Page 1

www.iCNEWS.com.br

Indústria&Comércio Curitiba, sexta-FEIRA a domingo, 12 a 14 de AGOSTO de 2011 Ano XXXIV | Edição nº 8438 | R$ 1,50

DIÁRIO. Mais que notícias. inteligência. conhecimento.

Aroldo Murá POETA E UNIVERSITÁRIO VENCE BARREIRAS DE PARALISIA CEREBRAL Márcio tem 26 anos, é curitibano, universitário de Jornalismo e poeta. Até aí, não seria necessariamente notícia. Ocorre que o moço é vítima de paralisia cerebral. Altamente comprometido em sua mobilidade, escreve sua poesia com haste, movida pelo maxilar, letra por letra. Em setembro ele lançará seu livro de poesias. Foi descoberto e incentivado por um vizinho de sua família, o desembargador presidente do TRT, Ney José Tavares. PARANÁ | a3

Pedro Washington Dois pesos As dificuldades do atual governo federal não param. Especialmente por que a política brasileira é bipolar e isso se reflete nas pesquisas. POLÍTICA | a3

Fábio Campana Relações perigosas O secretário executivo do Ministério do Turismo, que foi preso pela Polícia Federal, Frederico Silva da Costa, já assinou convênio com Requião sob o olhar interessado do atual deputado federal João Arruda.

Crise internacional pode beneficiar comércio varejista Medidas do governo para restringir crédito não afetaram mercado nacional O resultado das vendas no comércio varejista, divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), indica que as medidas de restrição ao crédito adotadas pelo governo para conter o consumo, embora tenham impactado alguns setores mais sensíveis ao crédito, não foram suficientes para levar o setor a registrar taxas negativas. A avaliação é do gerente da Coordenação de Serviços e Comércio do IBGE, Reinaldo Pereira. Segundo ele, embora a alta de 7,3%, no primeiro semestre do ano, tenha sido menor do que a verificada no mesmo período de 2010, que ficou em 11,5%, o resultado veio acima do esperado, sustentado pelo aumento na renda do trabalhador e pela manutenção do emprego. Na passagem de maio para junho, o volume de vendas cresceu 0,2%. Pereira estima que a crise econômica internacional pode criar um ambiente de incentivo à ampliação do comércio varejista nacional. economia i b1

POLÍTICA | a5

Redução do IPI não deve aumentar vendas

governo

Arauco confirma nova fábrica em Jaguariaíva geral i a2

dia dos pais

Comércio tem expectativa de vendas 6% maiores negócios i b4

REGISTRO Intel prevê preço abaixo de US$ 999 para novos notebooks A Intel divulgou que as fabricantes de computadores Lenovo, Asustek e Acer lançarão uma nova categoria de notebooks no terceiro ou quarto trimestre, e antecipa que os preços desses aparelhos serão inferiores a US$ 999 já no último trimestre do ano. A Intel Capital, divisão mundial de investimentos da companhia, criará um fundo de US$ 300 milhões para investir em empresas que estão criando tecnologias de hardware e software para a nova categoria. Para crescer, Mercedes apostará em carros ‘baratos’ A partir de 2013, a Mercedes dará vida a uma extensa linha de veículos médios, até então inéditos na gama, como um hatch, um jipinho e um sedã do porte do Corolla. Essa nova família será derivada da plataforma do futuro Classe B, que será apresentado em setembro, durante o Salão de Frankfurt. Lucro da Caixa cresce 36% no 1º semestre e atinge R$ 2,3 bi O lucro líquido da Caixa Econômica Federal atingiu R$ 2,3 bilhões no primeiro semestre, com crescimento de 36,4% em relação ao mesmo período de 2010. O resultado foi influenciado principalmente pelas operações de crédito, que tiveram expansão de 38%, alcançando R$ 205,9 bilhões. Lucro da Braskem tomba 57% no 2º trimestre A petroquímica Braskem encerrou o segundo trimestre com lucro líquido de R$ 420 milhões, recuo de 57% sobre o resultado obtido um ano antes. A companhia, que foca o balanço em comparações contra o primeiro trimestre, havia informado no ano passado que o lucro do segundo trimestre havia sido de R$ 45 milhões.

CMYK

Ainda que recente e com detalhes do incentivo em discussão, o anúncio sobre a redução do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) já mostrou que não pretende alavancar vendas para movimentar a economia, como foi necessário entre dezembro de 2008 e março de 2010, devido à crise internacional que atingiu o Brasil. Segundo o que foi anunciado pela medida provisória do Governo Federal, a indústria automobilística será favorecida até julho de 2016, mas com outro objetivo.

geral i a5

INDICADORES FINANCEIROS MERCADO À VISTA Maiores altas

COTAÇÃO

Maiores altas

CONST BETER WLM IND COM J B DUARTE COBRASMA SCHLOSSER

5,88 69,93 0,04 0,10 5,80

USIMINAS USIMINAS GERDAU GERDAU MET BROOKFIELD

Maiores QUEDAS

COTAÇÃO

Maiores QUEDAS

FAB C RENAUX MARISOL FII RBRESID1 WIEST COMGAS

BOM DIA!

0,79 2,70 48,00 0,47 32,65

CÂMBIO

IBOVESPA

ELETROPAULO CCR SA REDECARD TRAN PAULIST MARFRIG

COTAÇÃO 28,50 12,30 12,58 16,03 6,10

COTAÇÃO 29,61 42,00 23,83 45,08 8,42

Moeda

Compra

Venda

Dólar turismo 1,5300

1,6700

Dólar comercial 1,6225

1,6240

Dólar paralelo 1,5900

1,7300

Euro

2,3094

2,3071

Ouro (Grama/R$): 227,99

EDITORIAL

SOLUÇÃO? Não, problema. No seu excelente livrinho – CAPITALISMO -, da excelente coleção SABER ATUAL, o excelente François Perroux se refere ao regime de mercado como o de lucros privados e perdas privadas. No seu excelente livrão – CAPITALISMO, SOCIALISMO E DEMOCRACIA – da excelente Fundo de Cultura -, o genial Schumpeter se refere ao regime de mercado como o de destruição criadora. Ao ligarmos estas duas observações constatamos como funciona o regime de mercado, dito capitalista; a propriedade privada dos instrumentos de produção e a concorrência estão implícitos nas observações acima. Que não devem ser corrompidas por intervenções estatais sob pena de transmutarem a sua lógica. Por exemplo, a socialização de prejuízos decorrentes de má gestão ou da chamada destruição criadora é ilógica e imoral. Ou como escreveu magistralmente Jeffrey Tucker: gastos governamentais consomem e destroem o capital que havia sido poupado, impossibilitando investimentos produtivos; estatizações e pacotes de socorro estimulam e amparam as empresas ineficientes; e a mera criação de dinheiro distorce a realidade e impede a recuperação. Este curto parágrafo sintetiza toda a malaise americana. E européia. Por outras palavras e para citar uma frase de Reagan: o governo é o problema, não a solução.

Central de Atendimento: 41 3333.9800

Saúde& BemEstar Hospital Pilar completa 47 anos como referência O Hospital Pilar, empres genuinamente paranaense, completou no último dia 27 de julho, 47 anos. Quando fundado, o então Hospital Nossa Senhora do Pilar, contava com estrutura pequena e poucos profissionais. Hoje está moderno e tem como características principais o atendimento humanizado e o desenvolvimento científico e tecnológico. Milva Milano, viúva do fundador João Iltaumyr Milano e administradora da instituição, define bem o espírito de trabalho do Hospital, “somos movidos a sonhos e o importante é que, aqui, partimos para a execução. Todos da instituição estão focados no mesmo objetivo, investir no crescimento e na união profissional, sempre prezando a ética e a honestidade”.

Interferência da justiça entrava andamento de grandes obras As medidas adotadas pelos órgãos de controle e pela Justiça que acabam acarretando longos períodos de paralisação foram apontadas como o principal entrave que as grandes obras de infraestrutura no País estão enfrentando.

página | a4

e-mail: pauta@induscom.com.br

geral i a3

Editais na página A7.


Economia Curitiba, sexta-feira a domingo, 12 a 14 de agosto de 2011 | B1 | Indústria&Comércio

indicadores

Crise internacional pode beneficiar comércio varejista Medidas do governo para restringir crédito não afetaram o setor O resultado das vendas no comércio varejista, divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), indica que as medidas de restrição ao crédito adotadas pelo governo para conter o consumo, embora tenham impactado alguns setores mais sensíveis ao crédito, não foram suficientes para levar o setor a registrar taxas negativas. A avaliação é do gerente da Coordenação de Serviços e Comércio do IBGE, Reinaldo Pereira. Segundo ele, embora a alta de 7,3%, no primeiro semestre do ano, tenha sido menor do que a verificada no mesmo período de 2010, que ficou em 11,5%, o resultado veio acima do esperado, sustentado pelo aumento na renda do trabalhador e pela manutenção do emprego. Na passagem de maio para junho, o volume de vendas cresceu 0,2%. “Isso dá confiança ao consumidor para ir às compras. Mesmo com as medidas macroprudenciais, que atingiram setores específicos, mais sensíveis ao crédito, como pode ser o caso de móveis, eletrodomésticos e veículos, isso não foi suficiente para causar queda no comércio como um todo. Os números do comércio foram bons”, avaliou. Pereira ressaltou, no entanto, que os resultados entre dois meses consecutivos podem va-

Agência de classificação melhora nota do Brasil A agência de classificação de risco japonesa R&I elevou a nota do Brasil de BBB- para BBB. Em comunicado, a agência destaca o aumento do número de famílias na classe média e o mercado interno robusto. O rating (nota de classificação) indica para os investidores a capacidade de o país saldar seus compromissos financeiros. A agência japonesa avalia que diminuiu o risco de a economia brasileira sofrer danos sérios devido a mudanças no ambiente externo. Segundo o comunicado da agência, a inflação no país está cedendo e a situação fiscal permanece favorável. Para 2012, a agência destaca alguma preocupações. Uma delas é a pressão por aumento de salários de servidores públicos e de benefícios de pensão, além da expansão de gastos com infraestrutura em aeroportors, ferrovias e estádios para Copa do Mundo 2014. Mesmo assim, a R&I acredita que há pouca possibilidade de a disciplina fiscal do país ser corroída seriamente. Para melhorar ainda mais a classificação, a agência japonesa indica que o governo precisa eliminar gargalos para o crescimento econômico por meio de investimentos crescentes. Também é preciso, na avaliação da agência, aumentar ainda mais os esforços para mitigar as pressões inflacionárias. Para R&I, isso requer o aumento da taxa de poupança interna, que atualmente está abaixo de 20% em relação ao Produto Interno Bruto (PIB), soma de todas os bens e serviços produzidos no país, e a expansão da taxa de investimento.

CMYK

Crise econômica internacional pode criar um ambiente de incentivo à ampliação do comércio varejista nacional.

riar, sem que isso signifique, necessariamente, uma tendência definida. O gerente de Serviços e Comércio do IBGE enfatizou ainda que a redução nos preços dos eletrodomésticos (de 5,8% em um ano) e de microcomputadores (6,1%), beneficiados pela desvalorização do dólar, e de aparelhos telefônicos (6,1%) contribuíram para a alta de 7,1% nas vendas varejistas, em junho, em relação ao mesmo

mês de 2010. Ele estima que a crise econômica internacional pode criar um ambiente de incentivo à ampliação do comércio varejista nacional. Para reduzir as consequências de um desaquecimento da demanda global na economia do país, o governo pode adotar medidas de estímulo ao consumo interno, na opinião de Pereira. “A crise não deve ser tão forte

como a de 2008. Mesmo assim, o que se diz é que os Estados Unidos vão entrar numa recessão e a Europa não vai ter o crescimento esperado, reduzindo a demanda, principalmente por commodities brasileiras nesses países. O Brasil, para não sofrer graves consequências, tem que se voltar para o seu mercado interno, para manter seu crescimento. E o governo pode reduzir juros e adotar outras medidas”, concluiu.

Crise econômica não vai afetar meta de investimentos do PAC A crise econômica que afeta os Estados Unidos e alguns países da Europa não vai alterar a meta de investimentos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). A garantia foi dada ontem (11) pela ministra do Planejamento, Miriam Belchior. Ela disse que, em hipótese alguma, o governo cogita rever as decisões já tomadas. Em sua segunda etapa, o PAC vai movimentar, até 2014, o montante de R$ 955 bilhões. “Os investimentos são fundamentais, inclusive, para enfrentar essas turbulências”, disse a ministra, depois de participar do 83º Encontro Nacional da Indústria da Construção, em São Paulo. Miriam Belchior informou que estão preservados os recursos destinados ao Programa Minha Casa, Minha Vida, cujos desembolsos para este ano alcançam mais de R$ 30 bilhões, bem como não haverá mudança

Miriam Belchior informou que estão preservados os recursos destinados ao Programa Minha Casa, Minha Vida.

nos demais projetos. Isso não significa, segundo ela destacou, que a economia brasileira esteja indiferente ao que se passa no resto do mundo. “Estamos preocupados, mas serenos para enfrentar essa situação como já o fizemos,

em 2008”, disse, referindo-se à crise financeira internacional provocada pela instabilidade dos títulos imobiliários norteamericanos. “Vamos ver como evolui o quadro internacional para pensar se serão necessárias outras medidas”.

Dilma diz que Brasil não pode ser somente exportador de óleo bruto Ao inaugurar o terminal multiuso do Porto de Pecém, no Ceará, a presidenta Dilma Rousseff disse que o governo continuará fazendo investimentos para que o Brasil se torne exportador de produtos com valor agregado. Dilma ressaltou que diante da perspectiva de grande produção de petróleo, com a exploração das reservas do pré-sal, é inadmissível que o Brasil se torne apenas um exportador de óleo bruto. “Nosso país não pode ser exportador de óleo bruto. Tem que ser exportador de produtos com valor agregado”, disse a presidenta. Dilma reiterou que, diante da crise, o Brasil será capaz de gerar oportunidades internas e voltou a criticar o comportamento de países do centro do capitalismo, que usaram recursos governamentais para salvar bancos

Para Dilma, a inauguração de refinarias no Nordeste significa um rompimento da ideia de que a região não pode ter indústria pesada.

arruinados. “Em vez de resgatarem as pessoas, resgataram o sistema financeiro. Hoje não entendem por que não conseguem gerar emprego”, disse a presidenta.

“Isso levou a processos especulativos e ao endividamento das pessoas”, ressaltou ela, ao voltar a dizer que o país não entrará em recessão por conta das turbulências internacionais.

Curitiba sedia 6º Congresso Internacional de Bioenergia e BIOTech Fair 2011 Curitiba sedia pela quinta vez o Congresso Internacional de Bioenergia, que acontece de 16 a 19 de agosto, no Centro de Eventos da FIEP. Simultaneamente ocorre a BIOTech Fair 2011 – 4ª Feira Internacional de Tecnologia em Bioenergia e Biocombustível. Com a demanda mundial por energia cada vez maior, a Agência Internacional de Energia estima que em 2030 o consumo será de 16,5 bilhões de tep (um tep é equivalente a energia de 7,4 barris de petróleo), o propósito é discutir o aproveitamento racional dos resíduos das indústrias, agricultura e fontes de energias alternativas. As fontes mais utilizadas atualmente são provenientes de meios não renováveis, como os combustíveis fosseis (petróleo, gás natural e carvão) e nuclear, que além de finitos são altamente poluidores. De acordo com o Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC, na sigla em inglês) as energias renováveis são uma alternativa que, se desenvolvidas adequadamente, podem satisfazer 80% das necessidades globais. Para discutir o futuro da produção dessas fontes de energia, o evento reunirá empresários, técnicos, pesquisadores e profissionais

de diversas áreas e visa atualizar, incentivar e impulsionar tecnologias alternativas para a geração de energia. A abertura oficial acontece no dia 16 de agosto. No dia 17 de agosto, 11 palestras serão apresentadas sobre os temas Biomassa, Biocombustíveis, Mercado e Energias Renováveis. No dia 18, cinco palestras serão apresentadas na parte da manhã sobre Gás, Sustentabilidade e Meio Ambiente. Na parte da tarde, acontecem paralelamente o Seminário de Atualização no uso de Biomassa para Geração de Energia, sob coordenação da Associação Brasileira da Indústria de Biomassa e o Seminário sobre Cadeia Produtiva do Biodiesel, com coordenação TECPAR-CERBIO. Na parte da manhã dos dias 18 e 19 de agosto, também serão apresentados 55 trabalhos técnicos orais sobre assuntos como culturas energéticas, biomassa residual e geração de energia elétrica alternativa. A tarde do dia 19 será destinada à feira. Juntamente com o Congresso e a Feira, a FIEP promove a Rodada de Negócios Tecnológica Universidade – Empresa, para promover a interação entre esses dois núcleos na área de Bioenergia.

Brasil proíbe entrada de imãs de Taiwan

O Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) proibiu a empresa Le Grand Corp, de Taiwan, de exportar para o Brasil. A empresa, que vendia uma espécie de ímã utilizado na fabricação de alto-falantes, apresentou falsa declaração de origem não preferencial para driblar o recolhimento dos custos relacionados à aplicação, pelo Brasil, do direito antidumping. Isso porque os produtos são de fabricação chinesa e não de Taiwan, conforme declarado pela empresa exportadora. As importações desse tipo produto, vendidos pela China, são objeto de aplicação de direito antidumping de 43%, devido aos preços inferiores do produto chinês em relação ao observado no comércio local. O direito antidumping nesse caso está definido na Resolução 37/2010, da Câmara de Comér-

cio Exterior (Camex). De acordo com a secretária de Comércio Exterior do MDIC, Tatiana Prazeres, a medida visa a coibir esse tipo de prática ilegal e proteger o mercado interno neste momento de instabilidade econômica no cenário internacional. “É um instrumento inédito [a proibição da entrada baseada no direito antidumping], que não havia sido adotado e visa a fortalecer a defesa comercial e aumentar a eficácia. Queremos identificar tudo o que está à disposição do governo brasileiro para combater o que é ilegal e desleal. Estamos conscientes que, em um momento de crise, é natural que se busque países como o Brasil, de crescimento considerável neste cenário, para absorver mercadorias que não encontram mercado mais maduro”, disse.

Mutuários da casa própria são cada vez mais jovens O crescimento do mercado imobiliário do país tem colaborado para que os brasileiros consigam comprar a casa própria cada vez mais cedo. A idade média dos mutuários de financiamentos imobiliários tem caído consideravelmente ao longos dos últimos anos. A Caixa Econômica Federal, banco que financia a compra de cerca de 75% dos imóveis do país, informou que, até o final do ano passado, 42% dos mutuários do banco tinham menos de 35 anos de idade. No primeiro semestre deste ano, esse percentual subiu para 55%. Assim como os jovens, mutuários da chamada classe C, com renda familiar mensal entre R$ 1.115 e R$ 4.807, também têm aumentado a participação nos financiamentos. Em 2001, respondiam por 26% dos contratos com uso do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Este ano,

já são 80%. Os dados foram apresentados pelo vice-presidente de Governo e Habitação da Caixa, José Urbano Duarte, durante a divulgação do balanço semestral do banco estatal. Para ele, a melhora das condições de financiamento e da economia nacional são as causas da mudança. “As pessoas estão conseguindo comprar sua casa mais cedo e, também, estão com mais coragem para assumir um compromisso de longo prazo. Isso é confiança na economia”, disse Duarte. Essa melhora nas condições de financiamento se deve, em parte, à maior oferta dessa modalidade de crédito. Só a Caixa, por exemplo, aumentou 18 vezes o volume de recursos destinados a essas operações desde 2003. Naquele ano, o banco financiou R$ 5,1 bilhões em imóveis. Este ano, espera financiar mais de R$ 90 bilhões.


3

a

margem

Indústria&Comércio | Curitiba, sexta-feira a domingo, 12 a 14 de agosto de 2011 | B3

arte&atitude,

Nem te Conto Contém 1g abre sua loja conceito

moda&cia

Adélia Maria Lopes | adelia@novacombrasil.com.br

Filme viaja ao passado para chegar ao futuro

Sempre localizada em quiosques de shoppings, desde que surgiu em 1984, a Contém 1g, importante marca de maquiagem paulista, inaugurou no Shopping Mueller sua primeira loja em Curitiba, trazendo conceito inovador. A franqueada Marianne Antunes Blando recebeu convidados nessa quinta-feira, apresentando a divisão em nichos, criados de forma especial, com mais de 550 itens expostos para experimentação. Além disso, a consumidora encontrará a sua disposição a consultoria das vendedoras da marca, que são submetidas a mais de 150 horas de treinamento por ano, transformando-se em maquiadoras profissionais e especialistas em beleza feminina. Desta forma, todas elas estão aptas a realizar todo tipo de look facial, analisando cada perfil de forma personalizada e ensinando cada mulher a valorizar ou disfarçar suas características físicas. A Contém 1g make-up é a maior e mais completa linha de maquiagem do Brasil. A produção de todas as linhas é própria e ocorre na fábrica da empresa em São João da Boa Vista, em São Paulo.

Colcci primaveril

Super 8 chegou para alegrar corações e mentes que conhecem E.T, o clássico de Steven Spielberg, apenas por DVD e pelos relatos de papai e vovó. O filme, dirigido por JJ, mas produzido pelo visionário diretor, se passa em 1979, na época do quase desastre nuclear da usina Three Milles, nos EUA. Anda que em ambiente de grande aparato militar (para esconder uma história de outro mundo), o filme reporta o universo muito querido de Spielberg: as crianças e seu relacionamento com os adultos, o abandono, a esperança por um mundo melhor, a confraternização planetária, a camarada-

gem juvenil e o amor em todas as suas manifestações. Mas a história é do próprio J.J. Abrams, notabilizado por Star Trek e Missão Impossível, e que na infância tinha uma câmera da bitola 8 mm. Em seu roteiro, um grupo de seis garotos, moradores de uma cidade industrial de Ohio, filma sem querer e testemunha um homérico acidente de um trem de carga. Eles registram tudo com a câmera Super-8 com a qual realizavam um filme de zumbis, os mortos-vivos que cativam adolescentes. A garotada vai descobrir que o acidente não foi por acaso e qual é o seu segredo militar.

O elenco de pequenos cineastas, liderados por Joel Courtney, Riley Griffiths e Elle Fanning, é notável e deliciosamente convincente. A figura paterna é que tem relevância no filme.Os “pais principais” são vividos por Kyle

Com concorrido coquetel, a Colcci do Shopping Mueller apresentou anteontem, em Curitiba, a coleção primavera/verão 2012, em que se destacam muitos anos 70, com tubinho branco, listras marinhas, jeans sem lavagem, short de cintura alta e bainhas desfiadas, calças com boca sino e pantalonas.

Chadler e Ron Eldard. Os efeitos especiais perdem em interesse para a própria história – o que é salutar. E é uma história de amor entre um menino e uma menina órfãos de mães. O extraterrestre é mero figurante.

Feira de Cultura agenda Abujamra com Mundaréu

Tarcício Alencar em Teatro Homem Palco - Tarcísio Alencar. Às 16h, Família Tambores de Idéias. Às 17, Grupo Cultural Ka-Naombo e às 19h, exibição do documentário Bandeira do Divino, fé que move tradição, produzido pela Associação de Cultura Popular Mandicuera. Eduardo Barcellos

Totoleco de Souza

A Casa do Estudante Universitário, ao festejar 63 anos, realiza a I Feira de Cultura Popular, culminando com o show Mafaro, que reúne André Abujamra com o grupo paranaense Mundaréu neste domingo dia 14. O evento, às 20h, acontece na própria CEU, à Rua Luiz Leão, com ingressos a 25 reais. Ao custo de 10 reais é possível participar das oficinas de teatro e ritmos latino-americanos. As demais atrações têm entrada gratuita. A feira conta com a participação de congadas, capoeira, boi-bumbá da legendária Lapa, a capital brasileira da cultura de 2011, segundo o Bureau Internacional de Capitais Culturais, sediado em Barcelona. Há também exposição de obras dos artistas plásticos Fernando Calderari e Hélio Leites, do acervo da Lapiana Ana Itália, além da presença da poeta Valéria Borges da Silveira. Da Lapa vieram também artesanatos, alimentos orgânicos e produtos agrícolas, cujas barracas podem ser visitadas a partir das 14h.

Retrô mania

Nesta sexta 12, às 18h, haverá debate sobre cultura popular. E às 20h, exibição do vídeo Breve Panorama da Cultura Popular do Paraná, produzido pelo Coletivo Soylocoporti. No sábado, às 14h30, Valéria Borges da Silveira conta a história da Lapa. Às 15h, tem congada, dança do boi e Grupo de Capoeira da Lapa. Às 16h30, exposição de Socorro Araújo e às 19h, exibiçlão do vídeo Último Capelão do Terço, feito pela Associação de Cultura Popular Mandicuera. E no domingo, além do show Manfaro, prossegue, a partir das 14h, a feira de artesanato, alimentos orgânicos e produtos agrícolas. Às 15h30, apresentação de

Cantinflas, primeiro centenário

Grande humorista foi o mexicano Cantinflas, cujo centenário comemora-se nesta sextafeira,12 de agosto. Com sua verborragia disparatada e sua divertida gesticulação, tornou-se um dos principais comediantes da história do humorismo latino-americano, sendo admirado por Charles Chaplin. Nascido Fortino Mário Alfonso Moreno Reyes, Cantinflas foi engraxate, aprendiz de toureiro, motorista de táxi e pugilista. Aos vinte anos,

trabalhando como empregado de um teatro popular, substituiu o apresentador de um espetáculo que havia adoecido. Nascia o Cantinflas, protagonista de mais de 50 filmes. Quatro deles serão exibidos neste fim de semana em São Paulo, na Cinemateca Brasileira, em sua homenagem, todos dirigidos por Miguel M. Delgado entre as décadas de 1950 e 1960. Mário Moreno faleceu em 20 de abril de 1993, na Cidade do México.

Trio Quintina lança DVD Está agendado no palco do Teatro Paiol o lançamento do DVD do show CYRK do Trio Quintina. Será de 18 a 28 deste mês, de quinta a domingo. O DVD registra o espetáculo que encantou adultos e crianças no ano passado em Curitiba.

cmyk

Os rapazes também passeiam pela mesma década, valendose de alfaiataria tanto em denim quanto em tecidos de efeito empapelado. E para atiçar mais desejos, a coleção é embalada com imagens do ator Ashton Kutcher e da top model Alessandra Ambrósio, em fotos de Jacques Deckequer.

Passando adiante uma dica para apreciadores de priscas eras e são tantos que as peças ao estilo retrô agitam o mercado. Enfim, a dica é: no e-commerce HouseGift (www.housemania.com.br) há uma série de aparelhos telefônicos com design inspirado naqueles aparelhos que davam nos nervos. Eles aparecem em uma versão modernizada, com estampas de animal print, plumas, metalizados ou mesmo fazendo alusão ao SOS da polícia. Os preços variam entre 145 e 182 reais.

Jardim Secreto

A 2 Rios Moda Ítima, produtora de lingeries tamanho plus-size, reconhecidas por proporcionar liberdade de movimento através de um design que deixa as mulheres mais seguras, bonitas e confortáveis, lança a coleção Jardim Secreto. Inspirados na década de 70, os modelos possuem sutiãs com bojo rendado e drapeado, cós com elástico mais largo, base reforçada, fecho frontal e costa nadador, além de calcinhas básicas de cintura um pouco mais alta. Estampas como o poá, floral, animal print e as cores lilás, coral, vermelha, preta e branca mostram sintonia com a moda. A 2 Rios é fabricante de seu próprio tecido e oferece uma variedade de peças disponíveis na numeração 46 ao 52.


Negócios Indústria&Comércio | Curitiba, quinta-feira, 11 de agosto de 2011 | B4

RESINAS TERMOPLÁSTICAS

Braskem alcança ebitda recorde de R$ 1,2 bilhão Investimento na nova planta de PVC avança para atender à demanda

A Braskem, líder em produção de resinas termoplásticas nas Américas, apresentou sólido desempenho operacional no segundo trimestre, mesmo em um cenário de valorização cambial e restrição ao crédito na economia brasileira e de incertezas na economia internacional. O EBITDA consolidado teve um crescimento de 25% no período, alcançando R$ 1,2 bilhão, devido principalmente à elevação dos preços de resinas e petroquímicos básicos no mercado internacional. A margem EBITDA, que mede a rentabilidade, foi de 13,8%, superior em 1,3 ponto percentual à margem do trimestre anterior. O mercado brasileiro de re-

Editora Gabel lança nova revista O Batel, tradicional por mesclar uma nobre área residencial a um rico centro cultural e de entretenimento, será o primeiro bairro fora da capital paulista a fazer parte das edições da editora Gabel. Será lançada no próximo dia 29, em evento fechado no Castelo do Batel, a primeira edição da Revista Batel Lifestyle. Com uma tiragem inicial de 20 mil exemplares, a publicação seguirá os moldes das revistas de bairro de São Paulo, como a Revista de Higienópolis e a Jardins Lifestyle. A Batel Lifestyle será publicada bimestralmente e entregue de forma gratuita para os moradores e comerciantes dos bairros do Batel, Bigorrilho, Mercês e Ecoville. O bairro escolhido para a primeira edição, além de ter um dos metros quadrados mais caros da cidade (mínimo de R$ 3 mil), teve crescimento de 20% no número de bares e restaurantes no ano passado, de acordo com dados da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel). Um bairro charmoso e conhecido por lançar moda e estilo. Uma das colunistas da revista, a psicóloga e escritora Lígia Guerra destaca que o bairro do Batel é um dos termômetros de Curitiba. “Ali as coisas acontecem de um jeito irreverente. O bairro tem uma vibração diferente e uma energia gostosa. Você pode andar de bicicleta, sair de noite e comer em bons restaurantes. O coração da cidade pulsa no Batel”, afirma. O também colunista da Batel Lifestyle, o jornalista Mardem Machado, destaca a importância dessa região da cidade como opção de lazer. “O Batel é provavelmente o bairro de maior concentração na área de gastronomia e entretenimento. Além disso, é lá que o curitibano encontra a melhor programação de cinema”, destacou o cinéfilo. Simultaneamente ao lançamento da revista, será apresentado o endereço eletrônico da Batel Lifestyle. O objetivo é criar um canal efetivo para que moradores possam sugerir pautas e contatar diretamente jornalistas e colunistas da revista. O empresário Alberto Rejtman, responsável pela vinda da revista para Curitiba, destaca ainda que a ideia é que a revista converse diretamente com o leitor.

CMYK

sinas termoplásticas apresentou crescimento moderado de 2% no segundo trimestre, totalizando 1,2 milhão de toneladas, influenciado pela desaceleração da atividade industrial, volatilidade de preços no mercado internacional e maior consumo de estoques ao longo da cadeia. As vendas de mercado interno de resinas da Braskem, de 366 mil t, permaneceram em linha com o trimestre anterior, ainda sob efeito da recuperação gradual nas taxas de utilização nas plantas do Nordeste. O volume de importados no mercado doméstico chegou a 31%, refletindo a apreciação do real, o crescente mercado de PVC e a entrada oportunis-

ta de material com benefícios fiscais via portos incentivados, prática não autorizada pelo Conselho Nacional da Política Fazendária. As exportações da Braskem somaram US$ 1,7 bilhão no 2T11 e representaram um aumento de 28% em relação ao valor do primeiro trimestre, dada a recuperação na taxa média de operação e melhor oportunidade de revenda de petroquímicos básicos, responsáveis por 70% da receita com exportação. No acumulado do semestre, a receita com exportações alcançou US$ 3,1 bilhões, 64% superior ao mesmo período de 2010, em decorrência dos melhores preços internacionais.

A receita líquida consolidada no segundo trimestre foi de R$ 8,4 bilhões, com crescimento de 13% sobre 1T11 e de 24% sobre o mesmo trimestre de 2010. Ao longo do semestre, a receita líquida cresceu 19% na comparação com igual período do ano passado, para R$ 15,8 bilhões. A Braskem registrou lucro líquido de R$ 420 milhões no 2T11, R$ 115 milhões superior ao primeiro trimestre, ajudado pelo melhor desempenho operacional, além dos efeitos positivos da apreciação do real no resultado financeiro. Os investimentos realizados no primeiro semestre somaram R$ 773 milhões, de um total planejado de R$ 1,6 bilhão para 2011.

Vale Fertilizantes planta mais de 800 mudas em Araucária Preocupada com a preservação ambiental, a Vale Fertilizantes realiza de forma contínua ações que beneficiam o meio ambiente. Somente neste ano, a empresa já realizou o plantio de mais de 800 mudas de árvores em seu complexo industrial localizado em Araucária (PR). Entre as espécies plantadas estão pitangueiras, cerejeiras, ipês amarelos, paineiras

e araucárias. Todas as mudas foram produzidas em um horto que fica dentro da unidade da Vale Fertilizantes. “Além de plantarmos as mudas na área do complexo industrial, entregamos diversas aos nossos funcionários para que eles possam plantá-las em seus bairros”, comenta Christian Barg, gerente Industrial do Complexo. O Complexo Industrial de

Araucária possui um parque com mais de 84 mil metros quadrados de áreas verdes, além de um lago com quase 5 mil metros quadrados. Formado por diversas espécies de árvores nativas, o bosque tem uma trilha de caminhada com cerca de 2 mil metros, que pode ser utilizada pelos funcionários da empresa durante os intervalos.

Sebrae/PR sensibiliza lideranças sobre os benefícios da Lei Geral O Sebrae/PR promove nos meses de agosto e setembro, em cinco cidades do Paraná, Seminários Regionais de Implantação da Lei Geral Municipal da Micro e Pequena Empresa. Os eventos vão debater temas, como acesso a mercado, crédito, desburocratização, educação empreendedora e outros benefícios da legislação que regula um conjunto de normas para o tratamento diferenciado, simplificado e favorecido aos pequenos negócios. Os Seminários Regionais são voltados a gestores e lideranças dos municípios do Estado nos

quais a Lei Geral está municipalizada e regulamentada e que também estão sendo atendidos pelo Programa de Desenvolvimento Local Fundamentado na Lei Geral da Micro e Pequena Empresa, que agora passou a se chamar Programa Cidade Empreendedora. No Paraná, 342 dos 399 municípios do Estado já instituíram Leis Gerais Municipais. No entanto, para que a legislação gere resultados é necessário regulamentá-la e essa é a proposta do Cidade Empreendedora, que tem metodologia própria para avaliar o

ambiente institucional dos municípios. Pelo modelo, agentes de desenvolvimento e comitês gestores recebem apoio técnico do Sebrae/PR para conduzir a regulamentação e a aplicação da Lei Geral, de acordo com a realidade e necessidade de cada local. Cesar Rissete, coordenador de Políticas Públicas do Sebrae/PR, explica que os Seminários Regionais vão orientar e apontar as ações e mecanismos que podem ser implementados pelos municípios para que a lei ‘deixe de valer apenas no papel’.

Congresso Brasileiro de Análise Transacional – CONBRAT Interessados em saber mais sobre Análise Transacional podem se inscrever no Congresso Brasileiro de Análise Transacional, que será realizado em agosto, entre os dias 18 e 20, na PUC/PR, em Curitiba. No pré-congresso serão expostos os principais conceitos da Análise Transacional e, na seqüência, serão discutidos, entre outros temas, as alterações das rela-

ções e identidades nos dias de hoje, com a informatização das comunicações e as mudanças e aprendizagem necessárias para se lidar com as novas configurações de comportamento. Informações e inscrições pelo site http://www.unat.com.br/ conbrat/. Um dos destaques do evento será o médico, psicoterapeuta e educador baiano, Antonio

Pedreira. Autor de 21 livros (incluindo o best-seller “A hora e a vez da competência emocional”), ele vai falar sobre a síndrome do estresse pré-traumático (SEPT) e o impacto dos jogos psicológicos nas distintas etapas da dinâmica amorosa. Mais informações e inscrições no CONBRAT pelo site http://www.unat.com.br/conbrat/.

Comércio tem expectativa de crescer 6% nas vendas para o Dia dos Pais O Dia dos Pais que neste ano será comemorado no dia 14 de agosto, mesmo não sendo uma das principais datas para o comércio, tem previsão promissora. A expectativa segundo o economista e conselheiro do Conselho Regional de Economia do Paraná, Eduardo André Cosentino, é que haja incremento de 6% nas vendas em relação a 2010. O economista comenta que mesmo com a inflação em patamar superior ao do ano passado, se espera um aumento nas vendas, principalmente

no setor varejista, no qual, de acordo com a pesquisa Serasa Experian, 80% dos grandes comerciantes acreditam aumentar o faturamento neste ano. Em pesquisa realizada pelo Serasa Experian, foi constatado que 53% das vendas relativas ao Dias dos Pais tendem a ser a prazo. No entanto, o consumidor deve ficar atento ao valor total do bem e não somente ao valor da parcela. “O ideal é o consumidor rever seu controle financeiro e caso tenha disponibilidade, comprar o presente a vista,

mesmo que consiga uma negociação parcelada sem juros. Pois desta forma, não compromete seu orçamento futuro, que fica liberado para novas compras ou para despesas emergenciais”, relata o economista. Levando em consideração a expectativa comercial do mercado, inflação do período, renda per capta e o nível de endividamento da população, Cosentino acredita que o ticket médio de compras será entre R$ 80 e R$ 90 para o presente do Dia dos Pais.

Especial Dia dos Pais Dia dos Pais com sabor Outback

No próximo domingo, dia 14 de agosto, o Outback Steakhouse presenteará os pais que forem aos restaurantes da rede com um chaveiro exclusivo com abridor de garrafas. Para isso, os homenageados do dia devem deliciar-se com um prato principal (à escolha das seções Signature Steaks ou Favoritos) e um chopp Brahma. Válido enquanto durarem os estoques de chaveiros. Dentre as variadas opções do cardápio da rede, o Outback sugere dois pratos para celebrar esse Dia dos Pais: a famosa Ribs On The Barbie, costela de porco defumada e grelhada, regada ao delicioso molho Barbecue, servida com fritas e Cinnamon Apples (R$ 41,90), ou ainda, o steak The Outback Special®, corte de miolo da alcatra disponível nas opções 225g (39,50) ou 325g (R$45,00).No momento da sobremesa, a família inteira pode dividir o clássico Chocolate Thunder From Down Under®, deliciosa montagem de brownie com sorvete de creme, calda de chocolate, chantilly e raspas de chocolate (R$19,50).

Dia dos Pais com liquidação no Shopping Jardim das Américas

A temporada de descontos do Shopping Jardim das Américas já começou. Até o dia 14 de agosto, os clientes podem aproveitar o Liquida Jardim com Dia dos Pais para comprar o presente deles e ainda concorrer a dois vale-compras no valor de R$ 5 mil cada pela Campanha de Prêmios. A cada R$ 200 em compras, o cliente recebe um cupom para participar da campanha, com sorteio no dia 16 de agosto. Os prêmios serão entregues para cada vencedor fragmentados em vales menores de R$ 100,00 que poderão ser trocados em qualquer loja do shopping – não necessariamente consumidos todos eles em uma única loja.

Antecipando o dia dos pais

Para alegrar a semana desses seres especiais, a dica é levá-los a um bom show de humor. A semana em que se comemora o Dia dos Pais, tem shows para todos os gostos, com gêneros que vão do stand up, musical, com humor mais sarcástico, calouros até os de maior interação com o público. Na quarta-feira (10) acontece o show de calouros, Open Mic que já é tradição da casa de comédia; quinta-feira (11) tem stand up do ator Warley Santana; na sexta-feira (12) tem o show do pessoal do Decafonis Stand Up Music e no sábado (13), os engraçadíssimos Afonso Padilha e Marcos Castro animam a noite. As apresentações de terças a quintas-feiras começam às 21h, sextas e sábados, às 22h. O Curitiba Comedy Club fica na Rua Mateus Leme, 2467. Os ingressos custam R$ 20 à venda no local. Mais informações no site www. curitibacomedyclub.com.br ou pelo fone 3018 0474.

Dia dos Pais antecipado no Lar dosIdosos Recanto do Tarumã

Os moradores do Lar dos Idosos Recanto do Tarumã, em Curitiba, terão uma tarde agradável nesta sexta-feira, dia 12 de agosto. Muita música com a dupla sertaneja Erick e Rael, lanche, entrega de presentes e, inclusive, corte de cabelo fazem parte da programação alusiva ao Dia dos Pais organizada pelo SESCAPPR, em parceria com o Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial) e Sesc (Serviço Social do Comércio).Diretores, colaboradores, empresários associados e representados do SESCAP-PR participarão dessa homenagem àqueles moradores que vivem isolados ou distantes da família. “Os moradores do Lar de Idosos merecem este pequeno gesto de carinho”, afirma o presidente do SESCAP-PR Mauro César Kalinke. O Lar dos Idosos Recanto do Tarumã é uma Instituição de Longa Permanência para Idosos (ILPI), que promove o atendimento integral, visando garantir proteção àqueles que não possuam condições de manutenção da própria sobrevivência ou que apresentem vulnerabilidade familiar. Atualmente, O Lar, fundado em 22 de setembro 1962, atende a 90 idosos do sexo masculino.

Dia dos pais: troca de presentes, quando e como garanti-las

Segundo a advogada especialista em Direito do Consumidor, Denise Pereira dos Santos, do Manhães Moreira Advogados, “o fornecedor só é obrigado por lei à troca ou conserto do produto quando este apresenta defeito ou se mostra imprestável, total ou parcialmente, ao fim a que se destina”. Nesse caso, o prazo para o consumidor reclamar a troca é de 30 dias contados da compra, quando tratar-se de fornecimento de serviço ou de produtos não duráveis (produtos ou serviços que se deterioram com o tempo, exemplo: alimentos, roupas, calçados etc) e 90 dias no caso de fornecimento de serviços ou produtos duráveis (produtos com longo período de duração como móveis, automóveis, eletroeletrônicos etc).Recebida a reclamação, o fornecedor tem prazo de 30 dias para consertar o defeito. Passado esse prazo sem que o faça, deverá substituí-lo por outro em perfeito estado, restituir a quantia paga imediatamente corrigida monetariamente ou abater proporcionalmente o preço.

Promoção do dia dos pais no Lady Hair

Os cuidados com a aparência vêm crescendo no meio masculino, sejam com os cabelos, face ou corpo. Por isso, no Dia dos Pais o salão Lady Hair preparou uma super promoção para pais e filhos. Até o dia 20 de agosto, os cortes masculinos caíram para R$20,00 e todos os serviços de estética estão com 20% de desconto.Para os que gostam de cuidar do rosto, o Lady Hair oferece Limpeza de Pele com máscara de Vitamina C, para prevenir o envelhecimento precoce. Se a preferência for pelo relaxamento, no salão os pais encontram a Drenagem Linfática, que traz diversos benefícios ao organismo. Além desses tratamentos, o Lady Hair ainda oferece depilação e outros serviços especiais. Nesse Dia dos Pais, os pais ficarão ainda mais belos no salão Lady Hair.

Dia dos Pais com originalidade

Escolher presentes diferenciados para o Dia dos Pais é sempre um desafio para os filhos. Por isso selecionamos algumas sugestões que prometem agradar os pais de qualquer idade. Para os empresários, a dica da Flexiv é a poltrona Generation, um produto Knoll, representado pela Flexform. A poltrona adaptase sozinha ao biotipo do usuário, acompanhando as mudanças de postura durante o expediente e tem 10 anos de garantia. Já para os pais que gostam de vinhos e gastronomia, a dica do Empório Santa Genoveva, no ParkShoppingBarigüi são as cestas de produtos, que podem ser personalizadas. Por R$ 154,85, a opção da foto vem com Kavli - Crispy Thin, Alento Tinto 2007, Camille Bloch Mousse, Chandon 187ml, Queens Berry - Geleia de Cassis, Cerejas San Marco, Patê de Jambom Hinaff, Biscoito de Canela, Pistache Iracema Premium e Snyder’s.


Geral

”O objetivo é sermos felizes. Só lá chegamos lentamente. Isso exige um trabalho quotidiano.” Jules Renard Indústria&Comércio | Curitiba, sexta-feira a domingo, 12 a 14 de agosto de 2011 | A2

Previsão do tempo

AB Notícias

fonte: www.simepar.br

Mín.: 03° Máx.: 13°

abnoticias@abcom.com.br

Nesta sexta-feira a condição do tempo é de estabilidade para as regiões do Paraná. O Sol aparece ao longo do dia no Estado, e apesar de uma elevação lenta das temperaturas, no período da tarde faz um pouco de calor no Norte e Oeste. Nas demais regiões a elevação prevista ainda mantém uma condição agradável em relação as temperaturas.

PRODUÇÃO DE VACINAS

O Governo do Estado e a Fundação Oswaldo Cruz assinaram um protocolo para implantar um complexo de produção de vacinas no Instituto de Tecnologia do Paraná, localizado na capital. O centro receberá um investimento de 350 milhões de reais, e será a primeira unidade de pesquisa da Fundação no Sul do País.

CENTRO ZOONOSES

O Centro de Controle de Zoonoses irá começar suas funções dentro de 90 dias. Foi o que anunciou o secretário municipal do Meio Ambiente, José Faraco. A obra de reforma e ampliação do prédio custará em torno de 200 mil reais. O projeto proposto inicialmente, há um ano e meio atrás, não será atendido integralmente agora. A princípio, o local funcionará como um ponto de apoio para o recolhimento e atendimento de animais doentes.

GOVERNO

Arauco confirma nova fábrica em Jaguariaíva Previsão é de que os investimentos gerem 120 empregos diretos Em encontro com o governador Beto Richa, ontem (11), executivos da indústria chilena Arauco confirmaram a implantação de uma nova fábrica para produzir placas de madeira tipo MDF em Jaguariaíva, município da região dos Campos Gerais. A empresa foi uma das primeiras a aderir ao programa Paraná Competitivo, que já garantiu R$ 2 bilhões em investimentos produtivos para o Estado. Atualmente o governo negocia com diversos grupos nacionais e estrangeiros a aplicação de outros R$ 12 bilhões para a implantação e expansão de plantas industriais. O protocolo de intenções assinado pela Arauco com o Governo do Estado, em abril, prevê um aporte financeiro de R$ 272 milhões na unidade de Jaguariaíva, com a criação de 120 empregos diretos. Carlos Bianchi Filho, diretor presidente da Arauco do Brasil, e Fernando Lorenz, executivo da empresa no Paraná, convidaram Richa para a inauguração das novas instalações, que deve

Uma nova fábrica será instalada em Campo Largo, Região Metropolitana de Curitiba, investindo 170 milhões de reais até 2013. Trata-se da empresa Caterpillar do Brasil, que produz retroescavadeiras e carregadeiras de rodas. Já existe cerca de 120 funcionários trabalhando, porém a estimativa é que o novo empreendimento gere mais de mil empregos nos próximos dois anos.

GINCANA

A cidade de Marechal Cândido Rondon, Oeste do Estado, está participando da gincana ‘Jovens Lindeiros ligados à Vida’, que se estende até dezembro deste ano. A intenção é promover uma ação coletiva abordando a temática de combate às drogas através da mobilização de aproximadamente mil jovens. Outros 16 municípios da região estão envolvidos na competição, que acontecerá por meio de apresentação de ações. O evento final será realizado no município de Entre Rios do Oeste, onde serão apresentadas todas as medidas criadas.

JARDINEIRA

A prefeitura de Quatro Barros, Região de Curitiba, começou a elaborar um projeto para a implantação de uma linha de ônibus turística na Estrada da Graciosa. Com as obras da restauração concluídas, houve a chegada de empreendedores que querem investir no local e, com isso, várias ações e projetos foram iniciados para incentivar o turismo na região. A viabilidade do projeto está sendo analisada junto à Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba.

Empresa foi uma das primeiras a aderir ao programa Paraná Competitivo, que já garantiu R$ 2 bilhões em investimentos produtivos para o Estado

ocorrer em 2012. Richa disse que muitas empresas têm procurado o Paraná porque, além de reunir condições muito competitivas, como localização, qualificação de mão de obra, o Estado está disposto a oferecer benefícios justos e segurança jurídica a quem quer produzir. “O governo agora é amigo

do setor produtivo e está interessado em trazer mais investimentos para o estado, para gerar empregos, renda e mais riqueza”, disse Richa. “O setor de produção de madeira, papel e celulose, no qual a Arauco atua, é um dos mais importantes do estado na geração de empregos e de divisas para o país e por isso conta com nosso apoio

integral”, afirmou. O investimento já anunciado pela Arauco em Jaguariaíva vai aumentar a capacidade de produção de placas de MDF de 315.000 metros cúbicos para 815.000 metros cúbicos por ano. O projeto também prevê a implantação de uma linha para produzir 280 mil metros cúbicos por ano de MDF revestido.

Feira mostra potencial de soluções, peças e serviços A Construction Expo 2011 – Feira Internacional de Soluções para Obras & Infraestrutura - e a M&T Expo Peças e Serviços – Feira Latino-americana de Peças e Serviços de Equipamentos para Construção e Mineração, promovidas pela Associação Brasileira de Tecnologia para Equipamentos e Manutenção (Sobratema), reúnem 351 expositores, dos quais, 126 estrangeiros de 14 países, numa área total de 28 mil metros quadrados, representam “uma aposta num Brasil maior e melhor”, segundo a definição do presidente da Sobratema, Afonso Mamede. Mamede declarou que o momento “de grandes incertezas” recomenda uma atitude proativa por parte do governo brasileiro, reduzindo custos para aproveitar as “janelas de oportunidades” que se abrem para que o País “se torne prota-

MAIS EMPREGOS

Solenidade de abertura Construction Expo 2011 e da M&T Expo Peças e Serviços

gonista” da desejada retomada do desenvolvimento global. A solução para esse momento de crise, segundo o presidente da Sobratema, é transformar o Brasil em um “grande canteiro de obras”. Perto de 25 mil visitantes são

esperados até sábado, quando se encerram as feiras, poderão conhecer detalhes dos principais projetos que andamento no País, como o do trem de alta velocidade (TAV), ou as maquetes das 12 arenas que estão sendo construídas para

a Copa 2014. Na Vila do Aço, instalada no Centro de Exposições Imigrantes, os profissionais ligados à construção civil poderão conhecer as recentes inovações adotadas pelo setor, que utilizam a versatilidade do aço para melhorar a eficiência e a qualidade das obras em andamento no País. O projeto da usina hidrelétrica de Belo Monte, com todo o seu detalhamento, também pode ser conhecido pelos visitantes, uma vez que a mostra dedicou toda uma ala para divulgar uma das principais obras em andamento no País. “Essa é uma grande oportunidade para que profissionais do setor da construção possam atualizar seus conhecimento”, afirmou. Mamede destacou ainda o grande número de obras que estão em andamento no País (cerca de 9.550), cujos investimentos soma R$ 1,22 trilhão.

Informe da Câmara Municipal de Curitiba Legislativo participará da Semana das Tecnologias Sociais O espaço da Tribuna Livre de quarta-feira (10), quando a Câmara de Curitiba recebe um convidado para debater temas de interesse da cidade, foi utilizado para a divulgação da 1ª Semana das Tecnologias Sociais. O evento, que será realizado entre os dias 15 e 19 deste mês, é organizado pelo Centro de Referência em Tecnologia Social do Paraná (CRTS/PR), núcleo de estudos e pesquisa permanente do Instituto Paranaense da Juventude (IPJ) e pelas mais de 30 entidades e pessoas que compõem o Fórum PR de Tecnologia Social. O convite foi feito pelos vereadores João do Suco (PSDB), líder do prefeito na Câmara, e Celso Torquato (PSDB). “Nós entendemos por tecnologia social todo o produto, processo ou método que, em sendo desenvolvido a partir de um problema de determinada comunidade, envolve a mesma na

elaboração da solução. São coisas simples, baratas e facilmente reaplicáveis por outras pessoas, independente da distância”, explica Edemir Maciel, membro do CRTS/PR. “É o caso do soro caseiro para o combate à desnutrição, do uso de fossas sépticas adaptadas para o meio urbano, onde não há coleta e tratamento da rede de esgoto, de práticas de educomunicação, etc. Tecnologia social pode parecer difícil de explicar, mas é fácil de entender. São soluções simples, mas que melhoram a vida das pessoas”, reforça o pesquisador. Maciel destacou a participação das universidades, gestores públicos e organizações não-governamentais na composição do Fórum e na organização do evento. “É uma demonstração desta nova articulação em prol da ciência e tecnologia também como prática para a inclusão social”, afirmou.

FESTA RURAL

Os preparativos para a 5ª Edição da Festa Rural do município de Guaravera, Norte do Estado, já estão na reta final. O evento acontecerá no próximo sábado e domingo, dia 13 e 14, e pretende movimentar a zona rural, atrair para o distrito visitantes de Londrina e região. A festa contará com apresentações culturais e barracas de comidas típicas.

ÔNIBUS ESCOLAR

Foram entregues cinco novos ônibus escolares ao Diretor Municipal de Transporte do município de Ortigueira, Região dos Campos Gerais. O investimento com estes veículo foi aproximadamente de um milhão de reais, através de recursos da cidade e do convênio com o Fundo Nacional de Desenvolvimentro da Educação. Até o final do mês, mais ônibus devem integrar a frota, que tem em sua totalidade 20 carros.

SEMANA DA FOTO

Entre os dias 15 e 21 de agosto, acontece na capital, a Semana da Foto de Curitiba, encontro de arte e cultura. O objetivo do evento é incentivar um olhar estético sobre a cidade e aprimorar o talento dos amantes da fotografia, além de divulgar a cultura local. As incrições são gratuitas e contam com palestras, oficinas, exposições, ações sociais e intervenções fotográficas em sua programação.

NOVO BAIRRO

Foi inaugurado mais um bairro no município de Assis Chateaubriand, Oeste do Estado, com a entrega de 46 casas populares pertencentes do Conjunto Habitacional Cristo Rei II. O projeto é uma parceria entre o Governo Municipal e Estadual pelo convênio ‘Programa Casa Familiar’. O Estado construiu as residências, enquanto o município disponibilizou os terrenos e toda a infraestrutura.

EXPEDIENTE

Diário

Indústria&Comércio Fundado em 2 de setembro de 1976 Fundador e Presidente Odone Fortes Martins Reg.Prof. DRT/PR: 6993 (ofm@induscom.com.br) Administração Irene Morva Martins (diretoria@induscom.com.br) Diretor de Redação Eliseu Tisato Reg.Prof. DRT/PR: 7568 (editor@induscom.com.br) Redação: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fone: (41) 3333.9800 E-mail: pauta@induscom.com.br Publicidade Legal e Assinaturas: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fones: (41) 3333.9800 | 3334.4665 e-mail: publegal@induscom.com.br

Parque Gráfico e Circulação: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fones: (41) 3333.9800 | 3322.1012 Direção e Comercial: Rua Presidente Faria, 533 Centro - Curitiba - CEP: 80020-290 Fone: (41) 3322.1012 e-mail: diretoria@induscom.com.br comercial@induscom.com.br

NEW CAST PUBLICIDADE & MARKETING BRASÍLIA E RIO DE JANEIRO Atendimento : Flávio Trombieri Moreira – Cel.: (61) 8155 2020 Endereço: SRTVS Quadra 701 Bloco K Sala 624 – Edifício Embassy Tower – Brasília DF - Cep.: 70.340 – 908 Fone/Fax: (61) 3223 4081 E-mail: new.cast@uol.com.br / new.cast@hotmail.com

Os artigos assinados que publicamos não representam necessariamente a opinião do jornal.


GeralEstadual Curitiba, sexta-feira a domingo, 12 a 14 de agosto de 2011 | A3 | Indústria&Comércio

aroldo@cienciaefe.org.br

Aroldo Murá G.Haygert A fértil paralisia cerebral de Márcio Devido a um incidente no parto, ele ficou alguns minutos sem oxigenação e, em consequência, sofre de paralisia cerebral, o que não o impediu de se tornar escritor. No próximo dia 14 de setembro, o primeiro livro desse jovem, Márcio Taniguti, de 26 anos, será lançado na Unibrasil, no Tarumã, durante o III Encontro entre Jornalismo e Literatura. Ele é aluno do curso de Jornalismo da Unibrasil. O livro, “Meus Primeiros Passos”, uma coleção de poemas, foi patrocinado pela Renault e publicado pela Editora Genesis, do advogado Sebastião Furtado, mobilizados pelo presidente do Tribunal Regional do Trabalho, de-

Ney José de Freitas: o mobilizador

VELA FILMES COM QUALIDADE HD

sembargador Ney José de Freitas. Vizinho de Marcio há muitos anos, o desembargador, também poeta, se impressionou com a determinação do rapaz, que para escrever utiliza uma haste adaptada à cabeça. Uma tecla de cada vez, ele foi compondo os poemas juvenis que formam seu primeiro livro. Marcio é motivo de orgulho para a Unibrasil, onde colegas acadêmicos e professores se inspiram com a atitude do estudante, que não se permite limitar pela paralisia. Eles pretendem homenageá-lo, no lançamento do livro, marcado para as 19 horas.

Compras públicas Para direcionar a produção e os serviços e os serviços, no Brasil, poucas ferramentas são tão eficazes como as compras públicas. Se o governo decidir que só compra objetos amarelos, tudo será pintado nessa cor. É o que está para acontecer, só que em verde: o Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT) realiza nesta terça-feira (16/8), em Brasília, um encontro com especialistas em compras públicas sustentáveis. Os debates subsidiarão as ações do Grupo de Trabalho criado para elaborar um guia de inclusão de critérios de sustentabilidade nas contratações da Justiça do Trabalho. Se outras áreas do poder público seguirem a mesma linha, o efeito, em termos de redução de impactos sociais e ambientais, tende a ser significativo.

Hamilton propõe ‘Sol’, moeda de conversibilidade

Hamilton Vilella de Magalhães: nova moeda

Anotada a oportuna digressão do engenheiro, ex-diretor do DER-PR, ex-deputado federal e ex-senador Hamilton Vilella de Magalhães: tudo se encaminha, diz, para o surgimento de uma nova moeda de conversibilidade mundial. Posição, aliás, já defendida pela China. O criativo Hamilton, hoje voltado mais à sua editora de livros infantis, tem até nome para aquela moeda que sugere substitua o dólar como moeda de conversibilidade universal: ‘Sol’.

Panorama Político Pedro Washington

Dois pesos

NOVA MOEDA – 3 Para ele ainda, “a humanidade, com seus seis bilhões de habitantes – ou 9 bi proximamente – está vinculada e dependente do consumo de proteínas. E não de ouro, prata, minério de ferro ou eletrônicos” Não há outra saída, garante Hamilton, “senão atender à demanda de alimentos para a humanidade”. Com a visão cartesiana de homem centrado na lógica, Hamilton vai ampliando o raciocínio assim:”O Sol, o astro rei, é a fonte de toda energia essencial para alimentar a humanidade. A soja, o mais importante veículo nesse desempenho”. E, sem dificuldades, arremata: “que se adote a nova moeda para desempenhar a referência na conversibilidade. Seu nome, sugiro, seja ‘Sol’...

Márcio Taniguti: esforço e recompensa

prpress@terra.com.br

José Francisco Cunha, aposentado há 11 anos, voltou à área que conhece bem: a comunicação social. Formado Jornalista e RP, e também administrador de empresas, por anos Cunha foi a grande referência na antiga Telepar, na área de Comunicação Social. Foi gerente do setor, com grande poder de decisão num eficiente (exceção no país de então) sistema telefônico, embora único no Paraná dos anos 1970 a 90. Agora resolveu embrenhar-se na produção de filmes com qualidade HD. Por isso, fundou a Vela Filmes Ltda, em Curitiba, em cujo site há muitas outras informações (www.velafilmes.com.br). Voltarei ao assunto Vela Filmes e ao Cunha, um inquieto e competente profissional.

MÉDICOS SE ENCONTRAM Os corpos clínicos dos Hospitais XV e Medicina e Cirurgia do Paraná têm jantar agendado nesta sexta, para aproximação dos profissionais médicos que agora estão sob uma única bandeira. Os dois hospitais de Curitiba são hoje propriedades do médico José Lazzaroto de Mello, o promotor do encontro. Lazzarotto de Mello é o nome em maior evidência, hoje em dia, como cirurgião bariátrico, o que faz cirurgias de redução de estômagos. Ao mesmo tempo, vai-se revelando um grande empreendedor da área médica.

UNINTER/FACINTER NO JOGO Chamou a atenção a presença paranaense, na transmissão televisiva do jogo Brasil versus Alemanha. Dentre os anunciantes, o grupo educacional Uninter/ Facinter fez seu gol. O Uninter/Facinter inscrevese hoje entre os quatro maiores grupos educacionais do Brasil – especialmente levando em conta o número de alunos do ensino à distância, o EAD. E aparece como exceção: os outros três já passaram ao controle de capital estrangeiro. Além do fundador, professor Edmilson Picler: e ex-deputado federal Wilson o executivo Picler, o Uninter/Facinter é comandado por um CEO de larga experiência, Edmílson Picler. O controle do grupo presente em todo o Brasil – e dono também do IBPEX – é de Wilson. Edmílson, seu irmão, e o filho de Wilson, Raul, são os outros dois sócios do empreendimento.

As dificuldades do atual governo federal não param. Especialmente por que a política brasileira é bipolar e isso se reflete nas pesquisas. Enquanto elas apontam queda menor no prestígio pessoal da presidente Dilma, por conta das medidas moralizadoras que vem tomando, na outra ponta, decrescem em muito os números que se referem ao prestígio político. Por conta das demissões que vem promovendo de funcionários envolvidos em malfeitorias, ainda assim desagradando os líderes dos principais partidos de apoio no Congresso. Não por acaso já há movimentações no PR ameaçando votar contra seus projetos. Não apenas nesse partido que dominou os Transportes residem os problemas. PMDB, PCdoB, enfim todos os que perdem espaço por conta das malfeitorias de seus indicados a cargos, incluindo-se aí o próprio PT, dão mostras de descontentamento. Até onde a presidente Dilma resistirá! Ao “livrar a cara” das lideranças, caso do ministro do Turismo e do Ministro da Agricultura, o governo já mostra fragilidade. Somese a isso as pressões de corporações como os policiais militares que acampam em Brasília em busca de soldos maiores, num momento em que o ministro Mantega afirma que não há clima no cenário mundial, ao qual o Brasil não é imune, para mais gastos públicos, e se terá que o “inferno astral” de Dilma parece não ter fim. Estar razoavelmente bem com o povo, como mostra ainda a aceitação da presidente nas pesquisas é importante. Mostra que não há indiferença às medidas que toma contra uma classe política desgastada, especialmente pelos erros de seus indicados a cargos importantes. Em miúdos, corruptos! Apoio popular porém é importante na eleição. A governabilidade é garantida por aqueles que os eleitores mandaram para Brasília. A maioria desses, com o canudo na mão, cuidando dos seus interesses, sem “ouvir as bases”. Essas só servem em realidade para justificar suas passagens aéreas de volta à terrinha. Até que outra eleição chegue!

Moral questionável A pressão popular contra a situação vivida na Câmara de Curitiba, durou pouco. Agora, a situação está nas mãos dos vereadores curitibanos. Boa parte dos quais com longa vivência na Casa já recebeu muitos favores do atual presidente que, há 14 anos manda ali nas dependências da Visconde de Guarapuava com Barão do Rio Branco. Sem moral para fazer exigências.

Jornalismo investigativo Até veículos de comunicação e jornalistas, beneficiários das benesses de há muito, têm pejo em aprofundar críticas ao que ocorre no legislativo curitibano. Situação já vivida em outros tempos também no executivo estadual. O grande benefício que Requião em seus governos prestou à qualidade do jornalismo paranaense, foi a sustação do famoso “jabaculê”, obrigando veículos a viverem de tiragem e propaganda. Com liberdade para criticarem erros de governos.

Vida dura A agricultura paranaense, depois de uns meses de euforia com preços das comoditties em alta, volta a viver momentos de preocupação. Estiagem, chuva em hora errada, geadas, respondem pela perdas da produtividade de trigo e milho safrinha. Some-se a isso a expectativa de queda nos mercados consumidores, pela crise que atravessam. . Na pecuária a fuga do mercado russo igualmente sinaliza grandes perdas.

Frustração Os suinocultores que esperavam uma intermediação rápida do Ministério da Agricultura já que não têm acesso direto ao governo russo, vêm com preocupação o ministério que representa o setor, mais preocupado com as situações políticas que o envolvem.

Em choque

NOVA MOEDA – 2 Para Hamilton, nos tempos de hoje, a paridade entre os valores da produção de riqueza entre as Nações e o trabalho, “passa a ser condição determinante para o intercâmbio comercial.” Tal paridade tem de ser guiada por um fator de conversibilidade,”que deve ser identificador de interesses comuns de todos os povos e vinculados a uma definição superior, o ser humano”.

Não anda nada amistoso o ambiente na base do governo Beto Richa, com o anúncio da adesão em massa dos deputados do PMDB. Com razão: os deputados e prefeitos que “passaram fome” no governo de Requião e que se imaginavam a voar em céus de brigadeiro com a vitória de Beto, vão mais uma vez perder o espaço que o ajudaram a conquistar.

Wilson Picler: fundador

Infraestrutura

Interferência da justiça entrava andamento de grandes obras

Luiz Augusto Juk e Jo Andrade

As medidas adotadas pelos órgãos de controle e pela Justiça que acabam acarretando longos períodos de paralisação foram apontadas como o principal entrave que as grandes obras de infraestrutura no País estão enfrentando. O diagnostico foi dos dirigentes da Sobratema – Associação Brasileira de Tecnologia para Equipamentos e Manutenção durante a entrevista coletiva da Construction Expo 2011 – Feira Internacional de Soluções para Obras & Infraestrutura, que termina neste sábado, no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo. Segundo eles, esta situação resulta em prejuízo para a sociedade que necessita de estradas, portos e aeroportos. Os dirigentes da Sobratema querem que eventuais irregula-

ridades detectadas numa obra sejam investigadas e os responsáveis punidos, se for o caso, mas sem prejuízo do andamento do serviço. Para Mário Humberto Marques, vice-presidente da Sobratema as “obras que estão andamento, que foram licitadas e obedeceram integralmente o que prega a Lei 8.666 não devem ser paralisadas por uma ação do Ministério Público de Tribunais de Contas”. A deficiência na qualificação de mão-de-obra no setor construção e mineração também foi outro assunto preocupante da Sobratema. “É preocupante esse aspecto, mas as empresas estão se mobilizando para melhorar essa formação”, diz Mário Humberto Marques, vice presidente da entidade. O evento Construction Expo 2011 – Feira Internacional de Soluções para Obras

& Infraestrutura,que termina neste sábado em São Paulo tem os seguintes os salões temáticos: Salão da Copa de 2014, que está exibindo uma réplica de um estádio de futebol; Salão Belo Monte, com detalhamento da usina hidrelétrica em construção no Pará; Vila do Aço, que reproduz ambientes feitos com estrutura de aço; Salão da Infraestrutura Ferroviária e do Trem de Alta Velocidade, dedicado às tecnologias e os desafios dos vários projetos na área ferroviária; Salão da Sustentabilidade, com foco na reciclagem de material de construção; e o Salão da Inovação, para a apresentação dos mais recentes projetos inovadores relacionados à área de construção. Está montada ainda uma Mostra de Equipamentos para pequenos canteiros, destinada a obras em lugares de difícil aces-

Dirigentes da Sobratema defendem punição, mas sem prejuízo do andamento do serviço

so aos grandes equipamentos. Em todos os salões temáticos, a Sobratema contou com parcerias. No caso do Salão da Copa de 2014, a parceira é a Madarim Comunicação, responsável pelo conteúdo do Portal 2014 na web; na Vila do Aço é o Instituto Aço Brasil

(IABr); no Salão Belo Monte, é a empresa Norte Energia, responsável pela hidrelétrica que será construída no Pará; no Salão da Infraestrutura Ferroviária e do Trem de Alta Velocidade, o apoio vem da Associação Brasileira da Indústria Ferroviária (Abifer); o Salão da Inovação

conta com o apoio da Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras (Anpei); o Salão da Sustentabilidade foi montado por empresas filiadas à Associação Brasileira para Reciclagem de Resíduos da Construção Civil e Demolição (Abrecon).


Dra. Grasiele Martins

Pesquisa define perfil do usuário de planos de saúde De acordo com a pesquisa, oito em cada 10 pessoas que têm plano de saúde buscaram algum tipo de atendimento ou assistência médica no último ano. Do total, 75% o fizeram para ter acesso a consultas médicas e cerca de 2/3 (67%) para realizar exames diagnósticos (raios X, exames de sangue, entre outros). Cerca de um terço (32%) utilizou o pronto-socorro e 15%, internação hospitalar. Do total, 21% dos usuários relataram não ter acionado o seu plano de saúde nos últimos 12 meses. Dentre os que usaram os planos, consultas e exames diagnósticos foram utilizados principalmente por mulheres, por aqueles com idade entre 35 e 44 anos e pelos que possuem maior renda. Os indivíduos pertencentes às classes A e B, com renda familiar superior a 10 salários mínimos e escolaridade mais elevada, foram usuários mais freqüentes. De modo geral, considerando consultas, exames e internações, os entrevistados utilizaram o plano, em média, sete vezes nos últimos 12 meses.

“Dentre os que usaram os planos, consultas e exames diagnósticos foram utilizados principalmente por mulheres, por aqueles com idade entre 35 e 44 anos e pelos que possuem maior renda.” Avaliações – Mesmo ante os inúmeros problemas relatados por 58% dos usuários, cerca de três quartos (76%), declaram, satisfação com os serviços. Na opinião do Conselho Federal de Medicina (CFM), o índice de satisfação positiva de serviços públicos ou privados deve considerar outros fatores que podem não ser captados pelas metodologias usadas nos estudos, mas capazes de influenciar o resultado: a satisfação com o simples fato de ter conseguido acessar o sistema de saúde; a satisfação como o estado de saúde individual; com o prognóstico, cura ou tratamento bem-sucedido, ou mesmo o contentamento com a atenção recebida do médico. “Para quem está com a saúde vulnerável, o simples fato de conseguir atendimento muitas vezes é o bastante para provocar um sentimento de gratidão”, avalia o presidente do CFM, Roberto Luiz d`Avila. (Fonte: Jornal CFM )

Prof Dr Ruy Lyra em Curitiba

Saúde&BemEstar Indústria&Comércio

reportagem@induscom.com.br Curitiba, sexta-feira a domingo, 12 a 14 de agosto de 2011 | A4

Hospital Pilar

Referência no desenvolvimento científico, tecnológico e humanizado O Hospital Pilar, empres genuinamente paranaense, completou no último dia 27 de julho, 47 anos. Quando fundado, o então Hospital Nossa Senhora do Pilar, contava com estrutura pequena e poucos profissionais. Hoje está moderno e tem como características principais o atendimento humanizado e o desenvolvimento científico e tecnológico. Milva Milano, viúva do fundador João Iltaumyr Milano e administradora da instituição, define bem o espírito de trabalho do Hospital, “somos movidos a sonhos e o importante é que, aqui, partimos para a execução. Todos da instituição estão focados no mesmo objetivo, investir no crescimento e na união profissional, sempre prezando a ética e a honestidade”. A instituição conta com mais de uma centena de leitos de internação que possuem a mais moderna tecnologia, sendo que 30 destes são de Unidade de Terapia Intensiva. A UTI do Hospital Pilar segue o concei-

to de humanização, sendo a pioneira em território nacional a proporcionar 15 leitos de UTI aberta. Neste modelo, a Unidade permite a presença de um familiar durante todo o período de internamento, com conforto e comodidade, acompanhando de perto a evolução do paciente. O Hospital possui uma Unidade Neurológica, Pronto Atendimento 24 horas, completo atendimento em hemodinâmica e equipamentos que são diferenciais, como a câmara hiperbárica multiplace e aparelhos digitais de diagnóstico por imagem. A instituição é ainda a primeira em Curitiba a oferecer pronto atendimento oncológico assistido 24 horas. Na equipe há 460 funcionários entre pessoal de apoio, enfermagem e administrativo. O Centro Cirúrgico é especialmente equipado para procedimentos de alta complexidade e recebe aproximadamente 600 pacientes por mês. O Hospital conta atualmente com mais de 50 especialidades e serviços.

FAMÍLIA MILANO, EXEMPLO DE INTEGRIDADE E OBSTINAÇÃO “Desde sua fundação, há quase meio século, todo o Hospital seguiu a linha de pensamento do seu fundador, que agrega integridade, respeito, esforço e obstinação pela busca dos melhores resultados no atendimento dos pacientes. Mas sem deixar de lado o bem-estar de todos os profissionais que atuam na instituição”, afirma Rodrigo Milano, diretor executivo do Hospital Pilar. O Dr. Lauro José Rubini, clínico-geral,

trabalha no Hospital Pilar desde 1972 e acompanhou de perto toda a mudança ocorrida na instituição, que passou de clínica de pequeno porte para um dos mais modernos hospitais do país. De acordo com ele, as mudanças foram gradativas e ocorreram devido à boa administração da família Milano. “Na faculdade comecei a frequentar o Hospital, nesta fase ainda apenas observando e aprendendo com os ótimos profissionais. Para mim, foi uma

escola. Certamente o crescimento só se tornou possível em função do trabalho em equipe e da administração competente”, afirma o médico. Os investimentos na estrutura do Hospital e na capacitação dos profissionais são constantes. “Investimos sim, mas de forma planejada e estratégica”, diz Rodrigo Milano. Nesta lista de investimentos está o calendário anual de eventos científicos mantido pela Instituição.

Videoendoscopia

Cirurgia Plástica terá curso internacional em Curitiba

Aconteceu no último mês de julho, evento de atualização de Diabetes com o Professor Doutor Ruy Lyra, do Instituto de Endocrinologia do Recife. O encontro foi direcionado a Endocrinologistas, Clínicos Gerais e Cardiologistas de todo o Paraná. Após a aula do Dr Ruy, já realizada num setor VIP da Porcini Trattoria, os convidados foram recepcionados com um delicioso jantar, nada muito calórico, claro.

A reunião desses profissionais, nos atualizou no ensino e desenvolvimento

técnico e nos fez evoluir nos novos seguimentos

A técnica de Videoendoscopia era utilizada antigamente para cirurgias intra-abdominais, ortopédicas, otorrinolaringológicas e que com o passar dos anos se tornou um procedimento consagrado. Atualmente pode ser utilizada para uso da cirurgia plástica, tanto para técnicas e táticas tanto na área da estética como reparadora. A técnica possibilitou ao cirurgião identificar de maneira mais segura as estruturas anatômicas, dando assim maior precisão na abordagem dos tecidos. Tornou as cirurgias mais rápidas, mais seguras, e minimiza cicatrizes. É uma técnica menos invasiva, possibilitando a maior visão para o cirurgião, e maior controle de sangramento. A Videoendoscopia em Cirurgia Plástica pode ser

utilizada para rejuvenescimento facial, aumento de mamas, abdominoplastias, aumento de região glútea e de panturrilhas e cirurgia Reparadora. Em virtude da importância dessa técnica consagrada internacionalmente a Dr. Ana Zulmira E. Diniz Badin está coordenando a ultima edição, de uma série de nove anteriores, do curso VEMI – Curso Internacional de Videoendoscopia em Cirurgia Plástica e Procedimentos Mínimos Invasivos. A medica Ana Zulmira E. Diniz Badin afirma “que a reunião desses profissionais nesses 10 anos, nos atualizou no ensino e desenvolvimento técnico e nos fez evoluir nos novos seguimentos dentro de nossa especialidade, tanto na cirurgia plástica estética como reparadora.”

O evento será realizado pelo Centro Médico Athena, nos dias 18 a 21 de agosto, somente para associados da SBCP – Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Já os médicos residentes deverão apresentar comprovante do serviço para aceitação da inscrição. Informações: Fone (41) 3074-0364 ou pelo mail:clinicaathena@ cmathena.com.br O evento conta com o apoio da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica –SBCP,Capítulo de Procedimentos Estéticos não Invasivos e Laser da SBCP,Federação Iberolatinoamericana de Cirurgia Plástica e Reconstrutiva – FILACP,Sociedade Brasileira de Laser em Medicina e Cirurgia –SBLMC e The Internacional Society of Aeshetic Plastic Surgeons –ISAPS .

Laboratório Paranálise com novos rumos

Encontro com Reinhold Stephanes

Encontro casual no último mês de julho de Dra Grasi com o Economista, Ex-Ministro e Deputado Federal Reinhold Stephanes, ambos que são grandes amigos dos proprietários do Restaurante Dona Helena e que prestigiam o cardápio variado e saudável que este restaurante oferece.

CMYK

O biquímico Marco Antonio Largura, diretor-executivo da Paranálise, informa que está quase encerrado o processo de reestruturação do laboratório, que vai abrir suas portas em Curitiba e em algumas cidades da região metropolitana, entre elas, São José dos Pinhais. O grande desafio é revolucionar a prestação de serviços em análises clínicas no estado e colocar em prática diferenciais competitivos para melhor atender a classe médica. Largura também adianta que todos os exames serão realizados no laboratório na capital, sem a necessidade de enviar para São Paulo, por exemplo. Fator que agiliza o resultado e o diagnóstico por   parte do médico, beneficiando ainda o usuário, garante. Desde 1967, o Laboratório

Marco Antonio Largura, diretor-executivo da Paranálise

Paranalise oferece serviços com qualidade, agilidade e alto padrão de atendimento, buscando sempre o respeito e a confiabilidade, no auxilio a comunidade médica

e a sociedade curitibana. Desde fevereiro de 2005, acrescentou ao seu nome fantasia a marca Laboratórios Brasil, que vem agregar maior eficácia na

gestão empresarial. Já em setembro de 2005, os Laboratórios Brasil Paranálise e o Laboratório Biogama se unem com o intuito de melhor atender seus clientes. Em fevereiro de 2010, com o resgate de seu nome fantasia PARANÁLISE e reestruturação administrativa, inicia uma nova etapa, cujo principal propósito é colaborar com o Médico na seleção e aplicação clínica dos testes, buscando sempre uma integração plena e efetiva com os profissionais de nossa comunidade. “A inovação é a nossa visão de futuro, a qual nos motivará a buscar soluções que irão revolucionar a prestação de serviços em Análises Clínicas no Paraná. E Estamos criando diferenciais competitivos que realmente nos farão crescer.”, completou o bioquímico.


GeralParaná Curitiba, sexta-feira a domingo, 12 a 14 de agosto de 2011 | A5 | Indústria&Comércio

Contexto Político

Fábio Campana editor@fabiocampana.com.br

Relações perigosas

O secretário executivo do Ministério do Turismo, que foi preso pela Polícia Federal em investigação para apurar desvios de dinheiro da Pasta, Frederico Silva da Costa, já assinou convênio com Requião sob o olhar interessado do atual deputado federal João Arruda. Em outra ocasião, Requião firma o convênio com o agora encarcerado Frederico Silva da Costa. Pois, pois, o Silva da Costa era tão prestigiado pelo governador Requião e sua equipe de bate palminhas que deu aulas na Escolinha do Requião. Ele aparece em fotos da época a ensinar a rapaziada do governo Requião. E tudo leva a crer que todos aprenderam muito bem as lições de Frederico. Assim caminha a humanidade. São convênios como os assinados entre Requião e Silva da Costae que estão sob investigação porque serviam de ralo por onde escoava o dinheiro que abriu um rombo nas contas do ministério.

Mais funções

última terça-feira (9) na casa do vereador Jairo Marcelino (PDT). Da conversa participaram ainda os outros dois vereadores pedetistas: Tito Zeglin e Roberto Hinça. Fruet garantiu aos vereadores sua candidatura pelo PDT à prefeitura de Curitiba e adiantou que já acertou com o PT que o deputado federal Ângelo Vanhoni será candidato a vice-prefeito na sua chapa.

Sete anões

A maldade campeia solta na Assembleia. Depois da adesão do PMDB à base de apoio do governo do Estado, a oposição teria se reduzido a “Branca de Neve e os sete anões”. Branca de Neve seria Gleisi Hoffmann, que tentaria, de Brasília, comandar uma campanha de desgastes ao governo Richa com vistas à disputa do governo do Estado em 2014 teleguiando os sete deputados do PT. Tem quem arrisque identificar os “anões”. Tadeu Veneri seria o “Zangado”, o Professor Lemos, o “Soneca”, Enio Verri, o “Mestre” e assim por diante.

Insiste

O vice-presidente do PSDB no Paraná, deputado Valdir Rossoni, deve acumular mais funções dentro do partido no próximo ano. Como é ano eleitoral, caberá a ele percorrer os 399 municípios, estabelecer as articulações partidárias e subir no palanque junto com os candidatos. Existe a possibilidade do atual presidente do partido, o governador Beto Richa, se licenciar da presidência do PSDB. Rossoni deixou claro que fará este trabalho de quinta a domingo, dias em que os deputados geralmente visitam sua base de municípios.

O edital de concorrência da TV Assembleia foi suspenso. A GW, produtora que opera atualmente a TV e que já teve dois aditivos prolongando o contrato, não concorda com a concorrência e entrou com pedido de impugnação. O edital reduz o valor do contrato, que já foi de R$ 390 mil para R$ 320 mil mensal. A GW alega que com o novo valor é inexequível, apesar de outras produtoras que estão participando do processo entenderem que é perfeitamente viável.

Vice

Chance

Gustavo Fruet, ainda sem partido, se reuniu na noite da

Os deputados Tadeu Veneri e Dr. Rosinha comemoram,

VEÍCULOS

Redução do IPI não deve aumentar vendas Consumidor não irá sentir a redução diretamente em seu bolso Ainda que recente e com detalhes do incentivo em discussão, o anúncio sobre a redução do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) já mostrou que não pretende alavancar vendas para movimentar a economia, como foi necessário entre dezembro de 2008 e março de 2010, devido à crise internacional que atingiu o Brasil. Segundo o que foi anunciado pela medida provisória do Governo Federal, a indústria automobilística será favorecida até julho de 2016, mas com outro objetivo. O beneficio vale para as montadoras instaladas no Brasil que se comprometerem em ampliar os investimentos e incentivar a produção nacional, a fim de melhorar a competitividade em relação aos importados, principalmente os coreanos

e chineses. De acordo com o diretorgeral da Fenabrave-PR (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores – Regional Paraná), Luís Antonio Sebben, o consumidor não irá sentir a redução diretamente em seu bolso na hora de comprar o veículo zero quilômetro. “O não pagamento do tributo pelas montadoras será revertido em prol de tecnologia e gestão financeira, e não no repasse desse desconto para a rede de concessionárias, o que manterá tudo como está hoje. Por isso, aqueles clientes que estão imaginando aguardar a diminuição do valor do veículo, devem repensar seus planos e aproveitar que as concessionárias de veículos estão na melhor fase do ano em relação

Norte Pioneiro

Obras de saneamento somam R$ 37,4 milhões O Norte Pioneiro do Paraná tem recebido investimentos significativos para a melhoria do saneamento. Somente no sistema de esgotamento sanitário, a Sanepar está investindo R$ 8,2 milhões em obras que estão em execução e beneficiarão nove cidades. Com recursos do BNDES Debêntures, acaba de ser anunciada a liberação de R$ 18,9 milhões que serão aplicados em nove sistemas de água e mais R$ 10,2 milhões em três sistemas de esgoto. No total, os investimentos serão de R$ 29,1 milhões. Wenceslau Braz é uma das cidades beneficiadas. Atualmente estão sendo implantados no município três quilômetros de rede coletora, com investimentos de R$ 205 mil, garantindo atendimento para cerca de 840 habitantes. Foram aprovados mais R$ 9,35 milhões de investimentos no serviço de esgota-

mento sanitário. Esses recursos serão aplicados com a implantação de mais 37 quilômetros de rede e reforma e melhoria das estações de tratamento de esgoto norte e sul. Em Siqueira Campos, os investimentos são de R$ 4,67 milhões com a construção de uma Estação de Tratamento de Esgoto e rede coletora, em execução. Para reforçar o abastecimento de água, estão previstos mais R$ 843 mil para implantação de um poço, de estação elevatória e de adutora. Para otimizar o sistema de esgotamento sanitário de Carlópolis, a Sanepar está investindo R$ 1,4 milhão na implantação de um sistema de pós-tratamento junto à Estação de Tratamento de Esgoto. As obras vão melhorar a qualidade do efluente lançado na Represa Chavantes, que é um atrativo turístico da cidade.

a promoções e planos de financiamentos”, afirma Sebben. O diretor imagina que, com a medida, em médio prazo os veículos nacionais se tornarão mais competitivos em relação aos importados, “mas não é possível dizer ainda que isso ocorrerá, principalmente em relação a preços finais”, diz. O IPI será zerado até 31 de julho de 2016 para fabricantes de tratores, ônibus, microônibus, automóveis de passeio,

caminhões e comerciais leves. A medida faz parte do programa Brasil Maior, política industrial da administração da presidente Dilma Rousseff. O objetivo é estimular a competitividade e um maior número de componentes nacional nos veículos fabricados no Brasil. Os carros importados não serão beneficiados. Não está definido o prazo para a publicação do decreto que irá trazer as regras do programa, percentual e alíquotas.

NO(S) PROCESSO(S) ABAIXO FOI EXPEDIDO O EDITAL A SEGUIR TRANSCRITO: INTIMAÇÃO PR AZO: 20 (VINTE) DIAS O EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR VICENTE DE PAULA ATAIDE JUNIOR, JUIZ FEDERAL SUBSTITUTODA 5ª VARA DA SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESTADO DO PARANÁ, NOS AUTOS ACIMA DISCRIMINADO S: FAZ SABER, executada ADRIANA PAULA GIBERTONI, CPF 787.868.869-91, que por este Juízo e Secr etaria da 5ª Vara Federal, Subseção Judiciária de Curitiba, Seção Judiciária do Estado do Paraná (Rua Anita Garibald i, 888, 5º andar, Ahú, CEP 80540-180, Curitiba-PR (41) 3313-4584, prctb05dir@jfpr.gov.br), processa-se a ação de execução de títul o extrajudicial em epígrafe, referente ao contrato particular de abertura de crédito a pessoa física para financiamento de materiai s de construção e outros pactos, conhecido com CONSTRUCARD, no valor de R$ 15.000,00 (quinze mil reais), celebrado em 28/05/200 8. Fica por meio deste INTIMADA EXECUTADA acerca da penhora efetivada sobre o imóvel objeto da matrícula nº 57.6 49 do registro de imóveis da 5ª circunscrição de Curitiba, bem como de seu encargo de fiel depositária em relação ao bem e da AVALIAÇÃO realizada em 05/2011, no valor de R$ 82.000,00 (oitenta e dois mil reais), para, querendo, oferecer embargos à penhora/avaliação, no prazo de 15 (quinze) dias, após decurso do prazo fixado neste edital. E, para que chegue ao conhecimento de todo s, o presente edital será publicado e afixado naforma da Lei. EXPEDIDO nesta Cidade de Curitiba, Capital do Estado do Paraná, 20 /07/2011. Eu, (a) (Evandro Prochmann) Técnico Judiciário, que o datilografei e; eu, (a) (Celso Luiz de Paula X avier), Diretor de Secretaria da 5ª Vara Federal Seção Judiciária do Estado do Paraná, que o conferi e subscrevi.

discretamente como convém, um inesperado aumento de suas possibilidades de saírem candidatos a prefeito de Curitiba pelo PT. Os dois avaliam que a chegada ao Paraná do escândalo do desvio de verbas de Ongs para cursos de qualificação pode atingir e inviabilizar a candidatura de Ângelo Vanhoni. Em 2005 aliados e até parentes de Vanhoni estiveram envolvidos em um caso muito parecido. Se as investigações do TCU se aprofundarem no Paraná podem reativar esse escândalo e o nome de Vanhoni pode vir a ser envolvido complicando uma eventual candidatura, avaliam aliados de Rosinha e Veneri.

Desistiu

A Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA) rejeitou o requerimento do senador Alvaro Dias (PSDB-PR) convidando Milton Ortolan, ex-secretário-executivo do Ministério da Agricultura, e Oscar Jucá Neto, ex-diretor Financeiro da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a explicar denúncias de corrupção na pasta. O requerimento de Alvaro Dias incluía ainda convite a Júlio Fróes, lobista que atuaria no ministério.

CPI mista

Em reunião na tarde de ontem (11), líderes da oposição no Senado e na Câmara dos Deputados decidiram trabalhar para garantir a criação de Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) para investigar a corrupção no governo federal. Após a reunião, na liderança do PSDB no Senado, os líderes informaram ainda a criação de um site para informar à população sobre o andamento da mobilização a favor da CPI, inclusive para a divulgação do nome de senadores e deputados que assinarem o requerimento da CPI.

Cartilha do Corecon-PR orienta o consumo consciente Entre as ações programadas pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (Corecon-PR) para o “Mês do Economista” está a distribuição gratuita da cartilha educativa “Entenda de Economia – Dicas para o Consumo Consciente”, durante o projeto Entenda de economia, que acontece nas principais cidades do Estado. O exemplar traz importantes informações de como o consumidor pode equilibrar o seu orçamento através de orientações e dicas para que os gastos desnecessários sejam reduzidos. A distribuição do material educativo será realizada nas tendas instaladas do projeto “Entenda de Economia”, em que economistas, estudantes e professores estarão também vão orientar gratuitamente a população sobre economia doméstica e conceitos econômicos. A ação acontece no dia 12 de agosto, nas cidades de Curitiba, Apucarana, Cascavel, Guarapuava e Londrina. Em Francisco Beltrão e Maringá, a ação será realizada no próximo sábado (13), e no dia 27 de agosto, na cidade de

Arrumadores do Porto de Paranaguá têm reajuste salarial

A Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) e o Sindicato dos Arrumadores e Trabalhadores Portuários  Avulsos nos Serviços de Capatazia nos Portos de Paranaguá e Pontal do Paraná (Sindacapp)     assinaram, ontem (11), na sede    da Appa, um acordo coletivo de              trabalho que prevê reposição    salarial de 27,14% para a ca   tegoria. Desde 2009, os cerca    de 700 trabalhadores filiados    ao Sindicato dos Arrumadores  estão sem reajuste salarial. O acordo prevê ainda a am pliação do campo profissional              dos arrumadores que, além de                  operarem ônibus e tratores,  agora poderão trabalhar na operação de shiploaders e na  amarração.                       “Este acordo coletivo repre                 senta mais um avanço na relação                     entre o governo do Paraná e os  trabalhadores portuários. Esta mos imprimindo aqui na Appa  um novo modelo de gestão, o modelo do governador Beto  Richa, que acredita no diálogo e                      que coloca sempre em primeiro   lugar o ganho e o bem-estar dos  trabalhadores”, afirma o supe rintendente da Appa, Airton  Vidal Maron. “Este é um ganho tremendo.  Além da reposição salarial, a  ampliação do campo de traba-

EXECUÇÃO DE TÍTULO EXTRAJUDICIAL Nº 2009.70.00.013723-0/PR EXEQUENTE : CAIXA ECONOMICA FEDERAL - CEF ADVOGADO : VIRIATO XAVIER DE MELO FILHO EXECUTADO : ADRIANA PAULA GIBERTONI 5A VARA FEDERAL DE CURITIBA

  

Campo Mourão. A cartilha procura fazer uma abordagem sobre os principais temas que envolvem o cotidiano das pessoas e sua relação com a economia, e ainda orienta como pequenas medidas, se levadas em conta, podem minimizar as despesas da família, como por exemplo, a economia da água, de energia elétrica e compras desnecessárias. O material serve como um roteiro de consulta para o planejamento do orçamento doméstico, tomando como base a renda familiar e levando o consumidor a anotar todas as despesas na planilha elaborada, para que ele mesmo possa avaliar se está ocorrendo algum desperdício. Elaborado em 2010, por meio da parceria entre o Corecon-Pr e o Departamento de Economia da Universidade Federal do Paraná (UFPR), o material contou com a colaboração de acadêmicos de economia e professores da Universidade. Em 2011, a cartilha passou por uma revisão realizada pelo professor de economia da instituição, Adilson Volpi.

lho foi sensacional. Só temos a agradecer ao Governo do Estado e à superintendência da Appa. É isso que o trabalhador portuário mais almeja: trabalhar mais e ganhar mais. O trabalhador vai gastar este dinheiro na cidade. Todo mundo ganha com isso”, afirmou o presidente do Sindicato dos Arrumadores, Marcos Mauricio Rodrigues. No primeiro semestre deste ano, o Órgão Gestor de Mão de Obra (Ogmo) já registrou 18% no aumento da renda dos Trabalhadores Portuários Avulsos (TPAs) e 38% de crescimento na oferta de trabalho. A alta foi consequência direta do aumento na movimentação de mercadorias que, no primeiro semestre de 2011, cresceu 13% nos portos paranaenses. “Quando os trabalhadores ganham melhor, o porto também ganha. Assim teremos melhores serviços e melhor condição de vida em Paranaguá. Por conseqüência, o Porto também melhora”, afirma Maron. Para que os arrumadores possam atender as novas fainas de trabalho, vão ser promovidos cursos através do Ogmo para capacitar a categoria. Com isso, o porto poderá requisitar trabalhadores do Sindicato para exercer estes trabalhos.


PublicidadeLegal Curitiba, sexta-feira a domingo, 12 a 14 de agosto de 2011 | A7 | Indústria&Comércio AÇÃO MONITÓRIA Nº 5001032-06.2010.404.7000/PR AUTOR : CAIXA ECONÔMICA FEDERAL - CEF RÉU : ADRIANO MARON : AUTO POSTO PAPANDUVA EDITAL N.º 5349487 CNPJ 00.000.000/0001-91

EDITAL DE NOTIFICAÇÃO REFERENTE À COBRANÇA DE CRÉDITOS INADIMPLIDOS COM RISCO DA UNIÃO OU FUNDOS PÚBLICOS FEDERAIS, CUJA ADMINISTRAÇÃO ESTÁ A CARGO DO BANCO DO BRASIL S.A., COMUNICANDO A ALTERAÇÃO DE CREDOR, VENCIMENTO DE DÍVIDA E INSCRIÇÃO NO CADIN, DOS CRÉDITOS ADQUIRIDOS OU DESONERADOS DE RISCO PELA UNIÃO, NA FORMA DA MP 2.196-3 DE 24.08.2001. O Banco do Brasil S.A conforme autorização concedida por meio da Portaria do Ministério da Fazenda Nº 202, de 21 de julho de 2004, publicada no Diário Oficial da União de 23.07.2004, após esgotadas as tentativas de ciência por meio de notificação via remessa postal (AR), NOTIFICA OS RESPONSÁVEIS POR OPERAÇÃO INADIMPLIDA, ABAIXO RELACIONADOS que a não regularização da operação, no prazo máximo de 90(noventa) dias contados a partir da data da publicação deste Edital: a) resultará no encaminhamento do crédito não quitado à Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional-PGFN, tornando o débito passível de inscrição em Dívida Ativa da União; b) tornará o débito passível de inscrição no Cadastro Informativo de Créditos não quitados do Setor Público Federal-CADIN, nos termos da Lei Nº 10.522, de 19.07.2002. Comunicamos que o crédito inadimplido referente à operação abaixo relacionada foi transferido à União, em 29.06.2001, ao amparo da Medida Provisória Nº 2.196-3, de 24 de agosto de 2001. Nome Natalino Casagrande

CPF_CNPJ 354.636.439-20

Participação Mutuario

Nr Operação 152.200.000

EDITAL DE CITAÇÃO COM PRAZO DE 60 (SESSENTA) DIAS. A DOUTORA ANA CAROLINA MOROZOWSKI, JUÍZA FEDERAL SUBSTITUTA DA 3ª VARA, CIRCUNSCRIÇÃO JUDICIÁRIA DE CURITIBA, SEÇÃO JUDICIÁRIA DO PARANÁ, NA FORMA DA LEI, ETC. FAZ SABER, a todos os que o presente edital virem, ou dele conhecimento tiverem, que perante este Juízo e Secretaria se processam os Autos de AÇÃO MONITÓRIA Nº 5001032-06.2010.404.7000, em que figura como requerente CAIXA ECONÔMICA FEDERAL - CEF e requeridos Auto Posto Papanduva, pessoa jurídica de direito privado, CNPJ 05.819.531/0001-24, com último endereço conhecido na Rua Tenente Ary Ruen, 174, Centro, Mafra/SC, e Adriano Maron, brasileiro, solteiro, RG 22R3169328 SSP/PR, CPF 005.340.509-99, com último endereço na Rua Tenente Ary Ruen, 174, Centro, Mafra/SC. Como os requeridos Auto Posto Papanduva e Adriano Maron encontram-se em lugar incerto e não sabido, não sendo por isso citados pessoalmente, CITA-OS por meio do presente, para que, em até 15 (quinze) dias, apresentem embargos à monitória ou paguem o débito apontado na inicial (R$ 76.473,00, em 11/01/2010), ficando cientes de que a realização imediata do pagamento dispensa a exigência de custas processuais e honorários advocatícios. Caso não haja o pagamento ou caso não sejam opostos embargos, ficará constituído título judicial em favor da requerente e em desfavor dos requeridos para que paguem o valor exigido acrescido das custas e dos honorários advocatícios de 10%. Assim ocorrendo, intimem-se os requeridos, pessoalmente ou por seus procuradores, se constantes nos autos, para pagarem o valor do título judicial em até 15 (quinze) dias sob pena de acréscimo de multa de 10% sobre o valor não pago - inteligência do CPC, art. 475-J. Para que chegue ao conhecimento de todos e principalmente do interessado, mandou a MM. Juíza passar o presente edital, que será fixado em lugar de costume desta Vara e publicado no Diário Eletrônico da Justiça Federal da 4ª Região. O prazo deste, que começará a fluir da data da publicação, terá transcorrido assim que decorram os 60 (sessenta) dias, fixados em epígrafe, e assim, perfeita estará a CITAÇÃO.

Dado e passado nesta cidade de Curitiba, em 06 de 07 de 2011. Ana Carolina Morozowski Juíza Federal Substituta

EDITAL DE PROCLAMAS Cartório Distrital da Barreirinha JOAQUIM VIEIRA MACIEL - Titular Av. Anita Garibaldi ,1250 – Ahú – Fone (41) 3352-3002/3254-8424/3252-3605 Faço saber que pretendem casar-se e apresentarem documentos exigidos pelo artigo 1525, incisos I, III e IV; I, III,IV e V do Código Civil Brasileiro em vigência, os contraentes: 01 – EDUARDO SANTOS KIRA E JULIA FERNANDA DE SOUZA; 02 – DEMIS GREGSON DE OLIVEIRA ALMEIDA E GISLAINE TEIXEIRA MARTINS; 03 – BRUNO MAURICIO METZGER E RAFAELA BARCHIK ANTONIACOMI. Se alguém souber de algum impedimento, oponha-o na forma da Lei, no prazo de 15 dias. Lavro o presente Edital de Proclamas para ser publicado e afixado em lugar de costume. CURITIba, 11 DE AGOSTO de 2011

Cooperativa Paranaense dos Anestesiologistas

C.N.P.J. (MF) 76.641.927/0001-72 R. Itupava, 71 – Alto da Glória – Fone: (041) 3077-1122 80060-272 – Curitiba - Paraná e-mail: diretoria@copan.org.br www.copan.org.br EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA

Ficam convocados os 515 (Quinhentos e quinze) cooperados para a Assembléia Geral Extraordinária a realizar-se no dia 24 de agosto de 2011, quarta-feira, às 17h00 em 1ª convocação com 2/3 dos cooperados, em 2ª convocação às 18h00 com metade mais um dos cooperados e em 3ª convocação às 19h00 com um mínimo de dez cooperados, a realizar-se na sede do Conselho Regional de Medicina do Paraná, à Rua Victório Viezzer, 84 – Vista Alegre – CEP 80810-340, com a seguinte ordem do dia: a) Negociação com Unimed Curitiba; b) Processamento das contas dos cooperados Unimed Curitiba e dos não cooperados Unimed Curitiba; c) Remuneração de revisores da COPAN. Curitiba, 12 de agosto de 2011.

P.B.CASTRO LEILÕES

Plínio Barroso de Castro Filho Leiloeiro Judicial e Depositário Judicial Particular - Matrícula JUCEPAR 668 www.pbcastro.com.br - leiloes@pbcastro.com.br

EDITAL DE LEILÃO PÚBLICO CONDIÇÕES BÁSICAS 19 de agosto de 2.011 a partir 11:30 horas, por preço igual ou superior

Primeiro Leilão: ao da avaliação. Segundo Leilão: 26 de agosto de 2.011 a partir 11:30 horas, pela melhor oferta, desde que o lance seja igual ou superior ao valor da dívida, das despesas, dos prêmios de seguro, dos encargos legais, inclusive tributos, e das contribuições condominiais. Valor da dívida: R$: 629.316,40 (atualizado até 03 de junho de 2.011) Avaliação do imóvel R$: R$ 700.000,00 Local dos leilões: Rio Negro Hotel, à Rua XV de Novembro, 40 – Rio Negro - Paraná Comitente DOMÍNIO FOMENTO & TRUSTEE LTDA. EDITAL DOMÍNIO FOMENTO & TRUSTEE LTDA, pessoa jurídica e de direito privado, registrada no CNPJ sob o número 82.516.063/0001-60 estabelecida à Rua Visconde de Nacar, 865, conjunto 201 em Curitiba-PR. Leva ao conhecimento dos interessados que fará realizar licitação, sob a modalidade de LEILÃO PÚBLICO, por intermédio do LEILOEIRO PÚBLICO OFICIAL PLINIO BARROSO DE CASTRO FILHO, credenciado, regularmente matriculado na junta comercial do Estado de Paraná,sob o número 668. para alienação do(s) imóvel(is) recebido(s) em garantia, nos contratos inadimplentes de Alienação Fiduciária, pela maior oferta, no estado de ocupação e conservação em que se encontra(m), o imóvel objeto da Matricula 02566 do CRI da Comarca de Rio Negro-PR, com as seguintes descrições: Área 2-1, com área de 615,00m² da Planta de desmembramento de Sergio Amauri Ribas, situado a Rua XV de Novembro em Mafra-SC, lado impar a 68,00 metros da esquina com a Rua Alfredo de Almeida, lado par com a seguintes características: Possui 15,00 metros de frente para a Rua XV de novembro, lado impar em rumo de 5, 6°NE, limitada no lado direito 25,00 metros e 16,00 metros com terreno de João Garrido e Lothar Katzwinkel, respectivamente, limita no lado esquerdo 41,00 metros com terreno da área 2-2 da mesma divisão e faz fundos de 13,00 metros com terreno de Odilon Martins e 2,00 metros com terreno de Tipografia e Papelaria Koste Ltda. Seus ângulos internos em sentido horário a Partir da divisa com a Rua XV de Novembro e terreno de João Garrido São de 86°, 94°, 8, 6° e 94°. Contendo uma casa de alvenaria sob o número 673 com área de 222,590m2, averbada em 18 de agosto de 1982, conforme consta no AV 3/2566 do CRI de Rio Negro-PR. Regendo-se a presente licitação pelas disposições legais vigentes, em especial os Decretos nº 21.981 de 19.10.32 e 22.427 de 01.02.33 e Lei nº 8.666, de 21.06.93, com as alterações introduzidas pela Lei nº 8.883, de 08.06.94, bem como pela Lei 9.514/97 de 20/11/97 e condições estabelecidas neste Edital. 1 - DO OBJETO 1.1 - Imóveis recebidos em garantia, nos contratos inadimplentes de Alienação Fiduciária, aqui relacionados e descritos. 2 – DO LOCAL, DAS DATAS, DOS PREÇOS E DAS FORMAS DE PAGAMENTOS. 2.1 – Os leilões serão realizados no Rio Negro Hotel, à Rua XV de Novembro, número 40 – em Rio Negro - Paraná 2.2 - Primeiro Leilão: 19 de agosto de 2.011 a partir 11:30 horas, por preço igual ou superior ao da avaliação. 2.3 - Segundo Leilão: 26 de agosto de 2.011 a partir 11:30 horas, pela melhor oferta, desde que o lance seja igual ou superior ao valor da dívida, das despesas, dos prêmios de seguro, dos encargos legais, inclusive tributos, e das contribuições condominiais. 2.4 – O valor do lance e da comissão do leiloeiro será à vista, logo após o pregão. 3 - DOS LANCES 3.1 – Os lances poderão ser presenciais, por proposta escrita, por telefone, pela internet ou por e-mail. 3.2 – Os lances presenciais deverão ser ofertados no pregão pelos interessados ou seus procuradores, estes devidamente investidos por instrumento de mandato, com firma do outorgante reconhecida por tabelião. 3.3 – Somente serão aceitos lances não presenciais, de pessoas ou empresas devidamente cadastradas nos escritórios do leiloeiro e por ele autorizadas. 3.4 – Os lances ofertados por pessoas jurídicas, deverão estar acompanhados dos seus Contatos Sociais e os documentos dos seus representantes e ou seus procuradores. 4 - DA APURAÇÃO DO LANCE VENCEDOR 4.1 - Será considerado lance vencedor aquele que ofertar o maior valor. 4.2 – Após a homologação da venda pelo leiloeiro, a venda tornar-se-á irretratável e irrevogável. 5 - DOS PAGAMENTOS 5.1 - O arrematante pagará, no ato do leilão, o valor do seu lance ofertado e homologado pelo leiloeiro. 5.2 – O arrematante pagará no ato do leilão a comissão do leiloeiro, correspondente a 5 % do lance vencedor (Artigo 24 da Lei 21.981/32). 5.2.1 - O valor da comissão do leiloeiro não compõe o valor do lance ofertado. 6 – DO AUTO DE ARREMATAÇÃO, ATA E CERTIDÃO DO LEILÃO 6.1 - Será elaborado no pregão o Auto de Arrematação, a Certidão de Leilão e a Ata do Leilão, contendo, para cada imóvel, o valor do lance vencedor, valor pago no ato do pregão, as condições de pagamento e dados do arrematante, bem como demais acontecimentos relevantes. 6.2 - O Auto de Arrematação será assinado pelo leiloeiro, pelo arrematante e pelo comitente e conterá o valor do lance, os dados do arrematante e as condições do leilão. 6.3 – A Certidão do Leilão será assinada pelo leiloeiro e pelo arrematante. 6.4 – A Ata do Leilão será assinada pelo leiloeiro, contendo o ato do leilão e demais acontecimentos relevantes. 7 - DA HOMOLOGAÇÃO E DIVULGAÇÃO DO RESULTADO OFICIAL 7.1 - A homologação do resultado do leilão é efetuada pelo Leiloeiro, e constará da Ata de Leilão. 8 - DA CONVOCAÇÃO DO ARREMATANTE 8.1 - O arrematante terá o prazo máximo de 24 (vinte e quatro) horas, contados da data do Leilão Público, para apresentar toda a sua documentação, visando efetivar a venda do imóvel. 9 – DO EDITAL DE LEILÃO PÚBLICO E ALIENAÇÃO FIDUCIÁRIA 9.1 - O contrato de financiamento ou escritura pública, conforme o caso, será firmado em até 30 dias corridos após a realização do Leilão Público. 10 – DAS RESPONSABILIDADES DOS ARREMATANTES 10.1 - Todas as despesas necessárias à lavratura da escritura; 10.2 - O recolhimento do ITBI e demais impostos, taxas, despesas notariais e de Registro incidente sobre a venda, quando houver; 10.3 - A iniciativa necessária à lavratura da escritura, inclusive a obtenção de guias, declarações e documentos exigíveis, com o conseqüente pagamento, às suas expensas, de taxas, impostos, emolumentos, registros, etc. 11 - DA COMISSÃO DO LEILOEIRO 11.1 – Em sendo qualquer dos leilões positivos, a comissão do leiloeiro será sempre devida (Artigo 24 da Lei 21.981/32), pelo seu ato praticado. 12 – DAS MULTAS Serão revertidos em multa e descontado dos valores recebidos no ato do leilão : 5% referente a comissão do leiloeiro e 20% do valor do lance ofertado pelo arrematante, nos casos de: 12.1.1 – Desistência por parte do arrematante; 12.1.2 - Não cumprimento do prazo para pagamento; 12.1.3 - Não formalização da venda no prazo ou na forma estabelecida, por motivos ocasionados pelo arrematante. 12.1.4 - descumprimento por parte do arrematante de quaisquer outras condições estabelecidas no presente Edital. 13 - DAS DISPOSIÇÕES FINAIS 13.1 - Nenhuma diferença porventura comprovada nas dimensões dos imóveis pode ser invocada, a qualquer tempo, como motivo para compensações ou modificações no preço ou nas condições de pagamento, ficando a cargo e ônus do adquirente a sua regularização. 13.2 - Os imóveis são ofertados à venda como coisa certa e determinada (venda “adcorpus”), sendo apenas enunciativas as referências neste edital e em seus anexos, e serão vendidos no estado de ocupação e conservação em que se encontram, ficando a cargo do adquirente a sua desocupação, reformas que ocasionem alterações nas quantidades e/ou dimensões dos cômodos, averbação de áreas e/ou regularização, quando for o caso, arcando o adquirente com as despesas decorrentes. Curitiba, 09 de agosto de 2011. Eu (a) PLINIO BARROSO DE CASTRO FILHO - Leiloeiro Judicial que o fiz digitar e subscrevi.-o. DOMÍNIO FOMENTO & TRUSTEE LTDA Comitente e Agente Fiduciário

P.B.CASTRO LEILÕES

Plínio Barroso de Castro Filho Leiloeiro Judicial e Depositário Judicial Particular - Matrícula JUCEPAR 668 www.pbcastro.com.br - leiloes@pbcastro.com.br

EDITAL DE LEILÃO PÚBLICO CONDIÇÕES BÁSICAS 19 de agosto de 2.011 a partir 11:40 horas, por preço igual ou

Primeiro Leilão: superior ao da avaliação. Segundo Leilão: 26 de agosto de 2.011 a partir 11:40 horas, pela melhor oferta, desde que o lance seja igual ou superior ao valor da dívida, das despesas, dos prêmios de seguro, dos encargos legais, inclusive tributos, e das contribuições condominiais. Valor da dívida: R$: 59.516,16 (atualizado até 03 de junho de 2.011) Avaliação do imóvel R$: R$ 95.130,00 Local dos leilões: Rio Negro Hotel, à Rua XV de Novembro, 40 – Rio Negro Paraná Comitente DOMÍNIO FOMENTO & TRUSTEE LTDA. EDITAL DOMÍNIO FOMENTO & TRUSTEE LTDA, pessoa jurídica e de direito privado, registrada no CNPJ sob o número 82.516.063/0001-60 estabelecida à Rua Visconde de Nacar, 865, conjunto 201 em Curitiba-PR. Leva ao conhecimento dos interessados que fará realizar licitação, sob a modalidade de LEILÃO PÚBLICO, por intermédio do LEILOEIRO PÚBLICO OFICIAL PLINIO BARROSO DE CASTRO FILHO, credenciado, regularmente matriculado na junta comercial do Estado de Paraná,sob o número 668. para alienação do(s) imóvel(is) recebido(s) em garantia, nos contratos inadimplentes de Alienação Fiduciária, pela maior oferta, no estado de ocupação e conservação em que se encontra(m), o imóvel objeto da Matricula 8115 do Registro de Imóveis da 2ª Circunscrição de Mafra-SC, BENS: Lote Urbano, sem benfeitorias, com área de dois mil, duzentos e quatorze (2.214) metros quadrados, situado na cidade de Mafra-SC , no bairro Campo da Lança, a BR-280, distante 600,00 metros do eixo da BR-116, sentido Lages à Curitiba, com a seguinte descrição: Inicia-se no marco denominado ‘O=PP’ georreferenciado no sistema Geodésico Brasileiro, DATUM – SAD69, MC-51°W, coordenadas Plano Retangulares= Relativas, Sistema UTM: E= 618828.480Mm e N=7107805.367m, dividindo com a BR-280, lado esquerdo sentido Mafra à Rio Negrinho, distante= 600,00 metros do entroncamento com o eixo da BR -116, pelo lado esquerdo sentido Norte; daí segue confrontando com a BR-280 Lado esquerdo sentido Mafra à Rio Negrino com o azimute de 172°29’14’’ e a distância de 42,03 metros até o marco ‘1’ (E=618833.975m e N=7107763.700m); deste segue confrontando com João Zeithammer Filho e Ana Zeithammer com o azimute de 92°22’25’’ e a distância de 47,25 metros até o marco ‘2’ (E=618881.187m e N=7107761.743m); deste segue com o azimute de 354°13’20’’ e a distância de 51,48 metros até o marco ‘3’ (E=618876.005m e N=7107812.957m); deste segue confrontando = com Iolanda Kondlatsch Medeiros com o azimute de 260°55’34’’ e a distância de 48,13 metros até o marco ‘O=PP’ (E=618828.480m e N=7107805.367m), fechando assim o perímetro. 1 - DO OBJETO 1.1 - Imóveis recebidos em garantia, nos contratos inadimplentes de Alienação Fiduciária, aqui relacionados e descritos. 2 – DO LOCAL, DAS DATAS, DOS PREÇOS E DAS FORMAS DE PAGAMENTOS. 2.1 – Os leilões serão realizados no Rio Negro Hotel, à Rua XV de Novembro, número 40 – em Rio Negro - Paraná 2.2 - Primeiro Leilão: 19 de agosto de 2.011 a partir 11:40 horas, por preço igual ou superior ao da avaliação. 2.3 - Segundo Leilão: 26 de agosto de 2.011 a partir 11:40 horas, pela melhor oferta, desde que o lance seja igual ou superior ao valor da dívida, das despesas, dos prêmios de seguro, dos encargos legais, inclusive tributos, e das contribuições condominiais. 2.4 – O valor do lance e da comissão do leiloeiro será à vista, logo após o pregão. 3 - DOS LANCES 3.1 – Os lances poderão ser presenciais, por proposta escrita, por telefone, pela internet ou por e-mail. 3.2 – Os lances presenciais deverão ser ofertados no pregão pelos interessados ou seus procuradores, estes devidamente investidos por instrumento de mandato, com firma do outorgante reconhecida por tabelião. 3.3 – Somente serão aceitos lances não presenciais, de pessoas ou empresas devidamente cadastradas nos escritórios do leiloeiro e por ele autorizadas. 3.4 – Os lances ofertados por pessoas jurídicas, deverão estar acompanhados dos seus Contatos Sociais e os documentos dos seus representantes e ou seus procuradores. 4 - DA APURAÇÃO DO LANCE VENCEDOR 4.1 - Será considerado lance vencedor aquele que ofertar o maior valor. 4.2 – Após a homologação da venda pelo leiloeiro, a venda tornar-se-á irretratável e irrevogável. 5 - DOS PAGAMENTOS 5.1 - O arrematante pagará, no ato do leilão, o valor do seu lance ofertado e homologado pelo leiloeiro. 5.2 – O arrematante pagará no ato do leilão a comissão do leiloeiro, correspondente a 5 % do lance vencedor (Artigo 24 da Lei 21.981/32). 5.2.1 - O valor da comissão do leiloeiro não compõe o valor do lance ofertado. 6 – DO AUTO DE ARREMATAÇÃO, ATA E CERTIDÃO DO LEILÃO 6.1 - Será elaborado no pregão o Auto de Arrematação, a Certidão de Leilão e a Ata do Leilão, contendo, para cada imóvel, o valor do lance vencedor, valor pago no ato do pregão, as condições de pagamento e dados do arrematante, bem como demais acontecimentos relevantes. 6.2 - O Auto de Arrematação será assinado pelo leiloeiro, pelo arrematante e pelo comitente e conterá o valor do lance, os dados do arrematante e as condições do leilão. 6.3 – A Certidão do Leilão será assinada pelo leiloeiro e pelo arrematante. 6.4 – A Ata do Leilão será assinada pelo leiloeiro, contendo o ato do leilão e demais acontecimentos relevantes. 7 - DA HOMOLOGAÇÃO E DIVULGAÇÃO DO RESULTADO OFICIAL 7.1 - A homologação do resultado do leilão é efetuada pelo Leiloeiro, e constará da Ata de Leilão. 8 - DA CONVOCAÇÃO DO ARREMATANTE 8.1 - O arrematante terá o prazo máximo de 24 (vinte e quatro) horas, contados da data do Leilão Público, para apresentar toda a sua documentação, visando efetivar a venda do imóvel. 9 – DO EDITAL DE LEILÃO PÚBLICO E ALIENAÇÃO FIDUCIÁRIA 9.1 - O contrato de financiamento ou escritura pública, conforme o caso, será firmado em até 30 dias corridos após a realização do Leilão Público. 10 – DAS RESPONSABILIDADES DOS ARREMATANTES 10.1 - Todas as despesas necessárias à lavratura da escritura; 10.2 - O recolhimento do ITBI e demais impostos, taxas, despesas notariais e de Registro incidente sobre a venda, quando houver; 10.3 - A iniciativa necessária à lavratura da escritura, inclusive a obtenção de guias, declarações e documentos exigíveis, com o conseqüente pagamento, às suas expensas, de taxas, impostos, emolumentos, registros, etc. 11 - DA COMISSÃO DO LEILOEIRO 11.1 – Em sendo qualquer dos leilões positivos, a comissão do leiloeiro será sempre devida (Artigo 24 da Lei 21.981/32), pelo seu ato praticado. 12 – DAS MULTAS Serão revertidos em multa e descontado dos valores recebidos no ato do leilão : 5% referente a comissão do leiloeiro e 20% do valor do lance ofertado pelo arrematante, nos casos de: 12.1.1 – Desistência por parte do arrematante; 12.1.2 - Não cumprimento do prazo para pagamento; 12.1.3 - Não formalização da venda no prazo ou na forma estabelecida, por motivos ocasionados pelo arrematante. 12.1.4 - descumprimento por parte do arrematante de quaisquer outras condições estabelecidas no presente Edital. 13 - DAS DISPOSIÇÕES FINAIS 13.1 - Nenhuma diferença porventura comprovada nas dimensões dos imóveis pode ser invocada, a qualquer tempo, como motivo para compensações ou modificações no preço ou nas condições de pagamento, ficando a cargo e ônus do adquirente a sua regularização. 13.2 - Os imóveis são ofertados à venda como coisa certa e determinada (venda “adcorpus”), sendo apenas enunciativas as referências neste edital e em seus anexos, e serão vendidos no estado de ocupação e conservação em que se encontram, ficando a cargo do adquirente a sua desocupação, reformas que ocasionem alterações nas quantidades e/ou dimensões dos cômodos, averbação de áreas e/ou regularização, quando for o caso, arcando o adquirente com as despesas decorrentes. Curitiba, 09 de agosto de 2011. Eu (a) PLINIO BARROSO DE CASTRO FILHO - Leiloeiro Judicial que o fiz digitar e subscrevi.-o. DOMÍNIO FOMENTO & TRUSTEE LTDA Comitente e Agente Fiduciário

Dr. Fabio Mauricio Topolski Diretor Presidente da COPAN

C&D - DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS S/A CNPJ (MF) Nº 82.016.270/0001-55 NIRE nº 41300078092 ATA DA 5ª ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA, REALIZADA EM 27/06/2011 Aos vinte e sete dias do mês de junho de dois mil e onze, às 10:00 horas, na sede social da companhia, localizada na Rua XV de Novembro, nº 270, 6º andar, conj. 601, no Município de Curitiba, Estado do Paraná, reuniram-se em Assembléia Geral Extraordinária os acionistas da C&D – DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS S/A, representando 100% (cem por cento) do capital social com direito a voto, conforme assinaturas apostas no Livro de Presença de Acionistas, estando assim dispensados da convocação através de publicação de edital segundo o §4º do artigo 124 da Lei nº 6.404/76. Assumiu a presidência dos trabalhos o Senhor Antonio Peixoto Cherem, brasileiro, separado judicialmente, administrador, portador da carteira de identidade nº 728.313 – SSP/PR, inscrito no CPF nº 171.623.869-20, residente e domiciliado na Rua Alice Tibiriçá, nº 629, apto. 1.102, Curitiba, Paraná, CEP 80730-320, Diretor Presidente da companhia que convidou a mim, Vilson Ronald Ribas Deconto, brasileiro, casado pelo regime da comunhão universal de bens, economista, portador da carteira de identidade nº 285.061 – SSP/PR, inscrito no CPF nº 002.034.679-49, residente e domiciliado na Rua Nicola Pelanda, nº 211, Curitiba, Paraná, CEP 81880000, para secretariá-lo. Assim, após composta a mesa, foram iniciados os trabalhos. ORDEM DO DIA: I – Alteração do Artigo 9º do Estatuto Social, com o objetivo de alterar o prazo máximo do mandato da Diretoria, de 2 (dois) para 3 (três) anos; e II – Ratificação da eleição dos membros da Diretoria da Companhia, deliberada através da 4ª (quarta) Assembléia Geral Extraordinária, realizada em 18/04/2011. DELIBERAÇÕES: O Senhor Presidente submeteu á apreciação os assuntos constantes da Ordem do Dia, sendo deliberado: item I – Foi aprovada a Alteração do Artigo 9º do Estatuto Social, com o objetivo de alterar o prazo máximo do mandato da Diretoria, de 2 (dois) para 3 (três) anos, passando a referido Artigo a ter a seguinte redação: “Artigo 9º - A Diretoria é composta de até 5 (cinco) membros, escolhidos dentre acionistas ou não, eleitos em Assembléia Geral, com mandato de até 03 (três) anos, sendo um Diretor Geral, um Diretor de Administração de Carteira de Valores Mobiliários e os demais Diretores sem designação específica, podendo ser reeleitos. “; e II – Face a alteração do Artigo 9º do Estatuto Social, os acionistas, por unanimidade, ratificaram a eleição dos membros da Diretoria da Companhia, deliberada através da 4ª (quarta) Assembléia Geral Extraordinária, realizada em 18/04/2011, cujo prazo do mandato é de 3 (três) anos, cujo término será em 18/04/2014. Em seguida, o Senhor Presidente deixou livre a palavra e como ninguém se manifestou, agradeceu a presença dos senhores acionistas e solicitou que fossem procedidos e levados a efeito os atos complementares á formulação dos documentos e deliberações ora aprovadas e deu por encerrada a Assembléia, da qual, para constar, eu, Vilson Ronald Ribas Deconto, lavrei a presente Ata, que depois de lida e achada conforme, foi aprovada e assinada pelos membros da mesa e pelos acionistas. Curitiba (PR), 27 de Junho de 2011. Ass: Antonio Peixoto Cherem – Presidente e Acionista e Vilson Ronald Ribas Deconto – Secretário e Acionista. Aprovada pela Junta Comercial do Estado do Paraná, em 09/08/2.011, sob o nº 20111630169. RESISTER PARTICIPAÇÕES E ADMINISTRAÇÃO S/A NIRE Nº 41300070521 CNPJ Nº 02.328.846/0001-80 ATA DA NONA ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA REALIZADA EM 20 DE MAIO DE 2.011 01.FORMA: Lavrada nos termos do parágrafo primeiro do art. 130, da Lei 6.404/76. 02.DATA, HORA E LOCAL: 20.05.2011, às 09:00 horas, à Avenida Paraná, 2315 – Boa Vista, nesta cidade de Curitiba – PR. 03.PUBLICAÇÕES: Dispensadas, de acordo com o disposto no art. 124, parágrafo quarto, da Lei 6.404/76. 04.PRESENÇA: Acionistas representando 100% (cem por cento) do capital social, conforme Livro de Presenças de Acionistas. 05.COMPOSIÇÃO DA MESA: Presidente Sr. DARCI GULIN, Secretário Sr. WALDEMAR GERONASSO. 06. CONVOCAÇÃO: Dispensada, face à presença de acionistas representando 100% (cem por cento) do capital social. 07. ORDEM DO DIA Apreciação, discussão e votação do Relatório da Diretoria e Balanço Geral a) referente ao exercício encerrado em 31.12.2.010; Eleição da Diretoria para o Triênio de 2011/2013. b) 08. DELIBERAÇÕES: Dando início aos trabalhos o Sr. Presidente determinou a mim Secretário, que procedesse a leitura dos documentos a que se refere a letra “a”, da Ordem do Dia da Carta Convite, publicado no Diário Oficial do Estado do Paraná, no dia 18 de maio de 2.011, à página 31 e no Jornal da Indústria e Comércio de Curitiba no dia 18 de maio de 2.011, à página A-7. Concluída a leitura, o Sr. Presidente, dando prosseguimento aos trabalhos, fez rápidos esclarecimentos sobre os assuntos em exame, recomendando a assembléia a aprovação do Balanço Patrimonial e das Demonstrações referente ao exercício encerrado em 31/12/2.010. Após considerações, o Sr. Presidente colocou em votação os documentos e a proposição referente aos resultados, matéria esta, toda constante da letra “a”, da Ordem do Dia, a qual foi aprovada por unanimidade de votos dos presentes sem reservas ou restrições, com abstenção dos impedidos por lei. Na continuidade dos trabalhos passou-se a tratar do item “b” da Ordem do Dia da Carta Convite dizendo o Presidente da Mesa da necessidade de se eleger a Diretoria para o Triênio 2.011/2.013, concluída a consulta, constatou-se a nova eleição para os cargos de DIRETOR PRESIDENTE Sr. DÉLFIO JOSÉ GULIN, brasileiro, natural de Curitiba estado do Paraná, casado em regime de comunhão universal de bens, economista, portador da Cédula de Identidade Civil nº 411.996/SSP-PR., inscrito junto ao Cadastro de Pessoas Físicas do Ministério da Fazenda sob nº 003.068.949-04, residente e domiciliado à Rua Clóvis Beviláqua, 300 - apto 601, Bairro Cabral, em Curitiba, PR., CEP nº 80.035-080, para DIRETOR VICE-PRESIDENTE Sr. DARCI GULIN, brasileiro, natural de Curitiba estado do Paraná, casado em regime de separação total de bens, administrador de empresa, portador da Cédula de Identidade Civil nº 579.361/ SSP-PR., inscrito junto ao Cadastro de Pessoas Físicas do Ministério da Fazenda sob nº 110.370.169-04, residente e domiciliado à Rua João Américo de Oliveira nº 825 Apto. 401, Bairro Hugo Lange, em Curitiba, PR., CEP nº 80.040-352, para DIRETOR SUPERINTENDENTE Sr. LUCIANO RASERA GULIN, brasileiro, natural de Curitiba estado do Paraná, solteiro, nascido em 04 de dezembro de 1976, administrador de empresas, portador da Cédula de Identidade Civil no. 5.076.801-5/SSP-Pr., inscrito junto ao Cadastro de Pessoas Físicas do Ministério da Fazenda sob o no. 022.157.69912, residente e domiciliado à Rua Jaime Balão, 975 – Apto 407, Bairro Hugo Lange, em Curitiba, Pr., CEP nº 80.040-340, para DIRETOR ADMINISTRATIVO Sr. DALTO GULIN, brasileiro, natural de Curitiba estado do Paraná, solteiro, nascido em 03 de julho de 1946, médico, portador da Cédula de Identidade Civil nº 446.009/SSPPR., inscrito junto ao Cadastro de Pessoas Físicas do Ministério da Fazenda sob nº 312.972.429-04, residente e domiciliado à Rua Recife nº 333, Bairro de Cabral, em Curitiba, PR., CEP nº 80.035-110 e para DIRETOR FINANCEIRO Sr. WALDEMAR GERONASSO, brasileiro, natural de Curitiba estado do Paraná, viúvo, advogado, portador da Cédula de Identidade Civil nº 241.994/SSP-PR., inscrito junto ao Cadastro de Pessoas Físicas do Ministério da Fazenda sob nº 003.071.149-53, residente e domiciliado à Rua Holanda nº 777, Bairro Boa Vista, em Curitiba, PR., CEP nº 82.540040. Após considerações, o Presidente da Mesa colocou em votação a proposição referente a Diretoria, matéria esta, toda constante da letra “b”, da Ordem do Dia, a qual foi aprovada por unanimidade de votos sem reservas ou restrições. Dando seqüência aos trabalhos, o Presidente da Mesa, declarou os reeleitos empossados nos seus respectivos cargos, com mandato até a Assembléia Geral que aprovar as Contas de seu último ano de gestão, ou seja, até 30 de Abril de 2.014, com aprovação do Balanço Patrimonial de 31 de Dezembro de 2013. 09.QUORUM DELIBERATIVO: Todas as deliberações foram aprovadas pela unanimidade dos presentes. 10.ENCERRAMENTO: Foram suspensos os trabalhos até a lavratura da presente, que lida e achada conforme foi por todos assinada. 11.ACIONISTAS PRESENTES: DARCI GULIN, DÉLFIO JOSÉ GULIN, BENNY MAC PARTICIPAÇÕES SOCIETÁRIAS S/A, DALTO GULIN e WALDEMAR GERONASSO. 12.CERTIDÃO: Certifico que a presente ata é cópia fiel da ata lavrada no livro de Registro de Atas de Assembléias nº 01 da companhia. DARCI GULIN Presidente da Mesa

Curitiba/PR, 20 de maio de 2.011. WALDEMAR GERONASSO Secretário

Registrada na Junta Comercial do Estado do Paraná sob o nº 20111628733 em 01/08/2011.


Opinião Possíveis alterações no aviso prévio

Atualmente, muito tem se noticiado sobre a polêmica questão da proporcionalidade do aviso prévio, assunto este que ganhou grande atenção na mídia nas últimas semanas, considerando o julgamento, pelo Supremo Tribunal Federal (STF), de quatro Mandados de Injunção impetrados. Primeiramente, vale esclarecer que o Mandado de Injunção (MI) é um remédio constitucional que pode ser impetrado por pessoa física ou jurídica, perante o STF, que detenha um direito previsto na Constituição Federal e que, por inércia do Poder Legislativo, não tenha sido regulamentada, e, em razão dessa não regulamentação se sinta prejudicada. Ou seja, é um procedimento processual que visa sanar falha do Poder Legislativo, através do Poder Judiciário. No caso concreto, quatro ex-empregados de uma Companhia impetraram MIs para que o Supremo declare que o Congresso Nacional foi omisso ao não regulamentar o aviso prévio proporcional ao tempo de serviço e fixe as regras sobre o tema até que uma lei regulamente o mesmo. A questão toda surgiu uma vez que a Constituição Federal de 1988 (CF/88) dispõe em seu artigo 7º, inciso XXI (vinte e um), que é direito dos trabalhadores o aviso prévio proporcional ao tempo de serviço, sendo mínimo de trinta dias, nos termos da lei, no entanto, referida lei ainda não existe. Destaca-se que, considerando a falta de lei promulgada, a regra aplicada até então pelas empresas é da concessão e/ou pagamento de forma indenizada do período mínimo de trinta dias de aviso prévio, independentemente do tempo de serviço. No entanto, cumpre destacar também que, alguns sindicatos, através de Acordos ou Convenções Coletivas acabaram por “regrar” no âmbito de suas categorias de representação o aviso prévio proporcional, comumente de 45 dias ou 60 dias, para pessoas que trabalharam por um período “x” na mesma empresa ou que tenham “x” anos de idade. Quanto a estes instrumentos impetrados, e que tem causado polêmica jurídica, o STF já se pronunciou em 22 de junho de 2011, onde os Ministros, por unanimidade, entenderam que o inciso XXI, do artigo 7º da CF/88, citado linhas acima, deve ser cumprido, ou seja, os Ministros já se posicionaram favoráveis ao pagamento do aviso prévio de forma proporcional ao tempo trabalhado, no entanto, o julgamento restou suspenso, já que os mesmos não chegaram a um acordo sobre a fórmula do cálculo do aviso prévio proporcional. O julgamento deste tema ainda não tem data para ocorrer, porém, a questão preocupante é que o Supremo poderá entender que o julgamento dos quatro MIs gerará não só efeitos para os autores das ações, mas para toda a coletividade de trabalhadores, o que juridicamente é chamado de efeito “erga omnes”. Ou seja, uma vez estabelecida uma regra pelo Poder Judiciário no sentido da proporcionalidade do aviso prévio, todas as empresas estariam, em tese, obrigadas a cumpri-la, até que sobrevenha uma lei pelo Poder Legislativo. A problemática é que a tal proporcionalidade gerará altos custos para os empregadores e, assim sendo, aumentará ainda mais o ônus do trabalho formal em nosso país, e, consequentemente, estimulará ainda mais a informalidade. Cumpre destacar ainda que é discutível se a decisão do STF que está por vir, será obrigatória para todas as empresas ou não, uma vez que a Constituição Federal também dispõe em seu artigo 5º, inciso II, que: “ninguém será obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa senão em virtude de lei”. Se considerarmos os dizeres do inciso II supra citado, as empresas somente estariam obrigadas a aplicar a proporcionalidade do aviso prévio, tão somente após o pronunciamento do legítimo elaborador das leis, o Poder Legislativo, tendo efeito a decisão do Poder Judiciário, somente para os quatro jurisdicionados que impetraram os polêmicos MIs. Ademais é discutível também se houve mesmo a dita omissão do Poder Legislativo sobre o assunto, argumento este para a impetração dos M.Is., uma vez que alguns projetos de lei sobre o tema, já estão em tramitação há alguns anos e, se até o momento não foram votados, é possível afirmar que o assunto não convém ao país, não só em razão do aumento dos custos, mas também em razão do impacto que tal alteração causará ao mercado brasileiro, frente ao mundo globalizado. Cumpre destacar ainda que o empregado brasileiro, possui garantias financeiras inexistentes em outros países, tais como o seguro desemprego, o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e respectiva multa rescisória de 40%, multa esta incidente sobre o valor do montante histórico de todos os depósitos efetuados durante a vida laboral do empregado, verba esta que corresponde ao maior valor das chamadas “verbas rescisórias”, pagas quando da despedida sem justa causa. Ou seja, se a multa de 40% do FGTS já guarda relação com a proporcionalidade do histórico laboral do trabalhador (pois, quanto mais tempo de trabalho, consequentemente gera mais depósitos do FGTS, que é a base de cálculo da multa em referência), poderíamos até entender que o aviso prévio proporcional que se busca via MI, poderia significar verdadeiro “bis in idem” ao empregador, que pagaria, mais uma vez, por uma verba em razão da proporcionalidade de tempo de serviço do empregado. Na atual conjuntura sócio/econômica/política mundial, é tempo de se pensar em flexibilização das relações de trabalho, uma vez que o Brasil, embora figure na lista dos 10 países que mais recebem investimentos estrangeiros, poderia crescer muito mais, se comparado a países onde os encargos trabalhistas, fiscais e previdenciários são mais atrativos. Outro ponto que merece ser ressaltado é que com atitudes como as do Poder Judiciário que tem atuado como “substituto” do Poder Legislativo, passando literalmente por cima de todos os procedimentos republicanos de criação das leis e até do Poder Constituinte em alguns casos, fica latente a grande insegurança jurídica pela qual passam todos os cidadãos, em especial os investidores locais e estrangeiros. Assim, ao que parece, o que o Brasil vem tentando, de forma obliqua, é desmotivar a demissão sem justa causa, fazendo valer, de forma tangencial os dizeres da Convenção 158 da Organização Internacional do Trabalho (OIT), dispositivo este que veda a dispensa arbitrária, sem justa causa, e que até então não foi recepcionado por nosso país, por tratar-se de verdadeiro retrocesso nas relações de trabalho, uma vez que fere a livre iniciativa e principalmente o poder potestativo do empregador. *Norton Augusto da Silva Leite Advogado e Sócio da Pactum Consultoria Empresarial

Justiça&Direito Indústria&Comércio | Curitiba, sexta-feira a domingo, 12 a 14 de agosto de 2011 | A8

Pacificação

Conciliações movimentam quase R$ 2 milhões no RS Mutirão alcançou a marca de R$ 1.941.036,02 negociados por meio da conciliação Em apenas cinco dias de mutirão, a Justiça Federal do Rio Grande do Sul alcançou a marca de R$ 1.941.036,02 negociados por meio da conciliação. Os eventos foram promovidos pelos Centros Judiciários de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejuscons) de Caxias do Sul, Porto Alegre e Santa Maria, de 1º a 5 de agosto. No total, foram 198 audiências feitas e 98 acordos fechados — a grande maioria envolvendo conflitos relativos a contratos com a Caixa Econômica Federal (Sistema Financeiro da Habitação e Crédito Estudantil). Atualmente, a Justiça Federal no Rio Grande do Sul conta com seis Cejuscons envolvidos na promoção da conciliação como forma de solucionar conflitos pacificamente. Além das três cidades que fizeram mutirões na semana passada, Novo Hamburgo, Rio Grande e Pelotas também contam com unidades especializadas em conciliação.

No total, foram 198 audiências feitas e 98 acordos fechados — a grande maioria envolvendo conflitos relativos a contratos com a Caixa Econômica Federal

STJ analisará regras de compra de ações da Brahma/Ambev A Quarta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) vai interpretar juridicamente o real significado de termo legal inserido em contrato de emissão de bônus de subscrição de ações da Cervejaria Brahma, substituídos por títulos da Companhia de Bebidas das Américas (Ambev). O resultado do julgamento vai acabar definindo o preço de aquisição das ações. A controvérsia é a cláusula de reajuste do preço de exercício dos bônus de subscrição, que são títulos negociáveis que dão ao seu titular o direito de comprar ações da empresa, com preço e em prazo preestabelecidos. O texto fala em ajuste de preço caso haja aumento

de capital por subscrição pública ou privada, ou seja, oferta de novas ações a não acionistas ou a um grupo restrito. Segundo o ministro João Otávio de Noronha, o cerne da questão é definir juridicamente se, de acordo com a Lei 6.404/76, conhecida como Lei das S.A., aumento de capital decorrente do exercício de opção de compra (ações oferecidas aos empregados) ou de bônus de subscrição são hipóteses de subscrição pública ou privada de ações. Noronha entende que não é um caso de interpretação de cláusula contratual, vedada pela Súmula 5 do STJ. “A questão aqui examinada não é saber o alcance do que

as partes pactuaram, mas o que significa, perante a lei, aquilo que pactuaram”, explicou o ministro. Além disso, os tribunais do Rio de Janeiro e de São Paulo deram decisões divergentes em processos idênticos. Seguindo o voto-vista de Noronha, a Quarta Turma deu provimento ao agravo regimental da Ambev para que o STJ julgue o recurso especial sobre a disputa entre empresa e acionistas. O relator do agravo, ministro Aldir Passarinho Junior, atualmente aposentado, ficou vencido. Para ele, o recurso não deveria ser julgado pelo STJ em razão das Súmulas 5 e 7. Esta última veda a revisão de provas.

Acusados no caso Banestado têm HC negado no Supremo A 1ª Turma do Supremo Tribunal Federal negou Habeas Corpus a dois acusados (pai e filho) de crimes relacionados ao caso Banestado. O ministro Luiz Fux, ao indeferir o HC, rebateu um dos arguemntos da defesa dizendo “que uma denúncia que descreve minuciosamente os fatos não é inepta”. A defesa dos réus pediu o trancamento da ação penal. Alegou haver uma superabundância de figuras delitivas que seriam incompatíveis entre si. Além disso, sustentavam que o juiz da 1ª Vara Federal de Curitiba, onde tramita o processo, não seria competente para julgá-los. Por fim, argumentou que a denúncia seria inepta. O relator do caso, ministro Luiz Fux, frisou em seu voto que os delitos citados na ação penal não seriam incompatíveis entre si. E, por conta da conexão entre os fatos apurados nessa ação penal e

os que já constavam de processos que tramitam na vara paranaense, o juiz da 1ª Vara Federal de Curitiba seria competente para o julgamento da causa. Em 2008, pai e filho foram denunciados pelo Ministério Público Federal e pela Polícia Federal em

decorrência da Operação Zero Absoluto, da Polícia Federal, que investigava o envio ilegal de dinehiro para contas no exterior sob a fachada de empresas de câmbio e turismo. Os acusados seriam titulares da conta Parned, no Merchants Bank, em Nova Iorque.

Ministro Luis Felipe preside a 4ª Turma do STJ Três anos depois de tomar posse como ministro do Superior Tribunal de Justiça, o ministro Luis Felipe Salomão assumirá, na próxima terça-feira (16/8), a presidência da 4ª Turma do STJ. O ministro ocupará o cargo deixado pelo colega João Otávio de Noronha, que assumiu a Corregedoria-Geral da Justiça Federal. Salomão é nascido em Salvador, mas fez carreira no Rio de Janeiro. Chegou ao STJ depois de 18 anos de magistratura na Justiça do Rio e no Tribunal de Justiça Fluminense. Foi titular de vara cível e empresarial e se tornou respeitado especialista em Direito Comercial, principalmente quando o tema é a Lei de Recuperação Judicial. Uma das decisões por meio das quais o STJ garantiu a eficácia da Lei de Recuperação Judicial foi relatada por Salomão. O ministro fixou duas teses: o juiz trabalhista não pode determinar a desconsideração da personalidade jurídica para bloquear os bens dos sócios e da empresa e o prazo de 180 dias para que as execuções contra a empresa fiquem suspensas pode ser prorrogado. O juiz também é defensor ferrenho de filtros processuais efetivos para os tribunais superiores. Com a saída de Noronha, a 4ª Turma ficou desfalcada. Hoje, é composta também pelos ministros Raul Araújo, Isabel Gallotti e Antonio Carlos Ferreira.

Corte de Haia vai analisar jurisdição internacional Está à espera de julgamento na Corte Internacional de Justiça (CIJ) o processo que pode definir as regras para a chamada jurisdição internacional, que permite que um país terceiro julgue um crime cometido fora das suas fronteiras e sem qualquer relação com seus cidadãos. O princípio prega que alguns crimes agridem toda a humanidade e, por isso, podem ser julgados em qualquer país. A discussão no tribunal acontece no processo movido pela Bélgica contra o Senegal, sobre

o destino do ex-presidente do Chade Hissène Habré, exilado no Senegal. A Bélgica pede que o país seja obrigado a julgar Habré ou então o extraditar para a Bélgica. O Senegal tinha que ter apresentado as suas contrarazões à CIJ até 11 de julho, mas o tribunal aceitou prorrogar o prazo para 29 de agosto. O imbróglio jurídico-político em torno de Habré atormenta Senegal há mais de duas décadas. Habré governou o Chade nos anos 1980. Ficou conhecido por instituir uma ditadura no país que ignorava os direitos

humanos, torturando e matando todos aqueles que se opunham ao seu regime. Ao perder o cargo, voou para o Senegal, onde conseguiu asilo. Anos depois, o Chade pediu a repatriação do ex-presidente para que ele pudesse responder pelos crimes cometidos. A Bélgica entrou na briga quando vítimas do regime de Habré resolveram acionar o Judiciário belga com base numa legislação que vigorou no país no final do último século, criando a jurisdição internacional na Bélgica de crimes cometidos

contra a humanidade. Mesmo depois que a lei caiu, a Bélgica resolveu continuar julgando Habré. A partir daí, o Senegal passou a ter de decidir se repatriava o ex-presidente para o Chade, se o extraditava para a Bélgica ou ainda se ele mesmo julgava. Entraram na briga a União Africana e a Comunidade Econômica dos Estados da África ocidental. Com o apoio dos dois, Senegal chegou a ensaiar uma mudança na sua legislação e, recentemente, a criação de um tribunal ad hoc para julgar Habré.

12-08-11 Jornal Indústria&Comércio  
12-08-11 Jornal Indústria&Comércio  

jornal, economia, curitiba, parana, negocios, bovespa, juros, brasil

Advertisement