Page 1

REVISTA ANO 3 - N° 3 - ABR/2019

2018

COOPERATIVISTA

Revista Promoção Social Cooperativista - 2018

1


A Organização das Nações Unidas definiu uma agenda para orientar as ações de todos os países, instituições, empresas e pessoas comprometidas com o fim da fome, banimento da pobreza extrema, a defesa dos direitos individuais e coletivos, a promoção da igualdade e do respeito à diversidade e a conquista de um modelo universal de desenvolvimento sustentável, em suas três dimensões: a econômica, a social e a ambiental. As cooperativas brasileiras, representadas pela OCB, estão comprometidas com os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável definidos pela ONU. E os adotam como referência para as ações de promoção social do cooperativismo.


REVISTA

2018

COOP ER ATIVISTA

“Promoção Social é o conjunto integrado de ações dirigidas para oportunizar mudanças nas comunidades, desenvolvendo a autonomia, a cidadania e o bem-estar, observando os valores e princípios cooperativistas como condição essencial ao desenvolvimento sustentável das cooperativas e da sociedade.”

Mensagem Institucional A definição acima, retirada das Diretrizes Nacionais de Promoção Social do Sescoop, reflete o entendimento do sistema cooperativista brasileiro sobre a promoção social, em perfeito alinhamento com os princípios e valores cooperativistas e com a vocação constitucional do Sistema S, do qual orgulhosamente faz parte o Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo. Por definição, cooperativas nascem vocacionadas para alavancar o desenvolvimento local. Para além disso, atuam como promotoras do desenvolvimento sustentado das suas comunidades através de políticas, programas e ações de promoção social aprovadas pelos associados. Na Bahia, sob orientação do Sistema OCEB, as cooperativas têm ampliado seu interesse pela sua comunidade - sétimo princípio do cooperativismo – e assumido como seu o compromisso sistêmico com os ODS – Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, definidos pela Organização das Nações Unidas. Transformar o mundo em um lugar melhor para se viver. Esse parece ser o anseio de quem vive e respira cooperativismo, de Norte a Sul e de Leste a Oeste da Bahia, como nos mostram os quase 254 mil baianos beneficiados em 2018, direta ou indiretamente, por ações e intervenções sociais de cooperativas, preocupadas com os problemas que ameaçam a dignidade humana, a sustentabilidade do planeta e a igualdade de oportunidades. Por isso, caro leitor, queremos convidar você a ver esses resultados aqui, nesta edição da Revista de Promoção Social. Boa leitura!

Revista Promoção Social Cooperativista - 2018

3


REVISTA

2018

COOPER ATIVISTA

Ações da Região Metropolitana de Salvador

03

Mensagem Institucional

06

Entrevista

08

Coopere com a Vida

10

Unifisio

11

Sicoob Cooperbom

12

Sicoob Central Bahia

13

Sicoob Cred Executivo

14

Sicoob Copelba

14

Elinq

15

Cootranspex

16

Coomap

17

18

Ações da Região Oeste

Ações da Região Portal do Sertão

19

Sicoob Coopere, Unibrasil Saúde

20

Sicoob Coopere

24

Sicoob Coopemar

25

Coopesal

26

Coopermulta, Sicoob Norte Sul

27

Coopsertão, Sicoob Sertão

28

Sicoob Sertão

29

Coopercap

30

Cooes

30

Uniodonto Feira de Santana

31

Coopeps

31

Coopex

32

Sicoob Norte Sul

36

Coopeb

37

Cooperfarms, Unibahia, Cooproeste, Sicredi União MS/TO

38


Ações da Região Sudoeste

39

Coopec

40

Sicoob Credcoop

41

Cooprevsaúde

42

Sicoob Credconquista

42

43

Ações da Região Sul

Ações da Região Piemonte e Chapada

44

Coperil

45

Ctes

46

Cetef

47

Cooeduc

48

Unimed Itabuna, Uniodonto Região Sul da Bahia, Sicredi Região Sul da Bahia

49

Sicoob Coopec

50

Sicoob Extremo Sul

51

Uniodonto Bahia Sul

52

53 54 55

Balanço geral do Dia C na Bahia Time Sescoop na Bahia Expediente


ENTREVISTA Geâne Ferreira, gerente de Desenvolvimento Social de Cooperativas do Sescoop

Promoção social: cooperativas transformando para melhor De acordo com as diretrizes nacionais de promoção social do Sescoop, “Promoção Social é o conjunto integrado de ações com enfoque educativo para promover a cultura da cooperação, o bem-estar e a qualidade de vida das pessoas, contribuindo para o desenvolvimento sustentável das cooperativas e, consequentemente, de suas comunidades.” De forma resumida, quais são os principais indicadores de que o cooperativismo tem contribuído para mudanças nas comunidades em que atua? Entendemos que o desenvolvimento das comunidades é consequência dos bons resultados de uma cooperativa bem gerida e que gera trabalho, emprego e renda e, em consequência disso, qualidade de vida tanto para cooperados quanto seus familiares e empregados de cooperativas. Com isso, trabalhamos com índice de sustentabilidade cooperativista e índice de gestão cooperativista. O Sistema OCB assumiu compromisso com os ODS – Objetivos de

6

aumenta a cada ano e a qualidade dos projetos também, o que demonstra melhor alinhamento e conscientização das cooperativas sobre seu potencial de contribuição para a agenda, por meio de ações simples, com caráter transformador.

Desenvolvimento Sustentável. Como isso tem influenciado a ação do Sescoop e das cooperativas, em todo o país? A agenda de desenvolvimento proposta pela ONU tem embasado as ações do Sescoop desde 2014. Em 2015, com a proposição da Agenda 2030 para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável foi reforçada a contribuição das cooperativas para os ODS e todos os projetos realizados pelas cooperativas e registrados na base do Sistema do Dia C demonstram a vinculação com pelo menos um ODS. A adesão das cooperativas

Revista Promoção Social Cooperativista - 2018

O Dia C é a maior e mais importante mobilização em torno da promoção social cooperativista. Mas ainda se nota que muitas iniciativas têm caráter pontual ou não se encaixam em programas de ação permanentes. Em que medida a promoção social vem sendo incorporada pelas cooperativas brasileiras como uma política que gera ações (e resultados) de longo prazo? A promoção social é uma das linhas de ação do Sescoop e não uma política, desta forma a proposta é que ela seja um conjunto de ações que promovam a cultura da cooperação, o bem-estar e a qualidade de vida das pessoas. É por isso que dizemos que o Dia C é a maior ação de estímulo à responsabilidade social e ao voluntariado nas cooperativas. A partir dele temos conscientizado as


cooperativas a desenvolverem projetos alinhados com o seu negócio para dar sentido à sua estratégia e garantir a continuidade e resultados duradouros. E, ano após ano, os números do Dia C evidenciam o quanto as nossas cooperativas buscam cuidar das pessoas. Para se ter uma ideia, em 2018, mais de 2,2 milhões de pessoas foram beneficiadas com iniciativas transformadoras que ocorreram em 1.136 cidades, localizadas de Norte a Sul do país. Durante todo o ano passado, cerca de 120 mil voluntários se empenharam em fazer parte do processo de construção de um Brasil mais justo, feliz, equilibrado e com melhores oportunidades para todos, mostrando que as atitudes simples são motoras de grandes resultados. E a ideia é que esses números sejam ainda maiores em 2019. O que a unidade nacional do Sescoop planeja implementar, nos próximos anos, para intensificar o estímulo a políticas de promoção social mais efetivas e permanentes nas cooperativas, por todo o país? A partir da Diretriz de Atuação Finalística lançada em 2018, a Promoção Social do Sescoop deve atuar com base nas informações levantadas nos diagnósticos das cooperativas de modo a oferecer soluções alinhadas aos gaps identificados. Estamos trabalhando para oferecer projetos que contribuam com o desenvolvimento do cooperado e, assim, de todo o movimento cooperativista do país.

O Documento DNPS - Diretriz Nacional de Promoção Social, elaborado pelo Comitê Nacional de Promoção Social do Sescoop, prevê seis categorias de ação conhecidas como Natureza da Promoção Social Cooperativista, as quais descrevemos abaixo. Nesta edição da Revista de Promoção Social do Sescoop/BA, utilizaremos ícones em cada ação relatada, especialmente criados para facilitar a fixação dessas naturezas da ação.

EDUCAÇÃO

Ações educativas (ensino), voltadas para o desenvolvimento individual ou coletivo, fortalecendo os valores da cooperação e do cooperativismo, sem vínculo direto com as atribuições profissionais dos indivíduos.

Ações que fortalecem as culturas regionais e nacionais, a cultura cooperativista e atividades artísticas, por meio da preservação dos seus hábitos, seus costumes, crenças e valores.

CULTURA

Ações que contribuem para o bem-estar físico, mental e social das pessoas, priorizando a prevenção e manutenção da saúde, para minimizar a ocorrência de doenças e melhorar a qualidade de vida.

SAÚDE

ESPORTE E LAZER

INTEGRAÇÃO

RESPONSABILIDADE SOCIO-AMBIENTAL

Ações que estimulam e viabilizam a prática esportiva, a diversão, a recreação e o entretenimento individual ou coletivo das pessoas.

Ações que viabilizam oportunidades de integração entre as pessoas, voltadas para o desenvolvimento do cooperativismo e das cooperativas. Ainda que sejam realizadas atividades de lazer, cultura ou saúde, se a finalidade for comemorar uma data ou acontecimento específico, a atividade deverá ser classificada como “integração”.

Ações que estimulam a reflexão e práticas voltadas para a preservação do meio ambiente e o desenvolvimento social e econômico das pessoas, por meio do voluntariado, inclusão social, geração de renda etc.

Fonte: DNPS - Sescoop

Revista Promoção Social Cooperativista - 2018

7


Doação de órgãos:

S

ão quase 200 mil pessoas na Bahia ligadas diretamente ao cooperativismo. Se incluirmos as famílias, elevamos esse número para perto de um milhão. Por isso, há vários motivos para acreditar que o cooperativismo pode fazer a diferença na reversão do triste quadro de escassez de doadores de órgãos no estado. Desde 2017 o sistema cooperativista baiano entrou de vez na luta pela desmistificação da doação de órgãos e pelo incentivo para que as pessoas comuniquem isso às suas famílias – a ausência dessa manifestação prévia é um dos principais motivos para o impedimento da doação, na hora do óbito. A mobilização é nacional e conta com o apoio do setor público de saúde, mas é nas organizações da sociedade civil que reside o grande potencial mobilizador. Por isso, surgiu a ideia da campanha

“Coopere com a Vida: Seja doador de órgãos e avise a sua família”, lançada pelo Sistema OCEB. De acordo com o documento Registro Bahiano de Transplantes - 2018, da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia, o ano se encerrou com 1.688 pessoas na fila de espera por transplante. Dentre os casos identificados como possíveis doadores, 24% teve a doação negada porque a família é contrária ou não houve consenso entre familiares, um claro sinal de que os doadores precisam expressar sua vontade com clareza para seus entes. Ainda assim, o baixo número de doadores – ou de pessoas que se dispõem a pensar no assunto e assumir uma posição clara – parece ser o grande desafio. Afinal de contas, em tese, todo mundo concorda com a ideia de doar, mas na prática poucos manifestam isso com clareza.

Coopere com a Vida: Seja doador de órgãos e avise a sua família

8

Revista Promoção Social Cooperativista - 2018

Caminhada Cooperativista Pelo sexto ano consecutivo, uma das mais belas paisagens de Salvador - o Dique do Tororó - foi


cooperativismo baiano entra na luta

cenário para a Caminhada Cooperativista Baiana - Pela Qualidade de Vida, Saúde e Meio Ambiente, uma oportunidade para integrar a comunidade cooperativista e

celebrar juntos o Dia C. Na manhã de 22 de setembro, mais de 500 pessoas entre associados e funcionários de cooperativas de várias cidades da Bahia, seus familiares, parceiros e voluntários, puderam refletir seriamente sobre o tema, que afeta a todos nós. A cooperativa Sicredi Salvador, também engajada na campanha, mobilizou representantes da Fundação de Hematologia e Hemoterapia do Estado da Bahia – HEMOBA para que fizessem uma palestra sobre a doação de sangue e de medula óssea, esclarecendo sobre a inexistência de impactos na saúde do doador – o desconhecimento e o medo são fatores importantes para o baixo número de doadores. Representantes da Central de Transplantes do Estado e da imprensa também estiveram presentes. Em seguida, todos percorreram os 2,6 km do entorno do Dique ao som de uma anima

da charanga, vestindo camisas da campanha “Coopere com a Vida: Seja doador de órgãos e avise a sua família”, levando a mensagem aos transeuntes e vizinhança da região. Mobilização em todo o estado O Sistema OCEB mobilizou toda a base de cooperativas no estado em torno da campanha “Coopere com a Vida”, convidando a todos para a reflexão e mudança de atitude. Como resultado, criou-se uma grande rede de cooperação que reuniu mais de 3.500 voluntários cooperativistas, em 65 cidades da Bahia, que atuaram simultaneamente, no dia 21 de setembro, para esclarecer e mobilizar a população sobre a importância da doação de órgãos. Foram cooperados, funcionários e dirigentes de cooperativas de diferentes ramos promovendo palestras educativas, panfletagens, caminhadas, mobilização por meio de redes sociais e canais de comunicação, tudo com a intenção de chamar a atenção sobre o déficit de doadores, a necessidade de se comunicar a decisão à família e a importância de mudarmos essa situação em nosso estado.

Revista Promoção Social Cooperativista - 2018

9


REGIÃO METROPOLITANA DE SALVADOR 10 10

Revista Promoção Social Cooperativista - 2018


REGIÃO METROPOLITANA DE SALVADOR

Educar para amamentar

D

ados de saúde pública em praticamente todos os continentes dão conta de que a mortalidade infantil e a precariedade das condições de saúde de crianças e adolescentes tem estreita ligação com a interrupção precoce ou não realização do aleitamento materno. Por esse motivo, profissionais de saúde da UNIFISIO empreenderam um projeto de sensibilização e instrução, voltadas para o combate a esse fenômeno social e de saúde. A região escolhida foi um barro da periferia de Feira de Santana, local onde reside uma comunidade carente e com razoável concentração de jovens mães e/ou mulheres em idade fértil. A ação do Dia C da UNIFISIO se iniciou, ainda em Salvador, com a arrecadação de fraldas descartáveis, para serem distribuídas com a população-alvo. Já em Feira de Santana, os moradores do entorno de uma igreja foram visitados e convidados para o evento central, que seria um grande encontro instrucional e com muita demonstração e diálogo com as mulheres. Após reunido o público - cerca de 40 gestantes ou parturientes foi realizada a palestra “Amamentação é a base da vida”, focada na relação entre o aleitamento materno e o combate à fome, à desnutrição e à obesidade, dentre outros males. Mais de 80 pacotes de fraldas descartáveis foram distribuídas às mães presentes, assim

como também foram encaminhadas para puérperas internadas na maternidade Pública do Hospital Inácia Pinto dos Santos, no Bairro Sobradinho. As participantes, e também seus acompanhantes, conheceram sobre as verdades e os mitos que envolvem o aleitamento materno e fizeram exercícios práticos de como prevenir a pega incorreta do seio pelo bebê - principal causa de desmame precoce - e qual deve ser a postura da mãe e do bebê durante a amamentação. A ação do Dia C da UNIFISIO está de acordo com estudos e orientações formulados por organizações mundiais, como a UNICEF (Fundo Internacional de

Emergência para a Infância das Nações Unidas), OMS (Organização Mundial de Saúde), WABA (World Alliance for Breastfeeding Action) e IBFAN (Rede Internacional em Defesa do Direito de Amamentar).

Revista Promoção Social Cooperativista - 2018

11


Contra o lixo no mar

S

ensibilizar a população para um gravíssimo problema mundial: o descarte de lixo no mar. Com esse objetivo o Sicoob Cooperbom realizou uma grande mobilização na orla de Salvador – mais precisamente no belíssimo trecho do Jardim de Alah – denominado “Seja um Catador”, como parte da celebração do Dia de Cooperar 2018. Impactos climáticos da mais alta gravidade estão sendo previstos para as próximas décadas, em consequência da enorme quantidade de lixo que o homem despeja no mar, seja pelo descarte nas praias, seja pela ação de embarcações, indústrias e falta de saneamento básico que fazem dos rios verda-

12

deiros inimigos do mar. Por isso, funcionários, dirigentes, associados e seus respectivos familiares do SICOOB COOPERBOM não mediram esforços para buscar o apoio de outras cooperativas e da população que se exercita na orla de Salvador, em um apelo pela conscientização e pela mudança de atitude dos cidadãos. Sicoob Credmed, Sicoob Cred Executivo e Sicoob Coopelba foram as cooperativas parceiras na ação. Além disso, a Secretaria da Cidade Sustentável e Inovação da Prefeitura de Salvador também apoiou a iniciativa do Dia C. Mas o ponto alto da atividade foi mesmo a catação de lixo. Os voluntários arregaçaram as

Revista Promoção Social Cooperativista - 2018


REGIÃO METROPOLITANA DE SALVADOR

mangas e, munidos de ganchos e sacos, percorreram o trecho de praia do Jardim de Alah e recolheram 400 Kg de lixo orgânico, além de centenas de unidades de garrafas pet e latas de alumínio. Todo esse material é vetor de proliferação de doenças e risco aos banhistas, que utilizam as areias das nossas praias. Mas sobretudo, são uma ameaça à flora e à fauna marinhas. E esses alertas foram feitos aos transeuntes que visitaram a tenda da Cooperbom e puderam se servir de um delicioso café da manhã.

Natal Solidário

A

ACCI – Apoio ao Combate ao Câncer Infantil é uma reconhecida instituição baiana situada em Simões Filho, cujo propósito é apoiar crianças sem condições financeiras em seus tratamentos contra a doença, por meio de hospedagem temporária (inclusive para familiares), captação de medicamentos, ajuda psicossocial, dentre outras ações. Em parceria com professores da Escola de Música da Universidade Federal da Bahia, a ACCI passa a oferecer aulas de iniciação a instrumentos musicais, como forma de mitigar o sofrimento das crianças em tratamento e melhorar sua qualidade de vida. Como iniciativa do Dia C 2018, os funcionários e dirigentes do SICOOB CENTRAL BAHIA empreenderam uma bem-sucedida campanha de arrecadação de instrumentos musicais (em bom estado de conservação) e aquisição de novos, de modo a viabilizar o projeto da ACCI. Ao todo, 38 instrumentos foram providenciados e entregues às crianças da instituição.

Revista Promoção Social Cooperativista - 2018

13


Equoterapia

H

á décadas o cavalo – um dos mais dóceis e admirados animais do mundo – vem sendo utilizado em vários países, como apoiador de tratamentos de pessoas com deficiência. Em linhas gerais, a convivência e o relacionamento lúdico e afetivo com o animal proporcionam avanços no quadro evolutivo dessas pessoas, sobretudo nas que têm déficit motor ou neurológico. Na Bahia, foi criada há 21 anos a ABAE Associação Baiana de Equoterapia, que oferece exatamente isso a 130 pessoas: o uso do cavalo como um instrumento educacional e psicoterapêutico, para tratamento de crianças com paralisia cerebral, síndromes genéticas, esclerose múltipla, autismo, distúrbio do

déficit de atenção, dentre outras doenças. Dentre as ações de promoção social realizadas pelo SICOOB CRED EXECUTIVO em 2018, como parte do Dia C, destaca-se a visita às crianças em tratamento na ABAE, com a distribuição de cerca de 300 brinquedos. Foi uma experiência transformadora, não só pela oportunidade de ajudar, mas, sobretudo, pelo aprendizado. Por meio do trabalho voluntário de profissionais de saúde e de outras áreas, a ABAE faz sua terapia alcançar crianças e jovens não só de Salvador e Lauro de Freitas, mas também de Feira de Santana, Alagoinhas, Mutuípe, Cruz das Almas, Santo Antônio de Jesus, dentre outros. Agora, a ABAE

Respeito e carinho aos idosos no Dia C

A

Cidade Baixa, região histórica e tradicional de Salvador, sedia inúmeras instituições beneficentes dedicadas ao acolhimento de pessoas idosas, crianças e pessoas em situação de risco ou vulnerabilidade. Dentre elas, o Lar Irmã Maria Luíza (Mares) e o Lar Esperanças dos Idosos (Bonfim) são reconhecidas pelo belo trabalho social que realizam. Da mesma forma ocorre com o Asilo Santo Expedito, localizado na Cidade Alta (em Nazaré).

14

Os associados do SICOOB COPELBA decidiram, em 2018, empreender uma grande mobilização em torno da experiência de visitação festiva aos idosos dessas três instituições, associado ao esforço de coleta e oferta de donativos aos seus ilustres moradores. Ao todo, cerca de 100 idosos das três casas foram beneficiados com a atividade.

Revista Promoção Social Cooperativista - 2018


REGIÃO METROPOLITANA DE SALVADOR

também conta com o ingresso do Sicoob Cred Executivo no time de apoiadores da instituição. Além da ABAE, o Sicoob Cred Executivo também realizou vivências em duas outras instituições muito sérias, cujo trabalho tem feito a diferença: O Núcleo de Apoio ao Combate do Câncer Infantil - Nacci e o Abrigo São Lázaro, que atende idosos. Em ambas, repetiu-se um dia de experiência de integração e atividades lúdicas com as crianças e os velhinhos atendidos, com distribuição de brinquedos, fraldas geriátricas, material de limpeza e higiene, sempre em um clima de muita emoção e solidariedade.

Já em Camaçari, a preocupação dos associados da ELINQ foi que, apesar do clima nordestino ser conhecido pelo calor, em determinadas épocas do ano e localidades, as temperaturas mais baixas podem ser desafiadoras para parte da população mais idosa e, particularmente, daquelas pessoas em situação de vulnerabilidade. Pensando nesse problema, a ELINQ decidiu empreender uma campanha de arrecadação de agasalhos para serem doados aos idosos do abrigo São Francisco de Assis, em Camaçari. A mobilização, denominada Aquece o Coração, envolveu não só os cooperados mas também seus familiares, que exercitaram a solidariedade e foram despertados para a respon-

sabilidade coletiva pela qualidade de vida dos mais necessitados. Ao todo, cerca de 60 idosos do abrigo São Francisco de Assis foram beneficiados diretamente pelos donativos.

Revista Promoção Social Cooperativista - 2018

15


Crianças ao TAMAR

O

Projeto Tamar é um dos mais importantes e bem-sucedidos programas brasileiros de proteção ambiental. Criado há quase 40 anos, realiza um belíssimo trabalho focado na pesquisa, conservação e manejo das cinco espécies de tartarugas marinhas encontradas no Brasil, todas ameaçadas de extinção, com atuação em mais de 1.100 km de praias em nove estados brasileiros. Como não poderia deixar de ser, as unidades do Tamar são também espaço de visitação e de educação ambiental, sendo a oportunidade para que estudantes – e visitantes em geral – conheçam de perto

16

os animais e aprendam sobre a importância de sua preservação. Em 2018, os associados da COOTRANSPEX decidiram empreender a iniciativa de proporcionar a 30 crianças da educação infantil do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) - Casa da Criança do Bom Juá, em Salvador, a oportunidade de conhecerem de

Revista Promoção Social Cooperativista - 2018

perto a unidade do Projeto Tamar, em Praia do Forte, a 75 km de distância, no município de Mata de São João. As crianças da comunidade, devidamente acompanhadas pelos professores, foram carinhosamente acolhidas e transportadas em ônibus da cooperativa, para um inesquecível dia de diversão e aprendizado.


REGIÃO METROPOLITANA DE SALVADOR

Direito de ir e vir: acessibilidade e transporte público

D

ando continuidade ao seu programa anual de promoção social a COOMAP buscou, em 2018, ampliar o debate público sobre acessibilidade – iniciado em 2017 – e levar à juventude de São Sebastião do Passé a oportunidade de refletir sobre um direito universal: o de se deslocar livremente e com segurança em sua cidade. Em parceria com diversas instituições, a cooperativa mobilizou as escolas da rede pública e particular para reunir os jovens do ensino médio de toda a cidade, em um momento de integração e de reflexão sobre o tema. Universidade Federal da Bahia - UFBA, Sociedade Pestalozzi, Associação de Cegos da Bahia – ABC e a organização local Cidade Inclusiva, foram os parceiros dessa iniciativa, que contou ainda com o apoio da Prefeitura, do Ministério Público e da Casa Paroquial de São Sebastião do Passé. Ao todo, cerca de 500 estudantes estiveram reunidos em um grande auditório, para ouvir,

falar e trocar experiências com lideranças comunitárias, professores e pessoas com deficiência, grupo social dos mais prejudicados pela falta de infraestrutura de nossas cidades no que diz respeito à acessibilidade e ao transporte público, junto com os idosos. Professores das escolas também tiveram importante participação, reforçando a importância do jovem perceber criticamente o espaço público e se mobilizar para que ruas, calçadas, praças, pontos de ônibus e demais equipamentos públicos, não sejam ocupados de forma desrespeitosa e que a acessibilidade seja uma preocupa-

ção e compromisso de todos. No Dia C da COOMAP, relatos contundentes como a do presidente da Associação Baiana de Cegos, Everaldo Neris; ou de Lázaro Carvalho Santos, professor do curso de Tecnologia e Transporte da UFBA, que palestrou sobre “Que cidade nós queremos?”, se juntaram à força da juventude participativa de São Sebastião do Passé, criando um ambiente propício à transformação social. Por meio dessa ação, a COOMAP confirma a prática do 7º princípio do cooperativismo (Interesse pela Comunidade) e contribui para o 11º Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU que é o de “Tornar as cidades e os assentamentos humanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis”.

Revista Promoção Social Cooperativista - 2018

17


REGIÃO PORTAL DO SERTÃO 18

Revista Promoção Social Cooperativista - 2018


REGIÃO PORTAL DO SERTÃO

Mobilizar para servir

A

cooperativa de crédito SICOOB COOPERE e a de trabalho UNIBRASIL SAÚDE empreenderam, juntas, a iniciativa de mobilizar CONCEIÇÃO DO COITÉ em um grande mutirão de serviços aos seus próprios cidadãos. Era manhã de 17 de agosto quando funcionários e associados das cooperativas finalizavam a montagem da estrutura, na Praça da Matriz. Aos poucos chegaram dezenas de voluntários (profissionais liberais, empresários, professores e tantos outros) que juntos com parceiros institucionais, Polícia Militar e Prefeitura, toparam celebrar o Dia C – Dia de Cooperar levando ao cidadão serviços, informação e experiências positivas,

de forma gratuita. Ao todo, foram mais de 650 atendimentos em serviços de saúde, educação, cidadania e cultura. Enquanto crianças brincavam no playground, uma Unidade Móvel de Saúde realizava exames de eletrocardiograma, Raio X, ultrassonografia, glicemia, PSA e colesterol. Também foram oferecidas consultas gratuitas com médico clínico geral, cortes de cabelo, orientação nutricional, palestras sobre educação financeira, doenças sexualmente transmissíveis e gravidez na adolescência, consulta com dentistas e distribuição do kit de saúde bucal, além de vacinas contra poliomielite e

rubéola para as crianças. O grupo teatral Quaisquer Fulano participou do Dia C, assim como o grupo Batuque Social. Foram distribuídas mudas para arborização.

Paulo Afonso é Meio Ambiente

V

 isando estimular a reciclagem e a preservação ambiental, o SICOOB COOPERE DE PAULO AFONSO empreendeu um mutirão de limpeza na localidade do Bico da Pedra, às margens do Rio São Francisco. Os voluntários recolheram lixo das margens e do rio e o material recolhido foi destinado para a Associação de Reciclagem de Paulo Afonso (ARPA). Além de funcionários e associados, participaram também crianças da Escolinha de Futsal na Base, representantes da Prefeitura e da Pró Vídeo. O objetivo foi chamar a atenção para a importância do recolhimento adequado do lixo, bem como divulgar o trabalho da ARPA.

Como resultado da mobilização, coletores seletivos de lixo foram instalados em locais estratégicos da cidade. Além disso, o Sicoob e mais 20 empresas de Paulo Afonso assinaram um convênio para a doação de resíduos sólidos recicláveis para a ARPA. O

Dia C foi encerrado com a palestra de Victor Flores, “Mãos transformadoras do lixo de Paulo Afonso”.

Revista Promoção Social Cooperativista - 2018

19


Educação e cidadania por todo o semiárido

A

s agências do SICOOB COOPERE, distribuídas por 15 municípios, realizaram uma série de iniciativas de voluntariado e mobilização em suas comunidades, cujo ponto em comum revela a diretriz de promoção social da cooperativa em 2018: educação e cidadania. Em FEIRA DE SANTANA funcionários e associados do Sicoob Coopere realizaram uma manhã de integração com crianças e jovens da APAE. Oficinas de maquiagem e atividades recreativas fizeram a alegria de dezenas de crianças e jovens e promoveram a consciência da necessidade de apoiar o trabalho desenvolvido pela instituição. Já em SÃO DOMINGOS, uma

20

parceria com a Secretaria Municipal de Educação e o comércio local viabilizou uma campanha de arrecadação de livros e brinquedos para criação de uma brinquedoteca e reforço da biblioteca da Escola

Revista Promoção Social Cooperativista - 2018

Infantil José Marcos de Matos na comunidade rural do Morro do Mamote. Atividades de incentivo à leitura também foram realizadas com as crianças da localidade carente.


REGIÃO PORTAL DO SERTÃO

Mulheres empre-

endedoras: valorização da mulher no mercado de trabalho

“Mulheres empreendedoras: valorização da mulher no mercado de trabalho” foi o tema das palestras oferecidas a estudantes do ensino médio do município de GAVIÃO, pela turma de funcionários e associados do Sicoob Coopere da cidade. Empresárias, advogadas, professoras e outras profissionais da localidade foram convidadas a

dar seus depoimentos, colocando em debate a perspectiva feminina sobre o mundo do trabalho, dificuldades e oportunidades. Já em CAPIM GROSSO, os funcionários e associados proporcionaram a mais de 160 estudantes do Centro Territorial de Educação Profissional do Piemonte da Diamantina (CETEP), palestras sobre educa-

ção profissional e prevenção ao uso de drogas. Além disso, os jovens puderam participar de um concurso de redação sobre “A influência da educação profissional na vida dos jovens”. A inserção dos jovens no mundo dos negócios também foi o tema geral explorado pelo Sicoob Coopere em sua sede, VALENTE. Com a ajuda de profissionais do SEBRAE e da Fundação APAEB, funcionários e associados da cooperativa de crédito se uniram para oferecer aos jovens estudantes do Colégio Estadual Cesar Borges um rico debate sobre como empreendimentos pessoais podem alcançar o sucesso, por meio da apresentação de técnicas e também de histórias de sucesso inspiradoras. A equipe do Sicoob Coopere de JEQUIÉ também proporcionou aos estudantes da Escola Luiz Navarro de Brito, naquela cidade, uma série de palestras focadas

Revista Promoção Social Cooperativista - 2018

21


A influência da

educação profissional na vida dos jovens

em temas delicados e pertinentes para os jovens do ensino médio, como bullying, suicídio e AIDS. Ali perto, em JAGUAQUARA, o tema discutido nas escolas foi “inclusão social”, explorado com a ajuda da representante do Conselho Tutelar

22

do município e das professoras das escolas, com ampla participação dos estudantes, que também protagonizaram uma gincana. Alunos do curso de cooperativismo do Instituto Federal Baiano – IFBA de SERRINHA puderam

Revista Promoção Social Cooperativista - 2018

participar de palestras cujos temas foram “combate à violência contra a mulher” e “inserção dos jovens no mercado de trabalho”. A Ação do Dia C foi fruto de uma parceria com o 16º Batalhão de Polícia Militar. O tema da educação financeira e da


REGIÃO PORTAL DO SERTÃO

cooperação também foram tratados no evento, que teve ainda arrecadação de brinquedos para doação, gincana e premiações. Rodas de diálogos com a comunidade e palestras mobilizaram alunos do Cursinho Pré vestibular e da Educação de Jovens e

Adultos de NOVA FÁTIMA. Funcionários e associados da agência do Sicoob Coopere na cidade articularam uma ampla reflexão participativa sobre cidadania financeira e cooperativismo enquanto alternativa concreta para uma sociedade sustentável e justa por meio

da cooperação. Já a sexualidade e doenças sexualmente transmissíveis foram os temas centrais do ciclo de palestras realizado pelo Sicoob Coopere em QUIXABEIRA, como parte do Dia C, para jovens alunos da Escola Agrícola do município. Testes rápidos de HIV

Combate à

violência contra a mulher e inserção dos jovens no mercado de trabalho

foram realizados gratuitamente, assim como aferição de pressão e vacinação contra HPV. Brincadeiras e apresentações teatrais complementaram a atividade. A educadora e mobilizadora social Maria Vandalva, também presidente do Conselho de Administração do Sicoob Coopere, ministrou a palestra “Cooperando com as minhas finanças”, focada no tema da educação e cidada-

Colégio Estadual Olavo Alves Pinto. No sertão de EUCLIDES DA CUNHA, o Sicoob Coopere celebrou o Dia C com um concurso de redação sobre a importância do cooperativismo para a região, envolvendo estudantes na reflexão sobre seu espaço social e a cooperação como forma de organização e enfrentamento de adversidades.

nia financeira, para cerca de 200 jovens estudantes do ensino médio e superior de RETIROLÂNDIA, no

Revista Promoção Social Cooperativista - 2018

23


“Coopere com a vida” na Feira de Saúde

A

campanha de conscientização e mobilização pela doação de órgãos realizada pelo Sistema OCEB, denominada “Coopere com a Vida”, ganhou espaço nas iniciativas do Dia C empreendidas por funcionários e associados do SICOOB COOPEMAR na cidade de Mairi. Realizada em 28 de setembro no bairro do Coqueiro, a Feira de Saúde de Mairi contou com o apoio da Prefeitura, através da Secretaria de Saúde. O local do evento foi a Escola Municipal Marcilene Silva Santos, onde foi montada uma estrutura que proporcionou à população atendimento médico, odontológico, nutricional e de enfermagem; aferição de pressão arterial, teste de glicemia, verifica-

ção de peso e altura, pesagem para o Bolsa Família, vacinação e realização de testes rápidos: hepatites, virais, sífilis e HIV. Além da conscientização da importância da doação de órgãos e a desmistificação desse ato de humanidade e solidariedade, os estudantes do ensino médio - e

24

Revista Promoção Social Cooperativista - 2018

muitos dos seus pais - também participaram do “Workshop de Educação Financeira”, realizado pelo Sicoob Coopemar, com a missão de chamar a atenção para a importância do planejamento e da construção de hábitos financeiramente saudáveis, como racionalizar gastos e realizar investimentos, além da democratização de saberes e qualidade de vida.


REGIÃO PORTAL DO SERTÃO

COOPESAL mostra que “Fazer o bem faz bem”

C

om o apoio de moradores e comerciantes de Salinas da Margarida, os cooperados e funcionários da cooperativa educacional COOPESAL fizeram, no mês de maio, uma grande mobilização solidária em benefício de famílias em situação de vulnerabilidade social da localidade de Porto da Telha e também residentes do centro da cidade. Ao todo, foram arrecadados mais de 300 kg de alimentos, convertidos em cestas básicas e doados – uma parte delas, destinadas também à Associação Beneficente Casa do Caminho. Em meio a essa mobilização, a campanha permanente “Educar para Transformar”, criada em 2017, prosseguiu no mês de junho com o esforço de conscientização sobre descarte de lixo e reciclagem, gerando a produção de árvores e adereços natalinos a partir das garrafas pet recolhidas, que foram utilizados na decoração da cidade no fim do ano. Em setembro, foi a vez da Feira

de Saúde, realizada no espaço da Rodoviária de Salinas da Margarida com o apoio das Secretarias de Educação e de Saúde do município, da Comunidade Adventista e do comércio local. Tudo começou

com uma caminhada saindo da Praça Tenente Albuquerque em direção ao local da atividade, ao som da Fanfarra dos Desbravadores e Aventureiros, com a participação de pais, alunos, professores e comunidade. Mais de 300 pessoas foram atendidas com teste de glicemia, aferição de pressão arterial, atendimento médico, massagem e orientação nutricional. Cerca de 30 voluntários, sendo cooperados, médicos, nutricionistas, enfermeiros e professor de Educação Física abraçaram a causa e doaram seu tempo em prol do bem comum.

Revista Promoção Social Cooperativista - 2018

25


Cooperativas apoiam Instituto Pestalozzi

O

Dia C em Cruz das Almas foi uma celebração conjunta das cooperativas COOPERMULTA e SICOOB NORTE SUL, unidas em torno da mobilização em prol de uma das mais tradicionais entidades de defesa, apoio e promoção da inclusão de pessoas com deficiência do país: a Associação Pestalozzi, que oferece serviços nas áreas de assistência social, defesa de direitos, saúde, educação e esportes para crianças deficientes.

26

Na manhã do dia 13 de julho as crianças atendidas pela Associação Pestalozzi de Cruz das Almas receberam a visita de voluntários associados e funcionários das duas cooperativas, que promoveram um dia especial com muita diversão, música, dança e brincadeiras com a palhaça Gigi, além da distribuição de brinquedos educativos para implantação da brinquedoteca. Além de uma horta implantada pelos voluntários no espaço da Associação, outro destaque foi a

Revista Promoção Social Cooperativista - 2018

doação de leite em pó, arrecadado pelos alunos do curso de Gestão de Cooperativas da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia UFRB durante o “trote solidário” daquele ano.


REGIÃO PORTAL DO SERTÃO

Solidariedade e ação social

P

or meio de suas agências, a cooperativa de crédito Sicoob Sertão celebrou o Dia C realizando ações de reflexão sobre o ambiente social, de defesa do meio ambiente e de mobilização de apoio a instituições sociais que atuam de forma beneficente na região. Em parceria com a COOPSERTÃO, o SICOOB SERTÃO realizou, em agosto, um encontro com a comunidade para estimular a retomada de projetos sociais que atuam com foco na juventude. Como resultado propôs uma comissão para discutir a criação da lei municipal de direitos das pessoas com necessidades especiais, além de ações de apoio permanente à

escola que acolhe alunos especiais na cidade e arrecadação de donativos para instituições que cuidam de crianças e idosos necessitados. Em BOA VISTA DO TUPIM, IPIRÁ e ITABERABA, os funcionários e associados se concentraram na arrecadação de donativos para instituições beneficentes, tais como material escolar para a rede de creches e escolas que atendem crianças carentes e em situação de vulnerabilidade, material de limpeza e alimentação para a Associação Maria Milza (Itaberaba).

Revista Promoção Social Cooperativista - 2018

27


Trilha ecológica

A

equipe de voluntários do SICOOB SERTÃO, promoveu um Dia C inusitado: mobilizaram toda a cidade e organizaram um grupo com mais de 800 crianças, jovens e adultos, para refazer o caminho dos antepassados fundadores da cidade, em meio à belíssima paisagem da caatinga. O comboio de ônibus saiu bem cedo em direção à Fazenda Cais - que deu origem ao município ainda no século 19 - e de lá para a Fazenda Serra Azul, onde iniciaram a trilha ecológica. Sempre animados por música, contação de estórias e muita informação sobre o bioma local, o grupo teve uma verdadeira aula de história e geografia, além

28

de conviver de perto com plantas e animais típicos da região. Guias, educadores físicos e outros voluntários asseguraram o sucesso do passeio, que foi uma grande oportunidade para reconectar as pessoas com suas origens e com seu meio ambiente. Já em VÁRZEA DA ROÇA, os funcionários e associados do Sicoob Sertão foram à feira livre para empreender um mutirão de conscientização acerca do problema do uso e descarte inadequado de sacolas plásticas

Revista Promoção Social Cooperativista - 2018

no ambiente. A equipe fez panfletagem e abordagem esclarecedora, além da distribuição de sacolas de pano, em substituição às de plástico.


REGIÃO PORTAL DO SERTÃO

Apoio ao associativismo e à cooperação

D

ar impulso ao associativismo, orientar, capacitar, compartilhar informações sobre educação financeira e a gestão de associações e empreendimentos sociais do município de Ruy Barbosa. Esse foi o propósito da cooperativa de trabalho COOPERCAP na mobilização do Dia C em 2018, a partir de um diagnóstico feito pelos seus próprios cooperados, de que muitas organizações sociais da região enfrentavam dificuldades para cumprir seus objetivos causadas pela desinformação e despreparo para a gestão de recursos. Com o apoio do Sicoob Sertão e da Secretaria Municipal de Agricultura, a COOPERCAP realizou em 17 de agosto uma atividade de capacitação e treinamento, na Câmara

de vereadores de Ruy Barbosa. O evento atraiu 21 lideranças de associações, cooperativas e outras organizações sociais locais, que tiveram acesso ao conteúdo instrucional focado em gestão associativista, direitos e deveres dos associados e educação financeira, ministrado por consultores especializados.

Revista Promoção Social Cooperativista - 2018

29


Vamos vacinar, minha gente...

M

ais de 200 voluntários, ao longo de três meses, se engajaram em um esforço para reduzir o número de crianças sem vacinação regular em Sobradinho. Esse é o resumo da principal ação de promoção social da

cooperativa educacional COOES, realizada com o apoio das secretarias municipais de saúde e de educação. Além disso, a cooperativa firmou parceria com os empresários da região para oferecer, em um mutirão comunitário, serviços

de aferimento de pressão arterial, corte de cabelo, manicure, design de sobrancelhas, oficina de capoeira, dança e samba de roda.

Feira se mobiliza pela paz

A

campanha permanente “Feira Pede Paz”, protagonizada por diversas instituições públicas, privadas e da sociedade civil da segunda maior cidade da Bahia, ganhou o apoio da UNIODONTO DE FEIRA DE SANTANA, por ocasião da mobilização em torno do Dia Internacional da Paz, celebrado em 21 de setembro. Fazendo coincidir seu evento do Dia C com essa celebração comunitária,

30

por meio da oferta de serviços à população, a cooperativa endossou o esforço coletivo por uma cidade mais tranquila e sem violência. Durante as atividades, realizadas em frente à sede da Casa da Paz, na Avenida Getúlio Vargas, a Uniodonto ofereceu à comunidade os serviços de prevenção bucal com escovação, aplicação de flúor e orientação de higiene bucal; aferição de pressão arterial, medição

Revista Promoção Social Cooperativista - 2018

de glicemia, assessoria jurídica, além de uma palestra sobre a prevenção do câncer de mama. Cerca de 30 voluntários auxiliaram o atendimento a mais de 200 pessoas presentes ao evento.


REGIÃO PORTAL DO SERTÃO

Desfile cívico em Pé de Serra

A

cidade de Pé de Serra parou em 14 de setembro, mobilizada pela rede de voluntários organizada pela cooperativa de trabalho educacional COOPEPS. O motivo foi a celebração do Dia C, oportunidade em que toda a comunidade pode participar de um desfile cívico que envolveu as escolas, bandas e fanfarras e grupos culturais locais. A criançada vestida à caráter desfilou bonito pelas ruas, carregando faixas informativas sobre os ODS – Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e promovendo os valores do cooperativismo. Palestras, jogos e brincadeiras também marcaram o

dia especial, que teve como ponto alto uma partida de futebol beneficente, realizado em parceria com o projeto Educatam no campinho da cidade, que conseguiu arrecadar 150 kg de alimento para doação a famílias carentes da comunidade.

Estudantes solidários

A

A Cooperativa educacional COOPEX – Colégio Boa Ideia, sediada em Paulo Afonso, decidiu em 2018 envolver os alunos em reflexões sobre a condição de grupos sociais da própria comunidade e como exercitar a solidariedade e ação transformadora, em relação a eles. Os resultados foram motivo de muito orgulho. No primeiro semestre, professores e estudantes discutiram sobre a condição de crianças que vivem em situação de risco, o que gerou a concepção do projeto “Gentileza Gera Gentileza”, uma proposta de intervenção que consistiu em acolher um grupo de crianças carentes em visita à escola e lhes proporcionar uma manhã de diversão, danças, jogos,

oficinas e muitas gargalhadas. A experiência contou com a participação também de ex-alunos, que aceitaram de pronto o convite e contribuíram com a experiência. No segundo semestre, a reflexão sobre a condição feminina da gestação e maternidade, em especial quando ocorre com mulheres carentes, resultou no projeto “Kit Bebê”. Primeiro, realizaram uma campanha de arrecadação de donativos para gestantes e mamães recentes. Em seguida, as reuniram na sede da escola e presentearam-nas com uma tarde de relaxamento, entretenimento, música e afetividade, conduzida pelas próprias crianças, que ao final, fizeram a entrega dos kits contendo banheira, fraldas, roupas

e brinquedos. O Dia C da COOPEX ainda contou com outras iniciativas, tais como a realização de uma palestra sobre cooperativismo para as turmas do curso de pedagogia da UNEB de Paulo Afonso; e a realização de um mutirão de serviços no município vizinho de Delmiro Gouveia, em Alagoas, onde se proporcionou à população a emissão de carteira de identidade e CPF, atendimento odontológico gratuito, serviços de cuidado pessoal como corte de cabelo e manicure, dentre outros.

Revista Promoção Social Cooperativista - 2018

31


Sicoob Norte Sul coopera para um mundo melhor

C

om histórico de envolvimento pleno e constante com as comunidades onde atua, o SICOOB NORTE SUL, por meio de suas agências, escolheu uma série de ações e intervenções solidárias ajustadas às demandas reais das populações dos municípios onde atua, para marcar a celebração do Dia C – Dia de Cooperar. Funcionários e associados do Sicoob Norte Sul das cidades de NAZARÉ DAS FARINHAS e ALAGOINHAS, apoiados por uma rede local de voluntários, se mobilizaram em torno da questão dos cuidados com os idosos, em especial aqueles que sofrem desamparo familiar e residem acolhidos em instituições beneficentes. Em NAZARÉ DAS FARINHAS, a equipe solidária do Sicoob Norte Sul proporcionou aos 49 idosos residentes no Abrigo Paulo de Tarso uma tarde com música, alegria e interação, com a participação musical especial de estudantes do Colégio Monteiro Lobato, que embalaram os idosos em voz e violão, inclusive trazendo-os a usar

32

Revista Promoção Social Cooperativista - 2018


REGIÃO PORTAL DO SERTÃO

o microfone e cantar juntos. Na oportunidade, foram entregues 102 pacotes de fraldas geriátricas doados por associados da cooperativa ao longo de meses. A mobilização em ALAGOINHAS começou com arrecadação de materiais de limpeza e fraldas geriátricas, também doadas a uma instituição local. O combate à fome foi o desafio encampado pelas equipes do Sicoob Norte Sul de GANDU e RIO REAL. Em GANDU, uma grande campanha de arrecadação de alimentos, contou com o apoio do Centro Comunitário Batista (CECOB), associados e não associados, alcançando mais de 1 tonelada de alimentos em 14 dias. Mais de 100 cestas básicas foram montadas e distribuídas com famílias carentes da região, em evento com a presença de representantes da Prefeitura, Primeira Igreja Batista de Gandu, alunos do Projeto “O

Revista Promoção Social Cooperativista - 2018

33


Colibri” e comunidade local, em meio a apresentações artístico-culturais e atividades integrativas. Além das famílias beneficiadas, mais 60 kg de alimentos foram doados ao Projeto Meta Nóia, de Salvador, voltado para a recuperação de dependentes químicos. Em RIO REAL, a creche Amélia Rodrigues recebeu um reforço nos estoques de alimentos graças à campanha de arrecadação de alimentos junto aos associados, amigos e parceiros do Sicoob Norte Sul, beneficiando cerca de 40 famílias. O apoio ao esporte educacional foi a tônica do Sicoob Norte Sul de IRARÁ. Lá, moradores da Fazenda Sucupira – zona rural da cidade – receberam associados da cooperativa, voluntários e representantes da Prefeitura, em uma atividade em benefício das crianças do Projeto Escolinha Voluntária Esporte Clube Sucupira (EVCS),

que cumpre importante papel social na região. Ao todo, mais de 90 pessoas foram atendidas com palestras e orientação sobre saúde bucal, além de terem recebido donativos. Na mesma linha, visando estimular a prática esportiva de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social, a equipe do Sicoob Norte Sul de INHAMBUPE empreendeu, no Dia C, uma

34

Revista Promoção Social Cooperativista - 2018


REGIÃO PORTAL DO SERTÃO

campanha de arrecadação de recursos para a compra de uniformes, alimentos e equipamento esportivo para os treinos de uma escolinha de futebol que acolhe crianças e jovens carentes na cidade. Já em MARAGOJIPE começar o dia pedalando foi a forma escolhida pela equipe de voluntários do Sicoob Norte Sul para animar o Dia C. Na sequência, o grupo seguiu para a Quadra Poliesportiva José Antônio de Jesus Brito e pôde acompanhar palestras com informações e dicas para uma boa alimentação e vida saudável, além de consulta com nutricionista, aferição de pressão e medição de glicemia. Cobertores foram arrecadados, para serem destinados aos moradores carentes das comunidades do Pinho e Salaminas. A programação foi encerrada com uma animada aula de Zumba Fitness, sorteio de brindes e lanche com frutas. O Dia C contou com a parceria das Secretarias Municipais, Clínica Bellavida, Fundação Vovó do Mangue, Colégio Estadual

Gerhard Meyer Suerdieck, Escola Municipal de Referência Plínio Pereira Guedes, Grupo Legião de Maria, Terço dos Homens, Rádio Maragogipe Web e Sindicato dos Funcionários da Prefeitura de Maragogipe. A intercooperação foi o caminho escolhido pelos funcionários e associados do Sicoob Norte Sul em CRUZ DAS ALMAS, para realizar sua ação do Dia C. Em produtiva parceria com a Coopermulta e também alunos da UFRB – Universidade Federal do Recôncavo Baiano, levaram música e muita diversão para os jovens alunos da Escola Pestalozzi, que oferece serviços nas áreas de assistência social, defesa de direitos, saúde, educação e esportes para crianças deficientes. Animadores como a palhaça Gigi e o DJ Muskito fizeram a alegria da criançada. Brinquedos educativos e outros donativos arrecadados foram doados à instituição. Além da implantação de uma horta, fruto do trabalho coletivo.

Revista Promoção Social Cooperativista - 2018

35


REGIÃO OESTE

36

Revista Promoção Social Cooperativista - 2018


REGIÃO OESTE

Voluntários levam serviços a famílias do Lixão

C

erca de 150 famílias vivem nos arredores do aterro sanitário da maior cidade do Oeste da Bahia – Barreiras - conhecido como Lixão, muitas delas sobrevivendo da coleta e separação de resíduos ou, em alguns casos, fazendo reuso impróprio, sem nenhum tipo de precaução e em condições totalmente insalubres. Essas características sensibilizaram a COOPEB, que em 2018 decidiu mudar o local da realização da atividade – antes era no Centro de Barreiras – para mais próximo de quem realmente precisa de um gesto de solidariedade e compartilhamento de oportunidades. E com esse intuito de ajudar,

escolheu-se o dia 29 de setembro para ser o Dia C da COOPEB. Ele foi dedicado à oferta de uma série de serviços de saúde, lazer e entretenimento para os moradores da comunidade do Lixão, em parceria com faculdades, Prefeitura Municipal, Secretaria Municipal de Saúde de Barreiras, Centro de Referência da Assistência Social (CRAS), profissionais liberais, pais de alunos e a cooperativa SICREDI Barreiras. A partir da rede de 80 voluntários, foi possível levar àquela população serviços como consultas de ortodontia e pediatria, assistência social, cuidados pessoais (maquiagem, corte de cabelo), atividades de lazer infantil, além é claro

da distribuição de brinquedos e alimentos. Na parte instrucional, foi feito um trabalho de sensibilização para o uso dos equipamentos de proteção individual (EPI´s) no manuseio dos resíduos do depósito pelos catadores.

Revista Promoção Social Cooperativista - 2018

37


“Doar Faz Bem”

A

s cooperativas agropecuárias COOPERFARMS,   UNIBAHIA  e COOPROESTE e a de crédito, SICREDI UNIÃO MS/TO, se uniram em torno de uma campanha regional de incentivo à doação de sangue e medula óssea, denominada Doar Faz Bem, como ação do Dia C das cooperativas da região Oeste da Bahia. A mobilização foi realizada em agosto de 2018 e deu sequência à que foi desencadeada no ano anterior, já com excelentes resultados - 265 bolsas de sangue. Esse ano, atingiu-se a impressionante marca de 396 bolsas de sangue coletadas, um crescimento de 50% no número de doadores, demonstrando que a promoção social é um compromisso permanente das cooperativas do Oeste.

38

Apoiaram a iniciativa os parceiros estratégicos: Laboratório Central de Saúde Pública (LACEN), a Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba), a prefeitura municipal de Barreiras e a Clínica São Camilo. Além da coleta de sangue, neste ano, também foram oferecidos os serviços gratuitos de aferição da pressão arterial e tipagem sanguínea. Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) afirmam que para cada ato voluntário de doação de sangue até quatro vidas são salvas. Apesar da equação parecer simples, os desafios ainda são grandes, principalmente na fidelização de doadores. No Brasil, segundo o Ministério da Saúde,

Revista Promoção Social Cooperativista - 2018

1,8% da população doa sangue com regularidade, quando o índice ideal para suprir as necessidades de sangue e outros componentes sanguíneos de um país, estimado pela própria OMS, é 3 a 5% da população.


REGIÃO SUDOESTE

Revista Promoção Social Cooperativista - 2018

39


“Coopero por um mundo melhor”

A

montagem de uma rede de solidariedade envolvendo diversos parceiros da região de Caetité foi decisiva para que a COOPEC tivesse sucesso na segunda edição do seu Projeto “Coopero por um mundo melhor”. Essa rede, formada por pessoas, empresas, instituições e órgãos públicos, garantiu a oferta à população de atividades assistenciais, educacionais, culturais e artísticas as mais diversas, contemplando todos as idades e perfis de moradores da cidade e região. Como em um verdadeiro mutirão de serviços, várias alas foram organizadas na Praça da Catedral, como a do “Espaço Saúde”, que ofereceu serviços de saúde preventiva como aferição de pressão arterial, teste de glicemia, teste de tipagem sanguínea, cálculo de IMC (Índice de Massa Corporal), e outros como atividades de ginástica funcional, saúde bucal, momento “yoga”, massote-

40

rapia, oficina de zumba, informações sobre doenças sexualmente transmissíveis e posto de vacinação para crianças e jovens. Já no “Espaço Beleza” o público contou com serviços de manicure, maquiagem artística infantil, corte de cabelo, design de sobrancelha e aulas de cabelereiro. Quem foi ao “Espaço Cidadania” teve orientação jurídica, recebeu mudas de plantas e árvores nativas e participou da apresentação do processo de geração de energia eólica.

Revista Promoção Social Cooperativista - 2018

Ainda nessa área teve um posto de arrecadação de agasalhos para doação e coleta seletiva de material reciclável. No “Espaço Educação” crianças, jovens e adultos puderam conferir palestras socioeducativas sobre consumo consciente de água e energia, exposição e venda de livros infanto-juvenis, momento de autógrafos com os autores, apresentações musicais e participar de oficinas de arte. Além, é claro, de conhecer os resultados de trabalhos produzidos pelos estudantes da própria COOPEC, como os de Robótica e do Projeto Ciência para Todos. O “Espaço Lazer” fez a alegria da criançada com brinquedos, distribuição de algodão doce e animação com palhaços e mágicos. Ao todo, estima-se que cerca de 3 mil pessoas se beneficiaram diretamente com o Dia C realizado pela COOPEC.


REGIÃO SUDOESTE

A Praça é da vizinhança

A

aprazível  praça Gerson Sales, em Vitória da Conquista, situada no tradicional bairro Alto Maron, abriga em seu entorno uma vizinhança sossegada e que nutre enorme carinho por aquele espaço público. A despeito disso, a praça não tem tido a conservação que merece. E justamente por esse motivo, a Prefeitura de Vitória da Conquista criou o projeto Adote uma Praça, como uma forma de envolver empresas e comunidades na manutenção e conservação de espaços públicos. Uma vez que o SICOOB CREDCOOP tem uma unidade localizada na praça, não perdeu a oportunidade e se candidatou a adotar a Praça Gerson Sales, firmando com o poder público um compromisso com a execução de obras de revitaliza-

ção e serviços permanentes de manutenção. A iniciativa motivou a ação do Dia C 2018 do Sicoob CredCoop. Visando envolver toda a vizinhança, a cooperativa realizou no dia 27 de outubro um mutirão de serviços como atendimento médico gratuito com aferição de pressão e glicemia, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde; aula de dança e alongamento realizada por professores da Academia Lótus;

além de brincadeiras e lanche para as crianças. Durante a programação do evento, os mais de 100 participantes também receberam o Gibicoop, gibis sobre responsabilidade socioambiental, cooperativismo e educação financeira produzidos pelo Instituto Sicoob, e puderam degustar o açaí oferecido pelo Circuito do Açaí. Empregados, diretores, conselheiros de Administração e Fiscal do Sicoob Credcoop, além de associados, se juntaram aos parceiros como voluntários no evento.

Revista Promoção Social Cooperativista - 2018

41


Feira de Saúde em Mortugaba

A

Organização Mundial da Saúde – OMS define a saúde como um completo bem-estar físico, social e mental, e não apenas ausência de doença. E para se atingir o bem-estar são necessários recursos pessoais, sociais, capacidade física e estilo de vida saudável. No Brasil, seguindo tendência de outros países, campanhas de prevenção e combate a doenças ganharam meses e cores definidos: outubro rosa (câncer de mama), novembro azul (câncer de próstata), dezembro laranja (AIDS). Inspirado nesse esforço de conscientização global, a COOPREVSAÚDE realizou em 29

de setembro, em Mortugaba, a I Feira de Saúde do município, como parte das atividades nacionais do Dia C – Dia de Cooperar. Inspirados pelo tema “A saúde é uma caixinha de cor, saia por aí colorindo a vida!” os associados da cooperativa buscaram conscientizar a população sobre a prevenção de várias doenças ao mesmo tempo, despertando para a preocupação com a saúde de um modo geral. Testes rápidos de infecções sexualmente transmissíveis (HIV, sífilis, hepatite) foram realizados gratuitamente. Exames como eletrocardiogramas, optométrico (de visão) e ginecológico; aferição

de pressão arterial e consultas e encaminhamentos, além de palestras e distribuição de material informativo, fizeram sucesso com a população de Mortugaba. Para animar, sorteio de brindes e um espaço totalmente dedicado à educação infantil e ao idoso.

Energia para reconstruir a vida

C

om cerca de 338 mil habitantes, Vitória da Conquista é a terceira maior cidade da Bahia e tem apresentado um crescimento expressivo nos últimos anos. Contudo, junto com o desenvolvimento surgem ou se agravam problemas típicos dos grandes centros, afetando a vida de todas as pessoas. O consumo de drogas é um deles. Contudo, há instituições que ajudam pessoas a superarem a dependência química e encontrarem saídas para esse drama. Em Conquista, a Comunidade Terapêutica Fazenda Vida e

42

Esperança (Cotefave) é uma das mais conhecidas e respeitadas. Preocupado com esse sério problema, o SICOOB CREDICONQUISTA decidiu, em 2018, conciliar sua ação de promoção social cooperativista, no âmbito do Dia C, com a iniciativa de apoiar o trabalho desenvolvido pela Cotefave, que já beneficiou quase 1.400 pessoas com tratamento de dependência e ressocialização. E esse apoio veio por intermédio da implantação de uma usina de energia solar fotovoltaica, uma tecnologia de energia limpa e sustentável, que se baseia

Revista Promoção Social Cooperativista - 2018

na fonte renovável de energia mais abundante e amplamente disponível no planeta - o sol – auxiliando a preservação do meio ambiente (redução do consumo de energia produzida por meios poluentes) e reduzindo substancialmente o valor da conta de luz.


REGIÃO PIEMONTE E CHAPADA

Revista Promoção Social Cooperativista - 2018

43


Jardim Cooperativo

O

espírito participativo tem sido uma marca em Irecê, sobretudo pelo exemplo e estímulo dados pelo cooperativismo. No dia 21 de julho a cidade viveu, pelo quinto ano consecutivo, uma grande festa cidadã denominada “Caminhada do Dia C”, um verdadeiro passeio cívico pelas ruas da cidade, envolvendo centenas de pessoas, sobretudo jovens e crianças, animado pelo Trio Mega Líder e por artistas e locutores da cidade. O percurso foi entre a Praça do Feijão e a Escola Municipal Marcionílio Rosa, onde se concentraram outras atividades do Dia C na cidade. Esse elevado nível de participação foi demonstrado pelo grande número de voluntários (profissionais de saúde, de beleza, de educação física, artes, educação, advogados, dentre outros) e de empresas parceiras, que atenderam ao chamado feito pela Cooperativa educacional COOPERIL, e

44

contribuíram fortemente com a realização do Dia C: ao todo foram mais de 200 voluntários e dezenas de empresas e instituições públicas e sociais, que viabilizaram a oferta de dezenas de serviços aos cidadãos de Irecê. A mídia local e a Prefeitura, por meio de suas secretarias, também apoiaram a iniciativa da comunidade. Ao todo, mais de 1.400 atendimentos, dentre médicos, dentistas, pediatras, fisioterapeutas, nutricionistas, auriculoterapeuta, advogados, enfermeiros e técnicos de enfermagem da Escola de Enfermagem Andaraí, que realizou aferição de pressão arterial e teste de glicemia, tudo em uma estrutura montada em frente à Escola Municipal Marcionílio Rosa, no bairro Boa Vista. O público infantil foi especialmente contemplado com sessões de contação de histórias, jogos na sala de IPAD, pescaria, Fit Dance e Zumba. Também houve a doação de cestas básicas

Revista Promoção Social Cooperativista - 2018

para pessoas em situação de extrema pobreza, pela equipe de voluntários. Uma outra ação, inspirada no clima de solidariedade e cooperação, chamou bastante a atenção de todos: um grupo de voluntários realizou a reforma integral de um espaço aberto e pouco cuidado da Escola Marcionílio Rosa, transformando-o em um belo jardim, denominado depois de Jardim Cooperativo. As intervenções criativas foram feitas de forma colaborativa e usando materiais reaproveitados, como pneus e paletes, dando cor e originalidade aos móveis e contenções. Na sequência, foram semeadas mudas de hortaliças, flores e outras plantas.


REGIÃO PIEMONTE E CHAPADA

Mutirão de serviços em Irecê

I

recê viveu um dia de festa em 15 de setembro com o grande mutirão de serviços realizado pela Cooperativa de Trabalho CTES, disponibilizado para toda a comunidade. O evento marcou a estreia da CTES no Dia C – que desde essa primeira edição já pode ser considerado um sucesso - sobretudo porque envolveu não só os cooperados, mas também inúmeros parceiros e centenas de pessoas da comunidade do entorno da cooperativa. A atenção à saúde, aos cuidados pessoais e à educação ambiental, foram os destaques. O cidadão pôde realizar aferição de pressão e de glicemia, fazer cortes de cabelo e serviços de manicure gratuitos, obter orientação sobre responsabilidade ambiental, e se beneficiar da distribuição de “papel sementes” para plantio. As pessoas também puderam assistir a apresentações de grupo de capoeira, shows musicais e distribuição de brinquedos, picolés e lanches. Alongamento e aulas de zumba – um ritmo típico do Caribe – também fizeram sucesso, tanto com os jovens quanto com as pessoas da terceira idade.

Revista Promoção Social Cooperativista - 2018

45


REGIÃO SUL

46 46

Revista Promoção Social Cooperativista - 2018


REGIÃO SUL

Passeio ciclístico incentiva doação de órgãos

O

Dia C da cooperativa educacional CETEF, realizado em Teixeira de Freitas em 21 de outubro, foi uma iniciativa que integrou escola-sociedade com oferta de serviços voltados ao bem-estar e à saúde, além de divulgação sobre a importância da doação de órgãos. A programação da ação iniciou com um passeio ciclístico pelas

ruas de Teixeira de Freitas com panfletagem em prol da Campanha “Coopere com a Vida: Seja doador de órgãos e avise a sua família”. Esta campanha é encampada pelo segundo ano consecutivo pelo Sistema Cooperativista Baiano e pelas cooperativas do estado, integrando-se à mobilização nacional de estímulo ao transplante de órgãos. Ao longo do

percurso as pessoas puderam se informar mais sobre a campanha e seu objetivo. A última parada do passeio ciclístico foi na Praça 7 de Setembro, onde as pessoas de todas as idades puderam participar de ações sociais gratuitas, como realização de exames, aferição de pressão, atendimento com Personal Training, fisioterapeutas, além de atividades de lazer na quadra, aula de zumba e aeróbico. Todos oferecidos gratuitamente, graças ao apoio de profissionais voluntários, convidados pela CETEF.

Revista Promoção Social Cooperativista - 2018

47


Adote o verde

D

entre as diversas ações sociocomunitárias empreendidas pela cooperativa educacional COOEDUC ao longo do ano no município de Eunápolis, foi escolhida para evidenciar a celebração do Dia C em 2018 a campanha “Adote o Verde”, que é parte das ações de educação ambiental regulares da escola. Professores e alunos têm debatido na COOEDUC a degradação iminente de uma lagoa situada na vizinhança. Sensibilizados, buscaram entender as origens do problema – retirada da vegetação ciliar, que impede que barrancos assoreem a lagoa - e tiveram a iniciativa de reflorestar o espaço degradado e evitar a formação de barrancos. A partir daí, estudantes e professores desencadearam uma campanha de arrecadação

48

de mudas junto a familiares e a toda comunidade, o que gerou um banco com mais de 300 mudas de espécies da região, parte delas plantadas nas margens da lagoa. O Adote o Verde tem grande relevância, pois conta com o engajamento

Revista Promoção Social Cooperativista - 2018

da cooperativa e conscientização dos alunos sobre a preservação ambiental. Além do Adote o Verde, também fez parte da programação do Dia C da COOEDUC a adesão à 8ª Caminhada do Outubro Rosa, realizada pela Prefeitura de Eunápolis, Secretaria de Saúde do município e parceiros. No dia 26 de outubro, os alunos da Cooeduc – e sua Banda Marcial - se juntaram a estudantes de outras escolas da cidade para levantar a bandeira da prevenção do câncer de mama e da necessidade do diagnóstico precoce da doença, em trajeto pela Avenida Porto Seguro.


REGIÃO SUL

Itabuna: união por uma infância mais saudável

O

Dia C - Dia de Cooperar em Itabuna mobilizou uma cooperativa de médicos, uma de odontólogos e outra de crédito, que se uniram em intercooperação para exercitar sua responsabilidade social e compromisso com uma camada muito especial da nossa população: as crianças.

UNIMED ITABUNA, UNIODONTO REGIÃO SUL DA BAHIA e SICREDI REGIÃO SUL DA BAHIA decidiram em 2018 realizar uma ação integrada voltada para as 160 crianças matriculadas no Centro Comunitário Creche Irmã Margarida, organização da rede municipal de ensino localizada no bairro Maria Pinheiro, em Itabu-

na. O objetivo, além de proporcionar uma experiência lúdica e de integração social, era oferecer sobretudo serviços assistenciais que contribuíssem com a saúde e o bem-estar dos pequenos. Os dentistas que integravam a equipe de voluntários realizaram ações de diagnóstico e prevenção em saúde bucal, além de ativida-

des lúdico-educativas orientando sobre método correto de escovação e passando a mensagem sobre a importância de cuidar da boca e dos dentes, tais como filmes e teatro de fantoches sobre o assunto. As crianças que foram identifica-

das com demandas de intervenção (tratamento odontológico), foram encaminhadas para atendimento posterior nos consultórios dos cooperados da Uniodonto Região Sul da Bahia para realizarem o tratamento de forma gratuita.

Outro foco da ação dos voluntários do Dia C foi o acompanhamento do desenvolvimento infantil, realizado por meio do cálculo do Índice de Massa Corporal e da verificação do crescimento linear (estatura), feitos por cooperados

Revista Promoção Social Cooperativista - 2018

49


e funcionários da Unimed Itabuna. O objetivo era identificar sinais de inanição, desnutrição e obesidade, para que as crianças pudessem ser encaminhadas para tratamento. A programação também contou com a produção de brinquedos recicláveis utilizando garrafas pet,

que gerou a confecção de pinos de boliche e outros artefatos lúdicos. Após a confecção, as crianças brincaram com sua própria produção, incentivando a relação positiva com a reciclagem e o reaproveitamento.

Cooperativa apoia meia maratona

F

 oi com apoio a uma importante iniciativa esportiva da região cacaueira que o SICOOB COOPEC celebrou o Dia C – Dia de Cooperar em 2018. O evento foi a inédita Meia Maratona Costa do Cacau, realizado pela Ceplac (órgão federal de promoção da

50

lavoura cacaueira) e pela Associação Itabunense de Atletismo – AIA e reuniu mais de 400 atletas de mais de 30 cidades da Bahia e de outros estados. A corrida foi realizada em cenário de grande valor natural e socioeconômico para a região Sul da Bahia: a rodovia Jorge

Revista Promoção Social Cooperativista - 2018

Amado, em meio à Mata Atlântica. O Sicoob Coopec participou do evento oferecendo às milhares de pessoas que acompanharam a Meia Maratona – em especial, aos atletas – atividades e serviços de prevenção à saúde e bem estar; alongamento; dança aeróbica, com profissionais de educação física; massagem relaxante; orientação sobre doação de órgãos e importância da prática da cooperação. Também se promoveu a arrecadação de alimentos, em parceira com a Associação Itabunense de Atletismo - AIA, para distribuição para as entidades beneficentes Lar Fabiano de Cristo, Florescer Semeando com Você e o Núcleo Cuidar.


REGIÃO SUL

Educação financeira para crianças

O

modo como as futuras gerações lidam com os seus recursos financeiros será decisivo no desenvolvimento de qualquer nação. O cooperativismo de crédito sabe disso. E tem apostado na educação financeira como caminho para uma sociedade cada vez mais justa e equilibrada. Imbuída deste propósito a cooperativa de crédito SICOOB EXTREMO SUL realizou, como atividade do Dia C – Dia de Cooperar 2018, uma ampla mobilização para levar educação financeira a crianças entre seis e dez anos, de escolas da rede pública da cidade. Uma vez firmada a cooperação com oito escolas da rede pública da região de Teixeira de Freitas selecionadas, os funcionários e cooperados do Sicoob Extremo Sul buscaram proporcionar uma tarde de atividades voltadas para o ensino de educação financeira para crianças, em cada uma das escolas. Uma peça de teatro, cujos personagens centrais eram os divertidos “Gastão” e “Cooperadão”, ensinava de forma lúdica que todo mundo pode ter problemas financeiros, mas que com certos hábitos é possível criar uma mentalidade adequada e saudável em relação ao dinheiro. Outras brincadeiras e ações também apresenta-

ram os princípios cooperativistas e a essência dos valores que estão por trás da ideia da cooperação, especialmente no crédito. Ao todo, o Dia C do Sicoob Extremo Sul reuniu 96 voluntários, atendendo diretamente cerca de 1657 crianças, nas oito escolas. Ao final, foi feita a distribuição de doces e revistinhas educativas produzidas pelo Instituto Sicoob (Gibicoop´s) a todas as crianças.

Revista Promoção Social Cooperativista - 2018

51


Carinho e cuidado com idosos

V

iver a terceira idade não é fácil em nosso país. Os idosos que vivem em asilos, especialmente, encontram nas instituições e no convívio com os demais, um certo alento. Mas aos poucos, vai-se perdendo o contato com o mundo exterior e até mesmo com a família. Por isso, a UNIODONTO BAHIA SUL escolheu como atividade do Dia C 2018, a realização de uma programação especial com os 70 idosos que residem no Abrigo São Vicente de Paulo, em Ilhéus. Inspirada pelo tema “Atitudes simples movem o mundo”, a Uniodonto realizou em 25 de agosto uma visita dos 30 voluntá-

52

rios ao abrigo (entre profissionais liberais, associados e funcionários da cooperativa), que se encarregaram de oferecer música ao vivo, brincadeiras, atendimento odontológico e distribuição de kits de higiene bucal. A recreação foi um dos pontos altos, onde a interação com os idosos – danças e brincadeiras – fez ressurgir sorrisos escondidos e revelou disposição em quem tinha o corpo já acomodado. Tudo isso sensibilizou a todos que participaram da ação. Doação de latas de complemento alimentar, previamente arrecadadas, também fizeram parte da ação.

Revista Promoção Social Cooperativista - 2018


Dia C na Bahia em 2018

37 Cooperativas

43.000

65

Pessoas beneficiadas

Iniciativas

47 Municípios

3.400 Voluntários

Revista Promoção Social Cooperativista - 2018

53


TIME DA UNIDADE BAIANA DO SESCOOP Conselho Administrativo – Titulares Cergio Tecchio - Presidente Maria Vandalva Lima de Oliveira – Representante das cooperativas contribuintes -Sicoob Coopere Antônio José Tarciso de Assunção – Representante das cooperativas contribuintes -Cooproeste Taíse da Cunha Cersosimo – Representante dos Empregados – Sicoob Central BA Verônica Alves Oliveira – Representante do Sescoop Nacional

Conselho Administrativo – Suplentes Luciano Moreira Tavares - Representante das cooperativas contribuintes - Uniodonto Ilhéus Marcelo Leomar Kappes - Representante das cooperativas contribuintes - Cooperfarms Sônia Regina Coelho Sabino - Representante dos Empregados - Cooproeste Carlos Roberto Baena – Representante do Sescoop Nacional

Conselho Fiscal – Titulares Valeriano Severino de Almeida – Sicoob Crediconquista Evandro de Almeida Gouveia Sobrinho – CCP Arnóbio Rios de Almeida – Sicoob Sertão

Conselho Fiscal – Suplentes Gerson Carlos Ferreira Souto – Sicoob Costa do Descobrimento David Marcelino Almeida Schmidt - Coopeb Ana Paula Souza e Silva - Coopag

Diretoria Executiva José Alberto Batista dos Santos - Superintendente

Corpo Técnico Ane Fonseca Sá Calafange – Analista de Cooperativismo e Monitoramento Alan Felipe Carneiro da Silva – Advogado Ângela Colavolpe Gédéon – Assessora Jurídica Caroline Silva Machado – Contadora Fernanda Sampaio Fontes – Analista de Cooperativismo e Monitoramento Geisa Ferreira Ribeiro Félix – Analista de Cooperativismo e Monitoramento George Silva Freitas – Analista de Cooperativismo e Monitoramento Iasmin Santana Barros – Analista de Comunicação Jussiara Lessa Caires – Gerente de Desenvolvimento de Cooperativas Livia Conceição da Silva – Gerente de Operações 54 Revista Promoção Social Cooperativista - 2018

Marcos Lopes Conceição – Analista de Operações Mariângela Ribeiro de Jesus – Analista de Operações Rosemeire Brito – Analista de Operações Tássia de Lima Gouveia – Analista de Cooperativismo e Monitoramento Telma Sueli dos Santos – Técnica de Operações Valter Santos Sampaio – Analista de Cooperativismo e Monitoramento Edméa Sardinha – Estagiária Diego Marcelo – Estagiário Davi Santana – Estagiário Jamile Moreira – Estagiária Larisse dos Santos – Estagiária


Expediente Revista de Promoção Social Número 03 - Ano 3 – Edição 2018 Publicação anual do Sescoop/BA Registro na Biblioteca Nacional: ISSN 2596-0423 Responsabilidade Gerência de Desenvolvimento de Cooperativas do Sescoop/BA Projeto editorial e coordenação executiva Ricardo Caribé (Tábuas da Ponte) Diagramação e arte-finalização Adilson Passos (Tábuas da Ponte) Informações Área de Comunicação do Sescoop/BA e cooperativas baianas Fotos Cooperativas e Sescoop/BA Tiragem 1.000 exemplares Salvador, Bahia, Fevereiro de 2019

Revista Promoção Social Cooperativista - 2018

55


Rua Boulevard Suíço, 129 - Nazaré - Salvador/BA CEP 40050-330 | 71 3421-5800 www.somoscooperativismo-ba.coop.br www.ola.coop.br

/sistemaoceb

56

@sistemaoceb

Revista Promoção Social Cooperativista - 2018

/sistemaoceb

@sistemaoceb

Profile for Iasmin Santana

Revista de Promoção Social Cooperativista 2018  

Cooperativas baianas, cada vez mais engajadas com o movimento Dia de Cooperar (Dia C), reuniram mais de 3 mil voluntários para promover açõe...

Revista de Promoção Social Cooperativista 2018  

Cooperativas baianas, cada vez mais engajadas com o movimento Dia de Cooperar (Dia C), reuniram mais de 3 mil voluntários para promover açõe...

Advertisement