Page 1

Curitiba, quinta-feira, 20 de junho de 2013 | Ano XXXVi | Edição nº 8892 | R$ 1,50

Indústria&Comércio DIÁRIO

INFORMAÇÃO. conhecimento. inteligência. DESDE 1976.

Aroldo Murá UMA NOITE DE GRANDES PERSONAGENS A seleção de fotos de Felipe Rosa da cobertura da noite de autógrafos do volume 5 do livro Vozes do Paraná é um mostra do que foi o encontro que teve como anfitriões João e Regina Casillo.

São Paulo e Rio reduzem tarifas do transporte após protestos Em São Paulo, valor passa de R$ 3,20 para R$ 3; no Rio, tarifa sai dos R$ 2,95 para R$ 2,75

Página a3

Pedro Washington A voz da História

Ouvir a voz das ruas, mesmo que com muito atraso, na medida em que era visível o estágio de desencanto dos brasileiros com as ocorrências no país, agora materializadas em protestos diários, é coisa que os governantes deveriam ter percebido de há muito. Página | A2

Roseli Abrão Desagravo a Requião

Um movimento suprapartidário, com a participação, principalmente, de integrantes das bancadas estadual e federal do PMDB, está organizando um jantar em Curitiba em homenagem ao senador Roberto Requião. Página | A5

página b3

Ricardo Almeida/ANPr

Governo do PR anuncia pacote de ações para municípios O governador Beto Richa anunciou ontem um amplo pacote de ações para melhorar a infraestrutura dos municípios. Richa lançará um inovador programa para construção de calçadas nas cidades. A ação é inédita no País e será o maior investimento nesta área da história do Estado. O objetivo é ampliar a segurança e a qualidade de vida das pessoas. Os primeiros beneficiados pela medida serão municípios pequenos e de baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), que receberão recursos, a fundo perdido, para construírem calçadas.

O governador Beto Richa anuncia um amplo pacote de ações para melhorar a infraestrutura dos municípios

página a2

INDICADORES FINANCEIROS MERCADO À VISTA Maiores altas

COTAÇÃO

TRIUNFO PART DO 11,00 RENAR ON NM RASIP AGRO ON CONTAX ON N2 GPC PART ON

Maiores QUEDAS

0,27 0,14 0,49 5,50 0,11

COTAÇÃO

TECTOY PN * TECTOY ON * INEPAR TEL ON FISET FL REF CI CAPITALPART ON MB

0,01 0,01 0,03 0,10 0,08

IBOVESPA Maiores altas*

COTAÇÃO

FIBRIA ON NM 23,96 V-AGRO ON NM 3,72 BRASKEM PNA N1 15,82 DURATEX ON NM 13,46

Maiores QUEDAS OGX PETROLEO ON NM LLX LOG ON NM MARFRIG ON NM MMX MINER ON NM BMFBOVESPA ON NM

Uso do cheque especial bate recorde em abril e preocupa economistas

economia | a5

CCJ do Senado aprova projeto de Lei Geral dos Concursos Públicos pelo governo federal

José Cruz/ABr

melhorias Hospital Vita Curitiba inaugura Centro Médico Com foco no bem-estar e na saúde dos pacientes, o Hospital Vita Curitiba acaba de inaugurar um Centro Médico. O novo espaço tem um projeto arquitetônico moderno e alinhado com as tendências mundiais, contando com 26 consultórios de alto padrão.

COTAÇÃO 0,78 1,03 6,45 1,25 12,19

Página b1

CÂMBIO Moeda

Compra

Venda

Dólar turismo 2,1400

2,2500

Dólar comercial 2,2198

2,2205

Dólar paralelo 2,0900

2,2000

Euro

2,9618

2,9596

curitiba Evento vai ensinar técnicas de vendas para a construção civil

Ouro (Grama/R$): 96,00

Acesse a edição digital

www.icnews.com.br

Projeto estabelece que as inscrições dos candidatos não podem custar mais que 3% da remuneração inicial a ser paga para o nomeado página b3

Editorial

Governo precisa refletir sobre a queda da aprovação popular

O

governo federal, assim como prefeituras e estados, vem passando por um momento crítico. Insatisfação da população em diversos assuntos essenciais, manifestações em todo o país e o descrédito em relação à política colocam a presidenta Dilma Roussef numa situação delicada. Momento oportuno para uma revisão, uma reflexão levando em conta a opinião pública.

S

egundo a pesquisa CNI-Ibope, divulgada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), a avaliação do governo e a maneira como Dilma administra o país registraram queda na aprovação. O percentual dos que consideram o atual governo como ótimo ou bom caiu de 63%, na pesquisa de março, para 55%. O percentual de pessoas que consideram o governo

regular subiu de 29% para 32%, e os que o consideram ruim ou péssimo subiu de 7% para 13%.

A

aprovação da maneira como a presidenta governa o país também registrou queda, passando de 79% para 71%. Para 25% do público pesquisado, a maneira de ela governar é razoável.

Começa no próximo dia 15 de julho mais uma edição do Programa Vendas Passo a Passo, da Associação dos Comerciantes de Material de Construção da Grande Curitiba (Acomac Curitiba). Página b1

solidariedade APACN faz Feijoada Beneficente

Quem adquirir o convite para participar da IV Feijoada Beneficente - Edição 2013, que será promovida pela APACN (Associação Paranaense de Apoio à Criança com Neoplasia), no dia 22 de junho, às 11 horas, na sede do SINDI Combustíveis PR, estará contribuindo com o trabalho da APACN.

Editais na página a7

CMYK

Página b1

Central de Atendimento: 41 3333.9800

e-mail: pauta@induscom.com.br


CURITIBA

Diário Indústria&Comércio

Curitiba, quinta-feira, 20 de junho de 2013 | Pág. A2

Previsão do tempo

Mín.: 11° | Máx.: 15°

Um sistema frontal fica semiestacionário sobre o PR nesta quinta-feira, com previsão de chuva acompanhadas de trovoadas ao longo do dia nas diversas regiões do Estado. Novamente as chuvas serão significativas, podendo gerar inundações nas regiões mais populosas do Paraná. fonte: www.simepar.br

Paraná

Richa anuncia pacote de ações para os municípios Governador lançará um inovador programa para construção de calçadas

prpress@terra.com.br

PanoramaPolítico A voz da História

Ouvir a voz das ruas, mesmo que com muito atraso, na medida em que era visível o estágio de desencanto dos brasileiros com as ocorrências no país, agora materializadas em protestos diários, é coisa que os governantes deveriam ter percebido de há muito. Afinal eles dispõem de um arsenal de meios de informação,inclusive as pesquisas diárias realizadas por seus marqueteiros. Daí a pergunta: onde estava a equipe de marketing do João Santana, paga a peso de ouro para orientar as posições a serem tomadas pelo governo da presidente Dilma, que não ouviu essas vozes! Por isso soou ridícula a reunião que a presidente fez em São Paulo, logo após um pronunciamento em evento no Palácio do Planalto em que “aplaudiu”o Brasil “por ter amanhecido mais forte” depois das reiteradas manifestações populares. Soou falsa a afirmação de que tais manifestações comprovam “ a energia da nossa democracia, a força da voz da rua (“que o governo não conseguia entender”, como afirmou Gilberto Carvalho) e o civismo da nossa população”. Para um governo que cooptou um fantástico apoio no Congresso, da maneira que todos sabem, certamente vários focos das manifestações eram a ele dirigidos, especialmente os que tratavam de corrupção, aumento de verbas para educação e saúde, cujos projetos descansam nas gavetas da Câmara e do Senado. Como bem lembrado numa das frases cantadas nas ruas: “Professor vale mais que o Neymar”. Em São Paulo Dilma encontrou-se com seu guru, Lula, com o prefeito paulistano e com o referido João Santana, esquecida que frase de efeito que o marqueteiro certamente lançará, não resolve a manifesta insatisfação nacional. Se os governantes prestassem um pouco mais de atenção à História, certamente lembrariam que, ao invés de ficarem administrando para seus próprios umbigos, deveriam evitar a repetição de uma tomada da Bastilha, provocada pelo que Maria Antonieta ironizava: “O povo não tem pão; dê-lhe brioches”. No caso do Brasil, “dê-lhe estádios”.

Homenagem cortada

Curioso é que, a burocracia no Brasil, para liberar recursos que esvaziassem a reivindicação que deu o mote às manifestações, 20 centavos de desconto no transporte coletivo, não acha meios. Para liberar R$ 1,3 bilhão para o elefante branco construído em Brasília, que a Fifa teima em que não mantenha seu nome original de homenagem a um craque que deu glória ao futebol brasileiro e morreu na miséria (sustentado por Elza Soares), Mané Garrincha, foi fácil.

Acerto político

Como fácil foi oferecer R$ 518 milhões de reais ao governador Cid Gomes, do Ceará, articulado politicamente com o senador Eunício Oliveira (que levou o PMDB a apoiar o governo petista) e o deputado petista José Guimarães (irmão do condenado Genoino), para ultimar o primeiro estádio, esvaziando a possibilidade de Eduardo Campos (Pernambuco) e Aécio Neves (Minas) conseguirem esse feito a seus estados. Dilma compareceu à inauguração. Afinal Cid é do PSB, que tenta eliminar a candidatura de Campos à presidência.

Entusiasmo frustrante

Quando o presidente Lula e sua trepidante comitiva, esteve na Europa em 2007, bancada pela CBF de Ricardo Teixeira, para reivindicar o direito do Brasil sediar a Copa do Mundo, automaticamente a Copa das Confederações e também as Olimpíadas, as manifestações de sua comitiva pela vitória obtida foram eufóricas. Até o povo aplaudiu. Mal sabia este o que vinha pela frente!

Faltou bom senso

A começar pela humilhante submissão às exigências da Fifa, coisa de país de terceiro mundo. Os bilhões de dinheiro público gastos na preparação dos estádios, dentro dos padrões que a entidade gestora do futebol no mundo exigia, num momento em que a crise mundial recomendava bom senso, estão hoje no bojo das manifestações.

Em choque

Uma exigência da Fifa, a de não haver concorrência com os patrocinadores da Copa, não foi cumprida pela ministra Gleisi Hoffmann. Na abertura da Copa ela ficou postada atrás da presidente Dilma, expondo por um bom tempo sua camisa (não oficial) da seleção, patrocinada pelo Banco do Brasil. O banco patrocinador oficial é o Itaú.

EXPEDIENTE

Diário

Indústria&Comércio Fundado em 2 de setembro de 1976 Fundador e Presidente Odone Fortes Martins Reg.Prof. DRT/PR: 6993 (ofm@induscom.com.br) Diretor de Redação Eliseu Tisato Reg.Prof. DRT/PR: 7568 (editor@induscom.com.br) Redação: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fone: (41) 3333.9800 E-mail: pauta@induscom.com.br Publicidade Legal e Assinaturas: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fones: (41) 3333.9800 | 3334.4665 e-mail: publegal@induscom.com.br

Parque Gráfico e Circulação: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fones: (41) 3333.9800 | 3322.1012 Direção e Comercial: Rua Presidente Faria, 533 Centro - Curitiba - CEP: 80020-290 Fone: (41) 3322.1012 e-mail: diretoria@induscom.com.br comercial@induscom.com.br

NEW CAST PUBLICIDADE & MARKETING BRASÍLIA E RIO DE JANEIRO Atendimento : Flávio Trombieri Moreira – Cel.: (61) 8155 2020 Endereço: SRTVS Quadra 701 Bloco K Sala 624 – Edifício Embassy Tower – Brasília DF - Cep.: 70.340 – 908 Fone/Fax: (61) 3223 4081 E-mail: new.cast@uol.com.br / new.cast@hotmail.com

Os artigos assinados que publicamos não representam necessariamente a opinião do jornal.

O governador Beto Richa anuncia um amplo pacote de ações para melhorar a infraestrutura dos municípios

O

governador Beto Richa anunciou ontem durante encontro com prefeitos, em Londrina, um amplo pacote de ações para melhorar a infraestrutura dos municípios. Richa lançará um inovador programa para construção de calçadas nas cidades. A ação é inédita no País e será o maior investimento nesta área da história do Estado. O objetivo é ampliar a segurança e a qualidade de vida das pessoas. Os primeiros beneficiados pela medida serão municípios pequenos e de baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), que receberão recursos, a fundo perdido, para construírem calçadas. “Esta ação reforça o perfil municipalista da nossa gestão. É nas cidades que as pessoas vivem e é ali que devemos fazer os investimentos”, diz Richa. Richa também anuncia a nova etapa do Programa de Apoio à Aquisição de Máquinas e Equi-

pamentos Rodoviários para Prefeituras. Serão disponibilizados recursos da Fomento Paraná para que as prefeituras possam renovar o maquinário. “O custo do financiamento será diferenciado tanto para municípios com índice de desenvolvimento abaixo de 0,6, pela avaliação do Ipardes, como para cidades com menos de 20 mil habitantes”, adianta o governador Beto Richa.

FINANCIAMENTO

Outra iniciativa do governo para atender as prefeituras paranaenses é o novo Sistema de Financiamento aos Municípios (SFM). O governo estadual vai escalonar a taxa de juros para financiar projetos municipais. O custo será menor para os pequenos municípios. Além disso, o governador formalizará o programa de combate à erosão urbana. Em uma das modalidades do programa, o governo

repassa tubos de concreto para as prefeituras, que realizam as obras de instalação. Os tubos são fabricados em unidades industriais do Instituto ÁguasParaná, que utiliza mão de obra de presos em regime semiaberto. Richa firmará convênio com municípios que ainda não têm Plano Diretor, para que possam implantar essa ferramenta. Será lançado, também, o projeto Casa do Aconchego, destinado a pessoas que precisam se deslocar aos grandes centros urbanos em busca de atendimento médico. O projeto piloto será implantado em Londrina.

FUNDO PERDIDO

As novas iniciativas se somam a programas já em andamento para as cidades. O Plano de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios (PAM) repassa R$ 150 milhões, a fundo perdido, para municípios com até 50 mil habitantes in-

Projeto de Memorial da Resistência é apresentado à Prefeitura de Curitiba Integrantes do Fórum Paranaense de Resgate da Verdade, Memória e Justiça foram recebidos ontem pelo prefeito Gustavo Fruet, no Salão Brasil, da Prefeitura de Curitiba. Eles apresentaram projetos para instalação de um Memorial da Resistência e para um monumento em memória das lutas pela democracia, em homenagem aos perseguidos políticos pelo regime militar brasileiro. “É muito importante contar e recontar a história e lembrar sempre às novas gerações sobre todos os passos importantes que foram dados para que a sociedade chegasse até aqui”, afirmou o prefeito. “Um caminho se constrói com derrotas e vitórias e é preciso preservar esta história”. A Prefeitura irá analisar uma possível parceria nos projetos. O reitor da Universidade Federal do Paraná, Zaki Akel Sobrinho, que integra o Fórum, afirmou que o trabalho do grupo está totalmente ligado à preservação da memória.

Foto: Cesar Brustolin/SMCS

Prefeito Gustavo Fruet recebe integrantes do Fórum Paranaense de Resgate da Verdade, Memória e Justiça, no Salão Brasil, da Prefeitura de Curitiba

“O objetivo é deixar um legado para o futuro”. O Fórum apresentou, ainda, o projeto do Museu de Percurso Caminhos da Resistência, que já está sendo discutido com o Ippuc. Em parceria com o Ministério da Justiça, foram identificados 22 locais históricos de Curitiba onde havia focos de resistência ao regime militar e também de repressão. Um

marco de memória seria instalado em cada um destes pontos, criando um percurso histórico. Também participaram da reunião o procurador de Justiça do Ministério Público do Paraná, Olympio de Sá Sotto Maior; o presidente do Ippuc, Sérgio Pires, e o presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Marcos Cordiolli, entre outras autoridades.

Tecpar faz parceria para produzir medicamento biológico O Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) vai produzir até 2016 o medicamento biológico bevacizumabe para o combate ao câncer e a degeneração macular (perda de visão) relativa à idade. O laboratório do Tecpar, que será instalado no parque tecnológico de Maringá, produzirá o remédio para ser entregue ao Ministério da Saúde, representando significativa

queda nos gastos com a importação do produto. A parceria com a empresa russa Biocad Brazil foi formalizada em Brasília. Com a aprovação da Parceria para o Desenvolvimento Produtivo (PDP), uma missão do Tecpar irá à Rússia, para estabelecer o cronograma de transferência de tecnologia, que deve começar com a capacitação de pessoal até

atingir a produção no laboratório do Tecpar, que será instalado no parque tecnológico de Maringá. Das 14 PDPs autorizadas pelo Ministério da Saúde, o Tecpar será o primeiro a entregar o produto. “O Ministério da Saúde gasta R$ 177 milhões anuais com a importação do produto. Com nossa entrada no mercado, esse número vai baixar para R$ 110 milhões.

vestirem em projetos escolhidos pela população. Os recursos são resultado das medidas de austeridade e economia implantadas na Assembleia Legislativa, que está devolvendo verbas para o governo. Pavimentação asfáltica, reforma de escolas, instalação de barracões industriais, capelas mortuárias, aquisições de microônibus e caminhões de lixo estão entre os projetos realizados com os recursos do PAM. Até o final de junho, todos os municípios habilitados receberão os recursos. O programa Caminho das Pedras destina R$ 132,2 milhões para pavimentação de estradas rurais com pedras poliédricas. O recurso é repassado à prefeitura, sem necessidade de contrapartida financeira. Os municípios realizam a terraplenagem e a contratação das empresas que farão a colocação das pedras poliédricas.

Comissão da tarifa se reúne hoje A Comissão de Análise da Tarifa do Transporte Coletivo reúne-se hoje, das 9h às 12 horas, no auditório da Urbs, no prédio central da Rodoferroviária. A pauta prevê a organização de propostas apresentadas ao longo dos últimos três meses, iniciando a formatação do relatório final, a ser apresentado até o fim do mês. Integram a comissão representantes da Procuradoria-Geral do Município, Câmara Municipal de Curitiba; Instituto de Engenharia do Paraná; Secretaria Municipal de Trânsito; Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Sócio Econômicos (Dieese); Secretaria Municipal de Planejamento, Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor e Fórum Popular pela Mobilidade, que reúne 23 entidades.

PR sedia Fórum Mundial do Meio Ambiente O Paraná irá sediar nesta sextafeira e sábado (21 e 22), em Foz Iguaçu, o Fórum Mundial de Meio Ambiente que, de maneira inédita, será realizado por lideranças empresariais e governo para debater assuntos relacionados ao tema “2013: Ano internacional da cooperação pela água”. O governador Beto Richa fará a abertura do Fórum, sexta-feira, às 12 horas, ao lado da Ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira; do secretário do Meio Ambiente do Paraná, Luiz Eduardo Cheida, e de autoridades na área ambiental.


PARANÁ Diário Indústria&Comércio Curitiba, quinta-feira, 20 de junho de 2013 | Pág. A3 abnoticias@abcom.com.br

Educação

AB Notícias

Simpósio discute melhorias para educação profissional

AVIAÇÃO EM FOCO O município de Apucarana, Norte do estado, busca a inclusão do Aeroporto Municipal Capitão João Bussi na primeira fase do Plano de Aviação regional do Governo Federal. No Paraná estão contemplados 15 municípios, com investimentos de R$ 320 milhões. O objetivo é atrair mais investimento para a cidade. A ampliação pode ser operacionalizada no segmento de cargas e também com linha comercial.

Cerca de 300 professores de escolas estaduais participam do evento Hedeson Alves

A

Secretaria de Estado da Educação promove em Foz do Iguaçu o segundo dos seis simpósios da rede de educação profissional do ensino médio. São 300 professores de escolas estaduais, em 17 núcleos regionais, que discutem desafios para integrar o currículo regular e os cursos técnicos. A Secretaria atende mais de 83 mil estudantes no ensino profissionalizante (integrado e subsequente), com 55 cursos em 359 escolas, em 184 municípios em todo o Paraná. “A proposta dos simpósios é debater as ações de melhorias voltadas para a integração dos cursos com o mercado de trabalho, e também de capacitação dos professores para uso dos novos equipamentos e de laboratórios.”, afirma a diretora do Departamento de Educação e Trabalho da Secretaria, Fabiana Campos Skrobot.  Na programação do evento, que começou na segunda (17) e termina amanhã, constam conferências e oficinas sobre temas como formação de professores, sistema de gestão, processo de ensino e de aprendizagem e organização do trabalho pedagógico.  Para a coordenadora dos cursos

Abertura do Simpósio da Rede de Educação Profissional do Ensino Médio em Foz do Iguaçu

técnicos do Colégio Estadual Ana Vanda Bassara, em Guarapuava, Claudia Bernarde Maganhini, o simpósio é uma oportunidade para trocar experiências entre os participantes e com reflexos na escola. “Levamos os conhecimentos para dentro da escola e multiplicamos para os outros professores”, disse. Ela lembrou que a maioria dos estudantes da escola já sai empregada por ter qualificação maior. A chefe do Núcleo Regional de Foz do Iguaçu, Ivone Muller, expli-

cou que o governo estadual liberou recursos para construção de novos centros de educação profissional, reformas, adequação de espaços e aquisição de livros para acervos. É o caso do Centro Estadual de Educação Profissional de Terra Roxa, esperado desde 2008 pela comunidade, mas que só neste ano foi entregue. Foram mais de R$ 2 milhões de investimentos para atender 1,2 mil alunos em fevereiro de 2014. “Os cursos oferecidos respeitam a

Nesta edição, apenas em Curitiba e Região, foram arrecadadas 7.551 peças, 15% a mais do que no ano passado. As doações devem beneficiar mais de 2,6 mil pessoas

Branco do Sul e para três comunidades de Curitiba - Moradias 23 de Agosto, no bairro Ganchinho; Creche Campo Serrado, na Vila Osternak e Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis Novo Horizonte, na Cidade Industrial de Curitiba (CIC). Foram escolhidas

instituições de comunidades onde a Sanepar realiza trabalhos sociais. Para Noemia Padilha Saurin, presidente do Clube de Mães das Moradias 23 de Agosto, a doação é um exemplo de solidariedade. “A gente vê a preocupação do funcionário com quem está sofrendo, com

Horto Municipal é berçário das árvores de Curitiba Cerca de 50 mil mudas de árvores saem todos os anos do Horto Municipal da Barreirinha e vão direto para as ruas, avenidas, praças e parques de Curitiba. Para produzilas, é preciso um longo e artesanal trabalho que chega a durar cinco anos. Curitiba tem hoje cerca de 300 mil árvores em áreas públicas. A área verde da cidade é de 64,5 metros quadrados por habitante, uma das mais altas do país. A linha de produção das árvores começa na coleta das sementes. Todos os meses, uma equipe percorre ruas, praças e parques em busca do principal ingrediente da produção. Todo o trabalho é realizado por dez pessoas, de forma manual, desde a coleta e beneficiamento das sementes, até a repicagem das mesmas. “Hoje, o paisagismo urbano utiliza aproximadamente 150 espécies de árvores e arbustos, dos quais mais de 70% são espécies nativas”, explica a diretora do departamento de Produção Vegetal da Prefeitura, Erica Mielke. Ela informa que são necessários anos de estudos para que uma espécie seja considerada

Iporã, no Noroeste, realiza um evento para promover os avanços oferecidos pelo sistema de integração lavoura, pecuária e floresta. O objetivo é mobilizar autoridades estaduais e produtores de toda a região. A integração é apontada pelos técnicos como uma forma sustentável e inovadora de aproveitar pastagens degradadas, e de baixa ocupação, para produzir grãos, carne e madeira.

INCLUSÃO EM PINHAIS

econômica da região”, explicou a técnica responsável pela educação profissional do Núcleo Regional de Toledo, Claudete Miola. Até o fim do ano, a Secretaria da Educação realiza mais quatro encontros para concluir a formação continuada de 1,8 mil professores da rede estadual de ensino que atual na rede de educação profissional. O evento é resultado da integração com o Programa Brasil Profissionalizado, em parceria com o Ministério da Educação.

Sanepar entrega doações da campanha do agasalho a entidades da RMC A Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) entregou na terça-feira (18) as doações da Campanha do Agasalho 2013 para entidades de Curitiba e Região Metropolitana. A campanha acontece há 25 anos e conta com a colaboração voluntária dos funcionários da empresa. Nesta edição, apenas em Curitiba e Região, foram arrecadadas 7.551 peças, 15% a mais do que no ano passado. As doações devem beneficiar mais de 2,6 mil pessoas. No interior do Estado a campanha continua. “Essa é uma ação de responsabilidade social do empregado da Sanepar, que sabe do problema de famílias que não podem comprar sequer um cobertor. Sabemos que não vamos salvar o mundo, mas temos certeza que estamos fazendo a nossa parte”, disse o diretor administrativo da Sanepar, Antonio Hallage.  Os donativos foram entregues para o Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) de Rio

ALTERNATIVAS NO CAMPO

Curitiba tem hoje cerca de 300 mil árvores em áreas públicas. A área verde da cidade é de 64,5 metros quadrados por habitante, uma das mais altas do país

adequada ao paisagismo urbano da cidade. “Entre outras características, a árvore deve ter pequeno ou médio porte; sistema radicular compatível; grande resistência a fatores como poluição, seca ou abundância de água, e ausência de espinhos, cheiro forte ou toxidade, além de beleza estética”, afirma Erica. As campeãs na linha de produção do Horto são os ipês, de cores diversas;

a quaresmeira e a aroeira, entre outras espécies. Há 20 anos na equipe do Horto da Barreirinha, o engenheiro florestal Jaime Luiz Cobalchini explica que o processo de produção de árvores exige muita dedicação e paciência. “Algumas espécies, como a Araucária e a Palmeira Jerivá, chegam a levar cinco anos, desde a coleta da semente, para estarem prontas para o plantio”, diz.

quem precisa de ajuda. É muito bonito isso”, afirmou. Ela recebeu os donativos representando 500 famílias carentes de sua comunidade. As famílias beneficiadas de Rio Branco do Sul foram representadas pelo casal Isaque e Maria Gomes, moradores da Vila São Pedro. Casados e pais de uma menina de 8 anos, eles também ficaram felizes com o resultado da campanha. “Nós queríamos agradecer o esforço, a dedicação de quem doou. É melhor dar que receber. Desejamos muitas bênçãos na vida de todos os empregados da Sanepar”, disse Isaque.  A diretora do CRAS, Maria de Lara, disse que o volume de doações impressionou. “Fiquei comovida e surpresa ao ver tantas doações. Foi a primeira vez que recebemos tanta coisa e tão rapidamente. Viemos com uma Kombi e, na verdade, precisávamos de um caminhão. Quero agradecer em nome de todos aqueles que estão esperando pelos cobertores”, afirmou.

Começa última oportunidade para alfabetizadores voluntários As inscrições para a terceira e última seleção de voluntário para participar do Paraná Alfabetizado em 2013 começou na segundafeira (17) e vai até setembro. Os interessados devem se inscrever diretamente em um dos 32 Núcleos Regionais de Educação (NRE): www.nre.seed.pr.gov.br O programa, parceria entre a Secretaria da Educação do Paraná e o Governo Federal, seleciona alfabetizadores e coordenadores de turma voluntários. A meta deste ano é ensinar 40 mil pessoas a lerem.  O processo de alfabetização tem duração prevista de oito meses, com dez horas de aula por semana, e as turmas podem ser localizadas em escolas da rede estadual ou municipal, centros comunitários, igrejas e outros espaços físicos. Os voluntários selecionados recebem bolsaauxílio que varia de acordo com o número e o tipo de turmas. O candidato, que precisa ter ensino médio completo, deve encontrar seus alunos e formar turmas na sua comunidade.

Estão abertas até o dia 28 as inscrições do Projovem Urbano em Pinhais, região de Curitiba. O programa visa a inclusão social dos jovens, incentivando para que eles concluam os estudos. O jovem beneficiário receberá bolsa auxílio mensal no valor de R$ 100 (com comprovação de 75% de frequência). Quem ingressar no programa pode concluir o ensino médio ou fundamental em 18 meses e obter qualificação profissional.

PÉ NA FAIXA A campanha Pé na Faixa está a todo o vapor em Londrina. O trabalho de conscientização foi lançado em 2009 e tenta convencer motoristas a parar para pedestres onde não há semáforos. Além disso, incentiva os pedestres a atravessar na faixa. Estatísticas da Companhia de Trânsito revelam que a maioria das vítimas de atropelamentos são os idosos e que os acidentes desse tipo dobraram nos últimos dois anos.

GASODUTO NOS CAMPOS GERAIS A construção de uma rede de distribuição de gás natural entre Ponta Grossa e Castro, nos Campos Gerais, depende agora de licença ambiental. A Companhia Paranaense de Gás (Compagas) aguarda a liberação para iniciar as obras. O duto passará também por Carambeí e o investimento total somará R$ 83 milhões. A construção deve iniciar ainda em 2013.

BOLSAS DE ESTUDO A Universidade Tecnológica Federal do Paraná é a segunda que mais envia alunos para intercâmbio no exterior com o programa Ciência sem Fronteiras. Os dados são da coordenação nacional do programa. Até o mês de abril, foram distribuídas 255 bolsas em instituições de 13 diferentes países. A Alemanha e os Estados Unidos foram os que mais receberam alunos da UTFPR e mais de 90% das bolsas foram conquistadas por alunos da graduação.

DESENVOLVIMENTO DE MUNICÍPIOS Onze prefeituras do Norte Pioneiro assinaram o Plano de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios (PAM). Os signatários vão receber do governo do Estado a autorização para a transferência dos recursos, repassados a fundo perdido para os municípios com menos de 50 mil habitantes. Serão utilizados cerca de R$ 150 milhões, proveniente de devolução orçamentária feita pela Assembleia Legislativa ao Governo do Paraná.

FESTA EM TOLEDO Toledo, no Oeste, se prepara para receber o 7º Festival Toledense de Arte e Tradição e para a 1ª Etapa do Circuito paranaense do Festival de Artes e Tradições Gaúchas. O evento começa neste sábado, 22, no Centro de Eventos Ismael Sperafico e a expectativa de público é de quatro mil pessoas. A festa vai contar ainda com rodeio. Visitantes de 35 cidades paranaenses devem prestigiar o festival que vai contar com apresentações em diversos horários.

VALE MAIS LEITE A região de Ivaiporã, Norte do Estado, vem se destacando na produção de leite. Para incentivar o uso de tecnologia e sanidade animal, é realizado o Programa Vale Mais Leite Sustentável. Por meio do programa, os produtores são orientados a administrar as propriedades como uma empresa, controlando os gastos e aprimorando continuamente a qualidade do produto oferecido.

BOM HUMOR E SAÚDE Cientistas acreditam que um senso de bem-estar pode reduzir fatores de risco que induzem à doenças cardíacas, como alta da pressão sanguínea e colesterol elevado. Os dados são estudos por cientistas de Harvard School of Public Health. As conclusões revelam que fatores como otimismo, satisfação com a vida e felicidade pareceram estar associados a uma redução de até 50% no risco de doenças cardíacas e circulatórias.

MAIS NEGÓCIOS O município de Pato Branco, no Sudoeste, fez uma parceria com o Sebrae. Foi lançado o programa cidade empreendedora e a apresentação do comitê gestor municipal. A intenção é fazer com que o estatuto nacional da micro e pequena empresa e seus benefícios cheguem aos municípios e aos micro e pequenos empresários, favorecendo a economia regional. Hoje, 110 cidades paranaenses já aderiram ao programa.


Aroldo Murá G. Haygert

Contato com o jornalista: aroldo@cienciaefe.org.br

Diário Indústria&Comércio Curitiba, quinta-feira, 20 de junho de 2013 | Pág. A3

ACOMPANHE:

UMA NOITE DE GRANDES PERSONAGENS A seleção de fotos de Felipe Rosa da cobertura da noite de autógrafos do volume 5 do livro Vozes do Paraná é um mostra do que foi o encontro que teve como anfitriões João e Regina Casillo. O histórico casarão que abriga Casillo Advogados foi

o cenário que reuniu personagens do quinto livro da série, de que sou autor, verdadeiro retrato de paranaenses de importância na vida do Paraná. Dentre os 600 presentes, que lá estiveram, revezando-se de 19 às 23 horas, eis alguns: Guilherme Doring Cunha Pereira, diretor da Gazeta do Povo e grupo RPCOM

Oscar Alves, Aroldo, Mário Fernando Camargo Maranhão, Leo Kriger e Luiz Fernando de Queiroz

Carlos Harmath, Jubal Sergio Dohms e Sonia Lyra

Raul Anselmi e Karina, e Jandira Bolda

Segismundo Morgenstern e Aroldo Murá

Plano geral do coquetel servido para 600 pessoas e que mobilizou equipe de 11 garçons

Carlos Jung, um dos personagens de Vozes 5, com convidados

Antenor Demeterco Jr. com filhos e genro

A novíssima geração ano 2004, Isabelle Vitória Leite Haygert, neta do autor de Vozes do Paraná, e Cleverson Marinho Teixeira.

Wilson Picler e Cláudia Regina Gabardo

João Chiminzazzo e Luiz Fernando de Queiroz

Gláucio Geara e Juca Zockner

Deputado Sciarra e Darci Piana.


Contexto Político Desagravo a Requião

Um movimento suprapartidário, com a participação, principalmente, de integrantes das bancadas estadual e federal do PMDB, está organizando um jantar em Curitiba em homenagem ao senador Roberto Requião. A data e o local ainda não estão marcados, mas o ato será em desagravo ao senador que, por decisão da cúpula estadual do PMDB, foi retirado da presidência do diretório do partido em Curitiba. Na avaliação do grupo que organiza o jantar está claro que o que a atual cúpula peemedebista quer é impedir a candidatura do senador ao governo do Estado nas eleições do ano que vem.

Roseli Abrão

Curitiba, quinta-feira, 20 de junho de 2013 | Pág. A5

Pedágio

Rossoni justificou, também, sua decisão de retirar sua assinatura da CPI do Pedágio. Segundo ele, é favorável a investigação, mas “uma CPI é algo muito sério e que não deve ser instalada para satisfazer qualquer interesse particular ou de grupos”. “Não podemos fazer CPI que não traga resultados e objetivos que devem ser alcançados. Não adianta ter festa na hora da abertura dos trabalhos e velório na conclusão. O povo está cansado disso”, afirmou.

Explicações

Quem também deu explicações sobre a decisão de retirar assinatura da CPI do Pedágio foi o deputado Luiz Eduardo Cheida, do PMDB. Segundo ele, o fato de estar licenciado, já que é o secretário do Meio Ambiente do Estado, “invalida” sua assinatura. - Por orientação jurídica, retirei a assinatura, disse o deputadosecretário que garantiu que tão logo retorne à Assembleia, assina de novo o pedido. Salvo um fato novo, e caso dispute a reeleição, Cheida reassume o mandato em abril do ano que vem, seis meses antes das eleições.

Começa a disputa

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Valdir Rossoni, do PSDB, deflagrou ontem o processo de escolha do novo conselheiro do Tribunal de Contas do Estado. Rossoni leu, na sessão plenária desta quarta-feira, o ofício do TC, que declara a vacância do cargo até recentemente ocupado por Hermas Brandão. A partir disto, segundo Rossoni, o processo para a escolha do novo conselheiro será iniciado, com abertura de prazo para inscrições de candidaturas.

Não recuou

O deputado Valdir Rossoni abriu a sessão plenária desta quartafeira negando informações de setores da imprensa que teria recuado na decisão de publicar no site da Assembleia, a partir do dia 17 de julho, os salários dos funcionários da Casa, cumprindo a Lei de Acesso à Informação. Segundo Rossoni, o que ele disse em entrevista aos jornalistas, ontem, foi que o Departamento de Pessoal da Casa está estudando “a melhor forma” de divulgação e que, diante das sugestões a serem apresentadas, ele irá encontrar a “melhor opção”.

Apoio a Caito

A um ano das convenções que irão escolher os candidatos às eleições do ano que vem, o PMDB de Francisco Beltrão já definiu quem irá apoiar à Assembleia Legislativa: o deputado Caito Quintana. Segundo o presidente municipal do partido, Flávio Medeiros, Caito é o deputado que “nos representa e sempre esteve conosco na nossa caminhada ao longo dos anos, por isso, a um ano das convenções estamos definido nosso apoio”.

Telefonia

A Comissão Parlamentar de Inquérito que apurou as irregularidades nos serviços prestados pelas empresas de telefonia móvel foi concluída nesta quarta-feira. Os trabalhos resultaram no Termo de Ajuste de Conduta apresentado

crédito

Uso do cheque especial bate recorde em abril, mostra BC Modalidade é o crédito mais caro, com juros que chegam a 140% ao ano Um levantamento feito pelo Banco Central expõe uma situação crítica das consequências da falta de educação financeira da população brasileira. Em abril, os brasileiros bateram recorde no uso do cheque especial, que hoje representa o crédito mais caro do mercado, com juros que chegam a 140% ao ano. Em abril, o volume emprestado pelos bancos atingiu a cifra de R$ 28 bilhões. Como muitos brasileiros integram o cheque especial ao salário do mês, a conta não fecha e o resultado disso é uma dívida que ganha volume com efeito de bola de neve. De acordo com o economista português e diretor geral do Conglomerado Financeiro Barigüi, Ro-

drigo Pinheiro, os brasileiros, antes de comprometer sua renda com juros elevados, precisam buscar no mercado formas alongadas de crédito, com menores taxas. Dos sete bancos pesquisados pelo Procon/ SP, dois elevaram seus juros entre maio e junho deste ano. Por conta disso, ele exemplifica que o crédito com garantia de imóvel tem sido uma alternativa para usar a casa própria em seu benefício. "Cheque especial é dívida, não complemento de renda. As famílias têm à disposição uma saída viável usando a garantia do imóvel, enquanto a instituição realiza avaliação do perfil do cliente para a melhor opção de linha de crédito, uma vez que não é vantagem nem objetivo da instituição financeira

ficar com o imóvel", informa. Após alienação do imóvel, a Barigüi libera o crédito ao cliente no limite de 50% do valor do imóvel. Outro pré-requisito é comprometer a renda do cliente em até 30%, de forma que ele tenha capacidade de pagamento e não apenas entre em outra dívida. A alternativa ao cheque especial traz como vantagens o prazo de até dez anos e juros a partir de 1,09% ao mês na comparação com os números apontados na pesquisa realizada pela Fundação Procon/ SP em junho, quando a taxa média mensal do cheque especial passou de 7,92% para 7,93%. Segundo Rodrigo Pinheiro, ainda há muito espaço para o crescimento do crédito imobiliário, jus-

tificado pelo aumento da aquisição de imóveis. Ao quitar essas casas, é possível recorrer a uma modalidade de crédito correto para que a pessoa deixe de gastar com juros e passe a investir em produção, projetos pessoais e qualidade de vida. O Conglomerado Financeiro Barigüi foi fundado em 1995 e pertence ao Grupo Barigüi. Foi criado inicialmente para dar suporte de crédito a 47 unidades de negócio do Grupo. Atualmente, o Conglomerado Financeiro Barigüi funciona sob a marca Barigüi Crédito Inteligente e é formado pela Barigüi Financeira e pela Barigüi Companhia Hipotecária, atuando com Crédito Imobiliário, Crédito Consignado, CDC lojista e Investimentos.

Discussão sobre tarifa do transporte deve ser feita pelos municípios, diz ministro O ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, defendeu ontem (19/06) que a discussão para definir o melhor formato para tarifa do transporte público deve começar nos municípios que "são os gestores da política pública de transporte". De acordo com o ministro, não existe formato ideal e é necessária uma ampla discussão política sobre o assunto. "Esta é uma discussão que tem que ser travada e iniciada pelos municípios. O município é o gestor da política pública de transporte. Cabe a nós, como governo federal, fazer o que fizemos, no primeiro momento anunciar desoneração para ajudar na composição da tarifa e nos colocar a disposição para discussão mais ampla. Temos diversos formatos. Qual o formato ideal? Não existe o formato ideal", argumentou. O ministro reconheceu que o modelo atual não atende às demandas da população e destacou ainda que os resultados só serão vistos à "medida que os investimentos avancem". "Temos uma necessidade efetiva da melhoria e da qualidade do transporte e isso

Elza Fiúza/ABr

"Cabe a nós, como governo federal, fazer o que fizemos, no primeiro momento anunciar desoneração para ajudar na composição da tarifa e nos colocar a disposição para discussão mais ampla", disse o ministro das Cidades

só vai estar concluído à medida que os investimentos também avancem. Não tenho dúvida que teremos novo patamar a partir desses investimentos, que estão sendo realizados no país", comentou Ribeiro, que participou de audiência pública conjunta das comissões de Desenvolvimento

Diário Indústria&Comércio

roseli@roseliabrao.com.br

Urbano; de Fiscalização e Controle; e de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado, na Câmara dos Deputados. O reajuste das passagens do transporte coletivo tem motivado diversos protestos nos últimos dias em várias cidades do país. Após as

manifestações, em pelo menos, sete cidades foram anunciadas redução das tarifas de ônibus. Nos protestos, milhares de brasileiros têm reivindicado melhoria na saúde, educação e se posicionado contra com os gastos públicos com as copas das Confederações e do Mundo. Durante o debate com os parlamentares, o ministro disse que todas as obras de mobilidade urbana previstas são "investimento para a sociedade brasileira". Segundo ele, mesmo os projetos que não ficarem prontos até a abertura da Copa do Mundo, que ocorre no ano que vem, serão um legado à sociedade. "Estamos cumprindo todas as cláusulas contratuais firmadas de mobilidade que definimos. Aqueles que não puderem obedecer o calendário para a Copa, nós retiramos da matriz de responsabilidades, demos maior prazo, mas incluímos no PAC (Programa de Aceleração do Crescimento). As obras não estão sendo feitas para a Copa, para os turistas, estão sendo feitas para os brasileiros, para os donos da casa", concluiu.

às operadoras. Apenas a empresa Tim assinou o documento. A Sercomtel vai assinar nos próximos dias, já que o presidente da empresa está hospitalizado. As empresas Oi, Vivo e Claro não assinaram o documento.

Vapt-vupt

A sessão plenária da Assembleia Legislativa desta quarta-feira durou exatos 42 minutos. Só foi registrado um discurso: do deputado Cleiton Kielse, do PMDB, que lamentou o arquivamento da CPI do Pedágio. Tudo para que os parlamentares pudessem sair mais cedo para acompanhar o jogo entre as seleções do Brasil e do México, pela Copa das Confederações.

Prefeito cassado

O prefeito de Campina Grande do Sul, Luiz Carlos Assunção, do PSB, teve seu mandato cassado pela juíza Adriana Benini, da 195ª Zona Eleitoral. Assunção foi acusado de abuso de poder econômico durante a campanha eleitoral. Além de ter seu mandato cassado, a juíza determinou a inelegibilidade de Assunção por oito anos, alem de aplicar multa no valor de 212,8 mil reais.

Vice também

O vice-prefeito Nilson de Jesus Pires Falavinha também teve seu mandato cassado por integrar a chapa, mas, segundo a decisão da Justiça Eleitoral não teria praticado “os atos ensejadores de inelegibilidade ou passíveis de sanções pecuniárias”.

Abuso do poder

A juíza Adriana Benini concluiu que o prefeito teria praticado conduta vedada e abuso do poder político no ano eleitoral por ter realizado 1.552 cadastros do programa “Armazém da Família” sem autorização legal e previsão orçamentária específica em 2010 e 2011, bem como reconheceu a gravidade da conduta causada pelo desequilíbrio do pleito em razão da ampla divulgação do programa.

Percentual de cheques sem fundos tem ligeira alta em maio Em maio, 2,15% dos cheques compensados foram devolvidos em todo o país, informou ontem (19/06) a empresa de consultoria Serasa Experian. Em relação ao índice registrado no mês anterior (2,09%), houve leve alta. Segundo o Indicador Serasa Experian de Cheques sem Fundos, entre janeiro e maio deste ano houve 2,10% de devolução de cheques, ligeiramente acima do observado no mesmo período do ano passado, quando foram devolvidos 2,08% dos cheques. Para os economistas da

Serasa Experian, o aumento na devolução dos cheques sem fundos no mês de maio é decorrência da sazonalidade, já que as compras do Dia das Mães, aliadas ao endividamento do consumidor e ao comprometimento de renda com prestações, levaram ao aumento da inadimplência com cheques. Entre janeiro e maio deste ano, o maior percentual de devoluções foi observado em Roraima, com índice de 11,48%. O menor foi registrado no Amazonas, com 1,49% dos cheques devolvidos.

Confiança da indústria recua na prévia de junho do ICI A confiança dos industriais na economia brasileira continua em queda. A prévia do Índice de Confiança da Indústria (ICI), da Fundação Getulio Vargas (FGV), divulgada ontem (19/06), ficou em 103,7 pontos, uma queda de 1,2% em relação a maio (105 pontos). O indicador reflete piora na avaliação das percepções sobre o momento atual e o futuro. Segundo o levantamento

prévio, o Índice da Situação Atual (ISA) diminuiu 1%, atingindo 104,6 pontos, menor do que a média de 105,1 pontos. O Índice de Expectativas (IE) caiu 1,3% e chegou a 102,8 pontos. Já o Nível de Utilização da Capacidade Instalada (Nuci) ficou estável em 84,6%. O resultado consolidado será divulgado em 26 de junho. Para chegar aos dados, a FGV consultou 811 empresas entre os dias 3 e 14 de mês.

Em junho, saíram mais dólares do que entraram no Brasil

As saídas de dólares do país superaram as entradas em US$ 69 milhões, neste mês, até o dia 14, de acordo com dados do Banco Central (BC), divulgados ontem (19/06). Em maio, houve forte entrada de dólares no país, com saldo positivo do fluxo cambial em US$ 10,755 bilhões. Nas duas primeiras semanas do mês, o fluxo comercial (operações relacionadas a exportações e importações) registrou saldo negativo de US$ 101 mi-

lhões, enquanto o fluxo financeiro (investimentos em títulos, remessas de lucros e dividendos ao exterior e investimentos estrangeiros diretos, entre outras operações) ficou positivo em US$ 33 milhões. De janeiro até 14 de junho, o fluxo cambial ficou positivo em US$ 12,102 bilhões. O fluxo comercial registrou saldo positivo de US$ 18,623 bilhões e o financeiro apresentou resultado negativo de US$ 6,520 bilhões.


NEGÓCIOS

Diário Indústria&Comércio

Curitiba, quinta-feira, 20 de junho de 2013 | Pág. A6 Edital de Praça e Leilão: dia 12/07/2013 e 06/08/2013, às 09:30h = Local: Rua Senador Acciolly Filho, 1625-Cic-Curitiba-PR: Paulo Setsuo Nakakogue, Leiloeiro Público Oficial, matricula nº 625, devidamente autorizado pelos Srs. Drs. Juízes do Trabalho, no exercício da Titularidade das Varas Trabalhistas, venderá, em público Leilão, conforme Art. 888 da CLT, no dia, hora e local supracitados,os bens objetivo de penhora das ações trabalhistas, nas condições indicadas neste Edital, a seguir descritos: Juíza do Trabalho, Dra. Lisiane Sanson Pasetti Bordin, da 02ª Vara do Trabalho de Curitiba a saber: Autos nº 08717-2010-002-09-00-3: Raimundo Ladislau de Jesus x Moro Construções Civis Ltda: 01 Apartamento 503 do Edificio SunFlower, localizado na Rua Oyapock, 99 bairro Cristo Rei, situado no quinto andar ou sétimo pavimento, matricula no 3º CRi sobre nº 48.869, com área total de 139,41 m2 sendo 83,78m2 de utilização exclusiva contendo tres quartos,sendo uma suite, sala, cozinha com armários e banheiro, banheiros com box, piso em carpet de madeira, com uma vaga de garagem em bom estado, R$ 330.000,00; Ônus na Prefeitura R$ ................,..... até ..../.../2013 mais custas e honorários judiciais; Autos nº 00731-1991-002-09-00-5:Mario Luiz Pinto (Espólio De) x Vieberg Indústria e Com. de Artefatos de Concreto Ltda x Bruno Ivan Vieria & Cia Ltda X Bruno Ivan Vieria X Arceo Vieria: 01 Apartamento nº 02 do Edifício Sérgio Localizado na Rua XV de Novembro 2525, Bairro Alto da Rua XV, Curitiba, com área total ( apartamento + uma vaga de garagem + Área comum) de 168,17m2, Área útil de 112,94m2, demais dados constantes da matricula 51.558 do Cartório de Registro de Imóveis 3º Circunscrição de Curitiba, Indicação Fiscal nº 14.021.013.010-4 Descrição do Imóvel: Apartamento com 03 quartos, cozinha, copa, lavanderia dependência completa de empregada, Sala ampla, 02(dois) banheiros sociais sendo um com banheira de hidromassagem antiga e sem uso, baixa luminosidade excelente localização. Necessita reforma pois há ponto de infiltração entre a sala e um banheiro social. R$ 315.000,00; Ônus na Prefeitura R$ ................,..... até ..../.../2013 mais custas e honorários judiciais; Obs: Idade aparente do imóvel: 40 Anos, Moradora/inquilina: Sra Eli Terezinha Vieira(Mora do Sr.Arceo Vieira) reside no apartamento há mais de 28 anos, Reside tambem seu filho Jean. Juíza do Trabalho, Dra. Silvana Aparecida Franz Pereira Giusti da 03ª Vara do Trabalho de Curitiba a saber: Autos nº 02405-2002-003-09-00-2:João Pedro Moreira x Metalurgica Mecanica Industrial Tyszka Ltda x Leonardo Tyszka Neto Imóvel da matricula nº 13.837 do Registro de Imóveis da 5ª Circunscrição de Curitiba-Pr, que corresponde ao lote de terreno nº 1,subdivisão do lote nº 1, quadra nº 55- da Vila Fanny nº 2,com a área de 154,60m2,medindo 15,46 metros de frente para a rua Pe. Manoel da Nóbrega, Curitiba, confrontando do lado direito para quem observa de frente, com propriedade de Antonio Hans, onde mede 10,00m, do lado esquerdo com propriedade de Sueli do Paraiso, onde mede 10,00m. e nos fundos com 15,46m faz frente para a Av. Canal, atual rua Henri Ford - Descrição do imóvel conforme a matricula.Conforme AV 2-13.837 este Imóvel é cadastrado pela indicação fiscal nº 82.002.005.000-3.O imóvel recebe o nº 126 da Rua Padre Manuel da Nóbrega e posssui uma construção em alvenaria, nos fundos, em péssimo estado, com aproximadamente 16m2 e na sua frente uma área aberta e com cobertura simples, em péssimo estado, ocupando aproximadamente 50m2. Constatei no local que o lote possui as seguintes medidas aproximadas:9,30m de frente e fundos; 20,00m nas laterais contudo se observar a área não edificável em virtude do rio nos fundos as laterais deveriam ter somente 15,00m e a construção precária dos fundos não estaria dentro do lote.Informação Adicional: O carne de IPTU informa que a metragem deste lote é 141m2. R$ 82.000,00; Ônus na Prefeitura R$ ................,..... até ..../.../2013 mais custas e honorários judiciais; Autos nº31824-2009-003-09-01-8: Benildo Gualberto x Anderson Fumagalli; 01 Centro Comercial Cândido Hartmann, em Curitiba, quase esquina com Rua Des. Otávio do Amaral, com aproximadamente 1.268,39m2 construidos, com 36,60m de frente para rua, por 22,00 e 18,20m nas laterais e na Linha Fundo 58,15m, área total do terreno de 1.116,49m2, indicação fiscal 13-028-017-000, matricula 25753 da 1ª Circunscrição de Curitiba. R$ 2.500.000,00; (PBB3*);(VC4*); (CTC5*); Ônus na Prefeitura R$ ................,..... até ..../.../2013 mais custas e honorários judiciais; Autos nº 08657-2009-003-09-00-1: Ana Maria Cordeiro x Sérgio Prazeres 25%Parte Ideal da Partilha do lote de terreno nº 22 da quadra 44,conforme cópia do Registro de Imóvel Matrícula 1052 da 4ª. CRI- Ind Fiscal 24.072.008.000, correspondente a 25% de 528,00m2,ou seja,132,00m2, em nome do Executado Sergio Prazeres. OBS:Imóvel com benfeitoria (01 residencia de alvenaria de 229,51 m2) R$ 80.000,00;(AFBB6*); Ônus na Prefeitura R$ ................,..... até ..../.../2013 mais custas e honorários judiciais; Autos nº 24132-2011-003-09-00-8: Lidio da Silva Junior x Leticia Justimiano dos Santos x Vc Credito Consignado x Banco BMG S.A. Lote de terreno sob n: 288, da quadra 20 da planta “Vila Santa Thereza”sito no lugar denominado Borda do Campo,em Sao Jose dos Pinhais/ PR me-, 675 m2 de area total, com demais medidas,divisas e confrontacoes conforme matricula de n:4.711 da 1a Circunscricao de Sao Jose dos Pinhais,sem benfeitorias averbadas. Benfeitorias nao averbadas :edificacao de quatro sobrados em construcao na fase estrutural, com vigas, colunas e paredes do piso inferior, obra parada ha mais de 2 anosR$ 110.000,00; Ônus na Prefeitura R$ ................,..... até ..../.../2013 mais custas e honorários judiciais; Juiz do Trabalho, Dr. Rafael Gustavo Palumbo, da 15ª Vara do Trabalho de Ctba a saber: Autos nº 25567-2011-015-09-00-0: Antonia dos Santos Carlos x Itsa Indústrias Ltda 02 Carrinhos para transporte e preparação de massas com capacidade para 500 kg,em chapa de aço e rodízios em nylon,cor branca em bom estado, R$ 6.200,00; Autos nº 14949-2012-015-09-00-9: Luiza Conceição do Nascimento Gomes x Ethicompany Serviços Temporários Ltda 01 Apartamento nº 603, tipo F, localizado no 6º pavimento ou 5º andar, parte integrante do Edifício “ Saint Patriak” situado na Rua Costa Rica nº 770, Curitiba contendo dito apartamento a área construída de utilização exclusiva de 148,9900m2, a área de uso comum de 36,1738m2, perfazendo a área correspondente ou Global construída de 185,1638m2, com direito ainda ao uso exclusivo de uma área descoberta de 83,0100m2 localizada na atico e a fração ideal de 0,0492908 que lhe corresponde nas partes comuns e no terreno onde o aludio prédio esta construído,tudo de acordo com a matricula 39168 do Cartório de Registro de Imóveis 2º CRI Curitiba; R$ 800.000,00; Ônus na Prefeitura R$ ................,..... até ..../.../2013 mais custas e honorários judiciais; Juíza do Trabalho, Dra. Paula Regina Rodrigues Matheus Wandelli da 016ª Vara do Trabalho de Ctba a saber: Autos nº 30145-2010-016-09-00-1:Marcelo Francisco Anacleto xItsa Indústrias Ltda 01 Carrinho para transporte e preparação de massas com capacidade para 500 kg, com tampa, em chapa de aço e rodizios em nylon, cor branca em bom estado, R$ 3.000,00; Autos nº28553-1996-016-09-00-4: José Vaz x Vigiacao Empresa de Segurança Ltda e outros(3)x Dog Alerte Serviços de Portaria e Adestramento de Caes Ltda x Cleiterçon Regis Alves Bezerra x Nicilete Alves Bezerra 01 Veículo,marca VW,modelo Gol 1.0 espécie passageiro-automóvel,bicombustíve, cor predominante preta, chassi 98WCA05W87T114821, placas AOP-5387,marcando a quilometragem de 44.160,em bom estado de conservação , com pneu estepe, macaco, chave de rodas e triângulo de segurança,sendo que existem pequenos riscos na pintura, ano/modelo 2007 R$ 18.000,00; Ônus Detran R$ .................. até ../.../2013; Juiz do Trabalho, Dr. José Aparecido dos Santos, da 017ª Vara do Trabalho de Ctba a saber: Autos nº 16417-2010-651-09-00-7: Agladys Maria Aparecida dos Santos x Escola Romanni Ed. Inf. e Ens. Fund. Ltda 01 Toldo frontal da Escola em Lona Durasol, azul-amarelovermelho, estrutura em ferro em otimo estado, 6,20 x 3,60 x 35 x 15, R$ 3.000,00; 25m De toldo lateral em Lona Durasol,azul-amarelo-vermelho,estrutura em ferro presa a aparede em bom estado, R$ 2.000,00; 02 Bancos de plástico para praça, formato lápis de cor, marca Banniplay, avaliado em R$ 300,00 cada,R$ 600,00; 12 Mesas com 04 cadeirinhas cada, para educação infantil em formica bege e ferro azul em bom estado avaliadas em R$ 150,00 cada, R$ 1.800,00; 08 Mesas em formica cinza, com gavetas,e oito cadeiras de escritório em tecido azul, para uso dos professores em sala em bom estado avaliadas em R$ 150,00 cada. R$ 1.200,00; 01 Geladeira branca Eletrolux R 250, 110V, em razoavel estado, R$ 400,00; 01 Freezer Consul, branco 280, 110V, em razoavel estado,R$ 400,00; 01 Formo micro-ondas Consul Facilite Compacto, 110V, em bom estado, Branco, R$ 200,00; 01 Formo Dako, 6 bocas,modelo estilo,a gás,tampo em vidro bom estado Branco, R$ 300,00; 01 Balcão para cozinha com 2 portas e 4 gavetas, em formica e tempo plástico padrão granito, cor branca, em bom estado; R$ 200,00; 01 TV 20”, Colorida, CCE, preta em bom estado; R$ 100,00; 01 DVD Player Philco, cor preta, Otimo estado; R$ 150,00; 173 Livros infantis e infanto Juvenis, novo, diversos titulos, formatos e Editoras Adquiridos de”Vizu Distribuidora de Livros Ltda” CNPJ 02.593.711.0001-42 R$ 2.992,00;TOTAL R$ 13.342,00; Autos nº 19063-2011-651-09-00-3: João Carlos Kazmirski x Industrias Todeschini S.A. 01 Embaladeira de biscoitos, marca Otto Haensel, modelo Cellovat, tipo V3, 60 ciclos, 220V, séries: 0584, ano de fabricação 1998, em estado razoavel de conservação, R$ 40.000,00; Juíza do Trabalho, Dra. Patrícia Tostes Poli da 21ª Vara do Trabalho de Ctba a saber: Autos nº 21928-2010-041-09-00-4: José Plantes de Oliveira x Equitran Transportes Rodoviários Ltda 01 Motor frigorífico para carreto,com isolamento térmico, compressor 4N09D4,marca recrusul, a diesel,funcionando,porém necessita de revisão segundo o depósito.R$ 10.000,00 Juíza do Trabalho, Dra. ................... 3ª Vara do Trabalho de São José Pinhais a saber: Autos nº 05723-2010-965-09-00-5: Gilmar Souza X GSN Sistem do Brasil Corporation Ltda 02 Caçambas para trator pá carregadeira, com capacidade 2,3 m3 avaliado em R$ 16.674,00 cada R$ 33.384,00; 01 Escarificador New Holand, modelo 7D.R$ 13.000,00; 01 Engate rápido para pá carregadeira.R$ 4.500,00; 01 Caçamba para retroescavadeira,20 polegadas, com dentes,R$ 2.000,00; Total R$ 52.884,00; OBS Os implementos para tratores são fabricados pela empresa e são comercializados a pedido do comprador, e são fabricados no prazo de 60 dias Autos nº 06447-2010-96509-00-2: Leonildo Paulino da Silva X Marinepar Indústria e Comércio de Madeiras Ltda X Slavieiro Trading Comério Internacional Madeiras Ltda. X Classe Comércio de Madeiras Ltda X Marinorte Madeiras Ltda. Uma área de terras denominadas “lote A”, com área total de 238.000,00m2 situado no lugar denominado Colônia Guatupe, município de São José dos Pinhais/PR matrícula 45.271 do Registro de Imóveis do 1º Ofício de São José dos Pinhais/PR, contendo 17.421,30 m2 de área construída, contendo escritório e vários barracões R$ 32.500.000,00; Autos nº 04867-2010-965-09-00-4: Marivaldo de Almeida X Platinum Empresa de Transportes Ltda(ME) X Curitiba Locações Ltda X Expresso Adorno Ltda;01-Veículo Saveiro, Renavan 45.474568-0, placa AVB-8738 chassi 9BWKB05 V3CP180610, espécie/tipo: car/ camionete/c. Aberta combustivel:alcool gasolina marca/modelo:VW Saveiro 1.6 CS,CAP/ POT/CIL:0,71t/104 CV COR predominante preta ano Fab 2012 ano modelo: 2012 ótimo estado com ar condicionado,vidro eletrico,direção hidraulica e trava elétrica.R$ 32.000,00 Ônus Detran R$ .................. até ../.../2013; 01-Carreta,Renavam 85060934-8, placa JQI2252, chassi 9ADG071255M314724 espécie/tipo Car/S reboque/ch Cieiner,marca/modelo SR/ Randon Sr CA, ano Fabr 2005 ano mod 2005 CAP/POT/ CIL 26,00T cor predom. cinza baú em chapa de aço ondulada,placa de São José dos Pinhais/PR em bom estado de conservação na cor azul reformada em 25/09/2012 com pneus em meias vidas com 8 pneus 2 eichos R$ 55.000,00;Total R$ 87.000,00; Autos nº 04877-2011-965-09-00-0: Marli Snapik Ruher X WF Móveis Ltda. 01-Veículo GM/ Corsa GL, Pick up, placa LXF 7728, cor azul, ano/ modelo 1995/1996 em regular estado de conservação. Renavam 639716962, chassi 9BGSE80TTSC607814, R$ 12.000,00; Ônus Detran R$ .................. até ../.../2013; Juíza do Trabalho, Dra. Mariele Moya Munhoz 2ª Vara do Trabalho de São José Pinhais a saber: Autos nº 02080-2006-892-09-00-6: José Valentin da Silva Neto X Hamilton Silveira Veiculos Me 01 Cabine de caminhão Volvo, modelo 360 (porta grande), leito, com lataria pronta preparada no fundo sem as duas portas e vidros, ou seja, apenas corpo da cabine.R$ 10.000,00; Ônus Detran R$ .................. até ../.../2013; Autos nº 4360-2006-892-09-00-9: Joanin Antonio Wisniewski Orloski X Datalan Serviços Eletronicos e Sistematica de Redes Ltda X Wagner Pedro Klakowski X Francisco Klakowski Lote de terreno sob nº 30 da quadra 02 da planta Vila Celeste, situada no lugar denominado Ressaca,com área de 506,40m²,conforme as dívisas, metragens e confrontações constantes na matrícula nº33062, do Registro de Imóveis do 1º Ofício de São José dos Pinhais/PR,contendo uma construção em alvenaria, com área aproximada de 80,00m² e uma construção nos fundos em madeira com aproximadamente 140,00m². Avaliação (terreno+benfeitorias).R$ 660.000,00; Autos nº 1083-2011-892-09-00-0: Michele Daiana Pozzer x Ótica Du Cairo Ltda x Ótica Parque da Fonte Ltda x Ótica Du’Cairo. 03 armações receituario Jollie, cod 5012, R$ 249,90 cada R$ 749,70; 01 armação receituario Victor Hugo, cod VH 1537 R$ 990,00; 03 armações receituario Rayban, cod RB6157,R$ 1.770,00; 01 armação receituário Gianfranco Ferré cod GF 316B2 R$ 750,00; 01 armação receituario Vogue cod V02556 R$ 420,00; 02 armações receituario Momo Design cod MV08 R$ 499,80; 02 armações receituario Mormail Capri GY cod 1609 R$ 640,00; 01 armação receituario Harry Potter cod 61078.R$ 249,00; 01 armação receituário Harry Potter, cod 61092 R$ 249,00; 03 armações receituario Harry Potter cod HP 61028 R$ 749,70; 01 armação receituario Rayban, cod 5146 R$ 590,00; 01 armação receituário Carmim cod 31452 R$ 585,00; 01 armação receituário Carmim cod 31219 R$ 515,00; 01 armação receituário Mormail cod M0301 R$ 348,00; 01 armação receituário All Star cod 51116 R$ 289,00; 01 armação receituário All Star cod 51115 R$ 289,00; 01 armação receituário All Star cod 51007 R$ 289,00; 01 solar Princesas, cod 2725 R$ 249,90; 01 solar Disney, cod 2727 R$ 249,90;

01 solar Disney, cod 2735 R$ 249,90; 01 armação receituario Jollie R$ 129,90; 01 armação receituario Libby, cod YS4649 R$ 249,90; 01 armação receituário Killer Loop cod 7052 R$ 240,00; 01 armação receituário Guga Kuerten cod GK0015.9 R$ 129,00; 01 armação receituário Lougge cod LGO060 R$ 329,00; 01 armação receituário Le Havre cod LH5626 R$ 240,00; 01 armação receituário Le Havre cod LH3008 R$ 240,00; 01 armação receituário Le Havre cod LH04023 R$ 169,00; 01 armação receituário Ocean Pacific,cod OP107 R$ 329,00; 01 armação receituário Skechers cod SK2008 R$ 329,00; 01 armação receituário Carmim cod Carm R$ 585,00; 01 armação receituário Le Havre cod LH 5614 R$ 189,00; 01 armação receituário Country cod 3800 R4 R$ 320,00; 02 armações receituário CMC Cod 01303 R$ 338,00; 01 armação receituário CMC cod 0448 R$ 249,90; 01 armação receituário cod 168A R$ 249,90; 01 armação receituário Galante cod HM27223 R$ 329,00; 01 armação receituário Baly Hay cod BH1031 R$ 267,00; 02 armações receituário Ravenna Cod 65566 R$ 578,00; 01 armação receituário Le Havre cod 2029 R$ 240,00; 01 armação receituário Butterfly cod 83012 R$ 249,00; 01 armação receituário Le Havre cod 5612 R$ 249,00; 01 armação receituário Cambridge cod CB0202B R$ 259,00; 01 armação receituário Le Havre cod LH02047 R$ 249,00; 01 armação receituário Le Havre cod LH02046 R$ 249,00; 01 armação receituário Edu Reis Cod 7687 R$ 199,00; 01 armação receituário Steffani cod 6661 R$ 220,00; 01 armação receituário Jollie cod 8227 R$ 240,00; 02 armações receituário CMC cod 0803 R$ 298,00; 01 armação receituário CMC cod 81116 R$ 229,00; 01 armação receituário CMC cod 01032 R$ 249,00; 01 armação receituário CMC cod 001107 R$ 249,00; 01 armação receituário Le Havre cod 5518 R$ 249,00; 01 armação receituário Le Havre cod 5617 R$ 189,00; 01 armação receituário Le Havre cod 000689 R$ 249,90; 01 armação receituário Mont Clair cod 361 R$ 329,00; 01 armação receituário CMC cod 0811 R$ 129,00; 01 armação receituário CMC cod 01637 R$ 329,90; 01 armação receituário CMC cod 02003 R$ 249,90; 01 armação receituário Pierre Cardim cod 7902 R$ 249,90; 01 armação receituário Pierre Cardim cod 9032 R$ 249,90; 01 armação receituário Pierre Cardim cod 7326 R$ 249,90; 01 armação receituário Pierre Cardim cod 9852 R$ 249,90; 01 armação receituário di Padova cod 0059 R$ 245,00; 01 armação receituário di Padova cod 0064 R$ 267,00; 01 armação receituário Atitude cod 1097 R$ 267,00; 01 armação receituário di Padova cod 0062 R$ 267,00; 01 armação receituário Baly Hay cod 001550 R$ 329,00; 01 armação receituário Ana Hickmann cod 001637 R$ 329,00; 02 armações receituário Rayban cod 6207 R$ 1.040,00; 01 armação receituário Rayban cod 7515 R$ 760,00; 01 armação receituário Baly Hay cod 2060 R$ 329,00; Total R$ 26.036,10; Autos nº 03965-2010-892-09-00-9: Gilson dos Santos x Sconntec Construtora de Obras Ltda 03 Aparelhos de ar condicionado marca Kaze modelo KZI-KFR-34 6/K,usados, em funcionamento em bom estado de conservação em uso pela executada. Valor unitário R$ 800,00, R$ 2.400,00; Autos nº06045-2009-892-09-00-9: Luciano Kavetski x Repasse Industria e Comércio de Embalagens Plasticas Ltda(massa Falida) x Mcd Plast Comércio de Plásticos Ltda; 01 maquina Aglutinador contendo uma chave estrela triangular 150 AMP,motor 50 cv, sem marca específica, em regular estado de conservação.R$ 8.500,00; Juiz do Trabalho, Dr. Lourival Barão Marques Filho, da Vara do Trabalho de Pinhais a saber: Autos nº 02511-2007-245-09-00-9: Tania Aparecida Pegoraro Delllai x Pronto Socorro Cidade Ltda. x Datola & Ramos Ltda (ME) x Antonio Roberto Anjos Mansur 01 Balança antropométrica marca Arja, cor branca, bom estado de conservação. R$ 400,00; 01 Estufa de cultura marca Fanem, modelo 002 CB, bom estado de conservação. R$ 500,00; 01 Autoclave horizontal marca Stermax, modelo 20 AVS, 20 Litros, regular estado de conservação.R$ 1300,00; 01 Autoclave horizontal marca Sercon, modelo AHMC 5, digital, data defabricação 02/12/1998, série 981128, bom estado de conservação. R$ 3000,00; 01 Mesa de Radiografia, medindo 2,0m x 0,73m, regular estado de conservação sem marca aparente.R$ 2000,00; 01 Banheira de Hidromassagem marca Astra, cor branca, com motor,sem uso R$ 1000,00; 01 Banheira de Hidromassagem marca Multimax, cor branca, com motor, sem uso; R$ 1100,00; 01 Balança pediátrica marca Filizola, capacidade 16 Kg, mecânica, bom estado de conservação. R$ 200,00; 01 Cadeira de assento sanitário, móvel, bom estado.R$ 80,00; 01 Balança antropométrica marca Filizola, cor branca, capacidade 150 Kg regular estado de conservação.R$ 300,00; 01 Cama Hospitalar Fawler marca Nucleo Tech, cabeceiras de plástico,cor bege, boas condições conservação, com grades laterais.R$ 2000,00; 12 Camas hospitalares Fawler marca Medical-X, com grades laterais, boas condições de conservação, avaliada em R$ 1000,00 cada. R$ 12000,00; 01 Poltrona reclinável, estofado courvin, cor bordô, assento mofado. R$ 150,00; 01 Mesa auxiliar com 5 gavetas, móvel, fórmica cor branca,bom estado de conservação. R$ 400,00; 01 Veículo ambulância Chevrolet Trafic, ano 1992, modelo 1993, Placa AFV-2379, cor branca, com adesivo aplicado em toda lateral do veículo, ausência das ponteiras do parachoque traseiro, lanternas traseiras quebradas, farol dianteiro lado direito trincado, capô amassado com pintura danificada, pneus traseiros gastos, pneus dianteiros 1/2 vida, bancos rasgados, porta luvas quebrado, maca, armário e banco para socorrista; R$ 14.000,00 Ônus Detran R$ .................. até ../.../2013; 01 Veículo Hyundai H100 Van STD, ano e modelo 1995, Placa AFT-4423, ambulância, com parachoque dianteiro quebrado e com pintura danificada capô amassado e ponto de ferrugem, para-brisa quebrado (vidro), lanterna do pisca lado esquerdo dianteiro quebrado, porta do motorista amassada, paralamas lado esquerdo traseiro amassado, lanternas traseira lado esquerdo quebrado, iluminador da placa traseira quebrado parachoque traseiro com pintura danificada, pneus 1/2 vida, banca manchado, assento para 1 passageiro, armário, formação do teto mofa da R$ 13.000,00; Ônus Detran R$ .................. até ../.../2013; 01 Veículo ambulância Furgão Renault, cor branca, Placa AJR-5155, com pontos de ferrugem no capô e próximo ao para-brisa, para-brisa trincado, farol dianteiro lado direito quebrado, grade frontal quebrada 4 pneus em bom estado, porta traseira amassada e com pintura danificada, lanterna traseira lado direito quebrada,tampa do auto-falante quebrado, ausência de rádio, banco do motorista rasgado, ausência do banco do co-piloto, parachoque traseiro quebrado, ferrugem na por ta traseira (parte interna), assoalho do furgão danificado, banco cor branca tecido rasgado,banquinho, estepe com banda de rodagem gas ta, veículo 1.6 i;R$ 10000,00; Ônus Detran R$ .................. até ../.../2013; 01 Veículo ambulância Chevrolet Trafic, ano 1992, modelo 1993, Placa AFV-2379, cor branca, com adesivo aplicado em toda lateral do veículo, ausência das ponteiras do parachoque traseiro, lanternas traseiras quebradas, farol dianteiro lado direito trincado, capô amassado com pintura danificada, pneus traseiros gastos, pneus dianteiros 1/2 vida, bancos rasgados, porta luvas quebrado, maca, armário e banco para socorrista; R$ 14.000,00; Ônus Detran R$ .................. até ../.../2013; 01 Veículo Hyundai H100 Van STD, ano e modelo 1995, Placa AFT-4423, ambulância, com parachoque dianteiro quebrado e com pintura danificada capô amassado e ponto de ferrugem, para-brisa quebrado (vidro), lanterna do pisca lado esquerdo dianteiro quebrado, porta do motorista amassada, paralamas lado esquerdo traseiro amassado, lanternas traseira lado esquerdo quebrado, iluminador da placa traseira quebrado parachoque traseiro com pintura danificada, pneus 1/2 vida, banca manchado, assento para 1 passageiro, armário, formação do teto mofa da;R$ 13.000,00; Ônus Detran R$ .................. até ../.../2013; 01 Autoclave marca Olidef CZ, nº AV500, 92C19, regular estado de concervação;R$ 1000,00; 02 Aparelhos ventiladores marca Engesp, modelo E-250, com controle de temperatura, sem nº de série, com mangueiras, bom estado de conservação, Avaliado em R$ 5.000,00 cada.R$ 10000,00; 03 Monitores Cardíacos marca Drake, modelo MDK 2001, Avaliado em R$ 1.000,00 cada. R$ 3000,00 01 Desfibrilador portátil marca Hellige, modelo SCP 913,s/nº série,com alça quebrada. R$ 1500,00; 01 Berço aquecido marca Olidef CZ, composto da base móvel, cuba plástica,tripe, aparato capacidade 6 lâmpadas fluorescente, bom estado de conservação.R$ 3500,00; 01 Encubadora marca Olidef CZ, com controle termostático,bom estado de conservação. R$ 6000,00;Total R$ 86.430,00 PRÉ-REQUISITOS: Ficam cientes as partes litigantes e seus procuradores, bem como terceiros interessados em participar na Hasta Pública designada, de que a Praça e Leilão serão realizados em um único pregão, sendo que, apregoados os Bens e não havendo licitantes pelo valor equivalente a avaliação constante no Edital,os referidos Bens serão imediatamente Vendidos Pelo Maior Lance Ofertado, submetido a aprovação do Juízo, observado as CONDIÇÕES e REGRAS GERAIS DO LEILÃO, deste Edital: Os Bens Móveis e Imóveis serão Leiloados no Estado de Conservação em que se encontram, nos Imóveis a venda é “ad-corpus”; no ato da compra, o Arrematante está ciente e de acordo que os BENS são vendidos no Estado de Conservação que se encontram; declara irretratável e irrevogavelmente ter vistoriado os Bens e Não cabendo reclamações, desistências, cancelamento ou devoluções; em caso de dúvida NÃO COMPRE; As IMAGENS no SITE e INFORMES PUBLICITÁRIO são de caráter secundário e efeito estritamente ilustrativo; É de total responsabilidade dos Arrematantes:TODOS ÔNUS,IMPOSTOS,DÍVIDAS, MULTAS em especial de IPTU e CONDOMINIAIS (obrigações denominadas “propterrem”) constantes no Edital e/ou informadas antes da hasta publica, são assumidas de forma Clara e Inequívoca pelos interessados em oferecer o Lanço em Hasta Pública,estando plenamente cientes de que os ônus seguirão o imóvel e serão de total e exclusiva responsabilidade do Arrematante ou Adjudicatário,não se admitindo sub-rogações ou deduções dessas dívidas/multas no preço de Arrematação, conforme artigo 686,inciso V,do CPC;São igualmente de responsabilidade do Arrematante adjudicante TRANSFERÊNCIA, OUTRAS DESPESAS: incidentes sobre a Arrematação, tais como: Funrejus=0,2% sobre valor do ônus existentes ou valor arrematado, limitado ao valor teto, Lei Estadual 11.960/97; ITBI,Laudêmios,taxas,alvarás,emolumento s de cartório,escrituras,registros, Averba-ções, hipotecas,penhoras,dividas,Ônus Gravado declarados, Gravames Alienações, Impostos, carregamento, frete, seguro; Despesas do Leilão: Publicação dos Editais, honorários do Leiloeiro, despesas acessórias pendentes sobre o bem demais despesas informadas por erratas no Edital e/ou na Praça e Leilão; Venda a Prazo: a critério do Juízo da execução, com a anuência do Credor, o interessado poderá consignar proposta a prazo, em Leilão, Não havendo venda a vista, observado o imediato depósito do sinal de, no mínimo de 40% do lanço imediato e saldo em parcelas mensais, iguais, acrescidos Juros, Correções e demais garantias a critério do Juízo, a parcela inicial vencerá 30 dias do Leilão.O arrematante ficará como Fiel Depositário sempre observado Art.215 ao Art.221 do provimento Geral da Corregedoria Regional do Trabalho 9º região. Para ofertar propostas a prazo, deverá o licitante anunciar expressamente, tal condição de pagamento ao ofertar o seu lance. Exceto, nos AUTOS levados a Hasta Pública pela 17ª Vara do Trabalho de Curitiba, que, quem tiver interesse em adquirir o IMÓVEL em prestações, deverá: a) APRESENTAR a respectiva proposta por escrito até a véspera do leilão, observadas as condições impostas pelo art. 690 do CPC; b) DEPOSITAR previamente em juízo 30%(trinta por cento) do valor de avaliação do imóvel; c) COMPROVAR nos autos o respectivo depósito, sob pena de rejeição liminar da proposta. Se deferida a proposta,o restante da dívida ficará garantido por hipoteca sobre o próprio imóvel. Sobrevindo dúvida razoável do leiloeiro sobre quem seja o vencedor, deverá o leiloeiro receber o pagamento de quem ofertou o melhor lance em leilão e submeter o caso à deliberação do juiz, que decidirá a questão, dando o bem por arrematado pelo apresentante do melhor lanço ou da proposta prévia mais conveniente, conforme o caso (CPC, art. 690); Comissão de Leilão, sempre será devida ao Leiloeiro Oficial, pelo simples ATO PRATICADO(Decreto Federal nº 21.981/32), assumindo,o arrematante ou, o adjudicante ou o remitente, o ônus desta despesa; não sendo devolvido em nenhuma hipótese; Lançador:Poderá ser registrado na Certidão de Praça e Leilão, o último e o penúltimo Lançador do Leilão;se o último não cumprir as formalidades legais, o penúltimo poderá ser chamado, a critério do Juízo, desde que,o mesmo cumpra as condições do último lançador; Erratas,Ônus, Despesas informadas e anunciadas antes da Hasta Pública integram o Edital de Leilão, como pré condição Irretratável/irrevogável aceita e anuída pelos participantes do LEILÃO; No ato da retirada dos Bens arrematados, os mesmos deverão ser CONFERIDOS rigorosamente, só retirando se estiver plenamente satisfeito,NÃO acatando reclamações, desistências,cancelamento ou devoluções; Os pagamentos efetuados em cheques,serão considerados pagos, após a compensação dos mesmos; Os participantes do Leilão estarão sujeitos ao Artigo 335 do CPC, contra aqueles que impedirem, perturbarem, fraudarem,afastarem ou procurarem afastar licitantes por meios ilícitos, com os agravantes dos crimes praticados contra a ordem pública e violência;O Leiloeiro Oficial poderá Separar, Reunir ou Suspender Lotes;Ficam intimada(os) as(os) executada(os) de que o prazo para apresentação de quaisquer medidas processuais contra os atos de expropriação como embargos ou recursos começará a fluir no 5º(Quinto) dia após a realização da Hasta Pública,Independentemente de nova Intimação;Caso os Exeqüentes, Executados, Sócios/Equiparados e Cônjuges não sejam encontrados ou cientificados, por qualquer razão, da data de Praça e Leilão, valerá o presente Edital de Intimação de Praça e Leilão; Para Participação no Leilão é pré-requisito que os Interessados reconheçam e concordem com o Edital e Condições informadas na Praça e Leilão; Legenda; (PBB3*); Penhora do Banco do Brasil; (VC4*); Vara Civil (CTC5*); Vara do Trabalho de Curitiba (AFBB6*);Alienação Fiduciária-Banco Bradesco

Opinião

coluna@induscom.com.br

De Onde vem a Opressão? *Por Andréa Maria Carneiro Lobo* No ano de 1974, quando o Brasil ainda era governado por uma Ditadura, o poeta Antônio Carlos de Brito (Cacaso) lançava um livro intitulado “O Grupo Escolar”. Nele se poderia ler um poema, que começava assim: Sonhei com um general de ombros largos Que fedia E que no sonho me apontava a poesia Enquanto um pássaro pensava suas penas E já sem resistência resistia... Em tempos de ditadura, a figura do General remete à ausência de liberdade. Mas o poema também fala de um pássaro pensando sobre suas próprias penas: seria uma ave que não consegue voar? Ou um poeta impedido de escrever? Mas, mesmo assim, o pássaro (ou o poeta?), quase já sem resistência, resiste. A escrita como resistência, a poesia como estratégia de luta contra a falta de liberdade. No contexto em que esse poema foi escrito, a liberdade de expressão era um direito que precisava ser reconquistado: foi destituído, junto com a Democracia, no Golpe de 1964. A opressão vinha de diferentes formas: censura, liberdade vigiada, impedimento de votar... Mas de uma só direção: de um Estado de exceção. Hoje os tempos são outros: vivemos novamente em uma democracia. Podemos votar, expressar o que sentimos e desfrutamos do direito de ir e vir. Isso não veio de graça: foi fruto das mobilizações dos sindicatos, das passeatas dos estudantes, da resistência armada da guerrilha, dos manifestos, dos poemas, dos cartuns, das músicas de protesto... Formas de resistência que, a duras penas, foram, aos poucos, minando a Ditadura - e a opressão que ela representava. Então, isso significa que hoje, não nos sentimos mais oprimidos, certo? Errado. A diferença, é que hoje, a opressão vem de lugares tão diferentes e diversos, e muda de estratégia tão rapidamente, que não conseguimos identificar sua origem. Não conseguimos saber de onde ela vem, para combatê-la, ainda que seja com a poesia. Hoje, a opressão parece vir de todos os lados - e até de dentro da gente. Uma opressão decorrente de um ritmo de vida, por nós mesmos criados, mas que é desproporcional às nossas forças, quase impossível de ser cumprido. Como no trecho da música “Teatro dos Vampiros” de Renato Russo, um dos poetas do pop rock brasileiro dos anos 80 e 90: “... Esse é o nosso mundo O que é demais nunca é o bastante E a primeira vez É sempre a última chance Ninguém vê aonde chegamos Os assassinos estão livres Nós não estamos... Qual a razão da nossa angústia? Quais as questões que atualmente, nos oprimem? No dia-a-dia agitado de uma grande cidade, pequenas aflições se acumulam: trânsito parado, ônibus lotado, chegar atrasado, comer sempre correndo, estar sempre devendo. De repente, uma fagulha – algo como o aumento da passagem de ônibus – é o que basta para explodir um barril repleto de insatisfações contidas. De diferentes lados da cidade – e da pirâmide social – pequenas labaredas se juntam e externam sua indignação. Diante da força “perigosa” da multidão, aquele poder repressivo, covarde, que julgávamos extinto com o fim da ditadura, volta à tona, mostrando que nunca deixou de existir. Outros tempos, novas angústias, outras formas de opressão (e de resistência), mas a mesma forma de repressão. É a violência do Estado, manifesta pela força policial e que se volta justamente contra aquela que constitui uma das formas mais legítimas da política: a mobilização popular. * Andréa Maria Carneiro Lobo é professora da Unibrasil e doutoranda em História pela UFPR.

Curitiba recebe a festa mundial de todos os que falam espanhol O Instituto Cervantes vai comemorar, no dia 22 de junho, o Dia E, a festa de todos os que falam espanhol. A celebração é feita em todo o mundo. Em Curitiba, o local não poderia ser melhor: a comemoração será na Praça da Espanha. O Instituto Cervantes vai oferecer aulas experimentais de espanhol, contação de histórias e a exposição fotográfica “Un paseo por el mundo hispano”. No centro da praça haverá apresentações musicais e artísticas. As danças espanholas serão apresentadas pelo Centro Espanhol do Paraná e pelo Instituto Flamenco Brasileiro de Arte e Cultura. O folclore argentino estará representado pelo Dúo Acuña, trazido diretamente da província de Corrientes pelo Consulado da Argentina. O grupo Raices Bolivianas vai mostrar a morenada, dança típica daquele país. E a bailarina Marina Villanueva apresenta a polca paraguaia. De acordo com o diretor do Instituto Cervantes de Curitiba, Pedro Eusébio Cuesta, a cidade terá a mesma variedade de atrações de outros países. “Curitiba é considerada um

celeiro cultural e palco de diversas manifestações artísticas. Eventos como esse agregam conhecimento, alegria e satisfação de forma gratuita à população”, avalia. Ele conta ainda como surgiu a data: “Foi criada em 2009 para celebrar o aniversário de 18 anos de fundação da sede do instituto em Madrid e, ao mesmo tempo, difundir o idioma espanhol e a cultura dos países hispano-americanos. O evento é realizado no mundo todo, no sábado mais próximo do solstício de verão”. A festa do Dia E será transmitida ao vivo pela página do instituto no Facebook. O Instituto Cervantes de Curitiba fechou uma parceria com a empresa Live One, que vai usar a tecnologia de streaming, ou seja, transmissão de dados online. O Instituto Cervantes de Curitiba tem como parceiros do evento o Centro Espanhol do Paraná, os consulados da Argentina e da Espanha em Curitiba, a Prefeitura de Curitiba, a Fundação Cultural e a Associação dos Comerciantes da Região da Praça da Espanha.


Diário Indústria&Comércio

Publicidade Legal Curitiba, quinta-feira, 20 de junho de 2013 | Pág. A7

AUTO POSTO PACHECO LTDA torna público que requereu à Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Curitiba, a Licença de Operação, para revenda de combustíveis situada à R. Rodovia BR 116, nº 22.730 ,Km 110 , Bairro Tatuquara, Cidade de Curitiba, Estado do Paraná. A empresa SPECIALMIX INDUSTRIAL LTDA, torna publico que recebeu do IAP/PR, a Licença de Operação nº 9123, válida até 20/06/2015, para a atividade: Indústria Química; Endereço: Rua Antônio Zielonka, 1125, Estância Pinhais/ Pinhais – PR. VIVO S/A torna público que requereu à Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Curitiba a Licença de Instalação, para a Estação Radio Base KUA Curitiba Umbará situada à Rua Eduardo Pinto da Rocha, 6706 esquina com a Rua Rosa Cavichiolo, 25. VIVO S/A torna público que recebeu da Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Curitiba a Licença Prévia, válida até 11/06/2015 para a Estação Radio Base KUA Curitiba Umbará situada à Rua Eduardo Pinto da Rocha, 6706 esquina com a Rua Rosa Cavichiolo, 25. SÚMULA DE LICENÇA DE OPERAÇÃO - RENOVAÇÃO ORGANIZAÇÃO EDUCACIONAL EXPOENTE LTDA, inscrita no CNPJ/MF sob n° 80.531.015/0004-68, torna público requereu ao Instituto Ambiental do Paraná – IAP renovação de Licença Ambiental (Licença de Operação – LO n° 19100) para operar empreendimento/atividade de edição integrada de cadastros, listas e de outros produtos gráficos, na Av. Maringá, n° 350, Vila Emiliano Perneta, Pinhais, Paraná. Não foi determinado estudo de impacto ambiental. Empresa consultora: MOR Gestão Ambiental e Florestal Ltda. (www.morgestaoambiental.com.br).

Súmula de Recebimento de Licença de Operação A Wetron Automação Ltda, CNPJ 02.211.663/0002-61, torna público que recebeu do IAP a Licença de Operação nº 28896, para fabricação, manutenção e instalação de máquinas, equipamentos e aparelhos de automação e controle de processos industriais, situada à Rua Niterói, n° 93, município de São José dos Pinhais-PR. EDITAL DE PROCLAMAS Cartório Distrital da Barreirinha JOAQUIM VIEIRA MACIEL - Titular Av. Anita Garibaldi ,1250 – Ahú – Fone (41) 3352-3002/3254-8424/3252-3605 Faço saber que pretendem casar-se e apresentarem documentos exigidos pelo artigo 1525, incisos I, III e IV; I, III,IV e V do Código Civil Brasileiro em vigência, os contraentes: 1-RAFAEL COSTA LIPPEL e NADINE GIL; 2-MANOEL SCHUSTER OLIVEIRA SANTOS e EMANUELA CAROLINE NOGUEIRA ANGELIN; 3-ARMIN GRUNEVALD e ZELINDA OLIVEIRA FRANCO ZAZE; 4-MANOEL CAETANO FERREIRA FILHO e ALESSANDRA APARECIDA CHAMBERLAIM CORRÊA; 5-ARLINDO KUBIS ABINOSKI e ROSÂNGELA RIBEIRO; 6-JONER MARCELINO CIMADA DE OLIVEIRA CAMARGO e MARILIA ELOIZA BIZZI. Se alguém souber de algum impedimento, oponha-o na forma da Lei, no prazo de 15 dias. Lavro o presente Edital de Proclamas para ser publicado e afixado em lugar de costume. CURITIba, 19 DE JUNHO de 2013 MURALHA PARTICIPAÇÕES S/A CNPJ MF Nº 04.075.689/0001-74 ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA EDITAL DE CONVOCAÇÃO São convidados os Senhores acionistas, para em Assembleia Geral Ordinária a qual realizar-se-á na Sede Social à Rua Holanda nº 719, HOLANDA CENTER BL 01 LOJAS ED - Unidade 11-A, 02º Andar – Bairro Boa Vista, nesta cidade de Curitiba - PR., às 10:00 horas do dia 20 de julho de 2.013, para tomarem conhecimento e deliberarem sobre a seguinte: ORDEM DO DIA a) Apreciação, discussão e votação do Relatório da Diretoria e Balanço Geral, referente ao exercício encerrado em 31.12.2012; b) Destinação, aprovação e ratificação dos valores distribuídos ou a distribuir que deverão ser levados à debito da conta lucros acumulados. AVISO:- Comunicamos, outrossim, que os documentos a que se refere o Artigo 133, da Lei 6.404/76, de 15 de Dezembro de 1.976, e alterações subsequentes, encontramse à disposição dos Senhores Acionistas, na Sede Social. Curitiba, 04 de junho de 2013. MURALHA PARTICIPAÇÕES S/A EGBERTO N. DE CARVALHO E SILVA e LUCIANO RASERA GULIN Diretores AGRO PASTORIL NOVO HORIZONTE S/A CNPJ/MF N.º 78.231.701/0001-29 NIRE N.º 4130000230-4 ATA DA 34ª ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA E DA 45ª ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA DATA, HORA E LOCAL: Aos 26 dias de abril de 2013, às 09:00 horas, em Curitiba, Estado do Paraná, na Rua Amazonas, n.º 572, Água Verde, CEP 80610-030. CONVOCAÇÃO: Editais publicados em 17, 18 e 19 de abril de 2013 no Diário Oficial do Estado do Paraná, nas páginas 42, 56 e 42, respectivamente, e no Jornal Indústria e Comércio, em 17, 18 e 19 de abril de 2013, nas páginas A7, A8 e A7. PRESENÇA DE ACIONISTAS: Representando 100% (cem por cento) do Capital Social votante, conforme assinaturas lançadas no livro de “Presenças de Acionistas”. COMPOSIÇÃO DA MESA: Presidente: Edson Isfer e Secretário: Carlos Alberto Hauer de Oliveira. ORDEM DO DIA: Na Assembléia Geral Ordinária: (1) Verificação e aprovação das demonstrações financeiras e relatórios dos administradores relativos ao exercício financeiro findo em 2012. Na Assembléia Geral Extraordinária: (1) Alteração do Estatuto Social da Companhia, notadamente em seu artigo 8º, a fim de redefinir a forma de composição da diretoria; (2) Alteração do Estatuto Social da Companhia, notadamente em seu artigo 11, parágrafo primeiro, ‘b’, para incluir expressa e nomeadamente a possibilidade de a Agro Pastoril Novo Horizonte S/A prestar avais às Companhias operacionais do Grupo Zugman; (3) Deliberação acerca da destinação a ser dada ao saldo das reservas de lucros, haja vista a redação do art. 199 da Lei 6.404/1976. DELIBERAÇÕES PRELIMINARES: Preliminarmente, os acionistas deliberaram o seguinte: a) autorizaram a lavratura da presente ata sob a forma de sumário, conforme permissivo legal contido no artigo 130, § 1º, da Lei n.º 6.404/76; b) vedaram o acesso de qualquer pessoa distinta das pessoas dos acionistas e/ou de seu advogado, regularmente constituído para esta assembléia, dos membros do Conselho Fiscal, dos auditores independentes, ou de pessoas expressamente autorizadas por esta Assembléia Geral Ordinária/Extraordinária que possam auxiliar na realização das atividades; c) em relação ao item 01 da Ordem do Dia da Assembléia Geral Ordinária, convencionou-se que os administradores farão exposição acerca das demonstrações financeiras e relatórios relativos ao exercício financeiro findo em 2012. Será dispensada a leitura dos pareceres dos Conselheiros Fiscais, vez que estavam à disposição dos acionistas desde o referido dia 26/03/2012. DELIBERAÇÕES TOMADAS: Na Assembléia Geral Ordinária: (1) Inicialmente, foi feita exposição das demonstrações financeiras e relatórios pelos administradores, relativamente ao exercício financeiro findo em 2012, cujos documentos estavam disponíveis aos acionistas desde o dia 26 de março de 2013. Após discussão, os acionistas, por maioria dos votos, vencida a acionista Sila Zugman Calderoni, aprovaram as demonstrações financeiras e relatórios apresentados pelos administradores. Os impedidos se abstiveram de votar. Posteriormente, em relação aos temas da ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA, (1) foi discutido sobre a necessidade de modificar o art. 8º do Estatuto Social da Companhia, notadamente a fim de redefinir a forma de composição da Diretoria. Após discussão, os acionistas, por maioria de votos (88,26%), vencida a acionista Sila Zugman Calderoni, entenderam ser necessária a modificação da redação do mencionado artigo, o qual passa a viger com a seguinte redação: “A sociedade será administrada por uma diretoria composta de 2 (dois) membros acionistas ou não, residentes no país, sendo 1 (um) Diretor-Presidente e 1 (um) Diretor-Executivo.” (1-a) Diante da deliberação, restou ratificada, por maioria dos votos (100% dos demais), se abstendo a acionista Sila Zugman Calderoni, a permanência dos Senhores Júlio Zugman e Saul Chuny Zugmann na função de administradores da Companhia, sendo o primeiro o Diretor-Presidente e o segundo o Diretor-Executivo. (2) Na sequência, foi discutido sobre a modificação do art. 11, parágrafo primeiro, ‘b’, do Estatuto Social da Companhia, a fim de incluir expressa e nomeadamente a possibilidade de a Agro Pastoril Novo Horizonte S/A prestar avais às Companhias Operacionais do Grupo Zugman. Após discussão, os acionistas, por maioria de votos, tendo se abstido as acionistas Clara Regina Rappaport, Thelma Zugman Mazer e vencida a acionista Sila Zugman Calderoni, entenderam ser necessária a modificação da redação do mencionado artigo, o qual passa a viger com a seguinte redação: “para prestar avais, fianças, hipotecar ou onerar com quaisquer ônus os bens imóveis da companhia em favor das seguintes sociedades: (a) Compensados e Laminados Lavrasul S/A; (b) Lavradora Racional de Madeiras Lavrama S/A; (c) Brascomp Compensados do Brasil S/A; (d) Maginco Verde Ltda.; (e) Transportes Representações e Consignações Izê Ltda.; (f) Incorporadora e Administradora Arvoredo Ltda.; (g) Agroflorestal e Madeireira Arapapuco Ltda.; (h) Participações e Administração Rio Anapú Ltda.”. (3) Após, houve discussão acerca da destinação a ser dada ao saldo das reservas de lucros, haja vista a redação do art. 199 da Lei 6.404/1976. Restou decidido, se abstendo a acionista Fany Reicher, e vencidas as acionistas Clara Regina Rappaport, Thelma Zugman Mazer e Sila Zugman Calderoni, a capitalização de parte das Reservas de Capital no importe de R$ 725.182,37 (setecentos e vinte e cinco mil cento e oitenta e dois reais e trinta e sete centavos), Reserva de Lucros no importe de R$ 28.650.189,10 (vinte e oito milhões seiscentos e cinqüenta mil cento e oitenta e nove reais e dez centavos) e da Reserva para Futuro Aumento do Capital no importe de R$ 32.106.706,53 (trinta e dois milhões cento e seis mil setecentos e seis reais e cinqüenta e três centavos), passando o capital social da sociedade a ser de R$ 68.000.000,00 (sessenta e oito milhões de reais) e sendo mantido o valor de R$ 67.796.151,08 (sessenta e sete milhões setecentos e noventa e deis mil cento e cinqüenta e um reais e oito centavos) à conta de reserva para futuro aumento de capital. (3-a) Em conseqüência, foi deliberado, por unanimidade de votos o reagrupamento das ações. (3-b) Em conseqüência, resta alterado o artigo 5o do Estatuto Social da Companhia que passa a ter a seguinte redação: “art. 5o O capital social, subscrito e realizado é de R$ 68.000.000,00 (sessenta e oito milhões de reais), representados por hum milhão e trinta mil ações ordinárias nominativas, sem valor nominal.” (3-c) Ficam preservadas as participações acionárias de cada acionista. (4) Por fim, foi deliberado sobre a manutenção do Conselho Fiscal e a escolha dos seus membros. As acionistas Clara Regina Rappaport, Fany Reicher, Sila Zugman Calderoni e Thelma Zugman Mazer requereram a escolha em separado de um membro do Conselho Fiscal, em face da condição de minoritárias na Companhia. Após discussão, houve a eleição de um membro em separado para o Conselho Fiscal por parte das minoritárias, restando eleito, por maioria de votos das minoritárias, vencida a acionista Sila Zugman Calderoni e tendo se abstido por razão de foro íntimo a acionista Fany Reicher, o Sr. Adir Barusso, brasileiro, casado, administrador, portador da Carteira de Identidade RG n° 371924 e inscrito no CPF/MF sob n° 000927119-87, residente e domiciliado em Curitiba, Estado do Paraná, na Rua Professora Ivete Fonseca de Siqueira, n° 43, apto. 501 e como Conselheiro Fiscal Suplente o Sr. Mario Ernesto Surmas, brasileiro, casado, portador da Carteira de Identidade RG n° 1027089-8 e inscrito no CPF/MF sob n° 200912069-87, domiciliado na Avenida Presidente Artur Bernardes, n° 452, loja 04. Logo depois, foram eleitos como Conselheiros Fiscais, por parte dos majoritários, os senhores Jorge Luiz Mazeto, brasileiro, portador do RG n° 2083858-2 e inscrito no CPF/MF n° 514.550.809-34, residente e domiciliado na Rua José Izidoro Biazetto, n° 410, Curitiba, Paraná e Alberto Irazê Ribeiro, brasileiro, portador do RG n° 6329373 e inscrito no CPF/MF n° 028.027.32900. Como Conselheiros Fiscais Suplentes, foram eleitos, respectivamente, os senhores Vanderley Cardoso de Moraes, brasileiro, portador do RG n° 2032578-0 e inscrito no CPF/MF n° 333.076.01920, residente e domiciliado na Rua Nilo Peçanha, n° 27, apto. 21, Curitiba, Paraná e Nilson Antonio de Souza Rosa, brasileiro, portador do RG n° 3502772-6 e inscrito no CPF/MF n° 472.104.869-68, residente e domiciliado na Rua Prefeito Ângelo Ferrario Lopes, n° 1557, Curitiba, Paraná. ENCERRAMENTO: Nada mais havendo, foi suspensa a Assembléia para que a acionista Sila Zugman Calderoni fizesse o lavramento de voto em apartado. Após o reinício, foi dada a palavra a qualquer acionista que desejasse dela fazer uso. Como não houve manifestações, foram encerrados os trabalhos para a lavratura da presente ata – em quatro vias – que, após lida, foi aprovada por todos os acionistas presentes, com apresentação de voto em apartado pela acionista Sila Zugman Calderoni, arquivado na sede da companhia. Curitiba, 26 de abril de 2013. Edson Isfer – Presidente, Carlos Alberto Hauer de Oliveira, Secretário. ARQUIVAMENTO: A presente ata em seu inteiro teor foi arquivada na Junta Comercial do Estado do Paraná sob nº. 20132528061 protocolo nº. 13/252806-1 por despacho em sessão de 29/05/2013.

1º Ofício do registro Civil 13º Tabelionato Leão Bel. Ricardo Augusto de Leão - Oficial Trav. Nestor de Castro, 271 - CEP 80.020-120 Centro - Curitiba - PR EDITAL DE PROCLAMAS Faço saber que pretendem casar-se: 1 - RAFAEL OLIVEIRA DE CARVAHO e LUCIANA HEPP; 2 - SIMEI WELLINGTON PALUDETTO e NATALIA TENILE BRUSCH; 3 - MAURICIO RODRIGUES DIAS e ROSENILDA APARECIDA FERREIRA . Se alguém souber de algum impedimento, oponha-o na forma da Lei, no prazo de 15 dias. Lavro o presente Edital de Proclamas para ser publicado e afixado em lugar de costume. CURITIba, 19 DE JUNHO de 2013

COMUNICADO PÚBLICO A Vivo S.A., operadora do Serviço Móvel Pessoal no Estado do Paraná, em atenção ao disposto no Regulamento do Serviço Móvel Pessoal, aprovado pela Resolução da ANATEL nº 477/07, informa a seus clientes e ao público em geral que ocorreram dificuldades pontuais e temporárias na prestação do serviço, nas localidades e períodos informados abaixo: Período Início Fim 17/06/2013 17/06/2013 17h51min 20h29min Piraquara 18/06/2013 18/06/2013 09h25min 10h08min Campo Mourão 18/06/2013 18/06/2013 15h41min 17h51min A Vivo agradece a compreensão de seus clientes e qualidade de seus serviços. Localidade

Motivo Instabilidade no suprimento de energia elétrica. Instabilidade em equipamento. reafirma o compromisso com a

Vivo S.A. CNPJ nº 02.449.992/0001-64

MANDALA AG7 SPE EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS S/A CNPJ Nº 17.832.248/0001-11 NIRE Nº 41300086729 ATA DA PRIMEIRA ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA REALIZADA EM 30 DE ABRIL DE 2013 01.FORMA: Lavrada nos termos do parágrafo primeiro do art. 130, da Lei 6.404/76. 02.DATA, HORA E LOCAL: 30.04.2013, às 16:00 horas, na sede social, na Rua Padre Anchieta, 1291 – Outros 0 – Andar CB – CHAMPAGNAT CENTER TORRE RESID, Bairro Bigorrilho, Curitiba – Paraná, CEP: 80.730-000. 03.PUBLICAÇÕES: Dispensadas, de acordo com o disposto no art. 124, parágrafo quarto, da Lei 6.404/76. 04.PRESENÇA: Acionistas representando 100% (cem por cento) do capital social, conforme Livro de Presenças de Acionistas. 05.COMPOSIÇÃO DA MESA: Presidente da Mesa Sr. Alfredo Gulin Neto e Secretário Sr. Alfredo Gulin Filho. 06. CONVOCAÇÃO: Dispensada, face à presença de acionistas representando 100% (cem por cento) do capital social. 07. ORDEM DO DIA a) Alteração do Artigo 5º do Capítulo Segundo, para constar a exclusão do valor nominal das ações representativas do capital social; b) Eleição para o preenchimento do cargo de Diretor Presidente e Vice-Presidente, vago em decorrência do pedido de substituição dos diretores; c) Consolidação do Estatuto Social. 08. DELIBERAÇÕES: Dando início aos trabalhos o Sr. Presidente da Mesa determinou a mim Secretário, que procedesse a leitura dos documentos a que se refere a letra “a”, da Ordem do Dia da Carta Convite, esclarecendo sobre a necessidade da alteração do Artigo 5º do Capítulo Segundo, para constar a exclusão do valor nominal das ações representativas do capital social, que passa a viger com a seguinte redação: ARTIGO 5º - O capital social é de R$ 10.000,00 (dez mil reais) dividido em 1.000.000 (um milhão) de ações ordinárias nominativas, sem valor nominal. PARÁGRAFO PRIMEIRO - As ações serão ordinárias nominativas podendo a Sociedade satisfeitos os requisitos legais, emitir certificados de ações e, provisoriamente, cautelas que as representem, assinadas por dois diretores. PARÁGRAFO SEGUNDO - Cada ação ordinária nominativa dá direito a um voto nas deliberações da Assembleia Geral e serão consideradas indivisíveis em relação à Sociedade. PARÁGRAFO TERCEIRO - A transferência das ações farse-á de conformidade com as disposições legais em vigor ao seu tempo. Matéria que colocada em votação foi aprovada pela unanimidade dos presentes. Dando continuidade aos trabalhos passou-se a discutir sobre o assunto constante da letra “b”, da Carta Convite, que trata da necessidade da eleição para os Cargos de Diretor Presidente e Vice-Presidente, determinando o senhor Presidente da Mesa que os presentes indicassem seus candidatos. Usou da palavra a acionista da AG7 PARTNERS S/A Sra. PAOLA SEIXAS GULIN sugerindo como sucessores para os cargos vagos até o término do mandato da Diretoria do triênio 2013/2015 o Sr. ALFREDO GULIN NETO, para Diretor Presidente e ALFREDO GULIN FILHO, para Diretor Vice-Presidente. Submetida a proposta à consideração e votação da assembleia, foi a mesma aprovada por unanimidade. A seguir o senhor Presidente da Mesa declarou os eleitos Srs. ALFREDO GULIN NETO e ALFREDO GULIN FILHO, empossados nos cargos de Diretor Presidente e Vice-Presidente, com mandato até a Assembleia Geral que aprovar as contas do exercício de 2015, e, com as mesmas atribuições constantes do Capítulo IV do Estatuto Social. Valendo à presente como termo de posse e como declaração de desimpedimento, eis que declaram os Diretores eleitos que não estão incursos em qualquer situação que os impeçam de assumir o cargo para o qual foram eleitos ou de exercerem atividade mercantil. Dando sequência aos trabalhos passou-se a discutir sobre o assunto constante da letra “c”, da Carta Convite, que trata da CONSOLIDAÇÃO DO ESTATUTO SOCIAL com a reprodução expressa de todos os seus Parágrafos, Artigos e Capítulos, e que é parte integrante da presente na forma do seu ANEXO I, e o Boletim de Subscrição como ANEXO II, a apreciação dos acionistas que foi aprovado por unanimidade na forma proposta. 09.QUORUM DELIBERATIVO: Todas as deliberações foram aprovadas pela unanimidade dos presentes. 10.ENCERRAMENTO: Foram suspensos os trabalhos até a lavratura da presente, que lida e achada conforme foi por todos assinada. 11.ACIONISTAS PRESENTES: ALFREDO GULIN NETO e AG7 PARTNERS S/A ( Alfredo Gulin Filho – Diretor). 12.CERTIDÃO: Certifico que a presente ata é cópia fiel da ata lavrada no livro de Registro de Atas de Assembléias nº 01 da companhia. Curitiba/PR, 30 de abril de 2013. ALFREDO GULIN NETO ALFREDO GULIN FILHO Presidente da Mesa Secretario DIRETORES ELEITOS: Diretor Presidente Diretor Vice-Presidente ALFREDO GULIN NETO ALFREDO GULIN FILHO Registrada na Junta Comercial do Estado do Paraná sob o nº 20132540479 em 23/05/2013. AG7 PARTNERS S/A CNPJ Nº 14.828.134/0001-00 NIRE Nº 41300083771 ATA DA SEGUNDA ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA REALIZADA EM 30 DE ABRIL DE 2013 01.FORMA: Lavrada nos termos do parágrafo primeiro do art. 130, da Lei 6.404/76. 02.DATA, HORA E LOCAL: 30.04.2013, às 14:00 horas, na sede social, na Rua Padre Anchieta, 1291 – Outros 0 – Andar CB – CHAMPAGNAT CENTER TORRE RESID, Bairro Bigorrilho, Curitiba – Paraná, CEP: 80.730-000. 03.PUBLICAÇÕES: Dispensadas, de acordo com o disposto no art. 124, parágrafo quarto, da Lei 6.404/76. 04.PRESENÇA: Acionistas representando 100% (cem por cento) do capital social, conforme Livro de Presenças de Acionistas. 05.COMPOSIÇÃO DA MESA: Presidente da Mesa Sr. Alfredo Gulin Neto e Secretário Sr. Alfredo Gulin Filho. 06. CONVOCAÇÃO: Dispensada, face à presença de acionistas representando 100% (cem por cento) do capital social. 07. ORDEM DO DIA a) Eleição para o preenchimento do cargo de Diretor Presidente e Vice-Presidente, vago em decorrência do pedido de substituição dos diretores. b) Consolidação do Estatuto Social. 08. DELIBERAÇÕES: Dando início aos trabalhos o Sr. Presidente da Mesa determinou a mim Secretário, que procedesse a leitura dos documentos a que se refere a letra “a”, da Ordem do Dia da Carta Convite, esclarecendo sobre a necessidade, da eleição para os Cargos de Diretor Presidente e Vice-Presidente, determinando o senhor Presidente da Mesa que os presentes indicassem seus candidatos. Usou da palavra a acionista ANDRESSA SEIXAS GULIN sugerindo como sucessores para os cargos vagos até o término do mandato da Diretoria do triênio 2011/2013 o Sr. ALFREDO GULIN NETO, para Diretor Presidente e ALFREDO GULIN FILHO, para Diretor VicePresidente. Submetida a proposta à consideração e votação da assembleia, foi a mesma aprovada por unanimidade. A seguir o senhor Presidente da Mesa declarou os eleitos Srs. ALFREDO GULIN NETO e ALFREDO GULIN FILHO, empossados nos cargos de Diretor Presidente e Vice-Presidente, com mandato até a Assembleia Geral que aprovar as contas do exercício de 2014, e, com as mesmas atribuições constantes do Capítulo IV do Estatuto Social. Valendo à presente como termo de posse e como declaração de desimpedimento, eis que declaram os Diretores eleitos que não estão incursos em qualquer situação que os impeçam de assumir o cargo para o qual foram eleitos ou de exercerem atividade mercantil. Dando sequência aos trabalhos passou-se a discutir sobre o assunto constante da letra “b”, da Carta Convite, que trata da CONSOLIDAÇÃO DO ESTATUTO SOCIAL com a reprodução expressa de todos os seus Parágrafos, Artigos e Capítulos, e que é parte integrante da presente na forma do seu ANEXO I, e o Boletim de Subscrição como ANEXO II, a apreciação dos acionistas que foi aprovado por unanimidade na forma proposta. 09.QUORUM DELIBERATIVO: Todas as deliberações foram aprovadas pela unanimidade dos presentes. 10.ENCERRAMENTO: Foram suspensos os trabalhos até a lavratura da presente, que lida e achada conforme foi por todos assinada. 11.ACIONISTAS PRESENTES: ALFREDO GULIN FILHO, ALFREDO GULIN NETO, PAOLA SEIXAS GULIN e ANDRESSA SEIXAS GULIN. 12.CERTIDÃO: Certifico que a presente ata é cópia fiel da ata lavrada no livro de Registro de Atas de Assembléias nº 01 da companhia. Curitiba/PR, 30 de abril de 2013. ALFREDO GULIN NETO ALFREDO GULIN FILHO Presidente da Mesa Secretario DIRETORES ELEITOS: Diretor Presidente Diretor Vice-Presidente ALFREDO GULIN NETO ALFREDO GULIN FILHO Registrada na Junta Comercial do Estado do Paraná sob o nº 20132540460 em 23/05/2013.

AÇÃO MONITÓRIA Nº 5005885-87.2012.404.7000/PR AUTOR : CAIXA ECONÔMICA FEDERAL - CEF RÉU : JEFERSON CABRAL EDITAL N.º 7313072 DE CITAÇÃO PRAZO: 30 (TRINTA) DIAS O DR. MARCOS ROBERTO ARAÚJO DOS SANTOS, JUIZ DA 4ª VARA FEDERAL, SUBSEÇÃO JUDICIÁRIA DE CURITIBA, SEÇÃO JUDICIÁRIA DO PARANÁ, NA FORMA DA LEI, ETC.... F A Z S A B E R aos que o presente edital virem ou dele conhecimento tiverem, que por este Juízo Federal e Secretaria respectiva, tramita o processo de Ação Monitória acima referido, cujo objeto é a citação de JEFERSON CABRAL, para o pagamento à exeqüente da dívida decorrente de inadimplemento em Contrato de Financiamento - CONSTRUCARD. Fica, por este meio, C I T A D A JEFERSON CABRAL, CPF nº 044.988.009-58, brasileiro, solteiro, lanterneiro automotivo, portador do CI/RG 8.669.892-7, por estar em lugar incerto e não sabido, para que pague, no prazo de 15 (quinze) dias, contados após decorrido o prazo do presente edital, R$ 12.482,80 (doze mil, quatrocentos e oitenta e dois reais, oitenta centavos), valor válido para outubro de 2011, a ser devidamente corrigido até a data do efetivo pagamento, ficando o executado nesse caso, isento de custas e honorários de sucumbência (art. 1102, ‘c’, § 1º do CPC) - ou ofereça embargos, independentemente de segurança do juízo, a serem processados nos presentes autos (art. 1.102, ‘c’, § 2º do CPC), conforme petição e despachos. Dívida decorrente de Contrato de Financiamento - CONSTRUCARD. Não havendo o pagamento, nem a interposição de embargos, constituir-se-á de pleno direito o título executivo, prosseguindo-se a execução nos termos dos artigos 475-J e seguintes do Código de Processo Civil. EXPEDIDO em Curitiba - PR, aos seis dias de junho de dois mil e treze (06.06.13). Eu, (a), Léa Maria Otani, Diretora de Secretaria da 4ª Vara Federal, fiz digitar, conferi e assino, por ordem do MM. Juiz Federal. MARCOS ROBERTO ARAUJO DOS SANTOS Juiz Federal COMPENSADOS E LAMINADOS LAVRASUL S/A CNPJ/MF N.º 83.187.930/0001-23 NIRE N.º 4130000695-4 ATA DA 48ª (QUADRAGÉSIMA OITAVA) ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA E DA 76ª (SEPTUAGÉSIMA SEXTA) ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA DATA, HORA E LOCAL: Aos 26 dias de abril de 2013, às 11:00 horas, em Curitiba, Estado do Paraná, na Rua Amazonas, n.º 572, Água Verde, CEP 80610-030. CONVOCAÇÃO: Editais publicados em 17, 18 e 19 de abril de 2013 no Diário Oficial do Estado do Paraná, nas páginas 44, 56 e 42, respectivamente, e no Jornal Indústria e Comércio, em 17, 18 e 19/21 de abril de 2013, nas páginas A7, A8 e A7. PRESENÇA DE ACIONISTAS: Representando 100% (cem por cento) do Capital Social votante, conforme assinaturas lançadas no livro de “Presenças de Acionistas”. COMPOSIÇÃO DA MESA: Presidente: Edson Isfer e Secretário: Carlos Alberto Hauer de Oliveira. ORDEM DO DIA: Na Assembléia Geral Ordinária: (1) Verificação e aprovação das demonstrações financeiras e relatórios dos administradores relativos ao exercício financeiro findo em 2012; Na Assembléia Geral Extraordinária: (1) Ratificação das deliberações tomadas na Assembleia Geral Ordinária Nº 46, especialmente quanto ao mandato dos Srs. Diretores para o triênio de 2011 a 2014. DELIBERAÇÕES PRELIMINARES: Preliminarmente, os acionistas deliberaram o seguinte: a) autorizaram a lavratura da presente ata sob a forma de sumário, conforme permissivo legal contido no artigo 130, § 1º, da Lei n.º 6.404/76; b) vedaram o acesso de qualquer pessoa distinta das pessoas dos acionistas e/ou de seu advogado, regularmente constituído para esta assembléia, dos membros do Conselho Fiscal, auditores independentes, ou de pessoas expressamente autorizadas por esta Assembléia Geral Ordinária/Extraordinária que possam auxiliar na realização das atividades; c) em relação ao item 01 da Ordem do Dia da Assembléia Geral Ordinária, convencionou-se que se dispensará a apresentação acerca das demonstrações financeiras e relatórios relativos ao exercício financeiro findo em 2012, por parte dos administradores, já que os documentos encontravamse à disposição dos acionistas desde o dia 26/03/2013. No mesmo sentido, será dispensada a leitura dos pareceres dos Conselheiros Fiscais, vez que também já estavam à disposição dos acionistas desde o referido dia 26/03/2013. DELIBERAÇÕES TOMADAS: Na Assembléia Geral Ordinária: (1) Foram dispensadas as apresentações das demonstrações financeiras e relatórios dos administradores relativos ao exercício financeiro findo em 2012, cujos documentos estavam disponíveis aos acionistas desde o dia 26 de março de 2013. No mesmo sentido, foram dispensadas as leituras dos pareceres dos Conselheiros Fiscais, vez que também estavam disponíveis desde o dia 26 de março de 2013. Após discussão, os acionistas, por maioria dos votos, vencida a acionista Sila Zugman Calderoni, aprovaram as demonstrações financeiras e relatórios apresentados pelos administradores. Os impedidos se abstiveram de votar. Posteriormente, em relação aos temas da ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA, (1) restaram ratificadas, por maioria dos votos, com abstenção da acionista Sila Zugman Calderoni, as deliberações tomadas na Assembleia Geral Ordinária Nº 46, especialmente no que toca o mandato dos Srs. Diretores Saul Chuny Zugmann e Isac Chami Zugman para o triênio de 2011 a 2014. (2) Por fim, foi deliberado sobre a instalação do Conselho Fiscal e a escolha dos seus membros. As acionistas Clara Regina Rappaport, Fany Reicher, Sila Zugman Calderoni e Thelma Zugman Mazer requereram a escolha em separado de um membro do Conselho Fiscal, em face da condição de minoritárias na Companhia. Após discussão, houve a eleição de um membro em separado para o Conselho Fiscal por parte das minoritárias, restando eleito, por maioria de votos das minoritárias, vencida a acionista Sila Zugman Calderoni e tendo se abstido por razão de foro íntimo a acionista Fany Reicher, o Sr. Adir Barusso, brasileiro, casado, administrador, portador da Carteira de Identidade RG n° 371924 e inscrito no CPF/MF sob n° 000927119-87, residente e domiciliado em Curitiba, Estado do Paraná, na Rua Professora Ivete Fonseca de Siqueira, n° 43, apto. 501 e como Conselheiro Fiscal Suplente o Sr Mario Ernesto Surmas, brasileiro, casado, portador da Carteira de Identidade RG n° 1027089-8 e inscrito no CPF/MF sob n° 200912069-87, domiciliado na Avenida Presidente Artur Bernardes, n° 452, loja 04. Logo depois, foram eleitos como Conselheiros Fiscais, por parte dos majoritários, os senhores Jorge Luiz Mazeto, brasileiro, portador do RG n° 2083858-2 e inscrito no CPF/MF n° 514.550.80934, residente e domiciliado na Rua José Izidoro Biazetto, n° 410, Curitiba, Paraná e Alberto Irazê Ribeiro, brasileiro, portador do RG n° 6329373 e inscrito no CPF/MF n° 028.027.329-00. Como Conselheiros Fiscais Suplentes, foram eleitos, respectivamente, os senhores Vanderley Cardoso de Moraes, brasileiro, portador do RG n° 2032578-0 e inscrito no CPF/MF n° 333.076.019-20, residente e domiciliado na Rua Nilo Peçanha, n° 27, apto. 21, Curitiba, Paraná e Nilson Antonio de Souza Rosa, brasileiro, portador do RG n° 3502772-6 e inscrito no CPF/MF n° 472.104.869-68, residente e domiciliado na Rua Prefeito Ângelo Ferrario Lopes, n° 1557, Curitiba, Paraná. ENCERRAMENTO: Nada mais havendo, foi suspensa a Assembléia para que a acionista Sila Zugman Calderoni fizesse o lavramento de voto em apartado. Após o reinício, foi dada a palavra a qualquer acionista que desejasse dela fazer uso. Como não houve manifestações, foram encerrados os trabalhos para a lavratura da presente ata – em quatro vias – que, após lida, foi aprovada por todos os acionistas presentes, com apresentação de voto em apartado pela acionista Sila Zugman Calderoni, arquivado na sede da companhia. Curitiba, 26 de abril de 2013. Edson Isfer – Presidente, Carlos Alberto Hauer de Oliveira – Secretário. ARQUIVAMENTO: A presente ata em seu inteiro teor foi arquivada na Junta Comercial do Estado do Paraná sob nº. 20132528088 protocolo nº. 13/252808-8 por despacho em sessão de 29/05/2013. LAVRADORA RACIONAL DE MADEIRAS LAVRAMA S/A CNPJ/MF N.º 76.506.302/0001-06 NIRE N.º 41300047871 ATA DA 93ª (NONAGÉSIMA TERCEIRA) ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA E DA 97ª (NONAGÉSIMA SÉTIMA) ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA DATA, HORA E LOCAL: Aos 26 dias de abril de 2013, às 10:00 horas, em Curitiba, Estado do Paraná, na Rua Amazonas, n.º 572, Água Verde, CEP 80610-030. CONVOCAÇÃO: Editais publicados em 17, 18 e 19 de abril de 2013 no Diário Oficial do Estado do Paraná, nas páginas 44, 55 e 42, respectivamente, e no Jornal Indústria e Comércio, em 17, 18 e 19/21 de abril de 2013, nas páginas A7, A8 e A7. PRESENÇA DE ACIONISTAS: Representando 100% (cem por cento) do Capital Social votante, conforme assinaturas lançadas no livro de “Presenças de Acionistas”. COMPOSIÇÃO DA MESA: Presidente: Edson Isfer e Secretário: Carlos Alberto Hauer de Oliveira. ORDEM DO DIA: Na Assembléia Geral Ordinária: (1) Verificação e aprovação das demonstrações financeiras e relatórios dos administradores relativos ao exercício financeiro findo em 2012; (2) Deliberação acerca da destinação do lucro líquido do exercício e da distribuição de dividendos. Na Assembléia Geral Extraordinária: (1) Alteração do Estatuto da Companhia, notadamente em seu artigo 15, a fim de redefinir a forma de composição da diretoria; (2) Deliberar acerca da destinação do lucro líquido remanescente do exercício social de 2011. DELIBERAÇÕES PRELIMINARES: Preliminarmente, os acionistas deliberaram o seguinte: a) autorizaram a lavratura da presente ata sob a forma de sumário, conforme permissivo legal contido no artigo 130, § 1º, da Lei n.º 6.404/76; b) vedaram o acesso de qualquer pessoa distinta das pessoas dos acionistas e/ou de seu advogado, regularmente constituído para esta assembléia, dos membros do Conselho Fiscal, dos auditores independentes, ou de pessoas expressamente autorizadas por esta Assembléia Geral Ordinária/ Extraordinária que possam auxiliar na realização das atividades; c) em relação ao item 01 da Ordem do Dia da Assembléia Geral Ordinária, convencionou-se que se dispensará a apresentação acerca das demonstrações financeiras e relatórios relativos ao exercício financeiro findo em 2012, por parte dos administradores, já que os documentos encontravam-se à disposição dos acionistas desde o dia 26/03/2013. No mesmo sentido, será dispensada a leitura dos pareceres dos Conselheiros Fiscais, vez que também já estavam à disposição dos acionistas desde o referido dia 26/03/2013; d) Haja vista a redação do artigo 199 da Lei 6404/1976, embora não tenha constado em ata, questionou-se os acionistas se deverá haver deliberação acerca da destinação a ser dada ao saldo das reservas de lucros. Após discussão, por unanimidade, resta superada a convocação para esta questão. DELIBERAÇÕES TOMADAS: Na Assembléia Geral Ordinária: (1) Foram dispensadas as apresentações das demonstrações financeiras e relatórios dos administradores relativos ao exercício financeiro findo em 2012, cujos documentos estavam disponíveis aos acionistas desde o dia 26 de março de 2013. No mesmo sentido, foram dispensadas as leituras dos pareceres dos Conselheiros Fiscais, vez que também estavam disponíveis desde o dia 26 de março de 2013. Após discussão, os acionistas, por maioria dos votos, vencida a acionista Sila Zugman Calderoni, aprovaram as demonstrações financeiras e relatórios apresentados pelos administradores. Os impedidos se abstiveram de votar. (2) Em seguida, foi deliberado acerca da destinação do lucro líquido do exercício e da distribuição de dividendos. Por maioria de votos, vencidas as acionistas Clara Regina Rappaport e Sila Zugman Calderoni, e com abstenção da acionista Fany Reicher, foi aprovada a distribuição do valor de R$ 1.166.729,94 (hum milhão cento e sessenta e seis mil setecentos e vinte e nove reais e noventa e quatro centavos) e a capitalização do valor remanescente dos lucros de 2012, de R$ 3.500.189,81 (três milhões quinhentos mil e cento e oitenta e nove reais e oitenta e um centavos). Posteriormente, em relação aos temas da ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA, (1) foi discutido sobre a necessidade de modificar o art. 15 do Estatuto Social da Companhia, notadamente a fim de redefinir a forma de composição da Diretoria. Após discussão, os acionistas, por maioria de votos, tendo sido vencida a acionista Sila Zugman Calderoni, entenderam ser necessária a modificação da redação do mencionado artigo, o qual passa a viger com a seguinte redação: “A sociedade será administrada por uma diretoria composta de 2 (dois) membros acionistas ou não, residentes no país, sendo 1 (um) Diretor-Presidente e 1 (um) DiretorExecutivo.” “(1-a) Diante da deliberação, restou ratificada, por maioria dos votos, com abstenção da acionista Sila Zugman Calderoni, a permanência dos Senhores Jacob Reicher e Saul Chuny Zugmann na função de administradores da Companhia, sendo o primeiro o Diretor-Presidente e o segundo o Diretor-Executivo. (2-a) Em seguida, houve discussão acerca da destinação do lucro líquido remanescente do exercício social de 2011. Restou aprovado, por maioria dos votos, vencida a acionista Sila Zugman Calderoni, que o lucro líquido, no montante de R$ 653.291,84 (seiscentos e cinquenta e três mil duzentos e noventa e um reais e oitenta e quatro centavos) será objeto de capitalização na sociedade. (2-b) Decidiu a assembléia, em respeito ao disposto no art. 199 da Lei 6404/1976, deliberar acerca das reservas de lucros existentes na sociedade. Por maioria de votos, vencida a acionista Sila Zugman Calderoni, deliberou-se a capitalização da Reserva de Capital no importe de R$ 10.304,12 (dez mil trezentos e quatro reais e doze centavos), Reserva de LucrosLegal no importe de R$ 1.645.196,05 (hum milhão seiscentos e quarenta e cinco mil cento e noventa e seis reais e cinco centavos) e da Reserva para Futuro Aumento do Capital no importe de R$ 4.874.018,18 (quatro milhões oitocentos e setenta e quatro mil e dezoito reais e dezoito centavos), passando o capital social, incorporadas as reservas e os lucros, a ser de R$ 13.500.000,00 (treze milhões e quinhentos mil reais) e sendo mantido o valor de R$ 13.379.492,85 (treze milhões trezentos e setenta e nove mil quatrocentos e noventa e dois reais e oitenta e cinco centavos) à conta de reserva para futuro aumento de capital. (2-c) Em consequência fica alterado o artigo 6o do Estatuto Social da Companhia que passa a ter a seguinte redação: “art. 6o O capital social, é de 13.500.000,00 (treze milhões e quinhentos mil reais), representados por seiscentos e vinte e seis mil ações ordinárias nominativas sem valor nominal.” (2-d) A assembléia ressalva que restam mantidas e preservadas as proporcionalidades das participações acionárias. (2-e) O agrupamento de ações e sua modificação para “sem valor nominal” foi decorrente de aprovação unânime dos acionistas. (3) Por fim, foi deliberado sobre a instalação do Conselho Fiscal e a escolha dos seus membros. As acionistas Clara Regina Rappaport, Fany Reicher, Sila Zugman Calderoni e Thelma Zugman Mazer requereram a escolha em separado de um membro do Conselho Fiscal, em face da condição de minoritárias na Companhia. Após discussão, houve a eleição de um membro em separado para o Conselho Fiscal por parte das minoritárias, restando eleito, por maioria de votos das minoritárias, vencida a acionista Sila Zugman Calderoni e tendo se abstido por razão de foro íntimo a acionista Fany Reicher, o Sr. Adir Barusso, brasileiro, casado, administrador, portador da Carteira de Identidade RG n° 371924 e inscrito no CPF/MF sob n° 000927119-87, residente e domiciliado em Curitiba, Estado do Paraná, na Rua Professora Ivete Fonseca de Siqueira, n° 43, apto. 501 e como Conselheiro Fiscal Suplente o Sr Mario Ernesto Surmas, brasileiro, casado, portador da Carteira de Identidade RG n° 1027089-8 e inscrito no CPF/MF sob n° 200912069-87, domiciliado na Avenida Presidente Artur Bernardes, n° 452, loja 04. Logo depois, foram eleitos como Conselheiros Fiscais, por parte dos majoritários, os senhores Jorge Luiz Mazeto, brasileiro, portador do RG n° 2083858-2 e inscrito no CPF/MF n° 514.550.809-34, residente e domiciliado na Rua José Izidoro Biazetto, n° 410, Curitiba, Paraná e Alberto Irazê Ribeiro, brasileiro, portador do RG n° 6329373 e inscrito no CPF/MF n° 028.027.329-00. Como Conselheiros Fiscais Suplentes, foram eleitos, respectivamente, os senhores Vanderley Cardoso de Moraes, brasileiro, portador do RG n° 2032578-0 e inscrito no CPF/MF n° 333.076.019-20, residente e domiciliado na Rua Nilo Peçanha, n° 27, apto. 21, Curitiba, Paraná e Nilson Antonio de Souza Rosa, brasileiro, portador do RG n° 3502772-6 e inscrito no CPF/ MF n° 472.104.869-68, residente e domiciliado na Rua Prefeito Ângelo Ferrario Lopes, n° 1557, Curitiba, Paraná. ENCERRAMENTO: Nada mais havendo, foi suspensa a Assembleia para que a acionista Sila Zugman Calderoni fizesse o lavramento de voto em apartado. Após o reinício, foi dada a palavra a qualquer acionista que desejasse dela fazer uso. Como não houve manifestações, foram encerrados os trabalhos para a lavratura da presente ata – em quatro vias – que, após lida, foi aprovada por todos os acionistas presentes, com apresentação de voto em apartado pela acionista Sila Zugman Calderoni, arquivado na sede da companhia. Curitiba, 26 de abril de 2013. Edson Isfer - Presidente, Carlos Alberto Hauer de Oliveira – Secretário. ARQUIVAMENTO: A presente ata em seu inteiro teor foi arquivada na Junta Comercial do Estado do Paraná sob nº. 20132528070 protocolo nº. 13/252807-0 por despacho em sessão de 29/05/2013.


Curitiba, quinta-feira, 20 de junho de 2013 | Pág. A8

Decisão

STJ homologa anulação de casamento religioso decretada pelo Vaticano O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Felix Fischer, homologou sentença eclesiástica de anulação de casamento religioso, confirmada pelo Supremo Tribunal da Assinatura Apostólica, no Vaticano, com base no que prevê o acordo firmado entre o Brasil e a Santa Sé, relativo ao Estatuto Jurídico da Igreja Católica no Brasil (Decreto 7.107/10). O decreto estabelece que as decisões eclesiásticas confirmadas pelo órgão superior de controle da Santa Sé são consideradas sentenças estrangeiras, que têm valor legal no Brasil. Com a decisão do STJ, os ex-cônjuges passaram de casados para solteiros, uma vez que a homologação da sentença eclesiástica resultou também na anulação do casamento em termos civis. Isso porque, segundo o

artigo 12 do acordo BrasilVaticano, o casamento celebrado em conformidade com as leis canônicas, que também atender às exigências estabelecidas pelo direito brasileiro, produzirá efeitos civis. O Código de Direito Canônico, promulgado em 1983, exige que a declaração de nulidade, para ser válida e dar direito a um novo casamento, seja dada por dois tribunais diferentes. Então, se o primeiro tribunal aprovou a declaração de nulidade, dentro de 20 dias ele é obrigado a encaminhar todo o processo a um segundo tribunal. Depois do tribunal de segunda instância, cabe ao Vaticano confirmar a sentença. Ao homologar a sentença estrangeira, o ministro Felix Fischer considerou que o pedido não ofende a soberania nacional, a ordem pública nem os bons costumes.

Mandado de segurança contra decisão é admitido para controle de competência A Quarta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) admitiu o cabimento de mandado de segurança impetrado contra decisão de juizado especial com trânsito em julgado. Embora o remédio constitucional, em regra, não seja admitido nesses casos, os ministros entenderam que a medida é cabível para controle de competência. A discussão teve início com mandado de segurança impetrado pela Fundação de Seguridade Social dos Empregados da Companhia Siderúrgica de Tubarão, no Espírito Santo, contra decisão da Primeira Turma do Colégio Recursal dos Juizados Especiais da comarca de Vitória. O acórdão da turma recursal considerou ilegal o reajuste

aplicado no contrato do plano de saúde operado pela fundação e concedeu indenização por danos morais ao beneficiário que entrou com a ação originária. A fundação entrou com mandado de segurança no Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES). Por entender necessária a produção de prova pericial para aferir a legalidade do reajuste das mensalidades do plano de saúde, questionou a competência do juizado especial, uma vez que o Código de Processo Civil (CPC), em seu artigo 277, parágrafo 5º, determina a conversão do procedimento sumário em ordinário quando houver necessidade de prova técnica de maior complexidade, o que caberia à Justiça comum.

Proibição de retirada de processo é pessoal e não se estende a outros advogados Advogados da Paulo Octávio Empreendimentos Imobiliários conseguiram autorização para analisar fora do cartório um processo que trata de rescisão contratual. A Quarta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) deu provimento a recurso da empresa e seus advogados, que estavam impedidos pela Justiça do Distrito Federal de ter vista dos autos fora do órgão público. A proibição, prevista no artigo 196 do Código de Processo Civil (CPC), foi aplicada como punição porque uma advogada autorizada a atuar no processo retirou os autos e não os teria devolvido no prazo de 24 horas após ser intimada. Seu substabelecimento lhe permitia apenas retirar e devolver autos

em cartório, com a devida assinatura no livro de carga. De acordo com o recurso, o processo foi retirado em julho de 2006 e devolvido apenas em março do ano seguinte, após intimação pelo Diário Oficial da União (DOU) em nome da advogada e expedição de mandado de busca e apreensão. Contudo, a decisão da Justiça distrital viola a jurisprudência do STJ. O relator, ministro Luis Felipe Salomão, ressaltou que a Súmula 83 estabelece que “não se aplicam as penalidades de perda do direito de vista do processo fora do cartório e multa a advogado que não foi pessoalmente intimado para devolver os autos”.

Multa fixada não deve ser executada quando da improcedência da ação A Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) definiu que multa fixada em ação cautelar não pode ser executada independentemente do resultado do processo principal. O entendimento do colegiado se deu no julgamento de recurso especial interposto por Tapirapuã Comércio de Bebidas Ltda. contra as Cervejarias Reunidas Skol Caracu. A empresa Tapirapuã ajuizou ação cautelar contra a cervejaria, com o objetivo de obter liminar que assegurasse a manutenção do contrato de

revenda e distribuição dos produtos Skol e dos demais contratos dele decorrentes, até a decisão final nas ações principais. O pedido de liminar – depois confirmado no mérito – foi deferido, sendo fixada multa diária de R$ 6 mil para a hipótese de descumprimento da decisão pela cervejaria. Os recursos de apelação interpostos contra a sentença não foram providos, o que resultou na conservação da medida cautelar até o trânsito em julgado da ação principal.

Diário Indústria&Comércio

Justiça&Direito

www.justicaedireito.com

Justiça eleitoral

MP tem representação contra propagandas partidárias Com a decisão do STF, o ministério atuará na defesa da ordem jurídica da democracia

O

Ministério Público tem legitimidade para apresentar representação na Justiça Eleitoral contra eventuais irregularidades na propaganda partidária gratuita, atuando na defesa da ordem jurídica e do regime democrático. A decisão foi tomada pelo Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF), na sessão desta quarta-feira (19), ao julgar parcialmente procedente a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 4617.

A ação foi ajuizada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) para pedir a supressão da expressão “que somente poderá ser oferecida por partido político”, contida no artigo 45, parágrafo 3º, da Lei dos Partidos Políticos (Lei 9.096/95), cuja nova redação foi inserida pela Lei 12.034/2009. Segundo a PGR, a expressão “somente partidos políticos” impede o MP de cumprir seu papel constitucional de defesa da ordem jurídica e do regime democrático, quanto à

fiscalização das agremiações partidárias em eventuais irregularidades na propaganda partidária. A maioria dos ministros acompanhou o relator, ministro Luiz Fux, que ajustou a parte final de seu voto durante os debates em Plenário, para dar ao dispositivo questionado interpretação conforme o artigo 127 da Constituição Federal, que garante legitimidade ao Ministério Público para zelar pelos interesses públicos. Assim, os partidos políticos não

detêm exclusividade no direito de apresentar à Justiça Eleitoral representação contra irregularidades havidas na propaganda partidária gratuita. Embora ambas sejam transmitidas gratuitamente pelas emissoras de rádio e TV, apesar de em períodos distintos, as diferenças entre propaganda eleitoral e propaganda partidária estão previstas na Lei das Eleições (Lei 9.504/1997) e na Lei dos Partidos Políticos (Lei 9.096/1995).

Plenário arquiva ADI contra concessão de linhas de transmissão de energia O Supremo Tribunal Federal (STF) não conheceu (não analisou o mérito) a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 4040, ajuizada pelo partido Democratas contra o Decreto 6.161/2007, segundo redação dada pelo Decreto 6.267/2007, que alterou linhas de transmissão de energia elétrica da região Norte incluídas em leilão para concessão de outorga realizado em 2008. O partido alega que haveria perda de arrecadação tributária para os Estados do Amazonas e Amapá. Segundo a relatora da ADI, ministra Cármen Lúcia, não houve no pedido impugnação específica quanto a dispositivos constitucio-

nais, como previsto pela legislação e pela jurisprudência do STF, mas apenas a alegação genérica de perda de arrecadação. Também houve inadequação no uso da ADI para atacar ato de efeito concreto – a mudança de linhas de transmissão incluídas no edital – e não se afirmou em que estaria a inconstitucionalidade. Mesmo superados esses obstáculos, afirmou a relatora, trata-se de decreto que apenas regulamenta a norma que dispõe sobre normas para outorgas e concessões de energia elétrica, a Lei 9.074/195. O voto da relatora foi acompanhado por unanimidade.

Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr

Judiciário

A relatora, ministra Cármen Lúcia, relatou que houve inadequação do uso da ADI para atacar ato de efeito concreto

Tribunal Superior do Trabalho

Técnico da Infraero receberá diferença de adicional A Primeira Turma do Tribunal Superior do Trabalho manteve decisão que condenou a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) a pagar diferenças sobre a remuneração de licença-prêmio a um auxiliar técnico de tráfego, decorrentes da integração, à sua base de cálculo, do adicional de periculosidade. A condenação baseou-se nas normas coletivas da categoria, segundo as quais a licença-prêmio corresponde ao pagamento salarial durante os dias de repouso e, por

constituir salário, são devidos do adicional. O direito ao adicional de periculosidade foi garantido aos empregados da Infraero por meio de ação ajuizada pelo Sindicato Nacional dos Aeroportuários (SINA). Com êxito na pretensão, a parcela passou a compor o salário do auxiliar. Após ser demitido, ele ingressou com nova ação trabalhista e requereu o pagamento do adicional sobre anuênios, horas extras, adicional noturno, FGTS e licença-prêmio, entre outras parcelas. O pedido foi

julgado procedente pelo juízo de primeiro grau. No exame de agravo de instrumento da Infraero na Primeira Turma do TST, o relator, ministro Lelio Bentes Corrêa, adotou entendimento idêntico, no sentido de que a licença-prêmio corresponde ao pagamento de salário durante os dias de repouso. Ele afastou a alegação da empresa de que a condenação violaria dispositivos do artigo 28, parágrafo 9º, da Lei nº 8.212/91 (Lei de Benefícios da Previdência Social).

Editora não tem imunidade tributária do Finsocial, decide STF O Supremo Tribunal Federal (STF) negou provimento a Recurso Extraordinário (RE 628122), com repercussão geral reconhecida, interposto por uma editora de livros jurídicos que buscava garantir a imunidade de seu faturamento à tributação pelo Fundo de Investimento Social (Finsocial). No julgamento realizado na sessão plenária desta quarta- feira, a maioria dos

ministros acompanhou o voto do relator do processo, ministro Gilmar Mendes, vencido o ministro Marco Aurélio, que reconhecia a imunidade do tributo. A Constituição Federal garante, em seu artigo 150, inciso VI, a imunidade tributária para livros, jornais, periódicos e o papel destinado à sua impressão. Segundo o voto do ministro Gilmar Mendes,

trata-se de um impedimento de se tributar os produtos, mas não a receita da empresa. No caso discutido pela editora, seria uma hipótese de imunidade instituída com o fim de evitar a existência de carga tributária embutida no produto, ao contrário de imunidades de caráter pessoal, como aquelas previstas para entidades de educação, partidos e sindicatos.

Resolução regulamenta concursos públicos na Justiça Federal O concurso público para provimento de cargos efetivos do quadro de pessoal do Conselho da Justiça Federal (CJF) e da Justiça Federal de primeiro e segundo graus, e a reserva de vagas destinadas às pessoas com deficiência, foram regulamentados pela Resolução 246, do CJF, publicada no Diário Oficial da União no último dia 13 de junho. A resolução aprovada não se aplica aos concursos e mandamento, cujo

edital de abertura já tenha sido publicado. Aprovado por maioria nos termos do voto do desembargador federal Newton De Lucca na última sessão ordinária do Colegiado – realizada em 27 de maio, o ato normativo revisa, atualiza e consolida as regras para realização de concurso público, afim de revogar as Resoluções 115/94 e 155/96 do próprio CJF, que regulamentavam

o tema até então. A nova Resolução também compatibiliza a regulamentação do órgão à legislação federal que trata da realização de concursos públicos e do acesso das pessoas com deficiência aos cargos públicos, como também ao regramento do Conselho Nacional de Justiça e à jurisprudência do Superior Tribunal de Justiça, quando se referem ao assunto.

Militares do Pará questionam norma sobre previdência Chegou ao Supremo Tribunal Federal (STF) uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI 4967) ajuizada por entidades que representam militares do Estado do Pará na qual questionam diversos trechos da Lei Complementar estadual 39/2002, que trata do regime de previdência dos servidores do estado. De acordo com as autoras da ADI, os dispositivos questionados violam frontalmente a Constituição Federal (artigo 40, parágrafo 20; artigo 42, parágrafo 1º; e artigo 142, parágrafo 3º, inciso X) ao incluir o regime de previdência dos militares no mesmo regime dos servidores do estado

TRF4 empossa novos dirigentes na próxima sexta-feira Na próxima sexta-feira, toma posse como presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) o desembargador federal Tadaaqui Hirose. Também compõem a direção da corte os desembargadores federais Luiz Fernando Wowk Penteado e Paulo Afonso Brum Vaz, vice-presidente e corregedor regional da Justiça Federal da 4ª Região, respectivamente. A nova gestão tem como foco o investimento em tecnologia e o aperfeiçoamento do processo eletrônico e do processo administrativo, ferramentas que promoveram a dispensa do papel e a agilidade na área judicial e administrativa na 4ª Região.


negócios

Diário Indústria&Comércio

Curitiba, quinta-feira, 20 de junho de 2013 | Pág. B1

SAÚDE

Hospital Vita Curitiba inaugura Centro Médico Investimentos realizados proporcionam melhorias para médicos e pacientes

C

om foco no bem-estar e na saúde dos pacientes, o Hospital Vita Curitiba acaba de inaugurar um Centro Médico. O novo espaço tem um projeto arquitetônico moderno e alinhado com as tendências mundiais, contando com 26 consultórios de alto padrão, climatizados, com prontuário eletrônico, acesso à internet, amplos espaços de recepção e espera, salas de procedimentos e central de atendimento ao paciente integrada com todos os setores do hospital. “Cada detalhe foi pensado para oferecer as melhores condições tanto para médicos quanto para pacientes”, adianta o superintendente do Vita Curitiba, José Octavio Leme. Por fazer parte da estrutura do complexo hospitalar, o local oferece mais comodidade para o corpo clínico e pacientes, pois disponibiliza, num mesmo local, estrutura completa com centro de diagnóstico, centro cirúrgico, UTI’s, alas de internação, loja de conveniência, lanchonetes, restaurante, entre outros serviços. “Dessa forma, o profissional médico pode chegar ao hospital pela manhã, realizar todas as suas atividades, como cirurgias, atendimentos, consultas, internamentos e altas, e sair no final do dia, sem a necessidade de deslocamento”, exemplifica Leme, que ressalta a localização estratégica do Hospital, na Linha Verde, uma das principais vias da capital paranaense.

O novo espaço tem um projeto arquitetônico moderno e alinhado com as tendências mundiais

O novo Centro Médico possui uma central de atendimento, na qual os pacientes podem realizar o agendamento de consultas, exames e procedimentos, de forma mais prática e ágil. “No modelo tradicional, o paciente precisa ir a vários locais. Primeiro vai ao consultório, depois ao laboratório, em seguida ao centro de diagnóstico, aguarda o resultado dos exames, retorna a cada um dos locais para pegar os resultados e marca a reconsulta.

Em caso de necessidade de um procedimento, passa por vários outros estágios até resolver o problema. A nossa proposta é solucionar tudo num único local, otimizando o tempo de todos”, argumenta o superintendente. Ele lembra ainda que o outro objetivo do hospital é facilitar o trabalho do médico, disponibilizando uma estrutura completa para atendimento em todos os níveis. Além do Centro Médico, o Vita

Curitiba está realizando a modernização e atualização tecnológica do Centro de Diagnóstico por Imagem. Um investimento de aproximadamente R$ 6 milhões na aquisição de novos equipamentos de Ressonância Magnética, Tomografia Computadorizada, Raio-X Digital, entre outros. “A área médica evolui diariamente, por isso, fazemos aportes constantes para estarmos sempre na vanguarda tecnológica”, finaliza Leme.

Curitiba recebe programa que ensina técnicas de vendas para a construção civil Começa no próximo dia 15 de julho mais uma edição do Programa Vendas Passo a Passo, da Associação dos Comerciantes de Material de Construção da Grande Curitiba (Acomac Curitiba). A capacitação tem o apoio do Sebrae/ PR e é voltado para vendedores de micro e pequenas empresas ligadas ao comércio de insumos da construção civil. No total, 150 vendedores vão participar da capacitação, que tem duração de três meses, e conta com o patrocínio de grandes marcas, como Eternit, Tigre e Cimentos Votorantim. Serão trabalhadas técnicas de vendas, atendimento ao cliente, importância do pós-vendas, desenvolvimento de produtos e líderes, tendências de mercado, gestão de resíduos e mídias digitais. O Sebrae/PR auxiliou no planejamento das ações do Programa e também

irá ceder o espaço para a realização da capacitação. Para a consultora do Sebrae/ PR, Adriana Kalinowski, a capacitação será uma oportunidade para os comerciantes aprimorarem as técnicas de vendas e aumentarem as chances de concorrer com as grandes empresas do setor. “Apoiamos a Acomac porque acreditamos na importância dessa iniciativa. O mercado da construção civil está aquecido e a qualificação é essencial para os negócios das micro e pequenas empresas do setor”, reforça. Representantes das empresas patrocinadoras irão ministrar palestras com informações técnicas sobre os seus produtos. Na oportunidade serão repassados conceitos básicos sobre hidráulica, iluminação e fundação. De acordo com o presidente da Acomac Curitiba, Ademir Kürten, o objetivo é

ajudar os comerciantes na hora da venda. “Por exemplo, quando se vende um sifão, é preciso oferecer também a fita veda rosca. Nós queremos que os vendedores saibam estas informações e assim atendam de maneira mais eficaz os seus clientes”, pontua. O Programa Vendas Passo a Passo já está em sua quinta edição e terá novidades neste ano. Além das palestras sobre teoria, também serão feitas encenações teatrais, para exemplificar quais os erros que podem acontecer quando se repassa informações imprecisas ao consumidor. “Os participantes serão os personagens das peças, em que simularemos vendas, para contar, por exemplo, o que pode acontecer quando se monta uma conexão de gás erroneamente”, assinala Kürten. Os participantes do Programa, que concluírem a capacitação,

APACN faz Feijoada Beneficente Quem adquirir o convite para participar da IV Feijoada Beneficente - Edição 2013, que será promovida pela APACN (Associação Paranaense de Apoio à Criança com Neoplasia), no dia 22 de junho, às 11 horas, na sede do SINDI Combustíveis PR, estará contribuindo com o trabalho da APACN, que atende crianças e adolescentes carentes

com câncer de todo o Brasil. Ações como a feijoada, assinada pelo Espaço Gourmet Escola de Gastronomia contribui para manter as unidades da instituição, garantindo com isso o apoio completo, gratuito e pelo tempo que for necessário aos pacientes em tratamento nos hospitais referência da capital paranaense.

Os convites podem ser adquiridos na unidade Casa de Apoio (APACN) ou no Espaço Gourmet Escola de Gastronomia, no valor de R$ 50,00 (incluso avental) e aproveitar a tarde de sábado, ao som de música ao vivo, com a sensação de dever cumprido em prol de uma causa nobre. Durante a feijoada haverá sorteio de brindes aos participantes.

SEGURANÇA

Honda convoca recall para Civic modelo 2006 A Secretaria Nacional do Consumidor do Ministério da Justiça (Senacon/MJ) informa que a Honda Automóveis do Brasil Ltda. inicia Campanha de Chamamento para a substituição do servo freio dos veículos Honda Civic, ano/ modelo 2006. De acordo com a empresa, o recall, com início em 17 de junho de 2013, abrange 541 (quinhentos e quarenta e um) veículos, com numeração de chassi compreendida entre

os intervalos 93HES16Z111937 a 93HES16Z112546. Quanto aos riscos à saúde e à segurança, a empresa destacou que, “devido a uma falha de vedação do servo freio”, há possibilidade de perda da eficácia do freio, com risco de acidentes com possíveis danos físicos e materiais aos ocupantes e/ou terceiros. O Código de Defesa do Consumidor determina que o fornecedor repare ou troque o produto defeitu-

oso a qualquer momento e de forma gratuita. Se houver dificuldade, a recomendação é procurar um dos órgãos de proteção e defesa do consumidor. Mais informações podem ser obtidas junto à empresa, por meio do telefone 0800 701 3432, ou pelo site www.honda.com.br/recall/ autos. Detalhes sobre a campanha de chamamento também estão disponíveis no site do Ministério da Justiça – www.mj.gov.br

receberão certificados de qualificação, que poderão ser anexados ao currículo dos vendedores. A Acomac Curitiba tem mais de 270 associados e trabalha para fortalecer o mercado das micro e pequenas empresas do setor de construção, promover novos negócios, cursos e convênios com entidades de setor financeiro. Para a consultora do Sebrae/PR, as iniciativas da entidade são exemplos bem-sucedidos de associativismo. “A união de forças que o associativismo promove faz diferença e já conseguimos ver os resultados das ações da Acomac”, resume Adriana Kalinowski. O lançamento do Vendas Passo a Passo aconteceu no último dia 13 de junho, no auditório do Sebrae/ PR e contou com a presença de mais 120 pessoas, entre patrocinadores, representantes da Acomac e empresários.

Tam lança anúncio em formato de game para tablet

Para destacar os destinos de neve da América do Sul mais procurados pelos brasileiros nas férias de julho, a Tam Linhas Aéreas explora as possibilidades de interatividade dos tablets em sua nova campanha publicitária digital. Com criação da Wunderman, a companhia lança um anúncio virtual que é também um game. A peça, com veiculação em diferentes publicações até o dia 30 de junho, propõe que o usuário do tablet esquie por uma pista virtual. “Quer viver essa aventura? Confira as ofertas para aproveitar a neve”, diz o texto, ao mesmo tempo que apresenta as promoções para destinos como o Chile e a Argentina. Além do game, a campanha é composta por uma landing page - http:// invernotam.adoroviagem. com.br/ - e por anúncios nos principais portais brasileiros.

Opinião

coluna@induscom.com.br

Veículos movidos a célula de combustível é coisa do futuro *Por Evaldo Costa Um relatório de pesquisa da Navigant Research forecasts, intitulado “Fuel Vehicles células - FVC”, foi publicado recentemente apontando que as vendas mundiais de veículos leves movidos a célula de combustível atingirão a marca de 1.000 unidades em 2015 e, em seguida, iniciará um período de forte crescimento, superando 2 milhões veículos por ano entre 2020 e 2030. Segundo a pesquisa, o mercado de veículos leves movidos a célula de combustível, terá nos próximos sete anos, período de restrições de oferta, muito em função dos desafios de se garantir infraestrutura de abastecimento adequada para os clientes, exigindo grande volume de investimentos por parte do governo e da indústria, conclui a Navigant. O relatório analisou três tipos de veículos de passageiros, movidos a células de combustível, que terão mais chance de progredirem comercialmente: veículos leves, ônibus e scooters. Quanto aos veículos leves, o relatório da Navigant aponta a Hyundai como a montadora que mais chances terá de liderar este segmento. Ela investiu, no início de 2013, na produção em série do ix35 (Tucson) e um veículo utilitário esportivo (SUV), também, movidos a célula de combustível. O relatório evidencia ainda, que a Europa Ocidental se tornou o centro da atividade de desenvolvimento FVC, depois de uma mudança de financiamento nos Estados Unidos, a partir de pesquisa de células de combustível para veículos elétricos. Segundo o relatório, países como Alemanha, Reino Unido e nórdicos têm menos geografia para cobrir, e por esta razão estão avançando mais rapidamente sobre os planos para implantar estações de abastecimento de hidrogênio. A iniciativa da alemã H2Mobility que se comprometeu a construir e implementar 50 estações de abastecimento de FVC até 2015 (embora ainda não tenha alcançado 20), é uma grande esperança para o crescimento dos veículos movidos a célula de combustível na Europa. Outro ponto importante ressaltado no relatório é que em 2012, o governo do Reino Unido, as montadoras e as empresas de hidrogênio assinaram um memorando de entendimento (MOU), em que o grupo se compromete a trabalhar junto para apoiar a implantação de FVCs 2015-2030. A pesquisa inicial indicou que no Reino Unido seriam necessários 65 estações até 2015 e os trabalhos para alcance desta meta, já foram iniciados. a Ásia-Pacífico, o Japão e a Coreia do Sul, também, têm planos para expandir a infraestrutura até 2015. O tempo para construir uma estação fica entre 18 e 36 meses, portanto, parece claro que haverá baixos níveis de cobertura de abastecimento até 2016, fazendo com que as montadoras retardem os lançamentos. Ótima semana, * Evaldo Costa é escritor, conferencista e Diretor do Instituto das Concessionárias do Brasil

Empresas&Produtos DUMOND NA SLIPPERS

A Slippers Calçados está com mais uma novidade: agora além de encontrar as tendências de moda apresentadas pelas grifes como Coca-Cola Shoes, Colcci, e Havaianas, a multimarca também dispõe aos seus clientes sapatos e acessórios da Dumond. A Dumond tem peças para todas que procuram por conforto sem jamais abrir mão de um look elegante e modernas. Na Slippers há opções para todos os gostos e estilos. A loja está se expandindo e já conta com várias unidades. Em Curitiba você encontra Slippers Calçados no Shopping Palladium e no Shopping Jardim das Américas. Já em Ponta Grossa, a loja fica localizada no Shopping Palladium.

PUCPR realiza vestibular neste domingo

As provas do Vestibular de Inverno 2013 da PUCPR serão realizadas neste domingo, dia 23 de junho, das 14h às 18h, nos Câmpus Curitiba, Londrina, Maringá e Toledo. As portas de acesso aos prédios onde o exame será realizado fecham 20 minutos antes do início da aplicação, às 13h40. A Universidade recomenda que os candidatos cheguem aos locais de prova com uma hora de antecedência. O cartão resposta e a redação devem ser preenchidos com caneta esferográfica de ponta grossa e tinta preta ou azul. Os vestibulandos deverão resolver 50 questões divididas nas seguintes disciplinas: História, Matemática, Biologia, Química, Filosofia, Língua Portuguesa, Literatura Brasileira, Língua Estrangeira, Física e Geografia. Também deverão elaborar uma redação com no mínimo 20 e no máximo 25 linhas.

GRSA patrocina feiras setoriais

Para contribuir com o crescimento da GRSA, em especial nos setores de Educação, Saúde e Serviços, a área de comunicação, em parceria com a área Comercial, definiu a participação e patrocínio da GRSA em importantes eventos e feiras destes setores do mercado. No total serão 14 participações, que começaram em abril e vão até o final do ano : 10 destes são de Educação (Programa de Gestores de Escolas Rabbit), 02 são de Saúde (HMS e Feira Hospitalar) e 02 de Serviços (Infra e Higiexpo). “Faz parte do DNA da GRSA estar sempre muito próxima de seus Clientes e dos mercados que atua. Desta forma, entendemos que marcar presença em eventos de significativa relevância é uma excelente forma de construir novos relacionamentos, atualizar o mercado sobre nossas soluções e de como podemos atender suas necessidades e expectativas” explica Diógenes Carvalho Lima, Diretor de Vendas de Saúde e Educação.

Baby Dreams oferece palestra

No dia 22 de junho, das 9h30 às 12h30, a Baby Dreams promoverá em sua loja do Batel a palestra “Cuidados com recémnascido e prática de banho”, ministrada pela equipe da Neo Baby. Na ocasião, dicas sobre curativo de umbigo, troca de fraldas, sono, cólicas, engasgo e odontologia para bebês serão passadas aos presentes com o intuito de preparar os pais de primeira viagem para a chegada de seu bebê. Ao final do curso os casais poderão treinar o banho do bebê, com banheiras, bonecas, fraldas e roupinhas. Todo o exercício será supervisionado por um profissional da Neo Baby, que poderá auxiliá-los a cada etapa. As inscrições devem ser feitas pelo telefone (41) 3222-0688 e têm o custo de 80 reais por casal. Na compra de qualquer móvel na loja, o casal paga somente R$60,00 pela inscrição.


Nacional

Diário Indústria&Comércio

Curitiba, quinta-feira, 20 de junho de 2013 | Pág. B3

RESULTADO DOS PROTESTOS

RJ e SP cedem a pressão e baixam tarifas do transporte

LUCI COLLIN E ARTE DE ESCREVER ROTEIROS

Nossa entrevistada é a escritora Luci Collin, roteirista de “Os Quarentões” . É a história de três amigos quarentões e suas vidas monótonas, muito diferentes das vidas que eles sonharam quando eram jovens. Com diálogo leves e divertidos os três quarentões agradam os espectadores.

O

governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), e o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), anunciaram na tarde desta quarta-feira, no Palácio dos Bandeirantes, a redução dos preços das tarifas de ônibus, metrô e trens metropolitanos. As tarifas, que haviam sido reajustadas no último dia 2 de junho, de R$ 3 para R$ 3,20, voltam para os valores anteriores na próxima segunda-feira. O preço da integração também retorna para o valor de R$ 4,65 depois de ter sido reajustado para R$ 5,00. “Vamos ter de cortar investimentos. As empresas não têm como arcar com essa diferença. O tesouro do Estado vai apertar o cinto. Temos como prioridade o transporte coletivo”, disse o governador.

Luci, você é reconhecida como poeta e como escritora de ficção (conto e romance), como e quando começou o seu caminho como roteirista? Escrever roteiros para TV é uma experiência nova na minha carreira. Publiquei mais de dez livros (comecei a publicar em 1984), escrevi vários textos para teatro que foram encenados, colaborei com artigos e ensaios em vários jornais e revistas nacionais e internacionais ou seja, já experimentei amplamente em relação aos gêneros e aos formatos literários, mas só agora apareceu esta oportunidade de roteirizar para TV. Alckmin disse que a iniciativa visa trazer tranquilidade para que a cidade possa discutir o tema em um ambiente mais favorável. “É um compromisso com a cidade. Nós queremos tranquilidade para que os temas legitimamente levantados nas manifestações possam ser debatidos com tranquilidade”, disse ele, para em seguida confirmar a revogação do aumento. Em resposta à onda de protestos populares, o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PMDB), anunciou nesta quarta-feira a revogação do reajuste da tarifa do ônibus na cidade. Assim, a passagem, que havia sido elevada a R$ 2,95 no início de junho, retornou ao patamar de R$ 2,75. Em divulgação conjunta, o governo do Estado também anunciou

que as tarifas dos demais meios de transporte público (trens, barcas e metrô) também serão reduzidas. O governador Sérgio Cabral ainda não se pronunciou sobre as reduções. A assessoria de imprensa do peemedebista apenas confirmou em nota as informações. Os trens da Supervia, que no início de fevereiro tiveram reajustes nas tarifas para R$ 3,10, retornam ao valor de R$ 2,90. O mesmo ocorre com o metrô, cuja passagem voltará a custar R$ 3,20 - o preço havia sido elevado no início de abril para R$ 3,50. As barcas terão uma distinção específica: com o uso do Bilhete Único estadual, passará de R$ 3,30 para R$ 3,10. Sem o cartão que dá direito a uso conjunto dos meios de transportes, o valor será

reduzido de R$ 4,80 para R$ 4,50. A redução das tarifas de ônibus será implementada já nesta quintafeira, quando a decisão será publicada no Diário Oficial do município do Rio de Janeiro. Os novos valores para os demais transportes também será publicados amanhã no D.O do Estado, mas passam a valer a partir da próxima sexta-feira (21). O prefeito Eduardo Paes reiterou, em entrevista coletiva para os jornalistas na sede da Prefeitura, que o reajuste do valor dos ônibus se baseava no aumento dos custos de insumos do transporte público, “como pneus, óleo diesel, e mão de obra”, e já havia sido adiado a pedido do governo federal, que temia um impacto no cálculo da inflação no País.

Estudo aponta 15 mil adolescentes fumam crack Aproximadamente 75 mil alunos do ensino fundamental nas escolas brasileiras fumavam maconha e 15 mil fumavam crack no ano passado, de acordo com dados da Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PeNSE) 2012, divulgada nesta quartafeira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Apesar dos números representarem 2,5% e 0,5%, respectivamente, dos cerca de 3,15 milhões de escolares do 9º ano, a situação serve de alerta para as autoridades e a sociedade como um todo, de acordo com o gerente de Estatísticas de Saúde do IBGE, Marco Antonio Andreazzi. “Estamos falando de adolescentes

entre 13 e 15 anos de idade, que frequentam a escola, que relataram ter usado drogas nos últimos 30 dias”, comentou. Ele demonstrou maior preocupação em relação ao crack. “Esse percentual de 0,5%, embora pareça pequeno, merece cuidado e análise mais aprofundada: o crack é uma droga debilitante, que provoca o afastamento da escola, da família e do convívio social”, disse ele. O estudo aponta que quase metade (45,5%) dos alunos nesse ano escolar tinha 14 anos de idade. Entre os entrevistados, 7,3% disseram ter experimentado algum tipo de droga ilícita como maconha, cocaína, crack, cola, loló, lança-perfume e ecstasy. Desse total, 2,6% tinham

menos de 13 anos. Dentre os entrevistados, 34,5% haviam provado maconha e 6,4%, crack. O CentroOeste é a região com o maior percentual de alunos do 9º ano que haviam experimentado alguma droga, com 9,3%. A Região Nordeste aparece com o menor percentual. Analisando os resultados por capitais, o maior percentual foi encontrado em Florianópolis (17,5%), Curitiba (14,4%) e os menores em Palmas e Macapá (5,7% em ambas). Em relação ao álcool, 50,3% dos entrevistados disseram ter experimentado uma dose de bebida alcoólica na vida e 26,1% disseram ter consumido álcool nos últimos trinta dias, com destaque para Por-

CCJ aprova projeto de Lei Geral dos Concursos Três anos depois da apresentação da primeira proposta, os senadores da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) aprovaram ontem o texto que regulamenta a realização de concursos públicos pelo governo federal. O substitutivo apresentado pelo relator da matéria, o senador Rodrigo Rollemberg (PSB-DF), e aprovado por todos os parlamentares do colegiado estabelece, por exemplo, que as inscrições não podem custar mais que 3% do valor da remuneração inicial a ser paga para o candidato nomeado. O projeto que cria a Lei Geral dos Concursos também define critérios

de correção de provas, punições, em caso de quebra de sigilo e venda de gabarito, e inclui a proibição, de concursos realizados apenas para preenchimento de cadastro de reservas. Rollemberg considerou que um dos pontos mais importantes do projeto é o direito de nomeação do candidato aprovado dentro do prazo de validade do concurso, considerando o número de vagas. Ou seja, a administração pública é obrigada a contratar os candidatos aprovados dentro do período definido, mas os órgãos do governo precisam levar em conta a necessidade de novas contratações. “As pressões são legí-

timas”, disse o senador explicando que muitos candidatos exigem dos governos a nomeação dos aprovados. “Temos que aliar o interesse público e o interesse do cidadão”, completou Rollemberg. A obrigatoriedade ainda deve render debates na CCJ. Como o projeto é terminativo, precisa ser votado em turno suplementar no colegiado. A votação deve ocorrer na próxima reunião da comissão, no dia 26. Até lá, os senadores podem apresentar emendas e propor ajustes ao texto. Depois da votação em turno suplementar, o projeto segue para apreciação dos deputados federais.

Comissão de Direitos Humanos aprova projeto sobre “cura gay” A Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara aprovou há pouco, por votação simbólica, o projeto de decreto legislativo que autoriza o tratamento psicológico para alterar a orientação sexual de homossexuais, chamado de “cura gay”. A matéria segue agora para análise da Comissão de Constituição e Justiça. O relator da proposta, deputado Anderson Ferreira (PR-PE),

argumentou que a proibição fere a Constituição. “A regulamentação tem graves implicações no plano jurídico e constitucional”, frisou. O projeto de decreto legislativo foi aprovado depois de várias tentativas de votação frustradas. O projeto, que está sendo chamado de Projeto da “Cura Gay”, propõe a suspensão da validade de dois artigos de uma resolução do Conselho Federal de Psicologia, em vigor desde 1999.

De autoria do deputado João Campos (PSDB-GO), o projeto quer suprimir um dos trechos da Resolução nº 1/99, que proíbe os profissionais de participar de terapia para alterar a orientação sexual e de atribuir caráter patológico (de doença) à homossexualidade. Os profissionais também não podem adotar ação coercitiva a fim de orientar homossexuais para tratamentos não solicitados.

to Alegre (34,6%) e Florianópolis (34,1%). Os menores percentuais foram encontrados em Belém (17,3%) e Fortaleza (17,4%). Cerca de 22% dos estudantes disseram ter sofrido pelo menos um episódio de embriaguez. No sul, esse percentual foi 56,8% e de 47,3% no Nordeste. A proporção das meninas (51,7%) foi maior que a dos meninos (48,7%). A forma mais comum de obter bebida alcoólica foi em festas (39,7%), com amigos (21,8%), ou comprando no mercado, loja, bar ou supermercado (15,6%). E 10,2% dos escolares adquiriram bebida alcoólica para o consumo durante o período considerado, na própria casa.

Nações Unidas dizem que no mundo há mais de 45 milhões de refugiados No Dia Mundial do Refugiado, comemorado nesta quinta-feira, o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur) informou que há 45,2 milhões de pessoas no mundo que vivem fora de seus países (como refugiados). De acordo com o órgão, a maioria é formada de deslocados por conflitos. É o número mais elevado desde 1994. As guerras são a principal motivação dos pedidos de refúgio e nem crianças e adolescentes desacompanhados escapam dos esforços para viver longe dos conflitos. O alto comissário para os refugiados, António Guterres, disse que a situação foi agravada pelo genocídio em Ruanda (África) e as consequências do desmantelamento da ex-Iugoslávia. Mas há também a crise na Síria, que dura 26 meses, e os conflitos envolvendo os palestinos e israelenses. Os confrontos armados são a principal motivação dos deslocamentos, pois mais da metade (55%) dos refugiados no mundo são originários do Afeganistão, da Somália, do Iraque, da Síria e do Sudão.

Qual a diferença de abordagem? Qual é a sua técnica para iniciar um conto, para iniciar um romance e para iniciar um roteiro? Não há exatamente uma técnica específica prévia a cada gênero há, antes, uma tendência ou impulso inicial inerente ao formato de cada expressão; o conto é mais visceral e pode ser escrito com mais liberdade, o romance, em função da maior extensão do texto, acaba dependendo de uma estrutura mais planejada, e o roteiro é determinado pelo tema, tem uma duração preestabelecida, uma adequação da linguagem para o público do horário em que o programa será exibido, e muitas outras características a serem respeitadas. A divisão do tempo no roteiro é algo difícil de ajustar? Ou seja, como o roteirista pode ajustar o roteiro ao “tempo” do diretor. O tempo é, de forma aproximada, definido pelo número de laudas escritas. As variações necessárias ficam por conta da direção, que pode cortar ou inserir elementos no texto em função do tempo disponível, ou adaptar alguns detalhes do texto em função do cenário, por exemplo. Creio que o roteirista deva ser neutro, deixando espaço para que o diretor crie a partir do texto. Evito ser didática no roteiro porque acredito que ele depende muito da mão/do olhar do diretor – o resultado deve contemplar as diversas formas de autoria e de realização artística. Como foi o seu entrosamento com o episódio “Quarentões”? Você só entregou o roteiro ou acompanhou a filmagem? Acompanhei a gênese do projeto, que tem argumentação do Gerson Delliano; ele trouxe a ideia para o programa, concebeu os traços gerais que marcam o que é ser um “quarentão”, e também definiu que seriam três personagens com seus dramas típicos. Eu aprofundei as características psicológicas de cada um e escrevi sete episódios com as peripécias dos quarentões Ricardo (Gerson Delliano), Ari (Edu Régnier) e Walter (Luis Brambilla). Acompanhei uma filmagem e gostei muito de ver os quarentões ganhando vida pelo trabalho dos atores e do diretor Fernando Coelho e sua equipe. Fale sobre seus projetos para o segundo semestre. Pretendo lançar um novo livro de contos, mas ainda estou em negociações com a editora. E espero que os Quarentões ainda aprontem muitas e que a gente possa participar desta divertida experiência de compor estes personagens tão posmodernamente tragicômicos. *Isabel Furini é escritora e educadora. Orienta oficinas literárias. Mais informações pelo e-mail: isabelfurini@hotmail.com

Aprovação do governo cai 8 pontos percentuais, diz CNI-Ibope A avaliação do governo e a maneira como a presidenta Dilma Rousseff administra o país registraram queda na aprovação, segundo a pesquisa CNI-Ibope, divulgada nesta sexta-feira pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). O percentual dos que consideram o atual governo como ótimo ou bom caiu de 63%, na pesquisa de março, para 55%. O percentual de pessoas que consideram o governo regular subiu de 29% para 32%, e os que o consideram ruim ou péssimo subiu de 7% para 13%. De acordo com a pesquisa, a aprovação da maneira como a presidenta governa o país também registrou queda, passando de 79% para 71%. Para 25% do público pesquisado, a maneira de ela governar é razoável. Em março, eram 17%. Caiu também a expectativa em relação ao restante do governo, passando dos 65% para 55%. Recuou ainda o percentual da população que

confia na presidenta: caiu de 75% para 67%. Ainda segundo a pesquisa, seis das nove áreas de atuação do governo foram desaprovadas pela maioria da população: segurança pública (67%), saúde (66%), impostos (64%), combate à inflação (57%), taxa de juros (54%), e educação (51%). A pesquisa ouviu 2002 pessoas entre os dias 8 e 11 de junho, data posterior à primeira manifestação, ocorrida em São Paulo, porém anterior ao período em que elas ganharam força, a partir do dia 13. A manifestação do dia 6 não está entre as notícias mais lembradas pela população, de acordo com o gerente executivo de Pesquisa da CNI, Renato da Fonseca. Os assuntos mais lembrados foram o boato sobre o fim do Bolsa Família (15%), as obras da copa (10%), a redução na conta de luz (8%) e a alta da inflação (7%). A margem de erro da pesquisa é 2 pontos percentuais para mais.


3

Diário Indústria&Comércio Curitiba, quinta-feira, 20 de junho de 2013 | Pág. B4

Nem te Conto O Filho Eterno

Adélia Maria Lopes

a

margem arte&atitude

moda&cia

adeliamarialopes@yahoo.com.br

Otimismo no varejo Com ingressos esgotados, o pequeno Teatro da Caixa precisou abrir sessão extra para a peça O Filho Eterno, nesse domingo 23, às 15h. O romance do escritor Cristóvão Tezza vai aos palcos em monólogo adaptado por Bruno Lara Resende, com direção de Daniel Herz e coloca em cena o ator Charles Fricks. A produção é da Cia Atores de Laura, com patrocínio da Caixa Cultural. Ingressos a 10 e 5 reais.

É pura verdade

A jornalista mineira Daniela Arbex e a Geração Editorial lançam na Livraria Saraiva, em Juiz de Fora, nesta quinta dia 20, o Livro Holocausto Brasileiro, que revela a história de 60 mil mortos no Hospital Colônia de Barbacena. O genocídio cometido pelo Estado, com a conivência de médicos, funcionários e também da população, dava lucro: entre 1969 e 1980, exatos 1853 corpos de pacientes foram vendidos para 17 faculdades de medicina do país, sem que ninguém questionasse. Dos internos, 70% não tinham diagnóstico de doença mental. Eram epiléticos, alcoólatras, homossexuais, prostitutas, gente que se rebelava ou incômoda para alguém com mais poder, meninas grávidas violentadas por seus patrões, esposas confinadas para que o marido pudesse morar com a amante, filhas de fazendeiros que perderam a virgindade, homens e mulheres que haviam extraviado seus documentos. Alguns eram apenas tímidos. Pelo menos 33 eram crianças. Às vezes os eletrochoques eram tantos e tão fortes, que a sobrecarga derrubava a rede de energia a cidade mineira. Nos períodos de maior lotação, 16 pessoas morriam a cada dia. Em 1979, o psiquiatra italiano Franco Basaglia, após visitar a Colônia, reuniu jornalistas e contou: “Estive hoje num campo de concentração nazista. Em lugar nenhum do mundo, presenciei uma tragédia como essa”.

O Inoportuno

A

Fenim, tradicional feira de moda voltada para lojistas, desdobrou-se em 2013: criou uma edição no Nordeste e acaba de estrear em território paulista. As notáveis feiras de calçados Francal e Couromoda se unem para, em setembro, abrir espaço em Fortaleza. Esses eventos que abastecem o mercado sinalizam retomada do consumo. E sintonizam-se com um dado observado por Fernando Pimentel,superintendente da AbitAssociação Brasileira da Indústria Têxtil e Confecção: “O Brasil conquista pole position no varejo entre os países emergentes”. Julio Viana, que estendeu os domínios da gaúcha Fenim, expondo cerca de mil marcas em São Paulo, já projeta uma edição também em Goiás, possivelmente em Caldas Novas. Enquanto isso está em andamento a feira de verão 2014 de Gramado-RS, sob direção de Claudio Goerl, com

investimentos de 3,8 milhões de reais. O raio X positivo de reação do mercado varejista foi apresentado no 10º Salão da Moda Brasil, encerrado na terça-feira em São Paulo, com expositores de lingeries e fitness. “Enquanto a produção registra modestos 2%, o varejo cresce 4%”, enumera Marcelo Prado, diretor da consultoria Iemi Inteligência de Mercado, que prevê para este ano expansão no setor de moda íntima na casa de 7,9% , em termos nominais. As feiras descentralizadas visam também aquecer o mercado. “Está cada vez mais difícil para o lojista ficar viajando”, observa o experiente Julio Viana. Mas as feira são poderosas vitrines. Na Fenim paulistana, por exemplo, apesar da edição nordestina, compareceram quinze marcas de pequenos e médios confeccionistas de Fortaleza, representadas por Fátima Dantas,

Julio Viana que tem no Paraná seu maior atacadista, o Liderança, de Cascavel. “temos preços imbatíveis”, avisa, mas ressalva: “O preço é popular mas o produto é diferenciado, tem pesquisa de moda”. Na 6ª Fenim em Gramado, voltada à indústria da moda na re-

gião Sul, até sexta-feira espera um número de visitas de compradores 30% maior em relação a 2012. Segundo Claudio Goerl, “o objetivo da feira é promover o encontro direto entre fabricantes e compradores para a negociação sem intermediários e despesas absurdas”.

Sucesso de verão à vista Com Zeca Cenovicz, Rafael Camargo e Dimas Bueno, além de Enio Carvalho (direção), Maureen Miranda (figurinos e cenário) e Chico Nogueira (sonoplastia e foto), O Inoportuno (The Caretaker), de Harold Pinter, vai ao palco. A peça gira em torno de dois irmãos e de um mendigo-vagabundo Davies, salvo de uma briga por um deles e levado para casa. Em cartaz até 14 de julho, de quarta a sábado às 20h e domingo às 18h, no Espaço Cultural Falec (Rua Mateus Leme, 990, fone 3352-2685). Ingressos a 20 e 10 reais.

My Career

Como se planejar na profissão, estudar ou fazer intercâmbio, abrir uma empresa são tema da psicóloga Isabela Guerra, em sua palestra marcada para quarta dia 26, às 19h30, na Livraria Cultura, do Shopping Curitiba. Inscrição grátis pelo www.acta.com.br.

Foto em curso

1-Neste fim de semana (dias 22 e 23), workshop de fotografia e produção de moda com o Coletivo Tangerina. Será na Casa Rosa (Rua Padre Camargo, 262). Informações e inscrições info@clix.fot.br. 2- Centro Europeu e Bruno Tomason promovem o Workshop de Retrato de Família e Gestantes com Tyto Neves, de quinta 21 a domingo. Informações: www.centroeuropeu.com.br e 3222-6669.

Rui Porto

Chinelos de borracha feito rasteirinha para as mulheres, com tiras duplas e com tiras mais curtas, e uma linha com design que sugere conforto para os pés masculinos, antes e depois dos exercícios esportivos, são novidades de Havaianas para o verão que devem estar no mercado até agosto. O lançamento aconteceu nessa terça dia 18, na loja conceito da Oscar Freire, em São Paulo, tendo por anfitrião Rui Porto, consultor e marketing do grupo Alpargatas. Após mostrar as novidades, incluindo alpercatas e tênis, solicitado a sintetizar as novas coleções, rapidamente, determinou: “Havaianas se renova mas continua a mesma”. Para as mulheres, as Flat, as rasteirinhas das Havaianas são dotadas de duas variações nas tiras

Clareia

A cantora Branka Karyme Hass, curitibana residente no Rio, iniciou uma série de apresentações no Bar Samba, em São Paulo, até julho. A turnê, que compreende também a cidade de São Carlos, integra o projeto Carlinhos 7 Cordas convida e lançamento do disco Barra da Saia e do single Clareia (composição de autoria de Norma Acquarone) em homenagem a mineira Clara Nunes, falecida há exatos 30 anos.

Pela noite

1-Na festa Los Mariachis, nesta quinta dia 20, na WS Brazil (Carlos de Carvalho, 1330), além de música e gastronomia, serão servidos bigs picolés Los Paleteros. Entre os sabores haverá o Jamaica, que combina flor de hibisco com framboesa. 2- O Inverno no Boteco Santi traz a banda curitibana Belief! Com repertório de tributo ao músico John Mayer. Fone 3045-6585. 3- Nesta sexta-feira 21, o Bossa Nova Bar reúne os grupo RaTim Bloco ( canções de Lulu Santos, O Rappa e Skank) e Samba de Saia (cirandas, MPB). Fone 3528-6467.

Fernando Pires, Brasil e África A semana de moda de Angola acontece em Luanda, até dia 26, e nesta quinta-feira 20, o designer de calçados femininos Fernando Pires apresenta clássicos da sua marca e peças especiais, produzidas com exclusividade para a ocasião. E também homenageará a relação Angola - Brasil, fechando o desfile com dois modelos trabalhados em cristais, um reproduzindo a bandeira do país anfitrião, e outro a bandeira brasileira.

e bem coloridas. Os solados são mais finos que a Flit, e tiras mais curtas. Uma das opções são as de duas tiras horizontais. Os solados podem ser degradê, estampados ou listrados. Os preços variam de 15 a 17 reais. A linha masculina (lembra que essa história toda começou nos pés dos pedreiros?) chama-se Sport e traz quatro modelos concebidos para o conforto dos atletas (amadores ou não) após tirar as chuteiras, sair da quadra ou da piscina. Por sua performance, “é o nosso produto mais caro (em torno de 40 reais)”, observa Rui Porto, garantindo: “Pés pegando fogo precisam disso aqui” – ou seja, o chinelo com tiras furadinhas para refrescar, borracha extra macia e sola anatômica.

Diário Indústria&Comércio  

jornal, economia, curitiba, parana, brasil, negocios, bovespa, financas, aroldo mura, pedro washington, ayrton baptista, eliseu tisato, bet...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you