Page 1

www.iCNE WS .com.br

Indústria&Comércio Curitiba, segunda-FEIRA, 19 de Setembro de 2011 Ano XXXIV | Edição nº 8461 | R$ 1,50

DIÁRIO. Mais que notícias. inteligência. conhecimento.

Aroldo Murá CURITIBA REVELA ESCRITOR DE OBRAS INFANTIS Erley Thiago adotou Curitiba, tem 23 anos, formou-se em Letras/Português em 2010. Não é conhecido do grande público e transita com discrição nos meios artístico-culturais locais. Mas acaba de ganhar um grande prêmio nacional, concedido por editora espanhola SM, por um livro infantil. Erley é, em parte, fruto das Oficinas de Literatura que a Fundação Cultural de Curitiba desenvolve. Seu livroi será publicado em 2012 e há possibilidade de ser traduzido para outras línguas. PARANÁ | a3

Fábio Campana Relatório indigesto Tem gente com tremedeira e a suar frio nas mãos. O presidente do Tribunal de Contas do Estado, conselheiro Fernando Guimarães, informou que apresentará hoje o relatório sobre a revisão das aposentadorias dos servidores da Assembleia Legislativa. geral | a5

Pedro Washington Orquestra desafinada A impressão inicial causada pelo atual governo federal, dando a entender que uma faxina estava sendo levada a efeito, começa a se dissipar.

Compensação a exportadores terá início em dezembro Alterações do governo nas regras do IOF pretendem evitar ação de especuladores A medida para compensar os exportadores atingidos pela cobrança do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) nos contratos de derivativos cambiais deve vigorar a partir de dezembro, informou o secretário executivo adjunto do Ministério da Fazenda, Dyogo Oliveira. O governo decidiu cobrar o IOF para evitar a ação de especuladores por meio de apostas na queda do dólar. Mas, como os exportadores usam os derivativos para se proteger contra as flutuações inesperadas da taxa de câmbio, o governo decidiu adotar a medida para evitar que os exportadores, que usam esses contratos apenas para se proteger, sejam prejudicados. O derivativo tem esse nome pelo fato de o preço do contrato derivar de outro ativo no mercado financeiro. “Estamos estudando meios para compensar o custo que os exportadores terão com a incidência do IOF”, disse Oliveira.

MAN Latin America expande sua operações negócios i b8

telefonia

TIM investe para ter a mais avançada rede IP do país negócios | b8

REGISTRO Banco Central projeta inflação de 4,5% em dezembro de 2012 O presidente do Banco Central (BC), Alexandre Tombini, disse na sexta-feira (16/09) que a instituição trabalha para que o país chegue a dezembro de 2012 com a inflação por volta de 4,5% ao ano, centro da meta estipulada pelo governo. De acordo com ele, nos próximos oito meses, até abril de 2012, a inflação deverá cair dois pontos percentuais. A inflação dos últimos doze meses, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), fechou agosto a 7,23%. Fiesp considera bem-vindo o aumento IPI de veículos A Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp) considerou “bem-vinda” a decisão do governo de aumentar em 30 pontos percentuais o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) de veículos que não tenham 65% de componentes nacionais. A medida também exige das montadoras investimentos em inovação. O presidente da Fiesp, Paulo Skaf, defendeu que sejam adotadas mais ações para aumentar a competitividade do setor industrial brasileiro. Mercados reagem com otimismo à ação coordenada de bancos centrais Os mercados financeiros reagiram com otimismo na sexta-feira (16/09) ao anúncio de cinco bancos centrais internacionais de medidas emergenciais para aumentar a liquidez para empréstimos, na expectativa de que isso reduza os temores sobre as dívidas de países europeus. As medidas anunciadas em uma ação coordenada pelo Banco Central Europeu, Banco da Inglaterra, Banco Central da Suíça, Federal Reserve (Fed, o Banco Central americano) e pelo Banco do Japão têm o objetivo de garantir que os credores, especialmente na Europa, continuem a emprestar dinheiro entre si.

CMYK

Paulo Rosa/Detran

Entre os dias 18 e 25 deste mês, em todo o Brasil, será comemorada a Semana Nacional de Trânsito. No Paraná, o Departamento de Trânsito do Estado (Detran), Polícia Rodoviária e prefeituras preparam uma série de ações educativas para alertar a sociedade das pequenas atitudes que podem salvar vidas e melhorar a qualidade do tráfego nas cidades.

economia i b3

geral | a3

transportes

PR prepara ações para Semana Nacional de Trânsito, de 18 a 25 de setembro

geral i a2

Exportações do agronegócio do País têm novo recorde Arquivo/ABr

As exportações do agronegócio brasileiro nos últimos 12 meses alcançaram mais um recorde de valor, atingindo a cifra de US$ 88,3 bilhões. O resultado significou crescimento de 24,8% em relação ao mesmo período do ano anterior, de acordo com informações do Ministério da Agricultura. Segundo o secretário de Relações Internacionais do ministério, Célio Porto, os recordes de exportação devem ser mantidos até o fim do ano. O resultado positivo levou ao aumento do superávit comercial que chegou a US$ 71,9 bilhões no acumulado dos últimos 12 meses.

geral i a5

INDICADORES FINANCEIROS Maiores altas J B DUARTE INEPAR COBRASMA ITAUSA GTD PART

Maiores QUEDAS J B DUARTE PINE J B DUARTE AMERICEL TECTOY

BOM DIA!

CÂMBIO

IBOVESPA

MERCADO À VISTA COTAÇÃO 0,04 3,74 0,10 14,40 0,24

COTAÇÃO 0,02 0,01 0,03 11,50 0,04

Maiores altas ELETROBRAS ELETROBRAS TELESP B2W VAREJO TELEMAR N L

Maiores QUEDAS USIMINAS HYPERMARCAS MARFRIG CCR SA PETROBRAS

COTAÇÃO 17,64 22,88 52,50 17,60 44,00

COTAÇÃO 23,85 11,97 7,87 46,20 22,61

Moeda

Compra

Venda

Dólar turismo 1,6500

1,7900

Dólar comercial 1,7305

1,7320

Dólar paralelo 1,5900

1,7300

Euro

2,3954

2,3938

Ouro (Grama/R$): 227,62

EDITORIAL

FROTA FIXA? No Brasil o serviço de rádio táxi começou em Curitiba há mais de 30 anos. E ao longo deste tempo conseguiu se manter em alto nível, especialmente a pioneira. Infelizmente, de uns tempos para cá, o serviço de uma maneira geral, a englobar todas as concorrentes, piorou bastante. - Por quê? - Há várias causas: a cultura do ônibus cultivada desde a primeira gestão Lerner foi abandonada e o governo Lula favoreceu muito a compra&financiamento do carro – dois fatos que concorrem para os crescentes engarrafamentos no nosso cada dia mais lento tráfego. E, último mas não menos importante, o número de táxis em circulação na cidade é basicamente o mesmo há 20 anos!!! Suspeitamos que está mais do que na hora de ampliarmos a fixa frota.

Central de Atendimento: 41 3333.9800

Mundo EMPRESARIAL Inauguração do hipermercado Condor O Condor Super Center recebeu na última quarta-feira no município de Colombo, para um café da manhã realizado para convidados, imprensa e clientes. O novo empreendimento possui uma área total de 17 mil m², sendo 5 mil m² de área de vendas e deve atender mensalmente mais de 200 mil pessoas. A loja gera 280 empregos diretos. O novo hipermercado conta com tecnologia de última geração.

Na Lapa, alunos terão aulas sobre cultura e turismo Alunos de escolas públicas da Lapa poderão ter aulas sobre história, cultura e turismo da cidade a cerca de 70 quilômetros de Curitiba.

página a4

e-mail: pauta@induscom.com.br

turismo i b4

Editais na página A7.


Geral

“A felicidade consiste em preparar o futuro, pensando no presente e esquecendo o passado se foi triste.” John Ruskin Indústria&Comércio | Curitiba, segunda-feita, 19 de setembro de 2011 | A2

Previsão do tempo

AB Notícias

fonte: www.simepar.br

Mín.: 08° Máx.: 18°

abnoticias@abcom.com.br

O sol volta a aparecer por mais momentos entre os setores lestesul e também na faixa litorânea, pois a concentração de nuvens começa a diminuir nestas áreas do Paraná. Nas demais regiões do Estado o tempo não muda, ou seja, segue com predomínio de sol e temperaturas mais elevadas. No interior paranaense o ar permanece muito seco e, durante a tarde, a umidade relativa do ar tende a ficar abaixo dos 30% entre o norte e oeste.

PROPOSTAS PARA O SUDOESTE

Com o objetivo de abastecer os gestores públicos de informações para o desenvolvimento regional, profissionais associados ao Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Paraná (Crea-PR), apresentaram à comunidade da região Sudoeste ações que podem auxiliar na administração pública. As propostas para o desenvolvimento da região são: construção de um aeroporto regional, implementação da aduana de Capanema, aumento da capacidade de armazenamento para produtos agrícolas e modernização do sistema viário regional.

SEGURANÇA ALIMENTAR

CURITIBA

Ducci mostra projeto de revitalização viária Obras no Tatuquara devem começar em março do ano que vem O prefeito Luciano Ducci se encontrou na sexta-feira (16) com comerciantes do Tatuquara para apresentar o pré-projeto de revitalização da rua Enette Dubard. A rua é um importante eixo comercial do bairro, que será transformado na 10ª administração regional da Prefeitura e terá terminal de ônibus, Clube da Gente, Unidade de Saúde e Rua da Cidadania. “A Enette Dubard é a primeiro trecho da grande revitalização viária que promoveremos no bairro, um total de 3,6 quilômetros”, disse o prefeito. “Esse será o segundo maior eixo viário em obras na cidade, somente menor que a Linha Verde. Uma das grandes obras que a Prefeitura fará em 2012.” O pré-projeto foi apresentado pelo presidente do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc), Cléver de Almeida, e pela assessora de Projetos, Celia Bim. A revitalização deverá começar em março de 2012. Na primeira fase, que ainda

O prefeito Luciano Ducci se encontrou com comerciantes do Tatuquara para apresentar o pré-projeto de revitalização da rua Enette Dubard, que é um importante eixo comercial do bairro

será licitada, a Prefeitura vai revitalizar 1,2 quilômetros da Enette Dubard. Além da pavimentação, a rua ganhará nova iluminação viária e para pedestres, que garantirá mais segurança no comércio. As calçadas terão cerca de três metros em cada lado da rua. Todo o projeto vai ser adequado às necessidades de deficientes físicos e idosos. O paisagismo, com árvores de médio porte e flores, será ou-

tro diferencial da nova Enette Dubard. “Com essas mudanças, até o movimento do comércio deverá aumentar, pois as pessoas se sentirão bem e mais seguras para caminhar pela Ennette Durbard”, disse o prefeito. O comerciante Ivan Bagnhuk, dono de uma padaria na Enette Dubard, acredita que a revitalização vai contribuir com o desenvolvimento da região. “A rua vai ficar com

melhor aparência e atrair mais clientela”, afirmou Bagnhuk. “A atenção para essa região é importante para moradores e comerciantes.” Na apresentação do projeto básico, os comerciantes fizeram sugestões sobre o projeto e tiraram dúvidas. Agora, o Ippuc vai fazer o projeto executivo. Em seguida, será aberto o processo de licitação. “Esta será uma rua que vai ter a cara da população, que está decidindo como ficará a revitalização”, disse Luciano Ducci. Participaram do encontro os secretários municipais Osmar Bertoldi, da Habitação, e Fernando Guedes, de Relações com a Comunidade; o administrador da Regional Pinheirinho, Fernando Janz, e o presidente da Associação Comercial e Industrial do Tatuquara, Email Machado. O Tatuquara faz parte da Regional Pinheirinho, que tem cerca de 169 mil habitantes e ainda compreende os bairros Campo de Santana, Pinheirinho, Capão Raso e Caximba.

PR prepara ações para Semana Nacional de Trânsito Entre os dias 18 e 25 deste mês, em todo o Brasil, será comemorada a Semana Nacional de Trânsito. No Paraná, o Departamento de Trânsito do Estado (Detran), Polícia Rodoviária e prefeituras preparam uma série de ações educativas para alertar a sociedade das pequenas atitudes que podem salvar vidas e melhorar a qualidade do tráfego nas cidades. O tema das abordagens, dentro da Década Mundial de Ações Para a Segurança do Trânsito - definida pela Organização das Nações Unidas (ONU) para acontecer até 2020, será “Juntos Podemos Salvar Milhões de Vidas”. Uma das metas da Semana é iniciar um processo de conscientização, que deve ser contínuo e mantido ao longo dos anos. “As ações comemorativas são a mobilização inicial, mas é preciso que os órgãos de trânsito tenham um programa de educação permanente, com metas definidas de atuação e resposta para reduzir o número de infrações e acidentes”, diz o diretor-geral do Detran, Marcos Traad. Segundo ele, o Governo do Pa-

Dados compilados pelo Detran mostram que o número de acidentes de trânsito voltou a crescer no Paraná em 2010: saltou de 41,3 mil em 2009 para 43,8 mil no ano passado

raná vai retomar os investimentos em ações educativas, focadas principalmente nas crianças e jovens. “Temos um projeto de médio e longo prazo que envolverá também a iniciativa privada. Queremos que as campanhas sejam mais dinâmicas e interativas, com a participação de toda a sociedade”, afirma. Dados do Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran), diretorias municipais de trânsito, Polícia Militar, Polícia

Rodoviária Federal e Estadual, compilados pelo Detran, mostram que o número de acidentes de trânsito voltou a crescer no Paraná em 2010: saltou de 41,3 mil em 2009 para 43,8 mil no ano passado - um aumento de 6%. Os acidentes envolvendo automóveis, ônibus, caminhões e motos fizeram 56 mil feridos e mais de 2 mil vítimas fatais.

Cidades

Gincanas educativas, expo-

sição de veículos acidentados, passeio ciclístico, caminhadas, debates sobre trânsito seguro, “dia sem carro”, simulação de atendimento a acidentes de trânsito e teatro educativo para crianças, são apenas algumas das várias atividades realizadas nos municípios durante toda a semana. O Detran fará blitz educativa em parceria com a Polícia Militar e demais órgãos municipais de trânsito nas principais vias de Assaí, Assis Chateaubriand, Cambé, Campo Largo, Campo Mourão, Capanema, Castro, Cianorte, Clevelândia, Cornélio Procópio, Cruzeiro do Oeste, Dois Vizinhos, Engenheiro Beltrão e Goioerê. Eventos semelhantes acontecem também em Guaraniaçu, Guarapuava, Ibaiti, Ibiporã, Iporã, Jacarezinho, Lapa, Laranjeiras do Sul, Loanda, Mandaguari, Mangueirinha, Maringá, Matelândia, Medianeira, Nova Esperança, Palmas, Palotina, Paranavaí, Pitanga, Rolândia, Rio Negro, Santa Helena, Siqueira Campos, Telêmaco Borba, Terra Boa, Toledo e Ubiratã.

Informe da Câmara Municipal de Curitiba Vereador acompanha obras nos bairros O vereador Juliano Borghetti (PP) realizou uma série de visitas no Tatuquara, Mercês e Xaxim, para conferir a execução das obras reivindicadas pela comunidade. No Tatuquara, o parlamentar conversou com comerciantes, funcionários de escolas, verificou a sinalização da Rua João Goulart, e construção de meio-fio. Também vai avaliar a criação de projeto para implantação de uma sala de informática na Escola Municipal Professor Osvaldo Arns. As melhorias para o bairro Mercês são o calçamento, iluminação

e projeção de rampa nas ruas Desembargador Motta esquina com Júlia Wanderley, Manoel Ribas, Tenente João Gomes da Silva e Alcides Munhoz. No Xaxim, o parlamentar verificou a necessidade de retirada de lixo de algumas ruas. Os entulhos, segundo Borghetti, estão obstruindo as calçadas. “Estou atendendo as solicitações e cobrando os serviços para que a comunidade tenha segurança e garantia de vida saudável em seu bairro”, afirma.

Foi assinada a resolução que criou o Programa Estadual de Análise de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos. Com a informação de que o consumo de produtos com resíduos pode ser nocivo à saúde, a intenção do projeto é regular e fiscalizar o uso dessas substâncias na produção de alimentos. A medida preza pela segurança alimentar da população paranaense e irá monitorar constantemente esses processos de produção.

DISPUTANDO EMPREENDIMENTOS

O governador Beto Richa anunciou que está disputando a vinda de mais duas montadoras internacionais e de grande porte para o Paraná. Trata-se da empresa japonesa Nissan e da alemã BMW. Os empreendimentos representam investimentos milionários com grande geração de emprego, renda e impostos para o Estado.

EVOLUÇÃO SOCIAL

Foi divulgado esta semana pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), o comunicado de Mudanças Recentes na Pobreza Brasileira. O estudo informa que a desigualdade de distribuição de renda no país diminuiu 5,6% e a renda média real subiu 28% entre 2004 e 2009. As número de pessoas extremamente pobres com renda inferior a 67 reais, caiu de 15 milhões para 9 milhões. Tais números apresentam uma evolução significativa do quadro social do Brasil.

PARCERIA COM DESBRAVADORES

A prefeitura de Dois Vizinhos, Sudoeste do Estado assinou convênio no valor de sete mil reais com o clube de Desbravadores do município. A parceria foi firmada até o final do ano e prevê o desenvolvimento de atividades educacionais, envolvendo centenas de jovens para, por exemplo, limpeza de rios, campanha de combate às drogas ou de coleta de agasalhos. Segundo a prefeitura, o clube tem uma participação muito ativa na sociedade e pode ajudar a cidade a se tornar mais solidária e unida.

MAIOR SALÁRIO

Dentre as 26 capitais brasileiras, Luciano Ducci, é o prefeito que recebe o maior salário. Em média o valor que os governantes recebem é de 16.920 mil reais, Luciano Ducci, recebe por administrar a cidade de Curitiba 26.700 mil reais. O levantamento foi realizado junto aos governos municipais brasileiros e não considera bônus e benefícios eventuais.

UNIDADE DA CEASA

Foi assinado esta semana um termo de cooperação entre o a prefeitura de Ponta Grossa o Governo Estadual e a Central de Distribuição e Comercialização de Hortifrutigranjeiros – Ceasa. A medida pretende criar uma Ceasa no município, que irá entrar em funcionamento a partir de 2012. O objetivo é que a unidade organize o sistema de compras e vendas de produtos. Outros 12 municípios da região serão beneficiados com a implantação da unidade.

DOENÇAS CRÔNICAS

Um balanço divulgado pela Organização Mundial de Saúde – OMS, incluindo informações de 193 países, revelou que as doenças crônicas não transmissíveis são as maiores causas de morte em todo o mundo. Somente em 2008, elas foram responsáveis por 36 milhões de óbitos. A OMS cobrou ações mais eficazes no combate à obesidade e ao diabetes para diminuir estes números.

PROJETOS EM TRÂMITE

O município de Lidianópolis, Região Norte, acompanha os processos dos projetos que estão em trâmite junto ao Governo do Estado. Dentre eles, está o convênio já firmado para aquisição de um veículo, um microcomputador e uma impressora para o Conselho Tutelar. Além disso, foi assinado junto à Secretaria de Agricultura, a aquisição de calcário para agricultura familiar. As obras do prédio novo do paço municipal também estão sendo acompanhadas e devem ser concluídas em janeiro de 2012.

EXPEDIENTE

Diário

Indústria&Comércio Fundado em 2 de setembro de 1976 Fundador e Presidente Odone Fortes Martins Reg.Prof. DRT/PR: 6993 (ofm@induscom.com.br) Administração Irene Morva Martins (diretoria@induscom.com.br) Diretor de Redação Eliseu Tisato Reg.Prof. DRT/PR: 7568 (editor@induscom.com.br) Redação: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fone: (41) 3333.9800 E-mail: pauta@induscom.com.br Publicidade Legal e Assinaturas: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fones: (41) 3333.9800 | 3334.4665 e-mail: publegal@induscom.com.br

Parque Gráfico e Circulação: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fones: (41) 3333.9800 | 3322.1012 Direção e Comercial: Rua Presidente Faria, 533 Centro - Curitiba - CEP: 80020-290 Fone: (41) 3322.1012 e-mail: diretoria@induscom.com.br comercial@induscom.com.br

NEW CAST PUBLICIDADE & MARKETING BRASÍLIA E RIO DE JANEIRO Atendimento : Flávio Trombieri Moreira – Cel.: (61) 8155 2020 Endereço: SRTVS Quadra 701 Bloco K Sala 624 – Edifício Embassy Tower – Brasília DF - Cep.: 70.340 – 908 Fone/Fax: (61) 3223 4081 E-mail: new.cast@uol.com.br / new.cast@hotmail.com

Os artigos assinados que publicamos não representam necessariamente a opinião do jornal.


GeralEstadual Curitiba, segunda-feira, 19 de setembro de 2011 | A3 | Indústria&Comércio

aroldo@cienciaefe.org.br

Aroldo Murá G.Haygert Curitiba revela AUTOR de livros infantis

este estudo, há em Curitiba, 83 loteamentos clandestinos, com 5,3 mil famílias.

DILMA ANUNCIARÁ R$ 5 BI PARA O METRÔ

Há sete anos Irley Thiago, 23, deixou a distante e pequena cidade de Cajazeiras, Paraíba, 50 mil habitantes, (fronteira com Ceará) para viver em Curitiba, onde já morava sua mãe. Aqui fez Letras/Português na PUCPR, graduando-se em 2010. Sua história de vida poderia ser igual a de tantos universitários, não fosse ele um aplicado estudante das Oficinas de Letras que a Fundação Cultural de Curitiba ministra. E nelas, burilado – ou entreajudado por um mestre de primeiro quilate, Otto Leopoldo Winck -,desenvolveu sua vocação muito especial, a de escritor de livros infanto-juvenis. O resultado foi surpreendente: no último dia 13, em solenidade no Clube Nacional, em São Paulo, Irley Thiago recebeu o Prêmio Sétima Barca a Vapor, premio nacional de literatura infanto-Juvenil, concedido pela editora espanhola SM a livro inédito. De São Paulo Irley voltou com adiantamento (R$ 30 mil) de direitos autorais do seu livro premiado, o “Até o momento, Coelho Azul” (que a editora talvez mude de nome). E a certeza de que a obra será editada em larga escala, em maio de 2012, sendo previstas edições em outras línguas, como inglês e espanhol.

CURITIBA REVELA – 2

Irley é moço de classe média. Teve uma família favorável à sua vocação: sua mãe era professora, na Paraíba, e tios seus escreviam livros para editoras locais. Foi aluno de escola particular, até oitava série. O ensino médio foi feito no CEFET de Cajazeiras. Hoje Irley estuda cinema na FAAP. Tem planos para fazer cinema profissionalmente. Leia mais em: http://www.edicoessm.com. br/backend/

Matéria da Folha de S. Paulo da última sexta-feira, 16, confirma que a presidente Dilma Rousseff anunciará unciar nos próximos dias investimentos de R$ 5 bilhões em metrôs e coloca Curitiba entre as quatro capitais que vão receber os recursos. “É o maior valor já investido pelo governo federal nesse tipo de transporte. Projetos em quatro cidades (Belo Horizonte, Salvador, Porto Alegre e Curitiba) já estão confirmados”, diz o jornal paulista.

ANISTIA PARA LOTEAMENTOS CLANDESTINOS

O prefeito Luciano Ducci assina nesta segunda-feira, 19, a anistia do pagamento de IPTU loteamentos clandestinos em processo de regularização e ocupados por famílias de baixa renda. A medida põe um fim num dos principais entraves para regularização de loteamentos irregulares em Curitiba. “Vamos corrigir uma injustiça, pois os moradores de loteamentos clandestinos pagaram pelos lotes e não têm documento de propriedade. Com esta a anistia, facilitaremos o processo de legalização dos lotes”, explica Ducci. A anistia faz parte da lei aprovada pela Câmara Municipal que prevê o perdão da dívida tributária nas áreas que têm projetos de regularização fundiária em andamento. Fazem parte da lista, as áreas levantadas pelo Ippuc em 2005. Segundo

EM 20 MINUTOS, DORES DA SEPARAÇÃO DE CASAL

TRÊS ANOS DE OBRAS

Luciano Coelho e Rejane Arruda

A presidenta e o prefeito, em Brasília

“Os projetos já aprovados somam 80,8 km de metrô e têm previsão de obras com duração de três a quatro anos. Eles teriam custo total estimado em cerca de R$ 10 bilhões. O valor de R$ 5 bilhões é o que está sendo estimado pelas capitais. Mas, até o anúncio oficial -ainda sem data-, pode mudar. A diferença entre o custo da obra e o repasse do governo terá de ser bancada por Estados e municípios, que também devem conseguir parcerias privadas”, adianta a FSP. Os recursos federais para metrôs são do PAC da Mobilidade, que tem R$ 18 bilhões para projetos de transporte urbano em cidades com mais de 700 mil habitantes.

RECORDANDO A RÁDIO ESTADUAL: 56 ANOS

“Medo de Sangue”, o novo filme de ficção do cineasta curitibano Luciano Coelho, estréia dia 20 de setembro, (terça-feira), às 20 horas, na Cinemateca de Curitiba (Rua Carlos Cavalcanti, 1174 – São Francisco). Em apenas 20 minutos, o diretor e roteirista pretende revelar as dores, angústias e desafios que acontecem durante a separação de um casal. Coelho retorna de um giro pelo Rio Grande do Sul, Argentina e Uruguai, onde começou a produzir o longa metragem “A Linha Fria do Horizonte”, cuja idéia é mostrar a identidade comum, a latinidade de artistas que compartilham as mesmas condições climáticas e as paisagens geladas dos pampas. Luciano Coelho já produziu vinte filmes e documentários, entre eles os longas “Música Subterrânea” (2008) e “Caras de Um Carnaval” (2010), ganhador de dois kikitos no Festival de Gramado, entre outros prêmios. Desde 2003 coordena, ao lado de Marcelo Munhoz, o Projeto Olho Vivo, centro de formação e produção audiovisual.

DIFICULDADES & CURSOS SINGULARES NA ESPÍRITA

“AMENO” NÃO É “MENOS”

E o adjetivo “ameno” (que significa aprazível, agradável, suave) continua sendo sistematicamente usado em referência às baixas temperaturas deste inverno curitibano. O jorHélio Puglielli: corrigindo nalista Helio Puglielli, um dos mais friorentos de nossos homens de imprensa, identificou no “site” do Simepar uma das prováveis causas do equívoco. Helio, que costuma enfrentar as temperaturas “amenas” com sobretudo e cachecol, acha que a mídia, principalmente a televisiva local, repete o termo erroneamente empregado pelos meteorologistas. Segundo pondera o colega, amenas só poderiam ser consideradas as temperaturas entre 20 e 17 graus. De 16 para baixo é frio mesmo. Nenhum jargão técnico, segundo Helio, pode se sobrepor à semântica (ciência dos significados) e ao que dizem os dicionários. Para quem desconhece: Puglieli formou gerações de jornalistas na UFPR. Nunca se ouviu falar de aluno que não tenha se tornado incondicional admirador do professor e jornalista (um dos meus personagens do livro “Vozes do Paraná” 3, É um expert em teoria da comunicação, com amplo domínio dos meandros da Filosofia.

Em terceiro está O Globo, com 264.386 exemplares por dia. Na quarta posição ficou O Estado de S.Paulo, com 251.778 jornais por dia. E em quinto, o Extra, do Rio, com 233.825.” Segundo o IVC, de julho de 2011. Os jornais auditados somam 4.391.372 exemplares. Muito pouco, para 193 milhões de brasileiros. O JJ esqueceu de citar aquele jornal da Câmara Municipal, patrocinado por Cláudia Queiroz, que diz tirar 160 mil exemplares..

Os 56 Anos da Rádio E-Paraná (que começou no Colégio Estadual do Paraná) foram o tema do programa “Nossa História” deste final de semana. Transmitido no sábado às 7 da noite e reapresentado no domingo às 8 da manhã ,sempre pela rádio E-Paraná Am 630, o programa reuniu veteranos radialistas e artistas que contaram histórias curiosas e interessantes dos primórdios do rádio no Paraná. A produção e apresentação são de Zélia Sell e Guilherme Nascimento e os trabalhos técnicos de Laro Telles. “Nossa História”, “a história contada por quem sabe”, também poderá ser ouvido pela internet nesses horários acessando: www. rtve.pr.gov.br

Da área educacional universitária: são notórias as dificuldades que vêm sendo enfrentadas pela Faculdade Espírita Bezerra de Menezes, especialmente quanto ao pagamento do quadro docente. Isto tem motivado, sabe-se, movimento de reivindiçações dos professores. Apesar disso, a faculdade continua com seus cursos absolutamente singulares e de forte sentido prático. Um deles é o de Naturoterapia, outro, o de Acupuntura. Essa abertura para o “novo” está presente igualmente na realização de cursos de extensão de Parapsicologia, um assunto sempre instigante, mais ainda com a abertura do cinema e televisão americanos para os fatos que envolvem o misterioso e o inexplicável, sem falar paranormalidade.

LUIZ CARLOS: “PRESTIGIO OS QUE ME APOIAM”

QUAL É O MAIOR JORNAL DO BRASIL?

João José vai mais adiante, perguntando: ‘Qual é o jornal líder em vendas (bancas mais assinantes) do Brasil?’ E responde:” É o Super Notícia, de Belo Horizonte, com uma média diária de 304.340 exemplares/dia. Em segundo lugar vem a Folha de S.Paulo, com 289.158 jornais/dia, na média.

Panorama Político Pedro Washington

Orquestra desafinada A impressão inicial causada pelo atual governo federal, dando a entender que uma faxina estava sendo levada a efeito, começa a se dissipar. Em período anterior a opinião pública desacostumara-se de ver o que os bem postados em Brasília chamam de “malfeitorias” mas, no popular recebe o jargão de “corrupção”, serem punidas. O mensalão do Lula ficou muito menos lembrado que o do DEM, embora este fosse localizado em Brasília, enquanto o primeiro teve dimensões nacionais. Ainda hoje o mensalão original não foi julgado, correndo o risco, nem um pouco espantoso para quem conhece a política e a justiça brasileiras, de prescrever. Do outro mensalão, a mais recente notícia que se tem é a de “beatificação” da deputada Jaqueline Roriz pela Câmara. Voltemos porém aos primeiros momentos do governo petista, agora consagrado pela presença da presidente Dilma na reunião nacional do PMDB que tem como sua figura mais marcante o senador José Sarney e se verá que ele, como todos os outros, é refém da fisiologia. Atropelado pela opinião pública iniciou o que se chamou “faxina”, palavra que hoje causa mal estar à presidente. Dos cinco ministros defenestrados, demitiu quatro. O mais recente, do Turismo, que se levado em conta o seu passado como deputado nem deveria ter sido nomeado, demitiu-se. Quando o lixo na porta de seu ministério já se acumulava e começava a cheirar mal. Tal como acontece no resto do país, com lixões políticos a céu aberto, em Brasília o caminhão de lixo do Planalto sempre chega atrasado. Se houve entusiasmo inicial pelas medidas tomadas, o povo percebe hoje que gente como o Sarney e seu PMDB (não se exima outros como o PR de responsabilidade) é que realmente detém a batuta que rege essa desafinada orquestra política brasileira.

Pela via... Quando se esperava que a indústria automobilística nacional adquiriria condições de competitividade com os carros importados pela via da redução dos escorchantes encargos (trabalhistas, tributários) que pesam sobre ela, o que se viu foi o aumento de tributação sobre os componentes importados.

...torta Mais de 70% dos veículos que aqui chegam são do México e Argentina, liberados da tributação por exigência de acordos do Mercosul. Não será surpresa se as montadoras desses países começarem a adquirir as peças no exterior e incorporá-las aos seus veículos. Entrando no Brasil, sem a taxação agora definida, por outras vias.

Blindagem As verbas de comunicação da Câmara de Curitiba que já alçaram números estratosféricos podem ter um substancial aumento. Experientes comunicadores estão entrando em ação para blindar o presidente Caio Derosso. Claro que bem pagos que, sabe-se hoje, a Câmara é generosa com os que a obsequiam. Como só relógio trabalha de graça e ainda assim movido a pilha recarregável, é de se imaginar que tal tarefa não seja gratuita.

Ambientalistas ... Mais uma disputa está em andamento. Desta vez entidades ambientalistas contestando a vitória obtida pela Embrapa que desenvolveu sementes transgênicas de feijão, mais rentáveis e mais resistentes que as hoje existentes para plantio que, atacadas pelo mosaico-dourado, podem apresentar perdas de 40% (ou mais) nas culturas.

...contra Tais sementes modificadas só devem estar disponíveis em escala comercial dentro de 3 anos. Trata-se de pesquisa desenvolvida pela empresa agropecuária brasileira durante 10 anos. Hoje, pelos cálculos de especialistas, o Brasil perde de 80 a 280 mil toneladas de feijão pelos ataques do mosaico-dourado.

Em choque As dificuldades na aprovação de um projeto definitivo para o Código Florestal ainda existem, especialmente em relação às pequenas propriedades agrícolas. Para o ex-ministro do Meio Ambiente, José Carlos Carvalho (governo FHC) há a necessidade do Congresso tentar resolver “problemas do passado, com perspectivas de futuro”.

CURITIBANO LÊ MUITO POUCO JORNAL

O blog de JJ informa que o IVC (Instituto de Verificação de Circulação) de julho passado aponta a Tribuna do Paraná como líder de vendas em bancas em Curitiba, “ com 11.177míseros exemplares por dia, na média”. E que a Gazeta do Povo, o mais importante dos jornais do Paraná, vende – segundo ainda o IVC – 6.187 exemplares/ dia em banca, em média. Para o publicitário João José, que foi criado na escola de um jornalismo dominado pela mídia impressa, em que ela era era soberana e a mais acatada de todas, é “uma vergonha, numa cidade com mais de 2 milhões de habitantes. E com mais de 3 milhões em sua região metropolitana.”… A avaliação do blog de JJ registra, a seguir:“A Tribuna, com os assinantes, tira em média 16.991 jornais/dia. A Gazeta do Povo, 41.153 jornais por dia, na média.”

prpress@terra.com.br

Luiz C. Martins: sinceridade a toda prova

O ex-deputado Luiz Carlos Martins (PDT), que ficou fora da Assembléia por uma dessas maldades da atual lei eleitoral (colifgações, no caso dele), continua filiado ao PDT. Mas não esconde de ninguém que ele hoje prestigia o prefeito Luciano Ducci (PSB/PSDB). Luiz é objetivo: “Prestigio os que me prestigiam. No caso do prefeito, ele às vezes me telefona, pede sugestões, mostra-se interessado pelo meu trabalho e quer minha contribuição”. A estocada de Luiz – dona da AM de maior audiência em Curitiba e RMC – tem como motivo de estar “sendo mantido à parte no processo sucessório municipal, que se encaminha no PDT”, como ele assegura à coluna.

NA EUROPA

O ex-ministro Euclides Scalco e a mulher, dona Terezinha, com mais dois casais, passaram o aniversário dele, sexta-feira, em périplo europeu. Mas Scalco deverá estar de volta esta semana, em tempo de participar da Semana da História que Academia Paranaense de Letras (presidida por Eduardo Rocha Virmond) promoverá a partir de

Ipem fiscaliza empresas de instalação de GNV O presidente do Instituto de Pesos e Medidas do Paraná (Ipem), Rubico Camargo, alerta aos consumidores para que fiquem atentos na hora da instalação de kits para utilização de Gás Natural Veicular (GNV). Segundo ele, é importante muita atenção dos usuários porque podem ocorrer acidentes, principalmente, porque às vezes os motoristas não se preocupam com as questões técnicas, visando unicamente o menor preço, o que não garante o melhor serviço. Ele diz que a primeira providência que o consumidor deve tomar é certificar-se de que a empresa escolhida possui o registro de certificação do Ipem ou do Inmetro, que deve estar em um lugar de fácil visualização. Se não estiver à vista, deve solicitar o documento ao proprietário. Os equipamentos como ci-

lindros, suporte do cilindro, válvulas de segurança e abastecimento, além do redutor de pressão, também devem estar certificados, explicou Rubico, ao lembrar que hoje, em todo o Paraná, existem 14 estabelecimentos credenciados (quadro abaixo), “que realizam o trabalho com excelência e qualidade”. O Instituto de Pesos e Medidas do Paraná (Ipem) realiza regularmente fiscalização junto às empresas que oferecem o serviço de instalação de kits para utilização de Gás Natural Veicular (GNV), atividade delegada pelo Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro) no Estado. A finalidade é proporcionar maior segurança aos consumidores e também para que as empresas prestadoras de serviços cumpram as exigências legais.


ESPAÇO CORPORATIVO

MundoEMPRESARIAL

www.icnews.com.br Emelin Leszczynski & Luiz Augusto Juk reportagem@induscom.com.br

Indústria&Comércio

Curitiba, segunda-feira, 19 de setembro de 2011 | A4

Inauguração do hipermercado Condor O Condor Super Center recebeu na última quarta-feira no município de Colombo, para um café da manhã realizado para convidados, imprensa e clientes. O novo empreendimento possui uma área total de 17 mil m², sendo 5 mil m² de área de vendas e deve atender mensalmente mais de 200 mil pessoas. A loja gera 280 empregos diretos. O novo hipermercado conta com tecnologia de última geração, tudo desenvolvido para reduzir os impactos ao meio ambiente. O grande destaque da loja é o reator dimerizável, um sensor automático de iluminação, em que após a luz ser acesa pela manhã, a intensidade luminosa aumenta ou diminui automaticamente conforme a força da luz natural. Esta é a 31ª loja da rede e a 12ª cidade em que o Condor passa a atuar. Na inauguração, Zonta também anunciou os investimentos em Hui Hara, Roberto Hinça, J. Camargo, Joanir Zonta e Lindacir Zonta 2012 para Pinhais e Curitiba.

Prefeito de Colombo, J. Camargo com presidente do Condor, Pedro Joanir Zonta ESPAÇO CORPORATIVO

Bourbon Atibaia Convention & Spa Resort O presidente da Bourbon Hotéis & Resorts, Sr. Alceu Ântimo Vezozzo, foi homenageado na Câmara Municipal de Atibaia, em São Paulo, com o título de Cidadão Honorário. Vezozzo recebeu o título pelo destaque no setor de hotelaria e por impulsionar o turismo e o crescimento sócio-econômico da região de Atibaia com a implantação do Bourbon Atibaia Convention & Spa Resort. A propositura à homenagem foi do médico e vereador, Ubiratan Fernandes Oliveira, e foi aceita por unanimidade entre os vereadores locais.

Alceu Vezozzo e Flávio Callegari

O presidente da Rede Bourbon Hotéis & Resorts, Alceu Ântimo Vezozzo; José Bernardo Denig, Emil Ono e Alvceu Vezozzo Filho

Alceu Ântimo Vezozzo, presidente da Rede Bourbon, e o pres idente da Fenactur, Michel Tuma Ness

O presidente da Rede Bourbon Hotéis & Resorts, Alceu Ântimo Vezozzo e o vereador Ubiratan Fernandes Oliveira, autor da proposta

ESPAÇO CORPORATIVO ESPAÇO CORPORATIVO

Apresentação do City Centro Cívico Na noite da última quarta-feira (14), a Incorporadora Monarca e as construtoras Tecnisa e Stuhlberger promoveram o evento de apresentação do  City Centro Cívico, o maior e mais importante empreendimento da parceria na capital paranaense. O evento de apresentação, que foi realizado   no local do imóvel contou

Seme Raad Filho, diretor da Incorporadora Monarca; Vitor Wjuniski, sócio-diretor da Construtora Stuhlberger; e a atriz Maria Fernanda Cândido.

Lançamento de livro movimenta noite curitibana com a participação da atriz Maria Fernanda Cândido, estrela da campanha de divulgação do empreendimento. Os convidados tiveram a oportunidade de conhecer, em primeiríssima mão, os decorados do City Residence  (residencial), do   City Office   (multimodulares) e do   City Corporate (corporativos).

Concorrido o lançamento do livro do arquiteto Luiz Maganhoto e do designer Daniel Casagrande, “Um Olhar Sobre Arquitetura, Design de Interiores e Curitiba”, que traz osinsights da dupla que comanda um dos maiores escritórios de arquitetura e design do país. No Taboo, mais de 500 pessoas prestigiaram o evento, que contou com a presença

Amarildo Henning

Karina Lago Raad; o produtor Marcos Soares; e as irmãs Adriana e Analia Raad, sócias da Incorporadora Monarca

CMYK

Lúcia Wjuniski, Eduarda Soldera e Ana Paula Lozano

Gerson Lima

Com a dupla, os diretores da Moss para Casa, Hermes e Felipe Schultz

Fernanda Richa e a arquiteta Carla Kiss

Vitor Wjuniski, Seme Raad Filho e o empresário Sidney Axelrud

da primeira dama do Estado, Fernanda Richa, que fez um dos prefácios do livro, onde estão os mais emblemáticos projetos assinados por Maganhoto e Casagrande. Parte da renda com a venda dos livros no dia do lançamento será revertida à Abracce. Ainda este ano o livro será lançado em São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador.

Luiza Baptista, Eliane Baptista, Marinice Bettega e Maribel Souza


PublicidadeLegal Curitiba, segunda-feira, 19 de setembro de 2011 | A7 | Indústria&Comércio A Empresa RÁPIDO TRANSPAULO, inscrita no CNPJ 88.317.847/0005-79, torna público que requereu ao Meio Ambiente, a Licença Operação, para atividade de transporte rodoviário de carga, exceto produtos perigosos e mudanças intermunicipal, interestadual e internacional e transporte rodoviário de produtos perigosos, com atividade a ser realizada a Rod. BR cento e dezesseis nº 26640, Bairro Tatuquara, na Cidade de Curitiba, Estado do Paraná.

TELOS S/A EQUIPAMENTOS E SISTEMAS – EM LIQUIDAÇÃO CNPJ Nº 76.492.552/0001-26 NIRE Nº41300008787 ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA EDITAL DE CONVOCAÇÃO Ficam os Senhores Acionistas da TELOS S/A EQUIPAMENTOS E SISTEMAS -EM LIQUIDAÇÃO a se reunir em Assembléia Geral Extraordinária a ser realizada as 10 horas do dia 29 de setembro de 2011 na sede social da Companhia, localizada à rua Maestro Francisco Antonello, nº1603, Curitiba, Paraná, com a seguinte ordem do dia: Eleição de um novo Liquidante em razão da renúncia do Sr. André Luiz Lunardon. Curitiba, 16 de setembro de 2011. Telos S/A Equipamentos e Sistemas – Em Liquidação Paulo Roberto Lunardon - Liquidante

A Empresa RÁPIDO TRANSPAULO, inscrita no CNPJ 88.317.847/0005-79, torna público que recebeu da Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Curitiba a Licença Prévia, válida até 01/02/2011 para atividade de transporte rodoviário de carga, exceto produtos perigosos e mudanças intermunicipal, interestadual e internacional e transporte rodoviário de produtos perigosos, com atividade a ser realizada a Rod. BR cento e dezesseis nº 26640, Bairro Tatuquara, na Cidade de Curitiba, Estado do Paraná.

1º Ofício do registro Civil 13º Tabelionato Leão Bel. Ricardo Augusto de Leão - Oficial Trav. Nestor de Castro, 271 - CEP 80.020-120 Centro - Curitiba - PR EDITAL DE PROCLAMAS Faço

saber que pretendem casar-se:

1 - EDUARDO JARESKI DARELLA e RAFAELA SCARDUELI BRESSAN. Se alguém souber de algum impedimento, oponha-o na forma da Lei, no prazo de 15 dias. Lavro o presente Edital de Proclamas para ser publicado e afixado em lugar de costume. CURITIba, 16 DE SETEMBRO de 2011

COMPANHIA PROVIDÊNCIA INDÚSTRIA E COMÉRCIO Companhia Aberta CNPJ n.° 76.500.180/0001-32 NIRE 41.3.000.5081-3 ATA DA REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA EM 18 DE AGOSTO DE 2011 LOCAL E HORA: Rua Hungria, 514 – 3º andar, realizada na Cidade de São Paulo, às 10:00h. CONVOCAÇÃO: Os Conselheiros foram previamente convocados na forma do parágrafo 1º do artigo 15 do Estatuto Social. PRESENÇA: Renan Bergmann, Guido Padovano, Elemér André Surányi, Manuel Maria Pulido Garcia Ferrão de Sousa, Antonio Kandir e Marcelo Araújo e, a convite do Conselho de Administração, o Diretor Presidente e o Diretor Financeiro e de Relações com Investidores. MESA: Renan Bergmann, Presidente; Gabriela Las Casas, Secretária. ORDEM DO DIA: 1) Apreciar os dados de mercado, setoriais, operacionais e informações financeiras bem como operações de hedge da Companhia referente ao mês de julho e acumulados de janeiro a julho/2011. 16º Tabelionato de Notas e 4º Ofício de Registro Civil Rua Voluntários da Pátria, 104, 1º Andar, Centro – Curitiba-PR Fone/Fax: 3233-2444 Faço saber que pretendem casar-se: ELCIO SERAFIM DE OLIVEIRA E SIMONE SAVIAN BERNARDES, VINICIUS DOS SANTOS LISBOA E ANDREA JULIANA BARATO, JONI SILVA CORREIA JUNIOR E FERNANDA CAMPI DE SILOS FERRAZ, LUCIANO BAPTISTA MATTOS E ROSELI VEIGA, RAFAEL MORAIS GONÇALVES E ELOISA FRANZONI, MARIO JOSÉ GONZAGA PETRELLI E MONICA BARUSSO BUFFARA, WELLINGTON SCHUHLI DE CARVALHO E ROSARY SILVA GUIMARÃES, RAFAEL DE LIMA FELCAR E VERA STIER, RODRIGO CALIZARIO DE CARVALHO PACHECO E ANDREIA IZIDORA VAUREK, JOSÉ RICARDO CAVALCANTE DE MENEZES E MARIANA JORGE GARCIA, ANDRÉ LUIZ PEREIRA ROMANÓ E ANA PAULA DO PILAR CARVALHO, THIAGO MONTEIRO CHRISTENSEN E PAULA PONTES GARCIA, apresentaram os documentos exigidos pelo art. do CCB e se alguém souber de algum impedimento oponha-o na forma da lei do prazo de quinze (15) dias. Este será afixado no lugar de costume e publicado na imprensa local. Curitiba, 16 de setembro de 2011. Eloirde Salette V. de Lara Escrevente. L&S ADMINISTRADORA DE BENS S/A ATA DE ASSEMBLEIA GERAL DE CONSTITUIÇÃO DATA: 03 de junho de 2.011. HORA: 09:00h (nove horas). LOCAL: Rua Capitão Souza Franco, 95, Bairro Batel, CEP 80.730-420, em Curitiba, Estado do Paraná. CONVOCAÇÃO: Cartas-convites aos acionistas, expedidas com a antecedência legal. PRESENCAS: Totalidade dos fundadores e subscritores do capital social, a saber: (1) SAMIR CARLOS TEIXEIRA DE FARIA, brasileiro, natural de Timoneira estado do Paraná, casado em regime de comunhão universal de bens, médico, portador de Cédula de Identidade Civil nº 276.811 SSP/PR., inscrito junto ao Cadastro de Pessoas Físicas do Ministério da Fazenda sob nº 001.680.849-53, residente e domiciliado à Rua Petit Carneiro nº 927, Bairro Água Verde, em Curitiba, Pr., CEP nº 80.240-050 e (2) LUISA MARI GULIN TEIXEIRA DE FARIA, brasileira, natural de Curitiba estado do Paraná, casada em regime de comunhão universal de bens, empresária, portadora de Cédula de Identidade Civil nº 564.193 SSP/PR, inscrita junto ao Cadastro de Pessoas Físicas do Ministério da Fazenda sob nº 019.195.229-05, residente e domiciliada à Rua Petit Carneiro nº 927, Bairro Água Verde, em Curitiba, Pr., CEP nº 80.240-050. ORDEM DO DIA: (a) Constituição da Companhia, nos termos do artigo 87 e seguintes da Lei n° 6.404/76; (b) Leitura completa da relação de subscritores da totalidade do Capital Social; (c) Discussão e aprovação do Projeto do Estatuto Social; (d) Eleição da primeira diretoria; (e) Outros atos referentes à Constituição. MESA: Presidente: Luisa Mari Gulin Teixeira de Faria. Secretário: Samir Carlos Teixeira de Faria. DELIBERAÇÕES UNÂNIMES: (a) Aprovada a constituição de uma Sociedade anônima por Ações de capital fechado, sob a denominação de L&S ADMINISTRADORA DE BENS S/A, com sede e foro em Curitiba, Estado do Paraná, na Rua Capitão Souza Franco, 95, Bairro Batel, CEP 80.730-420, cujo objeto social a administração de bens próprios móveis e imóveis e a participação em outras empresas comerciais, industriais ou civis, nacionais e estrangeiras, dedicadas a todo e qualquer ramo de atividade permitido na qualidade de sócia acionista ou quotista. (b) que pelos presentes será subscrito a totalidade do capital social, conforme Boletim de Subscrição de Ações, que constitui o ANEXO II o qual fará parte integrante desta Ata, e integralizado totalmente com a entrega de bens móveis representados por participações societárias diversas e avaliadas por peritos conforme Laudo de Avaliação, que constitui o ANEXO III, a ser elaborado pelos peritos neste ato nomeados para avaliação das quotas e ações destas sociedades, Srs. VALMIR MOMBACH, Brasileiro, Casado, Contador, residente e domiciliado Curitiba - Pr., á Rua Vicente Geronasso, n° 494, portador da Cédula de Identidade Civil Nº 3.492.140/7 - SSP/PR, e inscrição no MF/CPF sob Nº 491.103.739-34; LUIZ HENRIQUE VRIESMAN, Brasileiro, Divorciado, Contador, residente e domiciliado em Curitiba - Pr., á Rua Ildefonso Stockler de França 629 – Sobrado 6, portador da Cédula de Identidade Civil Nº 3.774.535-9 - SSP/PR, e inscrição no MF/CPF sob Nº 647.954.629-68 e JOEL HARTKOPF, Brasileiro, Separado Judicialmente, Contador, residente e domiciliado em Curitiba - Pr., á Rua Nicarágua nº 1639, portador da Cédula de Identidade Civil Nº 893.041 - SSP/PR, e inscrição no MF/CPF sob Nº 186.719.939-49. Submetida a matéria a votação da Assembléia, esta aprovou por unanimidade, os peritos indicados, dando a Presidente da Mesa, os eleitos como empossados na função de avaliadores, os quais comprometeram-se a apresentar o Laudo de Avaliação neste mesmo dia 03/06/2.011, até as 16:00 horas. Nada mais havendo a ser tratado e como ninguém quisesse fazer uso da palavra, a Sra. Presidente da Mesa suspendeu a sessão pelo tempo necessário a consecução do referido Laudo de Avaliação, para apreciação, devendo a mesma Assembléia reiniciar seus trabalhos as 16:00 horas. Concluído o período de espera destinado à elaboração do Laudo de Avaliação, a Sra. Presidente da Mesa, reiniciando os trabalhos determinou que eu, Secretário, procedesse a leitura do Laudo de Avaliação, elaborado com base nos valores declarados no Imposto de Renda, o qual após sua leitura foi debatido e não havendo restrições, foi aprovado unânimimente, ficando esta sociedade em constituição com um capital de R$ 464.225,65 (quatrocentos e sessenta e quatro mil, duzentos e vinte cinco reais e sessenta e cinco centavos), dividido em 46.422.565 (quarenta e seis milhões, quatrocentos e vinte e dois mil, quinhentas e sessenta e cinco) ações ordinárias nominativas de R$ 0,01 (um centavo real) cada uma. Ainda discutindo o item (b) da Ordem do Dia, procedeu-se à leitura da relação dos subscritores da totalidade do Capital Social, tudo em concordância com o Boletim de Subscrição firmado nesta data, que constitui o ANEXO II da presente. Em seguida, observadas as formalidades legais e não havendo oposição dos subscritores, a Sra. Presidente da Mesa declarou constituída a Companhia. Passando ao item (c) da Ordem do Dia, a Assembléia aprovou o Projeto do Estatuto Social, que, assinado por todos os subscritores, é parte integrante da presente na forma de seu ANEXO I; Passando ao item (d) da Ordem do Dia, a Assembléia aprovou por unanimidade a escolha da primeira diretoria, a ser composta por: (i) Diretor Presidente: SAMIR CARLOS TEIXEIRA DE FARIA, já qualificado; (ii) Diretor Vice Presidente: LUISA MARI GULIN TEIXEIRA DE FARIA, já qualificada; (iii) Diretor Financeiro: RODRIGO GULIN TEIXEIRA DE FARIA, brasileiro, natural de Curitiba estado do Paraná, casado sob o regime de comunhão parcial de bens, Administrador de Empresas, portador de Cédula de Identidade Civil nº 1.910.989-5 - SSP/PR, inscrito junto ao Cadastro de Pessoas Físicas do Ministério da Fazenda sob nº 849.783.339-20, residente e domiciliado em Curitiba – Paraná, à Rua Monsenhor Manoel Vicente, 845, Apto. 43, Bairro Água Verde, CEP nº 80.620-230 e (iv) Diretora Administrativa: ANDRÉA GULIN TEIXEIRA DE FARIA NOGUEIRA KOCH, brasileira, natural de Curitiba estado do Paraná, casada sob o regime de comunhão universal de bens, formada em Comércio Exterior, portadora de Cédula de Identidade Civil nº 1.910.785-0 - SSP/PR, inscrita junto ao Cadastro de Pessoas Físicas do Ministério da Fazenda sob nº 033.663.059-08, residente e domiciliada em Curitiba – Paraná, à Rua José Bernardino Bormann, 1523, Apto. 602, Bairro Bigorrilho, CEP nº 80.730-350. Os Diretores eleitos terão prazo de mandato de 3 (três) anos, podendo ser reeleitos, e declaram não estarem incurso em quaisquer dos crimes que vedam o exercício da atividade empresária. Os diretores eleitos declinaram do recebimento de pró-labore. ENCERRAMENTO: Nada mais havendo a tratar e encerradas as matérias constantes da ordem do dia, a Sra. Presidente declarou suspensos os trabalhos da Assembléia pelo tempo necessário à lavratura da presente Ata que, lida em alta voz e achada exata e conforme, depois de reaberta a sessão, foi aprovada e assinada por mim, Samir Carlos Teixeira de Faria, Secretário da Assembléia, pela Sra. Presidente da Mesa e pelos acionistas presentes, em Curitiba-PR, 03 de junho de 2.011. LUISA MARI GULIN TEIXEIRA DE FARIA Presidente da Mesa SAMIR CARLOS TEIXEIRA DE FARIA Secretário  ACIONISTAS (SUBSCRITORES) LUISA MARI GULIN TEIXEIRA DE FARIA SAMIR CARLOS TEIXEIRA DE FARIA  DIRETORES ELEITOS SAMIR CARLOS TEIXEIRA DE FARIA DIRETOR PRESIDENTE LUISA MARI GULIN TEIXEIRA DE FARIA DIRETOR VICE PRESIDENTE RODRIGO GULIN TEIXEIRA DE FARIA DIRETOR FINANCEIRO ANDRÉA GULIN TEIXEIRA DE FARIA NOGUEIRA KOCH DIRETOR ADMINISTRATIVO VISTO DO ADVOGADO: RAFAEL ZANOTELLI OAB/PR nº 33.128/PR Registrada na Junta Comercial do Estado do Paraná sob o nº 41300082723 em 16/08/2011 e 20113442254 em 16/08/2011. ANEXO I - ESTATUTO SOCIAL CAPÍTULO PRIMEIRO - DA DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO E DURAÇÃO | ARTIGO 1° - L&S ADMINISTRADORA DE BENS S/A, é uma sociedade anônima por ações de capital fechado, que se rege pelo presente Estatuto Social e pelas disposições legais e regulamentares que lhe forem aplicáveis. ARTIGO 2° - A sociedade tem sede e foro na cidade de Curitiba, Estado do Paraná, na Rua Capitão Souza Franco, 95, Bairro Batel, CEP 80.730-420. ARTIGO 3° - A duração da sociedade é por prazo indeterminado. ARTIGO 4°- A sociedade terá por objeto social a administração de bens próprios móveis e imóveis e a participação em outras empresas comerciais, industriais ou civis, nacionais e estrangeiras, dedicadas a todo e qualquer ramo de atividade permitido na qualidade de sócia acionista ou quotista. CAPÍTULO SEGUNDO - DO CAPITAL E DAS AÇÕES ARTIGO 5° - O Capital Social será de R$ 464.225,65 (quatrocentos e sessenta e quatro mil, duzentos e vinte cinco reais e sessenta e cinco centavos), dividido em 46.422.565 (quarenta e seis milhões, quatrocentos e vinte e dois mil, quinhentas

SÚMULA DE EMISSÃO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO AREAL IMBOCUÍ LTDA torna público que recebeu do IAP, a LICENÇA DE OPERAÇÃO nº 24.440 para Extração de Areia na localidade de Imbocuí, Paranaguá (PR), com validade até 15/09/2013.

DELIBERAÇÕES: Os membros do Conselho de Administração deliberaram, por unanimidade dos presentes e sem reservas: 1) Apreciaram os dados de mercado, setoriais, operacionais e informações financeiras bem como operações de hedge da Companhia referente ao mês de julho e acumulados de janeiro a julho/2011. ENCERRAMENTO: Esgotada a ordem do dia, os trabalhos foram suspensos para a lavratura desta ata, a qual, reaberta a sessão, foi lida, achada conforme e aprovada pelos conselheiros, que em seguida a assinam. São Paulo, 18 de agosto de 2011. (a.a) Renan Bergmann - Presidente. Gabriela Las Casas - Secretária. Conselheiros: Renan Bergmann, Guido Padovano, Elemér André Surányi, Manuel Maria P. Garcia Ferrão de Sousa, Antonio Kandir, Marcelo Araújo. Confere com a original, São Paulo, 18 de agosto de 2011. Gabriela Las Casas Secretária Registrada na Junta Comercial do Estado do Paraná sob o nº 20113466811 em 05/09/2011.

e sessenta e cinco) ações ordinárias nominativas de R$ 1,00 (um real) cada uma. Parágrafo Primeiro - Cada ação ordinária dará direito a um voto nas deliberações da Assembléia Geral. Parágrafo Segundo - Será permitida a conversão de uma espécie ou classe de ações em outra. Parágrafo Terceiro - Nos aumentos de capital social da Companhia poderão ser emitidas tanto ações ordinárias como preferenciais, sendo que o capital social deverá sempre preservar a proporção estabelecida em lei. Parágrafo Quarto - As ações serão nominativas e registradas em livro de “Registro de Ações Nominativas” . Parágrafo Quinto - Em caso de doação de ações, poderão as mesmas serem gravadas com cláusula de usufruto, conferindo aos doadores o direito a participarem nos lucros da sociedade como também quanto às novas ações que forem distribuídas como bonificação, resultantes do aumento de capital pela incorporação de dividendos antes não distribuídos, ou no caso de aumento de capital pela reavaliação dos bens do ativo independente de subscrição e votar em Assembléias. Serão anotados no Livro de Registro de Ações Nominativas as ações que forem gravadas em usufruto. Parágrafo Sexto - O direito de preferência para subscrição do aumento de capital social deverá ser exercido pelo acionista no prazo máximo de 30 (trinta) dias a contar da data da Assembléia Geral que aprovou o aumento do capital social. Parágrafo Sétimo - O acionista que desejar alienar suas ações, ou parte delas, deverá dar ciência de sua intenção aos demais acionistas, através de carta endereçada à sociedade, onde deverão constar, expressamente, a quantidade de ações, a espécie, o preço e as condições de pagamento. Os demais acionistas terão o prazo de 30 (trinta) dias para manifestar o seu direito de preferência na aquisição das ações ofertadas. Após esse prazo, essas ações poderão ser livremente alienadas. CAPÍTULO TERCEIRO - ACORDOS DE ACIONISTAS ARTIGO 6° - Os Acordos de Acionistas que estabeleçam condições de compra e venda de suas ações, ou o direito de preferência da compra das mesmas, ou o exercício do direito de voto ou o poder de controle serão sempre observados pela Companhia, quando tais acordos forem devidamente registrados na sua sede, na forma do art. 118, da Lei 6.404/76. Parágrafo Único - As obrigações e responsabilidades resultantes de tais acordos serão válidas e obrigarão terceiros, herdeiros e sucessores. CAPÍTULO QUARTO - DA DIRETORIA ARTIGO 7º - A sociedade será administrada por uma diretoria eleita pela Assembléia Geral, com mandato de 03 (Três) anos, composta de 04 (Quatro) membros, acionistas ou não, sendo: DIRETOR PRESIDENTE, DIRETOR VICE-PRESIDENTE, DIRETOR FINANCEIRO e DIRETOR ADMINISTRATIVO observado o que dispõe este Estatuto e as imposições Legais, permitida a reeleição. Parágrafo Primeiro - O mandato dos Diretores encerrar-se-á com a Assembléia Geral Ordinária que aprovar o Balanço de Contas do último ano de gestão de modo que nesta ocasião, tem inicio o período eletivo subsequente. Parágrafo Segundo - No caso de vacância de cargo de Diretoria, será a vaga respectiva preenchida mediante eleição em Assembléia Geral, especialmente convocada para esse fim. ARTIGO 8º - A Diretoria tem amplos poderes para administrar a sociedade, competindo-lhe deliberar e agir em todos os assuntos omissos neste Estatuto, que independem do pronunciamento da Assembléia Geral. Parágrafo Único - As Reuniões serão sempre convocadas por um dos Diretores, quando julgadas convenientes ou necessárias, devendo das mesmas ser lavrada ata no livro próprio. ARTIGO 9º - Compete a Diretoria zelar pela observância das Leis, cumprir e fazer cumprir o Estatuto Social e as deliberações das Assembléias Gerais, convocar e presidir as Assembléias Gerais através de seu Diretor Presidente, escolher ou destituir os auditores independentes, nomear, demitir, suspender, licenciar empregados, fixar em todos os casos, atribuições, vencimentos e gratificações, deliberar sobre a criação, transferência ou extinção de filiais, representar a sociedade em juízo ou fora dele, deliberar sobre a apresentação à Assembléia Geral, de proposta sobre aumentos de Capital e alteração deste Estatuto. ARTIGO 10º - Os diretores ficam investidos dos mais amplos poderes para praticarem todos os atos e atribuições que a Lei lhes confere, relativos a vida da sociedade, cabendo o uso e a representação isolada do DIRETOR PRESIDENTE ou DIRETOR VICE-PRESIDENTE, ou ainda, 01 (um) dos diretores FINANCEIRO ou ADMINISTRATIVO sempre em conjunto com 01 (um) dos Diretores Presidente ou Vice-Presidente, para assinar todos os documentos, títulos e papéis que constituam a sociedade em obrigações, ou lhe criem ônus, ou exonerarem terceiros de responsabilidade para com ela, obedecida a legislação, bem como a outorga de mandatos. Parágrafo Primeiro - A Sociedade poderá constituir procuradores para agirem em seu nome, e os respectivos instrumentos de mandato conterão explicitamente os atos que poderão praticar. Parágrafo Segundo - Com exceção dos que conferem os poderes da cláusula “ Ad-Judicia” todos os demais mandatos, outorgados pela sociedade, terão prazo de validade determinado. Parágrafo Terceiro - É vedado o substabelecimento nos mandatos ou procurações “AdNegotia” outorgados em nome da sociedade. ARTIGO 11º - Além das atribuições gerais inerentes à administração, compete aos Diretores: Parágrafo Primeiro - Ao DIRETOR PRESIDENTE: a) Representar a Sociedade ativa e passivamente, podendo delegar poderes para prestação de depoimento em juízo; b) Exercer a supervisão geral dos negócios sociais, determinando a sua política básica; c) Instalar e presidir as reuniões das Assembléias Gerais e da Diretoria; d) Administrar a área financeira da empresa em geral; e) Firmar contratos de qualquer natureza, contrair empréstimos, assinar títulos de créditos, cheques, endossos, propostas de descontos, etc; Parágrafo Segundo - Ao DIRETOR VICE-PRESIDENTE: a) Representar a sociedade ativa e passivamente, judicial e extrajudicialmente, podendo delegar poderes para prestação de depoimentos pessoais em juízo; b) Colaborar e assessorar o Diretor Presidente, bem como substituí-lo em seus impedimentos temporários; c) Representar a sociedade junto aos órgãos públicos nos âmbitos Federal, Estadual e Municipal, bem como perante os Sindicatos e Associações representativas de classe; d) Firmar contratos de qualquer natureza, contrair empréstimos, assinar títulos de créditos, cheques, endossos, propostas de descontos, etc; e) Dirigir e supervisionar a organização; Parágrafo Terceiro - Ao DIRETOR FINANCEIRO (em conjunto com o Diretor Administrativo): a) Representar a Sociedade, ativa e passivamente, podendo delegar poderes para prestação de depoimento pessoal em juízo; b) Colaborar e assessorar o Diretor Presidente e Diretor Vice-Presidente, bem como substituí-los em seus impedimentos temporários; c) Representar a sociedade junto aos órgãos públicos nos âmbitos Federal, Estadual e Municipal, bem como perante os Sindicatos e Associações representativas de classe; d) Juntamente com outro diretor, firmar contratos de qualquer natureza, contrair empréstimos, assinar títulos de créditos, cheques, endossos, propostas de descontos, etc; e) Dirigir e supervisionar a organização; e Parágrafo Quarto - Ao DIRETOR ADMINISTRATIVO (em conjunto com o Diretor Financeiro): a) Representar a Sociedade em juízo ou fora dela, ativa e passivamente, podendo delegar poderes para prestação de depoimento pessoal em juízo; b) Colaborar e assessorar o Diretor Presidente e Diretor Vice-Presidente, bem como substituí-los em seus impedimentos temporários; c) Representar a sociedade junto aos órgãos públicos nos âmbitos Federal, Estadual e Municipal, bem como perante os Sindicatos e Associações representativas de classe; d) Juntamente com outro diretor, firmar contratos de qualquer natureza, contrair empréstimos, assinar títulos de créditos, cheques, endossos, propostas de descontos, etc; e) Dirigir a organização e funcionamento dos serviços administrativos da Sociedade, compreendendo auditoria, contabilidade, custos e pessoal; Parágrafo Quinto - A Diretoria poderá redistribuir as funções dos diretores, de acordo com a necessidade e conveniência dos serviços e para a consecução do objetivo social, bem como estabelecer normas internas, para o exercício de cada função. Parágrafo Sexto - Na vaga ou impedimento definitivo de qualquer diretor, será convocada Assembléia Geral para decidir sobre a substituição. Nos impedimentos temporários de um Diretor, este será substituído por outro, conforme ficar decidido em reunião. ARTIGO 12º - A nenhum Diretor é licito usar o nome da Sociedade para prática de atos de liberalidade ou contrair em nome dela, obrigações de favor, tais como fianças, avais e endossos, sob a pena de nulidade do ato e responder o infrator pessoalmente, pela violação dos Estatutos ou da Lei. ARTIGO 13º - A Diretoria tem direito à remuneração que lhe for fixado pela Assembléia Geral. CAPÍTULO QUINTO - DAS ASSEMBLÉIAS GERAIS ARTIGO 14° - A Assembléia Geral, órgão deliberativo da Companhia, reunir-se-á, ordinariamente, dentro dos 4 (quatro) meses subseqüentes ao término do exercício social, e extraordinariamente, sempre que os interesses sociais exigirem, permitida a convocação e a realização simultânea de assembléias ordinária e extraordinária. Parágrafo Único - A Assembléia Geral será presidida pelo Diretor Presidente da Companhia, e, na sua falta, pelo Diretor Superintendente, que convidará um acionista, dentre os presentes, para secretariar os trabalhos. ARTIGO 15° - Os acionistas poderão fazer-se representar nas Assembléias Gerais por procurador constituído há menos de 1 (hum) ano, que seja acionista ou representante de acionista, administrador da Companhia ou advogado. ARTIGO 16° - É necessária a aprovação de acionistas que representem a maioria do capital social com direito a voto para: (a) as matérias listadas no art. 136 da Lei n° 6.404/76; (b) alterações deste Estatuto Social; (c) emissão de bônus de subscrição, a adoção de regime de capital autorizado e de aprovação de planos de opção de compra de ações; (d) emissão de debêntures conversíveis ou não em ações; (e) amortização, resgate ou compra de ações da Companhia, bem como a posterior alienação das ações porventura em tesouraria; (f) distribuição de dividendos, em cada exercício, em valor superior a 25% (vinte e cinco por cento) do lucro liquido ajustado na forma da lei;

MicroStrategy anuncia disponibilidade geral do MicroStrategy Cloud A MicroStrategy líder mundial no fornecimento de software de business intelligence (BI), anunciou hoje durante o MicroStrategy Business Intelligence Symposium, que aconteceu em São Paulo, a disponibilidade geral do MicroStrategy Cloud, plataforma oferecida como serviço baseada em nuvem. O MicroStrategy Cloud é o primeiro serviço ofertado nessa modalidade a permitir de forma rápida e com melhor relação custo x benefício o desenvolvimento de aplicações de BI, móveis e em redes sociais, alavancando centenas de milhares de terabytes de dados e com dimensionamento para centenas de milhares de usuários. O

(g) atribuição a terceiros (inclusive administradores e empregados) de participação nos lucros da Companhia; (h) aumento de capital por subscrição, bem como a redução do capital social, para restituição aos acionistas; (i) abertura do capital; (j) proposta de cisão, fusão, incorporação, transformação, liquidação, dissolução, nomeação de liquidantes, acordo geral com credores, pedido de concordata, falência, paralisação ou encerramento dos negócios sociais. CAPÍTULO SEXTO- DO CONSELHO FISCAL ARTIGO 17° - A Companhia terá um Conselho Fiscal composto por 3 (três) membros efetivos e igual número de suplentes e funcionará somente nos exercícios em que for eleito e instalado pela Assembléia Geral, a pedido de acionistas, na forma da lei. Parágrafo Único - O funcionamento, remuneração, competência, deveres e responsabilidade de seus membros obedecerão ao disposto na legislação em vigor. CAPÍTULO SÉTIMO - DO EXERCÍCIO SOCIAL, DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS, LUCROS, RESERVAS E DIVIDENDOS ARTIGO 18° - O exercício social coincidirá com o ano civil, encerrando em 31 de dezembro de cada ano, data em que serão levantados o balanço geral e as demais demonstrações financeiras exigidas por lei. ARTIGO 19° - Dos resultados apurados serão inicialmente deduzidos os prejuízos acumulados e a provisão para o Imposto de Renda e Tributos sobre o lucro. O lucro remanescente terá a seguinte destinação: (a) 5% (cinco por cento) para a constituição da reserva legal, que não excederá de 20% (vinte por cento) do capital social; a reserva legal poderá deixar de ser constituída no exercício em que seu saldo, acrescido do montante de reservas de capital de que trata o parágrafo primeiro do Artigo 182 da Lei 6.404/76, exceder de 30% (trinta por cento) do capital social; (b) 25% (vinte e cinco por cento) do lucro líquido serão distribuídos aos acionistas como dividendo obrigatório; (c) o saldo ficará à disposição da Assembléia. ARTIGO 20° - O dividendo mínimo obrigatório poderá deixar de ser distribuído quando a Assembléia Geral deliberar, sem oposição de qualquer dos acionistas presentes, a distribuição de dividendos em percentual inferior aos referidos 25% (vinte e cinco por cento) ou mesmo retenção integral do lucro. ARTIGO 21° - O dividendo será sempre pago, corrigido monetariamente, no prazo de 60 (sessenta) dias da data em que for declarado. CAPÍTULO OlTAVO - LIQUIDAÇÃO ARTIGO 22° - A Companhia entrará em liquidação nos casos previstos em lei ou por deliberação da Assembléia Geral, que estabelecerá a forma de liquidação, elegerá o liquidante e, se for o caso, instalará o Conselho Fiscal, para o período da liquidação, elegendo seus membros e fixando-lhes as respectivas remunerações. CAPÍTULO NONO - DISPOSIÇÕES GERAIS ARTIGO 23° - Os casos omissos neste estatuto serão resolvidos pela Assembléia Geral e pela legislação que rege a sociedade por ações. Curitiba, 03 de junho de 2.011. LUISA MARI GULIN TEIXEIRA DE FARIA SAMIR CARLOS TEIXEIRA DE FARIA VISTO DO ADVOGADO: RAFAEL ZANOTELLI OAB/PR nº 33.128/PR ANEXO II – BOLETIM DE SUBSCRIÇÃO DE AÇÕES Boletim de subscrição particular de Ações de L&S ADMINISTRADORA DE BENS S/A, com sede em Curitiba – PR, à Rua Capitão Souza Franco, 95, Bairro Batel, CEP 80.730-420, com Capital Social de R$ 464.225,65 (quatrocentos e sessenta e quatro mil, duzentos e vinte cinco reais e sessenta e cinco centavos), dividido em 46.422.565 (quarenta e seis milhões, quatrocentos e vinte e dois mil, quinhentas e sessenta e cinco) ações ordinárias nominativas de R$ 0,01 (um centavo de real) cada uma, totalmente subscritas conforme relação abaixo e integralizadas mediante a entrega de BENS IMÓVEIS, nesta data. ACIONISTAS AÇÕES TOTAL PERCENTUAL SUBSCRITAS DO CAPITAL Luisa Mari Gulin Teixeira de Faria 23.211.283 232.112,83 50,000% Samir Carlos Teixeira de Faria 23.211.282 232.112,82 50,000% T O TAL 46.422.565 464.225,65 100,0000% Curitiba/PR, 03 de junho de 2.011. LUISA MARI GULIN TEIXEIRA DE FARIA SAMIR CARLOS TEIXEIRA DE FARIA ANEXO III “LAUDO DE AVALIAÇÃO “ Os abaixos assinados, peritos indicados nesta data em Assembléia Geral de Constituição de L&S ADMINISTRADORA DE BENS S/A, para avaliação dos bens móveis representados por participações societárias diversas e bens imóveis possuídos pelo senhor: SAMIR CARLOS TEIXEIRA DE FARIA, brasileiro, natural de Timoneira estado do Paraná, casado em regime de comunhão universal de bens, médico, portador de Cédula de Identidade Civil nº 276.811 SSP/PR., inscrito junto ao Cadastro de Pessoas Físicas do Ministério da Fazenda sob nº 001.680.849-53, residente e domiciliado à Rua Petit Carneiro nº 927, Bairro Água Verde, em Curitiba, Pr., CEP nº 80.240-050 e LUISA MARI GULIN TEIXEIRA DE FARIA, brasileira, natural de Curitiba estado do Paraná, casada em regime de comunhão universal de bens, empresária, portadora de Cédula de Identidade Civil nº 564.193 SSP/PR, inscrita junto ao Cadastro de Pessoas Físicas do Ministério da Fazenda sob nº 019.195.229-05, residente e domiciliada à Rua Petit Carneiro nº 927, Bairro Água Verde, em Curitiba, Pr., CEP nº 80.240-050, para integralização do capital social da sociedade, em constituição, vem apresentar o resultado a que chegaram, concluindo que o valor dos bens a serem entregues é como segue: IMÓVEL Lote de terreno foreiro sob nº 42, da Planta Macedo, croqui nº 2.018, nesta Capital, medindo 22,00m, de frente para a Rua Dr. Albano Reis; 22,00m, na linha de fundos onde confronta com o lote nº 56; 60m. de extensão da frente aos fundos, mais ou menos, em ambos os lados, confrontando do lado direito de quem da rua olha o imóvel com os lotes nº s 15, 16 e 17, e no lado esquerdo com o lote nº 43; contendo uma casa de madeira de construção antiga, coberta de telha, sob o nº639, e uma garagem nos fundos, com a seguinte indicação fiscal: zona 2, setor 51, quadra 011, lote 3.000 do cadastro Municipal, havido pelas transcrições nºs. 29.537 do livro 3-V, 31.180 do livro 3-X, 31.772, 31.774 do livro 3-Z e 33.083 do livro 3-AA todos deste oficio. Conforme matricula nº 21.856 da 2ª Circunscrição de Curitiba - Paraná. 154.225,65 Benfeitoria no valor de R$ 310.000,00 310.000,00 TOTAL 464.225,65 Os bens a serem entregues como integralização do capital social de L&S ADMINISTRADORA DE BENS S/A, em constituição nesta data, importam em R$ 464.225,65 (quatrocentos e sessenta e quatro mil, duzentos e vinte cinco reais e sessenta e cinco centavos), dividido em 46.422.565 (quarenta e seis milhões, quatrocentos e vinte e dois mil, quinhentas e sessenta e cinco) ações ordinárias nominativas de R$ 0,01 (um centavo de real) cada uma, sendo subscritas e integralizadas inteiramente pelos Srs. SAMIR CARLOS TEIXEIRA DE FARIA e pela Sra. LUISA MARI GULIN TEIXEIRA DE FARIA, (anteriormente qualificados) com a entrega de participações societárias e bens imóveis, acima descritos, sendo 50% (cinqüenta por cento) para cada um. Informamos, que o critério de Avaliação adotado foi o custo da pessoa física declarado no Imposto de Renda. Curitiba, 03 de junho de 2.011. VALMIR MOMBACH CRC PR - 028823/O-8 JOEL HARTKOPF CRC PR-16644/O-4 LUIZ HENRIQUE VRIESMAN CRC PR - 032386/O-7

anúncio do MicroStrategy Cloud foi feito recentemente durante o evento mundial de lançamento da companhia e Conferência de Usuários Europeus, realizado em julho, em Monte Carlo. Quando comparada às abordagens tradicionais de BI na própria empresa, o MicroStrategy Cloud tem implementação mais rápida (em 48 horas) e mais flexibilidade, além de oferecer desempenho de classe mundial e significativas vantagens financeiras. O MicroStrategy Cloud é poderoso o suficiente para suportar todas as possibilidades de utilização em nuvem a partir de uma solução de BI tática, flexível e rápida adequada às mais amplas implementações.

Tecnologia

Bematech aposta na venda de Software como Serviço para o varejo A Bematech, provedora de soluções completas em tecnologia para o varejo, tem apostado em um novo modelo de negócio: a oferta de Software como Serviço (SaaS). A decisão – que vinha sendo analisada há algum tempo – vem amparada por números de mercado, como estatísticas do IDC e Gartner, que mostram que, neste ano, a modalidade SaaS representará 30% do volume de novas vendas das licenças de softwares no mundo. O modelo, que permite que um programa rode na máquina do cliente sem que seja necessário instalá-lo – pois todo o acesso se dá por meio da Internet – já está disponível, na Bematech, para sistemas como o Loja Live – sistema de gestão abrangente, integrado e focado no varejo, que permite o gerenciamento do negócio de forma simples, segura e eficiente – e o Farma Live – sistema de gestão integrado, desenvolvido especialmente para farmácias. O Bematech Loja Live já é utilizado por grandes redes varejistas e franquias nacionais. O Bematech Chef, sistema completo de gestão desenvolvido para o segmento alimentício, também possui um módulo SaaS, que permite o acompanhamento de vendas on-line, ou seja, o cliente pode verificar o andamento de seus negócios de qualquer lugar, via Internet – inclusive por meio de dispositivos móveis, como smartphones. Por meio desta modalidade, os clientes deixam de ter que adquirir licenças e passam a ser assinantes dos produtos conquistando, dessa forma, flexibilidade, agilidade e redução de custos. Ainda, há ganhos na parte de manutenção, uma vez que a assistência fica a cargo do fornecedor. Assim, o usuário passa a utilizar o software sem se preocupar com as atividades de instalação, conservação, upgrades, entre outros.


Negócios Curitiba, segunda-feira, 19 de setembro de 2011 | A8| Indústria&Comércio

MEIO AMBIENTE

Empresa Higi Serv inova e promove sustentabilidade Novo produto diminui em 90% o consumo de detergentes em 6 meses Com uma mudança simples, a Higi Serv – empresa especializada em serviços de limpeza e conservação – evitou que 842 embalagens de produtos de limpeza fossem descartadas no meio ambiente. Em sua maioria as embalagens são plásticas e se não forem recicladas podem poluir os rios e aumentar o volume de lixo em esgotos, causando enchentes, por exemplo. O tradicional detergente líquido foi substituído pelo Alpha HP, da empresa Diversey. Com essa nova solução que é multiuso (limpa vidros/espelhos, carpetes, pisos e desinfetante) foi permiti-

do um melhor aproveitamento da substância pelos 21 colaboradores de limpeza convidados para o teste do produto. Todos os colaboradores da prestadora de serviços utilizaram o novo detergente durante um período de seis meses na sede da Spaipa (revendedora da marca Coca-Cola) em Curitiba. O resultado foi um maior aproveitamento da substância que por ser multiuso substitui seis outros materiais de limpeza. “O produto multiuso rende mais e pôde ser utilizado tanto para lavar o piso quanto os vidros, por exemplo. Com isso diminuímos

o número de produtos utilizados pelos funcionários, o que resultou em um menor impacto de plástico na natureza e menos consumo de água”, comentou o presidente da Higi Serv, Adonai Aires de Arruda. Antes do teste, eram utilizados 1028 litros de detergente em seis meses. Após o novo produto, o consumo passou para 60 litros no mesmo período de tempo. Para a bióloga e idealizadora do projeto, Priscilla Marques Arruda, a meta da empresa é substituir até o mês de dezembro, cerca de 20% dos multiusos usados em todos os postos de trabalho na re-

gião Sul do país. “Nosso objetivo é contribuir para a diminuição do impacto ambiental gerado pelos produtos de limpeza e também preservar a saúde de nossos funcionários, evitando intoxicações já que o novo detergente tem selo verde de proteção ambiental e humana”, disse. Em pesquisa aplicada aos colaboradores foi constatado que 71% deles acharam o produto fácil de utilizar e com uma diluição diferenciada dos anteriores, 57% ficaram satisfeitos com a eficiência na limpeza de vidros e de escritórios administrativos e 93% aprovaram o produto para uso diário.

LG traz ao BR 1º campeonato de games em 3D A LG Electronics anuncia a chegada ao Brasil do primeiro campeonato do mundo de games em 3D, o LG Live Cinema 3D Game. O evento, que percorre o mundo passando por 20 países, chega para se tornar referência entre os aficionados por jogos eletrônicos. Os títulos escolhidos para a etapa brasileira são Gears of War 3, FIFA 2011 e Mortal Kombat IX. O diferencial do campeonato fica por conta da tecnologia 3D passiva adotada em todos os games, graças à completa linha de produtos LG Cinema 3D que serão usados na competição e que oferecerão a conversão dos jogos de duas para três dimensões em alta definição. A tecnologia Cinema 3D possui certificação “flicker free” em razão da estabilidade de suas imagens, traz óculos mais confortáveis, cenas mais brilhantes e ângulo de visão mais amplo. A aprimorada experiência 3D proporcionada pela Cinema 3D começa com a tecnologia “FPR” (Film Patterned Retarder), que aperfeiçoa a separação de imagens para o

Festival passará por 20 países – incluindo Canadá, Rússia e Emirados Árabes

olho esquerdo e o direito e são combinadas com óculos 3D passivos (mesma tecnologia usada nos cinemas).

“Queremos deixar claro nosso posicionamento como empresa líder em produtos 3D e os competidores poderão conferir a

qualidade da tecnologia passiva de perto durante o campeonato”, diz Humberto de Biase, responsável pelo Marketing da LG Electronics do Brasil. As inscrições são gratuitas e estarão abertas a partir do dia 12 de setembro para as etapas de São Paulo e Rio de Janeiro. Os interessados poderão se cadastrar online, pelo hotsite www. livecinema3dgame.com.br. A grande final do torneio acontecerá em São Paulo, no dia 23 de outubro, no Atrium do Shopping Morumbi. A etapa será aberta ao público e contará ainda com uma apresentação especial do grupo de K-Pop DJ MASA. O festival passará por 20 países – incluindo Canadá, Rússia e Emirados Árabes – e quer repetir no Brasil a mesma energia e animação vistas no evento realizado em junho, em Seul, que atraiu cerca de 50.000 espectadores e competidores. O público brasileiro ainda poderá conhecer em primeira mão o game FIFA 2012, que estará disponível para experimentação durante o campeonato.

Multifuncional da OKI recebe HardwareMAG Silver Award em Cingapura OKI, uma das principais empresas de soluções de impressão do mundo, recebeu o prêmio Silver Award da revista HardwareMAG de Cingapura, principal publicação de consumo de tecnologia no sudoeste da Ásia, pela qualidade da sua impressora multifuncional OKI MC361, em cores, no padrão A4. Destinado ao mercado de pequenas e médias empresas (SMB) e pequenos escritórios (SOHO), o equipamento destaca-se pelo design compacto, excelente qualidade de impressões e cópias em cores, além do envio e recebimento de fax e digitalização de documentos. Combinando velocidade com tecnologia em cores de alta qualidade e definição, o produto lida facilmente com as mais exigentes aplicações do mercado. “Estamos muito satisfeitos com o reconhecimento da HardwareMAG com nossos progressos na tecnologia de impressão colorida com LED, incorporando grandes avanços em relação às gerações anteriores de

Impressora MC361 é reconhecida internacionalmente pela 3º vez

nossos produtos, que incluem redução de tamanho e recursos ecologicamente corretos,

como Power-Save, Deep Sleep Mode e Automatic ECO Mode. Essa combinação torna o equi-

pamento mais acessível para todos usuários e melhor para o meio-ambiente, sem prejudicar seu desempenho”, diz Diretor de Gestão da OKI de Cingapura, Yoshihide Nakata. “A MC361 também traz como padrão a impressão duplex e um RADF (alimentador de documentos automático frente-e-verso) de 50 folhas, o que diminui custos e a utilização de papel”, afirma o executivo. No início de 2011, a MC361 já havia recebido a premiação “BERTL’s Best” do Business Equipment Research and Test Laboratories Inc. (BERTL), na América do Norte, e o “2010 Ecohitech Award”, na Itália. A OKI fornece uma linha completa de soluções de impressão personalizadas para companhias de todos os portes e segmentos da indústria. Ela continua expandindo sua participação no mercado com diversas tecnologias, impulsionada pelo sempre crescente portifólio de produtos, soluções e programas personalizados.

Roxio Toast 11 para Mac chega ao BR em português Com um visual totalmente novo e muito mais funcional, o Toast 11 Titanium proporciona desempenho único na execução de projetos que envolvam documentos, arquivos, músicas, fotos, vídeos e filmes em computadores da Apple, garantindo rapidez e facilidade no término de trabalhos de vídeo e áudio, seja para profissionais da área ou para cineastas de final de semana que registram seus momentos de lazer e em família.

Com sofisticadas funções de cópia, imagem, disco de áudio, vídeo e conversão de arquivos, o Toast 11 Titanium importa e arquiva vídeos AVCHD da câmera de vídeo ou de outra fonte em HD direto para o disco do computador, proporcionando muito mais agilidade para a criação de DVDs em alta definição, inclusive para reprodução em Blu-ray e Playstation. O Toast 11 Titanium permite ainda a extração e conversão de vídeos em DVD para diferentes dis-

positivos de reprodução, com opção de conversão de gravações do TiVoToGo, EyeTV, DVD-Vídeo e outros formatos, e exibição no iPhone, iPod, iPod Touch, Apple TV e até mesmo no YouTube, Facebook, Vimeo e Twitter. Já para quem quer expandir a biblioteca de música, o Toast 11 Titanium é perfeito para a captura de músicas, com adição de informações como título, artista e álbum, permitindo ainda a digitalização

e restauração de LPs e fitas, com opção de envio do material para o iTunes como faixas MP3, AAC ou Apple Lossless. O programa também converte CDs de audiolivros e capítulos individuais para reprodução no iPod, iPhone e outros players portáteis. E mais: a última geração de Spin Doctor - SDX – está incluso no Toast e torna ainda mais divertido e fácil todo o processo de captura, conversão e melhoria do áudio de LPs e fitas cassetes.

Empresas & Produtos ZELO inaugura mais uma loja no RJ A ZELO, marca especializada em cama mesa e banho do país, acaba de inaugurar mais uma loja no Rio de Janeiro. Desta vez, o local escolhido foi o Shopping Grande Rio, um shopping em grande expansão na Baixada. A loja com 175m2 venderá produtos das melhores marcas em cama, mesa e banho, além das linhas exclusivas desenvolvidas pelo estilista Alexandre Herchcovitch. Produtos exclusivos desenvolvidos em parceria com importantes marcas como Karsten, Buddemeyer e Artex, também poderão ser encontrados na nova loja da rede. Para comemorar essa inauguração, os clientes que fizerem compras acima de R$ 100,00 na nova loja do Shopping Grande Rio, será presenteado com uma ecobag da Zelo.

Azaléia leva conceito “Bonito é você gostar de você” para 15 países Para o lançamento internacional da coleção primavera verão 2012, a Azaleia preparou uma campanha exclusiva para o mercado externo que vai levar o novo conceito da marca no Brasil, “Bonito é você gostar de você” para outros 15 países. O conceito será trabalhado em duas línguas: na versão em espanhol “Lo bonito es que te gustes” e em inglês “Real beauty is you liking yourself”.A campanha “Flores”, produzida pela DCS Comunicações, traz uma modelo em um vestido produzido com flores naturais, retratando o momento da mulher com ela mesma e reforçando o conceito da marca que valoriza a autoestima das mulheres. “É muito importante que as consumidoras destes países tenham envolvimento com o nosso conceito e entendam a mensagem que queremos passar”, conta Márcio Callage, gerente geral de marketing da Vulcabras|azaleia. A foto da campanha será exposta em anúncios, painéis para mídia externa e materiais em mais de 3 mil pontos de venda nos países Peru, Colômbia, Equador, Bolívia, Panamá, Paraguai, Uruguai, Venezuela, Filipinas, Arábia Saudita, Portugal, Polônia, Rússia, Costa Rica e Chile.

Eccox lança linha de soluções para combater desperdicio em desenvolvimento A Eccox Technology, multinacional de origem brasileira, apresenta a nova linha de produtos para criação, controle de qualidade e evolução de aplicativos Eccox/Life Cycle QC destinada a grandes corporações. São produtos para avaliação automática de código de sistemas desenvolvidos internamente ou não. Segundo a SEI (Software Engineering Institute) 40% do total investido em tempo e dinheiro no desenvolvimento de aplicativos são desperdiçados no retrabalho. Boa parte desse retrabalho é decorrente de falhas de programação. Este instituto de referência internacional avalia que metade do prejuízo seja em esforço de retrabalho. Em números, em cada R$ 5,00 gastos em desenvolvimento de sistemas, R$ 1,00 é jogado fora com retrabalho de programação.


Especial Curitiba, segunda-feira, 19 de setembro de 2011 | B1 | IndĂşstria&ComĂŠrcio

CMYK


Eutruco vocêRetruca Quanto o valerá eleger prefeitos em 2012? Você sabe? Não? Vou tentar lhes explicar: quantos mais prefeitos forem eleitos em 2012, aliados a alguém ou grupos, maior a probabilidade dessas “patotas” subirem ao “podium” político em 2014, se instalando no local mais cobiçado do país...a PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA! Esta é a razão das abundantes e intermináveis fofocas, denuncias, trocas de partido ou criação de novos, acertos secretos, “acertos eleitorais até entre oponentes”, visando garantir o acesso ao ambicionado e inebriante PODER! PARA CONQUITÁ- LO VALE TUDO! Pergunto: tudo isto somente por AMOR Á PÁTRIA? Reparem: salvo raras exceções, dificílimas de perceber, por que sorrateiras, partido político atual é um engodo, disfarçado por uma sigla representando um nome tão pomposo quanto enganador! Marketing dos “bons mocinhos! ATUALMENTE, NEM FIDELIDADE POLÍTICA-PARTIDÁRIA É RESPEITADA...E TÃO POUCO EXIGIDA! MAS IMPORÃO A EXISTÊNCIA, SIM, DO VOTO SECRETO POIS PRETENDEM AGIR NO ANÔNIMATO! AÍ SEUS ATOS GOZARÃO DA PROTEÇÃO DO PREVILEGIADO ESCONDERIJO BENFAZEJO! Você desconfia, mesmo “de leve”, por quê? Reparem no “troca-troca” de partidos, nestes tempos que antecedem 2012! Quem não quer manter ou obter o direito à reeleição? Cada qual, meu amigo, procurando “um lugar ao sol” e mandando às favas suas juras d’outros tempos! Até então mais inabaláveis e muito além da nossa imaginação... menos das deles! Tudo, infelizmente, está envelhecendo e/ou apodrecendo rapidamente!!! Não vou perder tempo citando siglas neste espaço até porque, em nome da verdade, não irei lembrar de todas. Ainda tem “crianças públicas” em gestação e outras já nascendo, porém com a pretensão de participar das próximas eleições...agora, já em 2012! TEMPO É DINHEIRO E ELES NÃO QUEREM PERDÊ-LO! Até, valendo-me desta oportunidade, vou sugerir que troquem a denominação: PARTIDO por CAPITANIAS HEREDITÁRIAS. (CH) fica mais curta e poupa...pelo menos,TT! TT= Tempo e Tinta. Nesses agrupamentos, já tem famílias que mandam e desmandam desde quase os idos anos imperiais! Seja quem for o eleito, depois de “promessas mil” aos eleitores, durante as campanhas pré-enganadoras, o quê eles cumprem? Nada ou quase nada! Porque? Simplesmente por não haver o mínimo compromisso...salvo com os seus íntimos, diletos e pessoais interesses! Mas NADA,ou quase NADA, com relação ao POVO...TÃO AMADO nestas ocasiões tão especiais! Eles e as respectivas “peixas e peixes” não são jamais esquecidas(os) nas três esferas; municipal, estadual e federal! Sempre há lugar para mais UNS... tipo “coração de mãe”! Já perdi a conta dos anos que tais fatos são anunciados e, o mais grave, só os mais “fracos”” tem sido chamados à “prestar contas”dos seu deslizes e... posses, muitas das quais já foram, um dia, do nosso Brasil e conseqüentemente do...POVO AMADO por eles! Vejam que isto já vem desde antes da era de Rui Barbosa e que o fizeram escrever e discursar, a imortal CARTA AOS JOVENS, na qual entre tantas outras queixas proclama que “até chegamos ao ponto de sentir vergonha de ser honestos”! Mas acho, e tenho muita esperança, que estamos nos aproximando de um TEMPO NOVO, o qual irá trazer, também, uma nova postura moral e ética para a nossa vivência e conveniência pública, comunitária e social! POLÍTICA NÃO É PROFISSÃO: É DEVOÇÃO! Tenho insistido que esta transformação vai ser tão surpreendente como foi o fim da URSS- UNIÃO DAS REPÚBLICAS SOCIALISTAS SOVIÉTICAS, então bem postada no concerto das nações! Lá, aconteceu o impossível e impensável! Sem muito barulho, um cidadão chamado Mikhail Gorbachev propôs a filosofia divulgada (PERESTROIKA) e aquele império, que fazia frente feroz à Democracia, simplesmente ruiu quase sem danos humanos e patrimoniais. Depois aderiu e continua se abrindo à uma relação mais humana entre eles! Com as dificuldades decorrentes da sua extensão territorial e variedade climática! Prevaleceram a consciência, a necessidade de novos tempos. A respectiva adaptação contínua aos novos padrões de vida! Até a China está assustando o mundo com os sintomas de profundas e variadas mudanças! Os mais “experientes” hão de se lembrar que muito se falou, a muito anos passados, numa profecia que antecipava a chegada dos ”amarelos” à liderança mundial! Aqui, também, provavelmente, será assim se um dia tivermos lideres verdadeiramente patriotas! Daqueles que, pela Pátria, estarão dispostos à aceitar mudanças... Valerá a pena tentar? Só não acontecerá se formos POVO, servil e omissos...Somos? Acontecerá, sim, através do VOTO CONSCIÊNTE, o qual não demorará(!) para chegar! AGUARDEM!!! POLITICA NÃO É PROFISSÃO: É DEVOÇÃO! João Carlos Calvo,eng.civil/1954/UFPR e-mail:jcalvo@terra.com.br

Justiça&Direito Indústria&Comércio | Curitiba, segunda-feira, 19 de setembro de 2011 | B2

AVALIAÇÃO

INSS quer suspender pagamento a auditores da Receita Parcela incorporada pode chegar a R$ 12 milhões Por meio de Suspensão de Segurança (SS 4482) ajuizada no Supremo Tribunal Federal (STF), o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) tenta evitar o pagamento de parcela incorporada à remuneração de auditores fiscais da Receita Federal, que pode chegar a R$ 12 milhões. O INSS recorreu à Corte com o objetivo de suspender decisão do ministro Gilson Dipp, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que de-

terminou o imediato pagamento.

O caso

Em 2000, a Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (Anfip) recorreu ao STJ para garantir a incorporação do percentual de 3,17% à remuneração dos seus associados, conforme prevê a Lei 8.880/94 (artigos 28 e 29). O pedido foi atendido em

2003 e, em novembro de 2004, a vantagem foi incorporada, inclusive com o pagamento dos atrasados referentes ao exercício de 2004. No entanto, novas ações chegaram ao STJ pedindo a recontagem dos valores correspondentes ao período entre a impetração (2000) e o pagamento efetivo (2004). A decisão do STJ determinou exatamente o pagamento referente a esse período, o que beneficiará aproxi-

UnB: escolha de ministros não compromete independência do STF Estudo realizado pelos professores Bernardo Pinheiro Machado Mueller e Maria Fernanda Jaloretto, da Universidade de Brasília (UnB), concluiu que a forma de indicação dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) não compromete a independência da Corte Suprema. Intitulado “O Procedimento

de Escolha dos Ministros do Supremo Tribunal Federal – uma análise empírica”, o estudo é uma análise estatística das decisões da Corte e dos votos de cada um de seus ministros entre o período de junho de 2002 a outubro de 2009, durante o governo do presidente Luis Inácio Lula da Silva. Segundo os autores, “a análise

dos casos destacados permitiu concluir que não há evidência empírica significativa suficiente de que o método de escolha dos ministros do STF constitui fator de influência nas decisões da Corte”. Eles afirmam que, no âmbito prático, o método de indicação dos ministros “não compromete a independência do Poder Judiciário”.

Candidata aprovada em primeiro lugar tem direito à nomeação em concurso que não fixou número de vagas O Superior Tribunal de Justiça (STJ) garantiu o direito à nomeação a uma candidata aprovada em primeiro lugar no concurso público para o cargo de professor de língua portuguesa do ensino fundamental do município de Santo Cristo, no Rio Grande do Sul. A Primeira Turma considerou que, como o edital não fixou o número de vagas a serem preenchidas com a realização do concurso, é possível presumir que haja pelo menos uma vaga e esta deve ser ocupada por quem passou em primeiro lugar. O Tribunal de Justiça estadual havia rejeitado o mandado de segurança interposto pela candidata, com o argumento de que não havia direito líquido e certo à nomeação, já que ela não foi preterida por outro candidato aprovado no concurso. Também não ficou demonstrado que a administração tenha contratado outro servidor

em caráter emergencial durante a vigência do certame. A candidata recorreu ao STJ. Segundo a jurisprudência do STJ, é irrelevante o argumento de que não houve contratação emergencial para a disciplina de língua portuguesa. A questão é que não cabe à administração o juízo de oportunidade e conveniência quando há candidato aprovado dentro do número de vagas, pois ele tem direito subjetivo à nomeação e não mera expectativa de direito. Somente na hipótese de o candidato ser classificado fora do número de vagas é que seria pertinente a indagação sobre contratações emergenciais. A decisão unânime da Turma, negando provimento ao agravo em recurso em mandado de segurança interposto pelo Estado do Rio Grande do Sul, mantém decisão monocrática proferida pelo ministro Hamilton Carvalhido

(hoje aposentado), que reformou decisão do tribunal estadual. O julgamento foi concluído após apresentação de voto-vista pelo ministro Teori Zavascki. De acordo com decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), proferida no RE 598.099, a administração pode escolher o momento no qual realizará a nomeação, mas está vinculada ao edital quanto ao número de vagas oferecidas no concurso público. Isso decorre do dever da boa-fé da administração e em respeito à segurança jurídica. O candidato que se submete a um concurso público confia que a administração tenha se pautado segundo as regras expostas no edital. Para o STF, a recusa da administração em nomear candidatos aprovados dentro do número de vagas deve ser motivada e passível de controle pelo Poder Judiciário.

Dinheiro pago indevidamente a servidor por força de decisão judicial precária deve ser devolvido Servidor público que recebe pagamento indevido por força de decisão judicial não transitada em julgado pode ser obrigado a devolver o dinheiro. A decisão é da Segunda Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

A jurisprudência do STJ permite a restituição aos cofres públicos quando o dinheiro for pago em razão de decisão judicial precária ou não definitiva que venha a ser reformada. Nessa situação, o servidor não tem razão para

confiar que os recursos recebidos integram em definitivo o seu patrimônio. A utilização desse dinheiro, ainda que para fins alimentares, não está aparada pela boa-fé, pois ninguém pode dispor do que não possui. Com base nesse entendimento, a Segunda Turma negou agravo em recurso especial ajuizado por servidores do Departamento Nacional de Obras contra as Secas (Dnocs). Por força de decisão judicial de primeiro e segundo graus, eles haviam recebido valores referentes à vantagem prevista no artigo 192, inciso II, da Lei 8.112/90, dispositivo que foi vetado. O STJ reformou a decisão que determinou o pagamento. Depois veio a discussão sobre a devolução do dinheiro. O Tribunal Regional Federal da 5ª Região decidiu que os valores recebidos não poderiam ser restituídos aos cofres públicos porque haviam sido pagos em razão de decisão judicial, os servidores estavam de boa-fé e os vencimentos tinham caráter alimentar. O Dnocs recorreu ao STJ.

madamente 2.400 servidores. De acordo com o INSS, a decisão pode causar gravíssima lesão à economia pública e “viola não apenas as garantias processuais conferidas à Fazenda Pública, mas também normas constitucionais de direito financeiro e orçamentário, bem como o princípio da isonomia”. A ação está sob relatoria do presidente do Supremo, ministro Cezar Peluso.

Curso para capacitar juízes federais começa nova turma na segunda-feira Sucesso em 2010 e 2011, o curso sobre gestão para o funcionamento de varas criminais e de execução penal abre nova fase na segundafeira (19), quando 180 juízes federais credenciados pela Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam) iniciam a segunda turma deste ano voltada exclusivamente para esse público. Em parceria com o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e o Centro de Estudos Judiciários (CEJ), o curso tem previsão de 40 horas de aula, será realizado no modelo a distância, via internet, e tem por objetivo comprometer os magistrados das varas criminais de toda a Justiça Federal com a execução do Plano de Gestão de Varas Criminais e com a capacitação dos servidores das varas para a utilização do manual correspondente.

VOLUME

Somado à primeira turma, o volume de participações no referido curso alcança 260 magistrados federais. Conforme dados do Núcleo de Ensino a Distância da Enfam, este ano já foram capacitados 407 juízes das varas estaduais. Iniciado em 2010, quando atendeu apenas juízes federais, o Plano de Gestão para o Funcionamento de Varas Criminais e de Execução Penal ainda prevê uma turma estadual para 2011. O modelo, a forma e o conteúdo do curso são os mesmos, assim como a proposta de aprimorar o funcionamento de varas criminais e de execução penal do Brasil, principalmente quanto à agilização na tramitação dos processos de presos. A novidade dessa turma é a substituição do módulo processamento judicial de execuções penais pelo módulo especial sobre presídios federais, sob responsabilidade do juiz federal Sérgio Fernando Moro, do Paraná. Os demais módulos tratarão dos seguintes conteúdos: fase pré-processual e investigatória; fase processual-processo de conhecimento; tecnologia de informação para as varas criminais e de execução penal; e gestão de pessoas – enfoque vara criminal. Integram o corpo docente do curso os juízes federais Walter Nunes da Silva Junior e Germana de Oliveira Moraes, ambos do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5), e os juízes Luciano André Losekan, Paulo Cristóvão de Araújo Silva e Alessandro Diaféria.


Economia Curitiba, segunda-feira, 19 de setembro de 2011 | B3 | Indústria&Comércio

derivativos

joca.sev@hotmail.com

Inicia fim do ano medida para compensar exportadores Alterações nas regras do IOF pretendem evitar ação de especuladores A medida para compensar os exportadores atingidos pela cobrança do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) nos contratos de derivativos cambiais deve vigorar a partir de dezembro, informou na sexta-feira (16/09) o secretário executivo adjunto do Ministério da Fazenda, Dyogo Oliveira. O governo decidiu cobrar o IOF para evitar a ação de especuladores por meio de apostas na queda do dólar. Mas, como os exportadores usam os derivativos para se proteger contra as flutuações inesperadas da taxa de câmbio, o governo decidiu adotar a medida para evitar que os exportadores, que usam

esses contratos apenas para se proteger, sejam prejudicados. O derivativo tem esse nome pelo fato de o preço do contrato derivar de outro ativo no mercado financeiro. “Estamos estudando meios para compensar o custo que os exportadores terão com a incidência do IOF. Eles vão ter aumento do custo de hedge (operações usadas para se proteger das oscilações no mercado de câmbio)”, disse Oliveira. Segundo o secretário, uma hipótese é que a compensação seja inserida no Regime Especial de Reintegração de Valores Tributários para as Empresas Exportadoras (Reintegra). Os exportadores,

assim como os demais investidores que operam no mercado de derivativos, vão pagar o IOF, pela primeira vez de acordo com as novas regras, em dezembro. A ideia inicial do governo era que a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) e a Central de Custódia e de Liquidação Financeira de Títulos (Cetip) fizessem o recolhimento do IOF, mas, agora, o governo decidiu que os próprios investidores vão pagar o tributo. Isso porque essas instituições reclamaram que não tinha como integrar os sistemas informatizados para gerar as informações sobre as operações. Hoje, com o decreto publicado pelo governo, essas

instituições estão obrigadas a fornecer aos contribuintes as informações até o décimo dia útil de cada mês, sendo que os investidores terão que recolher o imposto até o final do mês. Assim, no dia 14 de dezembro, décimo dia útil do mês, serão enviados aos investidores as informações referentes ao período de 27 de julho a 30 de novembro. Por isso, diferentemente do que informou a Receita na sexta, o primeiro dia de pagamento não será 14 de dezembro. Os investidores terão que recolher o imposto acumulado desse período até o último dia útil de dezembro.

explicação

“Mudanças no IOF são apenas operacionais” O ministro da Fazenda, Guido Mantega, procurou tranquilizar o mercado financeiro ao dizer na sexta-feira (16/09) que as alterações na cobrança do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) terão implicações apenas operacionais. As mudanças foram publicadas na sexta no Diário Oficial da União. “Não muda praticamente nada. E só uma uma mudança operacional para quem faz o recolhimento do IOF, que antes seria feito pela BM&F (Bolsa de Mercadorias e Futuros) e pela Cetip (Central de Custódia e de Liquidação Financeira de Títulos). Como é complicado para eles, a responsabilidade mudou para o agente financeiro, que (agora) vai fazer isso”, disse Mantega, ao chegar hoje ao Ministério da Fazenda. Outra mudança, segundo ele, tem a ver com os sistemas informatizados que farão o recolhimento do IOF nessas operações. O governo tinha dado o prazo inicial de 5 de outubro para que o recolhimento, por meio desses sistemas, passasse a funcionar, mas mudou para 14 de dezembro, de acordo com a Receita Federal. “Como eles têm dificuldade em montar o sistema que fará o

IPC-S recua na segunda prévia de setembro e fica em 0,69% O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) registrou taxa de 0,69% na segunda prévia de setembro ante uma alta de 0,74% na apuração anterior. Esse decréscimo ocorreu por influência de dois dos sete grupos pesquisados: alimentação, que teve alta de 1,39% ante 1,76%, e educação, leitura e recreação, com variação de 0,23% ante 0,25%. Nos demais grupos foram registrados avanços e a maior taxa foi constatada em vestuário com 1,14% ante 0,70%. Nesse grupo, o aumento ocorreu por causa da entrada da nova coleção primavera-verão nas lojas, com acréscimo de 1,35% nas roupas, em média. Em saúde e cuidados pessoais houve alta de 0,54% ante 0,42% com destaque para os artigos de higiene e cuidado pessoal (de 0,23% para 0,48%). No grupo habitação ocorreu aumento de 0,43% ante 0,39%, puxado pelo reajuste na tarifa de água e esgoto residencial (de 0,63% para 0,93%).

CMYK

Wilson Dias/ABr

Joaquim Severino OS RESERVATÓRIOS E OS ESPANCAMENTOS Antigamente o pai espancava o filho e a vizinhança se justificava dizendo que se tratava de assunto de família e que ninguém devia meter o bico. Igualmente, o marido espancava a mulher e se dizia que em briga de marido e mulher ninguém tem que enfiar a colher. Os tempos eram outros. Hoje em dia quando não são os vizinhos, são os próprios filhos pequenos que pegam o telefone e daí a pouco o Conselho Tutelar está batendo à porta. A lei Maria da Penha e as delegacias da mulher estão acabando com a impunidade dos machões que batem em mulher. O mesmo pode se dizer em relação aos reservatórios de água para o consumo humano e a dessedentação. Ninguém tem o direito, sob qualquer pretexto, de comprometer a água tanto na qualidade como na quantidade. Especialmente instituições públicas que fazem da água o seu negócio, que a vendem sem por ela nada pagar. É inadmissível que dirigentes de organismos que vendem água, sejam públicos ou privados, não atentem e não tome em conta que o exemplo dado pelas suas entidades é o retrato mais autêntico, primeiro dos próprios dirigentes e, por conseqüência, das organizações que representam. A população do Paraná, berço do desenvolvimento de tecnologias reconhecidas internacionalmente em termos de manejo de bacias hidrográficas, não pode ficar na posição de solene contemplação em quanto ao manejo dos reservatórios, tanto do seu entorno quanto de suas fontes de suprimento. Um velho ditado oriental diz que “a terra não nos pertence, nós a tomamos emprestada de nossos filhos”. É da boa prática devolver um bem emprestado em igual ou melhores condições. O mesmo pode se dizer da água e não temos o direito de comprometê-la para não comprometer as gerações futuras. O manejo de um reservatório, no seu conjunto, em nada difere da gestão de qualquer empreendimento. As variáveis determinantes são as mesmas de sempre, quais sejam, capital, tecnologia e gestão. Não é raro ver se anunciado em letras garrafais de grandes jornais que empresas que exploram águas, especialmente públicas e/ou mistas, o lucro das mesmas, que rivaliza com o dos grandes bancos. Em sendo assim, porque não contemplar o provedor da água, aqueles que remanesceram dos reservatórios? Uma vez mais o problema está na “pecinha” que fica na frente do computador. Seria miopia ou pregação de sustentabilidade apenas da boca para fora, ou ambos? Pois é impossível que os dirigentes das entidades que administram esses reservatórios, geralmente “doutores”, cuja luta para ocupar o cargo é mais feia que briga de foice no escuro, estejam passando pelo bosque e não estejam enxergando nada além do que lenha para a fogueira. A sociedade como um todo e a comunidade local não podem permitir que os reservatórios sejam objetos de “espancamento”. Joaquim Severino – Diretor Presidente da empresa Agrária e Engenharia e Consultoria S/A e ex Professor de Política Agrícola da Universidade Federal do Paraná (1973/2010), escreve nesta coluna desde 1992.

Vendas do agronegócio têm novo recorde

O ministro da Fazenda comenta as alterações na cobrança do IOF, na chegada ao Ministério

pagamento, prorrogamos mais uma vez o (prazo de) recolhimento do IOF para dezembro, que antes era 5 de outubro. Isso não significa que eles ficarão um período sem pagar. Eles estão pagando desde o dia em que a medida entrou em vigor. Eles apenas vão pagar (recolher) a posteriori”, informou Guido

Mantega. Os derivativos, cujo nome vem do fato de o preço derivar de outro ativo negociado no mercado financeiro, são contratos que empresas e investidores usam para se proteger contra flutuações inesperadas da taxa de câmbio ou para especular com o dólar no mer-

cado futuro. Em julho, Mantega anunciou as primeira medidas de elevação de IOF como forma de cobrar uma espécie de pedágio sobre determinadas operações e dificultar a ação de especuladores, que tem apostado cada vez mais na valorização do real e na queda do dólar.

recriação

CNI pede voto contrário à CPMF Wilson Dias/ABr

As exportações do agronegócio brasileiro nos últimos 12 meses (setembro de 2010 a agosto de 2011) alcançaram mais um recorde de valor, atingindo a cifra de US$ 88,3 bilhões. O resultado significou crescimento de 24,8% em relação ao mesmo período do ano anterior, de acordo com informações do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Segundo o secretário de Relações Internacionais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Célio Porto, os recordes de exportação devem ser mantidos até o fim do ano. O resultado positivo levou ao aumento do superávit comercial que chegou a US$ 71,9 bilhões no acumulado dos últimos 12 meses. Em relação aos principais destinos das exportações brasileiras, a China apresenta importância crescente. O país asiático foi o destino de 15,3% de todas as exportações do agronegócio brasileiro no acumulado dos últimos 12 meses

(US$13,5 bilhões). Também tiveram crescimento positivo o Japão (50,1%), a Arábia Saudita (41,3%) e a Espanha (41,1%). A Ásia permanece como destaque em relação aos blocos econômicos para onde se destinam as exportações brasileiras, com participação de 29,9% no último ano. A União Europeia ficou em segundo lugar, com 26,7%, e o Oriente Médio, em terceiro, com 9,8%. Os produtos mais exportados no período foram o complexo soja, com exportações totais de US$ 21,5 bilhões, e o complexo sucroalcooleiro, com vendas de US$ 15,6 bilhões e uma variação positiva de 28,2% quando comparados com os números do ano anterior. As carnes aparecem na terceira posição, com o valor exportado de US$ 14,8 bilhões e um crescimento de 12,1% no último ano. O café (63,1%), os cereais, as farinhas e preparações (127,7%) e os sucos de fruta (41,1%) também tiveram resultados expressivos de exportações no acumulado dos últimos doze meses.

Investir em obras é dizer não à crise internacional, destaca Dilma em BH “Trata-se de oneração tributária repudiada não só pelo setor produtivo, como pela maioria da sociedade brasileira”, afirma o presidente da CNI

O presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade, enviou carta a todos os 513 deputados federais solicitando o voto contrário à recriação da CPMF, medida que pode ser apreciada em plenário nesta semana. “Trata-se de oneração tribu-

tária repudiada não só pelo setor produtivo, como pela maioria da sociedade brasileira”, afirma o presidente da CNI, anexando à carta a pesquisa CNI/Ibope Retratos da Sociedade Brasileira: Qualidade dos Serviços Públicos e Tributação, realizada em março último com 2002 entrevistas

em 140 municípios. Entre outros dados, a pesquisa revela que 72% da população é contra a volta da CPMF e que 67% discorda totalmente e em parte da afirmação segundo a qual é preciso aumentar os impostos para melhorar os serviços de saúde.

A mil dias da Copa do Mundo de 2014, a presidenta Dilma Rousseff inspecionou na sexta-feira (16/09), em Belo Horizonte, as obras do Estádio Governador Magalhães Pinto, o Mineirão, que será uma das sedes do Mundial. A presidenta também visitou obras para melhorar os meios de transporte e o trânsito na cidade. Dilma destacou que as obras de infraestrutura para a Copa estimulam o país a manter o ritmo de crescimento. “Continuar

investindo de forma pesada em obras de infraestrutura é parte da nossa estratégia para garantir que o Brasil mantenha o desenvolvimento em ritmo adequado, de dizer não à crise internacional”, disse no discurso. A presidenta anunciou o repasse de recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Mobilidade Grandes Cidades em Belo Horizonte no valor de R$ 3,16 bilhões, sendo R$ 1,14 bilhão de contrapartida estadual e municipal.


t

urismo

Júlio Zaruch | juliozaruch@gmail.com

Indústria&Comércio | Curitiba, segunda-feira, 19 de setembro de 2011 | B4

Na Lapa, alunos terão aulas sobre cultura e turismo Alunos de escolas públicas da Lapa poderão ter, em breve, aulas sobre história, cultura e turismo da cidade paranaense situada a cerca de 70 quilômetros de Curitiba e integrante da região metropolitana da Capital. Aos sábados, ao longo de vários meses, professores da Universidade Federal do Paraná estão trabalhando na preparação de professores locais, ministrando uma pauta sobre aqueles assuntos, em reuniões que também são abertas à comunidade. Em palestra proferida na terça-feira 13/9, no Instituto Histórico e Geográfico do Paraná, a professora doutora Silvana do Rocio de Souza, do Departamento de Turismo da UFPR, que é uma das coordenadoras da ação, destacou que a medida poderá contribuir decisivamente para um maior conhecimento, pelas crianças, futuros cidadãos, e pela população local, da importância da Lapa no contexto histórico-turístico paranaense e brasileiro. A palestrante abordou “O patrimônio histórico da Lapa como representação social: algumas relações entre geografia e o turismo”, título de sua tese de doutorado. Apesar de reconhecer o valor do patrimônio imaterial da cidade, representado, por exemplo, pelo episódio da Revolução

Igreja de Santo Antonio e Teatro São João, dois ícones da cidade da Lapa

Federalista, em 1894, e pela saga dos tropeiros, além de outras atrações importantes,

a professora Silvana centrou sua pesquisa nas edificações do centro histórico lapiano.

O Setor Histórico da Lapa compreende uma área de 14 quarteirões, onde estão mais de 230 imóveis tombados, com variados graus de proteção. Silvana do Rocio de Souza explicou que, em sua tese, deixou de lado o papel do turismo como agente de ingresso de divisas e preferiu abordá-lo como representação social, analisando seu impacto na vida das pessoas e a reação dos locais diante da presença de visitantes. Na pesquisa, ouviu vários segmentos: profissionais com atuação na área de turismo, proprietários de bens patrimoniais tombados, representantes de órgãos públicos, moradores da cidade e turistas em visita ao Setor Histórico. O trabalho apontou que o teatro São João e a igreja matriz de Santo Antônio podem ser considerados símbolos da cidade, sendo citados com ênfase, também, a Casa Lacerda, o Panteão dos Heróis e o Museu das Armas. A palestrante destaca que não há outra cidade no sul do país com a quantidade e a qualidade de bens tombados como a Lapa, cuja importância, naturalmente, reverte em favor do turismo. Uma constatação: a pesquisa mostrou que 60% dos visitantes do lugar são mulheres entre 21 e 50 anos, de nível escolar médio e ativas economicamente.

Ida&Volta Destino Alemanha Perspectivas do turismo alemão para 2011/2012, Viagens de negócios e eventos e Cultura e vinhos estão entre os temas a ser apresentados, nesta segunda-feira 19/9, no hotel Pestana, em Curitiba, no workshop “Destino Alemanha”. O obje- tivo do evento é atualizar os agentes e operadores de viagens sobre os novos produtos turísticos para aquele país. Estão confirmadas as presenças da diretora do DZT/Centro de Turismo Alemão para a América do Sul, Maria Valle Lopez, e dos representantes do Visit Berlin, Tim Marius Starke, do Frankfurt Tourismus, Jasmin Bischoff, e da Secretaria de Turismo de Munique, Giovanni S. Lenard. Haverá também palestras temáticas com executivos brasileiros e alemães. Dia 21, o workshop será realizado em São Paulo. O DZT, que em 2011 comemora 30 anos no Brasil, possui escritórios em mais de 30 países.

Roteiro cultural

Na 8ª Semana de Arte de Buenos Aires, de 25 de setembro a 1º de outubro, mais de 100 galerias de arte, museus e centros culturais da capital argentina estarão inseridos no circuito das visitas guiadas. Nesses locais, também haverá uma série de palestras e atividades vinculadas à expressão artística portenha. Informações: bue.com.ar.

Expo Termal 2011

Ainda da Argentina: dias 27 e 28 será realizada a Expo Termal 2011, na cidade de Federação, província de Entre Rios. O evento é dirigido a profissionais do turismo, representantes de destinos, de cadeias de hotéis, de centros gastronômicos e das comunidades termais, que conhecerão as novidades e tendências no segmento. Informações: expotermal.blogspot.com.

Deville Guaíra em obras

A Rede Deville de Hotéis anuncia o início de obras de revitalização no Deville Express Guaíra, no Oeste do Paraná, com conclusão prevista para o primeiro semestre de 2012. Os investimentos serão de R$ 600 mil. Os 68 apartamentos e suítes ganharão novos móveis, camas no padrão box, TVs de LCD e piso laminado em madeira; o lobby e o restaurante vão receber nova decoração. Outra novidade é que o hotel tem novo arrendatário: Manuel Terron Garcia, que já foi gerente geral das unidades de Cascavel e Maringá da Deville.

Hotel de selva

Negociação para Agências de Viagens é o curso que O Iccabav (Instituto de Capacitação e Certificação da Abav) e a Abav/ PR realizam nesta quarta-feira 21/9 em Curitiba. As aulas, a cargo de Júlio Verna, vão oferecer às agências de viagens a oportunidade de obter resultados positivos como o principal intermediador de viagens de negócios entre os clientes corporativos e fornecedores dos serviços de viagens. Informações: (41) 3223-3411.

Empresa equatoriana especializada em destinos turísticos especiais da América Latina, a Metropolitan Touring anuncia para janeiro de 2012 a inauguração do Mashpi Lodge, com 22 suítes, localizada em reserva particular a quase mil metros acima do nível do mar, próximo à Cordilheira dos Andes e a duas horas e meia de Quito por rodovia. Com janelões de vidro, o lodge vai oferecer uma bela visão da mata aos hóspedes e toda energia elétrica a ser ali consumida será de usina hidrelétrica própria, de acordo com normas ambientais.

Vovó Carolina

Slaviero Congonhas

Bons negócios

Uma das boas opções de hospedagem em Gramado, na Serra Gaúcha, é a pousada Vovó Carolina, que comemora ter sido mais uma vez reconhecida com uma das 10 melhores do Brasil, merecendo o prêmio “O Melhor de Viagens”, da Editora Abril. A empresa é familiar e os hóspedes são recebidos como pessoas da família. Do mesmo grupo, na cidade, é o hotel Vovó Carolina, que trabalha nos mesmos moldes. Informações em vovocarolina.com.br, site que acaba de ser reformulado.

CMYK

Destinado basicamente a executivos de negócios, já está operando o quinto empreendimento da rede de hotéis paranaense Slaviero na Grande São Paulo: o Slaviero Slim Congonhas, situando defronte ao aeroporto. Tem 180 apartamentos, área de eventos para até 400 pessoas, café da manhã incluído na diária, internet sem fio gratuita, restaurante e estacionamento coberto. O prédio passou por um processo de modernização, com

investimentos em torno de R$ milhões. Os outros quatro Slaviero em São Paulo são o Executive Guarulhos, Executive Jardins, Fast Sleep Guarulhos ala Internacional e Fast Sleep Guarulhos ala Nacional.

Lisboa é o alvo

Em 10 estratégicas paradas de ônibus em Lisboa, Portugal, a Embratur (Instituto Brasileiro do Turismo) colocou imagens dos principais destinos brasileiros, entre eles Foz do Iguaçu. E quem espera no ponto pode ouvir música brasileira. A ação faz parte da campanha publicitária “Brasil te chama, celebre a vida aqui”, que objetiva conquistar mais turistas para as nossas atrações, tendo em vista, também, a Copa do Mundo de Futebol de 2014.

Lisboa é o destino

Enquanto isso, mais brasileiros vão a Lisboa. Dados recentes do órgão de turismo da capital portuguesa, relativos ao primeiro semestre deste ano, registram um acréscimo de 21% de brasileiros nos hotéis da cidade em relação ao mesmo período do ano anterior. Isso representa mais de 280 mil “dormidas”, ou pernoites. E a expectativa é que esse número dobre até dezembro. O Brasil e segundo maior mercado emissor para Lisboa, atrás apenas da vizinha Espanha. Mas os brasileiros foram os que mais gastaram em território português.

Gastão no Turismo

O senador José Sarney, presidente do Senado, foi rápido e, tão logo vagou a cadeira de ministro do Turismo, com a queda do trapalhão e acusado de corrupção Pedro Novais, emplacou mais um protegido: o deputado federal Gastão Vieira, maranhense de São Luis e, como Novais, sem nenhuma intimidade com o segmento que vai comandar. Mas, parece, tem a seu favor ser um ficha-limpa, ao contrário do antecessor. Gastão Vieira, 65 anos, foi secretário de Educação e de Planejamento do Maranhão. Que o novo ministro não se perca pelo nome e aplique muito bem o dinheiro público.

ViaGastronômica Os chefs do Bom Gourmet

O prêmio Bom Gourmet, criado pelo jornal Gazeta do Povo, de Curitiba, para contemplar profissionais da boa mesa e estabelecimentos gastronômicos, foi entregue na noite da quarta-feira 14/9, em concorrida festa no bufê Nuvem de Côco, no Mossunguê. Um dos destaques de 2011 foi a escolha dos Chefs Cinco Estrelas, que contemplou Celso Freire, do restaurante, Zea Maïs; Junior Durski, do Madero; Ivan Lopes, do Terra Madre; Manu Buffara, do Restaurante Manu; e Paulino da Costa, da Osteria do Victor, estes três pela primeira vez. Um júri que envolveu 156 pessoas também elegeu os Novos Talentos, com o prêmio indo para Karen Takizawa, Kaio Vinicius Trevizan, Dyogo Prado, Jorge Luiz Picoli, Leandro Vidal da Luz, Raquel Alves da Rocha e Róstom Agustinho da Silva. A relação dos premiados abriu com a categoria Sabor Popular, onde o campeão foi o Prato Feito do Box do Eliseu, do Mercado Municipal de Curitiba, e seguiu com a dos Sabores Especiais, dividida em Couvert, Entrada, Prato Principal, Sobremesa, Adega, Carne, Asiático, Massa, Sanduiche, Pizza, Petisco, Pão e Café. _______________________________________________________ O Comenda Bar (r. Comendador Araújo, 784) lançou sábado sua feijoada em sistema de bufê, a R$ 32 por pessoa, com direito a samba e chorinho. De segunda a sexta-feira, as atrações da casa são o almoço executivo, com 15 tipos de saladas, 20 pratos quentes, massas e grelhados (R$ 44,90 o quilo) e a happy hour, a partir das 17h, com petiscos variados e drinque em dobro. O chef Carlos Henrique Mancuzzo, professor de gastronomia do Centro Europeu de Curitiba, ministrou na Equipotel 2011, maior feira brasileira de produtos e serviços para hotelaria e afins, realizada na semana passada em São Paulo, oficinas sobre a utilização de equipamentos em uma cozinha profissional e de alta tecnologia. Contou com a parceria das empresas Prática e Klimaquip. Os donos são árabes – Jamal e Talal Husseini – e o nome, Bar do Brimo. Mas o cardápio é brasileiro. E agora tem feijoada aos sábados, até às 16h, com serviço de bufê e os ingredientes servidos em panelas de barro. Como aperitivo, caldinho de feijão em canequinha. Custa R$ 17,90 por pessoa. O endereço é rua 24 de Maio, 1781, no Rebouças. O restaurante Alecrim do hotel Deville Curitiba já tem pronto o cardápio para a próxima edição do Curitiba Restaurant Week, de 10 a 23 de outubro, onde o conjunto de entrada, prato principal e sobremesa tem preços especiais – R$ 29,90 no almoço; R$ 39,90 no jantar. O chef Carlos Eduardo Cruz vai preparar Ceviche de pinhão com espuma de erva mate e laranja, Gel de shitaki e tomate seco, servido em seleção de folhas e Carpaccio de manga e crótons, para entrada; Magret de steak em geleia de campanha com cerveja preta mais arroz carreteiro e Linguado à brasileira com quibebe de abóbora, como pratos principais; e Trufas amazônicas e Coquetel de amora com menta, acompanhado de cookies de polvilho para arrematar. Um vinho rosé seco, de tiragem especial e rótulo personalizado – Mabu by Dezem –, vai harmonizar os pratos servidos pelos restaurantes da Rede Mabu de Hotéis, de Curitiba e Foz do Iguaçu, a partir de 23 de setembro e ao longo da Primavera. O vinho foi criado em parceria com a vinícola Dezem, de Toledo (PR), com a consultoria da enóloga e sommelier Sonia Petri. A apresentação oficial do capítulo Primavera da campanha Quatro Estações da rede foi no domingo 18, no Mabu Parque Resort, na Cidade Industrial de Curitiba. “Comida caseira que remete ao conforto e aconchego de casa”: este é o conceito aplicado ao novo cardápio do restaurante do Bourbon Batel Express Hotel (av. Visconde de Guarapuava, 4889), onde há novidades como a picanha à brasileira, o linguado ao molho de tapioca, leite de côco e espumante e o suprème de frango tropical, com perfume de sálvia e laranja. Até o início de 2012, Curitiba deverá contar com mais cinco restaurantes Durski. Para ampliar e inovar o cardápio de suas unidades, o chef Junior Durski viajou à França, onde acompanhou as novas tendências da cozinha moderna e visitou o renomado chef Paul Bocuse (com ele na foto), cujo restaurante garante pontuação máxima no Guia Michelin há 40 anos. Uma fruta exótica – a physalis – compõe a receita de uma nova torta da confeitaria Bella Banoffi (r. Itupava, 1091). O doce é feito com farinha de amêndoas e de bolacha e o creme leva cream cheese, creme de leite fresco, nutella e rum. Na cobertura, a physalis. A porção individual custa R$ 8,50. Nos dois endereços da Confeitaria Requinte (Bigorrilho e Cabral), é tempo de Morangofest, que vai até 30 de setembro. O festival oferece bolos, tortas, sonhos, carolinas, rocamboles, mousses, tiras folhadas, pavês e outros doces onde o morango tem presença marcante. Os clientes do restaurante DUO Cuisine (r. Des. Costa Carvalho, 151) que consumirem uma garrafa da champanha Veuve Clicquot ganham presentes da marca, como o ice jacket, acessório que envolve a garrafa para mantê-la na temperatura ideal por mais tempo, ou um livro que conta a história da famosa marca. A promoção, em parceria com a Veuve Clicquot, vai até acabar o estoque.


3

a

margem

Indústria&Comércio | Curitiba, segunda-feira, 19 de setembro de 2011 | B5

arte&atitude,

moda&cia

Adélia Maria Lopes | adelia@novacombrasil.com.br

Sinfonias para ler e ouvir A história da Orquestra Sinfônica do Paraná ganha uma edição em livro e CD, que tem lançamento nesta quarta dia 21 em dois palcos, com apresentação grátis no Solar do Rosário: pela manhã para estudantes e à noite para o público em geral. O projeto, idealizado em 2006, levou cinco anos para ser concluído e viabilizado pela Lei Federal de Incentivo à Cul-

tura. Com texto e pesquisa das professoras Clarice Miranda e Liana Justus, Orquestra – histórico, regência e instrumentos traz origem, evolução, o papel do maestro em suas 200 páginas. Além do conteúdo informativo, há ilustrações em bico de pena feitas exclusivamente para o livro e fotos. O CD encartado, com locução das pesquisadoras, explica cada naipe de uma orquestra,

mostra seus sons, sua capacidade de alcance de notas, graves, agudos e a capacidade de utilização de cada instrumento. Sob regência de Paulo Torres, titular da Sinfônica, o concerto de lançamento do livro terá repertório que escolhido para utilizar todos os instrumentos da orquestra. Haverá solos de alguns instrumentos específicos e as músicas escolhidas caminham entre os

vários períodos da história da música: Barroco, Clássico, Romântico e Moderno. Clarice e Liana são ministrantes do curso de Formação de Plateia em Música, iniciado em 1995 no Centro Cultural Solar do Rosário. E o projeto foi viabilizado com o patrocínio das empresas Incepa, Impextraco, Trutzschler, Roca, Propex, Peróxidos do Brasil, Tesa e Volvo.

Jose Carreras em Mediterranean Passion A terceira vinda a Curitiba do tenor espanhol Jose Carreras, premiado neste ano com o Crystal Award no Fórum Mundial Econômico, em Davos, está agendada para este mês e agora para comemorar os cinco anos da produtora Prime. Da primeira vez veio com Plácido Domingo e Luciano Pavaroti, em concerto pelos 300 anos da cidade. E da última, há três anos, foi para a inauguração do Teatro Positivo, mesmo palco em que se apresenta no dia 27 próximo. Ingressos com teto em 984 reais. Ele incluiu o Brasil na turnê Mediterranean Passion, nome também de seu CD lançado em 2008, com clássicos da música

Um Mundo para Dulce no Paiol Com músicas de Vitor Ramil, Lupicínio Rodrigues, Indioney Rodrigues, Lápis entre outros autores de milongas, chamamés, tangos, valsas e canções brejeiras brasileiras, a cantora Juliana Cortes emoldura seu show com o som do acordeom em seu espetáculo Um Mundo para Dulce, que acontece nesta terça dia 20. Marina Camargo (acordeom), Marcelo Pereira (contrabaixo) e, como convidado especial, o pianista argentino Andrés Pillar estarão

com ela no palco do Teatro Paiol, às 20h. Juliana dedica o seu novo show à memória de sua avó materna, Dulce. Daí que o show tem um retrato sonoro de sua infância campesina ora adornada pela delicadeza de canções como “Casinha Branca” ora pela força de tangos como “Y todavia te quiero”. Confira: única apresentação. Ingressos a 15 e 7,50 reais. Informações: (41) 32131340. Classificação livre.

popular de língua latina, entre elas Solamente Una Vez, faixa em dueto com a cubana Gloria Estefan. Música popular não é surpresa em seu amplo repertório, que inclui mais de 600 títulos dos mais diversos estilos, do barroco à música contemporânea. A extensa discografia soma mais de 150 gravações, 50 óperas completas, oratórias, recitais populares e clássicos. Carreras já foi premiado com discos de ouro e platina e vendeu mais de 60 milhões de discos. Os ingressos estão à venda, de 379 a 984 reais, nos shoppings Mueller, Estação e Total, (41) 33150808 e na bilheteria do Teatro Positivo.

Nem te Conto Pop Art

O artista plástico Fabrizio Andriani e o quadrinista José Aguiar estão com três exposições no Jokers (Rua São Francisco, 164 – Centro Histórico). São elas: Retratos Catódicos, Tex e Preview Reisetagebuch Uma Viagem Ilustrada pela Alemanha, que alternam quadrinhos, pinturas e ilustrações diversas em várias técnicas. A entrada é franca.

Arianne Phillips

O Pense Moda anuncia a presença de Arianne Phillips, para comemorar os cinco anos do evento, que acontece de 4 a 6 de outubro no MuBE. A figurinista americana é responsável pelo figurino dos filmes Encontro Explosivo, Garota Interrompida, O Povo Contra Larry Flynt, Johnny & June (pelo qual foi indicada ao Oscar) e, recentemente, A Single Man, estréia do estilista Tom Ford no cinema. Além do cinema, assina figurino da The Confessions Tour, de Madonna, e estão juntas também no filme WE, que acaba de estrear no festival de cinema de Veneza. Courtney Love, Lenny Krawitz e Justin Timberlake também são clientes de Arianne.

Tênis e manifesto

O primeiro Air Force 1 feito para o Brasil ( verde e o amarelo nos ilhoses, solado e cadarços, além das palavras de seus heróis impressas na sua estrutura de couro negro) ganha um manifesto em curtametragem. Os MCs Emicida, Pixote e Xará, e o grafiteiro Toddy são os autores do texto que evoca a juventude a ter esperança e persistência. O curta-metragem, com exibição em breve nos cinemas de algumas capitais, chama-se É Possível. O roteiro é de Victor Navas, o mesmo de Carandiru e Cazuza – O Tempo Não Para. O filme mistura documentário e animação, intercalando imagens da cena urbana, quadras de basquete desconhecidas e atletas.

A hora da estrela

Em discussão e leitura o romance A hora da estrela, de Clarice Lispector, a partir desta segunda 19 a 22 próximos, na Biblioteca Pública do Paraná. É a segunda edição do projeto “Extremos – Círculo de Leitura de Ficções Radicais”, criado pelo escritor e crítico literário José Castello e pelo músico e diretor teatral Flávio Stein. Será das 19 às 22h. Inscrições gratuitas e devem ser feitas pelo e-mail oficina@bpp.pr.gov.br.

Samba no gelo

Metamorfotos em exposição O fotógrafo espanhol Pablo Blanes expõe seus trabalhos no Instituto Cervantes de Curitiba na mostra “metaphotorsis”, dividida em duas séries, Retratos e Coisas, mas dentro de uma mesma temática. A exposição pode ser apreciada até 30 de outubro. Na série Retratos, os modelos posam para a câmera de uma maneira muito peculiar, em alguns casos acompanhados de objetos que se incorporam a imagem criando situações surrealistas ou situações ilógicas. Já na série Coisas, as imagens representam objetos do cotidiano, modificados digitalmente, e desta forma alterando ou mesclando conceitos e formas. Pablo Planes é o fundador e diretor da Photaki.com, agência que comercializa imagens e ilustrações de mais de 10 mil autores em todo o mundo. Atualmente a empresa distribui um arquivo de mais de 500 mil imagens, disponibilizadas em 14 idiomas. Ele diz que “metaphotorsis” usa uma técnica que consiste em converter uma imagem em algo quase totalmente diferente, mantendo elementos do conceito original da mesma. Visitação: das 10 às 19h e sábados das 10 às 13h, no Instituto Cervantes (Ubaldino do Amaral, 925). Entrada franca. Fone 3362-7320.

Estava uma noite gélida de setembro (normal para Curitiba), mas o calor se fez presente quando a bateria e passistas da escola carioca entraram em cena para oficializar a inauguração do Bar Acadêmicos do Salgueiro, na Rua Comendador Araújo. E melhor: a cada mês, eles estarão de volta. Diante de uma plateia de 400 pessoas, o diretor Anderson Abreu entregou a bandeira oficial do título do Carnaval carioca de 2009 aos sócios da casa Hannia Zahoui, Marcus Bizinelli Gubert e Marcel Justi. De quarta a domingo, o bar tem samba ao vivo, espaço para dançar e deliciosos comes e bebes, ao meio de uma decoração animada.

O naturalista

Fraga leva São Chico a Amsterdã O estilista mineiro Ronaldo Fraga encena exposição em Amsterdã, em 2 de outubro, como parte das comemorações do ano da Holanda no Brasil. Ele foi escolhido entre dez artistas brasileiros pré-selecionados para levar um pedacinho do Brasil à Dam Square, praça central da capital holandesa. O tema escolhido por Fraga é o Rio São Francisco, tema de pesquisas do estilista há algum tempo, servindo de inspiração para uma de suas coleções e uma exposição cultural itinerante. Mas ele levará para a Amsterdã um projeto diferente: serão projetados desenhos nas paredes das edificações em torno da praça. cmyk

O mimicrismo, importante princípio de defesa biológica contra predadores, foi estudado por um cientista alemão, que viveu no Sul do Brasil, entre 1852 e 1897: Fritz Müller, amigo e colaborador de Charles Darwin, que o denominou “príncipe dos observadores”. Para resgatar a memória desse naturalista teuto-brasileiro, a Associação Pró-Memória da Imigração Germânica no Brasil trouxe para Curitiba a exposição “Fritz Müller – O Príncipe dos Observadores”. Visitação diária no Clube Concórdia (Rua Carlos Cavalcanti, 815) até 9 de outubro, das 13 às 18h. Entrada franca.


Diplomacia

Curitiba, segunda-feira, 19 de setembro de 2011 | B6

Antônio Claret de Rezende claretrezende@gmail.com

Ministro diz que Alemanha está comprometida com a cooperação Atualmente, para a República Federal da Alemanha, mais importante que ajudar os países em desenvolvimento é buscar a cooperação com eles. E esse é o sentido da visita que faz ao Paraná e ao Brasil Ministro Dirk Niebel o Ministro Federal de Cooperação Econômica e Desenvolvimento do Governo da Alemanha, Dirk Niebel, que chegou este domingo a Curitiba, acompanhado de uma comitiva de parlamentares, membros do Governo e empresários alemães. Aqui, ele foi recebido pelo

Ministro Niebel, o tio Fritz Niebel e Odone Fortes Martins

Embaixador da RFA em Brasília, Wilfried Grolig, e pelo cônsul honorário Andreas Hoffrichter. À noite, no Clube Concórdia, depois de ser saudado pelo Embaixador, o Ministro Niebel falou a cerca de uma centena de alemães e membros do Corpo Consular,

presentes, descendente de alemães, de que a Alemanha aprendeu a fazer política, o que fica demonstrado no comportamento de seus representantes.

inclui o aperfeiçoamento de técnicos do SENAI e a capacitação da instituição para prestação de serviços de consultoria. O Ministro logo depois visitará a FIEP- Federação das Indústrias do Estado dp Paraná, onde irá discutir com o presidente Rodrigo Rocha Loures aspectos do desenvolvimento do Estado e novas formas de cooperação.

Alemanha homenageia ex-cônsul Hans Schörer

Cônsules Luiz Celso Branco (Chile), Kiyoshi Ishitani (Filipinas), e Andreas Hoffrichter (Alemanha) com o Embaixador Wilfried Grolig

além de outros convidados. Para ele, a Alemanha não simplesmente ajudar países em desenvolvimento, mas buscar a cooperação, fazendo em conjunto com eles aquilo que deve ser feito em diferentes áreas. Referiu-se às ações que a Alemanha há muitos anos desenvolve em nosso País e, principalmente, àquelas que o momento venha possibilitar ocorrer. Nesse particular, mencionou os grandes eventos que estão para acontecer – Copa das Confederações, Copa do Mundo e Olimpíadas, entre outros – e a experiência de seu País em realizações dessa natureza, podendo surgir daí múltiplas formas de cooperação. Niebel referiuse também a sua satisfação em começar sua visita ao Brasil por Curitiba, onde pode rever familiares aqui residentes e que há muito não encontrava. Por mais de duas horas, o Ministro Dirk Niebel e o Embaixador Wilfried Grolig permaneceram no Clube Concórdia, conversando informal e descontraidamente com muitas pessoas e até mesmo posando pára fotos, durante coquetel oferecido pela Embaixada. Ambos revelaras muita simpatia, disposição e bom humor, o que até motivou a observação de um dos

Das mãos do Embaixador Grolig, Hans Schorer recebeu a condecoração outorgada pelo Governo alemão

SENAI e FIEP

Na segunda-feira, 12, logo cedo, o Ministro alemão e o Embaixador farão uma visita ao SENAI, onde serão recebidos pelo diretor João Barreto Lopes. Ai, Niebel e sua comitiva, incluindo diretores da Sociedade Alemã de Cooperação Internacional (GIZ) e do banco de fomento KfW, conhecerão a atuação do SENAI do Paraná na formação de trabalhadores e na transferência de tecnologias para indústria na área de eficiência energética. Eles também avaliarão os resultados do acordo com a GIZ. A parceria, assinada em 2009, prevê a troca de experiências e a cooperação na área de eficiência energética. O acordo

Antes do encontro com o Ministro Dirk Niebel, também no Concórdia, o Governo da Alemanha, através do Embaixador Wilfried Grolig, prestou homenagem ao ex-cônsul honorário Hans Gerhard Schörer, outorgando-lhe a comenda da Ordem do Mérito. Justificando, o diplomata fez um histórico da vida e das atividades de Schorer, mostrando seu desempenho profissional e sua grande atuação como Cônsul Honorário da Alemanha. Lembrou que, na verdade, o “cônsul honorário” não é “honorário”, pois trabalha muito e presta grandes serviços à população e ao País que representa, seja, por exemplo, atendendo turistas em dificuldades, seja atuando em questões de visto, emissão de passaporte e outras. Hans Schorer, por sua vez, ao agradecer, enfatizou sentir-se feliz e honrado, pois recebia a mesma homenagem que seu pai – que foi professor em São Paulo – e um tio anteriormente receberam. Lembrou ter ficado durante dez anos como Cônsul e agradeceu aos patrocinadores que sempre contribuíram para a realização de eventos e comemorações, assim como a . presença e o apoio dos familiares e amigos, que sempre o apoiaram e incentivaram. Entre os presentes, além de familiares, estavam o cônsul honorário da Alemanha, Andreas Hoffrichter, o presidente da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha, Wilson Balão, membros do Corpo Consular, do Rotary Club e da comunidade germânica no Estado.

Ucrânia comemora o 20º aniversário Consulado da Polônia realiza Ciclo O Consulado da Ucrânia em Curitiba comemora no próximo dia 14, quarta-feira, o 20º aniversário da Independência ucraniana, alcançada em 1991, depois de anos de domínio da Rússia soviética. Para celebrar a data, a cônsul da Ucrânia na Capital, Larysa Myronenko, e o cônsul honorário em Paranaguá, Mariano Czaikowski, convidam para recepção, às 19 horas daquele dia, no Salão Brasil da Prefeitura de Curitiba.

Igreja Ucraniana Greco-Católica

Para importante assembléia geral e um sínodo, mais de 40 Bispos e outros altos prelados da Igreja Ucraniana Greco-Católica, procedentes de mais de uma dezena de países, estiveram reunidos este final de semana no Paraná. Primeiramente, eles se encontraram em Prudentópolis, onde está a maior concentração de ucranianos e descendentes, em nosso Estado. Depois, vieram todos para Curitiba, para a assembléia e o sínodo, em que foram discutidas e analisadas questões importantes dessa Igreja, à qual perArcebispo-Mor Sviatoslav tencem cerca de 95% dos ucranianos do Paraná. Entre os presentes estava o Arcebispo Maior e Primaz da Igreja Ucraniana Greco-Católica, Sviatoslav Schevnuk, eleito para o cargo em sínodo extraordinário, realizado na Ucrânia, em março deste ano. Participou também da abertura do sínodo, dia 5, o Cardeal Arcebispo de Aparecida e pre-

Síntese >><<Abro a coluna com uma triste e dolorosa noticia – o falecimento do estimado amigo Joaquim Narciso de Pedrosa Borges. Ou, simplesmente, O doutor Joaquim. Faleceu segunda-feira, 5, à noite, 15 dias depois de ter sido vítima de atropelamento por um ônibus expresso, na Praça do Japão, proximidades de sua residência. Com 81 anos, doutor Joaquim foi durante muitos anos funcionário do extinto IBC-Instituto Brasileiro do Café, atuando em diferentes postos desse outrora poderoso órgão, no Exterior. Foi numa dessas andanças que conheceu e se casou com dona Leda Nelli da Silva, então cônsul-geral do Uruguai em Hamburgo, na Alemanha. Com o fechamento do IBC, o casal fixou residência em Curitiba, assumindo dona Leda o posto de cônsul honorária de seu País em Paranaguá. Companheiros inseparáveis, muitas vezes tive a grata satisfação de receber o casal em minha residência, para alegres e descontraídos bate-papos, assim como também privei, eu e minha mulher, da companhia deles, em inesquecíveis almoços, como seus convidados, Doutor Joaquim sempre tinha uma pala-

sidente da CNBB, Dom Raymundo Damasceno Assis. Reconhecida pela ortodoxia doutrinária, essa Igreja ucraniana, de rito litúrgico bizantino, mantém-se em comunhão com a Igreja Católica Romana, diretamente sujei- Embaixador Ihor Hrushko, com ta ao Papa. Conta a cônsul Larysa Myronenko, também prestigiou o evento atualmente com religioso cerca de 8 a 10 milhões de fiéis, que vivem na Ucrânia – sua sede principal – e nos países da diáspora, ou seja, nos Estados Unidos, Canadá, Brasil, França, Polônia etc., nos quais vivem grandes comunidades de ucranianos.

Embaixador veio

Uma grande celebração religiosa, realizada em local anexo à Catedral de São João Batista (Bairro Água Verde), marcou, Igreja de São Josaphat, em na manhã deste domingo, 11, o Prudentópolis encerramento da Assembléia e do Sínodo da Igreja Ucraniana Greco-Católica, em Curitiba. Para o ato religioso, veio especialmente de Brasília o Embaixador da Ucrânia em nosso País, Ihor Hrushko, que retornou à tarde à Capital da República. Participaram também da bonita e longa cerimônia a cônsul da Ucrânia em Curitiba, Larysa Myronenko, e o cônsaul honorário em Paranaguá, Mariano Czaikowski, entre outras autoridades. vra de sabedoria, uma historinha engraçada para contar. Intitulando-se “consuleso”, referia-se a dona Leda – “Dona Cônsul” com muito respeito e grande admiração. No acidente que o vitimou , teve várias costelas fraturadas, o que lhe foi fatal, apesar de ter lutado bravamente, enfrentando com galhardia, enquanto teve consciência, as dores fortes que dilaceravam seu corpo. Ao amigo doutor Joaquim, a expressão de minha saudade, assim como a de minha mulher Tereza e de meus filhos Marcos, Beatriz e Letícia, que também por ele tinham grande estima. À dona Leda, a certeza de que seu companheiro querido permanece como lembrança viva no coração de quantos o conheceram e puderam privar de sua generosa amizade. Adeus bom amigo, Doutor Joaquim de Pedrosa Borges. Que Deus o tenha. >><<Odonoe Fortes Martins, coordenador do CONCEX-RI-Conselho de Comércio Exterior e Relações Internacionais da Associação Comercial do Paraná, lembra que os interessados em participar da Missão Empresarial à Turquia devem confirmar participação até 1º de outubro, com Ali Sipahi – assistente da Secretaria Geral da ASEBT-Associação Empresarial Brasil-Turquia/Brezilya -Türkiye İş Adamları DerneğiEnd ( Avenida Brigadeiro Luis Antonio, 2729, Conjunto 709 CEP: 01401-000,

de Debates, exposições e oficinas

O Consulado Geral da República da Polônia em Curitiba e a Casa da Cultura Polônia Brasil realizam, a partir do próximo dia 16, extensa programação cultural, composta de três modalidades de evento: Ciclo de Debates, Exposições Oficinas, envolvendo diferentes segmentos da comunidade. Toda a programação será desenvolvida na Casa da Cultura Polonia-Brasil (Sociedade Polono-Brasileira “Tadeusz Kosciuszko”, que fica na Rua Ébano Pereira, 502 O Ciclo de Debates terá entrada franca, assim como as exposições, que serão abertas ao público para visitação. Para as oficinas, as inscrições estão abertas (incluem materiais), mas as vagas são limitadas.

Ciclo de debates

Acontecerá entre os próximos dias 18 e 23, das 19 às 21 horas. Serão cinco mesas redondas, cada mesa para um dia, reunindo profissionais de cada área da cultura paranaense, da memória do histórico dos imigrantes à contemporaneidade, conforme programação abaixo: Dia 19, segunda-feira - A mulher no cinema. Convidados: Walton Wysocki, Ana Johann Dia 20, terça-feira - A mulher na Poesia e na Literatura Infanto-Juvenil Paranaense. Convidadas: Isabel Furini, Marilza Conceição, Adélia Woellner Dia 21, quarta-feira: A ilustração de livros infantojuvenis. Convidadas: Márcia Széliga, Mari Inês Piekas, Heliana Grudzien Dia 22, quinta-feira: A Arte Paranaense representada por descendentes polonesas, suas experiências, influências e expressão. Convidadas: Dulce Osinski, Everly Giller, Heliana Grudzien, Maria Luiza Kozicki Dia 23, sexta-feira: O Folclore Polonês - do grupo de dança ao artesanato típico. Convidados: Valdir Luiz Holtman, Cecília Szenkowicz Holtman

Exposições:

A cerimônia de abertura será dia 16, às 19 horas, Jardim Paulista, São Paulo - telefones (+5511) 4305-1453 (+5511) 8641- 1364 ou pelo e-mail asebtinfo@gmail. >><<A Missão, organizada pela TUSKON-Confederação de empresários e Industriais da Turquia em parceria com a ASEBT, vai à Turquia, a fim de participar das Exposição “Ponte de Comércio Turquia-Mundo 2011”, que contempla setores de alimentos, agricultura, pecuária, cosméticos, produtos de limpeza e higiene pessoa.A importante feira será realizada em Istambul, de 24 a 30 de outubro deste ano. É da TUSKON, maior entidade empresarial da Turquia, representando 7 federações regionais e 150 associações, que estão localizadas em todas as 81 cidades do Pais, o convite a empresas brasileiras para participar do evento “Ponte de Comércio Turquia-Mundo 2011”. >><<A exposição está em sua 9ª edição e será a terceira participação do Brasil. Em 2010, o programa reuniu mais de 2.500 empresas, de 135 países diferentes, com 3.000 empresas turcas. Estima-se que foram milhares as reuniões bilaterais de negócio entre participantes turcos e internacionais. O volume comercial estimado para o evento ultrapassou de 10 bilhões dólares. Nos últimos anos, a “Ponte de Comércio Turquia-Mundo” recebeu empresas de todos os setores, mas, este ano, diferente dos

com encerramento às 22 horas, presente a Cônsul da Polônia, Dorota Barys, Haverá apresentação, às 20 horas, do Jazz Maia Trio - Marília Giller, Ian Giller Branco e Allan Giller Branco, tendo como convidado especial Tiago Portella Otto. Visita às exposições diariamente, das 9 às 18 horas. Encerramento dia 7 de outubro, às 18 horas.. Exposição 1: Das Regionais às Jazz Bands: Exposição de fotografias e pesquisa da pianista Marilia Giller, sobre a história do Jazz no Paraná. Apresentação musical do Jazz Maia Trio, com Marília Giller, Ian Giller Branco e Allan Giller Branco, tendo como convidado especial Tiago Portella Otto. Sala de exposições Tadeusz Kosciuszko. Exposição 2: O Feminino na Arte de descendentes poloneses e na ilustração de Livros. Artistas participantes: Everly Giller, Heliana Grudzien, Márcia Széliga, Mari Inês Piekas, Maria Luiza Kozicki, Dulce Osinski, Walton Wysocki. Sala de exposições Tadeusz Kosciuszko. outros, planeja receber os empresários apenas dos setores; Alimentos, Bebidas, Agricultura, Pecuária, Cosméticos, Produtos de Limpeza e Higiene Pessoal . Por ser um evento setorial, há expectativa de participação de 500 empresas estrangeiras do mundo inteiro e 1000 empresas turcas, sendo que 150 dessas terão exposição de seus produtos. O evento é voltado tanto para empresas importadoras quanto exportadoras. >><<A Missão organizada pela ASEBT sairá de São Paulo dia 24 de outubro, chegando no mesmo dia a Istambul. Aí, no dia seguinte fará passeios aos principais pontos turísticos e históricos da cidade e dia 26 participará da cerimônia oficial da abertura do programa Ponte de Comércio Turquia-Mundo 2011, com visitas aos estandes e participação nas rodadas de negócios. A programação prevê ainda visitas às cidades na Anatólia (interior, parte asiática da Turquia), com visitas às fábricas e zonas industriais e rodadas de negócios com empresas locais, além de passeios aos locais históricos e culturais da região. O grupo viajará pela Turkish Airlines, retornando dia 30 ao Brasil. Segundo os organizadores do pacote de viagens, os empresários brasileiros participantes da Missão pagarão apenas a passagem aérea e hospedagem, variando os preços, por pessoa, de R$ 3.935,00 a R$ 9780, de acordo com a classe do vôo e a categoria do hotel escolhidas. Mais informações no site www.turkishairlines.com


Finanças

Curitiba, segunda-feira, 19 de setembro de 2011 | B7 | Indústria&Comércio

mercado de ações na bovespa MERCADO A VISTA Período de 09 a 15 de setembro de 2011 LOTE PADRÃO

Empresa/Ação Código 09/09 12/09 13/09 14/09 Fech. Fech. Fech. Fech. 524 PARTICIP ON QVQP3B 0,00 0,00 0,00 0,00 ABC BRASIL PN ABCB4 10,35 10,10 10,20 10,07 ABRIL EDUCA UNT ABRE11 18,25 18,50 18,50 18,49 ACO ALTONA PN EALT4 26,60 26,70 25,60 26,80 AES ELPA ON AELP3 47,99 48,20 0,00 0,00 AES TIETE ON GETI3 21,04 20,75 21,20 21,20 AES TIETE PN GETI4 22,90 22,74 22,83 22,88 AFLUENTE ON AFLU3 0,00 0,00 0,00 5,00 AFLUENTE T ON AFLT3 0,00 0,00 0,00 0,00 AGCONCESSOES ON ANDG3B 0,00 0,00 0,00 0,00 AGCONCESSOES PN ANDG4B 0,00 0,00 0,00 0,00 AGRENCO DR3 AGEN11 0,52 0,54 0,52 0,55 ALCOA DRN AALC11B 0,00 0,00 0,00 0,00 ALFA CONSORC PNE BRGE11 0,00 5,60 0,00 0,00 ALFA CONSORC PNF BRGE12 0,00 3,60 0,00 0,00 ALFA FINANC ON CRIV3 0,00 3,98 3,94 3,95 ALFA FINANC PN CRIV4 3,47 3,49 0,00 3,49 ALFA HOLDING ON RPAD3 4,77 0,00 0,00 0,00 ALFA HOLDING PNA RPAD5 0,00 0,00 0,00 0,00 ALFA HOLDING PNB RPAD6 0,00 0,00 0,00 0,00 ALFA INVEST ON BRIV3 6,90 6,90 0,00 0,00 ALFA INVEST PN BRIV4 5,65 5,65 0,00 0,00 ALIANSCE ON ALSC3 13,60 13,45 13,10 13,00 ALIPERTI PN APTI4 0,00 0,00 0,00 0,00 ALL AMER LAT ON ALLL3 9,14 8,98 8,94 8,85 ALL ORE ON AORE3 3,80 0,00 0,00 0,00 ALPARGATAS ON ALPA3 0,00 0,00 0,00 11,30 ALPARGATAS PN ALPA4 10,70 10,85 11,00 11,09 AMAZON DRN AMZO11B 0,00 0,00 0,00 0,00 AMAZONIA ON BAZA3 0,42 0,41 0,41 0,41 AMBEV ON AMBV3 44,00 44,29 44,50 44,95 AMBEV PN AMBV4 53,65 54,02 54,35 55,15 AMERICEL ON AMCE3 0,00 0,00 0,00 0,00 AMIL ON AMIL3 18,00 17,11 17,29 16,72 AMPLA ENERG ON CBEE3 1,18 1,24 1,16 1,16 AMPLA INVEST ON AMPI3 0,00 0,00 0,00 0,00 ANHANGUERA ON AEDU3 24,80 24,19 23,52 24,47 APPLE DRN AAPL11B 0,00 0,00 0,00 0,00 ARCELOR DRN ARMT11B 0,00 0,00 0,00 0,00 AREZZO CO ON ARZZ3 22,00 22,00 21,88 22,01 AUTOMETAL ON AUTM3 13,00 12,48 12,35 12,25 AVON DRN AVON11B 0,00 0,00 0,00 0,00 AZEVEDO ON AZEV3 0,00 0,00 0,00 0,00 AZEVEDO PN AZEV4 0,00 0,00 2,72 2,70 B2W VAREJO ON BTOW3 15,25 16,17 17,72 17,27 BAHEMA ON BAHI3 0,00 8,01 0,00 0,00 BANESE ON BGIP3 0,00 0,00 0,00 0,00 BANESE PN BGIP4 0,00 41,18 40,50 40,43 BANESTES ON BEES3 6,81 6,80 6,75 6,76 BANESTES PN BEES4 6,04 6,01 6,00 0,00 BANK AMERICA DRN BOAC11B 0,00 0,00 0,00 0,00 BANPARA ON BPAR3 0,00 0,00 0,00 0,00 BANRISUL ON BRSR3 0,00 0,00 0,00 0,00 BANRISUL PNA BRSR5 0,00 0,00 0,00 0,00 BANRISUL PNB BRSR6 16,87 16,16 15,86 16,45 BARDELLA PN BDLL4 95,00 0,00 0,00 95,00 BATTISTELLA ON BTTL3 1,30 1,30 1,34 1,34 BATTISTELLA PN BTTL4 1,42 1,43 1,45 1,47 BAUMER ON BALM3 0,00 0,00 0,00 0,00 BAUMER PN BALM4 0,00 0,00 0,00 0,00 BEMATECH ON BEMA3 4,33 4,46 4,41 4,39 BHG ON BHGR3 18,71 18,45 18,75 18,85 BIC MONARK ON BMKS3 314,00 305,01 320,00 321,99 BICBANCO ON BICB3 0,00 0,00 0,00 0,00 BICBANCO PN BICB4 8,70 8,49 8,40 8,26 BIOMM ON BIOM3 0,00 0,00 0,00 0,00 BIOMM PN BIOM4 0,00 0,00 0,00 0,00 BMFBOVESPA ON BVMF3 9,21 9,00 8,93 9,13 BOMBRIL PN BOBR4 8,22 7,60 7,70 7,70 BR BROKERS ON BBRK3 7,35 7,12 7,00 7,00 BR INSURANCE ON BRIN3 17,00 17,93 17,95 18,19 BR MALLS PAR ON BRML3 20,02 20,34 19,41 19,52 BR PHARMA ON BPHA3 14,80 14,94 14,82 14,95 BR PROPERT ON BRPR3 18,30 18,10 17,63 17,25 BRADESCO ON BBDC3 23,68 23,33 23,36 23,50 BRADESCO PN BBDC4 28,68 28,19 28,10 28,40 BRADESPAR ON BRAP3 37,00 37,10 38,50 38,49 BRADESPAR PN BRAP4 35,55 35,88 35,65 35,94 BRASIL ON BBAS3 26,61 26,10 25,99 26,04 BRASIL TELEC ON BRTO3 12,08 12,12 12,25 12,49 BRASIL TELEC PN BRTO4 11,24 11,40 11,29 11,31 BRASILAGRO ON AGRO3 9,90 9,84 9,93 9,89 BRASKEM ON BRKM3 15,00 14,47 14,74 14,50 BRASKEM PNA BRKM5 17,24 16,72 16,30 16,70 BRASKEM PNB BRKM6 0,00 0,00 0,00 0,00 BRASMOTOR ON BMTO3 0,00 0,00 0,00 0,00 BRASMOTOR PN BMTO4 0,76 0,76 0,00 0,76 BRB BANCO ON BSLI3 0,00 0,00 0,00 0,00 BRB BANCO PN BSLI4 0,00 0,00 0,00 0,00 BRF FOODS ON BRFS3 31,50 31,30 32,04 32,28 BROOKFIELD ON BISA3 6,63 6,72 6,60 6,50 CACIQUE ON CIQU3 0,00 0,00 0,00 0,00 CACIQUE PN CIQU4 0,00 0,00 0,00 0,00 CAF BRASILIA ON CAFE3 0,00 0,00 0,00 0,00 CAF BRASILIA PN CAFE4 0,00 0,00 0,00 0,00 CAMBUCI PN CAMB4 3,05 3,05 3,04 3,05 CAPITALPART ON CPTP3B 0,00 0,22 0,00 0,00 CASAN ON CASN3 0,00 0,00 0,00 0,00 CASAN PN CASN4 0,00 0,00 0,00 0,00 CATERPILLAR DRN CATP11B 0,00 0,00 0,00 0,00 CC DES IMOB ON CCIM3 3,70 3,68 3,76 3,75 CCR SA ON CCRO3 48,57 47,20 46,50 47,40 CEB ON CEBR3 0,00 0,00 0,00 21,50 CEB PNA CEBR5 0,00 0,00 0,00 0,00 CEB PNB CEBR6 0,00 17,51 19,38 18,00 CEDRO ON CEDO3 0,00 0,00 0,00 0,00 CEDRO PN CEDO4 0,00 0,00 0,00 12,38 CEEE-D ON CEED3 0,00 0,00 0,00 0,00 CEEE-D PN CEED4 0,00 0,00 0,00 0,00 CEEE-GT ON EEEL3 0,00 0,00 0,00 0,00 CEEE-GT PN EEEL4 0,00 0,00 0,00 0,00 CEG ON CEGR3 0,00 0,00 0,00 0,00 CELESC ON CLSC3 0,00 0,00 0,00 0,00 CELESC PNA CLSC5 0,00 0,00 0,00 0,00 CELESC PNB CLSC6 36,91 37,00 37,50 37,16 CELGPAR ON GPAR3 0,00 0,00 0,00 0,00 CELPA ON CELP3 0,00 0,00 0,00 0,00 CELPA PNA CELP5 0,00 0,00 0,00 0,00 CELPA PNB CELP6 0,00 0,00 0,00 0,00 CELPA PNC CELP7 0,00 0,00 0,00 0,00 CELPE ON CEPE3 0,00 0,00 0,00 0,00 CELPE PNA CEPE5 0,00 0,00 41,50 0,00 CELPE PNB CEPE6 0,00 0,00 0,00 40,01 CELUL IRANI ON RANI3 21,09 21,11 21,10 0,00 CELUL IRANI PN RANI4 0,00 0,00 0,00 0,00 CEMAR ON ENMA3B 8,60 8,69 0,00 0,00 CEMAT ON CMGR3 0,00 0,00 4,95 0,00 CEMAT PN CMGR4 5,30 0,00 0,00 0,00 CEMEPE ON MAPT3 0,00 0,00 0,00 0,00 CEMEPE PN MAPT4 0,00 0,00 0,00 0,00 CEMIG ON CMIG3 22,95 23,10 22,90 23,00 CEMIG PN CMIG4 28,43 28,48 28,47 28,65 CESP ON CESP3 25,30 25,39 0,00 0,00 CESP PNA CESP5 27,80 0,00 0,00 0,00 CESP PNB CESP6 30,00 29,55 29,15 29,00 CETIP ON CTIP3 25,00 24,15 23,65 23,40 CHEVRON DRN CHVX11B 0,00 0,00 0,00 0,00 CIA HERING ON HGTX3 35,00 34,28 32,80 32,91 CIELO ON CIEL3 42,82 42,70 43,30 43,70 CIMOB PART ON GAFP3 0,00 0,00 0,00 0,00 CISCO DRN CSCO11B 0,00 0,00 0,00 0,00 CITIGROUP DRN CTGP11B 0,00 0,00 0,00 0,00 CLARION PN CLAN4 0,00 0,00 0,00 0,00 COBRASMA ON CBMA3 0,00 0,00 0,00 0,10 COBRASMA PN CBMA4 0,00 0,10 0,10 0,09 COCA COLA DRN COCA11B 0,00 0,00 0,00 0,00 COELBA ON CEEB3 0,00 39,68 0,00 0,00 COELBA PNA CEEB5 0,00 43,58 0,00 0,00 COELCE ON COCE3 31,10 30,75 30,87 30,93 COELCE PNA COCE5 32,42 32,16 32,05 31,55 COELCE PNB COCE6 0,00 0,00 0,00 0,00 COLGATE DRN COLG11B 0,00 0,00 0,00 0,00 COMGAS ON CGAS3 0,00 31,75 31,90 31,90 COMGAS PNA CGAS5 35,00 34,70 34,99 34,90 CONFAB ON CNFB3 0,00 0,00 0,00 0,00 CONFAB PN CNFB4 4,89 4,92 4,90 4,91 CONST A LIND ON CALI3 0,00 0,00 0,00 0,00 CONST A LIND PN CALI4 0,00 0,00 0,00 0,00 CONTAX ON CTAX3 18,51 18,11 18,45 19,00 CONTAX PN CTAX4 18,20 17,80 18,03 18,60 COPASA ON CSMG3 30,25 30,14 30,14 30,14 COPEL ON CPLE3 32,97 33,50 32,50 32,50 COPEL PNA CPLE5 0,00 0,00 0,00 0,00 COPEL PNB CPLE6 34,66 35,12 34,70 35,19 COR RIBEIRO PN CORR4 0,00 0,00 0,00 210,01 COSAN ON CSAN3 24,90 24,90 24,30 25,08 COSAN LTD DR3 CZLT11 19,10 19,10 19,10 19,60 COSERN ON CSRN3 0,00 11,81 0,00 0,00 COSERN PNA CSRN5 0,00 0,00 0,00 0,00 COSERN PNB CSRN6 0,00 0,00 0,00 0,00 COTEMINAS ON CTNM3 0,00 0,00 0,00 0,00 COTEMINAS PN CTNM4 0,00 3,34 3,34 3,43 CPFL ENERGIA ON CPFE3 20,68 20,84 20,51 20,84 CR2 ON CRDE3 6,28 6,18 6,30 6,19 CREMER ON CREM3 14,85 14,86 15,00 15,30 CRUZEIRO SUL PN CZRS4 13,90 13,90 13,90 14,04 CSU CARDSYST ON CARD3 4,59 4,52 4,34 4,47 CYRE COM-CCP ON CCPR3 15,33 15,75 15,75 15,97 CYRELA REALT ON CYRE3 14,60 14,19 14,11 13,99 D H B ON DHBI3 0,00 0,00 0,00 0,00 D H B PN DHBI4 0,00 0,00 0,00 0,00 DASA ON DASA3 15,34 15,17 15,00 15,41 DAYCOVAL PN DAYC4 8,84 8,75 8,77 8,30

15/09 Totais da Semana Fech. Oscil. Sinal Lote Negócios [R$] 0,00 0,00% = 1 0 10,35 2,08% - 1 8.194.694 18,87 3,11% + 1 9.439.025 25,99 2,62% - 1 68.078 47,99 0,00% = 1 605.940 21,35 0,23% + 1 10.055.135 22,95 0,82% - 1 34.862.737 0,00 0,00% = 1 500 0,00 0,00% = 1 0 0,00 0,00% = 1 0 0,00 0,00% = 1 0 0,54 3,85% + 1 19.553.050 0,00 0,00% = 1 0 0,00 0,00% = 1 560 0,00 0,00% = 1 360 3,80 5,94% - 1 38.406 3,49 0,00% = 1 36.953 0,00 0,00% = 1 117.342 0,00 0,00% = 1 0 0,00 0,00% = 1 0 6,89 0,00% = 1 8.692 5,65 0,00% = 1 16.386 13,09 2,68% - 1 32.112.959 0,00 0,00% = 1 0 8,79 5,38% - 1 125.082.825 0,00 0,00% = 1 1.565 0,00 0,00% = 1 6.760 10,99 0,09% - 1 20.086.022 10,99 0,00% = 1 0 0,42 0,00% = 1 177.700 45,05 2,39% + 1 33.654.954 55,21 1,34% + 1 386.626.549 0,00 0,00% = 1 0 16,72 9,13% - 1 77.067.542 1,19 0,85% + 1000 94.623 0,00 0,00% = 1000 0 25,31 4,49% - 1 96.001.721 0,00 0,00% = 1 0 0,00 0,00% = 1 0 22,00 3,30% - 1 13.941.480 12,99 4,49% - 1 16.593.832 0,00 0,00% = 1 0 0,00 0,00% = 1 0 0,00 0,00% = 1 9.219 16,71 2,64% + 1 79.779.769 0,00 0,00% = 1 801 0,00 0,00% = 1 0 40,50 2,39% - 1 76.577 6,98 7,06% + 1 4.454.782 6,12 3,55% + 1 80.805 0,00 0,00% = 1 0 0,00 0,00% = 1 0 0,00 0,00% = 1 0 17,00 0,00% = 1 5.100 17,00 2,52% - 1 23.643.983 94,00 2,08% - 1 151.901 1,34 3,08% + 1 111.730 1,47 2,08% + 1 1.043.164 0,00 0,00% = 1 0 0,00 0,00% = 1 0 4,47 3,23% + 1 923.535 19,00 1,33% + 1 321.068 0,00 0,00% = 1 55.668 0,00 0,00% = 1 0 8,06 9,03% - 1 11.639.040 0,00 0,00% = 1 0 0,00 0,00% = 1 0 9,16 5,27% - 1 560.988.435 7,66 1,16% - 1 2.103.640 7,00 6,54% - 1 26.715.903 18,02 0,22% + 1 34.081.341 19,25 5,31% - 1 266.865.635 14,97 1,15% + 1 9.150.500 17,51 6,86% - 1 119.631.993 23,65 3,94% - 1 55.849.444 28,76 2,67% - 1 722.197.826 39,20 2,32% + 1 450.140 36,64 1,69% + 1 196.469.500 26,20 5,48% - 1 629.990.597 12,38 0,00% = 1 729.877 11,30 3,42% - 1 44.387.129 9,80 1,90% - 1 156.837 14,20 14,92% - 1 419.100 16,15 11,75% - 1 182.561.647 0,00 0,00% = 1 0 0,70 0,00% = 1 700 0,76 1,30% - 1 87.630 28,00 0,00% = 1 2.800 0,00 0,00% = 1 0 32,27 1,48% + 1 326.710.352 6,45 8,51% - 1 88.786.498 0,00 0,00% = 1 0 0,00 0,00% = 1 0 0,00 0,00% = 1000 0 0,00 0,00% = 1000 0 3,05 0,33% + 1 73.440 0,00 0,00% = 1 528 0,00 0,00% = 1 0 0,00 0,00% = 1 0 0,00 0,00% = 1 0 3,89 2,91% + 1 1.631.963 46,45 4,91% - 1 167.389.846 0,00 0,00% = 1 2.150 25,99 0,00% = 1 12.995 18,00 0,00% = 1 346.598 0,00 0,00% = 1 0 12,60 0,00% = 1 28.041 0,00 0,00% = 1 0 0,00 0,00% = 1 0 0,00 0,00% = 1 0 0,00 0,00% = 1 0 0,00 0,00% = 1000 0 0,00 0,00% = 1 0 0,00 0,00% = 1 0 37,59 1,57% + 1 1.759.344 0,00 0,00% = 1 0 0,00 0,00% = 1 0 0,00 0,00% = 1 0 0,00 0,00% = 1 0 0,00 0,00% = 1 0 0,00 0,00% = 1 0 42,50 0,00% = 1 25.298 0,00 0,00% = 1 28.007 0,00 0,00% = 1 36.259 0,00 0,00% = 1 0 8,70 0,00% = 1 12.731 0,00 0,00% = 1 495 0,00 0,00% = 1 530 0,00 0,00% = 1 0 0,00 0,00% = 1 0 23,44 1,25% + 1 2.970.788 28,35 2,07% - 1 205.179.477 0,00 0,00% = 1 37.424 0,00 0,00% = 1 77.942 28,95 4,61% - 1 112.990.158 23,30 7,50% - 1 146.323.180 23,30 0,00% = 1 0 32,50 11,44% - 1 334.866.664 44,24 3,08% + 1 363.457.289 0,00 0,00% = 1 0 0,00 0,00% = 1 0 0,00 0,00% = 1 0 0,00 0,00% = 1 0 0,00 0,00% = 1 1.000 0,09 10,00% - 1 29.300 0,09 0,00% = 1 0 0,00 0,00% = 1 3.968 0,00 0,00% = 1 26.148 31,20 0,86% - 1 2.719.066 32,60 0,28% + 1 7.924.397 0,00 0,00% = 1 0 0,00 0,00% = 1 0 32,10 0,94% + 1 1.509.470 35,31 0,89% + 1 9.303.461 0,00 0,00% = 1 0 4,94 1,02% + 1 14.477.603 0,00 0,00% = 1 0 0,00 0,00% = 1 0 19,12 0,58% + 1 795.295 19,19 6,61% + 1 14.974.157 31,10 1,97% + 1 29.073.572 32,50 1,43% - 1 754.680 0,00 0,00% = 1 0 35,60 0,36% - 1 111.448.607 0,00 0,00% = 1 21.001 25,11 1,25% + 1 141.710.926 19,30 0,57% + 1 8.546.828 0,00 0,00% = 1 1.181 0,00 0,00% = 1 0 13,02 0,00% = 1 6.510 0,00 0,00% = 1 0 3,56 5,33% + 1 379.717 20,74 0,67% - 1 49.041.384 6,15 1,76% - 1 2.430.106 15,38 3,22% + 1 5.332.914 13,90 0,00% = 1 47.825.545 4,52 2,16% - 1 1.435.852 15,80 0,57% - 1 539.642 13,95 10,58% - 1 323.195.638 0,00 0,00% = 1 0 0,00 0,00% = 1 0 15,50 3,37% - 1 173.491.588 8,36 3,91% - 1 1.882.205

Quant.Tit. 0 803.500 513.400 2.600 12.600 478.100 1.526.000 100 0 0 0 35.695.700 0 100 100 10.200 10.600 24.600 0 0 1.300 2.900 2.426.200 0 14.056.000 400 600 1.829.600 0 427.000 762.700 7.128.400 0 4.513.100 79.700.000 0 3.901.600 0 0 627.600 1.333.000 0 0 3.400 4.719.400 100 0 1.900 651.100 13.400 0 0 0 300 1.426.000 1.600 84.900 722.300 0 0 211.900 17.100 181 0 1.393.300 0 0 61.816.100 259.900 3.779.700 1.880.400 13.567.700 610.000 6.727.000 2.399.900 25.529.600 11.800 5.493.700 24.060.200 60.200 3.930.600 15.900 28.600 11.087.800 0 1.000 115.000 100 0 10.262.800 13.451.800 0 0 0 0 24.100 2.400 0 0 0 436.700 3.551.200 100 500 19.100 0 2.400 0 0 0 0 0 0 0 47.400 0 0 0 0 0 0 600 700 1.700 0 1.500 100 100 0 0 129.500 7.238.900 1.500 2.800 3.855.800 6.147.500 0 9.945.700 8.426.200 0 0 0 0 10.000 310.000 0 100 600 87.900 243.900 0 0 47.600 264.700 0 2.950.500 0 0 42.700 840.400 953.400 23.000 0 3.199.900 100 5.741.900 447.200 100 0 500 0 110.600 2.371.700 395.300 354.600 3.453.900 325.500 34.100 22.715.000 0 0 11.410.800 227.500

Empresa/Ação Código 09/09 12/09 13/09 14/09 15/09 Totais da Semana Fech. Fech. Fech. Fech. Fech. Oscil. Sinal Lote Negócios [R$] Quant.Tit. DIMED ON PNVL3 0,00 91,50 92,99 92,99 92,90 0,11% - 1 797.209 8.700 DIMED PN PNVL4 0,00 0,00 86,00 0,00 85,00 0,00% = 1 136.200 1.600 DIRECIONAL ON DIRR3 9,85 9,84 10,00 10,10 10,10 2,42% - 1 5.899.328 594.300 DOC IMBITUBA ON IMBI3 1,52 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 16.620 11.000 DOC IMBITUBA PN IMBI4 1,37 1,33 1,35 1,31 1,32 2,94% - 1 373.680 280.000 DOCAS ON DOCA3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 DOCAS PN DOCA4 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 DOHLER ON DOHL3 0,00 0,00 0,00 6,10 0,00 0,00% = 1 610 100 DOHLER PN DOHL4 0,00 0,00 0,00 3,48 3,48 0,00% = 1 52.548 15.100 DROGASIL ON DROG3 12,34 12,16 11,62 11,65 11,85 4,44% - 1 19.901.472 1.649.000 DTCOM-DIRECT ON DTCY3 1,15 1,15 1,10 1,10 1,08 7,69% - 1 75.563 68.300 DUFRY AG DR3 DAGB11 157,00 159,90 163,50 164,80 169,99 6,91% + 1 1.219.863 7.664 DURATEX ON DTEX3 10,74 10,55 10,43 10,50 10,22 8,75% - 1 45.613.834 4.334.300 ECODIESEL ON ECOD3 0,64 0,64 0,63 0,64 0,63 5,97% - 1 53.979.340 84.514.000 ECORODOVIAS ON ECOR3 13,85 13,69 13,49 13,54 13,50 2,74% - 1 76.173.518 5.619.400 ELEKEIROZ ON ELEK3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 ELEKEIROZ PN ELEK4 11,20 0,00 0,00 10,57 10,50 2,78% - 1 27.609 2.600 ELEKTRO ON EKTR3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 ELEKTRO PN EKTR4 22,50 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 9.071 400 ELETROBRAS ON ELET3 16,28 16,33 16,38 16,45 16,28 1,69% - 1 63.922.499 3.917.900 ELETROBRAS PNA ELET5 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 ELETROBRAS PNB ELET6 21,00 21,18 21,40 21,64 21,59 0,89% + 1 87.105.692 4.088.800 ELETROPAR ON LIPR3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 ELETROPAULO ON ELPL3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 ELETROPAULO PN ELPL4 29,51 29,50 29,40 29,60 29,55 1,50% - 1 84.330.610 2.869.600 EMAE PN EMAE4 6,93 6,89 6,80 6,67 6,77 3,97% - 1 144.799 21.700 EMBRAER ON EMBR3 9,84 10,20 10,55 11,07 11,22 9,68% + 1 113.790.764 10.751.000 EMBRATEL PAR ON EBTP3 9,20 8,88 8,81 8,70 0,00 0,00% = 1000 7.969 900.000 EMBRATEL PAR PN EBTP4 0,00 0,00 8,81 0,00 0,00 0,00% = 1000 2.701 300.000 ENCORPAR ON ECPR3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 ENCORPAR PN ECPR4 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 ENERGIAS BR ON ENBR3 38,09 38,48 38,33 38,50 38,99 0,99% - 1 101.266.609 2.638.600 ENERGISA UNT ENGI11 11,15 11,20 0,00 11,10 11,20 0,00% = 1 46.970 4.200 ENERGISA ON ENGI3 2,39 2,46 2,42 2,37 2,32 2,93% - 1 48.572 20.600 ENERGISA PN ENGI4 2,17 2,15 2,25 2,18 2,30 0,00% = 1 13.114 6.000 EQUATORIAL ON EQTL3 11,74 11,70 11,64 11,57 11,60 0,85% - 1 8.149.388 700.700 ESTACIO PART ON ESTC3 17,22 16,70 16,70 16,67 17,08 0,18% + 1 12.827.033 760.100 ESTRELA ON ESTR3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 ESTRELA PN ESTR4 0,91 0,86 0,90 0,87 0,84 6,67% - 1 266.734 309.000 ETERNIT ON ETER3 8,46 8,43 8,61 8,61 8,62 0,47% + 1 1.593.862 186.500 EUCATEX ON EUCA3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 EUCATEX PN EUCA4 6,95 6,95 7,09 7,29 7,40 3,64% + 1 2.471.597 347.500 EVEN ON EVEN3 6,69 6,75 6,50 6,35 6,35 10,31% - 1 37.768.890 5.814.500 EXCELSIOR PN BAUH4 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 EXXON MOBIL DRN EXXO11B 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 EZTEC ON EZTC3 15,04 14,99 14,90 14,85 14,70 4,85% - 1 23.132.272 1.549.100 FAB C RENAUX ON FTRX3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 FAB C RENAUX PN FTRX4 0,49 0,48 0,50 0,51 0,49 2,08% + 1 797.910 1.571.000 FER C ATLANT ON VSPT3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 FER HERINGER ON FHER3 9,83 9,70 9,75 9,95 9,99 1,11% + 1 1.791.460 182.600 FERBASA ON FESA3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 FERBASA PN FESA4 9,75 9,51 9,40 9,44 10,10 1,00% + 1 4.637.293 483.200 FIBAM PN FBMC4 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 FIBRIA ON FIBR3 15,38 15,89 16,09 16,70 16,92 8,12% + 1 199.343.630 12.271.600 FLEURY ON FLRY3 21,30 21,70 21,72 21,33 20,90 8,73% - 1 18.061.131 840.600 FORJA TAURUS ON FJTA3 2,37 2,26 2,20 2,20 2,13 0,93% - 1 785.302 333.100 FORJA TAURUS PN FJTA4 1,98 1,85 1,88 1,89 1,89 5,03% - 1 1.523.580 809.900 FRAS-LE ON FRAS3 0,00 0,00 0,00 0,00 1,89 0,00% = 1 0 0 FRAS-LE PN FRAS4 2,95 2,98 2,98 3,03 2,97 1,66% - 1 242.190 81.900 FREEPORT DRN FCXO11B 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 GAFISA ON GFSA3 7,32 7,35 7,10 7,10 7,15 9,03% - 1 244.139.043 33.785.600 GAZOLA ON GAZO3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 GAZOLA PN GAZO4 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 GE DRN GEOO11B 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 GENERALSHOPP ON GSHP3 11,39 12,04 11,89 11,90 11,84 2,96% + 1 7.922.360 680.100 GER PARANAP ON GEPA3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 GER PARANAP PN GEPA4 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 GERDAU ON GGBR3 11,49 11,51 11,57 11,95 12,01 3,71% + 1 14.910.997 1.282.000 GERDAU PN GGBR4 13,95 13,80 13,82 14,36 14,46 2,48% + 1 658.877.612 46.781.100 GERDAU MET ON GOAU3 14,85 15,14 14,71 15,20 15,34 2,27% + 1 21.267.494 1.445.800 GERDAU MET PN GOAU4 17,04 17,29 17,25 17,77 17,73 2,43% + 1 141.781.430 8.176.200 GLOBEX ON GLOB3 21,00 21,00 0,00 20,00 0,00 0,00% = 1 115.102 5.500 GOL PN GOLL4 11,94 11,97 12,24 12,75 12,62 4,30% + 1 127.485.409 10.323.700 GOLDMANSACHS DRN GSGI11B 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 GOOGLE DRN GOOG11B 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 GP INVEST DR3 GPIV11 4,40 4,45 4,45 4,43 4,40 1,12% - 1 5.437.515 1.237.200 GPC PART ON GPCP3 0,61 0,60 0,60 0,62 0,62 1,64% + 1 1.918.964 3.165.800 GRAZZIOTIN ON CGRA3 13,01 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 27.398 2.100 GRAZZIOTIN PN CGRA4 13,00 13,00 13,00 0,00 13,10 2,89% - 1 376.635 29.000 GRENDENE ON GRND3 7,13 7,19 7,35 7,42 7,60 4,25% + 1 5.283.793 719.000 GTD PART ON GTDP3B 0,22 0,21 0,21 0,21 0,22 4,76% + 1 61.844 288.400 GTD PART PN GTDP4B 0,25 0,21 0,21 0,21 0,22 4,76% + 1 79.397 375.800 GUARARAPES ON GUAR3 86,55 87,00 85,98 85,99 86,88 0,74% + 1 8.026.982 93.200 GUARARAPES PN GUAR4 83,99 81,99 80,00 80,80 80,79 0,99% + 1 2.284.619 28.200 HABITASUL PNA HBTS5 8,98 8,89 8,73 9,20 8,96 0,55% - 1 189.236 21.700 HELBOR ON HBOR3 21,41 21,50 21,44 20,90 20,77 4,51% - 1 4.921.019 232.600 HERCULES ON HETA3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 HERCULES PN HETA4 0,54 0,56 0,55 0,54 0,56 0,00% = 1 133.340 248.000 HOTEIS OTHON PN HOOT4 0,80 0,81 0,83 0,81 0,81 1,25% + 1 1.660.800 2.000.000 HRT PETROLEO ON HRTP3 895,00 920,00 995,01 981,00 1.000,00 6,96% + 1 278.101.162 295.600 HYPERMARCAS ON HYPE3 12,84 12,60 12,45 12,41 12,07 12,35% - 1 219.859.367 17.485.900 IDEIASNET ON IDNT3 2,84 2,69 2,72 2,80 2,80 1,06% - 1 1.171.157 425.700 IENERGIA ON IENG3 0,32 0,31 0,30 0,29 0,30 6,25% - 1 526.680 1.715.000 IENERGIA PNA IENG5 0,21 0,20 0,20 0,19 0,20 0,00% = 1 890.550 4.444.000 IGB S/A ON IGBR3 12,68 12,49 12,50 12,65 12,62 2,92% - 1 3.064.099 243.300 IGUACU CAFE ON IGUA3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 IGUACU CAFE PNA IGUA5 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 IGUACU CAFE PNB IGUA6 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 IGUATEMI ON IGTA3 34,42 34,49 33,65 33,58 33,10 5,54% - 1 16.763.606 495.200 IMC HOLDINGS ON IMCH3 13,20 13,10 13,00 12,90 12,90 4,44% - 1 359.622 27.400 INDS ROMI ON ROMI3 5,89 5,99 5,85 6,11 6,04 0,67% + 1 2.507.258 423.700 INDUSVAL PN IDVL4 7,20 7,31 7,38 7,48 7,47 1,22% + 1 99.618 13.700 INEPAR ON INEP3 3,22 3,20 3,20 3,33 3,25 2,11% - 1 145.428 44.800 INEPAR PN INEP4 3,05 3,00 2,97 3,01 3,03 3,50% - 1 3.717.289 1.221.700 INEPAR TEL ON INET3 0,20 0,19 0,19 0,20 0,20 5,26% + 1 299.751 1.476.700 INTEL DRN ITLC11B 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 INVEST BEMGE ON FIGE3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 INVEST BEMGE PN FIGE4 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 IOCHP-MAXION ON MYPK3 19,25 18,79 18,95 19,38 19,60 0,51% + 1 28.001.748 1.467.100 ISHARES BOVA CI BOVA11 55,10 55,30 54,73 55,51 55,65 2,20% - 1 317.636.982 5.742.150 ISHARES BRAX CI BRAX11 37,15 0,00 0,00 37,61 37,72 1,51% - 1 9.445 250 ISHARES CSMO CI CSMO11 31,10 0,00 31,08 31,36 31,13 3,08% - 1 192.060 6.140 ISHARES MILA CI MILA11 40,41 0,00 31,08 40,91 31,13 1,68% - 1 813 20 ISHARES MOBI CI MOBI11 17,27 17,39 17,18 17,28 16,50 8,59% - 1 2.186.643 128.380 ISHARES SMAL CI SMAL11 61,37 60,49 61,21 61,23 61,38 2,26% - 1 294.571 4.850 IT NOW IFNC CI FIND11 0,00 30,32 0,00 30,82 0,00 0,00% = 1 6.114 200 ITAUSA ON ITSA3 12,20 12,00 12,02 12,75 12,99 3,10% + 1 588.027 46.800 ITAUSA PN ITSA4 9,53 9,36 9,25 9,40 9,55 2,95% - 1 443.898.885 47.478.100 ITAUTEC ON ITEC3 0,00 0,00 0,00 0,00 33,01 0,00% = 1 3.301 100 ITAUUNIBANCO ON ITUB3 25,70 24,84 24,60 24,88 25,37 3,17% - 1 22.283.561 891.300 ITAUUNIBANCO PN ITUB4 28,80 28,29 28,02 28,28 28,75 3,10% - 1 1.251.572.997 44.296.500 J B DUARTE ON JBDU3 0,03 0,04 0,03 0,03 0,04 33,33% + 1 37.090 1.218.000 J B DUARTE PN JBDU4 0,04 0,04 0,04 0,03 0,03 0,00% = 1 50.270 1.497.000 JBS ON JBSS3 4,17 4,12 4,12 4,16 4,17 1,88% - 1 52.029.305 12.543.100 JEREISSATI ON MLFT3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 JEREISSATI PN MLFT4 1,28 1,27 1,27 1,29 1,30 2,26% - 1 534.920 423.000 JHSF PART ON JHSF3 4,55 4,50 4,45 4,48 4,52 1,09% - 1 3.237.189 721.100 JOAO FORTES ON JFEN3 8,50 0,00 0,00 8,60 8,68 1,14% - 1 62.133 7.300 JOSAPAR ON JOPA3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 JOSAPAR PN JOPA4 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 JSL ON JSLG3 9,80 9,01 9,00 9,14 9,15 5,57% - 1 5.194.828 569.000 KARSTEN ON CTKA3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 KARSTEN PN CTKA4 0,00 4,97 4,96 0,00 4,97 0,00% = 1 752.434 151.400 KEPLER WEBER ON KEPL3 0,26 0,27 0,26 0,26 0,27 3,85% + 1 1.880.923 7.133.100 KLABIN S/A ON KLBN3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 KLABIN S/A PN KLBN4 5,17 5,39 5,37 5,26 5,25 2,60% - 1 66.496.606 12.635.000 KROTON UNT KROT11 18,75 18,50 18,15 18,36 18,65 1,01% - 1 14.794.986 805.100 LA FONTE TEL ON LFFE3 18,75 0,00 18,15 18,36 18,65 0,00% = 1 0 0 LA FONTE TEL PN LFFE4 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 LAEP DR3 MILK11 0,84 0,87 0,84 0,96 0,95 21,79% + 1 109.828.621 121.446.300 LARK MAQS PN LARK4 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 LE LIS BLANC ON LLIS3 23,00 23,00 23,15 22,56 22,90 2,55% - 1 16.215.428 711.700 LIGHT S/A ON LIGT3 27,26 27,46 27,26 27,80 27,90 0,72% + 1 77.567.460 2.813.100 LIX DA CUNHA ON LIXC3 0,00 0,00 0,00 3,39 0,00 0,00% = 1 22.035 6.500 LIX DA CUNHA PN LIXC4 1,80 1,80 0,00 1,80 0,00 0,00% = 1 11.306 6.300 LLX LOG ON LLXL3 3,71 3,70 3,62 3,70 3,70 5,61% - 1 53.060.717 14.325.400 LOCALIZA ON RENT3 28,15 27,25 26,95 26,98 26,60 7,96% - 1 141.228.071 5.174.800 LOG-IN ON LOGN3 7,30 7,24 7,28 7,25 7,35 2,52% - 1 4.637.028 641.700 LOJAS AMERIC ON LAME3 13,50 13,80 14,40 13,80 13,65 3,67% - 1 34.231.723 2.494.800 LOJAS AMERIC PN LAME4 15,30 15,59 16,15 15,53 15,38 4,00% - 1 240.692.261 15.395.000 LOJAS HERING ON LHER3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 LOJAS HERING PN LHER4 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 LOJAS MARISA ON AMAR3 24,31 23,53 23,65 23,17 22,65 8,11% - 1 12.394.842 522.100 LOJAS RENNER ON LREN3 59,70 60,50 56,87 55,97 56,00 11,11% - 1 433.549.335 7.458.700 LONGDIS ON SPRT3B 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 LOPES BRASIL ON LPSB3 34,90 34,65 34,50 34,55 33,80 6,09% - 1 19.522.032 563.700 LUPATECH ON LUPA3 9,50 9,88 9,69 9,51 9,67 3,78% - 1 7.253.785 757.300 M G POLIEST ON RHDS3 0,10 0,10 0,10 0,00 0,11 10,00% + 1 85.970 859.000 M.DIASBRANCO ON MDIA3 38,50 38,11 38,50 38,50 36,90 4,08% - 1 12.938.543 338.100 MAGAZ LUIZA ON MGLU3 14,40 14,55 14,25 14,00 13,99 4,11% - 1 35.260.083 2.497.800 MAGNESITA SA ON MAGG3 6,50 6,68 6,53 6,73 6,80 9,15% + 1 11.500.229 1.739.000 MANGELS INDL ON MGEL3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 MANGELS INDL PN MGEL4 6,45 6,33 6,12 6,20 6,20 0,00% = 1 144.836 23.300 MARAMBAIA ON CTPC3 0,34 0,32 0,33 0,32 0,33 5,71% - 1 123.207 379.800 MARCOPOLO ON POMO3 5,52 5,36 5,20 5,20 5,39 3,58% - 1 122.931 23.300 MARCOPOLO PN POMO4 6,08 6,06 6,04 6,05 6,22 0,97% + 1 17.770.571 2.913.600 MARFRIG ON MRFG3 8,18 8,30 8,40 8,37 7,92 6,27% - 1 133.309.449 16.224.400 MARISOL PN MRSL4 0,00 2,78 2,77 2,77 0,00 0,00% = 1 72.412 26.100 MASTERCARD DRN MSCD11B 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 MCDONALDS DRN MCDC11B 0 ,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 MELHOR SP ON MSPA3 0,00 0,00 34,01 0,00 0,00 0,00% = 1 17.005 500 MENDES JR PNB MEND6 0,00 0,00 0,00 40,30 0,00 0,00% = 1 12.088 300 MERC BRASIL ON BMEB3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 MERC BRASIL PN BMEB4 11,55 11,60 11,70 0,00 0,00 0,00% = 1 310.227 27.300 MERC INVEST PN BMIN4 0,43 0,43 0,43 0,43 0,44 2,22% - 1 330.960 751.000 MERCK DRN MRCK11B 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 MET DUQUE PN DUQE4 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 METAL IGUACU ON MTIG3 2,00 1,88 2,00 2,20 2,18 9,00% + 1 16.854 8.100 METAL IGUACU PN MTIG4 0,30 0,31 0,32 0,31 0,34 6,25% + 1 4.078.466 12.477.600 METAL LEVE ON LEVE3 38,99 38,30 38,30 39,50 39,00 1,30% + 1 10.705.415 276.900 METALFRIO ON FRIO3 8,14 8,09 7,89 8,03 7,87 3,32% - 1 488.997 61.200 METISA ON MTSA3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 METISA PN MTSA4 0,00 0,00 0,00 0,00 26,53 0,00% = 1 34.489 1.300 MICROSOFT DRN MSFT11B 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 MILLENNIUM ON TIBR3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 MILLENNIUM PNA TIBR5 0,10 0,00 0,10 0,10 0,00 0,00% = 1 160.000 1.600.000 MILLENNIUM PNB TIBR6 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 MILLS ON MILS3 19,63 19,09 18,99 19,30 19,90 1,19% - 1 17.133.508 870.800

Empresa/Ação Código 09/09 12/09 13/09 14/09 15/09 Totais da Semana Fech. Fech. Fech. Fech. Fech. Oscil. Sinal Lote Negócios [R$] Quant.Tit. MINASMAQUINA PN MMAQ4 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 MINERVA ON BEEF3 5,30 5,41 5,27 5,40 5,46 2,06% + 1 3.885.196 732.000 MINUPAR ON MNPR3 0,34 0,33 0,33 0,33 0,33 2,94% - 1 5.995.465 17.681.800 MMX MINER ON MMXM3 7,77 7,90 7,85 8,14 8,36 2,58% + 1 212.951.469 26.687.700 MONSANTO DRN MSTO11B 0,00 0,00 0,00 0,00 8,36 0,00% = 1 0 0 MONT ARANHA ON MOAR3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 MPX ENERGIA ON MPXE3 38,58 37,94 38,30 38,30 38,23 2,75% - 1 45.880.072 1.202.700 MRV ON MRVE3 12,89 12,66 12,30 12,28 12,12 12,55% - 1 255.429.275 20.345.200 MULTIPLAN ON MULT3 34,92 35,47 34,12 33,57 33,41 5,62% - 1 33.731.567 985.400 MULTIPLUS ON MPLU3 27,45 27,30 27,81 27,75 28,10 1,19% + 1 56.938.694 2.059.100 MUNDIAL ON MNDL3 0,68 0,68 0,65 0,63 0,60 13,04% - 1 1.743.706 2.691.200 MUNDIAL PN MNDL4 0,55 0,56 0,55 0,53 0,50 12,28% - 1 23.614.558 43.653.900 NADIR FIGUEI ON NAFG3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 NADIR FIGUEI PN NAFG4 0,00 11,50 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 14.450 1.400 NATURA ON NATU3 36,30 37,30 36,73 36,70 35,12 8,06% - 1 195.668.569 5.368.900 NET ON NETC3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 NET PN NETC4 14,88 14,88 14,90 14,90 15,36 3,78% + 1 908.267 61.100 NIKE DRN NIKE11B 0,00 0,00 0,00 0,00 15,36 0,00% = 1 0 0 NORD BRASIL ON BNBR3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 NORD BRASIL PN BNBR4 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 NORDON MET ON NORD3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1000 0 0 NUTRIPLANT ON NUTR3M 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 ODONTOPREV ON ODPV3 27,70 27,25 27,21 27,30 27,35 1,26% - 1 32.343.027 1.175.400 OGX PETROLEO ON OGXP3 10,91 10,87 11,03 11,55 11,66 0,77% - 1 1.391.192.248 124.354.400 OHL BRASIL ON OHLB3 64,00 62,20 62,90 63,05 63,50 2,31% - 1 30.385.530 482.100 ORACLE DRN ORCL11B 0,00 0,00 0,00 0,00 63,50 0,00% = 1 0 0 OSX BRASIL ON OSXB3 369,99 360,00 366,00 360,00 361,99 3,21% - 1 16.913.591 46.500 P.ACUCAR-CBD PN PCAR4 63,85 63,90 63,84 65,00 64,00 0,23% + 1 216.140.438 3.381.200 PANAMERICANO PN BPNM4 5,58 5,49 5,50 5,50 5,55 2,80% - 1 5.290.401 957.200 PANATLANTICA ON PATI3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 PANATLANTICA PN PATI4 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 PAR AL BAHIA ON PEAB3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 PAR AL BAHIA PN PEAB4 0,00 0,00 31,00 0,00 0,00 0,00% = 1 3.100 100 PARANA PN PRBC4 10,81 10,94 10,89 10,79 10,74 1,47% - 1 313.058 29.100 PARANAPANEMA ON PMAM3 3,74 3,80 3,76 3,94 4,12 5,91% + 1 15.859.918 4.053.400 PATAGONIA DR3 BPAT11 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 PDG REALT ON PDGR3 7,74 7,57 7,41 7,23 7,13 14,10% - 1 627.041.599 84.037.100 PET MANGUINH ON RPMG3 0,90 0,90 0,89 0,90 0,89 2,20% - 1 18.956.862 21.123.700 PET MANGUINH PN RPMG4 0,65 0,64 0,63 0,63 0,63 4,55% - 1 4.204.781 6.634.500 PETROBRAS ON PETR3 22,03 22,26 22,30 22,60 22,63 0,75% - 1 432.465.607 19.361.700 PETROBRAS PN PETR4 20,15 20,34 20,32 20,52 20,55 0,53% - 1 1.706.306.715 84.001.200 PETROPAR ON PTPA3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 PETROPAR PN PTPA4 0,00 37,50 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 11.250 300 PETTENATI ON PTNT3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 PETTENATI PN PTNT4 0,00 1,16 1,17 1,16 0,00 0,00% = 1 20.073 17.200 PFIZER DRN PFIZ11B 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 PG DRN PGCO11B 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 PIBB CI PIBB11 77,61 79,09 78,00 79,60 79,34 0,84% - 1 13.925.003 177.710 PINE PN PINE4 10,75 10,55 10,45 10,54 10,43 1,60% - 1 3.452.767 319.100 PLASCAR PART ON PLAS3 2,25 2,24 2,18 2,21 2,19 3,10% - 1 635.836 287.000 PORTO SEGURO ON PSSA3 19,30 18,80 18,70 18,73 18,71 3,06% - 1 37.939.753 2.025.200 PORTOBELLO ON PTBL3 1,47 1,49 1,48 1,48 1,40 6,67% - 1 47.715 32.000 PORTX ON PRTX3 2,91 2,84 2,88 2,83 2,82 3,09% - 1 708.750 248.800 POSITIVO INF ON POSI3 5,59 5,46 5,40 5,45 6,30 10,92% + 1 8.741.083 1.503.100 PQ HOPI HARI ON PQTM3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 PRO METALURG PNA PMET5 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1000 0 0 PRO METALURG PNB PMET6 0,34 0,32 0,32 0,34 0,35 6,06% + 1000 12.010 35.500.000 PROFARMA ON PFRM3 10,19 10,20 9,99 9,99 10,60 4,02% + 1 495.147 48.600 PROVIDENCIA ON PRVI3 6,00 5,73 5,46 5,35 5,59 6,83% - 1 1.749.454 315.100 QGEP PART ON QGEP3 14,55 14,82 15,20 15,49 15,40 5,62% + 1 40.913.611 2.704.500 QGN PARTIC PN QGNP4B 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1000 0 0 QUALICORP ON QUAL3 15,00 15,00 15,79 15,65 15,80 4,64% + 1 19.873.289 1.285.900 RAIA ON RAIA3 27,49 27,19 26,10 25,80 26,30 4,50% - 1 14.179.570 534.200 RANDON PART ON RAPT3 0,00 8,87 8,23 8,23 0,00 0,00% = 1 15.117 1.800 RANDON PART PN RAPT4 10,15 10,04 9,82 9,91 10,45 1,65% + 1 40.681.222 4.061.300 RASIP AGRO ON RSIP3 0,39 0,39 0,39 0,39 0,40 2,56% + 1 63.599 162.200 RASIP AGRO PN RSIP4 0,34 0,34 0,34 0,34 0,34 0,00% = 1 47.557 141.000 RECRUSUL ON RCSL3 0,00 0,00 0,74 0,84 0,00 0,00% = 1 454 600 RECRUSUL PN RCSL4 0,38 0,40 0,40 0,39 0,38 0,00% = 1 829.399 2.107.500 REDE ENERGIA ON REDE3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 REDE ENERGIA PN REDE4 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 REDECARD ON RDCD3 25,29 25,15 25,45 25,60 26,06 1,68% + 1 360.499.333 14.134.600 REDENTOR ON RDTR3 7,14 7,15 7,13 7,14 7,15 0,28% + 1 2.758.229 385.800 RENAR ON RNAR3 0,39 0,39 0,39 0,39 0,38 2,56% - 1 869.865 2.234.700 RENOVA UNT RNEW11 25,50 23,99 24,00 23,50 25,61 6,87% - 1 1.515.839 62.300 RIMET PN REEM4 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1000 0 0 RIOSULENSE PN RSUL4 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 RJCP EQUITY ON RJCP3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 RODOBENSIMOB ON RDNI3 11,89 11,80 11,80 11,88 11,79 0,84% - 1 1.966.300 168.400 ROSSI RESID ON RSID3 11,68 11,52 11,16 11,31 11,15 11,01% - 1 145.901.067 12.760.800 SABESP ON SBSP3 44,69 44,76 44,30 45,08 45,12 1,70% - 1 33.071.452 740.800 SAM INDUSTR ON FCAP3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 SAM INDUSTR PN FCAP4 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 SANEPAR PN SAPR4 4,59 4,50 4,63 4,63 4,40 4,97% - 1 2.296.398 509.600 SANTANDER BR UNT SANB11 15,00 14,95 14,83 15,20 15,34 3,16% - 1 164.689.552 10.971.200 SANTANDER BR ON SANB3 0,14 0,14 0,14 0,15 0,15 0,00% = 1 1.048.710 7.495.200 SANTANDER BR PN SANB4 0,15 0,14 0,14 0,15 0,15 0,00% = 1 1.929.407 13.771.300 SANTANENSE ON CTSA3 2,96 2,90 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 13.100 4.500 SANTANENSE PN CTSA4 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 SANTOS BRP UNT STBP11 30,00 28,89 28,00 28,05 28,00 4,70% - 1 25.845.197 904.100 SAO CARLOS ON SCAR3 0,00 21,50 21,70 21,97 21,50 4,44% - 1 5.793.963 269.300 SAO MARTINHO ON SMTO3 22,70 22,80 23,49 24,00 23,90 3,24% + 1 7.290.482 311.300 SARAIVA LIVR ON SLED3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 SARAIVA LIVR PN SLED4 28,01 27,25 27,70 27,74 27,16 3,48% - 1 4.841.516 174.700 SCHLUMBERGER DRN SLBG11B 0,00 0,00 0,00 0,00 27,16 0,00% = 1 0 0 SCHULZ PN SHUL4 8,50 8,40 8,40 8,38 0,00 0,00% = 1 178.953 21.300 SEG AL BAHIA ON CSAB3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 SEG AL BAHIA PN CSAB4 0,00 0,00 0,00 31,00 0,00 0,00% = 1 3.100 100 SERGEN ON SGEN3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1000 0 0 SERGEN PN SGEN4 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1000 0 0 SID NACIONAL ON CSNA3 15,22 15,41 15,31 15,67 15,75 0,25% - 1 270.006.692 17.502.900 SIERRABRASIL ON SSBR3 25,79 25,00 25,57 25,35 24,50 4,97% - 1 7.967.064 316.800 SLC AGRICOLA ON SLCE3 16,00 15,95 16,05 16,45 16,30 2,22% - 1 12.116.320 749.400 SOFISA PN SFSA4 3,50 3,40 3,42 3,50 3,53 0,86% + 1 721.715 208.800 SONDOTECNICA ON SOND3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 SONDOTECNICA PNA SOND5 39,50 0,00 0,00 48,99 47,00 17,50% + 1 56.842 1.200 SONDOTECNICA PNB SOND6 0,00 0,00 0,00 0,00 43,01 0,00% = 1 8.602 200 SOUZA CRUZ ON CRUZ3 19,04 19,03 19,03 19,14 19,05 3,59% - 1 64.966.205 3.398.600 SPRINGER ON SPRI3 0,68 0,68 0,67 0,64 0,65 7,14% - 1 301.426 452.300 SPRINGER PNA SPRI5 0,60 0,00 0,00 0,00 0,66 2,94% - 1 2.795 4.500 SPRINGER PNB SPRI6 0,52 0,56 0,00 0,00 0,55 16,67% - 1 3.307 5.500 SPRINGS ON SGPS3 3,45 3,43 3,49 3,54 3,68 7,60% + 1 628.404 183.100 SPTURIS PNA AHEB5 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 SPTURIS PNB AHEB6 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 SUL AMERICA UNT SULA11 16,60 16,30 16,50 16,01 15,70 5,99% - 1 32.058.967 1.980.500 SULTEPA ON SULT3 0,00 4,00 4,10 0,00 4,00 0,00% = 1 13.235 3.300 SULTEPA PN SULT4 4,30 4,16 4,17 4,20 4,20 5,83% - 1 90.674 21.400 SUZANO PAPEL PNA SUZB5 9,10 9,70 9,65 9,82 9,98 6,17% + 1 114.128.137 11.839.700 TAESA UNT TRNA11 33,98 33,80 0,00 33,79 33,80 0,00% = 1 91.321 2.700 TAESA ON TRNA3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 TAM S/A ON TAMM3 33,98 33,50 34,68 35,49 0,00 0,00% = 1 102.938 3.000 TAM S/A PN TAMM4 34,80 35,00 35,85 36,37 35,90 1,99% + 1 89.945.053 2.540.700 TARPON INV ON TRPN3 17,50 0,00 0,00 17,50 17,90 0,00% = 1 385.240 21.500 TEC BLUMENAU PNA TENE5 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 TEC BLUMENAU PNC TENE7 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 TECHNOS ON TECN3 16,40 16,90 16,98 17,37 17,60 5,39% + 1 11.844.945 690.400 TECNISA ON TCSA3 11,13 10,95 10,89 10,57 10,45 10,30% - 1 28.746.362 2.675.600 TECNOSOLO ON TCNO3 0,69 0,68 0,68 0,68 0,68 5,56% - 1 160.639 236.800 TECNOSOLO PN TCNO4 0,53 0,51 0,52 0,52 0,51 7,27% - 1 50.935 98.600 TECTOY ON TOYB3 0,05 0,05 0,05 0,04 0,05 0,00% = 1000 214.610 5.142.900.000 TECTOY PN TOYB4 0,05 0,04 0,05 0,04 0,05 0,00% = 1000 591.428 13.539.200.000 TEGMA ON TGMA3 23,19 22,49 22,43 22,20 22,50 3,43% - 1 5.416.693 240.700 TEKA ON TEKA3 1,29 0,00 0,00 1,29 0,00 0,00% = 1 30.511 24.700 TEKA PN TEKA4 1,46 1,47 1,45 1,29 1,31 8,39% - 1 1.179.473 882.700 TELE NORT CL PN TNCP4 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 TELEBRAS ON TELB3 27,00 27,00 27,00 27,98 27,98 2,87% + 1 90.031 3.300 TELEBRAS PN TELB4 6,82 6,99 6,99 7,30 7,51 6,07% + 1 15.311.216 2.135.100 TELEMAR ON TNLP3 20,97 21,35 21,52 21,63 21,65 0,23% - 1 14.625.843 683.700 TELEMAR PN TNLP4 18,96 19,35 18,93 19,48 19,25 2,14% - 1 74.220.758 3.877.100 TELEMAR N L ON TMAR3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 TELEMAR N L PNA TMAR5 41,93 42,84 42,04 42,58 41,95 4,77% - 1 11.235.155 265.800 TELEMAR N L PNB TMAR6 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 TELESP ON TLPP3 45,00 45,10 44,99 45,99 43,97 3,36% - 1 4.250.582 94.400 TELESP PN TLPP4 48,06 49,43 49,35 51,35 49,71 1,56% - 1 225.472.879 4.544.900 TEMPO PART ON TEMP3 3,63 3,62 3,70 3,67 3,64 0,82% - 1 1.724.371 475.400 TEREOS ON TERI3 2,53 2,59 2,72 2,78 2,73 7,06% + 1 3.075.613 1.152.000 TIM PART S/A ON TIMP3 9,13 9,07 8,91 9,04 8,95 4,58% - 1 254.638.364 28.185.200 TIME FOR FUN ON SHOW3 14,00 14,00 14,30 14,32 14,59 0,00% = 1 5.732.914 402.900 TOTVS ON TOTS3 29,57 29,79 29,37 29,90 30,12 1,55% + 1 81.358.220 2.721.700 TRACTEBEL ON TBLE3 26,30 26,35 26,30 26,49 26,22 1,06% - 1 52.680.521 2.011.800 TRAN PAULIST ON TRPL3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 TRAN PAULIST PN TRPL4 48,65 48,39 49,03 49,10 49,22 0,57% - 1 34.535.880 708.300 TREVISA ON LUXM3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 TREVISA PN LUXM4 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 TRISUL ON TRIS3 3,01 2,93 2,98 3,05 3,00 4,76% - 1 1.848.433 624.400 TRIUNFO PART ON TPIS3 10,40 10,00 10,60 10,40 10,00 0,00% = 1 2.625.425 257.600 TUPY ON TUPY3 26,00 26,28 0,00 27,00 0,00 0,00% = 1 292.423 11.100 TUPY PN TUPY4 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 ULTRAPAR ON UGPA3 28,50 28,23 28,50 28,80 29,10 0,17% - 1 89.269.257 3.117.600 UNIPAR ON UNIP3 0,00 0,44 0,45 0,00 0,00 0,00% = 1 6.216 14.100 UNIPAR PNA UNIP5 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 UNIPAR PNB UNIP6 0,34 0,35 0,35 0,34 0,34 5,56% - 1 2.931.268 8.524.500 UOL PN UOLL4 17,05 17,04 17,13 17,14 17,70 3,81% + 1 3.702.130 217.600 USIMINAS ON USIM3 23,95 23,32 24,40 24,84 24,08 1,82% + 1 87.015.656 3.578.700 USIMINAS PNA USIM5 11,95 11,70 11,70 12,11 12,14 1,59% + 1 411.312.631 34.369.300 USIMINAS PNB USIM6 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 USIN C PINTO PN UCOP4 0,00 0,00 0,00 5,80 5,95 0,00% = 1 175.500 30.000 VALE ON VALE3 44,90 45,16 45,50 46,05 46,56 2,11% + 1 791.190.736 17.416.500 VALE PNA VALE5 40,93 41,28 41,56 42,15 42,72 3,16% + 1 3.267.321.059 78.571.600 VALEFERT ON FFTL3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 VALEFERT PN FFTL4 23,90 23,95 23,99 24,00 24,01 0,38% + 1 90.908.894 3.790.000 VALID ON VLID3 18,75 18,44 18,01 18,15 18,20 3,70% - 1 5.897.468 320.800 VIVER ON VIVR3 2,28 2,23 2,24 2,20 2,23 2,19% - 1 2.577.980 1.161.200 VULCABRAS ON VULC3 0,00 4,50 4,49 0,00 0,00 0,00% = 1 899 200 WAL MART DRN WALM11B 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 WEG ON WEGE3 17,71 17,91 18,25 18,90 18,99 5,15% + 1 22.232.647 1.209.800 WETZEL S/A PN MWET4 0,00 0,00 2,63 0,00 0,00 0,00% = 1 522 200 WHIRLPOOL ON WHRL3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 WHIRLPOOL PN WHRL4 0,00 0,00 0,00 3,34 3,40 0,00% = 1 40.551 12.000 WIEST ON WISA3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 WIEST PN WISA4 0,54 0,00 0,53 0,54 0,00 0,00% = 1 53.750 104.000 WILSON SONS DR3 WSON11 2 8,00 26,66 27,80 28,49 28,00 0,00% = 1 207.700 7.700 WLM IND COM ON SGAS3 0,00 58,99 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 17.697 300 WLM IND COM PN SGAS4 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 YARA BRASIL ON ILMD3 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00% = 1 0 0 YARA BRASIL PN ILMD4 24,90 25,01 0,00 25,30 25,30 0,00% = 1 92.574 3.700

Edição: Odailson Elmar Spada


Negócios Indústria&Comércio | Curitiba, segunda-feira, 19 de setembro de 2011 | B8

transportes

MAN Latin America expande sua operações Em 2012, empresa anuncia novidades no mercado mexicano

Aline Machado

da redação Com mais de 25 anos de história, mas meio século de tradição a MAN Latin America investe e inova com a introdução dos caminhões Volkswagen Constellation e do chassi de ônibus rodoviário Volksbus, seu objetivo é expandir seus negócios e realizar operações no México. O investimento está em cerca de US$ 15 milhões, o anuncio foi feito na última sexta feira (16/09) por Roberto Cortes, presidente da MAN Latin America, no Salão Internacional do Transporte – FENATRAN em São Paulo (SP). “Em 2009, integramos nossas operações locais às da MAN, que já oferecia seus caminhões e ônibus em território mexicano.

Vários outros produtos foram lançados, e já estão expostos na Expotransporte, tradicional feira mexicana de veículos comerciais

TIM investe R$ 20 mi para ter a mais avançada rede IP do país Como parte do projeto de desenvolvimento tecnológico de infraestrutura, a TIM investe R$ 20 milhões na ampliação da capacidade de tráfego e na qualidade da sua rede. A nova iniciativa prevê a substituição de todos os equipamentos do núcleo IP (Rede Nacional IP Multiserviço) por uma tecnologia considerada a mais avançada do mercado de telecom: o Terarouter CRS-3 (Carrier Routing System). Pioneira no Brasil e uma das primeiras

operadoras no mundo a utilizar esses roteadores, a TIM planeja finalizar a instalação das máquinas, 12 no total, até o fim de novembro. A nova geração de roteadores possui capacidade individual de até 4,5 Terabits por segundo, sendo 14 vezes superior à utilizada atualmente pela TIM Brasil e até três vezes maior que as demais tecnologias existentes no mercado. Fabricado pela Cisco Systems, uma das principais empresas no segmento

de redes IP, e implementado em parceira com a Italtel, o sistema de roteadores CRS3 é definido como a base evolutiva das redes de nova geração. Os equipamentos garantem maiores níveis de capacidade de transmissão, qualidade, segurança e avanço tecnológico para as aplicações atuais e futuras (internet, vídeo, voz e cloud services), proporcionando aos clientes mais velocidade, confiabilidade e segurança no tráfego de voz e dados.

Surgiu a MAN México, subsidiária da MAN Latin America. Agora levaremos àquele país os tão esperados caminhões Constellation, além de aumentarmos o leque de opções Volksbus. Investiremos em nossas instalações e pessoal sediados na cidade de Querétaro”, explica Roberto Cortes. Vário outros produtos foram lançado, e já estão expostos na Expotransporte, tradicional feira mexicana de veículos comerciais que acontecerá de 16 a 18 de novembro próximo em Guadalajara. Seguindo a linha sustentável a empresa desenvolve produtos equipados com motores Euro 5, antecipando-se à legislação local de emissões que exigirá níveis equivalentes somente em 2016.

L’Oréal ganha Prêmio Pela segunda vez consecutiva, a L’Oréal é apontada como a número 1 das empresas de Beleza no mundo pelo Prêmio Top 100 da WWD Beauty INC, publicação que divulga anualmente o ranking das maiores companhias de Beleza de acordo com o resultado de suas vendas anuais. Com um portfólio de 23 marcas internacionais, o Grupo L’Oréal encerrou 2010 com faturamento de 19,5 bilhões de euros. Presente em 130 países.

Jin Jin Wok inaugura unidade no Paraguai A Jin Jin Wok – rede de franquias de fast food de gastronomia asiática - inicia sua primeira operação fora do país, em uma parceria entre a direção da rede e o franqueado Milton Tabakawashi, que apostou no sucesso da marca também na América Latina. “O sucesso que tenho com minhas outras unidades Jin Jin Wok, em especial a de Foz do Iguaçu, e o conhecimento do mercado de Ciudad Del Este, me levou a investir nessa iniciativa da rede”, revela, “mas isso jamais aconteceria se eu não tivesse o incentivo do franqueador nesta parceria”, acrescenta. Esta é a segunda vez que o Grupo Ornatus (que também detém as marcas Morana – rede de franquias de bijuterias finas e Balonè – rede também de bijuterias, só que no conceito fast fashion, investe em países latinos, mas segundo o Diretor de

Em 2011, a rede investiu em mais um modelo que complementa o Jin Jin Wok

Negócios Eduardo Morita, agora existe uma maior prospecção de mercado, para gerar segurança de aceitação dos produtos e garantir melhores resultados. Para isso, a Jin Jin Wok acaba de renovar seu cardápio para adequar a oferta de refeições ao público-alvo: diminuiu o nú-

Sebrae assina convênio com MDS

Chegar aonde existe pobreza extrema e apresentar o empreendedorismo como mecanismo de inclusão produtiva e geração de renda. Esse é o objetivo do acordo de cooperação técnica que será assinado entre o Sebrae e o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), nesta quarta-feira (13), às 9h30, na sede do Sebrae Nacional, em Brasília. A assinatura acontece durante a abertura do seminário “Brasil sem Miséria: como o empreendedorismo e os pequenos negócios podem ajudar”. O evento, promovido pela instituição e o MDS, vai discutir a inclusão do empreendedorismo no programa do governo federal. Assinam o documento o presidente do Sebrae, Luiz Barretto, e o diretor-técnico da instituição, Carlos Alberto dos Santos, a

CMYK

ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Barreto Campello, e a secretária extraordinária de Superação da Extrema Pobreza, Ana Fonseca. Também participa da cerimônia o governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz. Lançado em junho deste ano pela presidente Dilma Rousseff, o Plano Brasil sem Miséria tem como principal objetivo a inclusão social e produtiva da população que vive em situação de extrema pobreza. São famílias cuja renda per capita não ultrapassa R$ 70 por mês. Dividido em três principais eixos (garantia de renda, acesso a serviços públicos e inclusão produtiva), o programa deve alcançar os 16,2 milhões de brasileiros nessa situação, segundo o Censo 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

mero de opções, mas focou nos pratos mais vendidos na rede, com treinamento específico para os colaboradores e ênfase um pouco maior na gastronomia japonesa, com os sushis e sashimis. Ele também acredita que a estabilidade e o crescimento de vários países, como o Chile, o Pa-

namá, Peru e Colômbia, também serão ótimas oportunidades para novas franquias do Grupo. No Brasil, o Jin Jin Wok, até então formatado apenas para ser instalado em praças de alimentação de shopping centers, também ampliou seu foco de atuação, inaugurando unidades em grandes centros de compras, como no Centro Empresarial São Paulo, na Zona Sul da capital paulista, com espaços para as pessoas se sentarem e degustarem suas refeições. E a expansão deste formato deve continuar também em todo o país. Em 2011, a rede investiu em mais um modelo que complementa o Jin Jin Wok, apostando novamente na grande demanda existente pelo consumo da gastronomia japonesa e na alta escassez de bons restaurantes com preços acessíveis: o Jin Jin Sushi, que deve inaugurar sua primeira unidade em novembro.

Volvo tem importante reconhecimento

A Volvo se destacou em todas as categorias avaliadas na pesquisa: Carreira, Desenvolvimento, Remuneração e Benefícios, Saúde, Liderança e Cidadania Empresarial. O levantamento salienta que a empresa tem excelentes notas dos funcionários, o que reflete o ótimo clima organizacional existente. Outra questão distinguida pelo estudo é a utilização de práticas de gestão avançadas em todas as categorias pesquisadas. Além de modernas, estas práticas funcionam de forma eficiente para todos os empregados, pois são consistentes e abrangentes. Neste ano, 504 empresas de todos os segmentos da economia se inscreveram no levantamento. Todas as organizações participantes se submeteram a um rígido processo de seleção, que prosseguiu com a pré-classifica-

ção, continuou com o processo classificatório 150 das melhores e, finalmente, com a escolha da melhor para trabalhar. O Guia 150 Melhores Empresas para Você Trabalhar é considerado o estudo mais profundo de ambiente de trabalho das empresas brasileiras. É realizado pela Editora Abril, um dos maiores e mais influentes grupos editoriais da América Latina. “Estamos muito orgulhos de, mais uma vez, sermos reconhecidos como a melhor empresa para trabalhar no Brasil”, declara Roger Alm, presidente da Volvo do Brasil. “Nós temos um time muito talentoso e totalmente comprometido. As pessoas são nosso maior diferencial”, completa o executivo. O Guia destacou a forma respeitosa com que a Volvo trata seus funcionários.

EXECUÇÃO, a disciplina para atingir resultados

(Editora Campus, 261 p., 2007), é um livro prático, objetivo e de leitura agradável. Os casos ajudam a entender melhor a proposta dos autores. Não pode ser considerado um livro só útil para CEOs, a sua mensagem é dar importância à execução e não só à estratégia, por isso é útil para a maioria dos profissionais. Executar é colocar os planos em prática, transformá-los em realidade. Os executivos devem lembrar que relatórios só apresentam uma visão da realidade e não podem substituir a convivência. Os líderes precisam conhecer a realidade do dia a dia e comprometerem-se para conseguir as mudanças planejadas. Os autores consideram que é preciso observar, estar atento. As pessoas que negam a realidade e insistem em que tudo está ótimo não tomam as medidas necessárias para o crescimento. Uma execução efetiva exige questionamentos, encarar a realidade da empresa e ajudar os funcionários a reconhecer os problemas e superá-los. Para executar com êxito, as prioridades devem ser assinaladas, quatro no máximo, para não dispersar energia. Para isso as metas devem ser claras, as prioridades dependerão delas, e o líder deve ser acessível, deve estar sempre disposto a esclarecer dúvidas.

CRÔNICA: CASAL GRÁVIDO

O casal feliz, de mãos dados, abre a porta de vidro, entra no prédio e encontra dona Belinda, a idosa do primeiro andar, sentada numa poltrona da recepção olhando para fora, enquanto o porteiro lê o jornal. – Tudo bem? – Felizes, dona Belinda, estamos grávidos. A senhora Belinda olha um pouco confusa e retruca: – Quer dizer que você está grávida, Leonor? – Não, isso é coisa antiga, agora é o casal que está grávido. – Os dois estão grávidos? Homens também ficam grávidos? – pergunta dona Belinda com os olhos esbugalhados. – Também! – Leonor exclama risonha e olha para o maridão com aquele rosto de “ele é o melhor do mundo, ele é um príncipe” que, geralmente, vai esmaecendo aos poucos e transformando-se num olhar mais parecido com “bem que minha mãe falou para não me casar com ele. Casei com um sapo”. – E homem pode ter enjoo matinal? – pergunta dona Belinda levantando-se trabalhosamente da poltrona. – Pode. A velha pega a bengala, depois olha o casal, mexe a cabeça para os lados e com raiva murmura: – Então eu quero ver um homem morrer no parto. Isabel Furini é escritora, consultora literária e palestrante – Contato (41) 8813-9276. Orienta a oficina Como Escrever Livros no Solar do Rosário, é autora de O Livro do Escritor, da editora Instituto Memória

Empresas & Produtos BMW Group Brasil realiza programa de trainee no país

Com abrangência internacional, o programa de trainee do BMW Group Brasil terá duração máxima de 21 meses e os candidatos aprovados terão a oportunidade de passar de 3 a 6 meses em dois diferentes países conhecendo a estratégia, cultura e as marcas do Grupo, além de trabalhar em diversos projetos estratégicos e operacionais da empresa. Em uma dessas vivências internacionais que irá ocorrer na sede da BMW, em Munique, os candidatos aprovados terão total apoio de gerentes experientes da empresa que agirão como mentores e acompanharão estes jovens durante todo o programa. O processo seletivo contará com testes online, etapas presenciais com dinâmicas de grupo e entrevistas individuais. As inscrições ocorrem entre 12 a 30 de setembro através do site da empresa e somente após o preenchimento de todo cadastro a candidatura estará completa, sendo confirmada através de um email da instituição.

Previsul está entre as 50 maiores Seguradoras de Previdência e Vida

A tradicional Previsul Seguradora, companhia especialista em pessoas, que pertence ao grupo paranaense Consulfac, comemora pelo segundo ano consecutivo o destaque entre as 50 maiores seguradoras de Previdência e Vida, segundo o Anuário Valor 1000. A empresa também marca presença com a 12ª colocação no item aplicações financeiras.O Valor 1000 é uma publicação anual do jornal Valor Econômico, que seleciona as 1000 mil maiores empresas de 25 setores da economia com base nos dados do ano anterior.

Hübner Fundição recebe prêmio da Caterpillar

No final de agosto, a Hübner Fundição foi homenageada pela Caterpillar com o certificado de fornecedor categoria bronze. O certificado é oferecido mundialmente aos fornecedores da Caterpillar, pelo cumprimento das metas e atuação dentro dos índices específicos de qualidade, entrega e desenvolvimento da multinacional. O evento aconteceu na sede da Hübner Fundição, em Ponta Grossa/PR. Para o diretor corporativo do Grupo Hübner, Nelson Hübner Junior, a empresa atua em busca da excelência no relacionamento com os clientes e este certificado é um resultado direto deste esforço contínuo. “É com muita satisfação que recebemos este reconhecimento da Caterpillar, empresa reconhecida mundialmente e parceira de negócio do Grupo Hübner, há mais de 11 anos”, declara o diretor.Para o executivo, os resultados obtidos pela empresa se devem aos investimentos constantes no potencial humano, na ampliação da produção, na adoção de novas tecnologias e no planejamento de novos projetos.

19-09-11 Indústria&Comércio  

jornal, economia, curitiba, parana, brasil, negocios, bovespa, financas, aroldo mura, fabio campana, pedro washington, ayrton baptista, luiz...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you