Issuu on Google+

WWW.ICNE WS.COM.BR

Indústria&Comércio CURITIBA, QUARTA-FEIRA, 07 DE NOVEMBRO DE 2012 | ANO XXXVI | EDIÇÃO Nº 8746 | R$ 1,50

DIÁRIO. MAIS QUE NOTÍCIAS. INTELIGÊNCIA. CONHECIMENTO.

Maurilio Cheli/SMCS

Aroldo Murá BATIDA DA PF AINDA REPERCUTE A busca e apreensão que a Polícia Federal fez em outubro no apartamento de um deputado federal, em Curitiba, continua repercutindo. A rotina do condomínio de luxo, avenida Visconde de Guarapuava, onde cada unidade vale R$ 2,3 milhões, foi bem alterada pelo trabalho policial. PÁGINA A3

Custo de vida na cidade de São Paulo aumenta 0,81% O índice de Custo de Vida (ICV) na cidade de São Paulo teve alta de 0,81% em outubro na comparação com setembro. Segundo a pesquisa do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), o aumento atingiu principalmente às famílias com renda média de R$ 377,49, cujo índice foi 1,09%. Para a parcela da população com rendimento médio de R$ 934,17, a elevação do ICV foi 0,94%. O aumento do custo de vida foi influenciado pela alta nos preços dos alimentos, que registraram 1,95% em outubro. O subgrupo de produtos in natura teve aumento de 2,25%.

Pedro Washington DIVERGÊNCIAS INICIAIS

As consequências da parceria estabelecida por Lula com Paulo Maluf em torno da eleição de São Paulo, com a participação submissa do novo prefeito Fernando Haddad, parece que se estende ao período pos-eleitoral. PÁGINA | A2

INDICADORES FINANCEIROS MERCADO À VISTA MAIORES ALTAS

COTAÇÃO

TECTOY PN* 0,03 TECTOY ON* 0,03 CEPAC - PMSP CPA AEP MB 1.699,99 FII CSHG POP CI MB 1.385,69 RECRUSUL PN 0,06

MAIORES QUEDAS

Prefeito Luciano Ducci recebe o prefeito eleito Gustavo Fruet, para o ínicio da transição do governo | Pág. a2

Luciano Ducci e Gustavo Fruet iniciam transição de governo Durante o encontro, foram tratados temas como obras, projetos e orçamento da cidade

ENDIVIDAMENTO DAS FAMÍLIAS É RECORDE EM AGOSTO, REVELA BANCO CENTRAL economia | a5

Indústria de materiais de construção deve crescer no próximo ano, divulga Abramat

COTAÇÃO

RJCP EQUITY ON FINAM CI * FIBAM ON TEC BLUMENAU PNC COBRASMA PN

0,04 0,07 80,00 0,80 0,08

O Condor Super Center aderiu à Campanha Nacional de Conscientização do Consumo de Sal, lançada oficialmente no Paraná, no dia 5 de novembro. O objetivo da campanha é melhorar a saúde da população e reduzir a mortalidade por doenças cardiovasculares. O Condor Nilo Peçanha foi a primeira loja entre todos os supermercados da capital paranaense a receber os materiais de apoio.

IBOVESPA MAIORES ALTAS*

COTAÇÃO

B2W VAREJO ON NM ROSSI RESID ON NM USIMINAS PNA N1 USIMINAS ON N1 OGX PETROLEO ON NM

MAIORES QUEDAS

10,67 4,51 10,98 11,60 4,99

COTAÇÃO

ELETROBRAS ON N1 COSAN ON NM TRAN PAULIST PN N1 ELETROBRAS PNB N1 SABESP ON NM

10,85 39,16 31,17 15,23 85,91

CÂMBIO Moeda

Compra

Venda

1,9500

2,0900

Dólar comercial 2,0312

2,0317

Dólar turismo

Dólar paralelo Euro

2,0900

2,2000

2,6029

2,6039

PÁGINA B4

Oi inaugura primeira loja 5 própria em Editorial Londrina Combinação perfeita: imposto menor e juros reduzidos A Oi abre hoje (07), a pri-

Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat), em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), a produção física da indústria de materiais deve crescer à frente do PIB no próximo ano, contribuindo com a recuperação da atividade. PÁGINA A

Ouro (Grama/R$): 112,40

A

EDITAIS NA PÁGINA A7

continuação da redução do IPI (Imposto Sobre Produtos Industrializados) para os veículos está contribuindo para que o setor tenha bons resultados nas vendas. Ou seja, imposto menor é certeza de desenvolvimento para o país - conclusão óbvia defendida por tantos e, parece, ignorada pelas autoridades políticas que não colocam em prática uma definitiva reforma tributária.

T

ributos menores fazem com que o consumidor corra para as lojas em busca dos produtos, como os carros. Isso é ótimo para as lojas, para a indústria e para o trabalhador, obviamente. As concessionárias de veículos tiveram no mês passado o segundo melhor mês de vendas de automóveis e comerciais leves (como vans e furgões) neste ano. Foi o melhor outubro, com 326,9 mil unidades.

CENTRAL DE ATENDIMENTO: 41 3333.9800 C M Y K

Condor adere à campanha sobre o consumo de sal

A

lém do imposto menor, pode-se citar também os juros mais baixos dos financiamentos. Percebe-se aí uma combinação interessante para o comércio: tributos e juros reduzidos. Esse é um dos melhores caminhos para que a economia possa se fortalecer cada vez mais. E não apenas a área de automóveis, mas todos os setores são beneficiados.

E-MAIL: PAUTA@INDUSCOM.COM.BR

meira loja própria na cidade de Londrina. O local escolhido é o recém-inaugurado Londrina Norte Shopping, no bairro Pacaembú. O shopping tem 53.645 m² de área construída e contará com 168 lojas. PÁGINA B1


Geral/Curitiba

“Querermos ser do nosso tempo é estarmos já ultrapassados.”

Curitiba, quarta-feira, 07 de novembro de 2012 | A2 | Indústria&Comércio

Eugène Ionesco

Curitiba

Luciano Ducci e Gustavo Fruet iniciam transição de governo Previsão do tempo

Foto: Maurilio Cheli/SMCS

No encontro, foram tratados temas como obras, projetos e orçamento da cidade Mín.: 14° | Máx.: 26°

Na quarta-feira o tempo permanece estável, com baixa possibilidade de chuvas, no Paraná. A exemplo dos últimos dias as áreas de instabilidade intensificam-se à tarde, e principalmente devido a efeitos orográficos (presença de serras, leitos de rios). Na maior parte do Estado teremos mais um dia com predomínio de Sol e com temperaturas elevadas. fonte: www.simepar.br

prpress@terra.com.br

PanoramaPolítico Pedro Washington

Divergências iniciais

Retorno ao poder

O fato concreto é que as divergências internas começam a aparecer no PT. Os mais autênticos do partido, ou por ele indicados a cargos relevantes no governo passado e que Dilma afastou, defendem a volta de Lula. Que por enquanto faz ‘cara de paisagem’. Fomentam o crescimento do PSB como ameaça concreta para 2014, através seu presidente o governador de Pernambuco, tido como o grande nome que emerge de 2012.

Alerta amarelo

Já o grupo petista atualmente no poder, defende como é natural a continuidade de Dilma, numa reeleição que até agora é tida como viável. As primeiras movimentações da Presidente por sinal, indicam que ela entendeu o sinal de alerta e já se apressa em participar de encontro de governantes nordestinos, com direito a “um particular” com Eduardo Campos. Enquanto se movimenta para garantir a presença do PMDB (ainda com maior número de prefeitos) em sua base de apoio.

Sacrifícios justificados

A coluna comemora como toda a imprensa do Paraná, o rumo das conversações para alteração do traçado previsto para a retomada da Ferroeste, que se estenderia de Maracaju, no Mato Grosso do Sul até o trecho já construído Cascavel-Guarapuava e dali avançando para Paranaguá. Uma simples observação da economia representada nessa nova rota, já responderia pela necessidade dela se dar via Serra do Mar. Vencendo eventuais dificuldades ambientais. O resultado final compensa sacrifícios momentâneos.

Binário desinteressante

A utilização do binário via Mafra, Joinvile e São Francisco do Sul (que conta com um porto ativo), e dali a Paranaguá, tem contra si ainda, a passagem pelo moderníssimo porto de containers de Itapuá, feito pela iniciativa privada e que tem batido recordes sucessivos em sua atuação. Isso praticamente inviabilizaria a movimentação de containers em Paranaguá. Ou existem estudos que provam o contrário!

Em choque

Pode ser até que o ex-chefe da Casa Civil de Lula, tenha motivações para atacar a imprensa, especialmente pela cobertura que deu ao assim chamado “escândalo do mensalão” de que, supostamente, ele foi protagonista. A opinião não é da imprensa: é do STF. Escândalo que por sinal foi antecedido por outro de seu gabinete, protagonizado por Valdomiro Diniz. Regulação da mídia tem que ser antecedida de “regulação dos atos de políticos matreiros”.

EXPEDIENTE

Diário

Indústria&Comércio Fundado em 2 de setembro de 1976 Fundador e Presidente Odone Fortes Martins Reg.Prof. DRT/PR: 6993 (ofm@induscom.com.br) Diretor de Redação Eliseu Tisato Reg.Prof. DRT/PR: 7568 (editor@induscom.com.br) Redação: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fone: (41) 3333.9800 E-mail: pauta@induscom.com.br Publicidade Legal e Assinaturas: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fones: (41) 3333.9800 | 3334.4665 e-mail: publegal@induscom.com.br

Parque Gráfico e Circulação: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fones: (41) 3333.9800 | 3322.1012 Direção e Comercial: Rua Presidente Faria, 533 Centro - Curitiba - CEP: 80020-290 Fone: (41) 3322.1012 e-mail: diretoria@induscom.com.br comercial@induscom.com.br

NEW CAST PUBLICIDADE & MARKETING BRASÍLIA E RIO DE JANEIRO Atendimento : Flávio Trombieri Moreira – Cel.: (61) 8155 2020 Endereço: SRTVS Quadra 701 Bloco K Sala 624 – Edifício Embassy Tower – Brasília DF - Cep.: 70.340 – 908 Fone/Fax: (61) 3223 4081 E-mail: new.cast@uol.com.br / new.cast@hotmail.com

Os artigos assinados que publicamos não representam necessariamente a opinião do jornal.

Prefeito Luciano Ducci recebe o prefeito eleito Gustavo Fruet, para o ínicio da transição do governo

O

prefeito Luciano Ducci e o prefeito eleito Gustavo Fruet realizaram a primeira reunião de transição de governo, ontem, na Prefeitura de Curitiba. No encontro, foram tratados temas como obras em andamento, projetos, orçamento da cidade, recursos para investimentos, PAC da Copa e metrô. “Estamos fazendo uma transi-

ção responsável, bem organizada e civilizada. Num processo eleitoral sempre alguém ganha e outros perdem. Mas a cidade não pode perder. A população pode ficar tranquila que a cidade não vai parar”, afirmou o prefeito Luciano Ducci ao lembrar que são mais de 150 obras em andamento por toda a cidade. “Essa é uma demonstração de

responsabilidade com a cidade. Será feita uma transição sem rupturas. Agradeço ao prefeito Luciano Ducci pela pronta disposição para essa conversa. Vivemos um momento de maturidade, reconhecemos os avanços da cidade e vamos procurar melhorar ainda mais”, definiu Gustavo Fruet. No dia 3 de dezembro será entregue um relatório de gestão, com

tudo o que foi feito e que está em andamento para o próximo ano. Também participaram da reunião a Procuradora-Geral do Município, Claudine Bettes, o secretário municipal de Planejamento, Homero Giacomini, coordenador de transição da Prefeitura, e o professor Fabio Scatolin, coordenador de transição do prefeito eleito.

PR sedia seminário nacional sobre micro e pequenas empresas

Feira oferece 2 mil vagas de emprego

O Paraná será sede de um encontro nacional de entidades e órgãos relacionados ao segmento de microempresas e empresas de pequeno porte (MPE’s). É o 1º Seminário Nacional dos Fóruns Estaduais das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte novembro, programado para os dias 19 e 20 no auditório da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), em Curitiba. O evento - organizado pela Secretaria do Estado da Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul vai reunir representantes da União, Estado e municípios, iniciativa privada, federações, sindicatos, associações e de outras entidades para trocar experiências e debater ações para o fortalecimento do setor. “O encontro vai ser mais uma oportunidade para ampliarmos o debate sobre esse setor que é o que mais emprega no país. Serão palestras e reuniões onde vamos

A primeira edição da Feira do Emprego e da Capacitação Profissional para a Maturidade de Curitiba, promovida pela Secretaria Municipal do Trabalho e Emprego, será realizada no sábado (10), na Escola Municipal Otto Bracarense Costa, no CIC. Serão oferecidas 2 mil vagas para profissionais com mais de 40 anos de idade ou que já estejam aposentados. Além disso, também serão ofertadas 265 vagas para cursos de capacitação nas áreas de atendimento ao público, recepcionista, rotina administrativa e webdesigner. Além disso, os interessados poderão fazer na feira o encaminhamento para a confecção da carteira de trabalho e elaborar currículos.

discutir legislação, tributação, exportação, capacitação, gestão, inovação entre outros assuntos”, afirma o secretário da Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul Ercílio Santinoni. Os Fóruns Estaduais são as instâncias governamentais competentes para cuidar dos aspectos nãotributários relativos ao tratamento diferenciado às micro e pequenas empresas e empreendedores. São formados por representantes dos poderes públicos municipais, estadual e federal, federações, associações, iniciativa privada e outros. O Fórum paranaense é um dos pioneiros, foi considerado referência nacional e utilizado como modelo por outros estados. “Agora estamos avançando para integrar Fórums de outros estados para juntos fortalecermos o setor”, ressalta Ercílio. O secretário acrescenta que o Governo também trabalha na ins-

talação de 18 unidades regionais do Fórum das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte do Estado do Paraná. São ambientes que reúnem o poder público, a iniciativa privada e a sociedade para debater políticas públicas para o setor de acordo com as peculiaridades de cada região do Estado. Segundo ele, a regionalização permite a criação de canais institucionais de interlocução com representantes locais, fomentando o debate de questões políticas e empresariais, com o objetivo de criar um ambiente favorável para o desenvolvimento e competitividade de pequenos negócios. “ As instâncias regionais são ferramentas importantes para que as demandas locais cheguem ao Governo do Estado”, salienta. O seminário é aberto e gratuito. As inscrições podem ser feitas no site da Secretaria da Indústria e Comércio.

Flávio Arns visita a primeira escola de formação de PMs no interior O governador em exercício Flávio Arns conheceu ontem, em Maringá, as instalações da primeira Escola de Formação, Aperfeiçoamento e Especialização de Praças (Esfaep) do interior do Estado. A unidade foi inaugurada em setembro pelo governador Beto Richa e será administrada pela Academia Policial Militar do Guatupê. Esta é a segunda escola dessa natureza no Estado e tem capacidade para 250 policiais e bombeiros militares. A nova escola teve investimentos de R$ 3 milhões do Fundo de Reequipamento do Corpo de Bombeiros. “É fundamental que toda profissão tenha formação continuada para aprimoramento. Uma escola como essa é importante para qualificar os nossos policiais para saberem atender necessidades policiais e sociais”, disse o governador em exercício. A proposta é que sejam ofere-

Foto: ANPr

As consequências da parceria estabelecida por Lula com Paulo Maluf em torno da eleição de São Paulo, com a participação submissa do novo prefeito Fernando Haddad, parece que se estende ao período poseleitoral. Pelo menos uma coisa o PT assimilou do estilo Maluf, quando se trata dos seus sempre afirmados depósitos bancários em contas no exterior, que inclusive lhe valeram uma ordem de prisão emitida contra ele pela Interpol (Polícia Internacional) o que não lhe permite sair do país: “nego” é sua expressão permanente, embora as fartas comprovações de que existem. Assim também, contestando as decisões do STF, dirigentes petistas lamentam principalmente a sorte de José Genoino que, segundo eles “não merecia” punição por “não ter noção do real alcance de seus atos”. Quando não negam como Lula a existência do mensalão. Ao confessarem a “ignorância dos fatos” por Genoino, confirmam que atos lesivos foram praticados. A esta altura conclui-se que a defesa dos petistas não estende a José Dirceu e Delúbio assim com ao deputado João Paulo Cunha. Não há porém unanimidade nas críticas ao STF. Ainda na semana passada a ministra Gleisi Hoffmann (PT-PR) afirmou à Folha de São Paulo: “Nós podemos gostar ou não de como as coisas se dão mas, nós temos que respeitar resultados e instituições”. O que provocou manifestação do deputado André Vargas, curiosamente no Paraná, do mesmo grupo de Gleisi e Paulo Bernardo: “O governo é o governo e o partido é o partido. Quem discordar do posicionamento (do partido) que vá discutir lá no partido”.

O governador em exercício Flávio Arns conheceu as instalações da primeira Escola de Formação, Aperfeiçoamento e Especialização de Praças

cidos cursos de formação de novos policiais, de atualização e de qualificação para profissionais veteranos que buscam promoções na carreira. “A Polícia Militar tem grande contribuição para o desenvolvimento do Paraná. O governo estadual investe forte para trazer mais segurança às famílias paranaenses”, afirmou. Arns lembrou ainda que os

acadêmicos da Polícia Militar estão acompanhando os atletas da Olimpíada Nacional das Apaes, que acontece nesta semana em Maringá. Eles ficarão hospedados no hotel da delegação e prestarão apoio para o bom andamento da competição. “É importante que o policial entenda o lado social e comunitário da sua atividade”, afirmou Flávio Arns.

Concurso de qualidade do café é julgado no Iapar O Paraná sedia a fase internacional do 13º Concurso de Qualidade Cafés do Brasil – Cup of Excellence Early Harvest. Os julgamentos começaram segunda-feira (5) na sede do Instituto Agronômico do Paraná (Iapar), em Londrina, e prosseguem até sexta-feira (9), quando serão anunciados os lotes vencedores, em cerimônia de premiação na Feira Internacional de Cafés Especiais do Norte Pioneiro do Paraná (Ficafé 2012), em Jacarezinho, a partir das 18h30. Os melhores cafés do concurso, destinado exclusivamente aos grãos produzidos por via úmida (cerejas descascados e/ou despolpados), ganham como prêmio a venda de seus lotes no exclusivo leilão Cup of Excellence, que será disputado no dia 10 de janeiro de 2013, via internet, por torrefadoras e casas de café sediadas de todo o mundo, em especial na América do Norte, Europa e Ásia.


Geral/Estadual Indústria&Comércio | Curitiba, quarta-feira, 07 de novembro de 2012 | A3

Aroldo MuráG.Haygert

NA TOCA DO COELHO

PF INVESTIGA DEPUTADO NO ‘RIO DANÚBIO’ A minha caixa postal ficou abarrotada de e-mails de leitores até da Europa, que me pedem informações “detalhadas” sobre a operação de busca e apreensão, realizada pela Polícia Federal, em outubro, em Curitiba, e que teve por objeto um deputado federal em seu apartamento. Claro que, nem morto, irei fornecer certos detalhes que identificariam minhas fontes, mas acrescentarei o seguinte à notícia de enorme repercussão, publicada pela coluna de segunda-feira, 1-11-12: a) a operação da Polícia Federal foi em outubro passado; durou horas. b) o alvo da busca e apreensão de documentos foi o apartamento (e não o escritório) em que mora um deputado federal sob investigação da PF; c) A operação, com mandado judicial, não foi nada discreta, pelo contrário. E ocupou horas do dia, alterando, de certa forma, a rotina dos condôminos do luxuoso Edifício Rio Danúbio, na Avenida Visconde de Guarapuava; d) A Polícia Federal, embora não tenha escondido de ninguém a operação, não de manifestou sobre ela. O que mais se sabe, e que adiciono à informação anterior, é o seguinte:

OS 180 DOS GERMÂNICOS

Todos que têm alguma herança germânica (meu caso, que sou Witt, Mayer e Haygert), especialmente os habitantes do Sul do país, encontrarão bons motivos para ler o livro que o escritor Harto Viteck lançará a partir desta sexta, dia 9. A obra, com cunho de livro de referência – para consultas, sobretudo - é comemorativa aos 180 anos da Imigração Alemã. Muito além do que saciar curiosidades de descendentes Harto Viteck: remotos ou próximos desses a obra dos imigrantes. germânicos , homens e mulheres que ajudaram a fazer o Sul um Brasil diferente, o livro interessa a todos os que se preocupam com a história das imigrações. A seguir, a escala de lançamento da obra, segundo informa o seu autor:

OS 180 ANOS (2)

Informo o calendário de lançamento do livro comemorativo alusivo aos 180 anos da imigração alemã no Paraná: 09 nov - 20 horas - Marechal Cândido Rondon - Casa Gasa 19 nov - 19h30m - Curitiba - Goethe Institut 20 nov - 20 horas - Rio Negro - sede social da OAB-Rio Negro 21 nov - 20 horas - Lapa - Teatro São João 28 nov - 20 horas - Rolândia - Jugendheim (Igreja Luterana) As datas de lançamento na Colônia Entre Rios (Guarapuava) e Witmarsum ainda precisam ser ajustadas. Assim, que as datas estiverem confirmadas, informarei. Atenciosamente, Harto Viteck - Secretário-Executivo da Comissão de Festejos dos 180 Anos da Imigração Alemã no Paraná

O BOM PORTUGUÊS NAS AULAS DE MARIA TEREZA

Amanhã, das 19 às 21 horas, na Livraria Cultura, Shopping Curitiba, uma oportunidade singular para quem tem interesse pelo Português do dia que, nem por isso, deve ser descuidado: o lançamento do livro Não Tropece na Língua, da professora catarinense Maria Tereza de Queiroz Piacentini, cujo pré-lançamento foi semana passada, em Florianópolis. O livro é, para dizer o mínimo, uma preciosidade. Tira um sem número de dúvidas, exemplifica correções e simula situações de equívocos no uso de nosso idioma.

O BOM PORTUGUÊS (2)

A autora escreve semanalmente sua coluna – Não Tropece na Língua – publicado em diversos jornais e revistas do país, e também apresentada no site do Instituto Cultural Euclides da Cunha. Todos os que usam o Português no cotidiano – então, todos os brasileiros, em princípio – terão mil e uma afinidade com o livro, especialmente por suas características de praticidade. E disto sei muito bem, leitor que sou de Maria Tereza e admirador de sua obra catequética, em grande parte empurrada pelo irmão Luiz Fernando e a cunhada Ellin, que a apoiam integralmente. A mim me coube a honra de escrever o prefácio do livro.

PORQUE FOZ E MCDONALD SORRIEM

Quem está encerrando seu mandato em alta é o prefeito de Foz do Iguaçu, Paulo Mcdonald. No final de setembro, o sistema municipal de ensino fundamental de Foz apareceu no primeiro lugar no país no Edeb, avaliação do MEC. Foi um dos cinco municípios exemplares do Brasil, com ensino de qualidade e modelar, concluiu o Ministério da Educação. Quer dizer: professores ensinando bem, alunos aprendendo corretamente, toda a comunidade ganhando. Confesso que a posição conquistada por Foz me surpreendeu, na ocasião, embora meu amigo e colega de turma de Jornalismo na PUCPR , Raimundo Caruso, viesse “buzinando “ em meus ouvidos sobre a experiência notável que lá se realizava. Ele, um misto de jornalista, escritor, revolucionário contido (tem juízo e idade, hoje) chegou a escrever um livro sobre esse diferencial do ensino gestado por Paulo MacDonald e sua equipe.

‘ESMAGA’, UM TIPO À PARTE

o parlamentar estava mesmo lendo uma Bíblia, na versão do Rei James (ele, o parlamentar, não é homem culto, apenas bom financista e investidor em papéis, embora bacharel, mas tem veleidades intelectuais); Sabe-se também que o deputado fazia pesquisa sobre a vida e obra do pregador protestante clássico Spurgeon, consultando livros sobre ele editados pela CPB, na ocasião exata da batida da PF. Mas teria atendido a PF, na porta, com uma Bíblia na mão... Por último, lembro que o Edifício Rio Danúbio, próximo à Igreja de Santa Terezinha, tem uma das taxas de condomínio mais altas de Curitiba, coisa de R$ 7 mil segundo informou um porteiro do prédio, que – naturalmente – pediu anonimato. Não consegui conferir o valor com outras fontes. E mais: lá só podem ser proprietária gente do cacife do parlamentar, condôminos de alto coturno: no mercado imobiliário, cada unidade do luxuoso Edifício Rio Danúbio custa entre 2 milhões a R$ 2,3 milhões. Os demais moradores do Rio Danúbio são gente fina, nunca estiveram sob investigação. Um deles, por exemplo, é dos notáveis dirigentes de entidade empresarial curitibana.

PORQUE FOZ E MCDONALD (2)

Agora um ex-aluno meu (da mesma PUCPR), e hoje um amigo muito caro, o jornalista e publicitário Alceo Rizzi me pede, “cheio de dedos”, que aprecie um material que me manda sobre outro feito da cidade de Foz, a premiação que, de novo, conquistou, a do Paraná Sorridente. Diz a informação de Rizzi:”Esse concurso do Conselho Regional de Odontologia do Paraná juntamente com o Ministério da Saúde e Secretaria Estadual da Saúde, que está na quarta edição, premiou os municípios que se destacaram em Gestão em Saúde Bucal no ano de 2011. Entre os municípios com mais de 100 mil habitantes, Foz do Iguaçu alcançou o primeiro lugar em 2009, também em 2010 e agora novamente em 2012. Em 2011 a cidade obteve o segundo lugar, atrás apenas de Curitiba.”

PORQUE FOZ E MC DONALD (3)

Tenho que ser objetivo, mas me confesso impressioando com o que me conta Alceo Rizzi, realidade que explica premiação de Foz no Paraná Sorridente. Haveria muito a destacar mas chamo a atenção para isso: o serviço odontológico da cidade, voltado para a sua população, que a ele tem acesso com facilidade. É prestação de serviços inimagináveis em outras cidades:atendimento curativo a toda população com atendimento prioritário a gestantes, bebês, doentes crônicos e idosos (limpezas, restaurações, tratamentos básicos em gengiva, extrações, prevenção ao câncer de boca e outros) e atendimento de urgências (dores e acidentes com envolvimento da boca). E, surpresa, a cidade ofereceu também os serviços de prótese dentária (dentaduras e coroas unitárias), cirurgias periodontais (gengivas),tratamento de dor oro-facial, cirurgias orais menores (dentes inclusos, pequenas lesões, etc), endodontia (tratamento de canal), ortodontia preventiva (aparelhos dentários) para crianças e adolescentes, atendimento a portadores de necessidades especiais, inclusive com atendimento hospitalar, sob anestesia geral quando indicado. O mais importante: tudo é feito aacompanhado de constantes campanhas educativas, a criança sendo o grande alvo.

NEOLOGISMOS DO PROF. BALDIN (continuação) Cerealicultor Cerealística Charangar Chutômetro -cidas Circunvolvente Circunférica Cirenear Coaudiouvinte Coleguidade Qualidade de ser colega Columbância Codividir Completude Condorosos Cifronismo Conservacionismo Contraface Contraforça Contrargumentar

Cultivador de cereais Atividade de cultivo de cereais Agir com estrépito, na tentativa de impressionar o ouvinte “Aparelho para chutar”, emitir pareceres em base científica Sufixo anexado a outros radicais Aquilo que envolve, que circunda Fechada como a circunferência Fazer como Simão Cireneu (prestar ajuda) Aquele que é também audiouvinte

Dificultação

Simplicidade semelhante à das pombas Repartir com outros Aptidão de ser completo Próprios do condor Submissão ao dinheiro, representado pelo cifrão Hábito de conservar o que se faz A face oposta de alguma coisa, o oposto Força que se exerce em sentido contrário Desenvolver argumentos para provar algo contrário ao exposto Aquele que age juntamente com outros, partícipe Atitude de quem demonstra graça no modo de ser Pinote de cavalo Superior, vista de cima, do alto, abrangente, geral Ato de vibrar junto com alguém Que pode receber crédito de algo Que produz cricrilos, zumbidos Subordinação desregrada às riquezas, (crisos= ouro) Mania de delatar os outros Estado daquilo que denigre, enfeia Estado daquilo que é deprimente Que desambou, desencaminhado O que desacorçoa facilmente, propenso ao desânimo Que deixou de ser assistido Ensinar, tirar da ignorância (semelhante à do burro) Desligar-se das obrigações canônicas Eliminar a carência, abastecer Desfeita, posta abaixo, destruída Que não tem base Sair do casulo Transformar em deserto, tornar desértico Diminuir, sofrear a velocidade Atitude que promove a desunião entre irmãos Desfazer a ganância Aquilo que destrói o ideal, a aspiração superior Ato de desfazer a instalação Vício de quem não tem patriotismo Ação de desprestigiar, desmerecer Eliminar a qualidade de ser santo Eliminar aquilo que atrapalha Atitude daquele que age como o diabo Outras calamidades parecidas com terremotos, maremotos Ação de dificultar

Digestibilidade

Capacidade de fazer boa digestão

Disparatismo

Hábito de praticar disparates

Coparticipante Coquetice Corcoveão Cosmorâmica Covibração Creditável Cricrileiro Crisolatria Dedurismo Denegritude Deprimência Desambado Desanimadiço Desassistido Desburricar Descanonizar-se Descarenciar Desconstruída Desembasada Desencasular-se Desertificar Desesticar Desfraternidade Desgananciar Desidealizador Desinstalação Despatriotismo Desprestigiamento Dessantificar Destranqueirar Diabolicidade Diabotos

(Espaço de Antonio Carlos Costa Coelho)

aroldo@cienciaefe.org.br

Curitiba sempre teve seus tipos. A Maria do Cavaquinho, uma louquinha que criava casos pelas imediações da Boca Maldita nos anos 60. O Ferry Boat que subia e descia a quinze levando pelo braço algum de suas relações. Não sei que fim deu. O Bataclã. Negro alto e forte, adepto do vegetarianismo. Fazia propaganda de produtos da indústria paranaense vestindo apenas uma tanga e um turbante à moda de Gunga Din. Fez suas últimas aparições na Rua XV nos anos setenta, quando nevou em Curitiba. Já tinha mais de 80 anos e, com sua tanga, correu pelo calçadão da XV exibindo sua boa condição física. Mas, nenhum foi tão desmerecedor de pertencem a lista dos ilustres tipos da cidade como um tal de Gilda. Um tipo asqueroso. Durou pouco. Fazia o tipo bicha pobre, desbocada, que se prestava a importunar as pessoas a troco de alguns agrados financeiros de imbecis da cidade. Era disso que tirava seu sustento. Entre ilustres populares havia o Alvino Guimarães Cruz, o Esmaga. Um tipo que se distinguiu dos demais talvez pela sua forma de se relacionar, por sua inconveniência e pela língua maledicente e, talvez pelo rol de “amizades” ilustres como Álvaro Dias, Jaime Canet, Saul Raiz e outros de igual calibre. Nunca se deixou sugar pelo Vampiro. Contam que, numa sentada, devorou seis empadas na Schaffer, pagas por Dalton, em troca de um bom assunto para suas crônicas. Não deu crônica. Esmaga limitou-se a comer. Ele não falava de boca cheia. Esmaga era um desaforado. Louco de esperto. Sabia com quem podia ser irreverente e com quem devia manter o respeito. Fiel aos amigos. Virulento ao falar dos inimigos. Odiava o Dalton. Para ele, era “um louco”. Requião recebia a mesma qualificação. Opinião que Esmaga não escondia. Fazia questão de deixa-la pública. Ao encontrálo, a centímetros de distância do político olhava-o de cima abaixo e disparava: “loco”. O que fazia de forma audível para que todos soubessem sua opinião. Não gostava de falar da sua vida. Contava alguma coisa a poucos. Sua intimidade era segredo. Do seu passado poucos sabiam. Do presente só o que assistiam nas ruas e locais onde se apresentasse. Contam que testemunhou o incêndio do Guaira, tempo em que morava num quartinho arranjado junto às obras do teatro. O incêndio era, também, assunto não comentado por ele. Trabalhava na Secretaria de Educação, emprego arranjado pelo seu padrinho Ney Braga. Deste não falava e não gostava que falassem. Se alguém falasse de Ney Esmaga saia da roda. Não se assentava à roda dos ímpios. Esmaga mordia a todos. Cinco daqui, dez dali, e a parte do Cecílio ia buscar no escritório, com direito a água gelada e cafezinho. Quando lhe davam pouco, ironicamente perguntava: Não vai te fazer farta? - Contou-me que guardava o dinheiro para a velhice e que enviava uma parte para um casal de tios velhos que moravam em Antonina, sua terra natal. Os velhos não tinham outro sustento e dependiam integralmente dele. Esmaga morreu há algum tempo. Não lembro quando. Mereceu crônicas nos jornais. Até do Mazza que, por certo, melhor e mais do que eu, assistiu a suas façanhas do capelista.

CARTAS PRÊMIO FANI LERNER

De Gerson Guelamn: Chegamos ao final de mais uma edição do Premio Fani Lerner e gostaríamos de convidá-los para a cerimônia de premiação que acontecerá nesta quarta-feira, dia 7, às 14:30hs no cinema do Centro Israelita do Paraná. O Prêmio é concedido pelo Instituto Jaime Lerner e destinado a instituições sociais de todo o Paraná, que apresentem iniciativas voltadas à melhoria da qualidade de vida, contribuindo na promoção, proteção e defesa de direitos de crianças de zero a doze anos. Os finalistas desse ano são: • A Africa em mim. CMEI Angela Maria Trevisan, Campina Grande do Sul • Luz câmera Ação: cinema também é educação. EM Lucidio Florencio Ribeiro, Campina Grande do Sul • Despertando a leitura, ampliando a criatividade e formando cidadãos. EM Augusto Staben, Campina Grande do Sul • Jardim Vivo. CMEI Rosiel Dalprá, Campina Grande do Sul • Ações além da sala de aula. EM Antonio Jose de Carvalho, Campina Grande do Sul • Adote um sorriso. Grupo de Apoio Adoção Consciente, Curitiba • Ciência em arte. Instituto Guerreiros de Arte-Reabilitação, Curitiba • Rimar e Arte. UMS São Brás, Curitiba • Poty Lazarotto, grande artista plástico paranaense. CMEI Caramuru, Curitiba • Viver com Arte. Ass. Amigos do PE no Palco ação em valores humanos, Curitiba • Aluno cidadão sabe atuar. CE Amâncio Moro, Corbelia • Dança Comunidade. Programa AABB Comunidade, Assai • Construindo o futuro. CAIAC Zilda Arns, Florestópolis • Colorindo Meu Mundo. CMEI Boa Vista, Curitiba • Amor com limites. CMEI Irineo Sperotto, São João Data: 7 de novembro, quinta-feira Hora: 14:30 Local: Centro Israelita do Paraná – Trav. Agostinho de Macedo 248

“O BRAVO AIRTON CORDEIRO”

Do empresário curitibano Silvestre Schmitt: O bravo jornalista Aírton Cordeiro merece todo nosso apoio e nossa solidariedade. Somente gente muito cara-de-pau pode ser a favor dessa manifesta ilegalidade de se colocar dinheiro público em obra particular, no caso, dinheiro dos nossos impostos no estádio do Atlético. A instituição Clube Atlético Paranaense não merece este mico. Saudações e, mais uma vez, parabéns por seu excelente trabalho.

“QUERO MAIS DETALHES”

Prezado jornalista, para nós não chega a ser surpresa a informação de que deputados federais estão envolvidos em novas investigações da Polícia Federal. Aliás, a PF redime o serviço público do Brasil e faz um papel que deveria ser, muitas vezes, do judiciário. Mas estamos curiosos, somos seus leitores aqui nos Estados Unidos, todos paranaenses: queremos mais detalhes sobre a busca e apreensão feita pela PF no escritório de um parlamentar. Pelo jeito, trata-se de um homem muito religioso – estava lendo a Bíblia, na tradução do Rei James. É possível dar mais informações? Nós, aqui, já fomos vítimas de religiosos caça-níqueis e a notícia me faz associar esse personagem a alguma história parecida. M.J.NOVAK, Lincoln/Omaha, Nebraska, USA. RESPOSTA: o assunto está abordado na abertura da coluna de hoje, com retificação: a busca e apreensão foi no apartamento do parlamentar.


Geral Curitiba, quarta-feira, 07 de novembro de 2012 | A4 | Indústria&Comércio

AB Notícias INVESTIMENTOS Cooperativas vão investir R$ 1,3 bilhão no Paraná. Recursos do Plano Agrícola Pecuário 2013/13 são direcionados principalmente para a ampliação e modernização do setor agroindustrial, aumento de capacidade de armazenagem, entre outros.

DESENVOLVIMENTO Começa a ser construído o moinho de trigo das cooperativas Batavo, Castrolanda e Capal em Ponta Grossa, que vai gerar aproximadamente 80 empregos diretos, na primeira fase. Serão investidos cerca de R$ 40 milhões na unidade que terá capacidade de moagem de 120 mil toneladas/ano, inicialmente, com a intenção de dobrar a produção na segunda fase.

PROTESTO Agricultores protestam em Quedas do Iguaçu, sudoeste do estado. Em frente à prefeitura local, aproximadamente 500 produtores pediram por melhorias nas estradas rurais, na educação – com enfoque na no transporte escolar e na saúde.

VENTOS PRODUTIVOS O Brasil é o país que produz energia eólica mais barata. Com capacidade para gerar o triplo de toda a energia que consumimos hoje, a eólica ganha cada vez mais espaço no território brasileiro, que transforma vento em eletricidade pelo menor preço do mundo.

ATRAÇÃO TURÍSTICA A Capela Sagrado Coração de Jesus em Mamborê, centrooeste do estado, vira atração turística na cidade, atraindo fiéis do Brasil inteiro e até de países de fora. A igreja subterrânea construída em 1990, chama atenção pelo estilo rústico e acaba movimentando o turismo na região.

EMOÇÃO INDÍGENA A exposição “Vasto Rosto. São Profetas”, de Sérgio Augusto, reúne desenhos inspirados em rituais indígenas, com a proposta de representar aspectos emocionais do índio. A mostra está em cartaz no Museu Indígena Kre Porá, na Associação Indigenista de Maringá (Assindi), até dia 20 de novembro.

COMÉRCIO INTERNACIONAL O Terminal de Contêineres de Paranaguá, litoral paranaense, receberá uma nova linha de serviços de cabotagem (navegação entre portos). O serviço será operado pela Aliança, empresa do grupo Hamburg Sud, e vai ampliar a atuação no comércio internacional, principalmente entre os países do Mercosul.

MASTURBAÇÃO X PRÓSTATA A prática da masturbação pode prevenir o câncer na próstata em homens que têm entre 20 e 50 anos. Conforme pesquisadores australianos, ejacular evita o acúmulo de substâncias cancerígenas na próstata.

SABORES DO NORTE A Feira de Café em Jacarezinho, norte-pioneiro do estado, vai contar com compradores de vários países. Com inicio nesta quarta-feira (07), o evento deverá receber cerca de 2 mil pessoas entre cafeicultores, especialistas e compradores. O evento dará destaque para os cafés especiais de produtores da região.

FESTIVAL LITERÁRIO Vai até o dia 10 de novembro o Festival Literário de São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba. O evento reúne uma feira aberta ao público com livros à venda a partir de R$ 1. Além disso, vai contar com a presença do escritor Pedro Bandeira, da escritora Márcia Kupstas , entre outros autores. Acontece na Rua XV de Novembro.

CAPACITAÇÃO Com a intenção de desenvolver o turismo rural em Catanduvas, oeste do estado, mulheres recebem cursos e treinamentos. O mais recente foi na área de preparação de peixes, onde elas tiveram a oportunidade de agregar novas receitas ao preparo cotidiano do alimento, gerando mais alternativa de renda.

Senai

PR terá 40 competidores na Olimpíada do Conhecimento Ao todo, a Olimpíada reunirá 638 competidores, de todos os Estados O Paraná terá 40 competidores na etapa nacional da Olimpíada do Conhecimento do Senai, maior torneio de educação profissional das Américas, que acontece de segunda-feira a domingo (12 a 18), no Anhembi, em São Paulo. A delegação paranaense é formada por 38 alunos do Senai (que competirão em 34 modalidades industriais) e dois do Senac (que representarão o Estado em duas modalidades do comércio). Ao todo, a Olimpíada reunirá 638 competidores, de todos os Estados.  Durante quatro dias (de quarta a sábado), os competidores precisarão interpretar e resolver situações semelhantes às que enfrentariam no ambiente real de trabalho. Eles serão avaliados em diferentes quesitos e vencem o torneio aqueles que apresentarem o melhor desempenho nas habilidades avaliadas. Para chegar à etapa nacional, os alunos passaram pela etapa escolar da Olimpíada (realizada em cada uma das unidades do Senai em todo o Estado, em 2010) e pela etapa estadual, realizada em 2011 em Curitiba e em Ponta Grossa. “Após um ano de treinamentos intensos, tanto nos aspectos tecnológicos quanto comportamentais, a equipe está bem preparada para re-

O aluno Lucas Ribeiro dos Santos, do Senai na CIC, vai representar o Paraná na modalidade mecânica de precisão

presentar o Paraná na competição”, afirma o coordenador da Olimpíada no Paraná, Gilberto Baggio, lembrando que no último mês os alunos intensificaram os treinamentos nas dificuldades específicas de cada ocupação.

Os vencedores (ouro e prata) nesta Olimpíada de São Paulo estarão credenciados a buscar índices para representar o Brasil no Torneio Internacional de Educação Profissional, o WorldSkills, que será disputado em julho de

2013, em Liepzig, na Alemanha. No WorldSkills 2011, disputado em Londres, O Paraná garantiu a medalha de ouro em Eletrônica Industrial, com o aluno Gabriel D’Espíndula. O Brasil conquistou o segundo lugar.

ACP: Pedidos de falência sobem 21,6% em outubro Dados nacionais da Boa Vista Serviços, representada no estado do Paraná pela Associação Comercial do Paraná (ACP), mostram que o número de pedidos de falência subiu 21,6% em outubro na comparação com setembro de 2012. No acumulado do ano o número de pedidos de falência apresenta crescimento de 20,8% contra o mesmo período de 2011. Em relação ao mesmo mês de 2011, os pedidos de falência cres-

ceram 19,7%. As falências decretadas, por sua vez, recuaram 2,3% em outubro e acumulam crescimento de 9,2% no ano ante o mesmo período de 2011. Sobre setembro de 2011 o número de falências decretadas aumentou 43,3%. Já os pedidos de recuperação judicial e o deferimento dos pedidos de recuperação recuaram em setembro, mas continuam com forte tendência de alta no acumulado

do ano, na comparação com o mesmo período de 2011. A desaceleração da economia observada em 2011 e que se estende por 2012 tem trazido efeitos sobre a capacidade de pagamento das empresas, prejudicando o desempenho financeiro e contribuído para a elevação os pedidos de falência e de recuperação judicial em 2012. A elevação da inadimplência dos consumidores e empresas ocorrida em 2011 e início de 2012, também se

refletem na capacidade de geração de caixa das empresas. Espera-se que a retomada da economia ainda em 2012 ajude a melhorar este quadro. O cenário favorável do mercado de trabalho, a redução das taxas de juros e a manutenção das isenções de impostos em alguns setores da economia ainda não aliviaram os riscos de insolvência, mas podem contribuir para aliviar a pressão sobre a geração de caixa das empresas.

José Roberto Zanchi é o novo presidente do COGEMAS-PR O secretário de assistência social de Fazenda Rio Grande, José Roberto Zanchi, é o novo presidente do COGEMAS-PR - Colegiado de Gestores de Assistência Social do Paraná. A transmissão de cargo foi feita ontem pela presidente da Fundação de Ação Social e presidente do COGEMAS, Marry Ducci, na ultima reunião ordinária do Colegiado, realizada no auditório do Mercado Municipal.”Tenho muito orgulho em passar a Zé Roberto a presidência do Cogemas, órgão que realizou com empenho e dedicação, o assessoramento técnico sobre o encaminhamento do SUAS - Serviço Unico de Assistência Social em todos os municípios do Paraná”, disse Marry. Marry lembrou que durante sua

Irene Roiko/FAS

abnoticias@abcom.com.br

Marry Ducci transmite o cargo de presidente do COGEMAS - PR, para o secretário de assistência social de Fazenda Rio Grande, José Roberto Zanchi, com a presença da secretária da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa

gestão, Curitiba foi premiada em dois anos consecutivos, no Boas Práticas de Gestão, do CONGEMAS, com os trabalhos Família Curitibana - A solução que vem da família, em 2011 e Rede Solidária para o Morador de Rua, em 2012. Com a presença da secretária de Estado da Família e Desenvolvimento

Social Fernanda Richa, foi assinado, durante a reunião, um termo de transferência da estruturura do COGEMAS para o Estado do Paraná. “O trabalho feito em Curitiba será levado a todos os municípios, com mais agilidade, pelo Governo do Estado. O COGEMAS veio para somar”, disse Fernanda.

Fomento Paraná participa de fórum nacional sobre cooperativismo A Fomento Paraná participa, de 22 a 24 de novembro, do Fórum Coop 2012, em Carambeí, nos Campos Gerais. O encontro faz parte do calendário oficial da Organização das Cooperativas do Brasil (OCB) e do Ocepar. Durante o fórum, será elaborada a Carta de Carambeí, com as necessidades do setor. O ano de 2012 foi escolhido pela ONU como o Ano Internacional das Cooperativas e, em todo o mundo, esse foi o tema de encontros que discutiram a importância deste modelo de arranjo para o futuro do agronegócio e da economia. A Fomento Paraná terá estande no pavilhão do Parque Histórico de Carambeí, com entidades associativas de classe ligadas ao Fórum

Permanente Futuro 10, como a Ocepar, Fecomércio, Fiep, ACP, Faciap e Faep. O Fórum abordará o modelo cooperativista e intercooperativista paranaense, de base holandesa; e contará com palestras de Wayne Reeves, sobre a transferência de tecnologia nos EUA; Marcos Jank, tendências da economia brasileira; Antônio Ortiz, forças e tendências moldadas à agricultura e à escala de produção agrícola; Geraldo Berger, avanços da biotecnologia; Cícero Bley, bioenergia e sustentabilidade; além do presidente da OCB, Márcio Lopes de Freitas; do presidente do Sindicato e Organização das Cooperativas do Paraná (Ocepar); entre outras autoridades do setor.

Sanepar e Sesi produzem vídeos sobre segurança do trabalho

Uma parceria entre a Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) e o Serviço Social da Indústria (Sesi) permitiu a produção de três vídeos de treinamento em segurança do trabalho, com foco em temas muito importantes para diversos profissionais, essenciais para prevenção de acidentes junto a empregados que atuam diretamente na área do saneamento básico. Bastante didáticos e de curta duração, os vídeos, filmados nas instalações da Sanepar em Guarapuava, trazem orientação e informação sobre procedimentos seguros no ambiente de trabalho em relação a emergências com gás cloro, sinalização de vias e escoramento de valas. Os treinamentos foram filmados pelo Sesi, com apoio do técnico em segurança do trabalho Valdeci Machado, empregado da Sanepar. Os vídeos fazem parte de um conjunto de 50 filmes, a coleção Sesi Trabalho Seguro, que abarca diferentes tipos de indústria (como a de saneamento, moveleira, cerâmica vermelha, reparação de veículos, vestuário, têxtil e da madeira) e de caráter multissetorial, por tratarem de assuntos comuns a várias indústrias, como, por exemplo, o uso de equipamentos de proteção individual (EPIs), cuidados na operação de máquinas e organização do ambiente de trabalho. A coleção toda está sendo filmada dentro das indústrias, com a participação dos empregados de maneira bastante ativa, sendo que alguns participam até da elaboração do roteiro.


Economia Indústria&Comércio | Curitiba, quarta-feira, 07 de novembro de 2012 | A5

Endividamento das famílias bate recorde em agosto, revela Banco Central

comércio

Foram emplacadas 496.580 unidades no mês passado, contra 420.128 no anterior

Vendas de automóveis crescem 17,7% em outubro Bom desempenho está ligado à maior facilidade no crédito para o consumidor A Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores), entidade que representa cerca de 7 mil concessionários de veículos no Brasil, apresentou nesta terça-feira (06/11) o desempenho do setor automotivo no mês de outubro de 2012 e no acumulado do ano. Com 22 dias úteis de vendas, o setor em geral (todos os segmentos somados) cresceu 18,2% em outubro, se comparado a setembro. Foram emplacadas 496.580 unidades no mês passado, contra 420.128 no anterior. Os segmentos de automóveis e comerciais leves também apresentaram bom desempenho no período, com crescimento de 17,77% entre setembro e outubro,

e aumento de 7,27% no acumulado do ano (Janeiro a Outubro). Apenas em outubro de 2012, foram emplacadas 326.917 unidades, contra 277.597 em setembro. De acordo com o presidente da Fenabrave, Flávio Meneghetti, o bom desempenho do setor em outubro está ligado à maior facilidade no crédito para o consumidor e à manutenção da redução do IPI, prorrogada até 31 de dezembro pela presidente Dilma Rousseff, e divulgada na abertura do Salão Internacional do Automóvel de São Paulo. “As medidas adotadas pelo governo para estimular o setor foram importantes nos últimos meses. A redução de IPI contribuiu decisivamente e mostra que

o governo brasileiro agiu corretamente em manter o benefício”, argumenta Meneghetti. Os setores de motocicletas e caminhões, depois de apresentarem diversos meses de queda, também obtiveram um bom mês em outubro. No segmento de duas rodas, por exemplo, o crescimento foi de 16,89%. Já os caminhões atingiram alta de 48,1% no período. De acordo com a Fenabrave, os programas “Melhor Moto Nova”, da Caixa Econômica Federal - em parceria com o banco Panamericano, a linha de crédito voltada ao setor de motos, anunciada pelo Banco do Brasil, e a queda de juros do

mento registrados entre junho e agosto foi parcialmente revertido em setembro, mas ainda assim, as condições macroeconômicas são mais favoráveis do que nos últimos meses de 2011. Dentro do volume de vendas de materiais de construção no varejo, o acumulado até agosto atingiu +8,7%. O valor estimado entre 2012/2011 chegou a +8,2% e o projetado 2013/2012 a 6,0%.

Em um cenário mais amplo, as vendas no varejo foram impulsionadas principalmente pelas medidas de estimulo ao setor automobilístico, mas mesmo no varejo restrito, o volume de vendas é cerca de 10% superior a 2011. Isso se dá por conta do número crescente de famílias que possuem imóveis próprios, o que favorece os gastos com reforma e manutenção.

Melhora a confiança dos empresários Em recuperação há três meses seguidos, o otimismo dos empresários da construção civil na economia brasileira melhorou no trimestre encerrado em outubro último, segundo pesquisa da Fundação Getulio Vargas (FGV). O índice apresentou queda de 5,1%, melhorou um pouco, mas per-

maneceu negativo em relação ao trimestre agosto a outubro de 2011. Na sondagem anterior, período de julho a setembro deste ano, a queda foi 7,8%. De acordo com a avaliação técnica da FGV, esse resultado mostra aumento no ritmo de atividade no setor. Entre os segmentos

que demonstraram maior grau de confiança estão os da construção de edifícios e obras de engenharia civil (de -7,4% para -4,3%), aluguel de equipamentos (de -7,3% para -4,6%) e obras de instalações (de -7,3% para -5,6%). Embora os índices permaneçam negativos, houve evolução favorável

Governo não deve cumprir meta cheia do superávit primário, admite Mantega Antonio Cruz/ABr

A produção física da indústria de materiais deve crescer à frente do PIB no próximo ano, contribuindo com a recuperação da atividade

a recuperação da atividade. Além disso, a demanda deve ser sustentada pelas compras das famílias, responsáveis por mais da metade do destino final da produção de materiais de construção. Já os juros mais baixos, câmbio mais alto e níveis de demanda preservados devem favorecer a produção da indústria nacional. O cenário que mostra sinais de recuperação do cresci-

ções (pagamento do principal da dívida) e os juros. Influenciada pela redução dos juros no sistema financeiro desde o início do ano, a fatia da renda usada para o pagamento de juros e encargos encerrou agosto em 7,87% da renda mensal. O percentual é um pouco maior que os 7,82% registrados em julho, mas está abaixo do recorde de 8,13% observado em janeiro. O grande responsável pelo aumento do serviço da dívida foi o pagamento de amortizações, que representou 14,48% dos ganhos das famílias em agosto. Foi o maior percentual registrado na série histórica. O Banco Central faz o levantamento desde 2005. O nível de endividamento, no entanto, é maior. Isso porque os números não incluem as operações com cartão de crédito. Os dados sobre o endividamento são apurados no sistema financeiro. Para definir a renda das famílias, o BC baseia-se na massa salarial ampliada disponível, indicador que representa os rendimentos da população, descontados os impostos.

PSI, programa do BNDES para caminhões, estimularam as vendas dos segmentos de motos e caminhões em outubro. “Nossos representantes participaram de diversas reuniões com o governo e com os principais players que oferecem crédito para esses mercados. Estamos felizes com os resultados positivos registrados em outubro. A parceria da Caixa com o Panamericano foi uma somatória positiva para o mercado e extremante bemvinda e oportuna para o setor, principalmente neste momento em que as quedas nas vendas eram contínuas”, comemora Alarico Assumpção Jr., presidente executivo da entidade.

Indústria de materiais de construção deve crescer no próximo ano, divulga Abramat

Nesta terça-feira (06/11), a Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat), em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), divulgou, em um evento realizado em São Paulo, as perspectivas do setor para 2013. Entre elas, os dados mostram que a produção física da indústria de materiais deve crescer à frente do PIB no próximo ano, contribuindo com

Apesar da queda dos juros nos últimos meses, as famílias brasileiras continuam comprometendo cada vez mais parte da renda com as dívidas. Segundo dados do Banco Central (BC), o endividamento dos brasileiros voltou a bater recorde. Em agosto, conforme os números mais recentes, a dívida total das famílias equivalia a 44,46% da renda acumulada nos últimos 12 meses. O percentual é o maior desde 2005, quando o BC começou a fazer o levantamento. Em julho, os brasileiros comprometiam 44,04% em dívidas. Esse percentual é calculado ao dividir o saldo remanescente das dívidas pela renda em 12 meses. Apenas nos oito primeiros meses do ano, a fatia da renda que representa o endividamento subiu 1,81 ponto percentual. Em janeiro, os brasileiros deviam, em média, 42,75% da renda. A parcela da renda familiar com o serviço da dívida também bateu recorde e atingiu 22,36% em agosto, repetindo o recorde registrado em junho. Esse número compara a renda mensal das famílias com o valor das prestações, que embutem as amortiza-

tanto no Índice da Situação Atual (de -9,4% para -5,5%) quanto no Índice de Expectativas (de -6,4% para -4,7%). Neste último caso, a avaliação é feita com base na previsão de desempenho para o período de seis meses à frente do momento da enquete. Foram ouvidos representantes de 703 empresas.

Segundo Mantega, a redução da meta está relacionada às desonerações tributárias concedidas este ano

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse nesta terçafeira (06/11) que o governo não cumprirá a meta cheia do superávit primário - esforço fiscal feito para pagamento dos juros da dívida. De acordo com Mantega, o esforço em 2012 será inferior ao percentual de 3,1% do Produto Interno Bruto (PIB) previsto inicialmente. Segundo Mantega, a redução da meta está relacionada às desonerações tributárias concedidas este ano. “Nós temos uma meta de (superávit) primário de 3,1% do PIB e temos autorização para deduzir dessa meta o equivalente a investimentos que nós vamos fazer. Como nós estamos com a arrecadação mais fraca este ano e fazendo reduções de tributos que chegam a R$ 45

bilhões, nossa arrecadação está comprometida. Portanto, nós não devemos fazer o (superávit) primário cheio”, declarou Guido Mantega. Ele destacou que o governo tem autorização para deduzir até R$ 42 bilhões, mas disse que o abatimento não chegará a tanto. De acordo com o ministro, a diminuição do esforço fiscal não significa um afrouxamento das contas públicas. “Estamos autorizados (a deduzir) todos os anos. Só o fizemos quando a situação ficou mais crítica, como em 2009. Não significa afrouxamento, pois continuamos reduzindo o déficit fiscal nominal. Ele será menor do que o ano passado e a dívida pública continuará caindo”, disse.

Nordeste já é o 2º maior mercado consumidor de medicamentos no Brasil A região Nordeste é atualmente a terceira economia do Brasil. Apesar de ter a menor renda per capita, a região sai à frente quando falamos do mercado de medicamentos. Segundo o Painel Abradilan com dados cedidos pela IMS Health, a região Sudeste vem em primeiro lugar com 53% no consumo de medicamentos, seguidos pela região Nordeste com 17,30% e em seguida estão as regiões Sul com 17,20%, Centro-Oeste com 8,20% e Norte com 5,40%. Os associados da Associação Brasileira dos Distribuidores de Laboratórios Nacionais (Abradilan) acompanharam este aquecimento no Nordeste e segundo

dados do Painel Abradilan/IMS, atualmente, já detém 20% do mercado em unidades vendidas de medicamentos na região. Em relação aos genéricos, os associados também ocupam uma grande fatia e já representam 29% das unidades vendidas no Nordeste. Para o diretor executivo da entidade, Geraldo Monteiro, “o crescimento do consumo nesta região deve-se às melhores oportunidades de emprego, possibilitando um aumento na renda da população. Mediante a este fato, a população do Nordeste passou a ter mais possibilidade de acesso às consultas médicas e consequentemente passou a cuidar mais da saúde”, afirma.


Agronegócio Curitiba, quarta-feira, 07 de novembro de 2012 | A6 | Indústria&Comércio spada@induscom.com.br

PARANÁ Agro “O melhoramento genético do rebanho bovino só depende de você” * Por Ricardo Arantes

Entre janeiro e outubro, as exportações de carne bovina renderam US$ 1,798 bilhão, com a comercialização de 1,33 milhão de toneladas de equivalente-carcaça, 43% a mais que no mesmo período do ano anterior. É um excelente desempenho e, ao mesmo tempo, reflete nossa competência na produção. Mas os números exponenciais não nos eximem da responsabilidade em investir um pouco mais na genética do plantel, que tanto contribui para esse cenário. Foi graças a ela que conseguimos reduzir o ciclo de abate de seis para três anos, dois ou até menos - em alguns casos específicos. Estima-se que cerca de 50% de nossa pecuária ainda é “pré‐ histórica”, ou seja: sem controle ou aporte tecnológico ao tripé sanidade/genética/nutrição. Entretanto, é um cenário que está mudando aos poucos. Não há mais espaço para touros de produção duvidosa, escolhidos a olho. Para desempenhar o papel de reprodutor, o animal deve passar por uma malha fina que comprove sua produtividade. Falamos aqui das Diferenças Esperadas na Progênie (DEPs), uma avaliação das características genéticas economicamente mais importantes à produção.

Investimento em genética

Antes, eram animais restritos ao meio científico ou a uma parcela mais elitizada de pecuaristas. Hoje, já é mais comum vê-los nos pequenos rebanhos. E para quem duvida, o retorno do investimento em genética avaliada acontece logo na primeira safra de bezerros, gerando um gado mais homogêneo, precoce, com melhor rendimento de carcaça e qualidade de carne. Eis aí um grande mercado ainda inexplorado. A carne brasileira ganha espaço no exterior, mas é porque forcemos um produto barato e não por ser mais macio e saboroso. Veja por exemplo a famosa Cota Hilton, do mercado europeu, que remunera até três vezes mais por cortes nobres do quarto traseiro do novilho precoce. A fatia do Brasil é quase insignificante em volume e mesmo assim não somos capazes de atender a demanda. A tão sonhada remuneração superior só virá a partir do momento que produzirmos animais com a qualidade necessária e em maior escala. Independentemente de qualquer crise econômica, a população mundial vem crescendo desenfreadamente e é fato que toda ela precisará se alimentar. Imaginem a gigantesca população da China. Lá, o consumo per capta de carne bovina gira em torno de 5 quilos/ habitante/ano, ao contrário do Brasil, onde essa média sobe para 28 quilos. Se eles apenas dobrassem o consumo, acabariam com a carne bovina do planeta inteiro. E mais: teríamos de vender arroba de bezerro aos invés de boi gordo. É por esse e outros motivos que devemos apostar em uma pecuária cada vez mais produtiva e sustentável.

Cruzamento industrial

Sou grande defensor do cruzamento industrial, por permitir a produção de carne superior em menos tempo. A técnica exige um pouco mais de investimento no manejo, mas os ganhos são compensadores, especialmente, no que se refere ao relacionamento com a indústria, que passa a enxergar os fornecedores com maior confiabilidade. Erros cometidos pelos pecuaristas no passado foram corrigidos e, atualmente, a carcaça do gado cruzado é cobiçada pelos frigoríficos, que pagam prêmios para obtê-la. É também uma evolução que decorre das atuais biotecnologias reprodutivas. Em especial, a inseminação artificial convencional e em tempo fixo, com preços mais acessíveis. Um pecuarista com um rebanho de 100 fêmeas possui perfeitas condições financeiras para comprar um botijão de sêmen de touros provados por até R$ 3.000,00, os quais possibilitarão índices de fertilidade cada vez mais altos. Com apenas algumas semanas de treinamento, o próprio funcionário pode fazer a inseminação das vacas da propriedade. Para adeptos da monta natural, também existem várias opções de touros avaliados, como os taurinos adaptados, que desempenham bem em regiões de clima quente e estão agradando pecuaristas brasileiros. Eles respondem à criação extensiva e produzem uma carne com a qualidade desejada. A frase que intitula esse artigo era uma das preferidas de meu pai, um homem visionário e que levou o desenvolvimento à pecuária de Rondônia por meio do melhoramento genético. É por este motivo que enxergo para o futuro uma cadeia produtiva mais integrada e também uma participação mais atuante do Brasil em mercados de maior valor agregado. Algo possível se enxergarmos as tecnologias e melhoramento genético com maior clareza. *Ricardo Arantes é administrador de empresas e um dos proprietários da Agropecuária Nova Vida, com sede em Ariquemes (RO) e filial em Comodoro (MT)

Pecuária leiteira é destaque no Cantuquiriguaçu

Vinte municípios do oeste e centro-oeste paranaense, detentores de baixos índices de desenvolvimento humano e empresarial, formam o Território da Cidadania Cantuquiriguaçu. De economia essencialmente agrícola, cerca de 15 mil famílias são de produtores rurais que têm a pecuária leiteira como principal fonte de renda e sustento na região. “A receita bruta dos produtores chega a até 70% oriunda da produção de leite. E eles formam a grande maioria dos agricultores familiares do Território. Perto de 80% têm no leite a principal fonte de renda. É um dado significativo que tem levado entidades a unir esforços e melhorar a condição da produção”, analisa Deomar Marcos Fracasso, gerente regional do Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) em Laranjeiras do Sul.

Maior potencial de desenvolvimento

A área da Cantuquiriguaçu é de aproximados 14 mil m2 e a população beira a 230 mil pessoas. Quase 50% delas vivem no meio rural. “O relevo acidentado leva à predominância da pecuária, principalmente a leiteira, pois muitas famílias iniciaram na atividade para subsistência. O Cantuquiriguaçu é a bacia leiteira com maior potencial de desenvolvimento do Paraná”, diz o consultor do Sebrae/PR, Edson Braga. Estima-se que a produção média seja de 50 mil litros de leite por dia em cada município. Mas há dez anos a realidade era diferente. “Hoje falamos em 20 litros de leite por animal, ao dia; antes, não passava de 6 litros. Já melhorou, mas pode aumentar ainda mais, em quantidade e qualidade”, recomenda o presidente da Associação dos Municípios Cantuquiriguaçu, Eugênio Milton Bittencourt. http://paranaagronegocio.blogspot.com

Cafés Especiais

FICAFÉ 2012 começa gerando negócios em Jacarezinho Feira internacional reúne cadeia produtiva de cafés do norte pioneiro do PR Palestras técnicas, rodadas de negócios, avaliação de características sensoriais de grãos do mundo todo e a premiação mais importante da cafeicultura brasileira movimentam, nesta semana, a cadeia produtiva de cafés especiais. Nesta quarta, quinta e sexta-feira, dias 7, 8 e 9 de novembro, Jacarezinho, no norte pioneiro paranaense, sedia a Feira Internacional de Cafés Especiais do Norte Pioneiro do Paraná – FICAFÉ. Trata-se de um evento de negócios que visa aproximar cafeicultores e compradores de cafés especiais e certificados, além de divulgar a região, considerada a nova origem de cafés de qualidade do Brasil. A previsão é de que cerca de 2 mil pessoas entre cafeicultores, especialistas e compradores de café de várias partes do mundo, participem do evento. Um dos diferenciais da quinta edição da FICAFÉ será a realização do “I Simpósio de inovação e difusão tecnológica da cafeicultura do norte pioneiro do Paraná”, que contempla palestras, minicursos e exposição de painéis. O Simpósio está marcado para quarta-feira, dia 7. Outra atração do primeiro dia do evento será o Grêmio de QGraders. Na ocasião, o Q-Grader peruano Oscar Gonzales, chefe de Controle de Qualidade do Sustainable Harvest, importador especializado na aquisição de cafés especiais e certificados, apresenta para um grupo de Q-Graders brasileiros cafés de qualidade do mundo todo. O especialista também vai degustar e destacar a apresentação dos perfis sensoriais dos cafés especiais e certificados produzidos nas microrregiões do Norte Pioneiro. Já a abertura da FICAFÉ 2012 será na quinta, dia 8, às 9 horas. Na mesma oportunidade haverá o lançamento da Indicação Geográfica de Procedência (I.G.P.). Em maio de 2012, a Associação dos Cafés Especiais do Norte Pioneiro do Paraná (ACENPP) recebeu a certificação que garante a qualidade do café produzido na região. A I.G.P. garante a origem, os processos de produção e algumas características sensoriais dos produtos de uma determinada região, conferindo-lhes destaque no mercado mundial. “É uma ferramenta coletiva de promoção e de comercialização dos produtos. É uma das mais importantes ações realizadas pelo Projeto Cafés Especiais, com a missão de transformar o Norte Pioneiro

em uma região reconhecida como produtora de cafés de qualidade”, explica Odemir Capello.

Rodadas de negócios

O secretário da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, que participa nesta quinta-feira (8), em Jacarezinho, da abertura da Ficafé 2012, vê oportunidades de negócios com compradores de café de várias partes do mundo. Durante a Rodada Internacional de Negócios, que acontece paralelamente à Rodada Nacional, durante a FICAFÉ compradores de diversos países terão a oportunidade de conhecer o processo produtivo do café do Norte Pioneiro e poderão fechar negócios durante o evento ou fazer contatos com os produtores para a realização de negócios futuros.

Fair Trade

No dia 9 de novembro, às 9 horas, o engenheiro-agrônomo José Renato Negreiros ministra a palestra “O que é Certificação Fair Trade”. Segundo Odemir Capello, consultor do Sebrae/PR, o objetivo é incentivar os produtores da região a aderirem à nova prática

comercial. “O fair trade abre novas oportunidades de negócios. Acreditamos que nesse momento, em que os produtores do Norte Pioneiro ingressam no mercado internacional, é muito importante informar os cafeicultores sobre as vantagens da nova modalidade de produção e comercialização.”

Cup of Excellence

Pelo segundo ano consecutivo, a cerimônia de premiação do 13º Concurso de Qualidade Cafés do Brasil - Cup of Excellence - Edição 2012 será durante a FICAFÉ. A entrega do prêmio será na noite de sexta-feira, dia 9, e marca o encerramento do evento. O concurso vai eleger o melhor produtor de cafés especiais do País e é promovido pela Brazilian Specialty Coffee Association (BSCA, em inglês), em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), Alliance for Coffee Excellence (ACE) e Agricoffee. O Cup of Excellence é realizado no Brasil desde o ano 2000 e conta com apoio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. O

Concurso é uma das ações do Plano Internacional de Marketing para a Promoção dos Cafés Especiais Brasileiros propostas pela BSCA.

Realização

A FICAFÉ foi concebida pelo Sebrae/PR e pela Associação dos Cafés Especiais do Norte Pioneiro do Paraná (ACENPP) como uma ferramenta de marketing para evidenciar a produção de cafés especiais e certificados da região. A FICAFÉ 2012 é uma realização do Sebrae/PR, ACENPP, Cooperativa de Cafés Especiais Certificados do Norte Pioneiro do Paraná (COCENPP), além do Instituto Agronômico do Paraná (Iapar), do Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento (SEAB), do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), da Associação dos Municípios Norte Pioneiro (Amunorpi), da Federação da Agricultura do Estado do Paraná (Faep), do Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Paraná (CREA-PR) e do Sistema de Crédito Cooperativo (Sicredi).

Programação DIA 7/11- QUARTA-FEIRA I SIMPÓSIO DE INOVAÇÃO E DIFUSÃO TECNOLÓGICA DA CAFEICULTURA DO NORTE PIONEIRO DO PARANÁ Público-alvo: representantes de faculdades de ciências agrárias, colégios técnicos, profissionais e técnicos atuantes na cafeicultura. Das 8 às 12 horas - ENCONTRO G-QUALITY – Oscar Gonzalez (Q-grader instructor) – Chefe do Controle de Qualidade Sustainable Harvest Local: Sala de Degustação Comentada de Cafés Especiais Das 8 horas às 9h30 – Minicurso de Classificação e Degustação de Cafés – Emater/PR Das 13 horas às 14h30 - Local: Laboratório de Classificação e Degustação de Cafés – Emater/ PR Das 9h30 às 12 horas – PAINEL I Condução da Lavoura Cafeeira para alta sustentabilidade Roberto Thomaziello Das 14h30 às 17 horas – PAINEL II Inovações Tecnológicas no Manejo Integrado de Pragas e Doenças José Marcos Angélico de Mendonça

Produção de Cafés de Qualidade Leandro Carlos Paiva Local: Auditório I DIA 8/11- QUINTA-FEIRA 8h30 - ABERTURA AO PÚBLICO PARA VISITAÇÃO 9 horas - SOLENIDADE OFICIAL DE ABERTURA DA FICAFÉ 2012 LANÇAMENTO DA IGP Susana Serrão Guimarães - Coordenadora de Indicações Geográficas do INPI Das 10 horas às 10h30 – PALESTRA PROJETO CAFÉS ESPECIAIS DO NORTE PIONEIRO DO PARANÁ E ACESSO A NOVOS MERCADOS Eng. Agrônomo Luiz Roberto S. Rodrigues – Presidente da ACENPP 14 horas às 15h15 - Produção de Cafés de Qualidade Leandro Carlos Paiva 15h15 às 16 horas - Manejo Integrado de Pragas e Doenças do Cafeeiro José Marcos Angélico de Mendonça 16 horas às 16h30 - Debate – Mediador: Otávio Oliveira da Luz Emater/PR Local: Auditório I

DIA 9/11- SEXTA-FEIRA 8h30 - ABERTURA AO PÚBLICO PARA VISITAÇÃO Das 9h30 às 10h15 - PALESTRA PROJETO CAFÉS ESPECIAIS DO NORTE PIONEIRO DO PARANÁ E ACESSO A NOVOS MERCADOS Eng. Agrônomo Luiz Roberto S. Rodrigues – Presidente da ACENPP Das 10h15 às 10h45 – Os benefícios da Indicação Geográfica para o produtor Das 11 horas às 11h30 – PALESTRA SOBRE O MERCADO DE CAFÉS ESPECIAIS Jorge Cuevas – Sustenable Harvest Das 11h30 às 12 horas – DEBATE – Mediador: Hulda Oliveira Giesbrecht – Sebrae Nacional Das 14 horas às 15h15 - PRODUÇÃO DE CAFÉS DE QUALIDADE Leandro Carlos Paiva Das 15h15 às 16 horas - Manejo Integrado de Pragas e Doenças do Cafeeiro José Marcos Angélico de Mendonça Das 16 horas às 16h30 - Debate – Mediador: Otávio Oliveira da Luz Emater/PR

Local: Auditório I DIA 9/11 -CLÍNICAS TECNOLÓGICAS Das 9 horas às 12 horas - O QUE É CERTIFICAÇÃO FAIR TRADE Eng. Agrônomo José Renato Negreiros – Consultor do Sebrae Local: Auditório II Das 9 horas às 12 horas: Minicurso Classificação e Degustação de Café – Metodologia COB Equipe Técnica Emater Local: Laboratório de Degustação e Classificação do Café Das 9h30 às 11h30: - CAFÉ, AROMAS E SABORES – GASTRONOMIA A BASE DE CAFÉ Senar – Curitiba – PR Local: Espaço Mulher Atual RODADA DE NEGÓCIOS Lotes de cafés especiais certificados à disposição para degustação e comercialização CONCURSO CUP OF EXCELLENCE 2012 Das 16h30 às 18 horas – Encontro de Juízes e Produtores Das 18h30 às 20 horas – Cerimônia de Premiação Das 20h30 às 22h30 – Coquetel de Encerramento


Publicidade Legal Indústria&Comércio | Curitiba, quarta-feira, 07 de novembro de 2012 | A7 SÚMULA DE RECEBIMENTO DE LICENÇA PRÉVIA A TOMASONI INDÚSTRIA DE MÁQUINAS LTDA. torna público que recebeu do IAP a Licença Prévia nº 31.957, com validade até 09/10/2013, para a atividade de Fabricação de Máquinas e Equipamentos para Papel Ondulado (Ampliação), localizada na Rua Wanda dos Santos Mullmann, nº 1604, Bairro Planta Portland, Município de Pinhais, Estado do Paraná. SÚMULA DE PEDIDO DE LICENÇA DE INSTALAÇÃO A TOMASONI INDÚSTRIA DE MÁQUINAS LTDA. torna público que requereu ao IAP a Licença de Instalação, para a atividade de Fabricação de Máquinas e Equipamentos para Papel Ondulado (Ampliação), localizada na Rua Wanda dos Santos Mullmann, nº 1604, Bairro Planta Portland, Município de Pinhais, Estado do Paraná. SÚMULA DE PEDIDO DE LICENÇA PRÉVIA O PEDRO NERI CORADIN, torna público que requereu ao IAP – Instituto Ambiental do Paraná, a Licença Prévia, para as atividades de Recepção de resíduo orgânico agroindustrial para alimentação de suínos e produção de adubo, localizada na Estrada da Palmeirinha, S/N, Bairro Palmeirinha, Município de Campina Grande do Sul.

KORTEBRAK ESQUADRIAS DE MADEIRA LTDA EPP, torna público que requereu ao IAP, a renovação da Licença de Operação, para Fabricação de esquadrias de madeira, implantada na Rua Rio Purus, 650, Weissópolis, Cep 83322-250, Pinhais, Paraná, Estado do Paraná, não foi determinado estudo de impacto ambiental.

O Presidente da Associação Profissional dos Geólogos do Paraná - AGEPAR, no uso das atribuições que lhe confere o Estatuto, convoca os associados para Assembléia Geral Ordinária a ser realizada no Instituto de Engenharia do Paraná – IEP, sito a Rua Emiliano Perneta nº 174, Centro, Curitiba – Pr, no dia 26 de novembro de 2012, com primeira convocação às 18 horas e segunda convocação às 19 horas, para deliberar sobre a seguinte pauta: 1. Votação de representante e suplente da AGEPAR no Sistema CONFEA/CREA, nos termos do artigo 52 do Estatuto. 2. Assuntos Gerais Geólogo ANTONIO MANUEL DE ALMEIDA REBELO PRESIDENTE AGEPAR

SÚMULA DE PEDIDO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO Basalto Mineração Ltda, torna público que requereu ao IAP, Licença de Operação para pedreira de basalto no local Vidigal, Município de Cianorte, PR. A 14 Brasil Telecom Celular S.A torna público que recebeu da Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Curitiba a Licença Prévia do site PRCTA0508 , válida até 28/08/2014 para a instalação de uma rádio base, situada à Rua Jerônimo Durski, nº 1314, Bigorrilho – Curitiba – PR. SÚMULA DE REQUERIMENTO DE LICENÇA DE INSTALAÇÃO CLAYTON TREVISAN-FI, CNPJ 79.081.931/0001-11 torna público que requereu ao IAP, Licença Ambiental de Instalação, para a atividade de extração de arenito (areia), a ser implantada na localidade de Lagoão, Município de Lapa-Pr. (DNPM 826.361/2007).

AVISO DE LICITAÇÃO Pregão COMPAGAS N.° 035/2012 OBJETO: A presente licitação tem por objeto a Aquisição de Veículos de Passeio. PARTICIPAÇÃO: Empresas que atendam as condições exigidas no edital. RECEBIMENTO DA PROPOSTA: dia 26/11/2012 às 14h00 min. VALOR ESTIMADO MÁXIMO: R$ 231.690,00 (Duzentos e trinta e um mil e seiscentos e noventa reais). LOCAL: Sede administrativa da COMPAGAS, na Rua Hasdrubal Belegard, nº 1.177 – Tatuquara – Fone: (41) 3312-1900. Informações sobre a entrega do Edital completo e esclarecimentos poderão ser obtidos no endereço acima, pela internet www.compagas.com.br ou pelo fone (0XX41) 3312-1962. Cleusa H P L Balão Pregoeira 07/11/2012

A 14 Brasil Telecom Celular S.A torna público que requereu a Secretaria

2º SERVIÇO DE REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS NATURAIS DE CURITIBA

Municipal do Meio Ambiente de Curitiba a Licença de Instalação do

EDITAL DE PROCLAMAS =====================

site PRCTA0508, para a instalação de uma rádio base, situada à Rua Jerônimo Durski, nº 1314, Bigorrilho – Curitiba – PR.

Cartório do 2º Serviço de Registro Civil e 14º Tabelionato da Comarca de Curitiba PR Faz saber que pretendem casar-se neste Cartório os contraentes:

Sumula de Renovação da Licença de Operação POSTO SILVA JARDIM LTDA, CNPJ 82.275.678/0001-41, torna publico que requereu a Secretaria Municipal de Meio Ambiente a renovação da Licença Ambiental de Operação para comércio de combustíveis, localizado na Av Silva Jardim,2258 , Curitiba – PR, torna Publico.

1 - RAFAEL SILVEIRA MACHADO com RENATA HELOISA BASSANI - autos nº 245/12. 2 - MIRLON JOSÉ CAVALLARI com JANETE ANTONIA CAMACHO STIMAMILIO autos nº 246/12. 3 - GERMANO DE SORDI BATISTA com SILVANA BUENO DE FREITAS - autos nº 247/12 4 - RAPHAEL EDUARDO PICCININ com KELLEN FABIANE PEREIRA DA SILVA autos nº 248/12. 5 - EMILIANO ANTUNES MOTTA WALTRICK com CASSIANA COSTACURTA FARHAT - autos nº 249/12. 6 - FABIO HENRIQUE DA CRUZ com LUCILENE MUNIZ DE OLIVEIRA - autos nº 250/12. 7 - AUGUSTO SCHLOSSMACHER PASSOS com TATIANA SILVA MATSCHINSKE - autos nº 251/12. 8 - EDERSON GERALDO CAMARGO com MICHELE STANKIEWICZ - autos nº 3925 ( Cartório do Taboão)

Sumula de Recebimento de Licença de Operação POSTO SILVA JARDIM LTDA, CNPJ 82.275.678/0001-41,torna publico que recebeu da Secretaria Municipal de Meio Ambiente a Licença Ambiental de Operação n°10000636 com validade 30/09/2012, para comércio de combustíveis localizado na Av Silva Jardim,2258 , Curitiba – PR, torna Publico. 1º Ofício do registro Civil 13º Tabelionato Leão Bel. Ricardo Augusto de Leão - Oficial Trav. Nestor de Castro, 271 - CEP 80.020-120 Centro - Curitiba - PR

Caso alguém saiba de algum impedimento, oponha-o, na forma da lei no prazo de 15 (quinze) dias a contar deste Edital. Curitiba, 06 de Novembro de 2012 Otávio Augusto de Albuquerque Rauen Oficial

EDITAL DE PROCLAMAS Faço saber que pretendem casar-se: 1 - CARLOS ROSNEI CESAR e ALESSANDRA MARCONDES CAMARGO. Se alguém souber de algum impedimento, oponha-o na forma da Lei, no prazo de 15 dias. Lavro o presente Edital de Proclamas para ser publicado e afixado em lugar de costume. CURITIba, 06 DE NOVEMBRO de 2012

CESBE S.A. ENGENHARIA E EMPREENDIMENTOS CNPJ/MF N.º 76.487.222/0001-42 ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA EDITAL DE CONVOCAÇÃO Na forma do art. 123, da Lei nº 6.404/76, ficam os senhores acionistas da CESBE S.A. ENGENHARIA E EMPREENDIMENTOS, convocados para reunirem-se em Assembleia Geral Extraordinária a realizar-se, em primeira convocação, às 14h00 do dia 09 de novembro de 2012, e em segunda convocação às 14h30, na sede da Companhia, localizada na Rua João Negrão, 2226, em Curitiba, Paraná, a fim de deliberar sobre a seguinte ordem do dia: a) Deliberar sobre a proposta de aumento do capital social da Companhia, de R$ 90.000.000,00 (noventa milhões de reais) para R$ 130.000.000,00 (cento e trinta milhões de reais), com a emissão de 40.000.000 (quarenta milhões) de novas ações ordinárias nominativas, com preço de emissão de R$ 1,00 (um real) cada uma, a ser integralizado em moeda corrente nacional; b) Outros assuntos de interesse social. Curitiba, 26 de outubro de 2012. EDMUNDO TALAMINI FILHO Diretor Presidente

AVISO DE LICITAÇÃO Tomada de Preços COMPAGAS N.° 008/2012 OBJETO: A presente licitação tem por objeto a Contratação de Empresa para “Prestação de Serviços de Compressão, Transporte e Descompressão de Gás Natural para a Rede de Distribuição de Gás Natural da COMPAGAS”, PARTICIPAÇÃO: Empresas que atendam as condições exigidas no edital. PROTOCOLO DOS ENVELOPES: Até dia 23/11/2012 às 12h00min RECEBIMENTO DA PROPOSTA: dia 23/11/2012 às 14h00min. VALOR ESTIMADO MÁXIMO: R$ 365.600,00 (Trezentos e sessenta e cinco mil e seiscentos reais). LOCAL: Sede administrativa da COMPAGAS, na Rua Hasdrubal Belegard, nº 1.177 – Tatuquara – Fone: (41) 3312-1900. Informações sobre a entrega do Edital completo e esclarecimentos poderão ser obtidos no endereço acima, pela internet www.compagas.com.br, peloa e-mail compagas.licitacao@compagas.com.br Cíntia Regina Marinoni Pregoeira 07/11/2012

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE FAZENDA RIO GRANDE ESTADO DO PARANÁ HOMOLOGAÇÃO DE LICITAÇÃO O PREFEITO DO MUNICÍPO DE FAZENDA RIO GRANDE, no uso de suas atribuições legais, HOMOLOGA: Pregão Presencial nº 107/2012 procedente do processo licitatório nº 13106/12 com objeto o Registro de Preço para aquisição de pneus, câmaras de ar e protetor de câmaras de ar, adjudicado em favor da empresa TEREZA PNEUS LTDA., pessoa jurídica com inscrição no CNPJ sob nº 01.179.914/0001-24, declarado vencedor com o valor global de R$ 742.922,60 (setecentos e quarenta e dois mil novecentos e vinte e dois reais e sessenta centavos); conforme julgamento do Pregoeiro. O processo atendeu a legislação pertinente em toda sua tramitação, consoante Parecer da Secretaria Municipal de Procuradoria Jurídica. Fazenda Rio Grande, 26 de outubro de 2012. FRANCISCO LUIS DOS SANTOS Prefeito Municipal O presidente do SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS EMPRESAS E CURSOS DE INFORMÁTICA DO ESTADO DO PARANÁ – SINTIPAR publica para conhecimento e para que surta os efeitos legais, que houve erro material no edital publicado na edição de 06 a 08 de julho de 2012, neste mesmo periódico, que, onde se lê: PARA O MANDATO ELETIVO DE 2012 A 2016, leia-se PARA O MANDATO ELETIVO DE 2012 A 2017. Assim fica devidamente retificado o edital, e estabelecida á concordância com o Estatuto Social da entidade. Para tal republico: EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ELEIÇÕES SINDICAIS O Presidente e a comissão eleitoral do SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS EMPRESAS E CURSOS DE INFORMÁTICA DO ESTADO DO PARANÁ - SINTIPAR, no uso das atribuições legais e Estatutárias faz pelo presente edital que no dia 06/08/2012 será realizada eleição para composição da Diretoria, Conselho Fiscal, Delegados Representantes e suplentes, para o mandato eletivo de 2012 a 2017. O prazo de registro de chapas é de 5(cinco) dias contados da data da publicação deste Edital. O requerimento será dirigido ao presidente do sindicato por qualquer candidato que compor a chapa, formalizados em três vias, cada uma com os documentos necessários e protocolados na Av. Marechal Floriano Peixoto n° 276 Cj 12– CuritibaPr, sede do sindicato, que funcionará das 09:00h à 15:00 hs. O horário de votação será das 09:00h às 15:00 hs e o local será na Av. Marechal Floriano Peixoto n° 276 Cj 12 - Curitiba-Pr. Na falta de quorum no primeiro escrutínio o prazo para realizar segunda e terceira votação será no prazo máximo de quinze dias respectivamente da primeira e segunda votação. O edital de convocação encontra-se fixado na sede do sindicato, regulando os procedimentos eleitorais pelo disposto no Estatuto Social e legislação vigente. Curitiba, 06 de julho de 2012 – Ariston da Silva Prestes e comissão eleitoral. EXECUÇÃO DE TÍTULO EXTRAJUDICIAL Nº 5009530-57.2011.404.7000/PR EXEQUENTE : CAIXA ECONÔMICA FEDERAL - CEF EXECUTADO : FLORA KUSIAK : JOSE HENRIQUE DA LUZ FERREIRA : JOSE OSNI LASKAWSKI EDITAL N.º 6695273

EDITAL DE CITAÇÃO PRAZO: 30 (TRINTA) DIAS

A DRA SORAIA TULLIO, JUÍZA FEDERAL SUBSTITUTA DA 4ª VARA FEDERAL, SUBSEÇÃO JUDICIÁRIA DE CURITIBA, SEÇÃO JUDICIÁRIA DO PARANÁ, NA FORMA DA LEI, ETC....

AVISO DE SUSPENSÃO CONCORRÊNCIA nº 007/2012-APPA PROTOCOLO APPA nº 11.243.665-0 OBJETO: Contratação de implementação de solução e suporte à infraestrutura crítica para o Porto de Paranaguá, incluindo elaboração de projeto executivo, execução de instalações físicas, fornecimento, instalação e configuração de equipamentos e subsistemas, serviços de integração com sistemas da RFB e da APPA, serviços de manutenção e suporte técnico on site pelo período de trinta e seis meses e capacitação para gestão da solução, conforme descrito no Edital e seus anexos (ISPS CODE). A Comissão Especial de Licitação – CEL, designada pela Portaria nº 076/2012, torna pública a decisão em liminar deferida do Excelentíssimo Senhor Doutor Juiz da 1ª Vara Cível da Comarca Paranaguá, nos Autos nº 0012259-90.2012.16.0129 de SUSPENDER o certame, até julgamento final do Mandado de Segurança. INFORMAÇÕES GERAIS: Fone: (41) 3420-1276/1134/1245; e-mail: cel.ispscode@ appa.pr.gov.br – site: www.pr.gov.br/compraspr Paranaguá, 01 de novembro de 2012. Presidente da Comissão Especial de Licitação Portaria nº 076/2012

F A Z S A B E R aos que o presente edital virem ou dele conhecimento tiverem, que por este Juízo Federal e Secretaria respectiva, tramita o processo de Execução de Título Extrajudicial acima referido, cujo objeto é a citação de JOSÉ HENRIQUE DA LUZ FERREIRA, para o pagamento à exeqüente da dívida decorrente de inadimplemento em Contrato Particular de Confissão e Renegociação de Dívida.

em molas, anunciou durante coletiva realizada na 15ª Feira Negócios nos Trilhos investimento de R$ 5 milhões para iniciar a produção de molas pesadas, com bitola de até 50,8 mm, para o setor ferroviário no segundo trimestre de 2013. "Atualmente existem três empresas que oferecem

ABRH-PR promove Fórum de Liderança

A Associação Brasileira de Recursos Humanos – Seccional Paraná (ABRH-PR) promove no dia 07/11 (quarta-feira), das 19h às 22h, o Fórum de Liderança sobre a “A Prática do Feedback e do Feedforward”, no auditório da Unindus, na FIEP. Mediado pelas facilitadoras Rachel Cherubini T. Caldeira e Arlete Zagonel Galperin, o evento é direcionado a líderes e gestores de todos os níveis hierárquicos, que possuam acima de três subordinados. O objetivo do encontro é permitir a troca de experiências de diferentes culturas empresariais sobre a prática do feedback e do feedforward. A partir do ponto de vista do passado e do futuro, entre as suas falhas e soluções, bem como sobre a percepção de resultados a serem alcançados com cada uma das práticas. Também faz parte do conteúdo, as indicações de quando é necessário a aplicação do feedforward e de qual das abordagens promove mais fortalecimento de liderança. Rachel Cherubini é diretora de Interself Desenvolvimento Humano e atua há mais de 20 anos com o universo de pessoas. Atualmente trabalha com processos de coaching, com foco em desenvolvimento de líderes. Arlete é diretora da ZHZ Consultores e atua há mais de 25 anos na área como consultora e instrutora, desenvolvendo atividades com Programas de Desenvolvimento de Equipes e Lideranças, Processos de Assessment e Avaliação de Potencial Especializado para empresas de médio e grande porte. As inscrições são limitadas e podem ser feitas pelo email abrh-pr@abrh-pr.org.br ou no telefone (41) 3262-4317, pelos valores de R$ 80 a associados e R$ 160 a não sócios. As vagas são limitadas.

HAFIL INC ABRE UNIDADES

A Hafil Inc, incorporadora do Grupo Hafil, abriu as portas das unidades decoradas do H.A. Offices Linha Verde na última semana. O empreendimento, primeiro edifício comercial da valorizada Linha Verde Sul, fica no Capão Raso, na BR-116 nº 16.320. No mesmo endereço está o plantão de vendas, a todo vapor desde a inauguração, no início do mês. O projeto de interiores é assinado pela arquiteta Loren Fabro Pupo, da própria incorporadora.

Conscientização em campo

O Centro de Diabetes Curitiba, em conjunto com o Hospital Nossa Senhora das Graças, realizará uma série de ações para lembrar o Dia Mundial do Diabetes, comemorado no dia 14 de novembro. oNTEM (6), os jogadores do Clube Atlético Paranaense (CAP-PR) entraram em campo na partida contra o América (RN), carregando uma faixa e vestindo a camisa com frases de conscientização sobre a doença, que atinge cerca de 10% da população mundial. O jogo foi realizado no Estádio Janguito Malucelli (Ecoestádio). Além da mobilização no jogo do Atlético Paranaense, haverá uma Caminhada de Controle do Diabetes, neste sábado (10), às 8h30, no Parque Barigui. Durante o encontro, uma equipe do CDC estará, ao final da caminhada, oferecendo aos participantes do evento exames clínicos relacionados ao diabetes.

Garimpo Primavera-Verão 2013

A marca de roupas femininas For Traveller promove neste sábado, dia 10, a 2ª edição anual do “Loja por um Dia”, com lançamento da coleção primavera-verão 2013. Será um verdadeiro garimpo das novas tendências que invadem a estação mais quente do ano. Transparências, estampas florais, blusas de um ombro só e todas as novidades que já foram apresentadas nas passarelas estarão a preços únicos. Como o conjunto da foto, saia (R$ 48), básica (R$ 48) e colete jeans (R$ 96) ou Calça Skinny com barra dobrável (R$ 84) e blusa (R$42). É das 10h às 19h, no Clube Duque de Caxias (Rua Costa Rica, 1173). Para conhecer outros modelos, é só acessar www.modafortraveller.com.br ou curta www.facebook. com/ForTraveller

FGV realiza debate sobre a União Europeia

O Centro de Relações Internacionais da FGV-SP sediado na Escola de Ciências Sociais (CPDOC-FGV), realizará na segunda-feira (12) um debate sobre o futuro da União Europeia nos aspectos sociais e econômicos com Martha Mavrommatis, embaixadora do Chipre (país que assumiu a presidência da União Europeia); Ana Paula Zacarias, embaixadora da delegação da União Europeia no Brasil; Felix Dane, representante da Fundação Konrad Adenauer no Brasil e Kai Lehmman, professor da USP. Moderadora: Elena Lazarou, professora do Centro de Relações Internacionais da Fundação Getulio Vargas. O evento é gratuito. Vale ressaltar que o debate será em inglês e não haverá tradução.

Santillana no de Bar em Bar 2012

De 1º até 18 de novembro, acontece a 2ª edição do Festival de Bar em Bar 2012, promovido pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel). Durante o período, o Santillana Bar oferece o sanduíche Velásquez, das 18h às 21h, por apenas R$ 10. O sanduíche, feito com hambúrguer de carne de mignon e picanha grelhado com queijo cheddar, molho de churrasco e cebola, é um dos destaques dessa edição e está concorrendo ao melhor petisco do festival. Para votar acesse www.facebook.com/BaremBarPR.

MINISTRO DA JUSTIÇA PARTICIPA DE ALMOÇO

Fica, por este meio, C I T A D O JOSÉ HENRIQUE DA LUZ FERREIRA, CPF nº 253.736.099-00, brasileiro, casado, por estar em lugar incerto e não sabido, para que pague, no prazo de 03 (três) dias, contados após decorrido o prazo do presente edital, R$ 170.423,22 (cento e setenta mil, quatrocentos e vinte e três reais e vinte e dois centavos), válido para fevereiro de 2011, a ser devidamente corrigido até a data do efetivo pagamento, sob pena de penhora ou arresto, em tantos bens quantos bastem para garantia da dívida, e para que, querendo, apresente embargos no prazo de 15 (quinze) dias, independentemente de segurança do juízo, tudo em conformidade com os termos do processo de execução (art. 652 e ss, do CPC), e despachos.

João Doria Jr., presidente do LIDE – Grupo de Líderes Empresarias, convida a imprensa para o Almoço-Debate, terça-feira (13), com o ministro de Justiça, José Eduardo Cardozo. Durante o encontro, o ministro debaterá com os empresários do Grupo “Desafios da segurança pública e sistema penal brasileiro”. O evento acontece no Grand Hyatt Hotel, em São Paulo, das 12h00 às 14h30.

EXPEDIDO nesta cidade de Curitiba, Paraná, aos dezoito dias do mês de outubro de dois mil e doze (18.10.2012). Eu, (a), Léa Maria Otani, Diretora de Secretaria da 4ª Vara Federal, conferi e assino.

Correios no Enem

Soraia Tullio Juíza Federal Substituta

Marafon anuncia investimento de R$ 5 milhões para produção de molas pesadas Diante da perspectiva de crescimento do mercado ferroviário e com base na previsão da Abifer (Associação Brasileira da Indústria Ferroviária) de que será necessário produzir 2.100 locomotivas e 40 mil vagões até 2019, a Marafon, empresa de Charqueadas (RS) especializada

Empresas&Produtos

esse tipo de mola para o mercado nacional, mas esses produtos são importados. Seremos a primeira empresa brasileira a ter produção local”, afirma Altemir Ricardo Marafon, diretor comercial da empresa. O valor será aplicado em aumento da área da fábrica, máquinas, Tecno-

logia de Informação e treinamento de funcionários. Com o investimento, a capacidade de produção vai aumentar em 130%. Hoje, a empresa produz 320 toneladas por mês. A maior parte do investimento foi feita em automação, com o objetivo de garantir a qualidade do produto.

Os Correios encerraram com sucesso mais uma megaoperação para realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), cujas provas foram aplicadas nos dias 3 e 4 de novembro em todo o País. Viabilizada por meio do serviço de logística integrada, em 2012 a ação atendeu aproximadamente 5,8 milhões de estudantes inscritos no exame, encaminhando, distribuindo e coletando 6,2 milhões de provas/dia para 15 mil locais de prova, situados em 1.615 municípios brasileiros. Um efetivo composto por cerca de 12 mil empregados dos Correios trabalhou para a entrega e coleta das provas. Os Correios já realizam a operação Enem há quatro anos e foram indicados como finalistas do World Mail Awards em 2010, na categoria Inovação. Neste ano, a empresa recebeu o X Prêmio Abralog na categoria Projetos Colaborativos, em função de sua atuação como operadora logística na distribuição das provas. No Paraná, foram distribuídas 340 mil provas por dia, para 85 cidades. A operação envolveu cerca de mil empregados e 487 veículos.


Judiciário Curitiba, quarta-feira, 07 de novembro de 2012 | A8 | Indústria&Comércio www.justicaedireito.com

Novo termo de rescisão de contrato de trabalho é adiado O novo modelo de rescisão do contrato de trabalho deveria começar a vigorar hoje, dia 1º de novembro. No entanto, o Ministério do Trabalho anunciou, por meio da Portaria nº 1.815/2012, que o antigo formulário terá validade até 31 de janeiro de 2013. Dessa forma, agências da Caixa Econômica Federal continuarão a receber os antigos Termos de Rescisão de Contrato de Trabalho – TRCT normalmente. De acordo com a advogada trabalhista da IOB Folhamatic, Ydileuse Martins, a partir de 31 de janeiro, as empresas serão obrigadas a se adaptar às novas regras, adotando dois formulários: o Termo de Quitação e o Termo de Homologação. O Termo de Quitação deverá ser utilizado em conjunto com o Termo de Rescisão do Contrato de Trabalho, que será válido quando o empregado tiver menos que um ano de serviço. Já o Termo de Homologação será usado para as rescisões de contrato das pessoas que têm mais de um ano de serviço. “Nesses casos também é obrigatório a assistência e homologação pelo sindicato profissional da categoria ou pelo Ministério do Trabalho e Emprego – MTE”, declara a especialista. A partir de 1º de fevereiro de 2013, os Sindicatos, as Superintendências Regionais do Trabalho e a Caixa Econômica Federal exigirão os novos modelos de TRCT e os Termos de Quitação e Homologação. Para a especialista, “o novo modelo deixa mais claro para o trabalhador o que está sendo pago na rescisão”, finaliza Ydileuse Martins.

PIS/PASEP

No dia 29 de outubro de 2012, o Conselho Deliberativo de Fundo de Amparo ao Trabalhador – Codefat publicou a Resolução nº 701, a qual altera a Resolução nº 695, de 28 de junho de 2012, que dispõe sobre o pagamento do abono salarial do PIS/Pasep referente ao exercício de 2012/2013. A medida determina que cabe aos agentes pagadores efetuar a retroação do cadastro dos participantes do PIS e do Pasep, desde que devidamente comprovado o vínculo empregatício, independentemente dele ser efetivo ou temporário, quando houver necessidade de atualização do referido cadastro.

DÚVIDAS TRABALHISTAS E PREVIDENCIÁRIAS A empresa está obrigada a conceder férias coletivas a todos os seus empregados ou pode excluir alguns? Poderão ser concedidas férias coletivas a todos os empregados de uma empresa ou de determinados estabelecimentos ou setores da empresa. Assim, a empresa deve conceder férias coletivas, pelo menos, a todos os trabalhadores de um mesmo setor da empresa, não sendo permitido excluir qualquer trabalhador daquele setor. Qual o prazo para a empresa efetuar o pagamento de férias coletivas? O pagamento da remuneração das férias e, se for o caso, do abono pecuniário será efetuado até dois dias antes do início do respectivo período. Sobre essa remuneração será acrescido 1/3 previsto na Constituição Federal. Observe-se que a legislação não estabeleceu outro prazo para o pagamento das férias coletivas. Assim, as férias coletivas serão pagas na mesma data que as férias normais (dois dias antes do início do gozo), devendo a respectiva remuneração estar acrescida de 1/3 constitucional. Convém ressaltar que o Tribunal Superior do Trabalho, por meio da Orientação Jurisprudencial nº 386 da SBDI-I, dispõe que “é devido o pagamento em dobro da remuneração de férias, incluído o terço constitucional, com base no art. 137 da CLT, quando, ainda que gozadas na época própria, o empregador tenha descumprido o prazo previsto no art. 145 do mesmo diploma legal”. Os empregados afastados terão direito às férias coletivas? Quais os procedimentos a serem adotados quanto ao empregado que retornar do afastamento durante as férias coletivas da empresa? Os empregados que, no curso das férias coletivas, estiverem afastados provisoriamente da atividade cujos contratos de trabalho foram suspensos ou interrompidos não gozarão as férias coletivas com os demais empregados. Os empregados afastados por motivo de auxílio-doença, licença-maternidade, prestação de serviço militar, licença remunerada ou não, entre outros, continuam normalmente a usufruir do benefício ou da situação trabalhista em que se encontram fora do exercício da atividade na empresa. Assim, tais empregados não gozarão as férias coletivas juntamente com os demais, salvo se o afastamento terminar antes da paralisação das atividades da empresa. Caso o afastamento se encerre no curso das férias coletivas e não havendo condições de retorno do empregado ao trabalho (por exemplo, paralisação total das atividades empresariais), este será considerado em licença remunerada. Quais os empregados que não podem ter as suas férias fracionadas na concessão das férias coletivas? As férias coletivas poderão ser gozadas em dois períodos anuais, desde que nenhum deles seja inferior a 10 dias corridos. Entretanto, as férias serão sempre concedidas de uma só vez aos menores de 18 anos de idade e aos maiores de 50 anos de idade. Essas pessoas são tratadas pela legislação de forma especial, ou seja, têm uma proteção legal maior em função da idade, o que veda o fracionamento do direito ao gozo de férias, inclusive na hipótese de férias coletivas.

Justiça&Direito EXECUÇÃO DE DÍVIDA

Promissória é exigível se comprovada inadimplência Para os ministros, o crédito dependeria do inadimplemento das duplicatas pelos sacados

A

4ª Turma do Superior Tribunal de Justiça extinguiu execução de notas promissórias embasada em borderô, sem prova de inadimplemento dos títulos bancários descontados. Para os ministros, o crédito dependeria do inadimplemento das duplicatas pelos sacados. Por isso, a nota promissória vinculada ao contrato não seria título executivo extrajudicial. Em decisão unânime, a Turma afastou entendimento do Tribunal de Justiça do Mato Grosso do Sul, que havia determinado o prosseguimento da execução por julgar que estava “fundada em nota promissória vinculada a contrato de desconto de títulos, regularmente

constituída, vencida e não paga”. Os ministros, porém, restabeleceram a sentença que julgou procedentes os embargos à execução. No STJ, a Couro Azul Comércio de Couros sustentou que a cobrança da dívida exequenda estava sujeita à condição suspensiva, ou seja, ao inadimplemento das duplicatas descontadas pelos respectivos sacados, o que não teria sido comprovado pelo banco. Além disso, afirmou que a execução fundou-se em borderô de desconto de duplicatas, tendo sido juntados à inicial inúmeros documentos. Entre eles, uma nota promissória que não foi mencionada pelo banco. O ministro Luis Felipe Salomão

julgou procedentes as alegações. Ele avaliou que o caso “revela certa peculiaridade, qual seja, a de que o contrato exequendo tem por objeto duplicatas no valor de R$ 225.000,16, as quais se tornaram de propriedade do banco recorrido após seu desconto, tendo o recorrente assinado, como garantia de solvabilidade dos clientes sacados, uma nota promissória vinculada ao contrato de desconto bancário, cuja cláusula 14 previu que a referida cártula conteria valor relativo ao ‘saldo devedor que a operação de desconto apresentar em decorrência de não pagamento pelos sacados dos títulos descontados’”. O ministro Salomão entendeu

que a propositura da ação executiva, com base na nota promissória, foi condicionada à prova do inadimplemento pelos sacados, ou seja, a exigibilidade do título só se caracterizaria no caso do não pagamento das duplicatas pelos devedores originários. Ele avaliou ainda que “o contrato de desconto bancário (borderô) não constitui, por si só, título executivo extrajudicial, dependendo a execução de sua vinculação a um título de crédito dado em garantia ou à sua assinatura pelo devedor e por duas testemunhas”. O ministro acrescentou que as provas do alegado na execução deveriam constar da inicial, por constituir a própria exigibilidade da obrigação.

Ministro do STJ defende utilização de processo eletrônico O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) José de Castro Meira defendeu, ontem , no segundo dia do VI Encontro Nacional, a utilização do processo judicial eletrônico por todas as Cortes do país. Segundo ele, atualmente, 90% dos processos do STJ estão digitalizados, o que confere maior economia e segurança à tramitação das ações. “No início houve muita resistência, mas desde que foi implantado, o processo eletrônico apresentou resultado econômico na dispensa de malotes e redução de despesa com papéis, além da repercussão sob o aspecto ecológico”, destacou o ministro, que representou o presidente do STJ, Félix Fisher, no evento. Em seu discurso, Castro Meira salientou que o STJ tem trabalhado para que o Tribunal encontre sua verdadeira função constitucional que é a de uniformizar a jurisprudência e unificar a interpretação da norma infraconstitucional. Nesse sentido, encaminhou ao Congresso Nacional pedido de reforma legislativa para possibilitar que a jurisprudência consolidada da Corte se torne vinculante, nos

Luiz Silveira/ Agência CNJ

Informe

Ministro José de Castro Meira representante do STJ

moldes do que ocorre atualmente no STF, evitando a repetição dos questionamentos idênticos que abarrotam o STJ. “Questões de absoluta irrelevância chegam aos tribunais superiores tomando lugar de processos mais relevantes”, criticou o ministro. Em 2012, segundo Castro Meira,

295,1 mil novos processos ingressaram no STJ, dos quais 230 mil já foram julgados. Para aprimorar ao prestação dos serviços aos cidadãos, o Tribunal Superior estuda ainda mecanismos para tratar a enorme quantidade de Habeas Corpus que chegam à Corte, diariamente, assim como a possibilidade

Adoção ilegal de crianças ainda é comum no Brasil A presidente do Grupo de Apoio a Adoção De Volta Para Casa, Sandra Amaral, mostrou-se revoltada com a denúncia de adoção ilegal de cinco crianças de Monte Santo, no sertão da Bahia. Quatro meninos e uma menina foram retirados dos pais biológicos e entregues a casais de São Paulo num processo supostamente irregular de adoção. O caso ganhou repercussão nacional depois de reportagem exibida pelo Fantástico da TV Globo. - Com abrigos lotados, eles foram roubar filhos de pessoas pobres, filhos amados e desejados. Para que isso? É um crime vergonhoso. Sinto nojo e vergonha de uma lei tão fraca.

Uma pessoa que deveria defender a criança e a coloca em último lugar - disse, referindo-se ao juiz que autorizou a adoção. A integrante do Grupo de Apoio à Adoção Aconchego, Fabiana Gadelha, por sua vez, alertou que o caso de Monte Santo não foi isolado e se repete com freqüência no Brasil. - Não se pode resolver o problema da pobreza por adoção. Por que os casais não pegaram as crianças em São Paulo? Por que ir ao interior se aproveitar da situação de miséria? Não podemos demonizar o juiz, pois não sabemos os motivos que o fizeram efetivar a adoção. Perversidade ou vontade de querer

que cinco crianças saiam da pobreza? – indagou. O assunto está sendo debatido na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH). Na abertura da audiência, o senador Paulo Paim (PT-RS) lembrou que o processo de adoção no Brasil envolve regras rígidas e leva em média um ano para ser concluído e lamentou a situação das crianças que aguardam uma família nos abrigos brasileiros. - Adotar é um ato louvável, mas não pode haver irregularidade, nem violação de direitos humanos, seja dos adotados ou do adotantes – afirmou.

Cobrança de telefônicas por uso de via pública é ilegal Não há justificativa legal para o município cobrar das empresas telefônicas o uso de vias públicas na prestação de seus serviços. O entendimento é da 2ª Turma do Superior Tribunal de Justiça e se deu no julgamento de recurso do município mineiro de Formiga contra decisão anterior no próprio Tribunal, proferida pelo relator, ministro Humberto Martins, a quem a Turma acompanhou. Na visão do ministro Humber-

to Martins, não há motivo para reformar a decisão contestada. “A jurisprudência do STJ é firme ao reconhecer a ilegitimidade da cobrança de remuneração pela utilização das visas públicas na prestação de serviço de telefonia”, destacou o relator. Ele observou que a remuneração discutida não teria natureza jurídica de taxa nem de preço público. O ministro ressaltou que, segundo o Código Tributário Na-

cional (CTN), para a cobrança de uma taxa seria necessária a prestação de algum serviço pela cidade. Também não se aplicaria ao caso o preço público, pois a cobrança deste deriva de serviço de natureza comercial ou industrial prestado pela administração pública. No processo, salientou o ministro, há somente o uso das vias públicas para a prestação de serviço em favor da coletividade, ou seja, o de telefonia.

de criação de uma Turma Nacional de Uniformização para atender os juizados especiais estaduais, no intuito de desafogar essas unidades. “Tudo isso demonstra o esforço da administração do STJ para melhorar a prestação da jurisdição a todos que procuram o nosso Tribunal”, concluiu o ministro.

Juízes fazem ato contra desvalorização da carreira Nesta quarta e quinta-feira (7 e 8/11), os magistrados da Justiça Federal e da Justiça do Trabalho farão dois atos em São Paulo pela valorização da magistratura. Os atos fazem parte de uma série de medidas adotadas pelos magistrados para chamar a atenção para a desvalorização de suas carreiras, que sofreram perdas remuneratórias de 28,86% desde 2005, quando foi implantado o subsídio único. Entre as medidas adotadas, está paralisação das atividades nestes dois dias. Os juízes federais e do Trabalho decidiram também não participar da Semana Nacional de Conciliação, de 7 a 14 de novembro, como forma de protesto à carga extraordinária de trabalho sem a devida remuneração. Não haverá, entretanto, prejuízo à população, uma vez que as audiências que seriam realizadas durante a semana serão antecipadas ou marcadas para datas próximas. De acordo com os magistrados, em flagrante desrespeito à Constituição Federal, o Poder Executivo não encaminhou ao Congresso, no ano passado, a proposta orçamentária do Poder Judiciário que assegurava o reajuste do subsídio. Neste ano, a proposta do Judiciário foi indevidamente reduzida.


Negócios Curitiba, quarta-feira, 07 de novembro de 2012 | B1 | Indústria&Comércio

MODA

Opinião

Estilistas formados pelo Senai apresentam criações

Das viagens de Richa AYRTON BAPTISTA

Paraná Business Collection apresentará dez marcas na passarela principal

Foto: Mauro Frasson

O

s estilistas Fábio Bartz e Francesca Córdova, formados pelo Senai, apresentam suas criações nas passarelas do 7º Paraná Business Collection (PBC), que acontece até sábado (10), na sede da Fiep no Jardim Botânico, em Curitiba. O PBC é realizado pela Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), por meio do Conselho Setorial da Indústria do Vestuário e Têxtil do Paraná, e Sebrae-PR. Dez marcas passarão pela passarela principal do PBC. Na quarta-feira, às 20 horas, Fábio Bartz apresenta a coleção para o outono/inverno 2013, que tem como inspiração a série de TV Battlestar Galactica. Filmada originalmente em 1978, a série de ficção científica, que foi regravada em 2003, mostra um mundo em que humanos e seres cibernéticos vivem episódios de guerra e paz. “É uma coleção austera, que traz uma nova proposta de trabalho para o público masculino”, diz Fábio, que participa pela sexta vez do PBC. Na sexta-feira, Francesca Córdova, ex-aluna do Senai e vence-

Desfile de Fábio Bartz, na 6ª edição do PBC, em junho deste ano

dora da primeira edição do Prêmio João Turin de Incentivo a Novos Talentos, encerra os desfiles da passarela principal. Em sua segunda participação no PBC, Francesca mostra uma coleção inspirada no suprematismo russo, um movi-

mento artístico que faz um estudo de formas geométricas, de forma bem minimalista. “Estou muito contente em participar novamente do PBC. É importante esse tipo de movimento para amadurecer o mercado e mostrar o trabalho dos

Oi inaugura primeira loja própria em Londrina A Oi abre hoje (07), a primeira loja própria na cidade de Londrina. O local escolhido é o recém-inaugurado Londrina Norte Shopping, no bairro Pacaembú. O shopping tem 53.645 m² de área construída e contará com 168 lojas. A nova loja da Oi tem 102 m² e conta com equipe especializada e total infraestrutura para atendimento e oferta de serviços convergentes da Oi. Para 2012, a companhia tem como meta chegar a 201 lojas próprias e ampliar em 30% a rede de distribuição com parceiros, crescendo em número de pontos de venda por todo o Brasil. A ampliação dos pontos de

atendimento no Paraná faz parte da estratégia de reforço de investimento regional da Oi. Até o fim do ano, a companhia pretende investir cerca de R$ 205 milhões no estado, superando em cerca de 30% o total em 2011. Também está nos planos da empresa a abertura de mais duas lojas próprias na cidade e outras três no estado (Maringá, Foz do Iguaçú e Paranaguá), já nos próximos meses, totalizando 10 lojas próprias. (Acho melhor não adiantar o número e os locais das próximas lojas ou podemos queimar. Vamos segurar?) Na telefonia móvel, a Oi liderou, em setembro, o crescimento de acessos no mercado pós-pago

de telefonia móvel no Paraná, de acordo com resultados divulgados pela Anatel. A companhia cresceu 2,9% em relação ao mês de agosto, um ponto percentual a mais do que a segunda colocada (1,9%). Em comparação com setembro do ano passado, a empresa teve adição líquidas de 129 mil novos clientes, um acréscimo de 62. A Oi vem liderando a ampliação de base nesse segmento em 2012, movimento que está em linha com a estratégia de longo prazo da companhia, focada em clientes de mais alto consumo. No ano, a companhia já aumentou sua base de pós-pago em 1,743 milhão de clientes em todo o país.

CONCESSIONÁRIA

Honda Niponsul apresenta ofertas especiais de pós-venda para o mês de novembro A Honda Niponsul traz para o mês de novembro uma promoção especial de pós-vendas. Ao fazer a troca de pneus nas lojas localizadas em Curitiba, o cliente pode realizar, gratuitamente, montagem, balanceamento e geometria. A concessionária oferece ainda valores diferenciados para o polimento e a vitrificação de pintura, procedimento ideal para proteger a pintura e verniz do carro novo ou seminovo contra pequenos riscos. O polimento é realizado por três parcelas de R$ 100,00. Já a vitrificação é feita por seis vezes de R$ 120,00. Além de aproveitar as ofertas

especiais de novembro, os clientes da concessionária Honda Niponsul, de Curitiba e também de Ponta Grossa, podem adquirir nas lojas o Fit Twist, a nova versão do monovolume desenvolvido especialmente para o mercado nacional. Com visual diferenciado, o automóvel tem motor 1.5 flex, com 116 cavalos de potência para etanol e 115 para gasolina. Entre os destaques do veículo, que possui um design voltado para os aventureiros, destacam-se o parachoque com detalhes em alumínio fosco, faróis com máscara negra e lanternas translúcidas.

Além disso, o modelo ganhou rack de teto horizontal. No interior do veículo há revestimento de tecido nos bancos e detalhes na cor prata no painel. São oferecidos ainda diversos itens de série, como freios à disco nas quatro rodas e air bags frontais duplos. Na capital paranaense a Niponsul está presente em dois endereços, no Parolin e no Alto da XV. Na cidade de Ponta Grossa, a loja fica no bairro Nova Rússia. Mais informações pelo Twitter (http://twitter.com/niponsul) ou pelo Facebook (www.facebook. com/hondaniponsul).

novos estilistas”, afirma. A Coordenação geral do PBC é da OX Comunicação de Moda e NaModa Comunicação de Estilo. Confira a programação completa no site: www.paranabusinesscollection.com.br

Canyon chega ao mercado brasileiro A Canyon – marca holandesa líder EM acessórios para informática – acaba de desembarcar com a no Brasil. Há mais de 10 anos no mercado, a Canyon é reconhecida em mais de 90 países da Europa, Ásia, África e América, pelo design moderno e padrão de qualidade. Para o Brasil, a empresa traz acessórios como fones de ouvido, mouses, webcams e adesivos para notebooks, entre outros produtos. A empresa se estabeleceu em 14 países da América Latina em menos de 24 meses. O diretor da Canyon, Gerardo Hernandéz, destaca a presença da marca no Brasil. “Estamos muito entusiasmados com nossa presença no Brasil, que sabemos que é um país onde predominam os jovens. Este público gosta de estar na vanguarda das novas tendências e a Canyon é a marca para este estilo de vida multidimensional e oferece numerosas alternativas que respondem as necessidades dos jovens com seu estilo, status e moda”, destaca. O responsável pela Canyon no Brasil, Jaime Paez, ressalta o momento econômico do País. “O Brasil está entre as principais economias emergentes do mundo neste momento e a Canyon não poderia ficar fora deste mercado. Além disso, os brasileiros estão cada vez mais interessados em produtos tecnológicos e a Canyon traz um produto diferenciado”.

Projeto de iluminação pode reduzir em até 50% consumo de energia Um projeto de iluminação bem elaborado pode reduzir o consumo de energia em até 50%. De acordo com a lighting designer Patrícia Passo, professora do curso de projetos luminotécnicos do Cepdap (Centro de Educação Profissional de Design, Artes e Profissões), a economia pode ser ainda maior dependendo do tipo de produto utilizado. “Em um local com ar-condicionado, por exemplo, podemos optar por sistemas de iluminação e lâmpadas que não aqueçam muito o ambiente, reduzindo o consumo de energia do equipamento” explica.

Por esse motivo o papel do profissional de iluminação tem se tornado cada vez mais importante no momento de planejar um ambiente. “Além disso, com o surgimento de novos produtos e novas tecnologias é essencial que um profissional capacitado auxilie no momento de projetar o ambiente, indicando o produto mais adequado”, avalia Patricia. A professora explica que o projeto luminotécnico vai englobar o planejamento dos circuitos de luz, considerando o uso que é feito em cada espaço e as necessidades de cada ambiente. “Outro aspecto

importante é que o projeto será desenvolvido de acordo com o perfil de cada cliente e vai evitar que futuramente exista algum problema de iluminação”, pondera. Além dos projetos residenciais, a lighting designer destaque que projetos para áreas comerciais também são bastante procurados, principalmente no varejo. “Nesse quesito a iluminação correta vai melhorar a exposição das mercadorias em uma vitrine, por exemplo. Se bem trabalhados o aspecto e a tonalidade de luz podem causar diferentes sensações no consumidor. Isso pode ser primordial para

definir a compra”, justifica. O Cepdap está com as matrículas abertas para o curso de projetos luminotécnicos. O curso é destinado a estudantes e profissionais de Arquitetura, Design de Interiores, Engenharia, Desenho Industrial, marceneiros e projetistas, que tenham conhecimentos básicos de iluminação. As aulas vão abordar os conceitos técnicos de iluminação, luz no espaço residencial, sistemas de iluminação, lâmpadas e luminárias, além de planejamento e cálculo de projetos. Mais informações pelo www.cepdap.com.br ou pelo telefone (41) 3029-4044.

coluna@induscom.com.br

Essa discussão sobre a presença ou não do governador Beto Richa na prova de Fórmula 1, no domingo, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, acabou tendo maior destaque do que os propósitos anunciados. Certo, como insistiu o deputado Tadeu Veneri, do PT, quanto à necessidade de a Assembléia Legislativa ser informada corretamente sobre as visitas do governador. E aprovar o roteiro. Se o governador Beto Richa foi ou não é um problema a ser conferido nos próximos dias. Ver em Dubai pela TV não vale. E um deslocamento do chefe do Executivo para assistir um dos seus esportes favoritos não causa problema algum. Melhor torcer nas corridas do que envolver-se com o mensalão ou ser amigo do Cachoeira. mportante, isto sim, são os resultados da missão à que se atribuiu o chefe do Executivo. Que ele gosta de viajar é indiscutível. Seguidamente Beto dá um giro pelo exterior. Saber-se quem paga a viagem e/ou estada é uma obrigação, dele em informar, dos fiscalizadores da Assembléia em conferir. Ao que se sabe e principalmente se propala, é que Richa não precisa camuflar financeiramente suas viagens. Bom. Nada a questionar. O que se quer, entende-se o fato como um uníssono, são os frutos dos contatos no exterior para a economia paranaense. Por isso, é que se aguarda um relatório acerca dos contatos e das vantagens ainda que futuras ao Estado do Paraná. O fato é que Beto foi. E procurou deixar o país justamente quando se preparava na capital paranaense os festejos pela vitória do seu ex-correligionário Gustavo Fruet. E o fato verdadeiro ficou explicito na longa apreciação feita pelo senador Álvaro Dias, o PSDB no Paraná minguou. Se começarmos por Curitiba, a Câmara Municipal é um exemplo dos mais explícitos – de 13 vereadores, os tucanos iniciam a legislatura com quatro. Apenas quatro, justamente o partido que está no Governo, e que naturalmente costuma ser beneficiado pelo prestigio dos dirigentes do Estado e, pela máquina governamental. No caso, também a prefeitura. Minguou a bancada, o executivo trocou de mãos. Álvaro Dias está às turras com Beto desde a eleição do tucano. Ambos não se bicam e não se espera uma acomodação entre ambos, ainda que no futuro. E essa acomodação parece generalizada. O PSDB tem no governador do Paraná uma de suas forças não apenas no Sul do País. Mais, é um trunfo para 2014. Álvaro é o líder no legislativo Federal. E o homem do plantão permanente, da voz firme contra o Governo, função certa para a oposição. O senador paranaense, com tanta vivência desde a vereança em Londrina, décadas atrás, Beto Richa, filho de quem apoiou Álvaro como seu sucessor no Palácio Iguaçu e Gustavo Fruet, cantando em outra freguesia, os três, se juntos estivessem, teriam assegurado individual e coletivamente o comando da política no sul do país para os tucanos. O futuro seria brilhante, sem dúvida. Com a experiência de Álvaro, articulação de Gustavo e os votos crescentes de Beto Richa. Sonho de qualquer partido. Não deles, sem dúvida, pois resolveram tocar a vida cada um por si, nada valendo, agora, dissecar-se quem quis se livrar de quem e quem, por vaidade, esperteza ou motivos ainda não esclarecidos, motivou a separação. Como o problema é deles, fiquemos com os nossos de paranaenses cumpridores do dever e esperançosos quanto ao futuro do Paraná: que pelo menos saibam aliar-se quando os interesses do Estado estiverem em jogo. É assim que se faz em vários Estados brasileiros e todos eles sabem. *Ayrton Baptista, jornalista.


Títulos&Protestos Curitiba, quarta-feira, 07 de novembro de 2012 | B2 | Indústria&Comércio COMARCA DE CURITIBA PRIMEIRO TABELIONATO DE PROTESTO DE TITULOS Fone: 3321-7600 Edital de Intimação Encontram-se neste Tabelionato, sito à Rua Carlos de Carvalho, 603 - 9º Andar, na cidade de Curitiba/PR, para protesto, os títulos abaixo discriminados de responsabilidade dos devedores a seguir relacionados: APS DISTR DE COMB E ACES., CNPJ 06893750000116,DUPLIC. P/ INDIC distrib sob nº 1031100, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. ANDIJU ALIMENTOS LTDA, CNPJ 05761152000120, R. VER. JOAO ROCHA LOURES, LARANJEIRAS DO SUL/PR CEP 85.301000, CONTRATO distrib sob nº 1101001, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. OSCAR TAMBORIM, CPF 28401418844, DUPLIC. P/ INDIC distrib sob nº 1101040, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PA U L O H E N R I Q U E DESPLANCHES, CPF 04031754965, DUPLIC. P/ INDIC distrib sob nº 1101074, cujo valor se encontra inserido na faixa H do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. ANA BEATRIZ REGERT, CPF 04646365901, DUPLIC. P/INDIC distrib sob nº 1101076, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. MAYARA LIMA ANDRADE, CPF 08778982944, DUPLIC. P/INDIC distrib sob nº 1101085, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. EDSON BORGES DA SILVA MECANICA, CNPJ 0 2 4 0 0 2 8 8 0 0 0 11 7 , D U PLIC. P/INDIC distrib sob nº 1101110, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PEROLA COM DE PRODs AL, CNPJ 11300763000174, DUPLIC. P/INDIC distrib sob nº 1101132, cujo valor se encontra inserido na faixa B do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. CATEDRAL CONSTR CIVIS LT, CNPJ 77954543000172, DUPLIC. P/INDIC distrib sob nº 1101146, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. EXPRESSO TH HAPPY L O G I S T T R A N S P. LT , CNPJ 05538298000101, DUPLIC. P/INDIC distrib sob nº 1101157, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. MDWPRODsDEHIGIENELTME, CNPJ 10408605000170, DUPLIC. P/INDIC distrib sob nº 1101162, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. GUILHERME ALFREDO LINDNER, CNPJ 13134156000107, DUPLIC. P/INDICdistribsobnº1101164, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. MAGIC IMAGE LT, CNPJ 04643687000134, NOTA PROMIS distrib sob nº 1105003, cujo valor se encontra inserido na faixa K do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. AQUARELLA BRASIL COM DE ROUP LT, CNPJ 12907829000151, DUPL. P/ INDIC distrib sob nº 1105013, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. REAL MOBILE/PAPELARIA LT, CNPJ 00406309000186, DUPLIC. P/INDIC distrib sob nº 1105016, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. SDMO ENERGIA IND/ COM MAQs LT, CNPJ 05198319000278, DUPLIC. P/INDIC distrib sob nº 1105027, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. NAYARA PADILHA ME, CNPJ 10949111000100, DUPLIC. P/INDIC distrib sob nº 1105060, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. VANDERLEI NUNES FERREIRA, CPF 08905335802, DUPLIC. P/INDIC distrib sob nº 1105094, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PAMELA DANIELE DA SILVA - COM DE, CNPJ 14397720000147, DUPLIC. P/INDIC distrib sob nº 1105146, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. Por não ter sido possível encontrar os referidos responsáveis, pelo presente os intimo para todos os fins de direito e, ao mesmo tempo os cientifico de que, se não atendido ao presente até o dia 08/11/2012 (em caso de pagamento, observar horário dos bancos), serão lavrados os respectivos protestos em data de 08/11/2012. Afixado no lugar de costume, em 06/11/2012 Curitiba, 06 de novembro de 2012 HENDERSON EZEQUIEL RUDINISKI Escrevente CMYK

COMARCA DE CURITIBA 2º TABELIONATO DE PROTESTO DE TÍTULOS Titular Bel. Rodrigo Barrozo Edita de Intimação Encontram-se neste Tabelionato sito à Rua XV de Novembro, 172 - Galeria Ritz - Loja H, nesta Capital, para protesto, os títulos abaixo relacionados de responsabilidade dos devedores a seguir discriminados: TEES BRAZIL LT, CNPJ 73.923.757/0001-20, DUPLIC. C/ACEITE distrib sob nº 4518, cujo valor se encontra inserido na Faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. SVEDA FERRAMENTAS, CNPJ 12.264.931/0001-86, DUPLIC. VENDA MERCANTIL P/INDIC distrib sob nº 4708, cujo valor se encontra inserido na Faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. EDECARLO SOUZA, CPF 011.923.449-10, CEDULA DE CRED BANC P/INDIC distrib sob nº 4797, cujo valor se encontra inserido na Faixa H do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PATRICIAANDRETTA, CPF 027.196.749-82, CHQ distrib sob nº 4801, cujo valor se encontra inserido na Faixa E do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. FABIO GUIMARAES DA SILVA, CPF 082.432.13910, NOTA PROMIS distrib sob nº 4802, cujo valor se encontra inserido na Faixa K do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. MARYNELI PEREIRA MACHADO, CPF 003.801.26931, DUPLIC. VENDA MERC P/INDIC distrib sob nº 4803, cujo valor se encontra inserido na Faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. R M COM DE MOVs/ D E C O R A C LT , C N P J 12.816.303/0001-66, DUPLIC. VENDA MERC P/ INDIC distrib sob nº 4836, cujo valor se encontra inserido na Faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. BRASPOCOS POCOS ARTESIANOS LT, CNPJ 75.265.124/0001-06, DUPLIC. VENDA MERC P/INDIC distrib sob nº 4844, cujo valor se encontra inserido na Faixa B do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. ENGETHERM COM DE EQUIP A GAS LT, CNPJ 08.298.268/0001-63, DUPLIC. VENDA MERC P/INDIC distrib sob nº 4859, cujo valor se encontra inserido na Faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. W A MUGUET CONST./ SERVICOS, CNPJ 08.764.825/0001-94, DUPLIC. VENDA MERC P/INDIC distrib sob nº 4865, cujo valor se encontra inserido na Faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. JULIANA MARINA RAMOS, CPF 041.650.449-38, DUPLIC. VENDA MERC P/INDIC distrib sob nº 4875, cujo valor se encontra inserido na Faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. JOCIMAR ROBSON PEREIRA KURPEL, CPF 072.286.749-28, DUPLIC. VENDA MERC P/INDIC distrib sob nº 4882, cujo valor se encontra inserido na Faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PONTE ALTA CONSTR LT, CNPJ 82.682.535/0001-54, DUPLIC. VENDA MERC P/ INDIC distrib sob nº 4908, cujo valor se encontra inserido na Faixa D do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. ELOIR TER BARB DA LUZ, CNPJ 15.009.447/0001-07, DUPLIC. VENDA MERC P/ INDIC distrib sob nº 4938, cujo valor se encontra inserido na Faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. JOSE APARECIDO DA SILVA, CPF 254.456.429-68, DUPLIC. VENDA MERC P/ INDIC distrib sob nº 4941, cujo valor se encontra inserido na Faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. ELISEUDASILVATABORDA RIBAS, CPF 024.986.08990, DUPLIC. VENDA MERC P/INDIC distrib sob nº 4954, cujo valor se encontra inserido na Faixa B do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. J O S E M I L VA S S A O IND/COM ME, CNPJ 11.166.608/0001-07, DUPLIC. VENDA MERC P/INDIC distrib sob nº 4965, cujo valor se encontra inserido na Faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. GUILHERME ALFREDO LINDNER, CNPJ 13.134.156/0001-07, DUPLIC. VENDA MERC P/INDIC distrib sob nº 4966, cujo valor se encontra inserido na Faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. DISTRIB DE PROD AGROP BUENO LT, CNPJ 06.367.950/0001-35, DUPLIC. VENDA MERC P/INDIC distrib sob nº 4974, cujo valor se encontra inserido na Faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PAMELA DANIELE DA SILVA -COM DE, CNPJ 14.397.720/0001-47, DUPLIC. VENDA MERC P/ INDIC distrib sob nº 142, cujo valor se encontra inserido na Faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. D E S T E FA N O D I S T R I B DE ALIMTs LT-ME, CNPJ 07.515.719/0001-04, CONTRATO DE FINANC distrib sob nº 158, cujo valor se encontra inserido na Faixa K do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. Por não ter sido possível encontrar ou intimar os

referidos responsáveis nos endereços indicados pelo presente os intimo para todos os fins de direito e ao mesmo tempo os cientifico de que se não atendido ao presente no prazo legal, até 08/11/2012, serão lavrados os respectivos protestos. O presente foi afixado em Edital nessa data. Curitiba, 06 de Novembro de 2012 BEL. CARLOS CASER GROSS Substituto do Titular COMARCA DE CURITIBA 3º TABELIONATO DE PROTESTO DE TÍTULOS Osvaldo Hoffmann Filho Oficial Fone: (41) 3223-8060 Edital de Intimação Encontram-se neste Ofício, sito à Av. Luiz Xavier, 110, Sobreloja, na cidade de Curitiba/ PR, para o protesto, os títulos abaixo discriminados, de responsabilidade dos devedores a seguir relacionados: GMD ART ESP/CENT R O D E N ATA C A O , 80.806.482/0001-00, DUPLIC. MERCTL P/INDIC distrib sob nº 1030152/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. CASA MADEIRA EM ARTE COM LT, 10.353.699/000127, CHQ distrib sob nº 1031001/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. M DINACIR RODRIGUES, 00.423.198/0001-16, DUPLIC. MERCTL P/INDIC distrib sob nº 1031004/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. BRUNO E TRACZ LT-ME, 06.256.830/0001-60, DUPLIC. MERCTL P/INDIC distrib sob nº 1031018/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. DANIELE DIAS DOS SANTOS, 13.261.183/0001-40, DUPLIC. MERCTL P/INDIC distrib sob nº 1031037/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PAVLOVA COM DE CORTINAS LT-M, 79.460.911/000151, DUPLIC. MERCTL P/INDIC distrib sob nº 1031051/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. L I C I PA R LT D A - M E , 10.799.610/0001-50, DUPLIC. MERCTL P/INDIC distrib sob nº 1031062/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. DENILSONCONSTANTINO, 397.632.988-65, DUPLIC. MERCTL P/INDIC distrib sob nº 1031140/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. NILO ARTUR DE SA, 698.181.509-53, DUPLIC. MERCTL P/INDIC distrib sob nº 1031141/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. ESTER CONCEICAO GONCALVES, 876.021.569-00, DUPLIC. MERCTL P/INDIC distrib sob nº 1031171/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. STAHLLUZ METALURG IND/COM, 11.036.543/000185, DUPLIC. MERCTL P/INDIC distrib sob nº 1101003/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. IDEALTEC TEC EM SIST DE ENERG., 02.525.828/000199, DUPLIC. MERCTL P/INDIC distrib sob nº 1101005/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PAPPLOW COM DE GENEROS ALIMENTICIOS, 14.190.349/0001-48, DUPLIC. MERCTL P/INDIC distrib sob nº 1101032/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. IDEALTEC TECNOLOG. EM SISTEMAS DE ENERG. IN, 02.525.828/0001-99, DUPLIC. MERCTL P/INDIC distrib sob nº 1101039/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. EDINA DE SOUZA MACHADO, 099.178.499-55, DUPLIC. MERCTL P/INDIC distrib sob nº 1101055/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PEREIRA & CIA. LTDA ME, 09.942.173/0001-01, DUPLIC. MERCTL P/INDIC distrib sob nº 1101090/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. E S PA C O B I A LT- M E , 10.397.895/0001-01, DUPLIC. MERCTL P/INDIC distrib sob nº 1101091/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. IVETE CUBA LEAL, 906.396.859-00, DUPLIC. MERCTL P/INDIC distrib sob nº 1101111/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. COMMANDER SIST. DE SEGURANCA ELETRONICA LT, 02.943.044/0001-80, DUPLIC. MERCTL P/INDIC distrib sob nº 1101115/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa do item I da Tabela

XV da Lei 13.611/02. A L C AT R A Z C O M D E C O M P. E L E T R O N . , 11.801.696/0001-71, DUPLIC. MERCTL P/INDIC distrib sob nº 1101135/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PAMELADANIELEDASILVA - COM DE, 14.397.720/000147, DUPLIC. MERCTL P/INDIC distrib sob nº 1101143/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. Por não ter sido possível encontrar os referidos responsáveis, pelo presente os intimo para todos os fins de direito e, ao mesmo tempo os cientifico de que, se não atendido ao presente até o dia 09/11/2012, horário bancário, prazo legal, serão lavrados os respectivos protestos. Afixado em 07/11/2012. Curitiba, 07 de novembro de 2012. NANCI NOVINSKI Escrevente COMARCA DE CURITIBA QUARTO TABELIONATO DE PROTESTO DE TÍTULOS Edital de Intimação Encontram-se neste Tabelionato, sito à Rua Mons. Celso, 211 - 1º andar, na cidade de Curitiba, para protesto, os títulos abaixo discriminados de responsabilidade dos devedores a seguir relacionados: LC MAX IND/COM PRODs PLASTs LT, CNPJ 10920859000172, DUPLIC. P/INDIC distrib sob nº 1031094, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV Lei 13.611/02. KAUANA YASMIN STROBEL, CPF 07338926980, CHQ distrib sob nº 1101001, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. MARCELOFERNANDESDE SOUZA, CPF 85744263934, CERTIDAO JUDIC. DE DIV. distrib sob nº 1101003, cujo valor se encontra inserido na faixa K do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. OXS SERVICOS LT, CNPJ 05432172000158, DUPLIC. P/INDIC distrib sob nº 1101018, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. ALEX FRANCISCO DELLA LIBERA, CNPJ 09642587000107, DUPLIC. P/INDIC distrib sob nº 1101023, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. E D G A R S M A N I O TTO CANDAL, CNPJ 78543964000173, DUPLIC. P/INDIC distrib sob nº 1101026, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. AMM SERVs DE GUINCHOS & TRANSP., CNPJ 07035385000171, DUPLIC. P/INDIC distrib sob nº 1101031, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV Lei 13.611/02. JOSE CARLOS TOMAZ 2441, CPF 60010541934, DUPLIC. P/INDIC distrib sob nº 1101039, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. TRANSPs. PANTANEIROS LT, CNPJ 01501750000100, DUPLIC. P/INDIC distrib sob nº 1101043, cujo valor se encontra inserido na faixa B do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. I D E A LT E C T E C N O LOG EM SISTs., CNPJ 02525828000199, DUPLIC. P/INDIC distrib sob nº 1101076, cujo valor se encontra inserido na faixa C do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. F L AV I A I A N K O W S K I CLARO PEREIRA, CPF 03188375956, DUPLIC. P/ INDIC distrib sob nº 1101078, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. ANDREA MACHADO BUTKOSKI, CPF 06160172948, DUPLIC. P/INDIC distrib sob nº 1101082, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. GLAUCO ALEXANDRO DE SOUZA ME, CNPJ 07681838000137, DUPLIC. P/INDIC distrib sob nº 1101086, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. UNIVERSO DO VIDRACEIRO FERR LT, CNPJ 07993749000126, DUPLIC. P/INDIC distrib sob nº 1101087, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. VANDERLEI NUNES FERREIRA, CPF 08905335802, DUPLIC. P/INDIC distrib sob nº 1101089, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. ELEKTRA SOLUC AUTO M E L E T R I C , C N P J 11 9 2 7 6 4 0 0 0 0 1 6 8 , D U PLIC. P/INDIC distrib sob nº 1101095, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. BAEZA REPRES COML LT, CNPJ 06933658000132, DUPLIC. P/INDIC distrib sob nº 1101125, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV Lei 13.611/02.

Por não ter sido possível encontrar os referidos responsáveis, pelo presente os intimo para todos os fins de direito e, ao mesmo tempo os cientifico de que, se não atendido ao presente até o dia 09/11/2012 (em caso de pagamento, observar horário dos bancos), serão lavrados os respectivos protestos em data de 09/11/2012. Afixado no lugar de costume, nesta data. Curitiba, 06 de novembro de 2012 IRACELES DO ROCIO ESPÍNDOLA Escrevente COMARCA DE CURITIBA 5º TABELIONATO DE PROTESTO DE TÍTULOS Thiago Martins de OliveiraTabelião Fone: (41) 3328-1034 Edital de Intimação Encontram-se neste Tabelionato, sito na Rua Mal. Deodoro, 869, 18° andar, na cidade de Curitiba, para o protesto, os títulos abaixo discriminados, de responsabilidade dos devedores a seguir relacionados: CASA MADEIRA EM ARTE COM LT, 10.353.699/000127, CHQ ACEITO distrib sob nº 1031001/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO DE COMPARECIMENTO: 08/11/2012. ENERCON EQUIPAMENTOS E SISTEMAS LT, 08.346.424/0001-14, DUPLIC. MERCTL P/INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1031019/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO DE COMPARECIMENTO: 08/11/2012. UNIVERSAL VIDROS LT, 13.346.708/0001-40, DUPLIC. MERCTL P/INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1031034/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO DE COMPARECIMENTO: 08/11/2012. GERVAN CARLOS DA SILVA, 771.229.849-15, DUPLIC. MERCTL P/INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1031046/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO DE COMPARECIMENTO: 08/11/2012. CAJINHOS COM DE COMP ELETRONICOS LT, 08.606.285/0001-10, DUPLIC. MERCTL P/INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1031086/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO DE COMPARECIMENTO: 08/11/2012. PA R A N A CLUBE, 81.907.446/0001-04, DUPLIC. MERCTL P/INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1031105/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO DE COMPARECIMENTO: 08/11/2012. ILUVIA ENGENHARIA LT, 08.641.547/0001-88, DUPLIC. MERCTL P/INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1031126/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO DE COMPARECIMENTO: 08/11/2012. POTRICK TRANS. DE CARGAS LT, 82.247.594/000102, DUPLIC. MERCTL P/ INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1031146/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO DE COMPARECIMENTO: 08/11/2012. M.A. OLIVEIRA & CIA LT, 01.711.460/0001-90, DUPLIC. MERCTL P/INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1031149/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO DE COMPARECIMENTO: 08/11/2012. COM DEALIMENTOSAGRO SUL LT, 00.330.008/000116, DUPLIC. MERCTL P/ INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1031168/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO DE COMPARECIMENTO: 08/11/2012. VISAMAR APART HOTEIS E TURISMO LT-ME, 06.939.279/0001-50, CHQ ACEITO distrib sob nº 1031179/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO DE COMPARECIMENTO: 08/11/2012. EXPRESSO TH HAPPY LOGIST E TRANSP LT, 05.538.298/0001-01, DUPLIC. MERCTL P/INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1101015/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO DE COMPARECIMENTO: 08/11/2012. DEBORA MOREIRA LIMA CAVALCANTE ME, 12.665.560/0001-44, DUPLIC. MERCTL P/INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1101019/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO DE COMPARECIMENTO: 08/11/2012. JOSE CARLOS TOMAZ 2441, 600.105.419-34, DUPLIC. MERCTL P/INDIC N/ACEITA distrib sob nº

1101037/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO DE COMPARECIMENTO: 08/11/2012. K O L L O R M U LT I G R A FICA E EDITORA LT-M, 01.887.238/0001-43, DUPLIC. MERCTL P/INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1101042/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO DE COMPARECIMENTO: 08/11/2012. OSEIAS RAMOS DE ANDRADE, 026.698.109-77, DUPLIC. MERCTL P/ INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1101043/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO DE COMPARECIMENTO: 08/11/2012. SOUZA E SOUZA CONSTR. CIVIL LT, 03.114.101/000181, DUPLIC. MERCTL P/ INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1101044/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO DE COMPARECIMENTO: 08/11/2012. LOJAS ALFABETO LT, 10.718.475/0001-71, DUPLIC. MERCTL P/INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1101055/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO DE COMPARECIMENTO: 08/11/2012. RODRIGO OTAVIO MATTANA, 11.225.758/000144, DUPLIC. MERCTL P/ INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1101056/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO DE COMPARECIMENTO: 08/11/2012. SERGIO R DE PAULO, 00.546.435/0001-36, DUPLIC. MERCTL P/INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1101073/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO DE COMPARECIMENTO: 08/11/2012. DATA WORK SERV DE DIST DE PU, 02.525.978/000100, DUPLIC. MERCTL P/ INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1101075/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO DE COMPARECIMENTO: 08/11/2012. UNIVERSO DO VID R A C E I R O F E R R LT , 07.993.749/0001-26, DUPLIC. MERCTL P/INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1101086/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO DE COMPARECIMENTO: 08/11/2012. BLV EMPREENDIMENTOS LT, 10.334.235/0001-73, DUPLIC. MERCTL P/INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1101090/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO DE COMPARECIMENTO: 08/11/2012. JANE R DA SILVA ARTIGOS DO VESTUARIO, 11.850.946/0001-63, DUPLIC. MERCTL P/INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1101135/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO DE COMPARECIMENTO: 08/11/2012. VIVIAN JESSICA CARVA L H O Z A N E L L O , 12.275.187/0001-15, DUPLIC. MERCTL P/INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1101136/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO DE COMPARECIMENTO: 08/11/2012. MEDICALL PRODs FARMACEUTs LT, 75.061.572/000180, DUPLIC. MERCTL P/ INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1101146/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO DE COMPARECIMENTO: 08/11/2012. LC TRANDING IMP/EXP L, 78.740.081/0001-53, DUPLIC. MERCTL P/INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1101152/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO DE COMPARECIMENTO: 08/11/2012. M A R I L I A D AT S C H , 819.087.339-34, DUPLIC. MERCTL P/INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1101155/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO DE COMPARECIMENTO: 08/11/2012. Por não ter sido possível encontrar os referidos responsáveis, pelo presente os intimo para todos os fins de direito e, ao mesmo tempo os cientifico de que, se não atendido até o PRAZO DE COMPARECIMENTO supra citado, horário bancário, prazo legal, serão lavrados os respectivos protestos. Em caso protesto por falta de Aceite, fica Vsª intimado para aceitar ou justificar a recusa do Aceite. Afixado em 07/11/2012. Curitiba, 07 de novembro de 2012. THIAGO MARTINS DE OLIVEIRA Tabelião COMARCA DA CAPITAL

6º TABELIONATO DE PROTESTO DE TÍTULOS José Carlos Fratti - Tabelião Fone: (41) 3077-2999 Edital de Intimação Encontram-se neste Tabelionato, sito na Rua Cdor. Araújo, 323 - 5º Andar - Cj. 57, na cidade de Curitiba, P/ o protesto, os títulos abaixo discriminados, de responsabilidade dos devedores a seguir relacionados: CLAUDIO LADER DE MELO, 444.581.939-53, CEDULA CRED BANC P/ INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1030008/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO: 07/11/2012. HEAD NET DO BRASIL CORP LT, 04.113.175/000166, DUPLIC. MERCTL P/ INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1030200/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO: 07/11/2012. EWALDO CARDENAS MARIANO, 112.676.669-00, CHQ ACEITO distrib sob nº 1031003/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO: 07/11/2012. SAMUEL ROBERTO RONCAGLIO, 007.686.099-09, DUPLIC. MERCTL P/INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1031007/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO: 07/11/2012. I DA SILVA - KUKA MANIA CABELEIREIROS , 11.189.810/0001-54, DUPLIC. MERCTL P/INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1031035/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO: 07/11/2012. FABIANO NEVE DA COSTA, 13.062.645/0001-09, DUPLIC. MERCTL P/ INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1031038/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO: 07/11/2012. VIDROFER CESSOR I O S P / V I D R O S LT , 14.045.195/0001-09, DUPLIC. MERCTL P/INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1031041/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO: 07/11/2012. O S C A R TA M B O R I M , 284.014.188-44, DUPLIC. MERCTL P/INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1031046/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO: 07/11/2012. APMF COLEGIO POLIVALENTE DE CURITIBA, 80.234.842/0001-47, DUPLIC. MERCTL P/INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1031055/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO: 07/11/2012. ADRIANO TEIXEIRA PADILHA, 046.406.649-23, DUPLIC. MERCTL P/ INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1031061/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO: 07/11/2012. T O R N E A R I A C I C LT , 03.569.312/0001-09, DUPLIC. MERCTL P/INDIC A C E I TA d i s t r i b s o b n º 1031068/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO: 07/11/2012. EVERSON APARECIDO CARACHO, 034.607.78938, DUPLIC. MERCTL P/ INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1031075/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO: 07/11/2012. VANDERLEIADE MORAES, 066.708.109-70, DUPLIC. MERCTL P/INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1031084/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO: 07/11/2012. MARCIA P DE OLIVEIRA EQUIPAMENTOS ACESSORIOS FOTOGRAFICOS, 13.526.349/0001-03, DUPLIC. MERCTL P/INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1031099/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO: 07/11/2012. ECO.COM LOCAC DE MAQs E EQUIPAMENTOS, 14.335.569/0001-12, DUPLIC. MERCTL P/INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1031100/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO: 07/11/2012. THIAGO LEMES CAETANO, 034.777.279-08, DUPLIC. MERCTL P/INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1031115/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO: 07/11/2012. J R DOS SANTOS - COM DE T, 14.428.165/000173, DUPLIC. MERCTL P/ INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1031137/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO: 07/11/2012. IZILDA MACHADO, 014.850.499-03, DUPLIC. MERCTL P/INDIC N/ACEITA

distrib sob nº 1031151/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO: 07/11/2012. M D W PRODs DE HIGIENE LT-ME, 10.408.605/000170, DUPLIC. MERCTL P/ INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1031162/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO: 07/11/2012. ELI ELCIO SKROCK ANTUNES - ME, 13.773.415/000140, DUPLIC. MERCTL P/ INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1031165/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO: 07/11/2012. VISAMAR APART HOT E I S T U R I S M O LT , 06.939.279/0001-50, CHQ ACEITO distrib sob nº 1031179/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO: 07/11/2012. ELVIRA FATIMA DE QUADROS, 448.520.539-87, DUPLIC. MERCTL P/ INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1101005/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO: 07/11/2012. VANILSA REGINA FACHINELLO PACHECO, 561.691.409-68, DUPLIC. MERCTL P/INDIC ACEITA distrib sob nº 1101009/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO: 07/11/2012. SOL GRAFICA E EDITORA LT, 06.015.875/0001-43, DUPLIC. MERCTL P/INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1101026/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO: 07/11/2012. OLIVERGOMES COM DE CARTOES TEL LT, 02.859.081/0001-05, DUPLIC. MERCTL P/INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1101041/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO: 07/11/2012. HEAD NET DO BRASIL CORP LT, 04.113.175/000166, DUPLIC. MERCTL P/ INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1101044/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO: 07/11/2012. AHOM EDUC LT , 11.509.193/0001-27, DUPLIC. MERCTL P/INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1101060/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO: 07/11/2012. V E TA L U E N C O M E X P R E S S A E PA S S LT , 80.524.945/0001-41, DUPLIC. MERCTL P/INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1101075/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO: 07/11/2012. PAULO SERGIO ALVESS, 856.177.501-78, DUPLIC. MERCTL P/INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1101077/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO: 07/11/2012. VANDERLEI NUNES FERREIRA, 089.053.358-02, R. DES. MOTTA, 3003 - CENTRO - CURITIBA (CAPIT-PR CEP 80430-152, DUPLIC. MERCANTIL POR INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1101093/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO: 07/11/2012. WILZA MARIA PESSOA DA GUARDA, 793.689.219-20, DUPLIC. MERCANTIL P/ INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1101109/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO: 07/11/2012. INDRA ESTEIO SISTs S/A, 09.523.576/0001-08, DUPLIC. MERCANTIL P/INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1101132/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO: 07/11/2012. GROSSO E GROSSO LT, 10.351.736/0001-68, DUPLIC. MERCTL P/INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1101134/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO: 07/11/2012. NJ CONFEC E COM DO VEST, 12.509.064/000100, DUPLIC. MERCTL P/ INDIC N/ACEITA distrib sob nº 1101139/2012, cujo valor se encontra inserido na faixa A do item I da Tabela XV da Lei 13.611/02. PRAZO: 07/11/2012. Por não ter sido possível encontrar os referidos responsáveis, pelo presente os intimo para todos os fins de direito e, ao mesmo tempo os cientifico de que, se não atendido até o PRAZO supra citado, serão lavrados os respectivos protestos. Em caso protesto por falta de Aceite, fica Vsª intimado para aceitar ou justificar a recusa do Aceite. Afixado em 07/11/2012. Curitiba, 07 de novembro de 2012. BEL. JOSÉ CARLOS FRATTI Tabelião


3

a

margem arte&atitude

Especial Indústria&Comércio | Curitiba, quarta-feira, 07 de novembro de 2012 | B3

moda&cia

Nem te Conto Noturnos

Adélia Maria Lopes adeliamarialopes@yahoo.com.br

Há vida além da passarela Situações vivenciadas por cinco atores pernambucanos durante o processo de estudos sobre o universo dos moradores de rua, durante nove meses, ajudaram na composição da peça Noturnos, que o grupo Fiandeiros apresenta em Curitiba. Três quadros compõem a peça: O presente, A cura e Salobre. Cada um deles fazem referências à violência, sexualidade, solidão e ociosidade. André Filho, diretor e autor da peça, também propõe um olhar sobre uma sociedade regida cada vez mais pela banalização do consumo. Criada em 2003, a Cia. Fiandeiros de Teatro Recife coleciona muitos prêmios. Além de Curitiba, Noturnos passa pelo Rio, Niterói e São Paulo. Confira: Rua Paulo Ildefonso Assumpção, 725. Jardim Social, nesta quarta 7 e quinta, às 20h.Ingressos a 20 e 10 reais. Fone 33629438.

Premiações

1-Nesta quarta dia 7, às 14h30 no Centro Israelita do Paraná, acontece a cerimônia de entrega do Prêmio Fani Lerner, destinado a pessoas ou instituições paranaenses que se destacam em ações de solidariedade social. 2-O Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças do Paraná, nesta quinta-feira, entrega o Prêmio Equilibrista 2012 a Marcos Perillo, vice-presidente do Grupo Battistella, e o Destaque Finanças para os diretores Moacir Silva, do Grupo Marista, e Wanclei Said, do Grupo Condor. 3- A empresária curitibana Eviete Dácol, diretora de marketing da Inove, recebeu em São Paulo o prêmio de Empresa Top, na categoria “loja de objeto de design’, do Top of Mind Casa e Mercado 2012.

Pequenas Histórias

Enrico Cietta

Caíto Maia

O

12.º Ciclo de Atualização em Moda, um dos eventos paralelos do 7.º Paraná Business Collection, que começou nessa terça 6 e prossegue até sábado, no Centro de Eventos da Fiep, também reserva bons momentos, além dos desfiles e salão de negócio das coleções de inverno 2013. Palestras e cursos iniciam nesta quarta, às 14h, com o economista italiano Enrico Cietta, o autor do livro Revolução do FastFashion. Na quinta, às 15h, fala o empresário brasileiro Caito Maia, dono da Chilli Beans. Enrico Cietta, especialista em indústrias criativas nas áreas de moda e design, ministra a palestra sobre estratégias para acompanhar o ritmo da produção e comercialização de roupas e acessórios sem perder a identidade da marca. Em seguida, ele forma mesa redonda “FastFashion – Exigências do mercado atual”, com

Silvana Holzmeister

Carla Brustulin, coordenadora do setor do vestuário do Sebrae/PR, com a estilista e dona da Lafort, Irit Czerny, e Izabela Angiuli, executiva da Confederação Nacional do Artesanato da Pequena e Média Empresa da Região de Emilia Romagna, Itália. Caito Maia, na palestra “Pimenta nos Olhos... e nos Negócios”, conta sobre a estratégia que transformou sua marca de óculos, a Chilli Beans, em sinônimo de sucesso empresarial, com mais de 400 pontos de venda no Brasil e no exterior. De momento, por sinal, abre mais uma loja nos EUA. Já a pesquisadora de tendências Paula Abbas vai explicar como funciona a Coolhunting, técnica de pesquisa baseada nas metodologias mais atuais, que ajuda a entender num cenário mutante, o comportamento do consumidor. E

Marnei Carminatt

“Stylist – A Alma da Moda” é o tema do livro e de palestra da jornalista Silvana Holzmeister, na sexta-feira. Mestre em Moda, Cultura e Arte, ela vai demonstrar porque este profissional é indispensável na hora de interpretar o conceito de roupas, acessórios, maquiagem e cabelo de uma temporada. O evento apresenta ainda a oficina de criação de sapato “Dê Asas aos Seus Pés”, com o designer Marnei Carminatti, especialista em Moda pelo Politecnico de Milão.Nesta quinta e sexta, das 9 às 12h, ele vai antecipar as tendências para o verão 2013. Consultor da Assintecal, com o estilista Walter Rodrigues, e integrante do grupo Sistema Moda Brasil, ele já prestou consultoria e realizou projetos para empresas como Alpargatas, Paquetá, Cambuci, West Coast, Cravo e Canela, Goofy e Freedomfog.

As fotógrafas Aline Marques, Sandra Carrillo, Melanie d’Haese, Ana Luiza Meissner e Regina Sampaio, apaixonadas por fotografia, se propuseram a dar um enredo para dez imagens. Nasceu então exposição “Diversas Pequenas Histórias”, em que o espectador imagina o que acontece por detrás de cada uma das fotos. Visitação até dia 12, no Quintana Café

De decoração

Paraná Business Collection traz a Curitiba o Paraná Criando Moda

1- Há dois anos o estilista mineiro Ronaldo Fraga assina coleções exclusivas para a Tok&Stok. A coleção que chega às 37 lojas tem duas versões: a Croquis aparece tanto em modelos delineados em traço monocromático e sobrepostos, como também no lado “festa”, revestido de cores com modelos em quatro variedades de vestidos e com fundos que replicam os seus icônicos óculos de grau. Para a linha Flores Para Você, Ronaldo Fraga se inspirou nos divertidos bailes de Carnaval, das obras de Noel Rosa, que misturavam poesia e alegria.

O Paraná Business Collection estende passarela, pela primeira vez, para o Concurso Paraná Criando Moda, realizado há 12 anos em Maringá, para estimular estudantes a despontar seus talentos. E agenda o desfile da concepção premiada na atual edição, que teve a Itália como inspiração para os doze finalistas. O vencedor Robson Oriole, aluno do segundo ano do curso de moda da Unipar-Universidade Paranaense, fez dois modelos, conceitual e comercial, inspirados em Veneza, mais precisamente “a casa Deo Bepi, na Ilha de Murano. Um lugar mágico, com grande diversidade de formas e cores”. Ele aplicou corano texturizado nas peças, lembrando paredes surradas

2- Gil Ferrucci e Léo Pletz, licenciados da mostra Morar Mais por Menos de Curitiba, orgulham-se dos 42 ambientes projetados por 50 profissionais. Em sua sexta edição, a mostra, que já se consolidou por oferecer soluções criativas, sofisticadas e sustentáveis de decoração, enaltece o luxo acessível como o projeto de Carla Saad, responsável pelo Banho Social. Confira: Rua Reinaldino de Quadros, 1590, até 9 de dezembro.

e resistentes, encontradas na ilha dos vidros e cristais. Além de sete mil reais, Robson ganha curso de design de moda na Kaledo Style, oferecido pela Lectra e assinatura de seis meses no portal Usefashion. E viagem para a Itália para participar do Concurso Riccione Moda Italia em 2013, presente concedido pelo diretor da CNA Federmoda, Roberto Corbelle. Antes, porém, desfila no encerramento do PBC, em Curitiba, às 20h deste sábado. Durante estes 12 anos, o Concurso Paraná Criando Moda, criado pelo Sindicato da Indústria do Vestuário de Maringá, teve 900 projetos inscritos, 128 estudantes selecionados e 33 premiados.

Slash Brasil

Em Maringá, com a moda

A convite do grupo RedeModa, formado por cinco instituições de ensino de moda do Paraná, Angela Valiera, gerente da Carreira Fashion, orientará os alunos com a palestra “Como construir uma carreira de sucesso em moda”. Será nesta quinta dia 8, às 19h, no campus Cesumar. Ela é da equipe do Carreira Fashion, o maior site de RH de moda da América Latina. Na palestra, falará sobre mercado de trabalho de moda, as mudanças de conceitos e as novas oportunidades no mundo atual, as médias salariais praticadas no Brasil, bem como sobre a importância co-

nhecer os próprios pontos fortes e fracos nos campos pessoal e profissional para a gestão da empregabilidade e para o planejamento de gestão da própria carreira. A RedeModa é formada pelas universidades estaduais de Maringá, Londrina, Tecnológica Federal do Paraná, Centro Universitário de Maringá e Unipar. Foi organizada em 2009, com o objetivo de integrar as instituições de ensino superior de moda do Norte do Paraná, articulando os setores público e privado, buscando o intercâmbio de conhecimentos.

O Brasil caiu no gosto de Slash, o guitarrista da cartola e dos cabelos encaracolados. Afinal, passou por aqui com todos os seus projetos: Guns N’ Roses, em 1991 e 1992; Snakepit, em 2001; Velvet Revolver, em 2007; na turnê de seu primeiro CD solo, em 2011; e para a inauguração do Rock in Rio Café, em 1997. Agora, em mais uma vinda, até o Paraná entrou na rota. Ele faz show nesta quarta-feira no Curitiba Master Hall, com ingressos a 205 e 105 reais.


Negócios Indústria&Comércio | Curitiba, quarta-feira, 07 de novembro de 2012 | B4

Empresas&Produtos Walmart tem grande venda de ventiladores O calor fora do comum da última semana não bateu recorde só na temperatura - que chegou a quase 41ºC no norte e noroeste paranaense. O aumento obtido na venda de ventiladores nos hipermercados BIG localizados no interior do estado chegou a 200%. Esta foi a região de maior crescimento nas vendas em toda a região Sul, no último mês de outubro, na comparação com o mesmo período do ano passado. Em relação às vendas de ar-condicionado, o crescimento foi de 74%. Para todo o período de verão, em ventilação, os estoques já foram reforçados. A rede deve acompanhar a alta dos termômetros e manter vendas quentes com crescimento de triplo dígito.

Mueller é o preferido dos universitários Em meio aos preparativos para o Natal, o Shopping Mueller tem mais um motivo para comemorar. O empreendimento acaba de ganhar o Top of Mind Universitário 2012. O resultado é obtido através de uma pesquisa espontânea feita com universitários de Curitiba sobre as marcas mais lembradas em 37 áreas. O Mueller levou o prêmio como o mais lembrado na categoria shopping center, premiação que confirma sua preferência entre os jovens da capital.

Direto da Itália para o Avenida Paulista O Polpetone surgiu nos tempos difíceis da guerra e é uma receita que era preparada com pedaços de carne, misturados com ovos e pão amanhecido. Com o passar do tempo, esta comida caiu no gosto popular e teve a receita incrementada por carnes nobres e métodos de preparo mais elaborados. Conhecida do sul ao norte da Itália, o Avenida Paulista Pasta Pizza i Vino trouxe de lá uma receita típica do Polpetone que leva uma secreta mistura de carnes e especiarias. “Servimos esta receita em prato fundo, com bastante molho ao sugo e, como acompanhamento, o macarrão italiano orecchiette”, relata Roberto Magnani, sócio-proprietário do restaurante.

Luci Collin lança novo livro hoje A escritora Luci Collin lança o livro “Trato de Silêncios” (ed. Sete Letras, 86 pág., R$ 35,00), participa de um bate-papo com o público e autografa a obra. O evento é hoje (7), às 19h30, na Livrarias Curitiba Megastore do Shopping Estação (av. Sete de Setembro, 2775, Centro, tel. 41-3330-5119) e a entrada é franca. O cotidiano é a matéria-prima dos versos dessa obra: a casa vazia, a rua vazia, o inseto, o colibri. A pontuação, o parêntesis, o discurso. O livro de fotos, a quarta-feira de sinas, o domingo de rumos. A invenção da linguagem. Entre vertigens e assentamentos, o leitor é conduzido por um circuito de imagens e sensações, e se encanta com o diário da parede branca, a transparência dos pulsos, a aventura dos farelos. Luci Collin nasceu em Curitiba em 1964. Graduou-se em Piano, Letras e Percussão Clássica, fez Mestrado na UFPR, Doutorado na USP e Pós-Doutorado na USP. Leciona Literaturas de Língua Inglesa e Tradução Literária na UFRP. Como escritora, recebeu premiações em concursos de literatura no Brasil e nos EUA; também participou de antologias nacionais, como Geração 90 – os transgressores (2002) e 25 Mulheres que estão fazendo a literatura brasileira (2004). É autora de mais de dez livros, entre eles Com que se pode jogar (Ed. Kafka, 2011), Precioso impreciso (Ciência do Acidente, 2001) e os de poesia Todo implícito (Alcance, 1998) e Estarrecer (Astarte, 1984).

Inove é Top of Mind A Inove, prestigiada marca de mobiliário para decoração curitibana, foi escolhida como Empresa Top, na categoria “loja de objeto de design’, no prêmio Top of Mind Casa e Mercado 2012. A empresária Eviete Dácol, diretora de marketing da Inove, esteve presente na premiação que aconteceu em São Paulo. A pesquisa que apontou a marca como Empresa Top foi realizada em conjunto com o Datafolha, conceituado instituto de pesquisa.

Yes! lança linha para o Natal As fragrâncias têm o poder de trazer sentimentos, memórias e bem-estar. Pensando nisso, a Yes Cosmetics lança a Linha Aromatic como dica de presente para o Natal. Composta por Sabonete Líquido e Aromatizador de Ambientes em spray, é ideal para deixar a casa com um delicioso perfume. A linha vem em três opções de fragrância: verbena, lavanda e sensual. Os sabonetes trazem extratos de flores e frutas em sua composição. Respectivamente, verbena e calêndula; lavanda e jasmim; e vanilla e frutas vermelhas. A nova Linha Aromatic da Yes Cosmetics poderá ser encontrada através do catálogo ou na loja virtual (www.lojayes.com.br), ao preço de R$ 24,90 (Sabonete Líquido, em frasco de 315 ml) e R$ 29,90 (Aromatizador de Ambientes, em frasco de 200 ml).

Brechó Solidário O último Bazar Solidário da Casa da Criança Francisco de Assis acontece nesta sexta-feira, dia 9 de novembro. Será montado um verdadeiro brexó com roupas, sapatos e acessórios que estarão a preços simbólicos. Os produtos são adquiridos a partir de doações e toda a renda obtida com a venda é revertida integralmente às 100 crianças atendidas na instituição. É das 14h às 18h, na Rua Pref. Ângelo Lopes, 1260, Alto da XV. Informações pelo 41 3264 2167.

McFone de ouvido De 15 de novembro a 2 de dezembro, o McDonald’s realiza, em parceria com a Coca-Cola, a campanha do CBO KuatFone em todos os restaurantes da rede. Quem comprar uma combinação do sanduíche CBO + acompanhamento + refrigerante Kuat vai ganhar um cupom raspável. Caso o cupom venha com a ilustração do CBO KuatFone, o cliente ganha um fone de ouvido exclusivo. Durante a campanha, serão distribuídas 150 mil unidades do acessório.

João Pedro Teixeira lança seu novo disco No próximo sábado, dia 10, a partir das 21 horas, no Grande Auditório do Canal da Música, em Curitiba, o acordeonista João Pedro Teixeira lança seu novo disco intitulado “Novas Cores”. A capa do CD é o desenho de um acordeom feito produtora cultural e artista curitibana Nicole Gulin. O Canal da Música fica na Rua Julio Perneta, 695, nas Mercês. Informações pelo telefone (41) 3331-7541.

Conscientização

Condor adere à campanha sobre o consumo de sal

Lançamento faz parte do acordo entre a Anvisa, Ministério da Saúde e a Abras

O

Condor Super Center aderiu à Campanha Nacional de Conscientização do Consumo de Sal, lançada oficialmente no Paraná, no dia 5 de novembro. O objetivo da campanha é melhorar a saúde da população e reduzir a mortalidade por doenças cardiovasculares. O hipermercado modelo de Curitiba é o Condor Nilo Peçanha, que foi a primeira loja entre todos os supermercados da capital paranaense a receber os materiais de apoio desenvolvidos pelo Ministério da Saúde para conscientização dos consumidores, que contemplam cartazes, faixas de gôndola e folhetos. Além desses materiais, o Condor vai incrementar a campanha com outras ações, como dicas sobre o consumo de sal em seus tabloides, bem como em seus perfis nas redes sociais Facebook e Twitter, e anúncios nas rádios e TVs indoor. A saúde é um assunto cada vez mais presente nas ações do Condor. Além da rede disponibilizar espaço em suas lojas para atividades promovidas por entidades ligadas ao tema, durante o mês de novembro o Condor preparou o tabloide especial “Vida mais Saudável”, que conta com promoções de produtos funcionais, orgânicos e voltados para dietas e restrições alimentares, como os diet, light, além de roupas e calçados para a prática de atividade física. O tabloide, que já está em sua quarta edição, apresenta dicas de como se alimentar de uma forma mais saudável.

Marcio Milan, Luiz Antônio Bittencourt Teixeira, Denise de Oliveira Resende, Paulo Costa Santana, Wanclei Said, José Agenor da Silva e Cesar Moro Tozetto

O lançamento da Campanha no Paraná foi realizado pela Apras – Associação Paranaense de Supermercados e faz parte do acordo de cooperação técnica assinado entre a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Aanvisa), Ministério da Saúde e Associação Brasileira de Supermercados (Abras). Com a campanha de conscientização do consumo de sal, mais de 25 milhões de consumidores de todo o país serão alertados sobre os riscos do consumo excessivo de sal para a saúde. De acordo com pesquisa feita pela Anvisa junto a 26 produtos como bolachas e frios, apenas cinco (menos

de 20%) apresentaram níveis adequados de sal. E um levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) indica que o brasileiro consome uma média de 12 gramas de sódio por dia, quando a Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda o consumo máximo de dois gramas de sódio por dia - o equivalente a uma colher de chá. O consumo excessivo de sal contribui para o aumento do risco de desenvolvimento de doenças graves do coração. Dados da OMS, em 2001, apontam que estas enfermidades foram responsáveis por 60% do total das 56,5 milhões de mortes notificadas no mundo. No

Braskem marca presença na European Bioplastics Conference com o Polietileno Verde A Braskem, empresa líder das Américas em produção de resinas termoplásticas e maior produtora mundial de biopolímeros, estará presente na European Bioplastics Conference, o maior encontro europeu do setor de bioplásticos, que está em sua 7ª edição. A Braskem é uma das patrocinadas da conferência que acontece em Berlim, Alemanha, até hoje (7). O destaque da participação fica por conta do PE Verde, polímero de fonte renovável produzido a partir do etanol de cana-deaçúcar. No ciclo de palestras, o PE Verde será tema de três delas. No espaço da empresa, alguns dos produtos feitos pelos seus clientes

utilizando o biopolímero estarão expostos para os visitantes. Hoje, as consultorias E4Tech e LCA Works, que estão trabalhando em parceria com a Braskem na condução do estudo de Análise do Ciclo de Vida (ACV) do PE Verde, farão uma palestra a respeito do tema. O estudo faz parte do programa da empresa para substanciar o desempenho ambiental do produto (desde a plantação da cana até o portão da Braskem) e, desta maneira, prover os seus clientes com as informações relevantes para o entendimento e comunicação do desempenho de seus produtos. As outras duas palestras serão feitas por clientes que abordarão novos

desenvolvimentos de produtos feitos com o PE Verde. “Oferecer produtos cada vez mais sustentáveis é um dos nossos pilares de atuação para melhor servir aos Clientes e à sociedade. Nessa linha, a Braskem vem intensificando suas pesquisas em produtos fabricados a partir de matérias-primas renováveis. Não poderíamos ficar de fora desse evento que oferece uma plataforma de informação única para as tendências do setor num mercado de alta relevância e que também conta com a participação de atores importantes da indústria”, conta Marcelo Nunes, diretor de Negócios de Químicos Renováveis da Braskem.

RECONHECIMENTO

Grupo Thá celebra conquista do Top of Mind 2012 O Grupo Thá comemora a recente conquista do Top of Mind 2012. Depois de celebrar os prêmios de 2009 e 2010, a incorporadora permanece sendo uma das empresas mais lembradas do Paraná, de acordo com a pesquisa realizada

pela Revista Amanhã. Com sua história entrelaçada com a dos paranaenses, o Grupo venceu pela categoria ‘construtora’. Para Cristiane Kilter, gerente de marketing do Grupo, é uma satisfação para toda a equipe da

Thá receber esse reconhecimento. “Estamos muito agradecidos pelo respeito e admiração dos paranaenses. A conquista do Top of Mind é resultado do empenho da Thá em desenvolver produtos de qualidade”, afirma.

Consórcio Imobiliário Caixa tem taxa reduzida e ampliação no prazo de pagamento A Caixa Econômica Federal vai oferecer mais opções para os clientes que desejam financiar a casa própria. Ontem (6), o consórcio imobiliário da Caixa teve as taxas de administração reduzidas, de 18% para 16%, e o limite das cartas de crédito foi ampliado de R$ 300 mil para R$ 700 mil. O prazo para pagamento também foi alterado, de 120 para 200 meses, com o objetivo de melhorar as condições no processo de aquisição do imóvel. “As mudanças no consórcio imobiliário, em conjunto com as ações do Programa Caixa Melhor Crédito, vão ampliar o portfólio de produtos para atendimento ao mercado imobiliário”, afirma o vice-presidente de Governo e Habitação da Caixa, José Urbano Duarte. Para o diretor de consór-

cios da Caixa, Maurício Maciel, as adequações são uma resposta para a atual realidade do setor imobiliário. “O mercado de crédito cresce de forma acelerada, bem como a venda dos imóveis. Isso faz com que o consumidor aproveite a queda na taxa de juros para adquirir a casa própria ou um imóvel maior”, explica. A empresa tem hoje uma carteira de mais R$ 12 bilhões em crédito para 159 mil clientes, tendo contemplado 70% deles. O volume de negócios consolidou a Caixa Consórcios como a administradora que mais entrega bens no país – uma média de 75 por dia –, considerando as modalidades: automóveis, motocicletas e imóveis. Até outubro de 2012, as vendas do consórcio imobiliário registraram

um aumento de 35% em cotas comercializadas em relação ao mesmo período do ano passado. É uma opção planejada e econômica para quem não tem condições financeiras de comprar um bem à vista, já que não há incidência de juros sobre as parcelas. O cliente tem a comodidade de programar o orçamento doméstico, escolhendo o grupo que mais se encaixe ao seu bolso e à realização dos seus objetivos. Além dos novos valores, o consórcio imobiliário possui cartas de crédito a partir de R$ 30 mil, com prazos de 120, 150 e 200 meses, conforme o valor do crédito. Mais informações sobre o produto podem ser obtidas no endereço eletrônico www.caixaconsorcios. com.br.

Brasil, o quadro não é menos grave. A Pesquisa Nacional de Amostra de Domicílio (PNAD) realizada em 2008 apontou que 14% da população sofria de hipertensão. As consequências do problema podem ser medidas em números – e no bolso. Entre 2001 e 2010, o Sistema Único de Saúde (SUS) registrou aumento de 63% dos gastos com internações associadas à hipertensão. Apenas em 2010, internações hospitalares causadas por acidentes vasculares cerebrais, infarto do miocárdio e outras doenças isquêmicas oneraram em aproximadamente U$ 20 milhões o sistema brasileiro de saúde.

Volvo vende mais 29 ônibus híbridos para a Suécia A Keolis, uma das operadoras de transporte urbano de Gotemburgo, na Suécia, comprou 29 ônibus híbridos da Volvo Buses. Com mais esta aquisição, a cidade passa a contar com uma frota de 54 híbridos em seu sistema de transporte. Em junho deste ano, a Volvo Buses entregou 25 ônibus híbridos para a operadora Göteborgs Spårvägar. “É maravilhoso que a Keolis esteja escolhendo uma tecnologia moderna, menos poluente, e que teremos mais ônibus híbridos circulando em Gotemburgo”, diz Martin Spjern, gerente do mercado sueco na Volvo Buses. O consumo de combustível e a “pegada” ambiental dos ônibus híbridos são quase 40% menor que a dos ônibus a diesel convencionais que circulam na cidade. “A tecnologia híbrida da Volvo é fantástica e está totalmente alinhada ao nosso perfil ambiental. Os ônibus híbridos da Volvo também têm baixo custo de manutenção e se mostraram altamente competitivos quando os comparamos aos ônibus movidos a gás”, diz Karl Orton, diretor técnico da Keolis Suécia. Os Volvo 7900 são a última geração de modelos híbridos da marca. Comparado com um ônibus diesel equivalente, o 7900 híbrido proporciona um consumo de combustível e um impacto ambiental 39% menor. As emissões de materiais particulados e de óxidos de nitrogênio são reduzidas pela metade, e o nível de ruído é muito menor. Outra vantagem do híbrido Volvo é que ele é cerca de 500 quilos mais leve que o modelo anterior, o que permite o transporte de um número maior de passageiros.


07-11-12 Indústria&Comércio