Issuu on Google+

WWW.ICNE WS.COM.BR

Indústria&Comércio CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 19 DE MARÇO DE 2012 | ANO XXXV | EDIÇÃO Nº 8583 | R$ 1,50

DIÁRIO. MAIS QUE NOTÍCIAS. INTELIGÊNCIA. CONHECIMENTO.

Aroldo Murá “LIVROS MALDITOS” E A BIOGRAFIA DE DALTON TREVISAN

Limites para entrada de carros mexicanos no Brasil valerão por três anos

Temporada de cruzeiros terá oito navios da Costa no Brasil

Indústria do plástico teve déficit 37,99% maior em 2011

PARANÁ | A5

PARANÁ | A4

PARANÁ | B1

Existem os chamados “livros malditos” do mais aplaudido dos contistas brasileiros, o curitibano Dalton Trevisan? Para uns, existem, e são capazes de nominar os livros abjurados, supostamente, pelo contista. A propósito: Cassiana Lacerda é apontada como aquela que escreverá a biografia de Dalton.

Geração de empregos é a pior dos últimos três anos

PÁGINA A3

INDICADORES FINANCEIROS MERCADO À VISTA MAIORES ALTAS

COTAÇÃO

JEREISSATI TECTOY PANAMERICANO MERC BRASIL SAO CARLOS

MAIORES QUEDAS

2,00 0,05 0,93 0,09 32,66

COTAÇÃO

TECTOY J B DUARTE RENAR GTD PART RENAR

0,03 0,05 0,30 0,24 0,33

O Brasil criou em fevereiro 150,6 mil empregos formais, segundo o Caged

IBOVESPA MAIORES ALTAS*

COTAÇÃO

TELEMAR TELEMAR N L JBS USIMINAS TIM PART S/A

25,20 43,48 8,35 18,77 11,11

MAIORES QUEDAS

COTAÇÃO

BROOKFIELD GOL NATURA CYRELA REALT ROSSI RESID

6,50 14,57 40,22 17,71 10,58

CÂMBIO Moeda

Compra

Venda

1,7300

1,8700

Dólar comercial 1,8019

1,8034

Dólar turismo

Dólar paralelo

Euro

1,5900

1,7300

2,3715

2,3733

Os dois setores com queda no emprego foram o Comércio (-6.645 postos; -0,08%) e a Agricultura

O Brasil criou em fevereiro 150,6 mil empregos formais, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados pelo Ministério do Trabalho. Se, por um lado, o número supera o resultado

Porto vai ganhar novo superintendente

de janeiro, quando foram criados 118,9 mil empregos, por outro representa menos da metade dos empregos criados no mesmo mês de 2011 (347 mil). PÁGINA A5

F.A Maringá investe R$ 15 mi em nova loja O grupo F.A Maringá vai inaugurar a BandFashion, uma megaloja de atacado com 12 mil metros quadrados.

Ouro (Grama/R$): 210,86

PÁGINA B4

Empresa de serviços ambientais inova

Safra de café 2011/12 fechou fevereiro em 85% A comercialização da safra de café do Brasil 2011/12 (julho/ junho) fechou fevereiro em 85% do total. O dado faz parte de levantamento da consultoria SAFRAS & Mercado, com base em informações colhidas até 29 de fevereiro. Com isso, já foram comercializados pelos produtores 40,47 milhões de sacas de 60 quilos de café, tomando-se por base a projeção de SAFRAS & Mercado, de uma safra 2011/12 de café brasileira de 47,7 milhões de sacas. Banco do México vai manter taxa de juros em 4,5% O Banco do México comunicou na sexta (16/03) que vai manter a taxa de juros mexicana em 4,5%. Segundo a instituição, a atual postura da política monetária está conseguindo manter a inflação próxima da meta de 3%. Segundo a nota publicada, a atividade econômica mexicana se mostrou resistente diante da situação do mercado internacional na segunda metade de 2011, apesar de alguns indicadores terem mostrado que o país passou por uma desaceleração moderada.

O governador Beto Richa e o secretário de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho com o novo superintendente Luiz Dividino

xx

Editorial I&C

Pobres e muito pobres são minoria om renda familiar acima de mil e 200 reais mensais, a classe média brasileira já constitui pouco mais da metade da nossa população, estimada em 200 milhões de habitantes.

C

(primeira metade dos anos 50 do século passado), mencionaremos algo quase esquecido, no entanto de imensa relevância – o bom demográfico! Ou o ótimo demográfico!

O

D

utro dado alentador divulgado pelo IBGE é o tamanho das classes de renda A&B, as mais altas da pirâmide nacional: juntas somam um terço da população! udo considerado chegamos à alvissareira conclusão que os pobres – classes D&E – são pequena, mas não desprezível minoria: pouco mais de 15% da população. Ou em números redondos, 30 milhões de habitantes!

A

que se deve esta grata evolução? Sem esquecer as políticas públicas, uma constante no Brasil pelo menos desde os idos finais de Vargas

urante mais de meio século a relação população economicamente ativa e inativa foi de um para três! Isto é, um ativo para três inativos, entre estes a esmagadora maioria era de menores, o Brasil era conhecido como um país jovem, de muitos jovens. Em seguida ao envelhecimento relativo da população, somado ao armistício com o espermatozóide, estamos em meio a uma relação bem mais satisfatória: de dois ativos para um inativo. Ótimo demográfico que nos acompanhará pelo menos até o 2050! Tempo mais que suficiente para nos elevarmos ao seleto patamar dos países ricos.

CENTRAL DE ATENDIMENTO: 41 3333.9800 CMYK

PÁGINA B1

PÁGINA A2

T

EDITAIS NA PÁGINA A7

A AmbServ Sul Serviços Ambientais instalou um equipamento que irá aumentar sua capacidade operacional, podendo tratar 600 toneladas de resíduos/ mês.

Pedro Washington

Espaço vital Espaço é fundamental nas lutas políticas. Que o digam PT e PMDB que pareciam viver em harmonia ao início do governo Dilma (PT). PÁGINA | A2

Joaquim Severino

A equação da pobreza A equação da pobreza como representação do velho conceito do ciclo da miséria no campo, contempla como ingredientes os clássicos fatores de produção.

E-MAIL: PAUTA@INDUSCOM.COM.BR

PÁGINA | A5


Geral/Curitiba

“Aquele a quem você confia seu segredo torna-se senhor de sua liberdade.”

François de La Rochefoucauld

Curitiba, segunda-feira, 19 de março de 2012 | A2 | Indústria&Comércio

Previsão do tempo

Mín.: 14° Máx.: 23°

fonte: www.simepar.br

Mudanças

O tempo nesta sexta-feira ainda apresenta-se instável desde os Campos Gerais até o litoral do Paraná. Nestes setores, os ventos que “sopram” do oceano para o continente, transportam umidade e favorecem a manutenção de nuvens baixas e ocorrência de chuviscos/chuvas leves de forma ocasional. Nessas regiões, com a presença da nebulosidade ao longo do dia, as temperaturas ficam baixas, com sensação de frio em alguns momentos. Nas demais regiões do Estado, o tempo fica estável com predomínio de sol entre nuvens.

prpress@terra.com.br

PanoramaPolítico Pedro Washington

Espaço vital

Espaço é fundamental nas lutas políticas. Que o digam PT e PMDB que pareciam viver em harmonia ao início do governo Dilma (PT), com Michel Temer (PMDB-SP) na vice. Este por sinal, ao lado de Sarney (MA), Renan AL) e Jucá (AC), com longo domínio sobre o partido, em função da unidade que podem manter já que não disputam territórios. A ilusão de que a união entre PT e PMDB duraria, começou a se desvanecer logo às primeiras nomeações feitas por Dilma. Os ministérios menos aquinhoados com verbas e em conseqüência, poder, ficaram com os companheiros de Temer. As mudanças ocorridas, 12 no total em 15 meses, só acentuaram o descontentamento reinante. A entrada de Gleisi já anunciando atuação administrativa (com pitacos na política), no lugar de Palocci que mantinha bom relacionamento com as lideranças partidárias, deixando a Ideli Salvati o ‘abacaxi’ do relacionamento com a exigente base composta por outros 16 partidos, além do PT, não melhorou o humor do PMDB. A chegada de Requião ao Senado, encontrando campo propício para semear a discórdia por seus desentendimentos com Paulo Bernardo, permitiu-lhe atuar na derrota do governo pela indicação de Bernardo Figueiredo para continuar na ANTT. Derrota que o governo sentiu, obrigando-o a rever seus métodos. Não será surpresa se Dilma apresentar algum nome com o objetivo de “assessorar” Ideli, mas, em realidade, tirando-lhe o poder. Para provar que as disputas versam sobre verbas, cortadas na emendas dos parlamentares e espaço, basta citar o exemplo de Osmar Serraglio (PMDB) e Zeca do PT. Vizinhos de municípios, Umuarama e Cruzeiro do Oeste, disputam palmo a palmo o eleitorado da região noroeste. Até agora, com visível vantagem para o filho de Zé Dirceu que, nos bastidores do governo manda tanto quanto antes.

Consumatus est

Acossado por 32 assinaturas de “companheiros” e adversários, inclusive do líder dos tucanos, Emerson do Prado e do líder do prefeito, João do Suco, não restou alternativa a Caio Derosso senão a renúncia. Com a necessidade de nova eleição para cumprir os 9 meses restantes do mandato, já são 7 os pré-candidatos. A eleição será na segunda-feira.

Prestígio intacto

Embora não conste na Lei Orgânica do Município de Curitiba, punição à renúncia da presidência da Câmara, por similaridade será cobrado em juízo o impedimento a nova reeleição de Derosso em outubro (Lei da Ficha Limpa). Se puder ser candidato ele se reelege, novamente. Com facilidade!

Marcando ponto

No meio do furacão que se abateu sobre sua bancada na Câmara, uma cartada interessante do prefeito curitibano Luciano Ducci. Um grande edital divide a cidade em quatro lotes para que as calçadas da cidade sejam refeitas e as ciclovias, melhoradas. Um dos pontos fracos da Capital que sempre foi citada como ‘capital ecológica’, é a má qualidade de suas calçadas.

Cortes...

Não sem motivo os reitores das universidades estaduais rondaram a Assembleia, o Palácio Iguaçu e a Secretaria de Educação, além de contatos com o secretário Alípio Leal, da Ciência e Tecnologia, na semana que passou. O motivo veio a público: os cortes nos orçamentos de todas elas foram fortes. Em alguns casos, como o da UENP (Norte Pioneiro), 95%. A Unespar, 95% e a de Londrina (UEL), 96%.

O governador Beto Richa e o secretário de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho com o novo superintendente Luiz Dividino

Porto de Paranaguá terá novo superintendente Luiz Henrique Dividino assume hoje superintendência da Appa

O

governador Beto Richa indicou o administrador de empresas Luiz Henrique Dividino para assumir a superintendência da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa). Dividino será empossado hoje, às 11h, em substituição a Airton Maron. “O objetivo desta mudança é acelerar os investimento e os projetos de modernização do Porto de Paranaguá”, afirmou o governador. “Vencemos a primeira etapa, com excelentes números no ano passado, mas queremos impor um ritmo

ainda mais acelerado de mudanças”, disse Richa. O secretário da Infraestrutura e Logística, José Richa Filho, afirmou que o processo de transição no porto ocorre em ambiente tranqüilo, de muito diálogo e abertura. “Estamos aproveitando um profissional com muita experiência para impor um ritmo mais acelerado aos projetos. Queremos ter o quanto antes, um porto mais moderno e mais ágil”, disse. Luiz Henrique Dividino é curitibano e atualmente ocupa a função de diretor-presidente do terminal

portuário privado da Ponta do Félix, em Antonina. Ele tem 48 anos e atua na área portuária há 24 anos. Dividino iniciou a vida profissional no porto de Santos (SP) e trabalhou por 14 anos no Porto de Paranaguá. Entre outras funções, atuou nas áreas de planejamento, de tecnologia, comercial e foi diretor de operações do terminal paranaense. O novo superintendente elogiou os projetos do governo para os portos de Paranaguá e Antonina. Segundo ele haverá total empenho para trazer as respostas esperadas

pelos usuários do terminal marítimo. “A iniciativa privada espera um ritmo forte de investimentos e é isso que vamos fazer”, disse Dividino. Segundo ele, entre as prioridades estão descongestionar e acelerar os procedimentos logísticos e promover mudanças em processos e equipamentos. Dividino disse que também vai trabalhar na reativação do porto de Antonina. “Há espaço para o porto de Antonina e o governo já está trabalhando nisso, trazendo empresas”.

Fiep, Fiesc e Fiergs discutem falta de gás natural O grupo de trabalho formado pelas federações das indústrias do Paraná (Fiep), Santa Catarina (Fiesc) e Rio Grande do Sul (Fiergs) reuniuse na última semana em Porto Alegre (RS) para dar continuidade às discussões sobre a necessidade de novos investimentos do poder público na

distribuição de gás natural. Na ocasião, os participantes alinharam o fechamento dos trabalhos e marcaram para abril próximo a apresentação do panorama da situação da distribuição de gás nos três Estados do Sul do país. O objetivo é reunir neste evento os governadores

dos três Estados, os representantes das três companhias estaduais de gás, além da Petrobras e da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Esta foi a terceira reunião para debater a crise de abastecimento de gás natural na região. A primeira foi

realizada em Curitiba em janeiro deste ano, e reuniu os presidentes da Fiep, Edson Campagnolo, da Fiesc, Glauco Côrte, e da Fiergs, Heitor Müller, além de técnicos das três federações e o presidente da Companhia Paranaense de Gás (Compagás), Luciano Pizzatto.

Urbs amplia monitoramento de trânsito e transporte

Evento mobiliza construtoras para a conquista de certificação

A Urbanização de Curitiba S/A (Urbs) realizou na última sextafeira (16) a licitação para a compra de equipamentos e contratação de serviços para a implantação do Sistema Integrado de Mobilidade (SIM), que permitirá a gestão integrada e o monitoramento do trânsito e transporte em tempo real. O consórcio Iessa, Dataprom, Indra apresentou a única proposta na

Apresentar produtos e serviços que tenham garantia de segurança e de qualidade é, cada vez mais, uma necessidade de diversos segmentos empresariais para a permanência no mercado. Nas construtoras, essa tendência é uma realidade. Para conhecerem os critérios que são exigidos atualmente, para a conquista de uma certificação, empresários do setor, da região noroeste do Paraná, vão se reunir

concorrência pelo menor preço. O cronograma de obras de implantação do SIM, definido na licitação, é de 12 meses. O preço máximo estipulado para o lote de obras é de R$ 40.121.232,98 (quarenta milhões cento e vinte e um mil duzentos e trinta e dois reais e noventa e oito centavos). Os equipamentos serão implantados no Centro de Controle Operacional (CCO) da Urbs.

hoje, no auditório do Sebrae/PR, em Maringá. O evento é uma iniciativa do Sebrae/PR, em parceria com o Sindicato da Indústria da Construção Civil da Região Noroeste do Paraná (Sinduscon-NOR/PR) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Paraná (Senai/PR). O objetivo é mobilizar e motivar o setor para a conquista de certificação.

...assustadores

A pergunta que não cala: o que pode ter justificado tal medida do governo? Se apenas as mais atingidas tivessem sido sacrificadas, alguma suspeita sobre a aplicação dos recursos poderia justificar uma intervenção. Ocorre que em todas as outras, Unioeste, Uepg, Uem e Unicentro, os cortes atingiram 47 e 48%. A qualidade do ensino, nesse nível, estará comprometida.

Em choque

A situação vivida pelo ex-presidente da Câmara Curitiba, João Cláudio Derosso, até semanas atrás “blindado” pelos companheiros que agora assinaram contra, remete à frase de Delfim Neto: “Em política e em negócios, não há inimigos permanentes, nem amigos definitivos”.

Curitiba ganhará novo parque O prefeito Luciano Ducci anunciou na última sexta-feira (16) que Curitiba ganhará em breve um novo parque: o Vista Alegre das Mercês. Serão 100 mil metros quadrados de área total, entre as ruas Gardênio Scorzato e Luiz Leduc, da nova área verde e de lazer da cidade, que contará com dois estacionamentos, portal de acesso, recantos,  trilha e um lago.

Somado ao Parque da Imigração, que está em obras e aos da Vila Rigoni, na Fazendinha e Bernardo Meyer, na CIC, o novo espaço nas Mercês será o 25º parque da cidade.O anúncio foi feito na inauguração da praça implantada numa antiga área de lazer do bairro São Braz que foi reformulada e recebeu o nome de Praça Dr. Manoel Lourenço Branco.

Informe da Câmara Municipal de Curitiba

Câmara elege novo presidente hoje A eleição para a presidência da Câmara Municipal de Curitiba será realizada hoje. A sessão será especialmente destinada a este fim e iniciará às 14h30, no auditório do Anexo II. Os candidatos só serão conhecidos oficialmente no início da sessão, quando a Mesa Executiva vai receber as inscrições. A eleição foi anunciada após o então presidente da Casa, vereador João Cláudio Derosso (PSDB), ter deixado o cargo, na última segunda-feira (12). CMYK

Para dar início ao procedimento, a Mesa Executiva fará a verificação da presença da maioria absoluta, que é de metade dos parlamentares da Casa mais um, ou seja, 20 vereadores. Havendo quorum para a continuidade dos trabalhos, a sessão será suspensa para a apresentação dos candidatos. A Mesa, então, fará a leitura dos nomes dos candidatos ao cargo e a chamada nominal dos vereadores para que anunciem seu voto.

Será eleito o que obtiver maioria absoluta dos votos, conforme prevê o Regimento Interno. Caso nenhum candidato alcance os 20 votos necessários, será realizada nova eleição na sequência. Será considerado eleito o mais votado e, em caso de empate, o mais idoso. O novo presidente deverá prestar o termo de compromisso na Tribuna e a Mesa fará a leitura do termo de posse, que será assinado pelo eleito.

EXPEDIENTE

Diário

Indústria&Comércio Fundado em 2 de setembro de 1976 Fundador e Presidente Odone Fortes Martins Reg.Prof. DRT/PR: 6993 (ofm@induscom.com.br) Administração Irene Morva Martins (diretoria@induscom.com.br) Diretor de Redação Eliseu Tisato Reg.Prof. DRT/PR: 7568 (editor@induscom.com.br) Redação: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fone: (41) 3333.9800 E-mail: pauta@induscom.com.br Publicidade Legal e Assinaturas: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fones: (41) 3333.9800 | 3334.4665 e-mail: publegal@induscom.com.br

Parque Gráfico e Circulação: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fones: (41) 3333.9800 | 3322.1012 Direção e Comercial: Rua Presidente Faria, 533 Centro - Curitiba - CEP: 80020-290 Fone: (41) 3322.1012 e-mail: diretoria@induscom.com.br comercial@induscom.com.br

NEW CAST PUBLICIDADE & MARKETING BRASÍLIA E RIO DE JANEIRO Atendimento : Flávio Trombieri Moreira – Cel.: (61) 8155 2020 Endereço: SRTVS Quadra 701 Bloco K Sala 624 – Edifício Embassy Tower – Brasília DF - Cep.: 70.340 – 908 Fone/Fax: (61) 3223 4081 E-mail: new.cast@uol.com.br / new.cast@hotmail.com

Os artigos assinados que publicamos não representam necessariamente a opinião do jornal.


Geral/Estadual Indústria&Comércio | Curitiba, segunda-feira, 19 de março de 2012 | A3

Aroldo MuráG.Haygert

abnoticias@abcom.com.br

aroldo@cienciaefe.org.br

AB Notícias ECONOMIA EM FOCO

OS LIVROS “MALDITOS” DE DALTON TREVISAN Apesar do obsessivo empenho em erradicar qualquer traço de seus pecadilhos literários da adolescência, Dalton Trevisan não conseguiu impedir que alguns deles fossem preservados, como relíquias, por pessoas que mantêm “arquivos implacáveis” em Curitiba. O que parece ter mais preocupado nosso quase nonagenário escritor é a posição explicitamente anti-modernista que ele adotou de início, versejando à moda antiga. As provas materiais do “crime” são “ Sonetos Tristes”, de 1941, e “Visos”, no mesmo ano, quando Dalton era ginasiano. Ambos os livros foram distribuídos aos assinantes da revista Tíngui, revista igualmente ginasiana. Mesmo assim, um ou outro exemplar parece ter sobrevivido. O mistério é total, porém, com relação a “Contos Inacabados”, “Sombras na Sombra”, “A Pensão”, “Novas Poesias Rimas Pobres” e “Carmes”, cuja edição Dalton anunciou, inclusive publicando trechos, mas que ninguém sabe se foram realmente impressos em livro.

ANTI-MODERNISTA

Na época, Dalton saiu em defesa de seus “Sonetos Tristes”, acusados de antiquados, afirmando categoricamente: “ minha inspiração busco-a na Hélade antiga, na natureza, em Pã”. Tinha 16 anos e é compreensível que não tivesse alcançado, ainda, a maioridade literária. “Com suas baladas aos pinheiros e canções de cavaleiros andantes, comete também o pecado dos versos imperfeitos”, comenta um crítico. Entretanto, “Visos”, hoje soando como ingênuas composições de adolescente, causou escândalo em Curitiba. Em cartas de leitores aos jornais , DT, foi chamado de “um dos vates mais imorais da língua portuguesa” e “um pervertedor da mocidade”. Faltou pouco para que o obrigassem a beber cicuta.

OS ARQUIVOS DE CASSIANA

Sabe-se que a professora aposentada da UFPR, Cassiana Carolo, é uma das colecionadoras dos “livros malditos”, que Dalton tentou destruir até ao último exemplar. Ela possui novela, críticas, aforismos e sonetos de adolescência renegados pelo autor de A Polaquinha. Antes de se aposentar, ela pensava em divulgar os textos antigos e até propunha a criação de uma “Casa do Vampiro”, para exibir o acervo proibido, tendo sido imediatamente ameaçada de processo judicial pelo escritor. Mais uma demonstração da esquisitice de DT é o fato de Cassiana continuar amiga do escritor, mas somente até o dia em que ousou questionar a suposta traição de Capitu a Bentinho, personagens do romance Dom Casmurro, de Machado de Assis, uma das paixões literárias de Dalton. A divergência de opinião levou o escritor a romper definitivamente com a professora.

RETROSPECTIVA DO SALÃO PARANAENSE

Importantíssima oportunidade para quem quer conhecer um pouco da maior mostra oficial de artes plásticas do Estado, oSalão Paranaense: a mostra ficará aberta no MON até o dia 25 deste mês. Leia, a seguir, o comunicado enviado pelo jornalista Márcio Renato dos Santos a respeito: “ A repercussão de público e à comunidade artística e a relevância do conteúdo fizeram com que a mostra “Desejo de Salão”, em cartaz no Museu Oscar Niemeyer (MON), tivesse a sua data de encerramento prorrogada para 25 de março. A exposição promovida pelo Museu de Arte Contemporânea, da Secretaria de Estado da Cultura (SEEC), foi inaugurada dia 20 de dezembro de 2011 e faz uma retrospectiva do Salão Paranaense, evento realizado desde 1944. É a oportunidade para o público apreciar, em duas salas expositivas que somam mil metros quadrados, obras de Alfredo Andersen, Theodoro De Bona, Guido Viaro, Miguel Bakun, Rubens Gerchman, Antonio Maia, Fernando Velloso, Ione Saldanha, Marcos Benjamin, Yolanda Mohalyi, Raul Cruz, Patricia Osses, Roberto Leal, Eliane Prolik, Rones Dumke, Ruben Esmanhotto, Luiz Henrique Schwanke, entre outros artistas premiados ou destaques das edições do Salão.”

SIGNIFICADO HISTÓRICO

E prossegue o comunicado de Márcio Renato:A ideia de realizar uma mostra sobre a trajetória do Salão surgiu durante os debates que ocorreram ao longo do ano passado no “Seminário Museus de Arte do Paraná – a construção do futuro”, coordenado pelo crítico e curador Paulo Herkenhoff. A última etapa foi dedicada aos salões de arte do Estado, em especial o Salão Paranaense, e as discussões giraram em torno da significação histórica e social do evento e o desejo de mudanças e continuidade. “Desde a criação do Salão Paranaense, a produção cultural e o Maria José Justino: curadoria ambiente institucional sofreram transformações que situam nosso Estado num lugar próprio no sistema da arte no Brasil. E refletir sobre essas mudanças é fundamental para a elaboração de uma política de artes visuais para todo o Estado”, afirma o secretário de Cultura do Paraná, Paulino Viapiana. A curadora da mostra, a professora e crítica de arte Maria José Justino, chama atenção para a multiplicidade de linguagens da exposição. “O convite ao espectador-viajante é para se perder no turbilhão das linguagens aqui presentes, buscando ver a arte nela mesma, na sua linguagem, capturando os sentidos pela forma”, diz.

AIRTON CORDEIRO

CARTAS

“Murá. Por minha proposição, na qualidade de sócio do Rotary Club de Curitiba-Leste, Airton Cordeiro também estará recebendo o Troféu Distrital José Wanderley Dias de jornalismo. A reunião festiva será levada a efeito no próximo dia 28 do corrente, as 12 Airton Cordeiro: “histórico” em plena atividade horas, na sede da Fundação da Unidade Rotária, à Rua Cel Adyr Guimarães, 288, para a qual você é convidado especial. Abraços, Arthur Pina Ribeiro, jornalista da velha guarda.”, Curitiba

“HONROU O MANDATO”

“AROLDO, você deve ser dos jornalistas que acompanharam a carreira do homem público Airton Cordeiro. Foi um parlamentar raro, tanto como líder do prefeito Saul Raiz, na Câmara Municipal, depois como um dos líderes de Ney Braga na Assembléia. Não teve vocação para viver em Brasília, mesmo assim em seu mandato de constituinte de 1988 deixou marcas na

O MISTÉRIO DA BIBLIOTECA

Sabe-se que Dalton, aos 16 anos, doou a coleção completa dos textos redigidos no jornal Tingüi ao Instituto Neopitagórico, sociedade literária fundada pelo poeta Dario Veloso (1869-1937), incluindo os “Sonetos Tristes” e “Visos”. A biblioteca da entidade era uma das únicas, no mundo, a ter uma edição original completa da célebre enciclopédia escrita pelos iluministas franceses, Dalton Trevisan: “pecadilhos literários” obra da qual Paulo Leda adolescência... minski era leitor assíduo, como frequentador habitual do Instituto. O mistério é saber se quando a biblioteca pegou fogo, mais de vinte anos atrás, os livros de Dalton foram destruídos. Sabe-se que da Enciclopédia nada sobrou. Mas há indícios de que os “crimes adolescentes” de Dalton foram parar nas mãos de algum pesquisador, com suspeita de terem sido subtraídos antes do incêndio.

E A BIOGRAFIA?

É voz corrente ser Cassiana a mais provável autora da biografia de Dalton Trevisan que está faltando. Ela dispõe dos elementos necessários mas reluta em escrever a obra. Recorde-se que foi dela a descoberta de que, aos 14 anos, Dalton atuou como cronista esportivo em uma revista intitulada O Livro. Em 1939, ainda assinava Dalton Jérson Trevisan e defendia o esporte como “elemento necessário à formação do caráter.” Fundista do Atlético Paranaense, sonhava em ser campeão dos 110 metros com barreira. “O Brasil deverá ter seus sábios atletas.” No artigo Duas glórias nacionais, demonstra má vontade em relação ao futebol e ao samba, especialmente a Carmem Miranda, pela “supervalorização que distorce a consciência nacional.” O que diria atualmente, diante dos “reality-shows”? Carta. Uma delas, a emenda que prevê o direito de sigilo da fonte, garantia de que profissionais – como os jornalistas – podem trabalhar com certa liberdade, resguardando suas fontes. Airton foi um parlamentar modelo. Não preciso dizer mais nada, muito menos lembrar o caos propiciado pelos parlamentos(?) de hoje. Por isso, homenagear Airton Cordeiro será sempre justo, como prometem fazê-lo os rotarianos. Ele sempre honrou o mandato recebido do povo. Antonio Evane C.Kwiatkoski, administrador de empresas, Curitiba

O FIM DO MUNDO, NA PREVISÃO DO PREFEITO

Amigos como José Geraldo Bolda me telefonaram falando das loucuras do prefeito de São Francisco de Paula, RS. “É o prefeito de sua terra natal, não vai comentar nada?”, indagou-me Bolda. Na verdade, nasci na outra São Francisco, a de Assis, na Campanha do Rio Grande do Sul, fronteira Oeste. Mas a “previsão” do alcaide, escancarada pelo Jornal Nacional de quinta-feira, indica pelo menos duas possibilidades: a) ele é membro de igreja milenarista, que avisa que o mundo está acabando e que logo Jesus voltará; b) ou está sob a influência de um dos assuntos mais cansativos do momento, o chamado Calendário Maia, que “prevê” a hecatombe universal para este ano. Neste caso, deve ter sido saturado pelos “documentários” gênero National Geographic.

PRESTEM ATENÇÃO NA TV EDUCATIVA

Não o conheço pessoalmente. Conheço os seus esforços, a imersão com que mergulha nos temas em que pesquisa, como produtor da TV Educativa. Paulinho Vítola não podia estar melhor apoiado, tendo em seu staff o Darci Espírito Santo. Fica o registro,dever de justiça.

NOVO JORNAL, SEM SEGREDOS

Com discrição que o assunto exige, pelo menos um profissional da comunicação social tem trabalhado muito na montagem dos primeiros cenários do novo jornal de Curitiba, com pretensões de que o jornal preencha vazios na área jornalística.

ALTO COTURNO

Três empresários de alto coturno e amplo discernimento, antenados no momento histórico em que se vive, já abriram suas agendas ocupadíssimas para conferências preliminares sobre a proposta. Dessas reuniões vai nascendo o esqueleto do novo veículo diário.

COM O LÍDER

As reuniões deverão ser ampliadas e com novos parceiros empresariais, nos primeiros dias de abril, sob a liderança de um notório empreendedor atualmente fora do país, visitando grandes jornais.

TUDO PARA ESPETÁCULOS

Curitiba tem uma das cinco empresas que, no Brasil, produzem toda sorte de equipamentos e mobiliário para espetáculos teatrais e shows. É a WBK Equipamentos Cenotécnicos, há 28 anos no ramo. Trata-se de um mundo à parte da atividade empresarial industrial. Quando se fala em indústria é incomum alguém ligar a cenotecnia à atividade produtiva. Mas o setor é importante: segundo me conta Bruno, filho do titular da empresa, a maior das indústrias de cenotecnia é a americana Telem, instalada no Rio de Janeiro, e que abastece toda América Latina. Bruno representa a modernização e renovação do trabalho. Ele estuda engenharia elétrica na PUCPR. O pai, fundador da empresa,é Walmor, incansável mestre e que vai acompanhando, galhardamente, os avanços tecnológicos (especialmente em luzes e som) que afetam sua especialidade.

Cerca de 400 empregos vão ser gerados com a instalação da fábrica de sucos AcGrif do Brasil em Santa Fé, norte do estado. A conclusão da unidade está prevista para 2014, e pretende produzir inicialmente 5 mil litros de suco ao mês. O investimento estimado será de R$ 120 milhões. A intenção é alavancar a economia e gerar renda neste município que tem cerca de 100 mil habitantes.

EMPREENDIMENTO INOVADOR

Foi instalada em Ponta Grossa, a primeira fábrica de moveis em série. A “Casa Melhor”, vai investir inicialmente R$ 300 mil na obra, aonde terá a capacidade para produzir 5 mil peças por mês. É mais uma oportunidade de crescimento para o município que vem investindo e inovando a cada dia.

AMPLIANDO OPORTUNIDADES

Um investimento de R$ 6,2 milhões será feito em Marechal Rondon, oeste do estado, pela Federação das Indústrias do Paraná (FIEP). Os recursos serão aplicados na reforma e ampliação das instalações do Serviço Social da Indústria, promovendo dessa maneira o aumento de vagas no Colégio Sesi. Além da criação de um centro de formação profissional do Senai que irá atender toda a região.

INICIATIVA CONSCIENTE

No Brasil, os agricultores devolveram cerca de 34 mil toneladas de embalagens de agrotóxico vazias aos postos de coleta no ano passado. O índice é 9% maior que no ano anterior, que foi 31 mil toneladas. A campanha “Orgulho da Nação”, que divulga a importância da iniciativa e orienta sobre a destinação correta das embalagens, ajudou para o aumento da coleta. O agricultor é o principal agente dessa campanha e deve estar consciente sobre a importância da iniciativa.

CRESCIMENTO E RENDA

Em Altamira do Paraná, nos Campos Gerais, a empresa Desenvix Energias Renováveis se reúne com lideranças para discutir investimentos em pequenas centrais hidroelétricas. Foram discutidas ações que envolvem a PHC Pinhalito, uma hidrelétrica projetada para ser construída na região do Alto Piquiri, noroeste do estado. Com a obra serão gerados cerca de 350 empregos diretos, em um investimento de 197 milhões de reais.

DÉCADAS DOURADAS

A Caixa Cultural, em Curitiba, apresenta de 22 a 25 de março o espetáculo “Rádio Swing”, uma viagem musical e visual no Brasil e nos Estados Unidos, dos anos 30 aos 70. O show destaca as diferenças e as semelhanças dos dois maiores países do continente americano, recriando no palco uma época em que gângsters brindavam com estrelas do cinema.

INVESTINDO EM QUALIDADE

Em Irati, sudeste paranaense, serão investidos R$ 2 milhões para a construção da Praça de Esporte e da Cultura. Em uma área 1.034,46 metros quadrados, serão erguidos dois edifícios dispostos em uma praça de esporte e lazer. O espaço contará com salas multiuso, Cras (Centro de referência de Assistência Social), biblioteca, telecentro, cine teatro, auditório, quadra poliesportiva, entre outros.

PERIGO DISFARÇADO

Um bife por dia, cerca de 85 gramas de carne, aumenta 13% o risco de morte, aponta pesquisa feita Escola de Saúde Pública de Harward. Quando se trata de carne vermelha processada como bacon, salsicha ou hambúrguer é ainda mais nocivo, elevando em 20% o risco. Além disso, o estudo mostra a relação da carne, com males como câncer e doenças do coração. Foram 28 anos de estudo, com mais de 120 mil voluntários. Considerada uma das investigações mais importante já feita na área.

MELHORES EXPECTATIVAS

Apesar da seca, bons preços estimulam plantio de feijão na segunda safra. Em Prudentópolis, sudeste do estado, foi calculada uma área cultivada acima dos 18 mil hectares, superando a safra do ano passado. Nos outros anos a segunda safra era 60% menor do que a primeira, e este ano ela ficou apenas 29% inferior. A alta nos preços e a falta de opção para outras culturas contribuíram para plantações na segunda safra.

ESTÁ NO AR

A Rádio Comunitária Absoluta FM 104,9, de Realeza, no sudoeste paranaense, começou a funcionar no início deste mês. A rádio não possui fins lucrativos e nem vínculos partidários ou com instituições religiosas. A proposta é divulgar a cultura, o convívio social e eventos locais. Além de, noticiar acontecimentos de utilidades pública, promover atividades educacionais e contribuir para a qualidade de vida da população.

COMPLEXO CULTURAL

A nova sede da Biblioteca Municipal Professor Bruno Enei, em Ponta Grossa, será inaugurada em maio. O investimento foi de aproximadamente R$ 35 milhões, em uma área de 2.134 metros quadrados. A biblioteca promete ser uma das mais modernas do Paraná.

PR lança boletim com indicadores de tecnologia A Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e o Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes) lançaram na última sexta-feira (16) a primeira edição eletrônica do Boletim Indicadores C,T&I. A publicação faz parte de um projeto que visa criar no estado um sistema de indicadores relacionados a ciência, tecnologia e inovação, como força de aperfeiçoar a gestão e a formulação de políticas na área. O secretário da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Alípio Leal, explica que o boletim é resultado de um acordo de cooperação assinado pelo governo do Estado com o Mi-

nistério da Ciência, Tecnologia e Inovação, em outubro do ano passado, para a produção e aperfeiçoamento dos indicadores estaduais de ciência e tecnologia. Trata-se de um esforço nacional, acompanhado pela Rede de Indicadores Estaduais de C&T, criada em novembro pelo ministério, com representantes dos 27 estados e do Distrito Federal. “Com o boletim, o Paraná se organiza para melhor atender os compromissos com o governo federal. Os indicadores são instrumentos de gestão e nos ajudam a orientar a formulação, o acompanhamento e a avaliação da política estadual de C&T, ”, afirma o secretário.


Especial Curitiba, segunda-feira, 19 de março de 2012 | A4 | Indústria&Comércio

Turismo

Ida&Volta Cataratas, guia de bolso

Em edição trilíngue – português, espanhol, inglês – foi lançado na quinta-feira 15/3, em Foz, o Guia Essencial das Cataratas do Iguaçu, em formato de bolso, com informações sobre as cataratas, a Hidrelétrica de Itaipu, pontos turísticos, além de relação de bares, restaurantes, hotéis, passeios e lojas das cidades da Tríplice Fronteira. A publicação, com o timbre da concessionária Cataratas do Iguaçu S/A e da Editora Pulp, Iguaçu, pode ser adquirida nas principais livrarias do país ou nas lojas do Parque Nacional do Iguaçu.

Júlio Zaruch juliozaruch@gmail.com

Ampliação do aeroporto

A Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária) vai investir R$ 65 milhões em obras de reforma, ampliação e modernização do aeroporto internacional das Cataratas, em Foz do Iguaçu – R$ 50 milhões vão para as obras civis e o restante para equipamentos. A ordem de serviço foi assinada na terça-feira 13/3, em Foz, pelo presidente da estatal, Gustavo do Vale. A obra deve ampliar a capacidade operacional do aeroporto para cerca de três milhões de passageiros/ano, quase 40% a mais em relação à capacidade atual. Em 2011, o movimento no aeroporto foi de quase 1,7 milhão de pessoas.

Lua-de-mel, 28 roteiros

Pacotes de viagem para lua-de-mel com 28 opções de destinos, no Brasil e exterior, compõe o amplo portfólio da temporada 2012-2013 da Flot Operadora Turística, de São Paulo, lançada em Curitiba, dias atrás. Ainda dentro dos roteiros segmentados, a empresa oferece o Mundo do Vinho, com incursões por vinhedos do Chile, Argentina e Uruguai, enquanto prepara um programa no Brasil, em acordo com a vinícola gaúcha Salton; e Natureza e Aventura, que alia o turismo de aventura ao conforto do viajante.

Circuitos combinados

Os agentes de viagens, que lotaram o espaço de eventos do Pestana Curitiba Hotel, receberam da Flot uma coleção de cadernos de roteiros, que contemplam circuitos combinados nos Estados Unidos e Canadá; Europa Central, Rússia e Escandinávia; Peru e Bolívia; Oriente Médio e Norte da África; Europa, África e Oriente Médio; além de Argentina, México e os Grandes Roteiros na Europa, que possibilitam cerca de 350 tipos de viagens entre 28 países. Em Curitiba, a Flot tem como gerente operacional a executiva Jô Huber.

Marriot Buenos Aires

Com validade até 31 de dezembro de 2012, o Marriott Plaza Hotel Buenos Aires, um hotel com mais de 102 anos, tem pacote especial de hospedagem para grupos, a partir de 130 dólares por pessoa por noite. Inclui: apartamento luxo, café da manhã americano no bufê do restaurante La Brasserie, internet wireless grátis nas áreas públicas e acesso do fitness center. Para grupos viajando a trabalho há disponibilidade de salas de reuniões.

Londres com mimos

Para quem pretende ir aos Jogos Olímpicos de Londres ou à comemoração do Jubileu de Diamante da Rainha Elizabeth II, ou ainda viajar à capital britânica por outro motivo: passageiros da British Airways que se hospedarem por cinco noites no 51 Buckingham Gate, hotel da rede Taj localizado no coração de Londres, desfrutarão do tradicional chá da tarde inglês na biblioteca exclusiva para hóspedes, receberão dois ingressos para o Queens Gallery no Buckingham Palace e ainda ganharão um presente. Além disso, terão coquetéis e canapés cortesia na biblioteca entre 18h30 e 20h30 e poderão utilizar a sauna e o fitness center gratuitamente. O pacote completo custa 2.012 libras.

Brasileiros na Grã-Bretanha

Dados do VisitBritain, órgão oficial de turismo da GrãBretanha, revelam que, em 2011, 267 mil brasileiros estiveram na Inglaterra, Escócia e País de Gales, um recorde, representando 51% a mais do que em 2010. Assim, o Brasil consolida-se como o país que registrou o maior crescimento entre os 25 mercados em que o VisitBritain atua. E, pela primeira vez, integra a lista dos cinco países mais importantes no segmento de longa distância, atrás de mercados tradicionais como Estados Unidos, Austrália, Canadá e Índia. Com isso, superou Japão, Nova Zelândia, África do Sul e Emirados Árabes no último ano. Sandie Dawe, CEO do VisitBritain, que esteve no Brasil há poucos dias para o lançamento oficial da campanha de marketing Great, diz que “a visita dos brasileiros representou mais de 200 milhões de libras (320 milhões de dólares) para a economia britânica em 2011. É mais do que o triplo se compararmos com os dados de 2004”.

Páscoa à beira-mar

O Baití Hotel & Marina, hotel-butique situado em Itapoá (SC), às margens da baía da Babitonga, tem pacote de dois dias para a Páscoa, em apartamento duplo, com entrada na sexta-feira santa e saída no domingo de Páscoa, até às 17h. Preços de R$ 654 em apartamento luxo, até R$ 1.066 na suíte Marina e inclui o almoço de domingo no Tambaiá Cozinha da Alma – uma sugestão a la carte, que serve duas pessoas. As crianças terão à disposição, no domingo à tarde, sala de brinquedos com presença de um monitor. Para o almoço dos pequenos há o menu kids, que custa R$ 26.

Novidades do Abav 2012

A Abav Nacional (Associação Brasileira de Agências de Viagens) lançou oficialmente no início da semana passada a 40ª edição do seu Congresso e da Feira das Américas, de 24 a 26 de outubro, no Riocentro, Rio de Janeiro. Será a última montagem do evento no local, que voltará a ser itinerante pelo país. Uma das novidades é a substituição da empresa organizadora, que passa a ser a Promo Inteligência Turística. Outra, é a setorização dos espaços. A feira ocupará 40 mil metros quadrados, com os estandes recebendo a participação dos diferentes elos da cadeia do setor - agências de viagens, operadoras de turismo, consolidadoras, companhias aéreas, empresas de cartão de assistência, locadoras de veículos, transportadores rodoviários, hotelaria, resorts, parques temáticos, centros de eventos, cruzeiros marítimos, convention & visitors bureaux, associações, entidades de classe e segmentos especializados, consultorias e equipamentos turísticos em geral. “Todas as metas estabelecidas estão sendo superadas”, garante Antonio Azevedo, presidente da ABAV Nacional. CMYK

Costa Favolosa, lançado aos mares em 2011, um dos destaques do próximo verão brasileiro

Temporada de cruzeiros terá oito navios da Costa no Brasil O

ito navios da Costa Cruzeiros vão cumprir a temporada de cruzeiros 2012/2013 no Brasil e na região do Prata, entre novembro e março. Três deles são da bandeira IberoStar, uma das subsidiárias da armadora: Gran Mistral, Gran Holiday e Gran Celebration. Os demais são o Costa Favolosa, Costa Magica, Costa Fortuna e Costa Serena. O oitavo – Costa Fascinosa – ainda está sendo construído, mas deve ser lançado aos mares até final de maio deste ano. A apresentação da programação da Costa Cruzeiros para o próximo verão foi feita na quarta-feira 14/3, em Curitiba, para agentes de viagens e a imprensa, pela diretora comercial da empresa no Brasil, Cláudia Del Valle, em evento organizado pela Airlines & Sealines Representações, de Luynes e Leoni Langer, que aqui representam os negócios da companhia marítima. Segundo a executiva da Costa, os navios da IberoStar são menores e mais descontraídos, com gastronomia de qualidade, com ênfase da culinária mediterrânea, e com uma

série de eventos temáticos, como La Noche Blanca, na qual todos devem se vestir de branco; Movida Latina, com destaque para o tango; e Anos Dourados, que remetem aos anos 1950, através da música, personagens da época, drinques e moda. O Gran Celebration será destinado ao público argentino. O Gran Holiday terá embarques também no porto de Itajaí (SC). O Costa Favolosa, inaugurado em 2011, vem ao Brasil pela primeira vez, privilegiando os mares do nordeste, e entre as grandes atrações terá show de Roberto Carlos e um cinema 4D; o Costa Mágica fará o percurso Salvador-Buenos Aires; o Fortuna, também vai a Buenos Aires e a Montevidéu; o Serena será inteiramente dedicado à Argentina. Os cruzeiros do novíssimo Fascinosa serão anunciados em breve. Todos os navios Costa terão eventos temáticos a bordo, como Fitness, Bem Estar, Dançando a bordo, Prata à italiana, Tango e milonga e Prata gourmet. Informações detalhadas podem ser encontradas em costacruzeiros.com.br.

Cláudia Del Valle, entre Luynes e Leoni Langer, no evento da Costa

Miami atrai turista com meses temáticos Música, spa, romance, museus e boa comida integram um amplo calendário de eventos temáticos que Miami e suas praias oferecem ao visitante ao longo de 2012. Além disso, e afora as atrações já tradicionais, o centro de Miami foi inteiramente revitalizado; o aeroporto, renovado, para atender aos 35 milhões de passageiros ao ano; os shoppings, cada vez mais atraentes, com mais e mais vendedores brasileiros; e os 460 hotéis, dos quais 100 de categoria butique, sempre em ritmo de atualização. Um panorama geral da Miami atual foi traçado pela representante no Brasil do Greater Miami Convention & Visitors Bureau, Marina Barros, em evento realizado no Bourbon

Convention Curitiba Hotel em parceria com a American Airlines, organizado pela Orinter Representações, de Roberto Santos, e que cuida dos negócios da AA no Paraná e em Santa Catarina. O diretor nacional de vendas da American, José Roberto Trinca, falou dos planos da companhia aérea para o Brasil. Na Grande Miami, maio será o mês dos museus; quem compra um ingresso, ganha o segundo e há uma ampla programação em todos os endereços. Em junho será a vez do Miami Romance, com pacotes em hotéis de luxo, passeios especiais e jantar a luz de velas. Julho e agosto vão celebrar a vida saudável nos spas, que estão entre os melhores da América e oferecerão generosos

descontos. Para agosto e setembro, o calendário contempla Miami Spice, com os restaurantes oferecendo cardápios a 25 dólares (almoço) e 35 dólares (jantar). De 17 a 25 de agosto, está programado o Brazilian Film Festival. Em outubro, “todo mundo é criança em Miami” e há incontáveis atrações. Novembro, mês da música, reserva o Miami Live Music em diversos cenários. E shopping em Mami é atração do ano inteiro, assim como a sua agitada vida noturna. O Brasil lidera o ranking de emissão de turistas para Miami: em 2011, foram para lá 634.155 brasileiros. Seguem– se o Canadá, com 627.931, e a José Roberto Trinca e Marina Barros, novidades de Argentina, com 417.981. Miami e da AA

Curitiba ainda nos planos da American A American Airlines tem 10 voos diários do Brasil para Miami, decolando de cidades como São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte, Recife e Salvador. Em junho, será a vez de Manaus ganhar o seu. Como o Paraná se situa entre os bons emissores de passageiros para aquele destino, Curitiba está sempre nos planos

da companhia aérea. José Roberto Trinca, diretor nacional de vendas da AA, diz que o assunto tem sido tratado, mas não há data definida. A mesma informação foi dada aos gaúchos, recentemente, no evento em parceria com o Greater Miami Convention & Visitors Bureau, realizado em Porto Alegre, onde o voo teria início.

Trinca destacou no evento no Bourbon, que a American Airlines opera com exclusividade no Terminal D do aeroporto de Miami, onde estão sendo construídos 21 novos portões de embarque, novas esteiras de bagagens, lojas e restaurantes. Um sistema e transporte eficiente – o Skytrain - conduz o passageiro pelo aeroporto em

menos de cinco minutos. “O Brasil tem a maior importância para a American – disse Trinca, ressaltando que Manaus é a bola da vez porque está mais perto dos EUA e porque o projeto estava sendo gestado há muitos anos. A American está em fase de renovação da frota, que inclui a adoção do superjato Boeing 787 900 Dreamliner.


Economia Indústria&Comércio | Curitiba, segunda-feira, 19 de março de 2012 | A5

trabalho

joca.sev@hotmail.com

JoaquimSeverino A EQUAÇÃO DA POBREZA

Nos últimos doze meses, houve aumento de 1.724.817 postos de trabalho, equivalentes a expansão de 4,73% no número de empregos celetistas no país

Geração de empregos é a pior dos últimos três anos Somando os dois primeiros meses do ano, foram abertas 293.987 vagas O Brasil criou em fevereiro 150,6 mil empregos formais, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados na sexta-feira (16/03) pelo Ministério do Trabalho. Se, por um lado, o número supera o resultado de janeiro, quando foram criados 118,9 mil empregos, por outro representa menos da metade dos empregos criados no mesmo mês de 2011 (347 mil). Na estatística do ministério, foi o pior mês de fevereiro nos últimos três anos. Somando os dois primeiros meses do ano, foram abertas 293.987 vagas, bem menos do que os quase 500 mil empregos criados no primeiro bimestre de 2011. Nos últimos doze meses, houve aumento de 1.724.817 postos de trabalho, equivalentes a expansão de 4,73% no número de empregos celetistas no país. Entre os meses de janeiro de 2011 a fevereiro de 2012, foram abertos mais 2,2 milhões de postos de trabalho, crescimento de 6,33% sobre o estoque de dezembro

de 2010. “O emprego continua com crescimento substancial, afinal, são mais de 150 mil vagas num mês em que tivemos poucos dias úteis, além de um cenário mundial adverso”, avalia o diretor do Departamento de Emprego e Salário do Ministério do Trabalho e Emprego, Rodolfo Torelly. Em fevereiro, houve crescimento do emprego na maior parte dos setores, com destaque – em termos absolutos - para a Indústria da Transformação, que criou quase 20 mil vagas, a terceira maior geração de empregos em fevereiro dentre os oito setores de atividade econômica. O setor de Serviços abriu 93.170 postos (+0,60%), registrando o segundo melhor desempenho; a Construção Civil, 27.811 postos (+0,95%) e Administração Pública, 14.694 postos (+ 1,84%), o terceiro maior saldo para o mês. Por outro lado, os dois setores com queda no emprego foram o Comércio (-6.645 postos; -0,08%)

Governo isenta de IOF operações feitas por exportadores

ciência e tecnologia

O governo anunciou medidas para desonerar as exportações e socorrer o setor que enfrenta cada vez mais dificuldades diante da crise internacional. Decreto publicado na sexta-feira (16/03) no Diário Oficial da União isenta do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) as operações de hedge cambial com derivativos realizadas pelos exportadores. O hedge é uma espécie de seguro utilizado por pessoas ou empresas para proteger uma operação contra a desvalorização excessiva do dólar, por exemplo. Antes, a alíquota era 1%. Só em março, o governo tomou duas medidas para proteger o real que elevaram o valor do dólar no mercado interno para patamares próximos a R$ 1,80. A moeda norte-americana vinha se desvalorizando em relação ao real desde o início da crise internacional com prejuízos para os exportadores brasileiros. O real valorizado eleva o preço dos produtos nacionais que acabam em desvantagem ante os produtos estrangeiros no mercado interno e no exterior. “A alíquota zero está limitada à exposição total de até 1,2 vez o valor exportado no ano anterior. O que ultrapassar esse valor, se for operação de hedge, ele poderá compensar. Paga o imposto relativo e depois compensa”, disse o secretário executivo adjunto do Ministério da Fazenda, Dyogo Oliveira. O decreto referente a operações com derivativos foi publicado em julho de 2011.

e a Agricultura (-425 postos; -0,03%). Em termos geográficos, houve aumento de emprego em quase todas as grandes regiões. A exceção ficou por conta da região Nordeste que, por motivos sazonais, ligados às atividades sucroalcooleiros, apresentou queda de 9.610 postos (-0,16%). Em números absolutos, a região Sudeste abriu 93.266 postos (+0,45%); Sul, 39.522 postos (+0,57%); Centro-Oeste, 23.457 postos *+0,82%); e Norte, 3.965 postos (+0,23%). Por Unidades da Federação, vinte elevaram o nível de emprego, com duas delas sinalizando o segundo melhor desempenho, e duas o terceiro melhor saldo, contrapondo-se a sete que apresentaram queda. Os destaques positivos foram: São Paulo, com 55.754 postos (+0,46%); Minas Gerais, com 21.031 postos (+0,52%); Rio de Janeiro, com 16.071 postos (+0,45%), o segundo melhor saldo para o mês); Santa Catarina, com

15.719 postos (+0,84%); e Paraná, com 14.075 postos (+0,56%). No conjunto das nove áreas Metropolitanas, o emprego registrou alta de 0,36% (+56.520 postos) em fevereiro. Este resultado foi impulsionado pela elevação do emprego em sete das nove regiões metropolitanas. As Áreas Metropolitanas que mais se destacaram foram: São Paulo (+21.548 postos; +0,33%), Rio de Janeiro (+13.528 postos; +0,50%) e Belo Horizonte (+8.739 postos; +0,55%. No Interior desses aglomerados urbanos, o aumento no emprego foi de 0,36% (+56.520 postos de trabalho). Os Interiores dos estados desses aglomerados urbanos que mais geraram emprego foram: São Paulo (+34.206 postos; +0,60%), Minas Gerais (+12.292 postos; +0,50%) e Paraná (+9.000 postos; +0,60%). Dos 150.600 postos de trabalho abertos no mês de fevereiro, 81.801 foram preenchidos por homens e 68.799 por mulheres.

Ministério vai contornar cortes orçamentários com parcerias O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marco Antonio Raupp, disse na sexta-feira (16/03) que a pasta vai contornar “as dificuldades” em consequência do corte orçamentário anunciado pelo governo por meio de parcerias com instituições ligadas ao setor e com a priorização de projetos. Raupp participou da aula inaugural da Coordenação dos Programas de Pós-Graduação em Engenharia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Coppe/UFRJ). No mês passado, o governo informou que o ministério perderia cerca de 22% dos valores originalmente previstos na Lei Orçamentária Anual, o que corresponde a uma fatia de R$ 1,48 bilhão dos R$ 6,7 bilhões iniciais. “O ministério pretende distribuir os cortes de uma maneira que a gente sofra menos, escolhendo projetos que são prioritários e não cortando neles. Em segundo lugar, fazendo parcerias com a Petrobras, com a Coppe, que teve autorização para financiar o Projeto Ciência sem Fronteiras”, afirmou, ressaltando, no entanto, que o ideal seria que a pasta não tivesse os recursos diminuídos. “Conseguindo parcerias a gente vai superando essas dificuldades, mas evidentemente temos que trabalhar sempre para não ter cortes”, acrescentou. Em sua palestra, ele destacou que países com tradição em ciência e tecnologia, como os Estados Unidos, as principais economias da Europa e o Japão, embora enfrentem os efeitos da crise econômica,

Elza Fiúza/ABr

A equação da pobreza como representação do velho conceito do ciclo da miséria no campo, contempla como ingredientes os clássicos fatores de produção: recursos naturais, capital e trabalho. Até aí tudo bem, e tanto brasileiros como japoneses ou russos, concordam que essa é a base da equação. As variações nas quantidades e qualidades desses fatores é que fazem ficar tudo diferente. Em se tratando do meio rural então, aí é que a coisa se potencializa. Enquanto os japoneses têm poucos recursos naturais, mas bastante capital e trabalho qualificado, os russos com alargados recursos naturais, quase não dispõem de capital, mas contam com uma massa trabalhadora medianamente tecnificada. Países outros existem onde os recursos naturais e capital são escassos, mas suas populações rurais de longa tradição no campo acabaram por desenvolver técnicas que lhes permitem sobreviver e prosperar na medida do possível. Quer dizer, a equação encontra um equilíbrio na medida em que seus elementos se compensam. Agora o “pobrema”, como dizia um vice-presidente da república brasileira, são os pobres rurais de muitos países, em especial o Brasil. Aí sim a coisa é séria, e a equação é tão simples quanto sinistra. Os recursos naturais ou são escassos e/ou são de má qualidade, portanto altamente exigentes em manejo para assegurar continuidade na sua exploração. O homem remanescente de forma marginal no meio rural, sobretudo onde o desenvolvimento agrícola já alcançou um determinado estagio, é considerado um homem limitado tanto nas suas habilidades quanto nas suas ambições. Por fim, o fator capital vem a constituir-se no complicador adicional da referida equação. O setor primário que reconhecidamente é o setor de maior escassez quanto a esse recurso, tem no produtor marginal a expressão maior da absoluta falta de capital. Assim, com recursos naturais limitados, homem despreparado e sem ambições maiores, e desprovido de capital, estabelece-se a equação da pobreza, também chamado de ciclo da miséria. Rompê-lo e fazer o homem prosperar, requer mais que simples intenção, requer estratégia e determinação. Infelizmente o que tem havido são estratégias de mais e determinação de menos. E o que é pior nas estratégias, é que elas são frutos de gabinete, de arvorados intérpretes dos pobres e oprimidos, que sem ouvir os interessados, colocam os pobres na condição de objeto e não de agente do desenvolvimento. Desse elementar equivoco resultam programas fantasiosos. Programas que pela rotina de suas inconseqüências, ao invés de despertar ambição, de gerar responsabilidade para com os incentivos recebidos, leva o pobre homem rural a alimentar sua descrença e conformar-se com o que ele chama de sina. Um empolgado dirigente só se deu conta de que existem pobres capazes de discernir clientelismo de determinação, quando outro dia estando a distribuir migalhas para mitigar a fome encontrou alguém que lhe olhando no olho disse: “Dotô, quero esmola não, vim aqui foi busca simente”. E pensar que desde os tempos dos “agais” já se dizia que melhor que dar o peixe é ensinar a pescar. Joaquim Severino - Professor de Política Agrícola da Universidade Federal do Paraná (1973/2010) e Diretor Presidente da empresa Agrária Engenharia e Consultoria S.A., escreve nesta coluna desde 1992.

Limites para entrada de carros mexicanos no Brasil valerão por três anos O Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) confirmou oficialmente, no início da tarde de sexta-feira (16/03), por meio de nota conjunta com o Itamaraty, que Brasil e México fecharam novo acordo sobre a importação de automóveis. Os dois países acertaram cotas de exportação pelo prazo de três anos, com isenção de tarifas de importação para veículos leves. A medida começa a vigorar em 19 de março. Para o primeiro ano, as vendas de automóveis

mexicanos para o Brasil não poderão superar a cota de US$ 1,45 bilhão. No segundo ano, a cota sobe para US$ 1,56 bilhão e, no terceiro, para US$ 1,64 bilhão. Também foi definida a elevação do percentual de componentes regionais dos veículos, de 30% para 35%, até o dia 19 de março de 2013. Em março de 2016, esse percentual será elevado para 40%. Os dois países farão estudos sobre a possibilidade de uma nova elevação, para 45%, entre 2015 e 2016.

Gastos com moradia pressionam a inflação O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S), medido pelo Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da Fundação Getulio Vargas (FGV), subiu 0,06 ponto percentual, na segunda prévia de março, e atingiu 0,47% ante 0,41%. Essa elevação foi puxada por reajustes ocorridos no grupo habitação, cujo IPC-S ficou em 0,89% ante 0,7%. Entre as despesas em alta estão o pagamento de empregada doméstica (de 3,41% para 4,10%); a taxa de água e esgoto residencial (de 0,3% para 1,26%); a mão de obra para reparos no

“O ministério pretende distribuir os cortes de uma maneira que a gente sofra menos, escolhendo projetos que são prioritários e não cortando neles. Em segundo lugar, fazendo parcerias com a Petrobras, com a Coppe, que teve autorização para financiar o Projeto Ciência sem Fronteiras”, afirmou o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marco Antonio Raupp

“têm apostado decididamente nos investimentos em ciência, tecnologia e inovação”, com estímulo tanto para a busca das fronteiras do conhecimento, como para a utilização do conhecimento produzido pelas empresas e pela sociedade. “Essa é uma marca de países que têm tido sucesso e querem continu-

ar a exercer papel de liderança no mundo. Não abandonam jamais nenhum desses dois lados da moeda (ciência e tecnologia de um lado e inovação de outro). É uma lição que a gente tem que tirar. Diminuir essas atividades gera grandes prejuízos, difíceis depois de serem recuperados”, destacou.

imóvel (de 0,31% para 0,33%) e o aluguel residencial ( de 0,55% para 0,74). Mais três grupos apresentaram acréscimos: alimentação (de 0,31% para 0,43%), com destaque para as frutas (de 5,2% para 6,53%); vestuário (de 0,23% para 0,31%), com alta de preços das roupas masculinas (de 0,14% para 0,47%); e saúde e cuidados pessoais (de 0,49% para 0,52%), por causa dos medicamentos (de 0,21% para 0,39%). Já o grupo comunicação teve queda de 0,19% ante uma redução de 0,02%, sob o efeito da tarifa de telefone residencial ( de -0,23% para -0,69%).

Déficit da balança da indústria do plástico cresceu Em 2011, na comparação com 2010, o saldo negativo do comércio exterior da indústria brasileira de transformação do plástico cresceu 37,99%, passando de US$ 1,35 bilhão para US$ 1,87 bilhão. As exportações evoluíram apenas 2,63%, de US$ 1,47 bilhão para US$ 1,51 bilhão. As importações, contudo, aumentaram 19,58%, saltando de US$ 2,83 bilhões para US$ 3,38 bilhões. As informações foram tabuladas pela Abiplast,

cujo presidente, José Ricardo Roriz Coelho, enfatiza: “Estes são efeitos do ‘Custo Brasil’, combinados com as consequências da excessiva valorização do Real, da Selic ainda alta e do crescente assédio ao nosso mercado por parte de exportadores que estão perdendo espaço na combalida economia europeia”. No primeiro mês de 2012, os números indicam que deverá ser mantida a tendência de déficit na balança comercial do setor.


Finanças

PUBLIQUE AQUI O SEU ANÚNCIO! O banco de dados mais completo impresso diariamente no Brasil.

Indústria&Comércio | Curitiba, segunda-feira, 19 de março de 2012 | A6

Principais dados financeiros

Inflação/taxas/índices/comportamento de mercado Base de Cálculo de juros e reajustes | Informações de 31 de janeiro de 2012

BAN C O DE D A D O S Indústria&Comércio

Inflação medida pelo IGP-10 aumenta para 0,27% em março O Índice Geral de Preços – 10 (IGP-10) aumentou para 0,27% em março. Um mês antes, a taxa havia ficado em 0,04%. De acordo com dados divulgados pela Fundação Getulio Vargas (FGV), o IGP10 acumula alta de 3,29% no período dos últimos 12 meses e de 0,39% no ano. Entre os subíndices que compõem o indicador, o Índice de Preços ao Produtor (IPA) passou de queda de 0,19% para elevação de 0,24% de um mês para o outro. Contribuíram para o aumento os alimentos processados (de -2,22% para -0,65%), cujos preços diminuíram o ritmo de queda; além de aves (de -11,25% para 5,28%) e soja em grão (de 0,93% para 3,17%), que ficaram mais caros no período. O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) ficou praticamente estável em relação à taxa de fevereiro, passando de 0,41% para 0,4% em março. Pesaram menos no bolso do consumidor os gastos com educação, leitura e recreação (de 2,4% para 0,17%), com destaque para os cursos formais (de 4,68% para 0,04%). Também foram registrados decréscimos nas taxas de variação de mais três classes de despesa: comunicação (de 0,32% para -0,1%), principalmente tarifa de telefone residencial (de 0,97% para -0,37%); transportes (de 0,42% para 0,32%), com a influência de tarifa de ônibus urbano (de 2,26% para 0,57%); e despesas diversas (de 0,51% para 0,11%), com a contribuição de serviços de cartório (de 4,34% para 0,26%). Por outro lado, aumentaram as despesas com habitação (de 0,28% para 0,77%), vestuário (de -0,45% para 0,29%), saúde e cuidados pessoais (de 0,33% para 0,55%) e alimentação (de 0,17% para 0,25%). Por último, o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) subiu com menos intensidade, ao passar de 0,66%em fevereiro, para 0,19%, em março. Diminuíram as taxas de materiais, equipamentos e serviços (de 0,44% para 0,32%) e da mão de obra (de 0,87% para 0,06%). Para calcular o IGP-10, foram coletados preços entre os dias 11 de fevereiro e 10 de março.

Selic deve se aproximar do mínimo histórico O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) avalia que existe a possibilidade de a taxa básica de juros ser reduzida a patamares considerados ligeiramente acima do mínimo histórico (8,75%). Segundo a ata da última reunião do Copom, os técnicos, ao considerarem as projeções de inflação e os riscos associados à economia brasileira, terminaram atribuindo “elevada probabilidade à concretização de um cenário que contempla a taxa Selic se deslocando para patamares ligeiramente acima dos mínimos históricos, e nesses patamares se estabilizando”. Na última reunião, o Copom reduziu a taxa básica de juros (Selic) em 0,75 ponto percentual. A taxa baixou de 10,5% para 9,75% ao ano, diferentemente do que até então esperava a maioria dos analistas financeiros - queda de 0,5 ponto percentual. A redução, porém, não foi unânime, com cinco diretores a favor da redução de 0,75 ponto percentual e dois a favor de 0,5.

2003 ICV DIEESE Mensal (%) 2,92 1,35 1,06 1,39 0,24 -0,27 0,35 -0,15 1,26 0,47 0,26 0,32 9,5500 9,5500

IGP-DI FGV Mensal (%) 2,17 1,59 1,66 0,41 -0,67 -0,70 -0,20 0,62 1,05 0,44 0,48 0,60 7,6700 7,6700

IGP-M FGV Mensal (%) 2,33 2,28 1,53 0,92 -0,26 -1,00 -0,42 0,38 1,18 0,38 0,49 0,61 8,6900 8,6900

INCC-DI FGV Mensal (%) 1,51 1,39 1,38 0,90 2,84 1,05 0,99 1,44 0,22 0,65 1,04 0,16 14,4100 14,4100

INCC-M FGV Mensal (%) 1,45 1,60 1,38 0,81 2,98 0,74 0,59 2,20 0,24 0,47 0,42 0,99 14,7600 14,7600

INPC IBGE Mensal (%) 2,47 1,46 1,37 1,38 0,99 -0,06 0,04 0,18 0,82 0,39 0,37 0,54 10,3839 10,3839

IPA-DI FGV Mensal (%) 2,21 1,71 1,93 0,07 -1,68 -1,16 -0,59 0,70 1,29 0,50 0,46 0,74 6,2735 6,2735

IPA-M FGV Mensal (%) 2,55 2,64 1,72 0,80 -1,11 -1,67 -0,75 0,20 1,54 0,36 0,57 0,64 7,6447 7,6447

IPC-DI IPC FGV FIPE/USP Mensal Mensal (%) (%) 2,32 2,19 1,37 1,61 1,06 0,67 1,12 0,57 0,69 0,31 -0,16 -0,16 0,34 -0,08 0,13 0,63 0,76 0,84 0,21 0,63 0,33 0,27 0,43 0,42 8,9200 8,1700 8,9200 8,1700

IPCA IBGE Mensal (%) 2,25 1,57 1,23 0,97 0,61 -0,15 0,20 0,34 0,78 0,29 0,34 0,52 9,3000 9,3000

IPCA-15 IBGE Mensal (%) 1,98 2,19 1,14 1,14 0,85 0,22 -0,18 0,27 0,57 0,66 0,17 0,46 — —

IPCA-E IBGE Mensal (%) 1,98 2,19 1,14 1,14 0,85 0,22 -0,18 0,27 0,57 0,66 0,17 0,46 9,8600 9,8600

SELIC B.Central Mensal (%) 1,9233 1,7776 2,0166 1,9509 2,0166 1,9376 1,9555 1,8163 1,5880 1,5396 1,4013 1,3459 23,4700 23,4700

TJLP CMN Mensal (%) 0,9167 0,9167 0,9167 1,0000 1,0000 1,0000 1,0000 1,0000 1,0000 0,9167 0,9167 0,9167 — —

TR CUB-PR B.Central Sinduscon/PR Mensal Mensal (%) (%) 0,4878 1,67 0,4116 0,78 0,3782 0,56 0,4184 0,46 0,4650 0,34 0,4166 0,26 0,5465 8,95 0,4038 0,15 0,3364 0,40 0,3213 0,31 0,1776 0,40 0,1899 0,35 4,6485 15,3000 4,6485 15,3000

PIB Gov. Trimest. (%) -1,18 -1,18 -1,18 -0,13 -0,13 -0,13 0,96 0,96 0,96 1,25 1,25 1,25 — —

Desempr. IBGE Mensal Mês (%) 11,20 Jan 11,60 Fev 12,10 Mar 12,40 Abr 12,80 Mai 13,00 Jun 12,80 Jul 13,00 Ago 12,90 Set 12,90 Out 12,20 Nov 10,90 Dez — No ano — 12 meses

ICV DIEESE Mensal 1,46 -0,18 0,47 0,06 0,43 1,12 1,21 0,69 0,29 0,53 0,83 0,54 1,09 7,6965 7,6965

IGP-DI FGV Mensal 0,80 1,08 0,93 1,15 1,46 1,29 1,14 1,31 0,48 0,53 0,82 0,52 1,47 12,1303 12,1303

IGP-M FGV Mensal 0,88 0,69 1,13 1,21 1,31 1,38 1,31 1,22 0,69 0,39 0,82 0,74 1,76 12,4200 12,4200

INCC-DI FGV Mensal 0,33 1,00 1,16 0,59 1,83 0,70 1,12 0,81 0,58 1,19 0,71 0,51 0,59 11,0434 11,0434

INCC-M FGV Mensal 0,28 0,48 1,59 0,60 1,74 0,56 1,12 0,90 0,67 0,95 0,94 0,61 0,43 10,9428 10,9428

INPC IBGE Mensal 0,83 0,39 0,57 0,41 0,40 0,50 0,73 0,50 0,17 0,17 0,44 0,86 0,97 6,1332 6,1332

IPA-DI FGV Mensal 0,75 1,42 1,09 1,57 1,71 1,57 1,35 1,59 0,65 0,61 1,00 0,48 1,90 14,6838 14,6838

IPA-M FGV Mensal 0,98 0,79 1,33 1,65 1,52 1,73 1,58 1,42 0,90 0,44 0,99 0,81 2,36 15,0828 15,0828

IPC-DI IPC FGV FIPE/USP Mensal Mensal 1,08 0,65 0,28 0,19 0,46 0,12 0,31 0,29 0,71 0,57 0,78 0,92 0,59 0,59 0,79 0,99 0,01 0,21 0,10 0,62 0,37 0,56 0,63 0,67 0,70 0,82 6,2784 6,5654 6,2784 6,5654

IPCA IBGE Mensal 0,76 0,61 0,47 0,37 0,51 0,71 0,91 0,69 0,33 0,44 0,69 0,86 0,74 7,6006 7,6006

IPCA-15 IBGE Mensal 0,68 0,90 0,40 0,21 0,54 0,56 0,93 0,79 0,49 0,32 0,63 0,84 0,70 — —

IPCA-E IBGE Mensal 0,68 0,90 0,40 0,21 0,54 0,56 0,93 0,79 0,49 0,32 0,63 0,84 0,70 7,5300 7,5300

SELIC B.Central Mensal 1,3044 1,2174 1,2936 1,2323 1,2650 1,2240 1,2650 1,2650 1,2329 1,2966 1,2928 1,3759 0,9096 16,3800 16,3800

TJLP CMN Mensal 0,8333 0,8333 0,8333 0,8125 0,8125 0,8125 0,8125 0,8125 0,8125 0,8125 0,8125 0,8125 0,5208 — —

TR CUB-PR B.Central Sinduscon/PR Mensal Mensal 0,1280 0,51 0,0458 0,52 0,1778 0,67 0,0874 0,47 0,1546 0,74 0,1761 0,63 0,1952 3,12 0,2005 0,28 0,1728 0,40 0,1108 0,67 0,1146 0,30 0,2400 0,49 0,0640 0,35 1,8184 9,1000 1,8184 9,1000

PIB Gov. Trimest. 1,94 1,94 1,94 1,94 1,94 1,94 1,13 1,13 1,13 1,00 1,00 1,00 6,70 — —

Desempr. IBGE Mensal Mês 11,70 Jan 12,00 Fev 12,80 Mar 13,10 Abr 12,20 Mai 11,70 Jun 11,20 Jul 11,40 Ago 10,90 Set 10,50 Out 10,70 Nov 9,60 Dez 7,40 Dez — No ano — 12 meses

ICV DIEESE Mensal 0,91 0,32 0,81 0,50 0,39 -0,17 -0,17 0,00 0,72 0,57 0,38 0,19 1,09 4,5345 4,5345

IGP-DI FGV Mensal 0,33 0,40 0,99 0,51 -0,25 -0,45 -0,40 -0,79 -0,13 0,63 0,33 0,07 1,47 1,2321 1,2321

IGP-M FGV Mensal 0,39 0,30 0,85 0,86 -0,22 -0,44 -0,34 -0,65 -0,53 0,60 0,40 -0,01 1,76 1,2008 1,2008

INCC-DI FGV Mensal 0,75 0,44 0,67 0,72 2,09 0,76 0,11 0,02 0,24 0,19 0,28 0,37 0,59 6,8284 6,8284

INCC-M FGV Mensal 0,70 0,42 0,71 0,38 0,54 2,20 0,65 0,05 0,06 0,28 0,29 0,38 0,43 6,8488 6,8488

INPC IBGE Mensal 0,57 0,44 0,73 0,91 0,70 -0,11 0,03 0,00 0,15 0,58 0,54 0,40 0,97 5,0474 5,0474

IPA-DI FGV Mensal 0,08 0,39 1,14 0,33 -0,98 -0,78 -0,69 -1,04 -0,28 0,79 0,24 -0,14 1,90 -0,9627 -0,9627

IPA-M FGV Mensal 0,20 0,20 0,94 0,96 -0,77 -1,00 -0,65 -0,88 -0,76 0,72 0,40 -0,27 2,36 -0,9356 -0,9356

IPC-DI IPC FGV FIPE/USP Mensal Mensal 0,85 0,56 0,43 0,36 0,70 0,79 0,88 0,83 0,79 0,35 -0,05 -0,20 0,13 0,30 -0,44 -0,20 0,09 0,44 0,42 0,63 0,57 0,29 0,46 0,29 0,70 0,82 4,9291 4,5254 4,9291 4,5254

IPCA IBGE Mensal 0,58 0,59 0,61 0,87 0,49 -0,02 0,25 0,17 0,35 0,75 0,55 0,36 0,74 5,6897 5,6897

IPCA-15 IBGE Mensal 0,68 0,74 0,35 0,74 0,83 0,12 0,11 0,28 0,16 0,56 0,78 0,38 0,70 — —

IPCA-E IBGE Mensal 0,68 0,74 0,35 0,74 0,83 0,12 0,11 0,28 0,16 0,56 0,78 0,38 0,70 5,8700 5,8700

SELIC B.Central Mensal 1,4076 1,3047 1,4837 1,4633 1,5321 1,4924 1,5425 1,5425 1,4831 1,5105 1,4318 1,4321 0,9096 19,1300 19,1300

TJLP CMN Mensal 0,8125 0,8125 0,8125 0,8125 0,8125 0,8125 0,8125 0,8125 0,8125 0,8125 0,8125 0,8125 0,5208 — —

TR CUB-PR B.Central Sinduscon/PR Mensal Mensal 0,1880 0,38 0,0962 0,33 0,2635 0,44 0,2003 0,21 0,2527 0,29 0,2993 3,93 0,2575 0,24 0,3466 0,05 0,2637 0,11 0,2100 0,35 0,1929 0,17 0,2269 0,10 0,0640 0,35 2,8335 6,7300 2,8335 6,7300

PIB Gov. Trimest. -0,12 -0,12 -0,12 2,32 2,32 2,32 -1,06 -1,06 -1,06 1,06 1,06 1,06 6,70 — —

Desempr. IBGE Mensal Mês 10,2 Jan 10,7 Fev 10,9 Mar 10,8 Abr 10,2 Mai 9,4 Jun 9,5 Jul 9,4 Ago 9,7 Set 9,6 Out 9,6 Nov 8,4 Dez 7,40 Dez — No ano — 12 meses

ICV DIEESE Mensal 0,72 0,12 0,52 -0,06 -0,37 -0,21 -0,14 0,32 0,39 0,27 0,33 0,65 1,09 2,5630 2,5630

IGP-DI FGV Mensal 0,72 -0,06 -0,45 0,02 0,38 0,67 0,17 0,41 0,24 0,81 0,57 0,26 1,47 3,7973 3,7973

IGP-M FGV Mensal 0,92 0,01 -0,23 -0,42 0,38 0,75 0,18 0,37 0,29 0,47 0,75 0,32 1,76 3,8476 3,8476

INCC-DI FGV Mensal 0,34 0,19 0,20 0,36 1,32 0,90 0,47 0,24 0,11 0,21 0,23 0,36 0,59 5,0359 5,0359

INCC-M FGV Mensal 0,24 0,28 0,23 0,21 0,81 1,45 0,57 0,35 0,09 0,18 0,23 0,30 0,43 5,0452 5,0452

INPC IBGE Mensal 0,38 0,23 0,27 0,12 0,13 -0,07 0,11 -0,02 0,16 0,43 0,42 0,62 0,97 2,8134 2,8134

IPA-DI FGV Mensal 0,81 -0,12 -0,82 -0,15 0,46 1,06 0,17 0,53 0,28 1,16 0,75 0,11 1,90 4,3052 4,3052

IPA-M FGV Mensal 1,10 -0,06 -0,48 -0,77 0,43 1,11 0,21 0,46 0,36 0,65 1,02 0,29 2,36 4,3867 4,3867

IPC-DI IPC FGV FIPE/USP Mensal Mensal 0,65 0,50 0,01 -0,03 0,22 0,14 0,34 0,01 -0,19 -0,22 -0,40 -0,31 0,06 0,21 0,16 0,12 0,19 0,25 0,14 0,39 0,24 0,42 0,63 1,04 0,70 0,82 2,0644 2,5421 2,0644 2,5421

IPCA IBGE Mensal 0,59 0,41 0,43 0,21 0,10 -0,21 0,19 0,05 0,21 0,33 0,31 0,48 0,74 3,1418 3,1418

IPCA-15 IBGE Mensal 0,51 0,52 0,37 0,17 0,27 -0,15 -0,02 0,19 0,05 0,29 0,37 0,35 0,70 — —

IPCA-E IBGE Mensal 0,51 0,52 0,37 0,17 0,27 -0,15 -0,02 0,19 0,05 0,29 0,37 0,35 0,70 2,9500 2,9500

SELIC B.Central Mensal 1,3926 1,2283 1,3198 1,2434 1,2500 1,0117 1,0120 1,1742 1,1010 1,1221 1,0633 1,0624 0,9096 14,9100 14,9100

TJLP CMN Mensal 0,7500 0,7500 0,7500 0,6792 0,6792 0,6792 0,6250 0,6250 0,6250 0,5708 0,5708 0,5708 0,5208 — —

TR CUB-PR B.Central Sinduscon/PR Mensal Mensal 0,2326 0,23 0,0725 0,15 0,2073 0,12 0,0855 0,08 0,1888 0,25 0,1937 0,15 0,1751 2,89 0,2436 0,11 0,1521 0,21 0,1875 0,12 0,1282 0,05 0,1522 0,10 0,0640 0,35 2,0377 4,5200 2,0377 4,5200

PIB Gov. Trimest. 1,82 1,82 1,82 0,22 0,22 0,22 1,54 1,54 1,54 1,18 1,18 1,18 6,70 — —

Desempr. IBGE Mensal Mês 9,3 Jan 10,1 Fev 10,4 Mar 10,4 Abr 10,2 Mai 10,4 Jun 10,8 Jul 10,6 Ago 10,0 Set 9,8 Out 9,6 Nov 8,4 Dez 7,40 Dez — No ano — 12 meses

ICV DIEESE Mensal (%) 0,95 0,21 0,25 0,41 0,63 0,15 -0,30 0,40 0,30 0,33 0,28 1,09 4,7949 4,7949

IGP-DI FGV Mensal (%) 0,43 0,23 0,22 0,14 0,16 0,26 0,37 1,39 1,17 0,75 1,05 1,47 7,8984 7,8984

IGP-M FGV Mensal (%) 0,50 0,27 0,34 0,04 0,04 0,26 0,28 0,98 1,29 1,05 0,69 1,76 7,7463 7,7463

INCC-DI FGV Mensal (%) 0,45 0,21 0,27 0,46 1,15 0,92 0,31 0,26 0,51 0,51 0,36 0,59 6,1633 6,1633

INCC-M FGV Mensal (%) 0,45 0,26 0,17 0,43 0,55 1,67 0,21 0,35 0,39 0,49 0,48 0,43 6,0324 6,0324

INPC IBGE Mensal (%) 0,49 0,42 0,44 0,26 0,26 0,31 0,32 0,59 0,25 0,30 0,43 0,97 5,1556 5,1556

IPA-DI FGV Mensal (%) 0,32 0,19 0,11 0,02 -0,04 0,09 0,42 1,96 1,64 1,02 1,45 1,90 9,4313 9,4313

IPA-M FGV Mensal (%) 0,40 0,21 0,33 -0,14 -0,09 0,01 0,26 1,31 1,83 1,42 0,97 2,36 9,1997 9,1997

IPC-DI IPC FGV FIPE/USP Mensal Mensal (%) (%) 0,69 0,66 0,34 0,33 0,48 0,11 0,31 0,33 0,25 0,36 0,42 0,55 0,28 0,27 0,42 0,07 0,23 0,24 0,13 0,08 0,27 0,47 0,70 0,82 4,6131 4,3723 4,6131 4,3723

IPCA IBGE Mensal (%) 0,44 0,44 0,37 0,25 0,28 0,28 0,24 0,47 0,18 0,30 0,38 0,74 4,4572 4,4572

IPCA-15 IBGE Mensal (%) 0,52 0,46 0,41 0,22 0,26 0,29 0,24 0,42 0,29 0,24 0,23 0,70 — —

IPCA-E IBGE Mensal (%) 0,52 0,46 0,41 0,22 0,26 0,29 0,24 0,42 0,29 0,24 0,23 0,70 4,3600 —

SELIC B.Central Mensal (%) 1,0581 0,9420 1,0287 0,9838 1,0054 0,9432 0,9511 0,9288 0,8832 0,9096 0,8801 0,9096 12,0400 12,0400

TJLP CMN Mensal (%) 0,5417 0,5417 0,5417 0,5417 0,5417 0,5417 0,5208 0,5208 0,5208 0,5208 0,5208 0,5208 — —

TR CUB-PR B.Central Sinduscon/PR Mensal Mensal (%) (%) 0,2189 0,13 0,0721 0,10 0,1876 0,21 0,1272 0,16 0,1689 0,19 0,0954 0,26 0,1469 3,04 0,1466 0,34 0,0352 0,32 0,1142 0,42 0,0590 0,40 0,0640 0,35 1,4452 — — —

PIB Gov. Trimest. (%) 5,15 5,15 5,15 6,41 6,41 6,41 6,06 6,06 6,06 6,70 6,70 6,70 — —

Desempr. IBGE Mensal Mês (%) 9,30 Jan 9,90 Fev 10,10 Mar 10,10 Abr 10,10 Mai 9,70 Jun 9,50 Jul 9,50 Ago 9,00 Set 8,70 Out 8,20 Nov 7,40 Dez — No ano — 12 meses

ICV DIEESE Mensal (%) 0,88 -0,03 0,45 0,42 0,87 0,97 0,87 0,32 0,14 0,43 0,53 0,10 6,1084 6,1084

IGP-DI FGV Mensal (%) 0,99 0,38 0,70 1,12 1,88 1,89 1,12 -0,38 0,36 1,09 0,07 -0,44 9,1073 9,1073

IGP-M FGV Mensal (%) 1,09 0,53 0,74 0,69 1,61 1,98 1,76 -0,32 0,11 0,98 0,38 -0,13 9,8054 9,8054

INCC-DI FGV Mensal (%) 0,38 0,40 0,66 0,87 2,02 1,92 1,46 1,18 0,95 0,77 0,50 0,17 11,8602 11,8602

INCC-M FGV Mensal (%) 0,41 0,43 0,59 0,82 1,10 2,67 1,42 1,27 0,95 0,85 0,60 0,22 11,9674 11,9674

INPC IBGE Mensal (%) 0,69 0,48 0,51 0,64 0,96 0,91 0,58 0,21 0,15 0,50 0,38 0,29 6,4814 6,4814

IPA-DI FGV Mensal (%) 1,08 0,52 0,80 1,30 2,22 2,29 1,28 -0,80 0,44 1,36 -0,17 -0,88 9,7963 9,7963

IPA-M FGV Mensal (%) 1,24 0,64 0,96 0,65 2,01 2,27 2,20 -0,74 0,04 1,24 0,30 -0,42 10,8411 10,8411

IPC-DI IPC FGV FIPE/USP Mensal Mensal (%) (%) 0,97 0,52 0,00 0,19 0,45 0,31 0,72 0,54 0,87 1,23 0,77 0,96 0,53 0,45 0,14 0,38 -0,09 0,38 0,47 0,50 0,56 0,39 0,52 0,16 6,0664 6,1729 6,0664 6,1729

IPCA IBGE Mensal (%) 0,54 0,49 0,48 0,55 0,79 0,74 0,53 0,28 0,26 0,45 0,36 0,28 5,9023 5,9023

IPCA-15 IBGE Mensal (%) 0,70 0,64 0,23 0,59 0,56 0,90 0,63 0,35 0,26 0,30 0,49 0,29 — —

IPCA-E IBGE Mensal (%) 0,70 0,64 0,23 0,59 0,56 0,90 0,63 0,35 0,26 0,30 0,49 0,29 6,1000 —

SELIC B.Central Mensal (%) 0,9071 0,8483 0,9071 0,8950 0,9454 0,9468 0,9983 1,0406 1,0433 1,0972 1,0616 1,0972 12,4500 12,4500

TJLP CMN Mensal (%) 0,5208 0,5208 0,5208 0,5208 0,5208 0,5208 0,5208 0,5208 0,5208 0,5208 0,5208 0,5208 — —

TR CUB-PR B.Central Sinduscon/PR Mensal Mensal (%) (%) 0,1010 0,34 0,0243 6,00 0,0409 0,42 0,0955 0,39 0,0736 0,75 0,1146 6,05 0,1914 0,64 0,1574 0,87 0,1970 0,75 0,2506 0,87 0,1618 0,44 0,2149 0,34 1,6348 12,6800 — 12,6800

PIB Gov. Trimest. (%) 6,40 6,40 6,40 6,50 6,50 6,50 7,10 7,10 7,10 0,80 0,80 0,80 — —

Desempr. IBGE Mensal Mês (%) 8,00 Jan 8,70 Fev 8,60 Mar 8,50 Abr 7,90 Mai 7,80 Jun 8,10 Jul 7,60 Ago 7,60 Set 7,50 Out 7,60 Nov 6,80 Dez — No ano — 12 meses

ICV DIEESE Mensal (%) 0,69 0,02 0,40 0,31 0,23 0,05 0,49 0,30 0,27 0,53 0,60 0,08 4,0403 4,0403

IGP-DI FGV Mensal (%) 0,01 -0,13 -0,84 0,04 0,18 -0,32 -0,64 0,09 0,25 -0,04 0,07 -0,11 -1,4364 -1,4364

IGP-M FGV Mensal (%) -0,44 0,26 -0,74 -0,15 -0,07 -0,10 -0,43 -0,36 0,42 0,05 0,10 -0,26 -1,7123 -1,7123

INCC-DI FGV Mensal (%) 0,33 0,27 -0,25 -0,04 1,39 0,70 0,26 -0,05 0,15 0,06 0,29 0,10 3,2474 3,2474

INCC-M FGV Mensal (%) 0,26 0,35 -0,17 -0,01 0,25 1,53 0,37 0,01 0,07 0,13 0,18 0,20 3,2062 3,2062

INPC IBGE Mensal (%) 0,64 0,31 0,20 0,55 0,60 0,42 0,23 0,08 0,16 0,24 0,37 0,24 4,1137 4,1137

IPA-DI FGV Mensal (%) -0,33 -0,31 -1,46 -0,10 -0,10 -0,64 -1,16 0,07 0,29 -0,08 -0,04 -0,29 -4,0858 -4,0858

IPA-M FGV Mensal (%) -0,95 0,20 -1,24 -0,44 -0,30 -0,45 -0,85 -0,61 0,53 0,04 0,08 -0,50 -4,4128 -4,4128

IPC-DI IPC FGV FIPE/USP Mensal Mensal (%) (%) 0,83 0,46 0,21 0,27 0,61 0,40 0,47 0,31 0,39 0,33 0,12 0,13 0,34 0,33 0,20 0,48 0,18 0,16 0,01 0,25 0,26 0,29 0,24 0,18 3,9261 3,6490 3,9261 3,6490

IPCA IBGE Mensal (%) 0,48 0,55 0,20 0,48 0,47 0,36 0,24 0,15 0,24 0,28 0,41 0,37 4,3120 4,3120

IPCA-15 IBGE Mensal (%) 0,40 0,63 0,11 0,36 0,59 0,38 0,22 0,23 0,19 0,18 0,44 0,38 — —

IPCA-E IBGE Mensal (%) 0,40 0,63 0,11 0,36 0,59 0,38 0,22 0,23 0,19 0,18 0,44 0,38 4,1800 —

SELIC B.Central Mensal (%) 1,0758 0,9248 0,9503 0,8776 0,8322 0,7549 0,7428 0,7150 0,6918 0,7150 0,6918 0,7150 10,1300 10,1300

TJLP CMN Mensal (%) 0,5208 0,5208 0,5208 0,5208 0,5208 0,5208 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 — —

TR CUB-PR B.Central Sinduscon/PR Mensal Mensal (%) (%) 0,1840 0,37 0,0451 0,37 0,1438 -0,19 0,0454 -0,09 0,0449 0,02 0,0656 0,03 0,1051 4,06 0,0197 0,06 0,0000 0,35 0,0000 0,17 0,0000 0,29 0,0533 0,13 0,7090 5,6400 — 5,6400

PIB Gov. Trimest. (%) -2,97 -2,97 -2,97 -2,75 -2,75 -2,75 -1,81 -1,81 -1,81 5,02 5,02 5,02 — —

Desempr. IBGE Mensal Mês (%) 8,20 Jan 8,50 Fev 9,00 Mar 8,90 Abr 8,80 Mai 8,10 Jun 8,00 Jul 8,10 Ago 7,70 Set 7,50 Out 7,40 Nov 6,80 Dez — No ano — 12 meses

ICV DIEESE Mensal (%) 1,72 0,59 0,47 0,22 0,15 0,02 0,14 0,25 0,53 0,93 1,04 0,65 6,9067 6,9067

IGP-DI FGV Mensal (%) 1,01 1,09 0,63 0,72 1,57 0,34 0,22 1,10 1,10 1,03 1,58 0,38 11,3058 11,3058

IGP-M FGV Mensal (%) 0,63 1,18 0,94 0,77 1,19 0,85   0,15   0,77 1,15 1,01 1,45 0,69 11,3220 11,3220

INCC-DI FGV Mensal (%) 0,64 0,36 0,75 0,84 1,81 1,09 0,44 0,14 0,21 0,20 0,37 0,67 7,7717 7,7717

INCC-M FGV Mensal (%) 0,52 0,35 0,45 1,17 0,93 1,77 0,62 0,22 0,20 0,15 0,36 0,59 7,5683 7,5683

INPC IBGE Mensal (%) 0,24 0,70 0,71 0,73 0,43 -0,11 -0,07 -0,07 0,54 0,92 1,03 0,60 6,4652 6,4652

IPA-DI FGV Mensal (%) 0,96 1,38 0,52 0,68 2,06 0,43 0,34 1,70 1,47 1,32 1,98 0,21 13,8336 13,8336

IPA-M FGV Mensal (%) 0,51 1,42 1,07 0,72 1,49 1,09 0,20 1,24 1,60 1,30 1,84 0,63 13,9124 13,9124

IPC-DI IPC FGV FIPE/USP Mensal Mensal (%) (%) 1,29 1,34 0,68 0,74 0,86 0,34 0,76 0,39 0,21 0,22 -0,21 0,04 -0,21 0,17 -0,08 0,17 0,46 0,53 0,59 1,04 1,00 0,72 0,72 0,54 6,2281 6,4129 6,2281 6,4129

IPCA IBGE Mensal (%) 0,75 0,78 0,52 0,57 0,43 0,00 0,01 0,04 0,45 0,75 0,83 0,63 5,9090 5,9090

IPCA-15 IBGE Mensal (%) 0,52 0,94 0,55 0,48 0,63 0,19 -0,09 -0,05 0,31 0,62 0,86 0,69 — —

IPCA-E IBGE Mensal (%) 0,52 0,94 0,55 0,48 0,63 0,19 -0,09 -0,05 0,31 0,62 0,86 0,69 5,7900 —

SELIC B.Central Mensal (%) 0,7150 0,6455 0,7150 0,6956 0,7738 0,7883 0,8447 0,8710 0,8579 0,8169 0,8169 0,8710 9,9000 9,9000

TJLP CMN Mensal (%) 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 — —

TR CUB-PR B.Central Sinduscon/PR Mensal Mensal (%) (%) 0,0000 0,20 0,0000 0,18 0,0792 0,24 0,0000 0,17 0,0510 0,38 0,0589 0,51 0,1151 5,75 0,0909 0,20 0,0702 0,27 0,0472 0,12 0,0336 0,16 0,1406 0,05 0,6887 8,4100 0,6887 8,4100

PIB Gov. Trimest. (%) 9,27 9,27 9,27 9,16 9,16 9,16 6,74 6,74 6,74 5,04 5,04 5,04 7,4897 7,4897

Desempr. IBGE Mensal Mês (%) 7,20 Jan 7,40 Fev 7,60 Mar 7,30 Abr 7,30 Mai 7,00 Jun 6,90 Jul 6,70 Ago 6,20 Set 6,10 Out 5,70 Nov 5,30 Dez — No ano — 12 meses

ICV DIEESE Mensal (%) 1,28 0,41 0,91 0,80 0,04 -0,34 0,44 0,39 0,69 0,31 0,52 0,50 6,1051 6,1051

IGP-DI FGV Mensal (%) 0,98 0,96 0,61 0,50 0,01 -0,13 -0,05 0,61 0,75 0,40 0,43 -0,16 5,0125 5,0125

IGP-M FGV Mensal (%) 0,79 1,00 0,62 0,45 0,43 -0,18 -0,12 0,44 0,65 0,53 0,50 -0,12 5,0977 5,0977

INCC-DI FGV Mensal (%) 0,41 0,28 0,43 1,06 2,94 0,37 0,45 0,13 0,14 0,23 0,72 0,11 7,4818 7,4818

INCC-M FGV Mensal (%) 0,37 0,39 0,44 0,75 2,03 1,43 0,59 0,16 0,14 0,20 0,50 0,35 7,5842 7,5842

INPC IBGE Mensal (%) 0,94 0,54 0,66 0,72 0,57 0,22 0,00 0,42 0,45 0,32 0,57 0,51 6,0799 6,0799

IPA-DI FGV Mensal (%) 0,96 1,23 0,60 0,24 -0,63 -0,19 -0,13 0,77 0,94 0,48 0,34 -0,55 4,1154 4,1154

IPA-M FGV Mensal (%) 0,76 1,20 0,65 0,29 0,03 -0,45 -0,22 0,57 0,74 0,68 0,52 -0,48 4,3594 4,3594

IPC-DI IPC FGV FIPE/USP Mensal Mensal (%) (%) 1,27 1,15 0,49 0,60 0,71 0,35 0,95 0,70 0,51 0,31 -0,18 0,01 -0,04 0,30 0,40 0,39 0,50 0,25 0,26 0,39 0,53 0,60 0,79 0,61 6,3595 5,8044 6,3595 5,8044

IPCA IBGE Mensal (%) 0,83 0,80 0,79 0,77 0,47 0,15 0,16 0,37 0,53 0,43 0,52 0,50 6,5031 6,5031

IPCA-15 IBGE Mensal (%) 0,76 0,97 0,60 0,77 0,70 0,23 0,10 0,27 0,53 0,42 0,46 0,56 — —

IPCA-E IBGE Mensal (%) 0,76 0,97 0,60 0,77 0,70 0,23 0,10 0,27 0,53 0,42 0,46 0,56 6,5500 6,5500

SELIC B.Central Mensal (%) 0,8859 0,8212 0,9455 0,9235 0,9659 0,9481 0,9931 1,0054 0,9358 0,9523 0,8987 0,8903 11,7600 11,7600

TJLP CMN Mensal (%) 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 — —

TR CUB-PR B.Central Sinduscon/PR Mensal Mensal (%) (%) 0,0715 0,08 0,0524 0,11 0,1212 0,16 0,0369 0,20 0,1570 0,28 0,1114 0,30 0,1229 5,35 0,2076 0,63 0,1003 0,44 0,0620 0,33 0,0645 0,34 0,0937 0,18 1,2079 8,5900 1,2079 8,5900

PIB Gov. Trimest. (%) 0,78 0,78 0,78 0,72 0,72 0,72 -0,04 -0,04 -0,04 — — — 3,2009 3,5966

Desempr. IBGE Mensal Mês (%) 6,10 Jan 6,40 Fev 6,50 Mar 6,40 Abr 6,40 Mai 6,20 Jun 6,00 Jul 6,00 Ago 6,00 Set 5,80 Out 5,20 Nov 4,70 Dez — No ano — 12 meses

Fonte Mês

ICV DIEESE Mensal

IGP-DI FGV Mensal

IGP-M FGV Mensal

INCC-DI FGV Mensal

INCC-M FGV Mensal

INPC IBGE Mensal

IPA-DI FGV Mensal

IPA-M FGV Mensal

IPC-DI FGV Mensal

IPCA IBGE Mensal

IPCA-15 IBGE Mensal

IPCA-E IBGE Mensal

SELIC B.Central Mensal

TJLP CMN Mensal

TR B.Central Mensal

PIB Gov. Trimest.

Desempr. IBGE Mensal

Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez No ano 12 meses

1,32 0,13 — — — — — — — — — — — —

Fonte Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez No ano 12 meses

2004 Fonte Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Dez No ano 12 meses

2005 Fonte Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Dez No ano 12 meses

2006 Fonte Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Dez No ano 12 meses

2007 Fonte Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez No ano 12 meses

2008 Fonte Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez No ano 12 meses

2009 Fonte Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez No ano 12 meses

2010 Fonte Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez No ano 12 meses

2011 Fonte Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez No ano 12 meses

2012 (%)

(%)

0,30 0,07 — — — — — — — — — — — —

(%)

0,25 0,06 — — — — — — — — — — 0,3100 4,5353

(%)

0,89 — — — — — — — — — — — — —

(%)

0,67 0,42 — — — — — — — — — — 0,6700 7,9047

(%)

0,51 0,39 — — — — — — — — — — — —

(%)

0,01 -0,03 — — — — — — — — — — — —

(%)

-0,07 -0,26 — — — — — — — — — — -0,0700 3,4997

(%)

0,81 0,24 — — — — — — — — — — — —

IPC FIPE/USP Mensal (%)

0,66 0,07 — — — — — — — — — — — —

(%)

0,56 0,45 — — — — — — — — — — — —

(%)

0,65 0,53 — — — — — — — — — — — —

(%)

0,65 0,53 — — — — — — — — — — 0,6500 —

(%)

0,8717 0,7943 — — — — — — — — — — 1,6700 11,7100

(%)

0,5000 0,5000 0,5000 — — — — — — — — — — —

(%)

0,0864 0,0000 — — — — — — — — — — 0,0864 —

CUB-PR Sinduscon/PR Mensal (%)

0,24 0,06 — — — — — — — — — — — —

(%)

— — — — — — — — — — — — — —

(%)

Mês

5,5 Jan — Fev — Mar — Abr — Mai — Jun — Jul — Ago — Set — Out — Nov — Dez — No ano — 12 meses

Fontes: DIEESE; FGV; FIPE/USP; SINDUSCON/PR; IBGE; COPOM; Banco Central


Publicidade Legal Indústria&Comércio | Curitiba, segunda-feira, 19 de março de 2012 | A7 SÚMULA DE RECEBIMENTO DA LICENÇA PRÉVIA A empresa Dilmar Aloisio Nava torna público que recebeu da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Curitiba a Licença Prévia nº 11000152, com validade até 21/11/2012, para a atividade de Reforma de Pneumáticos Usados, localizada na Rua Carlos de Laet, nº 1280, Município de Curitiba, Estado do Paraná. SÚMULA DE PEDIDO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO A TATU CAP RECAPADORA DE PNEUS LTDA torna público que requereu à Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Curitiba a Licença de Operação para a atividade de Reforma de Pneumáticos Usados, localizada na Rua Carlos de Laet, nº 1280, Município de Curitiba, Estado do Paraná.

1º Ofício do registro Civil 13º Tabelionato Leão Bel. Ricardo Augusto de Leão - Oficial Trav. Nestor de Castro, 271 - CEP 80.020-120 Centro - Curitiba - PR EDITAL DE PROCLAMAS Faço saber que pretendem casar-se: 1 - THIAGO AUGUSTO PEREIRA SARTORI e ANDREA ALMEIDA PERCEGONA; 2 - GLAUCIANO DIAS DE ANDRADE e FABRICIA CRISTINA DE SOUZA. Se alguém souber de algum impedimento, oponha-o na forma da Lei, no prazo de 15 dias. Lavro o presente Edital de Proclamas para ser publicado e afixado em lugar de costume. CURITIba, 16 DE MARÇO de 2012

16º Tabelionato de Notas e 4º Ofício de Registro Civil Rua Voluntários da Pátria, 104, 1º Andar, Centro – Curitiba-PR Fone/Fax: 3233-2444 Faço saber que pretendem casar-se: PAULO HENRIQUE ANTUNES GOUVEIA E FERNANDA DA MATTA HASSELMANN, FABIO ZACHARIAS NOTO E SAYARA REGIANE NOVAK, CRISTIANO KLAS E LARISSA NIESPODZINSKI, MARCIO PADILHA E TATIANA LUCIA TIMM, LUIZ FERNANDO BRONZATTI E JAQUELINE LISBOA DE OLIVEIRA, LEONCIO JOSÉ DE ALMEIDA REIS E RENATA PLETSCH, EDUARDO MUSSI E MICHELY ALINE FACHINELO, FABIO AKIRA DE OLIVEIRA YOSHITANI E ALESSANDRA RAPAPORT RIOS, ALEX ROBERTO DOS SANTOS E ANA FLAVIA SANTOS MARTINS, FABIO PATRIOTA PINHEIRO E ANDREIA CRISTIANA PORTO, ALCIDES CORREA E INES VIEIRA DA SILVA, ANDERSON MEIRELLES E NORHANE DROWER, souber de algum impedimento oponha-o na forma da lei do prazo de quinze (15) dias. Este será afixado no lugar de costume e publicado na imprensa local. Curitiba, 16 de março de 2012. Eloirde Salette V. de Lara Escrevente

COOPERATIVA DE TRABALHO DE PROFISSIONAIS EM RADIOLOGIA DO PARANÁ CNPJ:03.012.321/0001-02 CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA Ficam os associados da COOPERADI-Cooperativa de Trabalho de Profissionais em Radiologia do Paraná, CONVOCADOS para Assembléia Geral ordinária a realizar-se em sua sede, na Avenida Winston Churchill, 176-sala 1, no dia 31 de março de 2012, em 1ª.chamada às 16,00 hs., 2ª.chamada às 17,00 hs. e 3ª.chamada às 18,00 hs. ORDEM DO DIA: 1 - Relatório da Diretoria, Balanço Patrimonial e Demonstração de Resultado do exercício social encerrado em 31.12.2011, bem como o parecer do Conselho Fiscal. 2 - Eleição dos Membros da Diretoria e Conselho Fiscal da COOPERADI - Gestão 2012/2015. 3 - Assuntos Gerais. Curitiba, 16 de março de 2012 Ronaldo Adriano Bino Diretor Presidente

BATTISTELLA ADMINISTRAÇÃO E PARTICIPAÇÕES S.A.

Companhia Aberta - CVM nº 01545-8 CNPJ nº 42.331.462/0001-31 - NIRE 4130001526-1 FATO RELEVANTE BATTISTELLA ADMINISTRAÇÃO E PARTICIPAÇÕES S.A. (“Companhia”), em atendimento ao disposto no parágrafo 4º, artigo 157, da Lei nº 6.404, de 15.12.1976, e na Instrução CVM nº 358, de 3.1.2002, e no interesse informar aos seus acionistas, ao mercado em geral, e aos demais interessados, vem a público informar que contratou uma instituição financeira de primeira linha para assessorar a Companhia em sua intenção de alienar em todo ou em parte as atividades do setor florestal atualmente desenvolvidas por suas controladas (“Operação”), em linha com seu atual planejamento estratégico voltado a concentração de suas atividades na área de transporte e logística e redução do seu endividamento de curto e longo prazo, sem, entretanto, se desfazer das atividades industriais de processamento de madeira, que continuarão em atividade. Os principais termos e condições da Operação estão abaixo descritos. I. OBJETIVO: A Operação tem como objetivo implementar o atual planejamento estratégico da Companhia, voltado a concentração das suas atividades (e das demais empresas de seu grupo econômico) nos segmentos de transporte e logística, de forma a possibilitar a expansão de suas operações e aumento da competitividade em tais segmentos. Em linha com o planejamento estratégico da Companhia, recursos advindos da Operação serão utilizados para a redução do seu passivo de curto e longo prazo. II. PRINCIPAIS TERMOS E CONDIÇÕES DA OPERAÇÃO: A estrutura da Operação encontra-se em fase de desenvolvimento pela Companhia, juntamente com seus assessores, e deve possibilitar a concentração de todos ou de parte relevante de seus ativos relacionados a atividades do setor florestal atualmente desenvolvidas por suas controladas em um único veículo, o qual será objeto de alienação. Os ativos relacionados a atividade florestal a serem objeto da Operação consistem, especialmente, na propriedade de imóveis rurais localizados no estado de Santa Catarina e do Paraná com área total aproximada de 40 mil hectares, dos quais, 16 mil hectares de área produtiva, contendo reflorestamento de pinus taeda, além das atividades de negócio relacionadas, tais como silvicultura e colheita, dentre outros. III. INFORMAÇÕES ADICIONAIS: A administração da Companhia manterá os seus acionistas e o mercado informados dos desdobramentos do assunto em questão. Curitiba-PR, 19 de março de 2012 Marcos Andreetto Perillo Diretor de Relações com Investidores (marcos.perillo@battistella.com.br - tel. 041 3250-2452)

JUÍZO DE DIREITO DA VARA CÍVEL DA COMARCA DE COLOMBO ESTADO DO PARANÁ, SITO À RUA FRANCISCO CAMARGO, 191 – CENTRO – COLOMBO – PR. EDITAL DE LEILÃO Pelo presente, se faz saber a todos, que será levado a leilão os bens penhorados em que o exeqüente é CONDOMINIO CONJUNTO RESIDENCIAL PARIS e o executado é LUIZ FELIPE CARVALHO DA SILVA na seguinte forma: Primeiro Leilão: 05 de abril de 2.012 a partir 13:45 horas, por preço igual ou superior ao da avaliação. Segundo Leilão: 26 de abril de 2.012 a partir 13:45 horas, pela melhor oferta, exceto por preço vil. Caso não haja expediente nas datas designadas, o leilão realizar-se-á no primeiro dia útil subseqüente, no mesmo local e horário. LOCAL: Rua Jacarezinho, 1257, 1º andar – Mercês – Curitiba – PR PROCESSO: 000.471/2004 – AUTO DE AÇÃO DE COBRANÇA SUMARIA BENS: Residência nº20, do Condomínio Residencial Paris, situado em Campo Pequeno, Município e Comarca de Colombo, Estado do Paraná, com área de utilização exclusiva de 55,46m², área construída de uso comum de 1,8167m², perfazendo a área correspondente ou global construída de 57,2767m², área de terreno de utilização exclusiva de 124,60m², sendo 69,14m² de área de quintal e jardim e 55,46 m² de área que a casa ocupa no solo, área de terreno de uso comum de 56,7858 m², quota de terreno de 181,3858 m², correspondendo-lhe a fração ideal de solo e partes comuns de 0,0165315, conforme foto anexo, matriculado sob nº 49.173 junto ao Cartório do Registro de Imóveis da Comarca de Colombo. AVALIAÇÃO: R$56.740,00 em 12/05/2010. DEPOSITÁRIO: Sr.(A). REPRESENTANTE LEGAL DA EMPRESA. Ficam através deste edital intimadas as partes (C.P.C. Artigo 687 e Art. 3º da Lei de Introdução do Código Civil Brasileiro), os cônjuges (art. 669 § 1º do CPC), os arrematantes e terceiros interessados. Cientes, também, que no ato da adjudicação, ou remição ou acordo entre as partes, serão cobrados os serviços do Leiloeiro, as despesas de editoração e de editais, bem como as despesas de vistorias e certidões de imóveis, das despesas informadas na Comunicação de Leilão e o Decreto Federal nº 21.981/1932, no Art. 22, alínea f. A comissão de Leilão, cujo resultado for positivo, sempre será devida ao Leiloeiro Oficial, pelo ATO PRATICADO (Decreto Federal N° 21.981/32), assumindo, conforme o caso, o arrematante, o adjudicante ou o remitente, o ônus destas despesas. Caso os Exeqüentes, Executados, cônjuges e terceiros interessados não sejam encontrados, notificados ou certificados por qualquer razão, das datas de Praça e Leilão, quando da expedição das notificações respectivas, valerá o presente Edital de INTIMAÇÃO DE PRAÇA E LEILÃO. O prazo para a apresentação de quaisquer medidas processuais contra os atos de expropriação, como embargos ou recursos, começará a contar após a Hasta Pública, independentemente de intimação. Colombo, 16 de março de 2012. Eu (a) PLINIO BARROSO DE CASTRO FILHO - Leiloeiro Judicial que o fiz digitar e subscrevi.-

EDITAL DE CONVOCAÇÃO O Conselho Diretor da Associação de Cultura Franco-Brasileira de Curitiba convida os associados para a Assembléia Geral Ordinária que será realizada no dia 23 de março de 2012 na Aliança Francesa, à Rua Prudente de Moraes, 1101, com a seguinte ordem do dia: - Relatório das demonstrações financeiras e do Balanço Patrimonial da Associação – exercício 2011; - Outros assuntos de interesse da Associação. A reunião terá lugar às 10:30 horas em primeira convocação e, não havendo quorum, às 11 horas em segunda convocação com a mesma ordem do dia. N.B- Só poderão tomar parte da reunião os sócios em dia com as contribuições relativas às anuidades de 2011 e 2012 até a data da reunião. (as) SERGIO BRUEL Presidente em exercício

JUÍZO DE DIREITO DA VARA CÍVEL DA COMARCA DE COLOMBO ESTADO DO PARANÁ, SITO À RUA FRANCISCO CAMARGO, 191 – CENTRO – COLOMBO – PR. EDITAL DE LEILÃO Pelo presente, se faz saber a todos, que será levado a leilão os bens penhorados em que o exeqüente é INDUSTRIA E COMERCIO PALUDO LTDA e o executado é COLAGRO IND. E AGROPECUARIA LTDA na seguinte forma: Primeiro Leilão: 05 de abril de 2.012 a partir 13:45 horas, por preço igual ou superior ao da avaliação. Segundo Leilão: 26 de abril de 2.012 a partir 13:45 horas, pela melhor oferta, exceto por preço vil. Caso não haja expediente nas datas designadas, o leilão realizar-se-á no primeiro dia útil subseqüente, no mesmo local e horário. LOCAL: Rua Jacarezinho, 1257, 1º andar – Mercês – Curitiba – PR PROCESSO: 000.363/1998 – EXECUÇAO DE TITULO EXTRAJUDICIAL BENS: Uma matriz de injeção plástica para fabricação de bebedouro pendular para aves, fabricado em aço especial VC. 1045, em bom estado de uso e funcionamento. O bem penhorado encontra -se com o exeqüente IND. E COM. PALUDO LTDA, conforme a informação do Sr. CELSO OLIVEIRA LIMA, proprietário da executada COLAGRO IND. E AGROPECUARIA LTDA. AVALIAÇÃO: R$90.000,00 em 10/05/2010. DEPOSITÁRIO: Sr.(A). CELSO OLIVEIRA LIMA. Ficam através deste edital intimadas as partes (C.P.C. Artigo 687 e Art. 3º da Lei de Introdução do Código Civil Brasileiro), os cônjuges (art. 669 § 1º do CPC), os arrematantes e terceiros interessados. Cientes, também, que no ato da adjudicação, ou remição ou acordo entre as partes, serão cobrados os serviços do Leiloeiro, as despesas de editoração e de editais, bem como as despesas de vistorias e certidões de imóveis, das despesas informadas na Comunicação de Leilão e o Decreto Federal nº 21.981/1932, no Art. 22, alínea f. A comissão de Leilão, cujo resultado for positivo, sempre será devida ao Leiloeiro Oficial, pelo ATO PRATICADO (Decreto Federal N° 21.981/32), assumindo, conforme o caso, o arrematante, o adjudicante ou o remitente, o ônus destas despesas. Caso os Exeqüentes, Executados, cônjuges e terceiros interessados não sejam encontrados, notificados ou certificados por qualquer razão, das datas de Praça e Leilão, quando da expedição das notificações respectivas, valerá o presente Edital de INTIMAÇÃO DE PRAÇA E LEILÃO. O prazo para a apresentação de quaisquer medidas processuais contra os atos de expropriação, como embargos ou recursos, começará a contar após a Hasta Pública, independentemente de intimação. Colombo, 16 de março de 2012. Eu (a) PLINIO BARROSO DE CASTRO FILHO - Leiloeiro Judicial que o fiz digitar e subscrevi.Dra. Simone Trento Juíza de Direito

JUÍZO DE DIREITO DA VARA CÍVEL DA COMARCA DE COLOMBO ESTADO DO PARANÁ, SITO À RUA FRANCISCO CAMARGO, 191 – CENTRO – COLOMBO – PR.

JUÍZO DE DIREITO DA VARA CÍVEL DA COMARCA DE COLOMBO ESTADO DO PARANÁ, SITO À RUA FRANCISCO CAMARGO, 191 – CENTRO – COLOMBO – PR.

Pelo presente, se faz saber a todos, que será levado a leilão os bens penhorados em que o exeqüente é CAFÉ DAMASCO S/A e o executado é ESPOLIO DE PEDRO ANDREATA MOCELIM E OUTROS na seguinte forma:

EDITAL DE LEILÃO

EDITAL DE LEILÃO

Primeiro Leilão: 05 de abril de 2.012 a partir 13:45 horas, por preço igual ou superior ao da avaliação. Segundo Leilão: 26 de abril de 2.012 a partir 13:45 horas, pela melhor oferta, exceto por preço vil. Caso não haja expediente nas datas designadas, o leilão realizar-se-á no primeiro dia útil subseqüente, no mesmo local e horário. LOCAL: Rua Jacarezinho, 1257, 1º andar – Mercês – Curitiba – PR PROCESSO: 000.271/2003 - CARTA PRECATORIA BENS: 01 Máquina Empacotadeira de cereais marca Matisa, com motor elétrico, toda desmontada, em péssimo estado de conservação dado ao tempo que se encontra sem funcionar, avaliada em R$ 620,00, 01 Maquina coladora elétrica, marca Matisa, em péssimas condições de conservação dado ao tempo que se encontra sem funcionar, avaliado em R$ 180,00, 02 Balcões Frigoríficos Visoramico com dois metros de comprimento cada um, marca Eicom, em péssimo estado de conservação dado ao tempo que se encontra sem funcionar, avaliado em R$ 420,00, 100 Caixas Plásticas para deposito de bebidas, com casco, avaliado em R$ 2.400,00. AVALIAÇÃO: Valor total dos bens em R$ 3.620,00 em 15/05/2009.

Facinter dá desconto a SERVIDORES

A Facinter, instituição de ensino superior do Grupo Uninter, está concedendo desconto de 20% aos funcionários da Justiça Eleitoral de todo o Brasil nos cursos de extensão na área política e eleitoral. Os interessados no desconto devem apresentar um documento (carteirinha ou holerite) no ato da inscrição Com o desconto, os cursos de Direito Eleitoral na Prática; Organização de Campanha Política e Marketing Político e Eleitoral irão custar, cada, R$ 120,00 por mês em seis parcelas. Todos os cursos são de extrema aplicabilidade em ano de campanha eleitoral para advogados, juízes, gestores públicos e outros profissionais interessados. O aluno que fizer duas destas extensões e mais o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), e possuir graduação em curso superior, poderá aproveitar as disciplinas para os cursos da pós-graduação do Grupo Uninter oferecidos pelo Ibpex. Os três cursos são oferecidos na modalidade e-learning (pela internet).

GRUPO KOSTAL COMPLETA 100 ANOS EM 2012

Para comemorar o ano do seu centenário, o Grupo Kostal desenvolveu um novo logotipo com o slogan “WE CREATE FUTURE”, reafirmando a sua missão em desenvolver produtos com tecnologia de ponta para os veículos fabricados pelas montadoras. Durante o ano de 2012, este logotipo será utilizado oficialmente pela empresa nos 17 países onde atua. É um marco importante, uma empresa familiar chegar ao seu centenário com saúde financeira e crescimento contínuo.

COGNEX PROMOVE SEMINÁRIOS CORTESIA

Dra. Simone Trento Juíza de Direito

Pelo presente, se faz saber a todos, que será levado a leilão os bens penhorados em que o exeqüente é CANINHA ONCINHA LTDA e o executado é SUPERMERCADOS ROBERTO LTDA na seguinte forma:

Empresas&Produtos

Primeiro Leilão: 05 de abril de 2.012 a partir 13:45 horas, por preço igual ou superior ao da avaliação. Segundo Leilão: 26 de abril de 2.012 a partir 13:45 horas, pela melhor oferta, exceto por preço vil. Caso não haja expediente nas datas designadas, o leilão realizar-se-á no primeiro dia útil subseqüente, no mesmo local e horário.

A Cognex Corporation (NASDAQ: CGNX), o fornecedor líder mundial de sistemas de visão mecânica, promove os Seminários Cortesia Visão & Identificação no dia 27 de março de 2012 no Hotel Mercure, em Guarulhos – SP. Direcionados para profissionais das áreas de manufatura e identificação automática, os seminários são gratuitos e estão divididos em duas temáticas: We Can Read It com ID Cognex cujo foco é abordar a tecnologia de leitores de códigos baseados em imagem, e Make It Right com Visão Cognex (In-Sight e Checker), que busca auxiliar os profissionais a aprimorarem e otimizarem seus processos de produção com base na tecnologia de visão mecânica. Para ambos os seminários a Cognex apresenta estudos de casos, conceitos, aplicações e softwares. Os interessados em participar podem se inscrever em um ou ambos os seminários pelo endereço: http://www.cognex.com/machine-vision-seminars.aspx.

KGC inaugura nova sede EM São Paulo

A KGC Comércio de Máquinas e Equipamentos, e principal distribuidora de equipamentos Hyundai, anuncia investimento de R$ 4 milhões na nova sede na região de Osasco, nesta quinta-feira, dia 15. A instalação, localizada na Avenida Presidente Kennedy, 2259, próxima à Rodovia Castelo Branco, possui 16.000 metros quadrados e conta com showroom completo de equipamentos, peças de reposição e oficina especializada, além da administração geral de toda rede KGC. “Nossa empresa cresceu 37% (em número de equipamentos vendidos) no último ano e a excelente resposta do mercado nos dá ânimo para continuar nosso trabalho com o objetivo de aumentar a variedade de equipamentos da marca Hyundai”, afirma Christiano Kunzler, presidente da KGC e vice-presidente da BMC, companhia que no último ano teve 30% de seu faturamento representado pelas vendas da KGC. Com seis anos de mercado, 3 filiais e 104 funcionários, a KGC espera aumentar o seu faturamento em 14% em 2012, com a expectativa de venda de mais de 530 equipamentos no ano e um faturamento bruto de R$ 167 milhões, gerando empregos e atraindo investimentos para a região. Até 2012, o Brasil contará também com a fábrica da Hyundai, que já está em construção no município de Itatiaia, Rio de Janeiro, produzindo até cinco mil máquinas por ano para construção pesada e contando, ainda, com um centro de treinamento de mão-de-obra especializada.

Área Local promove curso SOBRE REDES

Levar um conhecimento mais profundo sobre redes sociais aos clientes e demais participantes, este é o objetivo do curso promovido pela Área Local – Agência Digital. Com o tema: Redes Sociais para Negócios, a iniciativa ocorre no dia 27 de março, no Hotel Aliança Express, em Rio do Sul. O curso vai abordar através de módulos a introdução as redes sociais e web 2.0, Twitter nos negócios, Facebook, You Tube e LinkedIn. Também fará uma abordagem sobre planejamento e a partir daí, demonstrar as estratégias de marketing em redes sociais, bem como monitoramento, métricas e ferramentas de análise. “É uma excelente oportunidade de conhecer melhor as redes sociais e descobrir maneiras de usar a favor dos negócios”, explica a consultora de vendas da Área Local, Jennifer Aline de Assis. O curso é destinado para profissionais e empreendedores de todas as áreas que desejam entender com profundidade como gerenciar as redes sociais e utilizar as melhores práticas de mercado. De acordo com a consultora, a intenção da Área Local é dar continuidade aos cursos com temas específicos. “Nosso objetivo é abordar temas como Twitter, Facebook, LinkedIn e outras ferramentas de forma mais detalhada. Afinal, não basta estar nas redes é preciso saber usar de forma correta”, ressalta.

LOCAL: Rua Jacarezinho, 1257, 1º andar – Mercês – Curitiba – PR PROCESSO: 000.699/2000 EXECUÇÃO DE TITULO EXTRAJUDICIAL BENS: 01 Lote de terreno sob nº 3, da quadra “K”, da Planta Jardim São Lucas, neste Município e Comarca de Colombo, Estado do Paraná, com as seguintes medidas e confrontações:frente medindo 15,00 metros para a Rua Honesta Cavalli; 35,68 metros de extensão do lado direito de quem da rua olhar o imóvel onde confronta com o lote nº 04; fundos medindo 15,05 metros onde confronta com Hedeiros de Alexandre Nadolny, de forma retangular, com área total de 540,00metros quadrados, contendo sobre o referido imóvel duas Casas em madeiras, sendo a dos fundos com área de 56,00 metros quadrados e a segunda com área de 91,00 metros quadrados, de construção antigas,cadastrados sobnº 02,2,268,005 junto a Prefeitura Municipal e matriculado sob nº 17.526 junto ao Cartório de Registro de Imóveis de Colombo. AVALIAÇÃO: R$49.995,00 em 21/10/2009. DEPOSITÁRIO: Sr.(A). ROSILENE CECOM MOCELIN.

DEPOSITÁRIO: Sr.(A). MARCELO FAVAVINHA. Ficam através deste edital intimadas as partes (C.P.C. Artigo 687 e Art. 3º da Lei de Introdução do Código Civil Brasileiro), os cônjuges (art. 669 § 1º do CPC), os arrematantes e terceiros interessados. Cientes, também, que no ato da adjudicação, ou remição ou acordo entre as partes, serão cobrados os serviços do Leiloeiro, as despesas de editoração e de editais, bem como as despesas de vistorias e certidões de imóveis, das despesas informadas na Comunicação de Leilão e o Decreto Federal nº 21.981/1932, no Art. 22, alínea f. A comissão de Leilão, cujo resultado for positivo, sempre será devida ao Leiloeiro Oficial, pelo ATO PRATICADO (Decreto Federal N° 21.981/32), assumindo, conforme o caso, o arrematante, o adjudicante ou o remitente, o ônus destas despesas. Caso os Exeqüentes, Executados, cônjuges e terceiros interessados não sejam encontrados, notificados ou certificados por qualquer razão, das datas de Praça e Leilão, quando da expedição das notificações respectivas, valerá o presente Edital de INTIMAÇÃO DE PRAÇA E LEILÃO. O prazo para a apresentação de quaisquer medidas processuais contra os atos de expropriação, como embargos ou recursos, começará a contar após a Hasta Pública, independentemente de intimação. Colombo, 16 de março de 2012. Eu (a) PLINIO BARROSO DE CASTRO FILHO - Leiloeiro Judicial que o fiz digitar e subscrevi.-

Ônus: Hipoteca em favor de Café Damasco S/A. Ficam através deste edital intimadas as partes (C.P.C. Artigo 687 e Art. 3º da Lei de Introdução do Código Civil Brasileiro), os cônjuges (art. 669 § 1º do CPC), os arrematantes e terceiros interessados. Cientes, também, que no ato da adjudicação, ou remição ou acordo entre as partes, serão cobrados os serviços do Leiloeiro, as despesas de editoração e de editais, bem como as despesas de vistorias e certidões de imóveis, das despesas informadas na Comunicação de Leilão e o Decreto Federal nº 21.981/1932, no Art. 22, alínea f. A comissão de Leilão, cujo resultado for positivo, sempre será devida ao Leiloeiro Oficial, pelo ATO PRATICADO (Decreto Federal N° 21.981/32), assumindo, conforme o caso, o arrematante, o adjudicante ou o remitente, o ônus destas despesas. Caso os Exeqüentes, Executados, cônjuges e terceiros interessados não sejam encontrados, notificados ou certificados por qualquer razão, das datas de Praça e Leilão, quando da expedição das notificações respectivas, valerá o presente Edital de INTIMAÇÃO DE PRAÇA E LEILÃO. O prazo para a apresentação de quaisquer medidas processuais contra os atos de expropriação, como embargos ou recursos, começará a contar após a Hasta Pública, independentemente de intimação. Colombo, 16 de março de 2012. Eu (a) PLINIO BARROSO DE CASTRO FILHO - Leiloeiro Judicial que o fiz digitar e subscrevi.-

Dra. Simone Trento Juíza de Direito

Dra. Simone Trento Juíza de Direito

Coelhinhos invadem a OneStore Marisol

A rede OneStore Marisol preparou uma surpresa especial para divertir os pequenos nesta Páscoa. Nas compras acima de R$ 99, em produtos das marcas Marisol, as crianças levarão para casa um lindo coelhinho fantoche. São dois modelos exclusivos, coloridos e fofos que prometem alegrar o feriado da garotada. A novidade não para por aí. Quem passar por qualquer unidade da rede OneStore Marisol encontrará as vitrines com adesivo e decorações lúdicas e coloridas, inspiradas na época mais doce do ano, a Páscoa. A campanha “Comprou Levou Coelho Fantoche” vai até o dia 8 de abril ou até acabarem os estoques dos coelhos fantoches.

Yes oferece dicas de maquiagem

Os olhos são o espelho d’alma! E quando bem maquiados tornam o look mais misterioso. A Yes! tem os melhores produtos para fazer deles o destaque da sua maquiagem. O delineador, super usado nos anos 70, voltou com tudo e hoje é indispensável em qualquer make. O Delineador Líquido Preto da Yes! tem secagem rápida e um pincel que facilita bastante na hora de aplicar o produto. Preço: R$ 21,00. Há quem prefira os lápis ao invés de delineador. Para um olhar mais glamouroso, nada como o Diamond Lápis para Olhos com Glitter! Além do brilho do Glitter, o lápis tem manteiga de Karité na composição, o que proporciona hidratação e um deslizar mais fácil. Preço: R$ 15,50. Outro lápis com efeito maravilhoso é o Duochrome Blue Lápis para Olhos. Preto, com efeito azulado quando na luz, pode ser usado como substituto do delineador. Preço: R$ 15,50. Uma dica: na hora de se maquiar, comece pelo canto interno dos olhos com uma linha fina e vá tornando-a mais grossa gradativamente, até o canto externo. O olhar vai ficar intenso e muito mais charmoso. Vale lembrar que se os olhos ficarem muito marcados, o batom deve ser mais discreto, para não haver dois focos de atenção no rosto. Assim os batons nude são os mais indicados. Experimente!


Judiciário Curitiba, segunda-feira, 19 de março de 2012 | A8 | Indústria&Comércio

João Carlos Calvo

COCA... COLA? Não é anuncio comercial. Nunca me “vendi” e não seria agora, aos 81 anos, que o faria! Apenas para mostrar que se pode brincar, mesmo dizendo coisas serias...seriamente! Coisa muito rara nesta nossa atual Curitiba é termos dias, exageradamente quentes, estranhável, mesmo em pleno verão! Agora, com tudo isto que vem acontecendo em nosso planeta, inclusive anunciados por cientistas especializados em prognosticar desastres fatais, definitivos, como o fim do mundo, tudo o que acontece ou ocorrer, será justificado por eles como sinais do “inicio do principio” do desastre fatal! Quem gosta de bajulação e projeção pessoal pouco pensa que não é bom ser adepto do mau, mesmo que holofotes de luzes ofuscantes, porém difusas, lhe banhem abundantemente o ego! Listem quantos “holofoteiros” viciados, já partiram desta vida e nem mais são lembrados. Menos ainda, sequer citados, seriamente, por suas elucubrações! Um dia, neste momento de tempo quente, e não estou falando de política e nem de eleições deste ano,mas do comportamento da natureza, senti sede e resolvi fazer o que não fazia, desde muito tempo: fui tomar um chope para matar o desejo e a saudade dos meus anos dourados! Primeiro problema: onde ir? Segundo problema: será que encontrarei alguém para me acompanhar, mas que tenha idade para sustentar uma conversa comigo capaz de nos motivarmos reciprocamente? Faz tantos anos que não participo de uma aventura como esta que, sinceramente, fiquei, confesso, vacilante! Após a duvida, vou ou não, decidi ir e partir para a mais nova experiência de minha vida: entrar num bar, mesmo repleto de jovens, sentar e escutar, se desse, a conversa deles! Bares com nomes estrangeiros, sobretudo em inglês, para dar expressividade e cobrar mais caro! Procurarei um lugar frequentado por gente bem mais jovem e pensei: “matarei a cobra e o desejo, com uma só cajadada”! Vou degustar uns “secos e molhados” e, simultaneamente, vendoos e ouvindo-os, vou relembrar a minha juventude, pois acredito no velho ditado: “recordar é viver”! Depois de algum esforço de memória, lembrei de um endereço que os meus netos sempre se referem como lugar da preferência deles e dos encontros “mistos”, sabendo, para tornar claro, que estarei entre moços e moças, nem como coadjuvante. E menos ainda como ator? Neste, então,nem pensar! E fui..! Nem o horário de preferência deles eu sabia. Mas pelo dia lindo que fazia, deduzi qual poderia ser a hora mais adequada! E não errei! Cheguei, já haviam alguns jovens, de todos os sexos, e numa das mesas o número deles era maior, o que me levou a escolher uma, ainda vazia, mais próxima deles. Este poderia ser um bom lugar, se tivesse sorte! E foi: um ponto privilegiado de observação e audição. Esta falha cometi: talvez a indecisão inicial me perturbou e esqueci de levar os meus aparelhos auditivos. Ponto negativo, mas que tentarei, pensei, dependo do que ouça, melhorar a escuta “aumentando a capacidade dos meus ouvidos” com as mãos em concha, curvadas, como anteparo ao que disserem, para poder ouvir melhor! “Quem não levou o cão, caça ou tenta caçar com “gato auditivo”! Lembram dos “gatos que usavam para “roubar”energia elétrica”? A medida que os ponteiros do relógio corriam eles iam chegando e parando. Ali era o lugar preferencial daquela “patota”e eu acertara na “pura bamba”! Daí, bebericando e mastigando, fui, disfarçadamente, ouvindo a conversa, não com tanta clareza como desejava mas o suficiente para perceber que quase tudo que falávamos, lá em outros termos, eram equivalentes as conversas deles... de agora! A diferença básica do ontem e do hoje, era quando eles conversavam usando as expressões referentes a tecnologia atual. Embora eu entenda quase nada, mas nem tudo dito era muito desconhecido para mim, exceto algumas tiradas que não consegui ‘traduzir”! O mais: piadas, comentários sobre as meninas, as idéias sobre programações, sobre a beleza física e as preferências que eles possuíam, quase tudo igual...menos a minha energia de outrora! A grande diferença que notei, foi a liberdade com que elas abordavam os assuntos, concordando ou contestando, mas em igualdade de condições e na base da “boca livre”, sem rodeios! Nisto, a “coisa”mudou e muito.. Naqueles tempos elas pensavam, mas não diziam! Isto, jamais seriamos capazes de imaginar que um dia seria assim! Saí de lá mais instruído do que destruído, embora, bem mais saudoso! Estarão certos? Não sei! Mas sei que estavam felizes e que por ora está assim! E amanhã, como será? Os que o viverem saberão como conduzir a nau das suas vidas por um oceano tão encrespado e que, pelo que parece,logo perecerá, segundo os entendidos mencionados acima? COCA? COLA? Com Ordem Confusão Abaixa? Cola? Então vamos aguardar e esperar que sejam bons navegadores, já que “navegar é preciso e precioso também”! Este, penso, é o assunto que FHC(professor, sociólogo,e tantos outros confetes) e o senador Cristovão Buarque(professor, ex reitor da Universidade de Brasília e ex ministro da EDUCAÇÃO, que confunde e “reconfunde” esta com IINSTRUÇÃO) deveriam se preocupar! INSTRUIR A JUVENTUDE PARA A VIDA FUTURA! Não misturar “alhos com bugalhos”, confundindo, ainda mais, o ambiente político nacional com seus interesses pessoais! E outros mais, de áreas afins, deveriam se preocupar com o futuro dos jovens e deixar de se chafurdar, neste nível baixo da Política Partidária Brasileira, apenas para ficar sobre as ondas, indisfarçáveis, das suas vaidades pessoais! Faz anos que nela militam e até agora, se empenho deles e de outros houve, resultado não deu, na densidade que anunciam! Então, que façam pelo Brasil o que o país necessita, se forem capazes! Deixem para blefar, quando o jogo seja oficialmente permitido em nosso país, o que precisa, diga-se, ser urgentemente revisto, como TONUS para incentivar e qualificar o TURISMO, o qual mostrará ao mundo como fomos agraciados pela natureza! A não ser que os HOLOFOTES DO PODER tenham tanta ou mais força sobre eles, do que exercem sobre as “mariposas noturnas”, o que seria lamentável! Só não desejam TURISMO e JOGO LIVRE, os donos dos inumeráveis cassinos clandestinos...e por razões óbvias! Estes são como os grandes fabricantes, internacionais e até nacionais, de armas bélicas! NA CONTRA MÃO DA VIDA, QUEREM ASSASSINAR A PAZ PARA NÃO FALIREM !!!!!!!!!!!! Que o sentimento patriótico, que apregoam sentir pela PATRIA AMADA, não seja mais um, entre tantos engodos! João Carlos Calvo, eng.civil/1954/UFPR CMYK

Justiça&Direito Nelson Jr./SCO/STF

Eutruco vocêRetruca

jcalvo@terra.com.br

No julgamento, todos os ministros reconheceram a ilegalidade na doação de terras relizada em 1959 pelo estado de Mato Grosso

lentidão

STF julga ação mais antiga em trâmite na Corte Foram 52 anos para dar a palavra final em uma disputa por terras em Mato Grosso

O

Supremo Tribunal Federal (STF) julgou na última quinta (15) a ação mais antiga que tramitava na Corte: foram 52 anos para dar a palavra final em uma disputa por terras em Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. A lentidão do Tribunal acabou sendo decisiva para o resultado, já que, apesar de reconhecer que havia ilegalidade no caso, os ministros preferiram não desfazer uma situação que se consolidou há décadas. A ação foi ajuizada em 1959 pelo então procurador-geral da República, Carlos Medeiros Silva. Ele alegava que o estado de Mato Grosso, antes da divisão que levou à

criação de Mato Grosso do Sul, desrespeitou a Constituição da época ao doar terras com área superior a 10 mil hectares para seis empresas, no contexto da colonização do CentroOeste. De acordo com o Ministério Público, a doação não poderia ser feita sem a autorização do Senado e teria, portanto, que ser anulada. No julgamento, todos os ministros reconheceram que o procurador tinha razão. No entanto, o relator do caso, ministro Cezar Peluso, destacou que a situação deveria ser mantida em nome da segurança jurídica. “Não vejo nem como, nem por onde, meio século depois, desfazer a declaração sem graves ofensas

aos princípios constitucionais e sem transtornos para relações pessoais extremamente importantes”. Peluso lembrou que a área equivale a quase dois estados de Sergipe e que, hoje, abriga mais de 80 mil pessoas em vários municípios. A ressalva sobre a dificuldade em desfazer a doação devido às consequências da passagem do tempo foi acompanhada pelos ministros Rosa Weber, Luiz Fux, Antonio Dias Toffoli e Cármen Lúcia. A divergência foi aberta pelo ministro Ricardo Lewandowski, que considerou procedente o pedido do Ministério Público. “Mato Grosso e Mato Grosso do Sul são estados

MP-PR busca soluções contra quadrilhas dos caixas eletrônicos O problema das quadrilhas que explodem e arrombam caixas eletrônicos em espaços comerciais e agências bancárias, objeto de investigação em inquérito civil público instaurado em janeiro deste ano, foi tema de reunião promovida nesta quinta-feira, 15 de março, pelo Ministério Público do Paraná, através da Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor de Curitiba e do Centro de Apoio de Defesa do Consumidor. No encontro foram definidas três questões essenciais a serem priorizadas para coibir essa prática criminosa, tendo como foco minimizar os riscos ao consumidor: a criação de uma alternativa para destruição automática das notas quando houver a tentativa de violação do caixa eletrônico, a definição de critérios para a instalação dos caixas eletrônicos em estabelecimentos comerciais e a melhoria da qualidade das imagens das câmeras que ficam nos locais onde há caixas eletrônicos. Partici-

param do encontro representantes da Federação Brasileira de Bancos, Secretaria de Estado da Segurança Pública, Associação Comercial do Paraná, Associação Paranaense de Supermercados, Sindicombustíveis e Sindicato dos Vigilantes do Paraná, além de algumas instituições financeiras. “Nossa prioridade é a segurança dos paranaenses. Já houve inclusive o registro de vítimas em virtude dessas explosões, por isso precisamos nos antecipar e coibir a ação desses criminosos”, afirma o procurador-geral de Justiça Olympio de Sá Sotto Maior Neto, que coordenou as discussões. Ficou estabelecido na reunião que cada uma das partes envolvidas no processo entregará, até 3 de maio, um estudo técnico para o Ministério Público com propostas de solução para os problemas apontados. No dia 17 de maio haverá uma audiência para formulação de um termo de ajustamento de

conduta para adoção de medidas que garantam maior segurança aos consumidores. “O Ministério Público se coloca como interlocutor de todos os envolvidos para que, somadas as experiências de cada um, se encontre uma solução uniforme para o problema dos roubos com explosões e arrombamentos”, afirma o procurador Ciro Expedito Scheraiber, coordenador do CAOP do Consumidor. “É inadmissível que não haja critérios mais rigorosos para a instalação de caixas eletrônicos e que os bancos ainda se amparem em uma legislação datada de 1983, época em que a oferta de caixas eletrônicos era inexistente”, diz a promotora de Justiça Cristina Corso Ruaro. “Nos dias de hoje, com a grande demanda dos consumidores pela existência desse serviço, nos mais diversos lugares, as instituições bancárias e o comércio têm obrigação de garantir acesso seguro a tais locais”.

sabidamente com problemas indígenas e ambientais. Essa doação tem um vício de origem, e não me sinto à vontade para regularizar, em uma decisão do STF, toda essa extensa área”, disse. Suas preocupações foram divididas pelos ministros Carlos Ayres Britto e Marco Aurélio Mello, que também queriam desfazer a doação. Britto queria que a área fosse devolvida à União para que ela decidisse o que fazer, ponderando o princípio de justiça social. Marco Aurélio defendeu que, com a decisão, o STF ignora a Constituição “e isso acaba incentivando o desrespeito à ordem jurídica”.

TRT-PR tem novo desembargador O magistrado Francisco Roberto Ermel foi empossado, nesta segunda-feira, 12 de março, como desembargador do Tribunal Regional do Trabalho do Paraná (TRT-PR). O ato de posse foi realizado no gabinete da Presidência do TRT-PR, em Curitiba. A sessão solene ocorrerá no Plenário do TRT-PR, no dia 13 de abril. A presidente do TRT-PR, desembargadora Rosemarie Diedrichs Pimpão, lembrou em seu discurso a trajetória do magistrado. “Nós, os desembargadores com os quais tem interagido no período de sua convocação para as Turmas, somos testemunhas da dedicação, do aprumo, da qualidade e do imenso valor com que exerce a judicatura, granjeando e conquistando a admiração sincera de cada um”.

Encontro discute a intervenção do Ministério Público nas eleições Promotores de Justiça com atuação na área eleitoral estiveram reunidos na última sexta-feira (16), em Curitiba, para discutir a atuação do Ministério Público nas eleições 2012. O Encontro Estadual: “Eleições 2012 e a Intervenção do Ministério Público” tem como objetivo proporcionar a atualização dos membros do MP em relação às várias frentes de intervenção nas eleições municipais. Estão sendo discutidos temas como propaganda eleitoral antecipada, condições de elegibilidade, rejeição de contas, abuso do poder econômico, captação de votos, boca de urna e crimes eleitorais, entre outros assuntos. Entre os palestrantes estão grandes nomes do Direito Eleitoral, como

Pedro Roberto Decomain; Edson de Resende Castro; Armando Antonio Sobreiro Neto e José Jairo Gomes. O evento também conta com a participação da procuradora regional eleitoral no Paraná, Adriana Aparecida Storoz Mathias dos Santos. O encontro foi aberto pelo procurador-geral de Justiça, Olympio de Sá Sotto Maior Neto: “Até que se institua o financiamento público de campanha para igualar as oportunidades entre os candidatos, o processo eleitoral brasileiro continuará sendo marcado pelo abuso do poder econômico, que vicia a soberania popular e macula a legitimidade do mandato no Parlamento e no Poder Executivo. O Ministério Público, para cumprir efetivamente o seu papel constitucional de defensor do regi-

me democrático, deve intervir para afastar a compra de votos ou o uso ilícito da máquina administrativa nas campanhas eleitorais”, disse. Problemas a serem enfrentados – Os especialistas que participam do evento apontam alguns problemas que dificultam a atuação do Ministério Público na área eleitoral. A volatilidade da jurisprudência é um deles. “Você está trabalhando dentro de um entendimento e os Tribunais entendem, depois, de outra forma. Essa mudança de entendimento atrapalha”, afirma a procuradora regional eleitoral no Paraná, Adriana Aparecida Storoz Mathias dos Santos. Ela cita como exemplo a alteração, pelo TSE, há cerca de 15 dias, no entendimento sobre a desaprovação de contas, que gerará

a impossibilidade de obtenção da certidão de quitação eleitoral. Pedro Roberto Decomain, promotor de Justiça no Estado de Santa Catarina, cita ainda a demora para a obtenção das decisões judiciais. “A demora no julgamento de algumas ações cria um problema para a administração pública. O gestor não sabe até onde pode ir, estando subjúdice sua eleição. Isto é ruim para a administração pública”, afirma. Outra situação que considera problemática é a comprovação da propaganda eleitoral antecipada. “Sobretudo quando a propaganda é subliminar, dissimulada, é difícil a caracterização da propaganda antecipada e sua diferenciação da promoção pessoal, que têm tratamentos jurídicos diferentes”, conta.


Negócios Indústria&Comércio | Curitiba, segunda-feira, 19 de março de 2012 | B1

BRASIL

Indústria do plástico teve déficit 37,99% maior em 2011

Saldo negativo do comércio exterior do setor passou de US$ 1,35 bi para US$ 1,87 bi

E

m 2011, na comparação com 2010, o saldo negativo do comércio exterior da indústria brasileira de transformação do plástico cresceu 37,99%, passando de US$ 1,35 bilhão para US$ 1,87 bilhão. As exportações evoluíram apenas 2,63%, de US$ 1,47 bilhão para US$ 1,51 bilhão. As importações, contudo, aumentaram 19,58%, saltando de US$ 2,83 bilhões para US$ 3,38 bilhões. As informações acabam de ser tabuladas pela Abiplast, cujo presidente, José Ricardo Roriz Coelho, enfatiza: “Estes são efeitos do ‘Custo Brasil’, combinados com as consequências da excessiva valorização do Real, da Selic ainda alta e do crescente assédio ao nosso mercado por parte de exportadores que estão perdendo espaço na combalida economia europeia”. Roriz acrescenta: “A bomba que está estourando agora, atingindo primeiramente a manufatura, resulta de termos insistido muito tempo na combinação explosiva de câmbio livre com a maior taxa de juros do mundo. Por isso, o real teve valorização de 74,6% de junho de 2004 a dezembro de 2011, sem que tivéssemos a mínima possibilidade de melhorar

Neste mês, a AmbServ Sul Serviços Ambientais instalou um novo equipamento que irá aumentar sua capacidade operacional, podendo realizar o tratamento de 600 toneladas de resíduos por mês. A empresa gerencia coleta, tratamento e destinação de resíduos perigosos, que podem ser industrias ou químicos,

MAQUIAGEM DE INVERNO SERÁ FORTE E QUENTE

José Ricardo Roriz Coelho, presidente da Abiplast

anossa produtividade, devido ao brutal aumento de custos. Defendemos, sobretudo, a retomada das reformas estruturais, em especial a tributária e trabalhista. São medidas dependentes de políticas

públicas, essenciais para conter a desindustrialização e resgatar a competitividade”. No primeiro mês de 2012, os números indicam que deverá ser mantida a tendência de déficit na

além da destruição de diferentes tipos de produtos irregulares. Os clientes tem à disposição soluções completas, desde treinamentos, acondicionamento, transporte, tratamento e destinação final de resíduo. Localizada em São José dois Pinhas desde 2004, a AmbServ possui unidade própria de tratamento de resíduos hospitalares. Após a coleta, os infestantes são

encaminhados para o processo de autoclavagem, um tratamento que esteriliza material cirúrgico e o lixo. Depois do processo, passam a ser caracterizados como resíduos comuns, podendo ser dispostos em aterros sanitários. Os resíduos químicos são incinerados. A unidade atende mais de 1.500 clientes e possui uma frota de caminhões licenciada e autorizada a entrar em portos e aeroportos,

da antiga unidade. O espaço é voltado para o atendimento de crianças de até 12 anos. O espaço conta com 10 consultórios e seis leitos de enfermagem, dos quais dois são novos. A sede deverá realizar sete mil atendimentos por mês, que representará 40 % de aumento do número de atendimentos. Outros diferenciais da nova sede serão a unidade auto-resolutiva, que possibilita a liberação de exames e encaminhamentos necessários na própria unidade.

Além de atendimento de emergência 24hs, enfermagem 24h e exames laboratoriais de emergência – convênio com Hospital da Cruz Vermelha, que fica a 100m da Unidade –, o novo espaço atende diversas especialidades: alergologia, cardiologia, endocrinologia, gastroenterologia, cirurgia pediátrica, pneumologia, nefrologia, neurologia, ortopedia, psicologia, nutrologia, dermatologia e clínica pediátrica.

ARTESANATO

Feira de Curitiba ganha edição em Maringá No encontro, realizado em março/12 com o objetivo de captar o evento para a cidade foi definido que a feira acontecerá de 26 de outubro a 4 de novembro deste ano com o apoio da Prefeitura e Secretarias de Cultura e Turismo, além do apoio do Maringá CVB - Convention & Visitors Bureau, no pavilhão Branco do SRM - Sociedade Rural de Maringá. O Maringá e Região Convention & Visitors Bureau – MRCVB - tem caráter independente e não visa lucro. Tem por objetivo a promoção mercadológica da cidade e região. Implantado e mantido pelas iniciativas públicas e privadas ligadas

ao setor de turismo e eventos, é responsável pelo desenvolvimento planejado desses setores, incluindo a cidade de Maringá no circuito turístico mundial. Nesse primeiro encontro o CVB promoveu reuniões com apoiadores institucionais para o evento, como a prefeitura e suas secretarias, bem como com prestadores de serviços que facilitarão a entrada da ART&CRAFT no mercado. Em abril haverá um novo encontro entre a direção da feira e do MRCVB para a definição de ações de marketing e da documentação operacional para a realização do evento.

Realizada há quatro em Curitiba, PR, é uma feira internacional de artesanato, consolidada como uma atração especial do segmento por reunir expositores com produtos requintados e diferenciados, característica que a consagra desde sua primeira edição, em 2009. É organizada pela Fun Produções da empresária Elaine Cardoso. Em 2011 recebeu mais de 50 artesãos, vindos do Brasil e de outros 14 países, e várias associações. Dentre os produtos expostos utilidades, acessórios, objetos de decoração, moda, móveis, cutelaria e aromatizantes.

BRDE firma acordo com banco italiano O Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) assinou nesta quinta-feira, 15 de março, em sua agência na capital paranaense, um acordo com o Banco de Infraestrutura, Inovação e Desenvolvimento (BIIS, sigla em italiano para Banca Infrastrutture Innovazzione e Svillupo), que faz parte do grupo bancário Intesa Sanpaolo - Corporate & Investment Banking Division, para financiar projetos que atendam interesses públicos e privados nos estados do Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul. As instituições desejam, por meio do

Para criar a coleção de outono/inverno 2012 a Riachuelo, localizada no segundo piso do Shopping Estação, inspirou-se no espírito londrino do início dos anos 60 e trouxe para as araras da loja a atmosfera ‘cool’ e divertida daquela época que marcou história. Todas as novas peças femininas, masculinas e infantis foram criadas inspiradas no universo britânico. No feminino, os destaques são os vestidos tubinhos de gola alta, as minissaias, golas sobrepostas e as estampas gráficas, uma das grandes apostas para esta temporada. O masculino chega com tricôs diferenciados, além das calças skinny e slim. Outras referências fortes que ajudaram a criar esta coleção foram trazidas da ousadia dos anos 50, da elegância da década de 40 e da sensação de conforto do contato com a natureza.

Em parceria exclusiva com a Kraft, o Walmart vai doar para a AACD – Associação de Assistência à Criança Deficiente - R$0,01 centavo a cada Ovo de Páscoa Lacta vendido nas mais de 500 unidades da rede em todo o País. Todos os ovos de chocolate da Lacta fazem parte da campanha, como os tradicionais BIS, Diamante Negro, Sonho de Valsa, Toblerone além dos ovos com personagens infantis, como Shrek, Ben 10, Homem Aranha, Hello Kitty, Barbie, entre outros.

Clinipam inaugura novas instalações hoje A operadora de saúde Clinipam inaugura hoje (19) a nova Unidade da Criança que fica no bairro do Batel, em Curitiba, e a Unidade de Terapia Intensiva, com dez leitos, no Hospital Ônix Batel. Os novos espaços fazem parte da proposta da operadora de oferecer sedes próprias de atendimento aos seus usuários. A nova Unidade da Criança Clinipam passou por reformas para a ampliação de sua capacidade de atendimento e terá 418m2, quase o dobro

Riachuelo aposta em universo londrino

Walmart e Kraft fecham parceria

balança comercial do setor. Em janeiro, o saldo negativo foi de US$ 160,40 milhões, resultando de importações US$ 283,10 milhões e exportações de 122,60 milhões.

Empresa de serviços ambientais inova Bruno Pereira, da redação

Empresas&Produtos

pacto, formalizar a intenção de atuar em conjunto para explorar oportunidades de cooperação e colaboração em assuntos de interesse comum, tornando suas respectivas atividades mais eficazes e benéficas. O BIIS, através do termo de colaboração com o BRDE, busca viabilizar projetos sustentáveis e que propiciem o bem comum. O banco italiano está empenhado em diversificar seus investimentos em solo brasileiro, apostando na solidez da economia nacional, na grande capacidade do mercado local. E, ao lado do BRDE, os planos da instituição

financeira europeia podem render bons frutos para a população dos estados onde está presente o banco público de fomento da Região Sul. O foco principal do banco italiano é financiar a iniciativa públicoprivada nos investimentos em infraestrutura. Para o diretor de Acompanhamento e Recuperação de Crédito, Nivaldo Assis Pagliari, a parceria fortalece o comprometimento do BRDE com avanço econômico e social. Pagliari também apontou que o BRDE a tem estrutura capaz de fazer com que os projetos efetivamente se concretizem.

possuindo unidades nos estados de São Paulo e Rio de janeiro. Para o uso do novo equipamento, a equipe técnica da AmbServ é formada por profissionais altamente qualificados, experientes e multidisciplinares, que oferecem soluções conforme a necessidade de cada cliente, sempre dentro das legislações vigentes. O diferencial é o gerenciamento global do resíduo.

Senior gera R$ 400 mi em negócios A Senior, uma das maiores desenvolvedoras de software para gestão do Brasil, apresenta os resultados da companhia referente ao ano fiscal de 2011. A empresa alcançou a marca de R$ 400 milhões em volume de negócios – um crescimento de 14% em relação a 2010, quando a empresa gerou R$ 362 milhões. Para este ano, a meta da companhia é crescer 20% em relação ao ano anterior e gerar R$ 480 milhões. De acordo com o diretor de Mercado da Senior, Hermínio Gastaldi, em 2011 a Senior investiu 21 milhões de reais em Pesquisa & Desenvolvimento (P&D) e 1,3 milhão de reais em capacitação. “Para este ano investiremos 24 milhões de reais em P&D e 2,3 milhões de reais em capacitação”, informa Gastaldi. Para 2012, a Senior aposta em mobilidade, no desenvolvimento de novas soluções, que simplifiquem os processos dos clientes e permitam agilidade em tempo real. A empresa planeja ainda este ano o lançamento dessas soluções para o mercado brasileiro. A companhia também intensificará os processos de fusões e aquisições no Brasil, bem como na consolidação da marca no fornecimento de soluções para o segmento de Recursos Humanos. Atualmente a Senior oferece ao mercado brasileiro solução para Gestão de Pessoas, plataforma que possui conceitos inovadores no gerenciamento estratégico do capital humano. O software é ideal para a descentralização da área de Recursos Humanos, pois torna as informações disponíveis e acessíveis aos colaboradores em tempo real.

As cores quentes serão a tendência de maquiagem desse Outono/Inverno. Os destaques serão os olhares em tom de terra e os lábios na cor vinho e vermelho escuro. Os blushs puxados para o laranja serão grandes aliados. “Dentro dessas cores, o ideal é escolher os tons mais claros para o dia e os mais fortes para a noite, podendo ousar”, afirma a maquiadora Kauna Rodrigues, do salão de beleza Lady&Lord Academia Swimex. A profissional explica que para cada tipo de pele há detalhes que fazem toda a diferença na hora da produção. Segundo Kauna, a pele clara pode usar e abusar de todos os tons, sem medo. Para as morenas, maquiadora indica tons de laranja. Quem tem pele negra deve evitar sombras com cintilantes e batons cobre. E as peles amarelas ficarão bem com preto e marrom nos olhos, com a boca bem ousada. “Não esqueça de realçar a parte que mais se destaca no rosto”, sugere Kauna. Uma das vantagens no Outono/Inverno é que as temperaturas mais amenas ajudam a manter a maquiagem por mais tempo no rosto. “Mesmo assim, é sempre bom priorizar o prime antes da produção”, recomenda a profissional.

Senai inscreve para moda e vestuário

O Senai Centro Internacional de Inovação, instalado no Cietep, está com as inscrições abertas para oito cursos de qualificação na área de moda e vestuário. Os cursos são de curta duração e voltados para a atualização ou complementação de conhecimentos, de acordo com as mudanças tecnológicas e organizacionais. Os cursos “Desenho de Moda”, “A Moulage na Construção do Produto de Moda” e “Produção de Moda” têm início em abril e são voltados para profissionais e estudantes das áreas de Moda, Design e Artes e empresários do setor do vestuário. Para maio, estão previstos dois cursos: “Desenvolvimento de Produto em Malharia Retilínea” e “Designer de Vitrina & Visual Merchandiser”. Em junho, terá início o curso “Posicionamento de Marcas de Moda”. Já em julho, serão ofertados os cursos de “Desenvolvimento de Produto em Jeanswear” e “Estratégias para Marcas de Luxo”. As aulas serão ministradas por professores do Senai e profissionais do setor, como Adilson Filipaki, empresário e proprietário da Joyful, grife de moda sustentável, e Júlio Gabardo, proprietário da marca Sexxes. Os cursos acontecem na unidade do Senai Centro Internacional de Inovação (Av. Comendador Franco, 1341). Informações pelo (41) 3271-7777 ou pelo site www.pr.senai.br.

PUC do Estação está com novidades

Um mix de estilos da moda infantil do mundo todo. A PUC, no primeiro piso do Shopping Estação, entra cheia de novidades neste outono. Com tendências de looks especiais e cheios de charme, a Coleção outono inverno 2012 está repleta de padronagens surpreendentes e exclusivas. Com peças alegres e super confortáveis em tons quentes e estampas florais, a marca que prioriza o respeito à personalidade de cada um, atendendo a todos os gostos e necessidades de seus clientes mirins. De PUC, a criançada vai estar bem vestida em qualquer ocasião, com jaquetas em couro ou nylon para os meninos, e vestidos e galochas para as meninas. Aproveite as sugestões que o Shopping Estação oferece!

shopping são josé com horários especiais

Hoje (19), o município de São José dos Pinhais completará 322 anos, e o Shopping São José atenderá em horários especiais. A Praça de Alimentação e lazer das 11h às 22 h e as demais lojas das 14h às 20 horas. Mais informações pelo site www.shoppingsaojose.com.br .

niponsul lança CRV-2012

A concessionária Honda Niponsul, localizada nas cidades de Curitiba e Ponta Grossa, lançou automóvel esportivo CR-V 2012, que corresponde à quarta geração do veículo. Entre as novidades encontradas pelos clientes estará a possibilidade de adquirir um modelo com câmbio manual. O visual também mudou, apresentando linhas marcantes e de acabamentos sutis. O automóvel está disponível em três versões: 4x2 automática, 4x2 manual e 4x4 automática. Na capital paranaense a Niponsul está presente em dois endereços, no Parolin e no Alto da XV. Em Ponta Grossa, a loja fica no bairro Nova Rússia.


3

a

margem arte&atitude

Especial Indústria&Comércio | Curitiba, segunda-feira, 19 de março de 2012 | B3

moda&cia

Adélia Maria Lopes adeliamarialopes@yahoo.com.br

Presídio do Ahú sedia teatro D epois de servir de locação para o cinema, o desativado Presídio do Ahú é um dos 70 espaços do Festival de Curitiba. Receberá, no Fringe, a peça Memórias Torturadas – A Ditadura e o Cárcere no Paraná, idealizada por Gehad Hajar. Atrás daquelas paredes, realmente havia presos políticos na década de 70. E, em outubro, o local passa a abrigar o Centro Judiciário Civil. “A plateia vê o início do espetáculo no pátio da antiga penitenciária, quando são convidados a imergir no edifício visitando as galerias”, antecipa Gehad Hajar, observando que entrar no Ahú é surpreendente e a intenção é despertar no espectador a sensação de perda da liberdade, ampliando o entendimento sobre a questão de ser preso político. A peça conta a história de um homem e seu filho menor de idade que repentinamente são levados ao Ahú e passam a ser torturados. Na minúscula cela, estão três outros personagens, ideólogos, que de-

R

senrolam conversas acaloradas, e muitas vezes fraternais, revelando informações sobre a luta pela democratização do país que deu início na década de 80 com as Diretas Já. Esses diálogos trazem informações pouco conhecidas, como a secreta passagem de Che Guevara por Curitiba ou o esquema de guerrilha que se armava no Oeste paranaense. Os fatos históricos são revelados e intercalam-se com as histórias pessoais e a angústia do cárcere humano. “É necessário compreender o valor da luta e do sangue vertido daqueles que deram suas vidas para que hoje tenhamos essa democracia. Entender o processo de democratização vai além de questões partidárias ou ideológicas, é saber sobre nossa identidade brasileira”, afirma Hajar, que assina a direção. No elenco, Carlos Vilas Boas, Paulo Hey, Martin Esteche, Ricardo Alberti e Ithamar Kirchner. Agende-se: 29, 30 e 31 deste mês e 5, 6 e 7 de abril, às 23h59. Ingressos a 30 e 15 reais (www.festivaldeteatro.com.br).

Idílica e bucólica

A TNG buscou uma atmosfera especial para sua cam panha de outonoinverno e, dentro da maior metrópole brasileira, encontrou a Escola Vila Maria Zélia, a primeira vila operária do Brasil, no bairro do Belém. Foi construída em 1912 pelo empresário Jorge Street para abrigar os operários da Cia. Nacional de Tecidos de Juta e era composta de capela, jardins, duas escolas, creche, coreto, armazéns, ambulatório médico, dentista, açougue e salão de festas. Em 9 de dezembro de 1992, foi tombada pelo patrimônio. A fotógrafa Márcia Fasoli usou a intsalação para mostrar alfaiataria, jeanswear, o jeans 100% reciclado e as estampas exclusivas da marca. Em cenas os modelos Raphael Aidar, Robson Fassbinder, Dani Gondim, Aline Zen, Fabricio Bach e Taiana Sperotto.

Violão no pregão

O Instituto para Cuidado do Fígado, cujos médicos atendem gratuitamente, ganharam da banda Blindagem um violão presenteado pela Creedence, durante o show que fizeram em Curitiba. Os músicos autografaram um violão da marca Susuki, que será leiloado a favor da instituição. O leilão é virtual e será encerrado à meia-noite desta quarta 21, durante o show da Blindagem no Bar Crossroads. Se o comprador estiver no bar, ele receberá o instrumento da própria banda. Dê seu lance pelo site: www.icfigado.org.

Cabelos de inverno

Festival recebe peças premiadas

ecém-premiadas no Prêmio Shell 2012, as peças Estamira e Julia integram o Festival de Teatro de Curitiba. Dentre os mais de 40 indicados, juntando as premiações Rio de Janeiro e São Paulo, onze espetáculos estarão no Festival de Teatro de Curitiba, que completa 21 anos nesta edição. Dani Barros (de Estamira – Beira do Mundo) e a Christiane Jatahy (de Julia) foram escolhidas

melhor atriz e melhor diretora, na premiação realizada no Rio

Nem te Conto

Em parceria com o Centtro Keune- Academia Internacional da Beleza, o cabeleireiro Tony, do salão Tony & Eiko, promove o Curso de Corte Tendências Outono/Inverno 2012, para profissionais, nesta segunda e terça 19 e 20. Inscrições: (41) 3362-5190.

Outlet Lingerie

Será inaugurada em Maringá, nesta terça dia 20, a franquia do Outlet Lingerie, rede paulista totalmente self-service, que reúne Calvin Klein, Rosa Chá, Scala, Nu.Luxe, Forum, Valisère, Puket, Hope, Darling, Un.i, Dressy, Caro Cuore entre outras marcas e oferece descontos de até 70%. Está localizada na Av. Cidade de Leiria, 638.

Comes&Bebes

de Janeiro. Dani concorreu com Claudia Netto (Judy Garland – O

Fim do Arco-Íris) e Vera Holtz (Palácio do Fim), também participantes do estival. O espetáculo protagonizado por Dani é inspirado no documentário de Marcos Prado, vencedor de 23 prêmios internacionais. Chistiane Jatahy foi premiada pelo espetáculo inspirado no romance Senhorita Julia, de August Strindberg. Sua montagem aproxima teatro e cinema, com projeções de partes da peça e ação no palco, paralelamente. Os filmes mostram pontos de vista diferentes da mesma cena, enriquecendo o debate sobre os vários ângulos de uma mesma histó-

ria. Julia concorreu com Palácio do Fim, dirigido por José Wilker. Os espetáculos indicados ao Shell na grande do festival são Obituário Ideal, autoria de Rodrigo Nogueira; Ato de Comunhão, monólogo, de Lautaro Vilo; Palácio do Fim, de José Wilker, Judy Garland – O Fim do Arco-Íris; Rosa, de Ana Paz, estrelando Débora Olivieri; Luis Antonio – Gabriela, de Nelson Baskerville; O Jardim, de Leonardo Moreira; O Idiota – Uma Novela Teatral, dirigido por Cibele Forjaz e Oxigênio, de Ivan Viripaev, que participa do Fringe.

Geração Whatever estará no Fringe O novo espetáculo da companhia Rainha de 2 Cabeças, com texto e direção de Cesar Almeida, Geração Whatever, que fala de uma tribo niilista, globalizada e desprovida de valores, volta em cartaz nos dias 6, 7 e 8 de abril, no miniGuairinha, durante o Fringe/Festival de Teatro de Curitiba. Em cena, um homem, uma mulher, dois seres andróginos e uma pastora vividos por Diogo Biss, Fernando Cardoso, Kellyn Bethania, Maite Schneider e Thiago Kerscher. “Temos hoje uma expectativa desmedida de tudo. Usufruímos do sexo livre, do consumo desenfreado, mas mesmo assim não conseguimos atingir a felicidade que o capitalismo nos prometeu. Esse paradoxo da contemporaneidade é o tema do espetáculo”, resume César Almeida.

1- A Confeitaria Valbella lança nova linha de produtos finos para a Páscoa. O principal destaque são os Ovos Trufados Belgas, preparados com o mais puro chocolate Callebaut, um dos melhores e mais valorizados do mundo. Os ovos são feitos com duas camadas de chocolate ao leite Callebaut, recheadas com um exclusivo mousse cremoso do chocolate belga. 2- Nesta terça 20, às 18h, a Cervejaria da Vila (Mateus Leme, 2631, fone 3015-4620) será palco para a entrada em Curitiba da Wäls Petroleum, cerveja do tipo Russian Imperial Stout,feita em Minas Gerais, dotada de cor preta e é viscosa como óleo bruto. A Dum Cervejaria é a importadora. 3- Restaurantes dos hotéis Mabu, Pestana, Bourbon, Sheraton, Radisson, Quality e Slaviero também integram a Curitiba Restaurant Week, um dos principais festivais gastronômicos do mundo, que em Curitiba será de 9 a 22 de abril. São 54 participantes. 4- Tem trufas no cardápio do Vila Roti (Rua David Carneiro, 469). Típicas de regiões da França e da Itália, as iguarias estão na cozinha do chef Fábio Pimentel estão no Fettuccine com Camarões Trufados, só no jantar. Para almoço e janta tem nos risotos com mignon grelhados e com peixe.

Hipismo fashion

Laços Delicados ganha encenação curitibana A peça Laços Delicados, adaptação da obra francesa de Loleh Bellon que Irene Ravache levou aos palcos brasileiros na década de 90, vai ter produção curitibana (Michele Menezes/Pro Cult), com direção de Silvia

Monteiro e com Daniella Prestes e Simone Klein no elenco. A complexa e delicada relação entre mãe e filha é o tema. A estreia da temporada de dez apresentações no miniGuairinha será em 26 de abril.

Curso ensina interpretação A Cenário Espaço Arte oferece vários cursos, entre eles o de teatro através do núcleo de Artes Cênicas, com equipe de instrutores formada por arte-educadores especializados e licenciados em teatro. Estes trabalham com crianças, adolescentes e adultos. Desenvolvem processos

artísticos, escrevem roteiros, pequenas cenas e peças. Encenam e dirigem obras teatrais juntamente com seus alunos. Para as crianças e adolescentes que desde cedo percebem a necessidade de se expressar criativamente e contar suas próprias histórias

através do jogo teatral e dramático, a Cenário prepara aulas direcionados especialmente para eles. Os cursos infantis levam a sério a brincadeira teatral. Dirigida por Juliana Carletto e Luciana Varaschin, a escola fica à Rua Barão de Antonina, 254, São Francisco, fone (41) 3233-9494.

A Individual, marca da catarinense Dudalina, criou para homens de estilo contemporâneo, visando outono-inverno, uma coleção inspirada no hipismo e que propõe a fusão entre alfaiataria e o sportswear. Clássica e casual, a camisaria com acabamento soft touch concede sensação de bem-estar. O cetim no puro algodão egípcio traz o acabamento easy iron, valorizando ainda mais as cores, o brilho e o toque. Todas as camisas são elaboradas com tecidos importados, como o algodão pima peruano.

As peregrinos

O VI Encontro Nacional dos Peregrinos do Caminho Santiago de Compostela tem inscrição, até 31 deste mês, no www.encontrodeperegrinos.blogspot.com. Os inscritos ainda concorrerão a uma passagem de ida e volta à Espanha. O evento, promovido pela Associação de Confrades e Amigos do Caminho de Santiago de Compostela, acontecerá entre 28 de abril e 1 de maio, em Águas de São Pedro-SP.


Negócios Curitiba, segunda-feira, 19 de março de 2012 | B4 | Indústria&Comércio

Empresas&Produtos Centro Europeu/IBPEX abre inscrições

As inscrições para os cursos de pós-graduação e MBA oferecidos em parceria entre o Centro Europeu e o IBPEX (Master Chef e Restaurateur, Liderança Coach, Planejamento, Gestão e Operação de Restaurantes, Master em Hotelaria e Eventos) começam nesta segunda-feira por meio dos sites das duas instituições. O Centro Europeu, uma das principais escolas de profissões e idiomas da América Latina, e o IBPEX (Instituto Brasileiro de Pós-Graduação e Extensão), empresa de ensino do Grupo Educacional UNINTER que já formou mais de 150 mil alunos em 15 anos de história, fecharam uma parceria inédita para lançar os quatro cursos de pósgraduação e MBA. As atividades serão voltadas para segmentos em que o Centro Europeu atua e já formou milhares de profissionais capacitados ao longo de seus mais de 20 anos de história. Com a parceria, o Centro Europeu passa a credenciar os novos cursos através do IBPEX, instituição que é referência em pós-graduação no país. Segundo Carlos Sandrini, presidente do Centro Europeu, os cursos de pós-graduação marcam uma nova fase da escola curitibana e atendem os anseios de inúmeros profissionais. “Nossos alunos, ex-alunos e profissionais de outras regiões do país há muitos anos nos solicitam a realização de cursos de pós-graduação. Estudamos o mercado durante algum tempo e encontramos no IBPEX o parceiro ideal para concretizar esse projeto. Serão cursos inovadores e de excelência, trabalhando com conceitos que fizeram do Centro Europeu e do IBPEX instituições de ensino reconhecidas em todo o Brasil”, explica Sandrini.

Azul completa três anos em Fortaleza

A Azul Linhas Aéreas completou ontem (18) três anos de operações em Fortaleza, um de seus primeiros destinos atendidos no Nordeste. A capital do Ceará recebe diariamente sete voos da companhia, conectando as cidades de Campinas, Recife, Teresina e Belém. Para marcar essa data, a Azul oferecerá para os cearenses um novo voo ligando a capital a Natal a partir de 20 de abril. As passagens para esse nova ligação já estão disponíveis nos canais de compras da empresa com tarifas a partir de R$ 99,90* o trecho. Desde a inauguração da base, a companhia transportou mais de 430 mil Clientes de e para o Aeroporto Internacional Pinto Martins, com uma média mensal de 22 mil embarques de desembarques. Os Clientes procedentes de Fortaleza têm à disposição, além de voos diretos para algumas capitais, opções de conexão para vários destinos operados pela Azul a partir dos aeroportos de Viracopos, em Campinas, e Confins, na grande Belo Horizonte. Ainda, partindo do aeroporto campineiro, a companhia oferece linhas de ônibus gratuitas para São Paulo, Piracicaba, Sorocaba, Barueri e Santa Bárbara D´Oeste. Além de Fortaleza, a Azul opera voos diários e diretos ligando a cidade cearense de Juazeiro do Norte à Campinas.

clinipam promove palestra sobre diabetes

A Clinipam promove amanhã (20) palestra “Diabetes: os perigos da hiperglicemia e da hipoglicemia”, com a Dra Renata Souza. A palestra acontece às 10h30 e tem duração de uma hora. A palestra é gratuita e é aberta para não conveniados da Clinipam. É necessário, apenas, realizar a inscrição antecipada, pois as vagas são limitadas.

Rede qeep ganha versão em português

Mais de 150.000 usuários brasileiros já acessam a rede social pelo celular para bater papo, paquerar e jogar. Com a nova versão, o número de acessos a partir do Brasil vai aumentar A rede social qeep (www.qeep.net) anuncia o lançamento de nova versão em português. Com serviços de bate papo, paquera e jogos diferenciados, a comunidade móvel já soma 150.000 usuários brasileiros e com a versão em português vai contribuir para o aumento significativo de acessos no Brasil. Com acesso pelo celular, qeep possui mais de 13 milhões de usuários no mundo e está ampliando seu portfólio internacional com versões para diversos idiomas. Ao estar disponível em português, a rede social soma novidades às três versões existentes em inglês, espanhol e alemão. O qeep tem registrado um crescimento significante dia após dia no Brasil. Hoje, já registra mais de 1 bilhão de impressões de página por mês e mais de 150.000 usuários brasileiros acessam o qeep juntando-se com pessoas no mundo inteiro para bater papo, paquerar e jogar. A rede social está disponível gratuitamente para mais de 1.200 modelos de celulares de Java e a maioria dos smartphones Android.

INOVAÇÃO

Whirlpool, Embraco e Celesc assinam cooperação em SC Objetivo é fortalecer desenvolvimento científico e tecnológico do Estado

W

hirlpool Latin America, Embraco e Centrais Elétricas de Santa Catarina S/A (Celesc) deram um passo importante, na semana passada, para fortalecer a parceria público-privada em prol do desenvolvimento da pesquisa científica e tecnológica no Estado. As empresas assinaram o termo de cooperação técnica, com duração de 12 meses renováveis, para o desenvolvimento especialmente de projetos inovadores em eficiência energética. A assinatura do termo de cooperação, na sede da Embraco em Joinville, teve a presença do presidente da Celesc, Antônio Marcos Gavazzoni, e do presidente da Embraco, João Carlos Brega. Com a parceria, a Celesc poderá investir na redução do consumo de energia de seus processos a partir de pesquisas realizadas em centros de excelência. “Temos todo interesse em investir em inovação e eficiência energética, inclusive por força da regulação do setor. Vocês são um grupo premiado que, nessa área de inovação já atingiu o estado de excelência”, disse Gavazzoni. Para a Embraco, esta parceria

João Carlos Brega, presidente da Embraco, esteve presente na assinatura do termo de cooperação

vai estimular ainda mais sua competência em inovação e potencial ação na eficiência energética em refrigeração comercial. Para a Whirlpool Latin America, entre outros aspectos, o acordo fortalece as ações de pesquisa e desenvolvimento, principalmente em sua Unidade localizada em Joinville (SC). A Embraco é líder mundial no mercado de compressores herméticos para refrigeração, tendo como

principal diferencial o alto conteúdo tecnológico de seus produtos. A empresa detém mais de 1.000 patentes mundiais e comercializa seus produtos em mais de 80 países. “Somos líderes mundiais no segmento de compressores de alta eficiência, portanto, a parceria com a Celesc consolida nossa vocação e contribui para avançarmos ainda mais nesta área”, explica o presidente da Embraco, João Carlos

Brega. Para o vice-presidente de Relações Institucionais e Sustentabilidade da Whirlpool Latin America, Armando Ennes do Valle Júnior, a competitividade do País passa pelo desenvolvimento tecnológico, o que requer a união de governos, comunidade científica e também do setor empresarial. “A nossa parceria com a Celesc fortalecerá a inovação no Estado de Santa Catarina.”

F.A Maringá investe R$ 15 mi em nova loja Patrícia Vieira, da redação

O grupo F.A Maringá vai inaugurar no início de abril a BandFashion, uma megaloja de atacado com 12 mil metros quadrados. A loja que fica na região de Maringá deve gerar 150 empregos diretos e receber oito mil clientes por mês. Com investimento inicial de R$ 15 milhões a loja vai comercializar mais de 400 marcas de cama, mesa, banho, confecção masculina, feminina, infantil e acessórios. A BandFashion trabalhará in-

clusive com marcas próprias do grupo como Mont Long (masculina clássica), Blue Belle (feminina) e Sideral, além de marcas consagradas no mercado como a Lupo, Malwee, Karsten e Teka. No total, estarão disponíveis mais de dois mil itens e um milhão de peças. A loja que foi projetada pelo arquiteto Júlio Takano, da Kawahara Takano, especialista em soluções para o varejo, contará com completa infraestrutura como espaços amplos, ambiente climatizado, elevadores, café gourmet, lounge com internet,

banheiros com chuveiros para atender compradores de todo o Brasil, 500 vagas rotativas de estacionamento para automóveis, além de estacionamento para ônibus e vans. Na decoração interna a loja terá tendências do varejo adaptados para o atacado. “Nosso grande desafio foi conciliar o grande volume de peças do atacado para exposição no formato de varejo. E a intenção é que os clientes da BandFashion possam se inspirar no projeto e no conceito de lifestyle para adaptar estas tendências no seu ponto de

venda”, afirmou Takano. De acordo com Eduardo Borin, diretor de marketing da F.A Maringá, o grupo deverá inaugurar mais cinco lojas no mesmo formato nos próximos cinco anos. “Nosso objetivo é proporcionar uma experiência de compra prazerosa na BandFashion. Os clientes poderão comprar por meio de autoatendimento ou com a ajuda de consultores de vendas. E terão à disposição uma estrutura que proporcionará conforto e tranquilidade nas compras”, ressaltou.

Farmácia Nissei chega a Jaraguá do Sul A Rede de Farmácias Nissei reforça a atuação em Santa Catarina com a inauguração da primeira loja em Jaraguá do Sul, importante pólo industrial do estado, na última quinta-feira (15). A marca entrega para a comunidade uma loja com 290m², com amplo mix de produtos de primeira necessidade.

Localizada na região central da cidade, a loja oferece uma linha completa de dermocosméticos, medicamentos, perfumaria e fitoterápicos. A unidade conta ainda com oito colaboradores, entre farmacêuticos e atendentes. A Farmácia Nissei abre esta loja com promoções especiais,

oferecendo descontos que vão até 65% em medicamentos, além de preços competitivos no segmento de perfumaria. A Rede já possui 18 lojas em Santa Catarina e mantém seu compromisso com os catarinenses em oferecer, capilaridade, preço justo e qualidade em serviços e produtos.

De acordo com o diretor Executivo Ari Girotto, “a Nissei atua com algumas características que considera fundamental para oferecer ao cliente comodidade e serviços agregados, como um moderno layout, diversidade de produtos, excelência no atendimento e localização estratégica das lojas”, reforça.

APACN realiza leição beneficente

Cinco quadros raros do acervo da APACN, serão leiloados no dia 20 de março, em evento promovido por iniciativa de ‘Alberto José Machado Antiguidades’.Os quadros são de artistas plásticos renomados, sendo quatro de R. Kruger (duas telas com medidas de 0,78 x 0,69; uma com 0,90 x 1,00 e uma tela de 0,78 x 0,97) e, uma do artista plástico paulistano, Durval Pereira (medidas 1,19 x 0,60). As telas recebidas em doação que fizeram parte do acervo da instituição por mais de 20 anos, serão leiloadas para gerar recursos financeiros. Quanto as peças leiloadas do próprio antiquário, a APACN receberá a doação de 10% da arrecadação. De acordo com Antonio Carlos dos Santos Lima, presidente da APACN, por muitos anos as obras ficaram expostas na unidade Casa de Apoio, onde muitas pessoas tiveram a oportunidade de apreciá-las. “Chegou a hora de tirarmos do nosso acervo, para que as pessoas que admiram o trabalho desses artistas, tenham a oportunidade de adquirir e ajudar a instituição”, disse. Todos os convidados que preencherem um cupom anexo ao convite, estarão concorrendo a uma peça do antiquário. Após a realização do leilão beneficente, haverá um coquetel.

Empresa do PR concorre ao Empreendedor do Ano A Ernst & Young Terco divulga os oito finalistas da categoria Master da 14ª edição do Prêmio Empreendedor do Ano, que reconhece empreendedores que se destacam e fazem a diferença, contribuindo para o crescimento do país. A empresa paranaense GMR Participações, de Cianorte, é uma das finalistas do prêmio, cujo resultado será divulgado no dia 29 de março, em São Paulo. O presidente da empresa, Marco Franzato, realizou o sonho de ter uma empresa própria em 1993 ao vender um carro e criar uma sociedade com familiares. Com personalidade marcada por determinação, humildade e sim-

plicidade, ele iniciou o pequeno empreendimento produzindo moletons. O produto era vendido em uma loja de atacado em Cianorte, cidade de cerca 60 mil habitantes no Noroeste do Estado. O negócio prosperou e hoje a rede conta com quatro marcas e lojas próprias nos principais centros econômicos brasileiros. Lançado nos EUA em 1986, a premiação atualmente é realizada em 50 países e mais de 135 cidades. Mais de 1.500 empreendedores já foram premiados – só no Brasil, desde 1998, mais de 130 pessoas foram reconhecidas por seu trabalho, talento e ousadia.

“O prêmio tem como objetivo inspirar novos empreendedores”, afirma André Viola Ferreira, sóciolíder de Mercados Estratégicos da Ernst & Young Terco. “Todos eles são vencedores, pois tiveram a coragem de ir adiante. Eles, muitas vezes, enfrentaram adversidades. Mas com trabalho duro e determinação – além de confiança na inovação que promoveram –, são hoje exemplos para todos os brasileiros.” O empreendedorismo é um dos pilares estratégicos da Ernst & Young Terco e um dos motivos pelos quais a empresa foi anunciada como apoiadora oficial dos Jogos Olímpicos Rio 2016.

Crescem as exportações da indústria da saúde Estudo compilado pela Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamentos Médicos, Odontológicos, Hospitalares e de Laboratórios (ABIMO) com base em dados da Secretaria do Comércio Exterior (SECEX) revela que as exportações do setor cresceram 13% em 2011. Apesar do déficit da balança comercial, o ponto positivo é que neste ano as exportações cresceram mais que as importações – 13% contra 11%, respectivamente. Um dos fatores que impulsionou essa evolução encontrase na parceria que a ABIMO tem com a Apex-Brasil, há dez anos, para apoio às exportações. O segmento de equipamentos médico-hospitalares foi o que apresentou maior crescimento nas CMYK

exportações, se comparados com os números dos últimos anos. O aumento foi de 51% enquanto que o índice geral do setor da indústria brasileira da saúde evoluiu 13%. Entre os produtos mais comercializados no mercado internacional estão: instrumentos e aparelhos para: medicina, cirurgia, osmose inversa, de eletrodiagnóstico e incubadora para bebês . Em 2011, esse setor composto por mais de 60 itens, exportou US$ 71.578.307,00. Apesar dos dados serem favoráveis e revelarem a evolução dos negócios das indústrias brasileiras no mercado internacional, o setor ainda apresenta déficit na balança comercial que chega a mais de US$ 3bilhões. Em 2010, as exportações

da indústria somaram US$ 707 milhões enquanto que as importações foram de US$ 4.066 milhões. “Interessante notar que, em dois anos (2009 a 2011) as exportações do setor cresceram 30% e as exportações das empresas do projeto Brazilian Health Devices cresceram 53%. Hoje, as exportações das empresas participantes do projeto representam ¼ das exportações gerais do setor.”, afirma Paula Portugal, gerente Internacional do Projeto Brazilian Health Devices. Segundo Paula Portugal, o investimento contínuo por parte das empresas, foi essencial para recuperação da queda das exportações em 2009, devido à crise mundial e grande expansão nas exportações em 2010 e 2011.

Setcepar pede bom senso em Operação Safra 2012

Bom senso. Este é o termo que deve ser utilizado, segundo o Presidente do Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas no Estado do Paraná (Setcepar), Gilberto Antonio Cantú, durante a Operação Safra 2012, realizada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) nas rodovias federais do Paraná. “Se o objetivo é organizar e otimizar o transporte de cargas até o Porto de Paranaguá para diminuir as filas no acostamento da BR-277, não há motivo para multas ou guinchamentos. O grande problema é que não há infraestrutura adequada para o escoamento da safra. Mas é preciso ficar claro que isso não é culpa dos caminhões. Nós não somos os vilões”, explica. Cantú comenta que, para minimizar o problema, por exemplo, poderia haver um pátio na região de Curitiba para deixar os caminhões que aguardam para descarregar no Porto de Paranaguá. Diante da falta de uma estrutura para isso, os caminhoneiros não têm outra opção senão fazer a fila no acostamento.


19-03-12 Indústria&Comércio