Page 1

Debate

Previsão

Fast food

Curitiba reúne especialistas em gestão pública

Inflação oficial deve começar a diminuir em março, prevê Mantega

ECONOMIA B1

Burger King oferece oportunidade de emprego

GERAL PARANÁ | A3

NEGÓCIOS | B4

CURITIBA, QUARTA-FEIRA, 09 DE FEVEREIRO DE 2011 Ano XXXIV | Edição nº 8312 | R$ 1,50 | WWW.ICNEWS.COM.BR

Indústria &Comércio DIÁRIO. MAIS QUE NOTÍCIAS. INTELIGÊNCIA. CONHECIMENTO.

Fábio Campana “Reforma agrária” na Assembleia Começa hoje o recadastramento dos 495 funcionários de carreira da Assembleia Legislativa.

Chuvas prejudicam colheita e elevam preços na Ceasa Valores dos 30 principais produtos comercializados tiveram alta de 2,88%

Aroldo Murá Nada de discutir radiação atômica no sexo dos indígenas Nada de discutir teses no mínimo hilariantes, tipo daquela um dia submetida a banca examinadora universitária: “A influência da radiação atômica sobre a vida sexual dos aborígines do Alto Xingu”. A ordem para o IV Fórum de Pesquisa e Inovação, que a Fiep e PUCPR promoverão em junho, em dois dias, é envolver todas as universidades do Estado, com a apresentação e discussão de 600 a 800 trabalhos. O objetivo é que as propostas acadêmicas tenham aplicação prática na vida da comunidade e nas empresas, além de que possam, algumas, subsidiar políticas públicas. Bematec e Nokia/Siemens são dois exemplos de grandes empresas de tecnologia que estarão no evento empresarial-acadêmico. E o leitor sabe quem é Waldemiro Gremski? Pois ele nasceu em Serrinha, um distrito de Contenda, há 65 anos, foi teólogo em seminário católico, líder estudantil fichado pelo DOPS, conquistou doutorado sem precisar de mestrado e pode exibir quatro pósdoutorados. Um deles conseguido no famoso Instituto Karolinska, de Estocolmo, sempre em Biologia Celular e Molecular. Pode exibir também dezenas de artigos publicados em revistas científicas internacionais denominadas de ‘indexadas’. Pois Gremski é o homem por trás do Fórum de Inovação, representando a PUCPR, e da qual é o novo Pró-Reitor.

A

média ponderada de preços do atacado de hortigranjeiros da Ceasa (Centrais de Abastecimento) Curitiba voltou a apresentar alta. Segundo o comparativo semanal, realizado pela Divisão Técnica e Econômica – Ditec, da Ceasa Paraná, os preços dos 30 principais produtos comercializados tiveram reajuste de 2,88% em relação à semana anterior (31/01). As constantes chuvas dos últimos dias, principalmente no chamado cinturão verde da Região Metropolitana de Curitiba, prejudicaram a colheita, diminuíram a oferta e contribuíram para a alta, informam os técnicos da empresa. GERAL CURITIBA | A2

As constantes chuvas dos últimos dias, principalmente no chamado cinturão verde da Região Metropolitana de Curitiba, prejudicaram a colheita, diminuíram a oferta e contribuíram para a alta

Transportes foram principal influência Leroy Merlin para alta da inflação oficial em janeiro é indicada

ao prêmio GreenBest 2011

Os transportes públicos tiveram taxa de 3,47%, com destaques para passagens aéreas. ECONOMIA | B1

PÁGINA A3

EDITORIAL

DA INSEGURANÇA A insegurança nossa de cada dia, a nossa crescente insegurança é assustadora: os índices de criminalidade em Curitiba ultrapassaram os tristemente célebres números da “baixada fluminense”: na cidade sorriso não é incomum fim de semana com 50 homicídios. O que fazer? Em primeiro lugar aumentar o número de pms. É a condição sem a qual tudo o mais não passará de cosmético. Lembramos que na campanha Beto Richa prometeu cinco mil novos pms! É um começo, pois o Paraná precisa de 30 mil pms nas ruas, avenidas. A PM deve ser onipresente... E insone! Deve vigiar, guardar, velar! Para dar idéia do tamanho do déficit: segundo as melhores fontes o efetivo não ultrapassa 18 mil! Deste total devemos descontar o pessoal de férias, licença, doente, mais ou menos 20%! Quase quatro mil a menos! Ora, com 14 mil pms a luta contra o crime, organizado ou não, é muito desigual. Daí o pasmoso crescimento da criminalidade e violência - no Brasil o crime compensa, a violência é impune.

Lapa recebe título de capital da cultura

NEGÓCIOS | B4

Política de valorização do salário mínimo gera divergências na base aliada

Lapa recebe hoje o título de Capital Brasileira da Cultura 2011, pelo Bureau Internacional de Capitais Culturais. No mesmo dia, a Prefeitura, a Secretaria de Cultura e Turismo e o Instituto Histórico e Cultural da cidade promovem atividades culturais e cívicas em homenagem ao Cerco da Lapa.

Projeto nem chegou ao Congresso Nacional, mas já causa divergências entre os líderes da base governista.

LEIA MAIS NA PÁGINA A4

NACIONAL POLÍTICA A5

Indicadores CÂMBIO MAIORES ALTAS J B DUARTE MERC INVEST MERC INVEST SONDOTECNICA SULTEPA

FII BC FFII TEX RENAUX TECTOY TECTOY CLARION

CENTRAL DE ATENDIMENTO: 41 3333.9800 CMYK

A Leroy Merlin, rede francesa de home centers, vem priorizando ações de desenvolvimento sustentável para beneficiar não só o planeta, mas sobretudo, a sociedade. Hoje a empresa possui o “Construir e Sustentar”, um programa que implementa diversas ações que englobam desde a comercialização de produtos ecossustentáveis ao patrocínio de projetos de construções que não agridam o meio ambiente.

COTAÇÃO

MAIORES ALTAS

COTAÇÃO

0,06 1,18 0,46 38,00 4,94

OGX PETROLEO ECODIESEL LOJAS AMERIC ITAUSA LOJAS RENNER

17,00 0,86 13,25 11,78 51,20

1,00 0,35 0,05 0,05 4,30

CIELO VIVO ALL AMER LAT REDECARD PETROBRAS

11,51 55,15 13,17 19,40 30,02

E-MAIL: PAUTA@INDUSCOM.COM.BR

Moeda

Compra

Venda

Dólar turismo 1,5900

1,7300

Dólar comercial 1,6650

1,6670

Dólar paralelo 1,5900

1,7300

Euro 2,2687 Ouro (Grama/R$): 172,82

2,2706


"Amigos não são aqueles que enxugam as lágrimas, e sim aqueles que não as deixam cair."

GeralCuritiba

Allan Petermann Indústria&Comércio | Curitiba, quarta-feira, 09 de fevereiro de 2011 | A2

Previsão do tempo

AB Notícias

fonte: www.simepar.br

abnoticias@abcom.com.br

Mín.: 20° Máx.: 29°

O ciclone extratropical intensifica-se entre o Rio Grande do Sul e o litoral da região Sul, enquanto o eixo da frente fria evolui sobre o Paraná. No Estado o dia será bastante instável com formação de temporais em todas as regiões. São esperados grande volume de chuva, muitas descargas atmosféricas e ventos moderados a ocasionalmente fortes, inicialmente entre o oeste e o sul paranaense.

Destaque no campo A Cooperativa Agropecuária de Mandaguari (Cocari), Norte do estado, completa 49 anos esta semana, fechando o ano de 2010 com um faturamento de 530 milhões de reais. A cooperativa vem crescendo, contando hoje com 5,2 mil cooperados. Além disso, o quadro de funcionários passou de 600 para 1.080 em dez anos. Também fez uma sede em Goiás, e o projeto para esse ano é somar um faturamento de 630 milhões de reais.

Boa aposta A produção de látex pode ser um bom negócio para os produtores brasileiros, e as regiões Norte e Noroeste são as melhores para a cultura aqui no Paraná. A Companhia Melhoramentos Norte do Paraná está no município de Paranapoema e tem como objetivo produzir 800 mil toneladas de borracha durante este ano, o que corresponde a 65% do total do Estado. A seringueira se desenvolve bem por aqui e a venda é feita para indústrias de brinquedos e outras pneumáticas de São Paulo.

REAJUSTE

Chuvas prejudicam colheita e elevam preços na Ceasa

Moradores de Londrina começam a planejar o futuro e novas estratégias para a gestão no bairro onde moram. Eles recebem apoio dos grupos das Redes de Desenvolvimento Local, criadas em 2007 pela Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep) e Sesi. Algumas ações que foram impulsionadas pelo trabalho da comunidade envolvem a instalação de academias para a terceira idade, postos para coleta de materiais prejudiciais ao meio ambiente e até para conscientizar sobre a separação do lixo.

Segundo o DITEC cerca de 30 produtos apresentam alta de 2,88%

Os simepars

A

média ponderada de preços do atacado de hortigranjeiros da Ceasa (Centrais de Abastecimento) Curitiba voltou a apresentar alta. Segundo o comparativo semanal, realizado pela Divisão Técnica e Econômica – Ditec, da Ceasa Paraná, os preços dos 30 principais produtos comercializados tiveram reajuste de 2,88% em relação à semana anterior (31/01). As constantes chuvas dos últimos dias, principalmente no chamado cinturão verde da Região Metropolitana de Curitiba, prejudicaram a colheita, diminuíram a oferta e contribuíram para a alta, informam os técnicos da empresa. O que ajudou a puxar as cotações no atacado foi o preço da couve-flor e do tomate. Também registraram alta abobrinha verde, beterraba, batata-salsa, cenoura, chuchu, pepino salada, vagem macarrão, limão thaiti, manga, melão e ovos. A couve-flor tipo grande está cotada em média a R$ 35 a dúzia – alta de 40% em relação à semana anterior. Conforme a Ditec, foram registradas entradas do produto dos municípios de São José dos Pinhais, Colombo e Araucá-

Produtos como a cebola, batata banana e laranja tiveram baixas favorecendo o consumidor

ria. Já o tomate tipo extra 2A está cotado a R$ 45 a caixa com 23 quilos – alta de 18%. Além das safras do produto do município paranaense de Reserva, foram registradas ainda procedências de Santa Catarina e São Paulo. REDUÇÃO – Entre as oito principais baixas estão as da cebola, batata, banana e laranja. A boa oferta destes produtos favorece o consumidor, que deve aproveitar o momento para diversificar a sua dieta alimentar. A batata comum tipo especial, lavada, está cotada em média a R$ 35 o saco com 50 quilos – baixa de 5,4%. Foi

registrada a entrada das safras paranaenses de Contenda, Araucária, Campo Magro, Candói, Guarapuava, e Palmas. Também foram registradas ofertas vindas de São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul. Já a cebola tipo pera nacional está cotada no atacado da Ceasa Curitiba a R$ 10 a saca com 20 quilos – redução de 16,6%. Os principais municípios produtores do produto no Paraná – Campo do Tenente, Campo Largo e Campo Magro, continuam abastecendo o atacado da Ceasa. Entre as frutas o momento é para o aumento do consu-

mo de banana tipo caturra de primeira, cotada em média a R$ 12 a caixa com 22 quilos – redução de 7,6%. As produções de Morretes e Guaratuba, no litoral do Estado, estão sendo consideradas de boa qualidade, e competem com as ofertas vindas de São Paulo e Santa Catarina. O mesmo acontece com a laranja pera, tipo grande, cotada a R$ 25 a caixa com 27 quilos – baixa de 10,7%. O Ditec registrou entrada das safras paranaenses vindas dos municípios de Esperança, Cruzeiro do Sul e Sabáudia, além do estado de São Paulo. Abacate e melancia também apresentaram baixa nas cotações no comparativo da semana na Ceasa. A caixa de 21 quilos do abacate está cotada em média a R$ 25 – redução de 3,8%. O quilo da melancia está cotado, em média, a R$ 0,40 – baixa de 20%, se comparado com a semana anterior. Ainda com baixas nas cotações no atacado estão a maçã nacional vermelha e tangerina murkote. Oito produtos ficaram com preço estável: abóbora seca, aipim, alface crespa, batata-doce, pimentão verde, repolho, mamão comum e uva niágara.

Curitiba reunirá especialistas em gestão pública A gestão pública nos três níveis de governo estará em discussão no 1.º Encontro Internacional de Curitiba em Gestão Pública para Resultados, promovido pela Prefeitura de Curitiba. O evento será realizado nos dias 14 e 15 de abril no Centro de Educação Permanente do Parque Barigui. O encontro contará com palestrantes nacionais e internacionais que vão expor experiências de sucesso na gestão pública. A organização é do Instituto Municipal de Administração Pública

(Imap). As inscrições estão abertas e podem ser feitas pelo site http://imapweb.imap.org.br. Ao todo são 400 vagas abertas para o encontro. O público alvo do evento são gestores públicos da esfera municipal, estadual, nacional e internacional. As inscrições estão abertas para o Brasil inteiro e outros países. “Será uma troca de experiências de alto nível. A questão da gestão pública é tão importante para se discutir quanto as áreas de saúde, educação e segurança”, dis-

se o presidente do Imap, Carlos Homero Giacomini. O tema central será a discussão sobre a Gestão Pública para Resultados. A proposta é incentivar a análise crítica dos participantes, a caracterização de diferentes cenários e o compartilhamento de experiências de sucesso. Questões de como gerir pessoas, as novas formas de organização do Estado em redes, e transparência e ética serão debatidas no encontro. Durante o evento serão mostrados cases de sucesso

em gestão pública. A Prefeitura de Curitiba irá mostrar como funcionam os Contratos de Gestão, o programa Comunidade Escola e as redes de proteção à criança e ao adolescente em situação de risco para a violência. Entre os palestrantes está confirmada a participação de Cláudia Costin, secretária municipal de Educação do Rio de Janeiro, Allen Schick, professor de políticas públicas nos Estados Unidos, e Caio Marini, consultor em gestão pública e diretor do Instituto Publix.

Informe da Câmara Municipal de Curitiba

Emendas garantem benfeitorias em bairros Uma série de benfeitorias está incluída no Orçamento de 2011, atendendo proposta do vereador Dirceu Moreira (PSL). Desde 2005, os parlamentares têm cota individual para emendas ao orçamento, estabelecida em consenso com o Executivo, que passou a garantir o cumprimento das propostas. Para este ano, o valor foi de R$ 520 mil para cada um dos 38 parlamentares. Com esse valor Moreira pretende instalar academias ao ar livre na Praça Jorge Visca, Cancha Mané Garrincha e Rua Aldo Laval; asfaltamento da Rua Professor Newton Stadler de Souza, no Pinheirinho; instalação de capela mortuária no Centro Comunitário do Barigui e construção de cancha de vôlei na Praça Eli Ribeiro da Silva, na Cidade

Industrial de Curitiba. Moreira também vai atender o Hospital Evangélico com repasse de recursos para aquisição de equipamentos. Ainda vai colaborar com a Associação de Moradores da Vila Jacira, Instituição Adventista Sul Brasileira de Educação e Assistência Social, o Centro Social Nossa Senhora da Luz dos Pinhais, Clínica Adventista e Associação de Moradores e Amigos da Comunidade Alto Boqueirão. Asfalto As emendas de Moreira contemplam também a pavimentação da Rua Alexandre Naldoni, Travessa Maria Leonardi Caiado, Travessa Domingues Paulino Neto e Rua Atagil Soares Peixoto, na CIC.

Fortalecer os bairros

Era apenas questão de tempo. Há disputa judicial para ver quem fica com a sigla Simepar. Sua primazia é disputada pelo Sindicato dos Médicos do Estado do Paraná e o Sistema Meteorológico do Estado do Paraná. O Sindicato argumenta ser de 1974, já com registro da marca no Instituto Nacional de Propriedade Industrial. O Simepar do tempo, com trabalho expressivo e em progressão, é de 1993.

Trabalho em conjunto A prefeitura de Maripá, no Oeste, procura atender às necessidades de abastecer as escolas com produtos de qualidade. Além disso, vai beneficiar os agricultores locais. Isso por meio da aquisição de frutas e verduras dos produtores do município, melhorando o rendimento no campo. Nutricionistas também farão o cardápio variado para as escolas da cidade, garantindo qualidade na alimentação dos alunos.

Atração no final de semana A 2ª Expo Milho e Festa do Peão de Ibiporã, Norte do Estado, começa amanhã, 10, e segue até o dia 13. O evento é famoso na região e contará com atrações como os locutores Marco Brasil e Gleydson Rodrigues. Bandas conhecidas nacionalmente também movimentam a festa, que vai reunir centenas de pessoas em um terreno próximo a Usina de Beneficiamento de Leite.

Agropecuária em alta A criação de gado de leite tem animado produtores do Sudoeste do Estado, e se torna uma opção para diversificar as propriedades rurais. Em Ampere, alguns produtores têm apenas 13 vacas, que rendem uma produção de 200 litros de leite por dia. Isso ajuda na renda familiar, pois os preços do mercado estão bons. Os criadores recebem apoio técnico da Emater para otimizar a produção de leite.

Clarões no céu O Brasil é o campeão de raios no mundo, com cerca de 60 milhões por ano, segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). A freqüência é maior no verão, já que há mais chances de temporais. Nos últimos meses, foram registrados 38 mil somente nos Estados onde há sensores do Grupo de Eletricidade Atmosférica. Os raios causam cerca de 130 mortes por ano e um prejuízo de um bilhão de reais, sendo 600 milhões somente para o setor elétrico.

Novas vias O tráfego vai melhorar na BR 163, que liga o município de Guaíra a Marechal Cândido Rondon, no Oeste. Serão 63 quilômetros reformados com apoio do Departamento Nacional de Infraestrutura Terrestre. O investimento é de aproximadamente 117 milhões de reais para a construção de viadutos, pontes e a ampliação das estradas, com duplicação da rodovia.

GRUPO EDITORIAL INDÚSTRIA & COMÉRCIO - PARANÁ

Fundado em 2 de setembro de 1976 Fundador e Diretor Responsável Odone Fortes Martins Reg.Prof. DRT/PR: 6993 (ofm@induscom.com.br) REDAÇÃO - Fone: 3333.9800 - E-mail: pauta@induscom.com.br Assinaturas, Publicidade Legal, Parque Gráfico e Circulação: Rua Imaculada Conceição, 205 CEP: 80215-030 PABX Fone: (41) 3333.9800 (41) 3334.4665 e-mail: publegal@induscom.com.br

Direção e Comercial: Rua Presidente Faria, 533 Centro - CEP: 80020-290 PABX Fone: (41) 3322.1012 E-mail: diretoria@induscom.com.br comercial@induscom.com.br

NEW CAST PUBLICIDADE & MARKETING BRASÍLIA E RIO DE JANEIRO Atendimento : Flávio Trombieri Moreira – Cel.: (61) 8155 2020 Endereço: SRTVS Quadra 701 Bloco K Sala 624 – Edifício Embassy Tower – Brasília DF - Cep.: 70.340 – 908 Fone/Fax: (61) 3223 4081 E-mail: new.cast@uol.com.br / new.cast@hotmail.com

Os artigos assinados não representam necessariamente a opinião do jornal.


GeralParaná Curitiba, quarta-feira, 09 de fevereiro de 2011 | A3 | Indústria&Comércio

Aroldo Murá G.Haygert aroldomura@induscom.com.br

GREMSKI, DE SERRINHA PARA O MUNDO DA CIÊNCIA

cerias com as empresas”, resume assim Gremski o que pensa do Fórum.

LEOPOLDO SCHERNER Morreu Leopoldo Scherner, 94 anos, dias atrás. Dele só tenho, seu ex-aluno do Colégio Estadual do Paraná e da antiga Universidade Católica do Paraná (hoje PUCPR), lembranças de um tipo humano incomum. Scherner, paranaense de São José dos Pinhais, embora um ‘típico’ teuto-brasileiro, foi o mais ardoroso defensor da língua e literatura portuguesas que conheci. Nasceu num berço de origem germânica, mas sua paixão maior, a vida toda, foi o português, e as poesias lusitana e a brasileira. Na salas de aula, na universidade, eram os “Cantares de Amigo,” e Dom Diniz, o tempo todo. E também mergulhava em amplos discursos sobre seu mestre, aquele que o levou a embrenhar-se na poesia brasileira, o poeta maior Manoel Bandeira.

SCHERNER - 2 Waldemiro Gremski, professor

O leitor sabe onde fica Serrinha? Pois é nesse quase desconhecido distrito, outrora pertencente à cidade da Lapa, hoje parte de Contenda, que nasceu um dos cientistas paranaenses com maior visibilidade nacional, o professor Waldemiro Gremski, 65 anos; e de lá ele saiu para percorrer, anos depois, na universidade, uma fertilíssima carreira na área da Biologia Celular. Gremski tem quatro pós-doutorados, um deles no Instituto Karolinska, de Estocolmo, que concede os prêmios Nobel; e pode exibir um grande número de artigos científicos em revistas indexadas dos Estados Unidos e Europa, afora Brasil. Agora vê acrescentado novo ponto em seu currículo: foi designado Pró-Reitor de Pesquisa e Pós Graduação da PUCPR (mantém 14 mestrados e 8 doutorados).

GREMSKI - 2 Naquele núcleo, Serrinha, de 500 pessoas, 100% descendentes de poloneses, Waldemiro nunca mostrou interesse pela vida do campo, a que se dedicava o pai, um agricultor, dono de terras, com espírito inovador: fora o primeiro da região a compra um trator, importado, dos Estados Unidos. Waldemiro mirou, de saídas, na vida eclesiástica, como tantos piás de sua geração, e o caminho foi, no início dos 1960s, o seminário menor dos Vicentinos, em Araucária. O fervor religioso e as sondagens da ‘linguagem de Deus” o levariam até o seminário maior, em Curitiba, o qual deixaria, já teólogo, para a vida civil e para entrar na antiga Universidade Católica do Paraná, cursando Biologia (ou História Natural, como o chamavam naqueles anos). Daí em diante foi um suceder de bons resultados, como o de ser aceito direto para o doutorado em Biologia Celular e Molecular na mais acatada universidade do país, a USP, que o dispensou do mestrado (questão de notório saber). Dali em diante, quatro pósdoutorados, como o do Instituto Karolinska e em universidades dos Estados Unidos.

GREMSKI – 3 Waldemiro Gremski é um ser absolutamente polido e ameno, não se estressa. Por sua orientação passaram cerca de 150 mestres e doutores, em universidades como a Federal do Paraná, na qual foi pró-Reitor de Pesquisa e Pós-Graduação, posição idêntica à que assumiu em dezembro na PUCPR, a convite de Dario Bortolini e o reitor Juliatto. Na verdade, o mestre Gremski tem um currículo que se pode classificar de impressionante. Com presença nacional, trabalhou ao lado do então ministro Christovão Buarque, quando passou a dirigir o Departamento de Modernização e Qualificação do Ensino Superior do MEC. Foi iniciador do Doutorado em Ciências da Saúde na PUCPR, além de, ao lado de Paulo Brofmann, ter dado dimensão nacional ao Laboratório de Biologia e Celular da PUCPR.

GREMSKI -4 O professor Gremski é homem provado: líder estudantil, presidente de Diretório Acadêmico na antiga UCP, foi fichado pelo DOPS, pelos áulicos da ditadura, o que lhe custou aborrecimentos anos a fio. Teve a carreira acadêmica retardada por ser considerado

“subversivo”. As muitas andanças deramlhe fortaleza interior, grande parte dela mantida pelo espírito cristão que o identifica. Assim, ganhou a vida, como universitário, sendo locutor de rádio, expondo o belo timbre de voz que tem.. O cientista é da mesma linha do norteamericano Francis Collin, o temente a Deus, autor do “The Language of God”: duas vezes por mês dá aulas de catecismo para adultos na Igreja de N.S. Salete, no Jardim Social. No Instituto Ciência e Fé, de Curitiba, atua na área científica, ao lado de outros cientistas como Eleidi Freire-Maia (foto), Cícero de Andrade Urban , Antonio Felipe Wouk e Evaristo Miranda.

ABAIXO “A VIDA SEXUAL DOS ABORÍGINES DO ALTO O XINGÚ” Será que vale à pena discutir temas tão insólitos como a ‘tese’ sobre a influência da radiação atômica sobre a vida sexual dos aborígines no Alto Xingu? Pois o tema esdrúxulo já surgiu numa daquelas tantas teses universitárias que só servem para justificar aprovações acadêmicas e publicações de trabalhos obrigatórias para obtenção de título. Bem ao contrário disso, o IV Fórum de Pesquisa e Inovação, que está programado para junho próximo na Federação das Indústrias do Paraná (FIEP), em conjunto com a PUCPR, tem um alvo: reunir de 600 a 800 trabalhos que efetivamente possam resultar em ações práticas para a comunidade e a universidade.

ABAIXO - 2 A PUCPR participará com todo o suporte universitário e apresentando trabalhos de pelo menos uma centena de seus pesquisadores. O grande ‘insight’ é o envolvimento da indústria com a universidade, ambos expondo caminhos de inovação. Exemplos dos participantes podem ser resumidos na Bematec, empresa paranaense de tecnologia, de um ex-professor da PUCPR, hoje com filial em Nova York; e a Nokia/Siemens, com amplos trabalhos de inovação tecnológica desenvolvidos no Tecnoparque da PUCPR, nas áreas de telecomunicações e eletrônica. O IV Fórum será um dos grandes desafios deste ano sob a coordenação do professor Waldemiro Gremski, cuja Pró-Reitoria convidou todas as universidades do Paraná para o evento de dois dias e que terá a presença do ministro Paulo Mercadante. “A universidade faz pesquisas que precisam refletir no país, em melhora de qualidade de vida, em políticas públicas, em par-

De Bandeira, o da “Irene Preta” (aquela “sempre de bom humor”), Scherner fora aluno na antiga Faculdade Nacional de Filosofia Ciências e Letras, em que se graduou, logo depois de deixar o seminário maior dos Franciscanos de Petrópolis. No Rio conheceu a paixão de sua vida, Lecinha, professora como ele e que acabou tendo acidente vascular na terra que os dois tanto amavam, Portugal, vindo a falecer pouco tempo depois. Elegante, sempre vestindo traje social completo, bengala vistosa, alto, esguio, cabeça lúcida, morava onde sempre viveu depois de adulto: uma casa com marcas bávaras, com uma das filhas, a Maria de Jesus. Há dois anos, recolhemos em vídeo o depoimento do acadêmico Scherner, professor de milhares de paranaenses, para o Projeto Memória Paranaense, do Grupo Educacional Uninter.

No noticiário da Folha de São Paulo, um dos depoimentos registrados foi o da marqueteira política, a curitibana Cila Schulman, acostumada a ouvir Berg em Israel e Estados Unidos.

CIDA E A BANCADA DAS MULHERES Quem ainda está empolgada com a posse de Marco Maia (PT), na presidência da Câmara dos Deputados, é a deputada Cida Borghetti (PP-PR), uma das mais cintilantes do grupo ‘pink’, Cida Borghetti, deputada que reúne 42 da Bancada das Mulheres. Cida foi junto com Maia, quando o então candidato à presidência da Câmara foi registrar sua candidatura. Com o gesto, substituiu a deputada Rose Freitas (PMDB), presidente da Bancada, que não pôde comparecer. Cida se diz ainda “emocionada”, porque todas elas ficaram de mãos dadas e na primeira fila, durante a posse de Maia.

Charge de Mazza feita pelo desenhista Paixão, e que ilustra o convite para o evento.

SCHERNER – 3 Do querido Leopoldo Scherner cultivo um remorso: perdi uma foto, feita em máquina Kodak, daquelas tipo caixote, em que ele aparecia ao lado de Manoel Bandeira, sua grande admiração. Retrato dos anos 1930. Scherner nunca me cobrou a foto. Mas toda vez que falava do autor de “Hemoptise”, estando eu por perto, lançava-me um olhar triste, perdido no tempo. Como quem buscava a foto preciosa irremediavelmente perdida.

CHINESES DE FOZ SÃO ‘ACHADOS’ PELA WEG A Weg não só se tornou uma das mais potentes multinacionais brasileiras, hoje com indústrias em todo o mundo. Tem uma ‘joint venture’ na China. E nisso está inovando: como encontrou enorme dificuldades, pelas barreiras de comunicação entre o pessoal técnico operacional, que só fala o mandarim, foi criativa. Buscou em Foz do Iguaçu, em meio à ampla colônia de chineses – e alguns filhos de chineses – o pessoal de engenharia capaz de comunicar-se em fluente mandarim com o operariado e técnicos. Levou 22 desses engenheiros chineses e sino-brasileiros, fluentes no português a mandarim para a planta que tantos dividendos vem dando à empresa de Jaraguá do Sul.

ESCOTEIROS NÃO EXPLICAM EXPULSÕES Duas chefes de escoteiros (uma, especialista em lobinhos) foram expulsas de um antigo grupo escoteiro de Curitiba, registrado com nome de um personagem do santoral católico. O curioso é que não acusaram as duas senhoras – quarentonas – de falta grave. Apenas de serem “muito críticas em relação às chefias”. Será que se ensinam noções fundamentais de democracia aos escoteiros e escoteiras naquele grupo? Com a palavra a União de Escoteiros do Brasil.

CABALA O rabino que está entre os mais importantes do Estados Unidos, Yeuda Berg, falou para gente colunável de São Paulo, na semana passada.Em companhia dele, estavam os atores Demi Moore e Ashton Kutcher.

MAZZA, IMPERDÍVEL Quem quiser viver momento histórico, trate de não faltar à homenagem que os jornalistas de Curitiba estão preparando para Luiz Geraldo Mazza, amanhã, a partir das 20 horas, na Sociedade Garibaldi. Como perder os primeiros oitenta anos desse “mal necessário”, como o chamo, a certo trecho do ensaio que sobre ele escrevi, no volume 3 de meu livro Vozes do Paraná?. Na verdade, Mazza é a nossa melhor consciência crítica, em quem, no entanto, não devemos procurar coerências à primeira vista. Mas cujas palavras e raciocínios podem derrubar muralhas, quando assesta armas, por exemplo, contra dilapidadores do dinheiro público. Imperdível.

NOVO REGENTE DA SINFÔNICA Paulino Viapiana está mesmo em alta rotação na administração dessa área difícil, a cultural. Acaba de convidar o português Osvaldo Ferreira, 45 anos, regente da Orquestra do Algarve, para ser o maestro da Orquestra Sinfônica do Paraná. Osvaldo é conhecido do meio musical do Estado desde 2004, quando assumiu a direção artística da Oficina de Música de Curitiba, com um trabalho considerado como “impecável” pelo pessoal da área. Chegará a Curitiba no próximo dia 15, e a OSP voltará de férias no dia 22. “A ordem é estabelecer uma programação mínima para salvar o ano”, diz Paulino, que promete para 2012 um book irrepreensível de toda a temporada do ano. Ferreira substitui Alessandro Sangiorge, que há 11 anos estava no cargo de regente da Sinfônica.


Curitiba, quarta-feira, 09 de fevereiro de 2011 | A4

municipios@induscom.com.br

Notas Ferrovia Cascavel Mato Grosso do Sul O deputado federal Eduardo Sciarra (foto) participou na tarde desta segunda-feira em Curitiba, de uma reunião com os governadores do Paraná, Beto Richa, e do Mato Grosso do Sul, André Puccinelli, onde discutiu-se a construção de um ramal ferroviário integrando os dois estados. O trecho em questão ligará a região de Dourados, no Mato Grosso do Sul, a Cascavel, no oeste paranaense, facilitando o escoamento da safra da região centro-oeste através do Porto de Paranaguá. Para Sciarra, esta é uma obra fundamental para dinamizar a logística agrícola da região. "Além de baratear os custos de transporte, que atualmente é feito através de rodovias, vamos trazer mais agilidade e segurança ao produtor rural, que hoje vê sua margem de lucro ser dilapidada pelos altos custos do frete.", observa o parlamentar. O projeto desta ferrovia ligando os dois estados foi incluído no Plano de Aceleração do Crescimento (PAC I) em 2008, mas não foi adiante por falta de interesse do então governador Roberto Requião. Segundo Sciarra, agora a bancada federal dos dois estados irá unir forças para colocar o ramal ferroviário como prioridade nas obras do PAC II. "É um projeto auspicioso, por vários motivos, além da importância para o agronegócio, ele aponta para uma diversificação do nosso modal de transporte e para a integração dois grandes estados produtores de grãos. Os ganhos em segurança, agilidade e economia são extraordinários.", avalia Sciarra.

Formação Continuada em Fazenda Rio Grande

CULTURA

Lapa recebe título de capital da cultura L

apa recebe, nesta quarta-feira (9), o título de Capital Brasileira da Cultura 2011, pelo Bureau Internacional de Capitais Culturais. No mesmo dia, a Prefeitura, a Secretaria de Cultura e Turismo e o Instituto Histórico e Cultural da cidade promovem atividades culturais e cívicas em homenagem ao Cerco da Lapa. O Cerco da Lapa foi um episódio histórico da Revolução Federalista, ocorrido em 1894, com batalhas entre legalistas e federalistas. A partir das 9h, será realizada a formatura cívico-militar, homenagem ao general Carneiro e encenação teatral Nós Somos a Lapa, dirigida pela atriz local Nadia Burda, em frente ao Pantheon dos Heroes. Às 10h30, será inaugurado o Largo Francisco Cunha Pereira Filho, com a estátua idealizada pelo escultor Luis Gagliastri. Segundo a secretária da Cultura da Lapa, Valéria Borges da Silveira, Pereira Filho sempre lutou pelas causas sociais e pelo desenvolvimento sustentável do

Cerco da Lapa é lembrado

Paraná. A Lapa foi eleita Capital Brasileira da Cultura 2011, em reconhecimento ao seu rico patrimônio histórico e cultural, um dos mais importantes e

conservados da Região Sul. A entrega oficial da titularidade ocorre às 19h no Cine Teatro Imperial. O projeto Capital Brasileira da Cultura está sendo im-

plementado pela ONG CBC com o apoio do Ministério da Cultura, Discovery Networks Latin América/US Hispanic e SESC TV, Quixote Art & Evento.

Grupo japonês estuda investimento em Ponta Grossa

A Prefeitura de Fazenda Rio Grande, por meio da Secretaria Municipal de Educação, realizou nos dias 2, 3 e 4 de fevereiro a primeira etapa da Formação Continuada(foto). Aproximadamente 50 professores que irão desenvolver o trabalho com a área de Artes nas 19 escolas municipais participaram da atividade. Durante o encontro, os professores receberam orientações para realizarem um trabalho significativo com as crianças de educação infantil e séries iniciais do ensino fundamental. Nas atividades, os professores também tiveram a oportunidade de tiraram suas dúvidas quanto ao preenchimento dos pareceres avaliativos e planejamento, além de participarem de diversas atividades plásticas, musicais, teatrais e de dança e também na produção de materiais que poderão ser utilizados em salas de aula. O Programa de Formação Continuada, organizado e ministrado pelas coordenadoras pedagógicas de artes Fabiana Palioto e Joelci de Oliveira, contarão com mais duas oficinas: "Construção de Instrumentos Musicais com materiais alternativos" e "Oficina de danças Folclóricas", as quais serão realizadas durante este mês de fevereiro.

Paranaguá investe em acessibilidade Começando pelas calçadas com guias rebaixadas em diversos pontos, reforma de ruas pelo centro de Paranaguá melhorando a acessibilidade da população e elevadores em escolas e no Mercado novo a atual administração desenvolve todos os seus projetos dentro da norma de acessibilidade que foi reformulada em 2004 e tem diversas exigências a serem cumpridas. Somente no centro da cidade foram colocadas cerca de 120 novas rampas o que torna possível a locomoção de pessoas com deficiência como cadeirantes, por exemplo. Ruas como o calçadão da Hugo Simas e a Prefeito Roque Vernalha já tiveram toda a sua estrutura adaptada não somente com rampas, mas com calçadas antiderrapantes melhorando a acessibilidade inclusive para idosos. Na Avenida Roque Vernalha um piso tátil para deficientes visuais também foi instalado. A estrutura ao redor do Ginásio Joaquim Tramujas, que é utilizado por atletas com deficiência também foi adaptada com calçadas largas e guias rebaixadas para facilitar a locomoção em torno do local. Segundo a diretora da Secretaria de Planejamento, Márcia Jaminik, é preciso respeitar o que determina o Iphan para toda e qualquer mudança no Centro Histórico inclusive nas calçadas. "Por ser antigas estreitas são calçadas estreitas e o Iphan determina que sejam todas de piso pétreo, ou seja, de pedra. Não podemos esquecer também que o Plano de mobilidade do Iphan vem trazer mobilidade e acessibilidade em todo Centro Histórico", declarou Márcia. Além do centro da cidade, escolas reformadas e ampliadas como a escola "Leôncio Correa", "Aníbal Ribeiro Filho" contam com rampas, elevador e banheiros com acessibilidade. A nova sede da Fundação Municipal de Turismo, Fumtur,o Solar dos Daucheux, também foram restaurados e possui toda acessibilidade necessária. Além do Mercado Novo uma obra nova, onde foi colocado um elevador para que as pessoas com deficiência e os idosos tenham acesso a todos os andares.

CMYK

O prefeito de Ponta Grossa, Pedro Wosgrau Filho, recebeu nesta terça-feira (08) a visita de empresários japoneses, que se mostraram dispostos a investir no municipio. A intenção do grupo é instalar uma indústria na área automotiva que poderá gerar mais de 1000 empregos. Por enquanto, os empresários estão apenas estudando onde a indústria será instalada, sem definição de estado ou cidade. Esta decisão será tomada e anunciada em abril. A intenção do grupo japonês é indicativo importante, fortalecendo ainda mais o perfil industrial do municipio. Atualmente o setor responde por 37% da arrecadação do municipio. Para o prefeito, o fato de Ponta Grossa receber tantos investidores em potencial, encabeçando a lista de opções desses investimentos industriais, mostra que o municipio acertou ao optar por um modelo que prioriza a qualificação da mão-deobra. “Aliada à sua localização e às vantagens logísticas, Ponta Grossa tem a seu favor um potencial produtivo excelente, em virtude justamente das políticas públicas de qua-

Investidores japoneses visitam Campos Gerais

lificação, requalificação e especialização dos trabalhadores”, diz o prefeito. Wosgrau salienta ainda que um empreendimento industrial de porte não beneficia apenas as famílias di-

retamente beneficiadas com empregos. A arrecadação da cidade em impostos cresce, o consumo aumenta e diversas cadeias produtivas são incrementadas. “Toda a comunidade ganha,

quando o crescimento da economia é acompanhado por uma gestão qualificada e atenção permanente à qualidade de vida e ao meio-ambiente”, diz Wosgrau.

Novozymes apresenta um forte desempenho em 2010 A Novozymes, empresa líder mundial em bioinovação e enzimas industriais, com uma unidade em Araucária-PR, anunciou que obteve 15% de crescimento nas suas vendas e 35% de lucro líquido para o ano de 2010. As vendas ao nível mundial totalizaram DKK 9.724 milhões (USD ~ 1.730 milhões), e seu crescimento foi principalmente impulsionado pela grande demanda dos setores de detergentes, biocombustíveis e alimentos. Para o ano de 2011, a Novozymes espera que as suas vendas tenham um aumento de 7 a10%. Esti-

ma-se um crescimento de 8 a 11% do EBIT (Receitas Antes da Dedução de Juros e Impostos), e de 21 a 22% de aumento da margem do EBIT, inclusive um investimento de DKK 150 milhões, além das iniciativas de P&D e atividades para incrementar o negócio. “Este foi um ano muito promissor para a Novozymes, e só posso me sentir bastante feliz que em 2010 tenhamos cumprido com as nossas metas financeiras de longo prazo, as quais foram estabelecidas no início de 2009. Tivemos um ótimo desempenho em termos de vendas, ganhos, fluxo de caixa e sustentabilidade”,

declarou Steen Riisgaard, Presidente & CEO da empresa dinamarquesa. “Também estou muito satisfeito com o fato de que no final de dezembro, assinamos um acordo de intenção de adquirir a EMD/Merck Crop BioScience, uma empresa que opera no segmento vibrante e promissor de produtos agrícolas. Esperamos continuar alcançando um resultado positivo nas vendas de 2011, e apesar de estarmos acelerando os nossos níveis operacionais, ainda contemplamos uma margem de lucro bastante consistente em 2011, acima da nossa meta de longo prazo.” A Novozymes é líder

mundial em bioinovação. Juntamente com clientes de uma extensa gama de indústrias, criamos as soluções biológicas industriais do amanhã, melhorando o negócio dos nossos clientes e o uso dos recursos de nosso planeta Com mais de 700 produtos utilizados em 130 países, as bioinovações da Novozymes melhoram o desempenho industrial e protegem os recursos do planeta proporcionando soluções significativas e sustentáveis para o mercado do amanhã, em constante evolução. Saiba mais acessando o nosso site: www.novozymes.com.


Geral Curitiba, quarta-feira, 09 de fevereiro de 2011 | A5 | Indústria&Comércio

Fábio Campana

Contexto Político “Reforma agrária” na Assembleia

editor@fabiocampana.com.br

meiras medidas tomadas por Rossoni para moralizar a Assembleia. A nova promessa de mudança mexe com o território de deputados veteranos que, se a proposta vingar, serão obrigados a ceder seus confortáveis espaços para os vizinhos menos abastados. Rossoni, com vara curta, cutucou o vespeiro.

coronel Jorge Luiz Martins, suspeito de ser o autor de nove homicídios foi negado. O juiz que avaliou o caso entendeu que a liberdade do coronel poderia interferir nas investigações.

Provas O advogado Elias Mattar Assad assumiu ontem (8) a defesa do coronel Jorge Luiz Thais Martins e disse que vai apresentar provas da inocência de seu cliente. “Não há provas concretas contra o coronel. Nós estamos trabalhando na produção de provas que irão inocentar Jorge Martins de todas as acusações, elas serão apresentadas em breve e ele deve ser liberado em breve”, afirmou Mattar Assad.

Sem dossiê Segundo o advogado do presidente da Assembleia Legislativa, Valdir Rossoni, não existe mais o dossiê que seria protocolado no Ministério Público pelos vigilantes do Sindicato dos Servidores do Legislativo do Paraná (Sindilegis). O documento conteria provas contra Rossoni, como a contratação de funcionários fantasmas. Começa hoje o recadastramento dos 495 funcionários de carreira da Assembleia Legislativa. A atualização cadastral deve ficar pronta em cinco dias e será fiscalizada por técnicos do Tribunal de Contas. O objetivo é evitar desvios de função e garantir que todos estão realmente trabalhando. Mas não é só isso. O presidente da Assembleia, deputado Valdir Rossoni (PSDB), está mesmo determinado a colocar ordem na Casa. Decidiu mexer também na divisão dos gabinetes parlamentares. Contratará um arquiteto que vai redefinir o layout dos gabinetes. A ideia é que cada um dos 54 deputados fiquem exatamente com o mesmo espaço. Nem mais, nem menos. Essa “reforma agrária” no legislativo pode causar mais polêmica do que as pri-

O presidente da Câmara, Marco Maia, disse nesta terça-feira (08/02) que a reforma política deve ser votada no segundo semestre deste ano. Ele informou que serão criadas comissões em cada uma das Casas - Câmara e Senado - para trabalhar os temas da reforma. “Nós queremos que as coisas (reforma política) não parem. Queremos que seja um processo contínuo. Vamos trabalhar temas da reforma política, que foi um dos pontos tratados pela presidente Dilma Rousseff na abertura dos trabalhos legislativos”, disse Marco Maia, após encontro hoje, no Palácio do Planalto, com a presidente da República e o presidente do Senado, José Sarney. “O resultado (das discussões sobre a reforma) vai ser o consenso da maioria”, acrescentou o presidente da Câmara. Segundo Maia, hoje os chefes do Legislativo fizeram uma “visita formal” a Dilma, quando se colocaram à disposição para discutir os projetos de interesse do governo. NOVO MÍNIMO Maia disse que não foi discutido com a presidente o valor do novo salário mínimo. O governo enviou a Medida Provisória 516/10, que fixou desde primeiro de janeiro um mínimo de R$ 540. O Executivo já acenou com a possibilidade de aumentá-lo para R$ 545. As centrais sindicais pedem R$ 580, e as oposições propõem R$ 600.

O governador do Paraná, Beto Richa, assinou decreto no dia 4 de fevereiro nomeando o tesoureiro do PPS paranaense, Jorge Gomes Rosa Filho, como Diretor Representante do Estado do Paraná no Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE). Jorge assume a cadeira com a missão de resgatar um ambiente favorável ao setor empresarial. “Os empresários precisam ser ouvidos e respeitados. Afinal, o capital deles ajuda a desenvolver nossa economia. O Paraná precisa retomar sua capacidade de desenvolvimento com diálogo e entendimento”, disse.

Irregular O deputado Tadeu Veneri (PT) enviou ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) um pedido para impedir o reajuste das custas dos cartórios do Paraná que tiveram aumento de 50% neste ano, graças a um decreto do Tribunal de Justiça (TJ). Para a medida do TJ é irregular uma vez que a Assembleia Legislativa já havia aprovado uma lei estadual que fixava o aumento em no 17%.

Troca-troca Recém reconduzido à Presidência do Senado, José Sarney (PMDB) decidiu promover uma ampla troca de cadeiras nos cargos de comando da administração da Casa. Cerca de 20 dire-

Negado O pedido de revogação da prisão temporária do ex-comandante do corpo de bombeiros,

Apertar o cinto O governador Beto Richa disse nesta segunda-feira (7), em entrevista para a rádio BandNews de Curitiba, que o Estado está com a capacidade de investimento e pagamento muito reduzidas e que para reverter essa situação está sendo feito um enxugamento da máquina administrativa. “Vamos apertar o cinto agora para que a população não seja prejudicada com a interrupção de um serviço público ou de obras”, disse o governador.

Prisões Quatro pessoas acusadas de coação de testemunhas foram presas ontem (8) pela manhã pelo Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco). Todos os envolvidos têm ligação com o Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Curitiba e Região Metropolitana (Sindimoc). Entre os presos estão um advogado, um tabelião e dois sindicalistas.

CONGRESSO

Valorização do mínimo gera divergências na base aliada Proposta prorroga até 2014 a forma de reajuste do salário que é usada hoje Priscilla Mazenotti e Marcos Chagas

O projeto que cria uma política de longo prazo de valorização do salário mínimo nem chegou ao Congresso Nacional, mas já causa divergências entre os líderes da base governista. A proposta prorroga até 2014 a forma de reajuste do mínimo que é usada hoje: a variação da inflação do ano anterior somada ao crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de dois anos anteriores. Em reunião entre as lideranças da base governista e o ministro de Relações Institucionais, Luiz Sérgio; o líder do PMDB, Renan Calheiros (AL), defendeu a criação de uma salvaguarda que preserve o poder de compra do salário mínimo, caso o PIB brasileiro não apresente crescimento. “Toda vez que não tiver crescimento da economia, que encontremos um mecanismo de compensação. O salário mínimo vai continuar a ser um dos principais indutores do crescimento da economia”, disse. Outro ponto de divergência entre líderes é o prazo de vali-

dade da proposta. Renan Calheiros argumenta que uma política até 2014 não pode ser considerada a longo prazo. “Se a política (anterior) assinada pelo presidente Lula era válida até 2023, porque antecipar para 2014?” O líder peemedebista defendeu ainda a criação de exceções na lei para preservar o poder de compra, como a isenção de recolhimento de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para a cesta básica. Essa decisão, no entanto, caberia ao Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), uma vez que o imposto é estadual. As sugestões de Renan Calheiros foram rebatidas pelo ministro Luiz Sérgio. Segundo ele, não se pode alterar a regra, nem criar exceções. “Ou se tem um a regra ou não tem. Se você faz uma regra com muitas exceções, ela se torna mais frágil para os trabalhadores. O ideal é não abrir janelas para exceções”, argumentou ao final da reunião. Luiz Sérgio considerou o debate com os líderes positivo e disse que há um entendimento

J. Freitas - Agência Senado

Marco Maia diz que reforma política deve ser votada no 2º semestre

BRDE

tores serão trocados. Entre os novos nomes na direção, está o de Dóris Peixoto, ex-chefe de gabinete de Roseana Sarney que ocupa a diretoria-geral. Ela ganhou o cargo de diretora de Recursos Humanos. O diretor do Prodasen, Carlos Magno Santoro, perderá o posto. Com nome oficial de Secretaria Especial de Informática, o Prodasen é responsável por toda infraestrutura de computação da Casa e por isso faz compras milionárias.

O líder do PMDB, Renan Calheiros (AL), defendeu a criação de uma salvaguarda que preserve o poder de compra do salário mínimo, caso o PIB brasileiro não apresente crescimento

de que a atual regra permite o ganho real do salário mínimo. “Este ano, será de R$ 545. Mas será mais de R$ 600 no ano que vem”, afirmou. O líder do governo, Romero Jucá (PMDB-RR), também questionou a política de criação de exceções na lei. Mas disse que o assunto, quando chegar ao Congresso, será devidamente discutido com os parlamentares, inclusive o prazo de até 2014. “Essa é uma coisa que se pode discutir, mas não está prevista. A previsão de reajuste de salário mínimo para o ano que vem é de mais de 12%, o que já é considerado por economistas como um reajuste muito alto. E quando tiver um crescimento grande, vamos reduzir o valor do reajuste?” O governo vincula a aprovação do mínimo de R$ 545 à correção da tabela do Imposto de Renda. Jucá disse que haverá correção de 4,5%. As centrais sindicais, por sua vez, reivindicam um reajuste de 6,47%. “O governo não tem dinheiro para tudo. O assunto será decidido após aprovação do mínimo e já valerá para este ano”, explicou.

IMPOSSÍVEL

IMPOSSÍVEL 2

Não há espaço para salário acima de R$ 545, diz Gilberto Carvalho

Sarney: não há nada que possa mudar regra para mínimo de R$ 545

Jose Cruz/ABr

Eduardo Castro

O secretário-geral da Presidência da República, ministro Gilberto Carvalho (foto ao lado), afirmou ontem que não há espaço para um aumento do salário mínimo acima dos R$ 545 propostos pelo governo, como pedem as centrais sindicais. “Na questão do mínimo, nós entendemos que não há mais negociação”, disse ele. “O acordo é bom, esperamos, até a última hora, trabalhar isso.” Gilberto Carvalho participou nesta terça de uma mesa de discussões sobre a cooperação

Marcos Chagas

Sul-Sul no seminário Pensar Adiante: A Caminho do Novo Paradigma de Desenvolvimento, da Fundação Friedrich Ebert, no Fórum Social Mundial, que está sendo realizado na capital senegalesa. O ministro defendeu a po-

sição brasileira de optar pela diversificação de mercados, iniciada no governo Lula. “Países que apostaram na cooperação Sul-Sul estão numa situação nitidamente melhor do que os que se submeteram a tratados individuais.”

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), defendeu nesta terça-feira (08/02) o salário mínimo de R$ 545 proposto pelo Executivo. Segundo ele, há uma regra estabelecida ainda no governo Lula com as centrais sindicais que toma por base a inflação do ano anterior e o Produto Interno Bruto (PIB) de dois anos anteriores. No caso 2011, foi computado a inflação de 2010 e o PIB de 2009 que foi praticamente nulo.

É com base nesse crescimento nulo do PIB que os sindicalistas reivindicam um salário mínimo de R$ 580 e o PSDB, de R$ 600. “O salário mínimo foi calculado nessa base e não acho que tenha qualquer coisa que possa modificar a regra, acordada entre o governo do presidente Lula e os sindicatos”, afirmou Sarney. Ele ressaltou que os congressistas têm que se debruçar sobre os números do Orçamento de 2011, aprovado no ano passado, para só então promover qualquer mudança, se for o caso.


PublicidadeLegal Curitiba, quarta-feira, 09 de fevereiro de 2011 | A7 | Indústria&Comércio Inael Power do Brasil Mont. E Coml Elétrica Ltda., Torna público que requereu ao IAP o Licenciamento Ambiental de Operação, para montagem de painéis elétricos, comercio de seccionalizadores e representações comerciais deste produto, sito a Rua: Delegado Theolindo Baptista de Siqueira, 85, Jardim Paraíso, Almirante Tamandaré, CEP 83.512-080.

SÚMULA DE PEDIDO DE RENOVAÇÃO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO A DIXIE TOGA S/A. torna público que requereu ao IAP, Renovação da Licença de Operação para a Indústria de Transformação de Plásticos e Produção de Máquinas, localizada na Rua Brasholanda nº 01, Município de Pinhais, Estado do Paraná.

L. C. KOLLER & CIA LTDA- ME , torna publico que requereu a Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Curitiba a renovação da licença ambiental , para o ramo de serviços de tratamednto e revestimento em metais, codigo 25.3.90/02-00, situada a Rua Ó Brasil Para Cristo nº 2035 –Boqueirão, Curitiba-PR, Cep.. nº 81.730-070.

SÚMULA DE RECEBIMENTO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO A Perkins Motores do Brasil Ltda torna público que recebeu da Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Curitiba, a Licença de Operação válida até 26/01/2013 para a atividade de fabricação de outras máquinas e equipamentos de uso geral, peças e acessórios, fabricação de peças e acessórios para o sistema motor de veículos automotores e recondicionamento e recuperação de motores para veículos automotores, situada à Rua João Chede, nº 2489, Cidade Industrial, Curitiba- PR.

A empresa abaixo, torna público que requereu do IAP, a Licença de Operação para o empreendimento a seguir especificado :EMPRESA : WOOD KRAFT LTDA,ATIVIDADE : Fabricação de TINTAS, VERNIZES, ESMALTES E LACAS,ENDEREÇO : Rod. José Taverna, 853 – Cacaiguera ,MUNICÍPIO : Campina Grande do Sul - Paraná.

ALLL3

AÇÃO MONITÓRIA Nº 2009.70.00.003940-2/PR AUTOR : CAIXA ECONOMICA FEDERAL - CEF ADVOGADO : SANDRA REGINA DE MATTOS BERTOLETTI RÉU : MARIA LENISE SEMANN

ALL - América Latina Logística S.A. CNPJ/MF nº 02.387.241/0001-60 - NIRE nº 413.000.19886 Companhia Aberta Categoria A

FATO RELEVANTE

EDITAL N.º 4943907 PRAZO: 30 (TRINTA) DIAS O DOUTOR FRIEDMANN WENDPAP, MM. Juiz Federal da 1ª Vara, na forma da lei, FAZ SABER que todos quantos o presente edital virem ou dele conhecimento tiverem que, perante este Juízo e Secretaria da 1ª Vara Federal, tramitam os autos de AÇÃO MONITÓRIA nº 2009.70.00.003940-2, movida pela CAIXA ECONÔMICA FEDERAL contra MARIA LENISE SEMANN (CPF nº 016.397.499-34), constando dos autos que tal pessoa encontra-se em lugar incerto e não sabido, pelo presente edital, com prazo de 30 (trinta) dias, que será publicado na forma da lei e afixado em lugar de costume na sede deste Juízo, o qual está situado no endereço em epígrafe, fica CITADA, nos termos do art. 1.102.b do Código de Processo Civil, para que, no prazo de 15 (quinze) dias, efetue o pagamento da dívida no valor de R$ 15.030,70 (quinze mil, trinta reais e setenta centavos), atualizado para 27/02/2009, acrescido de juros legais e atualizado monetariamente até a data do efetivo pagamento, ou apresente embargos, independente da segurança do juízo, ficando a mesma ciente de que não havendo pagamento do valor nem a interposição dos embargos constituir-se-á de pleno direito em título executivo judicial, nos termos do artigo 1.102-c, do Código de Processo Civil, o qual remete o prosseguimento do feito nos moldes do artigo 475J do CPC. Caso haja efetivo pagamento da quantia supramencionada, ficará isenta das custas e honorários advocatícios, conforme artigo 1.102c § 1º, do CPC. Tudo em conformidade com o despacho proferido às fls. 19 dos autos, a teor do disposto no art. 232, do CPC. E para que não alegue ignorância, mandou o MM. Juiz Federal desta Vara expedir o presente edital, na forma da lei. Curitiba, aos dezoito dias do mês de janeiro de dois mil e onze. Eu, (a) , Waldemar Gomes Ferreira Jr, Diretor de Secretaria Substituto da 1ª Vara Federal, o conferi e subscrevi. Friedmann Anderson Wendpap Juiz Federal

AÇÃO MONITÓRIA Nº 2009.70.00.003269-9/PR AUTOR ADVOGADO RÉU

: : : : :

CAIXA ECONOMICA FEDERAL - CEF SANDRA REGINA DE MATTOS BERTOLETTI BARBONI DOS SANTOS & VALINDORF LTDA. - ME JUNIOR CESAR VALINDORF MAURICIA BARBONI DOS SANTOS

EDITAL N.º 4950524 EDITAL DE CITAÇÃO - PRAZO DE 60(SESSENTA) DIAS O Doutor Cláudio Roberto da Silva, Juiz Federal Substituto da Segunda Vara Federal Cível da Seção Judiciária do Paraná, na forma da lei, F A Z S A B E R, aos que o presente Edital virem ou conhecimento dele tiverem, que tramitam perante este Juízo Federal da Segunda Vara Federal Cível, os autos da Ação Monitória nº 2009.70.00.003269-9, em que figura como autora a CAIXA ECONÔMICA FEDERAL, inscrita no CNPJ/MF sob nº 00.360.305/0001-04 e réus BARBONI DOS SANTOS & VALINDORF LTDA - ME, inscrita no CNPJ/MF sob nº 82.529.959/0001-83, JUNIOR CESAR VALINDORF, inscrito no CPF/MF sob nº 045.189.199-63 e MAURÍCIA BARBONI DOS SANTOS, inscrita no CPF/MF sob nº 773.668.241-00. E, constando dos autos encontrarem-se os réus em LUGAR INCERTO E NÃO SABIDO, na forma do disposto nos artigos 231, inciso II e 232, inciso IV, do Código de Processo Civil, em cumprimento ao despacho proferido na fl.81, CITA-OS, para, no prazo de 15 (quinze) dias, efetuarem o pagamento da importância de R$ 17.492,54(dezessete mil quatrocentos e noventa e dois reais e cinquenta e quatro centavos) devida à Caixa Econômica Federal, devidamente atualizada até a data do efetivo pagamento, tendo, inclusive, na forma dos artigos 1.102b e 1.102c, § 1º, do Código de Processo Civil, o benefício da isenção do pagamento das custas processuais e honorários advocatícios, ou, no mesmo prazo, oferecerem embargos à execução, advertindo-os de que não havendo pagamento e nem oposição de embargos à execução, o presente será convertido em título executivo, prosseguindo-se na forma do processo de execução do Código de Processo Civil. O prazo de 15(quinze) dias começará a fluir após o término do prazo do presente edital. DESPACHO DA FL.81: "1. Tendo em vista a impossibilidade de localização da parte ré, defiro a citação por edital, conforme requerido na fl.71. 2. Expeçase o edital para citação e pagamento a fim de que os réus: a) efetuem o pagamento no prazo de 15(quinze) dias, ficando isentos de custas processuais e honorários advocatícios; b) ofereçam embargos no prazo supracitado. Deverá constar do mandado a advertência de que, se os embargos não forem opostos, constituir-se-á de pleno direito o título executivo judicial, convertendo-se o mandado inicial em mandado executivo, e prosseguindo-se na forma do Livro I, Título VII, Capítulo X, do CPC. Não havendo pagamento ou oposição de embargos, fixo em 5%(cinco por cento) do valor da causa os honorários advocatícios em favor da Caixa Econômica Federal. Prazo de 60 dias (artigo 232, IV, do Código de Processo Civil. 3. Após, intime-se a Caixa Econômica Federal - CEF para que promova sua publicação no prazo de 30(trinta) dias. Curitiba, 30 de agosto de 2010. (a) Gisele Lemke - Juíza Federal da 2ª Vara Federal Cível." E para que chegue ao conhecimento de todos e ninguém possa alegar ignorância, determinou o MM. Juiz Federal Substituto que se expedisse o presente edital, o qual será afixado no lugar de costume e publicado na forma da lei. Expedido nesta cidade de Curitiba, Capital do Estado do Paraná, aos dezenove dias do mês de janeiro do ano de dois mil e onze por _____(Eliana C.P.Machado), Supervisora de Processamento, conferido e subscrito por _____________(Marluz Augusto Magierski), Diretor de Secretaria Substituto da 2ª Vara Federal Cível.

Claudio Roberto da Silva Juiz Federal Substituto

ALL - América Latina Logística S.A., companhia aberta, com sede na Cidade de Curitiba, Estado do Paraná, localizada na Rua Emílio Bertolini, 100 (“Companhia”), vem a público, em cumprimento ao previsto no artigo 157, § 4°, da Lei n° 6.404/76 (“Lei das S.A.”) e na Instrução CVM n° 358/02, divulgar aos acionistas e ao mercado em geral que em 05/02/2011 a Hana Investments LLC deixou de ser signatária do Acordo de Acionistas da Companhia, conforme previsto no sétimo aditamento ao Acordo de Acionistas da Companhia, sendo firmado o oitavo aditamento ao Acordo de Acionistas celebrado em 16/06/2006 (“Aditamento”) entre BNDES Participações S.A. - BNDESPAR; BRZ ALL - Fundo de Investimento em Participações; Caixa de Previdência dos Funcionários do Banco do Brasil - PREVI; Fundação dos Economiários Federais - FUNCEF; Judori Administração, Empreendimentos e Participações S.A.; Riccardo Arduini e Wilson Ferro de Lara, arquivado na sede da Companhia e disponível no site da Companhia (www.all-logistica.com/ri). Não haverá qualquer mudança nos membros do Conselho de Administração da Companhia. Curitiba, 07 de fevereiro de 2011. Rodrigo Barros de Moura Campos Diretor de Relações com Investidores.

AÇÃO MONITÓRIA Nº 2008.70.00.016431-9/PR AUTOR : CAIXA ECONOMICA FEDERAL - CEF ADVOGADO : NEY DE OLIVEIRA RODRIGUES RÉU : ITAPUA INDUSTRIA E COMERCIO DE PRODUTOS QUIMICOS LTDA EPP : LUIZ FELIPE MENDES : ORACI DOS SANTOS EDITAL N.º 4943975 PRAZO: 30 (TRINTA) DIAS A DOUTORA TANI MARIA WURSTER, MMª. Juíza Federal Substituta da 1ª Vara, na forma da lei, FAZ SABER que todos quantos o presente edital virem ou dele conhecimento tiverem que, perante este Juízo e Secretaria da 1ª Vara Federal, tramitam os autos de AÇÃO MONITÓRIA n.º 2008.70.00.016431-9, movida pela CAIXA ECONÔMICA FEDERAL contra ITAPUÃ INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE PRODUTOS QUÍMICOS LTDA EPP (CNPJ nº 00.710.439/001-08), LUIZ FELIPE MENDES (CPF nº 008.314.289-45) e OUTRO, constando dos autos que tais pessoas encontram-se em lugar incerto e não sabido, pelo presente edital, com prazo de 30 (trinta) dias, que será publicado na forma da lei e afixado em lugar de costume na sede deste Juízo, o qual está situado no endereço em epígrafe, ficam CITADAS, nos termos do art. 1.102.b do Código de Processo Civil, para que, no prazo de 15 (quinze) dias, efetuem o pagamento da dívida no valor de R$ 104.112,63 (cento e quatro mil, cento e doze reais e sessenta e três centavos), atualizado para agosto de 2008, acrescido de juros legais e atualizado monetariamente até a data do efetivo pagamento, ou apresente embargos, independente da segurança do juízo, ficando as mesmas cientes de que não havendo pagamento do valor nem a interposição dos embargos constituir-se-á de pleno direito em título executivo judicial, nos termos do artigo 1.102-c, do Código de Processo Civil, o qual remete o prosseguimento do feito nos moldes do artigo 475-J do CPC. Caso haja efetivo pagamento da quantia supramencionada, ficarão isentas das custas e honorários advocatícios, conforme artigo 1.102c § 1º, do CPC. Tudo em conformidade com o despacho proferido às fls. 228 dos autos, a teor do disposto no art. 232, do CPC. E para que não alegue ignorância, mandou a MMª. Juíza Federal Substituta desta Vara expedir o presente edital, na forma da lei. Curitiba, aos dezenove dias do mês de janeiro de dois mil e onze. Eu (a) Waldemar Gomes Ferreira Jr, Diretor de Secretaria Substituto da 1ª Vara Federal, o conferi e subscrevi. Tani Maria Wurster Juíza Federal Substituta

AÇÃO MONITÓRIA Nº 5008087-08.2010.404.7000/ AUTOR : CAIXA ECONÔMICA FEDERAL - CEF RÉU : JOÃO PAULO PIMENTA NETO EDITAL N.º 4968464 CITAÇÃO PRAZO: 20 (VINTE) DIAS O EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR VICENTE DE PAULA ATAIDE JUNIOR, JUIZ FEDERAL SUBSTITUTO DA 5ª VARA DA SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESTADO DO PARANÁ, NOS AUTOS ACIMA DISCRIMINADOS: FAZ SABER, aos que o presente edital virem ou dele conhecimento tiverem, em especial o RÉU JOÃO PAULO PIMENTA NETO, CPF 087.787.779-33, que neste Juízo da 5ª Vara Federal, Subseção Judiciária de Curitiba, Seção Judiciária do Paraná (Rua Anita Garibaldi, 888, 5º andar, Ahú, nesta Capital), processa-se a ação monitória em epígrafe, referente ao contrato de relacionamento - abertura de contas e adesão a produtos e serviços - pessoa física, (agência sorriso (1000)), e, por não ter sido localizado para citação pessoal, fica por meio deste CITADO para que, no prazo de 15 dias, pague a importância reclamada ou ofereça embargos, CIENTE de que em caso de pronto pagamento, não incidirão custas e honorários advocatícios, nos termos do § 1º do artigo 1.102c do Código de Processo Civil, e que a não oposição de embargos no prazo de 15 dias, constituir-se-á de pleno direito, o título executivo judicial, convertendo-se o mandado inicial em mandado executivo (art.1.102c, caput, 2ª parte, do CPC), sujeitando-se o executado ao pagamento de honorários advocatícios, os quais foram fixados em 10% (dez por cento) sobre o valor do débito. Ressalta-se que, com o advento da Lei. 11.232 de 12/2005, a execução de título judicial passa a ser regida pelo rito de cumprimento de sentença, estabelecido a partir do artigo 475-I do CPC. Sendo assim, caso os devedores condenados ao pagamento de quantia certa, não o efetuem no prazo de 15 dias, o montante será acrescido de multa de 10 %, nos termos do art. 475-J do CPC. O prazo para os devedores pagarem sem multa começa a correr imediatamente após o término de quinze dias para embargar, caso os embargos não sejam opostos, sem necessidade de qualquer intimação adicional. VALOR DEVIDO: R$ 21.017,06 (vinte e um mil, dezessete reais e seis centavos), com posição em 05/2010. E, para que chegue ao conhecimento de todos, e não possa futuramente alegar ignorância, determinou o MM. Juiz a expedição do presente edital que será publicado e afixado na forma da lei. EXPEDIDO nesta Cidade de Curitiba, Capital do Estado do Paraná, aos vinte e sete (27) dias do mês de janeiro do ano de dois mil e onze (2011). Vicente de Paula Ataide Junior Juiz Federal Substituto

Mini Drops Halls será lançado na menor cidade do Brasil Borá vive intensa movimentação pela construção do Halls da Fama

P

ela primeira vez na história do país, uma cidade inteira está totalmente envolvida no lançamento de um produto. De dezembro a março, a menor cidade brasileira em número de habitantes, a bucólica Borá, no interior de São Paulo, é palco para eventos de lançamento do Halls XS, que vão culminar com a construção do Halls da Fama, um hall da fama completamente diferente de tudo que já foi feito. Seguindo o conceito de que Halls XS valoriza os pequenos instantes de heroísmo do coti-

diano, a ação de guerrilha criada pela agência Espalhe eternizará no Halls da Fama situações corriqueiras de heroísmo que, no corre-corre da vida diária, passam despercebidas. Os autores desses pequenos instantes heróicos serão celebrados neste novo monumento construído num cenário sob medida: a pequena Borá, um enclave a 480km de São Paulo onde vivem 805 pessoas (dado do Censo 2010). “Borá vive dias de intensa movimentação com a construção do Halls da Fama e tudo mais que acontecerá na cidade

durante quatro meses. Borá se transformou em assunto nas redes sociais, abrindo novas possibilidades de conversa de Halls com o seu público”, afirma Gonzalo Uribe, diretor de Categoria Gomas e Balas da Kraft Foods Brasil. Em parceria inédita da Prefeitura de Borá com a marca, a inauguração do Halls da Fama, no dia 18 de fevereiro, será o ponto alto de uma série de ações que movimentam a cidade a partir de dezembro. Tudo começou com a distribuição para os 805 moradores de um kitpresente com os três sabores do

Hall XS (cherry-lyptus, mentho-lyptus e strong-lyptus), seguindo até março, com diferentes eventos como uma competição esportiva, a Volta de Borá, a menor corrida do mundo e um encontro de personalidades da web, o Nerds On Borá, uma edição especial do mais badalado encontro de celebridades da internet do país, o NerdsOnBeer (NoB). Os eventos darão visibilidade à pequena Borá, levando entretenimento aos moradores, além de movimentar a economia da região, com o aumento da circulação na cidade.

Empresas&Produtos CPM Braxis Capgemini inaugura centro de conhecimento Alinhada à premissa de que os capitais intelectual e humano são os bens mais preciosos de uma companhia de serviços, a CPM Braxis Capgemini dá mais um grande passo rumo à valorização de seus talentos. A empresa inaugura, em fevereiro, na unidade de Alphaville, um espaço para que os funcionários compartilhem conhecimentos e experiências, troquem informações e ampliem o caráter inovador da companhia. Chamado de Knowledge Center, o espaço será lançado simultaneamente ao novo ambiente online, com o objetivo de estimular a integração e a participação colaborativa das equipes, que compartilharão ideias por meio de wikis, blogs e fóruns internos. A plataforma tecnológica poderá ser acessada por todos os profissionais espalhados pelo Brasil, para que interajam e constituam uma rede de conhecimento.A companhia, que já mantinha uma área estruturada e dedicada à gestão do conhecimento, agora conta com um ambiente exclusivo para a realização de workshops e treinamentos presenciais, assim como uma biblioteca técnica enriquecida por livros doados pelos funcionários. A iniciativa visa à unificação e retenção do conhecimento na CPM Braxis Capgemini e, consequentemente, a aplicação das melhores ideias, práticas e processos em todos os projetos desenvolvidos. Com essa integração das equipes, promovida pelo Knowledge Center, a companhia se tornará ainda mais forte e competitiva no mercado.

Cosan Alimentos vende operações da marca A Cosan Alimentos, detentora da marca União, acaba de anunciar a venda de todas as operações da marca Da Barra, exceto a de açúcar, à Coroa Participações Ltda. A partir de agora, a produção de achocolatados, misturas para bolos, gelatinas e refrescos em pó Da Barra ficará por conta da empresa, que integra a holding Savon. A transação, no valor de R$25 milhões, contempla também o licenciamento do uso da marca, que continua sendo propriedade da Cosan. Com esta operação, a holding Savon agrega valor ao seu portifólio, que já inclui a produção de achocolatados, laticínios e misturas para bolos. A companhia também é dona da distribuidora de cestas básicas CBA e dos vales-refeição Bonus. A relação entre as empresas já vinha de longa data – a Savon era fornecedora de serviços à Da Barra. A transação integra o plano de crescimento da Cosan Alimentos, que pretende dar foco a uma das marcas mais conhecidas do Brasil, a União. “Com esta operação, poderemos atuar com mais força nas categorias de alto valor estratégico, com atenção especial às oportunidades de mercado que possam gerar sinergia com a marca União”, diz Melchiades Terciotti, diretor da Cosan Alimentos. A marca de açúcar Da Barra permanecerá nas gôndolas por integrar um dos core business da Cosan, que é a produção de açúcar. Também não haverá alterações nos produtos “Da Barra” agora em propriedade da Coroa Participações.

Parceria entre Hyundai e Taboão da Serra Em parceria com a Hyundai Motor Company, a prefeitura de Taboão da Serra, na Grande São Paulo, está recebendo 68 universitários sul-coreanos que participam de um mutirão para revitalização da comunidade do Jardim Vale das Flores. A iniciativa faz parte do projeto Arrumando a Casa, que realiza reformas e melhorias habitacionais para famílias em risco social.Este já é o terceiro grupo de estudantes que a empresa traz ao Brasil através de seu programa de voluntariado, o Happy Move Global Youth Volunteers. Para compor o primeiro, em janeiro de 2010, mais de dez mil estudantes disputaram as cem vagas disponíveis. Já o segundo, que veio em agosto do ano passado, adiantou quatro meses de trabalho em um conjunto habitacional.Em Taboão da Serra, a colaboração dos estudantes não fica restrita às obras em que participam. Neste sábado, 05 de fevereiro, será realizada uma festividade em que eles apresentarão danças e temas típicos da Coréia do Sul. Em troca, assistirão a demonstrações da cultural local e até uma apresentação de uma escola de samba. Na cerimônia, o presidente da Hyundai no Brasil, Carlos Alberto de Oliveira Andrade, fará uma doação de US$ 40 mil aos representantes das entidades envolvidas no projeto Arrumando a Casa.

SMZTO fecha parceria com redes de supermercados A área de expansão de negócios da SMZTO Participações, holding de franquias multissetoriais criada por José Carlos Semenzato e Sidney Kalaes, acaba de fechar parceria para abertura de novas franquias dentro das redes de hipermercados Carrefour, Atacadão, Sonda e Muffato.Estes novos pontos comerciais serão disponibilizados aos interessados na abertura das marcas Casa do Sorvete Jundiá, Mixirica Fast Food Saudável e Praquemarido. Com esta parceria, a SMZTO Participações pretende oferecer aos empreendedores a opção de investir em locais com diversas vantagens, como a grande circulação de pessoas e custo fixo mensal 50% inferior aos de shoppings centers.

House In recebe porcelanas Missoni A House In acaba de receber, com exclusividade em Curitiba, duas linhas de porcelana da marca italiana Missoni produzidas pela tradicional Richard Ginori. Coloridos e sofisticados, os produtos apresentam as estampas Margherita e Tropical aplicadas em jogos de pratos (rasos, fundos e de sobremesa) e de café (xícaras com pires). A loja também disponibiliza o açucareiro da marca com ambas as estampas. O designer exclusivo das peças sugere um original presente de casamento. Para quem quer receber com modernidade e delicadeza, as linhas da Missoni também são uma perfeita opção. A fábrica italiana de porcelanas Richard Ginori se tornou símbolo de refinamento e está historicamente associada a grandes nomes da arquitetura e do design.

APC lança solução de refrigeração para data centers A APC by Schneider Electric, líder mundial em soluções e serviços integrados de energia e refrigeração, anuncia o lançamento do sistema de refrigeração por bombeamento InRow® OA e a Unidade de Distribuição de Refrigeração (RDU). O APC InRow OA oferece uma solução de alto nível para data centers, eliminando a necessidade de obra civil por implementar uma arquitetura de refrigeração baseada em corredores e assim atender às necessidades de cargas de maior densidade.Ideal para aplicações de média e alta densidade, o novo APC InRow OA captura até 27kW de ar quente na fonte, neutraliza-o e libera ar refrigerado para o ambiente. O AO inclui contenção térmica integrada, que elimina a mistura de ar quente e frio – aumentando a previsibilidade do resfriamento. Construção modular, ventiladores de velocidade variável e controles de resposta ativa são integrados em um único sistema. Mas o interessante desse equipamento é o fato de não requerer espaço porque pode ser montado em um rack ou suspenso a partir do teto sobre o corredor quente.


ape s@cr eapr .org .br F one: (41) 3013-3097 apes@cr s@creapr eapr.org .org.br Fone:

Atuação Questionada Na Revista proteção de Dezembro ultimo, o Engenheiro Antonio Carlos Vendrame publicou o seguinte artigo. A Lei 10.358 de 27 de dezembro de 2001 trouxe alterações ao CPC ( Código de Processo Civil), com implicações diretas à perícia judicial, as quais passaram a valer desde 28 de março de 2002. A primeira modificação é encontrada no parágrafo único do Artigo 433 do CPC, que por força da Lei 8.455 de 24 de agosto de 1992, possuía a seguinte redação:”Os assistentes técnicos oferecerão seus pareceres no prazo comum de 10 dias após a apresentação do laudo, independente de intimação”. A nova redação é:”Os assistentes técnicos oferecerão seus pareceres no prazo comum de 10 dias, após intimadas as partes da apresentação do laudo”. Assim, fica claro que o prazo para apresentação do parecer do assistente técnico será de 10 dias após as partes tarem ciência a respeito do protocolo do laudo pericial. Não há mais a preocupação das partes em saber quando o perito apresentou seu laudo no cartório. Interessante ressaltar que ao assistente é permitido protocolar laudo após o perito, exatamente para discordar ou concordar, de forma circunstanciada, apresentando laudo discordante ou concordante, que obviamente se limitará à apreciação sob o plano técnico. A outra mudança foi a reintrodução do Artigo 431 do CPC, revogado pela Lei 8.455 de 24 de agosto de 1992. Artigo 4531-A. As partes terão ciência da ata e local designado pelo Juiz, ou indicados pelo perito para ter inicio a produção da prova. Artigo 4531-B. Tratando-se de pericia complexa que abranja mais de uma área de conhecimento especializado, o juiz poderá nomear mais de um perito e a parte indicar mais de um assistente técnico. O Artigo 431-A vem satisfazer os anseios, particularmente dos assistentes técnicos, no tocante a divulgação previa de data e local dos trabalhos periciais. Infelizmente, alguns peritos que constituem exceção dentro da categoria, ainda insistem em realizar pericias sem prévio aviso o que prejudica a atuação do assistente técnico e contraria o Principio Constitucional do Contraditório. Quanto às pericias complexas a nomeação de mais de um perito já vinha ocorrendo na prática.

LAUDOS As alterações promovidas pela Lei 10.358 são especificas para perícias civis, aplicáveis, no que couber, às pericias trabalhistas, nos termos do artigo 769 da CLT: “Nos casos omissos, o direito processual comum terá fonte subsidiária do direito processual do trabalho, exceto naquilo em que for incompatível nas normas deste Título”. CLT encontra-se já alterada por força do disposto da Lei 5.584 de 26 de junho de 1970, que dispõem sobre normas de direito processual do trabalho. Desta forma, o Artigo 433 do CPC é incompatível com o Artigo 3° da Lei 5.584 que dispõem: “Os exames periciais serão realizados por perito único designado pelo juiz, que fixara o prazo para entrega do laudo”. ARTIGO 3° - Parágrafo único. Permitir-se-á a cada parte a indicação de um assistente, cujo laudo terá que ser apresentado no mesmo prazo assinado pelo perito, sob pena de ser desentranhado dos autos. Então, no processo trabalhista o prazo para protocolo do parecer (ou laudo) do assistente técnico será o mesmo que o do perito. Daí, porque condenarmos a figura do parecer discordante no âmbito da Justiça do Trabalho, em que o assistente técnico deve ser restringir a produzir um parecer simplesmente relatando os fatos, sem qualquer alusão ao laudo pericial, mesmo porque ainda não te4ve acesso a ele. A impugnação é documento subscrito pelo advogado, obviamente com os subsídios gerados pelo assistente, presta-se a mencionar as eventuais criticas ao laudo pelas partes. Desta forma, soa bastante deselegante e antiético a inserção de laudo discordante pelo assistente técnico em uma ação trabalhista. Quanto ao Artigo 431-A posto que inexista na legislação processual trabalhista qualquer dispositivo obrigando a divulgação pelo perito ou pelo juiz a respeito de data e local dos trabalhos periciais, prevalece o CPP, impondo-se que as partes sejam cientificadas sobre a realização dos trabalhos periciais. Na elaboração da prova pericial, o perito esta sujeito ao principio da lealdade processual em que se preconiza a moralidade e a probidade a todos aqueles que participam do processo. O trabalho deve realizar-se dentro de padrões ético, técnicos e, principalmente, morais. O expert curvar-se-á somente ao judiciário e quando sentir-se impedido ou suspeito em razão de qualquer das partes, deverá requerer destituição do ônus. Como principio básico do processo, o contraditório e a ampla defesa devem ser escrupulosamente respeitados durante o inquérito preliminar. É muito comum depararmos com peritos que somente tomam informações do reclamante, ignorando a presença da reclamada. É bastante comum na pericia de insalubridade, o expert omitir confissão, do próprio reclamante, de que se utiliza dos EPIs. Na situação em que o perito inicia o inquérito com a oitiva do reclamante, o assistente técnico da reclamada deve interromper propugnando após a oitiva também da reclamada, ou a opção de contestar imediatamente as colocações do reclamante. Diga-se de passagem, que o objeto da pericia não pode nunca ultrapassar os limites do pedido da inicial do reclamante, alias, nem mesmo o juiz pode conceder algo não requerido no pedido inicial. Assim, as pericias de insalubridades não podem tecer comentário sobre a periculosidade e vice versa. Note-se que não somente durante o inquérito podem estar sendo produzidas provas inócuas à pericia, como também na respostas aos quesitos. A perícia somente deve responder os quesitos relativos ao objeto da pericia e nada mais.

Justiça&Direito

Indústria&Comércio | Curitiba, quarta-feira, 09 de fevereiro de 2011 | A8

STF

Fux poderá ser sabatinado nesta semana, diz Sarney Indicação de ministro poderá ser votada pelo senado essa semana

A

indicação do nome do ministro Luiz Fux, do Superior Tribunal de Justiça para o Supremo Tribunal Federal, poderá ser votada pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) nesta quarta (9/2) ou quinta-feira (10/2) e, no mesmo dia, pelo Plenário do Senado. A informação é do presidente do Senado, José Sarney. A notícia é da Agência Senado. Após visita ao presidente do Supremo, ministro Cezar Peluso, nesta terça-feira (8/ 2), Sarney afirmou que a sabatina e a votação secreta da mensagem indicando o magistrado dependem apenas da eleição do presidente da CCJ. "Ainda não temos a CCJ composta e eu pedi aos líderes que o fizessem hoje ou amanhã para, então, eleger o presidente e, em seguida, termos condições de ouvir o ministro Fux, conforme determina a Constituição", explicou Sarney. Luiz Fux foi indicado pela presidente Dilma Rousseff para ocupar vaga decorrente da aposentadoria do ministro Eros Grau, completando, dessa forma, o quadro do STF, composto por 11 ministros. A mensagem (MSF 36/11) da presidente com a indicação foi publicada no Diário Oficial da União no dia 2 de fevereiro, lida no Plenário do Senado no dia seguinte e, na mesma data, encaminhada à CCJ, onde aguarda a designação de um relator entre os membros que comporão o colegiado. Se for aprovada pela comissão, passará ainda por votação em Plenário. As reuniões ordinárias da

Gervásio Baptista/ABr

Segurança&Trabalho

Os presidentes do Senado, José Sarney, e do Supremo Tribunal Federal, Cezar Peluso, durante encontro para discutir a formalização do 3º Pacto Republicano.

CCJ ocorrem às quartas-feiras, a partir das 10h. A primeira reunião dessa legislatura será para a escolha dos respectivos presidente e vice-presidente do colegiado, para um mandato de dois anos. Embora ainda não esteja definido, o PMDB, que deve presidir a comissão, indicou o senador Eunício Oliveira (CE) para a presidência do colegiado, composto por 23 membros e igual número de suplentes. Sarney disse ainda, na entrevista, que já alertou Eunício para a possibilidade de que a sabatina de Fux seja feita já na reunião em que deverá ser eleito o presidente da CCJ. Em geral, não há votação de matérias na reunião das comissões destinadas à eleição dos respectivos presi-

dentes. No entanto, após o encerramento desta e a, critério do presidente eleito, poderá ser aberta uma outra reunião — dessa vez extraordinária, que no caso da CCJ, será destinada à sabatina de Fux. Fux tem 57 anos, é doutor em Direito Processual Civil pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), instituição em que trabalha como professor. Tem 21 livros publicados e, em 2010, destacou-se ao presidir a Comissão de Juristas instituída pelo presidente Sarney para analisar a reforma do Código de Processo Civil (CPC). O projeto do novo CPC (PLS 166/10) foi aprovado pelo Senado no dia 15 de dezembro e encaminhado à Câmara dos Deputados.

Ministro nega liminar de juiz afastado O ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, negou o pedido liminar do juiz afastado do Tribunal Regional Eleitoral, Eduardo Jacob, para retornar as suas funções. Ainda no recurso, a defesa de Jacob pediu a anulação da Operação Asafe, da Polícia Federal, que desvendou um esquema de venda de sentenças no Judiciário e na Justiça Eleitoral. O juiz está afastado do cargo desde junho passado, por decisão do Superior Tribunal de Justiça. A informação é do Midia News. No recurso, o advogado de Jacob argumentou que o afastamento cautelar fere

a presunção da inocência e o artigo 29 da Lei Orgânica da Magistratura (Lomam), que determina a medida somente após o recebimento da denúncia pela Justiça. A partir de agora, o processo será encaminhado à Procuradoria Geral da República, para manifestar-se sobre o pedido. Em seguida, retorna ao STF, para o julgamento final. As investigações no STJ tiveram início a partir da instauração do inquérito 669/MT, a pedido do procurador federal Thiago Lemos de Andrade, após o recebimento de uma denúncia anônima, sobre a existência de suposta corrup-

ção praticada por membros do TRE. Por um período, o inquérito foi conduzido pelo juiz Jefferson Schneider. No entanto, logo depois, foi reconhecida a incompetência da Vara Federal e os autos foram encaminhados ao STJ. A apuração dos fatos resultou na deflagração da Operação Asafe, pela Polícia Federal, em maio passado. Na época, foram cumpridos vários mandados de prisões contra advogados, servidores públicos e particulares, bem como mandados de busca de apreensão, inclusive, na residência do juiz Jacob.

Pacto Republicano Os presidentes dos Três Poderes trataran da elaboração do III Pacto Republicano também nesta terça-feira. Cezar Peluso, e os presidentes da Câmara, Marco Maia (PT/RS), e do Senado, José Sarney (PMDB/AP), se reuniram pela manhã. Em entrevista à imprensa na saída da reunião, os chefes do Poder Legislativo anunciaram que levarão o assunto para discussão com a presidente da República, Dilma Rousseff. “Nós queremos trabalhar de forma integrada, articulada e respeitosa entre os poderes, valorizando esta harmonia que é importante para o fortalecimento da República no Brasil”, afirmou o presidente da Câmara, deputado Marco Maia. Sarney disse que a tradicional visita de cortesia ao chefe do Judiciário a cada nova legislatura foi reforçada desta vez pela proposta do III Pacto. Segundo o senador, os dois primeiros trouxeram grandes resultados para o país quanto à celeridade na tramitação de processos e à ampliação do acesso da população à Justiça brasileira. Ele adiantou que a elaboração do novo pacto contará com o apoio de duas comissões, uma do Supremo Tribunal Federal e outra do Congresso Nacional.

Juízes se negam a aplicar a Lei Maria da Penha O juiz titular da 2ª Vara Criminal de Erechim (RS), Marcelo Colombelli Mezzomo, nunca aplicou a Lei Maria da Penha (Lei 11.340/06) por considerá-la inconstitucional e violadora da igualdade entre homens e mulheres. Entre junho e julho de 2008, mais de 60 pedidos de medidas preventivas com base na lei foram negadas pelo juiz, que reiteradamente afirmava nas decisões que o "equívoco dessa lei foi pressupor uma condição de inferioridade da mulher, que não é a realidade da região Sul do Brasil, nem de todos os ca-

sos, seja onde for", e que "perpetuar esse tipo de perspectiva é fomentar uma visão preconceituosa, que desconhece que as mulheres hoje são chefes de muitos lares e metade da força de trabalho do país". Como noticiou o site Espaço Vital, em uma das decisões, Mezzomo questionou: "quem protege um homem de 55 anos, enfermo, que sofre violência em sua casa de esposa, companheira ou mesmo dos filhos?". E respondeu: "o Estatuto do Idoso não o abarca, porque ele não tem 60 anos".


Economia Curitiba, quarta-feira, 09 de fevereiro de 2011 | B1 | Indústria&Comércio prpress@terra.com.br

PREÇOS

Transportes pressionam inflação oficial em janeiro No mês passado, IPCA registrou taxa de 0,83%, segundo IBGE Antonio Cruz/ABr

Vitor Abdala

O

aumento no preço dos transportes foi a principal influência para a inflação de 0,83% registrada pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em janeiro deste ano. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a inflação no segmento de transportes no período foi de 1,55%, bem superior ao 0,29% do mês anterior. Os transportes públicos registraram taxa de 3,47%, com destaques para passagens aéreas (6,21%), ônibus urbano (4,13%), ônibus interestadual (3,63%), ônibus intermunicipal (2,50%) e táxi (2,03%). “Os (preços das passagens dos) ônibus urbanos, por exemplo, foram reajustados em quatro regiões metropolitanas importantes (São Paulo, Recife, Salvador e Belo Horizonte). E isso tem um impacto muito forte sobre o índice, já que as tarifas de ônibus são um gasto forte no bolso do brasileiro”, disse a coordenadora dos Índices de Preços do IBGE, Eulina dos Santos. Além dos transportes, a inflação continuou sendo influenciada pelos preços dos alimentos, que registraram aumento de 1,16%, e dos serviços. Entre os serviços que tiveram mais impacto no IPCA de janeiro estão hotel (com taxa de 3,08%), manicure (1,99%) e

Panorama Político Pedro Washignton

Entrevista exclusiva O governador Beto Richa concedeu dia desses uma entrevista a uma emissora de rádio da capital. Fez afirmações que não fizera até agora. Especialmente no que diz respeito à situação em que recebeu o estado. Para resumir: restos a pagar, o famoso “devo e não nego, pagarei quando puder”, que no caso fere a Lei de Responsabilidade Fiscal. Ficamos sabendo que na área de educação a dívida e despesas não previstas no orçamento de 2011, vão a R$ 93 milhões. Na saúde chegam a R$ 64. Gastos com a Copa do Mundo, R$ 15 milhões, um abacaxi para o Secretário Mário Celso Cunha descascar. Isso que os investimentos nessa área mal começaram. Até 2014 muito “Real” vai passar por baixo da ponte. Na Secretaria de Ciência e Tecnologia, agora sob a batuta do competente Alípio Leal, faltam R$ 18 milhões, segundo o entendimento da coluna, para completar nas Universidades estaduais o ano de 2010. Até para a comida dos presos nas diversas penitenciárias do estado a dívida é de R$ 2,7 mi. Tem razão o governador quando afirma que a obrigação do gestor público é avaliar todas as circunstâncias. Detectada qualquer irregularidade, apresentar denúncia junto ao Ministério Público. Situações estranhas não faltam, especialmente se consideradas também as apresentadas nos portos de Paranaguá e Antonina, aquele mais do que este, embora uma postura do superintendente Eduardo Requião tenha causado imensos prejuízos ao terminal da Ponta do Félix. Se crítica pode ser feita a essa primeira manifestação do governador é não ter se tratado de uma entrevista coletiva, postura que seguindo o exemplo das melhores democracias do mundo, Richa deveria adotar. Sem recorrer à reimplantação da malfada “escolinha do professor Requião”.

Agiotagem oficial

Os transportes públicos registraram taxa de 3,47%, com destaques para passagens aéreas (6,21%)

médico (1,66%). Segundo Eulina dos Santos, o preço dos alimentos tem pressionado a inflação não apenas no Brasil, mas também no resto do mundo. As chuvas na Região Sudeste provocaram as principais altas no preço dos alimentos, devido ao aumento no preço de hortaliças e legumes, como chuchu (88,17%), tomate (27,11%) e cenoura (22,32%). No entanto, as chuvas não tiveram grande impacto no IPCA como um todo. De acordo com Eulina, o au-

mento nos preços dos serviços é estimulado pelo crescimento da renda do brasileiro. “Com a renda aumentando, o brasileiro tem consumido mais serviços e os serviços têm aumentado (o preço)”, disse Eulina. As taxas de inflação nos demais grupos de despesa foram as seguintes: despesas pessoais (0,83%), habitação (0,61%), saúde e cuidados pessoais (0,47%), educação (0,30%), comunicação (0,29%), artigos de residência (0,25%) e vestuário (0,12%).

No acumulado dos 12 meses, a inflação oficial registra uma taxa de 5,99%, a mais alta desde novembro de 2008, que chegou a 6,39%. A maior variação foi percebida nos alimentos e bebidas, que registraram inflação de 10,42% no período. Para o IPCA de fevereiro, estão previstas influências das altas de preços de gás e de tarifa de trens no Rio de Janeiro e de água e esgoto em Porto Alegre, além de aumentos nos preços de cigarros e mensalidades escolares.

Um detalhe que passou despercebido por grande parte dos que assistiram à palestra do secretário do Tesouro americano, Timothy Geithner. Sugeriu que a supervalorização do Real deve-se ao que o ex-governador Requião chama de “capital vadio”. Aquele que entra aqui pelos juros de agiota que o Brasil paga.

Linha dura O presidente da Assembleia, Valdir Rossoni, depois da avalanche de notícias a que se viu exposto pelas primeiras medidas tomadas por sua administração e pela descoberta de posturas criminosas (escutas clandestinas) praticadas na Casa de Leis, ainda não se sabe por quem embora as desconfianças apontem numa mesma direção, ameaça agora cortar o ponto de colegas que faltem às sessões.

Contratação legal Uma dúvida levantada sobre o fato de as escutas clandestinas e até material de filmagem terem sido descobertas por técnicos de uma empresa contratada sem licitação, não procede. A urgência da investigação justifica a contratação, assim como também a invasão da AL pela Polícia Militar. Qualquer vacilo daria aos autores das falcatruas, tempo para retirar os equipamentos.

Afinando a...

Brasil terá US$ 64,8 bi em investimentos para área de mineração Pedro Peduzzi

O Brasil terá US$ 64,8 bilhões em investimentos privados para a área de mineração entre 2011 e 2015. Dois terços dos investimentos serão de capital nacional. A informação é do presidente do Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram), Paulo Camillo Penna. De acordo com o Ministério de Minas e Energia, os investimentos previstos em pesquisa mineral para expansão ou descoberta de jazidas, e em mineração e transformação mineral totalizam US$ 350 bilhões até 2030 – grande parte desses recursos virá da iniciativa privada. Os dados foram apresentados pouco antes do início da divulgação do Plano Nacional de Mineração 2030. Segundo o diretor-geral do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), Miguel Nery, o plano tem como base três diretrizes: governança pública, para promover a mineração em prol do interesse nacional; sustentabilidade socioambiental; e agregação de valor com adensamento de conhecimento e desenvolvimento de tecnologias. CMYK

REPERCUSSÃO

Inflação oficial deve começar a diminuir em março, diz Mantega Daniel Lima

O Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) deve recuar a partir de março, afirmou nesta terça-feira (08/02) o ministro da Fazenda, Guido Mantega. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou que em janeiro o índice teve alta de 0,83%, um aumento de 0,20 ponto percentual em relação à taxa de dezembro do ano passado (0,63%). “O IPCA de janeiro já era esperado um pouco mais forte porque juntou a inflação de commodities (produtos básicos cotados internacionalmente), que está forte no mundo todo, com a pressão de janeiro, que costuma ter uma pressão de transporte e educação”, disse Mantega. O ministro destacou que

sempre em janeiro há internamente esse tipo de pressão de transporte e educação. “Então, juntaram essas coisas e deram esse 0,83%. Aliás, parecido com janeiro do ano passado, que também foi forte.” No caso das commodities, que estão em um patamar de preço elevado no mundo, Mantega acredita que haverá uma trajetória descendente ou estável nos próximo meses. “Isso significa que, nos próximos índices, a tendência é de arrefecer a inflação. Não digo fevereiro, porque ainda tem uma pressão de transporte, mas a partir de março e abril vocês vão ver esse índice diminuindo”.

IOF O ministro Guido Mantega negou que haja estudos da

equipe econômica para elevar o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) para quem usa cartões de crédito no exterior e evitar a elevação do endividamento das famílias. “Ninguém pensou em nada. Não sei quem falou nisso”, disse. No mês passado, o Banco Central (BC) divulgou dados que mostram que os brasileiros continuam gastando cada vez mais no exterior. No ano passado, as despesas dos turistas brasileiros fora do país atingiram US$ 16,422 bilhões, recorde histórico, segundo o BC. Em 2009, esse resultado chegou a US$ 10,898 bilhões. Só em dezembro passado, as despesas dos brasileiros atingiram US$ 1,726 bilhão, aumentando o déficit da conta de serviços do balanço de pagamentos do Brasil.

PREÇOS

Safra de verão pode ajudar na desaceleração dos alimentos Danilo Macedo

O Ministério da Agricultura informou nesta terça-feira (08/02) que a entrada da safra de verão no mercado deve conter o ritmo de alta dos preços dos alimentos. Em Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, no Paraná, em Goiás e São Paulo, que já iniciaram a colheita em janeiro, a expectativa é que, até abril, cerca de 119 milhões de toneladas de grãos, principalmente arroz, feijão, milho e soja, sejam colhidas. O número representa quase 80% dos 149,4 milhões de toneladas previstas para o ciclo 2010/

2011. Se a expectativa de desaceleração dos preços dos alimentos se confirmar, isso também pode ocorrer com os índices de inflação. “Em função da importância e do peso que esses produtos têm no cálculo dos índices de inflação, acredito que o início da colheita poderá ter impacto no bolso do consumidor”, afirmou por meio de nota do ministério o gerente de Levantamento e Acompanhamento de Safras da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Carlos Bestétti. Segundo Bestétti, o arroz e o trigo chegaram a ter valores de

mercado abaixo do preço mínimo fixado pelo governo federal, enquanto o feijão apresenta variações conforme a sazonalidade. Ele lembra também que os preços do milho ficaram, na maior parte de sua comercialização, próximos ao mínimo. O Brasil é reconhecido como um dos maiores produtores mundiais de alimentos e principal exportador de várias commodities agrícolas. O aumento da safra nacional é visto pelo mundo como uma das saídas para evitar uma elevação ainda maior dos preços dos alimentos nos próximos anos.

O que costumava acontecer nas escolas de samba do Rio de Janeiro, algumas das quais prejudicadas pelo incêndio que causou imensos prejuízos a três delas, o “aquecimento das baterias”, já se faz sentir no cenário político curitibano. Uma disputa interna no “arraial” da situação, contrapondo o prefeito Luciano Ducci que encerra o mandato de Beto Richa na Prefeitura e o virtual candidato tucano Gustavo Fruet.

...bateria Ducci, com o poder na mão e o apoio do “eterno presidente da Câmara curitibana”, Luiz Cláudio Derosso (Caio), seu vice por antecipação, vai precisar compor-se com Gustavo que do alto de suas extraordinárias votações em Curitiba (quase 650 mil votos para o Senado), ambiciona sentar-se na cadeira que já foi de seu pai Maurício Fruet (1983/86).

Em choque No Twitter a senadora Gleisi Hoffmann anunciou a primeira macarronada de seu marido, Paulo Bernardo, em Brasília. Anunciou a quem convidaria. Não disse se Requião estaria entre os convidados.

Demanda do consumidor por crédito desacelerou em janeiro, aponta Serasa De acordo com Indicador Serasa Experian da Demanda do Consumidor por Crédito, a quantidade de pessoas que procurou crédito cresceu 12,9% em janeiro de 2011 quando comparada com o mesmo mês do ano passado. Foi a menor taxa de expansão anual dos últimos seis meses sinalizando que, após um segundo semestre de crescimento bastante acentuado, a demanda dos consumidores por crédito começa a exibir alguma desaceleração. Em relação a dezembro de 2010, a demanda dos consumidores por crédito, devido a fatores sazonais, foi 6,7% menor em janeiro/11. As recentes medidas adotadas pelo Banco Central (aumento dos compulsórios e demais regras macroprudenciais) e o início do ciclo de elevação das taxas de juros já começaram a afetar a procura dos consumidores por crédito. Neste sentido, o ritmo de crescimento da demanda consumidor por crédito deverá ser menos intenso em 2011, comparativamente ao verificado no ano passado,

observam os economistas da Serasa Experian. Apesar da desaceleração observada em janeiro/11, os consumidores da camada inferior de rendimento mensal – rendimentos mensais de até R$ 500,00 mês – foram os que puxaram a alta anual da procura por crédito em janeiro de 2011 (+58,2% em relação a janeiro/10). Todas as demais faixas de rendimento pessoal mensal também apresentaram elevações anuais em suas demandas por crédito em janeiro de 2011, variando de 1,7% (entre R$ 1.000,00 e R$ 2.000,00 por mês) a 30,5% (entre R$ 5.000,00 e R$ 10.000,00 por mês). Houve crescimento anual na procura dos consumidores por crédito em todas as regiões do país em janeiro/11. A maior delas ocorreu no Nordeste (19,7%). Nas demais regiões geográficas do país, o crescimento anual da procura do consumidor por crédito em janeiro/11 ficou entre 10,7% (Sul) e 13,1% (Centro-Oeste).


3

margem

Indústria&Comércio | Curitiba, quinta-feira 09 de fevereiro de 2011 | B3

a

arte&atitude,

moda&cia

Adélia Maria Lopes | adelia@novacombrasil.com.br

Modelos tamanho GG ganham passarela Mesmo sendo privilégio das magrinhas, a passarela se estende para a moda GG, com o Fashion Weekend Plus Size, que chega a terceira edição dirigido pela jornalista Renata Vaz. As coleções outonoinverno 2011 de grifes que contemplam corpos mais generosos serão apresentadas neste sábado 12, a partir das 17h, em São Paulo, no Centro de Convenções Frei Caneca, cujo shopping é patrocinador. Na passarela, mulheres que fogem dos padrões convencionais de modelos. Realizada em janeiro, a seleção atraiu cerca de cem participantes de todo o país. Entre elas está a Miss Plus Size Carioca, Tatiana Gaião, e Mayara Russi, uma das mais requisitadas modelos GG do Brasil. Eurico, marca de calçados especializada em pés grandes, fundada há 70 anos, participa pela primeira vez do evento, apresentando lançamentos femininos e masculinos. Na coleção feminina, botas com diferentes alturas de canos e saltos, open boots, scarpins, oxfords, clogs e sapatilhas. Para os homens, sapatênis, botas esportivas e sociais, além dos mocassins.

ção o corpete, acessório que remete à época das sensuais modelos e valorizam a silhueta. Para Luciana Oliva, “a moda plus size tem diferentes histórias, antes e depois do FWPS. Com certeza, este é apenas o início de um longo caminho, pois as portas para o segmento estão se abrindo cada vez mais”. Também estarão na passarela as marcas Flight Level, Edson Eddel, Magnólia, Ness e Signorelli. “Queremos mostrar ser

No coquetel dos 80 anos do jornalista Luiz Geraldo Mazza, nesta quinta dia 10, uma mini orquestra estará a postos no Clube Garibaldi, estando entre os músicos o saxofonista Saul de Souza. Esse é um dos momentos que a comissão organizadora preparou para saudar o veterano colega. A festa é bancada pelos próprios amigos e admiradores do aniversariante. Daí que os ingressos (50 reais) estão à venda no Sindicato dos Jornalistas e estarão também no clube a partir das 19h. (A caricatura é assinada por Paixão).

Estão abertas as inscrições para o curso gratuito de teatro que o Grupo Educacional Uninter realizará a partir de 19 de março, com duração de aproximadamente um ano. As aulas acontecerão aos sábados das 9h30 às 12h. O curso é aberto a todos interessados. Fone 2102-3442. Confira em centrocultural@grupouninter.com.br.

Show de simpatia

Paraná Business Collection pode ter duas edições/ano Um dos principais eventos do calendário nacional da moda, o Paraná Business Collection, tem apenas edição de inverno, pois é a estação que melhor representa Curitiba. Mas devido à abrangência do evento, que acontece na próxima semana, o Sebrae e a Federação das Indústrias do Paraná estudam a ampliação para 2012. Por enquanto, as atenções estão voltadas para a 5ª edição, com o tema A Moda que traz Felicidade. Orçada em cinco milhões de reais, a expectativa é que o volume de negócios ultrapasse os 11 milhões de reais contabilizados na edição de 2010. Para o coordenador do Conselho Setorial da Indústria do Vestuário da Fiep, Marcos Koslovski, o evento é a vitrine fashion da indústria têxtil e do vestuário do Paraná com suas quase seis mil empresas, que geram 98 mil postos de trabalho (é o segundo maior empregador do segmento industrial do Estado) e produzem mais de 150 milhões de peças por ano, com um faturamento acima de 4 bilhões de reais. Segundo o vice-presidente da Fiep, Edson Luiz Campagnolo, “o PBC mostra que produzimos muito e produzimos bem”. Do salão de ne-

Mazza, oitentinha

Teatro grátis

possível se vestir com elegância e modernidade mesmo estando acima do peso”, garante Renata Vaz, atiçando: “É a hora do segmento de moda GG se organizar para oferecer produtos modernos, visado dar conforto e estilo, contribuindo para elevar a auto-estima de pessoas acima do peso-padrão, mas que levam uma vida normal”. (Entrada a 50 reais e pode ser adquirida no site Ingresso Rápido).

A catarinense Exuberance Plus Size, com o tema Be free, esbanja peças amplas e tecidos leves. Segundo a gerente de criação da marca, Mara Rubio Machado, o evento é um ótimo canal de comunicação com as consumidoras: “Através do FWPS, recebemos a confirmação de tudo o que idealizamos ao longo do desenvolvimento da coleção”. KoruKru by Lu Oliva reporta a sensualidade das pin ups e destaca em sua cole-

Nem te Conto

Monica Salmaso, mesmo com sessão extra, em seu fim de semana de shows no Teatro da Caixa, não demonstrou cansaço. Ao fim de cada apresentação, ela, com Nelson Ayres e Teco Cardoso, atenderam os fãs curitibanos no saguão. Entre eles, o radialista Silvio Luiz. As músicas do show estarão em CD com lançamento previsto para abril. Um dos destaques é um poema do Boca de Inferno musicado por José Miguel Wisnik.

Degustação de Vinhos Vino! Batel promove Curso Básico de Degustação de Vinhos, 14 e 15 próximos, das 19h30 às 22h. A enóloga Sandra Zottis abordará países e regiões produtoras, elaboração dos diferentes tipos de vinho, história da uva/vinho e degustação de dois brancos, um rosé, dois tintos e um espumante. O investimento é de R$ 65,00 para os dois dias. Inscrições à Rua Comendador Araújo, 970.

Feijoada ao piano

gócios participam 33 empresas dos segmentos de moda feminina, masculina, jovem, jeans e acessórios. Quatro mil lojistas de todo o Brasil foram convidados para o evento. Campagnolo, também empresário do setor do vestuário, destaca um dos grandes méritos dessa semana de moda: “Por meio da união entre Fiep, Sebrae/PR e outras instituições e empresas parceiras, possibilitamos que pequenas marcas também mostrem a sua moda. Não fosse com esse apoio, elas dificilmente conseguiriam levar suas criações a uma passarela”. É o caso de doze novas marcas e estilistas paranaenses que neste ano estréiam na passarela do PBC. O 5º PBC acontece de 14 a 19 próximo, no pavilhão do

Cietep. A programação completa, incluindo a grade de desfiles e eventos paralelos,

pode ser conferida no site www.paranabusinessco llection.com.br.

Água fashion A Ouro Fino, presente em passarelas de vários Estados, confirma sua parceria com a moda paranaense como uma das apoiadoras do Paraná Business Collection. A empresa de águas irá fornecer embalagens Mini Blue 300 ml com um rótulo exclusivo, que traz a frase Sorria! Você está na moda! Paraná Business Collection 5ª Edição_In verno 2011. Serão 1.500 garrafinhas distribuídas durante os dias de evento, além do fornecimento de água para os participantes do showroom de negócios e da área institucional.

A Feijoadíssima do hotel Mabu tem umas três décadas e há 22 anos conta com o pianista Rolf Michel, professor e dono da Trilhas. No retorno do premiado prato, ele está a postos com seu repertório de bossa nova., a conviter do superintendente da rede Mabu, Alberto Asseis. Assinada pelo chef Jorge Marçal, a feijoada é servida somente aos sábados com arroz, couve, bisteca de porco, laranja, farofa, torresmo, linguiça, caldo de feijão, pão de queijo, saladas e diversas opções de sobremesas.

Mania de iogurte 1-Novos pontos de encontro, especialmente de gente jovem e saudável, as casas que servem sorvete de iogurte estão se expandindo. A rede Yoguland, com mais de vinte lojas, inaugura mais três franquias da marca no Paraná, duas em Curitiba – no centro e no Cabral – e outra na vizinha Araucária. Até o final de 2011, os sócios Rafael Soares e Tiago Campos pretendem estar com cem unidades em

Jeans feito de forma sustentável Redução de uso de 16 milhões de litros de água é o que a Levis® está apresentando ao mundo com sua coleção Water<LessTM, que chega este mês às lojas. São 1,5 milhão de jeans que, em seu novo processo de acabamento, obtiveram a redução de água de 96% em alguns produtos. A primeira coleção reúne doze modelos de jeans clássicos, incluindo o Levi’s 501, 511 e 514, assim como a trucker jacket. “Estamos entusiasmados com os resultados que atingimos até o momento e sabemos que podemos causar um impacto ainda maior aplicando esse pensamento inovador em outros aspectos do

cmyk

nosso processo de produção”, diz o vice-presidente de Merchandising e Design da empresa, Erik Joule. A otimização foi possível graças a soluções bem simples, como a redução do número de ciclos da máquina lavadora, incorporação do processamento com ozônio na lavagem de roupas e remoção da água da estonagem, entre outros. “O diferencial na coleção Water<LessTM é que ainda estamos usando os mesmos materiais e técnicas para criar os acabamentos de nossos jeans, porém, reduzimos substancialmente o papel da água nesta equação”, diz o diretor Carl Chiara.

Pesquisas da empresa mostram que, durante o ciclo de vida de um jeans Levi’s 501, o maior impacto de água vem do processo de cultivo do algodão e através dos hábitos de lavagem dos consumidores. Assim, a Levi Strauss & Co apóia formas mais sustentáveis do cultivo algodão, o monitoramento de como os fornecedores utilizam água no processo de fabricação e incluiu nas etiquetas instruções de como os consumidores podem reduzir o impacto ambiental com menos lavagens das peças: lavar em água fria, secar no varal e doar quando não forem mais necessárias.

funcionamento. 2- Curitibana de nascimento, a rede A Yogurteria conta hoje com cinco lojas, espalhadas pelos shoppings Mueller e Estação, em Curitiba; Neumarkt, em Blumenau (SC); Mueller, em Joinville (SC) e São José, em São José dos Pinhais (PR). E para fidelizar seu público crescente, A Yougurteria lança o Fã de Carteirinha, programa de fidelidade: com dez selos, o cliente ganha um frozen pequeno com três acompanhamentos.

Caligrafias Da quarta edição da mostra Caligrafias da Arte Brasileira, na cidade francesa de Saint Thibault des Vignes – Seine et Marne, participam 14 artistas, dos quais oito representam o Paraná: Adriane Stange, Gui Lombardi, Carla Schwab, Kézia Talisin, Luiz Félix, Nicole Gulin, Ana Knapik e Katia Velo. A curadora Heloiza de Aquino Azevedo comvidou ainda Lara Matana, de Mato Grosso, Clau Menegues, Cibele Pilla e Lilian Bomeny, de São Paulo, Carlos Rocha, da Bahia, Gabi Etinger, de Sergipe, e a francesa Oly. Coquetel de vernissage será nesta sexta-feira.


Negócios Indústria&Comércio | Curitiba, quarta-feira, 09 de fevereiro de 2011 | B4

RECEITA

Informática Corporation fecha 2010 com US$ 650 mi No 4º trimestre deste ano as vendas cresceram 40% a mais que em 2009 A Informatica Corporation, fornecedora líder e independente de soluções de software de integração de dados, anuncia os resultados financeiros do quarto trimestre e do ano de 2010, encerrado em 31 de dezembro. A receita total do quarto trimestre de 2010 atingiu o recorde de US$ 198 milhões, um aumento de 31% em relação aos US$ 150,9 milhões registrados no mesmo período em 2009. A receita total com a venda de licenças foi de US$ 100,2 milhões, um aumento de 40% sobre os US$ 71,6 milhões registrados no quarto trimestre de 2009. Ao todo, a companhia acumulou a receita de US$ 650,1 milhões, 30% maior ao ano anterior, quando fechou o ano com US$ 500,7 milhões. Destaques financeiros do quarto trimestre de 2010 - O

lucro operacional do quarto trimestre de 2010, calculado de acordo com os princípios de contabilidade estipulados pelos Estados Unidos (GAAP), foi de US$ 49,1 milhões, 40% superior aos US$ 35 milhões do quarto trimestre de 2009.

Lucro líquido O lucro líquido GAAP para o quarto trimestre de 2010 foi de US$ 34,6 milhões ou US$ 0,32 por ação diluída, 28% superior aos US$ 25 milhões ou US$ 0,25 por ação diluída do quarto trimestre do ano anterior. Para os períodos de três meses encerrados em 31 de dezembro de 2010 e 31 de dezembro de 2009, respectivamente, os ganhos por ação diluída são calculados por uma conversão, incluindo o retorno de US$ 1 milhão em juros e amortização

do custo da emissão de títulos conversíveis, após a incidência dos impostos aplicáveis. O lucro operacional não GAAP no quarto trimestre de 2010 foi de US$ 60,8 milhões, 38% superior aos US$ 44,2 milhões registrados no quarto trimestre de 2009. O lucro líquido nãoGAAP para o quarto trimestre de 2010 foi de US$ 43 milhões ou US$ 0,39 por ação diluída, 25% superior aos US$ 31,5 milhões ou US$ 0,31 por ação diluída do quarto trimestre de 2009. O lucro operacional nãoGAAP e o lucro líquido nãoGAAP exclui taxas e isenções fiscais relacionadas à amortização da tecnologia adquirida e de bens intangíveis, à reestruturação de instalações, a aquisições e outras despesas, a ganhos com investimentos e à remuneração com ações.

A receita com a venda de licenças no ano de 2010 foi de US$ 295,1 milhões, 38% superior que os US$ 214,3 milhões registrados em 2009. O lucro líquido GAAP para 2010 foi de US$ 86,3 milhões ou US$ 0,83 por ação diluída, 25% superior aos US$ 64,2 milhões ou US$ 0,66 por ação diluída de 2009. O lucro líquido não-GAAP para 2010 foi de US$ 119,2 milhões ou US$ 1,13 por ação diluída, 24% superior aos US$ 89,6 milhões ou US$ 0,91 por ação diluída de 2009. Para os anos encerrados em 31 de dezembro de 2010 e 31 de dezembro de 2009, os ganhos por ação diluída são calculados por uma conversão, incluindo o retorno de US$ 3,8 milhões e US$ 4 milhões em juros e amortização do custo da emissão de títulos conversíveis, após a incidência dos impostos

Deutsche Bank adquire solução BaNCS O Deutsche Bank acaba de adquirir a solução BaNCS da Tata Consultancy Services (TCS) para implementá-la como seu novo sistema de core bancário na unidade de Global Transaction Banking (GTB), que envolve desde gestão de caixa e financiamento de operações comercias até mercado de capitais, aplicações e serviços fiduciários. O acordo é parte de uma iniciativa mundial do banco alemão para migrar sua plataforma de transações bancárias em mais de 30 países. A solução TCS BaNCS forne-

Crédito com garantia de imóvel A Barigüi Financeira, empresa do Grupo Barigüi, comemora o aumento de 270% no volume de negócios em crédito com garantia de imóvel em 2010, em relação ao ano anterior. Com a valorização dos imóveis, o crédito com garanta de imóvel se tornou uma alternativa atrativa para conseguir crédito de longo prazo, sem ter que vender o imóvel. A empresa movimentou mais de R$ 25 milhões no ano, sendo que 80% no Paraná e 20% em Santa Catarina. Mais de 30% do volume de negócios do Paraná veio das cidades do interior: em setembro deste ano, Ponta Grossa, Londrina, Maringá, Cascavel, Guarapuava e Francisco Beltrão ganharam correspondentesbancários da empresa para realizar operações de crédito. O refinanciamento é uma modalidade de empréstimo pessoal ou capital de giro que tem como garantia um imóvel próprio, residencial, comercial ou terreno, já quitado e pode ser usado para inúmeras finalidades, como investimentos em projetos pessoais e profissionais, entrada para aquisição do segundo imóvel, quitação de dívidas de curto prazo, reforma ou construção de imóvel e aquisição de imóvel comercial e residencial.

CMYK

ce diversas funcionalidades para o segmento de transações bancárias, incluindo serviços de conta corrente, juros e encargos, limites e facilidades, gestão de liquidez, transferência de fundos e pagamentos, demonstrações financeiras, gestão de risco e relatórios. Como etapa inicial, o Deutsche Bank acaba de migrar sua unidade de Global Transaction Banking em Abu Dhabi para a nova plataforma. “O que há de mais avançado em termos de tecnologia da informação é vital para um banco e seus clientes. Esta é a razão

do nosso investimento em uma plataforma robusta para nos conduzir a um alto nível de industrialização, padronização de processos e suporte ao crescimento de nossos negócios”, explica Wolfgang Gaertner, CIO do Deutsche Bank para a área de Core Banking. Ele complementa: “Este é um passo importante para a consolidação de nossa plataforma de transações bancárias em todo o mundo. É a evidência do comprometimento da companhia em fornecer os melhores serviços a nossos cli-

entes. Esperamos que a nova plataforma agregue diversas melhorias, as quais trarão benefícios a nossos clientes”. “Essa importante parceria com o Deutsche Bank representa um grande momento para a TCS. O Deutsche Bank demonstrou acertadamente que a tecnologia é a escolha inexorável para que grandes instituições financeiras se tornem mais ágeis, eficientes e que possam oferecerem experiências únicas a seus clientes”, afirma N.G. Subramaniam, presidente da TCS Financial Solutions.

Leroy Merlin é indicada ao prêmio GreenBest 2011 A Leroy Merlin se preocupa constantemente com a qualidade de seus produtos e serviços. Além disso, a rede francesa de home centers vem priorizando ações de desenvolvimento sustentável para beneficiar não só o planeta, mas sobretudo, a sociedade. Hoje a empresa possui o “Construir e Sustentar”, um programa que implementa diversas ações que englobam desde a comercialização de produtos ecossustentáveis ao patrocínio de projetos de construções que não agridam o meio ambiente. A loja Leroy Merlin de Niterói (RJ), inaugurada em outubro de 2009, foi a primeira loja de varejo no Brasil certificada pelo processo AQUA. Esta certificação comprova a alta qualidade ambiental do empreendimento que foi conferida por

meio de auditorias independentes, realizadas pela Fundação Vanzolini. Desde a concepção até a conclusão do empreendimento a rede contou com o apoio de uma consultoria ambiental especializada no processo AQUA, a Inovatech Engenharia, que em conjunto com a Leroy Merlin determinou as diretrizes de sustentabilidade conforme o QAE (Qualidade Ambiental do Edifício), mantendo assim o comprometimento dos projetistas e executores do projeto. Para se ter uma idéia sobre o que isso significa, do telhado ao estacionamento, tudo foi construído pensando na qualidade de vida da comunidade. Durante a obra foram utilizados materiais ecoeficientes, como tinta à base de água. O piso é de concreto polido, o que dispensa o uso de materiais químicos

para conservá-los. Há um reservatório embaixo do estacionamento com 150 mil litros para reaproveitar toda a água da chuva que depois é utilizada para limpeza da loja e para regar o jardim. Nos banheiros, as descargas possuem válvulas de fluxo duplo que liberam mais ou menos água conforme a necessidade. Isso tudo faz com que a loja economize 50% de água. Para economizar energia, as fachadas foram feitas com vidro e brise que aproveitam a luz natural durante o dia e refrescam o interior da loja. A energia solar é captada por meio de painéis instalados no teto. As lâmpadas da fachada usam tecnologia LED. Com essas ações, a loja consegue economizar 17% de energia. O paisagismo é feito com árvores nativas, que ajudam a preservar a fauna da região.

Massey Ferguson abre ciclo de feiras no cinquentenário Com a expectativa da manutenção dos bons resultados obtidos em 2010, a Massey Ferguson aporta em terras paranaenses levando na bagagem uma linha completa de tratores, colheitadeiras, implementos e o primeiro pulverizador fabricado pela marca no país. A Massey Ferguson estaciona suas máquinas em um estande de 700 metros quadrados no Show Rural Coopavel, em Cascavel. A feira registra a abertura das participações da Massey Ferguson em eventos no período em que comemora os 50 anos de fabricação da marca no Brasil. Para lembrar a data, a fábrica prepara uma

campanha com programações especiais lembrando o sucesso nos cinquenta anos em território brasileiro. A Massey Ferguson entra na Coopavel 2011 com um retrospecto positivo no ano anterior, sendo responsável por mais de 30% das vendas de tratores no país. Neste segmento, recheiam o espaço da fábrica na feira a série MF 4200, que substitui os tratores da Série MF 200, líder de mercado há mais de 30 anos e a série MF 7000 Dyna-6, reconhecida como a mais moderna produzida no Brasil e ganhadora do Troféu Prata Prêmio Melhores da Terra 2010, da Gerdau. Outro avanço da marca

para o período envolve a entrada no segmento Pulverizadores, com o lançamento do modelo MF 9030. A novidade é capaz de absorver as irregularidades do terreno mantendo a estabilidade durante a pulverização, gerando resistência e durabilidade superior. A máquina passa a ser produzida na fábrica da AGCO, em Canoas, no Rio Grande do Sul e marca presença como prélançamento na edição 2011 do Show Rural Coopavel. A marca também avança no mercado de colheitadeiras. Para reforçar ainda mais sua atuação no segmento, a fábrica coloca em destaque na feira em Cascavel, a MF 9690 ATR.

Empresas&Produtos Burger King oferece oportunidade de emprego Começar como atendente, sem experiência anterior comprovada, seis horas diárias de trabalho com registro em carteira, alimentação na própria empresa, uniforme e vale transporte é o que muitos jovens almejam e a Good Food, a franqueada BURGER KING® no Paraná, oferece. Com quatro anos de atuação no mercado, a Good Food Comércio de Alimentos S.A. opera dez restaurantes BURGER KING e emprega cerca de 450 colaboradores, com idade entre 16 e 30 anos, sendo que em 40% dos casos é o primeiro emprego. Segundo Ricardo Horta, diretor de operações da Good Food, os jovens recebem treinamento feito pela equipe de treinadores/gerentes em todas as áreas operacionais, participam de um curso de segurança alimentar e de atendimento ao cliente, com direito a um certificado emitido pela empresa. Os interessados em ingressar no mercado trabalho, devem acessar o site http://www.burgerking. com.br/ ou procurar uma das lojas da rede BURGER KING e agendar uma entrevista com o gerente. Como pré-requisito para a vaga, o jovem deve ter no mínimo 16 anos, estar cursando ensino médio ou tenha concluído, possuir facilidade de comunicação, e bom relacionamento interpessoal.

BelPress lança novo site A BelPress está com novidades! O novo site da empresa está no ar e conta com o menu “Papo Direto”, onde serão postados pautas encaminhadas para a Imprensa (Sala de Imprensa), Noticias sobre os clientes e sobre a BelPress e o link BelPress na mídia. O novo site da BelPress foi produzido pela Agência FOG do empresário e publicitário Rafael Bretas. Confira o novo site da BelPress no endereço: http://belpress.com.br

Curitiba ganha revista para gestantes e bebês O empresário Augusto Krüger lança no mercado editorial curitibano uma nova publicação especializada nos cuidados da gestação. A Revista Mamãe Bebê, com periodicidade trimestral, vai ser lançada nesta terça-feira, dia 8. A festa vai ser no Maison Barigui, só para convidados.A primeira edição traz dicas para os cuidados com o câncer na maternidade, com a alimentação para evitar a obesidade infantil e a fertilidade com células-tronco. São 12 artigos distribuídos em 32 páginas. Com 20 mil exemplares, a revista vai circular em maternidades, clínicas e laboratórios particulares de Curitiba. Segundo o empresário Augusto Krüger, não existe uma publicação com essas características no Paraná: •gEssa revista, voltada à mamãe e ao bebê, vai ser uma referência no mercado. Estamos trazendo dicas para a gestante e para o recém nascido. Não existe nada igual no mercado•h. Antes de lançar o projeto, o empresário estudou o mercado consumidor. Foram quatro meses de planejamento. •gMontei uma equipe. Fiz um treinamento intensivo de duas semanas e começamos a trabalhar•h. Augusto Krüger diz ainda que a abrangência da revista pode ser muito maior. •gPara a segunda edição, quero ampliar o tamanho da publicação em 30%. Para o ano que vem, penso em sair de Curitiba e conquistar outras cidades•h, revela.

OKI recebe o Prêmio ESCO Project A OKI Printing Solutions, uma das principais empresas de soluções de impressão do mundo, anuncia que sua unidade fabril na Tailândia, recebeu o “Prêmio ESCO Project 2010” do Ministério de Energia do país. O prêmio reconhece os esforços proativos da empresa para promover a conservação de recursos naturais.O Prêmio ESCO Project foi concedido a 13 empresas em 2010 e é dedicado às Companhias na Tailândia que tomam medidas efetivas para promover a conservação de recursos. “A OKI Data Manufacturing Thailand atua em vários programas de preservação ambiental, e estou orgulhoso com o reconhecimento dos nossos esforços pelo Ministério de Energia”, afirma o presidente do Grupo OKI, Harushige Sugimoto.Estabelecida em Ayutthaya desde 1994, a OKI Data Manufacturing Thailand, que em 2008 recebeu do governo uma certificação ambiental, produz anualmente 500 mil unidades de impressoras e multifuncionais para o mercado mundial.No Brasil, a OKI distribui equipamentos produzidos na Tailândia, como diversos modelos da linha de impressoras LED coloridas e multifuncionais.

Honda atinge 15 milhões de motos produzidas no BR A Moto Honda da Amazônia acaba de produzir hoje, 03 de fevereiro, sua motocicleta de número 15 milhões. O fato histórico foi protagonizado por uma CG 150 Titan ESD e reflete a excelente aceitação do público brasileiro pelos produtos da marca, resultado do compromisso da empresa em fornecer produtos de qualidade e alta tecnologia, além de excelência em serviços pós-venda.Desde o início de suas atividades no País, em 1976, a Moto Honda investe continuamente em novos produtos, atrativos ao público e amigáveis ao meio ambiente. Com essa estratégia, amplia constantemente seu line up, incorporando cada vez mais modelos, com o intuito de oferecer opções a todos os perfis de consumidor, para utilização no lazer, esporte, locomoção ou trabalho. Os mais recentes lançamentos apresentados ao mercado brasileiro foram a Biz 125 flex e a nova Shadow 750. O resultado é uma linha nacional composta por 13 modelos, que vão de 100 cm3 a 750 cm3, além de opções de motocicletas importadas, que vão de 600 cm3 a 1.800 cm3.

Brocade contrata novo gerente de canais O executivo Philippe Ferraz acaba de assumir a gerência de Canais da Brocade - líder no fornecimento de soluções para data center networking, soluçõesque auxiliam empresas a conectar e gerenciar suas informações. Com ampla experiência no setor, Ferraz acumulou cargos de gerente de Canais e gerente de Vendas em empresas como Axis Communications, Motorola, Huawei e Avaya.Formado em Engenharia Mecânica pela Faculdade Presbiteriana Mackenzie, teve a oportunidade de atuar na empresa americana Bell Labs, como colaborador da Avaya. Ao longo da carreira especializou-se na venda de produtos de alta tecnologia como IP Video Surveillance, Broadband Wireless Access, Redes IP (Voz e Dados), CRM, CTI e Vídeo Conferência , entre outros.Ferraz será responsável pela estratégia de Canais da Brocade em toda a América do Sul, trabalhando com o objetivo de aproximar cada vez a empresa dos distribuidores e revendas.


09-02-11 Indústria&Comércio  

jornal, eocnomia, cinema, politica, mazza, parana, curitiba, negocios, financas

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you