Issuu on Google+

j贸ias tend锚ncias jewelry trends


j贸ias tend锚ncias jewelry trends Cidda Siqueira e Regina Machado


INSTITUTO BRASILEIRO DE GEMAS E METAIS PRECIOSOS BRAZILIAN INSTITUTE OF GEMS AND PRECIOUS METALS Presidente | H É C L I TO N S A N T I N I H E N R I Q U E S | President Diretor de Desenvolvimento | E D M U N D O C A L H A U F I L H O | Development Director Diretor Administrativo Financeiro | É C I O B A R B O S A D E M O R A I S | Administrative / Financial Director Autoras | Authors | C I D DA S I Q U E I R A Designer de Jóias, graduada em Moda e Estilismo, pós-graduada em Educação Estética e consultora do IBGM. Jewelry designer, graduate in Fashion Design, postgraduate in Aesthetic Education and consultant to IBGM. | R E G I N A M AC H A D O Arquiteta e designer de jóias, pós-graduada em História da Arte, mestre em Comunicação dos Sistemas Simbólicos e consultora do IBGM. Architect and jewel designer, holder of a graduate degree in the History of the Arts, holder of a master’s degree in Communication of Symbolic Systems and consultant to IBGM. Design Gráfico | M A R C E LO T E R R A Z A • Artwork Design Gráfico | Graphic Design Versão para o Inglês | LU I Z VA S C O N C E LO S • Master Language Traduções | Translation Impressão | G R Á F I C A I TA M A R AT I | printer Fotolitos | CO LO R P R E S S Bureau Digital | films Coordenação | A F CO N S U LTO R I A E M P R E S A R I A L ltda | coordination Fotos | Z 3 S E R V I ÇO S F OTO G R Á F I C O S ltda | photos SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS BRAZILIAN SMALL BUSINESS DEVELOPMENT SERVICE Diretor Presidente | S I LVA N O G I A N N I | President Diretor Técnico | LU I Z C A R LO S B A R B O Z A | Technical Director Diretor Financeiro | PA U LO TA R C I S I O O K A M OT TO | Financial Director Unidade de Inovação e Acesso à Tecnologia | Innovation and Access to Technology Unit Gerente | PA U LO C E S A R R E Z E N D E C A R VA L H O A LV I M | Manager Via Design-Programa Sebrae Design | Via Design-Sebrae’s Design Program PA U LO I R I S F E R R E I R A SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS • DEPARTAMENTO RIO GRANDE DO SUL BRAZILIAN SMALL BUSINESS DEVELOPMENT SERVICE • RIO GRANDE DO SUL DEPARTMENT Diretor Superintendente | D E O M E D E S R O QU E TA LIN I | Director Superintendent Diretora de Operações | S US AN A MA R I A K AK U TA | Operational Director Diretor de Gestão | J O S É C L A U D I O S I LVA D O S S A N TO S | Managing Director ÁREA DE CONSULTORIA | CONSULTANT Gerente | JULI O C E S AR F E R R AZ Z A | Manager Via Design-Programa Sebrae Design RS | Via Design-RS Sebrae’s Design Program A N GE LA KL E I N

SIQUEIRA, Cidda, MACHADO, Regina. Jóia 2005: tendências. Coordenação de Fernando Souto. Brasília: IBGM, 2004. 88p. il.


jóias tendências jewelry trends Cidda Siqueira e Regina Machado Citações sobre moda Gloria Kalil, identificada por G.K.


índice summary a pres en ta ção

int r od u ção

cri stal

ch am a

f ore w o rd

i n t r o d uc t i o n

c rys t al

flame

4


cor es e ped r as

co nclu s達o

agradecimentos

contat o s

co lo rs a n d g em s t o n e s

conclusion

t han ks

co nt acts

bibliografia

bi bli o grap hy

5


apresentação

foreword

É

sempre uma satisfação fazer a abertura deste Caderno, que já faz parte do calendário de eventos do design brasileiro, dada a sua importância para todos aqueles que atuam no Setor de Gemas e Jóias. Este valioso instrumento de pesquisa e informação é ansiosamente aguardado pelos industriais, designers, professores, alunos, consultores e pelo comércio e importadores de jóias, particularmente aqueles que visitam a Feninjer, a nossa principal feira setorial. Com o objetivo de ampliar ainda mais a difusão dessas informações, levantadas por nossas consultoras e debatidas em seminários específicos realizados no Rio Grande do Sul, São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, o Caderno de Tendências 2005 será levado a um número maior de pólos industriais, com ênfase para os designers/artesãos e empresas de menor porte. Tendo em vista que a incorporação do design tem sido um importante instrumento para ampliação das vendas, pela diferenciação do produto, tanto para o mercado interno quanto externo, o

HÉCLITON SANTINI HENRIQUES PRESIDENTE DO IBGM

Sebrae, o IBGM e diversos parceiros estaduais ampliaram a realização de workshops, agora em número de doze, de forma a atender novas regiões, como Bahia, Goiás, Mato Grosso e Piauí. Com isso, estamos certos de estarmos cumprindo relevante papel para proporcionar competitividade ao industrial brasileiro que, a cada ano, amplia a sua participação no mercado internacional, com produtos de crescente valor agregado, incorporando, nas jóias, além da beleza das pedras preciosas brasileiras, a diversidade cultural e étnica do país, cujos produtos tem encantado tanto os brasileiros quanto os estrangeiros, ao transmitir alegria, sensualidade, movimento e cores, características marcantes do nosso design. Ao finalizar, gostaríamos de agradecer a todos aqueles que contribuíram para a realização desta que já é a sexta edição do Caderno de Tendências, lembrando o nosso compromisso de aprimorá-lo permanentemente, de forma a melhor atender ao seu crescente universo de usuários.

S I LVA N O G I A N N I DIRETOR PRESIDENTE DO SEBRAE


I

am always pleased to write the foreword for Trends 2005, which has become an important item in the calendar of events of the Brazilian design, considering its importance to all those working in the Gemstone and Jewelry Industry. Industrialists, designers, teachers, students, consultants, and jewelry shops and importers, particularly those visiting the Feninjer, the main fair of our industry, eagerly wait for the publication of this invaluable research and information tool. For the purpose of disseminating more broadly the information contained in this publication, which is collected by our consultants and discussed in specific seminars held in the states of Rio Grande do Sul, São Paulo, Rio de Janeiro, and Minas Gerais, Trends 2005 will be distributed to a larger number of industrial complexes, with emphasis on designers/artisans and smaller corporations. Considering that design has been playing a major role in expanding sales both on domestic and foreign markets because of the unique features it adds to our products, Sebrae, IBGM, and

HÉCLITON SANTINI HENRIQUES PRESIDENT OF THE IBGM

different partners in the states are now holding more workshops, twelve altogether, in order to meet the needs of new regions such as the states of Bahia, Goiás, Mato Grosso, and Piauí. By doing this, we know that we are playing an important role in enhancing the competitiveness of Brazilian industrialists, who have been expanding their share in the international market by offering jewels with an increasing added value which incorporate, in addition to the beauty of the Brazilian precious stones, the cultural and ethnic diversity of our country, whose products have been charming both Brazilians and foreigners through the joy, sensuality, movement, and colors they impart as distinctive features of our design. In conclusion, we would like to thank all those who contributed to this sixth issue of Trends and recall that we are strongly committed to permanently improving it, so as to better meet the needs of its increasing universe of users.

S I LVA N O G I A N N I PRESIDENT OF SEBRAE


introdução

introduction


E - MOTION!

Esta é a palavra chave para 20051. Escrita assim mesmo, com um hífen separando o E do restante da palavra. Desta forma, a palavra EMOTION, emoção em português, recebe novos significados, que enfatizam e destacam algumas referências no comportamento do consumidor desse novo milênio. E que novos significados são esses? EMOÇÃO! Isso é tudo o que queremos! Envoltos num turbilhão de produtos que nos são oferecidos a todo instante, estamos anestesiados para os apelos já conhecidos e carentes de uma nova linguagem, uma nova proposta, de um “algo mais” que nos seduza, nos emocione e nos leve ao desejo de possuir um novo objeto ou uma nova idéia. Queremos nos emocionar e a moda, que tão bem traduz o comportamento de seu tempo, leva a sério nossos desejos e, rapidamente, sai em busca de criações que possam atendê-los. E – MOTION, E – MAIL, COMUNIQUE-SE! Compartilhe suas emoções e suas idéias, porque, atualmente, ninguém fica isolado se não quiser. Comunicamos e trocamos informações como jamais imaginamos e ganhamos o direito de acesso a todas as culturas, por mais distantes que estejam. Quanto mais conexões, mais chances temos de atrair, canalizar e estabilizar a atenção. O “mundo.com” abre espaço para a solidariedade e para a comunicação em grande escala. MOTION, traduzido, é MOVIMENTO. Portanto, movimentese! O mundo, hoje, é movimento constante, onde todos escapam do presente, apressando-se para o instante seguinte. Rapidez e agilidade são palavras que habitam nosso cotidiano e, dessa forma, vamos circulando por um mundo cada vez mais rápido e interconectado. É o triunfo da mobilidade!

Cristal e Chama: nada mais fashion do que as duas palavras chave que a joalheria escolheu para orientar suas novas coleções. Brilho profundo do cristal e brilho passageiro da chama – tudo a ver com a moda: profunda e incisiva por representar sua época, ágil e efêmera por simbolizar mudanças e renovações. | G.K.

“A vida, no que tem de impalpável, é um irreal que permite compreender que o real não pode existir senão por possuir em si o surreal”. MICHEL MAFFESOLI


E- MOTION!

This is the key word for 20051, written as shown, with a hyphen separating the E from the rest of the word. This way, the word EMOTION takes on new meanings which emphasize and highlight certain benchmarks in the behavior of consumers in the new millennium. And what are these new meanings? EMOTION! This is all we want! Exposed to a flood of products being offered to us continually, we have become numb to familiar appeals which lack a new language, a new proposal, a “plus” capable of seducing us, touching us, leading us to desire a new object or a new idea. We want to be moved and because fashion so appropriately translates the behavior of its time, it takes our desires seriously and quickly tries to create things to satisfy them. E– MOTION, E – MAIL, SHARE YOUR THOUGHTS! Share your feelings and ideas, because nobody remains isolated nowadays if they don’t want to. We are communicating and exchanging information as we had never imagined it would be possible and we have won the right to access all cultures, no matter how distant. The more connections we develop, the more chances we have to attract, channel, and stabilize attention. The “world.com” has paved the way for solidarity and communications on a large scale. MOTION is about moving. Get going! The world today is in constant motion, and everybody seems to be escaping from the present as they rush to the next instant. Speed and agility have become typical words in our daily lives, and as a result we see ourselves moving around in an increasingly fast and interconnected world. It’s the triumph of mobility!

Crystal and Flame: nothing is more fashionable than the two words jewelers have chosen to guide their new collections. The deep glow of the crystal and the ephemeral glow of the flame – this is what fashion is all about: deep and incisive for representing its times, agile and ephemeral for symbolizing change and renewal. | G.K.

1 1

EXPOFIL – outono/inverno 2004–2005 EXPOFIL – fall/winter of 2004–2005

“Life, in its intangible aspects, is something unreal which allows us to understand that real things cannot exist if the surreal is not part of them.” MICHEL MAFFESOLI

11


As pesquisas de tendências para 2005 apontam três formas básicas de nos relacionar com o mundo e, principalmente, com o tempo, em que “transmitir”, “transpor” e “transgredir” se tornam os verbos que irão conjugar a direção de nossas escolhas e refletir nossas preferências. “Transmitir” está ligado à forma clássica da linearidade do tempo. Como as tradições, que são passadas de uma geração para outra, com o passado, o presente e o futuro bem definidos e cronologicamente respeitados. É o sentido clássico e lógico da História. “Transpor” tem relação com uma forma mais emocional de lidar com um tempo que ultrapassa a própria realidade. Citando Michel Maffesoli, “ao linearismo seguro da história sucede o ciclo ou a espiral do destino”. Fantasia romântica? Por que não? Viajamos no tempo, voltamos ao passado, re-visitamos diferentes culturas e partimos para outros mundos, outras dimensões, outras realidades. “Transgredir” é romper os limites de um tempo passado e presente; é idealizar um futuro. É partir para a quebra de paradigmas em busca de novas estéticas, antecipando um tempo que ainda não se fez presente. É na vanguarda que nos permitimos realizar todos os tipos de experimentação, transformando sonhos visionários em realidades possíveis. Com uma carga tão grande de E – MOTION, tudo a nossa volta passa a vibrar com mais intensidade. O que acontece, então? Como podemos observar, a cor está mais emocional do que nunca! A cor está literalmente dando o tom dessa temporada e nada escapa a essa onda cromática que espalha suas nuances em todas as direções. Envolvidos pela idéia de informalidade e conforto, em que o home office se transforma numa das grandes alternativas para muitos profissionais, podemos perceber que estamos vivendo um momento “chic sabático”. A impressão geral é a de que estamos todos vestidos para sair em férias permanentes. O estilo esportivo e descontraído ganha, assim, cada vez mais atenção e influencia a moda, em todos os segmentos.

12

Research in trends for 2005 point to three basic ways of relating to the world where, with time, the verbs “transmitting,” “transposing,” and “transgressing” will determine the direction of our choices and reflect our preferences. “Transmitting” is associated with the classical form of linearization of time. Similarly to the traditions, which are passed on from one generation to another, the past, the present, and the future tend to be well defined and chronologically respected. It is the classical and logical meaning of History. “Transposing” is associated with a more emotional way of dealing with time that goes beyond reality itself. Quoting Michel Maffesoli, “the safe linearization of history is followed by a cycle or spiral of fate.” Romantic fantasy? Why not? We travel in time, we go back to the past, we revisit different cultures and move on to other worlds, other dimensions, other realities. “Transgressing” is going beyond the bounds of a past and present time; it’s about idealizing a future time. It’s about leaving paradigms behind and searching for a new aesthetics, anticipating a time which is not yet present. In the vanguard, we allow ourselves to engage in experimentations of all kinds, turning visionary dreams into possible realities. With such a strong E – MOTION, everything around us begins to vibrate more intensely. And then, what happens? As we can see, colors have become more emotional than ever before! Colors are literally setting the tone of this season and everything is being drawn into this chromatic wave which is spreading its nuance in every direction. With the idea of informality and comfort all around us and the home office becoming a must for many professionals, we realize that we are experiencing a “sabbatic chic” moment. The general impression is that we are all dressed to go on a permanent vacation. Wearing sport clothes and dressing casually is more and more drawing attention and influencing fashion in all segments.


13


2005: A HARMONIA DO CONTRASTE

2005: harmony in contrasts

A

bsorvendo influências e referências de todas as partes do mundo, construímos um mosaico de elementos, os mais distintos possíveis, que misturamos com harmonia e elegância. O ditado de que “os opostos se atraem” é confirmado pela tendência “cross-culture”, uma “onda mix” que contamina tudo, e percebemos que, a despeito dos estranhamentos que essas misturas às vezes provocam, a combinação de opostos pode ser sedutoramente atraente. O bárbaro e o civilizado já não se opõem e o “cross-over” entre masculino e feminino é o exemplo mais forte desta tendência. Retratando muito bem esse momento, Arnaldo Jabor equilibrou, poeticamente, os dois opostos que nos acompanham desde o início dos tempos: a razão e a emoção. Rita Lee, de forma brilhante, transformou o texto em música e, hoje, podemos sair por aí cantando as dicotomias que fazem parte de nosso dia a dia, influenciam nossas escolhas e direcionam nossos caminhos. “Amor e Sexo” fala de Apolo e Dionísio, Razão e Emoção, Divino e Animal, Prosa e Poesia, Dia e Noite, Clássico e Romântico, Eterno e Efêmero, Natural e Artificial. Para 2005, duas linhas básicas se estruturam para dar suporte e equilíbrio à nossa natural dualidade.

O CRISTAL e a CHAMA Uma falando do intelecto e a outra da imaginação. Uma límpida e transparente, a outra intensa e passional. O CRISTAL é Bossa Nova, a CHAMA é Carnaval!

“O amor é cristão, sexo é pagão. Amor é latifúndio, sexo é invasão”. 14


A

bsorbing influences and benchmarks from all parts of the world, we have developed a mosaic of very different elements that we have mixed with harmony and elegance. The saying that “opposites attract each other” is confirmed by the so-called cross-culture trend, a wave mix that is contaminating everything, and we realize that although some people might find some of these mixtures strange, the combination of opposites can be seductively attractive. Barbarian and civilized elements are not in opposition any longer and the cross-over between male and female is the strongest example of this trend. Providing an accurate picture of what’s happening right now, Arnaldo Jabor managed to strike a poetic balance between two opposites which have been with us since the beginning of time: reason and emotion. Rita Lee added music to the text brilliantly, and today we can sing the dichotomies which characterize our daily

lives, influence our choices, and determine the paths we follow. The song “Love and Sex” speaks of Apollo and Dionysius, Reason and Emotion, Divine and Animal, Prose and Poetry, Day and Night, Classical and Romantic, Eternal and Ephemeral, Natural and Artificial. For 2005, two basic lines are taking shape to support and balance our natural duality. The CRYSTAL and the FLAME One of them has to do with the intellect, and the other with our imagination. One of them is clear and transparent, while the other is intense and passionate. The CRYSTAL is the Bossa Nova style, and the FLAME is Carnival!

“Love is Christian, sex is pagan. Love is property, sex is invasion.” 15


cristal

crystal


E

m outras épocas, a oposição do Clássico x Romântico oscilou no tempo de forma alternada. Hoje, paradoxalmente, esta contraposição é simultânea. Matéria e espírito não travam mais um combate inexorável, mas, ao contrário, formam uma nova e curiosa aliança, repleta de variáveis. Tempos interessantes que permitem a experimentação de muitas estéticas e estilos. A Moda expressa, de forma bastante democrática, a pluralidade de nossas identidades. Transparente e puro, o CRISTAL reflete a Verdade e a Beleza absoluta. Enquanto na CHAMA o homem cuida de tudo o que é exterior, no CRISTAL ele se volta para sua interioridade, separando, analisando e recortando a realidade. O CRISTAL fala, ainda, de Amor, Apolo, Arte Moderna e Bossa Nova. Do glamour das divas de Hollywood, da sofisticação do Art Déco, do funcionalismo da Bauhaus, da lógica do Construtivismo, dos experimentos visuais da Op Art, do Futurismo, do

Atletismo e das Tecnologias de ponta. Abstrata e geométrica, a joalheria tem nesta linha a possibilidade de realizar toda a dignidade de sua essência, o gesto único e elegante, o fascínio absoluto de suas pedras. O intelecto encontra soluções para o equilíbrio de elementos: isolados ou sobrepostos, os quadrados, cubos, círculos, esferas, gotas, listras e navetes estão em destaque. Das formas conhecidas podem surgir novos objetos, bastando, para isso, uma mudança na escala espacial, em que o imenso é diminuído e o minúsculo, aumentado. A superposição de clássicos é uma proposta que agrada pela ousadia: fios de pérolas, correntes, cetins e diamantes podem compor visuais inusitados. As pedras ganham destaque, tornando-se o centro das atenções, em cores únicas, sem excessos, ou em combinações contrastantes. O metal rodinado em cores, como o preto, o azul marinho, o verde e o rosa aveludado, interfere e acentua a tonalidade das pedras, criando composições mais emocionais.


I

n the past, the opposition between what was Classical and Romantic oscillated in time alternately. Paradoxically, this opposition is simultaneous today. Matter and spirit are not engaged in a relentless battle any longer, but rather forming a new and curious alliance which is full of variables. These are interesting times which allow us to experiment with many different aesthetic forms and styles. Fashion expresses the plurality of our identity in a very democratic way. Transparent and pure, the CRYSTAL reflects the absolute Truth and Beauty. While in the FLAME people take care of every exterior thing, in the CRYSTAL they look inside themselves, separating, analyzing, and cutting out reality. The CRYSTAL also speaks of Love, Apollo, Modern Art, and Bossa Nova. It speaks of the glamour of Hollywood divas, of the sophistication of the Art Déco, of the functional approach of Bauhaus, of the Constructivist logic, of the visual experiments of the Op Art, of Futurism, of Athleticism, and of Peak Technologies.

Because it is abstract and geometrical, jewelry finds in this scenario the possibility of fully expressing the dignity of its essence, a unique and elegant gesture, the absolute fascination of its gemstones. The intellect finds solutions for balancing elements: isolated or superimposed, squares, cubes, circles, spheres, droplike items, stripes and navete cuts are in vogue. New objects can emerge from known shapes, and for this to happen all that is required is a change in the spatial scale in which the immense is reduced and the minute is increased. The idea of superimposing classical elements is pleasing to the eyes for its boldness: strings of pearls, chains, satin, and diamonds can be used to create unusual visual combinations. In single colors, without any excesses, or in contrasting combinations, gemstones stand out and become the center of attention. Rhodinated metal in colors, such as black, dark blue, green, and velvet pink, interfere with and enhance the tones of gemstones, creating more emotional compositions.

19


Ousadia, Experimentação, Inovação

Boldness, Experimentation, Innovation

Essencial, Absoluto, Puro, Abstrato

Essential, Absolute, Pure, Abstract

Moderno, Futurista, Lógico

Modern, Futurist, Logical

Intelectual, Sintético, Simétrico

Intellectual, Synthetic, Symmetrical

Esferas, Círculos, Orbitais

Spheres, Circles, Orbital Shapes


Sagrado, Espiritual, Sereno

Sacred, Spiritual, Serene

Tempo, Eternidade, Geometria, Infinito

Time, Eternity, Geometry, Infinity

Clássico, Sofisticado, Refinado

Classical, Sophisticated, Refined

Harmonia, Equilíbrio, Simplicidade, Elegância

Harmony, Balance, Simplicity, Elegance


JÓIAS REIS BY RODRIGO ROBSON

Geometria sensual Nem os temas clássicos escapam aos apelos de uma realidade sedutora e sensual. Na busca pela essência, a elegância do traço perfeito transparece na simplicidade das gotas em linha. A sensualidade se expressa em cascatas verticais, que dão sofisticação e refinamento às jóias, traduzindo o desejo de equilíbrio e harmonia. Decotes que valorizam o colo, o rosto. Gotas que alongam o perfil iluminado pelo sofisticado recorte do ouro branco. | G.K.

MÁRCIA MOR

22


DANIELLE

D O M A N N I BY R O S E A N E G O M E S CO S TA

DANIELLE

23


GOLDBACKER

24


Sensual geometry Not even the classical motifs are exempt from the appeals of a seductive and sensual reality. In search for the essence, the elegance of the perfect design is revealed in the simplicity of aligned drop-like items. Sensuality is expressed in vertical cascades which lend sophistication and refinement to the jewels, translating a yearning for balance and harmony. Necklines which lend beauty to the neck, the face. Drop-like items which elongate one’s profile lit by sophisticated shapes in white gold. | G.K.

SEBBEN BY CRISTIANE RICK

25


Expansão, Infinito, Eternidade Fazendo uma analogia ao movimento urobórico do eterno retorno, podemos perceber que há algo circular e espiralado na produção de imagens. Os círculos concêntricos revelam um tempo em camadas. A linguagem dos Fractais é traduzida na repetição de elementos tanto no micro quanto no macro, num verdadeiro estilo telescópico. Contrastes ousados e “over-sized” são os tratamentos que revestem os temas geométricos com uma nova linguagem. Os círculos, as espirais, os movimentos redondos das estampas recebem o reforço da joalheria geométrica. | G.K.

Expansion, Infinite, Eternity

S I LVÂ N I A

Drawing an analogy to the uroboric movement of the eternal return, we see that the production of images involves a circular and spiraled element. Concentric circles reveal time in layers. The language of the Fractals is translated by the repetition of elements both at micro and macro level in a true telescopic style. Daring and over-sized contrasts constitute the treatment which impart a new language to the geometric themes. The circles, spirals, round movements of the themes are reinforced by the geometrical jewelry. | G.K.

GANISH

26


J Ó I A S A LV O R A DA BY A N A PAU L A E E LO I S A N E R V I S

T U S TA R E B Y G U I D A P E L S

27


Essência da forma, essência da cor

MANOEL BERNARDES BY H E LO I S A A Z E V E D O

Excessos eliminados, o branco total é a escolha que dá destaque para as ágatas, quartzos e diamantes. Entendido como a soma de todas as cores ou a ausência delas, o branco é a cor da pureza, da paz e das possibilidades infinitas. Sua luminosidade reflete os princípios vitais e é uma das cores em destaque para 2005. A moda do branco puro; o branco misturado ao preto -seu avesso, seu contraste, seu par perfeito. | G.K.

Essence of the shape, essence of the color Once excesses are eliminated, plain white is the choice which makes agates, quartz, and diamonds more prominent. Considered as the sum of all colors or their absence, white is the color of purity, peace, and infinite possibilities. Its luminosity reflects vital principles and it is one of the prominent colors for 2005. The pure white fashion; white mixed with black - its reverse, its contrast, its perfect match. | G.K.

ARRIGONI


F R H Ü E B B Y G L Á U C I A S I LV E I R A

PA U L A M O U R Ã O


Sedução Geométrica Os quadrados se multiplicam, sobrepostos, conectados ou transformados em cubos, revelando a beleza do equilíbrio geométrico. É o futurismo dos anos 60 que surge renovado! Anos 60: nunca o futuro foi tão cortejado pela moda. Parecia tão próximo, parecia tão possível. | G.K.

Geometrical Seduction Squares multiply themselves as they are superimposed, connected, or transformed into cubes, revealing the beauty of a geometrical balance. It is the futurism of the 1960s coming to life fully renewed! ARRIGONI

The 1960s: fashion never flirted so much with the future. It seemed so close, it seemed so possible. | G.K.

MÁRCIA MOR

30


C O S TA N T I N I

MEIRELLES


Deusas Ouro branco mais diamantes é a matemática que reflete o glamour das divas de Hollywood. Somando transparência e vazados a este total, acrescentamos leveza e sensualidade às formas racionais. As estrelas dão um toque Chanel às jóias que, usadas com peles e pérolas, ganham ainda mais beleza e sofisticação. Glamour total. Hollywood foi mais do que uma fábrica de filmes - foi uma fábrica de símbolos de sedução que continuam a encantar a mundo e a moda. | G.K.

MEIRELLES

ARRIGONI

Godesses White gold plus diamonds is the mathematics reflecting the glamour of the Hollywood divas. Adding transparency and empty spaces to this sum, we add lightness and sensuality to rational forms. The stars add a Chanel touch to the jewels which, worn with furs and pearls, become even more beautiful and sophisticated. Full glamour. Hollywood was more than a factory of films - it was a factory of symbols of seduction which continue to charm the world and fashion. | G.K.

32

DANIELLE


G U I L H E R M E D U Q U E B Y FAU S E H AT E N

DENOIR

33


Formalismo e precisão Inspirada no estilo construtivista, a beleza do metal se desdobra em composições arquitetônicas. Este é um desafio para os designers que, com muita arte, transformam pequenos blocos de metal num exemplo de modelagem.

Formalism and precision DANIELLE

Inspired by the constructivist style, the beauty of the metal expands itself in architectural compositions. This is a challenge for designers who, with their remarkable artistic skills, turn small metallic blocks into modeling examples.

ANDREE GUIT TCIS

VA N COX

34


CR BRÜNER

Construir e desconstruir silhuetas – um dos exercícios de estilo mais presentes em nossas passarelas | G.K. I TA J Ó I A S B Y D A LVA F E R R A R I

Building and unbuilding silhouettes – an exercise of style which is present in our runways as never before. | G.K.

A R T ’G B Y M I N D A E M Á R C I O G R A N ATO

35


CR BRÜNER

FIAMMA BY ANNA VITÓRIA

VIANNA JÓIAS

Espiritual e Divino Azuis e verdes, em várias tonalidades, unem-se num idílio cromático, comprovando que os temas clássicos também sabem expressar a singularidade de suas emoções. A moda olhando para o céu e para as águas do Brasil. Azuis e verdes numa onda de cores transparentes e líquidas | G.K.


Spiritual and Divine Blue and green colors in different tones are combined in a chromatic idyll, confirming that classical themes can also express the uniqueness of their emotions. Fashion looking at the sky and waters of Brazil. Blue and green tones in a wave of transparent and liquid colors. | G.K.

RENIS BY CAROLINA MARTINS

VA N E S S A C AVA L L I

SÉCULUS

37


Lunação Círculos se transformam em esferas e, com ousadia, compõem interessantes jogos de cores. As combinações como o preto-e-branco ou pink-e-laranja enfatizam a marca da temporada: o contraste harmonizado. As diferentes fases da lua levando a moda a desenhar esferas e inventar para elas cores inesperadas para contrastes crescentes e minguantes. | G.K.

SEVEN BY ANA CARLA ONO

CLARTÉ

DENOIR

38


Lunation Circles become spheres and boldly compose interesting sets of colors. Combinations such black and white or pink and orange emphasize the prevailing trait of the season: harmonious contrasts.

BRĂœNER BY CLĂ UDIA LAMASSA

The different phases of the moon leading fashion to design spheres and invent unexpected colors for them in crescent and waning contrasts. | G.K.

39


Inovando e renovando É através da liberdade das experimentações, construindo e desconstruindo, que podemos quebrar paradigmas e descobrir novas linguagens para as jóias. Oxidações, metalizados, rodinados e martelados podem interferir na aparência do metal. A ousadia é a marca que percorre este caminho, onde misturamos materiais alternativos aos já tradicionais e utilizamos uma nova linguagem visual na emissão de nossas mensagens. Além da seda, acrílico, murano, ébano e aço, a fibra de carbono aparece como o mais novo material, incorporado, principalmente à joalheria masculina. As grandes revoluções da moda vão vir dos materiais. As formas? Já foram todas inventadas. As cores? Todas usadas. Os materiais? Todos os dias nos surpreendendo. | G.K.

S I LV I A B LU M B E R G

40


KEY

Innovating and renewing The freedom to experiment, build, and unbuild allows us to go beyond paradigms and discover new languages for jewels. Oxidation, metalization, as well as rhodinated and hammered items, can affect the appearance of the metal. Boldness is the prevailing trait in this path, where we mix alternative materials with traditional ones and use a new visual language in the messages we issue. In addition to silk, acrylic, murane, ebony, and steel, carbon ďŹ bers are the newest material being used, particularly in jewelry items for men. The great revolutions of fashion will come from its materials. Shapes? All shapes have been invented already. Colors? All of them have been used. Materials? They surprise us every day. | G.K.

41


KARINA ACHÔA

G LÓ R I A C O R B E T TA

LUIZA DINIZ

42


I V E T E C AT TA N I

CESAR CONY


chama

flame


45


C

ristal e Chama são duas formas da beleza perfeita da qual o olhar não consegue desprender-se,..., duas categorias para classificar fatos, idéias, estilos e sentimentos. Ítalo Calvino O mito da Chama acompanha a humanidade desde sempre: a chama da vida, a chama do desejo, a chama olímpica. A Chama, assim como a moda, está sempre vinculada à mobilidade eterna, uma eternidade em permanente mutação. As leis que regem a Chama acreditam que a beleza está na infinita variedade das coisas. São as mais instáveis e oscilantes, as mesmas que regem Mercúrio, o Deus da Comunicação, que com seus pés alados, leve, aéreo, ágil e flexível, estabelece as relações entre os objetos do mundo e todos os seres pensantes. Segundo as recomendações de Ítalo Calvino, o milênio que se iniciou com a virada do século promoveria importantes mudanças no pensamento, nas atitudes e, sobretudo, nos desejos das pessoas.

Nas asas da imaginação: o cinema mental O movimento das tendências da moda investe na nossa agilidade mental, na nossa capacidade de imaginar, de produzir sonhos e de desejar satisfazê-los. Alfred Hitchcock, o mestre do glamour, já nos ensinava em seus filmes geniais que o que mais emociona o ser humano é a sua própria imaginação. Toda a dinâmica que opera o chamado ‘tempo da efemeridade’ movimenta a imaginação na direção de um novo sonho, de um novo desejo. As novidades da joalheria chegam antes, pois cumprem a dupla tarefa de serem, ao mesmo tempo, sinalizadoras do futuro e testemunhas do presente. Rumo a 2005, desejamos cada vez mais leveza, rapidez e visibilidade, como ilustram as jóias da tendência Chama.

Leveza Sai o insustentável peso da existência. Entra a prazerosa leveza da imaginação. A Chama trabalha com a mesma substância leve de que são feitos os sonhos: • a leveza de pensamento e a desenvoltura de saltar de um tema ao outro; • a leveza da frivolidade e o estímulo ao jogo da sedução do flerte; • a leveza das sensações - o contemporâneo vem tornandose um verdadeiro império dos sentidos - e o prazer tem funcionado como o maior dos álibis do consumo. • a leveza do bom humor, que transforma a saudade em reminiscência e o drama em ironia.

Em 2005, a brincadeira do sem sentido, o delírio intelectual do surreal, os absurdos vanguardistas e a fantasia da fantasia - a ‘metafantasia’ - dão o tom especial da temporada.

46


A sala de espelhos de 2005

Rapidez A Chama é rapidez e os temas em que se inspiram as novas coleções de jóias são abordados com o mesmo ritmo dos contos. Essa liberdade faz com que as inspirações das jóias em 2005 transitem por várias referências históricas, hibridizem estilos e associem muitas décadas. Atualmente, somos todos interlocutores de uma Sherazade menos altruísta. Nossa contadora de estórias pós-moderna está muito mais ousada e sensual, vem trocando a eloqüência verbal pela fascinação visual.

Atualmente, olhar é uma grande diversão. Há muitas cores, padronagens e fantasias nas vitrines. Referências da referência, citação do que já foi citado, neos, pós, protos, permissões poéticas, links inesperados, fusões e algumas confusões, mas sempre, acima de todas as coisas, muito bom humor. O olhar crítico não se desvincula das tendências para 2005. No espelho a gente se vê, vê os outros, se vê sendo visto pelos outros, flerta com os outros e consigo mesmo. As novas coleções convidam ao flerte, à conquista do outro e ao selflove. Há um faiscar de raios de olhares que se trocam, metais polidos e diamantes, luzes dos flashes e dos celulares.

Visibilidade A Chama é visibilidade, é a crença que a verdade do objeto está revelada em sua aparência. A moda é a responsável por tornar visíveis as mudanças que ocorrem no pensamento, no gosto, na moral e nos desejos das épocas. A joalheria é uma linguagem visual consagrada por toda a história da humanidade. Em 2005, as novas coleções atualizam, mais uma vez, esse grande talento visual das jóias.

47


T

he Crystal and the Flame are two forms of perfect beauty which people just can’t take their eyes from... they constitute two categories for classifying facts, ideas, styles, and feelings. �talo Calvino


The Flame has been a myth of humankind since its early days: the flame of life, the flame of desire, the Olympics flame. Like fashion, the Flame is always associated with eternal mobility, with eternity in constant change. The laws governing the Flame are based on the belief that beauty lies in the infinite variety of things. They are the most unstable and oscillating of all things, and they govern Mercury, the God of Communication, who establishes relations between the objects of the world and all thinking beings with his winged feet, his lightness, his aerial nature, his agility, his flexibility. According to the recommendations of Ítalo Calvino, the millennium which began at the turn of the century would promote important changes in our way of thinking and attitudes, particularly in our desires. On the wings of imagination: mental movies The movement of trends in fashion bets on our metal agility, on our capacity to imagine things, to produce dreams, and to want to fulfill them. Alfred Hitchcock, the master of glamour, taught us in his outstanding films that imagination is what touches human being most. The dynamics of the so-called “time of ephemerality” lead our imagination toward a new dream, a new desire. The innovations in the jewelry industry arrive before, as they play the double role of heralding the future and being witnesses of the present.

As we approach 2005, we want lightness, speed, and visibility more and more, as illustrated by the jewels designed under the inspiration of the Flame trend. Lightness The unbearable weight of existence steps out of the scene. The delightful lightness of imagination steps in. The Flame works with the same light substance which dreams are made of: • the lightness of thought and the vivacity to switch from one theme to another; • the lightness of frivolity and the stimulus to play the game of flirtation; • the lightness of sensations - the contemporary world has become a true In the Realm of the Senses - and pleasure has become the main alibi for consuming.

• the lightness of being in high spirits, which turn

the feeling of missing something or someone into reminiscence and dramatic events into irony. In 2005, playing with senselessness, engaging in surreal intellectual deliriums, indulging with vanguardist absurdities, and fantasizing with fantasy - ‘metafantasizing’ - lend a special tone to the season. Speed The Flame is speed and the topics which have inspired the new collections of jewels are approached at the same pace of tales. This freedom allows jewels in 2005 to be inspired by different historical benchmarks, hybridizing styles and associating many decades. Today, we are all interlocutors of a less altruistic Sherazade. Our postmodern storyteller is much more daring and sensual, and she has given up her verbal eloquence for visual fascination. Visibility The Flame has to do with visibility, the belief that the truth of an object is revealed by its appearance. Fashion is about making changes in thoughts, taste, morals, and desires in different times visible. Jewelry is a visual language consecrated by all the history of humankind. In 2005, the new collections once again update the remarkable visual talent of the jewels. The 2005 mirror room Today, looking at things is very amusing. There are many colors, patterns, and fantasies in show windows. References to benchmarks, quotations of what has been quoted before already, “neos”, “posts”, “protos”, poetic license, unexpected links, fusion and some confusion, but always, above all, lots of high spirits. The critical look is present in the trends for 2005. We see ourselves and others in the mirror, we see ourselves being seen by others, we flirt with others and with ourselves. The new collections invite us to flirt, to seduce others and to self-love. They have the spark of lightning of exchanged looks, polished metals and diamonds, the light of flashes and cell phones.

49


D O M A N N I R O S E A N E G O M E S CO S TA

Gentil natureza

Gentle nature

Por uma natureza ideal

For an ideal nature

A tendência Chama representa uma nova valorização da fantasia e da invenção em detrimento da realidade. Quando as jóias se inspiram na natureza, não pretendem documentá-la realísticamente, mas recriá-la promovendo encontros irreais e, sobretudo, mais fantásticos.

The Flame trend represents a new appreciation of fantasy and invention to the detriment of reality. When jewels are inspired by nature, they don’t attempt to document it realistically, but rather to recreate it by promoting unreal and, particularly, fantastic combinations.

A moda finge que copia a natureza (como se ela se deixasse copiar). Moda e natureza se renovando e se reinventando o tempo todo. | G.K.

50

Fashion pretends to copy nature (as if it allowed itself to be copied). Fashion and nature renewing and reinventing themselves constantly. | G.K.


D O M A N N I R O S E A N E G O M E S CO S TA

LENGLER

51


A R T I G I A N I BY C É L I A FA B R I S

Calorosa e ensolarada Peças com predominância do uso do ouro amarelo, da sensação de calor e vida das formas naturais, tais como: borboletas, flores e frutas..

Warm and sunny Items marked by the use of yellow gold and by the feeling of warmth and life of natural forms, such as: butterflies, flowers, and fruits.

CR BRUNNER BY CENZI RANUCCI

GOLDESIGN

A R T G B Y M I N D A E M Á R C I O G R A N ATO

52


S Í LV I A B LU M B E R G

YA N I B Y D E N I S E B E R M A N

Yellow and orange tones – warm colors of the sun. A feeling of warmth and appropriation of tropical symbols. Fashion loves such places. | G.K.

Os amarelos, os alaranjados – cores quentes do sol. Sensação de calor e apropriação de símbolos tropicais. A moda ama essas paragens. | G.K

KARINA ACHÔA


Pura Natureza Lunar Peças com a predominância do uso do ouro branco e dos diamantes, inspiradas na sensação de pureza e leveza dos temas florais. O branco, tão forte e tão presente nesta estação, chega de forma delicada, com transparências e tons velados por peças sobrepostas. Tules, rendas, musselines. | G.K.

Pure Lunar Nature Items marked by the use of white gold and diamonds, inspired by the feeling of purity and lightness of floral themes. White, so strong and present in this season, arrives delicately, with transparent colors and tones concealed by overlaid elements. Tulles, laces, muslins. | G.K.


GOLDBACKER

DENOIR BY RAQUEL NEVES

55


Para não perder o romantismo: a emoção materializada Os primeiros ventos românticos nos chegaram já no século XII, quando o sentimento do amor ganha os novos ares do amor cortês em substituição ao amor guerreiro, desde então a emoção nunca mais saiu de moda. As jóias se caracterizam pela utilização dos temas sentimentais, dos mais românticos símbolos de diferentes épocas e da predominância do ouro e das pedras brancas.

For romanticism not to be lost: materialized feelings F I A M M A BY A N N A V I TÓ R I A M OT TA

The first romantic winds could be felt back in the 12th century, when the feeling of love took on the new traits of courteous love and replaced the warlike love, and since then emotion has never been considered out of fashion. The jewels are characterized by the use of sentimental themes, of the most romantic symbols of different times, and by the prevalence of golden and white gemstones. F R H U E B B Y G L Á U C I A S I LV E I R A

MUNDUS BY DÉBORA ROZEMBERG SENDER

F R H U E B B Y G L Á U C I A S I LV E I R A

56


MEIRELLES

A R T L E V E B Y VA N E S S A L A G E S

Corações e laços atados. Amarrações amorosas renovando o romantismo nas roupas. Uma moda sempre bem-vinda. | G.K.

Tied hearts and bonds. Love ties renewing romanticism in clothes. A fashion that is always welcome. | G.K.

FÓRUM ROMANO

BRUNNER BY CLÁUDIA LAMASSA

57


A beleza ĂŠ uma promessa de felicidade. STENDHAL

58

Beauty is a promise of happiness.


Motivos decorativos alegram o espírito O homem precisa acreditar que é capaz de embelezar o mundo. A fruição do belo é um exercício de prazer luxuoso do intelecto que fala diretamente aos corações. A predominância do uso de formas decorativas busca enfatizar a beleza do corpo feminino.

DANIELLE

Roupas que enfeitam. Roupas gratuitas, sem tema, sem rótulo. Criadas para serem bonitas e deixarem quem as usa com a sensação da beleza. | G.K.

Decorative motifs lift the spirits People have to believe that they can make the world more beautiful. Enjoying beauty is an exercise of luxurious pleasure of the intellect which speaks directly to one’s heart. Using decorative forms as prevalent elements emphasizes the beauty of the female body. Clothes which adorn us. Free clothes without a theme and a label. Created to be beautiful and impart the feeling of beauty to those who use them. | G.K.

ARRIGONI


ÍCARO

VA N COX

60


Amor-perfeito O gene do amor-perfeito interage com todas as outras flores. A imaginação criativa do design das jóias transplanta a tonalidade azulada do amor-perfeito para as outras cores e flores. A invasão do azul em todos os seus tons. Luz da madrugada azulando o mundo. Do jeans ao mais leve e transparente tecido de festa. Azul é a cor. | G.K.

Pansy The pansy gene interacts with all the other flowers. The creative imagination of the design of the jewels transplants the bluish tone of the pansy to the other colors and flowers. The invasion of the blue color in all its tones. The light of dawn shedding blue colors on the world. From jeans to the lightest and most transparent party fabrics. Blue is the color. | G.K.


Era uma vez... A estética do encantamento do repertório da fantasia dos contos de fada e as cores em dégradés dos lápis de cor imprimem um clima de sonho às jóias. Caderno de escola enfeitado, paredes do quarto rabiscadas, camisetas pintadas, vestidos estampados com flores desenhadas por quem não quer deixar de ser criança. Sonho de infância prolongado até onde der. | G.K.

Temáticas botânicas Peças com composições de inspirações florais e com a predominância do ouro branco e das gemas com variações de tonalidades do rubro, passando pelo malva, até o rosa. Todos os jardins representados nos tecidos e nos acessórios. A mais tradicional das estampas - as flores e as folhagens - repetindo o ciclo da natureza: sempre iguais, sempre diferentes. | G.K.

Once upon a time... The aesthetics of the enchantment brought about by the fantasy of fairy tales and the multi-tone colors of color pencils impart a dream-like climate to the jewels. Adorned school notebook, scribbled bedroom walls, painted t-shirts, dresses printed with flowers designed by people who want to continue to be children forever. A child’s dream stretched to the utmost. | G.K.

Botanic themes Items with compositions inspired by floral motifs in which white gold and gemstones in tones marked by variations of crimson, purple, and pink prevail. All the gardens represented in fabrics and accessories. The most traditional of all prints - flowers and foliage - repeating the cycle of nature: always equal, always different. | G.K.


G U I L H E R M E D U Q U E B Y FAU S E H AT E N

SEVEN BY ANA CARLA ONO

BRUNNER BY CLÁUDIA LAMASSA

63


Temáticas zoomórficas Peças com predominância de ouro branco e diamantes e inspiradas nos pequenos insetos alados. Trazidas pelos ventos românticos, nuvens de libélulas e de borboletas enfeitando a moda. | G.K.

VIANNA JÓIAS BY ANA CECÍLIA ARTIAGA

64


Zoomorphic themes Items in which white gold and diamonds prevail and which are inspired by small winged insects. Brought by romantic winds, waves of dragon-flies and butterflies lending beauty to fashion. | G.K.

F I A M M A BY A N N A V I TÓ R I A M OT TA

JÓIAS REIS BY RODRIGO ROBSON

65


VIANNA JÓIAS

A exuberância colorida A tendência Chama proporciona, através das experimentações coloristas, toda a plenitude do prazer da visibilidade na joalheria. A beleza das peças possui uma personalidade especial e suas combinações cromáticas revelam a sofisticação de um estilo incomum. Nas peças predominam o uso das cores fortes, da exuberância temática e da utilização da estética “colorizada”. O mundo fashion dando um tempo no look preto total. Espaço aberto para a experimentação de cores. Vai pegar? Já pegou! | G.K.

Colorful exuberance Through colorful experimentations, the Flame trend affords the full pleasure of visibility in jewelry. These beautiful items have a special personality and their chromatic combinations reveal the sophistication of an unusual style. The use of strong colors prevails, as well as thematic exuberance and the use of a “colorized” aesthetics. The fashion world taking time to experiment with the full black look. An open space for experimenting with colors. Will it catch on? It has caught on already! | G.K.

66


GÊNESIS BY CÉSAR ALEANDRI

GÊNESIS BY CÉSAR ALEANDRI

67


G U I L H E R M E D U Q U E BY FAU S E H AT E N

68


G U I L H E R M E D U Q U E B Y FAU S E H AT E N

G U I L H E R M E D U Q U E B Y FAU S E H AT E N

69


As novas princesas e a eterna arte do flerte O desejo joga o jogo do poder da sedução feminina e utiliza uma joalheria poderosa que atrai todos os olhares e conquista súditos. As peças possuem escalas exuberantes e são recobertas por pedras e pérolas. A textura, o brilho e o movimento das “jóias do flerte” buscam reforçar os encantos do corpo feminino. Jogo de sedução, jogo aberto. Nada muito tímido, nada muito escondido. Atitude corajosa diante do desejo. Saias curtas, decotes, recortes. A idéia é chamar a atenção e depois... usá-la muito bem. | G.K.

The new princesses and the eternal art of flirtation Desire plays the game of power of the female seduction and uses powerful jewelry items which attract all the looks and conquer subjects. The items have exuberant scales and are covered by gemstones and pearls. The texture, gloss, and movement of the “jewels of flirtation” are intended to reinforce the grace of the female body. The new princesses and the eternal art of flirtation – A game of seduction, an open game. Nothing too shy, nothing too hidden. A bold attitude vis-à-vis desire. Short skirts, necklines, cuts. The idea is to draw attention and then... use it well. | G.K.

VIANNA JÓIAS BY LENA GARRIDO E DÉBORA CAMISASCA

70


MANOEL BERNARDES

GOLDESIGN

MÁRCIA MOR

71


GÊNESIS BY CÉSAR ALEANDRI MA N O E L B E R N A R D E S BY H E LO Í S A A Z E V E D O


Jóias para falar com Deus A eterna necessidade de proteção dos homens recoloca a temática religiosa dentro das tendências do design de jóias para 2005. A criação das novas jóias se inspira no grande repertório do ritual do sagrado.Os símbolos religiosos são expressos em diversas vertentes dos estilos joalheiros. A moda, facilitando a conversa, reserva espaços delicados no pescoço para os crucifixos e os talismãs. Proteção é bom e todo mundo gosta. | G.K.

ARRIGONI

Jewels to talk with God The eternal need for protection of humankind brings religious themes back to the trends in jewelry design in 2005. New jewels are inspired by a large repertoire of sacred rituals. Religious symbols are expressed in different jewelry styles. By facilitating this conversation, fashion sets apart delicate spaces in the neck for crucifixes and talismans. Protection is good and everybody likes it. | G.K.


cores e pedras

COLORS AND GEMSTONES

74


75


A

s tendências da Moda para 2005 estão fortemente identificadas com a cor. Para a joalheria, este é um sinal extremamente positivo. Com a riqueza cromática de nossas pedras, um repertório inesgotável de tonalidades e combinações pode ser utilizado na criação de jóias, demonstrando o quanto a liberdade de expressão pode ser saudável e produtiva. Inspiradas em temas clássicos ou românticos, as jóias podem experimentar a utilização de cores únicas em grandes gemas ou em pavês delicados. Como outra opção, podem partir para a ousadia de combinações contrastantes ou para as sutilezas do ton-sur-ton. Entre tantas escolhas, as jóias para 2005 vão refletir a beleza, a elegância, a sofisticação, a ousadia, a fantasia, o encantamento e, sobretudo, a EMOÇÃO que o fascínio de nossas pedras provoca! O branco total ganha na ágata branca uma nova representante, além da pedra da lua, das opalas claras e do quartzo branco. O ônix faz o contraponto, que também encontra boas soluções no quartzo fumé. As ametistas vão do lilás ao delicado rose de france. As tonalidades femininas da rubilita, kunzita e do quartzo rosa, oferecem várias opções românticas à joalheria. Os azuis da safira, da iolita, do topázio azul e da nossa opala nobre, dão o toque profundo e espiritual à uma paleta que também aceita a suavidade da água marinha e da calcedônia. O fundo do mar e seus mistérios revelam os tons da turquesa e do jade (verde e néon). Além das múltiplas tonalidades da turmalina, inclusive a rara turmalina paraíba, existe espaço para o verde intenso da esmeralda. Uma das cores fortes para 2005, o amarelo encontra alternativas cromáticas nos citrinos e no rutilo gold, além das safiras e jade amarelos. Em tonalidades mais fortes e emocionais, a opala do fogo e a ágata laranja criam composições surpreendentes. Passional e sensual, o vermelho intenso do rubi e da granada sofistica ainda mais a beleza das jóias. Pérolas, em todas as tonalidades, têm espaço garantido na joalheria. Diamantes, tanto os brancos quanto o milk, e toda a gama de degradé dos brown, são representantes eternos que falam a fascinante linguagem universal das jóias.

76


T

he trends of Fashion for 2005 are strongly identified with colors. This is an extremely positive sign for the jewelry industry. Given the chromatic wealth of our gemstones, an endless repertoire of tones and combinations can be used in creating jewels, showing just how much freedom of expression can be healthy and productive. Inspired by classical or romantic themes, jewels can experiment with unique colors in large gemstones or delicate pavés. As another option, they can consist of bold contrasting combinations or of subtle ton-sur-ton arrangements. Because there are so many options, in 2005 jewels will reflect the beauty, elegance, sophistication, boldness, fantasy, magic, and particularly the EMOTION which our fascinating gemstones arouse! Full white has a new representative in the white agate, in the moonstone, in clear opals, and in white quartz. Onyx is used as a counterpoint, which also finds good solutions in smoked quartz. Amethysts come in colors ranging from lilac to the delicate rose de france. The feminine tones of rubilite, kunzite, and pink quartz afford various romantic options for jewelry items. The blue tone of sapphire, iolite, blue topaz, and our noble opal add a deep and spiritual touch to a palette which also accepts the softness of aquamarine and chalcedony. The bottom of the sea and its mysteries reveal the tones of turquoise and jade (green and neon). In addition to the multiple tones of tourmaline, including the rare tourmaline from the state of Paraíba, there is room for the intense green of the emerald. As one of the strongest colors for 2005, yellow finds chromatic alternatives in citrines and in gold rutile, as well as in the sapphire and yellow jade. In stronger and more emotional tones, fire opal and orange agate create surprising compositions. Passionate and sensual, the intense red of the ruby and the garnet lends even more sophistication to the beauty of the jewels. Pearls, in all tones, have an assured space in jewelry. Diamonds, both white and milk, and all the range of fading tones of brown diamonds, are eternal representatives which speak the fascinating universal language of the jewels.

77


conclus達o

conclusion


A jóia brasileira e o jeito diferente de ser contemporâneo The Brazilian jewel and being contemporary in a different way A

s jóias que hoje são criadas pela joalheria nacional são ao mesmo tempo brasileiras, mas contêm o mundo. A novidade que o design de jóias oferece ao grande mercado mundial é o seu jeito diferente de ser contemporâneo. As opalas, no Piauí; as ágatas, no Rio Grande do Sul; as hematitas, em Minas Gerais; as turmalinas, na Paraíba; os quartzos; os citrinos e as ametistas, sem falar na raridade e beleza excepcional dos topázios imperiais, são algumas das gemas preciosas que compõem a diversidade dessa nação. O Brasil tem uma natureza exuberante e um design jovem, que não se satisfaz em repetir soluções já experimentadas, que prefere a invenção e não deixa escapar nenhuma possibilidade para criar o novo e trazer para o mundo uma jóia com a sua marca.

80

B

esides being Brazilian, the jewels created by Brazilian jewelers today also contain the world. The innovation offered by the design of jewels to the large global market lies in its different way of being contemporary. Opals in the state of Piauí; agates in the state of Rio Grande do Sul; hematites in the state of Minas Gerais; tourmalines in the state of Paraíba; quartz; citrines and amethysts, not to mention the rareness and exceptional beauty of imperial topaz, are some of the gemstones which make up the diversity of this nation. Brazil has an exuberant nature and a young design which doesn’t restrict itself to repeating previously tried solutions and prefers to invent new features, taking advantage of every possibility to create new aspects and bring unique jewels to the world.


81


O Brasil de hoje tem consciência de que não é somente uma das maiores reservas naturais do mundo e que, com o seu talento criativo, tem contribuído para a renovação cultural do tempo presente. As últimas tendências da moda têm investido na sintonia fina entre as identidades culturais e a dinâmica da produção das novidades. A joalheria brasileira é diversificada, como são as influências culturais que participaram da formação de seu povo, e tem sabido expressar um estilo jovem, mas, sobretudo, sofisticado e contemporâneo. O design de jóias nacional vem conquistando novos compradores nas grandes feiras internacionais e a expectativa é que possa aumentar cada vez mais a sua participação no mercado globalizado. A arquitetura brasileira soube conquistar o seu espaço na modernidade e a Bossa Nova, com sua musicalidade original, ainda surpreende os ouvidos estrangeiros. Mais recentemente, o design brasileiro de jóias tem expressado uma identidade em estado de permanente inovação. As novas coleções que ilustram esse caderno são sínteses estéticas desse jeito de ser.

Brazil today is aware of the fact that it is not only one of the largest natural reserves in the world which has been contributing to the cultural renewal of the present with its creative talent. The most recent trends in fashion are focused on fostering a fine tuning between cultural identities and the dynamics of producing innovations. The Brazilian jewelry is diversified, just like the cultural influences which shaped the Brazilian people, and our jewelers are known for their young style and, particularly, for their sophisticated and contemporary touch. The national design of jewels has been conquering new buyers in large international fairs and its share in the global market is expected to grow more and more. The Brazilian architecture has conquered an assured space in modernity and the Bossa Nova style, with its original musicality, still surprises foreign ears. In recent years, the Brazilian design of jewels has been expressing an identity in permanent innovation. The new collections which illustrate this publication are aesthetic syntheses of this lifestyle.

83


Na contramão da tendência homogeneizadora, essas mercadorias visuais oferecem frescor e estilo diferenciado. Não satisfaz ao design brasileiro ocupar o nicho dos souvenires exóticos. Hoje, a produção brasileira participa do grande repertório da joalheria contemporânea. Faz sentido, afinal é parte da herança cultural deste país saber lidar com adornos. Mais do que um estilo eleito como uma das tendências de moda, por um breve período, esse design vem construindo uma linguagem dinâmica que surpreende as expectativas e atualiza, com novas representações culturais, a identidade brasileira no imaginário global. Coisa de gente que sabe fazer moda e jóia.

84

Running counter to homogenizing trends, these visual goods offer freshness and a differentiated style. The Brazilian design is not satisfied with occupying the niche of exotic souvenirs. Today, the Brazilian production takes part in the large repertoire of the contemporary jewelry. This is something that makes sense, because, after all, knowing how to deal with adornments is part of the cultural heritage of our country. More than a style elected as a fashion trend for a brief period, this design has been building a dynamic language which exceeds all expectations and updates the Brazilian identity in the global imagination through new cultural representations. This is was what people who know how to make news and jewelry do.


85


agradecimentos

thanks

IBGM, SEBRAE e APEX agradecem a colaboração dos industriais, joalheiros e designers que gentilmente cederam material para esta publicação.

IBGM, SEBRAE and APEX thanks the jewelry manufactures and designers for the material given to this publication.

ALVORADA alvora@zaz.com.br

FR HUEB frhueb@frhueb.com.br

MANOEL BERNARDES atacado@mbernardes.com.br

ANDREÉ GUITTCIS andreeguittcis@hotmail.com

GANISH sac@ganish.com.br

MÁRCIA MÓR marciamor@marciamor.com.br

ARRIGONI metalnobre@arrigoni.com.br

GÊNESIS genesis@terra.com.br

MEIRELLES fabrica@meirellesjoias.com.br

ART’G artgrio@terra.com.br

GLÓRIA CORBETTA gloriacorbetta@gloriacorbetta.com.br

MUNDOS mundos@mundos.com.br

ARTIGIANI artigiani@artigiani-joias.com.br

GOLDBACKER goldbacker@goldbacker.com.br

PAULA MOURÃO liviamorao@uol.com.br

ART LEV artleve@artleve.com.br

GOLDESIGN goldesign@bol.com.br

RENIS renis@renis.com.br

BRUNER bruner@bruner.com.br

GUILHERME DUQUE joiasduque@uol.com.br

SEBBEN sebben@sebben.com.br

CESAR CONY ccony@portoweb.com.br

GUINDANI guindani@guindani.com.br

SECULUS seculusjoias@seculus.com.br

CLARTÉ clartej@ig.com.br

ÍCARO icaro@icarojoias.com.br

SEVEN seven@sevenmetais.com.br

COSTANTINI costantini@costantini.com.br

ITA JÓIAS ita@itametais.com.br

SILVÂNIA silvania@silvaniajoias.com.br

CR BRÜNER marketing@crbruner.com.br

IVETE CATTANI icattani@terra.com.br

SILVIA BLUMBERG silviablumberg@uol.com.br

DANIELLE danielle@danielle.com.br

JÓIAS REIS joiasreis@joiasreis.com.br

TUSTARE tustare@domain.com.br

DENOIR denoir@denoir.com.br

KARINA ACHÔA achoaka@uol.com.br

VIANNA JÓIAS info@rvianna.com.br

DOMANNI domanni@domannijoias.com.br

KEY pau.a.pique@urbi.com.br

VANCOX vancox@vancox.com

FIAMMA fiamma@fiammajoias.com.br

LENGLER lenglerjoias@terra.com.br

VANESSA CAVALLI cavalli81@bol.com.br

FORUM ROMANO frsp@forumromano.com.br

LUIZA DINIZ luizamariadiniz@hotmail.com

YANI yanirio@terra.com.br

86


bibliografia

bibliography

ANDRADE, Angela Carvalho de. A Jóia Na Cultura Brasileira. Rio de Janeiro: Departamento de Literatura da Universidade Estácio de Sá, 2002. ARGAN, Giulio Carlo. Arte Moderna. São Paulo, Companhia das Letras, 1992. BARNARD, Malcolm. Moda e comunicação. Rio de Janeiro, Rocco, 2003. BAUDRILLARD, Jean. Da Sedução. Campinas, SP, Papirus, 1991. BENSTOCK, Shari; FERRISS, Suzanne. Por dentro da Moda. Rio de Janeiro, Rocco, 2002. CALDAS, Dario. Observatório de Sinais. Rio de Janeiro, Edit. Senac Rio, 2004. CALVINO, Ítalo. Seis Propostas Para O Próximo Milênio. São Paulo: Companhia das Letras, 1993. CAMPBELL, Colin. A Ética Romântica e o Espírito do Consumismo Moderno. Rio de Janeiro, Rocco, 2001. ELIADE, Mircea. O Sagrado e o Profano. São Paulo, Martins Fontes, 1992. FEATHERSTONE, Mike. Cultura de Consumo e Pós-Modernismo. São Paulo: Studio Nobel, 1995. LÉVY, Pierre. A Conexão Planetária. São Paulo, Editora 34, 2001. LIPOVETSKY, Gilles. O Crepúsculo do Dever. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1994. MAFFESOLI, Michel. O Instante Eterno. O retorno do trágico nas sociedades pós-modernas. São Paulo, Zouk, 2003. MORIN, Edgar. Cultura de Massas no Século XX, Volumes I e II. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2001. READ, Herbert. História da Pintura Moderna. Rio de Janeiro, Zahar Editores, 1980. SOARES, Maria Regina Machado. A Comunicação do Novo Luxo. Rio de Janeiro: Escola de Comunicações, UFRJ, 2004. VILLAS-BOAS, André. Design, Identidade e Cultura. Rio de Janeiro: 2AB Editora, 2002.

87


contatos

contacts

N Ú C L E O S S E TO R I A I S D E D E S I G N | S E C T O R A L D E S I G N C E N T E R

AJESP/SINDIJÓIAS (São Paulo)

Rua Teixeira da Silva, 433 – Paraíso 04002-031 • São Paulo, SP Contato ® Nereida S. Magalhães Tel: (11) 3016-5850 Fax: (11) 3284-0545 biblioteca@ajesp.com.br www.ajesp.com.br

AJOMIG | SINDJOIAS GEMAS/MG (Minas Gerais)

Rua Timbiras, 1210 Bairro de Funcionários 30140-060 • Belo Horizonte, MG Contato ® Carmen Caram / Adair Marques Tel: (31) 3214-3545 Fax: (31) 3214-3530 ajomig@fiemg.com.br www.ajomig.com.br

AJORIO (Rio de Janeiro)

Av. Graça Aranha, 19 Gr 404, 4º andar 20030-002 • Rio de Janeiro, RJ Contato ® Angela Carvalho de Andrade Tel: (21) 2220-8004 Fax: (21) 2510-3944 ajorio@ajorio.com.br www.ajorio.com.br

PROGEMAS (Bahia)

Ladeira do Carmo, 37 – Stº. Antônio - Pelourinho 40030-010 • Salvador, BA Contato ® Paulo Henrique Leitão Lopes Tel: (71) 242-4166 Fax: (71) 241-3561 progemas@uol.com.br

SINDIJÓIAS-RS (Rio Grande do Sul)

Rua Pinheiro Machado, 101–L 99200-000 • Guaporé, RS Contato ® Maria da Graça Letti Tel: (54) 443-3000 / 443-2242 sindijoias-rs@sindijoias-rs.com.br

IBGM | Instituto Brasileiro de Gemas e Metais preciosos

SCN, Centro Empresarial Liberty Mall Torre A, Conjunto 1107 70712-903 • Brasília, DF Contato ® Fernando Souto Tel: (61) 326-3926 Fax: (61) 328-6721 ibgm@ibgm.com.br

SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS

Unidade de Inovação e Acesso à Tecnologia Via Design • Coordenação Nacional Contato ® Paulo Iris Ferreira SEPN Qd 515, Bloco C, Loja 32 70770-900 • Brasília, DF Telefone: (61) 348-7218 pauloiris@sebrae.com.br

v i s i t e o s s i t e s | visit the websites www.ibgm.com.br | www.jewelbrazil.com.br | www.sebrae.com.br 88


89



2005