Page 1

REVISテグ 2012

8

anos

Salvador | quinta-feira

11 de outubro de 2012 PROJETO ESPECIAL DE MARKETING

intensivテ」o


intensivão

Salvador | quinta-feira

11 de outubro de 2012 PROJETO ESPECIAL DE MARKETING

www.ibahia.com/enem

REVISÃO 2012

2

Teste seus conhecimentos. Toda semana, questões sobre temas do caderno. E mais! Um simulado com 100 questões.

Boa redação exige leitura e raciocínio A redação no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é uma das provas que costumam deixar os candidatos mais apreensivos. Escrever sob a pressão de uma grande avaliação, como o Enem, sabendo que a nota obtida pode decidir o seu futuro, torna o desafio de escrever um bom texto ainda mais difícil. A redação no Enem representa 50% da nota geral do candidato. Por isso, se dar bem nessa etapa pode ser o diferencial para conseguir ou não uma nota satisfatória. Segundo o professor de Redação Gustavo Brivio, no Enem e em outros processos seletivos, a redação se define como uma disciplina decisiva para o sucesso do candidato. “Conseguir uma boa pontuação na prova de redação diferencia o estudante preparado dos demais, uma vez que escrever com correção, notoriamente, é uma competência pouco desenvolvida pelas escolas e, consequentemen-

8

te, pelos alunos brasileiros”, explica. O professor ainda pontua que, o candidato que conseguir um bom desempenho na proposta de redação sairá na frente dos demais, com grandes chances de entrar na instituição de ensino superior escolhida. O tipo de texto cobrado no Exame será o dissertativo-argumentativo e deve ser escrito em prosa. Nele, o estudante deve defender uma opinião a respeito do tema proposto, argumentando de maneira consistente, além de apresentar uma proposta de intervenção social que respeite os direitos humanos. Segundo o professor Brivio, para fazer uma boa redação o candidato deve estruturar frases e parágrafos de acordo com a norma padrão da língua portuguesa escrita e estar atento ao tema proposto, para que o texto produzido não fuja ao tema. O professor também ressalta que é proibido usar


REVISÃO 2012

8

intensivão

Teste seus conhecimentos. Toda semana, questões sobre temas do caderno. E mais! Um simulado com 100 questões.

Salvador | quinta-feira

11 de outubro de 2012 PROJETO ESPECIAL DE MARKETING

3

www.ibahia.com/enem

saiba mais: Primavera Árabe

gírias e expressões que não sejam adequadas ao contexto de produção textual. “Obviamente, para que o candidato consiga levar a termo essas orientações, os estudos em língua portuguesa são necessários, além de conhecimentos amplos em relação às disciplinas que tratam das problemáticas de ordem social”, pontua. Preparação Para garantir um bom resultado, preparação é fundamental. Com o momento da redação se aproximando, é importante ler e escrever bastante. Consultar os temas propostos nas edições anteriores do Exame, fazer os textos, pedir ajuda a professores e tentar aprimorar as técnicas

são outras atitudes essenciais para evitar erros. “O candidato não deve negligenciar os estudos dos fatos linguísticos, assim como precisa se manter em constante processo de leitura. Seria bom intercalar a leitura de bons textos com a produção discursiva. Dessa maneira, é absolutamente viável atingir uma excelente nota na redação do Enem”, explica Brivio. O tema da redação só será revelado no momento da prova. Mas, durante a preparação, o candidato deve ficar atento às questões sociais que estão em discussão na atualidade. Para o professor Brivio, o candidato que tiver bases sólidas nas Ciências Humanas e em Literatura estará apto a discorrer sobre qualquer proposta apresentada pelo Exame. “Há uma nítida mudança

Analista de Marketing Joyce Lins Tel.: (71) 3203-1143

de paradigma na elaboração da prova de redação. Atualmente, o Enem e as grandes universidades brasileiras apresentam textos de apoio em suas provas. Nesse sentido, oferecem as informações básicas a partir das quais os candidatos podem se orientar. Independentemente do tema, essas informações dialogam com o nível de conhecimento que um bom aluno do ensino médio desenvolveu através do estudo das humanidades”, aponta. “Se fosse para apostar num tema, indicaria aos candidatos que se preocupassem em entender, mais de perto, os diversos elementos envolvidos no que se convencionou chamar de ‘primavera árabe’”, conclui.

Primavera Árabe é o nome dado a uma série de protestos iniciados em 2011 contra governos do mundo árabe. A revolta da população foi causada pelo agravamento da crise econômica dos países, pelas elevadas taxas de desemprego e alto custo dos alimentos. Protestos se espalharam pela Tunísia, levando o presidente Zine el-Abdine Ben Ali, que estava no poder desde novembro de 1987, a fugir para a Arábia Saudita. Logo depois, os egípcios foram às ruas, e o presidente Hosni Mubarak, que estava no poder havia 30 anos, renunciou. A Líbia demorou bem mais até derrubar o coronel Muamar Kadafi, o ditador que estava havia mais tempo no poder na região: 42 anos. O país se envolveu em uma violenta guerra civil, com rebeldes avançando lentamente sobre as cidades ainda dominadas pelo regime. Trípoli, a capital, caiu em agosto. Dois meses depois, o ditador seria capturado e morto em um buraco de esgoto. O último ditador a cair foi Ali Abdullah Saleh, presidente do Iêmen. Meses depois de ficar gravemente ferido em um atentado contra a mesquita do palácio presidencial, Saleh assinou um acordo para deixar o poder. Com informações de O Estado de São Paulo

A estudante Caroline Rafaela de Oliveira Pinto, 18 anos, foi a grande vencedora do concurso Redação de Primeira! Ela ganhou um notebook e uma assinatura semestral do jornal Correio. Parabéns!

Departamento Comercial Tel.: (71) 3203-1812

Encartado no jornal Correio. Não pode ser vendido separadamente.

Coordenação Editorial Laís Santos Tel.: (71) 3342.4440/41 metta@mettacomunicacao.com.br

Projeto Gráfico João Soares


Salvador | quinta-feira

11 de outubro de 2012 PROJETO ESPECIAL DE MARKETING

www.ibahia.com/enem

intensivão

Teste seus conhecimentos. Toda semana, questões sobre temas do caderno. E mais! Um simulado com 100 questões.

CIÊNCIAS HUMANAS

QUESTÃO 7 Embora o Brasil seja signatário de convenções e tratados internacionais contra a tortura e tenha incorporado em seu ordenamento jurídico uma lei tipificando o crime, ele continua a ocorrer em larga escala. Mesmo que a lei que tipifica a tortura esteja vigente desde 1997, até o ano 2000 não se conhece nenhum caso de condenação de torturadores julgado em última instância, embora tenham sido registrados nesse período centenas de casos, além de numerosos outros presumíveis, mas não registrados.

QUESTÃO 1 Em 1872, Robert Angus Smith criou o termo “chuva ácida”, descrevendo precipitações ácidas em Manchester após a Revolução Industrial. Trata-se do acúmulo demasiado de dióxido de carbono e enxofre na atmosfera que, ao reagirem com compostos dessa camada, formam gotículas de chuva ácida e partículas de aerossóis. A chuva ácida não necessariamente ocorre no local poluidor, pois tais poluentes, ao serem lançados na atmosfera, são levados pelos ventos, podendo provocar a reação em regiões distantes. A água de forma pura apresenta pH 7, e, ao contatar agentes poluidores, reage modificando seu pH para 5,6 e até menos que isso, o que provoca reações, deixando consequências. Disponível em: http://www.brasilescola.com. Acesso em: 18 maio 2010 (adaptado).

O texto aponta para um fenômeno atmosférico causador de graves problemas ao meio ambiente: a chuva ácida (pluviosidade com pH baixo). Esse fenômeno tem como consequência: (A) A corrosão de metais, pinturas, monumentos históricos, destruição da cobertura vegetal e acidificação dos lagos. (B) A diminuição do aquecimento global, já que esse tipo de chuva retira poluentes da atmosfera. (C) A destruição da fauna e da flora, e redução dos recursos hídricos, com o assoreamento dos rios. (D) As enchentes, que atrapalham a vida do cidadão urbano, corroendo, em curto prazo, automóveis e fios de cobre da rede elétrica. (E) A degradação da terra nas regiões semiáridas, localizadas, em sua maioria, no Nordeste do nosso país. QUESTÃO 2 A Lei 10.639, de 9 de janeiro de 2003, inclui no currículo dos estabelecimentos de ensino fundamental e médio, oficiais e particulares, a obrigatoriedade do ensino sobre História e Cultura Afro-Brasileira e determina que o conteúdo programático incluirá o estudo da História da África e dos africanos, a luta dos negros no Brasil, a cultura negra brasileira e o negro na formação da sociedade nacional, resgatando a contribuição do povo negro nas áreas social, econômica e política pertinentes à História do Brasil, além de instituir, no calendário escolar, o dia 20 de novembro como data comemorativa do “Dia da Consciência Negra”. Disponível em: http://www.planalto.gov.br. Acesso em: 27 jul. 2010 (adaptado).

A referida lei representa um avanço não só para a educação nacional, mas também para a sociedade brasileira, porque: (A) Legitima o ensino das ciências humanas nas escolas. (B) Divulga conhecimentos para a população afro-brasileira. (C) Reforça a concepção etnocêntrica sobre a África e sua cultura. (D) Garante aos afrodescendentes a igualdade no acesso à educação. (E) Impulsiona o reconhecimento da pluralidade étnico-racial do país. QUESTÃO 3 Eu, o Príncipe Regente, faço saber aos que o presente Alvará virem: que desejando promover e adiantar a riqueza nacional, e sendo um dos mananciais dela as manufaturas e a indústria, sou servido abolir e revogar toda e qualquer proibição que haja a este respeito no Estado do Brasil.

Alvará de liberdade para as indústrias (1º de abril de 1808). In Bonavides, P.; Amaral, R. Textos políticos da História do Brasil Il. Vol. 1. Brasília: Senado Federal, 2002 (adaptado)

O projeto industrializante de D. João, conforme expresso no alvará, não se concretizou. Que características desse período explicam esse fato? (A) A ocupação de Portugal pelas tropas francesas e o fechamento das manufaturas portuguesas. (B) A dependência portuguesa da Inglaterra e o predomínio industrial inglês sobre suas redes de comércio. (C) A desconfiança da burguesia industrial colonial diante da chegada da família real portuguesa. (D) O confronto entre a França e a Inglaterra e a posição dúbia assumida por Portugal no comércio internacional. (E) O atraso industrial da colônia provocado pela perda de mercados para as indústrias portuguesas. QUESTÃO 4 Na figura, observa-se uma classificação de regiões da América do Sul segundo o grau de aridez verificado.

8

REVISÃO 2012

4

Disponível em: http://www.dhnet.org.br. Acesso em: 16 jun. 2010 (adaptado).

O texto destaca a questão da tortura no país, apontando que:

Disponível em http://www.mutirao.com.br. Acesso em 5.ago.2009

Em relação às regiões marcadas na figura, observa-se que: (A) A existência de áreas superáridas, áridas e semiáridas é resultado do processo de desertificação, de intensidade variável, causado pela ação humana. (B) O emprego de modernas técnicas de irrigação possibilitou a expansão da agricultura em determinadas áreas do semiárido, integrando-as ao comércio internacional. (C) O semiárido, por apresentar déficit de precipitação, passou a ser habitado a partir da Idade Moderna, graças ao avanço científico e tecnológico. (D) As áreas com escassez hídrica na América do Sul se restringem às regiões tropicais, onde as médias de temperatura anual são mais altas, justificando a falta de desenvolvimento e os piores indicadores sociais. (E) O mesmo tipo de cobertura vegetal é encontrado nas áreas superáridas, áridas e semiáridas, mas essa cobertura, embora adaptada às condições climáticas, é desprovida de valor econômico. QUESTÃO 5 Além dos inúmeros eletrodomésticos e bens eletrônicos, o automóvel produzido pela indústria fordista promoveu, a partir dos anos 50, mudanças significativas no modo de vida dos consumidores e também na habitação e nas cidades. Com a massificação do consumo dos bens modernos, dos eletroeletrônicos e também do automóvel, mudaram radicalmente o modo de vida, os valores, a cultura e o conjunto do ambiente construído. Da ocupação do solo urbano até o interior da moradia, a transformação foi profunda. MARICATO, E. Urbanismo na periferia do mundo globalizado: metrópoles brasileiras. Disponível em: http://www.scielo.br. Acesso em: 12 ago. 2009

Uma das consequências das inovações tecnológicas das últimas décadas, que determinaram diferentes formas de uso e ocupação do espaço geográfico, é a instituição das chamadas cidades globais, que se caracterizam por: (A) Possuírem o mesmo nível de influência no cenário mundial. (B) Fortalecerem os laços de cidadania e solidariedade entre os membros das diversas comunidades. (C) Constituírem um passo importante para a diminuição das desigualdades sociais causadas pela polarização social e pela segregação urbana. (D) Terem sido diretamente impactadas pelo processo de internacionalização da economia, desencadeado a partir do final dos anos 1970. (E) Terem sua origem diretamente relacionadas ao processo de colonização ocidental do século XIX. QUESTÃO 6 Na ética contemporânea, o sujeito não é mais um sujeito substancial, soberano e absolutamente livre, nem um sujeito empírico puramente natural. Ele é simultaneamente os dois, na medida em que é um sujeito histórico-social. Assim, a ética adquire um dimensionamento político, uma vez que a ação do sujeito não pode mais ser vista e avaliada fora da relação social coletiva. Desse modo, a ética se entrelaça, necessariamente, com a política, entendida esta como a área de avaliação dos valores que atravessam as relações sociais e que interliga os indivíduos entre si. SEVERINO, A. J. Filosofia. São Paulo: Cortez, 1992 (adaptado)

O texto, ao evocar a dimensão histórica do processo de formação da ética na sociedade contemporânea, ressalta: (A) Os conteúdos éticos decorrentes das ideologias políticopartidárias. (B) O valor da ação humana derivada de preceitos metafísicos. (C) A sistematização de valores desassociados da cultura. (D) O sentido coletivo e político das ações humanas individuais. (E) O julgamento da ação ética pelos políticos eleitos democraticamente.

(A) A justiça brasileira, por meio de tratados e leis, tem conseguido inibir e, inclusive, extinguir a prática da tortura. (B) A existência da lei não basta como garantia de justiça para as vítimas e testemunhas dos casos de tortura. (C) As denúncias anônimas dificultam a ação da justiça, impedindo que torturadores sejam reconhecidos e identificados pelo crime cometido. (D) A falta de registro da tortura por parte das autoridades policiais, em razão do desconhecimento da tortura como crime, legitima a impunidade. (E) A justiça tem esbarrado na precária existência de jurisprudência a respeito da tortura, o que a impede de atuar nesses casos. QUESTÃO 8 A mais profunda objeção que se faz à ideia da criação de uma cidade, como Brasília, é que o seu desenvolvimento não poderá jamais ser natural. É uma objeção muito séria, pois provém de uma concepção de vida fundamental: a de que a atividade social e cultural não pode ser uma construção. Esquecem-se, porém, aqueles que fazem tal crítica, que o Brasil, como praticamente toda a América, é criação do homem ocidental.

PEDROSA, M. Utopia: obra de arte. Vis – Revista do Programa de Pós-graduação em Arte (UnB), Vol. 5, n. 1, 2006 (adaptado).

As ideias apontadas no texto estão em oposição, porque: (A) A cultura dos povos é reduzida a exemplos esquemáticos que não encontram respaldo na história do Brasil ou da América. (B) As cidades, na primeira afirmação, têm um papel mais fraco na vida social, enquanto a América é mostrada como um exemplo a ser evitado. (C) A objeção inicial, de que as cidades não podem ser inventadas, é negada logo em seguida pelo exemplo utópico da colonização da América. (D) A concepção fundamental da primeira afirmação defende a construção de cidades e a segunda mostra, historicamente, que essa estratégia acarretou sérios problemas. (E) A primeira entende que as cidades devem ser organismos vivos, que nascem de forma espontânea, e a segunda mostra que há exemplos históricos que demonstram o contrário.

CIÊNCIAS DA NATUREZA QUESTÃO 9

Dois pesquisadores percorreram os trajetos marcados no mapa. A tarefa deles foi analisar os ecossistemas e, encontrando problemas, relatar e propor medidas de recuperação. A seguir, são reproduzidos trechos aleatórios extraídos dos relatórios desses dois pesquisadores. Trechos aleatórios extraídos do relatório do pesquisador P1:

I. “Por causa da diminuição drástica das espécies vegetais deste ecossistema, como os pinheiros, a gralha azul também está em processo de extinção”. II. “As árvores de troncos tortuosos e cascas grossas que predominam nesse ecossistema estão sendo utilizadas em carvoarias”. Trechos aleatórios extraídos do relatório do pesquisador P2: III. “Das palmeiras que predominam nesta região podem ser extraídas substâncias importantes para a economia regional”. IV. “Apesar da aridez desta região, em que encontramos muitas plantas espinhosas, não se pode desprezar a sua biodiversidade”. Ecossistemas brasileiros: mapa da distribuição dos ecossistemas. Disponível em: htpp://educação.uol.com.br/ciencias/ult1666u52.jhtm. Acesso em: 20.abr.2010 (adaptado)


REVISÃO 2012

8

intensivão

Salvador | quinta-feira

11 de outubro de 2012 PROJETO ESPECIAL DE MARKETING

Teste seus conhecimentos. Toda semana, questões sobre temas do caderno. E mais! Um simulado com 100 questões.

Os trechos I, II, III e IV referem-se, pela ordem, aos seguintes ecossistemas: (A) Caatinga, Cerrado, Zona dos cocais e Floresta Amazônica. (B) Mata de Araucárias, Cerrado, Zona dos cocais e Caatinga. (C) Manguezais, Zona dos cocais, Cerrado e Mata Atlântica. (D) Floresta Amazônica, Cerrado, Mata Atlântica e Pampas. (E) Mata Atlântica, Cerrado, Zona dos cocais e Pantanal. QUESTÃO 10 Uma pesquisadora deseja reflorestar uma área de mata ciliar quase que totalmente desmatada. Essa formação vegetal é um tipo de floresta muito comum nas margens de rios dos cerrados no Brasil central e, em seu clímax, possui vegetação arbórea perene e apresenta dossel fechado, com pouca incidência luminosa no solo e nas plântulas. Sabe-se que a incidência de luz, a disponibilidade de nutrientes e a umidade do solo são os principais fatores do meio ambiente físico que influenciam no desenvolvimento da planta. Para testar unicamente os efeitos da variação de luz, a pesquisadora analisou, em casas de vegetação com condições controladas, o desenvolvimento de plantas de 10 espécies nativas da região desmatada sob quatro condições de luminosidade: uma sob sol pleno e as demais em diferentes níveis de sombreamento. Para cada tratamento experimental, a pesquisadora relatou se o desenvolvimento da planta foi bom, razoável ou ruim, de acordo com critérios específicos. Os resultados obtidos foram os seguintes:

Para o reflorestamento da região desmatada: (A) A espécie 8 é mais indicada que a 1, uma vez que aquela possui melhor adaptação a regiões com maior incidência de luz. (B) Recomenda-se a utilização de espécies pioneiras, isto é, aquelas que suportam alta incidência de luz, como as espécies 2, 3 e 5. (C) Sugere-se o uso de espécies exóticas, pois somente essas podem suportar a alta incidência luminosa característica de regiões desmatadas. (D) Espécies de comunidade clímax, como as 4 e 7, são as mais indicadas, uma vez que possuem boa capacidade de aclimatação a diferentes ambientes. (E) É recomendado o uso de espécies com melhor desenvolvimento à sombra, como as plantas das espécies 4, 6, 7, 9 e 10, pois essa floresta, mesmo no estágio de degradação referido, possui dossel fechado, o que impede a entrada de luz.

5

www.ibahia.com/enem (A) Endemia, pois se concentra em uma área geográfica restrita desse continente. (B) Peste, já que ocorre nas regiões mais quentes do continente. (C) Epidemia, já que ocorre na maior parte do continente. (D) Surto, pois apresenta ocorrência em áreas pequenas. (E) Pandemia, pois ocorre em todo o continente. QUESTÃO 12 Em nosso cotidiano, utilizamos as palavras “calor” e “temperatura” de forma diferente de como elas são usadas no meio científico. Na linguagem corrente, calor é identificado como “algo quente” e temperatura mede a “quantidade de calor de um corpo”. Esses significados, no entanto, não conseguem explicar diversas situações que podem ser verificadas na prática. Do ponto de vista científico, que situação prática mostra a limitação dos conceitos corriqueiros de calor e temperatura?

QUESTÃO 11 (A) A temperatura da água pode ficar constante durante o tempo em que estiver fervendo. (B) Uma mãe coloca a mão na água da banheira do bebê para verificar a temperatura da água. (C) A chama de um fogão pode ser usada para aumentar a temperatura da água em uma panela. (D) A água quente que está em uma caneca é passada para outra caneca a fim de diminuir sua temperatura. (E) Um forno pode fornecer calor para uma vasilha de água que está em seu interior com menor temperatura do que a dele.

Disponível em: www.anvisa.gov.br

O mapa mostra a área de ocorrência da malária no mundo. Considerando-se sua distribuição na América do Sul, a malária pode ser classificada como:

QUESTÃO 13 Ao diminuir o tamanho de um orifício atravessado por um feixe de luz, passa menos luz por intervalo de tempo, e próximo da situação de completo fechamento do orifício, verifica-se que a luz apresenta um comportamento como o ilustrado nas figuras. Sabe-se que o som, dentro de suas particularidades, também pode se comportar dessa forma.


intensivão

Salvador | quinta-feira

11 de outubro de 2012 PROJETO ESPECIAL DE MARKETING

www.ibahia.com/enem

Teste seus conhecimentos. Toda semana, questões sobre temas do caderno. E mais! Um simulado com 100 questões.

Entre as impurezas metálicas que constam na série apresentada, as que se sedimentam abaixo do ânodo de cobre são:

Em qual das situações a seguir está representado o fenômeno descrito no texto? (A) Ao se esconder atrás de um muro, um menino ouve a conversa de seus colegas. (B) Ao gritar diante de um desfiladeiro, uma pessoa ouve a repetição do seu próprio grito. (C) Ao encostar o ouvido no chão, um homem percebe o som de uma locomotiva antes FIOLHAIS, C. Física divertida. Brasí- de ouvi-lo pelo ar. lia: UnB, 2000 (adaptado). (D) Ao ouvir uma ambulância se aproximando, uma pessoa percebe o som mais agudo do que quando aquela se afasta. (E) Ao emitir uma nota musical muito aguda, uma cantora de ópera faz com que uma taça de cristal se despedace. QUESTÃO 14 Para que apresente condutividade elétrica adequada a muitas aplicações, o cobre bruto obtido por métodos térmicos é purificado eletroliticamente. Nesse processo, o cobre bruto impuro constitui o ânodo da célula, que está imerso em uma solução de CuSO4. À medida que o cobre impuro é oxidado no ânodo, íons Cu2+ da solução são depositados na forma pura no cátodo. Quanto às impurezas metálicas, algumas são oxidadas, passando à solução, enquanto outras simplesmente se desprendem do ânodo e se sedimentam abaixo dele. As impurezas sedimentadas são posteriormente processadas, e sua comercialização gera receita que ajuda a cobrir os custos do processo. A série eletroquímica a seguir lista o cobre e alguns metais presentes como impurezas no cobre bruto de acordo com suas forças redutoras relativas.

8

REVISÃO 2012

6

(A) Au, Pt, Ag, Zn, Ni e Pb. (C) Zn, Ni e Pb.

(B) Au, Pt e Ag. (D) Au e Zn.

(E) Ag e Pb.

da de encuentros y desencuentros, amores y odios, nacida desde lo más hondo de la historia argentina. El nuevo ambiente es el cabaret, su nuevo cultor la clase media porteña, que ameniza sus momentos de diversión com nuevas composiciones, sustituyendo el carácter malevo del tango primitivo por una nueva poesía más acorde con las concepciones estéticas provenientes de Londres y París. Ya en la década del ‘20 el tango se anima incluso a traspasar las fronteras del país, recalando en lujosos salones parisinos donde es aclamado por públicos selectos que adhieren entusiastas a la sensualidad del nuevo baile. Ya no es privativo de los bajos fondos porteños; ahora se escucha y se baila en salones elegantes, clubs y casas particulares. El tango revive con juveniles fuerzas en ajironadas versiones de grupos rockeros, presentaciones en elegantes reductos de San Telmo, Barracas y La Boca y películas foráneas que lo divulgan por el mundo entero.

QUESTÃO 15 Os personagens da figura estão representando uma situação hipotética de cadeia alimentar. Suponha que, em cena anterior à apresentada, o homem tenha se alimentado de frutas e grãos Disponível em: http://www.ciencias- que conseguiu coletar. gaspar.blogspor.com Na hipótese de, nas próximas cenas, o tigre se bem-sucedido e, posteriormente, servir de alimento aos abutres, tigre e abutres ocuparão, respectivamente, os níveis tróficos de:

Sabendo-se que a produção cultural de um país pode influenciar, retratar ou, inclusive, ser reflexo de acontecimentos de sua história, o tango, dentro do contexto histórico argentino, é reconhecido por:

(A) Produtor e consumidor primário. (B) Consumidor primário e consumidor secundário. (C) Consumidor secundário e consumidor terciário. (D) Consumidor terciário e produtor. (E) Consumidor secundário e consumidor primário.

(A) Manter-se inalterado ao longo de sua história no país. (B) Influenciar os subúrbios, sem chegar a outras regiões. (C) Sobreviver e se difundir, ultrapassando as fronteiras do país. (D) Manifestar seu valor primitivo nas diferentes camadas sociais. (E) Ignorar a influência de países europeus, como Inglaterra e França.

LINGUAGENS E CÓDIGOS QUESTÃO 16

El tango Ya sea como danza, música, poesía o cabal expresión de uma filosofia de vida, el tango posee uma larga y valiosa trayectoria, jalona-

Disponível em: http://www.elpolvorin.over-blog.es. Acesso em: 22 jun. 2011 (adaptado).

QUESTÃO 17 O voleibol é um dos esportes mais praticados na atualidade. Está presente nas competições esportivas, nos jogos escolares e na recreação. Nesse esporte, os praticantes utilizam alguns movimentos específicos como: saque, manchete, bloqueio, levantamento, toque, entre outros. Na sequência de imagens, identificam-se os movimentos de: Siga-nos:

- Tecnólogo em Alimentos (Novo) - Tecnólogo em Petróleo e Gás (Novo) - Tecnólogo em Recursos Humanos (Novo)

Matricule-se com a habilitação do ENEM: www.unirb.edu.br INSCREVA-SE: www.unirb.edu.br/aulaodoenem


REVISÃO 2012

8

intensivão

Salvador | quinta-feira

11 de outubro de 2012 PROJETO ESPECIAL DE MARKETING

Teste seus conhecimentos. Toda semana, questões sobre temas do caderno. E mais! Um simulado com 100 questões.

QUESTÃO 21

Figura 1: Disponível em: http://www.oliorbs.com.br/blog fotos/235151post_foto.jpg Figura 2: Disponível em: http://esporte.hsw.uol.com.br/volei-jogos-olimpicos.htm Figura 3: Disponível em: http://www.arel.com.br/eurocup/volei/ Acesso em: 27.abr.2010

(A) Sacar e colocar a bola em jogo, defender a bola e realizar a cortada como forma de ataque. (B) Arremessar a bola, tocar para passar a bola ao levantador e bloquear como forma de ataque. (C) Tocar a colocar a bola em jogo, cortar para defender e levantar a bola para atacar. (D) Passar a bola e iniciar a partida, lançar a bola ao levantador e realizar a manchete para defender. (E) Cortar como forma de ataque, passar a bola para defender e bloquear como forma de ataque. QUESTÃO 18 No capricho O Adãozinho, meu cumpade, enquanto esperava pelo delegado, olhava para um quadro, a pintura de uma senhora. Ao entrar a autoridade e percebendo que o cabôco admirava tal figura, perguntou: “Que tal? Gosta desse quadro?” E o Adãozinho, com toda a sinceridade que Deus dá ao cabôco da roça: “Mas pelo amor de Deus, hein, doto! Que muié feia! Parece fiote de cruis-credo, parente do deus-me-livre, mais horríver que briga de cego no escuro”. Ao que o delegado não teve como deixar de confessar, um pouco secamente: “É a minha mãe”. E o cabôco, em cima da bucha, não perde a linha: “Mais dotô, inté que é uma feiúra caprichada”. BOLDRIN, R. Almanaque Brasil de Cultura Popular. São Paulo: Andreato Comunicação e Cultura, nº 62, 2004 (adaptado).

Por suas características formais, por sua função e uso, o texto pertence ao gênero: (A) Anedota, pelo enredo e humor característicos. (B) Crônica, pela abordagem literária de fatos do cotidiano. (C) Depoimento, pela apresentação de experiências pessoais. (D) Relato, pela descrição minuciosa de fatos verídicos. (E) Reportagem, pelo registro impessoal de situações reais. QUESTÃO 19 Utilizadas desde a Antiguidade, as colunas, elementos verticais de sustentação, foram sofrendo modificações e incorporando novos materiais com ampliação de possibilidades. Ainda que as IMODESTO “As colunas do Alvorada podiam ser mais fáceis de construir, clássicas colunas gregas sejam sem aquelas curvas. Mas foram elas retomadas, notáveis inovações que o mundo inteiro copiou” são percebidas, por exemplo, Brasília 50 anos. Veja. N°2.138, nov. 2009 nas obras de Oscar Niemeyer, arquiteto brasileiro nascido no Rio de Janeiro em 1907. No desenho de Niemeyer, das colunas do Palácio da Alvorada, observa-se: (A) A presença de um capitel muito simples, reforçando a sustentação. (B) O traçado simples de amplas linhas curvas opostas, resultando em formas marcantes. (C) A disposição simétrica das curvas, conferindo saliência e distorção à base. (D) A oposição de curvas em concreto, configurando certo peso e rebuscamento. (E) O excesso de linhas curvas, levando a um exagero na ornamentação. QUESTÃO 20 Ao optar por ler a reportagem completa sobre o assunto anunciado, tem-se acesso a duas palavras que Bill Gates não quer que o leitor conheça e que se referem: (A) Aos responsáveis pela divulgação desta informação na internet. (B) Às marcas mais importantes de microcomputadores do mercado. (C) Aos nomes dos americanos que inventaram a suporta tecnologia. (D) Aos sites da internet pelos quais o produto já pode ser conhecido. (E) Às empresas que levam vantagem para serem suas concorrentes.

A carreira do crime Estudo feito por pesquisadores da Fundação Oswaldo Cruz sobre adolescentes recrutados pelo tráfico de drogas nas favelas cariocas expõe as bases sociais dessas quadrilhas, contribuindo para explicar as dificuldades que o Estado enfrenta no combate ao crime organizado. O tráfico oferece aos jovens de escolaridade precária (nenhum dos entrevistados havia completado o ensino fundamental) um plano de carreira bem estruturado, com salários que variam de R$ 400,00 a R$ 12.000 mensais. Para uma base de comparação, convém notar que, segundo dados do IBGE de 2001, 59% da população brasileira com mais de dez anos que declara ter uma atividade remunerada ganha no máximo o “piso salarial” oferecido pelo crime. Dos traficantes ouvidos pela pesquisa, 25% recebiam mais de R$ 2.000 mensais; já na população brasileira essa taxa não ultrapassa 6%. Tais rendimentos mostram que as políticas sociais compensatórias, como o Bolsa-Escola (que paga R$ 15 mensais por aluno matriculado, são por si só incapazes de impedir que o narcotráfico continue aliciando crianças provenientes de estratos de baixa renda: tais políticas aliviam um pouco o orçamento familiar e incentivam os pais a manterem os filhos estudando, o que de modo algum impossibilita a opção pela deliquência. No mesmo sentido, os programas voltados aos jovens vulneráveis ao crime organizado (circo-escolas, oficinas de cultura, escolinhas de futebol) são importantes, mas não resolvem o problema. A única maneira de reduzir a atração exercida pelo tráfico é a repressão, que aumenta os riscos para os que escolhem esse caminho. Os rendimentos pagos aos adolescentes provam isso: eles são elevados precisamente porque a possibilidade de ser preso não é desprezível. É preciso que o Executivo federal e os estaduais desmontem as organizações paralelas erguidas pelas quadrilhas, para que a certeza de punição elimine o fascínio dos salários do crime. Editorial. Folha de São Paulo. 15.jan.2003

No Editorial, o autor defende a tese de que “as políticas sociais que procuram evitar a entrada dos jovens no tráfico não terão chance de sucesso enquanto a remuneração oferecida pelos traficantes for

7

www.ibahia.com/enem tão mais compensatória que aquela oferecida pelos programas do governo”. Para comprovar sua tese, o autor apresenta: (A) Instituições que divulgam o crescimento de jovens no crime organizado. (B) Sugestões que ajudam a reduzir a atração exercida pelo crime organizado. (C) Políticas sociais que impedem o aliciamento de crianças no crime organizado. (D) Pesquisadores que se preocupam com os jovens envolvidos no crime organizado. (E) Números que comparam os valores pagos entre os programas de governo e o crime organizado. QUESTÃO 22 As tecnologias de informação e comunicação (TIC) vieram aprimorar ou substituir meios tradicionais de comunicação e armazenamento de informações, tais como o rádio e a TV analógicos, os livros, os telégrafos, o fax etc. As novas bases tecnológicas são mais poderosas e versáteis, introduziram fortemente a possibilidade de comunicação interativa e estão presentes em todos os meios produtivos da atualidade. As novas TIC vieram acompanhadas da chamada Digital Divide, Digital Gap ou Digital Exclusion, traduzidas para o português como Divisão Digital ou Exclusão Digital, sendo, às vezes, também usados os termos Brecha Digital ou Abismo Digital. Nesse contexto, a expressão Divisão Digital refere-se a: (A) Uma classificação que caracteriza cada uma das áreas nas quais as novas TIC podem ser aplicadas, relacionando os padrões de utilização e exemplificando o uso dessas TIC no mundo moderno. (B) Uma relação das áreas ou subáreas de conhecimento que ainda não foram contempladas com o uso das novas tecnologias digitais, o que caracteriza uma brecha tecnológica que precisa ser minimizada. (C) Uma enorme diferença de desempenho entre os


intensivão

Salvador | quinta-feira

11 de outubro de 2012 PROJETO ESPECIAL DE MARKETING

www.ibahia.com/enem empreendimentos que utilizam as tecnologias digitais e aqueles que permaneceram usando métodos e técnicas analógicas. (D) Um aprofundamento das diferenças sociais já existentes, uma vez que se torna difícil a aquisição de conhecimentos e habilidades fundamentais pelas populações menos favorecidas nos novos meios produtivos. (E) Uma proposta de educação para o uso de novas pedagogias com a finalidade de acompanhar a evolução das mídias e orientar a produção de material pedagógico com apoio de computadores e outras técnicas digitais.

Teste seus conhecimentos. Toda semana, questões sobre temas do caderno. E mais! Um simulado com 100 questões.

que reduzem em até 95% a quantidade de bytes necessários para armazená-las. Considere 1 KB = 1.000 bytes, 1 MB = 1.000 KB, 1 GB = 1.000 MB. Utilizando uma câmera de 2.0 megapixels cujo algoritmo de compressão é de 95%, João fotografou 150 imagens para seu trabalho escolar. Se ele deseja armazená-las de modo que o espaço restante no dispositivo seja o menor espaço possível, ele deve utilizar: (A) Um CD de 700 MB. (B) Um pendrive de 1 GB. (C) Um HD externo de 16 GB. (D) Um memory stick de 16 MB. (E) Um cartão de memória de 64 MB.

QUESTÃO 23 Going to university seems to reduce the risk of dying from coronary heart disease. An American study that involved 10 000 patients from around the world has found that people who leave school before the age of 16 are five times more likely to suffer a heart attack and die than university graduates.

Em relação às pesquisas, a utilização da expressão university graduates evidencia a intenção de informar que: (A) As doenças do coração atacam dez mil pacientes. (B) As doenças do coração ocorrem na faixa dos dezesseis anos. (C) As pesquisas sobre doenças são divulgadas no meio acadêmico. (D) Jovens americanos são alertados dos riscos de doenças do coração. (E) Maior nível de estudo reduz riscos de ataques do coração.

MATEMÁTICA QUESTÃO 24 O polígono que dá forma a essa calçada é invariante por rotações, em torno de seu centro, de: (A) 45°. (B) 60°. (C) 90º. (D) 120°. (E) 180°. Disponível em: http://www.diaadia. pr.gov.br. Acesso em: 28.abr.2010

QUESTÃO 25 A figura I ao lado mostra um esquema das principais vias que interligam a cidade A com a cidade B. Cada número indicado na figura II representa a probabilidade de pegar um engarrafamento quando se passa na via indicada. Assim, há uma probabilidade de 30% de se pegar engarrafamento no deslocamento do ponto C ao ponto B, passando pela estrada E4, e de 50% quando se passa por E3. Essas probabilidades são independentes umas das outras.

Paula deseja se deslocar da cidade A para a cidade B usando exatamente duas das vias indicadas, percorrendo um trajeto com a menor probabilidade de engarrafamento possível. O melhor trajeto para Paula é: (A) E1E3. (D) E2E5.

(B) E1E4. (E) E2E6.

(C) E2E4.

QUESTÃO 26 A resolução das câmeras digitais modernas é dada em megapixels, unidade de medida que representa um milhão de pontos. As informações sobre cada um desses pontos são armazenadas, em geral, em 3 bytes. Porém, para evitar que as imagens ocupem muito espaço, elas são submetidas a algoritmos de compressão,

Confira o gabarito com as respostas no jornal Correio desta sexta

QUESTÃO 27 A figura ao lado mostra um modelo de sombrinha muito usado em países orientais.

ficasse com a terça parte da área de extração, conforme mostra a figura. Em relação à partilha proposta, constata-se que a porcentagem da área do terreno que coube a João corresponde, aproximadamente, a (considere = 0,58): (A) 50%. (D) 33%.

Esta figura é uma representação de uma superfície de revolução chamada de: (A) Pirâmide. (B) Semiesfera. (D) Tronco de cone. (E) Cone.

(C) Cilindro.

QUESTÃO 28 Ao morrer, o pai de João, Pedro e José deixou como herança um terreno retangular de 3 km x 2 km que contém uma área de extração de ouro delimitada por um quarto de círculo de raio 1 km a partir do canto inferior esquerdo da propriedade. Dado o maior valor da área de extração de ouro, os irmãos acordaram em repartir a propriedade de modo que cada um

(B) 43%. (E) 19%.

(C) 37%.

QUESTÃO 29 A siderúrgica “Metal Nobre” produz diversos objetos maciços utilizando o ferro. Um tipo especial de peça feita nessa companhia tem o formato de um paralelepípedo retangular, de acordo com as dimensões indicadas na figura que segue. O produto das três dimensões indicadas na peça resultaria na medida da grandeza:

Disponível em: http://mdmat.psico.ufrgs.br. Acesso em: 1.maio.2010

*Oferecido pela Dom Pedro II de Tecnologia.

World Report News. Magazine Speak up. Ano XIV, nº 170. Editora Camelot, 2001.

8

REVISÃO 2012

8

(A) Massa. (D) Capacidade.

(B) Volume. (E) Comprimento.

(C) Superfície.

QUESTÃO 30 Um mecânico de uma equipe de corrida necessita que as seguintes medidas realizadas em um carro sejam obtidas em metros: a) distância a entre os eixos dianteiro e traseiro; b) altura b entre o solo e o encosto do piloto. Ao optar pelas medidas a e b em metros, obtêm-se, respectivamente: (A) 0,23 e 0,16. (B) 2,3 e 1,6. (C) 23 e 16. (D) 230 e 160. (E) 2 300 e 1 600.

Escolha a sua Paixão Letras Adminstração Enfermagem Contábeis Pedagogia Direito Gestão Comercial Serviço Social Gestão de R.H. Fisioterapia Gestão de T.I. Farmácia Sistemas de Informação

Novas Paixões

Engenharia Civil Engenharia Elétrica Logística

Engenharia Mecânica Petróleo e Gás Segurança do Trabalho

FIES100% DE SE FORMAR. SEM FIADOR! ESTUDE AGORA E SÓ PAGUE DEPOIS

Inscrições Abertas

dompedrosegundo.edu.br

71 3418-7272

ENEM 2012: Intensivão III  

Intensivão III

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you