Page 1

www.iCNEWS .com.br

Indústria&Comércio Curitiba, quinta-FEIRA, 1º de Setembro de 2011 Ano XXXIV | Edição nº 8452 | R$ 1,50

DIÁRIO. Mais que notícias. inteligência. conhecimento.

Aroldo Murá ESTÁ PRONTO HOSPITAL DE R$ 60 MILHÕES Na semana, a empresa Irmãos Thá deu por concluída a maior obra de construção civil em andamento no Paraná, segundo avaliadores do setor. É o Hospital São Marcelino Champagnat, de Curitiba, que a APC, a mantenedora da PUCPR ,entregará à comunidade em 17 de novembro. O custo final é estimado “em pouco mais de R$ 60 milhões”, segundo o presidente da APC, o religioso marista irmão Dario Bortolini. Parte da obra é garantida por empréstimo do BNDES. PARANÁ | a3

Fábio Campana Alvaro x Bernardo Ao participar de uma audiência pública na Comissão de Ciência e Tecnologia do Senado, ontem, o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, não esclareceu as perguntas do tucano Alvaro Dias sobre as “caronas” do ministro em jatinhos de empresas.

Pedro Washington Radicalização anunciada Em cima da hesitação da presidente Dilma em continuar com a faina moralizadora, duas frases de tucanos de forte plumagem e bico longo, identificam o que vem por aí.

Orçamento prevê alta de 8,3% nos investimentos federais O salário mínimo foi planejado para ser de R$ 619,21 a partir de janeiro de 2012 A proposta do Orçamento Geral da União de 2012, enviada nesta quarta-feira (31/08) ao Congresso Nacional pela ministra do Planejamento, Miriam Belchior, prevê investimentos recordes de R$ 165,3 bilhões. O montante, divulgado nesta quarta pelo Ministério do Planejamento, é 8,3% maior que o disponível neste ano. Desse total, R$ 58,5 bilhões vêm do Orçamento Fiscal e da Seguridade e R$ 106,8 bilhões vêm do orçamento das estatais. O Orçamento prevê ainda crescimento de 5% do Produto Interno Bruto (PIB), taxa de câmbio média de R$ 1,64 e taxa de juros Selic de 12,5% ao ano. A massa salarial nominal deverá crescer 9,8% no próximo ano. O salário mínimo, como divulgado pela ministra Miriam Belchior, será R$ 619,21 a partir de janeiro de 2012, o que significa uma correção de 13,6%.

Antonio Cruz/ABr

Os presidentes do Senado, José Sarney, e da Câmara, Marco Maia, receberam o texto do Projeto do Orçamento para 2012 que prevê o salário mínimo de R$ 619,21, das mãos da ministra do Planejamento, Miriam Belchior economia i b1

geral | a3

capacitação

Programa Senac na Copa é lançado em Paranaguá geral | a3

índice

Otimismo do consumidor diminui em agosto, mostra CNI economia i b1

REGISTRO Saldo da entrada e saída de dólares está positivo em US$ 5,4 bi O saldo da entrada e saída de dólares do país, fluxo cambial, está positivo em US$ 5,404 bilhões, em agosto até o dia 26, informou ontem o Banco Central (BC). De janeiro até o dia 26 de agosto, o fluxo cambial está positivo em US$ 61,062 bilhões, contra US$ 3,475 bilhões registrados em igual período de 2010. Neste mês, até o dia 26, o fluxo financeiro (registro de investimentos em títulos, ações, remessas de lucros e dividendos ao exterior, entre outras operações) ficou negativo em US$ 1,043 bilhão. Apex promove eventos de negócios para recuperar empresas do Rio Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil), do governo federal, realizou ontem, no município de Teresópolis (RJ), a primeira reunião preparatória com empresas da região serrana fluminense que participarão das rodadas de negócios com compradores internacionais, previstas para os dias 27 e 28 de setembro. Hoje (1º), a missão da Apex-Brasil e da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico do Rio de Janeiro (Sedeis) estará em Nova Friburgo, com o mesmo objetivo, de orientar os empresários sobre as rodadas que trarão ao país compradores dos Estados Unidos, da Argentina, Espanha, Itália e França, entre outros países. Em 2012, governo só vai autorizar concurso para áreas essenciais Em 2012, o governo só vai autorizar novos concursos públicos para áreas consideradas essenciais. A ministra do Planejamento, Miriam Belchior, informou ainda que o reajuste dos salários do funcionalismo será limitado a algumas categorias que o governo considera que houve perda do poder aquisitivo. As limitações estão previstas na proposta de Orçamento para o ano que vem, enviada ontem pelo governo ao Congresso.

CMYK

Nova avenida das Torres terá 10 Km de ciclovia A avenida Comendador Franco (das Torres), principal ligação de Curitiba com o Aeroporto Internacional Afonso Pena, e com São José dos Pinhais, será remodelada e terá uma ciclovia de 10 quilômetros. O projeto está sendo feito pelo Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc) e integra pacote de obras. geral i a5

INDICADORES FINANCEIROS MERCADO À VISTA Maiores altas J B DUARTE GTD PART BIOMM ELEKEIROZ SERGEN

Maiores QUEDAS TECTOY HAGA S/A RECRUSUL CEB METAL IGUACU

BOM DIA!

CÂMBIO

IBOVESPA

COTAÇÃO 0,04 0,26 1,80 11,69 1,40

COTAÇÃO 0,04 3,21 0,77 22,99 0,32

Maiores altas DURATEX BROOKFIELD BRASKEM LOJAS AMERIC JBS

Maiores QUEDAS ECODIESEL TAM S/A -

COTAÇÃO 10,71 7,05 18,99 15,56 4,25

COTAÇÃO 0,61 33,09

Moeda

Compra

Venda

Dólar turismo 1,5100

1,6500

Dólar comercial 1,5916

1,5925

Dólar paralelo 1,5900

1,7300

Euro

2,2868

2,2833

Ouro (Grama/R$): 233,80

EDITORIAL

BOA NOTÍCIA É possível afirmar que o Brasil padece de baixa poupança interna desde pelo menos os idos do Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarve. Daí também a nossa crônica e parcial dependência dos capitais externos de empréstimo e de risco. (Curiosamente, entre os dois quase sempre optamos pelo primeiro... .) À época do milagre econômico, posterior a 1967, atingimos uma taxa de poupança de 29% ao ano, bastante próxima das asiáticas, graças a combinação de esforços do tripé iniciativa privada interna, iniciativa privada externa, governo. Resultado? O crescimento do produto interno bruto chegou a tangenciar a excepcional taxa de 15% aa! Depois de 1982, especialmente em seguida à posse de Sarney, ficou claro que o governo quebrara. E que sua contribuição ao crescimento do PIB passara a ser

negativa: ao invés de poupar o grande irmão caboclo detonava. Não contentes, passamos a hostilizar o capital externo de risco no exato momento em que nossos arreganhos soberanos criavam obstáculos e aumentavam a taxa de risco das nossas tomadas externas de capital de empréstimo... A frase do Roberto Campos - a burrice no Brasil tem passado glorioso e futuro promissor – nunca foi tão pertinente quanto naquele triste momento. Felizmente, esta é uma página virada do nosso folhetim político-econômico. A contra-prova está na alta nota que investidores americanos dão ao Brasil como receptor de capital externo de risco relativamente aos outros países do BRICS – Rússia, China, Índia e África do Sul. É mais uma boa notícia. E não é pouco.

Central de Atendimento: 41 3333.9800

Municípios doParaná Fazenda Rio Grande ganhará quatro creches O prefeito Chico Santos anunciou na última semana a construção de quatro novas creches para o município de Fazenda Rio Grande. As regiões contempladas com essas estruturas educacionais são os Bairros Santa Terezinha, Gralha Azul, Iguaçu e Eucaliptos. Somados, esses investimentos em educação chegam a cerca de R$ 3.200.000,00 e a previsão é que sejam atendidas aproximadamente 620 crianças. Deste investimento, o maior gasto será com a estrutura do Bairro Santa Terezinha.

Setor de Plástico sofre com falta de incentivo fiscal O SIMPEP – Sindicato da Indústria de Material Plástico no Estado do Paraná – informa e alerta que o setor de transformação de plástico vem passando por dificuldades, primeiramente por ter um único fornecedor nacional de resinas plásticas e também pela guerra de incentivos fiscais entre os estados.

página a4

e-mail: pauta@induscom.com.br

negócios i b4

Editais na página A7.


Geral

“É mais fácil passarmos aos filhos as nossas paixões que os nossos conhecimentos.” Barão de Montesquieu Indústria&Comércio | Curitiba, quinta-feira, 1º de setembro de 2011 | A2

Previsão do tempo

AB Notícias

fonte: www.simepar.br

Mín.: 08° Máx.: 18°

abnoticias@abcom.com.br

O frio volta ao Paraná com risco de geadas ao amanhecer desta quinta-feira. Embora o centro mais intenso da nova massa de ar frio se posicione na altura da Argentina, a intensidade do sistema de alta pressão (A) e a incursão do ar frio até a região por conta dos ventos do quadrante sul, determinam o resfriamento mais forte que ocorre na metade sul do estado.

NOVA UNIDADE

Com um investimento de cinco milhões de reais, a Argus Frigorífico está instalando uma nova unidade em Ponta Grossa. A empresa vai gerar 150 empregos inicialmente, para atuação na nova área, que conta com quatro mil metros quadrados. Com o novo espaço, a atual capacidade de processamento e armazenamento do frigorífico da cidade deve dobrar.

USINAS HIDRELÉTRICAS

EDUCAÇÃO

PR libera R$ 105 mi para obras em escolas

Recursos serão repassados para prefeituras e direção das escolas

O governador em exercício Flavio Arns assinou ontem (31), em solenidade realizada no Palácio das Araucárias, convênio com municípios para o repasse de R$ 105 milhões para a ampliação de 309 salas de aula, construção de dez escolas, de cinco unidades profissionalizantes e ainda obras de reparo da infraestrutura de 17 escolas da rede estadual. Os recursos serão repassados diretamente para prefeituras e direção de escolas, inaugurando uma nova forma de gestão na área da educação, marcada pela descentralização e a agilidade. “Estes investimentos representam desenvolvimento para o sistema educacional, com mais controle social da comunidade. Vamos valorizar os professores e investir para que as escolas sejam bonitas, acolhedoras e competentes do ponto de vista pedagógico”, disse o governador em exercício. Ele anunciou também convênio com a Copel para que vistorie as instalações elétricas de todas as escolas do Paraná. Os recursos liberados beneficiarão cerca de 21 mil estudantes e 116 unidades de ensino. Segundo o secretário da Educação em exercício, Jorge Eduardo Wekerlin, a intenção é descentralizar e dar agilidade ao processo. Arns assinou termo de compromisso com municípios para obras de ampliação de salas, banheiros e refeitórios, tota-

NOTEBOOKS PARA EDUCAR

A administração municipal da cidade de Francisco Beltrão, Região Sudoeste, anunciou a aquisição de 550 notebooks, que serão oferecidos, em contrato de comodato, aos professores da rede de ensino da cidade. A medida prevê que os educadores tenham ferramentas para desenvolver um trabalho continuo de pesquisa e estudo. A entrega será realizada no dia 15 de outubro, dia dos professores.

RESPIRAR PELA BOCA

Um grupo de alunos da Universidade do Norte do Paraná realizou pesquisa em uma escola pública de Londrina, e constatou que 58% dos entrevistados são considerados respiradores bucais. A ideia do mapeamento local surgiu quando outras pesquisas divulgaram que metade da população brasileira respira pela boca. O hábito pode ocasionar problemas de sono, ronco, baba ao dormir e, principalmente, deficiências nos ossos da face.

BIBLIOTECA CIDADÃ

Na última semana a cidade de Candói, Centro-Sul do Estado, ganhou uma biblioteca cidadã. O projeto foi instalado com recursos estaduais e já conta com um acervo inicial de mais de dois mil livros. No espaço, também será implantado um telecentro com computadores disponíveis para uso da população. O prédio recebeu uma pintura que representa o tropeirismo no Paraná.

Governador em exercício Flávio Arns assina a liberação de R$ 105 milhões para a aplicação na melhoria da infraestrutura da rede pública estadual de ensino

lizando 450 espaços escolares de 84 unidades do Paraná. As prefeituras ficarão responsáveis pela execução de obras de ampliação, que receberão investimento de R$ 20 milhões. O governo também elevou de R$ 15 mil para R$ 150 mil o teto para repasse direto de recursos do Fundo Rotativo para execução de pequenos reparos em escolas. A mudança será implantada em caráter piloto, inicialmente em 17 estabelecimentos. Ao todo nessa etapa serão liberados R$ 2,487 milhões. “Essa medida permitirá que a comunidade escolar escolha como melhor aplicar os recursos e defina, por exemplo, a cor da

tinta, da lajota e como será o piso”, destacou Flavio Arns. Ele disse que o governo quer que as escolas tenham autoridade e responsabilidade, sob rígido controle do Conselho Escolar e das Associações de Pais, Mestres e Funcionários. Arns destacou a importância da descentralização dos repasses. “A escola é a casa da comunidade escolar e ninguém faz mudanças na nossa casa sem a nossa permissão. Vamos escutar o que a comunidade considera necessário mudar e investir nas escolas”, disse ele. O governo estadual estuda descentralizar também a produção da merenda escolar, que passaria a ser feita nos municípios.

NOVAS UNIDADES

Flavio Arns autorizou o início de licitação para a construção de dez novas unidades de educação básica nos municípios de Rolândia, Reserva, Matelândia, Turvo, Prudentópolis, Jardim Alegre, Campo Largo e Curitiba. Nas novas obras serão aplicados cerca de R$ 45 milhões. Na capital serão ampliadas escolas e construídas mais três novas unidades, nas regiões Vila Audi, Osternack/Ganchinho e Tatuquara, por meio de uma parceria com a prefeitura. Para o prefeito de Curitiba, Luciano Ducci, a medida é fundamental para trazer cidadania para os moradores nos municípios.

Secretário representa PR em seminário de petróleo e gás O secretário da Indústria, do Comércio e Assuntos do Mercosul, Ricardo Barros, participa hoje (1), a convite do BNDES, do Seminário de Desenvolvimento da Cadeia de Fornecedores de Petróleo e Gás, no Rio de Janeiro. No evento serão discutidos oportunidades, programas de financiamento do banco e os principais gargalos produtivos do setor. Ricardo Barros salienta que o Governo do Paraná investe na consolidação de um polo no Paraná para o fornecimento de bens e serviços à Petrobras e

A Frente Pró-Piquiti, que é formada por técnicos membros da Promotoria Pública do Paraná, listou uma série de mudanças e impactos sociais, ambientais e econômicos que a instalação das 14 usinas previstas poderá provocar no Rio Piquiri. Este rio é um dos poucos do Estado que não contam com esse tipo de obra em seu curso. Para discutir estes impactos, cerca de 400 pessoas estão reunidas na cidade de Palotina, Oeste do Estado, com a intenção de refletir sobre tais mudanças. O efeito que uma hidrelétrica pode causar à biodiversidade da bacia em questão, às comunidades de pescadores e ao clima da região, são alguns dos pontos em questão.

suas parceiras – e em especial à cadeia do pré-sal. “O BNDES abriu uma importante linha de financiamentos que pode nos auxiliar na atração de empresas para o Estado”, diz. Recentemente a italiana Techint anunciou que vai produzir na sua unidade em Pontal do Paraná duas plataformas de exploração de petróleo com investimentos de R$ 1 bilhão e a geração de mais de quatro mil empregos diretos no Litoral. “Além da Techint, estamos em negociações avançadas com outras empresas que querem aproveitar a boa lo-

calização geográfica do Paraná”, diz o secretário. O financiamento citado por Barros foi lançado no início do mês pelo BNDES com o nome de Programa de Apoio ao Desenvolvimento da Cadeia de Fornecedores de Bens e Serviços Relacionados ao Setor de Petróleo e Gás Natural. Com orçamento de R$ 4 bilhões e vigência até 31 de dezembro de 2015, o programa prevê maior participação do BNDES nos projetos de financiamento e possibilita o apoio à aquisição de tecnologia, à

qualificação e capacitação de mão de obra e à prestação de serviços, em especial os serviços de engenharia e de certificação relacionados ao setor. Os focos são projetos de implantação, ampliação e modernização da capacidade produtiva; consolidação, fusão e aquisição e internacionalização da cadeia de fornecedores; financiamento do capital de giro necessário à produção de equipamentos e prestação de serviços; e suporte a atividades de pesquisa, desenvolvimento e inovação.

Informe da Câmara Municipal de Curitiba Frote elogia decisão do TJ sobre Lei dos Biombos A decisão do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná, reconhecendo a constitucionalidade da Lei dos Biombos, que obriga agências bancárias a proporcionar atendimento reservado aos clientes onde há movimentação de dinheiro, foi elogiada pelo vereador Paulo Frote (PSDB), na sessão plenária de terça-feira (30), na Câmara de Curitiba. Desde que a lei foi sancionada, em 2008, a Febraban (Federação Brasileira de Bancos) havia questionado a competência municipal, ingressando com uma ação direta de inconstitucionalidade (Adin), “agora derrubada pela decisão do TJ”, destacou o vereador, que é autor da lei para oferecer mais segurança aos clientes e, principalmente, inibir o conhecido golpe da saidinha de banco. Para o relator do processo, desembargador Luiz Osório Moraes Panza, “a questão é de simples solução, na medida em

que a lei impugnada apenas criou um mecanismo de proteção e privacidade aos clientes de bancos e não mais que isso. É dever constitucional do Estado criar todo e qualquer tipo de mecanismo que tenha como intuito maior a segurança dos seus cidadãos e, nisto, todo aquele que prestar qualquer tipo de serviço público deve saber que o objetivo maior é este, não cabendo questionar, quanto ao conteúdo de mérito, se isso fere ou não os comandos constitucionais”. A decisão também foi comemorada em plenário pelo vereador Tito Zeglin (PDT), autor da lei que impede o uso de celulares dentro das agências bancárias com idêntico propósito e que vem registrando excelentes resultados para a segurança dos clientes, inclusive, de acordo com Zeglin, “com a aceitação e compreensão dos usuários”.

BENEFÍCIOS DA MELANCIA

O site Yourtango divulgou que a melancia, fruta de origem africana, é um excelente antioxidante e pode fazer bem para a saúde sexual. Outro estudo realizado pelo Departamento de Agricultura norte-americano demonstrou que o consumo regular de melancia é benéfico para homens e mulheres, pois previne da disfunção erétil, hipertensão, e também da degeneração macular.

APRENDIZAGEM INDUSTRIAL

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial - Senai, passará a oferecer cursos periódicos de capacitação e qualificação de mão de obra no município de Medianeira, Região Oeste. A principio, as aulas serão ofertadas através de unidades móveis, porém a prefeitura da cidade já se manifestou e garantiu que irá disponibilizar um local próprio para a instalação de um espaço fixo. A iniciativa é um reflexo do aumento da densidade industrial na região.

ORQUÍDEAS

Entre os dias 9 e 11 de setembro, a cidade de Ponta Grossa realiza a sua exposição tradicional de orquídeas. Ao todo, serão expostas mais de 800 espécies, trazidas por 30 expositores do Paraná, Santa Catarina e São Paulo. O evento acontece no Asilo São Vicente de Paulo e a entrada é gratuita.

VIDA NO CAMPO

Um curso realizado no município de Honório Serpa, Sudoeste do Estado, aplicou medidas simples que podem ajudar na qualidade de vida dos moradores do campo. Ao todo, famílias residentes de 18 propriedades rurais foram beneficiadas com as atividades. As aulas tiveram o objetivo de conscientizar e demonstrar na prática algumas formas de manter as propriedades mais organizadas.

EXPEDIENTE

Diário

Indústria&Comércio Fundado em 2 de setembro de 1976 Fundador e Presidente Odone Fortes Martins Reg.Prof. DRT/PR: 6993 (ofm@induscom.com.br) Administração Irene Morva Martins (diretoria@induscom.com.br) Diretor de Redação Eliseu Tisato Reg.Prof. DRT/PR: 7568 (editor@induscom.com.br) Redação: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fone: (41) 3333.9800 E-mail: pauta@induscom.com.br Publicidade Legal e Assinaturas: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fones: (41) 3333.9800 | 3334.4665 e-mail: publegal@induscom.com.br

Parque Gráfico e Circulação: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fones: (41) 3333.9800 | 3322.1012 Direção e Comercial: Rua Presidente Faria, 533 Centro - Curitiba - CEP: 80020-290 Fone: (41) 3322.1012 e-mail: diretoria@induscom.com.br comercial@induscom.com.br

NEW CAST PUBLICIDADE & MARKETING BRASÍLIA E RIO DE JANEIRO Atendimento : Flávio Trombieri Moreira – Cel.: (61) 8155 2020 Endereço: SRTVS Quadra 701 Bloco K Sala 624 – Edifício Embassy Tower – Brasília DF - Cep.: 70.340 – 908 Fone/Fax: (61) 3223 4081 E-mail: new.cast@uol.com.br / new.cast@hotmail.com

Os artigos assinados que publicamos não representam necessariamente a opinião do jornal.


GeralEstadual Curitiba, quinta-feira, 1º de setembro de 2011 | A3 | Indústria&Comércio

aroldo@cienciaefe.org.br

Aroldo Murá G.Haygert ESTÁ PRONTA A OBRA: CUSTOU R$ 60 MILHÕES

Nesta semana foi dada por pronta a maior obra de engenharia civil em construção no Paraná, o Hospital São Marcelino Champagnat, erguido na Avenida Affonso Camargo, Cajuru, complexo de três edifícios, oito andares cada, total aproximado de 30 mil metros de área construída. Será inaugurado em 17 de novembro deste ano. Custo da obra reDario Bortolini: o presidente alizada por Irmãos Thá foi de R$ 60 milhões, “talvez um pouco mais”, segundo me garante o presidente da APC, a mantenedora da PUCPR, da ABEC (Associação Brasileira de Educação e Cultura) e Associação Catarinense de Educação e Cultural, o religioso marista Dario Bortolini. O projeto é da arquiteta Jussara Ruggeri. Observe-se: a construção de um hospital, moderno como o Champagnat, aumenta os custos, em função de uma série de equipamentos e instalações peculiares de uma obra desse porte, seguindo padrões internacionais.

CONGREGAÇÃO DE EDUCADORES

A gerência imediata do Marcelino Champagnat deverá ser da APC (Associação Paranaense de Cultura). O conjunto das instituições citadas pertence à Congregação dos Irmãos Maristas(nome canônico), educadores que mantêm diversas obras educacionais no Paraná, Santa Catarina, SP, Mato Grosso e Brasília sob a presidência de Bortolini, um homem de fé e alegria que, embora com seu voto de pobreza pessoal, deve gerir, anualmente, um orçamento de pelo menos R$ 1 bilhão. Só a Editora FTD produz dezenas de milhões de livros/ano, e foi colocada, em recente avaliação do Governo francês, entre as cinco maiores do mundo produtoras de obras didáticas. Os maristas estão em outros estados do país, com outras obras e mantidos por outras sociedades civis.

CERTIFICADORES DO MEC

Na semana, o presidente da APC, Dario Bortolini e o reitor da PUCPR, irmão Clemente Ivo Juliatto, estiveram com os certificadores do Ministério da Saúde mostrando-lhes a obra em detalhes. Aos certificadores ministeriais cabe dar parecer ao processo que garante à nova instituição hospital, que é também hospital-escola da PUCPR, recursos para apoiá-lo em processos como internato médico. Do ponto de vista dos construtores, agora só resta o trabalho de checagem, de ítem por ítem, andar por andar, para a entrega oficial da obra que, em parte, tem financiamento do BNDES. O hospital terá duas UTIs:uma geral, 20 leitos; outra cardiológica, 20 leitos. Os leitos serão 87. Haverá 72 consultórios no Champagnat e sete centros cirúrgicos.

A ILUSÃO DO FACEBOOK

Uma empresa paulistana, de tecnologia, encomendou pesquisa, interna, sobre a eficiência de comunicação por meio do facebook, e os resultados são, pasmem, surpreendentes. Em primeiro lugar, quem pensa que é importante estar no “face” para vender um produto pode tirar o cavalinho da chuva. “A pesquisa mostra que ficar postando comentários sobre o produto no facebook não ajuda em nada na venda”, afirma um publicitário nativo que teve acesso à pesquisa. Outro dado: o facebook expõe, apenas, a vaidade humana. “As pessoas ficam se exibindo, contando vantagem. É um show de horrores”, completa o homem de comunicação, não sem antes finalizar com um dado relevante: “As postagens que obtêm mais comentários são a respeito de inutilidades, de besteirol mesmo. Se você quer algo sério, não vai encontrar nada no facebook.”

Pozzatti, receptora dos trabalhos, efetuará a distribuição à comissão julgadora, sendo os resultados divulgados até o final do ano. O prêmio mais valioso ofertado aos participantes do concurso é uma viagem à Itália, num roteiro panorâmico que abrange todas as regiões, muito apropriado quando se trata de comemorar a unificação ocorrida há 150 anos.

SERIADO DE ELÓI

O cineasta curitibano Elói Pires prepara um seriado de 12 capítulos, de olho no mercado televisivo.

“NEOLOGISMO”

De um saliente político de abrangência estadual, numa conversa com grupo de jornalistas, segundo relato de um deles:”Então eu disse para o ex-governador: não faço inalações, só trabalho com fatos...” Queria dizer ilações. Mas repetiu o desastrado “neologismo” com desenvoltura e ares magistrais.

NOVA DIREÇÃO NO HOSPITAL

Um dos mais tradicionais hospitais de Curitiba, o Nossa Senhora das Graças, mantido pela congregação de freiras católicas Filhas da Caridade (Vicentinas),. está com novos gestores, trazidos de São Paulo. A equipe é, em boa parte, oriunda de profissionais amplamente preparados em administração hospitalar, com passagem por hospitais como o Alberto Einstein. Recorda-se que, anos atrás, o HNSG só saiu do vermelho quando fez o mesmo: entregou a gestão da casa a profissionais altamente especializados, também oriundos de São Paulo. Mas a palavra final continua sendo a de uma religiosa serena e discreta, irmã Maria de Lourdes Thomé, uma espécie de reserva de qualidade que a irmãs vicentinas têm para a área hospitalar.

O MERCADO MUNICIPAL NA VIDA DE LUCIANO

No meu livro Vozes do Paraná 3 (pode ser encontrado na Livraria do Chain), um dos personagens enfocados é o prefeito Luciano Ducci. Pouco afeito a falar de si mesmo, Luciano acabou contando dos tempos de adolescente e, depois universitário. Quando ga- Luciano Ducci: tempos de mocidade roto, por muitas vezes ajudou o pai, Giancarlo, na banca/distribuidora de frutas que mantém no Mercado Municipal. Na PUCPR, como estudante de Medicina, algum tempo de Ducci foi tomado pelo movimento estudantil, quando – conforme o espírito contestador da época – aderiu ao movimento de esquerda, o Libelu, o Liberdade e Luta. Para um de seus antigos colegas de PUCPR, o jornalista e publicitário Alceo Rizzi, “ele nunca teve traços de radicalismos”. Outro amigo, de tempos anteriores, é também médico e administrador público, Homero Giacomini, que com Luciano chegou a partilhar de república estudantil, num curto tempo, em Pelotas, RS. Hoje Giacomini é um dos nomes mais próximos de Luciano, sobretudo por sua experiência em administração pública.

COM OS FOCOLARINOS, A EXPERIÊNCIA DE FRUET

VÁRIOS GÊNEROS

Cônsul Salvatore di Venezia

O concurso se realiza em múltiplos gêneros: texto, audiovisual, performance e artes visuais. Todos os trabalhos terão de ser enviados, até a primeira quinzena de outubro, pelo correio eletrônico, na forma de arquivos PDF (texto), MP3 (música e locução) e vídeos (afinal, estamos na era da informática...). A professora

Panorama Político Pedro Washington

Radicalização anunciada Em cima da hesitação da presidente Dilma em continuar com a faina moralizadora, duas frases de tucanos de forte plumagem e bico longo, identificam o que vem por aí. Convencidos de que erraram quando adotaram contra o governo Lula, em relação ao “mensalão” a tática de tentar ir “sangrando-o” até o fim, não se deram conta de que a habilidade de Lula fazia com que “nada pegasse nele”. Condescendente com os partidos da base que cometeram as heresias detonadas agora, Lula a cada episódio comprometedor, respondia com um programa de impacto, desviando para esse a atenção popular. Diferentemente do que acontece com o atual governo, apanhado de surpresa já em seus primeiros movimentos. A postura da presidente, reagindo às denúncias da imprensa, colocando um pequeno batalhão de servidores a correr, criou a impressão de que resistiria às pressões das “velhas raposas do rabo felpudo”, como as classificava o governador Requião que, por sinal, hoje convive com elas no Senado. A ilusão que inclusive chegou a agitar setores do PMDB (oposicionista) e dos próprios PSDB, PPS, DEM, a levantarem suas vozes em defesa da postura presidencial, durou pouco. Daí a frase de Aécio Neves: “O governo não dá demonstração clara de que realmente quer fazer essa depuração. É o contrário: diz para a opinião pública que está fazendo a faxina e, para os aliados, fala assim: “Fica tranqüilo que a coisa acabou; não vai ter mais problema nenhum”. O próprio FHC que saíra em defesa de Dilma, está sendo convencido da necessidade de radicalizar. Assim como propôs Álvaro Dias ao presidente do PSDB, Sérgio Guerra: “Deixei claro que o momento exige uma postura clara: ou oito ou oitenta. Ele concorda que será oitenta”.

Dúvida A depender do deputado Nereu Moura, líder interino do PMDB na Assembleia, o partido disputará as eleições de 2012, nas cidades que terão segundo turno, com candidato próprio. A dúvida, em função da adesão maciça ao governo de Beto Richa é se farão oposição em Curitiba ao candidato apoiado pelo governador: o atual prefeito Luciano Ducci.

Eleição contestada A eleição de Roberto Requião para a presidência do PMDB em Curitiba, que garantiria a candidatura já lançada por ele de Rafael Greca, está sendo questionada no TRE por um seu antigo colaborador: Milton Buabsi. Como se trata de um peemedebista histórico e sério, seu recurso deve estar bem fundamentado em vícios de origem na convenção municipal.

Deu o previsto! A tese do PSDB exposta no comentário inicial, “deixar o governo Lula sangrar”, parece repetir-se na Câmara Municipal de Curitiba. A cada dia um fato novo, “sangrando” o capital político que Derosso acumulara. A esperada convocação de sua esposa, a jornalista Cláudia Queiroz Guedes, proprietária da empresa Oficina da Notícia, pivô de toda a “novela curitibana”, não deu em nada! Alegando problemas de saúde, não compareceu.

Cheiro de pizza A disputa por maior participação da oposição na CPI aprovada por 35 vereadores como estratégia para não dar força à oposição, parece não produzir resultados. Algaci Túlio que propôs a CPI está de fora. O PSDB, ficará com três representantes. DEM, PDT, PSB, PT, PPS e PV uma cadeira cada. Dos nove, seis da situação, o que fortalece a opinião de que há cheiro de pizza no ar.

Retaliação? Um outro tema agita a Câmara, partindo do próprio Derosso. Questiona os gastos de viagens da vereadora Renata Bueno. Segundo ele, ela foi quem mais gastou com viagens em 2010 e 2011. Um detalhe, além da “retaliação” alegada pela vereadora por ser ela ao lado da professora Josete as que mais pressionam o presidente da Câmara. As viagens e diárias foram autorizadas por ele.

Em choque

ALUNOS DE ITALIANOS MOBILIZADOS PARA CONCURSO

O sesquicentenário da independência e unificação da Itália, que foi comemorado no primeiro semestre deste ano, incluindo o espetáculo de luz e cores “Mia Cara Curitiba”, continua em pauta com novas programações. Uma delas é a realização de concurso entre os estudantes de língua italiana, com tema centrado nos 150 anos de Itália soberana e unificada. O concurso é simultaneamente realizado em praticamente todos os países onde existem estudantes do idioma de Dante, mas, aqui no sul, foram englobados os Estados de Santa Catarina e Paraná, ambos atendidos pelo Consulado em Curitiba. O Cônsul Salvatore di Venezia tem se desdobrado para atender aos dois Estados e conta, na realização do concurso, com a professora visitante de língua italiana da Universidade Federal do Paraná, Silvia Pozzatti.

prpress@terra.com.br

Trocando em miúdo: apesar das idas e vindas e do assunto na opinião pública estar caminhando para o “perigoso caminho da galhofa – Stanislaw Ponte Preta”, a CPI ainda não tem data para ser instalada.

Senac na Copa é lançado em Paranaguá

Gustavo Fruet: com Luiza Erundina

A propósito ainda de meu livro Vozes do Paraná (agora estou preparando o volume 4, com lançamento para 2012), o volume 2 traça o retrato de outra liderança da cidade, Gustavo Fruet. O filho de Maurício Fruet é mostrado como o homem de preocupações com o solidarismo cristão. Revela, no livro, que a deputada Luiza Erundina (PSB/SP) é uma amiga e interlocutora constante. E que os dois têm forte aproximação em função do Movimento Focolares, de inspiração católica, cuja marca maior da ação é a chamada Economia de Comunhão. Uma das leituras prediletas de Gustavo, na linha dos Focolarinos, é o italiano Antonio Maria Baggio, professor universitário, pensador, ex-guerrilheirto das Brigadas Vermelha, hoje um cristão devotado às causas sociais.

Paranaguá será um dos municípios paranaenses que receberá cursos de capacitação de trabalhadores dentro do programa Senac na Copa, criado pelo Sistema Fecomércio para qualificar profissionais para o mundial da Fifa de 2014. A proposta é abrir mais de 500 cursos técnicos de aprendizagem, aperfeiçoamento e idiomas, atingindo 23 mil vagas para trabalhadores em Curitiba, Foz do Iguaçu e no litoral do Estado. A apresentação do projeto aconteceu na noite de terçafeira no auditório da Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Paranaguá (Aciap). O secretário estadual para Assuntos da Copa do Mundo 2014, Mario Celso Cunha, disse que a participação de instituições da sociedade civil, como o Sistema Fecomércio, no processo de preparação para o torneio da Fifa é fundamental. “Este reforço em qualificação significa uma conquista e um legado. A qualificação do trabalhador é essencial para que possamos realizar uma boa Copa. Além do mais, conheci-

mento é algo que não se perde”, destacou o secretário. O evento foi aberto pelo presidente do Sistema Fecomércio, Darci Piana, que explicou que capacitação profissional vai ajudar a qualificar os trabalhadores que estarão recebendo os turistas nacionais e estrangeiros que virão para o Paraná durante a Copa. “O nosso investimento neste setor é uma contribuição para a sociedade paranaense”, afirmou. Segundo ele, o Senac tem 63 anos de experiência em educação profissional, sempre acompanhando as mudanças no campo profissional e tecnológico. Piana explicou que os Centros de Educação Profissional da instituição são equipados com bibliotecas, laboratórios de ensino e empresas pedagógicas, onde o aluno aprende na prática o dia a dia do mercado de trabalho. O professor Ito Vieira, diretor de Educação e Tecnologia do Senac, falou sobre as unidades móveis que podem ser levadas para todos os municípios do Estado.


Curitiba, quinta-feira, 1º de setembro de 2011 | A4

Campo Magro em Pauta Segurança Alimentar

Campo Magro realizou na última quarta-feira (31) a I Conferência Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional. Na ocasião foram discutidos propostas e políticas públicas com o objetivo de garantir alimentação de qualidade a todos os habitantes do município. O evento foi organizado pelas secretarias municipais de Assistência Social, Agricultura, Saúde e Educação, para discutir a realidade do município de Campo Magro.

Estrada do Cerne

A Prefeitura de Campo Magro continua mobilizada para garantir junto ao Governo do Paraná a revitalização da PR090, a Estrada do Cerne. O prefeito José Pase esteve reunido com o governador Beto Richa, no Palácio das Araucárias, para debater soluções para a recuperação da principal rodovia que corta o município. O encontro de Pase com o governador é mais um avanço nas negociações que visam melhorar as condições de tráfego na Estrada do Cerne. Em junho, o prefeito Pase e a secretária e Administração de Campo Magro, Sandra Rocha, entregaram um dossiê com informações e fotos que retratam a situação da rodovia ao secretário estadual de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho. A revitalização da Estrada do Cerne é fundamental para a segurança dos cidadãos de Campo Magro e também para a economia do município. Toda a produção agrícola e industrial da cidade é transportada pela rodovia. Além da recuperação do asfalto, é necessária a construção de acostamento em grande parte da extensão da rodovia em Campo Magro.

I Festival de Música

Os artistas de Campo Magro têm mais uma oportunidade de mostrar seu talento. Já estão abertas as inscrições para o XII Festival de Musica de Campo Magro – FEMUSCAMP. O festival, com a apresentação dos músicos inscritos, será realizado no dia 1º de outubro, no salão da Igreja Matriz. Os interessados em participar podem se inscrever em até duas das três categorias abertas: Interpretação InfantoJuvenil, Interpretação Adulto e Composição Inédita. Basta levar a ficha de inscrição preenchida até o Departamento de Cultura de Campo Magro, na Rua Silvestre Jarek, 155, Centro.

Programa protege população e meio ambiente

A Prefeitura de Campo Magro está implantando um projeto fundamental para a preservação do meio ambiente e a saúde de toda a população da Região Metropolitana de Curitiba. O Programa CAMPO MAGRO RECICLA, que contempla a execução do Plano Municipal de Gerenciamento Integrado de Resíduos Sólidos, prevê a destinação adequada para materiais tóxicos e poluentes, evitando que sejam descartados junto ao lixo comum. Postos de coleta de resíduos como pilhas, telefones celulares, baterias, lâmpadas, medicamentos vencidos, bitucas de cigarro e óleo de cozinha estão sendo instalados em todo o município. O objetivo é evitar a contaminação do solo e dos rios que cortam a cidade e abastecem reservatórios de água da RMC. O Programa CAMPO MAGRO RECICLA está sendo organizado pela Prefeitura de Campo Magro, através do Departamento de Meio Ambiente e do Departamento de Recursos Hídricos, vinculados à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (SEDUR). Para a coleta dos resíduos especiais, serão instalados Pontos de Entrega Voluntária (PEVs) em locais como órgãos públicos, escolas municipais e estaduais, postos de saúde e estabelecimentos comerciais, que contarão com contentores específicos para cada tipo de resíduo. Também haverá recolhimento “in loco” de resíduos eletrônicos.

Turismo na cidade

Campo Magro tem no turismo rural, turismo de aventura e no ecoturismo importantes atividades para fomentar o desenvolvimento local. Conta com várias atrações turísticas naturais, além de espaços próprios para o trabalho com a educação ambiental, terapias e práticas esportivas. Podemos citar as Cachoeiras Gêmeas, o Morro da Palha, a Cascata da Professorinha, a Trilha do Ouro, além de espaços como o Museu do Lixo da Unidade de Valorização de Recicláveis, o Clube de Aeromodelismo e o Centro de Equitação e Equoterapia. O município tem tradição na gastronomia, possuindo em torno de dez restaurantes de culinária polonesa, italiana e da fazenda, bistrôs e café colonial, entre outros, e que também apresentam áreas para lazer e pesca, incluindo uma pousada.

CMYK

educação

FRG ganhará quatro creches As regiões contempladas são os bairros Santa Terezinha, Gralha Azul, Iguaçu e Eucaliptos O prefeito Chico Santos anunciou na última semana a construção de quatro novas creches para o município de Fazenda Rio Grande. As regiões contempladas com essas estruturas educacionais são os Bairros Santa Terezinha, Gralha Azul, Iguaçu e Eucaliptos. Somados, esses investimentos em educação chegam a cerca de R$ 3.200.000,00 e a previsão é que sejam atendidas aproximadamente 620 crianças. Deste investimento, o maior gasto será com a estrutura do Bairro Santa Terezinha. Lá será construído o maior dos quatro Centros de Atendimento Materno Infantil (CMEI), o qual terá a capacidade para atender até 220 alunos com idade entre 0 e 3 anos em período integral. “A região do Santa Terezinha é carente neste quesito. As administrações anteriores não previram o crescimento daquele bairro e hoje as crianças têm que ser atendidas no CMEI do Bairro Iguaçu. Com a obra estaremos minimizando os problemas de vagas naquela região”, explica o prefeito Chico Santos sobre a obra que custará aproximadamente R$ 1.320.000,00. Como a do Santa Terezinha, os novos CMEI’s do Gralha Azul e do Iguaçu serão construídos através de um convênio com o Programa Nacional de Reestruturação e Aquisição

Barbosa Jr

DESTAQUE

Esta é a região do Gralha Azul que foi contemplada

de Equipamentos para a Rede Escolar Pública de Educação Infantil (Proinfância). Com um porte menor, o Gralha Azul e Iguaçu terá a capacidade de atender 120 crianças cada. Já o novo CMEI do Bairro Eucaliptos será construído com recursos próprios de Fazenda Rio Grande e terá a capacidade de atender 160 alunos com idade entre 0 e 3 anos em período integral. “É uma obra que possibilitará atendermos a população que já reside naquele bairro e também às famílias que serão relocadas no Jardim Europa”,

lembra Chico Santos. O prefeito Chico Santos destacou a ampliação de vagas no município que por muitos anos ficou estagnada. “As famílias que precisavam de uma vaga antigamente sabe como era difícil de conseguir uma matrícula. Desde que assumimos, temos avançado essa etapa e aumentando as vagas”, afirma o prefeito de Fazenda Rio Grande, que já no primeiro ano de seu mandato inaugurou duas novas creches na cidade. Em 2005, o município de Fazenda Rio Grande oferecia

para a população 565 vagas em creches, enquanto no ano seguinte esse número caiu para 562. Em 2007 esse número se manteve estagnado. Chico Santos lembra que quando ele assumiu a administração do município, o número de vagas ofertadas em creches era de apenas 582 matrículas e hoje, pouco mais de ano depois de Fazenda Rio Grande ter inaugurado dois novos CMEI’s, é possível atender 875 crianças. “Vale lembrar que só em 2011 foram abertas mais de 380 novas vagas”, concluiu.

Novas vagas de estacionamento no centro de Araucária A Prefeitura de Araucária, por meio da Secretaria Municipal de Urbanismo (SMUR), iniciou as obras de remanso para criar novas vagas de estacionamento em trechos de três ruas no centro da cidade: Elvira Pizzato Ferreira, Alexandre Borrazo e Rodolfo Hasselmann. Os investimentos chegam ao valor de R$ 244.649.26. As obras são necessárias devido o grande fluxo de veículos e a falta de vagas para estacionar na região. “Nessa região há uma constante falta de vagas, dentre elas na Rodolfo Hasselmann, onde fica a Escola Municipal Elizabeth Werka e a Rua Alexandre Borrazo. Com a criação das novas vagas para estacionar, os motoristas e pedestres terão mais comodidade para transitar

Os investimentos chegam ao valor de R$ 244.649.26

pelos locais”, disse o secretário de Urbanismo, Mario Torres. Além do remanso em CBUQ, a Prefeitura também fará novo

calçamento com lajota/paver. A empresa que está executando as obras é a Giralda Construtora de Obras Limitada, que está

fornecendo todo o material, mão de obras e maquinários, nos termos estabelecidos pelo contrato.

Ruas e ginásios de Almirante Tamandaré serão reformados Na reunião de trabalho dos Secretários, coordenadores, diretores e outros funcionários, realizada no última dia 23 de agosto na FACOP, o prefeito Vilson Goinski assinou a ordem de serviço das quatro ruas que serão pavimentadas pelo PROPAT: Dídio Santos, no centro; Pedro Kleina e José Zen, no Tanguá; e Rua Odete Pereira, no bairro Jardim Mônica. Na ocasião, também foi assinada a ordem de serviço do ginásio poliesportivo que será construído ao lado do espaço da Fundação, no Tanguá, e foram apresentados um estudo da Secretaria Municipal de Obras sobre as causas dos danos provocados pelas fortes chuvas, a ampliação da rede de coleta de esgoto pela Sanepar no município e os avanços do plano de cargos, carreiras e vencimentos do quadro geral de servidores municipais. “A prefeitura tem investido muito em pavimentação, mas como os recursos são insuficientes, foi criado o PROPAT - Programa de Pavimentação e Melhoramentos Urbanos”, afirma o prefeito Vilson Goinski que comentou ainda sobre as prioridades da gestão em

“A prefeitura tem investido muito em pavimentação, mas como os recursos são insuficientes, foi criado o PROPAT. 80 contratos já foram assinados pelo programa” pavimentar eixos estruturais e acessos a prédios públicos com programas como o “Caminhos da Escola”. Segundo levantamento da Secretaria de Obras, 80 contratos já foram assinados pelo PROPAT no município. Dilaor Machado, Secretário Municipal de Obras, apresentou um estudo realizado pela Prefeitura que mostra as regiões de estrangulamento das bacias e micro bacias do município e as intervenções que tem sido feitas com base nesse levantamento para minimizar os danos provados com as fortes chuvas desde o início do ano. Segundo o Secretário, o estudo é importante porque além de auxiliar no entendimento da situação do município, auxilia ainda na busca de alternativas para a

execução de obras que impactem a realidade dos moradores que sofrem com as inundações. “O material também ficará a disposição para a elaboração do Plano Municipal de Saneamento e para embasamento do plano diretor da cidade”. Obras de revisão e substituição de tubulação, bem como limpeza e desassoreamento de canais já estão sendo realizadas pela prefeitura em diversas regiões da cidade com base nesses dados. Sobre a rede coletora de esgoto em Tamandaré, que até 2005 atendia apenas 3% do município e hoje tem um índice de 17,75% de abrangência, com 9548 ligações, o superintendente de Planejamento e Gestão, Sandro Miguel Mendes, que também preside o conselho de

usuários dos serviços de água e esgoto, explicou que novos 115 km e mais 6100 ligações, num investimento superior a 10 milhões de reais, fará com que no início do ano que vem o município tenha um índice 40% de rede. Segundo o gestor, os financiamentos da Sanepar são por meio de contratos a longo e médio prazo, o que justifica o convênio de 30 anos com a Prefeitura. Encerrando a reunião, o Secretário de Administração e Previdência Gerson Colodel, apresentou algumas definições da comissão criada a partir da audiência pública realizada no mês de abril para dar início a elaboração do Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos do quadro geral de servidores municipais. Alguns pontos em destaque no Plano são as possibilidades de crescimento horizontal do servidor, de 1,2% ao ano por mérito e efetivo exercício do cargo e vertical, de 10% conforme graduação, com interstício de 2 anos. O Plano já foi apresentado em reuniões setoriais de acordo com os cargos e será encaminhado para aprovação na Câmara Municipal.


GeralParaná Curitiba, quinta-feira, 1º de setembro de 2011 | A5 | Indústria&Comércio

Contexto Político

Fábio Campana editor@fabiocampana.com.br

Alvaro x Bernardo

Ao participar de uma audiência pública na Comissão de Ciência e Tecnologia do Senado, ontem, o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, não esclareceu as perguntas do tucano Alvaro Dias sobre as “caronas” do ministro em jatinhos de empresas diretamente beneficiadas com obras superfaturadas através da multiplicação de aditivos nas licitações de obras do PAC, como o Contorno Norte de Maringá.

Caronas do ministro

Os tucanos reiteraram perguntas relativas às caronas do ministro em aviões da empreiteira paranaense Sanches Tripoloni, que concentrou doações eleitorais para partidos aliados do governo e é alvo de investigações do Tribunal de Contas da União. O TCU detectou que a empreiteira aumentou em 1.273% os seus contratos com o Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) de 2004 a 2010.

Campanha da ministra

A construtora repassou R$ 510 mil para a campanha da ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann (PT-PR), mulher do ministro Paulo Bernardo. Desde o início da crise nos Transportes, políticos do PR dizem que Paulo Bernardo atuou em prol de empreiteiras, o que ele nega. Em março deste ano, foi beneficiada pela elevação de um contrato para obras no Contorno Norte de Maringá, que subiu de R$ 142,9 milhões para R$ 178,6 milhões. Em fevereiro, venceu licitação para a segunda fase da obra. O contrato ainda não foi assinado porque o TCU viu sobrepreço de 10%.

Não há coração?

A decisão do Tribunal de Contas de recomendar a aprovação das

contas do último ano do governo do PMDB (Roberto Requião/Orlando Pessuti) irritou o secretário da Fazenda, o tucano Luiz Carlos Hauly. Tanto que dedicou as primeiras mensagens no twitter para tecer críticas. Hauly, que diariamente sugere a leitura de passagens da Bíblia Católica Online, disse que o TC contrariou o Ministério Público, que pediu a desaprovação das contas.E concluiu: – Atrás de nossa toga tem que haver um coração. Caso contrário, não deveríamos ter aprovado nenhuma das prestações de contas anteriores, disse.

Pessuti quer Itaipu

Pois, pois, a banda de Orlando Pessuti reza para que Jorge Samek saia candidato a prefeito de Foz do Iguaçu para cavar a vaga para Pessuti. O deputado federal Moacir Micheletto está empenhado junto com o senador Sérgio Souza. Como se vê, a esperança é mesmo a última que morre. O drama é convencer Requião a não criar obstáculos.

Guerra intestinal

O PMDB está em guerra. O sobrinho do governador deputado federal e secretário do PMDB João Arruda quer aliança com o PT e o presidente estadual do partido deputado estadual Waldyr Pugliesi, também do PMDB, conseguiu ser vitorioso e aprovar candidaturas próprias nos grandes municípios ou aliança com o PSDB.

Chumbo trocado

Deste conflito surgem comentários desairosos de ambos os lados, tipo: “o genro do empreiteiro defende o PT e o PAC para ajudar o sogro”, o que é revidado com a frase “ele foi o maior baba-ovo do Requião(PMDB) e agora virou o maior baba-ovo do Beto(PSDB)”. A coisa não para ai.

CONTROLE

Paraná terá conferências de transparência

Termo assinado ontem prevê a organização do evento até dezembro As associações dos municípios do Paraná firmaram o compromisso de realizar etapas regionais da 1ª Conferência Nacional sobre a Transparência e Controle Social (Consocial). O termo de adesão foi assinado ontem (31), em Curitiba, pelo governador em exercício Flávio Arns, pelo secretário do Controle Interno, Mauro Munhoz, e pelos presidentes das associações. Sob a coordenação da Controladoria-Geral da União (CGU), a Consocial tem como principais objetivos a promoção da transparência pública e o estímulo à participação da sociedade no acompanhamento e controle da gestão pública, contribuindo para um controle social mais efetivo e democrático. O termo assinado ontem prevê a organização de uma Conferência Regional, até dezembro deste ano, em cada região paranaense. Os eventos têm a proposta de elaborar um documento sobre as discussões locais e eleger 507 delegados para participar da etapa estadual, que será realizada em março de 2012, em Curitiba. A etapa nacional reunirá todos os

Governador em exercício Flávio Arns coordena a reunião da convocação da Conferência Estadual de Controle Social, realizada ontem em Curitiba

documentos elaborados pelos estados e será realizada em maio de 2012, em Brasília. “A Consocial é importante para melhorar a transparência do serviço público e promover a aproximação do cidadão com o governo”, disse Arns. Ele lembrou que ações de interação com a população já são realizadas pelo governador Beto Richa, como as audiências públicas em todo o Estado.

Mauro Munhoz, que também é coordenador do Consocial no Paraná, destacou que a participação dos municípios é essencial para a promoção do debate sobre transparência e controle da gestão por parte da população. “O cidadão tem o direito de saber tudo o que acontece na estrutura administrativa dos órgãos gestores. É a oportunidade que ele tem para auxiliar na ampliação de políticas públicas e ficar mais

informado sobre a aplicação dos recursos”, afirmou. De acordo com o chefe da divisão da CGU no Paraná, Dany Secco, o órgão está à disposição do Estado e dos municípios para auxiliar na organização do processo. “Oferecemos todo o suporte técnico para organizar reuniões para capacitar pessoas que realizarão o evento e apresentar a metodologia da conferência”, disse.

João Arruda articula com o grupo do PMDB em Arapongas para enfraquecer a candidatura de Pugliesi (PMDB) a prefeito.

Copa da Corrupção

O governo federal repassou R$ 6,2 milhões a um sindicato de cartolas do futebol para um projeto da Copa do Mundo de 2014 que nunca saiu do papel. Sem licitação, o Ministério do Esporte contratou o Sindicato das Associações de Futebol (Sindafebol), presidido pelo ex-presidente do Palmeiras Mustafá Contursi, para fazer o cadastramento das torcidas organizadas dentro dos preparativos para a Copa. O contrato foi assinado no dia 31 de dezembro de 2010 e todo o dinheiro liberado, de uma vez só, em 11 de abril deste ano. O projeto, porém, jamais andou.

Negócio milionário

O Ministério do Esporte foi célere em aprovar o convênio, entre novembro e dezembro de 2010, com base em orçamentos e atestados de capacidade técnica apresentados pelo sindicato. O jornal O Estado de S. Paulo obteve os documentos. O negócio rápido e milionário teve um empurrão oficial de Alcino Reis, assessor especial de futebol do ministério e homem de confiança do ministro Orlando Silva (PC do B) – de quem é correligionário no PC do B.

Fraude no INSS

Sete pessoas foram presas pela Polícia Federal em Guarapuava, na região Centro-Sul do Paraná, entre elas três funcionárias do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) por suspeita de fraude na previdência social. Os mandados de prisão foram cumpridos na manhã desta quarta-feira (31) com o apoio do Ministério da Previdência Social.

DER realiza hoje leilão de veículos

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) realiza hoje (1°), em Curitiba, um leilão de veículos apreendidos pela Polícia Rodoviária Estadual (PRE). Serão colocados à venda 721 veículos, divididos em 97 lotes – 319 motos de vários modelos e cilindradas, 401 automóveis e um caminhão. Segundo a Comissão de Leilão, trata-se de veículos sem condições de trafegar e sucatas para desmanche. O leilão vai acontecer às 14 horas, no auditório da sede do DER (Avenida Iguaçu, 420 – bairro Rebouças, Curitiba). Os 97 lotes estão distribuídos entre os seguintes locais: Curitiba (DER Atuba), Ponta Grossa (DER), postos da PRE de Peabiru e Tamboara, Ibiporã (DER), postos da PRE de Porecatu e Sertaneja, Jacarezinho (DER) e postos da PRE de Siqueira Campos e Iporã. Somente poderão participar empresas de autopeças, sucatas e ferros-velhos devidamente legalizados e registrados na Junta Comercial do Paraná. O objetivo do DER e do Governo do Estado é assegurar que as unidades leiloadas não voltem a trafegar nas cidades e estradas. Os veículos que vão a lance são aqueles não reivindicados pelos proprietários e que sofreram deterioração

com a ação do tempo. valores arrecadados com a venda dos lotes serão destinados ao pagamento de dívidas dos ex-proprietários dos veículos com o Estado – como IPVA, multas atrasadas e outros débitos acumulados durante o tempo de permanência nos postos da PRE. A Comissão de Leilão foi designada em agosto de 2007 e no mesmo ano fez o primeiro leilão, quando foi arrecadado o valor de R$ 109.600, com o arremate de 292 veículos e 53 motos, do total de 345 unidades. Em 2008, foram arrecadados R$ 571.300, com 897 veículos e 336 motos, num total de 1.233 veículos. Segundo a comissão, em 2009 foram arrecadados R$ 677.100, com o leilão de 1.150 veículos e motos (776 carros e 374 motos), enquanto que em 2010 foram arrecadados R$ 1.446.3200, com o total 1.840 veículos e motos (1.026 veículos e 814 motos) leiloados. Não há estimativa de arrecadação para o próximo leilão, uma vez que é presencial e depende do valor de cada lote. A comissão do DER é composta pelo presidente Luiz Ernesto Rodrigues e mais dois membros, Rogério Scariot e Adonis Francisco C. Coelho.

Nova avenida das Torres terá 10 Km de ciclovia Iniciativa curitibana é destaque nacional

A avenida Comendador Franco (das Torres), principal ligação de Curitiba com o Aeroporto Internacional Afonso Pena, e com São José dos Pinhais, será remodelada e terá uma ciclovia de 10 quilômetros. O projeto está sendo feito pelo Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc) e integra o pacote de obras de requalificação do Corredor Aeroporto-Rodoferroviária, financiado pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) da Copa 2014. A ciclovia, assim como as demais intervenções, será feita até a divisa com São José dos Pinhais. Prevista no Plano Diretor do Ippuc, a ciclovia da avenida das Torres será feita nos dois lados da avenida, com sentidos opostos, totalizando 20 quilômetros de infraestrutura cicloviária. “Como o Plano Diretor previa a ciclovia na avenida das Torres, estamos aproveitando a revitalização que será feita na via para implementá-la, aumentando

Projeto está sendo feito pelo Ippuc e integra o pacote de obras de requalificação do Corredor Aeroporto-Rodoferroviária, financiado pelo PAC da Copa 2014

a malha cicloviária da cidade, principalmente nas ligações com a região metropolitana”, diz a coordenadora de Mobilidade Urbana e Transporte do Ippuc, Maria Miranda.

NOVO PADRÃO

A nova ciclovia ficará ao lado das calçadas, que também serão refeitas com novo padrão de

piso e medidas necessárias de acessibilidade. Ambas - calçadas e faixa de ciclovia - terão largura mínima de 1,5 metro, ideal para o sentido único. Além da ciclovia, ao longo do trecho a Prefeitura fará ainda recapeamento asfáltico e construção de quarta faixa nos principais cruzamentos da avenida, facilitando as conversões à

direita. Medidas de melhoria de fluidez também serão adotadas com a eliminação de alguns retornos na pista. A ciclovia na avenida Comendador Franco mostra como está sendo implementado o Plano Diretor Cicloviário de Curitiba. “Ele traça as diretrizes e as metas para serem implementadas conforme as obras das vias forem acontecendo. A Prefeitura faz um projeto de obra numa determinada via, se ela é abrangida pelo Plano, certamente teremos a infraestrutura cicloviária nessa obra. Por isso, não temos data de conclusão, apenas quantidade e o tipo de infraestrutura para aumentar a ciclomobilidade”, explica Maria Miranda. Outra obra que vem sendo executada dentro do Plano Diretor Cicloviário é a avenida Fredolin Wolf. Num trecho de 7,6 quilômetros a obra de reconstrução da avenida, a Prefeitura está fazendo também uma ciclovia nova e recuperando e melhorando um trecho já existente.

O lançamento da Agenda Curitiba do Trabalho Decente nos moldes propostos pela Organização Internacional do Trabalho (OIT) foi destaque na última edição da revista do Fonset – Fórum Nacional de Secretarias do Trabalho. A publicação lembra que, desde que a Agenda foi lançada, em abril, a capital paranaense já “realizou cursos de capacitação para servidores, promoveu um seminário sobre empregos verdes, uma feira do emprego da capacitação, lançou uma cartilha sobre pessoas com deficiência, publica artigos semanais sobre o tema em jornais de grande circulação e trabalha na edição de um livro”. A revista destaca ainda o diagnóstico do Trabalho Decente elaborado pela Secretaria Municipal do Trabalho e Emprego, que revela a real situação do mercado de

trabalho em Curitiba e em 20 municípios da região metropolitana. O presidente da Fonset, Nilton Vasconcelos, elogiou a iniciativa. “Conhecer este déficit é como ter acesso a uma base de dados que permite identificar os principais desafios na construção de políticas públicas de incentivo ao Trabalho Decente”, afirma. “Curitiba está fazendo sua parte, por determinação do prefeito Luciano Ducci, e saindo na frente com o lançamento da própria agenda. Para nós é muito importante este reconhecimento da Fonset”, afirma o secretário do Trabalho de Curitiba, Paulo Bracarense. Na definição da OIT, Trabalho Decente é “a atividade adequadamente remunerada, exercida em condições de liberdade, equidade e segurança, capaz de garantir uma vida digna”.


PublicidadeLegal Curitiba, quinta-feira, 1º de setembro de 2011 | A7 | Indústria&Comércio ROBERTO MASSOCATO, inscrito no CPF/MF sob n° 159.199.969-72, torna público que recebeu do Instituto Ambiental do Paraná – IAP, Licença Prévia (LP), válida até a data de 26/07/2.013, para empreendimento/ atividade de extração de areia em cavas, na localidade denominada Lote 31 da Gleba Guaraguaçu, Pontal do Paraná, Paraná. Não foi determinado estudo de impacto ambiental. Empresa consultora: MOR Gestão Ambiental e Florestal Ltda. (www.morgestaoambiental.com.br).

REGISTRO CIVIL DISTRITO JUDICIÁRIO DE TATUQUARA-CURITIBA-PR BR 116 KM 111 - CEASA / CIC FONE (41) 3348 19 50 Faz saber que pretendem se casar: Alain Emerson da Silva Pacheco e Alessandra Cristina da Silva José Carlos Crincev e Célia de Moura Cidicley da Silva Araújo e Jussiane Kelly Souto Martins José de Morais e Ivone Carvalho da Rocha Bockholdt José Amilton Pereira e Patrícia Ramires da Silva Everson Monteiro Bueno e Daiane Zanoncini Jair Franco Ribeiro e Raquel Buch Marcos Rogério Franco da Silva e Luciane Fátima de Oliveira Ribeiro Andrei Cassemiro dos Reis dos Santos e Jeinnifer da Silveira Sermidi Paulo Ferreira Leite e Aline Cristábile de Souza Dalabrida Samuel Domingues de Paula e Carla Cristina Bossi Silso Aparecido da Costa e Susana da Silva Diego Rogério Tavares e Andréia Catarina Boing Thiago de Oliveira e Cristiane Fernandes Garcia

ROBERTO MASSOCATO, inscrito no CPF/MF sob n° 159.199.969-72, torna público que requereu ao Instituto Ambiental do Paraná – IAP, Licença de Instalação (LI), para instalar empreendimento/atividade de extração de areia em cavas, na localidade denominada Lote 31 da Gleba Guaraguaçu, Pontal do Paraná, Paraná. Não foi determinado estudo de impacto ambiental. Empresa consultora: MOR Gestão Ambiental e Florestal Ltda. (www.morgestaoambiental.com.br).

1º Ofício do registro Civil 13º Tabelionato Leão Bel. Ricardo Augusto de Leão - Oficial Trav. Nestor de Castro, 271 - CEP 80.020-120 Centro - Curitiba - PR EDITAL DE PROCLAMAS Faço saber que pretendem casar-se: 1 - RAPHAEL OLIVEIRA CAMPOS e THAÍS MARESSA GARCIA DA SILVA; 2 - JACKSSON DEPOLI CORREA DE OLIVEIRA e MICHELLE SCHNEIDER SANTOS. Se alguém souber de algum impedimento, oponha-o na forma da Lei, no prazo de 15 dias. Lavro o presente Edital de Proclamas para ser publicado e afixado em lugar de costume. CURITIba, 31 DE AGOSTO de 2011

Se alguém souber de algum impedimento, oponha-o na forma da Lei . Curitiba, 30 de Agosto de 2011 Regina Coeli Machado Oficial

Agrisul Insumos Agricolas Ltda Me, torna público que requereu ao IAP, pedido de Licença Prévia para comércio atacadista de defensivos agrícolas, adubos, fertilizantes e corretivos de solo, localizado na Av. João Joslin do Valle, 42, Lapa-PR.

BATTISTELLA ADMINISTRAÇÃO E PARTICIPAÇÕES S.A.

Sociedade Anônima Aberta - CVM nº 01545-8 CNPJ nº 42.331.462/0001-31 - NIRE 4.130.001.526-1 ATA Nº 465 DA REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO 1. Data, Hora e Local: Aos 26 dias do mês de julho de 2011, às 09h00, na sede social da HOLDING, em Curitiba, Estado do Paraná, na Alameda Dr. Carlos de Carvalho, nº 555, andar nº 15, conjuntos 151 e 152, Edifício Engenheiro José Joaquim, Centro, CEP 80.430-180. 2. Convocação e Presença: Convocados regularmente todos os membros do Conselho de Administração da Companhia, achase presentes a totalidade dos membros do Conselho de Administração. 3. MESA: Presidente: Sr. Rubens Battistella; Secretário: Sr. Emilio Battistella. 4. Ordem do Dia: Deliberar Sobre: 4.1. Eleição de membro substituto para o Conselho de Administração da Companhia; 4.2. Rerratificação do quadro de conselheiros da Companhia, fazendo constar os respectivos cargos que compõem o Conselho de Administração. 5. Deliberações: Foram tomadas, por unanimidade dos presentes, as seguintes deliberações: 5.1. Autorizar a lavratura da presente ata em forma de sumário. 5.2. Eleger para o cargo de conselheiro Luciano Ribas Battistella, casado, administrador de empresas, portador do RG 4.713.799-3 - SSP/PR, inscrito no CPF/MF sob número 699.384.909-72, nos termos do artigo 150 da Lei 6404 de 15 de dezembro 1976, tendo em vista a renúncia do conselheiro Hildo José Battistella, em 20 de julho de 2011. 5.3. Na forma do Artigo 11, parágrafo 1º do Estatuto Social, e de acordo com o deliberado na Ata da 16º Assembléia Geral Ordinária, realizada em 28 de abril de 2011 e na Ata no. 460 de Reunião do Conselho de Administração realizada em 03 de maio de 2011, em que houve a reestruturação do Conselho de Administração, rerratificar a sua composição, nos seguintes termos: (i) Rubens Battistella, brasileiro, casado, empresário, inscrito no CPF/MF sob o nº 567.787.328-49, portador da Cédula de Identidade RG nº 4.126.979/SSP-SP, Presidente; (ii) Emilio Battistella, brasileiro, casado, economista, inscrito no CPF/MF sob nº 643.057.248-04 e portador da Carteira de Identidade RG. nº 5.913.670 da (SSP/SC), Vice-Presidente; (iii) Luciano Ribas Battistella, casado, administrador de empresas, portador do RG 4.713.799-3 (SSP/PR), inscrito no CPF/MF sob número 699.384.909-72, Conselheiro; (iv) Mauricio Valente Battistella, brasileiro, casado, administrador de empresas, inscrito no CPF/MF 215.387.668-09 e portador do RG 5.030.568-6 (SSP/PR), Conselheiro; (v) Rafael Ramos Battistella, brasileiro, casado, empresário, portadora do RG 29.356.501-6 (SSP/SP) e inscrita no CPF/MF 273.844.668-06, Conselheiro; e (vi) Renato Pisani, brasileiro, casado, administrador de empresas, inscrito no CPF/ MF 231.097.699-72 e portador da cédula de identidade RG 699.165 (SSP/PR), Conselheiro, todos com mandato até 30/04/2012. 6. Encerramento: Nada mais havendo a tratar, lavrou-se esta ata a que se refere esta reunião que, depois de lida, foi aprovada e assinada por todos os presentes. 7. Assinaturas: Presidente: Rubens Battistella. Secretário: Emilio Battistella. Conselheiros: Srs. Rubens Battistella, Emilio Battistella, Mauricio Valente Battistella, Rafael Ramos Battistella, Luciano Ribas Battistella e Renato Pisani. Certifico que o presente Sumário de Ata é cópia fiel da transcrição das páginas nº 47 e 48 do Livro de “Atas de Reunião do Conselho de Administração”, nº 11 escriturado na forma facultada pelo Artigo 12º, Inciso I da Instrução Normativa nº 107, de 23.05.2008, do Departamento Nacional de Registro do Comércio - DNRC. Curitiba, 26 de julho de 2011. Emilio Battistella - Secretário. Junta Comercial do Estado do Paraná. Certifico o registro em: 05/08/11 sob nº: 20111647281. Protocolo: 11/164728-2. Empresa: 41 3 00015261. Battistella Administração e Participações S.A. Sebastião Motta - Secretário Geral.

SÚMULA DE PEDIDO DE RENOVAÇÃO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO A BIOSOFT IND. E COM. DE PRODUTOS ALIMENTÍCIOS LTDA torna público que requereu ao IAP, Renovação da Licença de Operação para a atividade de INDÚSTRIA DE ALIMENTOS – DERIVADOS DE CEREAIS, localizada na RUA JUSTO MANFRON Nº 1268, Município de ALMIRANTE TAMANDARÉ, Estado do Paraná. SÚMULA DE EMISSÃO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO A empresa abaixo torna público que recebeu do IAP, Licença de Operação para o empreendimento a seguir especificado:Empresa: BIOSOFT IND. E COM. DE PRODUTOS ALIMENTÍCIOS LTDA;Atividade: INDÚSTRIA DE ALIMENTOS – DERIVADOS DE CEREAIS ;Endereço: RUA JUSTO MANFRON Nº 1268; Município: ALMIRANTE TAMANDARÉ;Validade: 09/10/2011. 3º OFÍCIO DE REGISTRO CIVIL E 15º TABELIONATO DE PESSOAS NATURAIS Município e Comarca de CURITIBA, Estado PARANÁ Bel. Mônica Maria Guimarães de Macedo Dalla Vecchia Registradora Designada

AGÊNCIA CURITIBA DE DESENVOLVIMENTO S/A CNPJ/MF nº 09.324.976/0001-94 EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS 001/2011 MENOR PREÇO GLOBAL Rua Barão do Rio Branco, 45 – 7º andar – Centro. Objeto: Contratação de empresa para prestação de serviços de limpeza, asseio, conservação, recepção e copeiragem para a sede da Agência Curitiba e para os 3 barracões que compõe o Programa Parque de Incubadoras Empresariais, de acordo com as especificações contidas no Edital e seus anexos. Data da Abertura: 16/09/2011 Horário: 15h00minh Informações: (041) 3221-9915 / 3221-9912 ou pelo site www.agenciacuritiba.com.br Celso Campos Orasmo Presidente da Comissão Permanente de Licitação

AÇÃO MONITÓRIA Nº 2008.70.00.000461-4/PR AUTOR : CAIXA ECONOMICA FEDERAL - CEF ADVOGADO : MAURICIO PIOLI RÉU : MARIA JOSE BRITTO MOURA - ESPOLIO EDITAL N.º 5452191 EDITAL DE CITAÇÃO PRAZO: 30 (trinta) dias

ÍCARO CORRETORA DE CÂMBIO LTDA.

FINALIDADE: CITAÇÃO de MARIA JOSE BRITTO MOURA - ESPÓLIO, na pessoa de suas herdeiras: MARIA ELOINA BRITTO MOURA, qualificação ignorada, e EDINA MARIA BRITTO MOURA MELO , CPF nº 463.172.609-15, para que, no prazo de 15 (quinze) dias, EFETUE O PAGAMENTO da quantia de R$ 8.192,55 (oito mil, cento e noventa e dois e cinqüenta e cinco centavos), valor fornecido pela CEF, atualizado até 08/2009, com acréscimos legais e atualizado monetariamente até a data do efetivo pagamento, dando-lhe ciência de que se efetuar o pagamento do valor acima indicado, no prazo fixado, ficará isento de custas e honorários advocatícios, ou, no mesmo prazo, OFEREÇA EMBARGOS, independente de segurança do Juízo ou ratifique os termos dos embargos à execução opostos pela via eletrônica (autos nº 5000826-55.2011.404.7000). Ciente que, nos termos do artigo 1.102c do CPC, o não pagamento e a ausência de embargos no prazo de 15 (quinze) dias, constituirse-á, de pleno direito, o título executivo judicial, convertendo-se o mandado inicial em mandado executivo, e prosseguindo-se o processo como execução por quantia certa, nos termos dos artigos 475-J, 1.102b e 1.102c, §1e 3º, do CPC.

DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS DO SEMESTRE FINDO EM 30 DE JUNHO DE 2011

PRAZO: 30 (trinta) dias EXPEDIDO nesta cidade de Curitiba, Estado do Paraná, 18 de agosto de 2011. Eu (a) Gelson Pacheco, Diretor de Secretaria, conferi e subscrevi este edital, que vai assinado pela MM. Juiz FEDERAL DA VF AMBIENTAL DE CURITIBA desta Vara.

 Faço saber que pretendem se casar: 01- CARLOS BASTOS FILHO e NARION COELHO; 02- JOSÉ CARLOS MIGUEL DA SILVA e AGDA FRANCINY DE LIMA TALAMINI. Se alguém souber de algum impedimento, oponha-o na forma da lei no prazo de 15 (quinze)

dias.

CURITIba, 31 DE AGOSTO de 2011

CNPJ Nº 72.556.996/0001-27 Curitiba – PR

BALANÇO PATRIMONIAL FINDO EM 30 DE JUNHO ATIVO CIRCULANTE

559

553

3

5

DISPONIBILIDADES TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS E INSTRUMENTOS FINANCEIROS DERIVATIVOS

524

534

524

OUTROS CRÉDITOS

21

23

Rendas a Receber Diversos

12 9

21 2

1

1

OUTROS VALORES E BENS Despesas Antecipadas TOTAL DO ATIVO

R$ mil 2.011 2.010

CIRCULANTE

24

44

24

44

18 6

39 5

535

509

300 235

300 209

559

553

OUTRAS OBRIGAÇÕES 534

Carteira Própria

PASSIVO

R$ mil 2.011 2.010

1

1

559

553

Fiscais e Previdenciárias Diversas PATRIMôNIO LÍQUIDO Capital: De Domiciliados no País Reservas de Lucros TOTAL DO PASSIVO

(As notas explicativas integram o conjunto das demonstrações contábeis)

DEMONSTRAÇÃO DO FLUXO DE CAIXA (Método Indireto)

DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO R$ mil 2.011 2.010 29

51

Resultado de Operações c/Títulos e Valores Mobiliários e Instrumentos Financeiros Derivativos

29

51

RESULTADO BRUTO DA INTERMEDIAÇÃO FINANCEIRA

29

51

OUTRAS DESPESAS/RECEITAS OPERACIONAIS

25

22

134 (31) (59) (16) (3)

123 (26) (59) (16) 0

0

155

RECEITAS DE INTERMEDIAÇÃO FINANCEIRA

Receitas de Prestação de Serviços Despesas de Pessoal Outras Despesas Administrativas Despesas Tributárias Outras Despesas Operacionais RESULTADO NÃO OPERACIONAL RESULTADO ANTES DA TRIBUTAÇÃO SOBRE O LUCRO IMPOSTO DE RENDA E CONTRIBUIÇÃO SOCIAL Provisão para Imposto de Renda Provisão para Contribuição Social LUCRO LÍQUIDO DO PERÍODO Lucro Líquido por quota

54

228

(16)

(79)

(8) (8)

(45) (34)

38

149

0,13

0,50

(As notas explicativas integram o conjunto das demonstrações contábeis)

R$ Mil 2.011 2.010 FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES OPERACIONAIS: Lucro Líquido do Período Ajustes para reconciliar o resultado às disponibilidades geradas pelas atividades operacionais: Ajustes de Exercícios Anteriores Depreciações e Amortizações (Aumento) Redução dos ativos Títulos e Valores Mobiliáriose Instrumentos Financeiros Derivativos - Carteira Própria Rendas a Receber Diversos Aumento (Redução) dos passivos Sociais e Estatutárias Fiscais e Previdenciárias Diversas Caixa líquido proveniente das atividades operacionais

CAPITAL REALIZADO

SALDOS NO INÍCIO DO PERÍODO 1 - AJUSTES DE EXERCÍCIOS ANTERIORES 2 - LUCRO LÍQUIDO DO PERÍODO 3 - DESTINAÇÕES Lucros Distribuídos Reserva Especial SALDOS NO FINAL DO PERÍODO MUTAÇÕES DO PERÍODO

149

(12) 0

0 14

69 7 (9)

887 8 1

(18) (15) 2 62

(342) (14) 0 703

DIRETORIA

Agnaldo Candido dos Santos

Baixa de ativo imobilizado Caixa líquido usado nas atividades de investimento

0 0

437 437

FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE FINANCIAMENTO: Distribuição de Lucros Caixa líquido usado nas atividades de financiamento

AUMENTO LÍQUIDO DE CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA: (1) Caixa e equivalente de caixa no início do peíodo Caixa e equivalente de caixa no fim do peíodo

LEGAL

ESPECIAL

LUCROS OU PREJUÍZOS ACUMULADOS

PARECER DOS AUDITORES INDEPENDENTES

(26)

4 3

31 5

(As notas explicativas integram o conjunto das demonstrações contábeis)

RESERVAS DE LUCROS

Nilvio Luiz Depiné T. Contábil - CRC/PR 16646/O-9-PR CPF 183.738.529-72

(63) (1.166) (63) (1.166)

R$ MIL TOTAIS 2011

2010

300

60

212

0

572

1.526

0 0

0 0

(12) 0

0 38

(12) 38

0 149

0 0 300

0 0 60

(63) 38 175

0 (38) 0

(63) 0 535

(1.166) 0 509

0

0

(37)

0

(37)

(1.017)

(As notas explicativas integram o conjunto das demonstrações contábeis)

NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS DO SEMESTRE FINDO EM 30 DE JUNHO DE 2011 - (Valores em R$ Mil) NOTA 1. CONTEXTO OPERACIONAL A instituição está habilitada à prática das atividades que lhe são atribuídas pela regulamentação aplicável, atuando na intermediação de operações de câmbio, conforme autorização do Banco Central do Brasil. NOTA 2. APRESENTAÇÃO DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS As demonstrações financeiras foram elaboradas e estão sendo apresentadas de acordo com as normas e instruções do Banco Central do Brasil, bem como em conformidade com as práticas contábeis adotadas no Brasil, e com observância às disposições contidas na Lei das Sociedades por Ações e incorporam as alterações trazidas pelas Leis nos 11.638/07 e 11.941/09. NOTA 3. PRINCIPAIS PRÁTICAS CONTÁBEIS Dentre os principais procedimentos adotados para a elaboração das demonstrações contábeis, ressaltamos: A) APURAÇãO DO RESULTADO O resultado é apurado pelo regime de competência. B) CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA São classificados como caixa e equivalentes de caixa, numerário em espécie e depósitos bancários disponíveis. C) ATIVO CIRCULANTE Demonstrado pelo valor de aplicação ou de aquisição, acrescido de rendimentos incorridos até a data do balanço. D) TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS E INSTRUMENTOS FINANCEIROS DERIVATIVOS Os valores estão registrados pelo valor de aplicação ou de aquisição, acrescidos de rendimentos incorridos até a data do balanço. Os valores destes ativos, quando aplicável, foram deduzidos de provisão para ajustes ao valor de mercado. Atendendo à Circular BACEN nº 3.068/01, os Títulos e Valores Mobiliários, de propriedade da instituição, de acordo com a intenção da administração e por critérios transitórios, foram registrados em "Títulos Disponíveis para Venda", com reconhecimento dos rendimentos auferidos no resultado do período e ajustados a valor de mercado, quando aplicável. E) ATIVO PERMANENTE - Imobilizado No decorrer do 1° semestre de 2010 a corretora realizou a venda dos bens integrantes do ativo imobilizado. F) PASSIVO CIRCULANTE Demonstrados por valores conhecidos ou calculáveis, incluindo, quando aplicável, os encargos e as variações e correções

NOTA 7. PATRIMÔNIO LÍQUIDO Capital Social Pertencente inteiramente a quotistas domiciliados no país, está composto de 300.000 quotas, no valor nominal de R$ 1,00 cada. Reserva Legal No presente semestre, não houve constituição da Reserva Legal tendo em vista que a Reserva atingiu o limite de 20% (vinte por cento) do capital social. Reserva Especial O resultado do trimestre foi destinado a conta de reserva especial de lucros a disposição dos quotistas. NOTA 8. TRANSAÇÕES COM PARTES RELACIONADAS O controle da corretora é exercido através do diretor Sr. Agnaldo Cândido dos Santos. Faz parte do mesmo grupo econômico da corretora a empresa não ligada Ícaro Serviços em Comércio Exterior Ltda, sendo que durante o 1° semestre de 2010, foi realizada à venda da totalidade dos bens integrantes do ativo imobilizado para essa empresa, representando um resultado positivo de R$ 155 mil, considerando a avaliação a valores de mercado, realizada através do Laudo Técnico n° 2010.078 elaborado pela Câmara de Valores Mobiliários do Paraná, reconhecida como Órgão de Utilidade Pública pela Lei Estadual n° 5.391/66 e Lei Municipal n° 2.990/67 com reconhecida capacidade técnica. NOTA 9. GERENCIAMENTO DE RISCOS A estrutura de gerenciamento de riscos da Ícaro Corretora de Câmbio Ltda., abrange: Gerenciamento de Risco Operacional Visa um gerenciamento mais efetivo dos recursos, eventos e produtos, permitindo uma visão mais clara dos objetivos e resultados do negócio, sendo estes benefícios decorrentes da identificação sistemática das possíveis deficiências organizacionais. Pela estrutura implementada, a Corretora atende à Resolução do CMN nº 3.380/2006, bem como garante maior compromisso e responsabilidade dos gestores, resultando numa organização melhor gerenciada. A descrição da estrutura do gerenciamento de riscos está disponível ao público, no site da corretora www.icarocorretora.com.br.

FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE INVESTIMENTO:

DEMONSTRAÇÃO DAS MUTAÇÕES DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO DOS SEMESTRES FINDOS EM 30 DE JUNHO EVENTOS

38

NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS DO SEMESTRE FINDO EM 30 DE JUNHO DE 2011 - (Valores em R$ Mil)

monetárias incorridos. Estão calculados levando-se em consideração a legislação fiscal em vigor. A provisão para o imposto de renda foi calculada à alíquota de 15% sobre os lucros tributáveis, acrescidos de adicional de 10% acima de limites específicos. A provisão para a contribuição social foi calculada à alíquota de 15% do lucro tributável antes do imposto de renda, ajustado conforme legislação específica. G) LUCRO POR QUOTA Calculado com base no número de quotas, conforme Contrato Social. NOTA 4. TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS E INSTRUMENTOS FINANCEIROS DERIVATIVOS R$ mil Sem 31 a 181 a Acima de Total em Total em TÍTULOS DISPONÍVEIS Vencimento 180 dias a 360 dias 360 dias 30/jun./11 30/jun./10 PARA VENDA ------------- ----------- ------------- ---------- ------------- ------------CARTEIRA PRÓPRIA Cotas Fundos Investimento COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO 534 0 0 0 534 524 ------------- ----------- ------------- ---------- ------------- -------------534 0 0 0 534 524

NOTA 5. COMPOSIÇÃO DE SALDOS DO BALANÇO PATRIMONIAL A) ATIVO CIRCULANTE 2011 2010 OUTROS CRÉDITOS 9 2 Diversos - Devedores por Depósitos em Garantia 1 1 - Impostos e Contribuições a Compensar 8 1 B) PASSIVO CIRCULANTE OUTRAS OBRIGAÇÕES Diversas 6 5 - Provisões para Pagamentos a Efetuar 6 5 NOTA 6. IMPOSTO DE RENDA E CONTRIBUIÇÃO SOCIAL Apuração do imposto de renda e contribuição social em 30 de junho: 2011 2010 Lucro antes do Imposto de Renda e Contribuição Social 54 228 Alíquota Aplicável 40% 40% Imposto de Renda e Contribuição Social às Alíquotas da Legislação (22) (91) Efeito de Diferenças Permanentes Líquidas 6 12 Imposto de Renda e Contribuição Social Devidos sobre o Resultado do Período (16) (79)

Ilmos. Srs. DIRETORES e QUOTISTAS da ÍCARO CORRETORA DE CÂMBIO LTDA. Curitiba - PR Examinamos as demonstrações contábeis individuais da ÍCARO CORRETORA DE CÂMBIO LTDA., que compreendem o balanço patrimonial em 30 de junho de 2011 e as respectivas demonstrações do resultado, das mutações do patrimônio líquido e dos fluxos de caixa para o semestre findo naquela data, assim como o resumo das principais práticas contábeis e demais notas explicativas. RESPONSABILIDADE DA ADMINISTRAÇÃO SOBRE AS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS A Administração da Instituição é responsável pela elaboração e adequada apresentação dessas demonstrações contábeis de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil aplicáveis às instituições autorizadas a funcionar pelo Banco Central do Brasil - BACEN e pelos controles internos que ela determinou como necessários para permitir a elaboração de demonstrações contábeis livres de distorção relevante, independentemente se causada por fraude ou erro. RESPONSABILIDADE DOS AUDITORES INDEPENDENTES Nossa responsabilidade é a de expressar uma opinião sobre essas demonstrações contábeis com base em nossa auditoria, conduzida de acordo com as normas brasileiras e internacionais de auditoria. Essas normas requerem o cumprimento de exigências éticas pelos auditores e que a auditoria seja planejada e executada com o objetivo de obter segurança razoável de que as demonstrações contábeis estão livres de distorção relevante. Uma auditoria envolve a execução de procedimentos selecionados para obtenção de evidência a respeito dos valores e divulgações apresentados nas demonstrações contábeis. Os procedimentos selecionados dependem do julgamento do auditor, incluindo a avaliação dos riscos de distorção relevante nas demonstrações contábeis, independentemente se causada por fraude ou erro. Nessa avaliação de riscos, o auditor considera os controles internos relevantes para a elaboração e a adequada apresentação das demonstrações financeira da Instituição para planejar os procedimentos de auditoria que são apropriados nas circunstâncias, mas não para expressar uma opinião sobre a eficácia dos controles internos da Instituição. Uma auditoria inclui também a avaliação da adequação das práticas contábeis utilizadas e a razoabilidade das estimativas contábeis feitas pela Administração, bem como a avaliação da apresentação das demonstrações contábeis tomadas em conjunto. Acreditamos que a evidência de auditoria obtida é suficiente e apropriada para fundamentar nossa opinião. OPINIÃO Em nossa opinião, as demonstrações contábeis referidas acima apresentam adequadamente, em todos os aspectos relevantes, a posição patrimonial e financeira da ÍCARO CORRETORA DE CÂMBIO LTDA em 30 de junho de 2011, o desempenho de suas operações e os seus fluxos de caixa para o semestre findo naquela data, de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil, aplicáveis às instituições autorizadas a funcionar pelo Banco Central do Brasil. Curitiba, 19 de julho de 2011. M MÜLLER AUDITORES INDEPENDENTES S/S CRC-PR Nº 5.694/O-5 CLOVIS EDECIO MÜLLER CONTADOR CRC-RS Nº 25.016/O-0 T/PR

Nicolau Konkel Junior Juiz Federal

COMISSÃO PRÓ-FUNDAÇÃO DO SINDICATO DAS LAVANDERIAS DO ESTADO DO PARANÁ. EDITAL DE CONVOCAÇÃO ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA A Comissão pró-fundação do Sindicato das Lavanderias do Estado do Paraná C O N V O C A todas as empresas da categoria econômica das Lavanderias estabelecidas em todo o Estado do Paraná para participarem da Assembléia Geral Extraordinária, que será realizada no dia 16 de setembro de 2011, às 16:00 horas em primeira convocação, na Rua Visconde do Rio Branco, nº 969, no primeiro andar, na cidade de Curitiba – PR, e às 16:30 horas, em segunda convocação, no mesmo local e data, caso em que a presente Assembléia Geral Extraordinária funcionará com qualquer número de presentes para analisar, discutir e votar a seguinte ORDEM DO DIA: A) Fundação do Sindicato das Lavanderias do Estado do Paraná; B) Aprovação do Estatuto Social do Sindicato; C) Aprovação do Regulamento Eleitoral; D) Eleição, Apuração e Posse da Diretoria, Conselho Fiscal e Delegados Representantes; E) Fixação das Contribuições Sociais; F) Filiação do Sindicato à Federação do Comércio do Paraná. Curitiba, 24 de agosto de 2011. JOSÉ EGON KUNZLER Presidente da Comissão Pró-Fundação do indicato das Lavanderias do Estado do Paraná.

PERSPECTIVA

Geração eólica no BR crescerá 600% até 2014 A geração de energia eólica no Brasil crescerá 600% nos próximos três anos, desde os atuais 1 mil megawatts até 7 mil megawatts em 2014, impulsionado entre outros fatores, pela instalação no país das maiores empresas estrangeiras do setor, informaram nesta segunda-feira fontes oficiais. Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a energia eólica é responsável atualmente por 0,9% da potência elétrica instalada do país, que é de 110 mil megawatts. Contudo, nos últimos anos foram concedidos contratos que permitirão aumentar a geração eólica em cerca de 5,7 mil novos megawatts até 2014, afirmou o presidente da estatal Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Mauricio Tolmasquim, em um debate nesta segunda-feira em São Paulo sobre o setor energético. Tolmasquim assegurou que os investimentos em geradores eólicos nos últimos anos, principalmente no nordeste do Brasil, elevarão ainda mais a participação das usinas renováveis na matriz energética do país, que seguirá sendo dominada pelas hidrelétricas.

Tomalsquim acrescentou que a crise econômica na Europa está favorecendo o Brasil devido a que muitas empresas europeias que constroem geradores eólicos estão instalando usinas no país para atender o crescimento da demanda brasileira. O presidente da EPe assegurou que quatro empresas já fabricam geradores eólicos no Brasil e outras quatro anunciaram sua intenção de montar usinas no país. A participação das empresas europeias na geração de energia eólica no Brasil foi evidente no leilão de eletricidade organizada pela Aneel na semana passada na qual foram contratados 1.929 megawatts de energia eólica, hidráulica e térmica a gás natural e biomassa que serão fornecidos a partir do 2014. No leilão destacaram as empresas europeias, entre as quais está a fabricante espanhola Gamesa, que em julho inaugurou sua primeira fábrica de aerogeradores na América Latina. Igualmente, destacou a empresa de energias renováveis Enel Green Power (EGP), filial do grupo energético italiano Enel, que adjudicou três contratos para fornecer 193 megawatts de energia eólica.


Ministro do STJ decide que desaposentação é legítima O processo de desaposentação é legítimo e não exige a restituição ao INSS dos valores recebidos durante a vigência da aposentadoria anterior. Além disso, quando o primeiro benefício estiver cancelado, o segurado pode ter computado o tempo de contribuição para a nova aposentadoria. O entendimento foi aplicado pelo ministro Sebastião Reis Junior, da 6ª Turma do Superior Tribunal de Justiça, ao rejeitar recurso do INSS. “O entendimento desta Corte é assente no sentido de que, havendo renúncia à aposentadoria, não incide a vedação contida no artigo 96, III, da Lei 8.213/1991, segundo o qual ‘não será contado por um sistema o tempo de serviço utilizado para concessão de aposentadoria pelo outro’. Es-

tando cancelada a aposentadoria no regime geral, o segurado tem o direito de ver computado o tempo de contribuição em novo benefício”, escreveu o ministro na decisão do dia 22 de agosto. Quanto à necessidade de devolução dos valores ao INSS, segundo o ministro, a corte firmou entendimento no sentido da desnecessidade de devolução dos valores percebidos, dado o caráter de direito patrimonial disponível do benefício. No recurso contra decisão do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, o INSS alegou violação do artigo 18, parágrafo 2º, da Lei 8.213/1991, sustentando a impossibilidade de computar-se tempo de serviço e contribuições posteriores à primeira aposentadoria no intuito de obter-se novo benefício mais vantajoso.

PGR não pode alterar ou redefinir cargos por portaria A 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal julgou inconstitucional, nesta terça-feira (30/8), a Portaria 286/2007, do procurador-geral da República, que promoveu alterações nas atribuições do cargo de técnico de apoio especializado, atividade de segurança, na estrutura da PGR com direito à gratificação instituída pelo artigo 15 da Lei 11.415/2006 (35% do vencimento básico mensal). A decisão, unânime, foi tomada no julgamento de Mandado de Segurança, apresentado por dois servidores públicos do Ministério Público da União, ocupantes do cargo de técnico, contra a referida portaria. Os demais ministros presentes à sessão da Turma acompanharam o voto do presidente do colegiado e relator do processo, ministro Ayres Britto. Segundo observou o ministro relator, “é primário saber que somente a lei cria o cargo,

denomina o cargo, estabelece o número deles (dos cargos), fixa os vencimentos, aloca os cargos”. Tudo isso, segundo ele, “é matéria de reserva rigorosamente legal, nos termos do artigo 3º da Lei 8.112 (Estatuto dos Servidores Públicos Civis da União)”. No mais, segundo o ministro Ayres Britto, “têm os autores [do MS] direito à percepção da Gratificação de Atividade de Segurança (GAS), instituída pelo artigo 15 da Lei 11.415/2006, por exercerem funções de segurança”. Em seu voto, o ministro lembrou que “cargos públicos, que consistem num conjunto de atribuições e responsabilidades previstas na estrutura organizacional, que devem ser cometidas ao servidor (artigo 3º da Lei 8.112), são criados por lei e providos, se em caráter efetivo, após prévia aprovação em concurso público específico”.

Instituto lança a primeira edição da Revista Innovare O Instituto Innovare lança na quarta-feira (31/8) a primeira edição da Revista Innovare. Com tiragem inicial de 12 mil exemplares, a publicação será distribuída em todo o país aos profissionais de diferentes esferas do Judiciário, faculdades de Direito e instituições da área jurídica. A Revista Innovare apresentará as práticas vencedoras do prêmio em 2010, depoimentos de nomes célebres do Direito e uma cronologia da premiação que há oito anos contempla práticas inovadoras da Justiça brasileira. O evento contará com a presença de membros da instituição e importantes autoridades como o presidente do STF e do Conselho Nacional de Justiça, ministro Cezar Peluso, o advogado criminalista e presidente do Conselho

Superior do Instituto Innovare, Marcio Thomaz Bastos, a ministra do STF Cármen Lúcia, o ministro do Superior Tribunal de Justiça, Sidnei Beneti, e a juíza Andrea Pachá, que também faz parte da Comissão Difusora do Instituto Innovare. O Instituto Innovare, inauguado em 2010, é uma associação sem fins lucrativos, localizada em Botafogo, Rio de Janeiro. A instituição tem como objetivo principal o desenvolvimento de projetos para pesquisa e modernização da Justiça brasileira, além de disseminar as práticas identificadas pelo Prêmio Innovare, que este ano encontra-se na sua VIIII edição e vai premiar práticas ligadas a “Justiça e Inclusão Social” e, na Categoria Prêmio Especial, “Combate ao Crime Organizado”.

Justiça&Direito Indústria&Comércio | Curitiba, quinta-feira, 1º de setembro de 2011 | A8

jurisprudência

Lei do Agravo aumenta o prazo para a defesa recorrer Ministério Público mineiro, argumentou que o Agravo estava fora do prazo

Senadores apoiam criação da Polícia do Judiciário O projeto de lei que cria a Polícia do Judiciário e estabelece que os julgamentos envolvendo organizações criminosas sejam feitos por colegiados, e não por um único juiz, de autoria da Ajufe, recebeu apoio de senadores da base governista. O Projeto de Lei 3/2010, de iniciativa da Ajufe, pretende garantir mais segurança aos juízes da área criminal. Os senadores Pedro Simon (PMDB-RS) e Pedro Taques (PDT-MT) se reuniram com o presidente da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), Gabriel Wedy, para manifestar seu apoio e convidar a entidade para fazer parte do Movimento contra a Corrupção e a Impunidade, lançado nesta terça por Simon. A proposta de lei tramita no Senado desde janeiro do ano passado, e agora aguarda manifestação da Comissão de Constituição e Justiça da Casa.

A defesa tem dez dias para recorrer da decisão que nega seguimento ao Recurso Especial. Esse foi o entendimento do ministro Gilson Dipp, da 5ª Turma do Superior Tribunal de Justiça, ao aplicar o dispositivo da recente Lei do Agravo (Lei 12.322/2010), que prevaleceu sobre a Lei 8.038/2010, que fixa em cinco dias o prazo para recorrer. Segundo o relator, “o advento dessa lei nova implica em afastar as restrições da jurisprudência consolidada do Supremo Tribunal Federal (Súmula 699) que diz que o prazo é de 5 dias no penal para o Agravo de Instrumento prevalecendo a Lei 8.038/1990 ante as disposições do CPC”. Gilson Dipp também coloca que, a despeito da orientação sumulada do STF, as alterações do Código de Processo Civil, feitas por meio da Lei 12.322, sugerem a adoção de um só regime para os recursos (tanto no penal quanto no cível). Lembrou também que a nova lei estabeleceu procedimentos abreviados para o Agravo nos próprios autos. E propôs a uniformização, sem distinção, para o prazo de 10 dias, de acordo com a nova lei. O caso começou quando o Recurso Especial não foi admitido pelo 3ª vice-presidente do Tribunal

Gilson Dipp também coloca que, a despeito da orientação sumulada do STF, as alterações do Código de Processo Civil, feitas por meio da Lei 12.322, sugerem a adoção de um só regime para os recursos

de Justiça de Minas Gerais, com o argumento de que os Embargos Declaratórios teriam sido apresentados fora do prazo. O advogado do autor do processo, Alberto Zacharias Toron, recorreu pedindo a admissão do Recurso Especial, alegando violação ao artigo 41 do CPP (a denúncia ou queixa conterá a exposição do fato criminoso, com todas as suas circunstâncias, a qualificação do acusado ou esclarecimentos pelos quais se possa identificá-lo, a classificação do crime e, quando necessário, o rol das testemunhas). O Ministério Público mineiro,

Supremo arquiva ação contra norma do TJ paulista que impõe celeridade O ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal, arquivou a Ação Direta de Inconstitucionalidade apresentada pela Associação Nacional de Desembargadores (Andes) contra a Resolução 542/2011, do Tribunal de Justiça de São Paulo, que estabeleceu medidas para o cumprimento da Meta 2, fixada pelo Conselho Nacional de Justiça. De acordo com a decisão monocrática do ministro Fux, a associação não se equipara a entidade de classe com legitimidade para propor ADI, porque representa apenas parte dela. A Andes alegou na ADI que a Resolução 542/2011 do TJ-SP viola os princípios da legalidade, da anterioridade das normas punitivas, da isonomia e da impessoalidade, ao determinar a elaboração de relação dos processos pendentes de julgamento de acordo com os parâmetros ali

assinalados, ao impor a redistribuição dos referidos feitos aos demais desembargadores e juízes substitutos dentro da mesma seção ou subseção, ao estabelecer o prazo de 120 dias para a apreciação dos referidos processos, e, por fim, ao prever a instauração de procedimentos disciplinares contra os desembargadores que tivessem média de produtividade

ou de acervo igual ou inferior a 70% da média de sua seção ou subseção. Em contrapartida, a Associação dos Advogados de São Paulo (Aasp) solicitou ingresso no feito como amicus curiae (amigo da Corte), apontando a inadmissibilidade da ação e, no mérito, defendendo a constitucionalidade da Resolução do TJ-SP.

Propaganda não pode ter registro no INPI, decide o TRF da 2ª Região Por entender que a expressão “uma forte ligação a você”, usada após a marca Telebahia, tem cunho de propaganda, a 1ª Turma Especializada do Tribunal Regional Federal da 2ª Região acompanhou, o voto do relator, desembargador Abel Gomes e negou recurso da Telemar. A empresa contestava na Justiça um ato administrativo do Instituto Nacional de Propriedade Intelectual (INPI) que negou o registro da marca Telebahia — uma forte ligação a você. Em primeira instância, a juíza Marcia Nunes de Barros, da 13ª Vara Federal Cível do Rio de Janeiro, afirmou que, na época do Código de Propriedade Industrial, de 1971, era possível registrar além da marca, expressões ou sinais de propaganda. Ela citou o artigo 73, do CPI: “Entende-se por expressão ou sinal de propaganda toda legenda, anúncio, reclame, palavra, combinação de palavras, desenhos, gravuras, originais e característicos que se destinem a emprego como meio de recomendar quaisquer atividades lícitas,

realçar qualidades de produtos, mercadorias ou serviços, ou a atrair a atenção dos consumidores ou usuários.” Entretanto, diz a juíza, com a Lei 9.279, de 1996, não é mais possível o registro de expressões. No caso, explicou Marcia Nunes de Barros, era preciso analisar se o pedido feito pela Telemar estava entre os que não podem ser registrados, conforme o artigo 124, inciso VII, da atual Lei de Propriedade Intelectual. “Para se verificar se se trata de expressão ou sinal de propaganda, deve-se analisar se o signo destina-

se a: 1) recomendar atividades; 2) realçar qualidades; ou 3) atrair a atenção dos consumidores ou usuários”, explicou. Para a juíza, a expressão “uma forte ligação com você” tem essa função. “Reputo evidente que a expressão Uma forte ligação a você, acrescida ao signo Telebahia, visa exatamente o reforço deste: 1) recomendando as atividades da companhia telefônica; 2) realçando suas qualidades (amizade, companheirismo, vínculo, ligação); 3) atraindo a atenção dos consumidores e usuários.”

Código de Propriedade Intelectual Quanto ao elemento “Telebahia”, a juíza afirmou, na sentença, que assim como Telerj, Telesp, Telemig, não se trata de expressão ou sinal de propaganda, e sim expressão que serve para identificar os serviços de telefonia em vários estados. Muitos desses signos, diz, já são protegidos pelo sistema de marcas com registro no INPI. “No caso concreto, fato é que a própria empresa autora já é titular dos registros 006.327.656 e 006.327.664 para as marcas nominativa e mista Telebahia”, completa. A juíza também afastou a alegação da companhia de que se tratava de extensão de direitos previamente adquiridos. Ela disse que o registro citado pela empresa foi obtido antes da nova lei, quando era possível registrar expressões.

por sua vez, argumentou que o Agravo estava fora do prazo, em desatenção a artigo 28 da Lei 8.038/1990, logo o mérito sequer poderia ser analisado. O ministro Gilson Dipp, porém, concluiu que a nova redação do artigo 544 do CPC definiu que o Agravo nos próprios autos (e não mais Agravo de Instrumento) deveria ser apresentado em 10 dias após a inadmissão do Recurso Especial. Para o relator, o prazo de 5 dias previsto na Lei 8.038/2010, que institui normas para processos perante o STJ e o Supremo, não deve ser mais aplicado.

Escrivão é demitido por desvio de mais de R$ 1 milhão

O Tribunal de Justiça do Paraná demitiu um escrivão da 15ª Vara Cível por desvio de valores depositados em juízo. Ele foi condenado pelo Órgão Especial do TJ-PR por ter expedido alvarás de levantamento fraudados para desviar R$ 1,2 milhão. A decisão unânime foi dada em julgamento de recurso interposto pelo escrivão por não ter concordado com a decisão do Conselho da Magistratura — que o demitiu. A demissão foi determinada pelo Coselho depois de Inspeção Correcional feita pela Corregedoria-Geral da Justiça na Vara em que o réu atuava. Na investigação, ficou comprovado o desvio de recursos pelo escrivão J.L.C.M. Segundo o acórdão do Conselho da Magistratura, entre janeiro de 2009 e julho do ano passado, o escrivão “expediu e permitiu que expedissem alvarás para levantamento de valores e contas judiciais nos quais fazia constatar ele próprio como beneficiário”. Esses desvios, segundo o Conselho, aconteceram em autos arquivados ou sem andamento processual. Neles havia depósitos judiciais antigos ou saldos financeiros pertencentes às partes, sem haver “qualquer decisão judicial acerca de autorização dos levantamentos e transferências de valores”. No recurso contra a demissão, no Órgão Especial do TJ paranaense, o escrivão alegou ser réu primário. Argumentou, por esse motivo, que não poderia ser punido com a pena administrativa máxima. O relator do caso, desembargador Antônio Renato Strapasson, disse não haver dúvidas da “conduta de má-fé” do escrivão. Essa comprovação, segundo o desembargador, “justifica plenamente a imposição da pena de demissão, a despeito da primariedade alegada”. Strapasson argumentou que, por mais que seja réu primário, o escrivão não poderia mais trabalhar com atividades notariais.


Economia Curitiba, quinta-feira, 1º de setembro de 2011 | B1 | Indústria&Comércio

ano que vem

Orçamento prevê alta nos investimentos federais Salário mínimo foi estimado em R$ 619,21 a partir de janeiro A proposta do Orçamento Geral da União de 2012, enviada nesta quarta-feira (31/08) ao Congresso Nacional pela ministra do Planejamento, Miriam Belchior, prevê investimentos recordes de R$ 165,3 bilhões. O montante, divulgado nesta quarta pelo Ministério do Planejamento, é 8,3% maior que o disponível neste ano. Desse total, R$ 58,5 bilhões vêm do Orçamento Fiscal e da Seguridade e R$ 106,8 bilhões vêm do orçamento das estatais. A meta de inflação oficial pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) ficou em 4,8%. O valor é maior que o centro da meta de inflação, que é 4,5%. O Orçamento prevê ainda crescimento de 5% do Produto Interno Bruto (PIB), taxa de câmbio média de R$ 1,64 e taxa de juros Selic de 12,5% ao ano. A massa salarial nominal deverá crescer 9,8% no próximo ano. O salário mínimo, como divulgado pela ministra Miriam Belchior, será R$ 619,21 a partir de janeiro de 2012, o que significa uma correção de 13,6%. Esse aumento corres-

ponde ao crescimento de 7,5% no PIB de 2010 mais a inflação prevista pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). O relator do Orçamento para 2012, na Comissão Mista de Orçamento, será o deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP). O valor seguiu acordo firmado entre o então governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva com o Congresso de ter como regra para o reajuste anual do salário mínimo a inflação do ano anterior e o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de dois anos antes. Por essa fórmula, o mínimo de 2012 considera a inflação de 2011 mais o crescimento do PIB de 2010. Em abril, a proposta prevista para o salário mínimo, no ano que vem, era R$ 616,34 de acordo com análise do Ministério do Planejamento.

Otimismo do consumidor diminui em agosto, mostra CNI

pesquisa

O otimismo do consumidor brasileiro voltou a diminuir em agosto após ter registrado crescimento em julho. O Índice Nacional de Expectativa do Consumidor (Inec), divulgado nesta quarta-feira (31/08) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), passou de 113,2 pontos, em julho, para 112 pontos, este mês, uma queda de 1,1%. Na comparação com agosto de 2010, a queda chegou a 6,1%. Segundo a CNI, o resultado mostra que o otimismo do consumidor está cada vez mais distante dos índices verificados no ano passado. Em agosto de 2010, por exemplo, foram registrados 119,3 pontos. Uma explicação da CNI para a confiança mais elevada dos brasileiros, em 2010, é a recuperação da economia dos efeitos da crise financeira internacional, iniciada em 2008. Em agosto deste ano, houve, na avaliação da confederação, queda na confiança dos brasileiros, ante o mesmo mês de 2010, em seis componentes do Inec: expectativas em relação à inflação, ao desemprego, à situação financeira, ao endividamento, à renda pessoal e às compras de bens de maior valor. No levantamento, houve reduções acentuadas nos índices de expectativa do consumidor em relação à inflação – queda de 21% ante o mesmo mês de 2010 – e ao desemprego, com recuo de 10% na mesma base de comparação. Para os próximos seis meses, os dados mostram que 69% dos entrevistados acreditam que a inflação irá aumentar. No mês passado, o percentual era 61%. Em relação à situação financeira, o otimismo caiu 3,8% em agosto ante o mesmo mês de 2010. Sobre o endividamento, a queda chegou a 5,7%. CMYK

DESPESAS

O Projeto de Lei do Plano Plurianual (PPA) para o período de 2012-2015, também enviado nesta quarta-feira (31/08) ao Congresso Nacional, prevê despesas de R$ 5,4 trilhões. O valor é 38% maior que o projeto

anterior, que será finalizado este ano (2008-2011). O PPA traz a programação orçamentária de despesas do governo, em todas as áreas, para os três anos finais do mandato presidencial em vigor e o primeiro ano do mandato seguinte. Os recursos provenientes do orçamento fiscal e da seguridade social correspondem a 68,2% do valor programado, somando R$ 3,7 trilhões. Valores extra-orçamentários (renúncia fiscal e parcerias com o setor privado, por exemplo) correspondem a R$ 1,4 trilhão (25%), enquanto os recursos destinados a investimentos das estatais somam R$ 370 bilhões, o que equivale a 7% do total. O PPA estabelece 11 macrodesafios que abrangem as seguintes áreas: projeto nacional de desenvolvimento; erradicação da pobreza extrema; ciência, tecnologia e inovação; educação, conhecimento, cultura e esportes; saúde, Previdência e assistência social; cidadania; infraestrutura; democracia; integridade e soberania nacional; segurança pública e gestão pública. Além disso, a peça prevê 65 programas temáticos que

vão custar R$ 4,5 trilhões. Programas destinados à área social vão ter o maior volume de recursos, somando R$ 2,6 trilhões. O volume equivale a 56,8% do total de despesas. O setor de infraestrutura vai receber R$ 1,2 trilhão, seguido por desenvolvimento produtivo e ambiental, com R$ 663 bilhões. Um setor intitulado especiais, que engloba serviços como política nacional de defesa, gestão pública e econômica, desenvolvimento regional entre outros, receberá R$ 104 bilhões em recursos. Entre os destaques da programação para os próximos quatro anos, estão a retirada de 16 milhões de brasileiros da condição de extrema pobreza, construção de 2 milhões de moradias, construção de 6 mil creches e pré-escolas, acesso de internet banda larga a 40 milhões de domicílios, abertura de 75 mil bolsas de graduação e pós-graduação, construção e reforma de cerca de 11 mil unidades de saúde, construção e adequação de 14,7 mil quilômetros de rodovia e a produção de 3,1 milhões de barris de petróleo por dia.

Expansão do mercado de trabalho ainda é dúvida neste 2º semestre O aumento de contratações de trabalhadores que normalmente ocorre no segundo semestre, levando a uma redução da taxa de desemprego, pode não seguir o mesmo ritmo dos anos anteriores, segundo a avaliação da economista Patrícia Costa, do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). “Existe um ponto de interrogação”, disse ela sobre o comportamento do mercado de trabalho. Essa dúvida é justificada pelos resultados observados na Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED) feita em conjunto pelo Dieese e a Fundação Estadual de Análise de Dados (Fundação Seade), no período de maio a julho deste ano, em que os dados apontaram estabilidade na taxa de desemprego em um período quando é comum iniciar um processo de aumento de vagas em comparação aos meses anteriores do ano. Em julho, a taxa de desemprego ficou inalterada em 11% no conjunto das seis regiões metropolitanas (São Paulo, Belo Horizonte, Fortaleza, Porto Alegre, Recife, Salvador), além do Distrito Federal, onde é feita

a pesquisa. Em três localidades houve quedas nos índices: Distrito Federal (-2,4%); Belo Horizonte (-1,3%) e Recife( -1,4%). Já em Porto Alegre, a taxa aumentou 2,6%; em São Paulo oscilou 0,9%; em Salvador 0,6% e em Fortaleza foi registrada a mesma

taxa do mês anterior, 9,7%. Entre o total de demissões e contratações houve um saldo positivo de 67 mil vagas, mas 81 mil pessoas ingressaram no mercado de trabalho. O setor do comércio foi o que mais expandiu o número de empregados.

Empresas de alto crescimento contrataram quase 3 milhões de pessoas em 4 anos As empresas brasileiras consideradas de alto crescimento contrataram 2,9 milhões de pessoas entre 2005 e 2008. Esse volume de empregos representa mais da metade (57,4%) dos 4,9 milhões de postos formais criados no período no país. Os dados fazem parte do estudo Estatísticas do Empreendedorismo 2008, divulgado nesta quarta-feira (31/08) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Segundo critérios da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômicos (OCDE), empresas de alto crescimento são aquelas que, durante um triênio, têm crescimento médio do pessoal ocupado acima

de 20% ao ano e, pelo menos, dez pessoas assalariadas no ano inicial de observação. O técnico do IBGE Cristiano Santos, responsável pelo estudo, destacou, no entanto, que a média de crescimento em termos de pessoal ocupado em empresas desse ramo no Brasil foi muito mais elevado. “Pelo critério da OCDE, o crescimento mínimo seria de 72,8% em três anos, mas, nesse período, ele atingiu 172,4%, o que significa que essas empresas mais que triplicaram a força de trabalho em seus negócios em três anos.” O coordenador da pesquisa disse não encontrar fatores que expliquem esse crescimento

num ritmo “acelerado”. “Como estamos observando pela primeira vez esse movimento ao longo de um período, não vemos ainda razões específicas para ele. A economia aquecida pode ter contribuído, mas não é possível relacioná-la diretamente a esse desempenho”, avaliou. Ele ressaltou que esse crescimento foi generalizado, pois todos os setores tiveram aumentos superiores a 100% no pessoal ocupado. Entre os destaques, com criação de mais postos de trabalho, aparecem as indústrias de transformação (721,2 mil); atividades administrativas e serviços complementares (497,7 mil) e a área de construção (461,8 mil).

Dinamismo industrial é menor, mesmo com aumento em julho Embora tenha voltado a crescer em julho, registrando expansão de 0,5% em relação ao mês anterior, a produção da indústria brasileira demonstra menor dinamismo. De acordo com o economista do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) André Macedo, o patamar da produção está 2% abaixo do nível recorde do setor, registrado em março desde ano. “Julho foi um mês de aumento da produção, mas esse crescimento não foi suficiente para reverter a queda observada um mês antes (-1,2%). Esse resultado aponta um menor dinamismo na indústria, indica que o setor opera com menor intensidade”. De acordo com Macedo, esse cenário é reforçado pelas comparações com os dados de 2010. Em relação a julho do ano passado, houve queda de 0,3%. No período de janeiro a julho deste ano, a atividade acumula alta de 1,4%, menos intensa do que o resultado acumulado até junho, que foi 1,7%. O mesmo movimento foi observado em relação ao acumulado no período dos últimos 12 meses, que ficou em 2,9%. Esse é o resultado positivo menos intenso desde abril de 2010, quando a taxa ficou em 2,3%. O economista do IBGE destacou que em julho, entre os segmentos, a única pressão negativa partiu dos bens intermediários, cuja produção caiu

0,7% em relação a junho. Houve recuo em metalurgia básica, extrativa, outros produtos de refino, borracha e plástico, e celulose. “Isso pode estar relacionado à maior presença de produtos importados no cenário nacional, além do registro de paralisações para manutenção em setores importantes do segmento, como os de outros produtos químicos, de celulose e de parte de refino de petróleo”, acrescentou. Ainda na comparação com o mês anterior, o documento do IBGE aponta que houve aumento em 14 dos 27 ramos pesquisados, com destaque para o setor de edição e impressão (16,8%), que foi impulsionado pelo aumento na demanda de produção de livros, principalmente, por encomendas do governo. Por outro lado, a principal pressão negativa partiu da indústria farmacêutica (-9%). Já na comparação com julho de 2010, 15 das 27 atividades pesquisadas registraram queda, principalmente as indústrias têxtil (-20,9%), farmacêutica (-12,9%), refino de petróleo e produção de álcool (-5,6%), metalurgia básica (-6,5%), outros produtos químicos (-4,2%), vestuário (-13,9%) e alimentos (-1,%). André Macedo ressaltou que esse resultado pode ser explicado, em parte, porque julho teve um dia útil a menos em 2011 do que em 2010.

Índice de Confiança da Indústria cai pelo 8º mês consecutivo O Índice de Confiança da Indústria (ICI), medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV) passou de 105 pontos, em julho, para 102,7, em agosto, uma queda de 2,2%. Esta é a oitava queda consecutiva, o que levou o índice a apresentar o menor nível desde agosto de 2009 (100,2 pontos). A queda foi influenciada principalmente pela baixa satisfação do setor com o momento atual. O Índice da Situação Atual (ISA) caiu 3,6% com relação ao mês anterior, apresentando 103,5 pontos, a menor pontuação desde setembro de 2009 (103,3). O ISA é composto por três indicadores. A parcela de empresas que consideram os estoques excessivos subiu de 6,6%, em julho, para 9,5% em agosto. Já a proporção de empresas que o avaliam

como insuficiente caiu de 2,2% para 1,5%, no período. A perspectiva de contratação para o emprego industrial nos três meses seguintes caiu de 23,7% para 22,6% na passagem de julho para agosto. Já a possibilidade de redução da mão de obra subiu de 9,9% para 11,9%. O Nível de Utilização da Capacidade Instalada (Nuci) caiu de 84,1% para 83,6%, o menor patamar desde novembro de 2009 (82,9%). O Índice de Expectativa (IE) teve queda de 0,7% no comparativo com julho. Os 101,9 pontos apresentados são a menor marca desde agosto de 2009 (99,1). Segundo a FGV, a queda dos três indicadores (ICI, ISA e IE) reflete o fraco desempenho apresentado pela indústria no terceiro trimestre de 2011.

Faturamento do setor de máquinas e equipamentos cresce 10% este ano O setor de máquinas e equipamentos, no acumulado de janeiro a julho de 2011, faturou R$ 45,8 bilhões, 10,3% a mais que o registrado no mesmo período de 2010. O resultado, no entanto, é 2,6% menor que o desempenho alcançado nos sete primeiros meses de 2008, antes da crise financeira internacional. Em julho, o setor faturou 6,9 bilhões, resultado 1,1% superior ao de junho e 10,9% ao de julho de 2010. Os dados, divulgados ontem, são da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq). As áreas com os melhores resultados foram máquinas agrícolas, com aumento de 24,5% no faturamento; hidráulica e pneumática (15,1%); e bombas e motobombas (11,7%). Os pio-

res resultados foram verificados em máquinas têxteis (-38,9%), válvulas (-20,8%) e máquinas para plástico (-1,7%). Segundo a Abimaq, a balança comercial do setor esta deficitária este ano em US$ 10,2 bilhões. Um rombo 27,3% maior que o registrado no mesmo período de 2010 (US$ 8,1 bilhões). De janeiro a julho, as exportações somaram US$ 6,3 bilhões, enquanto as importações atingiram US$ 16,5 bilhões, crescimento de 29,5% e 28,1%, respectivamente, na comparação com 2010. Entre os principais destinos das exportações brasileiras destacaram-se, em valor, os países da América Latina (47%), seguida de Estados Unidos (18%) e Europa (18%).


3

a

margem

Indústria&Comércio | Curitiba, quinta-feira, 1º de setembro de 2011 | B3

arte&atitude,

moda&cia

Nem te Conto Anna Selezneva

Adélia Maria Lopes | adelia@novacombrasil.com.br

Cotidiano com diferentes olhares O Museu Oscar Niemeyer, a partir deste sábado 3 até novembro, apresenta em Curitiba a exposição Gaspar Gasparian – um fotógrafo. São 139 fotos de um profissional que “atravessou décadas completamente imbuído do ato de ver aquilo que os outros vêem dando forma a um outro mundo que também poderá vir a ser de ilusões, de poesia ou de transformações”, diz Diógenes Moura, curador da mostra, realizada em parceria com a Pinacoteca do Estado de São Paulo. Gaspar Gasparian (18991966) nasceu, cresceu, viveu e morreu em São Paulo e captou com as suas lentes

muitas das possibilidades da vida paulistana. E se notabilizou por fotografar em preto e branco, um duo que confere mais dramaticidade às imagens. Para a diretora do Museu Oscar Niemeyer, Estela Sandrini, “Gaspar Gasparian foi um artista que conseguiu escrever com a luz e, entre um e outro segundo, captou, recortou e eternizou cenas que, não fosse pelo seu clicar, passariam despercebidas e se desmanchariam no ar”. Vá ver: abertura às 11h de sábado, com entrada franca. O MON (Rua Marechal Hermes, 999, Centro Cívico), abre das 10 às 18h, de terça a domingo. Ingressos a 4 e 2 reais.

Felipe Andreoli, que história é essa? Eleito pela crítica paulista como um dos cinco melhores espetáculos do ano, o show de humor do televisivo Felipe Andreoli pode ser conferido neste sábado 3, em Curitiba. Seu stand-up Que História é Essa? Traz momentos diferentes da vida do humorista traduzidos em fotos que norteiam toda a apresentação. De inovador, o formato: ele, no palco, bate-papo, interage com a plateia, enquanto conta divertidas histórias da infân-

cia, bastidores das emissoras de TV, incluindo seu trabalho no programa CQC, na Band. O bate-papo é ilustrado por fantástico álbum de fotos, constantemente renovado, que é aberto ao público. A apresentação, com realização da Prime, será no Teatro Positivo, às 21h15. Ingressos de 94 a 39 reais. À venda nos shoppings Estação, Total e Mueller, 3315-0808 ou www. diskingressos.com.br) e na bilheteria.

A primeira imagem da campanha de verão 2012 Santa Lolla começa a ser divulgada na segunda-feira dia 5, trazendo a modelo russa Anna Selezneva, de 21 anos. Situada em 12º lugar no ranking do models.com, Anna esteve no Brasil em agosto para ser fotografada por Henrique Gendre. Ela já desfilou para Chanel, Tom Ford, Balmain e posou para campanhas da Calvin Klein, Versace, Guerlain e YSL.

Linha Persona

A Evviva Bertolini mostrou na Casa Brasil, em São Paulo, a Linha Persona, que atende projeto do cliente, com garantia da marca. “Projetistas e arquitetos podem desenvolver um ambiente altamente customizado com a certeza de que as peças do mobiliário serão fabricadas exatamente como foram propostas e com o mais alto grau de excelência que acompanha todos os produtos da marca”, afirma Roberto Ruaro, gerente comercial da Evviva, empresa com filial em Curitiba.

Design saudável

A Artany Indústria de Móveis de vinte anos no mercado, com lojas exclusivas no Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul e Goiás, não se esqueça da ergonometria. Afinal, como lembra a f Fisioterapeuta Rita de Cássia Rodrigues, mesa e cadeira influenciam na postura, podendo resultar em dores na coluna, pernas, braços, pulsos, stress e perda da concentração.

Renata Kuerten A modelo catarinense Renata Kuerten fechou um contrato de três meses com uma agência inglesa e embarca para Londres muito em breve. Depois de ficar sete meses focada em sua carreira nacional, incluindo a “Dança dos Famosos” no Faustão, Renata realizará trabalhos para grandes marcas. E despede-se das passarelas nacionais no Monange Dream Fashion Tour, que acontece em São Paulo, no Via Funchal, a partir das 21h.

São Paulo Arte Trio em Imagens do Brasil O projeto Imagens do Brasil, patrocinado pelos Correios, contempla Curitiba com recital do grupo camerístico São Paulo Arte Trio. Até final do ano, o trio irá a Brasília, Porto Alegre, Belo Horizonte e Salvador, numa realização da Retrato Brasileiro Interartes.

Nesta sexta 2, a apresentação acontece às 20h no Memorial de Curitiba, com entrada franca. Formado por Laércio Diniz ao violino, Ana Chamorro ao violoncelo e Paulo Gazzaneo ao piano, o São Paulo Arte Trio faz turnê levando a mú-

sica de concerto para trio composta por dois autores representativos da história da música erudita brasileira, Alexandre Levy e Alberto Nepomuceno. As obras - Trio Opus 10, de Levy, e Trio em fá sustenido menor, de Nepomuceno - são

do final do século XIX e início do século XX e foram selecionadas de forma que o ouvinte possa, além de apreciar a música brasileira, diferenciar, tanto similaridades, como as diferenças e inclinações pelas quais ela atravessou durante esse período.

El Tititiritero de Banfield, vinte anos de riso e emoção Com casa sempre lotada, chega ao fim, nesta semana, a retrospectiva de 20 anos de carreira que o bonequeiro argentino Sergio Mercurio, o Titiritero de Banfield, apresenta em Curitiba. O programa reúne peças para o público jovem e adulto - El Titiritero de Banfield, En Camino, De Banfield a Mexico e Viejos-, além de exposição de fotos e cartazes e exibição do Filme da Rainha, de Mercurio sobre a artesã curitibana Efigênia Rolin. Sergio Mercurio com Bob, seu boneco mais popular, já percorreu toda a América Lati-

na, embora seu projeto inicial fosse ir ao Alasca a cavalo. Este ano, ele retorna à França e irá se apresentar na Alemanha e na Bélgica. Na primeira vez que veio a Curitiba, foi expulso do Brasil, apesar dos esforços do Teatro Guaíra junto à Polícia Federal. Eram anos de chumbo. Pelo visto, para a ditadura de 64, todo argentino deveria ser primo do Che. De volta outras vezes, com os bonecos (sempre de espuma) que remetem a personagens que Mercurio conheceu realmente, ele provoca risos de cumplicidade e emoção. Desta

Laluna e Vinícius em Não Demora Os paulistas Laluna e Vinícius apresentam-se nesta sexta-feira 2, no Rodeo Country Bar, em plena meia-noite. Atualmente, a dupla colhe os frutos do trabalho com extensa agenda pelo país. O show traz a mais nova música de trabalho: “Não Demora”, de autoria própria, já está em primeiro lugar nas rádios populares do país. “Apaixonite Aguda” e “Parafuso” também integram o repertório, pois faz parte do CD e DVD Laluna & Vinícius - Ao Vivo. O show acontece no Rodeo Country Bar (Av. Munhoz da Rocha, 1500, Cabral). Ingressos a 15 e 10 reais. Mais informações: (41) 3352-1500.

4ª Mostra Ecodesign No Shopping Mueller, acontece até 11 de setembro a 4ª Mostra Mueller Ecodesign, exposição com móveis e objetos de decoração criados sob o conceito da sustentabilidade. Com consultoria técnica de Ana Argenta, especializada em cafés especiais, uma novidade é o Espaço do Café, projetado pela arquiteta Ivangela Curra. Assinam os ambientes Marcelo Calixto/Rose Guazzi, Claudia Baggio Pereira/Ana Vilas Boas, Ivangela Curra, Maristella Fischer, Maria Carolina França, Sandro Percicottimz/ Marcia Helena Guimarães, Samara Barbosa/Michele Krauspenhar, Mariana Paula Souza, Eliana Franklin, Léo Pletz, além de alunos de arquitetura da Universidade Positivo e das consultoras em acessibilidade Mirella Prosdócimo e Marlete Simões. cmyk

México no Mueller

Depois do Batel e Centro Cívico, há dez dias o Zapata atrai consumidores em sua La Taquería no (Top) Shopping Mueller. Marcio Brasil, dono da Rede de Restaurantes Zapata, conta que o projeto foi inspirado nas taquerias mexicanas, onde os pratos são preparados na frente dos clientes. Já a terceira unidade segue linha fast casual, sem tequila nem mariachis. O ambiente é composto por balcão vitrine (onde há montagem dos burritos), mesas baixas e altas com 40 lugares. No cardápio nachos, tacos, ensaladas, burritos e churros rellenos de dulce de leche e chocolate.

Atriz para Cardin

vez, faz apresentação também em espanhol, numa parceria com o Instituto Cervantes, e em francês. Nesta quinta, em francês, e na sexta, em espanhol, sempre às 18h. Nos demais

dias ele faz os espetáculos em português, às 20h. Ingressos a 20 e 10 reais. No sábado e domingo, 17h, O Filme da Rainha tem entrada franca. Fone 3222-7150.

Maria Fernanda Cândido renova contrato por mais um ano com a marca de óculos Pierre Cardin, marca desenvolvida no Brasil pelas fabricantes de armações oftálmicas e solares Tecnol e Sorel. A atriz há seis anos estrela as campanha da marca por traduzir os atributos de elegância e sofisticação, com um charmoso jeitinho brasileiro.

Melhor pela rua

Sabiam que não se pode andar descalça (nem se o salto quebrar) no Shopping Crystal? Que não se pode entrar em grupo de mais de cinco pessoas no Palladium? Que só recentemente os shoppings de Curitiba permitiram entrar com máquina fotográfica?

Chá de panela

Com opções de produtos utéis para cozinha, a recém-inaugurada Regali per la Casa oferece “tudo que as recém-casadas precisarão ter em suas novas casas”, avisa a proprietária da loja, Ana Paula Pereira da Costa. Fica no Juvevê, fone 3089 4059.

Saborosamente... Fast food não precisa ser sem gosto e pizza não precisa ser fantasiosa para cair bem ao paladar. É o que se constata no novo cardápio da rede Pizza Hut. Não se sabe o que é melhor, se a salda com mandiopã e torradinha de frango apimentado, se as lazanhas em novo formato, se penne à carbonara ou as pizzas de pesto, havaiana, com bordas generosamente recheadas. Tudo isso com umas moças bem gentis no trato com a clientela. No Batel, abre almoço e janta,até o último cliente.

Feira da Louça

Abre às 16h desta quinta dia 1°, a 21ª Feira da Louça de Campo Largo. Fica no Ginásio da Rondinha (ao lado da Igreja São Sebastião). Até dia 11, será possível apreciar a produção de 40 expositores, das 14 às 22h e a partir das 10h nos sábados, domingos e feriados. Valor da entrada: três reais.


Negócios Indústria&Comércio | Curitiba, quinta-feira, 1º de setembro de 2011 | B4

SIMPEP

Setor de Plástico sofre com falta de incentivo fiscal SIMPEP levará estas questões para a ABIPLAST, representante do setor O SIMPEP – Sindicato da Indústria de Material Plástico no Estado do Paraná – informa e alerta que o setor de transformação de plástico vem passando por dificuldades, primeiramente por ter um único fornecedor nacional de resinas plásticas e também pela guerra de incentivos fiscais entre os estados, na qual as indústrias paranaenses perdem competitividade. A Secretaria da Fazenda do Paraná tem pleno conhecimento que está havendo um êxodo de indústrias para outros estados, diminuindo assim os empregos e a receita do estado e mesmo conhecendo a realidade, não tomou nenhuma iniciativa para ajudar e incentivar as empresas locais. O sindicato destaca que a indústria de transformação paranaense necessita de uma política que possibilite a competitividade com os estados que oferecem isenção fiscal. Dessa forma, será evitada a migração das empresas para os paraísos fiscais e o consequente desemprego dos 23,6 mil paranaenses que trabalham na cadeia de transformação. Em 2010, o setor se posicionou preocupado com as consequências da fusão entre a Quattor e a Braskem. Como as indústrias de transformação nacionais tinham o fornecimento de duas empresas distintas e em muitos casos somente com uma, a preocupação era como seria conduzida a política de preços e de créditos. Mas em reunião na Associação Brasileira de Embalagens Plásticas, o ex-presidente da Braskem, Bernardo Gradim, tranquilizou o setor ao informar que era um compromisso não prejudicar as indústrias de transformação, tanto no abastecimento de matéria-prima

Anuncia que neste ano acontece uma mudança em sua gestão corporativa que é a inclusão de sete novos sócios que vem para somar-se aos sócios fundadores da empresa Frederico Carstens e Antônio Gonçalves Junior. São eles: Ane Flávia Saldanha, Juliana Leitão, Káthya Garcia, Leonardo Scholz, Michel Rodrigues, Renata Ferreira e Shaiany Corrêa esse grupo veio para integrar o quadro de sócios da empresa os fundadores Antonio Gonçalves Junior e Frederico Carstens.Frederico Carstens sócio-diretor da Realiza Arquitetura afirma “Acredito ser um novo paradigma em empresas de Arquitetura. Foram 2 anos de muito trabalho e com consultorias especializadas”. O modelo da Realiza Arquitetura é similar ao modelo das empresas de consultorias como Price, Delloite, KPMG e as maiores bancas jurídicas do país.

Até o dia 14 de setembro, o ShoppingSão José conta com uma nova atração que promete fazer a diversão de toda a família, o Acqua Boat. O brinquedo é semelhante a um carrinho bate-bate. Para deslizar, basta o participante pilotar um barco (boat) que fica dentro de uma piscina.O Acqua Boat é uma opção de lazer que permite que crianças menores de cinco anos participem com a companhia dos pais ou de um responsável. Acima de cinco anos, os menores podem pilotar sozinhos.A programação pode ser conferida de segunda a sábado das 10h às 22h edomingo das 14h às 20h, na Praça de eventos (Piso L1). O ingresso é vendidono local. www. shoppingsaojose.com.br

Como 90% do setor de transformação é formado por pequenas e médias empresas, existe a necessidade urgente de rever este processo

quanto na questão de limites de créditos, que já aprovados na Quattor e Braskem, seriam somados para atender os clientes. Dessa forma, o CADE aprovou a fusão com ressalvas, reiterando a necessidade de uma prática clara e que não levasse prejuízos para o mercado, ficando em aberto a possibilidade de ações caso acontecesse o contrário. Nesse clima de insatisfação e insegurança dos empresários, a única alternativa é recorrer ao mercado de distribuição de materiais importados, que possui preços atrativos e oferece crédito e prazos para pagamento, melhores do que o único fornecedor nacional. O Brasil ainda tem um imposto de 14% para importação direta, que foi criado para proteger as indús-

trias petroquímicas nacional, no momento em que contava com cinco petroquímicas no mercado. Hoje, existe apenas uma gigante, deixando este imposto totalmente fora de propósito, devendo ser direcionado aos produtos acabados, protegendo assim grande número de transformadores que sofrem com a concorrência internacional, o que melhoraria a balança comercial que hoje está negativa no setor plástico. Como 90% do setor de transformação é formado por pequenas e médias empresas, existe a necessidade urgente de rever este processo. Atualmente, a Braskem cobra um elevado custo financeiro, bem acima do que os praticados por instituições financeiras, além de prazos de pagamento curtos, que não con-

dizem com um país de inflação controlada e destoa do prazo médio praticado na ponta por seus clientes.

SIMPEP

O SIMPEP levará estas questões para a ABIPLAST, representante nacional do setor, e também ao CADE, solicitando medidas para a defesa das pequenas e médias empresas e também espera que o atual quadro seja alterado imediatamente. O Sindicato espera que em breve, ao invés de criticar a monopolização do setor petroquímico, o setor possa elogiar e visualizar que esta fusão aconteceu para somar e auxiliar toda a cadeia de transformação e assim dar condições para que todos possam crescer e competir internacionalmente.

Logica atinge £1,9 bi de receita no 1º semestre de 2011

A Panduit, líder em soluções de infraestrutura física unificada, inaugurou a expansão da unidade de produtos de alta tecnologia na Costa Rica. Essa é uma nova etapa na produção da fábrica, que acrescenta 500 novos postos de trabalho e aumenta em 58% a força de trabalho, atingindo 1350 funcionários. A expansão torna a Panduit a terceira maior exportadora de componentes eletrônicos da Costa Rica. A inauguração contou com a presença da presidente da Costa Rica, Laura Chinchilla Miranda. Com a chegada de diversas linhas de produção para ajudar a suprir a demanda mundial por Soluções de Infraestrutura Física Unificada da Panduit, a operação na Costa Rica cresceu de forma significativa nos últimos 15 anos.

A Logica, provedora global de serviços de TI e gestão de negócios, anuncia seus resultados financeiros do primeiro semestre de 2011 com faturamento de £1.998 bilhão, cerca de 7% a mais que o registrado no mesmo período de 2010. Nos seis primeiros meses deste ano, a companhia obteve um crescimento de 13% nas vendas. O destaque ficou por conta da área de outsourcing, que atingiu £2,8 bilhões em carteira de pedidos, um aumento de 22% em relação ao mesmo período do ano passado. Ao fim de 2011, o faturamento anual deverá apresentar um nível de crescimento similar ao obtido até junho e deverá impulsionar o aumento do lucro com relação ao anual de 2010. Acordos fechados com Shell,

Durante a cerimônia de inauguração, a presidente do país, Laura Chinchilla Miranda, destacou o trabalho consistente da empresa na região do “Cantão de Grecia”, e apontou que seu caso é um modelo que deve ser implantado em outros lugares do país. “A Costa Rica agradece à Panduit por confiar uma operação tão importante para a empresa ao nosso país. Além disso, agradecemos o apoio prestado às empresas nacionais, assim como a proteção à comunidade da região e aos cantões vizinhos”. “Empresas e investimentos dessa natureza sinalizam que estamos no caminho certo para atrair investimentos estrangeiros e oferecer um ambiente de negócios adequado, incentivando não só a sua instalação no país, como também a expansão das suas operações’’.

Serious Organised Crime Agency e um importante cliente holandês foram os fatores primários do nível recorde de entrada de pedidos de £1,4 bilhão no primeiro trimestre. Além disso, outro £1,1 bilhão, conquistado no segundo trimestre, incluem negócios com Michelin e o maior contrato de BPO de recursos humanos no grupo de varejo internacional Ahold. Os novos pedidos totalizaram £2.470 milhões no primeiro semestre, com os serviços de terceirização representando metade do total, com £1.232 milhão. O faturamento do grupo foi de £1.998 milhão, aumento de 7% em termos anuais e de 5% em base pro forma. O faturamento do segundo trimestre também aumentou 5% em base pro forma, para £1.008 milhão.

Transcend fecha parceria com Allied Advanced

CMYK

Realiza Arquitetura comemora a inclusão dos novos sócios

Acqua Boat é nova atração do Shopping São José

Panduit inaugura ampliação de fábrica na Costa Rica

A Transcend, fabricante taiwanesa de módulos de memória e produtos multimídia, fecha parceria com a Allied Advanced Technologies S.A. (Allied), uma das maiores distribuidoras de celulares do mercado brasileiro, com mais de 10 anos de experiência. Inicialmente, a parceria entre a Transcend e a Allied estará focada na distribuição da linha completa de cartões de memórias para celulares e smartphones como microSD/microSDHC,

Empresas & Produtos

para o mercado de “Bundle”, juntamente com as operadoras para o mercado de varejo. A atuação do novo distribuidor no País, segundo estimativas da fabricante, será responsável por um crescimento de 15% nas vendas de 2011. “A parceria com a Allied será fundamental para levar os cartões Transcend para dentro das principais marcas de celulares brasileiros. Essa empresa ocupa uma posição de destaque no segmento de

telefonia, tecnologia e produtos convergentes e acreditamos que a atuação conjunta será benéfica para o mercado brasileiro”, explica o gerente comercial da Transcend para o Brasil, Samuel Lai. Já para a Allied Advanced Technologies S.A., a parceria também foi firmada para agregar para ambas as empresas. “Nosso principal objetivo é oferecer aos nossos clientes, e da Transcend também, recursos completos de armazenamento dos aparelhos

celulares e Smartphones, como conteúdos de multimídia, fotos, vídeos, música e jogos”, comenta Ricardo Radomysler, Diretor Presidente da Allied Advanced Technologies S.A.

Sobre

Há mais de 10 anos no mercado, a Allied Advanced Technologies é a maior distribuidora e prestadora de serviços no segmento de telefonia, informática e produtos convergentes.

Ademi/PR apresenta campanha publicitária da Feira de Imóveis

A Associação dos Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário do Paraná (Ademi/PR) realiza nesta segundafeira (29), a partir das 18h30, no auditório do Sinducon/ PR (Rua da Glória, 175 – Centro Cívico), coquetel de apresentação da campanha publicitária da Feira de Imóveis do Paraná 2011 para associados, expositores e parceiros.

Espaço Gourmet promove jantar de risotos italianos

Para começar o mês de setembro com o pé direito e muitas novidades, o Espaço Gourmet Escola de Gastronomia, que está no mercado há mais de seis anos, vai promover diferentes cursos e atividades para quem adora cozinhar e aprender dicas e truques de grandes profissionais da gastronomia.Nesta quinta, dia primeiro, a escola vai oferecer uma aula jantar de risotos italianos. A atividade, que começa às 19h e vai até às 22h, custa R$ 130. Já na sexta-feira, dia 02, será a vez da aula jantar de preparações com peixes, que também acontecerá das 19h às 22h pelo valor de R$ 150. É importante lembrar que as vagas para as aulas são limitadas e que todas as preparações feitas durante as aulas são servidas aos alunos sempre acompanhadas de bebidas para harmonizar com os pratos.As inscrições podem ser feitas por telefone e também pelo site da escola através do sistema de pagamento online pag seguro.

Jantar no Clube Concórdia lança semana vip Curitiba

Na semana passada aconteceu no elegante Café Concórdia (Curitiba – PR) um jantar de lançamento da semana VIP no Costão do Santinho Resort Golf & SPA, localizado em Florianópolis (SC). O evento, que recebeu 40 convidados especiais e seus acompanhantes, foi um verdadeiro sucesso.O objetivo do jantar, que contou com a presença dos proprietários do Costão – Sr. Fernando e Sra. Iolanda Marcondes - foi apresentar aos convidados as atrações que o Resort oferecerá aos hóspedes durante o feriado prolongado da independência, que vai dos dias sete até 11 de setembro. Uma das atrações da noite foi, sem dúvida, o delicioso e sofisticado jantar elaborado pelos chefs Agui Monteiro, Gui Baran, Lu Godoy e Jefferson Fonseca, que fazem parte da equipe do Espaço Gourmet Escola de Gastronomia, que junto com o Costão, também está realizando a semana VIP Curitiba. Aos hóspedes que já confirmaram estadia no Resort durante o feriado, foram anunciadas grandes surpresas. Além de muito conforto de frente ao mar, todos poderão ver de perto o desfile do estilista Jefferson Kulig, participar de aulas de gastronomia (Chef Show) com a equipe de chefs do Espaço Gourmet, participar de workshop de maquiagem, show com Capital Inicial, feijoada, degustação de queijos e vinhos e muito mais.

Jantar beneficente da APAD

A APAD - Associação Paranaense do Diabético, entidade sem fins lucrativos que tem o objetivo de contribuir para a melhor qualidade de vida do diabético, está organizando um jantar dançante beneficente. O evento acontece no dia 30 de setembro, n o re s t a ura n t e Ma d a l o s s o ( A v e n id a Ma n o e l R ib a s , 5852- Santa Felicidade). Os convites estão sendo vendidos na instituição ao custo de R$35 por pessoa e também poderão ser adquiridos no dia do evento, no próprio local. A renda será revertida para auxiliar os diabéticos carentes que contam com a ajuda da APAD na doação de medicamentos e insumos. Mais informações pelo telefone (41) 3244-7711.

Curitiba sedia feira de gestão pública Acontece nos dias 01 de 02 de setembro, no Cietep, em Curitiba, a Municipal 2011 – VII Congresso e Feira Nacional de Produtos e Serviços para Municípios. O foco do evento é apresentar empresas que levem soluções aos municípios do Brasil, visando uma eficiente utilização dos recursos públicos.A feira, que será aberta pelo Governador do Paraná, Beto Richa, vai reunir prefeitos, vice-prefeitos, secretários municipais, vereadores, técnicos diretores, servidores e estudantes da área. A proposta é abrir discussões, debates e trocas de informações sobre a administração através de palestras, workshops e cursos técnicos.Com o objetivo de discutir fontes de financiamento e recursos para desenvolvimento das cidades da Região Metropolitana de Curitiba, será realizado durante a feira o Seminário Cifal, no dia 1º de setembro, das 14h às 17h.

01-09-11 Indústria&Comércio  

jornal, economia, curitiba, parana, governo

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you