Page 1

Curitiba, QUinTa-feira, 04 de abril de 2013 | Ano XXXVi | Edição nº 8840 | R$ 1,50

Indústria&Comércio DIÁRIO

INFORMAÇÃO. conhecimento. inteligência. DESDE 1976.

Confira edição on-line:

www.icnews.com.br

Aprovada na Câmara criação do Tribunal Regional Federal do PR Agora, os processos do estado não tramitam mais no tribunal da 4ª Região, em Porto Alegre (RS)

Aroldo Murá LIAMIR PROMETE ABRIR BAÚ DE MEMÓRIAS AOS 90

Valter Campanato/ABr

Foram 371 votos a favor 54 contra e seis abstenções. A proposta precisava de no mínimo 308 votos a favor para ser aprovada

Para uns ela é uma “escritora folclórica”. Para outros, a ex-primeira dama de Curitiba Liamir Santos Hauer é uma preciosa testemunha da história dos Paraná, especialmente da vida política paranaense de muitas décadas. Agora ela está prometendo sua obra definitiva: um livro de memórias. página a3

Pedro Washington Comício de campanha

Uma “festa” digna de campanha eleitoral, na qual só faltaram nomes artísticos como Chitãozinho e Xororó, o que a transformaria em showmício, agora proibido pela legislação eleitoral. Página | A2

Fluxo cambial fica positivo após dois meses de redução O saldo da entrada e saída de dólares do país, fluxo cambial, fechou março positivo em US$ 391 milhões. O resultado positivo ocorreu de dois meses seguidos de maiores saídas do que entradas de dólares.

INDICADORES FINANCEIROS MERCADO À VISTA Maiores altas

COTAÇÃO

TEX RENAUX ON LIX DA CUNHA ON CAMBUCI PN CEB ON DTCOM-DIRECT ON

Maiores QUEDAS

0,26 0,99 2,25 20,00 0,65

A Câmara dos Deputados aprovou ontem a Proposta de Emenda Constitucional 544/02, que cria um Tribunal Regional Federal (TRF) no Paraná além de Amazona, Minas Gerais e Bahia. Ao final da votação, o placar exibido foi de 371 votos a favor contra 54 votos desfavoráveis além de seis

abstenções. A proposta precisava de no mínimo 308 votos a favor para ser aprovada. Agora, a matéria deverá ser promulgada em sessão solene do Congresso, em data a ser marcada. Nesta quinta-feira (04/04), às 10h, na sede da Organização dos Advogados do Brasil do Para-

ná (OAB), entidades e lideranças que lutaram para a aprovação da proposta 544/02 farão uma reunião de avaliação sobre os benefícios da medida. página a8

Sistema bancário pode suportar efeitos de choques adversos Dilma sanciona lei que desonera folha de pagamento a setores da indústria

finanças Curitiba recebe a Expo Money Curitiba será a primeira capital brasileira a receber, entre os dias 12 e 13 de abril, a Expo Money, o maior evento educação financeira e investimentos da América Latina, que oferece serviços e palestras sobre os temas ligados à área.

COTAÇÃO

TECTOY PN * CELPA PNA COBRASMA PN FINAM CI * UNIPAR PNA

economia | a5

0,02 0,58 0,04 0,05 0,67

Pág. b1 IBOVESPA Maiores altas*

mudança Casamento civil homoafetivo passa a valer no Paraná

COTAÇÃO

ROSSI RESID ON NM GAFISA ON NM VALE ON N1 VALE PNA N1 CIA HERING ON NM

Maiores QUEDAS PDG REALT ON NM MMX MINER ON NM EMBRAER ON EJ NM OI PN EDB N1 AMBEV PN

3,37 4,02 35,35 33,67 36,60

COTAÇÃO 2,75 2,04 16,93 5,99 82,55

CÂMBIO Moeda

Compra

Venda

Dólar turismo 1,9900

2,0900

Dólar comercial 2,0225

2,0240

Dólar paralelo 2,0900

2,2000

Euro

2,6054

2,6037

Dilma argumenta que “os dispositivos violam a Lei de Responsabilidade Fiscal ao prever desonerações sem apresentar as estimativas de impacto e as devidas compensações financeiras. O veto dessas novas desonerações implica o veto dos respectivos dispositivos de vigência”. página a8

Editorial

Ouro (Grama/R$): 101,80

F

Um avanço para a Justiça paranaense

inalmente teve fim o anseio que já durava muitos anos. A criação do Tribunal Regional Federal (TRF) no Paraná foi uma medida defendida durante anos por diversos setores da sociedade e que, só agora, foi aprovada na Câmara dos Deputados. A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) criou os TRFs no Paraná, Amazonas, Minas Gerais e Bahia. Agora haverá nesses esta-

dos um ambiente de maior acesso à Justiça, beneficiando toda a população.

A

té a aprovação, a região Sul do país era contemplada pelo TRF com sede em Porto Alegre. A existência de um tribunal no Paraná evitará o transtorno dos cidadãos que precisam se deslocar para o Rio Grande do Sul.

Editais na página A7

CMYK

Central de Atendimento: 41 3333.9800

O

piniões contrárias à medida são facilmente descartáveis, uma vez que está em jogo a facilitação da vida de centenas de brasileiros que não têm condições de levar um advogado para o Rio Grande do Sul. Felizmente houve o apoio em massa das nossas entidades de classe e sociedade civil, que agora comemoram este avanço para a Justiça paranaense.

A Corregedoria do Tribunal de Justiça do Paraná autorizou o casamento civil entre pessoas do mesmo sexo no estado, assim como a conversão da união estável em casamento civil. O ato normativo foi publicado no Diário da Justiça na terça-feira (02/04). Segundo a associação dos Notários e Registradores do Estado do Paraná (Anoreg), todos os cartórios do estado já foram notificados e estão habilitados a realizar o casamento civil homoafetivo. A entidade explicou que, na prática, o que irá mudar será a não dependência da autorização do juiz da comarca local para a realização do casamento. O ato normativo foi assinado pelo corregedor Eugênio Achille Grandinetti. A autorização foi baseada no artigo 1.525 da Lei Federal nº 10.406/2002, o mesmo que baseou o Supremo Tribunal Federal (STF) no reconhecimento da união estável homoafetiva em maio de 2011.

e-mail: pauta@induscom.com.br


Geral/Curitiba Curitiba, quinta-feira, 04 de abril de 2013 | A2 | Indústria&Comércio

Previsão do tempo

Mín.: 16° | Máx.: 23°

Poucas mudanças nas condições do tempo nesta quarta-feira no Paraná. O ar segue bastante instável, ou seja, o céu continua com muita nebulosidade no Estado ao longo do dia, com chuvas a qualquer hora. Os acumulados de chuva devem ser mais significativos entre o oeste e o noroeste paranaense. Temperaturas amenas.

fonte: www.simepar.br

Investimento

Curitiba retoma obras de infraestrutura urbana Valdecir Galor/SMCS

Três novas unidades de saúde da cidade terão investimento de R$ 4,6 milhões

prpress@terra.com.br

PanoramaPolítico Comício de campanha

Uma “festa” digna de campanha eleitoral, na qual só faltaram nomes artísticos como Chitãozinho e Xororó, o que a transformaria em showmício, agora proibido pela legislação eleitoral. No mais tudo igual. Isso a 18 meses do outubro eleitoral de 2014. Com direito à participação de quase 20 senadores nordestinos, mais deputados federais, estaduais, prefeitos, vereadores, numa demonstração de que a campanha da reeleição vai contar com enorme apoio. Estamos descrevendo o cenário para o anúncio feito pela presidente Dilma, na segunda-feira, em plena zona da caatinga, onde segundo se anuncia ocorre “a maior seca dos últimos 50 anos”. Segundo ela o governo vai investir mais R$ 9 bilhões para minimizar os efeitos da estiagem. A pergunta que cabe: por que esperar completar 50 anos, se a seca já está instalada desde o ano anterior. Se levado a sério, um fenômeno que se repete desde Deodoro e que a cada ano vira alvo das promessas dos governantes. Pobre nordestino, obrigado a migrar para outros estados, depois de resistir valentemente à natureza cruel e ser “o principal funcionário da chamada indústria da seca” que tem feito a fortuna de muita gente, inclusive de várias que estavam no palanque presidencial. Verbas públicas de emergências, como se tem visto em reportagens sobre as calamidades que se abateram nos últimos anos na região serrana do Rio de Janeiro, via de regra abastecem as milionárias contas de políticos desumanos. Não por acaso ao ouvirem o valor da cifra anunciada por Dilma, R$ 9 bilhões, alguns movimentaram as mãos. Não em aplausos. Esfregando-as de satisfação, antecipando o que poderão ganhar. Esta a triste realidade!

Iniciativa louvável

Agiu bem o presidente da Assembleia Legislativa, Valdir Rossoni, em abrir à imprensa a exposição que o Secretário Cássio Taniguchi e o Chefe da Casa Civil, Reinhold Stephanes fizeram ontem sobre o “Tudo Aqui Paraná”, projeto que o governo do Estado pretende aprovar naquela Casa. O anúncio inicial de que a reunião seria a portas fechadas, aumentava as especulações levantadas pelos oposicionistas.

Desagravo

Elevado à condição de celebridade, depois de anos pertencendo ao “baixo clero” da Câmara Federal, o pastor/deputado Marco Feliciano continua a provocar polêmica. Agora por conta de afirmação sua em culto realizado em Minas Gerais. “Antes da minha (divina!) chegada a Comissão (de Direitos Humanos) era dominada por Satanás”. Até a bancada do seu PSC cobra agora uma “desculpa pública” do deputado.

Mais um

O ex-governador Orlando Pessuti acumula mais um cargo bem remunerado de Conselheiro, além do Conselho Administrativo do BNDES. Desta vez para o da Itaipu bi-nacional. Para Pessuti, ao contrário de cargos como a presidência da Sanepar para a qual fora convidado pelo governador Beto Richa, por não exigir tempo integral, o atual lhe permite uma ação política mais ampla. Trabalha, segundo afirmou, por candidatura própria do PMDB em 2014. A conferir...

Linha dura

Fiel ao estilo que o notabilizou perante a opinião pública brasileira, o ministro Joaquim Barbosa marca sua passagem pela presidência do STF e do Conselho Nacional de Justiça, por posições corajosas. Além de defender mudança nas regras de prescrição que segundo ele “permitem que a punição não ocorra”, discute a validade das Justiças Militares cujos custos e resultados “são escandalosos. É indicativo de um verdadeiro descalabro financeiro”. No Tribunal Militar que custa R$ 322,5 milhões (15 ministros e 36 juizes), apenas 54 processos são julgados por um magistrado em um ano, critica Barbosa.

Em choque

Aliviado com os resultados dos exames a que se submeteu no Hospital Sírio-Libanês que detectou a inexistência de células cancerígenas, o ex-presidente Luiz Inácio da Silva gravou manifestação em favor da candidatura de Maduro ao governo da Venezuela. Inicia também novas viagens internacionais. EXPEDIENTE

Diário

Indústria&Comércio Fundado em 2 de setembro de 1976 Fundador e Presidente Odone Fortes Martins Reg.Prof. DRT/PR: 6993 (ofm@induscom.com.br) Diretor de Redação Eliseu Tisato Reg.Prof. DRT/PR: 7568 (editor@induscom.com.br) Redação: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fone: (41) 3333.9800 E-mail: pauta@induscom.com.br Publicidade Legal e Assinaturas: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fones: (41) 3333.9800 | 3334.4665 e-mail: publegal@induscom.com.br

Parque Gráfico e Circulação: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fones: (41) 3333.9800 | 3322.1012 Direção e Comercial: Rua Presidente Faria, 533 Centro - Curitiba - CEP: 80020-290 Fone: (41) 3322.1012 e-mail: diretoria@induscom.com.br comercial@induscom.com.br

NEW CAST PUBLICIDADE & MARKETING BRASÍLIA E RIO DE JANEIRO Atendimento : Flávio Trombieri Moreira – Cel.: (61) 8155 2020 Endereço: SRTVS Quadra 701 Bloco K Sala 624 – Edifício Embassy Tower – Brasília DF - Cep.: 70.340 – 908 Fone/Fax: (61) 3223 4081 E-mail: new.cast@uol.com.br / new.cast@hotmail.com

Os artigos assinados que publicamos não representam necessariamente a opinião do jornal.

Três novas unidades de saúde, cuja construção deveria ter começado no final do ano passado, terão as obras iniciadas pela Prefeitura de Curitiba nas próximas semanas

T

rês novas unidades de saúde, cuja construção deveria ter começado no final do ano passado, terão as obras iniciadas pela Prefeitura de Curitiba nas próximas semanas. A autorização para a construção dos postos Coqueiros, no Sítio Cercado; Campo Alegre, na CIC e Xaxim foi dada na semana passada pelo Comitê de Transparência e marca a retomada das obras pela Prefeitura, depois de um período de avaliação e ajustes. O Comitê – instituído no início do ano para rever contratos e custos da Prefeitura – autorizou também a assinatura de contrato e a liberação de ordem de serviço para a execução de dois projetos de infraestrutura urbana ligados à Cohab,

nas vilas Menino Jesus, no Cajuru, e Bom Jesus, no Cachoeira. As três unidades de saúde já foram licitadas e as obras deveriam ter começado em dezembro de 2012. Juntas, elas demandarão um investimento total de R$ 4,6 milhões, com verbas dos governos estadual, federal e do Município. A Unidade de Saúde Coqueiros, no Sítio Cercado, integra o Programa Atendimento Geral à Saúde e custará R$ 1.411.878. O projeto prevê a construção de dois pavimentos, num total de 565 metros quadrados de área construída. Com projetos semelhantes, as unidades Xaxim e Campo Alegre receberão investimentos de R$ 1.519.309 e R$ 1.680.518, respectivamente.

“Essas unidades de saúde irão reforçar a rede municipal e se somam ao esforço que estamos fazendo para melhorar o atendimento à população”, afirmou o prefeito Gustavo Fruet. Ele lembrou que na semana passada assinou decreto que amplia o programa Saúde da Família em Curitiba, o que permitirá que até o fim de maio oito unidades de saúde da capital tenham o horário estendendo para até as 22 horas. “Estamos agindo com muita responsabilidade e prudência, mas em três meses de gestão já temos avanços importantes”, disse Fruet.

Infraestrutura

O Comitê de Transparência também liberou a assinatura de

contrato para início das obras de infraestrutura urbana e recuperação ambiental na Vila Menino Jesus, no Cajuru. O projeto tem um investimento de R$ 1.055.446,97, oriundo, em parte (26%), do PAC Pró-Moradia, complementados por recursos próprios da Prefeitura (74%). Serão beneficiadas 517 famílias, das quais 104 serão reassentadas em outra área. As 413 restantes permanecerão no local. Outras 145 famílias serão beneficiadas com as obras na Vila Bom Jesus. As intervenções prevêem pavimentação de ruas, drenagem e instalação de redes de água e esgoto. Serão investidos R$ 688.892,35, provenientes do Fundo Municipal para Habitação de Interesse Social.

Estado libera mais R$ 4 milhões do Fundo Rotativo para as escolas As escolas da rede estadual de educação já têm disponíveis mais R$ 4 milhões, referente a segunda cota do programa Fundo Rotativo. Os recursos foram disponibilizados pela Secretaria de Estado da Educação para materiais de consumo nas escolas. Até o final do ano, o Governo do Estado vai liberar mais de R$ 60 milhões pelo Fundo Rotativo para a manutenção e outras despesas relacionadas à atividade

educacional das escolas do Paraná. Com os recursos, as escolas podem comprar diretamente materiais necessários para o dia a dia das atividades. “Essa cota é destinada à compra de materiais de limpeza, de expediente, lâmpadas e outras necessidades básicas”, afirma o coordenador de Apoio Financeiro da Rede Escolar, Manoel José Vicente. O dinheiro é administrado

pela própria escola, após aprovação do plano de aplicação pela comunidade escolar - representada pelo Conselho Escolar e pela Associação de Pais, Mestres e Funcionários (APMF). Ainda serão liberadas, até o fim de 2013, mais oito parcelas da cota normal de consumo.

CONSULTA ESCOLAS

A população pode acompanhar a gestão das escolas da rede estadual do Paraná e saber como diretores e

Obras para a Copa estão dentro do cronograma, diz Secretaria Osvaldo Ribeiro/ANPr

As obras de infraestrutura para a Copa do Mundo em Curitiba foram debatidas terça-feira (2) na sede da Infraero, no Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, região metropolitana da capital. Segundo a câmara temática responsável por essa área, da secretaria estadual para Assuntos da Copa, boa parte do trabalho está dentro do cronograma. O superintendente da Infraero, Antonio Pallu, explicou que os investimentos superam R$ 300 milhões no aeroporto Afonso Pena. “Já fizemos o recapeamento da pista principal, concluímos o novo terminal de cargas, entregamos o novo estacionamento com 2.200 vagas e estamos trabalhando em novos projetos, muitos já licitados”, afirmou Antonio Pallu. Ele informou que os balcões de check-in passarão de 30 para 64, as esteiras de quatro para oito e as escadas rolantes de sete para 13, e ainda a ampliação do pátio de aeronaves, com mais 10 posições.

URBANO

As obras de mobilidade urbana do PAC da Copa, de acordo com o engenheiro da Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec), Sandro Setim, estão dentro do cronograma físico-financeiro. “Há o acompanhamento de pelo menos 12 órgãos fiscalizadores”, explicou o engenheiro.

Apresentação do secretário da Copa, Mario Celso Cunha

“O grupo Gecopa, gestor nacional, está presente em Curitiba, verificando os cronogramas, e técnicos da Caixa Econômica Federal e da Comec estão fazendo a quarta medição que vai indicar 17% das obras do Corredor Avenida das Torres, dois pontos percentuais à frente do previsto, enquanto o Corredor Marechal Floriano atingiu 14,4% da obra, muito próximo dos 14,8% previstos”, informou Sandro Setim. O projeto das Vias Radiais foi dividido em três lotes. A Via da Pedreira, orçada em R$ 21 milhões, começou no mês passado, com cronograma de 12 meses; a Alça da Ave-

nida Salgado Filho está com entrega programada para dezembro de 2013. A obra mais atrasada, de acordo com Setim, é a Via da Integração, com custo projetado de R$ 13 milhões. Ele explicou que a empresa responsável já foi notificada e em três meses deverá se adequar aos prazos.

PARTICIPAÇÃO

O secretário estadual da Copa, Mario Celso Cunha, avaliou como importante a reunião na sede da Infraero. “Todos os integrantes da Câmara Temática da Infraestrutura puderam ver de perto os avanços em termos de ampliação e modernização do nosso principal aeroporto”, comentou Cunha.

diretoras estão aplicando os recursos do Fundo Rotativo. Para acompanhar as despesas da escola basta acessar a página www.consultaescolas.pr.gov.br. O cidadão seleciona o município do Paraná e escolhe em uma lista a escola a ser consultada. Para cada uma delas a ferramenta apresenta uma série de tópicos, desde recursos humanos até os investimentos recebidos, como merenda e reparos.

Comissão de Análise da Tarifa tem nova reunião A Comissão de Análise da Tarifa do Transporte Coletivo voltará a se reunir hoje, a partir das 8h30, no auditório da Urbs, no prédio central da Rodoferroviária. O tema da reunião são os custos dos principais componentes da tarifa: combustíveis, rodagem, pessoal e frota, entre outros. Integram a comissão representantes da Procuradoria Geral do Município, Câmara Municipal de Curitiba; Instituto de Engenharia do Paraná; Secretaria Municipal de Trânsito; Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Sócio Econômicos (Dieese); Secretaria Municipal de Planejamento e Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor. Também estão convidados representantes do Fórum Popular pela Mobilidade, que reúne 23 entidades; os sindicatos de motoristas e cobradores (Sindimoc) e das empresas operadoras (Setransp), além da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Urbano (Sedu) e Coordenação da Região Metropolitana (Comec).


Geral/Estadual Indústria&Comércio | Curitiba, quinta-feira, 04 de abril de 2013 | A3

Aroldo MuráG.Haygert

aroldo@cienciaefe.org.br

AOS 90, LIAMIR PROMETE MEMÓRIA DEFINITIVA Alguns podem olhar Liamir Santos Hauer, 90 anos recém completados, como um tipo meio folclórico, uma mulher exageradamente festiva, dona de alegria e memória impressionantes para sua idade. Seus livros, de certa forma irreverentes – especialmente com títulos como ‘O Circo Pegou Fogo’ – revelam um ser humano raro. Pode-se concordar ou não com ela, com seu jeito afoito de ser, de ocupar o tempo com chistes às vezes surpreendentes. Mas o fato é que Liamir é uma testemunha privilegiada de momentos históricos (é a palavra certa) da vida paranaense. Os tempos em que foi primeira dama de Curitiba, ao lado do marido prefeito (Ernani Santiago de Oliveira), foram dias excepcionais, de grandes e enormes mudanças na cidade que ia se verticalizando. Quando puxada pela memória, revela baús de surpresas.

...‘MULHER ARAUCÁRIA’, UM TIPO ÚNICO ...

Quem bem mostrou Liamir e sua amplidão de mulher e literata foi o pesquisador e escritor Paulo Walbach Prestes. Ele lançou, ano passado, “Liamir Santos Hauer, Mulher Araucária”. O livro está aí, expõe-se ao julgamento não meramente da crítica literária. Eu diria que a obra, envolvente levantamento também de episódios do Paraná do século 20, vale o melhor espaço da estante paranaense. Liamir tentou ser acadêmica da Academia Paranaense de Letras. Não conquistou a vaga pretendida. Nem por isso parou de seguir as pisadas de sua mãe, a também escritora Pomphilia Lopes dos Santos. Continuou produzindo livros e, muitas vezes, mexendo (ou ameaçando mexer) com a calmaria curitibana, em entrevistas a meios de comunicação, em muitas das quais tocou em tabus da terra comportada. De qualquer forma, esse tipo raríssimo da cidade outrora meio européia, está agora anunciando novo livro. Acha que deverá ser de-

A PARTIR DE 2015, NASCERÁ UMA NOVA CIDADE INDUSTRIAL

Poderá nascer mais uma cidade industrial na Região Metropolitana de Curitiba, a partir de 2015. É o que se depreende dos resultados de negociações promovidas pelo Governo junto à Sanepar e Prefeitura de Campo Largo, e que possibilitarão a liberação de 1.720 hectares para indústrias naquele município. A informação é do secretário de Indústria e Comércio, Ricardo Barros. De acordo com Barros, a área em questão não poderia receber indústrias por estar dentro da bacia do Rio Itaqui, que é utilizada pela Sanepar para captação de água. Entretanto, a Sanepar anunciou recentemente que está transferindo o sistema produtor de água da região para o lago da barragem do Rio Verde e vai deixar de utilizar a bacia do Itaqui para abastecimento público, a partir do início de 2015. A torcida do mundo empresarial é que a decisão não resulte em mera liberação de espaço, mas que venha com a montagem da infraestrutura desejável. Assim como foi feita na CIC de Curitiba, no começo dos 1970, por Jaime Lerner.

Liamir com a filha Leila. Ao meio, Julieta Reis

finitivo. Em carta, diz-me que sou o primeiro a saber de seu projeto e “pede reza brava”, para que o Criador a leve “para o além” depois de concluir o trabalho.

... DESAFIO: A VERDADE DE CADA FOTO ...

O título que ela escolheu é autoexplicativo do conteúdo da obra: “Desafio à Memória. Cada foto, mil lembranças”. Liamir, torcemos por você. Afinal, você é resistente personagem de um Paraná essencial. Sua memória é privilegiada, especialmente em recapitular com precisão (e às vezes com indiscrição contida) grandes momentos da vida política paranaense, em cujo epicentro esteve por anos seguidos.

COMISSÃO DA VERDADE: PARA TUDO FICAR ÀS CLARAS

O Brasil está mostrando em todos os Estados que não vai mandar para baixo do tapete atrocidades cometidas por ações ditatoriais. Assim, o governador do Paraná deu posse ontem à Comissão Estadual da Verdade, no Palácio Iguaçu, no final da tarde. Estava prevista para, em seguida, a definição de um roteiro de trabalho. São sete os membros da Comissão da Verdade. Um deles, o jurista, sempre lembrado como possível ministro do STF, Luiz Edson Facchin. Outro nome bem conhecido da história política do Paraná das últimas décadas presente no colegiado é Neide de Azevedo Lima. Pedro Bodê, professor da UFPR e notório especialista em temas de segurança pública, e Olímpio de Sá Sotto Maior, ex-procurador geral de Justiça do Paraná, estão também na Comissão. E mais: Ivete Maria Caribé da Rocha, Marcio Mauri Kieller Gonçalves, e Vera Karan de Chueiri.

No sentido horário começando da esquerda superior Luiz Edson Facchin, Pedro Bode, Olímpio Sotto Maior, Vera Karan Chueiri e Neide de Azevedo Lima

Ricardo Barros

VEREADOR PEDE ROÇADEIRAS

A assessoria do vereador Edson do Parolin mandou ontem à imprensa uma nota curiosa: diz que o político, durante encontro de lideranças comunitárias de Curitiba com o governador Beto Richa, pediu-lhe roçadeiras. E explicou: Edson culpou a Prefeitura pelo mato alto do bairro do Parolim. E que ele está disposto a fazer papel supletivo do Executivo. Só precisa de roçadeiras para pegar no pesado. Não se sabe a resposta do governador.

Edson do Parolim

OPINIÃO DE VALOR

CONSERVADORES ACUSAM FRANCISCO DE “CONFUSÃO” POR LAVAR PÉS DE MULHERES A “oposição silenciosa” ao Papa Francisco começa, embora lentamente, a erguer sua voz. Enquanto Bergoglio continua enchendo diariamente a Praça São Pedro – curiosamente sem a presença, ou ao menos sem o protagonismo de outrora, dos movimentos conservadores – em suas aparições públicas, alguns representantes da mais rotunda ortodoxia já começaram a mostrar seu mal-estar diante de algumas atitudes do bispo de Roma, que consideram representar “uma mudança de 180 graus”. A reportagem é de Jesús Bastante e publicada no sítio espanhol Religión Digital, 01-04-2013. A tradução é do Cepat. A renúncia em dar a bênção “Urbi et Orbi” em diferentes idiomas e, sobretudo, o rito do lava-pés da Quinta-feira Santa (quando Francisco lavou os pés de duas mulheres, uma delas muçulmana), desatou a ira dos setores mais conservadores da Igreja católica. “Houston, we have a problem” [“Houston, nós temos um problema”]. Este é o título do artigo publicado pelo liturgista Adolfo Ivorra, professor do Centro de Estudos Superiores Litúrgicos de León e fundador do sítio Lex Orandi, dedicado à interpretação da liturgia católica, em sua vertente mais ortodoxa. Ivorra, doutor em Teologia Litúrgica pela Universidade de São Dâmaso de Madri – cujos escritos foram reproduzidos pela La Gaceta, deste domingo, com o título “O Papa e a confusão litúrgica” –, afirma no artigo que “desde que saiu à sacada da Praça São Pedro, já são muitos os leitores deste blog – entre eles reputados liturgistas – que perguntam ou expressam seu estupor diante de uma mudança de 180 graus nas formas, etc.”. Na opinião de Ivorra, “pouco me importa a cor dos seus sapatos, se usa esta ou aquela cruz ou este ou aquele anel. O que me preocupa sumamente é que o primeiro a não obedecer às rubricas seja o ‘patriarca’ de nosso rito, o romano”. O liturgista mostra-se especialmente preocupado com o fato de que Francisco lavara os pés de duas jovens. “O problema é ainda maior se compreendemos que hoje o papa não só lavou os pés de duas mulheres, mas que uma delas não era católica, mas muçulmana”. O próprio Ivorra afirma ter sofrido este “problema” em sua própria pele, pois “voltei das missas da Quinta-feira Santa, uma delas em que tive que dizer a uma senhora que o lava-pés é um rito para varões, que assim estava nas rubricas do Missal”. “O relativismo entra em nossas casas”, adverte o sacerdote, que pede ao Papa Francisco que “siga fielmente as rubricas de seu próprio rito, o romano, e dê o exemplo aos demais sacerdotes e bispos de fidelidade às

normas da Igreja. O Papa não é um monarca absoluto ao modo dos governantes seculares, mas que reconhece, como já dizia Bento XVI, que a liturgia é uma realidade que lhe vem dada e que não reconstrói segundo seus gostos. O primado do bispo de Roma não é tarefa fácil. Roguemos ao Senhor para que o próprio Papa Francisco ou algum de seus colaboradores faça ver a Sua Santidade a importância destes sagrados ritos”. Religión Digital tentou, em vão, solicitar a opinião de Adolfo Ivorra sobre seu artigo. O liturgista limitou-se a assinalar que se encontrava em uma “importante reunião” e que suas opiniões encontravam-se refletidas em seu blog e no sítio Lex Orandi, onde está publicado o referido artigo. Não obstante, no sítio, no domingo, quis esclarecer que não havia dado autorização para que o mesmo fosse publicado, com outro título, na La Gaceta. As críticas, vindas dos mesmos setores, chegaram de diferentes países, ao ponto que o porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi, teve que responder às acusações indicando, não sem certa ironia, que “o rito era para uma pequena comunidade composta também de mulheres, uma situação específica na qual excluir as moças teria sido inoportuno à luz da simples intenção de comunicar uma mensagem de amor a todos em um grupo que certamente não incluía refinados especialistas em normas litúrgicas”. Seja como for, o certo é que as palavras de Ivorra – acolhidas com alvoroço em certos setores – denotam uma preocupação diante do que já são mais que “gestos” do Papa Francisco. “Quando sobre a escrivaninha, à noite, se tem como último livro de consulta o Código de Direito Canônico e as normas litúrgicas e não o Evangelho, acontece isso”, opina o sacerdote Carlos Ros Caballar, que lembra a Ivorra que “Jesus era acusado pelos fariseus de que não respeitava as normas prescritas pela Lei de Moisés e pelas tradições judaicas. Não guardava o sábado, nem ele nem seus discípulos. Quer dizer, que negligenciava as normas. E chamava os fariseus de sepulcros caiados e coisas do gênero, enquanto eles o acusavam de que comia com pecadores e acolhia prostitutas”. O liturgista José Manuel Bernal, por sua vez, defende que as celebrações de Francisco “têm uma cor nova, rejuvenescida, mais quente, mais entranhável”. Na sua opinião, o Papa “foge dos comportamentos estereotipados e convencionais. Evidentemente, não é escravo das rubricas. Ele se sente acima das rubricas”. “Alguns pedem que o Papa seja exemplar. E está sendo – defende Bernal. Ele está marcando uma nova linha, tendo novas atitudes nas celebrações litúrgicas. Os liturgistas não devem ser escravos das rubricas; antes, devem aplicá-las com inteligência e com bom critério. Essa é a linha do Vaticano II, e assim se reflete no novo Missal”. “Alguns reprovam o Papa por ter lavado os pés, na Quinta-feira Santa, de duas mulheres. Pior ainda: uma delas era muçulmana. O que a eles parece um escândalo eu considero um grande passo, uma grande decisão, um ato emblemático do Papa, que há de marcar horizontes novos. Primeiro, por ter incorporado as mulheres a este ato tão simples e exemplar realizado por Jesus na ceia. Porque não foi só um ato de humildade (embora tenha sido); é preciso vê-lo como um gesto sacramental, equivalente à eucaristia, expressão de amor, de entrega e de serviço. Essa é a linha sugerida pelo evangelista João e assim este gesto é interpretado pelos especialistas”, acrescenta Bernal, que insiste em que o fato de que uma das meninas fosse muçulmana está carregado de “um impressionante espírito missionário e transmite uma grande inquietude ecumênica. Uma vez mais os gestos se apoderam das palavras. Uma vez mais, também, a ditadura das rubricas sucumbe diante da força impetuosa do Evangelho. Repito: o Papa Francisco está abrindo novos horizontes para a liturgia”. Alguns críticos do comportamento litúrgico do Papa estão falando de “caos litúrgico” e de “problema teológico”. “Eu não vejo nem uma coisa nem outra. O ‘caos’ o percebem apenas aqueles que estão acostumados a avaliar as celebrações litúrgicas na medida em que estas reproduzem com exatidão milimétrica as normas estabelecidas nas rubricas”, conclui Bernal, que destaca que “a eucaristia não é apenas expressão de fraternidade; também é fonte, impulso, ponto de partida. A eucaristia cria comunhão, fraternidade. A eucaristia celebra a grande utopia do Reino, a grande reunião dos dispersos, o grande banquete escatológico da abundância. Essa é a meta, para ela caminhamos, por ela lutamos”. Falando de liturgia, uma das questões que mais preocupa é precisamente o estado em que ficarão as liturgias de um dos grupos outrora mais presentes em todos os atos públicos dos Papas, e agora espalhados entre a multidão: os kikos. Que, curiosamente, na Quinta-feira Santa fazem o lava-pés, mas não celebram a Eucaristia. Serão os liturgistas ortodoxos tão exaltados com os neocatecúmenos como o são com o novo Papa? Embora, por outro lado, a questão litúrgica não deixe de ser uma desculpa, assim como a sempiterna questão que tanto parece preocupar nos últimos dias os setores mais ultramontanos: “o Papa não mudou nada importante, não reformou nada. É ortodoxo em tudo”. Raro seria que o sucessor de Pedro fosse um herege... embora não faltaram comentaristas, em diferentes meios, que, lançando mão da “sã doutrina”, acusaram Bergoglio de pouco menos que querer dividir a Igreja. Francisco não terá vida fácil, que inclusive foi acusado de “cair bem” à imprensa “anticatólica.

CARTAS (correspondências para a coluna: aroldo@cienciaefe.org.br)

SEPARAÇÃO POR GÊNERO Prezado Aroldo: Parabéns pela matéria separação por gênero. E muito bom saber que o Colégio Estadual do Paraná tinha essa politica em 1960. A separação entre meninos e meninas no islamismo se faz tanto nas mesquitas quanto nas escola e universidades para que os alunos possam se concentrar integralmente nas atividades. Quando se mistura os gêneros mais de 50% da concentração se dispersa. Portanto a atitude dos pedagogos do Hamas é legitima e se justifica. Isso sem falarmos na banalização das relações que advém dessa proximidade inicial em sala de aula quando os gêneros se misturam. Até hoje nas Republica Islâmica do Irã essas separações existem nas escola ,universidade e até no transporte coletivo onde ha uma divisão de alas masculina e feminina. Saudações fraternas! Gamal Fouad El Oumairi. Instituto Brasileiro De Estudos Islâmicos. www.ibeipr.com.br

SEPARAÇÃO POR GÊNERO (2) Prezado jornalista: não vejo nada de errado em separação por gênero, nas salas de aula. Aliás, diga-se que ainda há colégios no Brasil que são exclusivamente masculinos ou femininos. Um deles é muito bem avaliado prelo MEC, o São Bento, do Rio de Janeiro. Como você mesmo lembrou, há os notáveis exemplos de escolas separadas por gênero, na Europa e Estados Unidos. O problema é que uma certa gente, atilada contra o mundo islâmico, trata de endemoniar tudo que vem de lá. Tenho parentes meus vivendo no Irã, não são islamitas, e acham que estudar em regime de separação de gêneros não lhes traz prejuízos. A separação por gênero não tolhe desenvolvimento intelectual. Vide o caso do Irã – a despeito de se aprovar ou não o mundo dos iatolás. o país tem notável desenvolvimento universitário, e seus estudantes homens e mulheres estudam separadamente. No mundo judaico, há grupos religiosos judeus que realizam a separação de sexos nas escolas, igualmente. Marco Falkenberg Melitto, São Paulo, SP


Geral/Curitiba Curitiba, quinta-feira, 04 de abril de 2013 | A4 | Indústria&Comércio abnoticias@abcom.com.br

Municípios

AB Notícias TRIGO EM FOCO A plantação de trigo no Oeste do estado ocupará nesta safra 42% a mais de área. Os cultivos começaram na segunda, mas só serão intensificados a partir da segunda quinzena deste mês. A expectativa é que as lavouras de trigo ocupem 97.250 hectares nesta safra, contra 68.580 cultivados no ano passado, um dos menores da história. Já a produção deverá render 269.935 toneladas, 70% a mais que no ano anterior, quando o número alcançado foi de 174.341.

PARANÁ URGÊNCIA O Paraná agora contará com a Rede Paraná Urgência. O programa, lançado pelo governador Beto Richa, tem como objetivo intensificar e melhorar o atendimento para casos de emergências em todo o estado. Para isso, o Rede Paraná irá promover a ampliação dos sistemas de atendimento pré-hospitalar, como o Samu, o Siate e o sistema de transporte aeromédico. A reestruturação de hospitais públicos e filantrópicos também será feita pelo programa.

NOVA FÁBRICA O município de Guarapuava poderá receber a instalação de uma sede da Araupel, uma das maiores empresas do setor florestal do país. Visando aumentar sua produção, a empresa pretende construir uma fábrica na cidade, que poderá gerar, inicialmente, cerca de 400 empregos diretos. Guarapuava chamou a atenção dos investidores devido a sua localização, a oferta de mão de obra e de matéria prima.

GRANDE DESCONHECIDO Mais de 300 livros escritos por Rubens Sossélla poderão ser apresentados ao grande público. O autor em vida só apresentou as obras a amigos, que agora querem divulgá-las. Os livros trabalham com diversas linguagens, como crônicas, poemas, ensaios e críticas. Sossélla foi, ao lado de escritores como Leminski, um dos grandes representantes da poesia marginal e do neoconcretismo, porém não tinha ambições de vendagem e reservou a maior parte de sua produção a alguns amigos.

INDÚSTRIA Campo Largo, município da Região Metropolitana de Curitiba, abriga a construção de uma nova fábrica. A Gri-Cei, atraída pelo programa Paraná Competitivo, instala na cidade uma indústria para extração, separação e transfusão de sangue. A obra é parceria da empresa com o grupo Grifols e a paranaense CEI, Comércio, Exportação e Importação de Materiais Médicos. O investimento é de 23,9 milhões de reais e gerará 122 empregos diretos.

FINALMENTE CARNAVAL Paranaguá finalmente realizará seu carnaval. A cidade, que não pode comemorar na data oficial devido a problemas financeiros, festejará nos dias 5, 6 e 7 de abril. O local dos desfiles também é novidade, eles acontecerão em frente à Praça 29 de Julho, na rua da praia. A festa começa na sexta às 22h com a apresentação do Grupo Tchakabum. No sábado a atração é o desfile das escolas de samba e no domingo, a apuração e o desfile das escolas campeãs.

EFAPI CRESCE A procura por estandes foi tanta que o Centro de Eventos de Ponta Grossa também abrigará a 36ª Exposição Agropecuária, Industrial e Comercial de Ponta Grossa, a Efapi. O evento, que ocupava inicialmente apenas o Centro Agropecuário Municipal, contará com 94 estandes. A Efapi acontecerá entre os duas 28 de junho e 7 de julho. Para incentivar o comércio local, os lojistas da cidade poderão alugar estandes a preços menores.

MAPAS MENTAIS O psicólogo Carlos Eduardo Baptista e o administrador João Baptista Guimarães ministram curso de Mapas Mentais no IBQP - Instituto Bras. de Qualidade e Produtividade, no dia 20 de abril. Eles irão abordar o uso do método gráfico dos Mapas Mentais para melhorar a geração, organização e síntese de ideias, o planejamento e gestão de projetos e a capacidade de fazer apresentações mais dinâmicas. Os participantes também ganharão a licença do software de Mapa Mental para usar em seus computadores. Inscrições pelo www.ibqp.org.br.

EXPOVIVIDA A cidade de Coronel Vivida, no sudoeste do estado, realiza até domingo a Expovivida 2013. Em sua 6ª edição, a feira traz empresas de diversos setores, como vestuário, decoração, móveis, máquinas, decoração, entre outros, não só do município, mas de toda a região. A programação do evento também conta com apresentações musicais como Matogrosso & Matias e Zé Henrique & Gabriel. O ingresso para cada dia do evento custa 15 reais.

ENCONTRO DE GRAFITEIROS Curitiba sedia o Street of Styles – Encontro Internacional de Graffiti. O evento visa contribuir com a integração e com a troca de experiências entre grafiteiros do mundo todo. Está confirmada a presença de 250 artistas de 17 estados brasileiros e 12 países. O encontro será marcado por workshops, pocket shows, debates, palestras e pinturas coletivas. O evento conta com o apoio da Fundação Cultural de Curitiba

CORRIDA RÚSTICA A tradicional Corrida Rústica de Telêmaco Borba, região dos Campos Gerais, já está com inscrições abertas. O evento acontece no dia 7 de abril, às 9h, em frente a Casa da Cultura. Os participantes serão divididos entre as categorias juvenil (até 17 anos), adulto (até 35 anos), veteranos (até 50 anos) e master (acima de 50 anos). Mais informações pelo telefone (42) 3904 -1521.

do Paraná

Paranaguá

Município vai ganhar Linha Turismo em julho Ônibus vai percorrer os principais pontos turísticos da cidade

P

aranaguá terá a Linha Turismo a partir de julho. A decisão de se colocar um ônibus percorrendo os principais pontos turísticos da cidade aconteceu durante reunião na Secretaria Municipal de Serviços Urbanos, na manhã de ontem. Estavam presentes, o secretário Marcelo Roque, o presidente da Fundação Municipal de Turismo, Rafael Gutierres Júnior, os vereadores Arnaldo Maranhão Júnior, José da Costa Leite Júnior, Jaci de Oliveira Moraes, Sandra do Dorinho e Márcio Costa, além do diretor executivo da Viação Rocio, Ângelo Gulin Neto, e do gerente de tráfego, Paulo Francisco Marchioro. A primeira reunião para tratar do assunto foi solicitada pela Comissão de Obras, Serviço Público, Habitação e Desenvolvimento Urbano da Câmara Municipal, tendo em vista que não estava sendo cumprida a lei complementar n.º 393/08, de autoria do vereador Arnaldo Maranhão Júnior. No dia 17 deste mês haverá outra reunião para tratar do tamanho

Reunião aconteceu na manhã de ontem na Secretaria Municipal de Serviços Urbanos

do ônibus.Também será definido o itinerário. Arnaldo Maranhão comemorou o fato de que a lei de sua autoria vai realmente sair do papel. Para o vereador, a Linha Turismo será uma “grande contribuição não só aos turistas, que vão ter opção de conhecer a história da cidade e os pontos turísticos, mas também as nossas crianças das escolas, já que os professores poderão fazer aulas práticas a bordo do ônibus”. Ainda segundo o parlamentar,

após o início das atividades do ônibus hotéis, restaurantes e o Conselho Municipal de Turismo poderão vender pacotes para turistas que chegam à cidade de trem e por outras vias. “A cidade vai ganhar muito com a Linha Turismo e quero agradecer o empenho do secretário Marcelo Roque em fazer isso se tornar realidade”, declarou Maranhão. Durante a reunião ficou estabelecido que a Viação Rocio deve apresentar o ônibus pronto no dia 20 de

junho e que a entrega ocorrerá durante as comemorações do aniversário de Paranaguá, em 29 de julho. A vereadora Sandra do Dorinho, que preside a comissão da Câmara Municipal, comemorou a conquista. “Foi muito proveitosa a reunião, atendendo aos interesses do setor turístico de Paranaguá e da Viação Rocio”, destacou a parlamentar. O secretário municipal Marcelo Roque destacou que fará tudo o que for necessário para que a empresa cumpra a lei municipal.

Pinhais

Araucária

Prefeitura realiza I Seminário em Busca da Excelência na Gestão

5ª Conferência Municipal acontece em abril

Levar um atendimento de qualidade à população do município, este é um dos principais objetivos da Prefeitura Municipal de Pinhais. Para tanto, na última segunda-feira (01), foi realizado no Auditório da Secretaria Municipal de Educação, o I Seminário em Busca da Excelência na Gestão. No encontro, foi apresentado o Modelo de Excelência em Gestão (MEG) utilizado pelo executivo municipal, o qual é referência para outras cidades  do Estado do Paraná. O Seminário coordenado pela Controladoria Geral do Município (CGM) teve como objetivos, apresentar um olhar contemporâneo sobre planejamento, controle interno, transparência, controle social e a contribuição dos sistemas de gestão para o alcance da excelência organizacional. Além disso, visa fomentar uma cultura de planejamento e o desenvolvimento de uma gestão pública orientada para resultados, a partir do referencial estratégico da CGM. Edson Gelinski, Controlador Geral do município, procedeu a abertura do evento, que contou com a participação do Prefeito Luizão Goulart, secretários e secretárias

No encontro, foi apresentado o Modelo de Excelência em Gestão (MEG) utilizado pela Prefeitura de Pinhais

que compõe o executivo municipal, vereadores, representantes de todas as secretarias municipais, das Prefeituras de Piraquara e de Campo Magro, também esteve representado, o Pinhais Previdência. O evento contou ainda, com a presença da coordenadora do Movimento Paraná Competitivo, Lucina Grandizioli, que falou sobre o Modelo

de Excelência em Gestão (MEG) e sobre o órgão o qual representa; a diretora de Gestão Corporativa da ISAE/FGV, Tânia Lopes, que ministrou a palestra “Desafio ISAE - Imersão no MEG; Vinicius Coleho de Souza, consultor de serviços da SoftExpert Excellence Suite, que explanou sobre a implementação do MEG por intermédio do SoftExpert.

Campo Largo

Município vai lançar 15ª Campanha Nacional de Vacinação contra gripe A Secretaria Municipal de Saúde através da Vigilância em Saúde informa que a 15ª Campanha Nacional de Vacinação contra gripe será de 15 à 26 de abril de 2013 em todas as Unidades de Saúde do Município, sendo dia 20 de abril, o dia de mobilização nacional, tendo como slogan: ¨Quem lembra da

vacina se protege da gripe¨ . Nesta campanha, além de indivíduos com 60 anos ou mais, serão vacinados os trabalhadores de saúde que exercem sua atividades em unidades que fazem atendimento para influenza e estratégia de saúde da família e pronto atendimento, as crianças de 6 meses a menores

de 2 anos, gestantes, mulheres até 45 dias pós-parto, os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais ( com prescrição médica). O público-alvo, portanto, representará aproximadamente 24.553 mil pessoas em Campo Largo.

“Quem muda a cidade somos nós: reforma urbana já!”. Este é o tema da 5ª Conferência Pública Municipal da Cidade de Araucária, que acontece nos próximos dias 16 e 17 de abril. Servidores da Prefeitura e membros da sociedade civil organizada estarão presentes, garantindo assim a participação de representantes da administração municipal e da população. O objetivo é tratar sobre assuntos relacionados à política de desenvolvimento urbano, conforme estabelece a Resolução Normativa nº 14/2012 do Conselho das Cidades do Ministério das Cidades, que aprova o regimento da 5ª Conferência Nacional das Cidades, bem como se preparar para as Conferências Estadual e Nacional. Na Conferência Municipal serão definidos os delegados representantes do município que participarão da 5ª Conferência Estadual das Cidades, que será realizada de 13 a 15 de agosto, em Foz do Iguaçu, sendo que Araucária poderá ser representada por até 28 delegados. Da Conferência Estadual saem os representantes do Paraná na 5ª Conferência Nacional das Cidades, de 20 a 24 de novembro, em Brasília. A Conferência Municipal é aberta para a comunidade, que pode participar por meio de representantes. Diversos segmentos da sociedade civil organizada podem credenciar delegados: associações de bairro, associações de moradores, associações de classe, organizações não governamentais, universidades, conselhos municipais e outras associações, institutos e organizações. Para enviar representante a entidade deve ser legalmente constituída, reconhecida e registrada, sendo que cada entidade poderá indicar apenas um representante.


Economia Indústria&Comércio | Curitiba, quinta-feira, 04 de abril de 2013 | A5

Preços de produtos primários negociados no exterior têm queda de 1,82%

relatório

Sistema bancário pode suportar choques adversos Capital regulamentar dos bancos permaneceria “confortável”, segundo testes O sistema bancário brasileiro tem capacidade para suportar eventuais efeitos de choques adversos, mesmo em cenário de extrema deterioração das condições econômicas no país. A conclusão faz parte do Relatório de Estabilidade Financeira, referente ao segundo semestre de 2012, divulgado nesta quarta-feira (03/04) pelo Banco Central (BC). Os “testes de estresse”, feitos pelo BC para avaliar a capacidade

de resistência dos bancos em caso de crise, indicam que o capital regulamentar dos bancos permaneceria “confortável” em todos os cenários analisados, inclusive em caso de choque abrupto ou extrema deterioração da economia durante um ano. De acordo com o diretor de Fiscalização, Anthero Meirelles, as provisões (recursos reservados para cobrir prejuízos) do sistema financeiro estão em patamares

“bastante confortáveis”, acima da inadimplência. Para cada R$ 1 de inadimplência, os bancos têm R$ 1,6 de provisão. Meirelles disse ainda que não há possibilidade de contaminação do sistema financeiro nacional por crises em bancos no exterior. “Pode ter impacto por outros canais, como comércio”, disse. De acordo com o diretor, os bancos brasileiros têm baixa dependência de fontes de recursos

externos. Além disso, os bancos estrangeiros que se instalam no Brasil não podem captar recursos no país para transferir para o exterior. “Temos regras prudenciais bastante estritas que protegem mesmo os bancos estrangeiros. Nosso sistema financeiro não só não é canal de transmissão de problemas, mas é também elemento de proteção. Os bancos, para se instalarem no Brasil, tem que se instalar como subsidiária integral”, disse.

Crescimento no preço dos imóveis perde intensidade, mas BC diz que não houve bolha A variação anual real dos valores de imóveis residenciais chegou a cerca de 20% em janeiro de 2010, mas o crescimento dos preços foi perdendo intensidade até chegar a 3% em janeiro deste ano. É o que mostra o Índice de Valores de Garantia de Imóveis Residenciais Financiados (IVG-R), divulgado nesta quarta-feira (03/04) pelo Banco Central (BC), no Relatório de Estabilidade Financeira. Segundo o diretor de Fiscalização do BC, Anthero Meirelles, o indicador ajudar a analisar se a evolução dos preços dos imóveis é sustentável. De acordo com o diretor, apesar de a variação dos preços ter chegado ao pico de 20%, não houve bolha nos valores dos

imóveis. “Quando é bolha, (o preço) sobe e estoura, ou seja, aquilo que vinha crescendo de forma muito radical, de repente, perde valor. Isso não aconteceu. Não houve bolha. Houve reequilíbrio no padrão de oferta e demanda”, disse o diretor. Ele acrescentou que, atualmente, não há nenhuma pressão que possa sugerir risco para o sistema financeiro. “Agora está crescendo em patamar totalmente sustentável”, acrescentou Meirelles. Segundo o diretor, com o aumento da renda e do emprego, mais pessoas têm acesso ao financiamento imobiliário. Além disso, houve redução das taxas de juros. Outro fator citado pelo diretor foi a

legislação que permitiu a alienação fiduciária, que mantém a propriedade do imóvel com o banco até o momento da quitação. Com isso, houve melhor garantia nos financiamentos, o que os tornou mais baratos e mais seguros. O IVG-R é calculado com dados de operações de financiamento imobiliário para pessoas físicas, em que a garantia é composta de alienação fiduciária de imóveis residenciais ou hipoteca imobiliária. De acordo com o BC, o valor de avaliação de cada imóvel pelo banco no momento da concessão do crédito é a fonte primária de informação para construção do indicador. O cálculo do IVG-R considera

apenas as avaliações de imóveis localizados nas 11 regiões metropolitanas que integram a mensuração do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA): Belém, Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Fortaleza, Goiânia, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo.

UNIVERSIDADE LIVRE DO MEIO AMBIENTE - UNILIVRE C.N.P.J. 85.075.778/0001-12 2012

2011

CIRCULANTE

45.997,55

73.106,09

DISPONÍVEL Bancos Conta Movimento - Recursos Livres Bancos Conta Movimento - Recursos de Terceiros Aplicações Financeiras - Recursos Livres Aplicações Financeiras - Recursos de Terceiros

29.743,01 26,99 56,38 29.659,64 -

66.312,32 41.886,75 5.048,66 19.376,91

OUTROS CRÉDITOS Adiantamentos a Empregados Impostos a Recuperar

16.254,54 16.254,54 -

6.793,77 5.716,62 1.077,15

253.128,63 117.466,97 120.426,26 15.235,40

251.505,59 113.723,01 120.426,26 17.356,32

PATRIMÔNIO LÍQUIDO Fundo Patrimonial Superávit / Déficit do Exercício Doações e Subvenções Ajuste de Exercícios Anteriores

299.126,18

324.611,68

TOTAL DO PASSIVO E PATRIMÔNIO LÍQUIDO

NÃO CIRCULANTE Depósitos Judiciais Outras Contas a Receber Imobilizado TOTAL DO ATIVO

PASSIVO CIRCULANTE Fornecedores Nacionais Obrigações Tributárias Obrigações Sociais Provisão de Pessoal Recursos de Entidade Pública Nacional NÃO CIRCULANTE Indenizações Trabalhistas

2012

2011 137.160,50 46.596,22 124,00 21.026,26 103.811,87 (34.397,85)

58.964,94 58.964,94

58.964,94 58.964,94

177.970,75 103.342,14 52.823,48 25.144,10 (3.338,97)

128.486,24 105.246,01 (32.889,85) 25.144,10 30.985,98

299.126,18

324.611,68

As Notas Explicativas integram o conjunto das Demonstrações Contábeis.

(54.113,01) (32.889,85) 54.113,01 (32.889,85) 52.823,48 32.889,85 52.823,48

25.144,10 25.144,10 25.144,10

58.662,91 30.985,98 (58.662,91) 30.985,98 (3.338,97) (30.985,98) (3.338,97)

52.823,48 (32.889,85) 2.120,92 (3.338,97) 51.605,43

7.017,76 30.985,98 5.113,89

Variações nos Ativos e Passivos Variação de Adiantamentos (10.537,92) 30.095,83 Variação de Impostos a Recuperar 1.077,15 3.379,38 Variação de Depósitos Judiciais (3.743,96) (11.940,17) Variação de Obrigações Tributárias 25,36 (1.858,83) Variação de Obrigações Sociais 20.547,24 (23.502,03) Variação de Provisões Trabalhistas 8.242,53 (19.093,34) Variação de Recursos de Entidade Pública Nacional (128.113,46) 49.377,18 Variação de Fornecedores 24.328,32 (4.436,71) Disponibilidades Geradas nas Atividades Operacionais (36.569,31) 27.135,20 Fluxo de Caixa das Atividades de Investimento Pagamento pela Aquisição de Ativo Imobilizado (804,40) Disponibilidades Aplicadas nas Atividades de Investimentos (804,40) Disponibilidades Totais Líquidas das Atividades (36.569,31) 26.330,80 Demonstração da Variação nas Disponibilidades Saldo Inicial das Disponibilidades 66.312,32 39.981,52 Saldo Final das Disponibilidades 29.743,01 66.312,32 Aumento / Redução nas Disponibilidades (36.569,31) 26.330,80 As Notas Explicativas integram o conjunto das Demonstrações Contábeis.

DEMONSTRAÇÕES DA MUTAÇÃO DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO SOCIAL Em R$ SALDO EM 31/12/2010 Ajuste de Exercícios Anteriores Déficit Exercício Transferência conforme Resolução CFC nº 877/00 SALDO EM 31/12/2011 Ajuste de Exercícios Anteriores Superávit do Exercício Transferência conforme Resolução CFC nº 1.409/12 SALDO EM 31/12/2012

A movimentação de cargas na malha ferroviária brasileira cresceu 1,3% em 2012 na comparação com o ano anterior, aponta levantamento divulgado nesta quarta-feira (03/04) pela Associação Nacional dos Transportadores Ferroviários (ANTF). Foram 481 milhões de toneladas no ano passado ante 475 milhões em 2011. A entidade considera o número satisfatório diante do cenário de queda das exportações da indústria brasileira, em especial para países europeus. “O crescimento foi menor, mas, diante do que o Brasil viveu economicamente, continuamos em um patamar favorável”, avaliou Rodrigo Vilaça, presidente executivo da ANTF.

DEMONSTRAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXA - DIRETO - Em R$

62.190,49 70.924,54 149,36 41.573,50 112.054,40 (162.511,31)

100.696,11 4.549,90 105.246,01 (1.903,87) 103.342,14

130.390,11 30.985,98 (32.889,85) 128.486,24 (3.338,97) 52.823,48 177.970,75

As Notas Explicativas integram o conjunto das Demonstrações Contábeis.

DEMONSTRAÇÕES DO SUPERÁVIT / DÉFICIT DOS EXERCÍCIOS Em R$ RECEITAS ORDINÁRIAS NÃO-VINCULADAS Receitas de Venda de Bens e Serviços Receita de Doações - Sem Restrições CUSTOS E DESPESAS GERAIS NÃO VINCULADOS Despesas Administrativas SUPERÁVIT OU DÉFICIT ORDINÁRIO NÃO-VINCULADO Receitas / Despesas Financeiras SUPERÁVIT OU (DÉFICIT) DO EXERCÍCIO

2012 2011 680.570,86 794.770,26 680.570,86 783.724,83 11.045,43 (619.680,91) (822.724,60) (619.680,91) (822.724,60) 60.889,95 (27.954,34) (8.066,47) (4.935,51) 52.823,48 (32.889,85)

As Notas Explicativas integram o conjunto das Demonstrações Contábeis.

NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS DO EXERCÍCIO FINDO EM 31 DE DEZEMBRO DE 2012 E 2011 NOTA 01 - CONTEXTO OPERACIONAL A Universidade Livre do Meio Ambiente – UNILIVRE foi constituída em 20 de julho de 1992, sendo de personalidade jurídica de direito privado sem fins lucrativos, qualificada como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público – OSCIP, por despacho da Secretaria Nacional de Justiça de 12 de dezembro de 2002 e através do processo no MJ nº 08015.014218/2002-64 de 12 de dezembro de 2003, dentro dos preceitos legais estabelecidos na Lei Federal nº. 9.790 de 23 de março de 1999, regulamentada através do Decreto nº. 3.100 de 30 de junho de 1999, atuando dentro do segmento de cunho educativo, cultural e de pesquisa, com atividades de caráter técnico-científico e de práticas inovadoras. Seu objetivo social é criar e consolidar, nos cidadãos, consciência e postura ambientalmente corretas que contribuam para o aprimoramento da qualidade de vida global. Em busca de atingir seus objetivos, a UNILIVRE tem por finalidades: ·Promover a pesquisa e desenvolvimento técnico-científico de informações, conhecimentos e o desenvolvimento, gerenciamento e execução de projetos, bem como difundir valores associados, buscando equilíbrio entre os aspectos: ambiental, cultural, econômico, social e espacial, dando suporte ao desenvolvimento sustentável, e; ·Desenvolver, estimular e divulgar estudos e pesquisas visando à construção e ampliação de conhecimentos técnicos e científicos e a busca de soluções orientadas a fornecer elementos práticos de gestão para o desenvolvimento sustentável, privilegiando a preservação e conservação do meio ambiente. NOTA 02 - APRESENTAÇÃO DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS As Demonstrações Contábeis foram elaboradas e estão sendo apresentadas de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil, bem como em conformidade com a Lei nº. 6.404/76 e suas alterações, em principal, as promovidas pelas Leis n os. 11.638/07 e 11.941/09, nos Pronunciamentos, Orientações e Interpretações emitidas pelo Comitê de Pronunciamentos Contábeis (CPC), homologados pelos órgãos reguladores a Resolução CFC nº. 1.409/12, que aprova ITG 2002, a qual orienta sobre os aspectos contábeis a serem observados pelas Entidades sem Finalidade de Lucro. A Demonstração do Resultado Abrangente – DRA, exigida pela NBC TG 1000 não está sendo apresentada no conjunto das Demonstrações Contábeis em virtude de não haver resultados abrangentes no exercício findo em 2012 e 2011. As principais diretrizes contábeis estão descritas abaixo: a)Os valores estão expressos em Reais (R$); b)A denominação de “Recursos Livres” refere-se aos recursos obtidos sem vínculo a condições específicas de aplicação pela Entidade, entretanto, devendo ser destinados de acordo com os seus objetivos sociais; c)A denominação de “Recursos de Terceiros” corresponde aos valores recebidos com finalidades específicas estabelecidas em termos de parcerias e convênios firmados ou doações com as mesmas características; d)Os bens do imobilizado estão demonstrados ao custo de aquisição, deduzidos da depreciação acumulada até a data do encerramento do Balanço pelo método linear, tomando-se por base os dados contábeis registrados nas respectivas contas. A Entidade optou por não efetuar ajustes correspondentes ao valor justo dos bens no exercício de 2012, bem como nos saldos apresentados em comparativo, em função de estimar irrelevantes os efeitos dos referidos ajustes. A estimativa mencionada foi obtida através da análise e estudos, levando em consideração de seu julgamento as características e utilidades dos bens, tempo de uso, atividade operacional e dispositivos técnicos contidos na Interpretação sobre a Aplicação Inicial ao Ativo Imobilizado e à Propri-

edade para Investimento – IT 10, aprovada pela Resolução CFC nº. 1.263/09 e no Pronunciamento Técnico – CPC 27, aprovado pela Resolução do CFC nº. 1.177/09. Quanto às taxas de depreciação, a Entidade está estudando novos critérios de vida útil e econômica de seus bens, considerando suas atividades e dispositivos técnicos mencionados na Resolução CFC nº. 1.177/09. e)Recursos de Termos de Parcerias: correspondem aos recursos obtidos com entidades públicas nacionais e internacionais, deduzidos do montante aplicado em suas finalidades; f)Receitas ordinárias não-vinculadas: concernem às receitas obtidas pela Entidade de acordo com seus objetivos sociais e não estão sujeitas as restrições com terceiros; g)Receitas de convênios: referem-se aos recursos que permaneceram em posse da Entidade ao término dos convênios, não estando sujeitos às restrições com terceiros. NOTA 03 - PRINCIPAIS PRÁTICAS CONTÁBEIS As Principais Práticas Contábeis adotadas na elaboração e apresentação das Demonstrações Contábeis resumem-se em: a) Aplicações Financeiras Estão demonstradas pelos valores de contratação, acrescidas das remunerações apropriadas ‘pro rata temporis’, até a data do Balanço. b) Ativo Permanente – Imobilizado Bens Custo de Depreciações Saldo em Saldo em Aquisição Acumuladas 31/12/2012 31/12/2011 Móveis e Utensílios 64.149,10 64.149,10 655,26 Instalações 2.069,94 3.224,80 1.154,86 41,38 Computadores e Periféricos 6.672,00 2.069,94 4.602,06 4.781,60 Aparelhos Telefônicos 1.305,00 1.305,00 89,88 Linhas Telefônicas 11.788,20 11.788,20 11.788,20 Total 85.984,24 70.748,84 15.235,40 17.356,32 c) Depreciações / Amortizações do Ativo Permanente Imobilizado As taxa de depreciação são as seguintes, considerando sua utilização normal de um turno de trabalho: Descrição Taxa Anual Móveis e Utensílios 10,00% Computadores e Periféricos 20,00% Instalações 10,00% Máquinas, Aparelhos e Equipamentos 10,00% d) Provisões de Férias Os direitos adquiridos pelos funcionários no tocante às férias apresentam-se quantificados e provisionados dentre as obrigações constituídas, na razão de 1/12 avos pelo período aquisitivo. e) Demais Ativos e Passivos Foram registrados pelos valores dos custos incorridos, atualizados quando legal ou contratualmente exigidos. f) Contingências Passivas A UNILIVRE é parte em processos judiciais e administrativos de natureza trabalhista. A administração da Entidade, com base em pareceres de seus consultores jurídicos, provisiona integralmente os processos cujo risco de perda seja classificado como provável e dos quais os valores sejam mensurados com segurança. Para os exercícios findos em 2012 e 2011 manteve-se a provisão no montante de R$ 58.964,94, a qual é considerada adequada para fazer frente a eventuais perdas.

Para o exercício de 2013, o montante desta provisão poderá ser ajustado em conformidade com o Parecer Jurídico. g) Composição das Contas Patrimoniais dos Termos de Parceria Os saldos dos recursos provenientes dos Termos de Parceria estão assim compostos: Eventos Valores (R$) Recursos Recebidos do Termo de Parceria 617.401,13 (-) Recursos Aplicados nas Atividades Próprias (617.344,75) Saldo Financeiro do Termo de Parceria 56,38 (-) Provisões Trabalhistas das Atividades Próprias - Férias (162.567,69) Saldo Contábil do Termo de Parceria (162.511,31) NOTA 04 - PRESTAÇÕES DE CONTAS Em vista da realização de Termos de Parcerias com entidades públicas nacionais e internacionais, a UNILIVRE qualificada como OSCIP, está obrigada a realizar as prestações de contas em conformidade com a Lei nº. 9.790/99, regulamentada pelo Decreto nº 3.100/99, perante o órgão estatal parceiro. Deve ainda, o Diretor Executivo prestar contas ao Conselho de Administração sobre os relatórios, balanços e demais peças contábeis, submetendo-os à consideração da Assembléia Geral do Conselho de Administração. Conforme legislação específica, a Entidade fica obrigada a elaborar: · Relatório anual de execução de atividades; · Demonstração do déficit ou superávit do exercício; · Balanço patrimonial; · Demonstração dos fluxos de caixa; · Demonstrações das mutações do patrimônio social; · Notas explicativas às demonstrações contábeis. Como também elaborar Parecer e Relatório de Auditoria quando a soma dos recursos originários dos Termos de Parceria for maior ou igual a R$ 600.000,00. NOTA 05 - AJUSTE DE EXERCÍCIOS ANTERIORES O saldo da conta Ajuste de Exercícios Anteriores é decorrente da retificação de erro imputável a exercícios anteriores que, pela natureza dos ajustes, não podem ser atribuídos a fatos subsequentes, em conformidade com o Parecer de Orientação - CVM nº. 18 e recomendações da Auditoria Externa, cuja composição está demonstrada a seguir: Descrição Saldo em 2012 Saldo em 2011 Fornecedores (14.529,77) Obrigações Tributárias Diversas (17.988,58) Obrigações Sociais (2.641,23) Adiantamentos de Salários 7.009,85 Provisões Trabalhistas (3.338,97) Saldo de Termos de Parcerias (2.836,25) Total (3.338,97) (30.985,98) NOTA 06 - BALANÇOS PATRIMONIAIS DOS TERMOS DE PARCERIA (CONSOLIDADO) Os Termos de Parceria estão demonstrados através dos Recursos de Projetos em Andamento e Recursos de Projetos Encerrados, sendo os saldos de contrapartida demonstrados do Ativo, grupo disponível, deduzidos das provisões de folha de pagamento dos respectivos projetos. Curitiba, 31 de dezembro de 2012. Ramiro Wahrhaftig Jefferson Juarez Falavinha Superintendente Contador CPF: 321.770.549-15 CRC-PR 051.261/O-5

RELATÓRIO DOS AUDITORES INDEPENDENTES Aos Diretores e Conselheiros da UNIVERSIDADE LIVRE DO MEIO AMBIENTE - UNILIVRE Curitiba - Paraná Examinamos as Demonstrações Contábeis da UNIVERSIDADE LIVRE DO MEIO AMBIENTE - UNILIVRE, que compreendem o balanço patrimonial em 31 de dezembro de 2012 e as respectivas demonstrações do superávit ou déficit, das mutações do patrimônio líquido social e dos fluxos de caixa para o exercício findo naquela data, assim como o resumo das principais práticas contábeis e demais notas explicativas. Responsabilidade da administração sobre as Demonstrações Contábeis A administração da UNILIVRE é responsável pela elaboração e adequada apresentação dessas Demonstrações Contábeis de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil e pelos controles internos que ela determinou como necessários para permitir a elaboração de Demonstrações Contábeis livres de distorção relevante, independentemente se causada por fraude ou erro. Responsabilidade dos Auditores Independentes

cmyk

Nossa responsabilidade é a de expressar uma opinião sobre essas Demonstrações Contábeis com base em nossa Auditoria, conduzida de acordo com as Normas Brasileiras e Internacionais de Auditoria. Essas normas requerem o cumprimento de exigências éticas pelos Auditores e que a Auditoria seja planejada e executada com o objetivo de obter segurança razoável de que as Demonstrações Contábeis estão livres de distorção relevante. Uma Auditoria envolve a execução de procedimentos selecionados para obtenção de evidência a respeito dos valores e divulgações apresentados nas Demonstrações Contábeis. Os procedimentos selecionados dependem do julgamento do Auditor, incluindo a avaliação dos riscos de distorção relevante nas Demonstrações Contábeis, independentemente se causada por fraude ou erro. Nessa avaliação de riscos, o Auditor considera os controles internos relevantes para a elaboração e adequada apresentação das Demonstrações Contábeis da UNILIVRE para planejar os procedimentos de Auditoria que são apropriados nas circunstâncias, mas não para fins de expressar uma opinião sobre a eficácia desses controles internos. Uma Auditoria inclui, também, a avaliação da adequação das práticas contábeis utilizadas e a razoabilidade das estimativas contábeis feitas pela administração, bem como a avaliação da apresentação das Demonstrações Contábeis tomadas em conjunto.

Acreditamos que a evidência de Auditoria obtida é suficiente e apropriada para fundamentar nossa opinião. Opinião Em nossa opinião, as Demonstrações Contábeis acima referidas apresentam adequadamente, em todos os aspectos relevantes, a posição patrimonial e financeira da UNIVERSIDADE LIVRE DO MEIO AMBIENTE - UNILIVRE em 31 de dezembro de 2012, o desempenho de suas operações e os seus fluxos de caixa para o exercício findo naquela data, de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil. Curitiba (PR), 28 de março de 2013. PSW BRASIL AUDITORES INDEPENDENTES CRC-PR nº. 5.196/O-2 CVM nº. 9458 GEOVANI GOMES ZAGOTO Contador CRC-PR-035.215/O-3

cobre, estanho, zinco, chumbo e níquel), com queda de 6,02%. A redução no segmento de energia (petróleo, gás natural e carvão) chegou a 2,51%, enquanto o segmento de commodities agropecuárias (carne de boi e de porco, algodão, óleo de soja, trigo, açúcar, milho, café e arroz) registrou queda de 0,66%. Em março, o Índice Internacional de Preços de Commodities (CRB), calculado pelo Commodity Research Bureau, registrou alta de 0,09%. Em 12 meses encerrados em março, o índice internacional registrou alta de 5,83%.

Movimentação de carga na malha ferroviária do país cresce 1,3% em 2012

Superávit / Déficit do Exercício Ajustes para Conciliar o Superávit às Disponibilidades: Mais: Depreciação e Amortização Mais: Ajuste de Exercícios Anteriores Superávit Ajustado

BALANÇO PATRIMONIAL Em R$ ATIVO

O Índice de Commodities Brasil (IC-Br), calculado pelo Banco Central (BC), apresentou queda de 1,82% em março, na comparação com fevereiro. Em 12 meses encerrados em março, houve alta de 3,58%. O IC-Br é calculado com base na variação em reais dos preços de produtos primários (commodities) brasileiros negociados no exterior. O BC observa os produtos que são relevantes para a dinâmica dos preços ao consumidor no Brasil. A maior redução foi verificada no segmento de metais (alumínio, minério de ferro,

EDER ALEXANDRE SOUZA Contador CRC-PR-056.265/O-7

Desde 1997, quando teve início o programa de concessões da malha ferroviária, houve um aumento de 90% do volume de carga transportada. Há 15 anos, a movimentação somava 253,3 milhões de toneladas. Os transportadores estimam que, nos próximos três anos, esse volume deve chegar a 600 milhões de toneladas. O setor também registrou aumento de 8,9% na geração de empregos diretos e indiretos na comparação com 2011. A quantidade de trabalhadores passou de 41.555 para 45.153. Se comparado a 1997, quando havia 16,6 mil trabalhadores, o aumento chega a 171%.

Índice de Confiança do Comércio cai 2,3%

O Índice de Confiança do Comércio (Icom), medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), registrou queda de 2,3% no primeiro trimestre deste ano, na comparação com o mesmo período do ano passado. Essa é a terceira queda consecutiva do indicador, que havia registrado redução de 0,9% no trimestre encerrado em fevereiro deste ano. Os cinco principais segmentos apresentaram queda na confiança do empresário, com destaque para materiais de construção, que teve recuo de 8%. Os empresários do comércio estão mais confiantes em relação ao momento atual, com alta de 4,1% no subíndice que indica essa tendência. No entanto, há menos otimismo em relação aos próximos meses, com queda de 6,4% no Subíndice de Expectativas.

Diário Oficial traz alterações na Lei de Diretrizes Orçamentárias A presidenta da República, Dilma Rousseff, sancionou alterações na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2013. As mudanças foram publicadas nesta quarta-feira (03/04) no Diário Oficial da União. A LDO prevê que investimentos no total de R$ 65,2 bilhões podem ser deduzidos da meta de superávit primário (economia para o pagamento de juros da dívida pública). A lei orienta a elaboração e execução do Orçamento anual. O Orçamento Geral da União deste ano foi aprovado pelo Congresso Nacional com quase três meses de atraso, no dia 12 de março. A votação deveria ter ocorrido no ano passado, mas ficou pendente por causa da polêmica em torno da votação de vetos presidenciais. Antes da votação da peça orçamentária, deputados e senadores aprovaram alterações na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para permitir a inclusão dos reajustes de servidores públicos federais.


Sustentabilidade Curitiba, quinta-feira, 04 de abril de 2013 | A6 | Indústria&Comércio oda.spada@gmail.com.br

GIRO de Notícias Maior leilão da pecuária mundial chega a 13ª edição Esse é o Megaleilão 10.013 da Estância Bahia, que ocorre em três etapas Indicado entre os 100 empreendedores mais influentes do agronegócio brasileiro, Maurício Tonhá, do Grupo Estância Bahia, já preparou tudo para seu tradicional megaleilão de gado, o maior da pecuária mundial. O Megaleilão 10.013 da Estância Baia ocorrerá em três etapas, a começar por Água Boa/ MT, no dia 20 de abril. No dia 12 de maio, o circuito se estende para Britânia/GO, e no dia 18 retorna para Mato Grosso, só que na capital Cuiabá. Os pregões ocorrem a partir das 12h, com transmissão pelo Canal Terraviva.

Oferta de 10.013 bovinos

Como de praxe, a meta é leiloar 10.013 bovinos de cria, recria e engorda em cada uma das etapas, mas a possibilidade de novos recordes não está descartada. Balanço das edições anteriores mostram superações consecutivas, com volume quase quatro vezes maior que o anunciado. “Poderíamos vender até dez vezes mais e, mesmo assim, seria um número insignificante, pelo tamanho e força de nossa pecuária. Se esses recordes ocorreram foi porque cada vez mais pecuaristas decidiram participar dessa história”, explica.

Etapa de Água Boa

No ano passado, por exemplo, a etapa de Água Boa, onde é vendida a maior quantidade, 40.941 foram apregoados em pouco mais de sete horas, 230 a mais que em 2011. Mesmo não havendo recordes individuais, um crescimento é esperado com a extensão do circuito para Britânia/GO. O leilão será promovido no recinto Lago dos Tigres, em parceria com a Associação dos Produtores do Vale do Araguaia (Aprova), formada por mais de 100 pecuaristas. “Novamente essa grande vitrine evidenciará uma das pecuárias mais produtivas e tecnificadas do Brasil”, diz Marcelo Marcondes, presidente da entidade.

Cuiabá encerra leilão

Como de costume, pela sétima vez, Cuiabá, a capital matogrossense, encerará a temporada, reunindo animais de aproximadamente 50 fazendas e os principais confinadores do Estado. Na edição de 2012, cerca de 1.500 pecuaristas prestigiaram o evento e mais de 24 mil bois foram negociados, 1.175 a mais que em 2011.Totalizando todas as etapas, o último circuito recebeu mais de 4.000 pessoas, entre empresários, pecuaristas e políticos. Quase 72 mil animais foram ofertados, movimentando mais de R$ 60 milhões.

História de sucesso

A primeira edição do Mega Leilão aconteceu em 2001, em comemoração aos 10 anos de atividade da Estância Bahia nos leilões rurais. Maurício Tonhá relembra que naquele ano anunciou a realização de um pregão com 10.000 animais, sendo até chamado de “picareta” por um criador. Em resposta, disse: “Se você não acredita, faço questão de fretar um avião para que você possa assistir ao evento. E digo mais, agora não serão dez mil animais e, sim, 10.001”.

Cooperativismo

Ocepar completa 42 anos unindo cooperativismo Entidade abriga 236 cooperativas, 900 mil associados e 1,6 milhão de trabalhadores A Ocepar foi criada a 02 de abril de 1971, por decisão de 34 cooperativas, como entidade de representação política do cooperativismo paranaense, tendo por objetivo a representatividade, apoio e fomento ao cooperativismo e atuação técnico-consultiva ao governo, sob a denominação de Organização das Cooperativas do Estado do Paraná. A partir de 1997, após a autorização e registro no Ministério do Trabalho, a Ocepar passou a ser Sindicato e Organização das Cooperativas do Estado do Paraná, concretizando um desejo de longa data das cooperativas paranaenses e transformando-se em seu único sindicato patronal. Hoje, o Sistema Ocepar tem suas estruturas alicerçadas nas 236 cooperativas de 11 ramos, que reúnem 900 mil cooperados, atingindo de forma direta mais de 2,5 milhões de paranaenses. Sistema este que teve uma receita total em 2012 de R$ 38,5 bilhões e foi responsável pela geração de aproximadamente 1,6 milhão de postos de trabalho. O Sistema Ocepar é formado por três sociedades distintas, sem fins lucrativos que, em estreita parceria, se dedicam à representação, fomento, desenvolvimento, capacitação e promoção social das cooperativas paranaenses: O Sindicato e Organização das Cooperativas do Estado do Paraná – Ocepar, o Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo – Sescoop/ PR e a Federação e Organização das Cooperativas do Estado do Paraná – Fecoopar.

Nestes 42 anos de existência, a Ocepar liderou inúmeras ações de desen¬¬volvimento e defesa do setor, comandada por diretorias com¬postas pos dirigentes de cooperativas de todos os segmentos, obtendo, por sua atuação, destaque nacio¬nal e respeito da comu¬nidade econômica, política e social do Paraná e do país. Ao longo dos anos, sua estrutura, tanto profissional como física, foi se moder¬nizando, conforme as demandas das próprias cooperativas filiadas. A Ocepar é uma entidade integrante da Organização das Co-

operativas Brasileiras – OCB.

Assembleia

E nesta segunda-feira (01/04), a entidade realizou sua Assembleia Geral Ordinária, quando foi apresentado às cooperativas filiadas o relatório de prestação de contas do exercício de 2012, tanto da Ocepar, como do Sescoop Paraná e da Fecoopar. Na ocasião, o presidente do Sistema Ocepar, João Paulo Koslovski destacou que as mais de quatro décadas de história e de sucesso da entidade se devem ao esforço coletivo de todo

o sistema, que tem contribuído de forma direta não só para os avanços e conquistas da Ocepar, mas também para o desenvolvimento do Paraná. “Eu costumo dizer que se a Ocepar é hoje reconhecida como uma entidade que tem um bom trabalho no cooperativismo do Estado, isso se deve à continuidade das gestões dos presidentes, que com seriedade, competência e muita determinação, conseguiram construir uma entidade forte e atuante o que demonstra que o espírito cooperativista sempre esteve acima de tudo”, frisa Koslovski.

Lavoura com grãos transgênicos ocupa 58% da área produtiva brasileira No Paraná, a soja transgênica ocupa 84,8% da área plantada Início dos anos 2000 e a adoção de biotecnologia nas lavouras brasileiras não chegava a cinco milhões de hectares. O futuro dos transgênicos era visto como uma grande interrogação e seus possíveis efeitos em seres humanos causavam temores na população. Em 2003, o Paraná, na época governado pelo atual senador Roberto Requião, travava uma luta particular com o Governo Federal para se tornar “zona livre de transgênicos”. O Estado chegou a criar uma lei que proibia o cultivo, manipulação, importação, industrialização e comercialização dos transgênicos. Questionamentos e polêmicas que, aparentemente, ficaram no passado. O último levantamento realizado pela Céleres, empresa de consultoria de agronegócio, informa a Folha Web, aponta que a área com lavouras transgênicas do País deva atingir a incrível marca de 37,1 milhões de hectares - a maior da história - com um crescimento de 14,1% em relação ao período anterior. Ao cruzar o estudo com dados

do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que aponta que a atividade agrícola nacional é atualmente de 63,7 milhões de hectares, conclui-se que pela primeira vez as plantas geneticamente modificadas ultrapassaram a metade da área plantada do território nacional. Exatos 58,24% da produção brasileira são transgênicas. No Paraná, não é diferente. A biotecnologia na cultura de soja é adotada hoje em 84,8% da área plantada, algo em torno de 4,05 milhões de hectares. O milho já atingiu a incrível marca de 90,9%, ou 2,73 milhões de hectares. Já o algodão, apesar de possuir uma área inexpressiva no Estado, tem 30% da sua área total de transgênicos. A todo são 6,8 milhões de hectares (18,3% da área total do País), perdendo apenas para o Mato Grosso (9,9 milhões de hectares). O terceiro é o Rio Grande do Sul, com 5,4 milhões de hectares.

Sem Volta

De acordo com o analista de biotecnologia da Céleres, Jorge

Attie, a adoção crescente da biotecnologia no agronegócio é um “processo sem volta”. Ele comenta que depois que o produtor conheceu os benefícios da transgenia, não houve retorno. “A redução de custos, de manejo e a diminuição de entradas na área de plantio facilitou muito todo o processo. O produtor pode até ter um pouco do grão convencional, mas sempre vai adotar também o transgênico”, avalia Attie. Além disso, o especialista comenta que benefícios ambientais que foram trazidos pelos transgênicos também facilitaram o cuidado que o produtor rural precisa ter com o meio ambiente. “São menos aplicações de defensivos e utilização de água. Além disso, como as máquinas entram menos na lavoura, reduz-se o consumo de diesel, diminuindo a emissão de dióxido de carbono na atmosfera.” Entre os pontos negativos elencados por Attie depois que os transgênicos dominaram as lavou-

ras mundiais, um deles é a falta de cuidado no manejo das sementes modificadas, o que pode trazer resistência a certas pragas e doenças. “Como acontece na área plantada de convencionais, é preciso fazer a rotação de eventos transgênicos, colocá-los em talhões e rotacionar isso, mantendo a vida útil da tecnologia. O produtor às vezes não tem conhecimento sobre isso, as empresas precisam reforçar o trabalho de informação.” Como já levantado, as três commodities responsáveis pela força dos números nacionais em biotecnologia são a soja, milho e o algodão. Mas, se depender do empenho e investimentos das multinacionais do agronegócio, diversas outras culturas devem chegar nos próximos anos para engrossar esse caldo. “Uma variedade nova de transgênico demora, entre pesquisa, desenvolvimento e aprovação, de sete a dez anos para chegar ao mercado. O custo disso gira em torno de US$ 100 milhões a US$ 200 milhões para cada uma delas.”

Cientistas estudam CO2 como fonte energética A fonte pode ser a atmosfera, que hoje apresenta grande quantidade do gás De acordo com um estudo publicado no periódico Proceedings of the National Academy of Sciences, pesquisadores estão próximos de conseguir utilizar o dióxido de carbono presente na atmosfera como um biocombustível, potencialmente ajudando a mitigar as mudanças climáticas e ao mesmo tempo fornecendo uma nova opção para atender a demanda crescente de energia. Cientistas das Universidades da Geórgia e da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, estão trabalhando com a bactéria Pyrococcus furiosus para converter CO2 diretamente em biocombustíveis. “Basicamente, o que fizemos foi trabalhar um microorganismo que faz com o dióxido de carbono exatamente o que as plantas fa-

zem – absorver e gerar algo útil”, afirmou o coautor Michael Adams, da Universidade da Geórgia. “O que essa descoberta significa é que nós podemos remover as plantas de seu papel de intermediárias. Podemos pegar diretamente o CO2 da atmosfera e transformá-lo em produtos úteis, como combustíveis e químicos, sem ter que passar por todo o processo ineficiente de cultivar plantas para depois extrair os açúcares de sua biomassa.” Pyrococcus furiosus é um microorganismo que vive em águas superaquecidas do oceano, perto de áreas geotermais. Adams e seus colegas manipularam o genoma da bactéria para que ela se alimente do CO2 em temperaturas bem mais baixas. Um comunicado da Univer-

sidade da Geórgia explica como a bactéria teria o potencial de converter o gás do efeito estufa em combustível: “A equipe de pesquisas utilizou hidrogênio para criar uma reação química no microorganismo para que ele incorporasse o CO2 em um ácido chamado 3-hidroxipropiônico, um produto químico industrial utilizado para a fabricação de acrílico e outros produtos.” “Com outras manipulações genéticas dessa nova Pyrococcus furiosus, Adams e seus colegas puderam criar uma versão que gera diversos produtos industriais úteis, incluindo combustível, a partir do dióxido de carbono.” “Quando o combustível criado através do processo da Pyrococcus

furiosus é queimado, ele libera a mesma quantidade de CO2 utilizada para criá-lo,. Assim, o processo é carbono neutro, uma alternativa muito mais limpa do que a gasolina, carvão ou petróleo.” Adams chamou o desenvolvimento de “um importante primeiro passo para um método eficiente e com custo competitivo para a produção de combustíveis.” “No futuro vamos refinar o processo e começar a testar em larga escala.” O estudo não apresenta dados sobre a viabilidade econômica do processo. Citação: Matthew W. Keller et al (2013). Exploiting microbial hyperthermophilicity to produce an industrial chemical, using hydrogen and carbon dioxide. PNAS Online Early Edition for the week of March 25, 2013-March 29, 2013.


Publicidade Legal Indústria&Comércio | Curitiba, quinta-feira, 04 de abril de 2013 | A7 O CGR CURITIBA LTDA torna público que protocolou no IAP o pedido de Licença de Operação da Unidade de Biorremediação a ser implantado na Avenida Nossa Senhora Aparecida nº 3188 – Bairro Santa Terezinha – Fazenda Rio Grande/Paraná. SÚMULA DE REQUERIMENTO DE LICENÇA PRÉVIA DE AMPLIAÇÃO A GRAFFO PARANAENSE DE EMBALAGENS LTDA., torna público que requereu ao Instituto Ambiental do Paraná – IAP, a Licença Prévia de Ampliação, para as atividades de: Fabricação de embalagens flexíveis; localizada na Rua Tomazina, nº 254, Bairro Emiliano Perneta, Município de Pinhais, Paraná. SÚMULA SOLICITAÇÃO DE RENOVAÇÃO DA LICENÇA DE OPERAÇÃO BASALTO PEDREIRA E PAVIMENTAÇÃO LTDA., torna público que recebeu do IAP a Licença de Operação 7517, com validade até 18/05/2017, para atividade de usina de concreto asfáltico, sito à Estrada da Cantareira, n°. 1727, Bairro Rio do Pinhal, Quatro Barras / PR."

3º OFÍCIO DE REGISTRO CIVIL E 15º TABELIONATO DE PESSOAS NATURAIS Município e Comarca de CURITIBA, Estado PARANÁ Bel. Mônica Maria Guimarães de Macedo Dalla Vecchia Registradora Designada

  Faço saber que pretendem se casar:   01- MILTON MICUCCI NETTO e RAQUEL VIEIRA DA LUZ.   Se alguém souber de algum impedimento, oponha-o na forma da lei no prazo de 15 (quinze) dias. CURITIba, 03 DE ABRIL de 2013 EDITAL DE PROCLAMAS Cartório Distrital da Barreirinha JOAQUIM VIEIRA MACIEL - Titular Av. Anita Garibaldi ,1250 – Ahú – Fone (41) 3352-3002/3254-8424/3252-3605 Faço saber que pretendem casar-se e apresentarem documentos exigidos pelo artigo 1525, incisos I, III e IV; I, III,IV e V do Código Civil Brasileiro em vigência, os contraentes:

SÚMULA SOLICITAÇÃO DE RENOVAÇÃO DA LICENÇA DE OPERAÇÃO BASALTO PEDREIRA E PAVIMENTAÇÃO LTDA., torna público que recebeu do IAP a Licença de Operação 28427, com validade até 20/03/2015, para atividade de extração e beneficiamento de pedra, sito à Estrada da Cantareira, n°. 1727, Bairro Rio do Pinhal, Quatro Barras / PR."

1 - PAULO BOMBARDELLI TONIAL e ALINE SCHONS 2 - FERNANDO DUTRA ZAVASKI e CHARLENE INFANTE 3 - EDSON JUARES DA SILVA e CINARA MATOSO MACHADO 4 - ANDERSON ROGALESKI e MARCIA RODRIGUES DA LUZ 5 - CLÓVIS HENRIQUE CORREIA e CACIANE MARIA HREHOROVITCH 6 - FABIO NEVES DA SILVA e KARINE VERONA DA CRUZ.

SÚMULA DE LICENÇA DE OPERAÇÃO SEAL Comercio de Resíduos e Sucatas LTDA, torna público que requereu ao IAP Licença de Operação , para comércio atacadista de resíduos e sucatas metálicas, localizado na Rua Caetano Munhoz da Rocha, 1433, Campo Largo - Paraná.

Se alguém souber de algum impedimento, oponha-o na forma da Lei, no prazo de 15 dias. Lavro o presente Edital de Proclamas para ser publicado e afixado em lugar de costume.

SÚMULA DE PEDIDO DE RENOVAÇÃO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO A empresa abaixo torna público que requereu ao IAP, Renovação da Licença de Operação para o empreendimento a seguir especificado; Empresa: Imcopa – Importação, exportação e indústria de óleos S.A; Atividade: Industrialização de soja, refino e envase; Município: Araucária

SOCIEDADE ESPORTIVA BARIGUI DO SEMINARIO Sede própria: Rua Luiz Tramontin, nº 144 Fone: 41 3274-2103 – Curitiba PR CNPJ – 10.703.687/0001-85

SÚMULA DE EMISSÃO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO A empresa abaixo torna público que recebeu do IAP, Licença de Operação para o empreendimento a seguir especificado:Empresa: Imcopa – Importação, exportação e indústria de óleos S.A.; Atividade: Usina de Álcool Piloto; Município: Araucária;Validade: 24/01/2015. SÚMULA DE EMISSÃO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO A empresa abaixo torna público que recebeu do IAP, Licença de Operação para o empreendimento a seguir especificado:Empresa: Imcopa – Importação, exportação e indústria de óleos S.A.;Atividade: Industrialização de soja, refino envase; Município: Araucária;Validade: 26/06/2013. CARTÓRIO DE SANTA FELICIDADE IRIO DAS CHAGAS LIMA – OFICIAL Av. Manoel Ribas, 6031 - Fone (41) 3372-1671 – CEP 82020-000 – CURITIBA – PARANÁ EDITAL DE PROCLAMAS Faço saber que pretendem se casar: 1- SEVERINO BEZERRA ALVES com SIRLEI BATISTA REIS; 2- ALEXANDRE FERREIRA DE MOURA com CLÁUDIA BISCAIA FERREIRA; 3- DANIEL RUBEM GONÇALVES com ANGELICA FERREIRA FERNANDES. Se alguém souber de algum impedimento, oponha-o na forma da Lei, no prazo de 15 (quinze) dias. Curitiba, 03 de abril de 2013 IRIO DA CHAGAS LIMA Oficial

FOSFOREIRA BRASILEIRA SA CNPJ n.º 78.141.926/0001-94 AVISO AOS ACIONISTAS Comunicamos aos Senhores Acionistas que os documentos de que trata o artigo 133 da Lei das Sociedades Anônimas (Lei n.º 6.404/1976), relativos ao exercício Social encerrado em 31.12.2012, encontram-se a disposição na sede da Companhia a Av Getuio Vargas, 264, centro, em Irari-Pr. Irati, 02 de Abril de 2013. A Diretoria

HOSPITAL DE CLÍNICAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ

AVISO DE LICITAÇÃO Processo nº 039213/2012-03 - PREGÃO ELETRÔNICO Nº 020/2013 Envio de propostas a partir de 03/04/2013, com abertura para lances na data de 17/04/2013, horário: 14h00min, disponível no site www.comprasnet.gov. br. Objetivo: Implantação de Sistema do Registro de Preços, com vigência de 12 (doze) meses, para aquisição parcelada, conforme necessidade, de MATERIAL MÉDICO HOSPITALAR. O objeto atenderá o Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná. Os interessados poderão obter todas as informações necessárias a respeito com a Comissão de Licitação pelo telefone (0xx41) 3360-1831. Tânia Mara Ziolkoski - Pregoeira.

Publique-se.

Prof. Dra. Heda Maria Barska dos Santos Amarante Diretora Geral do HC

CURITIba, 03 DE ABRIL de 2013 HOSPITAL DE CLÍNICAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ

AVISO DE LICITAÇÃO Processo nº 044154/2012-87 - PREGÃO ELETRÔNICO Nº 022/2013

Edital de Convocação Assembléia Geral Extraordinária A Sociedade Esportiva Barigui do Seminário, usufruindo de suas atribuições e cumprindo normas de seu estatuto convoca seus associados que estejam em dia com suas obrigações pecuniárias até mês de dezembro de 2012, para assembléia geral extraordinária a ser realizada no dia 16/04/2013, na sede social as 20:00 hs em primeira convocação ou após meia hora com qualquer número de presentes, para ser apreciada e votada a seguinte ordem do dia: - Eleição da nova diretoria biênio 2013/2014

Envio de propostas a partir de 03/04/2013, com abertura para lances na data de 15/04/2013, horário: 14h30min, disponível no site www.comprasnet.gov.br. Objetivo: Implantação de Sistema do Registro de Preços, com vigência de 12 (doze) meses, para aquisição parcelada, conforme necessidade, de MATERIAIS DIVERSOS PARA FARMACIA. O objeto atenderá o Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná. Os interessados poderão obter todas as informações necessárias a respeito com a Comissão de Licitação pelo telefone (0xx41) 3360-1831. Paulo Sergio Lopes dos Santos - Pregoeiro.

Publique-se.

Prof. Dra. Heda Maria Barska dos Santos Amarante Diretora Geral do HC

CENTRAIS DE ABASTECIMENTO DO PARANÁ S.A. HOSPITAL DE CLÍNICAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ

CONVOCAÇÃO DE 44ª ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA DA CENTRAIS DE ABASTECIMENTO DO PARANÁ S/A – CEASA/PR CNPJ Nº 75.063.164/0001-67

AVISO DE LICITAÇÃO

O Presidente do Conselho de Administração da CEASA/PR, no uso de suas atribuições estatutárias, convoca os Senhores Acionistas da Centrais de Abastecimento do Paraná a se reunirem em Assembleia Geral Ordinária, no dia 30 de Abril de 2013, às 10:00 horas, na sua Administração Estadual, situada na Avenida João Gualberto, nº 1740 – 10º andar – Curitiba – Paraná, em atendimento ao artigo 132 da Lei nº 6.404/76 e alterações posteriores, para deliberarem sobre a seguinte ordem do dia: I – Tomar as contas dos administradores, examinar, discutir e votar as demonstrações financeiras do exercício de 2012; II – Eleger os Membros do Conselho de Administração e do Conselho Fiscal; III – Fixar os honorários da diretoria e remuneração dos administradores, artigo 152 – Lei nº 6.404/76 e alterações posteriores e artigo 20 do Estatuto Social. Curitiba, 25 de março de 2013. NORBERTO ANACLETO ORTIGARA Presidente do Conselho de Administração

Processo nº 042833/2012-11 – CONCORRÊNCIA Nº 02/2013 Envio de propostas a partir de 04/04/2013, com abertura dos envelopes na data de 13/05/2013, horário: 14h30min, disponível no site www.comprasnet. gov.br. Objetivo: Contratação de empresa especializada em Engenharia Elétrica para Remodelação de entrada de energia em Média Tensão no Hospital de Clínicas da UFPR, com o fornecimento de materiais e mão de obra, conforme especificações técnicas contidas nos anexos do edital. Os interessados poderão obter todas as informações necessárias a respeito com a Comissão de Licitação pelo telefone (0xx41) 3360-1831. Tânia Mara Ziolkoski – Presidente da Comissão de Licitação.

Publique-se.

Profa. Dra. Heda Maria Barska dos Santos Amarante Diretora Geral do HC

SÚMULA DE PEDIDO DE AUTORIZAÇÃO FLORESTAL A PREFEITURA MUNICIPAL DE FAZENDA RIO GRANDE, torna público que requereu ao IAP, a autorização florestal, para realização do corte de 13 pinheiros plantados, com finalidade de construção, no imóvel localizado na Rua Nossa Senhora do Carmo, 1393, Bairro Santa Terezinha, Município de Fazenda Rio Grande – PR.

HOSPITAL DE CLÍNICAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ

AVISO DE LICITAÇÃO Processo nº 045290/2012-94 - PREGÃO ELETRÔNICO Nº 015/2013 Envio de propostas a partir de 03/04/2013, com abertura para lances na data de 18/04/2013, horário: 14h30min, disponível no site www.comprasnet.gov.br. Objetivo: Implantação de Sistema do Registro de Preços, com vigência de 12 (doze) meses, para aquisição parcelada, conforme necessidade, de MATERIAL ELETRICO PARA UNIDADE DE INFRAESTRUTURA. O objeto atenderá o Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná. Os interessados poderão obter todas as informações necessárias a respeito com a Comissão de Licitação pelo telefone (0xx41) 3360-1831. Paulo Sergio Lopes dos Santos - Pregoeiro.

Publique-se.

Prof. Dra. Heda Maria Barska dos Santos Amarante Diretora Geral do HC

D-Link firma parceria estratégica com a Officer Distribuidora A D-Link, empresa líder mundial em design, fabricação e comercialização de redes avançadas, voz, banda larga e soluções digitais de comunicação de dados, acaba de fechar uma parceria estratégica com a Officer Distribuidora, uma das pioneiras e referência nacional em distribuição de equipamentos de TI. “Estamos orgulhosos em formalizar esse contrato de distribuição com a Officer, pois essa estratégia está alinhada aos esforços da D-Link em alavancar vendas e ampliar a atuação no mercado SMB. E a escolha do parceiro é justamente pelo fato de que a Officer tem uma postura bastante respeitada de negócios, além de equipe de primeira linha. Todo esse profissionalismo e dedicação ao cliente são marcas da D-Link e da Officer, o que nos garante um ótimo alinhamento para o mercado”, comenta Victor Proscurchin, presidente da D-Link Brasil. Com a parceria, a D-Link vai melhorar a cobertura junto ao canal, principalmente para o pequeno e médio varejo e aqueles focados no SMB. Para a Officer, a parceria e o contrato com a D-Link significam uma oferta final mais ampla, já que a D-Link agrega os produtos que faltavam ao portfólio da Officer: linha completa de wireless e switches para empresas de todos os tamanhos, além da mais completa linha de vigilância IP, totalmente integrada e que atende as mais diversas demandas. A Officer, que faz parte do grupo IdéiasNet, atua no Brasil há mais de 27 anos e conta com uma rede de mais de 12 mil parceiros.


Judiciário Curitiba, quinta-feira, 04 de abril de 2013 | A8 | Indústria&Comércio

O governo federal publicou o Decreto 7.975/2013, que reduz a zero a alíquota de Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) incidente sobre operações de crédito, feitas com recursos públicos ou não. A regra se aplica aos empréstimos feitos a partir desta terça e que sejam destinados a aquisição, produção e arrendamento mercantil de bens de capital, produção de bens de consumo para exportação, setor de energia elétrica, projetos de engenharia, inovação tecnológica e projetos de infraestrutura logística direcionados a obras de rodovias e ferrovias objeto de concessão pelo governo federal. Embora afete diretamente a esfera tributária nacional, a medida foi tomada pelo governo para reduzir o custo do capital em operações financeiras. Reduzindo a tributação incidente sobre empréstimos, a oferta de crédito fica mais barata e consequentemente há um estímulo direto nos negócios. Pela natureza das áreas a que se destina a nova alíquota zero, foi uma mudança destinada a operações feitas entre empresas. O tributarista Igor Mauler Santiago explica que esse tipo de medida é frequente na política brasileira. Ensina que o IOF, mesmo gerando arrecadação ao Estado, é que se chama de “imposto extrafiscal”. “Em vez de se destinar prioritariamente à arrecadação, o IOF é uma ferramenta para o governo interferir na economia: se o país vive um excesso de consumo, mas de baixa produtividade, o que pode levar a inflação, aumentase o IOF; na situação contrária, reduz-se a alíquota”, ensina o advogado.

Devedores de custas processuais terão nomes negativados Devedores de custas processuais finais com débitos inscritos na dívida ativa do Estado do Maranhão terão seus nomes negativados junto aos órgãos de proteção ao crédito (SPC e SERASA).Dados do Fundo Especial de Modernização e Reaparelhamento do Poder Judiciário (FERJ) apontam que, de 2010 até setembro de 2012, cerca de 2.560 certidões de débito foram encaminhadas à Secretaria de Estado da Fazenda, totalizando R$ 844.977,07.A cobrança é autorizada pela Lei Federal nº 12.767/2012, que inclui entre os títulos sujeitos a protesto as certidões de dívida ativa da União, dos estados, Distrito Federal, municípios e das respectivas autarquias e fundações públicas. O devedor que quiser pagar a dívida após a notificação do cartório, ou mesmo após o protesto, poderá fazê-lo desde que pague o valor do débito, os emolumentos cartorários e as despesas com o protesto, a fim de que seu nome seja retirado dos órgãos de proteção ao crédito. Disciplinada pela Resolução 29/2009 do TJMA, a cobrança é aplicada somente para custas processuais finais com valor superior a R$ 200,00 na entrância final; a R$ 100,00 na entrância intermediária; e a R$ 50,00 na entrância inicial. “Quando as custas finais importam em valores inferiores aos mencionados, o contador judicial lança os dados da dívida em sistema informatizado, autorizando eletronicamente a baixa e o arquivamento do processo”, diz a diretora do FERJ. A inclusão na dívida ativa é feita somente após a notificação do devedor através de carta para pagamento do débito no prazo de 30 dias.

Justiça&Direito

www.justicaedireito.com

VITÓRIA DO PARANÁ

Câmara Federal aprova criação de TRF no Paraná, por 371 x 54 votos A

Câmara dos Deputados aprovou em segunda discussão ontem a Proposta de Emenda Constitucional 544/02, que cria um Tribunal Regional Federal (TRF) no Paraná além de Amazona, Minas Gerais e Bahia. Ao final da votação, o placar exibido foi de 371 votos a favor contra 54 votos desfavoráveis além de seis abstenções. A proposta precisava de no mínimo 308 votos a favor para ser aprovada. Agora, a matéria deverá ser promulgada em sessão solene do Congresso, em data a ser marcada.

Impasse

No meio da discussão o deputado de São Paulo, José Genoino questionou a votação. Para ele, como já tinha ocorrido uma alteração na proposta na Câmara havia a clara necessidade de o texto voltar

ao Senado. Porém o deputado, também petista, André Vargas, que presidiu a sessão, consultou a assessoria jurídica da Câmara e decidiu que, como se tratava de uma simples alteração de redação, não era mais necessário que a PEC voltasse ao Senado. Durante a semana, o presidente do STF enviou comunicados para os presidentes do Senado, Renan Calheiros, e da Câmara, Henrique Eduardo Alves, se dizendo extremamente preocupado com a possibilidade de aprovação da proposta de emenda constitucional que cria quatro novos Tribunais Federais Regionais (TRFs) no País. Para ler a proposta na íntegra acesse: http://www.camara.gov. br/proposicoesWeb/fichadetramit acao?idProposicao=54307

Deputado Amauri Teixeira, senador Sergio Souza e o Presidente da OAB, Juliano Breda

Sancionada lei que desonera folha de pagamento Com a desoneração, empresas que contribuem ao INSS com 20% da folha de pagamento passarão a pagar de 1% a 2% A presidenta Dilma Rousseff sancionou a lei que desonera a folha de pagamento para setores da indústria e de serviços como forma de estimular a economia. Com a desoneração, empresas que contribuem ao INSS com 20% da folha de pagamento passarão a pagar de 1% a 2%. Apesar de os deputados federais terem incluído 33 setores no texto da Medida Provisória 582, que originalmente previa desoneração a 15 áreas, a presidenta vetou o incentivo a uma parte delas “por contrariedade ao interesse público”, conforme comunicado ao Congresso publicado juntamente com a sanção no Diário Oficial da União de ontem. Entre os setores vetados, por recomendação do Ministério da Fazenda, estão empresas de transporte rodoviário, ferroviário e metroferroviário de passageiros, de prestação de serviços de infraestrutura aeroportuária, serviços hospitalares, engenharia e arqui-

tetura e empresas jornalísticas. Na justificativa para o veto encaminhada ao Congresso, Dilma argumenta que “os dispositivos violam a Lei de Responsabilidade Fiscal ao prever desonerações sem apresentar as estimativas de impacto e as devidas compensações financeiras. O veto dessas novas desonerações implica o veto dos respectivos dispositivos de vigência”. A nova lei também permite a depreciação de bens de capital para apuração do Imposto de Renda e institui o Regime Especial de Incentivo ao Desenvolvimento da Infraestrutura da Indústria de Fertilizantes. Além disso, altera a Lei 12.598, de 22 de março de 2012, quanto à abrangência do Regime Especial Tributário para a Indústria de Defesa. Também altera a incidência da contribuição para o PIS/Pasep e da Cofins na comercialização da laranja e reduz o Imposto de Tenda devido pelo prestador autônomo de transporte de carga.

Antônio Cruz/ABr

Governo zera IOF em empréstimos em áreas estratégicas

Dilma argumenta que “os dispositivos violam a Lei de Responsabilidade Fiscal ao prever desonerações sem apresentar as estimativas de impacto e as devidas compensações financeiras. O veto dessas novas desonerações implica o veto dos respectivos dispositivos de vigência”

Nova Lei de Lavagem de Dinheiro gera insegurança, dizem advogados Em vigor desde julho de 2012, a Lei 12.683, que alterou a antiga Lei de Lavagem de Dinheiro — a Lei 9.613/1998 — para tornar mais eficiente a persecução penal no caso de crimes de lavagem de dinheiro ainda não mostrou a que veio. Na opinião de advogados, o texto da norma é subjetivo e não permite uma aplicação homogênea. A principal crítica é a exclusão do rol de crimes antecedentes para que fique configurada a lavagem de valores de origem ilícita. “É uma lei ruim, uma antítese de lei, pois gera insegurança. Cada um entende do jeito que quer”, afirma o criminalista Fábio Toffic,

do escritório Tofic e Fingermann Advogados, presidente da comissão de assuntos penais do Movimendo de Defesa da Advocacia (MDA) e ex-presidente do Instituto de Defesa do Direito de Defesa. O advogado Rodrigo Dall’Acqua, do Oliveira Lima, Hungria, Dall’Acqua & Furrier Advogados, concorda. “A lei gera uma banalização do crime de lavagem a partir do momento em que estende o rol dos crimes evidenciados”, diz. O artigo 1º da norma excluiu a lista taxativa de crimes antecedentes. “A lei cria uma situação desproporcional e paradoxal. Não há mais necessidade se provar o crime antecedente de processar o

cidadão. É possível ser condenado sem ter efetivamente cometido o crime”, critica Dall’Acqua. No entender de Pierpaolo Cruz Bottini, professor de Direito da Universidade de São Paulo e ex-secretário da Reforma do Judiciário, a lei não trouxe qualquer inovação e será entendida aos poucos. Ele ressalta que há pontos a serem contestados, como o artigo 17-D, que diz: “Em caso de indiciamento de servidor público, este será afastado, sem prejuízo de remuneração e demais direitos previstos em lei, até que o juiz competente autorize, em decisão fundamentada, o seu retorno”. Para o criminalista, do

escritório Bottini & Tamasauskas Advogados, esse ponto da lei é inconstitucional. O dispositivo já é alvo de Ação Direta de Insconstitucionalidade ajuizada no Supremo Tribunal Federal pela Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR). De acordo com a entidade, o artigo usurpa funções privativas do Ministério Público e do Judiciário e fere regras constitucionais que determinam que ninguém será privado dos seus bens sem o devido processo legal e que garantem o contraditório, a ampla defesa, a presunção de inocência e a inafastabilidade da jurisdição.

Para especialistas, falhas na lei que torna crime invasão virtual darão trabalho a tribunais

Embora a Lei 12.737/2012, apelidada de Lei Carolina Dieckmann — por causa do vazamento de fotos da atriz nua —, seja considerada um avanço no tratamento de crimes cibernéticos, as dificuldades oferecidas pelo universo virtual podem prejudicar a aplicação das regras na prática. Na opinião de especialistas, a nova legislação que passou a valer, ainda deixa lacunas, como a neces-

sidade de violação de dispositivo de segurança para configurar crime e a imprecisão de termos técnicos. Até agora, a Justiça se baseava em tipos previstos pelo Código Penal para aplicar punições. Invasão de computadores, roubos de senhas e conteúdos de mensagens eletrônicas, a derrubada proposital de portais e o uso não autorizado de dados de cartões passam a ser tipificados como

crimes. As penas serão aumentadas se houver divulgação, comercialização ou transmissão a terceiros do material obtido na invasão. A captura de informações privadas, segredos comerciais ou industriais e dados protegidos por sigilo judicial é considerada agravante. Ainda há previsão de aumento de pena de um terço à metade em casos de crimes praticados contra o presi-

dente da república, os presidentes do Supremo Tribunal Federal, o da Câmara dos Deputados, do Senado das Assembleias Legislativas de estado, da Câmara Legislativa do Distrito Federal e para as Câmaras Municipais. Os crimes praticados contra dirigentes máximos da administração direta e indireta federal, estadual, municipal ou do Distrito Federal também estão na lista.

OAB defende proposta que cria novos TRFs O presidente nacional em exercício da Ordem dos Advogados do Brasil, Claudio Lamachia, classificou como indispensável a instalação de quatro novos Tribunais Regionais Federais no país. “A capacidade instalada hoje do Judiciário não tem dado mais conta da demanda processual. Estamos a um passo do colapso”, afirmou, ao participar de ato público, na Câmara dos Deputados, em defesa da aprovação da Proposta de Emenda à Constituição 544/2002, que cria os TRFs das 6ª, 7ª, 8ª e 9ª Regiões, com sedes em Curitiba, Belo Horizonte, Salvador e Manaus. Para Lamachia, a falta de estrutura da Justiça Federal em diversos estados, aliada ao alto número de processos em tramitação, impede o devido funcionamento do Judiciário, o que viola a Constituição Federal. “Uma prestação jurisdicional célere e efetiva é direito do cidadão, assim como é saúde, educação e segurança”, ressaltou. Ele ainda criticou as propostas de criação de mecanismos para frear a apresentação de recursos processuais, como solução para desafogar o Judiciário.


Negócios Indústria&Comércio | Curitiba, quinta-feira, 04 de abril de 2013 | B1

PARANÁ

Empresas&Produtos

Parceria entre Sesi e BIB inicia capacitação de MPE

TROUSSEAU DO BEM VAI ATÉ 07 DE ABRIL

Foco é fortalecer a gestão e aumentar a competitividade das empresas participantes Foto: Mauro Frasson

O

Serviço Social da Indústria (Sesi) no Paraná deu início à capacitação, com foco na sustentabilidade, das empresas que aderiram ao projeto desenvolvido em parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), para aumentar a competitividade das micro e pequenas empresas brasileiras. A capacitação aconteceu de 25 a 27 de março, nas cidades de Apucarana, Maringá, Francisco Beltrão e Curitiba, beneficiando 60 empresas. “O objetivo é mostrar como a responsabilidade social e a sustentabilidade podem fortalecer a gestão e aumentar a competitividade das micro e pequenas empresas”, explicou o consultor Fernando Penedo, responsável pela capacitação das empresas paranaenses no projeto. O convênio que deu início ao projeto foi assinado em junho de 2011, em Brasília, pelo Sesi Nacional e o Fundo Multilateral de Investimentos, vinculado ao BID. “O convênio surgiu da importância de ampliar e contribuir com a difusão de uma cultura empresarial comprometida com o desenvolvimento sustentável, buscando a melhoria das condições de trabalho das micro e pequenas empresas”, observou a gerente de Gestão Social do Sesi-PR, Sônia Beraldi de Magalhães.

A gerente de Gestão Social do Sesi, Sonia Beraldi de Magalhães: "O convênio surgiu da importância de contribuir para difundir uma cultura empresarial comprometida com o desenvolvimento sustentável"

“O evento foi esclarecedor, tanto no contexto geral quanto na maneira como vai funcionar o projeto, que está bem embasado”, disse Sérgio Luiz Crema, da Amerc Construções Civis, de Curitiba, que participou da capacitação. “Mais do que a competitividade da empresa, o importante é o foco nesse novo compromisso de fazer melhor, de

maneira diferente”, enfatizou. Para Josemar Guarise, proprietário da Solofiler, empresa de mineração de calcário, de Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba, a capacitação também foi bastante proveitosa. “Os temas tratados vem ao encontro do dia a dia dos empresários. Todos os participantes estavam bem interessados nos con-

teúdos apresentados, interagindo com o palestrante e solucionando dúvidas”, disse. Além do Paraná, cinco Estados participam do projeto: Ceará, Roraima, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Distrito Federal. No Brasil todo, a previsão é que sejam beneficiadas diretamente 360 indústrias dos Estados participantes.

Missão leva empresários do PR à China O Sebrae/PR realiza entre os dias 16 de maio e 2 de junho uma missão técnica empresarial à China. No roteiro, uma programação intensa nas quatro metrópoles que formam o país: Hong Kong, Shenzhen, Shangai e Beijing. A ideia é repetir a dose de 2012, quando 25 empresários do Paraná participaram do Global Leadership Program e conheceram a realidade empresarial chinesa, por meio do Sebrae Mais - Programa Sebrae para Empresas Avançadas. O itinerário prevê visitas técnicas - com tradução simultânea e

apoio de consultor especializado em negócios - a universidades, órgãos públicos, centros de pesquisa, empresas e ‘laboratórios' de startups, dentre outros. De olho nas grandes empresas estrangeiras que foram atraídas pelas oportunidades vislumbradas naquele país, a China investiu em infraestrutura, energia e matériaprima. E as multinacionais levaram a tecnologia. "O país ganhou competitividade no mercado internacional, os governos investiram e chegamos à China de hoje: a segunda potência econômica

do mundo, organizada, competitiva e adaptável às mudanças e exigências globais", diz a consultora do Sebrae/ PR, Rosângela Angonese, que coordena o Global Leadership Program. "É preciso olhar para a China como um lugar de oportunidades. A população tem poder de compra e tudo que simboliza o ocidente, como roupas de grife ou vinhos, eles querem consumir, sejam hábitos ou produtos. Os chineses querem produtos ocidentais, até porque durante anos o país fechou-se para o mercado." Segundo Rosângela Angonese, os chineses são muito ágeis em detectar

Curitiba recebe a Expo Money Curitiba será a primeira capital brasileira a receber, entre os dias 12 e 13 de abril, a Expo Money, o maior evento educação financeira e investimentos da América Latina, que oferece serviços e palestras sobre os temas ligados à área. O evento, que acontece no Expo Unimed (Rua Prof. Pedro Viriato Parigot de Souza, 5300), possibilita aos participantes aprender mais sobre os diferentes produtos financeiros e ensina como administrar da melhor forma os bens e orienta sobre os melhores investimentos.

Na programação deste ano, além de palestras e serviços, os participantes poderão participar ainda do “Espaço Meu Consultor”, um atendimento personalizado com um especialista sobre suas finanças e investimento. Entre os palestrantes da edição 2013 estão o jornalista Carlos Alberto Sardenberg, o gerente de Acesso a Mercados e Serviços Financeiros do Sebrae, Paulo Alvim, entre outros especialistas em economia, finanças pessoais, imóveis, empreendedorismo, carreiras e investimentos.

A Expo Money acontece na sexta-feira (12), das 13h às 21h30 e no sábado (13), das 14h às 20h30. A inscrição gratuita deve ser feita pelo site da Expo Money, www. expomoney.com.br. Maior evento financeiro da América Latina, a Expo Money foi criada em outubro de 2002, em São Paulo. Atualmente, percorre nove das maiores cidades brasileiras: Curitiba (PR), Salvador (BA), Recife (PE), Florianópolis (SC), Brasília (DF), São Paulo (SP), Belo Horizonte (MG), Rio de Janeiro (RJ) e Porto Alegre (RS).

a2YOU do shopping Mueller reinaugura com novo layout Com novo visual, a a2YOU do shopping Muller, em Curitiba, reinaugura hoje (4) a partir das 12h. Haverá coquetel com DJ a partir das 19h e somente essa loja vai oferecer o MacBook PRO 13 polegadas, 500 GB, de R$ 4.799,00 por R$ 3.837,94 à vista, um desconto de R$ 960,00, ou em 12 pagamentos de R$ 358,25

somente de 4 a 7 de abril para os 50 primeiros compradores. Especializada em produtos Apple e acessórios para a marca, esse ponto de venda Apple Premium Reseller do shopping Mueller conta também com o serviço de Suporte Informática, formado por funcionários especializados para instalação e

upgrade de programas em qualquer aparelho da marca, além de migrações de arquivos. Os preços podem ser consultados na hora com os consultores ou também por telefone. A unidade terá workshops gratuitos para quem já tem ou pretende adquirir equipamentos Apple.

oportunidades. "E eles querem se tornar uma economia global, por isso empreendem mundo afora, em busca de oportunidades de negócios, de investimentos, de parceria e de mercados para seus produtos, e não só regionalmente. Os chineses têm uma visão de longo prazo e muita persistência e comprometimento com a meta futura", destaca. O objetivo da missão é fazer com que os empresários paranaenses entendam e conheçam o que é importante para o chinês e como os hábitos e a cultura milenar desse povo interferem no fechamento de negócios.

Nissan e McDonald’s oferecem 10 March em promoção A Nissan e a rede de restaurantes McDonald’s são parceiras na promoção “Monopoly”, que irá distribuir milhões de prêmios aos consumidores em todo o Brasil. Entre eles, dez unidades do Nissan March. Com mais de 60 edições em 15 países, a campanha será realizada no Brasil entre 4 de abril de 19 de maio. Para concorrer, é necessário comprar um dos produtos que fazem parte da promoção, em um dos mais de 700 restaurantes McDonald’s, e cadastrar o selo recebido no hotsite promocional www.joguenomcd.com.br. Ao preencher o cadastro, o participante passa a ter chance de ganhar um dos dez Nissan March.

Adquirir conforto, sofisticação e bem-estar traduzidos em produtos para casa e para uso pessoal e ainda fazer o bem. É isso que a campanha Trousseau do Bem, que acontece até este domingo, dia 07 de abril, proporciona. Promovida há 15 anos pela Trousseau e realizada pela primeira vez em Curitiba, a ação oferece descontos de até 40% em peças selecionadas e parte da renda obtida com as vendas é revertida, na forma de cestas básicas, para entidades beneficentes. Em Curitiba, a Escola de Educação Básica Mercedes Stresser na Modalidade Educação Especial, responsável pelo ensino de crianças, jovens e adultos com deficiência intelectual, será a instituição beneficiada.

Master of Wine participa de jantar O único brasileiro com o cobiçado título mundial “Master of Wine”, Dirceu Vianna Junior, vai desembarcar em Curitiba dia 12 de abril para um jantar único e exclusivo, na Grappolo & Vino Enoteca. Paranaense de Cândido Rondon, interior do Estado, Vianna vai trazer na bagagem toda a sua instigante história de P.H.D. em vinhos, para de forma informal, contar para menos de 30 privilegiados, um pouco do seu reconhecido caminho na área. Residindo atualmente na Inglaterra e diretor da importadora Coe Vinters, aos 43 anos, ele tem propriedade para falar sobre todas as regiões vinícolas do mundo. Para acompanhar a importante ocasião, durante o jantar serão servidos os desejados rótulos Brunello di Montalcino Castello Banfi. O investimento é de R$ 300 por pessoa com tudo incluso. As vagas são limitadas e a procura é enorme. O evento começa às 19h30. Informações pelo telefone 41 3039 2927, pelo e-mail comercial@grappoloevino.br ou no Facebook Grappoloenoteca. Para obter a certificação de “mestre do vinho”, Dirceu Vianna Jr. estudou seis anos na conceituada escola de mesmo nome na capital britânica de onde, desde a criação do curso na década de 50, menos de 300 pessoas conseguiram sair com o diploma na mão. Não por menos, a rotina é acordar às 6h da manhã para estudar até às 10h. Vianna ainda atuava na Coe Vinters, uma das grandes importadoras da Grã-Bretanha, da qual hoje é diretor e nos fins de semana incluía mais oito horas de leituras sobre a geografia e condições climáticas de todas as regiões vinícolas do mundo. A isso, somou viagens a mais de trinta países. Saldo: “Master of Wine”, cujo título pertence a somente outras 279 pessoas no mundo todo, sendo ele o único brasileiro.

DPASCHOAL ESTÁ COM VAGAS ABERTAS A DPaschoal, uma das maiores redes de serviços automotivos do Brasil, está com duas vagas abertas para sua filial em Curitiba: uma para vendedor de loja e outra para técnico de serviços de manutenção veicular. A única exigência para as vagas é ter ensino médio completo e disponibilidade para atuar, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h e aos sábados, das 8h às 12h. Os interessados devem encaminhar currículo atualizado para o email: julio.marzzani@dpaschoal.com.br, com o título do assunto: Vendedor e Técnico de Serviços. Se preferir, pode enviar o currículo na Avenida Silva Jardim, 465, Rebouças.

Petrobras apresenta festival Patrocinado pela Petrobras desde 2004, o Festival Internacional de Documentários “É Tudo Verdade” será realizada entre os dias 4 e 14 de abril no Rio de Janeiro e em São Paulo. Ainda no mesmo mês, Brasília (de 16 a 21) e Campinas (de 23 a 28) também recebem o evento, que tem entrada gratuita. Na 18ª edição, o festival apresenta uma seleção de 82 títulos, de 26 países, sendo 20 produções com estreia mundial.A Seleção Internacional, dividida em mostras competitivas (longas e curtas) e informativas (Especiais, O Estado das Coisas, Foco LatinoAmericano), apresenta 41 títulos. Já a Competição Brasileira de Longas e Médias-Metragens apresentará sete filmes – todos inéditos. A Competição Brasileira de Curtas-Metragens exibirá nove filmes, dos quais, cinco estreantes. A programação completa e sinopse dos filmes estão disponíveis no site www. itsalltrue.com.br.

Novidade no Armazém Seu Luiz O Sal Rosa do Himalaia está disponível no Armazém Seu Luiz e nas lojas de rua da Casa da Azeitona (av. Iguaçu e Bigorrilho). São sais marinhos selecionados, moídos e lavados manualmente. Provenientes de uma reserva natural, ao pé da cordilheira, foram formados quando as montanhas eram o leito do mar. Por não serem refinados conservam mais de 80 elementos naturais. A cor rosa é resultado de um processo natural que enriquece o cristal com o tempo. É utilizado na finalização dos pratos, pois confere sabor e textura. Embalagens de 390g por R$ 37,50 e de 90g por R$ 9,50 – com moedor.

Originale Maison no iPad A Originale Maison criou um aplicativo para iPad que possibilita o acesso ao catálogo completo de todas as suas coleções de tapetes, com possibilidade de personalização: o usuário pode escolher um modelo e aplicar a combinação de cores de sua preferência. A interface funciona como um showroom, onde se pode acessar fotos, vídeos e lançamentos. A ferramenta é ideal para arquitetos e clientes que desejam ter um mundo de possibilidades na ponta dos dedos. O aplicativo é gratuito e pode ser baixado através do site: http://itunes.apple.com.


3

a

margem arte&atitude

Especial Indústria&Comércio | Curitiba, quinta-feira, 04 de abril de 2013 | B3

moda&cia

Adélia Maria Lopes adeliamarialopes@yahoo.com.br

Mostra Baiana,

Nem te Conto Efigênia Rolim

A Fnac/ParkShopping Barigui promove nesta quinta dia 4, às 19h, o lançamento do livro A Viagem de Efigênia Rolim nas Asas do Peixe Voador,da jornalista Dinah Ribas Pinheiro, que esmiuça a vida dessa contadora de histórias e poeta mineira pertencentente à paisagem cultural curitibana. O livro, 180 páginas,tem cuidadoso projeto gráfico de Mauricio Mortton e fotos de Lina Faria. A Rainha do Papel fará performance no palco da livraria, com cambalhotas invejáveis para seus 81 anos.

Djavan em turnê

espetáculo a parte A

peça Siré Obá tem nesta quinta dia 4 sua última apresentação no Teatro José Maria Santos, com sessões às 18 e 21h. Essa festa para homenagear os orixás integra a Mostra Baiana, um dos destaques do Fringe. O projeto baiano, que participa do festival através do governo da Bahia, também realiza oficinas teatrais, com capacidade esgotada.

Escolhida pela curadoria do ator Wagner Moura e da produtora Vadinha Moura, Siré Obá – A Festa do Rei é encenada pelo grupo Núcleo Afrobrasileiro de Teatro de Alagoinhas. "No candomblé, os orixás são reverenciados de várias formas, então nos inspiramos nesta celebração e montamos um espetáculo que festeja a ancestralidade afro-brasileira com muita música, poesia e dança.

O espectador é convidado a dançar conosco, a celebrar e homenagear os orixás cantando, dançando e se emocionando com a beleza das divindades”, explica a diretora Fernanda Júlia. Também em cartaz as peças Sargento Getúlio, às 21h de sexta e no sábado às 18h e 21h, e Áfricas, no sábado às 16h e no domingo às 11 e 16h.

Com realização da Prime, o alagoano Djavan faz uma parada em Curitiba no próximo dia 20, em show da turnê seu novo disco Rua dos Amores, o 21º da carreira, lançado no ano passado. A única apresentação será no Teatro Positivo, às 21h15. Os ingressos, à venda, custam de 225 a 95 reais.

Comes&Bebes

Esta noite se improvisa Entre as centenas peças do Fringe estão as performances de improviso, isto é, situações criadas na hora e em que o elenco convida o público a dar sugestões, transformando espectador em diretor. Em cartaz nesta quinta dia 4 até sábado, às 23h59, no Teatro Cultura, a ideia de lembrar e reviver está presente no espetáculo Subsolo, cuja proposta é refletir, de forma di-

vertida, sobre a possibilidade de rever sua história de vida depois da morte. Allan Benatti, Edu Nunes, Marco Zenni e Murilo Gun, humoristas do programa Amigos da Onça, do SBT, vão estar improvisando de sexta dia 5 a domingo, às 22h10, no Teatro Regina Vogue/Shopping Estação.

No mini Guairinha, sábado e domingo, às 18h, a peça No fio da meada – Memórias Inéditas de uma Vida Improvisada, dirigida por Marccão Freire, conta a história de um idoso que tenta recuperar suas memórias e quem o ajuda nessa tarefa é o espectador, na base do improviso.

Ópera Popular pede passagem O Grutun! Grupo de Teatro UniBrasil estreia o projeto Ópera Popular durante o Festival de Curitiba, nesta quinta-feira. O espetáculo, um recital encenado de voz e piano, conta com um narrador, para melhor compreensão da plateia. "Ao mesmo tempo em que aproxima do teatro os alunos de música da Escola de Belas Artes e os apresenta à plateia no maior festival de teatro do Brasil, o projeto visa despertar o gosto da população pelo gênero lírico", diz o diretor Alex Wolf. No programa desta quinta dia 4 e sexta, às 19h, o espetáculo Hightlights reúne árias das óperas La Bohème, de Puccini, Le Nozze di Figaro, de Mozart e La Traviatta, de Verdi, E no sábado e domingo, às 18h, em cena L’Amico Fritz, de Mascagni. No Paço da Liberdade, dez e cinco reais.

1-Acontece nesta sexta dia 5 e sábado, na Praça Espanha, o Empório Soho de Gastronomia, com quitutes de 28 pontos de comes e bebes da simpática região. As barracas, com criações de chefs a preços de 3 a 16 reais, atenderão das 18 às 22h, e no sábado, das 12 às 22h. Haverá doze caixas para venda de tíquetes. E, no palco, Flávio Lira/Rodrigo Simões, Jazzy, Kadu Lambach, Gabriel Castro/Santiago Beis, Mano a Mano Trio, Serginho Albach, Glauco Solter, Vina Lacerda, Milk`n Blues e Zé Rodrigo. 2- Termina nesta quinta dia 4 o prazo de inscrição dos restaurantes para o 3º Festival Sabores do Litoral (30 de maio a 30 de junho), numa iniciativa da Ecovia, Adetur e Abrasel Litopar. “Queremos reunir os principais restaurantes de Morretes, Antonina, Paranaguá, Pontal do Paraná, Ilha do Mel e Guaratuba”, diz o diretor da Ecovia, Davi Terna. Inscrições pelo email saboresdolitoral2013@gmail.com. 3- Vinte e uma vinícolas estarão no Buffet Nova Curitiba (Paulo Gorski, 510, Ecoville) promovendo degustações para profissionais do setor e consumidores finais. São elas: Aracuri, Casa Valduga, Casa Venturini, Courmayeur, Dal Pizzol, Domno, Dúnamis, Gran Legado, Guatambu , José Sozo, Lídio Carraro, Luiz Argenta, Miolo, Pericó, Sanjo-Cooperativa Agrícola de São Joaquim, Aurora, Peterlongo, Dezem, Perini, Salton e Projeto Suco de Uva 100%. O Circuito Brasileiro de Degustação compreende também duas palestras: às 17h, “De carona com os vinhos do Brasil”, com Maria Amélia Flores, e às 19h, “Os vinhos brasileiros e a sétima arte”, com Marcelo Copello.

Paralamas

Bastidores do festival 1- Angeli aplaudiu seus personagens transpostos ao palco pelo grupo Parlapatões. Como eu estava próxima dele, consegui flagrar seu contentamento, também testemunhado pelo roqueiro Branco Mello. Mas os momentos mais engraçados ficaram só com os Escrotinhos. 2-As sessões de Homem Vertente começam nesta quinta-feira 4, com apresentações às 21h até sábado e no domingo às 19h, na Ópera de Arame.O espetáculo não pôde estrear semana passada devido a problemas no sistema hidráulico.

3- Com ingressos à venda no site do Festival de Curitiba, a FunFarra, festa carioca liderada pelo ator Pedro Neschling, vai marcar o encerramento do evento, neste sábado, no Espaço Cult.

O Brasil de Marc Ferrez chega a Curitiba

4- Renata Sorrah, que brilhou no palco com Esta Criança, lamentou ter perdido de ver o espetáculo sul-coreano. Em contrapartida, muita gente lamentou não poder ver a atriz, pois mesmo a sessão extra não foi capaz de atender quem queria ver a peça no Guairinha. 5- Marcos Caruso, ao final da apresentação de Em Nome do Jogo, no Guairão, revelou-se extasiado. Chamou ao palco toda a equipe da peça para testemunhar o teatro superlotado (até as frisas) e em pé.

O Museu Oscar Niemeyer abre a mostra O Brasil de Marc Ferrez - fotografias do acervo do Instituto Moreira Salles nesta quinta dia 4, às 19h. E fica em Curitiba até 7 de julho. Como se trata da primeira quinta-feira do mês, o horário é estendido e entre 18 e 20h a entrada é gratuita. Nesse horário também será lançada revista de dez anos do museu. Marc Ferrez (1843-1923), para o curador Sergio Burgi, é o mais importante fotógrafo brasileiro do século XIX. Deixou milhares de imagens distintas, incluindo originais de sua primeira fase de atuação, de 1867 a 1873. A exposição reúne 75 destas fotografias realizadas entre 1860 e 1920. Cerca de metade da produção de Ferrez foi feita na cidade do Rio de Janeiro e no seu entorno, e a outra parte nas diversas regiões, seja como fotógrafo da Comissão Geológica do Império em meados dos anos 1870 ou como fotógrafo das construções ferroviárias no Brasil. Destacam-se as imagens da estrada de ferro Paranaguá-Curitiba, e seus viadutos, cuja construção teve início em 1880, com a presença de D. Pedro II.

Nas asas da turnê Trinta, Paralamas do Sucesso aterrissa no Guairão em 11 de maio. A banda festeja seus trinta anos de carreira, contados a partir do lançamento do disco Cinema Mudo. Com direção de Claudio Torres e José Fortes, fará show com canções de artistas fundamentais na sua formação, como Led Zeppelin, The Clash, The Police, Jorge Ben, Gilberto Gil e Lulu Santos. Ingressos estão à venda na bilheteria ou em www.tguaira.pr.gov.br, por 240,180 e 100 reais (inteiras).

Cineclube Sesi

Rio 40 Graus abre a programação de abril do Cineclube Sesi, às 19h30 desta quinta-feira 4, no Centro Cultural da Fiep, Centro Cívico. Os filmes Barravento, A Falecida e curtas de Joaquim Pedro de Andrade estão entre os títulos do ciclo Viva o Cinema Novo, que discutirá as influências para o cinema contemporâneo. Entrada franca, vagas por ordem de chegada.

Em Ponta Grossa

O Teatro Ópera, em Ponta Grossa, recebe o humor de As Extraordinárias (Bruna Louise, Juliana Marques e Thais Flessak), neste primeiro sábado de abril, às 21h. O único grupo de comediantes no Paraná formado só por mulheres apresentará piadas, sátiras e tiradas cotidianas, em respostas a piadas machistas. Ingressos a 30 e 15 reais.


Nacional Curitiba, quinta-feira, 04 de abril de 2013 | B4 | Indústria&Comércio

O juiz Ulysses Fonseca Louzada, da 1ª Vara Criminal de Santa Maria, aceitou a denúncia do Ministério Público do Rio Grande do Sul (MP-RS) contra oito envolvidos no incêndio na Boate Kiss, encaminhada ontem à Justiça. Com isso, os acusados pelo MP-RS passam a ser considerados réus no processo criminal e serão julgados por tribunal do júri em Santa Maria. Os advogados de defesa têm dez dias para se manifestar. Com a decisão de Louzada, os sócios-proprietários da boate, Elissandro Callegaro Spohr e Mauro Londero Hoffmann, e os músicos da banda Gurizada Fandangueira, Marcelo de Jesus dos Santos e Luciano Augusto Bonilha Leão, responderão pelo crime de homicídio doloso qualificado, quando há intenção ou se assume o risco de matar. Por ser qualificado, quando é cometido com agravantes, há o aumento da pena. Já os bombeiros Renan Severo Berleze e Gerson da Rosa Pereira, o ex-sócio da Kiss Elton Cristiano Uroda e Volmir Astor Panzer, funcionário do pai de Elissandro Spohr, responderão por fraude processual e falso testemunho. O juiz de Santa Maria também determinou o arquivamento das investigações relativas a cinco pessoas. Sobre três delas - Ricardo de Castro Pasche, gerente da boate; Luiz Alberto Carvalho Junior, secretário municipal do Meio Ambiente; e Marcus Vinícius Bittencourt Biermann, chefe do Setor de Cadastro da Secretaria Municipal de Finanças, que emitiu o alvará de localização da boate, os promotores alegaram não terem encontrado elementos que indiquem participação no crime. O magistrado também decidiu arquivar as investigações relativas aos bombeiros responsáveis pela fiscalização, Vágner Guimarães Coelho e Gílson Martins Dias. Eles foram indiciados pela polícia por homicídio doloso, mas o MP entendeu que deveriam responder por homicídio culposo - quando não há intenção de matar - na Justiça Militar.

Estatuto da Juventude vai tramitar em regime de urgência O Estatuto da Juventude vai tramitar em regime de urgência no Senado Federal. Aprovada em regime de urgência na Comissão de Assuntos Sociais (CAS), a matéria vai direto ao plenário e, se aprovada, segue para a Câmara, uma vez que foram feitas várias alterações no texto original. Sobre os descontos em ingressos para estudantes, o substitutivo do relator Paulo Paim (PTRS) garante meia entrada aos estudantes para todos os eventos culturais e esportivos que tenham financiamento de recursos públicos, exceto a Copa do Mundo de 2014 e a Copa das Confederações que acontecerá neste ano. Nos dois casos, o desconto aos estudantes será de 40% do valor do ingresso. Em eventos patrocinados exclusivamente por dinheiro privado, o desconto estudantil também será de 40%. Para combater eventuais fraudes na emissão das carteiras de estudante, o projeto do Estatuto da Juventude estabelece que o documento deve ser emitido preferencialmente por entidades reconhecidas e para alunos efetivamente matriculados nos níveis de ensino previstos na Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB).

Médicos

Governo insiste em falta de profissionais da saúde no país Além de poucos, os médicos são mal distribuidos no país. A taxa para cada mil habitantes chega a 1,8.

O

ministro da Saúde, Alexandre Padilha, voltou a afirmar ontem que faltam médicos no país. Segundo ele, a taxa de profissionais para cada mil habitantes, no Brasil, chega a 1,8. Na Argentina, esse índice é 3,2; em Portugal, 3,9 e na Espanha, 4. Durante audiência pública na Câmara dos Deputados, Padilha defendeu as medidas anunciadas pela pasta, em parceria com o Ministério da Educação, que incluem o estímulo à entrada, no sistema de saúde brasileiro, de médicos com formação no exterior e a abertura de vagas de cursos de medicina em locais onde há carência de profissionais. Na terça-feira, entidades médicas rebateram o argumento sustentado pelo governo de que faltam profissionais da área no país. Durante ato no Congresso Nacional, eles cobraram o que chamam de política de interiorização da saúde pública para que haja uma redistribuição dos médicos já em atuação. Segundo Padilha, 25,9% dos médicos que atendem a população

norte-americana, por exemplo, não são formados nos Estados Unidos. Na Inglaterra, o índice chega a 37%; na Austrália, 22,8%; no Canadá, 17,9%; e no Brasil, 1,8%. “Querer dizer que esse debate pode significar uma queda de qualidade não é compatível ao que acontece em outros países do mundo. Se queremos oferecer saúde pública universal gratuita, temos que ampliar o patamar de médicos e aumentar vagas.” Ele lembrou ainda que a expansão dos serviços de saúde brasileiros, nos últimos anos, possibilitou um mercado de contratação formal cada vez maior, mas que o número de profissionais formados não acompanhou a demanda. Dados da pasta indicam que, de 2003 a 2011, o país formou 93 mil médicos. No mesmo período, foram 146,8 mil admissões de primeiro emprego na medicina. “O Brasil tem poucos médicos e muito mal distribuídos. O Maranhão tem 0,6 médico por mil habitantes e Brasília tem 6. O número de vagas de medicina também é mal distribuído”, destacou.

Elza Fiúza/ABr

Justiça aceita denúncia contra envolvidos no incêndio da Boate Kiss

Para o ministro, o Brasil não está com falta de médicos, o país tem uma quantidade de profissionais que está aquém de outros sistemas nacionais públicos

CCJ da Câmara aprova obrigatoriedade de presídios manterem lista atualizada de presos Projeto de lei da Comissão de Legislação Participativa, que torna obrigatória a manutenção de relação atualizada de presos em cada unidade prisional foi aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça da Câmara. A proposta também estabelece que o atestado de pena a ser cumprido pelos presos deverá ser fornecido gratuitamente pela Justiça, inclusive pela internet. O texto ainda precisa ser aprovado pelo plenário da Câmara para depois ser encaminhado à apreciação do Senado. O texto aprovado pelos deputados da CCJ estabelece que os presídios devem elaborar todo mês uma lista de todos os presos com a data de início do cumprimento da pena,

o motivo da condenação e a modalidade da prisão da cada um. A lista deverá ser encaminhada à Justiça, ao Ministério Público, à Defensoria Pública, à Ordem dos Advogados do Brasil e outros órgãos. A lei atual não prevê a manutenção da listagem atualizada. O atestado de pena a ser cumprido é emitido anualmente aos detentos para conhecimento dos prazos para pedidos de progressão de pena ou liberdade condicional. Pelo projeto, o documento poderá ser expedido a qualquer momento, quando houver solicitação. A legislação atual prevê a emissão anual dos atestados de pena a cumprir e não trata da gratuidade. O orgão também aprovou, on-

tem, a admissibilidade da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 565/2006, que torna obrigatória a execução do Orçamento Geral da União. Atualmente, a execução orçamentária é autorizativa, permitindo ao governo cumprir ou não a programação aprovada pelo Legislativo, a seu critério. A chamada PEC do Orçamento Impositivo, de autoria do então senador Antonio Carlos Magalhães (PFL-BA), falecido em 2007, propõe, entre outros pontos, que a programação constante da Lei Orçamentária Anual será de execução obrigatória, salvo se aprovada pelo Congresso Nacional solicitação, de iniciativa exclusiva do presidente da República, para cancelamento

ou contingenciamento, total ou parcial, de dotação. A PEC teve aprovada a sua admissibilidade com outras 15 propostas semelhantes apensadas, que serão analisadas conjuntamente pela comissão especial a ser criada. A adoção do Orçamento impositivo foi bandeira de campanha de todos os candidatos que disputaram a presidência da Câmara, no início do ano. Atualmente, o governo federal pode executar o Orçamento aprovado pelo Congresso da forma que considerar mais conveniente. Um dos problemas é que, muitas vezes, as emendas dos parlamentares inseridas na proposta não são executadas.

Aposentados poderão Rigor na zona do euro requerer novo benefício afeta os investimentos Os contribuintes do Regime Geral de Previdência Social (RGPS) que se aposentaram por tempo de contribuição ou pelo critério da proporcionalidade poderão requerer uma novo cálculo do benefício e optar pelo mais vantajoso, caso permaneçam na ativa. Hoje, a Previdência Social não reconhece a renúncia de aposentadoria a esses beneficiários e mantém a contribuição ao INSS sem qualquer contrapartida. Projeto de lei que estabelece as novas regras para esses casos foi aprovado ontem, em caráter terminativo, na Comissão de Assuntos Sociais (CAS). A matéria segue à apreciação da Câmara dos Deputados e, se aprovada sem mudanças, vai à sanção presidencial. O relator do projeto, Paulo Davim (PV-RN), destacou, em seu parecer, que a Justiça tem reconhecido o direito dos contribuintes a um valor melhor de benefício caso permaneçam

trabalhando depois de aposentar. Nesses casos, o contribuinte não perde os valores recolhidos pelo INSS por ocasião da primeira aposentadoria. “A partir de 1999, a procura pela renúncia da aposentadoria cresceu mais ainda com a implementação do fator previdenciário, criado para inibir as aposentadorias precoces”, ressaltou Davim. Ele lembrou que o fator previdenciário reduziu o valor do benefício para quem se aposentar com menor idade, independentemente do tempo de contribuição. O projeto de lei também veda qualquer possibilidade de a Previdência Social requerer, quando perde a causa na Justiça, que o segurado devolva os valores pagos pelo INSS referentes à primeira aposentadoria. Pelo projeto, na hipótese de concessão de novo benefício, será restrito aos previstos no Regime Geral de Previdência Social.

Para o secretário-geral da OCDE, Angel Gurria, a segunda quebra consecutiva é preocupante, porém, apesar da crise, nove países conseguiram aumentar a ajuda.

A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) registrou, pelo segundo ano consecutivo, redução nos percentuais de investimento dos países-membros em ações para o desenvolvimento de países mais atrasados. Para os especialistas da organização, a redução se deu pelas medidas de austeridade adotadas por vários países-membros, principalmente da zona do euro. Dos países analisados, 15 apre-

sentaram redução no volume de investimentos. Os percentuais mais expressivos foram registrados justamente nos países mais atingidos pela crise na Europa: Espanha (49,7%), Itália (34,7%), Grécia (17%) e Portugal (13,1%). Em 2012, os Estados-membros da OCDE forneceram US$ 125,7 bilhões em ajuda ao desenvolvimento. Os maiores doadores, em volume, foram Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha, França e Japão.

Operadoras de planos de saúde terão ouvidorias Operadoras de planos de saúde terão que implantar ouvidorias, vinculadas às suas estruturas organizacionais, com o objetivo de reduzir os conflitos entre beneficiários e empresas. O anúncio foi feito pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). Ainda de acordo com o órgão, as ouvidorias devem ser capazes de responder às demandas em até sete dias úteis por meio de um titular e um substituto, designados especialmente para esse fim, além de disponibilizar canais de contato específicos e protocolos de atendimento. Entre as atribuições definidas pela ANS para as ouvidorias está a apresentação de relatórios estatísticos e de recomendações ao representante legal da operadora e à ouvidoria da própria agência. O prazo para criação das ouvidorias é 180 dias, para operadoras com número igual ou superior a 100 mil beneficiários, e de 365 dias, para operadoras com menos de 100 mil beneficiários. Operadoras com menos de 20 mil beneficiários e operadoras exclusivamente odontológicas (com até 100 mil beneficiários) não vão precisar criar ouvidorias e podem apenas designar um representante institucional perante a ANS. A norma que prevê as alterações, segundo a agência, deve ser publicada joje no Diário Oficial da União. “Isso vai reduzir ainda mais a necessidade de o usuário ter que entrar com processos contra as operadoras”, avaliou o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, durante audiência pública na Câmara dos Deputados.

Chuvas matam 25 e deixam bairros submersos na Argentina Uma forte chuva inundou na madrugada de ontem La Plata, na Argentina. A cidade é a capital da província de Buenos Aires – que equivale ao estado, no Brasil . “Pelo menos vinte e cinco pessoas morreram”, informou o governador da província, Daniel Scioli, no final da manhã. “É uma situação grave e sem precedentes”, disse ele. Segundo o secretário de Segu-

rança da província, Sergio Berni, o que surpreendeu foi a quantidade de água que caiu em tão pouco tempo. “Em duas horas caíram 400 milímetros de água”, disse ele. A chuva foi tão forte que os helicópteros não puderam ser usados para resgatar as pessoas que haviam subido em árvores ou nos telhados para se salvar. O chefe de governo, Mauricio

Macri, disse que a defesa civil foi mobilizada às 3h de terça-feira, tão logo recebeu o alerta meteorológico. No entanto, nem o serviço de meteorologia foi capaz de prever o grande volume de água que caiu em tão pouco tempo. A tempestade foi a segunda, em dois dias. Na madrugada de terçafeira a forte chuva inundou alguns bairros da capital argentina, ma-

tando seis pessoas. A água já baixou em Buenos Aires, mas alguns bairros continuam sem luz. Já em La Plata, a situação é mais grave: no bairro de Tolosa – o mais afetado, as casas estavam praticamente submersas. Quase três mil pessoas estão sendo evacuadas para locais seguros. A tempestade também foi utilizada politicamente pelo governo

e pela oposição. Aliados da presidenta Cristina Kirchner criticaram Macri que estava fora da cidade durante as chuvas, aproveitando o feriadão argentino que emenda a Páscoa com o feriado em memoria aos mortos na Guerra das Malvinas. Já os aliados de Macri, criticaram o governo federal por fazer uso político da tragédia e pelo silêncio da presidenta.

Diário Indústria&Comércio  

jornal, economia, curitiba, parana, brasil, negocios, bovespa, financas, aroldo mura, pedro washington, ayrton baptista, eliseu tisato, bet...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you