Page 1

Curitiba, sexta-feira a domingo, 19 a 21 de abril de 2013 | Ano XXXVi | Edição nº 8851 | R$ 1,50

Indústria&Comércio DIÁRIO

INFORMAÇÃO. conhecimento. inteligência. DESDE 1976.

Acesse a edição digital

www.icnews.com.br

Aroldo Murá PARA BELMIRO, SÓ REFORMAS PODEM SALVAR ECONOMIA O “scholar” Belmiro Valverde Jobim Castor, um analista de enorme repercussão na vida paranaense, o momento da economia brasileira é crítico e bordado por interesses eleitorais. Para ele, esgotadas as soluções ‘mágicas’ só restam ao país as grandes reformas. página a3

Pedro Washington Um novo Pilatos

Quando das entusiásticas manifestações de entidades paranaenses envolvidas no esforço para que a PEC 544/2002 fosse aprovada criando os novos TRFs, a coluna alertava que um longo caminho ainda precisava ser trilhado. Página | A2

O cartão de crédito foi apontado como um dos principais tipos de dívida por 76,6% das famílias endividadas

Endividamento das famílias tem o maior valor desde julho de 2011 Percentual de famílias endividadas no país chegou a 62,9% em abril, com alta em relação a março

Segunda prévia do IGP-M registra inflação de 0,28% em abril e aponta alta da taxa A segunda prévia de abril do Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), usado no reajuste de contratos de aluguel, registrou inflação de 0,28% e mostrou uma tendência de alta da taxa em relação ao mês anterior.

INDICADORES FINANCEIROS MERCADO À VISTA Maiores altas

COTAÇÃO

RECRUSUL PN TECNOSOLO ON TEX RENAUX ON FAB C RENAUX PN GOL PN N2

Maiores QUEDAS

página a5

Comissão do senado aprova projeto que cria 6.818 cargos públicos

nacional | b3

Italianos buscam negócios no Paraná

Divulgação SEIM

0,06 0,06 0,20 0,18 12,81

De acordo com dados divulgados esta semana pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), a TIM alcançou 48,3% da participação de mercado nos estados do Paraná e Santa Catarina no mês de março.

COTAÇÃO

TECTOY ON * SULTEPA ON SULTEPA PN FAB C RENAUX ON PRO METALURG PNB*

telefonia TIM chega a 11 milhões de clientes no PR e em SC

0,01 1,22 1,18 0,17 0,09

Pág. b1

IBOVESPA Maiores altas*

Dia das Mães Shopping São José prepara promoção com sorteio de três carros

COTAÇÃO

GOL PN N2 MARFRIG ON NM BRF FOODS ON NM PETROBRAS ON GAFISA ON NM

Maiores QUEDAS ITAUUNIBANCO PN N1 ITAUSA PN N1 ELETROPAULO PN N2 BRASIL ON NM DASA ON NM

12,81 6,30 48,25 16,12 3,95

COTAÇÃO 32,68 9,61 8,35 26,84 11,42

CÂMBIO Moeda

Compra

Venda

Dólar turismo 1,9300

2,0700

Dólar comercial 2,0165

2,0170

Dólar paralelo 2,0900

2,2000

Euro

2,6357

2,6343

Ouro (Grama/R$): 93,30

Comitiva formada por pequenos e médios empresários da província de Treviso, região do Vêneto, na Itália, esteve na Secretaria Estadual da Indústria, Comércio e Assuntos do MERCOSUL.

O Shopping São José já está em clima de Dia das Mães. Para comemorar a data, uma das mais importantes para o comércio, e valorizar ainda mais o dia delas, o shopping aposta na campanha que irá sortear três Toyotas Etios aos seus clientes. Pág. b1

página a2

Editorial

O

Governo precisa investir mais na qualidade da internet

investimento em tecnologias da comunicação, especialmente a internet, é algo essencial para o desenvolvimento de um país nos dias atuais. Cada vez mais as pessoas usam e precisam da internet, seja no computador caseiro, celular ou tablet. E nessa onda também embarcam as empresas, que usam a rede mundial de computadores nos seus negócios.

I

nvestir em internet é uma necessidade visível, também, quando se analisa a quantidade de computadores no Brasil. A quantidade de máquinas em uso no país, somados os corporativos e os domésticos, chega a 118 milhões, segundo pesquisa do Centro de Tecnologia de Informação Aplicada da Escola de Administração de Empresas de São Paulo, da Fundação Getulio

Vargas (FGV). Isso significa que existem, no Brasil, três computadores para cada cinco habitantes.

A

quantidade de computadores está cada vez mais alta, mas infelizmente a qualidade da internet brasileira ainda deixa a desejar. Missão para o governo, que precisa aumentar os investimentos no setor.

oportunidades Feira oferece mais de 300 vagas de emprego Tradicionalmente a Fesp reúne empresas estratégicas do setor que reúnem as mais variadas oportunidades para os profissionais da área de TI. Nesta quarta edição, já existem 306 vagas. Os números iniciais tradicionalmente triplicam até a realização da feira.

Editais na página A7

CMYK

Pág. b1

Central de Atendimento: 41 3333.9800

e-mail: pauta@induscom.com.br


Geral/Curitiba Curitiba, sexta-feira a domingo, 19 a 21 de abril de 2013 | A2 | Indústria&Comércio

Previsão do tempo

Mín.: 10° | Máx.: 21°

A massa de ar que predomina no sul do país pouco altera suas características, mantendo o tempo estável e temperaturas mais baixas pela manhã e a noite. Os ventos na região do Paraná variam um pouco mais entre a faixa litorânea do estado e o sudeste do país, com maior presença de nuvens. fonte: www.simepar.br

Acordos comerciais

Empresários italianos buscam negócios no Paraná A comitiva é formada por pequenos e médios empresários de diversos setores

U prpress@terra.com.br

PanoramaPolítico Um novo Pilatos

Quando das entusiásticas manifestações de entidades paranaenses envolvidas no esforço para que a PEC 544/2002 fosse, como de fato foi, aprovada, criando os novos TRFs, inclusive o paranaense, antiga reivindicação da área jurídica estadual, a coluna alertava que um longo caminho ainda precisava ser trilhado. Isto porque, resistências como a manifestada pelo presidente do STF, Joaquim Barbosa, pelo Palácio do Planalto, e dúvidas sobre a sua constitucionalidade, precisavam ser vencidas. No caso de Barbosa pelo custo alegado por ele para implantação das novas 4 unidades da Justiça Federal, quando as demais já implantadas estariam inchadas e pouco operantes. Em torno de R$ 8 bilhões na sua avaliação. Contrapondo-se a essa informação, cálculos das entidades favoráveis aos novos TRFs, acentuam que a unidade paranaense custaria em torno de R$ 1 bilhão. Sobre os valores necessários às outras 3 desconhece-se manifestações, o que deixa uma suspeita de que tais valores podem se aproximar da previsão de Joaquim Barbosa. Realmente no Brasil as estruturas judiciárias têm-se mostrado mais preocupadas com a ostentação que com a eficiência. A justificar a defesa feita pela instalação do TRF aqui, há alguns fatores. No TRF 4, ao qual o Paraná, Santa Catarina e Mato Grosso dos Sul estão subordinados, uma ação civil lá protocolada, leva em média 218 dias para ser julgada. Já as criminais, demandam 253 dias. Em 2012, 32% dos processos encaminhados a Porto Alegre, eram do Paraná. Ainda como fator relevante: o TRF instalado aqui, vai ter jurisprudência sobre o território por onde entram no país 90% das drogas. Fronteiras entre Argentina, Paraguai e Bolívia. A luta agora será para convencer o presidente do Senado, Renan Calheiros, que aparenta ceder às pressões, para promulgar a emenda. “Lavando as mãos”, ele pretende ouvir a Mesa Diretora da Casa. As entidades paranaenses que encabeçaram essa luta pelo TRF 6, continuam articuladas. O grande mérito dessa luta no estado, foi ser vencida a tradicional autofagia dos políticos e sociedade locais, unindo todos em torno dessa causa. Daí manifestações como a do presidente da Apajufe, Antônio César Bochenek: “O procedimento legislativo foi seguido e a promulgação seria simplesmente um ato formal. Não tem mais nada a ser discutido”.

ma comitiva formada por pequenos e médios empresários da província de Treviso, região do Vêneto, na Itália, esteve no fim da tarde de quartafeira (17) na Secretaria Estadual da Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul. Eles estão no Paraná há dez dias em busca de negócios e parceria. O governo estadual vai incentivar negócios com empresários paranaenses. “Colocamos à disposição dos empresários italianos as estruturas do governo que podem facilitar contatos com empresas paranaenses”, afirmou o diretorgeral da Secretaria da Indústria e Comércio, Horácio Monteschio. A comitiva também foi recebida pelo presidente da Agência de Internacionalização do Paraná Rui Lemes. A comitiva é formada por empresários dos setores de construção civil, energias renováveis, turismo e automação industrial. “Além de negócios e parcerias, queremos

Comitiva formada por pequenos e médios empresários da província de Treviso, região do Vêneto, na Itália, esteve na Secretaria Estadual da Indústria, Comércio e Assuntos do MERCOSUL

trazer ao Paraná o empreendedorismo italiano, que é reconhecido mundialmente”, explicou Bartolo Liali, empresário brasileiro que morou por duas décadas na Itália e está assessorando a comitiva.

Os italianos também têm interesse em trazer ao Paraná experiências e ferramentas para a construção de casas autossustentáveis e para dinamizar o turismo no Estado. “Temos aqui incríveis atra-

Estado marca o Dia do Índio com inauguração de escola

‘Capitus diminutio?’

Não é bem assim! O Rio Grande do Sul, por suas lideranças, une-se ao ministro Barbosa e ao Palácio, na movimentação contra a redução da importância do TRF 4. Pura vaidade, já que o funcionamento daquele Tribunal, reduzido em suas responsabilidades sobre o atendimento a Paraná, Santa Catarina e Mato Grosso, terá um forte ganho: muito mais agilidade no atendimento às demandas gaúchas.

Ainda insuficiente

Quando o presidente do Banco Central afirmou que no momento apropriado aquela instituição teria os juros como instrumento para combater o preocupante crescimento da inflação, esta coluna afirmou refletir a certeza de que a estabilidade da Selic estava com os dias contados. O aumento de 0,25 não reflete a real necessidade no combate a esse mal que corrói o salário do brasileiro.

Mais prazo

Réus do mensalão ganharam cindo dias de fôlego para que seus advogados apresentem recursos. O ministro Joaquim Barbosa cedeu aos apelos de seus pares: mais cinco dias serão contados à partir da publicação dos acórdãos.

Em choque

Na sequência de transações suspeitas que têm ocorrido no Brasil, em obras superfaturadas como a de ferrovias, focalizada nesta coluna, ou simplesmente com acertos que envolvem bancos públicos, não será surpresa se um socorro ao bilionário Eike Batista, venha a ocorrer. Com ações de suas arrojadas empresas despencando nas bolsas (todas elas identificadas pelo X –NNX, OGX e outras) uma operação de salvamento pode envolver uma importante estatal em relação ao porto Açu, dando fôlego para negociações do empresário com bancos que hoje fogem dele como quem foge da cruz. EXPEDIENTE

Diário

Indústria&Comércio Fundado em 2 de setembro de 1976 Fundador e Presidente Odone Fortes Martins Reg.Prof. DRT/PR: 6993 (ofm@induscom.com.br) Diretor de Redação Eliseu Tisato Reg.Prof. DRT/PR: 7568 (editor@induscom.com.br) Redação: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fone: (41) 3333.9800 E-mail: pauta@induscom.com.br Publicidade Legal e Assinaturas: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fones: (41) 3333.9800 | 3334.4665 e-mail: publegal@induscom.com.br

Parque Gráfico e Circulação: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fones: (41) 3333.9800 | 3322.1012 Direção e Comercial: Rua Presidente Faria, 533 Centro - Curitiba - CEP: 80020-290 Fone: (41) 3322.1012 e-mail: diretoria@induscom.com.br comercial@induscom.com.br

NEW CAST PUBLICIDADE & MARKETING BRASÍLIA E RIO DE JANEIRO Atendimento : Flávio Trombieri Moreira – Cel.: (61) 8155 2020 Endereço: SRTVS Quadra 701 Bloco K Sala 624 – Edifício Embassy Tower – Brasília DF - Cep.: 70.340 – 908 Fone/Fax: (61) 3223 4081 E-mail: new.cast@uol.com.br / new.cast@hotmail.com

Os artigos assinados que publicamos não representam necessariamente a opinião do jornal.

A unidade é uma das 11 que o Estado instalou em comunidades indígenas nos últimos dois anos, além de outras duas que já têm processo de licitação aberto

O Governo do Estado marca o Dia do Índio, nesta sexta-feira (19/04), com a inauguração oficial do Colégio Estadual Indígena Teko Nemoingo, em São Miguel do Iguaçu, no Oeste do Paraná. O secretário da Educação e vice-governador, Flávio Arns, participa da solenidade. A unidade é uma das 11 que o Governo do Estado instalou em comunidades indígenas nos últimos dois anos, além de outras duas que já têm processo de licitação aberto Atualmente, existem 36 terras indígenas no Estado, com 18 mil habitantes. Além das escolas, estas comunidades são atendidas pelo governo estadual com sistemas de energia, vacinação e atenção a gestantes, novas moradias e, em breve, assistência técnica para o plantio agrícola. “Com as novas escolas e outras ações que estamos realizando para apoiar as comunidades indígenas, crianças e adultos passam a ter mais qualidade de vida”, diz o governador Beto Richa. A construção das 13 novas escolas indígenas totalizam investimentos de R$ 18,9 milhões. As duas que ainda serão construídas ficarão na Ilha da Cotinga, em Paranaguá,

litoral do Estado, e em Inácio Martins, na região Centro-Sul. A medida possibilitará que crianças das aldeias estudem na própria comunidade, com professores indígenas. Neste ano, a primeira turma de professores indígenas bilíngues guarani e a segunda turma caingangue do Estado foram diplomadas em Guarapuava. Os 66 docentes são habilitados a lecionar na educação infantil das escolas de suas etnias. O Estado passou a contar com 97 professores indígenas atuantes em suas comunidades.

SAÚDE

As equipes da Secretaria de Estado da Saúde também trabalham pelas comunidades indígenas. Até 26 de abril, quase 15 mil indígenas serão vacinados contra a gripe. Por questões sociais e culturais, os indígenas formam um dos grupos prioritários na campanha. Ao longo da vida, eles também recebem outras vacinas que não estão no calendário tradicional Outra ação importante é o acompanhamento das gestantes pela Rede Mãe Paranaense, do Gover-

no do Estado. O pré-natal é feito na aldeia e, quando necessário, a gestante é atendida no serviço de referência. Uma maternidade também está preparada para recebê-la na hora do nascimento. A Copel destinou, nos últimos dois anos, mais de R$ 7,2 milhões para projetos desenvolvidos em 28 terras indígenas do Paraná. Os investimentos abrangem novas ligações de energia, promoção do uso eficiente da eletricidade, além de programas sociais e ambientais de compensação pela construção da Usina Hidrelétrica Mauá Neste ano, deverão ser aplicados mais R$ 13 milhões nas ações em andamento. A maior parte, R$ 12 milhões, refere-se aos projetos da usina desenvolvidos em oito terras indígenas e cerca de R$ 1 milhão será investido pela Copel na instalação de painéis fotovoltaicos em aldeias do litoral do Estado A energia solar da Copel começou a beneficiar famílias da Aldeia Sambaqui, em Pontal do Paraná. A iniciativa atenderá cerca de 350 famílias das terras indígenas de Sambaqui, Cerco Grande, Cotinga e Shangri-lá.

Novas bombas de combustível vão aumentar produção da Ferroeste A partir de agora a Ferroeste poderá realizar, mensalmente, cinco viagens a mais com o mesmo número de locomotivas e vagões, considerando o giro mensal de cem trens. O incremento será possível com a instalação de três novas bombas de combustível no terminal de Guarapuava. As “superbombas”, como são chamadas, reduzem para menos da metade o tempo de abastecimento

das locomotivas. Duas bombas novas já estão ligadas e começaram a operar. Os testes iniciais mostram que a velocidade do abastecimento aumentou consideravelmente, à cota de 300 litros por minuto. Até agora, apenas duas bombas com capacidade para 100 litros por minuto atendiam as demandas da empresa. Diante da necessidade de otimizar a produção, a diretoria

decidiu modernizar o sistema com a contratação de novo fornecedor. Com as novas bombas, fornecidas pela empresa Stang, contratada para fornecer e instalar o equipamento, a capacidade de abastecimento passara a ser de 400 litros por minuto. Com isso, duas ou três locomotivas poderão ser abastecidas simultaneamente. O investimento é feito pelo fornecedor.

ções naturais que podem ser muito bem utilizadas para a melhoria da qualidade de vida, criando projetos urbanísticos de alta tecnologia e qualidade”, disse o empresário Gabriele Righetto.

Urbs amplia acesso a informações A Urbs está ampliando alcance dos aplicativos desenvolvidos pela empresa para plataforma Android. Os dados e informações estão liberados pela empresa desde o início do mês, permitindo aos interessados o desenvolvimento de novos aplicativos a partir das mesmas informações. Estão no site da Urbs os aplicativos Itibus 1.0 e Itibus 2.0 que fornecem a localização dos ônibus, na plataforma Android. Interessados em desenvolver seus próprios aplicativos precisam formalizar uma solicitação junto à Urbs para ter acesso liberado aos dados. Com isso o interessado não precisará buscar dados no site da Urbs, recebendo as informações de forma direta, com formato mais técnico e de forma mais rápida e prática. Dois grupos já fizeram a solicitação: o Busão Curitiba, que desde o dia 8 deste mês já utiliza os dados da Urbs em aplicativos próprios; e a Voxel Informática, já em processo de liberação. No início do mês, quando o aplicativo Itibus, em desenvolvimento pela Urbs, foi tirado do ar para correções técnicas, os integrantes do Busão Curitiba informaram, via redes sociais, que estavam usando os dados da empresa. Convocados para uma reunião com técnicos e diretores da área, eles foram informados que poderiam utilizar os dados disponíveis, bastando apenas que os mesmos fossem solicitados, como de fato ocorreu. Os dados da Urbs são resultado de um longo processo de investimento no Sistema de Bilhetagem Eletrônica que começou há mais de dez anos com a implantação do cartão transporte. A partir dali o sistema foi gradativamente aperfeiçoado até chegar ao monitoramento em tempo real de todos os ônibus da frota o que possibilita saber em que ponto está cada ônibus e em quanto tempo chegará a seu próximo ponto de parada. Com base nesses dados a Urbs desenvolveu o aplicativo Itibus, para plataforma Android. Ao liberar as informações diretamente, sem necessidade de que os mesmos sejam acessados via site, a Urbs incentiva a que mais pessoas utilizem as mesmas informações em diferentes plataformas.


Geral/Estadual Indústria&Comércio | Curitiba, sexta-feira a domingo, 19 a 21 de abril de 2013 | A3

Aroldo MuráG.Haygert

SALVE O JJ, UM GIGANTE aroldo@cienciaefe.org.br

O ENDEREÇO AUSTRALIANO DA BIBLIOTECA ADYR GUIMARÃES O professor Adonai Santanna, da UFPR, rastreou o destino da biblioteca Adyr Guimarães, vendida a uma universidade australiana, depois do falecimento do engenheiro militar que acumulou, ao longo da vida, um dos maiores acervos sobre o Paraná. Sabia-se que, há uns 30 anos atrás, os milhares de livros e documentos da coleção do general Adyr haviam sido vendidos Adyr Guimarães. para a Universidade de Canberra, diante do indiferentismo de entidades culturais e órgãos públicos locais. Considerando-se um paranista, embora tenha nascido em S. Paulo, o prof. Adonai interessou-se em saber onde anda a mais completa biblioteca paranista existente no século XX.

ONDE ESTÁ?

“Fiz contato com a Universidade de Canberra, conta o professor Adonai, e após extensas consultas entre arquivos e pessoas daquela instituição, recebi uma resposta definitiva e negativa. Nada sabiam a respeito desta suposta aquisição. Procurei contato, em seguida, com a Universidade Nacional da Austrália, também em Canberra. Novas consultas foram feitas e mais uma vez recebi uma resposta negativa. Com receio de que este importante acervo da história brasileira estivesse perdido para sempre, fiz uma última tentativa e enviei e-mail para a Biblioteca Nacional da Austrália, novamente em Canberra”.

RESPOSTA POSITIVA

“Finalmente obtive uma resposta positiva. Traduzo abaixo trechos do e-mail que recebi: “No passado a Biblioteca Nacional da Austrália coletou grande quantidade de materiais da América do Sul, incluindo diversas coleções extensas. Uma delas, a coleção Guimarães, do Brasil, continha muito material do Paraná. De acordo com a nossa equipe da Overseas Colletion Development Unit, a coleção continha duas mil e quinhentas monografias do estado do Paraná e volume não determinado de periódicos. [...] Nos últimos anos, porém, esta coleção, bem como outras da América Latina, foram transferidas para a Universidade La Trobe, por conta do ativo programa de estudos latino-americanos daquela instituição e do pouco uso deste material na Biblioteca Nacional”. “Logo em seguida pude confirmar que a transferência acima mencionada da Biblioteca Nacional da Austrália para a Universidade La Trobe foi realizada em 1991”.

João José Werzbitski, pai de João Bruno (meu afilhado de batismo) e Valéria, marido (e muito mimado) de Eliane, está no hospital, conta-me o comum amigo Belmiro Castor. Trata de problemas decorrentes de diabetes, que sempre surpreendem, exigem muita vigilância de quem é afetado por essa moléstia. Aliás, cuidar de seu físico não é a melhor qualidade de João José, um gourmet que nunca se dispôs a um programa alimentar adequado e nem a fazer exercícios físicos. Mas JJ é um forte, tem um mundo pela frente, parte dele no seu projeto imediato – o lançamento de seu livro Publicitar, novo exercício de inteligência desse polaco que fez da publicidade e propaganda um projeto de vida de que todos nos beneficiamos, quando o lemos e/ou acompanhamos suas criações. Salve o João José.

MATERIAL RARO

“Examinando o site da Universidade La Trobe (uma instituição de múltiplos campi no estado de Vitória, Austrália), encontrei duzentas e uma publicações catalogadas on line sob a palavra de busca Paraná, incluindo textos do século 19, publicados logo após a emancipação do estado em 1853. O mesmo site permite acesso também ao Boletim da Sociedade Paranaense de Matemática, única publicação especializada em matemática de nosso estado.” “Entre as publicações paranaenses catalogadas on line na Universidade La Trobe podemos encontrar diversos documentos sobre a colonização do estado, bem como as constituições políticas oficiais promulgadas em 1892 e 1935. Há até mesmo um documento histórico sobre a tirania do Marechal Floriano Peixoto (estranhamente homenageado pelo estado de Santa Catarina, quando este nomeou sua capital como Florianópolis) e seus nocivos efeitos sobre o Paraná”. “Em suma, se você, leitor ou leitora, deseja conhecer bem a história do Paraná, é melhor atualizar seu passaporte e comprar um bilhete aéreo para Canberra, Austrália”. Ou então navegar pelo site: http://latrobe.libguides.com/latinamerica.

João José Werzbitski

CARTAS (correspondências para a coluna: aroldo@cienciaefe.org.br)

A QUALIDADE BELMIRO Prezado jornalista: Tu sabes que me delicio com as suculentas colunas que escreves. Esta nos remete a “bons tempos” (coluna de 17-4), dentre eles aquele do governo José Richa do qual foi secretário de Planejamento o mestre Belmiro Castor e da Educação de outro governo; mas não o foi do Canet. Leio e medito sobre as colunas que ele escreve, fazem sim grande diferença entre o que ele diz o que pensam os outros. Tuas colunas, também fazem enorme diferença, lutas contra a mediocridade jornalística. Parabéns. A.J.Mânfio, Curitiba.

UMA AULA IMPERDÍVEL Senhor jornalista: As declarações que a coluna apresentou, de Belmiro Valverde Jobim Castor, sobre a política econômica do país, são preciosidades. Só gente rara, como Belmiro, consegue sintetizar em poucas palavras uma radiografia tão ampla sobre os momentos de perigo que o Brasil vive. Ele tem, além de um afiado olhar, muito sensível, a sabedoria de desmontar ídolos e pajelanças sem, ao mesmo tempo, ser grosseiro. Aquela sobre Lula ter sido “o pai dos pobres” e que “Dilma será, no máximo, a tia dos pobres”, entra para as frases mais preciosas deste 2013. Disse tudo. Foi mais uma aula imperdível de Castor. John Dumken Nascimento, Boston, EUA.

Universidade La Trobe, Austrália

FOME DOME DA PUCPR

“QUASE MORTE” Prezado jornalista: Muito esclarecedora a carta de um de seus leitores, dias atrás publicada, sobre a experiência de “quase morte” relatada por um neurocirurgião norte-americano de ponta. Na medida que houver novidades nessa área, apreciaria se a coluna pudesse apontá-las, como recomendando leitura de livros ou filmes sobre chamada EQM. Maria Margarida Lange, Curitiba.

A PUCPR inaugura novo avanço tecnológico: nesta sexta, 19, no campus Prado Velho, entrega mais moderno espaço digital com tecnologia 4D Full Dome da América Latina. Através de um contrato de naming right, o espaço recebe o nome da editora líder do segmento didático brasileiro, e integra os objetivo didáticos da editora dos Maristas, voltado à inovação e novas mídias e repalda o processo de interação impresso/digital.

FULL DOME (2)

O FTD Arena ocupa uma área de 980 metros quadrados, é formada por uma tela em formato semiesférico que possibilita a projeção em 180 e 60 graus, gerando uma completa imersão, que coloca o espectador dentro do cenário como personagem. “A tecnologia, inédita na América Latina, oferece uma projeção de cinema estereoscópico de alta definição, que permite ao aluno uma experiência de completa imersão nos conteúdos”, segundo a FTD. O espaço será utilizado para a exibição de conteúdos didáticos voltados aos alunos da Educação Básica ao Ensino Superior, tornando uma referência de tecnologia digital educacional para o País. O espaço foi desenvolvido ao longo de dois anos. Poderá ser usado para fins de entretenimento e também como um sofisticado planetário digital.

FULL DOME (3)

O FTD Digital Arena tem capacidade para 116 pessoas, acomodadas em poltronas interativas que permitem ao espectador controlar a sua participação na apresentação a partir de efeitos externos como controle

COMUNICADOR DO ANO É LOMBARDI Curioso e merecido: o poderoso grupo financeiro Allianz, da Alemanha, anunciou ontem haver escolhido o padre jesuíta Frederico Lombardi, porta-voz do Santa Sé, com o título de Comunicador do Ano. O curioso, no caso, é porque Lombardi é reconhecido com o ambicionado prêmio logo após a eleição do também jesuíta Francisco para a Cátedra de Pedro. O mais interessante e justamente correto é a justificativa para a distinção, conforme o Grupo Alliansz: “Padre Lombardi representa a chave para entender e interpretar a Santa Sé com grande refinamento e experiência, sem querer fazer de si mesmo o protagonista (do fato).” A justificativa da multinacional alemã, presente em 80 países, é ainda que padre Lombardi , nas suas funções, “está sempre a serviço da informação, dos dois lados, do que detém a informação e daquele que a procura”.”

O GRANDE RABINO

4D Full Dome da América Latina na PUC/PR

do som. Cada poltrona possui um sistema vibratório e de reclinação para que se tenha uma melhor observação da tela de projeção. Todo o projeto técnico do FTD Digital Arena foi desenvolvido pela OmnisLux e Skykan, empresas norte-americanas especializadas na tecnologia estereoscópica digital. As imagens são exibidas por quatro projetores digitais especiais de alta performance, acoplados a computadores sofisticados e um sistema de som sussuround com potência de 13.000w, que garantem os efeitos sentidos pela plateia. Em breve, os professores receberão kits com planos de aula e de atividades para melhor aproveitamento do conteúdo. Numa próxima etapa, esse conteúdo poderá ser desenvolvido sob medida.

LIAMIR, A QUEDA AOS 90, E O TÍTULO DE ‘BARONESA”

Por anos seguidos o rabino Simon Moguilevski, cuidou da comunidade israelita de Curitiba, fazendo amigos em todos os círculos da cidade. Há 15 anos mora em sua cidade natal, Buenos Aires. Gerou muitas amizades fora dos círculos judaicos, particularmente lideranças cristãs. E dela fala sempre com carinho. Aqui, a pedido de Jubal Dohms, webmaster desta coluna, transcrevo a carta que o homem de espírito, um sábio, na acepção da palavra, endereçou a ele:

Prezado Jubal Dohms: Agradeço infinitamente a sua preocupação de enviar-me o newsletter do prof. Aroldo, coisa que ele fez estes últimos anos e me manteve assim unido com a minha cara Curitiba, embora este ano faz 15 anos que fui embora de lá. Além disso, tenho uma profunda estima pela personalidade e cultura do prof. Aroldo, quem como lhe escrevi uma vez: diz o que sabe e sabe o que diz’. Muito obrigado: Rabino Simon, Buenos Rabino Simon Moguilevski

Disponível na Livraria do Chain, rua General Carneiro, 441 - Centro Também no Solar do Rosário, Rua Duque de Caxias, 4 - Centro e na Livrarias Curitiba. Liamir Santos Hauer

Padre Frederico Lombardi.

Uma baronesa de mentirinha. Mas o que importa é a intenção que permeia os dirigentes da Soberana Ordem do Sapo: neste domingo, dia 21, eles estarão conferindo títulos da Ordem para alguns paranaenses notáveis. Dentre eles, a irrequieta escritora Liamir Santos Hauer que, por sinal, vai receber a láurea com curativos na face: sofreu queda, e teve machucadura no rosto, na semana. O evento será num lugar aprazível, pouco conhecido, o Castelli di Palma, em Bocaúva do Sul. A programação começará às 10 horas, com café; 11 h, sagração dos novos barões; 13 h, almoço; 15h30 visitação ao Castelo; 16h30 café colonial; 18 h, despedida. Quem quiser maiores informações sobre o evento: vaniaennes26@ gmail.com.

Ou ainda pelo telefone 041 8809-4144, falar com Hélio.


Geral/Curitiba Curitiba, sexta-feira a domingo, 19 a 21 de abril de 2013 | A4 | Indústria&Comércio

AB Notícias GERADOR DE EMPREGOS Com um saldo de 17.488 mil empregos com carteira assinada gerados no mês de março, o Paraná ocupou o quarto lugar entre todos os estados na categoria. O número representa um crescimento de 0,67% em relação ao mês anterior. O estado só perdeu para São Paulo, Rio Grande do Sul e Minas Gerais. Ao todo, foram criados no primeiro trimestre do ano no estado cerca de 45.370 mil novos empregos.

PRODUÇÃO LEITEIRA FORTIFICADA Um laticínio público do interior de Diamante do Oeste, desativado há três anos, pode voltar ao funcionamento. Isso graças a união da prefeitura do município junto as cidades de Vera Cruz do Oeste, São Pedro do Iguaçu, São José das Palmeiras, Ramilândia, Ouro Verde do Oeste e Matelândia, todas do oeste paranaense. A reativação do laticínio beneficiará cerca de 300 produtores da região, que encontram dificuldade em seguir com a atividade.

NOVA FEIRA Em busca de uma feira que tratasse de negócios agropecuários e agricultura familiar, a cidade de Pato Branco, sudoeste do estado, realiza esse ano a primeira edição da Exporural. A feira, que acontecerá entre 19 e 21 de julho, já está em busca de parcerias e promete ser destaque no calendário de festas da cidade. A Exporural será bianual, e só acontece nos anos em que a Expopato não ocorre.

ESTATUTO DA JUVENTUDE O senado aprovou recentemente o Estatuto da Juventute. Entre as mudanças aprovadas através do texto, estão a obrigação de reserva de 40% dos ingressos de eventos para estudantes. A reserva de duas vagas gratuitas e duas com metade do valor destinadas a jovens que comprovem renda familiar de até dois salários mínimos também está previsto no documento, que considera como jovem toda pessoa entre 15 e 29 anos.

NOVAS UPAS As cidades de Pitanga, centro do estado, e Irati, sudeste paranaense, receberam recursos federais para construção de Unidades de Pronto Atendimento (UPAs). Cada prefeitura receberá 2,2 milhões de reais destinados para a implantação das unidades, bem como 100 mil reais para o custeio mensal de manutenção. As UPAs serão do tipo I, com capacidade de atendimento de 50 a 150 pacientes por dia, contando com dois médicos de plantão e com 5 a 8 leitos de observação.

TARDE C. WALK Com o objetivo de despertar crianças e jovens para o mundo da dança, o projeto “Tarde C. Walk”, em União da Vitória, sul do estado, faz sucesso. Os 22 alunos participantes do projeto, ministrado pelo educador social Vasco Perez, têm entre 6 a 15 anos, mas, através da oficina, passaram a dançar como gente grande. A intenção do educador é estimular, através da dança de rua “Crip Walk”, a capacidade de cada criança, aumentando sua auto-estima e desenvolvendo suas habilidades.

ESGOTO TRATADO Até o fim de 2014 a cidade de Amaporã, noroeste do estado, deverá ter 100% do seu esgoto coletado e tratado. As obras custarão 5.022.654,56 milhões de reais, e seguirão o exemplo de outras cidades como Paraíso do Norte e Nova Londrina, onde os trabalhos para as redes de esgoto já começaram. Com a medida, o lençol freático da região deixará de ser poluído, além disso, a população estará menos pré-disposta a doenças como cólera e leptospirose, que são provocadas pela falta de saneamento básico.

MENOS IODO Diante de pesquisas da Organização Mundial da Saúde cujos resultados apontaram o brasileiro como um dos maiores consumidores de iodo do mundo, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, Anvisa, decretou a redução da quantidade de iodo permitida no sal de cozinha. Agora a taxa tolerada do produto no sal é de 15 a 45 miligramas para cada quilo de sal. O consumo em excesso do produto pode levar a problemas como a tireoidite.

FESTA DE SANTO EXPEDITO Os moradores de Apucarana, norte do estado, estão animados com os últimos preparativos para a Festa Nacional de Santo Expedito. O evento, que acontece no dia do Santo homenageado, é organizado pela Paróquia Nossa Senhora Aparecida, e ocorre no Parque Ecológico Santo Expedito. Cerca de 5 mil pessoas são esperadas para a festa, que já está em sua nona edição.

DE LOBO A LOBATO Segue até o último dia do mês a 12ª edição do evento “De Lobo a Lobato”, organizado pela Fundação Cultural de Campo Mourão. O evento acontece nas quatro bibliotecas públicas da cidade e em sua programação conta, além de contações de história, também com sessões de cinema, palestras e oficinas homenageando Monteiro Lobato, aniversariante deste mês.

CAVALGADA DA AMIZADE Este fim de semana acontece em Icaraíma, noroeste do estado, a tradicional Cavalgada da Amizade. O evento chega a sua 9ª edição, começando no sábado a noite, com um encontro regional com pernoite no distrito de Vila Rica, e parte no domingo pela manhã, após um café da manhã completo, até a cidade. O percurso tem cerca de 20 quilômetros e no ano passado, mesmo embaixo de chuva, contou com a participação de quase 500 pessoas.

Infraestrutura e Logística

Paraná investe R$ 26,8 milhões em rodovias do Norte e Campos Gerais As obras vão ajudar a melhorar a trafegabilidades das estradas

O

Governo do Estado recupera duas rodovias que ligam o Norte com os Campos Gerais. As obras nas PRs 090 e 092 somam investimento de R$ 26,8 milhões e ajudam a melhorar a trafegabilidades das estradas, facilitando o escoamento de produtos agropecuários e garantindo a segurança dos usuários. No Sul do Estado, outros serviços começaram a ser executados na PR-170. O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR) trabalha em dois trechos da rodovia PR-092, que ligam Jaguariaíva e Arapoti, nos Campos Gerais, e Wenceslau Braz, no Norte Pioneiro. O investimento é de R$ 16 milhões nestas obras, que começaram no início do mês e têm previsão de término de mais 80 dias. “Os trechos que ligam esses três municípios estavam em situação bem crítica. O objetivo do DER é melhorar o asfalto e dar mais segurança aos usuários”, disse o diretor-geral do DER, Nelson Leal Junior. Entre Jaguariaíva e Arapoti, extensão de 17 quilômetros da rodovia, é recapeada, com a retirada do asfalto antigo para ser colocado novo pavimento asfáltico. O engenheiro do DER Jair Romanini disse que serão usados 6 mil toneladas de massa quente (CBUQ) sobre o trecho, o que dará maior durabilidade ao pavimento.

Jorge Woll/ SEIL/DER

abnoticias@abcom.com.br

As obras nas PRs 090 e 092 somam investimento de R$ 26,8 milhões e ajudam a melhorar a trafegabilidades das estradas, facilitando o escoamento de produtos agropecuários e garantindo a segurança dos usuários

No trecho de 33 quilômetros, que liga Arapoti e Wenceslau Braz, o DER faz remendos profundos nos locais onde havia muitos buracos.

CHUVAS

O DER também começou a colocar novo asfalto da PR-092 na região de Barra do Jacaré e Santo Antônio da Platina, no Norte Pioneiro. Por causa das chuvas da semana passada, parte do pavimen-

to foi arrancada e houve queda de barreira, o que interditou o tráfego da noite da sexta-feira (12) da semana passada até sábado (13). Pavimento provisório normalizou o trânsito, mas há a necessidade da nova cobertura. O Governo do Paraná está investindo R$ 10,8 milhões na recuperação e conservação de 57 quilômetros de dois trechos da rodovia PR-090, no Norte. A rodo-

Recuperação de área em Pinhais rende homenagem à Cohapar A Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar) recebeu nesta semana, em Brasília, o Selo de Mérito 2013. A premiação é realizada pela Associação Brasileira de Cohabs e Agentes Públicos de Habitação, em parceria com o Fórum Nacional de Secretários de Habitação e Desenvolvimento Urbano. A Cohapar foi a vencedora na categoria de projetos ambiental e socialmente sustentáveis, pelo trabalho de recuperação de áreas de proteção ambiental e urbanização em Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba. Doze instituições estaduais e municipais foram premiadas em cinco diferentes categorias. A outorga será realizada durante o Fórum Nacional de Interesse Social, de 15 e 17 de maio. “Este é um importante reconhecimento ao trabalho que vem sendo feito pela recuperação da Cohapar, desde o início da gestão do governador Beto Richa”, afirmou o presidente da Cohapar, Mounir Chaowiche. “Promovemos o resgate social das famílias pela moradia, mas, além disso, há também a preocupação com a recuperação dos antigos assentamentos em áreas de proteção ambiental”.

Divulgação Cohapar

A Cohapar foi a vencedora da categoria de projetos ambiental e socialmente sustentáveis, obtendo destaque pelo trabalho de recuperação de áreas de proteção ambiental e urbanização realizado na cidade de Pinhais

Um dos destaques do trabalho premiado foi o atendimento de 78 famílias do Jardim Palmital, em Pinhais. Elas residiam nas margens do Rio Atuba e sofriam constantemente com enchentes, mau cheiro, animais peçonhentos e outros problemas relacionados ao local impróprio de moradia. Pela parceria entre o Governo do Paraná, o Governo Federal e a prefeitura de Pinhais, novas casas foram construídas em local seguro. Após a demolição das antigas moradias, as áreas foram recuperadas, com a limpeza, plantio de mudas nativas e construção de um

parque linear, que além de propiciar um novo espaço de lazer aos moradores, evita a reincidência de futuras invasões e ameniza a poluição do rio. Engenheiros e técnicos sociais da Cohapar fazem o acompanhamento pós-ocupação. Periodicamente, a satisfação das famílias com as novas moradias é avaliada e orientações sobre a importância do cuidado com as residências e com o meio ambiente são dadas aos moradores. Uma das primeiras famílias a se mudar foi a de Chisleine Halvorcem.

via é conhecida por escoar grande produção aviária, bovina e de soja, que vem da região de Londrina em direção à região dos Campos Gerais. “As condições da PR-090 dificultavam o tráfego. As obras nessa rodovia vão oferecer mais segurança aos motoristas, além de agilizar o fluxo de veículos”, disse o engenheiro Leno Fanchin do Departamento de Estradas de Rodagem (DER-PR), responsável pela obra.

Brasil deve intensificar busca por acordos comerciais internacionais

O Brasil, principalmente pelo potencial de seu mercado interno, nunca esteve em um momento tão bom para negociar acordos comerciais internacionais que sejam vantajosos para o setor produtivo do país. A opinião é da gerente-executiva de Negociações Internacionais da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Soraya Saavedra Rosar. Ontem, durante reunião do Conselho Temático de Comércio Exterior da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), em Curitiba, a especialista apresentou um panorama dos acordos comerciais realizados entre países ou blocos econômicos e como algumas negociações em andamento podem alterar o fluxo e as regras de transações internacionais no futuro. Segundo Soraya, o Brasil possui uma rede de acordos internacionais antiga e bastante restrita.

Consultas públicas geraram 13 mil sugestões para o orçamento de Curitiba As nove consultas públicas promovidas nas duas últimas semanas para a discussão Lei de Diretrizes Orçamentárias 2014 (LDO) tiveram a presença de 4 mil pessoas, além de 222 mil cidadãos que participaram dos debates pelas redes sociais e 2,6 mil que acompanharam ao vivo pelo canal de Web TV disponível no site oficial da Prefeitura. O balanço foi feito na quartafeira à noite (17), durante a última consulta pública desta rodada, realizada no salão paroquial da Igreja São José, no bairro do Cajuru, e que discutiu Desenvolvimento Econômico, Emprego Renda. No total, a população curitibana encaminhou em torno de 13 mil sugestões ao longo dos encontros realizados, desde o dia 4 de abril,

O prefeito Gustavo Fruet durante a última consulta pública, realizada no salão paroquial da Igreja São José, no bairro do Cajuru, e que discutiu Desenvolvimento Econômico, Emprego Renda

nas nove Regionais Administrativas da Prefeitura. Este ano, as consultas públicas tiveram um novo formato, no qual os cidadãos foram convidados a discutir nove temas de inte-

resse da cidade: saúde (realizada na CIC), meio ambiente (Portão), mobilidade (Boqueirão), habitação e urbanismo (Boa Vista), Educação (Bairro Novo), juventude, cultura

e esporte (Pinheirinho), segurança (Matriz), ação social, abastecimento, mulher e direitos da Pessoa com Deficiência (Santa Felicidade) e desenvolvimento econômico e emprego (Cajuru). O prefeito Gustavo Fruet, que participou de todas as audiências, considerou atingido o objetivo de trazer a população para discutir os temas da cidade. “Foram mais de 4 mil pessoas participando nas Regionais. Também pelas redes sociais tivemos contato com mais de 220 mil pessoas. É uma mudança no comportamento da cidadania, uma relação direta”, disse. Entre os temas discutidos nos encontros, os que receberam o maior número de sugestões foram vias públicas, segurança, trânsito, transporte e saúde, nesta ordem.


Economia Indústria&Comércio | Curitiba, sexta-feira a domingo, 19 a 21 de abril de 2013 | A5

Indústria ainda não conseguiu retomar crescimento

orçamento

Valter Campanato/ABr

O gerente da Unidade de Política Econômica da CNI, Flávio Castelo Branco, considerou “um bom sinal” o fato de a pesquisa constatar que os estoques estão ajustados, isto é: preparados para atender à demanda, sem excessos ou carências

O cartão de crédito foi apontado como um dos principais tipos de dívida por 76,6% das famílias endividadas, seguido por carnês e financiamento de carro

Endividamento das famílias é o maior desde julho de 2011 Percentual de famílias endividadas no país chegou a 62,9% em abril, diz CNC O percentual de famílias endividadas no país chegou a 62,9% em abril, com alta em relação a março, quando o percentual foi 61,2%, e também a abril de 2012, quando o endividamento alcançou 56,8%. Esse é o maior patamar desde julho de 2011, de acordo com o estudo. Os dados fazem parte da Pesquisa Nacional de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic) divulgada na quinta-feira (18/04) pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). As dívidas relatadas incluem as de cheque pré-datado, cartão de crédito, cheque especial, carnê de loja, empréstimo pessoal, prestação de carro e seguro. Os dados são coletados em todas as capitais dos estados e no Distrito Federal, com

Petrobras: país voltará a ser autossuficiente em petróleo a partir do ano que vem A Petrobras informou na quintafeira (18/04) que, a partir do ano que vem, a produção de petróleo no Brasil voltará a atingir a autossuficiência volumétrica, ou seja, volumes iguais de petróleo produzido e de derivados consumidos, contando a produção da estatal, de seus parceiros e de outras empresas produtoras. Segundo a empresa, a autossuficiência em petróleo tinha sido atingida em 2006, mas, entre 2007 e 2012, a demanda por derivados cresceu 4,9%, enquanto a produção aumentou 3,4%. A curva de produção da Petrobras no Brasil apresentará crescimento contínuo até atingir a meta estabelecida pelo Plano de Negócios e Gestão 2013-2017, que é 2,5 milhões de barris por dia em 2016, 2,75 milhões em 2017 e 4,2 milhões em 2020. Em 2020, a Petrobras estima que terá capacidade de refinar 3,6 milhões de barris por dia, enquanto o consumo deverá ficar em torno de 3,4 milhões de barris diários. “A produção brasileira de petróleo passará, então, a superar a produção de derivados, o que também dará ao país a autossuficiência em derivados”, afirma a empresa, em nota.

cerca de 18 mil consumidores. O percentual de famílias inadimplentes também aumentou entre março e abril. Cerca de 21,5% das famílias entrevistadas disseram ter dívidas e contas em atraso e 6,7% disseram não ter condições de pagar contas em atraso. Em março, essas famílias representavam, respectivamente, 19,5% e 6,3% do total de entrevistados. Já na comparação com abril de 2012, os dois indicadores de inadimplência recuaram, pois no mesmo período do ano passado, 23% das famílias diziam ter dívidas e contas atrasadas e 6,9% não tinham condições de pagar as contas em atraso. A proporção das famílias com percepção de alto endividamento, que chegou a 12,1% em abril,

diminuiu na comparação anual (14,1%) e aumentou na comparação com março (11,8%). Para a CNC, a percepção das famílias em relação ao seu endividamento é, em geral, positiva, e a proporção de famílias que se declararam muito endividadas permaneceu em patamares baixos. Ainda segundo a pesquisa, houve crescimento no endividamento das famílias que ganham até dez salários mínimos: o percentual chegou a 63,8% em abril deste ano, ante 61,9% em março e 57,9% em abril de 2012. Houve crescimento também na faixa de famílias com renda acima de dez salários mínimos: o percentual de famílias endividadas passou de 57,1%, em março, para 58,5% em abril de 2013. Em abril

de 2012, o percentual de famílias com dívidas nesse grupo de renda foi 48,7%. O cartão de crédito foi apontado como um dos principais tipos de dívida por 76,6% das famílias endividadas, seguido por carnês (20,5%) e financiamento de carro (12,1%). No caso das famílias com renda até dez salários mínimos, as modalidades de endividamento mais citadas foram cartão de crédito (77,1%), carnês (22,4%) e crédito pessoal (por 11,7%). Já para famílias com renda acima de dez salários mínimos, os principais tipos de dívida em abril de 2013 foram cartão de crédito (75,1%), financiamento de carro (para 27,2%) e financiamento de casa (14,5%).

Demanda das empresas por crédito cresce 7,7% em março O número de empresas que procuraram crédito em março cresceu 7,7% na comparação com o mês anterior, segundo levantamento divulgado na quintafeira (18/04) pela empresa de consultoria Serasa Experian. Em relação a março do ano passado, a demanda das empresas por crédito recuou 10,4%. No acumulado do primeiro trimestre de 2013, a procura das empresas por crédito registrou queda de 7% ante o primeiro trimestre do ano passado. As micro e pequenas empresas se destacaram na busca por crédito em março deste ano, avançando 8,3% sobre o mês anterior. Já a demanda das empresas médias cresceu 0,5%, e das grandes empresas grandes cresceu 1,2%,

na comparação com o mês de fevereiro. Na análise por setor, a maior alta na procura por crédito em março deste ano foi verificada no setor comercial, cujo crescimento foi 8,6%, ante fevereiro. As empresas de serviços expandiram a procura por crédito em 6,9%, enquanto as empresas industriais apresentaram alta de 7,4%. Durante o primeiro trimestre de 2013, as empresas comerciais registraram o maior recuo em termos de demanda por crédito (9,7%) na comparação com o mesmo período de 2012. As empresas industriais fecharam o trimestre com queda de 8,6% e, nas empresas de serviços, o declínio foi 3,1%. Na análise por regiões, as

empresas do Norte registraram a maior alta da procura por crédito em março deste ano: 10,7% ante fevereiro. Na Região Sul, alta de 8,8%, no Nordeste houve expansão na busca por crédito em 8,5%, no Sudeste o crescimento foi de 7% e no CentroOeste houve alta de 6,3%. No acumulado do primeiro trimestre por regiões, os maiores recuos nas demandas das empresas por crédito ocorreram no Sul (-8,3%) e no Nordeste (-8%), em comparação ao primeiro trimestre de 2012. No Centro-Oeste e no Sudeste houve queda de 6,8% e de 6,3%, respectivamente. O menor declínio neste primeiro trimestre foi observado na Região Norte: queda de 5,4%.

CNA defende linha de crédito para pequena e média agroindústria A presidenta da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Kátia Abreu, defendeu na quinta-feira (18/04) a criação de linha de crédito especial financiar pequenas e médias agroindústrias. Segundo Kátia, que é senadora pelo PDS do Tocantins, o objetivo é fortalecer as empresas de menor porte, que, por falta de

“capital de giro”, têm sido absorvidas por grandes companhias. Trata-se de um gargalo muito importante, e pouca gente fala sobre ele, disse a senadora. “Estamos vendo, todos os dias, grandes agroindústrias, que são meia dúzia no país, comprando e, muitas vezes, fechando pequenas e médias empresas

para aumentar monopólio e o controle de preços. Queremos linha de crédito específica para que o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), por intermédio dos bancos, possa criar capital de giro, uma linha específica para a pequena e a média agroindústria brasileiras.”

A indústria ainda não encontrou sua trajetória de retomada do crescimento, mas a expectativa do setor para o resto do ano continua otimista, de acordo com a Confederação Nacional da Indústria, baseada no resultado da Sondagem Industrial divulgada na quinta-feira (18/04) pela entidade, que apresentou crescimento de 52,9 pontos em março, contra 46,1 pontos em fevereiro. Apesar da alta, tratase do menor crescimento para o mês de março desde o início da avaliação mensal, em 2010. De acordo com o gerente da Unidade de Política Econômica da CNI, Flávio Castelo Branco, o resultado da sondagem ainda não permite uma avaliação segura das perspectivas para o resto do ano, mas ele considerou “um bom sinal” o fato de a pesquisa constatar que os estoques estão ajustados, isto é: preparados para atender à demanda, sem excessos ou carências. “A expectativa ainda é crescimento para os próximos seis meses, mas ainda não se consegue mapear claramente sua intensidade”, afirmou Castelo Branco, ao anunciar o resultado

da pesquisa, na sede da CNI. Conforme o estudo, a utilização da capacidade instalada (UCI), em relação ao usual, para o mês de março, atingiu 44,4 pontos, ante 43,5 pontos em fevereiro. O resultado, no entanto, foi menor do que o registrado em março de 2012 e março de 2011. Outro dado da sondagem é a insatisfação dos empresários com o alto custo das matérias primas, inclusive limitando o impacto das desonerações de impostos promovidas pelo governo, sobre a confiança do empresariado, embora Castelo Branco considere que o resultado da pesquisa teve influência na manutenção das expectativas positivas do setor industrial. Apesar de a insatisfação com as margens de lucro e a situação financeira das empresas ter aumentado no primeiro trimestre do ano, as expectativas dos industriais para abril sobre a demanda nos próximos meses “mantiveram-se otimistas”, com 60,1 pontos. Valores acima de 50 pontos indicam expectativa de crescimento da demanda, informa a Sondagem Industrial da CNI.

“Elevação da taxa de juros é compatível com expectativa de crescimento do país” O ministro da Fazenda interino, Nelson Barbosa, disse na quinta-feira (18/04) que a elevação da taxa básica de juros em 0,25 ponto percentual, anunciada no dia anterior após reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, é compatível com a expectativa de crescimento econômico de 3,5% prevista para este ano. “A aceleração do crescimento é compatível com o controle da inflação. Na verdade, até contribui na medida em que aumenta a competitividade da indústria, por exemplo, em curto prazo”, avaliou após participar de reunião com representantes da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), na capital paulista. Barbosa destacou que a política econômica inclui uma série de medidas, a médio e longo prazo, que permitem a manutenção dessa expectativa de crescimento. “Estamos atuando para aumentar a com-

petitividade do Brasil a longo prazo. O que segura a inflação é aumentar a produtividade e nós estamos fazendo isso através de desonerações tributárias e um amplo programa de investimentos. São ações complementares”, declarou. O ministro interino apontou ainda, como medida de incentivo econômico a ser adotada este ano, a reforma do Programa de Integração Social (PIS) e da Contribuição para Financiamento da Seguridade Social (Cofins). “Planejamos enviar para o Congresso este ano para entrar em vigência em 2014. É uma reforma geral no sistema, cuja principal característica é que todas as compras de insumos vão gerar créditos tributários”, explicou. Ele acredita que a reforma vai simplificar a administração do tributo, além de representar desoneração, “principalmente para indústria, que é hoje quem mais acumula créditos”, apontou.

CNI critica aumento da taxa de juros pelo governo O aumento de 0,25 ponto percentual na taxa de juros, anunciado na quarta-feira (17/04) pelo Banco Central, foi criticado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), que vê na medida prejuízos para o setor, como afirmou o responsável pela área econômica da entidade, Flávio Castelo Branco. “Qualquer aumento da taxa de juros é sempre ‘mal-vindo’ para a indústria, pois implica em aumento de custos e redução de compras pelo consumidor. A questão agora é saber quanto vai durar este ciclo, pois não acredito que esse aumento será o único a ser feito pelo Banco Central”, disse Castelo Branco. O economista considerou que o governo deveria adotar

medidas para reduzir a expansão fiscal - aumento dos gastos públicos - principalmente com pessoal, em lugar de aumentar a taxa de juros. Segundo Castelo Branco, o principal prejudicado quando os juros sobem é a indústria, enquanto o setor de serviços se beneficia da medida, que atrai investimentos estrangeiros e provoca aumento da concorrência com o parque industrial brasileiro, que já sofre com esse problema há muito tempo. Para Castelo Branco, se o ciclo de alta dos juros se prolongar, deverá trazer impacto para o setor de serviços e refletir também na valorização do câmbio, “reduzindo ainda mais a competitividade do setor industrial”.


Publicidade Legal Indústria&Comércio | Curitiba, sexta-feira a domingo, 19 a 21 de abril de 2013 | A7 AGRO PASTORIL NOVO HORIZONTE S/A CNPJ. 78.231.701/0001-29 - NIRE 41300002304 EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA N° 34 E ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA N° 45 O Sr. Saul Chuny Zugmann diretor executivo da sociedade AGRO PASTORIL NOVO HORIZONTE S/A, convida os Srs. Acionistas para se reunirem em Assembleia Geral Ordinária e Assembleia Geral Extraordinária a serem realizadas no dia 26 de abril de 2013, às 09 horas, na Rua Amazonas, n° 572, Bairro Água Verde, Curitiba, Paraná, para deliberarem sobre o seguinte: ORDEM DO DIA na ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA: 1. Verificação e aprovação das demonstrações financeiras e relatórios dos administradores relativos ao exercício financeiro findo em 31/12/2012. Na ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA: haverá a seguinte ORDEM DO DIA: 1.Alteração do Estatuto Social da Companhia, notadamente em seu artigo 8º, a fim de redefinir a forma de composição da diretoria; 2. Alteração do Estatuto Social da Companhia, notadamente em seu artigo 11, parágrafo primeiro, ‘b’, para incluir expressa e nomeadamente a possibilidade de a Agro Pastoril Novo Horizonte S/A prestar avais às Companhias operacionais do Grupo Zugman; 3. Deliberação acerca da destinação a ser dada ao saldo das reservas de lucros, haja vista a redação do art. 199 da Lei 6.404/1976. Curitiba, 11 de Abril de 2013. Saul Chuny Zugmann Diretor Executivo

HOMENS E MULHERES Acima de 30 anos AMIZADE, AVENTURA OU NAMORO, inf. 3235-5197 ou 9686-5804

LAVRADORA RACIONAL DE MADEIRAS LAVRAMA S/A CNPJ 76.506.302/0001- 06 - NIRE 4130004787-1 EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA N° 93 E ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA N° 97 O Sr. Saul Chuny Zugmann diretor executivo da sociedade LAVRADORA RACIONAL DE MADEIRAS LAVRAMA S/A, convida os Srs. Acionistas para se reunirem em Assembleia Geral Ordinária e Assembleia Geral Extraordinária a serem realizadas no dia 26 de abril de 2013, às 10 horas, na Rua Amazonas, n° 572, Bairro Água Verde, Curitiba, Paraná, para deliberarem sobre o seguinte: ORDEM DO DIA: na ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA: 1. Verificação e aprovação das demonstrações financeiras e relatórios dos administradores relativos ao exercício financeiro findo em 31/12/2012; 2. Deliberação acerca da destinação do lucro líquido do exercício e da distribuição de dividendos. Na ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA: haverá a seguinte ORDEM DO DIA: 1. Alteração do Estatuto Social da Companhia, notadamente em seu artigo 15, a fim de redefinir a forma composição da diretoria; 2. Deliberar acerca da destinação do lucro líquido remanescente do exercício social de 2011. Curitiba, 11 de abril de 2013. Saul Chuny Zugman Diretor Executivo

4º Serviço de Registro Civil de Pessoas Naturais e 16º Serviço Notarial da Comarca de Curitiba/PR. ADILSON TABORA - Titular Rua Voluntários da Pátria, 233, loja 06, Centro – Curitiba-PR fone: 3233-2444 Faço saber que pretendem casar-se: 01 – RODRIGO YUITI INOUE E LUCY TIEMI HATTORI TERASHIMA 02- MARCIO THOMANN STOCO E TANIA SAVIO 03- MAURICIO MANO ALVES E THALITA PAULA TOSO 04 – CICERO BEZERUSKA E VIRGINIA HEPP 05 – BRUNO MORAIS SERAFIM E LUCIANA MARIAN CARDOSO 06 – JOSÉ MARIA SCHNEIDER E MARIA DE LOURDES MAICHAKI 07- RAPHAEL TADEU SANTOS E RILMA SANT´ANA 08 – ANDERSON ROMÃO KOCHINSKI E JEANNE MERCIA DA COSTA THEOTONIO 09- WALTER ZAMBRIN E ROSELI DEBIAZIO 10- RODRIGO VIERKORN E VANESSA CRISTINA FAVARO GONFIO 11 – ROGERIO LUIZ TELEGINSKI E SUZANA APARECIDA CAMARGO FABIENSKI 12 – LUIZ CEZAR VALENGA E CAMILA LETICIA CANTON BABINSK 13 – FRANCISCO HENRIQUE DE ALBUQUERQUE MARANHÃO E SANDRA SILVA JUNQUEIRA 14 – GUILHERME FREDHERICO DIAS REISDORFER E RENATA CARLOS STEINER 15 – RICARDO SOARES DO NASCIMENTO E SILMARA DAMIAN Se alguém souber de algum impedimento oponha-o na forma da lei, no prazo de quinze (15) dias. Este será afixado no lugar de costume e publicado na imprensa local. Curitiba, 18 de abril de 2013. Adilson Taborda Agente Delegado 3º OFÍCIO DE REGISTRO CIVIL E 15º TABELIONATO DE PESSOAS NATURAIS Município e Comarca de CURITIBA, Estado PARANÁ Bel. Mônica Maria Guimarães de Macedo Dalla Vecchia Registradora Designada

  Faço saber que pretendem se casar:   01- EDMILSON LUIZ SOARES DA ROCHA e MARCELA APARECIDA ELIAS.   Se alguém souber de algum impedimento, oponha-o na forma da lei no prazo de 15 (quinze) dias. CURITIba, 18 DE ABRIL de 2013

COMPENSADOS E LAMINADOS LAVRASUL S/A CNPJ. 83.187.930/0001- 23 - NIRE 4130000695-4 EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA N° 48 E ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA N° 76 O Sr. Saul Chuny Zugmann diretor presidente da sociedade COMPENSADOS E LAMINADOS LAVRASUL S/A, convida os Srs. Acionistas para se reunirem em Assembleia Geral Ordinária e Assembleia Geral Extraordinária a serem realizadas no dia 26 de abril de 2013, às 11 horas, na Rua Amazonas, n° 572, Bairro Água Verde, Curitiba, Paraná, para deliberarem sobre o seguinte: ORDEM DO DIA na ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA: 1. Verificação e aprovação das demonstrações financeiras e relatórios dos administradores relativos ao exercício financeiro findo em 31/12/2012. Na ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA: haverá a seguinte ORDEM DO DIA: 1. Ratificação das deliberações tomadas na Assembleia Geral Ordinária Nº 46, especialmente quanto ao mandato dos Srs. Diretores para o triênio de 2011 a 2014. Curitiba, 11 de abril de 2013. Saul Chuny Zugmann Diretor Presidente

EDITAL DE PROCLAMAS Cartório do 2º Serviço de Registro Civil e 14º Tabelionato da Comarca de Curitiba - PR Faz saber que pretendem casar-se neste Cartório os contraentes: 1 - TIAGO AQUINO DA ROSA MEIRA com MARCIELLE DA LUZ FERREIRA - autos nº 342/2013; 2 - RODRIGO SIMÕES com TANIA ALEJANDRA OSORIO SARTORIO - autos nº 343/2013; 3 - ELIZANGELA CRISTINA DUDICZ com LUCIA HELENA GOMES CARDOSO autos nº 344/2013; 4 - ELISIO CORRÊA DE MORAES NETO com ANA PAULA CRIVELLARO FERREIRA - autos nº 345/2013; 5 - GUSTAVO HENRIQUE ROSA com ELIZETE DREVISKI - autos nº 346/2013; 6 - FRANCISCO HENRIQUE DE ALBUQUERQUE MARANHÃO com SANDRA SILVA JUNQUEIRA - autos nº 37.941 (Cartório do 4º Ofício e 16º Tabelionato de Notas, Curitiba, PR); 7 - RICARDO FELICE FAN CHEN com LETICIA LOREN CARTES - autos nº 12.458 (Cartório Distrital do Campo Comprido, Curitiba, PR); Caso alguém saiba de algum impedimento, oponha-o, na forma da lei no prazo de 15 (quinze) dias a contar deste Edital. Curitiba, 09 de Abril de 2013 OTAVIO AUGUSTO DE ALBUQUERQUE RAUEN OFICIAL

EDITAL DE 1ª CONVOCAÇÃO PARA A ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA nº. 17, DO INSTITUTO MADALENA SOFIA – IMS, A SER REALIZADA EM 24/04/2013 ÀS 14:00 (QUATORZE HORAS). Convoco as pessoas interessadas na 17ª. Assembléia Geral Extraordinária do INSTITUTO MADALENA SOFIA – IMS, a comparecerem no dia 24/04/2013, às 14:00 (quatorze) horas, na Rua Fúlvio José Alice, nº. 381, Fundos, sala 03, Bairro Alto, CEP 82.820-450, Curitiba-PR, para participarem da mesma, ocasião em que será deliberado a respeito dos seguintes assuntos: 1. PROVIDÊNCIAS SOBRE O OFÍCIO DO DIRETOR DO HPM QUE PEDE O DESLIGAMENTO DA EQUIPE DA ORTOPEDIA; 2. DIFICULDADES NO CUMPRIMENTO DO CONTRATO DE ORTOPEDIA REALIZADO NO HOSPITAL DA POLÍCIA MILITAR PELO DR. GABRIEL PAULO SKROCH; 3. ESCLARECIMENTOS DOS ASSOCIADOS ADEMAR E DIEGO MAZIEL SOBRE O ANDAMENTO DAS DENÚNCIAS AO HPM, CRM, SIMEPAR E MINISTÉRIO PÚBLICO; 4. DEMAIS ASSUNTOS DE INTERESSE DO INTITUTO. Curitiba, 19 de Abril de 2013. FRANÇOIS BARBOSA DINIZ JUNIOR Presidente do Conselho de Administração

AÇÃO MONITÓRIA Nº 5011835-14.2011.404.7000/PR AUTOR : CAIXA ECONÔMICA FEDERAL - CEF RÉU : IVANIR DE MOURA : MACRO LOGÍSTICA LTDA EDITAL N.º 7135418

EDITAL DE CITAÇÃO COM PRAZO DE 60 (SESSENTA) DIAS.

A DOUTORA ANA CAROLINA MOROZOWSKI, JUÍZA FEDERAL SUBSTITUTA DA 3ª VARA DE CURITIBA, SEÇÃO JUDICIÁRIA DO PARANÁ, NA FORMA DA LEI, ETC. FAZ SABER, a todos os que o presente edital virem, ou dele conhecimento tiverem, que perante este Juízo e Secretaria se processam os Autos de AÇÃO MONITÓRIA Nº 5011835-14.2011.404.7000/PR, em que figura como requerente CAIXA ECONÔMICA FEDERAL - CEF e requeridos MACRO LOGÍSTICA LTDA., pessoa jurídica de direito privado, inscrita na CNPJ/MF sob nº. 07.258.901/0001-27, com último endereço conhecido na Rua Prof. João Barcelos, nº. 116, sl. 04, em Curitiba (PR), e IVANIR DE MOURA, brasileira, solteira, empresária, portadora do RG nº. 50014420 - SSP/PR, inscrita no CPF/MF sob nº. 580.806.001-04, com último endereço conhecido na Rua João Gomes, 51, em Curitiba (PR), CEP 83.085-540. Como os requeridos encontram-se em lugar incerto e não sabido, não sendo por isso citados pessoalmente, CITA-OS por meio do presente, para que, em até 15 (quinze) dias, apresente embargos à monitória ou pague o débito apontado na inicial, ficando ciente de que a realização imediata do pagamento dispensa a exigência de custas processuais e honorários advocatícios. Caso não haja o pagamento ou caso não sejam opostos embargos, ficará constituído título judicial em favor da requerente e em desfavor da requerida para que pague o valor exigido acrescido das custas e dos honorários advocatícios de 10%. Para que chegue ao conhecimento de todos e principalmente do interessado, mandou a MM. Juíza passar o presente edital, que será fixado em lugar de costume desta Vara e publicado no Diário Eletrônico da Justiça Federal da 4ª Região. O prazo deste, que começará a fluir da data da publicação, terá transcorrido assim que decorram os 60 (sessenta) dias, fixados em epígrafe, e assim, perfeita estará a CITAÇÃO. Eu, Marcio Barbosa, Técnico / Analista Judiciário, digitei, e vai conferido pelo Diretor de Secretaria e.e., Alberto Betiol de Almeida Junior.

Dado e passado nesta cidade de Curitiba, em 10/04/2013. Ana Carolina Morozowski Juíza Federal Substituta

AÇÃO MONITÓRIA Nº 5002883-12.2012.404.7000/PR AUTOR : CAIXA ECONÔMICA FEDERAL - CEF RÉU : BRUNO MALDINI MANCINI PROCURADOR : ANA CLAUDIA DE CARVALHO TIRELLI DJUKIC (DPU) DPU209 EDITAL N.º 7135804

CITAÇÃO E INTIMAÇÃO

PRAZO: 20 (VINTE) DIAS

A EXCELENTÍSSIMA SENHORA DOUTORA SANDRA REGINA SOARES, JUÍZA FEDERAL SUBSTITUTA DA 5ª VARA DA SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESTADO DO PARANÁ, NOS AUTOS ACIMA DISCRIMINADOS: FAZ SABER, aos que o presente edital virem ou dele conhecimento tiverem, em especial o RÉU BRUNO MALDINI MANCINI, CPF 088.521.419-60, que neste Juízo da 5ª Vara Federal, Subseção Judiciária de Curitiba, Seção Judiciária do Paraná (Rua Anita Garibaldi, 888, 5º andar, Ahú, nesta Capital), processa-se a ação monitória supramencionada, referente ao contrato particular de abertura de crédito à pessoa física para financiamento de materiais de construção e outros pactos CONSTRUCARD junto à CEF sob nº 160.000073627, e por não ter sido localizado para citação pessoal, fica por meio deste CITADO para que, no prazo de 15 dias, pague a importância reclamada ou ofereça embargos, CIENTE de que em caso de pronto pagamento, não incidirão custas e honorários advocatícios, nos termos do § 1º do artigo 1.102c do Código de Processo Civil, e que a não oposição de embargos no prazo de 15 dias, constituir-se-á de pleno direito, o título executivo judicial, convertendo-se o mandado inicial em mandado executivo (art.1.102c, caput, 2ª parte, do CPC), sujeitando-se os executados ao pagamento de honorários advocatícios, os quais foram fixados em 10% (dez por cento) sobre o valor do débito. Ressalta-se que, com o advento da Lei. 11.232 de 12/2005, a execução de título judicial passa a ser regida pelo rito de cumprimento de sentença, estabelecido a partir do artigo 475-I do CPC. Sendo assim, caso os devedores condenados ao pagamento de quantia certa, não o efetuem no prazo de 15 dias, o montante será acrescido de multa de 10 %, nos termos do art. 475-J do CPC. O prazo para os devedores pagarem sem multa começa a correr imediatamente após o término de quinze dias para embargar, caso os embargos não sejam opostos, sem necessidade de qualquer intimação adicional. VALOR DEVIDO: R$ 32.329,36 (trinta e dois mil, trezentos e vinte e nove reais e trinta e seis centavos), com posição em 01/2012. E, para que chegue ao conhecimento de todos, e não possa futuramente alegar ignorância, determinou a MM. Juíza a expedição do presente edital que será publicado e afixado na forma da lei. EXPEDIDO nesta Cidade de Curitiba, Capital do Estado do Paraná, aos dez (10) dias do mês de abril do ano de dois mil e treze (2013). Sandra Regina Soares Juíza Federal Substituta

Empresas&Produtos Baggio premia com ingressos de cinema

JUÍZO DE DIREITO DA VARA CÍVEL E ANEXOS COMARCA DE GUARATUBA ESTADO DO PARANÁ Rua José Nicolau Abagge nº 1330, Fone/fax 41-3472-1001 – Wilson Marcos de Souza – Escrivão EDITAL DE CITAÇÃO, dos réus ausentes, incertos, desconhecidos e eventuais interessados, aquele em cujo nome porventura esteja transcrito o imóvel usucapiendo bem como, seus herdeiros e/ou sucessores, extraído dos autos de AÇÃO DE USUCAPIÃO, registrado e autuado sob nº 863/2012 (número unificado 0003689-44.2012.8.16.0088), movido por INEZ PISSININ BELLONI em face de VILA BALNEARIA ELIANA LTDA, em trâmite perante este Juízo da Vara Cível de Guaratuba/PR, com o prazo de trinta(30) dias. A Doutora GIOVANNA DE SÁ RECHIA- Juíza de Direito da Vara Cível e Anexos, Faz Saber a todos quantos o presente virem ou dele conhecimento tiverem, que por este Juízo tramitam os autos supra mencionados , no qual os autores requerem para si Posse e Domínio do imóvel conforme transcrição da peça inicial apresentada em Juízo “ Excelentíssimo Senhor Doutor Juiz de Direito da Vara Cível da Comarca de Guaratuba- Estado do Paraná. INEZ PISSININ BELLONI, brasileira, empresária, viúva, portadora da cédula de identidade RG sob nº 615.685-1/PR e CPF/MF sob nº 027.888.829-12, residente e domiciliada na Av. Sete de Setembro nº 2.516, Curitiba-Paraná, CEP 80.230-010, por intermédio de seu procurador judicial o advogado, que adiante assina, vem mui respeitosamente à presença de Vossa Excelência, com fulcro no art. 1238 do Código Civil e art. 941 e seguintes do Código de Processo Civil, requerer: USUCAPIÃO (extraordinário), contra VILA BALNEÁRIA ELIANA LTDA, pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ sob nº 77.952.349/000158, na pessoa de seu sócio Mauro Paciornik, brasileiro, inscrito no Cpf/MF sob nº 000.485.939-15, residente e domiciliado na Avenida Carlos de Carvalho, nº 1530, apto, Batel, Curitiba-Paraná, CEP 80430-000, pelos fatos e fundamentos a seguir expostos: DOS FATOS a requerente juntamente com seu esposo já falecido Sr. JOÃO CESAR BELLONI, celebrou contrato de compra e venda com a empresa requerida, do imóvel objeto da presente, na data de 25 de março de 1967, através de Escritura Pública de Compra e Venda com Pacto Comissório, averbado em 03.04.1967 sob nº 178 fls. 371, do livro nº 8C, do Registro de Imóveis de São Jose dos Pinhais-Paraná, 1ª. Circunscrição, averbada na Transcrição, conforme documento anexo. O imóvel adquirido tem as seguintes descrições: Registro de Imóveis da 1ª. Circunscrição da Comarca e município de São Jose dos Pinhais- Estado do Paraná- Transcrição nº 092. Imóvel: Terreno Urbano situado na cidade de Guaratuba, lote de terreno nº 02 da Quadra nº 23 da Planta Vila Balneária Eliana, situado neste Municipio e Comarca de Guaratuba, possuindo as seguintes medidas e confrontações: 13,00 metros de frente para a Rua Guanabara: 30,00 metros na lateral direita de quem da rua observa o imóvel, confrontando com o lote nº 01; 30,00 metros na lateral esquerda, de quem da rua observa o imóvel, confrontando com o lote de nº 03; 13,00 metros de fundos confrontando com o lote nº 32, perfazendo uma área total de 390,00m2, o imóvel encontra-se a 14,00 metros da Rua Pedra Branca do Araraquara, esquina mais próxima, situando-se do lado par da Rua Guanabara, indicação fiscal nº 01.021.15.0023.00002.001 e cadastro imobiliário 19915. Foi estabelecido na referida Escritura a forma de pagamento, que foi integralmente cumprida, todavia foram extraviadas as notas promissórias que autorizariam a transferência administrativa do imóvel. A requerente desde a celebração da escritura ingressou na posse do imóvel com animo de dona e vem exercendo a mesma de forma ininterrupta, sem qualquer oposição (mansa e pacífica). Assim, devido a ausencia de condições para transferência do imóvel e o encerramento das atividades da empresa requerida vendedora, vem buscar a tutela jurisdicional do Estado para que seja declarado o domínio sobre o imóvel possibilitando a abertura da matricula junto ao registro de imóvel competente em Guaratuba-PR. DO DIREITO E DAS PROVAS_ Inicialmente, determina o artigo 2028 do Código Civil de 2002 que: Art. 2.028. Serão os da lei anterior os prazos quando reduzidos por este Código e se, na data de sua entrada em vigor, já houver transcorrido mais da metade do tempo estabelecido na lei revogada. Desta forma, já que a aquisição do referido imóvel se deu em 1967 e quando da entrada em vigor do CCb/02 já haviam transcorrido 36 anos, ou seja, mais da metade do prazo para o pedido de usucapião, aplicando-se, então, o disposto na lei 3.071 de 1ª. de janeiro de 1916, Código Civil Brasileiro. Sendo assim, para a presente ação faz-se necessário que sejam provadas as condições estabelecidas no art. 550 do Codigo Civil/ 1916, quais sejam possuir o imóvel como seu por vinte anos sem interrupção e oposição. Art. 550- Aquele que, por 20(vinte) anos, sem interrupção, nem oposição possuir como seu um imóvel, adquirir-lhe-á domínio, independentemente de título de boa fé que, em tal caso, se presume, podendo requerer ao juiz que assim o declare por sentença, a qual lhe servirá de título para transcrição no Registro de Imóveis. Sobre o lapso temporal, a requerente vem exercendo a posse com animus de dona sobre o imóvel desde 25 de março de 1967, momento em que comprou e nos anos seguintes quitou o referido imóvel, conforme consta na transcrição anexada, ou seja atualmente a mais de quarenta e cinco anos e de forma ininterrupta, estando presente o requisito temporal . Além de vir sendo exercida a posse ininterrupta, estando presente o requisito temporal. Alem de vir sendo exercida a posse ininterrupta por estes mais de quarenta e cinco anos, sempre possui o imóvel como seu, pagando impostos e taxas, inscrevendo-o junto a Prefeitura Municipal de Guaratuba . Ainda, no imóvel laborou a terra para plantar gramíneas e outras plantas, cercou e conservou, agindo como dono, transformando o terreno vazio em uma bela propriedade no que agora com o auxilio das filhas pretende edificar a sua casa atendendo a legislação específica no que necessita da regularização para expedição dos respectivos alvarás para construção. Também como prova da ininterrupção da posse serve o testemunho dos confinantes. Finalmente quanto a oposição, nunca houve qualquer demanda por parte da requerida ou de terceiros, na esfera judicial ou administrativa, contra a posse do imóvel nestes mais de quarenta e cinco anos. Conforme demostrado acima, todos os requisitos elencados no Art. 550 do CPC foram preenchidos pelo requerente, inclusive a juntada da planta do imóvel e memorial descritivo, exigido pelo art. 942 do CPC, merecendo o deferimento de sua pretensão, mas para corroborar com a assertiva sobre o direito latente da requerida, indicam-se exemplo algumas decisões sobre o tema: 32109511 JCCB.550CIVIL- USUCAPIÃO EXTRAORDINÁRIO – POSSE ININTERRUPTA SEM OPOSIÇÃO- 01. Aquele que, por vinte anos, sem interrupção, nem oposição, possuir como seu imóvel, adquirir-lhe-á o domínio, independentemente de título e boa-fé que, em tal caso, se presume, podendo requerer ao juiz que assim o declare por sentença, a qual lhe servirá de título para transcrição no registro de imóveis (CC, art. 550). 02. Negou-se provimento a ambos os recursos Unânime. Negar Provimento. Unânime (TJDF-APC 20000750050348-5ª.T.Civ. Rel.Des. Romeu Gonzaga Neiva –DJU 20.02.2002p.102). 34025716 JCCB.550- Usucapião Extraordinário- Imóvel Urbano – Posse Ad Usucapionem – Animus Domini- Em se tratando de usucapião extraordinário com base no art. 550, do Código Civil, provados a posse, sua continuidade e o transcurso do prazo legal- vinte anos- deve ser deferido o pedido de usucapião, com a declaração do domínio da parte autora sobre o imóvel usucapiendo. (TAMG –AC 0332944-0-4ª. C.CIV- Rel. Juiz Paulo Cezar Dias-J. 13.06.2001). CONCLUSÃO Diante das provas apresentadas, incontestável o preenchimento dos requisitos necessários ao deferimento da pretensão da requerente para ver declarado por sentença seu direito para que possibilite a transcrição junto ao registro de imóveis com a abertura da matrícula na forma da descrição prestada. DOS PEDIDOS Isto posto, requer, a) seja citada a empresa requerida, na pessoa de seu sócio, pelos correios (AR) na forma do Art. 221, I do CPC, para querendo apresentar contestação; b) Sejam citados os confinantes pelos correios (AR), na forma do Art. 221, I do CPC, abaixo indicados: Sr. Adriano Pasi Alberti, brasileiro, engenheiro civil, portador da cédula de identidade RG sob nº 4.245.401-0/PR e CPF nº 696.273.049-72, casado com Cláudia Pasi Alberti, brasileira, designer, portador da cédula de identidade RG sob nº 5.534.754-0/PR e CPF nº 922.955.929-68, ambos residentes e domiciliados à Av. Cândido Hartmann, nº 1680, Mercês, Curitiba – Paraná, proprietários do lote 01, quadra 23, matrícula nº 324 do registro de imóveis de Guaratuba-PR (lado direito de quem olha o imóvel na rua). Sr. Amadeu Marani, brasileiro, comerciante, portador da cédula de identidade RG sob nº 2.219.420-8/ PR e CPF nº 393.253.939-72, residente e domiciliado na Est. Jacob Valenga, nº 2771, casa 38, Piraquara-Paraná, CEP 83.305-000, proprietários do lote 03, quadra 23, matrícula nº 47.944 do Registro de Imóveis de Guaratuba – Paraná. (lado esquerdo de quem olha o imóvel da rua). Sr. Miguel Czeckailo, portador da cédula de identidade RG nº 500.640-0/PR e CPF nº 170.488.349-00, casados com Islauka Schidolski Czeckilo, ambos residentes e domiciliados na Rua Antonio Kaminski, 290, Orleans, Curitiba-Paraná, CEP 81.200-550, proprietário do lote 32, quadra 23, matricula nº 16155 do Registro de Imóveis de Guaratuba –Pr (fundo do imóvel). C) Seja intimada pela via postal para que manifestem interesse na causa, os representantes da Fazenda Pública da União, Estado e Município. D) Seja Intimado o Ministério Público para manisfestar-se no feito. E) finalmente requer seja julgado procedente a presente ação para declarar a aquisição do domínio pela requerente, possibilitando através da r. sentença a transcrição junto ao registro de imóveis competente, com a abertura da matrícula para o imóvel. F) ainda, sejam condenados os requeridos as custas judiciais e honorários advocatícios. ; g) Deseja-se provar o alegado por todas as formas no direito aceitas. Dá-se a causa o valor de R$ 5.867,49 (cinco mil oitocentos e sessenta e sete reais e quarenta e nove centavos), que corresponde ao valor venal indicado pelo município, para fins fiscais. Nestes termos, pede deferimento. Curitiba, 23 de outubro de 2012. Manoel Carlos Martins Coelho-OAB/PR 25.808. E, para que chegue ao conhecimento de todos, principalmente dos ausentes , incertos, desconhecidos e, eventuais interessados, bem como seus herdeiros e/ou sucessores, ficando todos devidamente CITADOS para, querendo, no prazo de 15 (quinze) dias, oferecerem resposta, sob pena de revelia e reputarem-se aceitos como verdadeiros os fatos alegados na inicial pela parte promovente (artigo 285 e 319 do Código de Processo Civil). Expediu-se o presente edital que será publicado na forma da lei e afixado no local de costume. Guaratuba, 14 de março de 2013. Eu, (a) Eliane Teresa de Vargas – Funcionária Juramentada, o digitei, conferi e subscrevo.ORIGINAL ASSINADO – GIOVANNA DE SÁ RECHIA.

As noites de segundas e terças-feiras são ainda mais especiais na Baggio Pizzeria & Focacceria. Nessas datas, os clientes que comprarem duas pizzas grandes ou mais no balcão, salão ou pelo delivery das unidades de Curitiba e São José dos Pinhais da rede de pizzarias ganham um par de ingressos para assistir ao filme Oblivion, recente estreia dos cinemas. A promoção – válida até o dia 07 de maio ou enquanto durarem os estoques – está limitada a seis pares de convites por dia, que acompanham os pedidos realizados nas unidades Água Verde, Champagnat, Jardim das Américas, Juvevê, São José dos Pinhais e na Baggio Express Ecoville. Os ingressos podem ser utilizados em todos os cinemas que exibem o filme, de segunda a quinta-feira, exceto feriados. Mais informações nas unidades da Baggio participantes da promoção.

Tony Bellotto em Curitiba O músico Tony Bellotto lança o livro “Machu Picchu” (ed. Cia das Letras, 120 pág., R$ 32,00) e participa de um bate-papo com o público. O evento é no sábado (20 de abril), às 16h, na Livrarias Curitiba do Shopping Palladium [av. Pres. Kennedy, 4121, loja 2047, piso L2, Portão, tel. 41-3330-6749] e a entrada é franca. No enredo, o autor elabora uma comédia de costumes incomum e perfeita para os nossos tempos. Seguindo a trilha de seus últimos romances, Bellotto cria um divertido painel da nova família brasileira, desconjuntada e esquizofrênica como costumam ser as melhores famílias. Com seu tabuleiro montado, o autor transforma o jantar de aniversário de casamento num acerto de contas cômico e frenético, um grande teatro do absurdo, tão surpreendente quanto próximo de todos nós. Tony Bellotto é escritor, compositor, guitarrista da banda de rock Titãs e apresentador do programa Afinando a Língua, do Canal Futura. Dele, a Companhia das Letras publicou Bellini e a Esfinge, Bellini e o Demônio, Bellini e os Espíritos, BR 163, O Livro do Guitarrista, Os Insones e No Buraco.

Bazar As voluntárias da Rede Feminina de Combate ao Câncer usam e abusam da criatividade na hora da confecção dos produtos artesanais que são comercializados no Bazar do Hospital Erasto Gaertner. São caixinhas, souplats, bolsas, toalhas, almofadas e roupas que ganham uma nova identidade e um toque de carinho. A renda das vendas é revertida para a manutenção da instituição e ajuda aos pacientes. O Bazar fica aberto de segunda à sexta, das 9h às 16h.

Programa de Mestrado do UniCuritiba O Programa de Mestrado em Direito Empresarial e Cidadania, do Centro Universitário Curitiba - UniCuritiba está com inscrições abertas para o Processo Seletivo Anual. As inscrições podem ser feitas, até 1º/5/2013, pela internet ou pessoalmente, no Câmpus Milton Vianna Filho. A primeira etapa do Processo Seletivo será em 13/5/2013 e será composta de uma prova dissertativa. O resultado final está previsto para 5/7/2013. O Programa de Mestrado do UNICURITIBA tem como objetivo promover a pesquisa, os estudos avançados e de vanguarda na área de Direito Empresarial e o diálogo com o universo da cidadania, integrando todos os níveis de ensino mediante as linhas de pesquisa e eixos temáticos, bem como o incentivo à produção cientifica, e formando pesquisadores e docentes capazes de refletir criticamente sobre a dogmática, tudo isso para qualificar cientificamente os profissionais de Direito na atuação em sistemas jurídicos contemporâneos. As linhas de pesquisas desenvolvidas no Programa de Mestrado são “Obrigações e Contratos Empresarias: responsabilidade social e efetividade” e “Atividade Empresarial e Constituição: inclusão e sustentabilidade”. Para obter outras informações sobre inscrição, datas, edital e investimentos, acesse a página do Programa de Mestrado em Direito Empresarial e Cidadania, do Uni Curitiba: www.unicuritiba.edu.br/mestrado.


Judiciário Curitiba, sexta-feira a domingo, 19 a 21 de abril de 2013 | A8 | Indústria&Comércio www.justicaedireito.com

Assistência pelo esclarecimento A Conscienciologia possui uma especialidade chamada Assistenciologia que visa o estudo e o desenvolvimento de técnicas para realizar assistência, ajuda ou auxílio para si próprio e principalmente para as outras pessoas. Esse tema é um dos pilares dessa ciência pois, do ponto de vista evolutivo de todos os seres, admitimos a seguinte hipótese: todas as pessoas nascem para praticar a assistencialidade. No entanto, para evoluirmos com maior qualidade não basta fazermos qualquer tipo de assistência. Por mais que seja gratificante dar sopa aos pobres, doar gorjetas ao “criança esperança” ou emprestar seu ombro para quem precisa de consolo, atitudes como essas não são suficientes para quem quer praticar assistencialidade avançada. Um novo conceito proposto pela Conscienciologia é a tares (abreviação de tarefa do esclarecimento). Essa tarefa de assistência libertária visa à fraternidade fundamentada na informação, conhecimento e autenticidade na abordagem por ir ao cerne do problema ao invés de ficar apenas no processo consolatório. Fazer tares é exaltar a autocrítica, ajudar sendo menos vaidoso, priorizar o discernimento e, em determinados casos, dizer mais não do que sim. Apesar de ser uma postura menos simpática, a tarefa do esclarecimento não visa simplesmente apontar erros alheios ou “ferir” com o pretexto de ser sincero. A tares é o resultado do amor maduro, um sentimento nobre proveniente de nossa essência mental, que nos permite auxiliar sem criar dependências ou idolatrias. Quem ajuda desse modo contribui para que os assistidos consigam autonomia, ou seja, que cresçam a partir de suas capacidades. Entre as vantagens de utilizar a tares como conduta está o fato de passar a informação com sinceridade e realismo, sem insistir ou convencer o outro, e de levar as pessoas a pensar o que antes era ‘impensável’. Quem pratica a tares adota os binômios autenticidade-despojamento e franqueza-educação. O esclarecimento também gera estresse positivo e crises de crescimento, levando o indivíduo a sair da condição da mediocridade evolutiva. A tares favorece ainda o predomínio da racionalidade em detrimento do instinto animal. Se você, caro leitor, entendeu a importância dessa postura assistencial e tem o interesse de ser menos paliativo, atuando com mais propriedade, é importante estar ciente que devido às suas particularidades, é recomendado ao praticante: 1. Saber que provavelmente verá 99 “sobrancelhas cerradas” e apenas um sorrisão aberto depois de cada tares realizada. 2. Esperar ingratidões e decepções de onde, e de quem, jamais se esperaria. 3. Buscar sempre ser justificadamente otimista, dentro de si mesmo, pelo conhecimento útil, sem se deixar contaminar pelo pessimismo a volta. 4. Entender que o primeiro esclarecimento vem com a nossa melhoria através do exemplarismo silencioso de nossas mudanças íntimas. Isto é, aplicar o que sabe, antes de tudo em si mesmo. 5. Superar as incompreensões geradas pela instabilidade da nossa renovação constante. O intuito dessa análise não é menosprezar as ajudas do tipo consolação ou o assistencialismo ainda importantes e necessários em nossa sociedade. Porém, percebemos que faltam pessoas preparadas para fazer a tares, ou o esclarecimento avançado. Ainda precisamos descobrir nosso verdadeiro potencial assistencial. Consideramos que todos nascemos para praticar a assistencialidade qualificada na Terra, sendo necessário por isso reparar as imaturidades. Dessa forma, a Conscienciologia convida a todos a fazer suas renovações íntimas e vivenciar a tarefa do esclarecimento, uma postura de heterocrítica qualificada que contribui para a evolução tanto de quem a pratica como de quem a recebe. *Alexandre Pereira é educador físico, professor, pesquisador e voluntário do Instituto Internacional de Projeciologia e Conscienciologia (IIPC), instituição de educação e pesquisa científica, laica, sem fins de lucro, que objetiva estudar a consciência humana e todas as formas de sua manifestação, incluindo as bioenergias e o parapsiquismo. O IIPC atende em Campo Grande na Rua Pedro Celestino, 689, Centro. Palestras gratuitas todos os sábados, 16h, e segundas-feira, 19h30. Mais informações pelo site www.iipc.org ou pelo fone (67)3324-1177.

Ruben Figueiró quer debater royalties de utilização de recursos hídricos Em pronunciamento que abriu os trabalhos da sessão desta quinta-feira, o senador Ruben Figueiró (PSDB-MS) propôs que o debate sobre o pagamento de royaties do petróleo, que ainda perdura no Congresso Nacional, seja estendido aos royalties pagos pela utilização de recursos hídricos e da mineração. O parlamentar afirmou que o valor per capita pago ao Mato Grosso do Sul em 2012 pela utilização dos recursos hídricos é de aproximadamente R$ 13,00. “Não ousaria dizer que não significa nada, mas é inegável que essa quantia não representa uma compensação adequada, frente aos danos e prejuízos que as barragens produzem no meu estado”, afirmou o representan-

te sul-mato-grossense. O senador afirmou que a situação dos demais estados não deve ser diferente, uma vez que a média nacional é de R$ 12,00 por habitante. Em números globais, no ano passado foram pagos R$ 2,2 bilhões como compensação financeira pela utilização de recursos hídricos. Ruben Figueiró comparou o montante pago ao estado com o que poderia ser obtido com a produção de soja nos 375,5 mil hectares inundados com barragens em seu território. De acordo com o senador, considerando uma produtividade de 3 toneladas por hectare, a produção chegaria a mais de 1,1 milhão de toneladas do produto. A um preço médio de R$ 915 por tonelada, o ganho financeiro seria superior a R$ 1 bilhão.

Justiça&Direito Supremo Tribunal Federal

Supremo dobra prazo de recurso para réus do mensalão O

s réus condenados na Ação Penal 470, o processo do mensalão, terão prazo em dobro para apresentar recursos quando o acórdão do julgamento for publicado. A decisão de ampliar o prazo, de cinco para dez dias, foi tomada nesta quarta-feira, com a maioria de votos, no Supremo Tribunal Federal (STF), atendendo, em parte, a pedido dos advogados de defesa. Os advogados queriam a suspensão da publicação do acórdão enquanto não fosse liberado o acesso antecipado aos votos por escrito de cada ministro. Segundo as defesas, o processo é muito complexo e não haveria tempo para estudar os votos e preparar os recursos em prazo hábil. A sugestão de duplicar o prazo foi apresentada pelo ministro Teori Zavascki. Ele lembrou que a regra de cinco dias prevista no Regimento Interno do STF deriva do Código de Processo Civil, que também prevê prazo em dobro nos processos que têm mais de uma pessoa envolvida. A segunda regra não está prevista no Regimento do STF, mas Zavascki defendeu a adoção da norma por analogia. Ele foi seguido pelos ministros Rosa Weber, Celso de Mello, Luiz Fux, Antonio Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes – a ministra Cármen Lúcia já tinha deixado o plenário no momento da votação. Marco Aurélio seguiu a maioria e ainda ampliou o prazo

Wilson Dias/ABr

Informe

O ministro Teori Zavascki foi o autor da sugestão para duplicar o prazo do recurso, segundo ele, o STJ tem uma regra de cinco dias e outra de duplicação do prazo nos processos

para 20 dias, pois entendeu que houve cerceamento de defesa. Para ele, os votos devem ser liberados às partes tão logo sejam proferidos, pois isso amplia o direito de defesa. Celso de Mello lembrou que a duplicação do prazo já é adotada no STF, quando há atuação de defensores públicos, e disse que o processo penal pode se adaptar ao civil quando se trata de garantias dos acusados. “Não teria sentido que, no processo civil, em que

não se controverte nesse bem preciosíssimo,que é a liberdade, se permite o dobro e, no caso penal, o Tribunal, de maneira avara, vai estabelecer um prazo de cinco dias”, argumentou o decano. Embora tenha acompanhado a maioria, o ministro Gilmar Mendes criticou o pedido de suspensão da publicação do acórdão. “Tem havido posições abusivas. São coisas que beiram a falta de senso de limites, submeter à Corte esse pedido”, disse. “A advocacia brasileira

STF suspende conclusão sobre benefício para idosos O Supremo Tribunal Federal suspendeu a proclamação do resultado do julgamento de dois recursos sobre norma que regulamenta a concessão de benefício assistencial de prestação continuada ao idoso ou deficiente pelo não preenchimento do critério econômico estabelecido em lei, previsto no artigo 203, inciso V, da Constituição Federal. A regra atual, estipulada na Lei 8.742/1993 (Lei Orgânica da Assistência Social), foi apreciada pelo tribunal no julgamento conjunto dos Recursos Extraordinários 567.985 e 580.963, com repercussão geral reconhecida. O julgamento foi suspenso para

que a corte possa deliberar sobre a modulação de efeitos da decisão, fixando o prazo para o Poder Legislativo discutir e aprovar nova regulamentação. O ministro Celso de Mello levantou a questão de que a modulação exige maioria qualificada de dois terços dos votos, e a composição do Plenário não estava completa no momento do exame. Segundo o presidente do STF, ministro Joaquim Barbosa, ficou definida maioria de votos na apreciação dos REs no sentido da inconstitucionalidade do artigo 20, parágrafo 3º, da Loas, que garante o benefício da assistência continuada a pessoa idosa ou com

deficiência cuja renda mensal per capita seja inferior a um quarto de salário mínimo. Acompanhando a corrente aberta pelo ministro Gilmar Mendes, relator do RE 580.963, a maioria dos ministros entendeu que as regras geram problemas de isonomia na distribuição dos benefícios. O voto do relator também declarou a inconstitucionalidade do parágrafo único do artigo 34 da Lei 10.471/2003 (Estatuto do Idoso). Contudo, não declarou a nulidade das regras, e sim propôs a fixação de prazo para que o Congresso Nacional elabore nova regulamentação sobre a matéria.

Jorge Viana afirma que Brasil tem dívida enorme com os indígenas O senador Jorge Viana (PT-AC) destacou que a nação brasileira ainda possui uma dívida enorme com os indígenas, devendo um pedido de desculpas a esse povo pelas agressões ocorridas ao longo da história. Antecipando as comemorações do Dia do Índio, hoje, o senador pediu respeito no tratamento dos indígenas e destacou a necessidade de estabelecer o que é de direito deles a fim de que consigam manter sua cultura. “No Acre desenvolvemos um trabalho ao longo desses anos que,

de alguma maneira, resgatou a dignidade e o respeito à cultura e à história desses povos. Mas os conflitos ainda estão em um nível que não é bom, nem para os não-índios e muito menos para os índios”, explicou. O senador cumprimentou todos os indígenas pela passagem do Dia do Índio e registrou a aprovação, na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), de voto de louvor para a Comissão Pró-Índio do Acre que, segundo ele, vem realizando um trabalho extraordinário. “O fundamental é construir o

propósito de tratar com respeito, estabelecer adequadamente aquilo que é de direito desses povos para conservar e manter sua cultura; mas, também, ao mesmo tempo, não ver isso como um instrumento de enfrentamento ideológico ou político”, disse. Em aparte, o senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA) parabenizou Jorge Viana pelo pronunciamento e destacou a importância de os brasileiros respeitarem as suas origens e darem a todos os povos indígenas o tratamento que merecem.

perdeu seus limites”, completou Barbosa. Joaquim Barbosa foi o único que manteve posição contra a duplicação do prazo para recurso. “Sou refratário a inovações feitas de afogadilho”, disse o ministro. Ele sugeriu alteração regimental que permita o prazo em dobro em todos os processos, e não apenas no caso do mensalão, mas o decano Celso de Mello alegou que isso não seria possível por questões técnicas.

Diligência em assistência judiciária deve ser ressarcida O adicional pago a oficiais de Justiça como ressarcimento de despesas, previsto na Lei Estadual 5624/79, cobre diligências feitas em ações que tem justiça gratuita. Assim decidiu 4ª Câmara de Direito Público ao julgar a ação de um oficial de Justiça de Anchieta que pretendia o ressarcimento de valores contra o estado de Santa Catarina. O servidor informou que cumprira 333 mandados, representados por 478 diligências nas cidades de Anchieta e Romelândia, no oeste catarinense. Em decorrência da gratuidade conferida às partes, o requerente alegou que deixou de receber quase R$ 10 mil. Segundo a defesa, os oficiais já recebem, além da remuneração ordinária, adicional para ressarci-los com as despesas das atividades. Segundo os desembargadores, o oficial de Justiça recebe um adicional previsto na Lei Estadual 5624/79, que acresce um valor para indenizar os funcionários em varas criminais e da Fazenda Pública. Contudo, “em razão da hodierna generalidade na prestação das atividades daqueles servidores, a corte tem entendido que o pagamento de tal parcela remuneratória deve estender-se para todos os oficiais de Justiça.


Negócios Indústria&Comércio | Curitiba, sexta-feira a domingo, 19 a 21 de abril de 2013 | B1

COMUNICAÇÕES

TIM chega a 11 milhões de clientes no PR e em SC Empresa alcançou 48,3% da participação de mercado dos dois Estados

D

e acordo com dados divulgados esta semana pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), a TIM alcançou 48,3% da participação de mercado nos estados do Paraná e Santa Catarina no mês de março. A operadora confirmou a liderança nos dois Estados e ultrapassou a marca de 11 milhões de clientes. Neste cenário, a TIM reforça seu compromisso com os clientes investindo - em infraestrutura, ampliação e modernização da rede - cerca de R$ 90 milhões no PR, e de R$ 50 milhões em SC, ao longo de 2013. No Paraná, a empresa detém, agora, 52% do mercado, com 7,44 milhões de clientes. Em Santa Catarina, a TIM conta com 42% de market share e 3,58 milhões de clientes. O sucesso dos planos Infinity e Liberty e o forte investimento da empresa em melhoria e ampliação da capacidade de sua rede foram fundamentais para o resultado alcançado. No mercado nacional, a TIM manteve a segunda colocação, com 27%. “Paraná e Santa Catarina são Estados de grande importância para a TIM. É aqui que temos os melhores resultados da TIM, no Brasil. Esse sucesso nos traz uma responsabilidade enorme, de zelar pela base de clientes e de ser a melhor opção para os novos clientes. Nesse sentido, um de nossos passos importantes foi o lançamento do portal Portas Abertas – iniciativa

Carlos Eduardo Spezin Lopes, diretor comercial da TIM Sul

pioneira no setor - que estimula o conhecimento do sistema e aproxima ainda mais o cliente e a operadora”, observa o novo Diretor Comercial da TIM Sul, Carlos Eduardo Spezin Lopes. A TIM está presente em 285 municípios paranaenses com a cobertura 2G, sendo que 51 também dispõem dos serviços 3G, num total de 96,4% da população urbana atendida. Em Santa Catarina são 216 municípios cobertos pela operadora com o a tecnologia 2G, sendo que 37 municípios contam com a tecnologia 3G, num total de 98% de cobertura da população urbana.

A TIM reforçou sua aposta na transparência com o lançamento do site Portas Abertas (www.tim.com. br/portasabertas). Ele permite aos consumidores acompanhar a evolução da rede da empresa e as ações de melhoria realizadas. O portal é uma ação inédita no mercado brasileiro de telecomunicações e traz uma mudança significativa no relacionamento da empresa com os consumidores, com ferramentas simples e interativas. O novo site traz informações como o detalhamento do plano de melhorias apresentado à Anatel, as entregas da operadora divididas por Estado e um mapa real da cobertura da TIM,

que mostra o retrato verdadeiro da rede – incluindo áreas de sombra, onde o serviço de telefonia móvel não funciona adequadamente – além da infraestrutura atual e planejada. Para marcar o lançamento do Portas Abertas, a TIM desenvolveu campanha publicitária com um novo porta-voz institucional: Luciano Huck. No filme, que está no ar em TV aberta, o apresentador ressalta que o compromisso da operadora se mantém, além de reforçar os investimentos e planos da companhia, como a instalação de 14 mil antenas e implantação de mais de 24 mil quilômetros de fibra óptica.

mados para este ano para melhorar ainda mais a logística de entrega dos mais de 800 itens que compõem o portfólio de produtos da Empalux para os mais de 90 mil pontos de venda espalhados por todo o Brasil. Hoje, boa parte desses pontos de venda é abastecida diretamente pela Empalux, que também mantém uma rede de distribuidores posicionados de forma estratégica. No último semestre, a Empalux já havia inaugurado um Centro de Distribuição Regional em Jaboatão dos Guararapes, na região metropolitana de Recife-PE, para melhorar a logística em toda a região Nordes-

te. Agora, a empresa inaugura o seu CD central, que poderá armazenar até 27 mil pallets. Continuando seu projeto de expansão, até o final de abril, a Empalux irá inaugurar mais um Centro de Distribuição Regional em Guarulhos-SP para otimizar o abastecimento do seu principal mercado consumidor. "A infraestrutura de transportes no Brasil está cada vez mais comprometida. Com isso, temos a necessidade de descentralizar nosso sistema de distribuição para melhorar a logística. Estamos mais próximos dos nossos clientes para poder atender mais rápido aos consumidores",

afirma Rossi. Com essa melhor logística de distribuição, a Empalux espera ampliar sua participação no mercado brasileiro de lâmpadas. Anualmente, a empresa tem apresentado um crescimento médio de 15% no volume de itens vendidos e a meta é aumentar esse índice já a partir deste ano. Em 2012, a Empalux atingiu a marca histórica de 60 milhões de unidades de lâmpadas vendidas em todo o Brasil. Mais que melhorar sua infraestrutura de armazenagem e distribuição, a Empalux está investindo maciçamente na formação da sua equipe.

Shopping São José prepara promoção com sorteio de três carros para o Dia das Mães O Shopping São José já está em clima de Dia das Mães. Para comemorar a data, uma das mais importantes para o comércio, e valorizar ainda mais o dia delas, o shopping aposta na campanha que irá sortear três Toyotas Etios aos seus clientes. “É uma excelente oportunidade para os pais e filhos virem ao shopping comprar o presente das mães e ainda concorrer aos carros”, destaca a gerente de marketing do Shopping São José, Liana Soifer. A cada R$ 100,00 em compras, o público pode trocar as Notas Fiscais recebidas no ato

da compra, por um cupom, o qual permitirá concorrer aos três carros. As trocas dos cupons serão feitas no Balcão de Trocas localizado na loja 238, Piso L2. De acordo com a gerente de marketing, a expectativa é que o Dia das Mães e a nova campanha aumentem em 15% o movimento nos corredores do shopping. “Procuramos estabelecer o valor de R$100,00 para a campanha, pois dessa forma, nossos clientes poderão concorrer com um número maior de cupons e aumentar suas

chances de ganhar. O fato de serem três carros também aumenta as possibilidade dos clientes saírem premiados aqui do Shopping São José”, afirma Liana. O Shopping São José fica localizado na rua Izabel A. Redentora, 1434, Centro – São José dos Pinhais/PR. Mais informações no www.shoppingsaojose.com.br. O sorteio, que será aberto ao público, acontece no dia 16 de maio, às 14h, no próprio Shopping São José e contará com a presença de auditores.

Feira oferece mais de 300 vagas de emprego O Brasil é o segundo país latinoamericano com maior número de oportunidades para profissionais da área de Tecnologia da Informação (TI), ficando atrás apenas do México. Um mercado poderoso e cada vez mais aquecido. E, a popularização dos smartphones, aplicativos e outras tecnologias contribui para um aumento na demanda por profissionais de tecnologia da informação. Mesmo com o mercado aquecido, no entanto, tal procura excede a oferta de mão de obra no Brasil. A previsão é de que em 2015

Recebi da professora e escritora Vanice Zimerman Ferreira a antologia “Palavra é arte”, 22º edição da Cultural Editorial, cujo editor é Gilberto Martins. O livro reúne, além das crônicas de Vanice, trabalhos de Norton Mendes da Costa, de Maceió/AL, Pedro Paulo Lupateli, de Ilhéus/BA, Antônio Gomes de Lima, de Palmas/To, Nelson Klafkes, de Porto Alegre/RS e Douglas Lambert, de Santarém/PA. As crônicas da Vanice escolhidas para essa coletânea são: Propaganda bem feita, O poeta e as sombras, Uma vida, muitas imagens, As três folhas, O menino, A torre e o enigma e Palavras que sustentam o mundo. Destacamos a importância de duas crônicas da Vanice Ferreira: Palavras que sustentam o mundo, uma homenagem a Carlos Drummond de Andrade (31/10/1902 – 1987), e Uma Vida, muitas imagens, inspirada no quadro Quarto em Arles, do pintor holandês Vincent Van Gogh. Na continuação, um parágrafo da crônica: “O homem que morava no quarto era curioso, inquieto, genial! Diversas vezes se sentiu perdido. A solidão e o medo do fracasso, da não aprovação de suas obras, faziam parte de seus dias, de seus sonhos e pesadelos... Posso sentir, ao observar seu autorretrato, sua angústia e decepção com a vida, sua sede de reconhecimento e de amor, como se seus olhos as suplicassem”.

RITUAIS FEMININOS

Empalux completa 20 anos e investe R$ 20 milhões para melhorar logística A Empalux, uma das maiores empresas de iluminação do Brasil, com sede em Curitiba-PR, investiu R$ 20 milhões na construção e instalação do seu novo Centro de Distribuição (CD), que será inaugurado no próximo dia 19 de abril, dentro das comemorações pelos 20 anos de atividades da empresa. Instalado em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba, o novo CD possui 15 mil metros quadrados de área construída e vai triplicar a capacidade de armazenagem da empresa. Segundo o presidente da Empalux, Dilso Santo Rossi, o novo Centro é parte dos investimentos já realizados e progra-

PALAVRA É ARTE

a lacuna por profissionais capacitados em TI chegue a 117,2 mil vagas, o que equivale a um excedente de 32% da oferta. Os dados fazem parte de um estudo divulgado pela consultoria IDC, encomendado pela CISCO. Tradicionalmente a Fesp reúne empresas estratégicas do setor que reúnem as mais variadas oportunidades para os profissionais da área de TI. Uma iniciativa inteligente que garante oportunidade para alunos, profissionais, mercado e até mesmo para quem não é da área, conhecer o setor e as oportu-

nidades que não param de crescer a cada ano. Nesta quarta edição, de acordo com o coordenador do curso de Bacharelado em Sistemas de Informação (BSI), professor Razer Montaño, já existem 306 vagas. Os números iniciais tradicionalmente triplicam até a realização da feira, como aconteceu em edições anteriores. Na última edição foram quase 400 oportunidades de emprego e estágios para o setor, oferecidos pelas empresas que participam da feira.

Crônica de autoria de Gabriel de Marins, participante da Oficina de Crônicas, que ministrei no Poetria Livros e Arte, em março/13. A humanidade desenvolveu-se em torno de rituais de passagens. Não apenas as civilizações antigas ou habitantes de locais inóspitos caracterizam-se por estas cerimônias simbólicas, mas também a nossa sociedade. Permitam-me exemplificar através da comparação entre uma festa de debutante e um ritual de um povo antigo. Os pais da adolescente, ansiosos de proporcionar o melhor para sua filha, contratam uma promotora para organizar o evento. Ela consegue o salão, serviço de buffet, DJ, e com toda a sua sabedoria unida às lágrimas da menina, convence os pais a contratarem uma equipe de fotografia e filmagem. Na tribo, o ritual é coletivo para todas as mulheres que chegam à idade adulta. Todos ajudam a organizar a festa no dia, os homens caçam o jantar e organizam os tambores. As mulheres preparam as tintas para pintarem os corpos, além de cozinharem. Os convidados são recebidos no salão pela adolescente e seus pais. Ela usa um vestido longo, clássico, e no salão ouve-se a Missa em Si Menor de Bach. São servidos canapés, frios, salgados e brioche de gruyère em pratos de porcelana, além de diversas opções de bebida em taças de cristal. Nossos amigos tribais, seminus e devidamente pintados, alimentam-se de insetos, ervas amargas, carne de caça e cereais. Eles comem com as mãos e a bebida colocada dentro de um pote de barro é comunitária, todos têm sua vez para beber. Na segunda parte da festa, enquanto a debutante troca de roupa, apagam-se as luzes, os padrinhos e madrinhas formam um círculo, cada casal segura uma vela. A aniversariante aparece com um vestido moderno, mais curto, e ao som de música pop, anda em direção ao círculo. Os silvícolas também formam um círculo, iluminado por tochas, eles recebem as aniversariantes. A matriarca, com um cetro na mão, fala sobre a história de seu povo, como é a vida adulta e as responsabilidades com sua aldeia, família, natureza e deuses. Agora o leitor espera da promotora um discurso à altura, talvez algum poema clássico ou moderno para fazer jus. Ledo engano, com um microfone e iluminada por um holofote, ela lê um texto emotivo retirado da internet, seguido por discursos dos pais e amigas, em seguida a adolescente entrega uma boneca para sua priminha e todos os demais convidados podem cumprimentá-la. Na terceira parte, a debutante troca novamente de roupa, coloca um vestido ainda mais curto, a música também muda, uma batida eletrônica cuja letra fala de, esperem um momento. – Com licença, DJ, a letra desta música não é indevida para menores e apropriada apenas para um ritual de acasalamento? – Tarde demais, todos começam a dançar, felizmente não conforme a música. Enquanto isso, na aldeia, todos dançam sobre a terra e sob a luz das estrelas ao ritmo de uma batucada contagiante. No dia seguinte, a nativa trabalha normalmente com as outras mulheres da tribo e a moça vai à casa da priminha buscar sua boneca. Texto de Gabriel de Marins. * Isabel Furini, escritora e poeta premiada. Próxima oficina de crônicas será ministrada no espaço Essence, fone: (41) 30264994.


Nacional Indústria&Comércio | Curitiba, sexta-feira a domingo, 19 a 21 de abril de 2013 | B3 cazemek@yahoo.com.br

CCJ

CarlosZemek

Comissão aprova projeto que cria 6.818 cargos públicos

“Pensamentos de Artistas”

Os cargos são para o governo federal e a seleção será por meio de concurso público Ariel Costa

A

Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado aprovou ontem a proposta para a criação de 6.818 novos cargos públicos de provimento efetivo para o governo federal. Todos os cargos serão preenchidos por concurso público. Serão contratados analistas em tecnologia da informação, administradores, contadores, economistas e engenheiros civis, entre outros. A matéria – o PLC 126/2012 – foi enviada pelo governo federal e já foi aprovada pela Câmara dos Deputados, onde iniciou a tramitação. Se a decisão da CCJ for ratificada no plenário do Senado, seguirá à sanção presidencial. O maior número de vagas, 3.594, é reservado para a área de ciência e tecnologia e inclui pesquisadores, técnicos e assistentes, disse o relator, senador Gim Argello (PTB-DF), em seu parecer. Argello rebateu críticas à quantidade de cargos que foram criados. “A despeito de críticas infundadas sobre um suposto inchaço do aparelho estatal, a relação servidor público/população no Brasil é uma das menores, se comparada à de países com o mesmo ou superior grau de desenvolvimento”. O relator argumentou ainda que o preenchimento será feito por concurso público e que o projeto de lei prevê que os cargos serão

Um sonho inspirou o quadro e o texto:

NO MUNDO DOS SONHOS

Eu flutuo pelo espaço. Posso ver estrelas por todos os lados, quando percebo que estou próximo a uma nebulosa cor

Relator do projeto, o senador Gil Argello, argumentou que o preenchimentos dos cargos será com concurso público e que o projeto de lei determina que os cargos sejam criados de forma gradual

criados de forma gradual. Segundo o relator, a contratação de novos servidores também estará condicionada à previsão em anexo da Lei Orçamentária. Para a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), o projeto prevê a criação de 143 novos cargos no quadro de pessoal. Do total de quase 7 mil vagas no

plano de cargos do Executivo, 755 servidores serão contratados para o Ministério da Saúde, entre analistas de sistema, arquitetos, contadores, engenheiros, estatísticos, geólogos e auxiliares de saneamento. O projeto de lei prevê ainda que passarão a integrar o plano de carreiras para a área de ciência

e tecnologia os seguintes órgãos: Agência Espacial Brasileira (AEB); Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac); Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet); e secretarias de Atenção à Saúde; de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos; e de Vigilância em Saúde, todas vinculadas ao Ministério da Saúde.

China admite que transmissão do vírus H7N9 pode ser possível entre pessoas As autoridades sanitárias da China admitiram que o contágio de três membros de uma mesma família pelo vírus H7N9 pode indicar que há transmissão entre humanos da nova variante de gripe aviária. Apenas na China, 83 pessoas foram afetadas pelo vírus. O caso mencionado pelas autoridades refere-se a uma família, de Xangai, que inclui o pai, de 87 anos, que morreu no último dia 4, e dois filhos.

O filho mais velho conseguiu se recuperar da doença, enquanto o estado de saúde do caçula é desconhecido, segundo dados oficiais. “Há mais investigações em andamento para determinar se o fato de três pessoas da mesma família terem sido afetadas pode implicar um contágio entre pessoas”, disse o diretor do Centro de Emergência para Prevenção e Controle de Doenças, Feng Zijian.

Zijian disse que o governo avalia a elaboração de um plano de resposta para o caso de uma pandemia. Segundo ele, está em curso a busca de vacinas contra o H7N9O chefe de epidemiologia de um hospital chinês Zeng Guang disse que a transmissão humana só ocorre “por um período” e “pode se restringir ao âmbito familiar”. O epidemiologista – que baseia as hipóteses em estudos e expe-

riências com o vírus H5N1 (que circula desde 2005) – destacou que a população chinesa “não deve entrar em pânico” e que os casos de contágio entre humanos não se converterão em uma pandemia. O representante da Organização Mundial da Saúde (OMS) na China, Michael O´Leary, disse que “não há informação suficiente” para determinar se há realmente contágios entre pessoas.

unidades, o que equivale a uma unidade por segundo. A projeção para daqui três anos é que o país tenha um computador por habitante, com 200 milhões de unidades. Esse crescimento será puxado, explica o professor Fernando Meirelles, coordenador da pesquisa, pelo aumento previsto nas vendas de tablets, também classificado como computador pela pesquisa. O levantamento, que é feito há 24 anos e divulgado anualmente, consultou 5 mil grandes e médias empresas com 2,2 mil respostas válidas.

Marcello Casal Jr./ABr

Brasil tem três computadores para cada cinco habitantes, diz pesquisa da FGV A quantidade de computadores em uso no Brasil, somados os corporativos e os domésticos, chega a 118 milhões, aponta pesquisa do Centro de Tecnologia de Informação Aplicada da Escola de Administração de Empresas de São Paulo, da Fundação Getulio Vargas (FGV), divulgada ontem. Isso significa que existem, no país, três computadores para cada cinco habitantes. O estudo mostrou também que o número de computadores dobrou no período de quatro anos. Para este ano, a FGV estima que serão comercializados 22,6 milhões de

De acordo com o estudo, o numero de aparelhos dobrou no período de quatro anos

Explosão em fábrica no Texas deixa mortos e feridos A fábrica de fertilizantes Ocidente, localizada em West, na região de Waco, no Texas (Estados Unidos), foi atingida por uma explosão nesta quarta-feira à noite. Não há detalhes sobre as causas do incidente. Testemunhas dizem que a impressão é que houve a explosão de uma bomba. As autoridades públicas avaliam o número de mortos e feridos. Informações não oficiais indicam que os mortos podem chegar a 70 e o de feridos, a mais de 170, pois há pessoas ainda sob os escombros. A explosão ocorreu por volta das 19h50 (21h50 de Brasília) e provocou danos em uma área extensa.

CARLOS ZEMEK é curador, artista plástico, fotógrafo e especialista em arte digital. Formou-se em Técnico em Processamento de Dados, na SPEI, Curitiba, mas sua paixão sempre foi a pintura. Estudou filosofia e civilizações antigas e viajou várias vezes pela Bolívia e pelo Peru para estudar culturas pré incaicas. Em 2012 foi curador das exposições: “Outros silêncios”, no Solar do Rosário; “Silêncios do homem e da natureza”, “Imagens do Mundo” na Estação Business School, e em 2013 fez curadoria das mostras “Pensamentos de Artistas” no hotel Lucânia, Chubut, Argentina, “Mês da Mulher” na EBS e “Belezas da Natureza” do Centro Cultural de Pinhais, PR. Um sonho serviu de inspiração para o quadro e o texto “No mundo dos sonhos”. Recebeu uma medalha de honra pelo trabaho artístico e cultural no Salão Internacional da Mulher, em São Paulo.

Segundo as autoridades, pelo menos 50 casas foram danificadas e um edifício com 50 apartamentos ficou destruído. Um asilo também teria sido atingido, segundo informações preliminares. Várias construções no entorno ainda continuavam em chamas por volta da 1h30 (3h30 de Brasília). Bombeiros, ambulâncias e seis helicópteros foram deslocados para participar do resgate. O incidente no Texas ocorreu no mesmo momento em que os Estados Unidos vivem em clima de comoção devido às explosões registradas durante a Maratona de Boston, há três dias, matando

três pessoas e deixando mais de 180 feridas. Paralelamente, o presidente norte-americano Barack Obama e um senador receberam correspondências aparentemente contaminadas com o veneno letal ricinina. O primeiro balanço oficial do estado do Texasdivulgado ontem, indica que entre cinco e 15 pessoas morreram na explosão na fábrica de fertilizantes ­W est Fertilizer Company. A estimativa oficial é que mais de 160 ficaram feridas. Os dados foram apresentados pelo porta-voz da polícia local, sargento Patrick Swanton, acrescentando que os números podem mudar.

violeta. Vejo a Terra de fora... Mas ela é apenas uma rocha... onde um homem de capa de chuva e chapéu metálicos grita lá de baixo na superfície do planeta em meio a uma tempestade de chuva ácida... – Desce aqui, meu amigo emplumado. Por que voa por aqui??? Sem entender por que ele me chamou de amigo emplumado, eu resolvo descer voando e na descida noto que meu corpo é recoberto de penas azuis brilhantes. Eu sou apenas um pequeno pássaro azul. Pouso ao seu lado em uma rocha e a tempestade se transforma em fina garoa. Ele abre um guarda-chuva e o prende na rocha para me proteger das gotas ácidas que já incomodavam minhas penas. – É uma sensação estranha ser um pássaro! – disse eu. – Você sabe muito bem, podemos ser tudo que imaginamos. – Eu não me imaginei um pássaro! – Mas voava pelo infinito como um!!! – Eu estou sonhando não estou? – Sim. – Quem é você? – Sou parte do Todo como você. – Por que chove? Se isto é um sonho, não podia parar? – É assim que está sua mente no momento... (Uma risada sinistra que me dá arrepios). – Você é um elemental, espírito ou algo parecido??? – Nomes simplórios para definir meu estágio temporário de vida... Mas comparando, poderia dizer que sou algo assim. – Me sinto inquieto. Posso voar um pouco? – Claro! O que você procura está do outro lado deste planeta. – Ok. (Me perguntei se ele sabia o que eu queria, pois eu não sabia). Voar é uma sensação maravilhosa. Saio da atmosfera do planeta e já vejo uma espécie de Lua cor violeta... cheia de plantas e árvores... Enquanto me aproximo, uma voz dentro de minha cabeça diz: – Alto! Quem vem lá??? (Percebo que é a Lua Violeta quem fala comigo). – Estou apenas de passagem. (Digo em voz alta). – Pode vir!!! (Diz a Lua). Quando me aproximo bastante, posso ver que é um planeta muito parecido com a Terra... com árvores e plantas, mas tudo é púrpura, violeta, azul, roxo e lilás. Pouso em uma pedra e observo um belo lago com três árvores que parecem emitir luz própria. Quando olho para o lado, lá está novamente o homem de capa de chuva metálica. – Onde estou? (Pergunto maravilhado com a visão da paisagem). – Está no lugar tranquilo de sua mente, dentro do mundo dos sonhos. Fico ali alguns minutos observando a maravilhosa paisagem enquanto uma sensação de paz e tranquilidade invade minha mente. Após algum tempo, uma grande espiral se abre no espaço e me suga rapidamente para dentro. Nesse instante acordo, mas com a imagem da linda Lua Violeta e do lago com as três árvores impressos em minha mente. Carlos Zemek. Fone: (41) 9831-2389 – e-mail: cazemek@ yahoo.com.br


Especial Curitiba, sexta-feira a domingo, 19 a 21 de abril de 2013 | B4 | Indústria&Comércio

Nem te Conto Joias em desfile

3

Adélia Maria Lopes

a

margem arte&atitude

moda&cia

adeliamarialopes@yahoo.com.br

Meu Pé de Laranja Lima na tela Inspirada no universo Wanderlust (desejo de explorar o mundo), a nova coleção da Bergerson foi apresentada nesta semana, em desfile na Bazaar Fashion. Os convidados apreciaram o design, os materiais nobres e as pedras faiscantes. O designer Ricardo Sousa expressa essa jornada de emoções em quartzo negro, brilhantes, pérolas com rubis e pedras raras, em formas orgânicas com movimento próprio, combinações inesperadas de tons, geometrias inéditas e acabamentos e detalhes exclusivos.

Tempo de noivas

1-Antes era só maio, agora parece que o ano inteiro é mês das noivas. E eventos para elas não faltam. No Expo Unimed Curitiba acontece, até domingo 21, das 15 às 22h, a Feira Noivas Curitibanas. O centro de beleza Torriton participa com seus serviços para o Dia da Noiva e informa de suas parcerias com hotel, fornecedores para aluguel de carros, fotos & vídeos, acessórios para a noiva, cake design e doces finos. 2- Na Feira Noivas Curitibanas, a Quality Spa para os Pés está deliciando as visitantes, cansadas de percorrer estande por estande. A ideia é fornecer essa opção de mimo aos convidados durante a festa de casamento. 3- Workshop Inesquecível Casamento, criado em 2002, no Rio de Janeiro, para profissionais do mercado de festas, acontece também em Curitiba. No Castelo do Batel, ainda nesta sexta 19, a noiva pode conhecer as opções de bolos e doces, cerimonial, convites, decoração, estilistas, jóias, local para festa, lembranças, listas de presentes, música, som e luz,locação de carros e móveis, etc. Das 14 às 22h, entrada: dois quilos de alimento. 4- A Rede Shishindo de Spas dispões de três pacotes para as noivas, com diversas opções de tratamentos faciais e corporais. A noiva ainda poderá fazer seu cabelo e maquiagem no próprio spa. Em Curitiba, nos hotéis Radisson, Pestana e Deville Rayon.

Digital Arena

E

streia nesta sexta dia 19 a nova adaptação cinematográfica baseada no livro Meu Pé de Laranja Lima, de José Mauro de Vasconcelos, obra lançada há 45 anos, traduzida em doze idiomas e publicada em dezenas de 30 países, incluindo a Coreia do Sul, que fez uma edição em forma de quadrinhos, com 224 páginas ilustradas. O filme, com João Guilherme

Ávila, José de Abreu, Fernanda Vianna e Caco Ciocler sob direção de Marcos Bernstein, foi premiado na mostra Alice, Festival de Roma, por seu “ perfeito equilíbrio entre poesia e entretenimento”. Marcos Bernstein, que ganhou Urso de Ouro em Berlim pelo roteiro de Central do Brasil, assina também como roteirista, ao lado de Melanie

Henrique de Aragão, enfim em Curitiba Notável escultor, Henrique de Aragão é conhecido no Norte do Paraná, onde seus trabalhos povoam igrejas e praças. Mas em Curitiba pouco se sabe dele. Paraibano de 1931, radicado em Ibiporã nos anos 60, ele passeia também pela música, teatro e poesia. Um pouco de sua obra poderá ser apreciada através de fotografias, que ganham exposição no Memorial da Cidade/Largo da Ordem a partir das 19h30 desta sexta dia 19. Sua vinda a Curitiba (fará palestra na abertura da mostra) e a exposição de doze fotos, em painéis de grandes dimensões, integram o projeto da artista plástica e mestra em antropologia social, Isabelle Catucci, e aprovado pela Lei Rouanet. As fotos, assinadas pelo fotógrafo Bruno Mendes (Estúdio Caximbo, de Londrina), estão também no livro Henrique de Aragão – Esculturas Públicas.

Além do livro, o projeto se completa com a cartilha pedagógica Um Voo Sobre a Arte de Henrique de Aragão, escrita por Benedita de Fátima Ribeiro, Isabelle Catucci e Terezinha Sueli Pelisson, com ilustrações e design gráfico de Olavo Tenório. As publicações serão fornecidas gratuitamente, durante a exposição, que termina em 19 de maio. Ele trabalha arte sacra, na pintura e em obras monumentais, entre elas um Cristo na cruz, feito de metal, 450 quilos. A imagem, por deixar a nu o sexo do Filho do Pai, foi rejeitada pela igreja que a encomendou, motivo de reportagens do jornal Nicolau. Uma delas é de maio de 1988 (A estética do mito e da esperança, texto de Adélia Maria Lopes), em que o artista se considera “um grafiteiro de igrejas” e “o fato de esculpir um Cristo só determina meu amor por Ele”.

Antes que me esqueça cineasta Pedro Almodóvar, que neste ano lança seu mais novo filme, Os Amantes Passageiros . Convidada pelo Centro Cultural da Espanha, Maria aborda os filmes, polêmicos e marcantes, e outros trabalhos do diretor espanhol, que já fez desenho em quadrinhos, foi ator e vocalista.

Inaugura nesta sexta-feira 19, no campus da PUC-PR, a FTD Digital Arena, que ocupa uma área de 980 metros quadrados, tem cúpula de 14 m de diâmetro e uma tela semiesférica que possibilita a projeção em 180 e 360 graus, colocando o espectador dentro do cenário. “É um ambiente que une a forma de planetário ao cinema estereoscópico de alta definição, que permite experiência imersiva ao aluno, com tecnologia inédita (4D Full Dome) na América Latina”, explica Marco Cândido, superintendente do Grupo Marista,

Pelos shoppings

1-De julho próximo a julho de 2014, três modelos de playgrounds itinerantes vão percorrer os 32 shoppings da Brmalls,entre eles o Estação, em Curitiba. O evento, inédito na América Latina,traz do ambiente virtual para o mundo real os personagens da franquia Angry Birds, com investimento de 5 milhões de reais. 2- O professor Pachecão faz palestra motivacional às 8h30 desta sexta dia 19, no primeiro Retail de 2013 do ParkShoppingBarigüi. O Retail Club surgiu em 2005 com o objetivo de reunir vendedores e lojistas em um encontro especial para atualização dos conhecimentos e motivação.

Dimantas. Conta a história de Zezé (João Guilherme Ávila/Caco Ciocler), uma criança criativa e arteira, que se refugia da incompreensão e da falta de afeto em seu mundo imaginário, onde o personagem principal é a árvore. Mas sua vida muda ao conhecer um adulto (José de Abreu) que o entende e que tenta participar desse seu universo especial.

1- Gigantes do Ar, Bichos do Brasil e Filhotes da Amazônia são os espetáculos que a excelente Cia Pia Fraus apresenta, até domingo, no Gurtiba 2013, integrando a Semana Brasil em Forma de Bonecos. Vá ver e leve as crianças: no ParkCultural, às 19h45 (nesta sexta dia 19) e às 16h no sábado e domingo. O grupo tem 22 anos e já se apresentou em 17 países 2- O músico Tony Bellotto (Titãs) lança o livro Machu Picchu (ed. Cia das Letras, 120 pág., R$ 32,00) e participa de um bate-papo com o público, neste sábado 20, às 16h, nas Livrarias Curitiba do Shopping Palladium. Nas páginas uma comédia personificada por uma nova família brasileira, desconjuntada e esquizofrênica. 3- Começam neste sábado 20, às 21h no Teatro Fernanda Montenegro, as apresentações públicas do Jazz Central 2013 – Mostra Internacional de Jazz, que traz ao Brasil o coreógrafo Brian Thomas e a coreógrafa e cantora Francesca Maria, residentes em Nova York. Eles irão ao palco no dia 28. Também haverá apresentações abertas ao público no dia 21 de abril, domingo, às 20h, e nos dias 26 e 27, às 19h. Ingressos a 25 e 15 reais.

4-A psicanalista Maria Argentina Dórrio estará na Fnac/ParkShopping Barigui às 19h30 desta sexta-feira 19, para um bate-papo sobre a obra do

5-O Club Vibe agenda para esta sexta-feira o duo alemão Adana Twins e no sábado 20, Radiola Label Night, a festa temática do selo Radiola Records. Adana Twins figura entre os destaques do house mundial na atualidade. Em 2013, o duo se manteve nas paradas com o lançamento de novos trabalhos, como “Reaction”, produção com o duo brasileiro Digitaria. Agora, a dupla faz turnê pelo Brasil. 6- Djavan é a atração deste sábado no Teatro Positivo, com as canções do disco Rua dos Amores, o 21º da carreira, lançado em 2012. Com cenário e direção de arte de Suzane Queiroz, luz de Binho Schaefer e figurino de Roberta Stamatto, o show reúne a superbanda que não tocava com ele há 15 anos: Carlos Bala (bateria),

Glauton Campello (teclados), Jessé Sadoc (flügel horn e trompete), Marcelo Mariano (baixo), Marcelo Martins (flauta, sax), Paulo Calasans (teclados) e Torcuato Mariano (guitarra). 7- No Guairinha, até domingo, João e Maria, uma versão operística composta por Engelbert Humperdinck, baseada no célebre conto dos irmãos Grimm. Apresentação em português, com tradução e adaptação da cantora lírica Lúcia de Vasconcellos, sob a direção musical de Luiz Néri Pfutzenreuter e direção cênica de Jul Leardini, com realização da Ditirambo. Ingressos de 5 a 20 reais. 8- O Quarteto Líberi apresenta o recital Anhangá- Espírito da Natureza em homenagem ao Dia do Índio, nesta sexta-feira 19, na Biblioteca Pública do Paraná, às 17h30, entrada franca. É a estreia do grupo formado por quatro cantores oriundos do Madrigal da UFPR, mesclando música indígena, com arranjos de Marlui Miranda, de Villa Lobos e de autores da MPB. 9- A Livraria Cultura/Shopping Curitiba, em parceria com a Cia das Letras, promove neste sábado 20pequen show e bate-papo sobre Paulo Leminski e o livro Toda Poesia (R$ 30,40), com Áurea Leminski, Bernardo Bravo, Lívia Lakomy, Leprevost, Alexandre França, Ricardo Corona, além de Estrela Leminski e Téo Ruiz.

10- Como faz todo ano, o sul-matogrossense Almir Sater sair da toca e faz o show de sempre para alegria de seu fiel fã clube. No Guairão, ele volta nesta sexta dia 19, lãs 21h. Ingressos de 180 a 60 reais.

Diário Indústria&Comércio  

jornal, economia, curitiba, parana, brasil, negocios, bovespa, financas, aroldo mura, pedro washington, ayrton baptista, eliseu tisato, bet...