Issuu on Google+

www.iCNE WS.com.br

Indústria&Comércio Curitiba, sexta-feira a domingo, 08 a 10 de março de 2013 | Ano XXXVi | Edição nº 8823 | R$ 1,50

DIÁRIO. Mais que notícias. inteligência. conhecimento.

Aroldo Murá ‘ RACISMO’ E HOMOFOBIA, CONSTANTES NAS IGREJAS A partir da encrenca criada com a indicação de um pastor evangélico, apontado como racista e homofóbico, para presidir a Comidssão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados, a coluna analisa como as igrejas se comportam com relação aos dois temas. Página A3

Pedro Washington Começou a disputa

Com o caixa em baixa, pelo que deixou de receber em repasses do governo federal, mais de R$ 1 bilhão segundo o governador Beto Richa, a suspensão do subsídio ao transporte coletivo de Curitiba (R$ 64 milhões anuais), concedido pelo seu governo à prefeitura, na complementação de seu segundo mandato como prefeito de Curitiba, era questão de tempo. Página | A2

Caem as reclamações de clientes de TV por assinatura As reclamações registradas por consumidores de TV por assinatura na Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) tiveram queda no último trimestre, depois que o órgão regulador exigiu que as empresas apresentassem planos de ação e de investimentos. Segundo a Anatel, NET, Oi TV, Claro TV, CTBC TV e Vivo TV exibiram tendência de queda do número de reclamações registradas. Já a GVT e Sky mantiveram aumento do número de reclamações.

INDICADORES FINANCEIROS MERCADO À VISTA Maiores altas

COTAÇÃO

J B DUARTE PN TECTOY ON * COBRASMA PN RECRUSUL ON OGX PETROLEO ON NM

Maiores QUEDAS

0,02 0,03 0,06 0,12 3,42

Entre as 27 atividades industriais pesquisadas, 18 tiveram crescimento na produção

Produção industrial inicia 2013 com crescimento de 2,5% em janeiro Essa é a maior alta desde março de 2010, quando havia sido registrado aumento de 3,4%

página a5

Arrecadação do ipva cresce 11,4% em relação ao 1º bimestre de 2012

geral/curitiba| a2

Safra de grãos deve superar a do ano passado em 13,2%, segundo IBGE

Arquivo/ABr

A Mars Brasil, fabricante dos líderes de mercado Pedigree e Whiskas, assinou na tarde de ontem um protocolo de intenções com o Estado do Paraná para investimentos na construção de sua quinta fábrica no Brasil.

COTAÇÃO

RJCP EQUITY ON TEX RENAUX ON RECRUSUL PN LIX DA CUNHA ON M G POLIEST ON

fábrica Mars Brasil investirá R$ 140 mi no Paraná

0,02 0,20 0,05 1,08 0,08

Pág. b1

IBOVESPA Maiores altas*

COTAÇÃO

OGX PETROLEO ON NM MMX MINER ON NM LLX LOG ON NM ELETROPAULO PN N2 ELETROBRAS ON N1

Maiores QUEDAS DURATEX ON NM P.ACUCAR-CBD PN N1 NATURA ON NM BR MALLS PAR ON NM COSAN ON NM

crescimento Henkel bate recordes em vendas e lucros

3,41 3,63 2,43 12,22 7,48

COTAÇÃO 15,62 100,76 50,80 25,77 46,56

CÂMBIO Moeda

Compra

Venda

Dólar turismo 1,9300

2,0400

Dólar comercial 1,9600 Dólar paralelo 2,0900

2,2000

Euro

2,5707

2,5690

Entre os 26 produtos selecionados, 19 apresentam aumento na estimativa de produção em relação ao ano anterior. Arroz, milho e soja, os três principais produtos deste grupo, representam 92,5% da estimativa da produção e 85,6% da área a ser colhida.

1,9615

As vendas da Henkel no ano fiscal de 2012 atingiram 16.510 milhões de euros, que significa um acréscimo de 5,8% comparado aos números do ano anterior. As vendas orgânicas que excluem o impacto do câmbio e aquisições/desinvestimentos subiram 3,8% impulsionado pelo preço e volume.

página b4

Editorial

Ouro (Grama/R$): 99,10

O

Cartel: um absurdo ainda praticado

consumidor se vê obrigado a pagar caro por produtos devido aos diversos impostos que incidem no valor final das mercadorias. Se já não bastasse isso, há a prática do cartel, que deve ser fortemente combatida pelas autoridades para não prejudicar a concorrência entre as empresas, levando o cidadão a uma situação extremamente desconfortável.

A

ltamente divulgado nesta quintafeira (07/03), um cartel no setor de combustíveis foi descoberto e justamente punido. O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) multou redes de postos de combustíveis em cinco estados, no valor de R$ 120 milhões, pela prática. As redes funcionam em Manaus, Teresina, Bauru (SP), Londrina (PR) e

em Caxias do Sul (RS). A cartelização se caracteriza por acordos entre empresas do mesmo setor para fixação de preços, cotas de produção ou qualquer ação coordenada para eliminar a concorrência e obter lucros maiores, em prejuízo ao consumidor. Nos processos, o Cade identificou padronização de preços e outras práticas anticoncorrenciais.

Pág. b1

cartel Cade multa em R$ 120 mi postos de combustíveis O Conselho Administrativo de Defesa do Consumidor (Cade) multou redes de postos de combustíveis em cinco estados, no valor de R$ 120 milhões, por prática de cartel. As redes funcionam em Manaus (AM), Teresina (PI), Bauru (SP), Londrina (PR) e em Caxias do Sul (RS).

Editais na página A7

CMYK

Pág. b4

Central de Atendimento: 41 3333.9800

e-mail: pauta@induscom.com.br


Geral/Curitiba Curitiba, sexta-feira a domingo, 08 a 10 de março de 2013 | A2 | Indústria&Comércio

Previsão do tempo

Mín.: 17° | Máx.: 28°

Na sexta-feira há a formação de uma grande área de instabilidade entre o Paraguai, Nordeste da Argentina e o Rio Grande do Sul. No Paraná os altos índices de instabilidade atmosférica e as altas temperaturas deixam novamente o tempo com condições para eventos de chuvas com trovoadas entre a tarde e a noite.

fonte: www.simepar.br

PARANÁ

IPVA: Arrecadação cresce 11,4% em relação ao 1º bimestre de 2012 Imposto de 2013, pago à vista com desconto de 5%, totalizou R$ 637,4 milhões

N prpress@terra.com.br

PanoramaPolítico Começou a disputa

Com o caixa em baixa, pelo que deixou de receber em repasses do governo federal, mais de R$ 1 bilhão segundo o governador Beto Richa, a suspensão do subsídio ao transporte coletivo de Curitiba (R$ 64 milhões anuais), concedido pelo seu governo à prefeitura, na complementação de seu segundo mandato como prefeito de Curitiba, era questão de tempo. Claro que um componente político fez parte da história. Se seu candidato Luciano Ducci tivesse vencido a eleição municipal não haveria nem corte, nem desculpas. Consumado o fato espera-se agora a reação de Gustavo Fruet que se negou a comentar não só o corte dos subsídios como as justificativas do governador e, a repercussão do fato na Assembleia Legislativa e na Câmara Municipal de Curitiba. Não será surpresa porém se a prefeitura de Curitiba deixar de participar do consórcio que gerencia o transporte coletivo na Região Metropolitana da capital. Aí cada prefeitura vai arcar com o ônus dessa decisão, transferindo a sua população, usuária do sistema que hoje opera com tarifa integrada, os aumentos necessários. Tarifa social que representa um ônus para os curitibanos que utilizam os ônibus locais em trechos curtos, pagando a mesma tarifa que um usuário de Rio Branco do Sul que se desloca até Araucária ou Fazenda Rio Grande. Por aí se vê a complexidade do sistema. Isso feito, a punição imposta aos curitibanos que terão aumento ainda não definido, vai se estender a todos os usuários da RMC. Enquanto lideranças brigam, “o povo paga o pato”. A demanda provoca manifestações de deputados situacionistas, justificando a ação de Richa e, a oposição a atacá-lo. Do mesmo modo os vereadores, em bate-boca aberto com deputados. Felizmente começam a aparecer alguns preocupados em defender uma solução que seja menos traumática para os que necessitam do hoje precário transporte coletivo, em suas movimentações.

Paz e amor

Uma ideia defendida por alguns deputados, vocalizada por Ney Leprevost, é solicitação ao governo federal para redução nos impostos dos insumos que movimentam as frotas da RMC. Num país em que soluções pontuais são dadas, com redução de impostos para aquisição de carros e linha branca de eletrodomésticos, por um governo que vive se jactando de seu “amor ao povo”, nada mais justo.

Vontade política

Essa solução para evitar aumentos nas tarifas, segundo o líder do governo na AL, deputado Ademar Traiano, está desde 2005 nas mãos do governo federal, através uma solicitação feita pelos prefeitos brasileiros na Carta de Curitiba. No documento, afirmavam os prefeitos que participaram de conclave na capital paranaense, “a desoneração de impostos favoreceria o valor cobrado no transporte coletivo” aqui e em outras cidades brasileiras. Situação agora mais complicada pelo aumento do diesel.

R$ 30 bi

A propósito de desonerações fiscais, a reivindicação dos prefeitos feita em 2005, poderia ser repetida agora quando o governo federal que já reservara R$ 20 bilhões, pleiteia a inclusão de mais R$ 10 bi na votação do Orçamento de 2013. Dinheiro supostamente previsto para cobrir a desoneração de folhas de salários da empresas, neste ano.

Contra-mão

Na contra-mão das dificuldades alegadas pelo governo estadual para livrar-se do encargo representado pelo subsídio ao transporte coletivo curitibano, a Assembleia aprovou na Comissão de Constituição e Justiça a criação de 41 cargos comissionados para a nova Secretaria de Governo. Deputados de oposição afirmaram ser inconstitucional a matéria, por ter o estado ultrapassado o limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal, em gasto com pessoal.

Em choque

Pela postura dos governos do Rio e Espírito Santo, e suas bancadas na Câmara, a derrubada do veto da presidente Dilma Rousseff em relação aos royalties do petróleo, ainda não esgotou o assunto. O STF vai ser chamado a opinar. EXPEDIENTE

Diário

Indústria&Comércio Fundado em 2 de setembro de 1976 Fundador e Presidente Odone Fortes Martins Reg.Prof. DRT/PR: 6993 (ofm@induscom.com.br) Diretor de Redação Eliseu Tisato Reg.Prof. DRT/PR: 7568 (editor@induscom.com.br) Redação: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fone: (41) 3333.9800 E-mail: pauta@induscom.com.br Publicidade Legal e Assinaturas: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fones: (41) 3333.9800 | 3334.4665 e-mail: publegal@induscom.com.br

Parque Gráfico e Circulação: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fones: (41) 3333.9800 | 3322.1012 Direção e Comercial: Rua Presidente Faria, 533 Centro - Curitiba - CEP: 80020-290 Fone: (41) 3322.1012 e-mail: diretoria@induscom.com.br comercial@induscom.com.br

NEW CAST PUBLICIDADE & MARKETING BRASÍLIA E RIO DE JANEIRO Atendimento : Flávio Trombieri Moreira – Cel.: (61) 8155 2020 Endereço: SRTVS Quadra 701 Bloco K Sala 624 – Edifício Embassy Tower – Brasília DF - Cep.: 70.340 – 908 Fone/Fax: (61) 3223 4081 E-mail: new.cast@uol.com.br / new.cast@hotmail.com

Os artigos assinados que publicamos não representam necessariamente a opinião do jornal.

os dois primeiros meses deste ano, a arrecadação de Imposto Sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) foi de R$ 691 milhões, o que representou aumento de 11,4% sobre os R$ 620,1 milhões do primeiro bimestre de 2012. O imposto de 2013, pago à vista com desconto de 5%, totalizou R$ 637,4 milhões, superando em 10,9% os R$ 574,8 milhões de igual período do ano passado. Segundo informações da Inspetoria Geral de Arrecadação, da Receita Estadual, no total arrecadado em janeiro e fevereiro estão incluídos todos os pagamentos do imposto do exercício atual, em atraso, parcelamentos e inscritos em dívida ativa. De acordo com dados da Inspetoria Geral de Arrecadação, no atual exercício, o pagamento à vista do IPVA, com desconto de 5%, correspondeu a 38,2% sobre o valor lançado (R$ 1,75 bilhão). Em 2012, a quitação do imposto com o benefício chegou a 36,7% sobre o valor lançado de R$ 1,65 bilhão. Na avaliação do secretário da Fazenda, Luiz Carlos Hauly, a evolução no índice é sinal de que o contribuinte está atento ao desconto que lhe traz vantagens em

De acordo com o secretário da Fazenda, Luiz Carlos Hauly, crescimento é sinal de que o contribuinte está atento ao desconto que lhe traz vantagens em períodos de estabilidade econômica

períodos de estabilidade econômica. E, no caso do Paraná, é preciso considerar ainda “o valor razoável do IPVA que tem a menor alíquota do país”. Hauly enfatizou ainda que, ao pagar à vista, o cidadão contribuiu “para aumentar a receita de seu município, pois metade do que é arrecadado é destinada à cidade de origem do emplacamento do

veículo”. O secretário acredita que o contribuinte que optou pelo pagamento parcelado colabora, da mesma forma, ao recolher em dia o imposto”.

PARCELAMENTOS

O pagamento de IPVA parcelado em cinco vezes terá início na segunda-feira (11/03), com vencimento para os veículos com placa final “1”.

O encerramento do calendário para pagamento da primeira parcela será no próximo dia 22 para os veículos com placas terminadas em “0”. As datas de vencimento se repetem para as demais parcelas nos meses de abril, maio, junho e julho. Vencimentos que venham a ocorrer em sábados, domingos ou feriados têm sua cobrança postergada para o primeiro dia útil subsequente.

Governador reforça importância da interação entre o Estado e a população O governador Beto Richa participou na manhã de ontem (07) de um encontro com cerca de 60 lideranças comunitárias dos bairros Boqueirão, Cajuru e Parolin, em Curitiba e destacou a importância da interação e do diálogo entre o governo e a população. Richa ressaltou que é nas cidades que as pessoas vivem e que o governo tem que estar atendo às demandas locais. “As lideranças convivem com as dificuldades das regiões onde moram e cabe ao Estado escutá-las para que haja solução para os problemas”, disse o governador. Durante o evento, promovido pela Secretaria de Relações com a Comunidade, Richa afirmou que a estrutura do Estado deve ficar à disposição das associações de moradores. “É uma oportu-

nidade de estreitar as relações e mostrar que o Estado é parceiro. Essas lideranças representam a população que mais precisa de políticas públicas de qualidade”, disse Richa. Richa apresentou um balanço da gestão citando os avanços em áreas prioritárias de governo como saúde, educação, segurança, habitação e assistência social. “Em dois anos, avançamos muito na área social. Assim como aconteceu em Curitiba, queremos reduzir a pobreza e miséria no Paraná”, disse o governador. O secretário de Relações com a Comunidade, Ubirajara Schereiber, explica que a intenção dos encontros é discutir as necessidades e a ajuda que o governo pode dar para cada comunidade. No encontro, o governo apresentou linhas de crédito especiais da

Fomento Paraná para estimular o empreendedorismo.

TRANSPORTE

O governador lembrou que o transporte público é responsabilidade exclusiva das administrações municipais, mas disse que o Estado busca uma maneira de auxiliar os municípios paranaenses que tenham sistemas organizados a praticar tarifas menores. “O Estado irá apoiar, mas não aceitamos transferências de obrigações. Quando eu era prefeito, sem a ajuda do Estado e União, reduzimos a tarifa na capital. Resultado de responsabilidade e boa gestão administrativa”, destacou o governador.

AVALIAÇÃO

Representante da comunidade do Boqueirão, Ednei Abelard afir-

Hospital do Trabalhador estará no programa S.O.S Emergências O Hospital do Trabalhador de Curitiba (PR) será integrado ao programa do S.O.S Emergências, estratégia para a qualificação da gestão e do atendimento em grandes hospitais que atendem pelo Sistema Único de Saúde (SUS). O anúncio foi feito pelo ministro da Saúde, Alexandre Padilha,ontem (7), em Brasília. O governo federal, os gestores municipais e estaduais somarão esforços para suprir as principais necessidades do hospital, qualificando a gestão, ampliando o acesso dos usuários em situações de urgência e garantindo atendimento ágil, humanizado e com acolhimento. O SOS Emergências foi lançado pelo governo federa em novembro de 2011 e abrange 12 hospitais de grande porte, localizados em dez cidades: Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ), Fortaleza (CE), Salvador (BA), Brasília (DF), Belo Horizonte (BH), Goiânia (GO), São Paulo, Porto Alegre (RS) e Ananindeua (PA). Até 2014, o programa vai alcançar os 40 maiores prontossocorros brasileiros, abrangendo todos os 26 estados e o Distrito Federal (DF). Os hospitais selecionados são referências regionais, possuem

Unidade de Terapia Intensiva do Hospital

mais de 100 leitos, têm prontosocorro e realizam grande número diário de internações e atendimentos ambulatoriais. Os serviços da Rede Saúde Toda Hora englobam o SAMU 192, Unidade de Pronto Atendimento (UPA24 horas), Salas de Estabilização, serviços da Atenção Básica e Melhor em Casa. O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, destaca que o S.O.S Emergências faz parte de um conjunto de ações do Ministério da Saúde para diminuir o tempo de espera por atendimento nos serviços da rede pública. “Sempre digo que o

S.O.S Emergências tem dia para começar, mas não tem data para acabar. Melhorar o atendimento e reduzir a espera é uma prioridade, uma obsessão do Ministério da Saúde”, afirma. Para o secretário de Saúde de Curitiba, Adriano Massuda, o programa SOS Emergências terá um impacto para além do Hospital do Trabalhador. “As melhorias na assistência e na gestão do hospital vão refletir em toda a rede de urgência e emergência, inclusive nos demais hospitais da rede”, afirma Massuda.

ma que o encontro é uma grande oportunidade de apresentar as revindicações e entender como o governo estadual pode ajudar. “Sempre tivemos uma relação de diálogo com o governador, que trouxe resultados importantes para nossa região”, afirmou. A presidente da União de Mulheres Líderes Comunitárias de Curitiba, Maria da Paz, também defende uma aproximação com o Estado. “Esses encontros são importantes para fortalecermos nossas relações com o governo. Quando Richa era prefeito ele vivia nas nossas comunidades”, disse ela. Para Edson Rodrigues, líder comunitário do Parolin, os encontros mostram que o Estado está aberto para dialogar com as comunidades. “Temos hoje um governo de portas abertas”, avaliou.

Vereador propõe criação de papelaria popular Projeto de lei que cria a “Papelaria do Povo” está em tramitação na Câmara de Curitiba. A proposta é do vereador Aldemir Manfron (PP) e tem o objetivo de fornecer material escolar, livros didáticos e jogos educativos a preço de custo, para a população de baixa renda. O texto estabelece que o município firme convênio com entidades privadas para a implantação da papelaria popular, através de doações, apoio logístico e divulgação. As empresas parceiras teriam o direito de divulgar sua marca nos pontos de distribuição da “Papelaria do Povo” e nos materiais a serem doados. Segundo o autor do projeto, a Constituição Federal prevê que a educação é dever do Estado e da família e o uso do material escolar é fundamental no processo de aprendizagem. “Já ocorre, por parte do governo, a doação de livros didáticos, mas de forma ineficiente, não atingindo como um todo as pessoas com baixa renda. A população será beneficiada através do programa”, ponderou.


Geral/Estadual Indústria&Comércio | Curitiba, sexta-feira a domingo, 08 a 10 de março de 2013 | A3

Aroldo MuráG.Haygert

aroldo@cienciaefe.org.br

‘RACISMO’ E HOMOFOBIA, CONSTANTES NAS IGREJAS

Martin Luther King, Edir Macedo, Silas Malafaia,

O tumulto criado pela possibilidade de um pastor evangélico, o deputado Marco Feiciano (PSC-SP) vir a presidir a Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados – acusado de racismo e homofobia -, dá margem a certas incursões na História. As duas questões estão, infelizmente, embricadas na história de igrejas cristãs. Em alguns casos, de forma oficial. Noutras, de maneira ‘consentida’. A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, popularmente conhecida como Mórmon, fundada em meados do século 19 nos Estados Unidos por Joseph Smith e \Brigham Young (este é o verdadeiro implantador da Igreja) foi oficialmente racista, até o começo dos 1970s. Depois, pressionada pelos novos tempos, o seu presidente, o chamado profeta que dirigia a organização na época, ‘revelou autorização divina’ para acabar com a exclusão étnica. Assim como no final do século 19, sob pressão do governo americano, deixara de propagar a poligamia, antes oficialmente aceita. Era mesmo uma espécie de mandato sacro o direito de casamentos plurais. Mas sempre um pluralismo dado como ‘mandato’ exclusivamente aos homens. As mulheres não poderiam chefiar casamentos plurais.

... BASTAVAM VESTÍGIOS NEGRÓIDES PARA O VETO ...

Não fiquem surpresos, leitores: é isso mesmo. Os mórmons proibiam o acesso ao seu sacerdócio (exclusivamente para homens) a negros e índios. Bastava que o ‘vocacionado’ apresentasse em seu fácies (ou na sua genealogia, área em que os Mórmons são detentores da maior espertise imaginável) o mínimo de características negróides e indígenas para que não pudesse ter acesso ao sacerdócio. Mas justiça se faça: negros, índios e pessoas de origem judaica (mesmo que cristãos novos) não podiam receber o sacerdócio católico, durante todo o Brasil colônia e até século 18. Nesse veto foram pródigas as terras lusitanas e iberoamericanas. As exceções dependiam de autorização papal. E dispensam-se quaisquer pesquisas históricas para identificar, até hoje, forte separação no seio de igrejas cristãs, nos Estados Unidos, em função de etnia ( de forma errônea, dir-se-ia, ‘segregação racial’). Há centenas de exemplos, montados a partir da chegada dos ‘pais peregrinos’ e das primeiras levas de escravos, quando foram sendo constituídas igrejas protestantes dos mais diversos matizes. Sempre separadas: as de brancos e as de negros.

... AS PODEROSAS IGREJAS BATISTAS NEGRAS...

Os negros, por exemplo, impedidos de cultuar ao Senhor em igrejas dos seus donos, fundaram suas próprias igrejas. Dessas, as mais importantes e culturalmente mais ricas e valiosas, são as igrejas batistas do Sul dos Estados Unidos, ligadas a convenções (governos) próprios, como a denominada Convenção Continental. Nelas é que brotam e ampliam-se os sons dos “negroes spiritual”. Mas há também igrejas Metodistas exclusivamente de negros, como as que podem ser facilmente identificadas por qualificativos como “de Sião” ou Metodista Episcopal. Via de regra, quase todas as igrejas protestantes norte-americanas foram marcadas no seu nascimento pela divisão étnica. Luther King, o fantástico pastor (um dos preferidos pelas espionagens do FBI) ele mesmo pertencia a uma convenção batista de negros, um ramo exclusivamente freqüentado e tendo como membros negros. Não se pode esquecer que o pai do Pentecostalismo moderno (os neopentecostais brasileiros são responsáveis pelo surto evangélico no país), William Seymour, lá por 1905, foi duramente discriminado no grupo de pastores brancos com que estudou, em Topeka, Kansas. E de lá acabou levando o embrião do Pentecostalismo para Azuza Street, em Los Angeles. O Pentecostalçismo acabou, é verdade, sendo uma boa

mistura étnica, mundo afora.

... QUANTO À HOMOFOBIA, QUEM ESTÁ EXCLUÍDO?...

Afora poucass igrejas protestantes evangélicas, como a denominada de Metropolitana, existente em vários países e com matriz americana, absolutamente voltada ao público gay, as igrejas cristãs não são historicamente inclusivistas. Como regra, é claro. Hoje há exceções, sobretudo em evangélicas européias e de matriz norte-americana. Mesmo as igrejas chamadas de históricas – Metodistas, Luteranas, Episcopal, etc. – fazem, em boa parte delas, profissão a favor do inclusivismo étnico e por práticas sexuais de seus membros. Das denominadas históricas, a mais fortemente inclusivista é a Igreja Anglicana (Conferência de Lambeth). No geral, aceita a boa convivência com membros homossexuais (em certas dioceses, já que não se pode falar de uma igreja monolítica, como a Católica). Houve no ramo Episcopal Anglicano, o recente caso do bispo gay americano ordenado pela instituição. Não sem causar muito rebuliço e cisões. Na verdade, o protesto à aceitação de homossexuais em seus quadros e em seu ministério está na raiz de boa parte da adesão de grupos anglicanos à Igreja Católica, nos últimos anos, especialmente na Inglaterra. Os anglicanos conservadores se insurgem sobretudo contra o acesso de gays ao ministério ordenado. Sem falar que não aceitam também o acesso de mulheres ao pastorado.

... MAS QUEM VAI MEXER COM DOUTRINA? ...

Do ponto de vista de doutrina, o que se pode dizer é que não apenas os evangélicos (linha pentecostal, sobretudo) são restritivos ao comportamento homossexual. Nesse capítulo, é bem conhecida a posição doutrinária da Igreja Católica, que – repete sempre – aceita o homossexual , rejeita o homossexualismo, a prática hoomossexual. Mas ela mesmo não consegue controlar o “problema” em seu próprio seio, em que sobram exemplos de comportamento homossexual, até mesmo no alto clero, como o cardeal Keith O’Obrien, que se demitiu do colégio que vai eleger o papa e da Arquidiocese de Edimburgo, Escócia. Admitiu ter tido “comportamento sexual inadequado aos padrões” que se esperaria dele. Dele se queixaram três padres, que por eles foram assediados quando seminaristas. Na raiz da chamada homofobia – ou exclusão dos homossexuais por boa parte das igrejas cristã (nessas, incluídas as igrejas ortodoxas tradicionais, aquelas dos patriarcados historicamente aceitos) há a questão doutrinária defendida por cada uma delas. Assunto que tem de ser discutido em outras esferas. Os Mórmons, que já superaram a barreira étnica apenas têm conhecimento oficial de grupos de mórmons “alijados”, homens e mulheres gays. Outras igrejas contabilizam muitos membros no “armário”, nesse domínio. Mas quem pode ou quer mexer em doutrina, sobretudo nas declarações do Apóstolo Paulo, de condenação dos atos homossexuais? Até porque mexer no assunto seria mexer na História e até na farta documentação sobre as decisões inquisitoriais que mandavam para a fogueira os chamados sodomistas. Os que praticavam a sodomia. O que se sabe é que Jesus Cristo muito pouco falou de sexo. E nunca de homossexualismo. O que há é um contexto de interpretações bíblicas que não apoiam, por exemplo, as uniões homoafetivas. Matéria para os exegetas, mas assunto definitivamente consolidado para muitas igrejas cristãs. No Brasil, dentre os campeões da chamada homofobia está o pastor Silas Malafaia, da Igreja Assembléia de Deus Vitória em Cristo. É o mesmo que aparece na relação da revista Forbes entre os pastores evangélicos milionários do Brasil. Deles, o campeão é Edir Macedo, dono de patrimônio pessoal de R$ 1,2 bi.

INOVANDO EM ILUSTRAÇÃO

POUCAS E BOAS

O CANDIDATO Dante Mendonça, olhar atento, está registrando: o arcebispo francês que gostaria de ver como papa é um adepto da ‘magrela’.

As fotos são de Olívia D’Agnoluzzo e, a cada número, um ilustrador é convidado a criar imagens que serão a identidade da revista para aquele mês. Na primeira edição foi convidado Daniel Gonçalves (arquiteto e ilustrador) que também criou a logomarca da revista. Segundo o editor da “Jandique”, Otavio Linhares, o propósito da revista é “encontrar, publicar e divulgar os artistas curitibanos. Nada mais do Maoel Carlos Karam que isso”.

OS PARQUES DO PARANÁ BANALIDADE DO MAL

Da publisher Sheila Fligarz, do jornal Visão Judaica (cujo diretor de redação é Szyja Lorber): “Aroldo, Sobre o brutal assassinato de um mendigo desta vez ocorrido em Porto Alegre me veio, imediatamente, a famosa reflexão de Hannah Arendt : “ ...Em cima desta análise ela cunhou a expressão “Banalidade do Mal” para indicar que alguns indivíduos agem dentro das regras do sistema a que pertencem sem racionalizar sobre seus atos. Eles não se preocupam com as consequências destes, só com o cumprimento das ordens. A tortura, Hanna Arendt a execução de seres humanos ou a prática de atos do “mal” não são racionalizados em seu resultado final, desde que as ordens para executá-los advenham de estâncias superiores”. No caso do mendigo os assassinos estavam em grupo e com certeza havia um líder.”

A BOA DICA, “JANDIQUE”

“O mais novo periódico literário de Curitiba, lançado no final de fevereiro, é a revista “Jandique”, de edição trimestral e com tiragem de mil exemplares. No número inaugural são publicados textos de Manoel Carlos Karam, Luiz Felipe Leprevost, Assionara Souza, Alexandre França, Fabiano Vianna e Eduardo Capistrano. Também conta com crítica literária escrita pelo professor de literatura Carlos Machado e entrevista com os irmãos Frederico e Thiago Tizzot.

Mais uma boa nova: quarta-feira, dia 13, lançamento do livro “Parques do Paraná – do Urbano a Unidades de Conservação”, obra do jornalista curitibano Bernardo Staviski, que apresenta um panorama fotográfico e histórico de alguns desses importantes espaços de lazer e conservação no estado. Para o livro, foram selecionados 35 parques, em 17 cidades paranaenses, em meio aos mais de 70 logradouros visitados, em 43 localidades. A escolha foi pontuada não apenas em termos de conservação de áreas verdes, dentro ou fora do perímetro urbano, mas, principalmente, por parques permeados por uma relação afetiva com seus visitantes e que fazem parte da dinâmica da sua região, pelo envolvimento na cultura, na história e nos hábitos dos vários povos que compõe o estado. São 240 páginas que apresentam as belezas desses locais, suas funções como espaço de lazer, sua importância histórica e principalmente, a ambiental. Patrocinado pelo Grupo Volvo América Latina. Lançamento: dia 13 de março de 2013, às 19h30Local: Livrarias Curitiba Megastore do Shopping Estação

OPINIÃO DE VALOR

ESCÂNDALO DO EVANGÉLICO SERIA UMA NOVA ESCOLA DE BASE?

…Eu, que abomino eutanásia, obrigo-me a perguntar: estará mesmo bem contada a história da médica Virgínia Helena Soares de Souza, exchefe da UTI do Hospital Evangélico de Curitiba, acusada de comandar um verdadeiro pelotão de extermínio no hospital? O que acho mais curioso é que esse suposto procedimento de Virgínia contaria com o apoio de pelo menos quatro outros médicos, de uma en-

fermeira e de dezenas de outros funcionários. Ou por outra: pessoa má, verdadeiramente nefasta, ela nem procuraria esconder os seus crimes; ao contrário, terceirizaria responsabilidades, tão certa estaria da impunidade. Virgínia pode até ser culpada, mas a história, como está contada, não faz sentido. Taxa de mortalidade Não vi até agora — e a imprensa brasileira não se ocupou disto — uma comparação entre as taxas de mortalidade da UTI do Hospital Evangélico de Curitiba e dos demais hospitais com o mesmo perfil. Atenção! Bastaria que estivesse na média para que a acusação fosse desmoralizada. É claro que existe a possibilidade de ela ser culpada; é claro que estou aqui expondo a cara ao tapa, embora eu não esteja assegurando a sua inocência. Nada disso me importa. O que acho insuportável é que a médica e seus auxiliares sejam linchados sem ter nem mesmo assegurado o direito de defesa. Ex-funcionários, zelosos ou ressentidos, não são as melhores fontes para decidir o que se fazia no hospital. A transcrição de uma das conversas da médica transformou a palavra “raciocinar” em “assassinar”. Virgínia comenta com um interlocutor: “Nós estamos com a cabeça bem tranquila pra raciocinar, pra tudo, né?”. E se transcreveu no inquérito, depois corrigido: “Nós estamos com a cabeça bem tranquila pra assassinar, pra tudo, né?”. Que tipo de gente comentaria, como quem diz “hoje é quarta-feira”, que está com a “consciência tranquila para assassinar”??? Eu respondo: uma assassina forjada pela imaginação, pela escalada dos boatos, pelo fuzilamento moral sumário. Ora, se era isso o que se achava de Virgínia desde o princípio, não haveria prova no mundo capaz de inocentá-la.

João José Werzbitski

De novo: Virgínia até pode ser culpada — e, para que se chegue a tal conclusão, existe o devido processo legal. Mas a delegada Paula Brisola, do Núcleo de Repressão de Crimes Contra a Saúde (Nucrisa), foi muito além de suas sandálias. Assistimos, reitero, a um processo de linchamento. Podemos estar diante de uma nova “Escola Base”, lembram-se? Pessoas tiveram suas respectivas vidas destruídas, acusadas pela polícia de molestamento sexual de crianças, e tudo se provou, depois, uma equívoco gigantesco, alimentado por pais delirantes, policiais irresponsáveis e chegados a holofotes e boataria. A menos que operasse no Hospital Evangélico de Curitiba uma verdadeira seita da morte, liderada por Virgínia, parece-me inverossímil que cinco médicos e uma enfermeira decidissem matar pessoas de forma industrial, sem o receio de que tal prática acabasse sendo denunciada. Na VEJA.com, li, nesta terça, o que segue (em vermelho): De acordo com o delegado-geral da Polícia Civil, Marcus Michelotto, em entrevista dada à imprensa nesta terça-feira, a polícia não deve mais comentar o assunto nos próximos dias. Segundo ele, as provas conseguidas pela polícia podem causar comoção e até revolta contra o Hospital Evangélico. Quebra de sigilo — Segundo Michelotto, o pedido do afastamento da delegada do Núcleo de Repressão de Crimes Contra a Saúde (Nucrisa), Paula Brisola, feito pelo hospital, foi “lamentável”. “Em um momento de crise como esse, uma direção responsável teria procurado se unir à Polícia Civil e ao Ministério Público para sanear os problemas que existem dentro do hospital”, disse. De acordo com o delegado, o Hospital Evangélico terceiriza praticamente toda a estrutura do seu prédio e “não tem condições de controlar nem as suas dependências.“ Lamento! Mas também o senhor Michelotto perdeu o eixo. Que a delegada Brisola exorbitou, isso é uma evidência dos fatos, ainda que a médica Virgínia e os demais acusados sejam culpados. Se ela quer ser juíza, seu lugar não é a polícia. Quanto ao pedido de afastamento, destaco: é parte do jogo. Não cabe a Michelotto ficar ofendido e atacar o hospital por isso. Ademais, o que a eventual terceirização dos serviços tem a ver com a acusação??? Michelotto pode não gostar de terceirizações, mas isso não torna assassinas pessoas e instituições. Espero que Virgínia e os demais acusados sejam inocentes. Custo a acreditar na formação de uma quadrilha de médicos destinada obsessivamente a matar. De todo modo, ainda que se venha a provar que são culpados, uma coisa é certa nesse caso, e não há controvérsia possível a respeito: o bom procedimento da polícia e o bom jornalismo foram assassinados. Por Reinaldo Azevedo, em Veja

COMENTÁRIO

Para que os jornalistas meditem a respeito. Pode até ser que ela seja culpada, mas parece pouco provável, pelos motivos relatados pelo Reinaldo Azevedo, no artigo acima. Creio, como ele, que o bom jornalismo não é feito desta forma sensacionalista, assim como o bom trabalho policial não precisa dos holofotes da mídia. Se a Dra. Virgínia for inocente, vai ganhar uma fortuna em indenizações por calúnia e difamação – mas tem jornalista e policial que não acredita nesse tipo de risco e prefere “tudo por uma manchete” ou “2 minutos no Jornal Nacional”. Logo que o assunto veio à tona, pesquisei no Google a média de mortes em UTIs no Brasil. É de 20% dos pacientes que lá chegam. Qual é a média nos hospitais de Curitiba? Nenhum jornalista foi procurar a informação. Pode ser que acabasse com a “notícia”. Além do dano aos médicos de suas UTIs, o Hospital Evangélico mergulha numa crise de credibilidade de difícil reversão, pior do que a financeira que enfrenta há anos, por má administração e desvio de recursos, promovidos por um ex-dirigente que goza de imunidade parlamentar (e sobre o qual e seus atos nada mais se fala, num pacto de silêncio inaceitável para o jornalismo curitibano). JOÃO JOSÉ WERZBITSKI, jornalista, professor universitário, publicitário Curitiba.

CARTAS (correspondências para a coluna: aroldo@cienciaefe.org.br)

IMPRESIONANTE

A matéria sobre o abandono em que se encontra o acervo de Davi Carneiro, no Museu Paranaense, é impressionante. Espero que amplie a investigação, A.M.Kuss Montanha, Joinville, SC

DAVI CARNEIRO

Nos tempos em que vivia o professor Davi Carneiro, todos o paparicavam e à sua obra. Com sua morte, o trágico acontece: o acervo de seu museu está abandonado. Marcos Soffiatti da Cunha Jr., Curitiba


Geral/Estadual Curitiba, sexta-feira a domingo, 08 a 10 de março de 2013 | A4 | Indústria&Comércio

AB Notícias SUSTENTABILIDADE A sustentabilidade é benéfica pra quem compra, e também pra quem vende. Das verbas para licitações sustentáveis liberadas pelo governo federal no ano passado mais da metade – 57% - foram destinadas a micro e pequenos empreendedores. O número representa um aumento de 112%, entre 2010 e 2012, da participação do grupo em compras públicas. Apesar de ser um assunto relativamente novo, os pequenos empresários já vêem na sustentabilidade uma chance de crescimento no mercado.

EXPORTAÇÃO Mais de 13,7 mil caminhões carregados de milho passaram pelo Porto de Paranaguá entre janeiro e fevereiro deste ano, são aproximadamente 440 por dia. Os números refletem a alta de 65% da exportação do produto em relação ao mesmo período do ano passado. Ao todo já foram mais de um milhão de toneladas exportadas, sendo que no ano de 2012 foram apenas 340 mil.

A TODO VAPOR O Programa Paraná Competitivo, que já atraiu ao estado mais de 20 bilhões de reais em investimentos e rendeu mais de 120 mil novos empregos, contará com mais um participante de peso. A empresa Mars Brasil se instalará, até 2015, na região dos campos gerais. Ainda não se definiu em qual cidade ela será implantada, mas os investimentos serão de 140 milhões de reais, gerando inicialmente 100 postos de trabalho direto.

NOVO ENSINO A partir do segundo semestre deste ano um novo programa de educação beneficiará cerca de 17 mil professores da rede de municipal de Curitiba. Os projetos EduCultura, EduTecnologia e EduPesquisa são programas de educação contínua, que ajudarão os educadores a adquirirem conhecimentos sobre tecnologias básicas para o dia a dia, incentivarão a pesquisa, aproximando a escola à universidade, e irão melhorar o acesso a cultura.

REVITALIZAÇÃO Obras de revitalização das estradas rurais estão mudando a região de Guaíra, oeste do estado. Em função do escoamento das safras, entre janeiro e fevereiro mais de 60 quilômetros de vias de acesso já foram reformados, algumas recebendo cascalhamento ou patrolamento. A obra está sendo feita com recursos do próprio município. Os últimos trechos a receberem as melhorias foram entre Guaíra e a cidade de Oliveira Castro.

CAPACITAÇÃO Visando melhorar a administração das cooperativas da região de Londrina, coletores de lixo realizaram um curso de capacitação de Informática Básica. Oferecido pela Coper Região em parceria com a CGD Sistema de Ensino, 21 cooperados participaram da oficina. O próximo curso a ser oferecido será o de Assistente Administrativo que tentará solucionar uma das maiores dificuldades para sobrevivência das cooperativas de lixo, que é alcançar uma administração eficaz.

MAIS OBRAS O trecho que liga a saída para Santa Helena até o distrito de Serra de Dourados, em Umuarama, será revitalizado. O trajeto, que se encontra com grandes danos devido ao tráfego de caminhões pesados, recebia muitas reclamações por parte dos moradores, pois é uma importante via de acesso de alguns bairros ao centro. O prazo da obra, a partir da liberação da ordem de serviço que será expedida pela prefeitura, é de 60 dias.

ANTIFUMO Reforçando mais uma vez que o vício do cigarro e maternidade não combinam, uma nova pesquisa mostra que a não exposição à droga, devido as recentes políticas anti-fumo, tem contribuído para a diminuição de 3 % dos partos prematuros. O estudo, feito na Bélgica, observou três quedas, todas seguidas de uma nova aplicação da lei antifumo no país, proibição de fumar em lugares públicos, em 2006, em restaurantes, em 2007 e em bares em 2010, sendo este último o que ocasionou a mais expressiva.

MOVELPAR A Feira de Móveis do Paraná, Movelpar 2013, já começou a ser montada na cidade de Arapongas, norte do estado. Reunindo lojistas e a indústria moveleira para apresentar seus lançamentos, a previsão é que a feira movimente 500 milhões de reais em negócios. O evento acontece entre os dias 11 e 15 deste mês no Centro de Eventos Expoara. A expectativa é que 40 mil pessoas participem.

FESTA DA CERÂMICA Já começaram os preparativos para a Festa Nacional das Cerâmicas, que acontecerá na cidade de Prudentópolis, sudeste paranaense, entre os dias 12 e 14 do próximo mês. O evento, que conta com a exposição de maquinários e palestras para os ceramistas, trata do setor que mais gera empregos e renda.

INDUSTRIALIZAÇÃO São Miguel do Iguaçu, oeste do estado, poderá ter uma agroindústria de processamento de leite. A proposta veio da Cooperativa de Industrialização e Comercialização Camponesa (Coopercam) e tem como objetivo, através do processamento do leite e seus derivados, atender aos pedidos dos programas federais de alimentação escolar.

CMYK

PARANÁ

Governador Beto Richa autoriza a duplicação da BR-376 Investimento será de R$ 1,2 bi e prazo para conclusão chega a sete anos

O

governador Beto Richa autorizou ontem (07) a duplicação da BR 376, conhecida como Rodovia do Café, entre Ponta Grossa e Apucarana. O valor do investimento é de R$ 1,2 bilhão e a concessionária CCR RodoNorte terá sete anos para concluir a obra de 231 quilômetros. O trecho tem um tráfego diário de 10 mil veículos. Richa afirmou que a duplicação é uma conquista importante para o Estado, que se viabiliza após 30 anos da conclusão da rodovia. “Estamos despolitizando a relação com as concessionários e garantindo mais obras, segurança e qualidade no transporte pelas rodovias do Paraná”, disse o governador. A duplicação vai começar em 60 dias a partir do Trevo do Caetano, em Ponta Grossa. O primeiro trecho terá 20 quilômetros, sendo que 11 quilômetros devem ser entregues em 15 meses. Ainda neste ano será aberta mais um frente de trabalho, de mais 20 quilômetros a partir de Apucarana. O trecho inicial, de nove quilômetros, vai até Califórnia. Richa apontou que o último grande investimento feito na BR foi em 1986, com a duplicação do trecho entre Spréa e Ponta Grossa. O projeto de construção da nova pista, ao lado do traçado atual, inclui intervenções para correções da geometria de curvas, entre outras melhorias. O governador destacou também que o Governo do Estado realiza investimentos de R$ 12,5 bilhões

Foto: Orlando Kissner/ANPr

abnoticias@abcom.com.br

Richa autorizou a duplicação da BR 376, conhecida como Rodovia do Café, entre Ponta Grossa e Apucarana

em obras de infraestrutura por todo o Paraná por meio do Proinfra - Programa de Modernização da Infraestrutra. Somente para a recuperação e melhoria da malha rodoviária estão sendo investidos R$ 840 milhões em obras nos 11,8 mil quilômetros de estradas estaduais. As concessionárias estão investindo R$ 250 milhões nas rodovias. Estão em execução as duplicações dos trechos entre Medianeira e Matelândia (BR-277), e entre Jandaia do Sul e Apucarana (BR-369), além das construções dos contornos

de Campo Largo (BR-277), e de Mandaguari (BR-376). “São obras que só foram possíveis com a volta do diálogo entre o governo e as empresas. É o caminho para melhorar a vida de todos os paranaenses”, destacou o governador. O presidente da CCR RodoNorte, Silvio Marchiori, destacou a atual relação de respeito e entendimento com o governo estadual, com a retomada de investimentos nas rodovias concessionadas. “A duplicação deste trecho representa uma conquista de todos os paranaenses e que só foi possível pelo

resgate da relação das empresas com o governo”, afirmou. “O Governo do Estado está investindo de forma sistêmica, integrando grandes corredores rodoviários que impulsionam o deslocamento de pessoas e o escoamento da produção agrícola”, disse o secretário estadual da Infraestrutura e Logística, José Richa Filho. Os prefeitos de Ponta Grossa, Marcelo Rangel, e de Apucarana, Beto Preto, participaram da cerimônia, que aconteceu o Trevo do Caetano, em Ponta Grossa.

Prefeitura cria comissão para dar transparência à tarifa do transporte coletivo Foi publicado esta semana no Diário Oficial do município decreto que cria a Comissão de Análise da Tarifa do Sistema de Transporte Coletivo de Passageiros do Município de Curitiba. O decreto atende à determinação do prefeito Gustavo Fruet para que o assunto seja tratado com transparência e de acordo com critérios técnicos. Além de integrantes da administração municipal, a comissão terá representantes do Ministério Público, da Câmara Municipal de Curitiba, do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioe-

conômicos (Dieese) e do Instituto de Engenharia do Paraná (IEP). A criação da comissão faz parte do processo de abertura das discussões sobre o tema para a sociedade. Em fevereiro, cerca de 300 pessoas participaram de uma audiência pública promovida pela Urbanização de Curitiba S.A. (Urbs) para debater o reajuste anual no valor da tarifa. A ideia agora é ampliar a discussão, avaliando de forma mais ampla o modelo vigente. “A abertura dessa discussão é uma reivindicação antiga da

sociedade curitibana e da região metropolitana, que nunca teve acesso aos detalhes relacionados à definição da tarifa do transporte coletivo. Dar transparência a esse tema é um compromisso que assumimos e estamos cumprindo”, disse o prefeito Gustavo Fruet. A comissão criada pelo decreto terá a atribuição de avaliar a metodologia e os procedimentos para cálculo tarifário estabelecidos nos contratos de concessão do transporte coletivo vigentes no município. A partir disso, deverá elaborar um

relatório com conclusões e recomendações. De acordo com o decreto, a comissão também “definirá a forma como se dará a participação da sociedade no desenvolvimento dos trabalhos, bem como os procedimentos que deverão ser adotados para a formalização das sugestões advindas dessa participação”. A comissão será presidida pelo presidente da Urbs, Roberto Gregório da Silva Junior, e tem prazo de 90 dias, prorrogáveis, para concluir o trabalho. Os demais integrantes ainda serão indicados.

Fruet recebe dirigentes da Fiep, Sesc e Senai para discutir parcerias Dirigentes da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), Serviço Social da Indústria (Sesi) e Serviço Social do Comércio (Sesc) foram recebidos ontem (7) pelo prefeito Gustavo Fruet. De acordo com o presidente da Fiep, Edson Campagnolo, a visita teve o objetivo de oferecer apoio e sugerir parcerias à administração municipal. O prefeito recebeu um convite para a solenidade comemorativa dos 70 anos de instalação do Senai no Paraná, que ocorrerá no próximo dia 12. Fruet foi presenteado com uma placa, ilustrada por uma pintura do artista plástico Rogério Dias. Campagnolo também convidou o prefeito para visitar a casa histórica que pertenceu ao industrial Heitor Stockler, primeiro presidente da Fiep. O imóvel, de quase 120 anos, localizado na Avenida Marechal

Prefeito recebeu dirigentes ontem na Prefeitura

Floriano Peixoto, no Centro, será transformado pela Fiep em um espaço de convivência, com museu interativo e um café. Fruet agradeceu a visita e disse

que pretende estreitar a relação com as entidades. “Elas têm uma importante tradição e queremos renovar e reforçar esta parceria com o Sistema Fiep”, disse.

Também participaram do encontro Marco Secco, diretor do Senai; José Antônio Fares, superintendente do Sesi, e Fábio Pini, engenheiro de sistemas da Fiep.


Economia Indústria&Comércio | Curitiba, sexta-feira a domingo, 08 a 10 de março de 2013 | A5

IBGE revisa queda da indústria em 2012 para 2,6%

em janeiro

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revisou o resultado da produção industrial em 2012. Inicialmente, o instituto divulgou que a indústria havia tido queda de 2,7% na produção no ano passado. Na quinta-feira (07/03) o resultado foi revisado para uma retração de 2,6%. A revisão também afetou o mês de dezembro. Se antes o IBGE informou que o setor havia

ficado estagnado entre novembro e dezembro, com a revisão, a indústria apresentou crescimento de 0,2% no período. Segundo o IBGE, revisões são rotineiras e ocorrem sempre quando há uma nova divulgação da Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física. Isso porque muitas vezes algumas informações prestadas pelas indústrias chegam com atraso ao instituto.

Setor de motos mostra queda de 19% em fevereiro

Entre as 27 atividades industriais pesquisadas, 18 tiveram crescimento na produção, com destaque para veículos automotores (4,7%)

Produção industrial inicia 2013 com aumento de 2,5% Essa é a maior alta desde março de 2010, quando houve crescimento de 3,4% A produção industrial brasileira iniciou o ano com crescimento de 2,5% em janeiro, em relação ao mês anterior. Essa é a maior alta desde março de 2010, quando havia sido registrado aumento de 3,4%. Em dezembro de 2012, a alta ficou em 0,2%. O dado é da Pesquisa Industrial Mensal, divulgada na quinta-feira (07/03) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Entre as categorias de uso, o destaque ficou com os bens de capital, que tiveram alta de 8,2% entre dezembro e janeiro. Os bens de consumo duráveis tiveram au-

mento de 2,5%, enquanto os bens de consumo semi e não duráveis apresentaram alta de 0,2%. Os bens intermediários cresceram 0,9%. Entre as 27 atividades industriais pesquisadas, 18 tiveram crescimento na produção, com destaque para veículos automotores (4,7%), refino de petróleo e álcool (5,2%) e máquinas e equipamentos (5,7%). Em relação a janeiro do ano passado, houve uma expansão de 5,7%, a maior alta desde fevereiro de 2011 (7,5%). Nos últimos 12 meses, a queda acumulada

FAO: produção de trigo em 2013 deverá ser a 2ª maior já registrada

Cesta básica fica mais cara em 15 das 18 capitais pesquisadas

A produção de trigo em 2013 deverá aumentar 4,3% em relação ao ano anterior, tornando-se a segunda maior já registrada, segundo estimativas divulgadas na quintafeira (07/03) pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO). A última edição do relatório trimestral da FAO Perspectivas Agrícolas e Situação Alimentar prevê que a produção de trigo no mundo aumente para 690 milhões de toneladas em 2013. A organização atribui o aumento ao crescimento da produção na Europa, impulsionado pelo aumento das áreas de plantação em resposta aos preços altos e a uma recuperação nos rendimentos das culturas em alguns países, como a Rússia. A FAO divulga também seu índice para os preços dos alimentos, que se mantiveram estáveis em fevereiro pelo segundo mês consecutivo.

cmyk

chega 1,9 %.

BENS DE CAPITAL

Depois de encerrar 2012 com uma queda de 11,8% no ano, os bens de capital iniciaram 2013 em recuperação. Em janeiro deste ano, o setor cresceu 8,2% em relação a dezembro de 2012 e 17,3% na comparação com janeiro do ano passado. A alta de 17,3% em relação ao ano passado é a maior desde fevereiro de 2011 (19,4%). Já o aumento de 8,2% em relação a dezembro é o maior desde junho de 2008 (8,8%), nesse tipo de comparação. A alta foi puxada principalmente

pelo crescimento da produção dos bens de capital para transporte (61,3%). Os veículos automotores, que incluem os caminhões, tiveram crescimento de 39,3%. Os bens de capital voltados para o setor de energia também tiveram crescimento: 8,6%. “Foi um setor de alguma forma favorecido pelas medidas do governo de manutenção do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) e taxas do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) para o setor mais baixos”, disse o coordenador da Pesquisa Industrial Mensal, André Macedo.

Arquivo Abr

Entre os itens que mais puxaram a alta da cesta está o tomate, que teve alta em 16 localidades

Os preços dos produtos da cesta básica subiram, em fevereiro, em 15 das 18 capitais onde é feita a Pesquisa Nacional da Cesta Básica pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). Apesar do avanço, a intensidade do aumento foi menor do que no mês passado, quando houve correções em todas as capitais. As três maiores altas foram constatadas em Recife (8,35%), Fortaleza (7,22%) e João Pessoa (7,11%). Ocorreram quedas em Vitória (-0,63%), Goiânia (-0,56%) e Brasília (-0,24%). A capital federal entre as cidades que apresentaram os maiores aumentos no mês de janeiro, com alta de 11,3%. A capital paulista continua ocupando o topo da lista entre as cestas mais caras do país, com valor de R$ 326,59, seguida de Porto Alegre (R$ 318,16), Florianópolis (R$ 314,46)

e Manaus (R$ 314,18). Em sentido oposto, os preços mais baixos foram encontrados em Aracaju (R$ 238,40), Campo Grande (R$ 269,38) e Salvador (R$ 270,04). O salário mínimo calculado pelo Dieese como o necessário para suprir as despesas essenciais das famílias chegou a R$ 2.743,69 - valor 4,05 vezes superior ao mínimo em vigor, de R$ 678. O valor do teto superou o estimado para janeiro (R$ 2.674,88), montante 3,95 vezes maior que o piso vigente. O cálculo também ficou bem acima da quantia estimada para igual mês do ano passado - R$ 2.323,21, quantia 3,74 vezes superior ao mínimo estabelecido para aquela época (R$ 622). No acumulado do ano, todas as capitais indicaram avanços de preços com destaque para Salvador (18,9%), Natal (18,20%) e Aracaju (16,83%). Os menores reajustes ocorreram em Belém (5,57%), São

Paulo (7,11%) e Vitória (7,74%). Já nos últimos 12 meses, os maiores aumentos foram verificados em Salvador (32,03%), Natal (29,82%) e Fortaleza (29,29%) e os menores em Goiânia (14,06%), Belém (15,21%) e Rio de Janeiro (16,46%). O Dieese observou, porém, que há um ano, Campo Grande não fazia parte do grupo pesquisado. No bimestre, a localidade teve alta de 10,88%. Entre os itens que mais puxaram a alta da cesta estão o feijão, que ficou mais caro em 16 capitais, com destaque para Belo Horizonte (12,23%); o tomate também com alta em 16 localidades e com maior correção no Recife (56,7%); a batata, mais cara em dez capitais e, novamente, destaque para Belo Horizonte ( 33,9%) e a carne bovina, com elevação em 11 das 18 capitais, e a maior alta em Manaus (2,52%).

A produção de motocicletas caiu 19,4% em fevereiro deste ano em comparação ao mesmo mês de 2012. Segundo balanço divulgado na quintafeira (07/03) pela Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas e Similares, no mês passado foram produzidas 123,3 mil unidades, antes 153,1 mil fabricadas em fevereiro de 2012. A produção de fevereiro caiu 3% em relação a janeiro, quando foram fabricadas 127,2 mil unidades. No acumulado dos

dois primeiros meses do ano, a fabricação de motocicletas caiu 24,1% em relação a janeiro e fevereiro de 2012. Para o presidente da associação, Marcos Fermanian, o mercado de motos precisa de crédito para voltar a crescer. “O setor de motocicletas ainda precisa de incentivos, como novas linhas de financiamento, para que possamos voltar a crescer e atingir melhores resultados nas vendas para o consumidor e impulsionar a produção do setor”.

Mais de 1,1 milhão de contribuintes enviaram declaração do IR de 2013 O número de contribuintes que acertaram as contas com o Fisco passou de 1,1 milhão. Até as 16h de quinta-feira (07/03), a Receita Federal tinha recebido 1.117.956 declarações do Imposto de Renda Pessoa Física, contra 1.047.010 registrados até 11h. O prazo de entrega começou na sexta-feira (1º/03) e vai até as 23h 59min 59s de 30 de abril. Neste ano, o Fisco espera receber mais de 26 milhões de declarações, ante 25.244.122 do ano passado. O programa gerador está disponível na página da Receita Federal desde 25 de fevereiro. Para transmitir a declaração, é preciso instalar também o Receitanet, disponível no mesmo endereço. A Receita publicou um passo a passo na internet com os procedimentos para a entrega da declaração. Está disponível ainda um manual com perguntas e respostas sobre o preenchimento do documento. O contribuinte também conta com uma animação sobre a instalação do programa. Além da internet, a declaração poderá ser encaminhada em disquetes de computador nas agências da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil, durante o horário de funcionamento das agências. Quem entregar depois do prazo pagará multa de R$ 165,74 ou de 20% sobre o imposto devido, prevalecendo o maior valor. As regras para a entrega da declaração estão na Instrução Normativa 1.333, publicada no Diário Oficial da União em 19 de fevereiro. Estão obrigados a declarar os contribuintes que receberam no ano passado ren-

dimentos tributáveis acima de R$ 24.556,65, além dos que tiveram rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, com total acima de R$ 40 mil. A apresentação da declaração é obrigatória para quem obteve, em qualquer mês, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, fez operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas ou obteve receita bruta com a atividade rural superior a R$ 122.783,25. Quem tinha, até 31 de dezembro de 2012, posse de bens ou propriedades, inclusive terra nua, com valor superior a R$ 300 mil, também está obrigado a declarar. O valor limite para dedução com gastos com instrução é R$ 3.091,35, informou o supervisor nacional do Imposto de Renda, Joaquim Adir. Por dependente, o contribuinte pode abater R$ 1.974,72. No caso das deduções permitidas com a contribuição previdenciária dos empregados domésticos, o valor do abatimento pode chegar a R$ 985,96. Não há limites para os gastos com despesas médicas. O contribuinte poderá optar pelo desconto simplificado, que é calculado aplicando-se 20% sobre os rendimentos tributáveis. Nesse caso, não é necessária comprovação e o desconto está limitado a R$ 14.542,60. “Se o contribuinte tiver deduções, como despesas médicas e gastos com instrução que, somadas, fiquem acima desse limite, a sugestão é que se faça a opção pela declaração completa”, diz Adir.

Inflação para famílias com renda até 2,5 salários mínimos recua para 0,17% O Índice de Preços ao Consumidor - Classe 1 (IPC-C1), que mede a inflação para famílias com renda até 2,5 salários mínimos, recuou ao variar 0,17% em fevereiro. Em janeiro, a taxa ficou em 0,98%. Os dados foram divulgados na quinta-feira (07/03) pela Fundação Getulio Vargas (FGV) e mostram que o indicador acumula alta de 6,94%, nos últimos 12 meses. Cinco das oito classes de despesa que compõem o índice apresentaram diminuição nas taxas de variação: habitação (-0,49% para -1,86%), alimentação (2,48% para 1,5%), despesas diversas (4,98% para 0,89%), educação, leitura e recreação (2,31% para 0,64%) e vestuário (0,1% para -0,41%). Nesses grupos, os destaques

partiram dos itens: tarifa de eletricidade residencial (-5,24% para 14,08%), hortaliças e legumes (21,29% para 10,44%), cigarros (9,79% para 1,27%), cursos formais (8,91% para 0,01%) e calçados (0,69% para -0,38%), respectivamente. Ainda segundo a FGV, os grupos que tiveram alta nas taxas de variação foram: saúde e cuidados pessoais (0,19% para 0,5%), transportes (0,42% para 0,72%) e comunicação (0,03% para 0,44%). Nessas classes de despesa, as principais influências partiram dos itens: artigos de higiene e cuidado pessoal (-0,3% para 0,94%), gasolina (-0,06% para 5,10%) e tarifa de telefone residencial (0% para 0,84%), nesta ordem.


Investimentos Curitiba, sexta-feira a domingo, 8 a 10 de março de 2013 | A6 | Indústria&Comércio

NOTAS & Registros BM&FBOVESPA divulga balanço de operações de fevereiro O volume financeiro total no segmento de ações atingiu R$ 140,96 bilhões A BM&FBOVESPA divulgou o balanço de operações referente ao mês de fevereiro. O volume financeiro total no segmento de ações atingiu R$ 140,96 bilhões ante R$ 154,23 bilhões, em janeiro de 2013. A média diária foi de R$ 7,83 bilhões contra R$ 7,34 bilhões registrados em janeiro. O número total de negócios foi de 15.078.756 em fevereiro, enquanto em janeiro foi de 16.635.362. A média diária de negócios foi de 837.709 ante 792.160 no mês anterior. Os mercados derivativos totalizaram 64.633.757 contratos negociados e volume financeiro de R$ 4,63 trilhões em fevereiro, ante 50.603.158 contratos e giro de R$ 3,85 trilhões em janeiro. Ao final do último pregão de fevereiro, o número dos contratos em aberto, no total do mercado, foi de 36.262.253, ante 31.515.489 em janeiro. Confira algumas informações referentes ao mês:

Ações

As ações que registraram maior giro financeiro em fevereiro foram: VALE PNA, com R$ 12,41 bilhões; PETROBRAS PN, com R$ 9,96 bilhões; ITAUUNIBANCO PN, com R$ 5,88 bilhões, BRADESCO PN, com R$ 4,87 bilhões e OGX PETROLEO ON, com R$ 4,54 bilhões.

Índices

O Ibovespa encerrou o mês de fevereiro aos 57.424 pontos, queda de 3,91%. As ações que obtiveram as maiores altas do Ibovespa em fevereiro foram: ELETROBRAS PNB N1 (+19,66%), ALL AMER LAT ON NM (+17,93%), MARFRIG ON NM (+16,16%), EMBRAER ON NM (+15,71%) e V-AGRO ON NM (+14,63%). As maiores baixas registradas foram: ELETROPAULO PN N2 (-28,87%), OGX PETROLEO ON NM (-28,08%), PETROBRAS ON (-25,88%), MMX MINER ON NM (-24,94%) e USIMINAS ON N1 (-24,73%).

Valor de mercado

O valor de mercado (capitalização bursátil) das 363 empresas com ações negociadas na BM&FBOVESPA, ao final de fevereiro, foi de R$ 2,46 trilhões. Em janeiro, esse valor era de R$ 2,51 trilhões, referente a 362 companhias.

Níveis diferenciados

Em fevereiro, as 179 empresas integrantes dos Níveis Diferenciados de Governança Corporativa da BM&FBOVESPA representavam 68,08% do valor de mercado, 84,31% do volume financeiro e 98,27% dos negócios realizados no mercado a vista. Ao final de janeiro, também eram 178 empresas, que representavam 67,11% do valor de mercado, 83,47% do volume financeiro e 87,91% da quantidade de negócios.

Remuneração a acionistas

Em fevereiro de 2013, a movimentação financeira decorrente dos Eventos de Custódia gerenciados pela BM&FBOVESPA atingiu R$ 1,61 bilhão. Desse montante, R$ 898,86 milhões referem-se a dividendos e R$ 275,25 milhões a juros sobre capital próprio, pagos a acionistas usuários da Custódia da BM&FBOVESPA. Em janeiro de 2013, os valores movimentados foram de R$ 3,05 bilhões no total, dos quais R$ 1,58 bilhão refere-se a dividendos e R$ 312,39 milhões a juros sobre capital próprio.

Participação dos mercados

Em fevereiro, o mercado a vista (lote-padrão) respondeu por 96% do volume financeiro; seguido pelo de opções, com 2,7%; e pelo mercado a termo, com 1,3%. O After Market movimentou R$ 881,65 milhões, com a realização de 54.431 negócios, ante R$ 1,4 bilhão e 78.211 transações no mês anterior.

Clubes de investimento

Em janeiro (últimos dados disponíveis), o total de clubes investimento registrados era de 2.171. Até o final do mês de dezembro, o patrimônio líquido era de R$ 7,85 bilhões e o número de cotistas estava em 66.133.

Participação dos investidores

Em fevereiro, os investidores estrangeiros lideraram a movimentação financeira no segmento Bovespa, com participação de 41,38% ante 40,01%, em janeiro. Na segunda posição, ficaram os investidores institucionais, que tiveram participação de 33,08%, ante 34,51%. As pessoas físicas movimentaram 15,86%, ante 16,86%. As instituições financeiras ficaram com 8,75% ante 7,73%; e as empresas, com 0,91%, ante 0,86% do mês anterior.

Investimento Estrangeiro

Em 2013, os investimentos estrangeiros nos papéis de empresas brasileiras até fevereiro atingiu volume positivo de R$ 7,50 bilhões, resultado de R$ 562,44 milhões ofertados no Brasil e o saldo positivo de R$ 6,94 bilhões na negociação no mercado secundário da BM&FBOVESPA. No mês de fevereiro, o balanço da negociação dos investidores estrangeiros na BM&FBOVESPA foi positivo em R$ 2,37 bilhões, resultado de vendas no valor de R$ 57,06 bilhões e de compras de ações de R$ 59,43 bilhões. A participação dos estrangeiros nas ofertas públicas de ações, incluindo IPO’s, representa 57,7% do total de R$ 975,48 milhões das operações realizadas com Anúncios de Encerramento publicados até 05 de março de 2013, conforme tabela disponível na sala de imprensa do site.

Investidores individuais

O número de contas de investidores pessoas físicas no mercado de ações foi de 586.211 em fevereiro. Ao final de janeiro, o número era de 583.527.

ETFs

Os 15 ETFs (Exchange Traded Funds, na sigla em inglês) negociados na BM&FBOVESPA totalizaram 75.589 negócios em fevereiro, ante 73.069 em janeiro. O volume financeiro foi de R$ 1,80 bilhão, ante 1,92 bilhão em janeiro. O ETF BOVA11, que acompanha o Ibovespa, obteve volume financeiro de R$ 1,68 bilhão em 69.277 negócios, ante um volume de R$ 1,74 bilhão e 63.124 negócios registrados no mês anterior.

Bovespa

Ações das empresas de Eike Batista apresentam forte alta Acordo com o banco Pactual foi bem aceito no mercado de ações Ações do grupo EBX, do empresário Eike Batista, disparavam no início dos negócios desta quintafeira (7/03), após anúncio de acordo de cooperação estratégica com o banco BTG Pactual, informa a Agência Reuters. Às 10h25, a ação da OGX subia 17,5 por cento, LLX tinha alta de 8,6 por cento, MMX avançava 18 por cento. Enquanto isso, o Ibovespa subia 1,85 por cento. Às 15h50, os papéis da petrolífera OGX ganhavam 20,89%; enquanto a LLX, de logística, tinha alta de 13,12%; e a mineradora MMX, de 17,36%. Fora do Ibovespa (principal índice da Bolsa), a empresa de construção naval OSX subia 10,93%.

Cooperaçãoestratégica O grupo EBX e o BTG Pactual anunciaram nesta quarta-feira (6/03) que fizeram uma parceria de cooperação estratégica, envolvendo assessoria financeira, linhas de crédito e futuros investimentos de capital de longo prazo para projetos do grupo liderado por Eike Batista. Segundo o comunicado, a parceria contará com um comitê de gestão estratégica e financeira composto por executivos do BTG, do banqueiro André Esteves, e da EBX. O comitê, liderado por ambos os empresários, se reunirá semanalmente. Pelo acordo, a remuneração do BTG dependerá do desempenho das empresas do grupo EBX, as quais atuam em setores como petróleo e energia, mineração e logística.

Valorização

O portal da revista Exame, aponta que a alta nas cotações resultaram numa elevação de cerca de 2,8 bilhões de reais no valor de mercado das companhias de Eike, segundo cálculos da Thomson Reuters. A parceria, anunciada na noite da véspera, também prevê futuros

investimentos de capital de longo prazo para projetos da EBX, aliviando preocupações sobre os desafios financeiros e operacionais do grupo. A entrada de Esteves e seu banco ocorre num momento em que as empresas de Eike -- a maioria em fase pré-operacional -- sofrem com a crescente desconfiança do mercado, diante de atrasos em projetos e resultados operacionais abaixo do esperado. “(O acordo) faz sentido, as coisas não andaram tão rápido como o esperado e o dinheiro está acabando,” disse Pedro Galdi, analista de companhias de petróleo e mineração da SLW Corretora em São Paulo. “As companhias do Eike precisam de muito capital e de um parceiro de crédito.” Às 14h45, a ação da petrolífera OGX ampliava ganhos de mais cedo na sessão e saltava 22,3 por cento, para 3,57 reais, a mineradora MMX disparava 15,4 por cento, 3,59 reais, e companhia de logística LLX tinha forte alta de 13,6 por cento, a 2,51 reais. Enquanto isso, o Ibovespa, referencial do mercado paulista, subia 2

por cento e as units do BTG tinham valorização de 2,33 por cento. Fora do índice, o destaque era a empresa de estaleiros OSX, que também ampliava ganhos para 10,8 por cento, enquanto a companhia de energia MPX subia 1,7 por cento. Para o estrategista Luis Gustavo Pereira, da Futura Corretora, a parceria é “muito interessante” para o grupo EBX e ajuda a dissipar preocupações do mercado com relação a caixa e acesso a financiamentos das empresas controladas por Eike. “Isso também pode beneficiar as empresas em termos de potenciais clientes para o porto de Açu e contratos da OSX, por exemplo.” Na quarta-feira, a petrolífera BP anunciou joint venture com a EBX para a formação de uma distribuidora de combustíveis marítimos no porto Além da reação positiva do mercado ao anúncio da parceria com o BTG, Pereira citou que o forte avanço das ações das empresas “X” nesta sessão também reflete cobertura de posições vendidas (que apostam na queda dos papéis).

Para Hamilton Alves, analista sênior do BB Investimentos em São Paulo, o acordo entre o empresário e Esteves deve ajudar a estruturar melhor o grupo do empresário. “Até então era a figura do Eike tocando tudo sozinho, mas agora ele tem um banco de investimento muito bem estruturado por trás”, disse Alves, ponderando, porém, que “essa alta toda (das ações da empresas de Eike) é um certo exagero (...) O acordo é mais para o médio e longo prazos”. Na linha do analista do BB, Dany Rappaport, que administra 320 milhões de reais em ativos na InvestPort em São Paulo mostrava dúvidas sobre os efeitos da parceria que justifiquem a valorização dos papéis. “Não vejo como isso vai imediatamente resolver as deficiências operacionais da EBX (...) O BTG Pactual ganhou muita experiência recuperando empresas similares a algumas do grupo EBX, o que é encorajador de certo modo, mas neste momento é difícil avaliar qual será o impacto (do acordo)”, disse Rappaport.

Projeto de Eike para revitalizar Marina no Rio é aprovado pelo Iphan Negociador agressivo, planeja construir na Marina da Glória O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) aprovou anteprojeto polêmico do Grupo EBX que prevê a construção de lojas e a chamada “revitalização” da área usada para eventos na Marina da Glória, no Parque do Flamengo, tombado em 1965. O empresário Eike Batista planeja construir uma estrutura de 15 metros de altura no local, que seria usado como centro de convenções. O projeto para a Marina vem sendo apresentado ao Iphan desde 1998. A última proposta, do arquiteto Índio da Costa, foi submetida à apreciação em 2010 e rejeitada pela superintendência no Rio em julho do ano passado. Na ocasião, o veto ocorreu em função de cinco pontos: ocupação da área de piqueniques e do bosque do parque; aumento do número de vagas de estacionamento; ampliação do molhe da enseada; aumento do número de fingers; e criação de uma passagem elevada de pedestre. Índio da Costa encaminhou recurso à presidência do Iphan em dezembro com mudanças no projeto e obteve a decisão favorável em 29 de janeiro. Segundo o Iphan, em relação aos cinco pontos críticos apontados pela superintendência, a nova versão “não ocupa a zona de piqueniques e do bosque; concentra as vagas de estacionamento em um único espaço (já com essa destinação); não amplia o molhe da enseada; mantém o número de fingers (10); e detalha a passagem

elevada de pedestre proposta”. O Iphan autorizou a elaboração de um projeto executivo, solicitando “maior desenvolvimento e detalhamento de pontos específicos”. O projeto final ainda deverá ser submetido à aprovação do Iphan e apreciado pelo Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural.

Vitória

Foi uma vitória para o empresário Eike Batista. O primeiro projeto para a Marina, elaborado

pela Empresa Brasileira de Terraplanagem e Engenharia, foi vetado por unanimidade, porque ampliava a área edificada no parque. Os planos da EBX para a área, porém, não estão muito claros. A empresa informou que pretende “aprimorar o que existe e aprofundar as discussões” sobre o uso da Marina. “Há dois anos estamos cumprindo todas as exigências dos órgãos públicos para aprovação da revitalização. O processo de licenciamento no

Instituto Estadual do Ambiente, que aguarda a aprovação do Iphan, é o momento de debate com a comunidade, quando são realizadas audiências públicas.” De acordo com a EBX, as vagas para barcos serão ampliadas de 200 para 500. Professor da Universidade Federal Fluminense (UFF) e diretor do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB), Pedro da Luz criticou a falta de divulgação e discussão sobre o projeto. “O processo deveria ser mais transparente.


Publicidade Legal Indústria&Comércio | Curitiba, sexta-feira a domingo, 08 a 10 de março de 2013 | A7 SÚMULA DE PEDIDO DE RENOVAÇÃO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO A Sanetran Saneamento Ambiental S/A torna público que requereu ao IAP, Renovação de Licença de Operação para os serviços de coleta e transporte de resíduos domiciliares, serviços de saúde, quimioterápicos, resíduos perigosos Classe I e Classe II não inertes e coleta, transporte e processamento (prensagem e enfardamento) de embalagens vazias de agrotóxicos, implantado na Avenida Vereador Wadislau Bugalski nº. 7.427, Caixa Postal nº. 128, Bairro Taboão, município de Almirante Tamandaré, Estado do Paraná, CEP 83507-270. REGISTRO DE IMÓVEIS - RESGISTRADORA: ENEIDE CUNICO SCHWAB – CPF:322.539.829/20 RUA VISCONDE DO RIO BRANCO N º 1.341 – 1 º ANDAR - COMARCA DE CURITIBA – ESTADO DO PARANÁ - EDITAL DE INTIMAÇÃO - Eneide CunicoSchwab, oficial do 4 º serviço de registro de imóveis da comarca de Curitiba, Estado do Paraná, INTIMA PAULO ROBERTO PEREIRA e sua esposa CRISTIANE APARECIDA SILVA PEREIRA, brasileiros, ele empresário, portador da CI.RG nº 6.086.6473/PR e CPF 872.231.719-87,ela gerente administrativa, portadora da CI. RG nº5.944.023-2/PR, inscrita no CPF: 728.856.619-68, com domicilio nesta cidade e endereço ignorado, tendo em vista que no endereço indicado pela credora, qual seja: Rua PierinaBertuzziBorin; n º 112, Umbará, nesta cidade, os notificandos não foram localizados, (§4º do art.26, da – Lei 9.514/97), para que, no prazo de quinze dias contados da última publicação do presente edital (que será feita em três dias), compareçam na sede do cartório, com endereço na rua Visconde do Rio Branco, 1341, 1º andar ou diretamente a credora para efetuar o pagamento das parcelas ( prestações) em atraso, referente ao contrato de compra e venda com pacto adjeto de alienação em garantia e emissão de cédula de crédito imobiliário, firmado em 29/09/2011, que tem como garantia fiduciária o imóvel descrito na matricula 357, concedido pelo Banco Intermedium S/A; sendo que os valores das parcelas em atraso sofrerão correções e reajustes conforme o previsto no contrato de aquisição do imóvel, formalizado com a credora já referida. Após o prazo de quinze (15) dias, e não tendo sido purgada a mora, a propriedade do imóvel será consolidada e transferida a credora fiduciária, como previsto na Lei Federal 9.514 de 20/11/1997, art. 26, §§ 1º e 7º. Curitiba, 05 de dezembro de 2012. Eneide CunicoSchwab - Registradora.

4º Serviço de Registro Civil de Pessoas Naturais e 16º Serviço Notarial da Comarca de Curitiba/PR. ADILSON TABORA - Titular Rua Voluntários da Pátria, 233, loja 06, Centro – Curitiba-PR fone: 3233-2444 Faço saber que pretendem casar-se: 01 – MANOEL ANTONIO FARDO E DANIELY DOLINE 02 – CICERO VICTOR MUNARETTO E NATALIA DA COSTA 03 – THIAGO HIROSHI KITANISHI E HEYDI LYS BASTOS ROJAS CORTEZ 04 – DIOGO CORTES DE CAMARGO E MARINA DE OLIVEIRA PIMENTEL 05 – RODRIGO THIESEN MULLER E ELISE VIVAN TANIGUCHI 06 – JUNIOR HANG E PAULA PORCINO 07 – CRISTIANO VALLE AFONSO E ALINE DE MELO BRANDÃO -8 - JORGE GUERREIRO HOLANDA E CARLA CINARA PILATTI 09 – CLOVIS NEI DA FONSECA RODRIGUES E CELIA MARIA LOPES DE BRITO 10- RODRIGO KEMFER TURMINA E ANNA FRANCO VIEIRA DE OLIVEIRA 11 – MAGNO EDUARDO DE MORAES E PRISCYLA VASCONCELOS DE MOURA 12 – MARCELO GOMES MOREIRA E PRISCILA MATOS GERN 13 – ANTONIO BERNARDO SANTOS PEREIRA E DANIELA MEISTER PEREIRA 14 – UIBIRA 15 – ISRAEL JAIME REISS E ROSILDA RODRIGUES DE LIMA 16 – ERNANI BODZIAK E DAMARIS JACINTO DA SILVA Se alguém souber de algum impedimento oponha-o na forma da lei, no prazo de quinze (15) dias. Este será afixado no lugar de costume e publicado na imprensa local. Curitiba, 07 de março de 2013. Adilson Taborda Agente Delegado

3º OFÍCIO DE REGISTRO CIVIL E 15º TABELIONATO DE PESSOAS NATURAIS Município e Comarca de CURITIBA, Estado PARANÁ Bel. Mônica Maria Guimarães de Macedo Dalla Vecchia Registradora Designada

  Faço saber que pretendem se casar:   01- ROBERSON THIAGO GAUER e KÉLI PEREIRA MARTINS.   Se alguém souber de algum impedimento, oponha-o na forma da lei no prazo de 15 (quinze) dias. CURITIba, 07 DE MARÇO de 2013

DEPARTAMENTO DE ESTRADAS DE RODAGEM AVISO N.º 58- 2013 ABERTURA DE LICITAÇÃO CONCORRÊNCIA N.º 0007/2012- DER/SRCGERAI OBJETO: Serviços de Engenharia para reforma e readequação do prédio que abrigará a nova sede da Gerência Técnica da Superintendência Regional Campos Gerais. PREÇO MÁXIMO: R$ 109.059,76 VALOR DO EDITAL R$ 50,00 (Cinquenta reais) RECEBIMENTO DOS ENVELOPES: Até o dia 11 de abril de 2013 durante o horário normal de expediente do Protocolo Geral da(o) DER/SRCGERAI. DATA DE ABERTURA:12 de abril de 2013 às 09:00 horas. AUTORIZAÇÃO: Nelson Leal Junior - Diretor Geral do DER em 25/02/2013 N.º DO PROCESSO: 117356655/2012 ENTREGA E INFORMAÇÕES SOBRE A LICITAÇÃO: Setor de Licitações da SRCGERAIS do DER/Pr. Localizada à BR 376 Km 494,3 nos horários compreendidos das 08:00 às 11:30 e das 13:30 às 18:00 horas, Fone (42) 32191800 Fax (42) 3229-2262 e no compraspr (www.pr.gov.br/compraspr). Ponta Grossa, 06/03/2013. Eraldo Cordeiro Silvestre Presidente da Comissão de Licitação SRCGERAIS

HOSPITAL DE CLÍNICAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ

AVISO DE LICITAÇÃO Processo nº 043467/2012-18 - PREGÃO ELETRÔNICO Nº 10/2013 Envio de propostas a partir de 08/03/2013, com abertura para lances na data de 20/03/2013, horário: 14h00min, disponível no site www.comprasnet.gov.br. Objetivo: Implantação de Sistema do Registro de Preços, com vigência de 12 (doze) meses, para aquisição parcelada, conforme necessidade, de INSUMOS LABORATORIAIS. O objeto atenderá o Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná. Os interessados poderão obter todas as informações necessárias a respeito com a Comissão de Licitação pelo telefone (0xx41) 3360-1831. Tânia Mara Ziolkoski – Pregoeira.

Publique-se.

Profa. Dra. Heda Maria Barska dos Santos Amarante Diretora Geral do HC

HOSPITAL DE CLÍNICAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ

AVISO DE LICITAÇÃO Processo nº 050334/2012-06 - PREGÃO ELETRÔNICO Nº 26/2013 Envio de propostas a partir de 08/03/2013, com abertura para lances na data de 20/03/2013, horário: 11h00min, disponível no site www.comprasnet.gov.br. Objetivo: Implantação de Sistema do Registro de Preços, com vigência de 12 (doze) meses, para aquisição parcelada, conforme necessidade, do PRODUTO GÁS GLP 45 kg e GLP 13Kg. O objeto atenderá o Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná. Os interessados poderão obter todas as informações necessárias a respeito com a Comissão de Licitação pelo telefone (0xx41) 3360-1831. Tânia Mara Ziolkoski – Pregoeira.

Publique-se.

Profa. Dra. Heda Maria Barska dos Santos Amarante Diretora Geral do HC

UNIODONTO PARANÁ – FEDERAÇÃO ESTADUAL DAS COOPERATIVAS ODONTOLÓGICAS CNPJ 72.510.472/0001-03 NIRE 20126769265 EDITAL DE CONVOCAÇÃO – ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORINÁRIA O Presidente da UNIODONTO PARANÁ – Federação Estadual das Cooperativas Odontológicas, Dr. PAULO HENRIQUE CARIANI, no uso das atribuições que lhe confere o do Art. 33 do Estatuto Social, convoca os Delegados cujo número nesta data é de 04 (Quatro), para reunirem-se na Assembléia Geral Extraordinária – AGE, a ser realizada no dia 18 de Março de 2013, na Uniodonto de Curitiba, sito à Rua Miguel Poholink, 130, Hauer, Curitiba-PR, CEP 81.610-220, às 10h30 min, em primeira convocação com a presença de 2/3 (dois terços) do número de Delegados das Cooperativas Singulares Federadas; às 11h30min., em segunda convocação com a presença da metade mais um do número de Delegados das Cooperativas Singulares Federadas; às 12:30 horas em terceira e última convocação, com a presença de qualquer número de Delegados das Cooperativas Singulares Federadas, para deliberar sobre o seguinte: ORDEM DO DIA: I – REFORMA DO ESTATUTO SOCIAL II - Outros assuntos de interesse da Uniodonto Paraná – Federação Estadual das Cooperativas Odontológicas, excluídos os enumerados do Art. 30 do Estatuto Social. Curitiba, 07 de março de 2013. Dr. PAULO HENRIQUE CARIANI Presidente da Uniodonto Paraná – Federação Estadual das Cooperativas Odontológicas.

RIO NEGRINHO PARTICIPAÇÕES S.A. CNPJ/MF 13.504.768/0001-44 NIRE 35.300.392.779 ATA DA ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA REALIZADA EM 10 DE DEZEMBRO DE 2012 1. DATA, HORA E LOCAL: Realizada aos 10 (dez) dias do mês de dezembro de 2012, às 17h00, na sede social da companhia, na cidade de São Paulo, Estado de São Paulo, na Rua Fradique Coutinho, nº 1.271, parte, Vila Madalena, CEP 05416-011 (“Companhia”). 2. CONVOCAÇÃO E PRESENÇAS: Dispensada as formalidades de convocação, conforme o disposto no artigo 124, §4º, da Lei nº 6.404, de 15.12.1976, conforme alterada (“Lei das Sociedades por Ações”), tendo em vista a presença de acionistas representando a totalidade do capital social, conforme assinaturas constantes do Livro de Presença de Acionistas. 3. MESA: Os trabalhos foram presididos pelo Sr. Manfred Werno Krapp e secretariados pelo Sr. Cícero Alessandro Guérios. 4. ORDEM DO DIA: deliberar sobre: (i) alteração da sede social da Companhia; (ii) aumento do capital social da Companhia; (iii) ratificação e consignação da eleição dos Diretores da Companhia; (iv) alteração da estrutura da administração da Companhia com a criação do Conselho de Administração; (v) eleição dos membros do Conselho de Administração da Companhia; e (vi) reformulação e consolidação do Estatuto Social da Companhia. 5. DELIBERAÇÕES: Após a discussão das matérias constantes na Ordem do Dia, foi deliberado, por unanimidade de votos, e sem quaisquer restrições, o quanto segue: 5.1. Alterar a sede social da Companhia da cidade de São Paulo, na Rua Fradique Coutinho, nº 1.271, parte, Vila Madalena, CEP 05416-011 para a cidade de Araucária, Estado do Paraná, na Rua Doutor Valério Sobânia, nº 500, 2º andar, sala 3, Bairro Thomaz Coelho, CEP 83.707-125. 5.2 Em virtude da deliberação acima, resolveram os acionistas alterar o artigo 2º do Estatuto Social da Companhia, que passa a vigorar com a seguinte redação: “Artigo 2º A Companhia tem sede na cidade de Araucária, Estado do Paraná, na Rua Doutor Valério Sobânia, nº 500, 2º andar, sala 3, Bairro Thomaz Coelho, CEP 83.707-125, podendo abrir, manter e fechar filiais, escritórios, depósitos, agências de representações ou outras dependências de qualquer natureza no País e no exterior, mediante deliberação da Assembleia Geral da Companhia.” 5.3. Aumentar o capital social da Companhia dos atuais R$500,00 (quinhentos reais) para R$175.050.500 (cento e setenta e cinco milhões, cinquenta mil reais e quinhentos reais), sendo referido aumento no valor de R$175.050.000,00 (cento e setenta e cinco milhões e cinquenta mil reais reais), mediante a emissão de 175.050.000 (cento e setenta e cinco milhões e cinquenta mil ) novas ações ordinárias, nominativas e sem valor nominal, pelo preço de emissão de R$1,00 (um real) por ação. As ações ora emitidas são totalmente subscritas e serão integralizadas pelos acionistas Florestal Santa Rita do Tocantins Ltda. e Berneck S.A. Painéis e Serrados, conforme consta do Boletim de Subscrição, que passa a fazer parte da presente ata na forma de Anexo I – A e B, da seguinte maneira: (i) a Berneck S.A. Painéis e Serrados subscreve 89.275.500 (oitenta e nove mil, duzentas e setenta e cinco mil e quinhentas) ações ordinárias, nominativas e sem valor nominal, no valor de R$1,00 (um real), a serem integralizadas no prazo de 48 (quarenta e oito) horas a contar da realização desta assembléia, em moeda corrente nacional, mediante transferência imediata dos fundos disponíveis através de transferência eletrônica de fundos – TED para a conta corrente da Companhia; e (ii) a Florestal Santa Rita do Tocantins Ltda. subscreve 85.774.500 (oitenta e cinco mil, setecentas e setenta e quatro mil e quinhentas) ações ordinárias, nominativas e sem valor nominal, no valor de R$1,00,a serem integralizadas no prazo de 48 (quarenta e oito) horas a contar da realização desta assembléia, em moeda corrente nacional, mediante transferência imediata dos fundos disponíveis através de transferência eletrônica de fundos – TED para a conta corrente da Companhia. 5.4. Ratificar e consignar a eleição dos Srs. Manfred Werno Krapp, ao cargo de Diretor Financeiro, e Fernando Alberto Zamorano Sarrúa ao cargo de Diretor de Operações, conforme eleitos em Assembleia Geral Extraordinária realizada em 27 de setembro de 2012. O mandato dos diretores vigorará até a Reunião do Conselho de Administração subsequente à Assembleia Geral Ordinária a ser realizada no ano de 2015. 5.5. Alterar a estrutura de administração da Companhia com a criação do Conselho de Administração e a alteração das denominações dos cargos da Diretoria, composto por 1 (um) Diretor Financeiro e 1 (um) Diretor de Operações, com mandatos de 3 (três) anos, de maneira a estabelecer que a administração competirá ao Conselho de Administração e à Diretoria, passando, assim, os dispositivos do Capítulo III do Estatuto Social a vigorar nos termos da proposta do novo Estatuto Social da Companhia, anexo à presente ata como Anexo II. 5.6. O Conselho de Administração será composto por 3 (três) membros titulares e 3 (três) membros suplentes, com mandato de 3 (três) anos, permitida a reeleição. Diante da criação do Conselho de Administração da Companhia, os acionistas resolvem eleger como conselheiros e membros efetivos do referido órgão: (i) Gilson Mueller Berneck, brasileiro, casado, industrial, portador da cédula de identidade (RG) nº 561.262-4-SSP-PR e inscrito no CPF/MF sob nº 000.960.599-15, residente e domiciliado na Rua Hermes Fontes, nº 936, Batel, Curitiba, Paraná, CEP 80.440-070; (ii) Claudio Luiz Ortolan, brasileiro, casado, engenheiro químico, portador da cédula de identidade (RG) nº 591.908 - SSP-SC e inscrito no CPF/MF sob nº 347.781.289-15, com endereço profissional na Rua Pasteur, 463, 13º andar, Batel, Curitiba, Paraná, CEP 80.250-080; e (iii) Tarcísio Araújo Kroetz, brasileiro, casado, advogados, inscrito na Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional do Paraná, sob nº 17.515, com endereço profissional na Rua Lysímaco Ferreira da Costa, nº 80, Centro Cívico, Curitiba, Paraná, CEP 80530-100; e como membros suplentes do referido órgão: (i) Manfred Werno Krapp, brasileiro, casado, contador, portador da cédula de identidade (RG) nº 1.296.372 - SSP-PR e inscrito no CPF/MF sob nº 201.341.939-20, residente e domiciliado na Rua Professora Maria do Carmo Martins, nº 294, Jardim Virgínia II, Santa Felicidade, Curitiba, Paraná, CEP 82.300-560; (ii) Fernando Alberto Zamorano Sarrúa, chileno, casado, engenheiro florestal, portador da cédula de identidade (RNE) nº V533917-1-CGP/DIREX/DPF-PR e inscrito no CPF/MF sob nº 011.404.549-60, com endereço profissional na Rua Pasteur, 463, 13º andar, Batel, Curitiba, Paraná, CEP 80.250080; e (iii) Rodrigo Costenaro Cavali, brasileiro, casado, advogado, inscrito na Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional do Paraná, sob n° 33.065, portador da cédula de identidade (RG) n° 6.027.008-2-SSP-PR e inscrito no CPF/MF sob n° 030.055.879-16, com endereço profissional na Rua Lysímaco Ferreira da Costa, n° 80, Centro Cívico, Curitiba, Paraná, CEP 80530-100. 5.6.1. Os membros do Conselho de Administração ora eleitos aceitaram os cargos para os quais foram eleitos, afirmando que conhecem plenamente a legislação, e declarando que não estão incursos em nenhum dos crimes previstos em lei que os impeçam de exercer as atividades empresárias, ou a administração de sociedades empresárias. 5.7. Os acionistas resolvem reformular o Estatuto Social, o qual, já refletindo as alterações acima e outras mudanças, passa a vigorar na forma do Anexo II à presente ata. 6. ENCERRAMENTO: Nada mais havendo a ser tratado, o Sr. Presidente deu por encerrada a Assembleia, da qual se lavrou a presente ata que, lida e achada conforme, foi por todos assinada. (aa) Presidente: Manfred Werno Krapp; Secretário: Cícero Alessandro Guérios. Acionistas: Berneck S.A Painéis e Serrados; Florestal Santa Rita do Tocantins Ltda. Confere com o original, lavrado em livro próprio. São Paulo, 10 de dezembro de 2012. Manfred Werno Krapp – Presidente e Cícero Alessandro Guérios – Secretário.

McDonald’s inova com painel que traz informações sobre calorias de seus produtos Desde ontem (7,) o McDonald’s informará as calorias dos produtos em seus menus em todos os 700 restaurantes do país. A iniciativa inclui todos os produtos do menu, incluindo aqueles do café da manhã e sobremesas. O objetivo é tornar a informação mais acessível e clara aos consumidores, que já contavam com os dados nutricionais nas embalagens, no verso das lâminas de bandeja, em pôsteres afixados nas paredes dos restaurantes, além do site da empresa, www.mcdonalds.

com.br. A ação também será adotada até o fim deste ano nos restaurantes McDonald’s dos demais países da América Latina. O objetivo é que os consumidores tenham acesso fácil às informações sobre as calorias dos produtos. Com isso, cada um dos 1,7 milhão de consumidores que frequentam os restaurantes da rede diariamente poderá optar pela quantidade de calorias que vai consumir e o quanto de energia será fornecido a seu organismo. A iniciativa é resultado do constante

trabalho da companhia em atender às necessidades dos consumidores, cada vez mais interessados sobre a boa qualidade e as informações nutricionais do que consomem. “Trata-se de mais um passo que reforça a transparência e o nosso diálogo com o consumidor”, ressalta Roberto Gnypek, Diretor de Planejamento e Marketing da Arcos Dourados, empresa que opera a marca McDonald’s no Brasil. Gnypek ressalta que os clientes poderão ver as calorias dos produtos individuais

bem como as dos combos que já incluem McFritas ou salada de acompanhamento, mais uma bebida. O McDonald’s também lançou, em fevereiro, a campanha “Além da Cozinha”, para apresentar a alta qualidade dos ingredientes que utiliza. Desde fevereiro, anúncios em revistas e TV, o site www.alemdacozinha.com.br e mídias sociais mostram depoimentos de fornecedores, funcionários e clientes. Ao longo do ano, mais detalhes sobre a cadeia produtiva poderão ser vistos.

Empresas&Produtos Curitiba recebe Conferência Espírita A XV Conferência Estadual Espírita acontece entre os dias 8 e 10 de março, no ExpoTrade em Pinhais. O evento, que tem como tema “Amanhecer de uma nova era”, reúne grandes conferencistas do Brasil e aguarda a presença de cerca de 35 mil espíritas e simpatizantes durante os três dias. São esperados representantes de outras cidades do Paraná, de outros Estados e outros países. A abertura será hoje (8), às 20h, com apresentação do Coral do Centro Espírita Ildefonso Correia, seguida da conferência do orador espírita Divaldo Pereira Franco (BA). No sábado (9) e no domingo (10) haverá seminários e palestras pelos conferencistas Alberto Almeida (PA), Haroldo Dutra Dias (MG), Sandra Borba (RN), Sandra Della Pola (RS) e Suely Caldas Schubert (MG).

LET'S MÍDIA ASSUME nova conta A agência Let’s Mídia Comunicação Integrada conquistou mais um parceiro. Desde 6 de março, a agência fica responsável por toda a comunicação do Restaurante e Pizzaria Manga Rosa, o qual já possuí anos de tradição. "Estamos muito contentes por esta nova parceria. Temos certeza de que as duas empresas, trabalhando em conjunto, terão um resultado cada vez melhor e superando as expectativas de ambas as partes. Até porquê, a Manga Rosa já se mostrou uma empresa visionária e com grandes planos para seu futuro", diz Fernando Valois, Diretor Executivo da Let's Mídia. A agência planeja focar a comunicação da casa em mídias convencionais, bem como mídias virtuais, além de prestar Assessoria de Imprensa e Marketing, um dos focos centrais desta nova parceria. Conhecido por ter um alto padrão de qualidade, utilizando somente alimentos com procedência certificada, o restaurante e pizzaria Manga Rosa oferece os melhores pratos à la carte, buffet para o almoço e uma magnífica feijoada aos sábados, tudo aliado a um atendimento de excelência. O Delivery, outro grande diferencial da casa, garante na entrega o mesmo sabor e textura original de quando as pizzas saíram do forno. O Restaurante e Pizzaria Manga Rosa está localizado na Avenida Souza Naves, nº 1845, no bairro Cristo Rei, em Curitiba. O local também possui acesso especial para cadeirantes. Informações e reservas pelo telefone 41 3023-0909.

LUMINÁRIA DA IDEALLY PREMIADA O pendente Couche 60, da Art Maison, encontrado com exclusividade na Ideally Iluminação, em Curitiba, acaba de ser premiado na categoria Design do IF Design Awards 2013, uma das mais expressivas premiações mundiais de design. O troféu IF Gold foi entregue aos vencedores no dia 22 de fevereiro, na Alemanha, durante a semana de design de Munique. A peça, desenvolvida pelo designer Fernando Bernucci, chama a atenção pelas camadas de tecidos recortadas a laser em forma de círculos, que dão a ela um toque contemporâneo. A premiada Couche 60 já venceu outros três prêmios, como o prestigiado Good Design, de Chicago (EUA), na categoria Lighting e, nacionalmente, os reconhecidos prêmios Design Museu da Casa Brasileira e IDEA/Brasil 2011. O modelo da luminária Couche 60, porém com os recortes quadrados, pode ser visto com frequência no horário nobre da televisão, em várias cenas da novela Salve Jorge, da Rede Globo. Premiada pelo Museu da Casa Brasileira em 2011, ela decora a sala da casa da delegada Heloísa, vivida pela atriz Giovana Antonelli, locação de diversas cenas da personagem.

Crematório promove encontro Nesta sexta-feira (08), o médium Jorge J Matievicz trabalha a o equilíbrio e a fé em evento na Capela do Crematório Vaticano (na Rua Des. Hugo Simas, 26 – Bairro São Francisco), em Curitiba. Os encontros acontecem em dois horários, um com início às 16h e outro às 19h. Para este evento os participantes podem esperar ensinamentos para tornar ainda melhor a vida de cada um. “Os presentes deixam os encontros com a fé fortificada e a certeza de que é possível construir uma vida melhor”, conta Mylena Cooper, sócia proprietária do Crematório Vaticano. A cada novo encontro, mais de cem pessoas participam da palestra do paranormal. Para Jorge, ver que está ajudando a melhorar a vida dos presentes com os ensinamentos é gratificante. “Sempre volto para casa com a impressão de dever cumprido, pois há pessoas que sofrem há anos e saem sem dor. Se uma vida for mudada, já valeu”, explica. O médium não possui vínculo com nenhuma religião. O evento é gratuito e aberto ao público. Mais informações pelo telefone (41) 3153-7427.

EXTRA E Grazi Massafera A protagonista da nova novela das seis da TV Globo, Grazi Massafera, é a celebridade que vai representar a moda do Extra ao longo de 2013. A revista/catálogo traz um editorial com a bela vestindo os looks da coleção outono/inverno da rede. A atriz também vai estrelar o filme da campanha na TV aberta em horário nobre, a partir de hoje (8). Grazi aparece brincando com molduras, que viram fotos descontraídas vestindo os looks da coleção. “As molduras vão fazer parte de toda a comunicação da coleção, fazendo referência aos destaques e tendências de moda que estão aplicadas em cada peça”, explica Daniel Milagres, Gerente de Marketing do Extra. A gravação foi realizada na cidade de São Paulo, durante as folgas nas gravações de Flor do Caribe. Grazi é adepta ao estilo high low e sabe aproveitar as ofertas, com muito bom gosto. “Eu adoro garimpar roupas bonitas e baratas. Procuro bem e sempre encontro. E, pode ter certeza, uso mesmo”, diz Grazi Massafera.


Judiciário Curitiba, sexta-feira a domingo, 08 a 10 de março de 2013 | A8 | Indústria&Comércio www.justicaedireito.com

www.macedocunha.com.br

Dr.FranciscoCunha GUARDA DE FILHOS : COMPARTILHADA ALTERNADA A guarda compartilhada é instituto do Direito de Família que propõe o compartilhamento igualitário entre os pais separados (independente se casados ou não) da convivência e de todas as responsabilidades relacionadas à vida dos filhos. É distinta da guarda unilateral, que delega o papel de guardião a apenas um dos pais e concede ao outro o mero direito de visitas. Ao menos para a legislação brasileira, a guarda compartilhada não pode ser confundida com a guarda alternada, na qual a criança reside períodos alternados com cada um dos pais. Essa espécie de guarda (alternada) nãotem sido bem vista pelo Poder Judiciário, além de ser muito contestada por renomados profissionais no âmbito da psicologia. Na visão dos especialistas, os malefícios da chamada guardaalternada são evidentes, indicando prejuízos à formação dos filhos pela falta de referências básicas em relação à moradia, hábitos alimentares, horários, etc. Sustentam o comprometimento da estabilidade emocional e física da criança. Já na chamada guarda compartilhada o que se busca é o melhor interesse do menor, que tem por direito inegociável a presença compartilhada dos pais, ou seja, a participação simultânea de ambos na criação dos filhos. Os tribunais têm concedido a guarda compartilhada; confira-se duas decisões dos Tribunal de Justiça do Distrito Federal e do Pará: DIREITO DE FAMÍLIA. AÇÃO DE GUARDA. MELHOR INTERESSE DA CRIANÇA. GUARDA COMPARTILHADA. “I- A guarda dos filhos poderá ser unilateral, se atribuída a um só dos genitores ou a alguém que o substitua, ou compartilhada, quando se imputa a ambos os pais a responsabilização conjunta e o exercício dos direitos e deveres concernentes ao poder familiar, devendo a escolha por uma ou outra, seja por ato consensual dos genitores, seja por determinação judicial, observar o melhor interesse do menor.II - Havendo sido demonstrada a capacidade de diálogo dos pais e que ambos propiciam condições ideais de desenvolvimento da criança, a aplicação da guarda compartilhada é medida que se impõe.”(20090111039964APC, Relator JOSÉ DIVINO DE OLIVEIRA, 6ª Turma Cível, julgado em 10/08/2011, DJ 18/08/2011 p. 252). APELAÇÃO CÍVEL. FAMÍLIA. GUARDA COMPARTILHADA. RESIDÊNCIA PATERNA COMO PONTO DE REFERÊNCIA. INTERESSE DA CRIANÇA. RECURSO DESPROVIDO. “Em se tratando de guarda, deve prevalecer sempre o interesse do menor. Inexistindo qualquer fato ou situação na casa paterna que desabone a conduta do genitor ou que traga prejuízo aos filhos, deve ser mantida a guarda compartilhada entre os pais, sendo a residência paterna o ponto de referência. O pai deve permanecer com o filho, sobremodo quando vem exercendo de forma adequada e responsável a guarda.”(20080111442124APC, Relator LÉCIO RESENDE, 1ª Turma Cível, julgado em 15/12/2010, DJ 11/01/2011 p. 254). A paternidade e a maternidade devem ser exercidas em igualdade de condições e oportunidades, independente da continuidade do casamento ou da relação havida entre as partes. Pais e mães podem, em principio, após a ruptura da estrutura conjugal, exercerem seus deveres como pais em toda a sua extensão. A guarda compartilhada nesse sentido não seria prerrogativa dos pais, mas, sobretudo, direito dos filhos.

Justiça&Direito CONVENÇÃO DA OIT

Decreto estabelece negociação coletiva no serviço público Convenção 151 prevê, a liberdade sindical e o direito à negociação coletiva para servidores

A

presidente Dilma Rousseff assinou o decreto que regulamenta a Convenção 151 da Organização Internacional do Trabalho. A norma estabelece o princípio da negociação coletiva para trabalhadores do setor público. A convenção foi ratificada pelo governo brasileiro em 2010, mas precisa ser adaptada à legislação nacional para entrar em vigor. A partir do decreto, o governo pode começar a discutir a regulamentação para colocar em prática os princípios da convenção. Depois de definidas, as regras têm que ser aprovadas pelo Congresso Nacional. “Abriu-se oficialmente a negociação para o processo de regulamentação da Convenção 151. O governo assume o compromisso oficial, assinando decreto, de internalização desse compromisso de estabelecer a negociação no setor público”, explicou o ministro do Trabalho, Brizola Neto. A Convenção 151 prevê, entre outros princípios, a liberdade

A presidente Dilma Rousseff assinou o decreto que regulamenta a Convenção 151 da Organização Internacional do Trabalho

sindical e o direito à negociação coletiva para servidores públicos nos três níveis de governo: federal, estadual e municipal. Segundo o ministro do Trabalho, Brizola Neto, a regulamentação será discutida com representantes dos

trabalhadores. O ministro espera que a negociação avance e que o governo chegue a um consenso até o meio do ano. Para o presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Vagner de Freitas, a assinatura do

decreto é um avanço importante na implementação da Convenção 151. “É o primeiro passo para termos a regulamentação da negociação no setor público. Agora temos que chegar a um acordo e levar ao Congresso”.

Bancadas do RJ e ES vão recorrer ao Supremo para anular sessão que derrubou vetos O senador Lindbergh Farias (PT-RJ) anunciou que as bancadas do Rio de Janeiro e do Espírito Santo estão ingressando com mandado de segurança , pedindo ao Supremo Tribunal Federal (STF) a anulação da sessão do Congresso que derrubou o veto às novas regras de distribuição dos royalties do petróleo. De acordo com o senador, houve violações ao regimento e à Constituição na forma como os trabalhos foram conduzidos. – Houve atropelos ao regimento, atropelos à Constituição – argumenta o senador. Lindbergh citou a inclusão de mais dois vetos à Lei dos Royalties, que segundo ele teriam sido encaminhados pela presidente Dilma nesta semana, já fora de prazo. Embora a presidência da República esclareça que a nova mensagem buscou corrigir erro material relativos a itens do veto à lei sancionada, para o senador tratou-se de novos vetos. – Esses vetos eram inconstitucionais e interferem na votação como um todo – argumenta Lin-

dbergh. Na ação, com pedido de liminar para antecipar a medida antes do exame do mérito, os parlamentares devem ainda argumentar que foram impedidos de apresentar questões de ordem. Além disso, conforme Lindbergh, eles tiveram apenas cinco minutos para se manifestar, o limite de tempo estabelecido pelo presidente Renan Calheiros, contra disposição do regimento que asseguraria até vinte minutos. – A gente teve que deixar a sessão de ontem para não legitimar o que estava acontecendo, aqueles atropelos todos – disse, em referência à sessão concluída já na madrugada desta quinta-feira. As medidas judiciais não vão se esgotar com o mandado de segurança, como assegurou Lindbergh. Ele afirmou que está mantida a disposição de buscar junto ao Supremo a declaração de inconstitucionalidade da lei que vier a ser editada com as novas regras de distribuição dos royalties. Acrescentou que o governo do Rio já tem pronta

Lindbergh: inclusão de mais dois vetos é inconstitucional.

uma ação direta de inconstitucionalidade (Adin), que será protocolada assim que a lei – já sem os itens derrubados pelo Congresso – for promulgada e publicada As novas regras de distribuição foram aprovadas em definitivo em

Para STF, não houve ilegalidade na votação de “Emenda do Calote” no Congresso Os ministros do Supremo Tribunal Federal entenderam , que a Proposta de Emenda Constitucional 62, que alterou o regime de pagamento de precatórios e ficou conhecida como “Emenda do Calote”, aprovada em 2009, tramitou regularmente no Congresso Nacional. O Supremo julgou hoje quatro ações de inconstitucionalidade que questionam a EC 62. Logo no começo da sessão, a corte derrubou as ações de autoria da Associação Nacional dos Magistrados Estaduais e da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho, com a justificativa de que as entidades não tinham legitimidade para propor as ações. O tribunal continuou discutindo apenas as ações da Ordem dos Advogados do Brasil e da Confederação Nacional da Indústria. Ambas pedem a declaração da ilegalidade de vários pontos da emenda, alegando que se trata de um calote à sociedade. O julgamento de hoje se limitou à analise da tramitação da emenda

no Congresso Nacional. Único a votar ainda em 2011, o relator do processo, ministro aposentado Carlos Ayres Britto entendeu que a votação ocorreu de forma ilegal, pois não foi respeitado prazo mínimo entre dois turnos de votação na Câmara dos Deputados — houve apenas uma hora de intervalo entre as duas sessões. Na sessão desta quarta, Britto foi seguido pelos ministros Marco Aurélio, Celso de Mello e Joaquim Barbosa. Para o presidente do Supremo, a votação “tolheu a capacidade individual dos políticos e de cada um dos cidadãos representados de compreender e de influenciar em momento oportuno a discussão de assunto tão grave”. Barbosa disse que o Parlamento “não é onipotente, não tem a prerrogativa de fazer tudo o que queira levar a cabo”. A maioria dos ministros seguiu o voto divergente apresentado hoje por Luiz Fux. Ele entendeu que a votação com intervalo tão curto é questio-

nável, mas que não há qualquer proibição na Constituição. Também aderiram à divergência os ministros Gilmar Mendes, Rosa Weber, Cármen Lúcia, Ricardo Lewandowski e Teori Zavascki. “Quando o constituinte quis falar de prazo, ele falou. Nesse caso não quis”, complementou Lewandowski. O julgamento foi suspenso em seguida porque a sessão passava das 18h e não haveria tempo para discutir a legalidade do conteúdo da emenda. Barbosa informou que os processos serão retomados na quinta-feira. O único ministro a adiantar seu ponto de vista no mérito foi Gilmar Mendes, que viaja para a Europa para participar da Comissão de Veneza. Mendes abriu divergência em relação a Ayres Britto, alegando que a alteração legislativa permitiu o pagamento efetivo dos precatórios. “O amontoado de dívidas não permitia. Se o orçamento todo fosse dedicado ao pagamento de precatórios, não seria suficiente.

dezembro, pela Câmara dos Deputados. Elas incluem os royalties dos antigos contratos de exploração de gás e petróleo no bolo a ser rateado entre todos os estados em conformidade com os percentuais do Fundo de Participação dos Estdados.

Google não pode suprimir reportagem, decide TJ-SP Tribunal de Justiça de São Paulo decidiu que o Google não pode suprimir de sua busca uma reportagem referente à prisão ou indiciamento de uma advogada por conta da Operação Durkheim, da Polícia Federal. A investigação apurou a existência de uma suposta organização crimininosa acusada de espionar políticos. A decisão é da 2ª Câmara de Direito Privado. O relator do processo, desembargador Alvaro Passos, afirmou em seu voto que, por ser um site de busca, e não de conteúdo, o Google “não detém controle sobre o conteúdo indexado, já que as páginas para as quais direciona a pesquisa dos usuários são de autoria e responsabilidade exclusiva de quem as postou”. O entendimento foi acompanhado por unanimidade pela Câmara. Participaram do julgamento os desembargadores José Carlos Ferreira Alves e Giffoni Ferreira.


Negócios Indústria&Comércio | Curitiba, sexta-feira a domingo, 08 a 10 de março de 2013 | B1

PARANÁ

Sonia Hess de Souza faz palestra em evento do Lide Proposta era homenagear as executivas pelo Dia Internacional da Mulher

O

primeiro almoço-debate de 2013 do Lide Paraná, grupo de líderes empresariais presidido por André Caldeira, trouxe como palestrante convidada a presidente da empresa Dudalina, Sonia Hess de Souza. O evento ocorreu no dia 05/03 (terça-feira) na Casa de Festas do Graciosa Country Club, com o tema “Lideranças Femininas”, por conta da Semana Internacional da Mulher. Entre os convidados estavam empresários representantes das empresas filiadas ao Lide PR, convidados e jornalistas especializados. De acordo com o empresário André Caldeira, presidente do Lide Paraná, o objetivo do evento foi prestar uma homenagem às mulheres atuantes no mercado de trabalho, promovendo um debate com uma das mais bem-sucedidas executivas do país. “A palestrante é um exemplo por seu empreendedorismo e dinamismo, e que vem levando a Dudalina a patamares impressionantes de expansão. Durante o evento, além da qualidade do conteúdo da palestra, todos os presentes puderam ampliar seu relacionamento estratégico, e criar oportunidades de negocios. Este é o espírito do Lide sendo colocado em prática”, destaca Caldeira. O quadro de filiados ao Lide

Tatibana homenageia as mulheres As mulheres que forem a cada uma das três unidades do restaurante Tatibana em Curitiba (PR), Maringá (PR) e Porto Alegre (RS), nesta sexta-feira (08), irão ganhar um presente pelo Dia Internacional da Mulher. A ação, que acontecerá nos horários de almoço e jantar, irá oferecer um cupcake, acompanhado de um cartão com uma mensagem alusiva à data.

Sonia Hess de Souza abordou o tema “Lideranças Femininas” em sua palestra

Paraná já conta com 50 empresas, tais como: Unimed Curitiba, Vivo, Ouro Fino, GRPCom, Grupo Servopa, Grupo Marista, Nutrilatina, Racco e Philip Morris. A fabricante de camisas Dudalina encerrou 2012 com 70 lojas no Brasil e sua primeira unidade internacional, localizada em Milão. A empresa é considerada a

maior camisaria da América Latina, sendo que a presidente da empresa foi recém-eleita pelo ADVB Nacional como “Personalidade de Vendas”, prêmio concedido a uma mulher pela primeira vez em 50 anos. Para Sonia Hess de Souza foi gratificante participar do evento. “Com muito prazer e alegria aceitei o convite do Lide

unidades de Mogim Mirim (SP) e Recife (PE). Na primeira fase, estão previstos investimentos de 140 milhões de reais, com geração de 100 empregos diretos. O estado do Paraná foi escolhido pelas condições de mercado e de estrutura. A região Sul é estratégico para o mercado pet, pois é forte consumidor e, ao mesmo tempo, importante produtor de matéria prima. Em relação à estrutura, destacam-se a facilidade logística para diversos destinos, a mão de obra qualificada e o Porto de Paranaguá, que deverá ser utilizado para

exportações. O Brasil já é o segundo maior mercado consumidor de produtos para pets no mundo, somente atrás dos Estados, segundo a Abinpet – Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação, com movimento de 14,2 bilhões de reais em 2012. Desse total, 68,5% são referentes a alimentos. Ainda segundo a entidade, o Brasil também é o segundo país em número de cães e gatos, com cerca de 40 milhões de cães e 20 milhões de gatos e o quarto no total de pets, incluindo peixes e aves.

Apesar dos preços mais elevados de matérias-primas e embalagens, a rentabilidade ajustada sobre as vendas (margem EBIT ajustado) aumentou significativamente em 1,1 pontos percentuais, passando de 13% para 14,1%. O retorno informado sobre as vendas somaram 13,3% em comparação a 11,3% em relação ao ano anterior. As vendas na região da América Latina diminuíram ligeiramente em - 0,4% nominal para 1.062 milhões de euros. No entanto, organicamente as vendas cresceram 3,1%. "2012 foi o ano de maior sucesso para a Henkel até agora: temos obtido excelentes resultados em um ambiente de mercado altamente volátil e competitivo e alcançado ou ultrapassado todas as metas financeiras", diz Kasper

Rorsted, CEO da Henkel. "Todos os três setores de negócios da Henkel apresentaram crescimento rentável com expansão da participação em seus mercados relevantes. Também foram entregues as metas financeiras ambiciosas que nos propusemos em 2008, para o período até 2012. Temos reforçado substancialmente a competitividade da Henkel, estabelecendo uma base sólida para nosso crescimento futuro”. Para o ano fiscal de 2013, a Henkel espera gerar crescimento orgânico de vendas de 3% a 5%. Nos últimos anos, a Henkel introduziu uma série de medidas que tiveram um efeito positivo sobre a sua estrutura de custos. Ainda neste ano, a Henkel pretende dar continuidade à adaptação de suas

IOC implanta novo sistema de prontuário eletrônico Adotada pelas mais conceituadas clínicas do mundo inteiro, a modernização do atendimento hospitalar com a adoção de prontuários eletrônicos é uma tendência forte na área da Saúde também no Brasil. Em Curitiba, o Instituto de Oftalmologia de Curitiba (IOC) realizou a implantação de um moderno sistema para registro do atendimento realizado pelo médico, que deve agilizar o processo de consulta e reduzir o tempo de espera dos pacientes. O prontuário eletrônico engloba agendamento, atendimento de recepção e médico, exames, cirurgias e toda a área administrativa envolvendo cada cliente. “Como todo o histórico do paciente é registrado

A Oi vai oferecer 90 dias de uso gratuito do Facebook Messenger no celular. Durante esse período, os clientes de telefonia móvel da Oi vão poder trocar mensagens usando o aplicativo sem pagar pelo tráfego de dados. A promoção começará a valer no 2º trimestre deste ano e estará disponível para clientes pré e pós-pagos da Oi. A ação envolve as versões do aplicativo para Android, para iOS e também para aparelhos feature phones compatíveis com o Java. A Oi é a única operadora brasileira envolvida na ação do Facebook, que fechou parceria para essa promoção com outras 17 empresas de 13 países. Hoje, mais de 6 mil modelos de celular no mundo já podem usar o sistema de mensagens do Facebook.

O Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas no Estado do Paraná (Setcepar) lança a TV Setcepar, um canal de notícias e informações gerais, que tem como objetivo gerar conteúdos técnicos de alta qualidade para as empresas associadas e cobrir todos os eventos do sindicato. “Queremos disponibilizar as mais importantes informações para os associados no que se refere ao Transporte Rodoviário de Carga. Por isso resolvemos incorporar mais este canal de comunicação”, explica o Presidente do Setcepar, Gilberto Antonio Cantú. Para conferir o conteúdo basta procurar por SETCEPARWEBTV no portal youtube.

Paraná para falar sobre a história da Dudalina, pautada pelo amor à camisa e pela dedicação em cuidar de pessoas, para gerar renda e compartilhar resultados. Hoje somos uma empresa familiar que conta com mais de dois mil colaboradores”, afirmou Sonia, que também atua como presidente do Lide Mulher.

Segundo a Nielsen, a Mars é líder de mercado brasileiro de alimentos para cães e gatos. Pedigree é líder em alimentos para cães com 26% de market share e Whiskas detém 42% do market share de alimentos para gatos. “O Brasil não é mais uma promessa, e sim uma realidade”, afirma o Presidente da Mars Brasil Carlos Dieppa. “O crescimento das classes C e D devido ao desenvolvimento econômico das últimas décadas possibilitou esse rápido crescimento do mercado pet e garantirá o retorno dos investimentos planejados.”

Henkel bate recordes em vendas e lucros As vendas da Henkel no ano fiscal de 2012 atingiram 16.510 milhões de euros, que significa um acréscimo de 5,8% comparado aos números do ano anterior. As vendas orgânicas que excluem o impacto do câmbio e aquisições/ desinvestimentos subiram 3,8% impulsionado pelo preço e volume. Os três setores de negócios contribuíram para o crescimento orgânico das vendas e expandiram ainda mais as participações em seus mercados relevantes. Desconsiderando “one time” ganhos / perdas e custos de reestruturação, o lucro operacional ajustado aumentou em 15,1% de 2.029 milhões de euros para 2.335 milhões de euros. O lucro operacional (EBIT) totalizou 2.199 milhões de euros.

Oi fecha parceria com o Facebook

Setcepar lança TV corporativa

Mars Brasil investirá R$ 140 milhões no PR A Mars Brasil, fabricante dos líderes de mercado Pedigree e Whiskas, assinou na tarde de ontem um protocolo de intenções com o Estado do Paraná para investimentos na construção de sua quinta fábrica no Brasil. Estavam presentes na cerimônia, o Governador do Estado Carlos Alberto Richa, o Secretário da Fazenda do Paraná Luiz Carlos Hauly e o Presidente da Mars Brasil Carlos Dieppa. A nova unidade tem previsão de inauguração em 2015 e produzirá alimentos para animais de estimação, expandindo a produção das

Empresas&Produtos

em um único ambiente digital, reduz-se muito o retrabalho, gerando mais agilidade e segurança no atendimento, reduzindo bastante a possibilidade de falha no atendimento”, explica o diretor clínico do IOC, dr. Luiz Geraldo Simões de Assis. Diferente do simples cadastro, o Prontuário Eletrônico é muito mais complexo e incorpora funções, gerando uma base de informações que auxiliam os profissionais de saúde na correta e eficiente tomada de decisões, elevando o nível de qualidade da assistência à saúde do paciente. “O uso dessa ferramenta permitiu ao IOC a gestão focada no paciente, possibilitando o gerencia-

mento integrado das informações clínicas do paciente. Desta forma, evolução clínica, exames, resultados de exames, prescrições, entre outros dados, são armazenadas e podem ser compartilhados e acessados a qualquer momento, em qualquer lugar fora ou dentro da instituição”, explica o oftalmologista. De acordo com ele, o objetivo do IOC é oferecer ainda mais qualidade aos pacientes, diminuindo o tempo gasto com a burocracia e permitindo, assim, maior dedicação ao paciente. Para conhecer o IOC e agendar sua consulta, basta entrar em contato pelo telefone (41) 3322-2020 ou acessar o site www. ioc.med.br.

estruturas às condições de mercado em constante mudança e à sua rigorosa disciplina de custos, especialmente na administração. Ao otimizar e padronizar seus processos e continuar a expansão de seus serviços compartilhados, a Henkel cria sinergia em suas atividades, melhorando sua eficiência ao mesmo tempo que aumenta a qualidade de seu serviço ao cliente.

SPORTYARD ABRE ESPAÇO PARA LEITORES A busca por interatividade com o seu público alvo fez com a revista Sportyard disponibilizasse diferentes canais de comunicação. Por email (redação@sportyard.com.br) ou pelo Facebook, os leitores podem mandar sugestão de pauta, matéria e opinião. Os canais proporcionam um relacionamento diferenciado entre o leitor e a redação da Sportyard.

Nissei anuncia maior desconto do ano Hoje a mulher é várias em uma: mãe, profissional de destaque, amiga, esposa e chefe de família. E para essa mulher que busca comodidade, praticidade e facilidade, a Rede de farmácias Nissei preparou diversas novidades para o Dia Internacional da Mulher, comemorado em 8 de março. Todas as mais de 200 lojas da Nissei, no Paraná, Santa Catarina e São Paulo, abrem as portas desta sexta-feira com os maiores descontos do ano em anticoncepcionais, perfumaria, fraldas, dermocosméticos, produtos de higiene e beleza, além de protetores solares pela metade do preço durante todo o dia 8. Mas os esforços da Nissei não se resumem apenas em ofertas. O Clube da Mulher, programa de fidelidade da rede, com mais de 300 mil associadas, vai pontuar em dobro no Dia da Mulher. Ou seja, a cada R$ 1 gasto com produtos de higiene e beleza, a associada ganhará 2 pontos, que poderão ser trocados por produtos ou serviços do Clube da Mulher. Quem ainda não possui o cartão de fidelidade, pode aproveitar a data para adquiri-lo, em qualquer loja Nissei. E para mostrar que a mulher não é especial apenas em um dia do ano, algumas das ofertas irão se estender durante todo o mês da mulher.

CARDÁPIO DE PÁSCOA DA PIZZA HUT Todos os anos a Pizza Hut inclui novidades no cardápio para a Páscoa. Desta vez o bacalhau será a estrela dos pratos especiais preparados para essa época. São duas opções com o ingrediente nobre: a tradicional Pizza de Páscoa está volta e acompanhada de um lançamento, que é o risoto de Bacalhau. Os dois pratos, além do bacalhau, levam pimentão amarelo, tomate, cebola roxa, azeitonas pretas e são aromatizados com um tempero especial de alecrim. O Risoto de Bacalhau inclui ainda um toque de molho Alfredo. As deliciosas novidades poderão ser degustadas a partir do dia 11 de março até 15 de maio em todos os restaurantes da rede Pizza Hut em Curitiba.


3

a

margem arte&atitude

Especial Indústria&Comércio | Curitiba, sexta-feira a domingo, 08 a 10 de março de 2013 | B3

moda&cia

Nem te Conto Nosso dia

Adélia Maria Lopes adeliamarialopes@yahoo.com.br

Magia e mulheres no cinema

P

assada a safra do Oscar, que teve filmes notáveis, os cinemas continuam enfeitiçando e exibem muitas estreias nesta sexta dia 8. A mais alvissareira delas é “Oz Mágico e Poderoso 3D”. O filme já atrai atenções pelo título, pois remete ao clássico “O Mágico de Oz” de 1939, e por ter na direção Sam Raimi, notabilizado pela série de filmes sobre o Homem-Aranha. No elenco, James Franco, Mila Kunis e Rachel Weisz. Nessa história, Oz é dono de um circo mambembe do Kansas. É um farsante, mas que, levado para um mundo realmente mágico, vai enfrentar as bruxas Theodora, Evanora e Glenda. Dos efeitos especiais, destaque para o macaquinho digital, que voa e protagoniza os momentos engraçados. Além do macaquinho, também cativam o cenário e as feiticeiras. Mas, como em toda grande expectativa, o espectador pode ter alguma decepção. “Mulheres Africanas - A Rede Invisível”, documentário que estreia em cinco capitais, incluindo Curitiba, bem no Dia Internacional da Mulher, mostra a importância feminina na transformação social do continente africano. Narrado pela atriz brasileira Zezé Motta e com direção de Carlos Nascimbeni, conta a história da moçambicana Graça Machel, ativista política e esposa de Nelson Mandela; a liberiana Leymah Gbowee, vencedora do Prêmio Nobel da Paz em 2011; as empresárias Mama Sara Masari, da Tanzânia, e Luisa Diogo, ex-primeira-ministra de Moçambique, e da sul-africana Nadine Gordiner, vencedora do Nobel de Literatura-1991. O filme estreou com sucesso no festival Dockanema, em Moçambique, e participou do último Festival do Rio. “Barbara”, produção alemã com excelente elenco liderado por Nina Hoss, Ronald Zehrfeld e Rainer Bock, é outra atração centrada em uma mulher. O longa deu a Christian Petzold o Urso de Prata de Melhor Diretor no Festival de Berlim de 2012. A personagem-título é uma médica em Berlim, no ano de 1980, época do Muro. Suspeita de querer passar para o lado oriental da cidade, ela é transferida para um vilarejo isolado, onde se sente observada. E se vê como vértice de um triângulo completado pelo namorado, Jörg, que arquiteta a sua fuga, e por André, chefe do hospital em que trabalha. O tom de suspense

1-Aos 60 anos, a professora aposentada da UFPR, que trabalhava nos cursos de informática e engenharia civil, mecânica e elétrica, Wanda Camargo, estreia nos palcos do Festival de Teatro de Curitiba. Na peça "Uno", ela representa trechos da personagem Medéia. 2- Neste Dia Internacional da Mulher, a entrada é gratuita para o público feminino no Museu Oscar Niemeyer. E sua loja oferecerá 10% de desconto para todo o público. O museu também presta homenagem à artista Guilmar Silva. 3- Nos dias 8 e 9 de março, sexta-feira e sábado, na Hope, na compra de uma calcinha da linha Nude, outra peça igual sai sem custo.

acompanha toda a narrativa. “Tainá A Origem” traz três figuras femininas – a floresta amazônica, a menina índia vivida por Wiranú Tembé, e, nos bastidores, a diretora Rosane Svartman. Tainá é bebê, quando a mãe morre por culpa de bandidos que saqueiam a floresta. A criança é criada por um pajé e, aos cinco anos, enfrenta os piratas da biodiversidade, com ajuda da menina da cidade Laurinha e do índio Gobi. “Amor É Tudo Que Você Precisa” tem produção de quatro países, Dinamarca, Suécia, Itália, França e Alemanha, direção de uma mulher, Susanne Bier, e no elenco Pierce Brosnan, Trine Dyrholm e Kim Bodnia. Boa opção para quem gosta de comédia romântica ou para os saudosos da paisagem de Sorrento e da Costa Amalfitana. Também nesse filme, a mulher está no centro da trama. No caso, uma cabeleireira que enquanto lutava contra o câncer de mama e ficava careca, o marido a traía. Mas tudo vai se resolver na Itália, onde o sonhado casamento de sua filha está prestes a acontecer. A diretora é um aval: ela dirigiu “Em Um Mundo Melhor”, vencedor de melhor filme estrangeiro no Oscar de 2010. “Killer Joe – Matador de Aluguel”, com direção de William Friedkin, diretor de O Exorcista, réune Matthew McConaughey, Emile Hirsch e Juno Temple numa história policial sinistra. Envolve duas mulheres, mãe e filha, com um detetive que mata sob encomenda e um irmão e um pai que fazem a encomenda. Pagamento no ato para matar a mãe. Ou dormir com a virgem irmã do cliente como primeira prestação. Apesar da violência chegar ao ponto da caricatura, não é filme do Tarantino, não. É excelente, mas sem unanimidade positiva entre as espectadoras. “Amigos Inseparáveis”, também filme policial, por certo, tenha o dom de melhor agradar o público feminino, pois tem Al Pacino no elenco. E é comédia declarada. Pacino interpreta um dos amigos, ao lado de Christopher Walken e Alan Arkin. Resumo da história: um tem que morrer e os matadores são dois deles. Onde está a graça, então? Na composição dos personagens feita pelo imbatível trio de atores.

Zibididi, o show

Gabriel Grossi e Diego Figueiredo, dois grandes nomes da música instrumental brasileira, apresentam o show Zibididi no Teatro Caixa Culural, neste fim de semana. Gabriel é um dos principais representantes da harmônica no mundo, com sete discos lançados. Toots Thielemans refere-se a ele como um dos maiores gaitistas da atualidade e Mauricio Einhorn, seu ex-professor, também o considera um músico espetacular. Diego Figueiredo lançou 15 CDs solos além de mais 200 participações em outros álbuns. Já se apresentou em mais de 40 países e obteve críticas nos maiores e mais importantes jornais da Europa e EUA.

Nevilton Oz Mágico e Poderoso

Mulheres Africanas

Barbara

A partir desta sexta dia 8, o Oi Música disponibiliza o álbum da paranaense Nevilton nas lojas digitais. O contrato com o selo faz parte da premiação do concurso do Festival Música Pra Todo Mundo, do qual a banda está entre os vencedores escolhidos por voto popular.. Na estrada desde 2007, o trio - Nevilton de Alencar (voz e guitarra), Tiago “Lobão” Inforzato (baixo e vocais) e Eder Chapolla (bateria e vocais) - se inspira na música brasileira e no rock para produzir músicas simples,mas de atitude.

Capital Inicial

Com ingressos agora de 60 a 305 reais, o Capital Inicial, que completa 30 anos de carreira, chega a Curitiba neste sábado, dia 09 de março, para divulgar seu mais recente trabalho ´Saturno´, disco lançado no final do ano passado. Com realização da Prime, o quarteto faz única apresentação no Curitiba Master Hall, a partir das 22h.

Comes&Bebes

Tainá A Origem

Amor É Tudo Que Você Precisa

1- Na Cold Stone (Augusto Stellfeld, 1580), as mulheres merecem parabéns e, nesta festiva sexta-feira 08), elas podem escolher um mixin extra para seu sorvete. 1- No Bar Curityba, a entrada feminina, de 10 reais, será convertida em consumação. Esta sexta 8, o som divide-se com o geupo Samba de Saia, todo formado por mulheres. O bar abre às 18h, com double de chope até às 19h. 3- O Armazém Seu Luiz e as lojas da Casa da Azeitona realizam, a partir deste sábado 9, uma sequência de degustações dos pratos prontos da Ora Pois, marca especializada em congelados da culinária portuguesa. A degustação oferece bacalhau: Espiritual, à Espanhola, Assado à Posta e Arroz de Bacalhau, das 11 às 15h. 4- A Carolla do Cabral mudou de nome. Agora é Forneria Babilônia. A mudança não é apenas no nome, mas também na sociedade do antigo empreendimento. Os irmãos e sócios Marcelo e Carlos Eduardo Pereira ficam com o Babilônia e a agora Forneria Babilônia e o antigo sócio, Massimo Lorenzetti, com a Carolla. Durante 13 anos, ambas as casas eram geridas pela sociedade. Já com a nova placa na construção geminada, nas proximidades do Graciosa Country Club, a Forneria Babilônia com seu forno à lenha está em pleno funcionamento, assim como o Babilônia Cabral,.

Música flamenca

A Cia. Lucero de Triana, especializada em música e dança flamenca, é a atração desta sexta-feira 8, às 17h30, no hall térreo da Biblioteca Pública do Paraná, e tem entrada franca. Criada em 2001, a companhia é composta pela bailaora Ana Lucía Diaz e pelo guitarrista e cantor Renato Zimermann, contando eventualmente com a colaboração de músicos e alunos-bailaores convidados.

Ir a Irati

Killer Jo

Amigos Inseparáveis

The One H-D realiza neste sábado 9 o Bate e Volta Irati. O passeio, que parte de Curitiba, possui uma distância de 156 km por trecho. A saída será às 10h30 da concessionária na Mário Tourinho. As motos sairão do local com tanque cheio e pneus calibrados. O dia começa às 9h, com o tradicional café da manhã. Mais informações no site www.theoneharley-davidson.com.br .


Nacional Curitiba, sexta-feira a domingo, 08 a 10 de março de 2013 | B4 | Indústria&Comércio

Políticas de proteção à mulher avançam, mas ainda há violência no país Apesar de admitir que a violência contra a mulher ainda está fora de controle, a ministra de Políticas para as Mulheres, Eleonora Menicucci, disse que políticas e medidas importantes para protegê-las vêm avançando no país. Segundo a ministra, as conquistas não se limitam à Lei Maria da Penha, considerada um marco na luta pelos direitos femininos, válida desde setembro de 2006. Eleonora Menicucci ressaltou que tanto o desdobramento dessa legislação quanto decisões que colocaram nas mãos das mulheres o poder de decisão sobre benefícios sociais, como o Bolsa Família, têm contribuído para o resgate da autonomia delas. “Em termos de políticas públicas, o governo tem se empenhado e desenvolvido políticas eficientes e eficazes, mas ainda existe preconceito e discriminação.” Ao comentar as crescentes denúncias de violência contra mulheres em várias regiões do país, a ministra disse que existe uma sensação de aumento da violência, mas com redução da impunidade dos agressores. Para ela, o Dia Internacional da Mulher, comemorado hoje, ainda é uma data “triste”. “Não é uma celebração, e sim um marco da luta das mulheres pelos seus direitos.” De acordo com Eleonora

Menicucci, o balanço da violência contra mulheres ainda é “lamentável”, e os números indicam que o problema persiste no país. “Por outro lado, essa visibilidade da violência contra as mulheres é fruto das políticas que temos implementado, como o Ligue 180, e a o sigilo garantido nas denúncias. O governo tem cumprido sua parte e isso acelera a existência das varas de juizados especializados e o julgamento dos agressores”, disse a ministra. Ela informou que o Ligue 180, que funciona no Brasil e em mais três países Portugal, Espanha e Itália, vai ser ampliado este ano. A expectativa do governo é criar centrais de atendimento capazes de apoiar e orientar vítimas de tráfico de pessoas ou de qualquer tipo de violência para mais dez países, que ainda vão ser definidos. Também serão criadas nas regiões de fronteira estruturas para reforçar o combate a tais crimes. Atualmente, existem estruturas implantadas em três regiões, Pacaraima, Roraima, Foz do Iguaçu, na Tríplice Fronteira, e no Oiapoque, Amapá. Essas estruturas dispõem de serviços como casas de abrigo e núcleos e varas judiciais especializadas. “Queremos ampliar o serviço nas fronteiras secas.

Sobe para 241 número de vitimas fatais na tragédia em Santa Maria Morreu hoje a 241ª vítima do incêndio na Boate Kiss, em Santa Maria. Driele Pedroso Lucas, de 23 anos, estava internada desde o dia da tragédia e respirava com a ajuda de aparelhos. De acordo com a Força Nacional do Sistema Único de Saúde (SUS), a morte ocorreu pouco antes das 7h da manhã, no Hospital Mãe de Deus, em Porto Alegre, onde a jovem estava internada. De acordo com o Ministério da Saúde, a jovem era a última vítima do incêndio que respirava com o auxílio de aparelhos. Conforme o último boletim divulgado pelo governo federal, 16 pessoas permanecem internadas em hospitais da capital gaúcha e de Santa Maria. A intoxicação pela fumaça foi a principal causa de mortes no incêndio. Ao pegar fogo, a espuma no teto da boate, usada para isolamento acústico, produziu um gás letal. Segundo relatos de sobreviventes, uma fumaça preta

tomou conta de todo o local em poucos minutos, antes mesmo que as pessoas pudessem perceber as chamas. A inalação da fumaça provocou, o que os médicos chamam de pneumonite química. Os sintomas da intoxicação foram sentidos por diversas pessoas até cinco dias depois do incêndio. Algumas delas foram internadas e precisaram de ventilação mecânica. Desde o último dia 4, o Ministério da Saúde passou a cadastrar pessoas que tiveram contato com gases tóxicos produzidos pela fumaça do incêndio na cidade gaúcha. O mutirão de atendimento clínico e psicossocial irá atender pacientes que tiveram alta hospitalar e quem estava na boate ou participou do resgate e tive contato com a fumaça tóxica liberada durante o incêndio, além de parentes das vítimas. As consultas, de acordo com a pasta, começam no próximo sábado no Hospital Universitário de Santa Maria.

Cade multa em R$ 120 milhões postos de combustíveis por cartel O Conselho Administrativo de Defesa do Consumidor (Cade) multou redes de postos de combustíveis em cinco estados, no valor de R$ 120 milhões, por prática de cartel. As redes funcionam em Manaus (AM), Teresina (PI), Bauru (SP), Londrina (PR) e em Caxias do Sul (RS). A cartelização se caracteriza por acordos entre empresas do mesmo setor para fixação de preços, cotas de produção ou qualquer ação coordenada para eliminar a concorrência e obter lucros maiores, em prejuízo ao consumidor. Nos processos, o Cade identificou padronização de preços e outras práticas anticoncorrenciais. O presidente do Cade, Vinícius Marques de Carvalho, lembrou que o objetivo das multas é coibir cartéis e reforçar que conduta inadequada, do ponto de vista competitivo, será identificada e punida pelo Cade. Além das multas, o conselho recomenda a órgãos públicos que não parcelem tributos federais aos infrato-

res. O dinheiro arrecadado com as multas irá para Fundo de Defesa dos Direitos Difusos, do Ministério da Justiça, destinado a financiar projetos de recuperação do meio ambiente, patrimônio histórico e cultural, defesa do consumidor e outros. A maior multa, de R$ 65 milhões, foi aplicada a dez postos de gasolina e 12 pessoas físicas de Caxias do Sul. A segunda maior multa, de R$ 36 milhões, foi contra nove empresas e dez pessoas físicas de Londrina, além da Associação dos Revendedores de Combustíveis do Norte do Paraná. Foram multados nove postos e seis pessoas físicas de Bauru, no valor de R$ 6,2 milhões. Outros R$ 6 milhões foram aplicados ao Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado do Piauí e a uma pessoa física. O Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo no Amazonas e duas pessoas terão de pagar R$ 6,6 milhões.

Votação

Pastor acusado de homofobia é eleito presidente da CDH Acusado de homofobia e racismo, Marco Feliciano recebeu 11 dos 12 votos

C

om os votos apenas de parlamentares da bancada evangélica, a Comissão de Diretos Humanos e Minorias elegeu o deputado Pastor Marco Feliciano (PSC-SP) para presidir o colegiado. Antes da votação, deputados do PT e do PSOL deixaram a reunião em protesto pela indicação do pastor. O ex-presidente da comissão, deputado Domingos Dutra (PT-MA), disse que vai convocar a sociedade para protestar contra a eleição de Feliciano. O deputado Jean Wyllys (PSOLRJ) informou que pretender ir ao Supremo Tribunal Federal para questionar a decisão. “A escolha partidária não pode se sobrepor ao desejo da sociedade”, criticou. Eleito, Feliciano disse que vai propor a criação de um minigrupo para debater “todos os assuntos de forma bem democrática”. O pastor

acrescentou que vai dar a resposta aos contrários ao seu nome trabalhando em defesa dos direitos humanos de todos os segmentos. “O trabalho que vamos executar vai mostrar ao povo brasileiro que não sou homofóbico. E, caso cometesse esse crime, teria que pedir perdão, primeiramente, à minha mãe, uma senhora de matiz negra”, disse o parlamentar. “Quero lembrar que os direitos humanos são fundamentais. Sei o que é ser discriminado, sei o que se passa no nosso país”, discursou Feliciano. Para viabilizar a eleição do deputado evangélico, o PSC teve o apoio do PMDB e do PSDB, que cederam suas vagas na comissão ao partido. Com apenas um membro no colegiado, hoje durante a eleiçã, o PSC tinha cinco deputado membros. O PMDB cedeu duas vagas e o PSDB, mais duas. O partido também recebeu o apoio do PR,

PSC teve o apoio do PMDB e do PSDB, que cederam suas vagas

do PTC e de um deputado do PSB, o Pastor Eurico (PE) . A escolha do comando das comissões permanentes da Câmara é feita de acordo com o tamanho

petróleo

Temer não descarta compensação a estados O presidente da República em exercício, Michel Temer, não descartou uma forma de compensar os estados produtores de petróleo, principalmente o Rio de Janeiro, que perderão recursos com a derrubada do veto presidencial à partilha dos royalties do petróleo. “Não saberia dizer, no plano numérico, como seria essa compensação, mas pode vir a ser um dos caminhos, especialmente no Rio, que terá Copa do Mundo de Futebol e Olimpíadas, de modo que pode vir a se verificar uma compensação”, disse. “Isso, sem nenhum compromisso do governo, estou falando como vice-presidente, dizendo que vai depender de muitos estudos”. Segundo Temer, a derrubada do veto presidencial à partilha dos royalties, ontem pelo Congresso Nacional, é uma prerrogativa do Legislativo. Ele avaliou que cabe uma Ação Direita de Inconstitucionalidade (Adin) pelos estados que perderão recursos. Para o presidente interino, a segurança jurídica dos contratados é um ponto que pode ser questionado. “O fundamento principal do veto da presidenta Dilma foi exatamente respeitar contratos, tanto

Segundo temer a decisão dos yoiyalties do petróle dependerá de estudos.

que acabei de dizer: ela fez o que, ao meu modo de ver, deveria ter feito. Agora isso criou um problema jurídico cuja a ultima palavra será dada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) ”, disse após palestra para alunos da Fundação Getulio Vargas (FGV), na capital fluminense. Agora há pouco, o governo do estado do Rio anunciou que vai

recorrer ao STF contra a decisão do Congresso Nacional, assim que esta for formalizada. O governador Sérgio Cabral informou, em nota distribuída para a imprensa, que estão suspensos “todos os pagamentos do estado, com exceção dos servidores públicos,” até que a constitucionalidade do projeto de lei seja julgada.

Safra de grãos deve superar a do ano passado em 13,2% A produção nacional de cereais, leguminosas e oleaginosas deve totalizar 183,4 milhões de toneladas para 2013, segundo a estimativa de fevereiro do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola, divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística pelo (IBGE). A produção estimada supera em 13,2% a de 2012 (162,1 milhões de toneladas). A nova projeção supera em 86.466 toneladas a estimativa de janeiro. O segundo levantamento do ano também prevê que a área plantada com cereais, leguminosas e oleaginosas em 2013 deverá chegar a 52,8 milhões de hectares, ou 8% maior que a área colhida em 2012. Houve redução de 201.605 hectares, ou 0,4%, em relação ao levantamento de janeiro. Entre os 26 produtos selecionados, 19 apresentam aumento na estimativa de produção em relação ao ano anterior. Arroz, milho e soja, os três principais produtos deste grupo, representam 92,5% da estimativa da produção e 85,6% da área a ser colhida. Em relação 2012,

houve acréscimos na área de 1,4% para o arroz, de 7,6% para o milho e de 10,1% para a soja. Quanto à produção, comparados aos números de 2012, os acréscimos são 4,9% para o arroz, 4,1% para o milho e 26,8% para a soja. Os sete produtos que devem apresentar queda na produção são: algodão herbáceo em caroço, 26,9%, batata-inglesa segunda safra, 1,6%, cacau em amêndoa, 5,3%, café arábica em grão, 6,1%,, laranja, 14,3%, milho em grão segunda safra, 0,1% e sorgo em grão, 5,2%. Segundo o IBGE, o Sul é a região com o maior volume de produção, com 71,9 milhões de toneladas,

seguido do Centro-Oeste com 71,4 milhões de toneladas, do Sudeste, 19,4 milhões de toneladas, do Nordeste, 16,4 milhões de toneladas e do Norte com 4,3 milhões de toneladas. O Mato Grosso lidera como o maior produtor nacional de grãos na segunda avaliação de 2013, com participação de 23,4%, seguido pelo Paraná, 20,1% e pelo Rio Grande do Sul com 15,6%. O IBGE informou que devido ao calendário agrícola, ainda não é possível avaliar a produção de segunda e terceira safras de alguns produtos, bem como das culturas de inverno. Os dados apresentados são projeções obtidas a partir das safras de anos anteriores. A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) também divulgou hoje, em Brasília, levantamento sobre a safra de grãos. Segundo a estatal, a produção nacional de grãos da safra 2012/13 deve alcançar 183,5 milhões de toneladas, um aumento de 10,5% sobre os 166,1 milhões de toneladas do ciclo anterior.

dos partidos na Casa. Conforme um coeficiente decidido pelas lideranças, os representantes dos partido fazem as escolhas das comissão que irão comandar no próximo ano.

Desempenho de estudantes é responsável pelas metas do Ideb O desempenho dos estudantes no período escolar é o maior responsável pelo cumprimento das metas do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). O Ideb é utilizado pelo Ministério da Educação (MEC) para medir a qualidade das escola e das redes de ensino do país. O índice é calculado com base nas notas dos alunos no Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), na Prova Brasil e com base na taxa de aprovação no período. De 2005 a 2011, de acordo com dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), nos anos iniciais do ensino fundamental, o desempenho representou 63,7% do Ideb e a aprovação, 36,3%. Nos anos finais do ensino fundamental, o desempenho representou 53,9% e no ensino médio, 56,9%. “Constatamos um aumento no Ideb ao longo desses anos, mas queríamos ver se esse aumento se deu por causa do fluxo de aprovação ou se foi o aprendizado que aumentou. Ficamos muito felizes com esse resultado. Significa que os alunos estão aprendendo mais”, diz o presidente do Inep, Luiz Cláudio Costa. Em termos de pontuação, as notas aumentaram. no período, houve um aumento de 27,2 pontos em matemática para os anos iniciais do ensino fundamental, 13,3 na disciplina nos anos finais e 3,5 no ensino médio. Em português, houve um aumento de 18,3 nos anos iniciais do ensino fundamental e 13,4 nos anos finais. No ensino médio, o aumento das notas em português foi 11 pontos no período. “Com base em uma escala, sabemos, de acordo com a nota, o conhecimento que é dominado pelos estudantes. Nos anos iniciais do ensino fundamental, isso significa que os alunos têm quase um ano e meio, dois anos a mais do conhecimento esperado para o período”, diz Costa. Ele acrescenta que mesmo no ensino médio, onde estão “os maiores desafios”, observa-se um aumento. Com os números, as metas para o Ideb foram atingidas para o período. “Temos grandes desafios. O fato de termos alcançado as metas, não implica em não termos desafios, sobretudo no ensino médio”, diz o presidente do Inep.


Indústria&Comércio 08/03/2013