Page 1

REVISテグ 2011

8

Intensivテ」o Salvador | quinta-feira | 20 DE OUTUBRO de 2011

PROJETO ESPECIAL DE MARKETING


REVISÃO 2011

8

Salvador | quinta-feira

20 de OUTUBRO de 2011

www.ibahia.com/enem2011 PROJETO ESPECIAL DE MARKETING

expediente

Redação de Primeira divulga grande vencedora Os leitores baianos mostraram que querem mesmo se dar bem no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) e aproveitaram o Concurso Cultural Redação de Primeira, promovido pelo jornal Correio, para treinar a capacidade de escrita para os dias de avaliação. Foi difícil selecionar o melhor texto, mas os grandes vencedores foram Lorena Correia de Jesus (1º lugar), Alana Caiusca de Santana dos Santos (2º lugar) e Augusto Lima dos Santos (3º lugar). Lorena, 17, mora em Simões Filho e se prepara para o vestibular e para o ENEM fazendo curso pré-vestibular, acompanhando o Especial ENEM no Correio e no iBahia e estudando muito. Ela depositou a redação nos postos AcheAqui no último dia para entrega e conta que não teve dificuldades para escrever. “Como eu faço cursinho, apliquei as técnicas de redação que aprendi du-

Confira o gabarito:

VENCEDORES 1° - Lorena Correia de Jesus; 2° - Alana Caiusca de Santana dos Santos; 3° - Augusto Lima dos Santos.

2

Marketing

rante as aulas”, explica. Além disso, a jovem contou com um excelente aliado: o hábito de ler e escrever textos e poesias desde pequena. Para a estudante, que pretende cursar a faculdade de Jornalismo, vencer o Concurso Redação de Primeira é um incentivo para continuar persistindo nos seus objetivos e, quem sabe, se tornar uma escritora e, até mesmo, ganhar o Prêmio Nobel de Literatura. “Sei que meus objetivos são muito complexos, mas com persistência eu sei que consigo”, revela, confiante. Por ter conquistado o primeiro lugar, Lorena ganhou um notebook. Alana, que alcançou o segundo lugar, foi premiada com um HD externo com capacidade para 500 GB. Já Augusto, autor da terceira melhor redação, recebeu uma MP4 de 4GB. Os três vencedores também ganharam uma assinatura semestral do jornal Correio.

Analista Responsável Aline Pimentel Projetos Especiais Tel.: (71) 3203-1090 Analista de Comunicação Fernanda Malaquias Tel.: (71) 3203-1870 Comercial Tel.: (71) 3203-1812

Encartado no jornal Correio.

Não pode ser vendido separadamente. Produção

Tel.: (71) 3342.4440/41 metta@mettacomunicacao.com.br Projeto Gráfico João Soares Textos Laís Santos

Para saber se você mandou bem no Intensivão publicado ontem, confira o gabarito na página 8. fique atento! As respostas das questões do Intensivão de hoje, estarão no jornal Correio de amanhã (sexta, 21).


REVISÃO 2011

8

CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS questão 01 Na Idade Moderna, o Absolutismo monárquico foi característico da Europa. Para fortalecer o próprio poder real, os monarcas europeus: A - opuseram-se aos privilégios da burguesia, apoiando os empresários capitalistas em sua luta contra as corporações de artesãos. B - diminuíram o poder da nobreza, que passou a depender economicamente do rei, deste recebendo o governo das províncias e postos de comando no exército. C - favoreceram os ideais econômicos da Igreja, que condenavam a usura e pregavam o “justo preço”, como desejava a burguesia. D - socorreram economicamente a decadente burguesia e defenderam o proletariado em sua luta contra os empresários capitalistas. E - Combateram as ideias de Thomas Hobbes, por considerá-las como um obstáculo a consolidação do Antigo Regime da Era Moderna questão 02 A charge representa a visão da metrópole portuguesa sobre o Brasil, num período caracterizado pelo intervencionismo de Estado e pela acumulação primitiva do capital, por isso as atividades econômicas aplicadas na colônia visavam sempre o enriquecimento da metrópole.

Salvador | quinta-feira

20 de OUTUBRO de 2011

www.ibahia.com/enem2011 PROJETO ESPECIAL DE MARKETING

leiras foi o pau-brasil, comumente utilizado para tingir tecidos. C- A pecuária foi a única atividade econômica, após a expulsão dos holandeses. Além de garantir lucros com a exportação para a Europa, contribuiu para o desbravamento o interior da colônia. D - As expedições interioranas, conhecidas como bandeiras, desbravaram o sertão de Minas, Mato Grosso e Goiás onde foram encontradas as minas de ouro, aumentando consideravelmente a arrecadação real. E - A presença da Igreja católica, representada pelos membros da Companhia de Jesus, contribuiu para o sucesso de Portugal no processo de colonização e exploração. questão 03 I. Trata-se de um enclave de escassa pluviosidade (inferior a 600mm anuais) dentro do domínio tropical, abrangendo quase um milhão de km2. As chuvas são não apenas escassas, mas irregulares, com características de torrencialidade, isto é, grandes quantidades concentradas em pouco tempo, provocando desequilíbrios ambientais. Em virtude de se registrarem aí as médias térmicas mais altas do país (acima de 26ºC), o déficit hídrico é severo e há alguns indícios de desertificação. Essas características climáticas aparecem retratadas no quadro natural pela vegetação xerófita, pelo escoamento hidrográfico intermitente e pelos solos pedregosos como formas agressivas, como, por exemplo, os campos de inselbergs. (ROSS, 2000, p. 105).

II. É a área que apresenta as mais bizarras e rústicas paisagens morfológicas e fitogeográficas do país. Tem havido aumento da pedregosidade do solo e formação de novas “malhadas” estéreis. É uma região de velha ocupação baseada no pastoreiro extensivo e da agricultura de subsistência associada à pecuária. (Ab’SÁBER. 2003, p. 15).

Considerando-se a organização do espaço brasileiro, a opção que sintetiza as afirmações dos textos I e II é a:

(Fonte: NOVAES, Carlos E. LOBO, César. História do Brasil para principiantes. São Paulo: Ática. 2003, p. 15.)

Leia as afirmativas abaixo a respeito das atividades econômicas no período colonial brasileiro e em seguida assinale a alternativa FALSA. A - A atividade açucareira colonial se estruturou no sistema de Plantation: grande propriedade monocultora e escravista. B - A primeira riqueza explorada pelo europeu em terras brasi-

A- Clima tropical de altitude, conjunto de serras e planaltos, solos ricos, paisagens agrárias diferenciadas, industrialização. B - Clima quente úmido, terras baixas, solos orgânicos, entremeados de manchas lateríficas e o extrativismo vegetal como sua atividade tradicional. C - Clima tropical alternadamente seco e úmido, relevo sedimentar, de topo tabular e afloramentos cristalinos, solos arenosos e pobres, expansão da agropecuária. D - Clima semi-árido, marcado por um relevo planáltico onde aparecem áreas deprimidas e inselbergs, solos rasos e pedregosos, criação extensiva e cultura de subsistência. E - Clima subtropical, planaltos, chapadas e depressões, solos férteis (terra roxa), pecuária, policultura e industrialização.

Albert Einstein

3

questão 04 Depois de um período inicialmente conturbado, as antigas repúblicas da ex-União Soviética formaram um bloco denominado Comunidade dos Estados Independentes. Esta nova composição do espaço estratégico ex-soviético tende a: A - dar início a outro período da Guerra Fria, opondo está Comunidade ao Bloco da União Europeia. B - se reagrupar em torno da Rússia, que ainda mantém a liderança econômica e geopolítica sobre a região. C - excluir a Rússia uma vez que este país, mergulhado em crises econômicas, deixou de exercer a tradicional liderança. D - excluir a Rússia, pois com os atuais conflitos étnicos enfrentados pelas antigas repúblicas não é mais possível qualquer associação com aquele país. E - isolar-se do restante da Europa, para preservar a identidade étnica e impedir a penetração de capitais transnacionais nas economias ainda em crise. questão 05 RUÍNAS DO IMPÉRIO:

“Transição” ao capitalismo na verdade é uma “grande depressão”.

(“Folha de S. Paulo” 19/09/99.)

Um estudo realizado pela ONU mostra o declínio da ex-URSS. Dentre as razões para esta situação podemos citar o(a): I. desmantelamento do aparato estatal que propiciou o aumento da contravenção e da economia informal; II. colapso do sistema de saúde e de educação que levou ao empobrecimento da população. III. liberalização imediata e indiscriminada dos preços que gerou uma economia hiperinflacionária. É (São) verdadeira(s) a(s) afirmativa(s): A - I, apenas. B - I e II, apenas. C - I e III, apenas. D - II e III, apenas. E - I, II e III. questão 06 Com o fim da Guerra Fria, os países que integravam o bloco socialista europeu voltaram-se à economia de mercado. Nessa transição econômica, a Federação Russa tem: A- produzido o suficiente para atender às necessidades da população, graças à elevação do nível dos preços, antes determinados pelo Estado Soviético. B - controlado com eficiência a inflação dos preços dos gêneros


REVISÃO 2011

8

de primeira necessidade, mantendo um dos ideais básicos do socialismo: o bem-estar de toda a sociedade. C - passado por privações, considerando-se que as novas regras de mercado significam a continuidade do apoio político aos países que antes constituíam o bloco, incluindo a ajuda financeira. D - ampliado os privilégios da classe burocrata que, em troca, cuida da planificação necessária para o atendimento satisfatório das necessidades alimentares do povo soviético. E - enfrentando uma forte competição entre as próprias ex-repúblicas, uma vez que o fim da planificação extinguiu mecanismos que integravam o conjunto da economia soviética. questão 07 A figura abaixo é uma representação esquemática da geopolítica atual (1991-2009), segundo o autor Philip S. Golub.

da assimetria projetou- se mais fortemente entre os países mais desenvolvidos e aqueles em desenvolvimento. BARROS, F. A. F. Concentração técnico-científica: uma tendência em expansão no mundo contemporâneo? Campinas: Inovação Uniemp, v. 3, nº 1, jan./fev. 2007 (adaptado).

Diante das transformações ocorridas, é reconhecido que: A - a inovação tecnológica tem alcançado a cidade e o campo, incorporando a agricultura, a indústria e os serviços, com maior destaque nos países desenvolvidos. B - os fluxos de informações, capitais, mercadorias e pessoas têm desacelerado, obedecendo ao novo modelo fundamentado em capacidade tecnológica. C - as novas tecnologias se difundem com equidade no espaço geográfico e entre as populações que as incorporam em seu dia. D - os tecnopolos, em tempos de globalização, ocupam os antigos centros de industrialização, concentrados em alguns países emergentes. E - o crescimento econômico dos países em desenvolvimento, decorrente da dispersão da produção do conhecimento na esfera global, equipara-se ao dos países desenvolvidos.

CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS questão 09 Um exemplo de capacitor é o flash da máquina fotográfica. Este elemento armazena energia elétrica e, quando acionado, libera esta energia em um tempo muito curto, resultando em um

Considerando seus conhecimentos sobre a atual geopolítica mundial, identifique a opção que contém um título adequado para a figura bem como informações que completam, corretamente, os itens 1, 2 e 3 da legenda. Título

Legenda

A

Hegemonia contestada da tríade: emergência de um Mundo Policêntrico.

B

Mundo Unipolar: planeta sob o controle econômico dos EUA.

C

Membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU e Mundo Tripolar.

1. Resistência à influência europeia. 2. Países membros da OTAN. 3. Potências militares regionais sob a liderança de Brasil e Índia.

D

Hegemonia contestada da tríade: emergência de um Mundo Policêntrico.

1. Resistência à hegemonia norte-americana. 2. Países da tríade. 3. Ascensão de poderes regionais e diminuição do poder norte-americano.

Membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU e Mundo Tripolar.

1. Resistência ao uso de armas nucleares. 2. Países signatários de tratados de livre-comércio. 3. Países do hemisfério sul sob tutela dos EUA.

E

1. Resistência à influência europeia. 2. Países membros da OTAN. 3. Potências militares regionais sob a liderança de Brasil e Índia. 1. Resistência ao uso de armas nucleares. 2. Países signatários de tratados de livre-comércio. 3. Países do hemisfério sul sob tutela dos EUA.

questão 08 Entre as promessas contidas na ideologia do processo de globalização da economia estava a dispersão da produção do conhecimento na esfera global, expectativa que não vem se concretizando. Nesse cenário, os tecnopolos aparecem como um centro de pesquisa e desenvolvimento de alta tecnologia que conta com mão de obra altamente qualificada. Os impactos desse processo na inserção dos países na economia global deram-se de forma hierarquizada e assimétrica. Mesmo no grupo em que se engendrou a reestruturação produtiva, houve difusão desigual da mudança de paradigma tecnológico e organizacional. O peso

Salvador | quinta-feira

20 de OUTUBRO de 2011

4

www.ibahia.com/enem2011 PROJETO ESPECIAL DE MARKETING

excesso de luz no ambiente. Um capacitor plano de placas paralelas muito longas é alimentado por uma bateria de fem de 1,5 volts. Considerando que as placas estão distantes 3 centímetros, obtenha a intensidade do campo elétrico entre as placas. A - 0,5V/m B - 5,0V/m C - 50V/m D - 500V/m E - 2V/m questão 10 Devido à sua composição química –a membrana é formada por lipídios e proteínas– ela é permeável a muitas substâncias de natureza semelhante. Alguns íons também entram e saem da membrana com facilidade, devido ao seu tamanho. ... No entanto, certas moléculas grandes precisam de uma ajudinha extra para entrar na célula. (Solange Soares de Camargo, in Biologia,

Ensino Médio. 1.ª série, volume 1, SEE/SP, 2009.)

No texto, e na ordem em que aparecem, a autora se refere: A - ao modelo mosaico-fluído da membrana plasmática, à difusão e as endocitoses. B - ao modelo mosaico-fluído da membrana plasmática, à osmose e ao transporte passivo. C - à permeabilidade seletiva da membrana plasmática, ao transporte ativo e ao transporte passivo. D - aos poros da membrana plasmática, à osmose e à difusão facilitada. E - aos poros da membrana plasmática, à difusão e à permeabilidade seletiva da membrana.


REVISÃO 2011

8

questão 11 A Holanda é conhecida como o país dos moinhos de vento, das tulipas, dos sapatinhos de madeira. Mas quem tem a oportunidade de conhecer a Holanda, descobre que é também o país das bicicletas. Em nenhum outro lugar do planeta esse meio de transporte é tão popular. Para se ter uma ideia, em Amsterdam o estacionamento de bicicletas da Estação Central comporta 8 mil delas! Realmente a bicicleta é um meio de locomoção muito vantajoso. Além de ser econômico, se comparado a carros ou motocicletas (uma nova custa entre 200 e 400 euros e uma usada de 50 a 150 euros), não necessita de gastos com combustível, não é poluente, não congestiona a cidade e não acarreta problemas para estacionar. A fim de transitar à noite com maior segurança, um cidadão de Amsterdam, colocou em sua bicicleta um dínamo que alimenta uma lâmpada de 12 V. Num dínamo de bicicleta, a parte fixa (estator) é constituída de bobinas (espiras), onde é gerada a corrente elétrica, e de uma parte móvel (rotor), onde existe um ímã permanente, que gira devido ao contato do eixo do rotor com o pneu da bicicleta. Figura I – parte dianteira da bicicleta

figura II – representação esquemática, em dado instante, do dínamo visto por dentro

Salvador | quinta-feira

20 de OUTUBRO de 2011

www.ibahia.com/enem2011 PROJETO ESPECIAL DE MARKETING

questão 13 (PAS/USP 2009) Substâncias podem ser identificadas com base em propriedades químicas, conforme mostra a tabela abaixo. Um aluno tem à disposição quatro frascos rotulados (A, B, C e D) e cada um deles contém um dos seguintes sólidos brancos: açúcar, cloreto de sódio, dióxido de silício e bicarbonato de sódio, não necessariamente nesta ordem. Não há dois frascos com a mesma substância. Após realizar alguns experimentos, o aluno fez as seguintes anotações: • Após a dissolução do sólido contido no frasco A em água, obteve-se solução que conduziu corrente elétrica. • O sólido contido no frasco B foi solúvel em água, e não reagiu com HCl. • A adição do sólido contido no frasco C em solução de HCl produziu reação química. • O sólido contido no frasco D não foi solubilizado em água.

Substância

Solubilidade em água

Condutividade elétrica da solução obtida pela dissolução do sólido em água

Reação com HCl (aq)

Açúcar

Sim

Não

Não

Cloreto de sódio

Sim

Sim

Não

Dióxido de silício

Não

*

Não

Bicarbonato de sódio

Sim

Sim

Sim

* Condutividade elétrica não avaliada, pois o sólido não se dissolve em água.

Face à descrição acima e com o auxílio de conhecimentos de Física, pode-se afirmar: A - A energia por unidade de tempo emitida pela lâmpada mostrada na figura I não depende da velocidade da bicicleta. B - No instante representado na figura II, o sentido correto da corrente elétrica induzida é do ponto Q para o ponto P. C - A conversão de energia mecânica em energia elétrica ocorre devido à variação temporal do fluxo magnético nas espiras (figura II). D - A velocidade angular do rotor (figura II) tem que ser igual à velocidade angular do pneu da bicicleta (figura I), para a lâmpada funcionar. E - Não há variação do fluxo magnético nas espiras. questão 12 (UEL 2005) Um teste para avaliar o teor de álcool mais gasolina para carros consiste nas seguintes etapas:

A - cloreto de sódio, bicarbonato de sódio, açúcar e dióxido de silício. B - cloreto de sódio, bicarbonato de sódio, dióxido de silício e açúcar. C - açúcar, cloreto de sódio, bicarbonato de sódio e dióxido de silício. D - bicarbonato de sódio, cloreto de sódio, dióxido de silício e açúcar. E - cloreto de sódio, açúcar, bicarbonato de sódio e dióxido de silício. questão 14 No ano de 2010, o Brasil realizou uma grande campanha de vacinação contra o vírus Influenza H1N1. A figura abaixo mostra como, possivelmente, este vírus se tornou tão perigoso e nos leva a concluir que:

B - 26% E - 63%

C - 37%

questão 15 Milhares de anos após o último mamute lanoso caminhar sobre a tundra, os cientistas conseguiram sequenciar 50% do genoma desse animal extinto, recuperando boa parte do seu material genético. Sobre o DNA, é possível afirmar: I. Na molécula do DNA, são encontradas as quatro bases nitrogenadas: adenina, guanina, citosina e timina. II. A ligação entre as bases complementares da dupla fita do DNA é feita através de pontes de hidrogênio. III. Se, no filamento de DNA, houver a sequência TTTCCATGT, haverá, no seu filamento complementar, a sequência AAAGGUACA. Está(ão) correta(s): A - apenas I. B - apenas I e II. C - apenas II. D - apenas I e III. E - apenas II e III.

LINGUAGENS E CÓDIGOS E SUAS TECNOLOGIAS questão 16

A - os vírus Influenza Suíno e o vírus humano Influenza H1N1 são, na verdade, o mesmo vírus causador da gripe pandêmica. B - de maneira geral, as vacinas somente atenuam os sintomas das doenças virais; haja vista que muitas necessitam de novas dosagens ou vacinações anuais. C - mutações simultâneas e vantajosas devem ter ocorrido, de forma independente nos vírus humanos e animais, para que

El español envilecido* ¿Seremos entregados a los bárbaros fieros?* ¿Tantos millones de hombres hablaremos inglés? ¿Ya no hay nobles hidalgos ni bravos caballeros? ¿Callaremos ahora para llorar después? Rubén Darío (El Cisne)

* Envilecido = desprezível / Fieros = ferozes Rubén Darío foi um poeta Nicaraguense aclamado como um dos maiores poetas da língua espanhola. Morreu em 1916. A charge apresentada ao lado do poema retrata com humor uma situação de uso de um termo da informática na linguagem cotidiana. O poema e a caricatura têm em comum: A - Uma crítica ao uso do inglês na informática e não o espanhol. B - Uma critica à invasão de termos técnicos da informática do inglês no uso do idioma espanhol. C - O fato de tratarem a questão do idioma de maneira irônica. D - Elementos que mostram uma preocupação com a invasão do idioma inglês no idioma espanhol. E- A tentativa de sensibilizar o governo em relação à questão do mau uso do idioma. questão 17

Uma mistura, submetida a esse teste, está representada a seguir.

A - 13% D - 50%

ocorresse uma pandemia. D - mutações nos genes que codificam as proteínas virais dificultam o reconhecimento dos anticorpos, facilitando as estratégias de infecção. E - para ocorrer recombinação genética entre os diferentes tipos virais, estes devem infectar diferentes tipos celulares no mesmo organismo.

Pode-se concluir que nos frascos A, B, C e D encontram-se, respectivamente,

Etapa I: em uma proveta de 100 cm3, são colocados 50 cm3 de gasolina. Etapa II: adiciona-se uma solução aquosa de NaCl 10%(m/v) até completar 100cm3. Etapa III: agita-se fortemente a mistura e a deixa em repouso por 15 minutos.

É correto afirmar que, após a realização do teste, a porcentagem (v/v) de álcool presente nessa amostra é:

5

POÉTICA Estou farto do lirismo comedido Do lirismo bem comportado Do lirismo funcionário público com livro de ponto expediente protocolo e manifestações de apreço ao Sr. direitor. Estou farto do lirismo que para e vai averiguar no dicionário o cunho vernáculo de um vocábulo. Abaixo os puristas Todas as palavras sobretudo os barbarismos universais Todas as construções sobretudo as sintaxes de exceção Todos os ritmos sobretudo os inumeráveis Estou farto do lirismo namorador Político Raquítico Sifilítico De todo lirismo que capitula ao que quer que seja fora de si mesmo De resto não é lirismo Será contabilidade tabela de co-senos secretário do amante exemplar com cem modelos de cartas e as diferentes


REVISÃO 2011

maneiras de agradar às mulheres, etc Quero antes o lirismo dos loucos O lirismo dos bêbedos O lirismo difícil e pungente dos bêbedos O lirismo dos clowns de Shakespeare — Não quero mais saber do lirismo que não é libertação Manuel Bandeira

“Estou farto” repetido três vezes revela o cansaço do poeta diante: A - da enorme quantidade de direções da nova poesia. B - de dificuldades pessoais com as regras poéticas. C - da rigidez das regras poéticas que destroem o ato lírico. D - do conjunto de princípios que interferem na vida. E - do trabalho inútil realizado pela poesia.

O Quereres

Composição: Caetano Veloso Onde queres revólver, sou coqueiro E onde queres dinheiro, sou paixão Onde queres descanso, sou desejo E onde sou só desejo, queres não E onde não queres nada, nada falta E onde voas bem alto, eu sou o chão E onde pisas o chão, minha alma salta E ganha liberdade na amplidão Onde queres família, sou maluco E onde queres romântico, burguês Onde queres Leblon, sou Pernambuco E onde queres eunuco, garanhão Onde queres o sim e o não, talvez E onde vês, eu não vislumbro razão Onde o queres o lobo, eu sou o irmão E onde queres cowboy, eu sou chinês Ah! Bruta flor do querer Ah! Bruta flor, bruta flor Onde queres o ato, eu sou o espírito E onde queres ternura, eu sou tesão Onde queres o livre, decassílabo E onde buscas o anjo, sou mulher Onde queres prazer, sou o que dói E onde queres tortura, mansidão Onde queres um lar, revolução E onde queres bandido, sou herói Eu queria querer-te amar o amor Construir-nos dulcíssima prisão Encontrar a mais justa adequação Tudo métrica e rima e nunca dor Mas a vida é real e é de viés E vê só que cilada o amor me armou Eu te quero (e não queres) como sou Não te quero (e não queres) como és Ah! Bruta flor do querer Ah! Bruta flor, bruta flor Onde queres comício, flipper-vídeo E onde queres romance, rock’n roll Onde queres a lua, eu sou o sol E onde a pura natura, o inseticídio Onde queres mistério, eu sou a luz E onde queres um canto, o mundo inteiro Onde queres quaresma, fevereiro E onde queres coqueiro, eu sou obus O quereres e o estares sempre a fim Do que em ti é em mim tão desigual Faz-me querer-te bem, querer-te mal Bem a ti, mal ao quereres assim Infinitivamente impessoal E eu querendo querer-te sem ter fim E, querendo-te, aprender o total Do querer que há, e do que não há em mim

8 questão 18 Quanto ao texto de Caetano, apenas não é possível afirmar A - Pares como Leblon / Pernambuco ou eunuco / garanhão sucedem-se, reiterando a falta de sintonia entre os amantes. B - O texto está repleto de antíteses não óbvias, cuja significação é apreensível pelo contexto como construção metafórica do desencontro amoroso. C - Na última estrofe, percebe-se a resolução da dualidade antitética presente na maior parte do texto. D - A seleção lexical na composição do texto, de certa forma, reitera o que já é constante no cancioneiro popular. Ao enfocar a temática amorosa, privilegia o infortúnio como tônica do amor-paixão. E - Na reprodução da imagem do amor-paixão como forma de obtenção da completude, ideia constante do imaginário ocidental, as antíteses traduzem a dificuldade de realização de tal desejo.

Para responder às questões 19 e 20 leia a estrofe destacada: Eu queria querer-te amar o amor Construir-nos dulcíssima prisão Encontrar a mais justa adequação Tudo métrica e rima e nunca dor Mas a vida é real e é de viés E vê só que cilada o amor me armou Eu te quero (e não queres) como sou Não te quero (e não queres) como és Quanto à estrofe destacada apenas não se pode afirmar: questão 19 A - A antítese cede lugar ao paradoxo, na construção “dulcíssima prisão”, representando assim a visão mítica da unidade perfeita. B - O sujeito lírico cria uma idealidade que é frustrada nos versos finais da estrofe. C - A aliteração presente em “o amor me armou” realça a ação enviesada do amor. D - O conectivo “mas” assume um valor de conformidade no contexto da canção, quebrando o seu sentido denotativo. E - “prisão” funciona como substantivo, núcleo do complemento verbal. questão 20 Em qual opção a função e a justificativa estão corretas, quanto a estrofe destacada: A - Emotiva – pois impera a expressão do sentimento do sujeito do discurso diante do sentimento amoroso. B - Conativa – pois o sujeito lírico procura convencer a amada a aceitar sua entrega. C - Metalinguística – pois discute a construção da música amorosa brasileira. D - Fática- pois há uma constante reiteração da tentativa de abertura do canal da comunicação. E - Poética – pois há predominância de uma linguagem denotativa, referencial. Vou-me Embora pra Pasárgada Manuel Bandeira Vou-me embora pra Pasárgada Lá sou amigo do rei Lá tenho a mulher que eu quero Na cama que escolherei Vou-me embora pra Pasárgada Vou-me embora pra Pasárgada Aqui eu não sou feliz Lá a existência é uma aventura De tal modo inconsequente Que Joana a Louca de Espanha Rainha e falsa demente Vem a ser contraparente Da nora que nunca tive E como farei ginástica Andarei de bicicleta

Salvador | quinta-feira

20 de OUTUBRO de 2011

6

www.ibahia.com/enem2011 PROJETO ESPECIAL DE MARKETING

Montarei em burro brabo Subirei no pau-de-sebo Tomarei banhos de mar! E quando estiver cansado Deito na beira do rio Mando chamar a mãe-d’água Pra me contar as histórias Que no tempo de eu menino Rosa vinha me contar Vou-me embora pra Pasárgada Em Pasárgada tem tudo É outra civilização Tem um processo seguro De impedir a concepção Tem telefone automático Tem alcalóide à vontade Tem prostitutas bonitas Para a gente namorar E quando eu estiver mais triste Mas triste de não ter jeito Quando de noite me der Vontade de me matar – Lá sou amigo do rei – Terei a mulher que eu quero Na cama que escolherei Vou-me embora pra Pasárgada. Texto extraído do livro “Bandeira a Vida Inteira”, Editora Alumbramento – Rio de Janeiro, 1986, pág. 90 questão 21 Apenas não está correto: A - O poema de Bandeira apresenta um traço narrativo de distanciamento épico, evidenciado pelo verbo no futuro “vou-me embora”. B - No verso “lá sou amigo do rei” o verbo no presente marca a recordação lírica. C - Da dualidade espacial marcada pelos modificadores “aqui”, “lá” infere-se a presença da força da realidade e do desejo. D - Há, no poema, uma representação do espaço constituído na palavra poética, criadora de instâncias ficcionais. E - O sujeito do discurso insere-se de forma distanciada em todo texto, instaurando uma separação nítida entre o eu que conta e o eu contado. questão 22 Com relação ao termo grifado pode-se afirmar: A - E quando estiver cansado – indica consequência. B - De tal modo inconsequente – possui valor semântico de condição. C - E quando estiver cansado – no contexto imprime ideia de conclusão. D - Que no tempo de eu menino – restringe o termo anterior. E - Para a gente namorar – indica concessão. questão 23 Possui função subjetiva: A - O inventário é um meio de identificação, documentação, reconhecimento e valorização. B - No Brasil de hoje são faladas cerca de 210 línguas. C - Segundo estimativas existentes, os grupos indígenas falam cerca de 180 línguas. D - Além disso, usam-se, pelo menos, duas línguas de sinais de comunidades surdas. E - Há também uma ampla riqueza de usos. Questão 24 O feitiço do corpo ideal Insatisfação com a auto-imagem e luta contra a gordura se transformam em obsessão Karina Pastore e Laura Capriglione Todo dia ela faz tudo sempre igual. Defronte do espelho, enquanto se veste para ir ao trabalho, avalia milimetricamente a curvatura da barriga, confere a linha dos culotes, compara o volume das pernas diante das formas de gazela da modelo da


REVISÃO 2011

capa da revista. Checa a densidade de seios e nádegas e conta o número de buraquinhos da celulite. O exame é meticuloso e o resultado, sempre condenatório: “Preciso emagrecer”.

8 no federal com os juros da dívida pública. Pela análise do gráfico, pode-se afirmar que:

www.ibahia.com/enem2011 PROJETO ESPECIAL DE MARKETING

passar da rua 2 para a rua 3, das 8h às 10h de um mesmo dia, é:

questão 27 O IBGE constatou que, em janeiro de 2009, uma determinada cidade A, no interior da Bahia, tem uma população de P habitantes, e que esta cresce a uma taxa aproximada de 2% ao ano. Em janeiro de 2012 esta cidade deverá ter uma população aproximada de: A - Em 1998, o gasto foi de R$102,2 bilhões. B - O menor gasto foi em 1996. C - Em 1997, houve redução de 20% nos gastos, em relação a 1996. D - A média dos gastos nos anos de 1999 e 2000 foi de R$79,8 bilhões. E - Os gastos decresceram de 1997 a 1999. QUESTÃO 26 O fluxo de veículos que circulam pelas ruas de mão dupla 1, 2 e 3 é controlado por um semáforo, de tal modo que, cada vez que sinaliza a passagem de veículos, é possível que passem até 12 carros, por minuto, de uma rua para outra. Na matriz S=

MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS QUESTÃO 25 O gráfico abaixo, publicado na “Folha de S. Paulo” de 16.08.2001, mostra os gastos (em bilhões de reais) do gover-

7

A - 432. B - 576. C - 900. D - 1.080. E - 1.100

Muitas pessoas confundem saúde com estética. A definição coerente de saúde incluindo diferentes implicações legais, sociais e econômicas seria: A - Saúde é um perfeito bem-estar biopsicossocial. Um estado de completo bem-estar físico, mental e social, e não apenas a ausência de doenças. B - O conceito de Saúde é claramente exemplificado pelos atletas, que exibem corpo, habilidades psicomotoras e atribuições sociais respaldadas por preparadores físicos, nutricionistas e psicólogos. C - O ideal de saúde é incompatível com a situação de sobrepeso ou obesidade, embora não possa ser definido apenas com o perfil de magreza, independentemente de exames laboratoriais. D - O conceito de saúde sofre uma grande variação nas diferentes culturas e através dos tempos, sendo, portanto um conceito principalmente empírico, devendo cada indivíduo optar pelo que mais lhe convém. E - O ideal de saúde perfeita é prejudicial e falso. A ausência de patologias e seus sintomas, aliada a capacidade de atuar nas diversas esferas sociais, conferem ao indivíduo o status de pessoa saudável.

Salvador | quinta-feira

20 de OUTUBRO de 2011

cada termo SIJ indica o tempo, em segundos, que o semáforo fica aberto, num período de 2 minutos, para que haja o fluxo da rua i para a rua j. Então, o número máximo de automóveis que podem

A- B

.

C-

.

DE-

questão 28 Para o cálculo da inflação, utiliza-se, entre outros, o índice nacional de preços ao consumidor amplo (IPCA), que toma como base os gastos das famílias residentes nas áreas urbanas, com rendimentos mensais compreendidos entre um e quarenta salários mínimos. O gráfico a seguir mostra as variações do IPCA de quatro capitais brasileiras no mês de maio de 2008.


REVISÃO 2011

8

Salvador | quinta-feira

20 de OUTUBRO de 2011

www.ibahia.com/enem2011 PROJETO ESPECIAL DE MARKETING

questão 29 Diante de um sanduíche e de uma porção de batatas fritas, um garoto, muito interessado na quantidade de calorias que pode ingerir em cada refeição, analisa os dados de que dispõe. Ele sabe que a porção de batatas tem 200g, o que equivale a 560 calorias, e que o sanduíche tem 250g e 500 calorias. Como ele deseja comer um pouco do sanduíche e um pouco das batatas, ele se vê diante da questão: “Quantos gramas de sanduíche e quantos gramas de batata eu posso comer para ingerir apenas as 462 calorias permitidas para esta refeição?

Com base no gráfico, qual item foi determinante para a inflação de maio de 2008? A - Alimentação e bebidas. C - Habitação. E - Transportes.

B - Artigos de residência. D - Vestuário.

Gabarito ENEM 7

1 - E 16 - C

2 - D 17 - C

Considerando que x e y representam, respectivamente, em gramas, as quantidades do sanduíche e das batatas que o garoto pode ingerir, assinale a alternativa correspondente à expressão algébrica que relaciona corretamente essas quantidades. A - 2x + 2,8y = 462. B - 2,8x + 2y = 462. C - 1,8x + 2,3y = 1.060. D - 0,5x + 0,4y = 462. E - 0,4x + 0,5y = 462.

3 - D 18 - D

4 - B 19 - B

8

questão 30 Um restaurante tem mesas retangulares de diferentes tamanhos, para acomodar um número diferente de clientes. A figura abaixo mostra os três menores tipos de mesa e o número de clientes acomodados em cada um deles.

Seguindo o mesmo padrão apresentado na sequência de figuras acima, o número de clientes que podem ser acomodados em uma mesa de tipo 6 é: A - 12. D - 18.

5 - A 20 - A

6 - D 21 - A

7 - E 22 - A

8 - D 23 - A

9 - A 24 - D

10 - A 25 - E

B - 14. E - 20.

11 - C 26 - C

12 - A 27 - A

C - 16.

13 - A 28 - A

14 - B 29 - C

15 - E 30 - E

PROFESSORES DO COLÉGIO VILLA LOBOS QUE elaboraram AS QUESTÕES da revisão enem INTENSIVÃO 2011.

Dora Flores história do brasil

Dudu Vieira Inglês

Evert Reis literatura

Gilton do Carmo atualidades

Márcio Queiroz matemática

Marcus Eloi química

Midian Garcia Gramática

Ricardo Abud Ricardo Dantas física educação física

Ricardo Garrido HISTÓRIA

Rodolfo Badilla Espanhol

Thomaz Nova Yomar Seixas biologia geografia

ENEM 2011- Caderno 8 - Intensivão  

Assuntos: CADERNO 8 - intensivão com 30 questões

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you