Issuu on Google+

Solicitação

Explicação

Feira

Câmara indaga sobre empresa que opera radares

Mantega nega relação entre Japão e medidas cambiais no Brasil

ECONOMIA | B1

BRDE apresenta linhas de crédito na Movelpar

GERAL CURITIBA | A2

GERAL PARANÁ | A3

CURITIBA, QUARTA-FEIRA, 16 DE MARÇO DE 2011 Ano XXXIV | Edição nº 8335 | R$ 1,50 | WWW.ICNEWS.COM.BR

Indústria &Comércio DIÁRIO. MAIS QUE NOTÍCIAS. INTELIGÊNCIA. CONHECIMENTO.

Fábio Campana Urbs assume fiscalização A indústria das multas perdeu força em Curitiba. O prefeito Luciano Ducci determinou na tarde de ontem a rescisão dos contratos com as empresas que administram os radares em Curitiba e declarou toda sua indignação. O prefeito decretou ainda que, a partir de agora, a Urbanização de Curitiba (Urbs) será responsável pela fiscalização eletrônica na capital.

Aroldo Murá MORTICÍNIO DAS FARCS VEM COM EXPOSIÇÃO DE BOTERO EM MAIO

Dilma Rousseff garante apoio ao PR para ações no Litoral Presidente colocou-se à disposição para ajudar população afetada pela chuva Orlando Kissner/AENotícias

O

governador Beto Ri cha recebeu um tele fonema da presidente Dilma Rousseff na manhã de ontem. A presidente e o governador falaram sobre a dimensão dos estragos causados pela chuva na região litorânea do Estado. Dilma Rousseff colocou-se à disposição do Governo do Paraná para ajudar a população e os municípios da região e determinou o envio de uma ponte metálica do Exército, que estava em Porto União, na divisa entre Paraná e Santa Catarina, para substituir temporariamente uma das pontes que foi derrubada pela enxurrada. GERAL | A5

Viva a Muerte, um dos trabalhos de Botero que será exposto no MON

Tem data, 18 de maio, a inauguração de uma mostra de artes importantíssima, a de Fernando Botero, no MON, toda centrada no morticínio provocado pelas FARCs na Colômbia. Não se divulga o valor em que estão segurados os 50 trabalhos do mais requisitado artistas plástico latino americano. Sabe-se, apenas, que são milhões de dólares. Os médicos do Paraná vão decidir, dia 21, como será a paralisação da categoria no Paraná, programada para 7 de abril. Eles estão em guerra contra os planos de saúde que lhes paga valores irrisórios por consulta. PÁGINA A3

Audiências vão definir obras para o trânsito e mobilidade em Curitiba

Governador Beto Richa e a secretária da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa, estiveram nas áreas atingidas pelas chuvas e deslizamentos em Morretes e Antonina

Fevereiro registra recorde de empregos Arquivo ABr

A Prefeitura realiza nesta semana duas audiências públicas que definem a execução de obras consideradas estratégicas para melhorias no trânsito e na mobilidade urbana de Curitiba: o metrô curitibano e a Linha Verde Norte. A primeira audiência, nesta terça-feira (15), tratou do licenciamento ambiental para as obras da primeira fase do metrô.

Em fevereiro foram criados 280.799 novos empregos com carteira assinada no Brasil, número recorde para o período.

GERAL CURITIBA | A2

ECONOMIA | B1

EDITORIAL

ESCANDALOSA DIFERENÇA No ano passado o déficit da previdência dos funcionários públicos federais aumentou quase 10% em relação a 2009, chegou a 51 bilhões, cifra que a presidenta Dilma pretende cortar do Orçamento Geral da União para este ano. Os aposentados federais contribuíram com R$ 22,5 bilhões e seus gastos com benefícios foram de R$ 73,7 bilhões, segundo extensa matéria publicada na sexta feira, 11, pelo Estado de São Paulo. O número de funcionários públicos federais aposentados é de pouco menos de um milhão no total ou 950 mil em número redondo. Já a massa de aposentados na assim chamada previdência geral ou INSS é de 24 milhões! E seu déficit foi menor: R$ 43 bilhões! Idêntico ao de 2009. Os déficits por cabeça mostram números escandalosos: é de mil e poucos reais no INSS e de R$ 54 mil entre os aposentados do funcionalismo federal. Qualquer comentário nos parece dispensável.

Ministro Fernando Bezerra avalia estragos da chuva no litoral do PR O ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, vai visitar os municípios do litoral atingidos pelas fortes chuvas na semana passada nesta quarta-feira (16/03). PÁGINA | A4

A partir de 21 de março, Curitiba passa a contar com um novo e moderno centro de convenções e eventos. NEGÓCIOS | B4

Indicadores CÂMBIO MAIORES ALTAS

COTAÇÃO

MERC FINANC CEEE-D TEC BLUMENAU ELETROPAULO MARISOL

8,00 3,49 1,72 40,00 2,48

CAPITALPART CLARION TECTOY TECTOY J B DUARTE

CENTRAL DE ATENDIMENTO: 41 3333.9800 CMYK

Capital ganha centro de convenções

0,22 4,52 0,04 0,04 0,04

MAIORES ALTAS FIBRIA GOL ECODIESEL SOUZA CRUZ TELEMAR

ALL AMER LAT USIMINAS BRADESPAR BROOKFIELD CEMIG

COTAÇÃO 24,17 22,12 0,85 88,60 26,57

13,55 30,75 40,35 7,84 29,30

E-MAIL: PAUTA@INDUSCOM.COM.BR

Moeda

Compra

Venda

Dólar turismo 1,6400

1,7900

Dólar comercial 1,6650

1,6670

Dólar paralelo 1,5900

1,7300

Euro

2,3325

2,3311

Ouro (Grama/R$): 182,64


GeralCuritiba

“Época triste a nossa, mais fácil quebrar um átomo do que o preconceito!" Albert Einstein

Indústria&Comércio | Curitiba, quarta-feira, 16 de março de 2011 | A2

Previsão do tempo

AB Notícias

fonte: www.simepar.br

abnoticias@abcom.com.br

Mín.: 20° Máx.: 29°

A previsão do tempo para a quarta-feira apresenta condição para pancadas de chuva ocasionais nas regiões Oeste, Sudoeste e Sul devido ao aquecimento diurno e o maior fluxo de umidade desde o CentroOeste do País. Nas regiões Norte e Leste a cobertura de nuvens segue variável, mas sem previsão de chuva nos municípios da região.

MELHOR EM CULTURA Campo Mourão, no Noroeste, é considerada a terceira melhor cidade do Brasil e a melhor do Paraná em gestão cultural. Os dados são do Ipea/IBGE. A Lei Municipal de Incentivo à Cultura tem editais anuais e funciona em duas modalidades. O Mecenato, com a renúncia fiscal, e o Fundo Especial de Promoção das Atividades Culturais, com repasse direto. Em média, por ano, quatro trabalhos são beneficiados. Os artistas que não foram aprovados recebem uma carta explicando os motivos, a fim de que possam aprimorar para o ano seguinte.

FICAR NO CAMPO O município de Iguatu, no Oeste, desenvolve estratégias para manter as famílias no campo com geração de renda. Atualmente, 40 famílias têm acompanhamento de técnicos para o plantio e manejo das lavouras, auxiliando na gestão das propriedades e aumentando a produção. Com apoio da Emater, o projeto-piloto oferece opções de atividades para que os agricultores escolham. Entre elas, cultivo de pepino, mandioca, mandioca e hortifrutigranjeiros.

LINHA VERDE

Audiências públicas definem obras estratégicas Primeiro encontro tratou do licenciamento ambiental para metrô

A

Prefeitura realiza nes ta semana duas audi ências públicas que definem a execução de obras consideradas estratégicas para melhorias no trânsito e na mobilidade urbana de Curitiba: o metrô curitibano e a Linha Verde Norte. A primeira audiência, nesta terça-feira (15), tratou do licenciamento ambiental para as obras da primeira fase do metrô. A Linha Azul terá 14,2 quilômetros e ligará a CIC Sul a Rua das Flores, centro de Curitiba. A obra está orçada em R$ 2,2 bilhões e se será inscrita até o dia 3 abril - no Ministério das Cidades - para receber recursos do PAC da Mobilidade.

Vereadores Também na terça-feira, às 16h, o prefeito Luciano Ducci expõe detalhes do projeto aos vereadores na Câmara Municipal. “Estamos fazendo encontros setoriais, com segmentos e lideranças, mostrando a importância do metrô, a nossa proposta de equação financeira, a nossa mobilização em Brasília”, disse o prefeito. A extensão total do metrô, primeira e segunda etapas, é de 22,4 quilômetros com 21 estações desde o Terminal CIC Sul (no cruzamento do Contorno Sul com a BR 116) ao Terminal Santa Cândida, no Norte da cidade. A capacidade será de 1.450 passageiros e o custo estimado é de R$ 3,2 bilhões.

EIA-Rima Na audiência da noite, a empresa Ecossistema Consultoria Ambiental, contratada para elaborar o Estudo de Impacto Ambiental e o Relatório de Impacto Ambiental (EIA/RIMA) das obras do metrô, vai dar detalhes de como os trabalhos vão intervir nos bairros da cidade, levando em conta as questões ambientais, socioeconômicas, arqueológica e a fauna e

INVESTIR NO PARANÁ A Ambev estuda a implantação de uma nova fábrica em Ponta Grossa, nos Campos Gerais, para a produção da cerveja Heineken. A marca quer ampliar a unidade onde já atua, investindo na região. Atualmente, a empresa já produz 320 milhões de litros por ano, e visa ampliar esse resultado. A previsão é que sejam gerados 200 empregos diretos e 100 indiretos com os novos negócios.

MAIS CONHECIMENTO O município de Borrazópolis, Norte do Estado, recebe nos próximos dias uma Biblioteca Cidadã. O local vai contar com computadores de acesso a internet e diversas obras da literatura infantil, brasileira e clássica. A biblioteca leva o nome de Professora Sueli Faria. O painel está sendo trabalhado pelo escultor Roverson Tales Turek, autor do Monumento aos Pioneiros, levantado na área central da cidade.

AGRICULTURA FAMILIAR Quatro Barras, na região de Curitiba, está entre as 24 cidades selecionadas em todo o Brasil para integrar o roteiro turístico da Copa do Mundo de 2014. O Circuito Caminhos Históricos da Serra reúne 30 empreendimentos, inclusive envolvendo a agricultura familiar. O projeto “Talentos do Brasil Rural: turismo a agricultura familiar a caminho dos mesmos destinos”, do governo federal, tem como objetivo incentivar as atividades, beneficiando a agricultura familiar, facilitando o acesso dos turistas aos produtos.

MÃES APÓS OS 30 Muitas brasileiras estão optando por ter filhos depois dos 30 anos de idade. Segundo dados do IBGE, subiu 2,4% o número de gestações entre os 30 e os 34 anos. A quantidade de mulheres que engravidam entre os 35 e 39 anos passou de 6,7% para 8% do total do país. Por outro lado, as gestações com até 24 anos tiveram queda de 5%. Isso acontece porque elas estão priorizando a vida profissional e adiando os planos para ter filhos.

A Prefeitura de Curitiba fará na próxima quinta-feira (17), audiência pública para apresentação dos detalhes das obras da Linha Verde Norte, que vai do Jardim Botânico à Avenida Victor Ferreira do Amaral. Na imagem, trecho da rua Fagundes Varela.

flora da cidade. O EIA/Rima inclui diversos pontos, como execução de serviços topográficos, estudo geológico-geotécnico, estudo hidrológico, estudo de interferências, entre outros. O estudo detalha os diversos impactos - como de ruído ou de poluição no ar – e as ações mitigadoras durante a construção do metrô. Neste processo, foi visto como vai ser a construção no trecho aéreo e no subterrâneo, que usará duas tecnologias diferentes de construção: Túnel Cut and Cover e o Túnel NATM. Durante a reunião, será aberto espaço para questionamentos da população. O que for apresentado pelos participantes da reunião pode ajudar na aprovação final da licença prévia, que autoriza a construção do metrô curitibano.

Linha Verde Norte A segunda audiência pública será nesta quinta-feira, 17, e trata do início das obras da Linha Verde Norte, trecho de 2,3 quilômetros entre o Jardim Botânico e a Avenida

Victor Ferreira do Amaral. Na audiência, às 19h no Santuário Nossa Senhora de Fátima, os moradores do Boa Vista, Cajuru e Matriz vão conhecer detalhes das obras que passará por seis bairros: Jardim Botânico, Jardim das Américas, Cajuru, Cristo Rei, Capão da Imbuia e Tarumã. Para esta tapa, com financiamento de R$ 52 milhões da Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD), estão programadas as obras de drenagem, canaletas para o ônibus, pistas marginais, sinalização, iluminação, ciclovia e calçada, as trincheiras das ruas Roberto Cichon e Agamenon Magalhães e a Estação Jardim Botânico.

Recursos Ao todo, o financiamento da AFD terá quatro licitações (a primeira, de R$ 52 milhões, realizada e vencida pelo consórcio Empo/Marc) para as obras do trecho norte da Linha Verde. Os trabalhos serão executados ao longo do trecho de 8 quilômetros, desde o Jardim Botânico até o extremo norte de Curitiba, no Atuba, passando por 11 bairros.

Primeiro trecho R$ 51,9 milhões. Liga o Centro Politécnico, no Jardim Botânico, na Linha Verde Sul, até a altura da trincheira da Victor Ferreira do Amaral, no Tarumã, numa extensão de 2.350m.

Com as reformas para o acesso ao Aeroporto Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na região de Curitiba, as linhas de ônibus podem ser integradas. As duas prefeituras devem discutir o tema até a metade do ano. A medida beneficiará centenas de pessoas que utilizam o transporte coletivo e que precisam pagar duas passagens. A revitalização da Avenida das Torres e Marechal Floriano Peixoto fazem parte das obras do PAC e recebem investimentos de 138,9 milhões de reais.

BENEFÍCIOS DO COCHILO

Viaduto da Victor Ferreira do Amaral: R$ 36,7 milhões;

Um cochilo de pelo menos 45 minutos por dia pode ajudar a reduzir o estresse, controlar a pressão arterial e proteger o coração. É o que mostra um estudo de cientistas de Meadville, na Pensilvânia. A pesquisa envolveu 85 estudantes, separados em dois grupos, um que dormiu durante o dia e outro grupo que não teve esse tempo de descanso. O que se percebe é que o cochilo ajuda a recuperação cardiovascular após situações estressantes, trazendo benefícios para o organismo.

Terceiro trecho

BOA SOLUÇÃO

Victor Ferreira do Amaral – Solar: R$ 37,1 milhões;

Maringá estuda a implantação de uma usina termelétrica movida lixo. Uma empresa foi contatada para fazer o projeto, que deve custar 150 milhões de reais. A partir da licitação, terá dois anos para ser implantada e terá capacidade para queimar até 500 toneladas por dia, aproximadamente o dobro do lixo doméstico produzido na cidade. O objetivo da usina é dar destinação correta aos resíduos, um problema que o município precisa enfrentar. O assunto também será discutido com a comunidade local.

Segundo trecho

Quarto trecho Solar – Atuba: R$ 66,5 milhões. Na Linha Verde Norte serão implantados três sistemas binários, formados pelas ruas Agamenon Magalhães e Roberto Cichon (entre as estações Jardim Botânico e Tarumã, mas não vinculado a estação de embarque e desembarque), Fagundes Varela e José Maldonado com a Bento Ribeiro (vinculado à Estação Fagundes Varela); Tietê e Mucuri (vinculado à Estação Solar).

Informe da Câmara Municipal de Curitiba Câmara indaga sobre empresa que opera radares Cópias do contrato entre o município e a empresa Consilux, responsável pela operação dos radares e lombadas eletrônicas da cidade, serão solicitadas pela Câmara Municipal. Em documento protocolado nesta segunda-feira (14), os vereadores pedem esclarecimento sobre as denúncias veiculadas em reportagem do programa Fantástico do último domingo (13). Os parlamentares indagam, entre outras questões, sobre a operação dos radares e lombadas, gravações e armazenamento, além dos mecanismos fiscalizadores destas operações e da existência de auditorias periódicas em relação ao serviço prestado.

REFORMAS À VISTA

"As denúncias precisam ser averiguadas", sintetizaram os parlamentares que falaram na tribuna da Casa ou de suas bancadas. O líder do prefeito, João do Suco (PSDB), destacou, conforme documento a ele enviado, que já na sexta-feira (11), após ter ciência sobre a denúncia, a Urbs solicitou informações à Consilux. Também lembrou que o prefeito Luciano Ducci determinou a abertura de procedimento administrativo para a apuração de possíveis irregularidades na execução do contrato pela empresa, que receberá notificação judicial e terá cinco dias de prazo para a apresentação da defesa e dos esclarecimentos necessários.

GRUPO EDITORIAL INDÚSTRIA & COMÉRCIO - PARANÁ

Fundado em 2 de setembro de 1976 Fundador e Diretor Responsável Odone Fortes Martins Reg.Prof. DRT/PR: 6993 (ofm@induscom.com.br) REDAÇÃO - Fone: 3333.9800 - E-mail: pauta@induscom.com.br Assinaturas, Publicidade Legal, Parque Gráfico e Circulação: Rua Imaculada Conceição, 205 CEP: 80215-030 PABX Fone: (41) 3333.9800 (41) 3334.4665 e-mail: publegal@induscom.com.br

Direção e Comercial: Rua Presidente Faria, 533 Centro - CEP: 80020-290 PABX Fone: (41) 3322.1012 E-mail: diretoria@induscom.com.br comercial@induscom.com.br

NEW CAST PUBLICIDADE & MARKETING BRASÍLIA E RIO DE JANEIRO Atendimento : Flávio Trombieri Moreira – Cel.: (61) 8155 2020 Endereço: SRTVS Quadra 701 Bloco K Sala 624 – Edifício Embassy Tower – Brasília DF - Cep.: 70.340 – 908 Fone/Fax: (61) 3223 4081 E-mail: new.cast@uol.com.br / new.cast@hotmail.com

Os artigos assinados não representam necessariamente a opinião do jornal.


GeralEstadual Curitiba, quarta-feira, 16 de março de 2011 | A3 | Indústria&Comércio

Aroldo Murá G.Haygert aroldo@cienciaefe.org.br

nárias, cotados em dólares. Um dos dados mais sigilosamente guardados pelos organizadores (e por medida de segurança, é claro) é o valor da mostra. Não se divulga em quantas milhões de reais estão avaliados os trabalhos, que cobrem o período de 1999 a 2004.

DAS FARCs - 2 Cinquenta telas, pastéis e carvão sobre papel mostrarão a ampla técnica desse artista identificado, à primeira vista, por suas mulheres gorduchas, de bocas fechadas. E sobre as quais há mil e uma interpretações, entrando pelos domínios do inconscientes, algumas delas. Na mostra do Museu Niemeyer (MON), cuja direção técnicas cabe a Teca Sandrini, o tema de Botero é a Colômbia das Farcs, as Forças Revolucionárias Colombianas, síntese da violência mais desbragada, mistura de narcotraficantes e pretextos revolucionários marxistas.

Teca Sandrini: diretora do MON

DE LONGA DATA Quem tem memória política sabe que o jornalista Nilson Monteiro, convidado pelo governador Beto Richa para ser seu assessor, tem antiga ligação com a família, desde os tempos em que, em Londrina, o pai de Beto, José Richa, era prefeito. Nilson, todos sabem, é uma das “jóias da coroa” da mídia paranaense, acima o bem e do mal, com grande capacidade de aglutinação e profissionalmente sem retoques. Começa dia 31 deste mês ao lado de de Beto Richa.

DAS FARCs – 3 A VIOLÊNCIA DAS FARCs VEM NA MOSTRA DE BOTERO O grande momento do Museu Oscar Niemeyer deste ano já tem data marcada: será de 18 de maio a 14 de agosto, com a exposição do colombiano Fernando Botero. Ele é o artista plástico latino americano com maior aceitação no mercado mundial de artes e também disputado por museus e organismos culturais internacionais. Cobiçado por colecionadores, Botero e suas telas estão também nas alturas milio-

O POVO DE RUA E ABBÉ PIERRE Não sei se o II Seminário Povo em Situação de Rua, Reinserção Social, que se realiza hoje, no Cenáculo Arquidiocesano, Mateus Leme, 01, irá redundar em resultados concretos para resolver o problema de amplas dimensões que é o do chamado morador de rua. Segundo levantamento do Ministério de Desenvolvimento Social, os números de Curitiba colocam a Capital em segundo lugar dentre as grandes cidades brasileiras. Havia 2776 moradores de rua em 2008, número que hoje pode ser bem maior. Para os trabalhos de hoje unem-se à iniciativa da Associação Emaús Casa do Peregrino (www.casadoperegrino.org.br), entidades como a Arquidiocese de Curitiba, a Abasc, a ASP. E num gesto de ecumenismo a ser seguido, a Abasc, de orientação batista, trabalha com o projeto, de maioria católica.

POVO DE RUA – 2 O evento de hoje replica uma velha preocupação nascida ainda durante a Segunda Guerra Mundial, quando um dos ícones da França de então, Abbé Pierre, liderava apoio à fuga de judeus e poloneses das mãos dos nazistas; e depois prosseguiu num amplo trabalho de resgate do homem de forma integral. Com abbé Pierre nasceram as Comunidades de Emaús, movimento internacional, hoje com 300 casas no mundo, marcado fundamentalmente pela proposta de reinserção do pobre absoluto no dia a dia, com dignidade, valorizando os talentos de cada “homeless”.

A exposição – anote – abrirá às 19 horas de 18 de maio, na Sala Guido Viaro. O catálogo, resultado de parceria com a Caixa Econômica, é um primor. A mera passagem de olhos por suas páginas, sem maiores exames, dá conta da importância desse libelo contra a violência institucionalizada pelas Farcs. Os nomes das telas, dos pastéis e dos desenhos de carvão sobre papel são indicativos de que a mostra itinerante do Museu Nacional da Colômbia cumpre um papel pedagógico. Tudo com vistas a tornar mais conhecida do maior número de pessoas a realidade que assola aquele país. Assim, os quadros são nominados de “El A Associação Internacional Emaús é única, atua em 12 estados brasileiros. O nome Emaús é utilizado por entidades que nada têm (ou pouco têm) a ver com a obra de abbé Pierre. Por isso, na dúvida, consulte o e.mail www.casadoperegrino.org.br

POVO DE RUA -3 Quem quiser conhecer bem essa obra, trate de descobrir seu fundador, o Abbé Pierre (morto em 2007, aos 94 anos). Foi franciscano, capuchinho, depois padre diocesano. Liderou resistência armada aos nazistas, foi preso, fugiu, acabou na Argélia, foi condecorado por forças militares e governos do mundo todo. Com o fim da guerra, foi eleito deputado à Assembléia Nacional, mas ficou nela poucos meses. Renunciou ao mandato.Nos primeiros dias do pós Segunda Guerra, Emaús promoveu a construção de moradias para desabrigados. Em seguida, voltou-se ao trabalho em que tem grande know-how: recuperar os pobres dentre os mais pobres, os moradores de rua.

VADE RETRO Cazador”, “Masacre em Colômbia”, “Madre y Hijos” (esqueletos), “Vila Muerte” (caixões, velas e a morte sobre eles), “La Muerte em la Catedral”... Enfim, como diz o texto do catálogo, “trata-se de um registro de momento irracional de nossa história”. Vamos chamá-lo de “Dr.AF”. Pois ele faz milagres – “muito mais do que na minha profissão”, explica – para garantir estudos universitários para dois filhos e uma “vida com dignidade” para a família. O terceiro turno do Dr.AF é num curso noturno de pós-graduação, onde leciona. Só vamos saber se os protestos do meu amigo e de seus colegas de todo Brasil tenderão a encontrar campo fértil junto às operadoras de planos de saúde, a partir dos resultados da grande paralisação da classe médica, marcada para 4 de abril. Para esquematizar do assunto reajuste das consultas do planos de saúde, , em âmbito de Estado, a Associação Médica do Paraná está convocando seus associados para uma assembléia, dia 21 próximo, às 19 h, na sede da AMP.

DESASTRES? QUANDO?

ANOTE: 7 DE ABRIL, BRASIL SEM MÉDICOS “A faxineira lá de casa, cujo trabalho muito respeito e prezo, ganha R$ 70,00 por quatro horas de trabalho, mais vale transporte e boa alimentação. Eu, especialista, doutor em Medicina, ganho menos de R$ 30,00 por consulta pagos pelo plano de saúde, para cuidar de vidas humanas”, este é o desabafo que ouço de um amigo meu, cardiologista, homem perto dos 50 anos de idade, que cumpre tripla jornada de trabalho diária.

pregar no deserto. Tal como aconteceu com o ex-prefeito de Curitiba, hoje secretário de Estado do Planejamento, Cássio Taniguchi: quando deputado federal, fez advertências na Câmara dos Deputados. Particularmente ano passado. Chamou atenção para a iminência de catástrofes naturais, tais como as que assolam hoje o país, Rio, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. Avisou que era preciso prever para prover. Ninguém lhe deu ouvidos. E deu no que eu deu.

Cássio Taniguchi: catástrofe em tempo certo

No Brasil, boa parte dos que têm liderança responsável nas comunidades podem

Jonel Chede: unidade

A ameaça de ressurreição da CPMF, já concretizada por orações discursivas dos governadores do Nordeste – sob pretexto de recursos para a Saúde -, será duramente ataca no Paraná por algumas de suas mais representativas entidades. Reunidos na sexta-feira, os presidentes em e x e r c í c i o Sinval Lobato Machado: da Associ- contra a CPMF ação Comercial, Sinval Zaidan Lobato Machado, da OAB-PR, José Lúcio Glomb, e do Movimento Pró Paraná, Jonel Chede, resolveram pedir apoio de outras entidades de classe,da bancada do Paraná em Brasília, e do próprio governador Beto Richa para que a idéia de reviver o imposto não prospere por essas bandas.

FORMAÇÃO PROFISSIONAL

Secretaria da Educação e Fiep ampliam parceria A Secretaria de Estado da Educação e a Federação das Indústrias do Estado do Paraná irão ampliar as parcerias para expandir a oferta de formação profissional à população. Segundo o secretário Flavio Arns, o Paraná possui 400 mil alunos no ensino médio, e a prioridade do Governo do Estado é estimulá-los a concluir o curso, já que o índice de evasão ainda é alto. “A preparação para o mundo do trabalho é um dos caminhos e é aqui que entra o Sistema Fiep. A entidade já tem um grande trabalho, mas, juntos, podemos multiplicar os números”, afirmou, durante encontro com o presidente da Federação, Rodrigo da Rocha Loures. “Queremos que esse diálogo se aprofunde e que tenha-

mos no Sistema Fiep um parceiro constante”, disse Arns. Segundo Rocha Loures, “o trabalho conjunto permitirá potencializar nossos projetos em benefício da população”. Ele lembrou a presença das estruturas do Sesi, do Senai e da Secretaria da Educação em todo o Estado.

Profissional do Futuro O Sistema Fiep propõe a construção coletiva e compartilhada do Programa de Educação voltado à Formação do Profissional do Futuro, que envolve a formação de nível técnico concomitante ao ensino médio, e a ampliação das parcerias já existentes. Uma delas é o projeto “Escola Indústria Itinerante”, em que profissionais do Sesi e do Senai levam a alunos de

escolas públicas, na faixa de 13 a 17 anos, ações relacionadas à orientação profissional, valores, sustentabilidade, saúde do adolescente, entre outras. O projeto atendeu a 48 mil jovens no ano passado e a meta é chegar a 60 mil neste ano.Por enquanto, o projeto chega às escolas por meio de negociações diretas com os diretores de cada estabelecimento. A ideia é que, via Secretaria da Educação, o projeto seja universalizado, com implantação efetiva em todas as escolas. Outra parceria é com o projeto Sesi Click, de preparação para o vestibular por meio do ensino a distância. O projeto usa vídeoaulas do programa do Governo do Estado.

Segundo o secretário Flavio Arns, o Paraná possui 400 mil alunos no ensino médio, e a prioridade do Governo do Estado é estimulá-los a concluir o curso, já que o índice de evasão ainda é alto.


Curitiba, quarta-feira, 16 de março de 2011 | A4

DESTAQUE Doações para vítimas de enchentes A Prefeitura de Fazenda Rio Grande, por meio da Defesa Civil, se solidariza com a população do litoral paranaense atingida com as catástrofes provocadas pelas fortes chuvas registradas nos últimos dias e está arrecadando doações de gêneros alimentícios não perecíveis, roupas e, em especial, água potável. As fortes chuvas causaram enchentes e ocasionaram desmoronamentos atingindo mais de 15 mil moradores dos municípios de Antonina, Morretes e Paranaguá. As doações de Fazenda Rio Grande podem ser entregues na Avenida Venezuela, número 247, no Bairro Nações.

Morre o vice-prefeito de Teixeira Soares O vice-prefeito de Teixeira Soares, Miguel Belinoski, foi encontrado morto na madrugada desta terça-feira (15), na fazenda da família, localizada em Ribeirão de Cima, na área rural da cidade. A Polícia Militar do município teria sido informada por um funcionário, por volta das 00h30, que Belinoski havia morrido em razão de um acidente de trabalho com um trator. O velório está sendo realizado na Câmara Municipal do município e o enterro será no cemitério de Guaraúna, distrito de Teixeira Soares, às 17h. Miguel Belinoski tinha 56 anos, era casado e tinha cinco filhos. Ele era afiliado do Partido Popular Socialista (PPS), foi vereador por dois mandatos e presidente da Câmara Municipal de Teixeira Soares.

Em defesa da RMC

ENCHENTES

Ministro Fernando Bezerra avalia estragos da chuva no litoral Orlando Kissner

O

ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, vai visitar os municípios do litoral atingidos pelas fortes chuvas na semana passada nesta quarta-feira (16). A intenção é fazer uma avaliação para estabelecer recursos para reconstrução dos danos causados pelas chuvas não só em Paranaguá, mas também de Morretes e Antonina. A chegada dele está prevista no período da manhã, no aeroporto de Paranaguá, de onde a comitiva seguirá para um sobrevôo de helicóptero pela cidade litoraneas. “O ministro informou que o Ministério não tem recursos para tudo. Serão estabelecidas as prioridades, como a constru-

para os municípios de Antonina e Morretes. No caso de Paranaguá, a própria Prefeitura Municipal decretou estado de emergência, na última sextafeira (dia 11). O prefeito José Baka Filho fez o anúncio da visita no início da tarde de terça-feira (15), direto de Brasília, onde participou de uma reunião com o ministro Fernando Bezerra acompanhado dos também prefeitos Carlos Augusto Machado, conhecido como Canduca, de Antonina, e Amilton de Paula, de Morretes. Quem também acompanhou foram os deputados Ângelo Vanhoni, Ratinho Júnior, Dr. Rosinha e Alex Canziani, da bancada paranaense na Câmara Federal, e a senadora Gleisi Hoffmann.

Enchente no litoral fez com que governador decretasse estado de calamidade pública

ção de ruas vicinais, reconstrução de pontes e, se possível, ajudar também na reconstrução das casas para as famílias atin-

gidas”, anunciou o prefeito, que lembrou ainda que o governo do Estado decretou hoje estado de calamidade pública

Dengue se concentra em quatro municípios SECS

Horário especial no feriado O Shopping São José irá atender em horário especial no próximo sábado (19). No feriado do padroeiro São José, aniversário da cidade, as lojas estarão abertas das 12h às 20h e a praça de alimentação funcionará das 10 às 22h.Já a grade horária da rede Cinemark do Shopping São José, também sofrerá alterações no feriado. Quem quiser conferir a programação pode entrar no site: http://www.cinemark.com.br

Escola Virtual

As atividades da Escola Virtual dos Meios de Hospedagem (EVMH), parceria da ABIH e do Ministério do Turismo (Mtur), farão parte da rotina dos colaboradores da linha de frente dos hotéis de Foz Iguaçu em 2011. No Paraná, o programa que visa receber bem os hóspedes na Copa da 2014 teve início no ano passado com a participação da ABIH-PR, implantando o curso para os hotéis de Curitiba e do litoral. Os cursos e todo o material didático são fornecidos gratuitamente. A contrapartida do hotel é criar as condições necessárias para que seus colaboradores participem dos cursos, disponibilizando espaço e computadores com acesso à Internet para que façam as atividades. Os cursos duram em média cinco meses e uma carga horária total de 200 horas, divididos em estudos individualizados, atividades e tutoria via Internet, encontros presenciais e plantões de dúvidas.

Talão do IPTU 2011 Os carnês para pagamento do Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU) estão disponíveis no site da Prefeitura a partir da próxima quinta-feira (17). Este ano, a novidade é a instalação de postos de atendimento, em diferentes locais da cidade para facilitar a vida dos cidadãos. A Prefeitura também prorrogou o prazo para o pagamento do IPTU. O primeiro vencimento que dá ao contribuinte um desconto de 15%, e mais 5% de desconto se tiver pago em dia o imposto em 2010 e anos anteriores poderá ser feito até o dia 30 de março.

CMYK

A secretaria continua desenvolvendo ações do Plano Emergencial de Controle da Dengue instituído na primeira semana de janeiro. Para as próximas semanas estão previstas várias ações de combate à doença. Entre elas, a segunda capacitação do LIRAa (Levantamento de Índice Rápido de Infestação por Aedes Aegypti) para diversos municípios da região oeste do Estado; capacitação para os municípios implantarem ouvidorias de saúde, que entre outras atividades receberão denúncias de dengue; capacitação dos municípios para elaboração dos Planos de Contingência de Controle da Dengue; avaliação dos Comitês Municipais de Mobilização Contra a Dengue e reestruturação da Comissão Estadual Intersetorial de Controle da Dengue; capacitação para responsáveis do depósito de carros do Detran para Plano de Gerencia-

Ações do Plano Emergencial de Controle da Dengue continua

menor tempo. A mobilização da população para atendimento das ações de combate ao Aedes Aegypti devem ser mantidas o ano inteiro, visando à eliminação de criadouros do mosquito”, disse o superintendente de Vigilância em Saúde, Sezifredo Paz.

mento de Controle da Dengue e reestruturação da Comissão Estadual Intersetorial de Controle da Dengue. “A integração de todos os setores governamentais e da sociedade na busca de soluções é fundamental para estabelecer o melhor controle no

CAMPO LARGO

Novo terminal começa a funcionar Divulgação

O crescimento de Campo Largo e o aumento significativo da população trouxeram consigo a demanda por novas estruturas. O novo terminal metropolitano veio para atender parte dessa necessidade: maior agilidade, mais conforto e segurança, maior eficiência aos usuários do transporte coletivo no município. O prefeito Edson Basso relembrou os grandes investimentos conquistados pelo município nos últimos anos.

Sig Combibloc “De 2005 para frente a cidade tem alcançado um crescimento significativo. Novas empresas, como a Fiat, a Caterpillar, a Sig Combibloc, o Hospital Infantil, a Guarda Municipal e o novo terminal urbano, muitas outras conquistas”, festejou Basso. A obra foi realizada pela Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec) por meio do Programa de Integração do Transporte (PIT) e custou R$ 5 milhões.

A população aprovou a obra

ARAPONGAS

8ª Movelpar deverá movimentar R$ 450 milhões A feira, que começou há 14 anos, se destaca por apresentar as últimas novidades do comércio varejista de móveis. O evento é responsável pelo aumento de mais de 150% no faturamento das indústrias e lojas da região Norte do Paraná. A 8ª Movelpar vai contar com a presença de expositores, lojistas e designers de todos os Estados brasileiros. De acordo com o deputado Waldyr Pugliesi, que já foi duas vezes vereador e três vezes prefeito de Arapongas, a indústria moveleira é um dos principais geradores da economia da cidade e da região Norte do Paraná. Só para se ter uma ideia, o setor hoje detém 67% do Pro-

Jean Duarte

Em seu primeiro pronunciamento na Assembléia Legislativa, o deputado Toninho Wandscheer (foto) prometeu trabalhar pela Região Metropolitana. No pronunciamento, Toninho chamou a atenção sobre o veto nº 046/08 que incluía o município de Piên entre os da região metropolitana. O deputado disse que por esse motivo, o município de Piên deixa de ter o mesmo atendimento que os outros municípios da RMC. Além disso, o deputado destacou que as cidadeS de Rio Negro e Campo do Tenente também sofrem por não fazer parte da região metropolitana. O deputado disse ainda que fará um mandato com destaque especial ao município de Fazenda Rio Grande.

Os casos de dengue no Paraná concentram-se em quatro municípios: Londrina, Jacarezinho, Cornélio Procópio e Foz do Iguaçu. Essas regiões somam 81,9% dos casos da doença. Nas outras cidades do Estado a situação está sob controle. A informação é da Secretaria estadual da Saúde, que divulgou nesta segundafeira (14) o novo informe semanal com os números da dengue no Paraná. O informe contabiliza mais de 19 mil notificações de dengue no Estado este ano; desse total, 3.333 casos foram confirmados, sendo 120 importados. Em Londrina 1.648 pessoas foram contaminadas por dengue. Jacarezinho registra 502 casos, Cornélio Procópio 309 casos e Foz do Iguaçu 270 confirmações. Desde o início do ano, seis mortes foram confirmadas: duas em Londrina e quatro em Jacarezinho.

Beto Richa, Waldyr Pugliesi, os prefeitos de Rolândia Johnny Lehmann e Arapongas Beto Pugliese e o empresário Sérgio Kümmel

duto Interno Bruto (PIB) e envolve 40 mil dos 110 mil habitantes de Arapongas. A industrialização da cidade começou nos anos de 1960 e

1970. “Esta política ainda hoje serve de modelo para a maioria dos municípios do Paraná”, disse o deputado. Nas três gestões a frente da prefeitura, Pu-

gliesi criou diversas áreas industriais da cidade. “Em Arapongas, fizemos uma grande parceria entre trabalhadores, empresários e o poder público”, destacou Pugliesi. “Os terrenos, quando a lei permitia, foram doados a centenas de indústrias”, completou o deputado. “Reconheço a potencialidade desse setor na criação de vagas de trabalho e na melhoria da qualidade de vida dos paranaenses. É do interesse do Governo do Estado ter um novo comportamento com o empresariado, principalmente de respeito e diálogo. Vamos contribuir para que o setor moveleiro paranaense cresça”, disse o governador Beto Richa.


Geral Curitiba, quarta-feira, 16 de março de 2011 | A5 | Indústria&Comércio

Fábio Campana

Contexto Político Urbs assume fiscalização A indústria das multas perdeu força em Curitiba. O prefeito Luciano Ducci determinou na tarde de ontem a rescisão dos contratos com as empresas que administram os radares em Curitiba e declarou toda sua indignação. “Desde a noite de domingo, o sentimento que eu tenho é de indignação com o que eu vi naquela reportagem do Fantástico. Por isso, eu tomei a decisão de intervir no sistema de trânsito de Curitiba, rescindir o contrato e tornar a fiscalização 100% pública”, disse Ducci. O prefeito decretou ainda que, a partir de agora, a Urbanização de Curitiba (Urbs) será responsável pela fiscalização eletrônica na capital. “Já determinei à Procuradoria do Município que adote as providências legais necessárias para o cumprimento dessa ordem. E determinei à Urbs que assuma por inteiro a operação do sistema”, disse.

Acidente Miguel Belinoski (PPS), vice-prefeito de Teixeira Soares, foi encontrado morto em sua fazenda na madrugada desta terça-feira (15). Ao que tudo indica, o trator que ele operava em sua propriedade caiu sobre ele.

Empreendedores que visitam a oitava edição da Movelpar – Feira de Móveis do Estado do Paraná, que acontece no pavilhão do Centro de Eventos de Arapongas, podem conhecer, no estande do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) as linhas de crédito disponíveis para modernizar ou expandir suas empresas e para aquisição de máquinas e equipamentos. Na região, sede de um dos maiores polos moveleiros do país, com 708 indústrias, muitas empresas têm se beneficiado das linhas de financiamento do Banco, com juros a partir de 6,5% ao ano. Reconhecida nacionalmente, a feira reúne 192 expositores em uma área de 45 mil metros quadrados. Até sexta-feira (18), 40 mil visitantes são esperados para conhecer as novidades e tendências do mobiliário para o varejo. No estande do BRDE, os técnicos explicam como os empreendedores, seja de qual porte forem, podem ter acesso às linhas de crédito.

Beneficiadas Empresa tradicional que neste ano completa 50 anos no mercado, a Nicioli buscou apoio para a construção de um centro de distribuição de dez mil metros quadrados, onde ficam armazenadas as cozinhas fabricadas pela indústria. A ampliação das instalações permitiu remodelar a área de produção. Já a indústria de vidros World Glass conseguiu, no ano passado, financiamento para aquisição de três máquinas para corte e acabamento de vidros. Os resultados cumpriram as boas expectativas da empresa. A produção e o faturamento cresceram cerca de 15% e cinco funcionários foram contratados. A expectativa desta edição da Movelpar é de movimentar R$ 470 milhões em negócios, segundo a organização, animada com o setor aquecido pelo crescimento da construção civil, o que deve estimular os lojistas a realizarem mais negócios e a apostarem no aumento da venda ao consumidor.

A Polícia Militar da cidade nos Campos Gerais informou que foi acionada por um funcionário da fazenda. O colaborador avistou o viceprefeito caído a uma distância de 10 metros da máquina – já na madrugada. Quando a PM chegou ao local, por volta da 0h45, foi constatado que Belinoski estava morto.

dade de abertura de licitações, o que facilita a contratação de empresas para a realização das obras de recuperação e outras medidas que são necessárias para atender a população atingida pelas chuvas do último fim de semana.

Depoimentos A CPI que investiga os aparelhos de espionagens encontrados nas salas da Assembleia Legislativa recebe hoje (16) mais três depoentes. O sócio da Embrasil, Jeferson Nazário; o diretor do Instituto de Criminalística, Carlos Lima e o dono da empresa Menestrina Cia Ltda, Marcos Aurélio Menestrina irão dar as suas versões aos fatos. A reunião está marcada para às 13h, na sala de reuniões da CCJ, na Assembleia.

A presidente Dilma Rousseff (PT) ligou ontem (15) pela manhã para o governador Beto Richa e ofereceu ajuda para o litoral paranaense. Avisou que o Governo Federal deve liberar recursos para a reconstrução dos municípios atingidos. A presidente já determinou o envio de uma ponte metálica do Exército, que estava em Porto União, na divisa entre Paraná e Santa Catarina, para substituir temporariamente uma das pontes que foi derrubada pela enxurrada.

Calamidade

“Indústria”

O governador Beto Richa (PSDB) decretou na manhã desta terça-feira (15) Estado de Calamidade Pública para os municípios de Morretes e Antonina. A medida do Governo do Estado foi adotada para que sejam agilizadas as liberações de recursos para atendimento emergenciais nas duas cidades. Com o decreto de Estado de Calamidade Pública, a contratação de serviços pode ocorrer sem a necessi-

Nesta segunda-feira o presidente Valdir Rossoni (PSDB) revelou a existência de uma verdadeira “indústria de aposentadorias” na Casa. “Montamos uma força-tarefa de diretores que está fazendo o levantamento de cada aposentadoria. Já encontramos o caso de uma pessoa que se aposentou ganhando R$ 4 mil e, da noite para o dia, essa aposentadoria saltou para R$ 17 mil”.

Ajuda

“Estranhíssima” Outra situação considerada “estranhíssima” pelo deputado é a falta de informações sobre os funcionários. “Em qualquer setor da vida pública ou numa empresa, existe a ficha funcional. E aqui, nós não temos conhecimento da vida funcional dos servidores. Nós não sabemos quando ele entrou aqui, por que ele foi efetivado, não sabemos por que ele recebeu o enquadramento, não sabemos por que ele recebe gratificações, nós não sabemos de nada”, disse Rossoni.

O culpado Agora a culpa é do assessor. O deputado e apresentador Gilberto Ribeiro (PSB) alega que um funcionário dirigia o carro no momento do acidente onde um adolescente de 14 anos foi atropelado na noite de sábado (12), em Piraquara. Ontem, no plenário da Assembleia Legislativa, Ribeiro pôs a culpa no assessor e reiterou que assumiu todas as despesas hospitalares do jovem atropelado. Detalhe: o hospital é público. Contrariando as palavras do deputado, testemunhas dizem que foi Ribeiro quem estava ao volante no momento do acidente e que ele estava alcoolizado.

ENCHENTES

Dilma garante apoio ao governo para ações no Litoral do Paraná Presidente colocou-se à disposição para ajudar população afetada pela chuva

O

governador Beto Richa recebeu um telefonema da presidente Dilma Rousseff na manhã de ontem (15). Durante cinco minutos, a presidente e o governador falaram sobre a dimensão dos estragos causados pela chuva na região litorânea do Estado. Foi a primeira conversa entre os dois depois da posse. Dilma Rousseff colocou-se à disposição do Governo do Paraná para ajudar a população e os municípios da região e determinou o envio de uma ponte metálica do Exército, que estava em Porto União, na divisa entre Paraná e Santa Catarina, para substituir temporariamente uma das pontes que foi derrubada pela enxurrada. O governador também conversou com o ministro da Defesa, Nelson Jobim, e pediu a liberação de um helicóptero do Exército para transportar um equipamento necessário para recompor o funcionamento da estação de tratamento de água de Paranaguá,

Orlando Kissner/AENotícias

BRDE apresenta linhas de crédito

editor@fabiocampana.com.br

O governador Beto Richa e a secretária da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa, estiveram nas áreas atingidas pelas chuvas e deslizamentos em Morretes e Antonina.

que também foi paralisada em decorrência do excesso de chuvas na região. A aeronave militar, que

está no interior paulista, tem capacidade de carga de até 4 toneladas e será necessária por que não há acesso por

Governador libera R$ 1,172 milhão da Lei Pelé para 108 municípios O governador Beto Richa liberou nesta terça-feira (15) o repasse de R$ 1,172 milhão em recursos federais da Lei Pelé destinados a atender políticas públicas de promoção do esporte em 108 municípios. “Esses recursos são direito dos municípios e deveriam ter sido repassados pelo governo em 2007”, informou Richa. Por conta da falta dos repasses o Estado havia sido acionado judicialmente pelos municípios e o governo federal tinha bloqueado outros R$ 4,5 milhões em recursos da Lei Pelé, obtidos da arrecadação da Loteria Federal de junho de 2008 a maio de 2010. Agora este montante já pode ser liberado. “Não são recursos volumosos, mas ajudarão a melhorar a infraestrutura para a prática esportiva e de atividades físicas, principalmente em pequenos municípios”, afirmou o Richa.

O governador Beto Richa liberou nesta terça-feira (15) o repasse de R$ 1,172 milhão em recursos federais da Lei Pelé destinados a atender políticas públicas de promoção do esporte em 108 municípios.

O presidente da Paraná Esporte, Evandro Rogério Roman, explicou que a Lei Pelé foi criada para que estados e municípios desenvolvam o esporte da melhor forma possível. Metade dos recursos repassados fica com o governo estadual e metade segue

para as prefeituras. “O Paraná tem 312 municípios com população inferior a 20 mil habitantes e esse repasse representa muito para essas cidades, porque pode dar um retorno muito grande nas ações para o esporte”, disse Roman.

terra para instalar o equipamento na estação de tratamento da companhia municipal Águas de Paranaguá.

Brasília A situação dos municípios litorâneos será tratada em reuniões nos ministérios da Integração Nacional e das Cidades, na tarde desta terça-feira (15), em Brasília. O secretário da Infraestrutura e Logística, José Richa Filho, o presidente da Cohapar (Companhia de Habitação do Paraná), Mounir Chaowiche, os prefeitos de Morretes, Amilton Paulo da Silva, e de Antonina, Carlos Augusto Machado, e a senadora Gleisi Hoffmann irão apresentar ao ministro Fernando Bezerra (Integração Nacional) um relatório sobre a situação do Litoral. No encontro serão solicitados recursos para atender pessoas desabrigadas pelas enchentes e para recuperar a infraestrutura da região. Por conta do deslizamento de encostas e do volume extraordinário de água que caiu sobre a região, ficaram interditados vários trechos de estradas, inclusive a BR 277, que dá acesso ao Porto de Paranaguá.

Richa decreta estado de calamidade pública O governador Beto Richa decretou na manhã desta terça-feira (15.03) estado de calamidade pública para os municípios de Morretes e Antonina. A medida do Governo do Estado foi adotada para que sejam agilizadas as liberações de recursos para atendimento emergenciais nas duas cidades. Com a decretação de estado de calamidade pública, a contratação de serviços pode ocorrer sem a necessidade de abertura de licitações, o que facilita a realização das obras de recuperação e outras medidas necessárias para atender a população atingida pelas chuvas do último final de semana. A situação no Litoral recebe atenção total do go-

verno. No fim de semana, Richa instalou um gabinete de emergência, integrado por representantes de várias áreas do governo, visando agilizar as providências necessárias para atender a população afetada pelas chuvas. “Neste momento o atendimento às vítimas das chuvas é prioridade do governo”, afirma o governador. Equipes da Secretaria da Saúde, da Defesa Civil, da Polícia Militar, da Secretaria da Família, do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) da Mineropar e da Sanepar, entre outras secretarias e órgãos do governo, atuam no litoral para minimizar riscos, restaurar a infraestrutura e dar atendimento às famílias desabrigadas e desalojadas.


PublicidadeLegal Curitiba, quarta-feira, 16 de março de 2011 | A7 | Indústria&Comércio A SUPERVAL LTDA., CNPJ 04.074.419/0001- 49, inscrição estadual 90.221.22999, torna público que recebeu do IAP, renovação de licença de operação, para o processo industrial de fabricação e recuperação de válvulas para recipientes de glp, de acordo com as normas nbr 8614/06 e 14.537/2006 - implantada à Avenida das Araucárias, 4621ª - Cep 83707-065, bairro Thomaz Coelho, Araucária - Estado do Paraná. Validade: 11/03/2015

T RAV . N ESTOR

SÚMULA DE PEDIDO DE RENOVAÇÃO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO A empresa D´Agostin & D´Agostin Ltda, torna público que requereu ao IAP,Renovação de Licença de Operação para a industrialização de madeira-serrraia,implantada à Rodovia da Uva, 4.580, Município de Colombo/PR.

1º O FÍCIO DO REGISTRO C IVIL 13º T ABELIONATO L EÃO B EL . R ICARDO A UGUSTO DE L EÃO - O FICIAL DE C ASTRO , 271 - CEP 80.020-120 C ENTRO - C URITIBA - PR

Empresas&Produtos

EDITAL DE PROCLAMAS F AÇO

E D I T A L Nº 005/2011 A Presidente do Sindicato dos Servidores do Magistério Municipal de Curitiba – SISMMAC, no uso de suas atribuições, convoca o Quadro Próprio do Magistério para Assembléia Geral Extraordinária, a realizar-se no dia 23 de março de dois mil e onze (quarta-feira), às 18h (dezoito horas) em primeira convocação e às 18h30 (dezoito horas e trinta minutos) em segunda convocação, no salão do Edifício Novo Hamburgo, sito à Alameda Dr. Muricy, 54, 10º andar, Centro, com a seguinte pauta: 1. Negociações /2011 2. Ato 29/03 3. Informes 4. Outros assuntos Curitiba, 11 de março de 2011.

SABER QUE PRETENDEM CASAR - SE :

1 - PAULO HENRIQUE DE NADAL E ERIKA TAKANO. Se alguém souber de algum impedimento, oponha-o na forma da Lei, no prazo de 15 dias. Lavro o presente Edital de Proclamas para ser publicado e afixado em lugar de costume. CURITIBA, 15 DE MARÇO DE 2011

“AUTO VIAÇÃO NOSSA SENHORA DA LUZ S/A” CNPJ MF Nº 76.486.661/0001-30 ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA EDITAL DE CONVOCAÇÃO

SIMERI DE FÁTIMA RIBAS CALISTO PRESIDENTE DO SISMMAC

São convidados os Senhores acionistas, para em Assembléia Geral Ordinária, a qual realizar-se-á na sala de reunião da empresa GPD – Serviços Administrativos Ltda., à Rua Estados Unidos, 1680, Bairro Bacacheri, Curitiba, Paraná, às 10:00 horas, do dia 15 de abril de 2.011, para tomarem conhecimento e deliberarem sobre a seguinte:

JUÍZO DE DIREITO DA 18ª (DECIMA OITAVA) VARA CIVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA, CAPITAL DO ESTADO DO PARANÁ - CARTORIO – Avenida Cândido de Abreu, 535, 9ª andar, Fórum, Centro Cívico, fone 3254-7678 EDITAL DE CITAÇÃO DA DEVEDORA JUSSARA NUNES VIEIRA – PRAZO: TRINTA (30) DIAS FAZ SABER a todos quantos virem o presente ou dele conhecimento tiverem, que perante este JUÍZO e Cartório da 18ª Vara Cível, tramitam os autos da ação de EXECUÇÃO POR TÍTULO JUDICIAL nº507/2007, em que é credor MELSAR JOSE DAL RI FILHO e devedora JUSSARA NUNES VIEIRA, brasileira, casada, secretária, inscrita no CPF/MF sob nº 218.092.748-77, endereço ignorado, e através do presente fica JUSSARA NUNES VIEIRA, devidamente CITADA, para os termos da ação para que PAGUE dentro de três (03) dias, a importância de R$ 8.892,06 ( oito mil, oitocentos e noventa e dois reais e seis centavos), atualizada até agosto/2010, sob pena de penhora de tantos bens quantos bastem para pagamento do principal atualizado, juros, custas e honorários advocatícios (CPC, 659), ficando ciente de que, a partir da juntada do edital, fluirá o prazo de quinze (15) dias para opor, querendo EMBARGOS. OBSERVAÇÃO: Em caso de nomeação de bens a penhora, deverá apresentar documento comprobatório de propriedade e inexistência de ônus. Síntese da inicial A presente demanda versa sobre débitos oriundos da locação do imóvel sito a Rua Parintins, 244, 02B, Curitiba, Paraná o qual encontra-se locado para a executada JUSSARA NUNES VIEIRA, a qual não efetuou o pagamento de alugueis e encargos pelo período reclamado, estando em local desconhecido. Vem o juízo pelo presente edital citá-la da Execução de Título Judicial de nº 507/2007 proposta por Melsar José Dal Ri Filho, para cobrança da quantia atualizada de R$ 8.892,06 (oito mil oitocentos e noventa e dois reais e seis centavos), para que, no prazo de 03(três) dias a fluir após os 30 dias supra, pague o debito, devidamente atualizado e acrescido das custas processuais e das cominações legais, sob pena de serem penhorados tantos bens bastarem para satisfação do crédito. Em 03 de fevereiro de 2011. Eu (a) Sandra Aparecida de Brito Neris, Juramentada que o digitei e subscrevi. JOSE EDUARDO DE MELLO LEITÃO SALMON – Juiz de Direito

ORDEM DO DIA: a) Apreciação, discussão e votação do Relatório da Diretoria e Balanço Geral, referente ao exercício encerrado em 31.12.2010; b) Eleição de nova diretoria para o Triênio 2010/2012. AVISO:- Comunicamos, outrossim, que os documentos a que se refere o Artigo 133, da Lei 6.404/76, de 15 de Dezembro de 1.976, e alterações subsequentes, encontramse à disposição dos Senhores Acionistas, na Sede Social. Curitiba, 03 de março de 2011. AUTO VIAÇÃO NOSSA SENHORA DA LUZ S/A MARCO ANTONIO GULIN e WILSON LUIZ GULIN

EDITAL DE CONVOCAÇÃO 4ª Assembléia Geral Ordinária Agência Curitiba de Desenvolvimento S/A CNPJ/MF nº 09.324.976/0001-94 A SER REALIZADA EM 18 de abril de 2011

JUÍZO DE DIREITO DA VARA CÍVEL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA – FORO REGIONAL DE FAZENDA RIO GRANDE - ESTADO DO PARANÁ Rua Inglaterra, n.º 545, bairro Nações, fone 3627-1710, CEP: 83.820-000 EDITAL DE CITAÇÃO DE INTERESSADOS AUSENTES, INCERTOS OU DESCONHECIDOS, DAQUELE EM CUJO NOME PORVENTURA ESTEJA TRANSCRITA A AREA USUCAPIENDA, COM O PRAZO DE TRINTA (30) DIAS. A Doutora Patrícia de Almeida Gomes Bergonse - Juíza de Direito da Vara Cível da Comarca de Fazenda Rio Grande, na forma da Lei, etc...FAZ SABER a todos quantos o presente edital virem ou dele conhecimento tiverem que por este Juízo e Cartório se processam os autos nº 841/2009 de Usucapião, em que é requerente PANAGRO EMPREENDIMENTOS FLORESTAIS LTDA, tendo por objeto o seguinte imóvel: “Uma área de terras rurais, medindo 650.000,00m², situado na localidade de Pavãozinho, Agudos do Sul, Comarca de Fazenda Rio Grande/PR”, ficam pelo presente edital citados os INTERESSADOS AUSENTES, INCERTOS OU DESCONHECIDOS, DAQUELE EM CUJO NOME PORVENTURA ESTEJA TRANSCRITA A ÁREA USUCAPIENDA, da presente ação, o prazo de contestação é de quinze (15) dias, contados da publicação do presente edital. Advertidos de que se não forem contestados, presumir-se-ão aceitos mesmo como verdadeiros os fatos articulados pelo autor. (art. 285 do Código de Processo Cível ). Fazenda Rio Grande aos dezessete (17) dias do mês de dezembro (12) do ano de dois mil e dez (2010). E eu (a) Aleteia R. Santos - E. Juramentada, o subscrevi. Autorizado pelo MM Juiz de Direito Desta Comarca Portaria 20/2009

Ficam convocados todos os acionistas subscritores da Agência Curitiba de Desenvolvimento S/A, nos termos do Art. 132 e Art. 133 da Lei nº 6.404 de 15 de dezembro de 1977 e suas alterações, para participarem da 4ª Assembléia Geral Ordinária, a realizar-se no próximo dia 18 de abril do corrente, às 10h30m, nas dependências da Agência Curitiba de Desenvolvimento S/A, localizada na Rua Barão do Rio Branco, 45 - 7º andar -Centro- Edifício J. Malucelli, Curitiba, estado do Paraná, onde instalar-se-á a Assembléia para deliberar sobre a seguinte ORDEM DO DIA: 4ª Assembléia Geral Ordinária • Análise e Aprovação dos demonstrativos e balanço patrimonial 2010; • Eleição do Conselho Fiscal 2011/2012; • Assuntos Gerais. Curitiba, 16 de março de 2011. Luciano Ducci Presidente do Conselho de Administração da Agência Curitibade Desenvolvimento S/A

DOURADA CORRETORA DE CAMBIO LTDA. BALANCETE PATRIMONIAL CNPJ: 76.641.497 EM: 28/02/2011 ATIVO

R$ mil

CIRCULANTE E REALIZÁVEL A LONGO PRAZO DISPONIBILIDADES TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS Carteira Própria Certificados de Privatização OUTROS CRÉDITOS Rendas a Receber Diversos

2.867 217 2.443 2.442 1 196 175 21

OUTROS VALORES E BENS Despesas Antecipadas

11 11

PERMANENTE

31

INVESTIMENTOS Títulos Patrimoniais

31 31

PAS S I V O

632

OUTRAS OBRIGAÇÕES Sociais e Estatutárias Fiscais e Previdenciárias Diversas

632 514 25 93

PATRIMÔNIO LÍQUIDO

2.265

CAPITAL SOCIAL NACIONAL

1.211

RESERVAS DE CAPITAL

639

RESERVAS DE LUCROS

415

RECEITAS OPERACIONAIS DESPESAS OPERACIONAIS DESPESAS NÃO OPERACIONAIS PROVISÃO PARA I.RENDA E C.SOCIAL 2.898

R$ mil

CIRCULANTE E EXIGÍVEL A LONGO PRAZO

CONTAS DE RESULTADO

TOTAL DO ATIVO NABI KEMMEL MELLEM Diretor

TOTAL DO PASSIVO NILVIO LUIZ DEPINÉ T.Cont.CRCPR 16646

1 267 (240) (18) (8) 2.898

Brasil tem o primeiro jornal para iPad O Brasil ganha hoje a primeira mídia concebida especialmente para iPad. Batizado como Brasil247 (www.brasil 247.com.br), o jornal destaca-se por ser gratuito e por ter seu conteúdo aberto, compartilhável e editado de forma criativa e irreverente. O novo jornal oferece informação e entretenimento com interação, pluralidade, agilidade e democracia (iniciais de iPad): Interatividade – Seu conteúdo é 100% aberto para ser compartilhado, Pluralidade – Modelo de trabalho colaborativo, Agilidade – Pelo menos duas edições diárias (às 20h e às 6h), e Democracia - Articulistas de todas as tendências. Com investimentos de R$ 4 milhões em um ano, o Bra-

sil247 foi concebido para atender à nova demanda de leitura do mercado brasileiro, que já possui 200 mil tablets, com capacidade de crescimento para mais de 1 milhão ainda este ano. O projeto é da Editora247, comandada por jornalistas experientes e liderada por Leonardo Attuch e Joaquim Castanheira, profissionais consagrados no jornalismo brasileiro. A ideia do jornal surgiu a partir da própria experiência dos jornalistas na leitura de publicações internacionais e no uso de tablets. “O jornal americano Daily nos deu a certeza de que estávamos no caminho certo”, diz Leonardo Attuch, ressaltando que esses aparelhos finalmente trouxeram portabilidade ao leitor e devem acelerar a migração do

SÚMULA DE PEDIDO DE LICENÇA PREVIA ROSALINO FORGIARINI (136.908.849-34), torna público que requereu ao IAP a Licença Prévia para empreendimento de Extração Mineral de Diabásio para Brita, a ser implantado na Rodovia BR 476, KM 199, Bairro Boqueirão, Município da Lapa, Estado do Paraná - Área DNPM N° 826.061/2011.

papel para os meios digitais.

Brasil247 Por ser um jornal efetivamente editado para a plataforma iPad reúne todos os recursos audiovisuais e de interatividade. “O Brasil247 não é uma adaptação de uma edição impressa. Ele foi criado especialmente para explorar os recursos tecnológicos disponíveis na plataforma iPad”, diz Joaquim Castanheira. A publicação antecipa novas tendências culturais, societárias e ambientais por ser um jornal livre, gratuito, colaborativo e aberto; por ter a participação dos jornalistas no projeto; e por não consumir papel, contribuindo para o meio ambiente (paperless company).

Manoel Tadeu Barcelos Diretor Administrativo e Financeiro da Agência Curitiba de Desenvolvimento S/A

Delta Cable é a nova distribuidora da Axis A Axis Communications, fabricante líder em videomonitoramento IP, firmou parceria de distribuição através da Delta Cable, maior distribuidora de soluções para infra-estrutura de redes de voz, vídeo e dados na região Sul do Brasil. A partir de agora, todo o portfólio de câmeras IP e encoders Axis contarão com a capilaridade logística e o know-how da Delta Cable, que possui escritórios em seis cidades da Região Sul capazes de facilitar a entrega de produtos e o atendimento completo aos integradores. Dessa forma, a Delta Cable passa a ser o primeiro distribuidor da Axis com foco na região Sul do Brasil, ao lado de outros três distribuidores: CNT Brasil, Anixter e Network1. A medida faz parte da estratégia da Axis em atender a um número maior de projetos em todo o país, acelerando o processo de digitalização de sistemas de videovigilância ainda baseados em tecnologia analógica e permitindo que municípios e empresas fora das regiões metropolitanas tenham acesso a câmeras IP de alta definição.

Spa tereza zanchi no four points by Sheraton Pioneiro na implantação do conceito de bem estar em shoppings no sul do país, o Grupo Tereza Zanchi acaba de lançar um novo empreendimento.Trata-se do Spa Tereza Zanchi instalado no Four Points by Sheraton em Curitiba - hotel administrado pela Atlântica Hotels International e considerado o Melhor da Cidade pelo Guia Quatro Rodas por seis anos. A parceria entre os dois bem sucedidos grupos resultou em um completo e diferenciado espaço de beleza, conforto, saúde e bem estar em Curitiba. O Spa Tereza Zanchi alia requinte e bom gosto em local projetado sob medida para acolher não apenas os hóspedes do Four Points by Sheraton, mas também para pessoas exigentes e com rotina atribulada, que buscam cuidados para a cabeça e o corpo e conseqüentemente qualidade de vida.No Spa Tereza Zanchi o cliente pode desfrutar das terapias e tratamentos em um ambiente aconchegante e acolhedor equipado com sauna, piscina, fitness e solarium.

Fitch eleva ratings atribuídos à Oi A Fitch Ratings, uma das principais agências de classificação de risco do mundo, elevou nesta sexta-feira os ratings atribuídos à Oi (Tele Norte Leste Participações, Telemar Norte Leste e Brasil Telecom) de “BBB –” para “BBB”. As duas primeiras são classificadas em moeda local e estrangeira e a Brasil Telecom apenas em moeda local. Já o rating em escala nacional passou de “AA+ (bra)” para “AAA (bra)”. A perspectiva foi alterada para estável. Com a nota, a companhia mantém a categoria de investment grade (grau de investimento), que engloba as classificações de menor risco de crédito e supera a escala atribuída ao risco soberano do BrasilSegundo a Fitch, a nova classificação reflete o progresso feito pela Oi para alcançar sua meta de longo prazo de redução da relação entre dívida líquida e o Ebitda para 1,7 vez e a expectativa da agência de que esse índice se mantenha nesse patamar. No final de dezembro de 2010, a relação entre a dívida líquida e o Ebitda estava em 1,8 vez. O rating não está impactado pelo aumento de capital realizado no momento pela companhia, o que, segundo a agência, fortalecerá ainda mais o balanço da Oi. De acordo com a agência, o rating incorpora ainda a sólida posição dos negócios da companhia, sua diversificada oferta de serviços, o risco regulatório moderado, a forte geração de fluxo de caixa e a melhora do perfil da dívida.

Wood’s faz show nacional no lançamento do Country Festival Vencedores do concurso de música Garagem do Faustão, Munhoz e Mariano sobem ao palco do Wood’s Bar Curitiba, no bairro Bacacheri, em única apresentação, nesta quarta-feira, dia 16, a partir das 22h30. A dupla de Campo Grande (MS) faz sucesso em todos os cantos do País. São 16 shows por mês, uma excelente média para quem tem apenas quatro anos de carreira. No repertório, a música de trabalho Sonho Bom, além de sucessos como Comendo Água (Alô, Tô Num Bar), Fim de Semana e Zé Gore.Depois de Curitiba a dupla se apresenta em Umuarama, na região noroeste do estado, antes de partir a São Paulo. Além de abrir uma miniturnê no Paraná, o show em Curitiba marca o lançamento do Curitiba Country Festival, que vai ser realizado no dia 2 de abril, com as melhores duplas sertanejas do País – Zezé di Camargo & Luciano, Fernando & Sorocaba, Guilherme & Santiago e Jorge & Mateus.

Vivenda do camarão apresenta festival de outono A Vivenda do Camarão – primeira e maior rede de frutos do mar do país – apresenta o Festival de Outono, que oferece seis pratos com preços especiais para aproveitar os dias com temperaturas amenas com refeições saborosas e nutritivas. As opções Risoto Milanês de Camarão; Camarão com Cream Cheese e Ervas Finas; Penne com Strogonoff de Camarão; Camarão Frito; Salmão Grelhado e Pintado Grelhado serão vendidas com descontos a partir do dia 20 de março. A ação é válida para todas as lojas da rede e deve impulsionar as vendas nos restaurantes da Vivenda em até 10% nos próximos meses. “Realizamos em cada estação do ano um Festival com diferentes promoções, com o objetivo de proporcionar uma refeição com produtos de alta qualidade a preços acessíveis para nossos clientes”, revela Rodrigo Perri, diretor da empresa.

TIM estréia campanha institucional Para mostrar que tudo é possível quando a comunicação é sem fronteiras, a TIM estreia campanha institucional criada pela NEOGAMA/BBH que mostra inusitado encontro em ritmo de carnaval. O comercial de 30", que vai ao ar nacionalmente no próximo dia 12, apresenta os integrantes do Blue Man Group e o músico Carlinhos Brown no alto do trio elétrico do Bloco Azul TIM, que desfilou no sábado de Carnaval em Salvador. O início do filme traz imagens do backstage do evento, no qual as pessoas estão se vestindo, afinando instrumentos e aquecendo o corpo. O clima é típico de tensão e expectativa que antecede uma grande apresentação. Na sequência, vê-se Carlinhos Brown e músicos dos grupos Timbalada, Olodum, Filhos de Gandhi, Cortejo Afro e Banda Dida se encontrando com o Blue Man e o início do ensaio em conjunto.A seguir acontece o clímax do filme: os músicos se unem no alto do trio elétrico. Enquanto surgem imagens da alegria do público e da perfeita sintonia entre os artistas, a locução em off pontua: “Ritmo e emoção num encontro inesquecível no Carnaval. A vida é movel e a TIM se movimenta junto com o Brasil. Porque sem fronteiras você pode tudo”.


Opinião REGISTRO ELETRÔNICO DE PONTO, O RETORNO O Ministério do Trabalho e Emprego mais uma vez adiou, desta vez para 1° de setembro de 2011, o início da obrigatoriedade de utilização do Registro Eletrônico de Ponto - REP, o aparelho dedicado ao registro da jornada do trabalhador. No mesmo ato, permitiu a adoção de adoção de sistemas alternativos de controle de jornada de trabalho, mediante condições prefixadas. Ao que parece, o governo olhou para a realidade. Como já afirmamos, há muito que diversas empresas utilizam os microcomputadores existentes nas estações de trabalho dos empregados como meio de registro do horário de trabalho. Outras, utilizam equipamentos localizados estrategicamente, tais como catracas, leitores de cartões e de dados biométricos. A rigidez de exigir-se um REP, com as características previstas na portaria ministerial pertinente, poderia ser amenizada, sem comprometer a segurança dos dados, que é o objetivo maior da norma. Por isso, dissemos em artigo anterior que o assunto ainda deveria levantar diversos outros questionamentos. E levantou. Em razão de todos esses questionamentos, o Ministério postergou a exigência de uso do Registro Eletrônico. Lamentavelmente, o fez às vésperas da data limite até então prevista quando centenas de empresas já estavam com equipamentos comprados e testados, prontos para entrar em funcionamento. Na mesma norma que adia a exigência e admite formas alternativas de controle, O Ministério do Trabalho e Emprego criou grupo de trabalho com a finalidade de revisar e aperfeiçoar o sistema de registro eletrônico de ponto. Ou seja, não se sabe se o REP a ser exigido a partir de 1º de setembro terá as mesmas características do que deveria ter sido exigido a partir de 1° de março. Talvez algumas centenas desses equipamentos já comprados o tenham sido sem necessidade. É lamentável. No entanto, a tônica agora é o sistema alternativo de controle de ponto, que pode ser eletrônico ou não. De qualquer forma, deverá ser previsto em norma coletiva, a exigir-se, portanto, negociação sindical. Além disso, em termos gerais, o controle alternativo de controle eletrônico de ponto precisa ter garantias de inviolabilidade e de ausência de restrições, de maneira praticamente idêntica às exigências já vigentes para os programas responsáveis pelo registro, leitura e processamento dos dados de registro eletrônico de jornada. Mais uma vez, vale a lembrança aos empresários para que não adotem um sistema que, no futuro, venha a se revelar impróprio como meio de prova, fazendo com que o cálculo da real jornada de trabalho fique a mercê de testemunhos ou de arbitramento judicial. Embora a participação do sindicato possa legitimar os sistemas alternativos, sua confiabilidade depende da eficácia técnica e do cumprimento das exigências jurídicas. *Domingos Sávio Telles Advogado da Pactum Consultoria Empresarial

Ações sobre DPVAT são suspensas em Mato Grosso Está suspensa a tramitação dos processos que discutem, na 5ª Turma Recursal dos Juizados Especiais de Mato Grosso, pagamento proporcional do DPVAT em caso de invalidez parcial. A determinação é da ministra Isabel Gallotti, do Superior Tribunal de Justiça, que concedeu em parte a liminar em uma reclamação da Sul América Companhia Nacional de Seguros. Segundo a ministra Isabel Gallotti, é clara a adoção de entendimento divergente da jurisprudência dominante no STJ. Dessa forma, determinou a suspensão dos processos sobre a matéria somente no âmbito do órgão judicial que está decidindo contrariamente ao Tribunal.

A relatora determinou, ainda, o aviso sobre a decisão liminar ao presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, ao corregedor-geral da Justiça e ao presidente da 5ª Turma Recursal, informando o processamento da reclamação e solicitando informações. Outros interessados sobre a instauração da reclamação devem se manifestar no prazo de 30 dias a partir da publicação do edital no Diário da Justiça. O autor da ação principal tem cinco dias para se manifestar. Depois de prestadas as informações, o processo será remetido ao Ministério Público Federal para parecer. O processamento segue o estabelecido na Resolução 12/2009 do STJ.

Advogado consegue acesso a autos sigilosos Com o entendimento de que a obstrução aos autos do processo fere a garantia constitucional da ampla defesa, o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, autorizou o acesso a elementos de prova já produzidos em procedimento investigatório que corria com testemunhas protegidas, no caso do furto de uma luminária de R$ 35. O despacho de Gilmar Mendes reforma decisão anterior da juíza de Direito da 2ª Vara Criminal de São Caetano do Sul (SP). Ela baseou sua decisão no Provimento 32, de 2000, do Tribunal de Justiça de São Paulo, que, com o objetivo de proteger as vítimas, suprimiu dos autos dados qualificativos das testemunhas. Essas informações passariam então a uma pas-

ta à parte, sob os cuidados do escrivão-diretor, e não poderiam ser copiadas. "O problema é que a juíza tomou o provimento como regra", explica Daniel Del Cid, advogado dativo do acusado. "O que chama mais atenção é que a juíza considerou o furto de uma luminária de R$ 35 como crime gravíssimo e com grande ameaça a testemunha. Geralmente, as testemunhas são protegidas quando ocorreu algum crime como latrocínio ou chacina", explica. "A negativa do juízo reclamado em autorizar o reclamante xerocopiar os autos da testemunha protegida fundouse, apenas, na dificuldade do cartório franquear tal acesso pelo modo como os dados são armazenados", argumenta na inicial.

Justiça&Direito

Indústria&Comércio | Curitiba, quarta-feira, 16 de março de 2011 | A8

ORDEM ECONÔMICA

Peluso restabelece ordem cronológica de precatórios Precatórios ainda não adimplidos desde 1998 somariam mais de R$ 13 bi

C

om o fundamento do perigo de multiplica ção de novos pedidos, o ministro Cezar Peluso, presidente do Supremo Tribunal Federal, suspendeu a execução de uma decisão que havia determinando a quebra de ordem cronológica para o pagamento de precatório alimentar. Para ele, estaria caracterizado o risco de grave lesão à economia e à ordem públicas. Com base em dados apresentados pela Fazenda Pública estadual, o ministro informou que os precatórios alimentares ainda não adimplidos desde 1998 somariam mais de R$ 13 bilhões O caso começou quando o autor da ação formulou pedido de sequestro perante a Presidência do Tribunal de Justiça de São Paulo, visando à satisfação de precatório alimentar em ordem cronológi-

ca. Contra a decisão negativa, o homem impetrou Mandado de Segurança, julgado procedente pelo Órgão Especial do Tribunal de Justiça paulista, no sentido de que o pagamento de precatório não alimentar, feito antes do pagamento de precatório alimentar precedente, implica a quebra da ordem cronológica. Segundo Peluso, “de acordo com o regime legal de contracautela, compete a esta Presidência suspender execução de decisões concessivas de segurança, de liminar ou de tutela antecipada, proferidas em única ou última instância, pelos tribunais locais ou federais, para evitar grave lesão à ordem, à saúde, à segurança e à economia públicas”. O ministro entendeu ainda haver identidade entre a decisão que se pretende suspender e as que já foram suspensas.

Segundo Peluso, “de acordo com o regime legal de contracautela, compete a esta Presidência suspender execução de decisões concessivas de segurança, de liminar ou de tutela antecipada

Liminar suspende sindicância do CNJ contra desembargador do PR O ministro Joaquim Barbosa concedeu liminar parcial para suspender, temporariamente, a instauração de sindicância, no âmbito do Conselho Nacional de Justiça, por fatos apurados em Procedimento de Controle Administrativo (PCA) contra ex-presidente do Tribunal de Justiça do Paraná. O ministro, entretanto, negou pedido de igual providência em relação ao Ministério Público, à Receita Federal do Brasil e à Procuradoria do estado do Paraná, observando que “tais entidades agem por dever de ofício e não estão subordinadas à autoridade coatora (no caso, o CNJ). Assim, a medida liminar não pode impedi-las de tomar as me-

didas que entendem cabíveis a partir de informações fornecidas pelo CNJ”. Ao conceder a liminar parcial, o ministro Joaquim Barbosa reconheceu preliminarmente a decadência da revisão da conduta do desembargador nos anos de 2003 a 2004, pois o prazo de cinco anos, previsto nos artigos 52 a 54 da Lei 9.784/ 1999, já se havia esgotado quando foi iniciado o Procedimento de Controle Administrativo pelo CNJ. Entretanto, o ministro manteve a parte do acórdão do CNJ que determinou “o encaminhamento dos autos ao Ministério Público e à Procuradoria do Estado do Paraná para apuração dos prejuízos causados ao erário

daquele estado e promoção das ações cabíveis para ressarcimento do dano causado pelos agentes públicos responsáveis pelos fatos que enumera”. No seu despacho, o ministro Joaquim Barbosa ressaltou que a medida liminar por ele concedida “é precária e efêmera e, portanto, não poderá ser invocada para sustentar a estabilização legítima de qualquer expectativa”. Observou, ademais, que ela “poderá ser revista a qualquer momento, especialmente após o recebimento das informações (do CNJ) ou da manifestação do procurador-geral da República”. O processo ainda será examinado pelo STF em seu mérito.

Tempo gasto em curso de formação caracteriza vínculo de emprego Uma administradora postal da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, aprovada em concurso público, conquistou o reconhecimento para efeito de vínculo de emprego do período de treinamento feito na empresa no Tribunal Superior do Trabalho. Com decisão da 7ª Turma, fica restabelecida sentença de origem. Menifestando entendimento contrário, o Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região (Distrito Federal)

considerou que o processo seletivo tinha como objetivo a admissão da mulher no curso de formação de Administração Postal. Somente após a aprovação é que a contratação seria efetivada. O TRT-10 lembrou, por exemplo, que o edital do concurso estipulou que as 48 horas semanais de trabalho seriam destinadas à frequência às aulas, ao estudo e ao estágio prático nas dependências da ECT. Contra decisão negativa, a

funcionária levou Recurso de Revista ao TST. O relator do caso, ministro Pedro Paulo Manus, recordando julgamento semelhante, disse que a turma entende que curso de formação profissional na Escola Superior de Administração Postal caracteriza vínculo de emprego. Estão presentes ao caso elementos caracterizadores dessa relação, como a onerosidade, a subordinação e a não eventualidade, segundo o TST.

Ação Penal contra deputado é trancada no STJ O deputado Sidney da Silva Patrício (PT), presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal, teve pedido de trancamento da Ação Penal atendido pelo Superior Tribunal de Justiça. No processo, o petista era acusado de incitamento à indisciplina, de lesão corporal leve consumada e tentada, de ameaça e de dano qualificado durante movimento reivindicatório quando ainda era cabo da Polícia Militar do Distrito Federal. O incitamento em questão teria ocorrido durante assembleia da categoria, em 2001. Segundo a denúncia, o cabo e mais dois policiais teriam levado os mais de 1,5 mil policiais presentes “à indisciplina e à prática dos crimes militares de motim, insubordinação e perturbação de serviço ou meio de comunicação, instigando-os a radicalizarem, invadindo quartéis e a usarem armas contra os policiais e bombeiros militares que não aderissem ao movimento”.

Código de Defesa do Consumidor: uma lei que pegou Se existem leis que não pegam, decididamente, o Código de Defesa do Consumidor não está entre elas. Ao completar 20 anos de vigência — foi sancionado pelo presidente Fernando Collor em setembro de 1990, mas entrou em vigor em março do ano seguinte — mais do que equilibrar a relação entre consumidores e fornecedores, o Código se tornou um dos instrumentos legais de maior presença nos tribunais brasileiros. 20 anos de vigência do Código de Defesa do Consumidor, uma obra coletiva, coordenada por Renato Lo-

tufo e Fernando Rodrigues Martins, mostra os avanços obtidos até então nas relações de consumo, ao mesmo tempo em que analisa as lacunas que, segundo os autores, ainda precisam ser preenchidas, bem como os objetivos a serem alcançados. O livro representa na prática um balanço multidisciplinar sobre o Código de Defesa do Consumidor em duas décadas de existência, feito por vários autores, inclusive de outros países, todos com larga vivência na área. Lotufo, desembargador aposentado do Tribunal de Justiça e São Paulo, e Mar-

tins, promotor de Justiça, usam parte de suas experiências profissionais para oferecer aos leitores uma abordagem crítica e imparcial sobre o tema. Desde que passou a vigorar, o código teve apenas 10 adaptações, entre as quais a exigência para os contratos sejam escritos com letras em tamanho legível. Por conta das poucas atualizações, vários especialistas defendem mudanças no texto legal que contemplem os avanços ocorridos nos últimos anos na sociedade como um todo. O Senado constituiu a Comissão Espe-

cial de Reforma do CDC para discutir as mudanças necessárias. Uma das lacunas que ainda precisa ser suprida diz respeito ao comércio eletrônico, um sistema cada mais utilizado pelos consumidores, em decorrência da expansão da internet e da banda larga. “O CDC ainda não contempla o comércio eletrônico como já acontece com as lojas físicas”, diz o diretor-executivo do Procon-SP, Roberto Pfeiffer, que também integra a Comissão do Senado. “Não há regras definidas especificamente para as compras feitas pela internet.”


Economia Curitiba, quarta-feira, 16 de março de 2011 | B1 | Indústria&Comércio

TRABALHO

Fevereiro registra recorde de empregos gerados no Brasil Mais de 280 mil novos empregos formais foram criados no mês

E

m fevereiro foram criados 280.799 novos empregos com carteira assinada no Brasil, número recorde para o período. O resultado é 34,08% superior ao melhor desempenho registrado na série histórica do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), ocorrido em fevereiro de 2010, quando foram gerados 209.425 postos. Os dados foram anunciados nesta terça-feira (15/03), pelo ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi. “O mercado de trabalho brasileiro está forte e vigoroso, e em fevereiro foi impulsionado pelo Carnaval, sem que se tenha perdido dias úteis no mês, uma vez que o feriado caiu em março. O setor de serviços foi o grande destaque, puxado pelo Turismo e Hotelaria. Basta ver que no Rio de Janeiro o índice de ocupação da rede hoteleira bateu recorde, com mais de 97% de ocupação”, explicou Lupi. O setor de Serviços registrou saldo recorde para todos os meses da série histórica do Caged, com a geração de 134.342 empregos celetistas. O setor Extrativo Mineral, com a gera-

ção de 1.713 postos, registrou desempenho inédito em fevereiro. A Indústria de Transformação, com 60.098 novos postos, e a Construção Civil, com 30.701, registraram seus segundos melhores resultados para o mês. A expansão de empregos foi generalizada também entre os 25 subsetores de atividade econômica, com dez registrando recordes e quatro o segundo melhor desempenho para o mês. “Em março a Educação se destacará, com a efetiva volta às aulas. Este mês o Ensino já foi recorde, e deverá continuar crescendo. A Construção Civil seguirá em alta e é possível que haja novo recorde para o mês”, comentou o ministro. Todas as cinco regiões brasileiras tiveram saldo recorde em fevereiro, sendo a geração de empregos puxada pelo Sudeste, que abriu 165.523 postos. Em termos relativos, o maior crescimento foi registrado no Centro-Oeste, com elevação de 1,21% no estoque de trabalhadores com carteira assinada. Entre as 27 Unidades da Federação, quinze mostraram saldos recordes e quatro aponta-

ram o segundo melhor resultado para o período.

BIMESTRE O número de trabalhadores com carteira assinada também bateu recorde no primeiro bimestre de 2011, com a geração de 448.742 postos de trabalho formal, equivalente ao crescimento de 1,25% em relação ao estoque de empregos de dezembro de 2010. O total já incorpora as informações declaradas fora do prazo relativas ao mês de janeiro de 2011. Nos últimos 12 meses, o montante de empregos gerados atingiu 2.523.029 postos de trabalho, correspondendo ao aumento de 7,45%.

SEGURO O ministro Carlos Lupi comentou a possibilidade de implementação de um novo modelo de qualificação profissional para trabalhadores beneficiários do Seguro-Desemprego. A ideia é evitar que se burle o programa a partir de acordos em que o patrão demite o trabalhador, que continua a trabalhar sem carteira assinada e passa a receber o seguro.

“As empresas estão contratando mais do que demitindo, mas não deixaram de demitir, e estão demitindo mais do que nunca. Quanto mais aquecido estiver o mercado, maior será a rotatividade de mão-de-obra, e mais benefícios de SeguroDesemprego teremos que pagar. Por isso defendo que o trabalhador beneficiário do seguro seja obrigado a participar de cursos de qualificação, que o Ministério da Educação está desenvolvendo”, disse Lupi. Paralelo ao projeto de qualificação, o Ministério do Trabalho e Emprego está implementando o Programa Mais Emprego, que une o Programa Seguro-Desemprego ao Sistema Nacional do Emprego, com a finalidade de oferecer oportunidades de novo emprego aos requerentes do Seguro-desemprego, para que, imediatamente recolocados no mercado, não precisem do benefício. O número de admissões e desligamentos do último mês também foram os maiores registrados na série histórica para o período, totalizando 1.797.217 e 1.516.418, respectivamente.

CÂMBIO

Mantega nega relação entre Japão e medidas O ministro da Fazenda, Guido Mantega, descartou que a situação no Japão tenha adiado o anúncio de medidas na área de câmbio pelo governo brasileiro. Há uma expectativa de que o governo divulgue novos instrumentos de política cambial como forma de evitar que o desequilíbrio entre o dólar e o real se acentue. “Não tem nada a ver uma coisa com a outra”, disse Mantega ao chegar ao Ministério da Fazenda na manhã desta terçafeira (15/03). Especialistas já debatem os efeitos na economia global da tragédia que atingiu o Japão após o terremoto da semana passada. Desde que o Brasil ganhou destaque no mercado internacional pela forma como saiu da crise, os investidores estrangeiros têm buscado refúgio no país para suas aplicações, sejam elas de longo ou curto prazos, inundando o mercado brasileiro da moeda estrangeira. Com isso, o governo brasileiro tem procurado adotar medi-

O volume das vendas no comércio varejista brasileiro cresceu 1,2% em janeiro deste ano, na comparação com o mês anterior, na série com ajuste sazonal, segundo informações divulgadas nesta terça-feira (15/03) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Na mesma base de comparação, a receita nominal avançou 1,1%. O setor completa nove meses consecutivos de taxas positivas em volume de vendas e 13 meses seguidos para a receita nominal. Na comparação com janeiro de 2010, sem ajuste sazonal, houve acréscimo de 8,3% no volume das vendas e de 13,3% na receita nominal. Nos últimos 12 meses, as altas são de 10,7% e 14,5%, respectivamente. Ainda na comparação com dezembro de 2010, 6 das 10 atividades monitoradas tiveram variação positiva para o volume de vendas: Móveis e eletrodomésticos(2,7%), Hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (1,2%), Material de construção(1,1%), Artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (0,5%), Tecidos, vestuário e calçados (0,5%) e Combustíveis e lubrificantes (0,3%). Em sentido oposto, registraram baixa: Livros, jornais, revistas e papelaria (-2,3%), Outros artigos de uso pessoal e doméstico (-2,5%), Equipamentos e material para escritório, informática e comunicação (-5,1%) e Veículos e motos, partes e peças (-7,1%). Já na comparação com o mesmo mês do ano passado, todas as atividades cresceram: Móveis e eletrodomésticos (19,1%), Hipermercados, supermercados, produtos ali-

mentícios, bebidas e fumo (4,2%), Artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (12,7%), Tecidos, vestuário e calçados (9,8%), Combustíveis e lubrificantes (6,3%), Outros artigos de uso pessoal e doméstico (4,9%), Livros, jornais, revistas e papelaria (12,5%) e Equipamentos e material para escritório, informática e comunicação (7,4%). Por sua vez, o Varejo Ampliado recuou em janeiro 0,2% para o volume de vendas e 0,6% para a receita nominal de vendas, ambos com ajuste sazonal e na comparação com dezembro do ano passado. Em relação ao mesmo mês do ano anterior houve crescimento de 11,2% para o volume de vendas e de 14,6% na receita nominal de vendas. Por região, todas as 27 Unidades da Federação registraram avanço contra janeiro de 2010. Os destaques foram para as variações de Tocantins (61,5%), Roraima (27,3%), Rondônia (26,0%), Acre (20,3%) e Paraíba (19,4%). Quanto à participação na composição da taxa do Comércio Varejista, sobressaíram, pela ordem, São Paulo (6,9%), Rio de Janeiro (9,7%), Minas Gerais (12,7%), Rio Grande do Sul (8,8%) e Bahia (7,7%). Em relação ao varejo ampliado, também todas as Unidades da Federação apresentaram resultados positivos. As maiores taxas de desempenho no volume de vendas ocorreram em Tocantins (57,9%), Espírito Santo (27,9%), Acre (24,0%), Mato Grosso (23,7%) e Roraima (22,2%). Em termos de impacto no resultado global do setor, os destaques foram São Paulo (9,4%), Minas Gerais (18,0%), Rio de Janeiro (11,0%), Rio Grande do Sul (10,6%) e Paraná (9,0%).

Valor da produção agrícola é o maior em 14 anos, diz ministério

“Não tem nada a ver uma coisa com a outra”, disse Mantega na manhã desta terça-feira

das na tentativa de manter o equilíbrio no mercado interno. Na segunda-feira (14/03) o dólar fechou em leve queda ante ao real. No ano passado, como medida para conter a sobrevalorização do real ante o dólar, o

Pneu terá reajuste de preço devido ao aumento na matéria-prima A Associação Brasileira dos Importadores e Distribuidores de Produtos Automotivos (ABIDIPA) tem mostrado preocupação com o crescente reajuste no valor da matéria prima que serve de base para a fabricação de pneus. Com isso, prevê aumento de preço nos próximos dias. De acordo com a entidade, o primeiro reajuste, de 10%, deve ser aplicado em abril. O outro, em junho, deverá atingir cerca de 6%. “Toda a cadeia produtiva deverá ser afetada com o reajuste, pois o aumento no valor dos fretes, por exemplo, deverá ser repassado ao consumidor”, explica Rinaldo Siqueira Campos, presidente da ABIDIPA. De acordo com ele, há risco ainda, do mercado brasileiro sofrer com

Vendas no varejo brasileiro crescem 1,2% em janeiro

o desabastecimento do produto, nos próximos meses. “O aquecimento do mercado internacional é outro fator que pesa nesse desequilíbrio”, garantiu. A borracha e o petróleo são matérias primas básicas para a fabricação dos pneus. De um ano para cá, o preço da tonelada dessa matéria prima, no mercado internacional, subiu de U$ 2.500,00/tonelada para U$ 5.400,00/tonelada. O aumento foi superior a 100%. “Na crise cambial a matéria prima chegou a custar cerca de U$ 1.000,00 e agora convivemos com um aumento que força o repasse”, lembra o presidente. O reajuste no preço deve atingir os pneus importados e também aqueles que são produzidos no país.

governo estabeleceu uma nova alíquota do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), que passou de 2% para 4%. Este ano, o governo anunciou que voltaria, depois de um ano e oito meses, a comprar dólares no mercado futuro

para reverter a queda do dólar no mercado interno. Em fevereiro, diante de nova pressão do real sobre a moeda norteamericana, cresceram as expectativas com relação a adoção de novas medidas depois do carnaval.

Déficit comercial do setor têxtil sobe 69% em fevereiro

A balança comercial da indústria têxtil e de confecção brasileira registrou déficit de US$ 395,7 milhões em fevereiro deste ano, com crescimento de 69,1% ante o mesmo período do ano passado, quando houve perda de US$ 233,9 milhões. Os dados foram divulgados nesta terçafeira (15/03) pela Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit). No mês passado, as importações somaram US$ 502,4 milhões, 50% a mais do que os US$ 334,8 milhões de fevereiro do ano anterior, en-

quanto as exportações alcançaram US$ 106,7 milhões, ante US$ 100,8 milhões de fevereiro de 2010(aumento de 5,8%). No primeiro bimestre de 2011, as importações brasileiras de vestuário registraram alta de 70,5% em relação ao mesmo período do ano passado e chegaram a U$ 268,3 milhões. Vale ressaltar que, deste montante, U$ 175,1 milhões são de produtos chineses. No primeiro bimestre de 2010, as importações de vestuário da China ficaram em U$ 95,3 milhões.

Feijão, milho, soja, arroz, laranja e mandioca também terão Valor Bruto da Produção (VBP) com resultados positivos este ano

O Valor Bruto da Produção (VBP) das 20 principais lavouras do Brasil deve alcançar R$ 189,6 bilhões em 2011. O resultado apurado, com base na estimativa da safra 2010/2011 e nos preços praticados até fevereiro deste ano, representa crescimento de 5,8% em relação ao VBP obtido em 2010. O estudo elaborado pela Assessoria de Gestão Estratégica do Ministério da Agricultura mostra também que esse é o maior valor da produção dos últimos 14 anos e deve ultrapassar o recorde registrado em 2008, quando o número fechou em R$ 181,8 bilhões. “A projeção de que tenhamos a maior safra de grãos da história, com 154 milhões de toneladas e os preços dos produtos agrícolas em ascensão provocam um efeito direto no valor bruto da produção”, afirma José Garcia Gasques, coordenador de Planejamento Estratégico do Ministério da Agricultura e responsável pelo levantamento. Algodão, uva e café em grão são os produtos com

melhor desempenho esse ano. O algodão em pluma poderá obter acréscimo de 50,1% no VBP chegando a R$ 4,7 bilhões. De acordo com o estudo, o valor da produção da uva aumentará 44,6% alcançado R$ 4,4 bilhões e o café em grão deve atingir R$ 20,1 bilhões, aumento de 27,2% em comparação com o ano passado. Feijão (18,9%), milho (17,4%), soja (10,5%), arroz (4,9%), laranja (6%) e mandioca (8,1%) também terão VBP com resultados positivos este ano. Das 20 lavouras analisadas, 11 apresentam previsão de aumento do valor da produção em 2011. “Um diferencial importante entre o resultado de 2011 e o de 2010 é a recuperação do valor bruto da produção do algodão, do milho e da soja ocasionado, principalmente, pela valorização dos preços desses produtos”, analisa Gasques. Entre os produtos que não terão resultado favorável esse ano estão a cana-de-açúcar, o trigo, a cebola, a batata e o cacau.


PublicidadeLegal Indústria&Comércio | Curitiba, quarta-feira, 16 de março de 2011 | B2

NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS DO SEMESTRE E EXERCÍCIO FINDO EM 31 DE DEZEMBRO DE 2010 (Valores em R$ Mil)

ARAUCÁRIA ADMINISTRADORA DE CONSÓRCIOS LTDA. Pinhais - PR DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS DO SEMESTRE E EXERCÍCIO FINDO EM 31 DE DEZEMBRO DE 2010 BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE DEZEMBRO ATIVO

PASSIVO R$ mil

2010 4.080 50 3.702 3.702

2009 6.328 254 4.769 4.769

OUTROS CRÉDITOS

325

671

Rendas a Receber Diversos

226 99

179 492

3 0 3

634 632 2

2.532 2.532 2.532

2.530 2.530 2.530

CIRCULANTE DISPONIBILIDADES TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS Carteira Própria

OUTROS VALORES E BENS Outros Valores e Bens Despesas Antecipadas REALIZÁVEL A LONGO PRAZO OUTROS CRÉDITOS Diversos PERMANENTE

12.765

11.428

INVESTIMENTOS Participações em Controlada no País Outros Investimentos

12.461 11.708 753

11.226 11.223 3

IMOBILIZADO DE USO Outras Imobilizações de Uso (-) Depreciações Acumuladas

304 1.574 (1.270)

202 1.530 (1.328)

19.377

20.286

TOTAL DO ATIVO

(As notas explicativas integram o conjunto das demonstrações contábeis)

DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO SEMESTRE E EXERCÍCIO FINDOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2010 E EXERCÍCIO DE 2009 R$ mil 2º Semestre Exercício Exercício 2010 2010 2009 RECEITAS DE INTERMEDIAÇÃO 192 FINANCEIRA Resultado de Operações com Títulos e Valores Mobiliários 192 RESULTADO BRUTO DA 192 INTERMEDIAÇÃO FINANCEIRA OUTRAS RECEITAS/DESPESAS OPERACIONAIS (230) Receitas de Prestação de Serviços 8.152 Resultado de Participação em Controlada 202 Despesas de Pessoal (4.425) Outras Despesas Administrativas (2.135) Despesas Tributárias (768) Outras Receitas/Despesas Operacionais (1.256) RESULTADO OPERACIONAL RESULTADO NÃO OPERACIONAL RESULTADO ANTES DA TRIBUTAÇÃO S/LUCRO E PARTICIPAÇÕES

399

680

399

680

399

680

(30) 14.737 485 (8.658) (3.850) (1.396) (1.348)

593 13.581 34 (7.048) (4.152) (1.073) (549)

(38) 0

369 58

1.273 22

(38)

427

1.295

0

(6)

(276)

(38) (0,004)

421 0,049

1.019 0,119

IMPOSTO DE RENDA E CONTRIBUIÇÃO SOCIAL SOBRE O LUCRO (PREJUÍZO)/LUCRO LÍQUIDO DO PERÍODO (Prejuízo)/Lucro Líquido por Quota

(As notas explicativas integram o conjunto das demonstrações contábeis)

R$ mil 2010

2009

5.756

7.235

5.756

7.235

437 5.319 2.886

350 6.885 2.180

2.886

2.180

105 2.781

251 1.929

10.735

10.871

8.597 64 2.074

8.597 72 2.202

19.377

20.286

CIRCULANTE OUTRAS OBRIGAÇÕES Fiscais e Previdenciárias Diversas EXIGÍVEL A LONGO PRAZO OUTRAS OBRIGAÇÕES Fiscais e Previdenciárias Diversas PATRIMÔNIO LÍQUIDO Capital: De Domiciliados no País Reservas de Reavaliação em Controlada Lucros ou Prejuízos Acumulados TOTAL DO PASSIVO

(As notas explicativas integram o conjunto das demonstrações contábeis)

DEMONSTRAÇÃO DO FLUXO DE CAIXA (MÉTODO INDIRETO) R$ Mil PERÍODOS Fluxos de Caixa das Atividades Operacionais Lucro Líquido do Exercício Ajustes por: Depreciações Resultado de Participações em Controladas Variações nos Ativos e Passivos (Aumento)/Redução dos Ativos Rendas a Receber Devedores Diversos - País Impostos a Compensar Outros Valores e Bens Despesas Antecipadas Ativo Realizável a Longo Prazo Aumento/(Redução) dos Passivos Obrigações Fiscais e Previdenciárias Provisão para Pagamentos a Efetuar Obrigações para Aquisição de Bens Recursos não Procurados - Grupos Encerrados Credores Diversos - País Exigível a Longo Prazo Caixa Líquido Gerado pelas Atividades Operacionais

2010

2009

421

1.019

59 (485) (5)

66 (34) 1.051

(47) 228 165 632 (1) (2)

(30) 296 12 (74) 0 220

87 (5) 12 (1.490) (83) 706 197

25 20 20 (3.654) 146 (239) (2.207)

Fluxos de Caixa das Atividades de Investimento Aquisição de Investimento (749) Aquisições de Imobilizado (164) Resultado na Alienação e Baixa do Imobilizado 2 (911) Caixa Líquido Aplicado nas Atividades de Investimento Fluxos de Caixa das Atividades de Financiamento Distribuição de Lucros (546) Ajustes de Exercícios Anteriores (11) Caixa Líquido Aplicado nas Atividades de Financiamento (557) (1.271) Redução do Caixa e Equivalentes de Caixa Caixa e Equivalentes de Caixa no Início do Período 5.023 Caixa e Equivalentes de Caixa no Fim do Período 3.752

CAPITAL REALIZADO 8.597 0

SALDOS INICIAIS EM 01/JAN./09 1 - Lucro Líquido do Exercício 2 - DESTINAÇÕES PROPOSTAS: - Distribuição de Lucros 3 - OUTROS EVENTOS - Realização da Reserva de Reavaliação SALDOS FINAIS EM 31/DEZ./09 1 - Lucro Líquido do Exercício 2 - DESTINAÇÕES PROPOSTAS: - Distribuição de Lucros 3 - OUTROS EVENTOS - Realização da Reserva de Reavaliação - Ajustes de Exercícios Anteriores SALDOS FINAIS EM 31/DEZ./10

(1.210) 0 (1.210) (4.069) 9.092 5.023

(As notas explicativas integram o conjunto das demonstrações contábeis)

DEMONSTRAÇÃO DAS MUTAÇÕES DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO DO EXERCÍCIO FINDO EM 31 DE DEZEMBRO DE 2010 EVENTOS

(550) (115) 13 (652)

RESERVA DE REAVALIAÇÃO EM CONTROLADA 79 0

LUCROS OU PREJUÍZOS ACUMULADOS 2.386 1.019

R$ mil TOTAL 11.062 1.019

0

0

(1.210)

(1.210)

0 8.597 0

(7) 72 0

7 2.202 421

0 10.871 421

0

0

(546)

(546)

0 0

(8) 0

8 (11)

0 (11)

8.597

64

2.074

10.735

DEMONSTRAÇÃO CONSOLIDADA DOS RECURSOS DE CONSÓRCIOS EM 31 DE DEZEMBRO 2010 E 2009 ATIVO

PASSIVO R$ mil

R$ mil

2010

2009

100.520

93.814

319 0 0 319 319

608 70 70 538 538

APLICAÇÕES INTERFINANCEIRAS DE LIQUIDEZ OUTRAS Aplicações Financeiras

37.626 37.626 37.626

36.674 36.674 36.674

OUTROS CRÉDITOS VALORES ESPECÍFICOS Direitos Junto a Consorciados Contemplados Cheques e Outros Valores a Receber

62.575 62.575 62.563 12

56.532 56.532 56.532 0

604.412

449.490

604.412

449.490

4.423 308.181 291.808

4.045 230.550 214.895

704.932

543.304

ATIVO CIRCULANTE DISPONIBILIDADES CAIXA Caixa DEPÓSITOS BANCÁRIOS Depósitos Bancários

COMPENSAÇÃO CONSÓRCIO Previsão Mensal de Recursos a Receber de Consorciados Contribuições Devidas ao Grupo Valor dos Bens ou Serviços a Contemplar TOTAL GERAL DO ATIVO

(As notas explicativas integram o conjunto das demonstrações contábeis)

PASSIVO CIRCULANTE OUTRAS OBRIGAÇÕES OBRIGAÇÕES DIVERSAS Obrigações com Consorciados Valores a Repassar Obrigações por Contemplações a Entregar

2010

2009

100.520

93.814

100.520

93.814

100.520

93.814

50.192

44.617

7.731

9.524

27.236

24.645

Recursos a Devolver a Consorciados

8.606

9.133

Recursos do Grupo

6.755

5.895

COMPENSAÇÃO

604.412

449.490

CONSÓRCIO

604.412

449.490

Recursos Mensais a Receber de Consorciados

4.423

4.045

Obrigações do Grupo por Contribuições

308.181

230.550

Bens ou Serviços a Contemplar - Valor

291.808

214.895

704.932

543.304

DEMONSTRAÇÃO CONSOLIDADA DAS VARIAÇÕES NAS DISPONIBILIDADES DE GRUPOS DE CONSÓRCIOS DO SEMESTRE E EXERCÍCIO FINDOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2010 E EXERCÍCIO DE 2009 E VALORES ACUMULADOS ATÉ 31 DE DEZEMBRO DE 2010 R$ mil 2º Semestre Exercício Exercício Valor 2010 2010 2009 Acumulado

TOTAL GERAL DO PASSIVO

37.197

37.282

37.771

50 820 10.616

70 538 12.029

48 261 13.217

25.711

24.645

24.245

41.824

80.994

78.559

272.128

31.992 5.804 493 1.727 114 1.165 45 484

62.556 11.056 954 3.119 225 2.206 66 812

60.606 10.571 906 3.630 225 1.951 98 572

213.283 35.493 3.064 9.919 521 7.433 105 2.310

(-) RECURSOS UTILIZADOS Aquisição de Bens Taxa deAdministração Multas e Juros Moratórios Prêmios de Seguros Custas Judiciais Devolução a Consorciados Desligados Outros

41.064 30.029 7.470 55 1.149 102 563 1.696

80.319 59.755 13.246 105 2.202 186 1.200 3.625

79.048 61.184 9.611 103 1.898 247 1.384 4.621

234.171 185.270 35.491 236 7.235 329 359 5.251

DISPONIBILIDADES NO FIM DO PERÍODO Caixa Depósitos Bancários Cheques em Cobrança Aplicações Financeiras do Grupo Aplicações Financeiras Vinculadas a Contemplações

37.957 0 319 12 10.390

37.957 0 319 12 10.390

37.282 70 538 0 12.029

37.957 0 319 12 10.390

27.236

27.236

24.645

27.236

DISPONIBILIDADES NO INÍCIO DO PERÍODO Caixa Depósitos Bancários Aplicações Financeiras do Grupo Aplicações Financeiras Vinculadas a Contemplações (+) RECURSOS COLETADOS Contribuições para Aquisição de Bens Taxa deAdministração Contribuições ao Fundo de Reserva Rendimentos de Aplicações Financeiras Multas e Juros Moratórios Prêmios de Seguros Custas Judiciais Outros

(As notas explicativas integram o conjunto das demonstrações contábeis)

NOTA 1. CONTEXTO OPERACIONAL A sociedade tem por objeto social, a prestação de serviços de venda, formação e administração de grupos de consórcios e a participação em outras empresas. NOTA 2. APRESENTAÇÃO DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS DA ADMINISTRADORA E CONSOLIDADA DOS GRUPOS DE CONSÓRCIOS As demonstrações contábeis estão sendo apresentadas de acordo com as normas e instruções do Banco Central do Brasil, bem como de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil aplicáveis às instituições autorizadas a funcionar pelo Banco Central do Brasil, anteriormente à promulgação da Lei nº 11.638/07. Em 28/dez./07 foi promulgada a Lei nº 11.638/07 e, em 27/maio/09, a Lei nº 11.941/09, introduzindo alterações na Lei das Sociedades por Ações (6.404/76), quanto às práticas contábeis adotadas no Brasil, a partir do exercício social findo em 2008. Embora as referidas Leis já tenham entrado em vigor, somente algumas alterações que foram introduzidas. Sendo que as demais dependem de normatização por parte do Banco Central do Brasil para serem integralmente aplicadas pelas instituições por ele reguladas. A administração está avaliando os possíveis impactos dessa nova orientação para, posteriormente, mensurar os seus efeitos, porém estima, em sua avaliação inicial, que as alterações não ocasionarão efeitos relevantes nas demonstrações contábeis da Sociedade. A escrituração contábil dos grupos de consórcios obedece às regras da Carta-Circular nº 3.147/04 com posteriores alterações trazidas pela Carta-Circular nº 3.192/05 do Banco Central do Brasil. Na elaboração das Demonstrações das Variações nas Disponibilidades dos Grupos de Consórcios, a coluna valor no período representa os valores coletados e utilizados movimentados no semestre, e a coluna valor acumulado, representa os valores coletados e utilizados desde o início dos grupos de consórcios em andamento. NOTA 3. CONTROLES INTERNOS Nos termos da Circular nº 3.078/02, do Banco Central do Brasil, estão implantados os procedimentos pertinentes ao sistema de controles internos, os quais vêm sendo acompanhados e revisados pela administração da sociedade. NOTA 4. PROCEDIMENTOS CONTÁBEIS Dentre os principais procedimentos adotados para a elaboração das demonstrações contábeis da administradora e consolidadas dos grupos de consórcio, emanadas das disposições da legislação societária, associadas às normas e instruções específicas do Banco Central do Brasil, como segue: I - PRINCIPAIS DIRETRIZES CONTÁBEIS DA ADMINIS-TRADORA A) APURAÇÃO DO RESULTADO O resultado é apurado pelo regime de competência, exceto quanto à taxa de administração dos grupos de consórcios que é escriturada na administradora por ocasião do pagamento da contribuição mensal pelo consorciado. B) CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA São classificados como caixa e equivalentes de caixa, numerário em espécie e depósitos bancários disponíveis. C) ATIVO CIRCULANTE E REALIZÁVEL A LONGO PRAZO Demonstrados pelos valores de realização e/ou aplicação, incluindo, quando aplicável, os rendimentos e as variações monetárias incorridos. D) ATIVO PERMANENTE - INVESTIMENTOS Estão demonstrados ao custo de aquisição, acrescidos de correção monetária até 31/dez./ 95, ajustado por avaliação pelo método de equivalência patrimonial e reavaliação reflexa quanto a participação em controlada, conforme descrito nas notas explicativas "5". - IMOBILIZADO Está demonstrado ao custo de aquisição, acrescido de correção monetária até 31/dez./95, ajustado por depreciações acumuladas, calculadas pelo método linear, a taxas estabelecidas em função do tempo de vida útil, fixado por espécie de bens, como segue: % ANUAL DE DEPRECIAÇÃO RESIDUAL RESIDUAL DEPRECIAÇÃO CUSTO ACUMULADA 2010 2009 - Instalações, Móveis e Equipamentos 10% 753 (644) 109 77 - Sistema de Comunicação 10% 102 (99) 3 4 - Sistema Processamento Dados 20% 502 (457) 45 56 - Veículos 20% 217 (70) 147 65 ----------------------------------Totais 1.574 (1.270) 304 202 E) PASSIVO CIRCULANTE E EXIGÍVEL A LONGO PRAZO Demonstrados por valores conhecidos ou calculáveis, incluindo, quando aplicável, os encargos e as variações e correções monetárias incorridas. A contribuição social foi calculada à alíquota de 9% do lucro líquido ajustado, e o Imposto de Renda à alíquota de 15% do Lucro Real, na forma que dispõe a legislação vigente. F) LUCRO POR QUOTA Calculado com base no número de quotas, conforme Contrato Social. G) REDUÇÃO AO VALOR RECUPERÁVEL DOS ATIVOS Em 31 de dezembro de 2010, com base no CPC 01 - Redução ao Valor Recuperável de Ativos, a administração da sociedade avaliou, através de fontes internas ou externas, a existência de alguma indicação de que os ativos possam ter sofrido desvalorizações e julgou, dessa forma, não ser necessária a realização do teste de recuperabilidade. II - PRINCIPAIS DIRETRIZES CONTÁBEIS DOS GRUPOS DE CONSÓRCIOS A) APLICAÇÕES INTERFINANCEIRAS DE LIQUIDEZ São demonstrados pelos valores de aplicação acrescidos dos rendimentos incorridos até a data do balanço, sendo que os rendimentos dessas aplicações são incorporados ao fundo comum de cada grupo, por intermédio de rateio proporcional à participação de cada grupo no total das receitas e não incidem sobre estes taxa de administração. B) OUTROS CRÉDITOS No ativo circulante, direitos junto a consorciados contemplados referem-se às parcelas vincendas a título de fundo comum e fundo de reserva, calculados com base no valor de mercado dos bens e, aplicáveis aos consorciados contemplados Normais, Em Atraso e Em Cobrança Judicial, como segue: 2010 2009 62.563 56.532 Direitos junto a consorciados contemplados - Normais 59.720 53.847 - Em Atraso 914 1.198 - Cobrança Judicial 1.929 1.487 C) CONTAS DE COMPENSAÇÃO ATIVA/PASSIVA As contas de compensações representam informações adicionais sobre: previsão mensal de recursos a receber de consorciados, contribuições devidas ao grupo e valor dos bens e serviços a contemplar, sendo calculados com base no valor do bem vigente no mês e não afetam a posição patrimonial estática dos grupos na data das demonstrações contábeis. D) OBRIGAÇÕES COM CONSORCIADOS As obrigações com consorciados representam o fundo comum recebido de consorciados não contemplados para aquisição de bens, acrescidos de atualização monetária, recursos de grupos em formação e recursos recebidos cuja destinação não foi identificada. E) VALORES A REPASSAR Referem-se aos valores recebidos e ainda não repassados a terceiros a título de taxa de administração, prêmios de seguros e multa rescisória contratual. F) OBRIGAÇÕES POR CONTEMPLAÇÕES A ENTREGAR Representam créditos a repassar aos consorciados pelas contemplações nas assembléias, acrescidos os rendimen-tos financeiros desde a data de contemplação. G) RECURSOS A DEVOLVER AOS CONSORCIADOS Representam as obrigações junto aos consorciados desistentes e excluídos, deduzidos da multa rescisória contratual e valores a serem ressarcidos pelos excessos de amortização e valores rateados no encerramento do grupo. H) RECURSOS DOS GRUPOS Representam os recursos a serem rateados aos consorciados ativos quando do encerramento do grupo, pelos valores de fundo de reserva, remunerações de aplicações financeiras, multas e juros moratórios retidos pelo grupo, atualização da variação do preço do bem ou serviço. III - RESUMO DAS OPERAÇÕES DE CONSÓRCIOS A) POSIÇÃO DAS OPERAÇÕES DE CONSÓRCIOS Informamos a seguir, dados complementares relativos às operações de consórcios em 31 de dezembro: 2010 2009 - Número de grupos administrados 77 78 - Quantidade de bens pendentes de entrega 835 831 - Quantidade de bens entregues no exercício 2.791 3.318 - Quantidade total de bens entregues dos grupos em andamento 7.707 8.725 - Número de consorciados ativos 14.627 14.295 - Número total de consorciados desistentes/excluídos 15.087 15.087 - Taxa de inadimplência 13,40% 12,15% B) TAXA DE ADMINISTRAÇÃO A taxa de administração arrecadada nos grupos de consórcios está de acordo com os seguintes percentuais médios: Caminhões e Ônibus 11,39% Automóveis 12,99% Motocicletas 17,35% Serviços 18,00% Imóveis 18,00% a 21,00% NOTA 5. TRANSAÇÕES COM PARTES RELACIONADAS - INVESTIMENTOS SAMBAQUI PARTICIPAÇÕES LTDA. (*) 2010 2009 - Número de Quotas de Capital 3.857.247 3.857.247 - Valor do Patrimônio Líquido 11.219 11.224 INFORMAÇÕES SOBRE O INVESTIMENTO NA EMPRESA - Nº de Quotas Possuídas 3.857.245 3.857.245 - Percentual de Participação 99,99% 99,99% VALORES CONTÁBEIS DO INVESTIMENTO Saldo Inicial 11.223 10.639 - Aumento de Capital 0 550 - Resultado da Participação em Controlada e Coligada 485 33 - Ajustes de Exercício Anterior 0 1 Saldo Final 11.708 11.223 (*) Empresa auditada por Auditores Independentes. - CONTROLADORAS A sociedade é controlada pelas empresas Olsen Participações Ltda. e Âncora Empreendimentos e Participações S/A, as quais detêm: 49,9990% e 49,9806% de suas quotas, respectivamente. - PARTES RELACIONADAS As transações e saldos com partes relacionadas, realizadas no contexto das atividades operacionais da administradora, inerente à transferência de recursos, serviços ou obrigações entre partes relacionadas são representadas por despesas com aluguéis e comissões sobre vendas. Os saldos entre partes relacionadas das contas patrimoniais e das contas de resultado estão demonstrados a seguir: 2010 2009 1 17 Passivo Credores Diversos - País 1 17 211 202 Contas de Resultado Despesas com aluguéis 203 197 Despesas com comissões sobre Vendas 8 5 As transações ocorridas entre a administradora e suas partes relacionadas são efetuadas com valores e em circunstâncias usuais de mercado. NOTA 6. RESERVA DE REAVALIAÇÃO EM CONTROLADA No presente exercício, o saldo desta conta foi movimentado da seguinte forma: 2010 2009 Saldo Inicial 72 79 Realização da Reserva (8) (7) Saldo Final 64 72 NOTA 7. TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS 2010 2009 3.702 4.769 Carteira Própria - Quotas em Fundos de Investimento 3.702 4.769 NOTA 8. COMPOSIÇÃO DE SALDOS DO BALANÇO PATRIMONIAL A) ATIVO CIRCULANTE 2010 2009 OUTROS CRÉDITOS Diversos 99 492 - Devedores Diversos - País 21 249 - Impostos e Contribuições a Compensar 77 242 - Adiantamentos e Antecipações Salariais 1 1 B) ATIVO REALIZÁVEL A LONGO PRAZO OUTROS CRÉDITOS Diversos 2.532 2.530 - Devedores p/Depósitos em Garantia 105 615 - Valores Pendentes de Recebimento Cobrança Judicial 2.427 1.915 C) PASSIVO CIRCULANTE OUTRAS OBRIGAÇÕES Diversas 5.319 6.885 - Obrigações para Aquisição de Bens e Direitos 88 76 - Provisão p/Pagamentos a Efetuar 715 720 - Credores Diversos - País 84 167 - Recursos Não Procurados - Grupos Encerrados 4.432 5.922 D) PASSIVO EXIGÍVEL A LONGO PRAZO OUTRAS OBRIGAÇÕES 2.781 1.929 Diversas - Recursos Pendentes de Recebimento Cobrança Judicial 2.427 1.915 - Provisão para Passivos Contingentes - Trabalhista 354 14 NOTA 9. DISTRIBUIÇÃO DE LUCROS De acordo com o deliberado em reunião dos sócios-quotistas, foram distribuídos lucros no exercício, no montante de R$ 546 mil. NOTA 10. CAPITAL SOCIAL Pertencente inteiramente a quotistas domiciliados no país, está composto de 8.597 mil quotas, no valor nominal de R$ 1,00 cada uma. Diretores: Edson da Silva Reinaldo Lino Bertine Filho Técnico em Contabilidade Roberto de Souza Pereira CRC-PR 013081/0-1 CPF 094.559.909-97

PARECER DOS AUDITORES INDEPENDENTES

(As notas explicativas integram o conjunto das demonstrações contábeis)

Ilmos. Srs. DIRETORES e QUOTISTAS da ARAUCÁRIA ADMINISTRADORA DE CONSÓRCIOS LTDA. Pinhais - PR Examinamos as demonstrações contábeis individuais da ARAUCÁRIA ADMINISTRADORA DE CONSÓRCIOS LTDA., que compreendem o balanço patrimonial em 31 de dezembro de 2010 e as respectivas demonstrações do resultado, das mutações do patrimônio líquido e dos fluxos de caixa, bem como as demonstrações consolidadas dos recursos de consórcios e as variações consolidadas nas disponibilidades dos grupos de consórcios correspondentes ao semestre e exercício findos em 31 de dezembro de 2010, assim como o resumo das principais práticas contábeis e demais notas explicativas. RESPONSABILIDADE DA ADMINISTRAÇÃO SOBRE AS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS A Administração da Sociedade é responsável pela elaboração e adequada apresentação dessas demonstrações contábeis de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil aplicáveis às instituições autorizadas a funcionar pelo Banco Central do Brasil - BACEN e pelos controles internos que ela determinou como necessários para permitir a elaboração de demonstrações contábeis livres de distorção relevante, independentemente se causada por fraude ou erro. RESPONSABILIDADE DOS AUDITORES INDEPENDENTES Nossa responsabilidade é a de expressar uma opinião sobre essas demonstrações contábeis com base em nossa auditoria, conduzida de acordo com as normas brasileiras e internacionais de auditoria. Essas normas requerem o cumprimento de exigências éticas pelos auditores e que a auditoria seja planejada e executada com o objetivo de obter segurança razoável de que as demonstrações contábeis estão livres de distorção relevante. Uma auditoria envolve a execução de procedimentos selecionados para obtenção de evidência a respeito dos valores e divulgações apresentados nas demonstrações

contábeis. Os procedimentos selecionados dependem do julgamento do auditor, incluindo a avaliação dos riscos de distorção relevante nas demonstrações contábeis, independentemente se causada por fraude ou erro. Nessa avaliação de riscos, o auditor considera os controles internos relevantes para a elaboração e a adequada apresentação das demonstrações contábeis da Sociedade para planejar os procedimentos de auditoria que são apropriados nas circunstâncias, mas não para expressar uma opinião sobre a eficácia dos controles internos da Sociedade. Uma auditoria inclui também a avaliação da adequação das práticas contábeis utilizadas e a razoabilidade das estimativas contábeis feitas pela Administração, bem como a avaliação da apresentação das demonstrações contábeis tomadas em conjunto. Acreditamos que a evidência de auditoria obtida é suficiente e apropriada para fundamentar nossa opinião. OPINIÃO Em nossa opinião, as demonstrações contábeis referidas acima apresentam adequadamente, em todos os aspectos relevantes, a posição patrimonial e financeira da ARAUCÁRIA ADMINISTRADORA DE CONSÓRCIOS LTDA. em 31 de dezembro de 2010, o desempenho de suas operações e os seus fluxos de caixa, as demonstrações consolidadas dos recursos de consórcios e as variações consolidadas nas disponibilidades dos grupos de consórcios correspondentes ao semestre e exercício findos em 31 de dezembro de 2010, de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil aplicáveis às instituições autorizadas a funcionar pelo Banco Central do Brasil. Curitiba, 25 de janeiro de 2011. MÜLLER AUDITORES INDEPENDENTES S/S CRC-PR Nº 005.694/O-5 CLOVIS EDECIO MÜLLER Contador CRC-RS Nº 25.016/O-0 T-PR

Publicidade Legal é aqui. Equipe com 34 anos de experiência. Fone: 41 3333-9800 - publegal@induscom.com.br

Livraria Cultura inaugura loja no Shopping Curitiba A Livraria Cultura chega a Curitiba no segundo semestre de 2011 com uma loja de cerca de 3.100 m² no Shopping Curitiba e uma filial do Teatro Eva Herz. Esta é a segunda unidade da rede na região sul - a primeira localiza-se em Porto Alegre. “Estamos muito animados com a abertura de uma loja na capital paranaense, que é um mercado culturalmente muito rico”, afirma Pedro Herz, presidente do Conselho de Administração da Livraria Cultura. “Investir em Curitiba faz parte de nosso processo de expansão e fechará o ano de 2011 com chave de ouro”, completa Sergio Herz, presidente–executivo da empresa, referindo-se a abertura também neste ano de duas lojas no Rio de Janeiro.O projeto do Shopping Curitiba – último imóvel histórico do Exército Brasileiro que ainda se conserva na capital paranaense, também será assinado pelo arquiteto Fernando Brandão, responsável pela arquitetura de todas as lojas da Cultura.

Transações no MercadoPago crescem 116% em 2010 O ano de 2010 representou um marco na história de mais de sete anos do MercadoPago – maior plataforma de pagamentos de origem latinoamericana na internet. Foi registrado no período um crescimento recorde de 116% no total de transações realizadas – atingindo a marca de 6,7 milhões contra 3,1 milhões em 2009. O volume de pagamentos apresentou ótimo desempenho e totalizou US$ 698 milhões, contra US$ 383 milhões em 2009 – uma elevação de 82%. Os bons resultados de 2010 refletiram o sétimo ano consecutivo de importantes avanços do MercadoPago.

Gigante americana chega ao Brasil pelo Paraná A gigante americana do segmento de seguros IMG (International Medical Group) está chegando ao Brasil pelas mãos de um paranaense. O empresário e especialista em seguros Adriano Valente Rocha é quem gerencia o processo, que segundo ele, deve movimentar aproximadamente dois milhões de dólares apenas em 2011. A IMG é uma empresa global, presente em mais de 170 países. Dentre os produtos que oferece estão seguros médicos internacionais e seguros saúde em viagem, carros-chefes de sua entrada no Brasil.

Yakult lança assinatura em campanha publicitária Para um amanhã mais saudável, Yakult hoje’ é a nova assinatura da multinacional japonesa Yakult, líder no mercado de leite fermentado no mundo. A assinatura está sendo lançada na nova campanha publicitária da empresa, que entrou no ar neste dia 10 de março. O filme ‘Pequenos gestos’ estimula o consumidor a ter pequenas atitudes saudáveis para cuidar do seu futuro, entre elas ingerir o Leite Fermentado Yakult todos os dias, já que os exclusivos Lactobacillus casei Shirota ajudam a manter a saúde intestinal. A campanha sugere também outros pequenos gestos diários, como apagar a luz durante o dia, fechar a torneira ao escovar os dentes, plantar uma árvore e evitar o uso do automóvel, que ajudam a preservar o planeta.


3

margem

Indústria&Comércio | Curitiba, quarta-feira, 16 de março de 2011 | B3

a

arte&atitude,

Nem te Conto Jeans da ex-namorada Depois de inventar o jeans e meter as meninas ao estilo boyfriend, a Levi’s cria mais uma: chega nesta semana para os homens o jeans Ex-Girlfriend Skinny. Justa nas pernas, as calças foram projetadas com bastante tecido stretch e chegam inspiradas no comportamento das ruas e também das passarelas, onde as silhuetas skinny continuam em alta, tendo suas raízes na estética rebelde roqueira.

moda&cia

Adélia Maria Lopes | adelia@novacombrasil.com.br

Bueno de Napo, de Clarice, Leminski...

C

om mais de 70 peças encenadas, seja como ator, diretor e autor, o premiado Edson Bueno estréia na literatura com Napo – um menino que não existe, assinalando também a estréia do segmento juvenil da Editora Positivo. O lançamento do livro acontece nesta quarta dia 16, às 19h, no Salão de Exposições do Teatro Guaíra. Por suas 150 páginas povoam pequenos contos, em que Napo, na entrada da préadolescência de seus 12 anos, descreve e faz indagações sobre o mundo ao seu redor. Os contos, bem ilustrados pela paulista Cris Eich, compreen-

Edson Bueno, um espetáculo de 2011

sofreu dores universais expressas em palavras. Minha Vontade de Ser Bicho, apesar da fila de público, sai de cartaz neste domingo dia 20, pois o Grupo Delírio e Edson Bueno partem em seguida para 72 cidades brasileiras com a peça O Evangelho Segundo São Mateus. Ela foi selecionada pelo projeto Palco Giratório do Sesc e passará todo o ano mamembando. Além da turnê nacional, outro sucesso teatral do grupo, após um mês em São Paulo, retorna ao cartaz, agora no Festival de Curitiba: Metaformose Leminski: Reflexões de um Herói Que Não

Novidade fashion Serão realizadas, em 9, 10 e 11 de junho, as primeiras edições do Denim Prêt-à-Porter e Sul Fashion Week, em Florianópolis-SC (Hotel Majestic), sob a organização da Catarina Coletivo Criativo. As inscrições estão abertas em denimpretaporter.com.br e www.sulfashionweek.com.br ou denim@denimpretaporter.com.br. A Associação Brasileira de Estilistas, o portal WGSN e a Tecnoblu são apoiadores. Preenchendo uma lacuna deixada pela Canatiba, que realizava algo parecido em Camboriú-SC, o Denim Prêtà-Porter estende passarela para lançamento de coleções de jeanswear. O Brasil é o segundo maior produtor mundial e terceiro consumidor de denim, com produção mensal de 25 milhões de metros e movimentando oito bilhões de reais/ano. Já o Sul Fashion abrigará desfiles em diferentes pontos da cidade, com marcas que abrangem desde moda praia à alfaiataria.

Espaço Torres Com espaços integrados de 3.253 m², que comportam até duas mil pessoas, o centro de convenções Espaço Torres será inaugurado dia 21 próximo. Está localizado na Avenida das Torres e envolve cuidados ambientais: a água pluvial é armazenada e tratada para ser usada na manutenção dos sanitários, a iluminação e o sistema de ar condicionado foram projetados para consumir menos energia. A capacidade do teatro é de 731 lugares. E o salão de festas, equipado com um espaço gourmet, pode receber desde pequenos eventos até 800 pessoas distribuídas em mesas e cadeiras.

Minha Vontade de ser Bicho

Prêmio Ampro NAPOBLOG

dem um ano da vida do irrequieto mas poético garoto. Os originais ficaram por dois anos na editora, que ao lançar o segmento juvenil, optou começando justamente por Napo. O próximo lançamento contemplará texto de outro paranaense, Paulo Ventureli. Edson Bueno começa 2011 nadando de braçada. Está com outro sucesso no palco: a peça Minha Vontade de Ser Bicho, que vem superlotando o Novelas Curitibanas, a ponto de incluir sessões extras. Homens e mulheres, com mais ou menos idade, emocionam-se diante dessa suave demonstração de amor de Edson Bueno ao teatro e à poética de Clarice Lispector, bem encenada pelo Grupo Delírio. E os cinco atores – Diego Marchioro, Janja, Márcia

Maquiar-te Metaformose volta à cena na Casa Vermelha

Maggi, Pagu Leal e Tiago Luz – sabem corresponder a esse amor, com a mesma doçura e indignação da escritora brasileira (1920 - 1977), nas-

cida na Ucrânia, mas que pariu Macabéa, que teve adoração por um viralata, apaixonou-se por um homossexual e que padeceu de câncer e

Quer Virar Pedra, que será encenada a partir de 30 de março na Casa Vermelha. Tem mais: Edson Bueno não demonstra qualquer cansaço e ainda esbanja charme!

Nasce o Centro Cultural Sistema FIEP Localizado no térreo da sede da Federação das Indústrias do Paraná, na Cândido de Abreu, onde havia o Teatro do Sesi, será inaugurado nesta quinta-feira 17, o Centro Cultural Sistema Fiep. A exposição de abertura, Uma Homenagem à Arte Paranaense, apresenta obras de Andersen, Arthur Nísio, Erbo Stenzel, Estanislau Trape, Lange de Morretes, Guido Viaro, João Turin, João Zaco Paraná, Leonor Lea Botteri Genehr, Oswald Lopes, Theodoro de Bona, Waldemar Curt Freysleben, e as da artista contemporânea Vera Lília. Em seus 521 metros quadrados estão duas salas multifuncionais, mas a área total do pavimento é de mil m2, capaz de receber qualquer tipo de obra. Possui iluminação adequada e painéis articuláveis. O novo espaço preenche uma lacuna deixada

Obra de Vera Lilia da mostra de abertura

pelo Teatro do Sesi, construído em 1974 e destruído por um incêndio em 1991. O ponto de partida da exposição inaugural é o português Antonio Mariano de Lima, patrono do Centro Cultural porque promoveu o encontro do operário com as artes no final do Século XIX, no Liceu de Artes e Ofícios da então Província de Coritiba.

O Liceu foi frequentado por futuros fundadores da Escola de Belas Artes do Paraná, como Alfredo Andersen. “O ideário de Mariano de Lima permanece atual e pode ser traduzido por inovação, empreendedorismo e competitividade, ideais que a Fiep vem sustentando ao longo da atual gestão”, afirma o presidente da entidade, Rodrigo da

Rocha Loures. Uma Homenagem à Arte Paranaense, segundo a curadora Maria Cecilia de Noronha, “pretende enfatizar os desdobramentos que a escola criada por Mariano de Lima possibilitou à cidade de Curitiba”. Na exposição, também serão estarão cinco holografias com imagens de intervenções arquitetônicas assinadas por artistas do Paraná. Para representar a arte contemporânea, Vera Lília foi escolhida ao celebrar os vinte anos da sua primeira exposição. E mostrará esculturas de poliéster, cerâmica e bronze, com signos paranaenses, como as araucárias. A mostra estará aberta ao público até 21 de maio, de quarta a domingo, das 10 às 19h. E os artistas interessados em expor, encontram orientações no site www.sesip r.org.br/sesicultural/centrocultural .

Conservatório de MPB oferece roda de choro Todas as quintas-feiras deste ano, às 17h30, integrando a programação do Curitiba(nós), o Conservatório de MPB de Curitiba oferece Rodas de Choro. “Esta iniciativa permite às pessoas ao mesmo tempo assistir à apresentação e tocar com a gente. É im-

Termina dia 31 próximo o prazo de inscrição para concorrer ao Ampro Globes Awards 2011, em que a sustentabilidade é o tema: “Idéias criativas e conscientes geram negócios sustentáveis”. A primeira etapa será regional e os três melhores em cada categoria terão acesso à fase nacional. Para participar, as empresas devem acessar www.ampro.com.br/globes e inscrever as campanhas, criadas, implementadas e finalizadas entre janeiro de 2010 e janeiro de 2011. A entrega do prêmio nacional e internacional vai ser em outubro, no Rio de Janeiro. O Ampro Globes, organizado pela Associação de Marketing Promocional, é o maior prêmio mundial de marketing promocional, realizado pela Marketing Agencies Association Worldwide em mais de 30 países e aberto a todos os anunciantes, agências e fornecedores do setor promocional.

portante termos um espaço como este para que as pessoas mais novas tenham acesso a esse estilo de música”, diz o flautista Clayton Rodrigues da Silva, que abriu o programa com o violonista Cláudio Menandro. Os dois recepcionam nesta quinta 17

uma convidada especial: a cantora curitibana Juliana Bumber, de 28 anos, com repertório que contempla Pixinguinha. “Essas músicas não tocam em rádios e muito menos em programas de TVs. Precisamos resgatar esta parte da cultura brasileira e este for-

mato da apresentação é perfeito para quem não quer enfrentar engarrafamento na hora de sair do trabalho e ainda voltar para casa relaxado”, sugere Cláudio Menandro. O Curitiba(nós) é um projeto da Fundação Cultural para celebrar o aniversário de 318 anos da cidade.

“Ao longo de 33 anos de estudos com pintura a óleo experimentei muito, arrisquei, me surpreendi, me emocionei, ousei e aprendi bastante sobre as infinitas possibilidades de tintas e tons. Sempre desejei reinventar a maquiagem e transformá-la em ferramentas disponíveis para a criatividade de quem usa”, diz Luciana Saad, lançadora da Maquiar-te, nova linha da Saad. Inédito, o processo que durou um ano e meio para ser desenvolvido, é a grande inovação que possibilitou a criação própria de cores, tons e texturas. A equipe de desenvolvimento buscou o cheiro mais agradável, forma de apresentação (como as tintas a óleo são embaladas) e a maneira de aplicar. A nova linha é isenta de propriedades extras como vitaminas, pois esses aditivos diminuem o tempo de vida do produto de três para dois anos. A idéia principal é a forma de aplicação.

Restart dá hora A Touch Watches, no Shopping Curitiba, lança a linha de relógios Moving, desenvolvida com a banda Restart, uma das brasileiras de maior sucesso na atualidade, a nova linha é vendida em um kit com três pulseiras coloridas, que aderem ao braço e podem ser trocadas para que combinem melhor. E caso haja interesse, é possível adquirir apenas as pulseiras avulsas, nas cores escolhidas.

Novo site O Citra Bar realiza nesta quarta-feira (16/3), a partir das 19h, a festa de lançamento do seu novo site (www.cit rabar.com.br), com show de MPB com o trio Qualquer 3. A casa, que em novembvro comemorou um ano à Rua Itupava, 1163, mistura música ao vivo, sushi bar e happy hour. Tudo presente no novo site, com galerias de fotos das festas, cardápios, entre outras informações.


Negócios Indústria&Comércio | Curitiba, quarta-feira, 16 de março de 2011 | B4

BELEZA

Frank d' Ferran investe e diversifica atendimento Aposta agora é em Alejandro Valente novo integrante do Spa urbano

A

visão empresarial do ca beleireiro Frank d' Fer ran tem surpreendido o mercado de beleza curitibano. Em 2009, num movimento arrojado, ele inaugurou o primeiro SPA Urbano no Shopping Novo Batel, com 1700m². Ainda na esteira do empreendedorismo, a aposta agora é no talento de Alejandro Valente, que em dezembro passado passou a integrar a equipe de cabeleireiros do SPA Urbano. Alejandro conta com um espaço exclusivo para atender sua clientela. São mais de 200m² de conforto e privacidade, uma área vip e que será inaugurada em abril. Consultor de diversas marcas de produtos para cabelos, Alejandro viaja o país realizando workshops para formar novos profissionais. Contudo, sua principal "viagem" acontece quando uma mulher se senta na cadeira e o autoriza a realizar uma verdadeira transformação na aparência. Um expert em transformação, Alejandro atua profissionalmente há 11 anos, tem formação em colorimetria e tricologia (estudo do cabelo,

tanto do aspecto físico, quanto químico e biológico), além de dominar a técnica do visagismo: a arte de criar uma imagem pessoal, harmônica, esteticamente equilibrada e que faça emergir as qualidades interiores de cada indivíduo com o objetivo de ressaltar seus atributos. Para se ter uma idéia da importância de se dominar esta tríade capilar, no Brasil apenas uma dezena de profissionais tem em seus currículos essa formação completa. "Costumo ouvir com freqüência que a mulher curitibana é muito conservadora. Discordo dessa opinião. Acredito que muitos profissionais cabeleireiros é que são conservadores", provoca Valente. "Uma mulher bonita é aquela que se sente bonita e, para que se sinta realmente bonita, ela precisa de estar bem por inteiro, isto é, o conjunto tem que ser harmônico. Entenda-se por conjunto o cabelo (cor e corte), a roupa, a maquiagem e, na minha opinião, o principal ingrediente que faz de cada mulher alguém extraordinário: a atitude. Formase assim um estilo próprio as-

de reclamação. Em seguida vieram as empresas Bayer, com 11,5% das menções, e Eurofarma, com 5,5%. A Medley investe em patrocínios para fortalecer sua imagem junto ao público e usa seu site oficial para promover o trabalho realizado, mantendo uma página exclusiva sobre o time de vôlei Medley Campinas e outra dedicada à equipe Medley de Stock Car.Os patrocínios esportivos também foram responsáveis pela repercussão da Medley na imprensa. No período do estudo, foram monitoradas também notícias da imprensa on-line e o laboratório foi citado em um terço das veiculações. "Essa repercussão na imprensa influencia diretamente o buzz nas mídias sociais já que muitas das menções são repli-

sociado a uma singular postura física, fazendo com que a mulher não passe despercebida", ensina. Portanto, valorizar a singularidade da mulher e revelar o que ela tem de melhor é a sua especialidade. Alejandro aposta nas mechas californianas para dar um up no visual sem precisar descolorir totalmente o cabelo. Pode-se ficar loura com uma aparência jovem e ousada. Para ele o que falta para muitas mulheres é um toque de ousadia. "A mulher tem que superar aqui-

lo que chamo de síndrome do cabelo preso... explico: ela teme fazer um corte mais moderno, valorizando muito sua aparência, para manter um cabelo comprido que fica a maior parte do tempo preso. Com certeza essa mulher aproveitaria muito mais o visual repaginado com um corte e uma coloração construídos a partir de suas próprias características do que se submeter à triste sina de viver com o cabelo preso, ou eventualmente solto", orienta Alejandro.

cações de notícias sobre a marca", ressalta. A Bayer, segundo laboratório farmacêutico mais citado no período, procura fortalecer sua imagem por meio de projetos de responsabilidade sócioambiental, entre eles, o Programa Bayer Jovens Embaixadores Ambientais. No período do estudo, entretanto, 65% das menções em redes sociais foram negativas, replicando uma notícia que levantou a discussão sobre um dos inseticidas da marca que estaria matando abelhas em todo o mundo. "Devido à força da disseminação nas redes sociais, uma notícia pode resultar em um buzz negativo para a empresa. Não monitorar essa repercussão pode representar a perda de uma grande oportunidade, in-

clusive de fortalecimento da marca". O terceiro laboratório mais citado, Eurofarma, também deve boa parte de sua repercussão às atividades de patrocínio. O laboratório é ativo nas mídias sociais, mantendo um blog dedicado a sua equipe da stock car, uma página institucional no Facebook, perfil no Twitter, além de canal no Youtube e Flickr. Os outros laboratórios monitorados - Abbott, Astrazaneca, Glaxosmithkline, Merck, Norvartis, Pfizer, Roche, Sanofi-Aventis, Wyeth e EMS - somaram juntos 23% de citações em mídias sociais. Na imprensa online, a Medley foi a mais citada com 33% das notícias capturadas, seguida pela Roche (16%), Sanofi-Aventis (13%) e Pfizer (12%).

Donna é parceira da DSM conclui Chocolate Araucária aquisição da Martek Atenta às demandas do mercado e aos inúmeros pedidos de clientes, a Donna Produtos Personalizados acaba de firmar parceria com Chocolate Araucária, tradicional chocolateria artesanal de Campos do Jordão, região montanhosa do estado de São Paulo, para oferecer uma nova linha de produtos personalizados, visando atender às ações corporativas de marketing promocional desta Páscoa. Ao todo são quatro formatos diferentes que as empresas desenvolveram conjuntamente: Pastilha Redonda, em embalagem flow-pack e nos sabores menta, canela ou laranja; Bauzinho - um tablete alto com a parte de cima arredondada, semelhante a um baú, embalado em

papel chumbo e cinta personalizada; Minitablete, em formato retangular e com 4,7g em duas opções de embalagem: papel chumbo com etiqueta personalizada ou flow-pack; e o Medalhão, redondo e disponível em papel chumbo e etiqueta autoadesiva. "A Chocolate Araucária é líder no mercado de chocolates de marcas próprias, produzindo tabletes e outros produtos para as maiores redes de hipermercados do país", afirma Alexandre Sampaio, gerente de negócios da empresa. "Com essa parceria, esperamos intensificar nossa participação no segmento de brindes e produtos promocionais de chocolate".

ANS lança portal corporativo A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) lança, amanhã, dia 15, o seu novo portal corporativo. Com navegação simplificada e linguagem mais acessível, o novo sítio eletrônico é como um presente aos usuários neste Dia Mundial dos Direitos do Consumidor. A reformulação da principal ferramenta de comunicação da ANS com seus públicos teve início em 2009 e contou com o envolvimento de toda a instituição. Um comitê formado pelos setores de Comunicação Social, Informática, Informação e pela Ouvidoria da Agência coordenou o trabalho. O resultado é um portal mais claro, amigável e com maior destaque aos serviços disponíveis ao cidadão "Entendemos esse novo portal como um excelente case de gestão do governo federal, pois é resultado de pesquisas com todos os perfis de usuários. A ANS ouviu seus clientes e vai continuar ouvindo, pois esse é um processo contínuo", ressalta Bruno Sobral, Secretário-Geral da Agência e coordenador do comitê do portal.O novo portal da ANS foi desenvolvido em gerenciador de conteúdo gratuito (software livre) e cumpre todas as recomendações de acessibilidade que constam das diretrizes do Programa de Governo Eletrônico Brasileiro (E-Gov).

BHG lança versão eletrônica do Diretório de Hotéis

Medley está no topo das menções on-line A MITI Inteligência realizou um estudo inédito sobre a indústria farmacêutica na era digital. Entre 19 e 23 de janeiro de 2011, foram capturadas mais de 850 interações em redes sociais, citando os termos "indústria farmacêutica", "automedicação" ou um dos 13 laboratórios monitorados. "O objetivo da análise é avaliar como está a imagem das grandes empresas farmacêuticas junto à população", explica Elizangela Grigoletti, gerente de inteligência e marketing da MITI Inteligência. A Medley, terceira maior empresa farmacêutica e líder em genéricos no Brasil, foi o laboratório mais citado, com 60% das interações em mídias sociais - Twitter, Facebook, Youtube, blogs, fóruns e sites

Empresas&Produtos

A DSM anunciou que acaba de concluir o processo de aquisição da americana Martek Biosciences por cerca de ? 790 milhões, aproximadamente US$ 1,087 milhões. Essa é a primeira grande negociação da empresa após a sua bem sucedida transformação em uma companhia com foco total em Ciências da Vida e dos Materiais. Juntas, as duas corporações assumem a liderança do mercado de insumos com ácidos graxos polinssaturados, como o Omega-3 DHA e o Omega-6 ARA. Como resultado da aquisição, a empresa cresce suas oportunidades de participação nos segmentos de nutrição e biotecnologia, nutrição infantil, alimentos, bebidas e suplementos, além de criar uma plataforma consistente para competir no mercado de Omega-3 e Omega-6. Em contrapartida, o alcance global, as bases tecnológicas e os canais estruturados de vendas da DSM serão utilizados para expandir o alcance do portfólio da Martek fora dos Estados Unidos e fortalecer sua presença em outros segmentos de mercado.Em virtude da complementaridade de portifólio entre as duas

empresas, estima-se que a compra da Martek, que tem cinco unidades ao redor do mundo, 600 funcionários e faturou US$ 450 milhões em 2010, deve contribuir para que a DSM atinja as metas de rentabilidade previstas para 2013 e acelere o aumento de suas receitas. A Martek é líder em inovação, desenvolvimento, produção e vendas de produtos microbianos que promovem a saúde por meio da nutrição. A plataforma tecnológica da Martek é desenvolvida internamente. A empresa tem ampla experiência em áreas como biologia microbiana, genoma de algas, fermentação e processamento downstream. A Martek tem diversos produtos como o life'sDHAT, fonte vegetal e sustentável do DHA de algas, importante para a saúde do cérebro, coração e olhos e também utilizado em alimentos para crianças, grávidas, produtos de enfermagem, alimentos e bebidas, suplementos alimentares e comida para animais. A empresa ainda produz o life'sARAT, um Omega-6 destinado para fórmulas infantis e fórmulas de transição.

A BHG S.A. - Brazil Hospitality Group lança a versão eletrônica do Diretório de Hotéis, que traz informações dos empreendimentos que compõem a sua carteira hoteleira, com as marcas Royal Tulip, Golden Tulip e Tulip Inn. A ferramenta foi criada para facilitar a consulta às mais de 30 unidades da rede, por agentes, operadores e vaiajantes. No layout, o diretório apresenta um mapa do Brasil, pelo qual, com apenas um clique, é possível acessar o descritivo, imagens, endereço e contatos de cada hotel. Acesse: http://www.goldentulip.site50.net/diretorio_site/ play.html

Centro Europeu promove aula-show O curso de Marketing & Propaganda do Centro Europeu de Curitiba, escola de profissões e idiomas, vai promover uma aula-show especial na próxima terça-feira, dia 15 de março, às 19h30, na sede da The Getz (Rua Joaquim da Silva Sampaio, 136 - Mercês), uma das maiores e mais premiadas agências de propaganda, internet, design e promoção do Estado do Paraná. A atividade será comandada por Ricardo Mercer e Maurício Ramos, diretores da agência, e tem por objetivo apresentar o curso aos interessados e mostrar como funciona uma agência no dia a dia. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo telefone (41) 3222-6669. Mais informações no site www.centroeuropeu.com.br.

Tintas Maxi-Cril apresenta novidade no mercado Quando pensamos em decoração, não podemos esquecer que a pintura tem um papel especial. É ela que dá o toque final, que transforma totalmente o ambiente, acompanhando o estilo e a personalidade de cada pessoa. Com o intuito de facilitar a pintura, a Tintas MaxiCril está lançando, no mercado, a Tinta Acrílica Premium Maxi-Cril Uma Demão. O produto que foi finalizado em julho de 2010, estava em fase de teste e agora é a principal aposta da empresa para este ano Aplicado no conceito bricolagem ('Faça você mesmo') o produto é prático e tem fácil manuseio, sendo, inclusive, uma ótima opção para as mulheres, que são as grandes responsáveis pela decisão da maioria das compras de uma casa, facilitando e reduzindo o tempo da pintura nos ambientes. Devido a sua tecnologia, a Tinta Acrílica Premium Maxi-Cril Uma Demão pode ser aplicada tanto nas paredes internas quanto externas, tendo uma excelente resistência às intempéries e alastramento. Em uma só demão, oferece acabamento impecável, cobertura perfeita, inclusive em superfícies previamente pintadas com cores intensas como preto, azul profundo ou roxo. Além disso, é um produto baseado no conceito europeu: de oferecer praticidade aos consumidores.

Comédia Stand Up invade o festival de Curitiba Quem é que não gosta de relaxar dando boas risadas, rindo até do próprio cotidiano? Os humoristas do estilo stand up comedy proporcionam essa sensação de poder rir da realidade e esquecer os problemas por alguns momentos. O Festival de Curitiba, que ocorre todos os anos, reúne dança, circo, teatro, música, e cada vez mais vem destacando o gênero stand up, que ganha crescente espaço no Brasil. Um dos espaços que irá receber esta programação é o Curitiba Comedy Club.A partir do dia 30 de março, quarta-feira, a maratona de apresentações começa e não pára até dia 10 de abril. Felipe Hamachi, Leo Lins, Fábio Porchat, Marco Zenni, Murilo Gun, Alex Paim, Eduardo Jericó, Nigel Goodman e Cadu Scheffer, Marcela Leal, Claudio Torres Gonzaga, Gus Fernandes e Fabiano Cambota, Maurício Meirelles, Ângela Dip, Luiz França e Renato Tortorelli sobem, na ordem, no palco da casa de comédia. Os ingressos variam até R$ 44, dependendo do espetáculo. Eles podem adquiridos através da internet pelo site www.ingressorapido.com.br ou nas bilheterias oficiais nos Shoppings Mueller, Barigui e Palladium. Os espetáculos começam a partir das 21h. Mais informações no site www.curitibacomedyclub.com.br ou pelo fone 41 3018 0474.

Curitiba ganha novo centro de convenções e eventos A partir de 21 de março, Curitiba passa a contar com um novo e moderno centro de convenções e eventos. Localizado na Avenida das Torres, o Espaço Torres oferece uma completa infraestrutura com espaços integrados que comportam até 2 mil pessoas. É o local ideal para a realização de eventos corporativos, sociais, artísticos e formaturas.Em uma estrutura de 3.253 m², o Espaço Torres conta com um teatro com 731 lugares, salão principal com 1051 m² e estacionamento para aproximadamente 400 veículos. O Salão de Festas é equipado com um espaço gourmet (cozinha completa e serviço de buffet de altíssima qualidade) com capacidade para receber desde pequenos eventos para 100 pessoas, até confortavelmente 800 pessoas distribuídas em mesas e cadeiras.


16-03-11 Indústria&Comércio