Page 1

Curitiba, quinta-feira, 05 de junho de 2014 | Ano XXXViI | Edição nº 9131 | R$ 1,50

EDIÇÃO ESTADUAL

Indústria& Comércio DIÁRIO

LÍDER EM INFORMAÇÕES DE NEGÓCIOS E MERCADOS NO PARANÁ. DESDE 1976.

OPINIÃO

Aroldo Murá CHINESES TAMBÉM ESTÃO NA FEIRA DE CARLOS JUNG

Indústria tem a maior queda na produção desde 2009 IBGE destacou, além da diminuição no ritmo de produção, o efeito calendário uma vez que abril de 2014 teve dois dias úteis a menos do que abril de 2013

De dois em dois anos, a Diretriz Empreendimentos, do empresário Carlos Jung reúne um universo de businessmen do continente em torno da feira Autopar. A deste ano vai até sábado,7, no Expotrade, de Pinhais. Tempo para que pelo menos 50 mil pessoas conheçam produtos automotivos produzidos por corporações vindas da China, Taiwan, Argentina, Turquia. Página A6

Pedro Washington Números que incomodam Não por acaso dois políticos petistas, entre eles a senadora Gleisi Hoffmann, tentaram evitar a divulgação da PNAD Contínua pelo IBGE. Venceu a resistência dos funcionários que entraram em greve obrigando o governo a recuar. Página B3

A maior influência negativa na formação média da indústria, entre as atividades, veio de veículos automotores, reboques e carrocerias, que chegou a cair 21,3% Economia A4

Governo do Paraná busca novos negócios com Taiwan

Divulgação

“segurança hídrica depende de vontade política”

O diretor-presidente da Agência Nacional de Águas (ANA), Vicente Andreu Guillo, disse ontem que a gestão eficiente de recursos hídricos no Brasil depende de vontade política e ação por parte da sociedade civil. A alternância do poder também é um fator que precisa ser levado em conta, segundo o presidente da ANA.

O secretário da Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul, Horácio Monteschio, recebeu o diretor do Conselho para o Desenvolvimento e Comércio Exterior de Taiwan (Taitra), Krist Yi Bin Yen O secretário da Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul, Horácio Monteschio, recebeu ontem o diretor do Conselho para o Desenvolvimento e Comércio Exterior de Taiwan (Taitra), Krist Yi Bin Yen. No encontro eles discutiram a criação de uma

missão comercial paranaense para a Ásia e a atração de indústrias taiwanesas ao Paraná. Monteschio detalhou o programa de incentivos Paraná Competitivo e as oportunidades de investimentos no Estado, O secretário tambpem enumerou pontos fortes do Estado, como a

Saúde &

www.icnews.com.br

O consumo domiciliar de material de construção na região Sul do Brasil deve crescer 8% em 2014 e atingir R$ 23,2 bilhões até o fim do ano, segundo estimativas do Pyxis Material de Construção, ferramenta de dimensionamento de mercado do IBOPE Inteligência. Do consumo total estimado

para esses produtos no país, essa região deve ser responsável por 18% dos gastos com material de construção, o que resulta em um consumo per capita de R$ 948. Esse valor é 24% superior à média do país ou, em valores financeiros, R$ 186 a mais por habitante. Negócios A5

Mueller faz atividades alusivas à Copa do Mundo

Editais na página a7

Acesse a edição digital

Consumo de material de construção cresce no Sul

bem estar

localização estratégica para os mercados brasileiros e de países do Mercosul, a oferta de mão de obra qualificada, a força do agronegócio, o moderno polo automotivo e a rede de universidades e institutos de tecnologia. Geral B3

Pele exige cuidados especiais no frio Saúde & Bem Estar B1

O Shopping Mueller promoverá, nos dias 7 e 8 (sábado e domingo), a atração “Brinq Mueller especial Futebol”, comemorativa à Copa do Mundo. Os pequenos torcedores terão a oportunidade

de equipar-se para acompanhar os jogos do evento esportivo, com instrumentos e adornos confeccionados por eles mesmos. Negócios A6

Ministros pedem diálogo entre agricultores e índios Os ministros da Justiça, José Eduardo Cardozo, e da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, definiram ontem a mediação como “única saída” para superar o impasse em torno dos conflitos relacionados à demarcação de terras indígenas no país. Deputados da bancada ruralista acusaram os ministros

Central de Atendimento: 41 3333.9800 / e-mail: pauta@induscom.com.br

como “responsáveis” pelas mortes de agricultores nesses conflitos. Os deputados Giovanni Queiroz (PDT-PA) e Luiz Carlos Heinze (PP-RS) acusaram o governo federal de omissão e de levar em consideração laudos antropológicos fraudados na definição de áreas indígenas. Brasil A2


Nossa relação se dá exclusivamente com a Opas e não com o governo cubano. Esses médicos cubanos continuam mantendo vínculo com o governo cubano.” Arthur Chioro, ministro da Saúde, sobre programa Mais Médicos

Para ser campeão, é importante ter um ou mais jogadores de personalidade em campo. Esse é o único ponto em que vejo uma pequena fraqueza na equipe alemã.” Michael Ballack, ex-capitão da Alemanha

a2 | BRASIL

Não quero mais engravidar. Fiquei dez anos parindo, daqui não sai mais nada. Mas adotar um bebê daqui a uns dez anos é uma ideia. Na verdade, um plano.” Angélica, apresentadora

Diário Indústria&Comércio Curitiba, quinta-feira, 05 de junho de 2014

coluna@induscom.com.br

A voz do Brasil mais flexível Com a instalação da democracia no Brasil, as opiniões tornaram-se mais flexíveis, assim como as medidas do governo. Alguns resquícios de tradicionalismo, porém, ainda insistem em permanecer vivos no cotidiano do país. Um deles é o congelado horário do programa de rádio “A Voz do Brasil”, que as emissoras são obrigadas a veicular diariamente às 19 horas. Uma mobilização, liderada pelas emissoras, no sentido de flexibilizar essa regra vem ganhando força no país e pode crescer ainda mais com a recente medida provisória assinada pela presidenta Dilma Rousseff e publicada na edição de ontem do Diário Oficial da União. De acordo com a decisão do governo, o programa poderá ir ao ar entre as 19h e as 22h no período da Copa do Mundo, entre 12 de junho e 13 de julho. Seria um indicativo de que o tradicional horário do programa poderia mudar daqui para frente, atendendo a vontade das emissoras e de boa parte da população? Talvez sim. A verdade é que não existe motivo para que o governo mantenha estática uma determinação antiga e sem sentido. Solicitar que as rádios publiquem “A Voz do Brasil” é até compreensível, para manter a transparência e informar o público sobre os trabalhos do Executivo. Mas exigir um horário, limitando a liberdade da mídia e prejudicando a escolha dos ouvintes, é desnecessário e antidemocrático.

Previsão do tempo Fonte: www.simepar.br..

9° Máx.: 20° Mín.:

Nesta quinta-feira uma frente fria se desloca da Argentina para o mar. No sul do Brasil um aumento de umidade e calor ocorre por conta do escoamento do ar pelos níveis médios da atmosfera até a região. Embora a frente fria se desloca para o mar ao sul, seu eixo mais instável favorece a formação de nuvens de chuva na região do Paraná, onde o aumento de umidade e calor na atmosfera é mais intenso.

Arte: Roque Sponholz..

Comissão aprova poder de polícia para guardas municipais

Avião decola do Rio com mistura de 4% de biocombustível

O Estatuto Geral das Guardas Municipais (PLC 39/14) foi aprovado ontem pela Comissão de Constituição e Justiça do Senado. Pela proposta, as corporações terão poder de polícia, com a responsabilidade de proteger tanto o patrimônio quanto o cidadão. O projeto atribui ao integrante da guarda porte de arma e o direito à estruturação em carreira única.

Um voo da companhia aérea Gol decolou ontem do Aeroporto Santos Dumont, com destino a Brasília, abastecido com bioquerosene. Esse é o primeiro de uma série de 200 voos que a empresa fará até 14 de julho utilizando uma mistura de querosene de aviação com 4% de biocombustível.

EXPEDIENTE

Diário Indústria&Comércio Fundado em 2 de setembro de 1976

definição de direitos

Ministros pedem diálogo entre agricultores e índios Deputados da bancada ruralista acusaram os ministros como “responsáveis” pelas mortes

O

s ministros da Justiça, José Eduardo Cardozo, e da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, definiram ontem a mediação como “única saída” para superar o impasse em torno dos conflitos relacionados à demarcação de terras indígenas no país. Deputados da bancada ruralista acusaram os ministros como “responsáveis” pelas mortes de agricultores nesses conflitos. Os deputados Giovanni Queiroz (PDT-PA) e Luiz Carlos Heinze (PP-RS) acusaram o governo federal de omissão e de levar em consideração laudos antropológicos fraudados na definição de áreas indígenas. Os laudos definem se determinada região é tradicionalmente ocupadas por índios. Convocados pela Comissão de Agricultura da Câmara para prestar esclarecimentos sobre mortes de produtores rurais no Rio Grande do Sul em conflito com indígenas, os ministros voltaram a defender o diálogo e a tentativa de acordo como formas de evitar a judicialização das disputas. “Pode ser terras pequenas, mas tem gente em cima. No Rio Grande do Sul, são nove mortes e a responsabilidade por essas mortes são do ministro Gilberto Carvalho e do ministro José Eduardo Cardozo”, criticou o deputado Heinze. Na se-

Marcelo Camargo/Agência Brasil

EDITORIAL

De acordo com o ministro Gilberto Carvalho, no Rio Grande do Sul, 0,39% do estado é ocupado por terras indígenas. Se forem demarcadas as áreas reivindicadas pelos indígenas, esse percentual por chegar a 1,5% ou 2% mana passada, cerca de 500 índios protocolaram queixa-crime no Supremo Tribunal Federal (STF) contra Heinze e o também deputado Alceu Moreira (PMDB-RS) por incitamento ao racismo e preconceito contra a população indígena. “Entendemos que essa negociação, embora contestada, é único caminho possível”, disse Carvalho. “Não queremos o acirramento de conflito, queremos a mediação. É possível fazer no Brasil como foi feito em vários países, ajustando direitos.

Não tentar ao limite a possibilidade de mediação é um erro. Enquanto ministro, investirei ao máximo na mediação”, ponderou Cardozo. De acordo com o ministro Gilberto Carvalho, no Rio Grande do Sul, 0,39% do estado é ocupado por terras indígenas. Se forem demarcadas as áreas reivindicadas pelos indígenas, esse percentual por chegar a 1,5% ou 2%. Em Mato Grosso do Sul, continuou, 2,28% do território são demarcados. A área pode chegar a, no máximo, mais 1%. Já em Santa

Resolução

Janot dá parecer favorável à mudança na composição de bancadas na Câmara O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, enviou ao Supremo Tribunal Federal (STF) parecer favorável à validade da resolução da Justiça Eleitoral que mudou a composição das bancadas de 13 estados na Câmara dos Deputados. As ações que contestam a norma serão julgadas no próximo dia 11 pelo plenário da Corte. De acordo com entendimento de Janot, o TSE tem poderes para rever a composição das bancadas dos estados na Câmara. “Desse modo, conclui-se pela possibilidade de o TSE rever, com base nos da-

dos demográficos fornecidos pelo IBGE, a distribuição das 513 vagas de deputado federal, inclusive mediante redução do número de cadeiras de algum estado-membro, desde que nenhum deles tenha menos de oito ou mais de 70 representantes na Câmara Baixa”, argumentou o procurador. O parecer será anexado às ações diretas de inconstitucionalidade protocoladas no ano passado pelas assembleias legislativas de Pernambuco, do Piauí e de Santa Catarina e pelos estados do Espírito Santo, da Paraíba, do Piauí e Paraná.

A polêmica sobre a mudança na composição das bancadas na Câmara começou após uma decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) definida em abril do ano passado, ao julgar um recurso apresentado pela Assembleia Legislativa do Amazonas, segundo a qual a representação populacional do estado na Câmara não condizia com a realidade, pois tinha como referência um censo defasado. A casa legislativa amazonense sustentou ainda que estados com menor população, como Alagoas e Piauí, tinham mais representatividade na Câmara -

Fundador e Presidente Odone Fortes Martins Reg.Prof. DRT/PR: 6993 (ofm@induscom.com.br)

Publicidade Legal e Assinaturas: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fones: (41) 3333.9800 | 3334.4665 e-mail: publegal@induscom.com.br

Parque Gráfico e Circulação: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fones: (41) 3333.9800 | 3322.1012 Direção e Comercial: Rua Presidente Faria, 533 Centro - Curitiba - CEP: 80020-290 Fone: (41) 3322.1012 e-mail: diretoria@induscom.com.br comercial@induscom.com.br

NEW CAST PUBLICIDADE & MARKETING BRASÍLIA E RIO DE JANEIRO Atendimento : Flávio Trombieri Moreira – Cel.: (61) 8155 2020 Endereço: SRTVS Quadra 701 Bloco K Sala 624 – Edifício Embassy Tower Brasília DF - Cep.: 70.340 – 908 Fone/Fax: (61) 3223 4081 E-mail: new.cast@uol.com.br / new.cast@hotmail.com

Os artigos assinados que publicamos não representam necessariamente a opinião do jornal.

com nove e dez deputados federais, contra oito do Amazonas. Conforme a decisão original do tribunal, perderão uma cadeira os estados de Alagoas e Pernambuco, do Espírito Santo, Paraná, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul. Ficarão sem duas cadeiras a Paraíba e o Piauí. Ganharão uma cadeira o Amazonas e Santa Catarina, duas cadeiras, o Ceará e Minas Gerais. O maior beneficiado é o Pará, que terá mais quatro deputados. A nova composição das bancadas foi definida de acordo com o Censo de 2010.

Ponto de Vista

Diretor de Redação Eliseu Tisato Reg.Prof. DRT/PR: 7568 (editor@induscom.com.br) Redação: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fone: (41) 3333.9800 E-mail: pauta@induscom.com.br

Cataria, atualmente 0,87% do estado é ocupado por terras indígenas, com aumento máximo para 2%. “Não se trata de grandes extensões de terra que venham a preocupar a agricultura nacional. Embora sejam terras pequenas, são áreas que estão em conflito porque foram reconhecidas como terras indígenas, que podem ser contestadas, e onde há agricultores que não podemos tirar, quando tiverem sua titulação legal e sua tradicionalidade”, disse Carvalho.

A função da criatividade no mundo corporativo Parte do processo de desenvolvimento das competências profissionais, a criatividade é algo presente em todos os seres humanos. Mesmo que sua manifestação varie de indivíduo para indivíduo, ela pode ser melhorada e potencializada a cada dia. No contexto histórico, a palavra “criar” vem do latim “creare”, que se traduz em erguer, produzir; mas também está relacionada a “crescere”, ou seja, crescer, aumentar. No grego, a palavra “krainen” (criatividade) significa realizar, desempenhar, preencher. Dentro das empresas, a criatividade ocupa um papel central na busca de soluções originais e inovadoras, por isso, ela é hoje considerada e tratada no contexto empresarial como patrimônio e recurso estratégico para o desenvolvimento e

sucesso da empresa e cada vez mais objeto de formação e treinamentos, pois “anda” de mão dada com a inovação. O processo criativo no âmbito profissional acontece por meio da qualidade dos nossos pensamentos, que direcionam as decisões e as ações. Criar processos e definir novos horizontes são ações estratégicas para desenvolver aptidões em todo o grupo, o que possibilita projetar resultados positivos para equipe. O matemático Henri Poincaré definiu em 1929 um significado para a palavra criatividade: capacidade de unir os elementos préexistentes em combinações novas, que sejam úteis. Isso desmistifica a ideia de que ela seja algo que nasça do nada, um momento de genialidade incontrolado, e passe

a ser algo mais concreto. Ser criativo exige igualmente algumas competências como flexibilidade, foco, determinação, persistência, curiosidade e autodisciplina. Desse modo, a essência do pensamento criativo permite quebrar regras Eduardo existentes para criar outras que funShinyashiki, cionem melhor ou encontrar uma palestrante, aplicação nova às já existentes. consultor Para inovar, ou seja, desenvolver organizacional, uma ideia nova e transformá-la especialista em em um processo ou produto, é desenvolvimento necessário primeiramente ter tido das a ideia. Afinal, criatividade e ino- Competências vação podem ser consideradas de Liderança e as faces de uma mesma moeda e Preparação de valores fundamentais na cultura Equipes corporativa, mas para potencializar seu processo criativo, é preciso estar aberto ao novo, superar a resistência à mudança e ir além dos esquemas mentais habituais.


economia | a3

Diário Indústria&Comércio Curitiba, quinta-feira, 05 de junho de 2014

SEUS ATIVOS

DINHEIRO

Decreto reduz IOF sobre empréstimos externos A medida reduz de 360 dias para 180 dias o prazo médio mínimo das captações externas que terão incidência de alíquota zero de IOF

E

m nota divulgada ontem, o Ministério da Fazenda informou que foi publicado no Diário Oficial da União o Decreto 8.263, que reduz o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) incidente sobre empréstimos externos tomados por empresas e bancos. A medida reduz de 360 dias para 180 dias o prazo médio mínimo das captações externas que terão incidência de alíquota zero de IOF. Para operações inferiores a seis meses, a alíquota de IOF continua em 6%. O Ministério da Fazenda informou também que a medida tem por objetivo facilitar a captação de recursos no mercado externo, com reflexos positivos sobre o custo e a oferta de recursos para os agentes econômicos no país. A alteração proposta tem custo fiscal estimado em R$ 10,31 milhões para o ano de 2014, R$ 18,19 milhões para o ano de 2015 e R$ 18,44 milhões para o ano de 2016. ESPECULAÇÃO O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse ontem que o governo não está chamando capital especulativo para o país ao reduzir o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) incidente sobre empréstimos externos tomados por empresas e bancos.

“Não estamos chamando capital especulativo. O que mais vem para o Brasil é investimento estrangeiro direto [que vai para o setor produtivo da economia]. O Brasil é um dos cinco países que mais atraem investimento estrangeiro no mundo”, disse. O ministro acrescentou que também há investimento em títulos públicos. “Temos títulos e oferecemos. É importante que haja investimento externo. Hoje 17% da nossa dívida são bancados por investimento externo. Há países em que 50% da dívida são bancados por investidores externos”, destacou, em entrevista coletiva. A taxa básica de juros, a Selic, em 11% ao ano, e agora a maior facilidade para a entrada de recursos no país pode facilitar a chamada arbitragem. Por esse processo, os investidores captam dinheiro com juros mais baixos no exterior e aplicam no Brasil onde os juros são mais altos. Segundo Mantega, o objetivo da medida é “simplesmente normalizar o mercado de câmbio que no passado teve atuação anormal”, com excesso de fluxo de capitais para o país. De acordo com o ministro, com a medida, as empresas e os bancos poderão captar mais recursos no exterior. Entretanto, ele destacou que a maioria busca recursos no exterior com prazos

“Não estamos chamando capital especulativo. O que mais vem para o Brasil é investimento estrangeiro direto [que vai para o setor produtivo da economia]. O Brasil é um dos cinco países que mais atraem investimento estrangeiro no mundo”, disse o ministro da Fazenda, Guido Mantega mais longos. “Não há dificuldade de crédito. Mas existe uma oportunidade adicional de crédito com essa medida”, disse. Ele acrescentou que pequenos bancos, que reduziram a oferta de crédito no país, poderão ser beneficiados com a mudança.

O ministro disse ainda que a nova regra não tem relação com a alta da inflação no país. “Não administramos câmbio tendo em vista a inflação”, disse. Ele acrescentou que a inflação no país está caindo, principalmente a de alimentos.

spada@induscom.com.br ..

Aumento do desemprego no 1º tri de 2014 é sazonal Entre os últimos três meses de 2013 e o primeiro trimestre deste ano, a taxa média de desocupação do Brasil saiu de 6,2% para 7,1%, de acordo com a PNAD Contínua, do IBGE, divulgada na terça-feira. A variação, segundo Rodrigo Leandro de Moura, pesquisador da área de Economia Aplicada da FGV/IBRE, é explicada por um movimento de ajuste sazonal. “Isso se deve, principalmente, devido às contratações de fim de ano, em virtude do aumento das vendas das festas natalinas. Logo após o Natal vários setores demitem”, diz ao completar que o setor de comércio, às vezes, segura as demissões para depois do carnaval. “Mas de qualquer forma, esse aumento do desemprego é devido a essas demissões sazonais”. Se comprado ao mesmo período do ano passado (1º tri de 2013), a taxa sofreu uma queda, de 8% para 7,1%. Chama atenção da pesquisa o nível ainda elevado do desemprego entre os jovens de 18 a 24 anos que chegou a 15,7%, média nacional nos primeiros meses de 2014. Dentre as cinco regiões do país, Nordeste é a que apresentou a maior taxa entre os jovens: 20,1%, contra 16% do Norte, 15,8% do Sudeste, 12% do CentroOeste e 9,1% do Sul. Segundo Moura, esse o grupo sempre registou taxa elevadas de desocupação, em diversos países, por terem menor experiência e por ainda estarem em processo de escolarização. “Não chega a ser preocupante, mas medidas de políticas ativas de emprego podem ser aperfeiçoadas. Algumas delas já estão surtindo efeitos como o PRONATEC, PROUNI e FIES que têm estimulado o jovem a alongar seu ciclo de estudos, o que eleva a sua empregabilidade à medida que amplia o tempo de entrar no mercado de trabalho”, analisa. As mulheres também ajudam a engrossar o grupo que atingem níveis maiores de desemprego. De acordo com o IBGE, as análises apontaram diferenças significativas na taxa de desocupação entre homens e mulheres em todo o país. No primeiro trimestre deste ano, a taxa foi estimada em 5,9% para eles e 8,7% para elas, sendo no Norte, a maior diferença — 10,5% entre as mulheres contra 5,8% entre os homens. No Nordeste são 11,9% mulheres desempregadas e 7,9% homens desocupados. “Acredito que esse problema seja mais preocupante e pode indicar algumas possibilidades: menor nível educacional das mulheres nessas regiões ou discriminação. Mais importante do que o nível do desemprego delas ser alto nas regiões Norte e Nordeste é que a diferença para os homens é mais alta também nessas regiões. Essas duas possibilidades deveriam ser verificadas empiricamente”, destaca Moura. (FGV/IBRE)

ÍNDICES E INDICADORES ECONÔMICOS MOVIMENTAÇÃO DIÁRIA Informações de 04 de junho de 2014

MAIORES ALTAS DO ÍNDICE BOVESPA Ação ENERGIAS BR ON NM ESTACIO PART ON NM ROSSI RESID ON NM ANHANGUERA ON NM KROTON ON NM

Osc. (%) 3,85 3,49 3,14 2,67 2,58

MAIORES BAIXAS DO ÍNDICE BOVESPA Ação NATURA ON NM GOL PN ES N2 PETROBRAS PN PETROBRAS ON ULTRAPAR ON NM

Osc. (%) -2,07 -1,90 -1,89 -1,75 -1,46

Preço (R$) 9,70 27,84 1,64 16,89 58,37

Hora 17:34 17:43 17:43 17:34 17:41

Preço (R$) 38,72 12,41 16,58 15,68 53,31

Hora 17:41 17:39 17:43 17:42 17:39

AÇÕES MAIS NEGOCIADAS DO ÍNDICE BOVESPA

AVALIAÇÃO

Medida sobre IOF não causará “grandes impactos” nas receitas, diz Arno Augustin O secretário do Tesouro Nacional, Arno Augustin, disse ontem que a medida que reduziu o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) incidente sobre empréstimos externos tomados por empresas e bancos não causará “grandes impactos” nas receitas do governo federal. Para o secretário, não haverá “reflexo significativo” na programação fiscal do Te-

souro Nacional. “Impostos regulatórios, como o IOF, são assim. É normal que nesta ou em outra conjuntura seja alterado por uma necessidade do próprio perfil do tributo. Eventualmente, são aumentados ou reduzidos”, disse, após participar de reunião com integrantes da Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados. Arno Augustin informou tam-

bém que a renúncia fiscal com a medida será adequada ao próximo relatório, além das projeções de arrecadação de impostos e tributos federais. Segundo o secretário, o mais importante é que o governo, ao tomar a medida, favoreceu a captação de recursos por parte de bancos e empresas. O secretário não quis especificar quais os setores seriam beneficiados.

“A economia como um todo [será beneficiada com as medidas]. Não há um setor específico. É uma medida geral, que melhora a economia como um todo”, destacou. A alteração proposta, informou o Ministério da Fazenda, tem custo fiscal estimado em R$ 10,31 milhões para 2014, R$ 18,19 milhões para 2015 e R$ 18,44 milhões para o ano de 2016.

Ação ITAUUNIBANCO PN ED N1 PETROBRAS PN VALE PNA N1 BTG PACTUAL UNT BRADESCO PN EJ N1

ÍNDICES BRASIL Índice Osc. (%) Ibovespa -0,38 IBrX 50 -0,45 IBrX -0,37 IBRA -0,35 MLCX -0,42 SMLL 0,26 ISE -0,04 ICO2 -0,49 IEE -0,02 INDX -0,30 ICON 0,24 IMOB -0,30 IFNC -0,56 IMAT -0,56 UTIL 0,39

DÓLAR DIA 30/mai 02/jun 03/jun 04/jun

DÓLAR DIA 30/mai 02/jun 03/jun 04/jun

EURO

Ponto de Vista O apagão da telefonia móvel nos estádios As vésperas do pontapé inicial do maior evento esportivo do mundo, estádios, aeroportos, bem como uma série de obras importantes de acesso ao evento, restam inacabadas. Aliás, contase nos dedos os aeroportos e estádios 100% prontos, equipados e em condições de serviço. Não obstante as operadoras de telefonia móvel haverem tido tempo suficiente para se organizar para a Copa do Mundo de 2014, dois estádios - Arena Corinthians e Arena da Baixada - não cumpriram sequer as exigências da Fifa no que tange a disponibilidade de 4G nos estádios. Com o intuito de minimizar a falta de serviço de dados das operadoras, foi implementado sistema Wi-Fi em apenas seis dos doze estádios que sediarão os jogos do evento. Ainda que tivéssemos internet 4G em todos os estádios, a

maioria dos turistas estrangeiros não conseguiriam utilizar seus celulares, porque a faixa de frequência adotada na primeira fase do 4G, 2,5 Ghz, é divergente da maioria dos países da comunidade europeia, Estados Unidos e países asiáticos. A faixa de frequência mais utilizada no mundo, a de 700 mhz, aqui tem licitação prevista para agosto próximo. Verdade seja dita, a Copa do Mundo atropelou o processo de evolução natural da telefonia móvel no Brasil. Em um país onde sequer o 3G foi implantado em quantidade e qualidade aceitáveis, falar de 4G soa como um escárnio à inteligência da maioria dos consumidores. Seja nas grandes, pequenas e médias cidades, ou nas áreas rurais, o sonho de consumo dos brasileiros ultimamente tem sido apenas falar ao telefone por alguns minutos sem cair a linha.

Seja como for, iniciamos a migração do 3G para o 4G concomitantemente com a migração do 2G para o 3G, que encontra-se ainda na metade do caminho. Diga-se de passagem, meio do caminho se considerarmos todo o Brasil. Em verdade, temos estados da Federação quase inteiros ainda com 2G, especialmente nas regiões Norte, Nordeste e Centro-oeste. Tais deficiências do sistema de telefonia móvel tem suas raízes na carência de infraestrutura de telecomunicações do Brasil. A falta de backhaul e backbone (linhas de transmissão e distribuição de sinal de alta capacidade) em âmbito nacional, são os alicerces que necessitam ser construídos para que o Brasil possa de fato avançar no quesito telecomunicações efetivamente. Ressuscitada no final do governo Lula, essa era a missão da Telebrás.

Vol. (R$ Mil) 391.645,94 346.227,43 247.217,67 209.914,92 190.438,15

DIA 30/mai 02/jun 03/jun 04/jun

Último 51.832 8.736 21.417 1.991 972 1.250 2.460 1.173 26.529 11.453 2.467 640 4.631 1.513 2.796

Abertura 52.032 8.775 21.497 1.998 976 1.247 2.460 1.179 26.524 11.487 2.461 642 4.657 1.522 2.783

COMERCIAL

Compra R$ 2,239 R$ 2,275 R$ 2,276 R$ 2,282

Part.(%) 8,02 7,09 5,06 4,30 3,90

Mínimo 51.608 8.700 21.328 1.983 968 1.244 2.448 1.169 26.472 11.397 2.448 636 4.609 1.508 2.771

Venda R$ 2,241 R$ 2,277 R$ 2,278 R$ 2,284

COMERCIAL

Compra R$ 3,053 R$ 3,079 R$ 3,085 R$ 3,104

INDICADORES / MÊS Poupança antiga (1) Poupança (2) TR* TJLP FGTS (3) SELIC - Déb Fed (4) DI Over (5) UPC *** UFESP FCA / SP UFM Salário Mínimo Salário Mínimo SP (6)

(%) (%) (%) (%) (%) (%) (%) (R$) (R$) (R$) (R$) (R$) (R$)

fev/14 0,5540 0,5540 0,0537 0,38 0,3005 0,79 0,83 22,36 20,14 1,9619 121,80 724,00 810,00

Data/Hora 04/06 - 17:24 04/06 - 17:24 04/06 - 17:24 04/06 - 17:24 04/06 - 17:24 04/06 - 17:24 04/06 - 17:24 04/06 - 17:24 04/06 - 17:24 04/06 - 17:24 04/06 - 17:24 04/06 - 17:24 04/06 - 17:24 04/06 - 17:24 04/06 - 17:24 Fonte: Bovespa

Var.% 0,760 % 1,600 % 0,040 % 0,260 %

Hora 17:05 17:08 17:08 17:04

Venda R$ 2,420 R$ 2,430 R$ 2,440 R$ 2,440

Compra 2,100 % 0,410 % 0,410 % 0,000 %

Venda 16:01 16:00 16:03 16:03

Venda. R$ 3,054 R$ 3,081 R$ 3,087 R$ 3,106

Var.% 0,850 % 0,860 % 0,190 % 0,610 %

Hora 17:00 18:00 18:00 17:30

PARALELO

Compra R$ 2,090 R$ 2,140 R$ 2,170 R$ 2,170

Máximo 52.032 8.775 21.497 1.998 976 1.250 2.462 1.179 26.648 11.488 2.467 642 4.657 1.522 2.800

Hora 17:35 17:43 17:41 17:08 17:35

mar/14 0,5267 0,5267 0,0266 0,42 0,2733 0,77 0,76 22,36 20,14 1,9619 121,80 724,00 810,00

abr/14 0,5461 0,5461 0,0459 0,41 0,2926 0,82 0,82 22,40 20,14 1,9619 121,80 724,00 810,00

mai/14 0,5607 0,5607 0,0604 0,42 0,3072 0,87 22,40 20,14 1,9619 121,80 724,00 810,00

Ano 2,8300 2,8300 0,3000 2,07 1,5400 4,16 ----0,36

6,78 ----

12 meses 6,6900 6,5800 0,4900 5,07 3,5100 9,56 ----0,40 18,44 1,6994 108,66 6,78 ---

INFLAÇÃO

REFERÊNCIA ATUALIZADA: MAIO/2014 ÍNDICES INPC / IBGE (%) IPCA / IBGE (%) IPCA Esp / IBGE (%) ICV / DIEESE (%) IPC / FIPE (%) ClasMéd/Ordem (%) IGP-DI / FGV (%) IPA -DI / FGV (%) IPC-DI / FGV (%) INCC-DI / FGV (%) IGP-M / FGV (%) IPA-M / FGV (%) IPC-M / FGV (%) INCC-M / FGV (%) CUB-Sinduscon (%)

Adriano Fachini é empresário de telecomunicações e presidente da Aerbras Associação das Empresas de Radiocomunicação do Brasil.

INPC / IBGE (%) IPCA / IBGE (%) IPCA Esp / IBGE (%) ICV / DIEESE (%) IPC / FIPE (%) ClasMéd/Ordem (%) IGP-DI / FGV (%) IPA -DI / FGV (%) IPC-DI / FGV (%) INCC-DI / FGV (%) IGP-M / FGV (%) IPA-M / FGV (%) IPC-M / FGV (%) INCC-M / FGV (%) CUB-Sinduscon (%)

(%) (%) (%) (%) (%) (%) (%) (%) (%) (%) (%) (%) (%)

(%) (%) (%) (%) (%) (%) (%) (%) (%) (%) (%) (%) (%)

set/13 0,27 0,35 0,27 0,24 0,25 0,36 1,36 1,90 0,30 0,43 1,50 2,11 0,27 0,43 0,12 fev/14 0,64 0,69 0,70 0,61 0,52 0,73 0,85 1,00 0,66 0,33 0,38 0,27 0,70 0,44 0,23

Edição: Odailson Elmar Spada

out/13 nov/13 dez/13 jan/14 0,61 0,54 0,72 0,63 0,57 0,54 0,92 0,55 0,48 0,57 0,75 0,67 0,64 0,45 0,44 1,95 0,48 0,46 0,65 0,94 0,50 0,50 0,77 1,18 0,63 0,28 0,69 0,40 0,71 0,12 0,78 0,12 0,55 0,68 0,69 0,99 0,26 0,35 0,10 0,88 0,86 0,29 0,60 0,48 1,09 0,17 0,63 0,31 0,43 0,65 0,69 0,87 0,33 0,27 0,22 0,70 0,17 0,09 0,06 0,05 mar/14 abr/14 mai/14 12meses 0,82 0,78 5,82 0,92 0,67 6,28 0,73 0,78 6,19 0,81 0,57 7,05 0,74 0,53 0,25 5,36 0,71 0,59 5,56 1,48 0,45 8,10 1,91 0,27 8,76 0,85 0,77 6,36 0,28 0,88 7,96 1,67 0,78 -0,13 7,84 2,20 0,79 -0,65 8,30 0,82 0,82 0,68 6,52 0,22 0,67 1,37 7,89 0,08 0,15 1,71 4,62 Fontes: Folha Online/Valor Econômico/CMA/Empresário Online


a4 | economia

Diário Indústria&Comércio Curitiba, quinta-feira, 05 de junho de 2014

EM RELAÇÃO A 2013

Painel

Queda de 5,8% na indústria é a maior desde 2009 IBGE destacou, além da diminuição no ritmo de produção, o efeito calendário - uma vez que abril de 2014 teve dois dias úteis a menos do que abril de 2013

OS PREÇOS DAS COMMODITIES, produtos primários com cotação internacional, apresentaram queda de 1,96%, em maio comparados a abril. É o que mostra o Índice de Commodities Brasil (IC-Br), calculado mensalmente pelo Banco Central (BC). Em 12 meses encerrados em maio, o índice apresentou alta de 14,07%. O IC-Br é calculado com base na variação em reais dos preços de produtos primários brasileiros negociados no exterior. O BC observa os produtos que são relevantes para a dinâmica dos preços ao consumidor no Brasil. No mês passado, o segmento agropecuário (carne de boi, algodão, óleo de soja, trigo, açúcar, milho, café, arroz e carne de porco) apresentou queda de 2,51%. Os preços das commodities do segmento de energia (petróleo, gás natural e carvão) subiram 0,48%, enquanto os dos metais (alumínio, minério de ferro, cobre, estanho, zinco, chumbo e níquel) apresentaram retração de 1,77%. Enquanto o IC-Br apresentou queda, o índice internacional de preços (CRB), calculado pelo Commodity Research Bureau, registrou alta de 0,14% em maio. Em 12 meses, houve alta de 15,16%.

Ministro Guido Mantega descarta novo aporte ao setor elétrico O ministro da Fazenda, Guido Mantega, considera que não há necessidade de aporte ao setor elétrico, no momento. Segundo ele, o governo está observando o setor todos os meses para garantir “o pleno funcionamento do setor de energia”. “A situação do setor melhorou porque o regime de chuvas deu uma melhorada. Conseguimos equacionar o problema maior que era das distribuidoras. O preço, que é regulado pela agência de energia, já está se reduzindo. Significa que há mais capacidade energética sendo gerada”. O ministro acrescentou que há mais água em vários reservatórios para gerar

energia. No último dia 29, o secretário do Tesouro Nacional, Arno Augustin, descartou um novo socorro ao setor elétrico por meio de aumento de impostos. Segundo ele, a medida não está em discussão na equipe econômica. Segundo o secretário, o governo gastará somente os R$ 13 bilhões previstos para ajudar a Conta de Desenvolvimento Energético (CDE), fundo que subsidia as tarifas do setor elétrico, neste ano. Desse total, R$ 9 bilhões tinham sido aprovados no Orçamento Geral da União e R$ 4 bilhões fazem parte do pacote de socorro ao setor elétrico anunciado em março.

US$ 813 mi As saídas de dólares do país superaram as entradas em US$ 813 milhões, em maio, de acordo com o Banco Central. Esse foi o segundo mês no ano em que foi registrado saldo negativo no fluxo cambial. Em fevereiro, o déficit chegou a US$ 1,856 bilhão.

US$ 2,735 bi No mês passado, o fluxo financeiro (investimentos em títulos, remessas de lucros e dividendos ao exterior e investimentos estrangeiros diretos, entre outras operações) foi o responsável pelo saldo negativo de US$ 2,735 bilhões. Já o fluxo comercial (operações de câmbio relacionadas a exportações e importações) registrou saldo positivo de US$ 1,922 bilhão.

Decisão sobre aumento do IPI para veículos será tomada “na véspera” O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse ontem que ainda vai avaliar se haverá aumento do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para veículos previsto para julho. “Está previsto um aumento do IPI a partir de julho. Não sei ainda se vamos praticá-lo. Vamos avaliar a situação”, disse. Segundo Mantega, essa análise será feita “na véspera” para decidir se poderá ser um aumento pequeno ou não. Mantega também não garantiu se haverá alguma medida para aumentar o crédito para compra de veículos. “A gente estava estudando alguma maneira de melhorar o crédito. Mas não é certo que a gente tenha essa medida”.

A maior influência negativa na formação média da indústria, entre as atividades, veio de veículos automotores, reboques e carrocerias, que chegou a cair 21,3%

A

queda de 5,8% na produção industrial brasileira em abril deste ano frente a abril do ano passado é a maior desde setembro de 2009, quando a indústria recuou 7,3%, com claro predomínio de taxas negativas entre as grandes categorias econômicas e as atividades pesquisadas. As informações constam da Pesquisa Industrial Mensal, divulgada ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que destacou, além da diminuição no ritmo de produção, o efeito calendário - uma vez que abril de 2014 teve dois dias úteis a

menos do que abril de 2013. A queda de 5,8% foi, segundo o IBGE, fortemente influenciada pela retração de mais de 20% na produção de veículos. “Houve predomínio de resultados negativos, na mesma base de comparação, já que as quatro grandes categorias econômicas e 20 dos 26 ramos apontaram recuo na produção”, disse o Instituto. A maior influência negativa na formação média da indústria, entre as atividades, veio de veículos automotores, reboques e carrocerias, que chegou a cair 21,3%, pressionada em grande parte pela

menor produção de automóveis, de veículos para transporte de mercadorias, de caminhões, de caminhão-trator para reboques e semirreboques, de motores diesel para ônibus, caminhões e automóveis, chassis com motor para ônibus e caminhões, de reboques e semirreboques, de carrocerias para caminhões e ônibus e de autopeças. Outras contribuições negativas relevantes sobre a produção industrial vieram da redução na fabricação de máquinas e equipamentos (-9,9%), de produtos alimentícios (-4,0%), de outros

produtos químicos (-9,0%), de máquinas, aparelhos e materiais elétricos (-15,1%), produtos de metal (-10,8%) e de metalurgia (-6,2%). Na comparação com abril de 2013, os bens de capital e de consumo duráveis registraram quedas mais acentuadas (-14,4% e -12,0%, respectivamente). Os segmentos de bens intermediários (-4,5%) e de bens de consumo semi e não-duráveis (-3,9%) também registraram resultados negativos, mas em intensidade menor do que a média nacional (-5,8%).

SETORES

Queda na produção industrial reflete retração em metade dos ramos pesquisados A queda de 0,3% na produção industrial de março para abril reflete os resultados negativos do setor em três das quatro grandes categorias econômicas e em 12 dos 24 ramos envolvidos na Pesquisa Industrial Mensal-Produção Física Brasil, divulgada ontem, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A avaliação é dos técnicos do IBGE, que apontam como as principais influências negativas as registradas na metalurgia (-2,7%), em produtos de minerais não metálicos (-1,5%), na confecção de artigos

do vestuário e acessórios (-1,6%), em produtos de madeira (-3,2%), produtos de borracha e de material plástico (-0,9%) e móveis (-2,3%). À exceção do setor de móveis – que acumulou expansão de 5,7% entre os meses de janeiro e março –, os demais ramos apontaram queda na produção em fevereiro. Por outro lado, entre os 11 ramos que ampliaram a produção, o desempenho de maior importância para a média global foi registrado por produtos alimentícios (2,6%) que, com o resultado, eliminou a queda de 1,3%, registrada no mês

anterior. Outras contribuições positivas relevantes sobre o total da indústria vieram do aumento na fabricação de sabões, detergentes, produtos de limpeza, cosméticos, perfumaria e de higiene pessoal, com crescimento de 3,1%; de produtos farmacoquímicos e farmacêuticos (4,9%), produtos derivados do petróleo e biocombustíveis (1,0%), máquinas e equipamentos (1,5%) e de veículos automotores, reboques e carrocerias (0,6%). Entre as grandes categorias econômicas, ainda na compara-

ção com o mês imediatamente anterior, bens de consumo duráveis recuou 1,6%, assinalando a queda mais acentuada em abril de 2014 e registrando o segundo resultado negativo consecutivo nesse tipo de confronto – período em que acumulou perda de 4,8%. O segmento de bens de capital (-0,5%), que também mostrou recuo de produção mais intenso que o observado no total da indústria (-0,3%), também apontou o segundo mês seguido de queda na produção, com perda acumulada de 4,5% nesse período.

APELO

Congresso precisa evitar medidas que dificultem situação fiscal, diz secretário O secretário do Tesouro Nacional, Arno Augustin, fez ontem um apelo ao Congresso Nacional para que sejam evitadas medidas que “tornem a situação fiscal da União e dos estados muito difícil”. Na terça-feira se reuniram o presidente do Congresso Nacional, senador Renan Calheiros (PMDBAL), o líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), o senador Eduardo Braga (PMDB-AM) e o ministro da Fazenda, Guido Mantega, para discutir votações no Congresso Nacional que podem causar um impacto avaliado, por técnicos do governo, em cerca de R$ 50 bilhões ao setor público. O número de projetos nessa situação pode chegar a 20. “Há, sim, matérias com enorme impacto fiscal, e a gente reitera o nosso pedido ao Congresso Nacional para que não tome medidas que tornem a situação fiscal dos estados e da União muito difícil. Alguns desses projetos têm impactos relevantes para os estados e provavelmente implicariam no não cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal [LRF]”, explicou, após participar de reunião com integrantes da Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados.


negócios&mercado

Diário Indústria&Comércio Curitiba, quinta-feira, 05 de junho de 2014 | Pág. a5

CONSTRUÇÃO CIVIL

Consumo de material de construção cresce no Sul Gastos com materiais de construção devem movimentar R$ 23 bilhões na região

Espaço ME/PE Linha Lunar torna o Dia dos Namorados ainda mais especial Toda data especial merece ser comemorada. E não poderia ser diferente com o Dia dos Namorados, celebrado em 12 de junho e que, como toda ocasião especial, fica ainda melhor quando brindada com espumantes. O Grupo Vinícola Famiglia Zanlorenzi sugere os produtos da sua linha Lunar para tornar o Dia dos Namorados inesquecível. Entre eles, destaque para o Espumante Lunar Oro, disponível nas versões Asti e Brut, único espumante brasileiro premiado no Concours Mondial de Bruxelles 2014 (Bélgica) e na edição 2013, sendo a única Medalha de Ouro na categoria espumantes brasileiros. Compõe a Linha Lunar o Espumante Lunar Stile (meio doce e brut), o Espumante Lunar Perfetto (Moscatel, Brut, Prosecco) e o frisante natural Lunar Luminare (demi-sec branco e rosé). Juntos, estes produtos já somam mais de 32 prêmios em países que são referências no universo vinícola, como Itália, França e Estados Unidos. “Os chamados sparkling wines tornaram-se a bebida favorita para celebrar datas especiais, e nossa linha Lunar reúne produtos sofisticados, com a melhor relação custo benefício e a chancela dos mais renomados enólogos do mundo”, diz a gerente de marketing da Famiglia Zanlorenzi, Giocéli Escorsin. Mais informações: http://loja. famigliazanlorenzi.com.br/

Partituras e Sabores no Pátio Batel

Do consumo total estimado para materiais de construção no país, a região Sul deve ser responsável por 18% dos gastos

O

consumo domiciliar de material de construção na região Sul do Brasil deve crescer 8% em 2014 e atingir R$ 23,2 bilhões até o fim do ano, segundo estimativas do Pyxis Material de Construção, ferramenta de dimensionamento de mercado do IBOPE Inteligência. Do consumo total estimado para esses produtos no país, essa região deve ser responsável por 18% dos gastos com material de construção, o que resulta em um consumo per capita de R$ 948. Esse valor é 24% superior à média do país ou, em valores financeiros, R$ 186 a mais por habitante. As famílias da classe B, cuja

renda familiar varia aproximadamente entre R$ 3.000 e R$5.000, são as que compõem a maior parcela desse consumo: R$ 11,3 bilhão (49%). Porém, o maior avanço em relação ao ano anterior ocorrerá nas classes D e E (14%) que passará de um potencial de R$ 744 milhões em 2013 para R$ 844 milhões neste ano. Para atender essa demanda, existem atualmente na região Sul, de acordo com o Pyxis Material de Construção, 30 mil estabelecimentos varejistas que comercializam produtos como tintas, material elétrico e vidro, entre outros. Esses estabelecimentos empregam 149 mil pessoas com

carteira assinada, com média de cinco empregados por empreendimento. A produtividade média, isto é, o potencial de consumo da categoria em 2014 dividido pelo número de estabelecimentos comerciais, é de R$ 780 mil por ano. Esse valor é 10% abaixo da produtividade nacional, indicando que o mercado do Sul do Brasil é qualificado, de volume, mas também bastante concorrido. Paraná Por estado, o Paraná é o que apresenta a melhor perspectiva de crescimento, já que a maior parte de suas cidades registra cresci-

mento acima de 8%. Já no Rio Grande do Sul, o crescimento na maior parte dos municípios é entre 6% e 8%. Em Santa Catarina, a maioria das cidades apresenta estimativa de crescimento abaixo de 6%, ou seja, não irão nem mesmo repor a inflação frente ao ano de 2013. Um conjunto de municípios paranaenses se destaca por formar uma região de crescimento contíguo: cidades localizadas no entorno de Curitiba. Nelas, o crescimento esperado supera 10%, representando uma excelente oportunidade para as empresas tanto do comércio quanto da indústria.

COMEMORAÇÃO

JUNHO

Esalflores está preparada para o Dia dos Namorados

Prêmio Finep é apresentado a empresários paranaenses

A celebração mais romântica do ano é praticamente sinônima de flores e mimos para a pessoa especial. Por isso, no Dia dos Namorados, a Esalflores se prepara para aumentar suas vendas em 100%. Com a abertura da Copa, a floricultura, que está há mais de 17 anos no mercado, também trará a opção de entrega no dia 11 de junho, quarta-feira, ou na data tradicional, 12 de junho, quinta-feira. Na data, a empresa espera fazer mais de mil entregas, mantendo a média do ano anterior. Para dar conta da demanda, além da equipe do dia a dia, estarão disponíveis cerca de 70 taxistas e seis entregadores de bicicleta. Serão disponibilizados dois horários de entrega: até as 12h ou até antes da abertura da Copa. Entretanto, o diretor geral da Esalflores, Bruno José Esperança destaca a importância da encomenda. “As pessoas que deixam para última hora não contam com tanta variedade e pode ser que não achem o que procuram”. Por isso, ele espera que 50% das vendas sejam feitas pelo site da floricultura, que conta com a coleção especial para a data. O carro chefe deve ser o buquê com 12 rosas vermelhas importadas da Colômbia, mas a venda de

Kit Amor na Praça é um dos presentes de Dia dos Namorados na Esalflores kits com chocolates, espumante e vinho, uma das novidades deste ano, também é bastante procurada. Além disso, a floricultura oferece presentes como “Amor na Praça”, com um ursinho sentado em um banco, acompanhado de um vaso com rosas. As mulheres são 75% do público que recebe os presentes. Entretanto, a Esalflores também oferece opções para o público masculino. “Temos duas opções de kits, um com bonsai de quatro anos, espumante e taça; e outro

com bambu da sorte em formato triangular e chocolate. São opções bonitas para decorar escritórios e duram bastante”, conta o diretor geral. A Esalflores fica na Rua 24 de Maio (n° 1839), no Bairro Rebouças, e funciona de segunda a sexta, das 8h às 19h; nos sábados, das 8h às 17h; e nos domingos, das 9h às 14h. Mais informações no site www.esal.com.br, na página da empresa no Facebook (www. facebook.com/Esalflores) e pelo telefone (41) 3091-0403.

Indústrias e instituições interessadas em participar da edição 2014 do Prêmio Finep poderão obter mais informações e tirar suas sobre o tema na próxima semana. O Senai, em parceria com a Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Estado do Paraná (SETI), promovem na quarta-feira (11), um encontro com o analista Pedro Victor Lito, do departamento de marketing da Finep, que apresentará os detalhes da premiação aos participantes. O Prêmio Finep é o mais importante instrumento de estímulo e reconhecimento à inovação no País. Desde 1998, já premiou centenas de empresas, instituições e pessoas físicas, sendo responsável pela projeção dos contemplados não apenas no Brasil como no exterior. As categorias que concorrem são Micro e Pequena Empresa, Média Empresa, Grande Empresa (apenas na etapa nacional), Instituição de Ciência e Tecnologia, Tecnologia Social, Inventor Inovador, Inovação Sustentável e Tecnologia Assistiva, também restrita à etapa nacional.

Começou junho e também nova programação cultural na Praça de Gastronomia do Pátio Batel. O projeto Partituras e Sabores é uma parceria do shopping com a Lumen FM e traz um piano e um músico diferente a cada dia, com repertório variado para agradar o público. Durante este mês as atrações são os músicos Moacir Henrique – que ocupou o posto de pianista do Balé do Teatro Guaíra, Rodolfo Reichmann – que possui quatro CDs gravados, já dividiu o palco com Jorge Ben Jor e se apresenta em casas noturnas como o Full Jazz Bar, Gisele Mallon – pianista, musicoterapeuta

e compositora que deve trazer MPB com improvisação e temas de filmes, Guilherme Franco – que desde 2010 integra a curitibana “Big Time Orchestra”, Cida Maria Cardoso – pianista e professora que irá apresentar repertório bastante eclético, Noara Barreiros – que estudou piano clássico e popular e também dedica-se ao estudo da flauta transversal, e Ana Maria Ribeiro - especialista em música italiana devido ao trabalho realizado por muitos anos em cantinas e tratorias de São Paulo. A programação segue abaixo e acontece todos os dias da semana, gratuitamente, das 18h às 20h.

TIM lança chip pré-pago para turistas estrangeiros A TIM preparou uma oferta especial para facilitar a comunicação móvel dos turistas que chegarem ao Brasil nas próximas semanas. Com o TIM Visitor, o usuário poderá fazer ligações locais e DDD para números fixos e móveis de qualquer operadora, chamadas internacionais, envio de mensagens de texto para números do Brasil e do exterior e ainda terá uma franquia semanal de 1,5 GB para navegar na web. Basta apenas comprar o chip da oferta – que é 4G – por R$ 50, valor revertido em créditos para uso dos serviços. “Com a proximidade de grandes eventos, o Brasil receberá turistas de toda a parte do mundo que terão a necessidade de se comunicar. Para atender a essa demanda, unimos em uma única oferta os serviços de voz, mensagens e internet, com mecânica simples e preços muito atrativos. Além disso, investimos em canais de contato e recarga em inglês e espanhol, para trazer ainda mais comodidade e segurança ao público estrangeiro. Acreditamos que o TIM Visitor será um grande sucesso e mais um destaque no portifólio inovador da TIM”, explica Roger Solé, CMO da TIM Brasil.

Desjoyaux oferece piscina ecológica No próximo dia 5 de junho, é comemorado o Dia Mundial do Meio Ambiente. Para mostrar que é possível ajudar a natureza mesmo em processos industriais, a marca francesa de piscinas Desjoyaux, presente em Curitiba (PR), utiliza atualmente 100% de materiais reciclados na fabricação da estrutura das suas piscinas. “O impacto positivo é grande, já que anualmente, no mundo todo, são feitas pela empresa cerca de 14 mil unidades de piscinas”, afirma Franck Limonne, gerente da Desjoyaux Piscinas em Curitiba (PR). Para se ter uma ideia, para fabricar uma piscina de 8m x 4m, são utilizados na estrutura de cofragem permanente ativa 135 quilos de PEAD (polietileno de alta densidade) ou de PP (polipro-

pileno), provenientes de uma coleta seletiva. Para conseguir essa quantidade é necessário reciclar 8.400 garrafas de leite utilizadas na França. Outra ajuda à natureza é que a filtração é inteligente, sem tubulações e sem descarga de água clorada para o sistema de esgoto e sem necessitar de novos abastecimentos de água. Além disso, em cada operação de limpeza é poupada uma grande quantia de água em relação a um filtro de areia. Para completar, nessa época de frio em que é preciso manter a água aquecida, a Desjoyaux oferece coberturas automáticas, que mantêm o calor e ainda são ideais para a questão de segurança. A bateria, que funciona com energia solar, permite abrir e fechar a persiana até 40 vezes.


a6 | negócios

Diário Indústria&Comércio Curitiba, quinta-feira, 05 de junho de 2014

Aroldo Murá G. Haygert Contato com o jornalista: aroldo@cienciaefe.org.br

CHINESES ESTÃO NA GRANDE FEIRA QUE ATRAI 50 MIL VISITANTES Carlos Jung, com sua Diretriz Empreendimentos, consolida a posição de notável empresário brasileiro na área de feiras de negócios. O melhor exemplo pode ainda ser constatado até neste sábado, no Expotrade, de Pinhais, com a Autopar. Trata-se de feira bianual do setor de reposição e reparação automotiva realizada pela empresa de Jung. Sobre o assunto, a coluna ouviu o braço direito de Jung, o diretor comercial da Diretriz, Cassio André Dresch: P) No que consiste a Autopar? R) A Autopar é produto genuinamente paranaense, à altura do enorme potencial que o mercado do sul guarda para o setor. E, também, à forte presença das montadoras. A feira iniciada dia 4, indo até 7, sábado, no Expotrade, é o maior evento do setor de reposição e reparação automotiva realizado no brasil nos anos pares. Reúne parte significativa dos principais nomes do mercado nacional de fabricantes de autopeças e equipamentos utilizados em oficinas mecânicas. Entre os quase quinhentos expositores. P) Dentre os grandes forne-

2 – A OBRA DE JL Jaime Lerner, arquiteto e urbanista, fundador do Instituto Jaime Lerner e da Jaime Lerner Arquitetos Associados (JLAA), presidiu a União Internacional dos Arquitetos – UIA no período 2002/2005. Foi três vezes prefeito da Cidade de Curitiba, liderando uma revolução urbana que fez da cidade referência nacional e internacional em planejamento urbano, principalmente em transporte, meio ambiente, programas sociais

Carlos Jung e Cassio André Dresch

cedores mundiais, que economias mais expressivas estão na Autopar? R) Além de um número expressivo de indústrias chinesas de autopeças, participam da sétima edição da Autopar duas dezenas de outras fábricas de Taiwan, Argentina e Japão. Interessante, também, descobrirmos que a Turquia mostra-se presente com um número significativo de empresas interessadas em participar de uma feira. P) O período da Autopar é curto, quatro dias... R) Mesmo assim, as respostas são impressionantemente positivas... Vivemos na sociedade do “time is Money”, não é?

P) Em que números você estima será o de visitantes – todos potencialmente ligados ao ramo automotivo – que irá à mostra da Diretriz? R) Historicamente, a Autopar não atrai menos que 50 mil pessoas, gente que vem de todo o continente. Esse número embute outros significados para a economia local (e nacional, por que não dizer?). É só avaliar, por exemplo, o impacto dessa multidão de visitantes no mundo da hotelaria e de prestadores de serviços. Posso dizer, sem medo de estar exagerando, que a Copa e a nossa feira, de dimensão continental, andam juntas na movimentação da economia local neste período.

nas cidades.

Jaime Lerner

e projetos urbanísticos. Ele foi também duas vezes governador do Estado do Paraná, quando conduziu importantes transformações socioeconômicas que resultaram em melhorias na qualidade de vida no campo e

3 – ENTRE OS 100 DA TIME Recebeu diversos prêmios e títulos internacionais, com destaque para o Prêmio Máximo das Nações Unidas para o Meio Ambiente (1990), UNICEF Criança e Paz (1996), o 2001 World Technology Award for Transportantion, o 2002 Sir Robert Mathew Prize for the Improvement of Quality of Human Settlements, pela União Internacional dos Arquitetos, além do Prêmio Volvo Environment Prize 2004. Em 2010 foi indicado pela revista Time um dos 25 Pensadores mais Influentes do mundo e em 2011, em reconhecimento por sua liderança, visão e contribuição no campo da mobilidade urbana sustentável e recebeu o prêmio Leadership in Transport Award, agraciado pelo International Transport Forumatthe OECD. Seu escritório (JLAA) desenvolve projetos para o setor público e privado em diversas cidades no Brasil e no exterior, como São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Porto Alegre, Florianópolis, Recife; Luanda (Angola); David (Panamá); Durango, Oaxaca e Mazatlán (México); Santiago de Los Caballeros (Republica Dominicana), entre outros.

OPINIÃO DE VALOR

O MEU PRIMEIRO ANO COMO PAPA (II)

Entrevista com o Papa Francisco

Um ano se passou desde aquele simples “boa noite” que comoveu o mundo. O arco de 12 meses, assim entendidos – não só para a vida da Igreja – custa para conter a grande quantidade de novidades e os muitos sinais profundos da inovação pastoral de Francisco. A reportagem é de Ferruccio De Bortoli, publicada no jornal Corriere della Sera, 05-03-2014. (IHU Unissinos): P) Desagradaram-lhe aquelas acusações de marxismo, especialmente norte-americanas, depois da publicação da Evangelii gaudium? R) Nem um pouco. Nunca compartilhei a ideologia marxista, porque não é verdadeira, mas conheci muitas pessoas boas que professavam o marxismo. Os escândalos que perturbaram a vida da Igreja, felizmente, ficaram para trás. P) Foi-lhe dirigido, sobre o delicado tema dos abusos de menores, um apelo publicado pelo jornal Il Foglio e assinado, dentre outros, pelos filósofos Besançon e Scruton, para que o senhor faça ouvir a sua voz contra os fanatismos

Shopping Mueller promove atividades alusivas à Copa Crianças poderão confeccionar instrumentos para torcida e terão espaço para a troca de figurinhas

MOBILIDADE URBANA POR QUEM DELA DE FATO ENTENDE, LERNER Nesses tempos de Copa, quando muitos falam em mobilidade urbana, e poucos são autoridade no assunto, quero lembrar (e o faço por sugestão do Szyja Ber Lorber) que Jaime Lerner fará palestra no próximo dia 10/6, terça-feira, às 19h30, no auditório da Ordem dos Advogados do Brasil, Secção do Paraná sobre Mobilidade Urbana. Com o objetivo de manter aberto um diálogo sobre os mais variados aspectos dos Direitos Humanos, em todas as áreas, a OAB-PR, o Centro de Estudos Professor Dotti, a Federação Israelita do Paraná e a B’nai B’rith, abrem assim o Projeto “Diretos Humanos: Diálogos com a Sociedade”. A OAB-PR fica na Rua Brasilino Moura, 253 - Ahú e a entrada é franca.

INFANTIL

e a má consciência do mundo secularizado que respeita pouco a infância. R) Quero dizer duas coisas. Os casos de abuso são terríveis, porque deixam feridas muito profundas. Bento XVI foi muito corajoso e abriu um caminho. A Igreja, nesse caminho, fez muito. Talvez mais do que todos. As estatísticas sobre o fenômeno da violência contra as crianças são impressionantes, mas também mostram com clareza que a grande maioria dos abusos ocorre no ambiente familiar e na vizinhança. A Igreja Católica talvez seja a única instituição pública que se moveu com transparência e responsabilidade. Ninguém mais fez mais. No entanto, a Igreja é a única a ser atacada. P) Santo Padre, o senhor diz “os pobres nos evangelizam”. A atenção à pobreza, a marca mais forte da sua mensagem pastoral, é confundida por alguns observadores como uma profissão de pauperismo. R) O Evangelho não condena o bem-estar. E Zaqueu era rico e caridoso. O Evangelho condena o culto ao bem-estar. O pauperismo é uma das interpretações críticas.

Na Idade Média, havia muitas correntes pauperistas. São Francisco teve a genialidade de colocar o tema da pobreza no caminho evangélico. Jesus diz que não se pode servir a dois senhores, Deus e a Riqueza. E, quando formos julgados no juízo final (Mateus 25), vai importar a nossa proximidade com a pobreza. A pobreza afasta da idolatria, abre as portas para a Providência. Zaqueu devolve metade da sua riqueza aos pobres. E a quem têm os celeiros cheios do próprio egoísmo, o Senhor, no fim, apresenta a conta. O que eu penso da pobreza eu bem expressei na Evangelii gaudium. P) O senhor indicou na globalização, sobretudo financeira, alguns dos males que agridem a humanidade. Mas a globalização arrancou milhões de pessoas da pobreza. Deu esperança, um sentimento raro que não deve ser confundido com o otimismo. R) É verdade, a globalização salvou muitas pessoas da pobreza, mas condenou muitas outras a morrer de fome, porque, com esse sistema econômico, ela se torna seletiva.

(PROSSEGUE)

Brinq Mueller oferece, periodicamente, atividades artísticas pra crianças

O

Shopping Mueller promoverá, nos dias 7 e 8 (sábado e domingo), a atração “Brinq Mueller especial Futebol”, comemorativa à Copa do Mundo. Os pequenos torcedores terão a oportunidade de equipar-se para acompanhar os jogos do evento esportivo, com instrumentos e adornos confeccionados por eles mesmos. Serão oferecidas oficinas de chocalho, pompom, tiara e chaveiro da sorte. Para participar, as crianças deverão ter entre 3 a 12 anos, e terão que estar sempre acompanhadas de um responsável. A participação é gratuita e o shopping cede todo o material necessário para as atividades.

O “Brinq Mueller especial Futebol” acontecerá no Piso Subsolo do mall. As oficinas serão realizadas com intervalos de 30 minutos cada, com capacidade para atender até 12 participantes por sessão. Os horários serão os seguintes: sábado, das 12h às 20h, e domingo, das 14h às 20h – sendo que, a última sessão diária, inicia às 19h30. As atividades acontecerão em um espaço temático, especialmente desenvolvido para atender às crianças com conforto e segurança. Todos os participantes serão orientados por monitores especializados, no entanto, o toque final dos

brinquedos será dado pelos pequenos artistas. O “Brinq Mueller” é um projeto desenvolvido pelo Shopping Mueller, a fim de oferecer uma programação infantil de qualidade nos finais de semana. Periodicamente, o mall proporciona diferentes atividades em espaços de artes, em que as crianças podem explorar a imaginação e experimentar a criação lúdica. Mais do que brincar, a iniciativa permite ao público infantil manipular e fazer o seu próprio brinquedo, fornecendo boas ideias de atividades e técnicas às famílias, para que possam continuar a diversão em casa.

CURITIBA

E-commerce contempla a praticidade masculina A Boutique do Homem, loja online de Curitiba que oferece produtos masculinos como cuecas, pijamas, camisetas básicas e itens de beleza, surgiu com o propósito de contemplar a praticidade e a jovialidade masculina. Eles buscam o sucesso sem descuidar da aparência, e cada vez mais procuram por contemporaneidade. Com este ideal, a empresa consegue representar o homem dos 20 aos 60 anos. Com sete meses de funcionamento, a Boutique do

Homem destaca como públicos-alvo: moradores do interior do Brasil que não encontram roupas íntimas e básicas de qualidade; mulheres, casadas, de 25 a 55, de classe AB que compram para seus maridos, filhos, pais; e homens dos 45 a 65 anos. De acordo com pesquisa da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), dos 10 milhões de novos compradores na internet, dois milhões estão na faixa dos 50 ou mais e representam a segunda

maior fatia entre esses clientes. Além disso, a empresa acreditou no e-commerce, mercado que adquiriu um faturamento de R$ 28,8 bilhões em 2013, no Brasil; para 2014 a previsão é de um aumento de 20%. Norman Neto, diretor da Boutique do Homem, sempre teve o sonho de ter a própria empresa. Após alguns cursos, especializações e experiência profissional, inclusive com startups, apostou no nicho masculino como consumidor de poder na web.

NOVIDADE

CAMPANHA

Pão de Açúcar evolui tema John Bull da felicidade e explora Pub com atitude #praserfeliz Happy Hour O Pão de Açúcar sempre deste ano, começando por uma todos os acreditou na felicidade e, em ação interativa na internet. “A 2013, evoluiu em sua comuni- campanha iniciada em 2013 dias cação contagiando as pessoas tinha o objetivo de contagiar e a assumirem o protagonismo pela sua felicidade e encontrarem, nas ações do dia a dia, aquelas que mais as fazem felizes. Este ano a marca dará mais um passo: começa em junho a 2ª fase das ações do Pão de Açúcar para fortalecer o movimento pela felicidade lançado em 2013. O ponto de partida dessas iniciativas é um filme institucional fortalecendo a proposta “O que você faz pra ser feliz?”. A marca apresenta ainda a hashtag #praserfeliz, que estará em todas as iniciativas do Pão de Açúcar

engajar clientes e colaboradores a serem agentes da própria felicidade e criarem, juntos - em sua vida, na das pessoas a sua volta e no planeta - um movimento de protagonismo”, conta Renata Gomide, Gerente de Marketing do GPA. Segundo a executiva, o objetivo do Pão de Açúcar para este ano é evoluir com esse movimento, trazendo um tema que deixa ainda mais clara essa proposta e a insere no dia a dia das pessoas – isso será expresso pela marca através de “atitude #praserfeliz”.

Dia 06 de junho, sexta feira, o John Bull Pub reabre após reforma com uma grande mudança: happy hour todos os dias a partir das 17h. O tradicional e premiado happy hour da Rua Comendador Araujo muda de endereço e agora se concentra na Mateus Leme. A idéia na verdade surgiu dos clientes, que pediram para a casa abrir mais cedo, pois os shows sempre começavam muito tarde.


publicidade legal | a7

Diário Indústria&Comércio Curitiba, quinta-feira, 05 de junho de 2014 RENOVAÇÃO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO Auto Posto Rosane, CNPJ 79.340.840/0001-53, torna público que requereu da Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Curitiba a Renovação de Licença Ambiental de Operação, para o comércio varejista de combustíveis para veículos automotores, situada à Avenida Marechal Humberto de Alencar Castelo Branco nº 1011, CEP 82530-020, bairro Ca juru, Curitiba, Paraná.

SÚMULA DE CONCESSÃO DA LICENÇA DE INSTALAÇÃO INEPAR TRIUNFO SISTEMAS CONSTRUTIVOS S.A. torna público que recebeu da Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Curitiba - SMMA a Concessão da Licença de Instalação, válida até 21/05/2015 para Fabricação de artefatos de material plástico para uso na construção, exceto tubos e acessórios situada à à Av. Juscelino Kubitschek de Oliveira, 11400, CIC, Curitiba-PR.

SÚMULA DO PEDIDO DE RENOVAÇÃO DA LICENÇA DE OPERAÇÃO A PLANALTO PRODUTOS DE BORRACHA S.A, torna público que requereu à Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Curitiba - SMMA a Renovação da Licença de Operação, para implantação da atividade de Recondicionamento de Pneumáticos, situada à Rua Alberto Klemtz n°441, bairro Portão, Curitiba-Pr

SÚMULA DO PEDIDO DA LICENÇA DE OPERAÇÃO INEPAR TRIUNFO SISTEMAS CONSTRUTIVOS S.A. torna público que requereu à Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Curitiba - SMMA a Licença de Operação, para Fabricação de artefatos de material plástico para uso na construção, exceto tubos e acessóriossituada à Av. JuscelinoKubitschek de Oliveira, 11400, CIC, Curitiba-PR.

SÚMULA DE CONCESSÃO DA LICENÇA DE OPERAÇÃO A TRUTZSCHLER INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE MÁQUINAS LTDA, torna público que recebeu da Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Curitiba - SMMA a Concessão da Licença de Operação, válida até 31/03/2015, nº 13/744,para Fabricação de máquinas e equipamentos para a indústria têxtil, peças e acessórios, situada à na Rua João Chede, nº 1015, Cidade Industrial, Município de Curitiba.

1º Ofício do registro Civil 13º Tabelionato Leão Bel. Ricardo Augusto de Leão - Oficial Trav. Nestor de Castro, 271 - CEP 80.020-120 Centro - Curitiba - PR

Eleições

Novo presidente do Egito toma posse no próximo domingo O presidente eleito do Egito, Abdel Fattah al-Sisi, tomará posse no próximo domingo (8) no Supremo Tribunal egípcio, anunciou ontem o vice-presidente do tribunal, Maher Sami. Em declarações à agência estatal de notícias Mena, Sami acrescentou que 102 personalidades irão assistir a posse de al-Sisi. Estarão presentes o sheik da instituição sunita Al Azhar, Ahmed al Tayeb; o chefe da Igreja Ortodoxa, Teodoro II; o secretário-geral da Liga Árabe, Nabil al Arabi; e o presidente da comissão constitucional, Amro Musa. O presidente eleito tomará posse por volta das 10h30 (horário local) perante os membros do Conselho Geral do Supremo Tribunal, constituído por 12 juízes e o chefe do Conselho da Magistratura da Corte. Em seguida, será

EDITAL DE PROCLAMAS Faço saber que pretendem casar-se:

SÚMULA DO PEDIDO DE RENOVAÇÃO DA LICENÇA DE OPERAÇÃO A REX PNEUS INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA, torna público que requereu à Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Curitiba - SMMA a Renovação da Licença de Operação, para implantação da atividade de Recondicionamento de Pneumáticos, situada à Rua João Alves n°101, bairro Cidade Industrial de Curitiba, município de Curitiba - Pr.

1 - BRUNO BARROS DE ASSIS e MARIANNA SLOMPO. Se alguém souber de algum impedimento, oponha-o na forma da Lei, no prazo de 15 dias. Lavro o presente Edital de Proclamas para ser publicado e afixado em lugar de costume. CURITIba, 04 DE JUNHO de 2014

MOINHOS UNIDOS BRASIL MATE S.A NIRE 4.130.005.004-0 CNPJ/MF Nº 76.496.702/0001-70 SOCIEDADE ANONIMA CAPITAL FECHADO - ATA DA 61ª ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA E DA 66ª ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINARIA Data, hora e local: dia 28 de abril de 2014, às 10:00 horas, na sede social da empresa MOINHOS UNIDOS BRASIL MATE S/A, com sede na Rua Prefeito Eurípedes de Siqueira nº 105, na cidade de Almirante Tamandaré Estado do Paraná. Comunicação: Os avisos de que trata o artigo 133 da Lei 6.404/76 foram dispensados, conforme previsto no inciso 5º, tendo em vista a publicação dos documentos descritos no item 6, letra “a”, em data de 22/04/2014, no Jornal Indústria e Comércio á pagina A12 em 22/04/2014, no Diário Oficial do Estado do Paraná, edição 9190 á página 96. Convocação: Dispensada conforme artigo 124 § 4º da Lei 6.404/76. Presença de Acionistas: Representando 100,00%, do capital social. Composição da Mesa: Diretor Presidente Sr. Aramis Antonio Athayde Fontana, Diretor Henrique Luiz Boldrini de Almeida Fontana, Diretora Ana Dalgiza de Almeida Fontana, Diretor Administrativo Financeiro Fabio Hiroshi Oshiro e Secretario Henrique Luiz Boldrini de Almeida Fontana.Ordem do Dia: a) Aprovação do Balanço Patrimonial, e demais Demonstrações Financeiras, correspondentes ao exercício social findo em 31 de dezembro de 2013. b) Eleição dos membros da Diretoria; c) Outros assuntos de interesse da Sociedade; Deliberações: Foi aprovado por unanimidade dos presentes: a) Balanço Patrimonial, relatório da Diretoria e demais demonstrações financeiras, correspondentes ao exercício social findo em 31 de dezembro de 2013. b) Eleição dos membros da Diretoria, sendo eleitos para Diretor Presidente o Sr. ARAMIS ANTONIO ATHAYDE FONTANA, brasileiro, casado, industrial, portador da carteira de identidade RG nº 735.352-9 PR, inscrito no CPF/ MF sob o nº 320.859.319-87, residente e domiciliado na rua Ari José Valle, nº 557 C, Santa Felicidade, em Curitiba – PR; para Diretor o Sr. HENRIQUE LUIZ BOLDRINI DE ALMEIDA FONTANA brasileiro, casado,industrial, residente e domiciliado a Rua Lauro Mallin nº 000300 CS 04 Cascatinha, em Curitiba – Pr, RG nº 77994378 PR e CPF nº 048.848.749-86. em Curitiba – PR e para Diretora a Sra. ANA DALGIZA DE ALMEIDA FONTANA, brasileira, casada, industrial, portadora da carteira de identidade RG nº 1.219.338-6/PR, inscrita no CPF/MF sob o nº402.064.169-20, residente e domiciliada na rua Ari José Valle, nº 557 C, Santa Felicidade, em Curitiba – PR; para o cargo de Diretor Administrativo Financeiro o Sr. FABIO HIROSHI OSHIRO, brasileiro,casado, residente e domiciliado a Rua Brasilio Itiberê nº 3558, Rebouças,Curitiba - Pr RG nº 7.575.297-0/Pr CPF/MF sob nº 027.368.519-86,Votação e aprovação: As deliberações foram tomadas por unanimidade dos presentes. Ata: Finalizando os trabalhos, o Sr. Presidente ofereceu a palavra aos presentes para tratarem de assuntos de interesse social, e, como ninguém se manifestou, foi suspensa a sessão pelo tempo necessário à lavratura desta Ata. Reabertos os trabalhos, esta Ata, redigida na forma prevista pelo artigo 130 da Lei no 6.404, de 15 de dezembro de 1.976, foi lida, discutida e, aprovada por unanimidade dos presentes, indo assinada pelo Presidente, Diretores e por mim, Henrique Luiz Boldrini de Almeida Fontana, (Secretário). Certificamos que a presente é cópia fiel da que se encontra lavrada no livro de Atas de Assembléias Gerais respectivo. JUCEPAR 2014/238656-1 DE 08/05/2014. SEBASTIÃO MOTTA - Secretario Geral

HOSPITAL DE CLÍNICAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ

VISO DE LICITAÇÃO Processo nº 007737/2014-99 - PREGÃO ELETRÔNICO Nº 025/2014 Envio de propostas a partir de 05/06/2014, com abertura para lances na data de 30/06/2014, horário: 10h00min, disponível no site www.comprasnet.gov.br. Objetivo: Implantação de Pregão Eletrônico, para Contratação de empresa especializada em na prestação de serviços de limpeza e desinfecção de caixas de água. O objeto atenderá o Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná. Os interessados poderão obter todas as informações necessárias a respeito com a Comissão de Licitação pelo telefone (0xx41) 3360-1831. Tânia Mara Ziolkoski - Pregoeira.

Publique-se.

Prof. Dr. Flavio Daniel Saavedra Tomasich Diretor Geral do HC

Justiça argentina investigará declarações de coronel à Comissão da Verdade

VISO DE LICITAÇÃO

Envio de propostas a partir de 05/06/2014, com abertura para lances na data de 02/07/2014, horário: 10h00min, disponível no site www.comprasnet.gov.br. Objetivo: Implantação de Pregão Eletrônico, para Contratação de empresa especializada em Locação de Central de ar Comprimido Medicinal. O objeto atenderá o Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná. Os interessados poderão obter todas as informações necessárias a respeito com a Comissão de Licitação pelo telefone (0xx41) 3360-1831. Tânia Mara Ziolkoski - Pregoeira. Publique-se.

Prof. Dr. Flavio Daniel Saavedra Tomasich Diretor Geral do HC

RUA WANDA DOS SANTOS MULMANN1501 83323-123 PINHAIS - PR

HOSPITAL DE CLÍNICAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ

BALANÇO PATRIMONIAL REALIZADO EM 31 de Dezembro de 2013 (Valores expressos em Reais) ATIVO

Processo nº 010582/2014-78 - PREGÃO ELETRÔNICO Nº 044/2014 31/12/2013 99.598,79 46.470,12 46.470,12 46.470,12 48.879,15 0,00 13.036,97 2.203,25 10.833,72 35.842,18 35.842,18 4.172,02 3.618,61 1.746,18 1.872,43 553,41 553,41 77,50 77,50 77,50 70.287,85 70.287,85 70.287,85 55.532,77 14.755,08

CIRCULANTE FORNECEDORES MERCADORIAS E SERVICOS FORNECEDORES DIVERSOS SALARIOS E ENCARGOS SOBRE A FOLHA SALARIOS E PRO-LABORES ENCARGOS SOBRE A FOLHA FGTS INSS PROVISOES FERIAS TRIBUTOS FISCAIS FEDERAIS IRF RETENCOES RF ESTADUAIS ICMS FINANCIAMENTOS BANCOS CHEQUES A COMPENSAR NAO CIRCULANTE OUTRAS OBRIGACOES OUTRAS CONTAS GASTOS PRE INVESTIMENTO OUTROS CREDITOS TOTAL DO PASSIVO

169.886,64

31/12/2012 49.684,71 8.687,80 8.687,80 8.687,80 36.502,78 0,00 10.704,07 1.862,00 8.842,07 25.798,71 25.798,71 2.284,13 2.284,13 871,18 1.412,95 0,00 0,00 2.210,00 2.210,00 2.210,00 63.940,50 63.940,50 63.940,50 55.532,77 8.407,73

TOTAL DO PASSIVO + PATRIMÔNIO LÍQUIDO

(-)

01/01/2013 a 31/12/2013

01/01/2012 a 31/12/2012

59.962,50 59.962,50

24.000,00 24.000,00

7.195,84 989,38 4.557,15 47.220,13

2.880,15 396,00 1.824,00 18.899,85

(-) (-)

47.220,13

18.899,85

556.075,25 344.004,77

470.382,58 322.087,63

(-) (-) (-) (=)

231.640,60 1.314,17

(806.678,89) (806.678,89)

1.088,57 (542.155,36) (542.155,36)

14.405.392,47

31/12/2012 15.000.250,00 15.000.250,00 1.000,0015.001.250,00 857.815,28857.815,28857.815,2814.142.434,72 14.256.059,93

(-) (-) (-) (-) (-)

(=)

(-) (=) (=)

CAPITAL REALIZADO A INTEGRALIZAR SUBSCRITO

SALDO INICIAL EM 31/12/2012 AUMENTO DE CAPITAL SUBSCRIÇÃO/REALIZAÇÃO AUMENTO DE CAPITAL SUBV/DOAÇÕES/OUTRAS REDUÇÃO DE CAPITAL RESULTADO LÍQUIDO DO EXERCÍCIO SALDO ATUAL EM 31/12/2013

-1.000,00

15.001.250,00 899.750,00

Lucros ou Prejuízos Acumulados -857.815,28

Prof. Dr. Flavio Daniel Saavedra Tomasich Diretor Geral do HC

1.000,00 -1.000,00 15.900.000,00

-806.678,89 -1.664.494,17

14.142.434,72 899.750,00 1.000,00 -1.000,00 -806.678,89 14.235.505,83

Está demonstrado pelo custo de aquisição, ajustado por depreciações acumuladas, calculadas pelo método linear, a taxas estabelecidas em função do tempo de vida útil, fixado por espécie de bens, como segue: - Equipamentos e Instalações Industriais 10% a.a. - Equipamentos de Processamento de Dados 20% a.a. B) PASSIVO CIRCULANTE E NÃO CIRCULANTE Demonstrados por valores conhecidos ou calculáveis, incluindo, quando aplicável, os encargos e as variações monetárias incorridas. C) PROVISÃO PARA FÉRIAS E ENCARGOS Foi constituída para cobertura das férias vencidas e proporcionais, acrescido dos encargos sociais correspondentes, apropriados até a data do encerramento do balanço. NOTA 4. CAPITAL SOCIAL O capital social é de R$ 15.900.000,00 (Quinze milhões e novecentos mil reais) representados por 15.720.250 (Quinze milhoes setecentas e vinte mil, duzentas e cinquenta) ações ordinarias nominativas, sem valor nominal. PINHAIS, 31 DE DEZEMBRO DE 2013 José Paulo Chapaval dos Santos Carlos Dissenha Portes Diretor Contador – CRC-PR-032685/O-6 CPF – 851.485.398-87 CPF – 356.638.559-04

no Brasil, entre as décadas de 60 e 80. Ex-agente do Centro de Informações do Exército, Malhães morreu um mês depois de falar à comissão. No depoimento prestado em março deste ano, Malhães declarou que militares brasileiros perseguiram e sequestram militantes políticos na década de 80 e fizeram operações conjuntas com o Batalhão 601, serviço de inteligência do Exército da Argentina, durante o governo da junta militar comandada por Leopoldo Galtieri (1981-1982). Como a morte do coronel ocorreu um mês depois da confissão de tortura, membros da Comissão da Verdade e movimentos de esquerda levantaram suspeitas de que tenha havido queima de arquivo.

D.B .C AR TICIP AÇÕES S .A - CNPJ 80.395.049/0001-20 .B.C .C.. P PAR ARTICIP TICIPAÇÕES S.A RELATÓRIO DA DIRETORIA Senhores acionistas: De acordo com as disposições legais e estatutárias submetemos à apreciação de V. Sas., as demonstrações contábeis do periodo findo em 31 de dezembro de 2013. Colocandonos à disposição dos senhores para quaisquer esclarecimentos adicionais que fizerem necessários.

BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE DEZEMBRO - em reais PASSIVO

ATIVO 2013

2012

0

0

0

0

Caixa e Bancos

Investimentos

TOTAL DO ATIVO

RESULTADO OPERACIONAL Equivalencia Patrimonial RECEITAS (DESPESAS) OPERACIONAIS Despesas Financeiras Despesas Operacionais Resultado do Exercício

EXIGIVEL A LONGO PRAZO Mutuo Controladas

11.839.309

16.740.109

11.839.309

16.740.109

11.839.309

16.740.109

TOTAL DO PASSIVO E PL

2012

(4.900.800) (4.900.800)

8.863.347 8.863.347

-

-

(4.900.800)

8.863.347

INVESTIMENTOS

Em 31 de Dezembro de 2012 Equivalência Patrimonial Em 31 de Dezembro de 2013 DEMAIS INFORMAÇÕES: Capital Social Participação no Capital Social Patrimonio Liquido

D. Borcath Incorporadora Ltda 14.816.960 (5.605.953) 9.211.007

1.500.000 96,10% 2.233.770

3.500.000 98,00% 7.473.232

2012

398.186 398.186

398.186 398.186

2.877.135 2.877.135

2.877.135 2.877.135

5.880.000 443.167 2.240.820 0

5.880.000 443.167 7.141.620 0

8.563.987

13.464.787

11.839.309

16.740.109

DEMONSTRAÇÃO DE FLUXO DE CAIXA

2013

D. Borcath Adm. de Bens Próprios Ltda. 1.923.149 705.153 2.628.302

2013

CIRCULANTE Contas a Pagar

PATRIMONIO LIQUIDO Capital Social Reserva legal Reserva de Lucros a Realizar Prejuizo Acumulado

PERMANENTE

TOTAIS

NOTAS EXPLICATIVAS AS DEMONSTRACOES FINANCEIRAS DO PERIODO DE 01/01/2013 A 31/12/2013 NOTA 1. CONTEXTO OPERACIONAL A sociedade tem por objeto a pesquisa, desenvolvimento, produção por meio de licenciamento exclusivo ou por intermédio de instalações de terceiros, de extratos proprietários de produtos a base de bioativos naturais oriundos de tecnologia própria para fins farmacêuticos , cosmecêuticos, veterinários e quaisquer outras aplicações que essa tecnologia se evidenciar viável, bem como a participação em outras sociedades como acionista ou cotista. A sociedade encontra-se em início de período operacional, com todas as licenças de comercialização e produção em situação regular e com vários empreendimentos comerciais em prossecução visando o incremento contínuo das suas atividades mercantis. NOTA 2. APRESENTAÇÃO DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS. As demonstrações financeiras foram elaboradas a partir de diretrizes contábeis e estão apresentadas em conformidade com as práticas contábeis adotadas no Brasil e em observância as disposições contidas na Lei das Sociedades por Ações - Lei 6.404/76 e alterações trazidas pela Lei 11.638/07 e 11.941/09. NOTA 3. PROCEDIMENTOS CONTÁBEIS. Dentre os principais procedimentos adotados para a preparação das demonstrações financeiras, ressaltamos: A) IMOBILIZADO

Publique-se.

DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADO

FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES OPERACIONAIS VENDAS E SERVIÇOS A VISTA 24.000,00 CLIENTES 63.064,50 4.800,00 ESTOQUES 686,90 IMPOSTOS 50.715,10 50.137,69 FORNECEDORES 479.469,19 2.312,20 FOLHA DE PAGAMENTO 518.646,65 16.494,37 OUTROS GASTOS 179.765,36 791.381,64 RESULTADO FINANCEIRO 44.803,90 229.484,67 DIVIDENDOS GASTOS PRÉ-OPERACIONAIS 79.412,72 1.566,40 ADIANTAMENTO FORNECEDORES 28.680,38 1.080,74 TOTAL DAS ATIVIDADES OPERACIONAIS (1.172.147,14) (581.299,63) FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE INVESTIMENTO INVESTIMENTOS INTANGIVEL 333.471,54 IMOBILIZADO 6.593,49 TOTAL DAS ATIVIDADES DE INVESTIMENTO 0,00 (340.065,03) FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE FINANCIAMENTO EMPRESTIMOS 27.749,80 606,28 CAPITAL SOCIAL 899.750,00 TOTAL DAS ATIVIDADES DE FINANCIAMENTO 872.000,20 (606,28) VARIACAO DE CAIXA (300.146,94) (921.970,94) Caixa e Equivalentes de Caixa no Início do Período: 648.256,10 1.570.227,04 Caixa e Equivalentes de Caixa no Final do Período: 348.109,16 648.256,10 Variação Líquida: (300.146,94) (921.970,94)

DEMONSTRAÇÃO DAS MUTAÇÕES DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO 01/01/2013 A 31/12/2013 HISTÓRICO

113.625,21

DEMONSTRACAO DO FLUXO DE CAIXA

47.092,34 911,34

Envio de propostas a partir de 05/06/2014, com abertura para lances na data de 25/06/2014, horário: 14h 30min, disponível no site www.comprasnet.gov.br. Objetivo: Implantação de Pregão Eletrônico, com vigência de 12 (doze) meses, para aquisição parcelada, conforme necessidade, produtos para saúde e outros. O objeto atenderá o Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná. Os interessados poderão obter todas as informações necessárias a respeito com a Comissão de Licitação pelo telefone (0xx41) 3360-1831. Paulo Sérgio Lopes dos Santos - Pregoeiro.

CIRCULANTE PATRIMÔNIOLÍQUIDO 31/12/2013 CAPITAL SOCIAL 15.900.000,00 EM ACOES 15.900.000,00 A INTEGRALIZAR 0,00 SUBSCRITO 15.900.000,00 LUCROS OU PREJUIZOS ACUMULADOS 1.664.494,17RESULTADOS ACUMULADOS 1.664.494,17PREJUIZOS ACUMULADOS 1.664.494,17TOTAL DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO 14.235.505,83

DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO (Valores expressos em Reais) DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO FATURAMENTO BRUTO (+)FATURAMENTO BRUTO (=)RECEITA BRUTA DEDUÇÕES DA RECEITA (-)ICMS SOBRE A RECEITA (-)PIS SOBRE A RECEITA (-)COFINS SOBRE A RECEITA (=)RECEITA LÍQUIDA CUSTOS (=)LUCRO BRUTO DESPESAS OPERACIONAIS (-)DESPESAS OPERACIONAIS COM PESSOAL (-)DESPESAS OPERACIONAIS GERAIS RESULTADO FINANCEIRO (+)RECEITAS FINANCEIRAS (-)DESPESAS FINANCEIRAS OUTRAS RECEITAS E DESPESAS (+)OUTRAS RECEITAS OPERACIONAIS (=)PREJUIZO (=)

AVISO DE LICITAÇÃO

PASSIVO 31/12/2012 809.895,99 648.256,10 278,62 278,62 1.875,86 0,00 1.875,86 646.101,62 305.166,70 340.934,92 4.800,00 4.800,00 4.800,00 0,00 0,00 156.839,89 27.498,61 3.055,89 11.000,00 13.442,72 129.341,28 32.891,19 37.126,82 9.597,74 70,71 42.513,96 7.140,86 13.446.163,94 450.803,63 17.356,94 17.490,68 133,74357.434,39 357.434,39 0,00 76.012,30 76.012,58 0,2812.619.221,51 619.221,51 619.221,51 12.000.000,00 12.000.000,00 376.138,80 376.138,80 376.138,80 14.256.059,93

A Justiça argentina irá investigar as declarações feitas em março deste ano pelo coronel reformado do Exército Paulo Malhães, de 76 anos, à Comissão da Verdade. Nos depoimentos, Malhães admitiu ter torturado, matado e ocultado cadáveres de presos políticos durante a ditadura militar

Processo nº 013458/2014-64 - PREGÃO ELETRÔNICO Nº 040/2014

PHYTOPLENUS BIOATIVOS S.A. CNPJ:10.704.205/0001-01

31/12/2013 CIRCULANTE 518.937,40 DISPONIBILIDADES 348.109,16 CAIXA 7,41 CAIXA FUNDO FIXO 7,41 BANCOS C/MOVIMENTO 12.972,40 BANCO SAFRA S.A. 8,23 BANCO SANTANDER DO BRASIL S.A. 12.964,17 APLICACOES FINANCEIRAS 335.129,35 BANCO SAFRA S.A.-APLIC FINANCEIRA 103.984,71 BANCO SANTANDER S.A.-APLIC FINANCEIRA 231.144,64 CONTAS A RECEBER 4.000,00 CLIENTES 4.000,00 CLIENTES DIVERSOS 4.000,00 ESTOQUES 0,00 MATERIAS PRIMAS 0,00 OUTRAS CONTAS A RECEBER 166.828,24 ADIANTAMENTOS 27.055,79 ADIANTAMENTO A FORNECEDORES 3.219,62 ADIANTAMENTOS DE COMISSOES 9.000,00 CAUCAO LOCACAO ALB 14.836,17 IMPOSTOS A RECUPERAR 139.772,45 COFINS 32.752,06 ICMS 32.947,23 ICMS S/IMOBILIZADO 6.307,34 IPI 231,59 IRF 60.423,58 PIS 7.110,65 NAO CIRCULANTE 13.886.455,07 IMOBILIZADO 404.854,98 COMPUTADORES E PERIFERICOS 14.752,99 COMPUTADORES E PERIFERICOS 18.434,13 DEPRECIACAO DE COMPUTADORES 3.681,14MAQUINAS E EQUIPAMENTOS 321.690,95 MAQUINAS E EQUIPAMENTOS 357.434,39 DEPRECIACAO DE MAQUINAS E EQUIP. 35.743,44MOVEIS E UTENSILIOS 68.411,04 MOVEIS E UTENSILIOS 76.012,58 DEPRECIACAO DE MOVEIS E UTENSILIOS 7.601,54INTANGÍVEL 13.056.048,57 DESENVOLVIMENTO DE PRODUTOS 1.056.048,57 PESQUISA E DESENVOLVIMENTO DE PRODUTOS 1.056.048,57 PROPRIEDADE INTELECTUAL 12.000.000,00 TECNOLOGIA/PROP.INTELEC/F.COMERCIO 12.000.000,00 DIFERIDO 425.551,52 OUTROS GASTOS 425.551,52 GASTOS PRE OPERACIONAIS 425.551,52 TOTAL DO ATIVO 14.405.392,47

Ditadura Militar

HOSPITAL DE CLÍNICAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ

celebrada uma cerimônia no Palácio Itihadiya, para a qual foram convidados vários monarcas e chefes de Estado. Abdel Fattah al-Sisi foi nomeado oficialmente ontem (3) o vencedor das eleições presidenciais no país, que ocorreram entre os dias 26 e 28 de maio. Ele venceu com 96,91% dos votos, contra 3,09% do seu rival, Hamdin Sabahi. Mais de 46% do eleitorado participou do pleito. O ex-chefe do Exército será presidente do Egito durante os próximos quatro anos e poderá ser reeleito para um segundo mandato, segundo a Constituição aprovada em janeiro deste ano. A nomeação de um novo presidente faz parte do roteiro desenhado pelo Exército depois do golpe de Estado que destituiu em julho de 2013 o então presidente Mohamed Mursi.

Totais

2013

2012

(4.900.800)

8.863.347 8.863.347

Fluxo de Caixa proveniente A. Das atividades operacionais a1. Lucro líquido a2. Prejuizo Liquido a3. Acrescimos nas Contas a Pagar

(4.900.800)

B. Das atividades de investimentos b1. Equivalencia Patrimonial

4.900.800 4.900.800

(8.863.347) (8.863.347)

D. Variação das Disponibilidades (A+B+C)

-

-

E. Demonstração da variação das disponibilidades e1. Saldo final das disponibilidades e2. Saldo inicial das disponibilidades e3. Variação ocorrida no periodo

-

-

C. Das atividades de financiamentos 16.740.109 (4.900.800) 11.839.308

-

DEMONSTRAÇÃO DAS MUTAÇÕES DO PATRIMONIO LÍQUIDO Capital Social EM 31 DE DEZEMBRO DE 2011 Resultado do exercício Reserva Legal Reserva de Lucros a Realizar EM 31 DE DEZEMBRO DE 2012 Resultado do exercício Reserva Legal Reserva de Lucros a Realizar EM 31 DE DEZEMBRO DE 2013

Reserva de Capital

Reserva Legal

Reserva de Lucros a Realizar

5.880.000 443.167

Lucros / Prejuizos Acum. (1.278.559) 8.863.347

5.880.000

-

443.167

7.141.620 7.141.620 (4.900.800)

5.880.000

-

443.167

2.240.820

Total 4.601.441 8.863.347 443.167 7.141.620 13.464.787 (4.900.800) 8.563.987

NOTAS EXPLICATIVAS SOBRE AS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS 1 Contexto Operacional A empresa tem por objetivo a participação acionária em outras sociedades, bem como assessoria, planejamento, suporte financeiro às empresas coligadas. 2 Principais Diretrizes Contábeis As demonstrações contábeis estão sendo apresentadas em consonância a Lei 6.404/ 76 e alterações promovidas pela Lei 11.638/07. a) Apuração do resultado O resultado é apurado pelo regime de competência de exercícios. b) Ativo Permanente

Investimentos As participações em empresas coligadas são avaliadas pelo método de equivalência patrimonial. c) Patrimonio Líquido O capital social está representado por ações ordinárias nominativas sem valor nominal, é garantido dividendos mínimos do lucro líquido após constituições de reservas de acordo com a lei das Sociedades Anônimas. Curitiba, 31 de dezembro de 2013. Douglas Horn Borcath Diretor Presidente

Luis Adriano Slusarczuk Contador CRC-PR 042.645/O-4


a8 | judiciário

Diário Indústria&Comércio Curitiba, quinta-feira, 05 de junho de 2014

ViaGastronômica

Júlio Zaruch juliozaruch@gmail.com

Cursos do Espaço Gourmet Aulas-show do Espaço Gourmet Escola de Gastronomia nesta sexta-feira 6 de junho, das 19h às 22h: Massas e molhos clássicos italianos (R$ 160) e Estrogonofe em várias versões (R$170, além de aulas práticas de pães caseiros R$ 170) e de sobremesas (R$ 150), esta com o preparo de cheesecake, tiramisu, brownie e Banoffe, no mesmo horário.

Valtercy Santos

O Espaço Gourmet tem o comando dos sócios Rodrigo do Prado, Gilda Bley e Márcio Silva

Para os dias 9, 11 e 16 de junho, das 19h às 22h, novas aulas do curso rápido Cozinha Nupcial (R$ 600). Dia 25 de junho, na aula Pratos Quentes Orientais (R$ 190), os alunos vão aprender a preparar Sunomono, Chawan Mushi, Shiitake Mushi e Yakissoba crocante. Todos os preparos serão degustados. O endereço é r. Prudente de Moraes, 129, Mercês, telefone (41) 3019-0437.

Segredos da culinária italiana Consultor especializado em vinhos e gastronomia, formado pela École du Vin du C.I.V.B. (Conseil Interprofessionnel du Vin de Bordeaux), frequentador de importantes chateaux e restaurantes, onde convive com chefs renomados, o franco-brasileiro Antonio Goulart revela, em seu recém-lançado Chefs & Castelli, um pouco de suas vivências enogastronômicas na região do Piemonte, Itália. O livro é o segundo volume do “Les Terroirs du Mon-

de” que traz uma seleção gastronômica especial de países que são destaque na culinária internacional - França, Itália, Portugal e Espanha. Antonio Goulart participa, ao lado de grandes chefs, do Guia Rouge Michelin, da elaboração de receitas e revela alguns segredos da culinária italiana. Como especialista em degustação, dá dicas para saborear bons vinhos e apresenta restaurantes localizados em castelos. Conta também histórias de

Antonio Goulart e sua recente obra artesãos que revitalizam arquiteturas locais e aborda alguns pontos turísticos da região, com ilustrações que permitem desfrutar o charme do país.

DIA DOS NAMORADOS Algumas sugestões para comemorar o Dia dos Namorados ERNESTO RISTORANTE – Menu-degustação no dia 11. Cinco etapas: couvert artesanal de berinjela marinada e manteiga; como entrada, salada de rúcula com tomate cereja, palmito fresco assado, balsâmico e parmigiano reggiano; primeiro prato, polenta cremosa com ragu bolonhesa, pancetta e grana padano. Na sequência, mignon ao molho de vinho do Porto e risoto cremoso de grana padano, finalizando com panna cotta com calda de chocolate e morango fresco. TATIABANA – DIA 12, à luz de velas. Rodízio da casa com opções de sushis, sashimis e pratos quentes, acompanhado por uma taça do champanhe francês Veuve Devienne Brut. Ao final, uma surpresa para os casais. R$ 75 por pessoa.

AVENIDA PAULISTA – Afora os pratos salgados tradicionais, o Fondue Rocher, com ganache de chocolates ao leite e meio amargo com alto teor de cacau mais avelãs torradas e trituradas. Servido à luz de velas, morango, banana, uvas thompson e caqui. R$ 34 para duas pessoas.

o Tournedor ao vinho com ervas e cogumelos frescos, guarnecido com risoto de morango e queijo roquefort. Na sobremesa, Cheesecake de frutas vermelhas. Acompanha uma garrafa de espumante Alto Vale Prosecco Casa Valduga, por casal. R$ 150 por pessoa.

LE BOURBON – No restaurante francês do Bourbon Convention Curitiba Hotel, um cardápio com Tartin de salmão com brie, mel e nozes, broto de alfafa e redução de aceto balsâmico como Amuse Buche e para a entrada; Carpaccio de carne com fundo de alcachofra e vinagrete de nozes. Para os pratos principais, duas sugestões: Robalo ao molho de damasco, guarnecido com confit de batata e lâminas de amêndoas ou

KIBÔ SUSHI LOBBY BAR – Também no Bourbon. Na entrada, Sashimi com três fatias de Salmão e três fatias de peixe branco, um Nigiri de salmão e outro de peixe branco, e dois Skin/Makis com duas unidades de Filadélfia e uma unidade de Futomaki. Pratos principais: Shitaque e Shimeji acompanhado com Gohan e salmão laminado acompanhado com Gohan. Creme Bruleé de Café de sobremesa. R$ 120 por pessoa.

STJ – Segunda Seção define em repetitivo teses sobre liquidação A

o julgar como repetitivo recurso especial interposto pela Brasil Telecom, a Segunda Seção do Superior Tribunal de Justiça (STJ) definiu teses sobre liquidação de sentença, que servirão especialmente para a solução de diversas demandas que envolvem complementação de ações de empresas de telefonia. O colegiado debateu acerca de duas questões jurídicas: atribuição do encargo de antecipar os honorários periciais ao autor da liquidação de sentença, no caso de perícia determinada de ofício; e possibilidade de atribuição do encargo ao réu, na hipótese em que o autor é beneficiário de gratuidade da Justiça. Seguindo o voto do relator, ministro Paulo de Tarso Sanseverino, a Segunda Seção estabeleceu que: 1) Na liquidação por cálculos do credor, descabe transferir do exequente para o executado o ônus do pagamento de honorários devidos ao perito que elabora a memória de cálculos; 2) Se o credor for beneficiário da gratuidade da Justiça, pode-se determinar a elaboração dos cál-

culos pela contadoria judicial; 3) Na fase autônoma de liquidação de sentença (por arbitramento ou por artigos), incumbe ao devedor a antecipação dos honorários periciais. As duas primeiras teses consolidam, para os efeitos do recurso repetitivo, entendimento já firmado pela Corte Especial do STJ (EREsp 541.024 e 450.809) a respeito da liquidação por cálculos do credor. A terceira tese foi fixada para as demais espécies de liquidação. Justiça gratuita Essa terceira tese foi aplicada para a solução do caso julgado, pois se tratava de liquidação por arbitramento. A autora da ação – que teve sucesso na demanda – conseguiu os documentos necessários para o cálculo do montante e, com base nisso, elaborou memória de cálculos e apresentou pedido de cumprimento de sentença no valor de R$ 40.695,91. O juízo de origem deixou de determinar o processamento do pedido pelo rito do artigo 475-J do Código de Processo Civil (CPC) – no qual o devedor, condenado

ao pagamento de quantia certa ou já fixada em liquidação, deve efetuar o pagamento em 15 dias, sob pena de multa – e determinou a realização de perícia por considerar que havia controvérsia quanto ao valor do débito. O Tribunal de Justiça de Santa Catarina considerou que os honorários periciais deveriam ser arcados pela ré – a companhia telefônica –, por ser a autora beneficiária da Justiça gratuita. No STJ, a Brasil Telecom defendeu que caberia à autora da liquidação da sentença antecipar os honorários do perito. Cálculos aritméticos O ministro Sanseverino explicou que a liquidação por arbitramento (que foi determinada pelo magistrado de primeiro grau) somente é necessária quando a perícia for imprescindível para a apuração do valor devido. Com base em precedente, ele afirmou que, “tratando-se de meros cálculos aritméticos, a liquidação se processa extrajudicialmente, por cálculos do credor, instaurando-se logo em seguida o cumprimento de sentença” (REsp 1.387.249).

Indeferida liminar contra revogação de prisão de Marco Prisco O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal, indeferiu liminar requerida em Mandado de Segurança (MS 32993) impetrado pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, contra decisão do juiz da 17ª Vara Federal da Seção Judiciária da Bahia que revogou a prisão preventiva de Marco Prisco Caldas. Prisco, vereador em Salvador, responde a ação penal na Justiça Federal por supostos atos praticados durante a greve da Polícia Militar em 2012, tipificados na Lei de Segurança Nacional (Lei 7.170/1983). Inicialmente, o procuradorgeral sustenta o cabimento de mandado de segurança na hipótese, pois embora a decisão do juízo de primeira instância tenha sido

questionada por meio de recurso em sentido estrito, tal recurso não possui efeito suspensivo. Alega que a liberdade do vereador representa “contínua ameaça à coletividade, concretizada, por exemplo, no movimento grevista deflagrado em 2014, que aterrorizou a população em virtude do aumento expressivo da criminalidade”. Ela destaca ainda que Prisco faz parte da liderança nacional dos policiais militares, e sua soltura representaria risco ao país, sobretudo devido à proximidade da Copa do Mundo e das eleições de outubro. Segundo Janot, a imposição de medidas cautelares previstas no Código de Processo Penal, como a necessidade de comparecimento em juízo, limita-

O Governo Federal está realizando grandes

OBRAS DE INFRAESTRUTURA EM TODO O BRASIL. E AQUI NO PARANÁ, BEM PERTO DA GENTE. Conclusão do Contorno de Maringá Já está facilitando o tráfego de veículos na região de Maringá. Obras nas BRs 487, 163 e 153 Mais qualidade e eficiência para o transporte rodoviário e garantia de escoamento da produção em todo o Estado. Aeroportos modernizados O de Foz do Iguaçu foi concluído e o de Curitiba está entrando na reta final. Construção da Linha Azul do Metrô Vai ligar a Cidade Industrial ao Cabral e melhorar a mobilidade na região metropolitana de Curitiba.

Obras assim abrem novos caminhos para que este seja, cada vez mais, um país de oportunidades. Aqui no Paraná. E no Brasil inteiro.

ção de contatos e proibição de se ausentar da comarca, “não afasta o risco de ele atuar, gerando um estado de instabilidade no País, uma vez que ele já descumpriu, em outra oportunidade, medidas impostas no processo a que responde na Justiça estadual”. Para o ministro Lewandowski, porém, não ficou demonstrada, de modo inequívoco, a presença dos requisitos autorizadores da liminar. Segundo ele, não há, para o deferimento da cautelar, “a presença de fundamento relevante e da possibilidade de ser ineficaz a ordem pleiteada caso deferida apenas ao final do julgamento”, concluiu, ressaltando que a decisão pode ser revista “caso as circunstâncias supervenientes assim o recomendarem”.

2ª Turma mantém curso de ação penal contra delegado paulista A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) manteve o curso de ação penal na Justiça paulista contra Marcelo Teixeira Lima, delegado do Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC) da Polícia Civil de São Paulo. Durante investigação sobre o grupo criminoso Primeiro Comando da Capital (PCC), o policial teria extorquido um traficante e se apropriado das drogas. A decisão foi tomada por unanimidade na sessão desta terça-feira (3), no julgamento do Recurso Ordinário em Habeas Corpus (RHC) 121149. O Ministério Público estadual denunciou Marcelo Lima pela suposta prática dos delitos de sequestro, extorsão qualificada, furto, falsidade ideológica, tráfico e associação apara o tráfico de drogas. Após a prisão preventiva do réu, a defesa do delegado impetrou habeas corpus no Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) e no Superior Tribunal de Justiça (STJ), sempre com a alegação de que o acusado estaria sofrendo constrangimento ilegal em virtude da falta de justa causa para a ação penal.


Saúde&bem estar

Diário Indústria&Comércio Curitiba, quinta-feira, 05 de junho de 2014 | b1

Dicas sobre como evitar os quilos extras durante as festas da Copa Segundo Fabiano Sandrini, endocrinologista do Laboratório Frischmann Aisengart, há possibilidades de manter o equilíbrio sem abrir mão da diversão. “Os exageros em época de comemorações são comuns, porém é possível minimizá-los por meio de mudanças simples de hábitos, sem perder o prazer do momento”, completa. De acordo com o médico, os principais perigos encontram-se em alimentos gordurosos e fritos, como costelas ou linguiças (no caso de churrascarias) e coxinhas ou batatas fritas (no caso de bares ou casa de amigos), além das sobremesas

ricas em nata e chocolate, como pavês, bolos e sorvetes. A pipoca é outro item perigoso. “Nas comemorações em casa, substitua a pipoca com manteiga pela feita com quantidade mínima de óleo. Nos bares e churrascarias, prefira os alimentos assados aos fritos e as carnes magras ou brancas”, indica Sandrini. O médico também aconselha que as batatinhas fritas sejam substituídas por legumes cortados tiras e servidos em porções. “Palmito, cenoura e pepino, por exemplo, são boas opções”. Outro cuidado de extrema importância é a hidratação. É

fundamental que o organismo esteja sempre bem hidratado, mas com bebidas saudáveis. “Refrigerantes são extremamente calóricos e não são bons sinalizadores de saciedade. Mesmo consumindo uma imensa quantidade da bebida, a pessoa pode continuar sentindo fome e sede”, afirma o médico. Sandrini aconselha também a consumir com moderação as bebidas alcoólicas em geral. “Elas não possuem nutrientes e podem causar ganho de peso, além de levarem a condutas descontroladas, principalmente em um momento de grande excitação como é o jogo de futebol”.

Confira dicas para não perder a diversão e manter a saúde em dia: •

Alimente-se antes das comemorações ou jogos, assim os petiscos não substituirão suas refeições;

Como bastante salada e frutas antes das comemorações. O mesmo vale para a ingestão de água;

Tenha sempre garrafas de água mineral em mãos, assim o organismo se mantém hidratado e a sensação de saciedade é mais prolongada;

Cuidado redobrado com as crianças: ofereça alimentação regular antes das comemorações e deixe claro que aquela é uma situação de exceção;

Prefira ir às comemorações a pé ou utilizando o serviço de táxi para evitar acidentes relacionados às bebidas alcoólicas.

Depois das comemorações, redobre os cuidados com a alimentação e os exercícios físicos.

Especialistas do HNSG orientam sobre os danos que os raios ultravioleta causam e como se prevenir do câncer de pele

Médico do IJP participa do Congresso O médico Antonio Cury, do Instituto Jacques Perissat, foi convidado pela Associação Latino Americana de Cirurgia Endoscópica (Alace) para dar uma aula durante o Congresso Latino Americano de Cirurgia Endoscópica, que aconteceu em maio, na cidade do Panamá. A aula foi sobre Cirurgia Minimamente Invasiva nos tumores e no câncer de Pâncreas e teve a participação de cerca de 150 cirurgiões. “Minha apresentação foi sobre a experiência que adquirimos com o tratamento do câncer de pâncreas por cirurgia minimamente invasiva. Fomos pioneiros nessa técnica no Brasil em 2004 e, portanto, apresentei nossa experiência após 10 anos a realizando. Foi muito bem avaliado pela audiência com excelente repercussão”, comenta Cury. O Congresso é realizado a casa dois anos e é considerado o maior representante da Sociedade Latino Americana de Cirurgia Minimamente Invasiva, com convidados de todo o mundo.

Deep Laser tem tratamento para afinar cintura

Uma das coisas que mais incomoda a maioria das pessoas é aquela gordurinha localizada que se acumula principalmente na cintura. Isso acontece devido ao excesso de peso e também por fatores hormonais e genéticos. Para eliminar essa gordura, existem muitos tratamentos, porém alguns deles extremamente dolorosos. Pensando em facilitar a perda de gordura localizada, a Deep Laser oferece o tratamento com o Liposonic. O Liposonic é um equipamento gerador de ultracavitação, com um sistema não invasivo e uma nova tecnologia que baseia sua ação terapêutica na aplicação de ondas ultrassônicas com mais de 30 Watts de potência. O tratamento funciona da seguinte forma: as ondas de choque, por meio das diferenças de pressão positiva e negativa que as compõem, criam uma inumerável quantidade de nanobolhas diferente do ultrassom convencional. Essas nanobolhas acumulam energia até crescer a um tamanho em que se tornam instáveis e explodem nas cavidades do líquido intersticial no tecido adiposo. Excelente para afinar a cintura, o Liposonic funciona como uma lipoaspiração sem corte, indolor, segura e mais eficiente.

Dia Nacional do Teste do Pezinho No Dia 6 de junho será comemorado o Dia Nacional do Teste do Pezinho. A triagem neonatal, conhecida também como “Teste do Pezinho” tem como objetivo detectar doenças que influenciam no desenvolvimento e crescimento do bebê. “A coleta de sangue é realizada nas primeiras 48 horas de vida do bebê, utilizando quatro gotas de sangue retiradas do calcanhar”, explica a enfermeira do Hospital Nossa Senhora das Graças, Angélica Socorro Alves. Entre as doenças que podem ser evitadas com o teste estão: a fenilcetonúria, hipotireodismo congênito, fibrose cística, doença falciforme e outras hemoglobinopatias, além da hiperplasia adrenal congênita e a

deficiência de biotinidase. “Estas são doenças congênitas, de herança genética, que, se diagnosticadas e tratadas precocemente, contribuem para o desenvolvimento normal do bebê”, ressalta Angélica. Gratuito em todos os hospitais e maternidades para as crianças nascidas em suas dependências, o exame detecta precocemente e, previne várias anomalias permitindo que o tratamento adequado, seja prontamente instituído. “Evitando assim o sofrimento e danos cerebrais irreversíveis a criança”, destaca a enfermeira. Ao ser detectado alguma alteração no teste, os pais serão orientados pelo pediatra sobre os exames que a criança deve fazer.

Proteção

Pele exige cuidados especiais nos dias frios A

pouco menos de três semanas para a chegada do inverno, Curitiba já sente um novo recorde de temperatura mínima. O sol aparece timidamente, o ar fica mais seco e o vento gelado e os raios ultravioletas - ainda que em menor quantidade - também podem prejudicar a pele. Estes fatores oferecem riscos e danos, como o fotoenvelhecimento, as manchas e o câncer de pele. De acordo com o cancerologista do Hospital Nossa Senhora das

Graças, Calixto Antonio Hakin Neto, mesmo durante o inverno as pessoas devem utilizar filtro solar com o fator de proteção acima de 30 e evitar se expor ao sol entre 9h e 16h. “A grande exposição ao sol não é indicada, pois com a sensação do vento não se percebe que os raios solares estão sendo absorvidos e prejudicando a pele”, esclarece o cancerologista. É, também o período do ano que estamos com a pele mais sensível e mais clara. “O ideal é

permanecer no máximo 20 minutos ao sol, para que esta absorção ajude, apenas, na parte óssea e na formação de cálcio, sem danos”, destaca o médico. A incidência de raios ultravioleta do tipo A é constante no ano todo e essa radiação promove reações nas células da pele que podem ocasionar o aparecimento de lesões pré-cancerosas. “O melanoma é o mais maligno dos tumores de pele e ocorre geralmente em pessoas entre 30 e 60 anos”,

ressalta o dermatologista. Em geral, é o câncer de pele que tem aparência de uma pinta escura, bordas irregulares, cores variadas e é assimétrico. “Logo, qualquer pinta que mudou de característica, como tamanho, cor e dificuldade de cicatrização, deve ser suspeita e avaliada por um dermatologista”, orienta o dermatologista. Já os cânceres de pele nãomelanoma são considerados menos agressivos e de fácil tratamento, se diagnosticados precocemente.

são necessárias. E é importante lembrar que os exercícios também dão mais disposição e força para a mulher encarar a vida de mãe que, diga-se de passagem, não é fácil”, lembra. Guerra comenta que os exercícios mais recomendados para

esta fase são aqueles que ajudam na tonificação e recomposição dos músculos muito exigidos durante a gravidez e no parto, como os abdominais, os pélvicos e extensores da coluna, além daqueles que ajudam a neutralizar o estresse e a ansiedade.

Boa forma

Retome os exercícios após o parto Parece difícil, mas é possível manter uma rotina de exercícios regulares antes, durante e depois da gravidez. Se praticada dentro de limites estipulados por um médico e com o auxílio de um instrutor, a atividade física proporciona uma série de benefícios para a mamãe e para o bebê. Isso porque, além de ajudar a manter o bem-estar físico e mental, a prática de atividades físicas ajuda no controle do peso e ainda auxilia na diminuição dos desconfortos

típicos deste período, além de melhorar a qualidade do sono. Érico de La Cruz Guerra, instrutor da Bodytech, localizada no Shopping Crystal, destaca que antes de começar a fazer qualquer atividade, é imprescindível consultar o médico e somente depois desta aprovação iniciar as atividades. Além disso, a recém-mamãe precisa do acompanhamento de um educador físico, que irá passar os exercícios mais indicados para ela, uma vez que algumas adaptações no treino


GERAL | B3

Diário Indústria&Comércio Curitiba, quinta-feira, 05 de junho de 2014

Panorama Político

COMÉRCIO EXTERIOR

Paraná busca novos negócios com Taiwan

Pedro Washington

prpress@terra.com.br

Números que incomodam

No encontro foi discutida a criação de uma missão comercial paranaense para a Ásia e a atração de indústrias taiwanesas ao Paraná Divulgação

Não por acaso dois políticos petistas, entre eles a senadora Gleisi Hoffmann, tentaram evitar a divulgação da PNAD Contínua pelo IBGE. Venceu a resistência dos funcionários que entraram em greve obrigando o governo a recuar. Afinal, a divulgação dos números em termos de emprego, acaba não sendo tão ruim no sul, nada influenciando na eleição de outubro, preocupação maior dos governistas. A pesquisa traz bons números nesta região; desafina fortemente no norte e nordeste, polos eleitorais da presidente Dilma, e exibe algumas das nossas velhas mazelas. Fundamental para ajudar os formuladores da política social a mudanças, se quiserem trabalhar com seriedade. Muito mais preocupante para o governo são os números de uma pesquisa internacional, o Pew Research Center, respeitada instituição americana que faz levantamentos em inúmeros países. ”O nível de frustração dos brasileiros em relação à direção do país, a economia e seus líderes, só tem paralelo em países que passaram por convulsões sociais como o Egito”, afirmou a analista brasileira que trabalha para a entidade. O maior motivo de preocupação entre 85% dos entrevistados, é a inflação. Essa preocupação econômica contrasta com os 59% que a consideravam boa em 2013. Outros dados preocupantes revelados pela pesquisa mostram o descontentamento do brasileiro com a insegurança (85%), a saúde (85%) e a corrupção no meio político (86%). Sem contar os que criticam a educação (76%). O mau humor nacional, segundo o Pew Research é agravado pelos maus e custosos resultados da preparação dos estádios com padrão Fifa e das obras de mobilidade acenadas pelo presidente Lula em 2007, como “o grande legado” da Copa. Resta a esperança de que as obras não terminadas e as simplesmente abandonadas, no caso do Paraná, sejam efetivamente retomadas depois da Copa.

Novela sem fim O secretário da Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul, Horácio Monteschio, recebeu o diretor do Conselho para o Desenvolvimento e Comércio Exterior de Taiwan (Taitra), Krist Yi Bin Yen

O

secretário da Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul, Horácio Monteschio, recebeu ontem o diretor do Conselho para o Desenvolvimento e Comércio Exterior de Taiwan (Taitra), Krist Yi Bin Yen. No encontro eles discutiram a criação de uma missão comercial paranaense para a Ásia e a atração de indústrias taiwanesas ao Paraná. Monteschio detalhou o programa de incentivos Paraná Competitivo e as oportunidades de investimentos no Estado, O secretário tambpem enumerou pontos fortes do Estado, como a localização estratégica para os mercados

brasileiros e de países do Mercosul, a oferta de mão de obra qualificada, a força do agronegócio, o moderno polo automotivo e a rede de universidades e institutos de tecnologia. “Temos aqui no Paraná o melhor ambiente para negócios em todo o país. Recebemos nos últimos anos investimentos de diversas multinacionais e empresas brasileiras, que somam mais de R$ 30 bilhões”, disse. “Vamos trabalhar para estreitar os laços com Taiwan e iniciar uma relação comercial que pode render bons frutos aos paranaenses”, acrescentou o secretário.

MISSÃO O diretor da Taitra explicou que as principais áreas de interesse de Taiwan para negócios no Brasil são as de tecnologia, eletrônica e máquinas e equipamentos industriais. “Viemos ao Paraná para estudarmos a realização de missões comerciais para ampliar a rede de contatos dos nossos empresários. Somos a economia que mais cresce na região e estamos entre os 18º maiores exportadores do mundo”, afirmou Krist Yi Bin Yen. Krist também convidou o Paraná

para participar de uma feira de produtos de tecnologia que será realizada em São Paulo, na segunda quinzena de junho. Organizada pela própria Taitra a exposição traz ao Brasil itens de alta tecnologia dos setores esportivos, eletrônico, informática e ortopédico, entre outros. Taiwan é uma república independente com cerca de 23 milhões de habitantes e Produto Interno Bruto (PIB) de US$ 489 milhões e taxa de crescimento de 2,1 % ao ano. Os principais setores econômicos são a indústria de alta tecnologia, serviços e finanças.

OBRAS E OPORTUNIDADES

PARA EMPREENDEDORES

Duplicação da PR-323 irá criar mil empregos na região Noroeste

Bom Negócio abre inscrições para curso a distância

A estimativa é iniciar as obras de manutenção de todo o trecho e começar a implantação das novas faixas em julho de 2014 A duplicação da PR-323, entre Maringá e Francisco Alves, no Noroeste do Paraná, além de garantir mais segurança aos usuários da rodovia, garantirá ainda mais um benefício para a população. A obra irá gerar empregos na região Noroeste. A expectativa é que cerca de mil empregos, diretos e indiretos, sejam criados com a construção do novo corredor rodoviário, que terá 220 quilômetros de pistas duplicadas, 19 viadutos, 22 trincheiras, 13 passarelas e nove pontes, além de marginais e

ciclovias nas áreas urbanas. “A intenção é contratar mão de obra local para execução desta grande e moderna obra, valorizando os profissionais dos municípios locais”, afirma o secretário estadual de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho. “Com isso, conseguiremos movimentar ainda mais a economia da região Noroeste”, afirmou. DOZE MUNICÍPIOS O novo corredor rodoviário passará por doze municípios da região:

Maringá, Paiçandu, Doutor Camargo, Jussara, Cianorte, Tapejara, Cruzeiro do Oeste, Umuarama, Perobal, Cafezal do Sul, Iporã e Francisco Alves. A estimativa é iniciar as obras de manutenção de todo o trecho e começar a implantação das novas faixas em julho de 2014. “Estamos nos últimos ajustes do contrato para a assinatura. A partir disso, as obras já poderão iniciar”, explicou o superintendente da regional Noroeste do Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR), Heitor Dutra.

Para facilitar o acesso e beneficiar um maior número de empreendedores, o Governo do Estado passa a oferecer a capacitação do Programa Bom Negócio Paraná na modalidade de ensino a distância (EaD) por meio das instituições estaduais de ensino superior paranaenses. O curso tem carga horária de 68 horas, divididas nas disciplinas de Gestão de Negócios, Gestão Comercial, Gestão de Pessoas, Gestão Financeira e Gestão Estratégica. O secretário da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, João Carlos Gomes, destacou que o Bom Negócio beneficia não só o empreendedor, mas também toda a região onde ele está localizado. “Queremos chegar a todas as regiões do Paraná, já que o empreendedor capacitado tem mais chances de ter sucesso no seu negócio, o que vai refletir no desenvolvimento econômico local e regional. Nossa meta é capacitar 12 mil empreendedores, até o final de 2014, na modalidade de Ensino a distância”, disse o secretário. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas no site do Núcleo de Tecnologia e Educação Aberta e a Distância (www. nutead.org), no link “inscrições”.

QUALIDADE CERTIFICADA

Erva-mate do PR pode ganhar certificação nacional de propriedade As regiões centro-sul e sul do Paraná, produtoras de erva-mate, solicitaram a certificação de Indicação Geográfica (IG) conferida pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI). A certificação aponta a procedência da erva-mate e representa um reconhecimento das qualidades

particulares do produto proveniente destas regiões, podendo agregar valor na sua comercialização e abrir novos mercados. O pedido de certificação abrange também a região norte catarinense e contempla 35 municípios do Paraná e 17 de Santa Catarina. O projeto foi apre-

sentado ao secretário estadual da Agricultura, Norberto Ortigara, na última terça-feira (03) e agora passa pela fase de estruturação e arrecadação de recursos para ser apresentado ao INPI. A erva-mate produzida nessas regiões é de cultivo sombreado e se diferencia das demais porque cresce em

meio à mata nativa e possui um sabor menos amargo, evitando a adição de açúcar em sua composição. “A ervamate sombreada tem mais qualidade e é importante que seja reconhecida como um produto genuíno e mercadologicamente diferenciado”, diz o secretário Norberto Ortigara.

A novela dos empréstimos ao Paraná, continua. À medida que novas informações vem à tona, aumenta a certeza da perseguição política movida por Brasília a este estado e seu governo. Isso acontece no melhor momento em termos de representação política do

Paraná num único mandato. Pela primeira vez o estado teve três ministros. Ou será por isso mesmo, a pergunta que fica! Sabe-se agora que o Paraná teve o melhor desempenho na Receita Corrente Líquida que cresceu 50% em três anos.

Caminho pedregoso Da mesma forma a Dívida Corrente Líquida, que corresponde a tudo que o ente federativo deve, menos aquilo que tem direito a receber, a paranaense foi a que menos cresceu nos últimos anos: 1% nos últimos anos. Já estados como o Amazonas, aumentou em 12%. O curioso é que somente o Paraná, de todos os entes da Federação não recebeu o Proinveste, a cada dia mais complicado, a ponto de se tornar uma autêntica brincadeira de mau gosto quando se trata de entidades que deveriam ter alto senso de responsabilidade.

Com chapéu alheio O estado vive momentos de dificuldades financeiras. Só no pacote de desonerações feito pelo governo federal, verdadeira “cortesia com chapéu alheio”, beneficiando a indústria automobilística e a linha branca, o estado perdeu R$ 2 bilhões. Acrescente-se os mais de R$ 3 bi, de empréstimos concedidos e não realizados, e se terá a dimensão do tamanho do estrago nas finanças públicas. Aparentemente o governador Beto tem razão no seu “chororô”, como ironiza a senadora Gleisi a suas reclamações contra o mau tratamento recebido, sem que ela, com o poder que teve, fizesse alguma coisa para ajudar.

Em choque A intenção é ótima: a CPI do Pedágio desenrolada na Assembleia Legislativa do Paraná, chegou a sua parte final com o relatório que aponta a necessidade de um recuo em seus custos de até 25%. É o melhor resultado entre as oito recomendações feitas no relatório final, lido pelo deputado relator Douglas Fabrício. Alguns deputados como Péricles de Mello (PT) e Kleiton Kielse (PMDB) mostraram-se inconformados por terem a avaliações sido baseadas apenas em dados oficiais.


MODA&CIA

Diário Indústria&Comércio Curitiba, quinta-feira, 05 de junho de 2014 | b4

Adélia Maria Lopes adeliamarialopes@yahoo.com.br

Moda padrão Fifa Ricardo Almeida-Capoani

C

amiseta de antigos mundiais, boné do time de estimação, bermuda, jeans, cerveja na mão, olhos na telinha, foguete de prontidão... e estamos conversados. Qual-o-quê! Acompanhar a Copa do Mundo, mesmo no nosso quintal, requer mais que isso – no mínimo um padrãozinho Fifa. Pelo menos sugerem designers que atendem o consumidor (homens, mulheres e crianças, brasileiros ou não) do corpo ao copo, do lar à viagem aos estádios. Confira: Espaço Fashion

Mr. Cat

Lafort Morana

Hering

Calvin Klein

Lansay-Romero Britto

Antonio Bernardo

L’Oréal

Impelle

Porta copos da Regali Per La Casa

Cerveja no Outback

Nem te Conto! A Culpa é das Estrelas

O filme é desses que se começar a chorar na bilheteria do cinema. Não, com o preço dos ingressos, ali se chora fácil. Na verdade, as lágrimas jorram (brotar é muito ameno) ainda em casa, olhando o livro na cabeceira. Afinal, A Culpa é das Estrelas, best-seller de John Green, não ia chegar ao cinema sem causar a mesma comoção da leitura. Como o livro é a ficção mais vendida no Brasil desde setembro, programado para estrear em agosto, o filme já entra em cartaz nesta quinta dia 5. Sinopse: Hazel Grace (Shailene Woodley), diagnosticada com câncer, se mantém viva graças a uma droga experimental. Ao participar de um grupo de apoio, vai viver sua “love story” com Augustus (Ansel Elgort), um rapaz que mantém o alto astral apesar de já ter perdido uma perna para o câncer. Numa ponta, mas de caráter importante, atua o veterano Willem Dafoe. E Amsterdã entra como cenário romântico. Além do drama, a empatia do elenco permite ao espectador derreter-se na poltrona.

Sentidos da saudade

Marcos Camargo, paranaense de Santo Antônio da Platina, lança em Curitiba o livro memorialista Sentidos da Saudade, na Cantina dos Açores (Euzébio da Mota, 306), às 19h desta quinta dia 5. Seu personagens são pessoas simples, comuns, quiçá também platinenses, presentes em trinta crônicas, tendo coadjuvantes as transformações sociais, culturais e históricas do país. A edição é limitada, sem distribuição comercial. Mas proporciona uma leitura ao sabor dos docinhos feitos pelas mamães de antigamente.

Jason Janas

Expoente do sapateado, o coreógrafo e bailarino norteamericano Jason Janas apresenta Passages of a Man, nesta quinta dia 5, às 20h30, no Teatro Fernanda Montenegro, no Shopping Novo Batel. Curitiba é a primeira cidade a receber esse trabalho solo. O programa inclui ainda coreografias de escolas de sapateado da cidade, que dividirão o palco com o Janas. Patrocínio de O Boticário na Dança. (Ingressos a 10 e 5 reais).

Karol Conka

A Mostra É Daqui, que destaca músicos curitibanos, agenda a rapper Karol Conka, nesta quinta-feira no Canal da Música, às 20h. Ela ganhou o Prêmio Multishow Artista Revelação 2013 e foi trilha sonora do game Fifa 14 e no estádio Sun Life, em Miami, no intervalo da partida entre Brasil x Honduras. (Ingressos a 10 e 5 reais).

Soul Mara

Todas as quintas, começando neste dia 5, a curitibana Michele Mara estará no Santa Marta Bar, com a voz potente que lhe fez vencer o concurso O Maior Imitador da América Latina interpretando Aretha Franklin, Vai apresentar sucessos navcionaios e internacionais de black e soul music. Ingressos de 7 a 15 reais.

Diário Indústria&Comércio  

jornal, economia, curitiba, parana, brasil, negocios, bovespa, financas, aroldo mura, pedro washington, ayrton baptista, eliseu tisato, walt...