Issuu on Google+

Ano 05 || Número 51 || Junho 2010

Comunhão diária com o Pai e com os irmãos Leia a palavra do Pr. Jonas Neves na Página 3

A união da Igreja de Cristo Página 4

O que é “Batalha Espiritual ou Guerra Espiritual”? Página 5

Como superar a preguiça de malhar nos dias frios? Página 10

Especial Dia dos Namorados 50 Anos de Namoro Página 12


2

Simplesmente Igreja | Junho de 2010 Editorial

Nossos Pastores Rua Domingos de Morais, 1100 - 04010-100 . Vila Mariana . SP . (11) 5579.3516 www.batistadopovo.org.br

Sem. Airton Quinelo - IBP Taboão (11) 7515-3281 juninho@batistadopovo.org.br Carlos Pastorelli - IBP Sede (11) 9430-7776 carlos@batistadopovo.org.br Edimar José Pires - IBP Taubaté (12) 8124-4100 edimar@batistadopovo.org.br Enéas Tognini - Sede (11) 9637-5768 eneas@batistadopovo.org.br Ivêner Soler - Sede (Canal Jovem) (11) 7205-1382 ivenersoler@batistadopovo.org.br Joanã Nogueira – IBP Guarulhos (11) 7515-3264 joanan@batistadopovo.org.br Jonas Neves - Sede (11) 9637-5352 jonasneves@batistadopovo.org.br

Luis Barbosa - IBP Santo Amaro (11) 7515-3506 luis@batistadopovo.org.br Newton Machado - Sede (11) 7547-9837 newton@batistadopovo.org.br Osmar Bento - Sede (11) 7205-1937 osmarbento@batistadopovo.org.br Paulo Falçarella - Sede (11) 9605-7340 paulofalcarela@batistadopovo.org.br Sandro Rubinec - IBP Diadema (11) 7515-3467 sandro@batistadopovo.org.br Tiago Marcolongo - Sede (Radical Teen) (11) 7547-7871 tiago@batistadopovo.org.br Wasmyr Egídio - IBP Indaiatuba (11) 7515-3502 wasmyr@batistadopovo.org.br

comunhão As tantas variações de seus significados são proporcionais às tantas incompreensões... Estar num mesmo estado de espírito, em comunhão de ideias com outros; sintonia de pensamento, de modo de pensar, agir ou sentir; identificação; associação, relação com algo ou alguém; regime de casamento. União na mesma fé, comunhão de fiéis. Não é necessário nem trocar em miúdos. É tudo isso, porém, a comunhão consolida-se somente quando aliada a uma outra palavra: compromisso. Como tem sido fácil perdermos a comunhão...

Nossos Missionários Fique por dentro Ceia do Senhor Participe da celebração da ceia em cumprimento à ordenança que Jesus nos deixou. - 1º domingo: às 8h - 2º domingo: às 10h - 3º domingo: às 17h - 4º domingo: às 19h - Última quarta-feira do mês, às 15h participe de uma célula Viva em comunhão com outros irmãos e aprenda mais sobre a vida cristã em plenitude. Ligue e procure a célula mais próxima da sua casa. Secretaria de Células: (11) 5579-3516 Quero ser membro da IBP Se você tem participado de nossas reuniões há algum tempo e gostaria de se tornar membro da nossa igreja, entre em contato com a secretaria para mais informações. (11) 5579-3516 secretaria@batistadopovo.org.br

Dízimos e ofertas Igreja Batista do Povo CNPJ: 47.468.590/0001-45 Banco Real Agência: 412 - Conta Corrente: 6703396-3 Banco Bradesco Agência: 3450-9 - Conta Corrente: 10165-6 Boa palavra

Igreja Batista do Povo Rua Domingos de Morais, 1100 - Vila Mariana. São Paulo / SP - Brasil - CEP: 04010-100. O Boa Palavra é uma publicação da Igreja Batista do Povo. Dúvidas e sugestões: comunicacao@batistadopovo.org.br

MOÇAMBIQUE Pr. Aldo Massunda Manuel Germano Manhica: 00 258 825878999 Pr Saize Bana: 00 258 820722730 Pr Manuel Gimo: 00 258 848012143 Francisco Vicente Tomo: 00 258 847848137 Jaqueline Cunha: 00 258 8298 90447 Suite number # 337 - PRIVATE BAG X 11340 - NELSPRUIT 1200 - AFRICA DO SUL JAPÃO Miss. Maria Isabel Dutra 173-0012 Tokyo-To Itabashi-Ku Yamato-cho 7-15-201 - Japan isabeldutra7@hotmail.com GUINÉ-BISSAU Pr. Herbert e Desirré herbertdesire@yahoo.com.br INGLATERRA Pr. Samuel Silva 32, Manor Park Road - Harlesden London - Uk - NW10 4JJ 59a , Rye Lane - Peckham London - UK - SE15 5EX ibppeckham@batistadopovo.org.br Pr. Carlos Gomes Igreja Batista do Povo em Oxford 52, Church Hill Road - Cowley Oxford - OX4 3SF-UK ibpoxford@batistadopovo.org.br

Expediente: Presidente: Pr. Jonas

Com nosso cônjuge, amigos, familiares, funcionários, irmãos, igreja... Deus.

ITÁLIA - Turim Prs. Fernando Guimarães e Isael Guimarães pastorefernando@hotmail.it Via Alfonso Lorenzine 4 Collegno; Corso Machiavelle 177 Venària BRASIL Antônio Jone e Vera Lúcia Rocha Rua Mário Marques, 91 - São João Batista 31.510-410 / Belo Horizonte – MG veraejone@yahoo.com.br Ieda Maria de Oliveira Missionária de Base Cruzada Estudantil e Profissional para Cristo ieda@cepc.org.br Dilma E. G. da Silva Missionária Local - Vila Mariana dilma@batistadopovo.org.br Isabel Santos - (11) 9727-4641 Missionária Local - Vila Mariana isabel@batistadopovo.org.br Rosa Maria da Conceição Silva rosa_msilva@hotmail.com Av. Dom Pedro I, 923 – Centro CEP: 58023-013 – João Pessoa – PB CANADÁ Pr. José R. Almeida 6 Loconder Dr. Unit: 10 - Hamilton Ontário L8W 1V8 / Canadá margalme@terra.com.br

Neves de Souza. Jornalista Responsável: Monica Pocker. Coordenadora de Comunicação: Myrian Rosário. Assistente de Comunicação: Ana Clara Guerra. Revisão: Maria Célia Pereira Leite. Colaboração: Helen Ribeiro, Alessandra Pastorelli e Kleber Fortunato. Tiragem: 10.000 exemplares.

Falamos, cantamos e pregamos a comunhão, mas vale a reflexão no sentido de nos questionarmos se estamos comprometidos com esta “sociedade”, com e nesta relação. Pr. Jonas Neves lembra-nos em seu artigo nesta edição, que somente em uma primeira – e mais importante - comunhão, é possível promover a unidade com todo o mais: “A comunhão com Deus promove o amor entre os irmãos e a unidade da igreja, cujos membros têm em comum, espontaneamente, diversas atividades como a Ceia do Senhor, a obra do Evangelho, o sofrimento humano, compartilhamento de bens materiais, enfim, os cuidados das coisas de Deus e também dos homens. De fato, onde há comunhão com Deus, haverá comunhão com os filhos d’Ele”. O recado está dado. Resta-nos a reflexão e o empenho para vivermos a plenitude no que tanto almejamos todos: a paz entre os irmãos, cônjuges, familiares, colegas, amigos, sociedade...

Na Alegria da Comunhão com o Senhor,

Monica Pocker - Jornal Boa Palavra Departamento Comercial: (11) 5574-1067. Direção Geral: Sonar Propagando

Os anúncios contidos nessa edição são de única e exclusiva responsabilidade dos anunciantes, não tendo a Igreja Batista do Povo nenhuma responsabilidade sobre o conteúdo e veracidade de tais anúncios. A Igreja não se responsa-

biliza em fiscalizar ou garantir efetividade do que é anunciado, já que não mantém nenhum relacionamento de qualquer espécie com os empresários e prestadores de serviço que anunciam no Boa Palavra. A Igreja Batista do Povo seleciona os anúncios publicados de modo que não firam a moral e os costumes cristãos e o que diz a Bíblia Sagrada.


Junho de 2010 | Mensagem

3

Mensagem

Comunhão quer dizer “ter algo em comum”. A Bíblia ensina que, desde o princípio, o Criador tomou todas as providências, para que o homem desfrutasse de comunhão com Ele. Diariamente, nossos primeiros pais esperavam pelos momentos em que o Senhor vinha ao encontro deles, para a mais preciosa experiência de compartilhamento que o ser humano pode ter, a de uma associação íntima com Deus. O propósito divino não mudou, mas o pecado criou obstáculo para essa experiência. O homem, em estado de pecado e rebelião contra Deus, está impedido de qualquer participação mútua com Ele. Está escrito que o pecado faz separação entre nós e o nosso Deus. Esta é uma situação aflitiva para a alma que foi criada para andar em harmonia com o Criador. A boa notícia vem também da Bíblia: “Deus estava em Cristo, reconciliando consigo mesmo o homem”. O apóstolo João escreve que “a nossa comunhão é com o Pai, e com Seu Filho Jesus Cristo”. E acrescenta que “Se andarmos na Luz, como Ele na luz está, temos comunhão uns com os outros e o sangue de Jesus Cristo, o Seu Filho, nos purifica de todo o pecado” (I Jo 1.3,6). O resultado da nossa comunhão com Deus, por meio de Cristo, é a comunhão com os irmãos. A Palavra de Deus chama isso de “Comunhão do Espírito”, porque o Espírito Santo que nos une a Cristo, também nos une aos demais membros do Corpo de Cristo, a Igreja. A comunhão com Deus promove o amor entre os irmãos e a unidade da igreja, cujos membros têm em comum, espontaneamente, diversas atividades como a Ceia do Senhor, a obra do Evangelho, o sofrimento humano, compartilhamento de bens materiais, enfim, os cuidados das coisas de Deus e também dos homens. De fato, onde há comunhão com Deus, haverá comunhão com os filhos dEle. Não podemos nos esquecer de que existe exclusividade na comunhão. A Bíblia ensina que é impossível ter comunhão com Deus e com o mundo. A amizade de um constitui-se em inimi-

zade do outro. Não se admite comunhão entre a luz e as trevas.

Pai, Filho e Espírito Santo. Cada uma das pessoas divinas comungando com as demais.

A existência, ou não, de comunhão com Deus é visível quando os filhos do Altíssimo se reúnem. Se ela existe, haverá paz e alegria nos relacionamentos, liberdade e fervor nos cultos, cumplicidade na fraternidade, regozijo com a vitória do outro, lágrimas pelo choro do que sofre. Sua ausência se manifesta por meio de relacionamentos frios, falta de comprometimento e indiferença.

Isso pode nos ensinar que ninguém deve aceitar uma vida de isolamento, individualista. Salomão disse que “Aquele que se isola, busca os seus próprios interesses e insurge-se contra a verdadeira sabedoria”. Portanto, devemos andar continuamente com uma das nossas mãos segurando a mão de Deus e com a outra segurando a mão do nosso irmão.

O grande remédio para tantos males dos nossos dias está no zelo por uma vida de comunhão com Deus e com os nossos irmãos. É interessante notar que o próprio Deus é uma comunidade:

De fato, onde há comunhão com Deus, haverá comunhão com os filhos dEle

Pr. Jonas Neves de Souza Presidente da IBP

Reflexão

Quem é você que está ao meu lado? Na caminhada cristã, desfrutamos de momentos maravilhosos de comunhão, contemplamos milagres, transformações, salvação e vemos nossas atitudes e personalidades, sendo completamente transformadas pelo poder de Deus. Porém, a sociedade tem frustrado este sentimento em muitos corações, conduzindo pessoas a um ritmo tão acelerado, no qual todos correm atrás de tantas necessidades na luta contra o tempo, que se tornam pessoas frias e egoístas, buscando apenas seus próprios interesses, não se importando com as pessoas que estão ao seu lado. Quantas vezes evitamos conversar com outras pessoas por falta de paciência, e nos fechamos em nosso mundo, nossas necessidades e nada mais importa? Muitas pessoas dizem que, numa igreja grande, não é fácil fazer amizades, mas, na verdade, nossa postura é que está errada, pois, muitas vezes, somos nós que nos fechamos e não queremos ser descobertos em nosso canto e evitamos fazer novas amizades. Entretanto, precisamos rejeitar essa pressão do mundo que nos leva a caminhar sozinhos e voltar à essência de uma vida em família, caminhando com os irmãos lado a lado, uns sustentando os outros. Quantas vezes entramos na igreja e saímos sem conhecer as pessoas que estão ao nosso lado e perdemos a oportunidade em

compartilhar e ajudar alguém? Todavia, isso acontece pelo fato de não enxergarmos essa necessidade e não assumirmos a responsabilidade de abençoar alguém, através de um abraço ou de uma expressão de carinho, fazendo a pessoa se sentir à vontade, para compartilhar algo, se necessário. Todos nós precisamos zelar pelos nossos irmãos, e nos preocupar em dar todo respaldo a eles, todo cristão tem a responsabilidade de ajudar o seu próximo. Lembre-se de que Deus mudou a sorte de Jó, quando ele orava pelos seus amigos. E Jesus disse: “Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento. Este é o primeiro e grande mandamento. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo”. (Mt 22:35-37). Procure fazer amizades, envolva-se com pessoas, faça a diferença nesta geração que caminha no individualismo e, quando você passar por momentos de dificuldade, não estará sozinho, pois terá uma grande família e amigos, lutando junto com você dando-lhe força e um ombro. Como é bom viver em comunhão e ter amigos. Valorize isso, faça amizades e ajude pessoas.

Pr. Oliver Rodrigues oliver@batistadopovo.org.br


4

Palavra Viva |Junho de 2010

Estudo

A importância da unidade e da comunhão no corpo de Cristo Sabemos que fomos criados por Deus diferentes um dos outros, no aspecto físico, emocional e temperamental. O nosso DNA ou a impressão digital também comprova a diferença que existe entre as pessoas. Apesar dessas diferenças, o propósito do Senhor é que vivamos em comunhão e em unidade, assim como Deus é, apesar de manifestar-se em três pessoas: Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo, é um único Deus, estando em perfeita comunhão e unidade. As Escrituras Sagradas nos mostram esse desejo dEle, de sermos um, como Deus é um. Jesus orou ao Pai: “Eu lhes tenho transmitido a glória que me tens dado, para que seja um, como nós somos” (Jo 17:22). O salmista escreveu: “Como é bom e agradável os irmãos viverem em união. Ali o Senhor ordena a bênção e a vida para sempre” (Sl. 133: l, 3). Ter comunhão e unidade é algo profundamente belo e agradável aos olhos de Deus.

O salmista comparou a união ao óleo e ao orvalho. O óleo tem simbolismo importantíssimo tanto no Antigo Testamento como no Novo Testamento. Ele tinha uma tríplice utilidade e era usado como cosmético, remédio e símbolo espiritual que representava a ação do Espírito Santo na vida do homem. Já o orvalho cai durante todas as noites. Assim deve ser nossa união contínua.

O orvalho refresca, vitaliza as plantas, também vem nas nossas vidas trazendo refrigério e renovo. Infelizmente, o povo de Deus não vive em comunhão e em unidade plena, como viviam os irmãos da igreja do primeiro século (At 4:32-35), e isto tem enfraquecido a igreja e impedido o seu avanço no Reino de Deus, isto acontece na igreja local ou universal.

Muitas coisas contribuem, para que não haja unidade e comunhão entre o povo de Deus, queremos citar apenas duas:

1) Viver submisso ao Cabeça da Igreja As várias partes do corpo humano se movem, quando o cérebro envia um sinal, para que assim façam. Na verdade, todo o corpo, de uma forma ou de outra, depende do cérebro. Quando o cérebro emite sinais simultâneos para partes distintas do corpo, este funciona em unidade e é capaz de executar todos os tipos de movimentos. E, quando ele desconecta do corpo, como acontece em algumas lesões da coluna, os movimentos do corpo são interrompidos. No Corpo de Cristo, todo membro depende de Cristo, e deve estar submetido a Ele que é o Cabeça do corpo. Quando cada membro se conecta a Cristo, o resultado é um organismo funcionando em harmonia e paz. E quando os membros desconectam, ou escolhem não submeter-se ao Senhorio de Jesus, há surgimento de dissensões, facções, divergências etc; isto é sinal de insubmissão ao Cabeça da Igreja.

Todas as quintas-feiras, às 20 horas, o Pr. Osmar Bento dirige o Culto de Restauração e Edificação. Participe!

2) Atitudes de Servo A Bíblia ensina que existe um só Senhor que é Jesus Cristo, e que nós somos servos, tanto de Jesus como uns dos outros. Jesus deu-nos o exemplo para que sejamos servos: “... não é assim entre vós; pelo contrário, quem quiser tornar-se grande entre vós, será esse o que vos sirva. E quem quiser ser o primeiro entre vós será o vosso servo” (Mt 20:26-27). “O Apóstolo Paulo escrevendo aos Gálatas disse: “... sede servos uns dos outros pelo amor)” (Gl 5:13). Precisamos mudar a vida da igreja, começando com cada um de nós, e a solução é a submissão a Jesus Cristo e andarmos como servos verdadeiros. Pr. Osmar Bento

Que o Senhor nos capacite com sua graça.

Ministério de Restauração


Junho de 2010 | Palavra do Pastor

5

Mensagem

Renúncia padrão “Quem se humilha será exaltado e quem se exalta será humilhado”.

Como vemos, Jesus desceu... Desceu, e Deus o exaltou:

O Conselho de Paulo: “Tenham entre vocês o mesmo modo de pensar que Cristo Jesus tinha”:

- Por isso, Deus deu a Jesus a mais alta honra.

- Ele tinha a natureza de Deus - Não tentou ficar igual a Deus - Ele abriu mão de tudo o que era seu - Tomou a natureza de servo - Tornando-se igual aos seres humanos - Viveu a vida comum de um ser humano - Ele foi humilde e obedeceu a Deus - ATÉ A MORTE - MORTE DE CRUZ

E pôs nele o nome: - que é o mais importante de todos os nomes Para que em homenagem ao nome de Jesus: - Todas as criaturas no céu - na terra - no mundo inteiro caiam de joelhos - declare abertamente que Jesus Cristo é o Senhor para a glória de Deus Pai!

Jesus subiu e subiu, porque desceu e desceu (NTLH).

Glória ao Deus Pai, Glória ao Deus Filho, Glória ao Deus Espírito Santo.

Toda terça-feira, às 9h, no templo 3, o Pr. Enéas Tognini dirige, sob a unção do Espírito Santo, o culto de Jejum e Oração. Participe!

Pr. Enéas Tognini Fundador e Pastor Emérito da IBP

Estudo

O que é “Batalha Espiritual ou Guerra Espiritual”? É o confronto, a luta constante, de Satanás contra Deus e contra os salvos. Deus tem domínio e autoridade sobre tudo, sobre todas as coisas, mas Satanás quer e tenta, a todo o momento, dominar, influenciar vidas e situações. O Senhor não criou Satanás, criou um anjo, um querubim (Is 14.12), contudo, a inveja, o querer ser maior que Deus, levou Lúcifer (o anjo cheio de luz) a se transformar em Satanás (o adversário). Lúcifer transformou-se em Satanás por causa do pecado da rebelião, da insubordinação e do orgulho.

Precisamos estar atentos para que esses pecados não façam parte de nossas vidas. Eclesiastes 3.8 cita a guerra: “Tudo tem tempo determinado”, “tempo de guerra e tempo de paz”. Joel 3.9: “Proclamai isto entre as nações; apregoai guerra santa e suscitai os valentes; cheguem-se, subam todos os homens de guerra”. Mateus 11.12: “Desde os tempos de João Batista até agora, o reino dos céus é tomado por esforço e os que se

esforçam se apoderam dele”. Toda a humanidade anseia pela vinda da paz perfeita que só Jesus, o Príncipe da Paz, há de trazer. Antes, porém, do estabelecimento da paz definitiva, o tempo é de guerra espiritual. Jó 1.6 e 7: “Num dia em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o Senhor, veio também Satanás entre eles. Então perguntou o Senhor a Satanás: Donde vens? Satanás respondeu ao Senhor e disse: De rodear a terra e passear por ela”. Satanás luta constantemente contra Deus e contra os salvos (Ap 12.7 e 8), apresenta-se perante Deus com o intuito de nos acusar. Em Efésios 4.27, somos alertados: “Não deis lugar ao diabo”. Paulo falava aos cristãos e não aos descrentes, portanto, “um espaço para ser ocupado”, “uma área” se o crente descuidar-se, pode ser entrada para o inimigo. Enquanto andarmos com Deus, em comunhão, “não dando lugar ao diabo”, sob a liderança do Espírito Santo, o sangue de Jesus nos protegerá, pois: “Se, porém, andarmos na luz, como ele na luz está, mantemos comunhão uns com os outros e o sangue de Jesus, seu filho, nos purifica de todo o pecado” (I Jo 1.7).

Se cairmos no pecado, mesmo sendo crentes e não nos arrependermos, estaremos “dando lugar ao diabo” e Deus permitirá que os inimigos atuem em nossas vidas, porque, em razão do pecado, eles adquiriram direito legal de invadir nossas vidas. Ananias e Safira eram crentes, mas abriram brecha para Satanás, ao mentir. “Então disse Pedro: Ananias, por que encheu Satanás teu coração, para que mentisses ao Espírito Santo, reservando parte do valor do campo?” (At 5.3). Se resistirmos ao diabo e nos sujeitarmos à vontade e aos preceitos de Deus, ele fugirá (Tg 4.7), mas, se o cristão fizer o que agrada ao inimigo de nossas almas, perderá a proteção divina, expondo-se aos perigos. Precisamos viver uma vida de consagração a Deus (leitura da Bíblia, oração, perdão, ser dizimista, não falar palavras de maldição sobre si mesmo e sobre os outros etc), esta é a fórmula para vencermos a batalhas espiritual.

Maria Célia Pereira Leite Líder de Célula e Colaboradora do Jornal Boa Palavra


6

Família | Junho de 2010

Papo de família

Família: A bênção de viver em comunhão “Tua esposa, no interior de tua casa, será como a videira frutífera; teus filhos, como rebentos da oliveira, à roda da tua mesa. Eis como será abençoado o homem que teme ao Senhor!” (Salmo 128:3) Falar de comunhão na família deveria ser redundância! Você consegue conceber a ideia de família sem comunhão? Imagine um lugar onde duas ou mais pessoas que vivem debaixo do mesmo teto e, dia após dia, acordam vendo-se umas as outras, compartilham o mesmo espaço, sofrem as mesmas pressões, celebram as conquistas, choram as perdas, não desfrutem de comunhão. Isso é o caos. Nunca tive uma visão do inferno e o que sei a respeito dele é o que a Bíblia me diz, mas eu imagino que, viver em família sem comunhão, deva ser, no mínimo, a antessala do inferno. Aliás, o conceito de céu - que não é apenas um conceito filosófico e, sim, um lugar - aponta para uma vida em comunhão por toda a eternidade. Unidos com Cristo e com todos aqueles que o receberam em vida (Jo 1:12, Rm 10:8-10, Jo 3:16, 1 Jo 3:16) por toda a eternidade. De fato, quem tem dificuldade para se conectar com pessoas, não conseguirá viver no céu, pois lá estaremos conectados com Deus em Cristo e uns aos outros todo santo e abençoado dia!

ração mútua? E por que estamos vendo tantas famílias vivendo uma falsa paz? Por que tantos casais, vivem na mesma casa, na mesma cama, mas já estão emocionalmente divorciados? Por que aceitaram viver uma fábula, ao invés de edificar algo verdadeiro, sólido? O salmo citado acima nos traz algumas verdades que poderão nos alinhar com a proposta de Deus para a vida em família: COMUNHÃO.

Não há satisfação sem vínculo com Deus “Bem-aventurado aquele que teme ao Senhor e anda nos seus caminhos. Do trabalho de tuas mãos comerás, feliz serás, e tudo te irá bem.” (versos 1 e 2). A verdadeira alegria vem do céu! É o resultado de um relacionamento pessoal com Deus. Muito além de uma vida religiosa, de boas práticas espirituais, a vida com Deus deve ser firmada em um bom relacionamento de pai e filho.

Quem se relaciona bem com Deus oferece ambiente para o crescimento do próximo

C.S. Lewis - escritor de Crônicas de Nárnia - em uma de suas obras escreveu que temos que escolher o que queremos nesta vida e por toda a eternidade: servir em um céu ou reinar em um inferno. A família foi criada por Deus para ser um arquétipo da própria trindade santa que, em si mesma, é a essência da vida comunitária. Personalidades distintas que convivem em harmonia, porque há entre eles amor, respeito e cumplicidade.

“Tua esposa, no interior de tua casa, será como a videira frutífera;” (verso 3a). O marido que tem comunhão com Deus oferece um ambiente de paz e segurança que nutre a qualidade de vida da esposa, fazendo dela uma pessoa cheia de vida e de frutos. Ele não a sufoca, não a oprime. Ao contrário, investe em seu crescimento espiritual e emocional. Cuida da saúde física de sua mulher. Isso vale também para os demais relacionamentos interpessoais.

Este tripé é o que sustenta qualquer instituição humana, não é mesmo? Não há matrimônio que perdure, se não houver esta tríade virtuosa. Que relação parental poderá prevalecer, se faltar o amor, o respeito, a coope-

O casal que preserva a comunhão atrai os filhos para o lar e para Deus “teus filhos, como rebentos da oliveira, à roda da tua mesa” (verso

3b). Os filhos tem prazer em estar em casa e não serão seduzidos pelas ofertas do mundo secular. Há ambiente para promover o diálogo, para o aprendizado, para tratar com amor os erros. Sabem que estão seguros em seus pais. Neles há firmeza, sabedoria e cumplicidade. Ambos, pai e mãe, trabalham em equipe para o bem da família. Através da liderança do pai, os filhos estão aprendendo a liderar e através da submissão e cooperação da mãe, eles estão aprendendo a se submeter e respeitar as autoridades. Na comunhão do casal é edificada a comunhão da família. O espírito de equipe é transmitido aos filhos pela maneira como o casal trabalha em conjunto. A Bíblia nos dá então uma receita de sucesso e felicidade no lar: COMUNHÃO. “Eis como será abençoado o homem que teme ao Senhor!” (verso 4). Este salmo ainda enfatiza o lar como incubadora para esta vida de comunhão: “no interior de tua casa” e “à roda da tua mesa”. Devemos atentar para este precioso alerta de Deus! Tudo de bom ou ruim começa em casa! Portanto, o lar deve ser este lugar de bênção! Não é dormitório, restaurante, nem um lugar de passagem e conveniência. Tem que ser lugar de vínculos fortes e saudáveis. Por isso, deve-se promover tempo de qualidade entre os membros da família. Que tal um tempo gostoso no sofá entre o casal? Um colo, cafuné, que coisa boa poder desfrutar de um tempo assim depois de um dia cansativo, não é mesmo? Depois vamos ter aquele tempo gostoso com os filhos. Que tal o casal esparramar alguns brinquedos no tapete da sala ou do quarto e brincar e rolar com as crianças? Ou ver um bom filme com

direito a pipoca e tudo mais? Ah! Este tempo não volta atrás! No evangelho de Lucas, capítulo 10, versos 38 a 42, temos a passagem de Jesus na casa de Maria e Marta, irmãs de Lázaro. Marta estava muito agitada em seus muitos afazeres e ficou irritada com sua irmã que foi receber Jesus que acabara de chegar para visitá-las. Marta priorizou o serviço (diakonia) e Maria a comunhão (koinonia). Afinal, o que é mais importante? Jesus encerrou este dilema com uma afirmação categórica: “Marta! Marta! Andas inquieta e te preocupas com muitas coisas. Entretanto, pouco é necessário ou mesmo uma só coisa; Maria escolheu a boa parte, e esta não lhe será tirada.” O que aprendemos aqui? Aquilo que é fruto de vínculos saudáveis nunca será perdido. Tarefas jamais vão gerar vínculos.

Todos os domingos, às 17 horas, o Pr. Paulo Falçarella dirige o Culto de Celebração para toda a Família. Participe!

Você já deve ter ouvido aquela história da mãe que disse para os filhos: “Eu me desgastei a vida inteira por vocês e agora ninguém lembra de mim”. Pois é! São os vínculos que dão significado às tarefas. Tudo fica pesado, quando o que se tem é só a tarefa, o trabalho. Tire a comunhão da igreja e o que sobra? Problemas. Tire a comunhão da família e o que restará serão desafios e contradições. O melhor desta vida é a nossa relação com Deus e uns com os outros. Ainda há tempo para mudar o ritmo. Priorize os vínculos e restaure a comunhão. A propósito, vou encerrando por aqui, porque minha família está me chamando para um filme com pipoca e, neste friozinho de outono, vale até uma coberta bem quentinha. Nem o Thor (nosso Golden Retriever) perde essa! Que Deus abençoe sua família! Paz sobre a sua casa!

Pr. Paulo Falçarella Ministério da Família


Junho de 2010 | Ministérios

7

Células

A Igreja somos nós Como sabemos, célula é um lugar de acolhimento, aprendizagem, adoração ao Senhor e edificação espiritual uns dos outros. É nela que crescemos no conhecimento da Pessoa, obra e Palavra de Jesus Cristo. Célula é igreja. Quando precisamos de socorro, aconselhamento, para onde corremos? Ou melhor, para quem corremos, senão para igreja ou ligamos para um irmão e pedimos oração. Recentemente, uma líder de célula de minha área ligou-me e disse: Precisamos levar uma irmã para o hospital, no entanto, ela não tem convênio médico, nem condições de pagar uma consulta. Ligamos para outra irmã que trabalha em um hospital, que marcou com um especialista e a irmã que nem membro é da igreja, mas e a membro da célula, foi assistida. Glória a Deus! Em outra ocasião, um membro da célula precisava de óculos e não tinha condições financeiras de comprar, a célula se uniu e compraram os óculos para a irmã.

A célula é, portanto, um local de apoio e socorro. Se fôssemos contar as oportunidades de servir ao Senhor que temos na célula, ocuparíamos muito espaço. O dicionário define aconselhamento cristão como arte de conduzir pessoas à saúde plena em todas as áreas da vida, através da Palavra de Deus. Na célula, temos diversas oportunidades de ajudar as pessoas a enfrentarem mais eficazmente os problemas da vida, os conflitos íntimos e a conduzir pessoas a um relacionamento maduro com Cristo. O ideal é que o líder de célula tenha até 15 pessoas para liderar, o que facilita o acompanhamento mais de perto, pois,

numa célula, todos falam e têm oportunidade de expor suas lutas e, quando o líder não pode ou se sente “incapaz” na situação, ele conta com o supervisor, o superintendente, o coordenador ou ainda pode agendar um horário com o pastor, como também indicar um dos cursos da Casa da Família, para ajudar naquele assunto. Portanto, célula é um local em que a igreja vive o Evangelho de Cristo. Louvamos a Deus, porque nossa igreja tem uma visão ampliada, pois também é conhecida como: “Uma igreja família”. A célula também é um local em que se recebe o alimento necessário para crescimento espiritual e emocional sadios, no qual as pessoas se desenvolvem ministerialmente e há frutos.

Miss. Dilma E. G. da Silva Líder de Célula

Surdos

Sinais: a língua natural dos surdos Na edição passada vimos que, apesar de muitos utilizarem o alfabeto manual para se comunicarem com os Surdos, esta não é a forma correta, já que desde 2002, a LIBRAS - Língua Brasileira de Sinais - foi oficialmente reconhecida como meio legal de comunicação. Aprendemos também que, da mesma forma que nas línguas oral-auditivas existem palavras, nas línguas de sinais também existem itens lexicais, que recebem o nome de sinais. A única diferença é sua modalidade: visual-espacial. Sendo assim, para se comunicar em LIBRAS não basta conhecer os sinais, é necessário conhecer a sua gramática para combinar as frases, estabelecendo a comunicação. Mas não é só isso, apesar de muitas pessoas acreditarem que a língua de sinais utilizada pela comunidade Surda é Uni-

versal, isso não é verdade, pois nem a nível nacional, existe uma padronização. Em razão das diferenças regionais e do nosso extenso território, existem grupos de Surdos que se utilizam de sinais diferentes para uma mesma situação, razão pela qual, é necessário acompanhar as variações praticadas em cada unidade da Federação (Estado).

temos 25 línguas gestuais diferentes e na América, 21. Diante desta diversidade, convidamos você a aprender mais sobre esta rica cultura e pedimos ao Senhor que os chame para um despertamento em relação àqueles que ouvem com os olhos e falam com as mãos.

Apesar de cada país ter uma estrutura própria, os sinais são muito parecidos. No Brasil, denominamos LIBRAS, nos Estados Unidos - ASL (American Sing Linguage), e assim por diante. Pesquisas recentes indicam que, só no continente Africano,

Luana Ramos - Intérprete do Conexão Surda

aM´ai

Um projeto direto do coração de Deus Temos visto o amor do Senhor alcançando vidas, através deste projeto, que tem, por objetivo, possibilitar a melhora nas condições da gestação, orientando, informando, esclarecendo, amparando e ministrando a Palavra de Deus à gestante. Mesmo em meio às dificuldades, tais como: a captação de verbas (mantenedores), voluntariado para acompanhamento das gestantes e parcerias, ainda assim, o Senhor Jesus tem-nos honrado. Em contato desde o mês de março, com o Centro Referên-

cia de Assistência Social (CRAS) - órgão pertencente à prefeitura do estado de São Paulo, conseguimos os encaminhamentos para auxílio com cestas básicas e vale-transporte para as nossas 10 gestantes, até o término deste semestre. Continuamos a orar para que o Senhor alcance e toque corações para nos ajudarem na continuidade deste projeto, pois assim diz o Senhor nosso Deus: “Em verdade vos digo, que, quando o fizestes a um destes pequeninos irmãos, a mim o fizestes” (Mt 25:40). Andrea Martini - Secretária aM’ai


8

Acampateen | Junho de 2010 por Ana Clara Guerra

AmoMuitoTudoIsso

Radicais amando muito tudo isso O Radical Teen realizou, entre os dias 14 a 16 de maio, a sétima edição Acampateen, desta vez com o tema: “Amo muito tudo isso!” O evento contou com a participação dos pastores Enéas Tognini e Oliver Rodrigues, que foram usados pelo Senhor para levar aos adolescentes uma reflexão sobre as escolhas que fazemos e as experiências sobrenaturais que se pode ter com o Senhor. Mais de 180 adolescentes aprenderam também, com o pastor do Radical,

Tiago Marcolongo, que, mesmo sendo tão grande e poderoso, Deus escolheu amar de forma tão especial seres tão pequenos e falhos como nós! Em cada culto, houve momentos de louvor e adoração e também de apresentações dos esquetes do Louvatores - ministério de teatro do Radical, que seguia sempre com a exibição de vídeo dos pastores Jonas Neves e Juliano Son, contando aos Radicais sobre a boa escolha que fizeram ao seguir a Jesus e sobre Seu

apelo de O amarmos. Além disso, os adolescentes aproveitaram a infraestrutura que o sítio Bom Pastor possui e desfrutaram de muitos momentos de lazer, diversão e comunhão. Houve também momentos de ministrações com garotos e garotas, separadamente, nos quais Deus mostrou o quanto a santidade e a valorização de si próprio é importante na adolescência. Muitos entregaram tudo que estava tomando o lugar de Deus nas suas vidas, para que Ele possa fazer

1

morada e guiá-los em todas as decisões que devem ser tomadas. “O Senhor renovou a chama nos nossos corações, porém, cabe a nós fazer com que ela não se apague. Deus nos ama como somos, mas não nos deixa como estamos. Radicais, estejam dispostos, de todo o coração, a mudar, assim, quando vierem as lutas, vocês poderão vencer, ao lado do amor maravilhoso dEle”, encoraja a líder de célula, Renata Hipólito, de 18 anos. Em novembro tem mais!

2 1 - Adolescentes reunidos declarando através de gesto “L” (LOL – significa rir muito alto) a alegria que sentiram em estar no acampamento. 2 - Pr Eneas, considerado pelos Radicais como um homem de Deus e exemplo para a nova geração, ministrando a palavra 3 - Muita comunhão e unidade entre os adolescentes que AMAM MUITO TUDO ISSO! 4 - Pr Oliver pregando e testemunhando suas experiências quando mais novo

Créditos: Equipe de Mídia - Radical Teen

3

4

Foto: Pr. Luciano Avelino

por Ana Clara Guerra

Homens de Aliança

Homens em aliança com Jesus O III Encontro Homens de Aliança foi realizado, nos dias 7 e 8 de maio, no Hotel Solar dos Girassóis, em Mairiporã (SP). As ministrações ficaram por conta dos pastores Jonas Neves, Paulo Falçarella, Wasmyr Egídio e Ivêner Soler que, juntamente com o coordenador do ministério e do curso Hombridade, Juberto Rodrigues, destacaram a responsabilidade que os homens têm perante Deus, esposa, filhos e trabalho. Aproximadamente 130 homens se reuniram para uma série de

palestras e saíram do Encontro conscientes de que não são apenas mantenedores, que o seu papel na família vai muito além disso. “Esses encontros têm abertos os olhos de muitos homens para nossa responsabilidade como sacerdote, que ministra à família, que sabe amar e declarar seu amor. Estamos em construção para alcançar o Plano de Deus para nossas vidas”, diz Juberto Rodrigues. Além das ministrações, os homens puderam ter momentos de comunhão e lazer com

tênis, futebol, piscina, sauna, vôlei, entre outros. “Não podia ir ao Encontro e uma pessoa da minha célula me abençoou. Senti a presença de Deus muito forte naquele lugar e na vida de cada homem que se prostrava diante do Senhor. Chorava constantemente, fui extremamente impactado a cada momento, tanto nas mensagens, quanto na unidade entre os irmãos, um amando o outro como Jesus nos ordenou”, comenta o aposentado e membro da IBP, José Edson Alves.

Os preletores Pr Jonas Neves e Pr Paulo Falçarella em comunhão com o coordenador do ministério, Juberto Rodrigues


Junho de 2010 | RadicalTeen

9

Kids

Amo muito ter amigos! Uma das coisas mais legais da vida é ter amigos. Qdo descobrimos q podemos contar com alguém pro q der e vier é mto bom. Dá uma vontade de continuar, uma força pra não desistir! Somos assim, pq Deus nos fez assim, Ele criou a amizade, pois sabia o qto faria bem pra nós, por isso, já escreveu em sua Palavra: “melhor serem dois do que um, pois se um cair o outro o ajuda a se levantar” (Ec 4.9,10). Deus investe tanto na amizade que o próprio Jesus disse aos discípulos: “não vos chamo mais de servos, mas sim, de amigos” (Jo 15.15). A amizade vem de Deus e é um presente de d’Ele ao homem. Por isso, temos que ficar espertos pra não cairmos em armadilhas do mal, pois, como sempre, o inimigo vem pra distorcer o que Deus criou perfeito. Sabemos q há uma diferença entre amigos e colegas, certo?! As

pessoas q vc considera amigos de verdade tem a mesma fé q vc? O q acontece mais, vc influencia ou é influenciado por seus amigos? Vc vai atrás deles em td q fazem, mesmo q seja errado? Vc é amigo de alguém por interesse? Vc tem amigos de verdade? Qtas vezes já fez o q NÃO queria por causa dos “amigos”? Qtas vezes já pecou contra Deus por causa de um amigo?

Espero q vc seja sincero com vc mesmo nas respostas a estas perguntas, pois vc não nasceu pra viver sozinho, nem pra viver fingindo, e muito menos, pra ser roubado com falsos amigos.

A Bíblia nos alerta em Salmo 1.1: “Felizes são aqueles q não se deixam levar pelos conselhos dos maus, que não seguem o exemplo dos que não querem saber de Deus e que não se juntam com os q zombam de tudo que é sagrado”. Jesus quer ser seu maior e melhor amigo! Ele quer te ajudar a escolher melhor tuas amizades e te livrar do mal! Conte com Ele pra isso também, não só pra pedir as coisas q não consegue sozinho, mas pra conversar com Ele, contar as coisas da sua vida, suas tristezas e alegrias, seus medos e certezas. Seja mais amigo Dele q de qualquer pessoa, pois só essa amizade nos completa e nos guarda das falsas amizades! Pr. Tiago Marcolongo Radical Teen


10 Saúde | Junho de 2010 Corpo & Forma

Psicologia

Enquanto o meu amor não chega

Como superar a preguiça de malhar nos dias frios? Diante da queda de temperatura, temos que ser ainda mais determinados para continuar cuidando de nosso organismo. A preguiça vem, desânimo se instala e nós vamos deixando os exercícios para o dia, para semana, para o mês seguinte e, quando percebemos, já estamos em dezembro. Isto acontece com praticamente 90 % das pessoas. Já pensou se DEUS tiver preguiça de cuidar de nós? Diante de nossos pedidos, Ele diz: “Vou deixar para te atender só no verão, pois estou sem vontade neste frio...”. Ele nos deu a vida, o nosso corpo, como o maior de todos os presentes, no entanto, ficamos com desânimo e relaxamos em cuidar desta bênção de DEUS.

2. Pela manhã, tome um banho rápido para despertar; 3. Coloque roupas leves de algodão e evite a lã; 4. Não fique em jejum, coma algo leve para começar os exercícios; 5. Comece com alongamentos e inicie o treino com movimentos leves, aumentando a intensidade gradualmente; 6. Alongue-se no final e vá tomar um banho quente rapidamente. Evite secar o suor na roupa.

Não é fácil ser cristão, não é verdade?!

Para aqueles que sentem essa sensação após suas orações, sugiro: experimente, agora, fazer isso com seu corpo. Cultive exercícios no inverno e colha saúde no verão.

Porém, se estivermos seguindo a Jesus, Ele sempre nos abrirá portas e nos dará alternativas para tudo em nossa vida. Então, vamos utilizar estas possibilidades?

Após um treino, ficamos com a mesma sensação de prazer, alegria e paz, de quando fazemos nossas orações com fé e determinados ao bem e amor ao próximo.

Que DEUS abençoe a todos e a cada dia frio nos dê: Fé, Entusiasmo e Saúde!

Luiz Américo Bravo - Personal Trainer

1. Não espere a preguiça se instalar. Faça sua oração e peça para que DEUS lhe dê entusiasmo;

Membro da IBP - www.qualitevie.com.br

Nutrição

ÓLEO DE COCO EXTRA VIRGEM

É também um potente fortalecedor do sitema imunológico. Fonte de triglicerídeos de cadeia média (TCM) - um tipo especial de gordura boa, o óleo de coco pode auxiliar no emagrecimento por ser termogênico (aumenta o gasto energético do organismo), e causar saciedade. Auxilia na prevenção e tratamento de doenças cardiovasculares, reduzindo os níveis de colesterol total, triglicérides, LDL (colesterol ruim) e aumentando as taxas de HDL (coleste-

do alvos a atingir, por exemplo: estudar, cursar uma faculdade, fazer passeios e viagens curtas no final de semana com a família ou amigos etc. Evite ficar muito tempo sozinho para não se deparar com a solidão. Busque a companhia de amigos, isso também ajudará você a vencer a ansiedade nesse período. Milhares de adultos no mundo atual são solitários e não se casaram. Outros tiveram a felicidade de encontrar o seu grande amor. O importante é confiar em Deus e saber que a vontade dEle é boa, perfeita e agradável (Rm 12:2); além de saber que Ele cuida de tudo. Busque o equilíbrio e a vida centrada em Cristo. Caso precise de ajuda, busque conselhos com o seu líder de célula, seu pastor ou até mesmo com um profissional. Isso o ajudará a aliviar a ansiedade desse período de espera. Pense nisso! Deus os abençoe! Mary Estevam - Psicóloga Membro da IBP

Comunhão

UM SÓ CORAÇÃO

Algumas dicas as quais podemos aderir, para não parar de nos exercitar no inverno:

Voce já deve ter ouvido falar sobre o óleo de coco, mas o que ele faz pela sua saúde? É um alimento funcional, pois fornece, além de nutrientes, outros diversos benefícios à saúde. O óleo de coco é rico em ácido fenólico, láurico e caprílico, que são antivirais e antibacterianos, como foi demonstrado em diversos estudos, suas ações ocorrem em casos como candidíase e gastrite bacteriana (Helicobacter pylori).

Neste mês de junho que é dedicado aos namorados, vamos lembrar do período que antecede a chegada do tão esperado amor. A espera pelo namorado não é fácil. Quando se deseja muito um amor e ele não chega, a tendência é de precipitação, de uma tomada de decisões por conta própria, que pode resultar em escolhas erradas, pois a pessoa se torna ansiosa. Porém, um jovem cristão deve se comprometer e se sujeitar à soberania de Cristo, que não tem pressa e, muitas vezes, nos faz esperar para o nosso próprio bem. Ao esperar, a pessoa aprende a ser paciente e pode tratar de outros assuntos pessoais. Esperar não significa ficar sem fazer nada. Nesse período é importante agir com cuidado e orar, buscando a vontade de Deus, que no Seu tempo, tornará claro os planos que Ele tem para a sua vida. Aproveite esse período para fazer amizades na igreja, participar de uma célula ou ser voluntário em algum dos ministérios. Você também poderá fazer um planejamento de vida pessoal, colocan-

rol bom). O óleo de coco também pode ser utilizado com finalidades cosméticas como excelente hidratante, sugerido até para prevenção de estrias na gestação. Não possui contraindicações, quando consumido em uma quantidade de 3045ml/dia (2 a 3 colheres de sopa), iniciando-se com uma pequena quantidade (½ colher de sopa). É estável em altas temperaturas, porém, para a preservação de seus antioxidantes, recomenda-se que seja utilizado cru. Adicione em preparações frias como: saladas, sucos, shakes, misturado à granola, iogurte, salada de frutas, como geleia etc. Ádila Mizrahy Nutricionista - Membro da IBP www.vivanutri.com.br

“A multidão dos fiéis era UM SÓ CORAÇÃO e uma só alma. Ninguém considerava seu o que possuía, mas tudo era comum entre eles.” Atos 4.32 (A Bíblia de Jerusalém). O apóstolo Paulo advertiu que: “nos últimos dias sobrevirão tempos terríveis. Os homens serão egoístas, avarentos, presunçosos, arrogantes, blasfemos, desobedientes aos pais, ingratos, ímpios” (II Tm 3: 1 e 2). Sem dúvida, estamos vivendo uma época de homens extremamente egoístas. Cada um buscando o seu próprio interesse e o próximo que se “lixe”. A desigualdade social é imensa em praticamente todos os países da Terra, salvo raras exceções; lamentavelmente, este padrão do mundo vem atingindo também a Igreja do Senhor Jesus Cristo. A lista de pecados, acima mencionados pelo apóstolo Paulo, tem suas raízes no “amor próprio”, ou seja, para mim tudo, quem sabe para o próximo a sobra das

sobras. A igreja primitiva vivia um primeiro amor contagiante, “ninguém considerava seu o que possuía” e era uma postura tomada deliberadamente, sem que ninguém os obrigasse a vender suas propriedades; os crentes como “um todo” eram UM SÓ CORAÇÃO e também uma só alma. Esse era o verdadeiro sentido da comunhão, amizade, irmandade tão esquecidos nos nossos dias. Mesmo que pertençamos a um só corpo, o difícil é sentir um só coração. Só quando nos aproximamos de Cristo, a cabeça desse corpo e sentimos o pulsar do Seu coração, podemos também pulsar no mesmo ritmo, discernindo o corpo e assumindo a posição de pertencer uns aos outros. Teka Cassab - Membro da IBP Lider do Ministério Desperta Débora


Junho de 2010 | Viagem Inglaterra e Itália

por Thiago Rezende

1

Os campos estão brancos Entre os dias 19 de maio e 9 de junho, o Pr. Jonas Neves e uma equipe de irmãos visitaram as Igrejas de Londres (Harlesden e Peckham) e Oxford, na Inglaterra, e em Turim, além de um grupo de irmãos em Roma, na Itália. Foram momentos de muita alegria e regozijo no Senhor, por tudo aquilo que Ele tem feito naquele lugar. Visite nosso site e veja algumas fotos daquilo que Deus fez com Seu povo. 1 - Pr. Jonas pregando a Palavra na IBP Turim com a ajuda da tradutora italiana Luana 2 - Os participantes do curso de Capacitação de Líderes para o Ministério Infantil, na IBP Londres 3 - Pr. Jonas pregando a Palavra na IBP Peckham 4 - Os Pastores Fernando e Izael Guimarães, da IBP Turim, Pr. Jonas e Pr. Carlos Gomes, da IBP Oxford

2 3

4

11


12 Nossas Igrejas | Junho de 2010

50 Anos de Namoro Há 51 anos, quando não existia MSN, SMS, celular e nem site de relacionamento, duas jovens irmãs foram ao cinema juntas e, no caminho de volta para casa, o olhar de uma delas cruzou com o olhar de um rapaz simpático que estava parado na Praça da República, ao lado de um chafariz. Era dia 19 de abril de 1959. O que podia ter sido apenas uma corriqueira troca de olhares resultou numa união bem-sucedida, que completou bodas de ouro no último dia 21 de maio. Encantado com a jovem, Ivo a seguiu, tomou o mesmo ônibus – que ia em direção oposta à sua casa- e conquistou Léia, a moça que lhe chamara a atenção na praça. O namoro começou dois dias depois, num encontro no Horto Florestal. O noivado aconteceu em setembro e o casamento em maio do ano seguinte. “Nossa história de amor foi rápida, foi amor à primeira vista”, lembram. A celebração das bodas de ouro foi marcada pela cerimônia de renovação de votos, ministrada pelo Pr. Enéas Tognini, e a tradicional troca de alianças.

Árvore genealógica Menos de um ano depois do casamento, nasceu Ivo Júnior, o primogênito do casal. Depois vieram Eliana, Luciana e Rubens. Uma bela família, que se tornou verdadeiramente abençoada em 1972, quando Léia entregou sua vida a Jesus. Em 1989, ela se transferiu para a Igreja Batista do Povo. Eliana e Luciana se converteram no mesmo ano. Ivo Júnior veio para o Senhor em 1990. Finalmente, em 1991, Ivo, o patriarca, seguiu os passos de sua família e fez sua decisão por Cristo. Nesse ano, ele e o caçula, Rubinho, foram batizados, no mesmo dia, pelo Pr. Enéas Tognini. Rubinho começou a frequentar a igreja com a mãe,em 1989, mas esperou pelo pai para ser batizado. Na IBP, Ivo Júnior conheceu Delurce, “sua princesa”, com quem se casou em 1993. Eliana conheceu Joanã, Luciana conheceu Adalberto e Rubinho conheceu Márcia. Com os casamentos, a família Spada cresceu e se multiplicou nos ministérios. A terceira geração conta com Yohanan, Mariana e Giulia, por enquanto.

Mãos e coração na obra Em quase 21 anos de IBP, a família Spada já marcou presença em vários ministérios. • Léia já atuou na diaconia e no ministério de intercessão e, há sete anos, faz parte do Coral Doxa. • Ivo já foi diácono, é responsável pela livraria e, há oito anos, auxilia na tesouraria. • Ivo Júnior começou como secretário da Escola Bíblica Dominical, foi professor da

EBD, diácono, vice-líder e líder de células. Atualmente é supervisor de células e é funcionário da Administração da igreja. • Eliana, hoje, ao lado do marido, Pr. Joanã Nogueira, está à frente da IBP Guarulhos. Na sede, os dois, que se casaram em 1991, foram conselheiros da Mocidade, fizeram parte do Ministério de Louvor, do Ministério Infantil, do Ministério da Família, foram diáconos, cantaram no Coral Doxa, fizeram parte do ministério de intercessão e libertação e sempre estiveram envolvidos com liderança de células. • Luciana já atuou no Ministério Infantil (no louvor e dando aula), no Adalberto e Luciana; Pr. Joanã e Eliana; Ivo Junior e Delurce; Ivo e Léia; Yohanan e Mariana; Rubinho, Márcia e Giulia: “u e minha casa servimos ao Senhor”. louvor (cantando e tocando violão, guitarra e como líder de grupo), no Coral Jovem (cantando e até regenintegrantes do Louvatores (Grupo de Teatro do do), no Coral Doxa, no Ministério Radical Teen da sede). de Adolescentes (liderança e implantação do Radical Teen), no Ministério da Família (líder IBP de carteirinha de Mulher Única), no Ministério Jovem (responOs Spada são unânimes em reconhecer a imsável pelo Jornal dos jovens da IBP), no Grupo portância da IBP na história e no crescimento Mensagem de Teatro e, foi a responsável por da família. “Nestes 20 anos e três meses que implantar o Boletim na IBP – o embrião do Boa estamos na IBP, só temos a agradecer a Deus, Palavra - quando o Pr. Jonas chegou. Hoje é a porque toda a nossa família está convertida e líder do Grupo de Louvor de terça-feira, líder na obra do Senhor”, dizem. “Aqui todos nós de célula e integrante do Coral Doxa. conhecemos a Cristo, fomos batizados, fizemos • Rubinho: “Desde os nove anos trabalho na nossas amizades, desenvolvemos nossos dons igreja. Fui professor das crianças, já dei aula e talentos, casamos, consagramos nossos na Escola Dominical, cantei no coral infantil, filhos, aprendemos da vida cristã, crescemos depois nos adolescentes. Cuidava dos eventos espiritualmente, e construímos nossa família e louvor. Participei, por cinco anos, do Grupo alicerçada na Palavra de Deus. São mais de Mensagem de Teatro Missionário da igreja. 20 anos de história nesta igreja... Muitos bons Na adolescência, ingressei no ministério de momentos, muitas alegrias, muitas lágrimas, louvor, tocando teclado e depois cantando. muitas conquistas. A caminhada ao lado do Com 18 anos, mais ou menos, ministrei louvor Pr. Enéas Tognini, nosso avô ‘postiço’, e esta a primeira vez. Formei o Coral Doxa, em abril igreja fazem parte da nossa vida. A pombide 2002, e, desde então, tenho sido o coornha da IBP corre em nosso sangue. A maior denador e Maestro deste grupo, que viajava importância da IBP na nossa vida é porque pelo Brasil e também fora do país para pregar ela é ‘Simplesmente Igreja’, como diz nosso o evangelho cantando. Trabalhei, por cerca de amado Pr. Jonas Neves, que também tem feito três anos na Comunicação da igreja. Desde o parte da história da família Spada. E, como início de 2010, assumi a coordenação de todo disse o patriarca da família: A IBP faz parte de o Ministério de Música e Artes da IBP, liderando nossa família, aqui posso dizer eu e minha casa e gerenciando os corais, orquestra, grupos de servimos ao Senhor”. louvor, teatro, dança etc. Sou seminarista da igreja e trabalho há quase sete anos em tempo Alicerçados na Rocha integral, como obreiro da IBP. Conheci minha Segundo Ivo e Léia, o segredo para ter um esposa no coral e, até hoje, ela está ao meu casamento abençoado e feliz há 50 anos é conlado cantando e me apoiando no ministério e fiar em Deus. “Somos um casal normal como em minha banda também.” todos os outros casais, passamos pelas mesmas lutas, porém, sabemos em quem temos crido • Yohanan e a Mariana, filhos do Pr. Joanã e sabemos que o amor é aquele que supera e Eliana Nogueira, são músicos do Ministério tudo”. Colaborou Eliana Spada Nogueira de Louvor na IBP Guarulhos, além de serem

Foto: Arquivo Pessoal

por Myrian Rosário

Nossa IBP


Junho de 2010 | Nossas Igrejas Guarulhos

Diadema

comunhão transcultural

caminhando em crescimento

Foto: Arquivo

Honrou-nos, na Celebração das Colheitas, o missionário, Jairo Tejada do México, filho de nossa querida irmã Ester, que nos mostrou informações chocantes do campo missionário, o que foi uma ferramenta de Deus, para despertar os corações endurecidos para a realidade à nossa volta. A célula do Sérgio e Marilene Assis ora pelo México dentro de nosso projeto missionário e acompanharam Jairo, enquanto esteve conosco em nossa cidade. Que o Senhor abençoe a obra no México.

Pr Joanã orando pela vida e ministério de Jairo

No dia 09 de maio, o Missionário Jairo Quejada de Guadalajara (México) esteve conosco. Foram momentos especiais, em que ele cantou, compartilhou suas experiências e o que Deus tem feito no campo. Fomos muito abençoados com a sua presença. Em 15 de maio, demos início à Nossa Escola de Ministros de Louvor e foi tremendo! As aulas ocorrem todos os sábados às 17h30. Pais, não se esqueçam de que aos domingos, às 9h, acontece o Interteen (pré-adolescentes de 11 a 13 anos). Tragam seus filhos! Glórias a Deus pelo nosso berçário que está funcionando todos os domingos, às 18h30. Jovens, temos uma surpresa para você: a partir deste mês teremos a nossa primeira célula jovem. Ela acontecerá na igreja, todo sábado, às 17h, com Caio Carelli. Você é nosso convidado. Você que é novo convertido ou está em processo de transferência para a IBP, venha para a classe do Boa Terra, aos domingos, às 17h. Lembramos que, toda última quarta-feira do mês, às 15 h, temos a nossa reunião do Desperta Débora. Você que já é uma Débora ou tem o desejo de se

tornar uma, é nossa convidada. Nossa última reunião foi uma bênção e tivemos a alegria de receber irmãs de outro ministério. Glórias a Deus, pois a visão está sendo transmitida. Deus os abençoe! Pr. Joanan Nogueira - IBP Guarulhos

A peça de teatro “O Pecado Virtual” apresentada pelo grupo de teatro local impactou nossos jovens e adolescentes, chamando a atenção sobre como o diabo atua nesta área na vida das pessoas. Neste mesmo dia, o missionário Jairo falou aos nossos jovens e contou seu testemunho de jovem missionário. Foram momentos preciosos! O Jantar da Família, realizado pelo Canal Jovem, foi maravilhoso. Muitos visitantes compareceram e alguns deles se decidiram por Jesus. Foi um momento especial para as famílias.

13

A reforma acústica do templo está quase concluída. A campanha “Minha Casa, Minha Igreja, Minha Reforma” foi muito bem recebida pelos membros. O som é outro dentro do templo e podemos louvar agradavelmente ao Senhor. Agradecemos a Deus pela adesão de todos os irmãos, tornando possível estas mudanças e pedimos que Ele derrame bênçãos sem medida sobre todos. Em junho, estaremos presentes no 1º. Seminário de Células em Vila Mariana. Deus tem usado esta ferramenta para alcançar e restaurar vidas, é sempre um tempo de aprender e reciclar nossos conhecimentos. Este seminário é para todos os envolvidos no Ministério em Células de todas as nossas IBP´s. O Encontro Especial para Mulheres acontecerá em junho. Estamos iniciando uma campanha de oração pelas famílias para salvação e restauração de lares. Você é nossa convidada. Outras informações pelo (11) 4056-2901. Pr. Sandro Rubinec - IBP Diadema ibpdiadema@batistadopovo.org.br

Taubaté

ibpguarulhos@batistadopovo.org.br

consolados pelo espírito Dias antes do Dia das Mães, fomos chamados para o funeral de gêmeos que faleceram algum tempo depois do parto. Os pais ainda não conheciam o Senhor de “com Ele andar”, e foram impactados e consolados com a palavra ministrada a eles.

Missionário Jairo Quejada, do México, ministrando o louvor na IBP Guarulhos

No dia 09, a igreja realizou um culto especial para as mamães e o coral infantil cantou pela primeira vez, tocando o coração de Deus e de cada mamãe presente, inclusive o desse casal aflito. Ao término da reunião, realizamos um delicioso coffee-break

com direito a brindes, presentes e salgadinhos. Nesse dia, o casal Júnior e Valéria foi envolvido pelo amor e cuidado do Senhor. A semente foi lançada, no domingo seguinte, dia 16, aquela sementinha brotou para a nossa alegria e a alegria do Pai. O casal se rendeu aos pés do Senhor, pois aquilo que era para maldição, Ele transformou em bênção. Pr. Edimar Pires - IBP Taubaté ibptaubate@batistadopovo.org.br

Kids

COMUNHÃO ENTRE PAIS E FILHOS Cultivar um bom relacionamento com nossos filhos é uma tarefa árdua nos dias de hoje. Qual pai não deseja ter um relacionamento firme e duradouro com seus filhos? A única dificuldade é que, para conseguirmos esse relacionamento, é preciso tempo. Lembro-me de que, quando minhas filhas eram pequenas, mesmo trabalhando fora, passava muito tempo contando histórias e brincava com elas, quando chegava em casa. Hoje, já são adultas e continuamos a nutrir o mesmo relacionamento de forma diferente e sadia. Conversamos bastante, saímos para dar uma volta, fazer compras e até tomar um lanche juntas.

Quando ficamos muito tempo fora de casa por motivo de trabalho, precisamos nos esforçar ao máximo, para cultivar tais momentos de comunhão. É muito difícil estar com seu filho por todo tempo que desejaria, então, se esforce para aproveitar cada minutinho perto dele. Lembre-se de que ninguém os substituirá como pais. Valerá a pena e, com certeza, seus filhos terão boas lembranças da infância, se cultivar pequenas atitudes tão importantes na vida em família.

O melhor tempo para semear é agora! Regue este tempo com muita oração e comunhão, certamente, em um futuro bem próximo, você terá muitos frutos. Eliane S.Theóphilo Líder do Kidscípulos


14 Nossa IBP | Junho de 2010 por Myrian Rosário

Conheça Nossos Obreiros

Nos sete anos em que está na IBP, a auxiliar de biblioteca Jaqueline da Silva Cunha, 39 anos, se envolveu em vários ministérios: células, Veredas Antigas, Canal Jovem, discipulado, liderança da Intercessão e Missões, sendo, inclusive, obreira em tempo integral. Há um ano, ela anda bem distante da nossa igreja, mas continua servindo como nunca: é nossa missionária em Moçambique. Solteira, órfã de pai, Jaqueline formou-se Bacharel em Teologia pela Universidade Mackenzie, em 2004, logo depois de ter certeza do seu chamado. Apaixonada por missões, ela atua com crianças órfãs na África, mas desfruta de uma excelente estrutura de trabalho e, apesar da pele muito branca, já se tornou “mãe” de dezenas de pequenos moçambicanos que perderam seus pais para o vírus HIV. Boa Palavra - Como e quando foi a sua conversão? Missionária Jaqueline - Eu me converti há 14 anos. Sempre senti sede de Deus, mas o buscava em lugares errados. Após a morte de meu pai, meu irmão se tornou dependente de drogas e ai se instalou uma luta no meio da minha família. Com isso, ficamos mais vulneráveis a Deus, começamos a buscar ajuda em oração nas igrejas, até que, um dia, meu irmão se converteu. Logo em seguida, eu, já quebrantada pelo Espírito Santo, também me converti. Depois foi a vez da minha mãe e ai Deus começou uma linda obra em minha família. Boa Palavra - Quando você foi chamada para o ministério? Missionária Jaqueline - Eu sirvo a Deus desde o primeiro ano da minha conversão, comecei no Projeto Amar, um ministério de jovens, depois fui para o ministério de libertação, cura interior, intercessão... Fui chamada para o ministério missionário um pouco depois que eu já estava frequentando a IBP, cerca de uns seis anos atrás. Boa Palavra - Quando e como teve certeza de que Deus a queria em missões? Missionária Jaqueline - Tive certeza

quando meu coração não parava de arder e eu sentia que iria morrer se não fosse servi-Lo em Moçambique. Começou há uns cinco anos atrás. Eu tinha dores de parto em minhas orações e intercessões, e gritava de dor para dar a luz ao chamado, pois o Espírito Santo me impulsionava a isso. Boa Palavra - Por que Moçambique? Missionária Jaqueline - Conheci a missionária Heidi Baker, líder da Missão Arco-Iris, e me encantei pelo trabalho dela em Moçambique junto aos orfãos, e também o testemunho dela me marcou muito, ela se tornou um referencial para meu chamado missionário e, ainda é até hoje. Depois de muito orar, tive a certeza de que era lá em Moçambique que Deus me queria também. Boa Palavra - Quanto tempo levou entre o seu chamado e o seu embarque? Missionária Jaqueline - Em torno de uns cinco anos. Primeiro fui experimentada por Deus e por meus líderes, aqui, no Brasil e somente depois fui enviada. Boa Palavra - Quais foram as dificuldades para liberar o seu envio? Missionária Jaqueline - Foram muitas lutas, sim, mas creio que Deus estava mesmo me preparando para ser enviada em Seu tempo. Mas as lutas maiores foram as oposições espirituais que tive que travar, pois ainda que Deus tenha decretado e confirmado o envio, Satanás, mesmo assim, tenta impedir o IDE dos missionários. Boa Palavra - Como você fez para se manter firme durante a espera? Missionária Jaqueline - Busquei muito a Deus em oração constante, me enchendo do Espírito Santo a cada dia, e o mesmo Espírito potencializava a perseverança em meu coração e a paixão por Jesus e por missões. Boa Palavra - O que é mais familiar em Moçambique? Missionária Jaqueline - O idioma, o arroz e feijão, o anseio pelo futebol e a alegria dos moçambicanos. Boa Palavra - Que tipo de trabalho você desenvolve lá?

Foto: Arquivo Pessoal

Missionária Jaqueline da Silva Cunha

Missionária Jaqueline com um grupo de moçambicanos

Missionária Jaqueline - Lá eu fui colocada como líder responsável pelo Baby House, casa com 38 crianças de um a quatro anos, mas também dei aulas na Escola Bíblica para muitos jovens, supervisionava a biblioteca de lá e dei treinamento de implantação de células para os pastores moçambicanos de lá, que a IBP sustenta. Boa Palavra - Quais são as principais carências do povo de Maputo? Missionária Jaqueline - São muitas ainda, vivemos lá o pós-guerra, falta oportunidades de empregos para o povo, condição de melhor alimentação, falta merenda escolar para as crianças, residência segura, solo fértil para melhor plantação … e muito mais. Só Jesus mesmo para transformar Maputo!! Boa Palavra - Qual foi a sua experiência mais marcante nesse primeiro ano como missionária? Missionária Jaqueline - A interação e convívio com o povo moçambicano, conhecendo melhor seus hábitos, cultura; a interação com a equipe de missionários do mundo todo foi muito enriquecedor para mim. Mas uma das coisas que me marcaram muito foi a morte do menino Dino, de três aninhos, que faleceu de Aids, de uma maneira muito rápida. Eu sempre estava com ele no colo, isso me marcou muito. Pude perceber que amar, às vezes, dói!!

Boa Palavra - Os moçambicanos são abertos ao evangelho? Missionária Jaqueline – Sim, são abertos. Eles recebem a Jesus e entendem o evangelho de uma maneira muito simples, o que às vezes acontece é o fato deles demorarem a se converter totalmente. Alguns ainda vão à igreja e também ao curandeiro, outros vão à igreja por causa dos amigos ou da comida no final do culto. Mas, com o tempo, eles vão se convertendo. O segredo é ter amor e paciência. Boa Palavra - Como são as igrejas locais? Missionária Jaqueline - São muito simples, muitas ainda são de caniço. Na parte espiritual, a maioria é muito fervorosa, igrejas de oração. Ainda temos dificuldades lá com liderança, eles ainda não sabem treinar bons líderes, há, às vezes, mais crianças nas igrejas do que adultos, mas, em todas as igrejas, há muita alegria na hora do louvor. É contagiante!! Boa Palavra - De que maneira os membros da igreja podem colaborar com a sua missão? Missionária Jaqueline - Intercedendo, cooperando com o compromisso de oferta missionária na IBP e me escrevendo e-mails incentivadores. Amo receber e-mails dos amigos, mas o que mais precisamos mesmo e da intercessão da igreja, lá a guerra espiritual é muito grande e os missionários sofrem muitos ataques.

Agência de Comunicação Criação | Design | Editoração | Impressão (11) 8015.7185


Junho de 2010 | Mix

por Ana Clara Guerra

Culto das 8h

Retiro de Moças e Rapazes O Canal Jovem está promovendo uma ótima oportunidade para a mocidade receber ministrações específicas para moças e rapazes.

Culto das 8 faz um ano No dia 2 de maio, nosso culto de celebração dos domingos às 8 horas completou um ano. Idealizado e dirigido pelo pastor Jonas Neves, o primeiro culto de celebração da semana foi criado para que os membros pudessem ter mais uma opção para cultuar ao Senhor, cedo,

de manhã. “Me converti em abril de 2009, e, desde que soube do novo culto, me dispus a frequentálo. Gosto muito dessa reunião, pois existe uma proximidade muito grande dos irmãos que participam, nos conhecemos mais e, com

Aconteceu

- I Retiro de Rapazes Tema: Ou vai ou racha Dias: 25 a 27 de junho Local: Recanto Shekinah

No dia 16 de maio, a dupla Eduardo e Silvana esteve presente no culto das 8, 10 e 19 horas. O casal de músicos, consolidado como um dos mais importantes no mundo cristão pela sua competência profissional e qualidade de técnica, ministrou músicas de seu repertório e também hinos consagrados como “Tudo entregarei” e “Maravilhosa Graça”.

1º Seminário de Células Acontecerá no dia 19 de junho, das 8 às 17 horas, na sede da Igreja Batista do Povo, em Vila Mariana. O evento é voltado para todos os coordenadores, supervisores, líderes, anfitriões e auxiliares de célula, e tem como um dos objetivos oferecer ferramentas mais práticas para o dia a dia de seu ministério. Para participar, os interessados devem entrar em contato com a Secretaria de Células, com Edna, pelo telefone ou e-mail. (11) 5579-3516 celulas@batistadopovo.org.br.

Eduardo e Silvana

Leonardo Gonçalves Leonardo Gonçalves esteve no culto de celebração às 10 horas, no dia 23 de maio, quando cantou e ministrou canções que lembram o sacrifício de Jesus na cruz, como “Getsêmani” e “Ele vive”.

Foto: Ana Clara Guerra

As inscrições estão sendo feitas após o culto do Canal Jovem. Para mais informações acesse: www.canaljovem.org.br

Foto: Kleber Fortunato

- II Retiro de Moças Tema: Tudo para Ele Dias: 2 a 4 de julho Local: Chácara Vista Verde – Araçariguama

isso, o culto acontece de uma forma tranquila e o Espírito Santo nos dirige a cada momento”, conta a psicóloga Maria Auxiliadora Luz Venerando, frequentadora assídua do culto às 8 horas.

Foto: Ana Clara Guerra

Fique Ligado!

15

Thiago Grulha O cantor e compositor Thiago Grulha e banda estiveram presentes ao Canal Jovem, em 22 de maio, para louvar e adorar ao Senhor. Eles lembraram a todos os presentes de que se deve apoiar na terra e não esquecer de que o topo é o céu.


Foto: Kleber Fortunato

Os irmãos reunidos no I Retiro Face a Face com Deus que aconteceu no acampamento Sulete, dos dias 21 a 23 de maio

Nossos Cultos e Reuniões na Grande São Paulo Vila Mariana Rua Domingos de Morais, 1100 Vila Mariana - São Paulo - (11) 5579-3516 batistadopovo@batistadopovo.org.br Terça às 9h - Culto de Jejum e Oração pela Família Terça às 20h - Culto de Libertação Quarta às 15h - Culto Especial para Mulheres 1ª Quarta do mês, às 15h: Desperta Débora Quinta às 20h - Culto de Restauração e Edificação Sábado às 19h - Radical Teen Sábado às 19h - Canal Jovem Domingo às 9h e 17h - Escola Bíblica Dominical Domingo às 8h, às 10h e às 19h - Culto de Celebração (às 10h) Domingo às 17h - Celebração da Família

Diadema Rua General Rondon, 95 - (Antigo prédio do Procon) - Centro - Tel.: (11) 4056-2901 ibpdiadema@batistadopovo.org.br Quinta às 20h - Culto de Restauração e Edificação Sexta (3ª do mês) - Celebração Especial para Mulheres Sábado às 19h - Canal Jovem Domingo às 9h - Escola Bíblica Domingo às 9h e 17h - E. B. de Capacitação Domingo às 10h e 18h30 - Culto de Celebração Guarulhos Av. Marginal, 315 - Jd. Santo Afonso (Plantão às quartas, de 14h às 22h) Tel.: (11) 2085-6028 ibpguarulhos@batistadopovo.org.br

Terça às 19h30 - Culto de Oração pela Família Quarta às 15h - Culto especial para Mulheres Última Quinta do mês às 15h30 Desperta Débora Domingo às 9h - Interteen Domingo às 10h e 18h30 - Culto de Celebração Domingo às 18h30 - Kidscípulos

Indaiatuba Rua XV de Novembro, 1064 Centro, Indaiatuba –SP Fone: (19) 3834-6646 ibpindaiatuba@batistadopovo.org.br Quinta às 20h; e no Domingo 10h e 19h. Sábado às 19h - Radical Teen e Canal Jovem

Santo Amaro Rua Olívia Guedes Penteado, 152 A Largo do Socorro Esquina com a Av. Robert Kennedy Tel.: (11) 5524-2178 ibpsantoamaro@batistadopovo.org.br Quinta às 20h - Culto de Batalha Espiritual Domingo às 10h e 18h30 - Culto de Celebração Domingo às 9h e 17h - Escola Bíblica

Taubaté Rua XV de Novembro, 876 Centro, Taubaté –SP Fone: (12) 3622-8484 ibptaubate@batistadopovo.org.br Terça às 19h30 - Culto de Oração Quarta às 19h30 - Culto de Restauração e Edificação; Domingo às 09h - E. B de Capacitação

Domingo às 19h30 - Culto de celebração Taboão da Serra Rua Elza Feres, 328 - Vila Sônia Em frente ao Shopping Taboão Tel.: (11) 4787-8771 ibptaboao@batistadopovo.org.br Quarta às 20h - Culto de Batalha Espiritual Sábado às 19h - Canal Jovem Domingo às 19h - Culto da Família


Boa Palavra - Junho 2010