Issuu on Google+

Curitiba, quinta-feira, 09 de maio de 2013 | Ano XXXVi | Edição nº 8864 | R$ 1,50

Indústria&Comércio DIÁRIO

INFORMAÇÃO. conhecimento. inteligência. DESDE 1976.

Aroldo Murá TESTAMENTO VITAL, A DECISÃO SOBRE DOAÇÃO DE ÓRGÃOS Uma pessoa pode decidir com bastante antecedência, tomando todas as providências legais, para que seus órgaos, com a morte do testamenteiro, sejam destinados ou não a transplantes. O assunto está na ordem do dia e foi debatido ontem por especialistas da Universidade Positivo. página a3

ONS: Consumo de energia elétrica cresceu 2,1% em abril A demanda por energia elétrica no Sistema Interligado Nacional (SIN) cresceu 2,1% em abril, comparativamente ao mesmo mês do ano passado, mas caiu 2,5% na comparação com o mês de março deste ano. Nos 12 meses encerrados em abril (taxa anualizada) a demanda por energia elétrica cresceu 3,5%. No mês passado, foram consumidos 61.977 megawatts/ médio (MW/médio). Os dados foram divulgados nesta quartafeira (08/05) pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) e fazem parte do Boletim de Carga Mensal relativo a abril. Os números indicam que o desempenho da carga no mês de abril teve como destaque as expressivas taxas de crescimento positivas dos subsistemas Nordeste e Sul.

INDICADORES FINANCEIROS

Os medicamentos responderam por quase 20% do total da taxa medida pelo IBGE

Com aumento de 2,99%, remédios elevam inflação oficial de abril Em 12 meses, a inflação medida pelo IPCA acumula taxa de 6,49%, de acordo com o IBGE página a5

MERCADO À VISTA Maiores altas

COTAÇÃO

RECRUSUL PN TECNOSOLO PN CHIARELLI ON SONDOTECNICA PNA ED AMPLA ENERG ON *ED

Maiores QUEDAS RJCP EQUITY ON ES METAL IGUACU ON FISET FL REF CI WLM IND COM ON ED OGX PETROLEO ON NM

0,06 0,07 0,14 37,00 1,05

COTAÇÃO 0,01 0,49 0,08 43,35 1,76

IBOVESPA Maiores altas*

COTAÇÃO

MMX MINER ON NM SABESP ON NM JBS ON ED NM DASA ON NM BRADESCO ON EJ N1

Maiores QUEDAS OGX PETROLEO ON NM USIMINAS ON N1 GERDAU PN N1 LIGHT S/A ON ED NM GAFISA ON NM

2,05 27,80 6,48 11,67 34,75

Prefeitura muda diretoria da Urbs e amplia a reestruturação Região Metropolitana de Curitiba recebe primeira Unidade Paraná Seguro

Ricardo Almeida / ANPr

COTAÇÃO 1,76 9,47 14,50 19,16 3,92

Compra

Venda

Dólar turismo 1,9700

2,0700

Dólar comercial 2,0023

2,0033

Dólar paralelo 2,0900

2,2000

Euro

2,6391

2,6364

Pág. b1

expansão Fisk realiza convenção em Curitiba

Ouro (Grama/R$): 96,00

Acesse a edição digital

www.icnews.com.br

qualidade Revendedora de pneus investe na padronização de suas lojas Para atender com exclusividade a distribuição e venda dos pneus Dunlop e Falken em todo o Paraná, a BS Autocenter - tradicional revenda de pneus multimarcas - investiu maciçamente na padronização e ambientação de suas lojas, em diversos bairros de Curitiba.

CÂMBIO Moeda

geral/curitiba | a4

Beto Richa participa do lançamento da Unidade Paraná Seguro -UPS - Zumbi e Liberdade na Vila Zumbi dos Palmares em Colombo. página a2

Com expectativa de abrir 50 novas escolas em 2013 – cinco delas no exterior – e ampliar em 10% seu número de franqueados e alunos, a Fisk reúne os franqueados dos Estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, em convenção hoje (9), às 9 h, em Curitiba. Pág. b1

Editorial

O

A inflação precisa entrar nos eixos

brasileiro em geral não tem um poder de compra muito grande em virtude do baixo salário e o alto custo de vida. Com esses fatores, uma inflação elevada só vem para piorar mais ainda a situação do povo. Mas, de acordo com o presidente do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), o Banco Central colocará a inflação nos eixos.

T

omara que isso realmente ocorra, pois os índices estão subindo mensalmente e indicam uma possibilidade de aumentos futuros. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que mede a inflação oficial, registrou taxa de 0,55% em abril. O resultado é superior ao 0,47% de março. Em abril do ano passado, no entanto, a taxa havia sido 0,64%.

E

o que mais preocupa é que produtos essenciais são os principais atingidos pela inflação, como os alimentos e os medicamentos. O aumento de 2,99% no preço de remédios em abril foi a principal contribuição para a inflação medida pelo IPCA do mês. Eles responderam por quase 20% do total da taxa medida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

evento HDI Seguros patrocina simpósio e feira no Paraná

A HDI Seguros marca presença em mais um importante evento do setor. A seguradora é uma das principais patrocinadoras do 4º Simpósio e da 2ª Feira Paranaense de Seguros, que acontece entre os dias 8 e 10 de maio, em Curitiba.

Editais na página A7

CMYK

Pág. b1

Central de Atendimento: 41 3333.9800

e-mail: pauta@induscom.com.br


Geral/Curitiba Curitiba, quinta-feira, 09 de maio de 2013 | A2 | Indústria&Comércio

Previsão do tempo

Mín.: 3° | Máx.: 21°

Entre o sul, sudeste e parte do centro do país, uma massa de ar estável e frio segue predominando. No Paraná a proximidade com o centro mais intenso do sistema de alta pressão (massa de ar frio), confere a região temperaturas bastante baixas pela manhã e risco para formação de geadas. fonte: www.simepar.br

Segurança

RMC recebe primeira Unidade Paraná Seguro Richa instala nova UPS em Colombo e destaca redução de 43% nos homicídios

Uma reflexão sobre os sistemas conservacionistas de produção e a sustentabilidade norteiam os trabalhos na 3ª Reunião Paranaense de Ciência do Solo, que termina hoje, em Londrina. Os debates acontecem em conferências, painéis, palestras e minicursos e por meio dos mais de 300 trabalhos inscritos. “Temos hoje aqui 115 instituições entre universidades, institutos de pesquisa, cooperativas, empresas de prestação de serviço e assistência técnica e outras ligadas ao agronegócio, todas interessadas em trocar experiências sobre os sistemas de produção, com foco na preservação do solo”, enfatizou o pesquisador Arnaldo Colozzi Filho, que preside o evento. Participaram da solenidade de abertura Otamir Cesar Martins, representando o secretário de Agricultura, Norberto Ortigara; Gonçalo Signorelli de Faria, presidente da Sociedade Brasileira de Ciência do Solo; Florindo Dalberto, diretor-presidente do Instituto Agronômico do Paraná (Iapar); Oromar Bertol, presidente do Nepar; Richard Golba, diretor administrativo da Emater; e José Renato Bouças, chefe adjunto da Embrapa Soja. O foco da ciência do solo na preservação e sustentabilidade foi destacado por todos. Arnaldo Colozzi afirmou que há necessidade de atenção ao tema. “É preciso avançar na busca de uma agricultura conservacionista. Em algumas áreas de cultivos anuais, perenes e pastagens ainda há ocorrência de degradação do solo”, disse. Colozzi mencionou também os benefícios da articulação de pesquisadores e técnicos em entidades como o Núcleo Estadual do Paraná (Nepar) da Sociedade Brasileira de Ciência do Solo e que resultam em eventos como a Reunião Paranaense de Ciência do Solo. Segundo ele, os esforços em pesquisa e assistência colocam o Paraná na vanguarda da produção nacional. “Com a tecnologia gerada e transmitida aos agricultores temos conseguido apoiá-los na difícil tarefa de produzir e preservar”, afirmou. Para o diretor-presidente do Iapar, Florindo Dalberto, a realização da terceira edição da Reunião Paranaense de Ciência do Solo em Londrina é emblemática. “Nessas terras roxas e com fertilidade reconhecida no mundo inteiro foi construída uma civilização de pouco mais de 70 anos”, disse. Dalberto acrescentou que o processo de ocupação do território exigiu atenção ao manejo do solo. “O Paraná teve que se exercitar, fazer pesquisa e mobilizar forças para gerar e usar o conhecimento, possibilitando uma relação não predadora com a natureza”, disse. O presidente da Sociedade Brasileira de Ciência do Solo (SBCS), Gonçalo Signorelli de Farias, disse que a reunião faz parte do portifólio de eventos da entidade, criada em 1947 e uma das mais tradicionais participantes da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), que realiza cinco eventos de caráter nacional e oito regionais em todo o Brasil. Farias explicou que atualmente as atenções da pesquisa se voltam para a pedosfera, a camada mais externa da terra. “A pedosfera deve ser tratada com visão ampla e holística. É nela que se produzem alimentos, fibras e bioenergia, onde se implantam cidades, e que dá suporte à biosfera e ainda é o repositório da história da humanidade”, enfatizou. Gonçalo Signorelli de Farias informou também que o Brasil é participante do Consórcio Mundial dos Solos, composto pelos 197 países da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO). Para ele, a instituição de 5 de dezembro como o Dia Mundial do Solo e de 2015 como o Ano Internacional do Solo comprovam a sua importância para a sociedade e para a natureza. Representando o secretário de Agricultura, Norberto Ortigara, Otamir Cesar Martins destacou a importância do evento e descreveu as ações do governo do Paraná no setor. Segundo ele, a Secretaria de Agricultura atua em quatro eixos estruturantes. “Hoje temos preocupação com a erosão, que volta a nos ameaçar e ocorre mesmo em áreas do plantio direto. É preciso atingir produtividade, mas com sustentabilidade”, disse. Ele afirmou que o governo investe R$ 230 milhões em programas como o Pro-Rural, programa de microbacias e no manejo e manutenção de estradas rurais.

EXPEDIENTE

Diário

Indústria&Comércio Fundado em 2 de setembro de 1976 Fundador e Presidente Odone Fortes Martins Reg.Prof. DRT/PR: 6993 (ofm@induscom.com.br) Diretor de Redação Eliseu Tisato Reg.Prof. DRT/PR: 7568 (editor@induscom.com.br) Redação: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fone: (41) 3333.9800 E-mail: pauta@induscom.com.br Publicidade Legal e Assinaturas: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fones: (41) 3333.9800 | 3334.4665 e-mail: publegal@induscom.com.br

Parque Gráfico e Circulação: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fones: (41) 3333.9800 | 3322.1012 Direção e Comercial: Rua Presidente Faria, 533 Centro - Curitiba - CEP: 80020-290 Fone: (41) 3322.1012 e-mail: diretoria@induscom.com.br comercial@induscom.com.br

NEW CAST PUBLICIDADE & MARKETING BRASÍLIA E RIO DE JANEIRO Atendimento : Flávio Trombieri Moreira – Cel.: (61) 8155 2020 Endereço: SRTVS Quadra 701 Bloco K Sala 624 – Edifício Embassy Tower – Brasília DF - Cep.: 70.340 – 908 Fone/Fax: (61) 3223 4081 E-mail: new.cast@uol.com.br / new.cast@hotmail.com

Os artigos assinados que publicamos não representam necessariamente a opinião do jornal.

Governador Beto Richa participa do lançamento da Unidade Paraná Seguro -UPS - Zumbi e Liberdade na Vila Zumbi dos Palmares em Colombo

militares e adquiridas 1.470 viaturas e 893 armas, além de outros equipamentos para as forças de segurança do Estado. “Na área da segurança pública, é inevitável fazer comparação com governos anteriores. Encontramos uma situação crítica, sem efetivo, sem mobilidade. O governador Beto Richa deu prioridade a esta área com a reestruturação das polícias para ver um Paraná mais seguro”, afirmou o secretário da Segurança Pública, Cid Vasques. Com o lançamento do programa Paraná Seguro, em 2011, começou a se estruturar as UPS, que hoje somam 10 em Curitiba, uma em Londrina e outra em Cascavel. A recém-implantada unidade de Colombo, é a primeira na RMC, e vai atender, principalmente, as vilas

Zumbi dos Palmares e Liberdade, consideradas as mais violentas do município. Os policiais militares que atuam nas UPSs são treinados em policiamento comunitário, para estreitar o relacionamento com a população, o que aumenta a confiança dos moradores. “É um policiamento humano, solidário, que resgata a confiança do cidadão”, completou Vasques. “As UPS já se mostraram eficientes em Curitiba e no interior, onde os índices de violência caíram drasticamente. Ampliamos esta ação atendendo agora os municípios da região metropolitana, que necessitam de mais segurança”, disse Richa, informando que ainda neste semestre será instalada mais uma unidade na RMC, em São José dos Pinhais.

Evento vai discutir modernização do mercado de hortaliças e frutas A busca de alimentos seguros, com rastreabilidade, sustentáveis e saudáveis será o tema de debate entre os representantes das principais Ceasas do Brasil, durante a HortiFruti Brasil Show 2013, que vai acontecer de 16 a 18 deste mês em Curitiba. O evento vai discutir o processo de transformação e modernização que o mercado de hortigranjeiro vem passando no Brasil e no Paraná e os benefícios da inovação tecnológica e o fortalecimento do mercado, por meio de parcerias internas e externas. O secretário da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, e o presidente da Associação Brasileira de Centrais de Abastecimento, Mário Maurici de Lima Morais, vão participar da abertura do encontro que será iniciado com uma palestra do médico Dr. Drausio Varella sobre Vida Saudável e Alimentos Saudáveis. Além disso, será realizado o Encontro Nacional de Centrais de

Abastecimento, promovido pela Associação Brasileira de Centrais de Abastecimento (Abracen) que contará com a presença de diretores, técnicos e permissionários de todo o Pais. Esse encontro vai discutir a integração das Ceasas em um Sistema Nacional de Abastecimento e o desenvolvimento de uma política nacional de abastecimento, devendo envolver as práticas de produção e distribuição, agregação de valor na cadeia e integração entre a cidade e o campo, entre outros temas. De acordo com o diretor presidente da Ceasa-PR, Luiz Dâmaso Gusi, nos próximos anos, muitas centrais atacadistas em todo o País deverão passar por reformas ou edificações de novos terminais. Na Ceasa-PR esse processo já começou com a construção das instalações da Central de Abastecimento de Maringá, dentro de padrões de maior eficiência logística. Para Gusi, o processo de moder-

nização das centrais atacadistas se estende aos produtores. Por isso, durante o encontro serão apresentadas também as inovações tecnológicas e ferramentas para aparelhar os produtores rurais para que estejam aptos a produzir com mais qualidade e produtividade, e, em alguns casos, atuando na fase de pré-processamento. No campo internacional, o HortiFruti Brasil Show 2013 vai receber os empresários da região da Emilia Romagna, da Itália, que representam possibilidades de acesso às novas tecnologias da Europa para centrais atacadistas, utilizando a região como porta de acesso ao Mercado Europeu. Segundo Luiz Dâmaso Gusi, com isto abre-se uma grande oportunidade para o fornecimento de equipamentos, máquinas, serviços, tecnologia para a toda a cadeia produtiva de produtos hortigranjeiros e flores, e este evento deve ser uma grande vitrine para o segmento.

Estande da Sanepar na Expoingá terá Safári Noturno A Sanepar participa da 41.ª Expoingá - Exposição Feira Agropecuária, Industrial e Comercial de Maringá – uma das cinco maiores feiras agropecuárias do Brasil. Com um estande de 150 metros quadrados, a Sanepar vai movimentar o evento com a exposição de 60 animais taxidermizados (empalhados) e destacará a importância da economia da água O estande está localizado na área externa, próximo à arena de shows e rodeios. A exposição será aberta hoje e funcionará das 10h às 23h, até o dia 19 de maio. Os animais estarão ao longo de uma trilha de 16 metros chamada Safári Noturno, repleta de aves, répteis e mamíferos de diferentes regiões do Paraná, do Brasil e até de outros continentes. Todos os animais empalhados são do acervo do Instituto Harpia de Pesquisa em História Natural e da Universidade Estadual do Norte do Paraná (Campus de Cornélio Procópio), que vem sendo montado há 55 anos. No Safári Noturno o trajeto é iluminado pelo próprio visitante com o uso de lanterna. No espaço será possível ver, em tamanho natural, um tigre de bengala, o maior carnívoro do planeta, animal ameaçado de extinção, com três metros de comprimento e cerca de 300 quilos. Outras atrações são um lobo-guará, característico da região dos Campos Gerais, uma cotia, responsável por grande parte do plantio da araucária no Paraná, e uma harpia ou gaviãoreal, maior águia do planeta.

Tecnologia de ponta vai permitir que cidadão avalie e sugira obras A Secretaria do Desenvolvimento Urbano e o Serviço Social Autônomo Paranacidade desenvolvem uma ferramenta tecnológica que permitirá ao cidadão poder avaliar e sugerir obras que Estado e municípios realizam em conjunto. Quando o programa estiver totalmente disponível qualquer pessoa poderá acessar o sistema pela internet e interagir com o governo, mostrando onde há problemas e o que é preciso ser feito para melhorar a qualidade de vida da população em uma cidade, bairro ou rua. Em uma primeira etapa, o programa Sedu/Paraná - Cidade Interativa prioriza municípios de grande e médio porte, tendo como ferramenta o geoprocessamento. Enquanto o sistema é finalizado, o secretário Ratinho Junior já expe-

rimenta parte dele em audiências com os prefeitos. “É um avanço tecnológico sem precedentes que o Governo do Estado implanta”, diz Ratinho Junior. Com a ferramenta, é possível mapear, aproximar e ver todas as áreas urbanas, industriais e rurais dos municípios. O programa permite definir onde e como se pode construir, além de identificar todos os equipamentos públicos disponíveis. “Quando o prefeito reivindica algo em sua cidade ele pode expor no mapa a razão e os benefícios da obra”, explica o secretário. “Os nossos técnicos podem fazer uma análise como se estivessem no município”, completa Ratinho Junior.

EXEMPLO

O prefeito de Umuarama, Moa-

Lina Faria/SEDU

Estado debate produção agrícola sustentável

Ricardo Almeida / ANPr

A

s ações realizadas pelo Governo do Estado na área de Segurança Pública reduziram em pelo menos 25,7% o número de assassinatos no Paraná e 43% em Curitiba. O número de homicídios dolosos (com intenção de matar) caiu de 1.001 para 744 na comparação entre os primeiros trimestres de 2010 e 2013, em todo o Estado, e de 240 para 137, na capital. O índice foi divulgado pelo governador Beto Richa ontem, na instalação oficial da 13.ª Unidade Paraná Seguro (UPS) do Estado, em Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC). “Os números mostram que, quando se tem vontade e liderança, é possível atender às necessidades da população. Estamos combatendo de maneira implacável a criminalidade, reforçando o efetivo policial, trocando equipamentos ultrapassados e melhorando a infraestrutura das polícias. Este esforço está levando mais segurança para a sociedade”, declarou o governador. Richa disse que os investimentos feitos em segurança até foram fundamentais para o combate à criminalidade e que é preciso avançar mais. Ele anunciou a retomada do programa de módulos policiais móveis. “Os conjuntos de ações têm garantido às famílias do Paraná uma vida mais segura, com harmonia e paz. O Paraná é lugar de pessoas que trabalham para construir um Estado, onde bandido não tem vez e que dá exemplo ao Brasil”, afirmou. O governador ressaltou que desde o início da gestão foram contratados 3.127 policiais civis e

O secretário do Desenvolvimento Urbano, Ratinho Junior, durante reunião com o prefeito de Umuarama, Moacir Silva e o deputado Fernando Scanavaca

cir Silva, em audiência com Ratinho Junior nesta semana, aproveitou a disponibilidade da ferramenta e indicou na tela do sistema as prioridades do seu município: a reforma em quatro escolas, a reurbanização

da área central, com pavimentação de algumas vias, e duas pontes ligando bairros distantes ao centro da cidade. “Tudo isto vai garantir melhor qualidade de vida à população”, disse o prefeito.


Geral/Estadual Indústria&Comércio | Curitiba, quinta-feira, 09 de maio de 2013 | A3

Aroldo MuráG.Haygert

PEDRAS DO CAMINHO aroldo@cienciaefe.org.br

TESTAMENTO VITAL NA POSITIVO: A DECISÃO PARA O ALÉM DA VIDA Na segunda, teve morte cerebral a infeliz menina que, em Aparecida de Goiás, GO, tentou defender o pai da fúria de um desafeto e acabou baleada na cabeça. Os famílias, até ontem, não sabiam se destinariam os órgãos da criança para futuros transplantes. A introdução é para chegar ao Testamento Vital que apenas adultos podem fazer. Com ele, qualquer pessoa, em pleno uso de suas faculdades mentais, pode dispor, com calma e precisão, como serão utilizados seus órgãos quando morrer. Tudo bem definido, registrado em cartório. Pois esse foi o tema de um encontro importante e oportuno, realizado ontem à noite na Universidade Positivo, promoção do Curso de Medicina.

O título do encontro que reuniu opiniões de médicos e advogado, além de um médico e professor especializado em Bioética, foi extremamente instigante: “Olhares sobre a doença e a morte”. Ipojucan Calixto Fraiz, o diretor da Medicina do Positivo, presidiu o encontro que teve a participação – na mesa expositora – do médico e professor Cícero de Andrade Urban, oncologista e bioeticista; Gerson Zafalon, ex-presidente do CRM e hoje secretário do Conselho Federal de Medicina; e o advogado Gabriel Schulman. As discussões centraram-se na Resolução 1995/12, do Conselho Federal de Medicina, que dispõe justamente sobre o chamado Testamento Vital.

Ex-mulheres e assessores (ou ex-assessores) têm sido a imensa pedra nos caminhos de carreiras políticas. Agora, por exemplo, as ambições do deputado André Vargas (PT-PR) de ser indicado para eventual chapa petista ao Senado em 2014, podem estar a perigo. Aquele assessor dele fez estragos imensuráveis por conta de fraudes para conseguir patrocínios “culturais” para o carnaval de Londrina, forjando comprovantes com supostos cartazes autênticos da Petrobrás e Caixa.

André Vargas

PASSA BEM

Os ouvintes da CBN, acostumados aos comentátrios vespertinos de Airton Cordeiro, sentiram a falta dele na segunda e ontem. Motivo: estava, até ontem, internado no Hospital Constantini, para avaliações cardiológicas. Passa bem.

A QUEM DE DIREITO

Grande reintegração de enorme e valorizadíssima área urbana em Matinhos movimentou na segunda-feira advogados de uma das mais prestigiadas bancas de Curitiba. O que se sabe é que os invasores chegaram a construir moradas de muito boa qualidade em cima de terras alheias, com conivência (ou sociedade?) de autoridades municipais.

Ipojucan Calixto Fraiz, Cícero Urban, Gabriel Schulman

RECEITA PARA PUBLICITÁRIOS

ANA TOLEDO COMANDA GRANDE “VINGANÇA”

Do blog de JJ (João José Werzbitski), cada vez mais uma lição de bom senso, especialmente quando aborda temas como o mundo da publicidade, propaganda e marketing:

CARTAS

O compositor gaúcho Lupicínio Rodrigues dominou a cena de boa parte do século 20 com suas canções de frustrações amorosas. Uma delas, a famosa “Vingança”, paixão de dez entre dez aficcionados de músicas da ‘dor de cotovelo’. E cabe agora à curitibana Anna Toledo levar ao palco o espetáculo que está entre os mais aplaudidos da cena paulistana do momento, com o mesmo nome – “Vingança”. Criado e montado por Anna Toledo, o musical teve pré-estréia no Anna Toledo teatro do Centro Cultural do Banco do Brasil, na paulicéia. Caminha para carreira campeoníssima de bilheteria. Os aplausos de crítica já estão se mostrando, como esperado.

“Não tenho estudos quantitativos, mas estimo que entre 80% e 90% dos trabalhos publicitários que chegam ao público não são as melhores peças de produzidas pelas agências. As melhores, simplesmente, morrem no caminho. Por medo. Grande parte dos executivos procura o conforto do conhecido ao invés de tentar algo novo. Cito a publicidade, pois esse é o meu território. Mas acredito que a mortalidade de boas ideias alcance índices semelhantes em outros setores da atividade econômica. Vista da superfície, essa atitude temerosa parece ter um lastro lógico, balizada em atitudes precavidas e conservadoras, que minimizam o risco para as empresas, evitando ideias sem comprovação prévia. Mas creio que o pavor pela novidade só pode ser definido como tolo. É inócuo procurar a segurança em soluções batidas e padronizadas, especialmente no cenário competitivo que se firmou em todo o planeta nos últimos dez ou 15 anos. Aliás, eis uma das poucas coisas certas no atual mundo corporativo: apelar para soluções “comprovadas” é a melhor forma de fracassar.”

ANA TOLEDO (2)

FARMACÊUTICOS

E bom lembrar: em 2008, por sugestão – e até mesmo insistência de meu amigo Almir Feijó – achei interessante a idéia de incluir Ana Toledo na série de personagens que apresentava mensalmente na revista Idéias (de Fábio Campana) sob o título genérico de Imago. Depois, esse perfil, fartamente ilustrado, mostrando momentos da carreira de uma singular cantora e atriz de palco, o material passou a compor o volume 1 de estréia da série de livros Vozes do Paraná. Hoje posso dizer que estou entre os que, cedo, apostaram na carreira de Anna, uma mulher interessantíssima, que consegue ter enorme desenvoltura no palco (por exemplo, quando atuou, em SP, no Fantasma da Ópera) ou quando se apresentava na noite curitibana (por exemplo, com Jorginho do trompete, no Original Café).

A Procuradoria Geral da República ajuizou, no Supremo Tribunal Federal (STF), dez ações diretas de inconstitucionalidade (ADI) contra leis estaduais que regulamentam o exercício da atividade farmacêutica.

Sonia Lyra leva Imaginação Ativa à Alemanha

ANA TOLEDO (3)

A carreira dessa inquieta artista, hoje em consolidação no ‘show business’ paulistano, filha de professores universitários, tem marcas bem paranaenses: é descendente do antológico Telêmaco Borba e sobrinha-neta dos intelectuais Vera Vargas e Túlio Vargas. A história Anna é toda de lutas, variadas, contínuas: fez escola de teatro em Boston, como bolsista; Lupicínio Rodrigues foi guia de turismo no Pantanal, tradutora do inglês e do francês, assessorou deputado em Brasília (lembra-se, com emoção, do Dr.Ulisses). Foi muito influenciada pela avó paterna, uma presbiteriana convicta que a levou a batizar-se pelas mãos do reverendo Emmerich, em cuja igreja, na Rua Comendador, deu as primeiras mostras de ter uma voz gravada pela graça divina. Faço questão de registrar: uma preciosidade artística da vida de Anna eu a tenho: é um dos seus primeiros CDs, “Frescura”,no qual a boa MPB impera, dando espaço para clássicos como canções de Lupicínio, velha paixão dessa ardorosa admiradora e seguidora das pisadas de Sarah Vaughan e Billy Halliday.

Sonia Lyra

LEMINSKI E ALICE RUIZ

Alice Ruiz está hoje entre os poetas brasileiros mais citados. Sua obra vai ganhando expressão e consistência nacionais. E nos próximos meses mais ouviremos falar dela, por conta da história de amor que ela viveu com o grande Paulo Leminski (cuja obra, sempre recomendo, será melhor entendida se o leitor conhecer a biografia do poeta). Nos próximos dias ouviremos falar do filme que o diretor Gustavo Tissot anuncia que produzirá sobre o romance do poeta e Alice.

Paulo Leminski e Alice Ruiz, em 1980

SOBRE A COLUNA Como é bom ter todos os dia uma coluna com conteúdo e muito bem escrita para ler.Parabéns Prof. Aroldo. Gilberto Camargo, economista e empresário, Curitiba.

Gilberto Camargo, ex-presidente da Curitiba S/A

MEL DA DISCÓRDIA Minhas dúvidas aumentaram diante das opiniões contraditórias de duas autoridades nacionais em apicultura: para Paulo Sommer, “é burrice” dizer que mel pode transmitir botulismo e proibir sua permanência na merenda escolar da rede municipal do ensino de Curitiba; para o também apicultor e engenheiro agrônomo Álvaro Aurélio Munhoz, crianças de até um ano não devem comer mel, seria danoso à saúde, poderia transmitir botulismo (segundo declarações que li na sua coluna). É preciso ouvir uma terceira opinião. Ou muitas outras Gumercindo Chaves Barcellos Rocha, Porto Alegre,RS

OPINIÃO DE VALOR

Entrada de estrangeiros pouco qualificados divide governo

Diferentes setores do governo brasileiro concordam sobre a necessidade de atrair estrangeiros altamente qualificados em caráter temporário e permanente para o país, mas divergem quando se trata da mão de obra pouco qualificada. A reportagem é de Camilla Costa e publicada pela BBC Brasil, 07-05-2013. De acordo com o governo, as autorizações de trabalho para estrangeiros com baixa escolaridade aumentaram 246% nos primeiros nove meses de 2012 em relação ao mesmo período em 2011. O aumento expressivo do número de refugiados que entrou no país nos últimos anos, muitos com pouca ou nenhuma qualificação profissional formal, também gerou debates sobre a absorção dessa mão de obra pelo mercado de trabalho brasileiro. Em levantamento divulgado no fim de abril, o Conare (Comitê Nacional para Refugiados), do Ministério da Justiça, afirmou que o número de estrangeiros que solicitam refúgio no Brasil mais que triplicou nos últimos três anos. Em 2012, mais de 2 mil pessoas pediram refúgio no país, contra 566 em 2010 e 1,1 mil em 2011. “Embora haja um aumento substancial de pedidos, percebemos que muitos estrangeiros têm buscado o refúgio para imigrar por novas oportunidades de vida. No entanto, o refúgio é aplicado apenas para casos de perseguições”, afirmou o presidente do Conare e secretário nacional de Justiça, Paulo Abrão.

Limite

O secretário de Ações Estratégicas do governo, Ricardo Paes de Barros, defende a criação de limites para a admissão de estrangeiros pouco qualificados e refugiados no país. “Acho que o Brasil tinha que ter uma cota humanitária – e o Canadá tem, por exemplo”, disse à BBC Brasil. Para os imigrantes menos qualificados, segundo Barros, um processo seletivo deveria ser adotado - para garantir que o Brasil receba somente “as pessoas que estão realmente em uma situação ruim”.A SAE (Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República) está elaborando um diagnóstico da migração no Brasil, além de propostas específicas para a atração de imigrantes qualificados e para admissões “humanitárias”. “Estamos falando do humanitário no sentido amplo da palavra. Não é só o refugiado, pode ser um trabalhador não qualificado ou pouco qualificado que está disposto a vir para o Brasil, apesar de o Brasil não estar precisando daquela mão de obra”, disse à BBC Brasil. O secretário ressalta, no entanto, que o principal foco é a elaboração de propostas para uma política de atração de profissionais de alta qualificação – cujas especialidades não possam ser encontradas no Brasil. “É para esse tipo de mão de obra que nós queremos eliminar todos os entraves possíveis. Queremos que eles possam vir a qualquer hora, carregá-los no colo.”

Absorção pelo mercado

Foto Dico Kremer

A psicóloga (PhD, doutora em Ciências da Religião) Sonia Lyra, pesquisadora e divulgadora da técnica de Meditação Ativa, está na Europa para apresentar os resultados científicos (estatísticos) de trabalho pioneiro com a Imaginação Ativa, intitulado “The Active Imagination Technique for Bruxism Treatment” à comunidade científica internacional como conferencista em Psiquiatria e Psicologia no World Academy of Science, Engineering and Technology, em Berlim, neste mês de maio de 2013. Esse trabalho é uma parceria entre o ICHTHYS Instituto e a Universidade Paranaense (UNIPAR – Curso de Odontologia – Cascavel-PR) tendo participado da pesquisa também a Profa. PhD Daniela Ceranto F. Boleta e a Odontóloga Tânia Maria Bremm Zaura. A pesquisa, sem precedentes, abre novas possibilidades de leitura da Imaginação Ativa proposta por C.G.Jung tomando como base também as experiências de Robert Johnson e o nosso próprio campo de trabalho do grupo paranaense citado, através de pacientes e alunos, abre inúmeras possibilidades quando vier a ser utilizada por psicólogos e psiquiatras para o tratamento dos mais diversos sintomas, além do bruxismo. Bruxismo é uma desordem funcional que se caracteriza pelo ranger ou apertar dos dentes durante o sono. Essa pressão pode provocar desgaste e amolecimento dos dentes. Nos casos mais graves, podem ocorrer também problemas ósseos, na gengiva e na articulação da mandíbula. Essa patologia pode provocar desgastes dentais, lesões nas estruturas de suporte, desordens da articulação temporomandibular e cefaleias. Sua natureza é multifatorial e não suficientemente esclarecida, estando envolvidos desde fatores psicológicos até alterações físicas. A técnica da Imaginação Ativa corresponde a uma forma particular de lidar com o inconsciente. Foi desenvolvida por Carl Gustav Jung (1875-1961) e busca a compreensão do símbolo, tendo como modelo os escritos de santo Inácio de Loyola. Sonia Lyra é a única profissional no país a promover regularmente cursos de Imaginação Ativa. Sonia Lyra é personagem do livro Vozes do Paraná – Retratos de Paranaenses, volume 5, de autoria do jornalista Aroldo Murá, que será lançado em 17 de junho, em Curitiba.

(correspondências para a coluna: aroldo@cienciaefe.org.br)

Gustavo Tissot

Abrão, do Conare, defende que é preciso dar mais atenção à importância da mão de obra pouco qualificada que entra no país ao elaborar leis e políticas migratórias. “O que a SAE está fazendo é um trabalho importante para o país, que é a averiguação de lacunas de mão de obra de altíssima qualificação e que hoje atravancam o desenvolvimento de diversos setores econômicos. Mas isso por si não é a política migratória do país, esse é apenas um aspecto”, disse à BBC Brasil. Para Paulo Abrão, setores econômicos importantes para o país estão absorvendo mão de obra pouco qualificada “com naturalidade.” Ele cita o exemplo dos haitianos que têm entrado no Brasil pela fronteira com o Acre e têm sido, desde o início de 2012, recrutados por empresas de todo o país - em especial nos Estados de Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso e Rondônia.


Geral/Curitiba Curitiba, quinta-feira, 09 de maio de 2013 | A4 | Indústria&Comércio abnoticias@abcom.com.br

AB Notícias OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO As expectativas para a 8ª edição da Feira de Imóveis de Londrina são as melhores. O evento, que acontece entre os dias 24 e 26 deste mês, deve movimentar mais de 100 milhões de reais em negócios. Com expectativa de um publico de 15 mil pessoas, a feira, que ocorre no Parque de Exposições Ney Braga, conta com 40 estandes, ocupados por 12 construtoras, 7 imobiliárias e outros serviços.

AMUNORPI E TREINAMENTOS A Associação dos Municípios do Norte Pioneiro, Amunorpi, treinou esta semana, em Santo Antônio da Platina, servidores de todos os seus 26 municípios. Com o objetivo de facilitar o acesso das cidades a programas de verba pública, eles receberam orientações técnicas para o preenchimento de documentos ligados à Secretaria do Tesouro Nacional, Secretaria Estadual do Desenvolvimento Urbano e à Agência de Fomento do Paraná.

NOVAS HIDRELÉTRICAS Foi dado o aval pela Assembléia Legislativa do Paraná para a construção de quatro novas hidrelétricas no estado. As usinas de Baixo Iguaçu, Central São Pedro, Central Dalba e Central Dois Saltos, se sancionadas pelo governador, serão instaladas entre Capitão Leônidas Marques e Capanema; Bom Sucesso do Sul; Guarapuava e Prudentópolis, respectivamente.

MARINGÁ EM CORES Obras de dez artistas plásticos maringaenses estão reunidas na exposição Maringá em Cores. Em comemoração ao aniversário da cidade, a mostra traz 20 telas inspiradas na beleza e na população da cidade. Com entrada gratuita, a exposição vai até o dia 15 no hall da Câmara de Maringá.

INVESTIMENTOS NA REGIÃO Até o fim do próximo ano a líder brasileira em softwares, Totvs, investirá na cidade de Ponta Grossa aproximadamente 1,5 milhão de reais. O investimento se dará em capacitação profissional no escritório que a empresa mantém no município. A expectativa é ampliar de 20 para 70 funcionários dentro dos próximos três anos, triplicando o número de clientes atualmente atendidos.

FESTIVAL DA DANÇA Acontecendo ao mesmo tempo em São Paulo e Rio de Janeiro, a capital paranaense recebe o Festival O Boticário na Dança. O evento reúne grandes companhias de dança de todo o mundo: a americana Shen Wei Dance Arts, a inglesa Hofesh Schecter, a belga Peeping Toom e a Maribor Ballet, da Eslovênia, todas pela primeira vez no país. O Brasil é representado pela Quasar, de Goiânia, a Mímulus, de Belo Horizonte e o Grupo de Rua, do Rio de Janeiro.

CENTRO AMBIENTAL O município de Ivaiporã, centro norte do estado, contará com mais um aliado para a conscientização ambiental. O secretário de meio ambiente da cidade, Jayme Ayres, anunciou esta semana a construção do Centro de Educação Ambiental. A obra, que será feita ao lado do Lago Jardim Botânico, terá uma biblioteca com acervo voltado exclusivamente a assuntos ambientais e também um salão cursos e exposições.

PREVENÇÃO DA RINITE O tempo seco e oscilações de temperaturas faz com as crises de rinite se manifestem mais. Estima-se a doença atinja cerca de 30% da população, mas a prevenção pode ser mais fácil do que se imagina. Atitudes como evitar lugares fechados, não fumar, manter a casa ventilada e a vacinação contra a gripe podem evitar as crises da doença.

PASSEATA Está marcada para o próximo dia 17, no distrito de Entre Rios, em Guarapuava, uma passeata contra a exploração sexual. O evento se dá em razão do Dia Mundial de Combate à Exploração Sexual, que acontece no dia 18. O objetivo é chamar a atenção para o problema que ocorre principalmente nos períodos de safra na cidade, quando o fluxo de caminhoneiros é maior.

FAMÍLIA PARANAENSE EM LIVRO Escrito pela jornalista Cristina Kracik, o livro lançado recentemente “João e Clara – A Travessia do Amor” além de contar a história do casal paranaense Clara de Andrade Vieira e João Antonio Vieira, faz um panorama sobre as famílias do estado do século 20. O casal, cuja história reflete a de muitas famílias paranaenses, morou nas cidades de Tomazina, Joaquim Távora e Pato Branco.

BOLSAS DE ESTUDO O campus da Universidade Aberta do Brasil da cidade de Jacarezinho, norte pioneiro do estado, abriu inscrição para o processo seletivo de bolsistas para uma vaga no curso técnico em agente comunitário e para 40 vagas no de agente comunitário de saúde. As inscrições se encerram neste dia 10. Mais informações pelo telefone (43) 3911-3148 ou 08006430007.

Meio Ambiente

PR: IAP e Copel discutem licenciamentos ambientais Setor elétrico - IAP já emitiu mais de 50 licenciamentos ambientais neste ano

R

epresentantes do IAP e da Copel se reuniram ontem para discutir a demanda e alterações no licenciamento ambiental de empreendimentos do setor elétrico do Estado como usinas, linhas de transmissão e podas de árvores. O objetivo do encontro foi apresentar as demandas que a Copel tem junto ao instituto para a emissão de licenciamentos e autorizações ambientais, além de propostas de modificação no licenciamento como forma de contribuir para a transparência e agilidade do procedimento do IAP. Participaram do encontro o presidente do IAP, Luiz Tarcísio Mossato Pinto, o diretor de Controle e Recursos Ambientais do órgão, Paulo Barros, o diretor de Meio Ambiente e Cidadania Empresarial da Copel, Jonel Iurk, o diretor jurídico da Companhia, Julio Jacob Junior, o diretor de Engenharia, Jorge An-

driguetto Junior, e técnicos da duas instituições. Durante a reunião a Copel apresentou os números de licenciamento ambiental junto ao IAP para 2013. Até o início desse mês, o IAP já emitiu mais de 50 licenciamentos ambientais e a previsão é que sejam protocoladas mais de 130 novas solicitações relativas às atividades da Copel. A equipe de engenheiros ambientais da Copel também apresentou uma proposta de novos procedimentos que podem ser adotados no licenciamento ambiental a fim de diminuir o fluxo de solicitações, dar mais apoio aos técnicos do instituto e agilidade na deliberação do licenciamento. “A idéia da reunião é informar ao IAP o grande interesse da Copel em auxiliar na questão relativa ao licenciamento ambiental. Tenho certeza que podemos dar um grande passo na questão da

responsabilização de quem propõe o licenciamento ao órgão ambiental”, explicou Jonel Iurk. A propostas apresentadas serão analisadas pelos técnicos do órgão ambiental para serem implantadas para contribuir no trabalho de licenciamento e de análise de estudos apresentados ao IAP. Além disso, também será discutido como mudanças propostas podem facilitar, de forma responsável, os investimentos dos empreendedores do setor hidroelétrico do Paraná. “Toda e qualquer proposta que venha auxiliar e contribuir com o nosso trabalho é bem vinda. Todos sabem das nossas dificuldades e das demandas de licenciamentos ambientais que só crescem no Estado, ainda mais com as obras da Copa e outros investimentos de infraestrutura que o Governo está fazendo.” completou o presidente do IAP.

Prefeitura muda diretoria da Urbs e amplia a reestruturação A Prefeitura de Curitiba deu mais um passo para a reestruturação da gestão do transporte coletivo, com a mudança de duas diretorias da Urbs (Urbanização de Curitiba SA). Em reunião realizada ontem, o Conselho de Administração da empresa elegeu o novo diretor de Transporte, Rodrigo Grevetti, e a diretora de Urbanização, Denise Sella. “Respeitamos todas as pessoas que por lá passaram, mas é uma mudança necessária, que permitirá que novos profissionais trabalhem na melhora do sistema. A partir das

mudanças na diretoria, promoveremos também alterações em outros postos-chave”, disse o prefeito Gustavo Fruet. Duas semanas atrás, o Conselho de Administração da Urbs já havia aprovado a extinção da diretoria Jurídica, que passa a ser assessoria, e a ampliação das atribuições da antiga Diretoria de Planejamento e Desenvolvimento, transformada em Diretoria de Urbanização.  As mudanças vão permitir uma economia de R$ 3 milhões ao ano. O objetivo, explica o presidente da empresa, Roberto Gregório

da Silva Junior, é promover uma readequação nos cargos e funções, buscando a redução de custos e a melhoria dos serviços prestados, o que inclui o transporte coletivo. Deste processo faz parte também a redução no número de cargos de gerência, o que será feito na sequência, a partir da posse dos novos diretores. Além do transporte coletivo, a Urbs é responsável pelo gerenciamento do transporte comercial na cidade e dos equipamentos públicos municipais de uso comercial.

Curitiba amplia assistência gratuita para pessoas com deficiência Curitiba vai ampliar os serviços de assistência à saúde para pessoas com deficiência, passando a contar com um CER, que oferecerá transporte gratuito, e uma Oficina Ortopédica Fixa. Com isso, o Sistema Único de Saúde de Curitiba passa a ofertar reabilitação física, auditiva e intelectual, por meio de parceria entre a Secretaria Municipal da Saúde e a APR. Os recursos para as novas estruturas foram anunciados na terça-feira (7), em Brasília, pelo ministro da Saúde, Alexandre Padilha. O ministério vai repassar para Curitiba cerca de R$ 2 milhões para aquisição de equipamentos e adequação do prédio da APR, que receberá as novas modalidades de reabilitação e a Oficina Ortopédica Fixa. Repassará também R$ 250 mil por mês para custeio das ações e serviços. Atualmente, vivem em Curitiba cerca de 458 mil pessoas com deficiência, o que corresponde a 26,5% da população. Desse total, 57,7%, são pessoas com deficiência visual, 17% têm deficiência auditiva, 20,5% apresentam deficiência motora e 4,7%, deficiência intelectual.


Economia Indústria&Comércio | Curitiba, quinta-feira, 09 de maio de 2013 | A5

preços

Elza Fiúza/ABr

Os medicamentos responderam por quase 20% do total da taxa medida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)

Remédios sobem 2,99% e elevam inflação de abril

Em 12 meses, a inflação oficial acumula taxa de 6,49%, de acordo com o IBGE O aumento de 2,99% no preço de remédios em abril foi a principal contribuição para a inflação de 0,55% medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) do mês. Eles responderam por quase 20% do total da taxa medida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Segundo a coordenadora de Índices de Preços do IBGE, Eulina Nunes dos Santos, os preços dos remédios são tradicionalmente reajustados nos meses de abril. No ano passado, a taxa de inflação

dos remédios no mesmo mês havia sido de 1,58%. Outros itens que tiveram impacto importante na inflação foram os empregados domésticos, com aumento do custo de 1,25%, e refeição fora de casa, com taxa de 0,92%. Por outro lado, alguns itens contribuíram para evitar uma inflação maior, como a passagem aérea (variação de -9,12%) e a gasolina (-0,41%). Alguns alimentos incluídos no decreto de desoneração da cesta básica, de 8 de março deste ano, também

tiveram influência para evitar uma taxa maior. Entre os produtos que tiveram desoneração e redução no preço em abril estão: carnes (-1,78%), frango inteiro (-1,92%), frango em pedaços (-1,58%), arroz (-1,87%) e açúcar refinado (-4,5%). "Não dá para fazer conclusões seguras sobre o impacto da desoneração da cesta básica na queda dos preços desses alimentos, porque outros fatores influenciam no preço, como a safra. Mas dá para dizer que houve, sim, algum impacto", disse Eulina.

Alguns itens tiveram desoneração mas, ainda assim, registraram aumentos de preços, como feijãocarioca (9,44%) e pão francês (0,8%). "A pergunta é: será que, se não houvesse a desoneração, esse aumento seria maior?", questiona Eulina. Em 12 meses, a inflação oficial acumula taxa de 6,49%. Depois de registrar um índice de 6,59% em março, o IPCA acumulado em 12 meses voltou a ficar dentro da meta de governo, que varia de 2,5% a 6,5%. No ano, a inflação acumulada chega a 2,5%.

Juros do cheque especial e do empréstimo pessoal permanecem estáveis Os juros cobrados pelos bancos no cheque especial e no empréstimo pessoal permanecem estáveis em maio, na comparação com abril, aponta levantamento feito pelo Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor de São Paulo (Procon-SP). A taxa média no cheque especial para o período de 30 dias é 7,92% ao mês (a.m.) e, para o empréstimo pessoal, os juros cobrados estão em 5,22% a.m. A pesquisa, feita no dia 3 de maio, apurou as taxas de sete instituições financeiras: Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, HSBC, Itaú, Safra e Santander. Segundo o Procon-SP, os dados coletados referem-se às taxas máximas pré-fixadas para clientes não preferenciais, independentemente do canal

de contratação. O Bradesco aumentou os juros para empréstimo pessoal (de 6,17% para 6,19%), mas a alta não teve reflexo na taxa média. É o banco com a maior taxa para empréstimo, seguido pelo Itaú (6,02%) e pelo HSBC (5,77%). O menor juro é encontrado na Caixa Econômica Federal (3,51%). O Banco do Brasil cobra 4,27%; o Safra, 4,9%; e o Santander, 5,91%. No caso do cheque especial, a taxa média permanece no mesmo patamar desde novembro de 2012. A maior é cobrada pelo Santander, com juros de 9,87%, seguido pelo HSBC (9,82%), Itaú (8,75%), Bradesco (8,76%) e Safra (8,25%). Os menores juros são praticados pela Caixa Econômica Federal (4,27%), seguida pelo Banco do Brasil (5,7%).

Coutinho: investimentos voltaram a crescer e vão sustentar crescimento A produção de bens de capital, como equipamentos de transporte e máquinas, vai liderar o crescimento dos investimentos feitos no país ao longo de 2013. De acordo com o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, os investimentos devem aumentar, no mínimo, 8,3% em relação ao ano passado. "Teremos uma inequívoca recuperação dos investimentos. Os investimentos já voltaram a liderar o crescimento do Brasil. Esperamos ver uma recuperação muito forte", disse Coutinho, durante audiência pública nesta quarta-feira (08/05) na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado Federal.

O presidente do BNDES destacou que a taxa de investimento no país vem demonstrando recuperação gradual desde o início de 2013. Entre janeiro e março, em relação ao último trimestre de 2012, houve crescimento de 4,3%, segundo dados divulgados pela instituição. A expansão foi impulsionada pelos setores de infraestrutura, transporte e indústria. Segundo Coutinho, os levantamentos que mostram uma forte recuperação dos investimentos indicam que a taxa chegará aos 19% do Produto Interno Bruto (PIB) este ano. Ao longo de 2012, os investimentos tiveram uma retração, voltando a patamares próximos aos do início da crise financeira internacional, em 2009.


Economia Curitiba, quinta-feira, 09 de maio de 2013 | A6 | Indústria&Comércio oda.spada@gmail.com.br

Nova visão empreendedora

Fiat Industrial inaugura sua planta de Máquinas Agrícolas na Argentina

Por que sua empresa deve investir em inovação O negócio ganha relevância no mercado em que atua, quando traz novidades

Empresa quer exportar para todos os países da América Latina

O especialista em inovação Lourenço Bistani, e sócio-fundador da Mandalah Envie, apresenta algumas vantagens obtidas quando se investe em inovação. O assunto foi publicado na revista Exame. Para mais detalhes é deve-se enviar mensagem para examecanalpme@abril.com.br Para muita gente, o conservadorismo ainda prevalece como sinônimo de comodidade. Outros já veem a inovação como um caminho natural e necessário. A grande questão é não cair na armadilha da “inovação pela inovação”. É o que definimos como “inovação consciente”, uma inovação qualificada que tem como base ser melhor para a vida das pessoas. E as vantagens de levá-la adiante são muitas:

1. Garantir a sobrevivência de seu negócio

Cristina Kirchner experimenta um trator New Holland argentino

A Fiat Industrial, proprietária das marcas Case IH e New Holland, investiu mais de US$ 130 milhões para construir suas novas instalações destinadas à fabricação de colheitadeiras, tratores e motores diesel, com tecnologia de ponta em Córdoba, Argentina, para suprir o mercado argentino e exportar para outros países da América Latina. A presidente da Argentina, Cristina Fernandez de Kirchner, e o presidente da Fiat Industrial, Sergio Marchionne, inauguraram a nova unidade de produção de tratores e colheitadeiras, na terça (7/05), que a empresa construiu em seu complexo industrial na localidade de Ferreyra, Córdoba (900km de Buenos Aires). As novas instalações irão produzir máquinas agrícolas e motores para as marcas Case IH, New Holland e Fiat Powertrain. Os produtos representam o que existe de mais avançado na sua categoria naquele país e são o resultado de um plano de investimento de mais de US$130 milhões, feito pela Fiat industrial na Argentina desde 2011.

Sinal de confiança

“A construção dessa fábrica é o sinal mais evidente da nossa confiança no papel relevante que consideramos que este país ocupa como produtor agrícola em escala mundial”, declarou Sergio Marchionne. E acrescentou: “Nos comprometemos a construir este complexo industrial há apenas dois anos e hoje já podemos ver a produção de equipamentos de alta tecnologia, que dão respaldo a produção agrícola argentina e constituem uma base de exportação para outros mercados internacionais”. Este complexo, com 210.000 m2 de área total, apresenta recursos avançados de produção, tais como sistemas de pintura baseados em nanotecnologia e robôs automatizados para soldagem. Além disso, o projeto arquitetônico da instalação seguiu princípios de construção ambiental, com a finalidade de reduzir o consumo de energia e proteger o meio ambiente. O layout da fábrica e da organização da rotina de trabalho foi desenvolvido considerando-se conceitos ergonômicos ideais para os operadores assim como a saúde e segurança de todos os trabalhadores. A nova fábrica vai gerar até 600 empregos diretos e 1.500 indiretos, além dos 800 postos de trabalho já existentes nas redes de concessionárias da Case IH e New Holland na Argentina.

Agricultores exigentes

“Os agricultores latino-americanos são alguns dos clientes mais exigentes e criteriosos quanto a equipamentos agrícolas, principalmente pelo fato de empenharem-se para competir em produtividade e rendimento no mercado global; as máquinas e a tecnologia empregadas

em nossas novas instalações argentinas são um reconhecimento dessas realidades. A Fiat Industrial, através das marcas Case IH e New Holland, preserva o orgulho de sua longa história neste mercado de produção de máquinas agrícolas, contando com o apoio que temos recebido de nossos revendedores e clientes,” declarou Richard Tobin, Diretor-Chefe de Operações da Fiat Industrial mundial. A nova fábrica, dimensionada para produzir até 2.000 colheitadeiras, 4.000 tratores e 50.000 motores por ano já está em operação, fabricando equipamentos de classe mundial, como os quatro modelos de colheitadeiras a rotor de 380-480 hp, vários modelos de tratores que apresentam de 190 hp à 250 hp, tratores especiais de 65 hp à 85 hp, e motores de 55 hp à 530 hp caracterizados por sua alta tecnologia, baixo consumo de energia e impacto ambiental reduzido.

Sobre a Case IH

Por mais de 170 anos, a tradição da marca tem sido desenvolver ferramentas apropriadas destinadas ao auxílio dos agricultores, visando incrementar a produtividade e o rendimento de sua colheita. Entre as soluções oferecidas pela Case IH, a empresa apresenta colheitadeiras de grãos Axial Flow e colhedoras de cana, além de tratores, pulverizadores auto-propelidos altamente potentes. Para mais informações sobre produtos e serviços oferecidos pela Case IH, visite www.caseih.com .

Sobre a New Holland

Visando o sucesso de seus clientes, a New Holland é uma marca dedicada à produção de máquinas agrícolas. De tratores e colheitadeiras de grãos feno à maquinas forrageiras, seus produtos são desenvolvidos com a mais alta tecnologia, projetados por especialistas em produção agrícola. A rede de revendedores da New Holland, altamente qualificados e dedicados, assim como seus produtos, garantem o melhor atendimento a cada produtor. Para mais informações sobre a marca, visite www. newholland.com .

Sobre a Fiat Industrial

Case IH, New Holland e Fiat Powertrain são marcas registradas da Fiat Industrial, uma empresa global líder no setor de bens de capital. Através de suas diversas áreas de atuação, a Fiat Industrial elabora, produz e vende caminhões, veículos comerciais, veículos de passageiros, veículos de defesa, máquinas agrícolas e de construção, bem como motores e transmissões para estes veículos e motores para aplicações marítimas. Para mais informações sobre a empresa, visite www.fiatindustrial.com .

O que você precisa conhecer sobre franquias? Conheça oito termos que você precisa conhecer bem

1. Franqueadora:

3. Franquia:

É a unidade de negócio (estabelecimento) operado e gerido pelo franqueado.

4. Taxa de Franquia:

Valor geralmente pago na concessão da franquia, que se refere ao direito de fazer parte da rede e acessar todo o know-how desenvolvido pela franqueadora, bem como uso da marca. Está ligada ao início dos negócios e inclui a orientação e a capacitação iniciais para que o franqueado possa ser bem sucedido na implantação de sua unidade.

5. Taxa de Royalties:

Paga com uma periodicidade definida (em geral, mensalmente) pelo franqueado à franqueadora como retribuição ao acesso continuado de know-how, benefícios e uso da marca, bem como fornecedores homologados e programas de suporte e capacitação. Remunera os serviços, de maneira geral, prestados pela franqueadora ao franqueado.

Processos inovadores que olhem para o todo e considerem as reais necessidades das pessoas darão vida a produtos, serviços e causas de marca mais relevantes no mercado e na sociedade como um todo. Com isso, relações mais sólidas serão estabelecidas entre corporações e cidadãos. Para migrar para esse modelo, é preciso enxergar o quão destrutivo pode ser conceber uma inovação tendo como único tópico regente a métrica financeira.

3. Permitir relações de longo prazo

É assustador pensar que quase 90% dos produtos que chegam ao mercado não se sustentam por mais de um ano. Através da inovação aberta, co-criada, é possível construir o novo junto daqueles que se beneficiarão da própria inovação. A vantagem? Antes de mais nada, resultados financeiros, que garantirão longevidade. Depois, a certeza de que sua atividade comercial faz parte de um círculo virtuoso cujos ganhos são divididos, distribuídos e compartilhados entre todos os agentes que interagem com o seu negócio.

Seis dicas para se destacar no Facebook Trabalhar com marketing via redes sociais tem seus mistérios. Por exemplo: no Facebook, por que alguns posts são muito comentados e curtidos e outros – principalmente os publicados logo depois daqueles que fizeram “sucesso” – parecem passar despercebidos? O especialista Jeff Haden, em seu blog no site da revista Inc., enumera seis dicas úteis para melhorar o desempenho no Facebook. Antes de lê-los é necessário saber que 95% da atividade no Facebook acontece no feed de notícias, e é ali que as mensagens promocionais devem se concentrar. Não por coincidência, o feed também é o lugar mais congestionado e disputado do Face, e o importante é se destacar.

1. Interação gera interação Quando se publica um post, ele aparece para um pequeno grupo de usuários. Se atrair atenção dentro desse grupo, aparecerá para mais gente, e assim sucessivamente.

2. O alcance principal dos posts ocorre na primeira hora depois de ser publicado

3. Os melhores horários não são aqueles que você pensa que são

Empresa que concede a franquia, detentora dos direitos da marca, método e processos do negócio e que seleciona os seus franqueados para poder representá-la por meio da franquia.

Quem adquire a franquia, o proprietário de uma unidade franqueada, podendo ser pessoa física ou mesmo uma pessoa jurídica e que tem a missão de operar o negócio franqueado.

2. Agregar relevância e significado

Por isso, em termos gerais, não vale a pena fazer postagens em momentos em que as pessoas normalmente estão muito ocupadas ou distraídas. Para conhecer melhor os hábitos do público-alvo, o ideal é usar ferramentas de análise de dados. Especificamente para o Facebook, a mais difundida é a Pagelever, que fornece informações em tempo real e mecanismos para programar os posts.

Cada vez mais presente nas escolas de negócios e empreendedorismo, o tema franquias desperta muito interesse. À medida que o setor cresce, também avança a produção de linguagem própria ou criação de termos que podem não ser claros para o público em geral. Segue aqui uma lista de temas relevantes e o seu significado.

2. Franqueado

É preciso se reinventar e se redescobrir sempre, caso contrário haverá um grande risco de você se tornar obsoleto e deixar de existir. Mais que isso, ao inovar e propor novas soluções capazes de repensar o próprio mundo em que vivemos, você estará mais perto de viver e deixar um legado.

6. Taxa de Marketing:

Também conhecida como Taxa de Propaganda ou Publicidade é cobrada dos franqueados para formar um fundo a ser gerenciado pela franqueadora (pode até contar com o apoio dos franqueados) para uso em campanhas de divulgação nacional, regional ou local.

7. COF – Circular de Oferta de Franquia:

Documento legal bastante abrangente e que funciona como uma espécie de caderno onde estão definidas diversas informações obrigatórias da franqueadora no que se refere aos direitos e obrigações de cada parte. Deve ser entregue no mínimo 10 dias antes da assinatura de qualquer contrato ou pré-contrato ou mesmo pagamento de qualquer taxa do sistema.

8. Contrato de Franquia:

Documento legal que deve fazer parte da Circular de Oferta de Franquia e que regerá toda a relação entre franqueadora e franqueados, determinando todos os aspectos legais e comerciais do negócio. O ponto mais importante, portanto, é solicitar esclarecimento à pessoa que está negociando a aquisição de uma franquia, caso não haja um entendimento completo sobre o termo usado. A decisão de compra e investimento é muito relevante para não ser compreendida em sua totalidade.

O Facebook costuma bombar nas manhãs e tardes dos dias de semana, quando a maioria dos usuários está no trabalho ou na escola, compartilhando e comentando os acontecimentos. As páginas de empresas e produtos tentam aproveitar a onda e também despejam milhares de informações. Acontece que muitas vezes a recepção de uma mensagem de marketing exige um pouco de tempo e disponibilidade do usuário. Se for o caso, o momento ideal para isso é à noite, naquela hora de recostar no sofá e passear pela internet. Fins de semana também podem gerar um bom retorno.

4. Não volte a publicar até que o post anterior pare de repercutir Pelas regras do Facebook, se você fizer isso, o novo post vai aparecer para bem menos gente.

5. Pense como usuário, não como anunciante Isso vale principalmente para o tamanho e a objetividade do post. Durante o dia, quanto menor e direto, melhor. Se o post pedir mais tempo do usuário, como um vídeo de dois ou três minutos, o recomendável é que seja publicado mais para o fim do dia, nas tardes de sexta ou ao longo do fim de semana.

6. Observe e contabilize os resultados e baseiese neles para se reorientar Por mais que existam estudos e ferramentas de monitoramento, cada produto, estratégia ou audiência é único. Conhecer o seu nicho depende de colher os números e estudá-los, e não de deixar-se levar apenas por impressões.


Publicidade Legal Indústria&Comércio | Curitiba, quinta-feira, 09 de maio de 2013 | A7 SÚMULA DE EMISSÃO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO T.G. Transportes Rodoviários Ltda torna público que recebeu do IAP Licença de Operação nº 8797 para Transporte Rodoviário de Produtos Perigosos na Rua Célio Francheschi, nº 206, Chapada, Araucária PR. Validade: 26/05/2017. SÚMULA PEDIDO DE RENOVAÇÃO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO GRANDO ENGENHARIA E TERRAPLENAGEM LTDA torna público que requereu ao IAP Renovação de Licença de Operação nº 19663 para usina de asfalto em Água Amarela de Cima, Antonio Olinto, PR. A T4U Sul Infra Estrutura Ltda inscrita no CNPJ sob número 11.498.781/0001-02, torna público que requereu à Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Curitiba a Licença Prévia para a atividade de telefonia celular, da Estação Rádio Base, situada na Avenida Senador Salgado Filho, 901 – esquina com Rua Rondônia, Guabirotuba, no município de Curitiba-PR.

SÚMULA DE RENOVAÇÃO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO PEDREIRA PEROLA LTDA, torna público que requereu ao IAP, Renovação da Licença de Operação Nº 24.534 para usina de concreto instalada na PR-170 Km 7,5 Colônia Agrícola Jordão, Guarapuava, PR. FUEGIA PARTICIPAÇÕES S/A CNPJ 14.521.555/0001-93 – NIRE 41300083118 ATA DA SEGUNDA ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA Data, hora e local: Aos 16 dias do mês de abril do ano de 2013, às 10:00 horas, na sede da sociedade, na Rua Presidente Epitácio Pessoa, no 732, no bairro Tarumã, na cidade de Curitiba, Estado do Paraná. Presença: Acionistas representando a totalidade do capital social, conforme assinaturas no Livro de Presenças de Acionistas. Composição da mesa: Eduardo Augusto Purin Schause – Presidente, e Leni Purin Schause - Secretária. Convocação: Cartas-convites aos acionistas, expedidas com a antecedência legal. Ordem do dia: Deliberar sobre: a) aprovação das contas dos administradores, o balanço patrimonial; e b) destinação do resultado do exercício. Deliberações: a) A seguir, de acordo com o determinado pelo presidente da assembléia, passei à leitura do relatório da administração, do balanço patrimonial e demais demonstrações financeiras criadas pela Lei nº 6.404/76, relativo aos atos e contas da administração correspondentes ao exercício social, encerrado em 31 do mês de dezembro do ano de 2012, documentos esses todos publicados no Diário Oficial Paraná, no dia 15/04/2013, pag 40 e no Jornal Indústria e Comércio, no dia 15/04/2013, pag. A11, os quais estiveram à disposição dos senhores acionistas, com a antecedência legal. A seguir, o presidente desta assembléia submeteu estes documentos à discussão e, como ninguém quisesse fazer uso da palavra, postos em votação, verificou-se terem sido os mesmos aprovados por unanimidade. b) Em seguida o presidente submeteu à discussão e votação a proposta da Diretoria para destinação do resultado negativo verificado no exercício e constante da Demonstração de Lucros Acumulados. Foi aprovada por unanimidade a destinação do resultado para conta de reserva de lucros, nos termos da proposta da Diretoria. Encerramento: Nada mais havendo a tratar, foi suspensa a sessão pelo tempo necessário para a lavratura desta ata no livro próprio e que, depois de lida em sessão aberta, foi aprovada por unanimidade pelos acionistas Eduardo Augusto Purin Schause e Leni Purin Schause. Eu, Leni Purin Schause, secretária, lavrei a presente ata que vai por mim assinada e pelo presidente da assembléia. Certifico que a presente ata é cópia fiel do original lavrado no livro de Atas das Assembléias Gerais. Curitiba, 16 de abril de 2013 “Certifico que a presente Ata foi arquivada na JUCEPAR sob o nº 20132151464, em sessão de 25/04/2013” ZOBENS PARTICIPAÇÕES S/A CNPJ 06.060.366/0001-32 – NIRE 41300021813 ATA DA NONA ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA Data, hora e local: Aos 16 dias do mês de abril do ano de 2013, às 16:00 horas, na sede da sociedade, na Rua das Betulas, nº 291, Alphaville Graciosa, em Pinhais, Estado do Paraná. Presença: Acionistas representando a totalidade do capital social, conforme assinaturas no Livro de Presenças de Acionistas. Composição da mesa: Walter Arvido Schause – Presidente, e Ingrid Margarida Mitt Schause - Secretária. Convocação: Cartas-convites aos acionistas, expedidas com a antecedência legal. Ordem do dia: Deliberar sobre: a) aprovação das contas dos administradores, o balanço patrimonial; e b) destinação do resultado do exercício. Deliberações: a) A seguir, de acordo com o determinado pelo presidente da assembléia, passei à leitura do relatório da administração, do balanço patrimonial e demais demonstrações financeiras criadas pela Lei nº 6.404/76, relativo aos atos e contas da administração correspondentes ao exercício social, encerrado em 31 do mês de dezembro do ano de 2012, documentos esses todos publicados no Diário Oficial Paraná, no dia 15/04/2013, pag 39 e no Jornal Indústria e Comércio, no dia 15/04/2013, pag. A9, os quais estiveram à disposição dos senhores acionistas, com a antecedência legal. A seguir, o presidente desta assembléia submeteu estes documentos à discussão e, como ninguém quisesse fazer uso da palavra, postos em votação, verificou-se terem sido os mesmos aprovados por unanimidade. b) Em seguida o presidente submeteu à discussão e votação a proposta da Diretoria para destinação do resultado negativo verificado no exercício e constante da Demonstração de Lucros Acumulados. Foi aprovada por unanimidade a destinação do resultado para conta de reserva de lucros, nos termos da proposta da Diretoria. Encerramento: Nada mais havendo a tratar, foi suspensa a sessão pelo tempo necessário para a lavratura desta ata no livro próprio e que, depois de lida em sessão aberta, foi aprovada por unanimidade pelos acionistas Walter Arvido Schause e Ingrid Margarida Mitt Schause. Eu, Ingrid Margarida Mitt Schause, secretária, lavrei a presente ata que vai por mim assinada e pelo presidente da assembléia. Certifico que a presente ata é cópia fiel do original lavrado no livro de Atas das Assembléias Gerais. Pinhais/Pr, 16 de abril de 2013 “Certifico que a presente Ata foi arquivada na JUCEPAR sob o nº 20132151430, em sessão de 25/04/2013”

LAIME PARTICIPAÇÕES S/A CNPJ 05.973.683/0001-87 – NIRE 41300020884 ATA DA DÉCIMA ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA Data, hora e local: Aos 16 dias do mês de abril do ano de 2013, às 14:00 horas, na sede da sociedade, na Rua Presidente Epitácio Pessoa, no 732, no bairro Tarumã, na cidade de Curitiba, Estado do Paraná. Presença: Acionistas representando a totalidade do capital social, conforme assinaturas no Livro de Presenças de Acionistas. Composição da mesa: Donald Elmar Schause – Presidente, e Samuel Dzintar Schause - Secretário. Convocação: Cartas-convites aos acionistas, expedidas com a antecedência legal. Ordem do dia:. Deliberar sobre: a) aprovação das contas dos administradores, o balanço patrimonial; e b) distribuição de dividendos. Deliberações: a) A seguir, de acordo com o determinado pelo presidente da assembléia, passei à leitura do relatório da administração, do balanço patrimonial e demais demonstrações financeiras criadas pela Lei nº 6.404/76, relativo aos atos e contas da administração correspondentes ao exercício social, encerrado em 31 do mês de dezembro do ano de 2012, documentos esses todos publicados no Diário Oficial Paraná, no dia 15/04/2013, pag 45 e no Jornal Indústria e Comércio, no dia 15/04/2013, pag. A11, os quais estiveram à disposição dos senhores acionistas, com a antecedência legal. A seguir, o presidente desta assembléia submeteu estes documentos à discussão e, como ninguém quisesse fazer uso da palavra, postos em votação, verificou-se terem sido os mesmos aprovados por unanimidade. b) Em seguida o presidente submeteu à discussão e votação a proposta da Diretoria para destinação do resultado positivo verificado no exercício e constante da Demonstração de Lucros Acumulados. Foi aprovada por unanimidade a distribuição de parte dos lucros aos acionistas mediante o pagamento de dividendos, e a destinação de parte dos lucros para conta de lucros acumulados, nos termos da proposta da Diretoria. Encerramento: Nada mais havendo a tratar, foi suspensa a sessão pelo tempo necessário para a lavratura desta ata no livro próprio e que, depois de lida em sessão aberta, foi aprovada por unanimidade pelos acionistas Eduardo Augusto Purin Schause, Alessandra Cristina Purin Schause e Luciana Regina Purin Schause Zung. Eu, Samuel Dzintar Schause, secretário, lavrei a presente ata que vai por mim assinada e pelo presidente da assembléia. Certifico que a presente ata é cópia fiel do original lavrado no livro de Atas das Assembléias Gerais. Curitiba, 16 de abril de 2013 “Certifico que a presente Ata foi arquivada na JUCEPAR sob o nº 20132151448, em sessão de 25/04/2013”

NAUDIN PARTICIPAÇÕES S/A CNPJ 05.610.293/0001-42 – NIRE 41300021007 ATA DA DÉCIMA ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA Data, hora e local: Aos 16 dias do mês de abril do ano de 2013, às 17:00 horas, na sede da sociedade, na Rua das Betulas, nº 291, Alphaville Graciosa, em Pinhais, Estado do Paraná. Presença: Acionistas representando a totalidade do capital social, conforme assinaturas no Livro de Presenças de Acionistas. Composição da mesa: Walter Arvido Schause – Presidente, e Samuel Dzintar Schause - Secretário. Convocação: Cartas-convites aos acionistas, expedidas com a antecedência legal. Ordem do dia:. Deliberar sobre: a) aprovação das contas dos administradores, o balanço patrimonial; e b) distribuição de dividendos. Deliberações: a) A seguir, de acordo com o determinado pelo presidente da assembléia, passei à leitura do relatório da administração, do balanço patrimonial e demais demonstrações financeiras criadas pela Lei nº 6.404/76, relativo aos atos e contas da administração correspondentes ao exercício social, encerrado em 31 do mês de dezembro do ano de 2012, documentos esses todos publicados no Diário Oficial Paraná, no dia 15/04/2013, pag 43 e no Jornal Indústria e Comércio, no dia 15/04/2013, pag. A11, os quais estiveram à disposição dos senhores acionistas, com a antecedência legal. A seguir, o presidente desta assembléia submeteu estes documentos à discussão e, como ninguém quisesse fazer uso da palavra, postos em votação, verificou-se terem sido os mesmos aprovados por unanimidade. b) Em seguida o presidente submeteu à discussão e votação a proposta da Diretoria para destinação do resultado positivo verificado no exercício e constante da Demonstração de Lucros Acumulados. Foi aprovada por unanimidade a distribuição de parte dos lucros aos acionistas mediante o pagamento de dividendos, e a destinação de parte dos lucros para conta de lucros acumulados, nos termos da proposta da Diretoria. Encerramento: Nada mais havendo a tratar, foi suspensa a sessão pelo tempo necessário para a lavratura desta ata no livro próprio e que, depois de lida em sessão aberta, foi aprovada por unanimidade pelos acionistas Walter Alberto Mitt Schause, Lílian Margarida Mitt Schause e Simone Andréa Mitt Schause. Eu, Samuel Dzintar Schause, secretário, lavrei a presente ata que vai por mim assinada e pelo presidente da assembléia. Certifico que a presente ata é cópia fiel do original lavrado no livro de Atas das Assembléias Gerais. Pinhais/Pr, 16 de abril de 2013 “Certifico que a presente Ata foi arquivada na JUCEPAR sob o nº 20132151421, em sessão de 25/04/2013”

ERRATA Na publicação do BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE DEZEMBRO DE 2012 e 31 DE DEZEMBRO DE 2011 da empresa BIG RICK INCORPORAÇÕES E EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS S/A feita na edição deste jornal do dia 30/4/2013 página A10 leia-se : 1. Contexto Operacional - BIG RICK; 2. Demonstrações de Fluxo de Caixa - e1. Saldo final das disponibilidades em 31/12/2012 e e2. Saldo das disponibilidades em 01/01/2012. 3º OFÍCIO DE REGISTRO CIVIL E 15º TABELIONATO DE PESSOAS NATURAIS Município e Comarca de CURITIBA, Estado PARANÁ Bel. Mônica Maria Guimarães de Macedo Dalla Vecchia Registradora Designada

  Faço saber que pretendem se casar:   01- AROLDO ADAM JUNIOR e CASSIA APARECIDA DE OLIVEIRA.   Se alguém souber de algum impedimento, oponha-o na forma da lei no prazo de 15 (quinze) dias. CURITIba, 08 DE MAIO de 2013

A Vivo S.A., operadora do Serviço Móvel Pessoal no Estado do Paraná, em atenção ao disposto no Regulamento do Serviço Móvel Pessoal, aprovado pela Resolução da ANATEL nº 477/07, informa a seus clientes e ao público em geral que ocorreram dificuldades pontuais e temporárias na prestação do serviço, nas localidades e períodos informados abaixo: Período Início Fim Querência do 06/05/2013 06/05/2013 Norte e Terra Rica 16h05min 16h52min Balsa Nova 07/05/2013 07/05/2013 02h50min 04h14min Nova Laranjeiras 07/05/2013 07/05/2013 10h33min 14h19min Campo Magro 08/05/2013 08/05/2013 02h50min 04h30min A Vivo agradece a compreensão de seus clientes e qualidade de seus serviços.

EDITAL N.º 7160737 CITAÇÃO de MARCOS ANTONIO DOS SANTOS brasileiro, solteiro, inscrito no CPF/ MF 044.905.298-21 e no RG sob o nº 12.798.711-3/SP e FATIMA CHRISTOFOLETTI DOS SANTOS, brasileira, casada, inscrita no CPF/MF 029.282.288-02 e no RG sob o nº 8.379.201-6/SP, para que, no prazo de 15 (quinze) dias, EFETUE O PAGAMENTO da quantia de R$ 135.128,22 (cento e trinta e cinco mil cento e vinte e oito reais e vinte e dois centavos), valor fornecido pela CEF, atualizado até maarço/2010, a ser atualizado monetariamente até a data do efetivo pagamento, ficando ciente de que se efetuar o pagamento do valor acima indicado, no prazo fixado, ficará isento de custas e honorários advocatícios, ou, em querendo, no mesmo prazo, OFEREÇA EMBARGOS, independente da segurança do Juízo. Ciente que, nos termos do artigo 1.102c do CPC, o não pagamento e a ausência de embargos no prazo de 15 (quinze) dias, constituir-se-á, de pleno direito o título executivo judicial, convertendose o mandado inicial em mandado executivo, e prosseguindo-se o processo como execução por quantia certa, nos termos dos artigos 1.102b e 1.102c, § 1º, do Código de Processo Civil. E para que chegue ao conhecimento do interessado, por esta estar em lugar incerto e não sabido, é expedido o presente Edital de Citação, com prazo de 30 (trinta) dias. DADO E PASSADO, nesta cidade de Curitiba - PR, 18 de abril de 2013. VERA LUCIA FEIL PONCIANO Juíza Federal

COMUNICADO PÚBLICO

Localidade

AÇÃO MONITÓRIA Nº 5003194-71.2010.404.7000/PR AUTOR : CAIXA ECONÔMICA FEDERAL - CEF RÉU : FATIMA CHRISTOFOLETTI DOS SANTOS : MARCOS ANTONIO DOS SANTOS

Motivo Instabilidade em equipamento. Instabilidade no suprimento de energia elétrica. Instabilidade em equipamento. Instabilidade no suprimento de energia elétrica. reafirma o compromisso com a

Vivo S.A. CNPJ nº 02.449.992/0001-64

TRIGONA PARTICIPAÇÕES S/A CNPJ 06.067.906/0001-00 – NIRE 41300022011 ATA DA DÉCIMA ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA Data, hora e local: Aos 16 dias do mês de abril do ano de 2013, às 11:00 horas, na sede da sociedade, na Rua Presidente Epitácio Pessoa, no 732, no bairro Tarumã, na cidade de Curitiba, Estado do Paraná.Presença: Acionistas representando a totalidade do capital social, conforme assinaturas no Livro de Presenças de Acionistas. Composição da mesa: Donald Elmar Schause – Presidente, e Leni Purin Schause - Secretária.Convocação: Cartas-convites aos acionistas, expedidas com a antecedência legal.Ordem do dia:. Deliberar sobre: a) aprovação das contas dos administradores, o balanço patrimonial; e b) destinação do resultado do exercício. Deliberações: a) A seguir, de acordo com o determinado pelo presidente da assembléia, passei à leitura do relatório da administração, do balanço patrimonial e demais demonstrações financeiras criadas pela Lei nº 6.404/76, relativo aos atos e contas da administração correspondentes ao exercício social, encerrado em 31 do mês de dezembro do ano de 2012, documentos esses todos publicados no Diário Oficial Paraná, no dia 15/04/2013, pag 38 e no Jornal Indústria e Comércio, no dia 15/04/2013, pag. A9, os quais estiveram à disposição dos senhores acionistas, com a antecedência legal. A seguir, o presidente desta assembléia submeteu estes documentos à discussão e, como ninguém quisesse fazer uso da palavra, postos em votação, verificou-se terem sido os mesmos aprovados por unanimidade. b) Em seguida o presidente submeteu à discussão e votação a proposta da Diretoria para destinação do resultado negativo verificado no exercício e constante da Demonstração de Lucros Acumulados. Foi aprovada por unanimidade a destinação do resultado para conta de reserva de lucros, nos termos da proposta da Diretoria. Encerramento: Nada mais havendo a tratar, foi suspensa a sessão pelo tempo necessário para a lavratura desta ata no livro próprio e que, depois de lida em sessão aberta, foi aprovada por unanimidade pelos acionistas Donald Elmar Schause e Leni Purin Schause. Eu, Leni Purin Schause, secretária, lavrei a presente ata que vai por mim assinada e pelo presidente da assembléia. Certifico que a presente ata é cópia fiel do original lavrado no livro de Atas das Assembléias Gerais. Curitiba, 16 de abril de 2013 “Certifico que a presente Ata foi arquivada na JUCEPAR sob o nº 20132151456, em sessão de 25/04/2013” VERTIBA PARTICIPAÇÕES S/A CNPJ 06.061.653/0001-67 – NIRE 41300021805 ATA DA NONA ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA E ATA DA SEXTA ASSEMBLÉIRA GERAL EXTRAORDINÁRIA Data, hora e local: Aos 15 dias do mês de abril do ano de 2013, às 16:00 horas, na sede da sociedade, na Rua Jorge Pedro Chueri, no 123, no bairro Tarumã, na cidade de Curitiba, Estado do Paraná. Presença: Acionistas representando a totalidade do capital social, conforme assinaturas no Livro de Presenças de Acionistas. Composição da mesa: Samuel Dzintar Schause – Presidente, e Lenir Winter Schause - Secretária. Convocação: Cartas-convites aos acionistas, expedidas com a antecedência legal. DELIBERAÇÕES TOMADAS NA ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA Ordem do dia:. Deliberar sobre: a) aprovação das contas dos administradores, o balanço patrimonial; e b) destinação do resultado do exercício. Deliberações: a) A seguir, de acordo com o determinado pelo presidente da assembléia, passei à leitura do relatório da administração, do balanço patrimonial e demais demonstrações financeiras criadas pela Lei nº 6.404/76, relativo aos atos e contas da administração correspondentes ao exercício social, encerrado em 31 do mês de dezembro do ano de 2012, documentos esses todos publicados no Diário Oficial Paraná, no dia 15/04/2013, pag 41 e no Jornal Indústria e Comércio, no dia 15/04/2013, pag. A11, os quais estiveram à disposição dos senhores acionistas, com a antecedência legal. A seguir, o presidente desta assembléia submeteu estes documentos à discussão e, como ninguém quisesse fazer uso da palavra, postos em votação, verificou-se terem sido os mesmos aprovados por unanimidade. b) Em seguida o presidente submeteu à discussão e votação a proposta da Diretoria para destinação do resultado negativo verificado no exercício e constante da Demonstração de Lucros Acumulados. Foi aprovada por unanimidade a destinação do resultado para conta de reserva de lucros, nos termos da proposta da Diretoria. DELIBERAÇÕES TOMADAS NA ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA Ordem do Dia: (a) Alteração do endereço da sede e foro da Sociedade; (b) Reforma do artigo 2º do Estatuto Social. Deliberações Unânimes: (a) Aprovado a alteração do endereço da sede e foro da Sociedade na cidade de Curitiba, Estado do Paraná, na Rua Visconde de Nacar, 1510, conjunto 907, 9º andar, Centro, CEP 80410-201, na Cidade de Curitiba, Paraná. Passando ao item (b) da Ordem do Dia, foi aprovada a reforma do Artigo 2º do Estatuto Social, que passará a vigorar com a seguinte redação: “Artigo 2º - A sociedade tem sede e foro na cidade de Curitiba, Estado do Paraná, Rua Visconde de Nacar, 1510, conjunto 907, 9º andar, Centro, CEP 80410-201.” Encerramento: Nada mais havendo a tratar, foi suspensa a sessão pelo tempo necessário para a lavratura desta ata no livro próprio e que, depois de lida em sessão aberta, foi aprovada por unanimidade pelos acionistas Samuel Dzintar Schause e Lenir Winter Schause. Eu, Lenir Winter Schause, secretária, lavrei a presente ata que vai por mim assinada e pelo presidente da assembléia. Certifico que a presente ata é cópia fiel do original lavrado no livro de Atas das Assembléias Gerais. Curitiba, 15 de abril de 2013 “Certifico que a presente Ata foi arquivada na JUCEPAR sob o nº 20132151472, em sessão de 25/04/2013”

DARGOS PARTICIPAÇÕES S/A CNPJ 05.579.097/0001-52 – NIRE 41300020949 ATA DA DÉCIMA ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA E ATA DA QUARTA ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA Data, hora e local: Aos 15 dias do mês de abril do ano de 2013, às 14:00 horas, na sede da sociedade, na Rua Jorge Pedro Chueri, no 123, no bairro Tarumã, na cidade de Curitiba, Estado do Paraná. Presença: Acionistas representando a totalidade do capital social, conforme assinaturas no Livro de Presenças de Acionistas. Composição da mesa: Samuel Dzintar Schause – Presidente, e Donal Elmar Schause - Secretário. Convocação: Cartas-convites aos acionistas, expedidas com a antecedência legal. DELIBERAÇÕES TOMADAS NA ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA Ordem do dia:. Deliberar sobre: a) aprovação das contas dos administradores, o balanço patrimonial; e b) distribuição de dividendos. Deliberações: a) A seguir, de acordo com o determinado pelo presidente da assembléia, passei à leitura do relatório da administração, do balanço patrimonial e demais demonstrações financeiras criadas pela Lei nº 6.404/76, relativo aos atos e contas da administração correspondentes ao exercício social, encerrado em 31 do mês de dezembro do ano de 2012, documentos esses todos publicados no Diário Oficial Paraná, no dia 15/04/2013, pag 42 e no Jornal Indústria e Comércio, no dia 15/04/2013, pag. A8, os quais estiveram à disposição dos senhores acionistas, com a antecedência legal. A seguir, o presidente desta assembléia submeteu estes documentos à discussão e, como ninguém quisesse fazer uso da palavra, postos em votação, verificou-se terem sido os mesmos aprovados por unanimidade. b) Em seguida o presidente submeteu à discussão e votação a proposta da Diretoria para destinação do resultado positivo verificado no exercício e constante da Demonstração de Lucros Acumulados. Foi aprovada por unanimidade a distribuição de parte dos lucros aos acionistas mediante o pagamento de dividendos, e a destinação de parte dos lucros para conta de reserva de lucros, nos termos da proposta da Diretoria. DELIBERAÇÕES TOMADAS NA ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA Ordem do Dia: (a) Alteração do endereço da sede e foro da Sociedade; (b) Reforma do artigo 2º do Estatuto Social. Deliberações Unânimes: (a) Aprovado a alteração do endereço da sede e foro da Sociedade na cidade de Curitiba, Estado do Paraná, na Rua Visconde de Nacar, 1510, conjunto 907, 9º andar, Centro, CEP 80410-201, na Cidade de Curitiba, Paraná. Passando ao item (b) da Ordem do Dia, foi aprovada a reforma do Artigo 2º do Estatuto Social, que passará a vigorar com a seguinte redação: “Artigo 2º - A sociedade tem sede e foro na cidade de Curitiba, Estado do Paraná, Rua Visconde de Nacar, 1510, conjunto 907, 9º andar, Centro, CEP 80410-201.” Encerramento: Nada mais havendo a tratar, foi suspensa a sessão pelo tempo necessário para a lavratura desta ata no livro próprio e que, depois de lida em sessão aberta, foi aprovada por unanimidade pelos acionistas Patrícia Helena Winter Schause Muniz e Melissa Andréa Winter Schause. Eu, Donald Elmar Schause, secretário, lavrei a presente ata que vai por mim assinada e pelo presidente da assembléia.Certifico que a presente ata é cópia fiel do original lavrado no livro de Atas das Assembléias Gerais. Curitiba, 15 de abril de 2013 “Certifico que a presente Ata foi arquivada na JUCEPAR sob o nº 20132151480, em sessão de 25/04/2013”

GHJ PARTICIPAÇÕES S/A NIRE Nº 413.000.704-66 CNPJ Nº 07.729.846/0001-06 ATA DA SETIMA ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA E ATA DA OITAVA ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA REALIZADAS EM 27 DE MARÇO DE 2013 01.FORMA: Lavrada nos termos do parágrafo primeiro do art. 130, da Lei 6.404/76. 02.DATA, HORA E LOCAL: 27.03.2013, às 14:00 horas, na sede social, na Rua Holanda nº 719 – Loja 015, Boa Vista, Curitiba/PR. 03.PUBLICAÇÕES: Dispensadas, de acordo com o disposto no art. 124, parágrafo quarto, da Lei 6.404/76. 04.PRESENÇA: Acionistas representando 100% (cem por cento) do capital social, conforme Livro de Presenças de Acionistas. 05.COMPOSIÇÃO DA MESA: Presidente da Mesa Sr. Egberto Níssel de Carvalho e Silva e Secretária Sra. Mari Nely Gulin de Carvalho e Silva. 06. CONVOCAÇÃO: Dispensada, face à presença de acionistas representando 100% (cem por cento) do capital social. 07. ORDEM DO DIA EM ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA: a) Apreciação, discussão e votação do Relatório da Diretoria e Balanço Geral referente aos exercícios encerrados em 31.12.2011 e 31.12.2012. DELIBERAÇÕES: Dando início aos trabalhos o Sr. Presidente da Mesa determinou a mim Secretária, que procedesse a leitura dos documentos a que se refere a letra “a”, da Ordem do Dia. Concluída a leitura, o Sr. Presidente da Mesa, dando prosseguimento aos trabalhos, fez rápidos esclarecimentos sobre os assuntos em exame, inclusive que a sociedade está desobrigada da publicação do Balanço Patrimonial por se enquadrar no Artigo 294 da Lei 6.404/76, recomendando a assembleia a aprovação do Balanço Patrimonial e das Demonstrações referente aos exercícios encerrados em 31/12/2011 e 31.12.2012. Após considerações, o Sr. Presidente colocou em votação os documentos e a proposição referente aos resultados, matéria esta, toda constante da letra “a”, da Ordem do Dia, a qual foi aprovada por unanimidade de votos sem reservas ou restrições. 08. ORDEM DO DIA EM ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA: a) Consolidação do Estatuto Social. DELIBERAÇÕES: Iniciando os trabalhos em Assembleia Geral Extraordinária disse o senhor presidente da mesa, da necessidade da Consolidação Estatutária para uma melhor tramitação de documentos junto aos órgãos públicos, bancos e demais entidades. Na continuidade apresentou o ante-projeto do Estatuto Social consolidado com a reprodução expressa de todos os seus Parágrafos, Artigos e Capítulos, e que é parte integrante da presente como ANEXO I, e o Boletim de Ações como ANEXO II, os quais submetidos a apreciação dos acionistas foram aprovados por unanimidade na forma proposta. 09.QUORUM DELIBERATIVO: Todas as deliberações foram aprovadas pela unanimidade dos presentes. 10.ENCERRAMENTO: Foram suspensos os trabalhos até a lavratura da presente, que lida e achada conforme foi por todos assinada. 11.ACIONISTAS PRESENTES: EGBERTO NÍSSEL DE CARVALHO E SILVA, MARI NELY GULIN DE CARVALHO E SILVA, JULIANA GULIN DE CARVALHO E SILVA, GUILHERME GULIN DE CARVALHO E SILVA e HENRIQUE GULIN DE CARVALHO E SILVA. 12.CERTIDÃO: Certifico que a presente ata é cópia fiel da ata lavrada no livro de Registro de Atas de Assembléias nº 01 da companhia. Curitiba/PR, 27 de março de 2013. EGBERTO NÍSSEL DE CARVALHO E SILVA Presidente da Mesa MARI NELY GULIN DE CARVALHO E SILVA Secretária Registrada na Junta Comercial do Estado do Paraná sob o nº 20131757067 em 22/04/2013.

Rede Slaviero oferece diversas opções para casais Para os noivos que estão procurando um ambiente diferenciado para a Noite de Núpcias, na Rede Slaviero não faltam opções. Quatro unidades da Rede: Suites Curitiba, Rockfeller, Full Jazz e Palace Hotel apresentam serviços exclusivos para os noivos. Entre eles, destacam-se o café da manhã servido no apartamento, frutas da estação, ramalhete de flores e pétalas, estacionamento cortesia, chocolates e decoração especial. Também é importante ressaltar que no pacote Noite de Núpcias, o check-in é mais cedo, às 10h, bem como o check-out mais tarde, sendo às 16h. No Slaviero Suites Curitiba o pacote Noite de Núpcias fica por R$

479,00 na suíte Luxo e R$ 519,00 na Master. Já no Slaviero Conceptual Rockfeller, o preço do apartamento Luxo Superior é R$ 539,00 (+ 5%) e o da Suíte Personnalité é R$ 599,00 (+ 5%). No Slaviero Full Jazz, existem três modalidades: Corner, R$ 620,00, Suíte e Loft, ambas por R$ 830,00. Já no Slaviero Palace Hotel a tarifa única, de R$ 650,00, é para a Suíte Master. Em todos os hotéis as reservas são sujeitas à disponibilidade e a mesma deve ser feita obrigatoriamente com, no mínimo, dois dias de antecedência. As tarifas são válidas para todos os dias da semana. Para reservas acesse www.slavierohoteis.com.br/ ou ligue para 0800 704 3311.

TNT Energy Drink passa a ser vendido na Alemanha O Grupo Petrópolis, segundo maior do setor cervejeiro no país e maior companhia de bebidas com capital 100% brasileiro, acaba de dar mais um passo em seu plano de internacionalizar o TNT Energy Drink. Desde ontem (08), o energético passará a ser vendido em toda a Alemanha, primeiro país europeu a receber o produto. Segundo Douglas Costa, diretor de mercado do Grupo Petrópolis, a Alemanha foi escolhida por ser o país com um dos maiores consumo de energéticos na Europa. “É uma ótima entrada para a marca no continente. A alta demanda do país ajudará o TNT a se estabelecer e abrir mais portas em outros mercados internacionais em breve”, declara. Para distribuir o produto nas grandes redes de supermercados alemãs, o Grupo Petrópolis contará com a parceria da Lifetime Solutions. Além disso, para divulgar a chegada da marca, serão promovidas ações diretas nos pontos de venda e um

evento com distribuidores em Regensburg, na região da Baviera. Apesar de este ser o início da exportação do TNT Energy Drink, desde o ano passado a marca já patrocina a Scuderia Ferrari e os pilotos Fernando Alonso e Felipe Massa, além de outros atletas conhecidos internacionalmente como os lutadores do UFC José Aldo, Júnior Cigano e Bob Burnquist. Fundado em 1994, o Grupo Petrópolis é atualmente a segunda maior cervejaria do Brasil e a única grande empresa com capital 100% nacional do setor. Dono das marcas Crystal, Lokal, Itaipava, Black Princess, Petra e Weltenburger, do energético TNT Energy Drink, do isotônico Ironage, das vodkas Blue Spirit Unique, Blue Spirit Ice e Nordka, também é a maior companhia brasileira de bebidas. Com quatro fábricas em operação e mais duas em construção, o Grupo é responsável pela geração e manutenção de 16,7 mil empregos, entre diretos e indiretos.


Judiciário Curitiba, quinta-feira, 09 de maio de 2013 | A8 | Indústria&Comércio www.justicaedireito.com

Opinião

coluna@induscom.com.br

Abandono afetivo e indenização por danos morais O artigo 227 da Constituição Federal dispõe que “é dever da família, da sociedade e do Estado assegurar à criança, ao adolescente e ao jovem, com absoluta prioridade, o direito à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária, além de colocá-los a salvo de toda forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão.” Pois bem, entrando estritamente no tema que pretendemos tratar, a grande indagação é saber se o direito de estar e de se desenvolver em uma família composta de ambos os progenitores é um direito subjetivo. Uma pessoa tem o direito de exigir que ambos os pais a crie? Que ambos os pais participem da formação de sua personalidade? Que ambos os pais acompanhem seu desenvolvimento? Se pensarmos materialmente, a resposta prontamente será positiva. Os pais possuem o dever de suprir as necessidades materiais que um filho necessita. E se pensarmos subjetivamente? Os pais devem dar carinho, atenção, afeto? A resposta parece óbvia: sim. Mas esse afeto é um direito (e ao mesmo tempo um dever)? Se para esta última pergunta houver uma resposta afirmativa, então teremos a responsabilização civil. Não obstante, o Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul entende pela impossibilidade de se indenizar monetariamente uma pessoa que nunca teve contato com um dos pais, por abandono voluntário deste. Segundo o Tribunal Gaúcho, a questão exige cuidado, uma vez que fixar indenização monetária em casos como o presente significaria fixar preço para o amor. Seria uma tarifação do afeto. A questão também pode ser analisada sob outro ponto de vista, como fez o Superior Tribunal de Justiça. Vejamos trecho do voto da Min. Nancy Andrighi: “Sob esse aspecto, calha lançar luz sobre a crescente percepção do cuidado como valor jurídico apreciável e sua repercussão no âmbito da responsabilidade civil, pois, constituindo-se o cuidado fator curial à formação da personalidade do infante, deve ele ser alçado a um patamar de relevância que mostre o impacto que tem na higidez psicológica do futuro adulto. Nessa linha de pensamento, é possível se afirmar que tanto pela concepção, quanto pela adoção, os pais assumem obrigações jurídicas em relação à sua prole, que vão além daquelas chamadas necessarium vitae.” Essa percepção do cuidado como tendo valor jurídico já foi, inclusive, incorporada em nosso ordenamento jurídico, não com essa expressão, mas com locuções e termos que manifestam suas diversas desinências, como se observa do art. 227 da CF/88. Vê-se, hoje, nas normas constitucionais a máxima amplitude possível e, em paralelo, a cristalização do entendimento, no âmbito científico, do que já era empiricamente percebido: o cuidado é fundamental para a formação do menor e do adolescente; ganha o debate contornos mais técnicos, pois não se discute mais a mensuração do intangível – o amor – mas, sim, a verificação do cumprimento, descumprimento, ou parcial cumprimento, de uma obrigação legal: cuidar. Negar ao cuidado o status de obrigação legal importa na vulneração da membrana constitucional de proteção ao menor e adolescente, cristalizada, na parte final do dispositivo citado: “(...) além de colocá-los a salvo de toda a forma de negligência (...)”. E, realmente, parece-nos certa a posição adotada pela Ministra Nancy Andrighi. A psiquiatria definitivamente considera essencial para a formação da personalidade de uma pessoa o seu relacionamento familiar. No momento em que duas pessoas decidem conceber e criar um filho, existe a responsabilidade pelo descumprimento dos deveres que são inerentes desse fenômeno natural (concepção) ou civil (adoção), que também é um fenômeno jurídico. Não é à toa que a Constituição Federal protege o direito da criança em ter uma família e o Estatuto da Criança e do Adolescente (art. 19) que toda criança ou adolescente tem direito a ser criado e educado no seio da sua família. *Arnaldo Rizzardo Filho – Advogado. / contato@rizzardoadvogados.com.br / http://www.rizzardoadvogados.com.br

Mantida prisão preventiva de réu Rafael Sodré de Lima A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) negou o Habeas Corpus (HC) 111620, em que a defesa de Rafael Sodré de Lima, conhecido no litoral de São Paulo como o “maníaco da navalha”, pedia a cassação da ordem de prisão contra ele decretada, alegando excesso de prazo na instrução criminal e ausência de fundamentação da medida.

A Turma decidiu, entretanto, oficiar ao Juízo da 1ª Vara Judicial da Comarca de Itanhaém, onde tramita processo contra ele, recomendando que dê celeridade ao processo para que ele seja julgado dentro do menor prazo possível. Rafael foi preso em novembro de 2007, sob acusação de tentativa de homicídio qualificado.

Justiça&Direito TRF4a

Liminar prorroga contrato da Santa Cruz Rodovias

O decisão foi tomada pelo desembargador federal Luíz Alberto e mantém o contrato até o fim do mês de dezembro

O

Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) suspendeu decisão que permitia o encerramento do contrato de concessão entre o estado do Rio Grande do Sul e a Santa Cruz Rodovias no dia 29 de maio. A decisão, tomada pelo desembargador federal Luís Alberto d’Azevedo Aurvalle, o contrato até dezembro. A empresa é Concessionária de Rodovias do Pólo de Santa Cruz do Sul, no Rio Grande do Sul, e responde pelas praças de Venâncio Aires, Rio Pardo e Candelária. Ela ajuizou ação na Justiça Federal pedindo a prorrogação do contrato, tendo em vista o desequilíbrio financeiro ocasionado pelo não cumprimento de cláusulas contratuais pelo governo estadual.

A obtenção de liminar garantindo a prorrogação do contrato pela empresa levou o estado do RS a pedir reconsideração junto à 6ª Vara Federal de Porto Alegre, onde corre a ação. Após analisar o recurso, o juízo de primeira instância revogou a liminar, entendendo que a argumentação do governo estadual de que o contrato era claro quanto ao prazo máximo de 15 anos deveria ser considerada. A Santa Cruz Rodovias apresentou, então, novo recurso, desta vez junto ao TRF4. Aurvalle, relator do processo, revigorou a primeira tutela, prorrogando a concessão. Conforme o desembargador, o fim do contrato poderia comprometer a continuidade do serviço público, além de trazer danos à empresa.

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) tem jurisdição sobre os

Estados do RS, SC e PR.

Ministro da Justiça e deputado vão à Bolívia interceder por torcedores presos O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, vai à Bolívia na semana que vem para conferir de perto a situação dos 12 torcedores brasileiros presos no país. Eles são acusados de participação na morte de um adolescente de 14 anos, durante jogo entre Corinthians e San José, em fevereiro. O deputado Vitor Paulo (PRB-

RJ), que vai acompanhar o ministro na viagem, está otimista e acha que a justiça boliviana já tem todas as provas para libertar os brasileiros.

Visita do promotor boliviano O parlamentar, que coordena grupo de trabalho sobre o tema, se reuniu nesta terça-feira com representantes do Ministério das

Relações Exteriores. Vitor lembrou que o promotor boliviano que acompanha o caso veio ao Brasil na semana passada e já ouviu o menor que assumiu o crime. “Isso já foi um avanço. Foi um pedido que fizemos à Justiça boliviana. O menor é réu confesso. Os doze brasileiros que estão lá não têm nada com isso. Ele volta para a Bolívia com o resultado

dessa oitiva.” Vitor citou entre as provas que inocentam os torcedores: a perícia da fita de vídeo, gravada durante o jogo por uma emissora de TV; e a reconstituição do crime no estádio, já feita pela justiça boliviana. A Embaixada do Brasil alugou casa na Bolívia para que os brasileiros possam ter residência fixa.

TST

JT não reconhece justa causa aplicada a propagandista por apresentar notas “frias” A Quarta Turma do Tribunal Superior do Trabalho negou provimento a agravo da JanssenCilag Farmacêutica Ltda. contra decisão que desconstituiu a justa causa aplicada pela empresa a uma propagandista vendedora devido à utilização de notas frias para comprovar despesas. A Turma observou que ficou demonstrado que o lançamento de despesas fictícias nas prestações de contas

da vendedora era organizado e gerido pela própria Janssen, o que inviabilizou o reconhecimento da justa causa, diante a tolerância da empregadora. Admitida em 2001 para atuar no mercado farmacêutico da Paraíba e de parte do Ceará, a propagandista afirmou que não começou a ter problemas com a empresa depois de sua eleição como segunda secretária do sindicato da

categoria, em 2005. A partir daí, segundo ela, notou mudanças dos superiores hierárquicos em relação a ela, com o aumento da área de atuação, redução das premiações, cancelamento do plano de saúde, recolhimento de todo o material de trabalho, suspensão do pagamento dos salários e, finalmente, a rescisão do contrato por justa causa. O argumento da Janssen para a dispensa foi a suposta falta gra-

STJ

Direito de desaposentadoria sem devolução de valores é Confirmada A Primeira Seção do Superior Tribunal de Justiça (STJ) confirmou na tarde desta quarta-feira (8), em julgamento de recurso repetitivo, que o aposentado tem o direito de renunciar ao benefício para requerer nova aposentadoria em condição mais vantajosa, e que para isso ele não precisa devolver o dinheiro que recebeu da Previdência. Para a Seção, a renúncia à apo-

sentadoria, para fins de concessão de novo benefício, seja no mesmo regime ou em regime diverso, não implica o ressarcimento dos valores percebidos. “Os benefícios previdenciários são direitos patrimoniais disponíveis e, portanto, suscetíveis de desistência pelos seus titulares, dispensando-se a devolução dos valores recebidos da aposentadoria a que o segurado deseja renunciar

para a concessão de novo e posterior jubilamento”, assinalou o relator do caso, ministro Herman Benjamin. Em vários recursos julgados nos últimos anos, o STJ já vinha reconhecendo o direito à desaposentadoria. Em alguns julgamentos, houve divergência sobre a restituição dos valores, mas a jurisprudência firmou que essa devolução não é necessária.

Processo penal é anulado por falta de atuação de advogado do réu A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal concedeu, de ofício, o Habeas Corpus (HC) 110271 para anular processo penal no qual O.L.F. foi condenado a cinco anos de prisão por crime contra a ordem tributária. O fundamento adotado pelo relator, ministro Marco Aurélio, foi a ausência de defesa técnica do réu, cujo advogado, nas

fases iniciais do processo, teria agido com desídia e estava com seu registro suspenso na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), por débitos pendentes. O.L.F. foi denunciado por alegadamente inserir dados falsos em alterações contratuais de uma empresa de importação e exportação com sede no Espírito Santo,

incluindo sócios que teriam apenas “emprestado” seus nomes para a constituição da sociedade, quando os verdadeiros proprietários seriam ele e sua ex-esposa. Segundo a denúncia, a empresa foi constituída apenas para usufruir de benefícios fiscais, resultando em débitos relativos a tributos federais.

ve cometida pela empregada ao utilizar notas frias para justificar despesas relativas ao relacionamento com médicos, como brindes e jantares. A empresa afirmou que repassava verbas aos vendedores e, em contrapartida, exigia a comprovação das despesas por meio de notas fiscais. Buscou justificar, assim, a instauração de inquérito judicial para apurar a alegada falta.

15 juízes substitutos tomam posse nesta semana O Presidente do TJPR, Desembargador Clayton Camargo, empossa 15 juízes substitutos nesta quinta-feira às 17h30 no auditório principal do Palácio da Justiça, 12º andar do prédio anexo. Os novos juízes são: Márcio de Lima para a 55ª de Marechal Cândido Rondon; Jonathan Cheong para 57ª de Rio Branco do Sul; Maria Tereza Thomaz para a 63ª de Peabiru; Marcelo Quentin para a 70ª de Jaguariaíva; Heloísa Helen Avi Ramos para 52ª de Wenceslau Braz; Osvaldo Alves da Silva para a 26ª de Cornélio Procópio; Thaís Terumi Oto para a 62ª de Astorga; Guilherme Moraes Nieto para a 45ª de Santo Antônio da Platina; Pryscila Barreto Passos para a 38ª de Medianeira; Paula Chedid Magalhães para a 48ª de Telêmaco Borba; Rodrigo da Costa Franco para a 35ª de Jacarezinho; Leila Morgana Cian para a 27ª de Cruzeiro do Oeste; Giovana Ehlers Fabro Esmanhotto para 38ª de Medianeira; Sérgio Decker para 58ª de Porecatu e João Bastos Nazareno dos Anjos para a 44ª de Pitanga.


Negócios Indústria&Comércio | Curitiba, quinta-feira, 09 de maio de 2013 | B1

INVESTIMENTO

CIN participa de lançamento de missão no Uruguai

TEXTOS PINÇADOS : PARA A FORMAÇÃO DE MENSAGEM

Evento será realizado em junho e levará empresários paranaenses ao país Foto: Gelson Bampi

O Centro Internacional de Negócios (CIN) da Federação das Indústrias do Paraná participou na terça-feira (07) do lançamento oficial da missão empresarial para o Uruguai, que acontece no mês de junho, e contará com o apoio da entidade. A missão levará empresários paranaenses para conhecer as oportunidades de negócios e investimentos no país. A data será divulgada em breve no site do CIN (www.cinpr.org.br) O evento foi realizado na sede da Associação Comercial de Curitiba (ACP). Participaram do encontro o vice-presidente da Fiep, Rommel Barion, que coordena o Conselho Temático de Comércio Exterior da entidade, e a gerente do CIN, Janet Pacheco. Também estiveram presentes autoridades do Uruguai, entre eles Joaquim Piriz Jorge, cônsul geral do país. Para Janet Pacheco, a missão empresarial no Uruguai irá orientar e auxiliar as empresas paranaenses que desejam investir no país. “O CIN busca alavancar os negócios dos paranaenses no mercado internacional e essa missão irá transmitir informações importantes para que os empresários possam investir com mais segurança no Uruguai”, destacou. Durante o evento, empresários e representantes de entidades da área de comércio exterior conheceram o cenário econômico e

Em 08 de maio foi o lançamento do livro “Textos pinçados: para a formação de mensagem” do jornalista e escritor Eduardo Bettega, no Estação Business School. Nessa oportunidade também foi a abertura da exposição “Religiões do Mundo”, curadoria de Carlos Zemek, que reunirá artes plásticas, fotografia e poemas com arte digital.

Joaquim Píriz Jorge, cônsul geral do Uruguai, ao lado do vice-presidente da Fiep, Rommel Barion, durante lançamento oficial de missão para o país

social do Uruguai. O assunto foi apresentado pela economista Paola Leites de Moraes. Segundo ela, o Uruguai está em 1º lugar no ranking da América Latina em índice de democracia e baixa corrupção e é o segundo em liberdade econômica. A média de desenvolvimento do país também é positiva, o que acaba atraindo investidores. “A taxa média de crescimento anual do Uruguai foi de 5,9% nos últimos anos”, disse.

O Uruguai está localizado na América do Sul, sobre a costa atlântica. A cidade mais populosa do país é Montevidéu, capital que possui o porto mais importante do Uruguai. São mais de 3 milhões de habitantes e a língua oficial é o espanhol. O país é um dos que mais capta investimentos na América Latina, estando atrás apenas do Chile e Peru e as exportações estão aumentando. “Nossas exportações aumen-

Revendedora de pneus investe na padronização de suas lojas Para atender com exclusividade a distribuição e venda dos pneus Dunlop e Falken em todo o Paraná, a BS Autocenter - tradicional revenda de pneus multimarcas - investiu maciçamente na padronização e ambientação de suas lojas, em diversos bairros de Curitiba, com o objetivo de apresentar aos seus clientes o padrão de qualidade no atendimento exigido na comercialização dos novos produtos, além de levar ao mercado uma nova tendência na hora da troca. Em função disso, 200 novos empregos também foram criados, tanto na área de vendas como de assistência técnica. A Dunlop é uma das maiores fabricantes de pneus do mundo e está construindo uma unidade no município de Fazenda Rio Grande, região metropolitana de Curitiba,

prevista para entrar em operação até outubro deste ano. Esta é a primeira fábrica fora da Ásia. José Rovilson Dias, diretor da rede BS Autocenter e da Distribuidora JR Dias, diz que a comercialização dos pneus Dunlop começou timidamente em meados do ano passado, quando a empresa japonesa Sumitomo Rubber - detentora das marcas Dunlop e Falken - passou a trazer para o Brasil seus pneus, produzidos nas fábricas do Japão, da Indonésia e da Tailândia. Como a BS já era nacionalmente conhecida no ramo, a sua escolha como distribuidora oficial das marcas foi uma consequência natural. Rovilson acredita que com a abertura da fábrica em Fazenda Rio Grande, que deverá produzir inicialmente 15 mil pneus

diariamente, as vendas tendem a aumentar e logo atingir as metas propostas pela multinacional: abocanhar 10% do mercado nacional, já no primeiro ano, podendo triplicar até 2020. Para o empresário, o investimento de R$ 1.200 exigido agora na padronização das lojas terá um retorno rápido, uma vez que, atualmente, quase 70% das vendas efetuadas já são de pneus da marca Dunlop, para carros de passeio, utilitários e camionetes. A BS tem 12 lojas próprias, sendo seis em Curitiba, localizadas em Santa Felicidade, nas Mercês, na Água Verde, no Tarumã, no Bacacheri e no Portão; uma em Londrina; duas em Maringá; uma em Ponta Grossa, e duas em Santa Catarina (Itajaí e Joinville).

Sherwin-Williams lança produto A Sherwin-Williams, um dos principais nomes do mercado de tintas no país, comprova que é referência em inovação e lança uma linha inédita no mercado: SW Ultra Proteção, a primeira voltada especificamente para estabelecimentos comerciais, empresas de pequeno a médio porte e outros locais com grande fluxo de pessoas. Composta por produtos até três vezes mais resistentes, SW Ultra Proteção é uma opção para

os proprietários de estabelecimentos comerciais que precisam de manutenção e não têm acesso a produtos do segmento industrial. “Esta nova linha conta com tecnologia que oferece alta durabilidade e proteção, reduzindo os custos com pintura e repintura. O valor que o empresário gastaria com manutenção poderá ser investido em seu negócio”, diz David Ivy Jr., Diretor de Marketing da SherwinWilliams.

Voltada tanto para ambientes internos quanto externos, com secagem rápida e baixo odor, os produtos da linha SW Ultra Proteção estão disponíveis em centenas de cores do sistema tintométrico Color e também nas cores de segurança do padrão Munsell. A linha é composta por esmalte e epóxi base água e fundos específicos que garantem maior durabilidade ao acabamento. Fácil de aplicar, não exige mão de obra especializada.

taram cinco vezes em dez anos”, disse Paola. Ela também destacou que em 1998 foi criada no país a Lei de Investimentos, que beneficia empresas e indústrias que desejam investir no Uruguai, isentando-os de diversos impostos e facilitando as relações comerciais. Os investidores interessados no país tem ainda à disposição o Mercado Comum do Sul, o Mercosul, que atinge mais de 270 milhões de pessoas.

HDI Seguros patrocina simpósio e feira no Paraná

A HDI Seguros marca presença em mais um importante evento do setor. A seguradora é uma das principais patrocinadoras do 4º Simpósio e da 2ª Feira Paranaense de Seguros, que acontece entre os dias 8 e 10 de maio, em Curitiba. Promovido pelo Sincor-PR, o evento busca, por meio de palestras com renomados especialistas, refletir sobre o relacionamento entre corretores e seguradoras e apontar soluções para o aperfeiçoamento dessa relação. “Na HDI Seguros, o corretor é visto e tratado como um importante aliado estratégico. Prestigiar e participar de um evento, cuja principal proposta é promover a sinergia entre corretores e seguradoras, é uma questão de coerência com nossa filosofia de trabalho e postura de mercado”, afirma Moacir Abba, diretor regional do Paraná. O 4º Simpósio e a 2ª Feira Paranaense de Seguros acontecem no Espaço Torres, localizado à Rua Pergentina Silva Soares, 159 - Jardim Botânico, em Curitiba.

Fisk realiza convenção em Curitiba Com expectativa de abrir 50 novas escolas em 2013 – cinco delas no exterior – e ampliar em 10% seu número de franqueados e alunos, a Fisk, uma das maiores redes independentes de ensino do Brasil, reúne os franqueados dos Estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, em convenção hoje (9), às 9 h, em Curitiba, no Hotel Pestana Curitiba (Rua Comendador Araújo, 499 – Batel). Os principais executivos da Fundação Fisk participam do encontro e estarão à disposição da imprensa para falar sobre os planos de expansão da rede. “A previsão de crescimento se baseia em uma firme estratégia que

Christian Ambros, diretor da Fundação Fisk

inclui fortes investimentos em publicidade e patrocínios esportivos e garantem grande exposição da

marca”, afirma Christian Ambros, diretor da Fundação Fisk. Atualmente, a rede possui 157

unidades na região e a expectativa é crescer não somente em número de unidades e também de alunos matriculados por unidade: “Mais do que inaugurar novas escolas, visamos o crescimento vertical. Como forte apoio ao franqueados, as convenções regionais contribuem para o aprimoramento da estratégia para recebimento de novos alunos. Já formamos mais de 15 milhões de estudantes e nosso objetivo é que esse número cresça cada vez mais”, finaliza Christian Ambros. As convenções regionais ainda passarão por Belém, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Ribeirão Preto e São Paulo.

Eduardo Bettega é especialista em Comunicação Social, pós-graduado pela PUC – PR, 2002. E graduado em Comunicação Social, habilitado ao Jornalismo, Publicidade e Relações Públicas, também pela PUC-PR, em 1981. Atua desde essa época em produções audiovisuais, fazendo roteiros de produções publicitárias com previsão de imagens a acompanhar o texto, e mais frequentemente na edição de reportagens jornalísticas para as emissoras Globo, SBT, CNT e UFPR TV, com a responsabilidade sobre a escolha das informações do discurso e as correspondentes imagens. De 2003 a 2008 foi professor no curso de Comunicação Social, habilitação em Relações Públicas, da Universidade do Contestado, campus de Mafra, Santa Catarina, na disciplina de Comunicação Comparada, onde ensinou os alunos a fazerem a leitura crítica das mensagens a partir da composição de texto e imagem. Seu livro “Textos Pinçados” reúne reflexões do autor sobre a vida e o mundo. Revela os pensamentos, as meditações do autor sobre um mundo em constante transformação. Ele informa no início do livro que as crônicas da coletânea que está lançando foram escolhidas entre centenas de crônicas que escreveu em momentos de meditação. Alguns assuntos despertam o interesse dos leitores, entre eles: Mas que mania habitual do ser humano, Tendo atravessado todos os quadrantes com a mente, Ah, eu posso falar em fé, Pai me dá a escova de cabelo, Doutor eu estou apaixonado pela moça, Homem é tudo burro, Meu propósito de sinceridade está ancorado, e outras. Um livro interessante para pessoas que sintam desejo de questionar o mundo, de olhar a vida com olhos renovados. Na continuação uma das páginas do livro “Textos pinçados”:

EN MEUS 60 ANOS DE VIDA “Cada dia que passa é melhor do que o anterior. E a semana. E o mês. E o ano. E a década. Cada dia é menos ruim do que o anterior. Não bom. Ainda. Mas menos ruim. Porque a cada dia que passa diminuem os preconceitos e as imbecilidades. E a cada semana. E a cada mês. E a cada ano. E a cada década. A cada dez anos que se passam eu me pergunto como pude sobreviver dez anos atrás. Como havia intolerância naquela época que hoje não há mais! E trinta anos então... Inacreditável que a conformação mental daquela época tenha existido! Porque o que havia era muita inconsequência. Exagerada para os padrões atuais. Inaceitável. E o tempo de cinquenta anos atrás... Era inimaginável! De seres abusados verdadeiros macacos vestidos arrotando a grandeza que nunca houve. Ah, a liberalização dos costumes, cada um se assumindo como é e não como lhe dizem que deve ser é conquista diária, a cada dia fica melhor. Alvíssaras!” Eduardo Bettega é especialista em Comunicação Social, pós-graduado pela PUC – PR, 2002, e graduado em Comunicação Social, habilitado ao Jornalismo, Publicidade e Relações Públicas, também pela PUC – PR, 1981. Atuou desde essa época em produções audiovisuais na edição de reportagens jornalísticas para as emissoras Globo, SBT, CNT e UFPR TV. De 2003 a 2008 foi professor no curso de Comunicação Social, em Mafra/SC. Já publicou um livro em co-autoria e nesta oportunidade lançará “Textos Pinçados”, elaborado a partir de conversas e reflexões. O livro poderá ser adquirido no evento. * Isabel Furini é escritora e poeta premiada. Contato pelo e-mail: livrocoruja@yahoo.com.br


Nacional Indústria&Comércio | Curitiba, quinta-feira, 09 de maio de 2013 | B3

parceria

Opinião

Brasil e Egito firmarão parcerias em quatro áreas

coluna@induscom.com.br

A evolução na relação mãe e filha A relação entre mãe e filha começa muito antes do que a filha provavelmente se recorda. A mãe com certeza lembra-se quando tudo começou, desde o teste de gravidez, as sensações durante a gestação e o primeiro choro quando ela nasceu. Uma filha é muito especial para a mãe, ela recebe os cuidados dela com carinho, a mãe lhe protege e mantém as condições para que ela sobreviva enquanto ela não pode fazer isso sozinha. Wilson Dias/ABr

Os presidentes assinarão sete documentos nas áreas técnica, agrícola, social e cultural

Enquanto bebê, mãe e filha são quase uma só pessoa, ambas estão ligadas de forma psíquica a partir do afeto e de certa forma física, a partir da amamentação e dos cuidados de higiene. Quando a filha completa cinco anos, já quer usar os acessórios da mãe, sua maquiagem, suas roupas e perfumes. Nessa fase a mãe é modelo de mulher, de feminino, uma referência para que a filha aos poucos possa formar sua própria identidade, com semelhanças e diferenças. Já a adolescência é a fase em que a admiração pela mãe tende a diminuir e a filha começa a achar a mãe antiquada. É neste momento que as amigas se tornam mais interessantes, pois compartilham ideias em comum e sem críticas. Nessa fase a mãe deve perceber que é importante dar espaço e liberdade para a filha fazer suas escolhas, mas ao mesmo tempo estar atenta às amizades e comportamentos da filha.

A presidenta Dilma Rousseff recebe, no Palácio do Planalto, o presidente egípcio, Mouhamed Mursi que veio ao país em busca de uma parceria com o governo Dilma

A

presidenta Dilma Rousseff e o presidente do Egito, Mouhamed Mursi, assinarão ontem sete documentos nas áreas técnica, agrícola, social e cultural. Dilma e Mursi acertarão acordos de cooperação técnica e memorandos de desenvolvimento social e agrário, além de parcerias relativas a ações no meio ambiente e saúde. Há ainda um memorando para intercâmbio de experiência

entre as bibliotecas nacionais do Brasil e do Egito. O presidente do Egito fica no país até hoje. A prioridade dele é conhecer os programas de transferência de renda e incrementar o comércio bilateral. Mursi enviou mensagens às autoridades brasileiras sobre o interesse em conhecer os detalhes dos programas, que reduziram a pobreza e a fome no Brasil, e também os projetos para

a geração de emprego. No Egito, a população é formada por 60% de jovens, que pedem mais oportunidades de trabalho e melhoria da qualidade de vida. Desde o fim do governo de Hosni Mubarak, em 11 de fevereiro de 2011, o Egito vive momentos de instabilidade política, econômica e social. O governo de Mursi tenta administrar a queda nas receitas, provocada, entre outras razões,

pela redução no turismo e dos investimentos estrangeiros. O atual governo sofreu uma série de manifestações violentas. As relações econômicas entre Brasil e Egito aumentaram nos últimos dois anos. O fluxo comercial bilateral cresceu 38% (2011-2012). De 2002 a 2012, o volume de comércio entre os dois países cresceu sete vezes, evoluindo de US$ 410 milhões para US$ 2,96 bilhões.

A ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, apelou a índios, produtores rurais, militantes sociais e parlamentares para que acalmem os ânimos e debatam tranquilamente a criação de novas reservas indígenas, a fim de se tentar chegar a uma solução para o conflito. “Não viemos aqui para um embate com agricultores ou com os índios”, afirmou a ministra ao responder as críticas de deputados federais, durante audiência pública realizada pela Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Câmara dos Deputados, realizada para ouvir da ministra esclarecimentos a respeito dos processos demarcatórios de terras indígenas. “Chegamos a uma situação em que os conflitos estão aumentando até porque as novas áreas, em estudo ou pleiteada, ficam em regiões de maior concentração populacional”, acrescentou a ministra, afirmando que faltam critérios claros para a criação de novas reservas e a regulamentação de uma série de aspectos legais. “Se a Constituição Federal fosse clara e cristalina, nós não estaríamos vivendo esta situação. Se isso acontece é porque há inter-

Antonio Cruz/ABr

Gleisi pede calma e serenidade a índios e produtores rurais, em comissão da Câmara

A relação mãe e filha possui um peso grande para ambas, a mãe faz tudo pela sua filha, sempre pensando no melhor para ela. A filha aprende com sua mãe muito do que sabe. Tudo o que é dito entre mãe e filha é interpretado com um peso maior do que se fosse dito por outra pessoa, desta forma, o que a mãe e a filha dizem uma para outra, seja de forma cuidadosa ou não, não teria o mesmo peso se fosse dito por uma amiga, por exemplo. Muitas mulheres acreditam que a relação entre mãe e filha tende a ser mais compreensível quando a filha torna-se mãe, uma vez que a filha passa a sentir as angústias e receios que sua mãe sentia. Existe também a mudança do foco da atenção, que era sempre na filha, e que passa a ser no neto. A filha começa a admirar o desempenho da mãe com os cuidados com o bebê e a mãe se sente útil, fazendo parte da vida da filha. A partir da evolução da relação mãe e filha é possível compreender como a oscilação de sentimentos acontece em cada fase da vida e que em cada uma delas ambas tem muito a aprender uma com a outra. Um bom relacionamento entre mãe e filha requer dedicação para compreender a outra. Para isso, é interessante entender que ambas querem acertar, e que tem a ganhar com uma amizade, mesmo que esta talvez não seja perfeita. *Tayana Passos Consultoria de Relacionamento e BemEstar

A ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, participa de audiência pública na Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Câmara para falar sobre os processos de demarcação de terras indígenas

pretações diferentes. Se queremos resolver esta situação, precisamos serenar os ânimos”, disse a ministra, reconhecendo a “complexidade” de a Fundação Nacional do Índio (Funai), como órgão federal responsável por promover e defender os direitos indígenas, mediar os conflitos e, ao mesmo tempo, ficar encarregada de elaborar os estudos antropológicos necessários para identificar se uma área é indígena e,

com isso, recomendar à Presidência da República sua demarcação e homologação. “A atuação da Funai tem se pautado pelo que ela é: protetora e envolvida com as questões indígenas. A intervenção do Estado brasileiro, como garantidor dos direitos, resta, assim, comprometida”, concluiu Gleisi, confirmando a intenção do governo federal de passar a consultar outros órgãos

de governo, sobretudo a Embrapa, nos processos demarcatórios. “É uma iniciativa para melhorar os procedimentos. Precisamos ter informações para qualificar a tomada de decisões. Vamos ouvir e considerar nos estudos, além da Funai, os ministérios da Agricultura, do Desenvolvimento Agrário, das Cidades, entre outros órgãos para termos uma base consistente para os estudos de demarcação”.

Lei que amplia benefício Senado aprova proposta emergencial para agricultura para desonerar empresa que paga estudo de empregado familiar entra em vigor A Comissão de Assuntos Sociais do Senado aprovou ontem em caráter terminativo, uma proposta que desonera empresas que custeiam o estudo de empregados no ensino regular e em cursos profissionalizantes e de pós-graduação. Atualmente, benefícios concedidos na área de educação são considerados pela Receita Federal parte do salário e constam na base de cálculo das contribuições sociais, como o percentual recolhido pelo empregador ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Na avaliação do senador Pedro Taques (PDT-MT), a regra atual desestimula a concessão de mais

O tempo passa e a filha se transforma em uma mulher adulta. Além dos momentos de lazer entre mãe e filha e da possível intimidade entre elas, pode existir por parte da mãe o receio de que a filha não escolha as opções que ela acredita serem as corretas para a sua vida. Esta atitude pode levar a mãe a manter a relação com angústia, podendo ter dois extremos: ou afasta ou superprotege a filha.

benefícios pelas empresas. “As parcelas ou benefícios, uma vez considerados salário, têm reflexos sobre as demais verbas trabalhistas”, disse. Além disso, são imediatamente consideradas na base de cálculo para incidência de tributos, com o levantamento do débito tributário e aplicação de multas, sem contar a possibilidade de o empregador responder por crime de sonegação e apropriação indébita”, completou Taques. Para evitar fraudes, a proposta prevê que a desoneração seja limitada a gastos com educação até 30% do valor do salário.

O governo federal autorizou o pagamento de valor adicional ao Benefício Garantia-Safra para a colheita 2011/2012. A extensão do benefício faz parte da Lei 12.806/13 publicada nesta quarta-feira no Diário Oficial da União. A norma amplia o auxílio emergencial financeiro, no valor de R$ 560 reais por família, aos agricultores familiares que aderiram ao Fundo Garantia-Safra e que tiveram perda de colheita em razão da estiagem. A lei entrou em vigor com a publicação. O texto destaca ainda que o pagamento do adicional do benefício será feito em quatro parcelas men-

sais, subsequentes ao pagamento dos benefícios estabelecidos para a safra 2011/2012. Para desastres ocorridos no ano passado, a ampliação será de até R$ 320. A lei também autoriza a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) a adquirir, em caráter excepcional, até 550 toneladas de milho em grãos, ao preço de mercado, por meio de leilões públicos, para recomposição de estoques. A compra será destinada para venda direta a pequenos criadores de aves, suínos, bovinos, caprinos e ovinos situados na área de atuação da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene).

Operação busca quadrilha acusada de adulterar leite O Ministério Público do Rio Grande do Sul (MP-RS) deflagrou ontem a Operação Leite Compensado para desarticular um esquema de adulteração de leite. De acordo com as investigações, cinco empresas de transporte de leite adicionavam ao produto cru, entregue à indústria, uma substância semelhante à ureia, que tem formol na composição e é considerada cancerígena pela Organização Mundial da

Saúde (OMS). Até agora, oito pessoas foram presas suspeitas de envolvimento no esquema. Segundo o MP-RS, esse tipo de adulteração é considerada crime hediondo de corrupção de produtos alimentícios, previsto no Artigo 272 do Código Penal. As empresas investigadas transportaram aproximadamente 100 milhões de litros de leite em um ano e estima que 1 milhão de quilos de ureia foram adicionado ao leite.

Termina prazo de entrega de proposta para operador logístico das Olimpíadas Terminou nesta quartafeira o processo seletivo para a empresa que ficará responsável pela logística dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. O diretor de comunicação do Comitê Organizador dos Jogos, Carlos Villanova, explicou que o setor de logística - que vai envolver o transporte de cerca de 30 milhões de itens - é central para o sucesso dos jogos. “Vamos comprar R$ 30 bilhões em produtos, desde a ração dos cavalos que vão

competir no hipismo, até aparelhos sofisticadíssimos de ginástica, o gesso para passar na mão nos atletas, a água para servir aos atletas, a grama, as grades. Para trazer, levar, buscar, entregar esses produtos precisamos de uma logística sofisticadíssima”, explicou Villanova. A empresa vencedora terá direito a associar sua marca aos Jogos Olímpicos de 2016, como parceira oficial do evento. Ainda não há data para a divulgação do resultado


Especial Curitiba, quinta-feira, 09 de maio de 2013 | B4 | Indústria&Comércio

Nem te Conto Em viagem

1-O técnico da Seleção Brasileira de Futebol, Luiz Felipe Scolari, foi com a esposa Olga visitar as Cataratas do Iguaçu, uma das Sete Novas Maravilhas da Natureza. O casal foi recebido pelo chefe do Parque Nacional do Iguaçu, Jorge Pegoraro. 2- A professora do Curso de Dança da Faculdade de Artes do Paraná, Scheila Maçaneiro, vai a Munique, como convidada do World Summit on Arts Education, Polylogue II, que acontecerá de 13 a 17 próximo, com apoio da Unesco. São 120 convidados de 40 países.

3

Adélia Maria Lopes

a

margem arte&atitude

adeliamarialopes@yahoo.com.br

Mamães, tudo pelo seu dia 11-A grife Fabrizio Giannone/ ParkShoppingBarigüi apresenta a coleção Boho Chrome, com peças em ouro e prata, usando pedras brasileiras, couros, metal e pérolas. É nesta quinta dia 9 das 17 às 21h , em coquetel para o Dia das Mães, com show do duo Alexandra Scotti e Julian Barg.

1-Havaianas apresenta uma mini coleção, em que as famosas estampas de lenço surgem enfeitando as sandálias, acompanhando o extravagante estilo barroco. A tira é estreitinha (Slim) e traz detalhe em metal rosê. 3- Michel Teló esteve em Guaíra, hospedando-se no Deville Express que na última semana recebeu diversos artistas que se apresentaram na tradicional Festa das Nações.

Arrasa quarteirão

Homem de Ferro 3 já soma perto de quatro milhões de espectadores no Brasil. Só a sala Imax, em Curitiba, recebeu mais de doze mil expectadores. O sucesso vai além dos 1223 cinemas: mais de mil lojas do país possuem promoções e vitrines com produtos do filme.

Psicose Ambientalista

Dom Bertrand de Orleans e Bragança, bisneto da Princesa Isabel, estará nesta quinta dia 9 em Curitiba. Através da Editora Petrus, faz sessão de autógrafos do livro do livro Psicose Ambientalista - Os bastidores do ecoterrorismo para implantar uma "religião" ecológica, igualitária e anticristã ... Será às 19h, nas Livrarias Curitiba,

Comes&Bebes

1-Sucesso no Shopping Curitiba: o quiosque Los Paleteros, do casal Anabel Lopes e Maurício Dídimo, os primeiros franqueados da marca paranaense que teve início no Balneário Camboriú. O produto é similiar aos picolés mexicanos: pesa 120 gramas e não leva corantes nem conservantes. Instalada pelos sócios Gean Francesco Derosso Chu e Gilberto José Verona Filho, a fábrica fica na cidade de Barracão, mas logo haverá outra em Curitiba, pois, além das franquias, peojetam lojas próprias em Foz, São Paulo e Rio, de início. E imaginam levar as paletas brasileñas para o México, onde os preços são populares. Em Curitiba, porém, custam 7 e 8 reais. A gélida Curitiba, por ironia, pode ser declarada a capital do sorvete. Como tem sorveteria por aqui! E cidade é a porta de entrada dos dolés mexicanos. A primeira do gênero é a Paleteria, situada na Av.Silva Jardim, 608. Pedaços de frutas transparecem nos enormes picolés. 2- Um jantar franco-italiano no restaurante Obra Prima aguarda as mães ao final da viagem de litorina chique até Piraquara, nesta sexta dia 10 ou sábado. Valor: 165 (adulto) e 112 reais ( criança). Reservas: (41) 3888-3488 ou www.serraverdeexpress.com.br. 3- Neste domingo 12, as mães que almoçarem ou jantarem nos restaurantes da rede Outback ganharão um gloss labial. Os materiais da campanha refletem a temática Abraço de Urso, parceria com a Coca-Cola. 4- O 8º Festival Gastronômico do Gonzales y Garcia, nesta sexta-feira 10, a partir das 19h, traz de volta a estupenda Paella Marinera (apenas frutos do mar com arroz) laboriosamente feita pelo chef Marcos Ravaglio. O preparo é feito ao estilo cozinha. Como entrada, serão servidos polvo à galega, caçarola de camarões, batatas bravas (fritas) e montaditos diversos. Haverá ainda apresentação da cia de dança Aire Flamenco. Tudo por 50 reais por pessoa. Reservas: (41) 3053-9933. 5- O Taj (Rua Bispo Dom José, 2302) participa do festival Brasil Sabor, que acontece até dia 19, com o Sensações do Brasil, prato criado pelo chef Adriano da Silva. É filé de tilápia grelhado ao curau de milho verde acompanhado de bananas da terra e abobrinha. (19,90 reais).

12- A Hope (shoppings Mueller, Curitiba e ParkBarigui) sugere pijamas, que podem ser usadas tanto para dormir como só para ficar confortável em casa. E, até domingo, na compra de uma dessas peças ganha desconto para outra. A mamãe do

ano Juliana Paes estrela a campanha.

2- A Racco lança a Deo Colônia Lov, inspirada na mulher moderna que desempenha e se dedica a diversas atividades: mãe, esposa, filha, profissional e dona de casa, sem deixar de lado a feminilidade. A composição é floral frutal, com fundo exótico.

Abstração

Abre nesta quinta-feira 9, às 19h30, no Museu Guido Viaro, a mostra Arte-725, com trabalhos abstratos de Edilson Viriato, Ana Müller, Ana Serafin, Beatriz Gonçalez, Cida Lemos, Cirlei Gonçalves, Denise Abujamra, Elisângela Strasser, Elisiane Corrêa, Kátia Kimieck, Luiza Uady, Luiz Lavalle, Mara Franco, Marilene Zanchet, Marinice Costa, Odilon Ratzke, Ro Sampaio e Silvana Camilotti. Os 18 artistas também apresentarão caixas contendo quatro obras de cada expositor.

moda&cia

3- O cantor Cauby Peixoto, aos 81 anos, vai cantar no tradicional jantar dançante do Clube Curitibano em homenagem ao Dia das Mães, nesta sexta-feira 10, às 20h. O repertório traz clássicas serestas como Lábios que beijei, As três lágrimas e Chão de estrelas. (Valores: 40 para sócios e 80 reais para convidados de associados. Fone 3014-1932). 4- Neste sábado11, a Spedini do Shopping Curitiba homenageia o Dia das Mães, presenteando com uma nécessaire personalizada quem consumir qualquer prato combinado (massa + carne ou carne + salada). 5- A Brandili Têxtil, grife de moda infantil de Santa Catarina, criou um “superpijama”, que traz versão idêntica para as mães e os seus pequenos. Inspirada na Mulher Maravilha, a peça adulta tem na camiseta a estampa “Supermãe” e nos infantis as versões “Superfilho” e “Superfilha”. 6- A designer Elyane Fiuza ficou oito meses na Itália, cidade de Camerino, para criar sua Nuova Collezione de bolsas. As formas mais clássicas se misturam a formatos geométricos. A marca curitibana também realiza consultoria, se o filho quiser. Confira em www. elyanefiuza.com.br. 7- A rede de Spa Shishindo (nos hotéis Radisson, Pestana e Deville Rayon) preparou um pacote composto por três tratamentos para aliviar o estresse. A mãe ainda pode usar a piscina aquecida e a sauna aromática. 8- Os pacotes estéticos da Clínica Care têm como opção sessão peeling de diamante, limpeza de pele Babor, esfoliação corporal e massagem, além de Spa Day e tratamento com radiofrequência. Fone 3343-3566. 9- Para chocólatras, Kopenhagen em formato de coração. Tem Corações Trufados cherry brandy, morango e o mix de bombons em uma embalagem temática. Outra opção são as rosas de chocolate ao leite. 10- Nesse período festivo, na compra de dois itens da Special Collection Made With Love da Shutz, as consumidoras ganharão um kit exclusivo Mother’s Survival. Peep toes, scarpins, flats, maxi carteiras e bolsas formam a coleção, que será apresentada nesta quinta dia 9 com, coquetel.

13- No Shopping Mueller, o quiosque da Canecaria possui 150 opções de criação própria de canecas, além de outros produtos, como copos, xícaras, canecos e, para o Dia das Mães, kits com infusores, canecas e chás. 14- A Onodera Estética oferece a plataforma Power Shape, que reduz gordura localizada com ponteira de ultrassom cavitaciona. E de brinde um chandon baby e um voucher para mãe e filha aproveitarem juntas os serviços do Nail Spa. (Vicente Machado, 1814). 15- A coleção Kalinka Malinka, da Swatch, reúne três relógios dentro de cinco bonecas matrioskas. São três porque esse tipo de brinquedo russo conta a história de três gerações de mulheres: mãe, filha e neta.

16- Numa iniciativa da Associação dos Lojistas da Augusto Stresser, durante o horário de almoço, nesta sexta e no sábado, as mães que circularem por essa rua recebem flores, enquanto músicos da PIB e da Escola de Música Trilhas tocam os corações com suas canções. E na Augusto Stresser fica a Agapanthus Floricultura, que até domingo expõe arranjos de estilos variados adornados com corujas, simbolizando o amor de mãe. As aves estampam cachepô e esculturas. Fone 3013-3940. 17- Para quem quer surpreender, a Viccenza Joias está com um catálogo inspirador. Tânia Viccenzi trouxe para suas lojas, exclusivamente para essa data, a coleção Athena, do designer Julio Okubo. As peças remetem à deusa grega, exaltando a força e a beleza femininas em ouro e diamante. 18- Na Collezione Casa há sugestões interessantes, desde a almofada fronha “Minha mãe é uma Rainha”, exclusividade da loja, alôs jogos de cama da sofisticada linha Casa By Buddemeyer.


Diário Indústria&Comércio