Page 47

Afinal, quais são as competências técnicas que um colaborador administrativo poderá ter para argumentar junto de um fornecedor de AOV a quem pertence a responsabilidade pela substituição, por exemplo, de uma válvula EGR, volante de motor, injector e filtro de partículas? E mais importante, porquê? Haverão situações onde, certamente, o cliente deverá assumir este custo por estarem devidamente

Não podemos pedir ao pessoal administrativo que está a gerir a frota qualidades que estes não têm, pois, muito provavelmente, a frota não ocupará mais de 15% do seu tempo útil

contextualizadas. No entanto, outras serão certamente de responsabilidade do fornecedor ou mesmo da marca (problemas de qualidade). Focamos a nossa atenção nestes elementos por serem aqueles que consideramos ser aqueles que provocam mais imobilizações e, por isso, maiores custos. Outra questão cada vez mais polémica está relacionada com a finalização contratos ou recondicionamento de viaturas. Parece-me que a maior parte dos conflitos se devem a erros de comunicação entre as partes envolvidas, ou seja, aquando da celebração dos contratos poucos são os fornecedores, e ainda menos os clientes, que negoceiam esta questão nessa altura, devidamente apoiados num manual/ brochura de recondicionamento, onde estão pormenorizados os danos toleráveis e não toleráveis. A Associação Portuguesa de Leasing, Factoring e Renting (ALF) criou um manual que define de forma cirúrgica os danos considerados aceitáveis: este documento poderá ser uma base de negociação entre as partes, sendo bastante completo e muito sensato.

PUB

— gestão de processos e controlo de cumprimento dos procedimentos; — definição das regras e funcionamentos da frota; — análise da informação de gestão; — gestão de seguros; — definição do tipo de intervenção de reparação; — gestão dos pneus e outros serviços não contratados; — gestão de combustível; — gestão das rotas; — controlo dos desvios de quilometragem; — redimensionamento de contratos; — óptimos conhecimentos de técnica automóvel.

2013 SETEMBRO FM18 47

Fleet Magazine 18  

Edição de Setembro 2013, com dossier especial de pneus e uma reportagem sobre o mercado de usados. Saiba ainda como uma distribuidora de far...

Fleet Magazine 18  

Edição de Setembro 2013, com dossier especial de pneus e uma reportagem sobre o mercado de usados. Saiba ainda como uma distribuidora de far...

Advertisement