Issuu on Google+

www.diarioinduscom.com

DiárioIndústria&Comércio Curitiba, sexta-feira e sábado, 02 e 03 de dzembro de 2016 | Ano XL | Edição nº 9683 | R$ 2,00 | edição estadual

DESDE O ANO 1976, CONFIÁVEL. INTELIGENTE. INFLUENTE.

Movimentação do final de ano gera acúmulo de papelada nas empresas Página A6

OPINIÃO

Fábio Campana Aonde vamos parar? Há sinais ruins no céu da República. Um deles é a declaração do ex-ministro do STF, Joaquim Barbosa, que comandou o julgamento do mensalão e que agora admite que é candidato a presidente da República. Ele assistiu em silêncio ao impeachment de Dilma Rousseff e aos principais fatos políticos do ano passado no Brasil. E agora resolveu falar. Para o ex-ministro, o impeachment foi “uma encenação” que fez o país retroceder a um “passado”. Página A3

Fiocruz diz que epidemias de zika e chikungunya serão mais fortes em 2017

Construção civil fecha 441 mil vagas em 12 meses, afirma Sinduscon

Nacional A4

Economia B3

Balança comercial acumula recorde de US$ 43,28 bilhões Superávit de US$ 43,282 bilhões de janeiro a novembro é recorde para o período desde 1989. No mês, houve superávit de US$ 4,758 bilhões, valor também recorde para novembro A balança comercial brasileira acumula superávit de US$ 43,282 bilhões de janeiro a novembro deste ano. O valor é recorde para o período desde o início da série histórica, em 1989. No mês, houve superávit de US$ 4,758 bilhões, valor também recorde para novembro. Os dados foram divulgados na quinta-feira pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços. O governo estima que 2016 terminará com saldo positivo da balança entre US$ 45 bilhões e US$ 50 bilhões. O resultado pode ser recorde histórico anual. Economia B3

Saldo positivo de novembro resultou de US$ 16,220 bi em exportações e US$ 11,463 bi em importações

Encontro de prefeitos abre nova etapa de cooperação

O Ministério Público Federal no Ceará (MPF/CE) informou que recebeu relatório da Polícia Federal (PF) constatando que as provas do primeiro e do segundo dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), além da prova da redação, vazaram para pelo menos dois candidatos antes do início do teste.

Aroldo Murá OSMAR, CANDIDATO, FARÁ ALIANÇAS SÓ APÓS O CARNAVAL De uma coisa Osmar Dias tem certeza - “se Deus quiser”: será candidato a governador do Paraná em 2018. Por ora, não revela planos de alianças políticas para a campanha. “Só para depois do carnaval” diz Osmar, que por 11 anos foi vicepresidente do Banco do Brasil e, por 16, senador pelo Paraná. Página A7

Edital na Página 00

Polícia Federal constata vazamento do Enem 2016, diz Ministério Público

Nacional A4

Moro diz que Câmara aprovou “emendas da meia-noite” em projeto

O governador Beto Richa fala durante a abertura dos trabalhos técnicos durante o Encontro de Líderes Políticos - Encontro de Prefeitas e Prefeitos Eleitos do Paraná

O Encontro de Prefeitas e Prefeitos Eleitos, que acontece em Foz do Iguaçu e reúnede 1.800 inicia mais uma nova etapa de trabalho, parceria e Publicação 01 pessoas, edital somente. cooperação entre o Estado e os 399 municípios. A afirmação foi pelo governador Beto Richa, ao abrir, ontem os trabalhos técnicos do evento. “Passadas as disputas eleitorais, é hora de somar forças em torno dos objetivos a que todos nos propusemos, que é trabalhar a favor do Paraná”, disse Richa.

O juiz federal Sérgio Moro criticou na quinta-feira o textobase do Projeto de Lei (PL) 4.850/16, que trata das medidas de combate a corrupção aprovado pela Câmara dos Deputados. Moro disse que na votação foram aprovadas “emendas da meia-noite” que criminalizam juízes e promotores sem que houvesse discussão ou avaliação por parte da sociedade. Nacional A4

PR libera mais R$ 2,5 mi para escolas estaduais O Governo do Paraná depositou ontem na conta das escolas mais uma cota extra de recursos do programa Fundo Rotativo, da Secretaria de Estado da Educação. Os R$ 2,5 milhões depositados correspondem à terceira parcela neste ano.

Geral A2

Editais Página Editais na na Página A5 00 Acesse a edição digital

Perkins é eleita a Melhor Empresa para se trabalhar no Paraná

Publicação de mais de 01 edital na mesma página.

Um dos mais respeitados institutos de pesquisa internacionais, o Great Place to Work acaba de eleger a Perkins a melhor empresa para se trabalhar no Paraná na categoria “Multinacionais Médias”. A Perkins foi vitoriosa entre as 143 empresas de todo o estado que participaram do levantamento realizado pelo GPTW em 2016. Editais nas Páginas 00 e 00

Geral A2

Registro Positivo Antibiótico pode ajudar a evitar que Zika danifique o cérebro fetal, diz estudo Cientistas norte-americanos disseram ter identificado células do tecido cerebral fetal que são alvo do vírus Zika e determinaram que um antibiótico comum considerado de uso seguro durante a gravidez, o azitromicina, pode bloquear esta infecção,

pelo menos em células cerebrais cultivadas em laboratório. As informações são da agência chinesa Xinhua. Pesquisadores da Universidade da Califórnia em San Francisco (UCSF) relataram que o vírus Zika infecta

Página A6

Publicação de mais de 01 edital em páginas distintas.

Central de Atendimento: 41 3333.9800 / e-mail: pauta@induscom.com.br

preferencialmente as células cerebrais com abundância de uma proteína chamada AXL, que atravessa a membrana celular externa com vários tipos de células e serve como um portão de entrada para o vírus invasor.


GERAL

Diário Indústria&Comércio

Curitiba, sexta-feira e sábado, 02 e 03 de dezembro de 2016 | A2

EDITORIAL coluna@induscom.com.br

Saúde em perigo De todas as áreas que envolvem a vida do cidadão, a da saúde é sem dúvida aquela que merece maior atenção. A existência de crianças sem atendimento, de idosos morrendo à espera de um transplante, de pessoas de todas as idades abarrotadas em corredores de hospitais, da falta de medicamentos em unidades públicas e da demora absurda do atendimento é algo que precisa sensibilizar todas as pessoas que têm um mínimo de bom-senso. Investir na saúde é dever incondicional do poder público. A urgência de uma saúde melhor é fundamentada pela atual situação e também pelas expectativas em relação ao futuro. Segundo o diretor regional da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) no Mato Grosso do Sul, Rivaldo Venâncio, epidemias das doenças zika e chikungunya, ambas transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti, serão ainda maiores no verão de 2016/2017 do que foram na última temporada. Segundo o pesquisador, que é especialista em medicina tropical, o número de casos este ano já subiu significativamente em relação ao ano passado. São dados alarmantes que sustentam a necessidade de mais investimentos em saúde pública.

Previsão do tempo Fonte: www.simepar.br..

16° Máx.: 24° Mín.:

Nesta sexta-feira, o dia começa com tempo estável em grande parte das regiões paranaenses. Apenas nas regiões entre os Campos Gerais e o litoral, a incursão dos ventos do Oceano para o continente mantém a nebulosidade nestes setores.

O governador Beto Richa fala durante a abertura dos trabalhos técnicos durante o Encontro de Líderes Políticos - Encontro de Prefeitas e Prefeitos Eleitos do Paraná

Estado e municípios

Encontro de prefeitos abre nova etapa de cooperação O evento tem o objetivo apoiar os prefeitos no planejamento dos primeiros dias de administração e apresentar programas do Estado que podem ser implementados nos municípios

O

Arte: Roque Sponholz..

Urbs lança edital para locação de bicicleta elétrica Implantado no ano passado como um projeto experimental, o aluguel de bicicleta elétrica para passeios dentro do Parque Barigui passará a ser permanente a partir do ano que vem. A concessão para prestação do serviço será licitada em janeiro e prevê a operação do sistema com uma estação em contêiner, em área de estacionamento do parque, e no mínimo, 16 bicicletas. Lançado ontem, o edital de licitação - na modalidade concorrência pública pela maior oferta - está disponível no site da Urbs. O recebimento e abertura de propostas serão feitos em sessão pública a ser iniciada às 9 horas do dia 6 de janeiro, no auditório da Urbs.

Vale do Ivaí ganhará nova subestação de energia A Copel deu início à construção de uma nova subestação em São Pedro do Ivaí que irá beneficiar 15 mil domicílios em toda a região do Vale do Ivaí, contemplando residências, comércio e indústria. A construção da unidade e das linhas de transmissão que vão garantir sua conexão ao sistema elétrico paranaense soma um investimento superior a R$ 37 milhões. O empreendimento deve ficar pronto em junho do ano que vem, e irá operar na tensão de 138 mil volts, com um transformador de 21 MVA (megavoltsampère).

EXPEDIENTE

Diário Indústria&Comércio Fundado em 2 de setembro de 1976

Filiado ao Sindejor | Sindicato das Empresas Proprietárias de Jornais e Revistas do Paraná

Fundador e Presidente Odone Fortes Martins Reg.Prof. DRT/PR: 6993 (ofm@induscom.com.br) Diretor de Redação Eliseu Tisato Reg.Prof. DRT/PR: 7568 (editor@induscom.com.br) Redação: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fone: (41) 3333.9800 E-mail: pauta@induscom.com.br Publicidade Legal e Assinaturas: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fones: (41) 3333.9800 | 3334.4665 e-mail: publegal@induscom.com.br

Parque Gráfico e Circulação: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fones: (41) 3333.9800 | 3322.1012 Direção e Comercial: Rua Presidente Faria, 533 Centro - Curitiba - CEP: 80020-290 Fone: (41) 3322.1012 e-mail: diretoria@induscom.com.br comercial@induscom.com.br

Tiragem e circulação auditadas por EXECUTIVE AUDITORES INDEPENDENTES BRASÍLIA

NEW CAST PUBLICIDADE & MARKETING Atendimento : Flávio Trombieri Moreira – Cel.: (61) 8155 2020 Endereço: SRTVS Quadra 701 Bloco K Sala 624 – Edifício Embassy Tower Brasília DF - Cep.: 70.340 – 908 Fone/Fax: (61) 3223 4081 E-mail: new.cast@uol.com.br

RIO DE JANEIRO

Grp Representações e Propaganda

Ltda. Avenida Graça Aranha, 145 - 9º Andar - Parte Centro - Rio de Janeiro RJ - 20.030.003 Email: grp@grpprop.com.br Telefone: 21 2524.2457 Fax: 21 2262.0130

Os artigos assinados que publicamos não representam necessariamente a opinião do jornal.

Encontro de Prefeitas e Prefeitos Eleitos, que acontece em Foz do Iguaçu e reúne 1.800 pessoas, inicia mais uma nova etapa de trabalho, parceria e cooperação entre o Estado e os 399 municípios. A afirmação foi pelo governador Beto Richa, ao abrir, ontem os trabalhos técnicos do evento. “Passadas as disputas eleitorais, é hora de somar forças em torno dos objetivos a que todos nos propusemos, que é trabalhar a favor do Paraná”, disse Richa. “Os municípios paranaen-

ses têm no Governo do Estado um parceiro fiel e estratégico. Tenham certeza e segurança de que a relação entre o Estado e as prefeituras é e continuará sendo movida e inspirada pelo diálogo e pelo respeito, acima de quaisquer diferenças políticas ou partidárias”, ressaltou ele aos prefeitos eleitos, gestores e profissionais dos municípios, de diversas áreas. Os ministros da Saúde, Ricardo Barros, e das Cidades, Bruno Araújo, participam deste segundo dia do encontro – que começou quarta-feira e

segue até esta sexta. Promovido pelo Governo do Estado e o Sebrae-PR, o evento faz parte do Programa de Estudos Avançados para Líderes Públicos, é organizado pela Casa Civil e tem o objetivo de apoiar os prefeitos no planejamento dos primeiros dias de administração e apresentar programas do Estado que podem ser implementados nos municípios. “Nossa equipe de governo está presente para responder a todas as perguntas, mostrar os programas, anunciar ações, apresentar

os financiamentos e os recursos disponíveis aos municípios”, explicou Richa. O governador lembrou que no seu primeiro mandato percorreu todos os 399 municípios para conhecer a realidade de cada um. “Isso foi muito importante para as ações e investimentos que pudemos levar adiante. Nos últimos seis anos, realizamos um conjunto de investimentos que beneficiou, sem exceção, todos os municípios paranaenses. Esse é o maior legado que o nosso governo construiu ao longo do tempo”.

FUNDO ROTATIVO

Estado libera mais R$ 2,5 milhões para escolas da rede estadual O Governo do Paraná depositou ontem, diretamente na conta das escolas, mais uma cota extra de recursos do programa Fundo Rotativo, da Secretaria de Estado da Educação. Os R$ 2,5 milhões depositados correspondem à terceira parcela liberada para as escolas estaduais neste ano para complemento da merenda escolar. Os três repasses somam R$ 8 milhões. Com os recursos as escolas podem complementar a alimentação escolar e também podem repor os estoques de alimentos até o recebimento das próximas remessas feitas periodicamente pela Secretaria da Educação. Somente este ano o Governo do Estado já transferiu mais de R$ 64 milhões via Fundo Rotativo às escolas da rede estadual. Foram depositadas nove parcelas, que somam mais de R$ 35 milhões para despesas com a compra de itens de materiais de limpeza e expediente. Para despesas de serviço, que

Com os recursos as escolas podem complementar a alimentação escolar e também podem repor os estoques de alimentos até o recebimento das próximas remessas são usadas pelas escolas para pequenas reformas e reparos emergenciais, foram repassados cerca de R$ 16 milhões, divididos em

quatro parcelas. A Secretaria da Educação também liberou mais de R$ 5 milhões em cotas extras para atendimento de diversos

serviços, aquisição de materiais permanentes e consumo, solicitados pelos estabelecimentos de ensino.

Crise

Hospital Evangélico teve 10% a mais no total de repasses do SUS com apoio da Prefeitura Um dos maiores hospitais do Paraná, o Hospital Universitário Evangélico de Curitiba recebe diariamente pacientes de Curitiba e de outras regiões do estado para os mais diversos tratamentos de saúde. A instituição é responsável por 17% de todos os internamentos realizados na cidade, além de uma série de outros procedimentos clínicos. E para que o Evangélico continue funcionando plenamente, desde 2013 a Prefeitura Municipal de Curitiba vem buscando ampliar

os repasses de recursos do Sistema Único de Saúde (SUS). O volume de recursos repassados ao hospital entre 2013 e 2015 aumentou quase 10% graças aos incentivos para atingir as metas do SUS. O aporte é significativo considerando-se o período de crise nacional e a redução nas receitas públicas. No mesmo período, os repasses do Ministério da Saúde para a Secretaria de Saúde de Curitiba caíram 7%, passando de R$ 771,2 milhões para R$ 717,2

milhões. Mensalmente, o Hospital Evangélico realiza em Curitiba cerca de 29 mil consultas – entre especializadas, de urgência e emergência e de outros profissionais – e mais de 30 mil procedimentos de diagnósticos e terapias em ambulatórios. O secretário municipal da Saúde, César Monte Serrat Titton, salienta a importância de manter o Hospital Evangélico aberto para garantir o funcionamento da rede de saúde como um todo em Curi-

tiba. A instituição responde hoje por 439 leitos ativos em Curitiba e dispõe de diversas especialidades de alta complexidade médica como neurologia, ortopedia, cardiologia, oncologia, nefrologia, além de UTI e o serviço de atendimento a queimados. “Demos todo o suporte necessário e possível ao hospital nesses quatro anos, inclusive nos momentos de maior crise, que acabou resultando na intervenção da instituição”, comentou o secretário.


geral

Diário Indústria&Comércio

Curitiba, sexta-feira e sábado, 02 e 03 de dezembro de 2016 | A3

Fábio Campana fabio.campana@gmail.com

Vivemos num momento em que quem tiver qualidade de bom gestor, em meio ao caos nacional, vai se sobressair” Valdir Rossoni, chefe da Casa Civil, aos prefeitos eleitos.

Baixou o imposto

Frágil

As investigações da Polícia Federal sob o exgovernador Sérgio Cabral, descobriu que o peemedebista em sua gestão abaixou o imposto de joalheiras num decreto assinado por ele em 2008. O imposto a principio era de 20% sobre as vendas, foi baixado para 6%.

O desastre com o avião que levava a equipe de futebol Chapecoense mostra que apesar de ser um dos meios de transporte mais seguros a aviação ainda apresenta muita fragilidade. Especialistas acreditam que muita coisa tem que mudar e uma das propostas é criar um avião mais resistente. Outra proposta é construir mais aeroportos em áreas onde se tenha espaço aberto, longe de residências ou regiões montanhosas.

Agilidade

Aonde vamos parar? Há sinais ruins no céu da República. Um deles é a declaração do ex-ministro do STF, Joaquim Barbosa, que comandou o julgamento do mensalão e que agora admite que é candidato a presidente da República. Ele assistiu em silêncio ao impeachment de Dilma Rousseff e aos principais fatos políticos do ano passado no Brasil. E agora resolveu falar. Para o ex-ministro, o impeachment foi “uma encenação” que fez o país retroceder a um “passado no qual éramos considerados uma República de Bananas”. Barbosa acha que o governo de Michel Temer corre o risco de não chegar ao fim. Para Barbosa todos os passos que levaram ao impeachment estavam planejados desde 2015. Os ritos no Congresso foram cumpridos apenas

formalmente. O que houve foi que um grupo de políticos que supostamente davam apoio ao governo e que num determinado momento decidiu que iriam destituir a presidente. O resto foi pura encenação. Os argumentos da defesa não eram levados em consideração, nada era pesado e examinado sob uma ótica dialética. Os autores do impeachment eram líderes em manobras parlamentares que têm um modo de agir sorrateiro. Agem às sombras. E num determinado momento decidiram derrubar Dilma Rousseff. São políticos acuados por acusações graves, que tinham uma motivação espúria: impedir a investigação de crimes por eles praticados. Essa encenação toda foi um véu que se criou para encobrir a real motivação, que continua válida.

A proposta da reforma do ensino médio está parada na Câmara. O ministro da Educação, Mendonça Filho, foi conversar pessoalmente com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, para que o projeto seja votado ainda este ano. Com a reforma aprovada a aplicação já começaria no ano que vem.

Provocando O deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) e seus simpatizantes, não se cansam de provocar atritos. Outro dia admiradores de Bolsonaro resolveram filmar o deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) em uma das pausas da Câmara enquanto ele tomava café. Wyllys irritado com a situação perdeu a compostura e partiu para cima do cinegrafista amador, tirando o celular de suas mãos e acusando-o de fascista.

30 dias

Uma mãe

De bem com a vida

Para o juiz Sergio Moro, a legislação brasileira é muito generosa. Para exemplificar o que estava dizendo citou o caso do empresário Marcos Valério, que foi condenado a 40 anos pelo mensalão, mas que a partir do ano que vem, após três anos de prisão, poderá cumprir a pena em regime semiaberto. Para ele, a legislação é praticamente uma mãe para os condenados.

Mesmo sob acusações da Lava Jato, o ex-presidente Lula, que acredita que não será condenado, deixou seu ar depressivo de lado. Ele quer dar a volta por cima e com seu nome cogitado para a disputa presidencial de 2018, já começa a pensar numa possível gestão de sucesso e chamado frequentemente, para reuniões, vários economistas para encontrar um caminho que anime a economia do país.

Em dia

Não pagou

O governador Beto Richa destacou aos prefeitos eleitos que o ajuste fiscal permitiu que o Paraná o pagamento nesta quinta-feira, 1º de dezembro, de R$ 800 milhões do pagamento da primeira parcela do 13º e mais R$ 1,6 bilhão da folha de pagamento de outubro. No total, foram pagos R$ 2,4 bilhões.

O prédio que causou a maior crise do governo Michel Temer, Le Veu, no qual o ex-ministro da Secretaria do Governo, Geddel Vieira Lima, teria comprado uma unidade, pode não ter sido pago e sim ganhado, segundo a oposição do Governo, que pede uma investigação urgente sobre a compra.

O ex-ministro da Cultura, Marcelo Calero, em seu depoimento na Polícia Federal, afirmou que além de Geddel Vieira Lima, ex-ministro da Secretaria do Governo, ele também sofreu pressão para liberação de um prédio de luxo em Salvador, o próprio presidente Michel Temer e o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha haviam pressionado a favor de Geddel. Em gravações divulgadas no Jornal Nacional, provou-se que pelo menos Padilha, não pressionou Calero, só afirmou que era para ele procurar a AGU – Advocacia Geral da União para resolver o problema.

Hora dos parceiros

Queimando o filme

Admirado

O chefe da Casa Civil do Governo do Estado, Valdir Rossoni, disse ontem no Encontro de Prefeitas e Prefeitos Eleitos do Paraná – Gestão 2017 a 2020, que é fundamental formalizar parcerias com os municípios neste momento de crise. Rossoni também destacou que o Governo do Estado vive uma nova dinâmica administrativa. “É uma transformação para agilizar as parcerias com as prefeituras”, afirmou. “O Governo Beto Richa tem uma marca do municipalismo e nós queremos intensificar este trabalho”, disse ele.

O ex-ministro da Cultura, Marcelo Calero, que pediu demissão do cargo após se dizer pressionado pelo então ministro da Secretaria do Governo, Geddel Vieira Lima, pelo ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha e pelo presidente Michel Temer, para liberação da construção de um prédio de luxo em Salvador (BA), está cada vez com o filme mais queimado por assim dizer. Depois de gravar as conversas que teve com ministros e com o próprio presidente (o que é proibido por lei), agora foi apontado também por usufuir de seu cargo para beneficio próprio. O deputado Alberto Fraga (DEM-DF), presidente da CPI da Lei Rouanet, falou que Calero lhe pediu várias vezes para que não fosse aberto a tal CPI. Segundo Fraga, ele não queria ninguém investigando os beneficiados da Lei. Além de Fraga, o ex-ministro chegou a pressionar deputados do PMDB e até de outros partidos. Fraga, que também ficou indignado com a gravação da conversa de Calero com Temer, falou que ele não tem moral nenhuma para acusar alguém: “Quem cometeu tráfico de influência? ”.

Milhares de projetos Rossoni lembra que milhares de projetos foram concretizados nas cidades paranaenses nos últimos cinco anos por conta das atitudes do governador, que não discrimina prefeitos por causa do partido político. “São mais de R$ 2,2 bilhões liberados para ações nos municípios”, afirmou.

Diga não Após o ato contra o governo Temer terminar em depredação, o GSI (Gabinete de Segurança Institucional) solicitou ao governo do Distrito Federal que fossem proibidos protestos na Esplanada. O governador Rodrigo Rollemberg negou o pedido.

Digo sim O governo argumentou que as manifestações são permitidas há muitos anos e que as gestões do PT também tentaram impedi-las. Não faria sentido mudar de posição agora. Disse ainda que conta com a colaboração dos órgãos federais para monitorar e prevenir conflitos

Na presidência O PT ficou bastante abalado depois do impeachment de Dilma Rousseff. Entre tantos políticos Lula é um dos poucos que continua com algum prestigio dentro do partido. E para evitar uma desunião, o ex-presidente cogitou em assumir provisoriamente a presidência da sigla, muitas vezes negada por ele. Nomes fortes do partido dizem que Lula é a única solução para evitar um racha interno. Os líderes do partido ainda cogitam em lançar à candidatura dele a presidência da República. Os petistas ainda têm esperança de que Lula se livrará de todas as acusações da Lava Jato.

Sem perfil Nove em cada dez analistas políticos acreditam que a política brasileira hoje, não tem identidade no Congresso Nacional. Para eles, os mais experientes estão com a credibilidade em jogo e os mais novos não tem nenhuma experiência ou liderança para conduzir o parlamento.

Outro nome Mesmo com um pedido de impeachment feito pelo PSOL, Michel Temer não desanima e acredita na sua permanência. Ele quer nomear um novo presidente para o CAE – Comissão de Assuntos Econômicos – do Senado, hoje ocupado por Gleisi Hoffamann (PT). O nome do tucano Tasso Jereissati é um dos mais fortes.

Causando terror A Polícia Militar acredita que os protestos de entidades como MST – Movimento do Sem Terra e outros, hoje não tem a intenção de protestar e sim de promover terror. Antes dos “protestos” da última terça-feira onde sete ministérios foram atacados, os manifestantes destruíram lixeiras, automóveis ao redor, e o quebra-quebra chegou até ao interior dos prédios da região. Coincidências ou não, horas antes da manifestação, carros foram saqueados próximo aos locais dos protestos.

Os investigados da operação da Lava Jato terão 30 dias de tranquilidade. O juiz Sérgio Moro sairá de férias no mês de janeiro.

Verdade

O ministro do STF – Supremo Tribunal Federal e presidente do TSE – Tribunal Superior Eleitoral, Gilmar Mendes, também tem seu fã clube. Um servidor que irá se aposentar no ano que vem, pediu educadamente uma selfie com Mendes se dizendo seu fã e querendo guardar a foto de lembrança. O ministro se sentiu lisonjeado e permitiu o registro.

Ano que vem O julgamento em que a modelo Luiza Brunet acusa o ex-companheiro Lirio Parissoto de agressão só terá seu desfecho no ano que vem. Duas testemunhas do empresário faltaram e por isso uma nova data para o comparecimento delas já foi marcada. Luiza que prestou depoimento por cerca de 25 minutos, não se encontrou com o ex-parceiro por lá. A nova audiência fica para fevereiro de 2017.

Tirando sarro O PT foi um dos partidos que mais comemorou a queda do ex-ministro Geddel Vieira Lima. Kátia Abreu fez piada da situação. “Antigamente, o castigo vinha a cavalo. Agora é por e-mail mesmo, com o céu todo informatizado e cheio de salas da situação”.

Juntos O cantor e jurado do The Voice Brasil, Lulu Santos, comemora sua parceria com o compositor e produtor musical Nelson Motta em um disco que reúne faixas compostas pelos dois durante os 35 anos de amizade. O disco será disponibilizado virtualmente e chamará Lulu & Nelsinho.

Contra a Lava Jato Na madrugada do dia 30 a Câmara aprovou emenda ao pacote contra a corrupção que inclui na legislação a possibilidade de juízes e integrantes do Ministério Público de responder por crimes de abuso de autoridade, baseado em várias condutas. A emenda foi aprovada por 313 votos. O poder judiciário acredita que a aprovação da emenda é uma tentativa de atrapalhar as investigações da Lava Jato. O texto ainda tem que ser aprovado pelo Senado e sancionado pelo presidente Michel Temer. Para o judiciário ainda existe uma esperança da emenda não ser aprovada.

Casa nova O jogador Neymar acaba de comprar uma super casa em Mangaratiba, no Rio. Lá está construindo um campo de futebol para dividir momentos de lazer com os amigos. A intenção do jogador era ter uma casa longe do assédio para merecido sossego, só que isso não será possível. Depois da prisão do ex-governador Sérgio Cabral, que também tem uma casa lá, o local está sendo alvo constante dos paparazzi.

Aprovada O primeiro escalão do STF – Supremo Tribunal Federal – aprovou em sua maioria a legalização do aborto. Para eles, a prática do aborto nos três primeiros meses de gestação não é crime. Eles acreditam que a lei irá ajudar mulheres de baixa renda que não tem condições de criar filhos. Segundo Luís Roberto Barroso a lei foi inspirada em países desenvolvidos como Estados Unidos, Alemanha, Reino Unido, Canadá, França, Itália, Espanha, Portugal e Holanda, onde se é permitido a interrupção da gestação.

Filha de peixe Não tem como fugir das raízes. Beatriz Rabello, filha de Paulinho da Viola, se entregou a música, e está lançando seu primeiro CD Bloco do Amor, onde mistura clássicos da música brasileira com músicas autorais.

Em terras estrangeiras O programa de Silvio Santos será exibido pela primeira vez fora do Brasil. Depois de anos de negociação para convencer o dono do SBT da ideia, ele será exibido pela Boom TV de Moçambique, a partir do ano que vem. A TV já exibe o Programa do Ratinho, A Praça é Nossa e outros programas do canal.

Primeira aprovação A CCJ - Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do senado aprovou o fim do foro privilegiado. Agora o projeto segue para votação do plenário, onde estará sujeito à algumas emendas. Renan Calheiros, já mandou avisar que em sua gestão o projeto não será votado de jeito nenhum. Renan permanece à frente da Casa até fevereiro do ano que vem.

Acabou Os Correios está enfrentando sua pior crise financeira e buscam alternativas para tentar reverter esse quadro. Uma das saídas foi a decisão de acabar com o e-Sedex, que é utilizado somente para entregas de comércio eletrônico. A manobra se deu por que o valor já não compensava mais. O e-Sedex tinha o mesmo valor do PAC (serviço convencional). Franqueados ficaram pavorosos com a exclusão do produto e sugeriam que o preço fosse ajustado. Para os franqueados o e-Sedex corresponde a 30% do faturamento.

O Paraná é único estado a antecipar o 13º e pagar em dia os salários dos servidores.” Beto Richa, governador.


nacional

Diário Indústria&Comércio

Curitiba, sexta-feira e sábado, 02 e 03 de dezembro de 2016 | A4

Em debate sobre abuso de autoridade, Renan diz que Lava Jato é “sagrada” Ao abrir, na quinta-feira, o debate temático no plenário do Senado sobre o Projeto de Lei 280/2016 que modifica o texto da Lei de Abuso de Autoridade (Lei 4.898/1965), o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), disse que a proposta, de sua autoria, não busca “embaçar a Lava Jato” ou intimidar juízes e procuradores. Renan afirmou considerar a Operação Lava Jato “sagrada” e que deve ser estimulada. O presidente do Senado também disse que o projeto não tem o objetivo de colocar

em risco a atividade de juízes e procuradores ou ameaçar prerrogativas que garantam a independência ao seu trabalho. “[Não é] iniciativa para embaçar a Lava Lato ou qualquer outra investigação legalmente constituída. Considero a Operação Lava Jato sagrada e ela definiu alguns avanços civilizatórios e precisa ser estimulada para que com ela e com outras que possam ser conduzidas na mesma direção, ela possa colaborar com a diminuição da impunidade no Brasil”, disse.

Fiocruz: epidemias de zika e chikungunya serão mais fortes em 2017 Ao participar na quintafeira do 2 º Seminário Dengue, Chikungunya e Zika: Desafios na Atenção à Saúde na Chikungunya, no auditório da Escola Nacional de Saúde Pública (Ensp/Fiocruz), em Manguinhos, no Rio, o diretor regional da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) no Mato Grosso do Sul, Rivaldo Venâncio, disse que epidemias das doenças zika e chikungunya, ambas transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti, serão ainda maiores no verão de 2016/2017 do que foram na última temporada. Segundo o pesquisador, que é especialista em medicina tropical, o número de casos este ano já subiu significativamente em relação ao

ano passado. “Em 2015, foram identificados 38 mil casos de zika e de chikunguya. Neste ano, o número subiu impressionantemente para 255 mil. Só o estado do Rio já teve mais de 15 mil casos da doença até o mês de outubro. Claro que durante os meses em que o calor foi menor e com menos chuvas, a velocidade da transmissão diminuiu, mas agora estamos prestes a entrar no verão. E com ele, voltam as altas temperaturas e as chuvas intensas, que são condições mais do que ideais para a proliferação da doença. Como ainda não combatemos esses vírus da maneira adequada, uma epidemia ainda maior se anuncia para os próximos meses”, disse.

crime

Polícia Federal constata vazamento do Enem Após análise de celulares apreendidos, concluiu-se que candidatos receberam fotos das provas e tiveram acesso aos gabaritos e ao tema da redação O Ministério Público Federal no Ceará (MPF/CE) informou que recebeu relatório da Polícia Federal (PF) constatando que as provas do primeiro e do segundo dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), além da prova da redação, vazaram para pelo menos dois candidatos antes do início do teste. O Enem foi aplicado nos dias 5 e 6 de novembro para 5,8 milhões de candidatos em todo o país. Em nota, o MPF diz que, em um trecho do relatório, a PF destaca que, após a análise de celulares apreendidos durante operações nos dias do exame, concluiu-se que os candidatos receberam fotografias das provas

e tiveram acesso aos gabaritos e ao tema da redação antes do início dos testes. Os estudantes tiveram acesso à “frase-código” da prova rosa, o que permitia que candidatos que deveriam fazer provas diferentes da rosa pudessem preencher o cartão de respostas de acordo com o gabarito transmitido pela quadrilha de fraudadores, não importando a cor da prova que o estudante tenha recebido no exame, já que a frase-código é o que legitima a correção conforme a cor referente à frase. PRESOS Os dois candidatos foram presos, um em Minas Gerais e outro

no Maranhão. Ambos receberam exatamente as mesmas fotografias com gabaritos das provas, porém, de intermediários diferentes, “deixando claro que a origem do vazamento é a mesma”. Quanto à prova de redação, a perícia da PF identificou que os candidatos presos iniciaram pesquisas no Google sobre o tema da redação a partir das 9h38 do dia 6 de novembro, indicando que tiveram acesso ao tema antes do início da aplicação das provas. O procurador da República Oscar Costa Filho, do MPF/CE, disse que a íntegra do relatório e peças do inquérito serão anexadas ao recurso do MPF que tramita no Tribunal Regional Federal da 5ª

Região, no Recife. Em novembro, o procurador ingressou com ação na Justiça Federal pedindo que fosse anulada a prova de redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O pedido foi negado pela Justiça, e o MPF entrou com recurso. “Uma quadrilha organizada nacionalmente teve acesso antecipado às provas. Isso compromete a lisura do exame e a própria credibilidade da logística de segurança que vem sendo aplicada”, argumenta o procurador. A Agência Brasil entrou em contato com a assessoria de imprensa da Polícia Federal, que não confirmou o conteúdo do relatório.

polêmica

Moro: Câmara aprovou “emendas da meia-noite” em projeto anticorrupção O juiz federal Sérgio Moro criticou na quinta-feira o texto-base do Projeto de Lei (PL) 4.850/16, que trata das medidas de combate a corrupção aprovado pela Câmara dos Deputados. Moro disse que na votação foram aprovadas “emendas da meianoite” que criminalizam juízes e promotores sem que houvesse

discussão ou avaliação por parte da sociedade. O texto foi aprovado na madrugada de quarta-feira e foram apresentadas 12 emendas ao projeto, que tinham sido rejeitadas pelo relator, deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS), além de 16 destaques a pontos do texto. Todos os destaques foram apro-

vados pelos deputados e a matéria seguiu para o Senado. “Não quero censurar a Câmara de maneira nenhuma, mas esse tipo de previsão no projeto da Câmara de crime de responsabilidade para juízes e promotores teria que ser objeto de um debate, de uma reflexão maior por parte do parlamento. Essas emendas

da meia-noite, que não permitem uma avaliação por parte da sociedade, um debate mais aprofundado por parte do parlamento, não são apropriadas tratando de temas assim tão sensíveis”, disse. Na opinião do juiz, do jeito que ficou o texto aprovado na Câmara, ele pode interferir na independência da magistratura.

Alugue um carro na Referência e se concentre somente na sua felicidade.

Mais acessível, mais fácil, você satisfeito.

+

Fale com um de nossos consultores e solicite sua reserva:

Disponível no

Disponível na

www.referencia.com.br AEROPORTOS: CURITIBA-PR • MARINGÁ-PR • GOIÂNIA-GO • ARACAJU-SE • CUIABÁ-MT - LOJAS: CURITIBA CENTRO-PR • SÃO PAULO-SP • SINOP-MT • SALVADOR-BA • ARAGUAÍNA-TO • LUIZ EDUARDO MAGALHÃES-BA


publicidade legal

Diário Indústria&Comércio

Curitiba, sexta-feira e sábado, 02 e 03 de dezembro de 2016 | A5 SÚMULA DE RECEBIMENTO DE LICENÇA SIMPLIFICADA TB Transportadora de Betumes Ltda., CNPJ 81.437.048/0002-44 torna público que recebeu do IAP, a Licença Simplificada para ponto de abastecimento de combustível frota própria a ser implantada á BR-376, km 352, s/n, Parque Industrial Zona Sul, PR. SÚMULA DE REQUERIMENTO DE RENOVAÇÃO DE LICENÇA SIMPLIFICADA TB Transportadora de Betumes Ltda., CNPJ 81.437.048/0002-44 torna público que irá requerer ao IAP, a Renovação de Licença Simplificada para ponto de abastecimento de combustível – frota própria implantada á BR-376, km 352, s/n, Parque Industrial Zona Sul, PR.

FOSFOREIRA BRASILEIRA S/A EDITAL DE CONVOCAÇÃO 98.º Assembléia Geral Extraordinária Ficam Convocados os Srs. Acionistas da Sociedade Anônina para se reunirem em Assembléia Geral Extraordinária na sede da empresa sita à Av. Getúlio Vargas, 264, Irati-Pr, às 10:00 hs do dia 9 de Dezembro de 2016, para deliberar e tratar os seguintes assuntos: (I) Incorporação da empresa Fobras Comercial Ltda. (II) Apresentação do Protocolo e Justificativa da Incorporação (III) Nomeação de Avaliadores do patrimônio líquido (IV) autorização para aumento do capital com o patrimônio líquido (V) autorização para os administradores realizarem os atos necessários à incorporação. Deliberar sobre outros assuntos de interesse social. Irati, 28 de Novembro de 2016.

SÚMULA DE RECEBIMENTO DE RENOVAÇÃO DA LICENÇA DE OPERAÇÃO A Mineração Tabiporã Ltda torna público que recebeu do IAP, a Renovação da Licença de Operação para Aterro Industrial Classe 1 instalada a Rodovia PR 423, km 8 em Campo Largo - Paraná, com validade até 22/12/2018.

Processo nº 161495/2016-40 - PREGÃO ELETRÔNICO Nº 177/2016

REAVISO DE LICITAÇÃO Processo nº 155703/2016-71 - PREGÃO ELETRÔNICO Nº 136/2016 Envio de propostas a partir de 02/11/2016, com abertura para lances na data de 14/12/2016, horário: 09h00min, disponível no site www.comprasgovernamentais. gov.br. Objetivo: Implantação de Pregão Eletrônico, com vigência de doze meses, para Contratação de empresa especializada na prestação de serviços de publicação de editais, comunicados e avisos da Comissão de Licitação do CHC. O objeto atenderá o Complexo do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná. Os interessados poderão obter todas as informações necessárias a respeito com a Comissão de Licitação pelo telefone (0xx41) 3360-1831. Tânia Mara Ziolkoski pregoeira.

Publique-se.

Prof. Dr. Flavio Daniel Saavedra Tomasich Superintendente do Complexo do Hospital de Clínicas da UFPR

SÚMULA DE RECEBIMENTO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO STA COMÉRCIO DE COMBUSTÍVEIS LTDA, CNPJ 05.094.101/0001-92, torna público que recebeu do IAP, a Licença de Operação para Comércio Varejista de Combustíveis e Lubrificantes, em 08/11/2012, LO 27590, válida até 08/11/2016 instalada na Rua Chile, 111, Bairro Centro, Santa Tereza do Oeste-PR.

3º OFÍCIO DE REGISTRO CIVIL E 15º TABELIONATO DE PESSOAS NATURAIS Município e Comarca de CURITIBA, Estado PARANÁ Bel. Mônica Maria Guimarães de Macedo Dalla Vecchia Registradora Designada

Acionistas Torrelavega Administração e Participações Ltda Vilmar Silveira TOTAL

Número de Ações 1.999.999

Capital Social (em R$) 1.999.999,00

Participação (%)

1 2.000.000

1,00 2.000.000,00

0,01 100

99,99

6.4. Os acionistas deliberam também que o Conselho Fiscal não atuará no primeiro exercício financeiro da Companhia; 6.5. O Conselho de Administração, por ora, não será composto, podendo vir a ser instalado a qualquer tempo e eleitos seus membros pela Assembleia Geral, com atribuições previstas em lei. 6.6. A administração da Companhia competirá à Diretoria com poderes e atribuições conferidas pela Lei e pelo Estatuto. A administração será exercida por 02 (dois) membros, residentes no país, sendo 01 (um) Diretor Presidente e 01 (um) Diretor Administrativo, eleitos pela Assembleia Geral, para mandato de 03 (três) anos, permitida a reeleição no todo ou em parte 6.7. Ficam eleitos como membros da diretoria (i) Diretor-Presidente: ALEXANDRE SILVEIRA, brasileiro, casado sob o regime de separação total de bens, empresário, portador da cédula de identidade/RG n. 5.536.052-9 SSP/PR e regularmente inscrito no CPF/MF sob o n. 581.368.431-04, residente e domiciliado em Pinhais/PR, à Rua das Gralhas, n. 53, Alphaville, CEP 83.327-154; e (ii) Diretor Administrativo-Financeiro: VILMAR SILVEIRA, brasileiro, casado sob o regime de comunhão parcial de bens, empresário, portador da cédula de identidade/RG n. 4.759.203-8/PR e regularmente inscrito no CPF/MF sob o n. 722.099.509-10, residente e domiciliado em Pinhais/ PR, à Rua dos Colibris, n. 603, Alphaville, CEP 83.327-150, os quais declaram não terem sido condenados nem estarem incursos em quaisquer crimes que os impeçam de exercer atividades mercantis, valendo a presente como declaração de desimpedimento perante o Registro de Comércio. 6.8. É de competência da Assembleia Geral a fixação do montante global remuneratório dos diretores. 6.9. Os acionistas aprovam na íntegra o projeto do Estatuto Social da Companhia, que passará a vigorar de acordo com a redação aprovada, constante do Anexo I desta Ata, o qual faz parte integrante dela para todos os fins e efeitos de direito; 6.10. Os acionistas dão por efetivamente transformada a Sociedade Empresária Limitada em Sociedade Anônima de Capital Fechado, sob a denominação social de GENESIS INVESTIMENTOS IMOBILIÁRIOS S.A., em função do cumprimento de todas as formalidades legais. 6.11. Finalmente, os acionistas autorizam a administração da Companhia a praticar todos os atos necessários para a implementação das deliberações anteriores. 7. ENCERRAMENTO: Nada mais havendo a tratar, foi lavrada, em forma de sumário, a ata referente a esta Assembleia da Sociedade ora transformada em Companhia, depois de lida, aprovada e assinada por todos os sócios da Sociedade ora transformada em Companhia, os quais passam a condição de acionistas da Companhia. ALEXANDRE SILVEIRA VILMAR SILVEIRA Presidente da Assembleia Secretário da Assembleia Sócios: TORRELAVEGA ADMINISTRAÇÃO E PARTICIPAÇÕES LTDA Rep. por seu Administrador Alexandre Silveira VILMAR SILVEIRA Visto: SAID MAHMOUD ABDUL FATTAH JR. OAB/PR 38.514 ANEXO I ESTATUTO SOCIAL CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO E PRAZO DE DURAÇÃO. Artigo 1º: GENESIS INVESTIMENTOS IMOBILIÁRIOS S.A. é uma sociedade de capital fechado, que se regerá pelo presente e pela legislação aplicável. Artigo 2º: A companhia terá sede e foro na cidade de Curitiba, Estado do Paraná, na Rua Marechal Deodoro, n. 630, 8º andar, conjunto 804, Centro, CEP 80.010010, e pode por deliberação da Assembleia Geral de Acionistas, manter e fechar filiais, escritórios, depósitos, ou agências de representação, qualquer parte do território nacional ou no exterior. Artigo 3º: A Companhia tem por tem por objeto social a administração e gestão de bens e valores próprios e participação em outras sociedades comerciais ou civis, com atividades preponderantemente não-financeiras, como controladora do capital (holding) – CNAE 6462-0/00. Parágrafo Único: Os atos reservados à competência de profissões legalmente regulamentadas serão praticados pelos diretores que preencham tal condição ou mediante contratação de terceiros detentores de inscrição no respectivo órgão fiscalizador. Artigo 4º: O prazo de duração da Companhia é indeterminado. CAPÍTULO II - DO CAPITAL SOCIAL E DAS AÇÕES Artigo 5º: O capital social inteiramente subscrito e integralizado é de R$ 2.000.000,00 (dois milhões de reais), representado por 2.000.000 (dois milhões) de ações ordinárias,

Publique-se.

Prof. Dr. Flavio Daniel Saavedra Tomasich Superintendente do Complexo do Hospital de Clínicas da UFPR

Processo nº 163859/2016-26 - PREGÃO ELETRÔNICO Nº 178/2016

AVISO DE LICITAÇÃO

Envio de propostas a partir de 02/12/2016, com abertura para lances na data de 16/12/2016, horário: 13h30min, disponível no site www.comprasgovernamentais.gov. br. Objetivo: Implantação de Pregão Eletrônico através de Sistema Registro de Preços, com vigência de doze meses, para aquisição parcelada conforme a necessidade de material descartável e de limpeza (filtro para café de papel e outros). O objeto atenderá o Complexo do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná. Os interessados poderão obter todas as informações necessárias a respeito com a Comissão de Licitação pelo telefone (0xx41) 3360-1831. Geisa Mariano Gonçalves - pregoeira.

Publique-se.

Prof. Dr. Flavio Daniel Saavedra Tomasich Superintendente do Complexo do Hospital de Clínicas da UFPR

Envio de propostas a partir de 02/12/2016, com abertura para lances na data de 15/12/2016, horário: 09h00min, disponível no site www.comprasgovernamentais.gov. br. Objetivo: Implantação de Pregão Eletrônico através de Sistema Registro de Preços, com vigência de doze meses, para aquisição parcelada conforme a necessidade de insumos laboratoriais (Agar fenil e outros). O objeto atenderá o Complexo do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná. Os interessados poderão obter todas as informações necessárias a respeito com a Comissão de Licitação pelo telefone (0xx41) 3360-1831. Marcelo Czaikowiski - pregoeiro.

Publique-se.

Prof. Dr. Flavio Daniel Saavedra Tomasich Superintendente do Complexo do Hospital de Clínicas da UFPR

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

HOSPITAL DE CLÍNICAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ

AVISO DE LICITAÇÃO Processo nº 162948/2016-55 - PREGÃO ELETRÔNICO Nº 173/2016

GENESIS INVESTIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA NIRE 41208241187 - CNPJ 23.035.719/0001-63 Assembleia Geral de Transformação de Sociedade Limitada em Sociedade Anônima Fechada, realizada em 11 de agosto de 2016 1. DATA, HORA E LOCAL: Aos 11 (onze) dias do mês de agosto de 2016, às 14h (quatorze horas), na sede de GENESIS INVESTIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA (“Sociedade”), em Curitiba/PR, à Rua Marechal Deodoro, n. 630, 8º Andar, Cj. 804, CEP 80.010-010. 2. CONVOCAÇÃO: Dispensados os trâmites legais inerentes à convocação, face à presença dos quotistas detentores da totalidade das quotas componentes do capital social da Sociedade, nos termos do artigo 1.072, §2º, do Código Civil. 3. PRESENÇAS: Quotistas representando a totalidade do capital social da Sociedade, a saber: a) TORRELAVEGA ADMINISTRAÇÃO E PARTICIPAÇÕES LTDA (CNPJ/MF 23.033.360/0001-95); e b) VILMAR SILVEIRA (CPF n. 722.099.50910). 4. MESA: Assumiu a presidência dos trabalhos ALEXANDRE SILVEIRA, que convidou a mim, VILMAR SILVEIRA para secretariar os trabalhos; 5. ORDEM DO DIA: Deliberação sobre (i) a transformação, independentemente de dissolução ou liquidação, da Sociedade Empresária Limitada em Sociedade Anônima de Capital Fechado, nos termos da Lei n. 6.404/1975; (ii) a minuta do Estatuto Social que regerá a Companhia; e (iii) a conversão das quotas componentes do capital social da Sociedade em ações componentes do capital social da Companhia. 6. DELIBERAÇÕES: Examinada e discutida a matéria, os sócios quotistas aprovaram, por unanimidade, os seguintes pontos: 6.1. Transformar a Sociedade Empresária Limitada GENESIS INVESTIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA em Sociedade Anônima de Capital Fechado, na forma da Lei n. 6.404/1975, independentemente de dissolução ou liquidação, permanecendo em vigor todos os direitos e todas as obrigações sociais, o mesmo patrimônio, o mesmo objeto social e a mesma escrituração comercial e fiscal; 6.2. Alterar a denominação social da Sociedade para GENESIS INVESTIMENTOS IMOBILIÁRIOS S.A., que responderá, para todos os fins de direito, por todo o ativo e todo o passivo da Sociedade transformada em Companhia; 6.3. Por ocasião da transformação deliberada, aprovar a manutenção da cifra do capital social da Sociedade, no valor de R$ 2.000.000,00 (dois milhões de reais), totalmente subscrito e integralizado, que passará a ser representado por 2.000.000 (dois milhões) de ações ordinárias, todas nominativas e sem valor nominal, recebendo os acionistas uma ação ordinária para cada quota detida anteriormente, na seguinte proporção:

AVISO DE LICITAÇÃO

HOSPITAL DE CLÍNICAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ

  Faço saber que pretendem se casar:   01- RAFAEL CARLOS DE OLIVEIRA e JULIANA APARECIDA RIBEIRO.   Se alguém souber de algum impedimento, oponha-o na forma da lei no prazo de 15 (quinze) dias. CURITIba, 01 DE DEZEMBRO de 2016

CESBE PARTICIPAÇÕES S.A. CNPJ/MF Nº 09.438.590/0001-03 ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA EDITAL DE CONVOCAÇÃO Pelo presente Edital ficam convocados os Senhores Acionistas desta empresa para se reunirem em Assembleia Geral Extraordinária, a ser realizada no dia 08 de dezembro de 2016, em primeira convocação às 10h00, e em segunda convocação às 10h30, em sua Sede Social, sita à Rua João Negrão, 2226, 1º andar, nesta Capital, com a seguinte Ordem do Dia: a) Destinação de ações em Tesouraria; b) Deliberação sobre o pagamento de Juros Sobre o Capital Próprio; c) Outros assuntos de interesse social. Curitiba, 25 de novembro de 2016. CARLOS DE LOYOLA E SILVA Diretor Presidente

Envio de propostas a partir de 02/12/2016, com abertura para lances na data de 16/12/2016, horário: 09h00min, disponível no site www.comprasgovernamentais.gov. br. Objetivo: Implantação de Pregão Eletrônico através de Sistema Registro de Preços, com vigência de doze meses, para aquisição parcelada conforme a necessidade de insumos de higiene (água sanitária solução aquosa e outros). O objeto atenderá o Complexo do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná. Os interessados poderão obter todas as informações necessárias a respeito com a Comissão de Licitação pelo telefone (0xx41) 3360-1831. Marcelo Czaikowiski - pregoeiro.

HOSPITAL DE CLÍNICAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ

Processo nº 160863/2016-32 - PREGÃO ELETRÔNICO Nº 164/2016

SÚMULA DE REQUERIMENTO DE RENOVAÇÃO DA LICENÇA DE OPERAÇÃO STA COMÉRCIO DE COMBUSTÍVEIS LTDA, CNPJ 05.094.101/0001-92 torna público que irá requerer ao IAP, a Renovação da Licença de Operação para Comércio Varejista de Combustíveis e Lubrificantes, instalada na Rua Chile, 111, Bairro Centro, Santa Tereza do Oeste-PR.

HOSPITAL DE CLÍNICAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ

AVISO DE LICITAÇÃO HOSPITAL DE CLÍNICAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ

SÚMULA DE REQUERIMENTO DE LICENÇA PRÉVIA MORRO REDONDO CONSTRUÇÃO E ADM DE OBRAS LTDA - ME, CNPJ 04.727.865/0001-05 torna público que irá requerer ao IAP, a Licença Prévia para comércio, transporte, transbordo e armazenamento de explosivos a ser implantada à Estrada da Guaricana, 3000, bairro Contenda, São José dos Pinhais, PR.

SÚMULA DE REQUERIMENTO DE RENOVAÇÃO DA LICENÇA DE OPERAÇÃO SERRARIA ENTRE ILHAS torna público que irá requerer à Secretaria Municipal do Meio Ambiente de CURITIBA - PR, a Renovação da Licença de Operação para serraria com desdobramento de madeira instalada à Rua Manoel Miguel Alves Filho no 530, no município de Curitiba/PR.

Envio de propostas a partir de 02/12/2016, com abertura para lances na data de 15/12/2016, horário: 09h00min, disponível no site www.comprasgovernamentais. gov.br. Objetivo: Implantação de Pregão Eletrônico através de Sistema Registro de Preços, com vigência de doze meses, para aquisição parcelada conforme a necessidade de equipamentos hidráulicos e elétricos (bombas, motores e outros). O objeto atenderá o Complexo do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná. Os interessados poderão obter todas as informações necessárias a respeito com a Comissão de Licitação pelo telefone (0xx41) 3360-1831. Izabel Cristina Rodrigues pregoeira.

01) Analise discussão e votação Balanço financeiro, exercício 2015, com o parecer do conselho fiscal. 02) Analise discussão e votação Previsão orçamentária exercício 2017. Curitiba, 01 de dezembro de 2016.

Publique-se.

Prof. Dr. Flavio Daniel Saavedra Tomasich Superintendente do Complexo do Hospital de Clínicas da UFPR

todas nominativas e sem valor nominal. Parágrafo Único: A cada ação ordinária corresponderá um voto nas deliberações das Assembleias Gerais dos acionistas. Artigo 6º: A Assembleia Geral tem poderes para decidir todos os negócios relativos ao objeto da companhia e tomar as resoluções que julgar convenientes à sua defesa. Artigo 7º: A Assembleia Geral Ordinária reunir-se-á dentro dos quatro primeiros meses seguintes ao término do exercício social, cabendo-lhe decidir sobre as matérias de sua competência previstas em lei. Artigo 8º: A Assembleia Extraordinária reunir-se-á sempre que os interesses sociais o exigirem, mediante o pronunciamento dos acionistas e nos casos previstos em lei e nesse estatuto. Parágrafo Único: Compete à Assembleia Geral: I – Fixar orientação geral dos negócios da Companhia, aprovando as diretrizes políticas e objetivos básicos, para todas as áreas principais de atuação da Companhia e de suas controladas; II – Aprovar os planos de trabalhos e orçamentos anuais, os planos de investimentos e os novos programas de expansão da Companhia e de suas controladas; III – Eleger e destituir, os Diretores da companhia e fixar-lhes as atribuições; IV – Fiscalizar a gestão dos Diretores, examinar a qualquer tempo, os livros e papéis da Companhia, solicitar informações sobre contratos celebrados ou em via de celebração, e sobre quaisquer outros atos; V – Fixar a remuneração global anual dos diretores; VI – Atribuir os Diretores parcela de participação nos lucros apurados em balanços levantados pela Companhia, inclusive intermediários, respeitando as limitações e disposições estatuárias e legais; VII – Manifestar-se sobre o relatório e as contas da Diretoria, e autorizar a distribuição de dividendos intermediários com base em resultados apurados em balanço intermediário do exercício em curso; VIII – Fixar o voto a ser dado pelo representante da companhia nas Assembleias Gerais e reuniões das sociedades em que participe como acionistas e aprovar previamente as alterações do contrato social das sociedades em que a Companhia participa como cotista, inclusive aprovando a escolha dos administradores de sociedades controladas ou coligadas a serem eleitos com os votos da Companhia; IX – Autorizar a aquisição a alienação, a qualquer título, de bens imóveis; X – Autorizar a participação da companhia no capital de outras sociedades; XI – Autorizar a aquisição, alienação ou oneração de bens do ativo permanente com valor superior a R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais). XII – Autorizar a celebração de quaisquer contratos de empréstimos, financiamentos, emissão de títulos da dívida ou assunção de quaisquer obrigações perante instituições financeiras e/ou terceiros-investidores, cujo valor do negócio jurídico seja em valor superior a R$ 500.000,00 (quinhentos mil reais) por operação e/ou no conjunto das operações ultrapasse o limite global de R$ 1.500.000,00 (um milhão e quinhentos mil reais) por exercício social. XIII – Autorizar a recompra, amortização e ou resgate de ações, emissão de debêntures, bônus de subscrição ou partes beneficiárias pela Companhia, prestação de fiança, aval ou outra garantia a favor de terceiros ou de empresas, direita ou indiretamente coligada, controlada ou associada a esta Companhia; XIV – Autorizar a alteração do Estatuto Social, dissolução, transformação, fusão, cisão ou incorporação; XV – Estipular e determinar os critérios gerais de remuneração e política de benefícios (benefícios indiretos, participação no lucro e nas vendas) da Diretoria e dos empregados em geral da sociedade em que a Companhia houver efetuado investimento ou das companhias controladas, diretas ou indiretamente, pela Companhia, ou coligadas ou as suas controladas. XVI – Autorizar a participação das sociedades em que a Companhia houver efetuado investimento ou das companhias controladas, direita ou indiretamente, pela Companhia, ou a elas coligadas, em novas atividades e negócios. XVII – Autorizar quaisquer negócios ou contratos entre a Companhia e seus administradores (e os sócios, direta ou indiretamente, dos acionistas da Companhia), suas controladas ou controladoras ou controladas de suas controladoras, qualquer que seja o valor, ou autorização da celebração dos contratos que não atendam a essas condições; XVIII – Autorizar a celebração de quaisquer contratos de longo prazo, entre a Companhia e seus clientes, fornecedores, prestadores de serviços e outras entidades com que mantenha relacionamento comercial, ou suas prorrogações, cujo valor global seja superior a R$ 100.000,00 (cem mil reais). XIX – Decisões relativas à política de investimentos e/ou à estrutura de capital da Companhia e das sociedades em que Companhia houver efetuado investimento ou das companhias controladas, direta ou indiretamente pela Companhia, ou coligadas a suas controladas. XX – Aprovação dos negócios e deliberações referidas neste artigo pelas controladas da Companhia ou sociedade a elas coligadas; XXI – Autorização de quaisquer investimentos em negócios estranhos ao objeto social, inclusive através de consórcios ou sociedade em conta de participação. Artigo 9º - A convocação da Assembleia Geral compete à Diretoria e será instalada e presidida pelo Diretor Presidente, ou acionista por ele convidado, ou, ainda por acionista designado por aclamação dos presentes. Artigo 10 – As deliberações da Assembleia Geral Ordinária e Extraordinária serão tomadas, sem exceção, pela maioria simples do capital votante. Artigo 11 – A Companhia será administrada por uma Diretoria, na forma prevista em lei e neste Estatuto. Parágrafo Único: A Assembleia Geral fixará o montante global da remuneração dos administradores, cuja distribuição interna se fará pelos Diretores, em atenção aos critérios fixados no caput do artigo 152 da Lei n. 6.404/76. Artigo 12 – A Diretoria será por composta por 01 (um) Diretor Presidente e 01 Diretor Administrativo, acionistas ou não, residentes no País, eleitos pela Assembleia Geral e por ela destituíveis a qualquer tempo, com mandato de 3 (três) anos, permitida a reeleição. § 1º - Ocorrendo vacância no cargo de Diretor, ou impedimento do titular, caberá à Assembleia Geral eleger novo Diretor ou designar o substituto, fixando em qualquer dos casos, o prazo da gestão e os respectivos vencimentos. § 2º - Compete à Diretoria exercer atribuições que a Lei e o Estatuto Social lhe conferirem para a prática dos atos necessários ao funcionamento regular da Companhia. § 3º - Os mandatos serão sempre assinados exclusivamente pelo Diretor Presidente e outorgados para fins específicos e por prazo determinado, não excedente a dois anos, salvo os que contemplarem os poderes da cláusula ad judicia. § 4º – A Diretoria poderá, ainda, designar um dos seus membros para representar a companhia em atos e operações no país ou no exterior, ou constituir um procurador apenas para a prática de ato específico, devendo a ata que contiver a resolução da Diretoria ser arquivada na Junta Comercial se necessário. § 5º - A Diretoria reunir-se-á sempre que necessário, sendo que a convocação cabe ao Diretor Presidente, que também presidirá a reunião. § 6º - A reunião instalar-se-á com a presença dos Diretores que representem a maioria dos membros da Diretoria. § 7º - As atas das reuniões com deliberações da Diretoria serão registradas em livros próprios. Artigo 13 – Compete à Diretoria: I Cumprir as disposições deste Estatuto e as deliberações da Assembleia Geral; II Assegurar o bom andamento dos negócios sociais, praticando todos os atos necessários à realização dos objetivos da Companhia, observando, quando for o caso, a necessidade de autorização prévia da Assembleia Geral; III – Celebrar contratos de qualquer natureza entre a Companhia e seus fornecedores, prestadores de serviços e outras entidades com que mantenha relacionamento comercial, ou suas prorrogações cujo valor global não ultrapasse R$ 100.000,00 (cem mil reais). IV – Celebrar quaisquer contratos de empréstimos, financiamentos, emissão de títulos da dívida ou assunção de quaisquer obrigações perante instituições financeiras e/ou terceiros-investidores, que não ultrapasse o valor de R$ 500.000,00 (quinhentos mil reais) por operação e no conjunto das operações respeite o limite global de R$ 1.500.000,00 (um milhão e quinhentos mil reais) por exercício social. V - Submeter à Assembleia Geral a prática de qualquer ato que, nos termos deste Estatuto, dependa de prévia autorização daquele órgão; VI - Aprovar o quadro de pessoal da Companhia, estabelecendo o regime de cargos e salários, a remuneração fixa e variável dos empregados e a política de benefícios aplicável, observando políticas, diretrizes e procedimentos aprovados pela Assembleia Geral; VII - Elaborar, ao final de cada exercício social, as demonstrações financeiras e o Relatório Anual da Administração, submetendo-os, acompanhado do parecer dos auditores independentes, conforme o caso, à Assembleia Geral; VIII Submeter o Orçamento anual da Companhia anualmente à Assembleia Geral,

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Papel, Papelão, Celulose, Pasta de Madeira para Papel, Artefatos de Papel e Papelão, Papel Higiênico, Cortiça e Transformação de Papel de Curitiba e Estado do Paraná, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas de conformidades com os estatutos, convoca os trabalhadores associados desta Entidade Sindical. Para participarem da Assembléia Geral Ordinária, a ser realizado dia 09 de dezembro de 2016, às 14h00min em primeira convocação com numero legal de presente, e às 14h30min em segunda convocação com qualquer número de presentes, na sede do sindicato, sito a Rua Amintas de Barros nº 593 nesta capital, para tratar sobre as seguintes ordens do dia:

Agenor de Oliveira Neto Presidente.

executando o Orçamento aprovado; IX - Decidir sobre quaisquer assuntos não previstos neste Estatuto e que não sejam da competência privativa da Assembleia Geral; X - Outorgar mandatos para a prática de atos de sua competência, respeitadas as disposições deste Estatuto; e XI - Nos limites de suas atribuições e poderes, constituir mandatários da Companhia, nos termos do Artigo 12, §3º deste Estatuto. Parágrafo único: É vedado à Diretoria avalizar títulos, prestar fianças e avais ou assumir compromissos estranhos aos objetivos sociais da Companhia. Artigo 14 – Compete ao Diretor Presidente: I - Submeter à aprovação da Assembleia Geral os planos de trabalhos e orçamentos anuais, os planos de investimentos e novos programas de expansão da Companhia e de suas controladas, promovendo a sua execução nos termos aprovados anuais aprovados pelos acionistas; II – Formular estratégias e diretrizes operacionais da Companhia, bem como estabelecer critérios para a execução das deliberações da Assembleia Geral, com a participação dos demais Diretores; III – exercer a supervisão de todas as atividades da Companhia; IV – Coordenar e superintender as atividades da Diretoria, convocando e presidindo as suas reuniões; V - Zelar para que as demonstrações financeiras e os relatórios da Diretoria sejam tempestivamente elaborados e encaminhados aos órgãos competentes para apreciá-las e aprova-las; VI – Exercer as demais atribuições conferidas pela Assembleia Geral. Artigo 15 - Compete ao Diretor Administrativo: I – coordenar as ações para implementação, supervisão e manutenção de controles internos, necessários ao bom funcionamento da Companhia; II – desenvolver políticas voltadas para o planejamento administrativo, financeiro, contábil e de recursos humanos da Companhia e de suas controladas; III – coordenar a captação de recursos, a contratação e renegociação de financiamentos para a Companhia e suas controladas, submetendo tais operações à prévia aprovação da Diretoria e da Assembleia Geral, quando for o caso, nos termos deste Estatuto; IV – avaliar e encaminhar para decisão da Diretoria e da Assembleia Geral, a prestação de garantias pela Companhia e suas controladas; V – estruturar os recursos financeiros para novos negócios e investimentos pela Companhia, conforme a orientação da Diretoria e da Assembleia Geral; VI – elaborar e propor à Diretoria o Orçamento Anual e o Plano Anual Estratégico e de Negócios da Companhia; VII – administrar as áreas administrativa e financeira da Companhia; VIII – coordenar a contratação de seguros e garantias para a Companhia e suas controladas; IX – coordenar a execução do Plano de Negócios da Companhia aprovado pelos acionistas Artigo 16 – Todos e quaisquer atos que implicarem responsabilidade ou gerarem obrigações para a Companhia, ou dispensarem obrigações de terceiros para com ela, somente serão válidos se contiverem: I – A assinatura conjunta de dois membros da Diretoria; II – A assinatura conjunta de um membro da Diretoria e de um procurador da Companhia, nomeado exclusivamente pelo Diretor Presidente; III – A assinatura conjunta de dois procuradores da Companhia, sendo ambos nomeados exclusivamente pelo Diretor Presidente; IV – A Companhia será representada isoladamente por quaisquer membros da Diretoria, sem as formalidades previstas acima, quando: a) do recebimento de citações ou notificações judiciais; b) da prestação de depoimento pessoal em nome da Companhia; c) da atuação junto a instituições financeiras, sejam elas bancárias, cooperativas de crédito ou caixas econômicas, para abertura ou encerramento, bem como, a movimentação de contas de quaisquer tipos – correntes, poupança, aplicação, etc. d) da atuação junto a todo e qualquer órgão federal, estadual, municipal e cartórios de qualquer natureza. CAPÍTULO V – DO CONSELhO FISCAL Artigo 17 – A Companhia poderá ter um Conselho Fiscal, composto de 3 (três) membros efetivos e 3 (três) suplentes, não tendo caráter permanente, o qual só será eleito e instalado pela Assembleia Geral a pedido de acionistas, nos casos previstos em lei. Artigo 18 – O funcionamento do Conselho Fiscal terminará na primeira Assembleia Geral Ordinária após a sua instalação, podendo os seus membros serem reeleitos. Artigo 19 – A remuneração dos membros do Conselho Fiscal será fixada pela Assembleia Geral que os eleger. CAPÍTULO VI – DO EXERCÍCIO SOCIAL, BALANÇO E RESULTADOS Artigo 20 - O exercício social terá a duração de um ano, e terminará no último dia do mês de dezembro de cada ano. Artigo 21 – Ao fim de cada exercício social serão elaborados, com base na escrituração mercantil da Companhia, as demonstrações financeiras, consubstanciadas no balanço patrimonial, demonstração dos lucros ou prejuízos, acumulados, demonstração do resultado do exercício e demonstração do fluxo caixa, simultaneamente em moeda corrente nacional. § 1º - A Diretoria poderá determinar o levantamento de balanço semestral ou, respeitados os preceitos legais, em períodos menores, e aprovar a distribuição de dividendos em com base nos lucros apurados. § 2º - A qualquer tempo, a Diretoria também poderá deliberar a distribuição de dividendos intermediários, a conta de lucros acumulados ou de reservas de lucros existentes no último balanço anual ou semestral. Artigo 22 – Do resultado do exercício serão deduzidos, antes de qualquer participação, eventuais prejuízos acumulados e a provisão para o imposto de renda. § 1º - Sobre o lucro remanescente apurado na forma de caput deste artigo será calculada a participação estatutária dos administradores, até o limite máximo legal. § 2º - O lucro líquido do exercício, obtido após a dedução de que trata o parágrafo anterior, destinar-se-á: a) 5% (cinco por cento) para reserva legal até atingir 20% (vinte por cento) do Capital Social integralizado; b) do saldo do lucro líquido do exercício, obtido após a dedução de que trata o parágrafo anterior e ajustado na forma do artigo 202 da lei nº 6.404/76, destinar-se-ão 25% (vinte e cinco por cento) para pagamento de dividendo obrigatório a todos os seus acionistas. § 3º - Atendida a distribuição prevista no parágrafo anterior, o saldo, por proposta da Diretoria e aprovação da Assembleia Geral, será destinado a uma reserva suplementar para a apropriação futura ao Capital Social ou a reserva para expansão dos negócios sociais. CAPÍTULO VII – DA LIQUIDAÇÃO Artigo 23 - A sociedade entrará em liquidação nos casos previstos em Lei, ou, em virtude de deliberação da Assembleia Geral, e se extinguirá pelo encerramento da liquidação Parágrafo Único: A Assembleia Geral nomeará o liquidante, fixando seus honorários e deliberará sobre a forma da liquidação. CAPÍTULO VIII – DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Artigo 24 – A Companhia observará os acordos de acionistas registrados na forma do artigo 118 da Lei n. 6.404/76, cabendo à respectiva administração abster-se: de registrar transferências de ações contrárias aos respectivos termos, e ao Presidente da Assembleia Geral de computar votos lançados contra os mesmos acordos. Artigo 25 – Os casos omissos e as hipóteses não previstas no Estatuto regem-se pelas disposições legais vigentes. ******* Certificamos que o texto acima reflete o Estatuto Social consolidado de GENESIS INVESTIMENTOS IMOBILIÁRIOS S.A., aprovado em Assembleia Geral de Transformação de Sociedade Limitada em Sociedade Anônima Fechada, realizada em 11 de agosto de 2016. TORRELAVEGA ADMINISTRAÇÃO E PARTICIPAÇÕES LTDA Rep. por seu Administrador Alexandre Silveira VILMAR SILVEIRA Visto: SAID MAHMOUD ABDUL FATTAH JR. OAB/PR 38.514 Registrada na Junta Comercial do Estado do Paraná sob nº 20166300071 em 13/10/2016.

SÚMULA DE RECEBIMENTO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO TRAMONTIN & GARCIA LTDA, CNPJ 77.259.380/0001-08, torna público que recebeu do IAP, a Licença de Operação para Posto de Abastecimento e Serviços, em 26/12/2012, LO 16723, válida até 26/12/2016, instalada na Rua Rui Barbosa, 1348, Bairro Centro, Santo Antônio da Platina-PR. SÚMULA DE REQUERIMENTO DE RENOVAÇÃO DA LICENÇA DE OPERAÇÃO TRAMONTIN & GARCIA LTDA, CNPJ 77.259.380/0001-08 torna público que irá requerer ao IAP, a Renovação da Licença de Operação para Posto de Abastecimento e Serviços instalada na Rua Rui Barbosa, 1348, Bairro Centro, Santo Antônio da Platina-PR. SÚMULA DO PEDIDO DA LICENÇA DE OPERAÇÃO A INNPLAST INDÚSTRIA PLÁSTICA LTDA ME, inscrita no CNPJ sob n. 05.761.896/000145 torna público que requereu à Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Curitiba - SMMA a Licença de Operação, para fabricação de embalagens de material plástico, situada à R Carlos Essenfelder, 246, Hauer, em Curitiba-PR.

SÚMULA DE REQUERIMENTO DE LICENÇA DE INSTALAÇÃO MAURO DE MELO SENGES - ME torna público que irá requerer ao IAP, a Licença de Instalação para serraria com desdobramento de madeira e comércio varejista de madeira e artefatos, a ser implantada à Rua Lote 01 sala 02 no bairro Distrito Industrial III, no município de Sengés/PR. SÚMULA DE REQUERIMENTO DE RENOVAÇÃO DA LICENÇA DE OPERAÇÃO FORTE SUL EQUIPS P/ CONSTRUÇÃO LTDA, CNPJ/ MF nº 07.772.531/0001-41 torna público que irá requerer à Secretaria Municipal do Meio Ambiente de CURITIBA-PR, a Renovação da Licença de Operação para fabricação de esquadrias de metal;Serv.de trat. e revest.em metais;Serv. de usinagem,tornearia e solda; Transp.rodoviário de carga, exceto prod.perigosos e mudanças intermunicipal,interestadual e internacional instalada a Rua Santa Madalena Sofia Barat, 394, Bairro Alto, CEP: 82.820-490 Curitiba - Paraná..


publicidade legal SUMULA DE REQUERIMENTO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO INSTITUTO DE OFTALMOLOGIA DE CURITIBA LTDA torna público que requereu da Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Curitiba a Licença de Operação – LO – para a prestação de serviço médico-cirúrgico-hospitalares nas especialidades oftalmológicas, situado a Rua Brigadeiro Franco, 2848, Bairro Agua Verde, Curitiba – Paraná, CEP 80.250-042.

ESTRADA DE FERRO PARANÁ OESTE S.A. AVISO DE LICITAÇÃO – PREGÃO ELETRÔNICO Nº 68/2016 Objeto: contratação de empresa especializada para recuperação de motor GM D 31, N° 61B25, conforme Edital, em especial no Anexo I - Termo de Referência.Menor preço do lote.Preço máximo global: R$ 24.492,00.Recebimento das propostas 14/12/2016 às 08:30h. Abertura às 09:00h do mesmo dia.Dotação: Recursos Próprios.Edital: www.ferroeste.pr.gov.br e www.licitações-e.com.br.Curitiba, 29/11/16. AVISO DE LICITAÇÃO – PREGÃO ELETRÔNICO Nº 69/2016 Objeto: aquisição de peças de locomotivas G12 e CAF EMAQ MX 620, divididos em 05 lotes conforme Edital, em especial no Anexo I - Termo de Referência.enor preço por lote.Preço máximo global: R$ 39.905,25. Recebimento das propostas 14/12/2016 às 13:30h. Abertura às 14:00h do mesmo dia. Dotação: Recursos Próprios. Edital: www.ferroeste.pr.gov.br e www.licitações-e.com.br.Curitiba, 29/11/16. AVISO DE LICITAÇÃO – PREGÃO ELETRÔNICO Nº 70/2016 Objeto: aquisição de peças de locomotivas G12 e CAF EMAQ MX 620, divididos em 06 lotes conforme Edital, em especial no Anexo I - Termo de Referência. Menor preço por lote.Preço máximo global: R$ 40.319,00.Recebimento das propostas 15/12/2016 às 08:30h. Abertura às 09:00h do mesmo dia. Dotação: Recursos Próprios. Edital: www.ferroeste.pr.gov.br e www.licitações-e.com.br.Curitiba, 29/11/16. RESULTADO E HOMOLOGAÇÃO DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 62/2016- Objeto: aquisição de válvulas de 60 e 10 PSI e de motor limpador 40º de MX 620 e GM G12, divididos em 02 lotes, conforme Edital. Resultado: Vencedor - Lote 01 R$8.472,00 – GMO INDUSTRIA E COMERCIO LTDA – CNPJ 60.028.503/0001-05 – LOTE 02 R$14.140,00 A.C CORREA & CIA LTDA – CNPJ 43.103.126/0001-02. PREGÃO ELETRÔNICO Nº 56/2016-Objeto: aquisição de peças para locomotivas MX 620 e GM G-12 e vagões, 06 lotes, conforme Edital. Resultado: DESERTO – LOTE 06.Curitiba, 29/11/16.

INVERNADINHA AGROPECUÁRIA LTDA NIRE: 41200268370 CNPJ: 75.577.742/0001-83 EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE REUNIÃO DE SÓCIOS Ficam convocados os sócios desta sociedade a se reunirem em Reunião de Quotistas no dia 08.12.2016, às 09h00m, a ser realizada para maior comodidade dos sócios na Sala Centro Europeu, localizada na praça Osório, 61, Hotel Centro Europeu Tourist – Centro – Curitiba-PR, para deliberar a respeito da seguinte ordem do dia: 1. Regularização do quadro societário em decorrência de integralização de quotas realizada no passado pelo então sócio Julio Hyczy da Costa. 2. Alteração do objeto social para as atividades de compra, venda, administração e locação de imóveis próprios. 3. Discussão sobre a administração da sociedade face ao seu novo propósito. 4. Alteração do contrato social para que a venda de imóveis da sociedade seja previamente autorizada em reunião de sócios mediante aprovação de titulares da maioria do capital social. 5. Autorização para oferta à venda do imóvel da Fazenda Invernadinha em Arapoti. Curitiba, 30 de novembro de 2016. Maria Aparecida Hyczy da Costa Sócia-administradora

YBACOBY PARTICIPAÇÕES E ADMINISTRAÇÃO S/A NIRE Nº 41300070458 CNPJ Nº 03.571.558/0001-15 ATA DA VIGÉSIMA OITAVA ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA REALIZADA EM 16 DE AGOSTO DE 2.016 01.FORMA: Lavrada nos termos do parágrafo primeiro do art. 130, da Lei 6.404/76. 02.DATA, HORA E LOCAL: 16.08.2016, às 10:00 horas, à Avenida Paraná, 2265, Bairro Boa Vista, em Curitiba, Paraná, CEP: 82.510-000. 03.PUBLICAÇÕES: Dispensadas, de acordo com o 100,0000% do capital social, conforme Livro de Presença de Acionistas. 05.COMPOSIÇÃO DA MESA: Presidente da Mesa MARCO ANTONIO GULIN e Secretária MARIA CELI GULIN. 06.ORDEM DO DIA: a) Aprovação e votação da redução do capital social, alteração do Artigo Quinto do Estatuto Social e a consequente emissão do Boletim de Ações (ANEXO I). 07.DELIBERAÇÕES: Dando início aos trabalhos o Presidente da Mesa, determinou a mim Secretária, que procedesse a leitura dos documentos a que se refere a letra “a”, e como é do conhecimento de todos é conveniente a redução do capital social de R$ 43.246.608,55 (quarenta e três milhões, duzentos e quarenta e seis mil, seiscentos e oito reais e cinquenta e cinco centavos) para R$ 26.419.128,10 (vinte e seis milhões, quatrocentos e dezenove mil, cento e vinte e oito reais e dez centavos) dividido em 2.641.912.810 (dois bilhões, seiscentos e quarenta e um milhões, novecentos e doze mil, oitocentos e dez) ações de R$ 0,01 (um centavo de real) cada uma, sendo que a redução de R$ 16.827.480,45 (dezesseis milhões, oitocentos e vinte e sete mil, quatrocentos e oitenta reais e quarenta e cinco centavos) será quitada mediante a transferência de créditos contabilizados a receber, proporcionalmente para todos os sócios. Uma vez aprovada a presente proposição, o Artigo 5º do Estatuto Social, passará a viger com seguinte redação: - ARTIGO 5º - O Capital Social é de R$ 26.419.128,10 (vinte e seis milhões, quatrocentos e dezenove mil, cento e vinte e oito reais e dez centavos) dividido em 2.641.912.810 (dois bilhões, seiscentos e quarenta e um milhões, novecentos e doze mil, oitocentos e dez) ações ordinárias nominativas de R$ 0,01 (um centavo de real) cada uma. Submetido o assunto à discussão e votação, foi o mesmo aprovado por unanimidade, na forma proposta, inclusive a nova redação do Artigo 5º, do Estatuto Social e a consequente emissão do novo Boletim de Ações (ANEXO I). Matéria esta que colocada em votação, foi aprovada por unanimidade dos acionistas presentes. 08.QUORUM DELIBERATIVO: Todas as deliberações foram aprovadas pela unanimidade dos acionistas presentes. 09.ENCERRAMENTO: Foram suspensos os trabalhos até a lavratura da presente, que lida e achada conforme foi por todos os presentes assinada. 10.ACIONISTAS PRESENTES: DIATHEKE PARTICIPAÇÕES S/A (Luiz Norberto Gulin – Diretor Presidente), MARCO ANTONIO GULIN, DANTE JOSÉ GULIN, MARI NELY GULIN DE CARVALHO E SILVA, MARIA CELI GULIN e LUCIEN ARAÚJO RIBAS. 11.CERTIDÃO: Certifico que a presente ata é cópia fiel da ata lavrada no livro de Registro de Atas de Assembléias nº 02 da companhia. Curitiba/PR, 16 de agosto de 2016. MARCO ANTONIO GULIN MARIA CELI GULIN Presidente da Mesa Secretária Registrada na Junta Comercial do Estado do Paraná sob nº 20166416363 em 22/11/2016.

JAMAG ADMINISTRAÇÃO E PARTICIPAÇÕES S/A NIRE Nº 41300021902 CNPJ Nº 06.058.844/0001-70 ATA DA DÉCIMA QUINTA ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA E ATA DA DÉCIMA SEXTA ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA REALIZADAS EM 13 DE JULHO DE 2016 01.FORMA: Lavrada nos termos do parágrafo primeiro do art. 130, da Lei 6.404/76. 02.DATA, HORA E LOCAL: 13.07.2016, às 9:00 horas, na sede social, na Rua Dr. Manoel Pedro Nº 807, Bairro Cabral, em Curitiba – PR. 03.PUBLICAÇÕES: Dispensadas, de acordo com o disposto no art. 124, parágrafo quarto, da Lei 6.404/76, e convocação feita através de Carta Convite endereçada a todos os acionistas em 10 de outubro de 2014. 04.PRESENÇA: Sócios representando 100% (cem por cento) do capital social, conforme assinaturas constantes no Livro de Presença de sócios e apresentadas no final desta Ata. 05.COMPOSIÇÃO DA MESA: Presidente Sr. ACIR ANTONIO GULIN e Secretária Sra. JUÇARA MARIA BUSNARDO GULIN. 06.ORDEM DO DIAEM ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA: a) Apreciação, discussão e votação do Relatório da Diretoria e Balanço Geral referente ao exercício encerrado em 31.12.2.015. b) Consolidação do Estatuto Social. 07.DELIBERAÇÕES: Dando início aos trabalhos o Sr. Presidente determinou a mim Secretária, que procedesse a leitura dos documentos a que se refere a letra “a”, da Ordem do Dia da Carta Convite, publicado no Diário Oficial do Estado do Paraná, no dia 08 de julho de 2016, à página 51, e no Jornal da Indústria e Comércio de Curitiba no dia 14 de junho de 2016, à página A8. Concluída a leitura, o Sr. Presidente, dando prosseguimento aos trabalhos, fez rápidos esclarecimentos sobre os assuntos em exame, recomendando a assembléia a aprovação do Balanço Patrimonial e das Demonstrações referente ao exercício encerrado em 31/12/2.015. Após considerações, o Sr. Presidente colocou em votação os documentos e a proposição referente aos resultados, matéria esta, toda constante da letra “a”, da Ordem do Dia, a qual foi aprovada por unanimidade de votos sem reservas ou restrições. 08.ORDEM DO DIAEM ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA: a) Consolidação do Estatuto Social. 09.DELIBERAÇÕES: Passando a discutir a letra “a” da Ordem do Dia, disse o senhor presidente da mesa da necessidade da Consolidação Estatutária para uma melhor tramitação de documentos junto aos órgãos públicos, bancos e demais entidades. Na continuidade apresentou o ante-projeto do Estatuto Social consolidado com a reprodução expressa de todos os seus Parágrafos, Artigos e Capítulos, e que é parte integrante da presente como ANEXO I, e o Boletim de Ações como ANEXO II, os quais submetidos a apreciação dos acionistas foram aprovados por unanimidade na forma proposta. 10.QUORUM DELIBERATIVO: Todas as deliberações foram aprovadas pela unanimidade dos presentes. 11.ENCERRAMENTO: Foram suspensos os trabalhos até a lavratura da presente, que lida e achada conforme foi por todos assinada. 12.ACIONISTAS PRESENTES: ACIR ANTONIO GULIN, FELIPE BUSNARDO GULIN e TATIANA BUSNARDO GULIN BARRETO. 13.CERTIDÃO: Certifico que a presente ata é cópia fiel da ata lavrada no livro de Registro de Atas de Assembléias nº 02 da companhia. Curitiba/PR, 13 de julho de 2016. ACIR ANTONIO GULIN JUÇARA MARIA BUSNARDO GULIN Presidente da Mesa Secretária Registrada na Junta Comercial do Estado do Paraná sob nº 20164620800 em 24/08/2016.

Diário Indústria&Comércio

Curitiba, sexta-feira e sábado, 02 e 03 de dezembro de 2016 | A6 4º Serviço de Registro Civil de Pessoas Naturais e 16º Serviço Notarial da Comarca de Curitiba/PR. ADILSON TABORDA - Titular Rua Voluntários da Pátria, 233, loja 06, Centro – Curitiba-PR fone: 3233-2444 Faço saber que pretendem casar-se: 01 - RAFAEL SOBREIRA DA SILVA E JESSICA OLIVETTI RIBAS, 02 - RICARDO PHILIPPSEN E DENISE KASBURG, 03 - NATHAN DA SILVA CECOSSI DE LIMA E STÉPHANIE KAROLINNE MATOZO, 04 - JORDAN AUGUSTO DE OLIVEIRA SILVA E TAMARA AMBROZINI RAMBO, 05 - LUCIANO MORAES E ALANA CRISTINE FERREIRA, 06 - DIEGO DIAMANTE E FRANCYANE THAYSLAINE DA CHAGA. Se alguém souber de algum impedimento oponha-o na forma da lei, no prazo de quinze (15) dias. Este será afixado no lugar de costume e publicado na imprensa local. Curitiba, 01 de dezembro de 2016 Adilson Taborda Registrador Civil e Notário.

Cuore di Cacao lança linha de Panettones Que o panetone é uma das principais delícias do Natal todo mundo sabe. Agora, o tradicional preparo acaba de ganha uma linha especial e deliciosa na curitibana Cuore di Cacao, principal chocolateria do Paraná, referência nacional na produção

de chocolates Premium. Os panettones da Cuore di Cacao são baseados na tradicional receita italiana, desenvolvidos com os melhores ingredientes e fermentados naturalmente, resultando em produtos macios, úmidos e muito saborosos.

Multinacionais Médias

PR: Perkins é eleita a Melhor Empresa para se trabalhar Pelo segundo ano consecutivo, empresa localizada em Curitiba recebe a premiação de Primeiro Lugar na pesquisa realizada pelo Instituto Great Place to Work

U

m dos mais respeitados institutos de pesquisa internacionais, o Great Place to Work acaba de eleger a Perkins a melhor empresa para se trabalhar no Paraná na categoria “Multinacionais Médias”. O prêmio foi revelado e entregue na noite desta quarta-feira (30/11), durante solenidade realizada no Espaço Thá, em Curitiba. Na ocasião, a empresa foi representada pelo Gerente de Unidade, Rodrigo Chibior, que recebeu o troféu e pela Gerente de Recursos Humanos, Elisabeth Hass, além da presença de funcionários convidados para o evento. A Perkins foi vitoriosa entre as 143 empresas de todo o estado que participaram do levantamento realizado pelo GPTW em 2016. Para selecionar as melhores organizações para se trabalhar, o instituo considera uma série de critérios que são avaliados

pelos próprios funcionários de maneira anônima. “Nós da Perkins nos sentimos orgulhosos e felizes pelo recebimento deste prêmio! O índice de confiança de 91,50 % alcançado em pesquisa anônima respondida pelos funcionários nos mostra que os nossos esforços valem apena. Apesar do cenário desafiador que a maioria das empresas vive no Brasil, mais do que nunca queremos construir um ambiente baseado nos nossos valores: Integridade, Excelência, Trabalho Em Equipe, Comprometimento e Sustentabilidade”, diz Elisabeth Hass, Gerente de RH da Perkins Curitiba. Foco nas Pessoas Desde que o prêmio começou a ser entregue no Paraná, há sete anos, a Great Place to Work vem dando destaque às corporações que investem no crescimento profissional e estabilidade dos

funcionários e que estabelecem um diálogo aberto com os mesmos, oferecendo possibilidades de melhorias coletivas, aumento da qualidade, garantia de segurança e participação de todos nas decisões da empresa. Todos estes aspectos são altamente valorizados pela Perkins em sua operação. Desde sua fundação, a empresa vem aprimorando seus processos para garantir a priorização de quatro importantes pilares: Pessoas (com foco na Segurança e Engajamento), Qualidade, Velocidade e Custos. No mês de maio de 2016, a Perkins celebrou 11 anos sem acidentes com afastamento, mostrando ser um ambiente seguro para as pessoas trabalharem. Os funcionários são ouvidos em cada etapa destes processos, desde a construção de novas ações até o aprimoramento dos

que já estão consolidados. Todos os meses, os funcionários se reúnem para apresentar e compartilhar projetos e o andamento do trabalho. Nestes encontros, os funcionários podem contribuir com a melhoria de seu próprio setor e também sugerir mudanças em qualquer outro espaço da empresa, seja em procedimentos, seja no próprio espaço físico da mesma. Além disso, a empresa possui um comitê de facilitadores do clima organizacional, o qual é composto por um representante de cada área, que se reúne mensalmente com um membro de Recursos Humanos para levar as dúvidas, os anseios e posicionamentos relacionados à quaisquer assuntos. Também mensalmente, essas questões são analisadas com as lideranças para que as respostas sejam abordadas e esclarecidas com o comitê.

saibao que fazer

Movimentação do final de ano gera acúmulo de papelada nas empresas Como o Brasil é um país muito burocrático, qualquer movimentação varejista acarreta no aumento de volume de documentos e consequentemente no acúmulo da papelada. Documentação para fins comerciais como orçamentos e solicitações de pedidos, contratos e documentações trabalhistas são os que mais contribuem para o caos da papelada. Segundo Marcelo Araújo, especialista em gestão documental, há uns três anos atrás, as empresas só se davam conta da importância dos documento quando ocorria graves problemas, como audiências trabalhistas ou algum órgão regulamentador pedindo no ato uma documentação, sob o risco de multas ou interdição, caso o dado não fosse localizado imediatamente. “Hoje, felizmente, as empresas já se conscientizaram sobre a importância de armazenar

corretamente um documento, mantê-lo em bom estado de consulta e ainda manter a versão digital para otimizar o acesso. Isto é possível com a transformação de arquivos físicos em digitais realizados por empresas especializadas em gestão documental. A tecnologia facilitou muito este trâmite ao possibilitar o acesso digital por meio de plataformas digitais e a rápida localização do documento físico com o método de identificação RFID, que emite sinais de rádio e direciona automaticamente a posição exata da documentação física. Outro ponto considerado benéfico para as corporações é a liberação de espaços, já que empresas de gestão documental contam com galpões específicos para o armazenamento de documentos, liberando espaços para serem melhores aproveitados nas empresas”, reforça Araújo.

varejo farmacêutico

Droga Raia lança campanha no Paraná A Droga Raia, maior rede do varejo farmacêutico do País está investindo em ações publicitárias nos principais veículos de comunicação do Paraná. A nova campanha de mídia teve início na primeira semana de novembro e conta com dois comerciais em TV, inserções em rádio e mobiliário urbano. Um dos filmes veiculados tem como foco o desconto em medicamentos tarjados para clientes com mais se 55 anos ou aposentados que possuem o cartão Droga Raia Sênior. O desconto mínimo oferecido para esses clientes é de 25%.

A companhia conta com 75 lojas no Paraná, espalhadas pelas cidades de Curitiba, Apucarana, Arapongas, Araucária, Campo Mourão, Cascavel, Cianorte, Foz do Iguaçu, Guarapuava, Londrina, Maringá, Paranaguá, Paranavaí, Pato Branco, Ponta Grossa, São José dos Pinhais, Toledo e Umuarama. Reconhecida por disponibilizar aos clientes as melhores e mais conceituadas marcas de beleza e maquiagem presentes no Brasil, a Droga Raia também dispõe de descontos exclusivos em medicamentos todos os dias, seja no Cartão Droga Raia ou em

programas de laboratórios e planos de saúde. “A campanha reforça o comprometimento da companhia com os clientes do Paraná e mostra como a Droga Raia é focada no bem-estar de cada um. Somos reconhecidos não somente como os melhores na oferta de medicamentos, mas também por incentivar que as pessoas cuidem de si mesmas”, comenta Antônio Carlos de Freitas, vice-presidente de Relações Institucionais da Raia Drogasil. Com o Cartão Droga Raia, o cliente conta com descontos espe-

ciais na compra de medicamentos, bem como ofertas exclusivas, oferecidas de maneira personalizada com foco no perfil de cada cliente. Para se cadastrar nos programas basta ir até a loja com RG e CPF em mãos, ambos são gratuitos. Desconto válido por tempo limitado para clientes portadores do Cartão Droga Raia Sênior nas lojas do Estado do Paraná, exceto as insulinas Lantus, Victoza, Toujeo e Trulicity em todas as suas apresentações. Consulte lista disponível em loja. Os descontos não são cumulativos e podem ser alterados sem aviso prévio.


judiciário

Diário Indústria&Comércio

Curitiba, sexta-feira e sábado, 02 e 03 de dezembro de 2016 | A7

Aroldo Murá G. Haygert

PREVIDÊNCIA SOCIAL

Suspensas ações sobre prazo para pedir direito adquirido de benefício do INSS

Contato com o jornalista: aroldo@cienciaefe.org.br

Osmar: "Governar o Paraná é alvo definitivo" (1)

Medida decidida pela 1ª Seção do STJ vale até o julgamento de dois recursos especiais representativos de controvérsia e não envolve pedidos de revisão

E

stão suspensas as tramitações dos processos que discutem se o prazo decadencial de dez anos é ou não aplicável em caso de reconhecimento do direito adquirido ao benefício previdenciário mais vantajoso. A decisão é da 1ª Seção do Superior Tribunal de Justiça. A medida vale até o julgamento dos recursos especiais (Resp) 1.612.818 e 1.631.021,

reconhecidos como representativos de controvérsia, sob o rito dos repetitivos. A afetação do tema foi pedida pelo ministro Mauro Campbell Marques devido aos inúmeros processos sobre o tema. O ministro lembrou que o STJ já se pronunciou sobre outras questões semelhantes, como a incidência de prazo decadencial para a revisão de

benefício (Tema 544 dos repetitivos), mas ainda não se pronunciou sobre os casos de direito adquirido. O novo tema a ser submetido a decisão no rito dos repetitivos é o seguinte: “A incidência ou não do prazo decadencial previsto no caput do artigo 103 da Lei 8.213/91 para reconhecimento de direito adquirido ao benefício previdenciário mais vantajoso”.

PARA EVITAR FRAUDES

Conta de advogado só é impenhorável se ele provar que valores são de honorários Por entender que um advogado não conseguiu comprovar que os valores de sua conta bancária eram impenhoráveis por se tratarem de honorários de profissional liberal, a Subseção II Especializada em Dissídios Individuais (SDI-2) do Tribunal Superior do Trabalho negou provimento a recurso e manteve o bloqueio de quase R$ 63,5 mil

para saldar débitos de ação trabalhista em que é executado. A Vara do Trabalho de Picos (PI) rejeitou a nomeação de imóvel à penhora feita pelo advogado e determinou a penhora, via BacenJud, de ativos financeiros em cinco contas bancárias para quitar débitos de ação trabalhista movida em 2012 por um auxiliar de escritório.

O advogado impetrou Mandado se Segurança no Tribunal Regional do Trabalho da 22ª Região (PI) alegando que os valores seriam impenhoráveis, conforme o disposto no artigo 649, inciso IV, do Código de Processo Civil de 1973, por se tratarem exclusivamente de recursos oriundos de sua atividade profissional.

EMPURRA-EMPURRA

Atrito entre PM e Polícia Civil deixa 15 presos sem audiência de custódia Embora somente um corredor separe a carceragem e as duas salas de audiência do Fórum de Osasco, na Grande São Paulo, a longa discussão sobre quem deveria escoltar presos por esse caminho abriu um problema institucional que mobilizou a Secretaria da Segurança Pública, envolveu o Tribunal de Justiça do estado e deixou 15 detidos em flagrante

sem a garantia de serem ouvidos por um juiz em até 24 horas — direito previsto pelas audiências de custódia. No dia 24 de novembro, nem a Polícia Civil nem a Polícia Militar assumia o dever de fazer o acompanhamento. Além de a controvérsia ter deixado juízes, promotores e defensores esperando por quase quatro horas, 15 dos 35

presos tiveram de ser levados de volta à delegacia porque não houve tempo para ouvi-los. No dia seguinte, as duas juízas responsáveis pelas audiências definiram que não tinham mais competência para analisar a situação, pois os casos criminais já haviam sido distribuídos aos juízes naturais. Ou seja: todos eles perderam o direito desse encontro pessoal.

ESPERANDO GODOT

Não é o momento para atualizar lei de abuso de autoridade, diz Moro A atuação do juiz na interpretação da lei e na avaliação de fatos e provas não deve representar crime, disse nesta quinta-feira (1º/12) o juiz federal Sergio Moro, da 13ª Vara de Curitiba, em sessão que debateu o Projeto de Lei do Senado 280/2016, sobre

casos de abuso de autoridade. Ele disse ainda que este talvez não seja o melhor momento para o Senado deliberar sobre uma nova legislação a respeito do tema, quando o Brasil vive operações importantes como a “lava jato”. “Faço essa sugestão com

extrema humildade. Não me cabe aqui censurar o Senado, mas acredito que talvez não seja o melhor momento, e o Senado pode passar uma mensagem errada à sociedade. Talvez uma nova lei poderia ser interpretada com o efeito prático de tolher investigações”, afirmou.

RECURSO ERRADO

Embargos de Divergência não podem questionar admissibilidade do REsp Embargos de Divergência servem para uniformizar teses jurídicas divergentes em relação à matéria de mérito. Assim, eles não são cabíveis para análise de regras técnicas de admissibilidade do Recurso Especial. Esse foi o entendimento

firmado pela 2ª Seção do Superior Tribunal de Justiça ao conhecer dos Embargos de Divergência interpostos pela massa falida da Transbrasil e por grupo societário liderado pela General Electric contra decisão da 3ª Turma na qual esta empresa foi condenada a

indenizar aquela por cobrança de dívida supostamente indevida. Em 2001, a Transbrasil moveu ação contra a GE e outras cinco empresas pedindo que fossem anuladas seis notas promissórias sacadas contra ela, no valor de US$ 19.643.487,81.

Osmar Dias, Fábio Campana e Álvaro Dias

Foi graças à ditadura brasileira, nos idos de Geisel, que Osmar Dias acabou se concentrando na sua mais forte identidade, a política agropecuária. E com ela, firmando a enorme liderança política no Paraná a partir de ações que o notabilizariam, como a da preservação dos solos, a direção da Escola de Agronomia de Bandeirantes, a presidência da companhia de fomento agropecuário estadual, CAFE do Paraná, e a Secretaria de Agricultura do Estado. Ele atribui a benéfica guinada daqueles dias de suinocultor a um gesto de seu irmão – sua grande admiração política – Álvaro Dias, que um dia, clamando contra a peste suína africana, contestou-a, dizendo: "O que existe no Brasil é a peste Geisel". A declaração quase gerou uma guerra civil...

do Paraná. Osmar tinha compromisso moral de batalhar por novos horizontes daquele curso superior em que entrara em vestibular conquistando o primeiro lugar, e no qual se formara agrônomo também como primeiro lugar da turma.

IRA DO GENERAL

O prestígio de Álvaro Dias no Paraná de hoje é tão grande que soa como dogma o entendimento seguinte, repetido por quem é mestre em previsões políticas: "Se Álvaro viesse a concorrer em 2018 a governador, seria imbatível. Imbatível". Um dos que assinam em cima da afirmativa, sem pestanejar, é Fábio Campana, um faro fino para os ventos eleitorais paranaenses Álvaro, todos sabem – e ele mesmo repete exaustivamente essa decisão – quer mesmo é buscar a Presidência da República em 2018. De preferência pelo PV, seu atual partido. Só não se sabe se o Partido Verde sobreviverá à reforma partidária que vem por aí, e que poderá reduzir o atual painel de siglas a apenas meia dúzia de partidos.

O discurso do hoje senador expôs a quanto chegaria a ira de Geisel: horas depois, militares do Exército invadiriam a fazenda onde Osmar se dedicava, no Norte do Estado, à criação de suínos. Toda a criação, milhares de cabeças, foi eliminada pelos militares de uma só sentada. Pura retaliação equivocada: a intenção era punir Álvaro, mas erro de endereço levou os repressores ao irmão Osmar. - Tive de deixar a fazenda, não tinha outra alternativa, explica o homem que por 16 anos foi senador do Paraná em Brasília, por duas vezes concorreu ao governo do Estado, e nos últimos 11 anos foi vice-presidente do Banco do Brasil, tendo ocupado, em situações diversas, pelo menos 8 delas.

EDUCADOR

O suinocultor iria dar lugar, em seguida, ao diretor e professor da Escola de Agronomia Luiz Meneguel, de Bandeirantes, na qual promoveu uma revolução, equipando material e de quadros humanos a escola que se tornaria modelar no Norte

ÁLVARO APOIA

O futuro, para esse homem objetivo, sólido defensor do mais forte segmento da economia brasileira – o agronegócio -, vai incluir "obrigatoriamente" a disputa pelo Governo do Paraná em 2018. Disso não abre mão. Conta "com o apoio irrestrito de Álvaro", me garante. Eles, os irmãos, jamais se confrontariam numa eleição, até como decorrência de compromisso assumido com o pai, veneração comum dos dois homens públicos.

IMBATÍVEL

DEPOIS DO CARNAVAL

Alguém que se impôs como técnico profundamente arraigado com o campo – parte essencial da alma paranaense -, Osmar pertence a um seleto e restrito grupo de homens públicos cuja vida pode ser classificada de "livro aberto". É ficha limpa por excelência, reconhecem

até opositores. Fazendeiro forte, dono de terras em Tocantins e Norte do Paraná, nascido e criado sob o signo da agropecuária, sob as bênçãos e as ordens de seu Sílvio, seu pai (in memoriam), rico pioneiro de Maringá, pode ser encontrado em Curitiba em seu escritório numa bucólica rua do Alto da Glória. Ali o acompanham, e o assessoram, dois amigos, técnicos que conhecem o pensamento, a vida, a obra de Osmar.

NOVA IMAGEM

Quando o encontro, na quarta, 3011, para uma entrevista para o meu livro "Vozes do Paraná 9", acompanhado da jornalista Marleth Silva, deparo-me com um sessentão com ares de cinquentão, bem-disposto: - "A barca é branca, o cabelo grisalho. Não é pintado. Não é 'transgênico', como querem alguns adversários", vai explicando com bom humor. Sorri sem exageros. Nada a ver com a imagem que por anos foi sendo passada de Osmar, de ser ele alguém com cara de poucos amigos.

BARREIRAS PARTIDÁRIAS

Não foge de perguntas sobre seus planos eleitorais: - Com quem farei alianças? Por ora é cedo. Para depois do Carnaval decidirei alianças, explica o hoje presidente do PDT estadual. Ele e o irmão Álvaro, nada neófitos em lides políticas, sabem que tanto o PV quanto o PDT são siglas que até poderão não sobreviver à reforma eleitoral. E que também podem ser consideradas "difíceis" para amplos segmentos do eleitorado: o PV por radicalismo das teses ecológicas; o PDT por ter herdado dirigentes difíceis de deglutir em plano nacional, e sua falta de compromisso como com as teses do agrobusiness. Mas ninguém duvida que essas poderão ser, apenas, dificuldades passageiras para os calejados irmãos Dias. (PROSSEGUIRÁ)

DOS LEITORES (correspondências para a coluna: aroldo@cienciaefe.org.br)

EM APOIO A DEMETERCO, E CONTRA O DITADOR

Prezado Aroldo. Numa época de mentiras universais, dizer a verdade é um ato revolucionário, nos deixou dito George Orwell. Digo-o a propósito da Opinião de Valor “a morte de um ditador”, de autoria do desembargador (meu ex-colega de faculdade) Antenor Demeterco Júnior. Opinião lapidar, corajosa. Faço minhas, as suas palavras. Ipsis verbis et litteris. Fidel Castro bem que poderia se tornar um adendo ao livro de Miranda Twiss, “Os Mais Perversos da História” (Ed. Planeta-2006), e integrar a relação de personagens que, “motivados pelo poder, pela religião, por ideias políticas ou pelo sadismo, e às vezes pela insanidade, tornaram-se sinônimos de terror em todo o mundo”. Iguala-se, o Fidel Castro, ao cambojano Pal Pot, Stálin, Lenine, Átila, Torquemada, Idi Amin, Francisco Pizarro, Rasputin, Príncipe Vlad Drácula e outros mais que, ao longo da história, mantiveram em prisões, assassinaram, torturaram e deram sumiço a dezenas de milhões de seres humanos, em atos de crueldades abomináveis; por que tinham eles o “poder ilimitado sobre pessoas cujas vidas controlavam” em meio a um regime de terror. Enfim, como diria Rabelais “la farce est jouée”. Ou como teria dito, ao morrer, Augusto, o primeiro imperador romano: “act est fábula”. Está terminada a comédia do comunismo cubano.

ZAIR SCHUSTER, jornalista, pesquisador da História do Saneamento no Paraná.

Zair Schuster

-------------

ALIANÇA EVANGÉLICA

Do leitor, físico e professor aposentado da UEM, Paulo Egênio Assunção, registro a seguinte mensagem a propósito do aniversário da Aliança Evangélica Brasileira: "Hoje, 30 de novembro de 2016, nossa Aliança Evangélica Brasileira está completando seu 6º ano de existência, desde sua fundação em São Paulo. Um ano depois, tivemos a Assembleia em que foi fundada oficialmente, com apro-

vação de Estatuto, para registro formal. É pouco tempo, quando olhamos para a longevidade que esperamos pra ela e comparado ao tempo de existência de Alianças centenárias pelo mundo ou mesmo daquelas que contam com décadas, em nosso continente, como a peruana. Mas é um tempo denso e de qualidade, considerando tudo que andamos fazendo, contando com os poucos recursos financeiros que temos, com a reduzida equipe, mas com a grande força de irmãos e irmãs que se dedicam voluntariamente, seja em nossos conselhos, assessorias, na doação de serviços, na organização de eventos, todos e todas, entusiastas da causa da unidade e do testemunho. Convidamos você a se unir a nós e interceder a Deus pela vida da Aliança Evangélica Brasileira, por sua liderança e a renovar o compromisso em ser testemunho público da unidade do Corpo de Cristo. Conselho Coordenador Aliança Cristã Evangélica Brasileira" -----------

ENOLOGIA E TURISMO

Convidamos a todos para o II Seminário Enologia e Turismo, a realizar-se em 2 de dezembro, sexta, em Urupema. Urupema tem junto com Bento Gonçalves, um dos dois únicos cursos superiores de Enologia do sul do país. Atividade em alta, assim como a de Turismo Equestre. CARLOS SOLERA, Urupema (Carlosolera@hotmail.com).

ESPÓLIO PRESERVADO

Créditos penhorados antes do pedido de recuperação judicial sujeitam-se a plano Um crédito penhorado antes de autorizada a recuperação judicial também deve ficar sob a responsabilidade do juízo universal, enquanto durar o processo de normalização da saúde econômica e

financeira da companhia. Este é o entendimento unânime da 3ª Turma do Superior Tribunal de Justiça. A ministra Nancy Andrighi afirmou que o patrimônio da empresa não pode ser afetado

por decisão de outro juiz que não o da recuperação judicial. Nelson Jr/TSE O entendimento foi adotado pelo colegiado ao julgar recurso envolvendo duas construtoras de São Paulo. utora.

O VÍDEO DA NOITE DE LANÇAMENTO DO “VOZES DO PARANÁ 8” Confira o registro em vídeo da noite de lançamento de "Vozes do Paraná 8", no dia 6 de outubro, feito pelo memorialista Wasyl Stuparyk: https://www.youtube.com/watch?v=cJ87fnupplY https://www.facebook.com/aroldomuraghaygert


geral

Diário Indústria&Comércio

Curitiba, sexta-feira e sábado, 02 e 03 de dezembro de 2016 | A8

Festival Top Kids é sucesso em Curitiba -Homenagem-

“Edifício Barão do Serro Azul”. Agora nome oficial da sede da ACP N

Os professores Jorge Santos e Luíza Montingelli, organizadores do Festival, Carla Mattedi, proprietária da Loja Divertivida, patrocinadora, Eduardo Schubert, sócio da Agência Divulgue e Plataforma Marrte A 1ª edição do Festival de Futsal Top Kids foi um sucesso e atingiu os objetivos da organização do evento. O último sábado foi de muita diversão para centenas de atletas mirins, com jogos empolgantes e participação intensa dos pais e comunidade. A equipe Top Kids fez um agradecimento a todos os envolvidos e ressaltou que não tiveram nenhum contratempo durante o Festival. “Isso nos

enche de orgulho. Nosso muito obrigado aos pais pelo carinho, apoio e incentivo aos seus filhos, aos professores das escolas que não mediram esforços para levar seus atletas a este campeonato e conduzi-los de forma brilhante em todos os momentos e circunstâncias de desafios que lhes foram colocados”, ressaltaram os professores organizadores do Festival, Jorge Santos e Luiza Montingelli.

Sesc/Senac em São José dos Pinhais

O reitor da UFPR, Zaki Akel Sobrinho, o presidente da Aciap, Claudemir Gibrim, o presidente da Fecomércio, Darci Piana, o deputado federal Leopoldo Meyer e o prefeito Luiz Carlos Setim

Empresários, representantes do Poder Público e diversos diretores da rede empresarial paranaense estiveram na inauguração, sexta da sede do Sesc/Senac em São José dos Pinhais ao lado do Aeroporto Internacional Afonso Pena. O presidente da Associação Empresarial (Aciap), Claudemir Gibrim, destaca a importância da implantação destas entidades que compõem o “Sistema S”. “O Sebrae está dentro da Aciap no atendimento aos empreendedores, o Senai capacita a área industrial no

bairro Costeira, o Sesi é um símbolo de apoio aos empregados, também com o Colégio Sesi, e agora teremos os cursos do Senac e os serviços voltados à saúde e lazer de nossos funcionários com o Sesc. Para o município, foi uma das grandes notícias quanto ao desenvolvimento da sociedade”, elogia Claudemir Gibrim, que ainda enfatiza a qualidade das instalações. “Inauguraram um complexo moderno totalmente pronto e que de imediato entra em funcionamento.” Crédito da foto Ivo Lima.

o início da semana foi realizada cerimonia na sede da Associação Comercial do Paraná (ACP),oportunidade que foi entregue a portaria do prédio remodelada assim como a inauguração do retrato a óleo de Ildefonso Pereira Correa, o Barão do Serro Azul, agora colocado no hall da entidade por ele fundada em 1890. Na oportunidade o presidente Antonio Espolador da ACP convidou os presentes para o descerramento do logotipo da entidade afixado acima da porta principal da sede da ACP, que a partir de agora passa a se chamar oficialmente “Edifício Barão do Serro Azul”. A solenidade contou com a presença de Antonio Miguel Espolador Neto, presidente da ACP; Jefferson Nogarolli e Virgílio Moreira Filho, respectivamente presidentes do Conselho de Administração e do Sicoob Sul; do presidente eleito da entidade para nova gestão, o empresário Gláucio Geara, além de outros dirigentes da instituição cooperativista, vice-presidentes, conselheiros e

Virgílio Moreira Filho, Jefferson Nogarolli e Gláucio Geara na homenagem ao herói nacional e patrono do comércio Barão do Serro Azul. colaboradores, o presidente Antonio Miguel Espolador Neto. O presidente do Conselho de Administração do Sicoob Sul, Jefferson Nogarolli, fez referência aos avanços registrados pela ACP

“no atual mandato”, além de lembrar a relevância da entidade para a valorização do associativismo, como “uma das mais antigas e respeitadas associações do país”. Nogarolli também relembrou

fatos relacionados à implantação do sistema Sicoob no Paraná, agradecendo o apoio recebido da ACP que cedeu o espaço para as instalações administrativas do referido banco cooperativo.

Toshio Ikeda é cidadão honorário Continua repercutindo na comunidade japonesa do Paraná a homenagem que Câmara Municipal fez ao consul do Japão, Toshio Ikeda, concedendo o título de cidadão honorário de Curitiba “Recebo a homenagem com profundo respeito”, agradeceu o homenageado. Com mais de 50 membros da comunidade japonesa de Curitiba em plenário, incluindo os dois ex-vereadores Rui Hara e Jorge Yamawaki, a homenagem a Ikeda foi celebrada no Palácio Rio Branco. O presidente Ailton Araújo , conduziu a cerimônia, acompanhada pelo prefeito da capital, Gustavo Fruet , e pelo líder dele no Legislativo,

Paulo Salamuni . A cidadania honorária ao cônsul foi uma iniciativa de Serginho do Posto . Toshio Ikeda ao dirigir-se à comunidade japonesa presente na cerimônia disse que “Gostaria de ressaltar que as comunidades nikkeis têm contribuído para o desenvolvimento regional e estão perfeitamente integradas às sociedades locais. E sobretudo, as comunidades nikkeis vêm contribuindo não somente para preservar a cultura japonesa, mas também para difundi-la à população curitibana. Elas desempenham um importante papel no estreitamento dos laços de amizade entre os países”.

Toshio Ikeda: “as comunidades nikkeis vêm contribuindo não somente para preservar a cultura japonesa, mas também para difundi-la à população curitibana”

Ateliê Criscosta Couture comemora um ano A estilista Cris Costa recepcionou centenas de convidados na comemoração de na Villa Mariantonio, no Batel. Circularam pelo ateliê, empresários, designers e produtores de moda e de evento, cerimonialistas, imprensa, artistas, maquiadores e cabeleireiros e amigos da estilista e da sócia Camilla Lorenzon. A festa teve a produção de Rodrigo Ono e foi animada pela banda Milk’n Blues e pelo DJ Nizo Gomide. As cantoras da banda apresentaram-se com looks criados por Cris Costa. No final do evento, a estilista agradeceu os convidados, os parceiros, sua equipe de trabalho e os profissionais que colaboraram para a realização da festa. Crédito da foto é de Bruno Tomasoni

O fotógrafo Gustavo Ferreira, a estilista Cris Costa e a fotógrafa Francieli Turesso

Neodent Congress já em andamento O Neodent Congress já tem data prevista para sua próxima edição, de 06 a 08 de junho de 2019, em Curitiba. A página do evento já está disponível para interessados receberem informações, contabilizou, em menos de 48 horas, mais de 500 contatos para o 5º Neodent Congress. A quarta edição do evento, que aconteceu neste ano de 2016, reuniu mais de 1.600 profissionais da área e teve como atrativo para o encerramento o show com a banda Jota Quest. Além da feira comercial, a grade científica ricamente composta por palestrantes de renome nacional e internacional foi um ponto

de destaque do Congress, comprovando a preocupação constante da Neodent em investir em educação e pesquisa, para sempre avançar no mercado com o melhor da tecnologia testada, comprovada e sustentada por casos científicos. O próximo Neodent Congress também terá o mesmo objetivo de divulgar conhecimento de qualidade, fornecer oportunidades para estudantes apresentarem seus casos e possibilitar que diferentes marcas possam expor o que possuem de mais recente no mercado. Interessados devem acessar http://www. neodentcongress.com.br/ para mais informações.

Matthias Schupp, CEO da Neodent e o Dr. Geninho, presidente científico, antes do show do Jota Quest, na festa de encerramento do congresso 2016.

Novembro Azul é sucesso O LANAC – Laboratório de Análises Clinicas registrou aumento de 20% nas solicitações do exame de PSA no mês de novembro, exame que ajuda o médico a

diagnosticar o câncer de próstata. Segundo o responsável técnico do LANAC, Marcos Kozlowski, a campanha Novembro Azul realmente surte efeito, tanto nas solicitações

médicas quanto na procura das pessoas pelo exame. O laboratório ofereceu durante todo o mês 20% de desconto no exame para todos os homens interessados.


negócios

Diário Indústria&Comércio

Curitiba, sexta-feira e sábado, 02 e 03 de dezembro de 2016 | B1

tecnologia

Bling amplia integrações para emissão de NFS-e no Sul Prestadores de serviços de 17 estados brasileiros podem se beneficiar da ferramenta oferecida pelo software

&

Mercado Habitação

Ari Lemos mercadoehabitacao@gmail.com

Crema na presidência O empresário Sérgio Luiz Crema foi empossado ao cargo de presidente do Sinduscon-PR, nesta última semana em solenidade no Clube Curitibano. A nova diretoria será responsável pela condução da entidade pelo biênio 2017-2019. Crema é engenheiro civil e presidente da construtora AMERC.

Prêmio IMPAR Via web service ou troca de arquivos de lotes de RPS (Recibo Provisório de Serviços), o Bling emite NFS-e para prefeituras de 17 estados brasileiros mais o Distrito Federal

P

ara simplificar o dia a dia de ainda mais empreendedores, recentemente o ERP Bling lançou 72 novas integrações com sistemas de prefeituras do Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina para emissão de Nota Fiscal de Serviço eletrônica (NFS-e), totalizando cerca de 220 cidades brasileiras atendidas pelo sistema. Os empresários que utilizam o Bling para emitir NFS-e têm vantagens que vão além da economia de papel, pois o software envia o documento diretamente aos clientes e à Secretaria da Fazenda da cidade na qual a empresa está inscrita, eliminando o tempo desperdiçado com preenchimento manual. Em breve a funcionalidade chegará a outros municípios. Via web service ou troca de

arquivos de lotes de RPS (Recibo Provisório de Serviços), o Bling emite NFS-e para prefeituras de 17 estados brasileiros mais o Distrito Federal. Assim, prestadores de serviços de estados como Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo ganham mais praticidade na emissão do documento. “Os empresários precisam de cada vez mais agilidade nos processos que desempenham. Percebendo essa necessidade, oferecemos ferramentas que geram economia de tempo e otimização de processos, como é o caso das integrações para emissão de NFS-e”, destaca o sócio do Bling, Sidney Zynger. A emissão de NFS-e registra os serviços nos quais se aplica o Imposto Sobre

Serviço de Qualquer Natureza (ISSQN) e unifica os diversos modelos de nota em um arquivo eletrônico, facilitando o acesso aos documentos fiscais e reduzindo gastos com folhas de papel. Além da emissão de NFS-e, outras vantagens oferecidas pelo Bling são cadastro de contatos e serviços; cálculo automático de impostos; emissão e envio de boletos; controle financeiro e emissão de notas a partir de ordens de serviço e pedidos. O sistema também está integrado às principais plataformas de loja virtual e aos maiores marketplaces do país. E a empresa ainda disponibiliza 30 dias para teste grátis em qualquer plano, sem custo de setup e acesso de qualquer lugar com internet.

O Grupo RIC divulgou os ganhadores do Prêmio IMPAR (Índice de Marcas de Preferência e Afinidade Regional), em parceria com o Ibope Inteligência, nesta última semana. A premiação apontou as marcas mais lembradas pelos consumidores em cinco grandes polos do Estado, em 41 categorias. Na área da Construção Civil, a nível estadual, a primeira colocada foi a A.Yoshii. Leonardo Yoshii, presidente da construtora, acredita que a premiação se deve a referência que a empresa possui cm qualidade de obras e atendimento personalizado. A segunda colocada na premiação estadual foi a MRV Engenharia e em terceiro lugar a Thá, que apareceu em primeiro lugar para os curitibanos.

Festa dos Síndicos O Sindicato da Habitação e Condomínios (Secovi-PR) reuniu aproximadamente 900 pessoas, na grande maioria síndicos, para comemorar o Dia do Síndico, no último final de semana, no Clube Curitibano. Uma festa muito bem organizada que contou com um show do cantor português Roberto Leal.

benefícios

Novo Showroom

Oi lança oferta inédita para clientes pré-pago A Oi está lançando oferta inédita no segmento pré-pago. A partir de agora, o plano Oi Livre garante mais autonomia, pois o cliente pode acumular seus benefícios (voz, dados e SMS) que não foram utilizados se fizer nova recarga em até 24h após o término da validade de sua oferta, e mais flexibilidade, pois também oferece a opção de usar minutos de voz para falar com qualquer operadora ou muito mais minutos para falar com celular e fixo da Oi. “A nova oferta pré da Oi, além das altas franquias de dados para o cliente usar como quiser, permite optar entre a já consagrada estratégia de uso dos minutos para ligações para qualquer operadora de todo o Brasil ou por receber uma franquia de minutos mais alta para falar com celular e fixo

Bom resultado

Cliente pode optar entre duas ofertas Oi Livre: Uma com minutos de voz para falar com qualquer operadora ou outra com muitos minutos para falar com celular e fixo da Oi da Oi. O objetivo da companhia com a nova oferta do Oi Livre é torná-lo ainda mais compatível com o bolso do cliente em tempos de retração na economia e aderente

às demandas do consumidor contemporâneo, no que diz respeito às altas franquias de dados e voz”, afirma Roberto Guenzburger, diretor de Produtos e Mobilidade da Oi.

novidade

Sinhá Benta ganha primeira unidade em Curitiba O Shopping Crystal vai abrigar, em breve, uma deliciosa opção gastronômica. É a Sinhá Benta, tradicional marca catarinense que abrirá a sua primeira loja em Curitiba. A confeitaria, que é reconhecida pelos melhores doces da região, aposta no sucesso de tortas e cafés elaborados, com receitas exclusivas. Em Santa Catarina, a Sinhá Benta possui três lojas: uma em Blumenau e duas Balneário Camboriú (uma delas é um restaurante). Com um cardápio amplo, a especialidade da casa são as tortas, que têm 28 sabores diferentes, além de uma carta

Os empresários Luiz Carlos e Beth Pelizzer, proprietários da loja de móveis planejados Florense, unidade Água Verde, receberam convidados para o coquetel de lançamento do novo showroom e apresentação dos lançamentos da coleção. Mais de 100 pessoas prestigiaram o evento, dentre elas o diretor nacional de marketing da Florense, Mateus Corradi, colaboradores da loja e profissionais dos segmentos de arquitetura e decoração.

A VCG Empreendimentos Imobiliários fechou novembro com a marca positiva de 700 visitas no primeiro ano de operação no Shopping Pátio Batel. A coordenadora de Marketing e relacionamento da incorporadora, Amanda Medeiros diz que a estratégia de inovação no ponto de venda superou as estimativas previstas. “Além de ser uma ferramenta eficaz de divulgação da marca, a loja funciona como um centro de apoio ao setor comercial, que permite a prestação de um serviço padronizado e eficiente”, explica.

Blow Door Test O LLUM Batel será o primeiro empreendimento da Incorporadora Laguna a utilizar a tecnologia de “supervedação”, um sistema que impede que a fumaça do interior de cada apartamento vaze para as áreas comuns e para o espaço de outros moradores. O empreendimento conquistou a exigente pré-certificação ambiental LEED nível Ouro. Para avaliar o sistema de vedação, a construtora executará em cada apartamento uma avaliação.

Treinamento comercial

Loja da rede catarinense será aberta oficialmente no mês de dezembro, no Shopping Crystal dedicada aos cafés. As tortas serão vendidas por fatia e custarão, em média, R$ 13. Os cafés variam de R$ 6,50 a R$ 9 e as bebidas especiais entre R$ 14,90 e R$ 19,90.

No Shopping Crystal, a confeitaria vai contar com um espaço de 65m², com capacidade para mais de 40 pessoas, decorado em estilo provençal.

A MRV Engenharia reuniu aproximadamente 150 corretores nesta última semana para um treinamento de vendas do maior empreendimento da construtora na região sul do país, que está em fase de pré-lançamento, o Reserva Casa Blanca. O residencial será construído em São José dos Pinhais e terá 1.280 apartamentos. Segundo Marcelo Alves, gestor executivo de vendas da construtora, o empreendimento será praticamente um parque, pois terá dois lagos e um bosque, para completar uma infraestrutura ímpar.


MODA&CIA

Diário Indústria&Comércio Curitiba, sexta-feira e sábado, 02 e 03 de dezembro de 2016 | B2

Adélia Maria Lopes adeliamarialopes@yahoo.com.br

Patrícia Maranhão põe madeira à tiracolo A Zero Grau aconteceu semana passada, contando com apoio dos sindicatos da indústria calçadista de Estância Velha, Ivoti, Igrejinha, Novo Hamburgo, Parobé, Sapiranga e de Três Coroas

A

s criações mais originais apresentadas na Zero Grau, feira de calçados e acessórios realizada em GramadoRS pela Merkator, pertenceram ao estande da mineira Patrícia Maranhão: bolsas esculpidas na madeira. Residente na cidade gaúcha de Novo Hamburgo, a designer sempre trabalhou com essa matéria-prima para decoração, agora decora o visual das mulheres. A Zero Grau aconteceu semana passada, contando com apoio dos sindicatos da indústria calçadista de Estância Velha, Ivoti, Igrejinha, Novo Hamburgo, Parobé, Sapiranga e de Três Coroas. Novo Hamburgo compareceu à feira novamente com um espaço próprio, reunindo vários pequenos produtores, entre os quais Patrícia Maranhão, que revelou detalhes de suas bolsas de pinus. Extraída de reflorestamento localizado em Rondônia, a madeira vai para o Rio Grande do Sul, passa por serra de fita, é escavada por artesãos gaúchos, fica dez dias no forno, recebe ferragens fabricadas em Novo Hamburgo e as estampas (criativas, bem-humoradas,

irreverentes ou sagradas) são completadas pela designer. Os formatos das bolsas seguem duas linhas, a reta e a curva. Se levadas à tiracolo, ganham correntes de metal ou cordão de seda. Uma parte da coleção já havia sido apresentada em Belo Horizonte, no Minas Trend Preview. Em Gramado, Patrícia Maranhão levou também bolsas de couro, funcionais, práticas, mas com enfeites fofinhos de madeira. Lojistas de várias regiões país, na maioria mulheres, apaixonaram-se pelas criações, tanto em couro quanto em pinus. E se ouvia em seu estande declarações: “Amo essa”, “Eu quero!”, “Olha só que genial”. As bolsas de madeira não são do gênero utilitário, pois comportam apenas um celular discreto, a chave do carro, documentos bem básicos, cartão bancário e, com esforço, dá para colocar os óculos. Enfim, as bolsas de Patrícia Maranhão, ainda que prosaicamente à tiracolo, são comparáveis a frasco de perfume - quanto menor maior é a qualidade da fragrância.

Monferraro faz bolsas de novela Presente nas telenovelas globais de todos os horários, pois traz informações de moda e conceito, as bolsas da Monferraro, fabricadas na cidade gaúcha de Três Coroas, compareceram à Zero Grau-Feira de Calçados e Acessórios, para a temporada de outono-inverno 2017. Entre os modelos, os expositores Hilário e Neusa Behling observam que suas clutches estruturadas são únicas no mercado brasileiro. Outra exclusividade da Monferraro são as bolsas de verniz com aplicação em transfer de estampa croco .Mini bags e as clutches, médias e maxi modelos na linha casual, trazem tons terrosos, às vezes ganham companhia da cor azul, bordô com mostarda e de bordados étnicos.

“Optamos por cores neutras para deixar o lojista mais tranquilo quanto ao aspecto comercial”, pondera Hilário Behling, há quinze anos fazendo bolsas, mas com marca própria desde 2014. A produção é de quatro mil peças mensais, incluindo a linha festa. De estilo clássico, as bolsas de festa para o próximo inverno vem com muito dourado, prata, chumbo e preto combinados com vermelho, champagne e o azul marinho. Os detalhes ficam por conta dos adornos metalizados. “Nos preparamos conforme o mercado”, diz Hilário Behling, revelando-se bem satisfeito com as vendas. Frederico Pletsch, diretor da Merkator, promotora da feira, repara que o interminável inverno de 2016 deixou os estoques

das lojas vazios de produtos para o frio. Assim, “O lojista não quer estar desprevenido novamente. Os compradores buscaram refazer seus estoques, e muitos estão antecipando a renovação da vitrine para ter desde cedo os produtos de inverno. O frio desse ano surpreendeu, e isso teve um reflexo muito positivo para a Zero Grau”.

Vitrine de inverno 2017 1-O estande da West Coast na Zero Grau notabilizou-se pelos calçados nos estilos punk esportivo e militar, apresentando sneakers formais e informais, cores cáqui, detalhes em couro e painéis camuflados. Mas a cor branca destaca-se tan to nas silhuetas esportivas como nas casuais. Com couros maleáveis e nylon, as combinações de materiais são feitas em tom sobre tom, para trazer apelo urbano contemporâneo às peças. Azul marinho funciona como alternativa ao preto. Couros macios e lonas finas recriam os tênis com um aspecto luxuoso. Já o caramelo, embala algumas peças de forma requintada e funciona bem com peças de couro. A cor vermelha escarlate pontifica em camurças, nobucks, lonas e couros.

2-A Cravo&Canela propõe calçados femininos ao estilo Oxford como base para mules, sneakers, botas e sapatos-, os sneakers em veludo, além dos já tradicionais coturnos – que chegam em versões reinventadas para a estação. Botas over the knee e ankle boots complementam a coleção junto aos tênis e modelos de slip on - que continuam em alta na estação -, com uma cartela de cores vai do tom amora às candy colors, com destaque para os tons terrosos.

4- Os calçados femininos da Beira Rio Conforto para o inverno 2017 modelos clássicos que ganham novos ares com elementos contemporâneos, também contemplam o universo masculino das botas e oxford. As opções de botas com pelos, visual que dominou o inverno 2016 continua na próxima temporada. Permanecem as ankle boots e os versáteis coturnos, com detalhes de metais e correntes, e também a bota Over the Knee, que vai acima do joelho. As mulheres vão ver muito nas vitrines os calçados com design robusto, como as flatforms, as Biker Boots (inspiradas nas botas usadas pelos motociclistas nos anos 50) e os solados tratorados.

3-A Modare Ultraconforto oferece releitura aos calçados clássicos, como os loafers, os mocassins e os oxfords, que fazem referência à moda masculina. Os abotinados trazem cabedais metalizados ou em aplicações nos saltos, que adicionam um brilho discreto às produções diárias. Também os modelos esportivos, ótimos para o cotidiano agitado, aparecem em versões metalizadas e o solado, com detalhe em corda, reforça a forte tendência da presença de materiais naturais e artesanais nos itens de moda.


ECONOMIA

Diário Indústria&Comércio

Curitiba, sexta-feira e sábado, 02 e 03 de dezembro de 2016 | B3

COMÉRCIO EXTERIOR

País registra superávit comercial recorde Superávit de US$ 43,282 bilhões de janeiro a novembro é recorde para o período desde o início da série histórica, em 1989. No mês, houve superávit de US$ 4,758 bilhões, valor também recorde para novembro

O saldo positivo de novembro resultou de US$ 16,220 bilhões em exportações e US$ 11,463 bilhões em importações

A

balança comercial brasileira acumula superávit de US$ 43,282 bilhões de janeiro a novembro deste ano. O valor é recorde para o período desde o início da série histórica, em 1989. No mês, houve superávit de US$ 4,758 bilhões, valor também recorde para novembro. Os dados foram divulgados na quinta-feira pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior

e Serviços. O governo estima que 2016 terminará com saldo positivo da balança entre US$ 45 bilhões e US$ 50 bilhões. O resultado pode ser recorde histórico anual, caso supere o superávit de US$ 46,4 bilhões registrado em 2006. Para isso, o saldo positivo em dezembro teria de ficar acima de US$ 3,1 bilhões. A balança comercial tem superávit quando as exportações,

vendas do Brasil para parceiros de negócios no exterior, superam as importações, que são as compras do país também no exterior. SALDO O saldo positivo de novembro resultou de US$ 16,220 bilhões em exportações e US$ 11,463 bilhões em importações. O valor exportado subiu 17,5% em relação a novembro de 2015, segundo

o critério da média diária, que leva em conta o valor negociado por dia útil. Na comparação com outubro deste ano, as exportações aumentaram 18,2%. Em relação às compras do Brasil no exterior, houve queda de 9,1% em relação com novembro de 2015. Comparado com outubro deste ano, as importações subiram 0,8% segundo a média diária.

TRABALHO

Construção civil fecha 441 mil vagas em 12 meses, divulga Sinduscon-SP O setor da construção civil fechou 441 mil vagas de emprego formais entre outubro de 2015 e outubro deste ano, uma queda de 14,66%, segundo levantamento do Sindicato da Construção de São Paulo (Sinduscon-SP). Ainda de acordo com a pesquisa, divulgada na quinta-feira, o ramo emprega agora cerca de 2,64 milhões de pessoas, contra 3,08 milhões há um ano. As maiores quedas foram registradas em Rondônia (40,5%), no Pará (25,9%) e no Piauí (21,4%). Em São Paulo foram fechados 11,3% dos postos de trabalho na indústria da construção no período de 12 meses. A redução do nível de emprego reflete a retração enfrentada pelo setor nos últimos dois anos. O Indicador de Atividade das Empresas da Construção Civil, elaborado em parceria com a Fundação Getulio Vargas (FGV), acumula queda de 19,3% de janeiro a setembro deste ano. O índice, que leva em consideração o patamar de emprego e a produção da indústria, caiu 13,71% em 12 meses ( de setembro de 2015 ao mesmo mês de 2016). “A gente chegou ao fundo do poço”, disse a economista da FGV,

Os estados-membros da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) comemoram o acordo fechado na quarta-feira, na Áustria, durante a 171ª reunião da entidade, classificando-o como um “compromisso com um mercado petrolífero estável e equilibrado, com preços a níveis adequados tanto para os produtores como para os consumidores”. O acordo entrará em vigor em 1º de janeiro de 2017 e, conforme acertado, os membros da Opep reduzirão a extração diária de petróleo, conjuntamente, em 1,2 milhão de barris. O pacto será renovável a cada seis meses. Embora os participantes não falem explicitamente, a redução da oferta do produto é uma forma de forçar a alta global dos preços da commodity. Atualmente, os paísesmembros da Opep são: Argélia, Angola, Equador, Irã, Iraque, Kuwait, Líbia, Nigéria,

Gabão, Indonésia, Catar, Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos e Venezuela. A necessidade do apoio de países não-membros levou a organização a aprovar a criação de instâncias oficiais de contato com representantes de países que não pertencem ao grupo, como o Brasil, onde o acordo para redução na produção de petróleo ganhou pouca atenção até o momento. Procurada pela Agência Brasil, a Petrobras disse apenas que não mudará sua estratégia de produção, prevista no Plano de Negócios e Gestão. E o Ministério de Minas e Energia se limitou a informar que o governo brasileiro não interfere no ritmo de produção das empresas petrolíferas instaladas no país. Em outubro, o secretário nacional do Petróleo, Márcio Félix, representou o Brasil como convidado de uma reunião da Opep e disse que o país era contrário à diminuição da produção.

Decisão da Opep favorece Petrobras A decisão da Organização dos Países Produtores de Petróleo (Opep) de reduzir a produção para forçar o aumento do preço da commodity vai depender do reflexo e da aceitação da medida no mercado internacional. A conclusão é do professor do Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Ernani Torres, para quem a chance de sucesso na elevação do preço seria de 50% a 50%, “porque não adianta armar o jogo e achar que vai levar”. O professor lembrou que nos anos 80 a Arábia Saudita inundou o mundo de petróleo para dominar e botar ordem no mercado, e o efeito que se esperava, de destruir boa parte da produção nova de canade-açúcar, foi muito abaixo do esperado e a iniciativa foi um fracasso. “Botar ordem no cartel, na hora em que muitos países estão quebrados – como é o caso da Venezuela e do Irã, que é um pouco diferente – é muito difícil. A possibilidade de isso dar certo vai depender

do bedel, ou seja, da capacidade que se tenha de subordinar os outros a uma regra comum, e isso não é fácil. Isso se mostrou muito difícil nos anos 1980”, afirmou Ernani Torres. Para o especialista em economia internacional, o Brasil produtor de petróleo. Portanto, está interessado no que acontece na Opep, a despeito de não participar das decisões. Se a entidade tiver sorte em conseguir a elevação do preço, tanto para o Brasil, como para o estado do Rio de Janeiro e para a Petrobras, o resultado será positivo. Mas se isso não acontecer, a situação brasileira se agrava. Em sua avaliação, se a medida funcionar, em um primeiro momento, tendo em vista a crise que o país atravessa, o efeito será benéfico. “Acho que a bolsa subiria, a receita do governo aumentaria. Então, seria positivo. Entretanto, se não der certo, eventualmente, o preço pode cair e chegar até US$ 30 [o barril], e complicaria um pouco mais a situação brasileira do que está hoje.

Mudanças podem facilitar aplicações no Tesouro Direto A redução do nível de emprego reflete a retração enfrentada pelo setor nos últimos dois anos Ana Maria Castelo, para explicar porque em termos relativos o desempenho do setor medido pelo índice foi, neste ano, um pouco melhor do que no ano passado, quando o indicado ficou mais de 20% negativo. “Em termos relativos o pior já passou”, enfatizou. As previsões indicam, no entanto, que a indústria da construção deve continuar a reduzir os contingentes de trabalhadores

durante os próximos meses. Para este ano, a estimativa é que a queda no nível de emprego fique em 14,5%, o que significa que até dezembro o número de pessoas trabalhando no ramo deve ser de 2,43 milhões, o mesmo patamar de agosto de 2009. “São números bastante ruins que dão a dimensão do que está acontecendo na atividade de um setor intensivo em mão de obra”, disse Ana Maria

ao apresentar os dados. Para 2017, a previsão é que o setor continue a cortar postos de trabalho, de acordo com a economista, que estima uma queda de 5,5% no nível de emprego no próximo ano. “Essa queda reflete ainda investimentos que estão sendo feitos pelas empresas em produtividade, essa melhor utilização da mão de obra”, explicou a economista.

EM OUTUBRO

Faturamento da indústria cai 3,3% O faturamento da indústria caiu 3,3% em outubro frente a setembro, na série com ajuste sazonal, de acordo com a pesquisa Indicadores Industriais, divulgada na quinta-feira pela Confederação

Países produtores comemoram acordo para diminuir produção

Nacional da Indústria (CNI). Essa foi a quarta redução consecutiva do indicador. Na comparação com outubro de 2015, a diminuição é de 18%. Todos os indicadores da pes-

quisa registraram queda em outubro na comparação com setembro, nas séries de dados com ajuste sazonal. As horas trabalhadas na produção caíram 1,7% e alcançaram o menor nível

da série histórica, que começou em 2003. De janeiro a outubro, as horas trabalhadas na produção acumulam uma redução de 8,3% frente ao mesmo período do ano passado.

O governo federal lançou na quinta-feira um aplicativo oficial para facilitar as operações no Programa Tesouro Direto, destinado a pequenos investidores. A ferramenta faz parte da “segunda onda” de melhorias com o objetivo de tornar mais fáceis, acessíveis e seguras as operações, que estarão disponíveis a partir do próximo dia 3, sábado. Aplicativos de celular podem ser uma boa alternativa para quem tem dificuldade em aplicar no Tesouro Direto, que tem sido indicado por analistas de finanças como uma das melhores opções para a poupança. Inicialmente, a novidade estará disponível de forma gratuita apenas para sistemas Android. Os investidores poderão realizar todas as transações como investimentos, resgates, agendamentos e consulta de extrato. O investidor poderá cadastrar ainda o telefone celular no

site do Tesouro Direto para receber informações por meio de SMS (Serviço de Mensagens Curtas), que avisará sobre as operações, disponibilizará o extrato e notificará sobre a cobrança de taxas. O investidor receberá também as informações por e-mail. O extrato passará a ter um melhor visual, didático e intuitivo, com um gráfico para mostrar a evolução do valor da aplicação de investimentos realizados a partir de 2015. O investidor poderá ainda participar de um curso online gratuito, desenvolvido pela Escola de Administração Fazendária (Esaf), para aprender como investir no Tesouro Direto. Outra novidade é a mudança no horário de resgate das aplicações: das 9h30 às 18h, nos dias úteis, com as operações processadas levando em consideração o preço e taxa disponíveis no momento da transação.


Diário Indústria&Comércio - 02 de dezembro de 2016