Page 1

REVISテグ 2011

6

Intensivテ」o Salvador | terテァa-feira | 18 DE OUTUBRO de 2011

PROJETO ESPECIAL DE MARKETING


REVISÃO 2011

6

Salvador | terça-feira

18 de OUTUBRO de 2011

2

www.ibahia.com/enem2011 PROJETO ESPECIAL DE MARKETING

COMO SE DAR BEM NA REDAÇÃO • Defenda seus pontos de vista com clareza; • Preste atenção à proposta de redação e não fuja do tema; • Evite períodos muito longos; • Não use gírias ou palavrões;

• Mantenha-se atualizado; • Leia bastante; • Estude regras gramaticais; • Escreva com letras legíveis; • Evite repetir palavras. Use sinônimos; • Revise o texto com atenção.

BOA REDAÇÃO GARANTE PONTO NO

ENEM

A redação é uma das principais preocupações de muitos candidatos em vestibulares, concursos e, também, no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). No Exame, o inscrito precisa elaborar um texto com estrutura dissertativo-argumentativa sobre um tema que só será revelado no momento da prova. “É importante garantir uma boa pontuação na elaboração do texto, afinal, a prova de redação tem um percentual elevadíssimo no contexto do concurso”, explica o professor de redação Léo Mendes. Um texto argumentativo-dissertativo é composto por três partes: introdução, desenvolvimento e conclusão. A introdução não deve ser muito longa. O ideal é que tenha apenas um parágrafo com, em média, cinco

linhas, no qual o tema deve ser apresentado. O desenvolvimento é o corpo do texto. É nele que devem ser expostos o ponto de vista do autor sobre o tema e os argumentos. A conclusão é o fechamento do texto. O autor deve se posicionar e propor uma solução para o problema sugerido. Essas três partes devem estar relacionadas, havendo coesão e coerência entre os parágrafos. Um bom texto deve ser fácil de ler e ser compreendido. Para escrevê-lo, é preciso saber usar corretamente as regras da Língua Portuguesa, conhecer as técnicas de redação e, principalmente, cultivar o hábito da leitura. “Não acredito em dicas. Em verdade, creio até que, quando falam em dicas, muitas pessoas querem dizer ‘técnicas’”, conta o professor

Mendes. Por isso, ele orienta os candidatos a ler bastante sobre assuntos atuais, que costumam ser cobrados no Exame. Acompanhar esses assuntos nos telejornais, jornais e revistas, além de procurar entender o contexto histórico desses acontecimentos também é uma orientação importante. O professor Mendes também ressalta a necessidade de ler sempre, sobre todos os assuntos, “afinal, o repertório argumentativo de uma pessoa é uma construção ao longo da sua existência”. Além disso, é essencial planejar o texto e, de antemão, estabelecer quais as teses (pontos de vista) ele vai defender sobre o tema. “Por fim, o redator deve fazer uma atenciosa revisão do rascunho”, conclui o professor Mendes.

PODE CAIR

NOVAS MODALIDADES DE FAMÍLIA Em 2011, a união estável homoafetiva ganhou o reconhecimento jurídico pelo Supremo Tribunal Federal. A decisão do STF garante que companheiros em relação homoafetiva duradoura e pública tenham os mesmos direitos e deveres das famílias tradicionais, compostos por homens e mulheres.

O tema da redação do ENEM não será revelado antes da prova. Mas, mesmo assim, se preparar para a prova não é uma tarefa impossível. Na avaliação, é comum serem cobrados temas de importância social ou assuntos que estejam em debate na atualidade. “Sinalizar possíveis temas sempre nos conduz a olhar para os assuntos que tiveram relevância durante o ano”, destaca o professor Mendes. Além de temas recentes, o professor explica que o Exame também pode cobrar temas universais, que estão sempre em destaque, como Justiça e Esperança. Abaixo, os assuntos que podem ser abordados, de acordo com a opinião do professor Mendes:

POSSÍVEIS USOS DAS FERRAMENTAS SOCIAIS Redes sociais, como o Facebook e o Twitter, têm sido usadas para mobilizações políticas, sobretudo entre os jovens. Recentes manifestações têm mostrado o poder da internet na propagação de ideias e na organização de protestos em defesa de diferentes causas.

www.ibahia.com/enem2011

expediente

Marketing Analista Responsável Aline Pimentel Projetos Especiais Tel.: (71) 3203-1090 Analista de Comunicação Fernanda Malaquias Tel.: (71) 3203-1870 Comercial Tel.: (71) 3203-1812

Encartado no jornal Correio.

Não pode ser vendido separadamente. Produção

Tel.: (71) 3342.4440/41 metta@mettacomunicacao.com.br Projeto Gráfico João Soares Textos Laís Santos


REVISÃO 2011

6

Salvador | terça-feira

18 de OUTUBRO de 2011

3

www.ibahia.com/enem2011 PROJETO ESPECIAL DE MARKETING

Candidatos não terão acesso à redação corrigida Quem participar do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) não vai ter acesso à correção das redações. A decisão judicial que obrigava o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) a disponibilizar as redações deste ano corrigidas na internet foi derrubada pela Advocacia-Geral da União (AGU). A solicitação de liberar as correções das redações online foi feita pelo Ministério Público Federal

Resultados em 2012

(MPF). Inicialmente, o pedido foi acatado pela 5ª Vara da Seção Judiciária do Maranhão. Entretanto, os advogados da União e Procuradores Federais recorreram da decisão alegando que a liminar seria prejudicial ao INEP. Para a AGU, cumprir a solicitação do MPF iria causar uma demanda de milhões de reais para aquisição de equipamentos e serviços que permitissem o acesso da correção a todos os mais de 5,4

milhões de candidatos inscritos. Seria necessário digitalizar todas as redações e, ainda, criar um sistema online que possibilitasse o acesso de milhões de pessoas ao mesmo tempo. “Essa medida poderia, inclusive, inviabilizar a realização do ENEM 2011, nos próximos dias 22 e 23 de outubro, por causa da ausência de recursos financeiros e de tempo para cumprimento da determinação judicial”, alega a Advocacia-Geral.

Um acordo assinado entre o MPF e o INEP garante que, a partir de 2012, as provas de redação corrigidas serão disponibilizadas online a todos os candidatos. Para este ano, as mudanças já anunciadas são a redução do número mínimo de linhas para a redação de 11 linhas para 8 - e a proibição do uso de trechos literais da proposta no texto autoral.


REVISÃO 2011

6

CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS A IDADE MODERNA Por: Rainer Souza

Ao pensar em modernidade, muitas pessoas logo imaginam que estamos fazendo referência aos acontecimentos, instituições e formas de agir presente no Mundo Contemporâneo. De fato, esse termo se transformou em palavra fácil para muitos daqueles que tentam definir em uma única palavra o mundo que vivemos. Contudo, não podemos pensar que esse contexto mais dinâmico e mutante surgiu do nada, que não possua uma historicidade. Entre os séculos XVI e XVIII, um volume extraordinário de transformações estabeleceu uma nova percepção de mundo, que ainda pulsa em nossos tempos. Encurtar distâncias, desvendar a natureza, lançar em mares nunca antes navegados foram apenas uma das poucas realizações que definem esse período histórico. De fato, as percepções do tempo e do espaço, antes tão extensas e progressivas, ganharam uma sensação mais intensa e volátil. O processo de formação das monarquias nacionais pode ser um dos mais interessantes exemplos que nos revela tal feição. Nesse curto espaço de quase quatro séculos, os reis europeus assistiram a consumação de seu poder hegemônico, bem como experimentaram as várias revoluções liberais defensoras da divisão do poder político e da ampliação dos meios de intervenção política. Tronos e parlamentos fizeram uma curiosa ciranda em apenas um piscar de olhos. Além disso, se hoje tanto se fala em tecnologia e globalização, não podemos refutar a ligação intrínseca entre esses dois fenômenos e a Idade Moderna. O advento das Grandes Navegações, além de contribuir para o acúmulo de capitais na Europa, também foi importante para que a dinâmica de um comércio de natureza intercontinental viesse a acontecer. Com isso, as ações econômicas tomadas em um lugar passariam a repercutir em outras parcelas do planeta. No século XVIII, o espírito investigativo dos cientistas e filósofos iluministas catapultou a busca pelo conhecimento em patamares nunca antes observados. Não por acaso, o desenvolvimento de novas máquinas e instrumentos desenvolveram em território britânico o advento da Revolução Industrial. Em pouco tempo, a mentalidade econômica de empresários, consumidores, operários e patrões fixaram mudanças que são sentidas até nos dias de hoje. Em um primeiro olhar, a Idade Moderna pode parecer um tanto confusa por conta da fluidez dos vários fatos históricos que se afixam e, logo em seguida, se reconfiguram. Apesar disso, dialogando com eventos mais específicos, é possível balizar as medidas que fazem essa ponte entre os tempos contemporâneo e moderno. Basta contar com um pouco do tempo... Aquele mesmo que parece ser tão volátil nesse instigante período histórico. INSTRUÇÕES: Tomando-se como referência o texto acima e os conhecimentos sobre o período, responda às questões de 1 a 5 QUESTÃO 01 Baseando-se no texto acima, podemos aferir que, segundo o autor na Idade Moderna: A - a servidão representou, sobretudo na França e na península Ibérica, um verdadeiro renascimento da escravidão conforme existia na Roma imperial B - as relações capitalistas de produção começaram a se consolidar na Europa Ocidental, devido a uma série de eventos que contribuíram para a afirmação do sistema, como por exemplo as Grandes Navegações, responsáveis pelo primeiro processo de mundialização da economia capitalista C - os suseranos leigos, formados pela grande nobreza fundiária, distinguiam juridicamente os servos que trabalhavam nos campos dos que produziam nas cidades D - o sistema de impostos incidia de forma pesada sobre os servos. O imposto da mão morta, por exemplo, era pago pelos herdeiros de um servo que morria para que continuassem nas terras pertencentes ao suserano E - as principais instituições sociais que sustentavam as relações entre senhores e servos eram de origem muçulmana, oriundos da longa presença árabe na Europa Ocidental QUESTÃO 02 A Conquista do Novo Mundo, América, Ocorrida no período em questão, mostrou ao mundo um conjunto de sociedades complexas e multifacetadas. Quanto a sua formação étnico-cultural, é correto afirmar que: A - a miscigenação interracial é intensa, produzindo uma sociedade racialmente democrática. B - os cruzamentos multirraciais gestam sociedades caracterizadas por um forte traço de homogeneidade. C - o padrão cultural do mundo ocidental-cristão, representado pelos dominadores europeus, é hegemônico. D - a influência étnico-cultural do indígena é secundária em toda a América devido ao massacre a ele imposto.

Salvador | terça-feira

18 de OUTUBRO de 2011

4

www.ibahia.com/enem2011 PROJETO ESPECIAL DE MARKETING

E - a pluralidade das influências religiosas promove um clima de intolerância e conflitos étnico-religiosos. QUESTÃO 03 Durante a modernidade, a Europa vai conviver com o processo de formação dos Estados Nacionais. Segundo o historiador Perry Anderson, “Três razões fazem ver que este governo é o melhor. A primeira é que é o mais natural e se perpetua por si próprio... A segunda razão é que esse governo é o que interessa mais a conservação do Estado... A terceira razão tira-se da dignidade das casas reais...”

QUESTÃO 07 Você está diante do desenho de duas pirâmides que representam a organização da sociedade brasileira colonial em duas regiões distintas. A analise das mesmas lhe permite concluir que a diferença mais importante entre elas quanto à estrutura e aos grupos sociais é que: PIRÂMIDE A

ANDERSON, Perry. Linhagens do estado absolutista. São Paulo, Brasiliense, 1985. p. 18.

Segundo Perry Anderson, um dos maiores estudiosos do absolutismo Ocidental, este era apenas um aparelho de dominação feudal recolocado e reforçado, destinado a sujeitar as massas camponesas à sua posição social tradicional... Visando a dominação ideológica, foram criadas inúmeras teorias, cujo objetivo era justificar o poder centralizado dos reis, na formação dos Estados Modernos. Correlacionando os principais teóricos do Absolutismo às suas ideias, 1. Thomas Hobbes e H. Grotius ( ) “o trono real não é o trono de um homem, mas do próprio Deus...”. 2. Nicolau Maquiavel ( ) “o Príncipe não deve se importar com se expor à infâmia dos vícios, sem os quais seria difícil salvar o poder...”. 3. Jean Bodin e Jacques Bossuet ( ) um governo deve ser forte, para que a paz e a ordem sejam mantidas, evitando assim que o homem se torne “Lobo do Próprio Homem”. A opção correta é: A - 1, 2, 3. B - 3, 2, 1.

C - 2, 3, 1. D - 1, 3, 2.

E - 3, 1, 2.

QUESTÃO 04 Na Idade Moderna, o Absolutismo monárquico foi característico da Europa. Para fortalecer o próprio poder real, os monarcas europeus. A - opuseram-se aos privilégios da burguesia, apoiando os empresários capitalistas em sua luta contra as corporações de artesãos. B - diminuíram o poder da nobreza, que passou a depender economicamente do rei, deste recebendo o governo das províncias e postos de comando no exército. C - favoreceram os ideais econômicos da Igreja, que condenavam a usura e pregavam o “justo preço”, como desejava a burguesia. D - socorreram economicamente a decadente burguesia e defenderam o proletariado em sua luta contra os empresários capitalistas. E - Combateram as ideias de Thomas Hobbes, por considerá-las como um obstáculo a consolidação do Antigo Regime da Era Moderna QUESTÃO 05 Dentre as várias transformações apontadas pelo Prof. Ranier, a Reforma Protestante foi um dos acontecimentos que contribuíram para a formação do capitalismo. Iniciada por Lutero, a Reforma foi um movimento de mudanças sociais de caráter essencialmente religioso, com importantes desdobramentos políticos e econômicos. No que se refere aos princípios políticos e religiosos, o luteranismo defendia a: A - submissão da Igreja ao Estado e a valorização da fé individual. B - implementação de políticas econômicas na Europa e a quebra da autoridade religiosa. C - jurisdição real sobre terras da Igreja e a cobrança de impostos sobre esse patrimônio. D - extinção das rendas feudais e a oposição às pregações morais do clero. E - cessação do poder político-administrativo da Igreja sobre os reinos e o fim da condenação da usura. QUESTÃO 06 “O produto da atividade humana é separado de seu produtor e açambarcado por uma minoria: a substância humana é absorvida pelas coisas produzidas, em lugar de pertencer ao homem.” A partir do texto, pode-se afirmar que a Revolução Industrial: A - produziu a hegemonia do capitalista na produção social. B - tornou a manufatura uma alternativa para o artesanato. C - introduziu métodos manuais de trabalho na produção. D - tornou o homem mais importante que a máquina. E - valorizou o produtor autônomo.

PIRÂMIDE B

A - Na sociedade canavieira, representada da pirâmide A, a concentração de riquezas está diretamente relacionada à quantidade de terras concentradas nas mãos dos escravos. B - Na sociedade mineradora formou-se, uma numerosa e diversificada camada média entre os dois pólos, senhores e escravos. C - Na sociedade açucareira, representada na pirâmide B, ocorria, (ainda que lenta) uma certa mobilidade social, justificada pela grande quantidade de escravos que pela pressão conseguiam a alforria. D - Na pirâmide A observa-se uma ampla mobilidade social, que pode ser justificada pelo grande incentivo dado por Portugal aos colonos para a diversificação da agricultura de exportação. E - Na pirâmide A, a numerosa e diversificada classe média pode ser justificada pela formação de expedições interioranas, especialmente as de apresamento. QUESTÃO 08 Ao visitar uma feira literária, você abre um livro de poemas, e um lhe chamou muito a atenção: METAMORFOSE “Meu avô foi buscar prata, mas a prata virou índios. Meu avô foi buscar índios, Mas o índio virou ouro. Meu avô foi buscar ouro, Mas o ouro virou terra. Meu avô foi buscar terras E a terra virou fronteira. Meu avô, ainda intrigado, foi modelar a fronteira: E o Brasil tomou forma de harpa”. (Cassiano Ricardo – Martim Cereré)

Ao terminar a leitura você percebe que as sucessivas “metamorfoses” do poema de Cassiano Ricardo procuram mostrar, em linguagem poética: A - A importância do índio na composição étnica do povo brasileiro. B - O processo histórico de penetração, ocupação e crescimento do território brasileiro. C - A penetração do território nacional, realizada através dos principais rios. D - A surpresa dos colonizadores diante da diversidade das paisagens no Brasil. E - A semelhança do formato de nosso país com um instrumento musical.

CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS TEXTO I O PLANETA NÃO PODE ESPERAR O fantasma do aquecimento global ronda a Humanidade: nos últimos 150 anos, despejamos na atmosfera um volume sem precedentes de gases que promovem o efeito estufa, como o CO2, aumentando pouco a pouco a temperatura do planeta.


REVISÃO 2011

6

(...) Uma solução para esse problema seria o sequestro de carbono, ou seja, a remoção dos gases de efeito estufa da atmosfera. Isso pode ser feito, por exemplo, capturando-se diretamente os poluentes na fumaça emitida por uma termelétrica. Nesse caso, o gás carbônico é separado, comprimido, transportado e injetado em reservatórios geológicos no subsolo, como campos de petróleo inativos. Outra opção interessante é estocar o gás carbônico em minas de carvão desativadas. O CO2 “gruda” no carvão e libera moléculas de metano, que pode ser utilizado para a geração de energia. (...) Há, ainda, uma série de outras iniciativas, entre as quais o estudo do sequestro indireto de carbono - como aquele promovido pelas plantas, que usam o CO2 da atmosfera no processo de fotossíntese, emitindo oxigênio, como mostra a equação a seguir: 6 CO2 + 6 H2O➡C6H12O6 + 6 O2. (Revista Superinteressante. março de 2006) QUESTÃO 09 Em relação aos reagentes da fotossíntese são feitas as seguintes afirmações: I. Ambas substâncias são polares. II. A geometria molecular do gás carbônico é linear e a da água é angular. III. Ambas substâncias apresentam forças intermoleculares dipolo-dipolo. Está correto apenas o contido em: A - I. B - II.

C - III. D - I e II.

E - II e III.

QUESTÃO 10 A disponibilização do CO2 através da queima de combustíveis fósseis é uma das causas do aumento do aquecimento global. A fixação do carbono na biomassa é uma das formas de promover a sua estabilização. Em relação a fixação biológica do carbono e

o processo de fotossíntese, é correto afirmar: A - A fotossíntese é um fenômeno exotérmico que utiliza como reagentes substâncias inorgânicas. B - A fixação do carbono é feita somente por organismos vegetais. C - O processo fotossintetizante utiliza a luz para converter CO2 em O2. D - A membrana do tilacóide é a sede das reações de escuro, enquanto que no estroma do cloroplasto ocorrem as reações luminosas. E - O CO2 fixado da atmosfera participa da fotossíntese como doador de carbono para a síntese da molécula de glicose. QUESTÃO 11 O chamado “efeito estufa”, devido ao excesso de gás carbônico presente na atmosfera, provocado pelos poluentes, faz aumentar a temperatura por que: A - a atmosfera é transparente à energia radiante do Sol e opaca às ondas de calor. B - a atmosfera é opaca à energia radiante do Sol e transparente para ondas de calor. C - a atmosfera é transparente tanto para a energia radiante do Sol como para as ondas de calor. D - a atmosfera funciona como um meio refletor para a energia radiante e como meio absorvente para a energia térmica. E - a atmosfera é opaca tanto para a energia radiante do Sol como para as ondas de calor. TEXTO II TERRA E VÊNUS: GÊMEOS MUITO DIFERENTES O planeta vizinho já teve oceanos e continentes similares aos da Terra. Em Vênus, o calor é infernal, acima dos 450°C, a pressão atmosférica é 90 vezes superior à da Terra e as nuvens são forma-

Salvador | terça-feira

18 de OUTUBRO de 2011

5

www.ibahia.com/enem2011 PROJETO ESPECIAL DE MARKETING

das por ácido sulfúrico. Entretanto, pesquisas mostram que há muito mais semelhanças entre nosso vizinho de sistema solar e nosso planeta do que se imaginava até agora. Análises de dados obtidos por sondas espaciais mostram que Vênus já abrigou oceanos e continentes. Além disso, causou surpresa a revelação de que a atmosfera venusiana produz relâmpagos muito semelhantes aos que ocorrem na Terra. No começo de sua existência, Vênus contava com grandes oceanos de água. No entanto, por estar muito próximo do sol, todo esse líquido evaporou e amplificou a ocorrência de uma espécie de efeito estufa ainda no primeiro bilhão de anos de sua vida. Como não existe campo magnético em Vênus, houve uma interação muito intensa da atmosfera com a radiação originária do Sol, fazendo com que as moléculas de vapor de água se quebrassem em átomos de hidrogênio e oxigênio. O Hidrogênio acabou dissipando-se em meio ao espaço, por ser mais leve, e o oxigênio sofreu reações químicas com elementos da superfície venusiana, gerando a imensa quantidade de gás carbônico causador do efeito estufa na atmosfera do planeta. Para os cientistas, Vênus é uma espécie de planeta gêmeo da Terra que foi separado no nascimento e sofreu transformações em bilhões de anos até chegar às condições extremas que apresenta atualmente. QUESTÃO 12 (UFMS-adaptada) O ar atmosférico que respiramos, quando puro e seco, pode ser considerado uma mistura ideal de gases, cuja constituição em volume é: N2 (78,0%), O2 (21,0%) e argônio (1,0%). A respeito dessa mistura gasosa, é correto afirmar que: A - 50,0L dessa mistura será constituída por 38,0L de N2(g), 10,5L de O2(g) e 1,5L de argônio. B - a densidade relativa do nitrogênio em relação ao oxigênio é de 78/21. C - a fração de volume de cada gás é igual à respectiva fração de quantidade de matéria, à temperatura e pressão constantes.


REVISÃO 2011

6

D - um balão de borracha (bexiga) cheio de gás hélio, deixado em contato com o ar atmosférico, murcha após algum tempo, pois a velocidade de efusão do gás hélio é menor que a do ar. E - a massa molar média do ar atmosférico é maior que 32,0g.mol–1.

E - Para Rutherford, o átomo seria constituído por um núcleo mergulhado em um grande espaço vazio onde estariam os elétrons movimentando-se em órbitas fixas de energias definidas, as quais ele chamou de camadas.

QUESTÃO 13 Considerando a possibilidade da existência de vida em outros planetas, que características tais organismos deveriam possuir em um ambiente primitivo semelhante à Terra há 4,5 bilhões de anos?

QUESTÃO 16 A - As linhas de força do campo eletrostático são em cada ponto ortogonais ao vetor campo elétrico. B - Um corpo eletrizado positivamente cria um campo elétrico convergente no espaço que o circunda. C - Se uma partícula alfa for lançada entre duas placas planas paralelas, de forma que entre elas exista um campo elétrico uniforme, ela será desviada no sentido da placa carregada positivamente. D - Durante a eletrização por indução, a ligação com a terra através de um fio serve para neutralizar o polo conectado escoando prótons para a terra ou da terra para o corpo. E - a corrente elétrica é o movimento ordenado de cargas que existe quando as cargas não estão sujeitas a uma diferença de potencial.

A - As primeiras células deveriam ter carioteca e cloroplasto. B - Seu material genético deveria ser formado de DNA fita dupla. C - Seu metabolismo deveria ser fermentativo. D - Apresentariam mitocôndrias apresentando metabolismo aeróbico. E - Seriam fotossintetizantes. QUESTÃO 14 Suponha que o elétron em um átomo de hidrogênio se movimenta em torno do próton em uma órbita circular de raio R. Sendo m a massa do elétron e q o módulo da carga de ambos, elétron e próton, conclui-se que o módulo da velocidade do elétron é proporcional a:

LINGUAGENS E CÓDIGOS E SUAS TECNOLOGIAS PUTTING TIME IN THE BANK IN LONDON

A -

C -

B -

D-

E-

QUESTÃO 15

A - Os radionuclídeos emitem particulas α e ß apenas quando os aparelhos que os contêm estão funcionando. B - O césio 137, ao emitir um elétron, forma o íon Cs+ não radioativo. C - A contaminação provocada por radionuclídeos está restrita ao local onde foram descartados. D - Para Thompsom, o átomo seria esfera maciça e positiva com as cargas negativas distribuídas, ao acaso, na esfera. As quantidades de cargas positivas e negativas seriam iguais e dessa forma o átomo seria eletricamente neutro.

6

www.ibahia.com/enem2011 PROJETO ESPECIAL DE MARKETING

QUESTÃO 18 Mafalda é uma história em quadrinhos que começou a ser escrita nos anos 60 e parou de ser escrita nos anos 70, e que tem grande conteúdo social, político e pró-democracia. Usando crianças como personagens principais, o autor conseguiu criticar o sistema, sem ter seu trabalho censurado. A charge que aparece junto à história de Mafalda foi feita, como pode ser lido ao final dela, no mês de junho de 2002. Apesar do desencontro temporal, existe um aspecto em comum à historia e à charge. Assinale-o. A - Demonstrar a importância da união dos movimentos de classes. B - O desprezo aos movimentos sindicais e de classes. C - A união dos movimentos populares contra a política e a democracia. D - A necessidade de ajuda ao próximo. E - A mostra de valores que foram modificados pela sociedade.

Com base no Texto III, responda as questões 15 e 16.

TEXTO III Hoje sabemos que o átomo não é um átomo, e fica fácil entender como isso é possível. Os átomos são feitos de partes menores, sobretudo de elétrons, prótons e nêutrons. O hidrogênio tem um único próton (e nenhum nêutron) e também um único elétron. O urânio tem 92 prótons, podendo ter um número variado de nêutrons (de 126 a 150). A primeira partícula a ser descoberta foi o elétron, em 1897, por J.J. Thomson. Auxiliado por Frederick Soddy, Rutherford demonstrou que alguns elementos poderiam se transformar em outros, após a liberação de raios alfa, beta e gama. Soddy continuou por esse caminho e em 1913 chegou ao conceito de “isótopo”. Pode-se afirmar:

Salvador | terça-feira

18 de OUTUBRO de 2011

QUESTÃO 19 Pela utilização da linguagem no primeiro quadrinho da história de Mafalda, podemos dizer que foi usado um tratamento: A - informal B - formal

C - elegante D - popular

E - culto

QUESTÃO 20

PUTTING TIME IN THE BANK IN LONDON. Newsweek, NewYork. March 28,2005. p. 9. Adaptado.

“broker” (l. 1): corretor. QUESTÃO 17 No Greenwich Time Bank, as pessoas podem: / At the Greenwich Time Bank, people can: A - pedir empréstimo. B - depositar dinheiro. C - pagar todo tipo de conta. D - ajudar uns aos outros. E - trocar tempo por dinheiro.

Albert Einstein

POÉTICA Estou farto do lirismo comedido Do lirismo bem comportado Do lirismo funcionário público com livro de ponto expediente protocolo e manifestações de apreço ao Sr. direitor. Estou farto do lirismo que para e vai averiguar no dicionário o cunho vernáculo de um vocábulo. Abaixo os puristas Todas as palavras sobretudo os barbarismos universais Todas as construções sobretudo as sintaxes de exceção Todos os ritmos sobretudo os inumeráveis Estou farto do lirismo namorador Político Raquítico


REVISÃO 2011

6

Sifilítico De todo lirismo que capitula ao que quer que seja fora de si mesmo De resto não é lirismo Será contabilidade tabela de co-senos secretário do amante exemplar com cem modelos de cartas e as diferentes maneiras de agradar às mulheres, etc Quero antes o lirismo dos loucos O lirismo dos bêbedos O lirismo difícil e pungente dos bêbedos O lirismo dos clowns de Shakespeare — Não quero mais saber do lirismo que não é libertação Manuel Bandeira

“Abaixo os puristas” Quem seriam os puristas? A - Os detratores de uma Língua casta, isenta de impurezas. B - Os defensores da raça pura, conforme os preconceitos da época. C - Os policiadores sistemáticos da linguagem, ciosos de sua preservação. D - Os poetas do Classicismo português, modelos de boa linguagem. E - Os prosadores brasileiros comprometidos com o regionalismo. QUESTÃO 21 Em “lirismo que para e vai averiguar no dicionário o cunho vernáculo de um vocábulo.” está contida uma referência irônica: A - ao poeta clássico em seu anseio de purismo. B - ao poeta parnasiano e sua subordinação ao inessencial. C - ao poeta romântico e seus estados d’alma. D - ao poeta simbolista em seu afã de musical idade. E - às pesquisas da lírica contemporânea. QUESTÃO 22 Por “lirismo dos loucos, dos bêbedos” pode-se entender o lirismo:

a - sem nexo ou sentido lógico. b - que se confunde com os estados patológicos. c - destituído de valor ou qualidade poética. d - fundado no princípio do desequilíbrio. E - liberto das pressões e formas de coerção. QUESTÃO 23 “Estou farto” repetido três vezes revela o cansaço do poeta diante: A - da enorme quantidade de direções da nova poesia. B - de dificuldades pessoais com as regras poéticas. C - do rigidez das regras poéticas que destroem o ato lírico. D - do conjunto de princípios que interferem na vida. E - do trabalho inútil realizado pela poesia. QUESTÃO 24 A DANÇA E A ALMA A DANÇA? Não é movimento, súbito gesto musical. É concentração, num momento, da humana graça natural. No solo não, no éter pairamos, nele amaríamos ficar. A dança – não vento nos ramos: seiva, força, perene estar. Um estar entre céu e chão, novo domínio conquistado, onde busque nossa paixão libertar-se por todo lado... Onde a alma possa descrever suas mais divinas parábolas sem fugir à forma do ser, por sobre o mistério das fábulas (Carlos Drummond de Andrade. Obra completa. Rio de Janeiro: Aguilar, 1964. p. 366.)

Salvador | terça-feira

18 de OUTUBRO de 2011

7

www.ibahia.com/enem2011 PROJETO ESPECIAL DE MARKETING

A definição de dança, em linguagem de dicionário, que mais se aproxima do que está expresso no poema é: A - a mais antiga das artes, servindo como elemento de comunicação e afirmação do homem em todos os momentos de sua existência. B - a forma de expressão corporal que ultrapassa os limites físicos, possibilitando ao homem a liberação de seu espírito. C - a manifestação do ser humano, formada por uma sequência de gestos, passos e movimentos desconcertados. D - o conjunto organizado de movimentos do corpo, com ritmo determinado por instrumentos musicais, ruídos, cantos, emoções etc. E - o movimento diretamente ligado ao psiquismo do indivíduo e, por consequência, ao seu desenvolvimento intelectual e à sua cultura. QUESTÃO 25 O poema “A Dança e a Alma” é construído com base em contrastes, como “movimento” e “concentração”. Em uma das estrofes, o termo que estabelece contraste com solo é: A - éter. B - seiva.

C - chão. D - paixão.

E - ser.

MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS QUESTÃO 26 O envelhecimento da população é um fenômeno global e projeções apontam que, em 50 anos, cerca de 22% da população brasileira será de idosos. Aprender coisas novas, aumentando o número de informações no cérebro, pode compensar parcialmente as perdas cognitivas, como perda de memória, de raciocínio e de outras funções cerebrais e, sabe-se que, também nesse contexto, o nível de escolaridade é fator de grande importância. Suponha que um trabalho feito com um grupo de idosos que nunca freqüentaram a escola apontou um percentual de 20% de idosos tendo algum tipo de problema cognitivo. Com base nesse índice e sabendo-se que, dos 500 idosos de uma


REVISÃO 2011

6

comunidade, dois, em cada cinco, nunca foram à escola, pode-se estimar o número de idosos desse grupo que, além de nunca terem ido à escola, apresentam algum tipo de perda cognitiva, como sendo igual, nesse caso, a: A - 15 B - 25

C - 40 D - 65

QUESTÃO 27 O efeito estufa é a retenção de calor na Terra causada pela concentração de diversos tipos de gases na atmosfera. Segundo os cientistas, o resultado mais direto do efeito estufa será o aumento da temperatura do planeta em até 5,8°C ao final de 100 anos. Supondo que nos próximos 100 anos a temperatura do planeta aumente linearmente em função do tempo, então haverá um acréscimo de 2°C nessa temperatura daqui a aproximadamente: A - 21,5 anos. B - 27,6 anos.

C - 34,5 anos. D - 36,9 anos.

E - 41,2 anos.

QUESTÃO 28 João colocou numa xícara xmL de café e 100mL de leite, obtendo assim uma mistura de café com leite, cujo pH é 6. Suponha que o

8

www.ibahia.com/enem2011 PROJETO ESPECIAL DE MARKETING

pH do café seja 5,0 e o pH do leite seja 7,0. Como o pH de uma solução é definido por pH = – log[H+], em que [H+] denota a concentração de H+ em mol por litro, sendo assim, o valor de x é: A - 5 B - 10

E - 100

Salvador | terça-feira

18 de OUTUBRO de 2011

C - 50 D - 100

E - 200

QUESTÃO 29 Os números de identificação utilizados no cotidiano (de contas bancárias, de CPF, de Carteira de Identidade etc) usualmente possuem um dígito de verificação, normalmente representado após o hífen, como em 17326-9. Esse dígito adicional tem a finalidade de evitar erros no preenchimento ou digitação de documentos. Um dos métodos usados para gerar esse dígito utiliza os seguintes passos: √ Multiplica-se o último algarismo do número por 1, o penúltimo por 2, o antepenúltimo por 1, e assim por diante, sempre alternando multiplicações por 1 e por 2. √ Soma-se 1 a cada um dos resultados dessas multiplicações que for maior do que ou igual a 10. √ Somam-se os resultados obtidos. √ Calcula-se o resto da divisão dessa soma por 10, obtendo-se assim o dígito verificador.

O dígito de verificação fornecido pelo processo acima para o número 24685 é: A - 1 B - 2

C - 4 D-6

E-8

QUESTÃO 30 A palavra “sextavado” pode significar hexagonal. Os parafusos de cabeça sextavada são um bom exemplo disso. A figura seguinte, cotada em milímetros, representa um polígono regular da cabeça de um desses parafusos.

Nessas condições, o perímetro dessa parte da cabeça do parafuso, em mm, é aproximadamente igual a: A - 90 B - 108

C - 144 D - 180

E - 204

PROFESSORES DO COLÉGIO VILLA LOBOS QUE elaboraram AS QUESTÕES da revisão enem INTENSIVÃO 2011.

Dora Flores história do brasil

Dudu Vieira Inglês

Evert Reis literatura

Gilton do Carmo atualidades

Márcio Queiroz matemática

Marcus Eloi química

Midian Garcia Gramática

Ricardo Abud Ricardo Dantas física educação física

Ricardo Garrido HISTÓRIA

Rodolfo Badilla Espanhol

Thomaz Nova Yomar Seixas biologia geografia

ENEM 2011- Caderno 6 -  

Assuntos: CADERNO 5 - Dicas de redação e intensivão com 30 questões

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you