Page 1

T

Prêmio a,zDlFÉRENçA

L2

TiãoS&KR&*s JURÂD$,9: Leandra Leal

e lnês Amorim {ü üLüBO {atriz); üabriela G*arlart, Marceìs} *albit"r, Flelena Ce}estino

Quando recebeu a notícia de que tinha sido um dos ganhadores do Prêmio Faz Diferença, o catador de material reciclável Sebastião Carlos dos Santos estava no meio de um engarrafamento, vindo de Cabo Frio, na Re$ão dos Lagos, onde foi passar o réveillon com a família. Foram os únicos dias de folga que tirou ao

fim de um ano intenso, mas repleto de conquistas' Mariana Filgueiras mariana.filgueiras@oglobo.com.br

'

,1 '' .i 'l .,,,ì' ,. . ., ,,-' .,i ,,,, ''

mmeioaobuzinaço dos carros na estrada, Tião Santos Íez uma retrospectiva de sua vi-

'da: desde quando começou a

:trabalhar no Aterro de Gra'macho para aiudar nas des,pesas da família, Passando pela luta diária Para melho' iar a qualidade de vida dos ';catadores. até o sucesso do rfilme "Lixo extraordinário", do qual particiPou como PrG' tagonista, indicado ao Oscar :de melhor documentário no ano passado.

.

ano que começou - Num aquela montanha de licom xo na Praia de CoPacabana, ganhar esse Prêmio é um sopro de esperança: significa que ainda há pessoas que se importam com a causa do lixo, apesar do que se vê nas diz Tião, que chegou ruas a fotografar o mesmo Problema na Praia do Forte' em Cabo Frio, onde estava. Presidente da Associação dos Catadores do Aterro Me' tropolitano de Jardim Gramacho (ACAMJG), uma das quatro cooPerativas do aterro, com 1.300 filiados, Tião é o articulador resPonsáveÌ Por transformar aquela imensa área insalubre num Polo de reciclagem que atende milha-

res de trabalhadores.

Tião ficou conhecido depois de protagonizar o filme "Lixo extraordinário", que conta a história do trabalho artístico e social realizado pelo artista Plástico Vik Muniz com os catadores de lixo do aterro..DePois que a Íita foi ao Oscar, teve muito mais visibilidade para seus Proie' tos no local. Sem saneamento básico ou qualquer infraestrutura Para os morado' res que lá trabalham, o aterro deverá ser desativado ainda este ano. meta agora é au- Nossa o número de galPões mentar de reciclagem de um Para quatro. Assim, quando o aterro fechar, todos os catadores terão mais estrutura de trabalho. Vamos lutar Por Projetos

Ì

aO lixo e um problema de todos; cada um é responsável pelo

que consome. Mas é preciso pressionar o poder público

a tazer sua Parte ?

de qualificação Profissional e por uma revitalização completa do bairro. Não adianta Íechar o lixão sem dar uma condição de vida digna a esses trabalhadores - ressalta Tião, já em busca de PatrocÊ nio para essa nova etapa. Sétimo filho de um total de oito, Tião nasceu numa famË lia pobre, mas não miserável. O pai era estivador em Reci-

fe, Pernambuco, quando decidiu tentar a vida no Rio. Trouxe a família Para Duque de Caxias. Em alguns anos, toïnou-se alcoólatra, o que obrigou a mulher a ganhar a üda como catadora em Gramacho iunto com seus irmãos mais velhos. Quando cursava o segundo ano do ensino médio, Tião foi trabalhar na esteira do aterro sanitário. Um dia, encontrou no lixo o liwo "O PrínciPe", de Maquiavel, que mudou seu ponto de üsta do mundo e o despertou Para a sociologia. Como tinha boa articulação entre os trabalhadores, logo se tornou um líder entre eles. Depois do anúncio do Íim do aterro, no inÍcio da década, Tião procurou se inÍormar sobre os direitos dos catadores e passou a ParticiPar de encon-

tros nacionais da categoria.

Em 2004, fundou com colegas de profissão a associação que hoie preside. Com a aiuda de

convênios públicos e Parcerias privadas, Pouco a Pouco eles vão mudando as condições de trabalho do local. Esse prêmio é de todos os-trabalhadores de Gramacho. Nós todos Íazemos dife' rença. O lixo é um Problema de todos; cada um é resPonsável pelo que consome. Mas é preciso PÍessionar o Poder público afazer sua- Parte. E é isso que estamos Íazendo conclui Tião.


mio

$ábado

ERElìIçA EE

T-

%Éwffi

14 de janeiro

2AV ry,*ffi

íavffi.íffi1ffir.(iffi

t*{í.ffiw*/ffi

i!!!^ìiv.*ffi

RffiLf*STA

ç e lnês Ârnorim {ü

ç

#affi .ffi íã#Br.í:N}ffi wMW

r

# ü t*ffi#

tLüB*}

I l i

I

Sanitário de Gramacho, que deverá ser desativado este ano

Profile for Sylvia Heijker

PremioparaTiao  

Premio para Tiao

PremioparaTiao  

Premio para Tiao

Profile for ibiss