Page 1


Ouvi muitas vezes essa pergunta: Como surge a inspiração? Já a respondi de muitas formas. Hoje, depois de meses de vazio, tenho outra resposta: ela não surge, ataca. Saía de um encontro de escritores com o novo livro de Carmen Vasconcelos nas mãos. Abri-o premonitoriamente e li: “nada dentro de mim me anima a desafiar o acabar das coisas”. Assim, simples e naturalmente, imagino a primeira peça da minha nova coleção, que não poderia ter outro nome senão Poesia. A poesia sempre foi pra mim uma amiga mais distante do que íntima, mas ainda uma amiga. Sinto-me confortável entre imagens, telas, ilustraçoes, formas, mas a escrita ainda é algo que me intimida, perturba e provoca. Talvez por isso me encante tanto. Agora, nocauteada me rendo e homenageio. Agradeço aos escritores que, confiando em mim, permitiram que eu usasse seus poemas, dos quais usei apenas trechos. Escolhi alguns entre tantos grandes poetas que conheci nessa cidade. Em alguns casos, por profunda identidade; outras vezes, pelo total estranhamento; outras ainda, por razoes que desconheço, porém intuo. Mas, em todas elas, com admiração. Assim como a poesia, a joalheria é engenho e arte, emoção e construção. Como disse Ariano Suassuna; “... a literatura transfigura a vida com a imaginação para ser

Brinco em ouro fosco e pérola negra R$ 3.900

fiel à vida...” Concordo, e apresento a minha versão. Novembro, 2010. Valéria Françolin

Sou um submarino inacessível sob muitas águas Iracema Macedo


Brinco em ouro, topázio azul, pedra da lua, citrino, prasiolita e granada. R$ 3.800

Colar em ouro pedras várias. R$ 1.400

Certas mulheres catam coisas pequeninas conchas, feijões, letras outras distraem-se nos espelhos contam rugas algumas são como certos homens não contam nada ocupadas com coisas incontáveis. Diva Cunha

“E segurando suas mãos vou passeando pela tela. No começo, escolho o azul e vou misturando um pouco de branco, à procura da leveza, dos gestos de carinho, das palavras amorosas, de um olhar apaixonado. Coloco uma pitada de amarelo para entrar luz. Viajo nos verdes das ondas do mar, como o balanço da vida. Não posso esquecer o vermelho, para aquecer o coração” Ângela Almeida


Colar em ouro e turmalina bruta. R$ 1.300

Brinco em ouro e onix. R$2.400

Por isto me fiz pedra: para que Deus se afie. Carmen Vasconcelos

Disfarço e tenho sempre medo de entrar no baile mas estou sempre pronta para a primeira valsa. Para tanto sou estratÊgica. Ardorosamente trågica. Marize Castro


Brinco em ouro e quartzo verde. R$ 1.300

Colar em ouro amarelo fervido e pérolas. R$ 4.200

Aceito o que foi pisado, mutilado, abandonado Aceito, como um oceano, toda forma de naufrágio. Iracema Macedo

estrela vespertina eu certa vez tive uma no dorso da mão noite sem estuque a chuva compõe grossas notas de barro duas flores verdes obscenas no teu rosto Adriano de Sousa


Brinco em ouro fosco R$1.900

Anel em ouro fosco e diamante R$ 3.600

Nem a delicadeza das harpas, nem a fúria dos arpões. Ninguém dentro de mim me anima a desafiar o acabar das coisas. Carmen Vasconcelos

Conservar pequenos segredos dentro de nós é morrer docemente. Ilha fértil, boca de regato, fala-me do lago que se agitava parado. Fala-me da felicidade que, às vezes suave, torna-se suprema. Objeto de Desejo. Marize Castro


Argolas em ouro amarelo e branco e diamantes R$ 4.200

Brinco em ouro e cornalinas R$ 3.400

Há trilhos, muitos trilhos Mas não são caminhos Iracema Macedo

Águas e mármores fluem confundidos, desejos e árvores mudam nas quatro mil estações dos sentidos. Paulo de Tarso Correia de Melo


Colar em ouro fosco. R$ 1.700

O homem que eu toque deixará de ser homem. Será flor, trilho, estrada, ou anjo. Marize Castro

Colar em ouro e pérolas. R$ 1.750

Da minha fragilidade, colho forças. Prodígios. Sei de quantas angústias se faz serenidade, conheci a negrura do arco-íris, descobri a ossatura da lesma. Não sou uma só, nem duas: sou muitas e não me divido. Carmen Vasconcelos


Colar em prata e coral galho. R$ 490

Colar em prata e couro. R$ 380

improvis ar atĂŠ o que se respi ra Adriano de Sousa

Se nĂŁo visto vermelho estou nua ou muito vestida para a festa da vida apenas no miolo dessa cor sou. Diva Cunha


Colar em ouro e pérola mabe. R$ 1900

Pulseira em ouro e várias texturas. Preço sob consulta.

Depois de desespero e cansaço e abrandado abraço eu sou inocente novamente. Paulo de Tarso Correia de Melo

Levo-me, mas deixo as crises, os embates entre o que sei e o que sou. Deixo as culpas. Vou só com o céu. Vou comigo e sem mim Carmen Vasconcelos


Peças ampliadas para mostrar detalhes. Preços sujeitos a alteração.

Os trechos de poesia utilizados neste catálogo, foram extraídos dos livros abaixo: Poesia (1998-2007) - Adriano de Sousa Desejo - Angela Almeida O caos no corpo - Carmen Vasconcelos Resina - Diva Cunha Invenção de Eurídice - Iracema Macedo Rito - Marize Castro Sabor de amar - Paulo de Tarso Correia de Melo Fotos: Bruno Póvoa Direção de arte: Breno Xavier

LOJA 1 Av. Afonso Pena, 524 Petrópolis 084  32213678 Natal, RN

LOJA 2 Hotel SERHS, Via Costeira 084 32193222 Natal, RN

Valéria Françolin - Catálogo 2012  

Catalogo 2012

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you