Page 1

MELHORANDO A DIETA


Melhorando a dieta O estado nutricional da mãe é muito importante no crescimento e desenvolvimento normal da criança. O aumento de peso médio fica em torno dos 10-11 Kg dos quais, o feto contribui em aproximadamente 3500g, a placenta, o líquido intersticial e o volume sanguíneo acrescentam 1200 e 1800g, o crescimento mamário contribui com 400g e outros 1640g representam tecido gorduroso materno.


Nutrientes Básicos Proteínas Proporcionam os aminoácidos essenciais para a construção de novos tecidos, e também garantem que as enzimas, os hormônios e anticorpos funcionem de maneira efetiva. Durante a gravidez a mulher necessita mais alimentos protéicos que fora deste período. Em torno de 50% são encontradas em: Carnes, peixes, ovos, grãos, frutos secos, laticínios. No caso dos vegetarianos, os grãos de soja são fonte excelente de proteínas vegetal, mas outras fontes vegetais devem ser combinadas com cereais, amêndoas, avelãs, amendoim, semente de girassol, nozes.


Gorduras São fontes de energia de primeira classe e garantem o bom funcionamento do corpo, particularmente do sistema nervoso. São encontradas em: Carnes, peixes, produtos lácteos frescos e azeites vegetais.

Carboidratos São fontes fundamentais de energia. São encontrados em: Batatas, cereais e legumes.


Vitaminas e Minerais São essenciais para o crescimento e desenvolvimento. A ingestão de produtos frescos e completos proporciona a melhor fonte destes nutrientes vitais. Algumas vitaminas são encontradas em grande concentração sob a casca da fruta e das verduras, outras, especialmente a vitamina C, é destruída quando a fruta é cozida ou processada.


Ferro Sardinhas, frutas secas, (especialmente figo, damasco e ameixa) e folhas verdes como espinafre, acelga e agrião.

Cálcio Sardinhas, grão de soja, levedura de cerveja, amêndoas, e germinados.


Recomendações Faça três refeições balanceadas que contenham os elementos básicos. Se tiver dificuldade de digerir três refeições fortes ao dia, experimente comer quantidades menores e com maior freqüência. Sempre que puder, consuma verduras sem cozinhar muito. Para não perder seu valor nutritivo, cozinhe-as ligeiramente no vapor, frite-as ao estilo chinês (com pouco óleo em fogo forte, sem parar de mexer e sem deixar que cozinhe totalmente) ou asse no forno.


Para aproveitar ao máximo as vitaminas das frutas, coma-as cruas. Combine os alimentos ricos em ferro com vitamina C para ajudar a absorção do ferro. E evite tomar com a refeição ou imediatamente depois de chá ou café porque inibe a absorção do ferro. Inclua todos os dias saladas cruas. Se tiver vontade de tomar alimentos açucarados e refinados, tente substituí-los por frutos secos e passas. As hortaliças podem ser muito saudáveis para petiscar entre as refeições.


Coma sentada na mesa, devagar e mastigue bem os alimentos. Tome muita água, esta contribui para uma boa função renal, e evita a prisão de ventre. Consuma fibra suficiente para evitar a prisão de ventre.


Coisas a Evitar Alimentos refinados e processados, especialmente aqueles que têm alto conteúdo de açúcar. Alimentos condimentados e gordurosos (molhos e frituras). Aditivos alimentares, nitrito sódico, glutamato monosódico. (ler rótulos das embalagens). A carne crua e o contato com a bandeja onde um gato faz as suas necessidades, já que são possíveis fontes de toxoplasmose. Estimulantes como o café, chá, cacau, cola e tranqüilizantes como o álcool, cigarros, antidepressivos sem orientação médica. Podem alterar o sistema nervoso do feto.


Visite-nos com frequência, Estaremos sempre renovando as informações deste website

Melhorando a Dieta  

O estado nutricional da mãe é muito importante no crescimento e desenvolvimento normal da criança. O aumento de peso médio fica em torno dos...