Issuu on Google+

www.iCNE WS .com.br

Indústria&Comércio Curitiba, terça-FEIRA, 06 de dezeMBRO de 2011 Ano XXXV | Edição nº 8514 | R$ 1,50

DIÁRIO. Mais que notícias. inteligência. conhecimento.

Aroldo Murá MARCELO NERI VAI MOSTRAR POBREZA DIMININDO EM CURITIBA Um dos mais acatados economistas brasileiros, Marcelo Neri - o Dr. Demografia, como o chamada a revista Veja - vai falar para um restrito grupo de empresários, autoridades, educadores e comunicadores, em café da manhã, hoje, na Prefeitura. Ele dirige o Centro de Política Social da FGV. A novidade que anunciará: os indicadores sociais de Curitiba são muito bons. A pobreza e a desigualdade social estão caindo, dirá. Neri foi colocado na relação dos 100 brasileiros mais influentes da revista Época. PARANÁ | a3

Fábio Campana Lula e Dilma X PT do PR O PT do Paraná transformou em cavalo de batalha o combate à regulamentação das Organizações Sociais (OSs), proposta pelo governo do Estado. Alega-se que essa seria uma forma solerte de privatizar. geral | a5

Pedro Washington Bom senso afinal! O bom senso que afinal acabou prevalecendo em Brasília, confirmou a sugestão da coluna no domingo. Afirmava-se aqui que, depois de todas as fanfarronices de Carlos Lupi, recomendavam uma carta de renúncia estivesse em cima da mesa de trabalho de Dilma.

Fábrica no Paraná vai receber R$ 625 milhões da Votorantim Investimento subirá a capacidade da fábrica para 6 milhões de t. de cimento por ano O governador Beto Richa assinou nesta sexta-feira (05/12), no Palácio das Araucárias, um protocolo de intenções com a Votorantim Cimentos para a expansão da unidade da empresa em Rio Branco do Sul, na região metropolitana de Curitiba. O investimento no projeto será de R$ 625 milhões e aumentará a capacidade produtiva da fábrica em 50%, passando de 4 milhões para 6 milhões de toneladas de cimento por ano. A Votorantim foi enquadrada no programa Paraná Competitivo, criado pelo governo estadual para atrair investimentos para o Estado com a concessão de incentivos fiscais. “É mais uma importante conquista, que mostra a importância do diálogo para promover o desenvolvimento social e econômico”, disse o governador, destacando os bons resultados do programa Paraná Competitivo.

AENotícias

Governador Beto Richa e executivos do Grupo Votorantim assinam protocolo de intenções. “É mais uma importante conquista, que mostra a importância do diálogo para promover o desenvolvimento social e econômico”, disse o governador, destacando os bons resultados do programa Paraná Competitivo geral i a2

geral | a2

tecnologia

Cloud2b inicia expansão para Curitiba, BH e Porto Alegre negócios | b3

internet

Oi leva Plano Nacional de Banda Larga a mais 35 cidades do PR negócios | b4

REGISTRO Analistas do mercado reduzem projeção de inflação em 2012 A estimativa de analistas do mercado financeiro para a inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), em 2011, subiu pela segunda semana seguida e voltou a ficar no teto da meta – 6,5%. A projeção anterior era 6,49%. Para 2012, a projeção caiu de 5,56% para 5,49%, 0,99 ponto percentual acima do centro da meta de inflação (4,5%). Balança comercial inicia o mês com superávit de US$ 319 milhões As exportações no total de US$ 1,785 bilhão foram maiores do que as importações de US$ 1,466 bilhão nos dois primeiros dias úteis deste mês. Com isso, o superávit comercial ficou em US$ 319 milhões, informou ontem o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. De janeiro até o dia 2 de dezembro, o saldo comercial positivo chega a US$ 26,293 bilhões. Alemanha e França defendem novo acordo do euro O presidente da França, Nicolas Sarkozy, e a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, defenderam ontem um novo tratado para a zona do euro, que deve ser ratificado pelos 17 países que adotam a moeda única. Sarkozy e Merkel disseram que, se não for possível chegar a esse acordo aprovado por todos os 27 integrantes da União Europeia, ao menos os 17 que efetivamente adotam a moeda única devem apoiá-lo. Apesar de redução, Brasil mantém maior desigualdade entre Brics O Brasil foi o único país no grupo do Brics (que inclui Rússia, Índia, China e África do Sul) a reduzir o abismo entre ricos e pobres em 15 anos. A constatação é da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Atividade do comércio aumenta 1,5% em novembro De acordo com o Indicador Serasa Experian de Atividade do Comércio, o movimento dos consumidores nas lojas em todo o país cresceu 1,5% em novembro, realizados os devidos ajustes sazonais. O bom desempenho do varejo no mês de novembro foi influenciado pela alta de 4,5% no movimento dos consumidores nas lojas de veículos, motos e peças no mês passado. Nenhum segmento do varejo acusou queda de atividade em novembro. economia i b1

INDICADORES FINANCEIROS Maiores altas

COTAÇÃO

J B DUARTE COMGAS RJCP EQUITY LLX LOG FII TORRE NO

Maiores QUEDAS TECTOY J B DUARTE ITAUTEC COBRASMA COBRASMA

Maiores altas*

0,04 38,10 0,31 3,61 199,99

COTAÇÃO

LLX LOG MARFRIG PDG REALT TELEMAR N L HYPERMARCAS

Maiores QUEDAS

0,03 0,03 25,30 0,07 0,08

BOM DIA!

CÂMBIO

IBOVESPA

MERCADO À VISTA

BRASIL REDECARD KLABIN S/A ALL AMER LAT CIELO

COTAÇÃO 3,61 8,37 6,73 47,00 8,76

COTAÇÃO 24,17 28,39 7,10 8,97 46,65

Moeda

Compra

Venda

Dólar turismo 1,7100

1,8500

Dólar comercial 1,7910

1,7917

Dólar paralelo 1,5900

1,7300

Euro

2,3900

2,3921

Ouro (Grama/R$): 223,46

EDITORIAL

O LEÃO E A HONROSA POSIÇÃO Outro dia fizemos breve menção ao impostômetro instalado no prédio da Associação Comercial, na esquina da XV com a Presidente Faria. Impostômetro que acompanha o quanto pagamos ou quanto o governo nos subtrai nas suas três insaciáveis instâncias administrativas: pouco menos de um trilhão e 500 bilhões de reais. E temos pela frente mais quatro caríssimas e incontornáveis semanas. Como valor absoluto a cifra mencionada acima escandaliza; relativamente escandaliza muito mais. Pois equivale a pouco menos de 40% do Produto Interno Bruto. Carga pesadíssima de tributos, abaixo apenas das nórdicas. Nesta altura, outra pergunta se impõe: - Para que pagamos tantos impostos?! Fingiremos esquecer a diária insegurança física, patrimonial, jurídica; não lembraremos também o estado da educação e da saúde; nos concentraremos na burocracia: segundo a DOING BUSINESS, citada pela EXAME que está nas bancas, ocupamos a honrosa 127ª posição no ranking global na facilidade para fazer negócios. Qualquer comentário adicional nos parece supérfluo.

Vivo amplia rede e diz que o mercado do Paraná é estratégico

Ademilar negociou cerca de R$ 1 bi em consórcios

As operações da frequência de 1.800 MHz da Vivo no Paraná tiveram início ontem conforme anunciou a diretoria da empresa. A nova faixa, entre outros benefícios, duplica a capacidade da rede, o que torna possível ao cliente ter uma experiência com ainda mais qualidade na utilização dos serviços da empresa. Desta forma o chip da Vivo passa a ser o único que funciona em 100% dos aparelhos GSM desbloqueados, pois a empresa já atuava em outras frequências. Os clientes do Paraná ganham, portanto, maior poder de escolha, pois só precisam comprar um Vivo Chip para aproveitar os benefícios da operadora.

CMYK

Central de Atendimento: 41 3333.9800

negócios i b3

Editais na página A7 negócios i a4

A Ademilar que é o maior grupo paranaense do segmento de consórcio de imóveis, completa em dezembro 20 anos de fundação. Pioneiro no Brasil, o grupo atendeu mais de oito mil famílias.

e-mail: pauta@induscom.com.br


Geral

“A tristeza é a agonia de um momento. Cultivar a tristeza, um erro de toda vida.” Benjamin Disraeli Indústria&Comércio | Curitiba, terça-feira, 06 de dezembro de 2011 | A2 prpress@terra.com.br

Previsão do tempo

Panorama Político

fonte: www.simepar.br

Mín.: 16° Máx.: 30°

Uma área de baixa pressão (organização instável, com umidade e calor abundante), estabelece-se sobre o Paraguai e proporciona a manutenção do tempo instável em parte do Paraná. Contudo, no Estado, o sol aparece e predomina na maior parte do dia, favorecendo um aumento das temperaturas. A nebulosidade aumenta no decorrer do dia e há previsão de chuvas a partir da faixa oeste pela manhã e de forma isolada para as demais regiões à tarde. Trovoadas e rajadas de ventos moderados acompanham os núcleos de chuva.

Pedro Washington

Bom senso afinal!

EXPANSÃO

Votorantim vai investir R$ 625 mi em fábrica no PR

Produção passa de 4 para 6 milhões de toneladas de cimento por ano

O

governador Beto Richa assinou nesta sextafeira (05/12), no Palácio das Araucárias, um protocolo de intenções com a Votorantim Cimentos para a expansão da unidade da empresa em Rio Branco do Sul, na região metropolitana de Curitiba. O investimento no projeto será de R$ 625 milhões e aumentará a capacidade produtiva da fábrica em 50%, passando de 4 milhões para 6 milhões de toneladas de cimento por ano. A Votorantim foi enquadrada no programa Paraná Competitivo, criado pelo governo estadual para atrair investimentos para o Estado com a concessão de incentivos fiscais. “É mais uma importante conquista, que mostra a importância do diálogo para promover o desenvolvimento social e econômico”, disse o governador, destacando os bons resultados do programa Paraná Competitivo. “Temos confirmados investimentos de R$ 9 bilhões e mais R$ 15 bilhões em negociação”, afirmou. A unidade ampliada da Votorantin deve entrar em operação no final de 2012, gerando 1 mil

Catania. A segurança jurídica e o cenário favorável aos negócios foram os fatores que o diretor enumerou como fundamentais para a consolidação do investimento no Paraná.

Contrapartida

Governador Beto Richa e executivos do Grupo Votorantim assinam protocolo de intenções

empregos diretos e indiretos, além de 1.500 postos de trabalho durante a construção. Serão construídos uma nova moagem e mais um forno. O investimento faz parte do plano de expansão da Votorantim para atender a crescente procura por cimento em vários estados do Brasil. Além da unidade de Rio Branco do Sul, a empresa tem duas fábricas no Rio Grande do Sul e uma em Santa Catarina. O diretor

financeiro da empresa, Sidney Catania, destacou o bom diálogo com o governo e a importância do investimento para a consolidação da empresa no cenário mundial. “O Paraná é autossuficiente na produção e consumo de cimento, mas agora começa a exportar. A unidade de Rio Branco do Sul já é a maior fábrica de cimento da América do Sul e agora passa a ser uma das maiores do mundo em produção”, disse

O protocolo de intenção prevê algumas obras de infraestrutura a serem realizadas em conjunto entre o Estado e a Votorantim. A Copel irá fazer novos investimentos para garantir suprimento adicional de energia que sustente o funcionamento da planta ampliada. O governo negocia ainda com a empresa a duplicação da rodovia dos Minérios, no trecho de acesso à Votorantim. “A empresa pretende ampliar a produção até 2012 e queremos que essa rodovia esteja duplicada até lá para suportar o grande fluxo de caminhões”, afirmou o secretário da Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul do Paraná, Ricardo Barros. Ele ressaltou que o governo quer fomentar a industrialização do interior e que até o fim do ano deverão ser anunciados novos investimentos.

Governo faz convênio com BRDE para ampliar alcance do programa Trator Solidário O Governo do Estado firmou ontem (5) um convênio com o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) que prevê recursos de cerca de R$ 20 milhões para financiar tratores em 2012. Atualmente, a compra do trator popular por parte de produtores rurais é financiada pelo Banco do Brasil, com recursos do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). Com o acordo, o BRDE passa a ser um dos agentes financeiros para o programa Trator Solidário (subvencionado pelo Governo do Paraná) até 2014, e vai repassar recursos para as cooperativas de crédito Cresol e Sicredi. Para o secretário da Agri-

cultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, o convênio representa um passo importante, porque amplia a oferta de crédito do programa ao pequeno produtor rural. “O Trator Solitário é bem aceito no campo, pois facilita o acesso do agricultor familiar a um trabalho mais ágil, menos penoso e ainda proporciona ganho de escala para famílias com pouca renda”, disse. Segundo o diretor financeiro do BRDE, Jorge Gomes Rosa Filho, o convênio com Cresol e Sicredi é uma forma de o banco chegar ao pequeno produtor. “Com essa capilaridade, conseguimos cumprir o papel social do banco, que é dar ao pequeno agricultor o acesso aos financia-

mentos bancários”, afirmou. O BRDE receberá recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e vai repassálos aos sistemas Sicredi e Cresol, que atuam nos pequenos municípios. Os recursos para compra do trator mantêm as regras de financiamento do Pronaf – com juros de até 2% ao ano e até 10 anos para pagamento, incluídos dois anos de carência. O programa Trator Solidário é subvencionado pelo Estado do Paraná, com recursos do fundo de Desenvolvimento Econômico do Estado (FDE) e gerência da Agência de Fomento. A moeda de conversão para compra do trator é o preço do milho. O ban-

co converte o custo da operação em sacas de milho e é esse o valor que o produtor vai pagar do início ao fim do financiamento. Com a assinatura do convênio, o comitê gestor presidido pela Secretaria da Agricultura e do Abastecimento já encaminha para análise do banco o primeiro lote com o nome de 120 produtores interessados em comprar o trator popular pelo programa Trator Solidário. Esse primeiro lote, se for integralmente aprovado na análise bancária, representa um montante de R$ 7,5 milhões. Entre julho e dezembro deste ano, a secretaria autorizou a liberação 710 tratores. A meta daqui para frente é autorizar mil tratores por ano.

Informe da Câmara Municipal de Curitiba Sessão marca 65 anos do Colégio Lisymaco Ferreira Sessão solene alusiva às comemorações dos 65 anos do Colégio Estadual Lisymaco Ferreira da Costa foi realizada na noite da última sextafeira (2), no plenário da Câmara de Curitiba. A iniciativa atendeu proposição do primeiro-secretário, vereador Celso Torquato (PSDB). A cerimônia foi comandada pelo primeiro vice-presidente em exercício, vereador Tico Kuzma (PSB), e contou com a participação de autoridades, familiares e amigos dos agraciados. “Estamos reunidos nesta noite para comemorar uma data muito especial para nossa cidade: os 65 anos de atividades do colégio professor

Lysimaco Ferreira da Costa”, disse Torquato, lembrando que a unidade é referência de qualidade de ensino na cidade e um marco no bairro da Água Verde, tendo formado e educado milhares de alunos ao longo dos anos. Atualmente, conta com cerca de 1,5 mil estudantes de ensino fundamental e médio, 60 professores e 30 funcionários administrativos. “Mais do que simplesmente uma instituição que transmite conhecimentos, notabilizou-se em educar pessoas, em formar cidadãos”, ressaltou o parlamentar, acrescentando que o conhecimento científico é importante, mas seria pouco útil sem os valores

cristãos, a ética, a moral e o respeito. Esses valores fazem parte do currículo do colégio desde sua fundação. O vereador discorreu também sobre a vida do fundador da escola, professor Lisymaco, que ocupou vários cargos de destaque. Entre eles, o de diretor da Escola Normal e da Caixa Econômica Federal no Paraná, além de ser fundador do Banestado. Afirmou que, “nesses 65 anos, passaram muitos educadores pelo colégio e que gostaria de prestar uma homenagem a todos eles na pessoa do atual diretor, o professor Marconi Burgath, que há muitos anos desempenha a função.

O bom senso que afinal acabou prevalecendo em Brasília, confirmou a sugestão da coluna no domingo. Afirmava-se aqui que, depois de todas as fanfarronices de Carlos Lupi, “só um tiro para me derrubar”, beija-mão no Palácio e declaração de amor a Dilma, entremeadas por a cada dia uma denúncia nova, acrescido tudo isso de uma resposta dada pela Presidente na Venezuela a uma repórter da Globo de que “no meu retorno resolvo a situação”, recomendavam que ao iniciar o expediente palaciano na segunda (nada a ver com o Atlético Paranaense), uma carta de renúncia estivesse em cima da mesa de trabalho de Dilma. Sem aquela baboseira de “faço isto para que o ódio das forças mais reacionárias e conservadoras deste país contra o “Trabalhismo” (o grifo é da coluna) não contamine outros setores do governo”. Ora faça-me o favor senhor Lupi!, dirá a opinião pública. Sai, para que o despudor com que se aplicou dinheiro público em entidades marotas e desonestas, contaminando isso sim o conceito de outras tantas, sérias, competentes e bem intencionadas, que realmente prestam serviços ao país, não cause ainda maior prejuízo a essas. Sai para que o estrago que já causou na imagem que a presidente Dilma vinha construindo de não conviver com as “malfeitorias” (a expressão é dela) não sofra um desgaste ainda maior que as fanfarronices impunes de Lupi causaram à que ela construía. O período de Lula que acendia uma vela para Deus (ações sociais) e outra para o Diabo (conivência com a corrupção que grassou no seu período), deixou, esse sim, diferentemente do que FHC lhe deixara, uma herança maldita. Os anteriores deixaram a Lula pelo menos, uma estabilidade econômica em que ele se abraçou. Para Dilma ficaram ministros discutíveis!

Tragicomédia

Seria cômico se não fosse trágico. Inclusive remetendo a outra tragédia. A carta-renúncia de Carlos Lupi à presidente Dilma, abrindo mão de sua já desgastada participação no governo, pelos seus termos, “faço isso para que as forças conservadoras e reacionárias”, teve a pretensão de imitar a que Getúlio escreveu (?) ao se suicidar. Só faltou afirmar que “deixo o Ministério para entrar para a História”.

Semana agitada

A semana na Assembleia vai ser agitada. Animada com a sustação da votação do projeto do governo a repassar para OSs serviços de responsabilidade do estado, em função de terem ficado para trás dois vetos do governador sem análise e votação pelo Plenário, a oposição vai bater no tema.

Pano pra manga

Animada ainda mais por matéria da Gazeta do Povo de domingo que, consultando advogados constitucionalistas, afirmaram que efetivamente os dois vetos deveriam ter trancado a pauta. Depois disso cinco projetos foram aprovados, segundo a oposição, irregularmente.

Pró e contra

Outro detalhe do projeto das OSs, a ser explorado hoje e talvez pelos próximos dias na AL, com presença de funcionários a promover tumulto nas galerias, será o fato de as concessões do governo federal à iniciativa privada, caso dos aeroporto de Natal e outros, não serem questionados pelo PT como “privatização”, argumento que usam aqui.

Inoportuno

Pegou mal na opinião pública a crítica coletiva de entidades do poder judiciário à tentativa do Ministério Público de propor inconstitucionalidade da lei que privilegia o Poder Judiciário com pagamento dos tratamentos de saúde de juízes, desembargadores e servidores da Justiça. Num momento em que a postura do CNJ, questionando benesses do poder é aplaudida, certamente não seria a oportunidade para essa proposta.

Em choque

“Enquanto o pau sobe e desce, as costas descansam” ensina a sabedoria popular. Num país, estados e municípios agitados por tantos descalabros, os temas maiores sufocam os menores. Situações como as de Lupi, de funcionários da receita federal, tiram de foco momentaneamente o problema vivido por Derosso, tão grave quanto!

EXPEDIENTE

Diário

Indústria&Comércio Fundado em 2 de setembro de 1976 Fundador e Presidente Odone Fortes Martins Reg.Prof. DRT/PR: 6993 (ofm@induscom.com.br) Administração Irene Morva Martins (diretoria@induscom.com.br) Diretor de Redação Eliseu Tisato Reg.Prof. DRT/PR: 7568 (editor@induscom.com.br) Redação: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fone: (41) 3333.9800 E-mail: pauta@induscom.com.br Publicidade Legal e Assinaturas: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fones: (41) 3333.9800 | 3334.4665 e-mail: publegal@induscom.com.br

Parque Gráfico e Circulação: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fones: (41) 3333.9800 | 3322.1012 Direção e Comercial: Rua Presidente Faria, 533 Centro - Curitiba - CEP: 80020-290 Fone: (41) 3322.1012 e-mail: diretoria@induscom.com.br comercial@induscom.com.br

NEW CAST PUBLICIDADE & MARKETING BRASÍLIA E RIO DE JANEIRO Atendimento : Flávio Trombieri Moreira – Cel.: (61) 8155 2020 Endereço: SRTVS Quadra 701 Bloco K Sala 624 – Edifício Embassy Tower – Brasília DF - Cep.: 70.340 – 908 Fone/Fax: (61) 3223 4081 E-mail: new.cast@uol.com.br / new.cast@hotmail.com

Os artigos assinados que publicamos não representam necessariamente a opinião do jornal.


GeralEstadual Curitiba, terça-feira, 06 de dezembro de 2011 | A3 | Indústria&Comércio

aroldo@cienciaefe.org.br

Aroldo Murá G.Haygert COM MARCELO NERI, UM CAFÉ COM INTELIGÊNCIA

Classifico de privilegiado o grupo de autoridades, empresários , educadores, sociólogos e jornalistas que vai tomar café da manhã, hoje, no Salão Brasil da Prefeitura com Marcelo Neri, economista chefe do Centro de Políticas Sociais da Fundação Getúlio Vargas. Quem convida para o encontro é o prefeito Luciano Ducci. Num país em que os astros que brilham são os das novelas nos seus mundos irreais e encantados, ou dos jogadores de futebol, a vinda a nós do Dr.Demografia, como o denominou a revista Veja, é uma oportunidade enorme. Sobretudo se os que quiserem participar com perguntas tiverem o senso da precisão, pois Neri vai falar sobre nosso mundo imediato: evolução dos indicadores Sociais em Curitiba. Trata-se de estudo inédito realizado pelo economista, cuja visão abrangente comporta também um sólido olhar de cientista social. Isso é o que indica sua obra toda, grande e substantiva. Num ‘preview’ desses estudos o que se observam são boas novas: os indicadores de desigualdades sociais/pobreza caíram de forma muito importante na cidade, nos últimos anos. Uma queda maior do que a verificada no país. Boa notícia para todos, independente de posições político-partidárias.

MUITA ACÚSTICA

Neri, um PhD pela Universidade de Princeton, é colaborador dos jornais - Valor Econômico e a Folha de São Paulo. Seus textos são aulas de muita qualidade. Não faltam indicações de Neri como um dos nomes de maior importância na vida acadêmica do país, reconhecido, por exemplo, pela revista Época, que o colocou na relação dos 100 brasileiros mais influentes.

MAPA DAS RELIGIÕES

Em agosto deste ano, o demógrafo Marcelo Neri divulgou o mais significativo estudo sobre o mapa das religiões no Brasil, trabalho que fez para o seu endereço permanente de ação, o Centro de Políticas Sociais da Fundação Getúlio Vargas (FGV). O assunto já havia sido trabalhado por ele em Marcelo Neri: ‘ Dr.Demografia’ anos anteriores. Teve grande repercussão nacional. Mais do que olhar e analisar os números do IBGE, Neri, com sutileza registra a visão do sociólogo, em certos momentos, dissecando as tendências das crenças e das pertenças religiosas do brasileiro.

‘EXEGESE’ INTERESSA À SOCIEDADE

A ‘exegese’ de Neri sobre o mapa das crenças é essencial a setores que dependem de uma radiografia acurada da sociedade para desenvolverem suas ações. Pois as crenças repercutirão sempre nos mundos da política, empresarial, na educação, na sociedade abrangente toda. Até a não crença – dos ateus, agnósticos, desinteressados, etc – é altamente significativa na análise, como fonte de referência para os muitos canais de construtores da sociedade.

de Vasconcellos e sua esposa, Srª. Hercília Cesar de Vasconcellos Lopes, é que se tornou possível a conclusão do Hospital, que veio a ser inaugurado em 1945, iniciando-se o efetivo funcionamento no ano seguinte, tendo como Diretor Clínico o Dr. Alô Guimarães, e como Diretor Administrativo o Sr. Abib Isfer, permanecendo ambos à frente do Hospital até o ano de 1981.”

LEMBRANÇA FAMILIAR

E conclui Puglielli: “Pessoalmente, tenho motivos para respeitar a memória desses verdadeiros “pais” do Hospital ora sob ameaça. O “seu” Abib acompanhou quase diuturnamente o período de agonia de meu avô materno, o jornalista João Rodrigo de Freitas (“vô Janguinho) e, ainda que o tratamento espírita não tenha revertido sua moléstia fatal, esse belo gesto granjeou a gratidão perene da família, mesmo dos que se opuseram inicialmente a essa alternativa, estranha às convicções da maioria, pois o único espírita era meu tio Wandyck. Dr.Alô, juntamente com Otavio da Silveira e Napoleão Teixeira (de quem fui aluno), é um “ícone” da psiquiatria no Paraná. Tudo deveria ser feito para honrar a memória de gente desse quilate. Mas, infelizmente...”

ANA MARIA PITHAN

A prima Ana Maria Haygert Pithan (senhora Linconl Pithan), depois de criar os filhos e encaminhá-los, muito bem, para a vida acadêmica, resolveu expor sua criatividade e técnica como artista plástica. Está em mostra coletiva de senhoras de Alegrete, RS, a terra de Osvaldo Aranha e João Saldanha, onde mora. Seu trabalho é “Capoeira”, óleo sobre Eucatex. Ficam o registro e a certeza de que é um bom exemplo das possibilidades de Ana Maria.

“FECHANDO” ALIANÇAS

Um dos mais diletos amigos de Gustavo Fruet, político de trânsito nacional, diz-me que “ele está fechando alianças com os pequenos partidos. A parada não é fácil, mas se encaminha bem”. A mesma fonte acha que, no final, Gustavo Fruet: quatro minutos Fruet “não terá dificuldades em montar a escala de quatro minutos de que precisará na televisão”. Por isso, disse-me o político, “eis porque Gustavo está na muda...”

VOZES DO PARANÁ 4

SOUTO NETO REMEMORA CINECLUBISMO

Recebi e registro mais uma iniciativa de valor de Francisco Souto Neto, à disposição de quem também se interessa sobre cinema: “Estimado Prof. Aroldo. Estou também colocando num outro blog, não naquele em que reúno as colunas EXPRESSÃO & ARTE, todas as minhas participações em livros, nos quais escrevi coletivamente com outros autores, ou como prefaciador. Um desses que prefaciei foi “A história do Movimento Cineclubista Paranaense”, de José Gil de Almeida, que foi presidente do Conselho Nacional de Cineclubes. Ao transcrever o prefácio para o blog, eu me diverti com o meu próprio relato a respeito do filme Roma de Fellini. É que, naqueles tempos da ditadura militar, após assisti-lo no Brasil, onde a censura oficial mutilou a parte divertidíssima do desfile de modas no Vaticano, vi-o em Buenos Aires. Lá, o desfile de modas estava preservado, mas faltava a sequência inteira do prostíbulo. A censura mostrava que aquilo que era considerado ruim ou “perigoso” para o Brasil, não era o mesmo para a Argentina, e vice-versa. http://fsoutoneto.blogspot.com/2011/12/livro-historia-domovimento.html No prefácio, referi-me também a Je Vous Salut Marie, de Goddard. Como o senhor é também cinéfilo, acredito que poderá achar divertidos os assuntos. Um grande abraço do amigo Francisco Souto Neto.”

AINDA SOBRE O HOSPITAL ESPÍRITA, SEGUNDO PUGLIELLI

Hélio de Freitas Puglielli, de quem a coluna apresentou ontem uma bem fundamentada defesa do Hospital Psiquiátrico Espírita do Bom Retiro, e o papel lá exercido por Gilka Ghignone, médica que deu a vida pela casa que trabalha especialmente sob o signo da caridade, registro a seguir um depoimento complementar sobre o assunto: “ Convém destacar que já em 1920 surgiu a idéia de ser fundado o Hospital Espirita, sendo a área (de aproximadamente 65.000m2) adquirida em 1924, sob a presidência, na FEP, de Arthur Lins de Vasconcellos Lopes. Embora desde 1927 existisse uma comissão para tratar do assunto, as obras foram paralisadas em 1938, por falta de recursos, advindos de doações espontâneas. Somente com a doação de 100 contos de réis (muito significativa na época), feita por Lins

abnoticias@abcom.com.br

NOVAS FÁBRICAS Com um investimento inicial de 12 milhões de reais e a expectativa de gerar cerca de 400 postos de trabalho até 2014, a empresa Scheffer terá duas novas fábricas em Ponta Grossa. A empresa, única no país a fabricar transelevadores, irá construir um centro de serviço siderúrgico e uma fábrica de móveis de madeira.

VOLUME RECORDE O recorde histórico alcançado em 2007 pelos Portos de Paranaguá e Antonina já foi ultrapassado este ano, antes mesmo de chegar ao final do mês de dezembro. Até agora, foram movimentadas mais de 38 milhões de toneladas de mercadorias, com previsão que até o final deste mês o volume chegue a 41 milhões de toneladas de produtos. Em 2007 durante os 12 meses foram movimentadas 38 milhões de toneladas, número já alcançado este ano.

ANALFABESTISMO A região de Guarapuava, Centro-Sul do Estado, teve em dez anos uma redução de 29% na parcela de analfabetos. Foi o que revelou um levantamento realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE. Em 2000, em média, 12,1% da população não sabia ler e escrever, atualmente esse índice caiu para 8,6% entre os 23 municípios da região.

GENÉTICA A causa de muitas pessoas não conseguirem parar de fumar está relacionada aos genes. É o que demonstram um novo estudo publicado no periódico Demography, que diz que as mensagens antibagismo e campanhas já incitaram quem poderia parar com facilidade de fumar a parar. Agora “pode haver outra coisa em jogo”, e essa outra coisa está relacionada à genética.

AMPLIAÇÃO DE NEGÓCIOS Em reunião agendada para esta semana, os pequenos agricultores da cidade de Palmeira, nos Campos Gerais, pretendem discutir estratégias de ampliação de negócios com representantes do Instituto Ambiental do Paraná. Na pauta será discutida a proposta da plantação de fumo sem a utilização de elementos químicos. Porém o assunto principal é a ampliação de negócios a partir da criação de uma fábrica de vinhos.

CABECEAR BOLA O risco de lesão cerebral aumenta com o ato de cabecear a bola durante um jogo de futebol, podendo afetar a deterioração cognitiva. É o que indica um estudo da Sociedade de Radiologia da América do Norte – RSNA. Ao todo, foram acompanhados 32 jogadores de futebol para o resultado da pesquisa, que foram considerados preocupantes.

MAIS RECEITA O Mercado do Produtor foi inaugurado na cidade de Boa Vista da Aparecida, Região Oeste. O mercado é uma medida que visa ajudar o lavrador a conseguir mais receita com o comércio no local. Este ponto de comércio tem sido uma opção de compras à comunidade e também aos veranistas que freqüentam praias e marinas da região.

ESTÁ NA REVISTA IDEIAS

Trabalhei o tema, que me é muito familiar, o mapa das religiões produzido por Neri, na edição 120 da revista Idéias, de Fábio Campana, sob o título “Ovelhas Fogem do Rebanho Católico”, reproduzido na edição de novembro do Jornal Universidade/Ciência e Fé. O jornal pode ser encontrado (distribuição gratuita) em institutos de ensino superior, como a FAE, e em livrarias ( Chain, Paulus, Paulinas, Vozes, Ave Maria). A propósito: na mesma edição 120 da revista Idéias há uma ampla abordagem sobre a umbanda em Curitiba. Enfoca (e é matéria de capa) o Terreiro do Pai Maneco, que a publicação aponta como o maior do país. Curiosidade numa cidade que era, até há poucos anos, apresentada como fortim de manifestações religiosas (catolicismo e evangélicos) trazidas pelos ibéricos e sedimentadas pelas levas de italianos, poloneses, ucranianos e germânicos que para cá vieram.

AB Notícias

EXPECTATIVA DE VIDA Segundo uma recente pesquisa divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE, a expectativa de vida do brasileiro ao nascer alcançou 73,5 anos em 2010. Em 1980, a expectativa calculada foi de 62,5 anos, o que aponta um crescimento de 11 anos em três décadas.

Ney José de Freitas: Membro do CNJ

Cida Borghetti: deputada e personagem

Já tem data marcada para lançamento do número 4 do livro Vozes do Paraná: 15 de maio de 2012 no Solar do Rosário, a partir das 19 horas. Dentre os personagens, cito Tato Taborda. O homem de espírito zeloso de suas amizades formava com um grupo de intelectuais que, uma vez por mês, jantava religiosamente junto. Do grupo faziam parte Wilson Martins, Eduardo Rocha Vermont, Norton Macedo. Tato, prestimoso, “um gentleman”, como o define o amigo Antonio Carlos Coelho, fazia sempre a “inspeção” do restaurante escolhido para o encontro em que o prato principal era gente, idéias e livros. “Ele fazia a visita precursora, discretamente, para ver as condições de acessibilidade do local, por causa das dificuldades de locomoção de Wilson Martins”, diz Coelho.

ALGUNS NOMES

ESPAÇO AMBIENTAL Esta semana, será inaugurada em Cascavel a obra do Espaço Ambiental Olinda Frozza. No local, a obra contemplou calçadas em paver, painel de blocos vazados, portal, cerca de palanque com arame liso, além da instalação da Academia de Todas as Idades. O investimento foi de aproximadamente 50 mil reais, sendo que também foi realizada a proteção da nascente.

LEITURA SEM OBRIGAÇÃO Um estudo da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE), demonstrou que a quantidade de tempo dedicada à leitura como lazer na infância e adolescência tende a formar leitores e implica em reflexos na vida adulta. Sendo assim, segunda a pesquisa, o hábito da leitura sem obrigação é a pré-condição para se tornar leitor efetivo. O maior desafio é despertar o interesse.

OBRA FERROVIA Com objetivo de construir e adequar a ferrovia MaringáCianorte-Umuarama-Guaíra-Cascavel, foi apresentada uma emenda da ordem de 500 milhões de reais ao Plano Plurianual. A obra neste trechos permitirá o fluxo das cargas de produção nacional.

Regina Casillo: marchande e animadora cultural

Darci Piana: liderança empresarial

O livro 4, com a coautoria de Cláudia Regina Gabardo, terá personagens de áreas diversas da vida paranaense: além de Tato Taborda, o presidente do TRT e membro do Conselho Nacional de Justiça, Ney José de Freitas; a marchande Regina Casillo; o industrial Edson Luiz Campagnolo, presidente da FIEP; Darci Piana, presidente da Fecomercio; jornalistas Fábio Campana e Gilmar Piolla; empresário Francisco Simeão, empreendedor e criador de um projeto educacional único, o programa Bom Aluno; o escritor Dante Mendonça, a deputada federal Cida Borghetti.

Termina dia 30 prazo para doações ao Fundo da Infância e Adolescência Empresas e pessoas físicas podem fazer doações ao Fundo Estadual da Infância e da Adolescência (FIA) até 30 de dezembro. O fundo permite destinar a entidades que atendem crianças e adolescentes parte do Imposto de Renda (IR) a ser pago em 2012. Pessoas físicas podem destinar até 6% do IR a ser pago, e as empresas, 1%. O FIA recebe recursos tanto para os projetos inscritos no banco de projetos como para políticas públicas de assistência à infância e juventude, o FIA Estadual. O contribuinte pode decidir onde aplicar o recurso. Através do Banco de Projetos, cada cidadão pode ajudar a

concretizar programas que garantem os direitos de crianças e adolescentes, sem ônus algum ao orçamento familiar ou empresarial. Os interessados em participar da campanha devem ficar atentos, porque o pagamento do Imposto de Renda será feito em 2012, mas a doação, de acordo com a legislação, tem que ser feita até 31 dezembro deste ano. Para fazer a doação, basta acessar a página www.familia. pr.gov.br, no link Fundo da Infância e Adolescência, Doe FIA, e seguir as instruções. Depois de cadastrado o número do CPF ou CNPJ, aparecerá a tela com as modalidades de repasses que podem ser feitos.


Negócios Indústria&Comércio | Curitiba, terça-feira, 06 de dezembro de 2011 | A4

Telefonia Móvel

Vivo amplia rede e diz que o mercado do Paraná é estratégico A

Pacotes atraem usuários de telefonia móvel

s operações da frequência de 1.800 MHz da Vivo no Paraná tiveram início nesta segunda feira, conforme anunciou a diretoria da empresa, durante entrevista coletiva à imprensa. A nova faixa, entre outros benefícios, duplica a capacidade da rede, o que torna possível ao cliente ter uma experiência com ainda mais qualidade na utilização dos serviços da empresa. Desta forma o chip da Vivo passa a ser o único que funciona em 100% dos aparelhos GSM desbloqueados, pois a empresa já atuava em outras frequências. Os clientes do Paraná ganham, portanto, maior poder de escolha, pois só precisam comprar um Vivo Chip para aproveitar os benefícios da operadora.

MAIS NOVIDADES

A Vivo para aproveitar a expansão da rede, está lançando uma oferta especial para o Estado, aprimorando a promoção Vivo Sempre: além de falar com qualquer Vivo do Brasil por apenas R$ 0,05 o minuto e com fixo local por R$ 0,25 o minuto, os clientes também podem enviar SMS para a rede Vivo por apenas R$ 0,05. O período de validade da promoção foi expandido de 6 para 12 meses, e visando facilitar o acesso dos clientes à promoção, o cadastro é gratuito. Com uma recarga de R$ 12, o cliente já garante o uso das tarifas promocionais por todo o mês. Quem não puder recarregar em algum mês não perde a promoção: basta fazer nova recarga mínima de R$ 12 para voltar a usufruir dos benefícios. Para participar, o cliente deve ligar para *9003 de um celular Vivo ou acessar o portal Meu Vivo.

ESTRATÉGIA

“O mercado do Paraná é

Paulo Cesar Teixeira: “Nossa operadora atende 74 municípios paranaenses com tecnologia 3G, ou seja três vezes mais localidades que as concorrentes”

estratégico para a Vivo. Por isso, estamos trazendo para os consumidores do Estado o que há de melhor em telefonia móvel: ampla cobertura, principalmente em 3G, uma rede que garante qualidade de conexão, o Vivo Chip, que passa a ser o único que funciona em qualquer celular desbloqueado, e esta oferta, que permite aos clientes se conectarem mais e sempre com todo o País”, afirma Paulo Cesar Teixeira, diretor-geral da Telefônica|Vivo, reforçan-

do que a operadora atende 74 municípios paranaenses com tecnologia 3G – três vezes mais localidades que as concorrentes presentes no Estado--, o que significa 66,3% da população do Estado. Para anunciar a promoção, a Vivo criou uma campanha regionalizada seguindo a mesma linha das campanhas nacionais do Vivo Sempre. Com uma pitada de humor, as peças exploram sotaques e alguns cenários e mostram as vantagens especiais para a população do Estado.

Menor índice de reclamação

Indagado pelo “I&C” de que as operadoras de telefonia móvel lideram as taxas de reclamações dos Procons, o diretor-geral da empresa, Paulo Cesar Teixeira, disse que no computo geral, a Vivo é a que tem o menor índice de queixas. “Mas isso não quer dizer o problema não existe. No entanto estamos aprimorando as ações de atendimento, implantando novas tecnologias e treinando os colaboradores. Com certeza vamos vencer essa etapa e os consumidores ficarão satisfeitos”,enfatizou. Segundo relatório do Procom de São Pauilo entre as empresas relacionadas à telefonia móvel que ocupam posições nos rankings das mais problemáticas a Vivo está em último lugar, ou seja, com menor taxa de reclamações, tendo a frente a Claro , Oi e a TIM . Além dos índices de ocorrências, algumas operadoras se aproveitavam dos clientes. Segundo as informações do PROCON-SP, operadoras como Oi, Claro e TIM ofereciam chips gratuitos para os clientes. Entretanto, os clientes só ficavam sabendo posteriormente que tais linhas eram do tipo pós-pago.

A habilitação de 4,3 milhões de novas linhas de telefonia móvel no Brasil, em outubro, mostrou que a estratégia comercial de algumas operadoras, através de pacotes promocionais, tem impulsionado o setor. No acumulado do ano, foram 28,7 milhões de novos usuários, 8 milhões a mais do que no mesmo intervalo do ano passado, segundo dados da Anatel. Analistas atribuem o impulso visto neste ano a avanços tecnológicos de redes e aparelhos, crescimento da renda e à forte concorrência no setor, que tem levado a preços mais baixos. A líder do setor Vivo, do grupo Telefônica Brasil, tem 29,61% do mercado, enquanto a segunda colocada TIM fechou o mês passado com 26% de market share. Juntas, as duas companhias abocanharam quase 60% de todas as novas habilitações no mês - 1,5 milhão e 1 milhão de novas linhas, respectivamente. O resultado de outubro de 2011 deve beneficiar a Vivo, pela liderança nas captações tanto no segmento pré-pago quanto no pós-pago. A unidade no Brasil da espanhola Telefónica tem pacotes envolvendo baixo custo de voz para chamadas na mesma operadora e um plano de banda larga móvel em sua rede 3G atualizada. A Vivo indicou que analisará potenciais novas promoções. “Estamos prospectando... que tipo de oportunidades oferecer para melhorar nossa operação”, afirmou a jornalistas o diretor-geral da Telefônica Brasil, Paulo Cesar Teixeira, durante apresentação de novo serviço de dados.

VINO VITA EST.

Osvaldo Nascimento Júnior osvaldopinheiro@gmail.com

DOIS ANOS DA COLUNA VINO VITA EST. Tivemos o prazer neste mês de novembro de 2011, de comemorarmos DOIS ANOS de publicação de nossa Coluna VINO VITA EST, trazendo à você, caro leitor(a), o melhor em conhecimentos vínicos, pois a história do vinho como sucede a qualquer outro assunto suficientemente antigo e importante, tem as origens perdidas nas brumas da pré-história e, consequentemente, envoltas em lendas, fabulações e mistérios. Mostramos nestes dois anos que para alguns estudiosos do assunto a uva precedeu o homem e a evidência seria a descoberta de fósseis reproduzindo folhas de parreira. Não eram, evidentemente, folhas de Vitis Vinifera, seriam antecessoras mais rudimentares da vinífera, responsável pelos grandes vinhos atuais. A esta altura o homem ainda não fazia companhia aos primeiros mamíferos. Comprovamos em cada matéria que a história dos vinhos está intimamente ligada à história das nações. Guerras abrem e fecham fronteiras, facilitam ou dificultam através das taxas alfandegárias, a circulação do vinho. Que a necessidade de proteger e aprimorar os vinhos, fez crescer e desenvolver intensamente a vasta legislação vitivínicola. Foi estabelecida a delimitação das terras para plantio, as demarcações de origem do Douro português, as divisões vitícolas da França, Espanha, Alemanha, Itália.. A legislação cobre amplas e complexas relações na indústria, no comércio, compreendendo até empresas multinacionais encontradas no âmbito do vinho. Não podíamos deixar de relembrar nossa matéria sobre a França, onde no complexo mundo vitícola, Bordeaux é a região mais importante, ela por si é outro universo contido no primeiro. Igualmente rica é sua milenar história aqui contada, de quando os romanos chegaram, lá pelo ano 50 A.C., e era denominada Bordigalia. O vinho já se fazia notar, Ausone e Júlio Cesar o louvaram. Passou ao domínio dos visigodos. Eleanor de Aquitânia esposou Henrique II, o plantagenes Rei da Inglaterra, e por mais de um século, Bordeaux foi regida pela Inglaterra. O Claret ( vinhos jovens, mais claros, pálidos

CMYK

“Clairet” generalizando, os ingleses chamam os Bordeaux de Claret, não rosados, mas obtidos através da fermentação mais curta, o que os torna mais leves, suaves, menos tânicos) tornou-se o vinho inglês . Lembramos que de maneira geral, os Bordeaux resultam da mistura (ensemblage) de vinhos de diferentes cepas, ocasionando estranheza nos hoje consumidores de vinhos argentinos e chilenos, pois aí predominam os varietais, ou vinhos de uma só uva, Malbec, Merlot etc. e caso característico dos vinhos portugueses, aqui também objeto de matéria nossa, que além de utilizarem muito da “ensemblage,” fazem questão de suas uvas autóctenes, isto é, uvas nativas, como a Trincadeira, afirmando que não precisam das francesas para produzirem grandes vinhos e provam mesmo que não. Discorremos aqui todas as esplendorosas regiões vinícolas francesas, Borgonha com sua Pinot Noir e outras, como Chablis, Val Du Loire, Medoc e as demais que fazem a alegria dos degustadores de vinhos pelo mundo. Terra dos grandes ”CRUS”,esta palavra “CRU” tem na língua francesa o significado amplo e, às vezes pouco preciso, abrangendo safra, produção, transformação, comercialização de produtos naturais, ou como mais complexamente exprime Gatheron: “-O CRU, é a expressão, a mais agradável e a mais constante das relações com o homem com seu meio natural. Êle é a resposta do meio ao esforço do homem para substituir através da observação, inteligência e trabalho, um ecossistema natural, evolutivo e medíocre, por outro artifício estável, conservador da fecundidade do solo e da qualidade aristocrática dos produtos. O “CRU’, é a expressão qualitativa e mais frequentemente gustativa da capacidade biogenética do meio. Para complementar, o título supremo da aristocracia vinícola o “GRAND CRU’,QUE TRADUZIREMOS POR GRANDE COLHEITA OU SAFRA É CONCEDIDO A SETE LOCAIS – BOUGROS, LES PR EUSES,VAUDESIRS,GRENOUILLE,VALMUR, LES CLOS, BLANCHOR. Saindo da França, mergulhamos na Itália,

com seus grande Sangioveses e Nebiollos, com suas regiões férteis onde os gregos a apelidaramna de ENOTRIA TELLUM, A Terra do Vinho, numa viagem inesquecível pela Toscana, com seus Chiantis aliados a farta enogastronomia, trazendo um mundo novo a vocês. Comparamos o vinho e saúde, que desde os primórdios de sua existência o homem fez da vinha e do vinho o próprio símbolo de sua existência. Os misteriosos poderes do vinho e a magia que lhe julgavam íntrínsica eram interpretados como manifestações divinas. Quando a arte da destilação ainda era desconhecida, o vinho servia também como solvente para o preparo da maior parte das substâncias naturais usadas como medicamentos. Assim, era como alimento e medicamento que a bebida se apresentava na antiguidade. “Deixa de beber água; toma um pouco de vinho para o bem de teu estômago e de tuas enfermidades”. Esse foi o conselho dado por São Paulo a Timóteo. A água, ao contrário do vinho, não é muito bem vista na literatura. Até o Alcorão manifesta-se assim: “No fruto da vinha está o remédio da humanidade”. As qualidade dietéticas e fisiológicas do vinho, eram reconhecidas pelo grego Hipócrates, patrono da medicina, que o receitava frequentemente como antitérmico, laxante e diurético. Recentes descobertas aliaram-no como grande defensor de novas doenças que afligem o homem neste novo século como Demência e Alzheimer, cânceres, coágulos sanguinios, doenças vasculares e mentais, aniquilamento de células cancerígenas no crescimento de câncer de próstata, doenças reumáticas. O resveratrol é um polifenol que possui propriedades antioxidantes e anticoagulantes, salutares para o sistema coronário. Além de todas estas propriedades até para as mulheres auxilia, pois os polifenóis do vinho combatem a elastase e a colagenase, responsáveis pelo envelhecimento de nossa pele. Portanto, beber vinho regularmente vai deixar sua pele jovem por mais tempo. Outra novidade é que as calorias de um taça de vinho, equivalem às de uma maçã. E mais uma notícia

reveladora: a ingestão regular de vinho, PROLONGA A VIDA EM 50% e para encerrar ,uma pesquisa no Japão mostrou que justamente o grupo de pessoas mais inteligentes estava entre os que bebiam vinho regularmente. É verdade. Há muitos motivos para prestigiarmos essa bebida dos Deuses. Após todas essas considerações, você caro leitor(a), ainda precisa de algum argumento para beber vinho diariamente, em doses moderadas? Apesar de os médicos figurarem entre os seus grandes apreciadores, o vinho é muito mais que simplesmente um elixir para o corpo: É O ALIMENTO PREDILETO DA ALMA, como exaltaram os grandes filósofos e poetas. Assim com estas e outras matérias aliando história, religião e vinicultura, pois a HISTÓRIA FOI FEITA PELO VINHO, nos tornamos mais sábios neste mundo maravilhoso de BACO e DIONÍSIO, transmitindo à vocês todos estes conhecimentos, pois como diz o poeta “FELIZ AQUELE QUE TRANSFERE O QUE SABE E APRENDE COM QUEM ENSINA” Agradeço à EQUIPE do nosso querido Jornal INDÚSTRIA E COMERCIO do PARANÁ, ao seu diretor e fundador Odone Fortes Martins, nosso preclaro fraterno amigo e companheiro, que confiou em nosso trabalho abrindo-nos este espaço, ao seu Editor, jornalista Eliseu Tisato e toda sua equipe,que com sua gentileza sempre nos recebe com fidalguia e a todos vocês, companheiros e leitores que nos leêm e incentivam nosso trabalho. Rolhas e rótulos são reminiscências, vestígios, destes grandes momentos de vida que muitas vezes, transcendem a bebida em si, sendo esquecidas por ocasião, companhia etc. Agradecido a todos que tive o prazer de tilintar taças ao longo deste percurso. Felicidades com uma descoberta em cada garrafa. AVOE. BRADO DE SAUDAÇÃO Á BACO. Osvaldo Nascimento Júniors.: WWW.icnews.com.br. Clique colunistas e daí COLUNA VINO VITA EST.


GeralParaná Curitiba, terça-feira, 06 de dezembro de 2011 | A5 | Indústria&Comércio

Contexto Político

Fábio Campana editor@fabiocampana.com.br

Lula e Dilma X PT do Paraná

O PT do Paraná transformou em cavalo de batalha o combate à regulamentação das Organizações Sociais (OSs), proposta pelo governo do Estado. Alega-se que essa seria uma forma solerte de privatizar. Curiosamente, o Paraná chega tarde nessa seara. O PT atua ali há mais tempo. Em 2009 o ex-presidente Lula encaminhou ao Supremo Tribunal Federal, no último mês de abril, um pedido de preferência no julgamento da constitucionalidade da Lei das Organizações Sociais (Lei 9.637/98). Lula se converteu as vantagens das OSs depois de se dar conta que o Estado tem dificuldades de gerir alguns setores devido a entraves e amarras da máquina pública. Dilma Rousseff vem colocando em prática o uso de Organizações Sociais para administrar entes públicos. O Hospital Federal de Ipanema é um exemplo. Foi entregue ao governo do Rio de Janeiro que vai repassar sua administração para uma Organização Social. Dilma também participou da cerimônia de entrega da administração de um hospital municipal público em Canos, cidade administrada pelo PT, para uma OSs. Na ocasião, elogiou profusamente esse tipo de parceria. Governadores do PT, como Jaques

Wagner, da Bahia, estão lançando mão de entidades privadas (inclusive estrangeiras) para administração de hospitais públicos. Só existem duas explicações para o comportamento hostil do PT do Paraná para com as OSs. Ou o partido ignora as posições de seus líderes maiores, como Lula, Dilma e os governadores do partido; ou se trata de uma lamentável politização de um tema que deveria ser tratado por critérios técnicos e administrativos.

Investimento

O grupo Votorantim acaba de anunciar o investimento de R$ 625 milhões na ampliação da unidade de Rio Branco do Sul, Região Metropolitana de Curitiba. O empreendimento foi enquadrado no programa Paraná Competitivo, que concede benefícios fiscais em troca da geração de emprego e renda. O documento foi assinado pelo governador Beto Richa e pelo diretor da empresa, Sidney Catania. Com a ampliação, a fábrica de Rio Branco do Sul – que já é a maior da América Latina – se firma como um das maiores do mundo.

Mais realizações

O governador Beto Richa reuniu na manhã desta segunda-feira todo o primeiro escalão

para pedir empenho e compromisso com novas realizações em 2012. Segundo ele, será possível realizar projetos de grande impacto social com os recursos que virão de financiamentos e com a melhoria da capacidade de investimento do Estado. Richa cobrou a manutenção do processo de austeridade que já ajudou a baixar em quase 20% as despesas de custeio da máquina neste ano. Com isso, o caixa do governo engordou em R$ 70 milhões. No encontro todos os secretários e presidentes de empresas e autarquias puderam expor os resultados do primeiro ano de gestão.

Eleições

O defenestrado Carlos Lupi, que deixou o Ministério do trabalho depois de graves denúncias de corrupção, afirmou que vai reassumir o PDT e cuidar das eleições municipais. Curitiba é uma cidade estratégica para o PDT, diz Lupi, que pretende coordenar pessoalmente a campanha de Gustavo Fruet, sua recente conquista para as cores do brizolismo.

Encomex

Pequenos e médios empresários aproveitaram o Encontro de Comércio Exterior (Encomex Mercosul), em Curitiba, para iniciar contatos

COMÉRCIO EXTERIOR

Balança comercial do PR segue em déficit em 2011 Importações superam as exportações em US$ 1,3 bilhões Mesmo com um crescimento de 22% nas exportações em 2011, a balança comercial paranaense continua registrando desempenho negativo no ano. Com aumento em ritmo mais acelerado, de 35% entre janeiro e novembro, as importações do Estado superam as vendas para o exterior em US$ 1,3 bilhão. Os números da balança comercial paranaense e brasileira foram divulgados na última quintafeira (1º) pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), durante entrevista coletiva no 3º Encomex Mercosul, em Curitiba, que contou com a participação do presidente da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), Edson Campagnolo. Em nível nacional, tanto exportações quanto importações têm resultados recordes no ano, com o país apresentando um saldo positivo de US$ 26 bilhões em seu comércio exterior.

Destaque

Até o mês passado, as exportações paranaenses somaram US$ 15,9 bilhões. As commodities agrícolas – com destaque para a soja em grão, que responde por 20,2% do total – seguem liderando as vendas para outros países. Este ano, as exportações do produto cresceram 36,2%, registrando resultados positivos inclusive em novembro, quando

Em nível nacional, tanto exportações quanto importações têm resultados recordes no ano

tradicionalmente há baixa nas exportações. Por outro lado, as compras de veículos e peças automotivas, que tiveram crescimento de 54% este ano, contribuíram significativamente para o total de importações. Apesar da preocupação com o aumento da entrada de artigos importados no Estado, o presidente da Fiep aponta um dado que serve como indicador de uma evolução na economia paranaense: de janeiro a novembro, as compras de máquinas e equipamentos cresceram 19,1%. “Isso demonstra que estão ocorrendo investimentos na indústria

paranaense, importantes para a manutenção de empregos e renda em nosso Estado”, disse. Em relação aos parceiros comerciais do Paraná, a China continua sendo o principal destino das exportações e a origem da maioria das importações. O fluxo de comércio entre o Estado e o país asiático totaliza US$ 5,8 bilhões no ano. “Apesar de a China comprar muito do Paraná, especialmente soja, ela continua sendo motivo de preocupação para nosso setor industrial”, disse Campagnolo. Enquanto o Paraná apresenta déficit em seus negócios inter-

nacionais, a balança comercial brasileira segue apresentando bons resultados em 2011. No acumulado do ano, foram registrados recordes para as exportações (total de US$ 233,9 bilhões, com crescimento de 28,7%), as importações (US$ 207,9 bilhões, + 24,6%) e na corrente de comércio (US$ 441,9 bilhões, +26,7%). Além disso, o saldo acumulado da balança comercial, de US$ 26 bilhões, é o maior dos últimos quatro anos para o período. O secretário-executivo do MDIC e ministro em exercício, Alessandro Teixeira, destaca que o saldo positivo da balança já supera em R$ 6 bilhões o resultado alcançado em todo o ano de 2010. “Outra dado importante é que o crescimento das exportações brasileiras, de quase 29%, é bastante superior à média das exportações mundiais, que está em 18%”, disse Teixeira. A secretária de Comércio Exterior do MDIC, Tatiana Prazeres, acrescentou que, com este ritmo de crescimento, o Brasil deve no ranking dos principais exportadores mundiais. Hoje, o país ocupa a 22º posição, segundo a OMC. “A expectativa é que o Brasil feche 2011 com participação de 1,4% no comércio mundial, sendo que a meta estabelecida pelo plano Brasil Maior é chegar a 2014 com participação de 1,6%”, destacou.

Paranaenses poderão consultar veículos acidentados pela internet A partir de ontem (5), os motoristas interessados em comprar um carro usado no Paraná poderão consultar pela internet se o veículo já sofreu algum acidente grave e foi objeto de indenização integral de empresa de seguros. A medida, que antes só estava disponível para o Distrito Federal, é uma iniciativa do Departamento de Trânsito do Paraná (Detran), em conjunto com a Federação Nacional das Seguradoras (Fenaseg). Pelo site www.detran.pr.gov. br, no menu do lado direito da tela, o comprador poderá fazer a consulta de veículo informando placa e chassi. O sistema fará a busca automática no banco de dados das seguradoras filiadas à Fenaseg e informará se o carro já

sofreu sinistro com indenização integral. O objetivo é garantir que o comprador conheça as condições do veículo, pagando um preço justo e evitando problemas futuros. “Uma agência ou concessionária pode vender um automóvel sem saber que foi sinistrado. Nesse caso, é provável que o problema seja resolvido amigavelmente, mas, caso contrário, o comprador terá que recorrer ao Procon ou juizado especial ou mesmo entrar com ação na justiça, se comprou de vendedor particular”, explica o diretor-geral do Detran, Marcos Traad. Segundo ele, a sugestão da consulta online aos carros sinistrados surgiu durante um dos encontros

regulares com os parceiros externos do Detran, que reúniu concessionárias, seguradoras e despachantes. “Realizamos uma série de encontros e debates, ouvimos e listamos diversas mudanças e melhorias. Aos poucos vamos colocar em prática aquelas que forem possíveis”, conta Traad.

Sinistro

Um carro sinistrado é aquele que foi considerado irrecuperável por uma companhia de seguro, em decorrência de acidente de trânsito, incêndio, inundação ou outras catástrofes naturais, queda ou furto. Quando não há possibilidade de recuperação, com perda de mais de 75% do valor do veículo, o carro pode ser vendido como

sucata, sem documentação e identificação do chassi. Já quando o carro sofre danos de média ou grande monta, mas que não ultrapassam 75% do valor do bem, ele pode ser “salvado” e revendido. Para o coordenador de veículos do Detran/PR, Cícero Pereira da Silva, o principal problema de quem opta por comprar um carro sinistrado é que a grande maioria das seguradoras não faz seguro deste tipo de veículo, que também perde valor na hora da revenda. No caso de compra, alguns cuidados são essenciais. Além de reparar nas condições de mecânica e funilaria, o proprietário tem de fazer uma vistoria em uma empresa credeciada pelo Inmetro e retirar o Certificado de Segurança Veicular (CSV).

com possíveis clientes e trocar informações sobre exportação. Encerrado na sexta-feira (02), com a circulação de cerca de 1,6 mil pessoas, o evento de dois dias contou com um showroom que apresentou experiências de sucesso de 24 empresas de pequeno e médio porte que recentemente iniciaram vendas no mercado externo.

Apoio

Diante das notícias publicadas, o deputado federal Ratinho Júnior esclarece que, de fato, foi convidado e participou de uma conversa informal com o ministro Paulo Bernardo no sábado (03). Ratinho Júnior reafirmou a consolidação de sua candidatura à Prefeitura de Curitib e que entende como natural o apoio do PT de Curitiba à sua candidatura. Mas ressalva que entende como legítima a pretensão do PT em lançar candidato próprio.

Recursos

O Paraná terá R$ 38 milhões em recursos federais para a saúde pública do estado. Quem recebeu a informação foi o deputado federal Rubens Bueno (PPS), na última quinta-feira (1°). Segundo ele, o dinheiro será destinado para reforma, ampliação e manutenção dos postos de saúde dos municípios.

Paraná em Ação fez 40 mil atendimentos em Curitiba Cerca de 11,5 mil pessoas visitaram a edição do Paraná em Ação realizada no último fim de semana (3 e 4) no Bairro Novo , em Curitiba. O mutirão da cidadania coordenado pela Secretaria de Relações com a Comunidade realizou 40.787 atendimentos – entre eles a emissão de 957 documentos, como carteira de identidade, CPF e carteira de trabalho. Outros 7.596 mil atendimentos foram prestados na área de saúde (exames de urina, colesterol, glicemia, aferição de pressão arterial, avaliação física e testes de acuidade visual e monoximetria, além de orientações sobre tabagismo). Nesta edição, o Paraná em Ação contou com a participação da Defensoria Pública do Estado. “Foi a primeira participação da Defensoria Pública Estadual como instituição regulamentada, e a procura por seus serviços foi muito grande”, disse o secretário de Relações com a Comunidade, Wilson Quinteiro. O estande da Defensoria ficou lotado nos dois dias de atendimento. Foram atendidas 242 pessoas e ajuizadas 50 ações. “É a Defensoria Pública chegando aos bairros de Curitiba. Esta é a nossa primeira participação no programa como órgão oficialmente implantado, e espero que esta parceria continue nos próximos eventos”, disse a defensora pública geral do Estado, Josiane Fruet Bettine Lupion, o atendimento no Paraná em Ação é muito gratificante. A Defensoria realizou atendimento nas áreas de família (com ajuizamento de ações de divórcio, guarda, alimento e regulamentação de visita de menor) e cível (com ações de investigação de paternidade,

retificação e regularização de certidão de nascimento). Também prestou outras orientações jurídicas, como o pedido de divórcio de uma brasileira que conheceu um afegão pela internet e se casou por procuração. “É um caso bem interessante. A mulher deseja o divórcio porque o marido quer casar com outra para ter filhos”, contou Josiane. O Núcleo de Proteção à Criança e Adolescente Vítima de Crime (Nucria) orientou mais de 1,7 mil crianças e adolescentes por meio da distribuição de folders educativos e preventivos. “Muitos pais também ouviram as orientações”, disse a delegada Eunice Bonome. Outro estande que chamou a atenção das crianças foi o do Serviço de Investigação de Crianças Desaparecidas (Sicride). A delegada Daniele de Oliveira Serigheli explicou que as orientações são repassadas por meio de um gibi e de uma oficina. “Tiramos a foto da criança, que pinta e enfeita o porta-retrato com as figuras da Turminha da Segurança já impressas, cola sua foto e passa a fazer parte da Turminha”. Cerca de 800 crianças de Bairro Novo divertiram-se pintando o porta-retrato. Os recreacionistas do Sesc de Curitiba atenderam, durante os dois dias do programa, 8 mil crianças que brincaram nas camas elásticas e no tobogã instalados no jardim do Parque do Semeador. O educadores da Fundação de ação Social, da Prefeitura de Curitiba, enfeitaram outras 800 crianças com pintura no rosto. No estande da Copel, crianças e adultos aprenderam, cantando com os personagens “Maria Luz” e o “Energildo”.


BAN C O DE D A D O S

Finanças

Indústria&Comércio Curitiba, terça-feira, 6 de dezembro de 2011 Pág. B6

Indústria&Comércio

Índicadores Econômicos

Fundos de Investimento

Movimentação diária

Informações de 05 de dezembro de 2011

INSS

Contribuição mensal A partir de JULHO/2011

Empregado, empregado doméstico e trabalhador avulso e facultativo

Salário-de-contribuição Alíquota para fins de recolhimento (R$) ao INSS (%) até R$ 1.107,52 8,00% de 1.107,53 até 1.845,87 9,00% Fonte: Portaria nº 407, de 14 de julho de 2011 INSS - Empresário On Line

SALÁRIO-FAMÍLIA Valor para o segurado com remuneração mensal não superior a R$ 573,91 para o segurado com remuneração mensal superior a R$ 573,91 e igual ou inferior a R$ 862,60. Fonte: Portaria nº 407, de 14 de julho de 2011 INSS - Empresário On Line

SALÁRIO MÍNIMO

% +1.77 +0.82 +0.33 +0.28 +1.14 +0.60 +0.41 +2.57 +0.20

Hora 18:16 15:07 16:59 11:50 11:37 03:39 12:01 15:00 15:15

Data 05/12 05/12 05/12 05/12 05/12 05/12 05/12 05/12 05/12 Fonte: CMA

Moedas Dólar Com. Dólar Par. Dólar Tur. Euro x Dólar Euro X Real Dólar Ptax

Compra 1.7900 1.7100 1.7100 1.3469 2.4006 1.7823 1.798

Venda 1.7920 1.9000 1.9000 1.3470 2.4017 1.7830 1.7985

% +0.22 +0.00 +0.00 -0.05 -0.13 -0.07 -0.30

Hora 17:02 16:27 16:27 18:00 18:00 13:11 17:59:59

Data 05/12 05/12 05/12 05/12 05/12 05/12 05/12 Fonte: CMA

R$18,17/ dia

R$2,48/ hora

De MAIO/2011 a ABRIL/2012 Faixa I Faixa II Faixa III Faixa IV

R$ 708,74 R$ 736,00 R$ 763,26 R$ 817,78 Fonte: Portal Brasil

PAPEL Poupanca dia Taxa Referencial Taxa Referencial para o mes presente

VALOR 0.53150 0.0601 0.0937

HORA 08:12 12:09 08:12

DATA 05/12 02/12 01/12

PAPEL Indicador Valor Data IGPM (%mes) IPC-FIPE (%mes)

VALOR 0.43 0.50 0.60

HORA 08:12 08:12 08:12

DATA 01/10 01/11 01/11

PAPEL Taxa Selic (%mes) Taxa Selic (%ano) Taxa do FED (%ano) CDB 30 dias (Prefixado) CDI - Over CDI Andima no dia CDI Dia - Cetip

VALOR 1.231904 10.90 0.25 10.37 1.229756 1.231904 1.229756

HORA 08:12 08:12 16:29 15:52 08:12 16:29 16:29

DATA 02/12 02/12 29/04 31/08 02/12 02/12 02/12

Ouro Spot - BMF (250g) Ouro NY (Onca Troy)

Valor 99.5 1725.25

Hora 17:15:31 19:59

Data 05/12 05/12

Inflação Juros

Ouro

Risco País

BRASIL

Último 215

% -3.58

Hora 15:01

Data 05/12 Fonte: Bovespa

7 E 30 DIAS – POSTO 05/12/11

A partir de JUNHO/2011 Base de Cálculo Até R$ 1.566,61 De 1.566,62 até 2.347,85 De 2.347,86 até 3.130,51 De 3.130,52 até 3.911,63 Acima de 3.911,63

Dados de 30/11/2011, coletados em 05/12/2011

CUSTO DO CRÉDITO

Tabela Progessiva Mensal

A partir de MARÇO/2011

Paraná

Último 58910 2648.64 2638.42 5567.96 3201.28 8695.98 6106.09 30599.00 12043.72

TR e Poupança

IRPF

Nacional R$ 545,00/ mês

Bolsas Bovespa Nasdaq Merval Londres Paris Tóquio Frankfurt DJ BT 20 Dow Jones

ìndices

Câmbio

A partir de JULHO/2011 Limite I - R$ 29,43, II - R$ 20,74,

Principais Bolsas

Alíquota (%) A Deduzir do Imposto Isento 7,50% R$ 117,49 15,00% R$ 293,58 22,50% R$ 528,37 27,50% R$ 723,95 Fonte: Receita Federal, Empresário On Line

Desconto de Duplicata – ao mês 1,89 há 7 dias e 1,93 há 30 dias Desconto de Duplicata – Hot Money - 1ªLinha 3,40a.m., há 7 dias e 3,43a.m., há 30 dias Desconto de Duplicata – Hot Money - 2ª Linha 4,43a.m., há 7 dias e 4,46a.m., há 30 dias Capital de Giro Pré - 1ª Linha 2,09a.m., há 7 dias e 2,13a.m., há 30 dias Capital de Giro Pré - 2ª Linha 2,50a.m., há 7 dias e 2,53a.m., há 30 dias Factoring 3,92a.m., há 7 dias e 3,92a.m., há 30 dias Export Notes 2,30 a.a há 7 dias e 4,08 a.a., há 30 dias Fonte: CMA, ANFAC, Valor Econômico, Empresário Online

Principais dados financeiros Inflação/taxas/índices/comportamento de mercado 2007

2008

ICV Fonte DIEESE Mês Mensal (%) Jan 0,88 Fev -0,03 Mar 0,45 Abr 0,42 Mai 0,87 Jun 0,97 Jul 0,87 Ago 0,32 Set 0,14 Out 0,43 Nov 0,53 Dez 0,10 No ano 6,1084 12 meses 6,1084

2009

ICV Fonte DIEESE Mês Mensal (%) Jan 0,69 Fev 0,02 Mar 0,40 Abr 0,31 Mai 0,23 Jun 0,05 Jul 0,49 Ago 0,30 Set 0,27 Out 0,53 Nov 0,60 Dez 0,08 No ano 4,0403 12 meses 4,0403

2010

ICV Fonte DIEESE Mês Mensal (%) Jan 1,72 Fev 0,59 Mar 0,47 Abr 0,22 Mai 0,15 Jun 0,02 Jul 0,14 Ago 0,25 Set 0,53 Out 0,93 Nov 1,04 Dez 0,65 No ano 6,9067 12 meses 6,9067

2011

ICV Fonte DIEESE Mês Mensal (%) Jan 1,28 Fev 0,41 Mar 0,91 Abr 0,80 Mai 0,04 Jun -0,34 Jul 0,44 Ago 0,39 Set 0,69 Out 0,31 Nov — Dez — No ano 5,0310 12 meses 6,8132

2012

ICV Fonte DIEESE Mês Mensal (%) Jan — Fev — Mar — Abr — Mai — Jun — Jul — Ago — Set — Out — Nov — Dez — No ano — 12 meses —

IGP-DI FGV Mensal (%) 0,43 0,23 0,22 0,14 0,16 0,26 0,37 1,39 1,17 0,75 1,05 1,47 7,8984 7,8984

IGP-M FGV Mensal (%) 0,50 0,27 0,34 0,04 0,04 0,26 0,28 0,98 1,29 1,05 0,69 1,76 7,7463 7,7463

INCC-DI FGV Mensal (%) 0,45 0,21 0,27 0,46 1,15 0,92 0,31 0,26 0,51 0,51 0,36 0,59 6,1633 6,1633

INCC-M FGV Mensal (%) 0,45 0,26 0,17 0,43 0,55 1,67 0,21 0,35 0,39 0,49 0,48 0,43 6,0324 6,0324

INPC IBGE Mensal (%) 0,49 0,42 0,44 0,26 0,26 0,31 0,32 0,59 0,25 0,30 0,43 0,97 5,1556 5,1556

IPA-DI FGV Mensal (%) 0,32 0,19 0,11 0,02 -0,04 0,09 0,42 1,96 1,64 1,02 1,45 1,90 9,4313 9,4313

IPA-M FGV Mensal (%) 0,40 0,21 0,33 -0,14 -0,09 0,01 0,26 1,31 1,83 1,42 0,97 2,36 9,1997 9,1997

IPC-DI FGV Mensal (%) 0,69 0,34 0,48 0,31 0,25 0,42 0,28 0,42 0,23 0,13 0,27 0,70 4,6131 4,6131

IPC FIPE/USP Mensal (%) 0,66 0,33 0,11 0,33 0,36 0,55 0,27 0,07 0,24 0,08 0,47 0,82 4,3723 4,3723

IPCA IBGE Mensal (%) 0,44 0,44 0,37 0,25 0,28 0,28 0,24 0,47 0,18 0,30 0,38 0,74 4,4572 4,4572

IPCA-15 IBGE Mensal (%) 0,52 0,46 0,41 0,22 0,26 0,29 0,24 0,42 0,29 0,24 0,23 0,70 — —

IPCA-E IBGE Mensal (%) 0,52 0,46 0,41 0,22 0,26 0,29 0,24 0,42 0,29 0,24 0,23 0,70 4,3600 —

SELIC B.Central Mensal (%) 1,0581 0,9420 1,0287 0,9838 1,0054 0,9432 0,9511 0,9288 0,8832 0,9096 0,8801 0,9096 12,0400 12,0400

TJLP COPOM Mensal (%) 0,5417 0,5417 0,5417 0,5417 0,5417 0,5417 0,5208 0,5208 0,5208 0,5208 0,5208 0,5208 — —

TR CUB-PR B.Central Sinduscon/PR Mensal Mensal (%) (%) 0,2189 0,13 0,0721 0,10 0,1876 0,21 0,1272 0,16 0,1689 0,19 0,0954 0,26 0,1469 3,04 0,1466 0,34 0,0352 0,32 0,1142 0,42 0,0590 0,40 0,0640 0,35 1,4452 — — —

PIB Gov. Trimest. (%) 5,15 5,15 5,15 6,41 6,41 6,41 6,06 6,06 6,06 6,70 6,70 6,70 — —

Desempr. IBGE Mensal (%) 9,30 9,90 10,10 10,10 10,10 9,70 9,50 9,50 9,00 8,70 8,20 7,40 — —

IGP-DI FGV Mensal (%) 0,99 0,38 0,70 1,12 1,88 1,89 1,12 -0,38 0,36 1,09 0,07 -0,44 9,1073 9,1073

IGP-M FGV Mensal (%) 1,09 0,53 0,74 0,69 1,61 1,98 1,76 -0,32 0,11 0,98 0,38 -0,13 9,8054 9,8054

INCC-DI FGV Mensal (%) 0,38 0,40 0,66 0,87 2,02 1,92 1,46 1,18 0,95 0,77 0,50 0,17 11,8602 11,8602

INCC-M FGV Mensal (%) 0,41 0,43 0,59 0,82 1,10 2,67 1,42 1,27 0,95 0,85 0,60 0,22 11,9674 11,9674

INPC IBGE Mensal (%) 0,69 0,48 0,51 0,64 0,96 0,91 0,58 0,21 0,15 0,50 0,38 0,29 6,4814 6,4814

IPA-DI FGV Mensal (%) 1,08 0,52 0,80 1,30 2,22 2,29 1,28 -0,80 0,44 1,36 -0,17 -0,88 9,7963 9,7963

IPA-M FGV Mensal (%) 1,24 0,64 0,96 0,65 2,01 2,27 2,20 -0,74 0,04 1,24 0,30 -0,42 10,8411 10,8411

IPC-DI FGV Mensal (%) 0,97 0,00 0,45 0,72 0,87 0,77 0,53 0,14 -0,09 0,47 0,56 0,52 6,0664 6,0664

IPC FIPE/USP Mensal (%) 0,52 0,19 0,31 0,54 1,23 0,96 0,45 0,38 0,38 0,50 0,39 0,16 6,1729 6,1729

IPCA IBGE Mensal (%) 0,54 0,49 0,48 0,55 0,79 0,74 0,53 0,28 0,26 0,45 0,36 0,28 5,9023 5,9023

IPCA-15 IBGE Mensal (%) 0,70 0,64 0,23 0,59 0,56 0,90 0,63 0,35 0,26 0,30 0,49 0,29 — —

IPCA-E IBGE Mensal (%) 0,70 0,64 0,23 0,59 0,56 0,90 0,63 0,35 0,26 0,30 0,49 0,29 6,1000 —

SELIC B.Central Mensal (%) 0,9071 0,8483 0,9071 0,8950 0,9454 0,9468 0,9983 1,0406 1,0433 1,0972 1,0616 1,0972 12,4500 12,4500

TJLP COPOM Mensal (%) 0,5208 0,5208 0,5208 0,5208 0,5208 0,5208 0,5208 0,5208 0,5208 0,5208 0,5208 0,5208 — —

TR CUB-PR B.Central Sinduscon/PR Mensal Mensal (%) (%) 0,1010 0,34 0,0243 0,27 0,0409 0,42 0,0955 0,39 0,0736 0,75 0,1146 6,05 0,1914 0,64 0,1574 0,87 0,1970 0,75 0,2506 0,87 0,1618 0,44 0,2149 0,34 1,6348 12,6800 — 12,6800

PIB Gov. Trimest. (%) 6,4 6,4 6,4 6,5 6,5 6,5 7,1 7,1 7,1 0,8 0,8 0,8 — —

Desempr. IBGE Mensal (%) 8,00 8,70 8,60 8,50 7,90 7,80 8,10 7,60 7,60 7,50 7,60 6,80 — —

IGP-DI FGV Mensal (%) 0,01 -0,13 -0,84 0,04 0,18 -0,32 -0,64 0,09 0,25 -0,04 0,07 -0,11 -1,4364 -1,4364

Nome do Fundo Cota Patrimônio Mês Ano BRASFORT FUNDO DE INVESTIMENTO EM ACOES 0,4798 1.617.068 18,64 20,36 NOBEL AQUILA FI DE ACOES 1,0863 54.313.828 12,37 8,63 XP BRAZIL PHARMA FI EM ACOES 1,0647 522.479 6,47 6,47 GALLEAS LEGACY DIVIDENDOS FI DE ACOES 1,3004 3.490.910 6,37 8,34 BB ACOES CIELO FI 1,4729 46.442.425 5,80 52,35 BRADESCO FIA CIELO 1,438 28.525.948 5,65 50,76 ARGOS FUNDO DE INVESTIMENTO EM ACOES 3,1761 6.611.793 5,56 3,06 ALFA II ACOES FIA PETROBRAS 781,8475 2.889.989 5,25 -18,79 ITAU PRIVATE ACOES PETROBRAS FI 72,6885 23.980.949 5,25 -19,44 BRADESCO FIA PETROBRAS 7,3239 373.638.715 5,24 -19,46 NEO FALCON FI DE ACOES 1,0547 28.055.776 5,24 -12,06 SAFRA FIT PETROBRAS 75,117 174.098.027 5,22 -19,43 HSBC FIA PETROBRAS 7.237,90 116.683.342 5,21 -19,31 SANTANDER FI PETROBRAS BR ACOES 72,9831 201.322.795 5,20 -19,35 SANTANDER FI PETROBRAS ACOES 6,6668 5.030.520 5,20 -19,56 SANTANDER FI PETRO TOP ACOES 8,7641 256.761.890 5,15 -17,64 ITAU ACOES PETROBRAS FI 61,1299 537.841.401 5,12 -20,52 UNIBANCO PETROBRAS FI ACOES 5,9271 94.345.187 5,12 -20,58 SAFRA PETROBRAS FIC ACOES 13,2091 134.919.803 5,08 -20,51 MELLON FIA PETROBRAS 73,7977 8.885.297 5,06 -19,06

12 meses 21,28

Nome do Fundo Cota Patrimônio Mês Ano BB BESC CURTO PRAZO GOVERNO FIC FI 0,0081 19.116.062 1,47 7,65 TEBE CURTO PRAZO FICFI 41,157 473.946.250 0,86 10,58 BB TOP CP 2 FI DE CURTO PRAZO 1,2408 11.674.881.738 0,86 10,61 ITAU CURTO PRAZO FI 36,6385 4.893.116.686 0,86 10,61 FI LIQUIDEZ CP 1,7498 5.179.338.601 0,86 10,61 CAIXA FI CURTO PRAZO 3,6123 4.360.726.958 0,86 10,60 OPP PORTIFOLIO FI CURTO PRAZO 3,6595 897.311.191 0,86 10,58 RT ENTERPRISE CURTO PRAZO FI 12,3984 1.451.273.899 0,86 10,59 FEDERAL CURTO PRAZO FI 48,846 273.742.439 0,86 10,59 BB TOP CP FI CP 6,9644 37.653.639.018 0,86 10,58 SANTANDER FI CURTO PRAZO 3,6631 5.229.400.886 0,86 10,58 CS CASH DI FI DE CURTO PRAZO 1,6305 380.734.926 0,86 10,57 MARTE FI CURTO PRAZO 106,702 495.507.231 0,86 6,70 BRAM FI CURTO PRAZO 2,5404 201.843.078 0,86 10,57 HSBC FI CURTO PRAZO OVER 9,9384 219.471.248 0,86 10,56 VENUS FI CURTO PRAZO 106,6846 162.287.097 0,86 6,68 BNY MELLON ARPOADOR FI CURTO PRAZO 1,0716 158.812.953 0,86 7,16 MERCURIO FI CURTO PRAZO 106,6677 68.969.166 0,86 6,67 BNY MELLON IPANEMA FI CURTO PRAZO 1,3909 158.811.552 0,85 10,56 ITAU INSTITUCIONAL CURTO PRAZO FI 35,9407 63.640.578 0,85 10,54

12 meses 8,26 11,61 11,64 11,63 11,64 11,63 11,61 11,62 11,62 11,61 11,61 11,60

Nome do Fundo Cota Patrimônio Mês Ano FATOR VERITA FI IMOBILIARIO 113,333 32.800.721 1,00 10818,86 FI IMOBILIARIO VOTORANTIM SECURITIES II 1.044,30 497.905.351 0,86 2,26 FI IMOBILIARIO VOTORANTIM SECURITIES 1.082,51 609.922.515 0,86 0,31 FII VOTORANTIM SECURITIES III 1.009,88 5.049.416 0,86 0,99 JPP FII FI IMOBILIARIO 985.217,12 19.258.294 0,02 FII CAIXA DESENVOLVIMENTO IMOBILIARIO 991.943,21 295.301.493 -0,08 -0,81 KINEA RENDA IMOBILIARIA FII 1.065,87 467.326.409 -0,18 6,11

12 meses 10914,60 2,60 0,62

Nome do Fundo Cota Patrimônio Mês Ano BB DIVIDA EXTERNA MIL FI 8,3932 5.155.092 7,52 15,05 BB TOP DIVIDA EXTERNA FI 1,4093 6.362.569 7,38 16,92 BRADESCO FI DIVIDA EXTERNA 4,8603 906.346 6,67 9,23 CSHG YIELD FI DIVIDA EXTERNA 1,3153 415.699 6,57 6,70 CSHG BOND FI DIVIDA EXTERNA 1,8303 407.993 6,53 6,46 BRASIL SOVEREIGN II FI DE DIVIDA EXTERNA 0,7365 302.873.850 3,17 -1,76 BNY MELLON FIC DE FI DE DIVIDA EXTERNA 0,759 302.830.446 3,16 -1,80 AC1 FI MULTIM CRED PRIV INV EXT 8,7116 216.677.621 1,46 1,41

12 meses 9,41 11,19 4,37 1,43 1,23 -7,59 -7,68 1,13

Nome do Fundo Cota Patrimônio Mês Ano CSHG MASTER JURO REAL FI MULTIMERCADO 1,2917 86.439.708 1,91 14,11 BTG PACTUAL MEGA II FI MULTIMERCADO 5,7137 97.880.355 1,55 14,28 RD DEMOCRATICO FI MULT CREDITO PRIVADO 1.446,26 100.648.388 1,43 12,72 FI AMPERE MULTIMERCADO 2,7483 59.763.991 1,34 12,44 FIVESTARS PREV FI MULTIMERCADO 19,5761 389.211.111 1,33 14,15 JJSP III FI MULTIMERCADO 4.976,51 419.311.978 0,95 7,81 WESTERN ASSET SOLUM III FIC FI MULTIM 1,1676 34.588.204 0,94 7,79 BB TOP MULT BALANCEADO FI LP 1,2515 240.542.175 0,79 9,76 BB MULT BALANCEADO DIVID LP PRIVATE FIC 1,2097 169.299.895 0,73 8,96 BB MULT BALANCEADO DIV LP ESTILO FIC FI 1,2186 68.345.066 0,72 8,57 BB MULT BALANCEADO LP JOVEM FIC FI 1,0419 2.694.990 0,60 4,19 ENERPREV FIC FI MULT CRED PRIV BENEFIT 10,9794 10.850.723 0,54 9,04 ITAU PERSONNALITE MULT MODERADO FICFI 29,0276 122.351.945 0,42 4,54 ITAU MULTIMERCADO MODERADO FI 36,4261 139.348.467 0,41 6,51 LEGG MASON MULTIRENDA 10 FIC FI MULTI 9,6092 15.830.018 0,38 4,60 ITAU MULT MODERADO FICFI 24,7867 19.591.158 0,29 2,73 ITAU PERSONNALITE MULT ARROJADO FICFI 29,3265 122.535.325 0,25 2,38 CAIXA FI MULTIMERCADO RV 30 LONGO PRAZO 3,6994 22.059.016 0,22 2,33 ITAU MULTIMERCADO ARROJADO FI 37,3544 138.966.229 0,18 4,32 ITAU UNICLASS BALANC MODERADO MULT FICFI 11,6485 378.470 0,18 3,82

12 meses 17,18 16,40 14,47 13,92 15,60 10,32 10,19 11,00 10,11 9,68

Nome do Fundo Cota Patrimônio Mês Ano BREOF FIP 3,16 106.744 905,94 -96,34 PROT FUNDO DE INVESTIM EM PARTICIPACOES 8.410,01 1.235.682.927 15,11 ENERGIA SAO PAULO FI EM PARTICIPACOES 4,7969 3.820.652.441 3,92 20,48 FIC FI PART 114 310,6439 1.695.863.723 3,92 20,47 KINEA I REAL ESTATE EQUITY FIP 1,2033 117.943.854 3,48 17,37 ITAU IP PART ACOES FICFI 150,6378 2.835.718 2,53 -0,44 IP PARTICIP INSTITUCIONAL FICFI ACOES 329,5253 50.443.114 2,48 1,36 MDC I FIP 1,5978 40.631.522 2,40 FIP DA SERRA CLASSE A 2,8551 1.895.666.709 1,93 BRASIF FIP 1.771,71 185.667.465 1,71 BOREAL FIP 747,3517 31.719.984 1,69 -11,76 DIBRA FI EM PARTICIPACOES 6.125.839,37 3.311.668.989 1,36 14,72

12 meses -96,37

Nome do Fundo Cota Patrimônio Mês Ano ICATU SEG FI IPCA RENDA FIXA PREVIDENCIA 1,8047 158.156.234 2,58 14,12 ITAU FLEXP VERTICE IMAB5 MAIS RF FI 14,0947 1.300.774.383 2,55 13,67 BRASILPREV TOP ATUARIAL FI RF 1,864 2.771.102.679 2,53 13,31 ICATU SEG APOSENTARIA INFLACAO RF FI 1.812,31 111.610.319 2,51 13,96 ICATU SEG IPCA FIC FI RENDA FIXA 4,8506 63.453.202 2,43 12,47 ITAU FLEXPREV XX RENDA FIXA FICFI 13,4925 1.154.307.706 2,23 12,15 ITAU FLEXPREV XXI RENDA FIXA FICFI 13,1976 323.897.323 2,18 10,96 LUTERPREV PRGP FI RF PREVIDENCIARIO 2,6924 17.729.338 2,17 12,61 HSBC FI RF PREVID INFLACAO 1,0245 2.721.706 2,09 2,45 FI RENDA FIXA FATOR PREVIDENCIA IPCA 10,8213 2.909.232 2,05 8,50 ITAU FLEXPREV VERTICE B GERAL RF FI 16,3874 166.218.756 2,02 14,68 BRADESCO FI RF MASTER INDICES 1,3846 313.461.658 1,86 14,14 ITAU FLEX PRIVATE INDICE PRECOS RF FICFI 10,7416 449.102 1,82 7,42 ITAU FLEXPREV VERTICE PRE RENDA FIXA FI 16,8503 37.281.790 1,75 13,93 FI RF METLIFE SCHRODER PREV CORPORATE 1,4735 807.058.010 1,70 13,02 FRAM CAPITAL PREVIDENCIA FI RF LP 1,4033 30.216.716 1,68 12,63

12 meses 18,21 17,69 17,21 17,82 16,22 15,63 14,24 15,92

Nome do Fundo Cota Patrimônio Mês Ano BOAVISTA FI REFERENCIADO DI DER 0,1582 8 1,05 -99,82 BB TOP REF DI DPGE 2 FI LP CRED PRIV 1,2165 305.986.032 0,95 11,73 JPM MASTER FI REF DI 115,416 1.173.784.426 0,93 10,81 SANTANDER FI REFERENCIADO DI 77,0776 20.503.125.207 0,93 11,05 WESTERN ASSET DI MAX REF FI 2.420,62 3.870.064.977 0,92 11,01 SANTANDER FIC FI NETUNO REFERENCIADO DI 11,0423 1.081.098.992 0,92 10,42 JPM FIC FI REF DI CLASSE C 144,5599 1.042.994.074 0,92 10,66 UNIBANCO CASH DI FI REFERENCIADO 2,2459 317.051.686 0,92 10,40 HSBC FI REFERENCIADO DI LP PB 1,8728 246.304.475 0,92 10,89 SANTANDER FIC FI REF DI 18,2048 669.523.987 0,92 10,89 SAFRA DI CREDITO PRIVADO FI REFERENCIADO 130,0332 4.413.184.703 0,91 11,33 SANT FICFI CORPORATE REF DI 5,8424 1.687.633.127 0,91 10,85 PATRIA DI FI REFERENCIADO 1,773 38.724.066 0,91 10,22 LEGG MASON SUPER CASH DI FIC FI REF 1.456,63 28.822.891 0,91 10,82 WESTERN ASSET SOVEREIGN II SELIC REF FI 1.386,13 1.020.890.177 0,91 10,63 BNP PARIBAS SLICE DI FI REFERENCIADO 419,7045 689.261.410 0,91 10,90 HSBC FI REF DI CRED PRIV LP EXECUTIVO 6,1838 6.659.851.673 0,91 10,97 BRADESCO FI REF DI CRED PRIV LP MAXIM 1,1764 38.965.772 0,90 11,26 SAFRA DI FI REFERENCIADO 129,2095 157.856.941 0,90 11,22 JPM FIC FI REF DI CLASSE A 105,1474 94.284.427 0,90 5,15

12 meses -99,85 12,87 11,86 12,12 12,09

Fundos de Curto Prazo

11,89 37,41 35,92 0,95 -9,09 -9,64 -9,66 -15,32 -9,65 -9,55 -9,58 -9,85 -7,73 -10,97 -11,07 -11,00 -9,28

11,59 11,58

11,58 11,56

Fundos de Investimento Imobiliário

Base de Cálculo de juros e reajustes

ICV Fonte DIEESE Mês Mensal (%) Jan 0,95 Fev 0,21 Mar 0,25 Abr 0,41 Mai 0,63 Jun 0,15 Jul -0,30 Ago 0,40 Set 0,30 Out 0,33 Nov 0,28 Dez 1,09 No ano 4,7949 12 meses 4,7949

Fundos de Ações

IGP-M FGV Mensal (%) -0,44 0,26 -0,74 -0,15 -0,07 -0,10 -0,43 -0,36 0,42 0,05 0,10 -0,26 -1,7123 -1,7123

INCC-DI FGV Mensal (%) 0,33 0,27 -0,25 -0,04 1,39 0,70 0,26 -0,05 0,15 0,06 0,29 0,10 3,2474 3,2474

INCC-M FGV Mensal (%) 0,26 0,35 -0,17 -0,01 0,25 1,53 0,37 0,01 0,07 0,13 0,18 0,20 3,2062 3,2062

INPC IBGE Mensal (%) 0,64 0,31 0,20 0,55 0,60 0,42 0,23 0,08 0,16 0,24 0,37 0,24 4,1137 4,1137

IPA-DI FGV Mensal (%) -0,33 -0,31 -1,46 -0,10 -0,10 -0,64 -1,16 0,07 0,29 -0,08 -0,04 -0,29 -4,0858 -4,0858

IPA-M FGV Mensal (%) -0,95 0,20 -1,24 -0,44 -0,30 -0,45 -0,85 -0,61 0,53 0,04 0,08 -0,50 -4,4128 -4,4128

IPC-DI FGV Mensal (%) 0,83 0,21 0,61 0,47 0,39 0,12 0,34 0,20 0,18 0,01 0,26 0,24 3,9261 3,9261

IPC FIPE/USP Mensal (%) 0,46 0,27 0,40 0,31 0,33 0,13 0,33 0,48 0,16 0,25 0,29 0,18 3,6490 3,6490

IPCA IBGE Mensal (%) 0,48 0,55 0,20 0,48 0,47 0,36 0,24 0,15 0,24 0,28 0,41 0,37 4,3120 4,3120

IPCA-15 IBGE Mensal (%) 0,40 0,63 0,11 0,36 0,59 0,38 0,22 0,23 0,19 0,18 0,44 0,38 — —

IPCA-E IBGE Mensal (%) 0,40 0,63 0,11 0,36 0,59 0,38 0,22 0,23 0,19 0,18 0,44 0,38 4,1800 —

SELIC B.Central Mensal (%) 1,0758 0,9248 0,9503 0,8776 0,8322 0,7549 0,7428 0,7150 0,6918 0,7150 0,6918 0,7150 10,1300 10,1300

TJLP COPOM Mensal (%) 0,5208 0,5208 0,5208 0,5208 0,5208 0,5208 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 — —

TR CUB-PR B.Central Sinduscon/PR Mensal Mensal (%) (%) 0,1840 0,37 0,0451 0,37 0,1438 -0,19 0,0454 -0,09 0,0449 0,02 0,0656 0,03 0,1051 4,06 0,0197 0,06 0,0000 0,35 0,0000 0,17 0,0000 0,29 0,0533 0,13 0,7090 5,6400 — 5,6400

PIB Gov. Trimest. (%) -2,97 -2,97 -2,97 -2,75 -2,75 -2,75 -1,81 -1,81 -1,81 5,02 5,02 5,02 — —

Desempr. IBGE Mensal (%) 8,20 8,50 9,00 8,90 8,80 8,10 8,00 8,10 7,70 7,50 7,40 6,80 — —

IGP-DI IGP-M FGV FGV Mensal Mensal (%) (%) 1,01 0,63 1,09 1,18 0,63 0,94 0,72 0,77 1,57 1,19 0,34 0,85 0,22   0,15 1,10   0,77 1,10 1,15 1,03 1,01 1,58 1,45 0,38 0,69 11,3058 11,3220 11,3058 11,3220

INCC-DI FGV Mensal (%) 0,64 0,36 0,75 0,84 1,81 1,09 0,44 0,14 0,21 0,20 0,37 0,67 7,7717 7,7717

INCC-M FGV Mensal (%) 0,52 0,35 0,45 1,17 0,93 1,77 0,62 0,22 0,20 0,15 0,36 0,59 7,5683 7,5683

INPC IBGE Mensal (%) 0,24 0,70 0,71 0,73 0,43 -0,11 -0,07 -0,07 0,54 0,92 1,03 0,60 6,4652 6,4652

IPA-DI FGV Mensal (%) 0,96 1,38 0,52 0,68 2,06 0,43 0,34 1,70 1,47 1,32 1,98 0,21 13,8336 13,8336

IPA-M FGV Mensal (%) 0,51 1,42 1,07 0,72 1,49 1,09 0,20 1,24 1,60 1,30 1,84 0,63 13,9124 13,9124

IPC-DI FGV Mensal (%) 1,29 0,68 0,86 0,76 0,21 -0,21 -0,21 -0,08 0,46 0,59 1,00 0,72 6,2281 6,2281

IPC FIPE/USP Mensal (%) 1,34 0,74 0,34 0,39 0,22 0,04 0,17 0,17 0,53 1,04 0,72 0,54 6,4129 6,4129

IPCA IBGE Mensal (%) 0,75 0,78 0,52 0,57 0,43 0,00 0,01 0,04 0,45 0,75 0,83 0,63 5,9090 5,9090

IPCA-15 IBGE Mensal (%) 0,52 0,94 0,55 0,48 0,63 0,19 -0,09 -0,05 0,31 0,62 0,86 0,69 — —

IPCA-E IBGE Mensal (%) 0,52 0,94 0,55 0,48 0,63 0,19 -0,09 -0,05 0,31 0,62 0,86 0,69 5,7900 —

SELIC B.Central Mensal (%) 0,7150 0,6455 0,7150 0,6956 0,7738 0,7883 0,8447 0,8710 0,8579 0,8169 0,8169 0,8710 9,9000 9,9000

TJLP COPOM Mensal (%) 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 — —

TR CUB-PR B.Central Sinduscon/PR Mensal Mensal (%) (%) 0,0000 0,20 0,0000 0,18 0,0792 0,24 0,0000 0,17 0,0510 0,38 0,0589 0,51 0,1151 5,75 0,0909 0,20 0,0702 0,27 0,0472 0,12 0,0336 0,16 0,1406 0,05 0,6887 8,4100 0,6887 8,4100

PIB Gov. Trimest. (%) 9,27 9,27 9,27 9,16 9,16 9,16 6,74 6,74 6,74 5,04 5,04 5,04 7,4897 7,4897

Desempr. IBGE Mensal (%) 7,20 7,40 7,60 7,30 7,30 7,00 6,90 6,70 6,20 6,10 5,70 5,30 — —

IGP-DI FGV Mensal (%) 0,98 0,96 0,61 0,50 0,01 -0,13 -0,05 0,61 0,75 0,40 — — 4,7305 6,7895

IGP-M FGV Mensal (%) 0,79 1,00 0,62 0,45 0,43 -0,18 -0,12 0,44 0,65 0,53 0,50 — 5,2240 5,9501

INCC-DI FGV Mensal (%) 0,41 0,28 0,43 1,06 2,94 0,37 0,45 0,13 0,14 0,23 — — 6,5962 7,7074

INCC-M FGV Mensal (%) 0,37 0,39 0,44 0,75 2,03 1,43 0,59 0,16 0,14 0,20 0,50 — 7,2089 7,8415

INPC IBGE Mensal (%) 0,94 0,54 0,66 0,72 0,57 0,22 0,00 0,42 0,45 0,32 — — 4,9435 6,6605

IPA-DI FGV Mensal (%) 0,96 1,23 0,60 0,24 -0,63 -0,19 -0,13 0,77 0,94 0,48 — — 4,3365 6,6258

IPA-M FGV Mensal (%) 0,76 1,20 0,65 0,29 0,03 -0,45 -0,22 0,57 0,74 0,68 0,52 — 4,8627 5,5234

IPC-DI FGV Mensal (%) 1,27 0,49 0,71 0,95 0,51 -0,18 -0,04 0,40 0,50 0,26 — — 4,9695 6,7825

IPC FIPE/USP Mensal (%) 1,15 0,60 0,35 0,70 0,31 0,01 0,30 0,39 0,25 0,39 — — 4,5357 5,8569

IPCA IBGE Mensal (%) 0,83 0,80 0,79 0,77 0,47 0,15 0,16 0,37 0,53 0,43 — — 5,4250 6,9698

IPCA-15 IBGE Mensal (%) 0,76 0,97 0,60 0,77 0,70 0,23 0,10 0,27 0,53 0,42 0,46 — — —

IPCA-E IBGE Mensal (%) 0,76 0,97 0,60 0,77 0,70 0,23 0,10 0,27 0,53 0,42 0,46 — 5,9600 —

SELIC B.Central Mensal (%) 0,8859 0,8212 0,9455 0,9235 0,9659 0,9481 0,9931 1,0054 0,9358 0,9523 0,8987 — 10,7700 11,7300

TJLP COPOM Mensal (%) 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 — —

TR CUB-PR B.Central Sinduscon/PR Mensal Mensal (%) (%) 0,0715 0,08 0,0524 0,11 0,1212 0,16 0,0369 0,20 0,1570 0,28 0,1114 0,30 0,1229 5,35 0,2076 0,63 0,1003 0,44 0,0620 0,33 0,0645 0,34 0,0937 — 1,2079 8,3900 — 8,4500

PIB Gov. Trimest. (%) 4,17 4,17 4,17 3,14 3,14 3,14 — — — — — — 3,6000 4,7000

Desempr. IBGE Mensal (%) 6,10 6,40 6,50 6,40 6,40 6,20 6,00 6,00 6,00 5,80 — — — —

IGP-DI FGV Mensal (%) — — — — — — — — — — — — — —

IGP-M FGV Mensal (%) — — — — — — — — — — — — — —

INCC-DI FGV Mensal (%) — — — — — — — — — — — — — —

INCC-M FGV Mensal (%) — — — — — — — — — — — — — —

INPC IBGE Mensal (%) — — — — — — — — — — — — — —

IPA-DI FGV Mensal (%) — — — — — — — — — — — — — —

IPA-M FGV Mensal (%) — — — — — — — — — — — — — —

IPC-DI FGV Mensal (%) — — — — — — — — — — — — — —

IPC FIPE/USP Mensal (%) — — — — — — — — — — — — — —

IPCA IBGE Mensal (%) — — — — — — — — — — — — — —

IPCA-15 IBGE Mensal (%) — — — — — — — — — — — — — —

IPCA-E IBGE Mensal (%) — — — — — — — — — — — — — —

SELIC B.Central Mensal (%) — — — — — — — — — — — — — —

TJLP COPOM Mensal (%) — — — — — — — — — — — — — —

TR CUB-PR B.Central Sinduscon/PR Mensal Mensal (%) (%) — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — —

PIB Gov. Trimest. (%) — — — — — — — — — — — — — —

Desempr. IBGE Mensal (%) — — — — — — — — — — — — — —

Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez No ano 12 meses

Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez No ano 12 meses

Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez No ano 12 meses

Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez No ano 12 meses

Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez No ano 12 meses

Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez No ano 12 meses

Fonte: Portal Brasil-Economia; Empresário Online; DIEESE; FGV; SINDUSCON-PR; IBGE; Banco Central

5,98

Fundos de Investimento no Exterior

Fundos Multimercados

Fundos de Participações

Fundos de Previdência

Fundos Referenciados DI

10,39 5,63 7,84 5,56 3,61 3,55 3,55 5,71 4,85

20,64 20,63 17,32 2,56 4,52

8,68

17,41 17,10 15,24 14,78 14,67

11,69 11,44 11,93 11,94 12,43 11,90 11,26 11,88 11,69 11,99 12,00 12,36 12,30

Fundos de Renda Fixa Nome do Fundo HSBC FI RF VOLGA WESTERN ASSET BOND RENDA FIXA FI HSBC FI RENDA FIXA LONGO PRAZO PRECOS RT CONSTITUTION RENDA FIXA FI ADVANTAGE ITAU LONG DURATION IRFM RF FI FI RENDA FIXA MIRANTE ALM HSBC FI PREVIDENCIARIO RENDA FIXA PREVIS WESTERN ASSET INFLATION II RENDA FIXA FI SISTEL FI RENDA FIXA ICATU VANGUARDA CAP SOBERANO FI RF NUCLEOS V VOT ALM FI RF LONGO PRAZO NOSSA CAIXA FI CPP LINHA 4 RF BB FGO FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA BRAM FI RENDA FIXA INFLACAO BRADESCO FI RENDA FIXA PLANO B BB RF LP INDICE DE PRECO PRIVATE FIC FI WESTERN ASSET PREV FIX TARGET RF FI BB ATUARIAL FI RF LP FI RF FAROL ALM II FI EM RF BRB SOLIDEZ

Cota 1,611 2.523,56 1,4243 13,2209 16,1806 1,159 1,5004 2.326,45 4,621 8,3948 2.624,21 1,9902 1,097 1,3343 2,6573 1,1089 1.751,95 8,4807 443,7346 1,1789

Patrimônio Mês Ano 12 meses 270.125.136 4,11 16,62 18,60 5.444.869 3,59 18,71 20,80 256.604.564 2,67 17,71 19,41 509.382.059 2,61 15,30 18,26 11.507.814 2,53 16,01 17,58 356.847.177 2,36 15,90 295.680.763 2,31 13,78 17,48 85.998.223 2,19 16,63 18,29 537.569.523 2,19 15,14 18,05 713.076.748 2,17 13,96 16,66 580.216.508 2,16 11,72 39,31 309.844.763 2,06 14,69 17,31 911.545.265 2,01 9,70 374.502.021 1,94 14,74 17,42 1.378.670.165 1,94 14,09 16,74 117.854.352 1,90 10,89 785.713.113 1,89 12,63 15,12 13.743.897 1,89 14,23 16,82 515.816.394 1,86 13,88 24,34 25.516.064 1,70 15,34 16,84 Fonte: ANBID/ANBIMA/BDS

Edição: Odailson Elmar Spada


PublicidadeLegal Curitiba, terça-feira, 06 de dezembro de 2011 | A7 | Indústria&Comércio PRSA PARTICIPAÇÕES S/A CNPJ/MF 00.893.451/0001-03 NIRE 41300013829

Curitiba, 02 de dezembro de 2011

CONDOMÍNIO EDIFÍCIO MINAS GERAIS RUA XV DE NOVEMBRO 270 CNPJ – 01.056.136/0001-86 CEP: 80020-920 CURITIBA-PR EDITAL DE CONVOCAÇÃO Convocamos os Condôminos do Edifício Minas Gerais a se reunirem em Assembléia Geral Ordinária a ser realizada no dia 16 de Dezembro de 2011, na secretaria do Condomínio, Rua Xv de Novembro nº 270, às 17 horas em primeira convocação e às 17:30 horas com qualquer números de participantes a fim de discutirem e deliberarem sobre a seguinte ordem do dia: 1. RELATÓRIO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DO ÚLTIMO PERÍODO; 2. ELEIÇÃO DO SÍNDICO E DO CONSELHO; 3. OUTROS ASSUNTOS.

Daniel Sledge Herbert Diretor Presidente

Curitiba, 05 de Dezembro de 2011. Síndico

CARTÓRIO DE SANTA FELICIDADE IRIO DAS CHAGAS LIMA – OFICIAL Av. Manoel Ribas, 6031 - Fone (41) 3372-1671 – CEP 82020-000 – CURITIBA – PARANÁ

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SUPERINTENDÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL COMUNICAÇÃO DE NOVA DATA DE ABERTURA CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 002/2011 –SEED/SUDE

SUMULA DE PEDIDO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO PEDREIRA BRITAFOZ LTDA, torna publico que requereu ao IAP Licença de Operação para extração e britagem de basalto de basalto no Lote Rural 43, Bairro Carimã, Foz do Iguaçu, PR. SANEX COMÉRCIO E INDÚSTRIA VETERINÁRIA LTDA, torna público que recebeu da Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Curitiba a licença de operação - LO para fabricação de alimentos para animais, fabricação de medicamentos para uso veterinário, serviços de pulverização e controle de pragas agrícolas e imunização e controle de pragas urbanas, situado à Rua José Mendes Sobrinho 420, Curitiba-PR. Validade : 20/12/2011.

SÚMULA DE PEDIDO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO A Cecatto & Oliveira Ltda torna público que requereu ao IAP a Licença de Operação para a atividade de recuperação de embalagens, situada à BR 277 KM 124 S/N Bairro: Ressaca e Itaqui, município de Balsa Nova/PR. SÚMULA DE PEDIDO DE LICENÇA AMBIENTAL SIMPLIFICADA A Serraria Eder Gabardo Ltda ME torna público que requereu ao IAP a Licença Ambiental Simplificada para a atividade de Serraria com desdobramento de madeira e comercio varejista de madeira e artefatos, localizada na Estrada de Servidão, a partir da Rua Arcidio Claudino Barbosa, nº 73, Km 2,1, Município de SÃO JOS/É DOS PINHAIS, Estado do Paraná. 1º Ofício do registro Civil 13º Tabelionato Leão Bel. Ricardo Augusto de Leão - Oficial Trav. Nestor de Castro, 271 - CEP 80.020-120 Centro - Curitiba - PR EDITAL DE PROCLAMAS

ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA EDITAL DE CONVOCAÇÃO Ficam convocados os Srs. Acionistas da PRSA PARTICIPAÇÕES S/A, para se reunirem na Avenida Manoel Ribas, nº 505, Bairro Mercês, na Cidade de Curitiba, Paraná, no dia 14 de dezembro de 2011, às 09h00, para deliberar sobre a seguinte Ordem do Dia: (i) Deliberar e aprovar o cálculo e pagamento de juros sobre o capital relativo aos períodos de 09/2011, 10/2011 e 11/2011 e; (ii) Deliberar e aprovar a antecipação e pagamento de parte (parcela) dos dividendos estatutários.

EDITAL DE PROCLAMAS Faço 1- 2- 3- 4- 5- 6-

saber que pretendem se casar:

ARTHUR OLAVO LEITE com PATRICIA PISSOLATO RODRIGUES; GILBERTH DA SILVA ALVES com SAMARY NASCIMENTO VEIGA; FERNANDO AUGUSTO STRAPPAZZON com ANARA RAMUANA DE SOUZA OLIVEIRA; JOSÉ ROSA KUIASKI com MICHELLE KUIASKI OLIVEIRA; ANDRÉ ISSAMU SATO com GIOVANNA EMANUELLE FOGGIATO; JULIO CESAR FLORSZ com AULETE DOS SANTOS.

Se alguém souber de algum impedimento, oponha-o na forma da Lei, no prazo de 15 (quinze) dias. Curitiba, 05 de dezembro de 2011 IRIO DA CHAGAS LIMA Oficial

Faço saber que pretendem casar-se: 1 - ELIEL SOUZA DA SILVA e PRISCILA LIMA BARBOZA CRISTIAN COPPINI MARIA HELENA BRUSTOLIN. Se alguém souber de algum impedimento, oponha-o na forma da Lei, no prazo de 15 dias. Lavro o presente Edital de Proclamas para ser publicado e afixado em lugar de costume. CURITIba, 05 DE DEZEMBRO de 2011

EDITAL – Dr. Astrogildo Gobbo, titular do Nono Serviço de Registro Imobiliário da Comarca de Curitiba, Estado do Paraná, INTIMA, Rosemeire Rodrigues Juhler , inscrita no CPF/MF, sob o nº 009.036.579-88, residente na Rua Acelino Grande, 651, Bairro Santa Felicidade, Curitiba. Estado do Paraná, para que no prazo de quinze (15) dias, contados da última publicação do presente edital, compareçam na sede da Serventia Extrajudicial do Nono Registro Imobiliário desta Comarca, com endereço na Rua Voluntários da Pátria nº 475, Conj, 505-A, Edifício Asa, para efetuar o pagamento relativo Cédula de Crédito Bancário emitida sob o nº 201007488, aos encargos e parcelas em atraso vencidas em data de 16/3/11, 16/4/11, 16/5/11, 16/6/11, 16/ 7/11, 16/8/11, 16/9/11, 16/10/11 e 16/11/2011, sendo que o valor em atraso, atualizado até a data de 23/11/ 2011, corresponde a R$ 17.616,43, o qual está sujeito à atualização monetária e juros de mora até a data do efetivo pagamento, além das despesas de cobrança e demais encargos que venceram em referido período, relativo a Cédula de Crédito acima mencionada, registrada sob nº 03 e averbação nº 04 da matrícula nº 75.506, deste Serviço Registral. O presente edital é publicado em atendimento ao contido no § 4º do art. 26 da Lei Federal 9.514 de 20/11/1997 e será publicado três vezes, consecutivas após a última publicação e transcorrido o prazo acima, e não tendo o intimado efetuado o pagamento do saldo devedor do financiamento, a requerimento do credor será promovido o registro da consolidação da propriedade e a conseqüente transferência do domínio em nome do mencionado credor. Cutitiba, 2 de dezembro de 2011. Registrador.

PROTOCOLO Nº 10.284.946-9 - Convênio Federal nº 700228/2008 – FNDE/MEC SECRETARIA DE ESTADO eDA EDUCAÇ Estado do Paraná. SUPERINTENDÊNCIA DE DESENVOLVIM A Comissão de Licitação de Obras e Serviços de Engenharia comunica a nova data EDUCACIONAL de abertura do Edital de Licitação em epígrafe, cuja abertura encontra-se suspensa, AVISO DE LICITAÇÃO considerando a impugnação apresentada a esta Instituição. A nova data se dará em CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 024/2011 – SE 14 de dezembro de 2011, às 9:00 (nove horas), uma vez que não houve alteração PROTOCOLO Nº 11.016.744-0 na formulação das propostas e nas demais condições estabelecidas no instrumento OBJETO: Elaboração de sondagem geológica à per convocatório. rotativa, ensaio de percolação, ensaio próctor, sonda Outrossim, fica reaberto o prazo para as garantias de proposta até a data de 13 de sísmica dezembro de 2011, nos termos do subitem 3.1 do Edital.e gravimétrica e laudo técnico de fundaçõe destinados à implantação de prédios escolares da Curitiba, 02 de dezembro de 2011. Estadual, nos municípios do Estado do Paraná. Comissão de Licitação de Obras e Serviços de diversos Engenharia DATA DE ABERTURA E LOCAL: dia 21 de dezem às 13:30 (treze horas e trinta minutos), no COMARCA DE CURITIBA ESTADO DO PARANÁ – REGISTRO IMOBILIÁRIO SUPERINTENDÊNCIA DEDA 3ª DESENV CIRCUNSCRIÇÃO - Edital – Leila de Ribeiro Urban, titular no terceiro registrosituada imobiliário da dos Comarca EDUCACIONAL, à Rua Funcionários nº de Curitiba, estado do Paraná INTIMA, a pedido do Banco Intermedium S/A, Fábio Fernando Ferreira Rua Recife, Cabral - 80.035-050 - Curitibae - Paraná. Terezinha Barbosa Ferreira, com domicilio ignorado, pois não encontrados no endereço conhecido – Av. LOTE R$contados 347.188,00 (trezent Visconde de Guarapuava, 4517, AP. 111, Batel, nesta cidade, VALOR para que noMÁXIMO: prazo de quinze (15)1: dias mil, cento e oitenta e oito Registro reais), LOTE 2: R da última publicação do presente edital, compareçam na sedesete da serventia extrajudicial do Terceiro Imobiliário desta comarca, com endereço na Rua Emiliano Perneta, 297, 11º ou diretamente no oitocentos endereço e vinte re (duzentos e andar, noventa e quatro mil, do credor, para efetuar o pagamento das parcelas em atraso,R$ referente a aquisição do eimóvel matrícula 130.228,00 (cento trintadamil, duzentos e vinte 48.775 deste serviço; sendo valor global do débito em atraso em 28/11/2011, de R$ 20.962,36, em caso da LOTE 4: R$ 227.764,00 (duzentos e vinte e sete mi purgação de moro o valor será acrescido de 10% referente as despesas de cobrança e das custas desta sessentaOsevalores quatromencionados reais), totalizando R$ ao 1.000.000,00 intimação; cujo valor deve ser atualizado até a data do pagamento. referem-se reais). débito existente junto ao credor fiduciário Banco Intermedium S/A. O presente edital é publicado em três dias consecutivos, em atendimento ao contido no § 4º do art. RETIRADA 26 da Lei Federal de 20.11.1997; após a do local a DO9.514 EDITAL: no Protocolo última publicação e transcorrido o prazo acima, e não tendo o intimado efetuado o da pagamento mediante recolhimento taxa de do R$saldo 30,00 (trinta rea devedor do financiamento, a requerimento do credor será promovido o registro da consolidação da propriedade Código de Curitiba, Receita 5355, em qualquer agência do Banc e a conseqüente transferência do domínio em nome do nominado credor. 28 de novembro de 2010. do Banco Itaú, indicando o nº do edital. Informações: ( Leila de Ribeiro Urban – Registradora titular. ou (41) 3250-8302. Curitiba, 16 de novembro de 2011 Secretário de Estado da Educação

Empresas & Produtos Ticket promove Café Debate em Florianópolis

Amanhã (7), Gustavo Chicarino, diretor de Estratégia, Marketing e Novos Negócios da Edenred, empresa que integra as marcas Ticket e Accentiv´Mimética, ministrará a palestra “Eu já inovei hoje... E você?”, em um Café Debate para clientes e prospects de Florianópolis - SC. A apresentação abordará os diversos aspectos de inovação e a gestão de seu processo, para um diferencial competitivo. O objetivo desse café da manhã especial é a troca de experiências, debate de ideias e, principalmente, a promoção de relacionamentos. “No mercado competitivo que hoje enfrentamos, é necessário sempre inovar. Esta palestra discute as dimensões da inovação e traz soluções simples e objetivas que servem como termômetro para o mercado de trabalho atual”, explica Chicarino.

2º Serviço de Registro Civil das Pessoas Naturais de Curitiba EDITAL DE PROCLAMAS Cartório do 2º Serviço de Registro Civil e 14º Tabelionato da Comarca de Curitiba - PR Faz saber que pretendem casar-se neste Cartório os contraentes: 1 - CHRISTIAN RICARDO DA SILVA REIS c/ MONIQUE DELVAN DOMAREDZKY - autos 247/11; 2 - RODRIGO PIMPÃO VIANNA c/ FERNANDA FRARE DA ROSA - autos 248/11; 3 - OTAVIO AUGUSTO KAIEL RONCONI c/ MARIANA BASTOS DALLA VECCHIA - autos 249/11; 4 - ALCEU IDIVAL FERREIRA c/ MARIZA DO ROCIO MEDEROS - autos 250/11; 5 - RAFAEL RODRIGUES DE LIMA DE MATOS c/ KAREM LUANA DA SILVA PRESTES - autos 251/11; 6 - DANIEL TERTULIANO DOS SANTOS LEMOS c/ INGRID MAYER RODRIGUES - autos 252/11; 7 - FERNANDO GUSTAVO KNOERR c/ VIVIANE COELHO DE SÉLLOS - autos 253/11; 8 - RICHARD ADKIEWICZ c/ SAMIRA DAWOOD - autos 254/11; 9 - SILVIO ALEX CHAVES DE OLIVEIRA c/ LUZENIR MARIA BIZOTTO - autos 255/11; Caso alguém saiba de algum impedimento, oponha-o na forma da lei no prazo de 15(quinze) dias a contar deste Edital. Curitiba, 05 de dezembro de 2011 OTAVIO AUGUSTO DE ALBUQUERQUE RAUEN OFICIAL

EXECUÇÃO DE TÍTULO EXTRAJUDICIAL Nº 2008.70.00.009007-5/PR EXEQUENTE : CAIXA ECONOMICA FEDERAL - CEF ADVOGADO : RENATO LUIZ HARMI HINO EXECUTADO : PROINSTEL IND E COM DE EQUIPAMENTOS ELÉTRICOS LTDA MASSA FALIDA ADVOGADO : MARCIA ADRIANA MANSANO EXECUTADO : MÁRCIO ANTÔNIO SIMÕES ROCHA : SUELY CANAVERDE GUIMARÃES EDITAL N.º 5670150 EDITAL DE CITAÇÃO COM PRAZO DE 60 (SESSENTA) DIAS. A DOUTORA SORAIA TULLIO, JUÍZA FEDERAL SUBSTITUTA EM EXERCÍCIO NA 3ª VARA, SUBSEÇÃO JUDICIÁRIA DE CURITIBA, SEÇÃO JUDICIÁRIA DO PARANÁ, NA FORMA DA LEI, ETC. FAZ SABER, a todos os que o presente edital virem, ou dele conhecimento tiverem, que perante este Juízo e Secretaria se processam os Autos de EXECUÇÃO DE TÍTULO EXTRAJUDICIAL Nº 2008.70.00.009007-5/PR, em que figura como exequente CAIXA ECONOMICA FEDERAL - CEF e executada SUELY CANAVERDE GUIMARÃES, brasileira, solteira, inscrita no CPF/MF sob o nº 088.878.881-91 e no RG sob o nº 3.588.217-0, com último endereço conhecido na Rua Euclides da Cunha, 1560, ap 144, Curitiba/PR. Como a executada encontra-se em lugar incerto e não sabido, não sendo por isso citada pessoalmente, CITA-A por meio do presente, para, em até 3 (três) dias, pagar(em) o valor principal (R$ 78.985,54), acrescido das custas e honorários advocatícios fixados em 10% do valor principal. Fica(m) o(s) executado(s) desde já intimado(s) de que disporá(ão) de 15 (quinze) dias a partir desta citação para apresentar(em) embargos (CPC, art. 736 e ss.) que não têm efeito suspensivo (CPC, art. 739-A) ou parcelar(em) o débito em até 6 partes iguais e mensais, com depósito inicial de pelo menos 30% do total da execução. Havendo pagamento integral do principal e das custas no prazo acima assinalado, fica a verba honorária reduzida em 50% (CPC, art. 652-A, parágrafo único. Para que chegue ao conhecimento de todos e principalmente da interessada, mandou a MM. Juíza passar o presente edital, que será fixado em lugar de costume desta Vara e publicado no Diário Eletrônico da Justiça Federal da 4ª Região. O prazo deste, que começará a fluir da data da publicação, terá transcorrido assim que decorram os 60 (sessenta) dias, fixados em epígrafe, e assim, perfeita estará a CITAÇÃO. Eu, Marcio A. G. Barbosa, Técnico / Analista Judiciário, digitei, e vai conferido pela Diretora de Secretaria. Dado e passado nesta cidade de Curitiba, em 07 de novembro de 2011. Soraia Tullio Juíza Federal Substituta

SOCORRO AOS NECESSITADOS CNPJ: 76.614.379/0001-91 ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA EDITAL DE CONVOCAÇÃO Convocamos os Senhores Associados e Membros do Conselho Administrativo desta Entidade, para comparecerem à Assembléia Geral Ordinária, a realizar-se no dia 15 de dezembro do corrente ano, às 16:00 horas em 1ª Convocação, ou às 16:30 horas em 2ª Convocação, de acordo com as disposições estatutárias (Seção I, Art.11º. 13/09/2007), na sede social do Recanto do Tarumã, na Rua Konrad Adenauer, 576, nesta Capital, para deliberarem sobre a seguinte Ordem do Dia: a) Apreciação e aprovação do Orçamento de Receitas e Despesas para o exercício de 2012; b) Apreciação e aprovação do Plano de Ação para o exercício de 2012; c) Outros Assuntos de Interesse Social. Curitiba, 02 de dezembro de 2011. Socorro aos Necessitados Clarindo Bruniera Pegoraro Presidente em Exercício do Conselho Administrativo JAMARI S/A - PARTICIPAÇÕES Sociedade Anônima - Capital Fechado CNPJ/MF nº. 82.493.412/0001-75 - NIRE 41.3.0000814-1 ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA EDITAL DE CONVOCAÇÃO Ficam convocados os Srs. Acionistas da Jamari S/A Participações (“Sociedade”) para se reunirem em AGO, que se realizará no dia 15.12.2011 às 14h00, na sede da Sociedade, na Rua Conselheiro Carrão, n. 851, Curitiba, Paraná, a fim de discutir e deliberar sobre a seguinte ordem do dia: (i) tomar as contas dos administradores, examinar, discutir e votar as demonstrações financeiras, referentes ao exercício social findo em 31 de dezembro de 2010; (ii) deliberar sobre a destinação do resultado do exercício social encerrado em 31 de dezembro de 2010; (iii) eleger os membros do Conselho de Administração e da Diretoria para um novo período de três anos; e (iv) fixar o limite de valor da remuneração global anual dos administradores da Sociedade. Informações Gerais: 1. Para aqueles Acionistas que se fizerem representar por procuração, instrumento de mandato com observância das disposições legais aplicáveis (artigo 126 da Lei nº. 6.404/76); 2. Diante da importância da matéria a ser deliberada e do caráter sigiloso da mesma, só será permitida a entrada na reunião dos Srs. Acionistas ou de seus representantes legais /procuradores e, caso haja necessidade, dos técnicos por eles autorizados durante a reunião; e 3. Os documentos a seguir foram publicados em 07 de novembro de 2011 no “Diário Oficial do Estado do Paraná”, na página “40” e no jornal “Industria e Comércio”, na página “B1” do dia 04 a 06 de novembro de 2011: (a) relatório anual da administração; (b) Balanço Patrimonial; e (c) Demonstração do Resultado e demais demonstrações financeiras referentes ao exercício social encerrado em 31 de dezembro de 2010. Os documentos e informações acima referidos e os demais necessários encontram-se à disposição dos Senhores Acionistas na sede social da Sociedade. Para consulta e exame dos referidos documentos na sede social da Sociedade, os acionistas interessados devem agendar data e horário de visita com o Diretor Presidente. Curitiba, 28 de novembro de 2011. Ass. Sidnar Andretta Presidente do Conselho de Administração

Hospital Erasto Gaertner comemora Dia Internacional do Voluntário

Desde 1985, a Organizações das Nações Unidas instituiu o dia 5 de dezembro como Dia Internacional do Voluntário com o objetivo de que ao redor do mundo sejam promovidas ações de voluntariado em todas as esferas da sociedade. No Hospital Erasto Gaertner, a Rede Feminina de Combate ao Câncer faz a diferença, há 57 anos, no tratamento de milhares de pacientes. Fundada em 1954, seu objetivo principal era angariar recursos para a construção de um abrigo que atenderia pacientes com câncer. O sucesso das primeiras campanhas realizadas incitou a projeção de um plano mais audacioso, no qual os pacientes acometidos de câncer teriam assistência especializada e condições mais humanas durante o tratamento. Iniciou-se assim a construção do Hospital Erasto Gaertner, onde foi instalada também a sede da RFCC. Hoje, a Rede Feminina de Curitiba é presidida por Walkyria Gaertner Boz, que comanda um grupo de aproximadamente 400 voluntárias e voluntários que atuam em diversos setores dentro e fora do Hospital Erasto Gaertner e realizam campanhas como a venda dos cartões de Natal (há 25 anos), o McDia Feliz, o Pedágio Solidário, entre outros. Para comemorar a data, no dia 9 de dezembro toda a equipe de voluntários participa de um jantar no Clube Três Marias.

Biogénesis-Bagó é eleita uma das melhores empresas de Agronegócios

A Biogénesis-Bagó, empresa voltada para o desenvolvimento e fabricação de produtos para a produtividade e sanidade animal, está entre as melhores empresas do Agronegócio, segundo a pesquisa realizada pela Serasa Experian e publicada na última edição do Anuário de Agronegócio 2011, da revista Globo Rural. O ranking é fruto de um levantamento entre as 500 maiores empresas do agronegócio, divididas em 30 segmentos. A Biogénesis-Bagó está entre os destaques do segmento “Produtos Veterinários”. No item “Evolução do Ativo” está em primeiro lugar, com 185,2%, sendo que o segundo lugar nesta lista contempla uma margem de 55,4%. Já no quesito “Evolução da Receita Líquida” contabilizou 181% referente ao ano anterior. Mais uma vez, seu índice é mais que duas vezes maior que o segundo colocado, que teve o índice na casa dos 69,3%.

Doutor Resolve lança campanha “Xô Mosquito” Com a chegada do verão aumentam os casos de dengue e a reprodução do agente transmissor da doença, o mosquito Aedes Aegypt, pensando em minimizar o problema, a Doutor Resolve, franquia líder de mercado no segmento de reparos e reformas, lançará dia 1º de dezembro a sua primeira campanha nacional, a “Xô Mosquito”. A iniciativa irá colocar em destaque alguns dos serviços prestados pela rede como:

limpeza e vedação de caixa d’água, limpeza de quintais e terrenos, desentupimento de calhas e limpeza de piscinas, incentiva a realização dos mesmos. A Doutor Resolve pretende com a campanha estimular as pessoas a realizarem esse tipo  de limpeza preventiva que contribui para a eliminação de  possíveis focos de acúmulo de água parada, que podem se tornar locais  para a multiplicação das larvas do

mosquito. Durante o período da campanha, quem comprar um desses serviços irá ganhar gratuitamente uma vistoria anti-dengue em todo a residência. O dono do imóvel onde não for encontrado nenhum foco da doença será presenteado com uma com uma camiseta, um adesivo e uma plaqueta com os dizeres “ Doutor Resolve: Vamos lutar contra a dengue. “Xô Mosquito” Eu fiz minha parte e você?”.


Opinião Visita

O presidente do Tribunal de Justiça do Paraná, desembargador Miguel Kfouri Neto, recebeu na tarde do dia (1º/12) a visita do comandante-geral da Polícia Militar do Paraná, coronel Roberson Luiz Bondaruk, acompanhado de um grupo de oficiais. O objetivo foi a entrega da espada que pertencia ao presidente, desde a época em que atuava como oficial militar, e que foi restaurada recentemente.O presidente recebeu a espada das mãos do representante da turma de oficiais recém-formada, tenente Lewandowski. Emocionado, disse: “agradeço a iniciativa desse gesto que me deixou sensibilizado e muito feliz”. Na ocasião foi-lhe entregue também, o convite de formatura do curso de Formação de Oficiais 2011, que acontece no dia 9 de dezembro. Da visita, que contou com a presença dos desembargadores Adalberto Xisto Pereira e Guilherme Luiz Gomes, participaram, também, o chefe da Assessoria Militar do Tribunal de Justiça, coronel Luiz Rodrigo Larson Carstens e o comandante da Academia Militar do Guatupê, tenente coronel João de Paula Carneiro Filho, entre outros oficiais.

Mudança dos Juizados Especiais

Teve início na segunda-feira (28/11) a mudança dos Juizados Especiais Cíveis e Criminais de Curitiba para a nova sede, localizada na Avenida Presidente Getúlio Vargas, nº 2826, no Bairro Água Verde. O término da mudança está previsto para o dia 9 de dezembro. No novo endereço, o atendimento ao público será a partir do dia 12 de dezembro. Com a mudança, todas as Varas de Juizados Especiais de Curitiba serão agrupadas em um único prédio, o que facilitará o acesso da população e evitará equívocos quanto ao endereço. Durante a mudança a população continua sendo atendida. Qualquer cidadão que precisar dos Juizados Especiais deverá procurar um dos endereços abaixo, onde sempre haverá algum servidor e um juiz para análise do problema.

Atendimentos durante o período da mudança

Juizados Especiais Cíveis - o atendimento será mantido na sede da Rua Inácio Lustosa, nº 700, com suspensão dos prazos e regime de plantão judiciário em todo o período. Juizados Especiais Criminais – atendimento na sede da Rua Fernando Amaro, 60. Juizado Especial da Fazenda Públicaatendimento na Rua Lysímaco Ferreira da Costa, 355. Eventuais dúvidas também poderão ser esclarecidas por meio dos seguintes telefones: Juizados Especiais Cíveis – 3234-3600, Juizados Especiais Criminais – 3363-2914, Juizado Especial da Fazenda Pública – 3352-4095 e Tribunal de Justiça – 3200-2775.

Campanha Papai Noel dos Correios

Proposição inédita do Tribunal de Justiça do Paraná - TJPR, em parceria com a Associação dos Magistrados do Paraná - AMAPAR, apoia a campanha “Papai Noel dos Correios”, de iniciativa da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos. O objetivo principal é responder às crianças que escrevem ao Papai Noel e, sempre que possível, atender aos pedidos de presentes daqueles que se encontram em situação de vulnerabilidade social (baixo Índice de Desenvolvimento Humano – IDH). Os Correios estabeleceram parcerias com escolas públicas, creches e abrigos carentes de Curitiba, os quais, além de orientar as crianças quanto aos pedidos, também desenvolvem a habilidade na redação da carta, de como endereçar e usar o selo postal. O lançamento da campanha foi na terça-feira (29), na sede dos Correios, onde esteve presente o Presidente da AMAPAR, juiz Gil Francisco de Paula Xavier Fernandes Guerra. As cartas poderão ser escolhidas por magistrados, servidores e, eventualmente, pelo público externo que tenha acesso à entrada do Palácio da Justiça (em frente à capela), onde as cartinhas estarão disponíveis na árvore de Natal. Os interessados deverão realizar a entrega dos presentes, de acordo com a solicitação da carta e em papel apropriado, até o dia 10/12, na sede da AMAPAR (9º andar do Palácio da Justiça) ou no gabinete do Desembargador Luiz Taro Oyama, no edifício da Rua Mauá.

Auxílio-saúde

O Diário Oficial do Estado do dia 29.11 publicou a Lei n.º 16.954, que implanta o auxílio-saúde para magistrados e servidores efetivos do Poder Judiciário, ativos e inativos. A lei passa a vigorar em 1.º de janeiro, mas produzirá efeitos financeiros a partir do mês de fevereiro do ano vindouro. Norma regulamentadora será editada pela presidência do Tribunal de Justiça. “A saúde e o bem-estar de magistrados e servidores é preocupação constante da administração do Tribunal de Justiça. A Assembleia Legislativa analisou criteriosamente a mensagem do Tribunal, culminando por transformá-la em lei. A sanção, por parte do Poder Executivo, concretiza essa importantíssima conquista para todos os que militam no Judiciário paranaense” - ressaltou o desembargador Miguel Kfouri Neto, presidente do TJPR.

Delegação de Campo Mourão

O presidente do Tribunal de Justiça do Paraná, desembargador Miguel Kfouri Neto, recebeu dia 29/11, uma delegação de representantes da comarca de Campo Mourão, com o objetivo de solicitar a criação e instalação da 3ª Vara Cível, tendo em vista o grande volume de feitos lá existentes; a instalação de uma Vara de Execuções Penais – VEP, em virtude da futura construção de um Centro de Detenção e Ressocialização (CDR) e ainda a possibilidade de se reclassificar a comarca de Campo Mourão para entrância final. Após ouvir as reivindicações, o presidente Kfouri disse com relação à VEP “a partir do momento em que a Secretaria de Justiça autorizar o início da construção do CDR, cujo terreno já foi doado pela prefeitura local em favor do Estado do Paraná, esse pleito será deferido. Quanto à 3ª Vara Cível, vai depender da análise da Corregedoria. Se for favorável, seguirá os trâmites legais para sua criação”. E mais: “A mudança para a entrância final também será assunto para análise e não depende só da presidência do Tribunal, mas vocês terão o meu total apoio para todos os pedidos. Além do que, o Tribunal de Justiça tem grande prazer em recebê-los e tem sido sempre receptivo a esses pleitos”.

Plantão Judiciário 

Os juízes de Direito Lydia Aparecida Martins Sornas (1º grau) e Naor Ribeiro de Macedo Neto (2º grau) respondem pelo Plantão Judiciário referente ao período 5/12/2011 a 12/12/2011. O serviço de plantão funciona entre o término do expediente forense (18 horas) e o início do expediente do dia seguinte (12h) e, também, durante as 24 horas do dia quando não houver expediente forense. O Plantão Judiciário de 1º e 2º graus de jurisdição atende no andar térreo do edifício do Palácio da Justiça, situado na Praça Nossa Senhora da Salete, s/nº, Centro Cívico, Curitiba. O telefone é (41) 3323 6767.

Justiça&Direito Indústria&Comércio | Curitiba, terça-feira, 06 de dezembro de 2011 | A8

CNJ

Pesquisa revela ambiente de trabalho em tribunais Maioria dos magistrados e servidores sentem orgulho em trabalhar no judiciário

M

ais de 80% dos magistrados e 78% dos servidores que responderam à Pesquisa de Clima Organizacional realizada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) sentem orgulho em trabalhar no Judiciário “sempre” ou “com frequência”. Esse é um dos dados revelados por juízes, servidores e usuários que preencheram espontaneamente o formulário do estudo, no período de 1º a 30 de setembro, no portal do CNJ. Apenas 2,1% dos 803 magistrados que responderam à pesquisa não se consideram satisfeitos com o trabalho. Mais de 90% dos formulários foram preenchidos por juízes de primeira instância. São Paulo (15,3%), Minas Gerais (14,2%), Pernambuco (7,8%), Paraná (6,6%) e Rio de Janeiro (6,4%) foram os Estados com a maior participação deste público na pesquisa. Já 80,3% dos magistrados e 48,1%, dos 7.261 servidores que participaram da enquete, acreditam que o volume de trabalho não permite que os processos sejam concluídos no tempo previsto pela legislação. As instalações físicas foram consideradas adequadas por 48,1% dos juízes e 50% dos servidores.

Gargalos

No total, magistrados e juízes responderam 28 perguntas sobre infraestrutura, relacionamento interpessoal, treinamento, estilo de liderança, tecnologia da informa-

ção, fluxos de trabalho e instalações físicas, entre outros. Os usuários, por sua vez, foram questionados sobre a qualidade do atendimento e dos serviços prestados. A partir desse diagnóstico, os tribunais podem eleger projetos prioritários para superar os gargalos apontados no ambiente interno. O resultado da pesquisa está disponível na internet apenas com dados gerais para não suscitar erros de interpretação na análise estadual. “Como a participação na pesquisa é voluntária, não temos como garantir a representatividade por Estado. Vamos enviar para os tribunais os resultados gerados para que aprofundem o diagnóstico e proponham ações para sanar os problemas”, explicou o diretor de Gestão Estratégica do CNJ, Fabiano de Andrade Lima. O diretor cita o caso de Amapá e Roraima onde nenhum magistrado respondeu o questionário. “Para eles, os dados colhidos não representam a realidade local porque nenhum juiz que vive lá mostrou sua opinião”. Em setembro de 2012, o CNJ deve organizar a segunda edição da pesquisa para verificar se as deficiências apontadas em 2011 foram sanadas e identificar os próximos desafios. De acordo com Fabiano de Andrade Lima, o diagnóstico deve ser analisado com cuidado, levando em consideração a metodologia aplicada, para não criar cenários ilusórios. “Como a pesquisa dependia da iniciativa dos pesqui-

sados, devemos estabelecer alguns filtros na análise”.

Segurança

Ele citou como exemplo os dados sobre as condições de segurança no trabalho. Neste item, apenas 19% dos 803 juízes questionados as consideraram adequadas. “Temos que aprofundar essa informação para checar se o assassinato da juíza Patrícia Accioli, ocorrido um mês antes da pesquisa, não pode ter influenciado na sensação de insegurança dos magistrados ou se não há a segurança necessária para o exercício da profissão”, concluiu. Outro ponto que poderá ser trabalhado nos tribunais é a divulgação do planejamento estratégico para o público interno. Apenas 16,2% do universo de magistrados pesquisados revelaram levar em consideração o planejamento para suas decisões cotidianas. Outros 42,3% dos juízes e 40,4% dos servidores disseram que “poucas vezes” recebem informações sobre a gestão estratégica do órgão. A área de tecnologia da informação também teve bom desempenho na pesquisa com 59% dos magistrados e 60% dos servidores considerando-as adequadas.

Estímulo

Entre os aspectos negativos, 45% dos servidores disseram que “poucas vezes” o órgão favorece a participação em treinamentos que melhorem o desempenho nas

atividades diárias. Em contrapartida, 70% acham que as pessoas se relacionam bem “com frequência” e 13,5% “poucas vezes”. Na relação com a chefia, 80,45% revelaram que os chefes contribuem para que o trabalho seja realizado e 90,9% afirmam que os gestores os tratam com respeito e cordialidade “sempre” e “com frequência”.

Usuários

Das 18.708 pessoas que participaram voluntariamente da Pesquisa de Satisfação, 47% se apresentaram como advogados e 25% como parte de processos. Os usuários da Justiça (77,6%) reconhecem que os tribunais utilizam meios alternativos (internet, justiça itinerante e protocolo integrado) para facilitar o acesso aos serviços dos tribunais. Outros 71,3% dos usuários consideraram as instalações físicas limpas e organizadas. Cerca de 75% dos respondentes consideraram que os portais dos tribunais são de fácil acesso e 47,4% disseram ter facilidade em encaminhar sugestões, reclamações e dúvidas para os tribunais, mas 64,8% afirmaram que não recebem respostas em tempo hábil. Do total de usuários que responderam o questionário, 56,7% disseram que o prazo legal para encerramento dos processos “nunca” é respeitado e 62,7%, que as audiências “nunca” acontecem no horário marcado.

JT inicia integração do processo eletrônico A inauguração, na tarde de ontem (05), da Vara do Trabalho de Navegantes (SC), totalmente informatizada, marca também o início da integração da Justiça do Trabalho por meio do Processo Judicial Eletrônico (PJe-JT) – um projeto marcado por altos e baixos, como define o presidente do Tribunal Superior do Trabalho e do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT), ministro João Oreste Dalazen, que participará da solenidade. Ao assumir a Presidência das duas instituições, em março deste ano, Dalazen assumiu também o compromisso de adotar o PJe como meta prioritária de

sua gestão. A primeira medida tomada para se chegar a essa meta foi concentrar todas as iniciativas em andamento em vários dos 24 Tribunais Regionais do Trabalho num único projeto, o Processo Judicial Eletrônico (PJe) desenvolvido inicialmente pela Justiça Federal da 5ª Região (PE) e escolhido pelo Conselho Nacional de Justiça como modelo para todo o Judiciário. Até então, cada Regional e o próprio TST desenvolviam seus próprios sistemas – que não eram compatíveis entre si. Ao decidir que o modelo de pro-

cesso eletrônico a ser implantado em toda a Justiça do Trabalho seria o do PJe, o TST e o CSJT criaram um comitê gestor próprio, auxiliado por uma equipe de 50 técnicos que se dedicam exclusivamente ao desenvolvimento e à adaptação do sistema original às peculiaridades do processo trabalhista na fase de conhecimento, no primeiro e no segundo graus de jurisdição. Na última quarta-feira (30), o ministro Dalazen agradeceu aos Tribunais Regionais o empenho do comitê, da equipe técnica e da administração dos TRTs, cujo trabalho permitiu a instalação do PJe na Vara de Na-

TRF-4 analisa petição contra o juiz Nesta terça-feira (6/11), a 7ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região julga pedido de exceção de suspeição contra o juiz José Paulo Baltazar Junior, titular da 1ª Vara Federal Criminal de Porto Alegre. O juiz é acusado de ser suspeito para conduzir o processo em que o casal Gruenberg é acusado de denunciação caluniosa e de formação de quadrilha. O empresário Wolf e sua esposa, a fonoaudióloga Betty Gruenberg, foram presos na Operação Mãos Dadas, deflagrada pela Polícia Federal em 2008. A ação do casal Gruenberg contra o juiz é assinada pelos advogados Eduardo Augusto Pires, Marcelo Zaturansky Nogueira Itagiba, Paulo Henrique da Rocha Lins e Gustavo Rodrigues Nunes. O advogado Marcelo Itagiba fez nome e fama como delegado da PF. Eleito deputado federal, presidiu a CPI dos Grampos. Excessivo e injustificável rigor, com resistência às teses e argumentos usados pelos acusados. Violação ao princípio da imparcialidade, com pré-julgamento do mérito em decisões dadas ainda na fase investigativa. Inconstitucionalidade das regras de prevenção. Esse é o rol de acusações que os advogados do casal Gruenberg elencam contra o juiz, que rejeitou a exceção de suspeição. Wolf e Betty Gruenberg foram acusados pelo Ministério

Público Federal da prática de cinco delitos: “prática de estelionato contra a União, para obter precatórios que lhes foram concedidos; como venderam as oito últimas parcelas de um precatório (que teria sido obtido ilegalmente) ao Banco Pactual, teriam cometido fraude contra um estabelecimento de crédito; para montar uma ação delituosa bem concatenada, contrataram advogados que articularam os injustos resultados que obtiveram, o que configura formação de quadrilha; o dinheiro ilícito foi enviado ao Uruguai, configurando evasão de divisas; e, como o dinheiro teria origem ilícita, estaria configurada também a lavagem de dinheiro; haveria também, para obter estes resultados, o crime de corrupção de funcionários públicos”. Todas essas acusações caíram. E o juiz Baltazar Junior comanda a única ação penal que sobrou sobre o caso: de denunciação caluniosa e de formação de quadrilha. Esta última é questionável, como afirma a defesa, uma vez que não há crime antecedente que a caracterize. Todas as demais acusações já caíram ou no Supremo Tribunal Federal ou no Superior Tribunal de Justiça, como afirma o advogado Marcelo Itagiba. De acordo com as suspeitas da Polícia Federal, Wolf Gruenberg e Betty Guendler fariam parte de uma quadrilha que já havia

fraudado, até aquele ano, R$ 10 milhões da União, por meio de um esquema que envolvia empresas de fachada e o recebimento de verbas resultantes de ações trabalhistas fraudadas. A intenção, apontou o órgão na época, era desviar, até 2016, quase R$ 1 bilhão dos cofres públicos. Na decisão em que rejeita a exceção de suspeição, o juiz José Paulo Baltazar Junior afirma que “as decisões proferidas no curso da investigação, ainda que defiram restritivas de direito dos investigados, não geram a suspeição do magistrado, uma vez que o convencimento manifestado é apenas provisório, produzido com base nos elementos de prova existentes até então, e com adequada fundamentação”. Com a recusa de sua própria suspeição, Baltazar Junior ordenou a remessa dos autos ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região, para que os seus integrantes a analisem. De acordo com a defesa do casal, contrariando o Princípio da Iniciativa das Partes, segundo a qual a jurisdição somente poderá ser exercida caso seja provocada pela parte ou pelo interessado, o juiz determinou o desenrolar das investigações, mesmo depois de o Ministério Público ter pedido o arquivamento do inquérito policial. Para o parquet, não haveria interesse federal no caso.

vegantes estritamente dentro do cronograma definido em março deste ano. “Não se trata mais de um projeto, de um sonho, mas de uma realização, de colher os primeiros frutos”, afirmou o presidente do TST e do CSJT ao Colégio de Presidentes e Corregedores dos TRTs. Lembrou, também, que se trata do primeiro passo para o cumprimento de uma das metas específicas fixadas pelo CNJ para a Justiça do Trabalho no próximo ano – a implantação do processo eletrônico em pelo menos 10% das Varas do Trabalho de cada um dos 24 TRTs.

Empregado que ficou sem salário recebe indenização Treze meses trabalhando sem receber salário. A hipótese pareceu descabida para a 6ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho, que mandou a Ellus Tintas indenizar em cerca de R$ 55 mil, por danos morais, um trabalhador que teve seu salário atrasado em mais de um ano. A decisão foi unânime. Por si só, o descumprimento das obrigações contratuais, como o atraso no pagamento de salários não gera indenização por dano moral. Como explicou o ministro Aloysio Corrêa da Veiga, relator do recurso, o caso do trabalhador é diferente porque, ao contrário do que acontece com outros casos analisados pela Justiça do Trabalho, neste, a empresa, de forma unilateral, considerou rescindido o contrato de trabalho. Ao reformar sentença condenatória, o Tribunal Regional do Trabalho da 17ª Região (Espírito Santo) lembrou que apesar de a conduta do empregador ter causado uma série de aborrecimentos ao empregado e de a falta de salários por meses ter afetado a sua renda familiar, não havia comprovação da situação de penúria econômica e financeira capaz de provocar sofrimento de ordem moral.


Economia Curitiba, terça-feira, 06 de dezembro de 2011 | B1 | Indústria&Comércio

SEMINOVOS

Vendas de carros usados podem ter aumento de 8%

IMPOSTO

Cerca de 569,6 mil declarações ficam retidas na malha fina

Pagamento do décimo terceiro salário favorece as vendas O comércio de veículos tem registrado bons índices de venda ao longo do ano, mas é no último bimestre que a expectativa aumenta, devido a injeção do 13º salário na economia e da tradição do brasileiro de comprar ou trocar o seu carro neste período. A Associação dos Revendedores de Veículos Automotores no Estado do Paraná (Assovepar) estima o crescimento de 8% na comercialização de carros seminovos, neste final de ano, em relação ao mesmo período de 2010. Para o economista filiado ao Corecon-PR, Daniel Poit, o aumento do poder aquisitivo dos trabalhadores favorece o comércio. “Além dos apelos mais intensos da propaganda e da mídia em torno do Natal, o 13º salário é fundamental, pois ele provoca um incremento de 50% no volume de receitas financeiras dos trabalhadores no último bimestre do ano, formado pelos meses de novembro e dezembro”, diz. De acordo com o Diretor de Serviços da Assovepar, Gilberto Deggerone, o mês de dezembro deve apresentar um de incremento de 8%, se comparado com o mesmo período do ano anterior. “As estimativas são po-

O supervisor nacional do Programa de Imposto de Renda (PIR), Joaquim Adir, anuncia os dados do último lote de restituição do imposto de renda pessoa física e os números da malha fiscal 2011

O mês de dezembro deve apresentar um de incremento de 8% nas vendas se comparado com o mesmo período do ano anterior

sitivas para a venda de veículos seminovos e usados, pois neste período as lojas naturalmente são mais movimentadas, não só pelo maior giro de dinheiro, mas também pela motivação do clima festivo. O setor estará dentro da normalidade, como de costume”, comenta. O acumulado do ano no Paraná, segundo dados da Assovepar, registrou crescimento no setor de seminovos e usados, com fechamento de janeiro a outubro de 2011, se comparado

com o mesmo período de 2010, com um aumento de 6,2%. Em 2011, foram comercializados no estado, durante o período, 575.172 unidades, contra 541.516 em 2010. Para Poit, a situação da economia mundial ainda é pouco sentida no país, pois normalmente os negócios internacionais são sempre realizados com base em contratos de prazos mais longos. Neste contexto, ele ainda comenta a diminuição no índice de crescimento das

vendas de veículos novos e uma melhora nos índices de vendas de veículo seminovos não só em dezembro como no próximo ano. “Quanto ao desempenho deste segmento, as recentes alterações no imposto dos importados e a percepção do público de que os veículos novos têm se desvalorizado muito, farão com que neste final de ano as vendas de novos não seja tão positiva como foi nos últimos três anos e favorecerá o mercado de seminovos”, comenta.

ALIMENTOS

Preço da cesta básica em Curitiba subiu 2,94% em novembro Marcio Ferreira

da redação

Em novembro de 2011, a cesta básica em Curitiba registrou aumento de 2,94% na comparação com o mês anterior. O acumulado no ano é de 3,78% e o acumulado em 12 meses é de 5,91%. As informações foram divulgadas nesta segunda-feira (05/12) pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

O custo da cesta para uma família curitibana, formada por um casal e duas crianças, foi de R$ 759,57. Para satisfazer as necessidades do trabalhador e sua família com alimentação no mês de novembro deste ano foi necessário 1,39 salários mínimos. Segundo os cálculos do Dieese, o salário mínimo necessário em novembro deveria ser de R$ 2.349,26. Este valor é levantado conforme determina a lei que es-

tabeleceu o benefício, o Decreto Lei 399 e a Constituição em seu artigo 7, capítulo IV que diz: “Salário Mínimo, fixado em lei, nacionalmente unificado, capaz de atender a suas (do trabalhador) necessidades vitais básicas e às de sua família com moradia, alimentação, educação, saúde, lazer, vestuário, higiene, transporte e previdência social, com reajustes periódicos que lhe preservem o poder aquisitivo, sendo vedada sua vinculação

LOJAS

Atividade do comércio cresce 1,5% em novembro, revela Serasa Experian

Nenhum segmento do varejo acusou queda de atividade em novembro

De acordo com o Indicador Serasa Experian de Atividade do Comércio, o movimento dos consumidores nas lojas em todo o país cresceu 1,5% em novembro, realizados os devidos ajustes sazonais. O bom desempenho do varejo no mês de novembro foi influenciado pela alta de 4,5% no movimento dos consumidores nas lojas de veículos, motos e peças no mês passado. Nenhum segmento do varejo acusou queda de atividade em novembro. Excetuando-se o setor de supermercados, hipermercados, alimentos e bebidas, que registrou estabilidade, todos os demais acusaram elevação:

móveis, eletroeletrônicos e informática (1,1%), combustíveis e lubrificantes (1,4%), tecidos, vestuário, calçados e acessórios (1,4%) e material de construção (0,9%). Segundo os economistas da Serasa Experian, a suspensão temporária da cobrança do IPI mais elevado sobre os automóveis importados animou o movimento dos consumidores nas lojas do setor após a queda verificada em outubro. Além disto, as medidas de relaxamento monetário (reduções dos juros e reversão parcial das medidas macroprudenciais) e o pagamento da primeira parcela do 13º salário também exerceram

influência positiva sobre a atividade varejista no mês passado. No acumulado do ano, isto é, de janeiro a novembro de 2011, a atividade varejista registrou expansão de 8,9%, prosseguindo na sua trajetória de desaceleração em relação às altas acumuladas nos meses anteriores (9,4% de janeiro a setembro e 9,1% de janeiro a outubro). O setor de material de construção continua na liderança com expansão de 11,0% no acumulado de 2011, seguido pelos desempenhos de 8,7% dos combustíveis e lubrificantes e de 8,0% do setor de móveis, eletroeletrônicos e informática.

para qualquer fim,”. O tomate foi o produto da cesta básica com a maior variação em novembro em Curitiba (20,85%). Em seguida vieram a batata (5,56%), café (4,19%), farinha de trigo (2,31%), carne vermelha (1,44%), banana (1,24%), óleo de soja (0,89%), arroz (0,63%) e manteiga (0,10%). O feijão não teve variação em novembro. Os produtos com queda de preço foram pão (-0,17%), açúcar (-0,43%) e leite (-0,45%).

Diesel mais limpo estará em 900 postos do país a partir de janeiro

A Petrobras anunciou nesta segunda-feira (05/12) que vai disponibilizar para todos os estados do país, a partir de 1º de janeiro, óleo diesel com menor teor de enxofre, conhecido como S-50, por conter teor de enxofre de 50 miligramas por quilo de combustível (mg/ kg) . Atualmente, o produto já é vendido em nove capitais e municípios das respectivas regiões metropolitanas para abastecer, principalmente, as frotas de ônibus do transporte público. O S-50 provoca menos emissões de poluentes, como material particulado e óxidos nitrosos. Mas esta é uma vantagem ambiental que só valerá para os veículos mais novos, equipados com motores de padrão Euro 5, e apenas se for usado em associação com o produto Agente Redutor Líquido Automotivo, mais conhecido pela sigla Arla 32. “Vamos ter uma melhoria substancial na qualidade do ar porque, com os motores novos Euro 5, que já estão sendo produzidos no país, mais o diesel 50 ppm (partes por milhão) e o Arla, teremos redução de 80% de materiais particulados e de 98% de óxidos nitrosos”, disse o diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa.

A Receita Federal informou nesta segunda-feira (05/12) que 569.671 declarações do Imposto de Renda Pessoa Física 2011 ficaram retidas na malha fina este ano. A consulta ao último lote de restituições será liberado no próximo dia 8, segundo o supervisor nacional do Imposto de Renda, Joaquim Adir. O dinheiro será depositado no próximo dia 15. O lote é o menor do ano, com 86.979 declarações, e somará cerca de R$ 211 milhões. “Tínhamos disponibilidade muito superior a essa para pagar os contribuintes. Mas não houve a correção da declaração (por parte dos contribuintes)”, disse Adir. Joaquim Adir disse ainda que o número de declarações retidas na malha fina este ano caiu muito. Segundo ele, os contribuintes, ao descobrirem que tinham enviado informações erradas ao Fisco, procuraram regularizar sua situação previamente. “Este ano foi o que teve o efeito autorregularização mais significativo. É algo que tem sido crescente”, disse. Em 2010, o número de declarações em malha chegou

a 700 mil. Desde o início do prazo da entrega do IRPF 2011, 1,533 milhão de contribuintes caíram na malha fina, mas saíram à medida que retificaram as declarações, informou Adir. Para resolver as pendências e sair da malha fina sem precisar se deslocar até uma unidade da Receita Federal, o contribuinte deve acessar o Centro Virtual de Atendimentos e-CAC e fazer a autorregularização. Para isso, é preciso fazer um cadastro no site da Receita Federal fornecendo o número do recibo das duas últimas declarações do Imposto de Renda. No e-CAC, o contribuinte tem acesso a informações, como os tipos de pendências, e ao extrato da declaração. Todos os anos, a Receita Federal libera sete lotes regulares de restituições do Imposto de Renda. O primeiro em junho e o último em dezembro. Após a liberação dos lotes regulares e à medida que as declarações retidas na malha fina são corrigidas, a Receita libera ao longo do ano lotes residuais de restituição.

NEGÓCIOS

Quantidade de pequenos empreendedores aumenta 13% em oito anos

A quantidade de pequenos empreendedores no Brasil aumentou 13% de 2001 a 2009. A informação está no Anuário do Trabalho na Micro e Pequena Empresa 2010/2011, divulgado nesta segunda-feira (05/12) pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). De acordo com a publicação, em 2001 o Brasil tinha 20,2 milhões de pequenos empreendedores. Em 2009, o número de proprietários de pequenos negócios chegou a 22,9 milhões, atingindo 22,7% da população economicamente ativa do país. Desses 22,9 milhões, 19 milhões são autônomos e 3,9 milhões são donos de pequenos negócios que empregam outras pessoas. Na pesquisa consta ainda o índice de aumento salarial dos funcionários das micro e pequenas empresas no período de 2000 a 2010. Empregados dessas empresas tiveram aumento real de salário de 14,3% no período. Nas grandes e médias empresas, o aumento salarial foi 4,3%, três vezes menor.

ESCOLARIDADE

Uma das conclusões do estudo do Dieese e do Sebrae é que os pequenos empreendedores estão passando mais tempo na escola e, por isso, estão mais preparados para os desafios de manter seu próprio negócio. De acordo com a pesquisa,

em 2010, metade das pessoas que trabalhavam em pequenas e micro empresas do país tinha ensino médio completo ou ensino superior incompleto. Em 2000, só 23,9% dos pequenos empresários ou seus funcionários tinham formação equivalente. O número de empreendedores e funcionários de pequenas empresas com ensino superior completo também cresceu. Em 2000, eles eram 3,4% do total. Em 2010, passaram para 5,3%. Em compensação, o percentual de pessoas que trabalham em micro e pequenas empresas e têm um baixo nível de escolaridade caiu. Em 2000, 37,2% eram analfabetos ou não tinham o ensino fundamental completo e, em 2010, o índice estava em 16,4%. Para o presidente do Sebrae, Luiz Barreto, essa mudança no perfil dos pequenos empresários tem relação direta com a melhora no índice de sobrevivência das pequenas empresas no país. Em outubro, o Sebrae divulgou um estudo apontando que 73,1% dos pequenos empreendimentos abertos no Brasil mantêm-se abertos depois de dois anos. No ano passado, esse índice era 71,9%. “Essa melhora tem muito a ver com o aumento do grau de escolaridade”, disse Barreto. Outra mudança destacada por ele foi a da participação das mulheres no total de pessoas que trabalham por conta própria. Em 2001, elas eram 29,6% do total de pequenos empreendedores.


Negócios Curitiba, terça-feira, 06 de dezembro de 2011 | B3 | Indústria&Comércio

IMÓVEIS

Ademilar negociou cerca de R$ 1 bi em consórcios Empresa paranaense comemora 20 anos de fundação em dezembro Aline Machado

da redação

A Ademilar que é o maior grupo paranaense do segmento de consórcio de imóveis, completa em dezembro 20 anos de fundação. Pioneiro no Brasil, o grupo atendeu mais de oito mil famílias e comercializou mais de R$ 1 bilhão em créditos de imóveis. Por se tratar de uma empresa especializada e com experiência neste setor, a Ademilar tem conquistado cada vez mais clientes e fideliza à prestação de serviços com os que já foram contemplados. “Isso é reflexo da credibilidade da empresa, que vem crescendo acima da média nacional do setor. Para se ter uma ideia, em um mês, vendemos hoje o que vendíamos em todo o ano de 2006”, afirma a superintendente da Ademilar, Tatiana Schuchovsky Reichmann, que destaca a mudança de comportamento do consumidor e a preocupação dele em planejar o orçamento. Outro diferencial da empresa é a rapidez e facilidade na liberação da compra do imóvel “Nós buscamos agilizar ao máximo os procedimentos para que o cliente tenha em mãos o quanto antes o seu imóvel, se a documentação estiver certa de 7 a 10 dias liberamos o consócio”, destaca Tatiana. Segundo estimativas da Abac

Família Scopel Cave & Empório reúne produtos de alta qualidade como opção para o Natal

As festas de final de ano estão aí e é hora de presentear todos os amigos e parentes mais queridos. Com uma grande variedade de produtos gastronômicos importados e nacionais, as cestas natalinas podem ser uma boa opção de presente para aqueles que querem agradar e procuram variedade de preços. Pensando nisso a Família Scopel Cave & Empório juntou as mais refinadas marcas de vinhos, queijos, azeites, salames, massas, chocolates e muitas outras iguarias em 18 conjuntos exclusivos. Cestas de vime, baldes de gelo, caixas personalizadas, baús de madeira decorados e até sacolas de praia, são algumas das opções oferecidas pela casa, que, este ano, batizou cada uma delas com o nome de um famoso pintor da história da arte mundial. Michelangelo, Portinari, Monet, Renoir e Da Vinci estão entre os nomes que ilustram os produtos. Com alguns modelos mais simples e outros mais requintados, os preços variam de R$ 80, balde de gelo com 7 itens, a R$ 8.650, baú de madeira contendo 61 itens.

Titanic já recebeu 20 mil visitantes em Curitiba

A exposição Titanic – Objetos Reais, Histórias Reais, completou o primeiro mês de visitação no ParkCultural, no ParkShoppingBarigüi. Nos primeiros 30 dias, 20 mil visitantes conheceram a história do maior naufrágio da história. A mostra conta também com cortesias concedidas por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, para escolas públicas e instituições beneficentes. Os agendamentos gratuitos para as visitas dos alunos de escolas públicas devem ser feitos com antecedência, pelo telefone (41) 8711-1757  ou email: producaotitanic@t4f.com. br. Para quem ainda não conferiu, a exposição fica até o final de janeiro em Curitiba. Titanic – Objetos Reais, Histórias Reais é apresentada pelo Ministério da Cultura e ParkShoppingBarigüi e com apoio cultural da joalheria Bergerson.

Um dos diferenciais da empresa é a rapidez e facilidade na liberação da compra do imóvel

(Associação Brasileira das Administradoras de Consórcios),os consórcios de imóveis devem crescer entre 8% e 10% em 2012. “Esse percentual de crescimento pode ser mudado se a liberação de crédito ficar mais fácil. Mas não parece que vai mudar, sem contar para a baixa renda, para quem o governo lançou um pacote, mas que não é o público que o consórcio atinge mais fortemente”, afirmou o presidente regional da Abac, Luiz Fernando

Savian. Nestas duas décadas a Ademilar já realizou o sonho de inúmeras pessoas em ter sua casa própria. “Nosso foco é a necessidade do cliente. Por isso, o relacionamento permanente com cada um deles”, explica Tatiana. A Ademilar tem sede em Curitiba e, no Paraná, também está presente em São José dos Pinhais, Maringá, Campo Mourão, Ponta Grossa, Castro, Carambeí

e Pato Branco. Em Santa Catarina, onde a cultura européia favorece o investimento em imóveis, a empresa conta com uma filial em Joinville e representações em Florianópolis, Jaraguá do Sul, Itapoá, Balneário Camboriú, Chapecó, Blumenau, Xanxerê, Itajaí, Rio do Sul, São Bento do Sul e Criciúma. O escritório da administradora em Santos atende toda a Baixada Santista, a Grande São Paulo e o ABC Paulista.

Cloud2b inaugura unidade no RJ e inicia expansão para Curitiba, BH e Porto Alegre Perto de completar seu segundo ano de atividade, a Cloud2b, provedora nacional de soluções baseadas na cloud computing, inaugura unidade de negócios no Rio de Janeiro e inicia processo de expansão para os mercados de Curitiba, Belo Horizonte e Porto Alegre para atender à crescente demanda de projetos envolvendo a computação na nuvem, que vem impulsionando o crescimento da companhia e que deverá chegar ao final de 2011 com mais de 200 projetos entregues e em andamento. A Cloud2b também

vem investindo na capacitação das equipes visando fortalecer o atendimento aos clientes e seu posicionamento como provedora de soluções para a cloud computing. Gilberto Vilaça, diretor comercial da empresa, estima que no próximo ano os projetos na nuvem ganhem maior força devido ao crescimento da aceitação de seus benefícios entre as empresas de todos os segmentos e tamanhos, com particular destaque às soluções customizadas com Salesforce.com e iBOLT no formato SaaS (integração).

Indústria paranaense recebe prêmio de hotelaria 

Integração contábil facilita a troca de informações com rapidez e segurança

A indústria paranaense Realgem’s Amenities – que há mais de 20 anos fornece cosméticos para hotelaria – acaba ser apontada pela pesquisa de marcas HOT VIP 2011 como uma das principais fornecedoras de amenities do Brasil. O prêmio, que é realizado pela revista Hotelaria desde 1999, tem o objetivo de conhecer - através de pesquisa qualitativa- as marcas preferidas pelos profissionais do mercado hoteleiro em mais de 50 categorias de produtos relevantes para o setor.  Entre alguns dos empreendimentos que participaram da pesquisa estão o Bourbon Ibirapuera, Di Roma Resort, Grupo Solare Adm, Hotel 10, Hotel Centro Europeu, Hotel Ibis Expo, Hotel Panorama, Hotel Praia Centro, Hotel Serra Azul, Hotel Transamérica São Paulo, Kubitschek Plaza Hotel, Manhattan Plaza, Mavsa, Novotel Center Norte, Ouro Minas Palace Hotel, Rede Bristol, Rede Mirador, Rede Rio Quente, Resort La Torre, Saint Paul Park Hotel, Sheraton Rio, Spotlight Hotel Pinheiros, Summerville e Vitória Hotel Campinas.

Empresas & Produtos

A folha de pagamento é uma das atividades mais importantes e trabalhosas para as empresas. Nos escritórios de contabilidade, a questão é ainda mais complicada. Quanto maior o número de clientes, maior é o trabalho. Trata-se de um trabalho que se repete todos os meses. Por isso, a automação do processo é fundamental para garantir a exatidão das informações e o cumprimento dos prazos. Mas a informatização ainda não é realidade em muitas pe-

“A inauguração das nossas novas unidades acompanham este cenário. Temos grandes projetos nestes centros econômicos e esperamos firmar contratos a partir das novas funcionalidades da versão Salesforce Winter 12 e de projetos de integração do CRM na nuvem com sistemas legados de gestão. Especialistas estimam que mais de 60% das empresas deverão usar serviços de cloud computing em 2012 e a nossa meta é ser uma das principais provedoras para esta arquitetura”, afirma o executivo.

quenas e médias empresas. Para agilizar o serviço e dar maior segurança aos resultados, existem diversos softwares no mercado. A Nasajon Sistemas, por exemplo, disponibiliza o Persona Cliente, um módulo gratuito do Persona, que é instalado no cliente do escritório contábil e permite que o contabilista importe todos os movimentos da folha de pagamento dos seus clientes. Com isso, o contador não precisa redigitar as informações, garantindo exatidão no cál-

O número de projetos da Cloud2b até o momento comprova a tendência de aumento do uso da computação na nuvem pelas empresas. “O resultado é uma combinação da receptividade do mercado e o perfil dos profissionais da Cloud2b que tocam os projetos. Com a abertura de novas unidades de negócios e de apoio aos clientes, somada à capacitação contínua de nossa equipe, esperamos uma aceleração dos projetos em 2012. O cenário é altamente animador”, destaca o executivo.

culo da folha de seus clientes. O contador Anselmo Guimarães utiliza o módulo junto a seus clientes e conta que a integração é fundamental para o bom andamento do processo, ainda mais quando envolve empresas com grande número de funcionários. “Coloquei esse módulo em oito dos meus clientes. Com o número de funcionários que eles têm, eu precisaria de dois dias para cada cliente. Com o Persona Cliente, finalizo a contabilidade dos oito clientes em apenas um dia.

Vale Fertilizantes patrocina livro sobre Imprensa Rural A Vale Fertilizantes é a patrocinadora do livro “A Imprensa Rural no Brasil”, da Editora Barleus, por meio da Lei Rouanet. De autoria do jornalista João Castanho Dias, a obra desvenda o jornalismo rural nacional e apresenta 300 imagens, além de 18 capítulos que descrevem o setor desde o século 16. Primeiro livro do gênero no País, a publicação é o resultado de vinte anos de pesquisas em bibliotecas, livrarias e sebos de São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Curitiba (PR), Porto Alegre (RS)

e de muitas outras cidades. Uma das principais revelações da obra é o número de jornalistas rurais no Brasil: cerca de 1.200 profissionais, se considerada a soma desde o início da Imprensa Rural. O livro conta a história dos primeiros jornalistas rurais que eram, na verdade, cronistas brasileiros e portugueses do século 16. O primeiro deles foi o escrivão Pero Vaz de Caminha, cuja famosa carta é considerada pelo autor a primeira reportagem agrícola do País. A obra retrata

ainda publicações do século 19, a história da imprensa propriamente dita e as propagandas de revistas voltadas para o setor nos séculos 19 e 20. João Castanho Dias atua há 30 anos na Imprensa Rural. Já atuou como repórter e editor de revistas especializadas, trabalhou como assessor de imprensa de empresas e entidades ligadas ao agronegócio e já lançou oito livros sobre o assunto. Ao todo, contabiliza cerca de 500 reportagens sobre o tema para mídias nacionais e internacionais.

PolloShop apresenta novidades para o Natal

O PolloShop já está em clima de Natal e preparou muitas novidades para os clientes que visitarem o shopping durante este período. O shopping iniciou a comemoração das festas natalinas através da recepção de seus clientes com a tradicional decoração de Natal e também com a presença do Papai Noel. A recepção do bom velhinho acontece entre os dias 10 e 24 de dezembro em horários diversos que variam das 12h às 20h. As crianças receberão doces do Papai Noel e poderão registrar o momento com um fotógrafo profissional. O shopping conta ainda com a “Árvore da Solidariedade”. O projeto, realizado todos os anos pelo PolloShop, contém cartões com o nome de crianças de entidades carente. Os clientes podem participar escolhendo algum cartão para presentear uma criança no Natal. Ao término do prazo, o Polloshop encaminha os presentes às entidades. Outra atração para os clientes do PolloShop durante o Natal é a campanha que irá sortear um Veloster 0 Km. A cada 50 reais em compras o cliente ganha um cupom para concorrer ao carro. A promoção vai até o dia 07 de fevereiro.

Santa Casa de Curitiba promove 3º Jantar Cultural Beneficente

A Santa Casa de Curitiba promove, amanhã (7), no Buffet Nova Curitiba, o 3º Jantar Cultural Beneficente. O evento dá início às comemorações pelos 160 anos da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Curitiba, que serão completados no dia 9 de junho de 2012. O Jantar contará com apresentações da Cia. de Dança Edson Carneiro - Filial Jaime Arôxa e do cantor Max Vintage, além da Exposição Fotográfica “Fotos que Celebram a Vida”, que reunirá as fotos do Calendário 2012 da Irmandade. O valor do convite é R$ 70,00 e toda a renda será destinada a obras de melhoria dos hospitais da Irmandade. Mais informações: 0800 645 1800.

UniBrasil está com inscrições abertas para Vestibular Agendado de verão

As Faculdades Integradas do Brasil (UniBrasil) estão com inscrições abertas para o Vestibular Agendado para vagas remanescentes. As provas estão sendo realizadas desde o dia 16 de novembro. Os candidatos podem agendar a data de realização da prova conforme sua disponibilidade. As provas serão realizadas nas dependências das UniBrasil, nos seguintes dias e horários: terças e quintas-feiras 17 e 19 horas, quartas-feiras as 10 e 19 horas e às sextas-feiras 19 horas. A UniBrasil fica na Rua Konrad Adenauer, 442, Tarumã, Curitiba. O custo da inscrição é de R$25. O edital com mais informações sobre as inscrições está disponível no site da instituição (www.unibrasil.com.br).

Ademi/PR realiza evento para apresentação de pesquisa imobiliária

A Associação dos Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário do Paraná (Ademi/PR) reúne nesta quinta-feira (8), a partir das 20 horas, no Castelo do Batel, dirigentes e convidados de construtoras, incorporadoras, imobiliárias e empresas relacionadas à construção civil no Estado para a apresentação do Perfil Imobiliário 2011. O levantamento, transformado em guia, reúne informações sobre a produção imobiliária na capital paranaense no último ano, nos segmentos residencial e comercial. Além disso, contém dados sociodemográficos e de mercado dos lançamentos em todos os bairros de Curitiba, bem como apontamentos sobre a Região Metropolitana. Pela primeira vez, a publicação traz um estudo detalhado do perfil do comprador de imóveis da capital paranaense.

Prêmio Ozires Silva de Empreendedorismo reconhece projetos sustentáveis

Investir numa gestão sustentável tem se tornado uma prática cada vez mais comum. As empresas e colaboradores têm tentado se adequar as novas exigências da sociedade e do mundo, a fim de contribuir para com essas demandas. Procurando reconhecer essas iniciativas, o Instituto Superior de Administração e Economia – ISAE/FGV lança a 5ª edição do Prêmio Ozires Silva de Empreendedorismo Sustentável. O Prêmio irá identificar e premiar os melhores projetos nas áreas de empreendedorismo e sustentabilidade do Brasil que contribuam para o desenvolvimento da sociedade. Empresas, pessoas físicas e comunidade acadêmica poderão inscrever seus projetos nas categorias Empreendedorismo Econômico, Ambiental, Educacional e Social. Os trabalhos serão analisados e os selecionados serão apresentados para uma banca avaliadora. Os vencedores de cada modalidade serão conhecidos no dia 8 de fevereiro em cerimônia de premiação, quando receberão o Troféu do Prêmio Ozires Silva de Empreendedorismo e o selo de certificação. Os interessados poderão inscrever os seus projetos até o dia 16 de dezembro e conhecer o regulamento pelo site www.isaebrasil.com.br/premio.


Negócios Indústria&Comércio | Curitiba, terça-feira, 06 de dezembro de 2011 | B4

BANDA LARGA

Oi leva PNBL a mais 35 municípios do Paraná Ofertas da empresa promovem a inclusão digital no Estado

A Oi iniciou, na semana passada, em mais 100 municípios do Brasil novas ofertas do Oi Velox, com foco na ampliação do acesso à banda larga no Brasil, promovendo a inclusão digital e reduzindo as desigualdades sociais e regionais no país. As ofertas seguem o que estabelece o Termo de Compromisso de adesão ao Plano Nacional de Banda Larga (PNBL), firmado pela Oi junto ao Ministério das Comunicações e à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Por iniciativa do Governo Federal, o PNBL orientará o processo de popularização da internet no Brasil. No Paraná, além dos 14 municípios já atendidos, mais 35 foram selecionados para receber as novas ofertas do Oi Velox nos moldes do PNBL: São Jorge d’Oeste, Bom Sucesso, Sabáudia, Manfrinópolis, Lindoeste, Ângulo, Salgado Filho, Cruzeiro do Sul, Ibema, Santa Lúcia, Paulo Frontin, Renascença, Teixeira Soares, Indianópolis, Tamboara, Francisco Alves, Pato Bragado, Marilena, Lunardelli, Mariluz, Itaipulândia, Mercedes, Fênix, Tijucas do Sul, Quatro Pontes, São Tomé, Iguaraçu, Juranda, Abatiá, Santa Tereza do Oeste, Borrazópolis, Cambira, Sertaneja, Moreira Sales, Japurá (confira, abaixo, a lista completa). Com os 100 municípios no Brasil beneficiados em dezembro (sendo 35 deles no Paraná), a Oi chega a 300 municípios no país atendidos em 2011. No primeiro semestre de 2012, mais 900 municípios serão beneficiados, e, até o fim de 2014, as ofertas estarão disponíveis em todos os 4.800 municípios da

O Oi Velox nos moldes do PNBL oferece velocidade de 1Mbps e custará R$ 35 reais por mês

área de atuação da Oi. O Oi Velox nos moldes do PNBL oferece velocidade de 1Mbps e custará R$ 35 reais por mês. Nos estados em que for concedida isenção de ICMS para serviços de banda larga, como é o caso do Paraná, a oferta é de R$ 29,90 mensais. Em ambos os casos, o cliente não precisa pagar pelo modem – cedido em regime de comodato – nem pelo provedor de acesso à internet. O cliente tem também a opção de escolher um provedor de acesso gratuito, conforme lista de empresas que atuam em parceria com a Oi, ou pagar por esse serviço, caso prefira um provedor que também seja parceiro da companhia mas cobre pelo serviço. Conforme previsto no termo de adesão ao PNBL, o cliente pode optar também por uma oferta de serviços que inclua, além do Oi Velox nos moldes do PNBL, o Oi telefone fixo. Os detalhes sobre

as condições comerciais das ofertas estão disponíveis no site da companhia (www.oi.com.br) e também podem ser consultados por meio de um número de televendas com ligação gratuita (0800 031 0001), que atende os interessados em adquirir as novas ofertas. Nas cidades beneficiadas, o serviço estará disponível para novos clientes e também para os já assinantes. Para facilitar a adesão ao serviço, a Oi parcelou o valor da habilitação em dez vezes de R$ 9,90 por mês na fatura do plano. Em atendimento ao compromisso assumido com o Governo Federal, o limite de download mensal, inicialmente estabelecido em 500 Mbytes, terá que ser dobrado para 1Gygabyte a partir de junho de 2013. A companhia adotou uma estratégia de comunicação dirigida aos moradores das cidades atendidas, de forma a garantir uma ampla divulgação do ser-

mios acabamos melhorando o desempenho do setor e isso acaba refletindo na satisfação do público atendido”, explica Bacellar. A premiação PQTA 2011 - Ouro, Prata e Bronze será concedida aos concorrentes que alcançarem a pontuação estabelecida no regulamento do prêmio. Na primeira etapa todos os inscritos responderam a um questionário preliminar e os classificados passaram pela avaliação de uma consultoria independente. Entre os requisitos observados pelos organizadores estão desde a agilidade no atendimento ao público até o treinamento dos funcionários. Cartórios de todo o país, entre Tabelionato de Notas; Tabe-

lionato de Contratos Marítimos; Tabelionato de Protesto de Títulos; Registro de Imóveis; Registro de Títulos e Documentos e de Pessoas Jurídicas; Registro Civil das Pessoas Naturais, Interdições e Tutelas; Registro de Distribuição se inscreveram no PQTA e estão concorrendo ao prêmio, não importando a quantidade de funcionários. Confirmaram presença no evento de entrega do prêmio o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, a ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, e ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ), além de outras autoridades. Para mais informações sobre o prêmio, acesse: http://www.anoreg.org. br/pqta2011.

Peixe urbano impulsiona setor de arte, cultura e entretenimento

O Peixe Urbano (www.peixeurbano.com), site pioneiro e referência em compras coletivas no Brasil, já presente em mais de 80 cidades da América Latina, investe no segmento de arte, cultura e entretenimento. O site criou uma área formada por especialistas do setor, responsáveis pela formatação de novos projetos e aproximação com artistas e produtores de shows e teatros. A ideia é proporcionar ainda mais oportunidades para os seus usuários conhecerem as melhores atrações disponíveis em suas cidades. Desde seu lançamento, em março de 2010, o Peixe Urbano já disponibilizou mais de mil ofertas de entretenimento, que juntas venderam mais de 700 mil cupons para ingressos

CMYK

Imaginarium inaugura loja no Shopping Estação

Para quem busca presentes divertidos e criativos para o Natal, agora o Shopping Estação conta com um quiosque da Imaginarium que oferece diversas opções de objetos de decoração e produtos eletrônicos. Dentre essas variedades, destacam-se almofada massageadora “Boas Vibrações” com sistema de vibração (R$89,90), Dock Station para iPhone e iPod (R$ 429,00) e a luminária Globo Show com lâmpada de luz negra e caneta de neon (R$ 149,00). Uma rede com mais de 80 franquias espalhadas pelo Brasil, a Imaginarium tem em seus produtos design irresistíveis para decorar a casa e para presentear. São em média 400 produtos lançados anualmente que enchem os olhos de quem busca algo divertido. “Os produtos trazem sugestões de experiências para serem compartilhadas com a família e os amigos”, diz o proprietário do negócio do Shopping Estação, Marcos Rodrigues.

TIM reduz em até 58% tarifas de Roaming Internacional para a temporada de férias

Premiação reconhece cartórios que melhor atendem à população A Associação de Notários e Registradores do Brasil (Anoreg-BR) realiza amanhã (7) a entrega do Prêmio Qualidade Total (PQTA) aos melhores cartórios brasileiros. A solenidade será às 19 horas, em Brasília. O PQTA é o reconhecimento do trabalho desenvolvido por notários e registradores para o aumento da eficiência dos processos internos, assim como o aprimoramento de produtos gerados e serviços prestados.  Segundo Rogério Portugal Bacellar, presidente da Anoreg-BR, o prêmio estimula o bom funcionamento dos cartórios em todo o país e, assim, beneficia à população. “Reconhecendo o trabalho dos cartórios através de prê-

Empresas & Produtos

de cinema, shows musicais e peças de teatro. Através dessas promoções, os usuários do site já puderam economizar mais de R$20 milhões no setor, um dos que mais cresce dentro do mix de ofertas da empresa. Para estimular este crescimento, o Peixe Urbano criou uma área especializada em entretenimento, liderada por Eduardo Grinberg, anteriormente diretor de novos negócios da Luminosidade, empresa responsável por eventos de grande porte como SPFW, Fashion Rio, Rio a Porter, entre outros, e também diretor na Sagatiba e Revista Trip e sócio-fundador da agência de criação digital Urban Summer. O departamento conta também com os executivos Eduardo Wexler,

que possui mais de 10 anos de carreira em Marketing Digital, e Marcus Niemeyer, que traz ampla experiência no segmento de eventos e entretenimento. “Além de aumentar o número e a variedade de ofertas de cultura e lazer, estamos focados em aprimorar ainda mais a qualidade das experiências proporcionadas ao Cardume. A missão da nova área é identificar e promover os melhores espetáculos, inclusive com artistas e produtores conceituados nacionalmente e internacionalmente, incentivando os usuários do Peixe Urbano a explorarem o que tem de melhor em suas cidades,” conta Eduardo Grinberg, gestor do núcleo de entretenimento do Peixe Urbano.

viço. Essa estratégia segue o padrão que a Oi já utiliza em suas campanhas para outros serviços, cujos anúncios continuarão sendo feitos normalmente nas demais cidades do país. Além do investimento que a companhia está fazendo no programa de banda larga popular para massificar esse serviço no país, a Oi continuará investindo na oferta de banda larga de alta velocidade. Neste caso, o objetivo é atender aos usuários que necessitem de bandas maiores, que permitam combinar serviços de voz, dados e TV, iniciando a oferta de FTTH para o ano que vem.  Hoje a Oi já oferece o serviço Oi Velox nas velocidades de 10Mb, 15 Mb e 20MB na maioria dos estados. Para a Oi, o mais importante é garantir banda larga de qualidade, com a maior cobertura possível, tanto nas áreas de maior concentração de consumo urbano quanto nas de menor concentração.

Bematech lança rede social corporativa A Bematech, provedora de soluções completas em tecnologia para o varejo, anuncia o lançamento de sua oferta de rede social corporativa, o Bematech Conecta. O novo produto, que será comercializado na modalidade SaaS (Software como Serviço), está em linha com a tendência mundial de colaboração e compartilhamento de conhecimento e focará varejistas e empresas de todos os portes. A rede social corporativa, criada pela Bematech, funciona como um canal de comunicação entre colaboradores, empresa/clientes, empresa/parceiros e até clientes/clientes, além de disponibilizar e organizar todas as informações que são trocadas entre diferentes públicos, transformando-se em uma grande base de conhecimento que beneficia todos os envolvidos. O canal permite mobilidade, facilidade de acesso e pode ser utilizado por meio de qualquer browser e também dispositivo móvel. Construída com base em uma plataforma inteligente – chamada Business Inteligence (BI) semântico – a ferramenta analisa todos os assuntos abordados dentro da rede e permite mapear os tópicos mais discutidos, analisar as informações mais relevantes, além de identificar as pessoas que mais contribuem – tanto positivamente quanto negativamente – nas conversas travadas virtualmente.

O fim do ano e a temporada de férias se aproximam e a TIM beneficia seus clientes de planos pós-pagos, pessoa física ou corporativos, com promoções para reduzir os gastos com comunicação em até 58% durante as viagens internacionais. Nessa época, a companhia - que oferece a mais ampla cobertura para brasileiros se comunicarem no exterior e o menor custo beneficio - registra aumento de mais de 35% do uso do roaming internacional fora do país. Para os clientes de planos pós-pagos, a operadora oferece desconto de 58% no pacote de 50 minutos, reduzindo de R$ 239,90 para R$ 99,90. Com a promoção, é possível receber ou realizar chamadas em qualquer lugar do mundo, incluindo os principais destinos dos brasileiros no exterior, como os Estados Unidos, Argentina, França e Itália. Já os clientes corporativos podem adquirir o pacote de 100 minutos por R$ 199,90 - também com economia de 58% em comparação com o preço padrão do pacote -, ligando para * 144.

MMartan do Shopping São José faz campanha para ajudar a APAE

A MMartan, maior rede de varejo de cama, mesa e banho do Brasil, realiza nos dias 08, 09 e 10 de dezembro, das 10h às 22h, uma Ação Solidária em parceria com a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de São José dos Pinhais. A promoção ocorrerá na MMartan do Shopping São José, durante o evento, os visitantes poderão adquirir produtos de Cama, Mesa e Banho, peças atuais, com 40% de desconto em todas elas. Os produtos ainda podem ser parcelados em até quatro vezes no cartão de crédito, e 10% da renda obtida durante os três dias será revertida em benefícios à entidade. Para a diretora social da APAE, Simone de Lima, esta ação da MMartan mostra o nível e a qualidade no sentido humano que a rede tem para com os demais. “No início da preparação da campanha eram pra ser apenas dois dias, e nos surpreendeu quando a MMartan resolveu fazer três dias de promoção revertidos a APAE, ficamos imensamente gratos”, conta a diretora.

IBGC-PR promove palestra sobre a Governança Corporativa no Terceiro Setor

O Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC), Capítulo Paraná, promove hoje (6), às 18h, no hotel Pestana, em Curitiba, palestra com o Marco Antonio Barbosa Cândido, superintendente executivo da Associação Paranaense de Cultura (APC), entidade que mantém a PUCPR, a Aliança Saúde, o Grupo Lumen de Comunicação e outros negócios suplementares. O palestrante, que também é conselheiro de administração certificado pelo IBGC e membro da comissão de assuntos econômicos e do comitê temático de gestão e missão da União Marista do Brasil (Umbrasil), falará sobre a importância da Governança Corporativa em instituições do terceiro setor.

Espaço Goya inaugura nova loja

A empresária Sônia Holtz, proprietária da casa de decoração Espaço Goya, receberá convidados e parceiros para o coquetel de confraternização de final de ano e inauguração de sua nova loja na próxima quarta-feira (7), às 18h. O segundo endereço na cidade está localizado na Rua Augusto Stresser, 1.261. O evento contará com o design musical do saxofonista André Deschamps e gastronomia assinada por Marzia Lorenzetti. Durante o evento os convidados poderão conhecer em primeira mão o papel de parede Bark Cloth, da marca Orlean, com venda exclusiva em Curitiba pelo Espaço Goya. O revestimento é confeccionado artesanalmente e consiste na retirada de cascas da árvore Ficus, muito encontrada no país africano Uganda. O processo se dá de modo totalmente sustentável. “É o caviar dos papéis de parede”, afirma o diretor da Orlean, Marcelo Orlean, que estará presente no evento. A nova loja é ampla, possui 242m² e estacionamento próprio. Há cerca de um ano o Espaço Goya vem investindo na abertura de lojas próprias, de modo a ampliar a oferta de produtos e oferecer aos clientes e profissionais de arquitetura um espaço mais aconchegante e com mostruários bem dispostos.

Faculdade Inspirar lança primeira unidade em Fortaleza

Nesta quinta-feira (8), a Faculdade Inspirar, instituição de ensino paranaense que oferece mais de 300 cursos de graduação, extensão e pós-graduação nas mais diversas áreas da saúde, vai lançar a sua primeira unidade no Estado do Ceará, na cidade de Fortaleza. O lançamento da nova sede faz parte do projeto de expansão da Inspirar, que tem por objetivo a implantação de unidades da instituição nas principais cidades do Brasil até o final de 2012. A expectativa é de que todos os cursos agendados na inauguração da Inspirar - Fortaleza tenham lotação máxima desde a abertura da sede. As primeiras atividades oferecidas serão Prova de Função Pulmonar Completa – Espirometria; Plataforma Vibratória; Perícia Judicial; Cadeias Musculares;  Kinesiotape Neuro Muscular; e Home Care.


06-12-11 Indústria&Comércio