Setor 2 do Parque Vila Germânica. A promoção é do Lira Circolo Italiano, em parceria com a Vila, e terá como atração principal Il Gruppo Italiano, vindo diretamente de Roma. Como de costume, a Festitália vai oferecer variados pratos da comida dos “oriundi”, mas não tem uma temática específica, como ocorreu em outros anos. “Nosso lema é música, canto, dança, gastronomia e, claro, sem faltar um bom vinho”, explica Udolino Campestrini, do Lira Circolo.

Apresentação sobre o Conservatório Nacional de Artes e Ofícios da França Boa comida e descontração é o que não falta O SENAI/PR-Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Paraná e o C2i-Centro Internacional de Inovação, do Sistema FIEP, o Consulado Honorário da França em Curitiba, a Aliança Francesa de Curitiba e a Câmara de Comércio França Brasil do Paraná promovem na próxima terça-feira, 24, às 19 horas, uma apresentação sobre o CNAM-Conservatório Nacional de Artes e Ofícios (Conservatoire National des Arts et Metiers-CNAM), da França, e suas oportunidades de cooperação. A apresentação será feita por Laurent Perez, diretor de Relações Européias e Internacionais do CNAM; Gerard Kuhn, responsável pelas Relações Internacionais do CNAM com o Brasil; e Monica David, responsável pelas Relações Internacionais da ESGT/CNAM Às 20 horas, serão prestadas homenagens aos professores Gerard Kuhn (foto), do CNAM, e Max Schaegger, da Universidade de Tecnologia de Compiègne (UTC), seguidas de um coquetel de confraternização. Schaegger é responsável pelas relações da UTC-Universidade Tecnológica de Compiegne com a América do Sul. O evento acontecerá na Maison de France de Curitiba (auditório do espaço A Fábrika), que fica na Rua Fernando Amaro, 154 – Alto da XV, em Curitiba. A inscrição pode ser feita através do telefone (41) 32542854 ou do e-mail ccfbpr@ccfb.com.br .

Semana Europa com palestra e filmes de três países

Uma iniciativa fadada ao sucesso. É o que se espera da Semana Europa, destinada a lembrar o Dia da Europa, que se comemora em 9 de maio. Iniciada ano passado pelo Instituto Cervantes, através de seu diretor Salvador Lopez Becerra, Consulado Honorário da França e Instituto Goethe (Alemanha), este ano o movimento englobou o Consulado Geral da Itália o Consulado Geral da Polônia. Realizada pelo segundo ano, a Semana trouxe a Curitiba o professor Zaki Laïdi, do Institut d´Etudes Politiques de Paris,

No ano passado, a festa atraiu mais de 25 mil pessoas e a expectativa para a 18ª edição é aumentar em 20% a quantidade de público. Udolino diz que a organização aposta na consagração do evento no calendário de festas do Estado de Santa Catarina, na variedade de atrações e especialmente na grande atração principal deste ano que são os cantores vindos diretamente de Roma para abrilhantar a festa blumenauense.

Il Gruppo Italiano

... e comidas típícas e Dancas folclóricas... Ritmo irresistível, presença cênica e uma alegria contagiante, esses são os componentes que fazem do Il Gruppo Italiano um sucesso na Itália e no mundo. O grupo é especializado na bela canção italiana dos anos 60 aos dias de hoje. Tem 12 anos de estrada e é composto por Miro - líder, cantor e compositor - e pelas cantoras e bailarinas Sara, Via e Valentina. O grupo já se apresentou no Canadá, Argentina, Venezuela, Alemanha, França, Áustria, Espanha e no Brasil. Em Blumenau, esteve três vezes. A primeira foi na segunda edição da Festitália, quando empolgou o público juntamente com Gigliola Cinquetti e Nico Fidenco. Il Gruppo Italiano tem vários discos gravados e fará quatro apresentações no palco da Festitália. E, com toda a certeza, vai empolgar os presentes, especialmente os visitantes de outras cidadedes.

No Paço da Liberdade, recepção pela data nacional da Argentina

A República Argentina vai comemorar o 201º aniversário da Revolução de Maio, movimento que levou à independência da Nação platina. A grande conquista de nossos irmãos do Sul será lembrada em Curitiba pelo cônsul Hector Gustavo Vivacqua com uma recepção no próximo dia 25, quarta-feira destas semana.

Na ocasião, o Cônsul Vivacqua e a Consulesa Madalena (foto) receberão convidados às 19h30 no Paço da Liberdade (Praça Generoso Marques). Dos participantes, além da apresentação do convite, exige-se, ainda, traje “passeio completo”, como é de praxe em eventos dessa natureza.

Paraguai celebra Data Nacional e bicentenário

Como previsto, a Cônsul Geral do Paraguai, Lourdes Maria Bogado de Insfrán, recebeu cerca de 50 convidados na segunda-feira, 16, para celebrar a Data Nacional de seu País, transcorrida na véspera, dia 15, e que marcou também o 200º aniversário da Independência paraguaia. A anfitriã com o cônsul da Argentina, Hector Vivacqua, e o Adido Comercial Sebastian Bogado Cônsul Lourdes e o marido Carlos de Insfrán recebendo convidados Saudando os presentes , a Cônsul realçou a importância e o significado das comemorações, enfatizando a amizade Brasil-Paraguai e as grandes oportunidades que seu País oferece para investimentos. Lembrou, nesse contexto, a recente visita a Assunção de uma missão empresarial liderada pela Associação Comercial do Paraná e que certamente resultará em benefícios para ambas as partes. Lourdes de Insfrán também agradeceu à FECOMÉRCIO pela cessão do espaço para a recepção, assim como a presença de membros do Corpo Consular, lideranças empresariais e outros convidados. A seu pedido, o vice-presidente da ACP e Rui Lemes com a Cônsul do Paraguai coordenador do Conselho de Comércio Exterior e Relações Um brinde ao Paraguai: secretário Ricardo Barros, cônsul Dorota Barys, cônsul Lourdes de Insfrán, deputada federal Cida Borghetti e cônsul Edson Ramon. Internacionais da entidade, Odone Fortes Martins, fez ligeiro relato acerca das atividades da Missão que foi ao Paraguai e lá se encontrou com lideranças políticas e empresariais do vizinho País. Odone fala sobre a Missão da ACP ao Paraguai Entre os presentes, ainda, o cônsul da Sérvia e presidente da Sociedade Consular do Paraná, Edson José Ramon; a deputada federal Cida Borghetti e seu marido, o secretário de Indústria, Comércio e Relações com o Mercosul, Ricardo Barros, e Rui Lemes, diretor de Produtos e Serviços da Federação do Comércio do Estado do Paraná, dentre outros. Um coquetel foi servido, em seguida. Salvador Lopez Becerra, diretor do Instituto Cervantea, com Madalena e Hector Gustavo Vivacqua, cônsules da Argentina

Publicações sobre o Brasil em Língua Alemã – 1500-1900

As publicações em língua alemã acerca do Brasil refletem uma variada gama de relações entre dois países e duas culturas. Embora nunca tenha havido colônia alemã na América portuguesa, o Brasil atraiu, desde o seu “descobrimento”, o interesse de aventureiros, pesquisadores e viajantes alemães. Também o primeiro livro europeu sobre o País foi uma publicação alemã. De fato, levantamentos da literatura sobre o Brasil já foram apresentados em várias bibliografias, no entanto, em todos esses trabalhos aplica-se um foco que apenas inclui uma determinada parte das publicações em língua alemã. Em razão disso, surgiu a idéia de juntar os dados dispersos e atualizá-los, aproveitando os recursos de informação hoje disponíveis, com o objetivo de criar um registro que abranja bibliograficamente as publicações de Brasiliana em língua alemã entre 1500 e 1900, de forma tão completa quanto possível. O trabalho reúne um conjunto de textos capaz de documentar as informações e idéias que configuraram e cunharam a imagem do Brasil dos leitores de língua e cultura alemãs durante os primeiros quatro séculos transcorridos desde o descobrimento europeu do País. A edição é bilíngue e foi elaborada por uma equipe coordenada por Rainer Domschke, coordenador de publicações do Instituto Martius-Staden, e integrada por Hermann H. Wever, bibliófilo e colecionador de Brasiliana, Franz Obermeier, bibliotecário da Universidade de Kiel/Alemanha, e Hans-Peter Huss, bibliófilo e colecionador de Brasiliana. O trabalho tem como título “Publicações sobre o Brasil em Língua Alemã - Deutschsprachige Brasilienliteratur (1500 – 1900)”. É uma co-edição Editora Oikos e Instituto Martius-Staden. A primeiras edição, lançada este ano, tem 280 páginas, com texto alemão-português. O valor no dia do lançamento foi de R$ 25,00. Mais informações pelo telefone (11) 3744-1070 ou no site www.martiusstaden.org.br

Síntese

>>Embaixador – O cônsul-geral Salvatore Di Venezia ainda não pode confirmar. Mas, confessou que está se empenhando, a fim de que o Embaixador da Itália no Brasil, Gherardo La Francesca (foto), venha a Curitiba no próximo dia 27, para o espetáculo de abertura do evento “Mia Cara Curitiba”. A festa comemorativa aos 150 anos da Unificação Italiana será uma realização do Consulado da Itália para o Paraná e Santa Catarina e da Prefeitura/Instituto Municipal de Turismo. Além dessa possível vinda, Di Venezia também adianta que o Embaixador italiano tem agendada visita a Curitiba para o dia 5 de outubro. >> Cônsul espanhol - Quem igualmente tem visita prevista para breve, a C:uritiba, é o cônsul-geral da Espanha em São Paulo, José Maria Matres Manso. Ao que se sabe, resta apenas definir a programação da visita – encontros protocolares e outros – e a data, o que deve acontecer nos próximos dias. >>Reconhecimento – Ao retornar de viagem de caráter profissional aos Estados Unidos, uma boa notícia aguardava pelo cônsul-geral honorário das Filipinas, Kiyoshi Ishitani.


Negócios Indústria&Comércio | Curitiba, quarta-feira, 25 de maio de 2011 | B4

iniciativa

IBM lança Programa Global de Empreendedorismo no BR Novo programa estimulará startups a inovarem o mercado nacional Em um ambiente econômico cada vez mais desafiador, empresas startups de tecnologia são referências importantes para trazerem novas idéias para o mercado. Com objetivo de estimular o desenvolvimento de inovações tecnológicas nos países em que a companhia atua, a IBM anuncia o lançamento do Programa Global de Empreendedorismo (GEP), que irá reconhecer a próxima geração de empreendedores do mercado brasileiro e apoiá-los na captação de oportunidades de negócios em diferentes indústrias . A iniciativa oferece às startups, sem nenhum custo, acesso às tecnologias específicas da sua indústria-alvo em um ambiente de cloud computing. Com o programa, as empresas parti-

O GEP irá reconhecer a próxima geração de empreendedores do mercado brasileiro

cipantes terão acesso às linhas de pesquisa da IBM, além de poderem conhecer técnicas de

vendas e marketing. A companhia investe mais de US$ 6 bilhões por ano em pesquisa e

desenvolvimento e conta com mais de 3 mil pesquisadores em nove laboratórios em todo o mundo, inclusive no Brasil. Com quase 6 mil novas patentes apenas em 2010, a IBM tem experiência em trazer inovação tecnológica para o mercado. Com seu objetivo de usar a tecnologia para construir um planeta mais inteligente e anos de investimentos em pesquisa, a IBM está capacitada para ajudar as startups a desenvolverem novos produtos e serviços. As soluções por indústria da IBM, por exemplo, envolvem plataformas de software voltadas para setores específicos de mercado, como “Água mais inteligente”, “Edifícios inteligentes” e “Saúde mais inteligente”.

Braxis faz controle ambiental para ArcelorMittal Há vários anos, a ArcelorMittal desenvolve diversas ações que contribuem para o alcance desses objetivos. Entre elas, o desenvolvimento de processos que reduzem os impactos à biodiversidade, a modernização de suas instalações, a recirculação da água utilizada e a reciclagem dos resíduos de sua produção. Estava clara, então, a necessidade de modernizar a gestão e

monitoramento ambiental. “Pesquisamos as melhores ferramentas no mercado para solucionar esta questão e identificamos o SAP EC, que nos atendia perfeitamente”, revela. A partir daí, a ArcelorMittal abriu uma cotação para iniciar a instalação do módulo. A CPM Braxis Capgemini detinha o conhecimento e a experiência ideais para resolver

esses impasses. “Esta é uma solução nova no mercado, fazendo com que o projeto se tornasse um desafio maior. A constatação de que as unidades da ArcelorMittal estavam preparadas para realizar essa instalação, contribuiu para o sucesso do projeto”, diz Carvalho.O sistema foi instalado utilizando como piloto a usina de João Monlevade, situada no Estado de Minas Gerais. Em

média, o tempo para instalação é de cerca de sete meses, mas a equipe da ArcelorMittal Sistemas e CPM Braxis Capgemini conseguiu finalizar o projeto em tempo recorde: três meses e meio, com a dedicação de oito profissionais. Esta agilidade foi fundamental para os planos de negócios da siderúrgica, já que proporcionou uma redução nas despesas previstas.

“RESPEITO AO CONTRIBUINTE”

Babilonia servirá refeições com isenção de impostos O Conselho de Jovens Empresários (CJE) da Associação Comercial do Paraná (ACP) promove nesta quarta-feira (25), das 8 às 10 horas, um café da manhã com várias atividades em comemoração ao “Dia Nacional de Respeito ao Contribuinte e Livre de Impostos”. Serão proferidas palestras pela Receita Federal do Brasil (RFB) e pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) sobre educação fiscal e transparência e sobre as metodologias e resultados da pesquisa IBOPE-CNI da (in) satisfação dos contribuintes sobre a carga

tributária e a contra prestação de serviços públicos. Os temas serão abordados por Luiz Omar Gabardo, da RFB, e Flavio Castelo Branco, da CNI. Este evento faz parte da mobilização nacional, promovida pela Confederação Nacional dos Jovens Empreendedores (Conaje), em parceria com a Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), por meio do projeto “A sombra do Imposto”, Instituto Milenium, Movimento Brasil Eficiente (BEM) e ABRASEL, que está sendo realizado em várias cidades brasilei-

ras. Neste ano, aderiram ao movimento 13 capitais: Belém (PA), Campo Grande (MS), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Goiânia (GO), Manaus (AM), Natal (RN), Palmas (TO), Salvador (BA), São Luis (MA), São Paulo (SP), Sergipe (SE) e Vitória (ES). Ainda em Curitiba, segundo o Conselho de Jovens Empresários da ACP, por meio de parceria a Abrasel Paraná, um restaurante aderiu à campanha e venderá refeições com isenção de 100% dos tributos, entre às 12 e 14 horas.

SIMPEP alerta para os impactos da proibição da sacola plástica No dia 17 de maio, a Câmara de Vereadores de São Paulo aprovou o Projeto de Lei 496/2007, que dispõe sobre a proibição da distribuição gratuita ou venda de sacolas plásticas aos consumidores em todos os estabelecimentos comerciais da capital. O SIMPEP – – ressalta a importância do plástico na contemporaneidade e da necessidade de implantação de políticas de reciclagem adequadas ao perfil do homem moderno. Como as sacolas são 100% recicláveis e reutilizáveis, a proibição é, para o SIMPEP, uma alternativa inconsistente e arcaica, já que os meios de reciclagem e de preservação ambiental devem evoluir com as novas tecnologias.

Como as sacolas são 100% recicláveis e reutilizáveis, a proibição é, para o SIMPEP, uma alternativa inconsistente e arcaica

Ainda segundo o Sindicato, o problema está no desperdício e no descarte incorreto, que podem ser solucionados com projetos de

orientação e de conscientização, além da responsabilidade compartilhada entre a indústria, o varejo, a população e o governo.

Lei que proíbe sacolas plásticas estimula práticas sustentáveis na hora da compra Agora é lei. A partir do dia 1° de janeiro de 2012, estará proibido o uso de sacolas plásticas em todos os estabelecimentos comerciais na capital paulistana. Os cidadãos conscientes já apostavam em Eco Bags e carrinhos de compras, mas a partir de agora a regra será essa, nada de sacolas plásticas rodando por aí. A Casambiente é uma empresa que já aposta nessa tendência há muito tempo e acredita que a atitude verde é a solução para

CMYK

melhorarmos a situação do meio ambiente no futuro. A linha de carrinhos de compras tem sete modelos de estampas exclusivas que, nessa coleção, ganharam uma companheira que chega para oferecer mais uma opção para quem adere à compra ecologicamente correta – as cestas de compras. Ambos são dobráveis, práticos e resistentes, mas o maior benefício do produto é o fato de que com ele você abre mão das sacolas plásticas, principal

responsável pela situação crítica do meio ambiente. O carrinho de compras é feito em microfibra e a armação em alumínio. As rodas são feitas em EVA e PVC preto e são muito resistentes. As estampas dão o toque charmoso e descrevem o estilo de cada consumidor. Há também um bolso traseiro com zíper para guardar dinheiro, cartões ou até outros itens pessoais para que o consumidor realize suas compras com tranqüilidade.

F5 Networks e Netsul tê m parceria A F5 Networks, líder em soluções de ADN (Application Delivery Networking) – tecnologia que garante a entrega de aplicações rodando em ambiente Web –, anuncia que a Netsul – empresa que há 18 anos oferece soluções de comunicação e segurança para corporações e para o governo – é sua mais nova parceira de negócios. Para Daniel Kanaoka, Gerente de Canais da F5, a aproximação com a Netsul é algo estratégico para a F5 Networks Brasil. “Trata-se de uma empresa com excelente penetração no mercado do Sul do Brasil; a Netsul tem grandes clientes tanto no universo corporativo como governamental”. Segundo Kanaoka, um dos destaques da Netsul é a amplitude de seu leque de relacionamentos de negócios. “Isso é fruto da excelência dos serviços providos pela Netsul ao cliente – é uma empresa que oferece soluções de alto nível ao mercado e conhece bem os desafios da empresa usuária”.

Empresas & Produtos Babysol participa da ABF Expo

A Babysol, - rede de franquias especializada em puericultura - roupas, calçados, brinquedos, perfumaria e acessórios voltada para o público bebê e infantil, – participa da ABF Expo, que acontece de 08 a 11 de junho, na cidade de São Paulo. A franquia Babysol conta com o know-how da Marisol Franchising, que possui no Brasil mais de 165 franquias exclusivas da rede Lilica &Tigor e mais de 12 mil pontos multimarcas. “A participação na ABF é estratégico para apresentar as novidades e vantagens de pertencer a um dos maiores grupos franqueadores do Brasil”, ressalta o gerente de Expansão do grupo Cássio Cansian.A participação da Babysol na edição passada da Feira foi um sucesso.

Feirão caixa da casa própria supera R$ 9,3 bi em negócios

Caixa Econômica Federal superou o volume de R$ 9,3 bilhões, em negócios fechados e encaminhados, nos dois primeiros finais de semana do 7º Feirão CAIXA da Casa Própria. Em 2010 os negócios totalizaram R$ 8,4 bilhões. De sexta-feira (20) até domingo (22), mais de 229 mil visitantes passaram pelos eventos de Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Recife, Porto Alegre e Campinas. O público total – contando com os eventos da semana passada – já é de 411 mil pessoas. De 3 a 5 de junho, o evento segue para Belém e, por fim, de 10 a 12 de junho, o Feirão acontece em Florianópolis.No Rio de Janeiro, mais de 66 mil visitantes passaram pelo Feirão, que movimentou R$ 1,16 bilhão, em negócios fechados e encaminhados.

Daten Computadores lança notebook com tela de alta definição

A Daten Computadores, uma das principais fabricantes brasileiras de equipamentos de informática, lança no mercado brasileiro o notebook Daten NCL60. Fabricado em Ilhéus (BA), o produto apresenta como diferencial a tela de 14,1 polegadas com tecnologia LED HD Backlight, que proporciona um alto nível de definição da imagem, além de melhor cobertura da nitidez, cor e brilho.O Daten NCL60 está disponível aos consumidores com três opções de processador: Intel Pentium Dual Core P6200, Core i3 350M e Core i5 450M; duas opções de memória: 2 GB ou 4 GB; três opções de capacidade de armazenamento do HD: 160 GB, 320 GB e 500 GB; e sistema operacional Linux.Além disso, o notebook possui conexão Wi-Fi com padrão 802.1 b/g; modem integrado, que permite navegação na Internet com velocidade de até 54 Mbps (Megabits por segundo); placa de vídeo Intel Graphics HM55 integrada; placa de áudio Realtek ALC268 Dual Chanel HD; e webcam com resolução de 1.3 MP (mega pixels), com microfone integrado.

Shopping Mueller presenteia namorados com viagem à França

Está chegando a data mais romântica do ano. Para surpreender os casais apaixonados, o Shopping Mueller vai presentear com todo o estilo e sofisticação que a data pede. De 28 de maio a 19 de junho, a cada R$ 300,00 em compras o cliente ganha um cupom para concorrer a três viagens aos Castelos da França, com direito a acompanhante. “Uma viagem dessas tem tudo a ver com o Dia dos Namorados. Por isso apostamos em uma promoção bem romântica”, diz a gerente de marketing do Shopping Mueller, Patrícia Gonçalves. O sorteio da promoção “Mês dos Namorados Mueller” acontece no dia 20 de junho, às 15 horas, no Piso Cinemas. O mix de lojas do empreendimento proporciona uma grande variedade de presentes aos casais. .

Gincana científica

“Desafios sobre estratificação de risco não-invasiva em TE, Nuclear e CT” é o tema da gincana científica promovida pela Quanta Diagnóstico e Terapia durante o Congresso da Sociedade Paranaense de Cardiologia. A coordenação será do cardiologista Luiz Mastrocolla do Hospital do Coração, de São Paulo, e do cardiologista e médico nuclear, João Vítola, da Quanta Diagnóstico e Terapia, de Curitiba. A gincana científica será um dos simpósios satélites do Congresso e ocorrerá às 12h30 às 14h do dia 28, no auditório 2. Serão premiados os participantes que acertarem as respostas dos casos clínicos propostos pelos coordenadores. O Congresso ocorrerá na Expo Unimed.

Localfrio estrutura marketing

Grupo Localfrio – que já tem a sua marca consolidada graças à excelência dos serviços prestados – segue rumo a um novo objetivo: o de se posicionar entre os players em seu ramo de atividade. E para atingir essa meta criou recentemente a gerência corporativa de marketing.A convidada para assumir a área foi Andreia Mareti, formada em administração em marketing pelo Imes – Instituto Machadense de Ensino Superior, pós-graduada em comunicação empresarial pela Universidade Metodista e com atuação em empresas como C&A, Icatu Hartford, Citibank e Banco Rendimento. Para iniciar o trabalho, conta com equipe interna e duas agências de propaganda e publicidade, uma localizada em São Paulo e outra em Recife. A missão de Andreia Mareti, gerente de marketing corporativo do Grupo Localfrio, é dar continuidade ao posicionamento da marca no mercado e contribuir para que a organização se diferencie da concorrência, por meio de ações que conduzam à inovação da marca.

Casa do Construtor foi Eleita a melhor franquia do Brasil em 2010

A Casa do Construtor – Rede com cem unidades que atua em 12 estados brasileiros no ramo de locação de equipamentos para a construção civil – participa da ABF Franchising Expo, que será realizada em São Paulo no mês de junho, entre os dias 8 e 11 – e tem muito o que mostrar aos investidores.No ano passado, a Rede conquistou dois prêmios importantíssimos: o de Melhor Franquia do Brasil e o de Melhor Franquia de Serviços Gerais. Ambos foram oferecidos como resultado da pesquisa encomendada pela revista Pequenas Empresas Grandes Negócios (PEGN), da Editora Globo, à Serasa Experian. Neste ano, no mês de março, após rigoroso processo de seleção, foi escolhida como empreendedora Endeavor. Na prática, a Casa do Construtor seguirá programas de orientação em gestão e estratégia - ministrados por um grupo de voluntários, todos empresários, que resultarão em crescimento.


Indústria&Comércio DIÁRIO. MAIS QUE NOTÍCIAS. INTELIGÊNCIA. CONHECIMENTO.

Curitiba, 25 de maio de 2011

Dia da Indústria Resultados econômicos apontam para um ano próspero para o setor industrial do Estado

a comemorar o Dia da Indústria, par os tiv mo ios vár tem á ran Pa O maio. O setor, que responde por de 25 a, eir a-f art qu ta nes ado ebr cel conquistando bons resultados na vem , ado Est do PIB do ço ter um hou o primeiro trimestre de 2011 Fec . ses me os im últ s no a mi no eco das industriais e alta de 6,22% no com crescimento de 10,81% nas ven trimestre da indústria paranaense nível de emprego. Este é o melhor pela Federação das Indústrias do em toda série histórica pesquisada os 25 anos. Estado do Paraná (Fiep) nos últim

CMYK

CMYK


Especial Indústria&Comércio | Curitiba, quarta-feira, 25 de maio de 2011 | C2

Fiep: Indústria tem muitos motivos para comemorar Resultados econômicos apontam para um ano próspero para o setor industrial do Estado O Paraná tem vários motivos para comemorar o Dia da Indústria, celebrado nesta quarta-feira, 25 de maio. O setor, que responde por um terço do PIB do Estado, vem conquistando bons resultados na economia nos últimos meses. Fechou o primeiro trimestre de 2011 com crescimento de 10,81% nas vendas industriais e alta de 6,22% no nível de emprego. Este é o melhor trimestre da indústria paranaense em toda série histórica pesquisada pela Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep) nos últimos 25 anos. Hoje a indústria paranaense conta com 42 mil empresas e emprega 762.114 trabalhadores. Segundo estimativas econômicas, a tendência é que o setor continue se desenvolvendo, com perspectiva de crescimento de 4% para este ano. Para trilhar este caminho, o Sistema Fiep, a maior organização representativa da indústria paranaense, que agrega Sesi, Senai e IEL, vem trabalhando intensamente para fomentar e desenvolver as ações do setor produtivo, de maneira que seus reflexos tragam impactos positivos para toda sociedade. Nesta missão foi realizado o aporte de mais de R$ 225 milhões em obras e investimentos em infraestrutura no Paraná. “São esforços que repercutem em qualidade de vida, como a marca de um milhão de atendimentos em 2010 nas áreas de saúde, segurança, esporte e lazer, além de 500 mil matrículas nas unidades do Sesi e do Senai em

CMYK

Homenagem: Empresários recebem medalha do mérito industrial

Rodrigo da Rocha Loures, presidente da Fiep

todo Estado”, destaca Rodrigo da Rocha Loures,presidente do Sistema Fiep. Esta sistemática propõe também o mapeamento das cadeias produtivas do Estado, para que sejam identificados seus principais entraves, suas dificuldades, e também as oportunidades e potencialidades latentes em cada área. A ferramenta criada para este diagnóstico são os Fóruns Setoriais, instâncias de diálogo direto com os diversos segmentos da indústria que começaram em 2009 com o objetivo de identificar os problemas existentes em cada segmento, e quais as ações que poderiam ser empreendidas pela Fiep, pelo poder público e pelas próprias empresas para eliminá-los. Dois anos depois, em 2011, a Fiep e os empresários voltam a se encontrar para nova rodada dos Fóruns Setoriais. Desta vez são apresentadas as ações que foram empreendidas para en-

frentar os problemas elencados anteriormente, avaliar os resultados obtidos e levantadas novas demandas. Até o momento já foram realizados oito Fóruns Setoriais em 2011. Até meados de junho mais dez deverão ser realizados. As demandas e propostas levantadas nos encontros serão consolidadas no Congresso da Indústria, agendado para a segunda quinzena de junho. Como parte desta estratégia, a Fiep firmou uma parceria com o Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes) para realizar o mapeamento da atividade industrial no Estado. Foram identificados 25 Arranjos Produtivos Locais (APLs), que respondem por cerca de um terço dos empregos no Estado. A partir desta análise a entidade passou a atuar junto a estes APLs promovendo a qualificação de mão-de-obra, orientando sobre linhas de financiamento, promovendo missões

internacionais e trabalhando na estruturação da governança e na capacitação dos envolvidos. Recentemente a Fiep promoveu a formação de economistas que vêm desenvolvendo projetos específicos para o aperfeiçoamento de cada uma destas cadeias produtivas. São projetos de mestrado que promovem a ligação da academia com a atividade empresarial. Outra contribuição estratégica para o desenvolvimento sustentável da indústria está sendo produzida nos observatórios do Sesi, Senai e IEL. Nestas unidades uma equipe multidisciplinar desenvolve ações de prospecção estratégica que visam preparar o setor industrial para atuar de forma mais competitiva em um futuro próximo. Este trabalho mapeou 12 “setores portadores de futuro”, em diversas regiões do Estado, e desenvolveu planos para as rotas estratégicas para cada um destes setores até 2018.

Para comemorar o Dia da Indústria, a Fiep realiza, no próximo dia 06 de junho uma homenagem a importantes representantes do setor industrial do Paraná. Os empresários Augusto José Sperotto, da empresa Fiasul; Manoel Lacerda Cardoso Vieira, do Grupo Santa Maria, e Miguel Gellet Krigsner, do Grupo Boticário receberão da federação a Medalha do Mérito Industrial do Estado do Paraná. A honraria é concedida pela Fiep aqueles que se destacam pelos serviços prestados ao desenvolvimento do parque industrial paranaense, pela excelência dos serviços de assistência e formação profissional, pela harmonia mantida com a classe trabalhadora e pela defesa dos princípios da livre empresa. Outro homenageado da noite será o empresário Wolney Betiol, cofundador da Bematech e vice-presidente da Fiep. Ele vai receber a Ordem do Mérito Industrial, concedida pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). A condecoração é um reconhecimento a empresários de destaque de todo o Brasil. A CNI premia anualmente apenas dez empresários em todo o Brasil. Betiol foi indicado pela Fiep para receber a honraria. Também será prestada homenagem póstuma a Joaquim D’Almeida Faria Sobrinho (1847-1893), com a concessão da comenda Benemérito da Indústria do Paraná. Presidente Faria, como era conhecido, foi o 1º Vice-Presidente da Província (o equivalente hoje ao cargo de vice-governador) em 1885 e no ano seguinte assumiu a Presidência do Paraná por nomeação direta do Imperador Dom Pedro II. Governou a Província por um ano e sete meses, destacando-se como grande incentivador da indústria da erva-mate. Foi responsável, entre outras realizações, pela criação de escolas e pela execução de obras públicas, como o Passeio Público e a Igreja Matriz de Curitiba. EXPEDIENTE

Indústria&Comércio

Fundador e Presidente Odone Fortes Martins Reg.Prof. DRT/PR: 6993 (ofm@induscom.com.br) Gerente Comercial Janete Machado de Lima (especiais@induscom.com.br) Fone: 41 3322-1012

Diretor de Redação Eliseu Tisato Reg.Prof. DRT/PR: 7568 (editor@induscom.com.br) Fone: 41 3333-9800


Especial Curitiba, quarta-feira, 25 de maio de 2011 | C3 | Indústria&Comércio

CMYK


Agronegócio Indústria&Comércio | Curitiba, quarta-feira, 25 de maio de 2011 | A6

Agricultura de precisão

Paraná no

Agronegócio

Odailson Spada

spada@induscom.com.br

Sardenberg debate agronegócio

Gestão é a palavra chave para superar desafios e ganhar espaço no mercado. Por isso, a Editora AnimalWorld inovou mais uma vez e criou o Fórum de Líderes em Avicultura 2011 que traz ao Brasil algumas das maiores autoridades mundiais no setor. O primeiro dia do evento contará com o tema “Economia e Cenários” apresentado por Carlos Sardenberg, jornalista, comentarista econômico e palestrante na área de política e economia. Sardenberg, que já foi coordenador de Comunicação Social do Ministério do Planejamento, vai apresentar a palestra “Economia e Cenários: A economia brasileira e o agronegócio” para discutir as perspectivas do agronegócio brasileiro e da avicultura. Único no setor, o Fórum selecionou palestrantes com nível de excelência para abordar temas como marketing, consumo, liderança, inovação, competitividade e gestão, entre outros. O Fórum será realizado em Foz do Iguaçu, Paraná, no Hotel Mabu Thermas & Resort, no período de 17 e 18 de agosto. Uma oportunidade única para estreitar network e fechar negócios promissores.

Cidadania para Stephanes O ex-ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, receberá o título de cidadão honorário do Paraná, na próxima quinta-feira, às 17 horas, no Plenário da Assembleia Legislativa. A homenagem foi proposta pelo deputado Plauto Miró (DEM), primeiro secretário da Casa, e deverá reunir familiares, amigos, autoridades e representantes da política do Estado. “Stephanes é um grande merecedor desse título. É um homem digno que construiu uma carreira sólida ao longo das últimas décadas, sempre se dedicando aos interesses do povo do Paraná e do Brasil”, justifica Plauto.

Cavalo Lusitano A Associação Brasileira de Criadores do Cavalo PuroSangue Lusitano (ABPSL) prepara para entre os dias 25 e 29 de maio sua 30ª Exposição Internacional, conhecida como o maior evento da raça nas Américas. Na edição deste ano, o encontro propõe um olhar para o futuro da raça, com atenção especial ao debate e troca de ideias.

Produtividade do milho A cultura do milho vem alcançando ganhos fantásticos de produtividade nestes últimos anos, no Brasil. Principalmente, nestas duas ou três últimas safras, a cultura do milho, experimentou um novo patamar de produtividade, só antes alcançado por países considerados desenvolvidos e detentores de alta tecnologia, a exemplo dos Estados Unidos. Hoje, no Brasil, é comum encontrarmos produtores com médias acima de 10.000 kg/ha e até 12.000 kg/ha, chegando a patamares de 15.000 kg/ha. Esta mudança vem sendo possível graças ao avanço tecnológico proporcionado pelo desenvolvimento de híbridos com genética superior, passando por novas tecnologias como o milho Bt, serviços e informações disponibilizadas e ao profissionalismo dos agricultores na adoção de práticas de manejo que proporcionem maior nível de respostas e segurança aos híbridos atualmente comercializados.

Novo misturador Weda A empresa Weda Dammann & Westerkamp GmbH, da cidade alemã de Lutten, apresenta ao mercado mundial o primeiro misturador de ração seca (TM), capaz de distribuir ração suína por quatro circuitos de arraçoamento, através de um equipamento compacto. O sistema de alimentação seca está disponível nas versões “TM 100” e “TM 40” e tem capacidade para 40 e 100 quilos, por mistura. Com o robusto sistema é possível realizar consecutivas misturas de ração, que podem ser distribuídas simultaneamente em duas vias paralelas. A nova técnica da Weda proporciona um eficiente processo multifase: o “TM” reduz significativamente o tempo de operação das correntes de alimentação, enquanto o volume de ração é aumentado.

A Usina Central do Paraná S.A Agricultura Indústria e Comércio deve pagar R$ 1 milhão por dano moral coletivo. A determinação, do Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região (PR), por descumprimento de obrigações trabalhistas, foi confirmada pela 3ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho, que rejeitou o recurso da usina. Há tempos, as condições de trabalho dos empregados da usina, de propriedade do Grupo Atalla, vêm sendo objeto de preocupação. Em 1996, começou uma investigação na Vara do Trabalho de Rolândia (PR). Havia relatos de que o ambiente de trabalho não era saudável.

http://paranaagronegocio.blogspot.com

Cotações Índice Boi Gordo Café Etanol Hid. Milho Soja

Físico

Açúcar Algodão Arroz Bezerro Boi Gordo Café Etanol Milho Soja

Venc. Out Set Jul Set Mai

Valor 101,56 332,35 1.040,00 29,49 28,45

% -2,52 +1,70 +0,78 +0,17 +0,18

SP SP RS MS SP SP PR Camp. PR

57,30 216,76 19,01 765,03 97,78 523,90 . 28,88 48,63

-1,56 +0,20 -0,21 +0,31 -0,88 +1,26 . +1,30 +0,08

Fontes: Página Rural, BM&F e CEPEA (Cotações de 23/05/2011)

cmyk

A Embraer mostra que o custo dos aviões não é tão alto Odailson Elmar Spada

A apresentação do avião Embraer Ipanema com motor a etanol ou gasolina, com preços equivalentes a dos grandes maquinários terrestres, no início desse ano, reabre a discussão sobre o assunto na cobertura de grandes áreas agrícolas. Até a pouco, considerava-se a aviação agrícola muito cara, proibitiva. Hoje, com a agricultura de precisão, cada vez mais tecnificada e competitiva, a grande diferença entre os diversos equipamentos está mais na eficiência, produtividade, que nos custos. A agricultura moderna e competitiva está cada vez mais dependente do uso de produtos fitossanitários de grande eficiência e de máquinas de última geração. Ciente disso, os fabricantes de equipamentos estão colocando uma imensa quantidade opções para o produtor, desde os pequenos pulverizadores portáteis até o avião. Por outro lado, a tecnologia de fabricação de máquinas e implementos tem evoluído gradativamente com o lançamento de novos produtos no mercado para atender as necessidades e as novas demandas. E como usuários e empresários rurais, os agricultores, por sua vez, devem fazer a sua parte e estar cada vez mais atentos no acompanhamento desta evolução e trabalhar para evitar custos maiores, perdas de produtividades e do lucro. Em termos de preços, é só fazer uma pesquisa. No mercado de usados havia na semana passada, por exemplo, no portal Agro Máquinas Usadas, de Minas Gerais, um pulverizador John Deere 4720, ano 2006, por R$ 350 mil. Novo, seja Case, Massey Fergunson, Valtra ou New Holland, os mais potentes ultrapassam a marca dos R$ 500 mil. A Embraer, por usa vez, apresenta seus aviões entre R$ 650 mil e R$ 680 mil. A grande vantagem é a rapidez com que os aviões abrangem a área a ser pulverizada. Já a desvantagem, que normalmente é levada em conta na decisão sobre o seu uso, é a possibilidade de dispersão do agroquímico lançado, bem como o perigo de atingir la-

vouras que não deveriam ser atingidas. Otimista, a Embraer espera um ótimo ano de vendas, segundo o gerente comercial da empresa para a Aeronave Ipanema, Fábio Bertoldi Carreto. “A Embraer espera superar este ano a marca de 40 aviões modelo Ipanema, utilizado no setor agrícola, vendidos em 2010, totalizando R$ 30 milhões”. “O Ipanema tem sido uma ferramenta de trabalho indispensável para o sucesso dos produtores da região Sudeste desde o seu lançamento”, ressaltou. De 2005, quando foi lançado na versão etanol, estão em operação 325 unidades entre vendas e conversão dos modelos movidos à gasolina. A empresa aposta nos preços da aeronave, de R$ 678 milhões no modelo etanol, contra R$ 668 milhões em um modelo à gasolina. Segundo Carretto, o além da diferença no preço do combustível em São Paulo, por exemplo, onde o etanol é vendido a R$ 1,80. O avião representa uma parcela ínfima da receita da Embraer, sendo a aeronave da fabricante com ciclo mais curto de produção -cerca de dois meses- e menor preço de tabela. Mas o modelo, lançado nos anos 1970, já tem mais de 1.100 aeronaves entregues e não tem rivais nacionais. Embora as vendas estejam concentradas no Brasil, o ge-

rente comercial da Embraer prevê aumento de exportações para países vizinhos. O Ipanema, usado para pulverização de plantações, é homologado para voar na Argentina, no Paraguai e no Uruguai, segundo Bertoldi. “Estamos reorganizando nossa estratégia de vendas nesses países”, afirmou. Mesmo no Brasil, apesar do grande número de unidades do Ipanema entregues, o executivo acredita que a demanda potencial pelo avião ainda é grande, já que o principal concorrente da aeronave é o pulverizador terrestre, com 80 a 85% do mercado.

Etanol

Segundo Fábio Bertoldi Carreto, gerente comercial da Embraer, a aeronave é a primeira e única no mundo a utilizar o biocombustível. “O etanol é o mesmo utilizado nos carros e existem vários benefícios para se utilizá-lo. Além do benefício ambiental, já que não há emissão de gás carbônico, e a contribuição para a diminuição do efeito estufa, existe também o benefício financeiro porque o etanol é mais barato do que a gasolina utilizada”, afirma o gerente. O custo operacional do motor movido a etanol é mais baixo que o da aeronave movida a gasolina de aviação. Além disso, ele diz que o rendimento do motor é melhor, o que melhora também a flexibilidade e a

capacidade produtiva do avião. Mas de acordo com Carreto, os benefícios não param por aí. Ele conta também que o avião é capaz de proporcionar maior economia em termos de combustível. Ao portal Dia de Campo, ele garantiu que “a redução de combustível pode chegar a até 1/3, já que o etanol chega à 1/3 do preço da gasolina de aviação. Já a redução de custo, pode chegar à quase 70%. Nosso tanque de produtos químicos tem 950 L de capacidade para a pulverização de sólidos ou líquidos. Já em relação ao rendimento, dependendo da vazão a ser aplicada e do declive ou aclive do terreno, ele pode chegar de 100 a 120 hectares por hora”. Ele fala ainda que a Embraer também comercializa kits de conversão para produtores que utilizam aeronaves com motores movidos à gasolina de aviação e que têm interesse em mudar para o combustível etanol. Para ele, a grande vantagem em relação às demais técnicas de pulverização é que o avião consegue cobrir grandes extensões em um curto espaço de tempo. “Isso acontece em virtude da velocidade e da uniformidade de aplicação. Além disso, por não ter contato das rodas com a cultura, evita-se o amassamento e o transporte de doenças para outras áreas da lavoura”, explica.

Emater comemora 55 anos com nova gestão administrativa

Usina Central condenada

Futuro

Avião pode trazer vantagem à pulverização

O Instituto Emater comemorou na última sexta-feira o 55° aniversário de instalação do serviço oficial de assistência técnica e extensão rural no Paraná. A data, que foi comemorada em Umuarama com um encontro a partir das 14 horas no Kaskata Eventos, marca o início da implantação de um novo modelo de gestão administrativa e de relacionamento com parceiros e agricultores. “Nosso compromisso é tornar o Instituto mais dinâmico e próximo dos agricultores com o objetivo de aumentar a eficácia de toda a ação que desenvolve”, explica Rubens Ernesto Niederheitmann, diretor-presidente do órgão. Ao Umuarama Ilustrado informou que a reestruturação da Emater já ganhou o aval do governador Beto Richa, que autorizou a contratação de 100 servidores a cada ano do mandato, o que significa 400 novos profissionais até o final de 2013. Segundo Niederheitmann, a recomposição do quadro próprio, o resgate da eficácia gerencial e a adoção de uma política de qualificação contínua e de valorização dos profissionais do Instituto são

condições para que a Emater retome a condição de referência nacional na área. Em mais de meio século de existência, a instituição chegou a ser considerada uma das três melhores empresas de extensão rural do Brasil. No entanto, ficou 16 anos sem contratar técnicos e os efeitos dessa defasagem são sentidos na ponta – ou seja, pelos produtores rurais. “Atualmente temos 40 municípios no Estado sem um extensionista”, informa Richard Golba, diretoradministrativo da Emater. Golba destaca ainda que por decisão do governador Beto Richa o Estado também vai alocar recursos para sustentar e melhorar a infraestrutura física e operacional do órgão, que dependia de convênios com prefeitura para manter bases ativas em dezenas de municípios. “Antes o governo só queria pagar os salários”, relata Rubens.

Pequeno produtor

A empresa atende gratuitamente o pequeno agricultor familiar em ações de organização rural, produção animal e vegetal concentrando-se em

pecuária de leite, pecuária de corte, hortaliças, frutíferas e cultivos florestais, com a postura que privilegia os aspectos legais, éticos e profissionais. A principal função do Instituto EMATER é levar ao produtor rural as tecnologias geradas pelas instituições de pesquisa bem como os programas e políticas públicas. Os principais programas e políticas públicas trabalhados na região de Umuarama são o PRONAF (Programa Nacional da Agricultura Familiar), Trator Solidário, Programa de Irrigação Noturna, Programa de Avicultura Noturna, Programa de Mata Ciliar, Leite das Crianças, Programa Nacional de Alimentação Escolar (PAA) e Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). No ano de 2010 foram atendidos 4.171 produtores através de visitas a campo, reuniões técnicas e práticas, excursões, encontros e atendimentos nos escritórios apoiando o pequeno produtor familiar em suas explorações na propriedade rural.

Gestão

O secretário de Agricultura

e Abastecimento, Norberto Ortigara, recomendou que a administração da Emater adote contratos de gestão por resultados para ter condições de aferir a eficiência de todo o serviço prestado. Diante disso, uma série de mudanças operacionais foram estabelecidas. “Estamos promovendo uma recomposição do ambiente gerencial, devolvendo a capacidade de acompanhamento efetivo das ações”, explica o diretor-técnico, Natalino Avance de Souza. Nos próximos anos, a Emater vai trabalhar como braço operacional de uma série de programas e projetos da Secretaria da Agricultura que visam melhorar a renda e a qualidade de vida no campo, garantir a sustentabilidade dos recursos naturais do Estado e assegurar condições de segurança alimentar. “Em paralelo ao apoio que estamos recebendo do atual governo, vamos trabalhar forte para estabelecer parcerias estratégicas com outras organizações e gerar serviços de melhor qualidade em benefício dos agricultores”, informa Rubens Ernesto Niederheitmann.


25-05-11 Indústria&Comércio