Page 1

pretendem juntar-se a tudo aquilo que Bento XVI escreveu nas cartas encíclicas sobre a caridade e a esperança. Ele já tinha quase concluído um primeiro esboço desta carta encíclica sobre a fé. Estou-lhe profundamente agradecido e, na fraternidade de Cristo, assumo o seu precioso trabalho, limitando-me a acrescentar ao texto qualquer nova contribuição. De fato, o Sucessor de Pedro, ontem, hoje e amanhã, sempre está chamado a “confirmar os irmãos” no tesouro incomensurável da fé que Deus dá a cada homem como luz para o seu caminho. Na fé, dom de Deus e virtude sobrenatural por Ele infundida, reconhecemos que um grande Amor nos foi oferecido, que uma Palavra estupenda nos foi dirigida: acolhendo esta Palavra que é Jesus Cristo — Palavra encarnada –, o Espírito Santo transforma-nos, ilumina o caminho do futuro e faz crescer em nós as asas da esperança para o percorrermos com alegria. Fé, esperança e caridade constituem, numa interligação admirável, o dinamismo da vida cristã rumo à plena comunhão com Deus. Mas, como é este caminho que a fé desvenda diante de nós? De onde provém a sua luz, tão poderosa que permite iluminar o caminho de uma vida bem sucedida e fecunda, cheia de fruto?

PAPA FRANCISCO E O ANO DA FÉ CARTA ENCÍCLICA “LUZ DA FÉ” -

Urge recuperar o caráter de luz que é próprio da fé, pois, quando a sua chama se apaga, todas as outras luzes acabam também por perder o seu vigor. De fato, a luz da fé possui um caráter singular, sendo capaz de iluminar toda a existência do homem. Ora, para que uma luz seja tão poderosa, não pode dimanar de nós mesmos; tem de vir de uma fonte mais originária, deve provir em última análise de Deus. A fé nasce no encontro com o Deus vivo, que nos chama e revela o seu amor: um amor que nos precede e sobre o qual podemos apoiar-nos para construir solidamente a vida. Transformados por este amor, recebemos olhos novos e experimentamos que há nele uma grande promessa de plenitude e se nos abre a visão do futuro. A fé, que recebemos de Deus como dom sobrenatural, aparece-nos como luz para a estrada orientando os nossos passos no tempo. Estas considerações sobre a fé 1


ENSINAMENTOS DO PAPA FRANCISCO AOS SEMINARISTAS, NOVIÇOS E NOVIÇAS NO DIA 07 DE JULHO - “A evangelização faz-

se de joelhos”. O risco do ativismo, de confiar demasiado nas estruturas, está sempre à espreita. Se olharmos a vida de Jesus, constatamos que, na véspera de cada decisão ou acontecimento importante, Ele Se recolhia em oração intensa e prolongada. Cultivemos a dimensão contemplativa, mesmo no turbilhão dos compromissos mais urgentes e prementes. E quanto mais a missão vos chamar para ir para as periferias existenciais, tanto mais o vosso coração se mantenha unido ao de Cristo, cheio de misericórdia e de amor. Aqui reside o segredo da fecundidade de um discípulo do Senhor!

JMJ RIO2013: A IGREJA ESTÁ VIVA E É JOVEM - O encontro dos

jovens católicos do mundo inteiro no Rio de Janeiro, durante a Jornada Mundial da Juventude (JMJ Rio 2013), despertou uma infinidade de produtos comunicativos, sobretudo latino-americanos, e mais concretamente brasileiros, que, por si mesmos, representaram um triunfo para a Igreja Católica e para o país com o maior número de católicos do planeta. É o caso do lançamento do livro intitulado "A Igreja é viva e jovem", escrito pelo professor Hermes Rodrigues Nery. Segundo informou a agência Gaudium Press, a obra de Nery foi mostrada durante a Expo católica, exposição realizada em São Paulo, que teve stands dirigidos às vocações da juventude missionária. O livro é publicado pela editora Linotipo Digital e tem como subtítulo "Uma carta sobre a presença de Deus na história aos jovens do século 21". Na obra, os editores quiseram relacionar a JMJ e o Ano da Fé. Para homenagear estes dois acontecimentos principais na vida da Igreja, o texto é uma mensagem de esperança, em sintonia com o motu proprio do Papa Bento XVI, "Porta Fidei": "descobrir novamente os conteúdos da fé professada, celebrada, rezada e vivida, e refletir sobre o próprio ato de crer

NO ANGELUS DE 14/07, EM CASTEL GANDOLFO, O PAPA CONFIOU A NOSSA SENHORA A INTENÇÃO DA JMJ RIO2013.

O Papa Francisco pediu que os católicos rezem por sua viagem ao Brasil para a Jornada Mundial da Juventude. “Eu partirei em oito dias, mas muitos jovens irão ao Brasil antes. Rezemos então por esta grande peregrinação que começa, para que Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil, guie os passos dos participantes e abra os seus corações para acolher a missão que Cristo dará a eles.” 2


como um compromisso que cada fiel deve assumir, sobretudo neste Ano". Coordenador da Comissão Diocesana de Defesa da Vida e do Movimento Legislação e Vida da diocese de Taubaté, Nery comenta que seu livro busca questionar os jovens que vêm do mundo inteiro à JMJ sobre o que é viver e

Manuel Freitas Otre ocorrido em três de julho último. A presença das Irmãs foi muito importante para o conforto da família neste momento tão difícil. Nosso carinho e gratidão. (Ir. Maria Angélica Freitas Otre e Família)

“TEU NOME EU IREI PROCLAMAR E ENQUANTO VIVER, FALAREI DO TEU REINO.” - É com muita

satisfação e alegria que nós Postulantes queremos partilhar mais uma experiência vivida graças à bondade de Deus. Nos dias 27, 28, 29 e 30 de junho, fomos convidadas para participar das Santas Missões Populares Franciscanas realizadas pela Paróquia Nossa Senhora de Fátima, pertencente aos Frades Menores. Além desses e nós, também participaram leigos missionários. A missão foi realizada na comunidade Santa Luzia, em Lácio, Distrito de Marília. Foram visitadas casas, empresas, sítios, fazendas, comércios e indústrias. Para o povo de Lácio e para nós, foram dias de muitas graças, onde Deus falou nos nossos corações e confirmou nosso desejo de tornar o Coração de Jesus conhecido e, sobretudo amado por todos os povos. Além das visitas, tivemos

praticar a fé católica hoje em dia, quando os católicos (sobretudo os jovens) estão expostos a "forças hostis à fé cristã". Entre os muitos desafios que se apresentam, destaca-se o de "como ser Igreja nesta sociedade cada vez mais descristianizada; daí a necessidade de dedicar-nos a compreender o significado de ser cristão, para que a Igreja seja não somente compreendida, mas amada", afirma Nery, ao apresentar à imprensa o livro que circulou durante a JMJ. No prefácio da obra, encontra-se uma reflexão do bispo auxiliar da arquidiocese do Rio de Janeiro, Dom Antônio Dias Duarte que afirma: "Nas páginas deste autor católico e grande defensor da vida e da família, tenho certeza de que apresenta aos jovens os valores cristãos e humanos não negociáveis que eles buscam e encontram no Mestre por excelência: Jesus de Nazaré". (Fonte: http://www.aleteia.org).

atividades na comunidade: participamos do terço dirigido pelos homens, “Arraial comunitário”, Adoração, futebol, passeio ciclístico e outros momentos de recreação com a

- Ir. Maria Angélica agradece ao Instituto por todo apoio e solidariedade recebidos no momento de falecimento de seu pai o Sr.

AGRADECIMENTO

3


comunidade. Agradecemos a Deus pela experiência de levá-Lo àqueles que estão sedentos Dele, por encontrar no próximo a presença do próprio Cristo. Agradecemos também pela nossa formação que nos proporciona momentos de amadurecimento humano e espiritual. Muito obrigada! (Comunidade do Postulado).

Neste primeiro ano de missão na Instittution Sacré Coeur de Jésus foi comemorado, com grande júbilo e festa o DIA DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS. Na semana que antecedeu à festa, tivemos a

MISSÃO DO HAITI INFORMA – Aconteceu no dia 06 de junho na Institution Sacré Coeur de Jésus a inauguração dos mastros das bandeiras do Haiti e do Brasil e o descerramento de duas placas: uma a Engenharia do exercito brasileiro em agradecimento pelo apoio a nossa Instituição e outra elucidando sobre as bandeiras do Haiti e Brasil. O evento contou com a participação de alunos,

Irmãs,

pais,

oportunidade de fazer nas duas classes Jesus peregrino, onde com muitos cantos e orações, cada criança teve a oportunidade de rezar no “Cantinho Sagrado” com Jesus Peregrino. No dia do Sagrado as Irmãs, professores,

professores,

colaboradores e crianças tiveram um dia especial, podemos dizer “sagrado’’. Os professores e colaboradores tiveram uma reflexão sobre o Sagrado Coração com Irmã Maria Zelinda e as crianças muita alegria e entusiasmo participaram de gincanas, e na capela aconteceu o momento com o Sagrado Coração. Foi emocionante ver a alegria e concentração de cada criança.

colaboradores, e a presença sempre marcante dos militares brasileiros e o General Gabriel Guerreiro. 4


Como encerramento, um delicioso lanche: pipocas, balas, sucos, pirulitos, balão e ao meio dia um almoço especial. MERCI, SEIGNEUR! – OBRIGADO, SENHOR - No dia 21 de junho

dia 28 de junho encerramos as atividades com os professores e os colaboradores. Todos estão em período de férias. Queremos deixar aqui o nosso agradecimento especial ao Nosso Instituto na pessoa de nossa Provincial Irmã Miriam, a Sagrado - Rede de Educação, Diretoras, Irmãs que não medem esforços para nos auxiliar. Por tudo rendemos graças ao Senhor!

RETORNO AO NOVICIADO - Com

muita alegria e disposição, nós noviças do ano prático retornamos ao Noviciado, a fim de buscarmos uma renovação interior que teve o seu fundamento no encontro com o Senhor e que se desdobrou em profundos momentos de oração, partilhas de vida, convivência fraterna e aprofundamentos sobre a essência da Vida Consagrada. A bondade de Deus se manifestou a nós por meio de pequenos gestos e sinais, oriundos da beleza da natureza e particularmente da ternura e testemunho das nossas Irmãs de Águas da Prata. Testemunho edificante e ternura que se concretizou ao nos acolherem como afilhadas de oração. Em nossa permanência no Noviciado, a mesma bondade do Senhor, alcançou-nos a partir das reflexões e experiências de vida transmitidas pela Ir. Susana, a qual com muita disponibilidade ministrou-nos aulas sobre as Encíclicas do Coração de Jesus. Tivemos ainda a oportunidade de participar da Ordenação Episcopal do novo bispo de Marília, Dom Luís Antonio Cipollini, em São João da Boa Vista. Durante este tempo, o nosso querido Papa Francisco fezse próximo de nós através das suas homilias e discursos, especialmente o que foi dedicado aos noviços, noviças e

encerramos o ano letivo de 2013 com as crianças. Foi um dia de ação de graças e muita festa. A

direção e as professoras prepararam poesias, cantos alusivos à grande festa de encerramento do ano Letivo. No 5


seminaristas do mundo inteiro, que chegou até nós graças a disponibilidade de Ir. Maria Josefina Suzin que gentilmente o traduziu na integra para nós. Foi uma grande oportunidade de aprofundarmos ainda mais sobre a nossa resposta de amor. Colocamos-nos sob a proteção se Maria Santíssima para que ela nos ensine a sairmos da cultura do provisório e termos coragem de fazer a nossa escolha definitiva, de jogarmos a nossa vida por um grande ideal. Agradecemos à nossa Provincial, Ir. Miriam, pelo cuidado atento e diligente ao nos proporcionar todos esses dias de enriquecimento humano e espiritual. Pedimos que Nossa Senhora transforme em graças e bênçãos toda sua dedicação para conosco. À nossa querida mestra, Ir. Maria Inez, toda a nossa gratidão! Um amor tecido de linguagem gestual: amor concreto, que se doa e que por isso se eterniza. Ao Deus de Amor rendemos a nossa infinita gratidão. Somente Nele e a partir Dele é possível prolongarmos em nosso cotidiano uma centelha de Sua gratuidade. (Noviças do ano

Assunção de Maria de Milpa Alta celebrou esse lindo evento com a participação de mais ou menos trezentos jovens, mil adultos e muitas crianças com as 15 Capelas. Jubileu Eucarístico é uma festa de quarenta horas de adoração ao Santíssimo Sacramento no ostensório, durante quatro dias. Celebra-se esse Santo Jubileu para renovar o amor a Jesus Cristo no Santíssimo Sacramentado. O jubileu tem sua origem no livro do Levítico 25, 813. Foram dias de graça. Ir. Rosinei e eu fizemos a profunda

experiência de entrarmos, com Jesus nas casas de doentes, pobres, marginalizados enfim, não temos palavras para expressar o quanto foi gratificante enfrentarmos frio, chuva, sol e outros contratempos. Em todos os momentos, estávamos unidas com a Igreja, com nosso Instituto e familiares. Por tudo damos graças!

prático – 1º e 2º ano)

COMUNIDADE DE MILPA ALTA – MÉXICO - O QUE VIVEMOS NOS DIAS 10 A 14 DE JULHO DE 2013 -

(Ir. Terezinha Vaz e Ir. Rosinei).

JUBILEU: alegria, felicidade, renovação e graça. A Paróquia da

EXERCÍCIOS ESPIRITUAIS – No

mês de julho tivemos dois Cursos de Exercícios Espirituais. O primeiro de 03 a 10 orientado pelo Pe. Donizetti Tadeu Venâncio, sj com a participação de 27 Apóstolas e duas Irmãs da Sagrada Família de Bérgamo e o segundo de 13 a 20 orientado pelo Pe. Carlos Sérgio Viana, sj com a participação de 29 Apóstolas. Transcrevemos a seguir um 6


Renovação dos Votos: “O amor do Senhor é desde sempre e para sempre.” É com o coração repleto de alegria e gratidão que nos reunimos em torno do altar do Senhor para celebrar as maravilhas que Ele realizou na vida de cada uma, aqui presente. No início dos exercícios espirituais que estamos concluindo hoje, o Senhor as convidou a “voltar à vida.” Cada uma fez a experiência de se colocar à disposição do Oleiro para que Ele fizesse os toques e retoques necessários, a fim de que sua obra prima recobrasse o mais possível, a forma original, conforme fora sonhada. Por vezes, o Senhor da Vida interpelou a cada uma: “Onde estás?” Qual é a sua verdade mais profunda? Quem, verdadeiramente sou eu para você? E as respostas foram sendo encontradas ao mesmo tempo em que foram reconhecendo-se filhas amadas, cuidadas, prediletas. E na certeza desse amor, foram se abrindo a ação da graça divina e se deixando tocar, curar e remodelar, descobrindo assim, a preciosidade e fecundidade do Dom da própria vida que se manifesta na entrega total de si ao Amor Maior. Alegremo-nos com nossas Irmãs que hoje renovam seus votos. Que sustentadas pela graça de Deus, sejam fiéis e sempre renovadas no amor Daquele que as chamou e as consagrou. Que as experiências proporcionadas pelo Senhor neste tempo de graça, sejam verdadeiramente um impulso para uma vida fecunda no amor a Deus e aos irmãos. Que Maria, a Virgem Fiel e, Madre Clélia, nossa mãe e mestra, sejam cada vez mais, modelos e companheiras de caminhada. Rezemos nesta celebração eucarística, por todos aqueles que foram instrumentos

depoimento do segundo grupo:

“Querida Ir. Miriam, a gratidão é o modo que encontramos para expressar o que Deus realizou nestes dias de retiro. Com nossas mãos em oferta queremos agradecer a senhora por nos proporcionar este memento único, repleto de abundantes bênçãos. Esses dias foram de verdadeiro encontro pessoal com o Mestre da Vida. E com Ele, escolhemos novamente a vida para sermos fecundas em nossa vida de oração e comunitária. Que o Sagrado Coração de Jesus a abençoe. Com carinho e preces, Irmãs retirantes, Julho/2013.

RENOVAÇÃO

DOS

VOTOS

Durante a Santa Missa celebrada

na final dos Exercícios Espirituais, no dia 20 de julho um grupo de dezessete Junioras renovaram os Votos. Ir. Márcia Cidreira fez a seguinte introdução à Missa da 7


visíveis da graça de Deus nestes dias. Depositemos neste altar, Pe. Carlos, Ir. Miriam e com eles, todas as Irmãs e funcionários que colaboraram com tanto amor, dedicação e doação, para o êxito destes dias de intimidade com o Senhor. Na alegria de pertencermos ao Deus da Vida, celebremos, cantando.

universalidade do amor, a linguagem do coração, do afeto, do sorriso, compreensível por todos independente do idioma com o qual se expressam. Foram dias de intensas atividades preparadas admiravelmente pelos paroquianos desta comunidade que nos acolheram com muito carinho e assim tornaram perceptível a ternura de Deus nos pequenos gestos realizados por grandes corações. Marcaram nossas vidas as experiências nas ruas de São Paulo, na Vigília realizada na Praça da Sé e na Missa de Envio. Nesses momentos encontramos tantos jovens de muitos países e outros lugares do Brasil que também escolheram participar da PréJornada em São Paulo. Reunidos pelo mesmo Ideal, unidos pelo amor de Cristo testemunhamos com ardor a nossa fé, a beleza de nossa Igreja, a alegria de seguir Jesus e a felicidade de entregarmos a Ele a nossa juventude. Agradecemos a Irmã Miriam por mais esta rica oportunidade, a Irmã Aparecida Rozene que com tanta disponibilidade auxiliou na organização do evento, a Irmã Lourdes e sua comunidade por nos acolherem na Casa Provincial e a cada Irmã que viveu conosco este tempo de preparação para a Jornada Mundial da Juventude JMJ. Que o Coração de Jesus abençoe a todas. (Formandas do

SEMANA MISSIONÁRIA (DE 17 A 21 DE JULHO DE 2013 - Com muita alegria viemos participar da “Semana Missionária” na Paróquia Nossa Senhora do Rosário de Pompéia em São Paulo para

IASCJ/ 2013).

prepararmos o nosso coração para vivermos com grande entusiasmo a Jornada Mundial da Juventude. Alegramos-nos com a oportunidade de convivermos com jovens de outros lugares, especialmente os da África do Sul com quem tivemos mais contato, que nos ensinaram ainda mais a

IIIº ENCONTRO INTERNACIONAL DA GFASC EM ROMA DE 15 A 21 DE JULHO DE 2013.

1ª Parte: 12 a 14 de julho em Roma – Sacrofano. Iniciamos este encontro participando da Santa Missa e Terço, com Dom Mimmo, apresentação dos grupos, cuja motivação foi: “A CHAVE DO 8


CORAÇÃO”. Nós nos sentimos UM,

Colocamos nossas intenções e as intenções de todos os que não puderam estar presentes. Participamos da Santa Missa na Basílica de “San Giovanni In Laterano”. Concluímos o dia com uma Adoração Eucarística orientada por Dom Mimmo, momento em que nós Apóstolas, renovamos nossa consagração religiosa e os leigos, seus compromissos com o GFASC. 2ª Parte: 15 a 21 de julho Peregrinação: “Caminhos de Madre Clélia Merloni”. Visitamos, em espírito de oração com peregrinos: Manoppello, rezamos diante de um quadro com a foto “Rosto Santo de Jesus”. Lanciano: “Santuário do Milagre Eucarístico – Sinal do Deus Vivo na Eucaristia”. San Giovanni

apesar de sermos de tantos países. No sábado tivemos duas importantes palestras com: Dom Mimmo: “FORMAR A FAMÍLIA SEGUNDO O CORAÇÃO DE JESUS PARA SER ÍCONE CREDÍVEL DA BELEZA DE DEUS”. E Pe. Terrinoni: “A EXPERIÊNCIA DE AMOR DE MADRE CLÉLIA E O SEU CAMINHO TERRENO”.

Dois testemunhos, uma família italiana, falando do verdadeiro amor matrimonial ao conhecer a GFASC. Do Brasil (USC – BAURU) Wellinton e Mônica sobre a vida e a morte do filho João Vítor que amava e difundia o Sagrado Coração de Jesus e Madre Clélia. Visitamos as Basílicas de São Pedro e São Paulo fora dos muros, terminamos o dia com a festa internacional, momento em que todos os países puderam expressar seus sentimentos e cultura e pudemos nos conhecer melhor. No domingo, participamos do ANGELUS com o Papa Francisco em Castelgandolfo,

Rotondo, diante do corpo exposto do Pe. Pio, no novo Santuário com mosaicos maravilhosos mostrando a vida de Jesus e o paralelo da vida deste grande Santo. Em todos os lugares, cada dia tínhamos a Santa Missa em italiano ou espanhol ou em português, bem como cada dia dormíamos em uma cidade. Loreto, a Casa de Maria que está dentro de um Santuário. Assis, Basílica de Santa Maria Degli Angeli, Basílica de São Francisco, Basílica de Santa Clara, Igreja onde era a casa de São Francisco. Assistimos ao musical: “CHIARA DI DIO”. Foi belíssimo! Sentimos São Francisco e Santa

quando o Papa esteve bem perto de nós e mencionou o trabalho das Apóstolas. Enquanto aguardávamos o Papa, fui entrevistada por uma TV Italiana Católica, tive a oportunidade de tornar conhecida Madre Clélia e a GFASC. À tarde, fomos visitar a Casa Geral onde fomos muito bem acolhidos pela Madre Geral e Irmãs. Todos nós nos emocionamos diante do túmulo e do quarto da Madre Clélia. 9


Clara nos ensinando a viver como Jesus viveu. Forlì, na Basílica de San Mercuriale, onde os pais de

difundem Madre Clélia. Vimos o corpo exposto de Dom Scalabrini, lembramos que de lá vieram as primeiras Missionárias Zeladoras do Sagrado Coração de Jesus, nossas Irmãs e por isso hoje estamos juntos vivendo a espiritualidade do Sagrado Coração de Jesus, conforme Madre Clélia nos ensinou. Passamos pelo jardim em Solero, onde a árvore centenária caiu e nasceram duas no pedaço do tronco antigo, representando O IASCJ e a GFASC. Alessandria: visitamos na casa de Madre Clélia um quarto com o mesmo piso de quando lá morava. Hoje é uma casa de acolhida para familiares de pessoas pobres hospitalizadas, da região, continuando assim a missão iniciada por Madre Clélia. As Irmãs lembraram com carinho, da nossa fundadora que soube ser o grão de trigo que morreu para que o IASCJ vivesse para a maior glória do Coração de Jesus. Viareggio: vimos a casa onde Madre Clélia viveu e a Igreja da Annunziata onde Madre Clélia foi Catequista. Igreja de Santo Antônio. Vimos a Torre de Pisa. Dormimos em Montecatini, voltamos para Roma – Sacrofano, onde houve o enceramento do encontro e peregrinação.

Madre Clélia se casaram. Durante a Santa Missa os casais da GFASC, com uma vela acessa renovaram o compromisso do matrimônio, todos comovidos prometeram ser fiéis. Visitamos a Basílica Nossa Senhora do Fogo onde Madre Clélia foi batizada o Padre de lá mostrou o livro de Registro de Batismo. Nós encontramos com as Irmãs e GFASC de Forlì. Visitamos o jardim e a imagem de Nossa Senhora onde Madre Clélia nasceu. Piacenza, a casa onde Madre Clélia e as primeiras Irmãs moraram sob a orientação de Dom Scalabrini; hoje é um quartel“CASERNA”. Foi lindo perceber como os policiais amam e

Deste III Encontro em Roma participaram 67 membros da Província de São Paulo e 11 de Vice-Província Centro-Norte do Brasil.

Agrademos de coração nossa Madre Geral, Madre Clare e Conselho Geral, a Irmã Miriam e Conselho Provincial, Irmã Marisabel e comunidade, por esta oportunidade de crescimento espiritual e vocacional. Deus lhes pague! (Irmã Analice Rocha AmorimASCJ - Coordenadora Província de São Paulo).

10

do

GFASC


na época, que não iria. O Valdeci meu esposo - ficou intrigado... Um dia me perguntou por que eu não iria. Eu disse que não seria justo, eu já havia saído do país para estudar e ele não... O máximo que ele foi para o Paraguai, mas isso não conta. Ele respondeu que o encontro era muito importante para mim, eram os passos de Madre Clélia, era a história, o velho mundo, era um sonho meu e que sonho meu era sonho dele também. Que ele iria vivenciar tudo através de meus olhos. Que casal é isto, ser feliz na felicidade do outro. Senti o quanto é forte nosso casamento, o quanto ele me ama, o quanto ama nossa família. Depois, que não deu certo a minha passagem fiquei entre a fé e a razão. Na realidade poderia pegar um táxi para Sacrofano, mas ficaria sem a vivência junto ao Papa e ao túmulo de Madre Clélia. Tinha algumas saídas: Ir para Nápoli e encontrar com o grupo em Santa Croce in Gerusalemme ou não ir para Napoli e tentar encontrar o grupo entre a multidão no Vaticano. Pedi para Madre Clélia ajudar-me! Se houvesse algum perigo, se não fosse o melhor para minha vida, se houvesse algum objetivo lá na frente para eu não ir para Nápoli – Pompei, mesmo perdendo R$500,00, se fosse melhor para eu vivenciar o que estava previsto para o Domingo – Papa/Casa Geral, eu encontraria na multidão do Vaticano um pontinho vermelho. Não sabia o ponto de encontro, sabia somente a hora prevista, mas não certa. Segui com meu plano. Acordei bem cedo, conheci as Fontanas e por volta das 11h fui para o Vaticano. Conheci o que eu gostaria – Museu do Vaticano, Capela Sistina toda a parte

1: Querida Ir. Analice, o III GFASC INTERNACIONAL foi um sucesso. Agradeço na sua pessoa, a todas as Irmãs que se dedicaram como a senhora, para que tudo acontecesse da melhor maneira possível, como ocorreu. Minhas meninas de Jaú, Enide Maria Zen Moya (minha sogra), Georgina Penesi da Silva e Aparecida Margarida Ciquieri ficaram encantadas com a perfeita organização dos eventos e de toda a viagem. Muito obrigado de coração por proporcionarem momentos tão especiais e de profunda comunhão com o Sagrado Coração de Jesus, para todas elas, em especial para minha sogra que tanto amamos e que, com certeza, também é merecedora dessa benção de Deus que foi esse encontro. Que Deus abençoe a senhora e a todas as Irmãs com muita saúde e vida longa, para que continuem a exercer essa missão tão linda de trazer felicidade a todos nós. Um grande abraço a todas! (Renoaldo TESTEMUNHO

Francisco Kazmarek Filho – Jaú)

TESTEMUNHO 2: Ir. Analice, vejo

este III Encontro Internacional como uma grande benção e recheado de lições de aprendizagem e fortalecimento desde o início. Cada um tinha uma história de superação para poder participar... Teve aquele que trabalhou nos finais de semana, grupos que trabalharam para o coordenador poder participar com sua família, vária renúncias. Eu, por exemplo, gostaria muito que nós quatro: Valdeci, Luciane, Felipe e Mateus estivéssemos juntos. Mas, financeiramente não dava. Para ir somente o casal não tinha com quem deixar meus filhos... Então no início disse para a Irmã que estava junto a nós 11


histórica, três horas depois quando cheguei à última sala, onde todos apreciavam o teto da Capela Sistina vi o pontinho vermelho. Um pequeno grupo contratou em Sacrofano um transporte para ir para o Vaticano mais cedo para poder ver a Capela. Naquele momento senti a presença de Madre Clélia, sua voz respondendo meu pedido. Ela estava orientando-me. Não era digna, mas mesmo assim senti sua graça. Foi uma sensação inexplicável... Fiquei em estado de graça... No domingo não contive o choro no período da tarde, fiquei com vergonha, pois viram o meu choro... Não tem palavras! Sentime privilegiada. E, foi assim que encontrei vocês novamente... Abraços fraternos! (Luciane,

NOTA DE FALECIMENTO – No dia

30 de junho faleceu a Sra. Maria Conceição Silva Alves mãe de Ir. Djanira Conceição Alves. No dia seis faleceu a Sra. Izaura Pazzin, prima de Ir. Mercedes Pazzin. No dia oito de julho em Bergamo – Itália faleceu Ir. Fausta De Bortoli. Contava 94 anos de idade e 68 de Profissão Religiosa. No dia nove faleceu em Hamden – Estados Unidos Ir. Mary Paul DiMola. Contava 92 anos de idade e 68 de Profissão Religiosa. No dia 10 faleceu o Sr. Armando Santarosa, irmão de Ir. Olivia Santarosa. No dia 14 faleceu a Sra. Aparecida Ozilia Chinaglia avó de Ir. Carina Cássia de Souza. No dia 17 em Goiânia faleceu o Sr. Roberto La Sierra Rovigatti irmão de Ir. Maria Helena Rovigati.

Professora de História, do Colégio S. José – Bauru).

Este importante evento ocorrido no Brasil de 23 a 28 de julho na cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro, com a presença do Santo Padre, o Papa Francisco, terá uma publicação especial.

AGUARDEM.

12

Informativo do IASCJ de Julho 2013  

Informativo do IASCJ de Julho 2013